Issuu on Google+

Risco autístico em bebês: possibilidades de avaliação comportamental

Paula Gioia – PUC-SP Cíntia Guilhardi - Gradual Claudia Romano – Gradual e Doutoranda pela PUC-SP Leila Bagaiolo – Gradual


Quais foram nossos objetivos nos últimos 2 anos 2008: Discutimos a importância da identificação precoce do autismo - falhas em responder sob controle de determinados estímulos, ou seja, falhas em apresentar mudanças progressivas na forma de interagir com seu meio. Para tanto, analisamos os dois primeiros anos do desenvolvimento infantil de um bebê típico. 2009: Levantamos na literatura os aspectos falhos ao longo do desenvolvimento dos 0 aos 3 anos que sinalizavam, para os autores em questão, risco autísticos. Para tanto, analisamos vídeos caseiros de um bebê, tardiamente diagnosticado com autismo.


Sorrir p/ adultos/ Engajamento afetivo/ Expressões Antes dos 9 meses. Hobson, 2002 Faciais Relações Diádicas/ Reciprocidade Sócio-Emocional Fazer contato ocular/ Orientação Social Manter a Interação Sentir (contato físico com pessoas e objetos) Balbuciar Seguir Comando Simples (tornar-se ouvinte) Imitar Comunicar-se Expressivamente - Mando e Tato Movimentar-se variadamente(não de maneira estereotipada)

3 – 6 meses Lampréia, 2009

0- 12 meses Reznick et al., 2007

Oliveira, 2007 (6 – 12 meses) 0- 12 Olhar p/ objetos meses Apontar para mostrar objetos/ Gestos comunicativos Braido, 0- 12 meses Agir na direção de objetos e adultos 2006 Montenegro, Atentar Compartilhadamente (iniciada pela criança ou 2006 em resposta a um adulto 9 - 15 meses Bosa, Agir vocal e manualmente de forma coordenada 2002 Landa, 2007 Brincar (explorar, manipular de maneira variada, brincar 9m – 2 anos simbólico)


Objetivo atual – 2010 Apresentar o processo de construção de um protocolo de observação da interação meio-bebê que permite identificar sinais de risco autístico em bebês aos12 meses. Para esse fim, sistematizamos dados oriundos de:

1) estudos retrospectivos com vídeos familiares; II) estudos longitudinais de crianças de alto risco (irmãos mais novos de autistas); III) escalas e protocolos de avaliação já descritos na literatura.


I - Estudos retrospectivos •Dados sistematizados de estudos de relato de pais e vídeos caseiros/familiares. (De Giacomo & Fombonne, 1998; Rogers & DiLalla, 1990; Coonrod & Stone W.,Young, Brewer & Pattinson, 2003; Gray, &Tonge , 2001) •

Os dados sistematizados sobre a percepção dos pais apontam para atraso/falha no desenvolvimento da linguagem, no brincar, no desenvolvimento sensório-motor e no desenvolvimento sócio-educativo, perceptíveis entre 12 e 18 meses. Além de relatarem uma preocupação com sono e alimentação de seus filhos nessa faixa etária.

Alguns pais relatam ter observado a regressão de habilidades previamente adquiridas, especialmente a fala a partir dos 18 meses.

A análise dos vídeos caseiros sugeriram que, em alguns casos, observa-se padrões alterados já aos 12 meses de vida (atraso de comunicação – padrões atípicos de orientação social, atenção compartilhada, regulação de afeto, uso reduzido de gestos).


II - Estudos prospectivos

• Os estudos são realizados com irmãos mais novos de crianças já diagnosticadas com autismo (os irmãos têm 20% mais chance de desenvolver o autismo que a população em geral - Sumi et al. , 2006 e Ritvo, et al. 1989). Os estudos acompanham sistematicamente o desenvolvimento dos irmãos nos primeiros meses de vida e, entre 24 e 36 meses, aplica-se a avaliação diagnóstica para autismo (Lampréia, 2008). • Os estudos prospectivos conseguem diferenciar sinais de autismo em bebês (entre 12 e18 meses) de bebês com desenvolvimento típico ou bebês com outras desordens do desenvolvimento (Landa et al., 2007 e Dawson et al., 2000).


II - Estudos prospectivos As crianças do espectro autístico, entre 12 e 18 meses de idade apresentaram déficits nas seguintes áreas: 1)Visual: atipicidade no escanear e fixar o olhar para os objetos. 2)Motora: atraso nos movimentos amplos e finos, maneirismos e diminuição da atividade motora 3)Brincar : atraso no imitar, exploração atípica dos brinquedos e ações repetitivas com os brinquedos. 4)Comunicação social : expressões e reações emocionais alteradas, alterações na troca de olhares, alteração no interesse social, alteração ao responder ao chamado do nome, alteração em dividir emoções positivas. 5)Linguagem: alterações no balbucio, na compreensão e expressão verbais e no uso de gestos comunicativos. 6)Desenvolvimento Cognitivo : aquisição mais lenta de novas habilidades. (Yirmiya et al., 2007; Wetherby et al. , 2004/ 2007; Bryson et al. , 2007; Landa et al., 2007; Mitchell et al., 2006; Gamliel et al. , 2007)


III – Escalas e Protocolos de Avaliação A proposta da Associação Americana de Pediatria é aplicar instrumentos que viabilizem a detecção de sinais de autismo em todas as crianças entre 18 e 24 meses de vida (Filipek et al., 2000). As escalas e protocolos possibilitam manter a população atenta e vigilante aos sinais precoces de autismo (Zwaigenbaum et al., 2010). Escalas de diagnóstico precoce M CHAT (Modified Checklist for Autism in Toddlers -18 a 24 meses) ITC (Infant Toddler Checklist – 18 meses) STAT (Screening Toll for Autism in Two-Year-Olds – 24 meses) Autism Observation Scale for Infants (12 meses) First Year Inventory (12 meses) ADOS (Autism Diagnostic Observation -15 meses) ADI-R (The Autism Diagnostic Interview-Revised -18 meses)


Escalas e Protocolos de Avaliação •M-CHAT (Modified Checklist for Autism in Toddlers) é um instrumento de rastreamento precoce de autismo, que visa identificar indícios desse transtorno em crianças entre 18 e 24 meses. Deve ser aplicada nos pais ou cuidadores da criança. É auto-aplicável e simples, e apresenta alta sensibilidade e especificidade. QUESTÕES DO M-CHAT © 1999 Diana Robins, Deborah Fein e Marianne Barton. Tradução Milena Pereira Pondé e Mirella Fiuza Losapio. 1. Seu filho gosta de se balançar, de pular no seu joelho, etc.? 2. Seu filho tem interesse por outras crianças? 3. Seu filho gosta de subir em coisas, como escadas ou móveis? 4. Seu filho gosta de brincar de esconder e mostrar o rosto ou de esconde-esconde? 5. Seu filho já brincou de faz-de-conta, como, por exemplo, fazer de conta que está falando no telefone ou que está cuidando da boneca, ou qualquer outra brincadeira de faz-deconta? 6. Seu filho já usou o dedo indicador dele para apontar, para pedir alguma coisa? 7. Seu filho já usou o dedo indicador dele para apontar, para indicar interesse em algo? 8. Seu filho consegue brincar de forma correta com brinquedos pequenos (ex. carros ou blocos), sem apenas colocar na boca, remexer no brinquedo ou deixar o brinquedo cair? 9. O seu filho alguma vez trouxe objetos para você (pais) para lhe mostrar este objeto?

SIM

NÃO


Escalas e Protocolos de Avaliação QUESTÕES DO M-CHAT © 1999 Diana Robins, Deborah Fein e Marianne Barton.Tradução Milena Pereira Pondé e Mirella Fiuza Losapio.

10. O seu filho olha para você no olho por mais de um segundo ou dois? 11. O seu filho já pareceu muito sensível ao barulho (ex. tapando os ouvidos)? 12. O seu filho sorri em resposta ao seu rosto ou ao seu sorriso? 13. O seu filho imita você? (ex. você faz expressões/caretas e seu filho imita?) 14. O seu filho responde quando você chama ele pelo nome? 15. Se você aponta um brinquedo do outro lado do cômodo, o seu filho olha para ele? 16. Seu filho já sabe andar? 17. O seu filho olha para coisas que você está olhando? 18. O seu filho faz movimentos estranhos com os dedos perto do rosto dele? 19. O seu filho tenta atrair a sua atenção para a atividade dele? 20.Você alguma vez já se perguntou se seu filho é surdo? 21. O seu filho entende o que as pessoas dizem?

22. O seu filho às vezes fica aéreo, “olhando para o nada” ou caminhando sem direção definida? 23. O seu filho olha para o seu rosto para conferir a sua reação quando vê algo estranho?

SIM

NÃO


Escalas e Protocolos de Avaliação ADI-R (The Autism Diagnostic Interview-Revised)

Questionário para pais de bebês a partir de 18 meses. •Levantamento do histórico do desenvolvimento da criança. •93 questões que focam 3 áreas comportamentais: •Interação social (troca emocional, busca por conforto, sorrir, responder para outras crianças); •Comunicação/Linguagem (uso social da linguagem, inversão pronominal); •Padrões comportamentais e interesses repetitivos (maneirismos, interesse por assuntos específicos). (Lord et al., 1994).


Escalas e Protocolos de Avaliação Exemplo – ADI - R Ecolalia imediata (repetição de palavras/frases há pouco falado por outra pessoa). (SE O SUJEITO FALAR, PERGUNTE: “Muitas crianças, quando aprendem a falar, repetem palavras que ouviram as pessoas dizerem. Ele/ela alguma vez repetiu a última palavra ou duas do que é que você disse, ou ele/ela alguma vez repete, outra vez, frases inteiras na mesma entonação que é que você disse? Você pode dar algum exemplo? Ele/ela alguma vez fez isto?”) 0 = raramente ou nunca repete/repetiu frases/palavras ecoadas 1 = ocasionalmente repete/repetiu palavras/frases ecoadas 2 = repete/repetiu palavras ou frases ecoadas regularmente, mas também alguma linguagem funcional (pode ser estereotipada) 3 = a fala consiste em grande parte de ecolalia imediata 8 = fala, insuficiente, para codificar 9 = desconhecido ou não perguntado


Escalas e Protocolos de Avaliação STAT (Screening Tool for Autism in Two-Year-Olds) Stone et al.,2000; 2004 •Instrumento desenvolvido para identificar sinais de autismo em crianças com 2 anos de idade. •12 tarefas de brincar sócio-interativas que permitem ao experimentador avaliar o brincar, a comunicação e a imitação da criança em questão.


Escalas e Protocolos de Avaliação FYI (First Year Inventory – Reznick, Baranek, Reavis, Watson, Crais, 2006) 63 questões: múltipla escolha, tipo escala likert, além de antecedentes médicos Comunicação Social

• Não olhar quando chamado pelo nome ou som/não responder discriminativamente a sons • Pouco balbucio • Falta de coordenação do olhar com outros gestos comunicativos (quase nunca tenta buscar a atenção do adulto para conseguir algum brinquedo, raramente mostra objetos para outra pessoa, nunca busca atenção do adulto para jogos interativos) • Pouca expressão emocional • Regressão ou perda de habilidades sócio-comunicativas: brinca menos ou se comunica menos que no passado. • Não se excita quando sabe o que vai acontecer em seguida • Não olha em direção ao objeto apontado • Não imita (sons vocais, movimentos do corpo, movimentos com objetos) • Nunca se interessa por outros


Função sensorial auto-regulatória

Pouca orientação do olhar para objetos Padrões anormais no foco, intensidade e duração do olhar Hipo ou hiper responsividade aos estímulos sensoriais (não reage a dor, hipersensibilidade ao toque). Pouca ou muita reação a sons altos. Ignora sons altos e inconstantes. Exploração não usual dos objetos: gosta de friccionar ou arranhar objetos. Tempo de atenção a um alvo inadequado. Dificuldades na transição de atividades. Ciclos irregulares de sono (dorme 7 ou menos horas por dia), despertar (3 ou mais vezes durante a noite) ou alimentação. Postura e tônus muscular anormais (fica rígido em movimentos ou posturas, tônus muscular mole, não se apóia para ficar em pé). Irritabilidade excessiva ou birras. Movimentos motores intensos e repetitivos (balançar várias e várias vezes os pés) Inadequação no brincar: manipula parte dos objetos, pouca variabilidade, sem imaginação (brinca com um ou dois objetos por dia, não se interessa por jogos/brincadeiras novas. Gostar muito de olhar para luzes brilhantes.


Funções Motoras Dificuldade ao andar (se apóia para ficar em pé, mas não anda). Não utiliza o movimento de pinça.


Nossa Proposta de Observação: A partir da sistematização dos dados da literatura – topografias sinalizadoras de risco autístico a partir dos 12 meses – estamos interessadas em construir um instrumento com as seguintes características: 1) Possibilite a observação direta dos comportamentos-alvo, manipulando as variáveis antecedentes (ou seja, estabelecendo a condição para que os mesmos sejam emitidos) 2) Os dados sejam coletados no ambiente natural. 3) De fácil aplicação


Nossa Proposta de Observação: A partir da sistematização dos dados da literatura – topografias sinalizadoras de risco autístico a partir dos 12 meses – estamos interessadas em construir um instrumento com as seguintes finalidades: 1) Que sinalize risco autístico aos 12 meses.

2) Forneça pistas sobre a história de aprendizagem da criança (a partir da análise dos conseqüentes). 3) Possibilite identificar as respostas da criança em sua relação com o meio-ambiente. 4) Instrumentalize o profissional avaliador orientar os pais na melhor forma de estimular seu filho, sempre que necessário.


Instruções Iniciais Preparação do Ambiente: 1. Selecione um cômodo da casa no qual você e seu filho(a) habitualmente brincam juntos (ex sala de TV, quarto da criança, quarto do casal etc). 2. Procure deixar esse ambiente com brinquedos, materiais comumente presentes. Estímulos novos devem ser retirados do ambiente (por exemplo, um novo enfeite, um novo quadro). 3. Nas tarefas que ocorrem com a criança sentada no cadeirão, tapete ou à mesa, deixe apenas os brinquedos e materiais prescritos pelo teste. Nesta ocasião retire enfeites, papéis ao alcance da criança. 4. Durante a aplicação do teste, se possível, peça para que as demais pessoas presentes na casa, não interrompam ou apareçam no ambiente. Caso contrário, peça para a pessoa que entrou no ambiente aplicar uma tarefa do teste.


Instruções Iniciais Condições ideais para a participação da criança no teste: 1. A criança não deve estar com sono 2. A criança não deve estar com fome. 3. A criança não deve estar apresentando sinais de mal-estar, cansaço, febre, alergias ou outros incômodos que afetem a sua atenção e disposição. 4. Procure aplicar o teste no horário de maior disposição da criança. 5. Se a criança usa fraldas, verifique se ela está limpa e confortável. 6. A criança não deve estar sob efeito de medicação de uso temporário (exemplo, antibióticos, anti-inflamatório, etc) que dão sonolência. Remédios para cólicas, gases podem estar sendo ingeridos pela criança na ocasião da aplicação do teste, bem como as medicações de uso contínuo (por exemplo, anticonvulsivantes, medicamentos para sono, vitaminas, etc).


Instruções Iniciais Para a aplicação do teste, alguns materiais deverão ser providenciados pela família. São materiais simples e que provavelmente você já os têm em casa. Materiais similares aos indicados podem ser utilizados, mas entre em contato com a Gradual para avaliarmos se o material cumprirá a mesma função do proposto por essa avaliação. Assim, antes de iniciar a aplicação do teste, separe os seguintes materiais: 1. Câmera filmadora (digital) apoiada em um local ou tripé. As filmagens devem consistir em um close da parte do tronco para cima da criança que se encontra de frente para a câmera e da parte do tronco para cima da mãe, que se encontra de costas para a câmera. 2. Celular de brinquedo que emita luzes e som (comumente utilizados em situação de brincar, não de dormir). 3. Carrinho de brinquedo que emita luzes e som (comumente utilizados em situação de brincar, não de dormir). 4. Duas figuras impressas (posters/ quadros/fotos) de temática infantil (do tamanho ou maior que uma folha ofício). 5. Lixa de unha ou de pé limpa. 6. Colher de pau e panela 7. Lanterna 8. Três miniaturas de animais ou meios de transporte ou personagens diferentes entre si 9. Brinquedo de corda (comumente utilizados em situação de brincar, não de dormir). 10. Algum objeto/brinquedo que represente um bolinho de aniversário ou que se pareça com um bolinho.


Habilidade Avaliada: Contato Visual para o Adulto A criança poderá estar sentada no cadeirão, no tapete ou à mesa, sem objetos ao seu alcance. Tarefas

Resposta da Criança. Fazer X se a criança (pode assinalar mais de uma resposta):

1. A. Chamar a criança pelo nome de frente para a criança , falando duas vezes o seu nome.

(

) olhar para os olhos da mãe ( ) assentir com a cabeça ( ) sorrir ( ) emitir sons ( ) balançar todo o corpo Outro: ___________

20 Segundos de Intervalo 1. B. Chamar a criança pelo nome de frente para a criança , falando duas vezes o seu nome.

(

) olhar para os olhos da mãe ( ) assentir com a cabeça ( ) sorrir ( ) emitir sons ( ) balançar todo o corpo Outro: ___________

Vídeos Henrique 5 meses\Contato com Adulto - chamando pelo 20 SegundosVisual de Intervalo nome.AVI


Habilidade Avaliada: Contato Visual para o Adulto A criança poderá estar sentada no cadeirão, no tapete ou à mesa, sem objetos ao seu alcance. Tarefas

Resposta da Criança. Fazer X se a criança (pode assinalar mais de uma resposta):

2. A. Chamar a criança pelo nome atrás da criança, falando duas vezes o seu nome.

(

( ) olhar para os olhos da mãe ) girar o tronco em direção a mãe ou procurá-la com o corpo ( ) sorrir ( ) emitir sons ( ) balançar todo o corpo Outro: ___________

20 Segundos de Intervalo 2. B. Chamar a criança pelo nome atrás da criança , falando duas vezes o seu nome.

(

( ) olhar para os olhos da mãe ) girar o tronco em direção a mãe ou procurá-la com o corpo ( ) sorrir ( ) emitir sons ( ) balançar todo o corpo Outro: ___________

20 Segundos de Intervalo


Habilidade Avaliada: Contato Visual para o Adulto A criança poderá estar sentada no cadeirão, no tapete ou à mesa, sem objetos ao seu alcance. Tarefas

Resposta da Criança. Fazer X se a criança (pode assinalar mais de uma resposta):

3. A. Bater palmas na frente da criança, por 3 vezes.

(

) olhar para os olhos da mãe ( ) assentir com a cabeça ( ) sorrir ( ) emitir sons ( ) balançar todo o corpo ( ) bater palmas Outro: ____________

20 Segundos de Intervalo 3. B. Bater palmas na frente da criança, por 3 vezes.

(

) olhar para os olhos da mãe ( ) assentir com a cabeça ( ) sorrir ( ) emitir sons ( ) balançar todo o corpo ( ) bater palmas Outro: ____________

20 Segundos de Intervalo


Habilidade Avaliada: Contato Visual para o Adulto A criança poderá estar sentada no cadeirão, no tapete ou à mesa, sem objetos ao seu alcance. Tarefas

Resposta da Criança. Fazer X se a criança (pode assinalar mais de uma resposta):

4. A. Bater palmas atrás da criança, por 3 vezes.

(

(

) olhar para os olhos da mãe ) girar o tronco em direção a mãe ( ) sorrir ( ) emitir sons ( ) balançar todo o corpo ( ) bater palmas Outro: ____________

20 Segundos de Intervalo 4. B. Bater palmas atrás da criança, por 3 vezes.

( (

) olhar para os olhos da mãe ) girar o tronco em direção a mãe ( ) sorrir ( ) emitir sons ( ) balançar todo o corpo ( ) bater palmas Outro: ____________

20 Segundos de Intervalo


Habilidade Avaliada: Contato Visual para o Objeto A criança poderá estar sentada no cadeirão, no tapete ou à mesa, com o objeto especificado próximo e ao alcance da criança.

Tarefas

Resposta da Criança. Fazer X se a criança (pode assinalar mais de uma resposta):

5. Celular de brinquedo com som e luzes ligados apresentados na frente da criança (10 segundos de apresentação). Mãe permanece de pé ao lado da criança.

(

(

) olhar para os olhos da mãe ( ) olhar para o objeto ) tentar pegar o objeto/pegar o objeto ( ) emitir sons ( ) balançar todo o corpo Outro: ____________

20 Segundos de Intervalo 6. Carrinho de brinquedo com som e luzes ligados apresentados na frente da criança (10 segundos de apresentação). Mãe permanece de pé ao lado da criança.

(

) olhar para os olhos da mãe ( ) olhar para o objeto ( ) tentar pegar o objeto ( ) emitir sons ( ) balançar todo o corpo Outro: ____________

20 Segundos de Intervalo


Habilidade Avaliada: Contato Visual para o Objeto A criança poderá estar sentada no cadeirão, no tapete ou à mesa, com o objeto especificado próximo e ao alcance da criança.

Tarefas

Resposta da Criança. Fazer X se a criança (pode assinalar mais de uma resposta):

7. Celular de brinquedo com som e luzes ligados apresentados atrás da criança (10 segundos de apresentação). Mãe permanece de pé ao lado da criança.

( ) olhar para os olhos da mãe ( ) girar o tronco em direção ao objeto ( ) olhar para o objeto ( ) tentar pegar o objeto/pegar o objeto ( ) emitir sons ( ) balançar todo o corpo Outro: ____________

20 Segundos de Intervalo 8. Carrinho de brinquedo com som e luzes ligados apresentados atrás da criança (10 segundos de apresentação). Mãe permanece de pé ao lado da criança.

( ) olhar para os olhos da mãe ( ) girar o tronco em direção ao objeto ( ) olhar para o objeto ( ) tentar pegar o objeto/pegar o objeto ( ) emitir sons ( ) balançar todo o corpo Outro: ____________

20 Segundos de Intervalo


Habilidade Avaliada: Atenção Compartilhada A criança poderá estar sentada no cadeirão, no tapete ou à mesa Tarefas

Resposta da Criança. Fazer X se a criança (pode assinalar mais de uma resposta):

9. Colocar na parede, atrás da criança, um pôster/foto/figura (tema infantil). A mãe, que estará de frente para a criança, deverá apontar para o pôster enquanto verbaliza “ Cadê o ... ?”- diz o que está no pôster .

( (

) Olhar para o poster, apenas ( ) Olhar para a mãe, apenas ) Olhar para o poster e para a mãe alternadamente ( ) Apontar para o poster. ( ) Assentir com a cabeça. ( ) Responder que sim Outro: ____________

20 Segundos de Intervalo 10. Colocar na parede, ao lado da criança, o mesmo pôster/foto/figura (tema infantil) que foi colocado atrás da criança. A mãe, que estará de frente para a criança, deverá apontar para o pôster enquanto verbaliza “ Cadê o ... ?”- diz o que está no pôster .

( (

) Olhar para o poster, apenas ( ) Olhar para a mãe, apenas ) Olhar para o poster e para a mãe alternadamente ( ) Apontar para o poster. ( ) Assentir com a cabeça. ( ) Responder que sim Outro: ____________

20 Segundos de Intervalo


Habilidade Avaliada: Atenção Compartilhada A criança poderá estar sentada no cadeirão, no tapete ou à mesa Tarefas

Resposta da Criança. Fazer X se a criança (pode assinalar mais de uma resposta):

11. Colocar na parede, atrás da criança, um OUTRO pôster/foto/figura (tema infantil). A mãe, que estará de frente para a criança, deverá apontar para o pôster enquanto verbaliza “ Cadê o ... ?”- diz o que está no pôster .

( (

) Olhar para o poster, apenas ( ) Olhar para a mãe, apenas ) Olhar para o poster e para a mãe alternadamente ( ) Apontar para o poster. ( ) Assentir com a cabeça. ( ) Responder que sim Outro: ____________

20 Segundos de Intervalo 12. Colocar na parede, ao lado da criança, o mesmo pôster/foto/figura (tema infantil) que foi colocado atrás da criança. A mãe, que estará de frente para a criança, deverá apontar para o pôster enquanto verbaliza “ Cadê o ... ?”- diz o que está no pôster .

( (

) Olhar para o poster, apenas ( ) Olhar para a mãe, apenas ) Olhar para o poster e para a mãe alternadamente ( ) Apontar para o poster. ( ) Assentir com a cabeça. ( ) Responder que sim Outro: ____________

20 Segundos de Intervalo


Habilidade Avaliada: Atenção Compartilhada Iniciada pela criança A criança poderá estar sentada no cadeirão, no tapete ou à mesa Tarefas

Resposta da Criança. Fazer X se a criança (pode assinalar mais de uma resposta):

13. Apresentar um brinquedo de corda (corda que se puxa e o brinquedo funciona) por 20 segundos sem funcionar na frente da criança, fora do alcance da criança.

( ( (

) Olhar para o objeto, apenas ) Olhar para o pesquisador, apenas ) Olhar para o objeto e para a mãe alternadamente ( ) Apontar para o brinquedo.

20 Segundos de Intervalo


Habilidade Avaliada: Antecipação da Ação Tarefa

Resposta da Criança. Fazer X se a criança (pode assinalar mais de uma resposta):

14. Com a criança sentada no cadeirão (ou sofá ou mesa), a mãe se aproxima sinalizando que irá pegá-la no colo ao estender os braços em direção a criança.

( ) Criança antecipa a ação, ou seja, levanta os bracinhos em direção a mãe. ( ) Criança não levanta o bracinho.

20 segundos de Intervalo


Habilidade Avaliada: Imitação e Expressões Faciais Tarefa

Resposta da Criança. Fazer X se a criança (pode assinalar mais de uma resposta):

15. O adulto deverá colocar um objeto representativo de um bolo de aniversário na frente da criança e iniciará o canto do parabéns a você, batendo palmas.

(

) Criança bate-palmas com a mãe. ( ) Criança sorri. ( ) Criança canta trecho da música. ( ) Criança mantém-se de frente para a mãe. Como a criança reagiu? Por que? _____________

20 segundos de Intervalo


Habilidade Avaliada: Reação Sensorial Tarefas

Resposta da Criança. Fazer X se a criança (pode assinalar mais de uma resposta):

16. Apresentar ruído pouco familiar à criança: Bater uma colher de pau em uma panela por 10 segundos, na frente da criança. Se a criança chorar, interrompa o ruído.

(

) Respostas de Aproximação (tentar pegar, sorrir) ( ) Respostas de Esquiva (chorar, empurrar, tampar o ouvido). Criança gostou ou não? __________ Por que? ___________

Intervalo 20 segundos 17. Apresentar estímulos de movimento pouco familiares: Rolar criança no colchão por 10 segundos.

(

) Respostas de Aproximação (tentar pegar, sorrir) ( ) Respostas de Esquiva (chorar, empurrar, tampar o ouvido). Criança gostou ou não? __________ Por que? ___________

Intervalo 20 segundos


Habilidade Avaliada: Reação Sensorial Tarefas

Resposta da Criança. Fazer X se a criança (pode assinalar mais de uma resposta):

18. Toque social: massagear pernas e braços da criança por 10 segundos.

(

) Respostas de Aproximação (tentar pegar, sorrir) ( ) Respostas de Esquiva (chorar, empurrar, tampar o ouvido). Criança gostou ou não? __________ Por que? ___________

Intervalo 20 segundos 19. Apresentar um estímulo visual pouco familiar à criança:a mãe apresenta uma lanterna e emite a luz da lanterna na parede por 10 segundos.

(

) Respostas de Aproximação (tentar pegar, sorrir) ( ) Respostas de Esquiva (chorar, empurrar, tampar o ouvido). Criança gostou ou não? __________ Por que? ___________

Intervalo 20 segundos


Habilidade Avaliada: Reação Sensorial Tarefas

Resposta da Criança. Fazer X se a criança (pode assinalar mais de uma resposta):

20. Apresentar estímulo tátil pouco familiar à criança: Passar uma lixa de unha/pé levemente nas mãos e rosto da criança, por 10 segundos.

(

) Respostas de Aproximação (tentar pegar, sorrir) ( ) Respostas de Esquiva (chorar, empurrar, tampar o ouvido). Criança gostou ou não? __________ Por que? ___________

Intervalo 20 segundos


Habilidade Avaliada: Expressões Faciais (reciprocidade sócio-emocional) Tarefas

Resposta da Criança. Fazer X se a criança (pode assinalar mais de uma resposta):

21. Adulto deverá brincar com a criança cantando uma música que é ocasião para uma situação de divertir-se juntos... “Janela, janelinha, porta, campainha, blim dom” (neste último som, colocar o indicador no dedo da criança sorrindo)

( ( ( (

) Olhar para a mãe, apenas ) Olhar e sorrir para a mãe. ) Sorrir sem olhar para a mãe. ) Outro ________________

Intervalo 20 segundos


Habilidade Avaliada: Repertório de Ouvinte Tarefas

Resposta da Criança. Fazer X se a criança (pode assinalar mais de uma resposta):

22. Apresente para a criança, sobre a mesa três estímulos visuais (por exemplo, 3 brinquedos familiares à criança) e peça para ela pegar um dos brinquedos dizendo “ onde está o cavalo”, por exemplo.

(

(

) Criança aponta/pega o objeto correspondente. ( ) Criança olha para o objeto correspondente. ) Criança não pega nenhum objeto. Outro ________________

Intervalo 20 segundos


Questionário para a mãe ou para quem aplicou o teste Nome do aplicador do teste e parentesco __________________________________ Nome da criança _________________________________________ Data de Nascimento da criança __________________ Idade da criança na data de aplicação do teste ____________________ A criança tem irmãos diagnosticados dentro do espectro autístico ou que tenha sido diagnosticado com algum distúrbio do desenvolvimento? _________________________________________________ Seu filho (a) toma medicação? Se sim, qual (is)? _____________________ Você acha que seu filho reagiu da maneira que ele comumente reage com você, ou seja , ele correspondeu suas expectativas ou ele superou suas expectativas ou ele ficou aquém do usual? _______________________________________________________________________________________ _____ E você, você acha que você foi natural na aplicação do mesmo ou você acha que estava diferente durante o teste? _______________________________________________________________________________________ ____ Seu filho emite sons? Se sim, quais? _____________________________________________________________ Seu filho emite palavras/frases? Se sim, quais? _________________________________ ___________________ Seu filho (a) busca apoio para ficar de pé? _______________ Seu filho (a) já anda?_______________ Seu filho (a) apresenta o movimento de pinça para pegar objetos pequenos? ________________________ Existe algum comportamento em seu filho que a preocupe ou que é de difícil manejo (por exemplo, choros intensos, braveza, sono interrompido, dificuldade em estabelecer rotinas, aversão a um som específico, medo intenso


5 4 3 2 1

pontuação aos 6 meses pontuação aos 7 meses Pontuação Máxima

0

Exemplo hipotético de um bebê em situação de risco autístico


Conclusões preliminares Avaliação com tentativas discretas, passíveis de análise da interação da criança no seu meio social. Embora exista literatura apontando avanços importantes na identificação de sinais precoce de autismo em bebês, a análise do comportamento pode contribuir nesta direção. A identificação dos sinais autísticos devem ser precoces e sempre acompanhados sistematicamente (follow-up). A identificação dos sinais em idade precoce possibilitará atuar no desenvolvimento das habilidades deficitárias para a faixa etária em questão. Não há, ainda, uma previsão de análise.


Risco Autístico em bebês - Grupo gradual