Page 1

roraimaemtempo.com.br ANO 5 • Nº 1386

PRODUÇÃO INDUSTRIAL REGISTROU A 3ª ALTA SEGUIDA E CRESCEU 0,8% EM OUTUBRO

TÚMULOS DE CEMITÉRIO JUDEU SÃO PICHADOS COM SÍMBOLOS DA SUÁSTICA NA FRANÇA

Economia A6

Mundo A7

A NOTÍCIA QUE INTERESSA

BOA VISTA, QUINTAFEIRA, 5 DE DEZEMBRO DE 2019

Morte de empresária pode ter sido encomendada, aponta investigação FOTOS DIVULGAÇÃO

POLÍCIA CUMPRIU MANDADO DE BUSCA E APREENSÃO NA CASA DA AMIGA DA VÍTIMA E ENCONTROU A BOLSA LEVADA NO DIA DO CRIME A Polícia Civil cumpriu mandado de busca e apreensão na casa de uma amiga da servidora pública e empresária, Joicilene Camilo dos Reis, encontrada morta na última segunda-feira (2). Na residência da amiga, foi localizada a bolsa pessoal da vítima. De acordo com a instituição, familiares, amigos e funcionários de Joicilene estão sendo ouvidos na Delegacia de Rorainópolis, município onde ocorreu o crime. Conhecida como “Joice Camilo”, a empresária foi encontrada durante a manhã amarrada com um fio elétrico. Ela foi morta por asfixia, segundo a polícia. POLÍCIA A9

INVESTIGAÇÕES INDICAM QUE A MORTE FOI ENCOMENDADA E A VÍTIMA ESTARIA COM APROXIMADAMENTE R$ 50 MIL EM CASA

DEZEMBRO LARANJA

RR registra mais de 220 casos de câncer de pele Um dos tipos de câncer mais comuns no país, o de pele, causa cerca de 180 mil novos casos por ano, segundo dados do Instituto Nacional de Câncer (Inca). Em Roraima, nos últimos dois anos, 229 casos da doença foram registrados. ÚL TIMAS NOTÍCIAS A2

NOS ÚLTIMOS 10 ANOS

Exportações têm crescimento de 700% em Roraima ÚLTIMAS NOTÍCIAS A2

roraimaemtempo.com

DENÚNCIAS 99144 8656

Economista orienta a usar 13º salário e se planejar para o próximo ano LOCAIS A4

ALCOOLIZADO

Motorista é preso em flagrante após bater em motocicleta e fugir do local Um pedreiro de 55 anos foi preso no final da tarde de terça-feira (3), em Boa Vista, depois de se envolver em um acidente de trânsito e deixar gravemente ferido um vigilante

ACESSE NOSSO PORTAL

DICAS IMPORTANTES

de 38 anos que andava de motocicleta. O acidente ocorreu por volta das 15h30 na Avenida Estrela D’alva, no bairro Raiar do Sol, zona Oeste da cidade. José Evandro Pereira da

Anúncios, Assinaturas e Assinantes, Atendimento ao leitor.

FALE COM A GENTE: 95 99144-8656

Silva conduzia uma picape Saveiro vermelha. Depois de bater na motocicleta ele não parou para auxiliar no socorro à vítima e fugiu do local. PO LÍCIA A9

TEMPO EM RORAIMA

32º 24º

Chuva: 60% Umidade: 81% a 51% Vento: 5km/h Sol: 05:46h / 17:47h

FONTE: CLIMATEMPO


A2

Últimas Notícias

Boa Vista, quinta-feira, 5 de dezembro de 2019

DEZEMBRO LARANJA

Roraima registra mais de 220 casos de câncer de pele nos últimos dois anos Câncer mais comum no mundo está associado à exposição direta de raios solares e atinge mais pessoas com pele clara Divulgação

ANA PAULA LIMA E YARA WALKER

sível também avaliar manchas e sinais na pele pela chamada ‘Regra ABCDE’. A letra ‘A’ representa a assimetria do sinal, em caso assimétrico, é maligno. Já o ‘B’ é para identificação das bordas, que devem estar regulares. O ‘C’ significa cor, se apesentar dois tons ou mais, representa maligno. ‘D’, para dimensão, em caso de inferioridade de 6 milímetros, possivelmente é benigno. E por fim, ‘E’ com a evolução, se há mudança de tamanho, forma e cor, é aconselhável procurar um especialista.

jornalismo@roraimaemtempo.com.br

Um dos tipos de câncer mais comuns no país, o de pele, causa cerca de 180 mil novos casos por ano, segundo dados do Instituto Nacional de Câncer (Inca). Em Roraima, nos últimos dois anos, 229 casos da doença foram registrados pela Unidade de Alta Complexidade em Oncologia

CAUSA Principal causa para a doença é a exposição demasiada a raios solares, intensificadas pela falta do uso do protetor solar em Roraima (Unacon-RR). Em números exatos, o ano de 2017 contabilizou 86 diagnósticos da doença. No ano seguinte, o número chegou a 83. Já neste ano, até setembro, foram 60 casos. Com alta incidência, o câncer de pele representa cerca de 30% de todos os tumores malignos no Brasil, tendo os homens como público mais afetado: 85,1 mil diagnósticos contra os 80,1 mil casos de mulheres somente no ano passado. A principal causa para a doença é a exposição demasiada a raios solares, intensificadas pela falta do uso do protetor solar. Histórico familiar e ter a pele clara ou ser albino também são fatores para o surgimento do câncer de pele. Há duas classifi-

Especialistas recomendam o uso de protetor solar e evitar pegar sol entre 10h e 16h

cações para a doença, sendo o não melanoma e o melanoma (menos comum). “O câncer de pele é um dos mais comuns no mundo. Tem dois tipos: um fica só na base celular, e o outro na espinocelular. São as duas variantes histológicas. O não melanoma é [geralmente] causado pela exposição solar. Nossas estatísticas de casos, em Roraima, têm se mantido igual.

Acredito que até o fim do ano o número seja a mesma média dos últimos anos”, explicou o diretor da Unacon, Anderson Dalla Benetta. Segundo o especialista, a principal forma de prevenção é evitar a exposição solar entre 10h e 16h, além de enfatizar o uso de proteção. Roraima, onde as pessoas estão mais próximas à Linha do Equador e recebem raios mais intensos,

precisam ter atenção redobrada. “O ideal é que todo mundo utilize protetor diariamente com fator de 30 para cima, abaixo disso não tem boa eficácia para prevenir a pele da radiação”, complementou. SINTOMAS O câncer de pele tem sintomas variantes, com alguns deles apresentando feridas que não cicatrizam há mais de duas

semanas ou aumentando de tamanho, assim como nódulos que também demonstram crescimento. “A orientação é procurar uma unidade de saúde mais próxima para fazer a avaliação inicial. Se tiver o diagnóstico, será encaminhado dentro da rede para ser avaliado por algum especialista”, disse o médico. De acordo com os profissionais de dermatologia, é pos-

TRATAMENTO Se identificado precocemente, as chances de cura são maiores. Mesmo sendo o mais frequente, o câncer de pele tem as taxas de mortalidade menores, com apenas 1,9 mil mortes registradas em 2018. O tratamento é feito através de procedimento cirúrgico para remoção da lesão. “O problema do câncer de pele é que as pessoas ficaram relapsas consigo mesmas, vê que a mancha está aumentando de tamanho e deixa. Quando busca o tratamento quando está pequeno, é fácil e a cirurgia é simples. Difícil quando deixa uma lesão muito grande e se torna mais complexo”, justificou Benetta. DEZEMBRO LARANJA Desde 2014, o mês se tornou referência para ações de conscientização e prevenção da doença. Ainda entre as medias que podem ser tomadas, é possível evitar o câncer com uso de roupas, bonés, óculos escuros com proteção UV e também usar filtro solar próprio para os lábios.

Exportações têm crescimento de 700% em dez anos em Roraima BRYAN ARAÚJO

jornalismo@roraimaemtempo.com.br

Dados do Ministério da Economia, Indústria, Comércio Exterior e Serviços (Mdic) revelam crescimento de 700% nas exportações em Roraima nos últimos dez anos. Conforme os números, o valor exportado entre janeiro e outubro deste ano, representa um aumento de US$ 88,14 milhões em comparação com 2009. Segundo os dados, Roraima exportou mais de US$ 100 milhões até outubro deste ano, maior valor desde o início da série histórica em 1997. Em 2009, o Estado havia exportado pouco mais de US$ 12 milhões. O Estado já exportou mais de US$ 265,8 milhões nos últimos dez anos. Para o economista e professor Dorcílio Erik, o aumento no valor exportado em dez anos, apesar de positivo, pode ser considerado mediano, quando comparado ao resultado de outros Estados. “O resultado não é ruim, mas também é muito modesto. Ainda estamos na casa de milhões e quando você olha os dados de outros estados eles já estão na casa de bilhões”, analisou. O crescimento nas exportações em Roraima foi sentido em todas as categorias, com principal destaque para os produtos classificados como básicos - aqueles que não têm tecnologia envolvida, como mi-

Arquivo/ Roraima em Tempo

nerais, frutas, grãos e carnes. O setor registrou um crescimento de US$ 34,56 milhões no valor exportado, elevação percentual de 1288%. Neste ano, a soja foi um dos produtos básicos mais exportados pelo Estado, correspondendo a 24% de total de produtos exportados nos dez meses de 2019, acumulando o valor de US$ 24,45 milhões. “Esse aumento do nosso volume ocorre, principalmente, pela produção de soja aqui em Roraima que teve investimento do setor primário para que o Estado se tornasse produtor e exportador de soja em grãos”, afirmou. Produtos manufaturados também registraram crescimento comparável ao dos produtos básicos, com aumento percentual de 1216% na comparação com o ano de 2009. Em dez anos, o valor exportado apresentou alta de US$ 35,8 milhões. Manufaturados são produtos fabricados em grande quantidade e de forma padronizada. Entre os produtos estão automóveis, açúcar refinado, autopeças, motores para veículos e óleos combustíveis. Dorcílio explicou que os números poderiam ser melhores, caso o Estado não tivesse reduzido a produção e exportação de madeira. “Foram reduzidos números que eram carros chefes das exportações roraimenses, já que tivemos o aumento da fis-

dez anos. O valor importado caiu US$ 3,16 milhões entre 2009 e 2019. Dorcílio Erik esclareceu que uma redução das importações não é exatamente um indicador positivo para a economia. “Você também pode entender que na análise houve diminuição da produção, já que esses produtos importados servem para agregar valor a algum bem que está sendo produzido aqui [Roraima]. Consequentemente, a queda das importações significa que houve uma redução no fluxo tanto da indústria quanto do comercio”, explicou.

Estado exportou US$ 88,14 milhões a mais este ano em comparação com 2009

calização e da emissão de certidões ambientais para os produtores”, indicou. Com o menor crescimento, produtos semimanufaturados registraram alta de até 360% em outubro de 2019, na comparação com o ano de 2009. A alta foi de US$ 19,58 milhões nas exportações desse tipo de produto. Semimanufaturados são os produtos em parte industrializados e que ainda precisam passar por outras fases de processamento. Ouro em formas semimanufaturadas da categoria mais

exportado neste ano, representando 22% das exportações até outubro, somando US$ 22,12 milhões. O produto só passou a vigorar na lista de exportações este ano. IMPORTAÇÕES De acordo com os números, o Estado apresentou recuo de 29% nos produtos importados, o equivalente a US$ 2,96 milhões no valor das importações nos últimos dez anos. Em 2009, Roraima importou mais de US$ 10,17 milhões, maior valor da série histórica. Enquan-

to que até outubro deste ano, apenas US$ 7,21 milhões foram importados. Conforme a pesquisa, produtos básicos foram os principais responsáveis pela redução das importações. A categoria registrou um recuo de 74,9% dos produtos importados em 2019, na comparação com o ano de 2019. O valor importado sofreu uma queda de US$ 95,5 mil entre os anos. A redução foi menor em relação aos produtos manufaturados, que sofreram um recuo de apenas 31,4% nos últimos

BALANÇA COMERCIAL O crescimento das exportações em relação às importações nos últimos dez anos é responsável pelo aumento de mais de US$ 91,16 milhões. Em 2009, o saldo registrado foi de apenas de US$ 2,4 milhões. Já este ano, o superávit soma US$ 93,56 milhões, maior valor da série histórica. Ainda de acordo com o especialista, o superávit não deixa de ser um sinal positivo para a economia roraimense. “Em tese, ficou mais dinheiro no Estado com as exportações do que com as importações. Quando há um superávit, quando há um saldo positivo, isso é um bom reflexo para a economia. Não quer dizer que seja um indicador pleno, mas é um bom sinal”, concluiu.


Opinião A3

Boa Vista, quinta-feira, 5 de dezembro de 2019

Roraima Alerta PREOCUPAÇÃO As últimas notícias sobre as medidas adotadas pelo Governo Federal para conter os gastos públicos estão causando muita preocupação em que aguarda pelo enquadramento. Existem duas propostas que tramitam no Congresso Nacional podem afetar diretamente o direito de quem ajudou a construir Roraima. Uma é a PEC 48/19, de autoria do próprio Governo Federal para alterar as regras de ouro. O texto define uma série de gatilhos legais que podem ser acionados caso exista déficit nas contas públicas, como por exemplo, a redução de salários e da jornada de trabalho. Nesta semana, o texto foi aprovado na Comissão de Constituição e Justiça da Câmara dos Deputados. LEI 64/19 Diferente de uma PEC que altera a Constituição e por isso, precisa passar por uma criteriosa avaliação tanto da Câmara quanto do Senado, existe ainda o projeto de lei 64/19 que praticamente coloca a responsabilidade pelo déficit nas contas dos Estados, Municípios e até da União, nas costas dos servidores públicos. Essa lei foi relatada por um senador de Roraima, Mecias de Jesus (Republicanos). Ele poderia ter barrado o projeto, mas optou por dar seu parecer favorável à aprovação da proposta. ABSURDO Para muitos roraimenses, a decisão de Mecias foi considerada absurda. O projeto de Lei 64/19, tem chances de ser aprovado muito mais rápido que a PEC do Governo Federal. No texto, ficam previstos que as administrações públicas podem suspender pagamentos de benefícios tais como progressões e promoções, além de reajustes salariais e até a contratação de novos servidores, é esse o ponto que afeta diretamente o enquadramento. Mesmo conhecedor da história de Roraima, de que a economia do Estado depende do funcionalismo públicos e de que muitos dos seus eleitores são servidores, Mecias é favorável à proposta. Algo bem

estranho mesmo. ENTENDA A lei 64/19 diz que em caso de déficit dos Estados, Municípios e da própria União, esses mecanismos de contenção de gastos poderão ser aplicados. Para Roraima, a previsão oficial feita pelo Governo do Estado não é nada positiva. Estima-se que para o ano que vem, o déficit seja de R$ 600 milhões e a conta deve seguir no vermelho pelos próximos três anos seguintes. Assim, com a lei aprovada, seriam três anos sem nenhum direito pago aos servidores públicos e sem ninguém do enquadramento incluído em folha. O senador Mecias foi a favor dessa proposta. LARGADOS A sensação que os roraimenses têm é de que estão largados à própria sorte. A euforia da campanha eleitoral abriu espaço para o arrependimento do voto dado. Quem esperava que o presidente Jair Bolsonaro (sem Partido) ia priorizar o Estado, se enganou. Quem achou que a presença de Mecias no palanque do governador Antonio Denarium (PSL), abria portas para o parlamentar em Brasília, também se enganou. Até o momento, Mecias não conseguiu articular nada em benefício do Estado, nem a regularização fundiária que era sua prioridade e nem a obra do Linhão de Tucuruí que ele anunciou que seria retomada em julho deste ano. Por enquanto, Mecias segue apático e pelo visto, votando projetos que não trazem

nenhum benefício para Roraima. “TÔ FORA” De Telmário Mota (PROS), não dá pra esperar nada mesmo. O senador que já protagonizou cenas bizarras no Senado Federal, expondo Roraima ao ridículo, tem sua opinião formada e manifesta sobre o enquadramento. Ele já disse em alto e bom tom de grosseria que “Tô fora disso. Vão todo mundo para a puta que o pariu”. A Coluna pede desculpas pelo palavrão, mas essa é a transcrição real do áudio enviado pelo senador nibiruense a um de seus eleitores que estava buscando informações sobre o enquadramento. Telmário nem lembra que representa o povo de Roraima e que ao falar que não quer saber mais desse assunto, está negligenciando o sonho de mais de 10 mil famílias e a própria economia de Roraima. CHICO VIAJANTE Chico Rodrigues (DEM) por sua vez, está sendo considerado como a maior decepção de Roraima. Ele que assumiu uma das vice-lideranças do Governo no Senado e tem relação direta com o presidente Bolsonaro simplesmente sumiu. Não resolveu Tucuruí, não ajudou os madeireiros, não liberou o garimpo em Roraima e não fala nada sobre o enquadramento. Na verdade, por sua linha ideológica de apoio ao presidente, com certeza irá votar pela aprovação da PEC apresentada pelo Ministro Paulo Guedes, sem nem ao menos considerar os dados que ela causa ao Estado. Os roraimenses estão mesmo desamparados.

Questão de Opinião

A Charge

As catástrofes ambientais e a falta de bom senso PLINIO VICENTE*

ACERTOU

ERROU DIVULGAÇÃO

DIVULGAÇÃO

O Programa Família que Acolhe (FQA) da Prefeitura de Boa Vista, mais uma vez se destaca nacionalmente. A iniciativa conquistou o segundo lugar na categoria Governo, do Prêmio de Boas Práticas para a Primeira Infância, do Conselho Nacional de Justiça (CNJ). A premiação aconteceu na última terça-feira (3), durante o Seminário do Pacto Nacional pela Primeira Infância da Região Sudeste, em São Paulo.

O senador de Roraima, Mecias de Jesus (Republicanos), foi o relator do projeto de lei 64/19, e deu parecer favorável à sua aprovação. O projeto afeta diretamente os servidores públicos, pois possibilita que as administrações possam suspender o pagamento de benefícios como progressões e promoções, reajustes salariais e até a novas contratações. Além disso, afeta diretamente o enquadramento, o que irá prejudicar e muito os servidores públicos de Roraima.

As catástrofes ambientais que atingem as mais diferentes regiões do planeta Terra, como, por exemplo, erupção vulcânica na Guatemala e em outros países mundo afora, terremotos com tsunami na Indonésia, tufões nas Filipinas, cujas ilhas acabam de ser atingidas pelo Kammuri, além de no Japão, China e outros países do Pacífico, furacões nos EUA, México e Caribe e até tornado no sul do Brasil, não são eventos isolados. Todos estão, sim, concatenados numa sequência de fatores que ultrapassam o fenômeno do efeito-estufa e repercutem em terríveis mudanças climáticas localizadas, produzindo catástrofes ambientais imprevisíveis e sem precedentes. Aliás, o efeito-estufa é um fenômeno natural e necessário para manter a vida e uma temperatura segura no planeta Terra, incluindo gases em quantidades ideais como o CO2, metano, óxidos de azoto, ozônio, entre outros presentes na atmosfera. Entretanto, o problema urgente é o aumento descontrolado do dióxido de carbono (CO2) na atmosfera, principalmente devido à queima das florestas, do carvão e de outros combustíveis fósseis. Diante das evidências que aí estão não comporta nenhum engano afirmar que a espécie humana está passando por um grande desafio. As catástrofes ambientais, em razão do acúmulo descontrolado de CO2

Diante das evidências que aí estão não comporta nenhum engano afirmar que a espécie humana está passando por um grande desafio. As catástrofes ambientais, em razão do acúmulo descontrolado de CO2 na atmosfera, serão cada vez mais terríveis e sem previsão matemática de modelos do clima: desabrigando, inundando, sufocando e ceifando preciosas vidas

na atmosfera, serão cada vez mais terríveis e sem previsão matemática de modelos do clima: desabrigando, inundando, sufocando e ceifando preciosas vidas. Dessa forma, num cenário ambiental caótico, catastrófico e irreversível, serve de alerta o profético filme “Planeta dos Macacos”, do original de 1968. Nele, o astronauta Taylor, estrelado pelo ator Charlton Heston, sobrevivente de uma missão espacial, aterrissa num planeta similar à Terra e, num determinado momento, cavalgando pelas areias de uma praia, descobre os destroços da famosa Estátua da Liberdade, em Nova York. Numa cena emblemática, ele descobre, para seu espanto, que está no mesmo planeta Terra, mas do futuro, dominado por uma espécie de símio que

escraviza seres humanos – estes são mudos; aqueles, falantes. Imediatamente vem à cabeça do astronauta um insight: os humanos se destruíram! O filme tem um cenário futurístico e alarmante. Entretanto, para evitar que a ficção vire realidade, é preciso, com bom senso, que as sociedades mais avançadas ajam urgentemente de forma a desconstruir o discurso sem base científica, vazio, incauto, superficial, epidérmico e “nonsense” de alguns agentes políticos nacionais e internacionais que atribuem as mudanças climáticas a fatores meramente conspiratórios. Detalhe: a situação do clima global é gravíssima. Minimizar essa realidade por meio de um discurso simples, demagógico e hipócrita é ser cúmplice, omisso e participante da destruição do meio ambiente global, do desaparecimento de muitas espécies da fauna e da flora pelo mundo afora, além de empurrar mais um pouco a espécie humana para a beira do abismo do desaparecimento. *O autor é jornalista, editor de Opinião, Economia e Mundodo jornal RORAIMA em tempo. pvsilva42@gmail.com


A4

Local

Boa Vista, quinta-feira, 5 de dezembro de 2019

DICAS IMPORTANTES

Economista orienta como usar 13º salário e planejar orçamento para o próximo ano Especialista visa na eliminação das dívidas para iniciar um projeto orçamentário para não voltar a entrar em débito durante o próximo ano ANA PAULA LIMA

aquelas que sempre aparecem de última hora. Por fim, o economista indica separar ainda um valor para o pagamento de dívidas de cartão, parcelas ou alugueis. O que restar deve ser poupado ou realocar onde há mais necessidade. “Se a pessoa tem despesas básicas na metade da renda, vai ter que cortar de outras divisões e não vai sobrar nada para poupar, mas conseguiria montar um orçamento que vai permitir planejamento e chegar ao final de 2020 com as contas equilibradas”, afirmou.

jornalismo@roraimaemtempo.com.br

Final de ano representa dinheiro extra na conta com o recebimento do 13º salário. A renda pode servir de salvação para sanar dívidas ou planejar os gastos do ano seguinte. Em meio à crise econômica, especialistas aconselham como tentar diminuir os débitos e conseguir pas-

ESPECIALISTA Professor de economia da Universidade Federal de Roraima (UFRR), Dorcílio Erik, explicou que nos casos financeiros, os trabalhadores geralmente são definidos por dois grupos sar o ano no azul. O professor de economia da Universidade Federal de Roraima (UFRR), Dorcílio Erik, explicou que nos casos financeiros, os trabalhadores geralmente são definidos por dois grupos: os que terminaram o ano com as despesas em dia e orçamento equilibrado, e os que não tiveram disciplina financeira e acabaram no vermelho. No primeiro caso, ele orienta guardar a metade do 13º para custear as despesas típicas de fim de ano, como troca de presentes, confraternizações e ceia do jantar de Natal. A ou-

Outra dica é anotar gastos e saber onde estão despesas desnecessárias para evita-las

tra parte pode ser utilizada no início do ano seguinte, para pagamento de tributos e despesas recorrentes, como material escolar. “Início de ano chega com fortes emoções financeiras, como IPTU [Imposto Predial e Território Urbano], IPVA [Imposto Sobre a Propriedade de Veículos Automotores], materiais dos filhos, renovação de matrícula em escola ou faculda-

de. Então, para não ser pego de supressa, utilizar uma parte do 13º para custear essas despesas e, assim, não comprometer o orçamento doméstico”, orientou. Já para o segundo grupo, que o especialista acredita acomodar 90% da população brasileira, a dica é utilizar o dinheiro extra para pagar dívidas. “Chegou ao fim do ano devendo mais do que ganha. Se metade

do valor que vai ser disponibilizado agora der para cobrir as dívidas, utilize e guarde a outra parte para as despesas do próximo ano. Se der apenas para pagar as dívidas, use a totalidade do 13º”, complementou. Erik esclareceu que ao sanar as despesas com o salário a mais, o trabalhador tem a possibilidade de confeccionar um orçamento doméstico de acordo com a receita mensal

que possui. MELHORIA Uma forma de iniciar o planejamento financeiro no ano que vem é separar uma porcentagem específica para o pagamento de despesas básicas, sendo água, energia, internet e alimentação. Depois, deixar reservado a mesma porcentagem para despesas correntes, como transporte e combustível ou

Saúde: diabetes leva à perda dos dentes e predispõe surgimento de cáries e infecções DIVULGAÇÃO

DA REDAÇÃO

Comunidade Indígena Tabalascada promove 10ª edição do Festival do Beijú, no Cantá DA REDAÇÃO

jornalismo@roraimaemtempo.com.br

j o r n a l i s m o @ r o r a i m a e m t e m p o. c o m . b r

Está comprovado que o diabetes leva ao surgimento da periodontite, doença inflamatória e infecciosa que provoca a perda dos dentes. Isso porque, nestes pacientes, a circulação sanguínea da boca é prejudicada. “A periodontite figura no ranking das principais complicações causadas pelo diabetes, juntamente com a doença renal, acidentes vasculares, problemas cardíacos e visuais”, afirma Bruna Ghiraldini, doutora em implantodontia. Além da maior propensão ao surgimento da periodontite que, no caso dos diabéticos evolui rapidamente caso não seja tratada, o paciente portador da doença tem diminuição no fluxo salivar, ficando mais sujeito ao aparecimento das cáries. E, ainda, como o diabetes afeta o sistema imunológico, o indivíduo fica suscetível a contrair infecções causadas pela presença de fungos e bactérias na boca. “É fundamental o diabético cuidar da saúde bucal, pois a relação entre as doenças gengivais e o diabetes é uma via de mão dupla”, afirma a dra. Bruna. “Isso quer dizer que, quando há desordens na boca, esses problemas contribuem para elevar a glicemia. E quando a glicemia sobe, o risco de aparecer doenças na cavidade oral aumenta muito”, explica ela. Para prevenir os problemas as-

PLANEJAMENTOS Um dos pontos principais para iniciar um planejamento econômico para o ano de 2020 é entender quais gastos supérfluos precisam ser cortados. “Não tem milagre em relação ao planejamento financeiro e econômico. Às vezes, quando falamos em economizar, é cortar aquelas despesas desnecessárias. Aquele produto que vai comprar e não vai usar, vai ficar parado na despensa, são as compras por impulso”, disse o especialista. Para evitar a gastar continuamente com o desnecessário, Dorcilio Erik ensina a colocar todas as despesas em um papel. “Fazer uma lista e em 30 dias colocar tudo o que gasta durante aquele tempo. Quando chegar ao final dos 30 dias, vai ver o que realmente era necessário e o que não era. É aí que está a economia. Se conseguir identificar esses gastos, já pode gerar renda que certamente será reutilizada ou adquirir produtos que realmente são necessários”, encerrou.

Visitas regulares ao dentista e o controle da glicemia ajudam a evitar danos

sociados ao diabetes, é necessário que o paciente vá ao dentista a cada seis meses. “Em alguns casos, porém, recomendamos um intervalo menor, a cada três ou quatro meses”, alerta Ghiraldini. Durante as consultas, o profissional costuma avalia se há cáries, sangramentos gengivais e sinais de infecção, além de solicitar um raio-x anualmente, para controle da parte óssea. Isso porque o diabetes interfere nos mecanismos de formação do tecido ósseo e do colágeno, o que deixa os ossos mais frágeis. “Em resumo, o cuidado com os pacientes diabéticos é redobrado, principalmente com aqueles que já têm outros problemas

associados à doença”, diz a Dra. Bruna. IMPLANTES O diabetes alterado aumenta o risco de se desenvolver doenças gengivais graves, o que ocasiona a perda dos dentes. “Como regra geral, sangramentos persistentes na gengiva podem ser sinal de periodontite”, alerta a especialista. Mas existe como remediar. Quando a periodontite está em estágio avançado e ocorre a perda dos dentes, o paciente diabético pode recorrer aos implantes dentários, desde que a taxa de glicemia esteja sob controle. “Nesse caso, os implantes são o

tratamento mais indicado, pois substituem as raízes naturais dos dentes e o paciente volta a ter sua atividade mastigatória normalizada, além dos benefícios para a autoestima”, explica a Bruna. É importante lembrar, porém, que nestes indivíduos, devido a fatores circulatórios e imunológicos, a cicatrização tende a ser mais lenta, por isso é importante um pré e um pós-operatório cuidadoso”, conclui. Em alguns casos, o profissional avalia se existe a necessidade de prescrição de antibióticos previamente, para minimizar os riscos de infecção na fase do pós-cirúrgico - já que nestes indivíduos a cicatrização é mais lenta.

Com o intuito de promover o intercâmbio entre os povos e preservar a cultura indígena, a Comunidade Tabalascada promove em dezembro a 10ª edição do Festival do Beijú, no município do Cantá, ao Norte de Roraima. O evento está previsto para ocorrer nos dias 5, 6 e 7 deste mês, em horários diferenciados, na sede da comunidade. A entrada é gratuita. A programação também conta com competições indígenas, futebol feminino e masculino, corrida de cavalos, bandas de forró, comidas típicas, escolha da rainha e apresentações culturais. Entre elas capoeira, hip hop, danças e músicas regionais. “Estamos nos últimos preparativos para o festival e a expectativa é que este ano, o público seja de mais de 5 mil pessoas nos visitando para prestigiar a nosa programação cultural”, ressaltou o Tuxaua da Comunidade Tabalascada, Deodato Leocadio da Silva Filho. Para os interessados em participar dos torneios, a organização disponibilizou a premiação das competições. A equipe vencedora da competição de futebol masculino receberá R$ 3 mil e as inscrições são limitadas. As outras modalidades também serão premiadas. Outras informações podem ser obtidas pelos telefones (95) 99153-1137 e 99111-2005.


Política Nacional A5

Boa Vista, quinta-feira, 5 de dezembro de 2019

MUDANÇA NA LEGISLÇÃO

Moro diz que o Congresso já não tem por que postergar a votação da 2ª instância Ministro da Justiça deu sua opinião durante a participação, ontem, de de audiência pública sobre o tema na Comissão de Constotuição e Justiça (CCJ) do Senado DIDA SAMPAIO/AE

ESTRATÉGIA Como estratégia, líderes do Congresso fazem um movimento para levar a discussão para ano que vem, priorizando uma Proposta de Emenda à Constituição (PEC) da Câmara, sem que o Senado vote um projeto de lei ao mesmo tempo BRASÍLIA - O ministro da Justiça e Segurança Pública, Sérgio Moro, defendeu rapidez na votação de uma proposta que autorize a prisão de condenados em 2ª instância no Congresso. “Se tem uma maioria dentro do Congresso para aprovar essa medida, não vejo lá muito sentido para postergação. Na perspectiva da Justiça e da Segurança Pública, quanto antes, melhor”, afirmou o ministro durante audiência pública na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) do Senado. Líderes do Congresso fazem um movimento para levar a discussão para ano que vem, priorizando uma Proposta de Emenda à Constituição (PEC)

da Câmara, sem que o Senado vote um projeto de lei ao mesmo tempo. O projeto exige menos votos para aprovação e a tramitação é mais rápida. O ministro defendeu que as duas propostas – tanto a que mexe na Constituição Federal quanto um projeto alterando o Código de Processo Penal para autorizar a prisão em segunda instância – possam ser votadas paralelamente. “Quem sou eu para sugestões ou recomendações?”, disse o ministro, ao defender que o Congresso mande uma “mensagem” à população sobre o tema. Ele defendeu a aprovação de uma proposta nesse sentido com “certa urgência” após o Supremo Tribunal Federal (STF) alterar um entendimento derrubando a prisão após condenação em segundo grau. Moro citou, além de casos envolvendo corrupção, a soltura de um condenado por matar um policial federal em Cascavel (PR) e de um traficante “perigoso, líder de facção criminosa” após a decisão do Supremo. “Nós precisamos sim enfrentar o problema da impunidade e da criminalidade. Não haveria melhor mensagem do que o restabelecimento da prisão após condenação em segunda instância.”

Pressionada por parlamentares, a presidente da CCJ do Senado, Simone Tebet, pautou para o dia 10 a votação da lei

A retomada da possibilidade de prisão após condenação em segunda instância tem apoio da maioria dos parlamentares federais. O placar apontou 51 senadores e 295 deputados favoráveis à tese - 346, de um total de 594 representantes. No Senado, já há aval declarado para a aprovação de uma proposta de emenda à Constituição, enquanto que na Câmara dos Deputados faltariam apenas 13 votos para alcançar o mínimo exigido, sempre em dois turnos

Ontem, a Câmara dos Deputados instalou a comissão especial que analisará a proposta de emenda constitucional (PEC) sobre a prisão após condenação em 2ª instância de autoria do deputado Alex Manente (Cidadania-SP). O deputado Marcelo Ramos (PL-AM) foi eleito presidente do colegiado, por 22 votos. Apenas um membro votou em branco. O relator escolhido foi o deputado Fábio Trad (PSD-MS). A comissão especial é composta por 34 membros titulares e 34 membros su-

plentes. A escolha dos vice-presidentes do colegiado será feita em uma próxima sessão da comissão para que os partidos negociem os nomes que devem ser escolhidos para os postos. O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), afirmou ontem que o cronograma dos trabalhos irá depender do presidente e relator da comissão. Maia ainda disse que é papel do Congresso“ter coragem” de mostrar à população qual é a melhor forma de dar encaminha-

mento ao tema. Para ele, a PEC escolhida para ser encaminhada na Câmara é a que garante mais segurança jurídica ao assunto. Já no Senado, a presidente da Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Casa, Simone Tebet (MDB-MS), pautou para a próxima terça-feira (10) o projeto de lei que autoriza a prisão após condenação em segunda instância. A decisão contraria estratégia do presidente do Senado, Davi Alcolumbre (DEM-AP), e de alguns líderes partidários que queriam aguardar a Câmara votar uma proposta sobre o tema para só depois pautar o assunto no Senado. Também ontem um grupo de parlamentares entregou um manifesto com assinatura de 43 senadores pedindo para votar a proposta. O argumento é que Alcolumbre e os líderes do Senado estão adiando a discussão mesmo que a maioria da Casa defenda a votação da proposta. Diante da “revolta” dos liderados, a presidente da CCJ afirmou que só pode suspender a tramitação de uma proposta no colegiado se essa for a decisão da maioria da comissão ou da unanimidade dos líderes do Senado. (Fonte: AE).

REPRODUÇÃO/GOOGLE MAPS

Se coleta de assinaturas ‘for no braço’, novo partido não vai sair do papel, adverte Bolsonaro

Polícia Federal descobre venda de mandatos de vereadores na Paraíba com o dinheiro do lixo JOÃO PESSOA - A Polícia Federal deflagrou na manhã de ontem (4), a 6ª fase da Operação Xeque-Mate para investigar suposta ‘mercantilização dos mandatos’ de quatro vereadores de Cabedelo, na região metropolitana de João Pessoa (PB), com recursos de um esquema que superfaturou contratos de coleta de lixo da Prefeitura da cidade. A fraude na coleta de lixo foi objeto da 3ª etapa da Operação, desencadeada em março. Na ocasião, a PF indicou que os contratos investigados superavam a quantia de R$ 42 milhões. Ontem, cerca de 20 policiais federais e quatro auditores da Controladoria-Geral da União cumpriram 8 mandados de busca e apreensão nas casas dos parlamentares investigados. A ação contou ainda com o apoio do Grupo de Atuação Especial Contra o Crime Organizado do Ministério Público Estadual (GAECO/MPPB). As ordens foram expedidas pelo juízo da 1ª Vara da Comarca de Cabedelo, que determinou ainda o afastamento dos vereadores. A CGU indicou que, ao analisar a aplicação dos recursos destinados à limpeza urbana na Prefeitura de Cabedelo, entre

2014 e 2018, identificou indícios de ‘montagem de processos licitatórios’ e direcionamento na contratação da empresa responsável por tais serviços. De acordo com as investigações, a companhia devolvia mensalmente o excedente contratual a título de propina, sendo os valores utilizados pelo grupo criminoso investigado pela Xeque-Mate. A CGU apontou que o dinheiro teria sido utilizado, nas vésperas da eleição de 2016, para a compra de apoio político de candidatos a vereadores. A 1ª fase da operação foi deflagrada em abril de 2018, mas em 2019 foram realizadas três outras fases da investigação. Em maio, a 4ª etapa da ‘Xeque-Mate’ apurou a possível ‘cooptação’ do conselheiro Fernando Catão do Tribunal de Contas do Estado para ‘impedir a construção de um empreendimento comercial em Cabedelo (PB) em benefício de um empresário’. Já a Xeque-Mate 5 foi desencadeada em outubro, para investigar suspeita de fraudes e desvios de recursos públicos federais destinados à aquisição de medicamentos pela Prefeitura de Cabedelo. (Fonte: AE).

EXPEDIENTE

Câmara Municipal de Cabedelo, antro de corrupção na Paraiba

BRASÍLIA - O presidente Jair Bolsonaro disse na quarta-feira (4), que recolhe cerca de 500 mil assinaturas em menos de um mês, se a coleta digital “não for burocrática”. “Se for no braço, a gente não vai conseguir formar partido, isso tenho certeza. Não depende apenas de colher assinatura, depende da conferência depois”, ponderou Bolsonaro a apoiadores em frente ao Palácio da Alvorada. Após sair do PSL, Bolsonaro quer viabilizar o recém-lançado e ainda não oficializado Aliança Pelo Brasil. O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) admitiu nesta terça-feira (3), a coleta de assinaturas digitais para a criação de partidos, desde que o tema seja previamente regulamentado pela própria Corte, que também deve desenvolver uma ferramenta tecnológica para verificar a autenticidade das assinaturas. Não há previsão de quando isso vai ocorrer. Na prática, o TSE optou por uma solução intermediária: os ministros consideraram válida a assinatura digital, mas entenderam que para ela ser aceita, é preciso que o próprio tribunal faça uma regulamentação do tema - e elabore um

dispositivo que permita a checagem dos dados. Bolsonaro disse que saberá ainda hoje como é a “modulagem” para recolher as assinaturas. A aposta do presidente é que seja permitida a coleta por meio de biometria, o que ainda depende de aval da Corte. Bolsonaro desviou de perguntas sobre aumento do fundo eleitoral para 2020. “Não vou en-

Bolsonaro. O relator do projeto de Lei Orçamentária Anual (LOA) de 2020, deputado Domingos Neto (PSD-CE), finalizou a proposta na terça-feira, 3, e destinou R$ 3,8 bilhões de recursos públicos para gastos em campanhas eleitorais no ano que vem. O valor é R$ 1,8 bilhão superior à proposta encaminhada pelo governo, que foi de R$ 2 bilhões. (Fonte: AE). GABRIELA BILO/AE

Bolsonaro disse apost na coleta de assinaturas digitais por meio de biometria, o que ainda depende de aval do TSE

DIREÇÃO GERAL: ROSILENE BRITO DIREÇÃO COMERCIAL: CYNTHIA NOLETO EDITOR-CHEFE: JOSUÉ FERREIRA EDITORAS: NEIDIANA OLIVEIRA E NENNA TYEKO EDITORES SETORIAIS: NONATO SOUSA, PLINIO VICENTE, SÉRGIO PAULO REPÓRTERES: ANA PAULA LIMA, ANDERSON SOARES, GABRIELA GUIMARÃES, NAILSON ALMEIDA, YARA WALKER E WINICYUS GONÇALVES

trar nesse detalhe, vai me botar em confronto com o Parlamento. Geralmente questão política é o Parlamento que decide”, afirmou. “Arrecadei R$ 4 milhões na minha campanha e gastei R$ 2 milhões. Acredito que, com a tecnologia que temos, dinheiro em si não vai fazer diferença.” O Congresso deve dobrar o valor do fundo eleitoral proposto pelo governo de Jair

FOTÓGRAFOS: EDINALDO MORAIS DIAGRAMADORES: NAZARENO NEVES E JÚNIOR PINHEIRO EDITORA ON LINE LTDA ENDEREÇO: ALAMEDA CANARINHO, 150, CANARINHO, BOA VISTA/RR – CEP. 69.306-580 FONE: 95 3624 6958 EMAIL JORNALISMO: jornalismo@roraimaemtempo.com.br EMAIL ADMINISTRATIVO: administrativo@roraimaemtempo.com.br EMAIL COMERCIAL: comercial@roraimaemtempo.com.br


A6

Economia

Boa Vista, quinta-feira, 5 de dezembro de 2019

OTIMISMO

Produção industrial registra a 3ª alta seguida ao crescer 0,8% em outubro Acumulado do ano, porém, ainda é negativo em 1,1%, de acordo com o IBGE; resultado foi puxado pela produção de alimentos e farmoquímicos e farmacêuticos NACHO DOCE/REUTERS

Na comparação com outubro de 2108, a indústria avançou 1%, resultado mais fraco que o de setembro (1,1%), quando interrompeu 3 meses consecutivos no vermelho

RIO - A produção industrial brasileira cresceu 0,8% em outubro, na comparação com setembro, puxada principalmente pelos produtos alimentícios e farmacêuticos, segundo divulgou nesta quarta-feira (4) o

COTAÇÕES IBOVESPA

PREGÃO DO DIA

O pregão da Bolsa de Vaores de São Paulo fechou o pregão desta quarta-feira (4) em alta, com viés positivo no exterior devido à notícia de Estados Unidos e China estão se aproximando de um acordo para dar fim à guerra comercial.O Ibovespa, principal índice acionário do Brasil, teve ganhos de 0,68%, a 109.693 pontos. Entre os destaques do dia, Via Varejo subiu 4%. Petrobras e Banco do Brasil avançaram mais de 1%. Na véspera, o índice fechou praticamente estável, em alta de 0,03%, a 108.956 pontos.

CÂMBIO

COMPRA E VENDA

Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Trata-se da 3ª alta mensal seguida e do melhor resultado para outubro desde 2012, quando houve avanço de 1,5%. Na comparação com ou-

tubro do ano passado, a indústria avançou 1%, resultado um pouco mais fraco que o de setembro (1,1%), quando interrompeu 3 meses consecutivos no vermelho na comparação interanual.

“Esse movimento de três meses seguidos de alta não era visto desde os últimos quatro meses de 2017, o que dá um pouco o tom de aumento no ritmo de produção, de uma mudança do comportamento in-

FATORES POSITIVOS Entre os fatores que têm contribuído para a reação da indústria estão a melhora da demanda doméstica, a queda da taxa básica de juros, inflação baixa, expansão do crédito e a recuperação gradual do mercado de trabalho em outubro ficou 15,8% abaixo do pico histórico, registrado em maio de 2011. “É como estivéssemos em um patamar próximo ao de março de 2012”, destacou o pesquisador. Segundo a pesquisa do IBGE, 14 dos 26 ramos pesquisados registraram alta na produção em outubro. A alta da produção industrial foi puxada principalmente pelos produtos alimentícios (3,4%) e produtos farmoquímicos e farmacêuticos (11,2%), com o primeiro revertendo a queda de 0,3% verificada no mês anterior e o segundo eliminando a retração de 9,1% acumulada nos meses de agosto e setembro. (Fonte: AG/Reuters).

Pesquisadores da Embrapa encontram 1.200 toneladas de trigo contaminado com inseticida em silo público no Paraná CURITIBA - Um estudo coordenado pela Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa), divulgado nesta quarta-feira (4) encontrou 1.200 toneladas de trigo contaminado por um tipo de inseticida dentro de um silo público, em Ponta Grossa, nos Campos Gerais do Paraná. A pesquisa foi finalizada em novembro deste ano. De acordo com a Embrapa, durante a análise de silos monitorados foi detectada a presença de fosfato de alumínio - pesticida usado para controle de insetos e pragas - em um silo da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab). Conforme a Embrapa, os inseticidas não se

degradaram no prazo estabelecido pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa). Apesar da constatação, a pesquisadora Casiane Tibola, da Embrapa Trigo, explica que o produto não traria problemas caso fosse vendido para a indústria. “Ele é recomendado no pós-colheita e não mantém resíduo nos grãos. Não teria problema para a população, porque ele é um inseticida que volatiliza”, explicou. A pesquisa ainda encontrou herbicida glifosato em um silo de Marau (RS) com 1.600 toneladas de trigo. O cereal analisado veio de Pato Branco, no sudoeste do Paraná.

A empresa acredita que o agrotóxico pode ter sido aplicado durante a dessecação pré-colheita. O processo serve para o controle de ervas daninhas e pragas que podem gerar prejuízos na safra antes da colheita. “O herbicida glifosato é um dos agrotóxicos mais utilizados no mundo. No Brasil, o principal uso é na soja resistente a herbicida. O seu uso em dessecação pré-colheita no trigo, e em outras culturas, não é autorizado no Brasil”, explicou. Casiane disse que antes de ser enviado para indústria, o trigo passa por avaliações de indicadores de qualidade e contaminante. Caso seja constatada alguma irregularidade, o cereal não é comercializado.

DIVULGAÇÃO/EMBRAPA TRIGO

Estudo visoudiagnosticar perdas quantitativas e qualitativas no armazenamento

“O trigo armazenado será reavaliado quanto aos níveis de resíduos agrotóxicos de acordo com informações divulgadas pela

Conab. Se for registrado resíduos de glifosato pode ser recomendada o descarte deste lote de trigo”, disse. (Fonte: AG),

Pressão dos consumidores já faz o preço do boi recuar 5% em dezembro REPRODUÇÃO/EPTV

Dólar Comercial R$ 4,1852/R$ 4,1878 (-0,430%) Euro R$ 4,6472/R$ 4,6518 (-0,210%) Libra R$ 5,4826/R$ 5,4881 (+1,836%) Peso argentino R$ 0,698/R$ 0,688 (-0,710%) Bolívar oficial R$ 1,00=Bs 2.383,48/BS 2.407,31 Paralelo Santa Elena R$ 1,00=Bs 10.294,25/Bs 10.397,90 Dólar Guianense oficial R$ 1,00=GYD$ 49,90/GYD$ 50,39 Paralelo Lethem R$ 1,00=GYD$ 54,89/GYD$ 55,43

dustrial”, afirmou o gerente da pesquisa, André Macedo. Entre os fatores que tem contribuído para uma reação da indústria está a melhora da demanda doméstica em meio a um cenário de queda da taxa básica de juros, inflação baixa, expansão do crédito e a recuperação gradual do mercado de trabalho, ainda que puxada pela informalidade, que tem elevado a massa salarial e o número de brasileiros ocupados e com alguma renda. Segundo o pesquisador, fatores pontuais como a liberação das contas do FGTS e a Black Friday, realizada em novembro, podem ter feito a indústria aumentar sua produção em outubro para dar conta da demanda. “São fatores que, em conjunto, nos fazem entender a produção aumentar como um todo, principalmente na parte relacionada a bens de consumo”, disse. No acumulado no ano, entretanto, o setor industrial ainda acumula queda de 1,1%. Em 12 meses, a produção manteve recuo de 1,3%, prosseguindo com redução da intensidade de perda iniciada em agosto. Em termos de patamar, a produção industrial

Preço da carne bovina registra alta e está inibindo os consumidores

SÃO PAULO - O preço da arroba do boi gordo recuou 5,14% nos primeiros dias de dezembro, com duas baixas seguidas após máximas históricas no Brasil, com as cotações pressionadas por consumidores que buscam opções de carne mais barata, informou nesta quarta-feira (4) o Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada da USP (Cepea). A cotação no mercado físico apresentou recuo de 3,67%, a R$ 219,45 por arroba (equivalente a 15 kg), segundo indicador Esalq/B3, apurado pelo Cepea. Na segunda-feira (2), o preço da arroba caiu

1,53%, após máxima histórica de 231,35 reais no último dia útil de novembro, acumulando alta de 35,5% no mês passado. “Quando tem alta muito brusca do preço, no boi gordo e na carne, tem que olhar a outra ponta, principalmente o mercado consumidor interno. Ele se assustou, é natural, e tem proteínas mais baratas, então realmente tem um efeito da demanda e da renda também”, explicou o analista do Cepea Thiago de Carvalho. Ele citou que os consumidores receberam a primeira parcela do décimo terceiro, que a economia está melhorando,

mas como o preço subiu muito, isso segurou o consumo. Para a ministra da Agricultura, Tereza Cristina, o mercado de boi gordo já apresenta sinais de redução após máximas históricas recentes e deve se normalizar em breve para o consumidor. “Quero tranquilizar todos vocês. Tivemos uma conjuntura momentânea de seca, falta de pasto e abertura de mercados, mas agora o preço da carne deve se estabilizar”, disse Tereza, em reunião da Câmara Setorial da Cadeia Produtiva de Carne Bovina, segundo nota do ministério. (Fonte: AG).


Mundo A7

Boa Vista, quinta-feira, 5 de dezembro de 2019

ATAQUE ANTISEMITA

Túmulos de cemitério judeu na França são pichados com símbolos da suástica Atos desse tipo têm sido comuns nos últimos meses no leste do país, revelando um aumento cada vez mais graves da intolerñacia de parte dapopuação com os judeus PATRICK HERTZOG/AFP

RECORRÊNCIA Em um dos túmulos, os profanadores escreveram o número 14, considerado um símbolo supremacista branco. Há vários meses ocorrem de forma recorrente profanações de cemitérios e símbolos judeus no leste da França WESTHOFFEN - Ao menos 100 túmulos foram pichados com suásticas no cemitério judeu de Westhoffen, no leste da França, onde esses atos têm sido comuns nos últimos meses, revelaram na quarta-feira (4) as autoridades locais. Segundo o presidente do consistório israelense do departamento do Baixo Reno, Maurice Dahan, o cemitério tem cerca de 700 túmulos. As lápides pichadas com “cruzes gamadas” em tinta preta estão na parte mais antiga do local. O ministro francês do Interior, Christophe Castaner, visitou o cemitério ontem, para realizar uma “cerimônia de recolhimento”, segundo o consistório. ”Os judeus são e fazem a França. Os que os atacam, inclusive suas tumbas, não são dignos da ideia que temos de França”, afirmou o presidente Emmanuel Macron em sua conta no Twitter. Em um dos túmulos, os profanadores escreveram o número 14, considerado um símbolo supremacista branco. Há vários meses ocorrem profanações de cemitérios e símbolos judeus no leste da França. (Fontes: AP/AFP/Reuters).

Protestos saíram do com e com a medida de exceção-autorizada pela Corte Constitucional por apenas 30 -, os militares foram enviados às ruas e o governo pode restringir direitos e impor censura prévia à imprensa

Célula jihadista do EI é desmantelada no Marrocos e na Espanha RABAT - A polícia antiterrorista do Marrocos anunciou nesta quarta-feira (4) o desmantelamento de uma célula jihadista de apoio ao grupo Estado Islâmico (EI) e a prisão de seus quatro membros, durante uma operação conjunta no Marrocos e na Espanha. Três membros da célula foram presos na região de Nador (norte do Marrocos) “em coordenação com a Polícia Nacional Espanhola”, enquanto o líder do grupo foi “preso simultaneamente nos subúrbios de Madri”, de acordo com

um comunicado do Bureau Central de Investigações Judiciais (BCIJ), a polícia antiterrorista marroquina. Os suspeitos, com idades entre 24 e 39 anos, “aderiram a campanhas de propaganda fazendo apologia” do EI e organizaram reuniões para “planejar operações terroristas em resposta aos apelos dos líderes do Daesh visando vários países do mundo”, acrescentou o BCIJ, usando um acrônimo em árabe do EI. O homem preso na Espanha estava em Guadalajara, leste de Madri,

informou a polícia espanhola em comunicado. Segundo ela, ele organizou reuniões com outros islamitas radicais no enclave espanhol de Melilla, localizado no norte do Marrocos, e nas cidades marroquinas próximas e estava em contato com jihadistas na Síria e no Mali. A operação apreendeu “equipamentos eletrônicos, telefones celulares, capuzes, livros e manuscritos de natureza extremista”, segundo a polícia antiterrorista marroquina. (Fonte: AP/AFP/Reuters).

Mãe é acusada de assassinar os dois filhos, de 4 e 8 anos, encontrados enforcados em um porão nos EUA BILL UHRICH/AP

Lisa Snyder é presa e acusada de assassinar dois de seus filhos, de 4 e 8 anos

FILADÉLFIA - Uma americana foi formalmente acusada, na quarta-feira (4), de matar dois de seus filhos, de 4 e 8 anos, que haviam sido encontrados enforcados no porão da família em setembro, informou o jornal “The New York Times”. Lisa Snyder, 36, foi presa em casa, em Albany Township, na Pensilvânia. Ela disse à polícia que o filho, de 8 anos, sofria bullying na escola e tinha tendências suicidas, informou o jornal. A investigação, entretanto, concluiu que não havia provas de bullying. As autoridades

também constataram que o menino tinha uma deficiência física que tornava quase impossível para ele se enforcar, segundo a promotoria. Snyder, que também recebeu duas acusações de colocar o bem-estar de crianças em risco e uma de manipular provas, mantém a versão de que as crianças morreram por suicídio. Ela está presa sem possibilidade de fiança, de acordo com o jornal. A polícia recebeu um chamado sobre os enforcamentos no dia 23 de setembro. Snyder

ligou para os policiais e disse que havia encontrado dois de seus filhos inconscientes, pendurados em uma viga no porão. Os socorristas encontraram Conner, 8, e Brinley, 4, com parada cardíaca e pendurados com um cabo de aço enrolado no pescoço, a um metro e meio de distância um do outro, segundo a promotoria. As crianças chegaram a ser reanimadas, mas acabaram morrendo. Snyder disse à polícia que havia encomendado o cabo de aço para servir de coleira para seu cachorro. Segundo sua versão, ela buscou o cabo na loja e, horas depois, encontrou as crianças penduradas. Durante a investigação, Snyder disse à polícia que Conner sofria bullying na escola e havia dito, repetidamente, que queria morrer. Segundo a mulher, na semana anterior ao crime, o menino teria dito a ela que “eu já teria me matado, mas tenho medo de ir sozinho”. No entanto, imagens de vídeo do ônibus escolar que o menino pegou no dia 23 de setembro mostraram uma “criança feliz” sem sinais de angústia, de acordo com a promotoria.

Os investigadores não encontraram evidências de bullying depois de conversar com outro filho de Snyder, de 17 anos, que também morava na casa. Eles também entrevistaram outros membros da família, funcionários da escola e colegas de classe das crianças. Uma terapeuta ocupacional que trabalhou com Conner na escola disse aos investigadores que ele tinha dificuldade de coordenar os olhos e as mãos e de juntar o dedo e o polegar. Ela relatou que ele teria tido “extrema dificuldade em mexer no fecho” da coleira do cão, segundo a polícia. Conner também tinha problemas para amarrar os próprios sapatos, afirmaram os promotores. Uma das amigas de Snyder disse aos investigadores que, três semanas antes do episódio, ela havia dito que estava deprimida, não conseguia sair da cama e não se importava mais com os filhos, de acordo com a polícia. No dia 30 de setembro, foram feitas autópsias nas duas crianças, e ficou determinado que as mortes haviam sido causadas por homicídio. (Fontes: AP/AFP;Reuters).

ALMA RAYON/REUTERS

Líder do grupo foi preso pela polícia espanhola num dos subúrbios de Madri

Relatório da Câmara acusa Trump de abuso de poder WASHINGTON - Após cerca de dois meses de depoimentos privados e públicos de diplomatas e funcionários do governo dos EUA, o Comitê de Inteligência da Câmara dos Deputados divulgou nesta quarta-feira (4) um relatório documentando o andamento do processo de impeachment contra o presidente Donald Trump. No documento de 300 páginas, aprovado pelo Comitê no início da noite, o colegiado liderado pelos democratas acusa o mandatário de abusar de seu poder ao pressionar a Ucrânia para que investigasse seu rival democrata Joe Biden, o que con-

figuraria interferência estrangeira nas eleições de 2020. O relatório também acusa Trump de tentar impedir o Congresso de levar a cabo o inquérito, incluindo recusas para fornecer documentos, tentativas de impedir que funcionários do governo de carreira testemunhassem e intimidação de testemunhas. “Donald Trump é o primeiro presidente da história dos Estados Unidos a tentar obstruir completamente uma investigação de impeachment realizada pela Câmara dos Deputados”, afirmou o relatório. (Fontes: AP/ AFP/Reuters). LOREN ELLIOTT/REUTERS

Edifício do Captólio, onde funcionam as duas casas do Congresso dos EUA


A8

Esporte Nacional

Boa Vista, quinta-feira, 5 de dezembro de 2019

DECISÃO DA LIBERTADORES

Copa América 2020: Seleção brasileira vai estrear contra a Venezuela e terá Catar no grupo

PIERRE EINER/AFP

Ordem dos confrontos foi definida na noite de terça-feira em sorteio realizado na cidade de Cartagena, na Colômbia Relatório foi divulgado ontem na sede da Fiza na cidade suiça de Zurique FERNANDO VERGARA/AP

ABERTURA E FINAL Nas edições anteriores as seleções eram divididas em três grupos de quatro times. Desta vez a primeira fase terá dois hexagonais. Haverá confrontos de todos contra todos dentro de suas chaves. A Argentina vai abrir o torneio no dia 12 de junho e a final será disputada em 12 de julho, na Colômbia

Mascote da Copa América, um cachorro batizado de Pibe, se apresenta durante a cerimônia em Cartagena

RIO - A seleção brasileira conheceu na noite de terça-feira a ordem dos confrontos na edição de 2020 da Copa América. Campeão do torneio há cinco meses, a equipe comandada por Tite fará o primeiro jogo contra a Venezuela, em 14 de junho, em Cali, em duelo válido pelo Grupo Norte, que acontece na Colômbia. Argentina e Chile abrem a competição dois dias antes no estádio Monumental de Nuñez, em partida válida pelo Grupo Sul, que será disputado na Argentina. A cerimônia da definição dos confrontos aconteceu em Cartagena, na Colômbia. Também foram sorteadas as chaves dos dois países convidados. A Austrália foi para o grupo da Argentina e o Catar, para o do Brasil. O sorteio contou com a presença do pentacampeão mundial Juninho Paulista, coordenador de seleções da CBF. “É muito difícil,

uma competição cada vez mais complicada, com as equipes se preparando mais. É uma honra o Brasil ter ganhado a última Copa América. O Brasil está preparado para competir, acredito que é um dos favoritos, como Argentina, Colômbia, Uruguai e Chile. Todas são equipes grandes. Antes dessa Copa América ao Brasil ficou 12 anos sem ganhar. Sabemos das dificuldades e valorizamos muita a última conquista”, analisou. O chaveamento já estava pré-definido e os comandados de Tite também terão pela frente na primeira fase confrontos contra o Peru (dia 18/6, em Medellin), Catar (dia 23, em Barranquilla), Colômbia (dia 27, em Barranquilla) e Equador (dia primeiro, em Bogotá). O Grupo Sul, além de Argentina, Chile e Austrália conta também com Paraguai, Bolívia e Uruguai. Os

quatro primeiros colocados de cada chave avançam para a fase de mata-mata. Presente em Cartagena para o sorteio, o auxiliar técnico César Sampaio reclamou do deslocamento por causa da ordem dos jogos. “Nós já tínhamos uma prévia do grupo, o mais importante era a distribuição e os locais dos jogos. Em termos de logística, viajaremos um pouco mais, mas isso é tranquilo. Estamos confiantes. Temos a possibilidade de fazer uma boa preparação e vejo o Brasil com grandes chances na competição”, analisou. A competição continental contecerá entre os dias 12 de junho e 11 de julho e será realizada pela primeira vez em dois países, na Colômbia e na Argentina, simultaneamente. Nas edições anteriores as seleções eram divididas em três grupos de quatro times. Desta vez a

primeira fase terá dois hexagonais. Haverá confrontos de todos contra todos dentro de suas chaves. A Argentina vai abrir o torneio no dia 12 de junho e a final será disputada em 12 de julho, na Colômbia. Vão se classificar os quatro primeiros colocados de cada grupo, que jogarão no sistema mata-mata. Os dois primeiros colocados de cada chave ficarão nos países em que jogaram na primeira fase, enquanto os terceiros e quartos jogarão em outro país. Copa América 2020 Grupo Norte: Colômbia Brasil Catar Venezuela Equador Peru Grupo Sul: Argentina Austrália Bolívia Uruguai Chile Paraguai (Fontes: AE/AP).

Com futuro indefinido, Gabriel admite possível adeus do Flamengo: ‘Pode ter sido o último no Maracanã’ ALEX SILVA/AE

Gabriel está emprestado ao Flamengo pela Inter de Milão até o fim do ano, com passe estipulado em R$ 100 milhões

RIO - O jogo de hoje (5) com o Avaí, o último do Flamengo no Maracanã em 2019 no Campeonato Brasileiro, também pode ter sido o último de Gabriel à frente do torcedor do clube no estádio. Ainda com o futuro incerto para a próxima temporada, o atacante destacou que o confronto poderia ser uma despedida. ”Pode ter sido o último, a gente não sabe. É algo indescritível jogar com a camisa do

Flamengo no Maracanã. Se eu voltar a jogar, vou ficar muito feliz também”, disse, em entrevista coletiva, no Ninho do Urubu. Gabriel está emprestado ao Flamengo até o fim do ano pela Inter de Milão. A diretoria do clube carioca afirma já ter chegado a um acordo verbal com o time italiano para adquirir o atacante, mas nem por isso o jogador está próximo de acertar a sua permanência no clube para 2020. Afinal, as conversas do Flamengo

com seus representantes ainda não levaram a um entendimento para a assinatura de um contrato entre as partes. A avaliação é de que Gabriel estaria à espera da movimentação do mercado europeu, com a possibilidade de se transferir para algum dos gigantes do Velho Continente. Questionado sobre quais são seus planos para o próximo ano, o atacante preferiu desconversar.

“Não tenho pensado nisso. Só tenho pensado nos últimos jogos, depois tem o Mundial, que vai ser especial para os flamenguistas. Todos jogadores têm sonhos. Estou realizando um no Flamengo, tudo tem saído perfeito, batendo recordes, com títulos. Tudo está sendo conversado, mas não tem nada certo. Se for da vontade de Deus, que eu possa estar aqui no ano que vem de novo”, afirmou. Destaque do futebol brasileiro em 2019, com 40 gols marcados, Gabriel tem recebido o carinho de torcedores de outros clubes quando atua fora do Rio. Nesta quarta-feira, evitou se classificar como ídolo nacional, mas avaliou que pode estar contribuindo para que muitas crianças se tornem flamenguistas. “É difícil me achar ídolo. Isso fica mais com vocês. Onde vou, sinto o carinho da criançada antes de entrar no campo, teve isso em Fortaleza. Esse do Palmeiras foi engraçado, porque o menino disse que queria um gol meu, apesar de ser palmeirense. São bem puros. Acho que tem isso por eu ser jovem, por causa da comemoração, dos cabelos diferentes, dos gols. Tem muita criança virando flamenguista por causa disso”, comentou.(Fonte: AE).

Fifa: agentes receberam R$ 3 bilhões com vendas internacionais este ano ZURIQUE - A Fifa divulgou na quarta-feira (4) um relatório em que mostra que as transferências de jogadores no futebol mundial em 2019 renderam cerca de 650 milhões de euros (aproximadamente R$ 3 bilhões) a agentes que intermediaram essas negociações, o que significa um recorde. O valor das comissões recebido é 20% maior do que o que foi pago em 2018. O estudo aponta que das mais de 17 mil transferências concluídas no futebol masculino neste ano, 3.557 delas envolveram intermediários. Em mais de 90% dos casos, os agentes receberam comissões inferiores a 1 milhão de euros (R$ 4,6 milhões) com valores entre 10 mil euros (R$ 46 mil) e 100 mil euros (R$ 466 mil) sendo o cenário mais comum. No relatório não estão incluídos os valores desembolsados em transferências domésticas, isto é, quando um jogador se muda para um clube da mesma liga, caso, por exemplo, do francês Antoine Griezmann, que deixou o Atlético de Madrid para jogar no Barcelona no início da temporada 2019/2020. Os números da Fifa mostram que mais de 80% de todas

as comissões pagas nas transferências internacionais se concentraram em clubes da Itália, Inglaterra, Alemanha, Portugal, Espanha e França. A publicação acrescentou que os clubes portugueses se destacaram por terem gastado quase tanto em comissões (78 milhões de euros, cerca de R$ 363 milhões) quanto nas transferências (182 milhões de euros, cerca de R$ 847 milhões) O relatório anual foi publicado em meio à disputa com os agentes sobre a proposta aprovada em outubro pelo Conselho da Fifa que limita as comissões pagas a esses profissionais a partir de 2021. O plano faz parte de uma ampla reforma no sistema de transferências que a entidade máxima do futebol quer promover. Tentando evitar abusos, a proposta estipula um teto, de modo que o valor pago aos empresários não pode ultrapassar os seguintes porcentuais: 10% do montante da transferência para agentes dos clubes vendedores, 3% do salário do jogador para agentes do atleta e 3% do salário do jogador para agentes dos clubes envolvidos. (Fontes: AFP/Reuters).

Grupo de conselheiros pede o impeachment do presidente do São Paulo SÃO PAULO - Um grupo de 50 conselheiros do São Paulo entrou na quarta-feira (4) com pedido de impeachment contra o presidente do clube, Carlos Augusto de Barros e Silva, o Leco. O documento foi entregue na sala do mandatário - a secretaria do Conselho Deliberativo estava fechada para que a ação fosse protocolada. O principal ponto apontado pelos membros do Conselho Deliberativo é “gestão temerária”, que envolve contratos de empréstimo assinados sem o aval do Conselho do São Paulo e o estouro do orçamento da equipe. Assim que o documento for protocolado oficialmente na secretaria do Conselho Deliberativo, o presidente do órgão, Marcelo Abranches Pupo Barboza, fará a primeira avaliação para seguir ou arquivar

o pedido. O estatuto do São Paulo prevê que, para ser destituído, um presidente precisa ter votos de 2/3 dos membros do Conselho Deliberativo. Leco foi reeleito presidente do São Paulo em 2017 com 124 votos. José Eduardo Mesquita Pimenta teve 101. O cartola administra o clube desde 2015, quando derrotou Newton do Chapéu em eleição para completar o mandato de Carlos Miguel Aidar, que havia renunciado após denúncias de corrupção. O mandato de Leco vai até o fim de 2020. A diretoria do São Paulo divulgou, na tarde desta quarta-feira, uma nota oficial rebatendo o movimento. A atual gestão alega que o pedido “carece de fundamento” e é uma “peça discutível e equivocada”. (Fonte: AE). FELIPE RAU/AE

Carlos Augusto de Barros e Silva, o Leco., presidente do São Paulo


Polícia

Boa Vista, quinta-feira, 5 de dezembro de 2019

A9

CRIME EM RORAINÓPOLIS

Investigação indica morte por encomenda; bolsa da vítima foi encontrada na casa de amiga Polícia cumpriu mandado de busca e apreensão na casa da amiga da vítima e encontrou a bolsa levada no dia do crime Reprodução/Facebook/Joice Camilo

DA REDAÇÃO

jornalismo@roraimaemtempo.com.br

A Polícia Civil cumpriu mandado de busca e apreensão na casa de uma amiga da servidora pública e empresária, Joicilene Camilo dos Reis, encontrada morta na última segunda-feira (2). Na residên-

INVESTIGAÇÃO A polícia aponta que Joice foi surpreendida dentro da residência quando estava sozinha. Não foram encontrados sinais de arrombamento nas portas. Do local foram levados diversos objetos, além de joias e de aproximadamente R$ 50 mil em dinheiro. cia da amiga, foi localizada a bolsa pessoal da vítima. De acordo com a instituição, familiares, amigos e funcionários de Joicilene estão sendo ouvidos na Delegacia de Rorainópolis, município onde ocorreu o crime. Conhecida como “Joice Camilo”, a empresária foi encontrada durante a manhã amarrada com um fio elétrico. Ela foi morta por asfixia, segundo a polícia. As investigações indi-

Investigações indicam que a morte foi encomendada e a vítima estaria com aproximadamente R$ 50 mil em casa

cam que a morte foi encomendada e a vítima estaria com aproximadamente R$ 50 mil em casa. O dinheiro seria depositado na segunda-feira, dia que o corpo foi encontrado. A polícia aponta que

Joice foi surpreendida dentro da residência quando estava sozinha. Não foram encontrados sinais de arrombamento nas portas. “Muitos detalhes estão sendo analisados. Estamos

Guarda Municipal flagra venda de droga na Praça do bairro Asa Branca e suspeito é preso Nonato Sousa/Roraima em Tempo

NONATO SOUSA

ouvindo as pessoas mais próximas da vítima. Os trabalhos de investigação e as diligências estão bem adiantados para identificação dos autores e dos mandantes do crime”, disse o delegado Cid

Guimarães, responsável pelo inquérito. A linha principal da investigação é que o crime tenha sido latrocínio (roubo seguido de morte). Na casa de Joice foi detectado que diversos obje-

tos foram levados, como dois televisores, uma máquina de cortar cabelo, joias, perfumes importados, notebook, celular da vítima, o anel de formatura que estava no dedo da vítima, dinheiro e a bolsa.

Motorista é preso em flagrante após bater em motocicleta e fugir sem prestar socorro NONATO SOUSA

jornalismo@roraimaemtempo.com.br

jornalismo@roraimaemtempo.com.br

Mais um suspeito de vender drogas nas praças públicas de Boa Vista foi tirado de circulação na noite de terça-feira (3). Iuenderson Wallystan Silva, 26, foi detido na praça do Bairro Asa Branca, zona Oeste da cidade, pela equipe do Grupo de Ações Motorizadas (GAM), da Guarda Civil Municipal (GCM) de Boa Vista. Ao menos quatro porções de skunk e crack foram recolhidos pelos GCMs. Um adolescente de 16 anos e um homem de 36 anos que estavam próximos do suspeito foram abordados e revelaram à equipe do GAM que são usuários e estavam no local para comprar droga. “Nossa equipe fazia patrulhamento de rotina pela cidade e quando chegamos à Praça do bairro Asa Branca, o suspeito que estava em volta de outros indivíduos, lançou algo na quadra de areia ao ver a guarnição”, informou os dos GCMs. Ainda de acordo com a fonte, imediatamente foi feita a abordagem e revista ao suspeito. “Depois o conduzimos até a quadra de areia e recolhemos os embrulhos de plástico, momento em que se constatou que se tratava de skunk e pedra de crack” frisou. Logo depois, Silva e os outros dois citados foram con-

Um pedreiro de 55 anos foi preso no final da tarde de terça-feira (3), em Boa Vista, depois de se envolver em um acidente de trânsito e deixar gravemente ferido um vigilante de 38 anos que andava de motocicleta. O acidente ocorreu por volta das 15h30 na Avenida Estrela D’alva, no bairro Raiar do Sol, na zona Oeste da cidade. José Evandro Pereira da Silva conduzia uma picape Saveiro vermelha. De acordo com informações apuradas pelo Roraima em Tempo, depois de bater atrás da motocicleta o pedreiro não parou para auxiliar

no socorro à vítima e fugiu do local com o carro batido. Silva foi seguido por moradores até sua casa, na rua Rio Solimões, bairro Bela Vista. A Polícia Militar foi informada e uma equipe foi até a casa do suspeito, que tentou fugir mais uma vez e foi capturado logo depois próximo de um bar. Silva fez o teste do bafômetro e o resultado foi 1.12 mg/l de álcool no organismo. O desfecho da ocorrência foi por volta das 18h, ocasião em que o pedreiro foi conduzido ao Plantão da Polícia Civil. Também a picape Saveiro foi apreendida e entregue na delegacia. FLAGRANTE

A reportagem apurou que após se inteirar da ocorrência, ouvir os PMs e interrogar o motorista, Silva foi preso por embriaguez ao volante, lesão corporal com relação ao motociclista, e ainda por omissão de socorro, por ter fugido do local do acidente sem auxiliar a vítima. A delegada falou com a reportagem e informou que somadas as penas, em caso de condenação, ultrapassam os seis anos e por isso não há fiança no âmbito policial. Ao final do procedimento policial (flagrante), Silva foi conduzido para a carceragem da Polícia Civil e pela manhã segue para audiência de custódia. Nonato Sousa

Segundo os GCMs, Silva ainda tentou evitar a prisão jogando a droga na quadra de areia, o que não adiantou

duzidos ao Plantão da Polícia Civil, onde após saber do caso e ouvir os envolvidos, o delegado Marcus Albano formalizou a prisão do suspeito em flagrante por tráfico de drogas. O delegado informou que o adolescente e o outro

homem foram ouvidos como testemunhas e confirmaram que estavam negociando drogas com Silva, quando a equipe da GCM chegou à praça e flagrou a negociata. Eles foram liberados após os depoimentos.

Silva (detalhe) fugiu sem prestar socorro e foi localizado em casa, no bairro Bela Vista


A10

Local/Editais

Boa Vista, quinta-feira, 5 de dezembro de 2019

NATAL

Enfeites natalinos podem ser prejudicais a animais de estimação; saiba como evitar Bolas de vidro de natal para decorar árvore devem ser evitadas; é preciso também ter atenção ao barulho dos fogos de artifício GABRIELA G.G. MARCONDES

jornalismo@roraimaemtempo.com.br

Com as festas de fim de ano se aproximando, as pessoas começam a enfeitar as casas e montar a tradicional árvore de natal. Alguns investem em luzes e enfeites. Contudo, é preciso cuidado redobrado, pois estes itens podem ser prejudiciais para os animais de estimação. Os do-

CUIDADO Devido à forma e luzes dos enfeites de natal, cães se sentem atraídos e podem se machucar ao tentar pegar determinado objeto nos dos bichinhos devem estar atentos para educar e cuidar do amigo de quatro patas. O brilho de vários objetos natalinos, por exemplo, bolinhas de árvore de natal, são atraentes para os pets. Dependendo do item, o animal pode se engasgar ou se machucar. Se o material for à base de vidro, pode ser ainda mais perigoso.

DIVULGAÇÃO

Por isso, a indicação dos veterinários é evitar enfeites de vidro ou pontiagudos. A comerciante Milagro Garcia tem dois cachorros pequenos da raça Shitzu e contou à reportagem que coloca a árvore de natal numa plataforma de madeira, para que os cachorros não alcancem a decoração. “Minha árvore é pequena e eu gosto de colocar bastante luz, enfeites de bolinha e Papai Noel. Como tenho cachorros, coloco a árvore sempre numa mesinha redonda de madeira que tenho. Fica bonita e os meus cães não conseguem alcançar os enfeites”, comentou Milagro. Além de garantir que o animal não se machuque ou se engasgar com o objeto, a comerciante assegura, com a base de madeira, os itens que comprou para que os pets não estraguem a decoração e evite prejuízo financeiro. Outro ponto importante a ser levado em consideração, que deve ser um alerta para os responsáveis, é o pisca-pisca. Se este ano deseja investir nas luzes, é preciso ter atenção para que a fiação elétrica fique longe do alcance dos animais e, assim, evitar que haja um choque ou até enforcamento. Colocar limites nos pets ensinando-os ou contratar um adestrador profissional pode

Enfeites são perigosos para animais nesta época do ano

ser uma opção para que eles entendam onde podem ou não brincar. Levar o animal para fazer caminhada, brincar com ele e disponibilizar objetos de brinquedo também pode ser opções saudáveis e lúdicas. FOGOS DE ARTIFÍCIO Um problema que afeta

muitos cães e gatos são os fogos de artifícios, utilizados pela para comemorar as festas natalinas. Nas celebrações ocorrem os maiores índices de fugas dos pets. Animais ficam nervosos com o barulho e na tentativa de se esconder muitos fogem dos lares atordoados. Para prevenir que o animal

passe mal ou fuja devido aos shows de pirotecnia, é necessário dar mais atenção ao cão nesse momento. Se não estiver em casa, deixe o animal dentro do lar, num espaço seguro com água, comida e conforto. Feche portas e janelas para diminuir a intensidade do barulho e evitar a fuga. Pode também colocar

bolinhas de algodão nos ouvidos do animal, mas para isso é bom consultar um veterinário para saber como fazer o procedimento sem prejudicar depois a audição do pet. Evite comprar fogos de artifício para que essa cultura não continue se disseminando. Existem outras formas de comemorar.

Rizartrose do Polegar é o segundo tipo de artrose mais comum na mão DIVULGAÇÃO

“Meu polegar dói”. “Tenho tido dificuldade para abrir uma tampa de compota”. “Não consigo abrir uma garrafa PET”. Essas são algumas das queixas de pacientes que apresentam um desgaste da articulação da base do polegar, chamada de rizartrose do polegar - o segundo tipo de artrose mais comum na mão. “O polegar contribui para, pelo menos, 50% da função da mão, portanto, está submetido a uma grande carga de estresse que, associado a uma atividade que exige movimento de pinça do polegar, pode levar à rizartrose”, explicou o presidente da Sociedade Brasileira de Cirurgia da Mão, Marcelo Rosa de Rezende. Um dado importante na ocorrência dessa patologia é a associação com a genética do paciente. “Daí o fato de encontrarmos vários membros de uma mesma família acometidos

por essa enfermidade”, comentou o especialista. A articulação da base do polegar é chamada de trapézio-primeiro metacarpiano. É ela quem contribui 53% com a extensão, 23% com a flexão e 17% com a rotação global do polegar. “No desgaste do componente articular da base do polegar, os ossos começam a se atritar um no outro, resultando em um processo inflamatório doloroso, que leva à restrição do uso do polegar”, disse o médico. SINTOMAS Na fase inicial do problema, a sensação é a de como se faltasse “óleo nas juntas”. “As articulações ficam meio travadas, podendo apresentar inchaço e, com o tempo, a base do polegar começa a doer. Essa dor vai aumentando ao fazer movimentos de agarrar, pinçar e, então, atividades básicas

um alargamento visível da base do polegar, com a exposição do osso subjacente. Com o tempo, a deformidade progride e pode chegar ao padrão de “polegar em zig zag””, frisou.

Problema ocorre por desgaste da articulação da base do polegar, dedo que contribui para, ao menos, 50% da função da mão

como escrever, por exemplo, se transformam em um martírio”, salientou Marcelo.

Já na forma mais grave, a dor pode surgir mesmo em repouso e acompanhada de fra-

queza, limitação da mobilidade e deformidade da base do polegar. “A deformidade ocorre por

TRATAMENTO Algumas medidas podem ajudar a aliviar os sintomas e a retardar a progressão da rizartrose, como aplicação de bolsas de gelo na junta do polegar; uso de órteses (luvas imobilizadoras) específicas e exercícios para fortalecer os músculos que ficam ao redor do polegar, orientados por um especialista da mão. Não apresentando melhora, especialista em mão deverá ser consultado, pois poderá haver indicação para tratamento cirúrgico. A cirurgia, quando indicada e bem realizada, promove o alívio dos sintomas dolorosos e o retorno do paciente às suas atividades manuais.

Profile for RoraimaEmTempo

Jornal Roraima em tempo – edição 1386  

Jornal Roraima em tempo – edição 1386  

Advertisement