Page 1

SEXTA-FEIRA 12 DE JULHO DE 2019 | R$ 1,00

Edição: 4.269 - Ano XXI - www.bomdiaonline.com

Projeto da taxa mínima de água próximo de aprovação Página 7

Sobe o tom de críticas ao “Novo Centro”

Página 3

Fabiano Lobot

Leles Pontes devolve economias à Prefeitura Fruto de economias do Legislativo, o presidente da Câmara, Leles Pontes, devolveu um cheque no valor de R$ 300 mil à prefeita Simone Moreira. O valor não tem indicação de uso. Página 5

Toninho Eletricista diz que Câmara é omissa e vereadores limitados

Página 5


sexta-feira, 12 de julho de 2019

BOM DIA

opinião

2. EXPEDIENTE

BOM DIA • Administrativo: Luiz Gonazaga de Castro • Comercial: comercial@bomdiaonline.com 3851-1515 • Edição / Comercial Thiago Moreira • Diagramação/Arte: Sérgio Henrique Braga • Impressão: Gráfica Bom Dia • Colaboradores: Márcio Naoto Suzuki (Up Street) Marcos Martino (Cenários) Fabiano Lobot (Lobotiando) Emerson Duarte (Varejo 4.0)

EDITORIAL

Um fracassado equívoco Por mais que tenha sido feito com as melhores das intenções, medidas imediatas precisam ser tomadas para estancar a sangria e revolta popular com o chamado novo centro. Cidades precisam se movimentar com o aumento do número de veículos e se modernizar para atender de forma mais organizada o tráfego e, principalmente, os pedestres. Portanto, todo projeto bem pensado é bem vindo. Este que foi implantado é um equívoco, para não dizer fracasso. O trânsito precisa de ciclo faixas, abertura de novos caminhos, mobilidade e descentralização. É justamente o contrário do que se vê até aqui. Diminuiu-se a mobilidade travando diversas vias, centralizou-se ainda mais o trânsito e não se preocupou com a modernização dos espaços públicos privilegiando os pedestres, ciclistas e outros meios “desmotorizados” de ir e vir. Por mais que se tenha boa vontade é difícil encontrar algum benefício nas mudanças realizadas até aqui no trânsito. A cada nova medida um novo problema é criado e a paciência da população vai se exaurindo a conta gotas. Faz-se mais do que emergente um pedido de desculpas e a volta do retorno próximo ao Cabritinho, a retirada imediata daquele semáforo sem sentido antes da igreja e o retorno da relativa paz no trânsito retirada pelas equivocadas mudanças.

Maria Eugênia (Beleza em Foco) Bruno Gonçalves (Arquitetura e Urbanismo) • Representante Comercial: Super Mídia Brasil - BH Central de Comunicação - SC . Redação e Administração Rua Nossa Senhora Aparecida, nº 152, Sl. 305, Aclimação, CEP.: 35930-028 João Monlevade / MG / Brasil (31) 3851.1515 • Bom Dia online: www.bomdiaonline.com FUNDADO EM JULHO DE 1998

Bom Dia Comunicação Ltda - ME. CNPJ.: 24538633/0001-16 Todos os Direitos Reservados bomdia@bomdiaonline.com redacao@bomdiaonline.com Os colunistas do jornal BOM DIA escrevem de forma colaborativa e não têm qualquer vínculo empregatício com o jornal, sendo responsáveis cível e criminalmente pelo que escrevem e pelas imagens que publicam.

RADAR Polêmica anunciada

Antes do início das obras denominadas Novo Centro, o jornal BOM DIA ouviu e publicou a opinião de dois arquitetos urbanísticos. As opiniões de ambos foram de encontro. Não vai dar certo, disseram por simples observação. Apontaram os equívocos que hoje acontecem. Como tirar o problema de uma via e levar para outra.

Os dias passam lentos

Já são quase quatro semanas que o assunto é só Novo centro. E assunto negativo. A pauta popular e, portanto, da imprensa, é apenas este. O governo age lentamente e tenta fazer mudanças menores para não parecer que não tem planejamento. Faz uma mudança e cruza os dedos. Vai dar certo? Se não der, amanhã a gente inventa outra coisa. Enquanto o óbvio não é feito.

Metralhadora

O novo centro foi tema de debate na Câmara com muitas críticas. As mais pesadas foram direcionadas pelo vereador Guilherme Nasser logo no início da reunião. Guilherme disse que as mudanças no trânsito foram feitas com amadorismo.

Coluna Thiago Moreira

Alguém precisa abraçar o Brenno Quando você coloca um filho no mundo, precisa balançar. É sim um ditado popular antigo e clichê e ao mesmo tempo verdadeiro. Se você assume uma responsabilidade importante tem que dar conta dela. Você vai errar e acertar no caminho e sempre aprender com erros e acertos porque isso é ser humano. Eu por exemplo, nestes 35 anos de vida, venho aprendendo a caminhar há 34. Vez ou outra tropeço. Porque errar é ... humano! Aprender com o erro e ser humilde para consertar isso parece ser extraterreste para alguns por causa do ego, orgulho, por parecer ser menor do que é. Na política, então, isso parece ser uma máxima. Quem erra parece ser incapaz de assumir, pedir desculpas e voltar atrás. Fica dando voltas para chegar ao ponto inevitável. Inclusive eu dei essa volta toda para dizer o simples. É o que acontece com o “novo centro”. Confesso que me iludi num primeiro momento com o projeto que dia após dia, engarrafamento após engarrafamento, vai minando o governo da Simone Moreira com críticas merecidas. O governo errou. E mais. Além de errar, permanece no erro, deixando um secretário se queimar sozinho nas chamas das lamentações, aparecendo de entrevista em entrevista tentando explicar o óbvio. Fazem-no aparecer de frente para as câmeras dizendo ter um projeto de trânsito que está na cara que não existe. Que projeto é este que precisa mudar da noite pro dia, dia após dia? Que projeto é este que deixou um trânsito já difícil, pior do que estava? É preciso que alguém na imprensa coloque isso claro porque é o que o povo está falando nas ruas. O governo sangra dia após dia deixando acontecer como está. É óbvio que existem três problemas críticos. O primeiro deles é que o retorno que existia próximo ao Cabritinho nunca poderia deixar de existir. Ele tem que voltar pra tirar os carros das avenidas centrais. O segundo é que aquele semáforo antes da igreja é um equívoco. O terceiro é que o ponto de ônibus novo da Wilson Alvarenga deixou apenas uma via disponível quando o coletivo estaciona para embarque e desembarque de passageiros. O jornalismo nada mais é do que o reflexo da opinião popular. Sou, aparentemente, ainda, um dos poucos jornalistas dessa cidade que ainda tem otimismo e boa vontade com o governo Simone Moreira, por ter amadurecido o suficiente para acreditar que depois da disputa eleitoral temos que torcer a favor, independente de partido ou nome que estiver nos representando enquanto sociedade civil. Portanto, abracem o Brenno. Não o deixe assumir esse projeto sozinho como se fosse o único responsável. Assumam o erro, peçam desculpas e refaçam. Mesmo tropeçando. No máximo vai parecer que são humanos! Não vejo vergonha nenhuma nisso. Thiago Moreira é jornalista, pós graduado em Gestão Organizacional e Marketing e proprietário da cervejaria Paris 83, do site e revista Tendavip e sócio do Bom Dia.

Arraiá do hospital

O sentimento de solidariedade do povo monlevadense é algo impressionante. Graças à presença de muitos e do apoio de empresas e artistas, o hospital Margarida está mais perto de uma aquisição importante para a instituição de saúde. Parabéns a quem contribuiu.


sexta-feira, 12 de julho de 2019

BOM DIA

política

3. Raio X das eleições

Análise do BOM DIA constata que apenas 18% dos eleitores decidiram eleições João Monlevade - Nossa reportagem fez um raio X completo das últimas eleições para prefeito em João Monlevade para entender melhor em que ambiente os pré candidatos caminham para as próximas eleições. Constatou um cenário desolador do ponto de vista da credibilidade política local. Dos mais de 59 mil eleitores aptos a votar, apenas 32 mil escolheram algum candidato para lhe representar a partir de 2017 no poder Executivo. Ou seja, quase metade dos eleitores abriu mão do voto. Outra questão intrigante é que o número de votos brancos, nulos e pessoas que se abstiveram de vo-

Votos válidos somam 38% enquanto votos totais são 18% contando com abstenções, nulos e brancos

tar é maior que o número de votos da prefeita Simone Moreira (PSDB), eleita no último pleito. Somados, eles chegam a 19.237 votos contra 15.456 votos obtidos pela prefeita Simone, totalizando uma diferença superior em quase

3.800 votos. Ou seja, ela foi eleita com 38% dos votos válidos, mas apenas 18% do eleitorado total da cidade. Ainda debruçada sobre os números frios, nossa reportagem observou que a disputa foi equi-

librada entre situação e oposição, sendo que a oposição foi mais votada, porém dividiu votos, dando vitória à situação. Considerados os votos do segundo colocado Railton Franklin (PDT), 15.330 votos ou seja,

pouco mais de 100 votos a menos que a primeira colocada e os 9.054 votos de Conceição Winter (PPS) , os eleitores que se opuseram à manutenção do PSDB no poder na eleição passada chegam a 24384 eleitores,

8.928 a mais que a situação que vinha de um governo do também tucano Teófilo Torres. Para tentar estancar essa sangria tanto oposição quanto situação tentam, agora, trabalhar os bastidores para as eleições do ano que vem que já batem na porta (estamos há um ano do início da campanha). A oposição tenta unificar Conceição e Laércio Ribeiro através de diálogo ou mesmo lançar um candidato de centro, no caso, Guilherme Nasser, que hoje está no PSDB, mas pode ir para o PSL ou partido NOVO, equilibrando o jogo. Já a situação apostaria todas as suas fichas na liberação judicial do ex prefeito Carlos Moreira, considerado dentro de sua base, praticamente imbatível.

Aumentam críticas ao projeto Novo Centro

João Monlevade - População, lideranças religiosas e vereadores subiram o tom das críticas ao projeto Novo Centro. Algumas delas geraram grande repercussão nas redes sociais e na reunião da Câmara de João Monlevade. O vereador Guilherme Nasser chamou a obra de amadora. “Temos um novo centro sim. Um novo centro que não funciona. Um novo centro que a população não aprova. Precisamos de projeto, de um profissional competente. Isso é investimento, isso não é

gasto”, disse Guilherme Nasser que prosseguiu. “Pagar salário de gente que não atende bem a população é gasto. Pintar faixa, colocar placa, tirar placa, mudar obra, isso é gasto. Tem algumas secretarias com gente que não atende bem a população, isso é gasto”, afirmou. Guilherme Nasser também cobrou o projeto. “Quero ver o projeto de traficabilidade. Quero ver o projeto do Cresb, quero ver o projeto do novo centro industrial, não pode fazer obra sem prestar contas para a população. Chega de ama-

dorismo”, afirmou. Quem também falou sobre o assunto foi o pastor da igreja Lagoinha, Jésus Reis .Ele gravou um vídeo na internet dizendo não ser candidato. “Esse chamado novo centro é uma vergonha. Será que estamos fazendo obras com dinheiro nosso somente para inaugurar porque está chegando a eleição? Não podemos fazer test drive com dinheiro público”, afirmou. Em um novo vídeo o pastor criticou o grupo que governa a cidade, após reação em sua postagem por apoiadores do governo

Guilherme Nasser fez duras críticas ao que chamou de governo amador

Simone. “Todos sabemos que tem um grupo político governando há muitos anos. Pessoas que pensam apenas no seu grupo, o que precisamos é abrir as portas para o Mundo. Essa visão de grupo não

dá mais”, afirmou. A Prefeitura se defendeu através de entrevista do secretário e chefe do Settran Brenno Lima, único que fala sobre o assunto oficialmente no governo. Brenno disse existe pro-

jeto e que o projeto ainda não está concluído. Disse, também, que prepara a direita livre na subida para a Igreja. A pedida rotatória próximo ao Cabritinho, por enquanto, não estaria nos planos.


sexta-feira, 12 de julho de 2019

BOM DIA

opinião

4.

Lobotiando Lobotiando

por Fabiano Lobot

Bom Dia Monlevade, vamos Lobotiar? E O PSL, CONSEGUE TIRAR O GUILHERME DO PSDB? Encontrei por acaso com o vereador Guilherme Nasser na linda festa junina da MOVE no ultimo domingo, politicando com ele perguntei sobre sua saída do PSDB, ele sorriu e falou que esta mais do que nunca em harmonia com seu partido, eu como sempre pentelho, aproveitei a presença do ex prefeito Teófilo Torres na festa e pedi para tira uma foto do vereador com o presidente do PSDB, imediatamente o ex prefeito levantou-se sorrindo e simpático e foi enfático, Guilherme não sai do PSDB.

Mérito Desportivo

Niemar Silva

Municipal de João Monlevade concede Diploma de Mérito desportivo a atleta de braço e modelo fitness Thayanne Gui-

marães Santos, a atleta vem se destacando em competições nacionais e internacionais levando o nome de nossa cidade a

onde vai, nossa campeã já ganhou o campeonato mineiro de fitness em 2017, campeã desafio mineiro 2018, campeã

ZT ARM WRESTING 2017 BOLÍVIA, campeã ZT ARM WRESTLING BRASIL e 4º lugar no ARNOLD SOUTH AMERICA. Além de atleta Thayanne trabalha como modelo que lhe rendeu o titulo de musa do Cruzeiro Esporte Clube 2016/2017, depois disso ela ainda participou do miss tatoo na cidade de Ipatinga e Princesa fitnes do Estado de Minas. A homenagem foi de iniciativa do vereador Toninho Eletricista e aprovada por todos vereadores.

Já pensou Lobot mais crente do que quente? Estou mais crente do que um certo crente.. A Bíblia diz que é Deus que estabelece Reis e a Constituição do Brasil fala que o poder é do povo... Então o poder emana do povo através de Deus. Outra coisa não foi por causa deste tal livre arbítrio que Lutero deu uma surra teológica em Erasmo de Roterdã? Conhece o livro: Nascidos Escravos? Acho que sou evangélico e não sabia pois minha interpretação bíblica está mais apurada do que de um Pastor... Está faltando estudo bíblico por aí!!! Com o pensamento politiqueiro acaba esquecendo de suas ovelhas, Pastor sem ovelhas perde sua riqueza.....

Câmara Municipal devolve 300 mil para Prefeitura O Presidente da Câmara Professor Leles Pontes devolveu R$ 300.000 para a Prefeita Simone Carvalho Moreira e o Vice Prefeito Fabrício Lopes, na manhã da ultima quarta-feira 10 de Julho, os vereadores Cláudio Magalhães, Toninho Eletricista, Fabio Lucio Silva, Sinval Dias, Vanderlei Miranda e Rael Alves participam da reunião. Esse valor só foi possível devido a colaboração de todos os vereadores pois a Câmara tem retenção de gastos e respeita o dinheiro público, uma das Câmaras mais enxutas em gastos de Minas Gerais.


BOM DIA

sexta-feira, 12 de julho de 2019

cidade

5.

Toninho Eletricista diz que vereadores sĂŁo limitados e nĂŁo sabem resolver Bell Silva / Site O Popular

Toninho afirmou que limitaçþes impedem bom trabalho

João Monlevade - Em comentårio sobre o novo centro, o vereador Toninho Eletricista cobrou refazer o plano diretor e, de forma atrapalhada, chegou a dizer que os vereadores possuem limitaçþes e não sabem

o que precisam fazer. “Sobre a obra vamos aguardar. Somos omissos, precisamos refazer o plano diretor, porque ele tem 20 anos. Tem candidato pra todo lado, mas poucos sabem o que ĂŠ planejar atravĂŠs de um

plano desse. NĂłs temos limitação, nĂŁo sabemos resolver. Vem outros que tambĂŠm nĂŁo sabem. Queremos fazer o melhor, mas nossa limitação nos impedeâ€?, disse. Outro que comentou o assunto foi o vereador Sinval Dias, que afirmou que a prefeita Simone Moreira estĂĄ acertando ao fazer o projeto Novo Centro. “Ela tem coragem de fazer. A população precisa entender. Aqui nĂŁo pode andar um quarteirĂŁo que reclama. Em Belo Horizonte as pessoas andam e nĂŁo reclamamâ€?, afirmou o vereador.

Câmara Municipal devolve R$300 mil à Prefeitura

Presidente Leles Pontes e prefeita Simone Carvalho junto a vereadores e assessores de Governo

João Monlevade - A Câmara de João Monlevade devolveu R$300 mil à Prefeitura referente a sobras orçamentårias dos seis primeiros meses de 2019. Na manhã de hoje, 10, durante reunião com a prefeita Simone Carvalho (PSDB), o presidente do Legislativo, Leles Pontes (PRB), oficializou a devolução junto à chefe do Executivo. A quantia foi repassada à Administração por meio de transferência bancåria. Embora a Câmara possua orçamento próprio, todo recurso economiza-

do pode ser repassado ao municĂ­pio para custeio de despesas. De acordo com Leles, a medida se deve ao fato da difĂ­cil situação econĂ´mica atravessada pelo municĂ­pio nos Ăşltimos meses, reflexo do que acontece em Minas Gerais e no paĂ­s. A Administração Municipal nĂŁo informou como serĂĄ utilizado o dinheiro repassado pelo Legislativo. “Desde o inĂ­cio do ano, temos adotado medidas para contenção de despesas na Câmara diante o cenĂĄrio econĂ´mico do municĂ­pio. Dessa forma, resolve-

mos devolver a quantia de R$300 mil para ajudar o Executivo no custeio de suas despesas. Nosso compromisso maior sempre serĂĄ em garantir o crescimento de JoĂŁo Monlevadeâ€?, declarou Leles. Para a prefeita Simone Carvalho, a parceria entre Câmara e Prefeitura ĂŠ importante para o desenvolvimento do municĂ­pio. â€œĂ‰ com a colaboração de todos que vamos conseguir trabalhar cada vez mais para que a cidade possa se desenvolver e sair dessa difĂ­cil situação econĂ´micaâ€?, comentou.

Beleza em Foco Por Dra. Maria EugĂŞnia TĂłtola

Tratando o milium sebĂĄceo Tem esse probleminha? 4 fatos para saber antes de espremer! - Milium sebĂĄceo ĂŠ um problema muito comum, apesar de muita gente nĂŁo saber exatamente do que se trata e tampouco conhecer esse nome, que ĂŠ um pouco estranho. Caracterizado pelo surgimento de pontinhos brancos na pele, ele pode ser confundido com cravos, o que faz com que muitas pessoas o cutuquem. PorĂŠm, retirĂĄ-lo pode nĂŁo ser tĂŁo simples, jĂĄ que requer cuidados para nĂŁo piorar o problema. - Os miliuns sĂŁo pequenas bolinhas brancas que aparecem na pele devido ao acĂşmulo de queratina e cĂŠlulas mortas nos poros. Revestidas por uma camada de pele, as lesĂľes sĂŁo mais frequentes no rosto, principalmente prĂłximas aos ollos Tem esse probleminha? 4 fatos para saber antes de espremer! - Milium sebĂĄceo ĂŠ um problema muito comum, apesar de muita gente nĂŁo saber exatamente do que se trata e tampouco conhecer esse nome, que ĂŠ um pouco estranho. Caracterizado pelo surgimento de pontinhos brancos na pele, ele pode ser confundido com cravos, o que faz com que muitas pessoas o cutuquem. PorĂŠm, retirĂĄ-lo pode nĂŁo ser tĂŁo simples, jĂĄ que requer cuidados para nĂŁo piorar o problema. - Os miliuns sĂŁo pequenas bolinhas brancas que aparecem na pele devido ao acĂşmulo de queratina e cĂŠlulas mortas nos poros. Revestidas por uma camada de pele, as lesĂľes sĂŁo mais frequentes no rosto, principalmente prĂłximas aos olhos, e em ĂĄreas Ă­ntimas. đ&#x;Œ¸Milium: como tirar? NĂŁo sĂŁo usados remĂŠdios ou pomadas para o tratamento, apenas procedimentos de retirada da bolinha branca na pele com uso de agulhas estĂŠreis. Outros procedimentos estĂŠticos, como esfoliaçþes e peelings (de diamante ou ĂĄcido retinĂłico) tambĂŠm podem levar Ă extração do pequeno cisto. - Cuidados com a pele para prevenir o surgimento do milium: Embora o milium, na maioria das vezes, ocorra por uma causa genĂŠtica, em outros casos, ĂŠ possĂ­vel prevenir o surgimento dessas bolinhas brancas com alguns cuidados diĂĄrios: O ideal ĂŠ manter a pele sempre limpa, usando produtos especĂ­ficos para tratar cada necessidade e dermocosmeticos que mantenham a pele renovada. Limpeza de pele profissional tambĂŠm ĂŠ uma maneira eficaz de evitar o problema. - Milium: como tirar? NĂŁo sĂŁo usados remĂŠdios ou pomadas para o tratamento, apenas procedimentos de retirada da bolinha branca na pele com uso de agulhas estĂŠreis. Outros procedimentos estĂŠticos, como esfoliaçþes e peelings (de diamante ou ĂĄcido retinĂłico) tambĂŠm podem levar Ă  extração do pequeno cisto. - Cuidados com a pele para prevenir o surgimento do milium: Embora o milium, na maioria das vezes, ocorra por uma causa genĂŠtica, em outros casos, ĂŠ possĂ­vel prevenir o surgimento dessas bolinhas brancas com alguns cuidados diĂĄrios: O ideal ĂŠ manter a pele sempre limpa, usando produtos especĂ­ficos para tratar cada necessidade e dermocosmeticos que mantenham a pele renovada. Limpeza de pele profissional tambĂŠm ĂŠ uma maneira eficaz de evitar o problema. Dra.Maria EugĂŞnia TĂłtola CRM-MG 29980 enjoy! Centro de EstĂŠtica Avançada 3852-2119


sexta-feira, 12 de julho de 2019

BOM DIA

cultura

6.

O CANÁRIO VAI CANTAR... O Cenários essa Semana conversou com Duca Furtado. Ela integra a dupla Dan e Duca que vai lançar essa semana o seu primeiro single e clip que estão dando o que falar. Duca é muito bem articulada e tem a coragem e a inquietude dos grandes artistas. Conversamos sobre a complexidade da gravação do clip, enfim...leiam a entrevista. CENÁRIOS - O teaser de CANÁRIO canta deixou todo mundo na maior curiosidade. Num primeiro momento, quem tá acostumado com DAN e DUCA cantando samba, podem se surpreender. A composição aponta uma mudança de caminhos ou apenas a anexação de novas possibilidades sonoras? Duca Furtado - Eu e Dan acreditamos na música de raiz brasileira, nessa imensa família de batuques e sonoridades que faz o cancioneiro popular brasileiro tão rico e vasto. Samba, baião, ijexá, afoxé, samba de roda, maracatu, jongo, côco, embolada, ciranda, xaxado e quantos outros mais... são todos ritmos primos. Jackson do pandeiro fazia o quê? Clara Nunes interpretava o quê? Jackson fazia um baião/samba de breque/ partido alto/embolada , Clara fazia samba de terreiro/enredo/baião/xaxado, pra quem conhece a fundo esses artistas, sabe que o que eles faziam era música brasileira de raiz. O samba toma grande parte do nosso repertório, isso não vai mudar. Mas a música que fazemos, a música que compomos principalmente, não cabe num rótulo só. É música

brasileira, é batuque, com muito amor e orgulho. CENÁRIOS - Vocês já vem produzindo faz algum tempo. Pudemos acompanhar pela net várias fotos lindas, de lugares maravilhosos. Vcs produziram o audio onde? E a produção do VT esteve a cargo de quem? Duca Furtado - O áudio foi captado, mixado e masterizado pelo Henrique Staino, músico da Banda Graveola, em BH. Tivemos participações incríveis como o baixista Aloízio Horta, Pedro Gomes na viola, o percussionista Juninho Ibituruna e Grupo Triar que agora estão em turnê na Europa. O arranjo vocal foi feito pelo Zeca Rodrigues, regente do Grupo BeBossa que gravou um disco com o Menescal. O Dan ficou por conta do arranjo instrumental e gravou o cavaquinho e o violão da faixa. O clipe foi produzido pela Tesoraria Produções, um coletivo de mulheres de BH que tem gravado muita gente boa, como Bia Nogueira e Josi Lopes. Gravamos no paraíso, né? Grande parte foi gravada na Serra dos Alves, um vilarejo de Nossa Senhora do Carmo, destrito de Itabira. Lá fomos acolhidos por meu amigo Carlos Cabeça no Serra dos Alves Hostel, um daqueles lugares charmosos, aconchegantes e acolhedores, no meio da mata, perto das trilhas de cachoeiras maravilhosas. Foi o Cabeça que fez as cenas de drone do clipe. Gravamos algumas cenas no hostel , na vila, nas trilhas, rios e cachoeiras. Em Ipoema gravamos no Morro Redondo. Uma semana antes da gravação descobri que a Festa da Santa Cruz, um

evento que atrai pessoas de muitos cantos do estado e do país, aconteceria no mesmo fim de semana. Não sei se foi sorte ou benção de Nossa Senhora, só sei que foi lindo. Essa festa é uma preciosidade... cada comunidade da região enfeita sua cruz, as pessoas caminham cerca de 13 km pela estrada da Mata do Limoeiro em romaria, há uma missa no Morro, Marujada, orquestra de violeiros... é um trem lindo de se ver. Eu preciso dizer que pra esse clipe acontecer contei com um equipe de colaboradores sensacionais. A Anna Luisa Drummond ficou responsável pela composição dos cenários. Quase todo o meu figurino foi criado e confeccionado por uma criatura maravilhosa chamada Eduardo Moura e também contamos com a Dara Domingues, na produção de moda. Também tenho que falar do apoio que recebemos da Kerlon Eletro, que cedeu os equipamentos de iluminação para as cenas noturnas. Além dessa galera toda, RS, teve muitas outras pessoas envolvidas no processo que mereciam ser citadas aqui, entre elas os cerca de 50 colaboradores da campanha de financiamento coletivo a quem devemos a realização desse sonho, e os tantos outros que apoiaram de outras formas, na divulgação, por exemplo. CENÁRIOS - A gravação de CANÁRIO CANTA também prenuncia uma mudança no repertório do show de vocês? Com entrada de outros ritmos, outros batuques? Duca Furtado - Na verdade já fazemos outros ritmos há uns anos. Tocamos Dominguinhos, Luiz

Gonzaga, alguns toques de maracatu, frevos, várias cirandas. O próprio gênero samba é tão vasto, que é difícil dizer até onde vai o limite do samba. Samba enredo, canção, de breque, partido-alto,de roda, samba-choro, dolente, afro-samba... vixi! Sérgio Sampaio me cai perfeitamente pra responder essa pergunta : “Eu por mim queria isso e aquilo, um quilo mais daquilo, um grilo menos disso...” , no fim das contas “ eu quero é todo mundo nesse carnaval”. CENÁRIOS - O público do samba aprendeu a amar vocês, pelo resgate e pela sinceridade com que se dedicaram ao gênero. Vcs continuarão a ser embaixadores do samba ou se cansaram do estilo? Duca Furtado - Eu acho que pro Dan e pra mim isso seria impossível. Pesquisamos samba há mais de 10 anos e descobrimos coisas novas e maravilhosas todos os dias. Tocamos samba em casa, quando vamos à praia ou à cachoeira. Fazemos samba com os amigos, sempre. Samba arrepia a gente, faz a gente chorar que nem duas crianças. Jamais deixaremos de fazer samba. CENÁRIOS - Como está o planejamento do lançamento do single Canário Canta? Duca Furtado - Então, estamos muito ansiosos e felizes com o resultado. Dia 14 lançamos o clipe no youtube, a faixa no Spotify, Deezer, Itunes, SoundCloud, Amazon MP3... Faremos dois shows de pré-lançamento com exibição do clipe em primeira mão: dia 12, às 19h, no projeto Jardim

Sonoro do Coletivo Altamente em Itabira (Rua Mestre Emílio, 219, bairro Pará) dia 13, às 16h, no Pesque e Pague João da Mata,no bairro Laranjeiras em João Monlevade. CENÁRIOS - Vocês estão no caminho certo, no passo-a-passo, single a single...depois de Canário Canta já tem outras músicas no embornal? Duca Furtado - Várias! A próxima é um samba chamado Teresa em homenagem aos dois bairros boêmios que carregam o nome da Santa, um na capital carioca e outro em BH. A melodia carrega bem pro samba de roda, tem uma pegada super popular e o Dan vai ser a voz principal. Acho que a música é a nossa cara, afinal somos esse encontro Rio x Minas, somos bons boêmios e amamos arte e cultura popular. Devemos gravar o clipe em BH e no Rio, como não poderia deixar de ser. Em breve teremos muitas novidades! CENÁRIOS - O que você pode adiantar sobre o lançamento do clip? Como será? Duca Furtado - Em Itabira o projeto Jardim Sonoro já tem um molde, essa é terceira edição. Eles já

receberam o Triar (que fez as vozes da faixa e participou do clipe) e o Coladera, na minha concepção uma das melhores bandas atuando no Brasil hoje. Uma honra ser a atração dessa edição e lançar o clipe lá. É um show pra um público menor, mais acústico, intimista mesmo. A casa abre às 19h, o show começa às 20h e termina às 21h. Preparamos um repertório especial, novo, incluindo as autorais “Teresa” e “De São Salvador a São Sebastião”. No final do show faremos a exibição do clipe e bateremos um papo com o público. A casa tem um bar muito legal, onde as pessoas podem consumir bebidas e pratos. Já em João Monlevade faremos um evento completamente diferente. Vai ser uma roda de samba, um show bem animado com exibição do clipe em um dos intervalos. Esse não foi planejado pra ser um lançamento, é um show especial (raras vezes tocamos com banda completa em JM) numa casa que gostamos muito e que já tinha sido marcado pra essa data. Como as cidades são perto uma da outra, quem quiser pode até ir nos dois e aproveitar dois shows completamente diferentes.


BOM DIA

sexta-feira, 12 de julho de 2019

cidade

7.

Projeto da taxa mínima de água é enviado para a Câmara com pedido de urgência Prefeitura de João Monlevade lança a 2ª edição da campanha “Monlevade sem fogo”

DAE espera economia de água

João Monlevade - Uma das promessas de campanha da prefeita Simone Moreira, o projeto que cria a isenção do pagamento pelo consumo de água na cidade para quem consome um mínimo de 10 metros cúbicos. O projeto fala em economia e ainda cita outro

requisito. Para conseguir a vantagem, o consumidor, além de economizar dentro do mínimo, ainda precisará não ter nenhum débito com o município. O texto, assinado pela prefeita Simone Moreira, ainda fala que existe apoio ao projeto pela maioria dos vereadores,

mesmo antes da votação. O projeto deve ser votado na próxima reunião, já que foi lido nesta quarta-feira. Ainda fala que o DAE passa por dificuldades hídricas e que teve que aumentar recentemente sua barragem para atender à população.

João Monlevade A Prefeitura de João Monlevade, por meio da Secretaria Municipal de Meio Ambiente, em parceria com a Polícia Militar de Meio Ambiente, a Câmara Municipal e o CONSEP-1, lança a segunda edição da Campanha Monlevade Sem Fogo é um Dever de Todos. Uma reunião com organismos ligados ao meio ambiente e entidades foi realizada nessa terça-feira, dia 2, na Câmara Municipal. Conforme a secretária de meio ambiente, Fernanda Ávila, o objetivo foi comparti-

lhar informações públicas e capacitar para autodefesa e prevenção no combate às queimadas. De acordo com a secretária, “por se tratar de responsabilidade em comum, é necessária a parceria dos órgãos públicos, privados e pessoas físicas e a formação de núcleos municipais, monitorados por instituições privadas e empresas parceiras. Um curso de capacitação para voluntários sobre combate a incêndio será realizado nos dias 6 e 14 de julho, na sede dos escoteiros, no bairro Baú”, afirmou Fernanda Ávila, dizendo que os interessados podem se inscrever na Secretaria

de Meio Ambiente. Conforme Fernanda, “nesse período de tempo seco, em que as queimadas são mais comuns, é importante que todos os organismos ambientais, entidades e a população em geral trabalhemos juntos, evitando queimadas em lixo, matas e lotes, que configuram crime ambiental conforme a lei 9605/98. Disponibilizamos para denúncias os telefones: 3852-3151 e 98766-5067 (Secretaria de Meio Ambiente); 98766-4697 (Defesa Civil); 3859-2572 (Secretaria de Obras); 38591200 (ArcelorMittal) e 181 (Disque Denúncia)”, disse a secretária.

Uma reunião com organismos ligados ao meio ambiente e entidades foi realizada PREFEITURA MUNICIPAL DE BELA VISTA DE MINAS –Publicação de Edital: PREGÃO PRESENCIAL Nº 20/2019 no dia 26/07/2019 às 08h30min. Objeto: Locação de veículos com condutores para transporte escolar. O Edital se encontra à disposição dos interessados no setor de licitações, Av.: Arthur da Costa e Silva, 70, Centro, de segunda à sexta-feira no horário de 7h às 11h e 13h às 17h. ou através do site: www.belavistademinas.mg.gov.br Bela Vista de Minas, 11 de julho de 2019. Maiores informações poderão ser adquiridas pelo telefax: (31) 3853-1271/1272. Wilber José de Souza – Prefeito Municipal.


Profile for sergiohenriquebraga

12 julho c  

12 julho c  

Advertisement