Page 1

 DISTRIBUIÇÃO GRATUITA NA MICRORREGIÃO DE ARAXÁ  ANO 25  NÚMERO 1.225 ARAXÁ, 23 DE JULHO DE 2021

Recursos para a UTI Neonatal estão garantidos PÁGINA 6

Prefeito diz que investimentos da prefeitura agora priorizam o social As ações sociais estão no topo das prioridades do prefeito Robson Magela que ainda tem a pandemia do coronavírus como principal desafio, em quase sete meses de governo. Mas enquanto isso, ele prepara a máquina pública e elabora os projetos considerados estruturantes, como a informatização de todos os processos da administração municipal e implementação do sistema de controle da gestão. PÁGINA 4

CPI apura quebra do contrato pela Copasa em Araxá PÁGINA 5

Araxá no Circuito Nascentes das Gerais e Canastra PÁGINA 8

CBMM apresenta Relatório de Sustentabilidade

Ex-encarregado pela tesouraria da Apac é preso PÁGINA 7

AMPLIAÇÃO DA PLANTA INDUSTRIAL EM ARAXÁ, INVESTIMENTOS EM TECNOLOGIA E NOVAS PARCERIAS FORAM DESTAQUES DA COMPANHIA PÁGINA 3

Autor de furto de caminhão está foragido PÁGINA 7


 PÁGINA 2

CLARIM

CLARIM Clarim é uma publicação da Machado e Kikuchi Comunicação Integrada CNPJ: 00.798.200/0001-31 - Inscrição Estadual: Isenta Rua Presidente Olegário Maciel, 111, loja 46. Centro - Araxá/MG - CEP 38.183-186 Fone: (34) 9 8893-8381 - clarim@terra.com.br Diretor Sérgio Yashushi Kikuchi O artigo assinado não reflete a opinião do jornal e é de exclusiva responsabilidade de quem o assina.

Dr. Mauro Vasconcelos Reis

Av. Senador Montandon 289 - Fone: (34) 3662-8030

ARAXÁ, 23 DE JULHO DE 2021

Editorial

Mais confiança no Poder Legislativo O positivo resultado da renovação de dez dos quinze vereadores obtido a partir desta legislatura aumenta a confiança da população no Poder Legislativo local. Dessa vez, a mudança não se restringe apenas ao número de cadeiras. De fato, rompeu-se uma hegemonia que existia na Câmara Municipal muito mais para manter o poder político local – como é praxe no país – do que de fato fazer as leis e fiscalizar esta aplicação a favor da população. Em pouco mais de seis meses de mandato, vê-se a influência positiva dos novatos naqueles que se reelegeram e hoje desfrutam de uma nova convivência política na Casa. E vice-versa, o clima tem sido de mais trabalho e menos política de forma geral. Antes, o Poder Executivo formava uma maioria e governava com a conivência da Câmara Municipal. Dificilmente se via os saudáveis debates

que agora acontecem em torno de reais demandas, a exemplo da Copasa. Está em andamento uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) contra a companhia que tem sido perversa com os munícipes desde o início do injusto contrato que está em vigor, há quase vinte anos. Composta pelos novatos Zidane (presidente) e João Veras (membro), além do veterano Luiz Carlos Bittencourt (relator), a CPI segue para provar que houve quebra do contrato de concessão de água e esgoto à Copasa, porque não tem cumprido inclusive com a devida contrapartida ambiental, além da injusta taxação por um serviço que não é 100% prestado como reza as suas cláusulas. Quando o município renovou com a Copasa a concessão da água foi firmado um novo contrato incluindo os serviços de esgoto. Então, a Copasa absorveu a antiga rede, se comprometendo a implan-

tar as Estações de Tratamento de Esgoto (ETEs). Porém, o serviço de coleta e tratamento do esgoto começou a ser cobrado antes mesmo da construção das ETEs, primeiro ao preço de 50% sob o consumo de água. Esse percentual foi subindo na medida em que as ETEs eram construídas e operadas até cobrarem 100% de esgoto sobre o consumo de água. Neste período que demandou muito mais tempo do que o previsto, uns cinco anos até a entrega da maior ETE responsável por 90% do tratamento total do esgoto da cidade, na conta a taxa pesava cada vez mais no bolso do consumidor. Além disso, as contrapartidas ambientais previstas no contrato de concessão de água e esgoto como a eliminação de todas as ligações clandestinas e a manutenção dos mananciais limpos, conservação das nascentes do perímetro urbano, dentre outras, não são

Radar

Venha conhecer nossas opções de almoço! Churrasco e refeição comercial. Ótimo atendimento. Esperamos por vocês!

cumpridas a olhos vistos. Mais de 600 municípios mineiros têm contratos com a Copasa e alguns conseguiram rescindi-los na Justiça por razões semelhantes, maioria através da Câmara Municipal. Zidane aponta o exemplo de Ituiutaba que tem uma população próxima à de Araxá e, após reaver para o município os serviços de água e esgoto conseguiu reduzir a tarifa em 50% e ainda obter expressivo superávit. A CPI reascendeu a vontade da população de que a prefeitura consiga rescindir o contrato atual por justa causa e, em seguida, não somente equilibrar socialmente as taxas como reaplicar o que a população paga a favor do meio ambiente e da contínua melhoria desses serviços. Algo que dificilmente será alcançado se não houver vontade política da Câmara Municipal, afinal, os vereadores não só representam como são os fiscais do povo.

Ana Paula Machado

Distinção - Assim como são punidos os estabelecimentos comerciais que descumprem as regras de enfrentamento à Convid19 em Araxá, a sugestão do vereador Dirley da Escolhinha é distinguir claramente para a população aqueles que estão trabalhando corretamente. Ele apresentou o projeto de lei que institui o selo Estabelecimento Seguro e Saudável, aprovado esta semana na Câmara Municipal. Se for sancionado pelo Poder Executivo, o selo reconhecerá os estabelecimentos que seguem as recomendações de saúde para evitar contaminação pelo coronavírus. A abrangência da iniciativa é importante, porém não só nesse caso, a prefeitura e o IPDSA precisam estar instrumentalizados, inclusive em termos de fiscalização para fazer cumprir a lei na prática. Caso con-

sigam, é mais um avanço a favor não só da pandemia, mas do próprio consumidor.  Licitações - A execução de pequenas obras pela prefeitura por empresas terceirizadas eleva de fato os preços, reduzindo significativamente a relação custo/benefício e, pior, nem sempre o mais caro é o melhor. Como exemplo, a licitação pelo menor preço da execução de uma escada de passagem na Farmacinha Municipal que custou R$ 24 mil, preço abaixo dos R$ 31 mil máximos estabelecidos pelo pregão, mas muito acima do que seria feita com recursos privados em torno de R$ 10 mil. Mesmo assim, somente duas empresas se interessaram a participar do processo licitatório. No caso, a burocracia, as exigências e a menor oferta atingem os

Artesanato é cultura O deputado estadual Bosco como presidente da Comissão de Cultura da ALMG conduziu audiência pública para debater “o artesanato como valor cultural e fator de desenvolvimento econômico”, no lançamento da Frente Parlamentar em Defesa do Artesanato Mineiro. Diversos representantes do setor, inclusive do governo do Estado, reuniram-se no encontro requerido pelo deputado Dr. Jean Freire. É aproveitar o bom relacionamento que Bosco tem estabelecido na presidência dessa comissão pela terceira vez, assim como a sua parceria política com a atual administração mu-

nicipal e o governo do Estado, para valorizar ainda mais a área em Araxá.  O deputado também tem cobrado uma solução para a Vila do Artesanato no complexo do Barreiro e inclusive o novo presidente da Codemig veio a Araxá a seu convite. É torcer para que sensibilizem o governador Romeu Zema que também é araxaense para juntos resolverem ainda este ano antigas pendências que inclusive dificultam o desenvolvimento do complexo do Barreiro e o turismo como um todo na cidade. Em 2022, ano eleitoral, é quase impossível fazer alguma coisa como tem sido de governo em governo.

cofres públicos, sem dizer da demora de um processo licitatório.  Casa do Terceiro Setor - A vereadora Maristela Dutra requer ao prefeito Robson Magela que estude a possibilidade de implantar a Casa do Terceiro Setor para auxiliar as entidades – “onde poderiam buscar orientações sobre como se regularizar, realizar a prestação de contas, apresentar projetos e outras questões relacionadas diminuindo os transtornos e dificuldades enfrentadas por esses órgãos”. É uma ótima sugestão que também ajudaria a evitar os casos de corrupção na área que volta e meia têm sido investigados pela Polícia Civil. Essas entidades funcionam como um braço do poder público municipal na assistência à população em vários segmentos como da criança, do ado-

lescente e idoso, cujos fundos recebem vultosos recursos que passam a ser públicos e precisam de fato chegar à ponta do atendimento.  Choque de gestão - A maior dificuldade da atual administração tem sido a falta de estrutura da máquina pública que hoje é inadequada para oferecer transparência, controle e agilidade nas suas ações de forma integrada. Sem estruturas eficientes e enxutas, colaboradores valorizados e com chances de crescer na carreira, não há como revolucionar, sair do conforto para a criatividade e inovação também no poder público. A automação desses serviços não é só ganho de tempo real, como também assegura a interação de todos e a tão necessária impessoalidade no exercício da função pública.


ARAXÁ, 23 DE JULHO DE 2021

CLARIM

 PÁGINA 3

CBMM apresenta Relatório de Sustentabilidade 2020 AMPLIAÇÃO DA PLANTA INDUSTRIAL EM ARAXÁ, INVESTIMENTOS EM TECNOLOGIA E NOVAS PARCERIAS FORAM DESTAQUES DA COMPANHIA

A CBMM apresentou o seu Relatório de Sustentabilidade 2020, em que estão destacadas as principais iniciativas e investimentos realizados no último ano. A finalização do projeto de expansão de sua planta industrial em Araxá, os aportes no programa de tecnologia, os resultados financeiros, bem como suas ações socioambientais são alguns dos temas abordados no material. Além disso, em linha com seus pilares de transformação social, a CBMM investiu, em 2020, mais de R$ 40 milhões em iniciativas de apoio à cultura, educação, esporte, empreendedorismo e melhoria da qualidade de vida das comunidades em que atua. Apenas em Araxá, os investimentos ultrapassaram os R$ 15 milhões.  Transparência - Através do Mídia Day, um evento 100% online dedicado à imprensa local, a Companhia apresentou os principais insights do Relatório de Sustentabilidade 2020. O evento contou com a apresentação de Thiago Amaral, Gerente de Meio Ambiente e Apoio Tecnológico, e Giuliano Fernandes, Gerente de Marketing e Comunicação da CBMM. O evento contou, ainda, com a participação de Marina Rodrigues, Gerente de Sustentabilidade e ESG da PwC - consultoria externa que realiza a asseguração do documento. Durante o evento, Thiago Amaral destacou as principais iniciativas e investimentos realizados pela Companhia no último ano. “Com a pandemia, tivemos que descobrir novas formas de lidar com as pessoas e nos proteger”, afirma Thiago. Segundo ele, no total foram investidos R$ 12,7 milhões em apoio ao enfrentamento à Covid-19. O Gerente de Meio Ambiente apontou um dado histórico relacionado à Saúde e Segurança dos colaboradores: durante o período, a empresa obteve índice zero de doenças ocupacionais dentro do complexo de Araxá. “O negócio só se sustenta pelas pessoas”, diz. Ele acrescenta que são 1.796 colaboradores diretos e mais ou menos 5.055 indiretos, criados ou mantidos pela atuação da CBMM em 2020. Thiago reforçou ainda a atenção ao tripé: ética, governança e transparência. Por meio de comitês específicos que garantem a imparcialidade, a empresa amplia sua visão global. A CBMM concluiu R$ 3 bilhões de investimentos no aumento da capacidade operacional da planta de Araxá em 2020, finalizando um primeiro ciclo para atender uma futura demanda. De acordo com Thiago, inicia-se neste ano um segundo ciclo de investimentos, prevendo novas plantas para o complexo de Araxá como a de baterias. “A CBMM sempre vendeu produtos manufaturados de Nióbio e temos ideias na indústria aeroespacial, química de semicondutores, potencialmente podemos gerar diferentes produtos”, afirma. Giuliano, Gerente de Comunicação e Marketing, destaca que a CBMM tem raiz em Araxá, mas com sedes também em São Paulo, onde está o corpo diretivo, EUA, Europa e na Ásia, se relacionando com cerca de 400 clientes em mais de 40 países. Giuliano acrescenta

Giuliano Fernandes

que 100% dos seus produtos são produzidos no complexo de Araxá, com aplicações metalúrgica e química. O Gerente informa que os principais produtos da CBMM são o ferro-nióbio que proporciona leveza e ao mesmo tempo mais resistência ao aço e os óxidos do metal usados em diversas aplicações como baterias. “As baterias elétricas são uma grande aposta da CBMM”, reforça Giuliano. Marina Rodrigues, da Pwc, certifica que a CBMM cumpre todos os critérios relacionados à sigla ESG que advém do termo em inglês “Environmental, Social and Governance” ou em português “Ambiental, Social e Governança” (ASG). Marina destaca, ainda, que os critérios de análise abrangem não só os resultados financeiros da empresa, como também os indicadores éticos e sociais. “O Compliance é uma estratégia que gerencia essas questões na Companhia para proporcionar segurança e minimizar riscos”, conclui.  Enfrentamento da pandemia - A CBMM doou mais de R$ 16 milhões para o combate à Covid-19, no último ano. As iniciativas contemplaram a compra de equipamentos médicos, investimentos em melhorias da infraestrutura de hospitais, além de apoio ao movimento Todos pela Saúde que recebeu ao todo R$ 5 milhões. Em parceria com a Fiemg, a CBMM fez uma doação de R$ 5,5 milhões para o envio de respiradores para UTIs de todo o Estado de Minas Gerais. Apenas o município de Araxá recebeu 24 desses respiradores, outros 6 foram doados para cidades da região. Ainda em Araxá, foram enviados para a Secretaria de Saúde um total de 13 mil testes para a detecção da Covid-19, sendo 7 mil RT-PCR e cerca de 2,5 mil EPIs para uso dos profissionais de saúde da cidade. Além disso, foram adotadas todas as medidas sanitárias para garantir a segurança e saúde dos colaboradores da empresa e terceiros. O uso de EPI’s, rigorosos protocolos de higiene e distanciamento social, além da adoção do trabalho remoto para os profissionais que podem realizar suas atividades fora das dependências da empresa foram algumas das iniciativas implementadas na planta industrial, centro corporativo e escritórios da CBMM no Brasil e em todo o mundo para conter a disseminação do novo coronavírus.  Perspectivas - Para 2021, a Companhia mantém perspectiva otimista com a continuidade dos investimentos em seu programa de tecnologia na ordem de R$ 200 milhões por ano, destinando R$ 60 milhões ao seu Programa de Baterias, um montante cerca de 60% superior ao aportado em 2020. Com estratégia direcionada a novos negócios que apresentem sinergia com o nióbio, a empresa também avalia investimentos em startups internacionais que possam acelerar ainda mais o desenvolvimento de tecnologias para baterias elétricas. Há perspectiva de que os mercados não tradicionais, fora da siderurgia, representem 35% da receita da CBMM até 2030.


 PÁGINA 4

CLARIM

ARAXÁ, 23 DE JULHO DE 2021

Prefeito diz que investimentos da prefeitura agora priorizam o social As ações sociais estão no topo das prioridades do prefeito Robson Magela que ainda tem a pandemia do coronavírus como principal desafio, quase sete meses de governo. Mas enquanto isso, ele prepara a máquina pública e elabora os projetos considerados estruturantes, como a informatização de todos os processos da administração municipal e implementação do sistema de controle da gestão. Robson também destaca o atendimento à antiga demanda de implantação da UTI Neonatal no município que estará em funcionamento tão logo sejam desocupadas as instalações da Santa Casa de Misericórdia hoje utilizadas para o tratamento aos pacientes de Covid-19.  Clarim - Já é possível fazer uma avaliação inicial com vistas aos seus quatro anos de mandato após estes quase sete meses à frente da prefeitura? Quais foram os três principais desafios enfrentados até agora? Robson - Sem dúvida nenhuma, o que foi mais difícil é a questão da Covid-19, nós passamos por várias dificuldades. Nós pensávamos que neste ano a doença estaria mais amena e, ao contrário, está muito mais agressiva. Tivemos dificuldades como falta de medicamentos, do kit intubação e percorremos todas as cidades que compõem a microrregião para buscar remédios, porque Deus me livre e guarde iríamos perder vidas. A gente estava tentando fazer esse equilíbrio econômico que é outro grande problema e evitar que se perdessem tantas vidas como foi o caso. Nós sabemos que o fechamento do comércio não é a solução e gera outro grande problema que é o desemprego, a fome, em Araxá tem demais pessoas que vivem em vulnerabilidade e isto tem crescido com a pandemia. Outra questão também é o fato de como pegamos a cidade no começo do ano, com muito buraco, mato, completamente no escuro, os contratos todos vencidos.  E já deu para pelo menos controlar essas situações? Sim, a primeira coisa que fizemos foi correr para abrir licitação para a limpeza urbana. Então, desde já deixo um abraço a todos os funcionários da prefeitura que se desdobraram até que a empresa vencedora da licitação chegasse, com pouca mão de obra, recursos e maquinários, mas eles fizeram um trabalho fantástico. Até hoje, já tapamos cerca de 9 mil buracos em Araxá, conseguimos fazer a troca

de 6 mil lâmpadas e a questão da limpeza urbana a gente já vê por si, já estamos com a equipe que ganhou a licitação trabalhando nos bairros que estavam literalmente esquecidos.  E como encontrou o maquinário da prefeitura, na verdade a situação era mesmo de abandono em vários setores? Eu até gravei um vídeo no começo do ano, mostrando para a população o que estava sendo feito com o dinheiro dela. O maquinário estava largado e tanto que estamos providenciando fazer o leilão daquelas sucatas. Hoje, já temos também na licitação - eu estou conhecendo um pouco mais sobre este processo que tem que ser burocrático mesmo - para que a gente possa arrumar um maquinário decente para o pessoal trabalhar. Não adianta ter a mão de obra e não ter o maquinário, então, esta questão inclusive ferramentas e equipamentos já estão todos na licitação. O pessoal merece trabalhar com coisa boa.  Quais são as três maiores facilidades que a prefeitura apresenta em termos de governo? A facilidade maior é poder trabalhar em prol do

social. Eu sou apaixonado com o trabalho social, já criamos vários projetos voltados para essas pessoas de baixa renda. A ampliação na aquisição de cestas básicas, por sinal, estão agora mais caprichadas, tem bolacha e Toddy para a criançada, produtos de higiene pessoal. Então, investir no social é muito gratificante, estar nesta posição hoje como prefeito e que eu sei que é passageira, nós temos a data de entrar e de sair, e poder ter o poder da caneta, de poder assinar e se colocar no lugar dos outros, tendo em vista que tantas pessoas estão passando por dificuldades nesta pandemia. Outra questão é o projeto Mãos à Obra que beneficia as famílias que realmente precisam com material de construção, para poderem morar com dignidade. Outro projeto é o Renda Básica para ajudarmos as famílias com um valor que depende do número de pessoas e da renda familiar. Isto é que vale a pena, poder ajudar as pessoas num momento de crise como este.  E a avaliação da sua equipe? Houve muita mudança em relação à anterior? Como avalia hoje os seus auxiliares desde o primeiro até o

último escalão? Nós mantivemos no começo dois secretários e depois teve uma troca na Secretaria de Saúde e, o restante, é tudo novato, assim como eu também na gestão pública. Eu estou muito satisfeito com a equipe, eles estão se desdobrando e buscando alternativas e soluções para a cidade. Tudo aquilo que for englobado dentro do nosso plano de governo, cada um na sua pasta destrinchou para saber o que era melhor para a comunidade. Hoje, neste ano vamos dizer, estamos limitados em algumas coisas devido a uma lei federal. Mas eu tenho certeza que no ano que vem muita coisa será diferente, a população tem presa e com razão, porque paga os seus impostos e o dinheiro do povo tem que retornar para o povo.  Um dos problemas que Araxá enfrenta é a falta de controle da máquina pública, não existem dados, números para que seja devidamente exercido. A falta de integração por um sistema informatizado, a burocracia no atendimento de balcão e a dificuldade de fiscalização. Enfim, existe alguma ação específica para que não aconteça mais corrupção?

Hoje, posso dizer com toda certeza que estamos preocupados com essa questão, porque estamos falando de dinheiro público que tem que ter uma transparência maior, uma prestação de contas para ser gasto. Afinal, quando tudo isso acabar, eu não quero estar respondendo ao Ministério Público, quero levar minha vida tranquila. O Juliano, nosso secretário (Desenvolvimento Econômico, Turismo e Inovação), está trazendo para Araxá junto com o Ruas (superintendente de Turismo), a Cidade Inteligente que permite esses importantes vínculos, ligações e informações. A população de Araxá tem que ter total informação do que entra e sai com os gastos, quais os projetos, os valores, nisto temos uma preocupação muito grande.  Na última audiência pública de prestação de contas referente ao primeiro quadrimestre deste ano houve apresentação de um superávit de mais de R$ 100 milhões no período, referentes a recursos remanejados do final do exercício e também aos recebidos a partir de janeiro, principalmente do governo federal com o avanço da Covid,

“Hoje, posso dizer com toda certeza que estamos preocupados com essa questão (corrupção), porque estamos falando de dinheiro público que tem que ter uma transparência maior, uma prestação de contas para ser gasto. Afinal, quando tudo isso acabar, eu não quero estar respondendo ao Ministério Público, quero levar minha vida tranquila.”

porém, o ano só termina em dezembro. Qual a sua avaliação sobre a arrecadação e o seu uso pela administração municipal? Esse superávit, nós tínhamos conhecimento dele, porém também tinha dívidas a serem pagas. Não estou aqui a questionar administrações anteriores, mas eu vejo que no nosso governo vamos gastar o dinheiro como um todo. Não visar somente o Centro da cidade, temos que dar atenção aos bairros que infelizmente sempre foram esquecidos. Temos o privilégio de ter uma arrecadação boa, a expectativa de melhoras com a abertura da fábrica de batatas Mac Cain, a elevação da produção da CBMM, a Desaer, a extensão do grupo Bahamas, muitas empresas vão investir em Araxá. Então, essa arrecadação automaticamente sobe e vamos poder investir mais para a população.  Com prioridade para o social? Com certeza, quando a gente fala social, não que vamos fazer um governo socialista, mas ajudar quem realmente precisa. Eu costumo dizer que a prefeitura dá a varinha para a pessoa pescar, não o peixe, ensina para depois ela poder caminhar com as próprias pernas. Nós sabemos que ninguém quer viver uma vida só recebendo cesta básica de prefeitura, temos que capacitar essas pessoas, qualificar, coloca-las no mercado de trabalho. Esta semana, o Sine chegou a 160 vagas, então, tem serviço.  Existe um olhar atencioso quanto à empregabilidade, principalmente para os jovens em relação ao primeiro emprego? Sim, tem a Sala do Empreendedorismo que é justamente para capacitar essas pessoas, unir com os empresários para que possam oferecer cursos de capacitação, inseri-las no mercado de trabalho, isto é muito importante. E a gente sempre prega quando uma empresa vem para Araxá que não traga mão de obra de fora, que faça uso da local, justamente para não deixar nosso pessoal desempregado. E pela primeira vez, a administração municipal vai desenvolver e apoiar projetos governamentais ou não também voltados para um público adulto entre 18 e 59 anos. A prefeitura autorizou um investimento de R$ 2 milhões a serem distribuídos do Conselho Municipal de Assistência Social por meio de edital, assim como funciona também o Conselho Municipal do Idoso e o da Criança e do Adolescente.


ARAXÁ, 23 DE JULHO DE 2021

 PÁGINA 5

CLARIM

CPI apura quebra do contrato pela Copasa O vereador Dr. Zidane defende a rescisão do contrato de concessão dos serviços de água e esgoto do município à Copasa e, em seguida, a municipalização deste atendimento à população. Ele preside a Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) aberta pela Câmara Municipal a seu pedido para tratar da questão também composta pelos vereadores Luiz Carlos Bittencourt (relator), João Veras (membro) e Wagner Cruz (suplente). O relatório final deve ser apresentado em 40 dias. “Eu também fui vítima da Copasa lá no início, na verdade esse trabalho começou não como proposta política, mas como um consumidor do dia a dia que recebe uma conta de R$ 90 para R$ 1.540, o que me causou um desconforto muito grande”, conta. Zidane acrescenta que quando se expressou para a comunidade através das redes sociais percebeu que o seu caso não era isolado. “Porque recebi milhares de comentários no vídeo que chegou a ter 100 mil visualizações e os relatos eram os mais absurdos possíveis e inimagináveis, de pessoas que estavam pagando água e deixando de comer, que pagavam por um esgoto que não era tratado, denúncias de esgoto sendo jogado a céu aberto em nossos mananciais”, afirma. De acordo com Zidane, quando resolveu ser polí-

tico decidiu levantar mais essa bandeira. “Porque vim de um projeto social e, não paramos, o Ligação Araxá tem trabalhado por aí. Quando começamos com a nossa proposta política juntamente com a bandeira da Copasa, nós colhemos 40 mil assinaturas, alguns processos no Ministério Público, algumas multas já lavradas pela Polícia Ambiental, então, as coisas realmente vêm acontecendo”, aponta o vereador. “E graças a Deus, nós tivemos 920 votos de pessoas que confiaram em nós e já nos primeiros minutos do nosso mandato firmamos o nosso compromisso com a abertura da CPI na Câmara Munici-

pal”, completa. Zidane destaca que a CPI já possui provas substanciais, porque foram coletadas através de filmagens e de multas. “Já são confirmadas realmente algumas irregularidades, boa parte das outras provas que nós temos, vamos apresentar na hora oportuna. Inclusive quero agradecer os outros membros que fazem parte dessa comissão de inquérito, os vereadores Luiz Carlos que é o relator e o membro João Veras”, aponta. Ele acrescenta que juntos têm feito diligências para coletar amostragens da água e ver a efetividade do tratamento de esgoto em Araxá. “Nós levantamos provas

documentais, são inúmeras questões que apontam para a quebra do contrato e no momento oportuno vamos apresentar”, afirma. Zidane acredita que a CPI esteja concluída em 40 dias. “Aí assim, nós vamos ter todo o material reunido para levar aos órgãos responsáveis que na sequência vão ser o Ministério Público (MP) e, após, o nosso Executivo para que realmente tenha o subsídio em mãos para que tome a decisão. Ao meu ver, de uma forma bem segura de cortar esse cordão umbilical que vem sangrando não só a comunidade araxaense, são 635 municípios que são assistidos hoje pela Copasa e é unânime o des-

conforto por todos esses consumidores em questões de custo e assistencial”, ressalta. Segundo ele, esse trabalho não é só investigativo, porque visa à retomada desses serviços de água e esgoto pelo município. “Eu diria que há percentual praticamente enorme na questão da tomada dessa decisão, porque quando o Ministério Público tiver todas essas provas reunidas, com a representatividade dos quinze vereadores que terão acesso a esse material e através de um consenso bater o martelo.” De acordo com o vereador, no seu ponto de vista quando existe a quebra das cláusulas do contrato por conta da concessionária não tem que ser paga multa integral pela rescisão do contrato. “Outro ponto de vista também que eu tenho é ter que levantar e transferir para numerários todo o prejuízo que a Copasa nos trouxe na questão do meio ambiente, depredação dos nossos córregos, mananciais, ligações clandestinas, a cobrança da taxa de esgoto por um determinado tempo sem o tratamento. Então, tem que se levantar todos esses números para que a gente possa sentar com a Copasa e ajustar, mas pagar R$ 117 milhões é fora de cogitação”, afirma, se referindo ao valor da rescisão previsto no contrato.

 Bem sucedida - Zidana conta que visitou alguns municípios que têm mais ou menos a mesma população de Araxá, como Ituiutaba, onde conheceu o sistema após a rescisão do contrato com a Copasa pelo município. “Lá aconteceu a mesma sequência, conseguiram a quebra de contrato, criaram uma autarquia, um SAE (Serviço de Água e Esgoto), e municipalizaram o tratamento de esgoto. Hoje, 100% de toda a lucratividade que a água e esgoto trazem é aplicada na cidade. Isso não é dinheiro que vai para Belo Horizonte, para as estatais, para os investidores”, destaca. De acordo com o vereador, em Ituiutaba a empresa administrada pelo município obteve um superávit de R$ 11 milhões em 2020. “Então, têm vários outros caminhos bem seguros para o município ter um tratamento de esgoto e fornecimento de água neste padrão ou melhor e em custos bem inferiores. Para se ter uma noção, lá nessa cidade quando adotaram esse sistema de autarquia do SAE a água e o esgoto caíram 50% para todo mundo, automaticamente. Os benefícios são muito grandes e 100% da mão de obra, de tudo que é comprado para que se faça o investimento e os cuidados é prestigiando as empresas da cidade”, aponta.


 PÁGINA 6

CLARIM

ARAXÁ, 23 DE JULHO DE 2021

Boas notícias para Araxá, após audiência do deputado Bosco junto com o prefeito de Araxá, Robson Magela, e o vice-prefeito, Mauro Chaves, com o governador Romeu Zema que aconteceu no Palácio Tiradentes na Cidade Administrativa, no último dia 13 deste mês. Na pauta, vários assuntos importantes para os araxaenses, destacamos: UTI Neonatal e Pediátrica, municipalização da av. José Ananias de Aguiar (Comboio), construção de um Anel Rodoviário e a implantação da Escola Tiradentes. Para a UTI Neonatal que já conta com recurso de R$1 milhão destinado pelo deputado Bosco, o governador garantiu mais um aporte de R$1,5 milhão que somados aos R$ 2,5 milhões conquistados pelo deputado conjuntamente com o prefeito Robson via emenda do senador Rodrigo Pacheco, alcançamos o valor de R$ 5 milhões. Valor necessário para instalação e funcionamento por um ano desta unidade de atendimento. “Estamos extremamente felizes com a imple-

mentação da UTI Neonatal e Pediátrica em Araxá. Nossa luta começou em 2012, e agora conseguimos os recursos necessá-

rios para a instalação e funcionamento por um ano para que depois desse período a Unidade de Tratamento Intensiva

As constantes interrupções no abastecimento de água pela Companhia de Saneamento de Minas Gerais (Copasa) em Araxá nos últimos meses levaram a inúmeros problemas em todos os bairros da cidade. Sem aviso ou notificações na maioria das vezes, muitas residências ficaram mais de um dia sem água ou com o precioso líquido quase que a conta-gotas nas torneiras. Essa situação preocupou o Vereador Evaldo Juvenal da Silva (Evaldo do Ferrocarril/PV), que apresentou na Casa Legislativa um Projeto de Lei que visa amenizar a situação do contribuinte quando há desabastecimento. Conforme a proposta, “deve a concessionária de serviços públicos de abastecimento de água fornecer em caráter emergencial, quando houver interrupções no abastecimento regular superior a 12 horas, nos imóveis residenciais e comerciais”. Ainda, esse fornecimento emergencial seria feito por caminhões pipa ou alternativas para suprir a falta nos reservatórios coletivos e individuais. Esse fornecimento à parte deve ser feito “na quantidade correspondente com a necessidade e pelo período que persistir a interrupção do abastecimen-

Proposta do Vereador Evaldo do Ferrocarril está em tramitação pelas Comissões Permanentes da Casa to regular e pelo período que durar a interrupção”. A proposta está em tramitação pelas Comissões Permanentes da Câmara de Araxá e pode ser lida na íntegra no site da Câmara Municipal. Além do fornecimento emergencial, o Projeto determina que a prestadora tenha a obrigação de informar o cliente sobre a interrupção do fornecimento, exceto em situações de emergência. Há

ainda a previsão de multas no caso de descumprimento da lei, caso ela seja aprovada e sancionada.  Indicações - A situação de uma área pública no Setor Norte de Araxá nas imediações do bairro Santa Maria foi tema de indicação do Vereador Evaldo do Ferrocarril. O espaço ficou conhecido como antiga localização do Residencial Nosso Lar. Evaldo solicitou ao Poder Público estudo para um Loteamento Popular. A Prefeitura emitiu nota no dia 21 de julho, esclarecendo os fatos. A área foi alvo de processo judicial que anulou em 2015 os contratos de repasse dos terrenos que tinham irregularidades. Agora, a PMA planeja um programa habitacional para 2022, com recursos do Governo Federal. E demonstrando preocupação com os Servidores, Evaldo sugeriu ao prefeito Robson Magela que possa implementar o Serviço Especializado em Engenharia de Segurança e em Medicina do Trabalho (SESMT) no âmbito da Administração Municipal e a Comissão Interna de Prevenção de Acidentes (CIPA). As duas indicações foram aprovadas e encaminhadas aos setores responsáveis.

INFORME PUBLICITÁRIO

Projeto obriga Copasa a fornecer água potável quando houver desabastecimento

possa ser custeada pelo SUS. Isso representa um alívio para muitas mães que necessitam de atendimento especializado

para seus filhos prematuros e precisam se deslocar para outras cidades em busca de tratamento adequado”, destaca o deputado Bosco. O prefeito Robson Magela comemora. “Agora temos os R$ 5 milhões suficientes para que esse projeto que é uma das principais ações do nosso Plano de Governo se torne realidade. É uma demanda de muitos anos da nossa comunidade e, em breve, Araxá terá a UTI Neonatal e Pediátrica, com a nossa gestão contando com essa grande parceria do governador Romeu Zema, do deputado Bosco e do senador Rodrigo Pacheco.”

INFORME PUBLICITÁRIO

Recursos para a instalação de UTI Neonatal em Araxá estão garantidos

Já com relação à Escola Tiradentes, Zema se comprometeu com a instalação de uma unidade em Araxá. Quanto às demais demandas, o governador solicitou de sua equipe estudos e projetos para viabilizar os atendimentos. Também participaram da audiência, o secretáriogeral do Estado de Minas Gerais, Mateus Simões, o secretário de Estado, Igor Eto, a chefe de Gabinete da Seinfra, Carolina Vespúcio, e de Araxá o secretário municipal de Obras Públicas e Mobilidade Urbana, Sebastião Donizete, e o chefe de Gabinete, Germano Afonso.

PMA limpa casa de acumulador com a retirada de quatro caminhões de lixo Em dois dias de trabalho, agentes da Vigilância Ambiental da Secretaria Municipal de Saúde utilizaram quatro caminhões para a retirada de lixo e entulho de um imóvel de um acumulador situado no bairro Novo São Geraldo. A ação foi realizada em atendimento a denúncias de moradores relatando mau cheiro e infestação de animais peçonhentos e insetos na vizinhança. "São ratos, cobras, baratas, escorpiões, pernilongos e mosquitos da dengue que já estavam invadindo as casas vizinhas, colocando em xeque a segurança sanitária dos moradores da região", informa a educadora em saúde da Vigilância Ambiental, Edna Márcia dos Santos Alves. De

acordo com ela, a limpeza foi autorizada pela Justiça, uma vez que não houve consentimento do morador. A força-tarefa chamada também de "Caminhão Bota-fora" teve o apoio da Polícia Militar. "Esse acumulador já é conhecido da nossa equipe e, frequentemente, pelo menos duas vezes ao ano temos que realizar esse tipo de trabalho. Para se ter ideia, já chegamos a utilizar 22 caminhões para retirar lixo e entulho nessa residência. Desta vez, o morador colocou a cama na garagem e estava dormindo lá, uma vez que a casa de três quartos já estava completamente tomada pelo lixo". Além desse acumulador, há também outros casos na cidade. Este ano, por

exemplo, a equipe chegou a retirar 12 caminhões de outro imóvel situado no bairro Boa Vista. Trata-se da Síndrome de Diógenes que se caracteriza por descuido extremo com a higiene pessoal e negligência com o asseio da própria moradia. Conforme a Sociedade Brasileira de Psiquiatria, a incidência dessa síndrome é de 5 em cada 10 mil pessoas acima de 60 anos. "Nessas situações, a equipe da Atenção Básica da Secretaria Municipal de Saúde oferece acompanhamento psicológico a essas pessoas. Mas cabe a elas admitirem que têm essa síndrome e aceitarem a ajuda. O que não é o caso deste acumulador do bairro São Geraldo", lamenta Edna.


ARAXÁ, 23 DE JULHO DE 2021

 PÁGINA 7

CLARIM

Polícia

Ladrão de caminhão-guindaste Ex-encarregado que causou acidente está foragido pela tesouraria A Polícia Militar (PM) de Araxá está à procura do autor que furtou um caminhão-guindaste Mercedes Benz e, em seguida, causou um acidente de trânsito com duas vítimas por volta do meio dia de quarta-feira, 21, na av. Capitão Belarmino de Paula Machado, bairro Pedro Pezzuti. No local, o condutor do VW/Crossfox, de 21 anos, que ficou preso após a caçamba do caminhão cair em cima do veículo, contou que estava junto com a irmã, de 30 anos, e o sobrinho, 2, no interior do veículo estacionado em via pública. Segundo ele, em determinado momento visualizou o caminhão perder o controle direcional e tombar em cima do seu

veículo, quando institivamente deitou-se no banco do passageiro ao lado, o que salvou a sua vida. A mulher e a criança foram socorridas até a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) pela guarnição do Corpo de Bombeiros, com escoriações leves. De acordo com o relato

do proprietário do caminhão, momentos antes do acidente parou na av. Wilson Borges para realizar uma compra, deixando-o ligado e com a chave na ignição. Segundo ele, ao sair da loja constatou que o caminhão tinha sido furtado. A ação do autor foi gravada pelo circuito de

câmeras e a PM constatou tratar-se de um indivíduo moreno com barba rala, trajando calça jeans azul clara, camisa sem manga clara e sapato preto. A PM segue com os rastreamentos no intuito de localizar o autor do furto que provocou o acidente. O veículo Crossfox teve danos generalizados e foi removido ao pátio credenciado ao Detran-MG junto com o caminhão furtado. Posteriormente, a guarnição do Corpo de Bombeiros realizou os trabalhos para conter um vazamento de óleo diesel do tanque do caminhão. A guarnição do Policiamento de Meio Ambiente e a Perícia Técnica da Polícia Civil estiveram no local para realizarem os trabalhos de praxe.

PRESO AUTOR DE ASSASSINATO EM OPERAÇÃO CONJUNTA Um homem, de 28 anos, foi preso por homicídio menos de 12 horas após o crime ocorrido às 7h de segunda-feira, 19, em ação conjunta das polícias Militar e Civil de Araxá. A PM foi acionada para comparecer à rua Marcelo de Tarso Laert, bairro Boa Vista, onde um homem, de

27 anos, tinha sido assassinado ao sair de casa para o trabalho. A vítima foi atingida por um disparo de arma de fogo e morreu no local. De posse das informações iniciais, as polícias iniciaram um trabalho integrado de rastreamentos que rapidamente culminou na identificação,

localização e prisão do suspeito que indicou o local onde ocultou a arma utilizada no homicídio. Então, foram realizadas buscas em uma mata, onde as equipes policiais encontraram e apreenderam uma espingarda calibre 24 com um cartucho vazio na câmara e uma

bolsa contendo mais quatro munições e uma bandoleira. “As polícias Militar e Civil reafirmam o compromisso do trabalho integrado e diuturno, proporcionando uma pronta resposta frente às demandas delituosas e trazendo maior sensação de segurança a toda população.”

da Apac é preso A Polícia Civil de Minas Gerais (PCMG) por intermédio da 2ª Delegacia Regional de Araxá cumpriu mandado de prisão preventiva contra o ex-encarregado da Tesouraria da Associação de Proteção e Assistência aos Condenados (Apac) de Araxá, DMO, de 35 anos, na terça-feira, 20. O inquérito policial foi inaugurado este mês, após o recebimento de notícia crime apresentada pelo Setor Jurídico da Apac, informando que o investigado contratado como encarregado de Tesouraria em agosto de 2020 teria cometido diversos ilícitos durante o exercício de suas atividades até ser demitido em julho deste ano. Conforme apurado, o investigado falsificava orçamentos para a realização de compras em supermercados, inclusive opondo preços a maior e falsas assinaturas. O investigado ainda teria

se apropriado de valores das rendas das lanchonetes da associação, sendo suspeito de ter subtraído até o momento R$ 2.704. Durante as suas atividades na Tesouraria da entidade, o investigado ainda utilizou verba de rubrica estatal para fim diverso, empregando dinheiro destinado à alimentação dos reeducandos na compra de insumos para lanchonetes, manipulando a prestação de contas. Também há denúncias de que compras em supermercados foram realizadas com dinheiro da Apac e destinadas ao seu uso particular. As atividades investigativas terão continuidade e o valor do dano patrimonial e número de falsificações tende a aumentar, informam os delegados regional, Vítor Hugo Heisler, e o responsável pelas investigações, Christiano de Rezende Dib.


 PÁGINA 8

CLARIM

Opinião

Araxá adere ao Circuito Turístico Nascentes das Gerais e Canastra FOTO: CELSO FLÁVIO

Dom Paulo Mendes Peixoto

Problema da Fome A fome engloba também a sede, como condições essenciais para a existência da vida. Podemos fazer a pergunta sobre que tipo de fome e de sede deve ser pensado. Ninguém, normalmente, vive sem comida e bebida, mesmo sabendo existir muita gente que não tem condição adequada para uma sobrevivência sadia. Falta alimento por faltar partilha. Falta água porque foi transformada em comércio. O Evangelho fala da partilha de pães e peixes (Jo 6,1-15). Eles eram poucos para tanta gente, mas foram distribuídos de forma equitativa entre as muitas pessoas num mesmo instante, quando todos os presentes conseguiram comer o quanto era necessário e ainda sobrou. Na verdade,

quando existe partilha, sempre sobra, mas se o domínio é do egoísmo acumulador, sempre falta. A providência divina é sempre milagrosa quando os critérios empregados são de partilha. O Brasil é um dos países privilegiados, porque tem muito espaço e muita terra altamente fértil. O país é um dos maiores produtores de grãos do mundo. Infelizmente, o número de pessoas que passam fome é muito grande, porque o destino da produção não favorece as necessidades do povo brasileiro. Podemos pensar também sobre a água potável. É outro importante privilégio do Brasil, porque o volume de água potável é muito expressivo. Mas caminhamos para uma situação preocupante para os

ARAXÁ, 23 DE JULHO DE 2021

grandes aglomerados urbanos. Os reservatórios diminuem, porque não existe uma política de conservação das nascentes. O que ainda resta vai sendo contaminado por uma gestão sem critérios. O futuro da humanidade depende de alimento e água pura. Futuro não muito promissor se não for feito algo de concreto em relação às políticas públicas voltadas para a prática da partilha e da responsabilidade no lidar com a natureza. A ânsia por lucro imediato praticado pelas grandes e poderosas empresas causa desastres inconsequentes e desconectados com o futuro da humanidade. O impasse envolvente é como alimentar tantas pessoas sem o que comer, porque não bastam as partilhas esporádicas em tempo de pandemia. A organização da sociedade tem que ser diferente, mas isto supõe uma firme e capacitada atuação governamental, justa e sincera, que consiga diminuir o exagerado fosso que existe entre a classe acumuladora, ultra rica e a extrema pobreza da maioria.

Dom Paulo Mendes Peixoto é Arcebispo de Uberaba

INFORME PUBLICITÁRIO

Araxá se destaca como cidade histórica, rica em belezas naturais e famosa pelas águas termais, além da típica gastronomia e inconfundível natureza, o que atrai visitantes de todas as partes do país. Para aprimorar o cenário turístico na cidade, o prefeito Robson Magela assinou o termo associativo do Município de Araxá ao Circuito Turístico Nascentes das Gerais e Canastra neste mês. A adesão permite à cidade receber recursos estaduais e federais para aplicação no turismo. Na ocasião, também participaram o secretário de Desenvolvimento Econômico, Inovação e Turismo, Juliano Cesar da Silva, o superintendente de Turismo, Ricardo Ruas, o presidente da Associação do Circuito Turístico Nascentes das Gerais e Canastra, José Eduardo de Almeida, o vice-presidente, Luiz Carlos Pádua, e o gestor do circuito, Kleyber da Silveira. “Araxá sempre foi referência quando o assunto é o turismo e perdemos isso nos últimos anos. A adesão ao circuito resgata a nossa essência. Essa é apenas uma das inúme-

ras ações que a administração municipal está fazendo para o desenvolvimento econômico, social e cultural da cidade” afirma o prefeito. De acordo com Ruas, a associação do município ao circuito promove o desenvolvimento turístico local e regional. “Temos uma localização privilegiada, precisamos explorar nessa época de pandemia o turismo regional. Araxá é uma das portas de entrada para a Canastra, temos certeza que vamos ganhar muito”, destaca. Com a adesão de Araxá, o Circuito Turístico Nascentes das Gerais e Canastra passa a englobar 19 cidades mineiras. O objetivo é fomentar e promover ações que impactam diretamente os municípios associados. “É muito importante para nós a participação de Araxá no circuito, estamos orgulhosos e podemos sentir pela administração que essa felicidade é recíproca. Temos inúmeros municípios com suas particularidades, cada um tem sua gastronomia, riquezas naturais e isto é um diferencial para os turistas”,

destaca Almeida. O Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) Turístico garante aos municípios parte de recursos arrecadados no Estado para investimentos em gestão e preservação do patrimônio cultural que atrai turistas. O circuito funciona como um interlocutor entre o município e o Estado. “Para pleitear um projeto no Ministério do Turismo, por exemplo, os municípios precisam comprovar que estão organizados e associados a algum circuito. Agora é possível pleitear ICMS Turístico para receber recursos do Estado. Portanto, é muito importante, quando o poder público possui essa visão ampla de desenvolvimento”, explica Silveira. Além de Araxá, os municípios associados ao circuito são Alpinópolis, Capitólio, Carmo do Rio Claro, Cássia, Claraval, Delfinópolis, Guapé, Ibiraci, Itaú de Minas, Passos, Pratápolis, São João Batista do Glória, São José da Barra, Piumhi, São Roque de Minas, Ilicínea, Tapira e Vargem Bonita.

Wellington da Bit propõe adoção do Índice de Educação Inclusiva O vereador Wellington da Bit apresentou o projeto de lei nº 131/2021 que institui o Índice Municipal de Educação Inclusiva (Imei), na reunião ordinária da Câmara Municipal em 12 de julho. “Em 2000, o Brasil tinha cerca de 24,5 milhões de pessoas com deficiência. Atualmente, são cerca de 45 milhões. Precisamos, portanto, criar políticas públicas que melhorem os aspectos ligados à educação inclusiva”, aponta Wellington. Segundo ele, o objetivo do projeto de lei é promover a inclusão em todos os aspectos ligados à educação. “Araxá tem potencial para se tornar referência em educação inclusiva e nosso trabalho é criar condições para que isto se concretize”, afirma o vereador. O projeto de lei estabelece critérios que permitem analisar os recursos

Wellington da Bit se reúne com a secretária municipal de Educação, Zulma Moreira físicos e humanos de cada unidade escolar do município em relação a sua capacidade inclusiva. “A participação da comunidade escolar é essencial”, pontua Wellington. Ele tratou do tema em reunião com a secretaria municipal de Educação, Zulma Moreira, nesta segunda-feira, 19. Outro tópico tratado foi a Semana

Municipal de Educação, Tecnologia e Inovação que acontecerá em outubro próximo, conforme lei municipal de autoria de Wellington. “Iremos mobilizar os alunos para que trabalhem temas relativos à economia familiar e consumo consciente, assuntos muito importantes na atualidade”, explica.


ARAXÁ, 23 DE JULHO DE 2021

CLARIM

 PÁGINA 9

Os vencedores do Prêmio CBMM de Ciência e Tecnologia Cientistas que utilizam tecnologias ópticas nas áreas da saúde e de telecomunicações foram os vencedores da edição 2021 do Prêmio CBMM de Ciência e Tecnologia. A companhia divulgou os vencedores da terceira edição do prêmio que reconhece a trajetória de pesquisadores brasileiros no último dia 15. A premiação que tem o propósito de fomentar e valorizar a produção científica e tecnológica no Brasil contou com mais de 425 inscritos de diversos Estados do país. Reconhecidos por suas trajetórias inovadoras, o físico Dr. Vanderlei Salvador Bagnato e o engenheiro Dr. Júlio César Rodrigues Fernandes de Oliveira foram contemplados nas categorias Ciência e Tecnologia, respectivamente. “Historicamente, estamos engajados em transformar a sociedade para melhor e o Prêmio CBMM é uma das formas que encontramos para fazer isto. Queremos cada vez mais valorizar a ciência e a tecnologia no Brasil e reconhecer pesquisadores que desenvolvem soluções que geram

impacto positivo para o mundo”, afirma o vicepresidente da CBMM, Ricardo Lima. Bagnato é doutor em física pelo Massachusetts Institute of Technology (MIT), professor titular e diretor do Instituto de Física da USP em São Car-

los (SP) e membro da National Academy of Science nos Estados Unidos. Com mais de 700 artigos publicados, estuda a utilização de ferramentas da física óptica para controlar átomos e para o tratamento de doenças como o câncer e controle microbiológico.

“O cientista quando produz algo de boa qualidade é muito útil, mas quando se preocupa e tem prazer em explicar para as pessoas comuns o que fez, torna-se mais completo. Valorizo muito iniciativas como o Prêmio CBMM, justamente por nos ajudar

a levar a ciência ainda mais longe, impactando um grande número de pessoas”, diz Bagnato. Oliveira é formado em Engenharia Elétrica pela Universidade Federal de Campina Grande (PB), seu mestrado e doutorado são na área de comunicações ópticas pela Unicamp. Empreendedor, ele centrou esforços no desenvolvimento de soluções em óptica para o aprimoramento das telecomunicações, sendo responsável por aumentar a velocidade de transmissão de dados via a convergência entre fotônica e microeletrônica com impactos internacionais. Hoje, CEO do grupo formado pelas empresas IDEA, BrPhotonics e PITEC, das quais é fundador. Já licenciou mais de 15 patentes e transferiu mais de 20 produtos ao mercado. “Ver uma empresa da iniciativa privada interessada em jogar luz ao legado de pesquisadores brasileiros que buscam por novos desenvolvimentos é muito gratificante”, afirma. “Ações como essa são responsáveis por criar um círculo virtuoso para todo o ecos-

sistema de inovação de um país, o que beneficia acima de tudo a nossa sociedade”, completa.  Prêmio CBMM de Ciência e Tecnologia - A premiação foi criada em 2019, com o objetivo de reconhecer o legado de profissionais que contribuem significativamente para o desenvolvimento do Brasil, oferecendo R$ 500 mil aos vencedores de duas categorias: Ciência e Tecnologia. Para concorrer, os pesquisadores se inscrevem voluntariamente ou são indicados por instituições, empresas e profissionais renomados nas áreas de Ciências Exatas e Engenharias. As três últimas edições da premiação somaram mais de 800 inscrições vindas de todo o país. Com comissão julgadora totalmente independente, formada por profissionais renomados, o Prêmio CBMM passou a contar em 2021 com a participação da cientista Helena Nader, biomédica, professora titular da Escola Paulista de Medicina e vicepresidente da Academia Brasileira de Ciências.

CBMM implementa Vacinômetro em sua planta industrial e em seus escritórios Quando o assunto é gestão eficiente frente à pandemia da Covid-19, a CBMM que é líder global na produção e comercialização de produtos de Nióbio é referência, principalmente em parcerias que visam o bem-estar das comunidades em que está inserida. E com relação ao público interno, não é diferente. Por meio do programa #TodosJuntos, a empresa criou o Vacinômetro – um sistema digital onde de forma volun-

tária o colaborador sinaliza se foi vacinado contra o novo coronavírus. O Vacinômetro tem o objetivo de monitorar a imunização dos mais de 1,9 mil colaboradores da CBMM alocados em diversas regiões do mundo e orientar a gestão da empresa para tomadas de decisões. “Acreditamos na vacinação e incentivamos todos os colaboradores a se vacinarem. Com esse novo processo, teremos mais segurança para agir,

além de uma melhor orientação quanto ao ritmo de imunização do nosso time, o que possibilitará uma organização mais assertiva das atividades em todas as localidades em que atuamos”, afirma o gerente de Operações de Recursos Humanos, Walbert Cassino. Por meio do Vacinômetro, a empresa também ajuda o colaborador a lembrar a data em que precisa tomar a segunda dose do imunizante e

presta atendimento em casos de reações adversas provocadas pela vacina. Desde o início da pandemia, a companhia implementou uma série de ações em prol da saúde e segurança de seus funcionários e firmou parcerias com o setor público para colaborar com a comunidade. Internamente, a empresa adotou medidas para reduzir a circulação de pessoas em sua planta industrial em Araxá (MG) adotou o home

office para todos os colaboradores que podem executar suas tarefas remotamente, intensificou a higienização e limpeza nas áreas comuns, escritórios e áreas fabris, potencializou a ventilação natural em todos os ambientes de trabalho, dentre outras ações. Com relação às iniciativas junto à comunidade, a CBMM realizou a doação de mais de 40 mil testes para detecção da Covid-19, além de 24 respi-

radores e de cerca de 2,5 mil Equipamentos de Proteção Individual (EPIs) para uso dos profissionais da saúde do município de Araxá. Em Minas Gerais, a empresa firmou parceria com a Fiemg para compra de equipamentos médicos para os hospitais do Estado e, nacionalmente, aderiu ao Programa Todos Pela Saúde. A companhia destinou um total de R$ 22,5 milhões para o combate à doença em todo país.

Sobre a CBMM - Líder mundial na produção e comercialização de produtos de Nióbio, a CBMM possui mais de 400 clientes em 50 países. Sediada no Brasil, com escritórios e subsidiárias na China, Países Baixos, Singapura, Suíça e Estados Unidos, a companhia fornece produtos e tecnologia de ponta aos setores de infraestrutura, mobilidade, aeroespacial e energia. Em 2019, investiu na 2DM, empresa dedicada ao Grafeno.

Mosaic Fertilizantes participa de audiência para licenciamento da Barragem BR em Tapira A Mosaic Fertilizantes, uma das maiores produtoras globais de fosfatados e potássio combinados, participa de uma audiência pública para apresentação de projeto de licenciamento para a atualização da vida útil da Barragem de Rejeitos de sua mina em Tapira (MG), em 3 de agosto próximo. A reunião atende às normas de segurança para bar-

ragens da Agência Nacional de Mineração (ANM) e reforça o respeito e compromisso com a comunidade, por meio de uma comunicação aberta e transparente. O empreendimento elevará a estrutura para a cota de 1.210 metros, utilizando a área situada dentro do próprio Complexo de Mineração da empresa, sem necessidade de expansão. O pro-

jeto utilizará das mesmas condições operacionais e contará com os protocolos de segurança já adotados pela Mosaic Fertilizantes. A Audiência Pública para Alteamento de Barragem acontece às 19h do próximo dia 3, terça-feira, com transmissão no site (www.mosaicco.com.br) e no canal do YouTube da Mosaic e via rádio Nova FM 87,9. A comunidade poderá acompanhar em seis pontos de acesso físico, limitados à participação de 30 pessoas em atendimento ao plano Minas Consciente. Após a apresentação do projeto pela Mosaic Fertilizantes, haverá tempo dedicado para esclarecer dúvidas do público por meio do envio de perguntas.


 PÁGINA 10

CLARIM

ARAXÁ, 23 DE JULHO DE 2021

Classificados

CRECI 4337 PJ

RUA PADRE ANCHIETA, 323, LOJA B

3661-5307 - 3661-5683 Apartamentos para aluguel - Rua Ademar Rodrigues Do Vale, Alvorada, 800,00 - Rua Funcionario Joao Rosa, Vila Jardim, 800,00 - Av Hitalo Ros, Jardim Bela Vista, 850,00 - Av. Wilson Borges, Santo Antonio, 850,00 - Av Hitalo Ros, Jardim Residencial Bela Vista, 900,00 - Av Hitalo Ros, Jardim Residencial Bela Vista, 900,00 - Rua Funcionario Joao Rosa, Santa Luzia, 900,00 - Av Hitalo Ros, Morada Do Sol, 1000,00 - Av Joao Moreira Sales, Arasol, 1000,00 - Rua Belo Horizonte, Centro, 1000,00 - Rua Cassiano Lemos, Centro, 1050,00 - Rua Jose Torres De Araujo, Vila Silveria, 1050,00 - Rua Presidente Olegario Maciel, Centro, 1050,00 - Av Joao Moreira Sales, Arasol, 1100,00 - Av Joao Moreira Sales, Arasol, 1100,00 - Rua Belo Horizonte, Centro, 1100,00 - Rua Benedita Maria De Jesus, Loteamento Residencial Solaris, 1100,00 - Av. Imbiara, Centro, 1200,00 - Rua Nicanor De Souza, Vila Universitaria, 1200,00 - Rua Totonho Pereira, Santo Antonio, 1200,00 - Rua Guilherme Scarpellini, Santo Antonio, 1200,00 - Av Maria Guimaraes Faria, Alvorada, 1400,00 - Av Washington Barcelos, Bom Jesus, 1400,00 - Rua Belo Horizonte, Centro, 1500,00 - Rua Belo Horizonte, Centro, 1500,00 - Av Imbiara, Centro, 1600,00 - Tv Maria Januaria Borges, Centro, 1700,00 - Rua Belo Horizonte, Centro, 1700,00 - Rua Mario Campos, Vila Sao Pedro, 1800,00 Casas - Rua Jason De Oliveira, Vila Silveria, 500,00 - Rua Larissa Cristina Caetano, Conjunto Habitacional Boa Vista, 500,00 - Rua Jason De Oliveira, Vila Silveria, 550,00 - Rua Geralda Detoni, Vila Santa Luzia, 550,00 - Rua Modesto Cristino Filho, Vila Santa Luzia, 650,00 - Rua Selda De Castro Alves, Vila Fertiza, 650,00 - Rua Jose Barbosa De Castro, Vila Fertiza, 680,00 - Rua Calimerio Guimaraes, Centro, 700,00 - Rua Raimundo Loureiro, Odilon Jose Carneiro, 700,00 - Rua Anisio Simoes Borges, Boa Vista, 700,00 - Rua Jose Alves Borges, Loteamento Novo Pao De Acucar, 700,00 - Rua Eurindo Barbosa De Lacerda, Conjunto Habitacional Pao De Acucar, 700,00 - Rua Antonio Barreto, Fertiza, 750,00 - Rua Milton Pereira De Rezende, Conjunto Habitacional Pao De Acucar, 750,00 - Rua Juca Cancio, Urciano Lemos, 750,00 - Av Maria Guimaraes Faria, Alvorada, 800,00 - Av Sebastiao Afonseca E Silva, Vila Santa Terezinha, 800,00 - Rua Bernardo Guimaraes, Jardim Primavera, 800,00 - Rua Guimaraes Rosa, Primavera, 800,00 - Rua Helio Milagres, Novo Horizonte, 800,00 - Rua Dorvalino Pereira Borges, Doutor Pedro Pezzuti, 800,00 - Rua Jose Olyntho De Castro, Santa Maria, 800,00 - Rua Professor Saturnino Teixeira, Vila Sao Pedro, 800,00 - Rua Joana Francisca Da Costa, Domingos Zema, 850,00 - Rua Augusto Eduardo Montandon, Salomao Drumond, 850,00 - Rua Geralcino Ribeiro Da Silva, Vila Sao Pedro, 850,00 - Rua Consolacao, Alvorada, 850,00 - Rua Augusto Eduardo Montandon, Salomao Drumond, 850,00 - Rua Mariana Jacinta Duarte, Vila Jardim, 900,00 - Rua Ananias Teixeira, Santa Rita, 900,00 - Rua Joaquim Marques Borges, Micro Distrito Santa Rita, 900,00 - Rua Jandira Santos Oliveira, Santo Antonio, 950,00 - Rua Amador Carneiro De Melo, Parque Das Mangabeiras, 950,00 - Rua Antonio Da Silva, Abolicao, 950,00 - Rua Juca Goncalves, Santo Antonio, 950,00 - Rua Ana Da Cunha, Ademar Rodrigues Vale, 950,00 - Rua Joaquim Alves Ferreira, Urciano Lemos, 950,00 - Rua Celidonio Afonseca E Silva, Joao Ribeiro, 1000,00 - Rua Jose Carlos Pedro Grande, Vila Estancia, 1000,00 - Rua Argenita, Santo Antonio, 1000,00 - Rua Juca Goncalves, Santo Antonio, 1000,00 - Rua Marechal Deodoro, Centro, 1000,00 - Rua Ferreira Benfica, Vila Estancia, 1000,00 - Rua Limirio Afonso, Centro, 1000,00 - Rua Anisia P Guimaraes, Joao Bosco Teixeira, 1000,00 - Rua Ipiao, Centro, 1000,00 - Rua Corina Maria Luiza, Sao Francisco, 1100,00 - Av Prefeito Aracely De Paula, Centro, 1100,00 - Rua Padre Jose Zorzal, Jose Ferreira Guimaraes (Mangueira Ii), 1100,00 - Rua Geraldo Cassimiro Dos Reis, Jardim Europa, 1100,00 - Rua Jose Nabor Jordao, Jardim Residencial Bela Vista, 1100,00 - Rua Nicanor De Souza, Vila Universitaria, 1150,00 - Rua Dos Cardeais, Vila Lamartine (Area Ii), 1150,00 - Rua Geralda Maciel Tannus, Santo Antonio, 1200,00 - Rua Claudio Jose De Faria, Joao Ribeiro, 1200,00 - Rua Joao Davi, Santo Antonio, 1200,00 - Rua Jose Honorato Borges, Parque Das Mangabeiras, 1200,00 - Rua Joaquim Alves Ferreira, Urciano Lemos,

1200,00 - Rua Primeiro De Maio, Centro, 1200,00 - Rua Limirio Afonso, Centro, 1290,00 - Rua Raimundo Loureiro, Odilon Jose Carneiro, 1300,00 - Rua Jose Nabor Jordao, Jardim Residencial Bela Vista, 1300,00 - Rua Benedita Margarida Da Mota, Ademar Rodrigues Vale, 1300,00 - Rua Josefina Dias Ribeiro, Loteamento Novo Pao De Acucar, 1300,00 - Rua Terencio Pereira, Santo Antonio, 1350,00 - Rua Irineia Alves De Paiva, Vila Estancia, 1350,00 - Rua Antonio Maia Rios, Alvorada, 1400,00 - Rua Antonio Alves Da Costa, Centro, 1400,00 - Rua Jose Pedro Da Silva, Pao De Acucar, 1500,00 - Rua Perdizes, Centro, 1500,00 - Rua Donato Pinheiro Dos Santos, Vila Joao Ribeiro, 1550,00 - Rua Aurora Maria De Jesus, Jose Ferreira Guimaraes (Mangueira Ii), 1800,00 - Rua Virgilio De Abreu, Centro, 2000,00 - Rua Francisco Batista Da Costa, Vila Silveria, 2000,00 - Rua Gustavo Rios, Morada Do Sol, 2000,00 - Rua Alexandre Dumont, Vila Santa Luzia, 2300,00 - Rua Pedro Bruno Dos Reis, Santo Antonio, 2480,00 - Rua Conego Cassiano, Centro, 2700,00 - Rua Primeiro De Maio, Centro, 2800,00 - Av Diomedes Gentil Dos Santos, Barreirinho, 3000,00 - Rua Conego Cassiano, Centro, 3800,00 - Rua Angela Marques Torres, Centro, 4000,00 - Av Getulio Vargas, Centro, 4500,00 - Rua Rio Branco, Centro, 4500,00 - Al Inacio Paes Leme, Centro, 5500,00 - Rua Gastao Santos, Fertiza, 5500,00 Galpão - Rua Honorio De Paiva Abreu, Jardim Residencial Bela Vista, 3500,00 - Av Jose Ananias De Aguiar, Amazonas, 4500,00 Kitinete - Rua Ipiao, Centro, 520,00 - Av. Imbiara, Centro, 550,00 - Av. Imbiara, Centro, 550,00 - Rua Dom Jose Gaspar, Centro, 590,00 - Av. Imbiara, Centro, 620,00 - Av. Imbiara, Centro, 620,00 - Rua Dom Jose Gaspar, Centro, 640,00 - Av. Imbiara, Centro, 650,00 - Rua Dom Jose Gaspar, Centro, 690,00 - Rua Jose Carlos Pedro Grande, Vila Estancia, 700,00 - Rua Dom Jose Gaspar, Centro, 990,00 - Rua Dom Jose Gaspar, Centro, 990,00 Loja - Rua Antonio Pedro Da Costa, Sao Vicente, 350,00 - Rua Santo Antonio, Santo Antonio, 400,00 - Rua Francisco De Freitas, Boa Vista, 400,00 - Rua Conego Cassiano, Centro, 450,00 - Av Getulio Vargas, Centro, 600,00 - Rua Astolfo Rodrigues, Centro, 600,00 - Rua Astolfo Rodrigues, Centro, 600,00 Av. Imbiara, Centro, 700,00 - Av. Imbiara, Centro, 700,00 - Rua Domingos Di Mambro, Vila Silveria, 700,00 - Rua Ernesto Rosa, Urciano Lemos, 700,00 - Av Imbiara, Centro, 750,00 - Rua Antonio Da Silva, Abolicao, 800,00 - Rua Presidente Olegario Maciel, Centro, 800,00 - Rua Presidente Olegario Maciel, Centro, 900,00 - Rua Rio Branco, Centro, 1000,00 - Rua Ipiao, Centro, 1000,00 - Rua Presidente Olegario Maciel, Centro, 1000,00 - Rua Presidente Olegario Maciel, Centro, 1000,00 - Tv Santa Izabel, Centro, 1400,00 - Av. Senador Montandon, Centro, 1500,00 - Av. Senador Montandon, Centro, 1500,00 - Rua Mariano De Avila, Centro, 1500,00 - Rua Dom Jose Gaspar, Centro, 1800,00 - Av Imbiara, Centro, 2000,00 - Av Imbiara, Centro, 2000,00 - Av. Vereador Joao Sena, Centro, 2000,00 - Rua Cassiano Lemos, Centro, 2000,00 - Rua Mariano De Avila, Centro, 2000,00 - Av. Vereador Joao Sena, Centro, 2400,00 - Av. Senador Montandon, Centro, 2500,00 - Av. Imbiara, Centro, 2500,00 - Av Getulio Vargas, Centro, 2800,00 - Rua Dom Bosco, Centro, 2800,00 - Rua Calimerio Guimaraes, Centro, 3000,00 - Rua Mariano De Avila, Centro, 3000,00 - Av. Imbiara, Centro, 3100,00 - Av. Imbiara, Centro, 3500,00 - Rua Carvalho Lopes, Centro, 3500,00 - Rua Carvalho Lopes, Centro, 4000,00 - Rua Dona Maroca, Centro, 4000,00 - Av. Imbiara, Centro, 5000,00 - Rua Calimerio Guimaraes, Centro, 5500,00 - Av Imbiara, Centro, 7000,00 - Av Vereador Joao Sena, Centro, 10000,00 Sala - Rua Presidente Olegario Maciel, Centro, 500,00 - Av Getulio Vargas, Centro, 750,00 - Av Getulio Vargas, Centro, 780,00 - Av. Getulio Vargas, Centro, 800,00 - Av. Getulio Vargas, Centro, 850,00 - Av Getulio Vargas, Centro, 1200,00 - Av Getulio Vargas, Centro, 2800,00 - Rua Getulio Vargas, Centro, 2800,00 Terreno - Rua Juca Goncalves, Santo Antonio, 500,00 - Av Doutor Pedro De Paula Lemos, Santa Rita, 950,00 - Rua Honorio De Paiva Abreu, Jardim Residencial Bela Vista, 1000,00 - Av Doutor Pedro De Paula Lemos, Micro Distrito Santa Rita, 1300,00 - Rua Dr. Edmar Cunha, Santa Terezinha, 1800,00 - Av Ministro Olavo Drummond, Novo Sao Geraldo, 2500,00

Temos vários imoveis a venda no site

www.boanaimobiliaria.com.br

CRECI - PJ 3710

VENDE - ALUGA - ADMINISTRA AV. VEREADOR JOÃO SENA Nº 85

minasimobiliaria.com.br

(34) 3662-1282 (34) 3664-6902

CASAS Á VENDA - Morada do Sol, R$800 mil - João Bosco Teixeira, R$300 mil - Santa Terezinha, R$450 mil - Camuá, R$550 mil - São Pedro, R$350 mil - Serra Morena, R$190 mil - Urciano Lemos, R$170 mil - Jardim Europa ll, R$350 mil - Jardim Europa l, R$400 mil - Alvorada, R$220 mil - Santo Antônio, R$180 mil - Mangabeiras, R$210 mil - Domingos Zema, R$270 mil - Novo Horizonte, R$160 mil APARTAMENTO Á VENDA - Vale do Andaiaru, R$280 mil - Guilhermina V. Chaer, R$210 mil - Capitão Izidro, R$230 mil - Solares, R$195 mil - Vila Universitária, R$160 mil - Centro, R$210 mil TERRENO Á VENDA - Jardim Europa I , lll , lV, V - Residencial Fenícia - Belvedere - Vila Silvéria CASAS DE ALUGUEL - Rua Joaquim Teodoro da Silva, Fertiza - Rua Oswaldo Álvaro Silva, Vila Estância - Av. Prof. Auxiliadora Paiva, Boa Vista - Rua Antonio Borges de Menezes, Aeroporto - Rua Zeca do Alfredo, João Ribeiro - Rua Patrocínio, São Cristovão - Rua Guiomar Aves, Pão de Açúcar - Rua Presidente Olegário Maciel, Centro - Av. Sebastião Afonseca e Silva, Santa Terezinha - Rua Augusto Alves, São Domingos - Rua Alameda do Sol, Vila Verde - Rua Pernambuco, São Geraldo - Rua João Evangelista dos Santos, Dr. Pedro Pezzuti - Rua José Vaz da Silva, Santo Antonio - Rua Argeu Alves da Costa, Vila Silvéria APARTAMENTOS DE ALUGUEL - Rua Geraldo Verçosa, Solaris - Rua Mario Campos, Centro - Pça Coronel Adolfo, Centro - Rua Maria de Lourdes Nascimento, Vila St. Terezinha - Rua Alexandre Gondim, Centro - Rua Dr. Franklin de Castro, Centro CÔMODOS DE ALUGUEL - Rua Tio Anibal, Vila Silveria - Rua João Moreira Sales, Arasol - Rua Achilles Nolli, João Ribeiro - Av. João Paulo ll, Centro - Rua Dr. Franklin de Castro, Centro - Rua Maria de Lourdes Moreira, Sta Rita - Rua Calimério Guimarães, Centro - Rua Padre Anchieta, Centro - Rua Argeu Alves da Costa, Vila Silvéria

CASAS Á VENDA - Casas no Bairro Novo Horizonte - Casa no Bairro Dona Adélia - Casa no Bairro São Francisco - Casas no Bairro Santo Antonio - Casas na área Central - Casa no Jardim Europa II - Casa no Vila Silvéria - Casa no Solaris - Casa no Bairro Santa Terezinha - Casa no Camuá - Casa no Bairro Boa Vista - Casa no Bairro Abolição - Casas no Bairro Armando Santos - Casa no Bairro Aeroporto I - Casa no Bairro Fenícia - Casas no Bairro Urciano Lemos - Casa no Bairro Salomão Drumond - Casa no Bairro Parque das Flores - Casa no Bocaina - Casa no Bairro Santa Rita e Santa Rita II - Casa no Jardim das Oliveiras - Casa no Bairro João Ribeiro - Casa no Bairro Fertiza - Casa no Bairro São Pedro - Casa no Bairro Novo São Geraldo - Casa no Bairro Padre Alaor TERRENOS - Chácara Recanto das Gameleiras - Terreno no Quintas do Lago - Terrenos no Morada do Campo - Terreno no Santa Monica - Terreno no Max Neumann II - Terrenos no Bairro Universitário - Terreno no Pão de Açúcar II - Terreno no Monte Verde - Terreno no Bairro Boa Vista - Terreno no Jardim Europa I; Jardim Europa IV; Jardim Europa V - Terrenos no Vale do Sol - Terreno no Veredas do Belvedere - Terrenos no Armando Santos - Terrenos no Fenícia - Terreno no João Bosco Teixeira ALUGUEL - Casa no Bairro Fertiza - Casa na Área Central - Casa no Bairro Domingos Zema - Casa no Bairro Santo Antonio - Casa no Bairro São Pedro - Casa no Bairro Novo Pão de Açúcar - Casas no Bairro Camuá - Apto. no Guilhermina Vieira Chaer(Parque dos Pássaros) - Apto. no Vila Silvéria - Kit Net no Bairro Novo São Geraldo(Próximo á faculdade) - Kit Net no Bairro Arasol - Kit Net no Santa Luzia - Barraco na Área Central - Barraco no Bairro Santo Antonio - Barraco no Novo São Geraldo - Cômodo Comercial Bairro Santo Antonio - Cômodo Comercial Próximo á Rodoviária - Cômodo Comercial Bairro Fertiza FAÇA-NOS UMA VISITA E CONFIRA TEMOS VÁRIOS IMÓVEIS URBANOS

Vendo imóvel na rua Capitão Chaves, 85, com Francisco dos Santos, 281, Centro, Araxá.

9 9139-0089


 PÁGINA 11

CLARIM

ARAXÁ, 23 DE JULHO DE 2021

Márcio Rosa

Esporte

meuripedes79@hotmail.com

Ganso estreia em casa contra o Uberaba na Segundona 2021

Confira os jogos do Ganso 11/09 18/09 05/09 09/10 16/10 30/10 06/11 13/11

ARAXÁ INTER ARAXÁ PATROCINENSE ARAGUARI ARAXÁ ARAXÁ UBERABA

X X X X X X X X

UBERABA ARAXÁ ARAGUARI ARAXÁ ARAXÁ PATROCINENSE INTER ARAXÁ

ARAXÁ ITAÚNA ARAXÁ PATROCÍNIO ARAGUARI ARAXÁ ARAXÁ UBERABA

A Federação Mineira de Futebol (FMF) divulgou a tabela do Campeonato Mineiro da Segunda Divisão 2021, no dia 15 de julho. A competição começa no dia 11 de setembro próximo, sábado. O primeiro desafio do Araxá Esporte será contra o Uberaba Sport, no Fausto Alvim, em partida marcada para as 15h. Ainda não há definição sobre a presença de público nos estádios que vão receber os jogos. A primeira rodada do grupo B ainda marca a partida entre Araguari e Inter de Minas. A Sociedade Esportiva Patrocinense folga na primeira rodada.

Dínamo participa do Mineiro Sub-17 O Conselho Técnico para definir as diretrizes do Campeonato Mineiro Sub17 de 2021 aconteceu na tarde do dia 15 de julho. A reunião foi realizada de forma online pela plataforma Zoom e traz novidades para a competição. Em uma primeira fase, serão dez clubes participantes com turno único. Classificam-se oito equipes para as quartas de final que terão partidas ida e volta e ainda podem ser definidas nos pênaltis em caso de empate. O torneio começa no dia 21 de agosto e com os seguintes times participantes: América, Athletic, Atlético, Cruzeiro, Dínamo, Funorte, Futgol, Inter São Gotardo, Minas Boca e Santarritense.  Projeto Dínamo Lobinho - Mudar a realidade de crianças e adolescentes em vulnerabilidade social e utilizar o esporte como ferramenta de inclusão. Esse é o propósito do projeto Dínamo Lobinhos Transformando Vidas que realizou a entrega de kit com camisa, calção, meião, meia, boné, garrafinha, caneleira e tênis de futsal, no último dia 14. O projeto realiza atividades esportivas e educacionais para

HORÁRIO DE FUNCIONAMENTO PARA MELHOR ATENDE-LOS Segunda à sexta das 7h às 20h. Sábado das 7h às 16h. Domingo das 7h às 12h. Feriados das 7h às 18h. Plantão funciona até as 22h da noite qualquer dia da semana.

COMPRAMOS: sucata, latas de alumínio, cobre, baterias, alumínio e outros metais. VENDEMOS: reservatórios e tambores de plástico

(34) 98838-8883 Rua Pará, 1.210 - Araxá jovens carentes do município. O prefeito Robson Magela e vereadores participaram da entrega dos materiais para as aulas e destacaram a importância do projeto para a comunidade. “Fico muito feliz em participar desse momento tão importante na vida desses jovens. Os valores que essas crianças vão aprender aqui levarão para o resto da vida, por isto, o município tem a satisfação de apoiar esse tipo de ação”,

afirma Robson. De acordo com o presidente da Associação Dínamo, Ayres Donizete de Paulo, o esporte é o lugar propício para a transformação social do indivíduo. “Queremos que as crianças encontrem nesse projeto o caminho certo. Aqui todos são tratados de forma igual e oportunizamos condições para que vislumbrem um futuro promissor”, destaca. O Dínamo Lobinho Transformando Vidas é gratuito, aber-

to à comunidade e destinado a crianças de 9 a 11 anos. Para participar, é necessário estar matriculado na rede regular de ensino. As atividades são realizadas na quadra anexa à escola Agar Afonseca e Silva, no bairro Pão de Açúcar IV. O projeto é executado por meio da Lei de Incentivo ao Esporte do Ministério da Cidadania, Secretaria Nacional de Incentivo e Fomento ao Esporte, com patrocínio da CBMM. ARAXÁ Av. João Paulo, II (34) 3662-9393 (34) 3662-8552 UBERABA Av. Abílio Borges de Araújo, 593 (34) 3314-2637 (34) 3312-0001 www.arcodepua.com.br arcodepua@bol.com.br

www.clarim.net.br


 PÁGINA 12

CLARIM

ARAXÁ, 23 DE JULHO DE 2021

Novos integrantes do Compac são empossados pelo prefeito

O prefeito Robson Magela empossou o novo Conselho Municipal do Patrimônio Cultural de Araxá (Compac) para o quadriênio 2021/2024, em solenidade reservada realizada no Teatro Municipal de Araxá, no último dia 12. O compromisso de proteger e trabalhar pela recuperação do patrimônio histórico material e promover políticas públicas que valorizem o patrimônio histórico imaterial foi firmado pelos 18 titulares e res-

pectivos suplentes que representam órgãos públicos e a sociedade civil. A presidente da Fundação Cultural Calmon Barreto (FFCB), Cynthia Verçosa, empossada na presidência do Compac destaca a importância do conselho para a proteção não só de obras, documentos e bens, mas também da própria cultura. “São pessoas que já vêm atuando no município na proteção de bens materiais e imateriais. Eles firmaram esse compromisso

de resguardar a cultura, manifestações artísticas e bens que contam a história de Araxá”, ressalta. Robson afirma que uma sociedade que preserva seu patrimônio cultural assegura sua identidade no contexto histórico. “Nossa administração busca valorizar nossa cultura e Araxá tem uma história muito rica. Tenho certeza que esse conselho vai atuar com seriedade para proteger e valorizar nosso patrimônio cultural”, destaca.

ARTISTAS DEVEM ATUALIZAR CADASTRO A Fundação Cultural Calmon Barreto (FCCB) está convocando todos os artistas e setores culturais de Araxá para atualizarem o cadastro junto ao Conselho Municipal de Política Cultural (CMPC). A iniciativa objetiva criar um banco de dados de agentes culturais para mapear, organizar e credenciar esse público, viabilizando pesquisas, divulgação e busca por informações culturais. “É um cadastro muito importante, pois é através dele que a classe artística é credenciada para partici-

par de editais e projetos que fomentem políticas públicas de apoio às artes e cultura. Exemplo disso é a Lei Aldir Blanc que tem previsão para abrir edital em breve para selecionar artistas que tiveram suas atividades interrompidas e sua renda fragilizada em decorrência da pandemia do Coronavírus”, explica a presidente da FCCB, Cynthia Verçosa. Ela acrescenta que para participar da seleção que dá acesso aos recursos da Lei Aldir Blanc o artista deve estar com o cadastro em dia.

Tanto o cadastro quanto a atualização são feitos através do preenchimento da ficha que está no site da Fundação Calmon Barreto: www.fundacaocalmonbar reto.mg.gov.br Podem realizar o cadastro, pessoas físicas e jurídicas que integram o segmento artístico e cultural como músicos, instrumentistas, artistas, escritores, contadores de histórias, produtores culturais, técnicos, curadores, oficineiros, fotógrafos, artesãos e professores de escolas de arte, de dança e de capoeira.

JORNALISTA WELLINGTON MARQUES ASSUME A PRESIDÊNCIA DO LIONS O jornalista e publicitário Wellington Marques é o novo presidente do Lions Clube de Araxa José Porfirio de Oliveira para a gestão 2021/2022. Ele substitui no cargo o professor e odontólogo Fernando Luzia França que ficou à frente do clube nos anos leonísticos de 2019 e 2020. A solenidade de posse aconteceu na sede do clube e seguiu todos os protocolos impostos pela Vigilância Sanitária em decorrência da Covid-19, no último dia 8. O bancário Tomaz Condé e o empresário Emilio Castilho completam a diretoria como secretário e tesoureiro, respectivamente. Em seu discurso, Wellington disse que o objetivo é fazer uma gestão democrática e participativa, alicerçada nos princípios de Lions Clube que são servir e trabalhar em prol da comunidade.  Campanha Visão para Todos - O novo presiden-

te afirma que durante a sua gestão pretende ampliar a principal bandeira do Lions em Araxá que é a campanha Visão Para Todos. Segundo ele, a nova diretoria trabalha para registrar o clube nos Conselhos de Assistência Social, Criança e Idoso e buscar parcerias com o poder público municipal e a iniciativa privada. “No último ano, registramos um grande número de consultas oftalmológicas e a doação de lentes

e armações para as pessoas mais necessitadas. Com apoio e o desenvolvimento de bons projetos, tenho certeza que poderemos ampliar substancialmente esses números”, destaca. Ele lembra que em 2019, antes da pandemia, o Lions Clube Araxá realizou testes de acuidade visual em várias escolas da rede municipal de educação e atendeu milhares de crianças que apresentavam algum problema.


ARAXÁ, 23 DE JULHO DE 2021

Cultura e Turismo

 PÁGINA 13

CLARIM Keyla Machado keka.bmachado.araxa@gmail.com

Luiz Lacerda

Especialista em loiros, cortes estilizados e penteados ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○

Paulo Lima Designer de sobrancelhas (34) 9883-76139 ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○

Eliana Lacerda Manicure/pedicure, cuidados das mãos e pés

Av. Prefeito Aracely de Paula, 2.549, Centro Fone (34) 3661-0944 Instagram: @espacoluizlacerda

ELEIÇÕES. O Conselho Municipal de Política Cultural (CMPC) abriu Edital para a eleição de novos membros da Sociedade Civil, conforme informa a Fundação Cultural Calmon Barreto (FCCB) em divulgação no Diário Oficial do Município de Araxá (Doma), de 16 de julho. Foram ofertadas nove vagas para titulares e mesmo número para suplentes nos segmentos de artes cênicas (dança, teatro e circo), de música, de artes visuais, de literatura, dos povos tradicionais de matriz africana, de indígena, de artesão e de produtor cultural para o biênio 2021/2022. O prazo para inscrição encerrouse ontem, dia 22, conforme Anexo I do Edital. A intenção é cumprir a Lei de criação do Conselho que prevê um prazo de dois anos para a renovação dos membros da Sociedade Civil. 

 INSCRIÇÕES. Com ampla divulgação, a Fundação Cultural Calmon Barreto, órgão gestor do CMPC, conclamou recentemente toda a classe artística para se cadastrar no site da instituição. Além do cadastro municipal de cultura, outras exigências são necessárias para concorrerem à eleição, como comprovante de experiência de no mínimo dois anos mediante portfólio. No próximo dia 26, a FCCB irá divulgar no próprio site o resultado preliminar da seleção dos candidatos. A votação para a escolha dos novos membros será realizada remotamente por meio da plataforma digital da FCCB, entre os dias 3 e 9 de agosto.  OBJETIVOS. Promover a participação democrática dos vários segmentos da sociedade que integram a ação cultural de Araxá, visando garantir a todos o pleno exercício

dos direitos culturais e o acesso às fontes da cultura nacional, além de apoiar, incentivar, valorizar e difundir as manifestações culturais. Está vinculado à Fundação Cultural Calmon Barreto, de caráter colegiado, deliberativo, consultivo e normativo, com composição paritária entre Poder Público e Sociedade Civil. Se constitui no principal espaço de participação social institucionalizada, de caráter permanente e regido por Regimento Interno.  CRIAÇÃO. O Conselho foi instituído através da Lei Municipal N.º 7.108, de 14/09/2016 que dispõe sobre o Sistema Municipal de Cultura. No que tange sua composição e, em substituição à Lei de criação, vigora a Nº 7.509 aprovada em 06/05/2021 que prevê 18 representantes titulares, com respectivos suplentes, sendo 9 do poder público e 9 da sociedade civil or-

ganizada. Todos possuem mandato de dois anos, permitida uma recondução por igual período, e seu trabalho é considerado serviço público relevante, não remunerado.  ATRIBUIÇÕES. Propor e aprovar as diretrizes gerais, acompanhar a elaboração e execução do Plano Municipal de Cultura, promover a cooperação com os demais Conselhos de Política Cultural de outros municípios, bem como os Conselhos Estaduais, do Distrito Federal e Nacional. Promover a cooperação com movimentos sociais, entidades da iniciativa privada do setor cultural, organizações não governamentais e o setor empresarial, e articular ações conjuntas entre órgãos e entidades governamentais que tenham por finalidade estimular as manifestações artísticas e culturais do município de Araxá.

Conheça as mais lindas peças de acessórios, roupas femininas e bolsas. Bom gosto e ao seu alcance, confira! Centro Comercial Zema, Sala 45 (34) 98431-8832

Promoção especial!

CAMISAS E CAMISETAS

R$25 cada

Centro Comercial Zema, Sala 48, (34) 9 9134-4432


 PÁGINA 14

CLARIM

ODONTOLOGIA AVANÇADA

ARAXÁ, 23 DE JULHO DE 2021

PPRA, ASO, PCMSO (ATESTADO DE SAÚDE OCUPACIONAL)

Dr. Celso Luiz M. Machado Clínica Geral - CRO/MG 9539

Dra. Danielle C. Machado Martins Endodontista e Implantes - CRO/MG 33814

Dr. Adalberto B. Martins

Av. Vereador João Sena Araxá MG

(34) 3661-4302 (34) 99134-3456

Rua Dom José Gaspar, 552 - (34) 3662-1454

CRO- MG 42241

Ortodontia e Estética - CRO/MG 49954

Bem Estar

Projeto Viva a Vida alcança 80 menores “Se você pode mudar o futuro, comece agora. O futuro são as nossas crianças”, diz o prefeito Robson Magela ao destacar a implantação do projeto social Viva a Vida que atende crianças e adolescentes em vulnerabilidade social, de 6 a 17 anos. A Secretaria Municipal de Ação Social lançou o projeto que oferece aulas de dança, tênis e natação no último dia 14. As atividades de esporte e lazer contam com 80 vagas voltadas para escolas municipais atendidos pelos equipamentos da Secretaria Municipal de Ação Social - Núcleos de

Convivência, Cras e Creas. As atividades são realizadas no Centro Esportivo Álvaro Maneira (antigo ATC), na av. Imbiara, Centro. Para Robson, investir em crianças e adolescentes é a oportunidade de trabalhar por um futuro melhor. “O esporte é um espaço propício para o desenvolvimento de valores e transformação social. Nós sabemos que existem muitas crianças carentes na cidade e eu fico muito feliz por participar de momentos como esse que serão lembrados pelo resto da vida das pessoas que vão utilizar esse espaço”,

Vereador apresenta projeto que cria Plano de Orientação à Proteção da Criança O vereador Pastor Moacir Santos apresentou o projeto de lei que cria o “Plano de Orientação à Proteção da Criança e do Adolescente”, durante a reunião da Câmara Municipal de terça-feira, 20. Ele destaca que um dos objetivos é reunir e sistematizar as estatísticas oficiais relativas aos menores, a fim de auxiliar na promoção de políticas públicas de proteção aos seus direitos. Segundo ele, os dados oficiais e públicos permitirão analisar e produzir relatórios para a efetivação de ações de proteção integral a crianças e adolescentes. Moacir acrescenta que o plano ainda permite elaborar e coordenar projetos de pesquisa que tenham como finalidade a proteção integral deles, além de promover estudos, pesquisas, estatísticas e outras informações relevantes para a sistematização de dados a serem unificados para a avaliação periódica dos resultados das medidas adotadas. O plano é para subsidiar o trabalho do Executivo Municipal na execução de políticas públicas voltadas para a criança e o adolescente. O vereador aponta que o Poder Executivo Municipal poderá realizar convênios com outros órgãos públicos, en-

tidades, associações e empresas da iniciativa privada visando o cumprimento dos objetivos do Plano de Orientação à Proteção da Criança e do Adolescente. “A gestão do Plano competirá a um órgão colegiado constituído nos termos de Lei de iniciativa do Poder Executivo”, explica. Ele acrescenta que a proposta ainda se justifica tendo em vista as condições diversas intensificadas em função da pandemia da Covid-19. “E visa entre outras finalidades, desenvolver a produção de conhecimento, a coleta e a publicação de dados, estudos, relatórios, notícias estatísticas e mapas que revelem a real e atual situação da criança e do adolescente no nosso município. Isso para servir de subsídio para a efetivação de políticas públicas de proteção integral a eles”, ressalta.

As atividades são realizadas no Centro Esportivo Álvaro Maneira, na av. Imbiara, Centro

destaca. A ação conta com uma equipe técnica de psicólogos, assistente social e pedagogos para reforço escolar e para participarem das atividades os alunos recebem uniformes e material. “Nós utilizamos o projeto como meio atrativo para falar de saúde, disciplina, educação. É possível garantir até mesmo a melhoria da alimentação, pois fornecemos lanche para todos os jovens. Além disso, será possível por meio da equipe técnica fazer um estudo social do núcleo familiar de cada assistido”, explica a secretária

municipal de Ação Social, Cristiane Pereira. Paralelo às atividades esportivas, o projeto também promove palestras educativas, debates, rodas de conversas, dinâmicas sobre temas sociais, assim como a realização de oficinas envolvendo a família e a comunidade. “Nosso objetivo é resgatar a vida de crianças em vulnerabilidade social por meio de atividades físicas. Esse apoio irá ajudar a trilharem caminhos diferentes para que novos horizontes surjam na vida delas”, destaca a coordenadora do projeto Viva a Vida, Ana Lúcia Silva.

Prefeito e vice visitam unidades de acolhimento e se emocionam Com vasos de plantas e cartas com vários corações desenhados, crianças e adolescentes da Casa Lar e Casa Abrigo receberam o prefeito Robson Magela e o vice e secretário de Governo, Mauro Chaves, no último dia 9. Eles foram conhecer de perto o trabalho desenvolvido nas unidades de acolhimento da Fundação da Criança e do Adolescente de Araxá (FCAA) e se emocionaram com as histórias de vida dos acolhidos. Um dos garotos, de 11 anos, foi responsável por apresentar as unidades e fez questão de mostrar todos os espaços e as atividades desenvolvidas - salas de escritório, de trabalho para assistentes so-

ciais e psicólogos, de convivência, refeitório, cozinha, quartos e berçários. “Todos impecavelmente arrumados e organizados.” O local também conta com um espaço lúdico em uma extensa área verde, com parquinho e brinquedoteca. “Quando souberam da visita do prefeito Robson e do vice Mauro, as crianças fizeram questão de se arrumarem, colocar a melhor roupa e preparar essas cartinhas como forma de agradecimento”, conta a presidente da FCAA, Taciana Almeida. Ela explica que o afastamento do convívio familiar deve ser excepcional e provisório. “Enquanto essas crianças es-

tão nas unidades provisórias de acolhimento, também é feito um trabalho social com as famílias de origem para viabilizar um ambiente familiar saudável, visando a reintegração. Excepcionalmente, deve haver a colocação da família substituta por meio de adoção, guarda ou tutela”, destaca. A gratidão foi correspondida, emocionado Robson destaca o trabalho feito pela instituição. “Estudos sociais já comprovam que o convívio familiar é o melhor lugar para o desenvolvimento da criança e do adolescente. Os abrigos devem ser apenas temporários. Mas é muito importante que enquanto essas crianças e

adolescentes passam esse tempo aqui, os serviços que funcionam na Casa Lar e na Casa Abrigo favoreçam o desenvolvimento pleno e saudável dos acolhidos e foi isto que vi, muito afeto, zelo, cuidado e carinho”, falou aos presentes. Hoje, existem 12 acolhidos pela Casa Lar e 17 pela Casa Abrigo. A equipe técnica é composta por assistente social, psicólogo, advogado, pedagogo e enfermeiro. “Uma equipe qualificada, capacitada e, o mais importante, que trabalha por amor. Reflexo disso, a gente vê no comportamento dessas crianças que nos receberam com muito afeto e carinho”, diz Mauro.

Um dos garotos, de 11 anos, foi responsável por apresentar as unidades e fez questão de mostrar todos os espaços e as atividades desenvolvidas


 PÁGINA 15

CLARIM

ARAXÁ, 23 DE JULHO DE 2021

Circuito

Luci Silva luciclarim@terra.com.br

Premiação Entrega dos prêmios do 3º Desafio Work & Pay Satis, aos três primeiros colocados. Na foto, a primeira colocada, Amanda, graduanda em Engenharia Agronômica pela Universidade Una - campus Pouso Alegre. A premiação foi realizada pelo presidente José do Nascimento, o técnico responsável pela região Sudeste, César Pirajá, e o responsável pelo marketing da Satis, Kevén Cândido. Sucesso sempre! Clínica Vittacor - Av. Senador Montandon, 289 - (34) 3662-8030.

Momento fofura

Aniversário

Parabéns da Coluna para o Prefeito Robson Magela pelo seu aniversário comemorado no último dia 10/07. Robson recebeu em visita especial ao seu Gabinete, o carinho de seus pais Sr. Geraldo, Dona Eunice, irmãs, filhos e sobrinhos, felicidades sempre!

A Gatinha da Semana é Maya, filha de Givago Nolli e de Mariana (professora de ballet). Maya é estilosa e muito fofa!

Parabéns

9 anos

Toda Linha de óculos solar, armações e lentes com a melhor qualidade do mercado.

Tudo em 10 pagamentos ou com o melhor preço à vista! Venha nos fazer uma visita. Óticas Vision Araxá e Perdizes. Esperamos por vocês!

RUA MARIANO DE ÁVILA 180/A - FONE (34) 3664-5508

Parabéns para Ravi, este gatinho que comemorou seu aniversário no último dia 19/07, com sua mãe Régia, irmã Débora, vovó Solange e tio Antônio Flávio. Que papai do céu derrame muitas bênçãos, Ravi !

Viva a Manuella que completou 9 aninhos dia 14/ 07, ao lado de seus pais Eliene e Thiago, irmã Marina e do padrinho Germano (foto). Parabéns!


 PÁGINA 16

CLARIM

ARAXÁ, 23 DE JULHO DE 2021

Profile for Sérgio Kikuchi

Jornal Clarim - Edição 1.225 - 23 de julho  

Jornal Clarim - Edição 1.225 - 23 de julho

Jornal Clarim - Edição 1.225 - 23 de julho  

Jornal Clarim - Edição 1.225 - 23 de julho

Advertisement

Recommendations could not be loaded

Recommendations could not be loaded

Recommendations could not be loaded

Recommendations could not be loaded