Page 1

programação J

U

LIVRETO_25-05.indd 1

N

H

O

/

2

0

1

7

25/05/17 17:42


2

LIVRETO_25-05.indd 2

25/05/17 17:42


programação J

U

LIVRETO_25-05.indd 3

N

H

O

/

2

0

1

7

25/05/17 17:42


I D E I A S

E

A Ç Õ E S

P A R A

U M

N O V O

T E M P O

As formas de viver, as interações sociais, as expressões culturais ou as manifestações políticas – enfim, o correr das histórias individuais e coletivas – se dão, invariavelmente, nos territórios. Ali, mediadas pelas relações entre os agentes sociais, ideias são concebidas, projetos são construídos materializando tanto um lugar de conquistas, que valorizam as potencialidades humanas e os bens naturais, como também um campo de disputas, que impõem conformações desfavoráveis ao equilíbrio entre as paisagens e os indivíduos. São estas algumas das principais referências que contribuem para o Ideias e Ações para um Novo Tempo – projeto realizado pela área de Educação para Sustentabilidade do Sesc São Paulo, desde 2012, com o intento de discutir a complexidade das questões socioambientais e espraiar o diálogo sobre sustentabilidade na sociedade.

LIVRETO_25-05.indd 4

25/05/17 17:42


Na base deste projeto está o desafio de identificar reflexões e práticas socioambientais que possam ser referências para o debate e a mobilização das pessoas, promovendo ações educativas, formativas e espaços de encontro para a troca de conhecimentos, saberes e práticas. A proposta envolve uma metodologia de trabalho para o desenvolvimento de ações programáticas a partir da identificação de projetos socioambientais nos territórios onde as Unidades estão inseridas. Com isso, garante-se a reflexão sobre como os princípios da sustentabilidade se expressam nestas ações e quais são os impactos gerados para a comunidade local. Neste mês, teremos parte desse trabalho presente na programação das nossas Unidades. Sejam bem vindos!

LIVRETO_25-05.indd 5

25/05/17 17:42


E S P E C I A L

DIÁLOGOS SOBRE OS DESAFIOS SOCIOAMBIENTAIS CONTEMPORÂNEOS O seminário propõe abordar o avanço da crise ambiental planetária a partir de uma dupla perspectiva: a compreensão do problemático contexto atual e a apresentação de caminhos teóricos e práticos que já estão em curso para minorar os impactos ambientais e construir um planeta mais sustentável e equânime. Para tanto, especialistas de várias áreas do conhecimento tratarão do tema, que é por definição transdisciplinar, ao traçar um panorama do contexto socioambiental contemporâneo, discutir a natureza como bem público e a apropriação do patrimônio ambiental como mercadoria, o caráter econômico e tecnológico envolvidos nas discussões sobre sustentabilidade, e esforços realizados para promover a educação ambiental e a influência nas políticas públicas. Com Enrique Leff , Ricardo Abramovay , Renato Janine Ribeiro, Pedro Roberto Jacobi , Marcos Sorrentino, Ailton Krenak, Cristina Adams , Ladislau Dowbor, Renato Dagnino, dentre outros pesquisadores. Consulte a programação no Portal. Inscrições: A partir do dia 2 de maio, às 14h, pelo Portal Sesc SP ou pessoalmente nas Centrais de Atendimento das Unidades do Sesc em São Paulo (Capital, Litoral e Interior). INFORMAÇÕES seminarios@vilamariana.sescsp.org.br Sesc Vila Mariana | 1 e 2/06. Quinta e sexta, das 10h às 18h

LIVRETO_25-05.indd 6

25/05/17 17:42


MOSTRA TERRITÓRIOS EM TRANSFORMAÇÃO Espaço de encontro com a representação de experiências e iniciativas socioambientais de referência, em nível local e regional, cuja curadoria foi compartilhada entre as Unidades do Sesc SP e a Gerência de Educação para Sustentabilidade e Cidadania. O eixo central desta ação é voltar o olhar para o território onde as Unidades estão inseridas, o que pressupõe identificar iniciativas e práticas socioambientais que vêm sendo realizadas em distintas regiões do estado de São Paulo e que se destacam pelo seu potencial educativo, pelos impactos da sua intervenção no território e na mobilização e envolvimento comunitário. Assim, a mostra tem como objetivos se constituir como um espaço de troca de conhecimentos e saberes sobre iniciativas socioambientais que possam ser referência para o debate e a mobilização das pessoas para a intervenção social, bem como valorizar, difundir e fortalecer a rede de iniciativas na área socioambiental. A dinâmica desta programação prevê a apresentação das iniciativas em formato expositivo, realização de oficinas, rodas de conversa, vivências e uma atividade de formação prévia com os expositores convidados. Praça de Eventos. Livre. Grátis. Sesc Vila Mariana | 2/06. Sexta, das 12h às 20h 3 e 4/06. Sábado e domingo, das 10h às 18h

LIVRETO_25-05.indd 7

25/05/17 17:42


IDE IA S E AÇ ÕES PA R A UM NOVO TEM P O

ÍNDICE programação / junho / 2017

9 Belenzinho

33 Vila Mariana

10 Bom Retiro

35 Araraquara

12 Centro de Pesquisa e Formação

36 Bauru

14 Consolação

37 Campinas

15 Florêncio de Abreu

38 Jundiaí

17 Interlagos

38 Piracicaba

20 Itaquera

41 Registro

23 Parque Dom Pedro

44 Ribeirão Preto

24 Pinheiros

44 Santos

25 Pompeia

45 São Carlos

26 Santana

45 São José dos Campos

27 Santo Amaro

48 Sorocaba

28 Santo André

50 Taubaté

29 São Caetano

52 Thermas de Presidente Prudente

33 Sesc TV

LIVRETO_25-05.indd 8

25/05/17 17:42


C A PITAL / GRAN DE S ÃO PAULO

BELENZINHO

OFICINA DE HORTAS URBANAS Cultivo orgânico de hortaliças com orientações sobre: escolha do local; seleção das plantas – hortaliças e algumas plantas alimentícias não convencionais (PANC); definição do vaso ou canteiro – plantas companheiras; preparação do solo; plantio - mudas e sementes; irrigação; iluminação; adubação - compostagem; colheita. Prática: plantio em vasos. Com integrantes da Associação dos Agricultores da Zona Leste. Acima de 12 anos. Retirada de senha 30 minutos antes do início da atividade. 3/06. Sábado, das 10h às 13h (turma 1) 4/06. Domingo, das 10h às 13h (turma 2) OFICINA DE ERVAS AROMÁTICAS E TEMPEROS Cultivo e uso de ervas e temperos em pequenos espaços. Orientações sobre: identificação; cultivo e uso; plantio em vaso – ervas temperos e flores comestíveis; como produzir mudas; colheita, secagem e armazenamento; aromatização de azeites, vinagres, manteiga e sal com ervas. Prática: plantio em vasos. Preparo de sal com ervas. Com integrantes da Associação dos Agricultores da Zona Leste. Acima de 12 anos. Retirada de senha 30 minutos antes do início da atividade. 10/06. Sábado, das 10h às 13h (turma 1) 11/06. Domingo, das 10h às 13h (turma 2) 9

LIVRETO_25-05.indd 9

25/05/17 17:42


BOM RETIRO

VISITA AO GALPÃO DO PROJETO REVIRAVOLTA Visita mediada ao Galpão do Projeto Reviravolta, onde o público será recebido pelos educadores e coordenadores do projeto, conhecendo a dinâmica da reciclagem de resíduos sólidos e o aspecto social de ressocialização de moradores de rua. A especificidade do ReviraVolta é a metodologia de atuação com a população em situação de rua através da geração de renda a partir da reciclagem de resíduos e da educação ambiental, tendo o trabalho foco de atuação na sociabilidade, reinserção social e reconstrução da cidadania. Galpão do Projeto Reviravolta – Rua 25 de Janeiro, 274 – Luz Aberto para público em Geral. Gratuito. Inscrições na Central de Atendimento. Vagas limitadas. 9/06. Sexta, às 10h e às 14h

10

LIVRETO_25-05.indd 10

25/05/17 17:42


VIVÊNCIA COM PROJETO REVIRAVOLTA A vivência consiste em uma troca de experiências com os participantes atendidos pelo Projeto Reviravolta que saíram da situação de rua e se integraram na Cooperativa através do ofício de coleta de resíduos. Sala de Oficinas. Aberto para público em Geral. Gratuito. Inscrições na Central de Atendimento. Vagas limitadas. 23/06. Sexta, às 14h30 “O HOMEM DO SACO” (BRA/60/DOC/DIR Carol Wachockier, Felipe Kfouri e Rafael Halpern)

O homem do saco é um personagem conhecido por levar crianças desobedientes na sacola. O que muitos não sabem é que ele é um personagem real, um homem que vive à margem da sociedade e caminha invisível perante os olhos de todos, catando materiais recicláveis para se sustentar. Hoje, esse homem desenvolveu seu próprio método de coleta e tornou-se catador, profissão alternativa ao desemprego que assola muitos brasileiros. Teatro. 28/06. Quarta, às 19h30

11

LIVRETO_25-05.indd 11

25/05/17 17:42


CENTRO DE PESQUISA E FORMAÇÃO

AGROECOLOGIA QUILOMBOLA OU QUILOMBO AGROECOLÓGICO? A palestra tem o objetivo de discutir o encontro entre o modo de vida de uma comunidade quilombola e um universo ambientalista muito peculiar, disseminador de agroflorestas e construtor de “agrofloresteiros” - muitas tensões, resolução e construção de problemas políticos e socioculturais. A pesquisa buscou compreender os métodos através dos quais a agroecologia poderia encarar o desafio da autoconstrução através do diálogo de saberes (científicos e não-científicos). Por um caminho pouco explorado, a inserção neste território conflituoso desenrolou-se por meio de uma construção biográfica. Os dilemas foram encarados e analisados através, principalmente, da história de vida de uma mulher quilombola, liderança das comunidades locais e representante tanto do movimento quilombola como do movimento agroecológico brasileiro - Nilce de Pontes Pereira do Santos. Com Laura de Biase, pesquisadora e consultora. Doutorado em Geografia Humana (FFLCH-USP), Mestrado em Ecologia Aplicada (ESALQ/Cena-USP) e Graduação em Engenharia Florestal (ESLAQ-USP), atua nas seguintes áreas: “campesinato e gênero”, “comunidades quilombolas”, “agroecologia” e “recuperação de áreas degradadas”. 22/06. Quinta, das 19h30 às 21h30 R$ 15,00 / R$ 7,50 / R$ 4,50

12

LIVRETO_25-05.indd 12

25/05/17 17:42


INTRODUÇÃO À PERMACULTURA A crise civilizatória e o atual cenário de degradação ambiental e da vida suscitam novas formas de enxergar o mundo. O minicurso tem como objetivo proporcionar aos participantes a compreensão da Permacultura de forma introdutória, possibilitando o conhecimento às informações a respeito de seus conteúdos e metodologia. Conteúdo programático: A ideia primordial do curso é introduzir em um total de 16 horas a permacultura para o público, levando em consideração os primeiros módulos do Permaculture Design Course (PDC) que possui duração mínima de 72 horas. Assim, foram escolhidos os seguintes temas básicos: o que é Permacultura; sua história; princípios éticos e de planejamento; padrões físicos e temporais; metodologia de planejamento do espaço; setores, zonas e elementos. Com Arthur Nanni, Pai do Caio e do Theo. Permacultor. Graduado em geologia e doutor em geociências. Professor da UFSC com experiência na área de ciências da Terra com ênfase em Permacultura e gestão de águas. Coordenador do Laboratório de Análise Ambiental e do Núcleo de Estudos em Permacultura da UFSC. 9 e 10/06. Sexta e sábado, das 10h às 18h R$ 60,00 / R$ 30,00 / R$ 18,00

13

LIVRETO_25-05.indd 13

25/05/17 17:42


CONSOLAÇÃO

O HOMEM DO SACO (BRA/60/DOC/DIR Carol Wachockier, Felipe Kfouri e Rafael Halpern)

Exibição do documentário “O Homem do Saco”, com posterior bate-papo com Fabio Cardozo, especialista em resíduos e coordenador de projetos com cooperativas do Instituto Ecoar, e o Sr. Telines, presidente da Coopercaps. O personagem homem do saco faz parte do imaginário popular e é sempre lembrado pelas crianças e seus pais como um moço malvado que leva as crianças desobedientes em sua sacola. O que ninguém sabe é que nas ruas de São Paulo, um moço também é conhecido por esse nome - sendo que no caso dele, ele é um catador, trabalhador que encontrou nesta função uma alternativa para o desemprego. Espaço Beta 7/06. Quarta, às 19h A FORÇA COOPERATIVA QUE MOVE A CIDADE Neste passeio o público irá conhecer a COOPERCAPS, uma das cooperativas de catadores ligada ao Instituto Ecoar para a Cidadania. Serão apresentadas as etapas do processo de reciclagem, desde a destinação correta, até a coleta e manuseio dos produtos na cooperativa. Os participantes terão dimensão de todo o processo e a compreensão de como toda a sociedade pode participar deste processo. Inscrições na Central de Atendimento a partir de 05/06, às 14h. 9/06. Sexta, das 13h às 18h

14

LIVRETO_25-05.indd 14

25/05/17 17:42


FLORÊNCIO DE ABREU

TERRITÓRIO EM CONSTRUÇÃO Por meio do Projeto Casa Rodante, oficinas de arte educação resultarão em intervenções múltiplas estéticas com o objetivo de evidenciar o uso e tendências da natureza da Rua Florêncio de Abreu, área central e seu entorno. Com Coletivos Casa da Lapa, núcleozonaautônoma de teatro e aliados. Livre. Grátis. Vagas Limitadas. De 6 a 30/06. Segunda, terça e sexta das 11h às 17h

VIDAS EM OBRAS A intervenção é o resultado de dois anos do registro fotográfico dos habitantes dos bairros Luz e Pari, onde com o foco em primeira pessoa, procuramos desrotular os invisíveis que habitam estes territórios da nossa cidade. Esta intervenção será composta de um grande painel a ser confeccionado na parede do térreo da Unidade, contendo pintura, lambes e fotografias. Além de uma série de cinco cavaletes com resultado das fotografias de autoria de Zeca Caldeira durante a realização dos projetos na Luz e no Pari. Possibilitando, assim traçar um recorte sobre quem vive e habita o centro da cidade. Equipe: Julio Dojcsar, Zeca Caldeira, Sato, Cauê Maia 6, 7 e 9/06. Terça, quarta e sexta, das 11h às 16h

15

LIVRETO_25-05.indd 15

25/05/17 17:42


BANDEIRAS DE CHEGANÇA Convite ao público para confeccionar bandeiras poéticas para ambientar o espaço térreo do Sesc Florêncio de Abreu. Bandeiras irão demarcar o espaço e representar os transeuntes. Inspiradas nas bandeiras tibetanas: cavalos ao vento. Os budistas tibetanos, ao colocarem bandeiras com orações que ficam tremulando ao vento, acreditam que esta oração é levada pelo vento aos quatro cantos do mundo. A partir desta inspiração, convidaremos o transeunte a deixar uma palavra, um desenho nas bandeiras para que seus desejos e anseios para este novo espaço sejam levados aos quatro cantos da cidade. Serão penduradas pelo espaço do Sesc, seja em varais ou em colunas. Equipe: Silvana Marcondes e Ana Loureiro 7, 9, 13, 14, 21, 23, 27 e 28. Das 11h às 16h

ROÇA DE RUA A atividade de plantar como motivador de encontro, cuidado e cidadania. Marcos Castanho e Marina Alegre começaram a desenvolver o plantio urbano como intervenção na região da Luz, junto ao projeto casa rodante e na praça da Kantuta com a casa latina, dotados de saberes agroflorestais e antroposóficos, utilizarão a troca de conhecimentos com o público para a construção comum de um território de afeto e vizinhança. Esta vivência se materializa na confecção de grandes vasos para o espaço e a renovação de vasos já existentes, bem como o plantio e a distribuição de mudas para pessoas interessadas. Equipe: Marina Alegre e Marcos Castanheiro 6, 16, 20 e 30, das 11h às 16h 16

LIVRETO_25-05.indd 16

25/05/17 17:42


INTERLAGOS

CONVERSA NA FEIRA - ZONA SUL ME ALIMENTA Nesta roda conversaremos sobre as estratégias que vem sendo praticadas por agricultoras e agricultores do extremo sul da cidade no intuito de fortalecer o consumo local dos seus produtos e a adoção de novos modelos de comercialização pautados na relação de confiança entre produtoras/es e consumidoras/es. Com Valéria Macoratti (Cooperativa Agroecológica dos Produtores Rurais e de Água Limpa da Região Sul de São Paulo - COOPERAPAS), Casa Ecoativa e Instituto Kairós. 17/06. Sábado, das 14h às 15h30 FEIRA AGROECOLÓGICA ZONA SUL ME ALIMENTA Na feira agroecológica zona sul o público poderá conversar diretamente com agricultoras e agricultores da região que produzem a partir de técnicas agroecológicas, comprometidas com a saúde das pessoas, do ambiente e das relações, além de adquirir alimentos frescos e saudáveis. Com Valéria Macoratti, Sítio Paiquerê, Produtos do Cambuci e Mesa Brasil.

periferia em movimento

17 e 18/06. Sábado e domingo, das 9h30 às 15h

17

LIVRETO_25-05.indd 17

25/05/17 17:42


CIRANDA DE CONVERSA: FEIO É DESPERDIÇAR Nesta atividade, Raquel Banque do coletivo Creative Commes, propõe uma outra relação com a comida. Inspirada em movimentos como o freeganismo e o slow food, apresenta receitas e práticas culinárias nas quais a matéria-prima são os alimentos desperdiçados nas feiras, a famosa xepa, nos levando a repensar nossos hábitos de consumo e o desperdício de alimentos. Com Raquel Banque. A partir de 12 anos. Inscrições no portal

periferia em movimento

18/06. Domingo, das 12h às 14h

18

LIVRETO_25-05.indd 18

25/05/17 17:42


sesc divulgação

MUTIRÃO NO SISTEMA AGROFLORESTAL – SAF Como cultivar alimentos e, ao mesmo tempo, fortalecer ou iniciar uma floresta? Venha aprender o que é um sistema agroflorestal (SAF) com uma atividade mão na massa, de intervenção e manutenção do espaço no Sesc Interlagos. Durante a atividade, os alimentos colhidos serão doados ao Programa Mesa Brasil que realizará a entrega em instituições sociais da zona sul de São Paulo. Com Mesa Brasil e equipe Sesc. A partir de 14 anos. Inscrições no Portal. 11/06. Domingo, das 9h às 14h VISITA AO SÍTIO FLORADAS DA SERRA Nesta visita conheceremos o Sítio Floradas da Serra localizado no município de Embu Guaçu, que faz fronteira com os distritos do extremo sul de São Paulo. No sítio, Ana do Mel e seus familiares produzem alimentos e produtos apícolas utilizando técnicas da agroecologia e da agricultura biodinâmica. Com Sítio Floradas da Serra. A partir de 14 anos. Inscrições no portal 11/06. Domingo, das 9h30 às 16h 19

LIVRETO_25-05.indd 19

25/05/17 17:42


ITAQUERA

FEIRA DE IDEIAS Espaço com a finalidade de compartilhar ações socioambientais consistentes e com potencial de replicabilidade no território, tanto vinculada à políticas públicas quanto às da sociedade civil organizada, e promover o diálogo entre atores sociais que podem trabalhar em parceria com o objetivo comum de enfrentar e transformar a realidade socioambiental da cidade. Com Fundo Zona Leste Sustentável, Quebrada Sustentável, Mulheres do GAU, Varre Vila, Mucunã, Associação de Agricultores da Zona Leste e Ecoflora Urbana. No Jardim de Inverno. Livre. Grátis 10, 11, 15, 16, 17 e 18/06. Das 13h às 17h.

CULTIVO BIOINTENSIVO URBANO Nesta oficina serão apresentadas técnicas de cultivo biointensivo e de sistemas agroflorestais para uso em hortas urbanas. Com teoria e prática, os participantes poderão utilizar algumas destas técnicas no espaço do Pomar do Sesc Itaquera. Com Rafael Tenório e Pedro Almeida – agricultores da Associação de Produtores Orgânicos da Zona Leste. No Pomar. Livre. Grátis. Inscrições por telefone: (11)2523-9326 ou 2523-9309. Com inscrição prévia: envie uma mensagem com o título CULTIVO BIOINTENSIVO para o e-mail inscricao@itaquera.sescsp.org.br contendo nome, RG, telefone, endereço e email para contato. 20

10/06. Sábado, das 14h às 17h

LIVRETO_25-05.indd 20

25/05/17 17:42


COMPOSTEIRA DOMÉSTICA Nesta oficina o público poderá conhecer formas de compostar o resíduo orgânico em casa, além de construir sua própria composteira. Com EcoFlora Urbana. No Quiosque Bichos da Mata. Livre. Grátis Inscrições por telefone : (11)2523-9326 ou 2523-9309. Inscrições por email: envie uma mensagem com o título COMPOSTEIRA para o e-mail inscricao@itaquera.sescsp.org.br contendo nome, RG, telefone, endereço e email para contato. 11/06. Domingo, das 14h às 17h HORTAS URBANAS E ALIMENTAÇÃO No Viveiro de União de Vila Nova, bairro da Zona Leste, as Mulheres do GAU produzem, além de alimentos sem veneno, salgados veganos, sucos, chás e patês com aproveitamento integral da produção da horta. A esfiha de taioba, prato principal desta oficina, é feita com alimentos semeados, cuidados e colhidos no bairro em que estas mulheres vivem e trabalham. O convite ao público é repensar a forma como nos alimentamos na cidade. Com Mulheres do Grupo de Agricultura Urbana. No Quiosque Bichos da Mata. Livre. Grátis. Inscrições por telefone: (11)2523-9326 ou 2523-9309 ou por email: envie uma mensagem com o título HORTAS URBANAS E ALIMENTAÇÃO para o e-mail inscricao@itaquera.sescsp.org.br contendo nome, RG, telefone, endereço e email para contato. 15/06. Quinta, das 14h às 17h 21

LIVRETO_25-05.indd 21

25/05/17 17:42


OFICINA DE BIOJÓIAS Nesta oficina os participantes poderão confeccionar pulseiras e colares feitos de sementes, com técnica simples a partir de matéria prima colhida em parques, praças, espaços públicos e sementes de frutas. Todas devidamente preparadas – limpas, polidas e furadas de forma artesanal. Com Mucunã Artes com a Natureza. No Quiosque Bichos da Mata. Livre. Grátis Entrega de senhas no local com 30 minutos de antecedência. 17/06. Sábado, das 14h às 17h EMPREENDEDORISMO SOCIOAMBIENTAL NA ZONA LESTE Bate-papo com representantes de iniciativas de empreendedorismo social que atuam no território, convidando o público a refletir sobre formas alternativas de geração de lucro. O programa Vivenda trabalha com a ideia de moradia digna e busca que pessoas possam morar bem e viver melhor, desenvolvendo soluções completas em reformas habitacionais de baixo custo contando com mão de obra local. Já o programa Retalhar é um negócio socioambiental que cria alternativas aos processos de incineração e aterramento de resíduos têxteis, promovendo a inclusão e o desenvolvimento humano como parte das ações da empresa. Com Programa Vivenda e Retalhar. Acima de 15 anos. Grátis 18/06. Domingo, das 14h às 16h30

22

LIVRETO_25-05.indd 22

25/05/17 17:42


FAÇA VOCÊ MESMO: OFICINA DE ECOBAG Nesta oficina de costura ecológica, os participantes serão convidados a confeccionar suas próprias ecobags, promovendo valores da sustentabilidade através do reaproveitamento de materiais resistentes. Com Projeto União. Entrega de senhas no local com 30 minutos de antecedência. Sala de Convenções. Acima de 15 anos. Grátis. 16/06. Sexta, das 14h às 16h 18/06. Domingo, das 14h às 17h

PARQUE DOM PEDRO II

MAPEAMENTO AFETIVO Considerando os cinco sentidos como pano de fundo, uma série de ações convida a comunidade e interessados a trazer seu olhar sobre a região para composição de uma instalação coletiva. Em junho, caminhadas fotográficas propõem produzir imagens que participarão dessa leitura afetiva do entorno. Necessário trazer equipamento para captura de imagens (celulares ou máquinas fotográficas). Com Acupuntura Urbana. 12 anos. Grátis 1º e 25/06. Quarta e domingo, das 14h às 17h.

23

LIVRETO_25-05.indd 23

25/05/17 17:42


PRAÇAS (IM)POSSÍVEIS Três bicicletas adaptadas se transformam em pequenas praças articuláveis entre si a fim de ampliar a discussão sobre o uso do espaço público, confrontando os locais que temos e os que gostaríamos de ter: áreas de convívio - com bancos, vegetação, sombra - que possibilitem uma relação com a cidade. Com Bijari. Livre. Grátis 3 e 4/06. Sábado e domingo, das 10h30 às 17h30

PINHEIROS

VISITA A HORTAS URBANAS Visita mediada à Horta das Corujas e Horta do Centro Cultural São Paulo seguida de roda de conversa, para discutir a produção de alimentos e o uso dos espaços públicos pela comunidade, com mediação de André Biazoti, formado em Gestão Ambiental pela ESALQ/ USP, integrante da Articulação Paulista de Agroecologia, a rede Hortelões Urbanos e o Movimento Urbano de Agroecologia (MUDA_SP). Ponto de encontro no Térreo. Público interessado a partir de 15 anos. Inscrições na Central de Atendimento a partir do dia 1/6. 24/6. Sábado. Duas saídas: às 9h e às 14h

24

LIVRETO_25-05.indd 24

25/05/17 17:42


POMPEIA

FAZER CIDADE-PLACEMAKING Encontros para conversar sobre os temas da Cidade. Esses encontros terão o objetivo final de despertar o olhar das pessoas para a criação do espaço público como um lugar de convivência, e de troca, de forma que essa criação seja coletiva e inclusiva. Com Conexão Cultural e Bela Rua. No Conjunto Esportivo. Inscrições a partir de 01 de junho nas Oficinas de Criatividade. Vagas limitadas. O que é Placemaking? 3/06. Sábado, das 10h às 12h Como transformar a praça ao lado de sua casa? 3/06. Sábado, das 14h às 16h Inspirações: Rios e Ruas e Programa Ecobairro 10/06. Sábado, das 10h às 13h Estudos de Casos: Praça da Nascente e Praça Nova Lapa 10/06. Sábado, das 14h30 às 17h30 Ativação – na Praça - atividade externa 17 e 24/06. Sábados, 10 h

25

LIVRETO_25-05.indd 25

25/05/17 17:42


SANTANA

FEIRA DE TROCA DE IDEIAS, EXPERIÊNCIAS, MUDAS E SEMENTES É um espaço livre para a troca de sementes, mudas e conhecimentos. A proposta é fomentar ações sustentáveis no cotidiano e mudanças de hábitos, a partir da discussão de temas como germinação de sementes, plantio de mudas, compostagem e reciclagem. Orientação de Daniela Pastana Cuevas, ambientalista e ativista, que desde 2008 organiza feiras de trocas de sementes e há quatro anos, a feira do Parque da Água Branca. Grátis. Deck de Entrada 18 e 25/06. Domingos, das 13h às 17h

SANTO AMARO

O QUE TEM NA MINHA HORTA? Partilha de experiências e trajetórias das hortas urbanas, tendo destaque as características mais marcantes de cada iniciativa: sentido comunitário das relações sociais, revitalização de espaços comunitários, tipo de técnica de cultivo aplicado. Para esse encontro convidamos representantes de duas hortas da região sul: A Uni Horta que fica na Casa de Cultura do Jardim São Luís e a horta desenvolvida pelo Programa Ângela de Cara Limpa que está localizada na região do Jardim Ângela. Com Coletivo Dedo Verde e Ângela de Cara Limpa. 10/06. Sábado, das 14h às 16h 26

LIVRETO_25-05.indd 26

25/05/17 17:42


FEIRA DE PRODUTOS ORGÂNICOS Produtores de alimentos orgânicos da Cooperapas - Cooperativa Agroecológica dos Produtores Rurais e de Água Limpa da Região Sul de São Paulo - irão expor sua produção em uma pequena feira, com mediação e venda de alimentos agroecológicos, como frutas, legumes e verduras. Além de ter acesso à produção de alimentos sem agrotóxicos, o público tem a possibilidade de aprender mais sobre a produção agroecológica, agricultura urbana e a conhecer melhor o trabalho de agricultores da região. Com produtores da Cooperapas. 14, 21 e 28/06. Quartas, das 12h às 17h

ZONA SUL ME ALIMENTA: VISITA A UNI HORTA DO JARDIM SÃO LUÍS Visita a horta com apresentação do processo de trabalho de plantio, gestão da horta e colheita. Depois da visita os participantes serão convidados a realizar o plantio em vasos modulares de dois tipos de ervas medicinais e temperos. Com Renato Rocha e Juliana Dias da Uni Horta e Coletivo Dedo Verde. 24/06. Sábado, das 14h às 17h

27

LIVRETO_25-05.indd 27

25/05/17 17:42


SANTO ANDRÉ

AGROECOLOGIA EM CASA: “REDUZIR E MELHORAR” A Educação Ambiental é uma ação constante, e, cada vez mais, necessária como incorporação de novos hábitos e atitudes. Pensando nisso, essa oficina visa orientar e incentivar a produção de alguns alimentos, temperos e ervas medicinais em sua própria morada em uma atitude ecológica e educativa, que possibilita uma maior percepção da natureza no cotidiano, produzir remédios caseiros, reutilizar resíduos sólidos, reduzir o consumo de produtos industrializados e reduzir o volume dos resíduos orgânicos descartados na natureza. Com Ana Luiza Frari. A partir de 10 anos Dia 17/6. Sábado, das 11h às 14h Inscrições no local, com 30 minutos de antecedência DOCUMENTÁRIO “ENTRE RIOS E RUAS” O documentário retrata o trabalho da Iniciativa Rios e Ruas em um passeio pela bacia do Rio Saracura em São Paulo, desde o Masp, por onde passa o rio, até sua nascente. A expedição busca encontrar vestígios de rios canalizados na cidade e tem como lema desenterrar os rios da consciência das pessoas. O documentário faz parte da série “Causando na Rua”, que documenta ações criativas e/ou provocativas realizadas na rua. Cada episódio documenta a atuação de um grupo, coletivo, ativista ou artivista que promove reflexões sobre direitos humanos, arte, linguagem e nossa relação com o espaço público. Será realizado bate-papo com Luiz de Campos Jr. e José Bueno, da Iniciativa Rios e Ruas. A partir de 10 anos 28

Dia 24/6. Sábado, das 15h às 16h

LIVRETO_25-05.indd 28

25/05/17 17:42


PEDAL “ENTRE RIOS E RUAS” Passeio ciclístico onde os participantes terão a oportunidade de conhecer e relembrar a localização exata de alguns rios da cidade de Santo André. Durante um percurso leve ou médio de aproximadamente 2 horas e meia, os educadores José Bueno e Luiz de Campos Jr. conduzirão o grupo e mediarão a atividade, que contará com paradas estratégicas para a reflexão em pontos de interesse do roteiro. É necessário possuir bicicleta e as inscrições podem ser feitas pelo e-mail: pedal@santoandre.sescsp.org.br. Vagas limitadas. A partir de 10 anos. Menores de 18 anos, somente acompanhados por um responsável. Dia 25/6. Domingo, das 9h às 13h

SÃO CAETANO

TERÇAS AGROECOLÓGICAS: AGRO O QUÊ? AGROECOLOGIA PARA TODXS Dinâmica de grupo com texturas, cheiros, saberes e memórias sobre sementes e tipos de solos. Serão firmados alguns conceitos básicos da agroecologia. Com Quintal Itinerante. No Espaço de Tecnologia e Artes. Livre. Grátis. Inscrições na Central de Atendimento. 6/06. Terça, das 19h30 às 21h30 29

LIVRETO_25-05.indd 29

25/05/17 17:42


ABC SUSTENTÁVEL Os participantes serão estimulados a repensar suas atitudes quanto aos resíduos gerados por eles e enxergar uma nova maneira de utilizá-los. Com o empreendimento socioambiental SustentABC, projeto tem sua base na Educação Ambiental e chama as pessoas ao pensamento de uma vida mais simples, incentivo às compras conscientes, princípio dos 5Rs, o lazer sustentável, o questionamento do atual modelo produtivo e a alimentação saudável. Livre. Grátis. 10/06. Sábado, das 9h às 13h, no Jardim MINHOCULTURA Os participantes aprenderão sobre a preparação, cuidados e benefícios de um minhocário. Com o empreendimento socioambiental Ideia Natural, coletivo atuante na região do Grande ABC e São Paulo nas questões relacionadas à conscientização e educação ambiental, preservação da natureza, produção e processamento de alimentos orgânicos e artesanais, turismo ecológico e comércio justo e solidário, sediado na cidade de Mauá, em uma propriedade rural que serve de Laboratório Experimental de Permacultura e Agroecologia Periurbana. Livre. Grátis. 10/06. Sábado, das 9h às 13h, no Jardim

30

LIVRETO_25-05.indd 30

25/05/17 17:42


TERÇAS AGROECOLÓGICAS: ARRANHA CÉUS DE BEM VIVER Apresentação de diversas ideias e técnicas para o cultivo de hortas e plantas em espaços inusitados na cidade. Neste encontro será apresentada a solução adotada para a criação da montagem dos canteiros verticais da horta do Sesc São Caetano. Com Quintal Itinerante. Livre. Grátis. Inscrições na Central de Atendimento. 13/06. Terça, das 19h30 às 21h30, no Jardim TERÇAS AGROECOLÓGICAS: TINTA DE TERRA Re-conexão com a nossa natureza, a tinta de terra remonta nossas origens quando das pinturas rupestres e também proporciona a apreciação de outro uso da terra: suas surpreendentes cores. Neste encontro, decoraremos as calhas e canteiros da horta do Sesc São Caetano. Com Quintal Itinerante. Livre. Grátis. Inscrições na Central de Atendimento. 20/06. Terça, das 19h30 às 21h30, no Jardim TERÇAS AGROECOLÓGICAS: JECA TATU MANEJO AGROECOLÓGICO DO SOLO A prosa e poesia de Ana Primavesi, agricultora e cientista, servem de base para falarmos um pouco sobre o solo e seu manejo ecológico. Nesta oficina a prática será o preparo da terra usada para preencher os canteiros da horta do Sesc São Caetano. Com Quintal Itinerante. Livre. Grátis. Inscrições na Central de Atendimento.

31

27/06. Terça, das 19h30 às 21h30, no Jardim

LIVRETO_25-05.indd 31

25/05/17 17:42


COMPARTILHA NA FEIRA: HORTAS URBANAS REINVENTANDO O ESPAÇO URBANO Conversa sobre como a agroecologia urbana tem transformado o espaço urbano e a vida das pessoas. Neste encontro festivo vamos apresentar o espaço da horta do Sesc São Caetano e compartilhar modos e dicas de plantio na horta. Com Quintal Itinerante. Livre. Grátis. 10/06. Sábado, das 10h às 12h

É DIA DE FEIRA! O jardim do Sesc São Caetano receberá produtores de orgânicos e mediadores, que trazem além de seus produtos frescos direto da horta, relatos de boas práticas e a reflexão sobre o consumo consciente e seus impactos sociais, econômicos, ambientais e do ponto de vista da saúde. Com Quintal Itinerante. Livre. Grátis. 10/06. Sábado, das 9h às 13h, no Jardim

32

LIVRETO_25-05.indd 32

25/05/17 17:42


SESCTV EXIBIÇÃO DO DOCUMENTÁRIO “ESTOPÔ BALAIO” E BATE PAPO COM O DIRETOR CRISTIANO BURLAN O diretor revela o processo de criação do documentário a partir da experiência do Coletivo Estopô Balaio, da relação de artistas nordestinos do Coletivo e de moradores migrantes do Jardim Romano (Zona Leste de São Paulo) com as enchentes, o entorno e o meio ambiente. Cristiano Burlan é cineasta, dirigiu mais de uma dezena de filmes e, em 2013, recebeu Prêmio de Melhor Documentário no Festival É Tudo Verdade pelo filme Mataram Meu Irmão. No Teatro do Sesc Santo André. 7/06. Quarta, das 9h às 11h.

VILA MARIANA

PLANTAR NA CIDADE É possível aproveitar pequenos espaços urbanos e plantar alimentos reutilizando recipientes? A oficina mostra como cultivar alimentos orgânicos de forma alternativa na cidade, utilizando latas, garrafas e outros materiais que são descartados. A oficina faz parte de um ciclo de encontros não-presenciais que abordará a prática da agricultura urbana. Com AboreSer. Retirada de ingressos com 1h de antecedência na Central de Atendimento. 11 e 25/06. Domingo, das 11h às 14h 33

LIVRETO_25-05.indd 33

25/05/17 17:42


LIVRETO_25-05.indd 34

25/05/17 17:42


INTERIOR E LITORAL

ARARAQUARA

AGRICULTURA FAMILIAR E RECEITAS TRADICIONAIS A agricultura familiar possui grande importância na economia local, além de fornecer produtos de qualidade e mais saúde para nossas mesas. Conheça o Projeto do NUPEDOR- UNIARA realizado com as mulheres do Assentamento Monte Alegre, no cultivo e produção de ervas desidratadas, e aprenda como fazer um saboroso pão de ervas. Com Assentamento Monte Alegre 17/06. Sábado, 10h30 às 12h30 RECICLANDO NOSSOS PAPÉIS A confecção de papel artesanal possibilita a reflexão sobre o nosso papel como consumidor e gerador de resíduos. Nesta oficina conheça o trabalho da ONG Ecorecicla, de Américo Brasiliense, que utiliza esta técnica como ferramenta de educação socioambiental. Com ONG Ecorecicla. 17/06. Sábado, das 13h30 às 15h HORTA EM CASA Conheça o trabalho de educação ambiental da ONG Paz e Bem na preservação do Córrego do Tanquinho em Araraquara e aprenda como fazer uma horta em pequenos espaços. 17/06. Sábado, 10h às 13h

35

LIVRETO_25-05.indd 35

25/05/17 17:42


sesc divulgação

BAURU

PEDALADA VERDE Historicamente, no desenvolvimento da cidade, foram priorizadas as construções de grandes avenidas para automóveis, comprometendo a conservação de áreas verdes, bem como uma alternativa de transporte não-motorizado. Esta pedalada é um convite ao contato com as áreas verdes, uma reflexão sobre mobilidade urbana e um estímulo à atividade física. Para participar é necessário: bicicleta revisada, squeeze e capacete. Saída do Bosque do Sesc Bauru. Menores de 18 anos deverão apresentar autorização dos pais ou responsáveis legais. Com Fábio Fes, educador ambiental, e André Gonçalves, engenheiro agrônomo. Não recomendado para menores de 14 anos. Grátis Inscrições gratuitas na Central de Atendimento a partir de 17/05 - Vagas limitadas. 36

11/6. Domingo, às 8h

LIVRETO_25-05.indd 36

25/05/17 17:42


CAMPINAS

OFICINA ORGÂNICOS EM CASA (MÓDULO 2) Conjunto de ações que identificam e divulgam tecnologias mais sustentáveis. A intenção é desvendar possibilidades de mudanças no contexto da ação individual e coletiva. A Família Orgânica dá continuidade ao curso e conversa sobre plantio de alimentos em casa e pequenos espaços, a diferença da produção orgânica para a convencional. Com Família Orgânica. No Quiosque do Galpão.

sesc divulgação

Inscrições na Central de Atendimento Dias 10 e 24/06. Sábados, das 14h30 às 17h30 TROCA DE SEMENTES E MUDAS Encontro do público e agricultores para a partilha de técnicas, saberes e práticas agrícolas orgânicas (biológicas), permacultura e agroecologia. Teremos coleta de sementes e aprendizado sobre germinação. Traga sementes e mudas para troca. Com Daniela Pastana, da Semear Conhecimento. No Jardim do Galpão. Livre. Grátis. Dia 11/06. Domingo, das 13h30 às 17h30 BATE PAPO: ALIMENTOS MAIS SAUDÁVEIS E SUSTENTÁVEIS Roda de conversa sobre a produção mais sustentável de alimentos, os Sistemas de Certificação e o de instituições e coletivos para a organização deste comércio na cidade. Com Maria Elisa von Zuben Tassi, Secretária da Associação Natural de Campinas (ANC) e Daniela Di Grazia Carvalho, do CSA Campinas. No Quiosque do Galpão. Livre. Grátis.

37

Dia 17/06. Sábado, das 16h30 às 18h

LIVRETO_25-05.indd 37

25/05/17 17:42


JUNDIAÍ FEIRA ORGÂNICA Exposição e feira de produtos orgânicos e ambientalmente amigáveis, produzidos pelo assentamento Dom Tomás Balduíno, de Franco da Rocha. O assentamento integra as Comunas da Terra, que são áreas dentro ou no entorno das grandes cidades e sem um passado recente ligado à terra e que tem a agroecologia e cooperação como principais diretrizes na produção. Na Comedoria. 10 e 11/06. Sábado e domingo, das 13h às 18h

PIRACICABA

TRANSFORMAÇÕES CRIATIVAS DE RELAÇÕES E ESPAÇOS Dois educadores ambientais com ampla experiência no trabalho com jovens e comunidades apresentam suas experiências e realizações com métodos de educação transformadora. Em quatro encontros distintos, os participantes podem vivenciar facilitações de processos educacionais inovadores que discutam as relações das pessoas entre si e com o meio ambiente. Tais processos podem ser usados por educadores dentro e fora da sala de aula. Nesse contexto, são abordados temas como métodos participativos e colaborativos, permacultura, arte e ludicidade, tecnologias mais sustentáveis, educomunicação, dinâmicas de diálogos, etc. Com Cristiano Pastor e Karine Faleiros, da Iandé Educação e sustentabilidade. Na Sala do Curumim 2. Inscrição prévia pelo site sescsp.org.br/piracicaba 38

06 a 09/06. Terça a sexta, 19h

LIVRETO_25-05.indd 38

25/05/17 17:42


PEGADA ECO - VIVÊNCIA EM JOGOS AMBIENTAIS Junte sua família ou seus amigos e venham se divertir com um tabuleiro que, simulando situações reais, apresenta o quanto utilizamos de recursos naturais para a produção de bens de consumo (como celular, camiseta, automóveis, etc) e serviços. Baseado no livro “Limits to Growth” (limites para o crescimento, em tradução livre), o jogo propõe, de maneira lúdica, um convite à reflexão sobre a capacidade física de suporte do planeta Terra como fator determinante no limite do crescimento da sociedade. Com instrutores do Programa Ponte (ESALQ/USP). Na praça. A partir de 14 anos. Retirada de senha no local 17 e 18/06. Sábado e domingo, 16h FEIRA DE AGROECOLOGIA E DO CONSUMO RESPONSÁVEL Diversas iniciativas de Piracicaba e região que promovem e praticam a agroecologia e a economia solidária mostram ao público seus trabalhos realizados com foco na convivência sustentável entre seres humanos e meio ambiente, de modo a permitir, a conservação ambiental e contribuir com a promoção do consumo responsável. Venha conhecer essas iniciativas! Com Alice Brülé, Amor Integral, Cabocla Amazônia, Casa Nômade, Cooperacra, Cravo e Canela, Cultura da Floresta, Espaço Copaíba, Mani, Núcleo Nheengatu de Agroecologia, Oyá, Permearte, Rede Guandu, Refazenda, Sabiá SocioAgroBiodiversidadeAlimentar, Sítio Marieta, Sítio Santa Helena, Sítio São Benedito, Sítio Terra Preta. Na Praça. Livre para todos os públicos. Grátis. 18/06. Domingo, 11h

LIVRETO_25-05.indd 39

39

25/05/17 17:42


willian lopes de abreu

ALIMENTO BONITO POR FORA... E POR DENTRO? O uso de produtos químicos na agricultura influencia vários aspectos do desenvolvimento da planta, desde permitir que um alimento sazonal seja colhido durante o ano todo, como também altera as características físicas, (tamanho, cor e formato), tornando a aparência da fruta ou legume mais bonita e atraente. Entretanto, tais produtos químicos também podem alterar o valor nutricional e, principalmente, trazer danos à saúde de quem os consome. Essa atividade traz o trabalho de agricultores de Piracicaba e região que não utilizam agrotóxico em seus cultivos e, organizados em rede, colaboram na promoção de um consumo mais sustentável ao ser humano e ao meio ambiente. Com voluntários do Instituto Terra Mater e Rede Guandu. No hall de entrada. Livre para todos os públicos. 24 e 25/06. Sábado e domingo, 14h 40

LIVRETO_25-05.indd 40

25/05/17 17:42


REGISTRO

MAPA CONTORNO E FOTOGRAFIA IMAGINÁRIA Construção de um mapa do Vale do Ribeira, onde o público se localizará, identificando pontos de interesse afetivo e/ou ambiental em diálogo constante. Em seguida, as participantes farão uma observação do Rio Ribeira de Iguape. Após uma visita de reconhecimento deste cenário, os participantes receberão uma missão para realizar sua fotografia imaginária. Com Mayla Valenti da Fubá - Educação Ambiental e Criatividade. Público acima de 7 anos. Inscrições antecipadas na Central de Atendimento. 3 e 04/06. Sábado e domingo, das 15h às 17h NOS BRAÇOS DA RIBEIRA: RELATOS E MEMÓRIAS TECIDAS O público será convidado para uma prosa sobre o Rio Ribeira de Iguape onde os relatos da vida ribeirinha com suas sensações, olhares e perspectivas serão compartilhados. Durante a roda de conversa os participantes construirão um painel temático, utilizando da técnica das Arpilleras. Com Bianca Lanu, Educadora Socioambiental da Jaci Ateliê. Inscrições antecipadas na Central de Atendimento. 6 a 15/6. Terças e quintas, das 15h às 17h 41

LIVRETO_25-05.indd 41

25/05/17 17:42


CAMINHOS VERDES Visita ao Bosque Municipal Torazo Okamoto para um bate papo voltado para as áreas verdes urbanas. Durante a atividade, os participantes conhecerão o Rio Carapiranga, um dos afluentes do Rio Ribeira de Iguape. Ao final o público participará de uma vivência de corrida e caminhada pelas trilhas verdes do bosque. Acima de 14 anos. Inscrições antecipadas na Central de Atendimento. 11/6. Domingo, das 9h às 10h MOSAICO DE SABERES Mostra que abre espaço para troca de experiências buscando estimular boas práticas socioambientais, intercâmbio de ideias e reflexão sobre a importância da conservação do meio e da cultura local. Com agricultores familiares, comunidades quilombolas e artesãos do Vale do Ribeira. Livre.

elaina garcia

24/6 e 25/06. Sábado e domingo, das 12h às 17h

42

LIVRETO_25-05.indd 42

25/05/17 17:42


equipe sempresustentável

MINICISTERNA DOMÉSTICA Será possível ter contato com a metodologia para desenvolver cisternas caseiras e dicas de como fazer o armazenamento correto da água das chuvas, no sábado (17/06). No domingo (18/06) o público acompanhará a instalação de um pequeno sistema de captação da água da chuva com uma minicisterna. Com Edison Urbano da Sempre Sustentável. Acima de 14 anos. Inscrições antecipadas na Central de Atendimento. 17/6 e 18/06. Sábado e domingo, das 15h às 18h 43

LIVRETO_25-05.indd 43

25/05/17 17:42


RIBEIRÃO PRETO FEIRA ORGÂNICA Feira de produtos vegetais de época e de Plantas Alimentícias Não Convencionais - PANC, fornecidas por um grupo de 27 produtores do Assentamento Mario Lago localizado em Ribeirão Preto. São produtos agroecológicos e, principalmente, agroflorestais. Esse modo de produzir, livre de agrotóxico, além de visar um trabalho coletivo, alia produção de alimento ao reflorestamento. Ele permite a regeneração do solo, o aumento da biodiversidade e gera alimentos de ótima qualidade trazendo benefícios para o produtor, o consumidor e o próprio planeta. Na oficina 1. Grátis. 25/06. Domingo, das 10h às 13h

SANTOS HORTA NA CIDADE – É POSSÍVEL? Exibição do filme “Apart Horta”, que mostra o que acontece quando Nazaré começa a cultivar alimentos em um apartamento em São Paulo. Após a exibição, haverá um bate-papo com o grupo de mulheres responsável pela Horta “Bons Frutos”, localizada no Jardim São Manoel em Santos, uma das experiências retratadas no filme. Sala 2. 24/06. Sábado, das 15h às 18h 44

LIVRETO_25-05.indd 44

25/05/17 17:42


SÃO CARLOS SÃO CARLOS: 40 ANOS DE ATIVISMO AMBIENTALISTA, TRANSFORMAÇÃO SOCIAL E OS DESAFIOS DA CONTEMPORANEIDADE O ativismo ambientalista em São Carlos completa, em 2017, 40 anos. A celebração traz os grupos ambientalistas de São Carlos para uma roda de conversa com o professor Marcos Sorrentino. 21/06. Quarta, às 19h

SÃO JOSÉ DOS CAMPOS

MOSTRA: CONSUMO SUSTENTÁVEL NA MODA Diferentes coletivos representantes do varejo e dos movimentos de moda sustentável apresentam seus produtos, explicam e demonstram a dinâmica e os processos envolvidos no funcionamento de cada grupo, além dos conceitos ambientais envolvidos em suas práticas. Com Coletivos Desguarda roupa, Excambo, Insecta shoes, Moda limpa e Roupa. Livre. Grátis. 17/6. Sábado, das 16h30 às 18h30

45

LIVRETO_25-05.indd 45

25/05/17 17:42


DESGUARDA ROUPA: CONSUMO SUSTENTÁVEL NA MODA Este bate-papo traz representantes de diferentes coletivos ligados ao varejo e aos movimentos de moda sustentável e propõe a troca de ideias, além de apresentar alternativas mais sustentáveis relacionadas ao consumo na moda. Com Coletivos Desguarda roupa, Excambo, Insecta shoes, Moda limpa e Roupa Livre. Livre. Grátis - Sem retirada de ingressos.

desguarda roupa

Dia 17/6. Sábado, das 15h às 16h

46

LIVRETO_25-05.indd 46

25/05/17 17:43


CUSTOMIZAÇÃO SUSTENTÁVEL A oficina propõe uma reflexão sobre nossos hábitos de consumo na moda e a forma como nos relacionamos com nossa vestimenta, abordando conceitos de identidade e consumo sustentável. A parte prática prevê a transformação de peças trazidas pelos participantes da atividade. Com Coletivo Desguarda roupa. Não recomendado para menores de 14 anos Grátis - Inscrições gratuitas na Central de Atendimento.

customização sustentável

De 17/6 a 1/7. Sábados, das 10h30 às 12h30

47

LIVRETO_25-05.indd 47

25/05/17 17:43


SOROCABA NOVOS MODELOS DE CONSUMO EM SOROCABA Sorocaba tem gestado diversas iniciativas que apontam para uma forma mais consciente de consumir ou deixar de consumir. Neste encontro, trazemos representantes de feiras que aproximam quem produz e quem consome. Com CSA Sorocaba, Feira do Beco e Mi Casa Hostel Convivência. Livre. Grátis. Dia 7/06. Quarta, às 19h GRUPOS DE CONSUMO RESPONSÁVEL: APROXIMANDO PRODUTORES DE CONSUMIDORES Os grupos de consumo responsável – GCRs – surgem como uma iniciativa de consumidores organizados, que se aproximam de produtores e juntos propõem transformar seu ato de compra em um ato político, agregando preocupações com as questões sociais e ambientais, cadeia produtiva e comercial e os impactos dos padrões de produção e consumo de massa e de saúde, direito de consumo de alimentos livres de agrotóxicos e de excesso de industrialização. Com Ana Flávia Badue da Convergência Comunicação Estratégica. Sala de Oficinas. 16 anos. Grátis. Retirada de ingressos com 1h de antecedência na Central de Atendimento. Dia 8/06. Quinta, às 19h

48

LIVRETO_25-05.indd 48

25/05/17 17:43


TRIAGEM PARA A FEIRA DE TROCA DE ROUPAS Traga suas roupas, até 30 peças por pessoa, para a triagem. Cada peça será avaliada e poderá receber até três moedas sociais para serem utilizadas na troca por outras peças. As roupas não selecionadas poderão ser doadas para instituições assistenciais. Com Projeto Gaveta. Convivência. Livre. Grátis. Dia 24/06. Sábado, às 10h FEIRA DE TROCA DE ROUPAS Espaço para realizar a troca das moedas por peças de roupa. Para quem não fez a troca no sábado, será possível apresentar até 5 peças por pessoa para avaliação. Com Projeto Gaveta. Convivência. Livre. Grátis. Dia 25/06. Domingo, às 11h PARA ALÉM DO CONSUMO A proposta do encontro é discutir o consumo e relatar a experiência de cada projeto, que propõem as novas possibilidades de consumo, com menos impacto ambiental e social. Com o projeto Gaveta e Slow Down Fashion. Convivência. Livre. Grátis. Dia 25/06. Domingo, às 11h

49

LIVRETO_25-05.indd 49

25/05/17 17:43


sesc divulgação

TAUBATÉ CHÃO CAIPIRA O Instituto Fauser tem como objetivo a promoção do desenvolvimento sustentável, conservação do ambiente, promoção da cultura e conservação do patrimônio histórico, artístico e cultural. O grupo trabalha com programas de capacitação de jovens e estabelece parcerias com produtores rurais e prestadores de serviços locais, estimulando ações ligadas ao turismo do município de Paraibuna. Nesta visita monitorada, será apresentado o modo de vida da comunidade, passando por suas casas e seus trabalhos. Inscrições antecipadas. 25/06. Domingo, 7h30 50

LIVRETO_25-05.indd 50

25/05/17 17:43


BANCA DO INSTITUTO FAUSER O Instituto Fauser tem como objetivo a promoção do desenvolvimento sustentável, conservação do ambiente, promoção da cultura e conservação do patrimônio histórico, artístico e cultural. O grupo trabalha com programas de capacitação de jovens e estabelece parcerias com produtores rurais e prestadores de serviços locais, estimulando ações ligadas ao turismo do município de Paraibuna. Nesta atividade serão apresentados, por meio de produtos da região, os parceiros do Instituto. 17/06. Sábado, 14h

BOAS PRÁTICAS NO TERRITÓRIO: GESTÃO DE RESÍDUOS SÓLIDOS E COOPERATIVISMO Debate com duas empresas de gestão de resíduos sólidos e relato de um ex-catador de resíduos que criou uma cooperativa e trabalhou com a união de cooperativas na cidade de São Paulo (Coopercaps). O debate será mediado pelo Secretário de Meio Ambiente, Paulo Fortes, Mestre em Microbiologia Agrícola e do Ambiente pela Faculdade de Agronomia da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS) e Doutor em Solos e Nutrição de Plantas pela Universidade de São Paulo (USP). Especialista em gerenciamento de resíduos industriais e urbanos. Inscrições 30 minutos antes da atividade 6/06. Terça, 19h

51

LIVRETO_25-05.indd 51

25/05/17 17:43


PLANEJAMENTO INTEGRAL DA PROPRIEDADE RURAL Oficina com técnicas adotadas para a recuperação de áreas degradadas, com práticas da agroecologia – entre elas o plantio e manejo de adubos verdes e espécies nativas, além da alocação de biomassa. O grupo representado pela Akarui iniciou o Programa de Desenvolvimento Rural Territorial no bairro do Mato Dentro, em São Luiz do Paraitinga, cujo objetivo é fortalecer a Associação Rural local. Neste encontro será apresentado o passo a passo da construção de um sistema de tratamento do esgoto doméstico. Com Akarui. Inscrições antecipadas. 10/06. Sábado, 10h

THERMAS DE PRESIDENTE PRUDENTE INTRODUÇÃO À PERMACULTURA - ORIGEM, APLICAÇÃO E PRÁTICA A Permacultura busca a estabilidade, a permanência assegurada e aborda questões da subsistência de assentamentos humanos. Ao mesmo tempo que retoma práticas tradicionais de construção e de plantio, considera as tecnologias contemporâneas. Trata-se de princípios para a criação de ambientes humanos sustentáveis. Serão apresentadas formas de aplicações do design permacultural no campo e na cidade, além de ser realizada uma atividade prática. Com o Instituto de Permacultura do Oeste Paulista (IPOP). No Quiosque. Inscrições grátis. 52

10 e 11/06, Sábado e domingo, das 9h às 12h 17 e 18/06, Sábado e domingo, das 9h às 12h

LIVRETO_25-05.indd 52

25/05/17 17:43


E NDER E ÇOS

GRANDE SÃO PAULO SESC BELENZINHO R. Padre Adelino, 1.000 (11) 2076 9700

SESC OSASCO Av. Sport Club Corinthians Paulista, 1.300 (11) 3184 0900

SESC BOM RETIRO Al. Nothmann, 185 (11) 3332 3600 SESC CAMPO LIMPO R. N. Sra. do Bom Conselho, 120 (11) 5510 2700 SESC CARMO R. do Carmo, 147 (11) 3111 7000 CENTRO DE PESQUISA E FORMAÇÃO R. Dr. Plinio Barreto, 285, 4º andar Prédio Fecomércio SP (11) 3254 5600

SESC PINHEIROS R. Paes Leme 195 (11) 3095 9400 SESC POMPEIA R. Clélia, 93 (11) 3871 7700 SESC SANTANA Av. Luiz Dumont Villares, 579 (11) 2971 8700 SESC SANTO AMARO R. Amador Bueno, 505 (11) 5541 4000

SESC CONSOLAÇÃO R. Dr. Vila Nova, 245 (11) 3234 3000

SESC SANTO ANDRÉ Rua Tamarutaca 302 (11) 4469 1200

SESC INTERLAGOS Av. Manoel Alves Soares, 1.100 (11) 5662 9500

SESC SÃO CAETANO R. Piauí, 554 (11) 4223 8800

SESC IPIRANGA R. Bom Pastor, 822 (11) 3340 2000

SESC VILA MARIANA R. Pelotas, 141 (11) 5080 3000

SESC ITAQUERA Av. Fernando do E. Santos Alves de Mattos, 1.000 (11) 2523 9200

53

LIVRETO_25-05.indd 53

25/05/17 17:43


INTERIOR E LITORAL SESC ARARAQUARA R. Castro Alves, 1315 (16) 3301 7500

SESC REGISTRO R. Prefeito Jonas Banks Leite, 57 (13) 3828 4950

SESC BAURU Av. Aureliano Cardia, 6-71 (14) 3235 1750

SESC RIBEIRÃO PRETO R. Tibiriçá, 50 (16) 3977 4477

SESC BERTIOGA R. Pastor Djalma da Silva Coimbra, 20 (13) 3319 7700

SESC RIO PRETO Av. Francisco das Chagas de Oliveira, 1.333 (17) 3216-9300

SESC BIRIGUI R. Egídio Navarro, 700 (18) 3642 7040

SESC SANTOS Rua Conselheiro Ribas, 136 (13) 3278 9800

POLO AVANÇADO DO SESC EM ARAÇATUBA Rua José Bonifácio, 39 (18) 3608 5400

SESC SÃO CARLOS Av. Comendador Alfredo Maffei, 700 (16) 3373 2333

SESC CAMPINAS R. Dom José I, 270 (19) 3737 1515

SESC SÃO JOSÉ DOS CAMPOS Av. Adhemar de Barros,999 (12) 3904-2000

SESC CATANDUVA Praça Felício Tonello, 228 (17) 3524 9200

SESC SOROCABA R. Barão de Piratininga, 555 (15) 3332 9933

SESC JUNDIAÍ Av. Antonio Frederico Ozanan, 6.600 (11) 4583 4900

SESC TAUBATÉ Av. Engenheiro Milton de Alvarenga Peixoto, 1.264 (12) 3634 4000

SESC PIRACICABA R. Ipiranga, 155 (19) 3437 9292

SESC THERMAS DE PRESIDENTE PRUDENTE R. Alberto Peters, 111 (18) 3226 0400

54

LIVRETO_25-05.indd 54

25/05/17 17:43


55

LIVRETO_25-05.indd 55

25/05/17 17:43


sescsp.org.br

LIVRETO_25-05.indd 56

25/05/17 17:43

Livreto - Programação no Sesc SP do projeto Ideias e Ações para um Novo Tempo  

Livreto com a programação das Unidades do Sesc São Paulo relacionadas ao projeto Ideias e Ações para um Novo Tempo.

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you