Issuu on Google+

PROGRAMA DE TELEMEDICINA E TELESSAÚDE DO HOSPITAL DE CLÍNICAS DE PORTO ALEGRE Jorge Hosni Pereira de Pereira Junior1 1

Analista de TI – Responsável técnico do Núcleo de Telemedicina e Telessaúde do HCPA.

Endereço: Núcleo de Telemedicina e Telessaúde do HCPA. Hospital de Clínicas de Porto Alegre (HCPA). Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS). Rua Ramiro Barcelos, Nº 2350 - Santa Cecília, Sala 12002 - Telemedicina, subsolo do Centro de Pesquisa Experimental. CEP: 90035-903. Porto Alegre, Rio Grande do Sul. Telefones 51 3359 6818 / 8616 (Seção de Infraestrutura) ou 7660 (Sala de Telemedicina). Email: telemedicina@hcpa.ufrgs.br I.

INTRODUÇÃO

Telemedicina e telessaúde compreendem a oferta de serviços ligados aos cuidados com a saúde, nos casos em que a distância e a necessidade de profissionais especialistas são fatores críticos, segundo a World Health Organization (WHO). Tais serviços são prestados por profissionais da área da saúde, usando Tecnologias de Informação e de Comunicação (TIC) para o intercâmbio de informações válidas para diagnósticos, prevenção e tratamento de doenças e a contínua educação de prestadores de serviços em saúde, assim como para fins de pesquisas e avaliações [1]. Dentre as tecnologias disponíveis para as atividades de telemedicina e telessaúde estão a videoconferência e a conferência web, essa permitindo a interação utilizando software via desktop e uma webcam [2], hoje existem diversas ferramentas proprietárias e livres disponíveis para uso em dispositivos móveis. Existem equipamentos dedicados que são utilizados para realização de videoconferências, através de áudio, vídeo e compartilhamento de conteúdo, geralmente instalados em salas de reunião e auditórios [3]. Como instituição de excelência em assistência, ensino e pesquisa, o Hospital de Clínicas de Porto Alegre (HCPA), em dezembro de 2007, criou o Núcleo de Telemedicina e Telessaúde e iniciou a participação na Rede Universitária de Telemedicina (RUTE), projeto de iniciativa do Ministério da Ciência e Tecnologia, apoiado pela Financiadora de Estudos e Projetos (Finep) e pela Associação Brasileira de Hospitais Universitários (Abrahue), sob a coordenação da Rede Nacional de Ensino e Pesquisa (RNP) [4] [5].

II.

ESTRUTURA OPERACIONAL DO NÚCLEO

O HCPA está conectado à Rede Tchê, rede composta por diversas instituições de ensino e pesquisa com sede e atuação no Rio Grande do Sul, permitindo ligar nacional e internacionalmente o Núcleo de Telemedicina e Telessaúde. O Núcleo possui um link dedicado de 6Mbps e uma infraestrutura interna própria e segura através a técnica de segmentação de rede chamada Virtual Local Area Network - VLAN, conectado através do Ponto de Presença (PoP-RS) e do Ponto de Troca de Tráfego (PTT) [6]. Hoje o Núcleo dispõe de três salas de reunião operacionais e mais uma sala com previsão de funcionamento no segundo semestre de 2013, as salas possuem recursos para realização de vídeo e web conferências, gravação de vídeo-aulas e transmissão ao vivo de atividades. Sendo: • Estúdio de Telemedicina – Localizada no subsolo do Centro de Pesquisa Experimental (CPE) é utilizada, principalmente para as reuniões da rede RUTE. O estúdio utiliza os equipamentos doados pelo projeto RUTE 2 e o equipamento de videoconferência cedido pelo Projeto Milênio - coordenado professora Tânia Ferreira Cestari [7]. • Sala de Teleconferências - Situada no 5° andar do Centro de Pesquisa Clínica (CPC), tem por objetivo apoiar as atividades relacionadas à pesquisa científica em saúde dos diferentes grupos de pesquisa [8]. • Sala de Videoconferências do Projeto Aplicativo de Gestão para Hospitais Universitários (AGHU) - Situada no 2º Andar do prédio central do HCPA, objetiva a comunicação efetiva dos envolvidos no projeto AGHU, sendo o Ministério da Educação (MEC), Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (EBSERH) e os 46 Hospitais Universitários (HUs) [9] [10]. • Sala de Capacitação do Projeto AGHU – Com previsão de funcionamento no segundo semestre de 2013, está localizada na Gerência Administrativa do HCPA, será utilizada para capacitação dos profissionais administrativos e assistências dos HUs.


Fig 1: Estúdio de Telemedicina; Sala de Teleconferência; Sala de Videoconferência do Projeto AGHU

III.

METODOLOGIA

O Núcleo de Telemedicina e Telessaúde do HCPA é composto por um coordenador médico, três profissionais de Tecnologia da Informação, sendo um coordenador e dois analistas, um representante do corpo clínico do HCPA e um professor representante da Faculdade de Medicina da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS). Objetiva a realização de trabalhos colaborativos, intercâmbio de conhecimento especializado e o estudo e discussão de casos na área de especialidade através dos Grupos de Interesse Especial, em inglês, Special Interest Groups -SIGs; a educação à distância, a educação continuada, a especialização, o aperfeiçoamento e a atualização na área de capacitação profissional; a segunda opinião especializada, assessoramento on-line e telediagnóstico por imagem; e a transmissão e gravação de palestras e mesasredondas de temas ligados à assistência, ensino e pesquisa [7]. IV.

RESULTADOS

Os recursos tecnológicos do Núcleo de Telemedicina e Telessaúde do HCPA estão disponíveis para os funcionários, alunos e grupos de pesquisa vinculados com o Hospital e, também, para o público externo através de parcerias, por exemplo, com o Ministério da Educação, Ministério da Saúde, ANVISA e Ministério da Fazenda. No âmbito estadual, entre 2010 e 2011, foram realizadas, semanalmente, através de webconferências, a capacitação de profissionais de saúde para realização de exames preventivos do câncer do colo do útero. O projeto foi possível através de uma parceria firmada entre o Instituto de Prevenção do Câncer de Útero (INCOLO) e a Secretaria de Ciência e Tecnologia do estado do Rio Grande do Sul [11]. Participantes da rede RUTE, os profissionais do HCPA apresentam e discutem casos nas especialidades relacionadas aos grupos: SIG Enfermagem Intensiva e de Alta Complexidade, SIG Gestão de Hospitais Universitários e Escola, SIG OncoGinecologia, SIG Saúde de Crianças e Adolescentes, SIG Serviços de Enfermagem dos HUs, SIG Técnico Operacional RUTE, SIG TeleEnfermagem, SIG Urologia Pediátrica, SIG Enfermagem em Oncologia, SIG TICs em Saúde, SIG Sentinela e SIG de Cuidados Farmacêuticos [4]. Aberto ao público interno e externo, o Núcleo realiza, semanalmente, a transmissão via streaming e gravação das palestras ou mesas-redondas denominadas Sessões Anatomoclínicas, Grand Rounds e Estudos Clínicos da Enfermagem. Atualmente todos os eventos públicos gravados são editados e disponibilizados no canal oficial do HCPA no Youtube [12]. O Núcleo atua em parceria com a Seção de Ensino na elaboração de conteúdo, suporte e administração do Portal (Educação à Distância) EAD. Utilizando a educação à distância para disseminar o conhecimento, conforme a necessidade de cada área, para todos aos funcionários, alunos da residência médica e residência integrada multiprofissional em saúde vinculados ao HCPA, permitindo acesso e realização dos cursos no local e tempo que lhe for mais conveniente. Os cursos desenvolvidos são disponibilizados no Ambiente Virtual de Aprendizagem (AVA) Modular Object-Oriented Dynamic Learning Environment (Moodle) e o acesso realizado através de autenticação Lightweight Directory Access Protocol (LDAP) para garantir a controle e autenticidade das atividades realizadas [13]. Contribuindo para comunicação efetiva e sem necessidade de grandes deslocamentos geográficos são realizadas videoconferências proporcionando a participação online de palestras e congressos à distância. O grupo de trabalho de Porto Alegre, do Projeto de Ações Integradas da Secretaria Nacional de Políticas sobre Drogas do Ministério da Justiça (Senad/MJ), realizou reuniões e capacitações para os núcleos de São Paulo, Rio de Janeiro, Espírito Santo, Salvador e Brasília, participantes de projeto através videoconferências [14]. A tabela 1 apresenta o quantitativo, em horas, as atividades realizadas em 2010 e 2012 pelo Núcleo de Telemedicina e Telessaúde do HCPA.


Tipo de Atividade

2010

2011

2012

Webconferências

68:30

203:30

68:30

Videoconferências

338:50

494:20

533:20

Gravações e Transmissões

31:25

57:00

222:15

Total de horas

444:00

746:50

824:05

Tabela 1 – Horas de atividades de webconferências, videoconferências e gravações e transmissões, realizadas pelo Núcleo de Telemedicina e Telessaúde do HCPA entre 2010 e 2012

V.

COLABORAÇÃO INTERNACIONAL

Em Janeiro passado aconteceu uma das maiores tragédias que o mundo tem notícia, levando 244 pessoas a óbito e vitimando cerca de 570 pessoas, em Santa Maria no estado do Rio Grande do Sul. A videoconferência proporcionou a reunião de hospitais que receberam as vítimas, Força Nacional do Sistema Único de Saúde (SUS), Ministério da Saúde e centros de referência no treinamento de queimaduras pulmonares, brasileiros e de exterior, tais como, Iraque, Toronto, Miami e San Diego. Como resultado dos encontros foi possível definir estratégias de tratamento de pacientes [15] [16]. Atuando no âmbito internacional o Núcleo de Telemedicina e Telessaúde do HCPA apoia o Site Center do curso Principles and Practice of Clinical Research promovido pelo Department of Continuing Education da Harvard Medical School, em Porto Alegre, reunindo 13 sites internacionais e estudantes de 25 países [17]. Também é destaque o apoio e suporte aos eventos realizados no HCPA, como a Semana de Enfermagem e Semana Cientifica HCPA, com a participação de conferencista internacionais através de web e videoconferências [7].

Mesa-redonda com a participação, por videoconferência, do diretor internacional do National Institute for Health and Clinical Excellence (Nice), Francis Ruiz, durante a 32ª Semana Científica HCPA Fig 2: Eventos de ensino e pesquisa realizados no HCPA com conferencistas internacionais

Webconferência com a Patricia Marck RN, PhD, Professor & Director, School of Nursing - University of British Columbia - Canadá, na Semana de Enfermagem 2012

Transmissão no Auditorio Baldi do webcast A Cutting-edge Robotic Surgery para o Serviço de Urologia do HCPA.

VI.

CONCLUSÃO

O Núcleo de Telemedicina e Telessaúde contribui para a interação de profissionais de saúde e administrativos do HCPA e público externo, que necessita utilizar os recursos da comunicação à distância, espalhados pelo Brasil e ao redor do mundo, sem a necessidade do grandes deslocamentos, isso, reduz o tempo e o custo com viagens. As atividades realizadas através do Portal EAD estão proporcionando atingir um maior número de profissionais capacitados nas diversas área de interesse.

AGRADECIMENTOS A coordenação e equipe do Núcleo de Telemedicina e Telessaúde do HCPA, em especial a professora Tânia Ferreira Cestari do Projeto Milênio, aos professores e alunos usuários dos recursos do Núcleo, a Coordenadoria de Tecnologia da Informação do HCPA, ao Hospital de Clínicas de Porto Alegre, a Universidade Federal do Rio Grande do Sul, ao Ministério da Educação, a todos participantes da Rede RUTE, a Financiadora de Estudos e Projetos (Finep), a Associação Brasileira de


Hospitais Universitários (Abrahue), a Rede Nacional de Ensino e Pesquisa (RNP), ao Ministério da Saúde e ao Ministério da Ciência e Tecnologia.

REFERÊNCIAS [1] [2] [3]

[4] [5] [6] [7] [8] [9] [10] [11] [12] [13] [14] [15] [16] [17]

WHO Library Cataloguing-in-Publication Data. Telemedicine: opportunities and developments in Member States: report on the second global survey on eHealth 2009.(Global Observatory for eHealth Series, 2). Disponível em: http://www.who.int/goe/publications/goe_telemedicine_2010.pdf Martins, Graciela M.L. Administração de Videoconferência / Graciela M. L. Martins, Valter Roesler; Colaboração de Daniel Weber e Leonardo Daronco. - 3. Ed. – Rio de Janeiro: RNP/ESR, 2011. Disponivel em: http://pt.scribd.com/doc/135003534/Administracao-de-Videoconferencia Roesler, V.; Cecagno, F.; Daronco, L. C.; Marins, A. Mconf: sistema de multiconferência escalável e interoperável web e dispositivos móveis. Segunda Conferência TICAL (Tecnologias da Informação e Comunicação na América Latina) 2012. Disponivel em: http://mconf.org/m/wpcontent/uploads/2012/08/Mconf_Conferencia_TICAL2012.pdf Rede Universitária de Telemedicina. Disponível em: www.rute.rnp.br Pesquisas e Acoes em Saude nos Institutos de Pesquisa do Ministerio da Ciencia e Tecnologia, N.1, 2010. Brasilia: Ministerio da Ciencia e Tecnologia, Subsecretaria de Coordenacao das Unidades de Pesquisa, 2010. ISBN: 978-85-88063-06-8 Rede Tchê. Disponível em: http://www.tche.br/index.html Telemedicina no HCPA. Disponível em: http://www.hcpa.ufrgs.br/content/view/4116/1419/ Centro de Pesquisa Clínica HCPA. Disponível em: http://www.hcpa.ufrgs.br/content/view/1597/1118/ Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares. Disponível em: http://ebserh.mec.gov.br/ Projeto Aplicativo de Gestão para Hospitais Universitários – AGHU. Disponível em: http://portal.mec.gov.br/index.php?option=com_content&view=article&id=16699&Itemid=1112 Congresso Internacional de Prevenção do Câncer de Colo do Útero em Saúde Pública. Disponível em: http://www.sissaude.com.br/sis/inicial.php?case=2&idnot=2400 Canal do HCPA no Youtube. Disponível em: www.youtube.com/hcpaoficial Portal EAD – HCPA. Disponível em: http://www.hcpa.ufrgs.br/content/view/3943/1405/ Secretaria Nacional de Políticas sobre Drogas do Ministério da Justiça. Disponível em: http://portal.mj.gov.br/senad/ Agência SaúdeAscom/MS. Mutirão de atendimento às vítimas começa no sábado Disponível em: http://portalsaude.saude.gov.br/portalsaude/noticia/9560/162/mutirao-de-atendimento-as-%3Cbr%3Evitimas-comeca-no-sabado.html ESPAÇO ABERTO. Hospital de Clínicas de Porto Alegre – nº 41 – Março/Abril de 2013. Disponível em: http://www.hcpa.ufrgs.br/downloads/espacoaberto/espacoaberto_41.pdf Principles and Practice of Clinical Research. Department of Continuing Education. Harvard Medical School. Disponível em: http://ppcr.hms.harvard.edu/index.php?option=com_content&view=article&id=118&Itemid=135


A094