Page 1

TÍPICA Ano I • Edição 04 • Dezembro de 2008 www.tipica.com.br R$7,90

UMA GRANDE

MULHER

Conheça a história de garra e determinação de Marie Rose Gebara Maluf

TESTE DA ORELINHA Você já ouviu falar? Então saiba mais sobre esse procedimento que feito na infância previne a surdez

AÇÕES NATALINAS

O ESPÍRITO DO NATAL TRADUZ ALEGRIA E SOLIDARIEDADE PARA A COMUNIDADE SUMAREENSE


EDITORIAL

A

cada edição finalizada a certeza do caminho longo e sinuoso é clara, pois a cada curva existem surpresas ora imprevistas ora planejadas, mas ambas despertam sempre aquele sentimento de medo, insegurança e ao fim de tudo aquela sensação de missão cumprida, mesmo que você não perceba. O ano de 2008 significou muito para cada um de nós e assim como o ciclo da vida, está chegando ao fim, para dar lugar ao novo. Mesmo que bom ou não tão bom, foi mais um ano em nossas vidas, que “já passou” e não volta mais. É impossível descrever o que ocorre na mente das pessoas na virada do dia 31 de dezembro, momento único em que tudo se transforma: esperanças desabrocham; choros e risos se misturam as lembranças do presente-passado; às preces que vêm lá do fundo do coração são expostas sem medo, na certeza de que tudo será diferente; desejos e sonhos são lançados ao vento, enfim, é o anseio de se transformar em uma nova pessoa, melhor e mais feliz. São menos de 24 horas que alteram o mundo e o comportamento dos seres humanos. Se pensarmos bem, são pouquíssimos minutos que promovem a magia da mudança do dia para noite. Na trajetória desse ano, as expectativas e o desafio de um sonho foram conquistados: a Revista Típica nasceu graças à persistência, perseverança e muito trabalho, mas acima de tudo a cumplicidade e parceria de nossa equipe, colaboradores, anunciantes e você, amigo e fiel leitor. Para encerrar a última edição de 2008, preparamos um material propício as festas de fim de ano. Está com dúvidas no que servir na Ceia de Natal? Então confira duas sofisticadas e saborosas receitas para arrasar na ocasião. Veja também as atitudes de pessoas simples e afetuosas que promovem no fim do ano ações sociais para a comunidade. São gestos que demonstram o verdadeiro sentido do Natal. Já que o novo se aproxima, mude também seu dia-a-dia. Já pensou em praticar algum esporte? Que tal Squash? Saiba mais sobre essa prática esportiva. E por falar em mudanças, conheça a história de Marie Rose Gebara Maluf, mulher forte que superou os obstáculos, se tornou modelo no meio empresarial e hoje é também exemplo no quesito fazer o bem ao semelhante. Outra dica é esclarecer e divulgar o teste da orelhinha, tão importante quanto o teste do pezinho aos recém-nascidos. Confira também outras matérias sobre a importância da Cidade Orquídea na região. E para 2009, contamos com você por meio de sugestões, questionamentos e dicas de como melhorar esse nosso elo de comunicação. Antes de encerrarmos, desejamos sucesso, amor, paz, alegrias e a coragem para superar os obstáculos que houver, porque a felicidade depende de cada um. Um Maravilhoso Natal, Um Magnífico Ano Novo e até a primeira edição de 2009.

EXPEDIENTE

A revista Típica é uma publicação bimestral da Editora Seta Regional. Circula em Sumaré SP, com tiragem de 5 mil exemplares.

Edição, Administração e Publicidade: Editora Seta Regional Ltda Rua Antonio Pereira de Camargo, 421 Sala 03, Centro - Sumaré SP Cep: 13170-200 Telefone: (19) 3873.1745 setaregional@setaregional.com.br Site: www.setaregional.com.br Diretora Executiva: Andressa Pirschner Assunção andressa@setaregional.com.br

Diretor Executivo e Comercial: Leandro Perez Ribeiro leandro@setaregional.com.br

Jornalista Responsável: Andréia Dorta, MTb: 52.196 andreia@setaregional.com.br

Jornalistas Assistentes: Silmara Soares, MTb: 50.003 silmara@setaregional.com.br

Edição de Arte / Diagramação: Emily Andrade emily@setaregional.com.br

Colunistas: Magda de Mariolani Alaerte Menuzzo

setaregional@setaregional.com.br

Comercial: Leandro Perez Ribeiro

leandro@setaregional.com.br

Patrícia A. Garcia Bruno Lopes patricia@setaregional.com.br

Colaborador: Eduardo Castilho

setaregional@setaregional.com.br

Administrativo/Financeiro: Andressa Pirschner Assunção andressa@setaregional.com.br

Impressão: Gráfica Editora Modelo Ltda Assessoria Contábil: Exato Contabilidade Importante: As informações contidas nesta revista são para fins educacionais e informativos. A revista Típica não se responsabiliza pela utilização inadequada das informações aqui veiculadas, nem pelas opiniões de nossos colaboradores e anunciantes.

“Tudo posso naquele que me fotalece” Filipenses 4:13

Leandro Perez Ribeiro Diretor Executivo

4

• TÍPICA •

Andressa Pirschner Assunção Diretora Executiva

ERRATA: Edição 03, ano I, página 12, crédito das fotos: Valteir José da Silva


SUMÁRIO

08 COMPORTAMENTO

Lipoescultura Gessada: conheça mais sobre esse tratamento que reduz medidas e modela o corpo

10 EM ALTA

Inaugurado em 2000, o Hospital Municipal Sumaré figura hoje como um dos melhores em seu segmento de atendimento especializado

12 CIDADES

Sumaré passa a ter um papel de destaque no cenário internacional e exportações crescem 36%

14 KIDS

Apresentamos à vocês SUMARÉZINHO, que está na revista Típica com brincadeiras, dicas e muita diversão!

15 SOCIAL

Quem? Quando? Onde? Em Sumaré!

26 SAÚDE

Teste da Orelhinha: Se realizado logo após o nascimento, as chances de detecção da perda auditiva aumentam consideravelmente

28 GASTRONOMIA

O Natal se aproxima e como todos os anos é a hora de preparar à ceia: aproveite as receitas de dar água na boca

30 PERSONALIDADES

Conheça a história de garra e determinação de Marie Rose Gebara Maluf

32 MOVIMENTO

Um esporte que parece brincadeira de criança mas são os adultos que colhem resultados com o Squash

34 EVENTOS

Confira a cobertura do evento e os ganhadores do Prêmio FUFO 2008

20 CAPA

Empresas e instituições promovem ações natalinas para a comunidade

6

• TÍPICA •

36 HORÓSCOPO

Com a astróloga Magda de Mariolani

37 DICAS DE CULTURA

Confira as dicas de Livros e Filmes que você não pode perder!

38 ARTIGO

Secretário Municipal de Desenvolvimento Econômico, Alaerte Menuzzo, fala sobre os efeitos da crise mundial sobre Sumaré


COMPORTAMENTO

LIPOESCULTURA GESSADA REDUZ MEDIDAS E MODELA O CORPO O nome é complexo, mas o resultado é eficaz por Andréia Dorta

Fotos: Em

ily Andra

de

A

Sequência dos procedimentos da Lipoescultura Gessada 8

• TÍPICA •

virada do ano está próxima, verão chegando e quem não deseja ter um corpinho sarado, saudável e bronzeado, além de esbanjar alegria e muita saúde no ano que se inicia? Não apenas no aspecto da vaidade, mas o bem estar do ser humano hoje não diz respeito apenas à mulher, mas também aos homens. Ambos se preocupam com a saúde do conjunto: corpo, mente e alma. E por falar em corpo, você já ouviu falar da lipoescultura gessada? Acredite, não tem nada a ver com gesso, aquele que colocamos quando fraturamos alguma parte do corpo. A lipoescultura gessada é um produto agregado no combate à celulite agressiva, mas não se resume apenas a essa única função. O líquido é passado na região a ser tratada; na etapa seguinte, é feito drenagem linfática, massagem modeladora e também o uso de aparelhos como ultra-som e manta térmica. O produto, por ser ortomolecular, tem como objetivo fortalecer o organismo por meio do bom funcionamento das moléculas. O termo, um tanto curioso, surgiu há pouco mais de duas décadas: Por esse motivo, a eficácia do tratamento não é tão conhecida. Na década de 80, o cirurgião geral Dr. J. Bussade, além de pesquisador pela Universidade Federal Fluminense, participou de uma lipoescultura junto a outros cirurgiões, entretanto durante o tratamento, notou que um dos produtos usados para limpar os objetos cirúrgicos, quando em contato com a gordura, ocasionava o derretimento instantâneo. Após essa observação, Dr. Bussade iniciou inúmeras pesquisas sobre o produto e desenvolveu o LEORT, medicamento líquido ortomolecular concentrado, sendo o mesmo patenteado pela Bothanica Mineral. Curiosa é a origem do nome desse revolucionário produto no mercado das vaidades. O nome “lipoescultura” veio pela descoberta durante a cirurgia de uma lipoaspiração e “gessada” surgiu pela necessidade de deixar a parte a ser tratada ocluída, com cinta compressiva. Denise Maria Poltronieri Alves, fisioterapeuta da Clínica Pimenta Doce Bem Estar, afirma que não existem desvantagens. “Até mesmo homens podem fazer a lipoescultura gessada. Ela trata a obesidade circulatória; celulite de graus 1, 2, 3 e 4, gorduras localizadas; flaci-


“ATÉ MESMO

dez”, e acrescenta que em relação a outros procedimentos é justamente por se tratar de um medicamento ortomolecular que ocorre o equilíbrio do organismo, sem contar que melhora a drenagem linfática, desintoxica os tecidos, acelera a eliminação de toxinas e ainda conta com as melhorias das linha faciais. Como todos os medicamentos, existem as contra indicações comuns: gravidez, lactação, feridas abertas, marca-passo, insuficiência renal crônica, pós-operatório imediato e dermatites. Outra recomendação dos especialistas é que a lipoescultura gessada não é algo definitivo. É um tratamento a médio e longo prazo, mas que tem um resultado positivo, pois vai tratar o conjunto, o todo no organismo da pessoa. Existem pacotes não tão caros disponíveis no mercado, comparado ao benefício revertido à pessoa. Alguns planos contam com a desintoxicação e depois as sessões, sendo a quantidade de acordo com análise de cada paciente. “Dá-se uma pausa de 15 a 20 dias e depois o tratamento pode recomeçar”, afirma Denise Alves. Entretanto, há empresas e profissionais informais, descomprometidos com o ser humano, que visam, infelizmente, apenas o capital. Para isso, um alerta: tenha certeza da confiabilidade do produto que você está comprando e do local em que fará o tratamento. Uma dica é não confundir o produto lipoescultura gessada com a venda de outros materiais tipo gessos coloridos vendidos no mercado informal,

HOMENS PODEM FAZER A como sendo o mesmo medicamento. São coiLIPOESCULTURA GESSADA sas extremamente diferentes em todos os Denise Maria Poltronieri Alves, sentidos. Para que fique claro, fisioterapeuta a lipoescultura gessada é um tratamento e não uma técnica. Em segundos, o produto entra na corrente sanguínea, eliminando a gordura branca, o que reverte à importância até mesmo para a saúde do organismo em geral. O ponto positivo do tratamento é que ele é totalmente externo. Seus componentes auxiliam no melhoramento da saúde bem como da parte estética, com a redução de medidas, gordura localizada e eliminação de celulite. Possui também alto poder vasodilatador, o que promove o auxílio no tratamento de problemas circulatórios, varizes e micro-varizes. Em Sumaré a Clínica Pimenta Doce Bem Estar oferece pacotes para esse tratamento. O telefone para contato é (19) 3883-5763. Para finalizar, um alerta aos homens e mulheres: a celulite não tratada se torna uma doença crônica incapacitante. Por tanto, tome as devidas providências para aproveitar a vida com saúde. Trate-se e Previna-se.

”.


EM ALTA

HOSPITAL ESTADUAL SUMARÉ É UM DOS TRÊS MELHORES HOSPITAIS PÚBLICOS DO PAÍS Unidade de saúde, inaugurada em 2000, figura hoje como uma das melhores em seu segmento de atendimento especializado

Divulgação

Redação

Fachada do Hospital Estadual Sumaré

O

Hospital Estadual Sumaré “Dr. Leandro Franceschini” está entre os três melhores hospitais públicos do país. A classificação é da Organização Nacional de Acreditação (ONA), órgão credenciado pelo Ministério da Saúde, que avalia a eficiência das instituições de saúde públicas e particulares no Brasil. Trata-se de um fato inédito para um hospital público de ensino, já que apenas oito hospitais no Brasil, cinco privados (no Estado de São Paulo, só o Oswaldo Cruz), possuem essa acreditação. De acordo com a ONA, os outros dois hospitais públicos no Brasil que receberam juntos o mesmo prêmio são o Hospital Estadual de Diadema e o Hospital Estadual de Pirajussara, ambos sob administração da Unifesp e ligados a Secretaria de Estado da Saúde. A Acreditação Nível 3 é a mais alta no padrão da certificação. Também conhecida como Acreditação com Excelência, assegura aos usuários a qualidade da assistên-

10

• TÍPICA •

cia à saúde e a excelência na gestão administrativa. Mantido pela Secretaria de Estado da Saúde e administrado pela Universidade Estadual de Campinas (Unicamp) desde 2000, o Hospital Estadual “Dr. Leandro Franceschini” também foi o primeiro hospital no país a conquistar o nível 2 da Certificação de Acreditação Hospitalar. A Acreditação Hospitalar é a outorga de um certificado de avaliação que expressa a conformidade com um conjunto de padrões previamente estabelecidos. A acreditação é um novo conceito de qualidade que combina segurança com ética profissional, responsabilidade e qualidade de atendimento. O Programa de Acreditação Hospitalar estabelece três níveis: 1º segurança na estrutura física, sanitária e de capacitação profissional; 2º processos no fluxo de trabalho, e o terceiro nível estabelece a melhoria do atendimento e gestão. A ONA é reconhecida formalmente pelo MS como enti-


dade competente para o desenvolvimento do processo de acreditação hospitalar, que juntos habilitam empresas acreditadoras e expedem a certificação das organizações hospitais.

PIONEIRISMO Os excepcionais trabalhos, aliados ao pioneirismo em algumas intervenções cirúrgicas, foram importantes para o reconhecimento da qualidade do Hospital Estadual Sumaré. No mês de junho deste ano, a equipe médica realizou com sucesso sua primeira cirurgia cardíaca em uma criança com diagnóstico de persistência do canal arterial (PCA) de moderada repercussão hemodinâmica. A primeira criança a ser beneficiada com a iniciativa foi uma menina de um ano de idade, residente em Americana e que vinha sendo acompanhada no hospital. Três dias após o procedimento a criança teve alta. Segundo a coordenação da pediatria, que acompanhou a paciente desde o nascimento, o comum é que o canal arterial se feche horas após o nascimento. Quando isso não ocorre, a criança necessita de intervenção cirúrgica para corrigir o fluxo anormal de sangue e evitar complicações pulmonares e outras doenças. A iniciativa tem por propósito atender uma demanda reprimida do procedimento no Hospital das Clínicas, que é limitado pelo número de leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) pediátrica, indispensável para o pós-operatório. A partir dessa cirurgia, o procedimento passou a ser realizado nos dois hospitais controlados pela Unicamp.

DR.LEANDRO FRANCESCHINI O Hospital Estadual Sumaré foi inaugurado em 2000 e, em 2002, a unidade de saúde passou a ser chamado de Hospital Estadual Sumaré “Dr. Leandro Franceschini”, uma homenagem ao médico sumareense e ex-prefeito. No dia 10 de janeiro deste ano, Dr. Leandro Franceschini faleceu aos 92 anos. Médico desde 1943, formado pela antiga Universidade do Brasil, sediada no Rio de Janeiro. Veio para Sumaré após se formar, onde foi o primeiro médico da cidade para uma população de cerca de 50 mil pessoas. O Dr. Leandro Franceschini foi um dos profissionais mais conhecidos e respeitados em Sumaré e região. Além da dedicação ao exercício da medicina, em 1958, o Dr. Leandro foi eleito prefeito de Sumaré, o segundo após a emancipação política do município. Prédios públicos, como a Escola Municipal Primeiro, Segundo Grau e Ensino Profissionalizante (1989) foram batizados com o nome do médico. Dr. Leandro foi clínico geral, mas ficou famoso no Brasil e parte da América Latina pelo seu conhecimento em Angiologia. Em sua administração, como prefeito, foi construído o Colégio Comercial, responsável pela formação de milhares de contadores e técnicos em Administração de Empresas. O prédio abrigou também a Escola Normal de Sumaré. Casou-se na década de 50 com Olga Di Marzio e teve três filhos: Leandro, Cláudio Fernando e Marcelo.


CIDADES

EXPORTAÇÃO CRESCE 36% EM SUMARÉ De acordo com o Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior, empresas radicadas na cidade venderam U$ 675 milhões, se destacando nacionalmente

Fotos: Divulgação

Redação

Foto aérea da empresa Villares Metals

S

umaré não é apenas um município nacionalmente conhecido por contar com grandes empresas e por estar inserido no Circuito Paulista de Tecnologia. Neste ano, a Cidade Orquídea passou a ter um papel de destaque no cenário internacional, sendo uma das cidades brasileiras que mais exportaram ao longo de 2007. O levantamento foi realizado pelo Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior. A partir de uma pesquisa, foi divulgado a lista dos 222 municípios brasileiros que exportaram, em 2007, pelo menos U$ 100 milhões, cerca de R$ 227 milhões (câmbio de 17 de novembro). No levantamento realizado pelo Ministério, Sumaré aparece na 53° posição no ranking nacional. Na Região Metropolitana de Campinas, composta por 19 municípios, a cidade figura na 3° posição e com um saldo de crescimento, entre 2006 e 2007, na ordem de 36%, ou seja: as empresas exportadoras cresceram, assim como a participação de suas vendas no exterior. Na Região Metropolitana de Campinas, apenas Campinas e Jaguariúna estão na frente de Sumaré, em relação ao volume exportado. Mesmo assim, diante do crescimento acima da média, Sumaré subiu da 61ª posição para 53ª no ranking nacional, enquanto que Jaguariúna caiu da 19ª para 23ª no ranking e suas exportações caíram 5%. Campinas 12

• TÍPICA •

Foto aérea da empresa Honda caiu da 21ª posição para a 30ª no ranking nacional e suas exportações reduziram em 12% no mesmo período. Pelo levantamento do órgão federal, entre as principais indústrias exportadoras radicadas em Sumaré, estão a Honda Automóveis do Brasil, onde ocupa a 94ª do ranking nacional, com U$ 282 milhões exportados em 2007, uma variação positiva de 80%, em relação a 2006; depois vem a Villares Metals, a empresa 138ª do ranking nacional, com exportações na ordem de U$ 173 milhões, uma variação positiva de 23% em relação a 2006. Ainda em Sumaré, o Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior, destacou a atuação da 3M do Brasil, ao longo do ano passado, com exportações na ordem de U$ 95 milhões. Segundo dados do Ministério, os principais compradores dos produtos nacionais são os Estados Unidos (15,60%), Argentina (8,97%), China (6,69%), Holanda (5,50%) e Alemanha (4,49%). Para o prefeito sumareense José Antonio Bacchim (PT), o crescimento nas exportações se deu, principalmente, pelos grandes investimentos realizados pelas empresas radicadas na Cidade Orquídea, a partir de 2006, com a aprovação da nova Lei Municipal de Incentivos fiscais. A lei foi modernizada e flexibilizada, favorecendo a chegada de novos investimentos e a possibilidade de expansão das já radicadas na


cidade, beneficiando de forma mais ampla as pequenas, médias e grandes empresas, resultando em novos investimentos e favorecendo ações de geração de emprego e renda. “Diante das necessidades de mercado, nós flexibilizamos a nossa lei de incentivos fiscais, o que contribuiu para que as grandes empresas radicadas no município pudessem investir e ampliar as suas capacidades de produção. No ano passado, um bom exemplo, foi a Villares Metals. A empresa do segmento de aços e ligas especiais, inaugurou o seu laminador e trouxe a unidade de Sorocaba para Sumaré. A empresa dobrou de tamanho, o que significou um aumento na produção e, consequentemente um acréscimo em suas exportações. A Honda Automóveis também vem passando por um importante crescimento industrial. Neste ano, foi inaugurada a fábrica de motores e novas linhas de produção estão sendo montadas. Boa parte da sua produção abastece o Mercosul, em especial a Argentina. Face à isso e pelo bom momento da economia em 2007, registramos esse importante crescimento e, acreditamos que o potencial ainda não foi totalmente explorado”, declarou o prefeito sumareense.

DINÂMICA E EMPREENDEDORA As informações positivas nas exportações sumareenses vêm somar-se à outras notícias relacionadas ao de-

senvolvimento do município divulgadas a partir de 2007. Em agosto deste ano, a revista global, Pequenas Empresas & Grandes Negócios (PEGN), fez uma pesquisa nacional que apontou Sumaré entre os 25 melhores municípios do Brasil para novos empreendedores. Em 2007 e 2008, baseado em pesquisas de mercado feitas em 2006 e 2007, o jornal Gazeta Mercantil premiou Sumaré como Cidade Mais Dinâmica do Estado de São Paulo. Em nove edições do prêmio, foi a primeira vez que uma cidade paulista é bi-campeã da premiação. A pesquisa da Gazeta Mercantil leva em consideração fatores, como o Índice de Potencial de Consumo (IPC); variação do Produto Interno Bruto (PIB); aumento da população, licenciamento de veículos, instalações de novas empresas, operações bancárias e os investimentos sociais do município, principalmente nas áreas de saúde, educação, saneamento básico, ciência e tecnologia e habitação. Para o economista Luiz Carlos Luciano, o município soube aproveitar, como poucos, o bom momento da economia e, ele afirma que mesmo diante da retração do mercado mundial, Luciano acredita que a cidade possui potencial para se manter de forma confortável. “O espaço conquistado pela cidade, com certeza será mantido, uma vez que os produtos exportados são diversificados, garantindo assim a sua margem de vendas”, declarou o economista.

• TÍPICA •

13


KIDS

Olá, eu sou o

SUMARÉZINHO,

estarei na revista Típica, com brincadeiras, dicas e muita diversão. E para começar, trago nesta edição, um jogo de 7 erros, tente descobrir e divirta-se. Aguardo vocês na próxima edição!

JOGO DOS 7 ERROS

Respostas: Rabinho do cão, calçado do Sumarézinho, Coleira do Cão, Florzinha, Trilho do trem, Arbusto, Sino da Igreja.

14

• TÍPICA •


SOCIAL

DIA NACIONAL E INTERNACIONAL DO IDOSO

O dia do idoso é comemorado em 01 de outubro, e no dia 25 de outubro foi realizado na sede do galpão da fazenda do Condomínio Villa Flora uma comemoração e campanha em prol do Idoso Acamado, Abandonado e Asilado. Foi realizado pelo grupo E.L.IA.M.A - Espaço Livre Integrado Alternativo do Movimento em Arte. O evento contou com o patrocínio de diversas empresas de Sumaré como: Pimenta Doce & Bem Estar, Rosa Shok Boutique, Inove Stúdio, Academia Foquinha Azul e apoio da Associação dos Moradores do Villa Flora e Rádio Nova Sumaré.

INAUGURAÇÃO AGÊNCIA DE VIAGENS CVC

Foi inaugurado no dia 12/11/2008, com um coquetel de lançamento, à nova agência de viagens da CVC em Sumaré. A agência fica na Avenida Sete de Setembro, 419 - Fone: (19) 3883-8888. Ao lado, Janice Armonas, Eduardo Mendes, Marcia Cruz, Aline Santos, Jéssica Mendes e Elmo Mendes.

1

2

3

4

5

6

7

LIONS CLUBE SUMARÉ

No dia 03/10/2008 o LIONS CLUBE DE SUMARÉ recebeu a visita do governador do Distrito LC3 Sr. Antonio Lázaro Forti e sua esposa Sra.Maria do Carmo A. Forti. O evento festivo foi finalizado com um requintado jantar.

8

9

10

11

12

13

1) Roberto Ivan Rovagnelli; 2) Da esquerda pra direita: Walkiria da Silva Marcello, Andrea Sposito Carmona Rovagnelli, Roberto Ivan Rovagnelli, Antonio Lázaro Forti, Maria do Carmo A. Forti, Gilmar Ghessi; 3) Antonio Lázaro Forti, Maria do Carmo A. Forti, Andrea Sposito Carmona Rovagnelli, 4) Valter e Shirley Pedroni, Adão e Isaura Basso de Lima; 5) Dorival Gazzetta e Estela; 6) Laércio Alexandre, Manoel Manolo, Dartagnan, Florans, Maria do Carmo A. Forti, Walter Aggio Filho; 7) Maria Camila Lorençatto, Juracy Berges, Claudia Lorençatto; 8) Ian Rovagnelli, Andrea Sposito Carmona Rovagnelli, Ivanir e Gilberto Carmona; 9) Hugo e Mônica Rikato, Cássia Lemos, Neusa e Vagner Rikato, 10) Milton e Walkiria Marcello; 11) Susy e Ozéias dos Santos; 12) José Carlos Machado, Luiz Carlos de Oliveira e Ainda; 13) Renato e Maria Inês Ghirardello.

• TÍPICA •

15


TITO’S BAR, empresa Revelação do Ano! O empresário Márcio André Tito da Silva, idealizador do projeto revela que a vocação comercial sempre esteve presente em sua vida desde muito jovem acompanhando e trabalhando no armazém de propriedade de sua família na cidade de Sumaré. Márcio freqüentou o curso técnico de processamento dados, mas concluiu sua graduação em Engenharia de Controle e Automação Industrial. “Na época da faculdade comecei estagiar na Magneti Marelli, logo fui contratado como Engenheiro Júnior responsável pela área de Tempos e Métodos. Realmente estava com a carreira em ascensão, fui até mesmo convidado para trabalhar no exterior, momento esse de decisão em minha vida” declara o empresário. Apesar do sucesso como engenheiro, Tito não se sentia completamente satisfeito com os rumos de sua vida profissional. Seu perfil empreendedor o direcionava a ter seu próprio negócio. A decisão, apoiada pela família, foi de ficar no Brasil e realizar o seu sonho. A partir desse momento, Márcio deixou à área técnica para retornar ao comércio, base de sua vida profissional, e dessa decisão nascia o Tito´s Bar. Hoje o nome Tito’s Bar é conhecido em toda Região Metropolitana de Campinas como sendo padrão de entretenimento sadio e de qualidade, auxiliando com isso a posicionar o nome de Sumaré no mapa regional. Márcio Tito, proprietá rio do Tito’s Bar O ano de 2008 trouxe muitas surpresas para Márcio, uma delas foi a conquista do PRÊMIO FUFO 2008 como empresa REVELAÇÃO DO ANO, categoria esta pioneira na história do evento. “Fiquei surpreso, foi muito gratificante. A sensação de ser premiado como Revelação do Ano, realmente é o resultado de um trabalho feito com muita dedicação”. Declara emocionado o empresário. E não pára por aí! Para 2009, Márcio Tito está empenhado na realização de novas propostas e promete surpresas para seu público. “Nossa equipe está com novas idéias, tanto para programação de verão, como em novidades que sofisticarão o Tito´s Bar.” Comenta orgulhoso o proprietário do bar mais “badalado” de Sumaré.

REVISTA TÍPICA lança campanha: “Quero a Típica na Minha Casa”

Andressa Pirschner Assunção e Leandro Ribeiro, diretores da revista Típica 16

• TÍPICA •

A revista é nova na cidade, mas muito se pode esperar da Típica que lançou sua primeira edição em julho de 2008 e já é motivo de orgulho na cidade. A publicação é bimestral e direcionada especialmente à Sumaré. Os assuntos abordados em cada edição têm como foco os acontecimentos, desafios, conquistas e o crescimento da vida sumareense de modo geral. O projeto da Revista é a realização de um sonho que uniu as experiências da publicitária Andressa Pirschner Assunção e do empresário Leandro Perez Ribeiro. “Tudo foi minuciosamente pesquisado: a cidade, sua cultura, as pessoas, costumes e tudo que pudesse nos direcionar à criação de uma revista tipicamente sumareense. Temos o compromisso com nossos leitores de levar boa informação e momentos de descontração com a revista”, revela a publicitária Andressa. Leandro também aproveita para agradecer o carinho dos leitores, anunciantes e parceiros que os acolheram nesse desafio. “É muito gratificante notar que as pessoas gostam do nosso trabalho: dão opiniões, fazem críticas, interagem e tudo favorece para que possamos melhorar a cada dia. Uma das solicitações de nossos leitores foi criar uma seção na revista para crianças e isso foi atendido nessa edição, com a apresentação exclusiva do personagem Sumarézinho. Confiram!”, declara o empresário. O plano agora é expandir, visto que atualmente a revista é distribuída somente na área central. A iniciativa para que toda a cidade faça parte da gama de leitores da revista é o lançamento da Campanha “Quero a Típica na Minha Casa”. A sugestão, à partir de agora, é promover a revista por meio de assinatura e, dessa forma, possibilitar acesso a novos leitores. Faça parte desse clube e receba a Típica o ano inteiro por apenas R$ 39,90, aproveite para ficar por dentro do que acontece na cidade de Sumaré. Mais informações, ligue para 19-3873-1745 ou se cadastre no site http://www. tipica.com.br.


INAUGURAÇÃO AUDClin Na quinta-feira 02/10/2008 a clínica AUDCLIN inaugurou suas atividades com um coquetel de lançamento no próprio local. A festa contou com a participação da equipe, amigos e convidados.

1

1) Equipe AUDClin; 2) Divanise Bueno e Roseli Fires; 3) Luciano Bernardo, Neto Bueno e Roberta Orlando; 4) Maristela Marqui e Pâmela Ferreira; 5) Mirian Souza, Gabriela Gomes e Poliana Castro; 6) Nirley Frasceschi Moreira, Nanci Mobilon e Natacha Cruz; 7) Osvalmo Riguetti, Marcelo Moreira; 8) Pâmela Ferreira, Talita Ferreira e Maristela Marqui; 9) Patrícia França, Luciana França, Alexandra França e Rubens Gigo.

2

3

4

5

6

7

8

9

Ganhadora da Campanha Dia de Estrela:

ROSIANE MARIA ROVIGATI SIMÕES MENDONÇA Porque a revista Típica te daria o Dia de Estrela? Porque sou a estrela principal do palco de minha vida.

Confira na próxima edição a cobertura completa da premiação deste grande dia.


1

2

3

4

5

6

100 ANOS DE PERNAMBUCANAS O evento de comemoração dos 100 anos das PERNAMBUCANAS realizado no dia 16/11/2008 moveu

7

todas as cidades do Brasil com atividades para crianças e adultos. Em Sumaré, o evento aconteceu no Centro Esportivo com caminhada matinal, apresentações musicais, aulas de ginástica harmônica, além de muitas outras atividades. O gerente da loja Pernambucanas de Sumaré ficou realizado com o evento. “A expectativa foi retribuir às famílias brasileiras todo carinho e confiança dada às lojas no decorrer dos 100 anos. E agradece aos colaboradores pela participação.” Declara o gerente Vilmário Lima da Silva. Colaboradores: Secretaria Municipal de Cultura e Lazer, Cacau Show, Associação dos Amigos do Horto Florestal de Sumaré, Cooper – Cooperativa Reciclável de Sumaré, Passiflora, Agrosete – Associação dos Amigos dos Animais de Sumaré, TIM, Pró-Bikers, Microlins, Pimenta Doce – Bem Estar, Instituto Assistencial PIO XII Sumaré e Revista TÍPICA. 1) Vilmário Lima da Silva, gerente da loja; 2) Participantes da caminhada em aquecimento; 3) Grupo Expressão Urbana; 4) Cantor Cadú; 5) Eliana da Pimenta Doce - Bem Estar comandando a aula de Ginástica Harmônica 6) Grupo Reduto; 7) Equipe Revista Típica com a Campanha: Quero a Típica na minha Casa.

INAUGURAÇÃO SANDRA MOTOS

No sábado dia 01/11/2008 a loja SANDRA MOTOS inaugurou sua nova loja em Sumaré na Avenida Rebouças, 2175 - Centro. O evento ofereceu café da manhã e almoço para comemorar a inauguração. Mais informações no fone: (19)3883.3504. Ao lado Fernando Ângelo Ferraz, Sandra Politori Ferraz e Gray Gilbert Ferraz Junior.

DEMOLICAR

Tradicionalidade é o que traduz o DEMOLICAR. A festa realizada nos dias 25 e 26 de outubro deste ano foi sucesso em público. Adrenalina e competição foram sinônimos do evento que vai deixar saudades. Agora é só aguardar a próxima em 2009. Ao lado Cláudio Meskan organizador evento.

ANHANGUERA EDUCACIONAL - Palestras

Em parceria com o Rotary Clube Sumaré Ação, a Faculdade Anhanguera Educacional de Sumaré promoveu um semana de palestras em seu auditório. No dia 31/10/2008 uma das palestrantes foi a psicóloga Mara Lucia, orientando sobre Ética e Moral. Ao lado Banca com representantes da Faculdade e do Rotary Sumaré Ação e Cássio Alexandre Cheni, diretor executivo da Faculdade.

INAUGURAÇÃO LOJAS AMERICANAS

Dia 12/11/2008 Sumaré contou com a Inauguração das Lojas Americanas, o evento animou o centro sumareense. A loja fica na Avenida Sete de Setembro, 443 - Centro. Ao lado Gilberto Andrade, gerente regional José Carlos Bertasso, diretor secret. desenvolvimento e Lenilda Maria de Freitas, gerente da loja.

REINAUGURAÇÃO SELLER

A SELLER de Sumaré realizou no dia 29/11/2008 um evento de REINAUGURAÇÂO com a proposta de deixar a loja mais ampla. A loja que está a quatro anos na cidade fica na Avenida Sete de Setembro, 351 – Fone: (19) 3903-1562. Ao lado Henrique Viol, gerente da loja, Vagner, gerente loja Hortolândia, Mariela, Rogério e Jaqueline.

18

• TÍPICA •


• TÍPICA •

19


CAPA

AÇÕES NATALINAS O espírito do natal traduz alegria e solidariedade para a comunidade sumareense por Silmara Soares

C

om a chegada do Natal, as pessoas se contagiam com o espírito natalino. Muitas começam a planejar e organizar a ceia da mais importante data cristã. Com a proximidade da comemoração, as casas ganham o clima de festa com luzes piscando por todos os lados, as portas recebem enfeites coloridos como guirlanda, sinos, laços e até mesmo o “sapatinho” enfeitado começa a ser preparado para ir à janela ou ao centro da sala à espera do “Bom Velhinho”: Papai Noel. Em algumas casas e em muitas igrejas, praças, shoppings, entre outros, vários tipos de presépios são montados para representar o nascimento de Jesus Cristo. Mas sobre um móvel ou no canto da sala, quem marca o Natal em vários lares brasileiros é a árvore de natal, com seus bibelôs e pisca-piscas e, dessa forma, completa a decoração natalina. Normalmente, nessa época do ano, as pessoas ficam mais reflexivas, seja pensando sobre o significado do Natal, planejamento das finanças, programação de viagens ou planos para iniciar o próximo ano. São essas situações que marcam a tradição natalina no país. Mas, nem tudo se resume em festas ou planejamento. Muitas pessoas aproveitam o fim de ano para desenvolver programas de responsabilidade social voltados à comunidade, proporcionando felicidade as crianças e adultos e em alguns casos atingem pessoas que não tem muita esperança na vida. Os voluntários, “papais-noéis de plantão”, pessoas de bom coração, entre outros adjetivos, atuam nessa época de Natal para ajudar na realização dos mais variados sonhos de crianças carentes, que vai de um simples jantar à sonhada bicicleta, passando por um par de sapatos novos ou apenas uma visita carinhosa. Com objetivo de homenagear a todos que realizam esse trabalho, e parabenizá-los pela atitude, a Revista Típica traz nesta edição alguns projetos, programas e ações, demonstrando que o espírito natalino tem forte influência na comunidade sumareense. Não são poucos os projetos sociais já sedimentados. Em Sumaré

Campanha “Adote uma Criança” promovida pela Pastoral da Criança 20

• TÍPICA •

há entidades, instituições, comunidades, associações e empresas que abraçam essa causa, oferecendo um dia especial aos que acreditam em seus pedidos ao Papai Noel ou na renovação, com o nascimento do Menino Jesus. ADOÇÃO Um dos exemplos dessa ação é a Pastoral da Criança, da Igreja Católica: uma organização que atende 36 crianças carentes todos os dias durante o ano. Em datas comemorativas, participam de atividades especiais e é claro que o Natal não poderia ficar de fora. A campanha “Adote uma Criança”, esse ano, recebe a parceria da AutoBAn (Concessionárias das Rodovias Bandeirantes e Anhangüera) e da IC Transportes. Durante a confraternização, as crianças recebem brinquedos, roupas e sapatos doados, que saem de dentro do saco do “Papai Noel”. Nesse ano, as crianças da Pastoral vão ganhar duas festas de confraternização. Uma acontece no dia 12 de dezembro, realizada pela AutoBAn, onde haverá, além de comidas, bebidas e brincadeiras, a doação de alimentos arrecadados para o consumo das crianças no dia-a-dia na Pastoral. A outra festa acontecerá no dia 22 de dezembro, marcada com um almoço e brincadeiras para as crianças e seus familiares, com cama-elástica, pula-pula, piscina de bolinha, entre outras atividades. AÇÃO SOCIAL Quem também atua na distribuição de cestas-básicas às famílias carentes cadastradas é o Funssol (Fundo Social de Solidariedade) da Prefeitura de Sumaré. Nesse ano, a Campanha “Natal de Paz e Solidariedade” tem a parceria do Projeto Ação pela Paz. Os alimentos arrecadados nos postos divulgados serão doados para entidades cadastradas na Prefeitura. A expectativa da organização da campanha é que novamente a população participe e contribua com gêneros alimentícios. No ano passado, a coleta ultrapassou a marca de sete toneladas de alimentos. “Entendemos que a fome é um dos fatores que gera violência na sociedade e participar dessa campanha tem tudo a ver com o projeto, que tem como lema a cultura de paz. Queremos para esse ano superar a quantidade de alimentos arrecadados na campanha do ano passado”, afirma o coordenador do Projeto Ação pela Paz, Rubens Nieto. A Coordenadora do Funssol, Eunice Candido da Silva Gomes, está animada com a campanha desse ano, pois além de ter sido ampliada, começou com antecedência, em relação a 2007. “Estamos com vários pontos de coleta em todo município. Por isso, convidamos a todos aqueles que tenham condição de dar sua contribuição a participar dessa campanha e garantir que muitas famílias possam ter um Natal mais feliz, com mais alimentos em suas mesas”, destacou. Serviço — A campanha de arrecadação de alimentos “Natal Solidário” acontecerá em toda a cidade até o dia 14 de dezembro. A população pode colaborar com alimentos não perecíveis como arroz, feijão, macarrão, farinha, fubá, óleo, leite longa vida, entre outros.


HONDA

Para muitas empresas, cumprir a responsabilidade social tornou-se uma meta quase tão importante quanto o sucesso financeiro. O interessante é que cada uma possa colaborar com aquilo que sabe fazer. A empresa multinacional HONDA, desenvolve desde 2000, projetos junto à comunidade local. Dentro do projeto Oficina da Solidariedade, são realizadas três festas durante o ano: Festa Junina, Dia das Crianças e Natal, sendo que em todos os eventos são envolvidos os funcionários. Segundo um dos organizadores do evento, Marcelo Perron, o objetivo do projeto é disseminar a responsabilidade social nos funcionários, atuando na comunidade local com atividades culturais e ações sociais solidárias. A festa de Natal com a comunidade, desse ano, está marcada para dia 20 de dezembro, no Crass (Centro Regional de Assistência Social) da Área Cura e são esperadas cerca de três mil pessoas, entre pais e filhos. Para a festa de Natal, os funcionários da HONDA “adotam” uma criança da comunidade e no dia do evento, a presenteia com um kit contendo: brinquedo, material escolar, roupa e doces. O grupo, chamado de Piloto da Alegria, também anima a festa. São em média 15 funcionários vestidos de palhaço que fazem a animação das crianças durante o dia. O evento, que conta com a participação da família, tem várias atividades de integração como: dança, teatro, shows, concurso de desenho, corte de cabelo, distribuição de cachorro quente, refrigerante e doces. Palestra de conscientização sobre doação de sangue e distribuição de cestas básicas para os pais também fazem parte da festa. Somente em 2007 foram entregues mais de mil cestas básicas. A dona de casa, Claudia Helena Palopoli, mãe de dois filhos que fazem parte do PETI (Programa de Erradicação do Trabalho Infantil) no Crass da Área Cura, agradece a parceria da HONDA com o projeto. “Não tenho condições de proporcionar uma festa de Natal para meus filhos, muito menos de dar presente. O que a HONDA faz não é apenas doar brinquedos e cestas-básicas e sim proporcionar alegria para as pessoas”, completa.

Fotos: Divulgação

AÇÕES NATALINAS APROXIMAM EMPRESAS E COMUNIDADE

Ações Natalinas da Honda para a comunidade local

• TÍPICA •

21


Divulgação

INICIATIVAS RECENTES

Rock na Roça

CORREIOS Como de rotina, todos os anos chegam inúmeras cartas endereçadas ao Papai Noel nas agências dos Correios. Enviadas por crianças carentes, muitas têm a felicidade de terem seus pedidos atendidos. Surgida há mais de duas décadas, como iniciativa dos próprios empregados da Agência Nacional dos Correios, a campanha ganhou proporção e desde então, vem desenvolvendo seu compromisso social com a ajuda da sociedade em trabalhos voluntários para auxiliar a leitura e triagem das cartas, como também na adoção desse pedido. O número de correspondências recebidas aumenta a cada ano. Somente em 2007, foram mais de 790 mil cartas recebidas em todo o Brasil, das quais metade foi adotada e cerca de 200 mil foram respondidas pelos Correios. No interior de São Paulo 157.197 cartas endereçadas ao Papai Noel chegaram nos Correios no ano passado. Em Sumaré no ano passado, foram 1.147 cartas recebidas, das quais 335 foram adotadas. Segundo a assessoria do Correios, o grande intuito da campanha é resgatar o espírito natalino presente em cada um de nós, contribuindo, assim, na melhoria das condições de vida do País. Portanto, nos Correios, Papai Noel existe. Como funciona O destinatário do projeto é a criança que envia pelos Correios uma cartinha ao Papai Noel. As cartas são separadas e colocadas à disposição de quem quiser adotá-las nas agências dos Correios. Inicialmente são descartadas as correspondências que não contêm remetentes ou com endereços repetidos. Assim, é importante o correto preenchimento do nome e endereço do destinatário, com CEP. Cartas de adultos não são atendidas, bem como pedidos de medicamentos, celular, MP3, DVD, notebooks e afins. Serão disponibilizadas para adoção as cartas escritas por crianças com até 12 anos, que sejam manuscritas, contenham pedidos de brinquedos preferencialmente e que cheguem aos correios até o dia 12 de dezembro de 2008. Todas as pessoas podem colaborar, tanto como voluntários no auxílio da leitura e triagem das cartas, como na adoção do pedido. Que tal ser o Papai Noel de uma criança? Para isso, basta entrar em contato com a agência de Correios central de sua cidade entre os dias 17 de novembro a 12 de dezembro. 22

• TÍPICA •

Fotos: Divulgação

Gerente da Agência dos Correios de Sumaré, Mauriti Borba Ferreira, com presentes do ano de 2007

Eles são pessoas comuns, trabalhadores, profissionais dedicados e de família constituída. Na época natalina, saem do anonimato para ganhar status de agente transformador diante de uma parcela da população que não tem recursos para montar a ceia de sua família ou até mesmo presentear seus filhos. Em 2006, Clodovil Telles e um grupo de amigos decidiram mudar um pouco a “cara” do evento musical “Rock na Roça”, organizado por eles todo ano, passando a ser filantrópico. No primeiro ano do evento, quem quisessse participar tinha que comprar sua entrada. Hoje, a pessoa interessada em prestigiar os shows leva um brinquedo e troca pelo ingresso. Todos os brinquedos adquiridos já tem destino. Como de costume, eles são doados para as crianças carentes do bairro Três Pontes, em Sumaré, pelas próprias mãos do “Papai Noel”. Somente no ano passado foram doados cerca de 300 brinquedos. Com boas expectativas, Telles acredita que nesse ano o público seja bem maior que em 2007. “Estamos torcendo e trabalhando no aumento do número de pessoas prestigiando o evento, pois assim teremos mais brinquedos e poderemos presentear mais crianças”. O show de rock acontece no Assentamento I e nesse ano será no dia sete de dezembro, com atração de seis bandas.

Rock na Roça para moradores do Assentamento I


Villa Flora Há mais de 20 anos, Rosemeire de Souza Gomes de Oliveira, desenvolve trabalhos sociais em igrejas, entidades e comunidades em geral. Buscando sempre a ajuda da população, de comerciantes e autoridades, acredita que pode transformar a realidade de pessoas à sua volta, seja por meio de doações, bingos, shows ou festas. Nesse ano, a proprietária da Escola de Inglês Growing School, localizada no condomínio Villa Flora em Sumaré, resolveu mobilizar o pessoal do condomínio a abraçar a Campanha “Natal de Paz e Solidariedade”, formando a parceria com o Funssol (Fundo Social de Solidariedade) da Prefeitura de Sumaré. Para contribuir com a Campanha, o Villa Flora realizará uma festa no dia 14 de dezembro, à partir das 16:00 horas, onde contará com doações de alimentos e brinquedos dos moradores do condomínio. Para participar do evento, os pais terão que doar um alimento não perecível e as crianças podem participar do Concurso de Desenho, doando um brinquedo. Os 20 melhores desenhos serão premiados pelas mãos do Sumarézinho e encaminhados, juntamente com o presente doado à uma criança carente. Após essa premiação, serão sorteados alguns desenhos para exposição no próximo exemplar da REVISTA TÍPICA. Haverá também a participação do coral da 3º Idade, além das premiações dos condomínios que arrecadarem mais alimentos. A festa contará com diversas atividades para toda a família, como pula-pula, cama-elástica, feira de artesanato e comidas típicas. Todos os alimentos e brinquedos arrecadados serão encaminhados ao Funssol, responsável pela distribuição. Rosemeire, que tem a satisfação de participar de ações sociais, acredita que, mesmo sendo a primeira vez

dessa campanha dentro do condomínio, terá a participação de muitos moradores. “Estou confiante de que cada família daqui irá contribuir com essa Campanha, que será um sucesso”, comemora, acrescentando que o mundo precisa cada vez mais de pessoas com vontade de ajudar o próximo. Se o Natal desperta ou não nas pessoas o desejo de ajudar o próximo, não sabemos, mas que para muitos esse pequeno ato é uma enorme satisfação, isso é verdade. Portanto, para quem deseja participar de alguma ação social, não é preciso criar uma instituição, basta escolher uma e fazer parte dela.

• TÍPICA •

23


O NATAL E AS DIFERENTES COMEMORAÇÕES

CHINA s As casas são iluminada l, por lanternas de pape as com árvores enfeitad e s nte rre co ”), luz res de (conhecidas como “árvo o de Papai Noel é chamad flores de papel. Lá, o ancri da tes sen pre loca os Dun Che Lao Ren e co a como nos EUA. Como çada em meias, assim , a chinesa não é católica maioria da população fio Ano Novo chinês, no maior comemoração é em oca, as crianças receb nal de janeiro. Nessa ép o sã ais eci esp tos vos. Pra roupas e brinquedos no ião. preparados para a ocas

ITÁLIA As crianças italianas rec ebem seus presentes no dia 6 de janeiro, em come moração à visita dos rei s magos. Quem traz os presentes é uma bruxa cha mada de La Befana. Pa ra as crianças boazinhas ela traz presentes, enquanto as malvadas recebem castig os ou um saco de carvã o. Diz a lenda que os três reis magos, em sua via gem a Belém, pararam numa casa para pedir comida e abrigo a uma velha senho ra. Ela recusou-se a ajudá los e os três continuara m sua jornada cansado se famintos. Sentindo-se cul pada, ela tentou encontr álos, mas eles já estavam longe demais. Agora, ela vaga pelo mundo à pro cura do Menino Jesus.

JAPÃO

do ao O Natal foi leva nários io iss m Japão por 1% só ra cristãos. Embo esou nh ga o cristã, esta tradiçã ngu se a da população seja ós ap ência americana io ín sc fa paço devido à influ um m nças japonesas tê s bê be os da guerra. As cria is po jedoura de Cristo, a m ca na especial pela man sim e rmem em berços japoneses não do norte-americaos o m co neses, dos pais. Os japo m suas casas e no Natal, decora nos, comem peru natalinas. cantam cantigas

24

• TÍPICA •

SUÉCIA As tradições suecas sã o um tanto diferentes. Há cerca de cem anos, o rei Canute declarou que o Natal duraria um mês, entre 13 de dezembro e 13 de janeiro. Na noite de Natal, a filha mais vel ha de cada família, ves tida completamente de bra nco e com uma faixa vermelha na cintura, coloc a uma guirlanda de fol has verdes com sete velas acesas ao redor de sua cabeça. Ela entrega café e bolinhos a cada memb ro de sua família em seus quartos. Segundo a len da, nessa mesma noite, um gnomo chamado Tom te sai de sua casa debaixo do chão (ou celeiro) e entrega presente para tod os.

ESTADOS UNIDOS Natal As tradições do conheciimediatamente re o sã no ica er m norte-a televisão e e ganharam na qu ão siç po ex la m cultura das pe s até em países co da ita im o nd se clui lâmacabam e. A decoração in nt re fe di te en am extrem s, guirlancos de neve, vela ne bo , as rid lo co era do padas na lareira. Na vésp as ad ur nd pe as ei cantigas das e m e-se para entoar ún re a nç ha in viz a Carols”. Natal, como “Christmas as id ec nh co a, tes que de époc o para os presen sã ira re la na as As mei tradicional oel) deixará. O N ai ap (P s au Cl cas e geSanta e outras frutas se s ze no , do ea ch peru re da época. entos tradicionais mada são os alim Fonte: Folha Online


• TÍPICA •

25


SAÚDE

TESTE DA ORELHINHA

PREVINE SURDEZ NA INFÂNCIA É rápido, indolor e essencial ao recém-nascido por Andréia Dorta

O

s cuidados com o recémnascido, a partir do momento que vem ao mundo, estão diretamente ligados a prevenção. Existem vários e importantes testes feitos nos primeiros dias de vida, entretanto não são devidamente divulgados como merecem.

O teste de Emissões Otoacústicas, mais conhecido como teste da orelhinha, é um deles. Segundo Maristela Marqui e Pâmela Ferreira, fonoaudiólogas da Audclin, o teste avalia a audição da criança de forma objetiva e sem dor. “Se realizado logo após o nascimento, as chances de detecção da


SE REALIZADO “ LOGO APÓS O NASCIMENTO,

perda auditiva aumentam consideravelAS CHANCES DE DETECÇÃO DA mente” declaram. É o teste mais eficaz na prevenção da surdez, entretanto, PERDA AUDITIVA AUMENTAM nem todos os hospitais possuem o proCONSIDERAVELMENTE . grama de Triagem Auditiva Neonatal Maristela Marqui e Pâmela Ferreira, implantado. fonoaudiólogas É por meio da audição que a criança, desde o ventre da mãe, aprende a distinguir sons. Qualquer perda auditiva, mesmo que mínima, impede a criança de receber informações sonoras primordiais ao desenvolvimento da linguagem. O recém-nascido pode adquirir ou apresentar qualquer dificuldade auditiva logo no nascimento ou primeiros anos de vida, mesmo que não haja casos na família. A dica, então, a todos os papais e mamães é: previnam-se. O método para o teste é rápido, simples e principalmente indolor. Deve ser realizado entre o segundo e terceiro dia de vida da criança, porém não há contra indicação ao ser feito em idade posterior. Dura cerca de cinco a dez minutos e não é necessário uso de agulhas ou sedativos. O exame consiste na colocação de um fone acoplado a um computador na orelha do bebê, dormindo, que emite sons de baixa intensidade no canal auditivo e recolhe as respostas que a orelha da criança produz. Por tanto, o exame não avalia o grau de perda da audição, apenas detecta possíveis alterações nos primeiros dias de vida. Após o resultado, se houver algum tipo de anormalidade, o bebê passa por nova avaliação e em caso de confirmação, é encaminhado a especialistas para exames específicos. Segundo os últimos dados do censo do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatísticas), quase seis milhões de pessoas possuem algum tipo de deficiência auditiva e um dado preocupante é que a cada mil crianças, seis apresentam perda de audição logo no nascimento. Como prevenção, a pediatra Maria Beatriz Prota Hussein fornece algumas dicas aos pais: o recém-nascido acorda com barulhos muito fortes e se interessa por brinquedos que fazem algum tipo de barulho; entre o terceiro e sexto mês movimenta os olhos em direção as vozes e até o primeiro ano de vida balbucia sílabas simples como “papá” e “mamã”. Depois dessa fase, começa a comunicação com os adultos por meio de palavras comuns e repetitivas de acordo com seu cotidiano. Outra dica é: quando o bebê nasce, os pais devem se informar se o exame é realizado no hospital. Caso não seja, procure o pediatra ou otorrinolaringologista para que o pedido seja feito. Em Sumaré, o exame é realizado no Hospital Estadual e pode ser solicitado pela rede pública por meio de encaminhamento otorrinolaringológico. Outro meio são as clínicas particulares como a Audclin (19) 3883-5187, que realiza o teste por meio de convênios, SUS e consultas particulares. Se você tem alguma dúvida sobre o teste da orelhinha, fale com seu pediatra. Além disso, divulguem ao maior número de pessoas, principalmente aos pais de primeira viagem.


GASTRONOMIA

CEIA DE NATAL Redação

O

Natal se aproxima, e como todos os anos, é hora de pensar na ceia, sempre com as mesmas dúvidas em relação à organização do cardápio para o dia 24. É preciso definir o prato principal, os aperitivos mais apropriados e a sobremesa ideal. Como inspiração nos vem à lembrança o calor, os presentes, o ambiente festivo, os convidados, e as tantas possibilidades de uma

mesa típica de Natal: salpicão, maionese de camarão, peru assado, pernil de porco, tender, bacalhoada, farofa, bolos, fios de ovos, frutas frescas e cristalizadas etc. Ufa, opções é o que não faltam. Calma! Fique tranqüilo, a Típica vai dar uma mãozinha. Acompanhe duas receitas sensacionais que além de sofisticadas são saborosas e específicas para servir nessa ocasião. Aproveitem as dicas, e arrasem na Ceia de 2008.

TORTA DE NOZES

Tempo de preparo: Mais de 2 horas Serve: 8 porções

Ingredientes para o Peru

1 peru de 6,5 a 7 kg 360 ml de shoyu (molho de soja) 1/3 xícara (chá) de mel 6 grãos de pimenta-do-reino quebrados 3 colheres (sopa) de gengibre fresco picado 2 dentes de alho amassados 1 colher (sopa) de vinagre de vinho branco 1/4 xícara (chá) de água quente 1 porção de farofa de maracujá com castanhas de caju

Modo de Preparo

1. Retire do peru o saquinho com os miúdos. Se quiser, guarde para um outro preparo. 2. Numa tigela grande, misture o shoyu, o mel, as pimentas quebradas, o gengibre picado, o alho, o vinagre de vinho branco e a água quente. Coloque o peru, cubra com papel filme e deixe na geladeira por 12 horas, virando a cada 4 horas. 3. Pré-aqueça o forno a 180ºC (temperatura média). 4. Retire o peru da marinada e enxugue com um pano limpo. Recheie-o com a farofa de maracujá. Costure a fenda com uma agulha grossa de arremate de tricô e barbante fino. 5. Transfira o peru para uma assadeira e cubra com papel alumínio. Leve ao forno pré-aquecido para assar por 60 minutos. 6. Retire o papel alumínio e aumente a temperatura para 200ºC (temperatura alta). O tempo para assar depende

28

• TÍPICA •

Divulgação

Divulgação

PERU COM MOLHO ORIENTAL

Tempo de preparo: Menos de 2 horas Serve: 10 porções

do peso do peru (na receita o peru tem 6,5 kg e assou em 4 horas), alguns possuem um termômetro para avisar se está pronto. Quando estiver assado, retire do forno, cubra com papel-alumínio e deixe descansar por 15 minutos. 7. Sobre uma tábua, fatie o peru e sirva com o molho.

Ingredientes para a Massa

Modo de Preparo

Ingredientes para o Molho

Modo de Preparo

2. Retire do fogo, acrescente o leite de coco e misture bem. Deixe esfriar.

1 xícara (chá) de caldo de galinha (se for usar cubo, dissolva apenas 1) 1/2 xícara (chá) de vinho branco seco 1/2 xícara (chá) de suco de laranja 1/2 xícara (chá) de ameixas pretas sem caroço 1 pitada de noz moscada ralada 1 colher (chá) de gengibre em pó 1 colher (chá) de açúcar 2 colheres (sopa) de vinagre de vinho tinto

Modo de Preparo

1. Numa panela, acrescente o caldo de galinha, o vinho e o suco de laranja. Leve ao fogo médio. Quando ferver, adicione as ameixas e deixe cozinhar por 5 minutos. 2. Abaixe o fogo e coloque o restante dos ingredientes. Deixe cozinhar por mais 5 minutos e retire do fogo. 3. Quando esfriar, bata todos os ingredientes no liquidificador até obter uma mistura homogênea. Volte à panela e leve ao fogo médio para aquecer. Sirva quente com o peru.

500 g de nozes sem cascas e moídas 500 g de açúcar 5 colheres (sopa) de farinha de rosca 12 ovos Manteiga e farinha de trigo para untar e polvilhar

1. Numa panela, coloque a água e misture o açúcar até dissolver. Leve ao fogo médio e deixe cozinhar, sem mexer, até formar uma calda.

1. Pré-aqueça o forno a 180ºC (temperatura média). Unte duas fôrmas redondas com manteiga 3. Peneire as gemas e misturee polvilhe com farinha de trigo. as à calda fria. Volte a panela ao fogo brando e mexa até 2. Peneire o açúcar e separe as engrossar e atingir o ponto de claras das gemas. geléia. 3. Na batedeira, coloque as claras e bata até o ponto neve. Ingredientes para a Cobertura Em seguida, acrescente as ge- 6 claras mas, uma a uma, batendo 12 colheres (sopa) açúcar entre cada adição. Por último, Nozes trituradas para decorar adicione o açúcar peneirado. 4. Sem parar de bater, acrescente as nozes moídas e a farinha de rosca, aos poucos. Divida a massa nas fôrmas. Leve ao forno para assar por cerca de 20 minutos. Retire do forno e deixe esfriar.

Ingredientes para o Recheio 1 copo americano de água 250 g de açúcar 200 ml de leite de coco 6 gemas

Modo de Preparo

Na batedeira, coloque as claras e bata até o ponto neve. Adicione o açúcar e bata apenas para misturar.

Montagem

Desenforme as massas, acrescente o recheio sobre uma delas e coloque a outra por cima. Espalhe a cobertura e polvilhe com as nozes trituradas.


• TÍPICA •

29


Emily Andrade

PERSONALIDADES

HISTÓRIA DA VIDA DE UMA GRANDE MULHER por Silmara Soares

A

revista Típica nesta edição, destaca uma das empresárias de maior sucesso em Sumaré. Mas, com qual palavra podemos definí-la? Seria determinação, por ser uma pessoa que conseguiu superar seus limites, passando de professora particular de francês a excelente administradora?; uma pessoa de coragem, por nunca ter desistido de lutar para trazer benefício para a cidade:; uma mulher de bom coração, que contribuiu e contribui com diversas ações sociais? ou talvez definí-la como uma pessoa de muita fé, por acreditar que até nos piores momento de sua vida Deus esteve com ela? Essas palavras são algumas que poderíamos usar no início dessa trajetória, aliás, dessa história de vida de Marie Rose Gebara Maluf. Nascida em Damasco, na Síria, dona Rose veio para o Brasil em 1946, após a Segunda Guerra Mundial. Acompanhada de seus pais e irmãos, foi morar no Rio de Janeiro. Única mulher entre os seis irmãos, foi criada nos “paparicos” da mãe, que dizia “Rose é um presente de Deus”. Em 1945 casou-se com Fuad Assef Maluf e veio morar em Sumaré. Fundador da Têxtil Assef Maluf, Fuad faleceu em 1989. Aos olhos de dona Rose, o marido tinha um coração enorme e fez a empresa se tornar destaque entre as melhores da região, sobretudo, por investir em recursos humanos. Sem nunca ter trabalhado fora de casa, dona Rose

30

• TÍPICA •

teve que assumir a direção da empresa após a morte do companheiro. Hoje, além de ser mãe, avó, conselheira da Sinditêxtil e da Ciesp (Confederação das Indústrias do Estado de São Paulo) e diretora-presidente da Assef Maluf, é incansável, pois não deixa de trabalhar em benefício da sociedade. Sempre lutando na melhoria de vida das pessoas, se desdobra na contribuição e acompanhamento no dia-a-dia de entidades, abrigos, casas de apoios, associações, escolas e projetos. “Quanto mais eu ajudo o próximo, mais força adquiro para continuar a vida”, resume sua vontade em benefício do outro. Num bate papo descontraído, a empresária destaca outras coisas que gosta de fazer em momentos de lazer, sem ser caridade: um bom livro, uma ótima música clássica e excelentes concertos musicais não podem ficar fora de sua agenda. Além desses hobbys, dona Rose gosta muito de viajar, um dos passeios que marcou sua vida, por ter encontrado muita religiosidade, foi a viajem para Tunísia, passando por Istambul e Capadócia. EMPRESA Dos 44 anos de Assef Maluf, Rose vem administrando a empesa há 20 anos, com os mesmos princípios que seu


Durante a entrevista, pede para dei

xar uma mensagem

carinhosa às filhas que tanto ama. “Apesar de sermos de gerações diferentes e discordarmo s em alguns assuntos, eu as amo muito e peço à Deus que seu s caminhos sejam de Luz, Paz e mu ita Alegria. E que nos momentos difíceis da vid a, lembrem-se que nunca estamos só; que Jesus sempre nos carrega, pois é o único que nunca nos abandona. E peço per dão à vocês pelos erros que pude ter cometido ”, declara emocionada.

sogro e marido implantaram: destacar o lado social e não viver no capitalismo selvagem. Com esse objetivo, a empresa oferece curso as famílias de funcionário, com o intuito de integrar e valorizar a família. “Fufo”como era chamado pelos amigos, trabalhou incansavelmente pelo desenvolvimento de Sumaré e o trabalho desse profissional deixou marcas no meio empresarial. Em todos esses anos, a Assef Maluf construiu uma sólida reputação na área de têxteis técnicos, com forte atividade em desenvolvimento de produtos e gestão de qualidade, que a fez conquistar vários prêmios. Nesse ano conquistou o Troféu Paulista do Prêmio SESI Qualidade de Trabalho, como primeira colocada na categoria médio empresa. Ao lhe perguntar o que a empresa representa em sua vida, ela responde resumidamente seus sentimentos em apenas uma palavra: “tudo”, completando que quando Fuad faleceu, sentiu-se na escuridão. “Deus e a empresa me ajudaram a sobreviver”, conta emocionada. Ao assumir a direção da empresa 20 dias após a morte de Fuad, estava ela em uma atividade empresarial, numa multinacional, dizendo em público que iria continuar tocando o negócio da família. “O pessoal nem se quer sonhava que eu não sabia nada”, lembra a empresária de sucesso.

Apaixonada pela cidade onde mora, deixa claro sua opinião a respeito de sociedade e Poder Público, dizendo que a população tem que contribuir com o desenvolvimento da cidade e não esperar apenas que o governo resolva tudo sozinho. Aproveitando essa linha de pensamento, ela agradece em nome do Presidente da Fiesp (Federação de Indústrias do Estado de São Paulo), Paulo Skaf e do Prefeito José Antonio Bacchim, todos aqueles que ajudaram, direta ou indiretamente, a trazer o Sesi para o município. Mesmo diante desse perfil de alguém que viajou o mundo; conhecedora de várias línguas e com histórico de mulher apaixonada pela vida e que não se cansa de desenvolver ações sociais, dona Rose se diz realizada por ter uma família maravilhosa. Por fim, com a conquista do SENAI (Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial) para Sumaré, é grata por terem escolhido o nome de seu falecido marido para a escola: Fuad Assef Maluf.


MOVIMENTO

O ESPORTE QUE MAIS GASTA CALORIAS SEM SACRIFÍCIOS

O Squash parece brincadeira de criança mas são os adultos que colhem resultados

Emily Andrade

por Andréia Dorta

O

Squash é um esporte pouco conhecido no Brasil e são inúmeros os comentários sobre a prática esportiva, que vai desde a confusão com esportes aquáticos a nenhum conhecimento sobre o assunto. Por ser um esporte dinâmico e 100% de agilidade, é possível entender o motivo da prática intensiva em países frios e não tropicais como no Brasil. Mas afinal, o que é o Squash? O professor de educação física, Paulo Eduardo Miranda (27), esclarece que o esporte é praticado em quadra fechada por quatro paredes, sendo a traseira de vidro; uso de raquete e uma bola preta de borracha. Pode ser disputado por dois ou quatro jogadores, quando praticado em duplas. Em jogos profissionais, os quatro lados são de vidro e a bolinha é branca. Os jogadores alternam as jogadas rebatendo a bolinha na parede frontal, 32

• TÍPICA •

em que há três tipos de marcações por meio de linhas. É como um jogo de tênis, em que o campo adversário, num primeiro momento, fica ao seu lado e não a sua frente. “A bola, após o saque, tem que cair dentro do quadrado maior oposto e pingar apenas uma vez no chão, quando o adversário tem que rebater para algum dos lados. Depois que bate na parede frontal, pode tocar nas laterais ou na parede do fundo, que são espaços neutros”, explica o professor Miranda. Existem também as marcações no chão da quadra. Essas direcionam os movimentos e saques dos jogadores, que alternam as jogadas dos quatro lados. Outra curiosidade desse esporte é que durante um campeonato, são três árbitros que analisam o jogo. Ufa, parece um tanto complicado, mas o esporte é simples e não basta apenas ver, o interesse desperta com a prática.


O empresário Mauro Sérgio Saraiva (42) praticou a modalidade em 1990 na cidade de Santo André. Desde o ano passado, pratica o esporte com amigos na cidade de Sumaré. “O Squash é legal e não é difícil de aprender. A pessoa vem, aprende e começa a jogar fácil”, afirma. Outro adepto do esporte é o administrador de empresas Hamilton Puga Calado (31). “Eu comecei pela indicação de um amigo. Não fazia nenhum esporte e achei bem ativo. Em relação à tudo que já fiz, é sempre um jogo novo. Tem que ter fôlego e treino”, declara Calado. E para ter exemplos do que isso significa, veja o quadro ao lado as calorias gastas conforme algumas atividades físicas. Para entender melhor a origem do Squash, existem duas vertentes: a primeira surgiu no século XIX, no “The Fleet”, um presídio em Londres em que os prisioneiros praticavam exercícios físicos num pequeno espaço, batendo uma bola contra a parede por meio de bastões. Outra vertente é que foi inventado em 1830 na escola de Harrow por alunos, que descobriram movimentos de maior impacto e variedade de batidas realizadas pela raquete furada, o que exigia maior esforço e agilidade dos jogadores. Um fato interessante é que as primeiras quadras de Squash foram construídas nessa escola.

A Revista Forbes (revista de negócios, economia e finanças norte-americanas fundada em 1917) afirmou que esse esporte é o mais saudável, baseado numa pesquisa entre médicos, professores, fisiologistas, treinadores e esportistas. Na pesquisa foram adotados critérios de avaliação como: flexibilidade; gasto de calorias queimadas em 30 minutos de atividade; risco de contusões; resistência cardiorespiratória; força e resistência muscular. A conclusão final da pesquisa foi que o Squash é saudável para prática em qualquer faixa de idade, sexo ou porte físico. Além disso, é o melhor esporte para entrar em forma e fortalecer os músculos. Para ter uma idéia, são queimadas 517 calorias a cada 30 minutos, chegando aproximadamente em 1200 calorias durante uma hora quando praticados por amadores e até 1500 calorias por profissionais, entretanto tudo depende do desempenho individual.

ATIVIDADES FÍSICAS E GASTOS CALÓRICOS POR HORA Ciclismo

350 a 550 cal/h

Corrida

500 a 600 cal/h

Futebol

500 a 700 cal/h

Hidroginástica

300 a 400 cal/h

Ginástica Aeróbica

350 a 500 cal/h

Caminhada

300 a 400 cal/h

Squash Fonte: http://www.terra.com.br

900 a 1200 cal/h


EVENTOS

SUCESSO E RECONHECIMENTO NA ENTREGA DO PRÊMIO FUFO 2008 EM SUMARÉ Após análise dos inscritos, 22 foram escolhidos para premiação por Andréia Dorta

S

umaré há tempos se destaca pelos títulos recebidos e não é por menos. A cidade se desenvolve gradativamente graças aos investimentos de empresas e apoio da população. No dia 31 de Outubro aconteceu a 14ª edição do Prêmio Fufo no Clube Recreativo, com o objetivo de reconhecer publicamente empresas e pessoas que trabalham, incentivam e participam no crescimento sumareense. A solenidade contou com a presença de entidades, empresários e autoridades que juntos promoveram um dos mais importantes eventos da Cidade Orquídea. O Prêmio Fufo surgiu em 05 de Setembro de 1989 por intermédio da ACIAS (Associação Comercial, Industrial e Agropecuária de Sumaré), homenageando na ocasião o saudoso empresário Fuad Assef Maluf (cidadão que soube dinamizar e fortalecer o desenvolvimento sumareense por meio de ações focadas no empreendedorismo). Desde então, todos os inscritos passam pela análise de mercado, visando reconhecer os que melhor se destacam no município mediante os critérios previamente estabelecidos no regulamento do prêmio. A premiação é um incentivo às empresas de micro, pequeno, médio e grande porte dos segmentos de mercado como indústria, comércio, prestação de serviços e agricultura Segundo Cláudio Padovani, presidente da ACIAS, participar desse evento é ter a oportunidade de mostrar a capacidade dos empreendedores no potencial de crescimento da cidade e promover o reconhecimento de seus atos através dos benefícios trazidos ao município. A expectativa é aprimorar a cada ano, seguindo em direção a resultados cada vez melhores. No fim de seu mandato como presidente, afirma estar feliz por tantos frutos colhidos durante todos esses anos. Um dos grandes méritos do evento foi à arrecadação de toda a renda do prêmio, totalizada em pouco mais de R$ 11.500,00, revertida a Sociedade Pestalozzi, cuja missão é o incentivo da cidadania nas áreas da Saúde e Educação de pessoas com deficiência intelectual. Foram 22 os agraciados conforme as categorias indicadas e diante de tantos talentos e profissionalismo, a decisão na escolha de apenas um por categoria é um dos maiores obstáculos à comissão julgadora. Para os empresários Ilma Fabretti, Leandro e Samuel Veiga, que se empenham para chegar ao reconhecimento comercial nos próximos anos, o desafio é grande, o percurso longo e a recompensa grandiosa. Conheça quem foram os agraciados do Prêmio Fufo 2008. 34

• TÍPICA •

GANHADORES DO TROFÉU FUFO 2008 CATEGORIA

PREMIADO

Indústria de Pequeno Porte

Indústria e Comércio Rapadura Terra Ltda.

Excelência em Atendimento Melhor Empresa

Farmácia Passiflora

Profissional da Área Rural

Erick Rodrigo Biondo

Comércio Área Cura

Good Bom Supermercados Protect Confecções Ltda. ME

Indústria de Médio Porte Profissional da Área de Justiça

Dr. Elmer Neilsen Schmidt Lima José Carlos Blander

Comércio Picerno

Supermercado Paraná

Profissional da Área de Comunicação

Claudinei Aparecido Soares

Comércio Centro

Panificadora e Confeitaria Silva

Indústria de Grande Porte

Amanco Brasil S/A

Excelência em Atendimento Melhor Atendente

Daniel Joaquim da Silva

Empresa Prestadora de Serviços

Eletro Motores J.S. Nardy

Revelação do Ano

Márcio André Tito da Silva Tito´s Bar

Profissional da Área de Segurança

Paulo de Tarso Tognini

Comércio Centro Empreendedor do Ano

Panificadora e Confeitaria Silva Valentim Carlos Omborgo Têxtil Omborgo

Comércio de Médio a Grande Porte

Sotreq S/A

Profissional Liberal

Marcelo Izaias da Silva

Comércio Matão

Nacional Telha

Excelência em Filantropia

Ruth Miranda Vasconcellos

Comércio Nova Veneza

Imobiliária Brasil

Profissional da Área de Saúde


PARTICIPANTES DO EVENTO

1

1) Cláudio Padovani e José Antonio Bacchim; 2) Autoridades compõem a mesa para a entrega dos prêmios; 3) Marie Rose Gebara Maluf; 4) Representantes da Sociedade Pestalozzi de Sumaré; 5) Márcio André Tito da Silva; 6) Representantes da empresa Amanco; 7) Nanci Munhaes Ferreira e Aparecida Corsatto; 8) Elmer Neilsen Schmidt Lima; 9) Maria Fátima da Silva Augusti e Edmilson Antonio Augusti junto com o casal Nelson, Ilma e a filha Lara Fabretti; 10) Samuel Veiga e Leandro Veiga.

2

3

4

5

6

7

8

9

10


HORÓSCOPO

Previsões astrológicas para todos os signos no ano de 2009! por Magda de Mariolani

`

GÊMEOS 21/05 a 20/06

b

LEÃO 22/07 a 22/08

d

LIBRA 23/09 a 22/10

f

SAGITÁRIO 22/11 a 21/12

h

AQUÁRIO 21/01 a 19/02

Em 2009, você quer brilhar e se expressar de forma única no meio do grupo. É hora de se voltar para as artes, atividades inspiradas ou onde ocupe o centro das atenções, organizando ou liderando outros. Encontra amigos místicos ou artistas. É hora de dar mais atenção à vida afetiva!

Este será o ano das comunicações (mais ainda?). Você deve organizar melhor seus estudos e fazer uma reavaliação das amizades. A vida social aumenta e pode trabalhar junto a um amigo ou grupo. Mais interesse em filosofia, viagens, idiomas ou visitas a locais sagrados.

2009 incentiva você à “mudar a cabeça”, procurar novos horizontes, viajar, fazer pós-graduação, estudar, trabalhar com a mídia, envolver-se com comunicações ou espiritualidade. Mais ambiciosa (o), quer abrir novos caminhos na vida. Atrai parcerias, mas seja seletiva (o) na escolha.

Em 2009, não se esqueça de que você é regida (o) por Vênus, a deusa do amor, e comece a dar mais atenção à vida afetiva e social. Se estiver só pode conseguir ser notada (o) por uma pessoa especial, e se já tem alguém, é hora de buscar a harmonia na relação sem apelar para ilusões.

Você sempre buscou novos horizontes, e em 2009 vai se empenhar nisso. Pode se interessar por viagens, contatos com o exterior, cursos, universidades, publicidade, política, congressos, publicações ou estudos filosóficos e metafísicos. No meio dessa correria, não se esqueça de dar atenção ao amor.

Inspirada (o) e artística (o) em 2009, mas lembre-se de dar um resultado sólido aos seus projetos. Novas portas podem se abrir também através de propostas de parceria, mas você deverá ser seletiva (o) na hora de escolher quais serão os parceiros, pois não quer ser anulada (o) por um acordo.

_ a c e g i

TOURO 21/04 a 20/05 Em 2009, a casa e a vida familiar, vão exigir um pouco de você que deverá acertar certas coisas nessa área. Mais sensível nos relacionamentos, curta o amor e evite os vampiros! Na vida profissional, pode se sentir mais inspirada (o), envolver-se com arte, filosofia, terapia, cura ou viagens.

CANCÊR 21/06 a 21/07 Neste ano vai trabalhar com afinco, usar seus talentos para equilibrar as rendas, mas deixe de lado a tentação dos grandes centros de compra. O que você busca agora é segurança, evite negócios muito fantasiosos e aproveite a grande popularidade na vida profissional!

VIRGEM 23/08 a 22/09 2009 é o ano de buscar o equilíbrio, cuidar da alimentação e dedicar-se ao cultivo de hábitos saudáveis etc. Pode se envolver com ervas, plantas, naturopatia, alongamentos, curas alternativas etc. Nas relações, vai estar mais intuitiva (o), captando o lado oculto das pessoas.

ESCORPIÃO 23/10 a 21/11 Em 2009, pode se voltar para o trabalho e ganha popularidade. Vai reavaliar sua atividade, buscar um novo significado para o que está fazendo. É normal que assuma mais responsabilidades na família ou no emprego. No final de 2009, vai montar estratégia para ter mais autonomia no trabalho.

CAPRICÓRNIO 22/12 a 20/01 Neste ano você quer transformar radicalmente algumas coisas na vida. Reflita que áreas precisam ser mudadas, pois está com energia para transformações. A criatividade e a sorte podem ajudar na vida financeira, mas evite riscos e especulações. Sensual e intensa (o) nos relacionamentos.

PEIXES 20/02 a 20/03 Em 2009, deverá explorar melhor seus talentos a fim de criar rendas. O ano estimula o cultivo de hábitos saudáveis, boa alimentação, ginástica, alongamento etc. Pode se interessar por cura, saúde ou expandir o desenvolvimento espiritual através da arte ou outras formas de canalização.

Astróloga Mágda de Mariolani

www.astrologianaweb.com.br (astrologia, auto-conhecimento, vidas passadas, fases da lua e muito mais) e-mail: magda_mariolani@terra.com.br • (19)3287.5199 36

• TÍPICA •

Armazém da Foto

^

ÁRIES 21/03 a 20/04


Filme: MADAGASCAR 2

A GRANDE ESCAPADA

Divulgação

DICAS DE CULTURA

Elenco: Ben Stiller, Chris Rock, David Schwimmer, Jada Pinkett Smith, Sacha Baron Cohen, Cedric The Entertaine e Andy Richter Data Prevista: Dezembro/2008 Resenha: O filme é a continuação da animação

Filme: RIO CONGELADO Elenco: Don Cheadle, Lisa Kudrow

Divulgação

Madagascar (2005) mas, desta vez, o cenário irá mudar. Alex, Marty, Melman e Glória estarão no meio da savana africana. O enredo mostrará os animais tentando voar de volta para Nova York, mas acabam caindo na África. No meio de muita confusão, o leão Alex se aproxima de sua família verdadeira

Data Prevista: Janeiro/2009

Livro: TUDO OU NADA

Autor: Roberto Shinyashiki

Sinopse: Um livro para você criar coragem e mergulhar nos chamados da vida... Um alerta para quem deseja construir sua história do jeito que sempre sonhou, mas nunca realizou... Será que nossos desejos mais ousados são realmente impossíveis de alcançar? Você tem certeza de que já tentou todos os caminhos para sua realização? Qual foi a última vez que você se permitiu tomar as rédeas da sua vida? Neste livro, você vai aprender a identificar os momentos em que é necessário realizar uma ruptura na sua maneira de pensar e agir. Momentos decisivos de escolhas que afetarão sua vida para sempre, sem volta. Momentos cruciais que trazem a chance de construir de verdade sua própria história.

NOSSO AMIGUINHO

Esta é a revista da Turma do Nosso Amiguinho. Muitas brincadeiras, histórias, experiências e curiosidades que proporcionarão horas de lazer para as crianças. Não perca a oportunidade de dar um bom presente para seus filhos.

VIDA E SAÚDE

Qualidade de vida, dicas de saúde, alimentação e exercícios físicos são temas dessa conceituada revista mensal.

REVISTA TÍPICA

A revista TÍPICA é uma publicação bimestral, especialmente criada para a cidade de Sumaré, focada em pautar todos os acontecimentos, desafios, conquistas e a vida sumareense de modo geral. Adquira já a sua assinatura!

Para assinar, contate o representante de Sumaré: Daniel de Freitas - Fone: 19 3873.2252

Divulgação

Resenha: Ray Eddy é uma mãe que vive num trailer numa região do interior do estado de Nova York, e que ajuda imigrantes a passarem ilegalmente do Canadá para os Estados Unidos através de uma Reserva Indígena Mohawk. Normalmente, uma mulher tímida e reservada, Ray começa a facilitar a entrada de imigrantes ilegais como única forma de manter sua família unida depois de seu marido ter sumido com o dinheiro da casa de seus sonhos.


ARTIGO

SUMARÉ E A

Alaerte Menuzzo Secretário Municipal de Desenvolvimento Econômico

S

CRISE MUNDIAL

umaré não está imune aos efeitos da crise financeira mundial. Os investimentos anunciados por empreendedores nos últimos meses estão “em fase de reavaliação”, por conta da incerteza dos rumos da economia. Acredito que o Brasil sairá fortalecido da crise, graças à situação de nossa economia: mais estável hoje do que anos atrás. O discurso tranqüilizador do governo federal não pode anestesiar o empresariado brasileiro, na esperança de que as coisas se resolvam com o tempo. É nesse momento que os empresários devem mostrar a versatilidade e adapta-

ção rápida em momentos difíceis como esse. Para quem enfrentou inflação crônica, alguns pacotes econômicos desastrosos e uma das maiores taxas de juros do planeta, certamente não irá sucumbir desta vez. Eles serão, de novo, figuras ativas e criativas no mundo dos negócios. O mundo não será o mesmo depois da crise. O Brasil vai mudar e muito, mas para melhor. E Sumaré irá também trilhar novos caminhos, gerando renda e empregos. Neste primeiro momento, o capital estrangeiro deixa de investir em nosso país, em Sumaré, e já que não podemos contar com esses investimentos, entendo ser oportuno voltar os olhos a um segmento que sempre prometeu dias melhores para a economia brasileira: a micro e pequena empresa. Elas são caminhos certos para motivação à novas oportunidades e empregos. É criativo o modo geral como o brasileiro começa o degrau do empreendedorismo por meio da pequena e micro-empresa. Nessa linha, muitas experiências sólidas podem ser contadas por grandes empresários brasileiros. Nesse horizonte, mais do que nunca, o País não pode deixar de dar a eles a posição que sempre foi cobrada por entidades de respeito. Chegou à vez dos micros e pequenos empreendedores. Para o bem de Sumaré e do país, vamos começar a fazer a nossa lição de casa.

38

• TÍPICA •


• TÍPICA •

39


Revista Típica - Edição 04  

A Revista Típica é uma publicação da Editora Seta Regional e têm como objetivo levar a seus leitores, entretenimento, tendências, atualidade...

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you