Page 1


JANEIRO Pág. 2

No dia 1º de janeiro passou a vigorar uma medida provisória que isenta de Imposto de Renda o recebimento do Programa de Participação nos Resultados (PPR) com valor de até R$ 6 mil. Acima desse patamar, a tributação passou a ser progressiva de 7,5% a 27,5%. À época do anúncio da medida, de iniciativa da presidenta Dilma Rousseff (PT), o governo federal estimou que a renúncia fiscal provocada por essa isenção será de R$ 1,7 bilhão em 2013. O presidente do Sindicato dos Metalúrgicos de Sorocaba e Região, Ademilson Terto da Silva, lembra que a isenção do imposto sobre o PPR foi uma vitória dos trabalhadores. “Essa era uma antiga reivindicação do movimento sindical”.

Em janeiro de 2013 o governo do estado de São Paulo iniciou as polêmicas ações de internação compulsória (involuntária) de dependentes e drogas e álcool. As primeiras abordagens começaram no Centro de São Paulo, na região da Luz, apelidada de Cracolândia, e dividiu a opinião de especialistas e sociedade.

Governo reduziu tarifa da energia elétrica Em pronunciamento em rede nacional de rádio e televisão, a presidenta Dilma Rousseff (PT) anunciou em janeiro a redução média de 18% na conta de luz para as residências e de até 32% para as indústrias, agricultura, comércio e serviços. Na região de Sorocaba, onde a energia elétrica é fornecida pela concessio-

nária CPFL Piratininga, a redução para contas domésticas foi de 18,39%. Alguns governadores do PSDB e partidos aliados, como Geraldo Alckmin, de São Paulo, tentaram barrar a redução da tarifa, com o argumento de que deveria ser do estado a decisão sobre renovação de contratos com as concessionárias de energia.

Raquel Camargo / SMABC

Dilma isenta Imposto de Renda sobre PPR

Internação compulsória

Mobilizações dos trabalhadores pressionaram o governo a conceder isenção do IR

Gerdau agora higieniza os uniformes dos funcionários Acordo firmado entre a siderúrgica Gerdau de Araçariguama e o Sindicato dos Metalúrgicos garantiu que a empresa passasse, a partir de janeiro, a se responsabilizar por lavar os uniformes dos trabalhadores. Antes do acordo, os próprios funcionários tinham que higienizar seus uniformes em casa.

Além do inconveniente para o trabalhador ter que realizar essa tarefa, havia riscos à saúde e prejuízos ambientais ao lavar os resíduos da fábrica em casa. “O apoio dos trabalhadores foi fundamental para obtermos essa conquista”, destacou Gilberto Almeida, diretor do Sindicato e funcionário da Gerdau.

Trabalhador reintegrado Em janeiro o metalúrgico Rogério Moreno Rosa foi reintegrado ao quadro de funcionários da Prysmian, em Sorocaba, por decisão do Tribunal Regional do Trabalho (TRT). A decisão favorável à ação, movida pelo departamento jurídico do Sindicato, aconteceu nove anos após a demissão de Rogério, que foi demitido depois de ter contraído lesões nos braços e na coluna em razão de sua atividade profissional.

FEVEREIRO

Foguinho

Incêndio atinge fábrica da YKK No dia 17 de fevereiro um incêndio de grandes proporções atingiu a empresa YKK, fabricante de zíper, na Zona Industrial de Sorocaba. Um dos barracões de produção da empresa ficou completamente destruído pelas chamas. No momento do incêndio havia no local apenas um segurança, que não se feriu.As chamas foram logo controladas pelo Corpo de Bombeiros. A grande quantidade de fumaça foi vista de vários pontos da cidade.

Fumaça que atingiu YKK foi vista de vários pontos da cidade

Sem vagas em creches

Protesto dos vigilantes

PPR na Scherdel

No início de fevereiro a bancada PT na Câmara de Sorocaba protocolou uma representação no Ministério Público, pedindo providências sobre a falta de vagas em creches. Em 2010 a prefeitura assinou um Termo de Ajustamento de Conduta (TAC), no qual se comprometeu a zerar o déficit de vagas, mas o compromisso ainda não foi cumprido.

No dia 1º de fevereiro cerca de 500 vigilantes de Sorocaba realizaram um protesto nas ruas centrais da cidade para exigir que as empresas cumpram uma lei assinada pela presidenta Dilma Rousseff (PT) que garante 30% de adicional periculosidade nos salários desses profissionais.

Trabalhadores da Scherdel, na Zona Industrial de Sorocaba, aprovaram em fevereiro um acordo sobre o pagamento do Programa de Participação nos Resultados (PPR) de 2013. A negociação, liderada pelo Sindicato dos Metalúrgicos, também resultou na conquista de um vale-compra mensal para os funcionários.


MARÇO

Foguinho

Marcha das Centrais foi a Brasília pressionar governo

Trabalhadores de diversas categorias sindicais ligadas a CUT, uma das centrais que organizou a marcha, se reuniram em Brasília a fim de chamar a atenção do governo

A Marcha das Centrais Sindicais, no dia 6, em Brasília, foi realizada para pressionar o governo federal em relação à pauta dos trabalhadores e reuniu diversas categorias profissionais ligadas a

CUT, umas das centrais organizadoras do ato. A Marcha contou com participação de mais de 50 mil pessoas, incluindo uma caravana realizada pela subsede regional da CUT de

Acidente na Forte Metal mata dois trabalhadores

Sorocaba. A pauta inclui redução da jornada de trabalho, fim do fator previdenciário, combate à demissão imotivada e mais investimentos em educação e saúde.

Coleta Seletiva: prefeito não cumpre, mas é lei Foi sancionada, no dia 8, pelo presidente da Câmara Municipal de Sorocaba, José Francisco Martinez, a lei que institui o Programa Municipal de Coleta Seletiva Solidária, de autoria do vereador Izídio de Brito (PT). A lei n° 10.388 inclui formalmente catadores de resíduos recicláveis, e prevê a remuneração das cooperativas por tonelada de lixo recolhido, no mesmo valor que a prefeitura paga para a empresa que se encarrega de coletar o lixo da cidade. Os vereadores derrubaram dois vetos do prefeito Antônio Carlos Pannunzio (PSDB) contra a lei.

Ceadec recebe prêmio Celso Furtado

Mulheres ainda recebem menos que os homens

Tatiana Plens / Ceadec

No dia 3 de março dois trabalhadores da empresa Forte Metal sofreram acidente de trabalho fatal após a queda de um elevador, derrubado por uma ponte rolante. Os dois faziam manutenção da ponte e caíram de uma altura de 8 metros. Miguel de Andrade, 37 anos, morreu no mesmo dia do acidente. Rosevaldo Joaquim dos Santos, 47, morreu cinco dias após ter sido internado em estado grave. A empresa fica em Sorocaba, no bairro Brigadeiro Tobias.

Pág. 3

Cesta básica na Tecno Pries Após uma série de negociações entre o Sindicato dos Metalúrgicos e a empresa Tecno Pries, que fabrica componentes da linha branca, todos os funcionários da empresa conquistaram o benefício da cesta básica. Antes concedida apenas aos funcionários mais antigos, mediante desconto de R$30 no salário, a cesta básica passou a ser distribuída gratuitamente aos 340 funcionários da empresa.

Sócios são isentados de mensalidade sindical Os associados do Sindicato dos Metalúrgicos ficaram isentos do pagamento da mensalidade sindical do mês de março. A isenção vem sendo praticada pela direção sindical nos últimos anos para compensar o sócio pelo desconto do imposto sindical, que é obrigatório por lei. A maioria dos sindicatos ligados à CUT não concorda com o desconto, que equivale a um dia de trabalho e existe desde 1940.

Plenárias reúnem a categoria metalúrgica A participação de centenas de trabalhadores lotou dois auditórios do Sindicato em Sorocaba no dia 9, nas plenárias sobre as metalúrgicas Toyota, Apex Tool, Khromat e Limarte. Também houve uma reunião de servidores do Poder Judiciário e de trabalhadores dos Correios. O incentivo à organização dos trabalhadores, inclusive de outras categorias profissionais, é um dos princípios de atuação da diretoria do Sindicato dos Metalúrgicos.

Acordo Internacional garante direitos na ZF Atuação do Ceadec é reconhecida com prêmio em Brasília

Os salários das mulheres metalúrgicas da região são, em média, 36,9% menores

O Centro de Estudos e Apoio ao Desenvolvimento, Emprego e Cidadania (Ceadec) recebeu 1° lugar na categoria de “Práticas Exitosas de Produção e Gestão Institucional” do prêmio Celso Furtado. O prêmio foi entregue à presidenta do Ceadec, Rita de Cássia Gonçalves Viana, no dia 19, em

Um estudo realizado em março pelo Dieese (Departamento Intersindical de Estatísticas de Estudos Socioeconômico) apontou que os salários das mulheres metalúrgicas da região são em média 36,9% menores que o dos homens. Mas essa diferença é ainda maior de acordo com o setor produtivo. Nas in-

Brasília, pelas mãos do ministro da Integração Nacional, Fernando Bezerra Coelho, durante a Iª Conferência Nacional de Desenvolvimento. O Ceadec assessora a Rede Solidária CataVida, que reúne mais de 300 catadores de materiais recicláveis em 17 municípios da região de Sorocaba.

dústrias de máquinas e materiais elétricos, por exemplo, as mulheres chegam a ganhar 52,74% menos que os homens. Segundo o Dieese, essa diferença salarial se deve ao número menor de mulheres que ocupam cargos de comando ou funções melhor remuneradas nas empresas da região.

Uma cartilha que traz na íntegra um acordo internacional, firmado entre os trabalhadores e a matriz da ZF na Alemanha, foi distribuída nas três unidades da empresa em Sorocaba e nas cidades de Araraquara, São Bernardo e Belo Horizonte. O livreto tem informações aos trabalhadores sobre a liberdade de sindicalização, proibição de assédio moral e de discriminação, garantidas pelo acordo e que devem ser cumpridas pela ZF em todo o mundo.


ABRIL Pág. 4

No dia 2 de abril o Congresso Nacional sancionou a Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 478, conhecida como PEC das Domésticas. A lei estendeu aos trabalhadores domésticos uma série de direitos trabalhistas que já beneficiam outras ca-

tegorias, como controle da jornada de trabalho, pagamento de horas extras, FGTS obrigatório, adicional noturno e seguro-desemprego. A medida beneficiou 6,6 milhões de trabalhadores, dos quais 92,6% são mulheres e pouco mais de 25% tinham carteira assinada.

José Cruz/ABr

Ministra do Tribunal Superior do Trabalho (TST), Delaíde Miranda, Arantes (foto) participou da promulgação da PEC das Domésticas

Acordo manteve folga em sábados alternados na Flex Foguinho

PEC garante direitos aos trabalhadores domésticos

Com acordo, funcionários da Flextronics mantêm folgas em sábados alternados.

Em abril os trabalhadores da Flextronics, empresa de eletrônicos instalada em Sorocaba, aprovaram renovação do acordo de jornada diferenciada. Com a renovação do acordo, aprovado pela primeira vez em março de 2011, os funcionários do primeiro e do segundo turno continuam a ter folgas em sábados alternados. Os funcionários do terceiro turno renovaram o direito a folgas alternadas aos domingos.

Governo Federal inaugura Trabalhadores da Schaeffler agência do INSS em Piedade constroem rede sindical

CUT promoveu debate sobre sustentabilidade

Metalúrgico lesionado é reintegrado na ZF

Produção Industrial, Recursos Energéticos e Consumo Consciente foi o tema de um debate promovido pela Central Única dos Trabalhadores (CUT) no dia 12 de abril, na sede do Sindicato dos Metalúrgicos em Sorocaba. Além do debate, o encontro também elegeu os vinte delegados que representariam a região de Sorocaba no 3º Seminário Sindical Internacional realizado em São Paulo, no final de abril.

O metalúrgico Itamar Jardim Machado foi reintegrado ao quadro de funcionários da ZF do Brasil no dia 16 de abril, por decisão da Justiça. O departamento jurídico do Sindicato entrou com ação judicial, pois Itamar foi demitido em 2006 após ter adquirido lesão em função de sua atividade profissional. Por duas vezes a ZF recorreu da decisão na Justiça, mas o trabalhador teve a causa ganha no Tribunal Superior do Trabalho (TST), em Brasília.

Em visita surpresa realizada pela Comissão de Saúde da Câmara de Sorocaba, os vereadores flagraram treze ambulâncias que prestam atendimento de urgência e emergência paradas, sem prestar atendimento à população. No mesmo pátio, no bairro Além Ponte, foram encontrados outros 110 veículos, muitos em estado de abandono e enferrujados, que poderiam ser usados pela fiscalização municipal, guarda civil, transporte escolar, coleta seletiva e combate à dengue A comissão também constatou acúmulo de água parada em várias viaturas encostadas no pátio.

Foguinho

Comissão flagra ambulâncias paradas em pátio da prefeitura

No total, a comissão contou 110 veículos parados

Hospital municipal pode receber verbas da União Foguinho

Nos dias 22 e 23 de abril Sorocaba sediou um seminário internacional de construção da rede sindical do grupo Schaeffler. O encontro reuniu dirigentes sindicais do Brasil e da Alemanha. Para Martina Hennecken, representante da Friedrich Ebert Foundation, uma das entidades organizadoras do encontro em Sorocaba, as redes sindicais são instrumentos importantes para a conquista de melhores condições de trabalho. “A rede sindical fortalece a posição do sindicato como interlocutor dos trabalhadores”, afirmou.

Parlamentares que integram as comissões de Saúde e em Prol do Hospital Municipal

A visita de uma comissão de vereadores de Sorocaba a São Bernardo do Campo constatou que o futuro hospital municipal sorocabano pode, sim, receber recursos da União. A constatação desmente as declarações dadas pelo prefeito Antonio Carlos Pannunzio (PSDB), que chegou a vetar um projeto de iniciativa popular aprovado pela Câmara que pede a construção de um novo hospital na cidade. Os vereadores visitaram em São Bernardo um hospital em construção, que tem a maior parte de seu financiamento bancada pelo governo federal. Um convênio também garantiu que a União desembolse 70% do custeio mensal daquele hospital.

Metalúrgicos da ZF conquistam vale-compra Foguinho

No mês de abril, o município de Piedade ganhou uma agência do INSS. A unidade atende cerca de 1.500 pessoas por mês e, desde então, os moradores não precisam mais se deslocar para a agência em Sorocaba, a 30 quilômetros de distância. O deputado estadual Hamilton Pereira (PT) esteve na inauguração e lembrou que a agência é uma luta antiga do ex-prefeito de Piedade, Geremias Ribeiro (PT), e que foi implantada com recursos do governo federal. Além de Piedade, a agência atende os moradores de Tapiraí, Ibiúna e Pilar do Sul.

Para pressionar a empresa, trabalhadores da ZF aprovaram comunicado de greve

Após muita mobilização os trabalhadores das três plantas do grupo ZF instaladas em Sorocaba aprovaram, em abril, acordo que garantiu o recebimento de vale-compra. Conforme o acordo negociado pelo Sindicato dos Metalúrgicos, o valor mensal do vale aprovado na época foi de R$ 100 a R$ 200, dependendo do regime de jornada. Além do vale compra, os cerca de 5 mil metalúrgicos que trabalham nas fábricas da ZF em Sorocaba também conquistaram outras reivindicações, como o pagamento de Programa de Participação de Resultados (PPR).


MAIO

Após investigação, o Ministério Público do Trabalho (MPT) concluiu em maio que a empresa ZF, fabricante de autopeças instalada em Sorocaba, causou danos à coletividade ao obrigar trabalhadores a cumprirem horas extras. Devido à irregularidade, a multinacional alemã teve que pagar uma indenização de R$ 300 mil, revertida para órgãos públicos e uma entidade assistencial. A ZF também teve de assinar um Termo de Ajuste de Conduta (TAC) perante o Ministério, comprometendo-se a não abusar mais da jornada e a não praticar assédio moral. “Caso não aceitassem ficar além do expediente, os trabalhadores eram ameaçados e constrangidos pelas chefias imediatas”, relatou, em nota, a Procuradoria do Trabalho (15ª Região).

Foguinho

ZF paga indenização por assediar trabalhadores

Além de ser punida por praticar assédio moral, ZF enfrentou protesto do Sindicato devido a demissões de lesionados

Lucas Delgado

Festa do Dia do Trabalhador foi realizada no clube de campo

Lazer e apresentações de diversos gêneros musicais animaram a festa no Clube de Campo da categoria

No Dia do Trabalhador, comemorado no dia 1º de maio, o Sindicato promoveu uma animada festa para os sócios e dependentes, no Clube de Campo dos Metalúrgicos, no Éden, e a presença do público superou a expectativa dos organizadores. A festa, exclusiva para sócios e dependentes do Sindicato, aconteceu no meio

da semana e a previsão era de receber cerca de 600 pessoas. Com o dia ensolarado, mais de mil pessoas curtiram o feriado no clube. Além de várias apresentações musicais para os adultos, as crianças também se divertiram em brinquedos infláveis e receberam doces e lanches.

Foguinho

Plenária regional debateu Campanha Salarial

Plenária reuniu sindicalistas de Salto, Itu, Sorocaba e Cajamar. FEM realizou encontros semelhantes também nas regiões de Pinda, Matão e São Bernardo

Pág. 5

No dia 17 de maio a Federação Estadual dos Metalúrgicos da CUT (FEM) realizou no Sindicato dos Metalúrgicos de Salto a terceira Plenária Regional para debater a campanha salarial de 2013 da categoria. Antes dessa plenária, que reuniu sindicalistas de Sorocaba, Salto, Itu e Cajamar, a FEM já havia realizado plenárias com dirigentes sindicais das regiões de Pindamonhangaba, Matão e São Bernardo do Campo. Com base nas sugestões acolhidas nas plenárias regionais, a FEM construiu a pauta anual de reivindicações da categoria, que foi protocolada junto à Fiesp.

CUT inicia campanha pela democratização da mídia Lideranças da CUT, do PT e de movimentos sociais lançaram no dia 18 de maio, na sede do Sindicato dos Metalúrgicos em Sorocaba, a campanha nacional pela democratização da mídia. A CUT é uma das coordenadoras da iniciativa no estado de São Paulo. O objetivo é recolher 1,3 milhão de assinaturas para um projeto de lei de iniciativa popular que pede uma nova lei sobre comunicações no Brasil.

“A lei atual já tem 50 anos e não acompanhou as mudanças das últimas décadas, especialmente os avanços tecnológicos”, explicou Márcia Regina Gonçalves Viana, responsável pela comunicação da CUT Sorocaba e presidente do Sindicato dos Trabalhadores no Vestuário. O evento também teve o lançamento do livro “Latifúndio Midiota”, com presença do autor e jornalista Leonardo Severo.

1º Torneio de truco

Falece José Ibrahim

No dia 5 de maio, a dupla formada por José Fernando Couto e Jair Silva Assis (ambos trabalhadores da ZF do Brasil) foi a campeã do 1º Torneio de Truco realizado no Clube de Campo do Sindicato dos Metalúrgicos. Além de troféus, as duplas campeã e vice-campeã foram premiadas com kit para churrasco e bolsa térmica personalizada do torneio.

Militante histórico do movimento sindical brasileiro, o metalúrgico José Ibrahim, 66 anos, faleceu no dia 2 de maio em São Paulo. Vítima de um infarto, Ibrahim foi presidente do Sindicato dos Metalúrgicos de Osasco e liderou uma greve em 1968, considerada o primeiro grande protesto de trabalhadores após o golpe militar de 1964.

PPR na Jaraguá

Amaso

Após rejeitarem, em abril, um Programa de Participação nos Resultados (PPR) imposto pela Jaraguá, os trabalhadores aprovaram em maio uma nova proposta negociada entre empresa e Sindicato. O PPR em discussão era referente à segunda parcela de 2012. Pelo acordo, aprovado em assembleia, o PPR de 2012 pôde chegar até 95% do salário nominal, dependendo da faixa salarial do trabalhador.

Dezenas de sócios da Associação dos Metalúrgicos Aposentados de Sorocaba (Amaso) participaram no dia 10 de maio de uma manifestação dos aposentados de Catanduva, a 375 quilômetros de Sorocaba. O ato fez parte de uma mobilização nacional liderada pela Confederação Brasileira de Aposentados e Pensionistas (Cobap) que reivindica o fim do fator previdenciário e reajustes dignos para aposentados e pensionistas.


JUNHO Pág. 6

Jesus Vicente

Protesto contra aumento da tarifa do ônibus levou 20 mil às ruas

Em junho, manifestação popular liderada por movimento social exigiu revogação do aumento da tarifa de ônibus e transparência das planilhas da Urbes

Mais de 20 mil pessoas, de todas as idades, mas principalmente jovens, saíram às ruas de Sorocaba, dia 20, para exigir redução do valor da tarifa de ônibus e transparência das planilhas financeiras da Urbes.

A manifestação popular foi liderada pelo movimento ContraCatraca e teve participação de outros movimentos sociais da cidade, inclusive o Sindicato dos Metalúrgicos. Diferente de outros protestos que aconteceram no País, o

ato em Sorocaba teve pauta (a melhoria do transporte público) e foi pacífico. Durante todo o dia, a imprensa SMetal realizou cobertura jornalística do protesto, com textos, fotos e vídeos no site www.smetal.org.br

HOSPITAL MUNICIPAL

MÍDIA DEMOCRÁTICA

Metalúrgicos repudiam atitude de Pannunzio

CUT coleta assinaturas para projeto sobre comunicação

No dia 23 de junho o Sindicato dos Metalúrgicos divulgou uma nota à imprensa na qual criticou a decisão do prefeito de Sorocaba, Antônio Carlos Pannunzio (PSDB), de entrar com uma ação judicial contra a Lei que determina a construção de um Hospital Municipal na cidade. A Lei do Hospital surgiu de uma campanha liderada pelo Sindicato dos Metalúrgicos que, em abril de 2012, conseguiu mais de 26 mil assinaturas em prol da unidade de saúde. O projeto popular transformou-se na Lei 10.419/2013 em abril de 2013, quando a Câmara aprovou e promulgou a proposta. Para tentar barrar a Lei, o prefeito entrou com uma Ação Direta de Inconstitucionalidade (Adin) no Tribunal de Justiça.

Dia 14 de junho, militantes da Central Única dos Trabalhadores (CUT) e do PT iniciaram coleta de assinaturas em Sorocaba para um projeto de lei de iniciativa popular, de alcance nacional, que pede um novo marco regulatório nas comunicações do Brasil. O objetivo da campanha, que tem apoio de dezenas de entidades de classe e movimentos sociais brasileiros, é recolher 1,3 milhão de assinaturas no país para que o projeto seja protocolado na Câmara Federal. O projeto regulamenta a Constituição visando promover a pluralidade e a diversidade na mídia, a garantia de produção de conteúdos regionais, o estímulo à criação de novos canais de comunicação por movimentos sociais e pequenos empreendedores de mídia, além do combate ao monopólio no setor.

Reintegração de cipeira No dia 6 de junho a trabalhadora Andreza Cristina Nogueira foi reintegrada ao quadro de funcionários da Lupatech, em Iperó, por determinação da Justiça, após ação movida pelo Sindicato dos Metalúrgicos. Andreza tinha direito à estabilidade no emprego, pois era membro da Cipa, mas havia sido demitida em março.

Corrida da Cidadania No dia 26 de junho o Sindicato dos Metalúrgicos promoveu a 1ª Corrida da Cidadania, que contou com a participação de 500 atletas inscritos. A corrida teve provas de cinco e dez quilômetros. Além de troféus para os cinco primeiros colocados nas categorias feminino e masculino, todos os atletas receberam medalhas de participação.

Foguinho

Foguinho

Foguinho

Uma composição entre participação nos resultados, abono e gratificação proporcionou o pagamento de R$ 7,3 mil até R$ 8,1 mil para cada trabalhador da Toyota em Sorocaba. A proposta de acordo, negociada com a empresa pelo Sindicato dos Metalúrgicos e comissão interna de PPR (participação nos resultados), foi aprovada por 80% dos trabalhadores no dia 14 de junho.

Pauta da campanha salarial é aprovada

Queda de avião atingiu casa de metalúrgico

Acordo enquadra Forte Metal como metalúrgica

Aprovado PPR na Toyota

Fábrica era cadastrada no setor de construção civil

A fachada da casa do metalúrgico Miguel Aparecido Gaudino

Após aprovada nos sindicatos, pauta foi protocolada junto aos patrões

Desde o dia 1º de junho, os 400 trabalhadores da Forte Metal, fábrica de estruturas metálicas instalada em Sorocaba, passaram a ser representados pelo Sindicato dos Metalúrgicos. Antes, os trabalhadores eram enquadrados no sindicato da construção civil. No fim de 2011 o Sindicato dos Metalúrgicos ingressou na Justiça com processo de representação sindical, para que os trabalhadores passassem a fazer parte da categoria metalúrgica. Após a conclusão de um laudo judicial, que comprovou que a atividade fim é metalúrgica, a Forte Metal aceitou assinar acordo com o SMetal.

A queda de um avião no dia 29, no Jardim São Guilherme, em Sorocaba, causou a morte de piloto e co-piloto. A aeronave de pequeno porte ficou completamente destruída após cair na rua Belmiro Moreira Soares. Com o choque, o avião pegou fogo e as chamas também atingiram a parte da frente de uma casa que foi interditada pela Defesa Civil. “A sorte que naquele dia eu fui trabalhar de carro, senão o prejuízo seria bem maior, pois o avião bateu e explodiu no portão da garagem”, contou Miguel Aparecido Gaudino, proprietário da casa e metalúrgico que trabalha há 16 anos na Apex Tool (antiga Cooper Tools).

Em assembleia geral realizada no dia 14 de junho, na sede do Sindicato dos Metalúrgicos de Sorocaba e Região, os trabalhadores da base aprovaram a pauta de reivindicações da campanha salarial deste ano. Os eixos da pauta foram definidos de forma descentralizada, durante plenárias regionais da CUT, realizadas em várias regiões do estado. “Os principais eixos foram a reposição da inflação e aumento real, valorização dos pisos e a implantação de novas cláusulas sociais em nossa convenção coletiva”, relembra Ademilson Terto da Silva, presidente do Sindicato dos Metalúrgicos de Sorocaba e Região.


JULHO Pág. 7

Dia de Lutas em Sorocaba teve 17 horas de manifestações

Cláusula social garante reintegração de lesionados

Foguinho

No mês de agosto, dois metalúrgicos com sequelas de doenças ocupacionais, um da ZF e outro da Gerdau, foram reintegrados ao quadro de funcionários das empresas onde trabalhavam. Nos dois processos, ambos ingressados pelo departamento jurídico do Sindicato dos Metalúrgicos de Sorocaba e Região, a Justiça do Trabalho determinou a reintegração dos trabalhadores com base em uma cláusula da Convenção Coletiva da categoria, que garante estabilidade ao metalúrgico sequelado por acidente ou doença contraída em função de sua atividade profissional. Essa cláusula social esteve em negociação na campanha salarial deste ano da categoria.

No dia 11, o Dia Nacional de Lutas em Sorocaba teve 17 horas de manifestações em defesa da pauta de reivindicações da classe trabalhadora. Centrais sindicais e movimentos sociais se responsabilizaram pelas manifestações, que ocorreram pacificamente. Entre as pautas reivindicadas pelos trabalhadores no protesto estavam redução da jornada de trabalho para 40 horas semanais e fim da terceirização. O Dia de Lutas começou em Sorocaba pela manhã, com uma manifestação no Parque das

Águas, que reuniu 15 mil trabalhadores, a maioria metalúrgicos. Em seguida, os manifestantes saíram em passeata pela avenida Dom Aguirre. À tarde, no centro da cidade, a passeata ganhou o apoio de comerciários, bancários e vigilantes. Participam do Dia de Lutas em Sorocaba as centrais CUT, Força Sindical, CTB, CSB, Conlutas, Intersindical, Nova Central e UGT; e diversos movimentos sociais, como o Levante Popular da Juventude, ContraCatraca e Fórum Social Sorocaba.

Trabalhadores da Forte Metal se sindicalizam Um mês depois de a Forte Metal ser enquadrada como empresa metalúrgica, 73% dos trabalhadores haviam ficado sócios do Sindicato. A campanha de sindicalização foi realizada em frente à fábrica nos dias 18 e 19 de julho. O reenquadramento sindical passou a valer no início de junho, por meio de um acordo junto à Justiça do Trabalho. Antes, os trabalhadores da Forte Metal representados pelo sindicato da construção civil.

Pauta de reivindicações é entregue aos patrões na Fiesp

Deputado Hamilton forma conselho político do mandato

PPR conquistado na Forusi

Futgame no Sindicato

Empresário denunciado

Após paralisar a produção por 30 horas, os 180 funcionários da Forusi, que fabrica duchas e chuveiros elétricos e está instalada na zona industrial de Iperó, conseguiram tirar da empresa uma proposta satisfatória de Programa de Participação nos Resultados (PPR) e retornaram às atividades. A greve terminou no dia 19 de julho.

O metalúrgico Rodrigo Rodrigues de Almeida, trabalhador da Difran, conquistou o título de campeão do Futgame 2013 e levou para casa, como prêmio, um videogame Xbox 360. Este ano, o torneio recebeu 130 participantes e foi realizado em dois domingos, na sede do Sindicato dos Metalúrgicos em Sorocaba.

Reportagem da revista “Isto É Dinheiro” revelou acusações de evasão de divisas contra o empresário Antônio Beldi, de Sorocaba. Controlador do Grupo Splice, ele e teria enviado R$ 2 bilhões para paraísos fiscais. O empresário é diretor regional do Ciesp em Sorocaba. As denúncias foram feitas pelas irmãs de Antônio, que tem ligações com o PSDB local.

Uma plenária em Sorocaba, com presença de 350 pessoas de 49 cidades comemorou, no dia 13, os 18 anos de mandato do deputado estadual sorocabano Hamilton Pereira (PT) na Assembleia Legislativa de São Paulo. No evento o parlamentar também anunciou a criação de um conselho político, que passou a dar sugestões de atuação e prioridades para o seu mandato parlamentar. Outro destaque do evento foi o lançamento da revista “Projetos que Mudam Vidas”, que traz um balanço das ações dos cinco mandatos de Hamilton na Assembleia Legislativa do Estado e pode ser lido na íntegra no site do parlamentar: www.hamiltonpereira.org.br Foguinho

Foguinho

No dia 4, representantes dos 14 sindicatos filiados à Federação Estadual dos Metalúrgicos (FEM) da CUT protocolaram junto à Fiesp, em São Paulo, a pauta de reivindicações da Campanha Salarial de 2013 da categoria. Antes da entrega da pauta à bancada patronal, mais de 800 metalúrgicos participaram de um ato na Avenida Paulista, juntamente com os bancários de São Paulo, para protestar contra o projeto de lei 4330 (sobre terceirização), que tramita no Congresso Nacional e pretende retirar direitos da classe trabalhadora.

Na reunião do Conselho, dia 13, Hamilton comemorou 18 anos como deputado e destacou sua origem metalúrgica


Imagens do ano

Campanh

Pág. 8

Fotos: Foguinho

Mobilização dos trabalhadores em diversa a conquista de uma campanha salarial

Ato de entrega da pauta, na av. Paulista

Entrega da pauta na Fiesp

Bardella

Hurth Infer

JCB

Dynapac

ZF do Brasil e ZF Sistemas

Difran

Jaraguá

Bauma

Wyda


Retrospectiva 2013 SMetal

ha Salarial

Pág. 9

as fábricas de Sorocaba e Região garantiu l vitoriosa para a categoria metalúrgica

Metso Equipamentos

Johnson Controls

Sibrol

Prysmian

SYL

Atlanta

Trabalhadores da Flextronics e da Case New Holland (CNH) se concentraram na avenida Jerome Case, na zona industrial

ZF Lemforder

Barros Monteiro

Apex Tool

Wobben

Primeira concentração de trabalhadores no Parque Tecnológico de Sorocaba: Participaram do ato 1.500 metalúrgicos da Toyota e de pelo menos quatro sistemistas da montadora, Scórpios, TT Steel, Kanjiko e Sanoh


AGOSTO Pág. 10

No dia 29, o plenário da Câmara Municipal de Sorocaba foi palco de um resgate histórico do papel da Central Única dos Trabalhadores (CUT) no desenvolvimento da sociedade nos últimos 30 anos. A Central completou três décadas de existência no dia 28 de agosto. A sessão solene em homenagem à CUT foi organizada pelo vereador Izídio de Brito (PT) e reuniu mais de 200 pessoas, muitas delas ex-dirigentes e militantes

que representam a construção da Central na região desde o início da década de 1980. Izídio lembrou que a CUT nasceu enfrentando a ditadura militar, para redemocratizar o país. “A Central continua até hoje ao lado do povo brasileiro e em defesa dos excluídos. A CUT tem como marcas a solidariedade e as lutas por melhores condições de vida e distribuição de renda”, afirmou.

Foguinho

Câmara Municipal de Sorocaba homenageia a CUT pelos 30 anos

Ex-presidente do Sindicato dos Metalúrgicos, o vereador Izídio de Brito (PT) presidiu a solenidade que homenageou aniversário de fundação da CUT

Trabalhadores da Pries conquistam nova comissão

Roberto Parizotti/ CUT

Foguinho

Centrais protestam contra projeto da terceirização

Trabalhadores ocuparam o trecho da Paulista em frente à Fiesp para pressionar a classe patronal

Membros da comissão e dirigentes sindicais durante a posse

No dia 6, mais de três mil trabalhadores de diversas categorias profissionais, filiadas à CUT e à outras centrais sindicais, se reuniram em frente ao prédio da Fiesp (Federação das Indústrias do Estado de São Paulo) na avenida Paulista, para protestar contra o projeto de lei 4330, que tramita no Congresso Nacional. O projeto de lei 4330, que por várias vezes esse ano quase chegou a ser colocado em

No dia 6 de agosto os trabalhadores da Tecnomecânica Pries, instalada na zona industrial de Sorocaba, elegeram os oito representantes que compõem a Comissão de Condições de Trabalho, Saúde e Meio Ambiente (CCTSM). A Comissão deu lugar à atual Comissão Interna de Prevenção de Acidentes (CIPA) e, além de ser mais abrangente em sua atuação,

votação, visa ampliar a terceirização para todas as atividades das empresas. Se isso vier a acontecer, as empresas poderão dispensar trabalhadores para recontratá-los como prestadores de serviço, rebaixando seus direitos e seus salários. A série de protestos e mobilizações da classe trabalhadora, nas ruas de São Paulo e em Brasília, impediu o avanço da proposta, que só beneficiaria o empresariado.

Convênio dá desconto de 15% na Faculdade Pitágoras Um convênio entre o Sindicato dos Metalúrgicos e a Faculdade Pitágoras, assinado no início de agosto, garante desconto de 15% na mensalidade para sócios e dependentes matriculados nos cursos de graduação e pós-graduação oferecidos pela instituição de ensino. Para ter o desconto, o interessado deve apresentar holerite, cartão de sócio ou de-

pendente do Sindicato e uma declaração a ser retirada na sede da entidade. Entre os cursos oferecidos estão Administração, Engenharia Mecânica, Engenharia de Produção e Ciência da Computação. A Faculdade Pitágoras fica na avenida Juscelino Kubitschek de Oliveira, 279, Votorantim. Informações (15) 3416-7000.

passou a ser composta exclusivamente por representantes eleitos pelo voto direto dos trabalhadores. Criada após um ano de negociações entre o Sindicato dos Metalúrgicos e a Pries, essa é a segunda CCTSMA do Brasil. A primeira foi implantada em 1993, na antiga Cooper Tools (atual Apex Tool), também instalada em Sorocaba.

CPI apura problemas na saúde em Sorocaba No dia 20 de agosto o vereador metalúrgico Izídio de Brito (PT) foi eleito presidente da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Câmara Municipal que investiga as causas dos problemas de atendimento na rede pública de saúde em Sorocaba. O relator escolhido foi o vereador Waldomiro de Freitas (PSD).

A CPI é formada por 13 vereadores e foi proposta pelo próprio Izídio, que também é presidente da Comissão de Saúde. Desde agosto, a comissão vem pedindo à prefeitura cópias de documentos e colhendo depoimentos de testemunhas e responsáveis pelo atendimento na saúde pública da cidade.

Site SMetal reformulado No dia 1º de agosto o Sindicato dos Metalúrgicos de Sorocaba e Região lançou um novo site, totalmente reformulado e com ferramentas que, além de facilitar a navegação, ampliou as possibilidades de interação com as redes sociais. Com o mesmo endereço, o www.smetal.org.br passou a ter uma aparência mais leve, quantidade maior de fotos e vídeos e ferramentas para interatividade.

Sindicato homenageado O Sindicato dos Metalúrgicos foi uma das instituições sorocabanas que receberam, no dia 9 de agosto, o 1º prêmio “Baltasar Fernandes”, promovido pela Rádio Cacique (AM e FM) e a 24ª Subsecção da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB). O presidente do Sindicato, Ademilson Terto da Silva, recebeu o prêmio em nome da entidade.

Revista denuncia esquema do Propinoduto tucano Reportagem publicada em agosto pela revista “Isto É” denunciou um esquema de corrupção, com formação de cartel, que envolve o governo do estado de São Paulo, liderado pelo PSDB. De acordo com a denúncia, o esquema que foi chamado de Propinoduto Tucano existe desde a gestão Mário Covas, passando pelas gestões José Serra e Geraldo Alckmin. A revista teve com base uma denúncia de formação de cartel feita ao Cade, por parte da multinacional Siemens para beneficiar políticos tucanos. Dias após a publicação da denúncia, a bancada do PT na Assembleia Legislativa pediu a abertura de uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI), para apurar o caso, mas a base do governo paulista barrou a investigação.


SETEMBRO Pág. 11

Protestos mobilizaram mais de 10 mil metalúrgicos recusa dos grupos patronais em apresentarem propostas nesta campanha salarial da categoria. As mobilizações contaram com a participação de

No início do mês, militantes e dirigentes da CUT enfrentaram a truculência de seguranças da Câmara Federal para se manifestarem contra o Projeto de Lei 4330, de autoria de Sandro Mabel (PMDB), que permite a terceirização de trabalhadores em todos os setores das empresas. A pressão valeu. O presidente da Câmara, Henrique Alves (PMDB), comprometeu-se a não colocar o projeto em votação enquanto ele não for amplamente debatido, com participação da sociedade.

trabalhadores na Apex Tool, Wyda, Jaraguá, Syl, Atlanta, Wobben, ZF do Brasil, ZF Sistemas, Metso Fundição, YKK Alumínio, CNH, Dynapac e Controlflex.

Fotos: Foguinho

Na primeira semana do mês, cerca de 10 mil metalúrgicos de treze fábricas da região de Sorocaba participaram de protestos liderados pelo Sindicato devido à

Não à terceirização

Nova grade salarial e PPR na Metalvic

Mais paralisações pela campanha salarial Cinco mil metalúrgicos de sete fábricas de Sorocaba atrasaram a produção dia 18 para cobrar propostas dos grupos patronais na campanha salarial da categoria. De manhã, 3.500 trabalhadores da Flextronics e da Case New Holland (CNH) se concentraram na avenida Jerome Case, na zona indus-

trial, onde permaneceram das 5h15 às 8h15. No período da tarde, a manifestação de 1.500 trabalhadores da Toyota e de quatro sistemistas da montadora: Scórpios, TT Steel, Kanjiko e Sanoh, aconteceu no Parque Tecnológico de Sorocaba, vizinho da Toyota, na zona norte. O protesto durou duas horas, das 16h às 18h.

Alesp comemorou 30 anos da CUT ais Hamilton Pereira e Luiz Claudio Marcolino. Participaram do evento prefeitos e vereadores de várias cidades, bem como representantes de dezenas de sindicatos. O deputado Hamilton, que

é ex-diretor do SMetal Sorocaba, afirmou que a CUT ajudou a construir a história do país nas últimas três décadas. “Com honestidade, humildade, humanismo e paixão; se faz sindicalismo e política”, disse o deputado.

Foguinho

Na manhã do dia 2, a Assembleia Legislativa de São Paulo (Alesp) realizou uma Sessão Solene em homenagem aos 30 anos de fundação da Central Única dos Trabalhadores (CUT). A iniciativa foi dos deputados estadu-

Foguinho

Durante o mês de setembro, milhares de trabalhadores participaram de protestos e assembleias da campanha salarial. Nas fotos acima, mobilizações dos metalúrgicos da CNH/Case, Jaraguá, Flextronics, Toyota e sistemistas. Veja mais fotos nas páginas 8 e 9.

Trabalhadores da Metalvic aprovaram acordo negociado entre empresa e Sindicato

Dia 11, os trabalhadores do Grupo Metalvic, em Araçariguama, aprovaram um acordo, negociado pelo Sindicato, que garantiu um reajuste de 2,5% na grade salarial da empresa, beneficiando todos

os funcionários. Além do reajuste salarial, o acordo incluiu o pagamento do Programa de Participação nos Resultados (PPR) de 2013. O PPR teve reajuste de 8,8% em comparação com o ano passado.

Após paralisação, sai o PPR na Controlflex Depois de rejeitarem a segunda proposta de PPR da Controlflex em um mês, os trabalhadores pararam a produção por duas horas e a empresa retomou as negociações com o Sindicato. O novo valor, que não foi Na Assembleia Legislativa, sessão solene em homenagem à CUT foi proposta pelos deputados petistas Hamilton Pereira (foto) e Luiz Claudio Marcolino

divulgado para não criar parâmetro em outras negociações de PPR, foi aprovado em assembleia no dia 13. A Controlflex tem 100 funcionários e fabrica cabos flexíveis para motocicletas e colheitadeiras.


SETEMBRO Pág. 12

Solidariedade do Sindicato Cidadão

CAMPANHA SALARIAL

desses grupos. Com a aprovação da proposta, os metalúrgicos dos grupos 2 (máquinas e eletrônicos); 3 (autopeças, forjaria, parafusos); 8 (trefilação e laminação, entre outros); Fundição e Estamparia garantiram o reajuste salarial de 8%.

O índice é composto por 6,07% de inflação pelo INPC dos últimos 12 meses e 1,82% de aumento real. O reajuste foi retroativo a 1º de setembro, data-base da categoria. Apenas o Grupo 10 ainda não havia firmado acordo até o final do mês.

Tecforja vence Torneio de Futsal

PIB cresce além das expectativas

PPR aprovada na Dynapac

Dia 15, com uma goleada de 6 a 0 sobre o DMV Peças de Precisão, a equipe Tecforja/ Psiupau-mandado.com conquistou o bicampeonato no 3º Torneio de Inverno dos Metalúrgicos. A competição, promovida pelo Sindicato dos Metalúrgicos, no clube de campo da categoria e organizada pela Liga Votorantinense de Futsal (Livofus), contou com a participação de 28 times.

Os veículos de imprensa — inclusive os antipetistas — tiveram que reconhecer, no início de setembro, que o crescimento do Produto Interno Bruto (PIB) do Brasil estava melhor do que o previsto. O PIB do segundo trimestre de 2013 cresceu 1,5% em relação ao trimestre anterior. Comparado com o mesmo período de 2012, o crescimento foi maior: de 3,3%.

No dia 6, trabalhadores da Dynapac, em Sorocaba, aprovaram em assembleia uma proposta de Programa de Participação nos Resultados (PPR) para 2013. A proposta foi negociada com a empresa por representantes do Sindicato dos Metalúrgicos juntamente com membros de uma comissão interna de funcionários. O PPR será pago em parcela única em janeiro de 2014.

Dia 20, uma comissão composta pelo vereador Izídio e assessores do deputado estadual Hamilton (ambos do PT) visitou um grupo de haitianos que, sem emprego ou vivendo de trabalho precário na construção civil, passavam por dificuldades como falta de água e de energia elétrica no alojamento, no bairro Central Parque. Os parlamentares solicitaram assistência da secretaria municipal da Cidadania aos haitianos. A imprensa SMetal acompanhou a visita e, após a publicação da reportagem na Folha Metalúrgica e no site do Sindicato, várias empresas ofereceram emprego aos imigrantes.

OUTUBRO

Conquista na Toyota

Começa adesão de sócios para reaver perdas no FGTS

Saudações a quem tem coragem Gabrielli Duarte

Lucas Delgado

Em assembleia geral no dia 27, na sede do Sindicato em Sorocaba, os metalúrgicos aprovaram as propostas de reajuste salarial de 8% em cinco dos seis grupos patronais. Além do reajuste, o acordou renovou as cláusulas sociais da convenção coletiva

Foguinho

Metalúrgicos aprovam 8% de reajuste e renovação das cláusulas sociais

Começou em outubro a adesão de metalúrgicos sindicalizados a uma ação judicial que o Sindicato vai mover contra a Caixa Econômica Federal (CEF) para reaver perdas no FGTS desde 1999. A ação é gratuita e exclusiva para sócios do Sindicato. Não serão cobrados honorários ou custas judiciais. A única taxa é de R$ 10 para cobrir gastos com a estrutura especial de atendimento. Até o início de dezembro, mais de 10 mil metalúrgicos já haviam se interessado em participar no processo. A adesão vai até 31 de janeiro de 2014. As perdas no FGTS acontecem devido à defasagem da Taxa Referencial (TR) em relação à inflação desde os anos 90.

Após 17 dias de greve, proposta de acordo foi aprovada pelos 1.500 metalúrgicos da Toyota em Sorocaba no dia 18 de outubro

Foram 17 dias de greve, encerrada no dia 18 de setembro, nos quais os trabalhadores da Toyota em Sorocaba provaram que, além de ótimos profissionais na produção de veículos, não abrem mão de lutar por melhorias coletivas. As principais reivindicações

eram aumento no piso salarial, reajuste no adicional noturno e fornecimento de vale-compra. Os funcionários conquistaram o que pediam e obtiveram outras garantias para os próximos dois anos, como a participação nos resultados (PPR) e novas cláusulas

sociais no acordo coletivo com a fábrica. O acordo também garantiu estabilidade no emprego por 90 dias para todos os 1.500 trabalhadores. Os dias parados não foram descontados. As horas foram compensadas com trabalho aos sábados.


OUTUBRO

Dia 21, vinte e três famílias da Cooperativa de Agricultura Familiar São Jorge, no Assentamento Ipanema, em Iperó, foram beneficiadas com a doação de um trator zero quilômetro feita pelo Sindicato dos Metalúrgicos. Com o equipamento, doado em regime de comodato, a produção de verduras e legumes dos assentados deve aumentar em 80%. Todos os produtos da

cooperativa são orgânicos, sem adubos químicos ou agrotóxicos. Alex Sandro Fogaça, diretor do Sindicato, afirmou que a doação faz parte do conceito de Sindicato Cidadão, criado pela entidade nos anos 90. “Quem ganha com o trator não são apenas as famílias assentadas, mas também a população da região, que terá mais opções de produtos saudáveis no mercado”.

Sesispat debateu custo das doenças A 9ª Semana Sindical de Saúde e Prevenção a Acidentes de Trabalho (Sesispat), realizada pelo Sindicato dos Metalúrgicos de 15 a 19 de outubro, teve como teve “Saúde não tem preço, mas doença custa caro”. Palestras com espe-

cialistas e profissionais da área da saúde promoveram a reflexão sobre os inúmeros prejuízos (não apenas financeiros, mas também sociais) sofridos pelo trabalhador que é vítima de acidente ou doença de trabalho.

Foguinho

Sindicato doa trator à cooperativa de agricultores do assentamento Ipanema

Gabrielli Duarte

Folgas aos finais de semana na Permax Depois de dois dias e meio em greve, os cinquenta trabalhadores da Permax, fabricante de perfis de alumínio, em São Roque, retornaram ao trabalho no dia 25 ao conquistarem folgas em finais de semana alternados. Outras conquistas do movimento foram café da manhã na fábrica e o PPR 2013.

Âncora vence torneio de Society José Boaventura, presidente da Cooperativa São Jorge, com a chave do trator

Assinatura de Convenção com G10 encerra campanha salarial Dia 23, a Federação Estadual dos Metalúrgicos da CUT (FEM) assinou a Convenção Coletiva de Trabalho (CCT) com os patrões do Grupo 10 (lâmpadas, equipamentos odontológicos, entre outros). A assinatura do G10 fechou a

Campanha Salarial dos metalúrgicos neste ano. O resultado foi o mesmo dos grupos que já haviam firmado acordo um mês antes, 8% de reajuste salarial a partir de 1º de setembro e renovação das cláusulas sociais da CCT.

Página SMetal teve mais de 44 mil acessos em um mês

Paulo Kaufmann, Izídio de Brito e Paulo Capucci formaram a mesa de debates na noite do dia 17

Pág. 13

De 29 de setembro a 28 de outubro, o site do Sindicato (www.smetal.org.br) somou 44.307 visitas de internautas, que acessaram um total de 141.709 páginas da publicação no período. Quando foi lançado, em maio de 2010, o site tinha 5

mil acessos por mês. As visitas têm crescido anualmente, mas em 2013 começou a passar dos 40 mil por mês. Além do site, o Sindicato mantém um canal no Youtube, um Twitter, uma fanpage no Facebook e boletins por e-mail.

Schaeffler restitui desconto indevido

Acordo de PPR encerra greve na Flextronics

Acordo encerra greve na Hurth-Infer

Dias após um aviso de greve ser protocolado pelo Sindicato no grupo Schaeffler, a empresa depositou aos trabalhadores, no dia 16, o valor correspondente a impostos e contribuições descontados indevidamente do abono pago aos funcionários em setembro. A sobretaxa causou uma perda de 20% no abono, que foi restituída pela empresa. O Sindicato continua negociando outras reivindicações com a Schaeffler, como a transformação da cesta básica em vale-compra, melhorias no plano de saúde e redução da jornada de 42h para 40h semanais.

Após cinco dias de greve, os trabalhadores da Flextronics conquistaram, dia 15, um Programa de Participação nos Resultados (PPR) com patamar bem melhor do que a empresa vinha pagando em anos anteriores. Para o Sindicato dos Metalúrgicos, o principal avanço foi a redução das metas. Nos anos anteriores, além de exigir cinco metas dos trabalhadores, o PPR dependia até do lucro operacional da empresa. Outro avanço no acordo foi em relação ao vale-compra, que antes podia ser cortado do funcionário caso ele faltasse ao trabalho. Com o novo acordo, o valecompra não está mais condicionado à assiduidade.

Após quatro dias de greve, os metalúrgicos da Hurth-Infer, em Sorocaba, retornaram ao trabalho mediante uma proposta de acordo para suas reivindicações. O acordo garantiu reajuste de 43% no vale-compra e o retorno do convênio médico gratuito aos dependentes. Quanto ao reajuste da grade salarial, terceiro ponto da pauta, a empresa se comprometeu em fazer um levantamento e apresentar proposta específica ao Sindicato.

Em uma final decidida nos pênaltis, dia 29, a equipe Âncora venceu a Cavelocos e conquistou o título de campeã do 1º Torneio de Futebol Society dos Metalúrgicos de Araçariguama. Na disputa pelo terceiro lugar, a Unidos Metalvic venceu a Metalvic por 8 a 3.

Festa das crianças no Clube de Campo Centenas de famílias de metalúrgicos participaram do Dia das Crianças no clube de campo da categoria. As crianças se divertiram com atividades como cama-elástica, pula-pula e brinquedos infláveis, além de modelagem de balões, pintura facial e distribuição de doces, pipoca e sorvete. À tarde houve apresentações de contação de histórias e música ao vivo.

Colônia de Férias reforma e ampliação Os metalúrgicos sindicalizados que forem utilizar a colônia de férias do Sindicato, na Ilha Comprida, a partir deste final de ano, vão contar com apartamentos reformados e um ambiente mais espaçoso. A reforma e ampliação do local foi um compromisso assumido pela direção sindical para este ano. Agora a colônia de férias da categoria conta com 40 apartamentos, sendo quatro com seis lugares e 36 com quatro lugares cada.


NOVEMBRO Pág. 14

Metso é multada em R$ 3 milhões por expor trabalhadores a riscos A Metso Brasil foi condenada pela Justiça do Trabalho a pagar multa de R$ 2,95 milhões por descumprir um Termo de Ajustamento de Conduta (TAC), firmado com o Ministério Público do Trabalho (MPT), que obrigava a empresa a implantar uma série de medidas de segurança e saúde na fábrica.

O TAC foi assinado no início de 2010, após a morte de dois trabalhadores, vítimas de acidentes dentro da fábrica de Sorocaba. Em dezembro de 2011, após a morte de mais um trabalhador, a Gerência Regional do Trabalho e Emprego (GRTE) de Sorocaba flagrou novamente o descumprimento de normas de segurança.

Pelo fim do fator previdenciário O evento foi organizado pelo coletivo de Igualdade Racial do Sindicato dos Metalúrgicos

Roberto Parizotti/ CUT

Palestras e outras atividades realizadas dias 8 e 9, na sede do Sindicato em Sorocaba, marcaram o início da 1ª Semana de Consciência de Raça promovida pela entidade. As palestras trataram de saúde, assédio no trabalho, condições de vida dos quilombolas e afroempreendedorismo. Também houve oficina de turbantes, minifeira com artesanato e comidas típicas e apresentação do grupo de rap sorocabano X da Questão. No dia 22 a organização promoveu um baile black e, no dia 29, apresentação de capoeira. As atividades marcaram o Dia da Consciência Negra, comemorado em 20 de novembro.

Gabrielli Duarte

Sindicato realiza Semana da Consciência de Raça

Revista dos EUA denuncia Flex por escravizar funcionários Artigo publicado pela revista norte-americana Bloomberg revela que a Flextronics Internacional estaria escravizando funcionários com dívidas, para que estes cumpram as expectativas de produção das câme-

ras do IPhone 5, da Apple. As irregularidades estariam acontecendo na Malásia, Camboja, Mianmar, Nepal e Vietnã. Segundo a revista, os trabalhadores eram obrigados a pagar uma “taxa anual”

pelo recrutamento, que os tornava devedores da empresa. Além disso, os operários tinham que entregar seus passaportes aos recrutadores, como garantia de pagamento da dívida.

Foguinho

Encontro de trabalhadores da ZF debate problemas do grupo

A CUT e outras centrais sindicais realizaram dia 12, em várias cidades do país, o Dia Nacional de Mobilização pelo fim do Fator Previdenciário e pela correção da tabela de Imposto de Renda. Em São Paulo, os mani-

festantes se concentraram na Praça da Sé e por volta das 10h seguiram em passeata até a sede do INSS, no viaduto Santa Ifigênia. Sindicalistas metalúrgicos de Sorocaba participaram do ato unificado na capital.

Sócios em período de carência podem aderir a proceso do FGTS A direção do Sindicato anunciou, dia 11, que os metalúrgicos sindicalizados que foram demitidos por alguma empresa nos últimos seis meses também poderão entrar com o processo para reaver as perdas no FGTS. Mas, atenção! Os chama-

dos “sócios em período de carência” não devem agendar o atendimento pela internet. Eles devem procurar as sedes do Sindicato, pessoalmente ou por telefone, para serem encaminhados ao convênio jurídico do Sindicato para o processo.

CUT critica prisões políticas

Trabalhadores de fábricas do grupo ZF em três cidades brasileiras, Sorocaba, São Bernardo do Campo (SP) e Betim (MG), reuniram-se em Sorocaba nos dias 6 e 7 para trocar

informações, debater os problemas na empresa e definir propostas de atuação conjunta. O evento, chamado 6º Encontro Nacional da Rede Sindical de Trabalhado-

res na ZF, organizado pela Confederação Nacional dos Metalúrgicos da CUT (CNM), também contou com a participação de trabalhadores da ZF de Córdoba, Argentina.

Vagner Freitas, presidente nacional da Central Única dos Trabalhadores (CUT), divulgou nota na qual considera “ilegais e arbitrárias” as prisões, no dia 15, dos condenados no controverso julgamento da Ação Penal 470, chamada pela imprensa burguesa de “mensalão”. “Tudo nesse caso é ex-

ceção. Tudo nessas prisões explicita o caráter político, de perseguição, que marca, desde o início, o julgamento”, afirma Vagner. A subsede regional da CUT em Sorocaba também divulgou um artigo no qual critica a conduta suspeita de Joaquim Barbosa, presidente do STF, no caso.


NOVEMBRO Pág. 15

A imprensa SMetal acompanhou, dia 4, uma vistoria feita por membros da Comissão de Saúde ao Hospital Psiquiátrico Vera Cruz, em Sorocaba. A comissão é presidida pelo vereador Izídio (PT). Além dele, participaram da vistoria os vereadores Carlos Leite (PT), Fernando Dini (PMDB) e Pastor Apolo (PSB). Pacientes andando descalços na chuva e forte odor de urina nas alas de internação foram algumas das situações precárias encontradas na inspeção. Fiação elétrica exposta, pisos escorregadios, vasos sanitários entupidos, vidros quebrados, falta de ventilação, infiltrações e pregos despontando do chão foram outras irregularidades constatadas. Os vereadores cobraram providências da Prefeitura. Em uma nova vistoria, em dezembro, a situação no hospital havia melhorado.

Foguinho

Condições precárias no Hospital Vera Cruz

Em assembleia liderada pelo Sindicato no dia 29, os trabalhadores da Forte Metal, em Sorocaba, aprovaram proposta da empresa que reduz o valor do convênio médico para dependentes de R$ 61 para R$ 36.

Dias antes, os trabalhadores pararam a produção por duas horas e estavam preparados para entrar em greve quando a empresa apresentou a proposta. O Sindicato continua negociando melhorias no transporte e fornecimento de cesta básica.

Reajuste aquece economia regional

Aumento do vale refeição na Iperfor

Estudos do Dieese revelaram que o reajuste de 8% nos salários dos metalúrgicos, conquistado na campanha salarial da categoria, vai injetar R$ 11, 2 milhões por mês na economia da região de Sorocaba. Até agosto de 2014, o aumento salarial dos 44 mil metalúrgicos vai adicionar R$ 150 milhões no mercado local.

Dia 10, após um dia de paralisação, os trabalhadores da Iperfor, em Iperó, conquistaram abono, reajuste do vale refeição e o compromisso de que a empresa seguirá negociando junto ao Sindicato dos Metalúrgicos sobre outras pautas internas. A Iperfor tem 350 funcionários e fabrica produtos forjados para a indústria automotiva.

Greve por PPR na Tecno Pries

Cesta básica na Belmetal

Depois de pararem a produção na manhã do dia 11, devido ao atraso no pagamento do Programa de Participação nos Resultados (PPR), os trabalhadores do primeiro turno da Tecno Pries receberam o valor devido e encerraram a greve no meio da tarde. Conforme o acordo negociado com a empresa pelo Sindicato, a segunda parcela do PPR será paga em abril de 2014.

Após dois dias de greve, os metalúrgicos da Belmetal, em Sorocaba, voltaram ao trabalho na tarde do dia 29. Eles reconquistaram a cesta básica de alimentos que a empresa havia deixado de fornecer em 2010. A empresa também reforçou o compromisso de pagar um 14º salário aos funcionários, mas sem o valor adicional de produtividade pago em 2013.

Adeus a Mandela

Açotrim vence torneio em Piedade

Maus tratos em hospitais psiquiátricos são denunciados há dois anos

Flex é condenada a pagar horas extras para funcionários transferidos A Flextronics foi condenada pela Justiça do Trabalho, no final de novembro, a pagar quatro horas extras semanais para todos os trabalhadores transferidos da Solectron, em Jaguariúna, para a fábrica de Sorocaba desde julho de 2008.

Forte Metal reduz valor do convênio médico após acordo

A ação judicial foi movida pelo Sindicato dos Metalúrgicos, pois os trabalhadores que optaram por serem transferidos tiveram a jornada aumentada de 40 para 44 horas, sem aumento salarial. Além das quatro horas

semanais, a Flextronics deverá pagar aos trabalhadores transferidos os reflexos das horas extras sobre descanso semanal, férias, décimo terceiro salários e FGTS desde a data da transferência. A Flextronics ainda pode recorrer da sentença.

DEZEMBRO

O presidente do Sindicato dos Metalúrgicos, Ademilson Terto, recebeu, dia 5, Votos de Congratulações da Câmara Municipal de Sorocaba pela liderança que exerceu na primeira greve na Toyota local, em outubro. O movimento pacífico resultou em conquistas

trabalhistas aos funcionários e estabeleceu um patamar de relações capitaltrabalho mais maduro na empresa. Os votos de congratulações foram uma iniciativa do vereador metalúrgico Izídio de Brito (PT) e aprovado por unanimidade pelos demais parlamentares.

O presidente do Sindicato, Ademilson Terto, recebeu a placa em nome da entidade, pelas negociações na Toyota

13º salário da categoria aquece economia Estudo elaborado pelo Dieese revela que o 13º dos metalúrgicos de Sorocaba, após o reajuste de 8% conquistado em setembro, corresponde a 29,4% de toda a gratificação regulamentar de Natal paga a tra-

A equipe Açotrim venceu, dia 8, o 1º Torneio de Society do Sindicato dos Metalúrgicos em Piedade. Na final, contra o Bico de Aço, a Açotrim levou a melhor por 4 a 0. A direção sindical parabeniza os oito times que participaram desta primeira edição do torneio.

Aguinaldo Pereira/Secom CMS

Homenagem pela liderança

balhadores com carteira assinada na cidade. O 13º dos 200 mil assalariados de Sorocaba, juntos, vai injetar R$ 444 milhões na economia. Os 36,4 metalúrgicos da cidade vão receber R$ 130,5 milhões do valor total.

Morreu no dia 5 Nelson Mandela, 95 anos, por problemas respiratórios. Perseguido, difamado e preso por 27 anos pelo odioso regime do apartheid da África do Sul, Mandela foi eleito presidente do país logo após sair da prisão, na década de 90. Sob sua liderança política, a Nação começou a se libertar, pacificamente, do criminoso racismo que vigorava até então.

Leia mais na Folha Metalúrgica Como esta retrospectiva foi finalizada dia 9, sugerimos aos leitores que acompanhem outros fatos relacionados aos metalúrgicos e à sociedade na Folha Metalúrgica 732, distribuída junto com esta edição especial. Mais notícias do mês também em www.smetal.org.br.


FOTOS

Imagens do ano

Em outubro trabalhadores da Flextronics aprovaram greve por PPR que durou 5 dias

Retrospectiva 2013

Sindicato dos Metalúrgicos e subsede da CUT organizaram a 1º Corrida da Cidadania em Sorocaba

Trabalhadores da Toyota pararam a produção da fábrica por 17 dias em outubro

Folha Metalúrgica Especial foi distribuída em homenagem do Dia Internacional da Mulher Sindicalistas coletaram assinaturas para projeto de democratização da mídia

Dia das C

rianças te

ve atraçõe

s no Club

e de Cam

po

ª edição ga a sua 9

de Pannunzio ao

Tecforja fo

i bicampe

gaio che Taça Papa

Novembro foi marcado pela programação do mês da Consciência Negra

Em março a Câ mara derrubou veto

Clube de Campo sediou vários eventos, como o carnaval

Hospital Municipa l

ã do Torn

eio de Fu

9º Semana de Saúde e Prevenção a Acidentes de Trabalho

Anivers

ciety de Araça ceu o 1º Torneio de So A equipe Âncora ven

rno

Evento dos Metalúrgicos comemorou o Dia Mundial do Rock

ESP

memorado na AL

da CUT foi co ário de 30 anos

tsal de Inve

Em Sorocaba, Câ

mara também te

ve homenagem

aos 30 anos da

CUT

Profile for SMetal Sorocaba Sindicato dos Metalúrgicos

Retrospectiva SMetal 2013  

Caderno Especial da Folha Metalúrgica nº 732 - Dezembro de 2013

Retrospectiva SMetal 2013  

Caderno Especial da Folha Metalúrgica nº 732 - Dezembro de 2013

Advertisement