Page 1

Ano II

Número 26

26 de outubro de 2006

www.f2j.edu.br

Mural

Diretor geral da F2J fala sobre reconhecimento dos cursos de Jornalismo e Direito Os Cursos de Administração foram reconhecidos pela Portaria Ministerial 223, de 07/06/2006. Os Cursos de Jornalismo e Direito receberam Parecer favorável ao reconhecimento das respectivas Comissões de Verificação, encaminhadas pelo INEP, com visitas in loco, realizadas nos dias 5-6 e 19-20/10/2006. Ambos os relatórios reconhecem os Cursos de Jornalismo e Direito, sem qualquer recomendação. Ao contrário, destacam a excelência da biblioteca, dos laboratórios, da infraestrutura geral, da informatização, do projeto político pedagógico, do processo de avaliação institucional, da gestão, da qualificação e titulação do Corpo Docente, do amadurecimento dos estudantes e da sintonia da equipe administrativa e acadêmica que conduz a Faculdade. Não houve surpresas. Conscientes das exigências do MEC para o Reconhecimento de Cursos, buscamos definir nossas prioridades. Cuidou-se, então, de melhorar a infra-estrutura geral, construir e equipar a biblioteca e os laboratórios, informatizar a instituição, implantar os Núcleos de Práticas em Comunicação e de Práticas Jurídicas, construir coletivamente o projeto político pedagógico, o plano de desenvolvimento institucional, o planejamento estratégico, o Regimento Geral, o plano de carreira docente. Foi preciso, ainda, implementar a estrutura acadêmicoadministrativa, constituir um novo quadro técnico-administrativo e docente com bases no mérito, desenvolver um processo de acompanhamento permanente, de avaliação institucional e realizar um modelo de gestão, baseado no mérito, em critérios pré-estabelecidos e no profissionalismo. O resultado veio em decorrência de tudo isso. Mas veio, também, como fruto de um esforço convergente, coletivo, eficaz. Há de se destacar, no processo, a contribuição especial dos Coordenadores dos Cursos de Jornalismo e Direito, respectivamente, Prof. Derval Gramacho e a Profa. Valnêda Cássia Carneiro. E, igualmente, dos professores e estudantes, dos técnicos e funcionários que integram a Coordenação Pedagógica, a

ACONTECEU

Publicação semanal Diretor Geral: Josué Mello Diretor Administrativo e Financeiro: Sérgio Miranda Coordenação Pedagógica: Tecla Mello Assessoria de Comunicação: Sílvio César Tudela / MTB 23.138 SP Colaborador: Derval Gramacho Textos: Ricardo Neiva, Jaiane Lima e Cristiano Moura Fotos: Antonio Agüido Diagramação: Vinícius Carvalho e Jarbas Azevedo Contato ASCOM: ascom@f2j.edu.br

Em verdade, um exemplo de trabalho coletivo. O reconhecimento da Faculdade e a gratidão a todos. A vitória é de todos nós. Vamos continuar avançando, na perspectiva da construção de nosso Centro Universitário de Excelência 2 de Julho. Saudações acadêmicas, Josué da Silva Mello Diretor Geral

DESTAQUE

Debates sobre Direitos Humanos e Cidade marcaram 2ª Conferência Jaime Wright

Estudante lança livro na LDM da F2J

Durante dois dias, o evento realizado pela Faculdade 2 de Julho reuniu cerca de 500 pessoas e diversos especialistas de todo o país com o objetivo de criar um fórum de debates, envolvendo pessoas comprometidas com a criação de uma sociedade fundamentada na solidariedade e na paz.

O estudante Geraldo Oliveira Sales Júnior, estudante do 9º semestre de Direito, lançou a segunda edição do livro "Concurso de pessoas", na última quinta-feira, 19 de outubro, às 20 horas, na LDM da Faculdade 2 de Julho.

No primeiro dia de debates, 19 de outubro, Ana Fani Carlos, titular de Geografia Humana da Universidade de São Paulo (USP), ressaltou a importância de pensar o direito à cidade como um projeto de construção de uma outra sociedade, pois é na vida cotidiana que aparece a crise urbana. A professora adjunta da Universidade Federal da Bahia (UFBA) Ângela Gordilho, secretária de Habitação de Salvador, lembrou, em sua apresentação, que a ação política não se dá somente no governo. Por sua vez a assistente social Evaniza Rodrigues, da União Nacional de Moradia Popular e coordenadora regional para América Latina da Coalizão Internacional do Habitat, chamou a atenção da necessidade de conscientizar a população sobre o direito não só de morar, mas também de ficar onde as cidades vão conquistando suas melhorias.

EXPEDIENTE

Secretaria Acadêmica, as secretárias dos colegiados pertinentes, a Biblioteca, o Centro de Informática, a Assessoria de Comunicação e os demais setores de apoio.

O autor é graduado em Comunicação Social e pósgraduado em Desenvolvimento de Sistemas para WEB. É professor da UNIFACS das disciplinas de Sistemas da Computação e Linguagem de Programação nos cursos de Engenharia Civil, Engenharia Mecânica e Engenharia Química. Ele já publicou o livro "Classificação doutrinária dos crimes", participou da publicação da cartilha "A proteção jurídica dos direitos autorais e os bancos de dados" e da obra "A letra de câmbio e a nota promissória". (Sílvio César Tudela / Ascom)

Os temas em discussão da sexta-feira, 20 de outubro, na Conferência foram “Comunicação e Cultura nas cidades brasileiras” e “Construindo a cidade de todos e para todos: inclusão social e gestão pública”, com a participação de Alexandre Barbalho (UFCE), Albino Rubim (UFBA), Ivan Moraes Filho (Centro de Cultura Luis Freire), João Sette Whitaker (USP), Tânia Fischer (UFBA) e Grazia de Grazia (Ministério das Cidades). Todos os palestrantes posicionaram-se a favor de uma gestão pública de moradia que concentre seus trabalhos em áreas periféricas e nas favelas, pois estes espaços de habitação são os que mais crescem nas cidades brasileiras. “A periferia cresce seis vezes mais que o centro, mas recebe muito menos investimentos, o que colabora por condenar seus moradores ao abandono, esquecimento e invisibilidade. A questão dos direitos humanos está diretamente ligada à questão do urbanismo”, reforçou Whitaker. Ao final do evento, o Irmão Henrique “Peregrino da Trindade” e o Fórum Comunitário de Combate à Violência (FCCV) receberam o Prêmio Jaime Wright, como homenagem pelas suas atividades e contribuição para a sociedade brasileira na difusão da paz e dos direitos humanos. Geraldo Oliveira Sales Júnior

Mural 026  
Mural 026  

Ano II Número 26 26 de outubro de 2006 www.f2j.edu.br EXPEDIENTE Saudações acadêmicas, Josué da Silva Mello Diretor Geral Diretor Geral: Jos...

Advertisement