Page 1

Londrina - PR Fevereiro a Abril - 2011 Ano 01 N. 04 Distribuição Gratuita

in

o g i i m d�

En�en�endo a� causa�, ��ntoma�, como ��e�e��r, � �ratar � Den��� vo�� ta���� po�� �� to�nar �� ����igo �est� d�enç� .

O Jornal do Rina presta uma homenagem ao fundador e primeiro diretor do Colégio Rina Francovig a Págin

Página 03

cícero da silva:

Sej�

Acontecimentos que agitaram o primeiro bimestre nas páginas 04 e 05

08

En��e�e���ento, F�l� Vo�� , A�end� do B��es���


Fala Você

EITOR CARTA AO L Caro Leitor Atenção pessoal, o Jornal do Rina está de volta!!! As férias já passaram e estamos quase no final do primeiro bimestre. E nesse tempo muita coisa aconteceu aqui no nosso Colégio. Volta às aulas, reuniões com os pais, conselho de classe, reuniões pedagógicas, apresentações artísticas, homenagens e comemorações! Ufa... muita coisa mesmo hein! E para conferir algumas delas você pode ver a seção “Aconteceu no Rina”, nas páginas 4 e 5 aqui do nosso jornal. Essa edição também traz uma homenagem especial ao

Professor Cícero, o primeiro diretor do Colégio Rina Francovig que faleceu recentemente. E o primeiro Jornal do Rina de 2011 tem novidades! Aqui mesmo ao lado do editorial você encontra o “Fala Você”, um novo espaço para toda a comunidade acadêmica dar a sua opinião sobre algum assunto especifico. Além disso, um espaço para sugestão de leituras ou filmes também foi criado e em todas as edições você vai encontrar uma resenha ou sinopse. Nosso jornal foi preparado com carinho para você! Boa Leitura e até a próxima. Equipe do Jornal do Rina.

Qual é a sua opinião sobre o Colégio Rina? “O Colégio Rina tem um ambiente muito agradável! Aqui nós temos o laboratório de informática para a realização de trabalhos, a biblioteca com vários livros interessantes e também o laboratório de química, para estudos científicos e experiências.” Marco Aurelio, 8ªC

“O Colégio é ótimo porque os alunos e professores vivem em harmonia, há uma boa supervisão, ótimos projetos e passeios. Só precisa ser um pouco mais organizado.” Kauan Torres Vieira, 7ªB

agende-se

Segundo Bimestre - 01/05 a 06/07

01/05 • Dia do Trabalho

13 a 17/06 • Semana de Provas

08/05 • Dia das Mães

23/06 • Corpus Christi (Feriado)

05/05 • Dia Mundial do Meio Ambiente

24/06 • Recesso Escolar

21/05 • Início do inverno

01/07 • Feriado Municipal

12/06 • Dia dos Namorados

07/07 • Início das Férias

Expediente

Colégio Estadual Profª Rina Maria de Jesus Francovig Rua Rinaldo dos Santos, s/n - CEP: 86044-130 - Londrina- PR Telefone: (43) 3342-1528

Direção: Marco Antonio Parazi

Vice-Direção: Lúcia Rodrigues Pereira

Alunos Participantes:

Jornalista Responsável e Diagramação: Thalita Vitoreli - MTB: Correção: Prof Ronnie Roberto Campos Amanda Karoline M. de Oliveira - 6ªA Emilly Sarah Januario Lourenço - 6ªA Geovanna Santos - 6ªA Gean Marques Barbosa - 6ªB Josué Alvarenga- 6ªB Marco Aurelio Truculo Crispim – 8ªC Marcos Vinicius Costa - 7ªB

Milena Rodrigues Camargo - 6ªA Mirian Cristina Yanashita - 6ªA Ellen Lorena Moreira - 6ªA Igor Natalicio de Paula Lima - 5ªB Bruna Silva - 6ªA Leticia da Silva Martins - 5ªA Ana Carolina da Silva Malaco - 7ªA Tiragem: 1.500 exemplares

02 JR

Fevereiro a Abril/ 2011

Gráfica: Jornal de Londrina

“O Colégio é legal, mas algumas coisas têm que ser mudadas, como brigas e bagunça.” Bruna Silva, 6ªA

“Acho que o Colégio Rina é bom. Mas é claro que aqui tem bagunça como em todos os outros colégios. Pena que alguns alunos não obedecem, mesmo sabendo que é o melhor para eles.” Maria Eduarda, 7ªB

“As salas são boas para estudar. A biblioteca é legal e tem vários livros para a gente ler. A sala dos computadores é muito divertida, os alunos gostam muito!” Heloisa Paula da Silva, 6ªA


dengue

So�

m i in

o ig

d�

A Dengue é uma doença infecciosa febril causada por um vírus e transmitida através do mosquito Aedes Aegypti. O primeiro caso da doença foi registrado em 1685 em Recife, Pernambuco. Atualmente a dengue é considerada um dos principais problemas de saúde pública de todo o mundo. Os casos de dengue em Londrina já passam de mil e a Região Sul foi uma das áreas mais afetadas.

En�en�endo a� causa�, ��ntoma�, como ��e�e��r, � �ratar � Den��� vo�� ta���� po�� �� to�nar �� ����igo �est� d�enç�.

tra • • •

t n e m ta

o

Repouso Ingestão de muito líquido (água, suco natural e chá) Medicamento antitérmico (quando necessários devem ser recomendados por um médico)

gyp e a s aede

ti

O vírus é transmitido para uma pessoa através da picada da fêmea contaminada do mosquito Aedes. A contaminação nos mosquitos ocorre quando ele suga o sangue de uma pessoa já infectada com o vírus da Dengue.

*

febre alta; dor abdominal; vômito; dor de cabeça; dor atrás dos olhos; dores musculares e nas juntas; vermelhidão pelo corpo; cansaço e indisposição; Geralmente os sintomas duram de 5 a 7 dias

como evitar

• • • • • • • •

Do grego “odioso”

Aedes Aegypti Do latim “do Egito”

• • • • • • • •

Tampe bem a caixa d’água; Não deixe água acumulada nas calhas; Elimine as poças d’água; Tampe bem os potes, filtros e reservatórios; Guarde as garrafas de cabeça para baixo; Substitua a água dos vasos por areia; Fure o fundo das latas usadas antes de jogá-las no lixo; Mantenha os pneus protegidos da chuva.

Curiosidade: o ovo do mosquito da dengue pode sobreviver até 450 dias mesmo se o local onde foi depositado estiver seco. Caso a área receba água novamente o ovo ficará ativo e pode atingir a fase adulta entre 2 e 3 dias. Por isso é importante eliminar a água e lavar os recipientes com água e sabão.

* Este acróstico foi criado pelos alunos do Jornal do Rina

A regra básica é não deixar a água (principalmente limpa) parada em qualquer tipo de recipiente:

sintomas

Conheça uma armadilha contra a Dengue criada pelos alunos do Rina na página 8 Fevereiro a Abril/ 2011

JR 03


Rina o n u e c Aconte Páscoa no Rina No dia 20 de Abril os alunos do Colégio Rina receberam um lanche especial em comemoração à Páscoa. Cachorro Quente, suco e um delicioso bolo fizeram parte do cardápio. O diretor Marco Parazi aproveitou o momento para reforçar o verdadeiro sentido da comemoração: a ressureição de Jesus. A ganhadora da rifa de Páscoa foi a aluna Erinalva de Souza Rezende da 8.ªC

Homenagem às vítimas da tragédia no Rio de Janeiro

Biblioteca em Ação! Entre os dias 13 a 19 de Abril aconteceu na biblioteca do Colégio Rina uma semana em homenagem ao escritor Monteiro Lobato. O evento foi organizado pelo funcionário Paulo César, com o intuito de incentivar a leitura. A biblioteca foi toda decorada com temas que relembravam o Sítio do Pica Pau Amarelo e os textos do escritor foram projetados nas paredes e teto. Apresentações em vídeos e comentários das obras de Monteiro Lobato também fizeram parte do evento.

Casa de Cultura - UEL Os alunos do projeto Jornal Escolar e Artes Plásticas (Mais Educação) realizaram no dia 29 de Abril uma visita à Exposição Cartografias Cotidianas da Casa de Cultura da UEL. Durante a visita uma obra coletiva foi confeccionada (foto ao lado). Cada aluno foi responsável por uma parte da obra que ao final formava uma grande garrafa.

04 JR

Fevereiro a Abril/ 2011

Os alunos do Colégio Rina Francovig prestaram uma homenagem às vitimas da catástrofe ocorrida na Escola Municipal Tasso da Silveira (Realengo - Rio de Janeiro). Aproximadamente 300 alunos professores e funcionários do Estabelecimento de Ensino realizaram um minuto de silêncio seguido de uma oração como forma de homenagem às 12 crianças mortas na tragédia. O vídeo da homenagem está disponível no site www.youtube.com

Projetos Mais Educação estão de volta Dando continuidade ao trabalho iniciado em 2010, os Projetos Mais Educação foram retomados no primeiro bimestre deste ano. Atualmente cerca de 40 alunos permanecem na escola em tempo integral revezando-se nas atividades de informática, leitura, xadrez, futsal e artes plásticas oferecidas pelo Estabelecimento de Ensino.


Colégio Rina Francovig participa de programa de rádio e TV No dia 11 de Março foi a vez do nosso Colégio participar do programa A Voz do Povo: Especial Educação, da Rádio Londrina. Durante o programa foram entrevistados o diretor do Colégio, Marco Antonio Parazi, a vice diretora Lucia Pereira e também a funcionária Thalita Vitoreli, responsável pelo projeto Jornal Escolar. Além deles, participou também do programa o aluno Marco Aurelio Crispim, aluno da 8ª série do colégio e integrante do projeto Jornal do Rina. Ao longo de uma hora os entrevistados falaram sobre o histórico do Colégio Rina Francovig, a comunidade escolar e região onde a escola está inserida, o perfil do aluno, evasão escolar e projetos desenvolvidos. No período da tarde a escola participou também do programa Militão&Militão exibido pela emissora CNT às 12:30h.

Armadilha contra a Dengue Os alunos Gustavo (5.ªC), Mateus (7.ªD) e Luis Fernando (6.ªD) confeccionaram uma armadilha para o mosquito da Dengue. Feita de garrafa pet e uma pequena rede (veja foto abaixo), a estratégia foi aprendida através de um vídeo que os alunos assitiram no Projeto Viva a Vida, do qual eles fazem parte.

Olímpíada de Matemática Prepare-se, a Olimpíada de Matemática 2011 está chegando. Este ano as provas vão acontecer no dia 16/08. Você já pode começar a estudar!! Procure mais informações com o seu professor ou professora de Matemática!

Exposição 2011 Reunião Pedagógica Professores e funcionários do Colégio Rina Francovig reuniram-se no dia 01 de Abril para a realização de uma Reunião Pedagógica prevista em calendário escolar. Na ocasião foram tratados assuntos referentes ao atraso de alunos, à realização da semana de provas, materiais disponíveis no colégio e aos projetos em andamento.

Nos dias 14 e 15 de Abril, os aluno do período matutino e vespertino realizaram uma visita à Exposição Agropecuária de Londrina, realizada anualmente no Parque Ney Braga. Professores, alunos e funcionários puderam conhecer a Fazendinha, Feira de Sabores e também tiveram um tempo no Parque de Diversões.

Fevereiro a Abril/ 2011

JR 05


entretenimento

livros e cia Livro: Percy Jackson e o ladrão de Raios (da saga: Percu Jackson e os Olimpianos)

Para brincar basta unir os pontos seguindo a numeração. Divirta-se!

Um bom livro para quem gosta de mitologia greco-romana é “Percy Kackson e o ladrão de raios”. Ele comenta sobre um menino comum, mas ao longo do tempo descobre que se trata do filho de um Deus grego chamado Poseidom – Deus dos mares e dos cavalos, e que junto com seus amigos, vão em uma jornada em busca da mãe de Percy que mais cedo havia sido levada para o mundo dos mortos. Nessa jornada eles enfrentam muitos monstros mitológicos, entre eles a Medusa e o Minotauro. Este livro encontra-se na biblioteca da escola e é ótimo para quem gosta de aventura. Esta resenha foi elaborada pelo aluno Marco Aurelio, 8ª C

(=

para rir

=)

Como é que o pintinho caipira pia pia? R: Pir-Pir Por que o caderno da loira nunca acaba? R: Porque quando a professora escreve ela escreve, e quando a professora apaga ela também apaga.

06 JR

Fevereiro a Abril/ 2011


essores f o r p e is para pa

COmpetir Lauren Bradway, Ph.D. Artigo Extraído da Internet Com a erupção da violência nas escolas os pais estão procurando aprender como ensinar as crianças a serem apaziguadoras. Um grande passo nessa direção será fazer com que nossas crianças aprendam a cooperar, ao invés de competir umas com as outras. Infelizmente, a sociedade parece inclinada à competição. Nós louvamos a competição e a encorajamos entre nossas crianças, já nos anos da pré-escola. Os Perigos da Competição: Em cada situação competitiva enfrentada por uma criança está a terrível realidade: “se ele

X

COOPERAR

ou ela ganhar, eu perco”, Crianças sem esperança de ganhar num teste de ortografia, de obter um lugar num brinquedo, ou de vencer num jogo, perdem a autoconfiança e desistem de tentar. A perda da auto-estima leva à falta de disposição para aproveitar chances e arriscar fracassos futuros. Essas são as crianças que desaparecem nos cantos ou se viciam em televisão. São também as que comem muito, ou muito pouco, para manter a vida. Há uma grande diferença entre procurar sair-se bem e procurar sair-se melhor do que os outros. A competição pode produzir níveis de ansiedade inibidores. Crianças que têm sucesso nos debates, ou que ganham prêmios em competições musicais, por exemplo, muitas vezes

o fazem por terem temperamento para suportar a pressão do evento, mais do que o talento para ganhar. A criança artística, sensível, pode se tornar incapaz de fazer as coisas, devido ao estresse da competição. A competição é valorizada em nossa sociedade. Nós nos agarramos à crença de que ela forma o caráter quando, de fato, existem evidências de que o que ela forma são ressentimentos. Crianças que ficam com raiva ou deprimidas são as que enfrentam espancamento quando aparecem em casa com um boletim mostrando notas abaixo do desejável, ou não conseguem um troféu para seu projeto de ciências. São essas as crianças que correm perigo de agir sob a influência de seus ressentimentos, quem sabe até ao ponto de violência.

professores

O que os professores podem fazer:

pais

O que os pais podem fazer:

Encoraje seu filho a envolver-se em projetos comunitários, tais como uma limpeza na vizinhança ou recolher doações para o banco de alimentos, que recompensa a cooperação. Elogie as crianças por serem elas mesmas (”Você é uma criança maravilhosa”, ou “Eu tenho muito orgulho de você”) mais do que por uma determinada realização.

Ensine as “novas regras básicas” das habilidades que as crianças precisam para alcançar sucesso no século XXI.: • Respeito por si mesmo e pelos outros, • Capacidade de trabalhar em cooperação, • Capacidade de administrar a raiva, • Compreensão de que a violência sob qualquer forma é inaceitável. Retire toda a ênfase das estrelas de ouro, fitas azuis e notas. Enfatize o auto-conhecimento, a empatia pelos outros e a alegria de aprender. O aprendizado cooperativo dá suporte a pacificação. Se continuarmos a patrocinar a competição, jamais teremos sucesso em ensinar nossas crianças a serem apaziguadoras. Como sociedade, devemos entender que não podemos ter uma coisa se insistirmos em manter a outra.

Fevereiro a Abril/ 2011

JR 07


Cícero da Silva

O Jornal do Rina presta uma homenagem ao fundador e primeiro diretor do Colégio Estadual Rina Francovig lhad a b a tr

or

compr ometid

Podemos definí-lo como sendo um homem idealista, determinado, leal e muito comprometido com as causas que acreditava. Não media esforços para desenvolver bem o seu trabalho, não via obstáculos para a prática de sua profissão. Era um estudioso, estava sempre bem informado. O seu interesse em saber das leis levou-o a cursar Direito pela Unopar. Um homem que acreditava no ser humano e por isso durante a sua trajetória conquistou muitos amigos. Em meados de 2010 a Escola Estadual Tiradentes, onde atuava como diretor, estava passando por reformas, mas infelizmente, ao fazer a supervisão das obras de reparo no telhado da escola, Cícero sofreu um grave acidente de trabalho no dia 06 de agosto de 2010. Permaneceu internado em estado grave na Santa Casa de Londrina e veio a falecer no dia 09 de fevereiro de 2011. Cícero era casado e tinha dois filhos.

O professor Cícero da Silva formouse em Geografia pela Universidade Estadual de Londrina em 1989. A partir daí passou a dedicar-se ao magistério, trabalhando em várias escolas de Londrina e cidades vizinhas. Na região sul da cidade trabalhou no Colégio Albino Feijó, de onde saiu para dar início às atividades do Rina Francovig, em 1993. Viveu intensamente o crescimento dessa região, envolvedo-se com as políticas sociais da época e preocupado com a melhora da qualidade de vida da população. Participou na criação do CRESUL, CONSUL e da Associação de Moradores de seu bairro. Lutou para a construção de escolas para atendimento da população sempre crescente. A construção do Colégio Rina Francovig foi a sua bandeira de luta desde que assumiu a direção, num espaço cedido. Cícero sempre acreditou na mudança social que se daria através da melhoria no processo da educação.

depoimentos

oso j a r co

escola iretor de ência, d o m o mpet ícero c ria do C dade, co do em ó ie t r je e s a r t a it A mu ntra o mpre ce ada por foi marc e dedicação. Se a exemplar com carreir m que respeito eve uma ante o tempo e nra t o lh a b seu tra co. Dur ive a ho rio públi Cícero t á r n o tas, s io s c fe n fu pro conquis de o s a m u o s c i e unida uitas d trabalhe ar de m l da com la ip o r ic p t r a m p e de ava pe empre icação s um todo e prim s escolas d e d a u s como todas a escolar ção. Por a s. c u d e na u amigo e o d ix a e d d li a u scola qu passo tor da E a mais n e v em que r e t in io omeado deu iníc ntou Ao ser n ntes em 2006, n e fre amb’em Tirade t l a e u u d q a s t Es fio eus desa uita coragem. um de s com m r tes A. Meye Tiraden Marcos l a u d a t cola Es io da Es r á t e r c e S

08 JR

Fevereiro a Abril/ 2011

o

Conheci o professor Cícero da Silva há uns 20 anos. Em 1993 ele fundou o Colégio Rina Francovig e durante 11 anos foi diretor deste colégio. Cícero também era professor de Geografia e era muito respeitado por seus alunos e colegas de trabalho. Era um homem que gostava muito do seu trabalho e foi um bom diretor. Ele era muito determinado, esforçado, uma pessoa firme e com palavra. Cícero acreditava que conseguiria deixar o Mundo ou nossa cidade melhor. Tinha um forte desejo de melhorar a sociedade e participava de vários movimentos sociais. Lúcia Pereira, Vice Diretora do Colégio Rina Francovig

leal

rmin e t e d

ado

Trabalhei dois anos com o Cícero. Ele era um homem bem enérgico, bem envolvido com a ed ucação e comprometido. Antes do prédio atual ser construído o Co légio Rina Francovig existia nas de pendências do Colégio Osvaldo Cruz e o sonho do Cícero era fazer um colégio na Região Sul para a popu lação que começava a se formar aq ui. Em 2002, Cícero lutou por um ter reno aqui no Campos Elíseos e conseg uiu realizar seu sonho. Pouco tempo depois o colégio foi inaugurado. Rosangela Martins Cabr al, Pedagoga do Colégio Rin a Francovig

Jornal do Rina - 4 Edição  

Jornal Escolar produzido pelos alunos do Colégio Estadual Profª Rina Maria de Jesus Francovig - Londrina PR. Supervisão do trabalho: jornali...