Page 1

Informativo Bimestral do Sindicato dos Armadores e das Indústrias da Pesca de Itajaí e Região Edição 6 Junho / 2017.

Pela primeira vez definição de autorizações complementares de pesca para a safra da tainha é realizada por meio de sorteio


2

Câmara Setorial do Camarão Rosa reúne associados A reunião comandada pelo coordenador da Câmara Setorial do Camarão Rosa, André Ma os, contou com a presença de armadores e do coordenador técnico do Sindicato dos Armadores e das Indústrias de Pesca de Itajaí e Região – SINDIPI, Marco Aurélio Bailon. Durante o encontro realizado no auditório do SINDIPI, os associados veram a chance de apontar as principais dificuldades enfrentadas pela categoria. Um levantamento que vai pautar o trabalho da Câmara Setorial a par r de agora, na busca por soluções e auxílio aos armadores. Entre elas estão: a problemá ca ligada a liberação dos permissionamentos de pesca. De acordo com o armador André Ma os, as mudanças de ministério comprometem demais a a vidade de captura e criam uma instabilidade para a cadeia produ va. “Essa questão das licenças é um problema, pois a cada troca de ministério a nossa documentação é encaixotada e levada para outra pasta e

Expediente

começa tudo de novo”, destaca Ma os. Outro ponto preocupante apresentado na reunião é o trabalho irregular de captura fora do período do defeso. Uma prá ca que prejudica quem tem altos custos para manter as embarcações paradas nesta época. Além da questão das despesas da frota, tem ainda o reflexo no valor do camarão, que chega ao consumidor final com um valor bem mais abaixo do que o necessário para cobrir despesas e garan r lucro. Para tentar auxiliar os armadores, a Câmara Setorial do Camarão Rosa pretende realizar um planejamento de ações a curto, médio e longo prazo. “Estou muito feliz em perceber o comprome mento dos armadores. Hoje, somos 73 na Câmara do SINDIPI, nem todos estão aqui, mas este grupo vai trabalhar pelo cole vo e pretendemos auxiliar os nossos associados e dar este suporte, para que possamos manter a nossa a vidade”, finalizou André Ma os.

Diretoria do SINDIPI: Presidente:

Conselho fiscal:

José Jorge Neves Filho

Neury Antônio Caldeira

Vice Presidente:

Suplente de conselho fiscal:

Maria Elena Vitali

Fábio Isleb dos Santos

Secretário:

Suplente de conselho fiscal:

Manoel Silvestre Marques

Marcos Augusto Onishi

Tesoureiro:

Suplente de conselho fiscal:

José Fonseca

Gizelle Perão

Sindicato dos Armadores e das Indústrias de Pesca de Itajaí e Região – SINDIPI Rua Lauro Muller, 386 l CEP 88301-400 l Itajaí SC Fone: +55 (47) 3247 6700 sindipi@sindipi.com.br www.sindipi.com.br

Suplente de secretário:

Delegado:

Beatriz da Costa Neves

José Jorge Neves Filho

Textos

Suplente de tesoureiro:

Delegado:

Mul mídia Assessoria de Imprensa Projeto e Comercialização TVN Informa vos & Comunicação 47 | 3366-5897 8433-6680 tvn@redel.com.br

Dulcemar Anastacio Costa

Dario Luiz Vitali

Conselho fiscal:

Suplente de delegado:

Luiz Machado

Edemilson Miguel de Jesus

Conselho fiscal:

Suplente de delegado:

Luzaldo Pscheidt

Valmir Fabricio Peron


3

Reunião de avaliação do Agro+ reúne en dades representa vas do país Mais de 70 en dades do país par ciparam da reunião de avaliação do Plano Agro+ do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento – MAPA e do novo programa de integridade (compliance), lançado no Ministério, com braço estratégico voltado para o fomento à implementação de ações de integridade nas empresas do agronegócio. O encontro foi realizado no Centro de Convenções, em Brasília, no mês de maio e serviu para que o Ministério pedisse apoio dos representantes do setor do agronegócio na implementação do programa em en dades representa vas e empresas. O setor pesqueiro de Santa Catarina esteve representado pelo presidente do

Sindicato dos Armadores e das Indústrias de Pesca de Itajaí e Região – SINDIPI, Jorge Neves, e pelo presidente do Sindicato dos Trabalhadores nas Empresas de Pesca de Santa Catarina – SITRAPESCA, José Henrique Pereira. O Agro+ lançado em agosto do ano passado conta com três eixos: norma vo, comércio exterior e parceria e transparência e, busca garan r mais agilidade e simplicidade na relação do MAPA com a cadeia do agronegócio e a comunidade em geral. Entre as medidas adotadas por meio do Agro+ está a revisão do Regulamento da Inspeção Industrial e Sanitária de Produtos de Origem Animal (RIISPOA).

Programa Integridade do Ministério da Agricultura O Programa de Integridade do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento ins tuído em 7 de abril de 2017 busca implementar e aprimorar mecanismos de prevenção, detecção e remediação de fraudes, irregularidades e desvios de conduta. Ele foi desenvolvido em consonância com eixos fundamentais, ações e medidas, definidos por portaria da CGU. O programa de conformidade liderado pelo MAPA será um canal de mão dupla entre o ministério e as empresas do setor Agro. Já contamos com o apoio de várias en dades representa vas para fomentarmos juntos essa inicia va. Apesar de não ser obrigatória, a adesão ao Programa de Compliance será um marco para um mercado mais protegido contra riscos é cos e de conformidade. O programa nasce justamente em um momento em que o mercado nacional e global clamam por transparência e seriedade. Os danos de corrupção e eventuais desvios são incalculáveis e precisam ser atacados agora, para não afetarem os negócios das empresas, o governo e a credibilidade do país no exterior. Bene cios Esperados: - Melhoria dos resultados e serviços prestados; - Incremento da imagem ins tucional; - Aprimoramento da transparência com a sociedade; - Melhoria do clima organizacional; - Fortalecimento de prá cas de internas de trabalho; - Es mulo à uma nova cultura de É ca Concorrencial. Reprodução: Ministério da Agricultura


4

A mudança da Secretaria de Aquicultura e Pesca do Ministério da Agricultura para o Ministério da Indústria, as restrições e os prejuízos enfrentados por armadores e pescadores por causa da portaria 445, que proíbe a captura e comercialização de várias espécies de pescado, são alguns dos fatores responsáveis pela mobilização de senadores e deputados catarinenses em Brasília. O apelo de representantes do setor pesqueiro, entre eles o SINDIPI, fez com que os parlamentares de Santa Catarina iniciassem um trabalho de ar culação polí ca para tentar ajudar o setor, que passa por um momento de fragilidade e insegurança, devido a transferência de Ministério e a falta de gestão. A situação foi discu da durante uma audiência pública proposta pelo Senador Dalirio Beber (PSDB -SC) e presidida pelo senador Ivo Cassol (PP-RO), presidente da Comissão de Agricultura e Reforma Agrária do Senado Federal. O encontro realizado no mês de abril, em Brasília, contou com a par cipação do presidente do SINDIPI, Jorge Neves e do Reitor da Universidade do Vale do Itajaí, Mário Cesar dos Santos. De acordo com o parlamentar Dalirio Beber, a mudança de Ministério é um retrocesso. Segundo o senador, o ideal é manter a secretaria no Ministério da Agricultura, por uma questão de afinidade com a área, já que o Ministério é um órgão de excelência que detém todo o conhecimento dos processos do agronegócio. O presidente do Sindicato dos Armadores e das Indústrias da Pesca de Itajaí e Região, Jorge Neves, disse entender que a secretaria tem mais afinidade com o Ministério da Agricultura. Ele acrescentou que um Ministério específico para a pesca seria “um sonho” para o setor. Jorge Neves lamenta que o cargo venha sendo usado como moeda de troca polí ca pelo governo ao longo dos anos.

Fotos: Senado Federal

Audiência Pública: Bancada catarinense se mobiliza para ajudar a pesca

Além do presidente do SINDIPI, foram convidados para a audiência o Secretário Nacional da Pesca e Aquicultura do Ministério da Agricultura, Davyson Franklin de Souza; Deputado Federal Cleber Verde – Presidente da Frente Parlamentar da Pesca; Sr. Eduardo Akifumi Ono – Presidente da Comissão Nacional da Agricultura da CNA.


5

Foto Audiência Bancada – Site Dalirio Beber

Lideranças do setor pesqueiro nacional foram recebidas no Senado no começo do mês de maio para uma reunião sobre as dificuldades e as principais reivindicações referentes a pesca. Na reunião que contou com a presença de senadores e deputados, o foco foi a união do setor polí co e empresarial para tentar fortalecer a a vidade pesqueira. De acordo com o presidente do SINDIPI, Jorge Neves, esse apoio de Brasília é fundamental para a sobrevivência da pesca. “Vários setores do país contam com a par cipação e auxílio de polí cos na busca pelo fortalecimento de seus potenciais e com a pesca não pode ser diferente. Somos uma a vidade produva, que gera imposto, emprego e que precisa de apoio. Estamos vivendo um momento de asfixia generalizada. Se o poder público, por meio de seus repre-

Informa vo do

Reunião entre parlamentares catarinenses e representantes da pesca no Senado Federal

sentantes não por propor mudanças, não se mobilizar em prol da pesca, nós vamos sucumbir”, finalizou Jorge Neves.

Em busca da flexibilização da Portaria do MMA nº 445/2014 O setor pesqueiro de Santa Catarina, juntamente com representantes de outros sindicatos patronais do país, vem tentando garan r a sobrevivência da a vidade pesqueira, frente às dificuldades encontradas nos úl mos anos. No mês de maio, o presidente do SINDIPI, Jorge Neves, integrou a comi va que esteve no Ministério do Meio Ambiente em Brasília para oficializar a entrega de um pedido para flexibilizar a portaria do MMA nº 445/2014. No documento redigido pelo Cole vo Nacional da Pesca e Aquicultura – CONEPE está o pedido para a reclassificação de algumas espécies consideradas importantes

- Redes - Mul filamentos - Panagens em Nylon - Mul filamentos sem nó para pesca profissional amadora e psicultura.

www.testilsauter.com.br Fone (11)

4823-9890

9943-1075

R. Zenki Fukui, 160 - Ouro Fino - Ribeirão Pires / SP

economicamente para o setor da pesca. A intenção é que as espécies que ocupam a posição de vulneráveis sejam caracterizadas como: “Espécies sobreexplotadas e ameaçadas de sobreexplotação”. Outro pedido feito aos representantes do Ministério do Meio Ambiente foi a criação de uma porcentagem de tolerância referente ao descarte de outras espécies que pertencem a lista. A comi va foi recebida pelo diretor de Biodiversidade do Ministério do Meio Ambiente, Ugo Vercilo, pelo Gerente de Recursos Aquá cos Roberto Gallucci e pelo Técnico Sr. Vinícius Scofield.


Informa vo do

6

Câmara setorial do cerco do SINDIPI promove primeiro workshop da pesca de cerco da região sudeste/sul

A primeira edição do workshop foi realizada no dia 05 de maio, no auditório do Sindicato dos Armadores e das Indústrias da Pesca de Itajaí e Região – SINDIPI. A inicia va da Câmara Setorial do Cerco em parceria com a Coordenadoria Técnica do sindicato reuniu armadores, representantes de indústrias e professores de duas universidades da região sul do país, que integraram o debate sobre a atual situação do estoque pesqueiro e possíveis causas para a instabilidade da captura da sardinha, foco central desta primeira edição do workshop. O oceanógrafo e professor da Univali, Paulo Schwingel trouxe para o workshop a experiência dentro das pesquisas direcionadas para a sardinha e apresentou trabalhos desenvolvidos por acadêmicos de graduação, pós-graduação, mestrado e doutorado, referentes ao estoque pesqueiro e comportamento da espécie. Análises mostram que nos úl mos anos foi registrada uma queda no rendimento da captura. De acordo com o professor, esta observação mais significa va começou em 2012 e está baseada em um estudo acadêmico. Para o professor, este cenário pode estar relacionado a inúmeros fatores, entre eles: a condição climá ca, por exemplo. Outro componente iden ficado nas pesquisas é a mudança na frota do cerco, especialmente com a introdução da embarcação

de salmoura refrigerada, que tem uma capacidade maior de pesca, destaca o professor. Outro destaque do workshop foi a presença do professor da Universidade Federal do Rio Grande do Sul – RS, Lauro Madureira, responsável pela apresentação de dados de um trabalho desenvolvido em parceria com uma empresa privada. A pesquisa mostra a eficiência do uso de tecnologia satelital na a vidade pesqueira e a possível aplicação desta tecnologia na captura da sardinha verdadeira. Segundo o trabalho do professor Lauro, os equipamentos possibilitam uma precisão e o mizam o trabalho das embarcações, por meio de relatórios emi dos semanalmente. A primeira edição do workshop trouxe também para o debate as novas regras do RIISPOA - Regulamento da Inspeção Industrial e Sanitária de Produtos de Origem Animal. Entre os pontos destacados pelo engenheiro de alimentos da Coordenadoria Técnica do SINDIPI - Estevam Mar ns, estão: a quan dade de sódio prevista no pescado e o des no da fauna acompanhante para a indústria conserveira, que antes da proposta era comercializada pelos armadores com as indústrias de congelados.


7

Pela primeira vez definição de autorizações complementares de pesca é realizada por meio de sorteio

As regras do sorteio foram publicadas na Portaria Interministerial nº 23 no mês de maio deste ano. Por uma determinação do Ministério da Agricultura – MAPA, Ministério do Meio Ambiente – MMA e Ministério da Indústria - MDIC, as autorizações de pesca complementares foram definidas por meio de um sorteio realizado no MAPA e transmi do ao vivo pela internet no dia 25 de maio. Para par cipar da escolha, os armadores realizaram uma inscrição prévia e 70 embarcações da região sudeste sul conseguiram a habilitação para o sorteio. Deste total 42 eram de Santa Catarina 33 delas associadas ao Sindicato dos Armadores e das Indústrias da Pesca de Itajaí e Região - SINDIPI. Entre as regras para a escolha estavam, o máximo de 32 embarcações e, o esforço máximo de pesca para a frota que não poderia ultrapassar 80% do somatório da arqueação bruta de 1.188 AB. Critérios que resultaram na concessão de apenas 18 licenças. Durante o processo de seleção, funcionários re ravam de uma urna o documento de cada barco, revelavam o nome e o número da AB, realizando a soma e descartando, quando necessário as embarcações maiores, para garan r o fechamento da Arqueação Bruta. A logís ca do sorteio desagradou os armadores, principalmente aqueles com embarcações maiores que não

conseguiram as concessões e ficaram de fora da safra deste ano. De acordo com o Coordenador da Câmara do Cerco do SINDIPI, Agnaldo dos Santos os critérios es pulados pelo governo, prejudicam os armadores que nos úl mos anos estão inves ndo na frota. “Mais uma vez, não está sendo cumprido o que foi acordado. Nós temos um plano de gestão que nha que ser aplicado e infelizmente, mais uma vez o setor está perdendo. Consequentemente perde o pescador, o armador, a cadeia produ va. O setor do cerco discorda deste sistema de sorteio e agora, vamos discu r judicialmente, estes critérios e este sorteio, que na verdade não foi um sorteio, mas um processo de seleção por número de AB”, destacou Agnaldo.


8

Informa vo do

Espécies que estão na 445 consideradas de valor econômico serão avaliadas por Grupo de Trabalho O Grupo de Trabalho será coordenado pelo Ministério do Meio Ambiente – MMA, por meio do Departamento de Conservação e Manejo de Espécies da Secretaria de Biodiversidade. A proposta é que o GT reúna representantes do governo e da sociedade. De acordo com a Portaria 201 do MMA, publicada no dia 31 de maio, o grupo de trabalho tem o obje vo de avaliar e recomendar ações de conservação e manejo sustentável para as espécies iden ficadas como tendo importância socioeconômica e listadas no anexo I da Portaria do MMA nº 445 de 2014.

De acordo com a portaria, o grupo será cons tuído de dois representantes tulares do Ministério do Meio Ambiente; dois representantes tulares do Ins tuto Chico Mendes; dois representantes tulares do IBAMA; quatro representantes tulares da pesca industrial; quatro representantes tulares do setor artesanal; dois representantes tulares de organizações não governamentais, dois representantes tulares de sociedades cien ficas e poderão ser convidados especialistas com conhecimento da matéria. Para cada representante tular deverá ser indicado um representante suplente.

Associados da Câmara setorial da Vara e Isca viva reúnem-se no Sindipi A reunião foi realizada no dia 24 de maio, na sala da Coordenadoria Técnica do Sindicato dos Armadores e das Indústrias de Pesca de Itajaí e Região – SINDIPI. Durante o encontro, foi apresentado o novo coordenador da Câmara, o associado, José Carlos Ferreira (FEMEPE). Entre os assuntos discu dos estavam: a pesca da tainha, referente ao equivoco da Portaria nº 23/2017, que proíbe a pesca de isca viva durante o período da tainha, o projeto de flexibilização da captura de isca-viva e o Decreto Legisla vo, que proíbe a captura de isca-viva na ilha de Florianópolis. Outro assunto que integrou a pauta da reunião foi o “Projeto Lambari”, interrompido durante a primeira fase e que agora deve ser retomado. A primeira fase do projeto contou com a par cipação de empresas associadas ao SINDIPI. Um trabalho em conjunto que até a interrupção promoveu a realização de vários testes preliminares e um teste final com 1.200.000 peixes. Para iniciar a fase dois do projeto, já foi solicitada autorização para o IBAMA e a

intenção dos integrantes da Câmara é tentar envolver nesta nova fase o maior número de embarcações possíveis. Já sobre a flexibilização da captura de isca viva, é um projeto piloto que pode ser implantado em Santa Catarina e tem a finalidade evitar as áreas protegidas e de restrições a captura de isca viva que estão cada vez restringindo mais esta a vidade. O projeto está atualmente tramitando no Subcomitê Cien fico do CPG de Atuns e Afins e no IBAMA.

Estamos com vocês!

www.oliani.com.br Fábrica de gelo 3367-3874

CRISMAR COMERCIAL Material Para Embarcação Ferramentas em Geral Cris ano Bianchini EPP Fone: (47) 3348-2468 | Fax 3348-6070 e-mail: crismarcomercial@terra.com.br


9

Registro SINDIPI

O Sindicato dos Armadores e das Indústrias da Pesca de Itajaí e Região – SINDIPI integrou o grupo de lideranças que par cipou do 11º Workshop Aliança Saúde e Compe vidade, realizado pela Federação das Indústrias do Estado de Santa Catarina - FIESC, no úl mo dia 11 de abril, na cidade de Brusque. A inicia va conta com o apoio do SESI e da Aliança Saúde Compe vidade e foi acompanhado de perto pelo presidente do SINDIPI, Jorge Neves.

No dia 18 de abril, o presidente do SINDIPI, Jorge Neves, juntamente com a equipe da Coordenadoria Técnica do sindicato e armadores, par cipou de um encontro no CEPSUL - Centro de Pesquisa e Conservação da Biodiversidade Marinha do Sudeste e Sul de uma palestra sobre o Plano de Manejo da Área de Proteção Ambiental da Baleia Franca.

Representantes do setor pesqueiro de Itajaí par ciparam de uma reunião com o prefeito Volnei Morastoni no dia 25 de abril. Durante o encontro foram listadas todas as dificuldades enfrentadas pela pesca nos úl mos anos. O prefeito se comprometeu em auxiliar o setor e promover ar culações junto ao Governo do Estado. O SINDIPI esteve presente no encontro.

Unidade de Estabilização de animais marinhos em Penha já está funcionando. A solenidade de inauguração foi realizada no mês de abril e contou com a presença do presidente do SINDIPI, Jorge Neves. A unidade presta atendimento veterinário inicial de aves, tartarugas e mamíferos marinhos resgatados no monitoramento das praias.

Transporte Nacional e Internacional Protegidas do início ao fim. 48 3029-4400 48 98408-7909 www.jomani.com.br

O produto certo e com qualidade para o seu negócio.

Panagens Monofilamento Nylon Longline - Rede Polie leno (Arrasto) Rede Traineira (Mul filamento sem nós) Rede de Proteção - Fios Torcidos - Linhas de Nylon

(47)

3319-2744

www.bktpesca.com.br Rua Blumenau, 2071 Bairro Barra do Rio Itajaí / SC

0800-202-0919


10

Convênios SINDIPI O SINDIPI possui quinze convênios com estabelecimentos comerciais, na lista estão serviços, como: clínica de medicina do trabalho, massoterapia, academia, podóloga, clínica de diagnós co, loja especializada em produtos náu cos, corretora de seguros e faculdade. Os interessados devem entrar em contato diretamente com o prestador de serviços.

As parcerias já estão valendo e pode usufruir do bene cio aquele associado que esteja em dia com a mensalidade junto ao sindicato. Entre as vantagens concedidas pelos prestadores de serviços estão: descontos que variam conforme o estabelecimento e procedimento realizado. Além do associado, o convênio atende ainda as necessidades das esposas e filhos.

CONFIRA A LISTA DE CONVÊNIOS: Cliomed – Medicina do Trabalho (Descontos Variados) Itajaí: Rua Sete de Setembro, 219 – Centro | Fone: (47) 3344-0051 Balneário Camboriú: 3ª Avenida, 271 | Centro | Fone (47) 3360-6777

Massoterapia – Vitalle Terapias (Desconto de 20% nos pacotes de massagem) Rua Estudante Renato Victorino, 187 – Dom Bosco | Itajaí | Fone: (47) 99912-0012 Academia Class Time (Desconto de 15% no plano semestral e anual) Rua José Siqueira, 286 – Ressacada | Itajaí | Fone: (47) 3083-4100

GoldenMED – Clínica Geral e Segurança e Medicina do Trabalho (Desconto de 40% nos exames) Rua Samuel Heusi, 340, sala 04 – Centro | Itajaí | Fone: (47) 3045-7216 Quevedo Ó ca (Desconto de até 25%) Itajaí: Rua Samuel Heusi, 234 – Centro | Fone: (47) 3348-7781 Demais franquias: Florianópolis, São José, Biguaçu, Palhoça, Santo Amaro da Imperatriz, Tubarão e Balneário Camboriú Super Ó ca São José (Desconto de 15% a 20%)

Podóloga – Tânia Regina Pereira (Desconto de 10%) Av. Sete de Setembro - Centro | Itajaí | Fones: (47) 3348-1751 e/ou (47) 99986-1133 MCI – Medical Center Image (Descontos variados) Rua: Samuel Heusi, 178 – Centro | Itajaí | Fone: (47) 3390-4700

Rua Samuel Heusi, 234 – Sala T22 – Itajaí Shopping | Centro | Fone: (47) 3346- Catarina Náu ca Comércio de Representações Ltda. 2821 (Descontos variados)

Escola de Idiomas Rockfeller – Franquias Itajaí e Navegantes (Desconto de 25% nos cursos oferecidos) Franquia Itajaí: Rua Camboriú, 542 – Centro | Itajaí | Fone: (47) 3348-1848 Franquia Navegantes: Av. Santos Dumont, 190 – Centro | Navegantes | Fone: (47) 3342-4042 Art Physio – Clinica de Fisioterapia (Desconto de 20% a 35% em sessões de atendimentos e 100% para consultas) Rua Antônio Carlos Pereira Leão, 235 – São Vicente | Itajaí | Fone: (47) 3046-3337 Loja Flor de Amora (Desconto de 20% à vista e 15% a prazo em todos os ar gos da loja) Rua José Querino, 566 – São João | Itajaí | Fone: (47) 3348-1731

Rua Praça Felix Busso Asseburg, 52 – Centro | Itajaí | Fone: (47) 3349-9090 Emersul Corretora de Seguros Ltda. (Desconto de 10% nos serviços) Av. Getúlio Vargas, 64, sala 3C – Vila Operária | Itajaí | Fone: (47) 33499704 Avan s de Ensino Ltda. (Desconto de 15% em todos os cursos da Pós-Graduação) Marginal Leste, 3600 – Estados | Balneário Camboriú | Fone: (47) 33630631 Prepara Cursos Profissionalizantes (Desconto de 40% nos cursos) José Bonifácio Malburg, 64, sala 02 – Centro | Itajaí | Fone: (47) 3046-1672

47 3348-1127

PESCADOS

R. Francisco Czarneski,221 Bairro São João E-mail: lheusi@gmail.com


11

Aniversariantes de Maio e Junho Parabéns aos associados do SINDIPI! Saúde, paz e felicidades!!! Aniversariantes de Maio 02/05 - Célio Djalma Mafra 02/05 - Valmir Fabrício Peron – Suplente de Delegado 05/05 - Lucas Omar Maccagnan Leardini 06/05 - Marcinei Maurino do Nascimento 07/05 - Dinaldo Adjalmo Lobo 09/05 - Emir Félix Moser 10/05 - Claudemir de Lima 12/05 - Bruno Hoffmann 14/05 - Hiroshi Abe 15/05 - Felipe Can dio Santos Silva 15/05 - Maria Aparecida Mendes de Sousa 16/05 - Valdo Antônio de Souza 17/05 - Florência Maria Rocha 19/05 - Samuel Rocha de Oliveira 20/05 - Hildo Manoel Marques 27/05 - Luciana Cipriano de Lima 29/05 - Antônio de Pinho Faus no Aniversariantes de Junho 01/06 - Anselmo Antônio dos Santos 01/06 - Giovani Andriani 01/06 - Jaf Captura Ind Com de Pescados Ltda Me 01/06 - Lino Lauro da Silva

Bombas - Motores - Pistões - Vedações e Correias

01/06 - Mar Azul Despachos Marí mos 01/06 - Nereu Ramos Caldeira 01/06 - Raul Clemente Caldas Neto 01/06 - Serafim Fernando Cabral Marques 06/06 - Jorge Seif 09/06 - Diego José da Silva 09/06 - Manoel Silvestre Marques – Secretário 10/06 - Seikomar Ind. e Com. de Pescados e Alim. Ltda 12/06 - Renor Sebas ão Caldeira 13/06 - Ebeson Erenor Rocha 13/06 - Jairo de Souza 13/06 - Reginaldo Abelardo Pinheiro 16/06 - Silvino Domingos Bento 19/06 - José Sancho Neto 21/06 - Westre de Freitas Marques 22/06 - Leardini Pescados Ltda 22/06 - Marcos Augusto Onishi – Supl. de Conselho Fiscal 22/06 - Silvio Roger Caldeira 26/06 - Acácio Aris des Baltazar 27/06 - José Carlos Da Silva " 161 " 28/06 - Diego Hercílio Nepomuceno dos Santos 28/06 - Marcia Eliane Bo ni Barros 29/06 - Nicácio Hermogenes Aparício Júnior


Informa vo do

12

Bela ItajaĂ­. 1

s o n a 6 5

Informativo SINDIPI 06 | 2017  
Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you