Page 1

SEXTA-FEIRA 9 DE FEVEREIRO - 2018 | R$ 1,00

O Diário do Médio Piracicaba

Edição: 4.187 - Ano XIX - Fechamento: 18h00

www.bomdiaonline.com

Monlevade registra quase 40 pontos de risco Página 3

Polícia Rodoviária Federal inicia operação Carnaval

Veículos pesados terão restrição de tráfego na Operação Carnaval. Página 3

Deputado vota contra aumento do ICMS e renunciou a auxílio moradia Painel do dia da votação do aumento do ICMS mostra ausência de Nozinho no plenário. Página 5


sexta-feira, 9 de fevereiro de 2018

BOM DIA

opinião

2. EXPEDIENTE

BOM DIA • Diretor Geral:

O Carnaval e o Vale Loucura

Luiz Gonazaga de Castro • Comercial: comercial@bomdiaonline.com 3851-1515 • Edição Breno Botelho • Reportagem Kátia Passos • Diagramação/Arte: Sérgio Henrique Braga • Impressão: Gráfica Bom Dia • Colaboradores: Márcio Naoto Suzuki (Up Street) Lúcio Flávio Carlos Augusto - Gugu (Meu Palpite) Thiago Titó (Giro) Marcos Martino (Cenários) • Representante Comercial: Super Mídia Brasil - BH Central de Comunicação - SC Redação e Administração Rua Nossa Senhora Aparecida, nº 152, Sl. 305, Aclimação, CEP.: 35930-028 João Monlevade / MG / Brasil (31) 3851.1515 • Bom Dia online: www.bomdiaonline.com Circulação: Alvinópolis, Barão de Cocais, Bela Vista de Minas, Bom Jesus do Amparo, Catas Altas, Dionísio, Dom Silvério, Itabira, João Monlevade, Nova Era, Rio Piracicaba, Santa Bárbara, São Domingos do Prata, São Gonçalo do Rio Abaixo, São José do Goiabal. FUNDADO EM JULHO DE 1998

Bom Dia Comunicação Ltda - ME. CNPJ.: 24538633/0001-16 Todos os Direitos Reservados bomdia@bomdiaonline.com redacao@bomdiaonline.com

O melhor do Carnaval é que gente tem licença pra ser louco. É sério! A gente ganha um vale- loucura pra usar por 4 dias. Aproveite o seu. Hoje estou mais pacato, mas já fiz algumas estripulias. Certa vez me vesti de juiz de futebol. Fantasia de autoridade? Pode ser! Freud explica, mas não cabe. Arrumei um apito bacana, uma roupa preta e

um monte de cartões: vermelho, amarelo, verde, azul e branco. Sai expulsando um monte de gente. Claro, muito bêbado pra amortecer o vexame. Mas... vexame por que? No carnaval tudo pode. Também já me fantasiei de árabe. Bem clichê. Mas acabou que vários tiveram a mesma ideia e rolou uma comunidade no clube que se juntava pra beber e fazer bagunça. Pena que só tinha homens. As 12 virgens deviam esperar no paraíso. Já vi neguim fazendo cada coisa. Fiquei surpreso quando vi doutor e gerente autoritário rebolando na boquinha da garrafa. Não esperava tamanha transgressão. Mas no carnaval pode! Tem muita gente que aproveita pra sair do armário também. Sabem como é que é né? Vestem-se de mulheres e se sentem tão à vontade que a roupa acaba colando. Outros gostam do teatro mesmo, de brincar com os papéis. Antigamente o pessoal se fantasiava mais. Jamais me esquecerei de um sujeito que ficava hospedado na casa do meu avô. Ele fantasiou-se de astronauta. Não sei como conseguiu uma fantasia tão perfeita. Só que em suas costas não havia tubos de oxigênio como nos filmes. Havia é cachaça... e saia um canudinho ligado ao seu capacete onde ele ia se abastecendo no meio dos blocos. Muitos vinham pegar um pouco de oxigênio com ele. Depois lembro-me tam-

bém de pessoas que viravam drags e escandalizavam. Não buscavam a exuberância das drags atuais, mas o ridículo. Usavam decotes cavadíssimos e tanguinhas minúsculas. De vez em quando levantavam as saias e mostravam o que não deviam. Mas é Carnaval. Tudo pode. Antigamente o lança perfume era liberado. E a turma que não tinha grana pra comprar fazia seus lolós. As meninas desfaleciam e aproveitavam pra beijar e beijar e beijar sem discriminar bocas. Além do vale-loucura, o Carnaval tem a cultura. Tem a música exuberante, os ritmos de cada época, as memórias de tantos folias, romances e loucuras. Tem as escolas de samba, que trazem sempre temas atuais ou homenageiam a história. Tem as baterias e batucadas, com suas pulsações, corações sincronizados no compasso do maestro. Tem os blocos, onde pessoas se reúnem por tesões compartilhados, pelo desejo de se agregar nas afinidades sonoras ou estéticas. Tem a democracia, do Carnaval em todos os gêneros, sejam com marchinhas, sambas, axé, rock, jazz, beatles, sertanejo. Vale tudo. Tem toda uma indústria e uma economia, quando artistas, bares, restaurantes e ambulantes tem como faturar seu ganha-pão. E tem o maravilhoso vale-loucura, a permissão pra pirar, beber de cair, beijar muito, viver as fantasias e ser feliz sem limites. E você? Qual é a sua fantasia?


BOM DIA

sexta-feira, 9 de fevereiro de 2018

cidade

3.

Defesa Civil identifica 38 pontos atingidos pelas chuvas João Monlevade - A Prefeitura de João Monlevade organizou uma força-tarefa, envolvendo as secretarias de Meio Ambiente, Obras e Serviços Urbanos, Settran e a Coordenação da Defesa Civil para a realização de levantamentos dos danos causados pelas últimas e constantes chuvas que caíram sobre a cidade. De acordo com o Executivo, várias ações foram – e estão sendo – realizadas. Dentre essas ações, interdições, limpeza e recuperação de vias e logradouros

Divulgação

Inscrições para curso de Informática até o próximo dia 16

Quase 40 pontos de risco foram registrados pela Defesa Civil

públicos, contenções de muros e socorro a famílias desalojadas ou desabrigadas. Durante essa semana, segundo boletim elabo-

rado pela Defesa Civil, foram catalogados 38 pontos de deslizamentos de terra, quedas de muros e residências em situação de risco.

João Monlevade - Estão abertas, até o próximo dia 16, as inscrições para o curso de Informática da Prefeitura de João Monlevade. O curso tem duração de cinco meses e inclui Introdução ao Windows 7 e pacote básico do Microsoft Office 2007 (Word, Excel e PowerPoint). Os inscritos devem ter pelo menos oito anos de idade e serem alfabetizados. As turmas são

agrupadas em Informática Básica Infantil, Introdutório Jovem Adulto (para quem nunca teve acesso ao computador), Profissionalizante (para aperfeiçoamento do uso do computador) e Master (para as pessoas acima de 45 anos). As inscrições devem ser feitas, de 8h às 10h ou de 14h às 16h, na Escola de Informática e Cidadania, na sede do Bem Viver, à

Avenida Nova York 428, Cruzeiro Celeste. É necessário levar xerox da carteira de identidade ou certidão de nascimento e do comprovante de endereço. São oferecidas 300 vagas para esse primeiro semestre de 2018. As aulas começam no próximo dia 19. Ao todo, desde 2007, a Escola de Informática e Cidadania já formou 3.315 alunos.

Polícia Rodoviária inicia Operação Carnaval Divulgação

nejamentos estratégicos, do uso de tecnologia, de cooperações com outros órgãos, de ações de educação para o trânsito e do esforço e comprometimento do efetivo. A nota fiscal apontava que a caixa tinha origem na cidade de Hidrolândia/ GO, e destino a cidade de Aparecida de Goiânia/ GO, mas o condutor não soube explicar a viagem para o Mato Grosso do Sul.Após, os policiais rodoviários federais ob-

servaram vestígios de maconha e com o auxílio de cães farejadores do Grupo de Operações com Cães da PRF, a equipe encontrou 2,1 (dois quilos e cem gramas) de haxixe e 1.916 (mil novecentos e dezesseis) tabletes de maconha que somaram 2.102,5 kg (dois mil cento e dois quilos e quinhentos gramas) da droga. A embriaguez ao volante é uma das maiores preocupações da PRF duran-

A abertura da operação ocorrerá às 9 horas desta sexta-feira

Geral - A Polícia Rodoviária Federal foi acionada nesta terça-feira (06) para realizar o acompanhamento de uma liberação de veículo recolhido em data anterior ao pátio conveniado e verificar se todas as obrigações estavam sendo efetuadas. A abertura da operação ocorrerá às 9 horas desta

sexta-feira. A operação RodoVida como foi denominada teve inicio no dia 22 de dezembro de 2017 e será encerrado no próximo dia 18 de fevereiro de 2018. Segundo a PRF, a redução dos números é resultado da intensificação das fiscalizações, de pla-

VAGA DE EMPREGO RCM CONTRATA PESSOAS PORTADORAS DE NECESSIDADES ESPECIAIS Interessados enviar currículo para o e-mail

pessoal1@rcmloc.com.br ou entregar diretamente na empresa. RCM Locação de Máquinas Ltda Av. Alberto Lima, 2554, Bairro Sion João Monlevade/MG Fone: (031) 3852-1234

te a festa do Carnaval. No mesmo ano, 15 pessoas morreram em acidentes nas rodovias federais do Espírito Santo. A multa é de R$ 130,16 e quatro pontos na Carteira de Habilitação. Caminhões bitrens com dimensões excedentes, caminhões cegonhas e de transporte de veículo e cargas paletizadas te-

rão restrição de tráfego na Operação Carnaval. A operação vai até a Quarta-Feira de Cinzas (14). Faça uma revisão prévia no seu veículo. Já na BR 381, aconteceu uma morte para cada 19 acidentes. Para informações, denúncias, comunicação de crimes e acidentes a PRF dispõe do número de emergência 191.

EDITAL DE LEILÃO DE ALIENAÇÃO FIDUCIÁRIA 1º LEILÃO: 16 de fevereiro de 2018, às 16h50min *. 2º LEILÃO: 27 de fevereiro de 2018, às 16h50min *. (*horário de Brasília) Ana Claudia Carolina Campos Frazão, Leiloeira Oficial, JUCESP nº 836, com escritório na Rua da Mooca, 3.508, Mooca, São Paulo/SP, FAZ SABER a todos quanto o presente EDITAL virem ou dele conhecimento tiver, que levará a PÚBLICO LEILÃO de modo PRESENCIAL E ON-LINE, nos termos da Lei nº 9.514/97, artigo 27 e parágrafos, autorizada pelo Credor Fiduciário BANCO SANTANDER (BRASIL) S/A - CNPJ n° 90.400.888/0001-42, nos termos do instrumento particular com eficácia de escritura pública de 29/11/2013, firmado com os Fiduciantes EDIMILSON CARVALHO DE LIMA, inscrito no CPF n° 697.450.216-87 e sua esposa VÂNIA DA SILVA BARROS DE LIMA, inscrita no CPF n° 003.646.486-43, em PRIMEIRO LEILÃO (data/horário acima), com lance mínimo igual ou superior a R$ 406.834,13 (Quatrocentos e Seis Mil Oitocentos e Trinta e Quatro Reais e Treze Centavos - atualizado conforme disposições contratuais), o imóvel constituído pelo “Uma casa residencial, com área total construída de 154,23m² e seu respectivo terreno com área total de 360,00m², situado na Avenida Getúlio Vargas, n° 7.493, Bairro Santa Bárbara, João Monlevade/MG”, melhor descrito na matrícula nº 18.874 do Serviço de Registro de Imóveis de João Monlevade/MG”. Imóvel ocupado. Venda em caráter “ad corpus” e no estado de conservação em que se encontra. Caso não haja licitante em primeiro leilão, fica desde já designado o SEGUNDO LEILÃO (data/horário acima), com lance mínimo igual ou superior a R$ 181.000,00 (Cento e Oitenta e Um Mil Reais). O leilão presencial ocorrerá no escritório da Leiloeira. Os interessados em participar do leilão de modo on-line, deverão se cadastrar no site www.FrazaoLeiloes.com.br, encaminhar a documentação necessária para liberação do cadastro 24 horas do início do leilão. Forma de pagamento e demais condições de venda, VEJA A INTEGRA DESTE EDITAL NO SITE: www.FrazaoLeiloes.com.br. Informações pelo tel. 11-3550-4066.


sexta-feira, 9 de fevereiro de 2018

BOM DIA

política

4. BOM DIA VEREADOR Retorno de férias com sede Os vereadores retornaram às reuniões ordinárias nessa quarta-feira e pelo visto e ouvido, praticamente todos, se mostraram com sede de tribuna e microfone. Todos fizeram uso da Tribuna e, além de darem boas vindas aos colegas, mostraram que estão atentos aos acontecimentos – quase todos.

Prefeitura ainda de férias Prefeitura ainda de férias O vereador Pastor Carlinhos retornou de férias com a “macaca”. Fazendo uso da Tribuna, ele disparou contra o Executivo: “A prefeitura ainda não retornou de férias. Saiu em novembro e até hoje não retornou. Está tudo parado. Temos que acordar esse povo gente, tá todo mundo dormindo, só pode”.

Parou porquê? Ainda segundo Carlinhos, a coisa está tão paralisada que, como exemplo citou o caso de uma máquina que se quebrou em novembro e até agora não voltou a funcionar devido o conserto que não aconteceu: “isso é um absurdo – todo mundo dependendo do serviço e por nada a coisa não acontece”.

Despedida sentida

MP contra o povo

Todos os vereadores mencionaram a saída da assessora de comunicação Cíntia Araújo, que deixou o cargo na última segunda-feira. Por unanimidade a profissional foi elogiada pelos serviços prestados durante o período que esteve à frente da pasta. Assim como todos, a Coluna deseja sucesso a nova empreitada da jornalista.

O pastor também não poupou o Ministério Público e voltou a criticar o órgão por, segundo ele, estar interferindo demais no executivo impedindo que o mesmo desenvolva seu trabalho, dizendo, em outras palavras que: “O pessoal já não gosta muito de trabalhar e vem o MP ainda questionar o pouco que fazem. Assim a coisa não funciona – vamos passar a administração pro MP então”, disparou.

Tonhão revoltado

Lugar errado Quem paga a conta O vereador Tiago Tito não bobeou nas férias. Durante o período de recesso do Legislativo o vereador deu andamento a um assunto que já estava acompanhando há algum tempo. Trata-se do caso dos postes novos na avenida Alberto Lima. Segundo o edil, são cerca de 8 postes destruídos ao longo de apenas pouco mais de 1 ano, com um custo superior a R$50 mil. Ainda de acordo com o vereador que apurou os fatos, nenhum desses postes foram pagos pelos responsáveis pelos acidentes.

O vereador Sinval, pelo que se ouve dele na Tribuna, parece estar mesmo em lugar errado, ele esquece dos problemas de João Monlevade e concentra seus comentários bem longe de casa.

Em Brasília

Projeto de Camelódromo

Sinval parece mesmo estar em Brasília. Fazendo uso da Tribuna, durante seu retorno, ele gastou praticamente todo seu tempo atacando o PT, o ex-presidente Lula e demais correligionários. Assim como um “Bolsonaro”, ele regulou a mira de sua metralhadora em um único alvo, não se importando se isso faria diferença para a pequena plateia – que na verdade, divagava diante os comentários do agente público.

O vereador Tonhão informou aos colegas que irá apresentar um projeto ao executivo objetivando criar um espaço – camelódromo, na cidade, para receber todos os ambulantes que atualmente lotam os passeios da cidade. Tonhão disse que todos merecem ter tratamento justo – assim como os ambulantes tem o direito de trabalhar, os comerciantes estabelecidos não podem ficar a mercê da concorrência injusta.

Já o vereador Tonhão usou a Tribuna para apresentar sua revolta com o que chamou de “ato covarde” em relação a críticas que vem recebendo nas Redes Sociais. As críticas são relacionadas ao posicionamento do vereador a respeito dos ambulantes na cidade. Segundo ele “covardes canalhas” estavam distorcendo suas ideias, dizendo que o mesmo seria contra os trabalhadores.


BOM DIA

sexta-feira, 9 de fevereiro de 2018

Conecte Já

cidade

(31) 3851-0475 Av. Getúlio Vargas, 4.906

5.

www.internetsuper.com.br

Prefeitura investe R$ 1,5 milhão em projeto de iluminação João Monlevade – A prefeita de João Monlevade, Simone Carvalho Moreira (PSDB), recebeu em seu Gabinete, representantes da empresa Ecológica Serviços e Empreendimentos Ltda., vencedora da licitação, que irá executar as primeiras obras de 2018 na área de iluminação pública da cidade. Marcos Vinícius Nascimento e Tarcísio Siman estiveram acompanhados pelo engenheiro elétrico da Prefeitura monlevadense, Cléber Araújo Moraes. Segundo a prefeita, nesta primeira etapa, serão investidos cerca de R$1,5 milhão (um milhão e quinhentos mil reais). Simone disse que, inicialmente, serão trocadas as lâmpadas de vapor de sódio por lâmpadas de Led, na avenida Getúlio Vargas, no

Acom PMJM

Deputado Nozinho votou contra aumento do ICMS e nunca recebeu Auxílio Moradia

Os vencedores da licitação se reuniram com a prefeita Simone

trecho compreendido entre a Praça da Monza até à Praça do Pedro Machado, em Carneirinhos. “Com estas primeiras ações, estaremos proporcionando uma iluminação de maior qualidade, a avenida estará mais iluminada e, consequentemente, oferecendo maior segurança”. Simone Moreira disse, ainda, que, além de clarear mais o trecho em questão, haverá uma economia de 50% nos custos e uma garantia de 50 mil

horas de uso por parte do fornecedor. Hoje, essa garantia é de somente seis mil horas. A prefeita assegurou que as lâmpadas a serem substituídas serão utilizadas em outros bairros da cidade. A equipe técnica inicia nesta semana as visitas aos pontos que serão beneficiados, e as obras – tanto em Carneirinhos quanto em outros bairros que também serão contemplados com o projeto – terão início na próxima semana.

Inscrições para Trabalho Educativo da Fundação Crê-Ser seguem até hoje João Monlevade – Encerram-se hoje (9) as inscrições para o Programa Trabalho Educativo da Fundação Crê-ser, para os jovens de 16 anos completos e que não tenham completado 17 anos. Os interessados deverão comparecer à sede da Fundação Crê-Ser, na rua Palmas, 214, bairro Baú, de 8h às 10h ou de 13h às 16h, munidos dos seguintes documentos: Carteira de Identidade, CPF, declaração de matrícula escolar e comprovante de endereço recente. O Edital para o Processo Seletivo está afixado na portaria da Fundação Crê-Ser, na portaria da Prefeitura de João Monlevade e divulgado através do site www.pmjm.mg.gov.br.

Campanha de prevenção à AIDS é realizada João Monlevade - Nesta sexta-feira (9), o Programa Municipal IST/HIV/ AIDS, realizará mais uma etapa da Campanha de Prevenção do Carnaval, com uma ação educativa, que acontecerá na sede da Secretaria Municipal de Saúde, Av. Getúlio Vargas, no bairro Belmonte. Serão realizados os testes de HIV e Sífilis, orientações sobre as Infecções Sexualmente Transmissíveis e será feita a distribuição de materiais informativos e preservativos. O evento acontecerá de 8h as 11h, e de 13h as 16h.

Geral - A imprensa mineira e de todo o Brasil dedicou amplo espaço nesta semana para reportagens com informações sobre o Auxílio Moradia, benefício recebido por autoridades brasileiras, desde deputados a juízes e promotores. Em Minas, o jornal Estado de Minas fez extensa matéria na edição de terça-feira, mostrando que a Assembleia Legislativa gastou mais de R$2 milhões com o benefício no ano passado, sendo que só em dezembro a despesa foi de R$219 mil, o suficiente para pagar 50 dos 77 deputados estaduais, independente de terem ou não imóvel próprio na capital. A lei foi aprovada em fevereiro de 2015, com voto contrário do deputado Raimundo Nonato Barcelos, o Nozinho, do PDT. Dois meses depois a Auxílio Moradia passou de R$2.850,00 para R$4.377,73. Nozinho nunca recebeu Auxílio Moradia, já que o primeiro ofício de seu gabinete, datado de 10 de fevereiro de 2015 e dirigido à Mesa Diretora da Assembleia, foi para oficializar sua renúncia ao benefício. Contra o aumento do ICMS Ao contrário do que algumas pessoas erroneamen-

TV Globo

Painel do dia da votação mostra ausência de Nozinho

te divulgam na rede social, o Deputado Nozinho não votou em segundo e definitivo turno a favor do projeto que aumentava o ICMS e IPVA em Minas. Em primeiro turno ele votou a favor, mas ao perceber as alterações provocadas com várias emendas, ele decidiu não mais apoiar a proposta de readequação da alíquota de cobrança dos impostos e nem compareceu à reunião que aprovou definitivamente a propos-

ta, ausente que estava da Assembleia ao cumprir agenda para tratar de assuntos de interesse dos municípios da região que representa. Tanto o voto contra no caso do Auxílio Moradia, bem como o não voto em favor da readequação dos impostos em segunda e definitiva votação dos deputados, pode ser comprovada na documentação da própria Assembleia, como no registro dos órgãos de imprensa à época.

PREFEITURA MUNICIPAL DE BELA VISTA DE MINAS/MG – Aviso de Licitação: TOMADA DE PREÇO Nº 01/2018 no dia 05/03/2018 às 08h30min. Objeto: Serviços de topografia. O Edital se encontra à disposição dos interessados no setor de licitações, av.: Arthur da Costa e Silva, 70, Centro – Bela Vista de Minas/MG, de segunda à sexta-feira no horário de 7:00 às 11:00 e 13:00 às 17:00 ou através do site: www.belavistademinas.mg.gov.br Maiores informações poderão ser adquiridas pelo telefax: (31) 3853-1271/1272. Wilber José de Souza – Prefeito Municipal.

Grande Oportunidade Vende-se Gráfica em pleno funcionamento, totalmente montada. Tratar: fone (31) 3852-6965 / 98634-0965


BOM DIA

sexta-feira, 9 de fevereiro de 2018

cidade

6.

Cade aprova compra da Votorantim pela ArcelorMittal Geral - O plenário do Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) aprovou nesta quarta-feira (7), por quatro votos a dois, a compra da Votorantim Siderurgia pela ArcelorMittal Brasil. A fusão foi condicionada à celebração de Acordo em Controle de Concentrações (ACC) que comporta a aplicação de remédios estruturais e comportamentais propostos pela relatora Polyanna Vilanova, que assumiu o caso em novembro do ano passado. Em um voto no qual prezou pelas tecnicidades do setor siderúrgico, a conselheira avaliou que a operação gera preocupações em relação à alta probabilidade de concentração em nove mercados ligados à fabricação e comercialização de aços longos comuns: perfis leves, perfis médios, fio-máquina comum, vergalhões CA60, telas eletrosoldadas, arame recozido, treliças, vergalhões e compra de sucata. Vilanova também destacou que a entrada e a rivalidade de concorrentes não se mostraram suficientes para contestar eventual exercício de poder pela empresa resultante do ato de concentração. O cenário seria o mesmo avaliado pela Superintendência-Geral e pelo Departamento de Estudos Econômicos do Cade. A primeira recomendou a reprovação, já o segundo avaliou que os remédios propostos não seriam suficientes para dirimir os riscos ao mercado. Contudo, seguindo o re-

Divulgação

Foi registrado um crescimento de 25% no número de trabalhadores colocados no mercado

lato de advogados que participaram da série de reuniões que antecederam o julgamento, a relatora verificou que um conjunto de medidas a serem seguidas pela ArcelorMittal Brasil poderia levar à mitigação dos problemas decorrentes da operação. “O ACC contempla todas as preocupações concorrenciais aventadas ao longo da instrução da presente operação. O acordo foi elaborado considerando três obrigações principais, a fim de preservar as condições de concorrência nos mercados relevantes impactados direta e indiretamente pela operação”, afirmou Polyanna Vilanova. Com isso, a conselheira propôs, como remédios estruturais, o desinvestimento de dois conjuntos de ativos. O primeiro pacote diz respeito à produção de aços longos comuns laminados e trefilados, que deve ser vendido a um adquirente único, sem qualquer participação societária relacionada, direta ou indiretamente, às requerentes ou seus aos respectivos grupos econômicos. Já o segundo pacote é

relativo ao mercado de trefilação e fio-máquina. Ele deve ser ofertado a um adquirente único, distinto daquele que comprar o primeiro pacote de ativos, que também não poderá ter participação societária relacionada às requerentes ou aos grupos econômicos da qual fazem parte. Para ambos os casos, as empresas adquirentes devem apresentar higidez financeira e capacidade administrativa, e não podem ter mais de 20% de participação nos mercados correspondentes aos pacotes. Em relação à medida comportamental, o ACC prevê um “Compromisso de Performance” com volumes mínimos anuais de venda, cujos termos são de acesso restrito às partes. Polyanna Vilanova não chegou a detalhar os pacotes de ativos a serem vendidos, mas o conselheiro João Paulo de Resende, que abriu a divergência, revelou que nas tratativas foram apontadas a alienação da planta de aços longos de Cariacica (ES), a transferência do contrato de ar-

rendamento da planta de Itaúna (MG), e a alienação de duas trefiladeiras, todas da ArcelorMittal. Resende destacou que a proposta representa cerca de um terço do total de ativos adquiridos pela ArcelorMittal Brasil, mas que os remédios não teriam levado em conta a capacidade de produção das plantas. Isso porque, segundo ele, a usina de Cariacica, por exemplo, tem operado no máximo com 65% de sua capacidade instalada por ques-

tões ambientais. “Se verificarmos a capacidade das plantas, a empresa adquirente não poderia atingir os níveis de produção da Votorantim em três mercados, especialmente a de Cariacica. As produções de vergalhões e fio-máquina ficariam aquém. A Simec não conseguiria produzir o suficiente, seria 30% a menos, coisa de 800 mil toneladas. É provável que uma nova rival chegue a no máximo 50% da capacidade que a Votorantim tinha nos últimos anos. A Simec estaria, portanto, no limite de sua capacidade. Do ponto de vista financeiro, ela é uma empresa sólida e estabelecida, mas tem bem menos incentivos para uma briga, especialmente com a Gerdau”, avaliou o conselheiro. Empresas Pelo acordo, a Votorantim Siderurgia passará

a ser uma subsidiária da ArcelorMittal Brasil. Em contrapartida, a Votorantim passará a deter uma participação minoritária de 2,99% do capital da ArcelorMittal Brasil, o que corresponderá a 15% de participação no negócio de aços longos da siderúrgica no país. Também foi acertado que a Votorantim Siderurgia não deterá qualquer direito econômico ou político sobre a divisão de aços planos da ArcelorMittal, ou sobre quaisquer outras divisões da ArcelorMittal, já existentes ou que venham a existir em algum momento futuro, sendo a operação restrita ao negócio de aços longos. Segundo as empresas, a combinação dos negócios resultará em um produtor de aços longos com capacidade anual de produção de 5,6 milhões de toneladas de aço bruto e de 5,4 milhões de toneladas de laminados.

Painel do Sine mostra saldo positivo de postos de trabalho Geral - Em 2017 as unidades do Sistema Nacional de Emprego (Sine) em Minas Gerais captaram 54.460 novas vagas de emprego, o que representou um saldo positivo de 2.033 vagas em relação a 2016. Foi também registrado um crescimento de 25% no número de trabalhadores colocados no mercado de trabalho. O mercado formal contratou, por meio do Sine, 36.126 trabalhadores em 2017 e 27.157 em 2016. Os dados são do Painel de Monitoramento do Desempenho do Sine, boletim mensal publicado pela Secretaria de Estado de Trabalho e Desenvolvimento Social (Sedese). O Painel mostra também que, em termos de atendimento, as unidades do Sine em Minas registraram o mesmo volume do ano anterior, mantendo a série histórica que gira em torno de dois milhões de atendimentos por ano. Houve um decréscimo no número de demitidos em relação a 2016. Ainda assim, o volume de segurados manteve-se equivalente, o que pode ser explicado pela rotatividade natural do mercado de trabalho. Os dados de dezembro de 2017 ainda estão incompletos porque o Ministério do Trabalho não forneceu todas as informações.


sexta-feira, 9 de fevereiro de 2018

BOM DIA

saúde

7.

Caraça passa exigir cartão de vacina contra febre amarela Catas Altas - Como forma de evitar a proliferação da febre amarela na região, o Santuário do Caraça, localizado em Catas Altas, passou a exigir a apresentação do cartão de vacina para entrada dos visitantes na área do parque. Só pode ter acesso ao local quem tiver se imunizado há pelo menos dez dias. Até o momento, não há casos da doença registrados no Complexo e nem em Catas Altas, que é o único município da região sem registros da doença. De acordo com um comunicado exibido no site do Santuário, o Comple-

Arquivo Bom Dia

Santuário passou a exigir cartão de vacina para entrada no parque

xo do Caraça segue uma normativa da Secretaria

de Saúde de Catas Altas. “Por questões de saúde

pública, só será permitida a entrada no Comple-

xo Santuário do Caraça mediante apresentação do cartão de vacinação que comprove a vacina contra febre amarela há pelo menos 10 dias”. A medida, esclarece ainda a nota, é uma ação preventiva necessária para combater a doença. Além da apresentação do cartão, o Complexo, em parceria com a Prefeitura, promoveu uma campanha de vacinação e divulgação de informações para os funcionários. “A RPPN do Caraça tem uma equipe treinada e orientada pelos órgãos competentes, fazendo o monitoramento diário das trilhas e dos

primatas. Não foi identificado nenhum caso de contaminação de febre amarela”, explica a nota. O Complexo do Caraça recebe pessoas de cerca de 50 países todo ano. De acordo com dados da Vigilância e Proteção à Saúde de Minas Gerais, foram confirmados 81 casos no estado, dos quais 36 com mortes. Na região, uma morte foi confirmada em Santa Bárbara; uma, em Alvinópolis; e uma, em Barão de Cocais. O Governo de Minas Gerais decretou situação de emergência em cinco áreas do estado, somando 162 municípios.


Floricultura Broto & Cia:

de casa nova!

Na terça-feira, 6, Vanessa Gonçalves e Gláucia Caldeira inauguraram a nova sede da charmosa Floricultura Broto & Cia. Espaço lindo, amplo e aconchegante para receber clientes, parceiros e amigos num ambiente planejado nos mínimos detalhes para um atendimento ainda melhor. Os convidados foram recepcionados por toda equipe Broto & Cia para um coquetel com música ao vivo de Claudiney Godoy. Todos que estiveram por lá ficaram encantados com a beleza bom gosto do projeto da arquiteta Isadora Domingues. Para quem ainda não conhece a nova Floricultura Broto & Cia, o endereço é rua Carlos Motta, 14 – bairro JK, em frente ao Espetim du Cabritim. Parabéns Gláucia, Vanessa e Ana Luísa!

9 fev  
9 fev  
Advertisement