Page 1

TERÇA-FEIRA 18 DE JUNHO DE 2019 | R$ 1,00

Edição: 4.265 - Ano XXI - www.bomdiaonline.com

BR 381: GOVERNO QUER UM PEDÁGIO A CADA 50 KM Página 3

Policiais civis acusados de assédio em avaliação de rua para tirar CNH Antônio Gonçalves e o mito sobre apelido Pirraça O ex prefeito Antônio Gonçalves foi velado na última sexta-feira, na Câmara, em Monlevade. Aos 78 anos, ele é considerado um dos mais atuantes prefeitos que a cidade já teve. Em artigo na página 2, seu neto, Thiago Moreira Gonçalves, conta porque ele era chamado de Pirraça.

Página 3

Página 8

PM prende dupla de mulheres assaltantes A Polícia Militar prendeu duas mulheres que decidiram assaltar ônibus da Enscon para comprar droga com o dinheiro. Elas foram presas em flagrante minutos depois de efetuar um assalto próximo ao prédio do antigo P.A. P.4

Rock, carnes nobres e chopp artesanal em Monlevade O próximo sábado promete muita diversão em Monlevade, na cervejaria Catalã uma das participantes do Circuito do Sabor. Haverá música de qualidade, chopp artesanal e churrasco de Parrilla com cortes nobres (confira o cardápio nesta edição).

Dois policiais foram acusados de assédio sexual por uma moça que tentava tirar carteira de motorista. Ela registrou um boletim de ocorrências e entrou com pedido de investigação no Ministério Público contra os avaliadores. O delegado da Polícia Civil de João Monlevade, Dr. Paulo Tavares, mandou instaurar uma sindicância para investigar a atuação dos subordinados.

Final de semana marcado por manifestações em Monlevade Página 5

P.2 O ex prefeito Antônio Gonçalves era conhecido como Pirraça

Prefeitura de São Gonçalo instala telefones nos PSFs Página 7


terça-feira, 18 de junho de 2019

BOM DIA

opinião

2. EXPEDIENTE

BOM DIA • Administrativo: Luiz Gonazaga de Castro • Comercial: comercial@bomdiaonline.com 3851-1515 • Edição / Comercial Thiago Moreira • Diagramação/Arte: Sérgio Henrique Braga • Impressão: Gráfica Bom Dia • Colaboradores: Márcio Naoto Suzuki (Up Street) Marcos Martino (Cenários) Fabiano Lobot (Lobotiando) Emerson Duarte (Varejo 4.0) Maria Eugênia (Beleza em Foco)

EDITORIAL

DUPLICAÇÃO PESADA Depois de 20 anos, uma quantidade enorme de projetos, obras pela metade, chateação no trânsito de veículos, o Governo decidiu que agora a duplicação sairá do papel. Só que a notícia é que o povo terá de pagar e caro não apenas pelos impostos, como também pelos inúmeros pedágios na via, todos caros. Coube a um senador mineiro apresentar o que se pretende fazer. Serão praças de cobranças em diversos pontos, variando de R$ 9,50 a R$ 13,74 por parada. Uma viagem de Monlevade a BH, por exemplo, deve custar, ida e volta, mais de R$ 60,00. Existem os que aprovam e os que discordam da proposta. A ideia do governo é garantir a viabilidade da obra, buscando capital privado para realiza-la e manter a rodovia funcionando perfeitamente. O que indigna os que são contra é a já alta carga tributária e ainda mais taxas sobre o trânsito, além do elevado valor de cada pedágio. Na região, São Domingos do Prata, João Monlevade e Itabira serão os pontos de cobrança. Fato é que a duplicação é necessária só que vai impactar diretamente no orçamento, sobretudo de quem pratica frete. Serão R$ 60,00 a mais para veículos pequenos e mais ainda para os maiores, com mais eixos. Com a gasolina e o diesel em preços altíssimos, será uma duplicação necessária e, ao mesmo tempo, pesada para o viajante.

Bruno Gonçalves

RADAR

(Arquitetura e Urbanismo) • Representante Comercial: Super Mídia Brasil - BH Central de Comunicação - SC . Redação e Administração Rua Nossa Senhora Aparecida, nº 152, Sl. 305, Aclimação, CEP.: 35930-028 João Monlevade / MG / Brasil (31) 3851.1515 • Bom Dia online: www.bomdiaonline.com FUNDADO EM JULHO DE 1998

Bom Dia Comunicação Ltda - ME. CNPJ.: 24538633/0001-16 Todos os Direitos Reservados bomdia@bomdiaonline.com redacao@bomdiaonline.com Os colunistas do jornal BOM DIA escrevem de forma colaborativa e não têm qualquer vínculo empregatício com o jornal, sendo responsáveis cível e criminalmente pelo que escrevem e pelas imagens que publicam.

NOVELA

Já se foram 20 anos de promessas e a obra de duplicação da BR 381 não sai. Jair Bolsonaro quer resolver à base da privatização e entregar uma BR mais segura e ágil aos mineiros. A rodovia da morte pode melhorar. Acontece que o custo vai ser alto e a novela ainda promete muitos capítulos.

MARCHA RÉ

A situação em Monlevade comemorou a baixa adesão do monlevadense ao protesto contra a reforma da previdência organizada por grupos ligados ao PSOL e PT. Na avaliação dos Moreiristas a pauta não tem respaldo da população e os partidos seguem com baixa credibilidade na cidade.

QUINTA MARCHA

Diferentemente, a Marcha das Mulheres organizada pela DOCTUM demonstrou força. Apesar dos números de violência em geral terem caído neste ano, segundo levantamento da PM, no caso da doméstica aumentou. Ou seja, mais casais estão em atrito. O protesto levou mais de 1000 pessoas às ruas da cidade no sábado.

EX

A ex esposa de Carlos Moreira e amigos do ex prefeito recebem gratificações do governo de sua esposa, Simone Moreira. O aumento em 30% no salário da ex foi tema de reportagem na imprensa esta semana.

“PIRRAÇA” Esta é a primeira coluna de opinião que escrevo após a passagem em vida do meu avô, Antônio Gonçalves, também conhecido como Pirraça. O apelido, como poucos sabem, não aconteceu porque era pirracento e sim porque tinha um topete avantajado nos tempos que era jogador amador de futebol. Apesar de não ser este o motivo do apelido, bem que poderia ser. Lembro que para mudar a opinião dele alguém tinha que ser muito persuasivo e, vez ou outra, mesmo que ele concordasse, arrumava um jeito de manter sua vontade e opinião com alguma desculpa momentânea para que as coisas fossem feitas do jeito dele. Esse jeito lhe rendeu muitos acertos na vida como também momentos de frustração. Um dos que mais o marcou foi quando não foi capaz de demonstrar como era importante para o futuro do comércio monlevandense transformar o centro comercial em um Shopping a ceu aberto. Pensando que um dia o comércio poderia precisar, ele queria fechar as duas pontas da avenida Getúlio Vargas na parte central, proibindo trânsito de veículos e liberando apenas pedestres. A ideia era desenvolver as vendas como num shopping center, porém a céu aberto. Teve oposição ao projeto e sem ouvir muito, mandou colocar uma corrente no início da avenida. Não deu noutra, a oposição foi ao local e retirou com o apoio de alguns comerciantes insatisfeitos. Da mesma forma, seu topete e pirraça o ajudou em vários outros momentos. Foi o prefeito que mais construiu escolas na cidade, pois dizia que a Educação era o mais importante. Também construiu avenidas, ajudou a ligar cidades pela rodoviária que construiu, levou iluminação onde não existia, fundou obras sociais importantes e ajudou a construir uma imagem respeitada e importante da cidade que recebia visitas de políticos de alto escalão como de seu correligionário, Ulysses Guimarães, ícone da política nacional. Agora, se quisesse vê-lo de topete em pé mesmo, bem pirracento, era fácil. Bastava falar mal de Monlevade. Era pedir briga na certa.

Thiago Moreira é jornalista, pós graduado em Gestão Organizacional e Marketing e proprietário da cervejaria Paris 83, do site e revista Tendavip e sócio do Bom Dia.

DECLARAÇÃO DE PERDA DE DIPLOMA Foi perdido um Diploma de Formação Acadêmica, que se refere ao curso de BACHARELADO EM BIOMEDICINA de LAIS VALAMIEL DOS SANTOS, portadora DO CPF 070.977.646-27, cédula de identidade nº 15.031.209 – SSP/MG.


BOM DIA

terça-feira, 18 de junho de 2019

cidade

3.

Duplicação da BR 381 prevê pedágios em João Monlevade, Itabira e São Domingos do Prata Cálculos do projeto de privatização apontam que a cada 50 KM cobranças devem variar de R$ 9,50 a R$ 13,74

Geral - Esperada pelos mineiros há cerca de 20 anos, a duplicação da BR-381, que é conhecida como a rodovia da morte, terá nos próximos meses uma nova expectativa de sair do papel. Mas isso depende de um projeto de privatização que vai custar caro no bolso dos motoristas que passam pela via. Da Microregião do Médio Piracicaba, pelo menos três cidades devem ter radar. João Monlevade, Itabira e São Domingos do Prata. O estudo do governo federal para a concessão de trechos da estrada foi apresentado nesta sexta-feira (14) pelo senador Carlos Viana (PSD) a empresários mineiros durante um encontro em Nova Lima, na Região Metropolitana de Belo Horizonte. De acordo com o parlamentar, o projeto do Ministério da Infraestrutura prevê audiências públicas nas cidades que serão afetadas pelos pedágios, que podem custar de cerca de R$ 9,50 a R$ 13,74 a cada 50 quilômetros. Pela tabela apresentada por Viana, o projeto prevê até 11 praças de cobrança, isso no caso de a BR 262 também entrar no pacote. Os postos serão nos municípios de Caeté, João Monlevade, Itabira, Belo Oriente, Periquito, São Domingos do Prata, Manhuaçu, Martins Soares, Ibatiba, Venda Nova dos Imi-

Praças onde estão previstos pedágios

Duplicação caminha a passos lentos e Governo quer privatizar

grantes e Viana. Viana disse que os interessados deverão opinar se preferem a inclusão do projeto até Governador Valadares, na Região do Vale do Rio Doce, ou se as intervenções serão estendidas pela BR 262, até o Espírito Santo. “O governo abre audiências públicas já no segundo semestre a ANTT, nas próximas semanas, vai definir as datas nas cidades onde teremos postos de pedágio. Aí a população poderá responder se deseja e qual a tarifa que gostaria de pagar ou está disposta a assumir”, disse. O senador mineiro defendeu que as duas estradas

sejam incluídas no projeto de privatização. De acordo com ele, o estudo pronto prevê o pedágio de R$ 13,74. Mas, de acordo com ele, uma experiência no Rio Grande do Sul, mostrou ser possível reduzir a tarifa em 20%, chegando a R$ 9,50. “É alto porque temos uma rodovia com muitas curvas, muitos viadutos e obras”, justificou. Viana afirmou ter conversado com o ministro da Infraestrutura Tarcísio de Freitas sobre o impacto do pagamento do pedágio para os motoristas sem que eles vejam melhorias, já que a duplicação pode demorar de sete a 15 anos. “O ministro

concordou e devemos caminhar para uma tarifa dinâmica”, disse. A ideia dessa tarifa é que os pedágios comecem com um valor inicial e passe a ter a “tarifa cheia” quando houver a duplica-

ção. Questionado se pagar R$ 50 para chegar de Belo Horizonte até Governador Valadares não seria muito caro, Viana disse que o motorista é quem deve dar a resposta nas audiências públicas.

“Eu entendo que um pneu furado vale muito mais do que R$ 50. Um acidente numa rodovia, como a que temos hoje até João Monlevade, não há preço que pague o trauma na família”, disse.


BOM DIA

terça-feira, 18 de junho de 2019

cidade

4.

Dupla de mulheres assalta ônibus da Enscon e acaba presa pela PM João Monlevade - Já se aproximava da meia noite quando o motorista da Enscon, Sr. Josinei recebeu o pedido para parar próximo ao antigo P.A., em Monlevade. No ponto,estavam duas mulheres, Denise Cristina Borges e Maria das Dores. O que ele não sabia é que elas planejavam um assalto. Segundo o próprio motorista, Denise entrou no ônibus sozinha enquanto

sua comparsa, Maria, esperava do lado de fora. Com as mãos para trás, simulou estar armada dizendo que esfaquearia o motorista caso não entregasse o dinheiro das passagens recolhidas no dia de trabalho. Temendo pela vida, Josinei entregou os valores e, após o ocorrido, procurou a polícia. Ele se dirigiu à sede da 17 CIA PM IND, e passou aos policiais as características das autoras do crime. O Pelotão Tático Móvel foi em busca das duas e rapidamente

efetuou as prisões. “A autora Denise relatou que havia efetuado o roubo com o intuito de comprar drogas juntamente com a comparsa Maria das Dores”, explica a Polícia Militar. O motorista do ônibus, reconheceu de imediato a autora Denise, que foi conduzida. Participaram da operação que culminou na prisão o CMDO TM. Ten Daniel Flores, Sd Bonfim, Sd Marx, TM BRAVO, Sgt Célio, Cb Daniel, Sd Allanna, GEPMOR BRAVO, Cb Walker, Sd Danilo, Sd Dutra.

Cervejarias e casa de carnes nobres realizam dia gourmet em Monlevade sábado João Monlevade - Um evento inédito na cidade de João Monlevade acontece neste sábado, a partir das 16 horas, na cervejaria Catalã, ao lado da RG Pneus. As cervejarias Prússia e Paris 83 se uniram à Prime House Carnes Nobres e à direção do estabelecimento para levar ao monlevandense uma experiência única e diferenciada. Será servido churrasco de Parrilla com cortes especiais dentro de um menu preparado para harmonizar com excelentes chopps. Pensando na tranquilidade do público experimentar vários cortes, a Prime House preparou um cardápio com porções a partir de 100 gra-

Lucien Marques

Momento Reflexão A TRANSIÇÃO QUE RENOVA EXIGE UMA CONSCIÊNCIA TRANQUILA. A vida do filósofo Sócrates é rica de casos interessantes e que trazem grandes ensinamentos. No dia da sua sentença, Sócrates, já preso nas masmorras, recebeu a sua esposa Xantipa desesperada: “- Sócrates, você foi condenado à morte! - Mas que importa? Desde que nascemos, todos estamos condenados à morte. Os que me condenaram também o estão! - Mas tu és inocente.... - E preferias que eu fosse culpado?”

Não soframos em demasia com a perspectiva da morte física. A lagarta necessita da aparente morte para se transformar na bela e esvoaçante borboleta. Somos seres em evolução e ainda precisando da alternância entre a vida física e a vida espiritual, para adquirir experiências evolutivas necessárias. REENCARNAÇÃO E SEXO “ Ninguém verá o reino dos céus se não nascer de novo.” (Jesus) Em O Livro dos Espíritos -Allan Kardec “ Pergunta 201 - O Espírito que reencarnou ( na sua última reencarnação) como homem pode vir a reencarnar-se como mulher, numa nova existência, e vice-versa? -Sim, pois são os mesmos Espíritos que animam os corpos como homens e mulheres. Perg. 202 - Quando somos Espíritos, preferimos reencarnar como homem ou como mulher? - Isso pouco importa ao Espírito; depende das provas que ele tiver de sofrer.” Espírito precisa passar pelas experiências dos dois sexos, porque o campo de aprendizado de cada um é diferente.

Porções de 100 gramas com acompanhamento: *Picanha de Angus com farofa de alho ou tradicional (R$20,00) *Flat Iron com Mac’n cheese (R$18,00) *Chorizo com torrada ou pão de alho (R$ 16,00) *Linguiças de Cordeiro e Costela de Angus com purê rústico de batatas no leite e queijo canastra (14,00) Molhos opcionais : Dippas e Chimichurri

mas, confira o cardápio. Além de contar com o cardápio especial e cerveja artesanal, o evento terá música ao vivo com

Anderson e Brunão, tocando o melhor do rock e pop rock. O evento vai até a meia noite, com vários turnos de público

Nenhum Espírito chegará ao porto da perfeição, sem antes ter acumulado em sua estrutura psíquica as qualidades de ambos os sexos. Como devem progredir em tudo, cada sexo, como cada posição social, oferece-lhes provas e deveres especiais e novas ocasiões de adquirir experiências. Como homem o espírito aprende e acumula experiências que desenvolvem a coragem, a determinação, a racionalidade, etc; como mulher o espírito aprende amor, fidelidade, humildade, sensibilidade, simplicidade, abnegacao, etc. Nos milênios sucessivos vai evoluindo até atingir a perfeição. Os que teimam nas ideias contrárias querem nos manter na ignorância em que eles próprios se encontram.


terça-feira, 18 de junho de 2019

BOM DIA

opinião

5.

Lobotiando Lobotiando

Oi Gente!

Manifestação: pouca adesão

por Fabiano Lobot

UMA PERGUNTA UMA RESPOTA A entrevistada de hoje é Fernanda Cristina de Ávila Torre, 2 filhos, 43 anos Secretária Municipal desde o governo de Teófilo Torres, trabalhou dois meses e meio com Teófilo e segue com Simone até os dias atuais, formada em pedagogia com ênfase empresarial e pós-graduada em educação ambiental UFOP. SE VOCÊ FEZ UMA SECRETARIA COMO A DO MEIO AMBIENTE, JULGADA COMO OCIOSA, SE TRANSFORMAR EM UMA DAS MAIS IMPORTANTES, PORQUE NÃO TENTAR UMA CADEIRA DE VEREADORA?

Vimos uma manifestação esvaziada na última quinta-feira 14 de junho, contra a reforma da previdência. O viés político pode ter sido o grande problema. A manifestação ocorreu logo após o dia dos namorados, uma noite romântica para nós monlevadenses, onde corações vermelhos enfeitavam toda a cidade, bares, restaurantes e lojas, até que surge meia dúzia de pessoas nas avenidas centrais da cidade, congestionando todo o trânsito, atrapalhando funcionamento de lojas em pleno horário de expediente, com bandeirinhas e cartazes vermelhos, iguais as decorações da simbólica data. O propósito do protesto, porém, era diferente. O que alguns chamam de manifestação legítima muitos veem como ‘’POLITICAGEM’’. Estamos em um país democrático onde é válido manifestar, mas o bom senso tem que estar presente.

Manifestação: muita adesão

Já no sábado vimos um movimento lindo da Marcha das Mulheres, com muito mais adesão, que enfeitou nossas avenidas por uma causa sem o explícito viés partidário. Em conversa com a Ariete, professora da Rede DOCTUM, Dra. em direito e coordenadora do evento, existe uma pesquisa sobre o aumento da violência doméstica em Monlevade, que fez um diagnóstico que, só em 2018, foram registrados cerca de 500 atendimentos com a pauta de violência doméstica. Um número crescente de 2017 para 2018 e essa situação gerou uma preocupação maior com o assunto, daí surgiu a necessidade de elas organizarem esse movimento coletivo para chamar, alertar e conscientizar as mulheres do que seja a violência doméstica, pois a maioria não sabe.

Estamos numa era em que o meio ambiente está em evidência e atrai uma versão aglutinadora. O meio ambiente está organizado em formato que possibilita o monitoramento e acompanhamento das pessoas e vejo isto como medidas de controle que a área ambiental merece. O meio no qual estamos inseridos influencia diretamente na vida das pessoas, pode gerar um impacto ambiental positivo ou negativo, e este olhar diferenciado aos impactos negativos está em estado de alerta. A sociedade está acordada e preocupada com uma gestão ambiental mais participativa com grandes esforços de consolidar a preservação das espécies existentes no ecossistema. Nós prezamos um governo que tem prioridades claras e altamente sustentável para Monlevade. Possuímos uma agenda de governo que intenciona uma educação ambiental fundamental p transformar a cidade num espaço educador sustentável. A nossa inciativa em criar projetos voltados p gestão ambiental urbana é pautada num governo sério e compromissado com novas possibilidades e transformação socioambiental aliada a política corporativa. A equipe escolhida p trabalhar na SMMA contempla profissionais competentes e com formação técnica. Simone Moreira nossa prefeita mantém o cuidado diferenciado e foco de estabelecer relação de pertencimento ao município. Estamos sempre à disposição e espera de conjugar parcerias de cunho ambiental para sensibilizar as pessoas a abraçarem esta causa, porém, o meu desafio diário não me desperta uma vaga como vereadora. A minha forma de trabalhar é pautada em uma paixão de total imersão e disposição, sei da minha credibilidade e congruência com a sociedade e meus compromissos de ordem ambiental se traduzem em práticas meramente no executivo, sair a vereadora requer um processo profundo de reflexão que não está em minha vida no momento.

As opiniões, fotos e textos desta coluna são de responsabilidade de seu articulista, não representam necessariamente a opinião do jornal.


BOM DIA

terça-feira, 18 de junho de 2019

cidade

6.

São Gonçalo forma 1ª turma do Programa Nacional de Promoção do Acesso ao Mundo do Trabalho São Gonçalo do Rio Abaixo - A Prefeitura de São Gonçalo do Rio Abaixo formou na tarde dessa quinta-feira (13), a primeira turma do Programa Nacional de Promoção do Acesso ao Mundo do Trabalho - mais conhecido por Acessuas. O programa é desenvolvido pelo Ministério de Desenvolvimento Social (MDS) e é executado pela Prefeitura, por meio do Centro de Referência da Assistência Social (Cras). Palestras e atividades orientaram os integrantes do programa com informações importantes para inserção no mercado de trabalho. A elaboração correta de currículo, como se comportar em entrevistas e dinâmicas de grupo foram alguns dos temas abordados. O estudante Lucas Tadeu da Silva, 18 anos, morador do Una, segue em busca do primeiro emprego. Até então, ele

Divulgação

Antônio Carlos entregou certificados aos 25 participantes

acumula a experiência de ajudar o pai na fazenda e sonha em fazer o curso de medicina veterinária. Antes de chegar à universidade, alguma atividade remunerada vai ajudá-lo nas despesas pessoais. “Agora me sinto mais confiante para ir em busca do meio primeiro emprego”, avaliou Lucas. Flávia Luciana de Souza, 37 anos, que mora na localidade de Chácara Velha, está desempregada há um ano e quatro meses e segue em busca de uma recolocação no mercado de trabalho. Ela tem experiência em monitoria de transporte escolar e diz que o cur-

so a ajudou bastante. “Aprendi coisas importantes e agora sinto que estarei mais confiante para participar de entrevistas e dinâmicas em busca de emprego”. Desempregada há cerca de cinco anos, Tatiana Silva Teófilo, 32 anos, moradora do Vale do Sol acumula experiência de operadora de caixa e serviços gerais. “Aprendi que eu mesma posso elaborar meu currículo, que deve prestar atenção quanto à ortografia e outros detalhes. Estou mais confiante e me sinto mais independente”. Também em busca do primeiro emprego, a es-

tudante Paloma Stéfane Lemes Costa, 18 anos, moradora do bairro Santa Catarina, conta que o curso a ensinou a perceber alguns erros. “O curso me ajudou muito e aprendi que posso melhorar nas próximas entrevistas, evitando falar demais, controlando o nervosismo e até que tipo de roupas devo usar”, destacou. O prefeito Antônio Carlos entregou certificados aos 25 participantes desta 1ª edição. Ele destacou que reconhece a importância da capacitação dos jovens e desempregados em busca de reinserção no mercado de trabalho. “Sabemos que a concorrência é sempre acirrada e por isso não medimos esforços em promover qualificação constante no município. Quanto mais bem preparados vocês estiverem, melhoram as chances de conquistarem um emprego”, pontuou Antônio Carlos aos participantes.

Divulgação

Alunos de Catas Altas ganham medalha de ouro na Olímpiada Internacional de Matemática Cerca de 52 alunos dos 4ºs e 5ºs anos da escola municipal Agnes Pereira Machado em Catas Altas conquistaram medalhas de ouro e prata na etapa nacional da Olimpíada Internacional de Matemática Sem Fronteiras (OIMSF). O município foi o único da região a se classificar para a etapa internacional que será realizada ainda este ano. Além disso, é a primeira vez que os estudantes se classificam nesta Olímpiada. A prova foi realizada em abril e feita em grupos e não individualmente. O objetivo foi verificar o raciocínio dos participantes, indo além da capacidade de fazer cálculos. Cento e quarenta e cinco estudantes da escola Agnes participaram da Olimpíada. Destes, foram selecionados 12 grupos, seis de cada série, totalizando 52 alunos.


terça-feira, 18 de junho de 2019

BOM DIA

região

7.

Câmara de São Gonçalo inicia Projeto Câmara nas Escolas São Gonçalo do Rio Abaixo - A Câmara Municipal e São Gonçalo do Rio Abaixo, por meio da Escola do Legislativo, deu início nesta quarta-feira, 12, as apresentações do projeto Câmara nas Escolas. Os alunos das escolas Integral Centro e Vargem Alegre, Escola de Pacas e Escola de São José se reuniram no auditório da Escola Integral Maria de Lourdes Duarte Moreira para assistirem a apresentação. O Projeto Câmara nas Escolas foi implantado pelo legislativo são gonçalense com o intuito de levar aos estudantes informações sobre o funcionamento da Câmara Municipal e dos três poderes: Legislativo, executivo e judiciário. O trabalho é realizado de forma dinâmica para atrair a atenção dos alunos. Os

Projeto da Câmara começou bem

atores Higor Vinicius Vieira e Alisson Gabriel de Oliveira Souza apresentaram uma peça teatral falando sobre os poderes além de realizar interações

com os estudantes. No final das apresentações, cada aluno recebeu um folder com informações mais detalhadas sobre assunto e as com-

petências do legislativo. Ao todo, mais de 800 estudantes do 5º ao 9º ano participarão do projeto. A diretora da Escola Integral Daniele Rolim

parabenizou a Câmara pela iniciativa. “É muito importante que as crianças recebam desde cedo informações sobre a política para que possam

exercer os seus direitos como cidadãos. A Câmara está de parabéns pelo projeto. Apresentar o tema de forma lúdica despertou muito à atenção dos alunos”, disse. Para o presidente da Câmara Flávio Silva de Oliveira, o projeto Câmara nas Escolas vem para contribuir com a formação das crianças. “Investir na educação dos jovens e adolescentes é o maior legado que um político pode deixar para a sociedade. No legislativo queremos que os jovens e adolescentes tenham contato desde cedo com as questões políticas para que desenvolvam o senso crítico acerca do assunto. Também temos outros dois projetos que contribuem para esta formação que são Parlamento Jovem e Câmara Mirim”, destacou.

Prefeitura de São Gonçalo instala telefone e internet em todos os PSFs rurais

Luciana Bicalho é a atual secretária de Saúde

São Gonçalo do Rio Abaixo - A Prefeitura de São Gonçalo do Rio Abaixo está instalando telefones fixos e internet nos Postos de Saúde da Família (PSFs) em todas as localidades rurais. A ação visa melhorar a comunicação interna, entre os servidores, além de ampliar o contato com os pacientes. Até então, os PSFs das localidades rurais contavam apenas com telefones celulares, mas a comunicação era ruim por conta dos constantes problemas de sinal. A novidade é avaliada positivamente pela Secretária de Saúde, Luciana Bicalho. “Estamos eliminando a dificuldade que tínhamos de comunicar com as equipes dos PSFs rurais por conta de problemas de sinal de celular. Vamos ganhar agilidade no uso do e-SUS que consiste no lançamento de dados referente a nossa produção diária e principalmente melhorar nosso contato com os pacientes para agendamentos e remarcação de consultas”, observa Luciana.


BOM DIA

terça-feira, 18 de junho de 2019

polícia

8.

Policiais civis enfrentarão apuração interna e do MP após denúncias de assédio

João Monlevade - Dois policiais civis de João Monlevade terão de se defender de uma denúncia de assédio. A bacharel em recursos humanos, Katia Ramos Lopes, casada com o agente penitenciário Rômulo Lopes, registrou Boletim de Ocorrências contra os policiais civis Geraldo e Adailton, assim como entrou com denúncia no Ministério Público contra eles. Após o ocorrido, o delegado Regional da Polícia Civil, Dr. Paulo Tavares, passou a consi-

derar a abertura de uma sindicância interna para apurar os fatos. No boletim de ocorrências e na denúncia ao MP que nossa reportagem teve acesso, Kátia relata que ao entrar no veículo ficou constrangida como a forma que o policial do banco da frente a olhava e o questionou sobre isso. “Eu questionei porque estava olhando tanto”, afirmou a moça. Segundo ela, o examinador do banco traseiro respondeu. “Tem que olhar, tem que

reparar mesmo, você é muito bonita”. Ela ainda afirma que o examinador da frente concordou. “É verdade, ela é bonita mesmo”. Na denúncia Kátia segue relatando que ambos continuaram olhando e fazendo perguntas pessoais a ela. Como se era casada, onde morava, se tinha filhos. Ela disse que ao responder que era casada com um agente penitenciário, eles teriam ficado, nas palavras dela, desconsertados, e pediram para parar o

carro. Neste momento, disseram, ainda segundo a denúncia, que ela estaria reprovada. No pedido, além da investigação, Kátia pede que não seja mais avaliada pelos policiais. Nossa reportagem tentou conseguir o contato dos policiais para ouvir a versão deles dos fatos, mas ainda não obtivemos sucesso. Também aguardamos retorno de um pedido de agenda com o delegado regional Dr. Paulo Tavares, que deve acontecer nesta terça-feira.

Divulgação

Kátia e seu marido Rômulo, filho do vereador Pastor Carlinhos

Profile for sergiohenriquebraga

bom dia junho 2019  

bom dia junho 2019  

Advertisement