Page 1

roraimaemtempo.com.br ANO 5 • Nº 1368

AO SAIR DA PRISÃO, LULA DISSE QUE VAI VIAJAR PELO PAÍS E ‘PROPOR ALTERNATIVAS’.

ILHA DE LIXO QUE ESTÁ FLUTUANDO NO OCEANO PACÍFICO É 16 VEZES MAIOR DO QUE SE PENSAVA.

Política Nacional A5

Economia A6

A NOTÍCIA QUE INTERESSA

BOA VISTA, SEGUNDAFEIRA, 11 DE NOVEMBRO DE 2019

Justiça concede liberdade a ex-governador Neudo Campos FOTOS DIVULGAÇÃO

DECISÃO OCORRE APÓS NOVO ENTENDIMENTO DO SUPREMO TRIBUNAL FEDERAL (STF), QUE DERRUBOU PRISÃO NA SEGUNDA INSTÂNCIA O juiz Jarbas Lacerda de Miranda determinou no sábado (9), expedição de alvará de soltura ao ex-governador de Roraima Neudo Ribeiro Campos. A decisão, se baseia no novo entendimento do Supremo Tribunal Federal (STF), que derrubou prisão após condenação em segunda instância. Neudo foi condenado pela justiça a mais de 10 anos de prisão, por envolvimento no escândalo dos gafanhotos, que consistia em empregar ‘fantasmas’ na estrutura do governo, como forma de desviar recursos públicos. ÚLTIMAS NOTÍCIAS A2

O EXGOVERNADOR NEUDO CAMPOS SE ENTREGOU À POLÍCIA FEDERAL EM JUNHO DE 2016

LEILÃO

Detran realiza leilão de 656 veículos Nos dias 20 e 21 deste mês, o Departamento Estadual de Trânsito de Roraima (Detran-RR), realiza o leilão de 656 veículos. Esta é a segunda edição este ano, e terá início às 9h, no pátio WR Leilões, rua das Três Marias, nº 139, bairro Raiar do Sol. LOCAIS A4

Jovem é preso por áudio com ameaça a policiais POLÍCIA A10

roraimaemtempo.com

DENÚNCIAS 99144 8656

Confirmados 60 casos em detentos da Pamc LOCAIS A4

CAPITÃO CLÓVIS

Praça é revitalizado e ganha estrutura moderna A Praça Capitão Clóvis, uma das mais antigas da capital, foi totalmente revitalizada. Localizada no Centro da Cidade, o espaço era o principal ponto de

ACESSE NOSSO PORTAL

CATAPORA

FACÇÃO CRIMINOSA

lazer e convivência das primeiras famílias que ajudaram a formar Boa Vista. Os recursos para a recuperação da Praça foram garantidos com apoio do presidente do

Anúncios, Assinaturas e Assinantes, Atendimento ao leitor.

FALE COM A GENTE: 95 99144-8656

diretório Estadual do MDB-RR, Romero Jucá que conseguiu junto ao Ministério do Turismo, a liberação em 26 de dezembro de 2017. ECONOMIA 10A

TEMPO EM RORAIMA

32º 24º

Chuva: 60% Umidade: 81% a 51% Vento: 5km/h Sol: 05:46h / 17:47h

FONTE: CLIMATEMPO


A2

Últimas Notícias

Boa Vista, segunda-feira, 11 de novembro de 2019

ESCÂNDALO DOS GAFANHOTOS

Justiça concede liberdade a ex-governador Neudo Campos, condenado a mais de 10 anos de prisão Decisão ocorre após novo entendimento do Supremo Tribunal Federal (STF), que derrubou prisão na segunda instância Edinaldo Morais/ Roraima em Tempo

DA REDAÇÃO

jornalismo@roraimaemtempo.com.br

O juiz Jarbas Lacerda de Miranda determinou no sábado (9), expedição de alvará de soltura ao ex-governador de Roraima Neudo Ribeiro Campos. A decisão, se baseia no novo entendimento do Supremo Tribunal Federal (STF), que derrubou prisão após condenação em se-

PRAGA DO EGITO Escândalo dos gafanhotos consistia em empregar ‘fantasmas’ na estrutura do governo, como forma de desviar recursos públicos. Neste mês de novembro, a Operação Praga do Egito, que desbaratou o esquema, completa 16 anos. gunda instância. “Determino expedição de alvará de soltura em favor do sentenciado Neudo Ribeiro Campos, colocando-o em liberdade nos processos em que haja condenação sem o trânsito em julgado da sentença penal

Neudo se entregou à PF em junho de 2016

condenatória, que estejam em execução de pena perante a Justiça Estadual de Roraima”, escreveu o juiz. Neudo foi condenado

pela justiça a mais de 10 anos de prisão, por envolvimento no escândalo dos gafanhotos, que consistia em empregar ‘fantasmas’ na estrutura do governo,

como forma de desviar recursos públicos. Neste mês de novembro, a Operação Praga do Egito, que desbaratou o esquema, completa 16 anos.

O ex-governador se entregou à Polícia Federal em junho de 2016, ano em que o STF havia admitido prisão após 2a instância. O Ministério Público

Federal (MPF) tentou, por três vezes, fazer com que Neudo fosse preso, mas ele sempre conseguiu habeas corpus, até se entregar à polícia. Em setembro daquele ano, conseguiu prisão domiciliar, regime que vinha cumprindo. O magistrado fez questão de frisar que ressalvava o entendimento pessoal sobre a questão julgada, mas gostando ou não da decisão, “ela foi proferida em controle concentrado de constitucionalidade, portanto de efeito vinculante sobre a matéria”. A soltura só deve ocorrer em casos contemplados pelo novo entendimento do Supremo. “Na sequência, identificando essa situação jurídica analisada pelo STF, frisa-se: somente nessa circunstância, expeça-se alvará de soltura em favor de Neudo Ribeiro Campos, colocando-o em liberdade, salvo se outro motivo legal impeça o cumprimento da decisão do STF”, ponderou. Por fim, Jarbas Lacerda alertou que, por força do STF, pessoas em idêntica situação jurídica, com condenação penal não transitada em julgado, “recolhida ao cárcere com essa única e exclusiva fundamentação, sejam negros, pobres ou prostitutas, deverão ganhar liberdade com a aplicação do novo entendimento da Suprema Corte. Isso acontecerá em Roraima e no restante do país”, finalizou.

DIVULGAÇÃO

Espaço histórico em BV é revitalizado e ganha estrutura moderna para lazer, esporte e renda DA REDAÇÃO

jornalismo@roraimaemtempo.com.br

A Praça Capitão Clóvis é uma das mais antigas da capital. Localizada no Centro da Cidade, o espaço era o principal ponto de lazer e convivência das primeiras famílias que ajudaram a formar Boa Vista. Durante anos, o local ficou abandonado, sofrendo com a ação do tempo e com atos de vandalismo. Uma realidade que mudou completamente na noite de sexta-feira (8), com a entrega da nova estrutura. O espaço foi totalmente revitalizado e conta agora com quadra poliesportiva, quadra de basquete, arquibancada, banheiro, academia ao ar livre e playground para as crianças além de bancos, mesas e espaço de passeio com acessibilidade. No local também foram reconstruídos os antigos quiosques, que se tornaram fonte de renda para famílias, como a que administra o lanche Boomerang. “Eu trabalho aqui há 18 anos e a gente viu a praça se acabar. Não tinha ninguém que viesse para melhorar esse espaço. Hoje, eu sinto alegria e o sentimento de valorização, de grandeza. Estamos muito felizes”, afirmou. Os recursos para a recuperação da Praça foram garantidos com apoio do presidente do diretório Estadual do MDB-RR, Romero Jucá que conseguiu junto ao Ministério do Turismo, a liberação em 26 de dezembro de 2017. O dinheiro era proveniente de uma emenda do ex-deputado Remídio Monai. “No dia 31 de dezembro, a

gente ia perder esses recursos. Eu falei com o Remídio e consegui realocar o investimento para a recuperação dessa Praça que é um espaço muito tradicional da nossa cidade, complementando a estrutura de lazer, esporte e convivência que temos no Centro de Boa Vista”, disse Jucá. Jucá lembrou ainda que Boa Vista é uma das capitais brasileiras com o maior número de praças e que isso é um fator determinante para melhorar a qualidade de vida da população. Pesquisas recentes conduzidas pelo Ministério da Saúde apontam que a população de Boa Vista sofre menos com males como a hipertensão e diabetes. E a presença de praças que estimulam atividades físicas é um fator que contribui para isso. “Em breve, vamos ter aqui no Centro também o Parque do Rio Branco que é um marco nesse trabalho de transformação que fazemos por Boa Vista. Tenho certeza que, assim como o Complexo Ayrton Senna, o Parque será o novo point das nossas famílias”. MAIS ESPAÇOS DE LAZER Em sua fala, a prefeita Teresa Surita informou que das 50 praças existentes na capital, 21 delas receberam alguma melhoria executada pela Prefeitura desde 2013. “São locais que reformamos completamente como a Praça das Águas ou que fizemos uma revitalização como a Praça da Bandeira. Além dos espaços que estamos construindo e que vão complementar ainda mais a infraestrutura

urbana e turística da nossa capital”. Atualmente, a Prefeitura trabalha na revitalização da Praça do bairro 13 de Setembro, na construção da Praça da Primeira Infância, no bairro Nova Cidade e ainda na implantação de um espaço de lazer nos moldes da Praça do Mirandinha para atender à comunidade do bairro Cinturão Verde. “Agradeço a parceria do Romero que sempre me ajudou muito no trabalho que faço por Boa Vista. Essas obras estão acontecendo porque ele trouxe ajudou a liberar os recursos”, afirmou Teresa. SEM DINHEIRO A prefeita destacou também que 2020 será o primeiro ano das suas cinco gestões à frente do Município em que a Prefeitura não receberá recursos de emenda parlamentares. Ela lamentou a postura da atual bancada federal que deixou a capital fora dos recursos destinados para as emendas impositivas. “Vai vir dinheiro pra Boa Vista, mas pelo Governo do Estado que não faz asfalto, não faz iluminação, que não pode atender ao que a nossa população mais pede. E eu lamento muito por isso”, afirmou. Para o Orçamento geral da União de 2020, a bancada federal destinou R$ 495 milhões em emendas impositivas para serem executadas 2021. A ausência de recursos para Boa Vista comprometerá a capacidade do próximo gestor investir em obras de infraestrutura como asfalto e drenagem, por exemplo.

CNC estima que mais de 58 mil famílias possuíam algum tipo de dívida

Índice de famílias endividadas cai pelo quarto mês seguido em RR; é o menor patamar em cinco anos BRYAN ARAÚJO

jornalismo@roraimaemtempo.com.br

O índice de famílias endividadas em Roraima caiu pelo quarto mês seguido em outubro, atingindo o menor patamar em cinco anos e superando o recorde registrado em setembro. É o que revela a Pesquisa de Endividamento e Inadimplência do Consumidor (PEIC). O estudo foi divulgado na última semana pela Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC) e pela Federação de Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de Roraima (Fecomércio-RR). Conforme o levantamento, em relação ao mês se setembro, o índice caiu 1,6% na comparação. A redução

é ainda maior se comparada com outubro do ano anterior, com queda de 11%. Segundo o estudo, 63,1% das famílias roraimenses estavam endividadas no mês passado. A CNC estima que em números absolutos mais de 58 mil famílias em Roraima possuíam algum tipo de dívida até o final de outubro. Apesar da redução de famílias endividadas em Roraima, o número de pessoas com contas em atraso sofreu um aumento de 4% em relação ao mês anterior. No entanto, quando comparado ao mesmo período no ano anterior, houve uma redução de 4,5%. No total, estima-se que mais de 33 mil famílias estavam inadimplentes no Estado no mês passado. Entre aque-

les que têm contas em atraso, o tempo médio de vencimento é de 57 dias. Essas dívidas comprometem em média 30% da renda das famílias roraimenses e se alongam por oito meses. A pesquisa detalha que dentre os principais tipos de dívida estão: Cartão de crédito (56%); carnê de lojas (34%); crédito pessoal (12%); e financiamento de carro (11%). SOBRE A PESQUISA A Pesquisa Nacional de Endividamento e Inadimplência do Consumidor (Peic) é apurada mensalmente pela CNC desde janeiro de 2010. Os dados são coletados em todas as capitais dos Estados e no Distrito Federal, com aproximadamente 18 mil consumidores.


Opinião A3

Boa Vista, segunda-feira, 11 de novembro de 2019

Roraima Alerta REVERTER O governador Antonio Denarium tenta reverter a gestão impopular, que tem se construído ao logo desses últimos 10 meses. Sob ameaça de greve de alguns setores, o chefe do Executivo conseguiu equilibrar a balança ao anun usar o pagamento do PCCR das indiretas, o que deve injetar milhões na economia. A tentativa de reverter a situação ocorre depois de ações no Supremo Tribunal Federal (STF), que ainda correm a passos lentos, mas podem resultar na perda de muitos direitos dos servidores. Mesmo assim, algumas categorias ainda querem ter a esse aos direitos garantidos na Constituição. Denarium vai conseguir contemplar? SEM COMENTÁRIOS Depois da libertação do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, o Roraima em Tempo questionou o posionamento da delegada da Polícia Federal e ex-coordenadora da Operação Lava Jato, Erika Marena, sobre a situação. Ela esteve presente para palestrar em um seminário sobre corrupção em Roraima, mas não quis comentar o caso. Dispensou a equipe de reportagem com elegância. Mesmo a equipe querendo saber de uma delegada comp Erika o posionamento frente à decisão que abalou o país, a resposta foi o vazio e o silêncio. Aqui em Roraima, os reflexos desse novo posionamento podem ser vistos nos próximos dias, já que Neudo Campos, o mentor do maior escândalo de corrupção do estado, já está solto.

nados devem cumprir pena logo que for condenado? Ou precisa esperar todos os recursos esgotarem para isso? E a impunidade no país? Como fica essa questão? CAMPOS A família Campos sempre esteve nos holofotes dos escândalos de corrupção. O último, por exemplo, teve Suely Campos como protagonista. Um desvio de R$ 133 milhões dos cofres do Insituto de Previdência. Como pode um governo ter feito tantos destroços ao povo? Suely não está só nesse escândalo. Tanta falta de administração na gestão dela levou à intervenção federal no fim do mandato. Assumiu Denarium, com discurso de fazer diferente, mas até agora nada. Além disso, quem não lembra do filho Guilherme Campo, envolvido no escândalo das marmitas? Nesse, R$ 70 milhões foram desviados. Ainda na gestão da progressista, outros R$ 50 milhões foram desviados da Educação. Ou seja, a família destruiu a prefeitura de Boa Vista, quando Suely assumiu, e depois o govenro de Roraima. Será que a população ainda quer essas pessoas no Executivo?

MENTOR Neudo foi o cara que articulou o maior esquema de desvio de recursos. Ano passado, uma fonte revelou ao jornal que ele foi o maior beneficiário de tudo isso. Cerca de R$ 300 milhões desviados dos cofres públicos de Roraima. Depois de anos, ele foi condenado em 2016 a cumprir imediatamente a pena. Desde então, ele estava com tornozeleira eletrônica há três anos anos, em casa, depois de conseguir prisão domiciliar. Essa liberdade, não só dele, mas de tantos outros, reabre o debate sobre prisão em segunda instância. O que você, leitor, acha disso? Os conde-

REFORMA Nada da reforma administrativa. Promessa de campanha, Denarium não consegue enviar a proposta para a Casa Legislativa. Será que este ano a essa promessa é cumprida? É bem difícil! Até porque Denarium já disse que está no govenro por se meteu numa confusão. Ele não demonstra qualquer interesse em continuar atuando pelo estado. A reforma ajudaria muito nas contas públicas e daria uma melhorada na popularidade do governador. Por isso, a pergunta que não quer calar: cadê a reforma? Até quando vai dizer que não há dinheiro e não fazer nada

para melhorar essa situação? Com essa omissão e demora, o governo deixa a entender que, de fato, tem usado a estrutura do govenro para abrigar muitos cargos, para agradar os empresários e políticos que ajudar na campanha. Mesmo negando, a falta de ações para equilibrar as contas apontam para isso. FAKE NEWS A deputada Betânia Almeida não poupou críticas do governador. Ela caracterizou como fake news as informações de investimento na segurança pública do estado. A publicação no Instagram da deputada se referia aos investimentos anunciados pelo governo, em se tratando de novas viaturas para a polícia. A deputada tem se mostrar ferrenha opositora do governador, que tem ganhando as famosas figurinhas em aplicativo de mensagens instantâneas. A tribuna da Assembleia Legislativa de Roraima tem sido o oásis da parlamentar e canal para cobrar ações do governo em todas as áreas, principalmente na saúde e segurança. DE ESCANTEIO A atuação do senador Chico Rodrigues tem ficado de escanteio. As pessoas têm feito duras críticas a ele, já que tem feito diversas viagens nos últimos meses. Dinheiro que é bom, não chega. Aliás, todos lembram do escândalo da gasolina. O parlamentar não tem mostrado uma atuação exemplar e caminha para o encerramento do primeiro ano de mandato no Senado, como um pífio senador. Infelizmente, serão mais sete anos como parlamentar federal, se escorando no trabalho alheio. Tucuruí, enquadramento e outras demandas prometidas não passaram de falácia durante a campanha. Inclusive, tem gente cobrando valores devidos por ele. Como diria a deputada Betânia Almeida: vá trabalhar!

Questão de Opinião

A Charge

Sem saneamento básico, o Brasil é um país de suburbanos THALES AGUIAR*

ACERTOU

ERROU DIVULGAÇÃO

DIVULGAÇÃO

A Prefeitura de Boa Vista revitalizou a Praça Capitão Clóvis, uma das mais antigas da capital. Os recursos foram garantidos com apoio do presidente do diretório Estadual do MDB-RR, Romero Jucá, que conseguiu junto ao Ministério do Turismo, a liberação em 26 de dezembro de 2017. O dinheiro era proveniente de uma emenda do ex-deputado Remídio Monai.

A atual bancada federal. Segundo a prefeita de Boa Vista, Teresa Surita, 2020 será o primeiro ano das suas cinco gestões à frente do Município em que a Prefeitura não receberá recursos de emenda parlamentares. Ela lamentou a postura dos parlamentares eleitos, que deixaram a capital fora dos recursos destinados para as emendas impositivas.

Diariamente vemos nas grandes mídias diversos acidentes nos centros urbanos com vítimas fatais relacionados à falta de saneamento básico devido ao não escoamento das aguas nas vias urbanas em épocas de chuvas. Falta de bocas de lobo nos asfaltos, alagamentos de avenidas e ruas tornaram rotinas na maioria das cidades do país. De acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS) a grande questão é a melhoria da qualidade de vida e da saúde dos indivíduos, promover de forma contínua o desenvolvimento social. Mas o saneamento vai muito além do planejamento urbano, ele é um direito assegurado pela Constituição. De acordo com a Lei nº. 11.445/2007, resumi no conjunto de serviços, infraestrutura e instalações operacionais de abastecimento de água, esgotamento sanitário, limpeza urbana, drenagem urbana, manejos de resíduos sólidos e de águas pluviais. Segundo o instituto Trata Brasil, que é uma organização da sociedade civil, no país 48% da população não tem coleta de esgoto e mais de 35 milhões não tem acesso a agua tratada. De todos os impactos ambientais talvez esse seja o maior de todos. Diariamente são despejados toneladas de esgotos nos rios e afluentes, lugares totalmente indevidos. Dejetos que não são tratados sem aterros sanitários fican-

Segundo o instituto Trata Brasil, que é uma organização da sociedade civil, no país 48% da população não tem coleta de esgoto e mais de 35 milhões não tem acesso a agua tratada. De todos os impactos ambientais talvez esse seja o maior de todos. Diariamente são despejados toneladas de esgotos nos rios e afluentes, lugares totalmente indevidos

do a céu aberto com riscos iminentes de doenças para a população. O governo gasta milhões com internações hospitalares de pessoas contaminadas todos os anos e aumenta cada vez mais o índice de mortalidade infantil devido as graves diarreias provocadas por consumo de agua não tratada. E assim, com a precariedade do saneamento básico, o Brasil segue com uma população suburbana, morando nas periferias em meios ao caos provocado pela inexistência desse serviço. Os políticos pouco se interessam em resolver tais situações, pois para eles essas obras são invisíveis aos olhos de seus eleitorados. É preciso urgentemente que os governos das três esferas possam destinar orçamentos no mínimo para o tratamento do esgoto, cujas tarifas,

em diversas cidades, são cobradas nas contas de agua e onde a mesma população não tem esse tipo de prestação de serviço. Somos também responsáveis por parte dessas mazelas, pois não cobramos devidamente o que pagamos e continuamos a pagar a conta pela ineficiência do poder público. É necessário investir em tecnologia e projetos sustentáveis que atendam cada região nas suas particularidades, sejam elas geográficas ou demográficas e que atendam todas as classes sociais. Saber tratar os recursos naturais não significa resolver e trazer todas as soluções para as disparidades do subdesenvolvimento. Contudo, é nesse contexto que devemos cuidar com responsabilidade e paralelamente do meio ambiente e dos espaços criados pelos seres humanos. Tratar a causa com a devida atenção é economizar recursos financeiros, aumentar a produtividade e universalizar a prática dos bons costumes. *O autor é jornalista e editor de Opinião, Economia e Mundo do jornal RORAIMA em tempo.


A4

Local

Boa Vista, segunda-feira, 11 de novembro de 2019

AFOGAMENTO

RR tem o segundo maior índice de mortes por afogamento do país, aponta relatório da Sobrasa Estado apresentou 7,27 de óbitos para cada 100 mil habitantes YARA WALKER

jornalismo@roraimaemtempo.com.br

O estado de Roraima aparece com a maior taxa de mortalidade por afogamento no Brasil, em um relatório da Sociedade Brasileira de Salvamento Aquático (Sobrasa), referente ao ano de 2017, divulgado em outubro deste ano. O índice de 7,27 mortos a

DADOS 2018/2019 Conforme o Corpo de Bombeiros de Roraima, em 2018 foram atendidas 12 ocorrências de afogamento, sendo oito na Capital e quatro no interior. Esse número teve um aumento significativo em 2019, com 20 ocorrências, sendo 13 na capital e sete no Interior.

cada 100 mil habitantes é maior que a média nacional, e reduziu pela metade em 37 anos (em 1979, índice era de 12,2). Em 2016, o estado apareceu com o maior índice de mortalidade nessas condições.

Divulgação/Corpo de Bombeiros

Roraima ficou atrás somente do Amapá, onde o índice de mortalidade a cada 100 mil habitantes é de 7,64. Os dois estados são do Norte do país, cuja região registrou a maior mortalidade (5,1 a cada 100 mil/hab.). O boletim cita ainda que, em 2017, 16 brasileiros morreram afogados diariamente e que os homens morreram 6,7 vezes mais que as mulheres. Entre os estados de maior destaque na redução, estão São Paulo (36%), Distrito Federal (33%), Rio de Janeiro (34%), Roraima (33%), Rio Grande do Sul (30%) e Pernambuco (30%). Aqueles com aumento da mortalidade são: Maranhão (37%), Pará (31%), Tocantins (14%) e Amazonas (12%). No ano de 2017, em média, o Rio de Janeiro apresentou a menor taxa de óbito pela população residente (1.47/100.000), seguido pelo Distrito Federal (1.51) e São Paulo (1.84). Já os estados de Amapá (7,64), Roraima (7,27), e Amazonas (6,37) apresentaram as maiores taxas. OUTROS DADOS Conforme o Corpo de Bombeiros Militar de Roraima (CBMRR), em 2018 foram atendidas 12 ocorrências de afogamento, sendo oito na Capital, dois em Caracaraí e dois em Pacaraima. Esse número teve um aumento significativo em 2019. Ao todo, foram atendidas 20 ocorrências, sendo 13 na capital

médicos, guarda-vidas e outros profissionais atuantes na área aquática, que atua na prevenção e redução do número de afogamentos pelo país. As mortes ocorreram principalmente em águas naturais e as pessoas se tornaram vítimas durante atividades como banho, natação, prática de esportes aquáticos, usando a água como transporte, ou mesmo para trabalho.

Boletim cita ainda que, em 2017, 16 brasileiros morreram afogados diariamente

e sete no Interior (três em Caracaraí, três em Rorainópolis e uma ocorrência em Pacaraima). No dia 4 deste mês, o corpo de uma criança de 3 anos de idade, que desapareceu na tarde do dia 2, no bairro Distrito Industrial, zona Oeste de

Boa Vista, foi encontrado pelo CBMRR. De acordo com a família, que acionou a ajuda via 193, o menino havia desaparecido após seguir sozinho por uma trilha que dá acesso ao rio, próximo ao local conhecido como Jardim das Copaíbas.

SOBRE O RELATORIO O relatório “Afogamentos: O que está acontecendo?” foi produzido com informações coletadas no Datasus, do Sistema Único de Saúde (SUS), pela Sobrasa, entidade sem fins lucrativos criada em 1995 por

PREVENÇÃO A Sobrasa ressalta que mais de 80% das mortes ocorreram porque as vítimas ignoraram os riscos, não respeitaram limites pessoais, e por desconhecimento de como agir. Por isso, os profissionais reforçam que o afogamento é um incidente que tem prevenção. Em dezembro inicia o verão em Roraima, e tomar banho nos balneários é uma das principais opções de diversão nesse período. Dessa forma, os cuidados devem aumentar na hora de aproveitar a água. Na cadeia de sobrevivência no afogamento citado no boletim divulgado pela Sobrasa, as orientações são as seguintes: usar colete salva vidas; ao ver alguém se afogando, ligue para o 193; forneça algo para que a vítima flutue e evite a submersão; tire a pessoa da água se for seguro para você; caso a pessoa tenha se afogado, dê suporte a vida e a leve para um hospital.

Detran realiza este mês leilão de 656 veículos em Roraima; lances iniciais serão de R$ 50,00

Governo confirma 60 casos em detentos da Penitenciária Agrícola de Monte Cristo

DA REDAÇÃO

BRYAN ARAÚJO

jornalismo@roraimaemtempo.com.br

Nos dias 20 e 21 deste mês, o Departamento Estadual de Trânsito de Roraima (Detran-RR), realiza o leilão de 656 veículos no Estado. Esta é a segunda edição este ano, e terá início às 9h, no pátio WR Leilões, rua das Três Marias, nº 139, bairro Raiar do Sol, em Boa Vista. Caso os interessados queiram verificar os lotes, devem se dirigir até o pátio nos dias 12, 13, 14, 18 e 19 de novembro, das 8h às 12h e das 14h às 17h, informou a presidente da Comissão de Leilão do Detran-RR, Sonaly

Vila Nova. Os produtos poderão ser adquiridos no local ou virtualmente e os lances serão tanto presenciais como online. O valor inicial da arrematação será de R$ 50,00. ‘’É importante lembrar que o condutor interessado leia o edital que está no site do Detran-RR e, além do valor do arremate, o futuro proprietário deverá pagar as taxas de 17% do ICMS, 5% do leiloeiro (calculado em cima do valor do veículo), mais a taxa administrativa que está no edital”, explicou. De acordo com o diretor-presidente do Detran-RR, Igo Brasil, ressaltou a

que todos os procedimentos legais referentes às notificações foram feitos antes da realização do leilão. “Nós entramos em contato com todos os proprietários três vezes. conforme a legislação obriga, para então depois podermos fazer o leilão”, enfatizou. CADASTRO O público que for participar online precisa estar cadastrado na empresa WR Leilões, por meio do site www.wrleiloes.com.br. Quem estiver presente, pode se cadastrar na hora, e levar documento com foto e comprovante de residência. Divulgação/Detran

Os produtos poderão ser adquiridos no local ou virtualmente

DIVULGAÇÃO

jornalismo@roraimaemtempo.com.br

O Governo de Roraima confirmou pelo menos 60 casos de varicela, popularmente conhecida como catapora, em detentos da Penitenciária Agrícola de Monte Cristo (Pamc), maior presidio do Estado. A informação foi confirmada ontem (10), em nota enviada ao Roraima em Tempo. O Governo afirma que tem adotando providências necessárias para controlar a doença. Explicou ainda que os detentos contaminados foram separados, a fim de evitar a contaminação dos demais. “Todas as medidas cabíveis para o tratamento e controle da doença foram adotadas. Os detentos foram medicados e estão sendo acompanhados por infectologista. Além disso, estão isolados dos demais, para evitar a proliferação do vírus”, esclareceu. Essa não é a primeira vez que os internos da unidade prisional sofrem com algum tipo de doença. Em agosto deste ano, o Roraima em Tempo teve acesso a fotos de presos da Pamc contaminados com doenças infectocontagiosas. Na época, o Sindicato dos Agentes Penitenciários de Roraima (Sindape) realizou a transferência de detentos doentes e debilitados das unidades prisionais para receber atendimento no Hospital Geral de Roraima (HGR). O governo chegou a informar que o ato dos agentes

Em agosto, o Roraima em Tempo teve acesso a fotos de detentos com doenças infectocontagiosas

penitenciários aconteceu sem a autorização da Secretaria de Justiça e Cidadania (Sejuc), responsável pela unidade prisional. “Eu acredito que foi uma ação sindical, uma forma de trazer as reivindicações deles de forma de sindicato e mostrar para sociedade. Uma manobra política, sem se preocupar com o estrago que estava fazendo com o atendimento das pessoas que estavam no HGR”, criticou o gestor da pasta, André Fernandes. Conforme informações dos servidores do presídio, o problema teria se agravado com a transferência de 511 detentos da Cadeia Pública de Boa Vista para a Pamc na madrugada do dia 12 de julho. O Ministério Público e a Defensoria Públi-

ca tentaram reverter a decisão, mas a Justiça negou a liminar. Procurado pela reportagem, o Sindicato dos Agentes Penitenciários de Roraima (Sindape), relatou, por meio de nota, que tem alertado para os riscos dos surtos e doenças que tem ocorrido na Pamc devido a superlotação desnecessária e equivocada da penitenciária. “O mesmo [Governo] tem dado o jeitinho brasileiro para dizer que tudo está bem, e isso impede que as políticas de saúde cheguem aos apenados [internos] e Servidores, causando certa instabilidade na vida social da unidade prisional. Os servidores vêm sido acometidos também pois estão na vanguarda do sistema todos os dias lá dentro em missões reais”, explicou.


Política Nacional A5

Boa Vista, segunda-feira, 11 de novembro de 2019

DE VOLTA

Ao sair da prisão, Lula disse que vai viajar pelo País e ‘propor alternativas’ O líder petista acusou as instituições e afirmou que a Justiça, o Ministério Público Federal, a Polícia Federal e a Receita Federal formam o “lado podre do Estado brasileiro”

Movimentos realizam atos para pressionar o Congresso em defesa da 2ª instância SÃO PAULO - Depois de o Supremo Tribunal Federal (STF) mudar o entendimento de 2016 e decidir que, segundo a Constituição, ninguém pode ser considerado culpado até o trânsito em julgado, vários grupos realizaram manifestações no sábado (9) em defesa da prisão em segunda instância. Os lideres dessas manifestações dizem que agora o movimento será para pressionar o Congresso a reverter a decisão. “A manifestação está mantida, mas vamos olhar daqui para a frente. A decisão do STF tem que ser respeitada, gostemos ou não, mas vamos pressionar os parlamentares para que seja feita uma mudança constitucional ou por PEC (Proposta de Emenda à Constituição) ou projeto de lei”, disse Renato Battista, coordena-

dor nacional de um dos grupos, o Movimento Brasil Livre (MBL). Depois da sessão do STF que derrubou a prisão em segunda instância, o presidente da Corte, Dias Toffoli, disse o Congresso tem autonomia para mudar a regra do início do cumprimento da pena. Tramita na Câmara a PEC 410/18, que inclui no texto constitucional a possibilidade da prisão após condenação em segunda instância. Antes da votação do STF, o MBL e o Vem Pra Rua haviam marcado uma manifestação na Avenida Paulista para defender a prisão em 2° instância. Os dois grupos também defendem a CPI da Lava Toga para investigar o “ativismo judicial” de autoridades de tribunais superiores, especialmente ministros do STF. (Fonte: AE). TABA BENEDICTO/AE

Manifestações dos movimentos no sábado na Avenida Paulista, em São Paulo

Maia avalia que análise de PEC sobre a condenação em 2º grau deve avançar na Câmara BRASÍLIA - Depois de o presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Dias Toffoli, afirmar que o Congresso é soberano para alterar a legislação sobre prisão após condenação em segunda instância, o presidente da Câmara, Rodrigo Maia, avaliou com interlocutores que a análise das propostas que tratam do tema na Casa devem avançar. Antes do julgamento, Rodrigo Maia vinha dizendo que só iria se pronunciar depois da decisão do Supremo. Ele chegou a dizer que o Congresso não deveria votar medidas em resposta imediata ao STF. Seria uma declaração de guerra. Agora, Maia disse a interlocutores que a fala de Toffoli muda o cenário. Em conversa com aliados, o presidente da Câmara disse que o próprio presidente do STF sinalizou que o tribunal não

irá entender uma votação sobre o tema no Congresso como uma revanche. Depois, Maia confirmou que vai deixar as propostas avançarem. Câmara e Senado analisam Propostas de Emenda à Constituição (PECs) que criam a possibilidade de prisão após condenação em segunda instância. Nos bastidores, líderes manifestam dúvidas sobre a possibilidade de essas propostas serem aprovadas. Eles avaliam que há um grupo expressivo no Legislativo que defende a decisão desta quinta do Supremo. Nas palavras de um líder, as PECs até devem ser votadas em comissões neste ano, como uma resposta do Congresso às críticas à decisão do STF, mas devem encontrar dificuldades para serem votadas em plenário. (Fonte: AG).

NELSON ALMEIDA/AFP

DESGASTE Condenado em três instâncias da Justiça por corrupção e lavagem de dinheiro no caso do triplex do Guarujá (SP), Lula permanece com os direitos políticos cassados – o que o impede de se candidatar a cargo eletivo CURITIBA - O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, libertado da prisão em Curitiba, onde estava desde 7 de abril do ano passado, um dia após o Supremo Tribunal Federal (STF) derrubar a possibilidade de execução da pena após condenação em segunda instância, já voltou a fazer política. Assim como vinha repetindo há 580 dias, quando fez ataques ao então juiz Sérgio Moro, à imprensa, ao Ministério Público e ao Supremo antes de se entregar à PF, ao deixar a sala especial da Superintendência da Polícia Federal (PF) na capital paranaense, o líder petista falou para apoiadores e manteve retórica crítica às instituições O ex-presidente mirou no que chamou de “lado podre do Estado brasileiro”, citando a Justiça, o Ministério Público Federal, a Polícia Federal e a Receita Federal – setores que, segundo o petista, agiram

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva deixa a sede da PF em Curitiba (SP) e faz discurso a apoiadores

para criminalizar a esquerda, o PT e a ele próprio. Condenado em três instâncias da Justiça por corrupção e lavagem de dinheiro no caso do triplex do Guarujá (SP), Lula permanece com os direitos políticos cassados – o que o impede de se candidatar –, mas a análise mais recorrente é que sua liberdade reacende a polarização do petismo com o presidente Jair Bolsonaro (PSL). Durante uma fala de 17 minutos, o ex-presidente disse que “o Brasil piorou” e acusou o atual governo e Bolsonaro de mentir. O mercado financeiro também interpretou a soltura de Lula como um sinal de acirramento da polarização política entre esquerda e direita, com possível impacto

no andamento da pauta econômica do governo. O dólar registrou o terceiro dia consecutivo de alta (fechou em R$ 4,16) e a Bolsa fechou com queda de 1,78%. Considerado uma derrota da Lava Jato, o entendimento do Supremo de que um condenado tem o direito de responder em liberdade até o fim de todos os recursos abriu caminho para a soltura de até 4.895 presos em todo o País. Entre eles, políticos sentenciados nos últimos anos. Ontem, também foram beneficiados com a liberdade dois ex-presidentes do PT e do PSDB: o ex-ministro José Dirceu e o ex-governador de Minas Eduardo Azeredo, respectivamente. Moro, atual ministro da Justiça,

defendeu ontem que o Congresso analise proposta que altere a Constituição para autorizar novamente a prisão após condenação em segunda instância Ao discursar na “Vigília Lula Livre”, acampamento instalado desde sua prisão em um terreno alugado ao lado da sede da PF em Curitiba, Lula a disse que vai viajar pelo País propor alternativas às políticas do governo Bolsonaro. Segundo dirigentes petistas, Lula pretende fazer caravanas e viagens ainda antes do final do ano na busca por protagonizar a oposição a Bolsonaro, até aqui restrita à atuação dos partidos de esquerda e centro-esquerda no Congresso. (Fonte: AE).

Sem citar o nome do ex-presidente, Bolsonaro pede no Twitter para ‘não dar munição ao canalha’ ADRIANO MACHADO/REUTERS

Bolsonaro evitou qualquer menção direta a adversários políticos que ganharam liberdade após a decisão do STF

GOIÂNIA - Em posts nas redes sociais, o presidente da República, Jair Bolsonaro (PSL-RJ), que esteve em Goiânia para participar de um evento religioso, se manifestou sobre a li-

berdade do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. Sem citar nominalmente o adversário político, conclamou os “amantes da liberdade e do bem” e recomenda não dar “munição”

“ao canalha, que momentaneamente está livre”. “Amantes da liberdade e do bem, somos a maioria. Não podemos cometer erros”, continua no post.“Sem um norte e um coman-

do, mesmo a melhor tropa, se torna num (sic) bando que atira para todos os lados, inclusive nos amigos. Não dê munição ao canalha, que momentaneamente está livre, mas carregado de culpa”, afirma. Em um segundo tuíte, o presidente da República escreve: “Iniciamos a (sic) poucos meses a nova fase de recuperação do Brasil e não é um processo rápido, mas avançamos com fatos”. E repete: “Não dê munição ao canalha, que momentaneamente está livre, mas carregado de culpa”. Nos dois posts, Bolsonaro evita qualquer menção direta a adversários políticos que ganharam liberdade após a decisão do Supremo Tribunal Federal (STF) de derrubar a prisão após a condenação em segunda instância. (Fontes: AE/Reuters).

Dias Toffoli: ‘Parlamento pode alterar esse dispositivo, tem autonomia’

EXPEDIENTE

DIVULGAÇÃO/STF

DIREÇÃO GERAL: ROSILENE BRITO DIREÇÃO COMERCIAL: CYNTHIA NOLETO EDITOR-CHEFE: JOSUÉ FERREIRA EDITORAS: NEIDIANA OLIVEIRA E NENNA TYEKO EDITORES SETORIAIS: NONATO SOUSA, PLINIO VICENTE, SÉRGIO PAULO REPÓRTERES: ANA PAULA LIMA, ANDERSON SOARES, GABRIELA GUIMARÃES, NAILSON ALMEIDA, YARA WALKER E WINICYUS GONÇALVES

FOTÓGRAFOS: EDINALDO MORAIS DIAGRAMADORES: NAZARENO NEVES E JÚNIOR PINHEIRO EDITORA ON LINE LTDA ENDEREÇO: ALAMEDA CANARINHO, 150, CANARINHO, BOA VISTA/RR – CEP. 69.306-580 FONE: 95 3624 6958 EMAIL JORNALISMO: jornalismo@roraimaemtempo.com.br EMAIL ADMINISTRATIVO: administrativo@roraimaemtempo.com.br EMAIL COMERCIAL: comercial@roraimaemtempo.com.br


A6

Economia

Boa Vista, segunda-feira, 11 de novembro de 2019

ESPECIAL NATUREZA

Ilha de lixo que está flutuando no Oceano Pacífico é 16 vezes maior do que se pensava Redes de pesca, recipientes de plástico, embalagens e todo tipo de detrito sólido formam este desastre ambiental que tem entre 45 e 129 milhões de toneladas, ou 1,1 a 3,6 bilhões de peças DIVULGAÇÃO/THE OCEAN CLEANUP

A maior parte do plástico da chamada Grande Porção de Lixo do Pacífico, como é conhecida, é oriunda de países asiáticos, mas vem também do Norte e do Sul da América, tendo se agrupado devido às correntes, dizem os cientistas

AMEAÇA A massa de lixo que vaga atualmente pelo ocano Pacífico representa uma ameaça significativa à cadeia alimentar, concluem os pesquisadores

A cada ano milhares e milhares de toneladas de lixo são despejadas nos oceanos, e mares nos cinco continentes, criando uma rede que, mesmo sem estar interligada, constitui uma impressionante camada de poluição do planeta. Um desse exemplos é uma gigantesca ilha de plástico que flutua no Oceano Pacífico entre a Califórnia e o Havai e que

reúne até 16 vezes mais detritos do que se pensava anteriormente. Esta massa de lixo representa uma ameaça significativa à cadeia alimentar, concluem os cientistas no relatório publicado na Nature há dias atrás. Ao combinar imagens aéreas e de navios, os pesquisadores descobriram que a quantidade de lixo é muito mais densa do que a

que eles estimavam há até pouco tempo. “É chocante”, disse Joost Dubois, porta-voz da Ocean Cleanup Foundation, da Holanda, que liderou a equipe formada por pesquisadores de sete países. Redes de pesca, recipientes de plástico, embalagens e todo tipo de detrito sólido formam este desastre ambiental que tem entre 45 e 129 milhões de toneladas,

ou 1,1 a 3,6 bilhões de peças de plástico. Dubois disse que o lixo é de tal quantidade que daria para encher 500 aviões jumbo. A maior parte do plástico é oriunda de países asiáticos, mas vem também do Norte e do Sul da América, tendo se agrupado devido às correntes, dizem os cientistas. Para se ter uma ideia aproximada do tamanho

dessa massa poluidor, atualmente ela ocupa uma área de 1,6 milhões de quilômetros quadrados, o equivalente aos territórios de Minas Gerais, Rio de Janeiro e Espírito Santo somados. “Estamos envenenando a nossa própria comida, especialmente para aqueles que dependem de peixe para a nossa dieta”, disse Joost Dubois, da Ocean Cleanup Foundation DIVULGAÇÃO/THE OCEAN CLEANUP

Plástico é sério prejuízo à vida marinha DIVULGAÇÃO/THE OCEAN CLEANUP

Ao matar a vida marinha, lixo prejudica também a cadeia alimentar

Cerca de 200 países assinaram no final do ano passado uma resolução das Nações Unidas para eliminar a poluição do plástico no mar, uma medida que alguns esperam abrir caminho para um tratado juridicamente vinculativo. Mas até lá, e por se encontrar em águas internacionais, só a ação de grupos como a Ocean Cleanup Foundation, poderá travar esta ameaça. “É uma bomba-relógio de material grande”, disse Dubois. “Temos de obtê-lo antes que se decomponha num tamanho pequeno demais para se conseguir apanhar e demasiado perigoso para a vida marinha.” Produto feito a partir do petróleo, o plástico desintegra-se lentamente. Prejudica a vida marinha ao matar criaturas como tartarugas e golfinhos que o ingere, e prejudica os seres humanos ao entrar na cadeia alimentar na forma de microplásticos. No ano passado o consumo de plástico atingiu 320 milhões de toneladas.

Apesar da poluição, as família ainda usam a água do lago para lavar, cozinhar e até para beber

Do tamanho de três estados do Brasil A Grande Porção de Lixo do Pacífico, como é conhecida, foi descrita pela primeira vez pelo pesquisador Charles J. Moore em 1997. Estimou-se que, em 2008, seu tamanho já se aproximava a 680 mil quilômetros quadrados, o equivalente aos territórios de Minas Gerais, Rio de Janeiro e Espírito Santo somados.

Foi mostrada em fevereiro de 2008 no site da BBC e no jornal britânico The Independent. Em 2018, o depósito de resíduos plásticos flutuando no oceano entre a Califórnia e o Havaí foi estimado em conter pelo menos 79.000 toneladas de material espalhadas por 1,6 milhão de

quilômetros quadrados – e não para de crescer. É composta principalmente de plástico proveniente das costas marítimas, e é de difícil detecção, já que os satélites não conseguem captar sua presença, sendo possível avistá-la somente a partir de embarcações marítimas. (Fonte: BBC).


Mundo A7

Boa Vista, segunda-feira, 14 de outubro de 2019

ESPECIAL COMPORTAMENTO

A incrível cidade australiana onde os habitantes vivem embaixo da terra Aos poucos os moradores de Coober Pedy foram se mudando para o subterrâneo gradualmente, para se aproximar das minas de opala e para fugir do calor MICHAEL DULANEY/ BBC

A VIDA NO SUBSOLO Parte de Coober Pedy é subterrânea: não só as casas, como também lojas, hotéis, bares, museus, galerias de arte, igrejas, poços e até casas com piscinas, além de ruas e trânsito de motos e bicicletas Em 1985, o diretor George Miller decidiu que o filme “Mad Max 3: Além da cúpula do tempo” seria filmado na pequena cidade australiana de Coober Pedy. Mas o que levou o renomado diretor a pensar em gravar o longa de sua série apocalíptica nos rincões do sul da Austrália? A resposta, por si só, já parece enredo de filme: Coober Pedy é uma cidade praticamente subterrânea, construída abaixo do quen-

te deserto do país oceânico. Fundada em 1915, a cidade, que hoje tem cerca de 3.500 habitantes – 16% deles pertencentes a tribos indígenas –, teve sua arquitetura moldada pelo minério de opala, a gema oficial da Austrália. Cerca de 70% da produção de opala do mundo vem de Coober Pedy. Entre outras raridades encontradas na cidade, está uma pedra que tem idade estimada em 65 milhões de anos. A mudança da superfície para o subterrâneo foi gradual, à medida que os moradores se cansavam do deslocamento entre suas casas e as minas e eram castigados pelo calor de 45º C do deserto e pelo frio extenuante do inverno. Como não havia muitas alternativas para fugir do calor – apenas nos últimos dez anos a prefeitura começou um programa de plantio de árvores – os mineiros permaneciam embaixo da terra durante as horas de descanso. Foram ficando, ficando, até que al-

Coober Pedy divide sua existência entre a superfície e seus bairros subterrâneos, instalados nas antigas e lendarias minas de da opala

guns poucos resolveram se mudar com suas famílias e outros muitos os imitaram. Além de encontrar um alívio para o calor, já que a temperatura embaixo da terra fica por volta dos 24º C, os moradores investiram em

MICHAEL DULANEY/ BBC

Moradores se mudaram para o subterrâneo para se aproximar das minas de opala e para fugir do calor

A descoberta de opala e água doce O local foi descoberto em 1915 por um jovem de 14 anos chamado William Hutchison. Ele havia viajado para o meio do nada no Sul da Austrália com seu pai e em busca de ouro. No dia 1º de fevereiro, William deveria ficar no acampamento, mas desobedeceu as ordens de seu pai, saiu para procurar água e se perdeu. Quando escureceu e ele ainda não havia aparecido, os adultos começaram a se preocupar. Mas, pouco depois, ele chegou com um sorriso de orelha a orelha e uma bolsa cheia de opalas. Claro que tudo isso foi apenas um acaso. Mas William também descobriu lá o que havia ido buscar: água doce, coisa igualmente rara de se encontrar naquela região. As opalas preciosas da Austrália são resultados de condições muito especiais que datam de mais de 100 milhões de anos atrás,

quando o grande mar da Eromanga, que até então cobria o centro da Austrália, começou a secar. Fluidos muito ácidos se dissolveram em areia de sílica rica em quartzo e em seguida se transformaram em opalas preciosas. Essas circunstâncias são muito específicas e pouco comuns. A outra origem das opalas - mais comum - é a vulcânica. As minas seguem se multiplicando diariamente com as escavações de mineiros como Teles, um chef aposentado que está dedicando seu tempo à busca do tesouro. “Sou chef e administrei o hotel Opal por alguns anos para pagar as contas. Teles começou a se dedicar a mineração há 26 anos. “Cheguei tarde a esse negócio da opala. Os melhores lugares para explorar já estavam tomados e só sobraram esses mais afastados, na periferia. Realmente, não há nenhuma chance de en-

construções que o sol escaldante dificultaria. Nos bairros subterrâneos de Coober Pedy há museus, igrejas, poços e até casas com piscinas, além de ruas e trânsito de motos e bicicletas. “As pessoas fazem suas estantes de livros nas pró-

prias paredes arenosas”, conta Michelle Provatidis, prefeita da cidade e proprietária de uma loja de opalas. “A beleza de morar no subterrâneo é que tudo é muito calmo e tranquilo. O ar não se movimenta, não existe

barulho de ar condicionado, e, já que não há janelas ou luz solar, é um lugar perfeito para uma ótima noite de sono”, explica Robert Coro, administrador do Desert Cave Hotel, que tem partes na superfície e embaixo da terra.

Clima fresco ajuda a levar fiéis à igreja Coober Pedy é uma pequena cidade cheia de minas. Ela é conhecida como a capital mundial da opala, uma pedra preciosa muito usada por reis na antiguidade. Os antigos acreditavam que uma pessoa poderia ficar invisível se enrolasse uma opala em folha de louro fresco e a portasse junto de si para onde fosse. Hoje, a região carrega mais do que apenas a lenda dessa pedra misteriosa. Cerca de 3 mil pessoas moram em Coober Pedy. É uma cidade com uma particularidade quase éunica: é praticamente

subterrânea, e quem vive ali precisa se adaptar a essas características. O que sobressai nessa paisagem plana e indiferente são algumas chaminés que brotam da terra no meio do caminho. São poços de ventilação para a maioria das casas que, na verdade, estão embaixo da terra. São as chamadas “dugouts”, covas escavadas para os moradores escaparem do calor sufocante do deserto. Tudo em Coober Pedy é subterrâneo: não só as casas, como também as lojas, os hotéis, os bares, galerias de arte e até as igrejas. O in-

terior delas é fresco e agradável um incentivo para as pessoas a irem à missa.”Com certeza”, me diz o padre. “Essa é a ideia. No deserto, tudo é muito extremo: ou muito frio, ou muito quente. Por isso, se proteger debaixo da terra ajuda a amenizar um pouco as temperaturas. Assim a vida fica suportável e a igreja se torna um bom refúgio.” A tentação de se mudar para Coober Pedy, obviamente, não é o clima. O que atrai as pessoas é o sonho de enriquecer encontrando a opala, cuja gema pode valer milhares de dólares. MICHAEL DULANEY/ BBC

contrar algo que te dê muito dinheiro, a não ser que você tenha muita sorte.” Mas Teles já passou por apuros, quase soterrado em sua própria mina. Da última vez, foi sua pá mecânica que o salvou. O fato de estar escavando a terra sozinho é algo que torna sua tarefa ainda mais arriscada. “Eu tenho 72 anos de idade. Se algo acontecer…tudo bem. Um dia todo mundo vai morrer, e eu prefiro morrer enterrado aqui a morrer no deserto”, afirma. “Quem sabe eu possa me tornar uma opala daqui 50 milhões de anos...” Mas que tipo de pessoa é mais comum aqui, eu pergunto. “Provavelmente é o mais romântico e aventureiro. Essa é a última fronteira. Um lugar onde você pode trabalhar para você mesmo, pode trabalhar o quanto que quiser - e encontrar um milhão de dólares. Já morei lá antes e pretendo voltar um dia”. (Fonte: BBC). A cidade subterrânea de Coober Pedy tem hotel, livraria, restaurnte e pelo menos dois tempos religiosos


A8

Esporte Nacional

Boa Vista, segunda-feira, 11 de novembro de 2019

TROPEÇO

Palmeiras só empata e vai ter que se contentar com o vice

BRUNO CANTINI/ATLÉTICO-MG

No 1 a 1 com o Corinthians, o alviverde pressionou, chutou bola na trave e teve pênalti desperdiçado por Gustavo Scarpa CESAR GRECO/AG. PALMEIRAS

AINDA MAIS LONGE Embora ainda não matematicamente, com o resultado o Palmeiras praticamente já não tem mais chance de alcançar o Flamengo e brigar pelo título do Brasileirão deste ano

Embora fosse mais uma vez o melhor jogador do Palmeiras em campo, Dudu não conseguiu ajudar o seu time vencer

SÃO PAULO - Com dois gols nos acréscimos, Palmeiras e Corinthians ficaram no empate por 1 a 1 na noitede sábado, no Pacaembu. A equipe alviverde perdeu pênalti com Gustavo Scarpa, viu aumentar a vantagem do Flamengo na liderança e terá que se contentar apenas com o vice-campeonato, conquista que também já

está sendo ameaçada pelo Santos, que diminuiu a diferença entre os dois para apenas 3 pontos. O clássico caminhava para terminar sem gols, até que Michel Macedo acertou um chute no ângulo de Weverton aos 46. Dois minutos depois, Bruno Henrique pegou a sobra na área e finalizou com força para empatar a partida.

FICHA TÉCNICA PALMEIRAS 1 X 1 CORINTHIANS PALMEIRAS: Weverton; Marcos Rocha, Gustavo Gómez, Vitor Hugo e Diogo Barbosa; Thiago Santos, Bruno Henrique e Scarpa (Carlos Eduardo); Dudu, Zé Rafael (Willian) e Deyverson (Borja). Técnico: Mano Menezes.

CORINTHIANS: Walter; Michel, Manoel, Gil e Danilo Avelar; Gabriel, Júnior Urso e Ramiro (Vagner Love); Janderson (Clayson), Pedrinho (Mateus Vital) e Boselli. Técnico: Dyego Coelho. Gols: Michel, aos 46 do segundo tempo; Bruno Henrique, aos 48 do segundo tempo. Cartões amarelos: Marcos Rocha, Thiago Santos; Gabriel Juiz: Vinicius Araujo (SP) Público: 34.283 pagantes Renda: R$ 1.420.520,00 Local: Estádio do Pacaembu (São Paulo). (Fonte: AE).

Santos atropelou Goiás e põe o pé na Libertadores GOIÂNIA - Com uma grande atuação de Soteldo e Marinho, o Santos não teve grandes problemas para superar o Goiás por

3 a 0 no sábado, em Goiânia, na abertura da 32.ª rodada do Campeonato Brasileiro. A quarta vitória seguida da equipe da Baixada IVAN STORTI/SANTOS FC

Santista na competição deixa o time de Jorge Sampaoli muito próximo de garantir uma vaga na Copa Libertadores em 2020. O Santos volta a campo no clássico diante do São Paulo, em jogo marcado para a Vila Belmiro, no próximo sábado, às 17 horas. Já o Goiás visita o Vasco dois dias depois, às 19h30, em São Januário. FICHA TÉCNICA

Lance em que Soteldo fez um golaço para abrir o placar contra o Goiás

GOIÁS 0 X 3 SANTOS GOIÁS - Tadeu; Breno, Fábio Sanches, Rafael Vaz e Jefferson (Alan Ruschel); Gilberto, Yago Felipe (Kaio) e Léo Sena (Papagaio), Thales, Leandro Barcia e Michael. Técnico: Ney Franco.

SANTOS - Everson; Victor Ferraz, Luan Peres, Lucas Veríssimo e Jorge; Alison (Felipe Jonatan), Jean Mota (Diego Pituca) e Carlos Sánchez; Marinho, Eduardo Sasha e Soteldo. Técnico: Jorge Sampaoli. GOLS - Soteldo, aos 24 do primeiro e aos 27 do segundo tempo, e Marinho, aos 14 da etapa final. ÁRBITRO - Bruno Arleu de Araújo (RJ). CARTÕES AMARELOS - Rafael Vaz, Michael e Alan Ruschel (Goiás); Alison e Jorge (Santos). RENDA - R$ 265.830,00. PÚBLICO - 12.453 pagantes (13.226 no total). LOCAL - Estádio Serra Dourada, em Goiânia (GO). (Fonte: AE).

Falha do goleiro faz o São Paulo perder mais uma em casa WERTHER SANTANA /AE

SÃO PAULO - Com um gol aos 44 minutos do segundo tempo, o Athletico-PR derrotou o São Paulo por 1 a 0, neste domingo, no Morumbi, pela 32ª rodada do Campeonato Brasileiro. Marcelo Cirino balançou as redes se aproveitando de uma falha do goleiro Tiago Volpi no lance: “Assumo a responsabilidade. Completamente minha. Fui tentar segurar a bola, mas acabou passando. Acabamos perdendo por esse lance”, lamentou o jogador tricolor.

DO PLANTÃO CLASSIFICAÇÃO EQUIPES 1º - Flamengo 2º - Palmeiras 3º - Santos

PONTOS 75 67 64

Foi a segunda derrota consecutiva do São Paulo no Morumbi, onde na última quinta-feira o time havia sido superado pelo Fluminense por 2 a 0, pela rodada anterior do Brasileirão. Após a partida, a torcida são-paulina ecoou uma sonora vaia protestando contra os jogadores. FICHA TÉCNICA SÃO PAULO 0 x 1 ATHLETICO-PR SÃO PAULO - Tiago Volpi; Daniel Alves, Bruno Alves, Arboleda e Reinaldo; Ju-

4º - Grêmio 5º - São Paulo 6º - Athlético - PR 7º - Internacional 8º - Corinthians 9º - Bahia 10º - Goiás 11º - Atlético - MG 12º - Vasco 13º - Ceará

53 52 50 49 49 44 42 40 39 36

cilei (Gabriel Sara), Antony, Tchê Tchê, Igor Gomes (Hernanes) e Vitor Bueno; Pablo (Raniel). Técnico: Fernando Diniz ATHLETICO-PR - Santos; Madson, Robson Bambu, Thiago Heleno e Márcio Azevedo; Wellington, Camacho (Erick) e Bruno Nazário (Lucho González); Nikão, Marcelo Cirino e Rony (Vitinho). Técnico: Eduardo Barros. GOL - Marcelo Cirino, aos 44 minutos do segundo tempo. ÁRBITRO - Wagner do Nasci-

14º - Fortaleza 15º - Cruzeiro 16º - Fluminense 17º - Botafogo 18º - CSA 19º - Chapecoense 20º - Avaí

36 35 34 33 29 22 17

Obs.: Não estão computados os pontos dos resultados de Flamen-

Athletico-PR comemora vitória

mento Magalhães (RJ). CARTÕES AMARELOS - Camacho, Reinaldo, Wellington e Antony. RENDA - R$ 397.902,00. PÚBLICO - 13.795 pagantes. LOCAL - Estádio do Morumbi, em São Paulo. . (Fonte: AE).

go X Bahia, Fortaleza X Ceará, Chapecoense X Grêmio e CSA X Vasco, que começaram depois das 18 horas, e Botafogo X Avaí, que jogam hoje, às 20 horas, no Engenhão, encerrando a 32ª rodada. PRÓXIMA RODADA DIA 16/11 - SÁBADO 17h - Vila Belmiro - Santos X

Paoloo Guerrero disputa a bola na vitória de 2 a 1 contra o Fluminense

Internacional volta a jogar bem e vence o Fluminense por 2 a 1 em Porto Alegre PORTO ALEGRE - O Internacional se recuperou no Campeonato Brasileiro e venceu o Fluminense por 2 a 1, neste domingo, no Beira-Rio. Com o resultado, os gaúchos chegaram a 49 pontos e voltaram a zona de classificação para a Libertadores. ltar ao rebaixamento. A quipe comandada por Marcão mostrou dificuldades para criar oportunidades claras e não conseguiu reagir para buscar o empate após sair atrás do placar. Pelo lado do Colorado, William Pottker garantiu a vitória anotando os dois gol do time da casa. Wellington Nem descontou para o clube das Laranjeiras. FICHA TÉCNICA INTERNACIONAL 2 X 1 FLUMINENSE Local: estádio Beira-Rio, em Porto Alegre (RS) Data: 10 de novembro de 2019, domingo Hora: 16h (de Brasília) Árbitro: Rodolpho Toski Marques (PR)

Assistentes: Bruno Boschilia (PR) e Ivan Carlos Bohn (PR) VAR: Paulo Roberto Alves Junior (PR) Renda: R$ 258.485,00 Público: 11.180 pagantes Cartões amarelos: Heitor, Guerrero e Willian Pottker (Internacional); Gilberto (Fluminense) GOLS INTERNACIONAL: Willian Pottker, aos 35 e 39min do primeiro tempo FLUMINENSE: Wellington Nem, aos 27min do segundo tempo. INTERNACIONAL: Marcelo Lomba, Heitor, Rodrigo Moledo, Victor Cuesta e Uendel; Rodrigo Lindoso, Edenilson, Patrick, D’Alessandro (Guilherme Parede) e Willian Pottker (Nico López); Guerrero (Rafael Sóbis) Técnico: Zé Ricardo FLUMINENSE: Muriel, Gilberto, Nino, Digão e Caio Henrique; Yuri (Lucão), Allan, Daniel e Nenê (Wellington Nem); Yony González e Marcos Paulo (Guilherme) Técnico: Marcão (Fonte: AE).

Cruzeiro e Atlético-MG fazem um clássico chato e sem gols no Mineirão BELO HORIZONTE - No calor da tarde de domingo em Belo Horizonte, Cruzeiro e Atlético-MG fizeram um dos jogos mais frios desta edição do Campeonato Brasileiro. Faltou emoção no Mineirão e os rivais terminaram o clássico mineiro, válido pela 32.ª rodada, com o placar em branco. O empate por 0 a 0 foi um reflexo das campanhas ruins que as duas equipes têm feito na competição e manteve o time cruzeirense em uma situação de alto risco na luta para evitar o rebaixamento. Enquanto o Botafogo, 17.º colocado, está com 33 pontos, a equipe comandada por Abel Braga, mesmo invicta há dez jogos, tem 35 pontos, em 15.º lugar. Já o Atlético chegou a 40 e ainda não pode respirar aliviado.

Cacá, Fabrício Bruno e Dodô; Henrique, Éderson, Robinho (Pedro Rocha), Thiago Neves (Ezequiel) e Marquinhos Gabriel (David); Fred. Técnico: Abel Braga. ATLÉTICO-MG - Cleiton; Patric, Igor Rabello, Réver e Fábio Santos; José Welison, Ramón Martínez (Marquinhos), Luan, Cazares (Bruninho) e Otero; Di Santo (Ricardo Oliveira). Técnico: Vagner Mancini. ÁRBITRO - Jean Pierre Gonçalves Lima (RS). CARTÕES AMARELOS - Fábio Santos (Atlético-MG); Henrique (Cruzeiro). RENDA E PÚBLICO - Não disponíveis. LOCAL - Estádio do Mineirão, em Belo Horizonte (MG).. (Fonte: AE). BRUNO CANTINI/ATLÉTICO-MG

FICHA TÉCNICA: BCRUZEIRO 0 x 0 ATLÉTICO-MG CRUZEIRO - Fábio; Orejuela, Cruzeiro e Atlético: jogo frio e sem gols

São Paulo 19h - Maracanã - Fluminense X Atlético - MG DIA 17/11 - DOMINGO 16h - Arena do Grêmio - Grêmio X Flamengo 16h - Arena Corinthians - Corinthians X Internacional 16h - Fonte Nova - Bahia X Palmeiras

16h - Arena da Baixada - Athlético - PR X Botafogo 18h - Arena Índio Condá Chapecoense X Ceará 19h - Castelão - Fortaleza X CSA 19h30 - São Januário - Vasco X Goiás 20h - Mineirão - Cruzeiro X Avaí. (Fonte AE).


Social BOA VISTA, SEGUNDAFEIRA, 11 DE NOVEMBRO DE 2019

jornalismo@roraimaemtempo.com.br Fotos: Reprodução/Instagram

Da série: como nós gostaríamos de estar. Contemplem toda a plenitude da nossa querida Larissa Amaya. Precisamos muito da receita dela pra dar conta de tantas responsabilidades e seguir linda deste jeito.

Já temos um novo dono desta Coluna Social. Nosso querido baphônicoh Eross Will arrasando nessa mega produção. Anotem, meninas! Preto com transparência e strass é super tendência e tem que ter muito power pra encarra essa produção com tanta propriedade. AMAMOS!

Segunda também é dia de competência e ninguém melhor pra ilustrar isso que a dra. Clarissa Vencato. Ela é vice-presidente da seccional OAB-RR e representou muito bem nosso Estado no VIII Congresso de Direito Processual “Mulheres no Processo”.

Foi um fim de semana de muitas comemorações e a Coluna se alonga um pouco para manifestar o carinho para pessoas que são muito especiais pra nós. Começamos com nosso sócio Nicolas Menezes, que fez niver neste fim de semana. Que sua estrela brilhe ainda mais. Parabéns!

Registramos também esse momento de muito #muitoamorenvolvido e celebração pelo niver da querida Evelyn Reis. Nos clicks, a família completa com Rafael Mendes e os filhotes Enzo e Eloah, além das amigas que estão sempre presente. Parabéns!

Muito AMOR! É o que desejamos para os novos marido e mulher dessa cidade. Nossa linda Maryane Gomes trocou alianças com o querido Jayth Souza, numa cerimônia cheia de alegria e cercada de amigos. Muitos anos de felicidade para vocês.

Aniversariante do Dia Depois dessa vibe de sentimentos positivos, tá na hora de contagiar de muito amor os aniversariantes desta segunda. Segue a lista!

Gersika Nascimento

Jonaci Andrade

Mirceia Ferreira


A10

Polícia

Boa Vista, segunda-feira, 11 de novembro de 2019

FACÇÃO CRIMINOSA

Jovem é preso por envolvimento na morte de adolescente e por áudios com ameaças a Policiais Genderson Cardoso Pereira foi apontado como autor de áudios compartilhados no ano passado, com mensagens para que integrantes de facção matassem policiais DIVULGAÇÃO

NONATO SOUSA

preso no final da tarde de hoje [sexta-feira]. Policiais da Dicap estavam monitorando alguns locais em que o criminoso se escondia e conseguiu êxito em prendê-lo”, pontuou a nota. O suspeito negou a liderança da facção criminosa e envolvimento na morte da adolescente e em outros crimes, mas a polícia não acredita na sua versão e, de acordo com um policial, outro suspeito que também está preso afirmou eu ele participou e teria dado um dos tiros que matou a garota. Também está confirmado pela polícia que na época dos crimes, ‘Euro’ exercia a função de mando dentro da organização criminosa. Após a prisão, ele foi encaminhado à sede da Polícia Federal para cumprimento ao mandado de prisão.

jornalismo@roraimaemtempo.com.br

Um jovem de 25 anos, apontado em uma investigação da Polícia Federal como autor de áudios compartilhados pelo WhatsApp, no ano passado, em que manda integrantes de uma facção criminosa matarem policiais, foi preso na sexta-feira (8) em Boa Vista. Ele também é suspeito de participar do “tribunal do crime”, que julgou e executou a adolescente Alexssya

TRIBUNAL DO CRIME Genderson Cardoso Pereira, 25, apelidado de “Euro”, é suspeito de participar do ‘Tribunal do Crime’, que julgou e executou a adolescente Alexssya Gabriela Mendes de Souza, 16, em dezembro de 2018. Gabriela Mendes de Souza, 16, em dezembro de 2018. Genderson Cardoso Pereira, 25, apelidado de “Euro”, foi preso em cumprimento a mandado preventivo. Ele foi capturado em uma casa no Conjunto Perola, bairro Doutor Airton Rocha, por policiais da Divisão de Inteligência e Captura (Dicap), da Secretaria de Justiça e Cida-

Genderson ‘Euro’ é apontado ainda como um dos chefes da facção criminosa que ordenava crimes no estado, mas ele negou todas acusações

dania (Sejuc). A confirmação da prisão de Gederson ‘Euro” foi feita através de nota oficial encaminhada para a imprensa, ainda na noite de sexta-feira (8). De acordo com a Dicap, além da acusação de participação na morte da adolescente Alexia Souza, pesam contra o ele várias outras acusações. Uma delas é que ele seria um dos líderes da mesma facção criminosa responsável pelo sequestro e execução da

adolescente. De acordo com a Dicap, após ser preso nessa sexta-feira, o suspeito pediu para a equipe da Dicap gravar um vídeo com pedido de desculpa a todos os policiais de Roraima. Ele disse ainda que gravou os áudios de ameaças de morte a policiais sem saber que isso tomaria grandes proporções. Conforme a Dicap, ’Euro’ era considerado foragido da Policia/Justiça desde julho deste

ano, quando a Polícia Federal realizou a Operação Hipaspistas. Considerado uma liderança da facção criminosa e investigado por participação em diversos crimes, ele era um dos alvos da operação, que teve como objetivo impedir a consolidação de lideranças e de reorganização regional da facção que atua dentro e fora do sistema prisional em todo o País, mas o suspeito não foi capturado naquela ocasião.

“As investigações deram sequência aos trabalhos, que culminaram em outra operação policial, a “Érebo”, deflagrada ao final de novembro de 2018, também pela PF, a qual identificou e mapeou a estrutura da organização criminosa em Roraima, além de atribuir aos responsáveis os ataques que ocorreram em Roraima entre 29 e 31 de julho do ano passado. O criminoso estava foragido desde a época da operação e foi

MORTE DA ADOELSCENTE Conforme matéria publicada pelo Roraima em Tempo, no ano passado, Alexssya Souza desapareceu no dia 12 de dezembro. Ela foi encontrada morta três dias depois, numa área de lavrado do Anel Viário, nas proximidades da RR-205, estrada que liga Boa Vista ao município de Alto Alegre. Uma denúncia anônima levou policiais militares ao local. Conforme um policial, Alexssya Souza foi assassinada a tiros. Pelo menos cinco foram observados pelos policiais enquanto atendiam a ocorrência. A adolescente foi mais uma vítima do crime organizado, que atua dentro e fora dos presídios de Roraima.

Assaltantes em fuga se deparam com PMs do Giro e acabam presos após perseguição NONATO SOUSA

jornalismo@roraimaemtempo.com.br

Um assalto em uma residência na noite de sexta-feira, (8), no bairro Operário, zona Oeste de Boa Vista, terminou com a prisão de três suspeitos por policiais do Grupamento de Intervenção Rápida Ostensiva (Giro), com motocicletas, da Polícia Militar. A equipe conversou com o Roraima em Tempo no Plantão da Polícia Civil, às 22h. De acordo com os policiais, os suspeitos haviam acabado de assaltar a residência. Dois deles, armados, renderam um casal e trancaram as vítimas no banheiro, depois, roubaram joias, semijoias, celulares, dinheiro e outros objetos, além de uma motocicle-

ta Titan Fan preta. Um terceiro comparsa também atuou no crime, dando apoio do lado de fora da casa Enquanto isso, a equipe policial fazia o patrulhamento de rotina pelo bairro Senador Hélio Campos, que faz divisa com o Operário, quando os dois assaltantes, que fugiam com a motocicleta roubada, “deram de cara” com o eles. Ao perceber a ação suspeita dos dois indivíduos na motocicleta, a equipe policial tentou abordá-los para uma revista de rotina, mas a dupla não atendeu à ordem de parada e seguiu em fuga por várias ruas do bairro, até determinado momento, quando caíram, abandonaram o veículo na rua

e voltaram a fugir correndo e pulando os muros de algumas casas. Logo depois os policiais do Giro capturam os dois. Um dos suspeitos é adolescente e após a detenção, a dupla confessou o roubo. João Paulo Vale da Silva, 18, levou a equipe policial à casa de um terceiro suspeito, Valdenir Silva, que negou envolvimento no roubo. Ele teria confessado que apenas guardava as armas do crime. Foram apreendidos um simulacro de revólver artesanal, e mais uma espécie de pistola, também de fabricação artesanal. Chamou a atenção dos policiais a “pistola” que ao ser testada, funcionou. A arma adaptada para projetil calibre 22 disparou normalmente como uma arma

de fabricação industrial durante o teste. Além da motocicleta roubada da casa do casal, foram recuperados celulares as joias e semijoias, um aparelho de DVD e o controle, além de outros objetos. As roupas que os assaltantes usavam no momento do assalto também foram apreendidas. As vítimas estiveram na delegacia e reconheceram os assaltantes. De acordo com os PMs, os presos são suspeitos de terem praticados vários outros assaltos na região da zona Oeste da cidade. “Eles invadem as casas, rendem os moradores e roubam o que podem. Temos informação que existe um carro sendo utilizado pelos ladrões para este tipo de assalto. Têm ainda ou-

tros indivíduos que estamos na tentativa de identificá-los para capturá-los”, informou um dos policiais. Antes que as equipes policiais chegassem à Central de Flagrantes da Polícia Civil com os suspeitos, as mães de dois deles foram à delegacia e se revoltaram com os filhos ao saberem sobre o caso. Uma delas chegou a ameaçar bater no filho com um capacete. “Ele vai apanhar é muito quando chegar aqui. Trabalho honestamente e sempre ensinei meus filhos a trabalhar e não roubar. Não aceito, isso é revoltante”, disse a mulher. DESFECHO O procedimento policial (flagrante) só foi concluído na

madrugada deste sábado (9). A reportagem apurou nesta manhã que João Paulo e o adolescente voltaram a confessar o roubo na casa do casal. Já Valdenir Silva negou. O delegado de plantão Wulpslander Trajano formalizou a prisão em flagrante dos dois maiores por roubo e corrupção de menor. Com relação ao adolescente, o delegado fez sua apreensão em flagrante por roubo e ele já foi recolhido ao Centro Socioeducativo. João Paulo e Valdenir Silva, passarão por audiência de custódia. A motocicleta e demais objetos roubados da casa do casal foram restituídos para as vítimas ainda durante a noite, após a conclusão do caso.


Local/Editais A11

Boa Vista, segunda-feira, 11 de novembro de 2019

PACTO DE SEGURANÇA

Órgãos de segurança e fiscalização firmam pacto para combater a corrupção em Roraima Pacto pretende integrar trabalho de órgãos de fiscalização e segurança para reduzir crimes contra administração pública Bryan Araújo

BRYAN ARAÚJO

radoria-Geral do Estado, Ministérios Público Estadual e Federal, Justiça Federal, Receita Federal, Polícias Civil, Militar e Rodoviária Federal, e Departamento Estadual de Trânsito, Casa Militar, Secretaria de Justiça e Cidadania, Força-Tarefa de Intervenção Penitenciária, Secretaria Municipal de Segurança Urbana e Trânsito de Boa Vista também participaram do evento.

jornalismo@roraimaemtempo.com.br

Autoridades representantes de diferentes órgãos de segurança e de fiscalização do Estado e da União, se reuniram na noite de sexta-feira (8) no Palácio Senador Hélio Campos, para firmar o segundo Pacto de segurança, voltado a redução de crimes em

SEGUNDA ETAPA Essa foi a segunda etapa do pacto pela segurança em Roraima, e teve como foco o combate à corrupção. O primeiro pacto foi firmado em julho com o objetivo de reforçar com combate à criminalidade e reduzir o número de homicídios em Roraima. Roraima. Conforme o governador do estado, Antonio Denairum (PSL), o segundo pacto tem como um de seus objetivos reforçar o combate a corrupção e a crimes contra a administração pública no Estado. Ele afirma é importante que os órgãos de segurança e fiscalização se integrem e compartilhem informações a fim de reduzir os crimes desse gênero em Roraima. “Esse é um momento muito importante, nós estamos efetuando hoje a segunda etapa

Autoridades se reuniram no Palácio Senador Hélio Campos

do pacto social de combate a corrupção. Com todas as forças de segurança unidas, nós temos condições de melhorar a qualidade da segurança e reduzir significativamente o número de crimes e levar para a população a certeza que Roraima tem uma segurança de qualidade”, explicou o governador. Também participou da

RESULTADO DE JULGAMENTO A Prefeitura Municipal de Iracema/RR, por intermédio do presidente da CPL, atendendo a Lei e Licitações no. 8.666/93, comunica aos interessados que a empresa: COEMA PAISAGISMO URBANIZAÇÃO E SERVIÇOS LTDA, inscrita no CNPJ: 04.236.920/0001-64 foi a vencedora da Concorrência pública nª 002/2019, Processo 0152/2019, cujo objeto Pavimentação e acessibilidade de ruas e avenidas com calçadas, meio fio e sarjetas na sede do município de Iracema-RR Iracema – RR, 08 de novembro de 2019

reunião a delegada da Polícia Federal (PF) chefe do Departamento de Recuperação de Ativos e Cooperação Jurídica Internacional (DRCI), Erika Marena, que enfatizou a importância da união dos órgãos de segurança e fiscalização do Estado e da União no combate a crimes de corrupção. “Combater a corrupção é investir no desenvolvimento do

Estado, esse não é um gasto, é um investimento. Então com certeza, propiciar meios para que as instituições atuem de forma integrada facilitando a identificação de fraudes e a identificação de do uso de empresas de empresas de fachadas, o uso de laranjas, e o super faturamento de contratos e a corrupção de servidores públicos, enfim quan-

to mais integradas estiverem as instituições mais simples fica combater a corrupção e os crimes contra a administração pública”, ressaltou a delegada. Representantes da Procu-

PRIMEIRO PACTO O primeiro pacto de segurança foi firmado no início de julho com o objetivo de reforçar com combate à criminalidade e reduzir o número de homicídios em Roraima. Na época, o secretário de Segurança Pública, Olivan Júnior, detalhou que o pacto funcionaria com a formulação de três módulos de força-tarefa, sendo a de nível 1 para ações pontuais de pequena complexidade; 2, considerada de nível médio, terá ações voltadas para setores, a exemplo em bairros específicos; e a de nível 3, caráter permanente com membros efetivos cumprindo força-tarefa em tempo integral. “Independentemente das formalizações dessa integração, já estão ocorrendo tratativas e ações integradas, mas a partir do momento que estabelecermos as pendências que o Estado tinha na questão da Segurança Pública, vamos passar a receber por ano R$ 10 milhões para atender o setor de Segurança”, acrescentou o secretário.

ESTADO DE RORAIMA PREFEITURA MUNICIPAL DE IRACEMA “Amazônia Patrimônio dos Brasileiros” EXTRATO DO CONTRATO A Prefeitura Municipal de Iracema, em cumprimento ao disposto da Lei federal 8.666/93 de 21 de junho de 1993, - torna se público o extrato do contrato cujo o objeto: Contratação de empresa para recuperação e complementação de estradas e vicinais nos projetos de assentamento do INCRA no município de Iracema-RR, oriundo do processo nº 0135/2019 CONCORRENCIA PUBLICA 001/2019 VALOR R$ 5.101.220,77(cinco milhões cento e um mil duzentos e vinte reais e setenta e sete centavos) e a empresa: FERRARI CONSTRUÇÕES E SERVIÇOS EIRELI -CNPJ Nº 07.024.593/0001-75. Iracema/RR 07 de novembro de 2019.

FRANCISCO EDINALDO BARROSO DE SOUZA Presidente

JAIRO ANDRE RIBEIRO SOUSA prefeito

ESTADO DE RORAIMA PREFEITURA MUNICIPAL DE IRACEMA “Amazônia Patrimônio dos Brasileiros”

ESTADO DE RORAIMA PREFEITURA MUNICIPAL DE IRACEMA “Amazônia Patrimônio dos Brasileiros”

ESTADO DE RORAIMA PREFEITURA MUNICIPAL DE IRACEMA “Amazônia Patrimônio dos Brasileiros”

ADITIVO DE CONTRATO

ADITIVO DE CONTRATO

ADITIVO DE CONTRATO

Objeto O presente 2º Termo Aditivo tem por finalidade a prorrogação do prazo de vigência do contrato de n° 002/2019, Processo nº 139/2017, Tomada de Preços nº 001/2017 referente a Contratação por menor preço, de empresa especializada em obras e serviços de engenharia, para construção de unidade Básica de Saúde PORTE I localizada na rua Regis Luiz S/N centro de Iracema-RR, objeto da Proposta n° 118495620001/14-004 Da Prorrogação: Prorrogar o prazo de vigência por mais 08 (oito) meses do Contrato nº 002/2019. Entre as Partes: Contratante: PREFEITURA MUNICIPAL DE IRACEMA – RR Contratado: APN CONSTRUÇÃO CIVIL EIRELI-ME CNPJ n° 25.368.205/0001-55

Objeto O presente 3º Termo Aditivo tem por finalidade a prorrogação do prazo de vigência do contrato de n° 003/2019, Processo nº 139/2017, Tomada de Preços nº 001/2017 referente a Contratação por menor preço, de empresa especializada em obras e serviços de engenharia, para construção de unidade Básica de Saúde PORTE I localizada na rua Regis Luiz S/N centro de Iracema-RR, objeto da Proposta n° 118495620001/14-004 Da Prorrogação: Prorrogar o prazo de vigência por mais 08 (oito) meses do Contrato nº 003/2019. Entre as Partes: Contratante: PREFEITURA MUNICIPAL DE IRACEMA – RR Contratado: APN CONSTRUÇÃO CIVIL EIRELI-ME CNPJ n° 25.368.205/0001-55

Objeto O presente 1º Termo Aditivo tem por finalidade a prorrogação do prazo de vigência do contrato de n° 001/2018, Processo nº 139/2017, Tomada de Preços nº 001/2017, referente a Contratação por menor preço, de empresa especializada em obras e serviços de engenharia, para construção de unidade Básica de Saúde PORTE I localizada na rua Regis Luiz S/N centro de Iracema-RR, objeto da Proposta n° 11849562000114-004. Da Prorrogação: Prorrogar o prazo de vigência por mais 08 (oito) meses do Contrato nº 001/2018. Entre as Partes: Contratante: PREFEITURA MUNICIPAL DE IRACEMA – RR Contratado: APN CONSTRUÇÃO CIVIL EIRELI-ME CNPJ n° 25.368.205/0001-55

Iracema/RR, 05 de fevereiro de 2019.

Iracema/RR, 01 de outubro de 2019.

Iracema/RR, 14 de junho de 2018.

JAIRO ANDRE RIBEIRO SOUSA prefeito

JAIRO ANDRE RIBEIRO SOUSA prefeito

JAIRO ANDRE RIBEIRO SOUSA prefeito

Profile for RoraimaEmTempo

Jornal Roraima em tempo – edição 1368  

Jornal Roraima em tempo – edição 1368  

Advertisement