Issuu on Google+

Impressão Digital Diouf dos ‘Idolos’ com multifunções a no Vale de Amoreira

Anti-Stress Intimismo de Gameiro em Palmela

+Negócios Terminal da Sapec bate recorde

12

11

21

Sábado | 30.Abr.2011

Director: Raul Tavares

semanário - edição n.º 662 • 5.ª série - 0,50 € • região de setúbal

www.semmaisjornal.com

Distribuído com o

Plano de ordenamento lança alerta ao turismo nas praias do Alentejo ACTUAL A maior parte dos autarcas do Litoral Alentejano consideram ser necessário proceder a alterações no Plano de Ordenamento da Orla Costeira (POOC) para aquela zona do distrito, sob pena

das restrições poderem pôr em causa o desenvolvimento daquele litoral. O alerta foi lançado esta semana pelo vereador da Câmara de Grândola, Paulo Carmo, para quem o Plano «não dá respos-

Pub.

VENDA INTERDITA

ta à crescente procura de turistas». Um dos motivos aduzidos é a falta de apoios de praia. O caso da Comporta é um dos exemplos, com filas enormes à porta das casas de banho. PÁG. 5

Anos a fazer História em nome do jornalismo e da região

Chorão rastejante invade zonas dunares da região ACTUAL São plantas exóticas com grande capacidade de reprodução, cuja disseminação não pára de aumentar. Os biólogos consideram esta espécie, trazida há algumas décadas da África do Sul, uma autêntica praga. O problema é que o combate não é nada fácil. PÁG. 2 Pub.

Estradas do distrito registam menos acidentes no início deste ano PÁG. 6

Os nosso vinhos brilham mais alto em Bordéus ACTUAL Os néctares da Península de Setúbal arrecadaram 15 das 82 medalhas a concurso num dos maiores certames mundiais de vinho que se realiza anualmente em Bordéus. Uma prova de grande qualidade de muita pujança. PÁG. 7


2

Sábado | 30.Abr.2011

Aniversário

www.semmaisjornal.com

Abertura

Há um chorão a invadir as nossas praias

::::::::::: Roberto Dores :::::::::::

A

s suas ramificações já se estendem ao longo de quase todas as praias do distrito. Chamase chorão, é uma planta exótica e invasora. Os biólogos estão preocupados com a Pub.

área que já conquistou nas dunas de região, pelo que o Instituto de Conservação da Natureza e a Biodiversidade (ICNB) quer começar a combater o invasor, até porque, segundo o biólogo Sandro Nóbrega, na nossa costa há plantas habilitadas

a impedir a erosão. Trazido há algumas décadas directamente da África do Sul, para ajudar a travar a erosão, o chorãodas-praias, como é designado, acabou por escapar ao controlo do homem entre as dunas, tornando-se necessário intervir, segundo o ICNB, sobretudo nas praias mais a sul de Grândola. E a tarefa não é fácil. Não basta arrancar o que está, é preciso monitorizar a área com frequência. «Se não houver uma continuidade

de acção ao longo dos anos o chorão volta a crescer e a disseminar-se com grande velocidade”, alerta Sandro Nóbrega ao Semmais. Ou seja, está em causa uma planta que exibe grande facilidade em voltar a crescer e em disseminar-se ao longo das dunas. «Desde logo, porque as raízes nunca se arrancam todas. Depois, porque o meio de propagação do chorão não são as próprias plantas em si, mas antes um crescimento vegetativo», acrescenta o mesmo técnico. Raízes lançam dispersão reprodutora Quer isto dizer que planta vai crescendo e lançado raízes, exibindo ainda uma dispersão reprodutora ao nível da semente. É que as suas flores dão origem a uma cápsula, que no seu interior tem quantidade elevada de sementes, que são dispersas pelo vento e pelas pegadas das próprias pessoas. O chorão junta-se assim à acácia salina entre as maiores preocupações em torno de espécies que se encontram na região, sendo que a acácia, apesar da sua beleza – flores amarelas - traduz mais complicações ao nível da região. Foi trazida para as praias para travar o vento e assim diminuir o avanço dos areais. «A mancha é de tal forma grande, que qualquer dia vamos ter de a eliminar», avisa Sandro Nóbrega. Porém, importa não perder de vista que a região detém espécies herbáceas nas dunas habilitadas a impedir a erosão, como sucede com o estorno, por exemplo, uma planta com um porte semelhante aos cereais, que se perfila como sendo muito eficaz na fixação das areias, com raízes profundas, e crescimento relativamente rápido.

DR

As praias da ‘Costa Azul’ têm que contar este Verão com uma nova praga. Dá-se pelo nome de “Chorão”, é uma planta exótica e está a invadir as zonas dunares com toda a força.

O ICNB prepara-se para combater a disseminação dos chorões

Caméfilo rastejante com caules escamosos Com o nome científico de Carpobrotus edulis, o chorão é um caméfito rastejante com longos caules escamosos que podem atingir vários metros de comprimento, enraizando nos nodos. As folhas são carnudas, com ângulo dorsal serrilhado, formando um triângulo aproximadamente equilátero quando seccionadas perpendicularmente ao seu eixo principal) e ápice

aguçado. Exibem um verde brilhante quando são jovens, com laivos avermelhados quando envelhecidas, principalmente ao longo dos rebordos. O fruto, popularmente designado por figo dada a sua semelhança com um sicónio, é comestível, passando de verde a amarelo ou avermelhado com o amadurecimento e produzindo um odor pungente quando esmagado.


3

OCUPAÇÃO TERRITORIAL

2.120.000 63%

4.480.000

Peninsula de Setúbal

SCULI

N

AUDIÊNCIA MÉDIA ESTIMADA EM 2010

7%

MA

Ao evocar treze anos de actividade optámos por balizar a marca Semmais na sua fase actual e na preparação consistente para o futuro próximo. Iniciamos um novo ciclo, com o mesmo conceito editorial e com a mesma linha inovadora que tem guindado este projecto ao patamar mais alto do jornalismo que se pratica na região de Setúbal. A ligação ao Expresso amplificou de forma esmagadora a nossa realidade em termos de tiragens e audiência, como prova o estudo que se apresenta nesta página.

TIRAGEM GLOBAL EM 2010

M I N I NO 3

Ainda mais virado para o futuro

66%

CLASSE SOCIAL Alta Média Alta Média | Média Alta Média Baixa Baixa

Litoral Alentejano

22 % 22 % 41 %

34%

12 % 3%

OCUPAÇÃO PROFISSIONAL

IDADE 15 - 17 18 - 24 25 - 34 35 - 44 45 - 54 55 - 64 +64

Hora de Fecho

Aniversário

FE

www.semmaisjornal.com

O

Sábado | 30.Abr.2011

0.5 % 7% 17 % 31 % 20 % 3% 11.5 %

Quadros Médios e Superiores Profissionais Liberais Trabalhadores e Técnicos Qualificados Estudantes Serviços Administrativos Reformados e Desempregados Domésticas Trabalhadores não Qualificados

38 % 28 % 13 % 9% 8.5 % 2% 1% 0.5 %

FONTE: GORIN PORTUGAL (RECOLHA E ELABORAÇÃO DO ESTUDO FEVEREIRO DE 2011)

Pub.

Clube IMais

Semmais

EM AVANÇADO estado de preparação está o Clube IMAIS, virado essencialmente para os jovens estudantes do ensino secundário, profissional e superior. Debates, produção de jornais escolares, workshops e ateliers de produção jornalística, são alguns dos exemplos de iniciativas que este clube, com a marca Semmais, pretende efectuar ainda durante este ano. A ideia base é incentivar os jovens estudantes do distrito para as práticas da leitura e da produção jornalística de uma forma atractiva e sempre ligada à realidade regional. Estão a ser fomentadas parcerias de âmbito regional que reconhecem no Semmais o veículo adequado para inovar nestas áreas. Um concurso de cultura, de âmbito regional em todo este universo estudantil é outro projecto que está em fase de estudo.

Plataformas digitais

Marisa Batista, Fábio Martins e João Nascimento

AS NOVAS plataformas digitais vão ser uma ferramenta essencial na continuidade e expansão do projecto Semmais, tarefa entregue a um grupo de jovens com formação em multimédia (na foto). O novo sitio do Semmais está mais apelativo, funcional e abrangente exercendo, a curto prazo, a função de produção de notícias diárias, para além de outras áreas de interesse geral. Estamos também já no Facebook e no Twitter e a caminho de marcar presença em todas as outras redes sociais, onde vamos lançar debates sobre temas da região e apelar a uma maior interactividade com os internautas do distrito. Dentro em breve também será possível aceder às nossas edições através do telemóvel.

Parcerias activas O SEMMAIS conta já com inúmeras parcerias com boa parte das grandes instituições que operam na região de Setúbal, de áreas tão diferentes como o ensino superior, cultura, saúde e sector económico. Esta forma de intercção com os agentes que concorrem para o desenvolvimento da região está a ter um grande incremento. A distribuição do Semmais nos principais hospitais da nossa região é uma das iniciativas em curso, tal como a circulação, como ‘jornal de bordo, do nosso jornal nos principais operadores de transportes. Também um novo ciclo de conferências e um aprofundamento da relação com as companhias de teatro são acções para concretizar ainda este ano.


4

Espaço Público

Aniversário

Sábado | 30.Abr.2011

www.semmaisjornal.com

Escola Superior de Tecnologia de Setúbal na vanguarda da Eficiência Energética em Comunicações Móveis

Editorial

// Raul Tavares

Da grande construção à forte consolidação Em treze de actividade ininterrupta um vasto número de profissionais emprestou a este projecto editorial uma força e uma vitalidade ímpares na história da imprensa escrita na região de Setúbal. Dos primeiros tempos, em que a adrenalina se juntava ao sonho, à descoberta do jornalismo puro e duro, ficou um sentimento de construção de uma identidade, de uma marca. Seguiu-se um largo período de consolidação junto dos leitores, das instituições, das figuras regionais e dos ‘opinion makers’, do difícil mercado do distrito. Duas épocas apaixonantes que guindaram o Semmais ao patamar de jornal de referência, pela sua concepção e gestão editorial, pelo seu rigor, isenção e profissionalismo. Nunca resignados e sempre dispostos a empreender e a inovar, o Semmais afirmou-se como projecto de futuro, orgulhando-se de ter feito ‘nascer’ para o jornalismo um grupo de jovens profissionais já conceituados no jornalismo português. E continua a fazê-lo em todas as frentes, disposto que está a ganhar o futuro em nome do jornalismo e da região de Setúbal. A forte abraço a todos os que ao longo dos anos dedicaram todo o seu saber na construção deste projecto editorial. Obrigado também aos fiéis leitores, clientes e a todos os contribuíram para o crescimento desta marca.

Ao longo do último século o nosso Planeta tem vindo a “aquecer”, essencialmente devido ao aumento da emissão de dióxido de carbono. A operação das redes de comunicações móveis contribui, actualmente, com uma fatia não desprezável para esta “Pegada de Carbono”. Por outro lado, do ponto de vista dos operadores destas redes, a subida do preço dos recursos energéticos tem aumentado os custos de operação e, consequentemente, a preocupação com a Eficiência Energética. Com o aparecimento da Quarta Geração de comunicações móveis, o LTE (Long Term Evolution), a preocupação com a Eficiência Energética assume um papel central. Por um lado, o LTE irá permitir velocidades de download da ordem dos 100 Mbps, possibilitando o acesso móvel a um conjunto de serviços até agora só disponíveis na rede fixa. Por outro, está associado a um aumento do consumo ener-

gético resultado da necessidade de instalação duma nova infraestrutura de rede. Neste contexto, surge o Projecto Europeu EARTH – Energy Aware Radio and Network Technologies, envolvendo a participação de 15 entidades europeias nesta área. O objectivo fundamental consiste na redução para metade do consumo energético da rede LTE, relativamente ao obtido com a tecnologia actualmente disponível. No âmbito da colaboração com o Instituto de Telecomunicações do Instituto Superior Técnico, parceiro nacional neste projecto, e enquanto docente do Departamento de Engenharia Electrotécnica da Escola Superior de Tecnologia do Instituto Politécnico de Setúbal (ESTSetúbal/IPS), coordeno actualmente o Grupo de Trabalho em “Eficiência Energética de Técnicas de Transmissão”. Neste grupo de trabalho são investigadas e desenvolvidas técnicas que permitam

potenciar a utilização de antenas activas e reconfiguráveis assim como a mais recente tecnologia MIMO (Multiple-Input MultipleOutput), no sentido de potenciar o aumento da Eficiência Energética. A participação neste projecto, através da ligação a outras instituições de referência, permite, por um lado, garantir uma actualização constante do corpo docente da ESTSetúbal/IPS, reforçando o nome desta como instituição de referência no domínio da investigação e, por outro, contribuir para a criação, desenvolvimento, transferência de conhecimento e promoção da ciência a nível nacional e no Distrito de Setúbal, em particular.

Filipe Cardoso*

Neste grupo de trabalho são investigadas e desenvolvidas técnicas que permitam potenciar a utilização de antenas activas e reconfiguráveis assim como a mais recente tecnologia MIMO (Multiple-Input Multiple-Output), no sentido de potenciar o aumento da Eficiência Energética.

*Doutorado em Engª Electrotécnica e de Computadores Prof. Adjunto do Departamento de Engenharia Electrotécnica da ESTSetúbal/IPS

Um percurso de 500 anos para um futuro de grande confiança A SANTA CASA DA MISERICÓRDIA DE SETÚBAL é uma Instituição que há mais de quinhentos anos presta serviços nas área social e da saúde. Não é fácil, nos tempos que correm e especialmente nos que se avizinham, manter uma estrutura desta dimensão, com cerca de 190 trabalhadores e 300 Utentes, configurável já com a de uma média empresa. Com recursos financeiros cada vez mais escassos e aumento significativo do custo de quase todos os bens e serviços essenciais e com a pressão da procura, decorrente da crescente crise social, a manutenção da força de trabalho e a prestação de cuidados de qualidade aos Utentes, tornou-se um desafio de gestão permanente, à luz da sustentabilidade da Instituição. Ao longo dos séculos as Misericórdias Portuguesas sobreviveram a pestes, guerras e crises sociais e políticas. Estamos confiantes de que também a Santa Casa da Misericórdia de Setúbal, apesar das vicissitudes actuais, com o apoio de todos, sociedade civil, trabalhadores, voluntários e familiares dos Utentes, continuará a prestar os seus serviços aos cidadãos mais carenciados da Comunidade Setubalense. Uma palavra final deture felicitações neste aniversário do Jornal Semmais, que ao longo dos tempos tem constituído uma referência no panoIhilica vid im con consuperbem. Vala rama da informação.

Fernando Cardoso Ferreira (Provedor da Santa Casa da Misericórdia de Setúbal Presidente do Secretariado Regional da União das Misericórdias Portuguesas Presidente do Conselho Nacional da União das Misericórdias Portuguesas)

ficha técnica Director: Raul Tavares; Editor-Chefe: Joaquim Guerra; Redacção: Anabela Ventura, Cristina Martins, Marta David, Rita Perdigão, Roberto Dores, Fotografia: Joaquim Torres; Dep. Comercial: Cristina Almeida (coordenação), Lídia Faísca. Cartoonista: Ricardo Campos e José Sarmento. Projecto Gráfico: Edgar Melitão/”e Kitchen Media” – Nova Zelândia. Departamento Gráfico: Marisa Batista e Rita Martins. Serviços Administrativos e Financeiros: Mila Oliveira. Webmaster iMais: Susete Amaral. Web Manager/SEO: José Luís Andrade. Distribuição: José Ricardo e Carlos Lóio. Propriedade e Editor: Mediasado, Lda; NIPC 506806537 Concessão Produto: Mediasado, Lda NIPC 506806537. Redacção: Largo José Joaquim Cabecinha nº8, (traseiras da Av. Bento Jesus Caraça) 2910-564 Setúbal. Tel.: 265 538 819 (geral); Fax.: 265 538 819. Email: redaccao.semmais@mediasado.pt; publicidade.semmais@mediasado.pt. Administração e Comercial: Tel.: 265 538 810; Fax.: 265 538 813. Impressão: Empresa Gráfica Funchalense, SA – Rua Capela Nossa Senhora Conceição, 50 – Moralena 2715-029 – Pêro Pinheiro. Tiragem: 45.000 (média semanal). Distribuição: VASP e Mediasado, Lda. Reg. ICS: 123090. Depósito Legal; 123227/98


Sábado | 30.Abr.2011

www.semmaisjornal.com

5

Aniversário

Actual Obrigado, Jornal Semmais 2011 A comunicação social é necessária para o desenvolvimento integral do homem e duma cidade de todos e para todos,: sonho irrenunciável. E é um serviço difícil porque pede ‘a verdade na caridade’, num mundo de pressa vertiginosa, de interesses poderosos, de busca de poder. Neste contexto felicito o Semmais pelo contributo para que Setúbal seja, mais e mais, obra de todos e para todos e desejo-lhe muitas felicidades. Ihilica vid im con ture consuperbem. Vala +Gilberto (Bispo de Setúbal)

Continuaram a levar longe as nossas maravilhas

Parabéns Semmais

Semmais, vives há trezes anos. É costume aos aniversariantes ofertar prendas. Desculpa-me a indelicadeza de não te dar um presente e até ter a ousadia de te deixar alguns pedidos. Semmais, continua a levar tão longe, quanto estiver ao teu alcance, as maravilhas da nossa bela região de Setúbal; a dar conta do muito que o poder local, as instituições sociais e educativas, as empresas, as organizações de recreio, cultura e desporto têm procurado fazer para que se goste de viver na nossa região. Semmais, continua também a mostrar as injustiças para que as consciências não adormeçam e, acima de tudo, se respeitem os mais elementares direitos humanos. Semmais, dou-te os parabéns e desejo-te longa e feliz vida.

Sem dúvida marca a diferença, é sensível às mais diversas causas, está sempre disponível para colaborar e ajudar nas mais variadas vertentes e é indiscutivelmente uma grande mais valia. Parabéns à fantástica equipa que o compõe e continuem com o vosso excelente trabalho. A título pessoal apresento um forte agradecimento por toda a colaboração com a Associação Pravi, da qual sou membro.

Eugénio Fonseca (Presidente da Caritas Diocesana)

Patrícia Lança (Associação Pravi)

O ALERTA é lançado pelo vereador Paulo Carmo, da Câmara de Grândola: «É preciso alterar o Plano de Ordenamento da Orla Costeira (POOC) para podermos dar resposta à crescente procura de turistas». O recado surge numa altura em que esta autarquia reclama junto do Ministério do Ambiente a revisão do POOC Sado-Sines, garantindo que, com a actual regulamentação, os municípios do litoral não vão conseguir manter a «excelência das praias». Na prática, os municípios querem que as suas zonas balneares possam a dispor de mais

Semmais

O plano que compremete as praias do Alentejo

Orla costeira pede ordenamento

apoios para os veraneantes e que a tutela contemple, por exemplo, a construção de mais parques de estacionamento ou de balneários. Paulo do Carmo recorre mesmo ao caso da praia da Comporta, onde em Agosto «chega a haver filas de seis e sete pessoas à porta da casa de banho das senhoras. Isto não pode ser, porque não se compagina com a qualidade que queremos oferecer a quem nos visita.». É por isso que, segundo acrescenta, o Ministério do Ambiente terá que analisar a reivindicação grandolense, sobretudo porque o POOC Sado-Sines foi um docu-

mento elaborado há cerca de 15 anos perante uma conjuntura diferente da actual. «Nessa altura as nossas praias tinham cerca de cem mil pessoas e hoje recebem cerca de meio milhão. Temos uma zona requalificada, onde há novos empreendimentos. Estamos a falar de realidades completamente diferentes», assevera, reiterando que é preciso adaptar o plano aos tempos modernos, numa região onde há, inclusivamente, oito praias galardoadas com Bandeira Azul. Roberto Dores

Logz apoia freguesias A LOGZ Atlantic Hub assinou um protocolo com as juntas de freguesia de Palmela, Pinhal Novo e Poceirão, com vista a um plano anual de actividades sociais na região. Inserido na estratégia do grupo, de contributo para o desenvolvimento da comunidade, o protocolo prevê, para este ano, a realização de projectos de consciencialização ambiental e social. Entre as acções previstas estão circuitos rodoviários, formação sénior e júnior na área das Tecnologias de Informação e oferta de kits escolares às famílias mais carenciadas. Pub.


6

Aniversário

Projecto inédito

Sábado | 30.Abr.2011

Exemplo de competência e de independência

www.semmaisjornal.com

Prestigio e projecção

Ter tido o privilégio de ser o primeiro director de uma iniciativa jornalística, de recorte inédito na região de Setúbal, trabalhando com uma equipa profissional, ao mesmo tempo jovem e experimentada, foi uma oportunidade com a qual muito aprendi. Ao Raul Tavares e sua equipa do SMJ, um abraço forte do amigo de sempre

A trajectória percorrida pelo Semmais no decorrer dos seus treze anos de existência, tem sido um exemplo de determinação, desejo de bem servir, competência e acima de tudo a independência com que trata os diversos temas que ilustram os conteúdos que percorrem de uma forma exaustiva os interesses específicos de uma região multifacetada, económica e socialmente difícil, em muitos aspectos prejudicada pela proximidade a Lisboa. O Jornal Semmais tem conseguido, com assinalável êxito, contribuir para manter alguma unidade e coerência de pensamento e atitude, dos diversos sectores das microsociedades que representam a região. Todos lhe estamos justamente agradecidos, felicitando os colaboradores do Jornal e desejando os maiores progressos que certamente resultam no benefício de todos.

Viriato Soromenho-Marques (Director de 1998 a 2003)

Leopoldo Guimarães (Reitor aposentado da Universidade Nova de Lisboa)

Por ocasião do 13º aniversário do Jornal SemMais felicito toda a equipa e, em particular, o seu director, pela forma como tem marcado positivamente o panorama informativo da região de Setúbal. Faço votos para que o futuro venha consolidar o prestígio e a projecção alcançados e para que possamos fortalecer a actual colaboração institucional. Armando Pires (Presidente do Instituto Politécnico de Setúbal)

Ano arranca com menos mortes nas estradas do distrito

:::::::::::: Roberto Dores ::::::::::::

O

número de mortos em acidentes de viação nas estradas do distrito baixou de 16 para 13, compaPub.

rando os primeiros quatro meses de 2010 com os de 2011. As autoridades garantem tratarse de uma «redução significativa», apesar de traduzir apenas menos três vítimas

mortais, sobretudo, porque, segundo fonte do Destacamento de Trânsito, esta queda inscreve-se na tendência dos últimos anos. Por exemplo, o mesmo período de 2009

Semmais

As autoridades falam de uma «redução significativa» que acompanham a tendência dos últimos anos. São boas notícias para a sinistralidade na região.

Autoridades admitem que é preciso mais medidas para baixar mais o número de vítimas

registava 18 mortes. O que para as autoridades pode ser encarado como motivo de «algum optimismo», segundo a própria GNR admitiu ao SemMais esta quinta-feira – em que se assinalou o Dia Europeu de Segurança Rodoviária – para a Ana Raposo, da Associação Portuguesa de Sinalização e Segurança Rodoviária (Afesp), o número de acidentes tem de baixar muito mais. Aliás, os dados revelados pela Autoridade Nacional de Segurança Rodoviária (ANSR) mostram como os feridos graves se mantiveram praticamente intocáveis entre os quatro primeiros meses dos últimos dois anos. Em 2010 houve 44, enquanto em 2011 chegou aos 43. Ainda assim, regista-se uma redução significativa face a 2009, com 60 feridos graves nas estradas da região.

Dois anos sempre a decrescer A curva descendente é confirmada quando comparamos os dois últimos anos. Entre 22 de Abril de 2009 e 21 de Abril de 2010 as estradas do distrito mataram 74 pessoas e feriram gravemente 207 passageiros, enquanto no período homólogo de 2010 a 2011 houve 58 mortes e 204 feridos graves. Segundo a GNR revelou, 68% dos acidentes aconteceram em recta, 38,5% dos embates ocorreram devido a despiste, enquanto 36,4% dos sinistros tiveram origem no excesso de velocidade. Porém, a Afesp chamou quinta-feira a atenção para a necessidade da região apostar na manutenção da sinalização das suas estradas, alegando que em cada cinco acidentes, um será provocado pela má sinalização, ou

mesmo pela sua inexistência. Um problema que, diz Ana Raposo, poderá vir a ser agravado nos próximos tempos, face à crise económica do país, que deverá condicionar a realização de obras públicas, «limitando a manutenção da sinalização e estado das estradas nacionais». A dirigente alerta que esta contrariedade deverá fazer aumentar o risco de acidente, defendendo a Afesp que mesmo nas vias em que o pavimento está degradado «é importante que haja boa sinalização, porque vai fazer toda a diferença na informação prestada ao automobilista». A Afesp pôs em marcha uma nova avaliação que ambiciona comparar o estado actual das marcas rodoviárias com os resultados do anterior estudo realizado em 2009, que mereceu o chumbo da associação.

Observatório alerta para violação de regras que geram perigo Segundo o juiz Nuno Salpico, presidente do Observatório de Segurança das Estradas e Cidades, «há responsáveis muito concretos» pela sinistralidade nas estradas, uma vez que há muitas vias que registam «uma violação das regras de construção, que coloca o condutor em perigo constante.» Contactado pelo SemMais, Nuno

Salpico alerta que o Instituto de Infra-estruturas Rodoviárias (InIR) e a Estradas de Portugal (EP) «têm obrigação de monitorizar as vias e corrigir o que está mal». Por exemplo, o dirigente chama a atenção que para a construção de curvas com raios muito reduzidos. «Curvas com 70 metros só admitem velocidades entre 40 a 50 quiló-

metros por hora, mas depois há estradas que induzem velocidade elevada. É isso que tem de ser estudado, para evitar troços com perfis incoerentes.» Conclui Nuno Salpico, que hoje em dia «através do cumprimento das rectas, do número de curvas e da largura das vias é possível identificar a velocidade real a que se vai circular na via.


Sábado | 30.Abr.2011

www.semmaisjornal.com

Indispensável para as empresas O Jornal Semmais é uma referência incontornável na imprensa da Península de Setúbal e de toda a Região de Lisboa e Vale do Tejo. Sempre atento aos temas e problemas deste território, é um jornal moderno, de qualidade, que informa com ética e rigor as pessoas que aqui vivem e trabalham. Para as empresas, é um veículo muito útil e já indispensável. António de Melo Pires (Director-Geral da Autoeuropa)

Ministro inaugura Marviflora A EMPRESA Marviflora abre portas na 2ª feira, com a presença do ministro da Agricultura, António Serrano. O projecto visa o desenvolvimento de uma Indústria de Licores Tradicionais Portuguesas da Marviflora, uma empresa de cariz familiar localizada em Cajados, freguesia de Marateca, concelho de Palmela. Refira-se que o projecto é apoiado no âmbito do Subprograma 3 do PRODER – Programa de Desenvolvimento Rural. Pub.

7

Aniversário

Projecto editorial de referência da nossa região

Isenção e objectividade

Nesta data tão importante expresso os meus mais sinceros parabéns ao Semmais, projecto editorial de referência no nosso Distrito. Felicito toda a equipa pelo trabalho realizado, ao longo destes 13 anos, em prol da região, projectando-a e valorizando a sua riqueza histórica, cultural, económica e social, o seu capital humano, o seu património, a sua identidade e a sua diversidade. Destaco, com especial apreço, a atenção que o Jornal dedica às questões empresariais e à estrutura económica da região, através da publicação anual da Revista Sem Mais – 500 Maiores Empresas do Distrito de Setúbal. Desejo as maiores felicidades ao Jornal no cumprimento da missão de informar os leitores, com credibilidade e isenção, no melhor interesse da população e da região.

«É com grande satisfação e votos de sucesso na continuação da missão de informar os cidadãos da região de Setúbal, que a APSS - Administração dos Portos de Setúbal e Sesimbra, SA se associa à celebração do 13º Aniversário do Jornal Semmais. O acto de informar, com isenção e objectividade, é um importante contributo para o desenvolvimento do exercício da cidadania na nossa região. Apraznos assinalar que o Jornal Sem Mais tem sabido, desde Abril de 1998, cumprir esse trabalho com êxito.»

Manuel Malheiros (Governador Civil do Distrito de Setúbal)

Carlos Lopes (Presidente do C.A. da APSS)

Meia Maratona de Setúbal Vinhos da região dos mais premiados no certame de Bordéus à espera de estrangeiros OS VINHOS da Península de Setúbal arrecadaram na 35.ª edição do Challenge International du Vin, em Bordéus, 15 das 82 medalhas que vieram para Portugal. A região da Península de Setúbal foi a segunda região portuguesa com mais meda-

lhas atribuídas alcançando duas medalhas de ouro, sete de prata e seis de bronze. A Cooperativa Agrícola Santo Isidro de Pegões, a Casa Ermelinda Freitas e a Adega Cooperativa de Palmela são as empresas mais premiadas. Cerca de 5 mil amostras,

provenientes de 38 países, foram submetidas à prova de um painel composto por mais de 800 provadores. Enólogos, viticultores, distribuidores e consumidores degustaram e atribuíram apenas 1 305 medalhas, ou seja, 28 por cento das amostras em prova.

Todos os néctares medalhados Ouro: Quinta da Mimosa 2008, Casa Ermelinda Freitas Vale dos Barris Castelão 2009, Adega Cooperativa de Palmela Prata: Herdade de Espirra 2007, Herdade de Espirra Vale da Judia 2010, Cooperativa Agrícola Santo Isidro de Pegões Stella 2010, Cooperativa Agrícola

Santo Isidro de Pegões Adega de Pegões Arinto 2009, Cooperativa Agrícola Santo Isidro de Pegões Adega de Pegões Syrah 209, Cooperativa Agrícola Santo Isidro de Pegões Adega de Pegões Aragonez 2008, Cooperativa Agrícola Santo Isidro de Pegões Casa Ermelinda Freitas Alicante Bouschet 2009, Casa Ermelinda Freitas Bronze: Adega de Palmela 2005, Adega Coope-

rativa de Palmela Venâncio da Costa Lima 1a5, Venâncio da Costa Lima Adega de Pegões Alicante Bouschet 2009, Cooperativa Agrícola Santo Isidro de Pegões Quinta de Alcube Reserva 2008, João Manuel Gomes Serra Quinta de Alcube Trincadeira Syrah 2008, João Manuel Gomes Serra Casa Ermelinda Freitas Trincadeira 2008, Casa Ermelinda Freitas

AINDA sem a confirmação da presença de estrangeiros, a XXII Meia Maratona de Setúbal tem partida marcada para o próximo domingo, 8 de Maio, junto ao auditório José Afonso. Durante a conferência de imprensa de apresentação da prova, Domingos Vieira, garantiu as presenças de Alberto Chaíça, Vasco Azevedo, Luís Feiteira e José da Luz, no sector masculino, enquanto nas senhoras o destaque vai para as bracarenses Fernanda Miranda e Cláudia Pereira, para além de Helena Sampaio. O

director da prova aguarda ainda a confirmação da vinda de três atletas quenianos que «dão sempre luta e engrandecem a prova». Em simultâneo com a Meia Maratona realiza-se a Mini - Maratona das famílias, uma prova destinada à população em geral, com um percurso de quatro quilómetros e com o patrocínio da Simarsul. A prova, pelo segundo ano consecutivo, tem uma função solidária já que uma parte do valor da inscrição reverte a favor do Banco Alimentar Contra a Fome de Setúbal.


8 Aniversรกrio

Pub.

Sรกbado | 30.Abr.2011

www.semmaisjornal.com


Sábado | 30.Abr.2011

www.semmaisjornal.com

9

Aniversário

Política Valoriza a região

Realidade incontornável do distrito de Setúbal

Salientando a importância de uma informação rigorosa envio saudações ao “Sem Mais” por este aniversário. A valorização da região, a resolução dos seus problemas e o aproveitamento das suas potencialidades, inserida numa estratégia de desenvolvimento, justiça e progresso social para o País é indissociável da iniciativa e do estímulo das capacidades da região em que este projecto se integra.

Treze anos depois, o Semmais já não é um sonho, uma ambição ou um desejo, é realidade incontornável da comunicação no Distrito. Muitos contribuíram e trabalharam naquilo em que acreditavam, a começar pelo Raul Tavares que, nesta década de política activa em Setúbal que levo, apreendi a respeitar pela sua independência, isenção e competência. Numa altura difícil como esta, acreditar, projectar, inovar, trabalhar, competir, investigar, respeitar, são palavras muito importantes! Acho que resumem o que têm feito e tenho muita honra em ter participado. Como não sou supersticioso, tenho a certeza que este 13.º aniversário será repleto de sucessos! Os sinceros Parabéns e votos de bom trabalho!

Francisco Lopes (Deputado CDU)

Nuno Magalhães (Deputado e líder distrital do CDS-PP)

Modelo de excelência O Semmais está de parabéns no seu 13º aniversário, pela sua capacidade de se actualizar ao longo do tempo, através de uma linha editorial abrangente e de qualidade, com dimensão distrital. Deixo uma saudação especial a toda a equipa do Semmais, que dá o seu melhor, para que a informação no Distrito de Setúbal se mantenha com um nível de excelência a que o Semmais nos habituou e que desejo que se perpetue por muitos e bons anos. Catarina Marcelino (Deputada do PS e Presidente das Mulheres Socialistas)

Pub.

Partidos do distrito apostam em campanhas discretas e económicas

E

m época de crise, as forças partidárias prometem contenção de custos na campanha para as Legislativas antecipadas de 5 de Outubro. As acções serão discretas, sóbrias e económicas. O PS diz que vai gastar 30/40 mil euros, o PP fica-se pelos 10 mil e o PSD ainda não tem números definidos. O PS deverá gastar entre 30 a 40 mil euros na campanha das Legislativas de 5 de Junho que vai desenvolver na região. A campanha promete ser discreta, eficaz e sem grandes meios de publicidade, atendendo aos tempos de restrição financeira. Victor Ramalho, presidente da Federação Distrital do PS, realça: «Vamos fazer uma campanha muito discreta e eficaz, de porta-a-porta, sem «outdoor’s, pendões, uma vez que o momento de crise que estamos a atravessar assim o exige», vinca. A lista oficial dos candidatos pelo Círculo de Setúbal, foi entregue na terça-feira, no tribunal local. A candidatura, que volta a ser encabeçada pelo ministro da Economia, Vieira da Silva, inclui os nomes

de Eduardo Cabrita, ex-secretário de Estado Adjunto e das Autarquias Locais e da Justiça; Eurídice Pereira, ex-Governadora Ciivil; Duarte Cordeiro, ex-presidente da JS nacional; Ana Catarina Mendes, dirigente distrital e nacional; Catarina Marcelino, presidente do departamento nacional das mulheres socialistas; e Luís Gonelha, da concelhia de Setúbal, entre outros. PSD contacta população Sem verbas ainda definidas, o PSD garante que também vai desenvolver uma campanha com «valores baixos», os quais não impedem o partido de levar para a rua uma campanha «alegre e de contactos» com a população e a sociedade civil. Pedro do Ó Ramos, líder dos ‘laranjas’ no distrito, realça que a campanha vai privilegiar o contacto com a população, clubes, associações e instituições. A primeira acção da précampanha vai surgir na próxima semana numa visita

a uma instituição de solidariedade social de Setúbal. Os candidatos do PSD são apresentados publicamente na segunda-feira, às 17h30, no Novotel de Setúbal. A cabeça-de-lista é Maria Luís Albuquerque, licenciada em Economia. É, desde 2007, Coordenadora do Núcleo de Emissões e Mercados do Instituto de Gestão e da Tesouraria e do Crédito Público. Pedro do Ó Ramos, presidente da distrital de Setúbal do PSD é o segundo da lista, seguido por Bruno Vitorino, secretário-geral adjunto do PSD. A ex-Governadora Civil do Distrito de Setúbal, Mercês Borges, surge em quarto lugar e Paulo Ribeiro, advogado, logo a seguir. PP com campanha mais económica Nuno Magalhães, líder da distrital do CDS/PP, revela que o partido vai apostar numa campanha «discreta, sóbria, económica e sem brindes». Cerca de 10 mil euros é o montante que o partido deverá disponibilizar. «Tenho muito orgulho que o PP poupe

dinheiro aos portugueses, porque não são os partidos que pagam os custos dos outdoors mas sim os portugueses. Vai ser a campanha mais barata de todos os partidos, sem ataques pessoais nem querelas políticas», argumenta, acrescentando que o PP vai ser o único partido que «não terá outdoor’s, ao contrário do BE e do PCP, que dizem defender os contribuintes e os portugueses». A pré-campanha do PP já arrancou, com a visita de Nuno Magalhães às Misericórdias de Almada e Seixal, e com uma reunião de trabalhos com os pescadores e agricultores da Costa de Caparica. A lista do CDS/PP, liderada por Nuno Magalhães, inclui os nomes de João Viegas, presidente da concelhia sadina; Mariana Ferreira, vice-presidente do partido; Filomena Cargo, vice-presidente distrital; João Noronha, presidente da concelhia do Seixal, e António Pedro Maco, líder da concelhia de Almada. A apresentação dos candidatos decorreu no dia 18, em Setúbal.

A UGT de Setúbal, promoveu quinta-feira, no âmbito do Dia Nacional e Mundial da Segurança e Saúde no Trabalho, na zona de Setúbal, a entrega de um KIT a entidades bancárias e seguradoras.. Rui Godinho, presidente da UGT Setúbal, em conferência de imprensa, revelou que há a registar, a nível nacional, uma «grande redução» dos acidentes de trabalho mortais, nos últimos dez anos, sendo que no ano transacto, 88 trabalhadores perderam a vida no emprego. «Desde 2001 que faleciam no trabalho, por ano, cerca

DR

UGT ‘abre guerra’ contra os acidentes de trabalho

Conferência de imprensa dos dirigentes da UGT de Setúbal

de 400 pessoas, o que é um exagero. Estamos satisfeitos com esta redução, mas o nosso objectivo é que não haja nenhuns acidentes mortais», vinca, acrescentando que, ao

nível do distrito, a construção civil é a área laboral que regista o maior número de acidentes, embora estes números «também tenham decrescido». No que diz respeito aos

novos riscos profissionais, aqueles que não são visíveis, os designados psico-sociais, Rui Godinho refere que estão a «aumentar cada vez mais», o que contribui para que os trabalhadores sejam «menos produtivos e acabem por recorrer à baixa médica, com graves mazelas para a saúde». A UGT Setúbal, em parceria com a ACT, garante que vai continuar a prestar informação e a promover formação aos trabalhadores, bem como a empresas, para que a segurança no local de trabalho tenha uma maior qualidade e segurança.

CARTÓRIO NOTARIAL DE SETÚBAL NOTÁRIA MARIA TERESA OLIVEIRA Sito do cartório na Avenida 22 de Dezembro n.º 21-D em Setúbal Certifico, para efeitos de publicação que no dia quinze de Abril de dois mil e onze, neste Cartório, foi lavrada uma escritura de justificação, a folhas 129 do livro 227 – A, de escrituras diversas, na qual: Carlos Manuel da Silva Quendera, casado sob o regime da comunhão de adquiridos com Maria Saudade dos Santos Galvão Quendera, residente na Rua Carlos Cabete, CCI 1001, Lagoa do Calvo, Poceirão em Palmela, justifi cou a posse de direito de propriedade, invocando a usucapião, de: Prédio misto, com a área de dezoito mil seiscentos e vinte e cinco metros quadrados, sito na Lagoa do Calvo, freguesia da Marateca, concelho de Palmela, composta parte rústica de terreno de cultura hortícola de regadio, inscrito sob parte do artigo 44 da secção C, e a parte urbana de casa térrea para habitação, com a área coberta de sessenta e cinco metros quadrados e duas dependência anexas e adega e celeiro com a área coberta de oitenta metros quadrados, inscrito na respectiva matriz sob o artigo 84, da freguesia do Poceirão, confrontando do Norte com Estrada Municipal, do Sul com Herdeiros de Cremilde da Silva Quendera, do Nascente com José Marques Galvão e do Poente com Rua José Cabete, descrito na Conservatória do Registo Predial de Palmela sob o número seiscentos e oitenta e oito, da citada freguesia. Está conforme. Cartório Notarial sito na Avenida 22 de Dezembro número 21-D em Setúbal, 15 de Abril de 2011. A Notária, Maria Teresa Oliveira Conta Nº 566

CARTÓRIO NOTARIAL DE SETÚBAL DO NOTÁRIO LICENCIADO JOÃO FARINHA ALVES Certifi co narrativamente que, por escritura de vinte e sete de Abril do ano dois mil e onze, lavrada de folhas oitenta e seguintes, do livro de notas para escrituras diversas número cento e quarenta e quatro - A, deste Cartório, ANTÓNIO MANUEL VENTURA JACINTO, segundo declarou, natural da freguesia e concelho de Monchique, casado com Maria Catarina Pinto Martelo Jacinto, sob o regime da comunhão de bens adquiridos, como declarou, com residência habitual na Rua dos Plátanos, Bloco A1, número 11, primeiro andar, Bairro do Pinhal, Vila Nova de Santo André, contribuinte fi scal número 141282053, declarou ser dono e legitimo possuidor, com exclusão de outrem, de um prédio urbano, com a área coberta de cento e vinte e oito metros quadrados, logradouro com a área de mil novecentos e oitenta e cinco metros quadrados, situado em Brejos dos Clérigos, Rua das Mimosas, da freguesia de São Simão, do concelho de Setúbal. Está inscrito o prédio na respectiva matriz predial sob o artigo 709, da freguesia de São Simão, que proveio do artigo 264, da mesma freguesia. Que este último artigo, 264, foi inscrito na matriz anteriormente a sete de Agosto de mil novecentos e cinquenta e um, confrontando do Norte com Rua das Mimosas, do Sul com Maria do Carmo Reis Neves Marques, do Nascente com Carlos Manuel Celestino Pires, e, do Poente com Infantário. Que consta como titular do referido artigo matricial, o ora justifi cante. No tocante ao Registo Predial, encontra-se omisso na Conservatória de Registo Predial. ESTÁ CONFORME Cartório Notarial de Setúbal, aos vinte e sete de Abril do ano dois mil e onze. O Notário (Lic. João Farinha Alves)


10

Aniversário

Sábado | 30.Abr.2011

www.semmaisjornal.com

Anti-Stress Álbuns de Pedro Miguel “Vais-te Apaixonar” é o tema do quinto trabalho discográfico do jovem cantor Pedro Miguel, de 25 anos. Trata-se de um disco essencialmente romântico, composto por dez faixas, que realça as capacidades vocais de uma das mais jovens revelações na música ligeira nacional, proveniente do Alentejo. Para se habilitar aos álbuns terá de ligar 918 047 918 e solicitar a sua oferta.

Pub.

Extremo ‘puxa’ jovens para as artes

C

om um orçamento a rondar os 125 mil euros, menos 50 mil que em 2010, o Teatro Extremo, de Almada, volta a apostar no Sementes, uma mostra internacional de artes para o pequeno público, que já vai na 16.ª edição. São esperados na edição que decorre de 5 de Maio a 5 de Junho, cerca de 15 mil espectadores, contra os 13 mil do certame passado, que terão possibilidade de assistir a 22 espectáculos e 61 representações em Almada, Alcochete, Barreiro, Moita, Seixal, Sesimbra, Cascais, Crato, Montemor-o-Novo, Oeiras e Santarém. Rui Cerveira, director da mostra, realça a iniciativa “Alemão em Cena”, do GoetheInstitut Portugal que, através do seu projecto Escolas Piloto de Alemão (PEPA), procura dar a conhecer a língua e a cultura alemãs em todo o país. São apresentados trabalhos teatrais, realizados em salas de aula de língua alemã. A escola Fernão Mendes Pinto, de Almada, é a anfitriã da estreia do “Alemão em Cena”, a qual conta com a envolvência de mais de uma centena de alunos, professores e directores

DR

+ Ofertas

Quinze mil espectadores são esperados na 16ª edição do Sementes

de escolas provenientes de vários pontos do país. Os espectáculos em destaque

são “Pedra a Pedra”, do Teatre de l´Home Dibuixat (Espanha); ”Sem Dentes”, de Le Due e Un Quarto

(Itália); “Circo Déjà Vu”, de La Baldufa (Espanha); e “A Estação”, produzido pelo Bash Street (Reino Unido). Com a finalidade de chamar público juvenil à mostra, a programação inclui duas peças de teatro para maiores de 12 anos. Uma é oriunda da Alemanha, produzida pelo Fórum eatre de Berlim, e outra vem da Áustria, pelas mãos de um jovem que se encontra a fazer o programa Erasmos em Portugal. Merece ainda destaque as oficinas artísticas para crianças, pais e filhos, bem como o espaço de reflexão para profissionais do espectáculo, professores, educadores pais e público em geral, subordinado ao tema “A Arte para a Infância: da Ciência ao Espectáculo”, dirigida pelo músico António Armadilha. «As crianças têm de se envolver com a arte. Temos este ano uma diversidade de projectos para a infância, muitos deles com mensagens educativas», comenta Rui Cerveira, que acrescenta que a edição 16 conta com produções estrangeiras de Alemanha, Áustria, Brasil, Bulgária, Espanha, Itália e Reino Unido.


Sábado | 30.Abr.2011

www.semmaisjornal.com

11

Aniversário

PRESO NA REDE

+ Cartaz...

Sáb

Sáb

Miguel Gameiro abraça Palmela Miguel Gameiro passa este sábado por Palmela para brindar o público com cantigas do álbum “A Porta ao Lado”, um disco assumidamente intimista e que encontra no auditório um espaço que lhes é confortável. O espaço perfeito e mais próximo para ‘um abraço’. Cine-Teatro S. João, Palmela, 21h30

30

30

Sáb

O fado de Joana Amendoeira Joana Amendoeira (voz), Pedro Amendoeira (guitarra portuguesa), Pedro Pinhal (viola de fado) e Paulo Paz (contrabaixo) dão corpo a um espectáculo onde o fado é rei. Fórum Cultural do Seixal, 21h30

Sáb

30

30

Danças no Forum A Companhia de Dança de Almada repõe a coreografia “Nossos”, de Ricardo Ambrózio. Estreado nesta mesma sala, em Setembro de 2009, este espectáculo regressa a Almada após a passagem por várias salas nacionais e de França. Auditório Municipal Fernando Lopes-Graça, Almada, 21h30

Sáb

Livro de Álvaro Arranja “Mataram Mariana…”, de Álvaro Arranja, é o título do livro, editado pelo Centro de Estudos Bocageanos, que é apresentado e que fala das mortes dos operários Mariana Torres e António Mendes, baleados pela GNR. Museu de Arqueologia e Etnografia do Distrito de Setúbal, 16 horas.

30

Gala de ópera O concerto é protagonizado pela Orquestra Clássica do Centro e encerra, com chave de ouro, a Temporada de Música da Casa de Ópera do Cabo Espichel. Cine-Teatro João Mota, Sesimbra, 21 horas.

Lusomundo estreia nova aventura do pirata Depp

Com Censos online JL Andrade geral@jlandrade.com

O Instituto Nacional de Estatística (INE) “convidou” toda a população a participar activamente na realização dos Censos 2011. Convidou a responder com rigor aos seus questionários, tanto em papel, como na Internet. Sem querer entrar pelos demais problemas já relatados pela comunicação social, como a falta de certas descrições laborais precárias, podemos dizer que a utilização cómoda, fácil e segura (segundo o próprio INE) da rede foi um sucesso inesperado. Deixe-me fazer um pequeno aparte. Imagine que vai passear com a sua família neste verão. Toda a família, pais, filhos, conjugues, avós, tios, primos, etc etc, e não apenas aquela que mora lá em casa e para a qual teve de preencher o papelinho (ou o site) dos Censos. A família encarregou-o a si de toda a logística do passeio, mas com a data a aproximar-se e sem ter a confirmação de todos os que querem estar presentes, fica o dilema de quantos lugares reservar para a viagem. Sabe que a família tem 37 elementos e 14 confirmaram. Já sabemos como são as famílias e se apenas marcar os 14 lugares terá a tia Joaquina a querer entrar à última hora. A tia Joaquina trás a prima

Os Censos funcionaram como a viajem da família, mas sem prevenir os contratempos.

Vanessa e o tio Alfredo (muito a contragosto) e deixá-los para trás dará tema de conversa para os próximos 20 Natais. Então qual é a melhor medida? Marcar 20 lugares, a contar com os contratempos. Resta dizer que ao marcar o almoço do passeio, o caro leitor também foi inteligente e combinou com o restaurante que 14 pessoas estavam certas, mas podiam aparecer mais. Assim pagouse a comida dos que efectivamente comeram e nada mais. Os Censos funcionaram como a viajem da família, mas sem prevenir os contratempos. Calculou-se que um par de centenas de milhar de lares portugueses usassem a Internet e quando as tias Joaquinas tentaram massivamente entrar online, o servidor não aguentou. É o normal em Portugal. Resolvido o problema, a utilização da rede foi um sucesso, só o almoço dos Censos não correu grande coisa. Foram impressos, distribuídos e pagos milhões de formulários em papel que agora são lixo.

Bando estreia no Porto “A Morte do Palhaço”

“PIRATAS das Caraíbas: Por Estranhas Marés”, produzido por Jerry Bruckheimer e realizado por Rob Marshall, estreia ao público nos cinemas a 19 de Maio. A nova película da Disney, recheada de acção, aventura e fantasia, tem como protagonistas Johnny Depp e Penélope Cruz. Johnny Depp regressa ao papel do carismático

Capitão Jack Sparrow num novo filme de acção repleto de verdade, traição, juventude e morte. Quando Jack se cruza com uma mulher do passado (Penélope Cruz), não consegue distinguir se é amor ou se esta é uma ‘artista’ implacável que o está a usar para encontrar a lendária Fonte da Juventude. Quando ela o força a embarcar no navio “Queen

Anne´s Revenge”, a embarcação do formidável pirata Barba Negra (Ian McShane), Jack encontrase numa aventura inesperada, onde não sabe quem temer mais: o Barba Negra ou a mulher do seu passado. O elenco internacional desta película inclui os veteranos piratas Geoffrey Rush, como o vingativo Capitão Hector Barbosa,

Kevin R. McNally, no papel de Joshamee Gibbs, o camarada de longa data do capitão Jack, também Claflin Sam, como um fiel missionário e Astrid Berges-Frisbey, como uma sereia misteriosa. Vamos em breve oferecer convites duplos para “Piratas das Caraíbas” para os cinemas Lusomundo do Fórum Almada. Esteja atento.

“A MORTE do Palhaço” é a nova peça de “O Bando”, que estreou esta quintafeira, no claustro do mosteiro de São Bento da Vitória, no Porto. Passados vinte anos, o grupo de Palmela regressa às palavras de Raul Brandão e à música de José Mário Branco, não no sentido duma reposição mas sim de uma nova versão, vista à luz de uma nova paisagem cénica e de uma nova visão dramatúrgica. Desenvolvido em co-produção com o Teatro Nacional São João, Porto, com encenação e dramaturgia de João Brites, libreto

de Nuno Júdice, composição musical de José Mário Branco, direcção musical de Jorge Salgueiro, espaço cénico de Nuno Carinhas, corporalidade de Jo Stone, figurinos e adereços de Clara Bento, “A Morte do Palhaço” conta com a participação de Ana Brandão, Guilherme Noronha, Paulo Castro (actores), Christian Luján, Diogo Oliveira, Inês Madeira, Paulo Carrilho, Sara Belo (cantores), Sandra Rosado (bailarina), Jorge Salgueiro e André Granjo (maestros) e de um conjunto de seis músicos a designar.


12 Impressão Digital

Aniversário

Sábado | 30.Abr.2011

www.semmaisjornal.com

Adriano Diouf - Finalista do programa “Ídolos” Adr

«Já nasci para a música» B. I.

Idad 21 anos // Naturalidade: Lisboa Idade: Família: Educada, alegre e unida Fam Estado civil: solteiro // Residência: Vale da Amoreira, Moita Esta

Apesa de não ter Apesar vencido o programa venc “Ídolos”, “Ído Í da SIC, considera-se um con ‘Ídolo’ ‘Ído Í de Portugal? Não me consideNã ro um ídolo mas sim u um dos ídolos de Portugal. Portu Pod Pode dizer-se que jjá á n nasceu para a música? mú Podemos dizer que Po sim, pois desde sim pequeno que sempe pre tive um fascípr nio por músicas ni que qu me levavam aq querer dançar e cantar. ca Onde se sente mais Ond à von vontade? A cantar, dançar ou representar? Sinto-me mais à vontade na dança. G Gosto imenso de dançar e ten tenho e um grupo de dança, os Af Afrodancer´s, no Pub.

qual estou inserido há cerca de 5 anos. Foi aí que adquiri mais experiência e a capacidade mínima para gerir um grupo de dança. Tam-

Íntimo Filme ou livro de cabeceira: O filme “O Padrinho” “O estranho caso de Benjamin Button” e “A Lua de Joana”. Férias de sonho: Caraíbas. Local de eleição: A minha casa. A primeira paixão: A minha família. Maior ousadia: Penso que não tenho nenhuma. Ídolo de referência: Beyonce, Usher, James Brown, Seal, Rui Veloso, entre outros. Projecto de vida por realizar: Concluir o meu curso e fazer carreira na música.

bém faço parte do grupo de teatroforum há cerca de 3 anos o “Valart” e, por último, sempre gostei de cantar, que é o ramo onde tenho menos experiência. Descobri o gosto há pouco tempo. Fez muitos amigos no programa “Ídolos”? Fiz vários amigos, desde os concorrentes até as pessoas da produção. As cantigas são para a vida? Claramente. Adorei a experiência no programa “Ídolos” e isso fezme aumentar o meu amor pela música, de modo que irei continuar a dedicar-se à música. É um homem de paixões? Sim, tenho várias paixões, mas a mais importante é a família e, só depois, vem a música. É algo que eu gosto e deixa-me feliz. Para se ser cantor é preciso ter sorte ou saber cantar? Eu penso que a sorte e o talento têm de estar aliados, porque há vários bons cantores que nunca tiveram a sorte de serem conhecidos e há quem tenha essa sorte e não seja um bom cantor.

Que avaliação faz do trabalho dos autarcas do nosso distrito? Desde cedo que tenho contacto directo com os autarcas do nosso concelho, os quais sempre me deram total apoio nas várias actividades onde estive inserido. Sobre o trabalho deles no terreno não estou bem dentro do assunto. O que o faz zangar seriamente? A falta de respeito é um factor que me irrita nas pessoas. Penso que todos merecemos o devido respeito de todas as pessoas que existem, independentemente do que as pessoas façam ou sejam. Devemos respeitá-las em todos os aspectos para que assim possamos ser respeitados. Há alguma figura regional que lhe mereça rasgos de elogios? No meu distrito, o David Gomes, pelo talento, bem como várias associações, como por exemplo a Gav-Rumo, a AmaAngola, a Associação Caboverdiana, a Associação Guineense e, todas as pessoas, que têm uma força de vontade em lutar pelos seus direitos, sonhos e felicidade.


Pub.


Pub.


Pub.


Pub.


Pub.


Pub.


Pub.


Pub.


Sábado | 30.Abr.2011

www.semmaisjornal.com

13

Aniversário

+ Região Credibilidade

Parceiro na divulgação e na defesa do distrito

É com enorme prazer que felicito o Jornal SEMMAIS pelo seu 13.º aniversário ao serviço do Distrito de Setúbal. Reconheço neste Jornal um projecto credível, sustentado nos mais profundos valores da liberdade de imprensa e na capacidade empreendedora dos que nele trabalham. Luis Sénica (Treinador de Hóquei em Patins do SL Benfica)

A Região de Setúbal tem sido pioneira, “piloto”, a nível nacional, no envolvimento dos agentes sociais, culturais e económicos na discussão e definição das estratégias de concertação e na elaboração de instrumentos de planeamento e de desenvolvimento regional. Como investigador, mas, sobretudo como cidadão de pensamento livre, acompanhei e tenho participado em alguns desses projectos, como por exemplo: OID-PS, “Setúbal- 10 anos em Retrospetiva” (Coordenação) e “PEDEPES” (Comissão Executiva). O Jornal Semmais, se já antes fazia falta, agora tornou-se indispensável, como parceiro credível e fiável, para a divulgação do potencial endógeno da região e na defesa do progresso ambicionado pela sua população. ‘SERMAIS’, dando mais oportunidade aos que, tendo dimensão não estão no poder, em detrimento dos que, tendo o poder, não revelam dimensão para o exercer. Cândido Teixeira (Militante da Cidadania)

Uma marca de qualidade Já em Setembro de 2001, o “Semmais” aprofundava o futuro de Alcácer do Sal entre dois pólos de forte atracção (Setúbal e Sines/Santiago do Cacém), visão que continua bem actual no desenvolvimento do nosso Distrito. Congratulo o amigo Raul Tavares e todos os responsáveis na construção da «marca» “Semmais”, pelo padrão de qualidade jornalística que souberam construir, com empenho e dedicação, ao longo destes 13 anos. Duarte Lynce de Faria (Administrador do Porto de Sines)

[ ALMADA ]

Áreas ilegais estão a decrescer

Pub.

Semmais

S

essenta e seis por cento das áreas ilegais (AUGI) do concelho «estão reconvertidas, estando os restantes processos em curso», revelou quarta-feira a vereadora do Planeamento do Território, Amélia Pardal. A autarca reconheceu que estamos na presença de «áreas de complexa resolução», mas lembrou que as dificuldades resultam, em numerosos casos, do facto de estarem em causa «construções ilegais de muitas décadas».

Ilegais ainda ocupam 352 hectares

No concelho de Almada, as construções ilegais ocupam 352 hectares de terreno e envolvem

40 mil habitantes. A vereadora explicou que, até à reconversão, «é preciso fazer um caminho que parece simples mas não é». É necessário ultrapassar, por um lado, «as dificuldades de entendimento que por vezes surgem entre coproprietários», e, por outro, «facto de muitas AUGI se encontrarem em zonas de restrições urbanísticas, como zonas de Reserva Agrícola Nacional, Reserva Ecológica Nacional ou linhas de água, por exemplo».

Dez finalistas vão reavivar cantigas da resistência A FINAL do 3.º Festival Cantar Abril decorre este sábado, às 21h30, no Teatro Municipal de Almada. Além da actuação dos dez finalistas, na vertente “Canções de Resistência” e “Canções da Liberdade”, o espectáculo conta ainda com um concerto do pianista Domingos-António Gomes, que já actuou no CCB, no Teatro Nacional São Carlos, na Casa da Música do Porto e no Pavilhão Atlântico, tendo neste último evento partilhado o palco com o tenor José Cura. A iniciativa, de periodicidade

bienal, é organizada pelo município, que procura homenagear a música de intervenção em duas modalidades: “Recriação das Canções da Resistência” e “Criação de Canções da Liberdade”. São atribuídos os prémios Adriano Correia de Oliveira (recriação); José Afonso (tema original) e Ary dos Santos (poesia). Ao vencedor de cada uma das categorias é atribuído um prémio monetário no valor de 2 500 euros. Carlos Paredes é o homenageado do festival.


14

Aniversário

Parceiro de desenvolvimento desportivo

Sábado | 30.Abr.2011

www.semmaisjornal.com

A região vê no Semmais uma janela de esperança no futuro

Em primeiro lugar quero desejar ao Semmais muitos anos de vida e que leve ao conhecimento da população do Distrito de Setúbal a sua informação. Com o apoio do jornal Semmais esta Associação Distrital de Ginástica tem dado a conhecer a população dos Distrito de Setúbal o seu trabalho e o desenvolvimento da Ginástica no Distrito de Setúbal. Queremos assim continuar apoiar o Semmais com toda a informação que seja necessária para o desenvolvimento do seu trabalho. Bem Haja Muitas felicidades

Na passagem do 13º Aniversário do Semmais não poderia deixar de me associar à efeméride.Faço-o na tripla condição de cidadão, de autarca e de político. Em todas elas encontro razões para me regozijar pelo facto do distrito de Setúbal ter um órgão de comunicação social escrita independente e de grande qualidade. O cidadão que sou, consciente das dificuldades emergentes da grave crise em que nos encontramos, encontra quase sempre no Semmais uma janela de esperança no futuro e isso não é questão menor. O autarca não prescinde do Semmais para se informar das múltiplas questões dos treze concelhos do distrito, tal é a pluralidade e diversidade das notícias e reportagens que nos são semanalmente prestadas. O político porque ao não abdicar de estar próximo dos seus concidadãos sente que essa proximidade se estreita com a leitura regular do jornal. Ao ter presente tudo isto, felicito o Semmais e sobretudo o seu director, Raul Tavares, a quem se deve o mérito da obra. Bem haja ao Semmais!

Afonso Candeias (Presidente da Associação de Ginástica do Distrito de Setúbal)

Vítor Ramalho (Presidente da Federação do PS de Setúbal)

[ SEIXAL ]

O GINÁSIO Clube de Corroios e o Cinema São Vicente são, desde ontem palco para as comemorações do dia da dança, com espectáculos que juntam grupos de dança e centenas de dançarinos do concelho e servem de mostra para diferentes estilos, desde a dança do ventre até às sevilhanas. Depois de, ontem, cerca de 200 participantes terem dançado Ballet, Hip Hop, Dança Criativa, Dança do Ventre, Danças Sociais, Danças Europeias e Sevilhanas, hoje é a vez de o Cinema S. Vicente receber, a partir das 21h30, o Grupo de Dança do Seixal, O Clube de Campismo Luz e Vida, o Clube Desportivo e Recreativo Águias Unidas e a Escola de Dança Impacto.

A LUTA da população e dos eleitos do concelho do Seixal pela construção do novo Hospital ganhou agora ainda mais força ao receber o apoio de os Verdes que decidiram questionar o Governo sobre os atrasos. A medida do grupo parlamentar, tomada na sequência de uma reunião entre os deputados, a Câmara e a Comissão de Utentes de Saúde, visa pedir esclarecimentos sobre o «moroso processo da construção do Hospital do Seixal», considerando os Verdes que a construção desta unidade hospitalar «é a prioridade das prioridades» no distrito de Setúbal. A deputada Heloísa Apolónia remeteu já uma pergunta ao Ministério da Saúde a solicitar esclarecimentos, pois sustenta que a construção do hospital do Seixal «é um

Joaquim Torres

Luta pelo hospital de novo na rua

Dia Mundial da Dança comemorado em força

Fartos de esperar pelas obras

imperativo para a garantia do direito ao acesso à saúde por parte de milhares e milhares de pessoas». Os utentes e a autarquia recordam que o Hospital Garcia de Orta foi concebido para dar resposta a 150 mil pessoas e actu-

almente resposta a cerca de 500.000 utentes, o que, asseguram, «torna insustentável a sua capacidade, questão há muito provada pelo longo tempo de espera a que os utentes se sujeitam com claro prejuízo para a sua saúde». No pedido de esclarecimentos enviado ao Ministério da Saúde, a deputada lembra que, apesar do hospital do Seixal ter sido objecto de diversos compromissos por parte do Governo, designadamente através de protocolo celebrado em 26 de Agosto de 2009 (o qual garantia a finalização da construção desta unidade hospitalar no ano de 2012), «os atrasos têm sido de tal ordem que põem em causa esta obra e que levam ao incumprimento de um acordo estabelecido, de forma absolutamente incompreensível e inaceitável».

Oficina da Juventude estimula criatividade EM MAIO e Junho, a Oficina da Juventude de Miratejo e o CAMAJ - Centro de Apoio ao Movimento Associativo Juvenil, promovem um conjunto de workshops nas áreas de expressão dramática, escrita criativa, produção áudio e pintura facial. As actividades são todas de entrada livre e são dinamizadas em colaboração com o movimento associativo juvenil. Já no início de Maio, abre portas o Workshop de Pintura Facial para Crianças, com o objectivo de ensinar as crianças a base da pintura facial. Já em Junho, decorre um Workshop de Introdução à Escrita para Cinema e Teatro.

[ SESIMBRA ]

O PARQUE da Vila, na Quinta do Conde, o maior espaço verde de lazer do concelho, vai contar com uma cafetaria e esplanada. A criação deste equipamento, que ocupará cerca de 65 metros quadrados junto à entrada a Sul do Parque, tem como objectivo complementar a oferta de serviços existentes. De acordo com a autarquia, este novo equipamento representará «uma mais-valia para todos os utentes».

Festa das Chagas até Maio ABRIU ontem portas ao público a Feira da Festa do Senhor das Chagas, um dos mais antigos e prestigiados eventos religiosos a sul do distrito, e que todos os anos mobiliza milhares de visitantes. A Feira está instalada no Terminal Rodoviário, em Sesimbra e reúne zonas de diversão, com carrosséis e stands do movimento associativo com o objectivo de divulgar as diversas áreas económicas do concelho. A autarquia sustenta que o certame, a decorrer até 8 de Maio, é um sinal da vitalidade do concelho e do seu tecido social e sócio-económico. A Festa do Senhor Jesus das Chagas, que todos os anos se realiza no início de Maio, é uma celebração

André Roque

Parque da vila ganha esplanada

Tradição secular leva a Sesimbra milhares de devotos

centenária, originária da comunidade de pescadores local e que anualmente

mobiliza milhares de devotos e turistas em iniciativas de cariz cultural e religioso.

Férias Jovens aguarda chegada de monitores A AUTARQUIA já abriu as inscrições para os monitores das Férias Jovem. De acordo com o regulamento, os interessados podem inscrever-se até dia 6 de Maio e têm de ter entre 18 e 26 anos e habilitações académicas iguais ou superiores ao 12.º ano. A ideia desta iniciativa, segundo explica o município, passa por promover a ocupação dos tempos livres das crianças e jovens do concelho nas férias de Verão. Entre os dias 1 e 29 de Julho, as iniciativas sucedemse, com o Brincar Sesimbra a r novidades em relação às edições anteriores. Para além das várias actividades desportivas, como espeleologia, adaptação ao meio aquático, canoagem, basque-

tebol, golfe ou equitação, as crianças e jovens vão criar, realizar e encenar um espectáculo, com apresentação marcada para 29 de Julho, às 21 horas, no Cineteatro Municipal João Mota. Outra das alterações é que a faixa etária dos participantes é contabilizada tendo em conta apenas o ano de nascimento, referenciado entre 1997 e 2002. Este ano, o projecto é também aberto a voluntários que queiram contribuir com o seu talento e saber. Os formulários para as pré-inscrições das crianças e jovens vão estar disponíveis na página da autarquia entre 30 de Maio e 17 de Junho. A lista dos seleccionados será divulgada a partir de 24 de Junho.


Sábado | 30.Abr.2011

www.semmaisjornal.com

15

Aniversário

Jornalismo de corpo inteiro

Que dure muitos anos!

Equipa extraordinária

Sempre tive uma boa ligação com o Semmais. É um órgão que cumpre a sua função de jornal regional e, além disso, é feito por um jornalismo de corpo inteiro e com grande profissionalismo. O Semmais sempre acompanhou a actividade da nossa companhia e, além disso, foi um dos primeiros órgãos de imprensa a distinguir-me com o prémio de Figura Cultural do Ano da região.

O Semmais é dos poucos exemplos de jornalismo vivo e de qualidade que existe na nossa região, coisa que escasseia nos dias de hoje. É um jornal que sempre acompanhou as iniciativas do TAS e faço votos para que dure por muitos e muitos mais anos, que bem falta faz a todos nós.

Quero felicitar o Semmais porque tem-se implantado e está dotado de uma equipa extraordinária e empenhada, que tem desenvolvido um projecto editorial isento, com responsabilidade e autonomia, o que nem sempre é fácil nos tempos que vão correndo. Projecta uma região que precisa de ser acarinhada e protegida e já apoiou vários projectos meus. Espero que durem mais cem anos.

Joaquim Benite (Dir. e encenador da Companhia de Teatro de Almada)

Carlos Curto (Director do Teatro Animação de Setúbal)

Luís Aleluia (actor/produtor/empresário)

[ BARREIRO ] AS ALTERAÇÕES previstas para a Estrada Municipal 510-3, no âmbito das obras da CRIPS - Circular Regional Interna da Península da Setúbal agradam aos autarcas do Barreiro, que acreditam que estes investimentos vão melhorar significativamente a mobilidade, no concelho. Numa visita à freguesia de Coina, o executivo da Câmara passou pelas obras em curso, para a construção da CRIPS, Pub.

que prometem «revolucionar» as acessibilidades da freguesia e do concelho, segundo defende o presidente da Câmara, Carlos Humberto. O autarca barreirense adianta que, ao nível da rede viária e das águas e saneamento existem, por parte do município, «um conjunto de trabalhos que queremos ver executados», nomeadamente a criação de novas rotundas, «por questões de acalmia de tráfego» no caminho Muni-

DR

Alterações no IC32 vão revolucionar acessibilidades

A autarquia está apostada na mobilidade da população

cipal 1028 por exemplo. Nas reuniões entre a autarquia e a empresa responsável pelas obras, estão já em discussão as propostas do executivo ao nível das acessibilidades, como o desvio e alargamento da 510-3. «O que estamos a propor é que esse alargamento seja na sua totalidade e não só em parte», defende Carlos Humberto, para quem é, ainda fundamental a criação de duas rotundas, «uma que substitua

um entroncamento actualmente em triângulo e a outra no fim, onde termina esta Estrada Municipal». Pelas contas da Câmara, está previsto que durante os meses de Junho, Julho e Agosto os trabalhos se intensifiquem e as obras sejam mais visíveis junto da população, assim como as alterações na circulação do trânsito. As obras deverão estar concluídas no primeiro semestre de 2012.


16

Aniversário

Missão informativa e educacional Representando uma zona do país onde habito e muito estimo e sob a direcção de quem conheço de perto desde menino e moço, o Semmais está hoje de parabéns e eu não quero faltar à chamada dos que são seus leitores e bons amigos. Continuando a saber fugir às dificuldades, que são muitas, o Semmais bem merece os meus votos de longa vida cumprindo a sua missão informativa e educacional. Para os seus mentores de topo um forte abraço. Continuem no bom caminho que têm vindo a percorrer e que venham mais aniversários de boa saúde editorial. David Sequerra (Cronista do Semmais)

Sábado | 30.Abr.2011

www.semmaisjornal.com

Elevado perfil jornalístico e empreendedorismo A história é feita de momentos e os momentos ficam gravados na história. Há 13 anos atrás surgia um Jornal que queria dizer mais, queria mostrar mais, informar com profissionalismo imprimindo uma dedicação que é patente em quem acredita na concretização de um sonho. Os seus fundadores 13 anos mais novos, mais jovens acreditavam que conseguiam elevar e qualificar o jornalismo escrito em Setúbal a um patamar global. Sonhar é acreditar! E hoje, quero aqui manifestar o meu contentamento em informar que sou leitora assídua do Jornal Semmais. Que reconheço neste jornal um elevado perfil jornalístico suporte de uma correcta, imparcial e verdadeira informação sobre o distrito de Setúbal. Poucos são os que têm essa abrangência e qualidade. Entre o jornalismo e a juventude encontramos uma convivência mútua, elementos comuns como a entrega incondicional, a criatividade e a paixão e que encontro no seio desta organização. PARABÉNS a toda a equipa! Na capacidade que tiveram de transformar a vida jornalística, de serem visionários e empreendedores. Porque nada nesta vida acontece sem um sentido. E o Jornal Sem Mais, dá sentido a Setúbal! Heliana Vilela (Directora Regional de DRLVT do Instituto Português da Juventude)

[ MONTIJO ]

O ESTABELECIMENTO prisional de Montijo, a par com a cadeia de Setúbal, são duas das instituições prisionais que vão beneficiar da prestação de cuidados de saúde aos doentes alcoólicos ou toxicodependentes. A medida está impressa no acordo assinado quinta-feira, entre os Serviços Prisionais e o Instituto da Droga e da Toxicodependência (IDT). Ao abrigo destes protocolos, o IDT assegura a terapêutica de manutenção aos doentes toxicodependentes reclusos inscritos no programa de metadona. Será ainda dada formação aos técnicos de saúde em funções nos estabelecimentos prisionais. Os protocolos que foram subscritos pelo presidente do IDT e pelo director-geral dos Serviços Prisionais, abrangem os estabelecimentos prisionais Montijo, Setúbal, Alco-

IDENTIFICAR as linhas orientadoras para o desenvolvimento sustentável do turismo no concelho é o objectivo do Plano Estratégico de Desenvolvimento Turístico do Montijo, que será oficialmente apresentado no dia 6. A sala da Assembleia Municipal vai acolher a cerimónia pública de divulgação do documento estratégico que procura identificar, inventariar e diagnosticar os recursos e condições particulares do território, de forma a definir prioridades e orientações estratégicas, «constituindo-se como um instrumento potenciador da participação da comunidade no planeamento e dinamização da actividade turística», afirma o executivo de Maria Amélia Antunes. Recorde-se que o Plano Estra-

A cadeia do Montijo vai ficar abrangida pelo programa do IDT

entre, Vale de Judeus e Torres Novas. De acordo com um estudo de 2005, sobre as doenças na população prisional, 51 por cento já fez teste de despistagem de doenças, nomeadamente o VIH, sendo a vontade do detido apontada como o motivo da realização dos testes. De acordo com o mesmo

estudo, a saúde em meio prisional tem tido como centro de preocupações a morbilidade e a mortalidade da população prisional, «percebida tanto nas suas componentes somática como psíquica, mas sobretudo considerando os reclusos nessa designação e objecto da população prisional».

Arquivo

Autarquia mostra linhas para novo plano turístico

Arquivo

Cadeia ‘reforça’ medidas para travar entrada de droga e alcool

Montijenses apostam na qualidade

tégico de Desenvolvimento Turístico do Concelho do Montijo resulta de um protocolo celebrado, em Dezembro de 2008, entre o município e o Centro de Investigação em Ciências Empresariais da Escola Superior de Ciências Empresariais do Instituto Politécnico de Setúbal.

[ ALCOCHETE ]

Núcleo urbano mais antigo vai dar prioridade a peões concelho, com particular acuidade no Largo António Santos Jorge». O edil sublinha que a alteração à circulação do trânsito, e uma nova disciplina na ocupação da via pública por parte dos estabelecimentos de restauração e bebidas, permite «salvaguardar» a existência de um corredor de segurança, com 3,7 metros, para actuação dos bombeiros em casos de emergência, desde o Largo de São João, seguindo pela Rua Comen-

Semmais

NO ÂMBITO da requalificação do Largo António Santos Jorge, no centro do Núcleo Antigo de Alcochete, o executivo municipal aprovou alterar a circulação do trânsito no largo, que vai passar a ser feito com entrada pela Rua Espírito Santo e saída pela Rua Senhora da Vida. O presidente da Câmara explicou que, esta medida, decorre do «défice de fiscalização da GNR e da proliferação de veículos abusivamente estacionados um pouco por todo o

dador Estêvão de Oliveira e o Largo António Santos Jorge, até ao Largo da Misericórdia. Esta medida surge na sequência da requalificação do largo, que tem por objectivo oferecer melhores condições aos transeuntes. No local será colocado um busto de homenagem a Samuel Lupi, uma iniciativa organizada por uma comissão local autónoma, e será também reactivado o funcionamento da fonte existente no largo.

Praia dos Moinho promete época balnear agitada com muita animação A PRÁTICA de actividades desportivas na Praia dos Moinhos vai ser incrementada, este ano, através da associação Alcochete Extreme. O programa decorre de um acordo firmado, esta semana,

entre a autarquia e aquela entidade, o que, para o vereador do Desporto, José Luís Alfélua, representa uma «mais-valia» para o concelho. Os membros da nova asso-

ciação, oficialmente criada no dia 9 de Março de 2011, «desenvolvem já algumas actividades na Praia dos Moinhos e este protocolo pretende articular os interesses dos praticantes de

modalidades como o kitesurf com os banhistas que frequentam a referida praia», afiança o autarca. A Associação Alcochete Extreme é uma associação sem

fins lucrativos, com sede em Alcochete, que tem como objecto social a prática de desportos e eventos desportivos ao ar livre, com especial incidência na Praia dos Moinhos.


Sรกbado | 30.Abr.2011 Pub.

www.semmaisjornal.com

Aniversรกrio

17


18

Aniversário

Levar o nome da região mais longe O papel da comunicação social de âmbito local e regional é determinante na prestação de informação às populações, contribuindo para uma cidadania plena e participada. O trabalho desenvolvido contribui, inegavelmente, para a criação de sinergias e fortalece a identidade regional, ajudando-nos a perceber quem somos e divulgando o melhor que cada comunidade tem para oferecer. Na passagem do 13º aniversário do Semanário Semmais Jornal, felicito toda a equipa responsável pelo projecto, que continua a levar, cada vez mais longe, o nome da nossa região. Ana Teresa Vicente (Presidente da Câmara de Palmela)

Sábado | 30.Abr.2011

www.semmaisjornal.com

Qualidade sub-nacional e por isso faz parte da Rede Expresso Houve um tempo em que criávamos, escrevíamos, sonhávamos, mas não editávamos porque a ditadura não nos deixava. Depois houve o 25 de Abril e os jornais puderam ver a luz do dia sem autorização prévia dos mandantes, alicerçado apenas nas razões que a liberdade dita: que haja vontade, que tenha leitores, que seja viável economicamente. Se isso for à conta de empenhamento, da criatividade, da qualidade da notícia, da pluralidade de opiniões, sentimos que estamos a desfrutar de um direito mas sobretudo a prestar um dever que nos foi conferido pela Constituição que irradiou da Revolução dos Cravos. O jornal Semmais cumpriu escrupulosamente esta regra de ouro e por isso se tornou em referência, não deixando que se propagasse a ideia de que por ser regional o seu âmbito, a sua qualidade também fosse sub-nacional. Por isso mereceu integrar a Rede Expresso. Como me confidenciava um conhecido e experiente jornalista de um prestigiado órgão de comunicação, um jornal só existe a partir dos 10 anos de vida. Ao seu director (e nele consubstancio todos os colaboradores, sem excepção) os meus sinceros PARABÉNS pelo 13º Aniversário do Semmais. Arlindo Mota (Docente, politólogo e escritor)

[ PALMELA ]

O CORPO do jornalista Paulo Morais, natural de Pinhal Novo, foi cremado no forno do cemitério dos Olivais, em Lisboa, na quarta-feira, depois de ter estado em câmara ardente na capela de Pinhal Novo. Faleceu aos 44 anos, na segunda-feira, vítima de Acidente Vascular Cerebral (AVC) fulminante. Estava a gozar as férias da Páscoa com a família no concelho de Mira, distrito de Coimbra. Deixa órfãos dois filhos com 5 e 12 anos. Paulo Morais exerceu funções de jornalista no “Setubalense” e no Jornal de Alcochete e foi correspondente de Setúbal e Palmela do “Jornal de Notícias”. Ultimamente dedicava-se ao ramo de negócio familiar. A sua família é bastante conhecida em Pinhal

Novo, por se dedicar ao ramo da ourivesaria. Na Fundação Centro de Ocupação Infantil (COI), no Pinhal Novo, fez parte da direcção do antigo COI e era actualmente membro do conselho de Curadores. Florindo Cardoso, chefe de redacção do “Setubalense”, recorda o ex-colega como «uma pessoa divertida e sempre bem disposta com a vida, que gosstava sempre de ajudar e um excelente profissional respeitado por todos». Já Maria João do Vale, directora da Fundação COI, descreve que Paulo era «senhor de uma personalidade humilde, alegre e positiva, que contribuiu para a dinâmica da organização e conquistou grande popularidade junto dos funcionários da casa».

Bombeiros de Pinhal Novo apagam velas de 60 de vida OS BOMBEIROS Voluntários de Pinhal Novo celebram este domingo o 60.º aniversário. Além da inauguração de uma nova viatura de transporte de doentes, serão promovidos, na sessão solene, doze estagiários ao posto de bombeiro de 3.ª classe. Helena Rodrigues, presidente da associação, afirma que um corpo de bombeiros tem custos «muito elevados», relembrando que «há muito tempo que se reclama do Estado um sistema de financiamento das associações de bombeiros que tenha em conta as suas especificidades, da população e do território». A presidente realça o «parceiro fundamental» que tem sido o município para fazer face às despesas

Semmais

Ex-jornalista Paulo Morais foi cremado em Lisboa

A associação emprega 21 bombeiros assalariados e tem 70 voluntários

da associação, que continua «viva e actuante». E avança que a grande dificuldade é a falta de disponibilidade financeira para «mais bombeiros» com vículo laboral à

associação. Neste momento, a associação emprega 21 bombeiros assalariados, a maioria jovens que obtiveram ali «o seu primeiro emprego», e 70 voluntários.

[ MOITA ]

Vale da Amoreira troca velharias Pré-escolar aumenta

Fomentar o negócio de material em segunda mão é o objectivo da iniciativa

a todos, pelo que quem tem algo para vender ou trocar pode fazêlo, bastando para isso contactar a

câmara, através da Divisão de Cultura, ou pelo e-mail div. cultural@mail.cm-moita.pt.

O NOVO jardim-de-infância do concelho vai abrir portas segunda-feira e apoiar dezenas de crianças em idade pré-escolar. A obra do Jardim-de-infância da EB1/ JI n.º 1, da responsabilidade da autarquia moitense, surge da política que o município diz ter vendo a seguir «para promover a escola pública de qualidade e para todos». Uma orientação que, adianta o executivo de João Lobo, tem, ainda, levado o município a dotar as escolas do concelho das melhores condições de ensino e aprendizagem. A construção do novo jardimde-infância resulta de uma candidatura da Câmara da Moita ao Programa Operacional Regional de Lisboa e Vale do Tejo e representa um investimento global de 781 600 euros, suportado pela

DR

rede pública de ensino

DR

A EDIÇÃO deste mês do já reconhecido Mercado da Troca acontece este sábado, de manhã, no Mercado Municipal do Vale da Amoreira. No espaço do Mercado, os visitantes poden encontrar antiguidades e velharias em bom estado, produtos manufacturados e ainda trocar alguns saberes, nomeadamente uma história, uma receita, uma música, um penteado ou um poema. Dinamizar o Mercado Municipal do Vale da Amoreira e, simultaneamente, valorizar os saberes da comunidade local são os principais objectivos do Mercado da Troca – Novos, Usados e Saberes Diversificados que a Câmara da Moita tem vindo a promover, no último sábado de cada mês, no âmbito do projecto de criação do “Mercado da Diversidade”, previsto na candidatura “Vale Construir o Futuro. O mercado de trocas está aberto

Nova escola custou 800 mil euros

autarquia em mais de 600 mil euros, o que corresponde a 77,1 por cento do valor total da obra.


Sábado | 30.Abr.2011

www.semmaisjornal.com

19

Aniversário

Espaço de Liberdade e de abertura

Desempenha um papel insubstituivel na comunicação regional

Neste aniversário do Semmais, uma das mais antigas publicações que continua a sair para as bancas no concelho de Setúbal, quero endereçar aos responsáveis editoriais do jornal e a todos os que o constroem todas as semanas as minhas calorosas saudações pela forma como, ao longo dos anos, souberam manter vivo este projecto. O Semmais tem sido sempre um espaço de liberdade e de abertura, onde os setubalenses e todos os cidadãos desta enorme região colhem informação de qualidade. Além das calorosas saudações que endereço por mais este aniversário, também quero manifestar o meu desejo de que todos possamos continuar a ler o Semmais e que este jornal seja sempre um espaço de divulgação do nosso concelho e de toda a região de Setúbal.

Numa conjuntura de dificuldades, e crise profunda de valores éticos, o Semmais, mantém a sua independência a seriedade da sua informação e o profissionalismo dos seus colaboradores como referência. Desempenhando um papel insubstituível na comunicação regional, com a uma linha editorial diversificada, e temáticas que proporcionam a aproximação do publico leitor á realidade da sua região, o SemMais tornou-se um aliado de todos os agentes regionais, as autarquias, as instituições, as empresas, divulgando e apoiando iniciativas numa perspectiva de desenvolvimento regional. É fundamental para o sucesso do crescimento e modernização local, órgãos de comunicação que potenciem os projectos sociais e culturais das suas regiões, contribuindo ainda para uma população mais informada e consequentemente mais critica. O Semmais tem desempenhado esse papel de serviço público de inegável valor. Em tempo de efeméride pelos 13 anos de vida, felicito respeitosamente toda a equipa do SemMais formulando votos de sucesso para o futuro.

Maria das Dores Meira (Presidente da Câmara de Setúbal)

Fernando Paulino (Presidente da Associação Socorros Mútuos Setubalense)

[ SETÚBAL ] O TRIBUNAL de Setúbal, construído há 17 anos, vai ganhar mais quatro salas de audiência, novas salas de testemunhas e ver as barreiras electrónicas eliminadas. Ainda não há uma data marcada para o arranque das obras, que inclui também a pintura exterior, mas as mesmas deverão ser faseadas de forma a não colocarem em causa o funcionamento do palácio da justiça. O investimento é superior a 900 mil euros. Pub.

Arquivo

Tribunal à beira da requalificação

Tribunal ganha novas salas

Segundo fonte do Ministério da Justiça, as arcadas exteriores, na frente e nas traseiras, serão encerradas para permitir esta ampliação. A 1.ª Conservatória do Registo Predial de Setúbal e a 2.ª Conservatória do Registo Predial e Comercial de Setúbal, que funcionam no rés-do-chão, deverão ser transferidas para um outro espaço na cidade. A mesma fonte acrescenta que a referida intervenção

permite «a reinstalação dos serviços existentes em melhores condições de conforto térmico/acústico, funcionais e de espaço, pela ocupação das áreas a desafectar, bem como dotar o tribunal de novas valências que permitam um melhor exercício da justiça». O projecto de reabilitação deverá ficar concluído em Maio. Só depois será lançado o concurso público para o avanço da empreitada.

Vestido de Chita regressa ao Praiense O CONCURSO do Vestido de Chita, evento emblemático da União Praiense, está de regresso a esta colectividade de Praias do Sado, este sábado, a partir das 21 horas. A grande novidade deste ano é o alargamento do concurso ao escalão infantil. Com um orçamento a rondar os 1 500 euros, a 29.ª edição do concurso conta com 16 candidatas inscritas, das quais seis adultas e dez infantis.

Mário Pinela, presidente do Praiense, deposita «as melhores» expectativas no concurso que, devido à crise, está longe de lotar a sala da colectividade, como antigamente. «A rainha da noite é a chita, um tecido que começa a ser raro e dispendioso. Mas, felizmente, as concorrentes têm apresentado magníficos vestidos, cheios de beleza e originalidade», vinca.


20

Aniversário

Sábado | 30.Abr.2011

www.semmaisjornal.com

Rigor e Qualidade!

Instrumento e recurso para a realidade económica, social e cultural Parabéns ao Semanário Semmais pelo caminho trilhado ao longo de 13 anos de existência, sendo considerado na região, como um instrumento e recurso para aprimoramento de informações e da realidade económica, social e cultural do nosso Distrito. Ao longo dos anos, o jornal Semmais acompanhou o desenvolvimento dos concelhos da sua área de abrangência e estampou nas suas páginas os acontecimentos que hoje fazem parte da história da região. Apesar das dificuldades, que certamente existem, o trabalho merece o apreço de todos aqueles que defendem esta região. Acreditamos que ainda é possível fazer mais. As dificuldades também estão aí, mas cada edição deverá ser pautada pelo testemunho de uma vontade imensa de contar com os concelhos que servem.

Ao longo de mais de uma década de existência o Semmais tem sabido divulgar de forma isenta as potencialidades e os projectos da Região. O empenho e dedicação da equipa e a visão estratégica da Direcção deste projecto jornalístico de referência têm contribuído decisivamente para uma maior projecção do Distrito e da nossa Região a nível nacional. Parabéns pelo 13.º aniversário, na certeza de que nos próximos anos o “SemMais” manterá os princípios de rigor e de qualidade que lhe são característicos e que fazem dele um dos mais reputados semanários da imprensa regional!

Vítor Proença (Presidente da Câmara de Santiago do Cacém)

Carlos Beato (Presidente da Câmara de Grandola)

[ LITORAL ] A PARTIR de Maio, o Centro de Saúde de Grândola vai contar com mais médicos de família. A garantia foi dada pela ministra da Saúde, Ana Jorge, na sequência de um compromisso assumido para com o edil Carlos Beato, numa reunião realizada em Março. A promessa da ministra foi feita esta semana, na cerimónia de inauguração da Unidade de Cuidados Continuados (UCC) de Grândola, um novo equipamento cons-

D.R.

Ministro garante médicos a Grândola

Ana Jorge inaugurou a Unidade de Cuidados continuados

tituído por 20 camas de internamento de longa duração e manutenção destinadas a pessoas em situação de dependência, com necessi-

dade de cuidados específicos. Com um investimento superior a um milhão de euros, a nova unidade é gerida pela Associação de

Intervenção Social de Grândola (AISGRA). Ana Jorge acredita que a unidade «ajudará a preservar e a defender o Serviço Nacional de Saúde, um dos legados deixados pela revolução do 25 de Abril». Para o presidente da Câmara, Carlos Beato, esta unidade de cuidados continuados é a prova de que «vale a pena apostar e lutar para oferecer melhores condições de saúde aos destinatários».

Santiago reforça turismo O POSTO de Informação Turística (PIT) de Santiago do Cacém mudou de instalações. Está desde esta semana na Quinta do Chafariz, uma vez que as antigas instalações junto ao Mercado Municipal encerraram. Segundo o vereador do Turismo Álvaro Beijinha, a relocalização do PIT de Santiago na Quinta do Chafariz, um espaço central da cidade é uma forma de dinamizar e potenciar

aquele espaço de recreio e lazer da cidade. As novas instalações vão permitir a realização de outras actividades que passam pela mostra de produtos artesanais e exposições. «Vamos aproveitar aquele espaço ao ar livre para realizar outras iniciativas que não era possível nas antigas instalações», referiu ainda o autarca que aproveita para apelar à população para visitar o local.

Pub.

MUNICIPIO DE GRÂNDOLA AVISO Nº 89 Aníbal Manuel Guerreiro Cordeiro, Vereador do Planeamento da Câmara Municipal de Grândola, nos termos e para os efeitos do disposto no nº 3 do artigo 77º do Decreto-Lei nº 380/99, de 22 de Setembro, com a redacção do Decreto-Lei nº 46/2009 de 20 de Fevereiro e Decreto-Lei nº 181/2009 de 7 de Agosto, torna público que, em execução da deliberação da Câmara Municipal de Grândola datada de 7 de Abril de 2011, se procede à abertura do período de discussão pública da proposta do Plano de Pormenor da UNOP 7 de Tróia, que terá a duração de 22 dias úteis a contar do 5º dia útil a seguir à data da publicação do presente Aviso no Diário da República. -----------------------------------------Os interessados poderão consultar a proposta do plano, o respectivo relatório ambiental, a acta de conferência de serviços, os demais pareceres emitidos e os resultados da concertação, no sítio electrónico do Município (http://www.cmgrandola.pt) ou nas instalações da Divisão de Planeamento da Câmara Municipal de Grândola, todos os dias úteis entre as 9 e as 16 horas. -----------------------Durante o período de discussão pública, os interessados poderão apresentar, por escrito, as suas reclamações, observações e sugestões, as quais deverão ser dirigidas ao Senhor Presidente da Câmara Municipal e conter a identifi cação e o endereço dos seus autores, podendo ser remetidas por correio ou entregues directamente, entre as 9 e as 16 horas, na Divisão de Planeamento da Câmara Municipal de Grândola ou enviadas via e-mail para o seguinte endereço electrónico: geral@cm-grandola.pt. ----------------------------------------------------Para constar e para os demais efeitos se publica o presente Aviso na 2ª série do Diário da República, e outros de igual teor vão ser afi xados nos locais de costume e divulgados através do sítio electrónico do Município de Grândola e da comunicação social. ----------------------------------------------------------------------Grândola, Paços do Concelho, aos 14 dias do mês de Abril de 2011. -----------O Vereador do Planeamento Aníbal Cordeiro

O PROJECTO de Regulamento Municipal de Edificação e Urbanização de Sines, aprovado por unanimidade na reunião de Câmara de 7 de Abril e publicado em Diário da República no dia 20 de Abril, encontra-se em discussão pública até 2 de Junho de 2011. O regulamento estabelece os princípios e regras aplicáveis à urbanização e edificação, bem como as regras subjacentes ao lançamento e liquidação de taxas e tarifas devidas pela realização de operações urbanísticas e à fixação de

D.R.

Regulamento de urbanização em discussão pública em Sines

O plano foi aprovado no dia 17

compensações, sem prejuízo do disposto na legislação em vigor aplicável, designadamente nos planos municipais de ordenamento do território e no Regulamento e Tabela

Geral de Taxas do Município de Sines. O projecto de regulamento pode ser consultado no site municipal (www.sines.pt) ou no Serviço Administrativo do Departamento de Gestão Territorial, sito no Edifício Técnico da Câmara de Sines - Rua N.ª Sr.ª dos Remédios, 7520 Sines. As eventuais observações ou sugestões deverão ser endereçadas ou apresentadas por escrito no serviço acima indicado ou enviadas para os emails dgu@mun-sines.pt e franciscaferreira@mun-sines.pt.

Nova escola do Torrão pode vir a receber outros graus de ensino O NOVO Centro Escolar do Torrão, inaugurado terçafeira, destinado ao ensino pré-escolar e do 1.º ciclo, poderá vir a receber alunos de outros graus de ensino. De acordo com a vereadora da Educação na Câmara de Alcácer do Sal, Isabel Vicente, o novo estabelecimento de ensino, com capacidade para 125 crianças, foi sobredimensionado, podendo vir a ser usado por algumas turmas dos 2.º e 3.º ciclos.

A inauguração da nova escola foi apadrinhada pela ministra da Educação, Isabel Alçada, para quem este é mais um contributo para o ensino público de qualidade. O presidente da Câmara, o socialista Pedro Paredes, mostrou-se satisfeito com o esforço conjunto realizado pela autarquia e pelo Ministério da Educação para construir o estabelecimento de ensino e o respectivo pavilhão desportivo.

Uma satisfação secundada pelo presidente da Junta de Freguesia do Torrão, Décio Fava, ao salientar a importância dos investimentos na área da educação numa vila que está «a mais de 30 quilómetros de distância da sede do concelho». O novo Centro Escolar do Torrão custou cerca de 1,4 milhões de euros e vai servir mais de uma centena de crianças do pré-escolar ao 4.º ano de escolaridade.


Sábado | 30.Abr.2011

www.semmaisjornal.com

21

Aniversário

+ Negócios A batalha diária de ser um bom jornal

Focado na Região SEM dúvida um órgão de comunicação com quem apreciamos trabalhar, sempre focado na região onde se insere e preocupado em promover um jornalismo de rigor. A Baía do Tejo, S.A. não podia deixar de se associar a esta iniciativa, especialmente atendendo à escassez de referências de qualidade em que a sociedade em geral caiu. Muitos parabéns pelo 13º aniversário e que o futuro nos permita a todos contar muitos MAIS.

Fruto da independência, rigor, seriedade e certamente muito trabalho, o Semmais constituiu-se como uma referência entre os órgãos de informação da margem sul do Tejo e nomeadamente da região de Setúbal. Felicito todos aqueles que tornam possível a existência desta minha companhia de cada sábado, certo de que estes primeiros 13 anos de sucesso são a garantia de uma longa vida feliz

António Fonseca Ferreira (Presidente Conselho de Administração do Arco Ribeirinho Sul)

José Luís Brandão (Administrador do Metro Sul do Tejo)

Paulo Silva (Administrador da Baía do Tejo)

D.R.

Terminais da Sapec batem recorde e cais Ro-Ro cresce OS TERMINAIS Sapec do Porto de Setúbal bateram, no primeiro trimestre do corrente ano, o recorde absoluto em número de navios, quatro de granéis líquidos e vinte de granéis sólidos. No total de movimentação de carga foram atingidos, no final do trimestre, cerca 286 mil toneladas o que significa um crescimento de cerca de 48 por cento. Neste período, destacase o mês de Março, que foi o segundo melhor mês de carga de sempre, com um total de 129 mil toneladas. Estes resultados animadores, impulsionados em grande parte pela exportação de cinzas de pirites para a China e pela importação de adubos,

Referência na Margem Sul

Um bom jornal é uma comunidade em diálogo. Um bom jornal mostra o que é e o que devia ser. Um bom jornal tem novidades e conta histórias. Um bom jornal obriga a olharmonos ao espelho. Um bom jornal interroga-nos, interpelanos e provoca-nos. Um bom jornal é um desconhecido que se faz companheiro a cada dia. Um bom jornal é uma grande praça onde todos se encontram e se avaliam. Um bom jornal cria ideias e trás progresso à comunidade que o lê, tal como o Arco Ribeirinho Sul ambiciona trazer o desenvolvimento à comunidade que serve. Ao longo destes treze anos o Semmais tem feito o que parece simples, mas é na verdade uma batalha diária: ser um bom jornal.

286 mil toneladas

demonstram a competitividade dos dois terminais de serviço público concessionados à Sapec, constituindo um importante contributo para a vitalidade e crescimento do Porto de Setúbal. Por outro lado, o Porto de Setúbal registou um crescimento de 14,8 por cento no

tráfego de viaturas no primeiro trimestre de 2011, em comparação com igual período de 2010. No total, foram movimentadas 43,6 mil viaturas, mais 5,6 mil em relação a 2010, sendo que 57,2 por cento desse número correspondem a viaturas exportadas. O bom registo das exportações do segmento no trimestre deve-se em grande parte ao movimento de viaturas fabricadas na Autoeuropa, com 24,5 mil viaturas, mais 53 por cento que no trimestre homólogo de 2010. O Terminal Ro-Ro foi o que mais cresceu neste período, atingindo as 38,8 mil viaturas movimentadas, o que significou um aumento de 28,7 por cento.

Tróia ganha centro de eventos O CENTRO de Eventos Aqualuz Tróia inaugurou ontem e surge como complemento da oferta de alojamento e de lazer das unidades Aqualuz, disponibilizando serviços direccionados para os encontros empresariais e eventos na Península de Tróia. Em pleno coração do troiaresort, a menos de uma hora de Lisboa e num cenário natural de excepção, nasce agora uma infra-estrutura multiusos que responde eficazmente às mais diversas necessidades. Um edifício

moderno e funcional, especialmente projectado para uma integração harmoniosa com a natureza envolvente, proporciona todo o conforto e tranquilidade a empresas e particulares que pretendam utilizar o espaço para qualquer acontecimento. Com uma área total de 681 metros quadrados e capacidade até 630 lugares sentados, o Centro de Eventos possibilita uma divisão até três espaços distintos - uma sala polivalente, um auditório e um foyer de 183 metros

quadrados - beneficiando de luz natural e de todos os meios técnicos e audiovisuais necessários à realização de qualquer evento, podendo ainda ser complementado pelas seis salas de reuniões do hotel. A criação do Centro de Eventos Aqualuz Tróia inscreve-se na estratégia de complementaridade protagonizada pela Sonae Turismo Hotéis. A nova infra-estrutura multifuncional é o reflexo da preocupação existente com o alargamento de uma oferta de serviços. Pub.

Publireportagem MUNICIPIO DE GRÂNDOLA AVISO Nº 91

VOM ‘especial’ garante qualidade e competência na instalação de projectos para espaços hoteleiros A VOM-Instalações Especiais para Hotelaria, com sede em Lisboa, dedica-se desde 1995, ao projecto, fornecimento e instalação de cozinhas e lavandarias industriais da mais alta qualidade para o sector hoteleiro e restauração pública e privada. A par da execução de projectos personalizados fornecidos pelos clientes, possui um gabinete técnico, através do qual apresenta propostas globais, tipo “Chave na Mão”, com grande experiência e conhecimentos que lhe permitem projectar e desenvolver as suas mais diversas instalações hoteleiras atendendo aos requisitos do cliente e à normalização existente. A VOM, que pretende manter a posição de líder em qualidade e eficiência, prepara-se para o futuro, estando certificada com a norma NP EN ISSO 9001:2000. O lema da firma

é «continuar a servir bem os clientes, mantendo uma excelente qualidade de serviço», refere o gerente Miguel Cardoso, que sublinha ainda que o grande sonho da empresa passa por «continuar a servir os clientes com as técnicas mais avançadas no ramo do Catering e Hotelaria e expandir progressivamente para os países de língua portuguesa». A VOM criou 12 postos de trabalho directos e outros 13 indirectos, através da empresa NOVOM, que se dedica à instalação e manutenção de equipamentos hoteleiros, sendo que os sócios e gerentes são os mesmos nas duas empresas. A larga experiência dos seus comerciais e técnicos contribui para que «seja possível fornecer aos nossos clientes um serviço que vai de encontro ao que necessitam», sublinha Miguel Cardoso, que garante que a

O gerente Miguel Cardoso

equipa técnica da VOM possui «uma excelente formação» para responder a todo o tipo de problemas e exigência por parte do cliente. Quinta do Peru – Clube House (Sesimbra), Almada Business Hotel, Casa da Oração de Palmela, Continental Teves (Palmela), restaurante “Da Horta” e Call Center – Plurimarketing são alguns dos projectos da região que já contaram com equipamentos de qualidade da VOM. Entre os principais clientes desta firma estão os Hotéis Íbis, VIP Hotéis, Tivoli Hotels & Resorts, RTP, Ministério da Defesa Nacional, Homes Place, Centro Hospitalar de Leiria-Pombal, entre outros.

Aníbal Manuel Guerreiro Cordeiro, Vereador do Planeamento da Câmara Municipal de Grândola, nos termos e para os efeitos do disposto no nº 3 do artigo 77º do Decreto-Lei nº 380/99, de 22 de Setembro, com a redacção do Decreto-Lei nº 46/2009 de 20 de Fevereiro e Decreto-Lei nº 181/2009 de 7 de Agosto, torna público que, em execução da deliberação da Câmara Municipal de Grândola datada de 7 de Abril de 2011, se procede à abertura do período de discussão pública da proposta do Plano de Pormenor da UNOP 8 de Tróia, que terá a duração de 22 dias úteis a contar do 5º dia útil a seguir à data da publicação do presente Aviso no Diário da República. --------------------------------------------Os interessados poderão consultar a proposta do plano, o respectivo relatório ambiental, a acta de conferência de serviços, os demais pareceres emitidos e os resultados da concertação, no sítio electrónico do Município (http://www.cmgrandola.pt) ou nas instalações da Divisão de Planeamento da Câmara Municipal de Grândola, todos os dias úteis entre as 9 e as 16 horas. -----------------------Durante o período de discussão pública, os interessados poderão apresentar, por escrito, as suas reclamações, observações e sugestões, as quais deverão ser dirigidas ao Senhor Presidente da Câmara Municipal e conter a identifi cação e o endereço dos seus autores, podendo ser remetidas por correio ou entregues directamente, entre as 9 e as 16 horas, na Divisão de Planeamento da Câmara Municipal de Grândola ou enviadas via e-mail para o seguinte endereço electrónico: geral@cm-grandola.pt. ----------------------------------------------------Para constar e para os demais efeitos se publica o presente Aviso na 2ª série do Diário da República, e outros de igual teor vão ser afi xados nos locais de costume e divulgados através do sítio electrónico do Município de Grândola e da comunicação social. -------------------------------Grândola, Paços do Concelho, aos 14 dias do mês de Abril de 2011. ------------O Vereador do Planeamento Aníbal Cordeiro


FAÇA-SE SÓCIO DO VITÓRIA FC e veja todo o universo de descontos e outras vantagens que poderá desfrutar enquanto Sócio do Clube

+ INFORMAÇÕES EM

www.vfc.pt

Andebol sadino em torneios de Páscoa Torneio Carlos Fonseca 2011 Organização: Núcleo de Andebol de Samora Correia MINIS Equipas: Vitória FC, Sporting CP, NA Samora Correia, GC Odivelas, CF “Os Belenenses”, SL Benfica. Classificação do Vitória FC: 5.º lugar. INFANTIS Equipas: Vitória FC, SL Benfica, NA Samora Correia, NAAL Passos Manuel. Classificação do Vitória FC: 1.º lugar. Melhor Guarda-Redes: Diogo Valério. Melhor Jogador: Igor Mares. INICIADOS Equipas: Vitória FC, NA Samora Correia, SL Benfica, AA Águas Santas. Classificação do Vitória FC: 4.º lugar. XXXI Torneio Internacional "Cidade de Almada" Organização: Almada Atlético Clube JUNIORES Equipas: Vitória FC, CCR Alto do Moinho, Almada AC, TA Bosco, Ginásio C Sul, SL Benfica, Sporting CP, CF “Os Belenenses”. Classificação do Vitória FC: 7.ºlugar.

VITÓRIA

20588 SÓCIOS 30 Abril 2011

N.º 96

Guardião Diego quer travar “Dragão” O guarda-redes do Vitória Futebol Clube, Diego, foi eleito, pelo segundo mês consecutivo pelo Sindicato de Jogadores, o melhor do mês. O prémio foi entregue esta sexta-feira no Bonfim, e será mostrado aos adeptos antes do início da partida de amanhã, às 20h15, com o FC Porto. O guardião brasileiro mostrouse bastante satisfeito pela nova distinção e voltou a repartir o mérito com todos os colegas de equipa. “É bom ver o trabalho individual reconhecido. É muito motivante, apesar de não ser uma responsabilidade acrescida porque vestir a camisola do Vitória já implica muita responsabilidade. O prémio dá-me mais motivação para as últimas três jornadas”, disse. Sobre a partida com o FC Porto, Diego mostrou-se optimista, apesar de reconhecer que a tarefa não vai ser fácil. “Ainda ninguém descobriu a fórmula para vencer o FC Porto no campeonato. Temos de confiar no nosso valor e vamos lutar para conseguir um bom resultado. A equipa tem vindo a crescer e vamos lutar para conseguir um bom resultado. Esperamos casa cheia”, sublinhou o guardião sadino. Diego teceu rasgados elogios ao adversário deste domingo, mas adverte que o Vitória vai ter uma palavra a dizer neste encontro.

Passatempo Vitória

Equipamento Alternativo 2011 REGULAMENTO

Semmais

Jornal do

JÁ SOMOS

Diego confia num resultado positivo do Vitória diante dos portistas

“Vamos defrontar uma equipa muito boa, bastante perigosa, com jogadores de muita qualidade e que actualmente é uma das melhores da Europa. Mas temos de confiar no grupo e na nossa qualidade. Não temos de ficar a pensar muito em como parar o FC Porto, mas sim preocuparmonos em estar nas melhores condições e super-motivados. Temos

um objectivo a alcançar: a manutenção”, recordou. O Vitória não vence o FC Porto no Bonfim há 28 anos. Diego quer acabar com a tradição, mas não faz promessas. “Não posso fazer nenhuma promessa, mas dizer aos adeptos que todos os jogadores vão honrar a camisola e vão lutar a cada minuto para conseguir um bom resultado”, rematou.

1. DURAÇÃO - O passatempo "Vitória FC – Equipamento Alternativo” decorre entre os dias 20 a 30 de Abril (Facebook do Vitória) e de 1 a 6 de Maio (Site do Vitória), até às 18:00h inclusive. 2. COMO PARTICIPAR - Cada Participante poderá enviar quantas fotos/desenhos desejar. As mesmas deverão ser enviadas para o email marketing@vfc.pt. O Participante deverá enviar igualmente o seu nome, email e número de telefone. Só será publicado o nome do Participante junto às suas fotos. As fotos estarão disponíveis para votação no Álbum “Passatempo Vitória – Equipamento Alternativo 2011”, na página do Facebook do Vitória. Os 4 equipamentos mais votados passarão para a fase seguinte. A fase seguinte passa por outra votação, a mesma terá lugar no site do Vitória. O Vencedor ganhará a Primeira Camisola Alternativa da época 2011, devidamente assinado pela Equipa de Futebol. O participante poderá votar em quem quiser. Para poder participar deverá ser obrigatoriamente Fã do Facebook do Vitória FC. O Regulamento do Passatempo estará disponível em “Notas” no Facebook do Vitória 3. GANHAR - Serão seleccionados os 4 desenhos/fotos com o maior número de “gosto”, para uma votação posterior, que terá lugar no site do Clube. Para votar no Facebook do Vitória deverá ir ao Álbum “Passatempo Vitória – Equipamento Alternativo 2011”, clicar na foto pretendida e votar clicando em “gosto”. 4. PRÉMIO - Terá direito à 1ª Camisola Alternativa da Época 2011, devidamente autografado pela Equipa de Futebol do Vitória O vencedor será contactado no final do Passatempo, via telefone, email, ou facebook. MAIS INFORMAÇÕES DISPONÍVEIS EM WWW.VFC.PT

Ginástica do Vitória conquista lugares de pódio nos nacionais de tumbling e duplo mini Os ginastas do Vitória Futebol Clube, presentes no Campeonato Nacional de Duplo Mini Trampolim, realizado em Loulé, Algarve, obtiveram excelentes performances. O Vitória FC esteve representado por uma comitiva de 21 atletas, sendo seis da especialidade de Duplo Mini-Trampolim, e os Pub.

restantes de Tumbling, liderados pelos treinadores Eric Coelho e António Pedro Duarte e Margarida Maia, respectivamente. Entre as brilhantes actuações dos atletas vitorianos o maior destaque vai para a sénior Sofia Quintas, que se tornou Campeã Nacional de Duplo Mini Trampolim. Realce ainda nesta moda-

lidade para o 2.º lugar da atleta júnior Adriana Elias, que além deste resultado, conseguiu passar para o escalão de Elite Júnior. Patamar que permite a possibilidade de entrada nos quadros da Selecção Nacional desta modalidade. Na especialidade de Tumbling, destaque para o 3.º lugar individual alcançado por Maria Correia e a 2.ª

posição por equipas alcançado pelas atletas Maria Correia, Maria Domingues e Catarina Antunes. De acordo com os responsáveis pela secção de ginástica do Vitória Futebol Clube, nestas duas áreas específicas, “o balanço desta competição é bastante bom, tendo quase todos os atletas atingido os objectivos traçados.”


Sábado | 30.Abr.2011

www.semmaisjornal.com

23

Aniversário

+ Desporto Uma grande mais-valia

Informação da nossa região, isenta e transparente

Jornal de referência

As plataformas de informação utilizadas pelo “Semmais”, bem como o conteúdo de notícias e os temas que aborda diariamente, trazem um contributo muito grande para o leitor. Para o país em geral e para a região de Setúbal em particular, o “Semmais” é uma grande mais-valia informativa.

O papel da comunicação social regional na tentativa de manter informados os destinatários da informação produzida, com informação relevante de efectivo carácter regional, é fundamental para a sua credibilidade. Encontrar esses conteúdos ao longo de mais de uma década, e continuar na busca incessante dessa informação e desta forma permitir garantir a sua presença semanal junto dos seus fiéis leitores é uma tarefa nada fácil. Parabéns SEMMAIS pelo 13º aniversário na disponibilização de informação da nossa região, isenta e transparente, para todos aqueles que a procuram e que com ela se mantêm actualizados sobre o que de mais relevante se passa e se projecta no espaço onde residem, onde os seus filhos crescem e/ou onde desenvolvem a sua actividade.

Álvaro Marinho (Atleta Olímpico)

Sousa Marques (Presidente da Direcção da Associação de Futebol de Setúbal)

A equipa de futebol do Sesimbra joga, este domingo, às 16 horas, em Vendas Novas diante do Estrela local. Será a recepção do líder (32 pontos), frente ao 2.º classificado (27) na 6.ª ronda da fase de promoção da III Divisão F.

Barreirense no Vale D’Abelha De ‘casa às costas’, a aguardar pelo novo estádio, a equipa barreirense recebe este domingo, às 16 horas, o Vasco da Gama, em Paio Pires. O desafio a contar para 25.ª jornada da I distrital, opõe o 3.º e º 2.º classificados, respectivamente.

II Distrital com jogos de topo A 22.ª jornada do campeonato tem amanhã, às 16 horas, três jogos de especial atenção. O líder Paio Pires (47 pontos) visita o 4.º classificado Quintajense, enquanto em St.º André o Estrela local (5.º) recebe o Alcacerense (2.º). E ainda há um M. Caparica-Luso (3.º).

Basket do Montijo perto da qualificação Depois de vencer, por 74-52, o SC Coimbrões, a equipa feminina do Montijo Banda Basket pode consumar esta tarde, às 18h15, no Municipal do Montijo, em caso de nova vitória, a passagem à 2.ª eliminatória dos play-offs da I Divisão.

Catamarãs em Sines A edição 2011 do SinesCat realiza-se hoje e amanhã na Praia Vasco da Gama e em São Torpes, com cerca de 100 velejadores nacionais e estrangeiros. A competição está inserida no Catamaran Racing Circuit, o circuito nacional da modalidade.

A

terceira corrida do Mundial de 125cc é este domingo, às 14h30, no Estoril, com o jovem piloto almadense Miguel Oliveira, a chamar a si todas as atenções nacionais do Grande Prémio de Portugal. Aquele que é o primeiro português a acelerar no Mundial de velocidade, garante estar motivado para, no Circuito do Estoril, e com o apoio de milhares de adeptos lusos, lutar por um dos cinco primeiros lugares na categoria. O piloto de 16 anos, assume que conhece «muito bem» a pista portuguesa, factor de ambição extra para conseguir em ‘casa’ o seu melhor resultado do ano, depois de um 10.º lugar no Qatar e uma desistência em Jerez, devido a queda, quando seguia na 3.ª posição. «Espero

Aeróbica na Qt.ª Conde O PAVILHÃO Municipal da Quinta do Conde, concelho de Sesimbra, recebe esta noite, a partir das 21 horas, o Campeonato Distrital de Ginástica Aeróbica. Em competição vão estar

mais de meia centena de atletas, dos vários escalões etários, em ambos os sexos. A anteceder esta prova, a Associação de Ginástica do Distrito de Setúbal promove ainda o Encontro Distrital de Infantis.

Miguel Oliveira promete motivação extra na corrida portuguesa

estar a lutar pelos cinco primeiros, a equipa tem capacidades técnicas para isso. Sinto-me bem e motivado. Juntando as coisas boas com um pouco de sorte acho que conseguiremos”, garantiu Miguel Oliveira, antes de lembrar: «Vou estar em casa». Recorde-se que Miguel Oliveira é um dos dois pilotos da equipa espanhola Andalucia-Cajasol e acelera a

Aprilia com o número 44. As três corridas do GP de Portugal realizam-se este domingo. A competição de Moto2, está marcada para as 11:15, seguindo-se a classe rainha às 13h00, com o espectáculo do MotoGP. Os milhares de amantes das duas rodas prometem apoiar o jovem almadense na corrida de 125cc, recordese a partir das 14h30.

Semmais

Sesimbra visita líder

Miguel Oliveira acelera pelo top-5 no Estoril

Manuel Aguiar (Presidente da Direcção da Associação de Atletismo de Setúbal)

DR

Passes Curtos

Na passagem do seu 13º Aniversário do Jornal Semmais, a Direcção da Associação de Atletismo de Setúbal, não podia deixar de se associar a esta data comemorativa do orgão informativo de referência a nível Regional e Nacional pelo seu relevante papel que tem mantido ao longo deste período e esperamos a sua continuidade na divulgação de uma informação isenta e de qualidade a que nos habituou.

Numa tarde de grande festa desportiva partilhada pelos adeptos dos dois emblemas, a equipa de futebol do Vasco da Gama de Sines conquistou, na sexta-feira, no Municipal de Grândola, a Taça AFS, depois do triunfo, por 3-0, diante do Paio Pires. Pub.

Elisabete nas dunas da Tunísia A PILOTO montijense de todo-o-terreno, Elisabete Jacinto, arranca amanhã, ao volante do seu camião MAN, para a edição 2011 do Rali da Tunísia. Vencedora no ano passado da prova que pontua para a Taça do Mundo, Elisabete Jacinto deseja repetir o resultado numa competição que diz apresentar um traçado «bastante interessante». «Vamos ter novos per cursos e as maiores dificuldades estão anunciadas para as duas primeiras etapas», antevê. O Rali da Tunísia termina no dia 6 de Maio, após seis etapas.


Aniversรกrio

Pub.

Sรกbado | 30.Abr.2011

www.semmaisjornal.com


Semmais 30abril 2011