Issuu on Google+

a i g o l o f a r g a i g o l o f a r g aigolofaragigolofaragigolofarg a i g o l o f a r g aigolofarg aigolofarg CENTRO TÉCNICO

templo da arte PÓS GRADUAÇÃO GRAFOLOGIA

aigolofargaigolofarg


grafologia

CENTRO TÉCNICO

aigolofarg

templo da arte

“ A grafologia é uma ciência que ajuda a desvendar a personalidade te ndo como instrumento de análise a co ncretude da escrita. Ela tem sido cada vez mais utilizada tanto na área de psicologia e saúde quanto nas empresas. Administradores de Recursos Humanos, por exemplo, encontraram na grafologia uma técnica de apoio para suas escolhas e contratações.”


grafologia

CENTRO TÉCNICO

aigolofarg

templo da arte

“A importância da grafologia aumenta rapidamente em todo o Brasil. O desenvolvimento como ferramenta na avaliação da personalidade humana ainda necessita de inúmeros estudos, mas é inegável que ela caminhaa passos largos para ocupar o lugar de destaque que merece.”

Ela vem se firmando como um instrumento de apoio na área de recrutamento, seleção e recursos humanos no mundo todo.


grafologia

CENTRO TÉCNICO

aigolofarg

templo da arte

PÓS GRADUAÇÃO LATO- SENSU COORDENAÇÃO: ERWIN ANDRE LEIBL

TERMINOLOGIA E MÉTODOS Métodos grafológicos e Evolução. Principais escolas de Grafologia no mundo. Desenvolvimento e pesquisas. Terminologia e práxis de Grafologia. Classificação Dos gêneros e das espécies.


grafologia

CENTRO TÉCNICO

aigolofarg

templo da arte

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO Unidade 1. Histórico da grafologia 1.1 História da Grafologia 1.2 Grafologia no Brasil 1.3 Grafologia na Europa 1.4 Estudo de Binet em Sorbonne 1.5 Centros de Pesquisa no Mundo

Unidade 2. Métodos modernos de análise grafológica 2.1 Observação Geral do Traçado 2.2 Dinâmica e integração do movimento .Espaço-organizacional 2.3 Espaço e Forma 2.4 Movimento 2.5 Traço

Unidade 3. Sínteses de orientação 3.1 Definição de gêneros, espécies e modos 3.2 Síntese de orientação 3.2 Evolução (Jamin) 3.2.1. Organizada 3.2.1. Desorganizada 3.2.1. Combinada 3.2.1. Inorganizada 3.3 Harmonia 3.3.1 Harmônica 3.3.2 Inarmônica 3.4 Síntese entre Forma e Movimento

Unidade 4. Síndromes Gráficas 4. 1 Inibição 4. 2 Expansão 4. 3 Impulsividade 4.4 Relaxamento do traço 4.5 Rigidez do traço 4.6 Deterioração gráfica 4.7 Impessoalidade

Unidade 5. Distribuição Espacial Grafoescritural Clara Arejada Confusa Legível Ilegível Concentrada Condensada Espaçada Organizada Desorganizada Limpa Suja

Unidade 6. Largura/Estreiteza Escola Italiana 6.1 Entre as letras 6.2 Entre as palavras 6.3 Larga nas letras 6.4 Tríplice Largura Espacial

Unidade 7. Dimensão 7.1 Zona média Eixo Vertical - 7.1.1 Formas de avaliar o tamanho - 7.1.2 Altura absoluta e Altura grafológica -7.1.3 Grande -7.1.4 Pequena -7.1.5 Crescente -7.1.6 Decrescente -7.2 Zona média Eixo Horizontal -amplitude -7.2.1 Estreita -7.2.1 Extensa -7.3 Zona média Amplitude -7.3.1 Baixa -7.3.2 Alta 7.3.3 Rebaixada -7.3.4 Sobressaltada -7.3.5 Uniforme -7.3.6. Dilatada -7.3.7 Sóbria -7.3.8 Compensada 7.4 Proporção -Divisão inter-zonal -7.4.1 Proporcional -7.4.2 Desproporcional-7.4.3 Mista


grafologia

CENTRO TÉCNICO

aigolofarg

templo da arte

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO Unidade 8. Pressão 8.1 Espécies de acordo com o apoio do instrumento no papel. (pressão no sentido estrito do termo) 8.1.1 Apoiada Unidade 9. Condução do 8.1.2 Leve traçado 8.1.3 Em relevo 9.1 Hipotensa 8.1.4 Sem revelo 9.1. Flexível 8.1.5. Deslocada 9.1. Firme 8.1.6 Espasmódica 9.1. Contraída 8.1.7 Acerada 9.1. Hipertensa 8.1.8 Massiva 9.1. Desigualdades de 8.1.9 Fusiforme Tensão 8.1.10 Profunda

Unidade 10. Forma -10.1 Execução Evolução da forma 10.1.1 Caligráfica -10.1.2Redonda -10.1.3 Sistematizada/ Monomorfa -10.1.4 Estilizada -10.1.5 Polimorfa -10.1.6 Angulosa -10.1.7 Simples -10.1.8 Simplificada -10.1.9 Seca 10.1.10 Ríspida -10.1.11 Ornada -10.1.12 Extravagante 10.1.13 Complicada -10.1.14. Artificial -10.1. 15. Tipográfica 10.1.16 Inflada -10.1.17 Infantil -10.1.18 Ovóide/ovalada

Unidade 11. Continuidade-11.1 Progressão da escrita-11.1.1 Inibida -11.1.2 Contida 11.1.3 Monótona - 11.1.4 Cadenciada -11.1.5 Ágil-11.1.6.Rítmica.-11.2 Ligação -11.2.1 Ligada - 11.2.2 Desligada- 11.2.3 Agrupada-11.2.2 Desligada -11.2.3 Agrupada -11.2.4Combinada -11.3 Deficiências de Continuidade -11.3.1 Fragmentada 11.3.2 Ligações desiguais - 11.3.3 Lapsus de ligação -11.3.4 Retocada -11.3.5 Pontilhada/Em bastão -11.3.6 Sacudida -11.3.7 Suspensa -11.3.8 Inacabada

Unidade13. Movimento Grafoescritural 13.1 Estático ou imóvel 13.2 Flutuante 13.3 Inibido/contido 13.4 Controlado 13.5 Fluído 13.6 Vibrante/efervescente 13.7 Dinâmico 13.8 Propulsivo 13.9 Retardado 13.10 Revirados para a Esquerda 13.11 Estudos Complementares

Unidade 14. Velocidade 14.1 Lenta 14.2 Pausada 14.3 Rápida 14.4 Precipitada 14.5 Lançada 14.6 Acelerada 14.7 Desigualdades de velocidade

Unidade 12. Ligação 12.1 Em ângulos 12.2 Arcada 12.3 Guirlanda 12.4 Anelada 12.5 Filiforme 12.6 Mista 12.7 Dupla curva 12.8 Duplo ângulo

Unidade 15. Inclinação das Letras 15.1. Inclinada 15.2. Tombada 15.3 Vertical 15.4 Invertida 15.5 Oscilante (variável 15.6 Paralela 15.7 Sinuosa 15.8 Contorcionada 15.9 Hastes Côncavas


grafologia

CENTRO TÉCNICO

aigolofarg

templo da arte

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO Unidade 16. Direção das linhas 16.1 Retilínea 16.2 Rígida 16.3 Ascendente 16.4 Descendente 16.5 Linhas côncavas 16.6 Linhas convexas 16.7 Sinuosa 16.8 Imbricadas ascendentes 16.9 Imbricadas descendentes 16.10 Escalonada 16.11 Em saltos 16.12 Colas de Zorro 16.13 Mista 16.14 Em leque

Unidade 20 Dicotomia ângulo/curva 20.1 Estudo do ângulo e curva na Escola Italiana 20.2 Ângulo A 20.3 Ângulo B 20.4 Ângulo C

Unidade 17. - Orientação geral do traço 17.1 Escrita progressiva 17.2 Regressiva 17.3 Escrita mista. 17.4 Escrita ao revés 17.5 Escrita com torções Unidade 18. Discordâncias 18.1 Forma 18.2 Tamanho 18.3 Pressão 18.4 Direção 18.5 Velocidade 18.6 Inclinação 18.7 Continuidade

Unidade 21. Unidade 21. Estudo das Assinaturas 21.1 Definições 21.2 Diferenças entre assinatura e autógrafo 21.3 Rubrica 21.4 Posição da assinatura em relação ao texto

Unidade 23. Traços da Escola Italiana 23.1 Subjetivismo 23.2. Traço da Afetação 23.3. Traço da fleugma 23.4. Traço do desprezo 23. 5. Traços de mitomania 23.6. Traço da confusão 23. 7. Traço da independência 23. 8. Traço da insegurança material

Unidade 19. Signos gráficos 19.1 Guirlanda 19.2 Arco 19.3 Bucle 19.4 Laço 19.5 Serpentina 19.6 Espiral 19.7 Triângulo 19.8 Arpão 19.09 Nó 19.10 Torções 19.11 Dente de tubarão 19.12 Unha do criminoso 19.13 Rasgo do Escorpião 19.14 Facas 19.15 Letras D e S 19.16 Estereotipias

Unidade22. Signos livres 22.1 Pontuação e acentuação 22.2 Traço inicial, traço final 22.3 Barras dos T 22.5 Pingos nos I

Unidade 24. Elaboração do Perfil Grafológico 24.1 Métodos 24.2 Levantamento de dados 24.3 Estudo das dominantes 24.4Características psicológicas 24.5 Elaboração final do Perfil


grafologia

CENTRO TÉCNICO

templo da arte

aigolofarg

PSICODINÂMICA DO ESPAÇO NA GRAFOLOGIA Estudo das teorias de espaço. A escrita como ciência da Expressão.Conceitos de Ritmo. Avaliação psicodinâmica do rítmo de Forma, Espaço e Movimento espacial. Estudo da dinâmica dasmargens e do texto.

Unidade 1. O espaço e a Grafologia 1.1. A percepção global do espaço na grafologia 1.2. Simbolismo espacial De Pulver 1.3. Estudo das imagens do movimento Robert Heiss 1.4. O espaço na Escola Italiana Unidade 2. Ritmo na Escrita 2.1.Definição 2.2.Teorias de Ritmo 2.3.Escola Alemã 2.4.Ritmo de Espaço 2.5.Ritmo de Forma 2.6.Ritmo de Movimento 2.7.Como avaliar Ritmo na Escrita Unidade 3. Espaço entre as palavras e letras 3.1 Definição 3.2 Medidas grafoescriturais 3.2 Estudo da escola italiana 3.3 Interpretação psicológica Unidade 4. Espaço entre as as Linhas 4. 1 Definição 4. 2 Medidas grafoescriturais 4. 3 Comparações entre os espaços 4.4 Interpretação psicológica Unidade 5. Divisão inter-zonal Zona Superior 5.1 Definição 5.2 Valores relativos e absolutos das diversas escolas 5.3 Variações de tamanho 5.4 Variações de largura 5.5 Interpretação psicológica

Unidade 6. Divisão inter-zonal Zona Média 6.1 Definição 6.2 Tamanho e variações 6.3 Comparações com as demais Zonas da escrita 6.4 Interpretação psicológica Unidade 7. Divisão inter-zonal Zona Inferior 7.1 Definição 7.2 Tamanho e variações 7.3 Comparações com as demais zonas da escrita 7.4 Interpretação psicológica Unidade 8. Estudo das margens 8.1 As quatro margens 8.2 Significado geral 8.3 Interpretação global Unidade 9. Estudo das margens Eixo Vertical 9.1 Margem superior e inferior 9.1. Tamanho e variações 9.1. Forma e variações 9.1. Comparação entre as margens 9.1. Interpretação global Unidade 10. Estudo das margens. Eixo Vertical 10.1 Margem esquerda e direita 10.2 Simbolismo espacial 10.3 Tamanho e variações 10.4 Forma e variações 10.5 Comparação entre as margens 10.6 Interpretação global


grafologia

CENTRO TÉCNICO

aigolofarg

templo da arte

ESTUDO DO TRAÇO E GRAFOPATOLOGIA

Estudos de Walter Hegar. Principais conceitos de traço e Traçado. Importância para o levantamento grafológico. Estudos e conceitos de grafopatologia. Desenvolvimento e pesquisas de grafopatologia por médico no século XX.

Unidade 1. Grafometria 1.1 Conceitos de Grafometria 1.2 Estudo da Escola Francesa Jacques Salce 1.3 Estudos de Zubin e Lewinson Unidade 2. O traço e o traçado 2.1 Observação Geral 2.2 Diferença entre Traço e Traçado 2.3 Ligações espaciais 2.4 Traço segundo W. Hegar Unidade 3. Qualidade do Traço 3.1 Definição 3.2 Tipos 3.3 Significado geral Unidade 4. Conteúdo expressivo do Traço 4. 1 Definições 4. 2 Avaliação 4. 3 Correspondências Psicológicas Unidade 5. O contorno do Traço 5.1 Definições 5.2 Avaliação 5.3 Correspondências Psicológicas Unidade 6. Características do Movimento 6.6 Tipos 6.7 Traço; forma e movimento 6.8 Avaliação 6.9 Correspondências Psicológicas

Unidade 7. Textura do Traço segundo R. Pophal 7.1 Traço Homogêneo 7.2 Traço Granulado 7.3 Traço amorfo 7.4 Correspondências Psicológicas Unidade 8. Grafopatologia 8.1 Histórico 8.2 Conceitos 8.3 Identificação de traços ligados A patologia 8.4 Depressão 8.5 Agressividade 8.6 Drogadição 8.7 Estresse 8.8 Disgrafias 8.9 Outras doenças e distúrbios 8.10 Importância do Não-diagnóstico


grafologia

CENTRO TÉCNICO

aigolofarg

templo da arte

A Grafologia na Educação e na Orientação Vocacional

Conceito de Vocação.

A Grafologia no processo de Orientação Vocacional nas diversas fases da vida. Influências várias refletidas na escrita.

Influências várias refletidas na escrita. Estudos dos sinais detectados através da escrita: personalidade, tipo de inteligência, aptidões intelectuais e volitivas, motivações, habilidades, concentração, interesses, auto-estima, relação com o meio. Introversão e Extroversão. Descrição minuciosa para elaborar um informativo Grafológico. Métodos. Lista e Perfil de Carreiras.


grafologia Unidade 1. Conceitos 1.1 Vocação 1.2 Orientação Vocacional 1.3 Inteligência Fluida e Inteligência Cristalizada

Unidade 2. A grafologia na Área educacional 2.1. A Educação e sua Importância na Orientação Vocacional 2.3. As vantagens da Grafologia na Área da Educação 2.4. O que pode ser detectado através da escrita 2.5. Material e Aspectos de Identificação 2.6.Os resultados da Grafoterapia no Setor Educacional 2.7. A Ética e o Profissionalismo no informe Grafológico

Unidade 3. Sinais 3.1 Aptidões opostas: Ciências X Letras 3.2 Aptidão matemática 3.3 Aptidões artísticas e criativas 3.4 Expressão e Comunicação

Unidade 4. Sinais de Inteligência: 4.1 Quantitativa 4.1.1 Principais 4.1.2 Secundários 4.2 Qualitativa 4.3 Meditativa 4.4 Crítica

CENTRO TÉCNICO

aigolofarg

templo da arte

Unidade 5. Capacidade de Análise e síntese 5.1 Capacidade lógica 5.2 Processos intuitivos na Escrita 5.4 Criatividade

Unidade 6. Introversão x Extroversão

Unidade 7. Sinais diversos: 7.1 A simplificação gráfica 7.2 Diferenciação entre Dom Gráfico e Habilidade Gráfica 7.3 O espaço entre as palavras 7.4 Escrita combinada e inteligência 7.5 Tríplice Largura de Morreti e inteligência 7.6 As Margens na escrita dos adolescentes

Unidade 8. Elaboração do Perfil grafológico de Orientação vocacional 8.1 Métodos 8.2 Carreiras sugeridas de acordo com os resultados 8.3 Conclusão geral


grafologia

CENTRO TÉCNICO

aigolofarg

templo da arte

NEUROCIÊNCIAS NEUROFISIOLOGIA DA ESCRITA. Estudo da neurofisiologia aplicada ao ato de escrever. O cérebro. Conceitos e planificação do gesto gráfico cerebral. A conduta gráfica. Escrita com a mão direita e esquerda. Dislexia. Distúrbios psicológicos ligados a escrita.

Unidade 1. O cérebro 1.1Descrição 1.2 Sistema nervoso central 1.3 Funções do cérebro 1.4 Hemisférios cerebrais direito e esquerdo Unidade 2. Sistema nervoso central - Encéfalo 2.1 Córtex cerebral 2.2 Hipotálamo 2.3 Tálamo 2.4 Ponte 2.5 Bulbo 2.6 Cerebelo 2.7 Medula Espinhal Unidade 3. Sistema nervoso periférico 3.1 Definição 3.2 Nervos cranianos 3.3 Nervos raquidianos Unidade 4. Sistema nervoso autônomo 4. 1 Anatomia 4. 2 Características funcionais 4. 3 Sistema Nervoso Simpático 4.4 Sistema Nervoso Parassimpático Unidade 5. Neurônios 5.1 Pericário 5.2 Dentritos 5.3 Axônios 5.4 Sinapses Unidade 6. Características do Movimento 6.1. Tipos 6.2. Traço; forma e movimento 6.3. Avaliação 6.4. Correspondências Psicológicas Unidade 7. Meninges 7.1 Dura-mater 7.2 Aracnóide 7.3 Pia-Mater 7.4 Patologias meningeas

Unidade 8. O gesto de escrever 8.1 Autonomia dos músculos e das mãos 8.2 Áreas pré-motoras do lóbulo frontal 8.3 Colunas da área motora primária etapa de execução 8.4 Escrita e tremores 8.5 Controle visual da escrita 8.6 Tálamo - função na escrita 8.7 Escrita coréica 8.8 Disgrafias 8.9 Outras doenças e distúrbios Unidade 9. Conceito de gesto gráfico cerebral 9.1 Escrita e memória 9.2. Afasias 9.2. Agrafia 9.4. Síndrome de Gerstmann 9.5. Agrafias fonológicas e léxicas 9.6. Escrita e representação mental das palavras 9.7 O cérebro e a geração de imagem das palavras 9.8 Imagem antecipadora de Klages Unidade 10. A escrita da mão direita 10.1 Execução Evolução da forma 10.2 Destro - mitos e realidade 10.3 Sociedade dos destros 10.4 Escrita com a mão esquerda 10.5 Hormônios e lateralidade 10.6 Distorgrafia e dislexia 10.7 Anomalias cerebrais 10.8 Escrita em espelho Unidade 11. Conduta gráfica 11.1 A criança e a escrita 11.2 Evolução da escrita da criança ao idoso 11.3 Ansiedade gráfica 11.4 Inteligência e nível cultura na escrita 11.5 Problemas de postura no gesto grafoescritural 11.6 Orientação de como deve ser executada a escrita.


grafologia

CENTRO TÉCNICO

aigolofarg

templo da arte

ÉTICA GRAFOSCOPIA PERSONALIDADES DE RISCO PERFIS SINTÉTICOS POR COMPETÊNCIAS TÉCNICA DE REALIZAÇÃO DE PERFIS GRAFOLÓGICOS-(ANTIGO LAUDO) GRAFOLOGIA EMOCIONAL (HONROT) PERSONALIDADES DE RISCO TEORIA DA PERSONALIDADE

Unidade 1. Noções básicas Da psicanálise e da psicologia Evolutiva. Unidade 2. Freud e Jung.

EVOLUÇÃO DA LINGUAGEM DA ESCRITA- EXPRESSÃO SIMBÓLICA DO PENSAMENTO.


www.templodaarte.com.br

CENTRO TÉCNICO

templo da arte (11) 2063 7443

Rua Costa Aguiar, 1013 - Ipiranga - São Paulo-SP


PÓS GRADUAÇÃO - GRAFOLOGIA