Issuu on Google+

EMDIACOM MERCADO HOTELEIRO


ESPECIALISTA EM REUNIÕES A solução ideal para garantir o sucesso de todos os tipos de eventos

Espaço multifuncional, ideal para qualquer tipo de evento, do corporativo ao social. eventos e piso térreo

participantes de eventos

Av. Zaki Narchi, 500 – Vila Guilherme São Paulo - SP - Brasil


CENTRO DE CONVENÇÕES 11 SALAS DE EVENTOS

Tel.: +55 (11) 2224-4000 Fax: +55 (11) 2224-4100

E-mail: reservas.novotelcenternorte@accor.com.br


SÃO PAULO, NÚMERO 1 Em um dos rankings mais relevantes do setor divulgado recentemente, São Paulo figurou como cidade brasileira número um e a terceira das américas entre os destinos que mais receberam eventos internacionais em 2014. Os dados são da ICCA (International Congress and Convention Association) e refletem a importância dos CVBx na captação e pesquisa de eventos. O trabalho de um CVB vai além da captação que, por si só, já é essencial para prosperidade econômica do turismo, principalmente de um estado como São Paulo. A entidade também atua na capacitação de profissionais responsáveis pelo primeiro contato do visitante, produção de materiais promocionais e institucionais e na divulgação do destino; além de todo o trabalho realizado ao lado dos mais de 750 associados, com a geração de inúmeras oportunidades de negócios. O Room Tax é peça-chave para manter esse ecossistema atuante e representativo. A contribuição facultativa, paga pelos hóspedes por diária nos hotéis associados e, descontados os impostos, repassada aos CVBx, a mensalidade e parcerias garantem independência e sustentabilidade econômica para as entidades. O SPCVB é uma Fundação Estadual instituída em 11/11/1983 e possui um Conselho Curador com 34 instituições/empresas; um Conselho de Administração com 10 executivos atuantes nos setores de eventos, hotelaria, serviços, shopping center, turismo e comércio; um Conselho Consultivo com 14 profissionais de vasta experiência e vivência em diversos setores da economia; e uma equipe de 30 profissionais que fazem parte da governança corporativa, que revê seus planos periodicamente e está sempre atenta às necessidades do mercado. A autonomia financeira e de tomada de decisões é essencial para a prosperidade de toda a cadeia produtiva de turismo, eventos e viagens. Vamos trabalhar para manter São Paulo como ícone na realização de eventos nacionais e internacionais. Compartilhar informações faz parte destes esforços. Boa leitura! Julho de 2015

Juan Pablo De Vera Barbieri

Presidente do Conselho de Administração São Paulo Convention & Visitors Bureau

O Room Tax é peça-chave para manter esse ecossistema atuante e representativo.


FIQUE EM DIA COM A HOTELARIA É com orgulho que lançamos o terceiro volume da série EMDIACOM. Depois das edições Mercado de Viagens Corporativas e Mercado de Eventos Associativos, chegou a hora de falar do Mercado Hoteleiro. Passado um ano da Copa do Mundo e há um das Olimpíadas, é hora de aproveitar a boa imagem amplamente divulgada pela mídia e por quem visitou a cidade no período da competição. Como é na crise que surgem as grandes oportunidades de inovação, o momento é para abrir os olhos - e a mente. Por isso, além de um panorama do atual cenário da hotelaria, trouxemos diversas dicas de como superar os desafios e, para os de visão empreendedora, ir além: seria agora hora de investir em novas frentes? Conversamos com autoridades do setor para trazer as mais importantes tendências que abraçam o novo comportamento dos hóspedes, desde sua compra digital até a interação com o hotel durante sua estadia, abordando também o conceito que, mesmo que antigo, reforça cada vez mais seu papel como diferencial competitivo: a hospitalidade. Temos um capítulo especial para o Room Tax. A hotelaria, um dos principais pilares do setor e responsável pelo repasse da contribuição, percebe facilmente em seu dia a dia o resultado do trabalho de um CVB. Este ano, foi realizado em São Paulo o Congresso Internacional do Rotary que reuniu milhares de rotarianos e injetou R$40 milhões na economia da cidade em apenas quatro dias. Em breve, será a hora do WorldSkills, maior competição de educação profissional do mundo, que promete a presença de mais de 200 mil pessoas e hotéis com uma ocupação acima da média. Esses são apenas dois exemplos de eventos captados pelo SPCVB que geram negócios de grande impacto econômico para diversos segmentos. A nova edição do EMDIACOM reforça como estamos no caminho certo no compartilhamento de conteúdo para geração de novas oportunidades. Aproveite cada análise, entrevista, gráfico, perspectiva e tendência com informações estratégicas para superar 2015 da melhor forma, preparando o terreno para um 2016 promissor. Fique em dia com o Mercado Hoteleiro! Julho de 2015

Toni Sando de Oliveira

Presidente Executivo São Paulo Convention & Visitors Bureau

A hotelaria, um dos principais pilares do setor e responsável pelo repasse da contribuição, percebe facilmente em seu dia a dia o resultado do trabalho de um CVB.


© André Stéfano | SPCVB - Av. Paulista


ÍNDICE UMA VISÃO SOBRE A HOSPITALIDADE transformando o viajante em um visitante ------- 08 A EXPERIÊNCIA DIGITAL E A COMUNICAÇÃO NA HOTELARIA ------- 10 A HOTELARIA CONTRA A CRISE ------- 13 É HORA DE INVESTIR? os dois lados da moeda ------- 17 REVENUE MANAGEMENT como implantar esse modelo em seu hotel ------- 23 MARKETING HOTELEIRO “uma indústria de memórias” ------- 26 O QUE QUEREM OS HÓSPEDES DO SÉCULO XXI? ------- 29 MODISMOS OU INOVAÇÃO EM SERVIR? ------- 31 A HOTELARIA E O ROOM TAX: uma parceria que deu certo ------- 34 O CLIENTE EM PRIMEIRO LUGAR ------- 37 COMO CONSTRUIR UMA CARREIRA NA HOTELARIA -------41 MAPA DESTINOS hotéis e espaços de eventos ------ 43 GUIA DE ASSOCIADOS ------- 51


UMA VISÃO SOBRE A HOSPITALIDADE Transformando o viajante em um visitante

As mudanças na hotelaria são constantes e a tecnologia, o design, a arquitetura e a comunicação são elementos que influenciam direta e diariamente o segmento. Diante do cenário de novidades, EMDIACOM ouviu três dirigentes de redes hoteleiras, onde cada um observa elementos sutis desde a implementação de metodologias até sistemas de gestão para compreender melhor o seu hóspede. Chieko Aoki, da Blue Tree Hotels, se preocupa em ouvir o cliente e incorpora a palavra ‘alma’ nos hotéis da rede, que tem como principais diferenciais a hospitalidade, cuidados e atendimento. Para recepcionar os hóspedes, estimula a prática de atender com a alma, que envolve, além das técnicas, a espiritualidade e o profundo desejo de surpreender e encantar. “A plataforma própria da Academia de Excelência reforça o treinamento juntamente às lideranças dos hotéis, que tem a responsabilidade de diariamente exercitar na prática o exceder em atendimento.” Chieko Aoki - Presidente da Blue Tree Hotels Além do foco em oferecer serviços extremamente diferenciados, o que já ajuda a fidelizar o cliente, a GJP Hotels & Resorts trabalha com um sistema de CRM que permite a empresa acompanhar o ciclo de vida, os hábitos e a perceber mudanças no comportamento do hóspede. “Algumas etapas são fundamentais para fidelizar um hóspede, como permitir-se aprender o tempo todo sobre o comportamento, antecipar suas demandas e buscar diferenciar nossos serviços por meio de muito planejamento e treinamento”, exemplifica Guilherme Paulus, da GJP Hotels & Resorts.

“Tem muita coisa acontecendo no mundo do turismo e em particular da hotelaria. E certamente tudo gira em torno do mundo online. A busca e o processo de reserva de um produto turístico é cada vez mais amplo em termos de forma e espaço. O potencial hóspede utiliza múltiplas formas de pesquisa até tomar a decisão de reservar. Uma pesquisa do Google mostra que um internauta utiliza em média 30 sites até completar uma reserva de um quarto de hotel. Enquanto está nesse processo de busca ele tem um comportamento cada vez mais chamado de cross device. Ele faz a busca no smartphone, aprofunda no tablet e finalmente reserva no computador. E essa ordem se embaralha mais na medida em que as empresas adaptam seus websites para o mundo mobile.“ Paulo Salvador - Diretor de Distribuição da Intercity Hotels Enquanto tecnologia e relações H2H (Human to Human) dividem a atenção das empresas e pesquisam as reais necessidades do hóspede, as redes hoteleiras investem continuamente em seus talentos para poder avaliar e analisar esse mix de comportamento. Na Blue Tree, por exemplo, a visão, missão, cultura e valores, juntamente com as lideranças dos hotéis, inspiram, promovem e fazem acontecer a prática da sensibilidade, a perceber os objetivos do hóspede no hotel e personalizar o seu atendimento. “Quando perguntamos e ouvimos, conseguimos não apenas personalizar o atendimento, mas principalmente compreender e alinhar com o hóspede o objetivo de sua estada no hotel, que pode variar de uma simples passagem na cidade para negócios à participação em eventos corporativos”, exemplifica Aoki. O investimento em design, relacionamento com artistas locais e redes sociais são algumas das novidades apresentadas pela Intercity como formas de conexão dos viajantes com o destino onde estão inseridos seus empreendimentos. “No mundo, alguns hotéis têm investido para se tornar um destino em si.

EMDIACOM | ACADEMIA VISITE SÃO PAULO

8


Uma visão sobre a Hospitalidade São nos hotéis que as pessoas locais se encontram com viajantes em busca de diversidade. E vice-versa. Os hotéis estão atraindo as pessoas locais através da reinvenção de seus lobbys, seus restaurantes, bares e áreas comuns”, cita Paulo Salvador. A GJP também segue a linha da inovação. “O tempo em que um sorriso no rosto bastava como evidência de ‘bem receber’ já faz parte do passado. Hoje é preciso investir em design de serviços para garantir que o hóspede tenha uma experiência única. E se é única, ele retornará sempre.” Guilherme Paulus - Presidente da GJP Hotels & Resorts Para que tudo funcione perfeitamente, o hóspede tem à disposição uma série de informações e procedimentos, muitas vezes invisíveis – seja no hotel ou no atrativo turístico – e as associações, como o próprio SPCVB, participam deste processo de auxiliar o segmento na oferta de bons produtos e serviços aos visitantes. Chieko Aoki observa que os hotéis estão reconhecendo a importância das associações turísticas e tornandose ótimos parceiros, ação fundamental para o bom desempenho do mercado. “Gosto muito da palavra JUNTOS, que expande o potencial de UM para quantos JUNTOS conseguir formar. Há ainda a questão da especialização e foco, que geram resultado maior e mais positivo”, diz a fundadora da Blue Tree. “No caso de São Paulo, o SPCVB trabalha efetivamente na busca por negócios como congressos e convenções de grande porte, além de fornecer material informativo e criar eventos com pautas bem definidas e sempre com assuntos atuais e valiosos para o nosso trade e para o estado de São Paulo como destino de negócios e de lazer”, lembra o presidente da GJP. O SPCVB tem como missão gerar ações que impactam diretamente na quantidade de turistas e executivos que visitam a cidade, gerando demanda para os hotéis de diversos pontos da capital e estado de São Paulo. Uma das ações realizadas para que essa convergência de expectativas e interesses continue acontecendo é a parceria que os hotéis estabelecem com suas cidades por meio dos Convention & Visitors Bureaux.

gumas funções primordiais para sustentar e maximizar a importância do setor de turismo para a economia do Brasil”. Quando se enxerga que todo viajante é um visitante, o trabalho que o SPCVB desenvolve fica mais claro e passa a ser compreendido como fundamental. Principalmente no que diz respeito a conectar os hóspedes dos hotéis, viajando a lazer ou negócios, com a cidade e seus equipamentos, oferta de entretenimento e gastronomia, transporte eficiente e atrativos turísticos. “Acho excelente o trabalho das associações e, especificamente do SPCVB. Sou fã incondicional porque acompanho a seriedade, profissionalismo e paixão com que todos da entidade realizam os seus objetivos. Comprove-se nos resultados diferenciados de São Paulo ante muitos destinos não apenas do Brasil, mas do mundo. Refletido em números, é fantástico. A cidade recebeu aproximadamente 15,08 milhões de visitantes em 2014, entre os que vieram a negócios e/ou lazer e que se hospedaram na cidade, estimando um ganho de R$ 11,3 bilhões. Não seria possível sem a paixão e amor do SPCVB pelo nosso setor de turismo de negócios e de eventos. Uma paixão e luta diárias pelo qual todos nós de São Paulo devemos agradecer e parabenizar”, atesta Aoki.

Chieko Aoki

Presidente da Blue Tree Hotels, VP SPCVB

Paulo Salvador

Diretor de Distribuição da Intercity Hotels

Guilherme Paulus

Presidente da GJP Hotels & Resorts, VP SPCVB

A arrecadação do Room Tax que, de tão importante, ganhou um capítulo dedicado nessa edição do EMDIACOM, é vista como um investimento pelos hoteleiros que gera benefícios às cidades e aos visitantes. Segundo Chieko Aoki, “o Room Tax possibilita a prospecção e captação de mais eventos, divulgação e desenvolvimento do destino”. Guilherme Paulus, também percebe que o envolvimento dos hotéis com as associações do setor é fundamental: “Essas entidades são extremamente eficientes em alEMDIACOM | ACADEMIA VISITE SÃO PAULO

9


A EXPERIÊNCIA DIGITAL E A COMUNICAÇÃO NA HOTELARIA A comunicação no turismo é um tema de fundamental importância e deve ser aplicada por profissionais experientes. Como o segmento está cada vez mais digital, EMDIACOM convidou dois especialistas para escreverem artigos sobre essa nova realidade. Um apresenta o debate sobre o grau de importância e influência do turista, pois muitos são também blogueiros, instagramers e youtubers. Outro suscita uma adaptação ao universo digital e recomenda a existência de aplicativos facilitadores durante o período da hospedagem para proporcionar uma experiência mais conectada e completa. Ambos acreditam que a participação e reação dos hóspedes devem ser constantes para que haja uma ampla movimentação para o negócio hoteleiro.

UM TURISMO CADA VEZ MAIS DIGITAL E DE EXPERIÊNCIAS Hoje o setor hoteleiro tem acompanhado cada vez mais as transformações e adaptações do mercado. Em um universo cada vez mais globalizado, a hospitalidade e a capacidade de fazer o hóspede sentir-se em um ambiente acolhedor tem se somado a um ponto fundamental para as grandes corporações: a adaptação ao universo digital. O turismo é um dos setores mais impactados no ambiente digital e as empresas têm o desafio de entender como se comunicar com o turista, que procura facilidade e tem o conhecimento de inúmeras ferramentas que favorecem sua organização para uma viagem, a lazer ou a trabalho. Hoje estamos falando de mais de 1 bilhão de viajantes internacionais, que começam sua programação escolhendo o destino, fazendo buscas no Google, mapeando promoções de destino, analisando comentários de outros hóspedes pelo Trip Advisor, realizando suas reservas e pagamentos online. E claro, durante a estadia compartilham, sem restrições, suas experiências e momentos inesquecíveis nas redes sociais, como Facebook, Instagram, entre outras. Isso tem permitido uma ampla movimentação para o negócio hoteleiro de se integrar a esta nova arena da comunicação digital, garantindo a sua presença nos canais de distribuição na internet, o seu diálogo nas redes sociais para fomentar engajamento e ter sempre disponíveis ferramentas de relacionamento com clientes e outros programas de fidelidade que permitam fortalecer estes laços na esfera comercial. No entanto, a competitividade tem sinais fortes de que, mesmo com todo o processo digital implementado, a presença e promoção online nos canais seja eficaz. É fundamental que se existam aplicativos que possam facilitar o período da hospedagem como check-in digital nos hotéis, e permita com que a experiência

EMDIACOM | ACADEMIA VISITE SÃO PAULO

seja positiva, para que o hóspede passe a ser um compartilhador deste serviço. Sem dúvida, a recomendação e o popular boca a boca continuam a ser o maior meio de influência das escolhas de destino, hotel, restaurantes. E hoje, ele se estende no âmbito físico e virtual – uma recomendação, seja ela positiva ou negativa pode ter um grande efeito para aquele hotel, destino ou empresa prestadora de serviço. E como mudar isso e estender esta relação? O diferencial é sem dúvida a tônica emocional. A experiência realizada pelos hóspedes poderá ser reconhecida por meio da avaliação dos serviços e na maneira com que os hoteleiros venham a se comunicar, destacando uma comunicação personalizada, direcionada e que faça este consumidor resgatar aqueles momentos incríveis já vividos, em um motivo para fazer uma nova viagem inesquecível.

Roland de Bonadona

Sênior Advisor Accor América do Sul, VP SPCVB

10


A experiência digital e a comunicação na hotelaria

MÍDIA DIGITAL: A FERRAMENTA QUE AUMENTA A VISIBILIDADE DAS MARCAS As redes sociais cada vez mais se consolidam e as empresas começam, cada vez mais, a ganhar terreno no mundo dos negócios, seja para alavancar as vendas, seja para fazer um monitoramento de marcas ou produtos. Atualmente, o cenário brasileiro apresenta um encolhimento em todos os segmentos da economia, até mesmo no que se refere aos espaços para veiculação de anúncios. Assim, onde fazer a publicidade de marcas, produtos e, no nosso caso, serviços? Simultâneo a esse declínio, acontece o crescimento dos veículos online e redes sociais. Os blogueiros, instagramers e youtubers ganham status de formadores de opinião, rivalizando com editores e colunistas de revistas e jornais em grau de importância e influência. É hora de voltar os olhos para essa nova mídia digital que, em segundos, propaga e dissemina da forma mais real possível o tipo de serviço que as empresas estão prestando. Novos conceitos de distribuição e de qualidade afloram por todos os lados e quem não

acompanha essa onda estará perdendo espaço em curto prazo. As mídias digitais merecem muita atenção. Criar, manter e abastecer os diferentes tipos de redes sociais é uma tarefa que deve ser feita com cautela e embasamento, já que é um tipo de mídia em constante evolução. O que é possível observar é que, por mais que haja dedicação à observação e ao aprendizado, as pessoas são atropeladas pelo fator tempo e pelo imediatismo, aos quais os indivíduos são submetidos. Em pesquisa anunciada no primeiro trimestre de 2015, o Núcleo de Inovação em Mídia Digital da FAAP, aponta o empenho das marcas brasileiras em aumentar seus investimentos nas redes sociais. Facebook e Twitter estão entre as mídias que sofrem maior investimento pela parte das empresas, mas é o Instagram que vem gerando maior número de negócios e seguidores fiéis para os negócios das marcas. Entidades e associações de influência como os Convention & Visitors Bureaux, Resorts Brasil, ABIH, FOHB, UNEDESTINOS e outras direcionam seus olhos para essa nova tendência e se fortalecem cada vez mais. Além de serem apartidárias e sem fins lucrativos, essas entidades englobam pessoas com vontade de desenvolvimento sustentável verdadeiro. A informação brota feito água limpa e está à disposição de todos os associados com capacidade e vontade de aprender com as experiências e as melhores práticas! É fundamental ser participativo, reagir e não se es-tabelecer como um simples observador.

João Carlos Pollak

Gerente geral do Sofitel Jequitimar, Presidente do Guarujá CVB e VP UNEDESTINOS

EMDIACOM | ACADEMIA VISITE SÃO PAULO

11


A HOTELARIA CONTRA A CRISE Um panorama presente e futuro do segmento que sofre diretamente com as várias agitações econômicas do país

A hotelaria é um segmento diretamente influenciado pelas várias agitações econômicas, além dos cenários políticos inconstantes no Brasil. As consultorias Hotel Invest e HVS South America constataram no documento “ Panorama da Hotelaria Brasileira 2014/2015” que a situação políticoeconômica em 2014 refletiu de maneira limitada no mercado hoteleiro. Para 2015, o país terá um cenário de turbulência e com previsão de mudanças. Neste capítulo, autoridades da hotelaria nacional apresentam alguns dados do atual quadro segundo suas perspectivas, além de lançarem prognósticos para os próximos meses. Em muitas capitais brasileiras, tarifas mais altas em ocasiões específicas, como na Copa do Mundo, por exemplo, ajudaram a elevar a diária média anual e inaugurações de novos hotéis, por outro lado, foram responsáveis por queda na ocupação. “Os grandes eventos ajudam a ampliar a presença do país na vitrine mundial. Hotel é um investimento de retorno a longo prazo, ou seja, ninguém faz um hotel por causa de um evento isolado. Nos últimos 20 anos, 30 milhões de brasileiros passaram a colocar o turismo na sua bolsa de consumo anual, motivando as empresas a investir no segmento.” Enrico Fermi T. Fontes - Presidente da Associação Brasileira da Indústria de Hotéis - (ABIH) O ano de 2014 para o Fórum dos Operadores Hoteleiros do Brasil (FOHB) foi um período com índices bastante positivos no mercado hoteleiro. A entidade fechou o ano com 64,11% de ocupação acumulada e R$ 266,15 de diária média no Brasil como um todo, especialmente se considerado o aumento da oferta nos últimos anos. Manoel da Gama, presidente da entidade, sinalizou que já no primeiro trimestre de 2015 houve uma pequena retração de 3,2% na taxa de ocupação na comparação com o mesmo período do ano anterior, o que foi compensado pelo acréscimo de 2% de aumento na diária média.

eventos deram visibilidade a um cenário econômico positivo, mas a aposta que o FOHB está fazendo na ampliação do parque hoteleiro nacional não foi em função dos dois eventos – Copa e Olimpíadas – e sim do crescimento do país nos últimos anos”. A Resorts Brasil saiu de 2014 com uma ocupação média superior a 2013, e a Copa do Mundo foi positiva para os resorts que receberam delegações dos times estrangeiros. Outros empreendimentos, durante o mesmo período do evento, tiveram ocupação inferior ao registrado em 2013. “Acreditamos e apostamos na visibilidade que estes grandes eventos trazem ao Brasil, que associado à correta divulgação no exterior, mais as correções internas que necessitamos, principalmente no quesito infraestrutura, poderemos ter condições de alavancar o Brasil como um destino atraente para lazer e negócios.” Daniel Guijarro - Presidente da Associação Resorts Brasil O cenário da entidade nos dois primeiros meses de 2015 foi de desafios e expectativas por um registro de números acima da expectativa, com queda nas atividades dos resorts em março, um alerta para os empreendimentos associados. A Copa do Mundo impactou a hotelaria, especialmente no tema de mídia espontânea. “De todas as seleções que vieram ao Brasil, 15 escolheram cidades paulistas para se instalarem na fase de preparação. Conseguimos 11h de transmissão na televisão japonesa e a inserção de mais de 40 cidades paulistas no catálogo de hospitalidade distribuído pela FIFA em 200 países.” Bruno Omori - Presidente da Associação Brasileira da Indústria de Hoteis de SP (ABIH-SP)

“Pode-se interpretar que esses resultados refletem uma acomodação da nova oferta hoteleira nos destinos em que há associados”, complementa Gama. Para ele, “os

EMDIACOM | ACADEMIA VISITE SÃO PAULO

13


A hotelaria contra a crise Quanto a prognósticos, as opiniões dos entrevistados são muito similares. “Espera-se que neste ano a taxa de ocupação/ano do Brasil cresça 1,1% e a diária média, 4,9% em relação a 2014. É importante contextualizar esse crescimento em um cenário de aumento da oferta hoteleira do Brasil. Para 2016 não podemos estimar porcentagens, mas esperamos que haja aumento, tanto na taxa de ocupação quanto na diária média.“ Manoel da Gama - Presidente do Fórum de Operadores Hoteleiros do Brasil (FOHB) O atual cenário político-econômico traz um momento de desafios, como a suspensão da medida de desoneração, o que tem impacto significativo no segmento. “Mas, como a hotelaria é um setor que pensa no longo prazo, estamos confiantes e mantivemos a previsão de investimentos de R$ 13 bi em novos hotéis até 2020”, contextualiza Gama. “Temos a maior carga tributária do mundo e que tira a nossa competitividade, frente aos destinos mundiais. O governo não apresenta regras claras para quem quer investir, impossibilita o acesso ao crédito com burocracia e exige 130% de garantias reais. Como isso não bastasse, apresenta um pacote de ajuste fiscal onde mais do que duplica o imposto que pagamos sobre a folha de pagamento (saindo de 2 para 4,5%)”, analisa Fermi, da ABIH. Daniel Guijarro tem opinião semelhante sobre a análise setorial na atualidade. “Atravessamos um momento delicado, com uma série de medidas econômicas recessivas, como o aumento dos juros, a dificuldade para obtenção de crédito, o ajuste fiscal e seus desdobramentos, dentre outros. Esses fatores podem levar a um desaquecimento ainda maior na atividade econômica, fato que com certeza pode impactar negativamente na ocupação dos Resorts”, diz o presidente da Resorts Brasil. Num contraponto, ele compara que com efeito causado pela alta da cotação do dólar, espera-se um aumento na ocupação originado pela troca dos destinos internacionais por destinos nacionais. O relacionamento das entidades da iniciativa privada do turismo e hotelaria na esfera de políticas públicas setoriais é visto de maneira positiva. Fermi diz que “temos tido um bom diálogo com os interlocutores governamentais, nas três esferas de poder (MTur, Setur e Sectur), e somos ouvidos na elaboração de políticas, na maioria das vezes”.

plano de atuação estadual, mas com projeção nacional, com um fórum político (contato com deputados, vereadores, prefeitos), gestão hoteleira (oferecendo suporte nas áreas de marketing, legal e financeira dos hotéis associados) e comercial (criando oportunidades de parcerias, descontos, etc)”, comenta Bruno Omori. O Panorama da Hotelaria Brasileira, 2014/2015, elaborado pelo FOHB, a partir de pesquisa com seus associados, listou alguns cenários para esse ano como:

Crescimento ínfimo ou queda da demanda nos principais mercados;

Efeito positivo, mas de impacto limitado, na demanda de lazer por conta do alto patamar do dólar;

Perspectiva de retração no lançamento de novos empreendimentos em virtude do desaquecimento das vendas imobiliárias e a entrada da CVM no mercado de condo-hotéis

Apesar do cenário vindouro, as entidades da hotelaria continuarão unidas em prol de um segmento forte. O FOHB atua conjuntamente com todas as entidades em prol do segmento, sempre articulando, conversando, definindo posições e atuando juntos, sobretudo no que diz respeito às questões relativas ao poder público e também nas demais, como nas iniciativas de treinamento e compartilhamento de informações para aprimorar a segurança dos hotéis. “Estamos trabalhando conforme as frentes de atuação da competitividade, do desenvolvimento de talentos e dos estudos e tendências. Dialogamos com quem for necessário para colocar os planos de ação a respeito dos anseios dos nossos associados em prática.” Flávia Matos - Diretora executiva do Fórum de Operadores Hoteleiros do Brasil (FOHB)

A ABIH-SP também mantém relação salutar com o poder público. “A entidade tem um papel de liderança muito forte no turismo. Nos últimos anos, desenvolvemos um

EMDIACOM | ACADEMIA VISITE SÃO PAULO

14


A hotelaria contra a crise

EXPECTATIVA DE AUMENTO DO PARQUE HOTELEIRO ENTRE 2015 E 2020. Hotéis 630

1030

Uhs

104mil 175mil Empregos diretos 64mil 100mil Empregos diretos + indiretos 178mil 280mil Impostos e encargos R$ 2,5bi

R$ 4bi

A Resorts Brasil mantém seu ritmo de atividades buscando criar condições favoráveis para o incremento da divulgação dos empreendimentos associados, bem como fortalecer a imagem e benefícios que os Resorts oferecem tanto para o segmento de lazer quanto para o Corporativo/Eventos. A ABIH-SP continua expandindo a participação da entidade em frentes parlamentares do segmento nas esferas estadual e federal mostrando sua capilaridade, agilidade e liderança. Já a ABIH passou por uma oxigenação institucional com a criação de um conselho deliberativo. Mesmo diante de um quadro onde o governo não apresenta regras claras para quem quer investir, ficam claros o positivismo e a união do setor para enfrentar as turbulências previstas para os próximos anos.

2015 2020 Fotnte: Fórum de Operadores Hoteleiros do Brasil

Bruno Omori

Presidente da Associação Brasileira da Indústria de Hotéis de SP (ABIH-SP) e VP Conselho Curador SPCVB

Daniel Guijarro

Presidente da Associação Resorts Brasil

Enrico Fermi T. Fontes

Presidente da Associação Brasileira da Indústria de Hotéis (ABIH)

Flávia Matos

Diretora executiva do Fórum de Operadores Hoteleiros do Brasil (FOHB)

Manoel da Gama

Presidente do Fórum de Operadores Hoteleiros do Brasil (FOHB)

EMDIACOM | ACADEMIA VISITE SÃO PAULO

15


É HORA DE INVESTIR? OS DOIS LADOS DA MOEDA Pontos de atenção ao decidir ser investidor hoteleiro e dicas para um meio de hospedagem de sucesso segundo consultores e empreendedores

£

¥

P

A hotelaria brasileira vive de momentos e o atual merece destaque. Algumas regiões ganharam visibilidade após a Copa do Mundo 2014, mas outras também tiveram alguns problemas. O capítulo faz uma análise setorial e ainda abre espaço para especialistas destacarem alguns pontos de atenção para quem quer ser investidor hoteleiro. Na outra ponta, Antonio Maurício Dias, diretor executivo do Royal Palm Hotels & Resorts, e Wilson Poit, diretor-presidente da SP Negócios e SPTuris, comentam sobre os desafios e conquistas ao se decidir investir na hotelaria brasileira.

praticamente obrigou as incorporadoras e construtoras a buscarem novos tipos de produtos para investirem. Diante do cenário político-econômico brasileiro um tema ganha espaço, a cautela.

“Acredito que o segmento hoteleiro está com um grande potencial. Estamos em um período de baixa, que afeta a performance dos hotéis, mas a longo prazo a hotelaria estará melhor suprida” situa Ricardo Mader, diretor da área de Hotéis e Hospitalidade da JLL para a América do Sul.

Ricardo Mader - Diretor da JLL - Jones Lang LaSalle Hotels

“O mercado hoteleiro vem tendo ciclos de desenvolvimento. Fenômeno mundial que surge a cada 10 anos e há três estamos tendo um crescimento de demanda, exceto em relação a oferta de algumas regiões. Há uma maior profissionalização do setor e as redes hoteleiras ganharam destaque no cenário, assumindo um papel maior (como acontece no exterior). A diferença é que no passado apenas 30 cidades interessavam às redes. Hoje são mais de 200 cidades médias e em crescimento acelerado.” Caio Calfat - Diretor geral da Caio Calfat Real State Consulting José Ernesto Marino Neto, fundador da BSH International, diz que “o mercado hoteleiro brasileiro é mais estruturado nas capitais dos estados, entretanto ainda possui oportunidades em cidades consideradas secundárias e terciárias que apresentaram altos índices de desenvolvimento nos últimos anos”, apesar da crise imobiliária residencial e de escritórios que EMDIACOM | ACADEMIA VISITE SÃO PAULO

“O caso da crise da Petrobras afeta significativamente e já está comprometendo o segmento em algumas cidades dependentes da empresa no campo de geração de demanda. Acho que o setor hoteleiro na área de novos negócios não será afetado, pois são planejamentos a longo prazo.”

Marino Neto pontua dois tipos de investido “um que prefere aguardar a crise passar para voltar a investir e o outro que sabe que o mercado é cíclico e, consequentemente, entende que é no momento de crise que se deve investir em hotéis, pois, devido ao período (cerca de dois anos e meio) de análise de investimento à construção/inauguração do empreendimento, assim que o Brasil voltar a se destacar, seu hotel estará pronto para operação”. No Brasil, algumas regiões ainda estão com bons cenários para investimentos. De acordo com a BSH Travel Research, divisão independente de pesquisas da BSH International, há previsão de aberturas e inauguração de hotéis por todo o país até 2019. Em 2014 foi divulgada a abertura de 238 hotéis pelo país, dos quais 53% inaugurados neste ano, predominantemente em Minas Gerais, Rio de Janerio, Rio Grande do Sul e Paraná. De 2015 a 2019 foram divulgados mais 232 hotéis principalmente nas regiões sudeste, sul e centro-oeste, levanta o fundador das empresas. Também existem algumas saturadas como é o caso de Belo Horizonte (MG) e regiões do Rio de Janeiro (RJ). Quanto à capital mineira, Caio Calfat exemplifica 17


É hora de investir? Os dois lados da moeda que a cidade criou lei de incentivos para beneficiar quem investisse em terrenos para a hotelaria. Para ele, “hoje sobra hotel em Belo Horizonte e não tem demanda, que somente é suprida com o tempo, a realização de eventos a médio e longo prazo”. A Barra da Tijuca, na Zona Oeste do Rio de Janeiro foi outro exemplo citado pelo consultor. “Nos últimos três anos, mais de 5 mil quartos foram inaugurados na região, mas os geradores de demanda concentram-se mais no Centro e Zona Sul da capital fluminense”, explica Calfat.

Compreendam que não é um investimento a curto prazo e que a hotelaria é um mercado bom, mas tem suas especificidades”, cita Mader. Marino Neto diz que é “importante entender os riscos de investir em um empreendimento hoteleiro e comparar as expectativas de retorno do investidor com as que o empreendimento poderá fornecer”. Caio Calfat sugere inicialmente “um pouco da literatura especializada. O ‘Manual de Melhores Práticas para Hotéis de Investidores Imobiliários Pulverizados’ publicado pelo Secovi-SP é uma sugestão”.

Essa saturação de algumas cidades aconteceu em virtude da Copa do Mundo em 2014, que, foi um evento com prós e contras. “A Copa do Mundo trouxe excelentes resultados para os hotéis nas cidadessede e em outras houve muita reclamação”, confirma Ricardo Mader.

No tema de oportunidade e vantagens para investimentos em determinados nichos da hotelaria, o condo-hotel é o mais indicado, além de ser o modelo de financiamento mais conhecido no Brasil. “Mais de 80% dos projetos hoteleiros no país são financiados dessa forma, devido às dificuldades para conseguir financiamentos. Além disso, as regulamentações e fiscalizações da CVM (Comissão de Valores Mobiliários) possibilitam apresentar, de forma mais séria, o mercado hoteleiro a investidores pulverizados”, diz Marino Neto.

“O país ganhou destaque desde o anúncio da confirmação da Copa do Mundo e Olimpíadas, período em que também se evidenciou economicamente e foi o centro das atenções de grandes eventos de investimentos ao redor do mundo até o ano de 2015. Entretanto, esses eventos esportivos criaram expectativas de desenvolvimento que não se concretizaram e resultou no excesso de investimentos em algumas regiões.” José Ernesto Marino Neto - Presidente da BSH International Sobre quais os pontos de atenção mais importantes para que um executivo saiba quando decidir ser investidor imobiliário hoteleiro, os consultores são categóricos e unânimes de que uma análise detalhada do projeto é fundamental. “Recomendo aos interessados que entendam como funciona a área de investimento imobiliário hoteleiro, suas características e demandas específicas.

Caio Calfat lembra que “o condo-hotel é um empreendimento aprovado nos órgãos públicos como hotel e submetido ao regime de condomínio do edifício. O proprietário ou titular de direitos aquisitivos sobre unidade autônoma não poderá usar sua unidade autônoma para moradia, como também não poderá fazer cessão de seu uso a terceiros que não seja o gestor hoteleiro, sendo obrigatória a sua participação no pool”. Para conhecer um pouco mais sobre o segundo tipo de investidor destacado por Marino Neto, o EMDIACOM entrevistou dois executivos que, mesmo com a instalação da crise político-econômica no Brasil, são otimistas e já estão se antecipando aos ciclos do negócio hoteleiro.

Caio Calfat

Diretor geral da Caio Calfat Real State Consulting e Conselheiro Consultivo SPCVB

Ricardo Mader

Diretor da JLL - Jones Lang LaSalle Hotels

José Ernesto Marino Neto Presidente da BSH International

EMDIACOM | ACADEMIA VISITE SÃO PAULO

18


É hora de investir? Os dois lados da moeda

Antonio Maurício Dias é formado em Administração de Empresas pela EAESP – FGV, onde também obteve o Mestrado em Administração. Também é fundador e ex presidente do Campinas e Região Convention & Visitors Bureau, membro da Academia Brasileira de Eventos e Turismo e Diretor executivo do Royal Palm Hotels & Resorts desde 1997.

Fale-nos como começou o projeto de construção do Royal Campinas - Convention Business & Hotels? Desde que o grupo Arcel adquiriu o Royal Palm Plaza (em 1997), não passamos um ano sequer sem fazermos grandes investimentos e pensarmos em planos de expansão. O resort cresceu muito de tamanho e em 2010 atingiu a atual configuração: 500 apartamentos e uma área de eventos de 5.400 m2. Mesmo com todo esse porte, sendo um dos principais hotéis de convenções do Brasil, começamos a observar muitos eventos que tinham dificuldades em se adaptar ao tamanho de nossos salões. Ficou muito claro a carência por um centro de convenções. Então, em 2011, iniciamos a pesquisa de quais são os fatores de sucesso de um centro de convenções. Conversamos com muitos organizadores de grandes eventos e identificamos que a necessidade dos clientes era um complexo formado não apenas por um centro de convenções de porte, mas com hotéis de diversas categorias. Todo grande evento tem um número grande de staff, de pessoas de apoio. Essas pessoas de apoio precisam de um hotel econômico. Por esse motivo, criamos a marca “Contemporâneo”, primeira experiência nossa no segmento econômico. Além da hospedagem, as pessoas de apoio e o staff, também precisam de alimentação com preços reduzidos. Com essa informação, ponderamos a necessidade de uma praça de alimentação, um mall, que além de opções de restaurantes, tivesse serviços de conveniência. Já para os participantes dos congressos e convenções, é fundamental ter a opção de hospedagem de um midscale (um quatro estrelas), então, agregamos ao complexo o hotel Royal Palm Tower.

EMDIACOM | ACADEMIA VISITE SÃO PAULO

O que nos deu um ânimo extra, foi constatar que não existe no Brasil um centro de convenções com todas essas premissas (hotéis de diversas categorias e diversas opções de alimentação), ou seja, seremos o mais completo complexo de eventos do país! Isso fez que nos lançássemos no desenvolvimento do projeto com força total. O projeto conta com algum parceiro estratégico durante a etapa de construção? Em que fase estão atualmente? Em 2012 fechamos a parceria com a Odebrecht Realizações Imobiliárias. Desde então, o projeto foi desenvolvido a quatro mãos. Em 2014, conseguimos as aprovações do projeto, inclusive o processo de dispensa da Comissão Valores Mobiliárias (CVM), necessário para a incorporação de um condo-hotel. Em novembro de 2014, foi colocado à venda o hotel Royal Palm Tower (no formato condo-hotel), que foi completamente vendido em apenas quatro dias! Ou seja, os investidores perceberam que se trata de um empreendimento único no mercado Brasileiro. Neste mês de maio, o hotel Contemporâneo foi colocado à venda (também no formato condo-hotel) e está com um volume de vendas muito bom. As obras já começaram e espera-se a conclusão de todo o complexo para setembro de 2017 e abertura para o público em fevereiro de 2018. Qual a importância do novo centro de convenções para a indústria de eventos na região e no Brasil? Que benefícios diretos/indiretos serão gerados? O projeto é um grande marco para a indústria de eventos do Brasil, pela enorme complementariedade da oferta: centro de convenções, hotel 5 estrelas, hotel 4 estrelas, hotel econômico e mall. Tudo isso com um só operador.

19


É hora de investir? Os dois lados da moeda Campinas tem uma localização estratégica, com diversas rodovias, a apenas 90km da capital e o aeroporto de Viracopos. O aeroporto de Viracopos já é o aeroporto com o maior número de cidades interligadas com voos diretos. Além disso, já começam a ter um número mais expressivo de voos internacionais. A combinação de ampla oferta de eventos e a localização privilegiada, deve elevar Campinas para uma das importantes cidades de eventos do Brasil.

e uma área construída de aproximadamente 5 mil m2. O complexo contempla sete empreendimentos: Centro de Convenções Royal Palm Hall; Royal Palm Tower (hotel 4 estrelas); Hotel Contemporâneo (hotel econômico); mall com lojas e praça de alimentação; 1 torre de escritórios; 2 torres corporativas (grandes lajes para empresas maiores). Um ponto muito forte do complexo é a sinergia de todos empreendimentos entre si.

Quais os números e dados do projeto (investimentos, metragem, etc)?

Por isso que todo o complexo será inaugurado na mesma data. Em setembro de 2017 a obra será finalizada e a operação dos hotéis e centro de convenções terá seis meses para colocar tudo em condições de receber clientes. A expectativa é que em fevereiro de 2018 seja aberto ao público.

O complexo Royal Campinas ocupa um terreno de 53 mil m2 e tem uma área total construída de 107 mil m2. O centro de convenções, Royal Palm Hall, apresenta 55 mil m2 de área construída, sendo a área líquida de eventos (descontando-se as áreas de banheiros, estacionamento, corredores, cozinha etc.) de 11 mil m2.

Foto divulgação: www.royalpalm.com.br

A grande estrela desse centro de convenções será o maior ballroom (salão nobre) do Brasil, com 4,5 mil m2, capacidade para 5 mil pessoas em auditório. O hotel Royal Palm Tower terá 226 apartamentos, restaurante com 220 lugares e o segundo maior salão de eventos em hotéis de Campinas (670 m2), além de área de lazer e fitness center. Já o hotel Contemporâneo, terá 310 apartamentos, restaurante com 240 lugares e integração direta com o mall. O mall terá 43 lojas

EMDIACOM | ACADEMIA VISITE SÃO PAULO

20


É hora de investir? Os dois lados da moeda

Wilson Poit graduou-se em Engenharia Elétrica pela Faculdade de Engenharia Industrial (FEI) e é empreendedor Endeavor desde 2002, quando ganhou o Prêmio Empreendedor do Ano, oferecido pela Ernst & Young. Foi fundador da Poit Energia, empresa que foi vendida em 2012 quando tornou-se diretor-presidente da SP Negócios. Em 2014, assumiu o comando da São Paulo Turismo (SPTURIS) e passou a acumular a presidência das duas empresas vinculadas à Prefeitura da capital paulista.

Como está o Anhembi atualmente? O Anhembi, que em 2015 completa 45 anos de existência, continua sendo o maior complexo de eventos da América do Sul e sedia cerca de 300 eventos por ano, recebendo mais de seis milhões de visitantes - é mais da metade da população inteira da cidade. No Anhembi também acontecem 1 em cada 8 grandes feiras do país. Recebemos desde o Salão do Automóvel, Bienal do Livro, Salão Duas Rodas, até feiras de segmentos mais específicos como a Feicon, da área de construção, a Automec do setor de autopeças, a Feimafe, de indústria de máquinas, e Feiplasltic, da indústria do plástico, entre muitas outras. E temos também grandes shows musicais de artistas e bandas nacionais e internacionais, festivais, o carnaval, congressos, convenções e formaturas. Agora em junho tivemos a Convenção Internacional do Rotary, que ocupou todos os espaços do Anhembi e envolveu praticamente toda a empresa para fazer o evento acontecer. Em agosto, está programado o WorldSkills, Olimpíadas do Conhecimento Mundial, competição de educação profissional global. Continuamos com o calendário agitado, com eventos já reservados até 2020, e queremos garantir outros para continuar movimentando a economia e trazendo os benefícios das feiras de negócios e eventos para a cidade de São Paulo. Por isso estamos trabalhando na revitalização dos espaços. A mais tradicional estrutura para receber grandes eventos da cidade em seus 45 anos precisa ser renovada e modernizada. Inclusive, já iniciamos diversas intervenções para melhorias focadas no Pavilhão de Exposições, nos sanitários, reforço de iluminação, pintura, cobertura e paisagismo da área externa, tudo isso até a realização da Francal, em julho de 2015. EMDIACOM | ACADEMIA VISITE SÃO PAULO

Temos ainda novos serviços oferecidos ao público, como Wi-Fi gratuito durante eventos, carros elétricos para deslocamento no estacionamento do Pavilhão e preço diferenciado para promotores estacionarem. E esses benefícios foram bastante elogiados desde que começamos a implantar. Sobre este novo momento do equipamento e a possível privatização, como estão hoje e quais são as perspectivas? Na realidade, são movimentos diferentes. No total, são três frentes de fontes diferentes. O primeiro movimento vem de fonte própria. São essas intervenções menores que já estamos fazendo - pintura, reforço de iluminação, paisagismo, etc. E também estamos elaborando estudos para fazer uma climatização temporária do Pavilhão, enquanto as grandes reformas não são feitas. O segundo movimento será feito com orçamento do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) do Ministério do Turismo, cuja verba é da ordem de R$ 60 milhões e previsão de início entre este ano e 2016. Para isso, estamos em fase de finalização dos editais para publicação. As reformas serão para implantação de Sistema de Circuito Fechado de TV (CFTV), no Pavilhão haverá troca da iluminação por lâmpadas de LED, adequação de acessibilidade e melhorias em sanitários e readequação do sistema elétrico. No Palácio das Convenções, será feita a cobertura do hall nobre 2, sistema de chuveiros automáticos para combate a incêndio e climatização dos halls nobres 2 e 3. Já no Polo (Sambódromo) teremos a sinalização para orientação e localização. O terceiro movimento é o que chamamos de Novo Anhembi. Não se trata de privatização, mas de uma busca de parceria com a iniciativa privada. Queremos modernizar e ampliar o Anhembi, trazendo o complexo de eventos para o século 21. O modelo ainda não está definido, queremos ouvir as propostas do mercado. Poderá ser uma parceria público-privada, concessão ou outra forma que for mais adequada ao poder público. Para isso, dois chamamentos públicos estão vigentes para dois grandes projetos, a saber: Arena indoor multiuso: construção de arena de shows e eventos, coberta e multiuso, em área de 21 mil m² ao lado da área da concentração do Sambódromo, com capacidade para 20 mil pessoas e infraestrutura que permita múltiplas configurações de uso. O chamamento foi lançado no início de 2015 estamos aguardando o recebimento de propostas até meados de julho. Novo Anhembi: trata-se da ampliação e modernização dos principais espaços de feiras e convenções do Anhembi, que envolvem o Pavilhão de Exposições, estacionamento e Palácio das Convenções, numa área total com cerca de 300 mil m² onde poderão ser 21


É hora de investir? Os dois lados da moeda construídos mais pavilhões, salas de congressos e eventos, conexão do Anhembi com o metrô, edifíciogaragem, hotel, prédios administrativos... A configuração final vai depender das propostas apresentadas pelos interessados e da montagem do modelo final, que será feito posteriormente pela SPTuris. Esse chamamento foi lançado em maio, portanto ainda devemos receber os primeiros estudos no segundo semestre. O hotel previsto no novo projeto do Anhembi tem características específicas para atender o segmento de eventos/hóspedes deste nicho? Os interessados em apresentar propostas poderão incluir diferentes opções de melhorias e edifícios para o Anhembi, e o hotel pode ser uma dessas opções. Não é uma obrigatoriedade, mas sim uma sugestão, já que a ampliação dos espaços de eventos poderá aumentar a demanda por hospedagem na região. Já existe um hotel próximo, mas em grandes eventos ele fica cheio, portanto pode ser muito interessante ter um novo empreendimento.

Qual a importância dos eventos para hotelaria? Extremamente importante, pois em São Paulo a maioria dos turistas, cerca de 75%, são motivados por turismo de negócios ou participação em eventos. De acordo com dados da pesquisa Ubrafe/Fipe, 65,4% dos eventos da capital acontecem em pavilhões e centros de convenções, com mais de 8,2 milhões de visitantes, 64 mil expositores e 4 milhões de m2 disponíveis para os eventos. Somente no Anhembi acontece 1 em cada 8 grandes feiras do país. Isso gera um grande impacto na hotelaria. Para se ter uma ideia, dos 17 mil quartos de hotéis utilizados por dia em São Paulo, 14 mil são ocupados por visitantes e expositores de feiras de negócios (78%). Os eventos são tão importantes que a ocupação dos hotéis paulistanos é mais alta durante a semana e não ao contrário, como nos destinos turísticos tradicionais. De forma geral, o setor de eventos e feiras movimenta R$ 16,2 bilhões anualmente na cidade, considerando receitas diretas e indireta.

© André Stéfano | SPCVB

Tudo vai depender da iniciativa privada mostrar esse interesse, mostrar as propostas, que passarão por avaliação de uma comissão interna da SPTuris. Mas certamente o perfil de hóspedes de um novo hotel na região seria principalmente de pessoas que vêm a São Paulo para negócios e participação em eventos.

EMDIACOM | ACADEMIA VISITE SÃO PAULO

22


REVENUE MANAGEMENT COMO IMPLANTAR ESSE MODELO EM SEU HOTEL Fala-se muito em Revenue Management ultimamente. Tenho lido notícias e ouvido opiniões em diferentes canais e fico feliz ao notar o interesse dos executivos brasileiros em profissionalizar seus negócios e otimizar seus recursos de acordo com os padrões globais. As cadeias hoteleiras internacionais vêm aplicando o RM há mais de 20 anos, com ferramentas e análises que podem ser bastante sofisticadas e agressivas dependendo das características do hotel ou do mercado onde está inserido. Essa disciplina pode apresentar ótimos resultados quando aplicada de forma estruturada a qualquer meio de hospedagem, desde hotéis com serviço limitado aos mais complexos resorts com vários centros de receita, mas como implementar o Revenue Management ou a Gestão da Receita em seu hotel? Ao olhar para trás, encontramos variadas histórias sobre tentativas de implementação de uma gestão eficiente das receitas, algumas com sucesso e outras, nem tanto. Se analisarmos as histórias de sucesso, identificamos alguns fatores em comum: investimento de tempo e recursos para obter conhecimento, paciência e desenvolvimento de uma cultura de revenue em todos os seus departamentos. A direção ou companhia proprietária geralmente fica satisfeita ao lograr: - Crescimento consistente no RevPAR e em muitos casos, esse crescimento ultrapassa o alcançado pelos principais concorrentes; - Uso eficiente dos canais de distribuição, gerando um impacto direto no lucro sempre que os custos são levados em consideração; - Maior aproveitamento do inventário do hotel em períodos de alta demanda; - Vantagem competitiva quanto aos concorrentes no momento de renovar habitações, já que a previsão de ocupação e receita – forecast – gerada por Revenue Management contempla com clareza os períodos mais apropriados para “fechar andares” e trocar carpetes, mobiliário, reformar banheiros, etc; - Maior satisfação dos clientes, maior produtividade da equipe, entre outros. EMDIACOM | ACADEMIA VISITE SÃO PAULO

Podemos dizer que alcançamos a cultura de Revenue Management quando todos os departamentos do hotel entendem que cada unidade monetária interessa a todos. Em outras VALOR palavras, todos os funcionários precisam concordar que o hotel PREÇO somente pode vencer a concorrência se otimizar cada real adicional. Esse pensamento deve estar claro em todas os departamentos, naturalmente em níveis diferentes de vencer a concorrência significa conhecer os ciclos de demanda de seu mercado, antecipar-se às necessidades dos clientes, construir um plano de mercado por segmento de mercado e ter uma estratégia de preços clara e racional. Além disso, há que se comunicar esses planos de forma transparente e envolver a equipe nos processos, pois em muitas situações será necessário um esforço individual adicional. Toda mudança requer tempo, disciplina e paciência para cruzar a curva de aprendizado. Por essa razão faz-se imprescindível que a direção do hotel seja a primeira a buscar esse novo conhecimento e esteja realmente engajada e com claro entendimento sobre cada etapa da estratégia do estabelecimento para vencer. Para uma implementação de sucesso, é necessário organizar as informações do hotel em categorias específicas que possam receber ações individualmente. Os clientes do hotel, por exemplo, devem ser segmentados de acordo com um grupo de características para que as ações de marketing possam ser o mais eficiente possível. Esse processo pode levar algum tempo para ser completado, mas valerá a pena no momento em que todo o plano estratégico do hotel para os anos seguintes puder ser baseado em dados confiáveis. Em paralelo com o preparo das informações do hotel, devem haver capacitações com os principais departamentos envolvidos, como Vendas, Reservas e Recepção. Hoje existem empresas sérias no mercado que oferecem cursos e consultorias que podem contribuir muito nesse processo. O investimento em um sistema de Revenue Management também deve ser analisado, embora não seja necessariamente uma condição para implementação. 23


Revenue Management - Como implantar esse modelo em seu hotel Existem inúmeras ferramentas que podem ser usadas na aplicação de Revenue Management e muitas podem ser úteis e trazer bons resultados, porém, na etapa inicial, é importante focar em pequenas mudanças que gerem grande impacto. À medida em que a equipe estiver familiarizada com o assunto, pode-se incluir uma ferramenta adicional ou começar a analisar a seguinte camada de complexidade. O hotel deve estabelecer um comitê de revenue que normalmente é composto pelo Gerente Geral, Diretor de Vendas, Diretor de Revenue e Diretor de Operações, para liderar as iniciativas de geração de receitas e comunicar os objetivos a toda a equipe. Líderes de outras áreas podem e devem participar sempre que possível. É importante destacar que inovação, capacidade analítica, comunicação e pensamento estratégico são características fundamentais no profissional de Revenue Management, já que essa disciplina trabalha em sua essência com análise de estratégias aplicadas e geração de novas ações em um mercado absolutamente dinâmico quanto às formas de distribuição, modelos de vendas e reações dos concorrentes. Vale também destacar que, embora a implementação de forma permanente das técnicas de Revenue Management possa gerar um impacto muito positivo no processo de

EMDIACOM | ACADEMIA VISITE SÃO PAULO

geração de receita, outros fatores e também devem ser considerados como chaves para o sucesso de um hotel a médio e longo prazo, como localização adequada, produto e serviço de qualidade, com atualizações frequentes e desenhadas para o cliente e força de vendas profissional e focada em vencer. Em resumo, o êxito desse modelo está associado com a construção de uma sólida e confiável base de dados para que se possam fazer planos de mercado com ações táticas e estratégicas eficientes e executadas por profissionais que estejam em constante evolução nesse dinâmico mercado.

Rodolfo Denz

Diretor regional de Revenue Management para América Latina e Caribe no InterContinental Hotels Group

24


MARKETING HOTELEIRO ”UMA INDÚSTRIA DE MEMÓRIAS” O poder do marketing é muito importante nas organizações e na hotelaria não é diferente. No marketing hoteleiro, a marca é um bem muito precioso para o hotel, sendo fundamental a manutenção de sua imagem, sua atualização com o mercado e o alinhamento das expectativas entre o empreendimento e seus clientes.

Gabriela Otto é formada em Comunicação Social pela PUC/RS, possui pós-graduação em Marketing pela ESPM e MBA Executivo pela FAAP/SP, além de inúmeros cursos de qualificação profissional, incluindo duas certificações internacionais como Leadership Development Trainer e Business Impact Leadership Facilitator. Solidificou sua experiência durante 20 anos com passagens pelo Caesar Park, Inter Continental, Sofitel Luxury Hotels e Worldhotels, sendo a executiva responsável pela divisão América Latina nas duas últimas, o que lhe deu profundo conhecimento sobre o Mercado de Luxo. É articulista de sites especializados em Hotelaria, Marketing e Mercado de Luxo, além de manter um renomado blog no seu segmento. Como diversos itens devem refletir a marca, desde a propaganda, papelaria, fotos, vídeos, site e até as redes sociais, a segmentação deve ser feita com cuidado. Gabriela Otto, CEO da GO Associados, é uma expert no tema e comenta nesta entrevista alguns pontos relevantes sobre o poder da segmentação para as estratégias de marketing. Os hoteleiros brasileiros já reservam parte do orçamento para ações de marketing ou não o veem como uma ferramenta de sustentação comercial? Sim. Está melhorando, mas ainda temos potencial para crescer muito no segmento de marketing online. Esse é um tema com muitas observações. Uma pesquisa digital recente – realizada com 120 pessoas participantes da Annual Strategy Conference da HSMAI Brasil – revelou que 35% dos hoteleiros pretendem direcionar menos de 25% do seu orçamento de marketing para o online. Muitos investem em um motor de reserva, o que já é muito bom, mas esquecem de alguns itens prioritários como o site amigável, atualizado e coerente com seu EMDIACOM | ACADEMIA VISITE SÃO PAULO

posicionamento de marca. A preocupação ainda é somente com a venda e não com a experiência de compra do cliente. Esse é ainda um ponto que precisa de amadurecimento e uma gestão mais profissional na hotelaria brasileira.

Percentual do orçamento de MKT destinado para ações online em 2015 Hoteleiros:

33,3%

$ - de 25%

16,7% 21,4% 28,6%

$ 25% - 50% $ 51% - 75% $ + 75% Fonte: Annual Strategy Conference HSMAI Brasil

Qual é a importância da segmentação para a hotelaria? A segmentação é vital para qualquer mercado, pois posiciona a marca. Isto ajuda a empresa a ter foco. Quanto mais segmentado o hotel, mais fácil fica a definição da estratégia comercial, fidelização e seu posicionamento de mercado. Aí entra muito o entendimento da diferença entre preço e valor. E precisa saber responder a pergunta “O que realmente tem ‘valor’ para seu cliente?” A hotelaria conta com bons fornecedores de marketing que entendem as reais necessidades desta segmentação? Conta com muito poucos. Hotéis e empresas do segmento de luxo, por exemplo, hoje já buscam fornecedores (assessorias de imprensa, agências de publicidade, marketing digital) que não sejam do segmento. Para eles, o mais importante é que o fornecedor entenda o perfil do cliente, pois sabe que seu hóspede também consome roupas, carros, joias 26


Marketing hoteleiro ”uma indústria de memórias” e muitos outros serviços. O fato de atuar com foco na indústria do turismo não é o critério mais importante de decisão. O que o hoteleiro de alto padrão mais quer é ver sua marca inserida nesse meio, circular por onde essas ‘flagships’ circulam. Quais são as principais características para que um hotel/resort pertença ao segmento de turismo de luxo? São muitas, mas para resumir, o hotel de alto padrão deve entregar uma experiência única para cada pessoa, pois a interpretação do luxo é muito individual. É preciso que a marca tenha ‘personalidade’, para que se conecte com o lifestyle do seu potencial cliente. Surpreender aquele cliente mais exigente deve ser uma obsessão. Tem alguma informação sobre o perfil do hóspede brasileiro deste nicho, o luxo? O Brasil é um mercado em desenvolvimento que ainda está encontrando suas próprias referências. Muitos consumidores brasileiros ainda precisam do luxo ‘óbvio’, das marcas e elementos que possam validá-lo em certos grupos sociais. Mas estamos no caminho, pois viajamos mais, adquirimos o entendimento do que é qualidade, assimilamos referências, e sinto muitos profissionais preocupados em agregar a ‘brasilidade’ em cada detalhe.

EMDIACOM | ACADEMIA VISITE SÃO PAULO

Este hóspede já consegue dissociar que o luxo não é ostentação ou esse ainda é um tema muito novo? O brasileiro ainda vive essa ostentação, pois não somos um mercado maduro nesse segmento. A hotelaria nacional ainda precisa descobrir sua identidade, aquela brasilidade aplicada ao luxo e à realidade do país. Valorizar a cultura local, conectando-a com elementos de alto padrão reconhecidos mundialmente. São poucos os empreendimentos que alcançaram essa maturidade. Serviço de alta qualidade e produto impecável é o mínimo para você estar nesse segmento. A tal vantagem competitiva é cada vez mais efêmera. Portanto, para se destacar é preciso consistência e entender que ‘sensação’ seu hóspede levará com ele após o check in. Hotelaria é isso, uma indústria de memórias! No caso dos hotéis de luxo, elas precisam ser incríveis, únicas, inesquecíveis! Existem espaços ou cursos especializados para quem busca uma formação mais profunda sobre o mercado e turismo de luxo? Sim. O interesse nesse nicho de mercado cresce a cada dia. Em parceria com a ESPM São Paulo, criei o curso “Gestão e Estratégias de Turismo de Luxo” em 2011, e ministro duas vezes ao ano, nos meses de janeiro e julho. Já formamos quase 300 profissionais, e cada vez mais recebemos donos de agências de viagens, diretores de hotéis e apaixonados pelo tema. Todos entenderam que, em um ambiente de negócios cada vez mais competitivo, o conhecimento e a especialização fazem toda a diferença.

27


PROJEÇÃO

ILUMINAÇÃO

FILMAGEM

SONORIZAÇÃO


O QUE QUEREM OS HÓSPEDES DO SÉCULO XXI?

Quais são os comportamentos e expectativas do cliente de hotel e como se preparar para os novos tempos. Uma pesquisa conduzida pela consultoria Mapie, associada à americana PhoCusWright no Brasil, revela que na hora de escolher um hotel, há cada vez mais poder de escolha por parte dos hóspedes. Por esta razão, há uma transformação importante na área comercial hoteleira, onde o foco principal deve ser o cliente final (B2C) e não mais o intermediário (B2B). O estudo foi realizado em 2014 com respondentes de todas as regiões do país, com alto nível educacional, de faixas etárias, perfis e gerações diferentes, e que viajam frequentemente. Em relação à renda, estão concentrados nas classes A e B. Viagens por ano: 6 vezes a trabalho e 4 vezes a lazer, sendo que uma destas viagens é internacional. Países estrangeiros que conhecem: 28,91%

6 a 10 destinos 17,97%

11 a 20 destinos 4 a 5 destinos

14,84%

2 a 3 destinos

14,84% 10,16%

1 destino + 20 destino Nenhum

7,81%

5,47%

Permanecem em média: 3 dias a trabalho 8 dias a lazer. O segmento midscale é o preferido da maioria, principalmente aqueles hotéis classificados como lower midscale, com oferta básica de serviços e boa relação custo x benefício. A localização, qualidade da estrutura e preço são os itens mais importantes na hora de escolher um hotel.

EMDIACOM | ACADEMIA VISITE SÃO PAULO

Em viagens a trabalho e a lazer, preferem ficar em hotéis confortáveis (3 ou 4 estrelas)

21%

20%

56%

50%

17%

24%

6%

6%

Em 2013, em outra pesquisa da Mapie, identificou-se que 26,51% dos hóspedes reservavam seus hotéis principalmente através da agência de viagens da empresa e apenas 19,44% através do site do hotel. Em pouco mais de um ano, o crescimento nas reservas diretas via site próprio já subiram para 23%, enquanto que as reservas através da agência de viagens caíram 3,51%. “Isso comprova que cada vez mais os hóspedes estão decidindo suas viagens e ganhando autonomia”, afirma Trícia Neves, sócia-diretora da Mapie. “Outro crescimento expressivo é no uso de sites de viagens (OTAs) que passou de 8,10% em 2013 para 21% em 2014”, completa Trícia. Mas vale ressaltar que apenas 48,03% dos hóspedes entrevistados têm autonomia para escolher seus hotéis para suas viagens a trabalho. No caso das reservas de lazer, as OTAs cresceram de 26,29% em 2013 para 64% em 2014. Sites dos hotéis passaram a ser a segunda opção com 47% em 2014, contra 26,29% em 2013. Percebe-se a força do online na escolha dos hóspedes, principalmente em viagens a lazer, mas aumentando expressivamente também em viagens de negócios, implicando numa transformação importante para as vendas corporativas na hotelaria.

29


O que querem os hóspedes do século XXI? “Isso aponta que os hotéis, sejam independentes ou de redes, devem exercitar sua criatividade para descobrir como impactar positivamente o hóspede diretamente. “O formato costumeiro de marketing na relação B2B (hotel-agência) não é mais suficiente”, alerta a sóciadiretora da Mapie/PhoCusWright Brasil.

Viagens a trabalho: reserva via...

Viagens a lazer: reserva via...

23%

64%

site de hotel

site de viagens

23%

47%

dep. de viagens

21%

sites de viagens

site do hotel

24%

central de reservas

19%

18%

secretária/ assistente

16%

central de reservas

e-mail do hotel

16%

agências de viagens

Diante da abundância de oferta de sites de viagens e dos próprios hotéis, o hóspede mostra-se inseguro na hora de escolher. Por isso, consulta de 2 a 3 sites antes de fazer a reserva. Em tempos de economia compartilhada, mesmo que seu empreendimento ainda não queira, transparência total é fundamental.

Razão de Buscas em vários sites: COMPARAÇÃO DE PREÇO: 80,49% COMENTÁRIOS DEOUTROS CLIENTES: 58,54% COMPARAÇÃO DECONDIÇÕES: 35,77% INFORMAÇÕES INSUFICIENTES 26,02% INDISPONIBILIDADE NADATA DA VIAGEM 26,02% Decolar.com é o site de viagem mais conhecido, porém não é o mais utilizado. O Booking.com é o site preferido para busca de hotéis, seguido do TripAdvisor. Já para as reservas, Booking.com, Decolar.com e Hoteis.com aparecem nas primeiras posições. Esta análise considera que o consumidor final desconhece a diferença de OTAs, Metasearchers e outros. A internet é parte fundamental do planejamento de viagens, porém as formas mais ousadas ainda são pouco reconhecidas no Brasil. Sites como TripRebel são mais fortes na Europa e nos Estados Unidos, o mercado para as agências conhecidas como opacas EMDIACOM | ACADEMIA VISITE SÃO PAULO

(Priceline) demonstra potencial e as tarifas conhecidas como last minute devem impactar pouco na composição da diária média. Os buscadores são a principal forma de encontrar um hotel na localidade, tanto em viagens de negócios quanto em viagens de lazer. Com isso, é importante investir em estratégias de posicionamento (SEO) e links patrocinados. Em seguida, aparecem os sites de viagens, demonstrando o conhecido efeito cartaz (Cornell) que diz que tais sites também servem como ferramenta de marketing e não apenas como canal de distribuição. Para Trícia Neves, “é fundamental que as reservas sejam de fácil acesso a todo momento e com confirmação imediata. A qualidade das fotos disponibilizadas nos canais de venda é de suma importância”. Mas não adianta esconder as deficiências do empreendimento com fotos editadas ou forjadas. “Nesse ponto, realidade é sinônimo de relevância”, completa. Em relação às ferramentas que utilizam para reservar hotéis (gadgets), nota-se que o laptop é o principal meio de busca e reserva de hotéis, porém o smartphone e o tablet aparecem em seguida, com mais relevância que os desktops na pesquisa de hotéis.

Itens relevantes no momento da compra 95,50%

Facilidade de efetuara reserva 86,49%

Qualidade das fotos Facilidade de contato

82,88%

Confirmação Imediata

80,18%

Fotos reais

77,48%

Afinal, o que querem os hóspedes do século XXI?

1 - Qualidade: prestação de serviços de maneiraeficaz e que atenda as expectativas.

2 - Pronto atendimento: agilidade nas respostas e na

solução de situações e problemas, de preferência por canais de comunicação exclusivos e ágeis.

3 - Diferenciação: oferta de condições especiais para

parceiros comerciais e reconhecimento do trabalho e das vendas realizadas.

4 - Flexibilidade: capacidade de adaptação para atender

demandas pontuais e características específicas de cada empresa. * Como era possível selecionar mais de uma alterantiva, a soma das partes pode ultrapasar 100%

Trícia Neves

Sócia-diretora da Mapie Gestão Estratégica e Consultoria Hoteleira e Blog Disque9

30


MODISMOS OU INOVAÇÕES EM SERVIR? O blog Disque 9 propõe um olhar crítico e inovador sobre hospitalidade e ser o ramal de conexão entre as últimas tendências e sua aplicação em produtos e conceitos para o segmento. Num mundo cada vez mais globalizado e conectado, o consumidor tem cada vez mais referências e está cada vez mais exigente. A abundância de informações, produtos e serviços impactou no comportamento de consumo. O cliente conhece profundamente o seu hotel, o que pensam os clientes que já utilizaram seus serviços e as diversas tarifas disponíveis nos diferentes canais de compra. Para ser a opção de compra, atender as expectativas destes clientes e convencê-los a voltar é necessário conhecer os anseios e necessidades destes hóspedes e entregar experiências consistentes, além de dominar as principais tendências mundiais. A primeira e mais importante, que em breve não será mais uma tendência e sim uma exigência real, é o que o blog Disque9 (www.disque9.com.br) chama de “Alivia aí”. “As pessoas vivem em contextos de stress, sem tempo, com abundância de atividades e informações e esperam que as empresas que lhes prestam serviços facilitem a sua vida, pensem em produtos e serviços que promovam um bem-estar ou uma facilidade que nem eles mesmos tinham percebido que precisavam”, afirma Carolina Haro, sócia-diretora do blog. Em seguida fala-se da “Transparência Total”, já que em época de tanto compartilhamento e exposição de informações, os consumidores conhecem a opinião de outros clientes e também querem compartilhar suas informações. Além disto, esperam poder opinar sobre os produtos e serviços que consomem, além de esperar uma gestão responsável e com a sua autorização dos dados que disponibiliza às empresas. A terceira grande tendência é a “Bagagem de Vida”. Com as vidas totalmente expostas em redes sociais, comparar a sua vida com as dos outros virou um importante fenômeno social. E como na internet todos parecem felizes, a necessidade de viver coisas significativas, diferentes e que gerem experiências marcantes está cada vez mais acentuada. Os clientes querem ser únicos, ter histórias para contar, ir onde ninguém foi, ser tratado como ninguém esperaria. “Os hotéis precisam repensar seus serviços, processos, procedimentos e produtos para atender aos anseios dos consumidores, que já esperam mais que uma EMDIACOM | ACADEMIA VISITE SÃO PAULO

boa cama, um bom chuveiro e um café da manhã delicioso”, aponta Carolina Haro. “É preciso inovar, surpreender, ser relevante para marcar a memória dos hóspedes para, então, cultivar excelentes reviews e muitos retornos dos seus clientes satisfeitos”, conclui. Conheça alguns exemplos práticos dessas três tendências:

1. ALIVIA AÍ Tudo para facilitar a rotina e aliviar a vida! Uso da tecnologia para ganhar tempo, produtos e serviços imediatos, diretos e simples que proporcionem leveza ao cotidiano. Microtendências relacionadas:

SÓ SE FOR AGORA Produtos e serviços devem ser inteligentes e bem pensados para entregar confirmações e respostas no instante. Devem ser fáceis e visualmente atrativos, com mensagem direta e de fácil compreensão.

SEGUNDA PELE A tecnologia está presente em tudo e é a nossa segunda pele. Inteligência (e Wi-Fi) nos objetos que nos cercam fazem com que a vida seja facilmente programada e acompanhada, permitindo que você gaste seus neurônios em outras atividades.

MENOS É MAIS Quanto mais simples melhor. Por quê complicar o que pode ser fácil? Produtos e serviços simples, minimalistas, multifunções de fácil entendimento são essenciais. Nada de terceirizar responsabilidades ou criar redundância!

31


Modismos ou inovações em servir?

2. TRANSPARÊNCIA TOTAL

3. BAGAGEM DE VIDA

Consumidores formam a própria opinião sobre as empresas, compartilham ideias e comentários com conhecidos e desconhecidos relevantes e querem clareza na exposição de fatos, dados, produtos e serviços. Se você não explicar, eles irão encontrar a informação que precisam para criar a imagem da sua marca em outras fontes de busca.

Uma compra não pode ser apenas uma compra. Deve ser uma experiência que desperte emoções e sentimentos, que resgate o passado, valorize tradições e que proporcione mais saúde, bem-estar e espiritualidade. Microtendências relacionadas:

Eles também querem palpitar e contribuir para a construção do seu negócio e preferem comprar de empresas éticas, responsáveis e transparentes. E, finalmente, eles sabem que você está monitorando dados e comportamentos e que isso tem potencial para melhorar o seu negócio, portanto é justo que não só você ganhe com isso.

HERANÇA INCRÍVEL

Microtendências relacionadas:

BORBOLETAS NO ESTÔMAGO

CÁ ENTRE NÓS O boca a boca (ou peer to peer) sempre foi uma grande ferramenta de marketing e em tempos de internet se propagou de maneira incrível e exponencial. Só que com o excesso de compartilhamento, precisa-se de filtro e deseja-se acesso ao conteúdo considerado relevante. Podem ser conhecidos ou desconhecidos, mas que tenham alguma afinidade real e que sejam autênticos. É a opinião alheia 2.0.

MUNDO COMPARTILHADO O consumidor atual é interativo e quer efetivamente fazer parte da experiência. As iniciativas co-realizadas são cada vez mais significativas e economicamente viáveis. Só sobrevivem projetos com aderência ideológica com o público-alvo e que sejam responsáveis, éticos e socialmente impactantes.

Com tanta coisa disponível, é natural que haja repetição e mais do mesmo. Por isso, produtos e serviços que tenham e valorizem sua tradição e sua história ganham cada vez mais força. Servem como uma máquina do tempo para boas lembranças e memórias.

A experiência de consumo deve causar emoções para ser marcante. Preferencialmente riso e diversão para aliviar o stress, mas também pode ser choro e até saudades! Só não vale deixar indiferente.

ODARA Já dizia Caetano Veloso e a cultura hindu que é preciso paz e equilíbrio. Produtos e serviços que proporcionem saúde, bem-estar e contato consigo mesmo serão cada vez mais valorizados.

Carolina Haro

Sócia-diretora da Mapie Gestão Estratégica e Consultoria Hoteleira e Blog Disque9

MEUS DADOS, NOSSO $$ Consumidores fornecem diariamente uma infinidade de dados apenas por navegar na internet. Muitas empresas perceberam a oportunidade no chamado big data e estão ganhando mais dinheiro com isso. Mas, o consumidor quer a sua parte, afinal o dado é dele! Avise que você está monitorando, peça autorização, respeitando a sua privacidade e principalmente, compartilhe os lucros com ele mesmo ou com o mundo que o cerca!

EMDIACOM | ACADEMIA VISITE SÃO PAULO

32


FAÇAUMAPAUSAENTREDOIS VOOSEAPROVEITEPARA DESCANSAROUTRABALHAR NAS E P A  R RTOPO A U Q  SEU

R







* A R O H  A EH

IMOD oo. N Í M  O ERÍOD sagem ou reserva ddoiav. P  M O C esmo r pas er no m resenta s tório ap devem *Obriga gada e a saída ente no hotel. s som A che Reserva

Hotéis participantes: ibis Belém Aeroporto ibis Curitiba Aeroporto ibis Guarulhos ibis POA Aeroporto ibis Recife Aeroporto ibis RJ Santos Dumont ibis SP Congonhas ibis Salvador Hangar ibis Vitória Aeroporto ibis SP Congonhas R. Baronesa de Bela Vista,  Em frente ao aeroporto de Congonhas ŽŽ‘’“’“’


A HOTELARIA E O ROOM TAX: UMA PARCERIA QUE DEU CERTO É preciso acreditar na causa e passar isso para os hóspedes”, diz Ruben Leme, Gerente geral do L’Hotel PortoBay São Paulo. Outro hoteleiro que visualiza benefícios com o Room Tax é o diretor comercial sênior da Atlantica Hotels, Ricardo Bluvol. “O Room Tax não deve ser impositivo ao hóspede; deve ser opcional. Mas, obviamente, queremos que o hóspede entenda a importância da contribuição porque, sem dúvida alguma, ela traz diversos benefícios ao turismo de lazer ou de negócios”, sintetiza Bluvol. “Acreditamos que a prática do Room Tax é um incentivo para que os CVBx com bom planejamento e execução fomentem mais a divulgação do turismo, importante para colocar o destino na rota nacional e internacional para feiras, congressos, grupos, eventos, cultura e lazer ” Um questionamento muito frequente no segmento de hospitalidade é a dúvida de como um Convention & Visitors Bureau (CVB) sobrevive. A melhor resposta e mais pertinente é: em grande parte, graças ao Room Tax. E o que seria isso? Não é uma taxa, nem um tributo. O Room Tax é uma contribuição voluntária cobrada dos hóspedes por cada diária nos hotéis, repassada, após os devidos descontos e impostos, aos CVBx. Uma prática internacionalmente conhecida e utilizada em centenas de cidades pelo mundo. Essa doação voluntária e o trabalho sério dos hotéis associados no repasse da verba recolhida possibilitam que os CVBx tenham mais fôlego para realizar suas atividades, nacional e internacionalmente. A outra menor parte do orçamento de um CVB é arrecadada através das contribuições mensais feitas pelos seus associados. Três hoteleiros - de perfis institucionais diferentes falaram ao EMDIACOM sobre suas experiências com o tema. A opinião é unânime: todos apoiam que o subsídio continue facultativo para o hóspede. Desta maneira, é possível manter a sustentabilidade e independência dos CVBx, que atuam na captação de eventos e na promoção do destino representado. Mesmo com a unanimidade conferida com os entrevistados, a permanência do Room Tax facultativo ao hóspede é um tema setorial bastante forte e que tem levantado algumas bandeiras políticas. “O importante é que os hóspedes entendam e comprem a causa de fomentação do turismo, destino final do dinheiro arrecadado com essa contribuição.

EMDIACOM | ACADEMIA VISITE SÃO PAULO

Nina Mazziotti - Diretora de vendas e marketing do Renaissance São Paulo Hotel Assim, o trabalho desenvolvido pelos Convention & Visitors Bureaux é positivo. Um exemplo prático é a produção de material de divulgação do destino, incluindo campanhas publicitárias, folders, panfletos, guias, cartazes, vídeos, banco de imagens, agenda de eventos, descontos, mapas, além de treinamentos, capacitações e, mais intensamente, o trabalho de captação de eventos para a cidade. (O segundo volume da série EMDIACOM apresentou todo o processo de captação de eventos desenvolvido pelo SPCVB, que trouxe como tema o Mercado de Eventos Associativos). “O papel de cada um é fundamental para promover o desenvolvimento do turismo de eventos e negócios por meio da captação de eventos nacionais e internacionais, para gerar benefícios para seus mantenedores e para o fomento de toda a cadeia econômica da cidade “ Ricardo Bluvol - Diretor comercial sênior da Atlantica Hotels Aproximadamente 70% dos hotéis da rede participam de Convention & Visitors Bureaux nas cidades em que estão localizados. No L’Hotel PortoBay São Paulo, colaboradores do empreendimento ganham capacitação sobre a abordagem ao hóspede com a explicação do que é a contribuição facultativa e para o que ela serve, sinaliza o gerente geral.

34


Hotelaria e o Room Tax: Uma parceria que deu certo

“ O Room Tax representa a maior receita destinada ao SPCVB, fazendo de sua arrecadação respaldo para as ações de fomento ao turismo de São Paulo. Muitos são os benefícios gerados pelos CVBx, pois além de colaborar para a melhoria da infraestrutura na cidade, ainda divulgam a cidade como destino, gerando um aumento no número de turistas e a ocupação dos hotéis” Ruben Leme - Gerência geral do L’Hotel Porto Bay São Paulo “Falando de São Paulo, especificamente, por ser a cidade onde trabalho e onde está localizado o Renaissance São Paulo Hotel, sabemos que o uso efetivo do Room Tax pode contribuir de forma significativa no aumento do fluxo de visitantes na capital, o que faz movimentar a economia, gerar empregos, além de proporcionar uma melhor experiência para os visitantes, com menor dependência dos recursos públicos. Dessa forma todos ganham: comércio, serviços, os turistas e todos os paulistanos”, completa a diretora de vendas e marketing, Nina Mazziotti do Renaissance São Paulo Hotel.

Nina Mazziotti

Diretora de vendas e marketing do Renaissance São Paulo Hotel

Ricardo Bluvol

Diretor comercial sênior da Atlantica Hotels

Ruben Leme

Gerência geral do L’Hotel Porto Bay São Paulo

© André Stéfano | SPCVB

Com um CVB mais estruturado, o setor de turismo no Brasil fica mais fortalecido, há uma colaboração para a melhoria da infraestrutura das cidades e automaticamente resultados econômicos positivos. Um dos benefícios diretos é o próprio aumento da ocupação hoteleira nas cidades, o que garante a saúde financeira dos empreendimentos, manutenção dos postos de trabalho, qualidade dos serviços prestados e, consequentemente, visitantes mais satisfeitos com as experiências vivenciadas em cada destino.

Como pôde ser visto, nesse cenário, hoteleiros e investidores reforçam a importância da existência e manutenção facultativa do Room Tax para o turismo, agregando valor ao setor, colaborando para a melhoria da infraestrutura da cidade e, principalmente, contribuindo para aumentar o fluxo de visitantes e geração de negócios para todos os elos da cadeia produtiva do turismo.

EMDIACOM | ACADEMIA VISITE SÃO PAULO

35


O CLIENTE EM PRIMEIRO LUGAR

O que pensam os gestores, os agentes, os operadores e consolidadores de viagens sobre a hotelaria brasileira

Uma cadeia turística é perfeita quando todos os seus membros atuam de forma profissional. A relação de alguns atores com a hotelaria brasileira está amadurecendo. EMDIACOM apresenta algumas análises deste relacionamento, além de visões sobre a hotelaria de rede, independente e segmentação. Existe uma unanimidade referente à negociação de produtos e serviços pelos empresários hoteleiros no país. Edmar Bull, diretor-presidente da Copastur Viagens e Turismo e presidente do conselho de administração da Abracorp, diz que não é possível generalizar. “Entre os empresários hoteleiros conheço vários que são excelentes profissionais: investem sabendo onde e como chegar. Mas, lamentavelmente, também existem aqueles que atuam como se fossem simples donos de hotéis. Ou seja: empresários desprovidos do DNA da hospitalidade, que é o fator determinante para a conquista do sucesso no segmento”, pondera. Eliane Martins, conselheira da Associação LatinoAmericana de Gestores de Eventos e Viagens Corporativas (ALAGEV), diz que sim, “as redes hoteleiras preparam melhor os profissionais de negociação e aplicam os conceitos mundiais de revenue”. Gilberto Hingel, diretor da Litoral Verde Viagens e associado da Braztoa, também concorda que em relação às redes hoteleiras a negociação é melhor. “Essas empresas contam com profissionais de mercado que já estão preparados para isso. Agora, na hotelaria familiar, isso nem sempre acontece, principalmente quando não existe um profissional da área para esse tipo de negociação”, afirma ele. O presidente da Trend Operadora, Luis Paulo Luppa ressalta que a hotelaria nacional tem passado por um processo de profissionalização.

Questionados sobre as principais dificuldades na hora de comprar hospedagem no Brasil, esses clientes são taxativos e listam alguns temas importantes. “Muitos hotéis não disponibilizam o conteúdo nos canais usados pelas Travel Management Companies (TMCs), o que obriga as agências a solicitar reservas através de outros meios de comunicação como e-mail e telefone, tornando o processo de reserva moroso e consequentemente retorno mais demorado ao cliente.” Eliane Martins - Conselheira da Associação Latinoamericana de Gestores de Eventos e Viagens Corporativas - (ALAGEV) Gilberto Hingel vê dificuldades quando um hoteleiro negocia por um valor muito baixo para algum grande player de mercado. “Isso quebra a cadeira de distribuição. Mas quando temos uma boa relação com a equipe comercial do hotel, a negociação, geralmente, flui bem”, agrega. “A maior dificuldade está em identificar, dentro das várias propostas e padrões que existem no segmento hoteleiro, a opção que mais beneficiará nosso único canal de vendas, os agentes de viagens, para que ofereçam as melhores opções aos seus clientes”, apresenta Luppa, da Trend. Edmar Bull analisa os pontos de vista comercial e operacional.

“ Apesar deste movimento ser algo recente, já notamos um avanço, principalmente nas grandes redes, com práticas de Revenue Management (RM) ou Gestão de Receita, e uma maior atenção em relação ao dinamismo que o mercado de hoje exige, sobretudo no que tange à competitividade e ao posicionamento dos produtos” Luis Paulo Luppa - Presidente da Trend Operadora

EMDIACOM | ACADEMIA VISITE SÃO PAULO

37


Cliente em primeiro lugar Quanto à primeira área, para ele há falta de referências padronizadas que favoreçam a apreciação de propostas e, com clareza, a identificação de diferenciais competitivos. “ Sob a ótica operacional, muitos hotéis não dispõem de processos informatizados capazes de atender plenamente as exigências impostas pela demanda corporativa, cada vez mais orientada à redução de custos. É inaceitável supor que no Brasil ainda não tenhamos 100% de integração sistêmica entre os meios de hospedagem e as TMCs, que focam na qualidade da gestão dos recursos investidos por seus clientes, priorizando ganhos de produtividade para todos os envolvidos” Edmar Bull - Presidente do conselho de administração da Ass. Bras. de Agências de Viagens Corporativas (ABRACORP) O relacionamento entre determinados clientes com a hotelaria, especialmente o travel manager (gestor de viagens), a TMC, a Consolidadora e a Operadora têm suas especificidades. Já o relacionamento da hotelaria com as operadoras é bom mas tem como melhorar. “A melhora é em compreender mais claramente a importância da cadeia de distribuição. O operador e o agente de viagens têm grande importância na cadeia de turismo”, destaca Hingel, que acredita que uma operadora aumenta a capacidade de vendas do hotel e funciona como vitrine. Para as consolidadoras, Luis Paulo Luppa vê que relacionamento é bom e pode evoluir ainda mais. “Há oportunidade para os hotéis explorarem melhor os benefícios que uma consolidadora oferece. A consolidadora capta e direciona uma demanda que alguns hotéis nem sempre conseguem atender, muitas vezes devido à dificuldade em conceder crédito para agências de viagens de menor porte”, cita o presidente da Trend. Bull diz que o relacionamento das TMCs com a hotelaria avançou muito nos últimos anos, especialmente com o apoio das entidades do segmento, como ABIH, FHORESP, FOHB e Resorts Brasil. “Sempre é possível melhorar, tendo como foco o trinômio qualidade-produtividade-rentabilidade referenciando esforços de cooperação em âmbito comercial, administrativo, financeiro, tecnológico e operacional”, acrescenta. Hoje, sem dúvida, o cliente busca uma experiência de compra dinâmica e ágil, que atenda às suas necessidades com excelência. O canal mais utilizado para a compra de hospedagem no ponto de vista do travel manager são os sistemas de reservas. “A maioria das empresas que utilizam uma TMC reservam através dos sistemas de reservas online (OBTs), sempre que disponível”, apresenta Eliane Martins. Quanto às operadoras, o início do contato acontece através de reuniões presenciais e por telefone. Depois de todos os trâmites, a compra, EMDIACOM | ACADEMIA VISITE SÃO PAULO

em si, pode ser feita online, nos moldes rápidos de costume. Para as consolidadoras, o canal mais utilizado para a compra e venda é o online. “O canal tem sido cada vez mais fortalecido por propiciar esse cenário de velocidade no retorno e, por isso, temos investido bastante em tecnologia, buscando proporcionar aos agentes de viagens uma ferramenta eficiente, com conteúdo e rápido tempo de resposta”, acrescenta Luppa, que recentemente lançou a nova versão da plataforma de vendas da empresa, com uma série de facilidades para auxiliar os agentes no processo de venda. Já as TMCs foram além. A diversidade de canais motivou a Abracorp a tomar uma decisão inédita: investir no desenvolvimento de uma solução integrada de reservas e faturamento online dedicada à conexão do segmento hoteleiro, lançado em outubro de 2013. “Atualmente, o B2B Reservas é utilizado por mais de mil e quinhentos empreendimentos hoteleiros. Além de contribuir com um aumento de produtividade na ordem de 300% para as agências de viagens que utilizam a ferramenta, o novo sistema também é sustentável sob o ponto de vista ambiental”, apresenta Edmar. “Hoje, os hotéis e operadoras estão conseguindo ter mais conexão entre sistemas, o que deixa o processo muito mais fácil e rápido”, sinaliza Gilberto Hingel. Para um mercado brasileiro pujante e fortalecido, bons fornecedores são essenciais. No Brasil há uma oferta diversificada para atender a todos os padrões de serviços demandados por brasileiros e estrangeiros. Bull pontua que em alguns períodos do ano de determinados destinos “a falta de disponibilidade compromete a relação preço-qualidade, repercutindo uma imagem negativa do segmento em prejuízo para o setor como um todo”. Luppa analisa que o mercado brasileiro tem excelentes produtos, mas muitos deles ainda estão defasados e precisam se adequar à mudança de perfil e ao nível de exigência do cliente. “Já faz muito tempo que o cliente corporativo, por exemplo, não busca em um hotel apenas uma boa cama e um bom chuveiro. O atendimento e a qualidade dos serviços prestados são de suma importância, e os diferenciais são cada vez mais bem avaliados, o que acaba influenciando na escolha”, diz Luppa. A negociação direta com a hotelaria de rede tem suas vantagens e torna o processo mais rápido e objetivo. “O cliente tem a possibilidade de expor diretamente suas necessidades e expressar seu ponto de vista, já o fornecedor pode obter dados concretos da empresa, como demanda, volumes e perspectivas de futuro”, diz Eliane Martins. Gilberto Hingel, reforça que a padronização e o volume fazem a diferença. “Falamos com uma única pessoa e isso se refere a um grande número de produtos envolvidos. Isso, do ponto de vista prático e comercial”. “Na maioria das vezes, a rede hoteleira acaba oferecendo uma visão mais detalhista do mercado e 38


Cliente em primeiro lugar da concorrência por ter como referência as práticas internacionais – no caso de redes estrangeiras, principalmente, ou pela atuação em outras praças –, o que permite um entendimento mais claro acerca da cadeia produtiva”, analisa Luppa. A hotelaria independente representa uma parcela majoritária na composição do perfil dos meios de hospedagem que atendem o mercado de viagens corporativas. De acordo com a movimentação da Abracorp no primeiro trimestre de 2015, a hotelaria independente concentrou 34,2% de share, ocupando a liderança no ranking quando comparada à participação individual das redes que são as mais demandadas. “O grande desafio da hotelaria independente é manter integração sistêmica com as TMCs, para garantir sua competitividade no cenário atual”, analisa Edmar Bull. “Vemos que a hotelaria independente tem se esforçado para implantar melhorias, porém, ainda em muitos casos, os sistemas e processos utilizados não são os mais adequados quando comparamos com as redes hoteleiras globais”, acrescenta Eliane. A profissionalização é uma opinião comum entre todos os entrevistados pelo EMDIACOM. “É percebida uma movimentação também por parte dos hotéis independentes na busca pela profissionalização do seu quadro de colaboradores, e muitos deles já conseguem estabelecer práticas comerciais tão eficientes quanto as utilizadas pelas grandes redes no País”, situa Luppa. “O grande ponto é que o hotel precisa ter um departamento comercial profissionalizado, que entenda toda a cadeia produtiva do turismo.”

A segmentação é importante para que o hotel possa definir sua estratégia e atender bem seus hóspedes. Mas Luppa considera que a segmentação ainda é um diferencial pouco explorado no Brasil. “O mercado precisa de soluções que atendam à diversidade de necessidade apresentada pelos vários perfis de hóspedes. Ainda há dificuldade por parte do hóspede em compreender a categorização de produtos e serviços e identificar a relação custo-benefício”, finaliza.

Luis Paulo Luppa

Presidente da Trend Operadora e Conselheiro Consultivo SPCVB

Edmar Bull

Presidente do Conselho de Administração da Ass. Bras. de Agências de Viagens Corporativas - (ABRACORP) e VP Conselho Curador SPCVB

Eliane Martins

Conselheira da Associação Latinoamericana de Gestores de Eventos e Viagens Corporativas - (ALAGEV)

Gilberto Hingel

Afiliado à da Associação Brasileira das Operadoras de Turismo - (BRAZTOA)

Gilberto Hingel - Associado da Associação Brasileira das operadoras de Turismo - (BRAZTOA) Uma tendência que ganhou força nos últimos anos no Brasil foi a segmentação na hotelaria, muitas vezes vista como um diferencial competitivo. A segmentação de mercado, incluindo diferenciais focados em nichos, é uma tendência irreversível e necessária; embora o posicionamento das marcas nem sempre correspondam à oferta de serviço compatível com as necessidades e as expectativas do público-alvo. Por questões conjunturais, um empreendimento do tipo luxo, por exemplo, ao praticar tarifas promocionais dedicadas aos canais de venda direta, pode comprometer o perfil da marca. “Assim, o que aparentemente resulta em ganhos pontuais acaba gerando prejuízos de elevado custo. Recuperar a imagem da marca sempre requer mais investimentos e prazo para a obtenção do retorno desejado”, acrescenta Bull. A definição de seu públicoalvo é vital para um hotel sintetiza Eliane. “As necessidades e demandas do corporativo são diferentes e tem um público disposto a pagar um pouco mais caro, porém são muito mais exigentes”. EMDIACOM | ACADEMIA VISITE SÃO PAULO

39


Para seu deleite

Table Alameda Itú, 1564 Cerqueira Cesar – São Paulo – SP +55 11 3068 0775 table@omtable.net www.omtable.net

Horário de Funcionamento: Segunda a Quinta: 12:00-15:00 / 18:00-00:00 Sexta: 12:00-15:00 / 18:00-1:00 Sábado e Feriados: 13:00-01:00 Domingo: 13:00-00:00


COMO CONSTRUIR UMA CARREIRA NA HOTELARIA Hospitalidade, especialização e idiomas são essenciais para profissionais do setor.

Como o segmento de hospitalidade cresceu muito no Brasil nos últimos anos, o turismo tornou-se uma fonte de renda muito importante, aumentando a oferta de emprego nesse mercado. O investimento em novos empreendimentos hoteleiros e a necessidade de contratação de mão de obra especializada deram visibilidade à hotelaria.

Os formados em hotelaria estão aptos a trabalhar nos mais diferentes meios de hospedagem inseridos no contexto regional e nacional desde hotéis, flats, pousadas, resorts, spas, motéis, hospitais e navios, além de parques temáticos, cassinos, clínicas, eventos, clubes, restaurantes, bares, empresas de serviços, entre outros.

Quem ingressa na faculdade de hotelaria tem a possibilidade de integração entre os campos teórico e prático, além de estar sempre a par dos problemas e soluções que vão surgindo neste setor dinâmico e flexível. “A grande competência que se busca hoje nos profissionais de hotelaria é o interesse pelo outro - atenção aos detalhes, ao que não é dito com palavras, mas sim com gestos e expressões, o cuidado no trato com problemas e reclamações, o real interesse no cliente. Isso dificilmente é ensinado em cursos, técnicos ou superiores, portanto há que se treinar muito e o quanto antes”, cita a Professora Dra. Mariana Aldrigui, da Escola de Artes, Ciências e Humanidades da Universidade de São Paulo (EACH/USP).

“E sempre, em qualquer situação, o pré-requisito é o domínio do inglês e de um segundo idioma, sem contar o ótimo português, claro. Pesquisas recentes apontam que, em diversos casos, o domínio de um terceiro idioma é decisivo para que profissionais sem formação na área ocupem as posições de front-office”, finaliza a professora da USP.

As instituições podem contribuir de forma direta para que o aluno tenha êxito durante sua vida acadêmica. Oferecer uma experiência focada nos setores administrativos, financeiros, mercadológicos e operacionais hoteleiros através de laboratórios e uma grade curricular de excelência é fundamental para que o aluno atue na operacionalização das atividades hoteleiras, bem como torne-se um empreendedor.

Um ponto crítico para interessados que buscam cursar hotelaria é que – infelizmente – ainda não existe muita oferta acadêmica no Brasil. Atualmente, são poucas as instituições que oferecem graduação ou cursos técnicos no tema. Algumas mais conhecidas são apresentadas a seguir:

Profª. Dra. Mariana Aldrigui

Escola de Artes, Ciências e Humanidades da Universidade de São Paulo (EACH/USP)

A formação superior e técnica prepara o aluno para enfrentar um mercado emergente, competitivo e carente de profissionais qualificados. Mariana avalia ainda que quem opta por curso técnico, deve em seguida partir para uma graduação complementar, como Administração de Empresas, Economia, Gestão Empresarial ou, especialmente, Gestão Financeira. “A combinação das competências de serviço e gestão representam o pássaro raro da hotelaria. Se a opção for pelo curso superior de hotelaria, então a pós-graduação deve complementar o que o curso não ofereceu”, complementa. O mercado de trabalho exige que o profissional atuante na hotelaria tenha sólida cultura geral e conhecimento técnico. “Lembrar que o trabalho em hotéis é uma composição entre atender o cliente e trazer resultados operacionais positivos, portanto só simpatia não levará ninguém muito longe”, lembra Mariana.

EMDIACOM | ACADEMIA VISITE SÃO PAULO

41


Como construir uma carreira na hotelaria UNIVERSIDADES E ESCOLAS TÉCNICAS

São Paulo Universidade Anhembi Morumbi São Paulo www.anhembi.br Centro Universitário Senac São Paulo / Águas de São Pedro / Campos do Jordão www.sp.senac.br ETEC – Centro Paula Souza várias cidades do Estado www.centropaulasouza.sp.gov.br

Centro Europeu Curitiba www.centroeuropeu.com.br

Pernambuco Universidade Federal de Pernambuco (UFPE) Recife www.ufpe.br Faculdade Boa Viagem/Devry (FBV) Recife www.fbv.edu.br

Rio de Janeiro

Hotec São Paulo www.hotec.com.br

Universidade Estácio Rio de Janeiro www.estacio.br

Unip São Paulo www.unip.br

Centro Integrado de Estudos em Turismo e Hotelaria (CIETH) Rio de Janeiro www.cieth.com.br

Uninove São Paulo www.uninove.br

Rio Grande do Sul

Universidade do Oeste Paulista (Unoeste) Presidente Prudente www.unoeste.br

Universidade de Caxias do Sul (UCS) Caxias do Sul www.ucs.br

Universidade de Sorocaba (Uniso) Sorocaba www.uniso.br

Castelli - Escola Superior de Hotelaria Canela www.castelli.edu.br

Ceará Universidade de Fortaleza (Unifor) Fortaleza www.unifor.br

Maranhão

Universidade Estácio-Fargs Porto Alegre www.estacio.br Universidade Federal de Pelotas Pelotas http://wp.ufpel.edu.br

Universidade Federal do Maranhão (UFMA) São Luis www.ufma.br

Paraíba Universidade Federal da Paraíba (UFPB) João Pessoa www.ccae.ufpb.br

Paraná Universidade Estadual do Oeste do Paraná (Unioeste) Foz do Iguaçu www.foz.unioeste.br

EMDIACOM | ACADEMIA VISITE SÃO PAULO

42


Mapa Destinos - HotÊis e espaços de eventos


Berrini

Associado

Localização

Transamerica Expo Center

Av. Dr. Mario Villas Boas Rodrigues, 387

0

WTC Events Center

Av. das Nações Unidas, 12551

São Paulo Center

Av. Lineu de Paula Machado, 1088/1100

Amcham Business Center Club A São Paulo Adagio São Paulo Berrini

R. Sansão Alves dos Santos, 373

172

1

12

12

22

Grand Hyatt São Paulo

Av. das Nações Unidas, 13301

470

17

1350

2379

3231

Hotel Ibis São Paulo Morumbi

Av. Roque Petroni Júnior, 800

376

0

0

0

0

InterCity Premium Berrini

R. Alcides Lourenço da Rocha, 136

127

2

30

50

40

Blue Tree Premium Morumbi

Av. Roque Petroni Junior, 1000

392

17

550

1045

1107

Estanplaza Berrini

Av. Engo. Luis Carlos Berrini, 853

130

3

100

170

273

Estanplaza Nações Unidas

R. Guararapes, 1889

111

4

120

240

261

Gran Estanplaza São Paulo

R. Arizona, 1517

209

5

320

570

429

Sheraton São Paulo WTC

Av. das Nações Unidas, 12559

296

52

920

8000

8173

Hilton São Paulo Morumbi

Av. Nações Unidas, 12901 - Torre Leste

503

19

600

1640

1433

Quality Berrini

R. Heinrich Hertz, 14

214

6

80

400

242

The Time Othon Suítes

R. Hans Oersted, 115

103

4

150

290

347

Tryp Berrini

R. Quintana, 934

200

6

200

260

260

Prodigy Grand Hotel & Suites Berrini São Paulo

Rua Quintana, 1012

182

9

170

300

270

Estanplaza International

R. Fernandes Moreira, 1293

141

15

800

2830

2426

Blue Tree Premium Verbo Divino

R. Verbo Divino, 1323

331

7

100

180

168

Tryp Nações Unidas

R. Fernandes Moreira, 1264

400

7

250

320

300

Mercure São Paulo Nações Unidas

R. Professor Manoelito de Ornellas, 104

145

1

70

70

64

Transamérica Executive Chácara Santo Antônio

R. Américo Brasiliense, 2163

99

6

110

214

250

InterCity Premium Nações Unidas

R. Fernandes Moreira, 1371

166

7

180

560

368

Hotel Ibis São Paulo Interlagos

Av. Interlagos, 2215

144

0

0

0

0

Ibis Budget São Paulo Morumbi

Av. Roque Petroni Junior, 800 - Torre II

378

0

0

0

0

Hotel Transamérica São Paulo

Av. das Nações Unidas, 18591

396

23

1500

2815

5966

Novotel São Paulo Morumbi

Rua Ministro Nélson Hungria, 450

190

14

300

700

1000

Estanconfor NYC

Rua Sansão Alves dos Santos, 56

164

0

0

0

0

EMDIACOM | ACADEMIA VISITE SÃO PAULO

UH (total)

Número de Salas

Capacidade Sala Principal (m²)

Capacidade Todas as Salas (m²)

Área Total (m²)

15

6500

12140

4268

0

1

2500

2500

4221

0

12

300

1700

2400

Rua da Paz, 1431

0

17

1200

1200

2338

Av.Das Nações Unidas, 12559 - Piso C

0

0

0

0

1200

44


Centro, Anhembi & Center Norte

Associado

Localização

Anhembi

Av. Olavo Fontoura, 1209

Associação Paulista de Cirurgiões Dentistas

R. Voluntários da Pátria, 547

Expo Center Norte Centro de Eventos Pro Magno Casa das Caldeiras

Av. Francisco Matarazzo, 2000

0

3

Espaço Immensità 

Av. Luiz Dumont Villares, 392

345

22

Hotel Ibis São Paulo Expo

R. Eduardo Viana, 163

286

7

270

350

695

Hotel Panamby São Paulo

Av. Ordem e Progresso, 115

198

9

500

500

1400

Novotel Jaraguá São Paulo Conventions

R. Martins Fontes, 71

415

25

300

2000

3800

Luz Plaza

Rua Prates, 145

0

4

180

355

385

Hotel Mega Polo

R. Barão de Ladário, 670

136

3

200

600

480

Hotel Family

R. da Juta, 301

230

0

0

0

0

Total Hotel

Rua João Teodoro, 1200

240

0

0

0

0

Normandie Design Hotel

Av. Ipiranga, .187

174

3

65

194

177

Bourbon São Paulo Business Hotel

Av. Vieira de Carvalho, 99

127

6

80

280

310

Hotel Terra Nobre

R. Barão de Campinas, 146

80

2

50

50

70

San Raphael Hotel

Largo do Arouche, 150

214

7

300

710

923

Nobilis Express

Rua Santa Ifigênia, 72

0

0

0

0

0

Ibis Budget São Paulo São João

Av. São João, 1140

260

0

0

0

0

155 Hotel

R. Martinho Prado, 173

76

3

80

140

348

Ibis Budget São Paulo Paulista

Rua da Consolação, 2303

399

0

0

0

0

Pergamon Hotel

Rua Frei Caneca, 80

123

4

150

95

326

Tryp São Paulo Higienópolis Hotel

R. Maranhão, 371

252

2

120

120

132

Travel Inn Conde Luciano

R. Dr. Gabriel dos Santos, 131

42

1

60

60

55

Transamérica Classic Higienópolis

R. Alagoas, 974

35

2

120

180

244

Blue Tree Towers Anália Franco

R. Eleonora Cintra, 960

134

3

110

230

213

Holiday Inn Parque Anhembi

R. Profº Milton Rodrigues, 100

780

19

1000

2380

2510

Transamérica Executive Perdizes

R. Monte Alegre, 835

98

4

80

100

117

Plaza Inn American Loft

Rua Turiassu, 1863

98

1

50

50

44

Comfort Downtown

R. Araújo, 141

260

5

230

360

218

Higienópolis Hotel & Suítes

Av. Angélica, 310

189

0

0

0

0

Mercure São Paulo Nortel

Av. Luis Dumont Villares, 400

305

4

150

176

346

Ibis Styles Anhembi

Av.Cruzeiro do Sul, 1740

187

0

0

0

0

Tryp Tatuapé

R. Serra da Juréa, 351

157

4

160

360

392

Novotel Center Norte

R. Zaki Narchi, 500

363

11

850

2310

2800

Adagio Nortel

General Ataliba Leonel, 1853

157

5

205,2

419,95

563,83

EMDIACOM | ACADEMIA VISITE SÃO PAULO

UH (total)

Número de Salas

Capacidade Sala Principal (m²)

Capacidade Todas as Salas (m²)

Área Total (m²)

0

9

2500

4425

400000

0

2

1662

1644

1644

Rua José Bernardo Pinto, 333

0

23

1700

4600

98000

Av.Professora Ida Kolb, 513

0

2

0

0

48000

500

0

1200

766,5

1697,3

7000

45


Faria Lima & Itaim

Associado

Localização

Associação Brasileira "A Hebraica" de São Paulo

Rua Hungria, 1000

0

8

Lapa 40 Graus

Rua Inacio Pereira da Rocha, 520

0

0

Giramondo Hostel

Rua Girassol, 471

6

1

George V Alto de Pinheiros

Pça. Roquete Pinto, 9

65

2

Meliá Jardim Europa

R. João Cachoeira, 107

255

4

Adagio Itaim Bibi

R. Prof. Carlos de Carvalho, 168

41

2

20

40

52

Radisson Faria Lima

Av. Cidade Jardim, 625

216

3

80

120

300

TRYP São Paulo Iguatemi Hotel

R. Iguatemi, 150

205

7

150

266

294

Tryp Itaim

R. Manuel Guedes, 320

133

7

100

200

230

Staybridge Suites São Paulo

R. Bandeira Paulista, 555

215

5

150

190

450

Tryp Jesuino Arruda

R. Jesuino Arruda, 806

139

5

55

120

163

Clarion Faria Lima

R. Jerônimo da Veiga, 248

190

3

140

190

219

Etoile George V Itaim

R. Pedroso Alvarenga, 610

84

2

30

50

92

Transamérica Classic Victória

R. Pedroso Alvarenga, 1088

50

2

50

60

80

Transamérica Classic La Residence

R. Campos Bicudo, 153

38

1

20

20

30

Transamérica Executive Faria Lima

R. Pedroso Alvarenga, 1256

136

7

110

224

246

The Capital GC Hotéis

Rua Tenente Negrão, 200

309

5

200

266

248

Newciti São Paulo

Rua Pedroso Alvarenga, 543

128

0

0

0

0

Go Inn Jaguaré

Av. Jaguaré, 1664

241

1

30

30

32

Quality Faria Lima

R. Diogo Moreira, 247

133

3

120

205

152

Howard Johnson Faria Lima Inn

R. Tavares Cabral, 61

180

2

35

70

78

Golden Tower Hotel

R. Deputado Lacerda Franco, 148

96

6

170

280

325

Travel Inn The World

Rua Gomes de Carvalho, 1005

167

3

60

160

160

Mercure São Paulo Vila Olímpia

R. Santa Justina, 210

210

7

180

261

632

Mercure São Paulo Funchal

R. Funchal, 111

86

2

40

58

78

Quality Suites Long Stay Vila Olimpia

R. Alvorada, 1009

108

2

45

60

69

Blue Tree Premium Faria Lima

Av. Brigadeiro Faria Lima, 3989

319

9

350

400

400

Estanplaza Funchal Faria Lima

R. Funchal, 281

162

6

300

400

373

Pullman São Paulo Vila Olímpia

R. Olimpíadas, 205

173

14

800

1000

1715

Caesar Business São Paulo Faria Lima

R. Olimpiadas, 205

206

14

800

980

1715

Radisson Vila Olimpia

R. Fidêncio Ramos, 420

175

6

270

510

448

Estanconfor Villa Olímpia

Rua São Tomé, 73

132

0

0

0

0

Estanconfor Itaim

Rua João Cachoeira, 292

130

0

0

0

0

EMDIACOM | ACADEMIA VISITE SÃO PAULO

UH (total)

Número de Salas

Capacidade Sala Principal (m²)

Capacidade Todas as Salas (m²) 1000

Área Total (m²)

4000

3410

0

0

1500

10

10

200

60

65

122

270

420

375

46


Ibirapuera, Moema & São Paulo Expo

Associado

Localização

São Paulo Expo Exhibition & Convention Center ABM - Associação Brasileira de Metalurgia, Materiais e Mineração Ginásio do Ibirapuera

R.Abílio Soares, 1480

Transamérica Executive Congonhas

R. Vieira de Morais, 1960

Astron Baden Baden

R. Vieira de Moraes, 300

29

2

30

48

63

Blue Tree Premium Congonhas

Rua Henrique F. Lancelotti, 6333

528

11

300

450

771

Hotel Ibis São Paulo Congonhas

R. Baronesa de Bela Vista, 801

391

9

120

350

388

Slaviero Slim Congonhas

Rua Baronesa de Bela Vista, 499

176

6

200

450

0

Travel Inn Live & Lodge

R. Borges Lagoa, 1209

128

3

400

600

610

Intercity Premium Ibirapuera

Avenida Ibirapuera, 2577

206

3

80

140

155

Pestana São Paulo

R. Tutóia, 77

198

12

350

1200

1200

Hotel Unique

Av. Brigadeiro Luis Antônio, 4700

95

11

900

1200

2000

Mercure São Paulo Ginásio Ibirapuera

R. Salto, 70

PalmLeaf Premium

Rua Galvão Bueno, 700 - Sala 2

Mercure São Paulo Moema

Av. Lavandisca, 365

Mercure São Paulo Privilege

Av. Macuco, 579

Mercure São Paulo Times Square

Av. dos Jamaris, 100

179

Quality Moema

Av. Rouxinol, 57

160

Bourbon Convention Ibirapuera

Avenida Ibirapuera, 2927

Estanplaza Ibirapuera

Av. Jandira, 501

Park Inn by Radisson Ibirapuera Comfort Ibirapuera Transamérica Executive The Special

R. Tuim, 18

Adagio São Paulo Moema

Avenida Jamaris, 100

Tulip Inn Paulista Convention Flat

Rua Apeninos, 1070

Mercure São Paulo Paraíso

R. Vergueiro, 1661

Matsubara Hotel Ibis Budget São Paulo Paraíso Mercure São Paulo Ibirapuera

R. Sena Madureira, 1355 - Bloco II

Grand Mercure São Paulo Ibirapuera

R. Sena Madureira, 1355 - bloco II

Bienal Suí­tes Ibirapuera

Rua Sena Madureira, 1225

120

2

Comfort Nova Paulista

R. Vergueiro, 2740

171

3

Green Place Flat Ibirapuera

R. Dr. Diogo de Faria, 1201

120

4

200

356

238

Pullman São Paulo Ibirapuera

Rua Joinville, 515

350

16

240

1025

2000

Up Scale Estanconfor

Rua Diogo Jacome, 518

150

3

0

0

0

Estanconfor Moema

Avenida Miruna, 320

104

0

0

0

0

EMDIACOM | ACADEMIA VISITE SÃO PAULO

UH (total)

Número de Salas

Capacidade Sala Principal (m²)

Capacidade Todas as Salas (m²)

Área Total (m²)

Rod.w dos Imigrantes, s/n (Km 1,5)

0

6

1000

2800

42000

R. Antônio Comparato, 218

0

5

215

315

230

0

9

200

480

95000

149

4

60

80

155

65

2

50

100

200

120

1

50

50

0

78

2

60

100

99

139

3

120

180

190

4

80

220

228

4

200

316

338

656

11

750

1100

1250

154

4

110

180

210

Av. Ibirapuera, 2534

350

6

200

450

432

Av. Sabiá, 825

100

1

35

35

36

50

1

30

30

28

162

0

0

0

0

91

6

90

315

304

80

2

60

90

90

R. Oscar Porto, 836

155

9

310

810

835

R. Vergueiro, 1571

297

0

0

0

0

80

2

100

180

8000

215

12

350

800

934

13

24

24

100

160

83

47


Paulista & Jardins

Associado

Localização

UH (total)

Número de Salas

Capacidade Sala Principal (m²)

Capacidade Todas as Salas (m²)

Centro de Convenções Frei Caneca

Área Total (m²)

R. Frei Caneca, 569 - 6º andar

0

9

2000

2100

Centro de Convenções Rebouças

Av. Rebouças, 600

0

8

617

1200

2400

Centro de Eventos São Luis

R. Haddock Lobo, 400

0

3

1600

2200

2940

Centro Fecomercio de Eventos

R. Dr. Plínio Barreto, 285

0

9

513

1300

3901

Espaço Manacá

Rua Estados Unidos, 889

0

6

150

500

763

Espaço União Cultural

Rua Mário Amaral, 209

Comfort Suites Oscar Freire

R. Oscar Freire, 1948

Mercure São Paulo Pinheiros

R. Capote Valente, 500

Feller Avenida Paulista

R. São Carlos do Pinhal, 200

The Universe Flat

R. Pamplona, 83

79

3

50

150

115

Maksoud Plaza Hotel

Al. Campinas, 150

416

38

900

4000

5000

Mercure Hotel São Paulo Paulista

R. São Carlos do Pinhal, 87

154

4

140

170

172

Paulista Wall Street Suítes

Rua Itapeva, 636

298

4

160

275

231

Meliá Paulista

Paulista, 2181

400

8

242

758

758

Mercure São Paulo Alamedas

R. Padre João Manuel, 202

90

1

40

40

60

Quality Jardins

Al. Campinas, 540

161

5

170

220

250

Quality Suites Long Stay Bela Cintra

R. Bela Cintra, 521

345

2

40

80

72

Blue Tree Premium Paulista

R. Peixoto Gomide, 707

234

6

100

230

265

Estanplaza Paulista

Al. Jaú, 497

120

2

100

100

100

Hotel Fasano São Paulo

R. Vittório Fasano, 88

60

4

30

66

246

Hotel Ibis São Paulo Paulista

Av. Paulista, 2355

236

0

0

0

0

Tryp Paulista

R. Haddock Lobo, 294

146

3

200

280

216

Transamérica Prime Intl Plaza

Al. Santos, 981

245

7

300

370

300

Central Park Jardins

R. Min. Rocha Azevedo, 523

63

1

50

50

80

Tivoli São Paulo - Mofarrej

Al. Santos, 1437

220

8

600

1100

1900

Golden Tulip Belas Artes

Rua Frei Caneca, 1197

0

7

200

615

611

HB Hotels Ninety

Al. Lorena, 521

133

6

200

465

456

InterContinental São Paulo

Al. Santos, 1123

195

9

450

968

1400

L´Hotel Porto Bay São Paulo

Al. Campinas, 266

83

6

120

286

321

Slaviero Executive Jardins

Al. Campinas, 1435

162

2

70

140

127

Mercure São Paulo Pamplona

R. Pamplona, 1315

64

1

100

100

100

Le Premier Suítes

R. Guarará, 511

50

2

60

100

111

George V Casa Branca

Al. Casa Branca, 909

66

1

8

8

60

Transamérica 21st Century

Al. Lorena, 473

200

6

120

226

216

Capcana Hotel São Paulo Jardins

Alameda Santos, 484

64

5

180

320

296

Royal Jardins Boutique Hotel

Alameda Jaú, 729

98

5

280

380

261

Hotel Trianon

Alameda Casa Branca,355

125

1

70

70

85

Quality Suites Imperial Hall

R. da Consolação, 3555

148

5

150

326

348

Hotel Emiliano

R. Oscar Freire, 384

57

3

45

180

270

Mercure Hotel São Paulo Jardins

Al. Itu, 1151

126

3

140

140

139

Renaissance São Paulo Hotel

Al. Santos, 2233

444

14

550

1340

2700

Hotel Matiz Manhattan

R. Haddock Lobo, 867

WZ Jardins

Av. Rebouças, 955

Paulista Flat London Class Suítes

6500

0

3

285

347

800

204

2

90

115

100

0

3

100

180

195

149

3

100

110

145

49

2

60

60

70

338

14

350

720

1400

Al. Campinas, 105

47

1

0

0

15

Al. Jaú, 135

52

1

50

50

50

Etoile George V Jardins

R. José Maria Lisboa, 1000

25

1

8

8

19

Travel Inn Park Avenue

Al. Jaú, 358

32

1

40

40

41

Transamérica Executive The Advance

R. Bela Cintra, 1356

88

4

48

72

103

Transamérica Classic Ópera

Al. Lorena, 1748

59

1

50

75

60

Astron Garden Special

R. Doutor Melo Alves, 55

15

0

0

0

0

EMDIACOM | ACADEMIA VISITE SÃO PAULO

48


Golden Tulip Park Plaza

Alameda Lorena, 360

0

5

220

435

577

Tulip Inn Interative Flat

Rua José Maria Lisboa, 555

0

3

100

160

186

Hampton Park

Alameda Campinas, 1213

Ibis Budget São Paulo Jardins

Av. Nove de Julho, 3597

Grand Plaza

Rua Leoncio de Carvalho, 201

Mercure São Paulo Central Towers

R. Maestro Cardim, 407

Golden Tulip Paulista Plaza

Alameda Santos, 85

Transamérica Prime Paradise Garden

R. Sampaio Viana, 425

Century Paulista

Rua Teixeira da Silva, 647

Estanconfor Villa Jardins

Rua Min Rocha Azevedo, 915

72

2

120

150

181

399

0

0

0

0

0

1

50

50

211

119

5

150

410

345

378

9

280

515

533

53

2

83

161

161

192

6

390

620

620

64

0

0

0

0


Cidades Associadas Cidade

Associado

Localização

Número de Salas

Capacidade Sala Principal

Atibaia

Bourbon Atibaia Convention Resort

Rod. Fernão Dias s/nº Km 37,5

Barueri

HB Hotels Sequóia

Al. Madeira, 292

1

Radisson Alphaville

Al. Rio Negro, 1.030

5

Comfort Suítes Alphaville

Al. Rio Negro, 1.030

5

Quality Suites Alphaville

Al. Mamoré, 333

Hotel Ibis Tamboré

2340

UH (total)

Área Total (m²)

3622,3

572

45

45

153

76

260

388

135

358,4

260

388

135

358,4

5

100

208

179

188,72

Av. Marcos Penteado de Ulhoa Rodrigues, 1.111

2

20

40

144

75

Bourbon Alpha Businesws Hotel

Av. Cauaxi, 223

8

250

700

200

700

Ibis Budget Tamboré

Av. Marcos Penteado de Ulhoa Rodrigues, 1.055

Royal Palm Hotels & Resorts

Av. Royal Palm Plaza, 277

36

1,2

3700

500

5400

Expo Dom Pedro

Av.Guilherme Campos,500 - II Bloco

5

1,82

2500

0

13770

Campos do Jordão

Pousada La Toscana

R. Francisco Romeiro, 270

0

0

0

19

Cesário Lange

Mavsa Resort Convention & SPA

Av. 3 de Maio, 2.500

6

600

814

95

720000

Guarujá

Casa Grande Resort & SPA

Av.Miguel Estéfano, 1.001

11

800

1,92

268

44000

Sofitel Guarujá Jequitimar

Av. Marjory da Silva Prado, 1.100

16

1,1

2776

301

6000

Guarulhos

Hotel Panamby

Rod. Pres. Dutra, Km 223.8

4

90

266

144

237

Ibiúna

SPAventura

Fazenda Morros Verdes

2

130

190

40

0

Ilhabela

Hotel Real Villa Bella

Av. Força Expedicionária Brasileira, 234

1

70

70

20

380

Porto Pacuíba Hotel

Av. Leonardo Reale, 2.392

1

40

40

29

25

Hotel Guanumbis

R. Morro da Cruz, 460

1

100

100

24

90

Ilha Deck

R. Dona Isa, 25

12

Pousada do Alemão

Av. Riachuelo, 6.926

22

Itapecerica da Serra

Hotel Terras Altas

Rod. Régis Bittencourt, BR 116, Km 292,5

Itu

Fazenda das Pedras

Rod. Dom Gabriel Paulino Bueno Couto, Km 98

Itupeva

White Pavillion

Rod. dos Bandeirantes, Km 72

Mogi das Cruzes

Paradise Golf & Lake Resort

Rod.Engenheiro Candido do Rego Chaves, 4.500

Mercure Mogi das Cruzes

Campinas

40

Capacidade Todas as Salas

11000

207

16

450

3

103

2600

2

500

530

153

632

8

600

1200

0

2200

30

2,13

5

418

1200000

R. Duarte de Freitas, 35

3

70

86

94

112

Hotel Ibis Santo André

Av. Industrial, 885

0

0

0

180

0

Mercure Hotel Santo André

Av. Industrial, 885

3

160

250

126

243

Astron Saint Moritz

R. João Pessoa, 124

1

90

90

92

86

Estância Alto da Serra

Estr. Névio Carlone, 03 Km 33 - Estr. Velha Santos

4

250

550

0

602

São Caetano do Sul

Mercure São Caetano do Sul

Alegre, 440

5

90

220

204

419

São Sebastião

Hotel Sambaqui

R. Xavantes, 57

1

30

30

24

0

Juquehy Praia Hotel

Av. Mãe Bernarda, 3.221

1

50

100

56

55

Tiê Sahy - Pousada

Av. Adelino Tavares, 160

0

0

0

16

0

Pousada Villa Camboa

Estrada de Camburi, 1.113

1

100

100

44

0

Pousada das Praias

R. do Piau, 70

1

50

50

28

0

Ciribaí Praia Hotel

R. dos Jacarandás, 165

1

100

100

39

0

Santo André

S. Bernardo do Campo

EMDIACOM | ACADEMIA VISITE SÃO PAULO

50


Guia de Associados


Agências de Propaganda, Comunicação e Assessoria de Imprensa B4T - Business For Travel DMATTOS LIVE MARKETING Promonde Voice Comunicação WMcCann

www.b4t.com.br www.dmattos.com.br www.promonde.com.br www.voice.com.br www.wmccann.com.br

Agências de Viagens, Turismo e Receptivo AD Feiras

www.adfeiras.com.br

Amtours DMC SP

www.amtours.com.br

Bality Viagens e Turismo Blumar Turismo Check Point Receptive Service Consolid Brasil Copastur Easygoing Brazil Turismo Ecology Passagens e Turismo Fast Trans Tour FK Viagens & Eventos Flytour American Express Serviços de Viagem HappyTour Iris Sol e Mar Levitatur

www.bality.com.br www.blumar.com.br www.checkpointtours.com.br www.consolidbrasil.com.br www.copastur.com.br www.easygoing.com.br www.ecology.com.br www.fasttranstour.com.br www.fkviagens.com www.flytour.com.br/sprepublica www.happytourturismo.com.br www.irissolemar.com.br www.levitatur.com.br

Mandarin Travel

www.baxi.com.br

Master Turismo

www.masterturismo.com.br

Meeting Way Eventos & Educação

www.meetingway.com.br

Mello Faro Turismo

www.mellofaro.com.br

Must Tour

www.musttour.com.br

Nascimento Turismo Ovation DMC Pergamon Turismo

www.nascimento.com.br www.ovationdmc.com www.bhghoteis.com.br

Quickly Travel

www.quicklytravel.com.br

Sólida Viagens

www.solidaviagens.com.br

Tayar Turismo

www.tayarturismo.com.br

TERRAMAR TURISMO E EVENTOS

www.terramarnews.com.br

Tivolitur Viagens e Turismo

www.tivolitur.com.br

Turiscorp Viagens e Turismo

www.turiscorp.com.br

Wings Turismo

www.wingstur.com.br

Associações/Entidades/Órgãos Governamentais ABAV/SP - Associação Brasileira de Agências de Viagens de São Paulo

www.abavsp.com.br

ABBTUR - Associação Brasileira de Turismólogos e Profissionais do Turismo

www.abbtur.org.br

ABEAR - Associação Brasileira das Empresas Aéreas

www.abear.com.br

ABENDI - Associação Brasileira de Ensaios Não Destrutivos e Inspeção ABEOC - Associação Brasileira de Empresas de Eventos Estadual São Paulo ABETA - Associação Brasileira das Empresas de Ecoturismo e Turismo de Aventura ABIH/SP - Associação Brasileira da Indústria de Hotéis de São Paulo

www.abendi.org.br www.abeoc.org.br/sp www.abeta.tur.br www.abihsp.com.br

ABIPE - Associação Brasileira de Intercâmbio Profissional e Estudantil

www.abipe.org.br

ABLA - Associação Brasileira das Locadoras de Automóveis

www.abla.com.br

ABLP - Associação Brasileira de Resíduos Sólidos e Limpeza Pública

www.ablp.org.br

ABRACOHR - Associação Brasileira de Compradores para Hotéis e Restaurantes

www.abracohr.com.br

ABRACORP - Associação Brasileira de Agências de Viagens Corporativas

www.abracorp.org.br

ABRAJET/SP - Assoc. Brasileira de Jornalistas de Turismo

www.abrajet.com.br

ABRASEL/SP - Associação Brasileira de Bares e Restaurantes ABRAT GLS - Associação Brasileira de Turismo GLS ABRESI - Associação Brasileira de Gastronomia, Hospedagem e Turismo ACSP - Associação Comercial de São Paulo

EMDIACOM | ACADEMIA VISITE SÃO PAULO

www.abraselsp.com.br www.abratgls.com.br www.abresi.com.br www.acsp.com.br

52


ADVB - Associação dos Dirigentes de Vendas e Marketing do Brasil ALAGEV - Associação Latino Americana de Gestores de Eventos e Viagens Corporativas ALSCEL - Associação dos Lojistas do Shopping Center Eldorado

www.advbfbm.org.br www.abgev.org.br www.shoppingeldorado.com.br

AMITUR - Associação dos Municípios de Interesse Cultural e Turístico

www.amitur.org.br

AMPRO - Associação de Marketing Promocional

www.ampro.com.br

APAE de São Paulo

www.apaesp.org.br

APIC - Associação Profissional de Intérpretes e Conferência

www.apic.org.br

APP - Associação dos Profissionais de Propaganda

www.appbrasil.org.br

APRECESP - Associação das Prefeituras das Cidades Estância do Estado de São Paulo

www.aprecesp.com.br

ARESP - Associação das Operadoras de Receptivo de São Paulo Associação Brasileira de Concierges dos Grandes Hotéis de São Paulo Associação Paulista Viva Associação Viva o Centro Atibaia e Região Convention & Visitors Bureau AVIESP - Associação das Agências de Viagens Independentes do Interior do Estado de São Paulo Braztoa - Associação Brasileira das Operadoras de Turismo Brotas Capital do Turismo de Aventura Câmara Brasil-China de Desenvolvimento Econômico Câmara de Comércio do Mercosul e União Latino América Câmara dos Dirigentes Lojistas do Shopping Iguatemi Campinas e Região Convention & Visitors Bureau Campos do Jordão e Região Convention & Visitors Bureau Centro Cultural Banco do Brasil - São Paulo Centro do Comércio do Estado de São Paulo Consorcio Intermunicipal Grande ABC

www.aresp.org www.acreh.com.br www.associacaopaulistaviva.org.br www.vivaocentro.org.br www.atibaiaeregiao.com.br www.aviesp.com www.braztoa.com.br www.brotas.tur.br www.cbcde.org.br www.mercosul-ula.org.br www.shoppingiguatemi.com.br www.visitecampinas.com.br www.visitecamposdojordao.org.br www.bb.com.br/cultura www.fecomercio.com.br www.consorcioabc.sp.gov.br

DEATUR - Delegacia Especializada no Atendimento ao Turista Ecine - Escritório de Cinema de São Paulo

www.ecine.sp.gov.br

Embratur - Instituto Brasileiro de Turismo

www.embratur.gov.br

Estância Climática de Caconde Estância Climática de Cunha Estância Climática de Santa Rita do Passa Quatro

www.caconde.tur.br www.cunha.sp.gov.br www.santaritadopassaquatro.sp.gov.br

Estância Climática de Santo Antônio do Pinhal

www.santoantoniodopinhal.sp.gov.br

Estância Hidromineral de Águas de São Pedro

www.aguasdesaopedro.sp.gov.br

Estância Turística de Ibiúna

www.ibiuna.sp.gov.br

Estância Turística de Piraju

www.estanciadepiraju.sp.gov.br

Estância Turística de São José do Barreiro Estância Turística de São Pedro FEAMBRA - Federação de Amigos de Museus do Brasil Federação do Comércio do Estado de São Paulo Federação Paulista de Golfe

www.barreirotur.com.br www.saopedro.com.br www.feambra.org www.fecomercio.com.br www.fpgolfe.com.br

FENACTUR - Federação Nacional de Turismo

www.fenactur.com.br

FHORESP - Fed. Hotéis, Restaurantes, Bares e Similares do Estado de São Paulo

www.fhoresp.com.br

FOHB - Forúm de Operadores Hoteleiros do Brasil Global Business Travel Association Guarujá Convention & Visitors Bureau Guarulhos Convention & Visitors Bureau IDORT - Instituto de Organização Racional do Trabalho Investe São Paulo

www.fohb.com.br www.gbta.org www.visiteguaruja.com www.visiteguarulhos.com.br www.idort.com www.investe.sp.gov.br

ISA DISTRITO 4 - Associação Sul-Americana de Automação

www.isadistrito4.org.br

Mozarteum Brasileiro

www.mozarteum.org.br

NTC&LOGÍSTICA Prefeitura da Estância Balneária de Mongaguá Prefeitura da Estância Climática de Bragança Paulista

EMDIACOM | ACADEMIA VISITE SÃO PAULO

www.portalntc.org.br www.mongagua.sp.gov.br www.braganca.sp.gov.br

53


Prefeitura da Estância de Ibirá Prefeitura da Estância Turística de Embu das Artes Prefeitura da Estância Turística de Ibitinga Prefeitura da Estância Turística de Igaraçu do Tietê Prefeitura da Estância Turística de Itu Prefeitura da Estância Turística de Salto Prefeitura de Presidente Epitácio Prefeitura de São Roque Prefeitura de Ubatuba Prefeitura do Município de São Bernardo do Campo Prefeitura Municipal Águas de Santa Bárbara Prefeitura Municipal da Estância Balneária de Caraguatatuba Prefeitura Municipal da Estancia Balnearia de Itanhaem Prefeitura Municipal da Estância Climática de Analândia Prefeitura Municipal da Estância Climática Nuporanga Prefeitura Municipal da Estância Climática São Bento do Sapucaí Prefeitura Municipal da Estância de Águas de Lindóia Prefeitura Municipal da Estância de Cananéia Prefeitura Municipal da Estância Hidromineral de Águas da Prata Prefeitura Municipal da Estância Hidromineral de Amparo Prefeitura Municipal da Estância Hidromineral de Poá Prefeitura Municipal da Estância Hidromineral de Serra Negra Prefeitura Municipal da Estância Turística de Avaré

www.ibira.sp.gov.br www.embudasartes.sp.gov.br www.ibitinga.sp.gov.br www.igaracudotiete.sp.gov.br www.itu.sp.gov.br www.salto.sp.gov.br www.presidenteepitacio.sp.gov.br www.saoroque.sp.gov.br www.vivaubatuba.com.br www.saobernardo.sp.gov.br www.aguasdesantabarbara.sp.gov.br www.caraguatatuba.sp.gov.br www.itanhaem.sp.gov.br www.analandia.sp.gov.br www.nuporanga.sp.gov.br www.saobentodosapucai.sp.gov.br www.aguasdelindoia.sp.gov.br www.cananeia.sp.gov.br www.aguasdaprata.sp.gov.br www.amparo.sp.gov.br www.poa.sp.gov.br www.serranegra.sp.gov.br www.avare.sp.gov.br

Prefeitura Municipal da Estância Turística de Batatais

www.batatais.sp.gov.br

Prefeitura Municipal da Estância Turística de Eldorado

www.eldorado.sp.gov.br

Prefeitura Municipal da Estância Turística de Ribeirão Pires Prefeitura Municipal da Estância Turística de Salesópolis Prefeitura Municipal da Estância Turístico- Religiosa de Aparecida Prefeitura Municipal de Bananal

www.ribeiraopires.sp.gov.br www.salesopolis.sp.gov.br www.aparecida.sp.gov.br www.bananal.sp.gov.br

Prefeitura Municipal de Barueri

www.barueri.sp.gov.br

Prefeitura Municipal de Bertioga

www.bertioga.sp.gov.br

Prefeitura Municipal de Cabreúva Prefeitura Municipal de Campos Novos Paulista

www.cabreuva.sp.gov.br www.camposnovospaulista.sp.gov.br

Prefeitura Municipal de Cesário Lange

www.cesariolange.sp.gov.br

Prefeitura Municipal de Guaratinguetá

www.guaratingueta.sp.gov.br

Prefeitura Municipal de Guarujá Prefeitura Municipal de Holambra

www.guaruja.sp.gov.br www.holambra.sp.gov.br

Prefeitura Municipal de Iguape

www.iguape.sp.gov.br

Prefeitura Municipal de Ilhabela

www.ilhabela.sp.gov.br

Prefeitura Municipal de Itapecerica da Serra Prefeitura Municipal de Itupeva Prefeitura Municipal de Lins Prefeitura Municipal de Mogi das Cruzes Prefeitura Municipal de Morungaba Prefeitura Municipal de Olímpia

www.itapecerica.sp.gov.br www.itupeva.sp.gov.br www.lins.sp.gov.br www.mogidascruzes.sp.gov.br www.morungaba.sp.gov.br www.olimpia.sp.gov.br

Prefeitura Municipal de Paranapanema

www.paranapanema.sp.gov.br

Prefeitura Municipal de Pereira Barreto

www.pereirabarreto.sp.gov.br

Prefeitura Municipal de Santa Fé do Sul Prefeitura Municipal de Santana de Parnaíba Prefeitura Municipal de Santo André Prefeitura Municipal de Santos Prefeitura Municipal de São Caetano do Sul Prefeitura Municipal de São José dos Campos Prefeitura Municipal de São Luiz do Paraitinga Prefeitura Municipal de São Sebastião

EMDIACOM | ACADEMIA VISITE SÃO PAULO

www.santafedosul.sp.gov.br www.santanadeparnaiba.sp.gov.br www.santoandre.sp.gov.br www.santos.sp.gov.br www.saocaetanodosul.sp.gov.br www.sjc.gov.br/secretarias/turismo.aspx www.saoluizdoparaitinga.sp.gov.br www.saosebastiao.sp.gov.br

54


Prefeitura Municipal de Socorro

www.socorro.sp.gov.br

Prefeitura Municipal de Vinhedo

www.vinhedo.sp.gov.br

Prefeituria de Lindoia Prótur - Itu Sao Jose dos Campos Convention & Visitors Bureau São Paulo Turismo SCIESP - Sindicato dos Corretores de Imóveis no Estado de São Paulo

www.lindoia.sp.gpv.br www.proturitu.com.br www.visitesaojosedoscampos.com.br www.spturis.com www.sciesp.org.br

SECOVI - Sindicato das Empresas de Compra, Venda, Locação e Administração de Imóveis Residenciais e Comerciais de São Paulo

www.secovi.com.br

Secretaria de Esporte, Lazer e Juventude do Estado de São Paulo

www.selj.sp.gov.br

Secretaria de Turismo do Estado de São Paulo

www.turismo.sp.gov.br

SINDETUR - Sindicato das Empresas de Turismo no Estado de São Paulo

www.sindetursp.org.br

SINDILOJAS - SP Sindicato dos Lojistas do Comércio de São Paulo

www.sindilojas-sp.org.br

SINHORES-SP - Sindicato de Hotéis, Restaurantes, Bares e Similares de São Paulo

www.sinhores-sp.com.br

Skal SP

www.skalsp.com.br

SOCESP - Sociedade de Cardiologia do Estado de São Paulo

www.socesp.org.br

Sociedade Amigos da Cidade

www.sacsp.org.br

Swedcham Brasil

www.swedcham.com.br

Transfretur - Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros por Fretamento e para Turismo de São Paulo e Região

www.transfretur.org.br

UBRAFE - União Brasileira dos Promotores de Feiras

www.ubrafe.org.br

Auditoria e Consultoria Arquitetura Humana BCS Consultoria em RH BDO Brazil Caio Calfat Real Estate Consulting Espallargas Gonzalez Sampaio Fidalgo Advogados Exam Assessoria Contábil e Fiscal Grupo Doria Hotel Consult Luchesi Advogados TSM - Assessoria e Gestão de Negócios

www.arquiteturahumana.com.br www.bcsrecursoshumanos.com.br www.bdobrazil.com.br www.caiocalfat.com www.egsfadvogados.com.br www.examcontabil.com.br www.doriassociados.com.br www.hotelconsult.com.br www.luchesiadv.com.br www.tsmgestaodenegocios.com.br

Bares e Restaurantes A Figueira Rubaiyat Bar Brahma Bar Brahma Aeroclube Bar Léo

www.rubaiyat.com.br www.barbrahmacentro.com www.barbrahmaaeroclube.com www.barleo.com.br

Barbacoa Churrascaria - D&D Shopping

www.barbacoa.com.br

Barbacoa Churrascaria - Itaim

www.barbacoa.com.br

Barbacoa Churrascaria - Morumbi Shopping

www.barbacoa.com.br

Chácara Santa Cecília Clos Restaurante

www.chacarasantacecilia.com.br www.closrestaurante.com.br

Consulado Mineiro

www.consuladomineiro.com.br

Festivais CEAGESP

www.festivaisceagesp.com.br

Galeto´s Restaurante

www.galetos.com.br

Gigetto

www.gigetto.com.br

Los Molinos Magnólia Villa Bar Mortadela Brasil NB Steak

www.losmolinos.com.br www.magnoliabar.com.br www.mortadelabrasil.com.br www.nbsteak.com.br

O Torcedor

www.barotorcedor.com.br

Piratininga

www.piratiningabar.com.br

Restaurante Folha de Uva Restaurante Rancho Português - Leitão e Bairrada Rodeio - Iguatemi

EMDIACOM | ACADEMIA VISITE SÃO PAULO

www.folhadeuva.com www.ranchoportugues.com.br www.rodeiosp.com.br

55


Rodeio - Jardins

www.rodeiosp.com.br

Rota do Acarajé

www.rotadoacaraje.com.br

Rubaiyat Alameda Santos

www.rubaiyat.com.br

Rubaiyat Faria Lima

www.rubaiyat.com.br

Sul Nativa Gourmet

www.sulnativa.com

Templo da Carne - Marcos Bassi

www.marcosbassi.com.br

Terraço Itália Restaurante

www.terracoitalia.com.br

The Sailor Legendary Pub Varanda Grill Villa Távola Xopotó Cozinha Mineira Ágora Eventos

www.thesailor.com.br www.varandagrill.com.br www.villatavola.com.br www.xopotorestaurante.com.br www.eventosagora.com

Buffet Caluma Buffet Casablanca Buffet Essência Buffet Noah Banqueteria

www.caluma.com.br www.casablancabistro.com.br www.essenciabuffet.com.br www.noah.com.br

Casas de Espetáculos Bourbon Street Music Club Citibank Hall São Paulo HSBC Brasil Terra da Garoa Tom Jazz Villa Country

www.bourbonstreet.com.br www.t4f.com.br www.hsbcbrasil.com.br www.terradagaroa.com.br www.tomjazz.com.br www.villacountry.com.br

Cenografia para Eventos Aresta Visual Bueno br.

www.aresta.com.br www.buenobr.com.br

Centro de Treinamento Estético Payot

www.payotprofissional.com.br

Centros de Convenções Anhembi APCD - Associação Paulista de Cirurgiões Dentistas Centro de Convenções Frei Caneca Centro de Convenções Rebouças

www.anhembi.com.br www.apcd.org.br www.convencoesfreicaneca.com.br www.convencoesreboucas.com.br

Centro de Eventos Pro Magno Centro de Eventos São Luis Centro Fecomercio de Eventos Expo Center Norte Expo Dom Pedro São Paulo Expo Exhibition & Convention Center Transamerica Expo Center WTC Events Center

www.saoluiseventos.com.br www.fecomercioeventos.com.br www.expocenternorte.com.br www.expodompedro.com.br www.saopauloexpo.com.br www.transamericaexpo.com.br www.wtcconventioncenter.com.br

Centros de Pesquisa Grupo E3

www.grupoe3.com.br

Instituto Butantan

www.butantan.gov.br

Cinema Cinemark Brasil

www.cinemark.com.br

Clubes Sport Club Corinthians Paulista

www.corinthians.com.br

Companhia Aérea Avianca no Brasil

www.avianca.com.br

Azul Linhas Aéreas

www.voeazul.com.br

Copa Airlines Gol - Linhas Aéreas Inteligentes TAM Linhas Aéreas

EMDIACOM | ACADEMIA VISITE SÃO PAULO

www.copa.com www.voegol.com.br www.tam.com.br

56


Comunicação Visual e Impressão Digital Editora Qual

www.qualviagem.com.br

Cursos e Treinamentos ComSchool Lugadeli Concierge Experience Supletivo Virtual Unifeiras | Pro Expositor

www.comschool.com.br www.lugadeli.com.br www.supletivovirtual.com.br www.unifeiras.com.br

Decoração & Ambientação Associação Alameda Gabriel

www.alamedagabriel.com.br

Empresa Amiga da Cidade ABRAFAC - Associação Brasileira de Facilities Alatur JTB Banco Bradesco Banco Votorantim Bunge

www.abrafac.org.br www.alaturjtb.com www.bradesco.com.br www.bancovotorantim.com.br www.bunge.com.br

Copastur

www.copastur.com.br

Cristália

www.2cristalia.com.br

Cryovac

www.cryovac.com

Diebold SP

www.diebold.com.br

Firmenich

www.firmenich.com

Fluor Grupo Palma Herbalife Intertechne Itambé Laboratórios Pfizer Laminort Industria e Comércio de Lâminas Leme Engenharia MSD

www.fluor.com www.grupopalma.com.br www.herbalife.com.br www.intertechne.com.br www.itambe.com.br www.pfizer.com.br www.laminort.com/site www.leme.com.br www.msdonline.com.br

Nestle

www.nestle.com.br

Nextel

www.nextel.com.br

Nivea Perfetti Van Melle Pirelli Saint-Gobain SAP Semp-Toshiba Sony Brasil Takasago

www.nivea.com.br www.perfettivanmelle.com www.pirelli.com www.saint-gobain.com.br www.sap.com.br www.semptoshiba.com.br www.sony.com.br www.takasago.com

Toyota

www.toyota.com.br

TT Steel do Brasil

www.ttsteel.com.br

Unilever Brasil Unimed White & Case LLP

www.unilever.com.br www.fundacaounimed.org.br www.whitecase.com

Equipamento Cultural Cinemateca Brasileira Fundação Bienal São Paulo

www.cinemateca.org.br www.bienal.org.br

Escolas de Samba Escola de Samba Mocidade Alegre

www.mocidadealegre.com.br

Espaços para Eventos ABM - Associação Brasileira de Metalurgia, Materiais e Mineração Amcham Business Center Associação Brasileira "A Hebraica" de São Paulo Casa das Caldeiras Club A São Paulo

EMDIACOM | ACADEMIA VISITE SÃO PAULO

www.abmbrasil.com.br www.amcham.com.br/bc www.hebraica.org.br/portal/espaco-de-eventos www.casadascaldeiras.com.br www.clubasaopaulo.com.br

57


Espaço Immensità  Espaço Manacá Espaço União Cultural

www.immensita.com.br www.espacomanaca.com.br www.espacouniaocultural.com.br

Estância Alto da Serra

www.estanciaaltodaserra.com.br

Ginásio do Ibirapuera

www.selt.sp.gov.br/constancio/ginasio

Hotel Terras Altas Lapa 40 Graus São Paulo Center Sítio São Francisco White Pavillion

www.hotelterrasaltas.com.br www.lapa40graus.com.br www.saopaulocenter.com.br www.sitiosaofranciscoeventos.com.br www.whitepavillion.com.br

Estádios SPFC Estádio do Morumbi - São Paulo Futebol Clube

www.saopaulofc.net

Fotografia Empresarial Andre Stefano Fotografias Expressão Stúdio

www.andrestefano.com www.expressaostudio.com.br

Gráfica Color Print Copy Center Corset Gráfica Laborprint

www.graficacolorprint.com.br www.copycenter.com.br www.corset.com.br www.laborprint.com.br

Guias, Mapas e Serviços de Informações Turísticas Invest Comunicação On Map Marketing

www.investcomunicacao.com.br www.onmap.com.br

Hospitais Hospital Israelita Albert Einstein Hospital Santa Paula Hospital Sírio-Libanês

www.einstein.br www.santapaula.com.br www.hospitalsiriolibanes.org.br

Hotéis 155 Hotel 21ST Century

www.155hotel.com.br www.transamericagroup.com.br

Adagio Itaim Bibi

www.mercure.com.br

Adagio Nortel

www.adagio-city.com

Adagio São Paulo Berrini

www.mercure.com.br

Adagio São Paulo Moema

www.adagio-city.com/pt-br

Astron Baden Baden

www.astron.com.br

Astron Garden Special

www.astron.com.br

Astron Saint Moritz

www.astron.com.br

Best Western Osasco Hotel Bienal Suítes Ibirapuera

www.bwosascohotel.com.br www.bienalsuites.com.br

Blue Tree Premium Congonhas

www.bluetree.com.br

Blue Tree Premium Faria Lima

www.bluetree.com.br

Blue Tree Premium Morumbi

www.bluetree.com.br

Blue Tree Premium Paulista

www.bluetree.com.br

Blue Tree Premium Verbo Divino

www.bluetree.com.br

Blue Tree Towers Anália Franco

www.bluetree.com.br

Bourbon Alphaville Business Hotel

www.bourbon.com.br

Bourbon Convention Ibirapuera

www.bourbon.com.br

Bourbon São Paulo Business Hotel

www.bourbon.com.br

Caesar Business São Paulo Faria Lima

www.accorhotels.com

Capcana Hotel São Paulo Jardins Central Park Jardins Century Paulista

www.ramadabrasil.com.br www.cpark.com.br www.centuryflat.com.br

Ciribaí Praia Hotel

www.ciribaipraiahotel.com.br

Clarion Faria Lima

www.atlanticahotels.com.br

EMDIACOM | ACADEMIA VISITE SÃO PAULO

58


Comfort Downtown

www.atlanticahotels.com.br

Comfort Hotel & Suítes Osasco

www.atlanticahotels.com.br

Comfort Ibirapuera

www.atlanticahotels.com.br

Comfort Nova Paulista

www.atlanticahotels.com.br

Comfort Suítes Alphaville

www.atlanticahotels.com.br

Comfort Suites Oscar Freire

www.atlanticahotels.com.br

Estanplaza Berrini

www.estanplaza.com.br

Estanplaza Funchal Faria Lima

www.estanplaza.com.br

Estanplaza Ibirapuera

www.estanplaza.com.br

Estanplaza International

www.estanplaza.com.br

Estanplaza Nações Unidas

www.estanplaza.com.br

Estanplaza Paulista

www.estanplaza.com.br

Etoile Hotels Itaim

www.etoilehotels.com.br

Etoile Hotels Jardins

www.etoilehotels.com.br

Feller Avenida Paulista

www.fellerhoteis.com

George V Alto de Pinheiros

www.gvap.com.br

George V Casa Branca

www.gvcb.com.br

Go Inn Jaguaré Golden Tower Hotel

www.atlanticahotels.com.br www.goldentowerhotel.com.br

Golden Tulip Belas Artes

www.goldentulip.com

Golden Tulip Park Plaza

www.goldentulip.com

Golden Tulip Paulista Plaza

www.paulistaplaza.com.br

Gran Estanplaza São Paulo

www.estanplaza.com.br

Grand Hyatt São Paulo Grand Mercure São Paulo Ibirapuera Grand Plaza Green Place Flat Ibirapuera Hampton Park HB Hotels Ninety HB Hotels Sequóia Higienópolis Hotel & Suítes Hilton São Paulo Morumbi Holiday Inn Parque Anhembi Hotel Emiliano Hotel Family Hotel Fasano São Paulo Hotel Guanumbis Hotel Ibis Santo André Hotel Ibis São Paulo Congonhas Hotel Ibis São Paulo Expo Hotel Ibis São Paulo Interlagos Hotel Ibis São Paulo Morumbi Hotel Ibis São Paulo Paulista Hotel Ibis Tamboré Hotel Matiz Manhattan Hotel Mega Polo

www.saopaulo.grand.hyatt.com.br www.mercure.com www.grandplaza.com.br www.greenplaceflat.com.br www.hamptonpark.com.br www.hbhotels.com.br www.sequoia.com.br www.higienopolishotel.com.br www.saopaulomorumbi.hilton.com www.holidayanhembi.com.br www.emiliano.com.br www.hotelfamily.com.br www.fasano.com.br www.hotelguanumbis.com.br www.accorhotels.com.br www.ibis.com.br www.ibishotel.com www.ibis.com.br www.ibis.com.br www.ibishotel.com.br www.accorhotels.com.br/ibis www.hotelariabrasil.com.br www.megapolomoda.com.br

Hotel Panamby Guarulhos

www.panamby.com.br

Hotel Panamby São Paulo

www.hotelpanambysaopaulo.com.br

Hotel Real Villa Bella

www.realvillabella.com.br

Hotel Sambaqui®

www.hotelsambaqui.com.br

Hotel Terra Nobre

www.hotelterranobre.com.br

Hotel Transamérica São Paulo

www.transamerica.com.br

Hotel Trianon

www.hoteltrianon.com.br

Hotel Unique

www.hotelunique.com.br

Hotel Villa Rossa

EMDIACOM | ACADEMIA VISITE SÃO PAULO

www.villarossa.com.br

59


Hotel Vollare Howard Johnson Faria Lima Inn Ibis Budget São Paulo Jardins Ibis Budget São Paulo Morumbi Ibis Budget São Paulo Paraíso

www.vollare.com.br www.astron.com.br www.ibisbudget.com www.ibisbudget.com www.ibisbudget.com.br

Ibis Budget São Paulo Paulista

www.ibis.com

Ibis Budget São Paulo São João

www.ibisbudget.com

Ibis Budget Tamboré Ibis Styles Anhembi Ilha Deck

www.ibisbudget.com.br www.ibis.com.br www.ilhadeck.com.br

InterCity Premium Berrini

www.intercityhoteis.com.br

Intercity Premium Ibirapuera

www.intercityhoteis.com.br

InterCity Premium Nações Unidas

www.intercityhoteis.com.br

InterContinental São Paulo Juquehy Praia Hotel L´Hotel Porto Bay São Paulo Le Premier Suítes London Class Suítes Luz Plaza Maksoud Plaza Hotel Matsubara Hotel Meliá Ibirapuera Meliá Jardim Europa Meliá Paulista

www.icsaopaulo.com.br www.juquehypraia.com.br www.portobay.com.br www.lepremiersuites.com.br www.classcomfort.com.br www.luzplaza.com.br www.maksoud.com.br www.matsubarahotel.com.br www.melia.com www.solmelia.com www.melia.com

Mercure Hotel Santo André

www.mercure.com.br

Mercure Hotel São Paulo Jardins

www.mercure.com.br

Mercure Hotel São Paulo Paulista

www.mercure.com.br

Mercure Mogi das Cruzes

www.mercure.com.br

Mercure São Caetano do Sul

www.mercure.com.br

Mercure São Paulo Alamedas

www.mercure.com.br

Mercure São Paulo Central Towers

www.mercure.com.br

Mercure São Paulo Funchal

www.mercure.com.br

Mercure São Paulo Ginásio Ibirapuera

www.mercure.com.br

Mercure São Paulo Ibirapuera

www.mercure.com.br

Mercure São Paulo Moema

www.mercure.com.br

Mercure São Paulo Nações Unidas

www.mercure.com.br

Mercure São Paulo Nortel

www.mercure.com.br

Mercure São Paulo Pamplona

www.mercure.com.br

Mercure São Paulo Paraíso

www.mercure.com.br

Mercure São Paulo Pinheiros

www.mercure.com.br

Mercure São Paulo Privilege

www.mercure.com.br

Mercure São Paulo Times Square

www.mercure.com.br

Mercure São Paulo Vila Olímpia

www.mercure.com.br

Newciti São Paulo Nobilis Express Normandie Design Hotel

www.intercityhoteis.com.br www.hotelnobilis.com.br www.normandiedesign.com.br

Novotel Center Norte

www.novotel.com.br

Novotel Jaraguá São Paulo Conventions

www.novotel.com.br

Novotel São Paulo Morumbi

www.novotel.com.br

PalmLeaf Premium Paulista Flat

www.palmleafhotels.com.br www.paulistaflat.com.br

Paulista Wall Street Suítes

www.wallstreet.com.br

Pergamon Hotel

www.pergamon.com.br

Pestana São Paulo Plaza Inn American Loft

EMDIACOM | ACADEMIA VISITE SÃO PAULO

www.pestana.com www.plazainn.com.br

60


Porto Pacuíba Hotel Prodigy Grand Hotel & Suites Berrini São Paulo Pullman São Paulo Ibirapuera Pullman São Paulo Vila Olímpia

www.portopacuiba.com.br www.gjphotels.com www.pullmanhotels.com.br www.accorhotels.com

Quality Berrini

www.atlanticahotels.com.br

Quality Faria Lima

www.atlanticahotels.com.br

Quality Jardins

www.atlanticahotels.com.br

Quality Moema

www.atlanticahotels.com.br

Quality Suites Alphaville

www.atlanticahotels.com.br

Quality Suites Imperial Hall

www.atlanticahotels.com.br

Quality Suites Long Stay Bela Cintra

www.atlanticahotels.com.br

Quality Suites Long Stay Vila Olimpia

www.atlanticahotels.com.br

Radisson Alphaville

www.atlanticahotels.com.br

Radisson Faria Lima

www.atlanticahotels.com.br

Radisson Vila Olimpia

www.atlanticahotels.com.br

Renaissance São Paulo Hotel

www.renaissance.com.br/saobr

Royal Jardins Boutique Hotel

www.royalhoteis.com.br

San Raphael Hotel Sheraton São Paulo WTC Hotel

www.sanraphael.com.br www.wtceventscenter.com.br

Slaviero Executive Jardins

www.slavierohoteis.com.br

Slaviero Slim Congonhas

www.slavierohoteis.com.br

SPAventura

www.spaventura.com.br

Staybridge Suites São Paulo

www.sbsaopaulo.com.br

The Capital GC Hotéis The Time Othon Suítes The Universe Flat Tivoli São Paulo - Mofarrej

www.thecapital.com.br www.othon.com.br www.intercityhoteis.com.br www.tivolihotels.com

Total Hotel

www.shoppingtotalbras.com.br

Transamérica Classic Higienópolis

www.transamericagroup.com.br

Transamérica Classic La Residence

www.transamericagroup.com.br

Transamérica Classic Ópera

www.transamericagroup.com.br

Transamérica Classic Victória

www.transamericagroup.com.br

Transamérica Executive Chácara Santo Antônio

www.transamericagroup.com.br

Transamérica Executive Congonhas

www.transamericagroup.com.br

Transamérica Executive Faria Lima

www.transamericagroup.com.br

Transamérica Executive Perdizes

www.transamericagroup.com.br

Transamérica Executive The Advance

www.transamericagroup.com.br

Transamérica Executive The Special

www.transamericagroup.com.br

Transamérica Prime International Plaza

www.transamericagroup.com.br

Transamérica Prime Paradise Garden

www.transamericagroup.com.br

Travel Inn Conde Luciano

www.travelinn.com.br

Travel Inn Live & Lodge

www.travelinn.com.br

Travel Inn Park Avenue

www.travelinn.com.br

Travel Inn The World

www.travelinn.com.br

Tryp Berrini Tryp Itaim

www.melia.com www.solmelia.com

Tryp Jesuíno Arruda

www.melia.com

Tryp Nações Unidas

www.melia.com

Tryp Paulista

www.melia.com

Tryp São Paulo Higienópolis Hotel

www.melia.com

TRYP São Paulo Iguatemi Hotel

www.melia.com

Tryp Tatuapé

www.melia.com

Tulip Inn Interative Flat

www.goldentulip.com

Tulip Inn Paulista Convention Flat

www.goldentulip.com

WZ Jardins

www.wzhoteis.com.br

EMDIACOM | ACADEMIA VISITE SÃO PAULO

61


Incorporação, Compra e Venda de Imóveis Abyara Brokers Intermediação Imobiliária S/A

www.abyarabr.com.br

Lazer e Entretenimento São Paulo Companhia de Dança

www.spcd.com.br

Locação de Equipamentos e Tecnologia B3 Áudio Visual Brilho Arte Colortel Eventos Dorier Brasil GreenSound Produções Hoffmann do Brasil Ponto Link Soluções em Eventos R1 Solutions Tav´s Audiovisual TXT Control Upgrade Audio Visual

www.b3audiovisual.com.br www.brilhoarte.com.br www.colortel.com.br/2013/eventos www.dorier.com.br www.greensound.com.br www.hoffman.com www.pontolinkeventos.com.br www.r1solutions.com.br www.tavs.com.br www.txtcontrol.com.br www.upgradeaudiovisual.com.br

Locadoras de Veículos Executive Transfer Free Rent a Car Mister Car Movida Rent a Car

www.executivetransfer.com.br www.freecarlocadora.com.br www.mistercar.com.br www.movida.com.br

Logística, Suporte e Infraestrutura para Eventos TX Consultoria e Promoções Waiver Logistics Brasil

www.txconsultoria.com.br www.waiverlog.com

Lojas: Calçados e Acessórios, Joalherias e Óticas Amsterdam Sauer Fascar KAWTHAR Norah Shoestock

www.amsterdamsauer.com.br www.fascar.com.br www.kawthar.com.br www.sapatosnorah.com.br www.shoestock.com.br

Long Stay Estanconfor Itaim

www.estanplaza.com.br

Estanconfor Moema

www.estanplaza.com.br

Estanconfor NYC

www.estanplaza.com.br

Estanconfor Villa Jardins

www.estanplaza.com.br

Estanconfor Villa Olímpia

www.estanplaza.com.br

Up Scale Estanconfor

www.estanplaza.com.br

Marketing, Relacionamento e Eventos Promocionais Bríndice Interamerican Network

www.brindice.com.br www.interamericanetwork.com

Montadoras de Estandes Básica Feiras e Stands CBM - Companhia Brasileira de Montagens Cia Set Locações Estrutural Montagens Hotma Stands INTEGRA Jus Band Metro a Metro SP Group

www.montagembasica.com.br www.cbm-brasil.com.br www.ciaset.com.br www.estrutural.com.br www.hotma.com.br www.integracom.com.br www.jusband.com.br www.metroametro.com.br www.spgroup.com.br

Móveis para Hotéis, Restaurantes e Similares Franco & Bachot

www.francoebachot.com.br

Museus Catavento Cultural e Educacional Fundação Maria Luisa e Oscar Americano

EMDIACOM | ACADEMIA VISITE SÃO PAULO

www.cataventocultural.org.br www.fundacaooscaramericano.org.br

62


MAM - Museu de Arte Moderna MASP - Museu de Arte de São Paulo Assis Chateaubriand Memorial da Inclusão Museu Afro Brasil Museu da Casa Brasileira Museu da Imagem e do Som - MIS Museu da Língua Portuguesa

www.mam.org.br www.masp.art.br www.memorialdainclusao.sp.gov.br www.museuafrobrasil.org.br www.mcb.org.br www.mis-sp.org.br www.museudalinguaportuguesa.org.br

Museu da Pessoa

www.museudapessoa.net

Museu do Futebol

www.museudofutebol.org.br

Pinacoteca de São Paulo

www.pinacoteca.org.br

Operadoras de Viagens TAM Viagens Trend Operadora Viagens CVC Visual Turismo

www.tamviagens.com.br www.trendoperadora.com.br www.cvc.com.br www.visualturismo.com.br

Operadores de Viagens de Incentivo IT MICE Travel Solutions

www.itmice.tur.br

Organizadores de Eventos A Creative Solution Eventos ABREU DMC BRASIL - SÃO PAULO Agencia Sioux Alatur APS Feiras e Eventos B8 Eventos BM2 Eventos Campos do Jordão Eventos CCM Worldwide - Medical Congresses CMF Eventos e Congressos Denise Eventos Dio Marketing EPS Eventos ESA - Exclusive South America Events by tlc in Brazil Eventus Planejamento e Organização Fagga Eventos Fernanda Prestes Gerenciamento de Eventos Grupo GT5 Brasil - Planet Events

www.creativesolution.com.br www.abreudmc.com www.agenciasioux.com.br www.alatur.com www.apsfeiras.com.br www.b8-bijoias.com.br www.bm2eventos.com.br www.camposdojordaoeventos.com.br www.ccmeventos.com.br www.cmfeventos.com.br www.deniseeventos.com.br www.diomkt.com www.epseventos.com.br www.exclusivesouthamerica.com www.eventsbytlc.com www.eventus.com.br www.fagga.com.br www.fernandapresteseventos.com.br www.gt5.com.br

GW Eventos

www.gweventos.com.br

Integra Group

www.integracom.com.br

Magnum Turismo e Eventos Malu Losso Eventos MCI Brasil Meeting Eventos Nascimento Eventos & Incentivo Perfecta Eventos R. Hamam Eventos RED Action Rosebaum Servicos Empresariais RV Mais Eventos Soma Unir Eventos

www.magnumturismo.com.br www.malulosso.com.br www.mci-group.com/brazil www.meetingeventos.com.br www.nascimento.com.br/eventos www.perfectaeventos.com.br www.rhamam.com.br www.redaction.com.br www.mostrasaopaulo.com.br www.rvmais.com.br www.somaeventos.com.br www.unireventos.com.br

Parques Temáticos Hopi Hari

www.hopihari.com.br

Parque da Mônica

www.parquedamonica.com.br

SKI Mountain Park

www.skipark.com.br

EMDIACOM | ACADEMIA VISITE SÃO PAULO

63


Wet´n Wild

www.wetnwild.com.br

Personal Guide Diogo Dias Fernandes Lopes - Personal Guide Flavia Liz - Personal Guide - São Paulo Specialist

br.linkedin.com/pub/diogo-dias-fernandes-lopes/30/bba/b8 www.flavializ.com

Pousadas Fazenda das Pedras

www.fazendadaspedrasitu.com.br

Pousada das Praias

www.pousadadaspraias.com.br

Pousada do Alemão

www.alemao.tur.br

Pousada La Toscana

www.pousadalatoscana.com.br

Pousada Savoy Pousada Villa Camboa Tiê Sahy - Pousada e Cozinha Contemporânea

www.pousadasavoycamposdojordao.com.br www.villacamboa.com.br www.tiesahy.com.br

Promotores de Feiras Brazil Trade Shows

www.btsmedia.biz

Casa Hotel

www.casahotel.com.br

Couromoda

www.couromoda.com

Fagga Eventos FCEM- Feiras, Congressos e Empreendimentos Fiera Milano Francal Feiras Grafite Feiras e Promoções

www.fagga.com.br www.fcem.com.br www.fieramilano.com.br www.francal.com.br www.grafitefeiras.com.br

Hair Brasil

www.hairbrasil.com

Hospitalar

www.hospitalar.com

NürnbergMesse Brasil Reed Exhibitions Alcantara Machado WR São Paulo Feiras e Congressos

www.nm-brasil.com.br www.reedalcantara.com.br www.wrsaopaulo.com.br

Redes Hoteleiras Accor Hotels Atlantica Hotels International BHG - Brazil Hospitality Group Blue Tree Hotels Estanplaza Hotels

www.accorhotels.com.br www.atlanticahotels.com.br www.bhg.net www.bluetree.com.br www.estanplaza.com.br

Etoile Hotels

www.etoilehotels.com.br

Feller Hotéis

www.fellerhoteis.com

GJP Hotels & Resorts Grupo Aldan HB Hotels Hotelaria Brasil IHG do Brasil Intercity Hotels Meliá Hotels International Pestana Hotels & Resorts Transamérica Hospitality Group Travel Inn Hotéis

www.gjphotels.com www.grupoaldan.com.br www.hbhotels.com.br www.hotelariabrasil.com.br www.ihg.com www.intercityhoteis.com.br www.melia.com www.pestana.com www.transamericagroup.com.br www.travelinn.com.br

Resorts Casa Grande Resort & SPA Mavsa Resort Convention & SPA

www.casagrandehotel.com.br www.mavsaresort.com.br

Paradise Golf & Lake Resort

www.paradiseresort.com.br

Royal Palm Hotels & Resorts

www.royalpalm.com.br

Sofitel Guarujá Jequitimar

www.sofitel.com.br

Seguros e Assistência Consultoria Consulmed Porto Seguro Cia. de Seguros Gerais

www.consulmedseguros.com.br www.portoseguro.com.br

Serviço de café Brasilcaffè

EMDIACOM | ACADEMIA VISITE SÃO PAULO

www.brasilcaffe.com.br

64


Café A2

www.cafea2.com.br

Shopping Centers Cidade Jardim Shopping D&D Shopping

www.cidadejardimshopping.com.br www.ded.com.br

Morumbi Shopping

www.morumbishopping.com.br

Shopping Center Iguatemi

www.iguatemisaopaulo.com.br

Shopping Center Norte Shopping Eldorado Shopping Light Shopping Market Place

www.centernorte.com.br www.shoppingeldorado.com.br www.shoppinglight.com.br www.marketplace.com.br

Shows e Espetáculos para Eventos Trovadores Urbanos

www.trovadores.com.br

Táxi Rádio Táxi Vermelho e Branco

www.radiotaxivermelhoebranco.com.br

Teatros Coletivo Teatral Commune

www.commune.com.br

Tecnologia para Eventos CHARGEBOX

www.atgimport.com.br

EVENTBRITE

www.eventioz.com.br

Itarget Tecnologia

www.itarget.com.br

Mowa

www.mowa.com.br

Tech House Touk Turis Soluções

www.i-techhouse.com.br www.touk.com.br www.turisolucoes.com.br

Tradução e Interpretação Aya Instituto Linguístico Gama Traduções e Interpretações

www.ayainstituto.com.br www.gamati.com

Grupo IBT - International Business Translations

www.ibttranslations.com

MDK

www.malcolmforest.com

Vice Versa Tradução Escrita e Interpretação

www.viceversatrad.com.br

Transportadora Turística Airport Bus Service AS Service Breda Transportes e Serviços S.A CEP Transportes Ipojucatur Transportes e Turismo Jumbo Turismo Masters Transportes

www.airportbusservice.com.br www.astur.com.br www.bredaservicos.com.br www.ceptransportes.com www.ipojucatur.com.br www.jumboturismo.com.br www.masterstransportes.com.br

OneLimo Alliance

www.onelimoalliance.com.br

Rápido Luxo

www.rapidocampinas.com.br

RDT Transportes Shift Mobilidade Corporativa Transferonline Gestão de Transfer Turismo Santa Rita Viação Salutaris e Turismo Viação Santa Cruz Azul Locadora

www.rdttransportes.com.br www.shiftmc.com.br www.transferonline.com.br www.turismosantarita.com.br www.salutaris.com.br www.viacaosantacruz.com.br www.azullocadora.com.br

Universidades Fatec Ipiranga Senac São Paulo UNIFAI - Centro Universitário Assunção Universidade Anhembi Morumbi

www.fatecipiranga.edu.br www.sp.senac.br www.unifai.edu.br www.anhembi.br

Veículos de Comunicação/Editora 29Horas Mídia Aeroportuária Brasilturis Jornal

EMDIACOM | ACADEMIA VISITE SÃO PAULO

www.29horas.com.br www.brasilturis.com.br

65


Editora Porto das Letras Folha do Turismo/Mercado & Eventos GCSM - Global Council Of Sales Marketing

www.portodasletras.com.br www.mercadoeeventos.com.br www.globalgcsm.com

Grupo Eventofacil

www.eventofacil.com.br

Grupo Feira & Cia

www.feiraecia.com.br

Guia Onde

www.guiaonde.com.br

Hosteltur

www.hosteltur.com.br

Hôtelier News HotelMídia Luxus Magazine Mice Business Panrotas Editora Paulinas TV - Produções Portal Veja SP Programa Feiras & Negócios

www.hoteliernews.com.br www.videohotel.com.br www.luxusmagazine.com.br www.micebusiness.com.br www.panrotas.com.br www.paulinas.org.br www.vejasp.abril.com.br www.feirasenegocios.com.br

QuemFornece.com

www.quemfornece.com

Radar Television

www.portalradar.com.br

Rádio USP fm Rede Globo de Televisão

www.radio.usp.br www.redeglobo.com.br

Revista Brasileiros

www.brasileiros.com.br

Spring

www.springcom.com.br

Viagens S/A

www.viagenssa.com

Web e Portais MW Way

EMDIACOM | ACADEMIA VISITE SÃO PAULO

www.mwway.com.br

66


DIRETORIA DO CONSELHO CURADOR/INSTITUIDORES Presidente

Vice- Presidentes

Annie Morrissey

Bruno Hideo Omori

FOHB

ABIH-SP

Edmar Bull

ABRACORP

Eduardo Nascimento

Sindetur SP

João Doria Jr.

Grupo Doria

Willy Haas

Rede Globo

CONSELHO DE ADMINISTRAÇÃO

Presidente

1º Vice - Presidente

Reed Exhibitions

Accor América do Sul

Juan Pablo De Vera Barbieri Alcântara Machado

Roland de Bonadona

Vice - Presidente Financeiro

Raul Souza Sulzbacher

CDL Shopping Iguatemi

Vice- Presidentes Conselheiros

Carlos Eduardo Hue Grupo BHG

Chieko Aoki Blue Tree Hotels & Resorts do Brasil

Guilherme Paulus GJP Participações

Orlando de Souza

Regina Paiva Noronha SOMA Eventos

TUR.SP / Setur

Rui Manuel Oliveira Meliá Hotels International

William José Périco

Wings Turismo/ ABAV

CONSELHO CONSULTIVO

Alberto Vidigal SINDLOC SP

Alvaro Aoas Bar Brahma

Annie Morrissey

Caio Calfat Caio Calfat Real Estate Consulting

Caio Carvalho Grupo Bandeirantes

Eduardo Sanovicz

Gabriela Baumgart Cidade Center Norte

Ibrahim Georges Tahtouh IT MICE Travel Solutions

Luis Paulo Luppa

TREND Operadora

Roosevelt Hamam R. Hamam Eventos

Tarcísio Gargioni Avianca

Valter Patriani

Elenice Zaparoli Eventos Nacional

Elisabete Sorrentino Eventos Internacional

Kelly Oliveira Administrativo Financeiro

Atlantica Hotels

ABEAR

CVC

STAFF

Toni Sando de Oliveira Presidente Executivo

Sara Souza Relacionamento

Flavia Taulois Comunicação e Pesquisa

Ênio Vergeiro APP / Mundo Mídia

Virgilio Carvalho

CNTur


DIREÇÃO GERAL Toni Sando de Oliveira Presidente Executivo REDAÇÃO E CONTEÚDO B4T - Business For Travel Assessoria + Comunicação Alberto G. Martins (ConReRP 3771 - 2 região) Marcos J. T. Oliveira (MTB 31571/RJ) EDIÇÃO E COORDENAÇÃO Flavia Taulois Fabio Zelenski FOTOS André Stéfano Emerson Souza - Panrotas Filip Calixto - Hotêlier News José Cordeiro Marco Antonio Sá SUPERVISÃO GERAL Flavia Taulois COLABORAÇÃO Sara Souza Anelise Longo PROJETO GRÁFICO Felipe Franco DIREITOS AUTORAIS Fundação 25 de Janeiro São Paulo Convention & Visitors Bureau

*Todos os direitos reservados ao SPCVB. AGRADECIMENTO Sheraton São Paulo WTC Hotel Divulgue sua marca nas próximas edições: patrocinio@visitesaopaulo.com

São Paulo Convention & Visitors Bureau - Fundação 25 de Janeiro Alameda Ribeirão Preto 130, 12º andar - Bela Vista, São Paulo/SP - Brasil Tel: 55 (11) 3736-0600 contato@visitesaopaulo.com

Essa edição está disponível em sua versão digital. www.visitesaopaulo.com


© André Stéfano | SPCVB - Ponte Estaiada, Destino Berrini


Esta é uma publicação da Academia Visite São Paulo, divisão editorial da Fundação 25 de Janeiro | São Paulo Convention & Visitors Bureau

Fundação 25 de Janeiro São Paulo Convention & Visitors Bureau www.visitesaopaulo.com


EMDIACOM – Mercado Hoteleiro