a product message image
{' '} {' '}
Limited time offer
SAVE % on your upgrade

Page 1

SEXTA-FEIRA 06 DE MARÇO DE 2020 | R$ 1,00

Edição: 4.307 - Ano XXI - www.bomdiaonline.com

ESPECIAL Dia Internacional da mulher

... “feitas para amar”...

Pgs.4 e 5

Vereador aponta problemas em vários bairros e manda a prefeita “acordar”

Página 3

ArcelorMittal adere aos princípios da ONU Mulheres P.6

Mais um caso suspeito de coronavírus em Monlevade Página 7


sexta-feira, 06 de março de 2020

BOM DIA

opinião

2. EXPEDIENTE

BOM DIA • Administrativo: Luiz Gonazaga de Castro • Edição/Diagramação/Arte: Sérgio Henrique Braga • Comercial Geraldo Magela Dindão • Comercial: comercial@bomdiaonline.com 3851-1515 • Impressão: Gráfica Bom Dia • Colaboradores: Márcio Naoto Suzuki (Up Street) Marcos Martino (Cenários) Luiz Ernesto (Candeeiro) Maria Eugênia (Beleza em Foco) Lorena Gabrielle (Minuto com a Nutri) • Representante Comercial: Super Mídia Brasil - BH Central de Comunicação - SC . Redação e Administração Rua Nossa Senhora Aparecida, nº 152, Sl. 305, Aclimação, CEP.: 35930-028 João Monlevade / MG / Brasil (31) 3851.1515 • Bom Dia online: www.bomdiaonline.com

FUNDADO EM JULHO DE 1998

Bom Dia Comunicação Ltda - ME. CNPJ.: 24538633/0001-16 Todos os Direitos Reservados bomdia@bomdiaonline.com redacao@bomdiaonline.com

Os colunistas do jornal BOM DIA escrevem de forma colaborativa e não têm qualquer vínculo empregatício com o jornal, sendo responsáveis cível e criminalmente pelo que escrevem e pelas imagens que publicam.

Melhores amigos? Dizem que os cães são nossos melhores amigos, mas a recíproca não tem sido verdadeira. Nos últimos dias, temos assistido a um verdadeiro filme de terror em Alvinópolis. Vários cães estão sendo envenenados na cidade, uma espécie de eutanásia canina que perdura, apesar da lei vigente e do sentimento de grande parte da sociedade, que repudia ações de covardia contra os indefesos animais. As meninas do Grupo “Anjos sem Asas” da cidade, vem arcando com todo o ônus da situação, pois tentam com muitas dificuldades acolher, encaminhar pra adoção os cães abandonados na cidade e agora tiveram de arcar com diversos procedimentos pra tentar salvar os pobres cães sacrificados. Um desses cães conhecido como Beato, era um dos mais estimados da cidade, presente na maioria dos acontecimentos sociais e religiosos da cidade. O Grupo procurou as autoridades competentes, mas pouca coisa evoluiu até agora. Apenas o Deputado Noraldino, sensível à causa animal deu algum retorno e vem tentando ajudar. O Deputado Fred Costa também está indicando verba para cirurgias de castração, que não tem nada a ver com o caso dos assassinatos, mas que vai ser útil no controle populacional. Muitos cidadãos, Alvinopolenses de coração se sensibilizaram e vem tentando ajudar. De repente chegaram relatos de envenenamentos em diversas cidades e vilarejos. Em alguns lugares já foi até naturalizado. Tem pessoas que consideram justo e razoável controlar a população de cães de rua exterminando. Quando à dor, ao sofrimento, por que se preocupar? São só cachorros! Ainda chocados com os assassinatos de cães em Alvinópolis, fomos surpreendidos com a postagem do vereador BELMAR DINIZ. Coitados dos cães que vivem no canil municipal de João Monlevade. Confinados, esquálidos, numa condição que dá vontade de chorar. Só abandono e tristeza. Como pode? Há algum tempo foi divulgado que a prefeitura iria adaptar o prédio projetado para ser Memorial do Aço como canil de João Monlevade. Convenhamos, um crime contra a cultura pra tentar minorar um crime contra a vida. É preciso termos consciência, que os cães de rua, se não forem controlados, podem sim se tornar problemas de difícil resolução. Quando o poder público não faz a sua parte, os incomodados tomam as suas providências à revelia das leis e dos que se sensibilizam. O único caminho é o poder público assumir o problema, juntamente com as instituições e parceiros que se preocupam com a proteção animal. Que São Francisco de Assis amoleça o coração desse povo...agora, os que não tem coração, que provem do próprio veneno.

Candeeiro

Luiz Ernesto

A Geleia Geral de Torquato O jornalista, poeta, letrista e ativista cultural piauiense Torquato Neto (1944/1972), ícone da contracultura na década de 1960 e um dos mentores do movimento cultural denominado de Tropicália, afirmava aos amigos mais íntimos, entre eles Caetano Veloso, Gilberto Gil e Hélio Oiticica, que todo artista tinha seu “período fértil” já datado, determinado, com começo, meio e fim e que nenhum deles produzia arte de qualidade até o fim da vida. Quando ouvi essa sentença em um documentário sobre Torquato, permeada pela atmosfera melancólica que era peculiar ao artista e que o levou ao suicídio no Rio de Janeiro, já que ele dizia isso aos seus interlocutores para defender que temos o nosso “tempo útil’ na Terra e depois disso temos é que dar no pé, algo típico de sua auto crueldade ferina, parei para pensar que, de fato, nem tudo se valia apenas de sua acidez com a vida. Realmente, são raros os artistas que produzem com qualidade até o fim de sua existência. Claro, não é necessário se matar por isso. Lembrei-me de poucos que o fizeram, sem contar com a ajuda de minha memória fraca e, sendo assim, por vezes injusta. Veio à mente Jorge Amado, Ariano Suassuna, Patativa do Assaré, Tom Jobim, Saramago, entre outros. Mas o universo dos que perderam um pouco de sua essência artística ao longo dos anos é bem maior. Aproveito para trazer o assunto para nossa João Monlevade e sugerir que algumas de nossas vozes artísticas voltem a dar o tom de seus talentos, que, com certeza, ainda têm muito que surtir. E provoco: que bom seriam novas composições do mestre Chico Franco, inéditas crônicas cotidianas do também poeta João Carlos Guimarães, aventuras insólitas da impagável cobra Sneika, do imperdível Magela, entre outras expressões que contestassem a máxima de Torquato e, além disso, provariam que entre nossas montanhas e vales a qualidade é perene. É bom lembrar que Neto também se aventurou como ator em produções de qualidade duvidosa e escreveu artigos sobre cultura em vários jornais de renome. Assinou, por um bom tempo, a badalada coluna Geleia Geral, no jornal carioca Última Hora. Produziu bem, enquanto pode. É, a geleia geral de Torquato nos ajudou a pensar e refletir, e provocar. Ela acendeu muitos candeeiros por aí. * Luiz Ernesto / Jornalista


sexta-feira, 06 de março de 2020

BOM DIA

política

3. NA TRIBUNA

Belmar faz duras críticas ao governo municipal citando problemas estruturais em vários bairros Fotos: Divulgação/Facebook Belmar Diniz

João Monlevade - Ao utilizar a tribuna da Câmara Municipal de João Monlevade durante a reunião ordinária da última quarta-feira, 4, o vereador Belmar Diniz (PT) fez um extenso desabafo e teceu duras críticas ao governo municipal ao citar diversos problemas estruturais em alguns bairros da cidade. De acordo com o parlamentar, a prefeita Simone Carvalho (PSDB) “está dormindo e a cidade está abandonada”. Durante sua fala, Belmar citou problemas de infraestrutura e de precariedade do transporte público nos bairros Pedreira, Santa Cruz, em virtude das chuvas de janeiro e fevereiro, Sion e outros. Ele criticou a ausência da prefeita, inclusive para esclarecimentos sobre questionamentos do Legislativo em relação aos problemas relatados. “Onde está a prefeita? Dormindo? Acorda! Nem ela e nem o ‘prefeito’ (citando o ex-prefeito e marido da prefeita, Carlos Moreira) e vem a público esclarecer os fatos. A cidade está um caos. Os moradores do Pedreira estão sem transporte coletivo há vários dias. A rua Nove, no Sion, está um caos, com obras inacabadas. Vejam a situação do bairro Santa Cruz! Um absurdo”, desabafou. Chuvas Reforçando a questão do auxílio da Prefeitura às fa-

Belmar citou problemas de infraestrutura e de precariedade do transporte nos bairros Pedreira, Santa Cruz, em virtude das chuvas, Sion e outros

mílias que foram vítimas das chuvas dos meses de janeiro e fevereiro em João Monlevade, a maioria delas do bairro Santa Cruz, o vereador Guilherme Nasser (PSDB) não poupou o governo de críticas. De acordo com Nasser, o valor do auxílio às famílias ficou aquém do adequado e o número de atendidos também foi abaixo do necessário. “Pelas informações enviadas pelo Executivo, menos de 10% das famílias atingidas serão atendidas. Serão apenas cerca

de 30 famílias, de mais de 400. Há cidades que disponibilizaram 8, 12, mil reais para cada família, como em São Gonçalo e Rio Piracicaba. Já em João Monlevade, com um orçamento de R$230 milhões, o valor será de menos de um salário. Isso é um absurdo. Está orçado o valor de R$360 mil para ajudar as famílias. Dá para ajudar muito mais famílias”, destacou. Teatro Já o líder do governo na

Câmara, Sinval Jacinto Dias (PSDB), criticou a fala dos colegas e defendeu a prefeita, salientando que ela é muito humana e faz tudo que está ao seu alcance para ajudar a população que necessita. Ele classificou de “teatro” a fala de alguns vereadores e que já se tratava de palanque eleitoral. “A fala de muitos aqui nessa tribuna não passa de um teatro. Um discurso para agradar. Mas eles sabem que tem que ter responsabilidade, engenharia, técnica, não se pode rea-

lizar obras e melhorias de qualquer maneira. Tudo

depende de estudos técnicos”, afirmou.


sexta-feira, 06 de março de 2020

BOM DIA

especial

4. Dia Internacional da mulher

Juntas e cada vez mais fortes Fotos: Divulgação

João Monlevade - Juntar. Somar. Unir. Reunir as forças e as energias de diversas mulheres em prol de um único objetivo: Empoderar o universo feminino e mostrar a força e a importância delas na sociedade. Essas são as premissas de um grupo de mulheres que vem dando o que falar em João Monlevade e região: o Juntas Somos Mais Fortes. Nada mais apropriado que lembrar e exaltar a força e o exemplo desse grupo nesta edição, já que no próximo domingo, dia 8 de março, se celebra o Dia Internacional da Mulher. Na linha de frente da Comunidade Feminina Juntas Somos Mais Fortes está a empresária Fernanda Caroline Silva Perei-

para sua cura. “Dessa forma, surgiu também o desejo de ajudar e acolher mulheres, revelando a ‘minha fórmula mágica’. Surgiu, então, a Comunidade Feminina Juntas Somos Mais Fortes, um grupo social e motivacional, específico para mulheres”, afirma. Mensagem

“Somos como girassóis e levamos nossa energia e iluminamos o caminho por onde percorremos”

ra, que com muita garra, determinação e foco, lidera o grupo, que já promoveu diversas ações sociais e ajudou várias entidades assistenciais de João Monlevade e região. Criado em junho de 2018, a Comunidade Juntas Somos Mais fortes já realizou e apoiou vários

eventos e projetos, entre palestras, ações sociais, marcha das mulheres, caminhada contra o câncer de mama, desfile de 7 de setembro e outros. “Tudo que engloba o universo feminino é de nosso interesse e tem a nossa atenção, Costumo dizer que somos como girassóis e levamos

nossa energia e iluminamos o caminho por onde percorremos, esse é nosso símbolo e essência, o Girassol”, destaca Fernanda, que é casada, mãe de um filho e também é coach de Emagrecimento, Auto Conhecimento e Alta Performance e estudante de Educação Física. O grupo também promove corridas, caminhadas e eventos esportivos diversos, sempre com o propósito de incentivar as mulheres a praticar esportes, realizar ações saudáveis, mostrar o seu valor, serem úteis à comunidade em que estão inseridas e, além de tudo, ajudar ao próximo. “A comunidade feminina Juntas Somos Mais Fortes sempre está inserida em atividades esportivas e sociais em prol da mulher e não podemos deixar de exaltar esse dia tão especial, o 8 de março, que foi escolhido para nos homenagear. Essa data simboliza a luta histórica das mulheres e para celebrarmos esse dia com flores e lindas mensagens, muitas mulheres pagaram e pa-

gam até hoje um alto preço, muitas mulheres nos entregaram suas vidas na luta contra a desigualdade, machismo, preconceito e violência, para que pudéssemos desfrutar esse dia especial de conquistas sociais, políticas e culturais. Para mim, é um dia de celebração e reflexão”, enfatiza. Origem Em seu relato, Fernanda diz que a origem do grupo se deu após um período em que ela tratou de uma depressão e da síndrome do pânico, quando percebeu que seria através do esporte (caminhadas, corridas e ciclismo) que encontraria a ponte

Fernanda Caroline também enviou, através da matéria do jornal Bom Dia, uma mensagem a todas as mulheres de João Monlevade e região às vésperas do dia 8 de março: “Até o dia 8 de março, próximo domingo, tenho um desafio para você que está lendo esse jornal. Te convido a fazer jus e a celebrar o Dia Internacional da Mulher com homenagens e também com conscientização. Escolha uma mulher do seu convívio e a honre nesta data. Mostre-a o quanto ela tem valor, como ela é amada. Diga para ela palavras de encorajamento e empoderamento! Mostre seu apoio e dê as mãos! Enfim, no dia 8 de março faça o dia de uma mulher especial”, salientou.

Fernanda Caroline Silva Pereira lidera o grupo


sexta-feira, 06 de março de 2020

BOM DIA

especial

5. Dia Internacional da mulher

... “feitas para amar”...

Através destas valorosas mulheres que compõem nossa sociedade, através de seus valores como MULHERES, CIDADÃS E SERES HUMANOS, o grupo Pensando Monlevade e o jornal Bom Dia prestam homenagem à todas as mulheres do Médio Piracicaba. #8demarçodiainternacionaldamulher

Mulheres... ah! Mulheres! Somos o que podemos ser, mas mais que isso... SOMOS O QUE QUEREMOS SER! Seguras, inseguras, magras,altas, baixas, gordinhas... Mas sempre o que queremos ser. Não vivemos de estereótipo, somos o estereótipo! Nosso lugar? Todos! Seja no âmbito da segurança pública, no meio jurídico, zelando pela infância e adolescência, quebrando padrões em trajes XGG, compondo e cantando em prosas e versos o dia dia e suas sutilezas mais sensíveis, enfim... M-U-L-H-E-R-E-S!!! Parafraseando um de meus músicos e poetas da vida alheia preferidos, Vinicius de Moraes: “Senão é como amar uma mulher só linda. E daí? Uma mulher tem que ter qualquer coisa além da beleza, Qualquer coisa de triste, Qualquer coisa que chora, Um molejo de amor machucado, Uma beleza que vem da tristeza de se saber mulher... Feita apenas para amar, Para sofrer por seu amor e para ser só... perdão!” (Samba da bençao) Sheila Malta / Pensando Monlevade

“Eu sou mulher. Não pelo ninho de vida em meu colo, nem pelo ventre sangrando nem pela infame fragilidade, tão pouco a fertilidade, sequer a maternidade, nem pelo meu sexo ou minha sensualidade. Não. É pela seiva grossa que corre em minhas veias é pela força que pulsa em minhas entranhas é pela minha vontade que dobra e desdobra a minha estrada que eu me sei mulher.”

Trechos do poema Sacratissimum compositora e cantora Nádja lírio Furtado

Policiais da 17 Cia Independente de Polícia Militar de João Monlevade Sd Allanna, Cb Renata, Sgt Érika, Cb Bruna e Cb Sharon

Fran Souza modelo plus size - San Models

Paloma Moreira - Presidente do Conselho Tutelar

Larissa presidente da OAB 75 subseção João Monlevade


sexta-feira, 06 de março de 2020

BOM DIA

região

6.

ArcelorMittal adere aos princípios de empoderamento feminino da ONU Mulheres Iniciativa integra as comemorações do Dia Internacional da Mulher Divulgação

Belo Horizonte - A ArcelorMittal Brasil aderiu, nesta quarta-feira (4 de março), aos Princípios de Empoderamento Feminino da ONU Mulheres. A cerimônia foi realizada, na sede da empresa, na capital mineira, e teve transmissão para todas as unidades de negócio no Brasil. O evento integrou a semana de comemorações do Dia Internacional da Mulher. O termo da ONU foi assinado por Benjamin Baptista Filho (Presidente da ArcelorMittal Brasil e CEO ArcelorMittal Aços Planos América do Sul) e Maristella Iannuzzi, consultora da ONU Mulheres. Com a assinatura do termo, a produtora de aço assume o compromisso de seguir os sete princípios de empoderamento feminino: estabelecer liderança corporativa sensível à igualdade de gênero no mais alto nível; tratar todas as mulheres e homens de forma justa no trabalho; garantir saúde, segurança e bem-estar de todas as mulheres e homens na empresa; promover educação, capacitação e desenvolvimento profissional para as mulheres; apoiar empreendedorismo de mulheres e promover políticas de empoderamento; promover igualdade de gênero por meio do ativismo social e documentar e publicar progressos da empresa nesta área. A iniciativa é um dos

Scatolin, líder do Grupo de Afinidade de Equidade de Gênero, fez a mediação do painel.

Com a assinatura do termo, a produtora de aço assume o compromisso de seguir os sete princípios de empoderamento feminino

desdobramentos do Programa de Diversidade & Inclusão da ArcelorMittal Brasil, lançado em julho do ano passado. O programa definiu planos de ação e indicadores para quatro dimensões da diversidade – equidade de gênero, diversidade racial, pessoas com deficiência (PCDs) e LGBTI+. Todas as lideranças da empresa passaram por treinamento sobre viés inconsciente e estão mobilizadas para transfor-

mar a ArcelorMittal Brasil em uma empresa mais diversa e inclusiva. Alexandre Barcelos, Vice-Presidente Corporativo de Finanças e Tecnologia da Informação da ArcelorMittal Brasil, destaca que empresas com mulheres em cargos de liderança obtém melhores resultados. “No dia da mulher, não poderíamos deixar de abordar a importância da equidade de gênero e do empoderamento das

mulheres no ambiente de negócios. De acordo com a empresa global de auditoria e consultoria Grant Thornton, as mulheres representam 50% da população e ocupam apenas 24% dos cargos de liderança em empresas privadas. E segundo a Mckinsey, empresas com mulheres em posições-chave tendem a ser 21% mais lucrativas que seus concorrentes”, afirma Barcelos, padrinho do Grupo de Afinidade

de Equidade de Gênero. Programação - O evento de adesão ao termo contou com palestra da consultora da ONU Mulheres, Maristella Ianuzzi. Além disso, ocorreu apresentação do Programa Diversidade & Inclusão com foco em Equidade de Gênero e painel com o padrinho e madrinhas deste Grupo de Afinidade: Alexandre Barcelos, Marina Soares, Paula Harraca. Francieli

ONU Mulheres - Em 2010, a Assembleia Geral da ONU criou entidade para acelerar o progresso e o atendimento das demandas das mulheres e meninas em todo o mundo. A ONU Mulheres – Entidade das Nações Unidas para a Igualdade de Gênero e o Empoderamento das Mulheres – está em pleno funcionamento desde 1º de janeiro de 2011. A agência tem como funções principais apoiar os organismos intergovernamentais como a Comissão sobre o Status da Mulher na formulação de políticas, padrões e normas globais e ajudar a ONU a ser responsável pelos seus próprios compromissos sobre a igualdade de gênero.


BOM DIA

sexta-feira, 06 de março de 2020

cidade

7.

João Monlevade registra terceiro caso suspeito de coronavírus João Monlevade – A Secretaria de Saúde de João Monlevade, através da Vigilância em Saúde (Visa) registrou essa semana três casos suspeitos de coronavírus no município. De acordo com informações, os pacientes são mulheres, que retornaram recentemente da Itália, França e Dubai. Profissionais da Visa realizaram os exames necessários de acordo com o protocolo e enviaram os resultados para a Fundação Ezequiel Dias (Funed), em Belo Horizonte, para confirmação. Os pacientes seguem em restrição domiciliar e acompanhamento. Este período pode se estender por 15 dias. Segundo informou à imprensa a coordenadora da

Visa, Viviane Ambrósio, os resultados dos exames devem ser entregues na semana que vem. Minas A Secretaria de Estado de Saúde de Minas Gerais (SES) subiu para 58 o número de casos suspeitos de infecção pelo novo coronavírus (Covid-19) investigados no estado. Segundo o informe epidemiológico mais recente, divulgado nesta terça-feira (3/2) pela SES, foram descartadas seis suspeitas de infecção. Ao todo foram 64 notificação de suspeitas do novo coronavírus em Minas desde o início de janeiro. Até o momento, nenhum paciente teve

diagnóstico de coronavírus Covid-19 no estado. Minas Gerais tem 18 cidades com casos suspeitos da doença, de acordo com o balanço da SES. Sintomas Os coronavírus humanos comuns causam infecções respiratórias brandas a moderadas de curta duração. Os sintomas podem envolver coriza, tosse, dor de garganta e febre. Esses vírus algumas vezes podem causar infecção das vias respiratórias inferiores, como pneumonia. Esse quadro é mais comum em pessoas com doenças cardiopulmonares, com sistema imunológico comprometido ou em idosos.

Câmara de São Gonçalo recebe estudantes para primeira oficina do Parlamento Jovem Acom CMSGRA

São Gonçalo do Rio Abaixo - A Câmara Municipal de São Gonçalo do Rio Abaixo deu início às oficinas do Projeto Parlamento Jovem 2020, no dia 04 de março. Estudantes da Escola Desembargador Moreira dos Santos participaram das atividades. No primeiro encontro com os jovens, a equipe da Escola do Legislativo promoveu uma discussão do Projeto, além de realizar atividades de apresentação

As inscrições superaram as expectativas

e entrosamento. O presidente da Câmara, Flávio Silva de Oliveira e o vereador Eloísio Raimundo dos Santos deram boas-vindas aos jovens e desejaram sucesso no Projeto. A expectativa da Equipe da Escola do Legislativo era que 40 estudantes fi-

zessem parte do Projeto, mas, superando as expectativas, foram 52 inscritos. No dia 11 de março, a Câmara vai promover a Cerimônia de Lançamento do Projeto. O tema deste ano é “Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável”.

Os resultados dos exames devem ser entregues na semana que vem


Marcela Suzuki Torres, aprovada em Medicina pela Universidade Univértix, de Matipó.

APROVADA SHOW DE PREMIOS

LEVIVE Agora já inaugurada, a Levive Treinamento e Saúde, aguarda sua visita para conhecer as modernas e funcionais instalações à rua SAnta Lúcia, 49 - bairro Aclimação. Na foto os sócios Diego Henriques e Eduardo Dias.

Na proxima segunda-feira (9) quem ficxa mais velho é o entregador do Bom Dia, Wallisson Martins Gomes. Parabéns parceiro. Muita saúde e paz hoje e sempre.

A Drogaria Nossa Senhora Aparecida, em comemoração aos seus 55 anos, esta realizado um show de prêmios que se estende até o mês de dezembro. A ganhadora do mês de Fevereiro, Jeoseline Benício, moradora do bairro Recanto Paraíso, de João Monlevade, já buscou o seu prêmio, um Refrigerador Fross Free.A Promoção do mês de Março já começou!

QUARENTOU! Ainda em tempo de mandar um abraço especial para Maria Cecília Passos, editora do Jornal A Notícia, pela passagem do aniversário no último dia 28. Parabéns e muitas felicidades.

MULHERES EMPODERADAS

Marlina e Adalton, proprietarios da Padrim Lanches contam com uma equipe empoderada. Uma equipe atenciosa com um atendimento de primeira, oferecendo produtos de qualidade e saborosos. Neste mês de março, A Padrim Lanches por meio da gerente Elaine Assis, agradece a sua equipe e parabeniza todas as mulheres pelo Dia Internacional da Mulher. Parabéns!

Profile for sergiohenriquebraga

06032020  

06032020  

Advertisement