Issuu on Google+

"O Conhecimento exige uma presença curiosa do sujeito em face do mundo. Requer sua ação transformadora da realidade." Paulo Freire


"O Conhecimento exige uma presença curiosa do sujeito em face do mundo. Requer sua ação transformadora da realidade." Paulo Freire


O que é Ciberespaço? Termo que foi idealizado por William Gibson, em 1984, no livro Neuromancer, referindo-se a um espaço virtual composto por cada computador e usuário conectados em uma rede mundial.


O que é Ciberespaço? O ciberespaço é definido como um mundo virtual porque está presente em potência, é um espaço desterritorializante. Esse mundo não é palpável, mas existe de outra forma, outra realidade.


O que é Ciberespaço? “... mesmo sem ser uma entidade física concreta, pois ele é um espaço imaginário, o ciberespaço constitui-se em um espaço intermediário. Ele não é desconectado da realidade mas, ao contrário, parte fundamental da cultura contemporânea. O ciberespaço é assim um complexificador do real”. André Lemos


O que é Ciberespaço? Origens Contexto da Contracultura Ambiência Alternativa


O que é Ciberespaço?

Mundo

Mundo

Off Line

On Line


O que é Ciberespaço?


O que é Ciberespaço? Variáveis Técnicas

Dinâmicas Particulares Variáveis Sociais


O que é Ciberespaço? Dinâmicas Particulares Aspectos Socioculturais

Cibercultura


O que é Cibercultura? “Podemos entender como a forma sociocultural que emerge da relação simbiótica entre a sociedade, a cultura e as novas tecnologias de base micro-eletrônica que surgiram com a convergência das telecomunicações com a informática na década de 70.” André Lemos


O que é Cibercultura? A cibercultura é a cultura contemporânea marcada pelas tecnologias digitais. Vivemos já a cibercultura. Ela não é o futuro que vai chegar mas o nosso presente.


Características Gerais da Cibercultura? • Reconfiguração • Liberação dos Pólos de Emissão • Conectividade Generalizada


Características Gerais da Cibercultura? • Reconfiguração Reconfiguração espaco-temporal Práticas Socioculturais Modalidades Midiáticas


Características Gerais da Cibercultura? • Liberação dos Pólos de Emissão Reconfiguração dos esquemas predominantes de circulação e disponibilização das informações


Características Gerais da Cibercultura? • Liberação dos Pólos de Emissão Comunicação Face a Face Modelo – Broadcasting Comunicação Mediada por Computadores Modelo – Todos para Todos


Características Gerais da Cibercultura? • Conectividade Generalizada Homem – Homem Homem – Máquina Máquina – Máquina


Terceira Revolução Industrial


Terceira Revolução Industrial

[...] a tecnologia da informação é para essa revolução o que as novas fontes de energia foram para as revoluções industriais sucessivas, do motor a vapor à eletricidade, aos combustíveis fósseis e até mesmo a energia nuclear, visto que a geração e distribuição de energia foi o elemento principal na base da sociedade industrial. CASTELLS, 2000.


Rede [...] a interconexão dos computadores mede com muita precisão um potencial de inteligência coletiva de alta densidade em tempo real.Um aparelho de televisão é um receptor passivo, uma extremidade, uma periferia. Um computador é um instrumento de troca, de produção e de estocagem de informações. Ao canalizar e entrelaçar múltiplos fluxos, torna-se um centro virtual, um centro de poder. Lèvy, 1999


Internet

Web 1.0

Conectando mรกquinas


Web 2.0 Conectando pessoas

Web 2.0


Web 2.0

Web 2.0 é a mudança para uma internet como plataforma, e um entendimento das regras para obter sucesso nesta nova plataforma. Entre outras, a regra mais importante é desenvolver aplicativos que aproveitem os efeitos de rede para se tornarem melhores quanto mais são usados pelas pessoas, aproveitando a inteligência coletiva. Tim O’Reilly


Web 2.0 • “Sinaliza uma fase na web onde se pratica a liberdade de falar e ser ouvido. É uma consequência natural do desenvolvimento da internet.” Vicente Tardin - editor do Webinsider


Web 2.0 • “Web 2.0 usa a web como plataforma de socialização e interação entre usuários graças ao compartilhamento e criação conjunta de conteúdo.” Guilherme Felitti - repórter do IDG Now! e mestrando em Web 2.0


Web 2.0 • “Na web 2.0 não somos mais nômades caçadores-coletores: temos nome, plantamos conteúdo, colhemos conhecimento e criamos novos mundos.” Rene de Paula Jr - projetos especiais, Yahoo! Brasil


Web 2.0

A web 2.0 significa apenas que há muito mais gente a apropriar-se da tecnologia da Internet, o que a torna um fenômeno social de massas. Significa que já não é necessário recorrer a intermediários ou técnicos. Do ponto vista de conceito de base, não há uma grande diferença em relação à Internet original. Levy


Geração Y 90% possui um computador 82% possui um telefone móvel 72% utilizam dispositivos móveis para enviar ou receber mensagens SMS Passam mais tempo online do que assistindo televisão


Geração Y Como você se informa? 50% 45%

45%

40% 35%

33%

30%

26%

25% 20% 15% 10%

11% 2002

2008

Internet

TV


Geração Y

da geração Y estão nas redes sociais


Redes Sociais Uma rede social é uma estrutura social composta por pessoas ou organizações, conectadas por um ou vários tipos de relações, que partilham valores e objetivos comuns. Uma das características fundamentais na definição das redes é a sua abertura e porosidade, possibilitando relacionamentos horizontais e não hierárquicos entre os participantes.


Redes Sociais


O que mudou? Quais são os novos paradigmas que ditam os caminhos da comunicação?


Mateus Sant’ana teusantana@yahoo.com.br


Tecnologia comunicação