Linhas de Crédito Emergenciais NAC-BA

Page 1

L I N H A S D E C R É D I TO E M E R G E N C I A I S Salvador, 15/04/2020

|

Núcleo de Acesso ao Crédito (NAC)


APRESENTAÇÃO

A Federação das Indústrias do Estado da Bahia (FIEB), através do Núcleo de Acesso ao Crédito (NAC), apresenta aos empresários baianos um resumo das principais linhas de crédito emergenciais anunciadas pelo governo federal para mitigar os impactos econômicos causados pela pandemia COVID-19 às micro, pequenas e médias indústrias. Neste material constam condições de taxas de juros, prazos de pagamento, carência, garantias necessárias, além de informações complementares que possam auxiliar os empresários na captação de recursos. Importante reforçar que todas as linhas estão condicionadas à situação de cada empresa, bem como à análise das instituições repassadoras. Este material será atualizado semanalmente para melhor orientação ao industrial baiano. Para maiores informações, esclarecimentos e/ou sugestões, gentileza entrar em contato com o NAC através do telefone 71 3343-1542 ou e-mail nac@fieb.org.br


SUMÁRIO BNDES – Folha de Pagamento BNDES – Crédito Pequenas Empresas BNB – Capital de Giro BNB – Linha Emergencial (Recursos FNE) FINEP – Crédito para Reconversão Industrial


BNDES - Folha de Pagamento Crédito emergencial exclusivamente para pagamento de folha de salários de funcionários.

QUEM PODE SOLICITAR: empresas com faturamento anual entre R$ 360 mil e R$ 10 milhões. TAXA DE JUROS: 3,75% a.a. PRAZO: 36 meses. CARÊNCIA: 6 meses. ONDE SOLICITAR: Bradesco, Caixa, Itaú e Santander. COMO ACESSAR: Entrar em contato com o banco que opera a folha de pagamento da empresa.

O QUE PODE SER FINANCIADO: exclusivamente a folha de pagamento da empresa. O depósito será realizado diretamente na conta dos trabalhadores pelo repassador dos recursos. O recurso será para pagamento de até 2 salários mínimos (R$ 2.090,00) por empregado, permanecendo o restante, se houver, a cargo da empresa. GARANTIAS: Negociada conforme política de cada instituição bancária. As garantias por aval e real são as mais utilizadas. CONDIÇÃO: Que a empresa não demita por 2 meses os funcionários financiados.


BNDES - Crédito Pequenas Empresas Capital de giro para micro, pequenas e médias empresas.

QUEM PODE SOLICITAR: empresas com faturamento anual de até 300 milhões por ano.

COMO ACESSAR: Contatar os bancos de seu relacionamento e/ou o banco de fomento.

TAXA DE JUROS: 13,15% a.a, média na BA.

O QUE PODE SER FINANCIADO: Custeio e gastos com manutenção corrente, itens isolados que não constituam um projeto de investimento, despesas financeiras. GARANTIAS: Negociadas com as instituições financeiras repassadoras. As garantias por aval e real são as mais utilizadas.

PRAZO: Até 60 meses. CARÊNCIA: Até 24 meses. LIMITE DE CRÉDITO: Até 70 milhões. ONDE SOLICITAR: Desenbahia, Bradesco, Caixa, Santander, Itaú e Banco do Brasil.


BNDES NOTA DESTACADA A Desenbahia e FIEB realizaram parceria para encaminhar as demandas dos associados à agência de fomento. Os industriais devem se dirigir ao Núcleo de Acesso ao Crédito (NAC/FIEB). O NAC realizará o encaminhamento e monitoramento das demandas.


BNB - Capital de Giro Com recursos próprios do BNB e do Fundo Constitucional de Financiamento do Nordeste (FNE), a medida permite as empresas elevarem seu fluxo de caixa para enfrentar a retração ocasionada pela pandemia.

QUEM PODE SOLICITAR: micro, pequenas e médias empresas. TAXA DE JUROS: a partir de 0,35% a.m. PRAZO: 36 meses (observado o fluxo de caixa da empresa). CARÊNCIA: Até 3 meses. ONDE SOLICITAR: Banco do Nordeste (BNB).

O QUE PODE SER FINANCIADO: Aquisição de matérias primas e insumos utilizados no setor produtivo. GARANTIAS: Fiança, aval ou garantia real


BNB - Linha Emergencial Crédito emergencial para capital de giro e investimento com recursos do Fundo Constitucional de Financiamento do Nordeste (FNE).

QUEM PODE SOLICITAR: pessoas físicas e jurídicas. TAXA DE JUROS: 2,5% a.a. PRAZO: 24 meses para capital de giro. CARÊNCIA: Até 31/12/2020 LIMITE DE CRÉDITO: Até 100 mil para capital de giro e 200 mil para investimento, incluindo giro associado ao investimento. ONDE SOLICITAR: Banco do Nordeste (BNB).

O QUE PODE SER FINANCIADO: para capital de giro podem ser financiadas todas as despesas de custeio, manutenção e formação de estoques, incluindo despesas de salários e contribuições, bem como despesas diversas com risco de não serem honradas em decorrência da redução ou paralisação da atividade produtiva. Para investimentos, são itens financiáveis aqueles destinados ao enfrentamento do contexto de calamidade gerado pela disseminação da Covid-19. GARANTIAS: Fiança, aval ou garantia real.


BNB NOTA DESTACADA O Banco do Nordeste e FIEB realizaram parceria para encaminhar as demandas dos associados. Os industriais devem se dirigir a sua liderança sindical e/ou executivo para que os mesmos centralizem os pleitos junto ao Núcleo de Acesso ao Crédito (NAC/FIEB). O NAC realizará o encaminhamento e monitoramento das demandas.


FINEP – Crédito para Reconversão Industrial Apoiar a transformação de fábricas para produção de itens necessários ao combate ao coronavirus, usando o conhecimento acumulado de engenharia, capacidade de produção industrial e ativos ociosos das empresas.

QUEM PODE SOLICITAR: Empresas de todos os portes. TAXA: TJLP + 0,5% a.a. PRAZO: Até 72 meses. CARÊNCIA: Até 24 meses. VALOR: Até 150 milhões. ONDE SOLICITAR: Financiadora de Estudos e Projetos (FINEP). VALIDADE: 12/2020 ou interromper a critério da Finep.


L I N H A S D E C R É D I TO E M E R G E N C I A I S Salvador, 15/04/2020

|

Núcleo de Acesso ao Crédito (NAC)