Issuu on Google+

O Lobão

Agosto / 2013 Boletim nº 02 Ano 43

Rotary de Divinópolis Leste – Distrito 4560 – Divinópolis MG

Presidente 2013/2014: José Dimas Batista Bechelaine e sua esposa Celma Amarildes Oliveira Bechelaine

Dólar Rotário - Agosto: R$2,24

ATIVIDADE DISTRITAIS INSTITUTO ROTARY - FOZ DO IGUAÇU - PR RYLA - MONTE SIÃO - MG SEMINÁRIO SERVÇOS À JUVENTUDE - MONTE SIÃO – MG INTERCÂMBIO DE JOVENS SELEÇÃO, TREINAMENTO PARA FAMÍLIAS E CLUBES - TRÊS PONTAS - MG

DATA 05 a 7 //09//2013 13 e14//09//2013 15//09//2013

28 //09/ 2013

Nesta Edição: ALUMNI

2

Ron D. Burton

3

Presidente RI 2015/16. .

4

Agenda do Presidente

6

Visita do Governador

7

Notícias do Leste

8

Edital Processo Seletivo

10

Título de Paul Harris

13

Inquietações de ...

13

Fotos que falam do Leste

14

Mensagem do Presidente José Dimas Batista Bechelaine Prezados Companheiros, Neste mês de Agosto, recebemos a visita do Governador Virgilio e sua Esposa Adriane. Conforme já conversamos em nossa reunião ordinária de 22/08, podemos afirmar que a visita transcorreu de forma eficiente e em um clima de cordialidade. Uma vez que o casal visitante demonstrou um alto nível de educação e simplicidade. Ressalto o espírito rotariano de todos que ajudaram desde as reuniões de planejamento que antecederam a visita bem como durante o evento. Todos contribuíram de sua forma. Alguns ajudando no planejamento e preparação da visita, outros participando dos trabalhos e eventos apresentando documentações/ações/ trabalhos e outros participando da festiva. Cada um deu a sua contribuição. A Mirinha e o Marcelo deram um show e como sempre capricharam no cardápio e na organização do salão. O Governador assistente José Lúcio não deixou por menos, nos ajudando com atenção, orientações, apoio presencial e na decoração da mesa principal. A todos deixo meu reconhecimento e agradecimento. Destaco e registro alguns pontos importantes da visita: - Nosso Divinópolis Leste se mostrou presente na recepção de chegada do Governador com o maior numero de participantes. - Muito interessante o evento do plantio de árvores com presença de vários companheiros. Tivemos oportunidade de conhecer as atenciosas funcionárias municipais Tânia e Sônia que nos ajudaram e são responsáveis pelo Parque da Ilha. Também tivemos a

oportunidade de visitar 2 árvores plantadas por Governadores em gestões passadas. - Ótima impressão deixada ao governador durante a reunião de trabalho das 11hs, quando os companheiros Peçanha, Antônio Claret e José Dimas apresentaram as documentações jurídicas/ financeiras/planejamento estratégico do clube totalmente organizadas. Além de demonstrar situação e obrigações financeiras em dia. - Muito interessante e ótima impressão deixada ao Governador durante a visita á tarde ao GEEC acompanhada pelo José Dimas, e apresentada pelo Paulo Ramos e Jomar. - Assembleia das 17hs transcorreu de forma eficiente com ótimo numero de companheiros presentes, apresentando suas opiniões e planos ao Governador. - Fechamento da visita na reunião festiva em grande estilo com excelente numero de participantes rotarianos, esposas, convidados, visitantes de outros clubes, ex e futuros-governadores, representantes da sociedade, etc... Além do pronunciamento do Governador, dois outros eventos se destacaram na festiva: - O agraciamento do Título Paul Harris ao Companheiro Luiz Cláudio. - A doação de US$3.400,00 pelos companheiros do clube a Fundação Rotária atendendo assim a ação 47 do planejamento estratégico de nosso clube neste ano rotário: “Projeto Todo rotariano

todo ano”. Demonstrando com esta atitude, o alto espírito rotário de todos e em sintonia com o principal lema da organização: “Dar de si antes de pensar em si”. Durante o transcorrer da visita nosso Governador expressou e fez questão de frisar alguns pontos importantes para a organização que julgo necessário registrar: - Programa “Todo rotariano todo ano”. - Uso correto do “Pin” e sua representatividade. - Crescimento do quadro social em especial do feminino. - Cumprimento das obrigações do clube com o Distrito e com o RI. - Modernização/informatização do Rotary. Na última reunião deste mês de Agosto homenageamos o dia do Avicultor e do Bancário. Esteve presente o ex-companheiro Oscar Gontijo representando os Avicultores. Nosso clube tem em seu quadro vários Bancários: Ananias, Antônio Claret, Geraldo Pedra, José Geraldo Secundino(Jota), Nelson Horta e Renan, sendo que o Claret e o Jota continuam na ativa. Na oportunidade o Antônio Claret representando os demais colegas, recebeu uma homenagem do clube extensiva aos demais Bancários. A todos nosso respeito e um abraço de cumprimentos pela data. Recebemos recentemente nates desta edição a notícia que o nosso querido Jotinha está se aposentando. Porém este é outro assunto que será abordado oportunamente com sua devida dimensão. Obrigado e um abraço carinhoso a todos do José Dimas e da Celma Bechelaine..


Página 2 de 14

O Lobão

Associação de Ex Participantes de Bolsas da Fundação RotáriaRotária-ALUMNI Paulo Augusto Zanardi Gravação e transcrição por Alberto Bittencourt Vocês sabiam que, para cada dez rotarianos, existe alguém que já participou de algum programa da Fundação Rotária, seja como integrante do IGE, seja como beneficiário de bolsas educacionais, seja como bolsista de um dos Centros Rotary da Paz? Para mais de um milhão e duzentos mil rotarianos do mundo, existem cerca de cento e dez mil ExParticipantes de Programas da Fundação Rotária, número esse correspondente a um décimo do total. São pessoas que foram treinadas, bem preparadas, que adquiriram conhecimentos e experiências e que nós estamos desperdiçando, deixando de aproveitar. Eu tenho empresa transportadora. Fazemos um treinamento muito sério com os nossos motoristas. Dói no coração quando a gente termina de fazer esse treinamento e perde o motorista, ele não fica na empresa. O Rotary faz um treinamento espetacular com nossos jovens bolsistas para depois perdê-los. Eu, lá na empresa, sempre vou atrás do motorista que saiu para saber o que aconteceu, para tentar trazê-lo de volta, para tentar, assim, melhorar a qualidade dos serviços prestados. Nós rotarianos não vamos atrás dos nossos ex-bolsistas, O objetivo desta palestra é fazer algumas perguntas no sentido de verificar como poderíamos nos utilizar desse imenso potencial humano por nós formado, para ajudar na sociedade, nos nossos clubes, nos nossos lares, na nossa comunidade. O que é uma Associação Distrital de Ex-Participantes de Programas da Fundação Rotária?

É uma associação formada de pessoas que foram bolsistas do Rotary Pela Paz Mundial, participaram de bolsas educacionais, de IGEs e de outros programas da Fundação Rotária. A quantidade dessas associações está começando a crescer no mundo. Aqui no Brasil, nos trinta e oito distritos rotários, infelizmente nós só temos quatro associações constituídas e praticamente só uma está mais atuante. A idéia é que a gente consiga modificar esse quadro e constituir novas associações. Quais são os propósitos desse tipo de Associação? São cinco os principais propósitos: Estabelecer e manter contatos entre os participantes; Prover meios para que esses participantes troquem idéias entre si e com os rotarianos; Divulgar as atividades dos membros da Associação. Possibilitar o envolvimento dos ex-participantes em projetos rotários, humanitários e educacionais, facilitar a criação de outras associações. Evidente que o propósito é melhorar os trabalhos dos nossos clubes de Rotary, dos nossos Distritos, porque todos os ex participantes tiveram a visão de Rotary, da grandiosidade do Rotary muito maior do que alguém que ficou só no âmbito de seu distrito. Eles vivenciaram o Rotary em outro país, viram como é o Rotary lá fora e obtiveram a visão do que é o Rotary no mundo. 3. Qual a importância da Associação? Nós temos alguns casos inspiradores para comentar. Existem médicos famosos que foram fazer especialização na Inglaterra, e foram porque receberam bolsas da Fundação Rotária. Mas eles não contam que foram pelo Rotary. Apresentam-se em seus cartões de visita como especializados em universi-

dades na Inglaterra, penduram os diplomas nos consultórios, mas não consta embaixo que foram bolsistas do Rotary. Em contrapartida, alguns exbolsistas fazem questão de reconhecer e de agradecer a bolsa recebida. Tenho autorização para falar de um que se chama Valentino Gonçalves. Ele fez pós-graduação nos Estados Unidos e hoje é um dos maiores cirurgiões oftalmologistas de um Hospital em Curitiba. Ele comprou uma máquina junto com outros companheiros, para fazer cirurgia ocular à lazer. Ele opera cataratas nessa máquina todas as terças e todas as quintas de manhã. Faz de doze a dezoito cirurgias de cada vez. Mas, a cada dia, ele faz uma cirurgia de graça, para retribuir à bolsa da Fundação Rotária. Opera por indicação do Rotary Club ou de quem quer que seja e ainda dá informações ao paciente sobre a Fundação Rotária. Ele faz uma cirurgia de catarata de graça duas vezes por semana há dez anos. Quanto isso representa em dinheiro? Se cada cirurgia custa mil dólares, durante dez anos, as duas cirurgias gratuitas por semana representariam uma retribuição à sociedade, de mais de um milhão de reais. Nós rotarianos investimos 20, 25 mil dólares em cada bolsista. Por essa razão eu sou apaixonado pelos Aluminys. Eles constituem uma força fantástica e essa força precisa ser resgatada, precisa ser trazida de volta para nosso meio, para que a gente possa melhorar. Com que frequência os membros da Associação se reúnem? Os membros da associação se reúnem periodicamente. Cada associação tem seu próprio estatuto, o seu regimento interno e vai fazer essa reunião de acordo com as suas necessidades.

as suas necessidades. O mais importante é fazer conexão entre os membros das associações que se formarem, através da internet, juntando ex-bolsistas, para que se criem mais perspectivas, mais oportunidades, e com isso atrair mais membros para o Rotary. Provavelmente a freqüência de nossas reuniões será mensal. Quais são os benefícios em se integrar esse tipo de associação? Além de fazer novas amizades, podemos trocar idéias a nível profissional, vivenciar os direitos humanos e de cidadania, discutir negócios e conseguir oportunidades profissionais, porque não? Também podemos servir em comissões rotárias distritais de seleção de bolsistas, IGEs e outros, servir como mentores de participantes de programas da Fundação Rotária, fazer palestras em clubes e eventos rotários, participar de projetos de prestação de serviços sejam locais internacionais 6. Quais são os custos? Hoje no Brasil todo mundo fala em custo. Por exemplo, quando a gente tem que pagar cento e cinquenta reais pelo translado de Porto Alegre a Gramado, todo mundo reclama. O custo depende do que cada pessoa achar, se vale ou não a pena gastar naquela despesa. Nós não estamos muito preocupados com os custos, pois temos que olhar mais as soluções, não os custos. Qual rotariano não conseguiu algum benefício por ser rotariano? O custo para se filiar a uma associação é zero, nenhum, a menos que se decida em contrário. Não tem custo nenhum. Continua na página 5


Página 3 de 14

O Lobão

Mensagem do Presidente de RI Caros rotarianos, Em 2013-14 Viveremos Rotary, Transformaremos Vidas, convertendo todo nosso vasto potencial em realidade. Isto pode ser alcançado pelo envolvimento dos rotarianos e a conscientização de que eles pertencem a uma organização única e capaz de mudar o mundo. Cabe a nós garantir que nosso trabalho seja sólido e sustentável com o alcance da meta de 1,3 milhão de rotarianos até 2015. Esta é uma meta diferente das anteriores, pois não trata somente de trazer novos associados aos clubes, mas, sim, motivar os rotarianos a se envolverem mais com a organização e permanecerem engajados, o que se traduz em crescimento do nosso Rotary agora e no futuro. Cada um de nós teve sua razão para vir ao Rotary, mas certamente todos viemos para fazer uma diferença, algo

significativo. É importante lembrarmos disto quando falamos a outros para se juntarem a nós. Não quero dizer que devamos convidar qualquer pessoa para nossas fileiras. Queremos, sim, gente motivada e bem sucedida que se importe com os outros. Precisamos do tempo e talento de gente assim, e estas pessoas só virão e ficarão nos clubes se tiverem certeza de que seu tempo é bem empregado em atividades rotárias. Temos que nos certificar de que todo rotariano, em todo clube exerça uma função relevante, que faça uma diferença substancial no clube e na comunidade. Só quando fazemos algo relevante em Rotary é que Rotary se torna importante para nós. Em qualquer estágio de nossas vidas e carreiras o Rotary tem algo a nos dar, que nos faz crescer em

conhecimento, competência e generosidade. Rotary injeta significado em nossas vidas, aumentando nosso senso de propósito e trazendo satisfação. E quanto mais ofertamos através do Rotary, mais ele nos dá em recompensas. Ron D. Burton Presidente do Rotary International em 2013-14

Ron D. Burton Presidente, Rotary International

Mensagem do Governador Virgílio Augusto No mês de agosto o Rotary International nos convida a trabalhar na expansão e no Desenvolvimento do Quadro Associativo de nossos clubes. Mas como fazer isso e por que. Precisamos nos preparar para a renovação, pois a idade média de nossos associados é elevada. Mas crescer só por crescer, não. Nossa Organização tem uma história a zelar. Ao considerarmos que a missão do Rotary é justamente ter disponibilidade para servir, no atendimento às carências das comunidades de todos os povos, o nosso Rotary International não conseguiu praticamente nenhum crescimento de seu quadro social nos últimos dez anos. Em tamanho e qualidade, essa disponibilidade é proporcional ao contingente do nosso quadro associativo. Precisamos aumentar o

número de associados para atender ao crescimento dos problemas, mas não podemos descuidar dos princípios que resguardam as qualidades de nossos futuros prestadores de serviços. Essa qualidade é imprescindível e muito bem orientada pelos aconselhamentos da nossa organização quanto à admissão dos nossos novos associados. Esse cuidado não pode desrespeitar estas principais exigências: - Liderança: todo candidato a associado do Rotary International deve ter atividade profissional útil e honrosa. - Disponibilidade: ele deve ser dono, sócio ou ocupar cargo de tempo livre para atender às suas obrigações e seus chamamentos, e ter tempo para comparecer às reuniões semanais e condições financeiras para

pagar a mensalidade. - Representatividade: devemos buscar aquele que é reconhecido como capaz de se dedicar às ações comunitárias e pela sua conduta profissional, social e familiar, além de ter boas amizades. - Convivência familiar: ser bom chefe de família e ter aprovação da esposa e dos filhos se for casado. Faixa etária ideal: entre 35 e 50 anos, por vários motivos: a) vida já estabilizada socialmente e economicamente; b) ser reconhecido pelas atividades; c) ter definições com independência; d) estar amadurecido e disponível para ocupar cargos e se tornar veterano em Rotary; e) e ser rotariano por convicção e não por influências e interesses.

influências e interesses. Concluindo, devemos evitar que as admissões de novos associados fujam das recomendações básicas e sejam inconsistentes. Lembremos que nem todos nossos bons amigos têm as qualidades exigidas para serem também bons rotarianos, e também que rotariano não se faz e nem se fabrica; rotariano é aquele que nasce e cresce dentro dos princípios do servir e um dia atende ao chamamento do Rotary. Forte abraço a toda família rotária. Virgílio Augusto Resende Bandeira Governador 2013-14


Página 4 de 14

O Lobão

Ravindran é selecionado para Presidente de RI em 2015/16

Ravindran é o Presidente Indicado, se até 1º de outubro não houver candidato opositor ele será o Presidente com quem o nosso companheiro Paulo Roberto Ramos irá trabalhar durante sua governadoria 2015/16

K.R. “Ravi” Ravindran, associado do Rotary Club de Colombo, Sri Lanka, foi selecionado pela Comissão de Indicação como presidente do RI de 201516. Ele se tornará o presidente indicado em 1º de outubro, caso não haja candidato opositor. Ravindran disse que sua maior prioridade para o Rotary será o aumento do quadro associativo, o que chamou de base de toda organização. “Com relação ao quadro associativo, precisamos continuar dando enfoque à geração jovem", disse Ravindran. "Também gostaria de buscar formas de atrair ao Rotary os recém-aposentados e pessoas mais experientes." Segundo ele, a criação de planos regionais para desenvolvimento do quadro associativo e o fato de percebermos que uma única abordagem não serve para todos é definitivamente um passo na direção certa. “Albert Eisntein definiu a loucura como 'fazer sempre a mesma coisa e esperar resultados diferentes'. Em muitos aspectos, esta tem sido a história do desenvolvimento do quadro associativo do Rotary", disse Ravindran. "Felizmente, nossa abordagem foi finalmente estudada e modificada.

Dividimos o quadro associativo em 22 regiões, de modo que cada uma desenvolva e implemente um plano de acordo com suas necessidades." Segundo ele, é importante que os rotarianos usem as mídias sociais para contar nossas histórias, pois assim o público pode aprender mais sobre o impacto positivo que o Rotary tem em sua vida. Ele também disse: "Nossa identidade deve permanecer simples e baseada em nossos valores, e ser clara e direta para nosso público interno e externo." Formado em comércio, Ravindran é fundador e CEO da empresa Printcare PLC, líder global na indústria de chás. Ele também serve no conselho diretor de diversas empresas, e é presidente fundador da Associação Antinarcóticos de Sri Lanka, a maior organização do gênero do país. Como presidente da Comissão Pólio Plus do seu país, Ravindran liderou uma força-tarefa com representantes governamentais, a Unicef e o Rotary, e ajudou a negociar tréguas dos combates no norte do país para a realização dos Dias Nacionais de Imunização. Rotariano desde 1974, Ravindran já serviu à organização como diretor e tesoureiro do RI, curador da Fundação Rotária, líder de

grupo de discussão da Assembleia Internacional, governador de distrito, representante do Conselho de Legislação e presidente de Instituto Zonal. Ele liderou um projeto patrocinado por clubes e distritos rotários em Sri Lanka que reconstruiu 25 escolas destruídas pelo tsunami, beneficiando 15.000 crianças. Ravindran foi reconhecido pela Fundação Rotária com a Menção por Serviços Meritórios, o Prêmio por Serviços Eminentes, e o Prêmio por Atuação em Prol de um Mundo Livre da Pólio. Ele e sua esposa, Vanathy, têm dois filhos e são Doadores Extraordinários nível 4. Os integrantes da Comissão de Indicação foram: Eric Lacoste Adamson, EUA (presidente); John Blount, EUA; Robert Crabtree, Nova Zelândia; Gerson Gonçalves, Brasil; Frederick Hahn Jr., EUA; Lynn Hammond, EUA; Teruo Inoue, Japão; Paul Knyff, Holanda; Peter Krön, Áustria; Jorma Lampén, Finlândia; KyuHang Lee, Coreia; Masahiro Kuroda, Japão; Michael McCullough, EUA; Donald Mebus, EUA; David Morgan, País de Gales; Catherine NoyerRiveau, França; e M.K. Panduranga Setty, Índia.

Comissão Social da Amizade em Ação no dia dos Pais A Comissão Social da Amizade Presidida pela esposa do nosso presidente José Dimas, Celma Amarildes está de parabéns. Como o mês de agosto foi recheado de atividades como Seminário e Visita do Governador e o dia dos pais não poderia passar em brancas nuvens, foi feita uma surpresa para os pais. A companheira Celma

conseguiu levar 20 esposas de companheiros para a “reunião de preparação da Visita do Governador”. Nenhum dos companheiros desconfiou do que estava sendo tramado. No final da reunião a companheira Ana Maria foi chamada para um minuto de Lobão para falar do que tinha sido decidido sobre a recepção ao canal governador, e seguido dela,

todas as esposas, filhos e netos dos companheiros presentes entrarm cantando os parabéns, com um bolo com velas e balões brancos que foram estourados. Após os jovens Lucas e Gabriel leram uma poesia e a Bruna falou sobre Pai. Todos se emocionaram e assim marcamos a data com muita alegria.


Página 5 de 14

O Lobão

Continuação da página 02 - Alumni 7. Os membros de uma Associação são requeridos a contribuir para a Fundação Rotária? É lógico que não. Ninguém é obrigado, mas, com certeza, eles vão ser solicitados a contribuir, de forma voluntária, para Fundação Rotária. 8. Quantos membros são necessários para se formar uma associação e qual é a sua estrutura? O Rotary tem um número médio, inicial, de quinze pessoas. Cada associação elege sua própria diretoria, sendo o presidente o responsável por comunicarse com o governador do distrito, com a comissão Distrital da Fundação Rotária. Os estatutos, regimento interno, e demais documentos podem ser procurados na sessão de contatos de ExParticipantes de Programas da Fundação Rotária. 9. O que é a Aliança Global de Ex-Participantes do Programa da Fundação Rotária? Essa aliança é o novo fruto da Família Rotária que procura manter todos os exparticipantes em contato com o Rotary. Sua reunião inaugural foi realizada em Los Angeles e todos os anos, sem solução de continuidade, ela é atualizada. A meta é contar com pelo menos um ex-bolsista e um exparticipante de IGE que encare o espírito rotário. 10. Quem são os participantes dos programas da Fundação Rotária? Quem recebeu qualquer tipo de subsídios da Fundação Rotária para fazer, por exemplo, uma perícia, uma auditoria, uma visita a um projeto, faz parte dos exparticipantes. Todo e qualquer governador, todo e qualquer cidadão que recebeu algum subsídio da Fundação Rotária seja para estudo, seja para fazer

alguma verificação de projetos, faz parte da associação, é ex-bolsista da Fundação Rotária. 11. Porque é importante manter os ex-participantes em contato com o Rotary? Porque eles são parte do nosso programa rotário, eles são beneficiários das nossas doações para a Fundação Rotária. Eles são ótimos recursos para a promoção dos programas da Fundação, e são um potencial enorme de conhecimento para trazer para dentro do Rotary. 12. Quantos ex-participantes dos programas da Fundação Rotária existem? São aproximadamente cinquenta e nove mil, exparticipantes do IGE; trinta e oito mil ex-bolsistas educacionais. Quando vejo trinta e oito mil ex-bolsistas, penso em quanto poderia ser feito, a exemplo de Valentim Gonçalves. Tem ex-bolsistas que estudaram o poder nutritivo do krill, um pequeno camarão das águas geladas da Antártica. Hoje eles conseguem potencializar a proteína do krill para distribuir entre muitas crianças que têm alimentação hipoproteica. O Rotary financiou esses estudos. Na realidade não é um financiamento, é um investimento. É importante termos essa noção para que possamos ir buscar esse pessoal e trazê-los para perto da gente. 13. Quantos ex-participantes são rotarianos? Dos cento e vinte mil jovens ex-participantes de programas da FR, apenas cinco mil são voluntários do Rotary. Apenas cinco mil querem enxergar um mundo melhor pelos olhos do Rotary. Vejamos no IGE. Cada grupo tem cinco membros, um dos quais já é rotariano. Sobram, portanto, quatro membros não rotarianos. Isso

quer dizer que pelo menos 20% dos ex-integrantes do IGE deveriam ser rotarianos, percentual esse correspondente aos líderes. Pois bem, a média hoje está em 16 % pois há muitos líderes que deixaram o Rotary. Aproximadamente 50.000 exintegrantes do IGE, ou seja, 84% do total estão longe do Rotary. Essas pessoas que foram bem treinadas poderiam estar fazendo a diferença, mas, infelizmente, não estão seguindo os ideais de busca da paz e da compreensão mundial, da prestação de serviços voluntários, do cuidado do ser humano. Por tudo isso é que a gente luta para constituir essas associações. 14. O que poderia ser feito para mobilizar esses exparticipantes, atraindo-os para as atividades dos clubes? É importante incentivar a criação das associações distritais porque elas conhecem melhor o perfil de cada exparticipante. Através da Associação, convidar os exparticipantes para fazer parte de seminários, fóruns e interclubes. Pedir-lhes que apresentem trabalhos em projetos rotários de prestação de serviços. Pedir-lhes que façam apresentações em eventos rotários inclusive nas conferências distritais. 15. Porque que esses exbolsistas não ficam no Rotary? Numa empresa, se você chama alguém, contrata e diz para ele sentar ali na cadeira, vai passando o tempo e ele vai ficar sentado na cadeira. No Rotary, se a gente não dá trabalho, eles ficam sentados na cadeira, como na empresa. Ora, qualquer um funcionário que ficar sentado na cadeira sem fazer nada, vai chegar uma hora que ele vai levantar e ir embora, mesmo que o salário seja compensador. É isso que acontece se nós não planejarmos o trabalho, se não projetarmos conquistas para

projetarmos conquistas para esse novo rotariano. Essa falta de perspectiva é que faz com que eles não permaneçam. 16. Como fundar uma associação que tenha exparticipantes de programas da Fundação Rotária? Nós fundamos em quatro dias uma associação de ex-bolsistas do distrito 4630 de Maringá. É muito fácil montar uma associação, basta seguir os passos destes slides que vamos passar aqui. Vocês podem pedir ao Edilson Gushiken, do escritório do RI em São Paulo, que ele envia todo esse material. É muito fácil, como nós vamos ver agora. Primeiro, cada um de vocês vai convocar os cinco últimos líderes de IGE. Com esses cinco últimos líderes, nós fazemos uma busca para localizar quais são os exbolsistas com mais potencial. Para conseguir a relação de exbolsistas é só passar um e-mail para o Edilson Gushiken. Não está completa mesmo porque alguns mudaram de endereço, mas nós temos uma relação de todos os ex-bolsistas, de todos os distritos. Com isso, se conseguirmos atrair pelo menos uns dois de cada cinco ou dez, nós teremos aí os quinze primeiros para começar. É importante frisar que os participantes da primeira reunião serão os sócios fundadores da Associação. Com isso, nós podemos fazer uma homenagem, um tipo de reconhecimento, para que eles se sintam cada vez mais importantes, pois os fundadores são aqueles que abriram uma porta, que tiveram a coragem. Nós já temos o modelo do convite para a reunião de fundação da Associação. Temos os modelos de todos os documentos, estatutos, regimento interno, etc. Já mandamos para todos os ex-bolsistas. . Mais informações entre em contato com Zanardi@rotary4730.org. EGD 200607- D 4730RC Curitiba – III Milênio


Página 6 de 14 Rotary Divinópolis Leste Expediente Presidente RI- Ron Burton Governador –Virgílio Augusto Resende Bandeira

Conselho Diretor: Presidente: José Dimas Batista Bechelaine Vice-Presidente: José Geraldo Secundino Presidente Eleito 2014/15: José Geraldo Secundino 1º Secretário- Carlos Alberto Araujo Peçanha 1º Tesoureiro: Antônio Claret Costa 1º Protocolo: José Messias Mendes 1º Orador: Élson Penha Silva Presidente das Comissões: Administração do Clube: José Vítor Batista de Freitas Desenvolvimento Quadro Social: Josselito Alves Perdigão Fundação Rotária: José Geraldo Secundino Prestação de Serviços: José Ananias da Silva Relações Públicas: Gilberto Carlos Costa Serviços a Junventude – Jean Marc Moura Maia Oficial de Intercâmbio- Júnio Lopes de Oliveira CAESC – Paulo Roberto Ramos Cadeira de Rodas – Ílio Milani Social da Amizade – Celma Araildes de Oliveira Bechelaine Ex-Presidentes: Luiz Cláudio Guimarães Andrade Deusdete de Oliveira Campos Josselito Alves Perdigão Casa do Rotariano: Paulo Roberto Ramos Junior José Ananias da Silva Conselho Fiscal: Joaquim Alves Neto Paulo Roberto Ramos Geraldo Magela Pedra

Visite-nos em: www.rotarydivinopolisleste.org/novo

Responsável pelo Boletim: Digitação e diagramação – Ana Maria Henriques Horta Ribeiro Acredito no serviço universal que é prestado com a pá e a enxada e não com a espada e a baioneta. Se dependesse de mim, todo menino, independente de berço ou posição social, passaria seus dias construindo estradas por onde o comércio pudesse fluir, arando o solo para que houvesse abundância para todos e nunca cavando trincheiras para acolher a morte. THE ROTARIAN, fevereiro de 1917

O Lobão Setembro - Mês das Novas Gerações Todos os anos, milhares de pessoas de 12 a 30 anos de idade vivem experiências incríveis em um dos programas de Novas Gerações. Como rotaractianos e interactianos, eles servem a comunidades locais e internacionais; pelo Intercâmbio de Jovens, exploram novas culturas; e como participan-

tes do RYLA, desenvolvem habilidades de liderança. As Novas Gerações são a Quinta Avenida de Serviços do Rotary. Para saber mais como seu clube pode se envolver, leia Introdução aos Serviços às Novas Gerações, acessando o Link abaixo disponível na nossa área para Download:

http://www.rotary.org/RI documents/pt_pdf/735pt. pdf Encontre dicas de como transformar as Novas Gerações na próxima geração de rotarianos na seção ex-participantes de programas.

Agenda do Presidente no mês de Setembro - Planejar e realizar reunião mensal do conselho diretor do clube. - Promover participação na conferência distrital. - Enviar relatório mensal de frequência ao governador ou secretário distrital até 15 dias após a última reunião do

mês. - Conduzir atividades e programas para jovens. - Monitorar metas e projetos para o desenvolvimento do quadro associativo. - Seleção de Intercâmbio de Jovens em 28/09/2013 em Três Pontas

Só rindo… Geraldão era um antigo operário, funcionário de uma cervejaria no interior de São Paulo. Ele era feliz no trabalho, embora seu sonho fosse ser degustador de cerveja, bebida esta que tanto adorava. Certa vez, trabalhando no turno da noite, ele caiu dentro de um tonel de cerveja. Pela manhã, o vigia deu a triste notícia: - É com profundo sofrimento que informo que o Geraldão se desequilibrou, caiu no tonel de cerveja e infelizmente morreu afogado. Um grande amigo de Geraldão com a voz muito triste pergunta: - Meu Deus!!! Será que ele sofreu??? O vigia então responde: - Acredito que não, porque, segundo as imagens da câmera de segurança, ele chegou a sair três vezes do tonel para mijar... ********************* Dois gaúchos conversando na barbearia: - Trilegal, tchê, qual é o segredo pra chegar nesta idade assim, sem um fio de

cabelo branco? Pinto de preto... - Mas bah, tchê! Me passa já o telefone desse negão! ********************* A sogra portuguesa chega à casa do genro e encontra-o de saída com as malas na mão, furioso . - O que aconteceu, ó, Manel? - O que aconteceu? - Pois aconteceu o seguinte, minha sogra! - Fui viajar e mandei um telegrama para a Isabel avisando que voltaria hoje. - Chego a casa e o que encontro? - Ela com um sujeito! - Os dois nus na nossa cama! - É o fim, estou a ir embora para sempre! - Calma! - pede Dona Maria. - Deve haver algo errado nessa história, a Isabel jamais faria uma bobagem dessas! - Espere um pouco que vou verificar o que se passou. Momentos depois, Dona Maria volta sorridente: - Não disse que havia um equívoco, meu filho? - A Isabel não recebeu o seu telegrama.

Quatro companheiros mineirinhos costumavam ir pescar há vários anos juntos. Só que este ano, a mulher do Tião bateu o pé e disse que ele não ia e pronto. Ele ficou muito bravo, e ligou para os companheiros dizendo que não poderia ir na pesca este ano. Dois dias depois, os companheiros chegaram na beira do rio, e quem lá estava, já com a pescaria toda arrumada? Tião, em pessoa ! Os companheiros de pesca logo perguntaram: - Uai Tião, cê disse qui num vinha, qui a patroa num tinha dexado. O qui acunteceu? Ele disse: - É simpres: onti ela acabô de lê " 50 tons de cinza " e dispois me levô pro quarto. Lá, tinha argemas e cordas em riba da cama... Ela me mandô argemá e amarrá ela na guarda da cama! Em seguida me disse: "Agora faiz o qui quisé!" Num pensei duas veiz ! Peguei as traia de pesca e vazei!


Página 7 de 14

O Lobão

A Visita do Governador Virgílio Bandeira ao Divinópolis Leste Veio de Lavras, tradicional cidade do Sul de Minas Gerais, o governador Virgílio Bandeira. Nascido no Rio de Janeiro, ele é, literalmente, um cidadão lavrense, conforme título que, com justiça, lhe foi outorgado em 2011. O município de Lavras conquistou, recentemente, conforme levantamento feito pela Organização das Nações Unidas, o quinto melhor índice de desenvolvimento humano do Estado, fortalecido principalmente pelos resultados na área educacional, com seus reflexos, entre outros, na longevidade de seus moradores. Com efeito, quanto maior o conhecimento, maior é o desenvolvimento e melhor é a qualidade de vida. Aquela acolhedora e bonita cidade se destaca e é reconhecida, nacionalmente, por sua área universitária. E a universidade, por vias diretas ou indiretas, é sem dúvida, a grande modeladora da educação e do progresso de um município e região em todos os setores. De sua universidade federal, e de outras instituições do gênero ali sediadas, milhares de jovens brasileiros têm recebido sua formação profissional, intelectual e cultural, com invejável participação no desenvolvimento de nosso país. E dentro deste espírito cosmopolita, o Rotary Club Lavras Sul, também faz a sua importante contribuição, especialmente ao nosso Distrito 4560, ao nos premiar com o nome do companheiro Virgílio, para nosso governador, no período 2013/2014. O Rotary Divinópolis Leste, caro governador, com seus quase quarenta e quatro anos de existência, podemos dizer que é hoje um adulto formado. Ele nasceu saudável, nas mãos de dedicados pioneiros como Edercí Nogueira e Nelson da Silva Lobão, bem como de seus primeiros presidentes José Maria Moreira Pinto e Mauro

Maria Moreira Pinto e Mauro Lúcio Carvalho Ferreira, que souberam, com muita habilidade conduzir nossa entidade em seus primeiros passos. Ao longo desse tempo, cresceu graças à felicidade das escolhas, que permitiram a incorporação de companheiros com rico acervo de experiências e disposição para servir, sempre de maneira abnegada, aos objetivos da instituição. Mas não poderíamos deixar de destacar a estratégica contribuição dos governadores, que em visitas, orientações e exemplos de pragmatismo têm agregado inestimável valor à nossa maturidade. Nesse caminho, o carisma e a magnitude do currículo profissional, familiar e rotário de nosso governador Virgílio Bandeira, nos permitem a percepção de que sua visita, bem como de sua esposa, Adriane, coordenadora distrital da Associação das Senhoras dos Rotarianos, vêm revigorar o nosso entusiasmo para refletirmos juntos sobre as atividades do clube e do Distrito, e para ouvirmos suas diretrizes e perspectivas para o período que ora se inicia. As recentes manifestações ocorridas, no Brasil, mostram a inquietação de nossa sociedade quanto aos mais simples direitos do cidadão, que têm sido relegados, tantas vezes, a planos inferiores, diante da desmesurada sede de poder e da corrupção que teima em assolar a dignidade de nosso país. O Rotary, através de sua capilaridade, e consoante com as diretrizes propostas pelo presidente Ron Burton, espelhadas pelo seu lema “Viver Rotary, transformar vidas”, pode contribuir, significativamente, para melhoria desse perfil. É preciso, sobretudo, refletir sobre o significado e a profundidade desse tema, saindo do lugar comum e

abraçando novas causas e novos caminhos, ponderados em função dos desafios regionais. É afrontosa, por exemplo, a ausência de desvelos à saúde de nossas populações, em pleno século vinte e um, revelando absoluto descaso à cidadania. A criminalidade e os acidentes de trânsito, através de suas estatísticas, também posicionam nosso país em situação constrangedora e dramática, colocando em risco constante a maior dádiva que o Criador ofereceu à natureza, a vida humana! O papa Francisco, nosso mais ilustre companheiro rotariano, sócio honorário do Rotary Club de Buenos Aires, nos trouxe novas luzes, especialmente no revigoramento de nossos jovens como instrumento de mudanças: “A juventude é a janela pela qual o futuro entra no mundo”. Dentro deste contexto, o fortalecimento do Rotaract e do Interact bem como do Rotary Kids, nos parece um belo objetivo, em cujos fundamentos nós temos que continuar investindo para incentivar esse magnífico potencial de crescimento no rumo de um mundo melhor. Nosso presidente, companheiro José Dimas, em pouco tempo já deu mostras de sua competência e de seu zelo para com sua nobre função e, certamente, apoiado pelo seu eficiente conselho diretor, bem como em sintonia com o governador Virgílio e com os demais companheiros do clube, vai possibilitar novas conquistas para toda a nossa sociedade, especialmente para aqueles que mais necessitam. Prezado governador Virgílio, queremos expressar-lhe nossos melhores agradecimentos por sua visita e por seu apoio,

fazendo votos para que juntamente com sua esposa, Adriane, tenha amplo sucesso nessa nova jornada que ainda está apenas começando. Voltem sempre! Elson Penha Silva. Rotary Divinópolis Leste, 14 de agosto de 2013.


Página 8 de 14

O Lobão

Umuntu Ngumuntu Ngabantu Um antropólogo estava estudando uma tribo na África, chamada Ubuntu. Quando terminou seu trabalho, teve que esperar pelo transporte que o levaria até o aeroporto de volta pra casa. Sobrava muito tempo. Então, propôs uma brincadeira para as crianças, que achou ser inofensiva. Comprou uma porção de doces e guloseimas na cidade, botou tudo num cesto bem bonito com laço de fita e colocou tudo debaixo de uma árvore. Aí ele chamou as crianças e combinou que quando ele dissesse "já!", elas deveriam sair correndo até o cesto, e a que chegasse primeiro ganharia todos os doces que estavam lá dentro. As crianças se posicionaram na linha demarcatória que ele desenhou no chão e esperaram pelo sinal combinado. Quando ele disse "Já!", instantaneamente todas as

crianças se deram as mãos e saíram correndo em direção à árvore com o cesto. Chegando lá, começaram a distribuir os doces entre si e a comerem, felizes. O antropólogo foi ao encontro delas e perguntou por que elas tinham ido todas juntas se uma só poderia ficar com tudo que havia no cesto e, assim, ganhar muito mais doces. Elas simplesmente responderam: - "Ubuntu. Como uma de nós, poderia ficar feliz se todas as outras estivessem tristes?" Ele ficou desconcertado. Meses e meses trabalhando nisso, estudando a tribo, e ainda não havia compreendido, de verdade, a essência daquele povo. Ou jamais teria proposto uma competição, certo? Ubuntu significa: "Sou quem sou, porque somos todos nós!" Na tradução literal da

expressão inteira que é Que a chuva caia de mansinho utilizada por esse povo: em seus campos... Umuntu ngumuntu Que a colheita te recompense, ngabantu Que o tempo te pareça breve, Uma pessoa,só é uma pessoa, E, até que nos encontremos de por causa das outras pessoas. novo, Que Deus lhe guarde na palma Atente para o detalhe: porque de Suas mãos." SOMOS, não pelo que temos.. UBUNTU PARA VOCÊ!

(Prece Irlandesa)

"Que a estrada se abra à sua frente, Que o vento sopre levemente às suas costas, Que o sol brilhe morno e suave em sua face,

Notícias do Leste •

O Mês de agosto foi marcado com a visita oficial do Governador Virgílio e Sua Esposa Adriane. O Governador foi recepcionado pelos três clubes de Divinópolis no Parque de Exposição de Divinópolis no dia 13 de agosto. Dia 14 de agosto o Rotary de Divinópolis Leste foi o responsável pela estada do Governador em Divinópolis e tudo fez para agradar o casal. Começamos o dia com um plantio de árvore no Parque da Ilha, local onde

vários governadores já plantaram uma árvore em Divinópolis. A tarde houve a visita no GEEC no projeto 40 +, a Assembleia do Clube e a noite o encerramento do dia com um jantar festivo. A Casa estava ricamente enfeitada pela AZALEIA, floricultura do nosso Governador Assistente José Lúcio Costa do Rotary de Divinópolis Oeste. O companheiro Elson Penha Silva quebrou o protocolo e falou de fatos pitorescos da vida

do Governador Virgílio. Companheiro Peçanha lançou o desafio aos clubes do Distrito para a doação de todo Rotariano todos os anos. Fizemos a doação ao distrito de U$4300, dólares. E ele quer saber quem vai doar mais? O companheiro Luiz Cláudio recebeu o Título de Companheiro Paul Harris, o que para ele foi uma surpresa, para todos nós foi motivo de alegria por saber dos méritos do companheiro.Parabéns.

O companheiro Virgílio e sua esposa Adriane permaneceram em Divinópolis para a realização do Seminário da Avenida de Serviços a Juventude, que foi realizado na FUNEDI/UEMG. O Evento foi o maior sucesso, com palestras muito interessantes, inclusive sobre o intercâmbio de jovens, Rotaract, RYLA e sobre os vários tipos de Violências e Assédio aos jovens. Este Seminário trouxe aos Rotarianos, Rotaractianos e Interactianos presentes um rico conhecimento. Parabéns.


Página 9 de 14

O Lobão

10 maneiras de sua família servir aos outros Você sente que sua família está sendo puxada em várias direções? Entre trabalho, escola, esportes e outras atividades, pode ser difícil encontrar tempo para simplesmente estarem juntos. Passar um tempo com a família cria unidade. Fazer as refeições juntos, desfrutar de uma noite de jogos em família ou passear são maneiras simples de tornar a sua família mais próxima. Uma das maneiras mais satisfatórias para se unirem é planejar e prestar serviço aos outros. A Organização das Nações Unidas (ONU) e um órgão americano chamado kidshealth.com dizem que o voluntariado faz sentir-se bem, traz satisfação e orgulho, fortalece sua comunidade e, mais importante, fortalece sua família. Aqui estão 10 maneiras como sua família pode servir aos outros. 1. Doar roupas e brinquedos. Escolha um tempo a cada ano e reveja as coisas usadas de seus filhos. Decida quais os brinquedos que não usam mais, e recolha a roupa que já não serve. Embale-os em caixas ou sacos e chame uma instituição de caridade local para buscá-los. 2. Façam uma corrida de serviços. Elaborem uma lista de atividades e pequenos serviços como varrer o chão, tirar o lixo, limpar o carpete, arrancar ervas daninhas, espanar o pó ou varrer a varanda. Em seguida, divida sua família em grupos com um dos pais ou adolescente mais velhos em cada grupo tendo em vista a segurança dos menores. Vão para as casas de seus vizinhos e vejam qual grupo pode completar a sua primeira lista. (Combine antes com os vizinhos para evitar constrangimentos.) 3. Gostosuras assadas para o vizinho. Você pode levar um bolo de chocolate para

alguém que acabou de se mudar para sua rua. Você pode fazer algo divertido ou gostoso para seus vizinhos durante um feriado ou data festiva para fomentar a amizade no seu bairro. Você não precisa de uma razão, simplesmente faça o dobro na próxima vez que você for assar um bolo ou biscoito e escolha alguém próximo para compartilhar. Minha família e eu fazemos biscoitos a cada Natal. Em seguida, vestimo-nos com fantasias ou chapéus natalinos. Visitamos as casas no nosso bairro, cantamos canções e deixamos as guloseimas. Muitas pessoas começaram a aguardar por nossa tradição anual. Quando nos mudamos de lá, alguns dos nossos antigos vizinhos pediram-nos que, por favor, continuássemos a nos lembrar deles. Foi uma ótima maneira de construir boas amizades. 4. Limpar o bairro. Você pode ensinar seus filhos a terem orgulho de seu bairro. Infelizmente, muitas pessoas têm o hábito de jogar lixo nas ruas. Pegue um saco de lixo plástico, suba e desça as ruas próximas coletando restos de comida, sacolas e embalagens jogadas nas ruas. Fale sobre o meio ambiente, e como você está ajudando a cuidar do nosso planeta e dos animais que coexistem conosco. 5. Praticar atos aleatórios de bondade. Uma garotinha estava completando cinco anos de idade. No seu aniversário, ela queria que as pessoas sorrissem. Então, sua mãe comprou uma dúzia de rosas vermelhas, e a menina entregou-as para as pessoas que ela sentia que precisavam de atenção. Os resultados foram muito profundos. Várias pessoas disseram que ela mudou o seu dia, alguns choraram e muitos tiraram fotos. Você pode tornar um hábito

de família a realização de atos aleatórios de bondade. Quando você está fazendo compras e seu filho lhe pede uma guloseima, compre duas para que ele possa compartilhar com alguém. Sorria para as pessoas. O site planeta sustentável lista 52 gentilezas que você pode fazer. Você pode, por exemplo, pagar a refeição de alguém que está atrás de você na fila em uma lanchonete. Dê a vez para alguém na hora de passar no caixa do supermercado. Incentive seus filhos a sentarem-se com alguém que não tem amigos na hora do recreio na escola ou convidar alguém que parece solitário para brincar. Convide pessoas solitárias para sua casa. Ore com sua família por oportunidades de ser gentil, então fique atento para que elas aconteçam. 6. Alimentar os necessitados. Ajude a sua família organizar alimentos enlatados, em seguida, doe-os para uma organização que alimenta pessoas necessitadas. Ofereça-se para ajudar a servir comida para os semteto uma noite. 7. Faça presentes para crianças hospitalizadas. Desfrute um dia de artesanato juntos em família e façam presentes para dar para as crianças que estão internadas. Vocês podem fazer artesanato da natureza para trazer um pouco do mundo exterior até eles. Podem fazer adornos e bijuterias com pérolas e botões. Criar obras de arte para iluminar seu quarto de hospital. Você também pode fazer livros de história de papel, tecido ou EVA, ou brinquedos caseiros para ajudá-los a passar o tempo. 8. Visite idosos. Muitas pessoas que vivem em casas de repouso não têm família próxima ou nunca recebem visitas. Eles gostam de ser visitados pelos jovens. Sua

família pode visitar uma casa de repouso e cantar canções na época do Natal ou fazer uma visita em qualquer época do ano. 9. Adote um avô ou avó. Escolha alguém de sua igreja ou uma casa de repouso, que seja viúvo e não tenha família próxima. Convide-a para sua casa para almoços de domingo e feriados. Envie cartinhas pelo correio. Ofereça-se para ir às compras para ela. Visite-os regularmente. Mas, cuidado, não faça por certo tempo e depois desapareça. O idoso se sentirá novamente abandonado. 10. Doe agasalhos, botas e cobertores para os desabrigados. Quando as Topo: Shai Tamari, Bolsista botas e casacos de inverno de Rotary pela Paz em 2006seus filhos não servirem 08, em um já acampamento mais, coloque-os em uma de refugiados palestinos na Jordânia. Foto cedida pilha especial. Vá até seu por Shai Tamari. Abaixo: armário e encontre cobertores Bolsistas Rotary pela Paz extras que você não usa da University of California, regularmente. Reúna Berkeley. Foto cedidaos itens juntos e doe-os para um por Alejandra Rueda abrigo. Não doe coisas muito Zarate. velhas ou estragadas. Doe o que possa ser usado. Servir aos outros não somente abençoa a vida daqueles a quem servimos. Servir aos outros abençoa sua família, também. Você vai notar quais os membros da família que mostram maior amor e bondade para com os outros. Seus filhos vão aumentar também em autoestima, e vocês poderão desfrutar de uma maior unidade, como uma família. Traduzido e adaptado por Stael Metzger do original 10 ways your family can serve others, de Shelli Proffitt Howells.


Página 10 de 14

O Lobão

EDITAL DO PROCESSO PROCESSO SELETIVO DO INTERCÂMBIO DE JOVENS GUIA DE ORIENTAÇÃO AOS CLUBES E CANDIDATOS CLASSIFICADOS 1-Data: 28 de setembro de 2013 2-Local: Rotary Club de Três Pontas 3-Horário: 08:00 horas 4-Inscrições: As inscrições devem ser postadas impreterivelmente até o dia 20 de setembro de 2013 e deverão ser enviadas para o seguinte endereço: KELLY CHRISTINA DE CASTRO MACEDO AV.CAIO DE BRITO 204,APTO 202. TRÊS PONTAS – MG - 37190-000 Obs.: Não serão aceitas inscrições postadas após 20 de setembro de 2013, nem inscrições entregues em mãos, com exceção das inscrições entregues pessoalmente a Kelly Christina de Castro Macedo impreterivelmente até o dia 20 de setembro de 2013, em envelope fechado. O Clube deverá fazer um processo único com todas as inscrições dos seus candidatos e enviar ao endereço acima, atendendo às exigências do item 05 (abaixo). O Club deverá estar em dia com a percapita distrital e do Rotary International e deve ser certificado pelo D.4560 para indicar candidatos para a seleção, bem como deverá estar com sua certificação em vigência quando seu candidato selecionado realizar seu intercâmbio. O preenchimento do “Application form” deverá ser posterior à prova de seleção distrital. Application form deve ser atualizada, completa, em 3 vias, preenchidas por computador contendo todas as assinaturas e fotos solicitadas, atestados médicos e odontológicos, histórico escolar e cópia do passaporte. 5- Todo clube que indicar seu candidato para a seleção do Programa de Intercâmbio de Jovens do D.4560 em 2013 deverá remeter, junto com a documentação dos candidatos*, o comprovante do clube sobre a situação com relação à percapita distrital 2012, cópia da carta constitutiva do clube ou ata de fundação, cópia do CNPJ do clube, e relação do(s) candidato(s) do clube com assinatura do Presidente e do oficial de Intercâmbio do clube. *Inscrições atualizadas emitidas em 2 vias e preenchidas por computador contendo todas as assinaturas e fotos solicitadas. Termos de compromissos do candidato, da família anfitriã e do clube. Uma via deve ficar retida com o clube e a outra enviada para o endereço acima mencionado. 6- O candidato deverá obrigatoriamente indicar duas famílias potencialmente hospedeiras a serem relacionadas no termo de compromisso da família, contendo os nomes dos casais, endereços, emails, telefones e assinaturas reconhecidas de cada casal hospedeiro. Fica obrigatório à família do candidato ser uma família hospedeira. Cabe à família do candidato, assegurar hospedagem, aprovada pelo clube patrocinador, ao estudante estrangeiro em sua cidade, independente de gênero, idade ou procedência; através da indicação de famílias hospedeiras para todo o período em que estiver no Distrito 4560, especialmente se esse período for concomitante com o intercâmbio do candidato selecionado, sob pena de o intercambista brasileiro no exterior (outbound student) ter seu

intercâmbio em andamento interrompido por não atendimento a compromisso assumido com o clube patrocinador. Além das duas famílias indicadas em caráter obrigatório, é aconselhada a indicação de uma ou mais famílias hospedeiras, na condição de suplentes, com as assinaturas autenticadas. Caso não haja necessidade de hospedagem no ano em que o estudante estiver em seu intercâmbio no exterior, ficam os nomes de reserva, caso haja necessidade de hospedagem para os estudantes estrangeiros inclusive no primeiro ano rotário (com inicio em julho) do rebound student (denominação para o estudante quando termina seu intercâmbio). 7- Só poderá indicar candidato à seleção o clube que tiver participado da reunião de certificação do PIIJ do Distrito 4560. 8- Todo clube certificado é potencialmente clube hospedeiro e poderá vir a ser solicitado a hospedar intercambista estrangeiro (inbound student)* *o clube que desejar hospedar estudante estrangeiro deverá manifestar seu interesse a chairman, por meio eletrônico, assim que forem divulgados os resultados da seleção do ano 2013. Em caso de haver mais clubes interessados em hospedar estudantes estrangeiros de que necessidade real de hospedagem, a preferência será dada ao(s) clube(s) que tenha(m) candidato selecionado ou que tenha(m) apresentado candidato na seleção do ano 2013. 9- O clube que optar por fazer um pré-seleção deverá adequar-se aos critérios do PIIJ do Distrito 4560. A divulgação da pré-seleção deverá ser publica através de meios de comunicação. O clube deverá elaborar um edital para a pré-seleção nos moldes do edital para a seleção distrital deixando claros seus critérios e quem serão os avaliadores. Deverá ser redigida uma ata com nomes e assinaturas de todos os participantes da pré-seleção e, em folha anexa, deverá ser discriminado o desempenho de cada candidato. TAXAS: 11- Taxa de inscrição para a seleção de intercâmbio de longa e curta duração é de R$200,00 ( duzentos reais) A conta para o depósito da taxa de inscrição é: Banco do Brasil S.A. Agência: 0364-6 Conta- corrente: 74.549-9 Rotary International – Distrito 4560– Governadoria CNPJ (MF): 01.285.871/0001-61 *a taxa de inscrição não será devolvida se , por qualquer motivo, mesmo que o candidato não efetivar sua participação na seleção. A cópia do recibo de depósito bancário referente à taxa de inscrição deverá ser remetida juntamente com a documentação de inscrição de cada candidato. 12- O candidato deverá se responsabilizar pelo depósito dos valores mencionados nos itens números 12 e 13, para receber o Guarantee Form, a- Intercâmbio de curta duração: R$ 1.000,00 (um mil reais) b- Intercâmbio de longa duração: R$ 3000,00(três mil reais) Obs.: Quando estiver em vias de receber seu “Guarantee


Página 11 de 14 Form”, o candidato selecionado deverá depositar na conta bancária mencionada no item 11, o valor referente à taxa de confirmação a ser paga ao Distrito. Não cabem devoluções, caso o intercâmbio venha a ser cancelado após o pagamento da referida taxa. 13- Taxa referente à mesada paga ao intercambista estrangeiro equivalente a R$ 1.500,00(um mil e quinhentos reais), deve ser paga ao Oficial de Intercâmbio do clube patrocinador, em 5(cinco) parcelas de R$300,00 (trezentos reais), preferencialmente com 5 (cinco) cheques pré-datados. a- Candidato a intercâmbio de curta duração selecionado fica isento de pagamento da taxa prevista no item 13. b- A taxa referente ao item 13 deve ser negociada com o Oficial de Intercâmbio do clube patrocinador antes da partida do candidato ao exterior. Caso o clube não hospede estudante estrangeiro, a taxa do item 13 deve ser repassada ao Comitê Distrital do PIIJ. 14- Idade do candidato: a- Intercâmbio de curta duração: 15 a 17 anos b- Intercâmbio de longa duração: 15 a 17 anos Obs.: Não há limite para participações dos candidatos em seleções nem para o número de intercâmbios a serem realizados, desde que o candidato esteja dentro da faixa etária estipulada na ocasião de sua participação no processo seletivo e seja indicado por um clube de Rotary certificado pelo Distrito 4560. 15- Banca de Seleção: A banca de seleção será constituída por: Virgilio Augusto Resende Bandeira - Governador 2013-14; Adriane C. Barbosa Bandeira - Coordenadora das ASR D.4560; Kelly Christina Duarte de Castro Macedo - Chairman D.4560; Marcelo Garcia Macedo - Governador Assistente Área 3; Marco Antônio Amâncio - Treinamento de oficiais de intercâmbio. Além dos rotarianos citados acima, poderão auxiliar a banca de seleção professor(es) e psicólogos rotarianos e/ou não rotarianos convidados pelo Comitê Distrital do PIIJ do Distrito 4560. O Comitê Distrital do PIIJ do Distrito 4560 tem autonomia para convocar para a banca de seleção rotarianos e/ou nãorotarianos não nomeados na lista acima, caso isso se faça necessário. O Comitê tem também autonomia para determinar a função a ser desempenhada na seleção pelos membros da banca. 16- A prova de seleção constará do que segue: a- Prova escrita que envolve conhecimentos sobre o Rotary e o Programa de Intercâmbio de Jovens. b- Prova escrita que envolve conhecimentos sobre História, Geografia e Atualidades, tanto do Brasil quanto do Mundo. c- Prova escrita de Língua Inglesa. Nível de exigência: préintermediário.

O Lobão e- Teste psicológico, em caráter não eliminatório, aplicado a todos os candidatos. 17- Classificação: a- São considerados classificados todos os candidatos que obtiverem notas maiores que 1(um) nas provas e na redação. Sempre que surgir vaga, essa será oferecida simultaneamente a todos os candidatos classificados, tendo preferência o candidato que obtiver melhor classificação entre os candidatos que manifestarem aceitação por a referida vaga. O candidato que aceitar a vaga será denominado candidato selecionado. b- Será respeitada a ordem de classificação para o preenchimento de vagas disponíveis, bem como o perfil de candidato exigido pelo país anfitrião. Em hipótese alguma o Distrito 4560 questionará as exigências do país anfitrião no que diz respeito ao perfil desejado de intercambista, seja por questões de gênero ou idade. Sempre que surgir vaga, será enviado o formulário do candidato do perfil solicitado e melhor classificado na seleção, em ordem decrescente (do melhor ao pior classificado), desde que o referido candidato manifeste interesse em preencher a vaga ofertada. As vagas disponíveis que não forem aceitasoupreenchidas por candidatos classificados, passam a serem denominadas vagas excedentes. Sempre que forem ofertadas vagas, juntamente com os candidatos classificados, serão informados os membros do Comitê Distrital do PIIJ do Distrito 4560. No período vigente entre 28 de setembro de 2013 até a data da próxima seleção distrital, todos os candidatos classificados receberão por meio eletrônico a oferta de todas as vagas que forem sendo abertas no exterior pelo Comitê Distrital do PIIJ do Distrito 4560, devendo manifestar-se, também por meio eletrônico, se as aceitam ou não até a data indicada pela Chairman do PIIJ do Distrito 4560 em sua comunicação oficial de abertura de vagas, prazo este nunca inferior a (07) sete dias. No caso de não haver resposta em relação à vaga ofertada até a data estipulada na comunicação de abertura de vagas por meio eletrônico, enviada a todos os candidatos classificados e Comitê Distrital do PIIJ do Distrito 4560, tal procedimento será interpretado como desinteresse pela vaga, perdendo o candidato qualquer direito de reivindicação em relação à vaga, independentemente de sua classificação e adequação ao perfil solicitado. Será enviada a aplicação do candidato melhor classificado no perfil exigido pelo País anfitrião, que tenha manifestado interesse por essa determinada vaga aberta no exterior no prazo estipulado. Uma vez aceita uma determinada vaga por um candidato e tendo sido enviada a sua documentação ao exterior, essa decisão é definitiva, não podendo em hipótese alguma o candidato trocar a vaga aceita por outra surgida após sua definição. c- O candidato classificado que apresentar conduta inadequada após a seleção ou que demonstre não ser digno de ser embaixador de seu País no exterior, fica impedido de participar do intercâmbio apesar de sua classificação.

d- Redação em Português. O candidato somente terá garantia de vaga no momento em


Página 12 de 14

O Lobão

que receber sua documentação do exterior (Guarantee Form) e que tiver o aval do Comitê Distrital do PIIJ para participar do intercâmbio. Portanto, o processo seletivo se estende desde o dia da prova(28 de setembro de 2013) até o momento da efetiva confirmação da participação no intercâmbio. O Comitê Distrital do PIIJ do Distrito 4560 tem autonomia para desclassificar jovens que demonstrarem comportamento não compatível com o perfil de um intercambista rotário, conforme previsto nas aplicações e nas diretrizes do Rotary Internacional, amplamente divulgadas na internet e que devem ser de conhecimento tanto dos clubes patrocinadores quanto dos candidatos. Candidatos classificados na seleção também poderão ser desligados do programa por solicitação do clube patrocinador, mediante solicitação por escrito ao Comitê Distrital do PIIJ do Distrito 4560. d- O candidato selecionado que desista da vaga após a comunicação oficial aos demais classificados e aos membros do Comitê Distrital do PIIJ do Distrito 4560, passa para o último lugar da lista de classificação na mesma categoria de intercâmbio para a qual foi classificado, desde que seu formulário ainda não tenha sido enviado ao país anfitrião. Se houver desistência da vaga após o envio do formulário ao País anfitrião, o candidato selecionado fica automaticamente desclassificado. Fica vedada a mudança de categoria de intercâmbio após a divulgação dos resultados oficiais da seleção ( de intercâmbio de longa para o de curta e viceversa).

Presidente e pelo Oficial de Intercâmbio do clube patrocinador. As três vias devem ser rubricadas em todas as páginas por todas as pessoas que o assinam e uma cópia deste edital deve ser anexada à documentação de inscrição. O estudante retém uma cópia para si e entrega uma cópia ao Presidente do clube patrocinador. 20- O candidato deve emitir duas cópias da ficha de inscrição, termos de compromisso do candidato, da família anfitriã e do clube patrocinador, as quais devem estar devidamente datadas, rubricadas e assinadas com tinta azul. Uma cópia deve ficar retida no clube patrocinador e a outra deve ser enviada a chairman do Distrito 4560, Kelly Christina Duarte de Castro Macedo. 21- O não envio deste edital devidamente assinado junto com a ficha de inscrição torna sem efeito a inscrição do candidato e implica sua desclassificação imediata. 22- Todos os casos não referidos ou citados neste edital serão analisados pelo Comitê Distrital do PIIJ do Distrito 4560. 23- As decisões da banca de seleção e do Comitê Distrital do PIIJ do Distrito 4560 são soberanas e não cabem recursos. Três Pontas (MG), 20 de julho de 2013. KELLY CHRISTINA DE CASTRO MACEDO Presidente da Subcomissão de Intercâmbio de Jovens do Distrito 4560 Aprovado por VIRGILIO AUGUSTO RESENDE BANDEIRA Governador 2013-14 – Distrito 4560

e- O candidato classificado fica obrigado a participar das reuniões de treinamento em datas e locas a serem previamente indicados. A

ATENÇÃO Este processo Seletivo é para os candidatos selecionados previamente pelo Rotary de Divinópolis Leste. Favor entrar em contato com o companheiro Júnio Lopes de Oliveira (Oficial de Intercâmbio) ou Ana Maria Henriques Horta Ribeiro na quarta-feira às 19:30 horas na Av. Antônio Olímpio de Morais 1970- Bairro Santa Clara ou pelos email para futuro encontro. jfadom@yahoo.com.br e ou hortaribeiro@gmail.com

não participação em tais reuniões implica desclassificação do candidato. f- Poderá ser desclassificado o candidato cuja família apresentar conduta desrespeitosa e ofensiva ao programa, com a Instituição Rotary Internacional ou com os rotarianos envolvidos no programa, bem como apresentar comportamento inadequado para receber um intercambista. Poderá ser desligado do programa candidato classificado cuja família não atender aos compromissos assumidos com o clube patrocinador. g- Também poderá ser desligado do programa o clube certificado que não atender às exigências distritais do programa, uma vez que o descumprimento dessas regras pode colocar em risco a renovação da certificação distrital pelo Rotary Internacional. 18- Divulgação dos resultados Os resultados serão divulgados assim que forem computadas todas as notas dos candidatos, respeitando-se o prazo máximo de 20 dias úteis, a contar do dia da seleção. As comunicações oficiais do Comitê Distrital do PIIJ do Distrito 4560 com os candidatos sobre abertura e preenchimento de vagas serão públicas, por meio eletrônico. 19- O presente edital deve ser emitido em três vias, as quais devem ser assinadas pelo candidato e por seus familiares, pelo


Página 13 de 14

O Lobão

Inquietações de Um Jovem (Rotariano) • Não sei quem sou, nem para onde vou. Não sei se fico ou se me despacho. • Por favor, não me instruam, não me ensinem, nem me mostrem regras. Eu preciso me situar, conhecer terrenos,, conhecer pessoas. • Não me venham com lições, nem regulamentos. Estou cheio de teorias. Quero ver as coisas de forma prática, simples e objetivas. • Quero ser contaminado pelo entusiasmo. O entusiasmo é que faz as coisas boas acontecerem. • Ensinem-me a sentir o encantamento pelas pequenas descobertas. • Eu não quero receber respostas prontas, nem frases feitas. Quero apenas que me revelem as questões. • Acolham de boa vontade as minhas dúvidas e inquietações. • Mostrem-me primeiro os pontos fracos. Depois os pontos fortes. • Não me digam o que esperam de mim. Digam o que vocês podem fazer por mim. • Ensinem-me a enriquecer e desenvolver a vida em mim, nas pessoas e na natureza. • Façam-me entrar na vida de forma ardente, com mais paixão. • Ajudem-me a respeitar e louvar a vida como ela deve ser. • Capacitem-me a trocar, compartilhar, dialogar. • Ensinem-me as possibilidades da mútua colaboração, da solidariedade, da doação. • Não tragam apenas suas habilidades,

• Não venham com seus títulos, nem com sua experiência. • Mostrem-me a sua fome de ser e de fazer. • Acolham as minhas contradições e as minhas buscas. • Mostrem-me como encontrar o meu melhor. • Ensinem-me a olhar, a explorar, a tocar. • Revelem-me o gosto pelo engajamento voluntário, pelo comprometimento, pela cumplicidade. • Despertem em mim a discernimento e criatividade para delimitar deveres e ações. • Ensinem-me a me reencontrar com o mundo. • Mostrem-me como enxergar por trás das vaidades e aparências. • Não tragam apenas fragmentos de verdade nem incoerências.

Alberto Bittencourt

• Despertem em mim a conquista dos valores e sentimentos mais nobres. • Acolham com bondade minhas falhas, meus desacertos, meus desajustes. • Ensinem-me a estar preparado para agir, a tomar iniciativas. • Preciso de sua atenção e de sua urgência. Um minuto perdido, é um minuto que não volta mais.

Título de Paul Harris O companheiro Luiz Cláudio Guimarães de Andrade, recebeu do Rotary de Divinópolis Leste o Título de companheiro Paul Harris pelos brilhantes serviços que desempenhou no ano rotário 2012/2013, durante sua presidência junto ao Leste. Luiz Cláudio, vem informatizando o Club, fez vários trabalhos atendendo a entidades como o Instituto Helena Antipoff e também o Orfanato Homem de Nazaré, criou a atividade Cosme e Damião, onde cada companheiro é responsável por outro companheiro além de vários outras atividades. Ao companheiro Luiz Cláudio o Rotary tira o chapéu com muito orgulho.

Luiz Cláudio, Valéria sua esposa e Paulinha sua filha trabalharam juntos, deixando nosso Rotary mais ativo. Aos três nossos parabéns, pois a família trabalhou unida: Rotary, Casa da Amizade e Rotary Kids. * Momento do Dia dos Pais especial com Gabriel e Lucas. * Preparação para a entrada no salão com balões e o bolo. * Muita alegria, muita emoção e surpresa.


Página 14 de 14

O Lobão

Fotos do Mês de Agosto que falam do Rotary de Divinópolis Leste

Durante a Visita do Governador Virgílio e sua esposa Adriane, eles foram recepcionados na chegada pelos companheiros do Leste. Houve entrevista na TV Candidés. O Governador recebeu uma doação de US$ 4300, doados pelos companheiros.e Adriane recebeu uma agradável visita (Rafael), de quem será esta coisinha mais fofa em Lúcia Helena? Os Casais Virgílio e Adriane, Celma e Bechelaine em momento Rotário


Boletim o lobão nº 02 agosto 2013