Issuu on Google+

,


Fogo & Arte

Índice

5

Acácia Azevedo e a Magia do barro

18

Acontece

6

A inquietude na obra de Luiza Christ

24

Curiosidades

8

O Fazer Poético de Suca Mazamati

27

Inspire-se

9

Fala Silvio (Baixo Esmalte)

30 32

Editorial

Parceiros da Área Industrial

10

O fusing glass de Ro Giuntini

Triarte Indica

12

A paixão de Jorge Marinho pelo fusing

34

O Fusing de Sergio Barros Susana

13

Regina Esher, ousadia em pessoa

36

Zu Amendola

14

Catálogo Triarte

38

Magazine Fogo & Arte Especialmente para o artísta plástico amante das artes do fogo Editor-Chefe: Silvio Luiz Arruda Redação: Ivete Garcia e Carla Pessoa Fotografia: Ivani G.Arruda Designer: Debora Carvalho e Marco Arini Triarte Ind. Com. de Material Cerâmico Ltda Rua Santa Terezinha, 381 - Socorro - SP - CEP: 04762-020 Tel.: (11) 5524-4629 / 5524-4630 - www.triarteprodutos.com.br /triarteprodutos.com.br


EDITORIAL

CARO LEITOR 2014 promete ser um ano agitado, com muitas atividades e novidades em todos os setores. Nós, da Equipe Triarte, estamos convictos de que este clima de entusiasmo e luta irá se refletir nas artes. Procuramos, nesta edição, ter um contato mais próximo dos artistas, visitando seus ateliers, conhecendo mais profundamente o seu pensar e obras. Aproveitamos para agradecer o carinho com que fomos recebidos por Acácia Azevedo, Jorge marinho, Luiza Christ, Regina Esher, Rosangela Giuntini e Suca Mazzamati. Agradecemos também à importante participação de Sergio Barros Susana e Zu Amêndola, que, apesar de não termos ido pessoalmente fazer a entrevista, pudemos, através de intensa troca de emails, escrever estas belas matérias. Em “Fala, Silvio” você saberá com detalhes tudo a respeito da nossa nova linha de baixo esmalte TRI*BELLACOR. Confira! Você vai se apaixonar por esta linha. Reiteramos, aqui, o objetivo desta revista que é o de proporcionar, aos artistas plásticos, estudiosos e apreciadores das Artes do Fogo, mais um espaço para socializar e divulgar suas produções, eventos, feiras, experiências e novidades referentes às Artes em Cerâmica, Vidro e Porcelana. Se você não teve a oportunidade de ver as duas edições anteriores, clique aqui para conferir -> Edição 1 / Edição 2 Participe também das próximas edições, entrando em contato conosco através do email marketing@triarteprodutos.com.br. Teremos o maior prazer em entrar em contato com você. Boa leitura! Ivete Garcia


6

acontece

EXPO REVESTIR A fashion week da arquitetura e construção

A EXPO REVESTIR, que acontecerá entre os dias 11 e 14 de março de 2014, no Transamérica Expo Center, em São Paulo, estará repleta de novidades e tendências, a edição deste ano conta com 250 expositores, distribuídos em 40 mil m² de área que reunirá as principais e maiores marcas nacionais e internacionais do setor de acabamento para a construção civil. A 12ª ediçãodo evento estima receber 48 mil visitantes entre arquitetos, designers de interiores, construtores, revendedores e compradores internacionais.

“Scott MacLeay e Convidados: O Caminho para Florianópolis” Uma exposição Internacional que oferecerá ao seu público a oportunidade de ver obras vindas de Paris, Nova York, Toronto, Londres, BH, Curitiba, Rio, São Paulo e Florianópolis. Do dia 29 abril a 02 junho de 2014

Triarte Produtos

Arte & Cerâmica em Curitiba Os apreciadores da arte em cerâmica têm várias opções de exposições para visitar nos espaços da Secretaria de Estado da Cultura. Quem for ao Museu Alfredo Andersen, Casa Andrade Muricy, Museu Paranaense e Museu Oscar Niemeyer poderá conferir diferentes mostras que contemplam esta modalidade das artes plásticas. 4º Salão Nacional de Cerâmica Período expositivo: até 30 de março de 2014 Local: Casa Andrade Muricy (Alameda Dr. Muricy, 915, Centro – Curitiba) Horário de visitação: terça a sexta-feira, das 10 às 19 horas; sábados, domingos e feriados, das 10 às 16 horas Entrada gratuita Exposição Retrospectiva dos Premiados dos Salões de Cerâmica Período expositivo: até 30 de março de 2014 Local: Museu Alfredo Andersen (Rua Mateus Leme, 336, São Francisco - Curitiba) Horário de Visitação: terça a sexta-feira, das 9 às 18 horas; sábados e domingos, das 10 às 16 horas Entrada gratuita Intervenção das quatro mil flores de cerâmica Data: até 20 de janeiro de 2014 Local: Museu Oscar Niemeyer (Rua Marechal Hermes 999. Centro Cívico - Curitiba); no jardim frontal, próximo ao espelho d’água Gratuita Exposição de peças históricas Data: permanente Local: Museu Paranaense (Rua Kellers, 289. Centro - Curitiba) Horário de visitação: Terça a sexta das 9 às 18 horas; sábado e domingo das 10 às 16 horas. Entrada gratuita.


Fogo & Arte

58º CongressoO Congresso Brasileiro de Cerâmica é o mais antigo importante evento do setor cerâmico brasileiro, da Cerâmicaeocasião em que se reúnem representantes dos

GIFT FAIR

diversos setores envolvidos com o meio para tomar ciência e discutirem os últimos avanços e acontecimentos do setor. Isto ocorre através de apresentações de trabalhos técnicos, palestras e painéis, abordando de forma específica ou abrangente, aspectos relacionados ao desenvolvimento nacional e internacional dos materiais cerâmicos. Além disto, são promovidos minicursos e oficina de decoração. Em 2014, foi escolhida a cidade de Bento Gonçalves, pelas facilidades que apresenta, pelo grande apelo turístico e por estar situada num estado em que há um esforço grande em prol da cerâmica. O evento acontecerá do dia 18 a 21 de maio e será realizado no Centro de Convenções do Dall’Onder Grande Hotel que está localizado na Rua Herny Hugo Dreher, 197 - Bairro do Planalto, uma das principais ruas da cidade. Paralelamente ao Congresso, ocorre uma Feira onde as empresas e instituições de ensino e pesquisa têm a oportunidade de divulgar seus produtos e serviços.

Para quem gosta de decoração, A Gift Fair, a maior feira de artigos para a casa, decoração e design da América Latina, e uma das mais importantes do mundo, estará no Expo Center Norte, nos dias 10 a 13 de março, das 10h às 20h, em São Paulo, mostrando as principais tendências relacionadas ao design de interior para 2014. Desde 1990, este é o grande evento que apresenta todas as novidades e tendências em infinidade de bens de consumo que compõem uma casa.

Especialmente para o artista plástico amante das artes do fogo.

7


8

curiosidades A pintura em cerâmica começou a crescer durante o período geométrico dos séculos VIII e IX a.C. Seus padrões gregos inconfundíveis, desenhos abstratos e figuras foram muito populares. Mais popular ainda foi o estilo coríntio dos séculos V e VI a.C. As negras figuras geométricas coladas foram substituídas por cenas de pessoas e animais cheias de cor e significados, quebrando com as decorações florais, provavelmente inspiradas na arte do Oriente Médio. Fonte: Descovery Brasil

Michelangelo teria sido agredido a golpes de bengala pelo vaidoso papa Júlio II, quando trabalhava na pintura da Capela Sistina. O motivo: o trabalho demorava demais para ficar pronto. Ao final de quatro anos, as extraordinárias pinturas estavam terminadas, e já nessa época a capela passou a receber multidões de visitantes interessados em apreciar a obra.

A menor pintura do mundo tem como tela um fio de cabelo. Trata-se do retrato de George Washington. Ela está aqui, ampliada um milhão de vezes para poder ser vista. O artista é Jin Yin Hua.

Os ceramistas chineses começaram a fabricar porcelana, durante as Dinastias Yin e Shang. Enquanto os métodos anteriores eram primitivos, a fabricação avançada de porcelana se tornou possível com o desenvolvimento de fornos especiais, capazes de queimar o caulim, um tipo de argila branca, a temperaturas muito altas, por volta de 1.200 graus centígrados, para obter um material duro e não-poroso. A primeira porcelana verdadeira foi produzida durante a Dinastia Tang, quando os ceramistas chineses aprenderam a controlar a quantidade de ferro, o que reduzia a interferência de cor e garantia a alvura das peças. A técnica atingiu seu auge durante a Dinastia Ming, e a porcelana de alta qualidade, a famosa porcelana chinesa, foi exportada para o Japão e a Europa. Fonte: Descovery Brasil

Triarte Produtos


Fogo & Arte

insPIRE - Se Jogo de chá por M.Malley Ceramics (EUA) Prato de porcelana Por Porcelana no Cabide

Travessa de vidro por Glady Ocidente

Touro em cerâmica MAIS AMOR por IBacana

Vaso em cerâmica ANIS por Alalou

Vaso em cerâmica LETRAS por Aline Maia

Moringa de Porcelana O BEIJO por Gustavo Rosa Especialmente para o artista plástico amante das artes do fogo.

9


10

Parceiros da Área Industrial A cada edição da magazine, um destaque de uma das parcerias da

Triarte. A moldagem perfeita do vidro aliada à qualidade dos esmaltes da Triarte, uma parceria que já tem 10 anos, garantem a exclusividade e qualidades dos lavatórios, cubas de vidro e acessórios para banheiro. A Bergan, lider no segmento, é uma empresa 100% brasileira que desenvolve produtos com qualidade e design contemporâneo com o objetivo de satisfazer as expectativas de um mercado cada vez mais exigente. Sua equipe de profissionais está sempre em sintonia com o que existe de mais moderno no mercado mundial, para oferecer o que há de melhor para seus clientes no que se refere à inovação, tecnologia, requinte e design inconfundível. Modernos, sofisticados e ousados, os projetos personalizados da Bergan são desenvolvidos para atender aos mais variados estilos.

Triarte Produtos


Fogo & Arte

11

CONTATO: Tel: (11) 2412 - 7389 www.bergan.com.br sac@bergan.com.br Especialmente para o artista plรกstico amante das artes do fogo.


12

Triarte Indica

Produzidos a partir de corantes minerais importados da Espanha, Inglaterra e Itรกlia.

Triarte Produtos


Fogo & Arte

13

O Fusing de Sergio Barros Susana Era final dos anos 60, os jovens de barba e cabelos longos, roupas coloridas, batas e calça boca de sino, opunham-se ao capitalismo, consumismo e à ditadura. Era tempo de liberdade. O Tema era Paz e Amor. Muito jovem ainda, Sergio, envolvido pelos ideais hippies, larga os estudos e trabalho e parte para a grande aventura do artesanato hippie, trabalhando com couro. Une-se a artesãos e artistas plásticos do Rio de Janeiro e fundam a Feira Hippie de Ipanema, na Praça General Osório, em 1968. Durante os primeiros anos como artesão, Sérgio experimenta várias técnicas e diferentes materiais como metal, resina, madeira e lapidação de pedras. Entretanto, a vocação para a Medicina, aliada à pressão materna, fazem com que, em 1971, ele retorne aos estudos, cursando a Faculdade

de Medicina de Petrópolis. “Ser médico é gratificante pela possibilidade de fazer o bem aos outros, enquanto a arte me satisfaz individualmente. Não vivo sem uma ou outra. Ainda me sinto meio hippie, pelo menos na forma de encarar a vida. Hoje, dedico 02 dias da semana às artes. De 4ª feira, produzo peças de fusing e, aos domingos, exponho meu trabalho na Feira. Nos outros dias da semana exerço a medicina”, explica o neurocirurgião de 63 anos. Mas, foi há 13 anos, que Sergio conheceu uma nova paixão, ao defrontar-se com uma peça de fusing. “Encontrei no vidro uma magia que os demais materiais não têm. Imaginamos a obra que desejamos ter esculpida, mas, ao abrir o forno, o resultado é sempre uma surpresa de formas e cores inusitadas, e bem mais belas do que a imaginação pode prever. Desde o início, entrei

em contato com os esmaltes da Triarte.” – conta ele que, desde então, divide ateliê e estande com a amiga Ana Paula Azeredo Nunes Vila, artista plástica e bióloga, que desde 2000, também se encantou com os resultados do fusing. A partir de então, Sergio e Ana Paula passam a trabalhar em parceria, desenvolvendo uma técnica onde a reciclagem e a criatividade são prioridades. “Realizamos obras de arte únicas, sempre buscando satisfazer o cliente quanto à forma e cores. Produzimos peças personalizadas sob encomenda para decoração da sua residência ou escritório com originalidade e criatividade por um preço atraente. A nossa arte em vidro vai desde pias, tampões de mesa, luminárias, espelhos, jarras, centros de mesa, fruteiras até bijuterias únicas e de beleza surpreendente.”

Feira Hippie de Ipanema na Praça General Osório, RJ. Todos os domingos das 9h às 18h

CONTATO: Tels.: (21) 2561 - 5709 / (21) 98865 - 6084 / (21) 98525 - 7115 www.designvidros.blogspot.com.br anapaula.vila@gmail.com sergiosusana@gmail.com /sergio.b.susana

Especialmente para o artista plástico amante das artes do fogo.


14

Zu Amendola

” A

Sou cliente da Triarte,desde que comecei a pintar cerâmica

artista plástica Rosangela Cristina

preparo da peça, até a queima. A expectativa

Moraes Amendola, mais conhecida

para abrir o forno e ver o que vamos ter é

por Zu Amendola, vive em Assis

incrível. Sempre é muito bom ver as peças

interior de São Paulo. Filha de

transformadas.”

Malvina Moraes, também artista plástica e professora de porcelana, teve sua infância às voltas com os esmaltes e peças de porcelana. Confirmando o ditado de que “filho de peixe, peixinho é”, Zu Amendola fez faculdade de Artes na FAAP e Escola Panamericana. No início, dedicou-se à pintura de cerâmica, introduzindo a técnica de corda seca no atelier, já que tanto a mãe quanto a tia dedicavam-se à porcelana. Mas, o gosto pela pintura aos poucos é direcionado para a porcelana também. “Já modelei algumas peças pequenas, algumas bijuterias, mas o que gosto mesmo é da pintura. Eu adoro a arte do fogo, faço mais pintura em azulejo e porcelana, mas não consigo ficar muito tempo sem pintar cerâmica. Acho mágico o processo desde o Triarte Produtos


Fogo & Arte

“Sou cliente da Triarte, desde que comecei a pintar cerâmica. Minha mãe já comprava os esmaltes da Triarte, há mais de 30 anos,e eu continuei comprando porque, dentre os esmaltes que já usei, são os melhores, cores lindas e cobertura muito boa.” Especialmente para o artista plástico amante das artes do fogo.

15


T

16

odos os anos, no segundo semestre, Zu prepara uma exposição do atelier no Colégio Santa Clara COC

Assis. É feito um workshop em que as crianças do colégio participam. Uma feliz iniciativa para que as crianças pintem e respeitem a arte desde pequenas. A cada ano, um artista é convidado a participar do evento. Já vieram o saudoso Prof. Mario Watanabe, Thaís Antunes, Toshiko Tamasaki. A 6ª Exposição das Artes do Fogo do Atelier Malvina Moraes, de 2014, será em outubro, mas o artista convidado ainda não está definido.

CONTATO: Cel.: (18) 98125 -1100 www.santa-imaginacao.blogspot.com zu.moraesamendola@gmail.com /zu.amendola

Triarte Produtos


Fogo & Arte

17

HÁ CONTROVÉRSIAS COM RELAÇÃO À ORIGEM DA TÉCNICA CORDA SECA? Alguns estudiosos afirmam que a corda seca tem origem em Sevilha, Espanha, no final do século XV, outros dizem que sua origem deve-se ao povo Persa, por volta da mesma época. E há, ainda, um estudo que afirma que esta técnica foi desenvolvida pelos incas. Na Espanha e na Pérsia, os artistas abriam sulcos na peça que, preenchidos com uma mistura de óxido de manganês a uma matéria gorda, evitavam que houvesse a mistura de cores durante a aplicação e a cozedura. Já na cultura inca, capim gorduroso era colocado sobre a superfície da argila, com a mesma função: a separação dos corantes naturais na formação dos desenhos. Para realizar a queima, era feito um buraco no chão e, dentro dele, acendia-se a fogueira. As peças eram colocadas nesse buraco até queimarem totalmente. Com a evolução, o capim foi substituído pelo grafite, os corantes naturais pela tinta esmalte e, a fogueira, por modernos fornos elétricos ou a gás para queima de cerâmica à 980°. Desde a modelagem da argila até a queima da peça pronta, a técnica de corda seca na arte em cerâmica acompanha as Peças de Zu Amendola onde foi aplicada a técnica corda seca

civilizações, pela magia de sua beleza.

Especialmente para o artista plástico amante das artes do fogo.


Exclusivo

18

Acácia Azevedo

C

hegamos em Vinhedo, interior de São Paulo, para conhecermos o atelier de Acácia Azevedo.Um lugar

muito aconchegante onde ela mora e tem seu espaço para sua arte. Durante as horas em que lá estivemos, a cada pergunta feita por nós, Acácia desenvolvia as respostas de maneira tão intensa que nos surpreendia. Cada tema foi tão amplamente discutido que dividimos a entrevista em 03 temas: 1º A relação de Acácia com o barro - 2º Utilitário é arte? - 3º O Saggar Firing de Acácia Azevedo. Nesta edição, trataremos da relação de Acácia com o barro. Os outros 02 temas serão divulgados na 4ª e 5ª edição da revista Fogo&Arte. Vocês terão de esperar para saber mais sobre ela.

Triarte Produtos

& A magia do barro


Fogo & Arte

19

Triarte: Desde quando se voltou para a arte?

trabalho de modelar o barro e perseguir a

Acácia: “Meu pai é músico, a arte faz parte de

forma mais apropriada, existe no atelier um

meus dias desde a infância. Estudei violino

diálogo silencioso e criativo, e assim, também

durante 8 anos. Sempre gostei de trabalhar

me modelo, me entendo, me reformulo.

com as mãos, e continuei na busca até

Acho muito importante citar os 05 nomes a

encontrar a cerâmica. A influência da música

quem serei sempre grata por contribuírem

vem até hoje em minha forma de trabalhar;

com minha formação: - Celda Lombard –

na percepção do ritmo de trabalho de cada

que me iniciou no universo da cerâmica,

técnica, na busca de soluções cadenciadas,

- Flavia Vanderlinde – que me introduziu

nas pausas necessárias, na harmonia de

no conhecimento dos vidrados, - Estela

um design. Também fiz teatro durante 6

Miyauchi – que sempre me inspirou muito,

anos, e tanto na música quanto no teatro,

e me aperfeiçoo em termos de vidrados e

a necessidade de manter a repetição para

modelagem manual, - Mestre Kenjiro Ikoma

alcançar a perfeição é eminente; porque só

– na modelagem manual em torno de mesa,

a repetição não mecânica expande e altera

placas e queimas a lenha, - Sensei Hideko

o conteúdo do que se repete, segundo o

Honma – minha professora de modelagem

diretor de teatro Peter Brook: “a repetição

no torno elétrico.

é criativa”. Desenvolver a paciência, a tolerância e o senso de realidade associado ao senso de possibilidade, só a cerâmica me trouxe essa compreensão. Como vê, foi um caminho, como se tudo antes me capacitasse para chegar até a cerâmica. Como se certas competências estivessem sendo ampliadas. Como diria I. Kant em uma frase: “A mão é a janela que dá para mente”. E na mente, estão as realidades ainda não nascidas, as imaginadas. Mas é a material argila, real, que guarda, provoca e revela essas novas possibilidades. Na cerâmica, através do Especialmente para o artista plástico amante das artes do fogo.


Exclusivo

20

A perfeição consiste na imperfeição

Triarte Produtos


Fogo & Arte

21

Triarte: Qual ou quais as técnicas que você

sendo um desafio principalmente no tocante

explora em sua arte?

aos utilitários. As formulações de vidrados

Acácia: Em termos de modelagens utilizo

que irão “vestir” melhor minhas peças, e

um grande número de técnicas, desde

o trabalho com esmaltes de cinzas é uma

placa, rolinhos, o torno, impressão, colagem

pesquisa fascinante e contínua. Como diria

(utilização de moldes de gesso e barbotina),

Bernard Leach “As roupas estão para o

tudo que me ajude a chegar aos meus

corpo humano assim como os vidrados estão

objetivos. Trabalho com alta temperatura,

para a cerâmica. Ambos têm finalidades

basicamente em forno elétrico. Mas tenho a

práticas, ambos ressaltam a beleza das

possibilidade de fazer experiência em fornos

formas. Cobrir as formas da argila com

a gás no Atelier da Sensei Hideko e a lenha

esmaltes as faz suaves ao toque, mais

com o Mestre Ikoma. Aliás, estou terminando

limpas e com uma variedade de cores e

de construir um forno a lenha. Já fiz muitas

texturas...” E, além disso, a serigrafia e os

queimas em raku, mas hoje descobri o Sagar

decalques também vieram para ajudar em

e estou apaixonada.

algumas composições. Venho adquirindo

Meu foco continua sendo a alta temperatura

produtos da Triarte para minhas produções

e seus vidrados, a capa vítrea que

com serigrafia, que é um novo caminho

impermeabiliza e confere cor, durabilidade

que pretendo aprofundar no próximo ano.

e resistência às peças cerâmicas, continua

A escolha da Triarte deve-se ao ótimo atendimento, à qualidade e constância dos materiais e ao conhecimento técnico de seus profissionais, para o caso de dúvidas e à facilidade de compras online.O trabalho na

cerâmica não é estático, apesar de haver uma rotina, ela é dinâmica e reflexiva, evolui sempre em vários níveis, técnicos ou não, e nos aperfeiçoa. E para aperfeiçoar algo, precisamos mudar também... Até o tédio ou angústias que às vezes nos abatem, tem seu papel importante na criação. Especialmente para o artista plástico amante das artes do fogo.


22

Triarte: Fale-nos um pouco sobre seus cursos.

potencialidades sem medo, que acreditam

Acácia: Costumo dar aulas de formulação

em conquistas e em criar suas peças

de vidrados, engobes, modelagem manual

aceitando suas imperfeições através de um

e torno, e é com muito prazer que transfiro

aprendizado que é lento e fruto do hábito.

esse conhecimento. Os cursos têm

Como diria a ceramista artista Nakano: “Eis

apresentado uma grande procura. Apesar de

o segredo maior: a simplicidade. Que nossas

nossa época ser marcada pelos resultados

obras sejam tão simplesmente esses seres

rápidos, soluções virtuais e muitos teclados,

imperfeitos que somos. Sem pretensões. Mas

há muitas pessoas que ainda se sentem

com o brilho das energias que emanam do

fascinadas pela possibilidade de vivenciarem

nosso mundo interior. A perfeição consiste na

essa outra relação com o tempo, e este é um

imperfeição.” É preciso aceitar a imperfeição

presente que a cerâmica possibilita. Pessoas

em si mesmo, é pela imperfeição que se

que se interessam por encarar suas reais

entra na obra que pode ser arte.

Triarte Produtos


Fogo & Arte

Não se esqueçam que na próxima edição tem mais sobre essa artesã incrível. Fiquem ligados!

CONTATO: Cel: (011) 98432 - 6297 Produtos a venda: www.kosinia.com.br acacia10@gmail.com Especialmente para o artista plástico amante das artes do fogo.

23


24

A inquietude na obra de Luiza Christ

A

aparência serena e a fala

instalação recebeu o título “Sonha e serás

mansa de Luiza escondem seu

livre de espírito” que é parte da frase do Chê

temperamento inquieto e

Guevara: “Sonha e serás livre de espírito...

questionador. É preciso um olhar

Luta e serás livre na vida.” Os bebês também

mais atento às suas peças para que

foram trabalhados em uma instalação

possamos mergulhar em seu conteúdo.

ecológica ligada à água, em uma exposição

Luíza comenta “O artista não precisa ser

realizada no Museu de Arte de Blumenau/SC.

político, mas a obra sempre é”. Assim, cada expectador tem uma interpretação diferente de uma obra. E, evidentemente, quanto mais amplos seus conhecimentos e vivências, possibilidades de interpretação ou leitura da obra. Os “bebês” ou “bonecas” de cerâmica de Luiza Christ são muito conhecidos. Luiza não as vê como bonecas ou bebês, mas sim, como a “essência do ser humano”. São aproximadamente 20 peças, e cada bebê apresenta uma posição diferente. Conforme o local e projeto há uma variação no número de peças “bonecas” que são utilizados na instalação, que sempre tem uma visão social. A instalação pode ter uma variação de leitura, dependendo do contexto da exposição. Na exposição “Entre Ilhas”, sobre Cuba, a Triarte Produtos


Fogo & Arte

25

Na importante exposição do Salão Nacional de Cerâmica de Curitiba, Luiza expôs 02 trabalhos: Objeto Vazante e Confabulações. A obra “Objeto Vazante” foi criada em 2009, para a exposição “Guardar”, em Porto Alegre. A rebeldia natural de Luiza faz com que ela pense: por que guardar? E, volta aos tempos da faculdade, quando com sua professora, Rosana Bortolin, artista visual bastante conhecida, desenvolveu um trabalho sobre as trincas na cerâmica. Daí surge o “Objeto Vazante”, cubo de cerâmica em que, pelas trincas, vaza água ou luz. Mas, Luiza é muito emotiva e questionadora, assim, para ela, o vazar é muito mais significativo. Pelas pequenas trincas vazam mais do que água ou luz, vazam os sentimentos, as emoções. A artista acredita que no futuro as pessoas sejam muito mais transparentes e não precisem de pequenas fendas para extravasar suas emoções. Em “Confabulações”, os 20 copos de cerâmica apresentam as fotos dos “Bebês” serigrafadas em uma só cor: Azul. Sobre o quê estariam eles confabulando? Já que, como foi dito acima, para Luiza, os bonecos representam a essência do ser humano. Ainda para 2014, está sendo estudado um projeto de instalação, cujo tema será o “Tráfico de Órgãos”, na qual os bebês entrarão novamente em cena.

Especialmente para o artista plástico amante das artes do fogo.


26

Luiza também administra cursos desde 2008, que são um verdadeiro sucesso! E o próximo já tem data marcada! Ele acontecerá do dia 12 a 14 de março, das 17 às 22h. As Inscrições estão abertas e as VAGAS SÃO LIMITADAS!

Sobre o curso: Duração de 15 horas, divididas em 03 dias, para turmas de 10 a 12 alunos. Curso prático em que se realizarão impressões sobre cerâmica e vidro, planos e volumétricos. Criação e aplicação de decalques vitrificáveis, isto é, decalques que deverão ser queimados em forno cerâmico ou de porcelana, tornando-se indeléveis. O equipamento utilizado para a gravação das telas será simples e de baixo custo, permitindo com que seja facilmente reproduzido. Serão apresentadas imagens da história do decalque, seu uso na azulejaria, na cerâmica utilitária e artística. Luiza aprofundou sua pesquisa participando do Seminário sobre Técnicas Cerâmicográficas, ministrado por Graciela Olio em Buenos Aires (2010) e do Curso Gráfica en Serie Aplicada en Cerámica, Vidrio y Metal, ministrado por Silvia Barrios em Porto Alegre (2013). Triarte Produtos

Programa : - Gravação de tela serigráfica. - Preparação de tintas vitrificáveis para serigrafia. - Aplicação de tintas vitrificáveis nas técnicas de aproximação e sobreposição da cor. - Elaboração de decalques vitrificáveis para cerâmica, vidro e porcelana. - Monocromia e quadricromia. - Corda seca em serigrafia. - Aplicação sobre cerâmica biscoitada, esmaltada e em ponto de couro; porcelana esmaltada; azulejos; vidro plano e volumétrico (copos). CONTATO: luizachrist@gmail.com /luiza.christ.9


Fogo & Arte

O Fazer Poético de

Suca Mazzamati Simpática e desenvolta, Suca mostranos seu atelier e suas peças. De imediato, percebe-se que cada trabalho é criado a partir de um estudo, de uma pesquisa. A artista recria a natureza sob o olhar de uma reflexão sobre a vida naquele momento. Entretanto, assim como a natureza, a criação mostrase em permanente mutação. Afinal, assim é a natureza do ser humano. As linhas sinuosas e assimétricas das flores, folhas, caminhos e animais estão sempre presentes em suas peças. Outra característica destacada de Suca Mazzamati é a idéia da unidade de cada peça, que articula o interno e o externo, a função e a forma, a utilidade e o ornamento.

Suca tem um caderno de anotações, pensamentos, escritos e projetos. Ela diz: “Dependendo do momento de reflexão filosófica, sinto a necessidade de me expressar com um ou outro material, e muitas vezes, com muitos materiais ou técnicas diferentes.”

Especialmente para o artista plástico amante das artes do fogo.

27


28

As tigelas de Suca não são tratadas como simples utilitários. Para Suca, a tigela, assim como o alimento, tem a ver com uma oferenda. Algo quase que sagrado. Esta mesma importância estende-se para os pratos e outros recipientes para o alimento. Uma particularidade muito forte no trabalho de Suca são os desenhos feitos no fundo de cada trabalho. Cada peça feita traz um desenho diferente no fundo. Os desenhos geralmente estão ligados à natureza ou cenas do dia a dia. Todas as peças são assinadas e trazem a data e local. Suca brinca, dizendo que isto é uma brincadeira sua com o futuro, quando espera que as pessoas encontrem cacos de suas peças e tentem decifrar o significado de seus desenhos.

Outro trabalho interessante é: Anotações da paisagem – pesquisa sobre a suavidade da paisagem. É um liivro com 21 gravuras de paisagens com 03 técnicas diferentes: carimbo, xilogravura e gravura em metal. A capa é feita com madeira de bálsamo, extremamente leve. Estas gravuras são feitas em papel. Suca explica sobre a série objetos de percurso, ela diz que a ideia surgiu da necessidade que o homem tem de carregar consigo objetos em seu percurso de vida. Ao caminhar, visitar novos lugares, viver situações coletar pedras, conchas ou qualquer outro objeto e lhes dá significados próprios. Este trabalho é composto por 04 tipos diferentes de objetos: pedra oca, pedra de soprar, iluminador e anotações de paisagem (mapas) Triarte Produtos


Fogo & Arte

Paisagem de metro

A obra é composta por uma série de 10 peças. Cada paisagem mede 1m linear. Ainda na pesquisa da paisagem, Suca desenvolveu 17 trabalhos, gravuras e pinturas. A maioria das peças está na Colorida Galeria de Arte em Lisboa

Construção da Paisagem

No Salão Nacional de Cerâmica de Curitiba, em 2013, ela participou com essa obra de arte composta por 12 peças de cerâmica de baixa temperatura que podem ser manipuladas pelo visitante, qie pode construir sua própria paisagem

Obra Premiada “Quase 15X15X15” Na Bienal de Cerâmica na Argentina, que aconteceu em 2013, Suca ganhou o primeiro lugar com a essa obra. É importante ressaltar, ainda, o trabalho de Suca como educadora. Atua na área de educação desde a década de 70. Atualmente é assessora de arte de duas escolas em São Paulo, professora na graduação em curso no Vera Cruz e trabalha com editoras na formalização de seus estudos e experiências em livros voltados para a formação de professores e livros Didáticos. “O que faço é trabalhar, paralelo ao trabalho como artista, com arte educação, o que me sustenta e dá

liberdade para eu direcionar meu trabalho com integridade. Fora isso, acho muito importante educar em arte. Apesar de já haver bastante trabalho desenvolvido nessa área no Brasil, há muito o que avançar!” Conversar com Suca é como embarcar numa longa e deliciosa viagem. CONTATO: www.suca.com.br sucam@uol.com.br

Especialmente para o artista plástico amante das artes do fogo.

29


30

Fala, Silvio no pincelar, proveniente de avançados métodos tecnológicos de micronização empregados na sua produção, além da utilização de água desmineralizada e antibacteriana, aumentando sua validade de aplicação. A linha TBV Série 800 pode ser utilizada em peças de cerâmica branca ou vermelha em biscoito, direto nas peças em ponto de couro. Admite sombreamento, aquarelado e pode ser aerografada. Seu acabamento com nossos Transparentes Incolor Alcalino Gel Tac 011 ou Gel Tac 017, ou mesmo por cima do nosso É com imenso prazer que apresento Branco Majolica Brilhante Gel Tac 026 nossa nova linha de corantes baixo contribuem sensivelmente para um esmalte pronto para uso – Linha produto final de altíssima qualidade e TRI*BELLACOR – série TBV 800. Um produto que mostra fielmente os detalhes grande valor visual. Nosso DATEC – Departamento de Assistência Técnica – de cada pincelada! Produzidos a partir está habilitado para maiores informações de corantes minerais importados da e orientações. Como disse acima, a partir Espanha, Inglaterra e Itália, criamos de abril, a linha Série TBV 800 também uma linha de cores altamente atrativas, estará disponível em nosso site www. com um excelente poder de cobertura, triarteprodutos.com.br. totalmente atóxicas, resistentes, em Obrigado e até a próxima edição onde sua maioria, no intervalo de 980Cº até estaremos divulgando técnicas de 1250ºC. Com uma gama de 60 cores aplicação com essa linha, bem como miscíveis entre si, a Série TBV 800 condições especiais de comercialização será comercializada a partir do próximo para professores e revenda. mês de Abril, em embalagens de 30 ml – 100 ml e 1000 ml, com preços altamente competitivos. Sua aplicação Um grande abraço não difere dos excelentes produtos similares que, hoje, se encontram no mercado, caracterizando-se pela maciez

Silvio Arruda

Triarte Produtos


Fogo & Arte

Peรงa pintada com a nossa linha de baixo esmalte Especialmente para o artista plรกstico amante das artes do fogo.

31


32

O fusing glass de Ro Giuntini Filha de industrial no ramo de luminárias, Rosangela Giuntini sempre sentiu certo fascínio pelos segredos do forno e do vidro moldado. Ainda muito jovem e já apaixonada pela arte, Ro deixa o Brasil em direção à Europa em busca de cursos de Arte. Na Itália, Firenze, fez cursos de restauro, história da arte e pintura durante um ano. Na Inglaterra, fez um curso de cerâmica. Em 1990, Rosangela volta à Inglaterra para fazer um curso de fusing glass e faz workshops com vários artistas vidreiros, até 1994, quando retorna ao Brasil e se entrega de corpo e alma a esta arte do vidro. A artista plástica paulista, Rosangela Giuntini, vive em Florianópolis há 18 anos, cidade em que se envolveu com o aspecto social do local. Há alguns anos, descobre sua vocação para ensinar arte. E, este tem sido um ponto marcante em sua vida. Em seu atelier, ministra worshops de fusing glass para pessoas de qualquer idade, mas com foco em crianças e jovens e, como geração de renda, para mulheres acima de 30 anos.

Triarte Produtos


Fogo & Arte

33

Em 2009, fez um workshop de 15 dias para 290 crianças em dois turnos da escola, ensinando sobre a reciclagem, importância do vidro e técnicas. Trabalhou com turmas de adultos especiais da Associação “Caminhos para a Vida”, em 2011. Os alunos elaboraram pesos para papel e colares para presentear suas mães. Uma experiência emocionante e enriquecedora, segundo Ro.

parceria com

Jorge Marinho

Para 2014, já está trabalhando na montagem do projeto social “Donas de Casa”, no qual trabalhará com uma turma de mulheres donas-de-casa, acima de 30 anos. O objetivo do projeto é torná-las aptas a produzir pequenas peças de fusing, como: bijuterias, brindes e souvenirs, aproveitando o fato de Florianópolis ser um polo turístico. A geração de renda das vendas das peças proporcionará uma condição melhor a estas mulheres. Paralelamente aos projetos e workshops, Ro Giuntini produz peças sob encomenda e para venda no atelier Oficina do Vidro, fazendo uma parceria com Jorge Marinho. Na próxima página conheça um pouco mais sobre ele.

Especialmente para o artista plástico amante das artes do fogo.


34

A paixão de Jorge Marinho pelo fusing Jorge Marinho é designer de projetos de interiores e artista plástico muito respeitado. Jorge nos conta que tudo começou há 20 anos, quando trabalhava em um escritório de arquitetura e resolve desenvolver luminárias. Autodidata, compra um forno e descobre a Triarte. Assim inicia sua produção que em muito pouco tempo cresce assustadoramente, quando passa a produzir para as 18 lojas da Imaginarium. Em 1998, conhece a artista plástica, Elvira Schuartz, do Espaço Zero, com quem tem algumas aulas, tornandose amigos e parceiros na técnica do “fusing”. De 1998 a 2008, fez vários cursos de fusing glass na Espanha, Alemanha, França, Praga e EUA. Até 2009, foram anos de super produção. Neste momento, Jorge já era proprietário de 04 lojas em Florianópolis. Foi então, que resolve diminuir drasticamente sua jornada de trabalho. Vende as 04 lojas e monta a Oficina de Vidros, seu único ponto de vendas hoje que fica na Rua Pequeno Príncipe, 859 – Campeche. Uma loja linda, ponto imperdível para visitação para quem gosta de arte e for a Florianópolis. Entretanto, sua paixão pelo fusing continua intacta. Para 2014, já está trabalhando para uma exposição de fusing com cristal que se chamará “Corpos Invisíveis”. Sem data definida. Triarte Produtos


Fogo & Arte

Para encerrar nossa visita a Florianópolis, fomos fomos visitar a 7ª edição da Vitrine Aroma, Sabor e Arte Catarina, promovida pelo Sebrae/SC em parceria com o Beiramar Shopping e com o programa Nova Economia@SC, do Governo do Estado, desenvolvido pela Secretaria de Desenvolvimento Econômico Sustentável, onde Ro Giuntini expõe um pouco de sua arte. Os expositores fazem parte de uma associação “Casa Catarina” de Lages.

CONTATO Rosangela Giuntini : Cel.: (048) 9960 - 7871 www.rosangelagiuntini.blogspot.com rogiuntini@gmail.com /RoGiuntiniArteVitrea /rogiuntini CONTATO Jorge Marinho: comercial@oficinadovidro.com.br Especialmente para o artista plástico amante das artes do fogo.

35


36

Regina Esher, ousadia em pessoa

Aos 26 anos, Regina Esher abandona a carreira de pedagoga para dedicar-se à família. Apesar da correria com a educação dos quatro filhos, havia uma lacuna que precisava ser preenchida para sua realização. Passa então a frequentar cursos de porcelana, mas incentivada pelo marido, arquiteto e professor nas Faculdades Mackenzie e Belas Artes, parte para a cerâmica e, com o barro, descobre seu verdadeiro caminho nas artes do fogo. Do início dos anos 80 até 90, junto à sócia, Maria Alice Val Barcelos, abrem a empresa

Hoje, toco meu atelier sozinha. Investi em novos tornos e equipamentos. Continuo sendo cliente da Triarte, pois gosto de seus produtos e da relação amigável que tenho com o proprietário. Dou aulas de cerâmica e torno; continuo fazendo as peças para os antigos e novos clientes; participo de workshops, eventos e exposições. Nunca trabalhei tanto!

Triarte Produtos

Studio 6 que foi um sucesso. O término da empresa deveu-se às dificuldades advindas com o plano Collor. Paralelamente aos trabalhos no Studio 6, Regina continuava fazendo cursos com artistas de renome no mundo da cerâmica, como o Mestre Lelé e Megumi Yuasa, entre outros. Foi no curso de Mestre Lelé que ela conhece José Carlos Carvalho. Desta amizade, surge uma sociedade paralela à empresa. Juntam seus tornos e passam a dar aula no Galpão das Artes durante 10 anos e, depois, no atelier no Morumbi, até 2003, quando Carvalho muda-se para Cunha. Neste mesmo ano, Regina recebe duas megas encomendas de peças para os restaurantes: Cozinha americana do Grand Hyatt Hotel e o Le Vin Bistrô, para os quais faz seus pratos até hoje. Para não perder esta oportunidade, une-se a duas sócias, durante seis anos, e, com um único forno, trabalhavam dia e noite. Era o momento de “colocar a mão na massa” no sentido real da palavra.


Fogo & Arte

Pratos para ostras feitos para o Le Vin Bistrô

Dezenas destas taças foram feitas para uma construtora, onde duas delas são dadas a pessoa que se torna novo proprietário do imóvel. Pois não há nada melhor que comemorar a compra brindando com belas taças artísticas!

Lindos e conhecidos bambus de Regina.

Com uma pesquisa voltada para a cultura indígena, Regina desenvolveu uma linha tribal, acentuando assim a beleza de um produto único, chegando a exibi-lo no espaço de exposições Champerret, em Paris.

Contatos: Atelier Regina Esher Rua Kansas, 1348 Brooklin - São Paulo - SP Tel: (11) 5103.1675 www.reginaesher.com Produtos à venda: www.galateacasa.com.br /regina.esher Os cursos de cerâmica e torno em seu atelier são um sucesso!

Especialmente para o artista plástico amante das artes do fogo.

37


38

CATÁLOGO Triarte

P

produtos de excelente padrão de qualidade e ótimos preços, além de muitas cores disponíveis! A Triarte se orgulha de estar no mercado há mais de 30 anos, e por isso vem sempre buscando inovação, para que seus produtos atendam à necessidades de cada cliente. Confira logo abaixo algumas das centenas de cores que a TRIARTE disponibiliza para venda As amostras servem apenas como referência, podendo existir uma pequena divergência entre as cores

Esmalte para Cerâmica

Amarelo Canário GEL G/ GLC 170

Laranja GEL T/ TRF 5020

Vermelho Coral GEL T/ TRF 1190

Verde Forte GEL TAC 09

Beje Areia GEL G/ GLC 740

VInho claro GEL G/ GLC 270

Cinza Azulado Claro GEL G/ GLC 090

Azul Anil GEL T/ TRF 1073

Triarte Produtos


Fogo & Arte

39

sobre Esmalte para Porcelana

Verde Cromo TRPO 16100

Lilás Orquídea TRPO 80155

Vermelho Cereja TRPO 7500

Azul Cob. Intenso TRPO 32195

Quadricromia Azul Cyan

Quadricromia Black

Quadricromia Magenta

Quadricromia Yellow

Esmalte para Vidro

Azul Efeito Bolha

Amarelo de Prata TR AG 2011

A Triarte também comercializa produtos como: solventes, matérias - primas, tintas para artesanato, entre outros...Valorize ainda mais suas peças com os produtos da Triarte. Entre no nosso site triarteprodutos.com.br e BOAS COMPRAS!

Verde Ferrugem Efeito Reativo

Especialmente para o artista plástico amante das artes do fogo.



Fogo & Arte - 3ª edição