Page 1

Distribuição Gratuita - DEZEMBRO/JANEIRO 2010/2011 - edição 2

Entrevista Economista Wilson Rabahy fala sobre o turismo no próximo ano

Nova York A capital do mundo está pronta para o Natal

PREVISÕES Uma vidente e um tarólogo revelam o que virá em 2011

DESTINO NACIONAL EM ALTA Quais as capitais brasileiras favoritas para se passar o réveillon

GASTRONOMIA Dicas e uma receita para a ceia de Natal


editorial

Palavra do Presidente

Q

uando o fim do ano se aproxima ficamos com aquela sensação duvidosa se conseguimos realizar tudo que poderíamos, se mapeamos as oportunidades de forma clara e objetiva, se andamos na velocidade certa, enfim, são muitas as indagações.

A verdade é que temos a certeza do dever cumprido e que fizemos o melhor. O certo também é que continuaremos avançando em busca da qualidade máxima em todas as áreas. 2011 está chegando e novos planos e desafios terão que ser superados, esta é a pauta da nossa vida. Nossa família cresceu bastante em 2010, nossos clientes e fornecedores estiveram mais próximos e isso faz com que tenhamos mais motivos e desejos para acelerar cada vez mais com cautela, porém vibrantes como sempre. Esperamos um ano economicamente forte, em nosso segmento acreditamos que será um ano de crescimento e muitas oportunidades, e quando o vento está a favor, temos que remar em dobro. Manteremos nosso foco na capacitação dos agentes de viagens, pois acreditamos fortemente que este é o caminho mais curto e preciso para o futuro do consultor de viagens, o especialista em viagens. Este ano fomos reconhecidos por muitos prêmios no Brasil e no exterior. Isso traz mais responsabilidade, porém o conforto de que estamos no caminho certo. Presidente nova, governo novo, novas propostas, novos ares. Esperamos que você entre neste embalo e eleja a inovação como conceito primordial no seu negócio. Desejamos aos colaboradores Trend e a todos os nossos clientes e fornecedores um ano novo repleto de saúde e paz, privilegiando o maior patrimônio de nossas vidas: nossa família. Um forte abraço,

Luis Paulo LUPPA Diretor-Presidente

Expediente A revista Segue Viagem é uma publicação da TREND Operadora. Internet: www.trendoperadora.com.br. Tiragem: 10.000 exemplares. Projeto gráfico e Diagramação: Tatiana Barboza. Editor e Jornalista Responsável: Stevan Lekitsch (MTB 36.017 SP) - imprensa@trendoperadora.com.br. Redação: Alexandre Minghini. Impressão: W Gráfica. Colaboradores: Alessandra Assad, Alexandre Camargo, Dr. Amaury Simoni, Luis Vabo, Maurício Góis, Nilda Brasil e Raul Candeloro. Marketing - Gerente: Ana Kuba. Assistente: Talita Andrade. Equipe de criação: André Torres, Bruno Matinata, Fernando Figueiredo e Leandro D´Angelo. Para anunciar nesta revista, entre em contato com a nossa área comercial: publicidade@trendoperadora.com.br. Distribuição gratuita.


editorial

Conselho de Amigo palavra dos conselheiros

A

pesar de acompanharmos todo o processo e vermos as páginas surgindo uma a uma antes da impressão, pegar na mão a revista finalmente impressa nos

encheu de

orgulho, uma sensação de missão cumprida.

Realmente a publicação superou todas as nossas expectativas. E o mesmo pudemos sentir do público que, durante a ABAV, que aconteceu no Rio de Janeiro, onde a revista foi lançada, elogiou página por página a sua formatação, os temas apresentados. Posteriormente, ao enviarmos para os agentes de viagens, hoteleiros e amigos, também o que recebemos foi só elogios. Começamos com o pé direito a nossa revista. E a intenção é melhorar para progredirmos cada vez mais, com edições mais completas e estimulantes, para que o nosso cliente, o agente de viagens, fique sempre bem informado. Boa leitura!

José Anjos

Diretor-Conselheiro

Washington Preti Diretor-Conselheiro


08 12 20 22 28 30 32

36

40

44

48

52

54

60

Tudo o que há de novo

Espaço TREND

Os empórios no reino das cestas de Natal

Consumo

TREND treinando com as redes hoteleiras

Parceria

Dicas para a ceia e uma receita natalina

Gastronomia

O mundo em duas rodas, previsões para 2011 e vacinas

CURIOSIDADES, Experiências de viajante e Saúde

Blue Tree Hotel Fundador em Santiago do Chile

TREND Indica no exterior

Morgan e Hudson em Nova York e Park Central em Buenos Aires

Hotel Internacional em Destaque

Nova York está preparada para o Natal

Destino Internacional em Alta

Caesar Business Salvador

TREND Indica no Brasil

Golden Tulip Ipanema Plaza Hotel

Hotel Nacional em Destaque

Cinco destinos preferidos para o réveillon brasileiro

Destino Nacional em alta

A TREND oferece consultoria hoteleira

Novidades

Profissionais especializados no trade turístico se posicionam

Colunistas

Perspectivas para 2011 com o economista Wilson Rabahy, especialista em turismo

Entrevista

Sumário


s o r o i ge h n l a r eo t s e od s o tã sil es bra no

SEGUE VIAGEM Dezembro/Janeiro 2010/2011

Arqu

ivo p

esso

al

ENTREVISTA

8

ista m , no o hy a ec rab ta n lis so l a i i , w espec rismo tu das em a s fal a v i t pec s 11 per ra 20 pa

W

ilson Rabahy, paulistano, graduou-se em Economia pela PUC-SP em 1964. Começou sua carreira como professor de Estatística Econômica, tendo passado por diversas instituições de ensino de nome, como a PUC de Campinas, a Universidade Anhembi Morumbi, a FMU, e por entidades como a Prefeitura de São Paulo e o Tribunal de Contas do Estado de São Paulo. Fez mestrado e doutorado em Ciência da Comunicação na Escola de Comunicações e Artes da Universidade de São Paulo (ECA-USP), onde passou a lecionar em 1970 até se aposentar. Trabalhou na Embratur no período entre 1975 e 1985, coordenando pesquisas sobre turismo. Foi professor da disciplina Teorometria na ECAUSP, aplicando o uso da estatística aos estudos do turismo. Apesar de aposentar-se em 1994, leciona e mantém vínculo acadêmico com a universidade até hoje. Atualmente é pesquisador da Fipe/USP e presta serviços ao Sindetur-SP. É autor de vários livros utilizados como referência na área do turismo, como: Planejamento do Turismo – Estudos Econômicos e Fundamentos Econométricos, das Edições Loyola; Turismo e Desenvolvimento – Estudos Econômicos e Estatísticos no Planejamento, da Editora Manole; e Estatística Aplicada às Ciências Humanas e ao Turismo, com José Tiacci Kirsten, da Livraria Saraiva. Convidado pela revista Segue Viagem, Wilson traça um paralelo entre os avanços do turismo e da economia no país, as perspectivas para 2011, e o que ainda é um desafio nas duas áreas.


A COPA E AS OLIMPÍADAS SÃO OPORTUNIDADES PARA RETOMADA Com o reaquecimento do comércio em 2010, após a crise financeira de 2009, pode-se esperar um ano de 2011 economicamente próspero?

DOS INVESTIMENTOS REQUERIDOS PELA POPULAÇÃO

A tendência de curto prazo é a manutenção do crescimento da economia brasileira, baseado principalmente no aumento da renda da população, particularmente daqueles de menor poder aquisitivo, e na ampliação e nas maiores facilidades de acesso ao crédito, que estimulam o aumento do consumo em geral.

O maior desafio deve ser enfrentado pelo lado dos gastos, cujos maiores fatores de pressão são dados pelo financiamento da dívida pública – particularmente agravado pelas taxas de juros internas – e pelos crescentes gastos de custeio, não devidamente acompanhados das melhorias dos serviços públicos – especialmente na educação e na saúde.

A questão é que este modelo de economia não se sustenta em prazos mais longos, pois, com maior consumo e baixos níveis de poupança, a produção interna vem sendo gradativamente substituída pela importação, situação ainda mais agravada pela valorização do real.

Como os eventos esportivos de 2014 (Copa do Mundo) e 2016 (Olimpíadas) podem afetar a economia do país nesta nova gestão?

Arquivo pessoal

Com um novo governo, o que é imprescindível nesse próximo mandato para manter o prumo atual da economia? Para assegurar a sustentabilidade desse crescimento faz-se necessário eliminar o déficit fiscal, que a cada

ano vem se ampliando. A solução não é dada pelo lado das Receitas, como preconizado com a retomada da CPMF (Contribuição Provisória sobre Movimentação Financeira), até porque a nossa tributação já corresponde a cerca de 35% do PIB (Produto Interno Bruto).

A ocorrência desses dois eventos no Brasil são oportunidades únicas para a retomada dos investimentos requeridos pela população residente no Brasil, particularmente nos campos do saneamento básico, dos transportes públicos e demais elementos da infraestrutura urbana.

SEGUE VIAGEM Dezembro/Janeiro 2010/2011

9


ENTREVISTA

as perspectivas de investimentos estrangeiros nesta área são muito promissoras, pelas imensas

SEGUE VIAGEM Dezembro/Janeiro 2010/2011

Arquivo pessoal

disponibilidades de atrativos

10

Os recursos públicos não devem ser utilizados para atender aos requisitos exigidos pelas entidades organizadoras, a menos que seu legado seja usufruído a posteriori pela população brasileira. Esse tipo de investimento deve ser de responsabilidade do setor privado, que saberá melhor julgar sua viabilidade econômica, cabendo ao setor público, principalmente, sua fiscalização e acompanhamento, o apoio logístico e a integração com seus investimentos de infraestrutura.

Os milhares de trabalhadores recebendo salários nesses eventos podem gerar um boom no consumo a prazo e, assim, produzir um aumento na inadimplência? A questão da inadimplência depende do modelo de sustentabilidade do crescimento. Caso o aumento do emprego seja apenas episódico – não só em decorrência desses megaeventos – a tendência é aumentar o grau de inadimplência, particularmente no sistema atual de estímulo ao consumo pelas facilidades de crédito.

A projeção do PIB do turismo otimista que tivemos este ano pode ter um crescente aumento até quando? O atual crescimento do turismo brasileiro se deve essencialmente ao turismo interno, até porque com o câmbio valorizado, o déficit na Conta de Viagens Internacionais deve atingir a casa dos US$ 10 bilhões. Sendo assim, o crescimento do turismo também vai depender da sustentabilidade do modelo de crescimento da economia brasileira que vier a ser adotado nos próximos anos.

Este aumento no PIB turístico pode gerar um aumento na procura por estrangeiros em ações no mercado brasileiro? Restringindo-se esta questão às ações do mercado correlato às atividades do turismo, as perspectivas de investimentos estrangeiros nesta área são muito promissoras, pelas imensas disponibilidades de atrativos, ainda inexplorados, pelo aumento do turismo interno no Brasil e por suas indiscutíveis potencialidades de crescimento.


AO SETOR PÚBLICO COMPETE PRIMORDIALMENTE O PAPEL DE ESTIMULAR E APOIAR OS O BNDES (Banco Nacional de Desenvolvimento) e demais fontes de incentivo e fomento estão preparados para dar aporte aos hotéis e locais turísticos que queiram investir em sua infraestrutura? A disponibilidade de recursos para financiamento de investimentos em infraestrutura e equipamentos turísticos não deve ser impedimento para que se processe a ampliação dos investimentos nesta área. A questão a ser definida é a sua prioridade face às políticas públicas e a existência de projetos adequados que demonstrem sua viabilidade econômico-financeira.

Como o governo pode se tornar parceiro, neste momento das empresas e dos empresários que queiram investir no turismo? Ao setor público compete primordialmente o papel de estimular e apoiar os investimentos privados, normatizando e fiscalizando suas atividades. Reservam-se ao setor público aqueles investimentos necessários à sociedade e que geram

INVESTIMENTOS PRIVADOS

benefícios difusos, não apropriados diretamente por agentes específicos. Indicadores levantados pela FIPE (Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas) revelam que as melhores avaliações de satisfação dos turistas são concedidas aos investimentos privados (hotéis, restaurantes, operadores de viagem, etc.), e, de outro lado, as piores ficam com os serviços de segurança, estradas, sinalizações, limpeza pública, todos de competência do setor público.

Como o novo governo pode surpreender positivamente os profissionais de turismo? A questão do ensino é um desafio no momento atual, em qualquer que seja o campo profissional. A solução de curto prazo é a ampliação de programas de treinamento para os profissionais que estão mais em contato direto com os turistas: recepcionistas e funcionários de hotéis, garçons e demais profissionais de cozinha, motoristas de táxi, guias de viagens, agentes operadores, agentes transportadores, etc. A educação e o treinamento são o caminho certo para o sucesso.

SEGUE VIAGEM Dezembro/Janeiro 2010/2011

11


Colunistas

BHAG ...meta grande, cabeluda

BHAG é um termo inventado por James Collins and Jerry Porras. A primeira vez que o termo apareceu foi em um artigo intitulado “Construindo a Visão da sua Empresa”, mas ele realmente ganhou notoriedade quando Feitas para Durar foi publicado. BHAG, no inglês, vem de Big (Grande) Hairy (Cabeluda) Audacious (Audaciosa) Goal (Meta). Ou seja, uma meta grande, cabeluda e audaciosa.

SEGUE VIAGEM Dezembro/Janeiro 2010/2011

Para Collins, o que separa muitas vezes uma empresa normal de uma empresa de sucesso é que esta última tem um objetivo maior. Algo que motiva as pessoas, faz as dificuldades serem superadas e basicamente dá foco e disciplina ao grupo, durante um longo período de tempo. Obviamente a mesma lógica poderia ser aplicada a uma agência de viagens.

12

Isso significa que todo BHAG é bom? É claro que não. A falta de visão de alguns líderes faz com que o BHAG seja um problema, na verdade. Por exemplo, a Motorola tinha como BHAG lanchar o projeto Iridium. O projeto fracassou miseravelmente e a empresa, além de descapitalizada, perdeu irremediavelmente a liderança do mercado de celulares. Até hoje ela está tentando se reerguer.

iStockphoto

e audaciosa • Respeita os valores da empresa e é algo pelo qual as pessoas têm paixão. • Está dentro do círculo de competência da empresa – ela é muito boa nisso. • É lucrativo, com clientes que valorizam e estão dispostos a pagar. Sem essas três coisas, um BHAG não se sustenta. Nem como discurso nem como realidade. Mas, se tiver as três, você pode ter em mãos uma força transformadora – para sua agência de viagens e para a vida de quem trabalha nela. BHAG’s precisam ser claras e óbvias. Se precisam de muita explicação, raramente motivam alguém com a paixão e o entusiasmo que queremos. Afinal de contas, o objetivo é tirar as pessoas do conforto, com uma certa dose de heroísmo e uma ponta de dúvida: ‘será que dá?’. Uma boa BHAG também independe de um líder repetindo a frase o tempo inteiro. Se a BHAG é boa mesmo, ela ganha vida própria! Alguns BHAG’s interessantes:

Ou seja, ter uma meta audaciosa só para dizer que tem uma grande meta é bobagem. Não adianta se enganar. Afinal de contas, não seria a primeira vez, nem será a última, que um grupo inteiro de pessoas sai motivado para fazer uma grande bobagem. Isso acontece com frequência... e muitas vezes com custos bastante altos.

• Microsoft: Um computador em cada mesa e cada casa.

Um bom BHAG, de acordo com Collins, tem três características fundamentais:

E a sua agência, tem uma BHAG? Qual é sua grande meta, audaciosa e cabeluda?

• Amazon: Todo livro já publicado, em qualquer língua, disponível em menos de 60 segundos. • Twitter: Ser o ‘pulso’ do planeta.

Raúl Candeloro é palestrante, autor de diversos livros sobre vendas e gestão e editor das revistas VendaMais®, Liderança® e InvestMais®. Formado em Administração de Empresas e mestre em empreendedorismo, é responsável pelo maior portal de vendas e marketing da América Latina: www.vendamais.com.br. Email: raul@vendamais.com.br


Uma equipe campeã em 10 lições

as suas exigências precisam estar em sintonia com o que você oferece

Para você que é um agente de viagem, e que entende como é importante ter as pessoas certas para prestar o melhor serviço aos clientes, sabe também que é fundamental escolher aquelas que estão de acordo com o perfil que você estabeleceu para cada cargo da sua empresa, e que já vimos na nossa 1a lição. Daí vem a seguinte questão: para ter uma equipe campeã, como saber onde encontrá-la? Começamos lembrando das principais fontes de recrutamento: 1. Anúncio – jornal, revista especializada, instituições. Pode ser muito bom quando se tem muitas posições a preencher. Mas também pode ser caro e demandar muito tempo para a triagem dos mais adequados.

Shutterstock

2a lição

procurando. Pode ser ótimo, sem dúvida, mas também exige um tempo para que você realize uma triagem adequada para que não perca tempo convidando candidatos que depois, nas entrevistas, você perceba que não tem nada a ver com o que está buscando. Você também pode ir construindo o seu banco de dados, pelo seu site, quando você disponibiliza um espaço para que pessoas enviem os seus curriculuns. Mas neste caso, não se esqueça de fazer também a triagem, para não correr o risco de ter a necessidade de contratar um grande número de profissionais e ainda gastar o tempo em analisar cada um previamente.

2. Consultoria especializada em pessoal – se for focada em turismo pode ser bom, pois deve ter um banco de dados específico. Mas também possui um custo elevado 5. Headhunter – É procurar aquele profissional que tanto almeja, no mercado específico. Esta fonte tem sido mais e precisa entender muito bem o seu perfil. utilizada quando você deseja alguém mais do nível 3. Indicação – nem sempre aquele seu excelente gerencial, ainda que nada impede que você possa usar profissional indica um amigo que também é muito para qualquer tipo de função. É mais ou menos como bom. Então cuidado com esta fonte, para não fazer “procurar aquela agulha no palheiro”, ou seja, difícil de comparações que podem resultar em desempenhos achar, mas possível. não esperados. Mas, sabemos que é uma opção muito Mas a principal fonte de talentos ainda, e sempre, reside utilizada por todos. na capacidade de desenvolver e treinar o próprio pessoal, 4. Internet – cada vez mais possuimos sites de banco aproveitando e motivando todos a crescer. de curriculuns, que disponibilizam sem qualquer custo para a empresa uma série de perfis profissionais Mas, para você conhecer : na média mundial, a principal fonte que podem estar de acordo com o que você vem é o recrutamento de profissionais vindos da concorrência. E aí vai a nossa recomendação final: Nilda Brasil é psicóloga com especialização em gestão de pessoas.

Cuidado para não cometer um erro muito comum que ainda vemos acontecer no mercado: procurar profissionais com características de leão para trabalhar numa jaula de macaco – ou seja, as suas exigências precisam estar em sintonia com o que você oferece.

SEGUE VIAGEM Dezembro/Janeiro 2010/2011

13


Colunistas

Um equívoco sobre serviços e atendimento Shutterstock

Você enfraquece seu caixa por causa do serviço ruim

SEGUE VIAGEM Dezembro/Janeiro 2010/2011

Falar sobre atendimento no Brasil e no mundo é chover no molhado. Quase todos os escritores e palestrantes em todo o planeta têm discutido este tema tão empolgante. Mas as ideias quase todas são as mesmas. Desde que Jan Carlzon e Karl Albrecht chamaram de Momento da Verdade o contato da empresa com o cliente, parece que o assunto não tem mais fim.

14

me entregar não estavam lá. Quando reclamei, ouvi como resposta: “É, mas pelo menos a cama foi entregue, certo?” O atendimento deixou de focar o serviço para enaltecer o maquinário não humano. A tecnologia não presta um atendimento sedutor porque não tem alma? A história é outra. Imagine que você ligue para uma empresa e ouça a seguinte voz logo de cara: “Se você quiser falar agora com a gente, tecle 1”... e só mesmo depois surgem as outras opções. Não é isso que você ouve, certo? Sabe por que esta opção de falar com gente só aparece por último? É por que as empresas não acreditam no talento humano? Não! É porque elas acreditam que máquina é melhor que gente e que ser humano é um bicho complicado.

As histórias são parecidas também. Peguei um táxi para ir do aeroporto ao meu escritório e o motorista fez cara feia quando ele percebeu que a corrida era de apenas dois quilômetros. Cheguei à recepção e a recepcionista (melhor seria decepcionista) estava roendo as unhas e combinando o encontro no motel com o namorado. Liguei para uma empresa e, quando perguntei a que horas o Pare um pouco e raciocine comigo. Empresários e gerente da manutenção voltaria, ela respondeu: “Nem o executivos em geral do mundo inteiro estão fazendo São Jorge e, (sabe,) olha que este gerente é de lua”. um enorme equívoco estratégico. Eles estão focando Perguntei à faxineira onde era o banheiro e ela me disse: no atendimento ao cliente e esquecendo o atendimento “Depende do que o senhor for fazer lá, porque a descarga ao profissional que atende. Você acha que resolverá um problema de atendimento com uma conversa empolgante? está quebrada”. Cheguei ao hotel e a mocinha, em vez Você é um dos que acredita que tudo se resume em reunir de sorrir e dizer “que bom que o senhor veio”, despejou a turma e contar histórias fantásticas que ilustram o que sua ansiedade dizendo “espera porque nós vamos atender é um bom atendimento? Ao dar ótimos exemplos de primeiro só quem fez reserva”. Quando cheguei em casa bom atendimento você melhorará a informação, mas não e reuni as crianças para entregar os chocolates que eu mudará comportamentos. Quero propor outro conceito comprei numa viagem, não estavam na mala que peguei que vai numa outra direção. Para voltar a lucrar é preciso na esteira do aeroporto. parar de pensar que você está perdendo dinheiro por causa Quando sai da festa de núpcias e fui com minha noiva nos do atendimento ruim. Você enfraquece seu caixa por causa braços para inaugurar nossa nova casa, abri a porta e notei do serviço ruim. Serviço é maior que atendimento. Serviço é que os sofás, cadeira e todos os móveis que a loja prometeu a mãe do atendimento, e se a mãe não presta... Maurício Góis é empresário, palestrante, autor e estrategista. E-mail: contato@mauriciogois.com.br


Eu sempre digo que você pode falar qualquer coisa, para qualquer pessoa, desde que você saiba como fazer isso. Este é um princípio básico de comunicação, mas que 90% das pessoas erram na execução. E sabe por quê? Porque o “como” fica sempre em segundo plano. E sabe por quê? Porque toma muito tempo. A pergunta é: o que demanda maior tempo: planejar adequadamente o “como” ou corrigir todos os porquês depois? Joseph Grenny, especialista em conversas decisivas e autor de três livros que estiveram na lista dos mais vendidos do The New York Times, afirma que no cerne de quase todos os problemas crônicos estão conversas decisivas que você não está tendo ou está conduzindo mal. E isto acontece por motivos como pouca influência, trabalho em equipe falho, produtividade medíocre, fracasso no casamento, desafios da diversidade, problemas de qualidade, questões de segurança ou outros. Ele diz que sempre que estiver num beco sem saída, existe uma conversa decisiva mantendo você lá. Ele afirma que “o primeiro erro na conversa decisiva é sempre na primeira sentença. Em geral, abrimos a boca e falamos da maneira errada. Escolhemos sem pensar”. Esta é uma grande verdade, e motivo que nos leva a fracassar inclusive em relações pessoais. O papel da segurança – Grenny destaca que para falar honestamente, sem ofender alguém, temos de encontrar uma forma de preservar a segurança. É mais ou menos como dizer a alguém para dar um soco no nariz do outro, sem machucá-lo. Como podemos falar o execrável e ainda preservar o respeito? O professor afirma que podemos fazê-lo, se soubermos como misturar cuidadosamente três ingredientes: confiança, humildade e aptidão. Ele salientou que há sinais negativos que podem ser observados quando não estamos conduzindo ou conduzimos mal uma conversa decisiva:

iStockphoto

Você pode falar o que quiser?

O primeiro erro na conversa decisiva é sempre na primeira sentença. Em geral, abrimos a boca e falamos da maneira errada. Escolhemos sem pensar. Joseph Grenny

• Se, durante a conversa, você se sentir cada vez mais frustrado, talvez esteja tendo a conversa errada. • Se você tiver a mesma conversa duas vezes, está tendo a conversa errada. Ele alerta que se você ficar atolado num nível, deve passar para um nível mais profundo. “E quando puder dizer o que tem a dizer em uma sentença, você está pronto para conversar.” O professor afirmou que quando começamos a nos sentir inseguros, escolhemos um de dois caminhos negativos. Ou buscamos o silêncio, impedindo que informações relevantes cheguem ao reservatório de informações relevantes; ou a agressividade, tentando impor informações ao reservatório. Com isso, podemos nos afastar, restaurar a segurança e retomar o diálogo, antes que o prejuízo seja muito grande.

Alessandra Assad é diretora da AssimAssad Desenvolvimento Humano. Formada em Jornalismo, pós-graduada em Comunicação Audiovisual e MBA em Direção Estratégica, é professora na FGV Management, palestrante e colunista de vários meios de comunicação. É autora do livro Atreva-se a Mudar! – Como Praticar a Melhor Gestão de Pessoas e Processos. E-mail: alessandra@alessandraassad.com.br.

SEGUE VIAGEM Dezembro/Janeiro 2010/2011

15


Colunistas Andar de carro é mais perigoso do que de avião

Shutterstock

Foi por medo de avião...

...que segurei pela primeira vez em sua mão.” A famosa música, sucesso de Belchior na década de 80, retrata muito bem o temor que um grande número de passageiros tem pelas viagens aéreas.

SEGUE VIAGEM Dezembro/Janeiro 2010/2011

Segundo alguns especialistas, o medo se explica porque, quando um acidente acontece, o número de vítimas fatais é normalmente muito grande, principalmente se comparado aos acidentes de carros.

16

Mas se você se enquadra neste rol de pessoas que têm pavor de voar, tranquilize-se, porque as estatísticas estão a seu favor. Pesquisas realizadas pelos órgãos de proteção ao voo nos Estados Unidos apontam que 22 mil pessoas morrem por ano em acidentes de carro. Já o número de vítimas de acidentes aéreos, desde o primeiro ocorrido na década de 40, mal passou desta metade. Traduzindo: o número de pessoas que morreram em acidentes aéreos nos últimos 60 anos é quase o mesmo que morre a cada seis meses nas estradas americanas. Mas você pode estar pensando: “Ok, viajar de carro pode até ser estatisticamente mais perigoso, mas pelo menos estou livre das indesejáveis turbulências”. É verdade,

porém, para te deixar ainda mais tranquilo, saiba que as chances de um acidente acontecer por turbulência são remotas. Além disso, nas viagens de longo alcance, as aeronaves já atingem alturas mais seguras, acima dos 40 mil pés, em que os deslocamentos de ar, que formam as turbulências, são cada vez mais escassos. E, se não bastasse isto, as novas tecnologias adotadas pelos fabricantes de aviões comerciais possibilitam aos pilotos traçar rotas mais seguras, evitando com muito mais precisão as áreas de mau tempo. Muito antes de entrar no cockpit, a tripulação já recebe boletins meteorológicos com informações detalhadas sobre as condições de tempo em rota e, desta forma, pode planejar um voo mais tranquilo e com raros momentos de turbulência. Para alguns especialistas, com o avanço da tecnologia e aviões mais modernos, as grandes turbulências que podem colocar em risco a segurança de um voo estão com os dias contados. Por isso, caro leitor, se você tiver que segurar a mão de alguém durante os próximos voos, possivelmente não será por medo de avião. Assim, relaxe e siga viagem!

Alexandre Camargo é diretor de vendas da TREND Operadora, pós-graduado em Administração e Marketing, já foi diretor do Grupo Varig, Vasp e Copa Airlines e é autor do livro O Ano em Que Só Nós Tivemos Lucro, da Editora Matrix. E-mail: acamargo@trendoperadora.com.br


crédito: Castro Mello Arquitetos - projeto Maracanã

Tendências para 2011... em diante O negócio agência de viagens tem se transformado ao longo dos anos, e mais especialmente nos últimos dez anos. Mas nunca o cenário do agente de viagens brasileiro mudou tanto como em 2010. Pensar as tendências do turismo no final de um ano como este, em que tudo mudou na distribuição, e imaginar quais serão os próximos passos dos players de um mercado tão dinâmico e nervoso como o nosso é tarefa motivadora.

O cliente deseja comodidade, tranquilidade e segurança

Exercitar esta análise torna-se um enorme desafio, se considerarmos as variáveis que influenciam e que verdadeiramente impactam esta atividade em nosso país: crescimento econômico acima da média mundial, excesso ou falta de regulamentação, problemas de infraestrutura aérea e aeroportuária, legítimos interesses comerciais, evolução das tecnologias facilitadoras, surgimento de tecnologias substitutas, pressão pela desintermediação, etc.

• A quantidade de passageiros continuará crescendo acima da capacidade de nossos aviões e aeroportos.

Entre essas variáveis, pode-se afirmar que a economia brasileira permanecerá em crescimento, os investimentos públicos na infraestrutura aeroportuária deverão crescer, pressionados pelos compromissos assumidos com os megaeventos esportivos de 2014 e 2016 e, provavelmente, haverá um ambiente de negócios cada vez mais propício a investimentos privados na aviação.

• As agências se reinventarão e agregarão valor ao seu serviço, mantendo sua importância no negócio.

Já os interesses comerciais, a evolução das tecnologias que facilitam as viagens e turismo, o surgimento de tecnologias que substituem as viagens (mas não o turismo), poderão influenciar mais diretamente no que será o agenciamento de viagens no futuro. Entre as diversas tendências, uma que parece inexorável é a da desintermediação, que visa uma maior rentabilidade do negócio do prestador do serviço e, por isso, para que eu seja cobrado por este exercício de futurologia, vejo as tendências do turismo no Brasil apontando na seguinte direção:

• A hotelaria responderá à altura do proporcional crescimento da demanda por hospedagem. • A desintermediação continuará, pressionada pelos interesses comerciais dos prestadores de serviços turísticos e também pelo desejo do consumidor.

• A distribuição das companhias aéreas e hotéis incluirá todos os meios de todos os tipos, diretos e indiretos, portais próprios, webservices, GDS, sistemas integradores, consolidadores, operadores e agentes de viagens, etc. • A internet continuará sendo um catalisador de mudanças e um agente revolucionário para os negócios. Por acreditar nisso, penso que o agente de viagens que souber se cercar de conhecimento (sobre o destino que vender), tecnologia (própria ou de parceiros) e de competitividade (preços justos para seu cliente) não somente sobreviverá, mas tenderá e se destacar e crescer, num ambiente em que todos estarão tentando se ajustar a um novo consumidor. O cliente deseja comodidade, tranquilidade e segurança, e, asseguro, está disposto a pagar por isso.

Luis Vabo é diretor do Sistema Reserve e da Solid Corporate Travel, conselheiro da ABGEV e associado da Abracorp. E-mail: luisvabo@reserve.com.br

SEGUE VIAGEM Dezembro/Janeiro 2010/2011

17


Cuidamos bem de seu maior patrimônio: as pessoas que contribuem com o crescimento e a qualidade de seus negócios.

Análise e gerenciamento de riscos. Co-participação. Apólices administradas.

As melhores soluções do mercado para pequenas, médias e grandes empresas!

www.trianseguros.com.br


A TREND celebra a PAZ no Rio de Janeiro


Novidades

AUDITORIA

HOTELEIRA

Um bom empreendimento

TREND

hoteleiro apóiase em dois importantes seguimentos: os

A

equipamentos

TREND Operadora fez uma parceria com uma empresa especializada nesta vital ação e que, com mais de 30 anos de experiência nesse trabalho de aferição de qualidade a hotéis, irá realizar uma visita técnica e avaliação destes dados, fornecendo aos hotéis e hoteleiros os subsídios e as características necessárias para que receba o Selo Premium TREND.

que oferece e os serviços que presta.

20

Arquivo TREND

SEGUE VIAGEM Dezembro/Janeiro 2010/2011

O empreendimento terá mais de 60 itens verificados, que cobrem desde o primeiro contato do hóspede com o hotel, ainda por telefone e todo o período da estadia do hóspede, assim como todos os serviços e equipamentos verificados e testados, até o momento em que o cliente se despede do hotel.

MÁRIO BRAGA, CONSULTOR E AUDITOR DE SERVIÇOS DE HOTELARIA

Após esta visita técnica, um relatório detalhado (com anexos e fotos) é entregue ao hoteleiro com as avaliações dos serviços e equipamentos do hotel, dando destaque ao que foi bem avaliado e o que precisa ser melhorado, visando sempre a satisfação do consumidor final, que deve ser também sua meta.

O responsável por todo esse serviço de Auditoria Operacional é o empresário Mário Braga, conhecedor do ramo hoteleiro e de restaurantes, com mais de 12 anos de experiência na área no Brasil e no exterior. Atua como consultor do SEBRAE Nacional e da ABRASEL, e tendo sido Presidente do Sindicato de Hotéis, Bares, Restaurantes e Similares de Nova Friburgo (RJ); Diretor da Federação Nacional de Hotéis, Restaurantes, Bares e Similares; Diretor de Recursos Humanos da Mercedes Benz em São Bernardo do Campo (SP) e da Warner Lambert (USA). Atualmente é Consultor Sênior do SEBRAE Nacional para Programas de Turismo, Consultoria de Qualidade para redes hoteleiras, empresas de aviação, operadoras e agências de turismo, restaurantes e articulista de várias mídias ligadas ao turismo. “Um bom empreendimento hoteleiro focado no êxito e lucratividade, apóia-se em dois importantes seguimentos: os equipamentos que o hotel oferece e os serviços que presta a seus hóspedes. Quando


SEGUE VIAGEM Dezembro/Janeiro 2010/2011

21

SELO PREMIUM TREND: A CLASSIFICAÇÃO HOTELEIRA DA OPERADORA

estas duas partes estão em perfeito funcionamento e harmonia, o sucesso do seu empreendimento é garantido”, afirma Mário Braga. Para se qualificar a receber o Selo Premium TREND o hotel, os equipamentos e a mão-de-obra precisam ser avaliados para verificar se estão oferecendo ao hóspede o desempenho com qualidade adequada para cativá-lo. Através de uma avaliação técnica, precisa e minuciosa, a TREND faz um “Raio X” detalhado de seu hotel para poder fornecer um resultado e uma classificação de acordo com os registros obtidos. Essa avaliação tem por objetivo trazer impactos positivos ao negócio, identificando onde estão as falhas e carências, assim como fornecer dicas e soluções de como evitar desperdícios, otimizar as instalações e a mão-de-obra, bem como aumentar a qualidade dos serviços e produtos. Tudo isso sem qualquer possível acréscimo significativo no custo operacional do hotel! Para participar do programa TREND Premium, a avaliação cuidadosamente

foca os seguintes itens: o contato inicial com o hotel, via telefone, fax, pelo site ou e-mail; como é o atendimento e sistema de reservas; como o hóspede é recebido, pelo porteiro e pelo mensageiro, como procedem com a bagagem, o encaminhamento para a recepção e seu check-in; o atendimento pelo recepcionista e o visual da recepção; como é o acompanhamento do hóspede até o quarto e a demonstração do apartamento. Uma vez no apartamento, avaliam-se como é a arrumação, como estão os itens de cama e banho, a hidráulica, o frigobar, o ar condicionado, a televisão, e o acesso à internet. Os serviços do hotel também são analisados e reportados, como os de restaurante, de café da manhã e roomservice, a apresentação dos pratos, os cardápios, a variedade, a qualidade, os horários; os de lazer, como bar, piscina, sauna, academia, sala de jogos, e quais as condições desses; além de adicionais, como estacionamento, lavanderia, segurança, sistema de recados, entre outros. A infra-estrutura também é importante, como o sistema de telefonia, de internet, a sinalização do hotel, o

estado dos elevadores e os banheiros das áreas comuns. A área de eventos (quando o hotel possui) é alvo de análise nos seguintes aspectos: atendimento ao cliente, a estrutura das salas de eventos e de apoio, a eficiência da equipe de apoio, o bom funcionamento dos equipamentos, e a qualidade do coffee-break oferecido, e todos os itens que envolvem um evento. A atuação e performance do staff também é avaliada, desde mensageiros, recepcionistas e seguranças, passando pela governança, arrumadeiras e garçons, e incluindo até as diversas gerências. Todo o material gráfico e comunicações do hotel com os seus clientes também é analisado, como formulários e toda sua folheteria interna e de divulgação do empreendimento, sugerindo aperfeiçoamento e possíveis correções gráficas em inglês, espanhol e português. E todas essas avaliações visam também um objetivo: a funcionalidade, o conforto, o acesso e as condições físicas dos locais em que todos os hóspedes transitam. Afinal, o cliente é a pessoa mais importante da empresa.


22

Jose Cordeiro/SPTuris

Imagem Maior, Réveillon no Rio de janeiro. Acima Réveillon na avenida paulista em são paulo, ao lado Réveillon em Recife com show da banda Spok Frevo Orquestra.

Antônio Tenório

SEGUE VIAGEM Dezembro/Janeiro 2010/2011

Destino NACIONAL em alta


SEGUE VIAGEM Dezembro/Janeiro 2010/2011

23

RÉVEILLON cinco destinos

NO BRASIL

num país inteiro

U

m país inteiro de branco, tanto nas roupas quanto nas decorações e nos adereços. Uma herança cultural antiga vinda das tradições religiosas africanas foi incorporada por nós brasileiros e causa um efeito maravilhoso por todo o país: 185 milhões de pessoas numa mesma cor.

Pedro Kirilos/Riotur

coberto de branco


Destino NACIONAL em alta à esquerda Réveillon de são Paulo, na Avenida Paulista, abaixo Réveillon do Rio de janeiro. Na Página ao lado Réveillon de Recife, na praia de boa viagem.

Jose Cordeiro/SPTuris

Tradição

As festas de fim de ano e de RÉVEILLON do Brasil são famosas mundialmente. E cinco destinos são especialmente mágicos nessa data.

24

Festas, shows, fogos de artifício são atrações fixas em muitas cidades e, por causa desses eventos, alguns destinos se tornaram indispensáveis para serem escolhidos ao menos uma vez para se passar o Réveillon. Indicamos aqui os cinco mais procurados, e quais foram os motivos que deram essa fama a eles.

São Paulo A maior cidade do país realiza também uma das maiores festas de Réveillon. Com a concentração realizada na famosa Avenida Paulista, um palco montado reúne os mais famosos artistas nacionais, que cantam para milhões de pessoas. A virada também conta com queima de fogos e decoração especial na avenida, que possui 2 quilômetros de extensão e fica completamente tomada.

Rio de Janeiro O destino brasileiro mais famoso do mundo tem na sua Praia de Copacabana a festa de Réveillon mais disputada. A cascata de fogos de artifício que cai de cima do Hotel Meridién na Avenida Atlântica já é acontecimento obrigatório. Toda a decoração da orla estará em quatro cores: branco, grafite, prata e ouro.

AF Rodrigues/Riotur

SEGUE VIAGEM Dezembro/Janeiro 2010/2011

Saiba quais e por quÊ.

E não é só a tradição de se vestir branco que é mantida nas comemorações de virada de ano. Pular sete ondas, jogar moedas, flores, oferendas para Iemanjá, acender velas na areia, comer lentilhas, uvas, romã, carne de porco, nozes, avelãs, castanhas, tâmaras, e tantas outras superstições para garantir um bom novo ano são repetidas por todo o país.

As comemorações começam já no dia 25, quando em frente ao Hotel Copacabana Palace haverá show de Roberto Carlos. Já na virada do ano, sobem ao palco Alcione, Daniela Mercury e Zeca Pagodinho, logo após a apresentação do logotipo oficial dos Jogos Olímpicos de 2016, e um show de laser e luzes, até a contagem regressiva e a tradicional queima de fogos.


Palcos espalhados pela capital pernambucana, no marco Zero e na Praia de Boa Viagem vão fazer a alegria tanto no Natal quanto na virada do ano. Na Praia de Boa Viagem, milhares de pessoas se reúnem para apreciar o espetáculo dos fogos de artifício e pular as sete ondas. A prefeitura monta os conhecidos Polos de Animação em diversos bairros da cidade, e em todos eles a contagem regressiva é feita simultaneamente. Em cada polo são feitas apresentações populares da cultura local, com shows de frevo, forró, mangue beat, ciranda, maracatu, além de grandes nomes da música popular brasileira.

Florianópolis A Setur retomará neste ano o projeto que tem por objetivo estratégico fazer de dezembro um mês de alta temporada turística em Florianópolis. O foco da programação da passagem de ano de 2010 para 2011 será em grupos de pagode, com as bandas regionais Telinho, Apetrecho, Atrevidos, Swing Maneiro e Intuição; o grupo regional de samba Sambarah; e o de pop rock, além da apresentação do maravilhoso espetáculo circense Acqua, direto do parque Beto Carrero World, e um show piromusicado nos céus da Avenida Beira-Mar e na Ponte Hercílio Luz. Para encerrar a virada, apresentação do rapper Kchaça, e um show do grupo de reggae Armandinho.

A DATA DE ANO-NOVO A comemoração ocidental tem origem num decreto do governador romano Júlio César, que fixou o 1º de janeiro como o Dia do Ano-Novo em 46 a.C. Os romanos dedicavam esse dia ao Deus Jano (de duas faces, uma voltada para frente e a outra para trás), o Deus dos Portões na mitologia romana, que originou o nome do mês: janeiro.

Shutterstock

Recife

A TRADIÇÃO DO BRANCO Como já é tradição no Brasil (e só aqui), na passagem do ano todos usam branco para entrar no novo ano com novas esperanças e muita força, para que tudo de bom se realize. A cor branca significa pureza, sinceridade e verdade, além de elevar as vibrações e trazer energia positiva. Segundo historiadores, nossa tradição de usar o branco vem do nosso sincretismo religioso, em que muitas das características das religiões africanas (como umbanda e candomblé) foram incorporadas em nossa cultura, sendo o de vestir o branco uma delas.

A grande festa do Réveillon de Salvador 2011 vai acontecer no Bahia Marina, junto aos principais pontos turísticos da cidade. A animação no palco estará a cargo de Claudia Leitte, em seu primeiro show nesta data, que dividirá o palco com a Orquestra Benutti e a Banda Negra Cor que, com seu Eletroafropopaxé, fechará a festa. O Réveillon de Salvador possui ornamentos, caracterização e temáticas baseados em cidades europeias, com o adicional da bela vista da Avenida Contorno.

Jose Cordeiro/SPTuris

Salvador

SEGUE VIAGEM outubro/novembro 2010 SEGUE VIAGEM Dezembro/Janeiro 2010/2011

Secretaria de Turismo de Recife

2525


Destino NACIONAL em alta

Meu melhor réveillon José Luiz Magalhães Lima www.saomigueldosmilagres.net

foi no ano passado (2009), quando fui para São Miguel dos Milagres (AL), cidade a 100 km de Maceió. São praias lindas, desertas e forradas de Daniela Barros DLS Turismo São Paulo – SP

coqueiros. Juntamos 15 amigos e passamos dez dias no paraíso.

eu gosto

26

quando passo em Orlando. Além da cidade possuir uma

Luis Strauss Promotional Travel Rio de Janeiro – RJ

O réveillon que eu nunca

estrutura

mais esqueci foi um que passei

muito boa, eu

na Praia de Bombinhas, na

fico hospedado numa casa

cidade do mesmo nome, no

atrás dos parques da Disney,

litoral de Santa Catarina.

e, por isso, vejo os fogos

Eram praias deslumbrantes,

como se eles acontecessem

que foram

no meu quintal, E é uma

cenários de

visão magnífica.

momentos inesquecíveis.

Fábio Henrique Ponte Dura Canadian Turismo Curitiba – PR

Shutterstock

SEGUE VIAGEM Dezembro/Janeiro 2010/2011

Prefeitura Municipal de Bombinhas

muito


SEGUE VIAGEM Dezembro/Janeiro 2010/2011

27

Shutterstock

foi em... Não é por eu ser carioca, mas com certeza um réveillon inesquecível é passar na Praia de Copacabana, no Rio de Janeiro (RJ). Acho que todo tendo como batismo o nome de

mundo precisa, pelo menos uma vez na

“cidade luz”, na época de Natal e

vida, passar

Ano-Novo essas luzes se tornam

o réveillon

mais luminosas e fluorescentes.

por lá.

paira no ar aquele espírito Europeu, de frio, neve, muitas pessoas se confraternizando, fazendo promessas, juras e simpatias,

João Vicente Mendes Campos AVIPAM Turismo e Tecnologia São Paulo – SP

todas regadas a muito champanhe. Esse é o meu réveillon favorito: Paris (frança).

Pedro Kirilos/Riotur

Rocco Laieta

Tivolitur Soluções em Viagens – São Paulo – SP

tive um réveillon maravilhoso num resort na Praia do Forte na Bahia (40 minutos de Salvador), há dois anos, com minha esposa e meus dois

Shutterstock

filhos, na época com 3 e 5 anos de idade. Tinha uma lua cheia enorme,

José Carlos Vieira

uma deliciosa ceia de réveillon, show

Acta Turismo Belo Horizonte – MG

de fogos e uma banda superanimada.


SEGUE VIAGEM Dezembro/Janeiro 2010/2011

Arquivo Hotel

hotel NACIONAL em destaque

28

GOLDEN TULIP

IPANEMA PLAZA

HOTEL SITUADO NA

A qualidade de atendimento 茅 o nosso diferencial.

PRAIA CARIOCA

queremos que os clientes se

MAIS FAMOSA

sintam como se eles estivessem

DO MUNDO

em suas pr贸prias casas M么nica Paix茫o Gerente Golden Tulip Ipanema Plaza


Quem está a lazer, em seu último andar, um terraço com piscina oferece uma vista deslumbrante do Rio de Janeiro. Para relaxar, o hotel ainda oferece academia e sauna. E para seu bem-estar, ainda possui serviços de spa com serviços de massagem.

O LAZER QUANTO

Arquivo Hotel

PARA OS NEGÓCIOS

Crianças O hotel dispõe de serviços especiais de babás e para crianças pequenas, ideal para quem quer curtir sem abrir mão da companhia dos filhos. Cama extra ou berço de acordo com a idade estará disponível no quarto, sem custo adicional. Crianças com menos de 12 anos não pagam!

Arquivo Hotel

Para eventos, possui um Business Center que funciona 24 horas, com três salas equipadas para reuniões de até 90 pessoas e acesso à internet WiFi por todo o hotel. E as comodidades não param por aí: experiente equipe de apoio, serviços de recebimento de fax, tiragem de fotocópias, aluguel de carro, serviço de transfer para o aeroporto, câmbio de moedas estrangeiras, lavanderia e passadeira estão disponíveis para aqueles empresários que não têm tempo a perder.

“A qualidade de atendimento é o nosso diferencial. Tentamos tratar os clientes como se eles estivessem em suas próprias casas, o que faz com que eles voltem e façam questão de ficar conosco. A energia positiva da nossa equipe jovem, dinâmica e unida é transmitida para os clientes. É a minha filosofia e de quem trabalha comigo”, afirma Mônica Paixão, gerente do hotel.

IDEAL TANTO PARA

Pets O hotel permite a hospedagem de animais de estimação, de pequeno porte apenas, para aqueles que não querem se separar dos seus pets, sem custos adicionais!

Arquivo Hotel

São 140 quartos, distribuídos em seis tipos de suítes com decoração diferenciada,e a mais recente solicitação dos hóspedes mundialmente: os quartos especiais para não fumantes. Os quartos dispõem de cofre, isolamento acústico e espaçosa varanda em algumas das suas suítes, além de frigobar e confortáveis banheiras em seus banheiros.

Na área de gastronomia, o Restaurante Opium oferece vários pratos da cozinha asiática, com influências vindas do Japão, Vietnã, Índia, China e Tailândia, que podem ser desfrutados no espaço interior do restaurante ou na ampla varanda. Um Sushi Bar também está disponível para os hóspedes amantes da culinária japonesa.

Réveillon 2011 Cada um dos hóspedes será presenteado com uma taça de champanhe para brindar o Ano-Novo! Pacotes promocionais já estão disponíveis para esta data.

Arquivo Hotel

E

stando a apenas um quarteirão da Praia de Ipanema e com Copacabana tão próxima que dá para ir a pé, o Hotel Golden Tulip Ipanema Plaza possui toda uma estrutura que atende da mesma boa maneira quem está a lazer e quem está a trabalho no Rio de Janeiro. Localizado no Posto 9, ponto badalado de Ipanema, fica próximo de uma estação de metrô, um shopping e diversas lojas e restaurantes. E a vista dos quartos não podia ser melhor: a Lagoa Rodrigo de Freitas e o Cristo Redentor no topo do Corcovado!

SEGUE VIAGEM Dezembro/Janeiro 2010/2011

29


30

CAESAR BUSINESS NOVO HOTEL DA REDE POSADAS MARCA ENTRADA NO NORDESTE

Arquivo Hotel

SEGUE VIAGEM Dezembro/Janeiro 2010/2011

TREND INDICa no Brasil

SALVADOR

BAHIA


Shutterstock

Na página ao lado, fachada virtual do Hotel Caesar Business; à direita, pelourinho; e abaixo, elevador lacerda

Salvador

São 154 apartamentos equipados com sistema de ar-condicionado central, TV a cabo, isolamento acústico, cofres digitais individuais. Na área de lazer do hotel uma piscina e um Fitness Center à disposição dos hóspedes. Para os que estão a trabalho, uma área de convenções, eventos e reuniões com três salões moduláveis com capacidade para até 250 pessoas em auditório, além de duas salas para pequenas reuniões com capacidade para oito pessoas. O hotel ainda oferece Business Center com internet de banda larga e serviço de VPN, um tipo de rede virtual privada, ideal para se conectar com o exterior e para videoconferência. O Restaurante Amaranto, com 140 lugares, oferece o melhor da cozinha internacional, em paralelo com os pratos típicos baianos, que já são famosos mundialmente.

categoria Business Class, moderno,

A diversidade cultural, seus patrimônios históricos e belezas naturais fazem de Salvador um dos principais destinos da América do Sul. Pontos turísticos imperdíveis ao redor do hotel: • Chafariz do Terreiro de Jesus

bem estruturado e com conceito inovador, numa localização

• Elevador Lacerda • Fonte de Santo Antônio Além do Carmo

privilegiada

• Fundação Casa de Jorge Amado • Igreja de Nossa Senhora da Misericórdia • Igreja de Nossa Senhora dos Rosários dos Pretos • Igreja da Ordem Terceira de Nossa Senhora da Conceição • Igreja da Ordem Terceira do Carmo • Igreja da Sé

A 30 minutos do Aeroporto Internacional de Salvador

• Igreja de Santo Antônio Além do Carmo • Igreja do Santíssimo Sacramento • Igreja e Convento de Nossa Senhora do Carmo • Museu Abelardo Rodrigues

A 20 minutos do Centro Histórico A 5 minutos do Centro de Convenções de Salvador

• Museu da Cidade • Museu das Portas do Carmo • Museu Tempostal • Oratório da Cruz do Pascoal • Paço Municipal • Palácio Arquiepiscopal • Palácio Rio Branco • Pelourinho • Portas de Santa Luzia • Santa Casa • Solar do Ferrão

Shutterstock

E

ntrando de vez no mercado brasileiro (a rede já conta com 12 unidades no país) e agora especificamente no Nordeste, a Rede Hotelera Posadas lança o Caesar Business Salvador, um hotel da categoria Business Class, moderno, bem estruturado e com conceito inovador, numa localização privilegiada, num dos bairros de maior demanda do turismo executivo, a região de Pituba, ao redor da Av. Tancredo Neves, o mais importante polo empresarial e financeiro da Bahia.

hotel da

O Caesar Business Salvador possui apartamentos exclusivamente adaptados para pessoas com necessidades especiais, com área de circulação ampliada e barras de apoio nos boxes e sanitários.

SEGUE VIAGEM Dezembro/Janeiro 2010/2011

31


destino interNACIONAL em alta

NOVA YORK

A capital do mundo pronta para o Natal

Q

ue Nova York é uma cidade cosmopolita, multicultural, a mais populosa do país e a que não dorme nunca, todo mundo já sabe. A “Big Apple”, outro de seus apelidos, fala 170 idiomas e quase 40% da sua população nasceu fora dos Estados Unidos. Mas o que nem todos sabem é que quando chega o Natal ela se torna uma das mais enfeitadas e iluminadas do mundo. As vitrines, árvores, monumentos, prédios, pontes, tudo absorve o espírito do Natal e se ilumina e se cobre de verde e vermelho, sem contar o branco da neve, que geralmente cai nesta época.

32

Barnes and Noble

Um dos maiores museus do mundo (4 quarteirões) tem mais de 30 milhões de itens contando a evolução das espécies no planeta Terra.

ícone na criação de novas tecnologias, a mais famosa loja da Apple em NY é a caixa de acrílico que fica na Fifth Avenue, onde a loja está abaixo do solo.

Uma das maiores redes de livrarias dos EUA possui 11 lojas espalhadas por NY, onde você encontra o melhor em livros, CDs e DVDs.

American Museum of Natural History

Arquivo Barnes and Noble

Apple Store

Shutterstock

Abyssinian Baptist Church Uma das mais famosas igrejas do Harlem onde acontecem as missas gospel, com muita música.

Shutterstock

ONDE IR MESMO

Dennis In Amsterdam’s photostream

SEGUE VIAGEM Dezembro/Janeiro 2010/2011

A cidade possui mais de 66 mil quartos de hotel, e mais de 280 mil empregos diretos são gerados pelo turismo, que recebe 35 milhões de visitantes por ano.


Quando se fala em Natal, várias imagens vem à cabeça. E a

John Hertz fundou a Yellow Cab Company em 1907 e escolheu a cor amarela porque tinha lido num estudo realizado pela Universidade de Chicago que esta cor era a mais fácil de ser notada. Hoje são mais de 10 mil táxis amarelos rodando pela cidade.

“capital” do mundo, Nova York, faz parte delas. Afinal, a cidade é uma das mais enfeitadas do planeta nesta época.

Shutterstock

TáXIS AMARELOS

História

Broadway Street

Brooklyn Bridge

Central Park

Empire State Building

onde se localiza a maioria dos teatros da cidade, onde estão em cartaz por anos a fio os musicais mais famosos do mundo.

inaugurada em 1883, é um cartão-postal da cidade, com suas famosas pistas duplas, de carros embaixo e pedestres em cima.

O parque mais famoso do mundo, já foi cenário para dezenas de filmes, tem 340 hectares, e abriga passantes, artistas e até shows.

Cartão-postal da cidade, tem 102 andares, com um mirante no último pavimento visitado por mais de 3 milhões de pessoas ao ano.

Shutterstock

Shutterstock

Shutterstock

De acordo com o Museu da Cidade de Nova York, acredita-se que nos anos 20 um jornalista esportivo ouviu de funcionários de um estábulo em Nova Orleans que os hipódromos da cidade de Nova York eram “Grandes Maçãs”. Essa denominação foi muito usada pelos músicos de jazz durante os anos 30 e 40. Eles adotaram esse termo para se referir à cidade de Nova York, especialmente ao Harlem, como a capital de jazz do mundo.

Shutterstock

A cidade é composta por cinco distritos: Bronx, Brooklyn, Manhattan, Queens e Staten Island, e muitos distritos e pontos turísticos da cidade tornaram-se conhecidos mundialmente. Quando da sua fundação, possuía alguns milhares de habitantes, e atualmente compreende uma população de mais de 8 milhões, ficando entre as maiores cidades do mundo.

BIG APPLE Shutterstock

Localizada em um grande porto natural na costa atlântica do nordeste dos Estados Unidos, foi fundada como um posto de troca comercial pelos holandeses em 1624, e chamada de Nova Amsterdã até 1664, quando a colônia ficou sob o controle inglês. Tornou-se a capital dos Estados Unidos de 1785 até 1790, sendo a maior cidade do país desde então.

SEGUE VIAGEM Dezembro/Janeiro 2010/2011

33


destino interNACIONAL em alta Eventos Natalinos Arquivo Radio City

• Radio City Christmas Spectacular – Um dos maiores palcos de shows da cidade, existente há 78 anos, comporta mais de 6 mil pessoas, em diversos andares. Foi construído por John D. Rockefeller Jr. (o mesmo do Rockefeller Center). Seu show de Natal conta a história de um menino que não gosta do Natal e acaba se encontrando com o próprio Papai Noel. No palco, animais de verdade (como camelos, ovelhas, carneiros, cavalos e outros) formam um presépio, e uma série de efeitos especiais completam o espetáculo, como a queda de neve, efeitos de luz surpreendentes, e o voo de Papai Noel sobre os espectadores. Sem contar com a participação das famosas Rockettes, 36 mulheres totalmente simétricas que dançam em completa sincronia em vários momentos do espetáculo. Imperdível para crianças e adultos!

34 34

Times Square

Patrimônio da Humanidade também é cartão-postal da cidade e visita obrigatória. Tem 93 metros da base até a tocha e pesa 204 toneladas.

Estação inaugurada em 1913 que une várias linhas de metrô e trem da cidade, já foi cenário de diversos filmes e abriga lojas, artistas e eventos musicais.

Onde ficavam as Torres Gêmeas do World Trade Center antes dos atentados de 11 de setembro de 2001. Tem mural de fotos e permite visitação dos escombros.

Ponto turístico mais visitado do mundo que possui os famosos letreiros luminosos, uma escadaria própria para fotos e dezenas de lojas de marcas famosas em volta. Shutterstock

Ground Zero

Shutterstock

Grand Terminal

Shutterstock

Estátua da Liberdade

Shutterstock

SEGUE VIAGEM VIAGEM Dezembro/Janeiro Dezembro/Janeiro 2010/2011 SEGUE

Shutterstock

Shutterstock

• Quebra-Nozes – New York City Ballet – Essa produção já se consagrou para quem está em NY nesta época. No momento que as luzes se apagam, bailarinos vão transportar o espectador para um local cheio de crianças, soldadinhos de brinquedo, árvores cheias de luzes, ratos animados, o Reino das Neves, o Reino dos Doces, e toda a magia do Natal, baseado na coreografia de George Balanchine. O exército de artistas é composto por 62 músicos na orquestra, mais de 30 bailarinos no palco, 60 pessoas atrás dele e mais de 150 figurinos.


• Porto de Nova York – o Papai Noel aparece todos os dias para contar histórias, ouvir os pedidos das crianças, e tirar fotos com elas, no Pier 17. Em frente a uma enorme árvore de Natal, o Big Apple Chorus faz apresentações de músicas natalinas todos os fins de semana, com direito a aparições do Papai Noel ao final. Lojas de produtos natalinos também estão ao redor do local. Excelente para crianças. • Patinação no gelo – Não se pode passar o inverno em NY sem patinar, ao menos em alguma das muitas pistas de gelo espalhadas pela cidade. As mais frequentadas são as do Rockefeller Center, do Bryant Park e do Central Park.

Shutterstock

• Árvore no RockEfeller Center – Com mais de 30 mil lâmpadas de LED, espalhadas em mais de 8 mil metros de fios, com uma estrela de cristais Swarovski no topo, é um dos ícones mundiais do Natal, que resiste há 75 anos. Shows musicais acontecem no local diariamente. A árvore fica localizada no centro do Rockefeller Center, um conjunto de 19 prédios construídos entre os anos 30 e 40 em estilo art déco, que abriga obras de arte e um observatório no 70º andar.

St. Patrick´s Cathedral

Tribeca

sigla para Museu de Arte Moderna, abriga a maior coleção de pinturas, esculturas, fotos, desenhos e outras representações da arte moderna do mundo.

A biblioteca de 1911 ocupa dois quarteirões e abriga mais de 11 milhões de livros, e também já foi cenário para diversos filmes de Hollywood.

inspirada na Catedral de Colônia (Alemanha) e construída em 1879, é a maior igreja católica da cidade.

Um dos melhores (e mais caros) bairros de NY, possui apartamentos que eram antigos galpões industriais, e tem um festival de cinema famoso mundialmente.

Shutterstock

Shutterstock

Public Library

Shutterstock

MOMA

Shutterstock

Joan Marcus/AP

• O Elfo – um dos musicais mais tradicionais da Broadway, conta a história de Buddy, um menino órfão que, por acidente, cai dentro do saco de presentes de Papai Noel e vai parar no Polo Norte. Espetáculo imperdível para crianças e adultos.

SEGUE VIAGEM Dezembro/Janeiro 2010/2011

Shutterstock

35


Hotel interNACIONAL em Destaque

MORGANS

Um hotel boutique que

NEW YORK Acompanhando

tem grife em todos os

a cidade, reúne o clássico e o moderno

ambientes

U

36

Exclusividade TREND internet Wi-Fi grátis

O novo design do hotel reinterpreta as palhetas originais, com gradações de branco, cinza e preto. Os toques de design incluem instalações do artista francês Trafik, onde projeções imprimem texturas e cores no teto durante o dia. À noite, os hóspedes podem criar suas próprias experiências de iluminação. Cadeiras e mesas laqueadas dos anos 30 do designer Jean-Michel Frank decoram o lobby. Com nove tipos diferentes de quartos e suítes, vai desde o quarto standard até uma luxuosa suíte dúplex. O quarto standard também é decorado pela designer Andrée Putman que alia história e modernidade. Os objetos no quarto são de grifes como Corian e La Notte, e a cama é de tamanho Queen. O banheiro é todo em preto-ebranco com produtos da grega Korres, com enxoval de banho e de cama de algodão egípcio. Ainda há espaço para trabalho e internet de alta velocidade sem fio. Na duplex Manhattan Penthouse, espaço e conforto é o que não falta, neste quarto que acomoda até quatro pessoas. Possui dois terraços privativos, área de mídia, cozinha e dois banheiros. Para um bom sono, cama tamanho King. Para boas refeições, adega disponível na cozinha e mesa para dez pessoas. Sua decoração também foi atualizada por Andrée Putman em 2008. Um ar de casa pode ser sentido nas áreas sociais do hotel. A sala de estar é o local ideal para relaxar, tomar um drink, ver um filme, ler um livro ou jogar no computador. A pequena biblioteca traz livros sobre cinema, moda, política e geografia. Um Business Center está disponível, com acesso à internet sem fio. Para quem quer manter o corpo em forma, o Fitness Center possui toda a sorte de equipamentos e fica aberto 24 horas para todos os hóspedes com acesso usando a chave do quarto.

Arquivo Hotel

SEGUE VIAGEM Dezembro/Janeiro 2010/2011

Arquivo Hotel

Arquivo Hotel

m hotel que mudou todas as regras. Desde que abriu suas portas na Madison Avenue, chocou o mundo com a combinação de um estilo convencional e ao mesmo tempo um design diferente e com muita atitude. Essa mistura de estilos foi concatenada pela famosa designer Andrée Putman, quando em 2008 validou todo um novo conceito para a rede Morgans. Sua releitura de “hotel boutique” moldou o espírito e o estilo do Morgans sem mudar suas características.

O Morgans ainda abriga o Restaurante Asia de Cuba, que, desde sua inauguração, é considerado o mais animado e popular restaurante de Nova York. Sob o comando do famoso restaurateur Jeffrey Chodorow, o cardápio possui pratos inovadores que misturam o melhor da Ásia com a cozinha latina. A decoração é assinada por Philippe Starck e inclui um pé-direito de mais de 5 metros e uma inusitada mesa de mármore de 10 metros para incentivar a socialização. Serve café da manhã todos os dias, e abre para almoço durante a semana, e para o jantar até o sábado.


MODERNO E O ANTIGO NUM MESMO HOTEL

ROYALTON

NEW YORK

O

hotel foi reaberto em 2007 no centro de Manhattan, todo remodelado, mas ainda um ícone da cidade. A empresa de arquitetura e decoração Roman and Williams foi especialmente chamada para redesenhar o lendário lobby do hotel, há anos frequentado por viajantes internacionais e pela elite nova-iorquina. O design ao mesmo tempo complexo e sofisticado tinha que harmonizar uma entrada de vidro, com detalhes em metal, sofás capitonê, paredes de couro e madeira, com cadeiras estofadas para criar um ambiente sóbrio, sexy e luxuoso. Os detalhes de arquitetura incluem uma gigante lareira de bronze forjado, uma parede que replica a fachada de um edifício

Arquivo Hotel

Arquivo Hotel

COMO UNIR O

TRADIÇÃO, CONFORTO E LUXO NUM DOS CLÁSSICOS DE NY

francês, e paredes cobertas de couro com motivos tribais africanos.

para momentos inesquecíveis de relaxamento.

Nas suas 168 suítes, Charlotte Macaux reinventa a decoração anterior com estilo, luxo e conforto num mesmo local. O mobiliário é moderno, com uma palheta de cores agradável. Poltronas longas estão em vários apartamentos e são perfeitas para o descanso. O banheiro é um local brilhante, perfeito para recompor as energias com produtos de qualidade inclusos na diária.

No lobby do hotel, localiza-se a brasserie e bar Fourty Four (44), que traz como comandantes dos drinks um grupo mundialmente famoso de bartenders, conhecido como “The Cocktail Collective”. O cardápio foi criado pelo chef Scott Ekstrom, e é ideal para acompanhar um ou dois drinks, com pratos inusitados e inventados diariamente para surpreender os hóspedes. Uma academia 24 horas também está à disposição dos hóspedes.

As várias sugestões de quartos ainda trazem as opções de conforto, como camas que vão do tamanho Queen ao King, iPads gratuitos, módulo para iPod, TVs de alta definição, área com mesa para trabalho, internet Wi-Fi de alta velocidade, lareiras e banheiras

Sua localização é privilegiada, estando próximo das áreas de compras, teatros, dos restaurantes, dos museus, do centro empresarial e da vida noturna de Nova York.

SEGUE VIAGEM Dezembro/Janeiro 2010/2011

Wi-Fi grátis

37

Arquivo Hotel

Exclusividade TREND


Hotel interNACIONAL em Destaque

38

BUENOS AIRES

A MELHOR LOCALIZAÇÃO DE BUENOS AIRES

Shutterstock

SEGUE VIAGEM Dezembro/Janeiro 2010/2011

PARK CENTRAL


39

São 73 suítes exclusivamente ambientadas e decoradas, com um estilo que une o imperial ao romântico. Os apartamentos, que vão do standard ao luxo, possuem ar-condicionado, internet wireless, TV a cabo e por satélite, frigobar e cofre de segurança. O hotel ainda oferece quartos especiais

SEGUE VIAGEM Dezembro/Janeiro 2010/2011

Com uma decoração suntuosa, este luxuoso hotel boutique convida seus hóspedes a descobrir um mundo de qualidade, de design e de conforto. Glamour, estilo, qualidade, serviços de alto padrão, atendimento personalizado surpreendem os hóspedes.

para não fumantes, item muito solicitado, principalmente pelos que não fumam. O hotel ainda dispõe de serviços de internet sem fio nas áreas lavanderia, concierge, segurança, câmbio de moeda estrangeira, e um staff multilíngue para atender os hóspedes das mais diversas origens. Há a possibilidade de se fazer late check-in e check-out, e o hotel oferece transfer para o aeroporto. O Restaurante Tango oferece um cardápio com pratos internacionais e pratos de autoria do chef do local. Ao entardecer, o local oferece drinks e diversos tipos de bebidas alcoólicas para o hóspede aproveitar o melhor da noite portenha. O mesmo cardápio do restaurante é oferecido aos hóspedes em seus quartos, através do room-service 24 horas. O café da manhã também pode ser desfrutado no mesmo local.

Shutterstock

N

o coração de Buenos Aires, a metros do Obelisco, ícone da nossa cidade, e do imponente Teatro Cólon, em uma rua de ar parisiense, este distinto hotel de luxo oferece um tranquilo e aconchegante ambiente. O Park Central Unique Hotel está decorado com preciosas obras de arte e peças de design de estilo europeu.

Exclusividade TREND Show de tango incluso.

Arquivo Hotel

AO LADO, BAIRRO CAMINITO; ACIMA, OBELISCO; E ABAIXO, PUERTO MADERO, EM BUENOS AIRES

O REQUINTE O ROMANTISMO

Shutterstock

PORTENHO

Shutterstock

Arquivo Hotel

Arquivo Hotel

IMPERIAL COM


SEGUE VIAGEM Dezembro/Janeiro 2010/2011

TREND INDICa no Exterior

40

BLUE TREE HOTELS FUNDADOR LOCALIZAÇÃO PRIVILEGIADA em Santiago do Chile, NUM HOTEL CLÁSSICO E COM EXCELENTE infraestrutura

A

valorização da cultura patagônica, o estilo próprio e a localização privilegiada são os diferenciais do Blue Tree Hotels Fundador. Ele fica localizado no famoso bairro Paris-Londres, na região central, próximo aos principais pontos turísticos e culturais de Santiago. O hotel oferece confortáveis suítes, uma grande área de eventos e uma infraestrutura completa, seja para o turista

em lazer, a negócios, em eventos sociais ou corporativos. São 147 suítes com comodidades como: internet Wi-Fi, TV a cabo, arcondicionado, frigobar e cofre, entre outros itens. O serviço de quarto funciona 24 horas, e os hóspedes podem dispor de serviço de lavanderia também. Na área social do hotel, para o lazer, há uma academia, piscina coberta e aquecida, e sauna seca. Para quem está


Shutterstock

À ESQUERDA, FACHADA DO HOTEL FUNDADOR; À DIREITA, CORDILHEIRA DOS ANDES; E ABAIXO, A FAMOSA PRAIA DE VIÑA DEL MAR

A CAPITAL

Santiago (Chile)

CHILENA

Está a 520 metros de altitude, cercada pela Cordilheira dos Andes, e é uma das mais modernas cidades da América do Sul e a principal do Chile. Foi fundada em 1541 pelo conquistador espanhol Pedro Valdivia e obteve sua independência em 1818, transformando-se na capital do país.

PREPARADA PARA EVENTOS, NEGÓCIOS OU LAZER

Arquivo hotel

Atualmente, o vinho chileno é considerado um dos melhores do mundo, graças ao clima ideal para o plantio da uva. Na periferia de Santiago há dezenas de vinícolas que permitem visitação monitorada com direito a degustação. O Mercado Central é uma boa opção para se conhecer restaurantes especializados em peixes e frutos do mar, pela sua qualidade e variedade. As boas ofertas são garantidas graças a sua proximidade com o mar e pelas correntes de águas frias que banham a costa chilena.

a trabalho, um completo Business Center também está à disposição.

Exclusividade TREND

grátis uma garrafa de vinho por quarto Arquivo hotel

O seu restaurante oferece o melhor da culinária contemporânea internacional, com destaque para a gastronomia latina. Para acompanhar os excelentes pratos, uma carta de vinhos traz as melhores opções chilenas. E o café da manhã oferece mais de 55 itens para se começar bem o dia.

No verão, com uma temperatura que gira em torno dos 22 graus, a cidade sofre um êxodo, quando seus habitantes correm para as praias banhadas pelo Oceano Pacífico, como as famosas Viña del Mar e Valparaíso.

Shutterstock

Arquivo hotel

Arquivo hotel

Entre seus atrativos encontram-se inúmeros parques, museus, igrejas e uma intensa vida noturna. No seu Museu de História Natural podem-se encontrar coleções de objetos antigos pré-colombianos, e no Museu de Arte Contemporânea estão obras de diversos artistas do mundo.

SEGUE VIAGEM Dezembro/Janeiro 2010/2011

41


CASA EM KISSIMMEE

Acomoda até 10 pessoas (mínimo 5 noites)

Condomínio - Liberty Village A partir de:

USD

136

- 12 minutos porta a porta com os parques Disney.

,00

a diária!

- Aproximadamente de 20 a 25 minutos dos parques SeaWorld e Universal.

Fique 6 noites Promoção incrível! pague 5 Para que sua promoção seja validada favor enviar seu número de pedido ao e mail:

internacional@trendoperadora.com.br

VILA KISSIMMEE

Acomoda até 10 pessoas (mínimo 3 noites)

Condomínio - Fiesta Key Resort A partir de:

USD

115

a diária!

- 10 minutos dos parques Disney. - 10 minutos dos parques Universal e SeaWorld. - Cozinha totalmente equipada.

,00 - Aparelhos de DVD e CD player. - Acesso gratuito ao Club House com sala de ginástica e game room.

Fique 5 noites Promoção incrível! pague 4 Para que sua promoção seja validada favor enviar seu número de pedido ao e mail:

internacional@trendoperadora.com.br

RESERVAS INTERNACIONAIS São Paulo: 55 11 3041 7501 Outras Cidades: 0800 773 7557 RESERVAS NACIONAIS São Paulo: 55 11 3123 0333 Outras Cidades: 0800 770 8555

www.trendoperadora.com.br Tarifas sujeitas a alterações sem prévio aviso de acordo com as políticas e disponibilidade de cada hotel. Tarifas não válidas para períodos de feriados prolongados e grandes eventos. Para essas reservas serão aplicadas as Condições Gerais que se encontram no seguinte site: www.trendoperadora.com.br Imagens ilustrativas. Promoção de 1 diária free válida até 30/04/2011 - Consulte seu promotor para maiores informações.


curiosidades

As previsões para 2011

convidamos uma vidente e um tarólogo para fazer suas previsões para 2011 e dizer como vai caminhar o turismo

Amira Lepore

SEGUE VIAGEM Dezembro/Janeiro 2010/2011

Arquivo pessoal

Vidente

44

Felizmente, os investimentos na área de turismo no Brasil terão um avanço monumental. Muito dinheiro virá de fora e de dentro do país para o setor da hotelaria. Investidores virão de longe para entrar nesse ramo cada vez mais promissor, principalmente de países islâmicos.

Nascida às 10h20 de 2 de novembro de 1958, em Bandeirantes (PR), começou a ter memória aos 15 meses de idade e, desde então, nada lhe passa despercebido. Casada duas vezes, é mãe de seis filhos, já teve vários endereços, em diversos estados brasileiros e países, morando atualmente em Nova York.

nos cargos. O Brasil vai passar por sérios problemas com as oscilações cambiais e bolsas de valores. O melhor investimento para dinheiro parado será no ouro, em bens de raiz, em bancos sólidos e em fundos de pensão.

que se adaptar às novas lideranças. No Brasil, a transição da presidência será aberta. Porém, um clima de discórdia estará nos bastidores.

No esporte, o Corinthians fará tremer os estádios, a Fórmula 1 será Também haverá investimentos nas brasileira, e faremos bonito na Copa áreas de alimentos, medicina, cons- América em julho. O Brasil será o ponto do turismo truções de todos os portes, planos Nas artes o Cinema fará sucesso internacional, atraindo pessoas dos de saúde, hospitais, pavimentações, no Brasil e haverá a previsão de um quatro cantos do planeta. Quem recursos energéticos e pecuária. Oscar, além de que o Brasil ganha quiser ganhar dinheiro, deverá Na contramão, os juros vão subir, a um Prêmio Nobel em 2011. investir no turismo, principalmente CPMF vai voltar, haverá mudanças Na saúde, a medicina internacional corporativo. As viagens por terra e nos programas sociais e os salários terá uma revelação para o mundo por mar estarão em alta, além do defasados causarão muitas greves. A que abalará os conceitos de DNA, turismo que englobar extração do petróleo do pré-sal causará células-tronco e fertilizações. Doenças esportes radicais. problemas em mares e rios. Os níveis serão beneficiadas, como dislexia, irão subir, causando inundações. hiperatividade, síndrome de Down A virada do ano trará grandes ajustes na economia. Muitas A China comandará a economia e glaucoma. discussões, retaliações mundial e o resto do mundo terá www.amiralepore.com.br


SEGUE VIAGEM Dezembro/Janeiro 2010/2011

45

T

oda a mudança de ano vem acompanhada da expectativa de como será o que vai começar. E para o setor de turismo não podia ser diferente. Também estamos curiosos para saber como ele vai caminhar durante o ano de 2011. Por isso, convidamos uma vidente e um tarólogo para fazer suas previsões e nos dar uma luz sobre o que vem por aí.

André Mantovanni Tarólogo

O ano de 2011 será regido por Mercúrio, que, além de ser um planeta importante para a comunicação, rege também a saúde, os negócios e as oportunidades de sucesso. Mercúrio (na mitologia romana, Hermes na grega) também é considerado o Deus Mensageiro, da Venda, do Lucro e do Comércio, tendo como símbolo as asas em seus pés, indicando a facilidade em que tem de se locomover, fazer as coisas acontecerem, trazendo oportunidades de muitas viagens. Mercúrio é um dos planetas mais rápidos do Zodíaco, por isso também traz um benefício para as viagens curtas (seja em tempo ou distância), ou até mesmo aquelas decisões de última hora. Portanto, agentes de viagens, estejam atentos ao recado

Jade Stickel

Escritor, estudioso das ciências ocultas, formado em Artes Visuais e especializado em Estudos Literários. Apresenta o Astral da Semana na TV UOL, coordena o Portalastral.com.br e a Ghemini Editora. Publicou 14 obras voltadas ao autoconhecimento e ampliação da consciência.

de Mercúrio: tenham sempre uma o número 4, exigindo trabalho, solução imediata para os problemas empenho e organização de todos e desafios que surgirem. para que os resultados sejam As tensões ficarão mais evidentes no concretizados. Não é um ano para primeiro semestre, principalmente ficar divagando ou sonhando, mas no período de março a abril, em sim para arregaçar as mangas e que dificuldades poderão surgir em seguir adiante, seguir viagem. desentendimentos entre chefes e subordinados. No segundo semestre, tudo fluirá com mais facilidade e 2011 promete ser um ano de mais ganhos e bons lucros. Quanto aos eventos que teremos nos próximos anos (Copa e Olimpíadas), dificuldades estão previstas e muitos projetos terão que ser modificados para que deem certo. Os dois eventos merecerão muita atenção, até porque Mercúrio pedirá soluções rápidas e urgentes.

No Tarô, a carta do Imperador trará um benefício para os homens que estejam no poder, seja político, econômico ou em áreas privadas. Se em 2010 o ano foi marcado por Vênus, que destacou a energia das mulheres, 2011 traz benefícios de concretização, realização e felicidade para os projetos liderados por homens. Fique preparado em 2011 para as agitações e surpresas trazidas por Mercúrio!

A Numerologia traz como vibração www.andremantovanni.com.br


experiências de viajante

O mundo em duas rodas Por Argus Caruso (arquiteto que deu a volta ao mundo numa bicicleta)

46

Arquivo pessoal

Um belo dia decidi cair no mundo num dos meios de transporte mais lentos que existem: uma bicicleta. Quis dar a volta ao redor do planeta bem devagar, com tempo para ver e cumprimentar as pessoas. Saí de Cordisburgo (MG) e, em três anos e meio, pedalei mais de 35 mil quilômetros, sempre para o Oeste, passando por 28 países na América do Sul, Oceania, sudeste da Ásia, Oriente Médio, África e leste da Europa. Sem pressa, tive tempo para captar momentos, peculiaridades, sorrisos, almas. Fiz 20 mil fotos, embora a fotografia tenha sido, durante o percurso, mais um hobbie do que uma meta.

Arquivo pessoal

A minha meta real era educar eu mesmo e as crianças das escolas públicas do Brasil. Nasceu assim o projeto, o Pedalando e Educando, que consistia em abastecer um site com relatórios e imagens, para que a meninada pudesse aprender sobre o mundo se divertindo.

Arquivo pessoal

SEGUE VIAGEM Dezembro/Janeiro 2010/2011

Arquivo pessoal

Arquivo pessoal

N

asci em Belo Horizonte, em 1974. Formei-me em Arquitetura pela UFMG em 2000 e trabalhei em escritórios no Brasil, na Espanha e na Bélgica. Antes da minha aventura, já tinha passado pela Europa e África com uma mochila nas costas. Também atravessei o Atlântico velejando, refazendo a rota de Pedro Álvares Cabral, na regata Brasil 500 anos.

Caminhos - Volta ao Mundo de Bicicleta Argus Caruso Saturnino Fotografia e artes Edições (SESC-SP) 2009, 236 p. Português | Inglês 155 fotos cor

É um projeto de educação a distância que busca na aventura uma estratégia de incentivo para o aprendizado. A rota foi pensada para valorizar a história, a geografia e o dia a dia dos locais visitados. E eu, de quebra, visitava várias escolas durante o percurso, mostrando minhas fotos, meus vídeos e mapas da viagem.

Outro fruto dessa louca ideia foi o livro Caminhos. É um livro de estrada, um On the Road à moda mineira, onde fiz uma compilação de 150 belas imagens, juntamente com pílulas de casos e acasos da minha vida de aventureiro profissional. Depois de tanta aventura, atualmente trabalho com arquitetura e construção no Rio de Janeiro (RJ), aos 30 anos de idade.


Vacinação do viajante Por Dr. Amaury Simoni (especialista em Medicina Aeroespacial e de Altitude e Atendimento a Turistas)

Existem dois tipos

Shutterstock

de vacinação: as recomendadas e as obrigatórias

U

ma das coisas mais irritantes que podem acontecer em uma viagem é adoecer. Seja a negócios ou a lazer, a perda da continuidade, o estresse para procura de um tratamento, etc., sugerem que se previna antes de acontecer o pior! E nada como prevenir-se com o uso de vacinas. Uma vacina é uma substância derivada ou quimicamente semelhante a um agente infeccioso causador de doença. Essa substância é reconhecida pelo sistema imunológico do indivíduo vacinado, o que desperta uma resposta que o protege de uma doença associada ao agente. A vacina, portanto, induz o sistema imunológico do ser humano a reagir como se tivesse sido infectado realmente. Existem dois tipos de vacinação: aquela que se toma para evitar contrair alguma doença que existe na área onde se está indo, e aquela vacina que é obrigatória para poder entrar em uma área que exija o certificado e vacinação. As primeiras chamamos de recomendadas e as segundas de obrigatórias. Vacinas obrigatórias: De acordo com a Organização Mundial de Saúde, as imunizações exigidas são: Febre amarela E, em alguns lugares, a vacina meningocócica

Vacinas recomendadas: Hepatite A Febre tifóide Encefalite japonesa Meningite meningocócica Cólera

Na dúvida, o melhor a fazer é consultar um médico especialista em Medicina do Viajante para aconselhamento. As vacinas devem ser aplicadas com um mínimo de antecedência da viagem para poder iniciar seu efeito no período adequado, ou seja, durante a estadia no país ou região de destino. No caso da febre amarela, por exemplo, exige-se dez dias de antecedência da data da viagem.Algumas vacinas necessitam de até quatro semanas para o início da proteção. Aviões modernos podem dar a volta ao mundo em menos de 24 horas, e este é o período de incubação de muitas doenças infecciosas. Como resultado, qualquer médico pode encontrar pacientes com condições infecciosas adquiridas praticamente em qualquer lugar do mundo. Além disso, o número de turistas pelo mundo tem aumentado nos últimos anos, numa progressão de 6% ao ano, chegando perto de 1 bilhão de turistas voando em 2010 (World Tourism Organization, 1999). E cerca de 30% dos viajantes ficam doentes durante ou imediatamente após suas viagens, a maioria com problemas gastrointestinais. Por isso é importante a prevenção e a vacinação. Mesmo nas estimativas mais conservadoras, há uma significativa alteração na condição de saúde de viajantes relacionada a doenças infecciosas e viagem. Muitas doenças infecciosas podem ser prevenidas com precauções relativamente simples. O ponto básico para se lembrar sobre doenças infecciosas é a sua natureza: elas são transmissíveis, isto é, espalham-se para outras pessoas. Isto é importante não só durante o retorno para casa, como também durante a viagem propriamente dita. Locais visitados, alimentação, mergulhos e contatos íntimos podem ser sempre fonte de contaminação. Podemos encontrar várias doenças em viajantes (e consequentemente alertar para sua prevenção), devendo, para isso, conhecer os riscos de cada localidade para onde o passageiro vai ou está retornando. Existem sempre constantes alterações no mapa de incidências e também novas doenças podem ser acrescentadas repentinamente, como ocorreu recentemente com a febre asiática, gripe aviária e gripe suína (H1N1). Fontes seguras de consultas podem ser: http://www.cives.ufrj.br/informacao/vacinas/vac-iv.html http://www.anvisa.gov.br/paf/viajantes/antes_viajar.htm

47 SEGUE VIAGEM Dezembro/Janeiro 2010/2011

saúde


gastronomia

Shutterstock

A TRADIÇÃO EUROPEIA COM TOQUES BRASILEIROS herdamos muito da

48

gastronômica que veio do frio

E não podemos nos esquecer de, que, ao contrário da Europa e dos Estados Unidos, o Natal no Brasil acontece em pleno verão. Por isso, o ideal é caprichar nas saladas, nas carnes brancas (e magras) e nas sobremesas refrescantes, para amenizar as temperaturas e não sobrecarregar o organismo.

Shutterstock

SEGUE VIAGEM Dezembro/Janeiro 2010/2011

cultura

P

apai Noel na lareira, presentes ao pé da árvore e a ceia! Casa cheia, o barulho dos talheres, som de boa música e risadas das pessoas em volta da mesa. Muitas frutas, uma salada bem colorida, carnes brancas, tudo o que for leve é bem-vindo para que se possa aproveitar a noite de Natal e também o Réveillon. Nestas horas o sabor deve sempre acompanhar a harmonia do ambiente.

Devido ao fato de as tradições natalinas virem do hemisfério norte, herdamos muito da cultura gastronômica que veio do frio. Os pratos sempre foram ricos em carnes de porco, em pratos quentes,

molhos apimentados, frituras. Tudo para aplacar as baixas temperaturas. Pela nossa diversidade de frutas, elas são uma ótima pedida para misturar com os pratos, ajudar na digestão, torná-los mais leves, adocicados e refrescantes. Ficam aqui algumas dicas de combinações que já foram testadas e aprovadas por darem certo.

Saladas Leves, saudáveis e refrescantes, são cada vez mais presentes em comemorações. Suas variações incluem frutas e carnes desfiadas, criando quase que pratos completos, e não só uma entrada. Pode misturar folhas verdes e frutas, como agrião com damasco; endívias, nozes e gorgonzola; espinafre com pêssego; chicória com figo; e ainda acrescentar carnes e peixes desfiados, como camarões com manga; chester com uvas; caranguejo com manga; ou peru com peras.


Camarões – aceitam a combinação com frutas, como abacaxi, moranga, damascos ou coco, e ainda se cozidos com bebidas como uísque, conhaque ou champanhe. Chester – é um tipo especial de frango com muito mais peito e coxa, mais proteína e menos gordura, muito apreciado no Brasil, e, por ser uma carne branca, fica muito bom com frutas ou temperos fortes como laranja, maracujá, manga, pistache, ervacidreira ou hortelã. Os purês também acompanham muito bem esse prato, e permitem serem feitos com castanhas, damascos, maçãs e demais frutas. Lombo de porco – prato tradicional do Natal, pode ser preparado com bebidas como leite, cerveja, aguardente, champanhe, vinho branco, uísque, sidra ou rum; temperado com limão, laranja, alecrim, sálvia, shoyu, açafrão, hortelã, curry, tomilho ou coentro; coberto com mel, melaço, maracujá, parmesão ou mostarda; recheado com frutas como maçã, tamarindo, damasco, manga, carambola, pêssego ou ameixa; e servido acompanhado de batatadoce, amêndoas, castanha de caju, cogumelos ou mandioquinha. Tender – é a carne magra de suínos selecionados, temperada, cozida e defumada com madeiras de aromas especiais. Pode ser assado com mel, champanhe, vinho branco e até bebidas como guaraná e coca-cola. Excelente para ser acompanhado com frutas

Acompanhamentos Para acompanhar os pratos principais, complementos podem fazer sucesso, principalmente se os convidados não forem muito adeptos das comidas fortes ou condimentadas. Essas sugestões abaixo também podem fazer sucesso entre as crianças.

Rabanadas – prato típico de Natal, que pode ser feito com ingredientes diferentes dos convencionais leite, ovos e vinho. As rabanadas podem ser acrescentadas de bananas, chocolate, amêndoas, feitas com panetone, e cobertas com leite condensado, calda de vinho do porto ou calda de rum.

Mousses salgadas – ingredientes fortes dão excelentes mousses que são leves e ao mesmo tempo marcantes. As mais pedidas são as de espinafre, palmito, queijo, salmão ou tomate seco. Panetones salgados – essa variação do famoso pão italiano típico de Natal é uma das mais recentes novidades da culinária. Eles possuem a mesma massa, mas podem ter os recheios mais inusitados, como batata, peito de peru, pizza, queijo, tomate seco, mussarela de búfala, frango e até torresmo.

Sobremesas Por estarmos no verão, nada melhor do que sobremesas geladas e refrescantes. Aqui vão algumas dicas de combinações de ingredientes natalinos, com a criatividade brasileira. Sorvetes de panetone (com frutas secas mas com o mesmo sabor do panetone original), abacaxi, chocolate branco, chocolate (com calda de maracujá), damasco ao creme e vinho branco doce.

PANETONE A lenda conta que um jovem morador da cidade de Milão (Itália), no século 15, apaixonou-se pela filha de um padeiro. Para surpreender o pai da moça, que não aceitava o namoro, ele se disfarçou de ajudante de padeiro e criou um pão doce naturalmente fermentado e recheado com frutas. O pão tornouse destaque na padaria pelo seu tamanho incomum para a época, e por ter um formato engraçado na parte de cima, que parecia uma cúpula de igreja. O criador presenteou o pai da moça, chamado Toni, com o pão doce e atribuiu a ele a receita. O movimento da padaria cresceu muito e os clientes pediam pelo “pane di toni”, dando origem ao nome conhecido hoje.

49 SEGUE VIAGEM Dezembro/Janeiro 2010/2011

Bacalhau – pode ter interessantes variações se preparado juntamente com grão-de-bico, lentilhas, batatasdoces ou aspargos.

como abacaxi, laranja, pêssego, cereja, maçã, uvas passas, ou ameixa. E ainda combina com molhos como mostarda, cereja, pitanga, cassis, damascos, framboesas, laranjas, maracujás, pêssegos, romã, ou tamarindo.

Panetones – Os panetones doces também saíram do tradicional recheio de frutas cristalizadas e vêm com criativas variações, com recheios de damasco, brigadeiro, vinho do porto, sorvete, prestígio, marshmallow, café, coco, doce de leite, goiabada, nozes, abóbora, romeu e julieta, sonho de valsa e trufado.

Shutterstock

Apesar de seguirmos as tradições europeias de carnes de suínos, nosso país oferece a variação de tipos diferentes de frango, e os peixes, que também fazem sucesso.

Shutterstock

Pratos principais


gastronomia UMA RECEITA PARA UNIR O MELHOR DOS INGREDIENTES NATALINOS

Com 15 anos de experiência em cozinhas de hotéis, o chef Maurício Xavier já passou por diversas redes hoteleiras, sempre como chef de cozinha, criando cardápios, festivais especiais, além de inovar nos cafés da manhã e no fornecimento de alimentação para eventos.

5050

O conceito 365 oferece três tipos de café da manhã, com diversidade e horários diferentes, serviços de buffet e à la carte no almoço e menu no jantar, além de atendimento personalizado com sugestões diárias. A rede também oferece opções lights em seus menus, incluindo no café da manhã.

Arquivo hotel

SEGUE VIAGEM Dezembro/Janeiro 2010/2011 SEGUE VIAGEM outubro/novembro 2010

Maurício já esteve no Peru, onde estudou a gastronomia local, aprendeu técnicas de sous-vide (cozimento a vácuo) com o chef Alain Polleto, entre outros cursos. Com francês fluente, foi o responsável por implantar o conceito 365, que permite o funcionamento constante dos bares e restaurantes, em 13 unidades da Rede Accor, oferecendo o melhor da cozinha internacional com toque regional.

O chef dos hotéis

MAURÍCIO XAVIER É JOVEM, MAS EXPERIENTE EM HOTELARIA

Maurício atualmente é o responsável pela cozinha do Novotel Jaraguá SP Conventions, localizado no Centro de São Paulo. Seu último trabalho foi a criação do cardápio especial da ceia de Natal 2010, que traz duas entradas quentes, 14 entradas frias, 12 pratos quentes e 13 opções de sobremesa. Entre os pratos quentes está a receita que trazemos ao lado, com antecipação e exclusividade para a revista Segue Viagem. Para degustá-la, basta passar a noite de Natal no Novotel Jaraguá.


Filé recheado

com purê de castanha portuguesa ao molho de cabernet sauvignon com batatinhas ao murro Ingredientes

Modo de preparar

1 kg de filé mignon

Em uma panela, coloque a castanha juntamente com a manteiga e o leite. Tempere e deixe na consistência de purê firme. Corte o filé em duas partes com a ponta da faca. Faça um buraco e, com o auxílio de um saco de confeitar,recheie o filé com o purê. Tampe as extremidades com as tiras de bacon para segurar o recheio e passe na farinha de trigo. Em uma frigideira bem quente, coloque o azeite e doure o filé de todos os lados. Em seguida, leve ao forno preaquecido por 20 minutos em temperatura média. Na mesma frigideira, acrescente a cebola, o vinho e reduza na metade. Adicione o caldo de carne e reduza novamente. Passe em uma peneira fina e reserve. Lave as batatas e tempere com o sal grosso. Leve ao forno preaquecido em temperatura alta até que fiquem macias e coradas. Com o auxílio de uma escumadeira, amasse as batatas. Sirva com o filé e o molho de vinho.

200 g de castanha portuguesa cozida, descascada e espremida 75 g de manteiga 50 ml de leite 300 ml de caldo de carne 750 ml de vinho cabernet sauvignon 100 g de bacon em tiras 25 g de cebola roxa picada 400 g de batata bolinha 50 ml de azeite sal grosso sal pimenta-do-reino a gosto

SEGUE VIAGEM Dezembro/Janeiro 2010/2011

Arquivo hotel

51


Parceria

TREND E REDES HOTELEIRAS em busca da melhoria contínua

A

Arquivo TREND

TREND Operadora iniciou no mês de outubro uma importante parceria com as redes hoteleiras do Brasil e até mesmo fora dele. Visando melhorar o conhecimento, enriquecer o saber de nossos colaboradores e, consequentemente, melhorar o serviço que eles prestam ao agente de viagens, a TREND trouxe gerentes e diretores de diversas redes hoteleiras nacionais e internacionais para mostrar seus hotéis e destinos.

Arquivo TREND

SEGUE VIAGEM Dezembro/Janeiro 2010/2011

Treinamento Bourbon Ibirapuera

Treinamento Hyatt Miami

K+K Hôtel Cayré

4, Boulevard Raspail, 75007 Paris, France Tel: + 33 1 45 44 38 88, Fax: + 33 1 45 44 98 13, E-mail: reservations@kkhotels.fr

52

www.kkhotels.com

Por meio de palestras ricas em informações e detalhes, tanto sobre os empreendimentos quanto sobre os destinos onde eles se localizam, os oradores forneceram informações cruciais, em textos, imagens e vídeos, deixando os nossos colaboradores aptos a vender qualquer um desses produtos com muito mais propriedade e firmeza. Esses treinamentos são executados na nossa matriz, em nosso laboratório de treinamento, que leva o nome de TTC (Trend Training Center).


SEGUE VIAGEM Dezembro/Janeiro 2010/2011

53

Esses treinamentos REFLETIRAM, NA PRÁTICA,

Entre outubro e novembro, dezenas de treinamentos foram feitos, impactando diversos colaboradores de departamentos como: Operações Nacionais e Internacionais, Trend Corp, Central do Carro, Plantão 24 horas, Lazer, Comercial, Eventos e Vendas. “Esses treinamentos refletiram, na prática, em um aumento da produtividade, melhoria na qualidade dos resultados, aumento das habilidades, melhoria do clima organizacional e aumento da motivação pessoal”, afirmou Sérgio Velloso, gerente de treinamentos da TREND Operadora, que comanda o TTC.

produtividade Sérgio Velloso, gerente de treinamentos da TREND Operadora

Arquivo TREND

Arquivo TREND

em um aumento da

Treinamento morgans

Arquivo TREND

Entre as nacionais, estiveram fornecendo treinamento as redes hoteleiras OK, Super Clubs, Bourbon e Rede Pontes, e entre as internacionais, as redes Hyatt, Transhotel, IHG, K+K Hotels, Aspen e Grupo Americas, assim como também foram passadas informações sobre todos os destinos onde se localizam esses hotéis. É a TREND buscando a excelência na prestação de serviços. Treinamento Bourbon Ibirapuera


Consumo COM O NATAL, ELES INVESTEM EM CESTAS DE ALTO PADRÃO

O IMPÉRIO DOS EMPÓRIOS

C

ada vez maiores, diversificados e sofisticados, os empórios estão ganhando espaço e provando que vieram para ficar. Trata-se de lojas superespecializadas que dispõem de produtos importados de vários países, tanto em bebidas quanto em iguarias para culinária, e agregam às suas lojas atendentes com formação sobre vinhos e outros produtos para que possam dar orientação específica. E agora eles ingressam em outra área que tem se mostrado muito rentável, por se tratar de uma data específica: o Natal. Geralmente é o momento em que os familiares, parentes e até colegas de trabalho querem dar os melhores presentes e escolhem os empórios pelo alto padrão de seus produtos. Selecionamos alguns locais que estão cada vez mais se especializando em cestas de Natal, um presente ideal para impressionar, principalmente nas festas, eventos e confraternizações.

As cestas possuem nomes que transmitem sabores, como limão siciliano, damasco, oliva, entre outros, e vão de preços acessíveis (R$ 70,00) às mais sofisticadas (R$ 5.600,00). A mais simples vem com uma garrafa de vinho, panetone, frutas secas e amêndoas. A mais completa traz 64 itens, com três garrafas de espumante, cinco garrafas de vinho, duas de uísque, biscoitos, torrones, panetones, chocolates, frutas secas, entre outros. Os kits de bebidas, que podem ser de vinhos bem selecionados, são apresentados numa linda caixa de couro. Há também itens gourmets para quem quer dar um presente de última hora: chocolates importados das marcas mais

famosas e trufas da região de Piemonte com certificado de origem; acetos (vinagres) balsâmicos; geleias artesanais; kit de castanhas; queijos variados; e azeites de diversos países. E acessórios de cozinha de grife, como panelas e travessas Le Crouset, vidros estampados, bandejas, pratos do Fringe Studio, embalagens da Punch Studio, e vários produtos de design. Um cardápio com pratos típicos também pode ser encomendado (com antecedência) para compor a ceia de Natal. Perus assados, bacalhau com nata, panacotta de água de rosas, salmão ao molho de alecrim e torta de frutas secas são algumas das opções.

Foto divulgação

54

Referência em gastronomia, este luxuoso empório preparou 14 opções de cestas inspiradas em cores, sabores e flores, além de quatro opções de kits de vinhos. Neste local é possível também encomendar pratos natalinos paras as ceias. Foto divulgação

SEGUE VIAGEM Dezembro/Janeiro 2010/2011

Empório Santa Maria


Foto divulgação

Casa Santa Luzia Um dos maiores mercados de importados da cidade de São Paulo oferece sugestões exclusivas e originais de presentes para este Natal. São mais de 200 opções natalinas, entre cestas (44 modelos), kits de bebidas (22 tipos) e linhas de presentes, todos com produtos de alta qualidade, tanto importados quanto nacionais, e acondicionados em belíssimas embalagens artesanais. A partir deste ano, o hipermercado disponibiliza suas compras de cestas de Natal online pelo site: www.santaluzia.com.br.

Foto divulgação

As cestas são compostas de uma garrafa de bebida, frutas secas, biscoitos, doces, panetones, todos acondicionados em belas cestas de vime decoradas.

PRODUTOS São dezenas de combinações diferentes que possuem preços dos mais acessíveis, até as cestas de alto padrão.

IMPORTADOS E FINOS QUE INCREMENTAM A MESA.

Produtos típicos de Natal também merecem destaque nas prateleiras, como a grande variedade de frutas secas: castanhas portuguesas, importadas e fornecidas há 20 anos pela mesma empresa; biscoitos amanteigados escoceses da marca Walkers em latas decoradas; vinhos do Porto, em embalagens artesanais; panetones importados da Itália; além de conservas variadas. A Casa Santa Luzia também prepara seus próprios produtos, como bolos de sua confeitaria, como o Christmas Cake, o gateau de panetone com framboesa, bolo de castanha com frutas secas e bolo de frutas secas com fondant.

Outros empórios • Brigante (São Carlos – SP) • Carpetim (São Paulo – SP) • Casa de Portugal (São Paulo – SP) • Casa Schwarz (São Paulo – SP) • Castro (São Paulo – SP) • Chiappetta (São Paulo – SP) • Da Vila (São Paulo – SP) • Di Salerno (São Paulo – SP) • Dinis (São Paulo – SP) • Francisca Gourmet (Curitiba – PR) • La Rioja (Campos do Jordão – SP) • Matterhorn (C. do Jordão – SP) • Santa Joana (São Paulo – SP) • Santo Antônio (Paraty – RJ) • Vicino (São Paulo – SP) • Vila Régia (São Paulo – SP) • Villa Borguese (Santos – SP)


Consumo

Champanhe: a bebida dos monges Criado por monges franceses, O champanhe se tornou bebida k

e

utt

SEGUE VIAGEM Dezembro/Janeiro 2010/2011

Sh

56

obrigatória do Réveillon

oc rst

O champanhe, champanha, ou em francês champagne, é um vinho branco espumante, produzido na região de Champagne, nordeste da França, através da fermentação da uva, que pode ser de uma única espécie ou de várias. Foi no distrito de ChampagneArdenne, exatamente na Abadia do povoado de Hautvillers, que os monges beneditinos Dom Pérignon e Dom Ruinart se esforçaram para domar os vinhos que fermentavam nas garrafas fazendo-as explodir. Surgia então o champanhe em 1670. São produzidos à base de uvas chardonnay, pinot noir e pinot meunier, que, mesmo sendo tintas, os vinhos resultantes, feitos sem a casca, saem brancos. Outro motivo que elevou a fama deste tipo de vinho foi o fato de que em Reims, cidade mais importante da região de Champagne, foram coroados grandes reis da França. A coroação acontecia na catedral de Notre-Dame de Reims, construída em 1225, e nessas comemorações serviam champanhe. Por este motivo, ficou conhecido como o ”vinho dos reis”.

O champanhe é um corte (mistura de vinhos em proporções determinada pelos enólogos) de 30 a até cerca de 200 vinhos brancos. O tradicional é feito com cerca de 30% de vinhos brancos de uvas tintas; o rosé com vinhos tintos; o blanc de blanc, apenas com uvas brancas; e o blanc de noir elaborado apenas com uvas tintas.

Brut os mais vendidos. As marcas mais famosas são: Moët & Chandon, Veuve Clicquot, Pol Roger, Louis Roederer.

Os mais desejados Em todo o mundo algumas marcas de champanhe são as mais desejadas (e também as mais caras). Listamos elas aqui:

Moët & Chandon – fundada em Em seu engarrafamento são utilizados 1743, por Claude Moët, na cidade vidros mais espessos, para permitir de Epernay, na França, é uma das a pressão da segunda fermentação, fabricantes mais antigas do mundo. que ocorre já dentro da embalagem. A primeira garrafa do champanhe O antigo método de fabricação chegou ao Brasil em 1815. Em deixava a bebida turva e com aroma 1973, a sede resolve investir residual de levedo. O método de vez no mercado brasileiro, moderno retira todo o fermento abrindo a filial Chandon, em da garrafa, que fica estocada Garibaldi, Rio Grande do Sul, e é nos subterrâneos das cidades, atualmente líder de mercado de nos crayères, túneis cavados no vinhos espumantes naturais de luxo. giz. Um champanhe comum leva ao A empresa é comandada desde 1987 menos dois anos para ficar pronto, e os pela holding LVMH (Louis Vuitton Moët especiais até cinco anos. Hennessy), especializada em marcas de Possui seis classificações, conforme o luxo, sendo o primeiro nome o do famoteor de açúcar adicionado para a se- so estilista do ramo de bolsas, e o último gunda fermentação: Doux (doce), Demi- uma conhecida marca de conhaque. O Sec (meio seco), Sec (seco), Extra-Sec preço de suas garrafas pode variar de (extrasseco), Brut (bruto) e Extra-Brut R$ 50,00 (a produzida no Brasil) até R$ (extrabruto), sendo o Demi-Sec e o 200,00 (o champanhe francês).


a arte de domar vinhos que fermentam nas garrafas

Veuve Clicquot – casa de champanhe fundada em Reims, França, no ano de 1772 por Philippe ClicquotMuiron, e tem como principal marca o rótulo laranja em suas garrafas. Desempenhou um importante papel no estabelecimento do champanhe como bebida escolhida pela nobreza e pela rica burguesia europeia. Na corte brasileira, remessas deste champanhe foram enviadas por encomenda ao imperador Pedro II no início do século 19. Suas garrafas são as mais caras do mundo, sendo que no Brasil uma delas pode custar no mínimo mais de R$ 230,00. O grupo LVMH atua no ramo de artigos de luxo, sendo proprietário, além dessas acima, de marcas de bebidas como Hennessy, Krug e Dom Pérignon; na área de relógios e joalheira, Dior, TAG Heuer e Zenith; de roupas, Louis Vuitton, Fendi, Donna Karan, Emilio Pucci, Givenchy, Kenzo e Marc Jacobs; de cosméticos, a cadeia mundial de lojas Sephora; e de perfumes, as marcas Christian Dior, Guerlain, Givenchy e Kenzo, entre outras.

MIOLO TERRANOVA Moscatel Doce/ Brut (Brasil)

R$ 25,00

FIANCEE Extra Brut (Argentina)

R$ 27,00

RIO SOL Rosé (Brasil)

R$ 29,00

NIETO SENETINER Brut Nature (Argentina)

R$ 30,00

SALTON Brut Ouro Reserva/Prosecco/ Brut/Poética (Brasil)

R$ 30,00

MIOLO Brut/Rosé (Brasil)

R$ 30,00

CASTELNOVO Prosecco (Itália)

R$ 35,00

MUMM Demi-Sec Cuvée Spéciale (Argentina)

R$ 39,00

SPERONE Brut Prosecco (Itália)

R$ 39,00

CAVA Cristalino Semi Seco (Brasil)

R$ 40,00

CLUB DES SOMMELIERS Brut Valentim (Brasil)

R$ 40,00

OPÉRA Blanc de Blancs Brut (França)

R$ 41,00

CHANDON Brut/Meio Doce Passion/ Demi-Sec (Brasil)

R$ 50,00

VALDORELLA Asti (Itália)

R$ 51,00

TOSTI Prosecco Brut (Itália)

R$ 54,00

SALTON Evidence (Brasil)

R$ 60,00

CHANDON Brut Rosé (Brasil)

R$ 61,00

CODORNÍU Cava Semi Sec/Brut (Espanha)

R$ 66,00

FONTANAFREDA Asti (Itália)

R$ 75,00

CHANDON Brut Excellence (Brasil)

R$ 107,00

C ROUGÊ MUMM Brut (França)

R$ 181,00

PIPER HEIDSIECK (França)

R$ 192,00

MOET & CHANDON Brut Imperial (França)

R$ 195,00

SEGUE VIAGEM Dezembro/Janeiro 2010/2011

57

VEUVE CLICQUOT Brut/Demi-Sec (França) R$ 235,00

NOME PRÓPRIO

A regra é tão rígida que a comuna de Champagne na Suíça teve que abrir mão de citar seu nome nos vinhos que produzia, e a empresa de Yves Saint-Laurent teve que interromper o lançamento de um perfume que chamaria de Champagne.

Shutterstock

O nome Champagne é uma AOC (Appellation d’Origine Contrôlée – designação de origem controlada), a mais rigorosa denominação de origem utilizada na França, equivalente à do Cognac, ou a DOC de Portugal para os vinhos. Se o vinho tem as características de champanha, produzido pelo método champanhês, mas não veio da região de Champagne, só pode ser chamado de espumante.


Espaço TREND

Reconhecimento internacional

Arquivo Mercado&Eventos

No mês de novembro, a TREND recebeu o WTM AWARDS, prêmio dado às empresas de turismo que mais se destacaram durante o ano, dentro da World Travel Market, uma feira mundial de turismo que acontece anualmente em Londres (Inglaterra).

Da esquerda para a direita, Fiona Jeffery, presidente da WTM e jornalista da BBC de Londres, Roy Taylor, vice-presidente executivo do Mercado&Eventos, Luppa, presidente da TREND e Jeff Cacy, diretor de marketing da Boeing

O prêmio foi entregue à TREND Operadora devido ao seu crescimento em 2010 e pela eficiência do seu sistema de reservas 100% online. A indicação foi uma homenagem do jornal Mercado&Eventos e foi entregue ao presidente da operadora, Luis Paulo Luppa, pelas mãos de Fiona Jeffery (presidente da WTM e jornalista da BBC de Londres), Roy Taylor (vice-presidente executivo do Mercado&Eventos) e Jeff Cacy (diretor de Marketing da Boeing).

60

A TREND foi eleita uma das três melhores instituições do turismo do ano de 2010 pelos leitores do jornal Mercado&Eventos. Num processo sigiloso, uma comissão apurou mais de 5 mil votos feitos através de cédulas enviadas juntamente com uma edição do mês de setembro do jornal M&E. Os leitores tinham que indicar três personalidades e três instituições do turismo que consideravam relevantes em 2010 pela sua atuação no mercado, e a TREND foi uma delas, juntamente com a Embratur (Instituto Brasileiro de Turismo) e o São Paulo Convention & Visitors Bureau.

Arquivo Mercado&Eventos

SEGUE VIAGEM Dezembro/Janeiro 2010/2011

Personalidades do Turismo 2010

José Anjos e Luis Paulo Luppa recebem o prêmio pela Trend, das mãos de Celestino Morgado, diretor-proprietário da Rede de

Participaram da eleição agências de viagens, opera- Hotéis Real de Portugal doras, hotéis, companhias aéreas, conventions, etc. Copacabana Palace, dia 24 de novembro de 2010, no A premiação teve o apoio da Associação Brasileira de Rio de Janeiro (RJ), inclusive o ministro do Turismo, Luiz Imprensa (ABI) e da Associação Brasileira de Agências Barretto, um dos homenageados da noite. Para receber de Viagens (Abav Nacional). o prêmio, representando a TREND estavam presentes Centenas de pessoas ligadas ao setor estiveram no local o diretor-conselheiro, José Anjos, e o diretorpresentes no jantar comemorativo, realizado no presidente, Luis Paulo Luppa.


A TREND percebeu que para alavancar um produto no mercado temos que oferecê-lo no mínimo sete vezes. E foi isso que a operadora fez: criou sete ferramentas, sete forças, sete possibilidades que, somadas, potencializam sua força de vendas, sua empresa, seu dia a dia, com a capacidade de criação da TREND já conhecida pelo mercado. O Turbo TREND é o resumo de uma gama de facilidades criadas em 2010 e que marcam o início de uma era de grandes investimentos em soluções inteligentes. Com esta ferramenta proporcionamos possibilidades, facilidades e uma visibilidade inacreditável no mundo inteiro. Pense em cada mídia como uma velocidade, rádio, TV, internet, celular, etc. O Turbo TREND é a soma dessas velocidades para fazer o seu negócio quebrar barreiras. Confira os nossos combos!

www.turbotrend.com.br

Gestão em hotelaria Após um trabalho de meses de pesquisa e anos de experiência de seu diretor comercial, Daniel Santos, a TREND lançou recentemente o Universo do Hoteleiro. É uma ferramenta criada para otimizar a gestão e a administração do negócio da hotelaria para empreendedores que precisam de direcionamento, querem trocar cases de sucesso ou apenas obter dicas para ampliar e melhorar seus produtos e o mercado em geral. Por meio de seu Ranking de Hotéis, a TREND informa ao hoteleiro qual a colocação do seu empreendimento no mercado e em relação aos hotéis da mesma categoria, para que ele saiba de seu posicionamento. O Universo do Hoteleiro é mais uma facilidade que visa gerar soluções inovadoras e inteligentes para os parceiros da TREND. Confira:

www.universodohoteleiro.com.br

SEGUE VIAGEM Dezembro/Janeiro 2010/2011

61


Revista Segue Viagem Edição 02  

Revista Segue Viagem Edição 02

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you