Issuu on Google+

Centros comerciais em revista

Ano XXI - 2012 - Edição 84 Distribuição gratuita

Shopping Entrevista: Piedade Pereira Escola de Comércio de Lisboa

ICSC: Seminário de Marketing em Budapeste

Recolha de sangue nos Shoppings Mundicenter

Portugueses destacam-se nos Solal Awards


Logo Amoreiras 08 200x45mm.pdf

C

M

Y

CM

MY

CY

CMY

K

1

9/13/10

2:21 PM


editorial Propriedade

Associação Portuguesa de Centros Comerciais Morada Av. Eng.º Duarte Pacheco Amoreiras Torre 2 - Piso 9 - Sala 2 1070-102 Lisboa Portugal Tel.: 21 319 31 88 - Fax: 21 354 34 01 E-mail: geral@apcc.pt

Direcção Executiva Pedro Teixeira

Shopping Centros Comerciais em Revista Bimestral • Ano XXI - 2012 - Edição 84

Produção e Edição

EDIÇÕES E COMUNICAÇÃO, S.A.

Página 3 - Edições e Comunicação S.A. Av. António Augusto de Aguiar 108 - 8º Tel.: 21 355 93 70 - Fax 21 355 93 70 1050-019 Lisboa Coordenação Editorial Luís Aragão Produção e Edição Gráfica Mediapearl - Comunicação e Serviços, Lda. Rua 1º Cabo José Martins Silvestre, 6 3-Dtº 1800-310 Lisboa mediapearl@mediapearl.pt Publicidade Fernando Rodrigues Tm: 91 373 32 20 Pré-Impressão, Impressão e Acabamento RBM - Artes Gráficas, Lda. Alto da Bela Vista, 68 - Pav. 8 r/c 2735-336 Cacém Tiragem: 15 000 exemplares Distribuição Gratuita Depósito Legal n.º 54-808/92 Registo no ICS n.º 117131

Assistimos recentemente, com agrado, à decisão desburocratizante tomada pelo Governo da Comunidade Autónoma de Madrid, de liberalizar totalmente os horários de funcionamento dos estabelecimentos comerciais, e respectivos dias de abertura. Esta tomada de posição, sem precedentes em Espanha, e que irá afectar mais de 70 mil unidades de todas as dimensões, vem dar razão às posições tomadas durante 15 anos pela APCC em Portugal. Sublinhe-se que nesse período de tempo, até à publicação e entrada em vigor do Decreto-Lei 111/2010 de 15 de Outubro, a APCC demonstrou à tutela a obtusidade do quadro restritivo, e apresentou de diversas formas os estudos e as tendências que há muito se discutiam em outros países e que, pelos mais diversos motivos, apontavam para esta solução. Mas voltando a Madrid, e como foi reconhecido pelos governantes, a medida visa diversos objectivos de cariz económico, financeiro e social. Ao estar integrada numa ampla estratégia de dinamização da actividade comercial, a que não é indiferente o facto do país vizinho estar, tal como nós, a atravessar uma profunda crise económica, a medida é apontada como uma forma de potenciar, no imediato, o investimento de pequenas e médias empresas, a criação de emprego, e a circulação financeira do sistema. Devo aqui sublinhar que estas são exactamente as mesmas conclusões do estudo sobre os horários de funcionamento do comércio apresentado em 2007 pela APCC, da autoria do ilustre Professor Ernâni Lopes. Queremos acreditar que o impacto da liberalização na mais importante comunidade autonómica espanhola seja elevado, e certamente multiplicar-se-á pelas restantes regiões e mesmo por outros países. É importante também que muitas autarquias portuguesas, que através de regulamentos municipais têm agora o poder de restringir ao nível municipal os horários dos estabelecimentos comerciais, compreendam com este exemplo, que agora vem de fora, a elevada importância económica e social da liberalização total dos horários e dos dias de funcionamento dos estabelecimentos comerciais. Fica a garantia de que a APCC continuará a defender esta causa junto de todas as entidades e fóruns onde este debate estiver a ser travado, pela profunda convicção de que esta é a solução ideal para todas as actividades comerciais, independentemente do ramo ou da dimensão dos estabelecimentos. António Sampaio de Mattos Presidente

Shopping

Ano XXI - 2012 - Edição 84

Direcção António Sampaio de Mattos

3


sumário

Shopping

Centros Comerciais em Revista

14

Ano XXI - 2012 - Edição 84

16

4

Shoppings Mundicenter com recolha de sangue A Mundicenter em parceria com o Instituto Português do Sangue e da Transplantação, I.P. (IPST) promoveu a 11ª Campanha Anual de Recolha de Sangue, uma iniciativa de solidariedade que faz já parte do “histórico” da companhia e que é bem elucidativa da contribuição que o sector dos centros comerciais pode dar à sociedade.

Sonae Sierra promove Produtos de Portugal A Sonae Sierra acaba de firmar um acordo com a Direcção Regional da Economia de Lisboa e Vale do Tejo para o desenvolvimento do programa “Produtos de Portugal, produtos da minha terra”, que em termos genéricos visa aumentar a visibilidade e trazer mais dinâmica aos produtos produzidos na região.

22

Entrevista Escola de Comércio de Lisboa

26

Conferência de marketing ICSC - Budapeste

30

Portugueses destacam-se nos Solal Awards

Em entrevista, Piedade Pereira, Directora da ECL, faz a análise do sector e revela o que está a ser feito ao nível da formação técnica na área do comércio. E analisa ainda a relação com a Associação Portuguesa de Centros Comerciais.

No cenário onde a renovação do parque instalado de shoppings na Europa ocidental está a sobrepor-se aos projectos novos, são as campanhas de marketing que fazem a diferença. Esta foi uma das principais conclusões que os profissionais da área destacaram na conferência europeia de marketing promovida pelo ICSC anualmente, e que teve lugar no passado mês de Junho em Budapeste - Hungria

A Multi Mall Management Portugal e a Sonae Sierra destacaram-se nos principais prémios do marketing do sector de centros comerciais: os Solal Awards. Conheça as campanhas de sucesso com origem nacional.

Shopping


notícias

Ano XXI - 2012 - Edição 84

Get the Look no CascaiShopping

6

Get the Look é o nome do projeto que chegou na última semana do mês de Junho ao CascaiShopping e que pretende mostrar as últimas tendências da moda e proporcionar compras de oportunidade. A acção arranca no CascaiShopping mas estende-se ao ArrabidaShopping e AlgarveShopping durante o mês de Julho. «O projeto Get the Look pretende levar a moda aos portugueses de uma forma original e acessível. São produções de moda físicas que, de acordo com determinado tema, vão buscar inspiração às lojas do centro, resultando numa verdadeira representação de estilos», refere Inês Rosário, Cluster Manager da Sonae Sierra. O Get the Look insere-se no Movimento Por Um Portugal Mais Fashion, uma campanha institucional da Sonae Sierra que pretende promover a democratização da moda. O CascaiShopping foi o primeiro palco desta sofisticada representação onde cerca de 30 manequins ganham vida e contam uma história alusiva ao tema de cada edição. «Trata-se de proporcionar uma experiência de moda aos clientes. Além disso, a iniciativa Get the Look oferece ainda mais vantagens ao proporcionar descontos nas peças de vestuário selecionadas, constituindo compras de oportunidade para aqueles que se reveem na sugestão apresentada», adianta Inês Rosário. O primeiro momento desta iniciativa teve o tema “baralho de cartas” e decorreu, até 8 de Julho, no emblemático centro comercial da Sonae Sierra, o primeiro do grupo em Portugal e que, à semelhança deste projecto, redefiniu lógicas e estilos no sector dos centros comerciais.

MAR Shopping apoia animais de rua O MAR Shopping apoiou a organização o desfile “Beleza canina”, uma iniciativa da Petlândia e da Royal Canin, que deu a oportunidade aos visitantes do centro comercial

Shopping

de exibirem orgulhosamente o seu animal de estimação e ainda poderem arrecadar um Prémio pela sua participação. “O cachorro mais lindo”, “O olhar mais meigo” ou “As orelhas mais peludas” foram apenas algumas das categorias a concurso neste desfile. Os prémios para os 3 vencedores da final, variaram entre os €50 e os €150 em Cheques-Oferta MAR Shopping. A iniciativa teve também uma componente de solidariedade, uma vez que beneficiou a Associação Animais de Rua, através de uma doação de 250 Kg de ração pela marca Royal Canin. A Associação esteve ainda presente no evento com uma Campanha de angariação de fundos e de adoção de animais abandonados.

Peixes realizam esfoliação natural no Oeiras Parque No Oeiras parque acaba de abrir um novo e original espaço: o Mister Fixe, onde são apresentadas propostas na área da terapêutica, estética e bem-estar com todo o tipo de soluções, para FishSpas, Ictioterapia, Fishmanicure e Fishpedicure, utilizando os benefícios dos peixes Garra Rufa. Os peixes Garra Rufa realizam uma Esfoliação Natural deixando a pele limpa e suave, e promovem uma micromassagem que ajuda na activação do Sistema Circulatório. Este espaço conjuga a Estética e Bem-Estar (Manicure, Pedicure e “Peeling” natural) com Terapias Dermatológicas (Psoríase, Eczemas e Pele Atópica). Para além destes benefícios, nos Spa’s também se pode usufruir de uma pequena massagem relaxante por parte das colaboradoras, bem como de um Embelezamento de Mãos e Pés.


A Sonae Sierra acaba de reforçar a sua presença em Marrocos, com a assinatura do seu segundo contrato de prestação de serviços na área dos centros comerciais neste país, desta feita em Casablanca. O contrato foi assinado com a empresa marroquina Marjane, a maior cadeia de hipermercados e supermercados a operar em Marrocos e que pertence ao Grupo ONA. O novo projeto faz parte do empreendimento imobiliário Ibn Tachfine, que inclui escritórios e um hotel com 100 quartos, e está localizado junto da estação central de caminhos-de-ferro (Gare Casa Voyageurs). Com abertura prevista em 2014, o Centro terá um total de 24.120 m2 de Área Bruta Locável (ABL) e 80 lojas. Entre as atividades a desenvolver pela Sonae Sierra incluem-se análise da oferta comercial, definição de layouts, conceito de arquitectura, bem como consultoria de gestão de projeto e de engenharia durante toda a fase de desenvolvimento. Recorde-se que a Sonae Sierra entrou em Marrocos em Março de 2011, com a assinatura de um contrato também com a Marjane e outra empresa marroquina, a Foncière Chellah (Grupo CDG – Caisse de Dépôt et de Gestion) para a prestação de serviços de desenvolvimento do projeto Marina Shopping Casablanca, que integra habitação, lazer e negócios. Para Fernando Guedes de Oliveira, CEO da Sonae Sierra, «Marrocos é um mercado com mais de 34 milhões de habitantes que se encontra em franco desenvolvimento económico e com uma indústria dos Centros Comerciais com grande potencial de crescimento. A assinatura do segundo contrato neste país representa um reforço da nossa presença e a confirmação do sucesso da nossa aposta de crescimento neste mercado através da atividade de prestação de serviços a terceiros».

Aqua Portimão reforça oferta O Centro Comercial Aqua Portimão, gerido pela Ségécé Portugal, foi escolhido pela marca “Shana” para abertura da sua primeira loja no Sul do país. Localizada numa zona privilegiada do Centro, no piso 1, junto à H&M, a Shana oferece aos clientes do Aqua Portimão uma grande variedade de referências de roupa com design apelativo e uma relação qualidade-preço bastante atrativa, numa loja com uma imagem jovial, alegre e divertida. Com esta aposta no Aqua Portimão, a marca Shana prossegue o seu plano de expansão. Recorde-se que é uma marca espanhola de roupa feminina, que procura revolucionar a moda, trazendo novos conceitos que combinem com os vários momentos da vida de uma mulher. Esta é já a terceira unidade Shana a abrir portas no território nacional em centros comerciais geridos pela Ségécé (as outras duas lojas estão localizadas no Minho Center e no Parque Nascente). Localizado na segunda maior cidade algarvia, o Aqua Portimão é o maior espaço comercial de todo o Barlavento Algarvio. Tem uma área de cerca de 35.500m2, 117 lojas, 9 lojas âncora e mais de 20 restaurantes, distribuídos por três pisos. Conta com um hipermercado Jumbo, com cerca de 11.750m2 de área total, e disponibiliza 1.800 lugares de estacionamento em três pisos abaixo do solo. Este Centro está situado na confluência de uma rede de modernas acessibilidades, que estabelecem o acesso à cidade de Portimão e é gerido pela SÉGÉCÉ Portugal e propriedade da Klepierre e Generali Immobiliare.

Ano XXI - 2012 - Edição 84

Sonae Sierra reforça actividade em Marrocos

que pretendeu gerar interação entre a criança e a natureza. As crianças escolhiam uma planta (flor ou árvore) para plantar num vaso decorado e personalizado de acordo com o gosto e a vontade da criança. Este Atelier teve uma funcionalidade decorativa, mas também a função de instruir as crianças no sentido de preservar e ativar a natureza à sua volta. Nos dias 14 e 15 de Julho, os mais novos desfrutaram da Oficina Arte Natureza. Aqui as crianças foram convidadas a aprender a construir árvores e animais de papel e, depois, colori-las. No âmbito desta iniciativa, nos dias 21 e 22 de Julho os petizes puderam também assistir a contos infantis.

Animação no GaiaShopping Ao longo do mês de Julho, entre as 11 e as 21 horas, o Shopping Animado do GaiaShopping deu às crianças a oportunidade de darem asas à imaginação com ateliers e oficinas que, além de os entreterem e animarem, permitiram a sensibilização para as questões relacionadas com a Natureza. Por exemplo, nos dias 7 e 8 de Julho as crianças puderam participar no Atelier de decoração de vasos, uma atividade

Shopping

7


notícias “Play ZON PES Cup 2012” nos Dolce Vita Os Centros Comerciais Dolce Vita foram palco da “Play ZON PES Cup 2012”, competição promovida pela ZON, que vai testar as capacidades dos jogadores do videojogo da Playstation Pro Evolution Soccer (PES). A primeira qualificativa teve lugar nos dias 12 e 13 de Maio, no Dolce Vita Tejo. A prova contou com seis etapas qualificativas, disputadas no sistema de jogo “um contra um”, nos Centros Comerciais Dolce Vita Tejo (12 e 13 de Maio e 23 de Junho), Dolce Vita Douro (26 e 27 de Maio e 9 e 10 de Junho) e Dolce Vita Porto (2,3, 16 e 17 de Junho). A Grande Final realizou-se no Dolce Vita Tejo, no dia 24 de Junho. Em cada eliminatória estiveram em disputa vários prémios, desde jogos de Playstation 3 a merchandising PES (bolas, t-shirts e porta-chaves). Para além da disputa da “Play ZON PES Cup 2012”, os visitantes dos Dolce Vita têm mais motivos de interesse para ocupar o seu tempo livre na “Arena Gaming Play ZON”. Ao fim-de-semana, entre as 10h e as 24h, é possível experimentar vários videojogos nomeadamente “Call of Duty MW3”, “Kinect Sports 2”, Virtua Tennis 4”, “Tekken 6”, “Kinect Adventures”, “Moove Dance Star Party”, “Moove Sports Champion”, simuladores com GT5 e Forza 4, entre outros.

Ano XXI - 2012 - Edição 84

Forum Sintra eleito o mais inovador Centro Comercial da Europa

8

O Forum Sintra, projecto desenvolvido pela Multi Development, empresa responsável pela promoção de programas retalhistas polivalentes em grande escala e projectos de regeneração de centros de cidades e escritórios, foi distinguido na edição de 2012 dos Across Awards. O prémio foi atribuído em Viena, numa cerimónia inserida na 14th Regioplan Shopping Center Symposium. De entre 17 ambiciosos projectos oriundos de países como Alemanha, Áustria, Hungria, Croácia, Roménia, Grécia, Turquia, Polónia e Finlândia, o Forum Sintra sagrou-se vencedor na Categoria Most Innovative Large Shopping Center in Europe.

Para Benno van Veggel, Managing Director Southern Europe Multi Development, «é com enorme satisfação que vemos novamente a qualidade dos nossos projectos ser reconhecida, desta vez ao nível da inovação, uma questão cada vez mais importante para a indústria» Inaugurado em Abril de 2011 o Forum Sintra resultou da expansão e remodelação do já existente edifício Galeria Feira Nova. Representou um investimento de 170 milhões de euros e oferece 55.000 m2 de área comercial, num espaço moderno e arrojado, com 182 lojas, distribuídas por três pisos. Com um tenant mix de elevada qualidade, o Forum Sintra possui como lojas âncoras o Pingo Doce, Worten, Zara, Primark, H&M, Sportzone, C&A, New Yorker, Modalfa e Cortefiel. Os prémios Across Awards são uma iniciativa da ACROSS, uma revista internacional dedicada ao sector do retail, lida por 17,000 líderes de opinião de 40 países europeus.

8ª Avenida recebe Campeonato Nacional de Snooker O 8ª Avenida foi o palco escolhido para receber o Campeonato Nacional de Snooker, uma iniciativa do Clube de Bilhar de S. João da Madeira que durante três semanas reuniu alguns dos melhores jogadores nacionais da atualidade, que disputaram o apuramento para a Fase Final Nacional. Dado o crescente interesse pela variante de Snooker Inglês, e aproveitando a franca expansão da modalidade, o Clube de Bilhar de S. João da Madeira organizou o Campeonato Nacional de Snooker, que contou com a participação de atletas federados e não federados. Durante três semanas foi possível testemunhar ao vivo a beleza e complexidade do jogo de bilhar no 8ª Avenida.

No Spacio Shopping quem define o preço é o cliente O Spacio Shopping tem um novo espaço online onde é o cliente que decide qual o preço justo a pagar. Trata-se do E-Market, uma iniciativa que será promovida no facebook do shopping, onde serão realizadas inúmeras campanhas promocionais com produtos dos lojistas. A primeira ação

Shopping


promocional teve lugar entre 26 de junho a 6 de julho, numa parceria com a loja Núbia Joalharia. Através do envio de um email, os clientes oferecem o preço que consideram justo para o objeto em promoção e no final da campanha (com duração de 10 dias) será entregue ao cliente que tiver feito a melhor proposta. Esta iniciativa, inovadora e original, contará com a colaboração dos lojistas do Spacio Shopping que, durante os dias de campanha dedicada aos seus produtos, disponibilizarão as suas marcas no E-Market para que o cliente possa decidir qual o preço justo a pagar. As ofertas do espaço E-Market estarão disponíveis na página do facebook do shopping, em www.facebook.com/spacioshopping. A oferta de preço para os produtos em campanha deverá ser feita através do e-mail e-market.spacio@mundicenter. pt. Após a finalização da campanha, o Spacio Shopping identificará o valor mais alto oferecido, contactando posteriormente com o cliente que efectuou a oferta de modo a concretizar a compra. O produto deverá, posteriormente, ser levantado no centro comercial.

Tavira Gran-Plaza com Programa de Desfibrilhação Automática Externa

O Tavira Gran-Plaza vem assim garantir uma resposta eficaz às situações de paragem cardíaca inesperada que venham eventualmente a ocorrer no seu espaço comercial. Neste sentido, vigilantes receberam formação específica em suporte básico de vida e desfibrilhação automática externa, existindo no mínimo sete operacionais habilitados a prestar socorro no Tavira Gran Plaza. Durante o horário de abertura ao público, haverá sempre pelo menos um operacional devidamente formado e habilitado a atuar em caso de emergência. «A integração do Tavira Gran-Plaza no Programa de DAE vem reforçar o compromisso do Centro na área da Segurança & Saúde, assim como com a comunidade local, protegendo as pessoas que nos estão mais próximas e todos aqueles que nos visitam que, a partir de agora, sabem que estão num espaço cardio-protegido. Acreditamos que a implementação de mais este meio de socorro em situações de paragem cardíaca vem reforçar a nossa cultura de prevenção de acidentes e de resposta eficiente em situações de emergência», refere o diretor do Tavira Gran-Plaza, João José Velhinho.

Marca japonesa Asics/ Onitsuka Tiger inaugura no Freeport O Freeport de Alcochete inaugurou uma nova loja no segmento Desporto: a Asics/Onitsuka Tiger, uma marca japonesa que vem reforçar a oferta comercial do Outlet de Alcochete, também recentemente complementada com a chegada da Geox e da Chicco. Com uma área total de 237m2 e com 190 modelos diferentes de sapatos desportivos, na nova loja Asics/Onitsuka Tiger, o cliente encontra não só calçado que necessita para a prática de desportos como modelos mais casuais e ainda artigos têxtil

Ano XXI - 2012 - Edição 84

O Tavira Gran-Plaza já tem disponível o Programa de Desfibrilhação Automática Externa (DAE), um sistema de emergência que permite responder de forma imediata a um caso de paragem cardíaca inesperada. Licenciado no âmbito do Programa Nacional de DAE, o equipamento de socorro poderá contribuir para a sobrevivência das vítimas. O DAE é um aparelho eletrónico portátil capaz de analisar o ritmo cardíaco de um paciente e identificar as arritmias cardíacas de fibrilhação e taquicardia ventricular que podem ser potencialmente letais. O DAE permite igualmente o tratamento destas arritmias, através da desfibrilhação, que consiste na aplicação de um choque elétrico que pode parar a arritmia e fazer com que o coração retome a sua atividade elétrica normal.

Shopping

9


notícias e acessórios focados essencialmente em trail e running. De forma a facultar ao cliente um atendimento personalizado, a loja Asics/Onitsuka Tiger do Freeport conta com uma equipa especializada, capacitada para disponibilizar um aconselhamento técnico e preciso na escolha do melhor sapato desportivo a utilizar. Nuno Oliveira, diretor-geral do Freeport de Alcochete, considera que ‘a chegada da Asics/Onitsuka Tiger, Geox e Chicco ao Freeport, numa altura crítica para a economia nacional e, nomeadamente, para o mercado do retalho, espelha a crescente confiança dos portugueses no modelo outlet. O Freeport tem vindo ano após ano a consolidar a sua posição neste mercado afirmando-se como uma aposta de sucesso tanto para as marcas de referência, como para os consumidores, que aqui encontram artigos com a melhor qualidade aos melhores preços’.

Aproveitar o Verão no Arena Shopping

Ano XXI - 2012 - Edição 84

Teve início no dia 5 de Julho os Momentos de Verão do Arena Shopping, com um programa gratuito de concertos e animação infantil em cartaz até ao próximo dia 30 de Agosto. Ao todo, serão mais de 20 espectáculos de música para todos os gostos e uma grande variedade de animações e ateliers para os mais novos. No primeiro dia, o programa arrancou às 18h para as crianças, com um atelier “O meu diário de férias de verão” e ainda um espaço para desenho livre. Às 21h30, entraram em cena os Tralha Mestiça que dessa forma inauguraram o palco dos espectáculos. Os Momentos de Verão irão trazer aos visitantes deste shopping uma grande diversidade de estilos musicais, desde o fado, ao jazz, ao world music, pop rock, entre outros.

Minho Center com animação para toda a família O Centro Comercial Minho Center, gerido pela Ségécé Portugal, preparou para Agosto um programa cheio de animação, com o mote “Dance ao ritmo do Verão”. Todas as Sextas-Feiras, entre as 19 e as 21 horas, a Academia de Dança Alunos de Apolo Braga vai fazer demonstração de diversas modalidades de dança, apelando à participação

10 Shopping

de todos os visitantes. As modalidades, que vão desde a dança infantil, ao hip hop, step dance e zumba, são destinadas a todas as idades, e vão proporcionar momentos de boa disposição, acompanhados por boa música e muita animação junto à praça de restauração do Minho Center.

Spacio Shopping ofereceu dia especial a avós e netos Para celebrar o Dia dos Avós, que se comemora no dia 26 de julho, o Spacio Shopping ofereceu um Piquenique cheio de animação a todos os Avós e Netos na Quinta Pedagógica dos Olivais. O programa incluiu actividades como Extreme Ball e o Extreme Obstacle, dois insufláveis gigantes para delícia dos mais novos, ao DynamicBungee. E para que as novas gerações aprendam as brincadeiras de antigamente, foi ainda organizada uma sessão de jogos tradicionais, como a malha, a petanca e o jogo das latas, em que os avós ensinaram todos os truques aos seus netos. Esta foi já a 4ª edição da iniciativa a decorrer na Quinta Pedagógica dos Olivais, um espaço de dois hectares que se enquadra nos moldes da educação não formal, integrando as componentes pedagógica e lúdico-recreativa na qual se recriam tradições rurais de todo o país.


A

s galerias comerciais Saldanha Residence, localizadas na Avenida Fontes Pereira de Melo, em pleno centro de Lisboa, reforçaram a sua oferta, recebendo novas lojas nas áreas de restauração, serviços e joalharia. No total, o Saldanha Residence recebeu cinco novas lojas, três das quais marcam a entrada dos respetivos retalhistas no formato de centro comercial. A área de restauração, que foi recentemente renovada, conta com três novos espaços, nomeadamente a “MUST – Bifanas de Vendas Novas”, o restaurante “Colors”, que pela primeira vez surge no formato de centro comercial e a “Yogurtlandia”, um conceito de origem italiana de iogurte gelado 100% natural, que escolheu o Saldanha Residence para abrir o seu primeiro espaço em Portugal.

Além destas lojas, o Saldanha Residence recebeu ainda uma “PC Medic”, que presta serviços de informática, concretamente assistência técnica, e a ourivesaria “Dona Jóia”, que com esta loja marca presença, pela primeira vez, em Lisboa e num centro comercial. A Jones Lang LaSalle, através do Departamento de Retail Leasing, foi a consultora responsável pela colocação dos novos espaços. O Saldanha Residence integra 66 lojas, incluindo uma oferta diversificada e de prestígio nas áreas de moda e acessórios, beleza, ourivesaria, cultura e lazer, decoração, serviços e restauração. A Bimba & Lola, a Koh-I-Noor, a Hugo Boss, Lanidor, Massimo Dutti, Pepe Jeans, Purificacion Garcia, a Accessorize e a Mango Touch, entre outros, são algumas marcas presentes. Com uma área bruta locável de 7.500 m² distribuídos por 2 pisos, estas galerias comerciais foram inauguradas em 1998 e incluem ainda estacionamento subterrâneo com capacidade para mais de 350 viaturas.

Ano XXI - 2012 - Edição 84

Saldanha Residence recebe novas marcas e reforça oferta

Shopping 11


notícias Oeiras Parque celebra Verão Música e animação infantil são as propostas do “Shopping da Linha” para este Verão. O espaço comercial irá desenvolver, durante o período, um programa gratuito que se prolonga até ao final de Setembro. Todas as sextas e sábados, entre as 20h00 e as 22h00, as Noites Musicais propõem um variado leque de músicas. O dia 3 de Agosto marcou o início desta iniciativa com Amor Correspondido ficando o dia seguinte (4) reservado para Gengibre. Lisbon Jazz Trio e Bassajazz marcaram presença no fim-de-semana seguinte (10 e 11) chegando os Chilly e os High Tunes ao Oeiras Parque nos dias 17 e 18, respectivamente. Até ao início de Setembro integrarão ainda as Noites Musicais os Veludo, Bootleg, Teresa Macedo, Rockabye Lady e Rio Lisboa.

Ano XXI - 2012 - Edição 84

Novos associados

A MIRAME.NET fornece um vasto leque de soluções tecnológicas profissionais de Inteligência de Mercado. Desenhamos soluções de vigilância em vídeo IP, Análise do Comportamento do Consumidor, Contagem de Pessoas, Análise de Mapa Térmico, Auditorias Eletrónicas, Contagem de Veículos e Reconhecimento de Matrículas. A empresa foi fundada no início do século XXI por um grupo de engenheiros europeus especialistas em gestão de negócios, e atualmente tem os seus sistemas de contagem instalados por toda a Europa, em centros comerciais e milhares de lojas de retalho. Desenvolvemos aplicações específicas que vão ao encontro das necessidades dos nossos clientes, desde grandes empreendimentos a cadeias de lojas de retalho, e dispomos de uma variedade de ferramentas de gestão disponíveis para o tratamento e análise dos dados coletados por estes sistemas. Dispomos de uma equipa de especialistas que realizam auditorias e manutenção preventiva e corretiva dos sistemas implementados, para que a sua empresa tenha confiança nos dados obtidos. Colaboramos com as melhores empresas no mercado internacional para fortalecer cada projeto. Desde o início da nossa atividade, estamos estrategicamente direcionados para a comercialização dos produtos da Cognimatics - líder mundial em I&D de soluções de visão cognitiva com mais de 20 anos de experiência; e somos ADP e Solution Gold Partner da Axis Communications - fabricante líder mundial na área de vídeo IP. Com mais de 10 anos de experiência, centenas de projetos de nível nacional e internacional em todos os sectores e uma contínua aposta em inovação e desenvolvimento, aliada à dedicação ao serviço ao cliente, fazem da MIRAME uma referência no mercado de soluções de Vídeo IP.

12 Shopping

Vinílicos Modulares da Tarkett A Tarkett demonstra uma vez mais a sua capacidade no sector dos pavimentos, no topo do segmento LVT - Luxury Vinyl Tiles -, com a gama ID VISION WOOD 80. Com este pavimento no mercado a empresa tem estado a revolucionar o sector pois a combinação entre o vinil e a folha de madeira proporciona desenhos únicos, sem repetições ou impressões, em cada régua do ID VISION WOOD 80, sendo a escolha perfeita para lojas que apostam no design. Com uma gama de revestimento exclusivo que enriquece os espaços interiores com a beleza real da madeira, o ID VISION WOOD acrescenta ainda um ambiente de prestígio à hotelaria, comércio ou ambientes corporativos e responde às três exigências indispensáveis de pavimento: o estilo, a performance e a relação custo-eficácia. A utilização da folha de madeira distingue a nova colecção dos restantes produtos de pavimentos resilientes da gama LVT e das colecções ID Essential 30, ID Living e ID Premier. Através da criação da ID VISION WOOD 80, a Tarkett cria novas tendências no sector e nos produtos modulares, oferecendo qualidade e exclusividade à elevada resistência, fácil manutenção e limpeza. A nova gama apresenta-se com 18 cores, 14 formatos de régua (10.16 x 91.44cm), 8 espécies de madeira natural, 4 velaturas e ainda 2 réguas de parquet industrial e 4 mosaicos (50x 50 cm) ambos feitos de lamelas de pinho.


breves internacionais Inditex mantém preços O grupo Inditex, também presente em Portugal com cadeias como Zara ou Massimo Dutti, revelou que não vai aumentar preços em qualquer uma das suas insígnias, não obstante o aumento de três pontos percentuais verificado em Espanha

Outlets chegam à Rússia O mercado russo, que se tem destacado pela edificação de centros comerciais de grande dimensão, vai receber três unidades do conceito outlet até final do ano, um formato comercial que ainda não tinha sido desenvolvido no país.

Auchan aposta na Índia Ucrânia dispara com Euro 2012 A realização conjunta do último campeonato europeu de futebol fez com que os índices de visitas aos centros comerciais ucranianos disparasse. Concretamente em Kiev, registou-se um acréscimo de seis pontos percentuais em Junho, face ao mês anterior. Isto mostra que os grandes eventos são, de facto, propulsores importantes para o comércio.

Inglesas gastam 65.000 libras em indumentária

Os mercados emergentes são cada vez mais atractivos para os principais players. Um bom exemplo disso é a recente decisão do grupo francês Auchan, que em Portugal tem a cadeia Jumbo ou a Leroy Merlin, de fazer a sua entrada no mercado indiano. O plano inicial prevê a construção de 85 lojas nos próximos seis anos.

Rússia e Polónia mantêm atractividade

O investimento em propriedade comercial na Europa Central e de Leste, de acordo com uma análise recentemente divulgada pela CB Richard Ellis, baixou 60 por cento no primeiro semestre do ano, por comparação com igual período do ano anterior. Ainda assim, analisa a consultora, os mercados russo e polaco mantiveram uma forte dinâmica, sendo responsáveis por 83 por cento das movimentações financeiras na região.

Ano XXI - 2012 - Edição 84

Um estudo mostra que as mulheres inglesas gastam em média 65 mil libras em produtos como roupa, sapatos e malas durante a sua vida. Segundo o mesmo documento, este valor concretiza-se em 271 pares de sapatos, 185 vestidos e 145 malas.

Shopping 13


reportagem

Campanha de Recolha de Sangue nos Shoppings Mundicenter A Mundicenter em parceria com o Instituto Português do Sangue e da Transplantação, I.P. (IPST) promoveu a 11ª Campanha Anual de Recolha de Sangue, uma iniciativa de solidariedade que faz já parte do “histórico” da companhia e que é bem elucidativa da contribuição que o sector dos centros comerciais pode dar à sociedade.

A

acção decorreu de 2 a 14 de julho, nos centros comerciais Amoreiras, Arena Shopping, Odivelas Parque, Oeiras parque, Spacio Shopping e Braga Parque, todos propriedade do grupo Mundicenter. Sob o lema “Dar sangue fica-lhe bem. Sangue: Dar é salvar”, a campanha contou com a contribuição da cantora Áurea, a Embaixadora da edição 2012, que marcou presença para uma sessão de autógrafos, no dia 3 de julho, no Amoreiras Shopping Center.

Ano XXI - 2012 - Edição 84

Na ocasião, as declarações da artista demonstram a importância da iniciativa: «Nem pensei duas vezes quando me convidaram para ser embaixadora da 11.ª Campanha de Recolha de Sangue da Mundicenter/ IPST. Apesar de não poder dar sangue, por não ter o peso mínimo necessário,

14 Shopping

posso apoiar a campanha abraçando esta causa solidária e de índole tão nobre». Este ano a iniciativa pretende angariar dadores, fidelizar os já existentes e ajudar a repor as reservas de sangue do IPST. Foi também prolongada por mais tempo do que o habitual, precisamente pelas necessidades de recolha que o IPST tem vindo a sentir. Durante esta campanha foi ainda feito o registo de dadores de medula óssea, com exceção do Braga Parque. Os resultados finais são francamente positivos: na edição deste ano, a Mundicenter e o IPST colheram 2.093 unidades de sangue (cerca de 940 litros) e registaram 3.021 dadores entre os diversos centros comerciais participantes. Relativamente ao registo de dadores de medula óssea, obteve-se cerca de 400 potenciais dadores. Recorde-se que esta parceria já permitiu, ao longo das 11 edições, colher 12.341 unidades de sangue (mais de 5.500 litros). Uma última palavra para a missão do IPST, I. P., que passa por garantir e regular, a nível nacional, a actividade da medicina transfusional e de transplantação e garantir a dádiva, colheita, análise, processamento, preservação, armazenamento e distribuição de sangue humano, de componentes sanguíneos, de órgãos, tecidos e células de origem humana. Tem ainda como missão e atribuição manter o Centro Nacional de Dadores de Células Estaminais de Medula Óssea de Sangue Periférico ou de Cordão Umbilical (CEDACE). Uma causa nobre, à qual a Mundicenter se encontra já “umbilicalmente” ligada.


Solodigital - Soluçþes Digitais, Lda. Av. dos Maristas, 82 A 2775-241 Parede mail - filipe.ferreira@solodigital.pt


reportagem

Sonae Sierra promove Produtos de Portugal

Ano XXI - 2012 - Edição 84

A Sonae Sierra acaba de firmar um acordo com a Direcção Regional da Economia de Lisboa e Vale do Tejo para o desenvolvimento do programa “Produtos de Portugal, produtos da minha terra”, que em termos genéricos visa aumentar a visibilidade e trazer mais dinâmica aos produtos produzidos na região.

E

m concreto, este programa prevê a criação de um conceito “Flash Store”, que no fundo representa um formato comercial para dar suporte inicial a empresas e produtos em fase de lançamento. O apoio da Sonae Sierra passa por disponibilizar espaço temporário nos seus centros comerciais para que os empreendedores possam mostrar os seus produtos em locais de forte dinâmica comercial e com elevados fluxos de visitantes, como é o caso dos centros comerciais geridos pela companhia. O conceito baseia-se na lógica Pop Up Store, funcionando como uma nova ferramenta de retalho. São lojas temporárias que funcionam como verdadeiros laboratórios para testar novas marcas e conceitos e, ao mesmo tempo, espaços privilegiados para o lançamento de novos produtos que requerem maior interactividade e relacionamento com o consumidor.

16 Shopping

A principal vantagem para os empreendedores é evidentemente a visibilidade que poderão dar às suas propostas, mas também uma necessidade de investimento mais reduzida, por vezes absolutamente inicial para a fase de lançamento da operação. Nesse sentido, as Flash Store mostram-se uma solução de grande flexibilidade em termos de valores e duração de contrato, assegurando, ainda assim, níveis elevados de contacto com o público final, que poderá testar e experimentar os produtos em causa. Ao abrigo do protocolo agora assinado, os empresários e Associações da região de Lisboa e Vale do Tejo poderão beneficiar de condições especiais para a instalação de “Flash Stores” nos Centros Comerciais da Sonae Sierra localizados nesta região. As primeiras duas lojas abrem em breve no Centro Colombo. Os interessados em aceder a mais informação sobre o conceito podem fazê-lo no site www.mallactivation.com.


MK Illumination Portugal

Já tomou uma decisão?

Tradicional ou Contemporânea?

CONCEITOS E TENDÊNCIAS DE ILUMINAÇÃO FESTIVA MK Illumination Portugal / Rua Padre Manuel Guimarães 121 / 4700-284 Braga

www.mk-illumination.com


reportagem

Dolce Vita amplia oferta em vários Shoppings Os Centros Comerciais Dolce Vita alargaram o leque de marcas presentes nos seus espaços com a abertura de novas lojas nos Dolce Vita Douro (Vila Real), Porto, Ovar, Coimbra e Tejo ao longo do primeiro trimestre de 2012. Moda, joalharia, produtos para crianças, restauração e serviços são as áreas reforçadas.

N

o Dolce Vita Douro, localizado em Vila Real, o portefólio foi reforçado com a abertura das lojas Lugar da Jóia, Tezenis, Chicco e Quiosque Sical, aumentando o leque de marcas disponibilizadas nas áreas da joalharia e relojoaria, moda, produtos para recém-nascidos e bebés e restauração, respectivamente.

Ano XXI - 2012 - Edição 84

Reconhecido como um Centro Comercial com uma oferta forte ao nível da moda, o Dolce Vita Porto reforçou este segmento com a abertura da Eureka Shoes, uma marca portuguesa de calçado, que disponibiliza uma vasta gama de sapatos para homem e senhora, desde um estilo mais clássico a um design mais arrojado, com soluções para todos os perfis de cliente.

cliente, mantendo o serviço de excelência e a qualidade dos produtos que lhe são característicos há mais de 50 anos. O Dolce Vita Tejo, o maior Centro Comercial da Península Ibérica, abriu as lojas das marcas Vantagem, que se dedica à compra e venda de ouro e outros materiais, e Shana, insígnia de moda que desta forma se estreou em Lisboa. A Shana caracteriza-se por apresentar colecções de roupa e acessórios, em linha com as mais recentes tendências de moda, dirigidas a mulheres modernas, com o máximo de qualidade a preços competitivos.

O Dolce Vita Ovar, que acaba de assinalar o 5.º aniversário, passou a contar no seu portefólio com a Urban Trend e a Marchave, reforçando a oferta do Centro Comercial nos domínios da estética e de serviços rápidos de chaves e fechaduras.

Por fim, o Dolce Vita Monumental passou a contar com a nova loja de vestuário da Columbia, dirigida a quem gosta de fazer actividades ao ar livre, bem como com a gelataria Fragoleto, considerada a melhor gelataria a oeste de Génova, de acordo com o guia Lonely Planet. Refira-se ainda que o Pingo Doce abriu ao público, no final de Maio, a sua loja renovada no Dolce Vita Miraflores, passando a disponibilizar um espaço mais amplo e com o novo conceito da marca.

O segmento infantil foi também reforçado no Dolce Vita Coimbra com a abertura da loja Chicco. Este novo espaço apresenta um layout inovador, com um design mais clean, moderno e userfriendly, procurando ser acessível tanto para os pais como para as crianças. Com este novo conceito de loja, a marca pretende aproximar-se ainda mais do

Os Centros Comerciais Dolce Vita constituem a unidade de negócio de retail da Chamartín Imobiliária, que detém 10 centros comerciais em Portugal, três em Espanha e a gestão, para outros promotores, de mais cinco centros comerciais na Península Ibérica, totalizando uma Área Bruta Locável (ABL) superior a 500 mil m2.

18 Shopping


Temos a solução para a sua empresa! Segurança e Saúde no Trabalho Consultoria Outsourcing Trabalho Temporário Informática Seguros Recrutamento & Selecção Segurança e Saúde no Trabalho Formação Trabalho Temporário

Consultoria Outsourcing

Recrutamento & Selecção Formação Informática Seguros Av. António Augusto Aguiar, 108 - 8� � 1050-019 Lisboa Tel./Fax: +351 213 559 370 � Tlm.: +351 924 451 297 simoes.moreira@triangulu.pt � www.triangulu.pt


reportagem

Projecto “Business Care”

Ano XXI - 2012 - Edição 84

Os centros comerciais Dolce Vita, através do projecto Business Care, promovem o empreendedorismo e o desenvolvimento de negócios, com o apoio de um conjunto alargado de parceiros institucionais de renome, com provas dadas na sua área de intervenção, e de marcas que pretendem entrar ou alargar a sua presença no mercado nacional.

O

objectivo do Business Care é apoiar e estimular a iniciativa e o espírito empreendedor dos portugueses, oferecendo, também, uma oportunidade para as marcas encontrarem parceiros para alargar a sua presença a novas áreas do país. O projecto criará uma bolsa de pessoas e de empresas interessadas em abrir o seu próprio negócio em regime de franchising ou conceito próprio nos centros comerciais Dolce Vita, bem como de operadores nacionais e internacionais que pretendam abrir lojas em Portugal com franchisados. Depois da candidatura, os projectos seleccionados poderão beneficiar de aconselhamento gratuito, ‘coaching’ especializado e do apoio necessário à constituição ou desenvolvimento de novos negócios, com condições especiais para a abertura de lojas em centros comerciais Dolce Vita e o início de actividade em edifícios de escritórios da Chamartín Imobiliária.

20 Shopping

Este projecto tem como parceiros oficiais a Associação Nacional dos Jovens Empresários (ANJE), Associação Portuguesa de Management (APM), Associação Portuguesa de Gestores e Técnicos de Recursos Humanos (APG), Invicta Angels – Associação de Business Angels do Porto, ADDICT– Agência para o Desenvolvimento das Indústrias Criativas, Baker Tilly Portugal, Instituto de Negociação e Vendas (INV) e Sales Up. A iniciativa conta já com um leque de marcas aderentes, que procuram alargar a sua presença no mercado nacional através de franchising. Integram o Business Care as insígnias Tailor & Co, Carlin, Llallao, Sanrio Store, Loja dos Grelhados e Aqui há Sopas, estando a decorrer negociações a bom ritmo para que outras marcas se juntem ao projecto. Esta ação tem como ponto de partida uma plataforma digital, acessível em http://www. dolcevitashopping.eu


entrevista

ECL assegura empregabilidade a 100 por cento A Escola de Comércio de Lisboa (ECL) é uma parceira de longa data da APCC (Associação Portuguesa de Centros Comerciais). Em entrevista, Piedade Pereira, directora da Escola, explica os benefícios desta cooperação e faz a análise do actual contexto comercial, do ponto de vista da formação dos jovens. Para se ter uma ideia da importância desta vertente, basta analisar a empregabilidade dos alunos ECL, a qual está assegurada quase a 100 por cento.

Ano XXI - 2012 - Edição 84

A 22 Shopping

ECL e a APCC têm vindo a construir uma colaboração institucional ao longo dos anos. Quais as principais sinergias que destacaria nesta relação? Que exemplos concretos têm acontecido ao nível da colaboração entre ambas as entidades? Destacaria, por um lado, a partilha de conhecimentos da APCC com os nossos Alunos, bem como o patrocínio a uma sala de aula da nossa Escola, perpetuando assim o nome dessa entidade, e a atribuição de Prémio de Mérito ao aluno do Curso de Técnico de Organização de Eventos que em cada ano lectivo se distinguir; por outro lado, sublinho o facto de vários Alunos escolherem para realizar os seus estágios curriculares em muitas das insígnias instaladas nos centros comerciais em Lisboa associados à APCC. Que importância considera ter esta parceria, ao nível estratégico, para desenvolvimento dos profissionais na área do comércio? A partilha de conhecimentos e as sinergias obtidas entre as diversas parcerias desenvolvidas são de enorme im-


portância para a promoção de jovens cada vez mais bem preparados para o desenvolvimento da sua profissão. A que outros níveis considera que se poderia colaborar e aprofundar esta relação? Uma das áreas que poderão no futuro ser fomentadas prende-se com a possibilidade dos nossos Alunos desenvolverem projectos com enfoque nas especificidades dos centros comerciais, das suas dinâmicas e ambientes, como por exemplo, projectos que permitam aos Alunos do Curso de Técnico de Organização de Eventos e de Vitrinismo de colaborarem respectivamente na animação e decoração dos diferentes espaços.

Em relação próximo ano lectivo, existem algumas novidades em termos dos planos curriculares? Na oferta formativa da Escola de Comércio de Lisboa encontram-se cursos profissionais na área dos negócios, tecnologias e comunicação. Estes cursos permitem aos jovens obter a via profissionalizante do ensino secundário e conferem diplomas de dupla certificação (académico de nível secundário e profissional de nível 4 da União Europeia). Ao longo do seu curso de 3 anos, os alunos realizam três estágios de seis semanas por ano em empresas de comércio e serviços em Portugal e noutros países da União Europeia (França, Inglaterra e Espanha). Esta experiência permite-lhes ingressar no mercado de trabalho com um currículo alargado e internacional e com uma visão do mercado de trabalho e da realidade empresarial mais ampla. Quais considera serem as áreas mais necessitadas em termos de formação profissional no sector do comércio e quais as de melhor futuro para os jovens? Considero que em todas as áreas de formação profissional no sector do comércio e serviços é necessário investir na formação profissional, apesar de no presente ano lectivo o Ministério da Educação e Ciência não considerar como prioritária esta área de formação. Se tivesse de destacar algum dos perfis de saída, com toda a certeza destacaria

Dr.ª Piedade Pereira, directora da ECL

o de Vendas, o de Vitrinismo e Visual Merchandising e o de Logística. Para além dos cursos de Técnico de Comércio, Marketing e Informática de Gestão, Organização e Gestão de Eventos, a Escola aposta agora nas potencialidades dos cursos de Vitrinismo e Vendas (todos de Formação Inicial de nível 4, com equivalência ao 12º ano). O primeiro, o de Vitrinismo, pelo manifesto interesse de grandes marcas em investir na promoção e imagem dos seus espaços comerciais; o segundo, o de Vendas, por ser aquele que permite uma carreira mais sólida nesta área e o mais aliciante em termos remuneratórios. Numa época em que o desemprego aparece na ordem do dia dos discursos políticos e faz as manchetes dos jornais, a Escola de Comércio de Lisboa, contrariando este fenómeno, é a aposta no futuro de jovens ambiciosos, com espírito de iniciativa, interessados em desenvolver a sua carreira na área dos negócios. Até que ponto a ECL tem vindo a integrar a formação em novas tecnologias, que são cada vez mais decisivas no comércio? O que têm vindo a desenvolver neste particular? A componente tecnológica é transversal a todos os cursos; a utilização adequada de tecnologias como a Internet, sistemas informáticos e software específico, bem como calculadoras científicas e gráficas, POS, quadros interactivos, é essencial no sector do comércio. Estas ferramentas possuem grandes potencialidades educativas, contribuindo a sua utilização para um ensino dialético e interactivo, cujo mote é a compreensão, o desenvolvimento de diversas formas de raciocínio e a resolução de problemas.

Ano XXI - 2012 - Edição 84

Dadas as actuais condicionantes do consumo e, por consequência, do comércio, que abordagem a Escola tem vindo a implementar no sentido de formar profissionais que sejam mais-valias? Do nosso ponto de vista, os jovens formados pela Escola de Comércio de Lisboa sempre foram uma mais-valia para as empresas. Ao longo dos anos temos vindo a reflectir sobre a evolução do sector, com vista a preparar atempada e adequadamente profissionais qualificados. É nossa convicção que as oportunidades profissionais no comércio existirão sobretudo para os jovens que conseguirem desenvolver uma rede integrada de atitudes e competências, simultaneamente transversais e específicas, em constante evolução, indispensáveis à competitividade do comércio moderno, tais como: comportamentais, comunicacionais, técnicas e tecnológicas.

Shopping 23


entrevista Os cursos têm uma componente essencialmente prática e a formação decorre em espaços concebidos para o efeito: ECL Alimentar (supermercado de 200 m2 devidamente equipado e integrado no espaço da ECL), ECL Moda (Loja de Vestuário com 100 m2 devidamente equipado), ECL Papelaria (física e virtual), ECL Informática (com 95 de computadores disponíveis gratuitamente para todos os jovens), Ateliers de Vitrinismo e Exposição e diferentes tipos de formatos de Montras e espaços de exposição espalhados pela ECL.

A vertente prática é uma das componentes essenciais da formação

Ano XXI - 2012 - Edição 84

ministrada pela ECL.

Que tipo de parcerias têm vindo a implementar junto do sector dos centros comerciais? Há colaboração com os promotores imobiliários ou com cadeias de lojas? Que exemplos concretos destacaria? A Escola desenvolve, por um lado, uma parceria com a APCC e, por outro lado, com os promotores imobiliários, temos vindo a desenvolver iniciativas inovadoras. Neste contexto, salientamos a extraordinária parceria com a Sonae Sierra, em que os Alunos desenvolveram o projecto “Os Centros Comerciais do Futuro”, apresentando cinco cenários diferentes da sua visão dos centros comerciais do futuro. Neste momento, a Escola mantém parcerias com o Grupo Immochan, através do Alegro de Alfragide e com o Spacio Shopping. No que diz respeito às parcerias com cadeias de lojas, as mesmas assentam em protocolos de colaboração com diversas insígnias. É estabelecida a realização de estágios curriculares, patrocínios a diferentes espaços da Escola, atribuição de prémios anuais aos melhores alunos de cada curso, à melhor inserção profissional e aos melhores projectos que servem de suporte à Prova de Aptidão Profissional. Para além dos estágios, a convite de várias entidades, os Alunos realizam diferentes atividades em contextos reais, como por exemplo com a Câmara Municipal de Lisboa na realização do Recenseamento

24 Shopping

Comercial da cidade. A hipótese de realização destes trabalhos constitui uma prova de confiança das empresas. Acha que este tipo de iniciativas são benéficas para o sector? Que mais se poderia para reforçar esta vertente? Considero que estas iniciativas beneficiam o sector. Esta vertente poderia sair reforçada com uma (ainda) maior abertura e receptividade de empresas e outras entidades a projectos académicos; estas parcerias deveriam ser encaradas como responsabilidade social. Como vê o futuro do sector e dos jovens profissionais, tendo em atenção os aspectos de precariedade que tanto afectam o próprio sector do comércio? Que vantagens pode trazer uma formação adequada? Os Alunos da Escola de Comércio de Lisboa continuam a ter praticamente 100% de empregabilidade. Esta situação é possível devido à aposta que a Escola faz em parcerias com empresas de sucesso no cenário comercial, industrial e tecnológico português e internacional, são exemplos de empresas líder de mercado que, reconhecendo a importância de trazer para os seus quadros um know-how qualificado e tecnicamente especializado, possibilitam aos estudantes uma experimentação no contexto real das práticas do mercado de trabalho. A realidade tem demonstrado que, o que começa por ser um estágio, acaba por se tornar no primeiro emprego de muitos destes jovens, cujas competências, motivação e iniciativa e competência atraem a entidade empregadora. Todos os dias somos surpreendidos com novos casos de sucesso dos diplomados pela ECL, fazendo parte do quadro de importantes empresas em Portugal desde as vendas, ao comércio, ao vitrinismo, ao marketing e à informática de gestão. Considera que existe uma cooperação efectiva entre as autoridades com competência legislativa e as entidades do sector? Ou seja, há diálogo para definir directrizes e leis? Acho que não existe coordenação entre as diferentes entidades, nomeadamente entre o Ministério da Educação e Ciência e do Ministério da Economia no que concerne à formação profissional; a falta de cooperação e diálogo reflete-se negativamente no trabalho dos agentes que estão no terreno. Que mais poderia ser feito nesta matéria? Consideramos que qualquer reforma da Formação Profissional que se pretende adoptar para Portugal deve procurar corresponder aos desafios de uma sociedade cada vez mais exigente, na qual o sucesso pessoal e profissional dependem, cada vez mais, da qualidade da formação recebida. Sem uma cultura de trabalho, exigência e rigor não é possível proporcionar formação de qualidade. Podemos, por isso, pensar que nos adiantamos ao futuro ao compreender a importância da Formação Profissional, num contexto de mudança social global.


ICSC - International Council of Shopping Centers

Menos dinheiro? Mais Marketing…

Ano XXI - 2012 - Edição 84

No cenário onde a renovação do parque instalado de shoppings na Europa ocidental está a sobrepor-se aos projectos novos, são as campanhas de marketing que podem fazer a diferença no negócio. Esta foi uma das principais ideias que os profissionais da área destacaram na recente conferência europeia de marketing promovida pelo ICSC.

26 Shopping


Tendo esta ideia por base, a conferência decorreu sob o signo da concordância, nomeadamente no que diz respeito à cada vez maior importância do marketing para o sucesso dos empreendimentos comerciais. Face a uma ambiência económica menos favorável, são estas iniciativas que podem marcar a diferença no confronto com a concorrência, trazendo novos clientes para os centros e fidelizando os actuais. Na verdade, concordaram os especialistas, nunca as acções de marketing foram tão determinantes no contexto do negócio. Mas há também novas premissas para o negócio, as quais foram detalhadas ao longo da conferência. Perante uma nova realidade nos orçamentos, esta é uma oportunidade para rever as estratégias de marketing. Qual a solução? Melhor serviço ao cliente? Uma comunicação mais clara e eficaz? Parcerias com as grandes marcas? Provavelmente todas em conjunto, mas tendo presente que estamos perante um universo diferente,

com novas tendências de consumo e novos modelos comportamentais por parte do consumidor e visitante dos centros comerciais. O novo cliente Uma das questões em debate prendia-se com a identificação da classe etária/social que está disposta a consumir nos dias de hoje. De acordo com Joeri Van den Bergh, consultor e especialista belga nesta área de negócio, poderá ser a população entre os 17 e os 32 anos de idade o melhor target dos centros comerciais, uma vez que são mais emocionais do que as gerações anteriores. Para se perceber este novo cliente, avançou o especialista, é preciso encontrar os seus ídolos. E, neste particular, podemos estar perante algumas surpresas. De facto, referiu Van den Bergh, é verdade que Nelson Mandela, Johny Depp ou David Beckham estão na lista, mas não no seu topo. Aí encontramos a família e os amigos, assinalou, para afirmar de seguida que os ídolos e as referências comportamentais e emocionais estão muito mais perto de casa do que possamos pensar. Principais tendências Dito isto, e ao longo dos trabalhos, foi possível identificar algumas mensagens-chave de marketing a longo da conferência. O primeiro aspecto a destacar, de acordo com os oradores, são as questões ligadas às tendências de consumo. E a conclusão inicial é que os clientes actuais

Ano XXI - 2012 - Edição 84

A

edição deste ano da já habitual conferência de marketing promovida pelo International Council of Shopping Centres teve lugar em Budapeste (Hungria) e teve por temática genérica a seguinte pergunta/resposta: “Less Money? Better Marketing”. Ou seja, em resposta a um cenário de contração financeira e de consumo, em que é urgente e necessário que os operadores devem optimizar as suas estratégias de comunicação e acções de marketing.

Shopping 27


ICSC - International Council of Shopping Centers

já não procuram tanto a perfeição, mas antes a autenticidade, nomeadamente em relação às suas experiências de shopping. Por outo lado, e este é um aspecto consensual entre os operadores, o “shopper” é muito mais táctico e racional na compra. Significa isto que se caminhou do volume para o valor, pois o consumidor procura assegurar que o seu dinheiro está a ser bem gasto. A par desta tendência, nota-se igualmente que estamos a caminhar do pequeno para o grande, algo que, disseram os especialistas, está intimamente relacionado com a procura de autenticidade acima descrita.

Ano XXI - 2012 - Edição 84

Finalmente, e ainda no que diz respeito às principais tendências de consumo identificadas pelos especialistas,

28 Shopping

nota-se também um evoluir do serviço para experiência. Este aspecto, aliás, já tem sido referenciado desde há uns bons anos a esta parte, mas a julgar pela conferência de Budapeste a sua importância é crescente. É claro que os níveis de serviço são fundamentais e têm de estar assegurados, mas o que o cliente verdadeiramente procura num centro comercial é uma experiência. Por isso, conclui-se, os aspectos de diferenciação são tão importantes. E estes, a par da ambiência, passam muito pelas acções de marketing. Resposta ao virtual Outra das principais conclusões é que os media sociais trazem footfall. De facto, concluíram os especialistas, a partilha de mensagens é, nesta fase, mais poderosa do que a própria publicidade e do que as mensagens comerciais. Daí ser fundamental investir nas redes sociais. Ainda assim, é preciso ter noção de que esta não é uma mera opção adicional para publicidade, um novo formato que nos é colocado à disposição. É uma maneira de partilhar informação de forma diferente, obrigando os operadores a pensarem com quem podem falar e como. Não obstante, o serviço ao cliente continua a ser uma peça-chave desta equação. Bem desenvolvido, pode gerar níveis de fidelização superiores e mais consistentes do que uma campanha publicitária. Mas a noção de serviço deve evoluir: o futuro do negócio passa por considerar o serviço como uma forma de proporcionar uma experiência agradável ao consumidor. Um centro comercial deve ser alvo do desejo do cliente, em particular se pretender competir com os modelos de compra online. Finalmente, uma última mensagem que os oradores deixaram para os profissionais desta área: estejam enamorados pelo vosso cliente e não pelo vosso produto.


25%*

www.inretail.ife.pt

Desconto

nas inscrições até 9.10.12

2.ª EDIÇÃO

Thinking the Present, Acting for the Future 15 DE NOVEMBRO DE 2012 Centro Cultural de Belém | LISBOA As novas tendências do Retalho Como crescer num mercado em estagnação Qual a estratégia para vencer nos mercados externos Os desafios da inovação e a aposta no omnicanalidade Espaços comerciais: Big is beautiful or small is smarter?

KEY SPEAKERS Analista especializado em retalho Boris Planer Chief Economist Planet Retail Especialista independente em retalho europeu Christine Cross Director Christine Cross Ltd.

Patrocinador Platinium

Apoios

Patrocinadores Bronze

Media Partner

COMUNIQUE A SUA MARCA NO PRINCIPAL EVENTO DE RETALHO EM PORTUGAL POSICIONE-SE, APRESENTE-SE E AFIRME-SE! INFORMAÇÕES PARA PATROCÍNIOS | Jorge Humberto - E-mail: jhumberto@ife.pt | Tel.: 210033807

Organização

*Descontos não acumuláveis


ICSC Solal Awards 2012

Gold: O Maior Estendal do Mundo A Multi Mall Management conseguiu um Gold nos últimos Solal Awards. O ICSC reconheceu desta forma os méritos da campanha “O Maior Estendal do Mundo”, que conseguiu não só atingir os seus objectivos de solidariedade como entrar para o Guiness Book.

A Ano XXI - 2012 - Edição 84

campanha consistiu na recolha de 2.531 sacos de roupa usada para oferecer aos mais necessitados. Tendo decorrido nos centros geridos pelo grupo, dias antes do Natal, cada saco continha 40 peças de roupa, num total superior a 100.000 peças que dizimou por completo o anterior recorde do Guiness Book, cifrado em 33 mil e conseguido em 2009, nos Estados Unidos. A acção decorreu em parceria com a Associação Entrajuda e beneficiou diversas entidades de apoio social um pouco por todo o país, consoante a localização dos centros participantes. No caso, fizeram parte da iniciativa os seguintes centros comerciais: Almada Forum, Armazéns do Chiado, Braga Retail center, Espaço Guimarães, Forum Algarve, Forum Aveiro, Forum Coimbra, Forum Sintra, Forum Viseu e Parque Mondego. Como se vê pela localização geográfica, a acção acabou por ter um alcance de nível verdadeiramente nacional. Para maior divulgação, foram criados um site institucional da campanha, assim como uma página de facebook específica, que ultrapassou os 2.500 likes. E se a iniciativa conseguiu alcançar os objectivos a que se propôs, acabou também por ser reconhecida nos prestigiados Solal Awards, uma organização do ICSC que anualmente distingue as melhores campanhas de marketing na área de centros comerciais.

30 Shopping

No caso do maior estendal do mundo, o prémio foi mesmo um Gold, algo que tem naturalmente especial significado para a companhia: «É a premiação da estratégia montada, criar um compromisso com as distintas comunidades locais, o nosso contributo comunitário, neste caso, através de uma parceria com a associação Entrajuda e outras instituições que trabalham directamente com pessoas desfavorecidas. A iniciativa de fazer uma recolha de roupa por todo o país foi um sucesso e o Solal Gold premeia a entrega, o trabalho e a qualidade de toda a equipa. Este prémio reflecte solidariedade e entrega principalmente», comenta Matias Lopes, administrador do grupo.


ICSC Solal Awards 2012

Silver: Merry Norte A campanha Merry Norte, promovida pela Sonae Sierra no centro comercial NorteShopping, foi outros dos projectos nacionais distinguidos nos Solal Awards deste ano, tendo recebido um Silver Award na categoria “Digital Media”, através de uma acção onde o principal motor foram as novas tecnologias

A

O Merry Norte recorreu, assim, a duas tecnologias distintas: o Face Tracking e a Realidade Aumentada. No que se refere a esta última, foram colocados no Centro vários QR Codes que através de iPhone 3GS/4/4S, iPad 2 ou Android permitiam tirar fotografias com figuras alusivas à quadra natalícia. A fotografia podia ser visualizada através do telefone e partilhada no Facebook. O Face Tracking permitiu a personalização de postais de Natal. Neste caso, os visitantes colocavam-se frente a uma pequena câmara e escolhiam as imagens com as quais queriam ser fotografados. O postal personalizado estava pronto para oferecer a familiares e amigos através do Facebook. Os resultados foram extremamente satisfatórios: 26.000 visitantes aderiram à tecnologia Merry Norte no Centro Comercial; O Face Tracking contou com 6.500 participações, dos quais 4.345 foram colocados na página do Facebook do centro comercial; 14.890 pessoas visitaram a página de Facebook do Merry Norte; 6.700 pessoas contribuíram

com algum tipo de conteúdo para a página de Facebook (foto, gosto, comentário);6.700 visitantes; alcançaram-se 307 “gosto” na página de Facebook; ao nível da realidade aumentada, registaram-se 19.500 acessos de QR codes; Globalmente, registaram-se 34.390 utilizadores (Acessos de QR codes e visualizações de página de Facebook).

Ano XXI - 2012 - Edição 84

campanha arrancou no dia 6 de Dezembro e assentou na utilização de soluções tecnológicas e redes sociais para promover uma experiência diferenciadora na animação de Natal do NorteShopping. Durante um mês, foram colocados 2 LCDs e vários QR Codes foram distribuídos pelos corredores do centro comercial, o que permitiu uma interação com todos os clientes do NorteShopping.

Shopping 31


publireportagem

MK Portugal e a Sustentabilidade A MK Portugal, em 2012, traz-nos magia, inovação e conceitos que agregam valor e consciencialização sobre a sustentabilidade e responsabilidade social. Baseado nestes valores, e consciente que os aspetos ecológicos e económicos são uma preocupação constante da MK, o artista, designer e sócio da MK Itália, Guido Fiorito, conhecido em Salerno Itália, pela sua ousadia e originalidade, mostra que possibilidades existem para o uso de materiais incomuns, como garrafas de plástico colorido.

D

este modo, a garrafa de plástico colorido foi um ajuste perfeito a este conceito, criando algo novo a partir de algo velho. Foi interessante acompanhar o desenvolvimento deste projeto, especialmente os efeitos visuais que prendiam o olhar durante o dia e que deslumbravam durante a noite pelo efeito visual que forneciam, devido à iluminação. Inspirada por esta nova sinergia, e na temática “Momentos Mágicos”, a MK Illumination produziu uma árvore de 10m de altura com design inovador, decorada com materiais alternativos. Esses materiais procuram refletir e exaltar a sua filosofia, fortemente orientada para o futuro. Um futuro sem receio de experimentar algo novo, arrojado e out of the box, ousando romper com paradigmas e com o “convencional” no mundo dos motivos natalícios.

Ano XXI - 2012 - Edição 84

“Esta forma de arte, é algo com que a nossa equipa criativa se identifica, assumindo o compromisso de não ficar por aqui quanto à reciclagem de materiais em de-

32 Shopping

suso, fornecendo soluções inteligentes, que permitam mostrar as diversas possibilidades que existem no uso de materiais incomuns, inutilizados, mas nem por isso menos atraentes.”- afirma Marçal Silva, Sales Project Manager da MK Illumination Portugal. Muitos dos nossos motivos natalícios já são criados, em parte, a partir de recursos renováveis. A MK foi assim, o primeiro fabricante no mundo a produzir motivos de Natal a partir de materiais orgânicos. O objetivo a longo prazo é reciclar e reutilizar materiais orgânicos, como o alumínio e cobre. As vantagens são inúmeras para todos os envolvidos, e os dados estatísticos disponíveis indicam que a estratégia que a MK adotou é o caminho certo. Quando comparado com o ano anterior, a empresa foi capaz de aumentar o seu volume de negócios anual em mais de 20%. Olhando para isto de forma comparativa, as vendas de motivos com materiais orgânicos cresceu ainda mais rapidamente do que no ano anterior.


Criações à medida do cliente

Apesar da conjuntura social e económica desfavorável, a MK Portugal encara o momento com otimismo e, neste

ponto de transição económica, podemos contemplar um horizonte de oportunidades, onde os desafios atuais fomentam e estimulam a nossa criatividade, na contínua procura de satisfazer e exceder as expectativas dos nossos clientes através da criação de envolventes experiências visuais com que estes se identifiquem, e, acima de tudo, os transporte para a vivência dos valores e emoções característicos da quadra natalícia, ajustado a cada cliente.

MK Illumination desenvolve conceitos de iluminação temáticos e à medida do cliente, que apelam aos sentidos e às emoções. Em constante evolução, a MK Illumination desenvolve os seus projectos tendo sempre presente as mais recentes tecnologias e tendências. MK Illumination Portugal / Rua Padre Manuel Guimarães 121 / 4700-284 Braga www.mk-illumination.com

Ano XXI - 2012 - Edição 84

O material MK é garantia de alta qualidade, reflectindo-se em todos os seus produtos, serviços e materiais, rigorosamente testados e aprovados em estrita conformidade com as orientações internacionais e as normas de segurança europeias. Estes critérios asseguram uma vida mais longa do produto e uma economia nos recursos naturais.

Shopping 33


análise

Agosto confirma melhorias em 2012

O

mês de Agosto registou, como tradicionalmente acontece nos meses de verão, um incremento relevante no tráfego, tendo o Índice Footfall atingido o valor de 87,69 pontos, o melhor desde o início do ano 2012. Note-se que, no que se refere à variação homóloga, que compara o mês de Agosto de 2012, com o mês homólogo do ano tansacto, registou-se uma variação positiva de 0,7%, o

que corresponde ao facto assinalável de representar a terceira variação homóloga positiva em 2012. Os registos homólogos positivos do índice já tinham sido observados nos meses de Janeiro e Maio, ambos com variações de 0,6%. Registe-se ainda que a variação homóloga do mês de Agosto de 2011, sobre o de 2010, tinha assinalado uma diminuição de 7,2%.

Agosto 2012

Variação Percentual Março

Abril

Maio

Junho

Julho

Agosto

Indice FootFall

76,74

79,85

76,63

75,87

83,02

87,69

Variação Mensal

0,0%

4,1%

-4,0%

-1,0%

9,4%

5,6%

Variação Anual

-1,7%

-1,2%

0,6%

-1,8%

-2,3%

0,7%

Indice FootFall - Portugal Indice FootFall de Portugal 110

80 79 78 77 76 75

Indice

100

Ano XXI - 2012 - Edição 84

2010

Indice Acumulado

2011

2011

2012

2012

-0,89%

90

80

70

Janeiro

Fevereiro

Março

Abril

Maio

Junho

Julho

Mês

34 Shopping

Agosto

Setembro

Outubro

Novembro

Dezembro



Shopping 84 - Centros Comerciais em Revista