Page 1

A VOZ DE PORTUGAL, 28 de Maio de 2003 - Página

PFG PFGPaulo F. Gonçalves

GRELHADOS SOBRE CARVÃO

B.A., A.V.C.

Seguro De Vida

$200,000.00 T10

50 anos não fumador

MAÎTRE CARROSSIER

Homem Senhora

$ 42.66/m $30.06/m Pagamento garantido à vida !!!

8261 BOUL. ST-LAURENT Prop. Elvis Soares

(514) 884-0522

(514) 389-0606

Ano XLII • Nº 21

email: jornal@avozdeportugal.com

19 de junho de 2002 WWW.AVOZDEPORTUGAL.COM 28 de Maio de 2003

BCP: Muito mais que um simples Banco

Um Selo de Homenagem a Pedro da Silva

A.P.E.S. Festas D.E. Santo

A Escola Português do Atlântico é exemplo

Ver programa na pág 7

Ver pág. 8

Por Joviano Vaz Os Correios do Canadá vão homenagear o português Pedro da Silva que foi um pioneiro na distribuição do correio entre Montreal e Quebeque. Um selo de 48 cêntimos será posto em circulação no dia 6 de Junho deste ano e será vendido até ao dia 6 de Junho de 2004.

A concepção do selo é de Clermont Malenfant e a impressão do mesmo esteve a cargo da Canadian Bank Note. A tiragem deste selo é de 3 milhões de exemplares. Mas quem foi exactamente Pedro da Silva? Não se sabe muito sobre a vida deste nosso compatriota. No entanto pode afirmar-se que ele deixou Portugal em 1673. Era aqui conhecido por Pierre da Sylva. Casou em 1677 e teve 14 filhos. Segundo o recenseamento de 1681 Pedro da Silva vivia com a sua família em Beauport onde trabalhava como mensageiro. Sabe-se que a certa altura ele se mudou para Sault-au-Matelot onde se consagrou ao transporte de mercadorias. Como vivia perto do rio São Lourenço tinha fácil acesso aos barcos que perto passavam carregados de mercadorias destinadas a Quebeque e a outras localidades da colónia.

Caderno da Habitação no interior desta edição

“Estupidamente tranquilo” diz Herman José Herman José vai ser ouvido na próxima sexta-feira pelos investigadores do processo de pedofilia na Casa Pia. O apresentador de televisão foi notificado pela Polícia Judiciária no domingo à tarde. Na altura mostrava-se convicto de que iria ser ouvido como testemunha de Carlos Cruz mas já esta segunda-feira o Procurador-Geral da

Ver pág. 6

Financiamento a CHEVROLET-OLDSMOBILE-CADILLAC CAMIÕES CHEVROLET

“0” % Clermont paga a 1ª prestação

363 Rua St-Denis Tel.: 279-6301 (entre Laurier e Rosemont)

Comece o Inverno com o bom pé com Clermont Contacte o vosso conselheiro António Saraiva

Clermont, é bem claro. É menos caro !

TRACKER 4x4

República, Souto Moura, admitiu que Herman José possa ser ouvido na qualidade de suspeito no caso Casa Pia. O Procurador-Geral da República, Souto Moura, admitiu em resposta a uma pergunta que Herman José possa ser ouvido na qualidade de suspeito no Ver pág. 2

Le Petit Portugal

4257 Hotel de Ville, Montreal Tel.: 849-3426

Especializada no fabrico de enchidos: •chouriços •morcelas •chouriço mouro •etc... •Carnes •Frutas •Legumes

Peixe frito para fora (por encomenda) às Quintas e Sextas

Varina Aluminium inc. Ao seu lado e ao seu dispor

Para tudo quanto diga respeito à indústria de alumínio que está ligada à renovação exterior

• Grades de alumínio • Grades com vidro • Coberturas com fibra de vidro • Escadas em caracol e em diagonal • Coberturas com fibra de vidro e com polibornato • Degraus em alunínio • Fibras de vidro para o chão das varandas e degraus • Portas, janelas, fachadas comerciais e residenciais etc.

Fábrica e sala de exposição :

A antiga "Casa Benfeito"

Facilidades de pagamento com aprovação de crédito

L.R.Q. # 2669-8027-16

6327 Clark, Montreal Tel.: 362-1300 Fax: 362-8882


A VOZ DE PORTUGAL, 28 de Maio de 2003 - Página

Manchetes Basta de hipocrisia Há uns meses a esta parte o nosso país tem andado afundado num lodaçal imenso, com o escândalo, que tardiamente veio à luz, sobre os inúmeros casos de pedofilia de que foram vítimas alunos da Casa Pia de Lisboa. O texto que a seguir publicamos com a devida vénia, veio à estampa no conceituado semanário “Expresso” e é de autoria de Nicolau Santos. Porque partilhamos as opiniões do seu autor aqui o publicamos na íntegra.   Nicola Sacco e Bartolomeo Vanzetti, anarquistas de origem italiana que emigraram para os Estados Unidos, foram, nos anos 50, acusados de ter assassinado um polícia e, por isso, condenados à morte na cadeira eléctrica. De nada valeram as inúmeras provas de que as testemunhas não eram credíveis, de que o júri foi escolhido a dedo e manipulado

e que os factos não coincidiam com os actos dos réus. No dia em que foram transferidos para a cadeia onde acabaram por ser executados, Nicola Sacco escreveu uma carta ao seu filho, que terminava assim: «E lembra-te meu filho, quando estiveres alegre, não guardes essa alegria só para ti».  Perante a prisão preventiva do dirigente socialista Paulo Pedroso são muitas as vozes a pedir contenção e serenidade, a dizer que é necessário confiar na Justiça e no sistema judicial. O ministro de Estado e da Defesa, Paulo Portas, citado pelo «Público», afirma que não se pode contribuir para descredibilizar as instituições. O ministro do Trabalho e da Solidariedade Social, Bagão Félix, lembra que não se pode esquecer as crianças vítimas de pedofilia e centrar as atenções só nos arguidos. E o deputado do PSD, Cruz Silva, ainda não

“Estupidamente tranquilo” diz Herman José Cont da pág. 1

caso Casa Pia. Ontem, as primeiras notícias sobre a notificação do humorista partiam da hipótese de que ele fosse ouvido como testemunha. Herman José foi notificado pela Polícia Judiciária, no âmbito do processo de pedofilia na Casa Pia, nos Estúdios da Valentim de Carvalho, onde se preparava para ensaiar o programa da noite. Já na passada segunda-feira, em declarações à TSF e

reagindo às declarações do Procurador-Geral da República, o humorista afirmou que “Souto Moura teve uma resposta correctíssima”. Em relação às notícias que saíram nos jornais, e que indicam que dois menores o ligam ao processo da Casa Pia, o apresentador afirmou que não está “nada preocupado”. “Estou estupidamente tranquilo”, disse. “Nunca imaginei que a inocência me desse tanta tranquilidade”.

Carla Dossantos Directora do Incremento Hipotecário Montreal Este

• Os melhores juros do mercado • Transferências de hipotecas sem custos

Tel.: 514-274-7863 cell. 514-569-1831 Fax: 514-274-2038

carla.dossantos@banquescotia.com

ALASKA LEATHER Directamente da fábrica de cabedal A melhor qualidade e modelos 71, St-Viateur Este Grande variedade de escolha esquina St-Dominique

Tel.:(514) 277-6259

Estacionamento nas traseiras Kevin Carvalho

Alugam-se carros e camiões Ao dia, à semana ou ao mês • Especiais de fim de semana •Tratam-se casos de seguros National Location d’autos (Canada) Inc. 33, rue Mozart E., Montreal • Tel. (514) 273-4284 Courriel: carvalhok@nationalcar.com

aceitou depor pessoalmente no processo sobre o alegado «saco azul» na Câmara de Águeda, mas votou favoravelmente a suspensão da imunidade de Paulo Pedroso, para este poder ser ouvido pelo juiz encarregue do processo da pedofilia.  Convém assim que se diga o seguinte:  1) A pedofilia é um crime asqueroso, que lavrou na sociedade portuguesa durante 30 anos, debaixo do nariz de políticos, juizes e jornalistas, sem que nada tivesse sido feito. Minto. Nos anos 80, o jornalista Luís Marques denunciou o caso no «Tal e Qual». Nada aconteceu. E mesmo para Bagão Félix, um homem íntegro, honrado, acima de qualquer suspeita e que eu muito aprecio, foi preciso o «clic» de uma investigação jornalística do EXPRESSO e da SIC para o alertar para o terror que se vivia na Casa Pia. O que quer dizer, para não haver equívocos, que os políticos não funcionaram de todo neste caso – e durante três dezenas de anos. Mas a Justiça não só não funcionou, como conseguiu que os processos que sobre este assunto foram parar às mãos de alguns dos seus pares adormecessem piedosamente nos arquivos da corporação ou se volatizassem mesmo através de mão sinistra. E é bom lembrar isto para que alguns juizes não se façam agora de virgens ofendidas. Se tivessem actuado quando puderam, ter-se-ia certamente poupado muita dor aos meninos da Casa Pia e o escândalo não teria chegado onde chegou. 2) A Justiça comete erros nos Estados Unidos e na Inglaterra. Não tenhamos dúvidas que, em Portugal, comete mais e maiores. A reforma da Justiça é, aliás, uma das mais reclamadas desde há vários anos, por forma a possibilitar um melhor funcionamento da sociedade portuguesa. E não serve os juizes dizerem que se limitam a aplicar as leis criadas pelos políticos, porque eles sabem mobilizar-se e com grande

A U T O M Ó V E I S

2

eficácia, quando estão em jogo os seus interesses, como vencimentos ou pensões de reforma. Mas não conheço nenhum debate em que os juizes tenham, por exemplo, vindo alertar para o tempo excessivo da prisão preventiva em Portugal ou a necessidade de reparar quem seja detido e depois acabe por sair sem qualquer acusação. Por isso, porque é que não se pode pôr em causa a bondade das decisões agora tomadas ou a fragilidade de alguns dos argumentos utilizados para colocar Paulo Pedroso em prisão preventiva? Numa sociedade democrática os juizes não estão acima do julgamento dos cidadãos. E o dom da infalibilidade, na Terra, que eu saiba é do uso exclusivo do Papa.  3) É estranho, muitíssimo estranho, que Paulo Pedroso, sobre quem nunca tinham pairado suspeitas nesta matéria, seja detido, quando outras personalidades sobre as quais correm os mais desencontrados rumores há longos meses continuem em liberdade. É estranho, muitíssimo estranho, que os factos de que é acusado tenham ocorrido nos anos em que foi ministro do Trabalho, quando se está muito mais exposto e controlado. É estranho, muitíssimo estranho que o juiz não tenha percebido as semelhanças fisionómicas que existem entre Pedroso e o advogado Hugo Marçal. É estranho, muito estranho que o juiz interrogue durante 14 horas Pedroso, que interrompa durante duas horas para ir ouvir as gravações telefónicas desse dia e que decida a prisão com base na possível actuação de amigos influentes de Pedroso, como Ferro Rodrigues e António Costa. E é de um ridículo que mata que Pedroso tenha supostamente feito um pedido para contratar jovens para um encontro e, pelo meio, tenha referido o nome de Ferro Rodrigues – ou então que este, não praticando, tenha assistido às práticas pedófilas. Só mentes

GRANDES ESPECIAIS PARA UMA COMPRA COM TRANQUILIDADE DE ESPÍRITO CARROS DE OCASIÃO Uma promessa que se concretiza • Inspecção em mais de 150 pontos • Garantia do fabricante - GM • Possibilidade de troca de 30 dias • Assistência rodoviária 24 horas

CAVALIER E SUNFIRE 1998-99-01-02

2 e 4 portas, manual e automático Equipado. A partir de:

$6995.

MALIBU 2002 V6 4Portas,todo equip Somente:

TRAIL BLAZER 2000

4 Portas, tecto aberto. Todo equipado Somente:

C A M I Õ E S

19 800 Km VENTURA e MONTANA 2000

U 4 portas,7 pass.,equipA/C U a partir de : S $14.995.Preço* reg. $11.995.*Preço reg. S $15.993. $12.993. A A * Mais preparação D D O O S 5405 St-Denis (514) 279-6301 S Contactar: JOSÉ MACHADO VEÍCULOS USADOS

persecutórias ou desequilibradas podem acreditar em tal enredo. 4) É nestas matérias que se vê bem a diferença entre esquerda e direita, entre a dignidade de uns e a cobardia de outros, entre a moral dos que a praticam e a dos que só a pregam. Paulo Pedroso podia ter mantido a imunidade parlamentar. Não o fez. Prontificou-se de pronto a prescindir desse escudo protector e a submeter-se a um calvário que o abala profundamente, pessoal e politicamente. Mas Paulo Portas, que vem agora dizer, de forma compungida, que é preciso confiar na Justiça e no sistema judicial, utilizou a faculdade de prestar depoimento por escrito no caso Moderna para não ir a tribunal. E os cidadãos continuam a não perceber, face ao volume de contradições que todos os dias colocam em causa as declarações do ministro da Defesa, porque é que este não é constituído arguido naquele processo. Ao mesmo tempo, o PSD aceitou também que o seu deputado Cruz Silva respondesse por escrito ao Tribunal de Águeda num processo em que é acusado do crime de peculato por ter constituído um «saco azul» quando foi presidente da Câmara de Águeda. A situação parece que está agora a incomodar a maioria, sobretudo depois da prisão de Paulo Pedroso e da forma, digna e honrada de quem acredita que está inocente, como actuou. 5) Os juizes são homens como os outros. Uns melhores, outros piores. Uns mais bem preparados, outros medíocres. Uns bem formados moralmente, outros mal formados. Pelos vistos, no processo de pedofilia também estão indiciados três magistrados de tribunais superiores. E se algum deles tomou decisões que afectaram profundamente a vida de um ou mais cidadãos? E se o fez com base nos seus próprios traumas e na sua má relação com o mundo? Será que não há juizes que se casam, têm filhos, divorciam-se, entram em litígio com o cônjuge, levam o caso até ao Supremo, processam o advogado da mulher por este ter conseguido a tutela dos filhos para a esposa, vivem sozinhos em casa com duplas fechaduras? Há, certamente. Poucos, mas há. E se tivermos o azar de ser um dia julgados por eles? Se a raiva deles se transferir para nós? Isso é Justiça? 6) Na homenagem de que foi alvo a semana passada, o economista Silva Lopes disse que defendia a moderação salarial para evitar o aumento do desemprego. E que ao fazer isso, disse-o com emoção, estava a ser de esquerda. Há muito que descobri que nem todos os homens bons estão à esquerda e todos os maus à direita ou vice-versa. Mas termino com o poema de uma grande poetisa que sempre teve o coração à esquerda, Sophia de Mello Breyner Andresen: «Nunca choraremos bastante/ quando vemos o gesto criador ser impedido/ Nunca choraremos bastante/ quando vemos que quem ousa lutar é destruído/ Por troças, por insídias, por venenos/ e por outras maneiras que sabemos/ tão sábias, tão subtis e tão peritas/ que não podem sequer ser bem descritas».

Produção de vinho do Porto baixa para menos 19 mil pipas em 2002 Queda da comercialização e pipas em reserva justificam a redução. A Comissão Interprofissional da Região Demarcada do Douro (CIRDD) decidiu reduzir a produção de vinho do Porto deste ano. Menos 19 mil pipas de mosto (sumo de uva antes de fermentar) serão transformadas na bebida originária das encostas do Douro. O produto comercializou-se menos em 2001e existem ainda 20 mil pipas de vinho do ano passado por comercializar, daí a decisão do CIRDD. Citado pela Lusa, o presidente da União das Adegas Cooperativas da Região Demarcada do Douro (UNIDOURO), Fernando Pinto, comentou que «o quantitativo definido para este ano, as 135.000 pipas de benefício, representam a solução possível».

La Voix du Portugal The Voice of Portugal 4117A, Boul. St-Laurent Montréal (Québec) H2W 1Y7 Tél.: (514) 844-0388 FAX: (514) 844-6283 E-Mail: jornal@avozdeportugal.com Adresse électronique: www.avozdeportugal.com

j

Hebdomadaire fondé le 25 avril 1961 Publié par Typogal Ltée DIRECTEUR : Armando Barqueiro; DIRECTEUR - ADJOINT : Carlos Jesus; ÉDITEUR: Valdalino Ferreira; REDACTEUR EN CHEF Luís Tavares Bello; COLLABORATEURS – Au Québec: J osé de

Sousa, Pedro Mello e Castro, Maria Amélia Oliveira-Vaz, Helder Dias, Carlos De Sousa, Benjamim Silva, António Vallacorba, Joviano Vaz, Adelaide Vilela, Maria Conceição Correia, Vítor Gonçalves, José Manuel Costa, Natércia Rodrigues, e Amadeu Moura; En Ontario: Fernando Cruz Gomes, Manuel Alves Louro, Fátima Toste (Toronto) et Augusto Cerqueira (Otava). Au Portugal: Augusto Machado, Joel Neto et Lagoas da Silva ; COMPOSITION ET MONTAGE: Valdalino Ferreira et Raúl Mesquita PHOTOGRAPHES: Manuel Ribeiro ; SERVICE À LA CLIENTÈLE: Silvina Ferreira; PUBLICITÉ: Eddy Silva, Carlos de Sousa et Silvina Ferreira; PUBLICITÉ À L’EXTÉRIEUR DU QUÉBEC: Lingua Ads Service 9 Belmont, Toronto, Ontario M5R 1P9 Phone: (416) 922-5258; DELEGATION AU PORTUGAL: PortMundo Promoção Cultural e Publicidade Ldª, Calçada do Tojal, 38 - 5º, 1500 LISBOA (Portugal), Tel.: (21) 764-9992.

j

Os textos (e ilustrações) de Opinião publicados nesta edição são da inteira responsabilidade dos seus autores, não vinculando, directa ou indirectamente, o cariz editorial e informativo deste jornal.

j

Courrier de deuxième classe; Numéro de contrat: 1001787 Dépôt legal à la Bibliothèque nationale du Québec et à la Bibliothèque nationale du Canada


A VOZ DE PORTUGAL, 28 de Maio de 2003 - Página

repto é de Alcino Ferreira, presidente da Junta de Freguesia, que apresentou na Câmara do Funchal, o programa de mais uma edição deste genuíno arraial madeirense, que vai decorrer de 30 de Maio a 7 de Junho. Miguel Albuquerque, presidente da

Câmara Municipal do Funchal, recordou o sucesso desta festa, com «boa resposta tanto do público como dos empresários». Um evento cujo segredo «está na conjugação da simplicidade com a busca das nossas raízes». Assim, todas as ruas e travessas entre a Praça do Município e a zona do Carmo estarão enfeitadas e com esplanadas ao ar livre, onde se poderão provar todas as iguarias tradicionais. A Praça do Município, Rua do Aljube, Rua da Queimada de Baixo, Rua da Queimada de Cima, Rua dos Ferreiros, Travessa do Forno são alguns exemplos. A animação musical será constante e sempre ao final do dia, com actuações da Banda Municipal do Funchal, da Banda Distrital, da Estudantina, da Tuna D’Elas e da Tuna Mista.

Madeira

Jornal A Voz de Portugal o seu jornal todas as quartas-feiras

No Qatar escreveu um diário sobre a guerra e o povo. Quando chegou a Portugal, foi pôr as ideias em papel e preparar o lançamento do novo livro,

marcado para este mês de Maio. Falamos de Joel Neto, o escritor terceirense que tem navegado por àguas continentais. Após o lançamento de “O Terceiro Servo” em 2000, e de “O Citroen que escrevia Novelas Mexicanas”, em 2001, o escritor lança agora o seu último trabalho. “Al-jazeera,

Cultura, estratégias e desenvolvimento em Angra

meu amor”, foi assim que Joel Neto o chamou. No livro fala “da Cimeira dos Açores à tomada de Bagdad”. Uma abordagem pessoal da mais recente Guerra. É que Joel pôde ver bem mais de perto o desenvolver dos acontecimentos, aquando da sua estadia na cidade de Doha, no Qatar. Ao mesmo tempo do lançamento do seu livro, Joel Neto vai estar também em Angra, na Escola Secundária Padre Jerónimo Emiliano de Andrade, entre 9 e 14 de Junho, onde irá dirigir uma oficina de escrita criativa. A 23 e 24 do mesmo mês de Junho, inicia um roteiro de conferências nas bibliotecas públicas dos Açores, com paragens na Horta (dia 23) e Ponta Delgada (dia 24). Tal como os dois anteriores trabalhos, “Al-jazeera, meu amor” vai decerto entrar no mundo da literatura com o pé direito e marcar a sua presença.

Terceira Mar Hotel em Breve

Núcleo museológico para tapeçarias O Sindicato dos Bordados esteve reunido na Vila Passos com o secretário dos Recursos Humanos e um responsável pela empresa de tapeçarias Maria Lubélia Kiekeben para discutir a situação das 13 trabalhadoras que estão em situação de “lay off,” e que estão apenas a receber a parte dos salários que é paga pela Segurança Social, e das restantes oito que se mantiveram no posto de trabalho, as quais também não têm os ordenados em dia. Porém, as certezas continuaram a ser poucas após a reunião, uma vez que a empresa, através de Rolf Kiekeben, afirma estar a atravessar «um momento complicado», tendo, no entanto, assegurado a prorrogação por mais seis meses do “lay off”. Contudo Ana Paula Rodrigues, presidente do Sindicato dos Bordados, questiona o que será feito após esse período. Uma das soluções apontadas tanto pelo Sindicato como pela entidade patronal para resolver o impasse foi a criação de um núcleo museológico, para o qual seria adquirida a colecção de tapeçaria da empresa como forma de pagamento das dívidas à Segurança Social e de desbloquear a situação das trabalhadoras. Todavia, Brazão de Castro refere que antes de mais terá que ser feita a avaliação dos modelos pertencentes à Maria Lubélia Kiekeben, de modo a determinar o que está em jogo. O secretário dos Recursos Humanos sublinhou ainda que a dívida à Segurança Social «é muito

Açores e Madeira

Al-Jazeera, meu amor... de Joel Neto

Madeira Arraial no centro da cidade Dinamizar o centro do Funchal e criar mais-valias aos comerciantes é o grande objectivo das Festas da Sé. O

3

grande», tendo dúvidas se o valor do património em apreço será suficiente para saldá-la. A situação será por isso estudada.

Os responsáveis pelo “Terceira Mar Hotel”, uma unidade de quatro estrelas, abre ao público no próximo Domingo, 1 de Junho. Propriedade do grupo Bensaúde, a nova unidade a abrir na ilha “lilás”, foi apresentada na passada Segunda-feira aos Órgãos de Comunicação Social, numa acção destinada a dar a conhecer, segundo os seus responsáveis, “a menina dos olhos” do Grupo. Situada na Baía do Fanal, a nova unidade turística dispõe de 139 quartos, piscina interior aquecida, jacuzzi, banhos

Silva, Langelier & Pereira Inc.

turcos, massagens e ginásio, para além piscina exterior, solário, dois courts de ténis e parque de estacionamento público e privado.

Organizado pela Direcção Regional da Cultura, decorre nos próximos dias 30 e 31 de Maio um Seminário, no Palácio dos Capitães Generais, com presença de inúmeros nomes da cultura e desenvolvimento regional, nacional e internacional. “A Cultura nas Estratégias do Desenvolvimento” é o tema do seminário, um tema que abordará, essencialmente, o envolvimento da cultura na educação e desenvolvimento da sociedade. No dia 30 de Maio, após a abertura presidida pelo Presidente do Governo Regional dos Açores, terá lugar uma conferência inaugural pelo Deputado e Ex-ministro da Educação de França, Jack Lang - de recordar que este seminário já havia sido adiado devido à possível ausência do deputado. Já no dia 31, Sábado, “Porque é que a gestão da cultura é necessária?” será o tema a debater por Claude Mollard, Director Geral dos Serviços Culturais e Recursos Educativos de França; por Manuela de Melo, Deputada e Ex-vereadora da Cultura da Câmara Municipal do Porto, e pelo Director da Fundação Arpad Szénes/Vieira da Silva, Sommer Ribeiro, sendo comissário António Pedro Pita. Pelas 11h00 “Programar é preciso?”, por António Pinto Ribeiro, Programador da Culturgest, em Lisboa, pela Directora do Teatro Rivolli, Isabel Alves Costa, e por Miguel Lobo Antunes, Director dos Serviços do Núcleo Documen-

pela Internet visite o nosso portal www.avozdeportugal.com

A sua hipoteca nas melhores condições í i

Qual é a sua estratégia hipotecária?

Seguros e serviços financeiros

75, Napoléon Montréal H2W 1K5

A Voz de Portugal

O balcão hipotecário

Assurances Pierre G. Séguin Inc.

Tels.:(514) 282-9976 (514) 288-5177 Fax: (514) 848-0133

tal e Informação Jurídica do Tribunal Constitucional de Lisboa. Após um almoço oferecido a todos os conferencistas, terá lugar um debate sobre “Como é que a cultura pode tornar-se um factor de desenvolvimento?”, dirigido por Guy Saez, Director da CNRS e Professor no Instituto de Estudos Políticos, em França; Cláudio Torres, Director do Campo Arqueológico de Mértola, e Fernando Pereira Marques, Professor Universitário e Ex-ministro da Educação em Portugal. Pelas 17h30, antes da sessão de encerramento presidida pelo Presidente da Assembleia Legislativa Regional dos Açores, Fernando Meneses, poderá assistir-se a uma conferência dirigida por Manuel Maria Carrilho, Deputado e Ex-ministro da Cultura de Portugal. Esta iniciativa da Direcção Regional da Cultura foi do agrado dos mais diversos nomes e entidades da Ilha Terceira, porque para além de se tratar de um tema que toca especialmente a Região Açores, vão estar presentes nomes “mui elevados” dos temas em seminário.

Com a colaboração de:

Mário da Silva C.d.'A.Ass. Normand Langelier C.d.'A. Ass. António Pereira C.d.'A.Ass.

Fernando Calheiros, B.A.A Conselheiro em segurança financeira Corrector relacionado com empréstimos garantidos por hipoteca imobiliária

CONTACTE-NOS PARA CONHECER

Cell: (514) 886 -7001

AS NOVAS TARIFAS

VERÃO 2003 Aceitam-se reservas

E mail: fcalheiros@clubpret.qc.ca

Courtier immobilier agréé

Tél: (514) 282-7509

211 rue Jarry Est Montréal, H2P 1T6

As hipotecas no www.clubpret.com Quebeque são com o Club Prêt

DQRDQRVDQRVDQRVDQRV 7D[DVGHMXURVEDQFiULRV 

&OXE3UrW

 

*Sujeito a certas condições

Serviços gratuitos para si, mesmo em casa

Taxas de juros garantidos até 6 meses

Possibilidade de comprar uma residência sem nenhum depósito

Multi-apartamentos Grande variedade de hipotecas a 5 anos a partir de juros variáveis 5.30%


Açores & Madeira Diagnóstico mamográfico já se faz em São Jorge Francisco Coelho, presidiu à cerimónia de assinatura de um protocolo entre os dois Centros de Saúde da ilha e a Associação de Bombeiros Voluntários daquele concelho, para a realização de mamografias, por parte das utentes jorgenses do Serviço Regional de Saúde, com um equipamento pertencente àquela instituição humanitária.

A cerimónia decorreu na Calheta, no passado dia 20. Com a entrada em vigor deste acordo, as mulheres de São Jorge não necessitam de se deslocar a outra ilha para fazerem o exame mamográfico, que passa a ser realizado, com regularidade, por um técnico especializado, na sede dos Bombeiros da Calheta. Falando na cerimónia, Francisco Coelho salientou que este é um bom

exemplo de como as parcerias têm um papel importante na melhoria da prestação de cuidados de saúde às populações e, ao mesmo tempo, podem ajudar a racionalizar custos. O secretário regional enalteceu, também, “a forma voluntária e racional como as duas instituições de saúde da ilha de São Jorge aderiram a este protocolo”, naquilo que considerou ser “um a antevisão e um bom exemplo do que pode ser a Unidade de Saúde de Ilha”. Concretizando, Francisco Coelho acrescentou que, “sem pôr em causa as valências existentes nas duas estruturas existentes na ilha, para podermos ter outras valências, outros meios de diagnóstico, outro tipo de especialistas, vamos precisar de pensar ao nível global de ilha, que tem outra dimensão e outra racionalidade, independentemente de umas coisas poderem ser num sítio e outras no outro”. A terminar, o governante manifestou a sua satisfação pela concretização do acordo, que vem permitir uma maior prevenção do cancro da mama na ilha de São Jorge.

Filomena Gouveia LL.B. AVOCATE - LAWYER - ADVOGADA

Gouveia, Gouveia 507, Place d'Armes, suite 1704 Montreal, Québec H2Y 2W8

Tel.: (514) 844-0116 Fax: (514) 844-9053

4242 Boulevard. St. Laurent, suite 201, Montreal, H2W 1Z3

•Fiscalidade

Declarações de impostos pessoais e corporativos TPS & TVQ e outras obrigações fiscais

•Contabilidade geral

Serviços de Contabilidade para PME’s Balancetes e demonstração de resultados

•Gestão de pessoal

A VOZ DE PORTUGAL, 28 de Maio de 2003 - Página

Modernização da Indústria do queijo Jorgense prossegue O secretário regional da Agricultura e Pescas visitou a Cooperativa de Lourais, uma das que produz o afamado queijo de São Jorge. Na ocasião, Ricardo Rodrigues reafirmou o empenho do executivo açoriano no plano de modernização e reestruturação do sector industrial do queijo jorgense, que o

executivo tem vindo a desenvolver, apesar da resistência por parte de alguns produtores e daquela cooperativa, no que respeita à integração dos processos de fabricação e dos circuitos de distribuição e

As competições da modalidade de Atletismo, nas suas diversas especialidades, da VII edição dos Jogos das Ilhas, que se realiza nos Açores, vão ser disputadas em Angra do Heroísmo, englobando um total de 185 atletas, de 14 regiões insulares europeias, acompanhados por 25 treinadores e dirigentes. Em conferência de Imprensa realizada nesta cidade, o director regional de Educação Física e Desporto, Rui Santos, explicou que a filosofia dos Jogos das Ilhas é agrupar todas as comitivas e todas as modalidades num só local, mas que tal foi impossível por falta de capacidade hoteleira em qualquer cidade ou ilha dos Açores. No total, de 6 a 10 de Junho próximo, vão estar em São Miguel, onde se disputam as competições de todas as modalidades com excepção do Atletismo (que é a modalidade com mais inscritos), e na Terceira, mais de 1.050 pessoas, das quais 807 são jovens atletas, nascidos em 1986, 1987 ou 1988. Participam nesta sétima edição dos Jogos das Ilhas representações desportivas de Maiorca (com 78 atletas); Canárias (80); Corfú (40); Córsega (75); Creta (59); Cabo Verde (7); Guadalupe (80); Madeira (80); Maiote (19); Malta (3); Reunião (22); Sardenha (80) e Sicília (80). Os Açores participam com 78 atletas. Andebol, Basquetebol, Voleibol, Natação, Ténis de Campo, Vela, Judo e Ténis de Mesa, em São Miguel, e Atletismo, Terceira, são as modalidades que compõem estes Jogos das Ilhas “Açores 2003”. Antes do início da conferência de Imprensa, foi assinado entre a Câmara Municipal de Angra do Heroísmo e a Direcção Regional de Educação Física e Desporto, entidade organizadora dos Jogos, um protocolo que garante diversos aspectos de apoio logístico às comitivas, por parte da edilidade angrense.

CLÍNICA DE OPTOMETRIA LUSO

Alain Côté O.D.

•Gestão de empresas •Serviços diversos

Traduções oficiais, Reconhecimento de assinaturas Secretariado Preenchimento de formulários Pensões Financiamentos pessoais e comerciais Projectos de investimento e ou abertura de novas empresas

•TRATAMENTO PROFISSIONAL DAS SUAS DECLARAÇÕES DE IMPOSTOS (INCOME TAXES – RAPPORTS D’IMPOTS) “O IMPORTANTE NÃO É QUANTO RECEBEU... É O QUE RESTA SEU!” Não perca tempo, nem dinheiro, utilize os serviços profissionais da JOEM. Nós respondemos às vossas perguntas e sugerimos-lhe a MELHOR MANEIRA de DIMINUIR os vossos impostos LEGALMENTE

J/O/E/M É A SOLUÇÃO! TEL.: (514) 842-2443 - FAX: (514) 842-1252

comercialização. Neste momento, estão em andamento os projectos relativos à construção de uma nova unidade industrial para substituir as fábricas de Santo Amaro, Beira, Rosais e Norte Grande, de melhoria e modernização da fábrica do Topo e de construção de uma nova unidade fabril nos Lourais. Neste caso, Ricardo Rodrigues informou que o projecto já recebeu parecer favorável do IAMA – Instituto da Alimentação e Mercados Agrícolas, encontrando-se presentemente em apreciação no IFADAP. Segundo o secretário regional da Agricultura e Pescas, a nova fase que o queijo de São Jorge vai viver a partir desta reestruturação será fundamental para a afirmação nos mercados deste produto, pois, disse, “vamos ser muito exigentes em termos de qualidade e higiene, porque o queijo de São Jorge não pode ter problemas, como tem acontecido até aqui”.

185 atletas visitam Ilha Terceira nos Jogos das Ilhas

Processamento de Salários e outras remunerações Relatórios para a C.C.Q., e/ou Comité Paritaire

Acompanhamento e planificação das operações da sua empresa

4

Optometrista

Exames da vista - Óculos - Lentes de contacto Tel.: (514) 849-9966

4242,Boul. St-Laurent, suite 204 Montreal, Qué., H2W 1Z3

CENTRE DENTAIRE DR. CATHERINE LUU

DENTISTERIE GÉNÉRALE, ESTHÉTIQUE ET PROTHÈSES NOUS ACCEPTONS LE BIEN-ÉTRE SOCIAL, LA CARTE D'ASSURANCE MALADIE, L'ASSURANCE DENTAIRE JOUR • SOIR • SAMEDI • URGENCES

4510, Cartier

Mt-Royal

Autobus 97 Est

Papineau Autobus 45

angle Mont-Royal

527-8701

Madeira João de Almada pode ser canonizado Na Casa de Saúde São João de Deus foram inauguradas, pela secretária dos Assuntos Sociais, Conceição Estudante, três unidades que visam contribuir para reintegrar socialmente alguns daqueles que sofrem de doenças mentais. Às mesmas

foram atribuídos nomes de personalidades ligadas à instituição, tais como João de Almada, primeiro director clínico, Irmão Manuel Maria Gonçalves e Irmão Manuel Fernandes Pimenta, antigos directores. No que se refere a João de Almada, o actual responsável máximo da Casa de Saúde, Aires Gameiro, anun-

ciou ter pedido ao bispo do Funchal, D. Teodoro Faria, para dar início a um processo tendente à canonização do antigo médico, baseado nas virtudes cívicas de que é exemplo, na obra de vulto que deixou e no comportamento cristão que patenteou. Durante a cerimónia de inauguração, Conceição Estudante explicou que as unidades que entraram em funcionamento significam uma «nova abordagem ao problema da saúde mental», que inclui a tentativa de reintegrar socialmente muitos pacientes, e uma «mudança de rumo» no que respeita ao funcionamento da instituição, que ganha uma nova valia. As unidades dispõem de 60 camas, constituindo três respostas aos problemas das pessoais com deficiência. «Uma será para dependentes devido a deficiências várias e duas para treino de competências de vida diária de pessoas com deficiências e problemas mentais».

Acolher e integrar Os cinquenta dias do Tempo Pascal culminam na solenidade de Pentecostes, em que celebramos a vinda do Espírito Santo. Ele desfez a confusão de Babel. Povos de várias raças e proveniências passaram a entender-se. É a fraternidade universal, que os açorianos celebram, neste Tempo Pascal, com as festas populares em honra do Divino Espírito Santo. Dentro deste espírito, vamos assinalar na próxima Solenidade de Pentecostes, em cada comunidade paroquial, a “Festa dos Povos”. Trata-se de realizar, em atitude de dialogo ecumenico e interreligioso, algum gesto de acolhimento e de solidariedade para com os trabalhadores estrangeiros. «Todos os Povos são Meu Povo»! É a vontade salvífica de Deus: abrange povos de todas as raças, línguas e culturas. A Igreja Católica é universal. No seu seio, não há nem pode haver «estrangeiros». Todos são filhos do mesmo Pai do Céu e irmanados na mesma humanidade, redimida por Cristo e vivificada pelo mesmo e único Espírito. Como cristãos, chamados a ser «sal da terra e luz do mundo», não podemos apenas «tolerar» os imigrantes. Temos de os «acolher» como irmãos e de os «integrar» na comunidade. O Serviço Diocesano de Apoio à Pastoral da Mobilidade Humana tem procurado despertar as comunidades paroquiais para a problemática da imigração entre nós. Felizmente, têm surgido várias iniciativas de apoio aos nossos irmãos imigrantes. Nalgumas Ilhas, há escolas de português para estrangeiros. Não tem faltado também apoio social, nomeadamente através da Caritas, da Legião de Maria, das Conferências Vicentinas e dos Centros Sociais Paroquiais... Urge garantir a todos boas condições de vida e de trabalho, condigna habitação e adequada assistência médica. Impõe-se igualmente a necessidade de apoio jurídico, na aplicação da nova lei da imigração, para garantir o reagrupamento familiar e evitar a expulsão compulsiva dos que já cá vivem e trabalham há mais tempo. Cada caso é um caso. Não podemos perder a «memória histórica» de povo emigrante. “Lembra-te que também foste emigrante”! Foi evocando a memoria do seu passado que o povo de Israel forjou – digamos assim – o primeiro “ Código da Imigração”, como lemos na Bíblia: “Se um estrangeiro vier a residir contigo na tua terra, não o oprimirás. O estrangeiro, que reside convosco, será tratado como um dos vossos compatriotas e amá-lo-ás como a ti mesmo, porque fostes estrangeiro na terra do Egipto” (Lv 19, 33-34). O facto de termos sido e ainda sermos um povo de emigrantes obriga-nos a habilitar-nos a encontrar o melhor caminho de acolhimento e de integração dos numerosos trabalhadores estrangeiros, que vivem entre nós e estão contribuindo para o desenvolvimento económico da Região, enriquecendo-nos também culturalmente, com as suas tradições. Mesmo na nossa pobreza e apesar das dificuldades económicas actuais, saberemos partilhar do pouco que temos, promovendo a cultura da solidariedade, que nos deve distinguir como cristãos. A “mesa da criação” é para todos. Toda e qualquer atitude de xenofobia e de racismo contradiz a nossa consciência católica. O “Império do Espírito Santo” é a fraternidade universal, construída na partilha e na solidariedade, na entreajuda e na gratuidade. António de Sousa Braga, Bispo de Angra


A VOZ DE PORTUGAL, 28 de Maio de 2003 - Página

Ainda o escândalo de pedofilia Por Augusto Machado Depois da prisão preventiva do embaixador Jorge Ritto por alegadas relações sexuais com menores, agora foi a vez do exministro, Paulo Pedroso também ele a ser detido por suspeitas de práticas pedófilas. A detenção deste último caiu que nem uma bomba: os socialistas estão indignados e toda a classe política está em estado de choque. Quem diria! Até um ex-ministro? O Ministério Público, depois dum intenso interrogatório a Jorge Ritto pelo juiz de instrução criminal do processo Casa Pia, determinou que existem índices de que o embaixador terá cometido crimes de abuso sexual a menores. O homem vangloriava-se dos seus actos. A Polícia Judiciária (PJ) encontrou no seu apartamento, em Cascais, um diário em que ele menciona as suas relações sexuais com menores. O morador da célebre “casa de Cascais” é a personagem mais referida pelos jovens testemunhos nas televisões, está agora no Estabelecimento Prisional de Lisboa. Entre os comportamentos pelos quais o embaixador se encontra indiciado estão o sexo oral e anal e a prática de masturbação. A detenção de Paulo Pedrosa, um ex-ministro no anterior governo socialista e delfim de Ferro Rodrigues, está a causar grande tensão entre políticos e juízes. O líder socialista diz que estão a manchar a honra e a credibilidade do PS. E numa linguagem agressiva Ferro Rodrigues classificou as provas contra o seu braço-direito de “montagem organizada com pseudoprovas”, que visam “destruir o processo de inquérito aos crimes de pedofilia”. Entretanto, as reacções por parte da justiça não se fizeram esperar. Aragão Seia, presidente do Supremo Tribunal de Justiça (STJ), foi um dos que interpretaram que Ferro Rodrigues tentou pressionar o poder judicial e fez fortes críticas ao líder socialista: “Tenho ouvido nestes últimos dias falar de muita celeridade, rapidez e o empenhamento nas investigações, porque estão em causa políticos, mas nunca ouvi falar disso quando estava em causa um simples cidadão”, acrescentando que “a justiça é igual para todos”. Para acalmar os ânimos e evitar o estado paranóico entre os socialistas, o chefe da Casa Civil do Presidente da República, Morais Cabral, esteve na quinta-feira passada na sede nacional do PS, onde se encontrou com Ferro Rodrigues. Não se sabe, ao certo, o que foi dito mas o tom do líder socialista, depois do encontro, mudou consideravelmente – mais moderado e mais reconciliador. O próprio Jorge Sampaio, como Chefe de Estado, tenta deitar água no fogo. Confessou-se entristecido com a notícia da detenção do exministro, e pede aos políticos que sejam serenos e “deixem a Justiça esclarecer o que houver a esclarecer”. Depois há ainda as denúncias de telefonemas e escutas. Informa a agência Lusa que António Costa, ex-ministro da Justiça e Ferro Rodrigues também têm os telefones vigiados, motivo para os socialistas ficarem ainda mais furiosos. Mas segundo Germano Marques da Silva, jurista, em declarações à comunicação social, afirma que “nada nem ninguém impede que qualquer pessoa suspeita num processo possa ser alvo de escutas”, “nem mesmo os deputados”.

Precisa de um advogado? 3 Direito civil 3 Direito matrimonial 3 Direito criminal 3 Direito trabalhista 3 Direito comercial ■ Incorporação de empresas; ■ Convenção contra accionários ■ Financiamento de empresas ■ Contratos de trabalho ■ Contratos comerciais em geral

Atendemos os nossos clientes em Português, Inglês e Francês

$30.00 k + taxas

k Consulta inicial de 45 minutos sob apresentação deste anúncio. Esta importância ser-lhe-á creditada se assinar um contrato após a consulta inicial.

Clot & Associés

249, rua St.-Jacques, 2º andar

Tel.: (514) 843-7251

clot_et_associés@qc.aira.com

Me Elisabeth Clot

Me Carlos Merariu

Advogada

Advogado

5

Contra a Maré Lei da Nacionalidade

O debate está no domínio público Por Amadeu Moura A lei é injusta e aberrante. Os próprios políticos o reconhecem. Mas, enquanto for somente a comunidade portuguesa de Montreal a queixar-se, o processo não avançará muito. Há que internacionalizar o assunto e, sobretudo, despoletá-lo em Portugal através da comunicação social. Tornar conhecida a aberração de que há centenas de milhares de portugueses que não o são e que o desconhecem! Só assim, perante um absurdo destes, é que o governo, para não se cobrir de ridículo, se proporá a fazer as emendas que se impõem à lei. Há que recorrer ao sacrossanto e velho princípio que as instituições só se mexem quando são assediadas. Para já, no portal «Portugal Club» o debate está lançado. Cada interveniente vai da sua experiência no caso. E, nota-se, que o desconhecimento relativo à lei é enorme. São sobretudo os conselheiros das comunidades os mais bem informados e que se propõem para intervir nas instâncias que representam. Na imprensa portuguesa também já há quem tenha manifestado interesse pelo assunto. Tenho a certeza que se temática vier ao conhecimento do grande público, o governo não terá outra alternativa que de legislar de modo a solucionar a questão. Tenhamos esperança e aguardemos os acontecimentos. Quem espera sempre alcança... Uma pequena nota humorística saída dos arquivos da Torre do Tombo Cópia da factura que um mestre-de-obras apresentou em 1853 pela reparação que fez na capela do Bom Jesus de Braga Para corrigir os 10 mandamentos, embelezar o Sumo-sacerdote e mudar-lhe as fitas 170 Reis Um galo novo para S. Pedro e pintar-lhe a crista 95 Dourar e pôr penas novas na asa esquerda do Anjo da Guarda 90 Lavar o criado do Sumo-sacerdote e pintar-lhe as suissas 160 Desde que “Bibi” foi preso a lista não pára de aumentar. E, finalmente, diz o povo, já não são apenas os pequenos e os pobres que vão parar à cadeia. Mas este escândalo dá que pensar. Isto é um país colaboracionista - cheio de gente que sabia de tudo mas nunca revelava nada, que protegia o vizinho, o amigo e o inimigo, que encobria e insinuava, que fingia investigar, mas não acusava, que perdoava, porque queria um dia também ser perdoada – quereremos transformar-nos num país que, contra o silêncio, promove caças a bruxas? Oxalá que não. Terminemos com uma boa notícia: parabéns ao FC Porto. Depois de assegurada a conquista do título da Superliga, os Dragões ganharam também a Taça UEFA.

VOYAGE

VERÃ0 - JULHO Ainda há lugares !!

Partidas de Montreal

799* P.Delgada 799* $ Funchal

+TX.

1089*

A PARTIR DE :$

Apesar de não ser escritora, sinto que devo agradecer publicamente, em nome de todas as senhoras que comigo frequentam o Centro, o caloroso acolhimento que recebemos do pessoal que ali trabalha e que tão bem sabe desempenhar as suas funções sócio-comunitárias. Além de nos receberem com simpatia e afabilidade, organizam passeios e visitas a museus, conventos, exposições, onde guias qualificados já estão à nossa espera para nos elucidarem sobre todos os aspectos de interesse. Uma das visitas de que mais gostámos, foi à Rádio Canadá. Aí tivemos a oportunidade de apreciar os estúdios onde são feitos os programas que vemos diariamente nos nossos ecrãs televisivos. No Centro também nos são fornecidas informações úteis sobre a saúde e os cuidados que as pessoas de idade, como nós, devem ter, tanto em casa como na rua, assim como participar nos cursos de artesanato, ginástica, francês, etc., que muito nos ajudam a ultrapassar os obstáculos próprios da nossa idade. Os nossos tempos livres são passados de uma maneira útil e agradável e isso graças à competência e dedicação do pessoal que trabalha no Centro. Por tudo, o nosso muito obrigado e Bem-Hajam! Um grupo de frequentadoras assíduas e reconhecidas

(514) 484-3795 Ligue e escute uma mensagem DE CORAÇÃO PARA CORAÇÃO - Chamada gratuita -

NOVO RESTAURANTE EM LAVAL Cozinha portuguesa Especialidade : grelhados àportuguesa

DIA DOS PAIS

+TX.

A PARTIR DE :

Centro de Acção Socio-Comunitário Agradecimento

Licença do Québec

Uma força na Comunidade

A PARTIR DE :$

Tirar as nódoas ao filho do Tobias 95 Reis Uns brincos novos para a filha de Abraão 245 Avivar as chamas do Inferno, pôr um rabo ao Diabo e fazer vários consertos aos condenados 245 Fazer um Menino ao colo de Nossa Senhora 210 Renovar o Céu, arranjar as estrelas e lavar a lua 130 Compor o fato e a cabeleira de Herodes 55 Retocar o Purgatório e pôr-lhe almas novas 355 Meter uma pedra na funda de David, engrossar a cabeleira ao Saúl e alargar as pernas ao Tobias 95 Adornar a arca de Noé, compor a barriga ao Filho Pródigo e limpar a orelha esquerda de S. Tinoco 135 Pregar uma estrela que caiu ao pé do coro 25 Umas botas novas para S. Miguel e limpar-lhe a espada 255 Limpar as unhas e pôr os cornos ao Diabo 185 TOTAL 2.545 reis

681, Jar ry est Jarry

algarve

Lisboa

Opinião

+TX.

Partidas de Toronto Especiais última hora LISBOA/PORTO/FARO $499. + TX PONTA DELGADA $499. + TX Informe-se dos nossos especiais:Aluguer de carros"Achat/rachat", hotéis, pensões, contentores etc.

273-9638•277-1934

Ementa Especial A partir de $12.95 FAÇA JÁ A SUA RESERVA Horário : 2ª a 4ª : 11:00 às 10:00 pm Sábado: 16:00 às 11:00 pm 5ª a 6ª : 11:00 às 11:00 pm Domingo :12:00 às 10:00 pm

Sala para 110 pessoas e mais Ideal para banquetes e outras recepções Estacionamento gratuito Excelente terraço para 70 pessoas

2133, boul. Le Carrefour, Laval, Qc.

(450) 682-1955


A VOZ DE PORTUGAL, 28 de Maio de 2003 - Página

Comunidade Pequena Crónica de Primavera O Vírus do Nilo Ocidental (2)

país, esta Primavera. Dois testes praticados no aludido pássaro confirmaram a presença do vírus. Note-se que quatro pássaros atingidos pelo vírus foram descobertos em Otava no ano passado. O Dr. Cushman precisou que se trata do segundo caso confirmado no Ontário este ano. O primeiro volátil infectado foi encontrado a 15 de Abril em Newmarket. Em Otava a “gralha” infectada foi descoberta perto da residência do Primeiro-ministro Jean Chrétien. Mas é de notar que um só pássaro infectado não prova que o Vírus do Nilo chegou até nós pois as “gralhas” podem vencer por dia uma distância de 60 quilómetros. Talvez que o pássaro tenha vindo de qualquer outra parte e não do Canadá. Cerca de 80 por cento das pessoas infectadas pelo vírus não manifestaram qualquer sintoma. Cerca de 19 por cento terão sintomas moderados como febre e dores de cabeça. Finalmente registe-se que somente 10 por cento dos casos são mortais. A terminar lembrê-mo-nos que o vírus pode ser transmitido aos humanos e aos pássaros por picadas de mosquitos. O vírus foi responsável da morte de 17 pessoas no Ontário no ano passado. Tome, pois, as suas precauções e se tudo correr bem o seu Verão afinal não será nem melhor nem pior do que aqueles que tem passado em anos anteriores. É que em tudo isto há uma receita infalível: Deus Super Omnia.

10 Anos depois… Desporto e Cultura voltam à APC

Um Selo de Homenagem a Pedro da Silva Cont da pág. 1

Por Joviano Vaz O Vírus do Nilo Ocidental voltou de novo a marcar a sua presença numa carcaça de um pássaro morto perto de Otava. Segundo a opinião exprimida pelo Dr. Robert Cushman, responsável da saúde pública na capital do Canadá, os resultados preliminares confirmaram a presença do vírus, o mesmo que, foi detectado num certo número de regiões através do

6

Parece que ele adquiriu com o andar do tempo uma certa reputação de transportador de mercadorias e de cargas em qualquer estacão do ano o que inclui os nossos rigorosos Invernos. Segundo os documentos de 1683 Pedro da Silva recebia uma libra por cada pacote enviado de Montreal a Quebeque. A 23 de Dezembro de 1705 ele recebeu uma carta de Comissão da parte de Jacques Raudot. Intendente da Nova França que lhe conferia o título de primeiro carteiro do Canadá. Nessa ocasião ele recebeu a autorização de transportar cartas de particulares e ao mesmo tempo de trazer as respectivas respostas. A sua pontualidade, a sua diligência e a sua lealdade valeram-lhe o privilégio de ser nomeado mensageiro regular de mercadorias, assim como de documentos especializados enviados pelo Rei e pelo Governador Geral da Nova França, entre Quebeque, Trois Rivières e Montreal. O selo apresenta uma imagem do Quebeque, realizada de acordo com uma gravura de P. Canot executada em 1760. Um magnífico selo vermelho do Conselho Soberano da Nova França e no qual estão gravadas as armas do Rei de França e que simboliza o aparecimento de uma nova era de comunicações

Export Depot

Electrodomésticos e Aparelhagens de 220 volts www.exportdepot.com 1619 Transcanada, Dorval, Qc Tel.: (514) 421-1655

e do carácter secreto e confidencial da carta manuscrita. O selo é ornado de extractos da carta de Comissão Oficial de Jacques Raudot e da assinatura do próprio Pedro da Silva. O motivo principal do selo compreende vários elementos ilustrando as funções de Pedro da Silva como primeiro mensageiro na Nova França. Os Correios do Canadá querem assim assinalar os serviços excepcionais prestados por Pedro da Silva e ao mesmo tempo registar o quinquagésimo aniversário da chegada dos primeiros imigrantes portugueses a este grande país. Trata-se de um acto de elementar justiça. Vigie pois o seu correio a partir do próximo dia 6 de Junho. Terá ocasião de ver e de apreciar esta homenagem aos nossos pioneiros. Um apelo especial se faz a todos os amantes de filatelia. Esta é uma ocasião excepcional de tornar mais conhecido Portugal. Utilize, pois, com profusão o selo de homenagem a Pedro da Silva. Será, assim, uma homenagem ao primeiro carteiro canadiano, aos nossos pioneiros e naturalmente a Portugal.

Foi no passado dia 24 do corrente mês que as estrelas subiram ao palco da Associação Portuguesa do Canadá. Depois de mais de 10 anos sem desporto e cultura no interior do seu espaço, a actual direcção liderada por José Manuel Costa apostou na juventude como vector de continuidade criando a APC-C.F.Quinas e o grupo de dança APC-Lusafro. A Voz de Portugal esteve lá e registou os factos. Mais de 100 pessoas assistiram à curta exibição do Lusafro que exibiu pela primeira vez um grupo de dançarinos formado de ‘’arroz e feijão” num autêntico apelo à lusofonia formando um “carrefour” de facto sem chavões e eufemismos como os pregões da avó Ximinha. Na segunda parte da noite brilhantemente animada pelo duo Joe & Duarte DJ Xmen com coros de Vanessa, Sandra e Karine, os quinze Quinas desfilaram com as camisolas oficiais do time no qual realçavam orgulhosamente a sigla da colectividade número Um dos portugueses no Canadá. Com o guarda-redes, Danny Caetano, seguiram-se as estrelas Nuno Machado, Luís Facundes, Nelson Carreira, Olivier Doyle, Helder Gabriel, Tony dos Santos, Nuno Miguel, Marco Medeiros, Ricardo Cordeiro, Daniel Fernandes, João Carlos Gabriel, Wagner

Comunicado

A Comissão Coordenadora no Quebeque - Celebrações da Comunidade Portuguesa informa toda a comunidade, que no próximo dia 10 de Junho “Dia de Portugal, de Camões e das Comunidades Portuguesas” terá lugar no Parque de Portugal (esquina boul. Saint.Laurent e Marie-Anne) pelas 17 horas a inauguração da Placa Comemorativa da Emigração Portuguesa para o Canadá. Estão todos convidados para o convívio que se seguirá à sua inauguração, para o qual se obteve apoio de entidades locais (a sua identificação será comunicada na próxima semana).

INTRACOMMAR.NET •Venda •Serviço • Reparação • High speed internet

DESDE $599

DESDE $149 DESDE $649

Melhor Marca, Melhores Preços PREÇOS MAIS BAIXOS NOS CONTENTORES PARA PORTUGAL - GARANTIDO PORTA A PORTA

!

MULTISYSTEM VCR $199 COM ESTE CUPÃO * UM POR FAMÍLIA

3 INTERNET SEM FIOS 3 HIGH SPEED INTERNET 3 PARABÓLICAS DE 18” S OU MAIORES

MAAS E T SISISTpaarEtritM rirddee a p Sa

• EXPRESSVUE • STARCHOICE

• HIGH SPEED INTERNET $45. / MÊS MODEM INCLUÍDO Reparações de parabólicas grandes e pequenas

Pereira, Carlos Chora e Joel Hernandez, todos eles receberam fortes aplausos dos fãs, adeptos, sócios, amigos, namoradas e presentes em geral. No momento solene o feliz Presidente e nosso colaborador, José Manuel Costa, disse: - “ Estamos hoje a concretizar um desejo de muitos – o de ver o desporto novamente entre os nossos espaços – e, por outro lado, a dinamização cultural e o movimento jovem entre nós”. Mais adiante apelou aos jovens ali presentes afirmando que a primeira pedra fora lançada e esperava que cada um deles participe na edificação da obra que é construir o futuro da APC. Em seguida, o jovem líder comunitário, enalteceu os feitos dos pioneiros que com o seu saber e limitações tudo fizeram para preservarem e dignificarem os valores culturais das suas origens, pois como disse, “sem a valorização e reconhecimento da obra dos nossos Pais, tios e avós, o nosso futuro estará seguramente comprometido”, afirmou com ênfase. Finalmente tomou a palavra o ex-Presidente do Luso Star, Fernando dos Santos que liderou durante vários anos a equipa portuguesa associada à APC que fez história em Montreal e não só, falou aos jovens, transmitindo-lhes a sua experiência, o seu saber e sobretudo encorajou-os a prosseguir nesta espinhosa tarefa de dignificar o desporto português nas terras frias do Canadá. Fernando dos Santos, fez uma intervenção pedagógica e incentivadora, e ofereceu na ocasião um álbum com fotografias do Luso Star para enriquecerem o “Site Web da APC” que será apresentado muito em breve aos sócios e amigos da colectividade. E, a noite continuou até o pé doer e todos saíram com a satisfação do dever cumprido. Do nosso lado, A Voz de Portugal deseja muitos êxitos ao novo APC-CF Quinas liderados por Hélder Gabriel e Wagner Pereira e ao grupo de dança sob batuta de Daniel da Silva e Michel Andrade.

Pequenos anúncios de

A Voz de Portugal uma venda certa por pouco dinheiro

Para um serviço profissional garantido, contacte-nos ou visite a nossa sala de exposição 7702 rua Juliette • V. LaSalle Prop.: A. Januário 364-0795

844-0388


A VOZ DE PORTUGAL, 28 de Maio de 2003 - Página

A actividade da vida humana Por Natércia Rodrigues A actividade da vida humana consiste em viver para os outros, racionalmente. Milhões de homens vivem fechados dentro do seu mundo, e o leitor pode viver como um deles. Todavia, a beleza e a poesia da vida consiste em viver para os outros, em dar-se aos outros. Devíamos viver para o próximo, dentro de uma esfera. O marido deve viver para a mulher e vice-versa; os pais para os filhos e vice-versa; os chefes para os empregados e vice-versa. O dar-se ao próximo, deve ser contudo racional. A racionabilidade em questão não exclui o viver para nós mesmos; o que quero dizer, é que vivendo para os outros valorizamo-nos e, como a inata é a ideia da nossa valorização, inato deve ser o viver para os outros. Por isso, a actividade da nossa vida é viver para os outros. Este é talvez um problema filosófico e que se pode considerar sob várias perspectivas, mas vou-me limitar a uma delas ou seja –o viver para os outros no tempo aproveitável. Se és filho, dá a teus pais respeito e amor, enquanto eles vivem. Se estiveres em condições de os ajudares economicamente, fá-lo agora mesmo, pois amanhã já pode ser tarde. Amanhã pode ser que o teu dinheiro só sirva para o caixão. Se és pai, educa o teu filho enquanto é tempo. Ama-o e instrui-o hoje; se for preciso corrigi-lo, fazei-o com amor e firmeza. Olha que teu filho não vai ficar sempre em casa e mais tarde ele lembrar-seà de ti com orgulho, mas se lhe fizeres mal e não o ajudares, eles não te vão perdoar. Se és aluno, respeita os teus professores, obedece-lhes, cumprimenta-os com veneração. São os teus grandes amigos, eles vão moldar o teu carácter e se um dia fores grande, e os teus professores precisarem da tua ajuda, ajuda-os. Se és professor, não te esqueças de que antes de mais nada és educador, tens a obrigação de preparar os alunos para a vida, não os desanimes nunca - pelo contrário, elogia-os . Se és chefe, ama os teus empregados, não os trates por inferiores, mas sim como colaboradores e quando fizerem um bom serviço elogia-os. Se és empregado, respeita os teus chefes. Que as ordens deles sejam cumpridas com amor e respeito. Não os critiques, pois que o cargo que eles ocupam por vezes é muito pesado, e quando tiveres a oportunidade, manifesta-lhes a tua gratidão. Eu acho que o importante é não se regatear o elogio aos outros,

7

quando o merecem. É que uma palavra de apreço, a hora e tempo é sempre bem recebida por todos. Ainda outro aspecto que é o dar-se aos outros, no tempo aceitável, não se aplica só às relações de indivíduo para indivíduo, mas também de indivíduo para a sociedade e vice-versa e ainda da sociedade para a sociedade. Se és empregado, respeita os teus chefes. Que as ordens deles sejam cumpridas com amor e respeito. Não os critiques, pois que o cargo que eles ocupam por vezes é muito pesado, e quando tiveres a oportunidade, manifesta-lhes a tua gratidão. Eu acho que o importante é não se regatear o elogio aos outros, quando o merecem. É que uma palavra de apreço, a hora e tempo é sempre bem recebida por todos. O Presidente Kennedy, no discurso inaugural do seu mandato, a 20 de Janeiro de 1961, disse: “Americanos, não pergunteis o que o País pode fazer por vós, antes dizei o que vós sois capazes de fazer pelo País” e três anos mais tarde deu a vida, em Dallas, pela Pátria.

Comunicado O Centro de Acção Sócio-Comunitária de Montreal e o Club Oriental Português de Montreal convidam os seus membros e a restante comunidade a um encontro de informação sobre o novo cartão de residente permanente e a doença de Alzheimer. Este encontro será no Club Oriental Português de Montréal, situado no 4000 de Courtrai em Montréal, na sexta-feira dia 30 de Maio às 8 horas da noite (20h00). Se não tem a cidadania canadiana mas que é residente permanente, deve-se informar sobre a aquisição deste novo cartão de residente permanente. Se tem alguém na família que tenha a doença de Alzheimer ou se conhece alguém com problemas parecidos, venha informar-se sobre a doença. Para informações suplementares poderão contactar com o CASCM através do número 842-8045. Esperamos por si!

Clube Oriental

O Clube Oriental organiza no dia 31 de Maio, pelas 19h30, um jantar dançante, seguido de um Sarau Internacional de Folclore, animado pelos seguintes grupos: Grupo Folclórico da Colômbia Grupo Folclórico de El Salvador Grupo Folclórico de Guatemala Grupo Folclórico Taty (Polónia) Rancho Folclórico Ilhas do Encanto (Casa dos Açores) Não falte a este grande espectáculo! Para informações; 342-4373.

A.P.E.S. Festas D.E. Santo

É já neste próximo fim-de-semana, dias 30 e 31 de Maio e 1 de Junho, que terá lugar na Associacao Portugues do Espirito Santo (6024 Hochelaga) a festa em louvor do Divino Espírito Santo. Do programa consta: Sexta-feira, 30 de Maio Jantar do tradicional picado animado pelo conjunto Reflex. Sábado, 31 de Maio 18h00: cortejo das oferendas, bodo de leite e arraial. Baile com o conjunto Request. Domingo, 1 de Junho 11h30: saída do cortejo da Associação para a igreja Notre Dame des Victoires, abrilhantado pelas filarmónicas Portuguesa de Montreal e Nossa Senhora dos Milagres. 13h00: missa solene e coroação pelo Rev. Padre José Maria Cardoso, após a qual o cortejo segue rumo à Associação (6024 Hochelaga) onde serão servidas as tradicionais sopas em honra do Divino Espírito Santo. 20H00: baile na sala de baixo animado pela discoteca “Entre-Nós” e no exterior arraial abrilhantado pela Banda Nossa Senhora dos Milagres.

Festas D.E. Santo - Montreal 7 e 8 de Junho 2003

Nos próximos dias 7 e 8 de Junho terá lugar na Igreja de Santa Cruz a festa em honra do Divino Espírito Santo, com o programa seguinte: Sábado, dia 7 de Junho 08h00: distribuição das pensões 18h00: eucaristia 19h00: recitação do terço 20h00: actuação do conjunto Exagone e de Jessica Amaro(vinda de Toronto). Depois será servida a carne guisada, oferecida pelo mordomo, Sr. Manuel da Ponte. Domingo, dia 8 de Junho 12h00: saída do cortejo da igreja percorrendo as ruas Rachel, Clark, Villeneuve, St-Urbain. Todas as pessoas que tenham coroas e bandeiras estão convidadas a incorporar no cortejo abrilhantado pelas filarmónicas Divino Espírito de Laval e Portuguesa de Montreal. 13h00: eucaristia 15h00: refeição composta pela tradicional sopa do Divino Espírito Santo, carne de vaca, vinho, sumos, massa sovada etc., oferta do mordomo de Montreal, Sr. Manuel da Ponte Arraial animado pela Filarmónica Portuguesa de Montreal e pelo conjunto Exagone. Vários divertimentos no parque da igreja: arrematação, bazar, bebidas e petiscos.


Comunidade

A VOZ DE PORTUGAL, 28 de Maio de 2003 - Página

8

A Escola Português do Atlântico é exemplo Texto e fotos por Raúl Mesquita

Creio ser de Joe Dassin uma canção nostálgica cuja letra fala dos alunos que sonham com o findar das classes enquanto que os professores...sonham, revi-

vendo, que elas começam... Durante os 31 anos — agora ultrapassados, ao mesmo tempo que as festividades de fim de ano lectivo comemorados com lauto jantar sociocultural, o corpo docente da Escola Português do Atlântico “viu passar” pelas salas de aulas, alguns milhares de jovens, que hoje se encontram perfeitamente integrados na vida quotidiana, muitos deles tendo seguido cursos superiores, mas todos, porém, enriquecidos pelos conhecimentos dum património cultural singularmente útil : a Língua e Valores Portugueses. Porque do conceito que todos nós conhecemos de que “Portugal é um jardim à beira mar plantado” o então Banco Português do Atlântico — agora fusionado e fazendo parte do Grupo financeiro BCP, ultrapassou a imagem do canteirinho muito bonito ao pé da porta e lançou a iniciativa da criação duma escola em Montreal, para a preservação da lusitanidade neste recanto do mundo. Para isso, prometeu — e sempre cumpriu, uma participação financeira anual para ajuda dos custos de operação. Traduzida em substancial e generoso “envelope” — o tal que o Senhor Comendador Graciano Valente

tanto aprecia...— essa colaboração estende-se a muitos outros aspectos e necessidades escolares, apoio real duma instituição financeira, numa forma que se desejaria que outras o fossem mas que raramente, para não dizer nunca, o são. E nisso, a exemplaridade com que o Banco Comercial Português tem apoiado ao longo da sua existência, a Escola Português do Atlântico, é padrão único que deve ser salientado. Porque apoiar as escolas vale a pena. Não apenas com discursos muito bonitinhos que nos fazem os representantes

governamentais quando nos visitam. Mas com acções. Como o BCP. Os problemas, as dificuldades com que se debatem as escolas de Língua Portuguesa são prementes. E presentes. Se calhar o assunto já cansa. Mais valia, talvez, não voltar a ele. Mas o certo é que faz raiva assistir à sangria duma das mais belas riquezas da lusitanidade. E da Humanidade. A Língua Portuguesa. Abandonada por

entre carolas que teimam, quase estoicamente, em preservá-la. Até quando? No caso da Português do Atlântico, possivelmente enquanto houver BCP. E as outras escolas? Não valem a pena? Decido que sim. “Todas as escolas valem a pena, porque a Língua Portuguesa não é pequena...” E temos quase tudo. Quase. Alunos, professorado capaz e grupo de responsáveis familiares de apoio. Mas da mesma maneira que não se pode ir à pesca com uma vassoura ou à caça aos gambozinos com um isqueiro, do mesmo modo que não se explora petróleo fazendo furos com um formão, não se pode “fazer escola” sem material. Sem um programa cativante, igual para todos e acondicionado às limitações de tempo, aos condicionalismos que devemos enfrentar. Temos portanto quase tudo. Falta apenas...a decisão. O querer dos nossos dirigentes governamentais, dos que distribuem medalhas e inauguram placas, mas que deixam por conta a riqueza máxima que se pode legar a uma juventude. O Saber. Não se pedem impossíveis. Mas deixemos de “alimentar” a lusitanidade com comprimidos.. Ou deixemos simplesmente de falar dela. É portanto neste terreno que a filantropia do BCP se perspectiva. Graças a individualidades como os Excelentíssimos Senhores, Dr. António Sousa Mota, Director da Direcção Comercial da Emigração e António Vasco Marques, Director Adjunto da mesma, que infelizmente este ano não puderam vir a Montreal devido a compromissos que os retiveram noutras comunidades do Portugal expatriado, a Escola Português do Atlântico soma êxitos no prolongamento da educação e cultura de jovens de origem portuguesa, como aqueles finalistas que este ano, na presença dos seus professores e da Directora Rosa Velosa, receberam os diplomas das mãos do Administrador Senhor Graciano Valente, atestando a finalização do

terceiro ciclo de Valores Portugueses. Na presença de centenas de convivas e muitos convidados, por entre os quais destacamos

ceituado líder imobiliário Arlindo Velosa e esposa, assim como da sua própria esposa, D. Graciosa Valente, o Administrador da Escola, Senhor

na mesa de honra, o Senhor cônsul-geral, Dr. Nuno Bello e esposa, do eminente jurista da OIAC Dr. Silvério Espínola e esposa, Celestino de Andrade e esposa, do representante do BCP, Fernando Rodrigues e esposa, da Directora pedagógica, D. Maria de Lurdes Dias e cônjuge, do representante da Comissão Escolar, Pierre Dussault e esposa, do con-

Graciano Valente, agradeceu a presença de todos, felicitou pais e alunos por mais uma ano de trabalhos, agradeceu o à

Comissão de Pais a boa colaboração durante todo o ano lectivo, o Corpo Docente e leu a mensagem de saudações daqueles altos responsáveis do BCP. Após ter entregue uma valiosa lembrança a um incansável colaborador e exPresidente da Comissão de Pais Senhor Ezequiel Santos que regressa em breve a Portugal, o Administrador Graciano Valente recebeu do representante do BCP em Montreal, Senhor Fernando Rodrigues, um cheque da prestigiada instituição bancária, referente à sua participação anual, tendo tecido elogios e agradecimentos à benemerência do BCP e à amizade dos Senhores, Dr. António Sousa Mota e António Vasco Marques. O público, que durante o decorrer do jantar tinha já tido oportunidade de apreciar a actuação da Escola de Dança Irlandesa “Irish Dancing”, do Rancho Folclórico Praias de Portugal e dum grupo de dançarinas alunas da Escola, pôde continuar a divertir-se dançando ao som da música e da voz linda e agradável de Marta Raposo e do Conjunto Prestige, e mais tarde, com os acordes de Rui Mateus, igual a ele mesmo, na qualidade do espectáculo que proporciona. Uma noite bem passada, bastante apreciada por todos, com a animação e coordenação de Rosa Velosa, e que se insere nos parâmetros qualitativos a que a Escola Português do Atlântico há muito nos habituou.


Suplemento HABITAÇÃO A VOZ DE PORTUGAL, 28 de Maio de 2003 - Página

19 de2003 2002 21de dejunho Maio de

A VOZ DE PORTUGAL 28 de Maio de 2003


A VOZ DE PORTUGAL, 28 de Maio de 2003 - Página 10

Suplemento

HABITAÇÃO Escolher uma casa nova – Novoclimat –é escolher um modo de vida de qualidade Os consumidores esclarecidos são cada vez mais sensíveis às questões de conforto, de qualidade de ar interior, de saúde ede economia de energia. Estas considerações constituem a base mesmo do concepto Novoclimat para a casa nova, que vos procura o máximo conforto e rendimento energético A casa nova Novoclimat representa tantas vantagens para o consumidor, que a Agência de Eficacidade Energética (AEE) deseja fazer dela uma norma na indústria da construção domiciliária. Com efeito, melhor ventilada e bem ventilada, esta habitação verifica-se mais confortável e ao mesmo tempo mais económica sob o plano energético. A economia dos custos de aquecimento pode atingir até 25% e

mesmo ultrapassá-la. O concepto apoiado pela Agência há vários anos já, incide também na utilização de materiais sãos durante a construção. O concepto Novoclimat põe todas as “chances” do lado do futuro proprietário, graças a uma planificação reflectida e rentável, desde a etapa da construção .«É mais fácil e menos custoso de considerar os elementos de eficacidade energética nas etapas de concepção e construção, que considerá-las mais tarde», lembra Mario Canuel, conselheiro em eficacidade energética na Agência. Os construtores reconhecidos e formados Novoclimat, cuja lista aparece no sítio internet da Agência, possuem os conhecimentos e competência para vos entregarem uma

habitação de qualidade no plano energético. Além disso, a fim de se assegurar dos resultados energéticos, todas as casas Novoclimat são inspeccionadas gratuitamente por profissionais independentes; eles verificam a conformidade da vossa casa nas normas superiores de isolação do concepto. A seguir, o comprador recebe um certificado de conformidade. Um financiamento vantajoso Torna-se ainda mais vantajoso de optar por uma casa Novoclimat, graças um acordo entre a Agência e o Movimento Desjardins. Preocupada em ajudar as famílias quebequenses a adquirir este tipo de casa, a instituição financeira oferece um empréstimo hipotecário Novoclimat, acompanhado de um prémio em dinheiro equivalente a 4,5% do custo da construção da casa, até um máximo de 5 000$. Poderá obter mais informações junto de um conselheiro da sua Caixa Desjardins.

Porquê melhor gerir os recursos energéticos? O Québec possuiu recursos energéticos suficientes para encarar o futuro com confiança. Porquê então, insistir tanto sobre a necessidade de melhor gerir a sua utilização ? -Por um lado, porque as economias de energia proporcionam dinheiro que pode ser utilizado para outros fins. Por outro, porque a poluição, que se transforma no reaquecimento do planeta, constitui um problema à escala mundial. As mudanças climáticas constituem um dos problemas ambientais mais perigosos a que o mundo foi confrontado até aqui. Segundo certas previsões, o reaquecimento contínuo da temperatura terrestre provocaria uma vasta gama de mudanças climáticas. Essas modificações poderiam ter repercussões consideráveis sobre o nosso meio-ambiente, a nossa saúde, a nossa economia e o futuro dos nossos filhos. Problema e solução ao mesmo tempo A eficacidade energética e a economia da energia constituem medidas importantes para reduzir a poluição do ar e o

gás a efeito de estufa. Nós somos, portanto, todos implicados; nós fazemos todos parte do problema, mas podemos também, fazer parte da solução. O Québec pode justamente, se orgulhar do seu sucesso em matéria de eficacidade energética. Entre 1990 e 2000, pode ler-se no Plano de Acção Quebequense 2002-2003 sobre as mudanças climatéricas, as emissões dos GES no Canadá aumentaram de 19,6%. No Québec, durante este mesmo período, elas aumentaram de apenas 2,3%. Na verdade, segundo os dados do Ministério do MeioAmbiente, em 1990 o Québec situava-se próximo da média dos países da Europa do Oeste, com cerca de 12 toneladas equivalente CO² por pessoa. Esta média tendo diminuído entre 1990 e 1997 de 12,2 a 11,8 toneladas, o Québec era e é, a província que emite proporcionalmente, menos GES no Canadá. Potencial de 30 biliões Nós habitamos um vasto território e usamos bastante veículos para nos deslocarmos e transportar os nossos

produtos de um lado para outro. Temos também Invernos muito frios que nos obrigam a queimar uma grande quantidade de combustíveis fósseis (mazute, gás) para aquecer — senão sobreaquecer as nossas casas, escritórios e escolas. Nós temos s sorte de possuir abundantes recursos energéticos de todo o tipo, mas o nosso consumo de energia ultrapassa frequentemente, as necessidades reais. Adoptando técnicas e hábitos para reduzir a nossa consumação de energia, participamos nesta vasta campanha mundial para transmitir às gerações futuras, um meio-ambiente viável e de qualidade. A título de exemplo, estimase que os meios utilizados até agora para reduzir o consumo de energia, se traduzem por economias de cerca de 6 biliões por ano no Canadá e que o potencial está longe de ser saturado. Longe disso...Um estudo financiado pela Fundação David Suzuki e a Rede de Acção Face às Mudanças Climatéricas, precisa que os consumidores canadianos, economizariam 30 biliões por ano se realizassem o potencial de economias de energia actualmente disponível.

Cerca de 900 000 camiões-citernas de petróleo O consumo de energia no Québec e m 1999, atingiu o equivalente de 35 milhões de toneladas de petróleo. Se devêssemos transportar uma tal quantidade de petróleo em camiões-citernas de uma capacidade de 52 000 litros cada, seriam necessários 883 838... AEEQ

Taxas de juros garantidas por um período de 120 dias

Concretize os seus planos Depois de alguns anos a ocupar a mesma casa, torna-se muitas vezes necessário efectuar alguns trabalhos para que se adapte melhor às necessidades do dia a dia. Pensamos fazer muita coisa, porém, não sabemos como lhe dar forma. É assim que aparece o «desenhador de i nterior», cuja função é dar forma àquilo que o seu cliente sonha fazer. Quando, em colaboração com um desenhador, decidimos proceder a diferentes trabalhos relacionados com a predisposição, é essencial determinar bem o que queremos fazer, e quanto queremos gastar nesse trabalho. O desenhador, para que possa fazer bem o seu trabalho, deve conhecer as preferências do seu cliente e deve receber as directivas referentes a essa execução. É na troca de impressões, nas boas discussões que o desenhador chega a compreender as necessidades do seu cliente e a representá-las no plano de trabalho. É também desta maneira que ele poderá respeitar os gastos e a maneira de vida do seu cliente. O

resultado depende de tudo isso. O desenhador quer que, quando terminados os trabalhos, o seu cliente sinta que os seus gastos foram respeitados, aliás esse foi um dos pontos em que, durante a sua formação, mais importância foi dada. É, assim, importante, que se forme uma cumplicidade entre ele e o cliente. Esta é uma das razões porque deveremos escolher um desenhador que nos inspire confiança desde o início, que saiba ouvir e fazer perguntas.

O desenhador pode oferecer uma gama completa de serviços especiais tais como: programação, inventário do mobiliário, disposição dos móveis, desenho exclusivo de mobiliário fixo ou móvel, e sinalização. Pode também, segundo as necessidades, associar-se a outros profissionais relacionados com a renovação. Seja qual for a tarefa que lhe confiemos, ele poderá desempenhá-la à satisfação de todos, desde que, de início se estabeleça uma boa comunicação e uma boa confiança.

Prefira sempre o que é Português


A VOZ DE PORTUGAL, 28 de Maio de 2003 - Página 11

Suplemento

HABITAÇÃO Uma casa nova ? Boa ideia !

Renovar em função das necessidades

Quando chega o momento de comprar uma residência, escolher uma casa nova, trata-se antes de mais, de escolher uma casa a seu gosto. Juntemos a esse prazer, as vantagens indesmentíveis duma casa nova sobre uma já existente : nenhuns trabalhos de renovação são necessários, a manutenção é fácil, um plano de harmonização residencial moderno e funcional, custos mínimos de aquecimento, um preço de compra acessível e a existência, actualmente obrigatória, de um plano de garantia. Uma casa como vocês sempre sonharam Ninguém poderá negar o prazer de ir habitar uma casa nova. Tudo é exactamente como sempre sonhado: quartos com grande claridade, espaçosos e confortáveis, salas de banho imaculadas, uma cozinha e locais de arrumação funcionais. E, que prefiram o

Quando se trata de renovar, deve-se fazê-lo em função das necessidades. Cada vez mais os consumidores chegam a esta conclusão : não se renova uma habitação com o fim de fazer lucro no caso de revenda. Quem quer que seja que entame obras de renovação, deve fazê-lo principalmente para proteger a sua propriedade, melhorar o seu meio-ambiente e qualidade de vida segundo necessidades pessoais. A partir daqui, quando se pensa efectuar trabalhos de renovação, não se pode negligenciar a possibilidade de lucro ou, pelo menos, de recuperar mais tarde ou mais cedo, o seu investimento. Mesmo se este critério não deverá ser o primeiro objectivo, ele permitirá no entanto, fazerem-se escolhas mais judiciosas. Neste capítulo, a investigação realizada anualmente pela revista americana Remodeling é um excelente utensílio para uma tomada de decisão. Em cada ano, uma dozena de trabalhos de renovação por entre os mais populares, são

Ideias úteis Superfícies de acrílico As superfícies de acrílico não devem ser limpas com um produto qualquer, já que podem perder o brilho e ficarem riscadas. Por isso, limpe-as sempre com álcool e um pano macio. Tirar pastilha elástica Para retirar uma pastilha elástica de uma peça de roupa, leve ao lume uma colher das de sopa com óleo de cozinhar. Quando estiver quente, coloque-a sobre o tecido e retire a pastilha com ajuda duma pinça. De seguida, lave imediatamente com água quente e detergente para eliminar o óleo. Eliminar manchas de velas As manchas causadas pelas velas desaparecem completamente metendo um mata-borrão ou um bocado de papel absorvente entre a mancha e o ferro de engomar (calor suave). A vela derrete e fica no papel ou no mata-borrão. Repita esta operação quanto necessário.

que possam imaginar. Um estudo da Associação Provincial dos Construtores de Habitações do Québec campo ou a cidade, a unidade (APCHQ) revelou, que vários familiar ou o condomínio, o consumidores com-praram estilo victoriano ou ultra uma casa nova bem a seu gosto, moderno, a moradia ou mais barata do que as previsões. moradia-dupla, todos os gostos Uma casa acompanhada e necessidades são facilmente duma garantia que vos correspondidos. proteje bem Para mais, a ausência de qualDesde Janeiro de 1999, a quer preocupação de renovação maioria das novas unidades e de despesas decorrentes. Seja residenciais eregidas no de um telhado com infiltrações Québec, são acompanhadas ou do sistema de electricidade a dum plano de garantia obrigaser refeito ! Tudo é impecável. tório, determinado pelo GoverNos nossos dias, os constru- no. Os compradores de casas tores utilizam materiais e técni- novas são, portanto, melhor cas que respeitam as mais protegidos que antes. A fim de recentes normas em vigor. oferecer este plano governaIsolação, canalização, electri- mental, a APCHQ criou a nova cidade ou ventilação : com uma Garantia de casas novas da casa nova, o novo proprietário APCHQ. Os construtores acreestá protegido e isento destes ditados por esta nova Garantia, problemas. foram especialmente seleccioE tudo isto muito mais barato nados, porque oferecem serdo que possam pensar. viços de qualidade e merecem Uma casa nova é na verdade assim, inteira confiança. mais acessível do que se pensa Esta nova Garantia de casas geralmente. E tornar-se pro- novas da APCHQ comporta prietário é mais simples que o diferentes medidas relativas a qualquer problema verificado durante a construção, ou ainda, após a tomada de posse do proprietário. Ela garante, entre outras, o acabamento da construção nos moldes previstos, o reembolso de depósitos financeiros e a reparação de todas as defectuosidades, visíveis ou escondidas ou ainda, de estrutura.Para obterem mais informações sobre esta Garantia de casas novas da APCHQ, para conhecer o nome dos construtores acreditados ou ainda, qualquer outro tipo de esclarecimento relativo às casas novas, telefonem para : 1877- (514-4272684) ou visitem o sítio Internet 123456789012345678901234567890121234567890123 da APCHQ : www.apchq.com. 123456789012345678901234567890121234567890123

123456789012345678901234567890121234567890123 123456789012345678901234567890121234567890123 123456789012345678901234567890121234567890123 123456789012345678901234567890121234567890123 123456789012345678901234567890121234567890123 123456789012345678901234567890121234567890123 123456789012345678901234567890121234567890123 123456789012345678901234567890121234567890123 123456789012345678901234567890121234567890123 123456789012345678901234567890121234567890123 123456789012345678901234567890121234567890123 123456789012345678901234567890121234567890123 123456789012345678901234567890121234567890123 Prop.: Joaquim Rocha 123456789012345678901234567890121234567890123 123456789012345678901234567890121234567890123 123456789012345678901234567890121234567890123 123456789012345678901234567890121234567890123 123456789012345678901234567890121234567890123 123456789012345678901234567890121234567890123 123456789012345678901234567890121234567890123 123456789012345678901234567890121234567890123 123456789012345678901234567890121234567890123 123456789012345678901234567890121234567890123 123456789012345678901234567890121234567890123 123456789012345678901234567890121234567890123 123456789012345678901234567890121234567890123 Especializado em 123456789012345678901234567890121234567890123 123456789012345678901234567890121234567890123 123456789012345678901234567890121234567890123 instalação de tacos em madeira 123456789012345678901234567890121234567890123 123456789012345678901234567890121234567890123 123456789012345678901234567890121234567890123 123456789012345678901234567890121234567890123 123456789012345678901234567890121234567890123 Lixar 123456789012345678901234567890121234567890123 123456789012345678901234567890121234567890123 e 123456789012345678901234567890121234567890123 123456789012345678901234567890121234567890123 123456789012345678901234567890121234567890123 envernizar soalhos 123456789012345678901234567890121234567890123 123456789012345678901234567890121234567890123 123456789012345678901234567890121234567890123 123456789012345678901234567890121234567890123 123456789012345678901234567890121234567890123 123456789012345678901234567890121234567890123 Acabamento em 123456789012345678901234567890121234567890123 123456789012345678901234567890121234567890123 123456789012345678901234567890121234567890123 VERNIZ e CRISTAL 123456789012345678901234567890121234567890123 123456789012345678901234567890121234567890123 123456789012345678901234567890121234567890123 123456789012345678901234567890121234567890123 Orçamentos grátis 123456789012345678901234567890121234567890123 123456789012345678901234567890121234567890123 123456789012345678901234567890121234567890123 123456789012345678901234567890121234567890123 123456789012345678901234567890121234567890123 123456789012345678901234567890121234567890123 123456789012345678901234567890121234567890123 Tel .: (514) 279-4965 123456789012345678901234567890121234567890123 123456789012345678901234567890121234567890123 123456789012345678901234567890121234567890123 123456789012345678901234567890121234567890123 Cel.: (514) 233-9216 123456789012345678901234567890121234567890123 123456789012345678901234567890121234567890123

A. J. Rocha

passados a pente fino pelos profissionais de imóveis, em cerca de sessenta cidades ame-

outra ou duma cidade a outra e, se a análise repousa sobre a apreciação subjetiva dos

ricanas. Mesmo se o valor atribuído a esse investimento pode variar enormemente (por vezes ao duplicado) duma região a

profissionais, a média nacional dá-nos uma certa indicação Ver pág. 12

LES COUVREURS AUGUSTO MONIZ ROOFING INC. 8580, 8 ième Ave., St-Michel Tel.: 376-0862 - Fax: 376-1175

Companhia portuguesa estabelecida para bem servir a comunidade. Há mais de 40 anos de experiência neste ramo sendo os primeiros a trabalhar para a comunidade portuguesa Especialistas em coberturas de casa “bardeau e gravier” “Membrane élastomère” Membro da «Association des Maîtres Couvreurs du Québec» Licenciado pela “Régie des Entreprises de Construction du Québec” Membro A.C.Q. - Membro BEC/BBB

o COMERCIAL o RESIDENCIAL

INDUSTRIAL ORÇAMENTOS GRATUITOS o

Props.: Antero / David / Teresa e Augusto Moniz


A VOZ DE PORTUGAL, 28 de Maio de 2003 - Página 12

Suplemento

HABITAÇÃO Renovar em função... sobre o seu potencial de rentabilidade. Ainda que este exercício merecesse ser realizado no Québec ou no Canadá para podermos acreditar melhor. Cozinhas e casas de banho continuam a ser bons vendedores... Ninguém se surpreenderá muito, se a cozinha se afirma como o melhor lugar onde investir. No momento em que a jardinagem e a cozinha estão na cabeça da lista de lazeres preferidos pelos norte-americanos, nada mais natural então, do que decorar ao gosto da actualidade, o local onde se passa a maior parte do dia. Uma cozinha moderna e funcional numa velha residência é seguramente um excelente vendedor. Mesmo se o número de membros numa família diminui, ninguém aceita já ter de fazer linha de espera à porta da casa de banho ou ser interrompido durante um relaxante banho de mousse, por qualquer urgência mais terra-a-terra... Uma segunda casa de banho ou a

Cont..da pág. 11

renovação e ampliação da existente, são obras bastante apreciadas dos potenciais compradores. Um outro estudo, este da Universidade de Harvard, mostram que ao longo dos anos, os projectos de acréscimos e de modificações têm tendência a aumentar de valor, enquanto que os outros se depreciam, o que finalmente podemos considerar como bem normal. Antes de se se interrogar se é conveniente e necessário fazer renovações e como, deve saberse quanto tempo se pensa ainda ficar nesta casa. Renovar para vender, não será talvez a melhor maneira de recuperar o seu investimento. Porém, “refrescar”um pouco, provávelmente... A importância de contratar profissionais Este indício de rentabilidade é no entanto tributário de um certo número de critérios que não devem ser perdidos de vista, nomeadamente, um impor-tante, o da localização da casa. De nada serve investir 100 000$ em renovação se as residências dos vizinhos valem

90 000$. As transformações efectuadas que não se enquadram com a vizinhança, representam um fraco potencial. Pretende au-mentar uma casa que é já uma das maiores da sua rua ? Talvez seja melhor, do ponto de vista económico, mudar para um sector mais luxuoso. Construir um palácio numa rua de pequenas moradias, não será a melhor maneira de rentabilizar o seu investimento. A escolha e a contratação de professionais da arte de renovar é uma decisão que se confirma rentável a médio ou a longo termo. Considera-se um habilidoso ? Seja, mas pouca pessoas acreditarão... Um dos méritos destes estudos é o de demonstrar a importância da manutenção e das reparações na protecção do seu investimento. A compra de uma casa em mau estado para se ter o prazer de a renovar, é um tipo de desporto em perca de velocidade. As casas bem cuidadas serão sempre vendidas mais facilmente e a melhor preço do que as outras... Francois Cadotte F.C.Recherche, Etudes de marché Se é Português ...é bom!

CONTACTE LIBERAL MIRANDA

272-0519

s r e h c Plan

Miranda

inc.

Pag.: 930-2891

ESPECIALIZADO EM SOALHOS LIXAR • ENVERNIZAR • COLOCAÇÃO DE TACOS VENDA E INSTALAÇÃO ORÇAMENTOS GRATUITOS TRABALHO GARANTIDO Cerca de 20 anos de experiência

Renovação Alguns materiais e técnicas As técnicas industriais em progresso constante fazem nascer, diariamente, novos materiais com aspectos e formas dos mais variados. Ligeiros, flexíveis, rígidos ou duros, opacos, transparentes ou translúcidos, monocromos ou multicores, eles invadem o nosso universo de todos os dias e transformam o nosso modo de vida. Eles trazem-nos em todos os domínios e, mais particularmente no da decoração, uma riqueza, uma diversidade, um conforto, que não tem precedente na história. Frequentemente pouco dispendioso, põem à nossa disposição e alcance, prodigiosas possibilidades de decoração de interiores, desde as paredes e chão, ao mobiliário. Vindo juntar-se aos materiais tradicionais com os quais se acordam maravilhosamente bem, oferecem uma escolha imensa a todos quantos desejem embelezar a sua casa. Face a tal proliferação rapidamente se fica desorientado. Pois que os materiais são de tal modo numerosos que é difícil, mesmo para um habituado, de os conhecer todos. Os próprios profissionais não conhecem, muitas vezes, aquilo que no fundo é base das suas especialidades, enquanto que a audácia dos decoradores, juntando o progresso da técnica, fez entrar na decoração da casa, materiais que até então,

estavam reservados a outros usos. As informações e conselhos práticos que se seguem, ajudálo-ão — assim esperamos, a ver melhor nesta selva de novidades e materiais antigos. Com facilidade vai encontrar as características essenciais dos materiais actualmente utilizados na decoração, a fim de poder escolher com todo o conhecimento de causa. Assim, não hesitará em empregar um material que lhe parece sedutor mas que conhecia mal. Ou, pelo menos, se o recusar, saberá porquê. Vamos assim indicar quando e como empregar tal ou tal material, quais as suas qualidades ou defeitos e de que forma devem ser utilizados ou aplicados. Deste modo, ficará mais apto a utilizar os materiais que conhece, a descobrir-lhe novas utilizações e a aceitar e aplicar produtos que até então desconhecia.

orientação predominante, geralmente no sentido perpendicular — sentido dos veios. É portanto desaconselhado de empregar madeira maciça em grandes superfícies, pois que as deformações correm o risco de serem demasiado importantes para a estética da obra. As diferentes peças de madeira— sua apresentação “standard” Prancha : que serve muitas vezes para avaliar os volumes a debitar. Pranchão : peça de madeira

A madeira A madeira e seus derivados A madeira é um material vivo que, por consequência, está sujeito a variações de estructura e de volume. Todos sabem quando a madeira está seca o seu volume diminui e que, inversamente, incha e absorve água em meio húmido : diz-se então que a madeira «trabalha». Esta variação pode ter uma

123456789012345678901234567890121234567890123456789012345678 123456789012345678901234567890121234567890123456789012345678 123456789012345678901234567890121234567890123456789012345678 123456789012345678901234567890121234567890123456789012345678 123456789012345678901234567890121234567890123456789012345678 123456789012345678901234567890121234567890123456789012345678 123456789012345678901234567890121234567890123456789012345678 123456789012345678901234567890121234567890123456789012345678 123456789012345678901234567890121234567890123456789012345678 123456789012345678901234567890121234567890123456789012345678 123456789012345678901234567890121234567890123456789012345678 123456789012345678901234567890121234567890123456789012345678 123456789012345678901234567890121234567890123456789012345678 123456789012345678901234567890121234567890123456789012345678 123456789012345678901234567890121234567890123456789012345678 123456789012345678901234567890121234567890123456789012345678 123456789012345678901234567890121234567890123456789012345678 123456789012345678901234567890121234567890123456789012345678 123456789012345678901234567890121234567890123456789012345678 123456789012345678901234567890121234567890123456789012345678 123456789012345678901234567890121234567890123456789012345678 123456789012345678901234567890121234567890123456789012345678 123456789012345678901234567890121234567890123456789012345678 123456789012345678901234567890121234567890123456789012345678 123456789012345678901234567890121234567890123456789012345678 123456789012345678901234567890121234567890123456789012345678 123456789012345678901234567890121234567890123456789012345678 123456789012345678901234567890121234567890123456789012345678 123456789012345678901234567890121234567890123456789012345678 123456789012345678901234567890121234567890123456789012345678 123456789012345678901234567890121234567890123456789012345678 123456789012345678901234567890121234567890123456789012345678 123456789012345678901234567890121234567890123456789012345678 123456789012345678901234567890121234567890123456789012345678 123456789012345678901234567890121234567890123456789012345678 123456789012345678901234567890121234567890123456789012345678 123456789012345678901234567890121234567890123456789012345678 123456789012345678901234567890121234567890123456789012345678 123456789012345678901234567890121234567890123456789012345678 123456789012345678901234567890121234567890123456789012345678 123456789012345678901234567890121234567890123456789012345678 123456789012345678901234567890121234567890123456789012345678 123456789012345678901234567890121234567890123456789012345678 123456789012345678901234567890121234567890123456789012345678 123456789012345678901234567890121234567890123456789012345678 123456789012345678901234567890121234567890123456789012345678 123456789012345678901234567890121234567890123456789012345678 123456789012345678901234567890121234567890123456789012345678 123456789012345678901234567890121234567890123456789012345678 123456789012345678901234567890121234567890123456789012345678 123456789012345678901234567890121234567890123456789012345678 123456789012345678901234567890121234567890123456789012345678 123456789012345678901234567890121234567890123456789012345678 123456789012345678901234567890121234567890123456789012345678 123456789012345678901234567890121234567890123456789012345678 123456789012345678901234567890121234567890123456789012345678 123456789012345678901234567890121234567890123456789012345678 123456789012345678901234567890121234567890123456789012345678 123456789012345678901234567890121234567890123456789012345678 123456789012345678901234567890121234567890123456789012345678 123456789012345678901234567890121234567890123456789012345678 123456789012345678901234567890121234567890123456789012345678 123456789012345678901234567890121234567890123456789012345678 123456789012345678901234567890121234567890123456789012345678 123456789012345678901234567890121234567890123456789012345678 123456789012345678901234567890121234567890123456789012345678 123456789012345678901234567890121234567890123456789012345678 123456789012345678901234567890121234567890123456789012345678 123456789012345678901234567890121234567890123456789012345678 123456789012345678901234567890121234567890123456789012345678 123456789012345678901234567890121234567890123456789012345678 123456789012345678901234567890121234567890123456789012345678 123456789012345678901234567890121234567890123456789012345678 123456789012345678901234567890121234567890123456789012345678 123456789012345678901234567890121234567890123456789012345678 123456789012345678901234567890121234567890123456789012345678 123456789012345678901234567890121234567890123456789012345678 123456789012345678901234567890121234567890123456789012345678 123456789012345678901234567890121234567890123456789012345678 123456789012345678901234567890121234567890123456789012345678 123456789012345678901234567890121234567890123456789012345678 123456789012345678901234567890121234567890123456789012345678 123456789012345678901234567890121234567890123456789012345678 123456789012345678901234567890121234567890123456789012345678 123456789012345678901234567890121234567890123456789012345678 123456789012345678901234567890121234567890123456789012345678 123456789012345678901234567890121234567890123456789012345678 123456789012345678901234567890121234567890123456789012345678 123456789012345678901234567890121234567890123456789012345678 123456789012345678901234567890121234567890123456789012345678 123456789012345678901234567890121234567890123456789012345678 123456789012345678901234567890121234567890123456789012345678

Décoration Manuel Ltée

Concepção e realização

Decoração de todo o tipo de janelas Fabricante de estores horizontais e verticais a preços excepcionais Mais de 30 anos de experiência

Tel.: (450) 681-1639 Fax: (450) 681-1630 4445 ch. du Souvenir Chomedey - Laval

de forte secção (10,5 cm x 22,5 cm), é sobretudo utilizado nas estruturas dos telhados e como viga dos sobrados. Petit pranchão : com dimensões à volta de 6,5 cm x 16,5 cm. Caibro ou barrote : elemento principal de todos os esqueletos em madeira, pode ter uma secção quadrada ou rectangular que varia entre 4 cm. x 4 cm. ou, 6 cm x 8 cm. Tábua, sarrafo, ripa : são por ordem decrescente, as denominações que se dão às diferentes fasquias de madeira de várias dimensões, consoante aquilo que pretende construir. Os diferentes soalhos O soalho tradicional : é constituído por tábuas com macho-fêmea laterais, com a dimensão de 5 cm x 10,5 cm, e espessuras normalizadas, tendo em conta a qualidade da ma-deira que é, principalmente, de castanho. Neste caso as espessuras são habitualmente de 26, 30 ou 35 mm enquanto que em pinho, se situam entre 17 e 27 mm, e os comprimentos, muito variaáveis, entre 50 cm e 2 m. O soalho de castanho é sempre a escolha judiciosa de primeira qualidade e o pinho, muito menos oneroso, encontra-se em quarta posição. O soalho à moda inglesa : As tábuas pregadas perpendicularmente aos barrotes, são paralelas entre elas. A extremidade de cada tábua fica distanciada da precedente de maneira a que nunca apareçam vis-a-vis. Ver pág. 13


A VOZ DE PORTUGAL, 28 de Maio de 2003 - Página 13

Suplemento

HABITAÇÃO Alguns materiais e técnicas... Cont..da pág. 12

O soalho entrançado : As tábuas são pregadas com um ângulo de 45 º nos barrotes e alternativamente num sentido e noutro, de modo a tomarem a forma dum esquadro a 90 º. O soalho em pontas da Hungria : as tábuas são pregadas como no modo precedente salvo que, cada extremidade é cortada igualmente a 45 º de modo que, a pós a colocação dumas e doutras, tomam a forma de vértice a 90º. O soalho à moda francesa : as tábuas são reagrupadas em espiga e entrelançado tipo cesteira ao interior dos quais, frísias se vêm juntar formando diferentes desenhos. O soalho-mosaico : É constituído de tabuínhas de 6 ou mm de espessura, juntas e dispostas de maneira a criar desenhos geométricos. Todas as pequenas tábuas são agrupadas entre elas por meio de colagem ou de junção machofêmea, formando quadrados de cerca de 30 cm. de lado. Cada quadrado é depois revestido dum tecido de fibras, cortiça ou

betume, que facilita a sua colocação. A instalação dum soalho-mosaico é, naturalmente, mais rápida do que um soalho tradicional. Porém, que eles sejam tradicionais ou mosaicos, os soalhos recebem mecânicamente após a colocação, uma passagem de lixa que lhes assegura uma superfície lisa e uniforme. A madeira utilizada nos soalhos é geralmente tratada para resistir eficazmente aos insectos parasitários. A limpeza corrente necessita de produtos à base de cera ou de encáustica ou ainda, de verniz acrílico que recobrirá o soalho com uma película de protecção de longa duração. A cortiça Origem A cortiça é a casca do sobreiro — um carvalho de variedade especial, que reconstitui a sua casca cada vez que esta é retirada. A recolha da cortiça na árvore, faz-se normalmente de 6 ou de 8 em 8 anos, quando a

espessura atinge 20 ou 25 mm. A forma do tronco dá placas de cortiça bruta, mais ou menos curvas e de aspecto irregular, que necessitam uma transformação para permitir a sua utilização racional. Para isso, a cortiça é triturada em pequenos grãos, separada das impurezas e depois expansionada por vapor a alta temperatura. Pela acção do calor, as resinas naturais contidas na cortiça aglomeram os grãos, dando assim (sem ajunção de qualquer produto) um material natural e compacto, a que se chama «cortiça aglomerada, expansionada, pura». Diferentes tipos de cortiça A apresentação comercial varia em função da utilização a que a cortiça é destinada. Pode no entanto ter estas formas : — Painéis — Ladrilhos — Tubos de revestimento — Tijolos — Granulados ou em pó Fabricações especiais Várias fabricações especiais são interessantes de salientar, porque elas modificam con-

sideravelmente a ideia que habitualmente se tem deste material. Vejamos : — Corticite, cortiça natural extremamente fina, colada sobre papel, para revestimento e decoração de paredes. — Lajes, base de colagem de cerâmica para sobrados. — Pavimento, lajes de 30 x 30 cm. e 5 mm. de espessura, revestidas de uma película de protecção ideal para locais húmidos. Outras utilizações A cortiça, sendo um magnífico isolante térmico e sonoro, tem também um aspecto «quente» que pode ser extremamente decorativo, permitindo uma vasta variedade de utilização. Dependendo do modo de fabricação, é possivel obter um aglomerado de grãos grossos ou muito finos cuja superfície é em seguida polida ou, então, optar por uma cortiça natural com casca. Além disso, a sua cor natural (havana claro) pode ser escurecida por cozedura especial num forno-estufa, até o tom castanho. É utilizada como já vimos, em revestimentos de paredes e sobrados.

A borracha Fabricação A borracha é obtida a partir do latex que contém a casca de certas árvores. A borracha é um élastomère, isto é, uma matéria que apresenta uma grande elasticidade. Raramente é utilizada no seu estado puro, antes misturada a outros elementos capazes de melhorar as suas qualidades. Por exemplo, a incorporação do enxofre permite a sua vulcanização, processo que a torna insensível às variações de temperatura. Os progressos realizados nos últimos anos pela petroquímica permitiram obter, a partir de derivados do petróleo, élastomères de sintése, que substituem o latex natural na fabricação de borrachas sintéticas e que tomam nomes diferentes consoante o processo de elaboração. Eles entram na composição de numerosos produtos tais como, vernizes de silicones, tintas acrílicas, colas de Néoprène, as borrachas servindo à fabricação de câmaras de ar, a juntas de estanqueidade, etc.

Les Rénovations Lisbonne Inc. RBQ: 8255 - 9691 - 26

Membre ACQ

10 anos ao serviço da Comunidade Portuguesa

•Portas e janelas em alumínio, vinyl, madeira de todos os estilos •Portas de garagem com motor •Balcões em fibra de vidro e madeira •Grades e escadas de alumínio de todos os estilos •Vedações de terrenos em PVC e madeira tratada •Revestimentos de vinyl, alumínio e aço •Renovações gerais e muito mais... •Canalização e electricidade •Soalhos de madeira, cerâmica, granito etc. •Cozinhas por medida •Casas de banho •Protecção civil 1.000.000.$

Tony 593-6649 Dominique 842-6420

Utilizações Seja natural ou sintética, a borracha é um excelente isolador térmico e sonoro, possuindo uma extraordinária resistência ao uso. Juntas à sua elasticidade, estas qualidades permitem a utilização da borracha em revestimento do chão, seja sub-soalho ou em superfície. Ela dá, com efeito, uma grande ligeireza ao andar e una boa isolação aos barulhos de impacto. De grande facilidade de limpeza e manutenção, a borracha é comercializada em rolos ou em quadrados de fácil aplicação. Produtos de cerâmica Alguns dos tipos existentes Os produtos cerâmicos ocupam uma parte importante na arquitectura e na decoração, pois que, segundo o modo de fabricação, têm propriedades diferentes umas das outras. Na base de todos os processos de fabricação há a argila que, misturada com água, dá uma pasta cuja propriedade principal Ver pág. 16


A VOZ DE PORTUGAL, 28 de Maio de 2003 - Página 14

Suplemento

HABITAÇÃO A economia ao alcance de todos Truques e conselhos A energia para um casa de 185 m² (2000p²), habitada por uma família de 3 pessoas, custa geralmente entre 1800$ e 2500$ por ano. A variação depende principalmente do envelope térmico da construção, do tipo de aquecimento e naturalmente, dos hábitos dos ocupantes. O aquecimento, a água quente e os aparelhos electrodomésticos representam mais de 90% desse orçamento. Como reduzir então, esta factura da energia de modo significativo ? Podem, por entre outras maneiras, refazer a isolação da casa, mudar portas e janelas, adquirir novos electrodomésticos menos “energívoros” e substituir o sistema de aquecimento. Sem problemas. Há porém outras soluções mais simples e menos dispendiosas. Eis aqui uma série de truques que pouco ou nada custam. Se os integrarem nos vossos hábitos quotidianos, poderão economizar dinheiro que ficará disponível para outros fins e ao mesmo tempo, contribuirão à preservação dos recursos energéticos.

7 h, hora de levantar Optem por um duche em vez de um banho de emersão. Utilizarão menos água, a não ser que continuem a dormir debaixo de água... Possuem uma maçaneta de duche reguladora da saída da água ? Senão, no mínimo, desperdiçam 40 000 litros de água por ano. Assegurem-se que o vosso reservatório e canalização correspondente da água quente estão bem isolados. Não pro-cure sobre aquecer a água pois que a temperatura ideal se situa entre 55º e 60 º C. E eis-vos então, frescos e bem dispostos e certamente esfomeados... Bravo! Não dizem que o pequeno almoço é a refeição mais importante do dia ? As cozinhas modernas fazem engordar. Os electrodomésticos absorvem uma boa parte da vossa factura da energia. Então, não se precipitem sobre o fogão se os pequenos aparelhos forem suficientes. Lembrem-se que o forno micro-

ondas, a torradeira, o fervedor eléctrico, a cafeteira e outras pequenas aparelhagens são mais económicas que o fogão tradicional; mais rápidos também na cozedura, eles vos farão ganhar em tempo. Sempre que utilizem o forno do fogão, o pré-aquecimento não é necessário que no caso de cozer pão ou bolos. Verifique o estado da cozedura pela “janela” em vez de abrir a porta do forno. Ôô!! Não deixem a vossa cozinha desarrumada. Passem a louça por água fria e coloquemna no lava-louça, tendo o cuidado de esperar que esteja cheio para o pôr em marcha. Prefiram os ciclos curtos e abram a porta para a secagem em vez do ciclo destinado a esse fim. 8h, hora da partida

Tomem o tempo necessário percorrendo a casa a fim de fechar todas as luzes e regular os termostatos : uma baixa de temperatura de 3º durante 8 horas, traduz-se em 6 % de economia de aquecimento. Mas atenção! Não imaginem que economizarão mais, reduzindo substancialmente a temperatura porque, assim que chegar o momento de aquecer as salas, o sistema eliminará uma boa parte dos ganhos ao funcionar mais tempo. As decorações das janelas custam caro. Faça-as colaborar no seu programa de economias. Os cortinados fechados durante a noite, diminuem a perda de calor. De dia, no tempo fresco, deixem-nos abertos antes de sair de casa, para beneficiar da energia solar. Porém, nos dias quentes de Verão, utilize-os como écran para não sobreaquecer a casa. Chegou o momento de partir para o trabalho, conduzir as crianças à escola, à creche ou ao jardim de infância. O trajecto não poderá ser feito a pé? A marcha é um bom exercício para lutar contra a gordura e guardar a boa forma física. Já pensou nos transportes públicos? E na “covoiturage”? Bom, ok! Tem realmente necessidade de um automóvel!

Mas, pelo menos, pensou em escolher um por entre os menos poluidores? Os automóveis e as camionetas consomem 20% de toda a energia utilizada. É enorme.

18h, hora de regresso Enfim, de novo em casa, mas o dia está longe de ter terminado. A lavagem. Que petisco! Procurem pensar nas vossas mães ou avós que deviam consagrar um dia inteiro a lavar a

roupa em condições bem mais difíceis. Lavem com água fria para salvar anualmente o equivalente 77 reservatórios de água quente de 180 litros (40

galões). Escolham o nível de água que corresponde à quantidade da roupa que meteram na máquina. Faça-a espremer duas vezes. A secadora será depois menos solicitada. Se esta estiver munida de um sistema de

JABEL

Paysagiste enr. Prop.: António Valente • “Pavé-uni” • “Rocaille” • Plantações • Muros em blocos • Pedra natural

ORÇAMENTO GRATUITO Licença R.B.Q. (Régie du Bâtiment du Québec) # 8007-4479-03 Responsabilidade civil : 2,000.000 $

Tel.: (514) 948-0635 Fax: (514)

948-5616

Cell.: 863-9240 - 863-9239

9299 Marseille - Montreal - H1L 1T2

Ver pág. 7

FABRICANTE inc.

Gil Manuel Dasilva 700 Boul. Industriel

• Caixilharias em aço e contra-fogo • Portas de aço • Portas de correr em aço e contra-fogo

Blainville (Qc) • Portas de madeira J7C 3V4

Tel.:(450) 434-9000 Fax : (450) 434-7777

• Quinquilharias arquitecturais • Divisões vidradas • Produtos Richard Wilcox


A VOZ DE PORTUGAL, 28 de Maio de 2003 - Página 15

Suplemento

HABITAÇÃO Truques e conselhos... Cont. da pág. 6

controlo electrónico da humidade, utilizem-no. Ele interrompe a secagem logo que a roupa esteja seca. Lavem o filtro após cada utilização e assegurem-se que a saída exterior está munida de uma válvula para bloquear a entrada de ar frio. Não esqueçam também de limpar regularmente esta saída de ar. Do mesmo modo que quando se trata do lava-louça, aguardem ter roupa suficiente para

dum bom fogo na chaminé, que prazer! Sobretudo se optaram pelo aparelho que corresponde exactamente às vossas necessidades, seja ele de complemento, de urgência ou de ambiente. A indústria de fogões de combustão e de fogões de sala fez passos de gigante desde há uma vintena de anos. Que seja a madeira, a gás, à electricidade, ao mazute, grânulos ou antracite, os fabricantes exploram as novas tecnologias e propõem sempre qualquer coisa de novo. Mais uma razão para se informa-

encher a secadora antes de a fazer funcionar. Façam secar as braçadas de roupa uma após outra a fim de aproveitarem o calor da secagem anterior. Sempre que possível prefiram os ciclos curtos; não esqueçam que a secagem exterior existe ainda e que a roupas se impregnam de um odor natural bastante mais agradável que os produtos comerciais. Aproveitem um qualquer pequeno momento livre ao fim do dia, para fazerem uma

rem e procurarem o produto que melhor satisfaça as vossas aspirações. Restam porém certas considerações tradicionais de base. O átrio aberto, encantador nas suas cores e odores que lembram o calor ambiente das casas ancestrais, conserva o grande inconveniente de lançar para o exterior uma boa quantidade do ar quente da casa. É sempre possível encastrar um fogão concebido para este fim. Senão, recomendamos pelo menos a

EPA (Agência Americana de protecção do Meio-Ambiente), símbolo da redução da poluição. Antes de irem para a cama, não esqueçam de uma vez mais darem uma volta às divisões da casa, apagando as luzes não necessárias e baixarem os termostatos. Uma diminuição de 1º C por um período de 24 horas pode transformar-se numa eco-

nomia de 5 % da factura do aquecimento. Esta operação é cansativa? Os fabricantes de termostatos desenvolveram modelos programáveis que trabalham no vosso lugar. Eis-vos assim, no paraíso das economias!... Par :(Agence de l’efficacité énergétique Québec)

19º

ANIVERSÁRIO Mobiliário juvenil com beliche

a partir de

$699.19

Beliche simple

Marca de comércio

a partir de

$199.19

Morigeau Lepine Status

avaliação da vossa iluminação. As lâmpadas fluorescentes são as mais económicas em electricidade, já que em igualdade de forças, elas consomem menos energia que as lâmpadas tradicionais. Todavia, elas não permitem todo o tipo de utilização. As lâmpadas a halogéneo produzem uma luminescência mais directa que as lâmpadas a incandescência, mas devem ser instaladas em candeeiros apropriados. Acontece o mesmo com as lâmpadas de alta pressão de sódio, para o exterior. Elas consomem 70% menos de energia, duram 24 000 horas, mas exigem uma caixa especialmente concebida para a sua utilização. 21h, a hora do relaxe Ah! Terminar o dia à frente

instalação de portas em vidro isolador munidas de um cordão de estanqueidade, com válvulas reguláveis de admissão de ar e fecho da paleta da chaminé entre cada utilização. Apenas para dar uma ideia, um fogão que produz 30 000 BTU com a eficacidade de 75%, é suficiente aquecer um edifício de 158 m² (1700 p²). Portanto, inútil de desejar muito grande. Em contrapartida, procurem a segurança antes de tudo mais. Assim, exijam um aparelho que tenha o selo do Laboratório dos Seguradores do Canadá (ULC), da Associação Canadiana da Normalização (CAN-CSA) ou da Warnock Hersey (W-H). Os fogões a combustão e os fogões a gás natural, devem, além disso, possuir uma placa CGA emitida pela Associação canadiana do gás. No caso dos fogões a madeira, juntem a etiqueta

a partir de

Mobiliário de bebé 3 peças

$649.19

a partir de

Rive-Sud Ideal

$689.19 Mobiliário juvenil 5 peças,Cabeceira de cama, mesa de cabeceira, cómoda 5 gavetas, móvel de computador e estante Válido somente para os produtos em inventário. Quantidades limitadas para certos artigos. Preços não aplicáveis em compras anteriores. O artigo poderá ser diferente da foto

4089 Boul. St-Laurent, (entre Duluth e Rachel)

Tel. 845-6028

etc..


A VOZ DE PORTUGAL, 28 de Maio de 2003 - Página 16

Suplemento

HABITAÇÃO Alguns materiais e técnicas... Cont..da pág. 13

é a de endurecer com o calor. Fazendo variar as diferentes componentes da pasta, a quantidade de água e o grau de calor, modificam-se as características do material, que se torna mais ou menos duro, mais ou menos poroso, etc. Os barros Composto de argilas ligeiramente calcárias a mistura é cozida a uma temperatura relativamente baixa (800 a 1000º C). O barro (terre cuite) assim obtido é um material bastante vulgar, não muito duro e poroso, que resiste mal aos choques. É utilizado na construção civil sob a forma de tijolos (compactos ou com aberturas, ladrilhos, alqueires de chaminés e outros elementos, como roda-pés ou terminais de telhados. O barro é um bom isolante. A variedade de cores — vai do beige claro ao castanho-vermelho — são um atractivo importante para a realização de revestimentos de sobrados ou paredes decorativas. Podem ter as formas de quadrados, héxagonos, trevo, losângulo etc, permitindo a execução de desenhos re-

gulares. Porém, não se deve esquecer que é um tipo de produto que se suja e se desgasta com facilidade e que assim, se deve proteger com um verniz ou encausticagem permanente. Por outro lado, devido à sua grande porosidade, o barro não suporta o gelo pelo que, deve ser evitado de o

utilizar no exterior. Barros envernizados São fundamentalmente barros do mesmo tipo de composição que os precedentes, mas

que foram recobertos de um verniz ou esmalte que os proteje contra a humidade. Os blocos ou ladrilhos envernizados tornam-se deste modo de maior facilidade de manutenção porém, as tonalidades naturais podem ser alteradas pelo verniz. Os barros refractários Pela adição de quartze à mistura de base, obtem-se um produto resistente aos agentes

“barbecues”. O tijolo — particularidades O tijolo de argila ou barro, é um dos mais antigos materiais de construção conhecidos. Terá servido na construção da Torre de Babel há 12 000 anos ? A pergunta ainda não teve resposta porém, sabe-se que serviu para construir Babilónia 3 mil anos antes de Cristo, as obras colossais dos Romanos por todo o lado por onde passaram, a muralha da China e várias catedrais através do mundo. Bem utilizado desafia os séculos e as intempérides. Nos nossos dias a sua fabricação é totalmente mecanizada e os fornos actuais podem receber 3 milhões de tijolos de cada vez, a temperaturas variando de 900 a 1000º e a 1250ºC, no caso de tijolos envernizados. O tijolo bem cozido é liso de aspecto e dá um som seco e claro; o tijolo mal cozido é quebradiço e tem som seco.

meável, não deixa por isso de ser extremamente frágil e sensível às mudanças bruscas de tem-peratura. É por isso que os azulejos de faiança que oferecem uma escolha de cores e motivos variados, apenas são utilizados em revestimento mural. De fácil manutenção, não são prejudicados pelos ácidos e não se riscam facilmente. São frequentemente utilizados em locais húmidos como, casas de banho, cozinhas etc., ou para

químicos e às temperaturas elevadas. Os barros refractários servem à fabricação de tijolos especiais destinados aos revestimentos interiores de fogões de sala, fornos e

draçada composta por uma pasta argilosa à qual se adicionam minerais ricos em feldspath. Esta mistura é cozida a uma temperatura de 1300ºC que faz com que os aditivos bem como o feldspath, provoquem a vitificação da pasta. É este fenómeno que assegura ao grés a sua impermebealidade, a sua boa resistência aos choques e aos agentes químicos assim que, a sua grande durabilidade. Estas qualidades permitem a utilização deste material em equipamentos de cozinha de grande utilidade e que devem suportar grandes variações de calor (micro-ondas, vasos, etc.) assim como, em canalizações específicas, aparelhos sanitários ou revestimentos de chão e de paredes. Os grés são igual-mente apresentados sob diver-sas formas.

MATERIAIS NOVOS DE PRIMEIRA QUALIDADE...DISPONÍVEIS SOBRE MEDIDA

Ladrilhos, lajes ou azulejos de grés corrente

As faianças

Especialistas em armários de cozinha e mesões Balcões Soalhos de todo o género Portas interiores Horas de abertura: Segunda-Terça-Quarta, das 8H30 às 17H30 Quinta, das 8H30 às 20H00 Sexta, das 8H30 às 17H30 Sábado, das 8H30 às 12H00

F PO ALA RT MO UG S UÊ S

1525, MOREAU, MONTREAL

524-6383

As faianças são barros recobertos em superfície de um esmalte que os torna impermeáveis aos líquidos. A fabtricação efectua-se em duas fases : em primeiro, a criação de formas e cozedura a que se dá o nome de «biscoito de faiança» e, depois, a esmaltagem e nova cozedura para endurecer a peça. Conforme a composição da pasta e a natureza do esmalte assim se obtêm diferentes faianças. Elas servem na execução de utensílios de cozinha, de louça mais ou menos decorada, de aparelhos sanitários ou em ladrilhos de revestimento. No entanto se pela esmaltagem a faiança se torna imper-

criar uma nota decorativa num tampo de mesa ou zona de trabalho. Em princípio as faianças resistem ao calor porém, ter-se-á de ter em atenção não as expor a temperaturas demasiado elevadas, que possam fazer estalar o esmalte e reduzir-lhes a capacidade de estanqueidade. As diferenças de preços que se verificam nos vários modelos existentes no mercado devemse ao facto dos azulejos serem feitos em série, mecânicamente, ou pintados à mão. Grés É o tipo de cerâmica envi-

Devido à sua grande durabilidade, um pavimento de grés cerâmica é praticamente inutilisável. O facto da sua antiporosidade torna-o insensível às nódoas e, como não absorve água, não teme o gelo. Pode portanto ser utilizado no exterior, num terraço ou na piscina. Azulejos de grés esmaltado Com a mesma composição que o precedente, o azulejo de grés esmaltado, apresenta características semelhantes às duma superfície de faiança. A utilização de óxidos metálicos permite obter variações não existentes no casos dos grés correntes. Todavia, a superfície esmaltada é por vezes demasiado lisa, brilhante e escorregadia, para que possa ser utilizada como soalho. Daí pois, a razão pela qual é sobretudo utilizado no revestimento de paredes.

PROBLEMAS DE INSECTOS PARA QUE ESPERAR

•Tecnicos professionais •Garantia por escrito •Estimaçao gratis •Carros nao identificados •Venda de produtos •RESIDENCIAL •COMERCIAL •INDUSTRIAL

376-6585

5952 Jean-Talon Este, Montreal e arredores

Licença da Ville de Montreal #254076


A VOZ DE PORTUGAL, 28 de Maio de 2003 - Página 17

Suplemento

HABITAÇÃO Alguns materiais e técnicas... Cont..da pág. 16

Azulejos de demi-grés De concepção idêntica, a diferença fundamental deste tipo de azulejo reside na temperatura de cozedura que, neste caso, não excedendo 1100º, assegura uma vitrificação parcial. O produto assim obtido é ligeiramente poroso e por isso não deve ser utilizado no exterior. Os mosaicos O termo mosaico define não um produto mas antes, o agrupamento de elementos de pequenas dimensões formando um fresco ou um desenho. Por extensão, designa-se por este termo os pavimentos realizados com a ajuda de pequenos elementos de 1 a 5 cm de lado. Consoante a forma desses elementos o agrupamento pode ser : — Mosaico simples, constituído por redondos, quadrados ou rectângulos formando bandas simétricas e repetitivas em toda a superfície. — Mosaico ao acaso, realizado com a ajuda de fragmentos de formas e de cores variadas, dispostas sem ter em conta um motivo preciso. Em geral, os revestimentos em mosaicos convêm à maioria das realizações interiores e exteriores, por serem constituídos de ladrilhos de grés cerâmico, materiais que suportam perfeitamente as diferenças climatéricas. É uma tarefa que exige muita paciência, ordem e método e,

para quem não esteja habituado será preferível recorrer a um especialista. O revestimento duma parede ou muro A forma de proceder, sem ser necessariamente muito diferente, não exige porém os mesmos imperativos de solidez. O conjunto terá de ser plano, liso e estanque, mas os ladrilhos idealmente, devem ser colados a uma superfície plana. Maleáveis, dóceis, elásticas, As matérias plásticas são produtos artificiais que podem ser de origem animal (como a galilite) ou vegetal (como o celulóide e o célofane), ou ainda, realizados a partir de resinas artificiais. As diversas matérias plásticas à base de resinas (vinyles, polyvinyles, acrílicos, polyétilenes etc.) são conhecidos e vendidos publicamente sob denominações comerciais variadas, podendo o mesmo produto existir no mercado sob diferentes nomes, dependendo do tipo de utilização industrial a que se destina. As matérias plásticas são portanto bastantes numerosas e diversificadas, pois utilizam variadas matérias primas e processos de fabricação diferentes, que se melhoram sem cessar. Para os utilizadores não especializados e desconhecedores destas técnicas, é bem difícil não confundir certos

Maçonnerie

B.C.V. inc. Régie du Batiment du Québec: 810427458

Tijolos • Blocos Pedra • Juntas Reparação geral de pedreiro

•Residêncial •Comercial arantido Trabalho g ratuito g o t n e m a Orç

Tel.: 952-2842 Luís Vieira: 357-1224

termos que, portanto, são indispensáveis para designar as diversas categorias de plásticos, que se identificam em dois grandes tipos : as matérias termoplásticas e as termoendurecíveis. Qualquer delas, todavia, tem uma importância quase capital, em dois domínios da decoração : no mobiliário e no revestimento. Os metais combinações

e

suas

Os metais e suas mesclas têm um lugar de destaque na decoração da habitação. Eles têm propriedades mecânicas (dureza, resistência) e propriedades físicas (cor, brilho) que é interessante explorar, mas conhecendo porém os seus pontos fracos pois que são, na sua maioria, alteráveis e com o tempo, sensíveis à corrosão. Esta corrosão é de resto bastante diferente consoante o tipo de metal. Dsitinguem-se duas categorias : — Os metais e as mesclas ferruginosas (ferro, ferro fundido, aço), que sofrem uma corrosão profunda e contínua : ferrugem; — Os metais e as mescals não-ferruginosas, dos quais as principais são o alumínio, o cobre, o estanho, o chumbo e o zinco, sofrem apenas duma corrosão superficial e protectora. Todos estes metais se apresentam em barras, em chapas, em tubos e em fio, destinados a serem trabalhados, ou sob a forma de peças obtidas por moldes. Metais e ligas ferrosas

O ferro Nos nossos dias, mesmo se conserva a sua denominação na linguagem corrente, ele foi quase por todo o lado substituído pelo aço. Tem-se o costume de chamá-lo ferro branco, ferro de betão...mas as suas produções são na realidade aços ligeiros ou extra-ligeiros e já não do ferro puro. O ferro-fundido Duro e ligeiramente poroso, o ferro-fundido é uma liga pesada, que tem extraordinárias qualidades de condução de calor. Ele é principalmnete utilizado para servir de molde a peças de elementos de aquecimentos (radiadores, aquecedores, discos de fogões, placas de chaminés etc.). Também se encontram ladrilhos em ferrofundido, destinados a revestimentos murais. A grande facilidade de moldagem do ferrofundido, permite obter ladrilhos de diversas dimensões e com proeminências de formas geométricas de 3 ou 4 cm de espessura, que se utiliza, por exemplo, para decorar a cobertura duma chaminé de fogão de sala ou ainda, fazer “reviver” uma parede. O aço Ele deu o nome a uma cor (cinzento aço). Por vezes ligeiramente azulado, é a liga elaborada e comportando do ferro, mais 0,05 a 1,5% de carbono. Fazendo variar, durante a fabricação, a percentagem de carbono, obtêm-se aços de dureza diferente que permitem a maioria de realizações mecânicas.

MANUEL CORDEIRO inc Venda de portas e janelas em alumínio

Renovação de edifícios Carpintaria “Gybroc et plâtre” Azulejos Casas de banho Tel. : (514) 325-8299 Cel. : (514) 219-0059 12041 Albert Duquesne, Montreal Norte H1G 4X4

Para além disso, é possivel de juntar ao aço, ainda durante a sua fabricação, outros elementos (niquel, crome, cobalto...) que modificam sensivelmente as suas características mecânicas. É o caso dos aços inoxidáveis, tão apreciados na decoração contemporânea. O aço inoxidável De cor cinzenta prateado, os aços inoxidáveis podem ter diferentes aspectos : brilhante, polido espelhado, meio-brilho ou baço, que dependem da natureza do aço e do seu estado de superfície. No respeitante a aços utilizados em decoração, distinguem-se três qualidades : — os aços inoxidáveis a crome: utilizados na decoração interior — os aços inoxidáveis a crome-niquel : usados nas obras exteriores — os aços inoxidáveis a crome-niquel-molidéne : empregados para responder a problemas especiais de resistência à corrosão. Metais e ligas não-ferrosas O alumínio O alumínio é ligeiro e não muito duro; ele é inalterável ao ar graças à película de oxido (alumine) que o cobre e forma um revestimento protector. Outra particularidade interessante : a sua maleabilidade que permete dar-lhe tododo tipo de forma sem perder as suas qualidades. Em contrapartida, o alumínio risca-se com facilidade e desforma-se com a acção de choques o que explica a esmaltagem que por vezes se

aplica, a fim de o endurecer e proteger a sua superfície. O alumínio presta-se para muitas e muitas formas decorativas. De notar que muitos materiais com aspecto de alumínio, não são na realidade que sub-produtos, pois que o alumínio pode aliar-se por fusão a um grande número de metais, dando assim lugar a metais tais como : Duralinox, Alpax ou Synal, que aliados a percentagens de magnésio, de silicio ou manga-nésio, obtêm características diferentes e são comercializados sob a forma de painéis decorativos de grande interesse e beleza. O papel O papel obtem-se principalmente, a partir duma pasta de celulose proveniente da madeira. Ele é constituído pela sobreposição de fibras. Diversos processos permitem fabricar papéis mais ou menos espessos, mais ou menos resistentes para utilizações variadas (escrita, tipografia, embalagem). No domínio da decoração, o papel utiliza-se sobretudo sob a forma de revestimento de paredes : são os papéis de parede. Habitualmente os papéis de parede apresentam-se sob a forma de rolos porém, consoante o tipo de fabricação, assim se obtêm diferentes qualidades. Diferentes tipos de papel de parede Os papéis clássicos: Impressos sobre papel branco ou de cor, oferecem uma infinidade de tons e de motivos. Ver pág. 18

CONSTRUCTION TUREK inc. Prop.: Alberto ESPECIALISTA EM TIJOLO E JUNTAS

TODO O GÉNERO DE FOGÕES DE SALA, REPARAÇÕES GERAIS - GRANDES E PEQUENAS - QUARTOS FRIGORÍFICOS

ORÇAMENTOS GRATUITOS TEL.: (450) 640-1574 Cel. (514) 918- 4022


A VOZ DE PORTUGAL, 28 de Maio de 2003 - Página 18

Suplemento

HABITAÇÃO Alguns materiais ...

A cozinha: bonita e funcional Cont..da pág. 17

Os papéis em relêvo: Este papéis passam por entre dois rolos que têm um motivo côncavo e convexo fazendo assim aparecer uma gravura em relêvo. Os papéis veludo : Cuja fabricação utiliza o processo «flocage». Os papéis laváveis : Eles podem ser simplesmente lavados à esponja se o óleo de linho constitui a base de protecção que cobre o papel ou, esfregados. Os papéis chumbo : Uma fina película de chumbo cobre uniformemente uma das faces do papel. Os papéis marginados : As duas extremidades do papel são perfeitamente paralelas, permitindo a colagem lado a lado sem necessidade de retoques. Os papéis pré-coláveis : Antes da colocação, bastará molhar o papel e colocá-lo. As tintas As tintas são destinadas a decorar e a proteger a superfície de um objecto, duma parede ou de um material. Para serem eficazes, estes produtos têm uma dupla mis-

são a cumprir : devem ser escolhidos pelo seu aspecto, mas igualmente em função das suas propriedades que devem convir com exactidão, ao trabalho previsto. Há vários tipos de tintas : — As tintas a água. — As tintas a óleo — As tintas sintéticas — As tintas acrílicas. A cada qual de escolher aquela que melhor serve o seu gosto em função da decoração desejada. E, bom trabalho. Do Guia Prático da decoração — Selections Reader’s Digest

Hoje, para além de bonita e repleta de utensílios, o mais importante numa cozinha é a sua funcionalidade, pois disso depende a versatilidade. Terminada está, felizmente, a era das cozinhas sem cheiro, sem cor e sem calor. Cores pálidas deram lugar a cores mais vivas como verde, vermelho e outras cores naturais. Num mundo em contínua evolução o eco da mudança invade também o interior da sua casa. O ambiente da sua cozinha modifica-se com as novas con-quistas tecnológicas que se misturam com o sabor, o calor dos elementos e o valor da tradição. A nova cozinha adquire uma vida própria que, conservando o aroma e jogando com as cores, aventura-se em imagens evocativas e põe em evidência os seus instrumentos: a panela de barro, a colher, os utensílios quotidianos, lado a lado com o último modelo de máquina de lavar loiça, tão silenciosa que nem dá por ela, do forno microondas, do frigorífico, ou mesmo das novas placas que acendem e aquecem muito rapidamente.

Neste novo conceito, a cozinha destrona a sala de jantar como espaço de refeições e convívio e transforma-se num ambiente ao mesmo tempo calmo e divertido tanto quanto como quando se preparam as refeições e convívio como quando se recebem amigos. Ao interpretar esta tendência, algumas das mais prestigiadas marcas do mercado criaram

para si uma vasta gama de aparelhos de encastrar perfeitamente adequados a todos os estilos de cozinha. Formas delicadas e arredondadas, materiais nobres como o aço e o vidro, o plástico de elevado valor estético e funcional, são algumas das características desta nova filosofia de cozinha. Elementos ricos criando um ambiente natural que, combinando a tecnologia avançada com que são dotados, oferecem-se como bons amigos no seu novo estilo de vida. Aparelhos sofisticados agradáveis ao toque e ao olhar. Prontos a estabelecer uma relação íntima com o utilizador e a incentivar a criatividade individual. Não são apenas perfeitas máquinas tecnológicas, mas sobretudo, uma nova concepção de cozinha como um espaço privilegiado, pleno de calor e alegria. Na cozinha que escolheu, quer seja moderna e jovem, lacrada e luxuosa ou rústica ou calorosa, fazem-lhe sempre falta aparelhos domésticos de qualidade superior e eficácia que em cada dia lhe facilitarão a vida. Existem pequenas coisas que podem fazer da sua cozinha uma divisão muito especial. Afinal é lá que você passa uma boa parte do dia. Torná-la acolhedora e aconchegante, é ao contrário do que se possa pensar, uma tarefa fácil. E ao

Construction Mirense Especialistas em extensões de casas, varandas e escadas em cimento, “pavé-uni”, excavação, muros de apoio, relvados.

Cell.: 9 4 4 - 4 2 6 0

Aprenda a eliminar a humidade Nas casas de banho, um dos maiores problemas é a humidade. Os vapores dos banhos e o facto de quase todas serem interiores, ajudam a criar ainda mais condições para a propagação da humidade. Mas eliminá-la é possível com alguns truques fáceis de pôr em prática.

Como eliminar manchas de tinta ou lápis

António Ascenso

Veríssimo Calçada

Casas de banho

Por exemplo, a humidade faz sempre com que os espelhos se estraguem e fiquem cheios de picos; evite que isso aconteça lavando-os, com alguma frequência, com uma solução feita de álcool e uma colher de glicerina. No caso dos tectos com manchas de humidade ou rachados, use uma espátula para raspar toda a tinta e pintar de novo, mas desta vez com tinta à base de poliuterano. Deixe secar durante oito horas.

Licença RBQ 8250 3640 37

Cell.: 8 6 7 - 3 8 2 4

fazê-lo não precisa de renovar tudo, aproveite o que já tem e dêlhe o seu toque. Vale tudo, combinar cores, colocar quadros, flores, louças bonitas e única e ex-clusivamente decorativas, usar garrafas vazias e atraentes. Enfim, tudo o que a sua imaginação ditar. O importante é não esquecer que nada é proibido ou inadequado para este espaço, porém, não se esqueça nunca que a cozinha deve ser sempre, mas sempre, funcional.

38

ORÇAMENTOS GRATUIÍTOS

Para eliminar nódoas de tinta ou lápis nos tecidos, prepare uma mistura em partes iguais com álcool e glicerina morna e aplique-a sobre a mancha. Para os tecidos de cor branca, aplique sobre a nódoa uma mistura de 3 colheres (de sopa) de álcool e ½ colher (de sopa) de ácido clorídrico. Depois vá deitando aos poucos água morna. As nódoas desaparecerão!


A VOZ DE PORTUGAL, 28 de Maio de 2003 - Página 19

Suplemento

HABITAÇÃO Renove sem perigo A electricidade : esteja ao corrente... Quando fizer trabalhos de renovação, nunca perca o fio : o fio eléctrico. A electricidade faz de tal modo parte do nosso quotidiano, que por vezes quase esquecemos o perigo que representa quando mal utilizada. Não corra perigos desnecessários e inúteis. Um choque eléctrico pode ter consequências graves e mesmo conduzir à morte. Para evitar os riscos de acidente, habitue-se a considerar a electricidade como um dos seus utensílios usuais. Descubra como utilizá-la e o tipo de precaução a tomar, como fará com qualquer novo aparelho que acabe de comprar.

Água e electricidade=Perigo

Desligue a torradeira antes de forçar uma tosta encravada. Nunca introduzir nenhum utensílio no interior. Desligar o fervedor ou o ferro de passar, antes de lhe pôr água dentro. Nunca puxe pelo fio de qualquer aparelho eléctrico, para desligar. Se houver uma sobrecarga há de imediato um risco de fogo. Utilize diferentes tomadas de corrente, desligue os aparelhos não necessários ou utilize uma barra de alimentação eléctrica. Proteja as crianças utilizando placas de protecção adequadas que custam apenas alguns cêntimos.

Coloque os fios dos aparelhos eléctricos fora do alcance das crianças. Não esqueça que um pequeno descuido pode acarretar danos irreparáveis. Tenha o cuidado de afastar os pequenos aquecedores de ocasião, longe dos cortinados ou outras peças facilmente inflamáveis. Nunca retite uma lâmpada de um candeeiro sem ter tido o cuidado de o desligar da parede. Do mesmo modo, tome o cuidado de cortar a corrente antes de fazer um buraco num muro. Pregar um prego na estrutura de madeira da parede pode acabar por tocar num fio eléctrico. Por outro lado, se necessita de mudar um fusível, ponha o interruptor do quadro central na posição “OFF” e substitua o fusível por outro do mesmo calibre.

Não permita que uma criança possa brincar no exterior com um “cerf-volant” próximo de fios eléctricos. Tampouco deixar subir a uma árvore sob qualquer pretexto seja recuperar uma bola ou o gato - se essa árvore estiver junto de fios eléctricos. Jamais cortar galhos de árvores que estejam próximos de fios da HQ. Contactar a empresa que enviará pessoal competente e com equipamento adequado para o trabalho. E é gratuito.

Não deixe que um rádio caia dentro da água. Provoca uma electrucoção mortal. Na limpeza da piscina seja cautoloso a fim de não tocar nos fios que estejam próximos dos utensílios que utilizar.

Se mesmo assim tiver um problema comunique com o 911

Lembre-se também que é proibída a instalação de cordasde roupa nos postes da HQ.

Se não durma tranquilo...

EUROPEINTRE rafgaspar@hotmail.com

Se fizer tabalhos no exterior, faça atenção aos fios eléctricos. Mantenha-se sempre a pelos menos 3 metros de distância. Não esqueça que uma pequena distração pode ser fatal. Com o Verão que se aproxima o tempo quente convida a belas tardes ou manhãs na piscina. Tenha cuidado.

Rafael Gaspar DECORAÇÃO - PINTURA (Renovação) Dando mais cor à sua vida... Cel. : (514) 241-9742 res. (450) 668-2964 2078 de Romagne, Laval, Qc., H7M 5P1

Couvreur Ferblantier Isolação inc. Construtor

Prop.: Ildebert Silva Uma companhia para bem servir a comunidade

Empreiteiro Geral Gerência de projectos

Coberturasdecasasemasfalto,‹‹gravier››e ‹‹bardeau››Revestimentosemalumínio,zinco, etc.

R.B.Q. 3023-7200-16

Comercial - Industrial - Residencial - Instituições

Telefone : (514) 937-1700 Telecopiador : (514) 937-5682 Sítio web : www.altapex.com

3187, rua St. Jacques, Suite 101 Montreal, Québec, H4C 1G7

s o t n e m os a ç r O atuit gr

•industrial •comercial •residencial •isolação rígida, contra frio e calor ‹‹Laine mineral soufflé››, etc.

10434, rue L'Archeveque, Montreal Nord Residência: 270-4764 Esc.: 955-4012


A VOZ DE PORTUGAL, 28 de Maio de 2003 - Página 20

Suplemento

HABITAÇÃO Como ter um jardim de sonho A manutenção do relvado e jardim O jardim ideal alia a tranquilidade e a ordem : o relvado estende o seu magnífico tapete verde; as àrvores e arbustos oferecem sombra e intimidade; os canteiros regurgitam de legumes amadurecidos; as flores desabrocham numa profusão organizada. A Natureza fornece a maior parte dos elementos essenciais ao relvado e a um jardim saudável : uma terra rica em substâncias nutri-tivas, o Sol e a chuva. Todavia, sem os cuidados e uma manu-tenção apropriada, o relvado e o jardim em melhor forma pode ser vítima dos elementos e perder todo o seu vigor e a sua beleza. Ganhe a luta incessante entre os problemas de temperatura e os problemas relacionados com os insectos e as ‘doenças’, respeitando períodos regulares de tratamento para a eliminação das ervas daninhas, os horários da rega e o corte da relva e do jardim, tendo em conta as suas necessidades específicas e as suas disponibilidades de tempo. Adopte esta regra de base para o seu relvado e para o jardim : assegure-se que eles recebem em média 2,5 cm de àgua por

semana, regando-os até o ponto mais profundo das suas raízes; eliminem as ervas de raíz profunda, à medida que as en-contra. Para enriquecer a terra do relvado ou do vosso jardim, pode fabricar um monte de composto e utilizá-lo. Damos a seguir alguns conselhos práticos para obter um lindo jardim porém, se não possuir as habilidades, a confiança ou os utensílios adequados, não hesite em consultar um especialista da jardinagem, um viveiro ou um centro de jardinagem. Relvado 1 - Verificação da eficacidade da barra de rega : Regue de manhã muito cedo ou ao fim da tarde, quando não houver vento forte nem sol ardente. Colo-que a barra de rega num local largo e aberto e abra a àgua para medir a distância que cobre sobre o terreno. Feche-a e coloque 6 ou 9 latas vazias a espaços re-gulares, no interior da zona atingida pela àgua. Abra de novo a torneira e regue durante uma hora medindo depois, a profun-didade da àgua

em cada uma das latas. Uma boa barra-regadora distribuirá em média 2,5 cm de àgua por hora, divida igual-mente em todas as latas. Se acaso a àgua não estiver distri-buída de modo igual, verifique a sua barra de rega e confirme se todos os buracos estão desobs-truídos e se o adaptador do tubo está limpo; se necessário, es-fregue a barra de rega com uma mistura de àgua e de vinagre e faça-a funcionar para limpeza. 2 - Verificação da absorção da àgua : Espere de 15 a 20 minutos após a rega, utilize depois um transplantador para fazer uma abertura no terreno, profunda de 20 cm., de forma a poder inserir os dedos e confirmar a humidade do solo que deve sentir até 15 cm de profundidade. Ajuste o tempo de rega de maneira a atingir o resultado desejado. 3 - Aplicação de adubos : A maior parte dos relvados devem ser fertilizados 3 ou 4 vezes por ano. A quantidade e tipo de adubo pode variar conforme o tipo, a “idade” da relva e a época. Consulte um especialista de jardinagem. Para saber a quantidade de adubo de que necessita, terá de fazer o cálculo em função das medidas do terreno a fertilizar. O adubo deverá ser aplicado com um distribuidor próprio, quando o

NOVA TEXTILES 4272 Boul. St-Laurent Montreal, Québec, H2W 1Z3 Tel. (514) 845-6642 • Cel.: 578-6642

Uma loja portuguesa ao seu gosto Pensa comprar casa?

Já pensou na sua decoração? Consulte a qualidade e variedade dos nossos produtos

• Tudo para o seu lar • Cortinados • Colchas • Cobertores • Lençóis • Toalhas • Tapetes • Arcas e tecidos ao metro • Linhas Ãncora • Confecção de cortinas por medida • Estores verticais e horizontais

Preços imbatíveis

Visite-nos !

terreno está seco e avançando com o espalhador em passadas regulares. Não devem ser aplicados adubos contendo herbicídas, próximo das árvores. Faça a distribuição do adubo por bandas paralelas de vai-e-vem. 4 - Arrancar as ervas de raízes profundas ou superficiais : Arranque todas as ervas daninhas à medida que

zona arável dum jardim, regue abundantemente o solo para que os sais se entranhem na terra enquanto que em superfície, se formam pequenas poças de àgua. Três ou quatro horas mais tarde faça uma avaliação da humidade, abrindo um buraco de 30 cm de profundidade por onde poderá passar os dedos para uma verificação da pene-tração da

vez du-rante o mesmo ano, deve cortar as flores murchas. Mesmo as plantas que dão flor uma única vez anualmente, serão mais robustas se eliminar as flores murchas e folhas secas. 13 - Os cuidados a ter com os roseirais : Elimine os ramos secos e duros, partidos ou “doentes” da roseira na Prima-

as encontre. No caso das ervas de raízes profundas, utilize um tira-raízes o mais profundo possível ao longo da raíz e ao mesmo tempo que com a mão arranca a erva. Se são ervas com raízes superficiais, não terá grande dificuldade de as arrancar a mãos livres. A eliminação de ervas daninhas poderá também ser feita por intermédio de herbicídas pulvarizados na região afectada ou directamente nas folhas largas da planta. 5 - Sementeira abundante da relva : Para obter um novo relvado denso e impedir as ervas daninhas de crescer nas zonas a descoberto, aplique uma nova sementeira compatível com o relvado que tem. Corte a relva o mais curto possível e passe um ancinho de modo a deixar no terreno linhas para as sementes. Fertilize a seguir a relva e depois com a ajuda de um distribuidor rotativo aplique as sementes. Regue bem o relvado durante duas semanas, passando depois a um ritmo normal. 6 - A rega de um jardim de flores por pulverização : Não espere que a terra esteja completamente seca para regar um jardim. Verifique a humidade todos os dias e regue o jardim quando a terra estiver seca e quebradiça. Utilize uma mangueira com um terminalchuveiro, tendo em conta de que a àgua deverá penetrar a 15 ou 20 cm. no solo para o caso das flores anuais e a 30 cm. nas roseiras e vivazes. 7 - Como regar uma horta : Como no caso do jardim de flores, não espere que a terra esteja totalmente seca para se decidir a regar. Numa horta, deve abrir sulcos de 15 cm. de profundidade ao longo das raízes, em forma de V e enchêlos cautelosamente de àgua, deixando-a penetrar lentamente na terra. 8 - Lavagem da terra dum jardim : A fim de eliminar os sais prejudiciais às plantas na

àgua. 9 - Fertilização dum jardim : Consulte um viveiro local para escolha do adubo que melhor convenha para as suas plantas. Se assim vos for recomendado, utilize, seguindo as instruções, um adubo orgânico como o estrume, musgo de turfeira ou do composto; senão, utilize um adubo comercial líquido ou seco. Nestes casos, leia atentivamente as instruções de utilização, a fim de obter os resultados que deseja. Por vezes, para proteger a terra contra as ervas daninhas e manter a humidade no solo, pode-se utilizar a relva que foi cortada dum relvado “com saúde” e distribuí-la em camadas compactas à volta das plantas, quando estas tenham cerca de 15 cm. de altura. Essas cama-das deverão ter entre 5 e 10 cm. de espessura e serem acrescentadas à medida que se decompõem. 10 - Para obter maiores flores : Se quizer obter menos quantidade de flores mas, em contrapartida, de maior formato, no caso de rosas ou crisântemos, por exemplo, deve eliminar os rebentos laterais, deixando assim que toda a energia da planta seja absorvida pelo botão principal. Todavia, se acaso o pé duma planta onde tenha aplicado esta técnica não for suficientemente sólido para uma só flor, deverá recorrer a uma estaca de suporte. 11 - Folhagem mais densa : Para conseguir uma folhagem mais densa numa vivaz com muitos pés, como é o caso das margaridas, aguarde que estas tenham 12 cm. de altura e cortem ao nível do chão os caules mais fracos, deixando apenas os mais resistentes que continuarão a crescer mas, mais fortes e de folhagem mais densa. 12 - Podar para fortalecer : Para impedir que as flores duma planta não se transformem em grão ou, para permitir que certo tipo de vivazes possam florir mais de que uma

vera, quando já não há risco de gelo. Com a tesoura própria corte o caule em bisel apontando para o exterior, acima dum rebento; assegure-se que o ângulo do corte é oposto ao botão, para que a àgua escorra longe deste. Verifique depois, se o centro ou a moela do caule é são e branco, senão, corte mais abaixo, onde a moela for sadia. Deve também cortar a uma distância de 1 cm. acima todas as flores que comecem a murchar a fim de favorecer a floração durante o crescimento. Do mesmo modo, deverá eliminar todos os ramos e plantas que crescem na base dos roseirais, pois que roubam a estes todas as substâncias nutritivas de que necessitam para o seu desen-volvimento. Árvores e arbustos : 14 - Avaliação do tamanho ideal da árvore : Antes de podar uma árvore veja as suas características naturais e tente de conservá-las. Examine a árvore para descobrir eventuais problemas. Elimine de imediato qualquer galho partido ou seco, limpando a lâmina do utensílio utilizado com álcool, a fim de impedir a propagação de qualquer doença. Corte todos os galhos laterais que pela proximidade, possa impedir ou complicar o crescimento de outro em melhor posição. Se a árvore tiver menos de um ano, corte os galhos laterais (secundários) de forquilha frágil. Ainda no caso de uma árvore jovem, deve eliminar-se os galhos secundários do tronco principal, a fim de permitir o crescimento e fortelecimento da árvore. Elimine todos os rebentos que crescem nos galhos ou no chão junto ao pé da árvore. Podar ligeiramente a árvore enraízada a fim de melhorar a sua forma e redu-zir a multiplicação de galhos. Deve ter o cuidado de fazer talhar a árvore todos os 3 anos para evitar lhe o cansaço. Para obter melhores resultados, pode no princípio da Primavera, antes da aparição das folhas.


A VOZ DE PORTUGAL, 28 de Maio de 2003 - Página

21

Comunidade

Crónica sobre vinhos portugueses

Os «mais fabulosos tintos» portugueses em prova Por Amadeu Moura

Esta prova excepcional decorreu numa sala reservada do Café Ferreira. O anfitrião, Carlos Ferreira, quis presentear o painel com o que há de melhor. Foram os vinhos, o serviço de escanção, o almoço que se seguiu e um vinho do Porto a culminar o repasto que

tónio Carqueijeiro, da Estremadura, vinho que ganhou o primeiro prémio num duelo Ibérico, tanto de um lado como o outro da fronteira. Do Dão, o Quinta dos Roques 1997, Jaen e o Quinta da Murqueira 2000, Touriga Nacional. O Alentejo esteve em “peso”. Três varietais da Herdade do Peso 2000, da Sogrape, Alfrocheiro, Aragonês e Trincadeira. E o mais que famoso Mouchão 1996, Tonel 3-4. Depois o Quinta de Terrugem 1999– “T” especial e o Esporão Garrafeira 1999. Eram doze os “apóstolos” à

vinhos que, em provas cegas, conseguem ombrear com os «grands châteaux» franceses, os «syrah» australianos e os tintos californianos. Portugal produz, actualmente, vinhos de grande classe. Ainda não atingiu o nome que lhe cabe por inteira justiça no panorama vinícola mundial mas não tardará muito, se os chauvinismos e proteccionismos desajustados não fizerem barreira despropositada à concorrência lusitana. Mas nem tudo são rosas neste jardim florido. Os preços praticados podem ser um entrave à divulgação destes vinhos. Estamos no começo de uma nova era. Ainda não comercial destes vinhos no Canadá. São coisas boas, caras e muito raras. O objectivo é de poder apreciá-los e partilharmos as sensações que o néctar dos Deuses proporciona». Com o assentimento geral desta opinião, os doze comensais, agradecidos por uma tal ocasião, passaram à mesa. A cozinha - pessoalmente eu prefiro a expressão gastronomia - é uma arte. Que se aprende. Se apura. Se cultiva. E é isso que se vê no Café Ferreira quando os pratos nos chegam à mesa. Arte e imaginação, aliadas à qualidade dos produtos e apresentação dos mesmos. E para encerrar com chave de

carrega várias gerações em cima mas ainda exala uma frescura e uma pujança própria de juventude. Raramente se vê numa prova – pessoalmente nunca vi algo de semelhante - em que tenha havido tantos vinhos de tão alto gabarito. A fina-flor duriense lá estava: Chryseia 2000, Batuta 1999 e Barca Velha 1995. Juntou-se-lhes um outro que vai dar que falar num futuro próximo: Cistus Grande Reserva. Os topo de gama de Luís Pato, Barrio 2000 e Vinha Pan 2000, da região da Bairrada, mas apresentados como vinhos das Beiras. Nos brancos, o Vinha Formal, um dos melhores produzidos no país. O Escolha dos Sócios 2000, da Adega Cooperativa da Mealhada, da casta estreme Baga, que vai impor-se, tarde ou cedo, pela qualidade que tem. O Quinta de Monte de Oiro \1999– Homenagem a An-

volta da mesa. Alain, o escanção do Café Ferreira, dirigiu os “trabalhos” com a mestria que só os grandes profissionais possuem: o serviço de copos, os vinhos à temperatura ideal, a cronologia da apresentação e os comentários que acompanhavam cada um dos vinhos apresentados. Dos espumantes, sobressaíram um Herdade do Esporão Bruto – sim, sim, no Alentejo produzem-se excelentes espumantes – e um Rosé de Luís Pato. Nos brancos, a palma foi para o Formal de Luís Pato. Já nos tintos, tantos eram eles e tão fora do comum, que os provadores não sabiam para que «santo se voltar»! São todos bons! Uns mais do que outros, devido à diferença das castas e às regiões onde se fazem, mas atingindo um padrão de qualidade raramente igualado em qualquer parte do mundo! São

alcançamos o prestígio internacional que permite exigir preços valiosos pelos nossos vinhos. Quando um Batuta é vendido a 25 contos a garrafa, um Chryseia a 15 contos, um Barca Velha a 20 contos, um Mouchão a 15 contos e o «T» especial a 15 contos, o mercado internacional vai franzir o nariz.. Na realidade, estes vinhos, devido à sua pequeníssima produção, só são lançados no mercado (restrito) para dar a conhecer o potencial vinícola português. Serão uma espécie de locomotiva para «puxar» pelos outros vinhos. Mas, se o preço da passagem impedir o «passageiro» de apanhar a «composição», o resultado fica sem efeito. Os produtores devem meditar neste facto. De qualquer modo, como disse o Sr. Carlos Ferreira na abertura da prova -, «está excluída qualquer intenção

CÉRAMIQUES SOLANO LIQUIDAÇÃO FINAL 50% a 70% de desconto

em todos os nossos azulejos de 1ª qualidade importados de Italia, assim como colecções Indus, Athena, Polis, Ragno, acessórios de casa de banho, de Sergio Leone, etc... -lhe mos Paga taxas as

4833 Jean-Talon est (514)727-6293

Importateur Distributeur

ouro o repasto, o anfitrião quisnos fazer uma surpresa. O escanção Alain verteu-nos nos copos um vinho do Porto e lançou o desafio: «qual é a idade aproximada do vinho?» O meu colega ao lado, o Daniel, arriscou: «tem mais de 40 anos». Todos os outros ficaram na expectativa. Ninguém ousava. É um vinho de lote, disse Carlos Ferreira, acrescentando, «mas o lote principal data de 1850!» Com cerca de 150 anos de idade e tão fresco! É assim o «Porto» de qualidade. Surpreende sempre mesmo os mais conhecedores. E surpreendidos fomos nós todos, os convidados. Nunca

tínhamos imaginado que iríamos assistir a uma prova que ficaria gravada para todo o sempre. Poder provar aqueles néctares tão inacessíveis ao comum dos mortais. Ficam os nossos agradecimentos à Alivin, que forneceu alguns dos vinhos, na pessoa do Mário, Miro e Daniel e ao Carlos Ferreira que foi à sua cave privada buscar vinhos raros e dá-los a conhecer aos convidados. «As coisas boas são para serem partilhadas em grupo»diz o Carlos Ferreira. Ainda bem que é assim e que ele o faz por amor à arte.


A VOZ DE PORTUGAL, 28 de Maio de 2003 - Página

Vária Em Maio – Mês do Coração “Não morra pela boca” A Fundação Portuguesa de Cardiologia dedica todos os meses de Maio a uma temática do foro cardiovascular. Para este ano, o Maio Mes do Coração terá como lema “Não Morra pela Boca”. O enfoque será colocado em temas como a alimentação, actividade física e a obesidade, e as actividades previstas têm como objectivo prevenir a principal causa de morte no nosso país: as doenças

GRAPOLLO D'ORO

$32.00 20 LITROS

GRAPOLLO D'ORO

Mosti Mondiale 2000

$32.00 20 LITROS

UM ANÚNCIO ESPECIAL PARA TODOS AQUELES QUE FAZEM VINHO! Quer ir a passo seguro e ter a casa limpa? Faça negócio com quem o recebe todo o ano e com 100% de garantia. Se quer alegria na sua casa, sem surpresas desagradáveis, confie no Mosti Mondiale 2000

Serviço de análise do seu vinho 35 variedades de mosto à sua escolha MOSTO DISPONÍVEL EM GALÕES DE 20 E 23 LITROS

NOVIDADE Vendem-se barris de Whiskey e barris novos importados de Portugal em carvalho e castanho, de 5 a 250 litros. ATENÇÃO: SE NÃO TEM SELO DA MOSTI MONDIALE É PORQUE NÃO É MOSTI MONDIALE Para mais informações, contactar Marco MOSTI MONDIALE 2000

5187, Jean-Talon Este St-Léonard - Tel.: 728-6831

cardiovasculares. Estas doenças encontram-se intimamente ligadas ao estilo de vida das populações, e a crescente urbanização implica mudanças de hábitos, quer ao nível da redução dos níveis de actividade física (que em Portugal são os mais baixos da União Europeia) quer ao nível da adopção de dietas pouco saudáveis que se traduzem em elevadas taxas de obesidade. A juntar a este panorama nada favorável, existe ainda uma grande desinformação e desconhecimento sobre a importância da alimentação na saúde cardiovascular. A saudável “dieta mediterrânica”, que possui um efeito preventivo das doenças cardiovasculares amplamente estudado, está a perder-se, e as consequências podem ser nefastas. É necessário retomar os padrões alimentares apontados por esta dieta, rica em fibras vegetais, fruta, pão, cereais, peixe, carne de aves e é importante que se recupere o hábito de utilizar o azeite como gordura preferencial. Comer várias vezes ao dia alimentos diversificados, beber muita água, não abusar das gorduras nem dos açucares, são atitudes que podem ajudar a prevenir estas doenças, mas é também muito importante lutar contra o sedentarismo que teima em enraizar-se cada vez mais nas sociedades modernas. Sabe-se que a prática regular de actividade física reduz o risco de ataque cardíaco em 50%. A prática de um exercício dinâmico, como a marcha, a natação, a dança ou o ciclismo, tem um benefício notável para a saúde, nomeadamente na prevenção da obesidade, que é um dos factores de risco de elevada importância no desenvolvimento da doença coronária. Tudo isto para “fazer frente a esta problemática, que com o avançar dos anos demonstra tendência para “quebrar” cada vez mais corações.

Doenças Cardiovasculares Como identificar? É muito importante ter consciência dos seus factores de risco, pois só assim os poderá controlar e reduzir as probabilidades de desenvolver uma doença cardiovascular. Quantos mais factores de risco somar, maiores serão essas probabilidades. A informação científica actualmente disponível, suportada por grande estudos epidemiológicos e clínicos, permite que nós possamos reconhecer com grande grau de certeza os

PROCURA UMA TIPOGRAFIA? Para todos os seus trabalhos de concepção gráfica e de tipografia, sem excepções

● ● ● ● ● ● ● ● ● ● ● ● ● ●

22

Tipografia comercial Cartões de visita Papel de carta Envelopes Facturas Cartazes a cores e a preto e branco Convites de casamento e outras ocasiões Cartões de agradecimento Guardanapos Fósforos Fotocópias Papelaria Concepção gráfica Etc...

Preços competitivos ● Qualidade ● Serviço rápido

Typogal Ltée. 4117A Boul. St-Laurent Montreal Qc. H2W 1Y7 Tel.: (514) 844-0388 Fax.: (514) 844-6283

maiores factores que podem aumentar o seu risco. Alguns deles podem ser modificados ou tratados, outros não. A redução do maior número possível de factores de risco é o melhor caminho para uma vida saudável. Factores de risco que não podemos modificar Idades – Cerca de 85% das pessoas que morrem de doença coronária têm mais de 65 anos. Nas idades avançadas, as mulheres que desenvolvem um ataque cardíaco têm o dobro das probabilidades de vir a morrer em poucas semanas, comparativamente com os homens. Sexo masculino – Os homens têm maior risco cardiovascular que as mulheres e podem ter um ataque cardíaca muito antes que as mulheres. Mesmo depois da menopausa, esta tendência mantém-se. Hereditariedade – Se tem antecedentes familiares de doença cardiovascular terá um risco aumentado de desenvolver esta doença. Factores de risco que podemos modificar Tabagismo – Hoje, ninguém terá dúvidas dos malefícios do tabaco. O risco de ataque cardíaco nos fumadores é o dobro que nos não fumadores. O fumo dos cigarros é o maior factor de risco para a morte súbita cardíaca. Os fumadores têm duas a quatro vezes mais probabilidades que os não fumadores. Um fumador que teve um ataque cardíaco tem maior probabilidade de morrer que um não fumador nas mesmas condições. Mesmo a simples exposição ao fumo do tabaco (fumadores passivos) aumenta o risco de doença cardíaca. Se é fumador, deixe de o ser muito rapidamente. Valores elevados de colesterol – O risco de doença coronária e acidente vascular cerebral aumentam com o aumento dos valores do colesterol. Quando adicionado a outros factures de risco, hipertensão, fumadores, este risco aumenta ainda mais.

Palavras que Matam (I) Há pessoas para quem todos os meios são bons na conquista do poder Por Manuel Alves Louro No mercado do trabalho como noutras esferas da vida pública existem agentes duplos (e até companheiros de trabalho) que, em conivência com a entidade patronal, atraiçoam astuciosamente sem escrúpulos, a confiança de colegas – homens e mulheres, alguns/as dos/as quais, com longa e exemplar folha de serviço – que são desqualificados/as e rebaixados aos olhos do pessoal superior. A finalidade da acção, persistente, corrosiva e demolidora dos detractores é bem simples e clara: - Destabilizar os indesejáveis, tornando-lhes a vida de tal modo difícil que não sejam capazes de continuar a viver nesta atmosfera insuportável e se decidam a partir (voluntariamente?). São também objecto deste plano, veteranos cujo salário constitui uma sobrecarga para patrões ou empresas. Estes são forçados (voluntariamente?) à reforma antecipada. Abrem-se assim as portas aos amigos e à gente nova – gente fresca que ganha menos e se manipula melhor – o que permite aos colegas detractores de se afirmarem e de se tornarem elementos indispensáveis na estima do pessoal superior, para subirem na hierarquia do poder. Alguns métodos frequentes de assedio psíquico de que muitas vítimas são objecto: - atitudes e palavras demolidoras que minam o moral e a confiança; - perseguição subtil, sistemática e mordaz de supostos fiscais a soldo da parte patronal; - piadas burlescas, atinentes ao físico e ao modo pessoal de ser e agir, presumidamente sem más intenções (?...) - censuras repetidas indiscretas, com ar inocente e intimista, sobre o comportamento na vida privada; - críticas sobre o trabalho profissional que humilham e esmagam, diante de colegas; - banalidades anedóticas indirectas que ridicularizam... “a bom entendedor meia palavra basta”... Em suma: O assédio psicológico contra empregados/as serve: - para os/as dobrar (para lhes “quebrar os rins”); - para lhes fazer perder a estima de si e, como consequência, leválos a tomarem a iniciativa de se demitirem das suas funções, para deles se libertarem e poderem dar o lugar a “qualquer outro amigo”; - desonestidade patronal inadmissível que mata as mais profundas fibras do sentimento de honra das suas vítimas... Tendo caído na armadilha, as vítimas levam consigo para casa o clima insuportável do trabalho e a vida torna-se um inferno. A pouco e pouco estes mal amados trabalhadores/as, à força de serem inferiorizados/as e de sentirem martelar continuamente, a voz dos seus predadores, acabam por acreditar que talvez eles tenham razão... é como um rejeito difamatório que deixa marcas na vida. Na realidade, após longo percurso, a estratégia dos “tubarões” acaba por produzir os seus efeitos. Destabilizadas as vítimas pelas crítricas injustas, perdem a estima de si. Consumidas agora pelo complexo de inferioridade, acabam pouco a pouco por duvidar de tudo e de todos e, pior ainda, por se convencerem, no seu foro interior, da vercidade das críticas que lhes são feitas e dos males de que as acusam. Finalmente, sem mais nada, a conclusão está à vista – “Nada sou, nada valho”. Quantos e quantas neste estado de espírito – humilhados/as, revoltados/as... fazem as malas e partem, com a honra aos pedaços e sem emprego. Difamar é rebaixar alguém aos olhos dos outros – é grave. Desonrar é rebaixar alguém aos seus próprios olhos – é muito mais grave. Destruir numa pessoa a estima de si mesma, é pior do que difamála – fama perdida pode recuperar-se, mas a estima de si, isto é a honra, uma vez perdida, não volta mais. (continua na próxima edição) Consulte a página colesterol para mais informações. Pressão arterial elevada – A hipertensão é um importante factor de risco para os acidentes vasculares cerebrais, primeira causa de morte em Portugal, e doença coronária. A hipertensão aumenta ainda o risco de doença renal e insuficiência cardíaca. Deverá, por isso, efectuar medições da sua pressão arterial com regularidade. Sedentarismo – A ausência de actividade física é um factor de

risco para as doenças coronárias. Uma actividade física moderada, efectuada regularmente, contribui para o bemestar do seu coração e vasos sanguíneos, aumenta os valores das HDL, o nosso colesterol “bom”, ajuda a controlar a diabetes, a obesidade e reduz a pressão arterial. Obesidade e excesso de peso – O excesso de peso aumenta as probabilidades de ter um acidente vascular cerebral ou um ataque cardíaco. “Não morra pela boca”


A VOZ DE PORTUGAL, 28 de Maio de 2003 - Página

23

Uma “dominga” à moda do Faial ou a dignidade dos pobres Por António Vallacorba

O jovem Helder Couto da Silva e os seus pais, Elsa e Jorge Couto da Silva, acabam de se distinguir com a organização da 4ª dominga do Império do Pentecostes, da Missão Portuguesa de Santa Cruz, cujos festejos em louvor do Divino Espírito Santo se realizam nos dias 7 e 8 de Junho próximo e de que é mordomo o empresário da nossa praça, Manuel da Ponte. Até aqui, nada de especial, nem no facto de, durante uma semana, como é tradição, haverse rezado o terço mui solenemente naquele lar perante um lindíssimo altar com os símbolos da terceira pessoa da Santíssima Trindade e a presença de devotos e/ou convidados. Foram sessões bastante solenes, seguidas depois dos aprazíveis momentos de confraternização, alguns dos quais animados por elementos do grupo “Recordações”, do Rancho Folclórico “Ilhas de Encanto”, da Casa dos Açores do Quebeque, tendo ainda a

particularidade da degustação, entre outros, de produtos regionais, tais como queijo de S. Jorge e uma variedade de vinhos do Pico. Uma referência muito especial vai certamente para a chamada “mesa dos pobres” (que também têm a sua dignidade). Ali, impressionava todo o arranjo meticuloso como ela se apresentava. Para além dos 12 pratos pintados com a coroa do Espírito Santo, da autoria do Jorge Couto, sobressaía a doçaria vinda expressamente dos Açores, tal como alfins, da Terceira, espécies, de S. Jorge; confeitos, da Ribeira Grande, São Miguel; rosquilhas do Pico; e biscoitos de orelha, cavacas e bentinhos, de Santa Maria. Seguindo uma tradição faialense, no domingo da coroação, a seguir ao que, houve um lauto almoço festivo, a família Couto da Silva ofereceu a cada convidado uma garrafa de vinho, pão e carne; e, na chamada “promessa das viúvas”, foi distribuída uma tigela de sopas a 12 viúvas da comunidade – tudo em memória do voto feito pelo povo daquela ilha, em agradecimento por ter sobrevivido ao vulcão que abalou as freguesias da Praia do Norte e do Capelo, de 23 para 24 de Abril de 1672. A devoção à terceira pessoa da Santíssima Trindade é a manifestação que mais irmana o povo açoriano, quer na Região, quer nas comunidades da

Comunidade de casaca com botões amarelos, colete de seda, calções vistosos e chapéu armado com muitas plumas; e as negras com primorosos vestidos, alguns de seda, cordões, e pulseiras de ouro, trazendo todas um véu branco”. Finalmente ‘era coroado o preto que tinha sido eleito imperador naquele ano. O dono tinha a seu cargo todas as despesas com o festejo”. Os festejos comunitários começam neste fim-de-semana, 30, 31 do corrente e 1 de Junho, na Associação Portuguesa do Espírito Santo (Hochelaga). Cada qual tem o seu próprio mérito, pelo que nunca deverá haver lugar para comparações deste ser melhor do que aquele, etc. Quem dá do que tem, a mais não é obrigado Claro que sempre tem havido o espírito de partilha, de fraternidade, devoção e harmonia e que lhes dá maior

razão de ser. Todavia, e por outro lado, convém lembrar que nunca é demais tudo fazer para o enobrecimento desta tradição multissecular e tão querida das nossas gentes, devendo-se, consequentemente, evitar introduzir-lhe quaisquer “inovações” que possam adulterar a sua pureza.

Império de West Island Correcção

Contrariamente ao que foi publicado num outra local deste jornal, as festas do Espírito Santo da Associação Portuguesa do West Island realizarse-ão nos dias 28 e 29 de Junho próximo e não a 21 e 22. Pedimos desculpa pelo lapso e por qualquer inconveniência dele advinda.

COMUNICADO

diáspora portuguesa. Todavia, há especificidades muito próprias, as quais, segundo os historiadores, obedecem às tradições das ilhas de Santa Maria, Terceira e Pico, conforme foi evoluindo o povoamento do arquipélago, a partir de várias regiões do Continente. Há, também, particularidades muito curiosas, como esta sobre a presença de escravos no Faial, por volta de 1824, e que participavam nos festejos.

Conforme se lê no livro “Festas Populares dos Açores, de Francisco E. de Oliveira Martins, “Todas as casas que possuíam escravos tinham, em tal dia, o gosto de vestir ricamente os pretos, para assistirem ao festejo”. Na manhã do domingo “corriam todos os escravos à igreja, onde apareciam também as famílias dos seus senhores, muito devotos e curiosos” “Os pretos apresentavam-se

8060 St-Hubert (esquina Jarry)

A Associação Portuguesa do Canadá em conjunto com a ACAPE – Associação Cultural de Artistas, Poetas e Escritores levam a efeito a semana das Comunidades a partir do dia 31 de Maio até dia 7 de Junho, na qual estarão expostos ao público vários trabalhos artísticos e literários. Estas actividades estão inseridas no âmbito das comemorações dos 50 anos, da comunidade e do dia 10 de Junho, envolvendo diversos grupos sectoriais e individualidades que voluntariamente colaboraram nesta iniciativa. A semana cultural tem como objectivo primordial, dar uma maior visibilidade da nossa comunidade, seus feitos e realizações artísticas junto desta sociedade de acolhimento. Para a Comissão Organizadora é importante incentivar a comunidade para que cada vez mais ultrapasse os contornos do individualismo, do absenteísmo e se promova uma melhor interacção entre a nova e velha geração. Aguardando a vossa importante presença, cobertura e divulgação deste singelo evento, agradecemos a colaboração de todos. A Comissão Organizadora APC/ACAPE

e

Preços a partir de: Partidas de Montreal Lisboa $700. + Taxas Ponta Delgada $800.+ Taxas Partidas de Toronto Plano de financiamento disponível, para 12 ou 24 meses. Por uma viagem no valor de $2000 pague apenas $94. por mês

Lisboa - Porto - Faro

$619. + Taxas

Terceira - Ponta Delgada $519. + Taxas Temos também preços para aluguer de viaturas Contacte Dorthy Medeiros Viagens Funtastique (514) 270-7373 Ext. 248

Para

Sempre que vá a Lisboa viaje com o reservas profissionalismo, a segurança... consulte hoje E o conforto com que sempre Sonhou... mesmo o seu

informações e

agente de

Viaje com a Accord Travel

viagens

699.00+taxas

a partir de


A VOZ DE PORTUGAL, 28 de Maio de 2003 - Página

Guia do Consumidor CÂMBIO DO DÓLAR CANADIANO EM PORTUGAL

EM 27-05-2003

1EURO=1.6399cd UM SERVIÇO DO BANCO COMERCIAL PORTUGUÊS (514) 287-3370

Consulado-Geral de Portugal 2020 Rua University, suite 2425 Montreal (Québec) H3A 2A5

Tel.: (514) 499-0359 HORÁRIO DE ABERTURA Segundas, Terças e Quintas: 9 às 15 horas Quartas 9 às 17 horas Sextas 9 às 12 horas

URGÊNCIAS E SERVIÇOS PÚBLICOS Ambulância Clínica Portuguesa Luso Polícia Bombeiros Hospital Hôtel-Dieu Hospital Royal Victoria Hospital Ste-Justine Hospital Ste-Jeanne-d'Arc Hospital de Montreal para Crianças Serviço de Auxílio aos Emigrantes(SANQi) Sun Youth, Serviços de Urgência ASSOCIAÇÕES E CLUBES Ass. Angolana de Montreal Associação N. S. de Fátima (Chomedey, Laval) Associação Portuguesa do Canadá Associação Portuguesa do Espírito Santo Associação Portuguesa de Lasalle Associação Portuguesa de Ste-Thérèse Caixa de Economia dos Portugueses Casa dos Açores do Quebeque Centro de Ajuda à Família Centro Português de Referência Centro Comunitário do Espírito Santo Clube Oriental Português de Montreal Clube Portugal de Montreal Grupo Folclórico Campinos do Ribatejo Rancho Folclórico Verde Minho Ass.Port.West Island Português de Montreal Sporting Clube de Montreal Sport Montreal e Benfica

AGÊNCIAS DE VIAGENS ALGARVE 651 Jarry Est

273-9638

934-4400 842-6891 842-6822 273-1425

HISPANO-LUSO 220 Rua Rachel Est

849-8591

GRANITE LACROIX INC. Construção de monumentos 1735 Boul. des Laurentides Laval, Québec

LATINO 177 Mont-Royal Est

849-1153

MÓVEIS

LISBOA 355 Rachel Est

844-3054

TAGUS 4289 St-Laurent

844-3307

BOUTIQUES

849-6619

CAIXA PORTUGUESA 4244 St. Laurent

842-8077

CANALIZADORES

PLOMBERIE & CHAUFFAGE LEAL INC. 4267 Av. Coloniale 285-1620 672-4687

CASAMENTOS

BOUTIQUE LISBONNE 4083 Boul. St-Laurent

844-8738

SPOSINA LUISA 7250 Maurice-Duplessis R.D.P 494-1854 www.sposinaluisa.com CLÍNICA MÉDICA LUSO 1 Mont-Royal Este

849-2391

CLÍNICA MÉDICA NOVA 3755 Boul. St-Laurent

987-0080

CONTABILISTAS

GEORGE PRENDA, C.A. 4157 St-Laurent

DENTISTAS

DR. ALCINO DE SOUSA 4270 Boul. St-Laurent, #209 DISCOTECA PORTUGUESA 4276 St-Laurent

ELECTRICIDADE

366-6305

FARMÁCIAS

353-1550 342-4373 844-1406 353-3577 768-7634 684-0857 739-9322 499-9420 273-4389

IGREJAS Igreja Baptista Portuguesa Igreja Católica de Santa Cruz Igreja N. S. de Fátima de Laval Assembleia de Deus Centro Cristão da Família Igreja Nova Unção Igreja Cristã Vitoriosa

484-3795 844-1011 687-4035 583-0031 376-3210 593-9950 525-9575

RÁDIO E TELEVISÃO Rádio Centre-Ville Rádio CFMB Radio CIJM

495-2597 483-2362 844-2456

843-3863

ESCOLAS DE CONDUÇÃO

844-2269

842-8045

499-1624

DISCOS/LIVROS

ESCOLA DE CONDUÇÃO BRUNO 26 Jean-Talon O

842-8077 388-4129 982-0804

232-3095

272-5779

385-1484 e 3 8 5-3541

FARMÁCIA TRANG 4148 Boul. St-Laurent entrega ao domicílio

844-6212

845-5335

FUNERAIS

ALFRED DALLAIRE INC. 4231 St-Laurent Eduíno Martins Cel.:

270-3112 862-2319

GARAGENS

ALBERT STATION SERVICE 4209 De Bullion

351-1716

669-7467

LES RÉNOVATIONS LISBONNE INC. Tony 593-6649 Dominique 842-6420

RESTAURANTES

4117 St-Laurent

842-0591

ESTRELA DO OCEANO 101 Rachel E.

844-4588

MEUBLES JEUNESSE 4089 St-Laurent

845-6028

SOLMAR 111 St-Paul E

861-4562

CASA MINHOTA 3959 Boul. St-Laurent

842-2661

ARCA

NOTÁRIOS

EDUARDO DIAS 4256 Boul. St-Laurent

843-5626

(514) 985-2411

OURIVESARIAS

B. SERKOS 1530, Curé-Labelle, # 203 (450) 686-0026 OURIVESARIA ZENITH 4173 Boul. St-Laurent 288-3019

PADARIAS

PADARIA E PASTELARIA BELA VISTA 68, Ave. des Pins Este 849-3609 www.pasteis-de-nata.com

PSICÓLOGOS

Dr. JORGE VASCO 406, St-Joseph Este

†

288-2082

Artur Sousa

REVESTIMENTOS

ROBERT TAPIS E PRELATS 4577 St-Laurent

845-1520

TAPIS RENAISSANCE 7129 Boul. St-Michel

725-2626

SATÉLITES

LUMAR ELÉCTRONICA 612 Meloche, Dorval

947-1479

TIPOGRAFIAS

TYPOGAL LTÉE. 4117-A, St-Laurent Tel.: 844-0388 / 844-7257 Fax: 844-6283

VESTUÁRIO DE CRIANÇA

BOUTIQUE MADAME MONTREAL 4276 St-Laurent

843-7282

PROFESSOR TAMBA Vidente

Graças ao meu poder, posso ajudar-vos a resolver os vossos problemas de amor, impotência, regresso da pessoa amada, clientela, complexos físico e moral, etc. Resultado rápido e eficaz em 96 hrs. Pagamento após resultado.

(450) 973-3247

Vidente Médio Dom Hereditário

1944-2003

No passado dia 17 de Maio de 2003,faleceu em Montreal, com a idade de 58 anos, o Sr. Artur Sousa, natural das Furnas, São Miguel, Açores, esposo da Sra. Luísa Soares, natural da Lagoa, S. Miguel, Açores. Deixa na dor sua estimada esposa e seus queridos filhos Nancy e Artur, sua mãe Clotilde Borges(viúva de Manuel Sousa, residente em S. Miguel), seus sogros Leonardo Soares (viúvo de Maria Luísa Soares, residente em Montreal), seus irmãos Mário(Maria José), Carlos, Crisália(Joaquim), Paula(Tomás), Inês(Norberto), Nair(Jorge), Luís, Leonardo(Ângela), José (Giovana), Hermínia Correia(Manuel),e Rosa Galante(Messias), sobrinhos(as) primos(as), assim como muitos outros familiares e amigos. Uma missa de corpo presente teve lugar na igreja de St.Claude, Laval, presidida pelo Rev. Padre José Maria Cardoso, seguindo depois o cortejo fúnebre em direcção ao cemitério Notre-Dame des Neiges onde foi a sepultar descansando para a eternidade. A família enlutada vem por este meio agradecer a todos os que com suas palavras, presença e gestos de amizade os reconfortaram nestes momentos difíceis da sua vida. A todos o nosso sincero Obrigado e Bem-Hajam. Os serviços funerários estiveram a cargo da Agência Funerária: MAGNUS POIRIER inc. 222 boul.des Laurentides,Laval Tel:514-727-2847 Director, José Teixeira

†

Resolve os seus problemas Especializado no amor Sorte no negócio Desenfeitiçamento Pagamento após resultados

FOTÓGRAFOS PHOTO GALÍCIA 4065 St-Laurent

DR. NEIL MARCO VIOLANTE DRA. CELINE MARTIN 7050, Jean-Talon Este, Anjou

RENOVAÇÕES

M. LUCIEN BERNARDO 4242, Boul. St-Laurent, Suite203

CAIXA DE ECONOMIA

ELECTRO-LUSO 225 Gounod

271-6452

e

BOUTIQUE ANA MARIA 4409 St-Laurent

254-4647

QUIROPRATAS

MONUMENTOS

987-7666

681-0612

435-0301

MONSIEUR MACHINE À COUDRE 7341 St-Hubert

CONFORT 4057 Boul. St-Laurent

CLÍNICAS 842-4242 849-2391 9-1-1 872-1212 844-0161 842-1231 345-4931 842-6141

MÁQUINAS DE COSTURA

24

845-5804

IGREJAS

IGREJA CRISTÃ VITORIOSA 4270 Papineau, Mensagem 525-9575 www3.sympatico.ca/igreja.vitoriosa IGREJA BAPTISTA PORTUGUESA Pastor Pedro Felizardo Neves 6297 Monkland Ave.. (514) 484-3795 CENTRO CRISTÃO DA FAMÍLIA Assembleia de Deus do Canadá 2500 Boul. Rosemont (esq. Iberville) Pastor: Carlos Figueiredo 376-3210 IGREJA EVANGÉLICA LUSO-FRANCÓFONA 28 St-Charles, Ste-Thérèse (450) 435-9834

Tel.: (514) 777-8801

Sigilio absoluto. Resultados surpreendentes

ASTRÓLOGO AFRICANO AIDARA

Tel.: (514) 374-2395 Fax : (514) 374-9755 Possuo largos anos de experiência e poder, oriundo dos meus ancestrais. Com a máxima honestidade e sigilo, ajudo quaisquer que sejam os casos desesperados, mesmo os de difícil solução: Angústias, Mau-olhado, Amarrações, Desvio, Aproximações, Casas assombradas, Males Físicos, Impotência Sexual, Vícios, etc. Desamarro também todos os males fluídos que existem em si! Trabalho à distância por bons guias com Talismãs fortíssimos para todos os fins! Considerado um dos melhores Profissionais no Canadá e estrangeiro, consultado por vários colegas devido às minhas previsões serem exactas e os tratamentos eficazes! Falo Português.

Monsieur TIBOU Grande Vidente Médio 15 ANOS DE EXPERIÊNCIA - ESPECIALISTA EM TODOS OS TRABALHOS OCULTOS E EM CASOS URGENTES

Resolvo os vossos problemas dentro de 4 dias•Estabilidade absoluta no casal • Protecção contra todo o tipo de infidelidade ou separação•Sorte na vida sentimental e nos encontros•Regresso rápido e definitivo do ser amado seja qual for o tempo da separação•Desenfeitiçamento•Elimina complexos físicos e morais•Sorte no jogo •Êxito nos assuntos sociais e profissionais•Atracção de clientela em todos os domínios•Impotência sexual•Fidelidade entre esposos e soluciona crises conjugais•Trabalho sério. • PAGAMENTO APÓS RESULTADOS • Se querem resultados rápidos, contactem-me. Satisfação e eficacidade garantida. Consultas diárias das 08h às 21 h.

(514) 333-4067

Garibaldina Arruda 1919-2003

No passado dia 20 de Maio de 2003, faleceu em Montreal, com a idade de 84 anos, a Sra. Garibaldina Arruda, viúva do Sr. José de Melo, naturais de Vila Franca do Campo, S. Miguel, Açores. Deixa na dor seus filhos Luís(Leonor), Isabel(José Maria),Teresa, Maria de Jesus(Manuel Pacheco), Daniel e Aida(José Fernando), seus 17 netos(as), seus 2 bisnetos(as),seu irmão António Arruda, assim como muitos outros familiares e amigos. Uma missa de corpo presente teve lugar no dia 22 de Maio, na Igreja de Santa Cruz, presidida pelo Rev. Padre José Maria Cardoso e animada em cânticos pela Sra. Filomena Amorim, seguindo depois o cortejo fúnebre em direcção ao cemitério Notre-Dame-des-Neiges onde foi a sepultar, descansando para a eternidade. A família enlutada vem por este meio agradecer a todos os que com suas palavras, presença e gestos de amizade os reconfortaram nestes momentos difíceis da sua vida. A todos um sincero Obrigado e Bem-Hajam. Os serviços funerários estiveram a cargo da Agência Funerária: MAGNUS POIRIER inc. 10300 boul.Pie-IX,Montreal Tel:514-727-2847 Director, José Teixeira


A VOZ DE PORTUGAL, 28 de Maio de 2003 - Página 25

(514) 694-2246 Operadoras de máquinas overlock e simples,paratrabalhoemcasa

Sr. Mateus (450) 682-1200 ext. 468 ou (514) 212-7789 Homem jovem c/carta de condução e quefaleumpoucodeFrancêsouInglês. Trabalhoemcomércioalimentar. (514) 843-6652

(514) 830-8550 Precisa-se de paisagistas c/ exp. em “pavé-uni”, asfalto, etc. Trabalho em Laval.Saláriobaseadonaexperiência. Contactarcontramestre: António Cabral (450) 963-3462 Pessoal responsável c/carro, para limpezaemtempoparcialdeescritório situadoemWestIsland Michael (514) 624-3437 Operários c/exp. para assentar “pavé-uni” e muros. Pessoas responsáveis e competentes. Optimosalário!! (450) 658-3387 Precisamosde20pessoasdispostasa perder entre 5 e 30 libras em 30 dias. Sistema natural feito por médicos. Resultadosgarantidos.Parainformação gratuita ligue : 1-866-771-8586 ou visite o sítio web www.x-slim.com Pasteleiro c/exp. a tempo inteiro ou parcial. 272-0362 Empregadodemesadepreferênciac/ exp. para trabalho a tempo inteiro.

BoisDécorTexinc. Ébenisterieàlarecherched’employés • 1 Ébeniste-assembleur avec charge d’êtrechefd’équipe • 2 Assembleurs-Débiteur avec 5 ans d’expérience.DoitparlerFrançais. Bonsalaireavecbonusendébutant (514) 703-1475 Contabilistaparaassistir“comptable agréé”,tempointeiroouparcial.Deve falar Inglês e Francês. ConhecimentosdePortuguêsserá umavantagem. (514) 232-3095 ouenviarCVFax:842-9153 ou email:georgeprenda@sprint.ca Empregado(a)demesademeiaidade eboaapresentação,quefaleInglêsou Francês. Oferecem-se excelentes benefíciossociais. (514) 842-5454 Homem casado para trabalhar em escola feminina. Salário  + 4½ grátis. Para mais informações contactar Fernando Medeiros. (450) 975-4998 (514) 739-3614 Restauranteitalianosituadonocentro dacidade,procurarapazparapreparar pizzas. Deve possuir conhecimentos básicosdacozinhaitaliana.

849-4447 Operadorasc/experiênciademáquinas de costura e, pessoa para passar a ferro. Companhia situada na zona Pie IX e Industrial Contactar José Furtado:

Rocco 939-3030 Empregadadoméstica responsávele organizadaparaseocuparderesidência privada a tempo inteiro oou parcial.

277-8184

482-4643

Operárioscom3anose+deexperiência para assentar”pavé-uni” e muros. Óptimosalário.

404 Duluth Estete Senhora para limpeza e guardar crianças.Horasflexíveis.

Oferece-sepintorprofissional.Faztodo o género de pintura residencial e comercial.

ALUGA-SE Quarteira-Algarve 4½ (T2) na rua principal a 100 metros da praia. Em Montreal : (514) 251-1451 Em Portugal: 011-351-262-787916 011-351-964-125288

Portimão - Algarve 3½ no centro de Portimão, junto à Câmara Municipal, c/ 1 quarto fechado, salão c/ sofá-cama duplo. A partir de $25.00 por dia.

(514) 729-6469 Triplex, 3x6½ na 4ª ave. com St.-Joseph, em óptimo estado e muito bem situado. RDC c/cave. $229.000. Agentes de imóveis é favor de não telefonarem. (514) 648-5906 Vendem-se3máquinasparafiniçãode cimento.

Esc.: (450) 434-4400 - Cell.: 949-7320 FRANCHISÉ INDÉPENDANT ET AUTONOME DE GROUPE SUTTON, QUÉBEC

(514) 364-1419

DIVERSOS Centre 2000 de Formação Profissional inc. oferece cursos de assistente dentária, auxiliares aos beneficiários, responsável de “garderie”, auxiliares às pessoas confusas.Preçosespeciais. (514) 342-1000

Silvina : 844-0388

À Venda

Nós queremos a reforma!. Quer trabalhar por sua conta? Aqui tem a grande oportunidade. Garagem de bate-chapas equipada, com boa clientela, no centro da Cidade de Gatineau (Hull), com casa ao lado completamente renovada com rendas. Peça informações ou venha ver. Telefonar de segunda a sexta das 08:00 am às 05:30 pm.

1-819-771-0413 Fax: 1-819-771-2703

Esc. 382-0940 Cel.: 497-6200

(514) 843-8982

Arlindo (Alain) Velosa

Gostava de comprar casa mas não tem capital para a entrada? Não se preocupe! Agora pode fazê-lo! Contacte-me para mais informações.

LojaemPontedaBarca(urbanização Maneta). Acabamento previsto em menosde1ano.

Homem para todo o trabalho de renovação em edifícios e residências particulares.Tempointeiroouparcial.

M.Borselino (514) 913-5719

TERESA SILVA

Agent immobilier affilié

VENDE-SE

5½ c/cave acabada + garagem e grande quintal, na 20ª Ave. próximo Bélanger. $850.00 Tony Oliveira 278-2709

COURTIER IMMOBILIER AGRÉE

Sr. Sampaio (514) 288-1057

Tel. (514) 770-3555 Homensc/experiênciapararenovação interior. (514) 992-8224

groupe sutton - sélect

Avaliação gratuita

DU CARTIER INC

Esc.: 281-5501 Res.: 328-5717 R.D.P. “Bungalow” destacado, cozinha em carvalho, 2 qts + 1, cave acabada c/lareira, garagem. Bom preço.

ANJOU

S OS O T T Q 44 Q Grande triplex,4 quartos,muito luxuoso, cave c/lareira. 3 garagens.

1X5½,2X3½,grande sala familiar, coz.renovada,cerâmica,porta patio,grande terreno.Garagem 2 carros

ROSEMONT EX IPL TR

Grande triplex em frente ao Jardim Botânico. Optima condição..

EX

PL

I TR

VILLERAY

000$ 109

2X6½ com cave metade terminada. Decoração em carvalho. Próximo do Metro

3xx5½, 1x2½ , garagem, rende $24.960. Telhado2001.Muito interessante

EL ÀV C E IMP

ROSEMONT

O DO ND ON CO C

O ND CO

Bonita residência, no local do antigo “Paul Sauvé”, construção 2002. Garagem

VILLERAY COMERCIAL

O Villeray e 17ª Avenida ND prédio CO c/ 2 andares e cave acabada, livre para o comprador

pensa vender comprarou oucomprar vender é ésósóchamar SeSepensa chamar

EXPERIENCE Hall of Fame Club 100%OR

negociável

MERCIER

TRIPLEX EM ROSEMONT A OV AN H ZIN CO

Informação gratuita - casas, hipoteca...

Preço : $339.000

ANTÓNIO BAPTISTA

A QUIN S E 9.000 $ 23 VILLERAY

Impecável. 2x5½ e 1x4½ Esquina de rua. Rendimentos:640/440/500

Duplex 2 x 5½ + 1x3½ +1x2½,30’de fachada, r/c livre ao comprador.

REMAX Alliance Inc.

8x4½ renovados, bem situado. Rendimento $36.300.

AVALIAÇÃO GRATUÍTA

próximo de Crémazie

PRECISO de casas de rendimento para comprador sério

ST-MICHEL

Courtier immobilier agrée Esc.: 354-6240 - Res.: 256-1233

AHUNTSIC Rua Esplanade/

PLATEAU - Rue Berri Duplex 2x5½ c/grande quintal. R/C renovado. Janelas, portas e fachada. Tudo novo. Preço :$219.000

83 CASAS VENDIDAS EM 2002! EXCELENCE INC.

Joseph Oliveira

Olívia Paiva

VE ND ID A

Couple concierge, 14 logements, Cherrier/ Metro Sherbrooke, avec expérienceetréférences.

OFERECE-SE

DA

Roberto (514) 945-6702

738-4301 Costureiras c/experiência para alterações em roupa de homem e senhora.TrabalhonoSearsdeLasalle, Laval,Côte-VertueRosemont. Tempointeiroeparcial.

Precisa-sedejovemparalavarlouça. Apresentar-seno

DI

Operários c/ exp. em “pavé-uni”, asfalto, muros. Bom salário. PossibilidadedesalárioC.C.Q. Tempointeiro.

Companhia de gestão imobiliária, procurapintor,comcarro,parablocos deapartamentos.

VE N

PRECISA-SE

Serviços & negócios

o $/anA 0 0 33,0 ID

N VE

D

VILLERAY Optimapropriedade,30x40, 4plex. Bom terreno. $209.700

VILLERAY Grande 6½ renovado c/ materiais de qualidade superior. Quintal e cave privada

000 . 9 $18

V

D EN

I

DA

VILLERAY Bom 4plex renovado, estacionamento para 6 carros. Bom investimento.$269.000

DEA I D D A

VILLERAY Novo no mercado 2 espaços comerciais na rua Jarry . Possibilidade de ocupação

NID VEV O

ST-MICHEL N 8 plex bem situado. Grandesapartamentos Preço : $329.000

CARLOS AGOSTINHO

Esc.: 374-4000 Cell.: 996-9012

a d i d Ven

ROSEMONT Bom 6plex semi-destacado. Grande terreno. Preço: $299.200 VERDUN Grande 6plex, 35x42,soalho madeira, bem situado, semidestacado, rend.$28.000/ ano. Preço para venda rápida $199,700.

DA

VENDI

VILLERAY Bom triplex. Bem situado Preço : $239.000


A VOZ DE PORTUGAL, 28 de Maio de 2003 - Página

Regiões Évora Évora (latitude 38.6 o , longitude 7o54´, altitude 30 m) está situada no Alentejo (sul de Portugal), a uma distancia de cerca de 130 km de Lisboa. A

parte entre muralhas conserva bastantes traços dos seus tempos mais antigos, incluindo monumentos de várias épocas. O centro histórico de Évora faz parte da lista da UNESCO das cidades património mundial.

Foi habitada no tempo dos romanos, tendo sido chamada Liberalitas Julia, e deste período restam inúmeros vestígios dos quais se destaca o templo

romano conhecido por ‘’Templo de Diana’’. Durante as invasões barbaras, Évora esteve sobre domínio visigodo. Em 715 D.C. a cidade foi conquistada pelos mouros. Évora foi tomada aos mouros

por Geraldo ‘’Sem pavor’’ em 1166 (foral concedido por D. Afonso Henriques no ano seguinte) e tornou-se durante a Idade Média uma das mais prosperas cidades do reino, principalmente durante a dinastia de Avis (1385-1580). Em 1551 foi fundada pelos

Jesuítas a universidade, e por cá passaram grandes mestres do saber da época como por exemplo Clenardo e Molina. Em 1759 foi encerrada por ordem do Marques do Pombal, aquando da expulsão do

Colecção 2003

Temos para si uma nova e grande selecção de cartões de convites para casamento com 15%de desconto

Faça-nos uma visita!

Boul. St-Laurent Typogal Ltée. 4117A Montreal Qc. H2W 1Y7 Imprimeurs - editeurs

Tel.: (514) 844-0388 Fax.: (514) 844-6283

26

Jesuítas (universidade voltou a ser reaberta apenas em 1973). O século 18 marco o inicio do declínio da cidade de Évora. A testemunhar a dinâmica histórica e cultural das várias épocas, ficaram os muitos e belos monumentos realizados por diferentes artistas, que hoje podem ser admirados em todo o seu esplendor. Hoje o bonito centro histórico ocupa uma área de 105 ha e possui cerca de 4000 edifícios. Aqueduto da Água de Prata (construído pelo rei D. João III em 1531-1537 para abastecer a cidade de água; é uma sucessão de arcaria monumental que se desenvolve por mais de 8 km)) Monumentos · Catedral 9-11.30am e 24.30pm (construção gótica, completada no século 13, com claustro ogival do século 14; a entrada principal está decorada com esculturas representado os apóstolos; o interior data do século 17 e 18; inclui o Museu de Arte Sacra) · Capela de S. Brás aberta só para culto (foi construída em 1483 e é um exemplo interessante de gótico mourisco Alentejo) · Paço de Vasco da Gama (residência de Vasco da Gama a quando da sua nomeação de Conde da Vidigueira e de ViceRei da Índia, respectivamente em 1519 e 1524; da época é o claustrim manuelino e parte das pinturas murais que o decoram) · Paço dos Condes de Basto (primitivo alcácer mourisco e residência dos reis da dinastia Afonsina, encontra-se assente na muralha romano-godomuçulmana) · Igreja de S. Francisco 912am e 2.30-5.30pm (iniciada com base no modelo gótico foi concluída no período manuelino; contém no seu interior a Capela dos Ossos, totalmente revestida de ossadas humanas) · Igreja dos Loios 9-12am e 25pm (construída no século 15 foi panteão dos Melos; a igreja e os claustros são góticos e a sala do capitulo manuelina; o interior da igreja está revestida a azulejos do século 18) · Galeria das Damas do Palácio de D. Manuel (parte do que resta do palácio construído pela dinastia de Avis no século 16 em estilo gótico-renascença; Gil Vicente representou sete dos seus Autos neste palacio, dedicados às rainhas D. Maria de Castela e D. Catarina da Austria) · Templo romano (templo do sec. 1 a 3 DC, é também conhecido por Templo de Diana; contém colunas Corintias e é um monumento único do género em Portugal) · Universidade de Évora Segunda a Sexta-feira das 8am7pm (antigo colégio dos Jesuítas construído pelo cardeal-rei Henrique em 1559; possui uma bonita Sala dos Actos, um monumental claustro e inclui também uma igreja do século 16 de planta maneirista) · Fonte renascença do Largo das Portas de Moura (construída em 1556 em estilo renascentista) · Praça de Giraldo (centro urbano da cidade; possui uma fonte Henriquina e uma igreja conhecida por Igreja de S. Antão, sendo ambas as construções do sec. 16; o rei D. Duarte instituiu no local o Paço dos Estaus, do qual ainda existem vestígios)

· Cromeleque dos Almendres situado a 5 km de Évora (monumento da época do neolítico) · Anta do Zambujeiro situada a 15 km de Évora (É a maior anta da região e situa-se junto à Herdade da Mitra, Valverde) Museus · Museu da cidade (9.3012.30am e 2-5pm, excepto Segunda-feira e manha de Terça-feira) situado próximo da Catedral. Possui uma óptima

colecção de pintura do século 15 e 16, esculturas em pedra da Idade Média e do Renascimento, além de cerâmicas, azulejos e joelharia de dife-

rentes períodos. · Museu de Artes Decorativas (9.30-12.30am e 2-5pm, excepto Segunda-feira) encontra-se instalado na Igreja das Mercês. · Museu de Arte Sacra (911.30am e 2-4.30pm, excepto Segunda-feira ) situado na Catedral. Merecem destaque neste museu a ‘’Adoração dos Magos’’ pintada por Francisco Campos, e uma imagem de S. Ana, a Virgem e o Menino. A peça mais interessante é uma escultura designada por ‘’Virgem com o Menino’’ (sec. XIV) do chamado tipo Virgem

Abrideira (fechada é uma imagem da Virgem com o Menino e aberta, acolhe várias figurações do ciclo mariano

A Cidade A cidade de Évora, com cerca de 50.000 habitantes, um importante Centro Histórico, delimitado pela Muralhas Medievais. O núcleo mais antigo é rodeado pela muralhas romanas e contém alguns dos mais importantes monumentos da cidade e o seu ex-libris – o Templo Romano. No Século XV começa a “idade de ouro” da cidade – a família real instalava-se em Évora por largos períodos e com ela a corte de nobres, cientistas, cronistas. Desta época datam os grandes palácios da cidade, as casas nobres, o Aqueduto e o sistema de abastecimento de água às fontes da cidade, inúmeros conventos a Universidade. Os estilos manuelino, renascença, e barroco estão largamente representados na cidade que então se construiu. Todo este riquíssimo património histórico-monu-mental que se manteve preservado, aliado a uma forte identidade cultural, levaram à classificação da cidade como Património da

Humanidade em 1986 pela UNESCO, por proposta da Câmara. Mas hoje a cidade não vive somente das glórias do passado – constrói o futuro com serenidade e segurança, com base em planos e projectos feitos pelos arquitectos mais prestigiados do país (ninguém pode, por exemplo, ficar indiferente ao Bairro da Malagueirado, projectado pelo Arquitecto Siza Vieira) e no trabalho persistente dos eleitos e da população. Évora foi pioneira no planeamento urbanístico e estratégico; tem programas de revitalização para o Centro Histórico, tem projectos de tratamento integrado de transportes e estacionamentos, tem o projecto de uma rede de espaços verdes que abrange toda a cidade, tem um plano estratégico para a cultura, tem projectos de grandes equipamentos que constituirão as bases do futuro. Tudo isto está a ser posto em prática à medida que os meios o permitem.

CDM

Impressões numéricas, cópias em cores e preto e branco, laminagens, aluguer de computadores e muito, muito mais. 4117-A St-Laurent

844-0388


A VOZ DE PORTUGAL, 28 de Maio de 2003 - Página 27

SUPERLIGA Por Carlos de Sousa 12-Braga 38 13-Moreirense 36 14-Varzim 35 15-Beira Mar 36 —————————— 16-Académica 34 17-S.Clara 34 18-Setúbal 27* ** Campeão * Despromovido

A vitória da Académica na deslocação ao campo do Varzim (3-0) é nota de destaque entre os jogos dos «aflitos», com a equipa orientada por Artur Jorge a mostrar argumentos que a levam a acreditar na manutenção na Superliga. O Varzim de Luís Campos, por seu lado, voltou a desiludir e sofreu inesperado desaire em casa, comprometendo seriamente a sua posição na tabela. O Marítimo não permitiu veleidades ao Moreirense e triunfou por expressivos 3-1. Após mais esta derrota a equipa de Moreira de Cónegos soma 36 pontos e não conseguiu alcançar a tão desejada tranquilidade. O Santa Clara, que também precisava de pontuar para fugir aos lugares de despromoção, sucumbiu perante o Paços de Ferreira, que venceu por 3-1, com Jurandir, que entrou na etapa complementar, a «bisar», após duas assistências de Serginho. Uma palavra para o Sp. Braga, que ao empatar e ao pontuar frente ao FC Porto afastou a remota hipótese de descer. O Benfica cumpriu calendário e infligiu a 3ª derrota consecutiva ao Gil Vicente, enquanto que o Sporting, desiludiu de novo, no dia da despedida do Estádio José Alvalade…perdendo em casa com o já despromovido Vitória de Setúbal, sofrendo 4 golos! Na última jornada mais um “derbi”, o Porto – Sporting, sem nenhum significado. Varzim, Beira Mar, Santa Clara e Académica decidem toda uma época na derradeira jornada! 33ª Jornada Resultados: Guimarães-0 Beira Mar-2 Sporting-3 Setúbal-4 Varzim-0 Académica-3 P.Ferreira-3 Santa Clara-1 Marítimo-3 Moreirense-1 Belenenses-0 Nacional-0 Braga-1 Porto-1 Gil Vicente-0 Benfica-2 Boavista-0 U.Leiria-1 Classificação: 1-Porto 83** 2-Benfica 72 3-Sporting 59 —————————— 4-Guimarães 50 5-U.Leiria 46 6-P.Ferreira 45 7-Marítimo 44 8-Gil Vicente 44 9-Belenenses 42 10-Boavista 40 11-Nacional 40

Próxima Jornada: (Domingo, dia13) Beira Mar – Marítimo (11h00) Benfica – Guimarães (11h00) U.Leiria - Gil Vicente (11h00) Nacional – Boavista (11h00) Setúbal – Belenenses (11h00) Porto – Sporting (11h00) Académica – Braga (11h00) Santa Clara – Varzim (11h00) Moreirense – P.Ferreira (11h00) Goleadores: 1-Simão (Benfica) 2-Fary (Beira Mar) 3-Adriano (Nacional) 4-Gaúcho (Marítimo) 5-Dário (Académica) 6-Tiago (Benfica)

algarvia deu hoje um forte passo atrás, ao consentir um empate a uma bola no terreno do último classificado. A equipa da Figueira da Foz recebeu e venceu a Ovarense, por 1-0 e manteve o terceiro lugar, enquanto o Estrela da Amadora derrotou o Penafiel, por 3-0. Naval e Estrela têm, agora, 54 pontos e o Portimonense 51, pelo que todas as decisões ficam remetidas para a derradeira jornada, que comporta um escaldante PortimonenseEstrela da Amadora, enquanto a Naval se desloca ao terreno do Rio Ave. Na luta pela fuga à despromoção, Felgueiras e Leça empataram em terreno alheio e beneficiaram das derrotas de União e Penafiel para encurtar distâncias relativamente às equipas que estão imediatamente acima da linha de água. 33ª Jornada Resultados: Alverca-2 Covilhã-1 Aves-2 U.Madeira-1 Naval-1 Ovarense-0 Chaves-2 Rio Ave-0 Farense-4 Marco-0 Salgueiros-2 Leça-2 E.Amadora-3 Penafiel-0 U.Lamas-1 Portimonense-1 Maia-1 Felgueiras-1

18 17 16 15 12 12

II LIGA Depois do Rio Ave ter feito a festa da subida na última jornada, foi a vez do Alverca, graças ao triunfo por 3-1 sobre o Covilhã, festejar o regresso ao convívio entre os grandes.

Classificação  1-Rio Ave 62** 2-Alverca 60 3-Naval 54 —————————— 4-E.Amadora 54 5-Portimonen. 51 6-Aves 47 7-Salgueiros 46 8-Maia 46 9-Farense 44

Fica, por isso, apenas por definir qual será o último emblema a garantir a promoção. Naval, Estrela da Amadora e Portimonense partiam para esta ronda separados por apenas um ponto, mas a equipa

10-Chaves 44 11-Marco 43 12-Ovarense 43 13-Sp.Covilhã 42 14-Penafiel 38 15-U.Madeira 37 —————————— 16-Felgueiras 36 17-Leça 36 18-U.Lamas 19* ** Promovido à I Liga * Despromovido

Desporto Porto conquista a Taça UEFA

Próxima Jornada  : Sp.Covilhã - Aves Ovarense - Alverca Rio Ave - Naval Marco - Chaves Leça - Farense Penafiel - Salgueiros Portimonense – E.Amadora Felgueiras – U.Lamas U.Madeira - Maia 2ª Divisao B Zona Norte Campeão – Leixões Despromovidos: -Vila Real -Canelas Gaia -Esposende -Vianense Zona Centro Campeão – Feirense Despromovidos: -Sertanense -Benfica C.Branco -S.João de Ver Zona Sul Campeão – Estoril Despromovidos: -Operário -Casa Pia -Lusitano VRSA -Seixal

Final Porto-3 Celtic-2 (após prolongamento) (Derlei 45’; Larsson 46’; Alenitchev 53’; Larsson 56’ e Derlei 113’) Uma aventura assim só podia ter final feliz!

O FC Porto levou de Sevilha a tão desejada Taça UEFA depois de 120 minutos jogados nos limites da própria condição humana. Com um golo de prata se pintou a oiro mais uma página da história de um clube que é, desde há algum tempo, o melhor embaixador do futebol português. Por isso, temos de lhe estar gratos. Derlei, Alenitchev e novamente Derlei. Foram os marcadores dos três golos do FC Porto que fizeram história em Sevilha, garantindo a conquista da primeira Taça UEFA para o futebol português A UEFA considerou Derlei o ‘Homem do Jogo’ da final.

Final Juventus – AC Milan (em Old Trafford – Londres) (Quarta, 28 de Maio)

Noivas 15 %

de desconto em todos os modelos de convite

844-0388

RE/MAX DU CARTIER INC. Courtier immobilier agrée

António Gomes

Esc. (514) 271-2131 Cel. (514) 246-9008 ST-MICHEL

ST-MICHEL

Grande “Bungalow” c/4 qts, 2 lareiras, todo renovado, c/ pos-sibilidade de 2 apts c/ garagem

Duplex 2x5½ c/possibilidade de “bachelor”, garagem.

MONTREAL NORTE

R.D.P.

Duplex semi-comercial com 1X5½, aquecimento eléctrico $179,500.

Cottage Semi-destacado, 2 + 1 q.c., cave acabada e electro-domesticos incluídos $128,500.

ST-MICHEL

Negociável

Preço $245.000

ST-MICHEL

N VE

D

A ID

JEAN-TALON 17ª Ave. Bunga- Jean-Talon/14ª av. Duplex low c/4 qtos, quintal, bom 5½-4½ c/2garagens.Livre. estacionamento. $167,500. Preço : $219.000

WAXMAN

4605 ave du parc montréal québec h2v 4e4 Fatos Especia 514 . 845 . 8826 ónia is de cerim uer p g a r lu a A g rupos www.waxman.ca Venda e


A VOZ DE PORTUGAL, 28 de Maio de 2003 - Pรกgina

28


2003-05-28 - Jornal A Voz de Portugal  

Jornal A Voz de Portugal, edição do 28 de maio de 2003

Advertisement
Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you