Page 1

DNIT lança livro sobre reassentamento da BR-448 Páginas 4 e 5

Página xx

BOLETIM 40 novembro 2013

Serpente é realocada pela equipe de Fauna da Gestão

Supervisão Importante ferramenta de monitoramento é aplicada na verificação dos lotes de obras Página 3

Educação Ambiental Mais de 200 acadêmicos de três universidades conhecem o trabalho ambiental da BR-448 Página 3

Exposições O animal foi encontrado embaixo da barreira de concreto retirada para liberação do trecho da rodovia no Lote 3 Página 6

Seminário Sul Brasileiro de Áreas Contaminadas, Programa “Jogue limpo com Osório” e Casa de Cultura Mário Quintana foram os anfitriões Página 8 das Mostras da Gestão


GER -

EDITORIAL

SOBRE

A Influência do homem sobre o clima A crise climática do século 21 está ligada as emissões de gases de efeito estufa de 90 empresas, responsáveis por 63% dos envios de dióxido de carbono e metano na atmosfera. Esta afirmação está no estudo realizado pelo Instituto de Responsabilidade Climática do Estado do Colorado, nos Estados Unidos. Os dados representam oito anos de pesquisa exaustiva sobre as emissões de carbono ao longo do tempo, bem como o histórico de propriedade dos grandes emissores. Descobriu-se também, que a grande maioria das emissões foram produzidas apenas nos últimos 25 anos. Segundo o levantamento, publicado no periódico Climatic Change, entre as companhias estão 50 empresas privadas, como a Chevron, a Exxon e a BP, 31 estatais, como a árabe Saudi Aramco, a russa Gazprom e a norueguesa Statoil, e nove governamentais, localizadas principalmente na China, União Soviética, Coreia do Norte e Polônia. Especialistas destacam que o conjunto de dados obtidos foi o esforço mais ambicioso realizado até agora por fazer com que os produtores individuais de carbono prestem conta, ao invés dos governos apenas. As operações das empresas se estendem pelo mundo, com sedes em 43 países. “Estas entidades extraem os recursos de petróleo, gás natural e carvão de cada província do mundo, e processam os combustíveis em produtos comercializáveis, que são vendidos aos consumidores em todas as nações da Terra”, explica Richard Heede, o autor do estudo. O painel de mudanças climáticas da ONU, o IPCC (Painel Intergovernamental sobre Mudanças Climáticas), alertou em setembro, que no ritmo atual, o mundo, dentro de 30 anos, vai esgotar seu “orçamento de carbono. “Enquanto o novo relatório do IPCC vem com uma boa notícia, ao indicar que uma ação forte ainda pode manter o aquecimento dentro do limite de 2°C, ele também afirma claramente que o mundo está indo para um aumento muito maior das temperaturas globais, que devem subir entre 0,3ºC e 4,8ºC até o final do século. As descobertas são importantes para identificar de que países vêm às emissões e isso pode acabar com o impasse sobre a responsabilidade de cada um no processo de mudança.

EXPEDIENTE Realização: Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT) Execução: STE - Serviços Técnicos de Engenharia S.A. Conselho Editorial: Carlos Türck, Chaiana Teixeira e Letícia Frantz Jornalista Responsável: Andrea Weschenfelder MTB 10594 Fotografias: Divulgação STE S.A. Projeto Gráfico: FT Design

2

Neste mês, o Boletim da Rodovia do Parque traz um apanhado de ações executadas pela Gestão na implementação dos Programas Ambientais. Entre elas, o lançamento do livro, “Um novo caminho, Uma nova vida – Programa de Reassentamento Populacional da Rodovia do Parque – BR-448/RS”, - uma metodologia de realocação que vem servindo de modelo para outras obras federais do país, os atendimentos da Educação Ambiental às instituições de ensino superior, e também as ações cotidianas da equipe de Supervisão Ambiental e o encontro surpresa, como o ocorrido no trabalho de liberação de trecho da rodovia no lote 3 e a inesperada serpente. Boa leitura!

Contate-nos educombr448@stesa.com.br

Visite nosso site rodoviadoparque.com.br

Curta nossas fanpages fb.com/gestaoambiental.rodoviadoparque fb.com/QueArvoreVoceQuerParaOFuturo fb.com/EnderecarBR448 Um Novo Caminho. Uma Nova Vida


GERAL Check list ambiental é aplicado mensalmente pela Gestão tal, na verificação de itens relativos aos resíduos sólidos, produtos químicos, vetores de doenças, fauna, flora e atividades nos canteiros da BR-448. Conforme a equipe de Gestão, a ferramenta chamada de lista de checagem (check list) é de fácil aplicação e permite qualificar ou quantificar o local e as condições de trabalho, além de servir de parâmetro comparativo para as melhorias e avaliações futuras.

Mais de 30 ítens são verificados e monitorados mensalmente pela Gestão

Uma importante metodologia de monitoramento é utilizada mensalmente pelo DNIT, por meio da Gestão Ambien-

Na ocorrência de uma inconformidade ou não atendimento a um dos 35 subitens constantes da lista, a equipe procede de forma sistemática. “Quando ocorre o não atendimento a algum dos subitens constantes da lista, o mesmo é relatado ao responsável pela área ou pelo lote que recebe um prazo para o atendimento sempre precedido de uma nova vistoria”, explica Andressa Facin, Técnica Ambiental da Gestão. A atividade faz parte da etapa de monitoramento do Programa de Supervisão Ambiental.

Em novembro, Educação Ambiental atende mais de 200 acadêmicos Na importante tarefa de integrar conhecimentos, valores, atitudes e ações, o DNIT, por meio da Gestão Ambiental, levou para os acadêmicos das universidades UFSM (Universidade Federal de Santa Maria), UFRGS (Universidade Federal do Rio Grande do Sul) FTEC (Faculdade de Tecnologia) e ULBRA (Universidade Luterana do Brasil) em mais de cinco encontros, a evolução do trabalho socioambiental desenvolvido ao longo de três anos na implementação dos 22 Programas Socioambientais do empreendimento. Os cursos atendidos foram de Engenharia Civil, Ambiental, Tecnólogo em Logística Reversa, o Programa de Pós-graduação em Desenvolvimento Rural (PGDR) e o evento do Seminário de Gestão Urbana Sustentável, em Santa Maria, totalizando o atendimento a 210 pessoas.

Mais de 200 estudantes de 4 instituições de ensino conheceram o trabalho socioambeintal da BR-448 durante o mês de novembro

Gestão Ambiental é notícia no Bom dia Rio Grande da RBS TV Na manhã de 27/11, o Programa Bom Dia Rio Grande da RBS TV, veiculou notícia sobre o trabalho de reassentamento da BR-448, retratado em livro e lançado recentemente na 59ª Feira do Livro de Porto Alegre. Gravado no dia 05/11, no Loteamento Canoas Minha Terra 1, um dos locais de construção das moradias definitivas. A pauta positiva da realocação das famílias da Vila do Dique de Canoas, devido às obras da rodovia, fez o contraponto com o trabalho de reassentamento da avenida Tronco, na capital Porto Alegre, onde ocorreram protestos dos moradores por atrasos no cronograma de obras. Na reportagem, o Coordenador de Meio Ambiente e Recursos Hídricos da STE S.A., Engenheiro Adriano Panazzolo, contou detalhes da publicação e do trabalho socioambiental do DNIT com a Gestão Ambiental. Confira o vídeo no link abaixo: http://migre.me/gMVTp

Boletim novembro 2013

3


REASSENTAMENTO DNIT lança livro sobre Reassentamento da

Mesa-redonda contou com a participação de Tarcísio Gomes de Freitas (Diretor Executivo do DNIT), Adriano Panazzolo (Engenheiro e Canoas). Momentos do evento. “Um novo caminho, Uma nova vida – Programa de Reassentamento Populacional da Rodovia do Parque – BR-448/RS”, é o título do livro lançado pelo DNIT, por meio da Gestão Ambiental, no dia 11/11, na 59ª Feira do Livro de Porto Alegre. A obra (151 páginas) traz a experiência socioambiental bem sucedida da autarquia na execução do reassentamento das 599 famílias que ocupavam de forma irregular parte do trecho da rodovia na cidade de Canoas e hoje, residem em loteamentos definitivos de casas e apartamentos com infraestrutura completa. Mesmo com a chuva que alagou grande parte da região metropolitana, mais de cem pessoas compareceram no Santander Cultural para o evento da mesa-redonda “Um Novo Caminho. Uma nova Vida” que antecedeu a sessão de autógrafos e foi mediada pelo Engenheiro e autor do livro, Adriano Panazzolo. Para começar, a moradora Georgina Ferreira, beneficiária do processo da relocação fez um agradecimento especial. “Sou muito agradecida por tudo e por estar na minha casa”, declara emocionada. A fala inicial coube ao Superintendente do DNIT/RS, Pedro Luzardo Gomes,“nos propomos a realizar um trabalho de inclusão e desenvolvimento social aliado ao progresso. É uma honra estarmos testemunhando esta alegria. Este livro retrata o maior projeto da BR-448”. Logo após, o prefeito de Canoas, Jairo Jorge, declarou que a rodovia, além do progresso, possibilitou o trabalho sob uma

4

perspectiva social. “Quando pensamos em estrada, pensamos em progresso, mas é preciso também olhar que atrás dessa estrada tem uma outra dimensão social. Esse time é a materialização desse sonho”. A painelista, Assistente Social, Mestre e Doutora em Assistência Social e consultora da UNESCO, Cintia Bonder, trouxe aos participantes a temática das políticas sociais na área de reassentamentos urbanos no país. O debatedor e Diretor Executivo Instituto Vonpar, Léo Voigt, abordou sobre a situação dos recicladores no Brasil e a necessidade de uma política mais comprometida, como a executada na Rodovia do Parque. “Numa intervenção como a 448, que exigiu um esforço de toda uma população, as pessoas puderam acompanhar e pensar juntas a solução. Por isso, os parceiros do processo não podem estar divididos, do contrário, isso deixa de ser uma solução. Parabenizo o trabalho e a técnica social desenvolvida no processo”, esclarece. Por sua vez, a Secretária Municipal de Desenvolvimento Urbano e Habitação de Canoas, Joceane Gasparetto, destacou que o reassentamento da BR-448 é o maior já realizado na cidade de Canoas e que uma das grandes causas do sucesso foi evitar conflitos e problemas com as famílias, priorizando discussões democráticas. Para o Diretor Executivo do DNIT, Tarcísio Gomes de Freitas, que representou a Coordenadora da CGMAB (Coordenação Geral de Meio Ambiente da autarquia e autora da publicação) Aline Freitas, a nova experiência vai servir de exemplo para outras obras no país. “A BR-448

Um Novo Caminho. Uma Nova Vida


FAUNA BR-448 na 59ª Feira do Livro de Porto Alegre

e autor do livro), Cintia Bonder (Consultora da UNESCO), Leo Voigt (Instituto Vonpar) e Joceane Gasparetto (Secretária Municipal de harmonizou natureza, economia e as questões sociais. O empreendimento se destaca pelo trabalho social e mostrou que é preciso sinergia entre os poderes públicos. Estamos pensando em trabalhar com este modelo em outras obras, como a BR-381/ MG”. Adriano Panazzolo, emocionado, agradeceu a presença da comunidade beneficiada pelo processo, ao DNIT e à equipe de Gestão Ambiental do empreendimento, pelo profissionalismo e comprometimento. Logo após, teve início a sessão de autógrafos, transferida para o Santander Cultural devido a chuva. O evento finalizou às 20h30min. O acontecimento contou também com a participação da direção nacional e regional do DNIT, representada pelo Diretor de Infraestrutura Rodoviária, Roger Pêgas, a Gerente de Projetos, Marinez Chiele; Superintendente do DNIT/RS Pedro Luzardo Gomes; Superintendente Adjunto do DNIT/RS, Delmar Pellegrini; Engenheira do Setor de Projetos e Meio Ambiente do DNIT/ RS, Catarina Muñoz; os Engenheiros do Departamento,Vladimir Casa, Hiratan Pinheiro da Silva e João Loureiro; o Procurador Geral do DNIT/RS, Alcemar da Rosa; o Prefeito de Canoas, Jairo Jorge e a primeira Dama Tais Pena, acompanhado de secretários e assessores; o representante da Associação Nacional das Empresas de Obras Rodoviárias, Valdir Reis; do Sindicato dos Engenheiros, Jaime Tonon; Secretário Adjunto do DEMHAB, Márcio Botelho, representando o prefeito de Porto Alegre, José Fortunati; os Diretores Acionistas da STE S.A., Roberto Portella

Boletim novembro 2013

e Athos Cordeiro e representantes das famílias reassentadas, entre eles o Coordenador do Galpão de Reciclagem, José Fagundes e a moradora Georgina Ferreira.

Adriano autografa o primeiro livro (acima).Uma enorme fila se formou após a mesa-redonda

5


GERAL Gestão Ambiental tem encontro inesperado com serpente Durante o acompanhamento da atividade de troca e liberação do novo acesso à Prainha do Paquetá, em Canoas, realizado no dia 29/10, no lote 3 da rodovia (Consórcio Queiroz, Galvão, OAS, Brasília, Guaíba), com o acompanhamento da equipe de Supervisão da Gestão Ambiental, o que deveria ser uma atividade corriqueira, chamou a atenção pelo inusitado. Na retirada das barreiras que bloqueavam o novo acesso, embaixo de um dos blocos de concreto, dormiaa

A serpente foi resgatada pela equipe de Fauna da Gestão e realocada para local seguro junto ao Rio dos Sinos

Na retirada da barreira de proteção, a surpresa do encontro com a serpente

uma Helicops infrataeniatus (cobra-d’água). A serpente, mesmo com a movimentação inicial dos trabalhadores continuou inerte, movimentandose apenas após a batida dos primeiros raios de sol sobre as escamas de seu corpo alongado e achatado. Num resgate rápido e eficiente, a cobra foi realocada para uma área alagada, próxima ao Rio dos Sinos. Conforme a bióloga da Gestão, Suzielle Paiva Modkowski, a serpente é uma espécie não peçonhenta e de hábitos aquáticos.

Casa do Pensamento reúne mais de 50 pessoas para atividade da Gestão Mesmo com atividades concentradas na área infantil, a manhã de domingo (10/11), na 59ª Feira do Livro de Porto Alegre reuniu na Casa do Pensamento mais de 50 pessoas para as atividades do DNIT, por meio da Gestão Ambiental. Por volta das 9 horas, a mascote João-de-barro percorreu as ruas da feira e convidou os primeiros visitantes que acessavam o local. Pequeninos acompanhados de seus familiares reuniram-se no local para ouvir os contos: “Ecoporquinhos” e “Alice, do país da poluição para o país das maravilhas”, uma versão ambiental dos clássicos Três Porquinhos e de Alice no país das maravilhas. A contação que utiliza o flanelógrafo (superfície recoberta com feltro, onde podem ser adicionadas ou removidas figuras ou objetos) possibilitou a interação do público infantil às histórias que, sob os olhares atentos dos pais, também participaram de atividades de pintura e construção de painel coletivo.

toda a diferença. “Achei o trabalho maravilhoso, criativo e a recepção de vocês é simpática, alegre e o João-de-barro é um espetáculo a parte. Parabéns! A ação também contou com a presença dos colaboradores da STE S.A.

Para o casal Alice e Antônio Brosch, de São Leopoldo que trouxeram a filha Ana Alice, 7 anos, as ações da Gestão da BR-448 foi uma surpresa positiva. “Não conhecia este trabalho, achei muito interessante e saber ainda que há a preservação de espécies e do reassentamento de famílias, é realmente muito interessante”. Para o morador de Tapes e militante ambiental, Claudio Borba, que levou as filhas Julia e Gabriela ao espaço, a iniciativa da Gestão Ambiental em receber as pessoas fez

6

Crianças acompanhadas dos pais participaram das atividades de pintura e Hora do Conto

Um Novo Caminho. Uma Nova Vida


O FOTÓGRAFO É VOCÊ

O pica-pau foi flagrado pela Técnica Ambiental da Gestão, Taís Rosa, que durante atividade de Educação Ambiental da BR-448 na Escola Municipal Cirne Lima, em Canoas, flagrou a ave no pátio da escola

Envie sua foto para o e-mail educombr448@stesa.com.br e participe da coluna O Fotógrafo é Você.

GLOSSÁRIO

NOTÍCIAS CURTAS

Arrasto - Atividade de pesca em que a rede é lançada e o barco permanece em movimento. É uma prática considerada predatória quando a malha das redes é pequena, fora dos padrões fixados pelo IBAMA, pois nestes casos há captura de peixes e outros organismos aquáticos jovens. Outro prejuízo causado pelo arrasto é o revolvimento do fundo do mar, o que prejudica sensivelmente o ambiente e a fauna bentônica (que vive no fundo).

COMUNICAÇÃO SOCIAL - No dia 28/11, a equipe de Gestão Ambiental acompanhou a visita técnica às obras da BR-448 do representante do Tribunal de Contas da União (TCU), Secretário da Secretaria de Fiscalização de Obras Rodoviárias do Tribunal, Arsenio Dantas, acompanhado do Coordenador do Comitê de Avaliação das Informações sobre Obras e Serviços com Indícios de Irregularidades Graves (COI) da Comissão Mista de Orçamento (CMO), deputado federal Afonso Florence, do deputado federal Paulo Pimenta, do Superintendente do DNIT/RS, Pedro Luzardo Gomes, da Diretora de Projetos da Autarquia, Marinez Chiele, representantes dos lotes e do Coordenador do Comitê de Acompanhamento das Obras de Infraestrutura da Região Metropolitana, deputado Ronaldo Zulke. A vistoria aconteceu devido apontamento do TCU de irregularidades na construção da rodovia.

Autótrofos - Seres vivos, como as plantas, que produzem seus próprios alimentos à custa de energia solar, do CO2 do ar e da água do solo. Palavra originada do grego autos = próprio + trophos = nutrir. Banco de germoplasma - O mesmo que banco genético. Expressão genética para designar uma área de preservação biológica com grande variabilidade genética. Por extensão, qualquer área reservada para a multiplicação de plantas a partir de um banco de sementes ou de mudas, ou laboratório onde se conserva, por vários anos, sementes ou genes diferentes. Bentos - Conjunto de seres vivos que vivem restritos ao fundo de rios, lagos, lagoas ou oceanos.

Boletim novembro 2013

EDUCAÇÃO AMBIENTAL - No dia 14/11, a equipe depositou duas histórias criadas pela equipe no Caixa Eletrônico de Histórias , uma novidade do Banco Banrisul na 59ª Feira do Livro de Porto Alegre . Os contos serão utilizados posteriormente. Leia mais em www.rodoviadoparque.com.br

7


BOLETIM 40 novembro 2013

Exposições da BR-448 em Seminário Sul-Brasileiro e Casa de Cultura Mário Quintana

“Árvores de lixo” em evento do Programa “Jogue limpo com Osório”

Visitantes e colaboradores da Casa de Cultura Mário Quintana conheceram a realidade das famíllias da Vila do Dique/Canoas

O trabalho de sensibilização socioambiental promovido pelo DNIT, por meio da Gestão Ambiental, vem sendo reforçado através das exposições, “Que árvore você quer para o futuro? Não faça do lixo a semente” e “Endereçar”. As mostras itinerantes conquistam mensalmente novos visitantes e seguidores (fanpages www.facebook.com/QueArvoreVoceQuerParaOFuturo e www.facebook.com/EnderecarBR448) chamando os mesmos a repensar a questão do descarte irregular dos resíduos sólidos e a conquista da cidadania. Do dia 01 a 30/11, funcionários e visitantes da Casa de Cultura Mário Quintana no Centro Histórico da capital, puderam visitar a Mostra Fotográfica “Endereçar”. A exposição traz por meio de 30 imagens, distribuídas em painéis divididos por fases (Vila do Dique, Vila de Passagem e Moradias definitivas) o processo de realocação das

599 famílias que residiram por décadas às margens de um dique de contenção de cheias na cidade de Canoas e por conta da construção da Rodovia do Parque foram beneficiados com casas e apartamentos. Enquanto isso, nos dias 04 e 05/11 as “árvores de lixo” estiveram em cartaz no Salão Itapema do Hotel Plaza São Rafael, em Porto Alegre, para o evento do II Seminário Sul-Brasileiro de Gerenciamento de Áreas Contaminadas. E ainda, de 13 a 21/11, a administração municipal de Osório/RS convidou a mostra para reforçar o Programa “Jogue limpo com Osório – seu lixo tem destino certo” visando a mudança comportamental das ações referentes ao uso dos espaços públicos e cidadania e da correlação cidade-habitante dos munícipes.

Confira a agenda dos próximos locais para visitação: “Endereçar” 02/12 a 02/01/2014 – SindBancários RS Endereço - Rua General Câmara, 424 – Centro Histórico de Porto Alegre Horários: Segunda a sábado, das 9h30min às 21h e nos sábados e domingos das 15h às 19h

Boletim 40 BR-448 novembro 2013  

Boletim da Gestão Ambiental 40 BR-448/Rodovia do Parque novembro de 2013

Advertisement