Page 1

roraimaemtempo.com.br

EXPLOSÃO DE CARROS-BOMBA DEIXA PELO MENOS 20 MORTOS NA SOMÁLIA.

Economia A10

Mundo A13

A NOTÍCIA QUE INTERESSA

BOA VISTA, SÁBADO, 10 DE NOVEMBRO DE 2018

ANO 4 • Nº 1079

IGP-M, QUE MEDE A INFLAÇÃO DO ALUGUEL, RECUOU 0,11% NA 1ª PRÉVIA DO MÊS.

R$

2,00

Após matarem sargento, dois bandidos são mortos em troca de tiros com a PM SARGENTO DA POLÍCIA MILITAR JOSUÉ DA SILVA DOS SANTOS, 46, FOI MORTO POR BANDIDOS AO TENTAR IMPEDIR ASSALTO A BANCO NA ZONA OESTE Assalto ocorreu na manhã dessa sexta-feira (9) em uma agência do Banco do Brasil no bairro Tancredo Neves. Após serem informadas que os bandidos fugiram num Gol bola branco, em direção ao bairro Pintolândia, várias equipes policiais seguiram para o local da fuga, ocasião em que se depararam com o veículo com os quatro suspeitos. Eles saíram do carro atirando contra as equipes policiais. Os PMs revidaram e pelo menos dois foram baleados no local. Os outros continuaram a fuga pulando os muros de algumas casas. Houve mais confronto e os demais bandidos também foram baleados. Os quatro criminosos foram socorridos pelos PMs e conduzidos ao pronto-socorro estadual, onde dois deles morreram. O malote de dinheiro roubado pela quadrilha estava com os bandidos e foi recuperado. O montante não foi informado POLÍCIA A15

SARGENTO DA PM (À ESQUERDA) ESTAVA À PAISANA QUANDO TENTOU IMPEDIR ASSALTO A AGÊNCIA DO BANCO DO BRASIL

NO SÃO VICENTE

‘BANDIDOS ESTIMULADOS’

VAQUEJADA DE SÃO LUIZ

Venezuelano é baleado por policial de folga após tentar roubar supermercado

Sociólogo analisa aumento da violência registrado em Roraima nos últimos anos

Prefeito cancela evento por causa de calote de R$ 500 mil do governo do Estado

POLÍCIA A15

LOCAL A4

LOCAL A5

‘VELHO CONHECIDO’

Jovem envolvido com crimes troca tiros com PMs, é socorrido, mas morre no hospital Um jovem envolvido com facção criminosa no Sul de Roraima, apelidado de “Chapinha”, foi baleado na tarde dessa sexta-feira (9), no bairro Parque das Orquídeas, na

cidade de Rorainópolis, em troca de tiros com policiais da Força Tática da Polícia Militar. Ele foi socorrido ainda com vida, mas não resistiu e morreu pouco tempo

depois no Hospital Ottomar de Souza Pinto. Chapinha’ era velho conhecido da polícia e suspeito de participação em vários assaltos e homicídios POLÍCIA A15 DIVULGAÇÃO

LUTANDO POR DIREITOS

Funcionários públicos pedem que Justiça obrigue governo a pagar salários atrasados Cerca de 20 funcionários públicos protestaram na manhã de ontem (9) em frente ao Tribunal de Justiça de Roraima (TJRR) para pedir que o Estado seja obrigado a pagar todos

os salários atrasados referentes a setembro e outubro. O presidente do Sintraima, Francisco Figueira, explicou que os funcionários decidiram protestar em frente ao TJ para sensi-

CLASSIFICADOS HOJE Emprego

Imóveis

ANÚNCIOS

Veículos

bilizar a Justiça sobre a difícil situação pela qual eles passam. A previsão é que parte do salário de outubro comece a ser paga nesta segunda-feira (12). ÚLTIMAS NOTÍCIAS A2

CLASSIFICADOS:

95 3623-3038 / 99137-0070

FALE COM A GENTE: 95 3624-6958

Anúncios, Assinaturas e Assinantes, Atendimento ao leitor.

TEMPO EM RORAIMA

32º 24º

Chuva: 60% Umidade: 81% a 51% Vento: 5km/h Sol: 05:46h / 17:47h

FONTE: CLIMATEMPO


A2

Últimas Notícias

Boa Vista, sábado, 10 de novembro de 2018

PROTESTO

Funcionários públicos pedem que Justiça obrigue governo a pagar salários atrasados Grevistas estão acampando há quase duas semanas em frente ao Palácio do Governo e foram ontem ao Tribunal de Justiça Edinaldo Morais

GIOVANNA SOUZA

giovanna@roraimaemtempo.com.br

Cerca de 20 funcionários públicos protestaram na manhã dessa sexta-feira (9) em frente ao Tribunal de Justiça de Roraima (TJRR) para pedir que o Estado seja obrigado a pagar todos os salários atrasados referentes a setembro e outubro. O presidente do Sindicato

Palavra do sindicato ‘Vamos procurar todos os direitos dos nossos funcionários, por isso estamos tentando este apoio da Justiça’ Com cartazes e faixas, funcionários afirmam só parar greve com todo o pagamento atualizado

dos Trabalhadores Civis Efetivos do Poder Executivo de Roraima (Sintraima), Francisco Figueira, explicou que os funcionários decidiram protestar em frente ao TJ para sensibilizar a Justiça sobre a difícil situação pela qual eles passam. A previsão é que parte do salário de outubro comece a ser paga nesta segunda-feira (12).

De acordo com um dos grevistas, os servidores e familiares pretendem continuar protestando em frente ao Palácio Senador Hélio Campos, sede do Poder Executivo, pelo pagamento do mês de outubro que já está atrasado, conforme prazo determinado

pela Constituição. “Estamos acampando há muitos dias já e nada até então foi feito. Fomos ao tribunal para tentar sensibilizar os juízes, procuradores e todo o pessoal que trabalha no Judiciário para nos apoiar nessa questão. Queremos que nossos pagamentos

sejam feitos”, desabafou um dos servidores. Outro funcionário afirmou que eles “querem apenas o que é direito de todos”, acrescentando que o protesto serviu para mobilizar toda a sociedade roraimense em prol da classe trabalhadora que movimenta o

Estado e vem sendo desvalorizada pelo Poder Público. Figueira assegurou que os servidores vão continuar protestando até que tudo seja regularizado. “Vamos procurar todos os direitos dos nossos funcionários, por isso estamos tentando

este apoio da Justiça”, contou o presidente do sindicato, ressaltando que a manifestação foi pacífica e que a maior intenção era chamar mais um órgão público à luta pelos salários. Até o fechamento desta matéria, o governo do Estado não se pronunciou sobre o assunto.

Edinaldo Morais

Projeto de Emenda à Constituição institui regime de recuperação fiscal em Roraima

Mil alunos das escolas estaduais participam do programa gerido pelo governo de Roraima; eles atuam em jornada de 20 horas semanais, com uma bolsa-auxílio de R$ 390 mais R$ 50 de auxílio-transporte

Estudantes do ‘Estágio Remunerado’ estão há dois meses sem receber do governo EDUMAR JUNIOR

edumar@roraimaemtempo.com

Os estudantes que fazem parte do programa “Estágio Remunerado”, do governo de Roraima, estão há dois meses sem receber, denunciaram os beneficiários nessa sexta-feira (9). São atendidos alunos que estejam concluindo o ensino médio nas escolas estaduais. A remuneração é de R$ 440 e, segundo eles, não há previsão para que os pagamentos sejam feitos. O governo do Estado abriu mil vagas para o estágio remunerado em 2018 para estudantes de unidades públicas de ensino. Para participar, era preciso ter idade mínima de 16 anos e estar matriculado no 2º ou 3º ano do ensino médio. Eles atuam em jornada de 20 horas semanais, com uma bolsa-auxílio de R$ 390 mais R$ 50 de auxílio-transporte. Kaio Teixeira, de 19 anos, estagia na Secretaria do Trabalho e Bem-estar Social (Setrabes), mas foi orientado a ficar em casa até que os salários sejam colocados em dia.

“Não estou indo mais, porque pedimos da secretária Emília [Campos, titular da Pasta] que ficássemos em casa e só retornássemos quando o nosso pagamento fosse feito. É meu primeiro emprego, sou estudante e me inscrevi nesse programa para entrar no mercado de trabalho. Ela vinha pagando, mas esses dois meses não pagou mais”, relatou. Aline Vasconcelos, de 18 anos, contou que além de uma oportunidade de começar a trabalhar, a bolsa ajudava na renda da família. Segundo a estudante, esses atrasos fazem “muita falta”. “Entrei no estágio para ajudar minha família. Minha mãe está desempregada e esse dinheiro estava segurando um pouco as pontas. Agora, ficou bem difícil até eu ir ao estágio. Tive que parar porque não consigo dinheiro nem para a passagem”, comentou. A reportagem procurou o governo do Estado para saber quando as bolsas dos estagiários serão pagas, mas até o fechamento dessa matéria não houve resposta.

O deputado Soldado Sampaio (PCdoB) apresentou uma Proposta de Emenda à Constituição (PEC) que institui um regime de recuperação fiscal no Estado. A proposta prevê que a medida vigore por quatro exercícios financeiros, a partir de 2019. O próximo passo da tramitação dessa propositura é a criação de uma comissão especial para avaliar a matéria e convidar os demais Poderes para que possam contribuir. Segundo o autor da proposição, a ideia é levantar uma discussão envolvendo os Poderes, considerando que a cada dia aumenta a dívida pública do Estado, que tem dificuldade de cumprir as obrigações. “O Estado não tem conseguido fornecer um serviço de excelência e de qualidade à sociedade em áreas como a saúde, educação e segurança. Chegamos ao ponto de não cumprir nem o trivial, que é bancar o salário dos servidores”, ressaltou. O parlamentar lembrou que atualmente as despesas estão maiores que as receitas, e que este assunto vem sendo tratado de maneira isolada e pontual. Uma discussão mais ampla e coesa, na opinião dele, é o melhor caminho para apontar as medidas que colocarão Roraima no caminho certo, sendo, portanto, im-

portante a participação de todos. Ele espera que o próximo governador, Antonio Denarium (PSL), apoie a iniciativa. “Ele foi eleito com o discurso de que faria um ajuste. Acho que seria uma oportunidade ímpar para ele”, disse. RECUPERAÇÃO FISCAL Conforme o texto da PEC, o Regime de Recuperação Fiscal veda o Poder Executivo de criar novos órgãos na Administração Direta e Indireta. Proíbe também a criação ou ampliação de cargos em comissão e de funções de confiança. O texto original obriga o Estado a apresentar um plano de redução de cargos em comissão e funções gratificadas e proíbe ainda o aumento salarial dos servidores públicos não concursados durante a vigência do regime. Outro ponto destacado na proposta é a obrigatoriedade do pagamento dos salários dos servidores no dia útil posterior ao recebimento do primeiro repasse do Fundo de Participação dos Estados (FPE). INVESTIMENTO Ao governo, caberá também intensificar as campanhas de arrecadação e de enfrentamento à sonegação fiscal, além de investir no setor produtivo. “Propusemos, além de ajustar, aumentar a re-

ceita do Estado. Para isso, o governo tem que investir no que vá gerar receita mais rápida e em curto prazo”, enfatizou. A sugestão dele é que o novo governo promova uma política de fortalecimento do setor primário por meio da captação de recursos, sejam advindos da União ou de empréstimo do sistema financeiro para fomentar o segmento. “Seria um conjunto de ações no sentido de aumentar nossa receita e equilibrar nossas despesas. É uma ação grandiosa, por isso não apresentei a PEC concluída, para ouvirmos a necessidade dos Poderes e do próprio Executivo”, reforçou Sampaio. Outra obrigatoriedade

ao governo prevista na PEC é a execução das emendas orçamentárias impositivas à Lei de Orçamentária Individual no exercício financeiro pertinente. Estas emendas são feitas pelos parlamentares e o cumprimento é obrigatório nas áreas da Saúde, Educação e Desenvolvimento. Todas essas medidas propostas seriam acompanhadas e avaliadas no decorrer da aplicação pelo Conselho de Governança Fiscal, composto pelo governador do Estado, presidentes da Assembleia Legislativa, do Tribunal de Justiça e do Tribunal de Contas, além do procurador-geral de Justiça e do defensor público-geral. Divulgação/Alex Paiva/SupCom/ALE-RR

Documento proposto por Sampaio (PCdoB) está em tramitação na Assembleia Legislativa e deverá contar com a contribuição dos Poderes


Opinião A3

Boa Vista, sábado, 10 de novembro de 2018

Roraima Alerta HONRANDO A FARDA Em tempos de crise econômica e financeira no Estado, uma das principais consequências é a instabilidade causada pela insegurança pública. Bandidos se sentem à vontade e agem em plena luz do dia desafiando as autoridades sem o mínimo de temor. Apesar da desvantagem policial frente à bandidagem fortemente armada, os que honram a farda, ainda que não estejam fardados, cumprem o seu dever, mesmo não sendo respeitados pelo governo, que nem lhes paga os salários. HONRANDO A FARDA I Um dos que honraram a farda foi o sargento da Polícia Militar Josué da Silva Santos, de 46 anos, morto na manhã

de ontem ao tentar evitar um assalto numa agência do Banco do Brasil na Zona Oeste de Boa Vista. À paisana, o oficial trocou tiros com quatro bandidos, mas acabou morrendo no confronto. Os criminosos entraram no local para roubar um malote e causaram o terror nas dependências da instituição, colocando inocentes na linha de fogo. HUMILHADOS Os assaltantes foram mortos em seguida ao, durante a fuga, atirarem contra policiais, que revidaram. A atuação desses militares é a prova de que não se deixaram desanimar e se eximir de suas funções, mesmo sendo covardemente sacaneados pelo governo, que não lhes respeita ao privá-los daquilo a que têm direito, sen-

do humilhados e tendo suas acordo com o sindicato da cafamílias humilhadas, com suas tegoria, é sensibilizar a Justiça sobre a difícil situação mulheres acampadas em por que passam, já frente ao Palácio Seque o Poder Exenador Hélio CamA secretaria, cutivo explicita pos, sede do que está sob a resuma imbatível Executivo, para ponsabilidade de Emília má vontade cobrar salários Campos, filha da governapara resolver atrasados de dora, não paga aos alunos tais problemas, um governo do ‘Estágio Remunerado’ se negando até que se faz de (que de remunerado agora mesmo ao simsurdo, cego e nada tem) os R$ 440 a ples diálogo com mudo. que têm direito. os grevistas. SENSIBILIZAR CALOTE GERAL E enquanto o governo E não são apenas servise faz de surdo, cego e mudo, servidores públicos continu- dores estaduais, empresas de am os protestos até que to- transporte e demais terceidos recebam seus salários. rizadas, fornecedores do EsNessa sexta-feira, alguns de- tado, prefeituras dos municíles foram até o prédio do TJ pios do interior e prestadores para pedir às autoridades que de serviços, entre tantos ouo Estado seja obrigado a pa- tros, que recebem calote do gar os proventos. A ideia, de governo. Estudantes de um

programa gerido pelo próprio Poder Executivo, especificamente pela Setrabes, estão há dois meses sem receber. CALOTE GERAL I A secretaria, que está sob a responsabilidade de Emília Campos, filha da governadora, não paga aos alunos do “Estágio Remunerado” (que de remunerado agora nada tem) os R$ 440 a que têm direito. Embora seja pouco, o recurso é uma mão na roda para aliviar as contas de suas famílias, muitas delas com pais e mães desempregados, cuja renda era complementada pela bolsa-auxílio desses estudantes. Sem dúvida, o calote é geral, quase sem distinção, a não ser pelos parentes, amigos e protegidos dos Campos que nunca ficam a ver navios.

Editorial

Sempre restará Paris... Nem bem o novo presidente foi eleito e os grupelhos esquerdistas já se colocaram como salvadores da Pátria, gente que não tem compromisso com o País. Quando propõem salvar o Brasil, falam em nome da democracia, que nem sequer sabem o que é. Pedem respeito às liberdades democráticas e provocam tumulto e depredação? O que esta gente quer? Já pas-

sou da hora de criminalizar estas manifestações carregadas de violência e desrespeito ao cidadão. O que se espera do novo Congresso é que coloque um freio nessa afronta. É do jogo que aquele que perde deve respeitar o que ganha, assim como deveria partir dos segmentos organizados preocupação com o grave momento do País, conclamando a sociedade a

ajudar na superação da crise. Oposição decente se faz com ideias, não com violência e patrulhamento ideológico. Mesmo que muitos não engulam o extremismo do novo presidente e de alguns de seus seguidores, ele ganhou a eleição pelo processo democrático e legal. Portanto, é inaceitável que sabotadores ajam para inviabilizar um governo le-

gítimo. Botar fogo, como apregoam líderes dessa esquerda fracassada, é puro desespero de derrotados e que sabem que a torneira fechou. A tal “resistência” pregada pelos companheiros da sofisticada organização criminosa conta até com celebridades que prometeram deixar o País caso a direita vencesse as eleições. Para socialista que tem aparta-

mento lá fora é mole, sempre restará Paris... A maior decepção mesmo veio com Luis Fernando Veríssimo. Ele ultrapassou as raias da civilidade e do bom senso ao recomendar aos contrários “costurar estrela vermelha nas roupas”. Quem isso lembra? Adolf Hitler, claro, que teve a mesma “engenhosa” ideia. Os brasileiros merecem um pedido de desculpas.

Questão de Opinião

A Charge

Só sei que nada sei WALBER GONÇALVES DE SOUZA*

ACERTOU

ERROU DIVULGAÇÃO

DIVULGAÇÃO

O Instituto Federal de Roraima, que por meio do ‘IF Comunidade’ leva atendimento médico, vacinação e testes rápidos à Zona Oeste da cidade a moradores que carecem de assistência de um Poder Público cada vez mais combalido pelas crises que assolam o Estado. Além da preocupação com a saúde de alunos e da comunidade, o instituto incentiva o empreendedorismo em parceria com o Sebrae.

O governo do Estado, que por não repassar o ICMS a São Luiz fez com que o prefeito cancelasse uma das festas mais tradicionais de Roraima, evento que gera emprego e renda para milhares de pessoas ao atrair turistas e investimentos. A 8ª vaquejada da cidade foi cancelada, pois o gestor preferiu bancar os salários dos servidores, que poderiam ser pagos se Suely Campos repassasse os quase R$ 500 mil devidos em impostos à administração municipal.

Admitir que precisamos evoluir constantemente talvez seja um dos nossos maiores desafios, e combater a ignorância e perseguir a sabedoria é um dos nossos mais sublimes objetivos. O contrário representa estagnação, regressão, significa mergulhar na autossuficiência que proporciona a intolerância, o fundamentalismo, a incapacidade de autocrítica e, o pior, a impossibilidade de desenvolvimento em todos os seus níveis e sentidos. Quando o filósofo proclamou “só sei que nada sei”, na verdade com esta atitude ele admitia sua própria ignorância, colocando-se num estado de perpétua aprendizagem. E ainda segundo seus argumentos, quanto mais ele estudava, quanto mais ele conhecia, mais ele admitia que não sabia nada. Justamente porque o conhecimento proporciona cada vez mais o espaço para novas descobertas, formando um ciclo vicioso que embasa a arte do saber. Admitir a pequenez, a ignorância, não deveria ser um ato vergonhoso, mas pelo contrário, torna-se um gesto grandioso. Precisamos querer crescer, desenvolver, evoluir e isto só acontece quando admitimos para nós mesmos que sempre temos algo a buscar a aprender. Um passo importante é repensar nossas crenças e convicções a todo instante, pois como o mundo está

“Somos um povo que tem tudo para prosperar, mas é preciso admitir: ‘só sei que nada se’. Admitir a pequenez, a ignorância, não deveria ser um ato vergonhoso, mas pelo contrário, torna-se um gesto grandioso. Precisamos querer crescer, desenvolver, evoluir e isto só acontece quando admitimos para nós mesmos que sempre temos algo a buscar a aprender”.

numa constante metamorfose, pode ser que nossos pensamentos também precisem passar por reformulações. Quebrar paradigmas torna-se quase uma necessidade na guerra contra a ignorância. Pouco adianta também ter livros e não ler; estar na escola e não estudar; conversar, mas não dialogar; enfim, são inúmeras as situações do cotidiano que nos desafiam a todo o instante. Todavia, cabe sempre a cada um de nós admitir ou não o nosso estado de ignorância. E posteriormente querer sair dele, pois só admitir também muito pouco ou quase nada resolve ou modifica a realidade. Geralmente gostamos de nos esconder por detrás da

nossa cultura, sempre a usamos para justificar nossos atos, independentemente do que seja, se faz sentido ou não. Indiscutivelmente sabemos da importância da cultura para qualquer povo ou pessoa, mas esquecemos que ela também deve passar pelo crivo do desenvolvimento humano, da autocrítica, da capacidade de resignar-se e tornar-se literalmente mais humana. Devemos ter a coragem de admitir que nem tudo que faz parte da cultura de um povo é benéfico para o próprio povo. São tantos absurdos culturais que existem pelo mundo que precisam ser repensados. A história nos mostra que as nações que se desenvolveram primeiramente admitiram que precisavam sair do estágio cultural e intelectual no qual se encontravam. Precisavam quebrar paradigmas, admitir as fragilidades, buscar constantemente e incansavelmente o conhecimento. Enfim, trilhar esta rota que nunca tem fim. Somos um povo que tem tudo para prosperar, mas é preciso admitir: “só sei que nada sei”. *O autor é professor e escritor. prof.walber@hotmail.com


A4

Local

Boa Vista, sábado, 10 de novembro de 2018

AUSÊNCIA DO PODER PÚBLICO

Sociólogo analisa aumento da violência registrado nos últimos anos em Roraima Com essa nova realidade do Estado, as pessoas andam com receio de sair nas ruas e serem vítimas de algum criminoso ANDERSON SOARES

anderson.soares@roraimaemtempo.com.br

Os índices de criminalidade aumentaram de forma significativa nos últimos anos em Roraima, deixando a população cada vez mais com a sensação de insegurança. Todos os dias, vários crimes são cometidos tanto na capital, como no interior, e as forças policiais não conseguem

Dois de vários motivos Sociólogo relacionou o problema também à falta de salário dos militares, bem como às condições precárias para combater a criminalidade

coibir. Com essa nova realidade do Estado, as pessoas andam com receio de sair nas ruas e serem vítimas de algum criminoso. Boa Vista não é mais considerada tranquila para se viver, como era antigamente. Cenas de crimes comuns em cidades grandes, passaram a acontecer agora em Roraima. Na manhã de ontem (9), três pessoas morreram e outras

Nonato Sousa

quatro ficaram feridas em troca de tiros durante tentativa de assalto a uma agência do Banco do Brasil, na Zona Oeste de Boa Vista. Um dos mortos foi o sargento da Polícia Militar de Roraima (PMRR) Josué Santos. Para o sociólogo Linoberg Almeida, a explicação para essas mudanças no aumento da criminalidade pode estar relacionada a uma série de fatores, a exemplo de pouco efetivo de policiais, sistema prisional em crise e a Secretaria de Justiça de Cidadania (Sejuc) defasada. Ele cita como problema a ausência de delegacias especializadas, assim como órgãos públicos que prestam serviço de segurança com deficiência. Todas essas situações acabam culminando na violência praticada todos os dias em Roraima. “Quando vai faltando tudo isso, a gente passa a sentir que falta segurança mesmo. Se eu e você, que somos cidadãos comuns, sentimos, imagina os criminosos?! Os bandidos se sentem mais propensos e mais estimulados sabendo que não tem delegacia nem vai ter policiais para correr atrás deles”, avaliou. O sociólogo relacionou o problema também à falta de salário dos militares, bem como às condições precárias para combater a criminalidade, com viaturas sucateadas sem combustível, assim como aparato de armas e equipamentos

Criminalidade deixa população com sensação de insegurança

de segurança defasados. Para Almeida, os problemas estão acontecendo há pelo menos dez anos. “Estamos vivendo uma década com uma crise de segurança pública em Roraima. Agora, talvez seja a fase mais ‘perversa’ da ausência de investimentos do Estado e da omissão do governo federal. Não

houve nenhum planejamento para cuidar desse assunto durante todos esses anos”, sustentou o sociólogo, acrescentando que faltam mais investimentos e ações efetivas emergenciais. Questionado sobre se a imigração venezuelana teria contribuído para o aumento da violência em Roraima, Almeida foi categórico e disse que “uma

coisa não tem nada a ver com a outra”. Segundo ele, os dados de grupos de pesquisa da Universidade Federal de Roraima (UFRR) demonstraram que na questão migratória não é diretamente proporcional ao aumento da violência. “É tentar jogar no colo do venezuelano um problema que é brasileiro e roraimense há

muito tempo. Dez anos atrás a gente já tinha crise, túnel nos presídios sem ter venezuelano preso. Então, é a maneira mais fácil de a gente jogar nas costas do outro um problema que era nosso. É obvio que tem criminalidade vinda de estrangeiros, brasileiro também comete crime em outros lugares do mundo”, concluiu.

Fabio Calilo

Alunos denunciam estrutura de escola durante ‘Assembleia ao Seu Alcance’

Denúncia do MPRR à época foi motivada após informações colhidas pela Polícia Federal (PF) na ‘Operação Tovajar’, deflagrada em agosto de 2017 com o objetivo de desarticular organização que atua dentro e fora do sistema prisional de Roraima

Advogada e outras 17 pessoas são condenadas a mais de 168 anos por organização criminosa A pedido do Ministério Público de Roraima (MPRR), a Justiça a condenou uma advogada e outras 17 pessoas por integrar organização criminosa com emprego de arma de fogo, bem como por possuir função em uma facção que atua dentro e fora dos presídios de Boa Vista, respectivamente. Na sentença, proferida no fim de outubro, as penas dos acusados somadas ultrapassam 168 anos de prisão e multa pelos crimes praticados previstos na Lei de Crime Organizado, conforme consta na Ação Penal nº 000697162.2017.8.23.0010, que tramita na Vara de Entorpecentes e Organizações Criminosas da Comarca de Boa Vista. A decisão ainda cabe recurso.

A sentença determina, também, a notificação da Ordem dos Advogados do Brasil, seccional Roraima, e do Conselho Federal da OAB, para adoção de medidas disciplinares cabíveis em relação à advogada, que não teve seu nome revelado em razão de determinação judicial. A legislação brasileira estabelece como crime “promover, constituir, financiar ou integrar, pessoalmente ou por interposta pessoa, organização criminosa”, sob pena de até oito anos de reclusão e multa, sem prejuízo às demais medidas correspondentes a outras infrações penais praticadas, podendo ser aumentada em caso de emprego de arma de fogo e possuir função de comando.

OPERAÇÃO A denúncia do MPRR à época foi motivada após informações colhidas pela Polícia Federal (PF) na “Operação Tovajar”, deflagrada em agosto de 2017 com o objetivo de desarticular organização criminosa que atua dentro e fora do sistema prisional de Roraima. A operação foi batizada pela PF de ‘Tovajar’, que significa “inimigo” e também “cunhado” na língua tupi-guarani antiga, uma vez que parte da organização criminosa se intitulava “cunhadas”. Os denunciados atuavam dentro e fora da Penitenciária Agrícola de Monte Cristo e programavam ataques criminosos nas ruas da Boa Vista.

O Poder Legislativo reiniciou as ações do projeto “Assembleia ao Seu Alcance” e o primeiro bairro atendido foi o Sílvio Botelho, na Zona Oeste da cidade. Desde segunda-feira (5), os moradores estão tendo acesso aos serviços do Procon Assembleia, Fiscaliza Roraima e o Centro Humanitário de Apoio à Mulher (Chame). O evento se encerrou nessa sexta-feira (9) às 17h. Para atender a comunidade, uma estrutura foi montada na Avenida Nazaré Filgueiras, em frente à unidade de ensino. Estudantes aproveitaram o Fiscaliza Roraima para denunciar as condições da escola. Mais de 250 pessoas passaram por cada estande em busca dos serviços. O Chame já fez mais de cinco encaminhamentos, o Procon contabiliza mais de 20 atendimentos e o Fiscaliza Roraima recebeu mais 25 denúncias, todas relacionadas à Escola Estadual Severino Cavalcante. Segundo a coordenadora da ação, Eumária Aguiar, a Assembleia Legislativa vem fazendo o papel de ficar mais próxima

da comunidade. “Voltamos de forma diferenciada e ampliada, atendendo também as escolas. Os alunos aproveitam para questionar assuntos que estão em pauta na sociedade e aproveitam para denunciar aquilo a que acreditam ter direito”, explicou. Além das equipes que atendem na estrutura, há outras fazendo o trabalho corpo a corpo nas ruas do bairro junto aos moradores e aos comerciantes. “O Procon Assembleia também está adesivando, entregando o Código de Defesa do Consumidor [CDC] nos comércios e falando sobre as palestras, ofertando os serviços da Assembleia”, detalhou. DENÚNCIA As denúncias feitas ao projeto Fiscaliza Roraima foram principalmente relativas

à estrutura da Escola Estadual Severino Cavalcante. Na pauta dos alunos, estão a falta de funcionamento das centrais de ar, a baixa qualidade da merenda ofertada, além da limpeza do ambiente escolar. Segundo eles, alunos e professores são obrigados a conviver com fezes de pombos. “Como faz muito calor, a gente fica agoniado. Daí, abrimos a porta e as janelas, mas não conseguimos prestar muita atenção no assunto por causa do barulho”, relatou a aluna Maria Iane Souza, 15, do 9º ano. A aluna Ana Letícia dos Santos, 16, após assistir à palestra sobre a Lei Maria da Penha, aprendeu que as decisões de mulher devem ser respeitadas. “Quando uma mulher diz ‘não’, é não e acabou. O corpo é nosso e ninguém tem o direito de tocar, bater ou querer se aproveitar”, observou. Divulgação/Alex Paiva/SupCom/ALE-RR

Na pauta dos alunos, estão a falta de funcionamento das centrais de ar, a baixa qualidade da merenda ofertada, além da limpeza do ambiente escolar


Local

Boa Vista, sábado, 10 de novembro de 2018

A5

CANCELAMENTO EM SÃO LUIZ

‘Tive que fazer uma escolha entre a vaquejada e os salários dos servidores’, justifica prefeito 26ª edição da Vaquejada de São Luiz foi cancelada; prefeito culpa atraso nos repasses do governo do Estado Guilherme Moraes

EDUMAR JUNIOR

edumar@roraimaemtempo.com.br

A 26ª edição da Vaquejada de São Luiz, uma das festas mais tradicionais de Roraima, foi cancelada. O prefeito James Batista (MDB) alegou problemas financeiros. O principal foi a falta de repasse do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) que deveria ser feito

Repasses Dívida do Estado com o município somente com o imposto soma aproximadamente R$ 500 mil pelo governo do Estado. Conforme explicou Batista, a dívida do Estado com o município somente com o imposto soma aproximadamente R$ 500 mil. “Fazer a festa significaria sacrificar a folha de pagamento. Se eu mantivesse, teria dificuldade de pagar os salários dos servidores no fim do mês. Eu tive que fazer uma escolha e

Prefeito lamentou o cancelamento da vaquejada e disse que o prejuízo para São Luiz é incalculável

preferi manter os pagamentos em dia”, afirmou. O prefeito acrescentou que se reuniu com a governadora e tudo foi acertado, mas o governo não cumpriu o acordo. “Tivemos uma conversa em agosto e o governo se comprometeu, na primeira semana de novembro, a pagar todos os repasses devidos ao município. Assim, poderíamos fazer a festa

sem depender de ninguém. O problema é que durante essa semana a gente bateu na porta do governo e nenhuma perspectiva de atualização de verba foi dada”, detalhou. Sem dinheiro, a prefeitura decidiu cancelar a festa, já que parte dos patrocinadores também desistiu de apoiar a vaquejada. O evento movimenta a economia do município. Co-

merciantes, hotéis e vendedores ambulantes investem para conseguir renda extra na festa. O prefeito lamentou o cancelamento e disse que o prejuízo para São Luiz é incalculável. “Os prejuízos são imensos. Os comerciantes que fizeram um investimento, a rede hoteleira, restaurantes, os próprios vaqueiros. Acabou causando um desconforto sem tamanho

para o município. Esse cancelamento é fruto do não cumprimento do governo do Estado de obrigações básicas”, reclamou. James Batista alertou que não é o primeiro evento tradicional de Roraima que foi cancelado. Segundo ele, “o Estado praticamente quebrou todos os municípios”. “Todos os eventos tradi-

cionais do interior foram cancelados exatamente porque não há condições financeiras. Se não há incentivo por parte do governo do Estado, não há nem sequer a obrigação dos repasses de valores que são devidos aos municípios, e isso acabou inviabilizando a festa. O repassasse do ICMS dava para fazer [a festa], mas, como não pagaram, tornou-se impossível”, concluiu.

Lojas devem contratar menos funcionários temporários devido à crise econômica em RR BRUNA MENEZES

bruna@roraimaemtempo.com.br

A dívida do governo com os servidores estaduais chegou a 70 dias. Sem dinheiro no bolso, consequentemente o consumidor gasta menos e, se ele não consome, o mercado é afetado. Reflexo disso é a baixa contratação de funcionários temporários durante o período natalino deste ano. Com a demanda em queda, Maciel Lima, gerente de uma loja de artigos situada no Centro de Boa Vista, não viu necessidade de contratar o mesmo número de funcionários de 2017. “Geralmente, aumentamos em 20% o quadro dos funcionários durante o fim de ano. Neste, aumentaremos de 10% a 15%”, dis-

se o gerente, que trabalha no local há 21 anos. Ele revelou que percebeu uma queda no movimento da loja. “Essa redução, comparada com o ano passado, é de 10%. Mas, estamos otimistas que esse cenário vai melhorar”, comentou. Assim como a venda de artigos natalinos, o mercado de roupas também foi afetado. Em uma loja da Zona Oeste da Capital, a gerência optou por contratar apenas um funcionário. “Geralmente, a loja contratava de cinco a seis pessoas. Com a baixa procura, optamos por reduzir esse número. A gente notou que a procura pelos produtos diminuiu bastante”, apontou a caixa Adriana Magalhães. Há quem tenha esperança de que a situação melhore até mês que vem. Isso porque

“o consumidor sempre dá um ‘jeitinho’ de comprar”, como pontuou Leonardo Rodrigues, gerente de uma loja de roupas. Ele trabalha no estabelecimento há duas décadas. “Infelizmente, a falta de pagamento influencia, porque é o que move o mercado. Mas o movimento de dezembro é imprevisível. Eu acredito que podemos nos surpreender e vender da mesma forma que vendemos no ano anterior”, ponderou. Assim como em outros anos, a loja contratará cinco funcionários temporários. Em uma loja de sapatos, serão seis vagas. O número é o mesmo de 2017, informou a subgerente do local, Nilsilene Oliveira. “Esperamos que, mesmo com a crise, nós tenhamos demanda. Nossa loja trabalha com crediário e isso facilita na hora de vender”, disse.

CRISE O governo de Roraima está em débito com funcionários estaduais há mais de dois meses, o que afetou setores econômicos do Estado, como o de vendas e serviços. Além desses, a Educação, Saúde e Segurança estão em situação crítica. Atuante na área de serviços, a consultora de beleza Thatiane Vieira comentou que está vendendo menos e quem já havia comprado produtos não conseguiu pagar. “As minhas vendas caíram em torno de 40%. Minhas clientes que são funcionárias do governo me dizem que não receberam o salário ou que o pagamento atrasou. As que recebem, pagam só a metade”, comentou. Na Educação, as empresas de transporte escolar cortaram a condução de alunos porque não recebem. Sem irem para

a escola, esses estudantes perdem conteúdo e se prejudicam. Já na Saúde, faltam remédios e materiais hospitalares porque o governo não tem condições de comprar. Também afetada por dívida, a Segurança está com-

prometida. Há quatro meses sem receber, a empresa que fornece alimento para o Sistema Prisional de Boa Vista suspendeu a entrega das refeições e os presos se alimentam com o que as famílias conseguem levar. Edinaldo Morais/Roraima em Tempo

Mesmo com demanda em queda, empresários acreditam que as pessoas vão comprar no período de fim de ano


A6

Local

Boa Vista, sábado, 10 de novembro de 2018

INTERIORIZAÇÃO

Quase três mil imigrantes que viviam em abrigos foram levados para outros estados Mesmo com processo, ainda existem mais de cinco mil imigrantes vivendo em abrigos em Roraima Fábio Calilo

ANDERSON SOARES

anderson.soares@roraimaemtempo.com.br

Dados divulgados da Operação Acolhida mostram que cerca de três mil imigrantes venezuelanos que viviam nos abrigos em Roraima foram levados para outros estados por meio do processo de interiorização. A medida foi anunciada pelo pre-

Demanda ‘Não podemos dizer que os abrigos atendem a todos porque ainda existem imigrantes nas ruas’, diz major Tassio Oliveira sidente Michel Temer (MDB) em fevereiro deste ano, em visita oficial ao Estado. Na manhã de ontem (9), mais uma etapa do programa foi realizada. Dos 42 imigrantes que foram interiorizados, uma parte embarcou com destino a João Pessoa, na Paraíba (12 pessoas). Os demais foram para Igarassu, em Pernambuco (18 pessoas), e Brasília (12 pessoas). A Operação Acolhida, iniciada pelo governo federal em parceria com a Agência da ONU para Refugiados (Acnur), além de entidades da sociedade civil e prefeituras, foi criada para dar assistência aos imigrantes que chegaram ao Brasil, em especial a Roraima, que faz fronteira com a Venezuela. Com o processo de in-

Imigrantes venezuelanos buscam melhores condições de vida em outras regiões do Brasil

teriorização, novas vagas são abertas automaticamente nos abrigos. Elas são preenchidas pelos imigrantes que foram cadastrados no posto de triagem, conforme explicou o major Tassio Oliveira, um dos responsáveis pela Operação Acolhida. “O trabalho que a Acnur tem feito é muito importante. Mais de 1,4 mil pessoas já foram abrigadas somente durante o período de funcionamento do posto de triagem. E o preenchimento das novas vagas que aparecem nos abrigos em consequência da in-

teriorização é feito conforme a distribuição de imigrantes feito pela agência”, pontuou. De acordo com o major, a intenção é que toda semana ocorra interiorização para reduzir o número de imigrantes em Roraima. Ele frisou que para isso são levados em consideração vários fatores. Um deles é verificar se os candidatos terão condições de se restabelecer na nova região em que passarão a residir. Ele garantiu que a Operação Acolhida vai continuar por tempo indeterminado. Atualmente, existem 12 abri-

gos em Roraima, número insuficiente para atender toda a população venezuelana que passou a morar no Estado. “Não podemos dizer que os abrigos atendem todos, porque ainda existem imigrantes nas ruas. A nossa ideia é acabar com essa realidade, mas o fato de só abrigar não vai resolver o problema, a não ser de forma paliativa. O que surte efeito é levarmos essas pessoas para outros lugares, o que já está sendo feito”, disse. RESULTADOS

Desde que se agravou a situação política e econômica na Venezuela, fazendo com que a população daquele país viesse para Roraima, muitas ações foram realizadas pelo Poder Público na tentativa de amenizar o sofrimento dos imigrantes. A criação dos abrigos foi uma delas. Cada unidade atende uma média de 300 pessoas. “O que a gente percebeu foi que o tempo para as pessoas serem abrigadas se reduziu consideravelmente. Não pretendemos construir novos abrigos, até porque para

construção dessas estruturas existe uma demanda logística que já está no limite. A ideia é continuar investindo na interiorização”, afirmou. A força-tarefa nos abrigos tem como foco tratar principalmente da segurança, manutenção da estrutura, saúde dos moradores, transporte e alimentação. Tarefas que são executadas por militares das Forças Armadas diariamente. As viagens são custeadas pelo recurso liberado ao Ministério da Defesa, no total de R$ 190 milhões.

Relatório aponta que 28% dos venezuelanos têm habilidades em construção civil DA REDAÇÃO

jornalismo@roraimaemtempo.com.br

Do total de mais de três mil venezuelanos cadastrados no posto de triagem da Operação Acolhida, em Boa Vista, 28% possuem habilidades na área de construção civil. Entre as profissões que os imigrantes dizem ter experiência, estão pedreiro, mestre de obras, eletricista, pintor e carpinteiro. Os dados foram divulgados nessa sexta-feira (9). “Ajude-nos a fazer com que essas informações cheguem aos empresários, de todas as regiões do país, que necessitam desta mão de obra complementar. Contribua com o incremento da economia brasileira e viabi-

lize um recomeço de vida para quem perdeu tudo”, ressaltou a assessoria de comunicação da Operação Acolhida. O relatório mostra ainda que 13% dos cadastrados têm experiência na área de gastronomia. Outros 6,8% são mecânicos de carro e moto; 6,2% são motoristas de carro, moto, caminhão e possuem conhecimento no transporte de produtos perigosos, segundo a assessoria. O posto de triagem oferta serviços para solicitação de refúgio, residência temporária, emissão de CPF, carteira de trabalho e vacinação. O espaço tem setor para recreação de crianças, atendimento

especial de proteção às mulheres e restabelecimento de contato familiar. Os números mostram que 44% dos cadastros feitos no posto dizem respeito ao sexo masculino; 21% são formados por mulheres e 0,7% disse pertencer à categoria “outros”. A grande maioria é de adultos com idade entre 25 e 59 anos, seguida de jovens de até 17 anos. Crianças somam 198. Apenas 16 idosos se cadastraram. “Mais de 1,1 mil pessoas têm ensino médio. Outras 383 têm superior completo, 84 são técnicos e demais ensinos somam 437”, informou a Operação Acolhida.

Reprodução/Receita Federal

Consulta deve ser feita pela página do órgão na Internet ou pelo canal 146

Contribuintes de Roraima podem acessar 6º lote de restituição do Imposto de Renda DA REDAÇÃO

jornalismo@roraimaemtempo.com.br

Entre as profissões que os imigrantes dizem ter experiência, estão pedreiro, mestre de obras, eletricista, pintor e carpinteiro

Os 2,2 mil contribuintes de Roraima já podem acessar o 6º lote de restituição do Imposto de Renda de Pessoas Físicas (IRPF) de 2018. A Receita Federal liberal nessa sexta (9) a consulta que também contempla restituições residuais dos exercícios de 2008 a 2017. No total, serão pagos R$ 3,5 milhões para os contribuintes do Estado, segundo a

instituição. Ainda conforme o órgão, o crédito em conta bancária será feito a partir de 16 de dezembro. Para saber se teve a declaração liberada, o contribuinte deve acessar a página da Receita na Internet ou ligar para o 146. Na consulta à página, serviço e-CAC, é possível acessar o extrato da declaração e ver se existem inconsistências de dados. Se isso ocorrer, o cidadão deve fazer a autorregularização, mediante entrega de declaração retificadora ao órgão. A restituição ficará disponível no banco durante um ano. Se o contribuinte

não sacar neste prazo, deverá requerer por meio da Internet, mediante preenchimento de formulário eletrônico ou diretamente no e-CAC, no serviço extrato do processamento da DIRPF. Caso o valor não seja creditado, o contribuinte pode ir pessoalmente a qualquer agência do Banco do Brasil ou ligar para a Central de Atendimento por meio do telefone 4004-0001 (capitais), 0800-729-0001 (demais localidades) e 0800729-0088 (exclusivo para deficientes auditivos) para agendar o crédito em conta corrente ou poupança.


Local

Boa Vista, sábado, 10 de novembro de 2018

A7

OPORTUNIDADE

Universidade Federal sedia 8ª Semana de Física com palestras, debates, oficinas e minicursos Evento acontece na próxima terça-feira a partir das 9h; expectativa é alcançar o número de cem participantes GABRIELA G.G MARCONDES

DIVULGAÇÃO

Objetivo é levar conhecimentos sobre a física e tratar sobre a importância da disciplina no dia a dia

munidade do Estado, do ensino médio, ensino fundamental e até mesmo para professores da área de educação básica, conhecimentos sobre a física e tratar sobre a importância da disciplina no dia a dia. “Não vamos abordar somente números, mas fazer uma ligação interdisciplinar e multidisciplinar em outras áreas também. Ou seja, de que forma a física contribui para outras disciplinas”, explicou. Ela também destacou que a Semana de Física acontece todos os anos na universidade e tem se fortalecido. Sônia apontou que o diferencial para esta 8ª edição serão as oportunidades aos alunos da educação básica que poderão apresentar trabalhos científicos.

O evento acadêmico promovido pelo Departamento de Física da instituição de ensino é aberto a toda comunidade e contará com palestras, debates, minicursos, oficinas, apresentação de trabalhos e experiências, além de premiações para as escolas com maior número de participantes. Segundo a professora Sônia Velozo, a Semana de Física tem por objetivo trazer à co-

INSCRIÇÕES Para se inscrever no evento, basta enviar solicitação para o e-mail semanadefisicaufrr@ gmail.com ou se dirigir até a sala 334 do bloco 3, da Universidade Federal. No dia 12 de novembro, será feito o credenciamento na entrada do bloco 5. “A nossa expectativa em relação ao evento é atingir cem participantes. Mas até lá, acreditamos que esse número será ultrapassado”, acredita a professora Sônia Velozo.

Jornalismo@roraimaemtempo

Na próxima terça-feira (13), acontece a “8ª Semana de Física: Circuito de Palestras, Oficinas e Amostras de Experimentos”, das 9h às 19h no auditório do anexo do bloco 5 da Universidade Federal de Roraima (UFRR).

Aberto ao público

Um dia antes do evento, será dado início ao credenciamento na entrada do bloco 5 da UFRR

‘IF Comunidade’ oferece serviços e apresenta mostra pedagógica aos moradores da Zona Oeste GABRIELA G.G MARCONDES

Jornalismo@roraimaemtempo

Nessa sexta-feira (9), foi realizada a “2ª Mostra Acadêmica de Pesquisa e Extensão IF Comunidade 2018”, no Campus Boa Vista, Zona Oeste da cidade. A programação começou às 14h e se estendeu até às 21h, proporcionando uma série de serviços. Os acadêmicos fizeram apresentações culturais e expuseram trabalhos. Segundo a coordenadora de Extensão, Pesquisa e Inovação Tecnológica do Instituto Federal de Roraima (IFRR), Jaiandra Guimarães, o evento consistiu na união das áreas de ensino e pesquisa e extensão. “Esse movimento tenta aproximar a comunidade acadêmica com a ge-

ral, que muitas vezes está alheia ao que ocorre dentro da instituição de ensino que ajuda no desenvolvimento social desta região, por meio de serviços que os cursos do campus promovem”, justificou. Os cursos do instituto preparam os estudantes para o mercado de trabalho incentivando-os a realizar atividades por meio da pesquisa, empreendedorismo e outros segmentos. FEIRA JOVEM EMPREENDEDOR Atividades simultâneas também fizeram parte da programação. Uma delas foi a Feira Jovem Empreendedor, em que alunos do projeto “Despertar” trabalharam o lado empresarial.

O professor de empreendedorismo Wilson Alves relatou que o projeto foi uma parceria com o Sebrae Roraima e mostrou aos alunos um pouco desse universo comercial e empreendedor. “Ele mostrou como funciona essa cultura empreendedora, o que é empreender. Então, com o apoio do Sebrae, a gente ministra aulas com uma carga de 70 horas e trabalhamos essas características do comportamento empresarial com todas as técnicas para se iniciar o próprio negócio”, esclareceu o professor. Esta é a primeira vez em que o Instituto Federal trabalha em parceria com o Despertar, beneficiando alunos que cursam o ensino médio. Vários projetos

foram apresentados e os acadêmicos lucraram com as vendas dos produtos escolhidos por eles. Um deles foi o trabalho de um grupo de jovens que decidiram criar uma empresa virtual com o intuito de vender roupas on-line, com o propósito de que o cliente não teria de sair de casa para adquirir determinada peça de roupa. O site criado por eles se chama “Meu Estilo” e foi explorado o ramo do comércio eletrônico. “A equipe formada por seis meninos e uma garota chamou atenção pelo envolvimento dos rapazes em aceitar a ideia da moça e quererem adentrar no mundo da moda para disponibilizar ao público-alvo as melhores marcas e modelos de roupa, obje-

tos que são tendência no mercado, para assim obterem lucro”, detalhou o aluno Gustavo Oliveira, de 18 anos. Ele é um dos integrantes do grupo e afirmou que a experiência tem sido realmente boa, e que a sua empresa tem um diferencial. “Não iremos vender somente roupas. Oferecemos a experiência de a pessoa poder se sentir bem no estilo dela”, complementou. PROMOVENDO A SAÚDE A programação de sexta-feira não englobou somente trabalhos acadêmicos, palestras, cursos e apresentações culturais. O Instituto Federal, visando à saúde dos alunos e da comunidade, promoveu em

parceria com profissionais da Prefeitura de Boa Vista uma tarde inteira de atendimento médico, vacinação e teste rápido. O agente de saúde Cleiton Lorenzo explicou que o trabalho feito no instituto foi em equipe e as vacinas antitetânica, tríplice (sarampo, caxumba e rubéola), febre amarela e HPV foram disponibilizadas. O teste rápido feito foi o de hepatite B e C, HIV e VDRL. A jovem Laura Secundino participou da ação de saúde realizando o teste rápido e aproveitando a vacinação. “Este serviço é realmente bom para a população, principalmente por ser um bairro afastado que não tem tantos postos de saúde”, comentou.


A8

Política Nacional

Boa Vista, sábado, 10 de novembro de 2018

LIVE NA WEB

‘Querem colocar na minha conta decisões sobre Previdência’, afirma Jair Bolsonaro Declaração foi feita ontem durante transmissão ao vivo pelas redes sociais; na próxima semana, ele retorna a Brasília José Cruz/Agência Brasil

O presidente eleito Jair Bolsonaro reclamou ontem (9), durante transmissão ao vivo pelas redes sociais, que querem colocar na conta dele decisões sobre a Previdência que não foram tomadas. “O que recebi em Brasília foram projetos”, destacou, afirmando que não fechou ainda nenhuma proposta de reforma. Ele voltou a negar a ideia

da sociedade sobre a necessidade de aprovar mudanças no sistema previdenciário. “Todos têm de entender que está difícil”, afirmou. “Não podemos falar em salvar o Brasil, quebrando o Brasil.” Bolsonaro se reuniu quinta-feira (8), em Brasília, com parlamentares de vários partidos na tentativa de buscar acordos para aprovar a reforma da Previdência. Inicialmente, ele estuda discutir apenas as medidas infraconstitucionais – aquelas que não dependem de mudanças na Constituição -, apressando assim o processo. Na próxima semana, o presidente eleito retorna a Brasília para mais reuniões. Ele tem conversas marcadas com os presidentes do Senado, Eunício Oliveira (MDB-CE), e da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ). A disposição é para garantir meios de aprovar as medidas consideradas urgentes na Previdência. O presidente eleito também lembrou que o reajuste do Judiciário não é responsabilidade dele, mas sim do governo Michel Temer. “Estão botando na minha conta o reajuste do Judiciário para eu começar o governo com problemas. Mas eu só dei a minha opinião. Achei inoportuno”.

Necessárias Presidente eleito apelou para a compreensão da sociedade sobre a necessidade de aprovar mudanças no sistema previdenciário de aumentar de 11% para 22% a alíquota do INSS e também fixação mínima de 40 anos para concessão de aposentadoria integral. “O que estou vendo [sobre as propostas atuais] é que pouca coisa pode ser aproveitada”, disse. Bolsonaro ressaltou que a Previdência do funcionalismo público é a mais deficitária e precisa ser revista. Mais uma

Presidente eleito ressaltou que a Previdência do funcionalismo público é a mais deficitária e precisa ser revista

vez, ele disse que não quer ver o Brasil “transformado” em uma

Grécia - onde os contribuintes tiveram que aumentar o paga-

mento do desconto linear para 30%, segundo Bolsonaro.

O presidente eleito apelou para a compreensão

Agência Brasil Edição: Fernando Fraga

Mais quatro ministros devem ser anunciados por presidente eleito nos próximos dias

Federal diz em relatório que Geddel e irmão desviaram salário de assessores

Os próximos nomes anunciados por Jair Bolsonaro devem ser para os ministérios do Meio Ambiente, da Saúde, da Defesa e das Relações Exteriores. A previsão foi feita ontem (9) pelo próprio presidente eleito, durante transmissão ao vivo nas redes sociais, ao destacar a dificuldade para escolher um nome para a Educação. “Educação é complicado”, afirmou. Bolsonaro disse que vai escolher o nome para o Meio Ambiente: “Quem vai indicar é Jair Messias Bolsonaro”, disse o presidente eleito dirigindo-se às organizações não governamentais (ONGs). O presidente eleito reclamou das multas ambientais. Segundo ele, há informações, que ainda não confirmou, segundo as quais 40% do arrecadado em multas vão para as ONGs. “Não vai ter aquele ativismo”, avisou, sem entrar em detalhes. Para Bolsonaro, há abusos na cobrança de multas e também na demarcação de terras indígenas. Ele disse ter sido vítima de uma denúncia infundada sobre pesca ilegal, em 2012, que o fez responder no Supremo Tribunal Federal (STF), embora tivesse comprovado que a acusação era improcedente. De acordo com o presidente eleito, uma forma de incentivar a preservação ambiental é estimular o turismo.

Em relatório final sobre as investigações, a Polícia Federal concluiu que o ex-ministro e ex-deputado Geddel Vieira Lima e seu irmão, o deputado Lúcio Vieira Lima (MDB-BA), cometeram o crime de peculato ao contratar empregados pessoais – entre eles, motoristas e domésticas – como assessores e secretários parlamentares. O documento foi anexado ao inquérito sobre o caso que tramita no Supremo Tribunal Federal (STF), sob a relatoria do ministro Alexandre de Moraes. A investigação foi aberta a pedido da procuradora-geral da República, Raquel Dodge, em um desdobramento da ação penal sobre os R$ 51 milhões, em espécie, encontrados em um apartamento de Salvador ligado à família Vieira Lima. Em setembro, Raquel Dodge já havia expressado ao Supremo ter encontrado indícios, na investigação sobre o

organizado”. Daí sua determinação de agregar outras áreas ao Ministério da Justiça, como Segurança Pública e um “braço” - o Conselho de Controle de Atividades Financeiras (Coaf). Também afirmou que a discussão sobre a redução da maioridade penal vai ser definida a partir de um consenso e não por imposição. AFINIDADE O presidente eleito disse ainda que a escolha da deputada federal Tereza Cristina (DEM-MS) foi uma indicação da bancada ruralista. De acordo com ele, outros gostariam de ter sido indicados e alegaram que estão “há muito tempo” ao seu lado. “Se for assim, tenho de colocar minha mãe, então, que está comigo há 63 anos.” Bolsonaro disse que sua prioridade na Agricultura será garantir segurança jurídica para os produtores rurais, de tal maneira que eles “não acordem” no dia seguinte com a terra demarcada para indígenas nem com a cobrança de multas indevidas.

ELOGIOS Bolsonaro destacou o perfil de cada um dos já confirmados: Paulo Guedes para a Economia, Sergio Moro para a Justiça e Segurança, Onyx Lorenzoni para a Casa Civil, general da reserva Augusto Heleno para o Gabinete de Segurança Institucional e Tereza Cristina para a Agricultura, além de Marcos Pontes para Ciência e Tecnologia. O presidente eleito disse ter observado que “todos confiam” no economista Pau- Agência Brasil  lo Guedes, que comandará o Edição: Carolina Pimentel superministério que vai reunir Fazenda, Planejamento e Indústria e Comércio. “Precisamos de uma equipe para salvar o Brasil.” DIREÇÃO GERAL: ROSILENE BRITO Também elogiou o general Heleno, descrito por ele DIREÇÃO COMERCIAL: CYNTHIA NOLETO como “um conselheiro”. Para EDITOR: ÉRICO VERÍSSIMO Bolsonaro, o astronauta Marcos EDITORES SETORIAIS: GABRIELA GUIMARÃES, NONATO SOUSA, PLINIO Pontes é uma referência por sua carreira e currículo. “Ele é perfeiVICENTE, SÉRGIO PAULO tamente ligado a este mundo.” EDITORES DO SITE: BRUNA ALVES E JAQUELINE PONTES Ao se referir ao juiz Sergio Moro, Bolsonaro afirmou que a REPÓRTERES: ANDERSON SOARES, BRUNA ALVES, única exigência feita por ele para EDUMAR JÚNIOR E NEIDIANA OLIVEIRA assumir a Justiça foi “ter carta branca para combater o crime

EXPEDIENTE

DEFESA Para o Ministério da Defesa, Bolsonaro afirmou que “não abre mão de um general 4 estrelas”. Segundo ele, não faz distinção entre Exército, ou equivalente da Marinha e Aeronáutica - mas quer que seja o oficial mais graduado. No Ministério das Rela-

ções Exteriores, o presidente eleito afirmou anteriormente que pretende escolher um diplomata de carreira para assumir o comando da pasta. Ele disse que quer um embaixador “sem viés ideológico”. O próximo chanceler terá pela frente que enfrentar a determinação de Bolsonaro de transferir a Embaixada do Brasil de Tel Aviv para Jerusalém, medida que desagrada a palestinos e comunidades dos países árabes. “Nós, no Brasil, nos damos bem com todos. Para que criar um cavalo de batalhas. Vamos parar com essa frescura”, disse.

apartamento, de que os irmãos Vieira Lima lotavam em seus gabinetes funcionários fantasmas e que os dois se apropriavam dos salários de supostos assessores e secretários, na verdade empregados pessoais, o que configuraria o crime de peculato. O delegado Bruno Benassuly Maués Pereira, que recomendou a apresentação de denúncia, disse “concordar integralmente com o convencimento já expressado pela procuradora-geral da República”. No relatório que chegou quinta-feira (8) ao STF, ele escreveu que “nas mais de 30 inquirições realizadas, confirmou-se que Lúcio Vieira Lima e família se utilizavam de indicações de secretários/ assessores parlamentares para contratar pessoas para exercer funções de cunho pessoal, sem qualquer ligação com a atividade parlamentar”. Entre os exemplos, o delegado citou empregados do-

mésticos e motoristas que dirigiam para esposas e filhos dos dois parlamentares. “Também se confirmou que muitos nomeados sequer têm contato com os deputados, sendo incapazes de demonstrar, concretamente, qualquer trabalho realizado em prol da atividade parlamentar ou documento que possa sugerir um ato administrativo”, acrescentou o delegado. Também constam como investigados no processo outro irmão, Afrísio Vieira Lima Filho, e a matriarca da família, Marluce Vieira Lima. No andamento mais recente, Alexandre de Moraes deu vista do processo à PGR para que volte a se manifestar. A Agência Brasil  tentou contato telefônico e enviou mensagens à defesa da família Vieira Lima, mas não obteve retorno. Felipe Pontes - Repórter da Agência Brasil Edição: Davi Oliveira

FOTÓGRAFOS: EDNALDO MORAIS E FÁBIO CALILO DIAGRAMADORES: NAZARENO NEVES E JÚNIOR PINHEIRO EDITORA ON LINE LTDA ENDEREÇO: ALAMEDA CANARINHO, 150, CANARINHO, BOA VISTA/RR – CEP. 69.306-580 FONE: 95 3624 6958 EMAIL JORNALISMO: jornalismo@roraimaemtempo.com.br EMAIL ADMINISTRATIVO: administrativo@roraimaemtempo.com.br EMAIL COMERCIAL: comercial@roraimaemtempo.com.br


Política Nacional

Boa Vista, sábado, 10 de novembro de 2018

A9

A PORTAS FECHADAS

Hamilton Mourão visita Petrobras e se diz ‘impressionado’ com a situação da estatal Visita durou duas horas e meia; vice-presidente eleito assistiu a um vídeo institucional que mostra recuperação da empresa Antonio Cruz

O vice-presidente eleito da República, general Hamilton Mourão, esteve ontem (9) pela manhã visitando a diretoria da Petrobras no Centro Empresarial Senado, onde funcionam a presidência e a diretoria executiva da estatal. É a primeira visita de um representante do governo eleito de Jair Bolsonaro à sede da companhia, no

Lucro Petrobras fechou terceiro trimestre do ano com um lucro líquido de R$ 6,6 bilhões, resultado mais de 2.300% superior aos R$ 266 milhões obtidos na mesma época em 2017

bairro da Lapa, região central da cidade. De acordo com a Petrobras, a visita durou duas horas e meia. O vice-presidente eleito assistiu a um vídeo institucional, na companhia do presidente da empresa

Ivan Monteiro, que mostra a recuperação da empresa e o último balanço trimestral da companhia, divulgado esta semana. A visita foi a portas fechadas e a imprensa não teve acesso. Pela rede social, o general Hamilton Mourão escreveu que “ficou satisfeito e bem impressionado” com a situação da empresa. “Hoje pela manhã, tive a satisfação de visitar a Petrobras e ouvir, em companhia do presidente Ivan Monteiro, apresentação da diretoria executiva sobre a situação da empresa. Saí muito bem impressionado”, avaliou Mourão. O balanço do terceiro trimestre  da companhia foi divulgado terça-feira (6). A Petrobras fechou esse período do ano com um lucro líquido de R$ 6,6 bilhões, resultado mais de 2.300% superior aos R$ 266 milhões obtidos na mesma época em 2017. Desta forma, a estatal encerra os primeiros nove meses do ano com um lucro líquido de R$ 23,6 bilhões, crescimento de 371% em relação a igual período de 2017.   Douglas Corrêa – Repórter da Agência Brasil Edição: Denise Griesinger

General foi o primeiro representante do governo eleito de Jair Bolsonaro a visitar a sede da companhia

Joesley Batista é preso de novo suspeito de ter praticado obstrução de justiça O empresário Joesley Batista foi novamente preso por suspeita de ter  praticado obstrução de justiça. A informação é da Polícia Federal de Belo Horizonte, responsável pelas investigações de um esquema de corrupção que envolveria a Câmara dos Deputados, o Ministério da Agricultura e a JBS, grupo do qual Joesley é um dos donos. O Tribunal Regional Federal da 1º Região (TRF1), que expediu os mandados, classificou como provisória a prisão.  A mesma acusação atinge os ex-executivos do gru-

po Ricardo Saud, que já esteve detido, e Demilton Antonio de Castro, ambos delatores na Lava Jato.  Joesley está detido na  Superintendência da Polícia Federal (PF) em São Paulo e prestou depoimento ontem. Segundo a PF, o grupo teria prejudicado a instrução criminal, ao tentar “desviar a linha de apuração adequada ao correto esclarecimentos dos fatos.”  “Eles omitiram informações de que as empresas teriam ocultado e destruído parte do material probatório. Há inclusive indícios de que

foram destruídas provas no gabinete de um lobista. Outras provas foram escondidas. Ao omitir essas informações, eles prejudicaram a qualidade da colaboração”, afirmou em entrevista coletiva o delegado Mário Veloso. A defesa do empresário contesta a prisão, promete recorrer e afirma que ele cumpre rigorosamente o acordo de colaboração - sob exame do Supremo Tribunal Federal (STF) - desde setembro de 2017, quando a Procuradoria-Geral da República DIVULGAÇÃO

Empresário foi preso novamente nessa sexta-feira (9) na Operação Capitu

(PGR) pediu a anulação, por fraude, da delação premiada dos irmãos Batista.  De acordo com a PF, o grupo empresarial teria manipulado atos, normatizações e licenciamentos do Ministério da Agricultura, à custa de pagamentos de propinas a  funcionários do alto escalão do ministério. Foi preso ainda, em regime temporário, o ex-ministro da Agricultura (20132014)  e o atual vice-governador de Minas Gerais,  Antônio Eustáquio Andrade Ferreira (MDB). O sucessor dele no ministério até o início de 2015, Neri Geller (PP),  hoje  deputado federal eleito pelo Mato Grosso, também foi detido. Conforme a PF, o esquema ilícito garantiu “a eliminação da concorrência e de entraves à atividade econômica, possibilitando a constituição de um monopólio de mercado”.  Os  atos de ofício praticados pelos servidores federais referem-se à regulamentação da exportação de despojos, proibição do uso da ivermectina de longa duração (vermífugo); e  federalização das inspeções de frigoríficos.  Teria havido também, por parte do grupo de Joesley, o financiamento ilegal de campanha de Eduardo Cunha (MDB-RJ), alvo de mais um  mandado de prisão,  para a Presidência da Câmara dos Deputados, em 2014. Ele teria sido beneficiário de R$ 30 milhões, em troca do atendimento dos interesses corporativos. Desse total, R$ 15 milhões teriam como suposto destino a bancada mineira do MDB, após a lavagem do dinheiro por escritórios de advocacia. A  Operação Capitu foi

montada com base na delação premiada do doleiro Lúcio Funaro, identificado como parceiro de Cunha e operador do MDB. Segundo a PF, os alvos de investigação deverão ser indiciados pelos crimes de constituição e participação em organização criminosa, obstrução de justiça, corrupção ativa, corrupção passiva e lavagem de dinheiro, entre outros. Outros mandados de prisão temporária expedidos foram contra o  deputado estadual João Lúcio Magalhães Bifano (MDB),  Marcelo Pires Pinheiro e Fernando Manuel Pires Pinheiro, Ildeu da Cunha Pereira; Mateus de Moura Lima Gomes; Mauro Luiz Rodrigues de Souza Araújo; José Francisco Franco da Silva Oliveira; Cláudio Soares Donato; Odo Adão Filho; Waldir Rocha Pena; Walter Santana Arantes; Joesley Mendonça Batista; Rodrigo José Pereira Leite Figueiredo; Ricardo Saud; Demilton Antonio de Castro e Florisvaldo Caetano de Oliveira. Além de 19 mandados de prisão, o TRF1 ainda autorizou 63 mandados de busca e apreensão. Cerca de 310 policiais federais participaram da operação nos estados de Minas Gerais, São Paulo, do Rio de Janeiro, de Mato Grosso, da Paraíba e no Distrito Federal. DEFESAS Em nota, a defesa de Antônio Andrade informa que se manifestará assim que tomar conhecimento do inquérito. “Durante o depoimento, Antônio Andrade respondeu [a] tudo o que lhe foi perguntado e colaborou com o trabalho da Polícia Federal”, diz a nota divulgada pelos

defensores do vice-governador de Minas Gerais. Em comunicado, a J&F, grupo dono da JBS, diz que a operação ocorreu “graças à colaboração dos seus executivos”. “Em maio de 2017, eles levaram mais de dez anexos ao conhecimento das autoridades com os fatos relativos ao Ministério da Agricultura. Portanto, causa um imenso estranhamento e consequentemente insegurança jurídica que esses executivos estejam hoje sendo presos pelos fatos que eles mesmos levaram ao conhecimento da Justiça”. A defesa de Florisvaldo Caetano de Oliveira disse ter ficado surpresa com as alegações de omissões feita pela polícia. “Todas as informações das quais tinha conhecimento foram levadas por ele ao conhecimento da Justiça. Sem as quais não existiria a presente operação.” Para a defesa de Demilton de Castro, a prisão dele é “um patente descumprimento de decisão do Supremo Tribunal Federal”. “A colaboração de Demilton foi homologada pela STF e nunca foi questionada. Ele inclusive já prestou três depoimentos sobre os temas abordados nessa investigação”. Já os advogados de Ricardo Saud afirmaram que a prisão do ex-executivo “causa perplexidade, pois ele sempre esteve e permanece à disposição da Justiça, prestando depoimentos e entregando todos os documentos inclusive áudios necessários para corroborar suas declarações”. Da Agência Brasil  Edição: Carolina Pimentel


A10

Economia

Boa Vista, sábado, 10 de novembro de 2018

EM QUEDA

IGPM, que mede a inflação do aluguel, recuou 0,11% na 1ª prévia de novembro Segundo a Fundação Getulio Vargas (FGV), apesar da deflação da prévia de novembro, o IGP-M acumula alta de 9,13% no ano e de 10,1% em 12 meses DIVULGAÇÃO

Índice Nacional de Custo da Construção recuou de 0,31% para 0,29% no período, conforme os dados coletados em seis das sete capitais pesquisadas

RIO - O Índice Geral de Preços - Mercado (IGP-M), usado no reajuste dos contratos de aluguel, registrou queda de preços (deflação) de 0,11% na primeira prévia de novembro. A taxa é inferior à apurada na primeira prévia de outubro, quando o IGP-M registrou inflação de 1,06%. Segundo informou a Fundação Getulio Vargas (FGV) nesta sexta-feira (9), apesar da deflação da prévia de novembro, o IGP-M acumula alta de 9,13% no ano e de 10,1% em 12 meses. A queda da taxa de outubro para novembro foi puxada principalmente pelos preços no atacado, já que o Índice de Preços ao Produtor Amplo passou de uma inflação de 1,4% na prévia de outubro para deflação de 0,31% na prévia de novembro. Já a inflação do Índice de Preços ao Consumidor, que analisa o varejo, caiu de 0,44% em outubro para 0,3% em novembro. Já o inflação Índice Nacional de Custo da Construção recuou de 0,31% para 0,29% no período.

Produtor Queda da taxa de outubro para novembro foi puxada principalmente pelos preços no atacado, já que o Índice de Preços ao Produtor Amplo passou de uma inflação de 1,4% na prévia de outubro para deflação de 0,31% na prévia de novembro A FGV aponta que o Índice de Preços ao Consumidor - Semanal (IPC-S) desacelerou em seis das sete capitais pesquisadas na primeira quadrissemana de novembro na comparação com a última quadrissemana de outubro. Na primeira leitura deste mês, o IPC-S atingiu 0,43%, depois de 0,48% na quarta quadrissemana do décimo mês. (Fontes: AE/AG/JB/FolhaPress).

Bancos do País elevam projeções de PIB somou R$ 6,267 trilhões e caiu menos crescimento da economia em 2019 em 2016, mostram cálculos finais do IBGE SÃO PAULO - Dois dos maiores bancos do País, o Itaú e o Bradesco, elevaram nesta sexta-feira (9) suas projeções de crescimento da economia para 2019. De acordo com os comunicados, a mudança nas estimativas são condizentes com a melhora das condições financeiras e dos prêmios de risco. O Itaú elevou sua projeção de expansão do PIB para o ano seguinte de 2% para 2,5%, enquanto o Bradesco alterou de 2,5% para 2,8%. No entanto, as instituições financeiras res-

saltam a importância do ajuste das contas públicas para a manutenção de um ritmo de crescimento elevado. O Bradesco destaca que, do lado positivo, houve surpresas com os dados de atividade de curto prazo, indicando um crescimento do PIB no terceiro trimestre mais próximo de 0,5%, na comparação com a projeção anterior de 0,3%. Além disso, cita a queda do risco País e a apreciação do câmbio, levando as condições financeiras novamente para um patamar DIVULGAÇÃO

Documento dos bancos enfatiza a redução da ociosidade na indústria

expansionista - ainda que inferior ao do começo do ano. Dentre os indicadores, o banco menciona os resultados favoráveis das vendas do varejo, o volume de serviços, o Índice de Atividade Econômica do Banco Central (IBC-Br) em agosto, assim como a geração de vagas formais pelo Caged recentemente. Para o banco, a economia brasileira encontra-se em uma posição cíclica favorável à retomada do crescimento, citando como exemplo a inflação e os juros em níveis baixos, a menor alavancagem das empresas e das famílias, o déficit externo reduzido e a grande ociosidade no mercado de trabalho e na indústria. Além disso, acrescenta que o crédito e o mercado de capitais começam a se expandir de maneira mais consistente e até mesmo a geração de vagas surpreendeu positivamente nos últimos meses. (Fonte: AE).

RIO - O Produto Interno Bruto (PIB) brasileiro em 2016 teve retração de 3,3%, pouco melhor do que a queda de 3,5%, estimada anteriormente, segundo dados divulgados nesta sexta-feira (9), pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), com base nas Contas Nacionais Anuais, cálculo definitivo para a atividade econômica. A estimativa anterior tinha como base as Contas Nacionais Trimestrais. Em 2016, o PIB somou R$ 6,267 trilhões. Com isso, o PIB per capita foi de R$ 30.548,00 naquele ano, queda real de 4,1% em relação a 2015. Pela ótica da demanda, a diferença de maior peso para a revisão geral ocorreu no consumo das famílias. Com os dados das Contas Nacionais Anuais, a queda foi revisada de 4,3% para 3,8%. Pela ótica da oferta, o destaque foi o PIB de serviços, que foi revisado de -2,6% para -2,3%. Ainda pela ótica da oferta, o PIB da agropecuária e o PIB da indústria fica-

MARCOS SANTOS/USP IMAGENS

Com um PIB de R$ 6,267 trilhões, o PIB per capita foi de R$ 30.548,00 em 2016

ram na contramão das revisões - sua variação piorou em relação a estimativa inicial do IBGE. O PIB da agropecuária foi revisado de -4,3% para -5,2%, enquanto o PIB da indústria passou de -4,0% para -4,6%. Embora dados divulgados nesta sexta-feira pelo IBGE mostrem que a queda do PIB em 2016 foi um pouco menor do que o inicialmente calculado (passou de -3,5% para -3,3%), o tombo nos

investimentos foi revisado para pior. A variação da formação bruta de capital fixo (FBCF, a conta dos investimentos no PIB) passou de -10,3% para -12,1%. Com isso, a taxa de investimento piorou dos 16,1% do PIB, como estimado inicialmente, para 15,5% do PIB, em definitivo. É o menor nível para a taxa de investimento da série histórica do IBGE, iniciada em 1995. (Fontes: AE/JB).

COTAÇÕES

Bolsa, estável, fechou a sexta-feira com ganho de só 0,02; o dólar recuou para R$ 3,73 SÃO PAULO - Uma virada na última hora de negociação evitou que o Índice Bovespa registrasse nesta sexta-feira (9), sua quarta queda consecutiva. O indicador ensaiou uma recuperação pela manhã e chegou a subir 0,72%. No entanto, não teve fôlego para se sustentar em um dia de quedas generalizadas entre as bolsas internacionais. Lá

fora, temores sobre os rumos da economia global incentivaram ordens de venda, enquanto no cenário doméstico o noticiário político foi escasso. BOLSA O Ibovespa fechou o pregão de ontem em leve alta de 0,02%, com 85.641 pontos. As ações das principais em-

presas mantiveram a mesma tendência de alta As ações relacionadas a commodities exerceram influência negativa ao longo de todo o dia. A queda dos preços do petróleo penalizou os papéis da Petrobras (-0,39% na ON) e a alta do minério de ferro não foi suficiente para conter os preços das mineradoras pelo mundo, que refletiram as incertezas quanto ao ritmo da economia chinesa.

Por aqui, Banco do Brasil ON subiu 2,22%, Itaú Unibanco PN ganhou 1,26% e as units do Santander avançaram 1,91%. DÓLAR A cotação da moeda norte-americana encerrou a semana em queda de 0,056%, com o dólar comercial valendo R$ 3,7361para venda. Fontes: AE/JB /FSP/UOL).

CÂMBIO DO DIA COMPRA E VENDA

Dólar Comercial R$ 3,7354/R$ 3,7361 (-0,056%) Euro R$ 4,2394/R$ 4,2431 (-0,623%) Libra R$ 4,8541/R$ 4,8578(-0,997%) Peso argentino R$ 0,1017/R$ 0,1020 (-1,923%)

Bolívar oficial R$ 1,00=Bs 6,75/BS 6,81 Paralelo Santa Elena R$ 1,00=Bs 40,17/Bs 40,57 Dólar Guianense oficial R$ 1,00=GYD$ 56,85/GYD$ 57,41 Paralelo Lethem R$ 1,00=GYD$ 62,53/GYD$ 63,16


Economia A11

Boa Vista, sábado, 10 de novembro de 2018

AGRONEGÓCIO

Mesmo com safra recorde, emprego no campo caiu

Plantio de soja no País chega a 71% e segue em ritmo recorde

SIRLI FREITAS/AE

Um ano antes, plantio estava em 57%. Em Mato Grosso, maior produtor nacional, 96% da área já foi semeada e está brotando

1,5 milhão perdeu emprego no campo

RIO - Apesar da safra recorde de grãos do País em 2017, o total de trabalhadores empregados em estabelecimentos com características rurais encolheu, afetando especialmente os pequenos empreendimentos, relacionados à agricultura familiar. No ano passado, 8,172 milhões de pessoas trabalhavam em estabelecimentos predominantemente rurais, segundo os dados da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (Pnad) Contínua divulgados ontem (9) pelo IBGE. Em relação a 2016, na média nacional, foram perdidas 274 mil vagas. No Nordeste, onde há maior proporção de trabalhadores em estabelecimento rural, 386 mil pessoas perderam o emprego em fazendas e granjas da região em apenas um ano. “Safra recorde é safra de grãos, de grandes empreendimentos, não é safra de pequenas propriedades de agricultura familiar, que estão perdendo lavoura com seca e com falta de financiamento no Nordeste”, lamentou Adriana Beringuy, analista da Coordenação de Trabalho e Rendimento do IBGE. Em todo o Brasil, 1,5 milhão de trabalhadores perderam seus empregos em fazendas, sítios, granjas ou chácaras entre os anos de 2012 e 2017, período coberto pela Pnad Contínua. Dessas vagas perdidas, 1,2 milhão estavam concentradas no Nordeste. Segundo Adriana, embora haja alguma tendência de migração de trabalhadores do setor agrícola para outros segmentos, como o de serviços, no Nordeste houve forte impacto nos últimos anos da redução no financiamento agrário voltado para a agricultura familiar, além do agravamento da seca da região. “No Sul, há uma mescla da produção familiar e grande propriedade. No Centro-Oeste estão os grandes produtores voltados para grãos, para as commodities. A agricultura no Nordeste tem forte presença da pequena produção familiar”, explicou a pesquisadora do IBGE. Analistas do mercado rural afirmam que há alguns elementos que estão influenciando a queda de postos de trabalho na agricultura. Um deles é a crescente modernização das lavouras, que a casa safra vai vendo serem cinroportados maquinários cada ve mais modernos, que têm capacidade para substituir a mão-de-obra humana. Embora essas máquinas modernas custem caro, muitas vezes milhões de reais, elas acabam reduzindo os custos,pois não somam os encargos diversos que envolvem a contratação da mão-de-obra humana(Fonte: AE).

SÃO PAULO - O plantio da safra de soja 2018/19 no Brasil chegou a 71% da área nesta semana, um aumento de 11 pontos percentuais ante a semana passada e acima dos 57% de um ano atrás, mantendo-se como o mais rápido da história, informou a AgRural nesta sexta-feira (9). Mato Grosso, maior produtor nacional, lidera os trabalho com 96% de sua área já semeada, registrando também ritmo recorde, ante 79% no ano passado, segundo a consultoria, acrescentando que o tempo permanece favorável ao plantio e que as lavouras estão se desenvolvendo bem. Outro destaque feito no relatório semanal

da AgRural é o avanço da semeadura no Rio Grande do Sul, que atingiu 39% da área, mas que pode apresentar necessidade de replantio em alguns pontos.

“As chuvas deram uma trégua e permitiram o avanço das máquinas, mas a umidade alta herdada da semana passada tem resultado em tombamento e pode haver replantio”, disse a consultoria.

A semeadura da primeira safra de milho 2018/19 na região centro-sul do Brasil alcançou 82% da área, alta de 17 pontos percentuais na semana e à frente dos 55% há um ano

atrás e dos 63% na média de cinco anos. No Sul do país, o único Estado que ainda está plantando é o Paraná, segundo maior produtor, disse a AgRural. (Fontes: AG/Reuters). GABRIEL CABRAL/FOLHAPRESS

Milho Semeadura da primeira safra de milho 2018/19 na região centro-sul do Brasil alcançou 82% da área, alta de 17 pontos percentuais na semana e à frente dos 55% registrados há um ano

Segundo as informações divulgadas pela consultoria, o tempo permanece favorável ao plantio e que as lavouras estão se desenvolvendo bem

NACHO DOCE/REUTERS

Queda na produção de veículos em São Paulo puxou queda da indústria geral do país, segundo o IBGE

Produção industrial caiu em 7 dos 15 locais pesquisados pelo IBGE RIO - A produção industrial brasileira em setembro caiu em 7 dos 15 locais pesquisados pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), na comparação com agosto. É o que aponta o levantamento divulgado pelo instituto nesta sexta-feira (9). De acordo com a pesquisa, as quedas mais intensas foram registradas no Amazonas, São Paulo, Bahia e Paraná. Já o Ceará e o Pará apresentaram os maiores avanços no mês. Na média do país, a produção da indústria teve queda de 1,8% em setembro frente ao mês anterior, conforme anteriormente divulgado pelo IBGE. Foi a terceira queda seguida e o pior resultado para setembro desde 2015. No acumulado no ano e em 12 meses, no entanto, a

produção continua registrando alta, de 1,9% e de 2,7% respectivamente. “Olhando essa taxa anualizada, temos uma visão de longo prazo. O comportamento regional é o mesmo da indústria nacional, no sentido de perda de ritmo de produção. Quando esse cenário de incertezas se dissipar, aí vamos confirmar esse comportamento de longo prazo. Por enquanto é apenas um alerta”, apontou o analista do IBGE, Bernardo Almeida. Segundo ele, o contexto econômico e político do país tem relação direta com a retração da indústria, porque traz “incertezas aos produtores e aos consumidores, causando retração nas tomadas de decisão, o que provocou essa desaceleração”.

Assim como ocorrido em agosto, São Paulo voltou a puxar a queda da indústria nacional. O estado registrou recuo de 3,9% de sua produção em setembro, exercendo o maior impacto na queda de 1,8% da produção nacional, segundo destacou o IBGE. São Paulo, que acumulou baixa de 1% no terceiro trimestre em relação ao mesmo período de 2017.De acordo com o analista do IBGE, Bernardo Almeida, o desempenho paulista foi prejudicado, em grande medida, pela redução na produção de veículos automotores, reboques e carrocerias. Ele enfatizou que o estado concentra 34% da indústria do país, daí o impacto negativo de seu desempenho sobre a produção nacional. (Fontes: AG/Reuters).

ANTT: multa de até R$ 10,5 mil para quem descumprir o preço mínimo do frete BRASÍLIA - A Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) definiu os valores das multas que serão aplicadas a quem descumprir os preços mínimos da tabela do frete rodoviário. Os valores da punição serão aplicados em quatro situações distintas, podendo chegar a R$ 10,5 mil em um dos casos. Os valores passaram por consulta pública e estão publicados em resolução no Diário Oficial da União (DOU) desta sexta-feira (9). Pelo regulamento, o contratante que fechar o serviço por valor abaixo do piso mínimo, a multa será de duas vezes a diferença entre o valor pago e o piso devido com base na tabela, limitada ao mínimo de R$ 550 e ao máximo de R$ 10,5 mil. Para o transportador que realizar o serviço em valor inferior ao piso mínimo, a multa será de R$ 550. Já os responsáveis por anúncios de ofertas para contratação do transporte rodoviário de carga em valor inferior ao piso mínimo estarão sujeitos à multa de valor de R$ 4.975.

Por último, os contratantes, transportadores, responsáveis por anúncios ou outros agentes do mercado que impedirem, obstruírem ou, de qualquer forma, dificultarem o acesso às informações e aos documentos solicitados pela fiscalização para verificação da regularidade do pagamento do valor de frete poderão sofrer multa de R$ 5 mil. “A ANTT poderá utilizar-se do documento que caracteriza a operação de transporte, de documentos fiscais a ele relacionados e das informações utilizadas na geração do Código Identificador da Operação de Transporte para comprovação da infração prevista neste artigo”, diz a resolução. A agência já vinha fazendo a fiscalização do cumprimento dos pisos mínimos do frete. No entanto, as autuações não geravam multa porque faltava a regulamentação das punições, publicada somente ontem. (Fonte: AE). DAVI RIBEIRO/AE

Dependendo da situação, os valores da punição podem chegar a R$ 10,5 mil


A12 Mundo

Boa Vista, sábado, 10 de novembro de 2018

FOGO NA AMÉRICA

Incêndios florestais na Califórnia têm 5 mortos e milhares de evacuados

Tribunal manda paralisar construção de oleoduto polêmico, obra de Trump LANE HICKENBOTTOM/REUTERS

Maior foco está localizado ao norte de Sacramento, no condado de Buttle, onde o ‘Camp Fire’ destruiu 280 km² SACRAMENTO - Os incêndios florestais que atingem a Califórnia deixaram ao menos cinco mortos, vários feridos e centenas de milhares de evacuados, informaram as autoridades nesta sexta-feira (9). O maior foco, nomeado de “Camp Fire” (Fogo no Campo em português), está localizado ao norte da capital do estado, Sacramento, no condado de Buttle, onde destruiu 280 km2 e foram emitidas ordens de evacuação. Outros dois incêndios foram registrados mais ao sul, no condado de Ventura, próximo a Los Angeles, somando 56 km2. ”A magnitude da destruição que vimos é incrível e dolorosa”, disse Mark Ghilarducci, diretor do escritório de emergência do

governo do estado. “Sabemos que há feridos e perda de vidas humanas”. O gabinete do xerife de Buttle informou que seus oficiais “localizaram cinco falecidos na área de Edgewood Lane, em Paradise”, uma das localidades mais afetadas. “A investigação preliminar revelou que estas vítimas foram localizadas em veículos alcançados pelo incêndio Camp”, informou um comunicado. “Devido às queimaduras, a identificação não pôde ser feita. Serão realizadas necropsias para determinar as circunstâncias das mortes e começar o processo de identificação”, prosseguiu. Uma equipe investiga a possibilidade de haver mais vítimas fatais. Um fotógrafo da AFP constatou o nível de destruição em Paradise e resumiu o cenário que viu a um inferno: casas en-

voltas em chamas, outras já feitas cinzas e carros carbonizados. Ghilarducci advertiu que nesta área foram evacuadas 52.000 pessoas, enquanto em Ventura os evacuados superam os 100.000. Também advertiu que o estado espera condições climáticas de incêndios - ventos fortes e um clima muito seco - para os próximos dias, uma notícia ruim para os quase 2.000 bombeiros que combatem as chamas. O “Camp”, controlado em apenas 5%, já destruiu 2.000 estruturas e ameaça um total de 15.000. Estradas estão fechadas e ordens de evacuação foram emitidas em uma dúzia de bairros na cidade de Paradise, uma das mais afetadas, e de Chico. Três abrigos foram abertos para atender os afetados. “Toda a par-

Camp Fire Nomeado ‘Camp Fire’, o fogo atingiu área a 140 quilômetros da capital Sacramento e a 280 quilômetros da área da baía de São Francisco e já são cinco mortos

te inferior de Paradise está totalmente envolvida em chamas”, disse Kevin Winstead, morador do povoado de Magalia, à televisão local KIEM TV. “Tudo está envolvido em chamas agora, não vai restar nenhuma casa em pé”, disse. “Estou devastado”. (Fontes: AFP/AP/Reuters). JOSH EDELSON/AFP

Oleoduto Keystone: proibido por Barack Obama, foi retomado por Trump

WASHINGTON - Um juiz federal dos Estados Unidos bloqueou, nesta quinta-feira (9), a construção do oleoduto Keystone XL, afirmando que o governo do presidente Donald Trump não justificou de maneira adequada por que suspendeu a proibição do projeto, imposta por seu antecessor, Barack Obama, em 2015. A sentença do juiz de Montana Brian Morris sobre esse oleoduto, que pretendia unir a província canadense de Alberta com as refinarias do Golfo do México, é um golpe para Trump e para a indústria petroleira e também uma importante vitória para os grupos ambientalistas e para a defesa dos indígenas. O Keystone XL seria construído entre Alberta, no sudoeste do Canadá, e o Estado americano de Nebraska e se conectaria à rede já existente de oleodutos nos Estados Unidos. Estimado em US$ 8 bilhões, o projeto data de 2008 e permitiria que 830 mil barris de petróleo fossem transportados diariamente. Pouco depois de sua chegada à Casa Branca, Trump assinou um decreto que revisava ou suspendia decisões tomadas pelo governo de Barack Obama para frear o aquecimento global. Entre as medidas estava a autorização da

construção do polêmico oleoduto, alegando que criaria postos de trabalho e estimularia o desenvolvimento da infraestrutura. Assim, anulou decisão tomada por Obama em 2015 que havia revogado a permissão ao oleoduto por razões ambientais. A sentença do juiz de Montana é temporária e exige que o governo estude com mais profundidade como o projeto afetará o meio ambiente, os recursos culturais e a fauna. O Departamento de Estado deve ser responsável pela análise deste projeto transfronteiriço. O juiz Brian Morris alegou que a análise ambiental realizada pelo governo Obama em 2015 para negar a permissão do gasoduto foi ignorada pelo Departamento de Estado quando a pasta mudou seu posicionamento no ano passado. A pasta “se limitou a descartar as conclusões anteriores sobre a mudança climática para justificar sua mudança de posição”, disse o juiz. O magistrado acrescentou ainda que o Departamento não levou em conta fatores como o preço do petróleo, o impacto do projeto nas emissões de gases causadores do efeito estufa e os riscos de vazamentos de petróleo. (Fontes: AP/ Reuters/FolhaPress).

Casa queima em Edgewood Lane,em Paradise, onde onde foram localizados os corpos de cinco vítimas, segundo o xerife do condado de Buttle

DENNIS CHABROL/AFP

Caravana de imigrantes se divide no México e retoma marcha para os EUA CIDADE DO MÉXICO - A principal caravana de migrantes centro-americanos que desafia o presidente Donald Trump com sua marcha rumo aos Estados Unidos se fragmentou novamente na Cidade de México, onde centenas de pessoas retomaram seu caminho nesta sexta-feira (9), enquanto a maioria permanece em um abrigo, na esperança de conseguir ônibus para levá-los. Na noite anterior, decidiu-se pela maioria de uma assem-

bleia que a caravana sairia da capital após o fracasso do pedido para o Alto Comissariado das Nações Unidas para os Refugiados (Acnur) disponibilizasse 150 ônibus para facilitar o percurso. Dos mais de 5.500 migrantes, na maioria hondurenhos, alojados desde o final de semana em um abrigo instalado pela prefeitura, somente centenas retomaram nesta sexta-feira sua marcha em direção à fronteira norte do México, constatou a AFP.

Os imigrantes que viajam nessa caravana, outras de outras duas formadas por cerca de 2 mil pessoas cada, estão decididos a chegar aos Estados Unidos apesar das advertências no sentido contrário feitas pelo presidente Donald Trump, que j os acusa de protagonizar uma “invasão”, advertiu que não se dará asilo a quem entrar ilegalmente (Fontes: AP/AFP/Reuters). ALFREDO ESTRELLA/AFP

Imigrantes da América Central que viajam em caravana retomaram caminhada rumo aos EUA

Avião da Fly Jamaica Airways ia de Georgetown para Toronto, Canadá, com 128 pessoas a bordo teve que fazer o pouso forçado

Boeing faz pouso de emergência na Guiana. Seis pessoas ficaram feridas GEORGETOWN - Um Boeing transportando 126 pessoas precisou fazer um pouso de emergência no aeroporto de Georgetown, na Guiana, nesta sexta-feira (9), deixando seis feridos - informou o Ministério dos Transportes. O aparelho da companhia aérea Fly Jamaica Airways tinha Toronto como destino quando sofreu um problema hidráulico pouco

depois de sua decolagem e voltou para o aeroporto. Lá, bateu contra o solo e saiu da pista, relatou o ministro da pasta, David Patterson. Os feridos se encontram em situação estável, e seus ferimentos não são graves, acrescentou. O Boeing 757-200 transportava 118 passageiros e oito tripulantes. Dez minutos depois de decolar do aeroporto Cheddi Jagan, o piloto reportou um

problema no sistema hidráulico. “Podemos confirmar que o voo Fly Jamaica OJ256 com destino a Toronto retornou para Georgetown com um problema técnico e sofreu um acidente durante o pouso”, disse a companhia aérea. “Os passageiros e a tripulação estão seguros. Estamos fornecendo assistência no local e daremos mais informações o mais rápido possível”, completou a empresa.(Fontes: AP/Reuters).


Mundo A13

Boa Vista, sábado, 10 de novembro de 2018

AMIN TAFFIR/AFP

Síria: 22 rebeldes morrem em um ataque perto da província de Idlib LONDRES - As forças do governo sírio mataram 22 rebeldes nesta sexta-feira (9) antes do amanhecer, perto da província de Idlib, em uma zona que devia ser “desmilitarizada” conforme um acordo entre Rússia e Turquia, informou o Observatório Sírio para os Direitos Humanos (OSDH), ONG com sede no Reino Unido. Foi o assalto mais letal nesta região do noroeste do país desde que, em setembro, foi anunciando um acordo entre Moscou e Istambul para o estabelecimento de uma “zona desmilitarizada” em setores da província de Idlib e outras regiões vizinhas, acrescentou a mesma fonte. Os combates explodiram quando as forças do governo assumiram o poder de uma posição controlada pela facção rebelde Jaish al-Iza em uma área rural do norte da província de Hama. A província de Idlib é o último grande bastião insurgente e extremista do país e se encontra na mira do governo Bashar al-Assad em sua tentativa de recuperar o controle de todo o território. (Fontes: AFP/Reuters). ANWAR AL-KATHIB/AFP

Soldados sírios patrulham Idlib

Vala comum é descoberta na Etiópia com pelo cerca de 200 corpos ADIS ABEBA - As autoridades da Etiópia descobriram nesta sexta-feira (9) uma vala comum com pelo menos 200 corpos, perto da fronteira nas regiões de Oromia e Somali, onde persiste um conflito armado, informou a televisão estatal na capital, Adis Abeba. De acordo com o canal de TV Fana, a vala comum foi encontrada durante uma investigação sobre as alegadas atrocidades cometidas pelo ex-administrador-chefe da região somali Abdi Mohamud Omar. As autoridades estão fazendo a identificação dos corpos. Abdi Mohamud, que foi forçado a demitir-se dia 6 de agosto, foi detido semanas mais tarde na sua casa em Adis Abeba, quando uma espiral de violência étnica eclodiu na cidade somali de Jijiga, também conhecida como região de Ogaden. À espera de julgamento, o líder regional que comandou o corpo de forças especiais da província somali, conhecido por Liyu, é acusado de tortura e assassinato, bem como de incitar à violência étnica durante os 13 anos do seu mandato. Os confrontos étnicos aumentaram a partir do final de 2017 nas regiões Somali (este) e de Oromia (sul), onde está localizado o grupo étnico majoritário no país, os oromos. No final do ano passado, as investidas das forças especiais da província Somali em Oromia causaram a morte a centenas de pessoas e obrigaram à fuga de mais de um milhão, a sua maioria oromos, de acordo com relatórios conjuntos da ONU) e do governo da Etiópia. (Fontes: AFP/Reuters). SAMUEL SILLAB/REUTERS

Remoção de corpos da vala comum

O TERROR ATACA

Explosões de 4 carros-bomba deixam pelo menos 20 mortos em Mogadíscio, capital da Somália Quatro homens suspeitos de tentar invadir o hotel Sahafi foram mortos pelas forças de segurança somali, informaram as autoridades locais MOGADÍSCIO - A explosão de quatro carros-bomba junto a um hotel na capital da Somália, Mogadíscio, matou hoje pelo menos 20 pessoas e feriu outras 17, de acordo com os últimos números divulgados pelas forças de segurança somali. As forças de segurança somalis reagiram e mataram a tiros os quatro suspeitos de tentar invadir o estabelecimento, que fica do outro lado da rua do Departamento de Investigações Criminais da Força de Polícia, disse à AP o capitão Mohamed Hussein. “Até agora

nós confirmamos 17 civis mortos. Eles estavam viajando em veículos públicos no local quando ocorreram as explosões e os tiroteios. O número de mortes certamente aumentará”, afirmou à Reuters o policial Ali Nur. Depois de três explosões em frente ao hotel, um quarto veículo foi detonado, atingindo os serviços de socorro que auxiliavam as vítimas. As bombas arrebentaram parte de uma parede do hotel Sahafi, localizado em frente ao Departamento de Investigação Criminal da Polícia

da Somália, segundo o capitão Mohamed Hussei. Os danos das explosões, principalmente a do de um carro-bomba ao lado de um micro ônibus, estão dificultando a identificação de algumas das vítimas. As forças somalis mataram os quatro atiradores que se preparavam para invadir o hotel através de um buraco provocado pela explosão, acrescentou Hussei, citado pela Associated Press. “Embora tenham falhado no acesso ao hotel, as explosões no exterior mataram muita gente”, afirmou o policial.

“A rua estava repleta de gente e carros, os corpos estavam por todo o lado”, disse Hussein Nur, funcionário de uma loja, que sofreu ferimentos numa mão devido aos estilhaços, e que acrescentou que “os tiros mataram várias pessoas, também”. O grupo extremista rebelde somali Al-Shebab reivindicou o ataque, de acordo com a estação de rádio do grupo, a Adalus. Entre os mortos está o gerente do hotel Sahafi, que dirigia o estabelecimento desde a morte do seu pai, em 2015, num

Quarta bomba Depois de três explosões em frente ao hotel, um quarto veículo foi detonado, atingindo membros do serviços de socorro que ajudavam as vítimas outro ataque conduzido pelo mesmo grupo, disse o capitão Mohamed Hussei. (Fontes: AFP/EFE/Reuters).

Atentado com faca mata uma pessoa na Austrália. EI revindica ação WILLIAM WEST/AFP

MELBOURNE - Uma pessoa morreu e outras duas ficaram feridas nesta sexta-feira (9), em um ataque com faca no centro da cidade de Melbourne, na Austrália, informou o superintendente da Polícia, David Clayton, acrescentando que as duas vítimas continuam hospitalizadas. O homem que seria o autor da agressão foi ferido a bala pelos agentes e morreu. A Polícia australiana anunciou que o ataque é tratado como um ato de terrorismo e acrescentou que o suspeito, conhecido das autoridades de Inteligência, era originário da Somália. ”Agora estamos tratando isso como um episódio de terrorismo”, declarou o comissário-chefe da polícia de Victoria, Graham Ashton. Segundo ele, o suspeito era “alguém conhecido” por suas relações familiares e por morar na Austrália há décadas. Ele estava viajando em um veículo 4x4 com botijões de gás. O Estado Islâmico (EI) assumiu a autoria do ataque, em uma mensagem

publicada na internet por uma agência usada pelo grupo para fazer propaganda extremista. “O autor da operação [...] em Melbourne [...] era um combatente do Estado Islâmico e realizou a operação em resposta aos apelos para atacar cidadãos de países-membros da coalizão (internacional antijihadista dirigida pelos Estados Unidos)”, disse o EI. Segundo testemunhas, o homem começou a atacar pedestres perto do veículo com que havia dirigido até o centro de Melbourne e que estava em chamas. A polícia do Estado de Victoria explicou que as forças da ordem responderam “inicialmente à chamada por um carro em chamas”. Quando os agentes chegaram ao local descobriram que várias pessoas haviam sido esfaqueadas. Tudo aconteceu no bairro de negócios de Melbourne, em torno das 16h20 (3h20, em Brasília), quando as pessoas começavam a deixar o trabalho. As emissoras

As ruas próximas ao local do incidente foram bloqueadas para garantir o trabalho dos peritos

de televisão locais divulgaram imagens que mostravam um homem alto vestido com uma túnica preta, ameaçando os agentes com uma faca perto de uma caminhonete em chamas. Nas imagens, é possível ver os policiais tentando conter o homem sem violência durante pelo menos um minuto, enquanto o suspeito avança sobre eles, várias vezes, com a faca. Na sequência, um agente atira no agressor.

Duas pessoas tentam ajudar os policiais: um homem armado com uma cadeira de bar e outro, rapidamente batizado de “herói australiano” nas redes sociais, que tenta derrubar o agressor com um carrinho de supermercado. O ataque continua mesmo assim e, então, um policial usa sua arma e atira no peito do agressor. Ele foi hospitalizado, mas não resistiu e morreu.

O Estado Islâmico (EI) assumiu a autoria do ataque, em uma mensagem publicada na internet por uma agência usada pelo grupo para fazer propaganda extremista O ataque acontece no momento em que James Gargasoulas, de 28 anos, está sendo julgado em Melbourne por lançar seu veículo contra a multidão nesse mesmo bairro em 2017, matando seis pessoas. (Fontes: AP/AFP/Reuters)..


A14

Polícia

Boa Vista, sábado, 10 de novembro de 2018

CRIME CRUEL

Pedreiro é encontrado decapitado na RR-205, Zona Rural de Boa Vista Vítima estava sem camisa, vestia calça jeans e havia pelo menos dois pedaços de corda que teriam sido usados pela imobilizá-la pelos assassinos NONATO SOUSA

nonatosousa@roraimaemtempo.com.br

Foi identificado na tarde dessa sexta-feira (9) o cadáver masculino encontrado decapitado pela manhã, na margem da RR-205, nas proximidades de um loteamento habitacional particular, no bairro Cidade Satélite. An-

Descontrole Devido à forma cruel como o pedreiro foi assassinado, principal suspeita é de que os executores sejam de uma facção criminosa

derson Gomes da Silva, 29, era pedreiro. Ele foi reconhecido através da impressão digital e liberado no mesmo dia para a família fazer o velório e sepultamento. A Polícia Militar foi informada sobre o cadáver no início da manhã pelo telefone 190 por uma pessoa que não se identificou. Ela disse que estava passando pela

DIVULGAÇÃO

rodovia quando se deparou com o corpo sem cabeça. Policiais foram ao local indicado e após confirmação foram acionadas equipes da perícia e do Instituto de Medicina Legal (IML). Segundo a reportagem apurou, a cabeça de Anderson foi deixada sobre a barriga pelos assassinos. A vítima estava sem camisa, vestia calça jeans e havia pelo menos dois pedaços de corda que teriam sido usados pela imobilizá-la pelos assassinos, antes de matá-la, entrelaçados numa das pernas do pedreiro. O caso será investigado pela Delegacia Geral de Homicídios. Nenhum suspeito do crime foi preso nem identificado até a conclusão da matéria, mas, devido à forma cruel como o pedreiro foi assassinado, a principal suspeita é de que os executores sejam de uma das facções criminosas que atuam dentro e fora dos presídios de Roraima. A reportagem não conseguiu contato com ninguém da família de Anderson Gomes para saber se ele tinha envolvimento com alguma das facções, nem se era usuário de drogas e se a família tem alguma outra suspeita.

Anderson foi identificado no IML através da impressão digital e depois liberado para a família fazer o velório e sepultamento

Policial Rodoviário fica ferido após acidente com motocicleta Um acidente de trânsito envolvendo um policial do grupo de motopatrulhamento da Polícia Rodoviária Federal (PRF) ficou ferido depois de colidir com a motocicleta de trabalho, modelo XTZ 650 cilindradas, na lateral de um carro, modelo Civic. A vítima não teve o nome informado pela instituição. O acidente ocorreu por volta das 8h de sexta-feira (9)

no cruzamento da Avenida Doutor Paulo Coelho com a Rua Uraricoera, no bairro São Vicente. Segundo informações colhidas pela reportagem do Roraima em Tempo, o PRF estava sozinho e ia para o posto de trabalho. Ele seguia pela via preferencial da avenida quando o motorista do Civic, que transitava pela Rua Uraricoera, não parou no cruzamento e ten-

tou atravessar, momento em que o policial se chocou com a motocicleta na lateral direita do carro. Devido ao impacto violento, as bengalas da motocicleta estouraram e um dos pneus foi arrancado. O motorista do carro parou, permaneceu no local e teria socorrido o policial com a ajuda de algumas até uma equipe do Samu chegar. O PRF

foi imobilizado e conduzido ao Pronto-Socorro Francisco Elesbão. Colegas do policial atenderam a ocorrência com militares. O caso será investigado pela Polícia Civil. Segundo um colega da vítima, ela fraturou uma das pernas e teve uma pequena lesão na cabeça. “Ele vai ficar sedado pelas próximas 24 horas e está estável”, disse o policial. DIVULGAÇÃO

Segundo um colega, o PRF quebrou uma perna, foi sedado e seu estado era estável

Devido ao impacto violento, motocicleta do PRF teve as bengalas estouradas um dos pneus foi arrancado

Criança atropelada por motocicleta de alta cilindrada na Ville Roy segue internada A criança de um ano e seis meses atropelada na noite de quinta-feira (8) numa faixa de pedestres por uma motociclista de alta cilindrada continua internada no Hospital Infantil Santo Antônio. Segundo informações repassadas à reportagem do Roraima em Tempo por familiares, ela passou por uma cirurgia ainda na noite do acidente e nessa sexta-feira fez uma tomografia computadorizada. O exame não teria detectado nenhum problema a mais e o estado de saúde da criança era considerado bom. O bebê, que teve o nome preservado pela reportagem, foi atropelado na Avenida Ville Roy, nas proximidades do Estádio Canarinho, e estava com a mãe. A mulher atravessava a faixa de pedestres com a filha dentro do carrinho, quando um motociclista avançou a faixa e atingiu apenas o carrinho da criança, que foi lançada a alguns metros de distância e caiu sobre a ciclovia. A reportagem apurou que condutores de outros veículos pararam para a mãe atravessar com o bebê e mesmo vendo os veículos parados, o motociclista, que

estaria em alta velocidade, não respeitou a faixa e tentou passar. Ele também não parou para socorrer a vítima e fugiu do local do acidente. “O motociclista não caiu e logo depois que atropelou a criança, a motocicleta teria desacelerado, dando a entender que pararia, mas em seguida, voltou a acelerar e o condutor fugiu em alta velocidade”, contou um policial. A criança foi socorrida por uma equipe do Samu e conduzida ao hospital infantil de Boa Vista. Uma equipe de agentes do Smtran atendeu a ocorrência e entregou o relatório à Polícia Civil. O caso será investigado pela Delegacia de Acidentes de Trânsito. OUTRO CASO Uma criança de 9 anos, atropelada também por um motociclista na manhã de quinta-feira, segue internada no Hospital Santo Antônio. A reportagem apurou que ela passou por duas cirurgias, no abdome e mandíbula, e seu estado de saúde também era considerado bom. O acidente ocorreu na Avenida Glaycon de Paiva, no Centro da cidade.


Polícia A15

Boa Vista, sábado, 10 de novembro de 2018

SARGENTO DA PM FOI MORTO

Assaltantes trocam tiros com policiais após assalto a banco, são baleados e morrem Três dos suspeitos entraram no banco para roubar um malote de dinheiro de uma empresa e policial reagiu NONATO SOUSA

nonatosousa@roraimaemtempo.com.br

Dois suspeitos de envolvimento no assalto a uma agência do Banco do Brasil e na morte do sargento da Polícia Militar Josué da Silva dos Santos, 46, na manhã dessa sexta-feira (9), no bairro Tancredo Neves, Zona Oeste de Boa Vista, morreram no Pronto-Socorro Francisco Elesbão. Eles foram baleados durante troca de tiros com equipes da PM no Senador Hélio Campos

Pego de surpresa No momento em que o policial reagiu, dois dos bandidos tinham saído da agência. Possivelmente, o sargento não percebeu e atirou contra o criminoso que ainda estava no banco. Em seguida, os comparsas começaram a atirar

durante a fuga. Outros dois receberam atendimento médico. Não foi informado o quadro de saúde deles. Weverson Jesus dos Santos e Wennersom Almeida de Souza eram fugitivos da Cadeia Pública Masculina de Boa Vista. Fernando dos Santos Carneiro, apelidado de “Máscara”, era albergado e Igor Nascimento Cerejo, chamado de “R2”, estava em liberdade. Segundo um policial da Divisão de Inteligência e Captura (Dicap), ele recebeu alvará de soltura há pouco tempo. Ainda conforme a fonte policial, os quatro eram integrantes da facção criminosa Comando Vermelho. CASO Conforme apurado pela

Nonato Sousa/Divulgação

reportagem, três dos suspeitos entraram no banco para roubar um malote de dinheiro de uma empresa levada ao local por um funcionário. Eles chegaram a pegar o malote, mas na saída o policial que estava à paisana reagiu e atirou contra os criminosos, que trocaram tiros com ele. O PM correu para fora do banco e acabou baleado. O sargento caiu na calçada. Ele foi socorrido logo depois, mas não resistiu e morreu no pronto-socorro. De acordo com um oficial que esteve no local d ocorrência, a suspeita é de que um dos bandidos também foi baleado pelo policial, mas conseguiu fugir. Testemunhas contaram que durante o tiroteio no banco, além do sargento e possivelmente do bandido, uma idosa também foi baleada na perna. O neto dela levou um tiro no pé e outro homem foi baleado nas nádegas. Os três foram abrigados numa loja próxima ao banco, na esquina e, em seguida A reportagem também apurou que um veículo Montana foi atingido por um dos bandidos. O dono da picape disse ao Roraima em Tempo que estava dentro do banco. Ele lembrou que os bandidos entraram anunciando o roubo. Chegou a deitar

Sargento da PM Josué Santos estava no banco e tentou impedir o roubo. Ele foi baleado pelos bandidos e morreu no hospital

Venezuelano tenta roubar supermercado e acaba baleado por um policial militar de folga Um venezuelano não identificado até a conclusão da matéria foi baleado na tarde dessa sexta-feira (9) no bairro São Vicente por um policial militar que estava de folga durante tentativa de roubo. Conforme a reportagem do Roraima em Tempo apurou do caso, o estrangeiro tentou assaltar um supermercado usando uma faca. O policial tentou imobilizá-lo, mas o assaltante reagiu. Durante a confusão, o policial acabou sendo ferido no ombro com uma facada, ocasião em que usou sua arma para conter o suspeito, que foi baleado. O venezuelano foi ferido no tórax e pouco tempo depois foi

socorrido por uma equipe do Samu. O policial e o venezuelano foram conduzidos ao Pronto-Socorro Francisco Elesbão para receberem cuidados médicos. O militar foi liberado logo depois, já o criminoso ficou internado. A expectativa era de que ainda na sexta-feira fosse submetido a uma cirurgia. A ocorrência foi atendida por colegas de farda do policial que posteriormente apresentaram o relatório do caso no Plantão da Polícia Civil. A reportagem foi informada que possivelmente o venezuelano seria autuado em flagrante por tentativas de roubo e homicídio. DIVULGAÇÃO

Policial tentou imobilizar o venezuelano que o esfaqueou. PM usou a arma para se defender e baleou o bandido

Igor Nascimento e Wennersom Almeida morreram, após serem atingidos. Fernando dos Santos e Weverson Jesus sobreviveram e foram levados ao HGR

no chão, mas um dos criminosos mandou que se levantasse. Logo depois, começou a troca de tiros. Ele disse que no momento em que o policial reagiu, dois dos bandidos tinham saído da agência. Possivelmente, o sargento não percebeu e atirou contra o criminoso que ainda estava no banco. Em seguida, os comparsas começaram a atirar. O policial correu para o lado do prédio, momento em que foi atingido. VIDRO Outro tiro efetuado pelos bandidos também atingiu uma loja que fica a cerca de cem metros do banco, na Avenida São Sebastião. A bala acertou o vidro de uma parte da grade de proteção e caiu dentro da loja. No momento, estavam apenas os funcionários, mas ninguém foi ferido.

ANDANDO Segundo uma mulher que conversou com a reportagem após fugir do banco durante a troca de tiros, um dos bandidos entrou numa loja de material de construção, que fica a cerca de 300 metros da agência. “Ele andou tranquilamente até os fundos e saiu pelo portão de trás da empresa”, disse a mulher. A reportagem repassou essa informação ao responsável pelo Comando de Policiamento da Capital (CPC), coronel Santana, que ficou de apurar o caso a fim de descobrir se o homem seria mais um ou está entre os quatro que foram baleados. Até a conclusão da matéria, não houve resposta por parte do departamento.

Marcas da troca de tiros do policial com os bandidos ficaram nos vidros do banco

CONFRONTO Segundo o coronel, após serem informados que os bandidos fugiram num Gol bola branco, em direção ao bairro Pintolândia, várias equipes policiais seguiram para o local da fuga, ocasião em que se depararam com o veículo com quatro suspeitos. Eles continuaram fugindo e em determinado momento, quando chegaram ao cruzamento das ruas N-17 com S-10, o Gol bateu no meio fio e parou. Logo, saíram do carro atirando contra as equipes policiais. Os PMs revidaram e pelo menos dois foram baleados no local. Os outros continuaram a fuga pulando os muros de algumas casas. Várias equipes policiais e até um helicóptero da polícia foi usado para

localizar os criminosos. Houve mais confronto e os bandidos também foram baleados. Os quatro criminosos foram socorridos pelos PMs e conduzidos ao pronto-socorro estadual, onde dois morreram. ARMAMENTO Com os criminosos, foram apreendidos pelo menos duas armas, um revólver e uma pistola, ambas com munição deflagrada, devido à troca de tiros com os policiais. RECUPERADO Segundo o coronel Santana, o malote de dinheiro roubado pela quadrilha ainda estava com os bandidos e foi recuperado. O montante não foi informado. “O malote foi devolvido ao banco”, disse o oficial.

Pistola e revólver que foram usados pelos assaltantes para matar sargento e trocar tiros com PMs

Jovem envolvido com crimes troca tiros com PMs, é socorrido, mas morre no hospital Um jovem envolvido com facção criminosa no Sul de Roraima, apelidado de “Chapinha”, foi baleado na tarde dessa sexta-feira (9), no bairro Parque das Orquídeas, na cidade de Rorainópolis, em troca de tiros com policiais da Força Tática da Polícia Militar. Ele foi socorrido ainda com vida, mas não resistiu e morreu pouco tempo depois no Hospital Ottomar de Souza Pinto. Segundo o coronel Lindolfo Bessa, responsável pelo Comando de Policiamento do Interior (CPI) da PM, ‘Chapinha’ era velho conhecido da polícia e suspeito de participação em vários assaltos e homicídios. Na tarde de sexta-feira, durante policiamento pela cidade, a equipe da FT se deparou com o jovem em atitude suspeita e ao

tentar abordá-lo ele sacou uma arma de fogo e teria atirado na direção dos policiais, atingindo a viatura. “Os policiais reagiram à injusta agressão no ato do seu dever e também atiraram no elemento que foi atingido. Imediatamente, levaram-no para o hospital e ele veio a óbito”, informou o coronel. A equipe policial apresentou relatório da ocorrência na delegacia de Rorainópolis. A reportagem conversou com o delegado Cid Guimarães e informou que ainda estava se inteirando dos fatos para adotar a medida cabível. Adiantou que já tinha feito a solicitação de remoção do corpo de ‘Chapinha’ para o Instituto de Medicina Legal em Boa Vista e estava aguardando

a equipe com o rabecão. Até a conclusão da matéria, a reportagem não conseguiu mais contato com o delegado para saber o desfecho da ocorrência.

Branco foi socorrido e levado ao hospital de Alto Alegre. Os ferimentos não teriam sido graves e a expectativa era de que ainda na sexta-feira fosse liberado. DIVULGAÇÃO

FACADAS Também na tarde de sexta-feira, outro jovem envolvido com facção criminosa foi esfaqueado por um indivíduo da facção rival. O crime ocorreu em Alto Alegre. Segundo o delegado Wesley Costa Oliveira, a vítima é Hélio Edio, apelidado de “Branco do Raimundão”, suspeito de envolvimento no assassinato de um morador do município, que foi morto com 40 facadas. “Ele é do PCC e foi esfaqueado por um indivíduo chamado Rodrigo, da facção rival CV, que fugiu, mas os policiais estão tentando capturá-lo”, informou o delegado.

‘Chapinha’ trocou tiros com policiais da Força Tática de Rorainópolis, quando os PMs tentaram abordá-lo


A16

Local

Boa Vista, sábado, 10 de novembro de 2018

MÃOS SOLIDÁRIAS

Campanha ‘Natal Feliz’ arrecada donativos para famílias do município de Cantá Doação de roupas, calçados, brinquedos e alimentos podem ser feitas nos pontos de coleta até 5 de dezembro Arquivo pessoal

NEIDIANA OLIVEIRA

neidiana@roraimaemtempo.com.br

As famílias do município de Cantá, região Centro-Leste de Roraima, serão beneficiadas com a Campanha “Natal Feliz”, realizada por meio do projeto social “Mãos Solidárias”, que busca arrecadar donativos. Alimentos não perecíveis, roupas,

Mudança Campanha tem por intuito sensibilizar a população para a importância de dividir o que se tem e doar a quem precisa

calçados, produtos de higiene pessoal, brinquedos e dinheiro podem ser entregues nos pontos de coleta instalados em Boa Vista. A ação solidária, conforme uma das idealizadoras do projeto, Sabrina Brasil, surgiu no meio familiar, quando ela teve a ideia de arrecadar alimentos e doar às famílias carentes. “A proposta ganhou força e se transformou nesta campanha, que agora busca apoio de toda a população, a fim de garantir um fim de ano mais feliz às pessoas necessitadas”, frisou. Ela contou que o projeto social está efetivo há oito meses em Roraima e esta é a primeira campanha promovida pelos voluntários. “Esta é somente a primeira ação, pois pretendemos dar continuidade ao trabalho e realizar torneios beneficentes e outras atividades que possam de alguma forma ajudar o próximo”, informou Sabrina.

Campanha beneficente de arrecadação de brinquedos promovida pelo 12º Grupo Escoteiro Monte Caburaí também continua

Com o tema “Seja a mudança que você quer ver no mundo”, a campanha tem por intuito sensibilizar a população para a importância de dividir o que se tem e doar a quem precisa. “Todo material arrecadado será entregue nas vilas União, Félix Pinto, São José e Central, além da sede do município de Cantá. As famílias que vivem em vulnerabilidade social serão priorizadas”, disse.

Há pontos de coleta espalhados por toda a cidade. Entre eles, está uma faculdade localizada no bairro Canarinho, Zona Norte de Boa Vista, uma empresa situada no bairro Centenário, Zona Oeste, e vários estabelecimentos comerciais pertencentes a uma rede de lojas. “As doações podem ser feitas até 5 de dezembro, pois o material será entregue nos dias 8, 9, 15, 16 e 22, quando acon-

tece a programação do ‘Natal Feliz 2018’, no Cantá”, concluiu Sabrina, ao destacar que o trabalho voluntário pode ser acompanhado pela população por meio das redes sociais Facebook e Instagram: Mãos Solidárias RR. Mais informações pelo (95) 99154-5139. OUTRA AÇÃO A campanha beneficente de arrecadação de brinquedos promovida pelo 12º Grupo Es-

coteiro Monte Caburaí continua. Ela foi idealizada pelo pequeno José Walter, de 7 anos, que pensou em proporcionar um Natal mais feliz às crianças venezuelanas que estão vivendo nos abrigos de Boa Vista. A arrecadação segue até 24 de dezembro. Os brinquedos podem ser deixados em uma loja de material de construção localizada na Rua Manoel Felipe, bairro Buritis, Zona Oeste de Boa Vista.

Mais informações podem ser obtidas pelo telefone (95) 98123-9808. O grupo Monte Caburaí faz parte do Escoteiros do Brasil, organização reconhecida e certificada pela Organização Mundial do Movimento Escoteiro. Atualmente, são mais de 100 mil escoteiros divididos em 671 cidades, que reúnem 1.480 grupos. Em Roraima, são 40 jovens e 20 voluntários participantes da iniciativa.

Previdência privada é uma alternativa para garantir aposentadoria, orienta economista NEIDIANA OLIVEIRA

neidiana@roraimaemtempo.com.br

Em meio a um cenário de dificuldades, em que o consumidor brasileiro continua sem ter a segurança da aposentadoria, muitos optam por investir na previdência privada. Esta é uma das principais formas de reserva financeira à frente de investimentos menos tradicionais. Porém, o economista Paulo Henrique da Silva orienta o poupador a analisar a taxa de administração. Informações levantadas pelo Indicador de Reserva Financeira da Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL) e do Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil) mostram que, no mês de agosto, dois em cada dez (19%) brasileiros que pouparam alguma quantia separaram parte da renda pensando na aposentadoria. Apesar de baixo, o número aumentou em comparação ao mês de janeiro deste ano, quando

9% guardaram dinheiro. Outros 45% destinam as reservas para possíveis imprevistos, enquanto 28% economizaram para garantir um futuro melhor da família e 25% para o caso de ficarem desempregados. Conforme os dados, o valor médio poupado foi de R$ 354. O indicador também aponta a previdência privada como uma das principais formas de guardar dinheiro. Ela foi mencionada por 10% dos entrevistados. “Esta é uma alternativa para se ter uma segurança financeira futura. Para tanto, é preciso atenção à taxa de administração. Guardar dinheiro não é fácil, mas é uma medida necessária”, recomendou o especialista. Aparecem ainda no levantamento as reservas feitas no Tesouro Direto (7%), CBD (5%), LCI (3%) e bolsa de valores (2%). No entanto, a velha caderneta de poupança ainda lidera com 59%. Já 18% afirmam deixar o dinheiro em casa e outros 18% na conta corrente, enquanto 10% aplicam em fundos de investimento, segundo o CNDL e

o SPC Brasil. “Para efetivar um plano de aposentadoria privada, é importante que o interessado analise cuidadosamente os termos do contrato referentes a mudanças futuras, taxas cobradas para administração do dinheiro, rentabilidade e possibilidade de resgate da quantia toda”, orientou o economista, ao explicar que essa reserva, em caso de morte, é destinada à família. Ainda conforme o indicador, quando questionados sobre quantos conhecem as modalidades de investimentos, em primeiro lugar aparece a poupança, citada por 89% das pessoas ouvidas, e em segundo, os títulos de capitalização (53%). A previdência privada também surge com destaque, citada por 50,7%. Para os que mantêm o dinheiro em casa, na conta corrente ou mesmo na poupança, 28% alegam desconhecer outras opções de investimentos. Além desses, 23% acreditam não ter dinheiro suficiente para investir em outras modalidades e

18% preferem ter o dinheiro disponível em um lugar fácil de retirar. “Seria interessante também o próprio poupador guardar o dinheiro, todavia investindo em letras do banco, fundos bancários e títulos do tesouro, para que esse recurso vá se mantendo e tendo rentabilidade. Montar um negócio ou ser sócio em uma empresa também são opções de uma previdência individual para garantir a própria aposentadoria”, explicou Silva. Ele recomendou poupar uma porcentagem que não venha a interferir no Imposto de Renda (IR). “O ideal é guardar em média de 10% a 15% do salário. Quem investe até 12%, a própria previdência vai ser deduzida do IR, porém, se for mais que isso o consumidor pagará o imposto. É fundamental conhecer o banco e as instituições financeiras onde investir, para não ter surpresas”, indicou. A pesquisa também mostra que apenas 16% dos poupadores conseguiram guardar dinheiro em agosto deste ano

e que 40% dos entrevistados tiveram de sacar parte dos recursos investidos. Na avaliação do economista, é importante o consumidor criar o hábito de poupar, principalmente entre os que admitem falta de disciplina no controle dos gastos. “A crise econômica im-

pactou a renda da população e muitas pessoas deixaram de poupar, mas é importante ter o hábito de investir, além de destinar reservas para finalidades distintas. Uma, para imprevistos, outra, para realizar um sonho de consumo e uma terceira, para a aposentadoria”, completou Silva. Edinaldo Morais

Previdência privada é uma das principais formas de guardar dinheiro, sendo mencionada por 10% dos entrevistados


Caderno B

VEJA OS POSSÍVEIS TEMAS QUE PODEM SER COBRADOS AMANHÃ, NO SEGUNDO DIA DO ENEM 2018 Educação B10

TEM FEIRINHA DE ARTESANATO E GASTRONOMIA NA PRAÇA DO MIRANDINHA Turismo B11

jornalismo@roraimaemtempo.com.br

BOA VISTA, SÁBADO, 10 DE NOVEMBRO DE 2018 Grinch 3D invade as salas de cinema DIVERSÃO B4

Tatuagens, risadas e Rock’n Roll começou a 2ª Expo Tattoo Rorraima Fábio Calilo

MAIS DE 40 TATUADORES COMPETINDO POR UM PRÊMIO DE R$5.000,00 Pelo menos pelo menos 46 tatuadores do Amazonas, Rondônia, Acre e Venezuela desembarcaram em Roraima para a 2ª Expo Tattoo. A programação termina no domingo com competições de tatuagens e apresentações musicais. Nossa repórter foi conferir e voltou com uma surpresa. . . COMPORTAMENTO B5

DIVULGAÇÃO

RAINHA DAS BRAÇADAS

Teca Marinho assume o comando das piscinas de Roraima Com mais de 30 anos de esporte, professora assume a presidência da Federação Estadual de Desportos Aquáticos em Rorai-

ma com compromisso de dar sequência ao legado deixado pela antecessora Gilda Maria Hupsel. ESPORTE B9 Fábio Calilo

MUITO FUTEBOL!

Majestoso, Final da Libertadores entre Boca e River, e Botafogo lutando pela sobrevivência no Brasileirão Hoje tem muito futebol! Pelo Brasileirão tem o Majestoso: Corhintians e São Paulo fazem clássico no Itaquerão. Ainda pela série A Botafogo enfrenta o eterno carrasco Flamengo para escapar do rebaixamento.

Começa o emocionante Derby Argentino em plena Libertadores da América: o planeta vai parar para assistir o primeiro embate do confronto Boca e River na Bombonera. ESPORTES B6, B7 e B8

LIMITES

Especialista adverte: crianças devem usar celulares no máximo uma hora por dia! Fábio Calilo

Em alguns casos, o uso exagerado pode atrapalhar o desenvolvimento educacional das crianças. Roraima em Tempo conversou com psicopedagoga. Doutora alertou que quando se chega ao ponto em que a criança não quer fazer outras atividades como comer e brincar, é porque ela deve ter acesso demasiado ao telefone e acaba por acreditar que somente o celular é legal. VARIEDADES B2


B2

Juventude

Boa Vista, sábado, 10 de novembro de 2018

GERAÇÃO CONECTADA

Crianças devem usar celulares no máximo uma hora por dia, alerta psicopedagoga Em alguns casos, o uso exagerado pode atrapalhar o desenvolvimento educacional das crianças BRUNA MENEZES

bruna@roraimaemtempo.com.br

Com o advento das tecnologias é cada vez mais comum presenciar crianças utilizando celulares, tabletes ou computadores, seja para jogar ou assistir a vídeos na internet. Porém, todo cuidado é pouco! O uso desassistido dos aparelhos pode

Estímulos positivos E se você que é pai ou e mãe e acredita que não existem alternativas de brincadeiras para as crianças, aqui vai uma lista de atividades, que além de divertidas ajudam no desenvolvimento intelectual e físico dos filhos: Quebra-cabeça, Dama, Xadrez, Memória, Forca, Montagem de blocos, Mímica, Mortovivo, Piquenique, Passeio de bicicleta, Patins, Skate, Praças, Praias, Pintura, Brincadeiras com massa de modelar prejudicar o desenvolvimento educacional desse público, explicou a psicopedagoga Monique Medeiros. “As crianças nunca podem usar celulares após fazer tarefa escolar em casa. É recomendado esperar no mínimo 30 minutos de descanso livre para pegar no telefone celular. Se em menos desse tempo a criança usar o telefone ou qualquer outro aparelho, a absorção do conhecimento vai diminuir de 80% a 30%, o que é uma diferença considerada grande”, informou a especialista. Além disso, ela recomendou que as crianças usassem aparelhos telefônicos no máximo uma hora por dia. A dosagem deve ser feita a partir de blocos de rotina, que determina à criança um horário específico para o uso de celulares, tabletes e notebooks. “Em casos que a criança começar a chorar após terminar o período de uma hora, os pais podem inserir os acordos. Por exemplo, antes de ele usar

Arquivo pessoal

o telefone, pode ser combinado que a criança tenha feito outras atividades de rotina como arrumar a cama, os brinquedos, aguar as plantinhas”, pontuou. Esses acordos, inclusive, devem ser feitos de forma pré-fixada e em conjunto a maneira que a vontade da criança também seja respeitada. “A partir dos seis anos, a criança já consegue responder o que ela gosta e o que não é agradável pra ela. Neste caso, os dois devem decidir o que será o melhor para os dois”, comentou. A psicopedagoga alertou que se chega ao ponto em que a criança não quer fazer outras atividades como comer e brincar, é porque ela deve ter acesso demasiado ao telefone e acaba por acreditar que somente o celular é legal. “Os pais precisam mostrar que tudo tem limite e que usar de maneira errada vai prejudicar a criança. Quando a criança usa o celular à vontade, é difícil adotar uma rotina, mas é necessário“. Uma dica muito importante também: nunca deixar os filhos utilizarem os aparelhos pela noite e antes de dormir porque pode prejudicar o estimulo visual, ou seja, a forma como é captado o que se vê. “Pela noite, a criança pode fazer outras atividades mais saudáveis com a família”, frisou, Monique. “A criança precisa correr, brincar, falar e cantar para se desenvolver, e principalmente ler”, ressaltou. Segundo a psicopedagoga, o hábito de ler desenvolve todas as partes do cérebro. “Além de desenvolver noções críticas nas pessoas e passar conhecimento, a leitura também é uma atividade de ativação cerebral, como um exercício funcional”, explicou. Quem sabe muito bem disso é a estudante Thays Cunha, mãe da Ana Victoria de oito anos. Ela contou que a filha lê de sete a dez páginas de livros durante a noite, todos os dias. “No início ela sentia um pouco de dor de cabeça e dormia. Com o tempo começou a gostar e hoje eu percebo que ela tem ficado mais inteligente com esse hábito”, disse. A estudante disse que o uso de celular e internet é bem regrado. Por exemplo, quando a Ana quer assistir a algum desenho online, a mãe usa Smart TV para ‘ficar de olho’ no conteúdo e até isso tem limite: a menina só assiste TV de 15h às 19h.

O uso do celular é ainda mais restrito. Somente aos finais de semana. “Geralmente é quando eu coloco música para fazer faxina e ela usa”, especificou. Outro caso é da estudante Pâmela Gomes. A filha Laura, de apenas um ano e cinco meses, vez em quando pede o celular, mas para a sorte da mãe, o aparelho não é o de seu maior interesse. “Se ela está vendo vídeo no celular e visualizar outra coisa na TV ou algum brinquedo pela casa, rapidamente ela deixa o aparelho de lado”, disse. “Eu deixo com ela muito pouco, só quando eu preciso fazer alguma coisa, mas prefiro que ela brinque e interaja com a gente”, acrescentou. Adolescência Os adolescentes têm uma utilização diferenciada das crianças. Geralmente eles usam para comunicação, então a questão de tirar o celular não é mais cabível, explicou Monique. “O que pode haver são as responsabilidades. Os pais podem bloquear aplicativos e páginas impróprias para a idade. A ideia é liberar só o que trará benefício aos adolescentes”, falou. “Nos casos de aplicativos de mensagens, como o WhatsApp, é necessário o monitoramento para ver se há alguma conversa de risco”, informou. A mãe do Daniel de 16 anos, Iara Bednarczuk contou que o filho usa o celular e computador para comunicação, ver vídeos e fazer pesquisa. “Ele divide bem as atividades, mas gosta bastante de jogos online. Nessa questão, ficamos mais atentos”. Durante a semana, o adolescente tem um prazo de desligar tudo. “Dou uma hora para ele porque estuda cedo no dia seguinte e ele é bem obediente”, afirmou. Para esse público, as dicas de atividades são as esportivas. “A adolescência é a fase do desenvolvimento motor então eles precisam praticar esporte, entre eles natação e futebol”, indiciou a psicopedagoga. Se o adolescente não for adepto, têm alternativas como aula de inglês e os jogos de tabuleiros. “Tirando o videogame e vídeos na internet, existem outras coisas que podem ser interessantes para esses adolescentes até para desenvolver a noção crítica deles e para que eles não fiquem reféns do celular”, finalizou.

Ana, de oito anos, lê até dez páginas todos os dias

HORÓSCOPO ÁRIES (21/3 A 20/4) Vai buscar a companhia de pessoas com as quais tenha afinidades. Ótimo astral para viajar. Pode se apaixonar por alguém da turma ou de outra cidade. Na vida a dois, saia da rotina. TOURO (21/4 A 20/5) Dia perfeito para organizar suas coisas e livrar-se do que não tem mais serventia. Se você já tem um par, capriche na sedução e assuma o comando na intimidade. GÊMEOS (21/5 A 20/6) O serviço vai render muito mais se agir em equipe. Dia perfeito para paquerar, namorar e curtir as coisas

mais prazerosas da vida. Namoro recente tem tudo para ficar mais sério agora. CÂNCER (21/6 A 21/7) Você pode aproveitar o dia para resolver assuntos pendentes. Seu charme pode encantar uma pessoa conhecida. Fase romântica na união. Tome a iniciativa e surpreenda na cama. LEÃO (22/7 A 22/8) Simpatia e boa lábia ajudarão você a convencer as pessoas. Sucesso garantido para quem lida com comércio ou atendimento ao público. Na paquera ou no romance, demonstre seu amor.

VIRGEM (23/8 A 22/9) Você pode ganhar uma boa grana com algo feito em casa ou ao retomar um serviço que já realizou no passado. Na paquera, só vai investir se sentir que encontrou alguém muito especial. LIBRA (23/9 A 22/10) Terá muita facilidade para conquistar as pessoas, fazer acordos e vender seu peixe. Sucesso em contatos e entrevistas de emprego. Se estiver a fim de alguém, encha-se de coragem e declare-se! ESCORPIÃO (23/10 A 21/11) Parceria com mulheres pode ser muito lucrativa. Também é uma boa

fase para organizar melhor os gastos para quitar uma dívida. A dois, invista na sedução e surpreenda na intimidade. SAGITÁRIO (22/11 A 21/12) Você pode se aliar a alguém para realizar um projeto capaz de mudar o seu futuro. Defenda suas ideias, mas sem abusar da franqueza. Romance com alguém da turma recebe bons estímulos. CAPRICÓRNIO (22/12 A 20/1) O cansaço da semana pode pesar mais hoje. Reserve um tempo para descansar. Você pode iniciar algo muito lucrativo. A Lua indica dúvidas ou insegurança

no amor. Cuidado com ciúme bobo. AQUÁRIO (21/1 A 19/2) rabalhar em equipe será uma boa opção. Alegria com amigos, inclusive com alguém de fora. Para quem já achou a alma gêmea, a fase é de companheirismo e muita sedução. Tome a iniciativa. PEIXES (20/2 A 20/3) O dia pode trazer mudanças importantes para a sua carreira. Pode pintar uma atração arrebatadora por uma pessoa influente ou do trabalho. Mas o romance pode ser proibido: avalie os riscos.


Social

por Márcio Lourenço jornalismo@roraimaemtempo.com.br

BOA VISTA, SÁBADO, 10 DE NOVEMBRO DE 2018

Fotos: Reprodução/Instagram

A festa aniversário do dentista Brainner Mendonça, foi ainda no clima do Halloween e rendeu várias clicks fantásticos das fantasias show como dos amigos Lívia Dourado da Luz e Iuri da Luz.

Sábado de muitas comemoração para Rafael Peixoto, Operador de Tv da Band Roraima, ele é um dos festejados aniversariante da data. Parabéns

Sábado é dia de curtir com a família, sempre unida. Aqui o advogado Frederico Leite, Aline Sanz Leite, João Felipe e Maria Júlia. Deixando nossa página especial.

Clique do casal de empresários Nei Marinho e Camila Dantas promoveram um verdadeiro Safari para celebra o pequeno Guilherme Marinho Dantas.

As irmãs Stela Raquel e Jaqueline Denise, em uma tarde de compras e boas risadas na capital roraimense.

Toda a beleza e elegância da macuxi Michelle Rodrigues, deixando nossa coluna regional

Palmas para quem levanta da cama cedo até no sábado para suar a camisa! Como o quarteto geração saúde Mateus Antony, Laura Bonfim, Carolline Santana e Victor Azevedo encerram nossa coluna do final de semana com chave de ouro.

Fotos: Reprodução/Instagram

Você por dentro Por que orgânicos? Segundo o Guia Alimentar para a População Brasileira, “são chamados de orgânicos alimentos de origem vegetal ou animal oriundos de sistemas que promovem o uso sustentável dos recursos naturais”. Dessa forma, incluir esses ingredientes no cardápio diário significa também consumir alimentos mais

A sempre linda Estela Camargo deixando nossa página mais bonita.

saborosos, que não sofreram perdas nutricionais através da adição de produtos químicos. “Existem vários aspectos de qualidade no alimento orgânico. O valor nutricional é apenas um deles, mas os baixos índices de toxidade, melhor sabor, textura e cor, seriam os principais diferenciais”, conta a professora do curso de nutri-

Dica do dia

ção, Flávia da Silva Santos. O seu corpo pede mais saúde, vida e naturalidade! E os alimentos orgânicos têm a capacidade de te proporcionar isso. Nesses vegetais são encontrados mais minerais, antioxidantes e vitaminas que são produzidos naturalmente pela planta para combater qualquer substância nociva presente na natureza que prejudicaria seu crescimento. Dessa forma, quem aproveita e consome todas essas

Beleza

substâncias produzidas naturalmente é você! Cesta, legumes, verduras, frutas, alface, tomate, pepino, pimentão, alimentos orgânicos Para emagrecer “Normalmente os alimentos processados são adicionados de ingredientes que favorecem o aumento de peso como gorduras saturadas e trans, sódio e açúcares”, conta a profissional. Por isso, apostar em alimen-

tos naturais é controlar a adição de produtos como esse, da forma mais saudável. Outras vantagens dos alimentos orgânicos! Manutenção do bem-estar animal: carnes e ovos também existem em sua versão orgânica! Nessa produção, os animais são alimentados somente com produtos orgânicos e mantidos em locais mais espaçosos e menos estressantes, o que reduz o uso de hormônios sintéticos.

Moda Masculina Reprodução/Instagram

É importante optar cada vez mais por alimentos orgânicos, produzidos com métodos que não utilizam agrotóxicos sintéticos, transgênicos ou fertilizantes químicos.

Moda Feminina Reprodução/Instagram

Reprodução/Instagram

Saúde Reprodução/Instagram

Novembro Azul é uma campanha de conscientização realizada por diversas entidades no mês de novembro dirigida à sociedade e, em especial, aos homens, para conscientização a respeito de doenças masculinas, com ênfase na prevenção e no diagnóstico precoce do câncer de próstata.

Olá, bom dia! Vamos falar sobre cuidado com a pele? O Peeling provoca o clareamento através da descamação e renovação da camada superficial a média da pele, deixando -a mais lisa e com a coloração uniforme. Além de estimular o crescimento de novas células, estimulando colágeno e consequentemente, diminuindo algumas rugas. O peeling químico pode (dependendo do caso) diminuir cicatrizes de acne, melasmas, manchas de sol e idade. Este procedimento também reduz a oleosidade, previne espinhas e rejuvenesce a pele.

Momento moda marra. Fofinho eu diria. Aquele look atemporal que sai do óbvio sem deixar de ser clássico. Dica: tenha pelo menos um jeans na cor original dele, sem ter o comprado já com pré-lavagem.  Ele vai ser uma das peças mais versáteis do seu guarda-roupa.  Você tem um jeans assim, cavalheiro? 

A terceira peça é uma das maiores aliadas de uma mulher para transformar qualquer look: jaquetas, coletes, blazers, kimonos... As opções são infinitas! Essas peças complementares deixam o seu visual mais interessante, com mais personalidade e estilo ao look. Além disso, ela pode ser uma grande aliada em disfarçar pequenos defeitinhos que as vezes nos incomodam, como braços mais gordinhos, barriga saliente, falta de cintura, etc.


B4

Diversão

Boa Vista, sábado, 10 de novembro de 2018

NATAL É DIA DE MALDADE

Pela terceira vez o clássico conto “O Grinch” retorna aos cinemas em animação 3D É a 3ª vez que ele vai para as telas, a 1ª um desenho de 1966; a 2ª no ano 2000 em filme estrelada por Jim Carrey DIVULGAÇÃO

Sugestões de Livros para Presentes de Natal EDIÇÃO COMEMORATIVA DE DEZ ANOS DE PUBLICAÇÃO: QUEM ME ROUBOU DE MIM? PE. FÁBIO DE MELO DIVULGAÇÃO

Em Quem me roubou de mim?, Padre Fábio de Melo aborda uma violência sutil que aflige muitas pessoas – o sequestro da subjetividade. Essa expressão refere-se à privação que sofremos de nós mesmos quando estabelecemos com alguém. Uma vez sequestrados, perdemos a capacidade de sonhar, ficamos impossibilitados de viver as realizações para as quais fomos feitos e não temos com quem reclamar. Precisamos, portanto, estar sempre atentos para que isso não nos aconteça pois, como escreve Padre Fábio: “Nenhuma relação humana está privada de se transformar em roubo, perda de identidade, ainda que as pessoas nos pa-

Na versão dublada, o personagem Grinch ganha a voz de Lázaro Ramos

Por mais que seja um ícone nos Estados Unidos, as histórias criadas por Dr. Seuss são mais conhecidas no Brasil graças às suas versões cinematográficas - é o caso do Grinch, até hoje lembrado por aqui graças à interpretação histriônica (e impagável) de Jim Carrey. O que, de forma alguma, prejudica a experiência de quem deseja conferir esta nova animação da Illumination. Precedido por um bobinho curta-metragem estrelado pelos Minions, “Amarelo É o Novo Preto”, que curiosamente é um spin-off do perío-

Sessentão 61 anos após o lançamento do clássico “Como o Grinch Roubou o Natal”, escrito por Dr. Seuss, o monstro verde que quer acabar com a comemoração de fim de ano ganha uma nova versão animada em “O Grinch”.

do em que estão na prisão em Meu Malvado Favorito 3, este novo O Grinch é a reprodução exata da versão estrelada por Carrey. Ou seja, mais uma vez temos o protagonista esverdeado e mal-humorado, que de tempos em tempos precisa visitar a Quemlândia para comprar mantimentos e fica profundamente irritado ao perceber qualquer indicio de comemoração natalina. Cansado da festa alheia, decide ele próprio estragar a alegria de todos ao roubar o Natal. Simples assim. Intencionalmente infantil, a

CINEMA EM CARTAZ BOHEMIAN RHAPSODY (14 ANOS) Cinebiografia sobre o vocalista da banda Queen, Freddie Mercury (Rami Malek), que nasceu na Tanzânia e se mudou para a Inglaterra durante a adolescência. Cinemark Sala 2 (DUB) 15:00 Sala 2 (LEG)18:00/ 21:00 O DOUTRINADOR (16 ANOS) Um vigilante mascarado surge para atacar a impunidade que permite que políticos e donos de empreiteiras enriqueçam às custas da miséria e do trabalho da população brasileira. A história do homem por trás do disfarce de “Doutrinador” envolve uma jornada pessoal de vingança na qual um agente traumatizado decide fazer justiça com as próprias mãos. Cinemark Sala 4 (NACIONAL) 14:00/16:30/19:00/21:30 ESTRÉIA: O GINCH (LIVRE) O Grinch é um ser verde que não suporta o Natal e, todo ano, precisa aturar que os habitantes da cidade vizinha de Quemlândia comemorem a data. Decidido a acabar com a festa, ele resolve invadir os lares

Novelas

MINHA VIDA Ylias vai ao encontro de Osman e o vê sendo levado pela polícia. Osman crê que Ylias o denunciou e promete vingança. Mehmet pede a Ates que acelere o processo de adoção. Nuran

dos vizinhos e roubar tudo o que está relacionado ao Natal. Cinemark Sala 3 (DUB/3D) 14:00/16:30/18:30/20:45 O QUEBRA-NOZES E OS QUATRO REINOS (LIVRE) Clara (Mackenzie Foy), jovem esperta e independente, perde a única chave mágica capaz de abrir um presente de valor incalculável dado por seu padrinho (Morgan Freeman). Safa na solução de problemas, ela decide então iniciar uma jornada de resgate que a leva pelo Reino dos Doces, o Reino das Neves, o Reino das Flores e o sinistro Quarto Reino Cinemark Sala 1 (DUB) 12:30/17:30 ESTRÉIA: OPERAÇÃO OVERLORD (16 ANOS) Uma tropa de paraquedistas americanos é lançada atrás das linhas inimigas para uma missão crucial. Mas, quando se aproximam do alvo percebem que não é só uma simples operação militar e tem mais coisas acontecendo no lugar, que está ocupado por nazistas. Cinemark Sala 1 (DUB) 15:00/20:00

Programação tv avisa Mehmet que Osman foi preso. Ates conta para Efsun que precisa assinar alguns documentos para sua nova certidão e também terá que fazer outro teste de DNA. Efsun fica apavorada com o teste, mas assina os documentos. A família de Alp pede a mão de Bahar em casamento e Ylias deixa a filha responder: ela nega o pedido. Os familiares de Alp brigam com o rapaz e saem bravos da casa de Nuran.

versão animada de O Grinch reforça elementos que atraiam a criançada: multicolorido, com uma narração rimada que remete ao lúdico, assim como a própria Quemlândia - a variedade de tamanhos e formatos das casas é uma atração a parte. De olho no ingresso das sessões 3D, há também um punhado de sequências bem feitas, onde é possível se divertir em derrapagens e percursos na neve. E há Cindy Lou, a adorável garotinha que serve de contraponto ao Grinch. Apesar de ser uma história bastante simples, alguns aspectos merecem atenção: a empolgação e dedicação naturais do cachorro funcionam bem como contraste à rabujice do Grinch, por mais que tal dicotomia não seja muito explorada no filme; há na dublagem brasileira várias liberdades acerca de gírias locais, mas sem se ater a localidades específicas, indo de oxente a picar a mula; há no filme um punhado de excessos em relações a personagens secundários, que não apenas desviam da trama central mas também pouco acrescentam ao longa como um todo, o que prejudica o ritmo da narrativa. É o caso dos colegas de Cindy Lou e do “amigo” do Grinch na Quemlândia. Leve e divertido, O Grinch é uma boa opção para entreter a garotada, seja pela ambientação ou mesmo pelo carisma dos personagens principais. Curiosamente, a presença de um rabugento que tem o coração amolecido por uma garotinha não é novidade para a Illumination: basta lembrar de Gru e suas três filhotas, na franquia Meu Malvado Favorito. Ou seja, por mais que o universo seja bem diferente - aqui há um escancarado tom de fábula -, a essência dos personagens é a mesma. Francisco Russo - Adorocinema

Autor com mais de 1 milhão de livros vendidos, edição comemorativa com novo prefácio

reçam bem-intencionadas. Um só descuido e as relações podem evoluir para essa violência silenciosa. Basta que as pessoas se percam de seus referenciais, [...] que confundam o amor com posse, que abram mão de suas identidades, e que se ausentem de si mesma”. 208 páginas | R$ 46,90

VIVER EM PAZ PARA MORRER EM PAZ MARIO SERGIO CORTELLA Se você morresse hoje, que falta faria? Já pensou sobre isso? Em Viver em paz para morrer em paz, o filósofo e escritor Mario Sergio Cortella oferece ao leitor a oportunidade de refletir sobre isso. “ViDIVULGAÇÃO

Nova edição, em capa dura, do título que já vendeu mais de 200 mil exemplares.

ver em paz não é viver sem problema, sem encrenca, sem dificuldade. Viver em paz é viver com a certeza de que não está vivendo de forma morna!”, escreve Cortella no prefácio do livro. Para o autor, o ponto chave para se gozar uma vida que, de fato, valha a pena, é não desejar fama nem acumular coisas e propriedades. “Existe uma obsessão consumista, uma ideia de que as pessoas são aquilo que elas possuem, e não e verdade. Eu sou aquilo que eu faço, relaciono, convivo com outros. Afinal de contas, o que vale na vida é ser importante”, aponta. E o que, exatamente, significa ser importante? O filósofo discorre sobre isso e considera que importante é o que faz falta. E fazer falta não tem nada a ver com ser famoso, por exemplo. 176 páginas | R$ 44,90

O QUE O SOL FAZ COM AS FLORES - RUPI KAUR TRADUÇÃO ANA GUADALUPE Após ultrapassar a marca de 200 mil exemplares vendidos com o best-seller Outros jeitos de usar a boca, a Editora Planeta lança o segundo livro de Rupi Kaur. O que o Sol faz com as flores reúne poemas sobre crescimento, amadurecimento e cura. Organizado em cinco partes e ilustrado pela autora, o livro percorre uma jornada dividida em murchar, cair, enraizar, crescer, florescer: da solidão à recuperação da autoestima e força. Nas duas primeiras partes, prevalecem os sentimentos ligados ao abandono e à solidão. Crescer trata da necessidade de se deixar o que

é tóxico no passado para que o novo possa surgir. Por fim, ao florescer, entende-se que o amor próprio é o caminho para recuperar força e energia. 328 páginas | R$ 47,90 DIVULGAÇÃO

Edição especial bilíngue e capa dura, da mesma autora de outros jeitos de usar a boca, best-seller com mais de 200 mil exemplares vendidos no Brasil


Comportamento

Boa Vista, sábado, 10 de novembro de 2018

Divulgação

B5 Fábio Calilo

Evento é a chance para profissionais da área trocarem experiências, amantes da arte da tattoo fazerem novos desenhos e curiosos entenderem um pouco desse fascinante universo

TATTOO

Tatuadores da região Norte e Venezuela participam da 2ª Expo Tattoo em Roraima Evento começou ontem com competições de tatuagens e apresentações musicais e vai até domingo BRUNA MENEZES

bruna@roraimaemtempo.com.br

Pelo menos pelo menos 46 tatuadores do Amazonas, Rondônia, Acre e Venezuela desembarcaram em Roraima para a 2ª Expo Tattoo. A programação termina no domingo com competições de tatuagens e apresentações musicais. Hoje a animação fica por conta da cantora Gabi Matos. No domingo, é a vez de Yuri Maneiro fazer a festa. Ambos começam às 19h. Ao todo, 52 profissionais montaram as tendas no evento, contando com os tatuadores locais. Todos participam de uma competição que funciona assim... O cliente se candidata a ser a “tela” do profissional. Em seguida, os dois combinam a tatuagem e o cliente ainda consegue um belo desconto. Por volta das 19h do domingo sai

o resultado do artista que fez a melhor tatuagem. O prêmio: R$ 5 mil na hora. Marcelo Souza veio direto de Rondônia tentar ganhar o prêmio. Hoje com 30 anos de idade, ele é tatuador há 12. “É uma experiência muito boa participar desse evento que nos recebeu tão bem. Espero que eu consiga a premiação, vou

Objetivos “O objetivo é reforçar a tatuagem como arte e expandir a cultura em Boa Vista, quebrando barreiras e preconceitos, tão fortemente empregados ao longo dos anos”.

fazer o meu melhor”, comentou. Ele relembrou que iniciou como profissional aos 19 anos e desde então não fez outra coisa. “É o que eu sei fazer e o meu ‘ganha pão’. Tatuagem é a minha vida!”, expressou. Cerca de 500 pessoas passaram pelo evento só ontem. Uma delas foi a engenheira eletricista Katherine Halabi.

O rosto do protagonista do filme Laranja Mecânica foi o desenho que ela fez, mas confessou: “talvez eu faça mais dois até domingo”. Katherine explicou que para ela a tatuagem não tem valor sentimental, todos os trabalhos foram feitos de assuntos aleatórios que ela curte. Ela tem pelo menos sete tatuagens. “Na

perna tenho um dinossauro, no braço é um esboço dos personagens de ‘Eduardo mãos de tesoura’, facas e muitos outros”. DESAFIOS O organizador do evento, simplesmente conhecido como Banana, disse que não foi fácil, mas que aos poucos ele vê que o evento está fazendo sucesso, o que acaba por estimular a fazer muitos outros. “Inicialmente iríamos fazer um evento entre amigos, com seis tatuadores. Mas a Expo ganhou proporção e muitos outros quiseram participar. Com isso, alguns foram desistindo e que me assustou um pouco, mas eu decidi arriscar e deu certo”, lembrou Banana sobre a 1ª Expo Tatto em 2017, que reuniu 40 profissionais. Ele está no ramo há mais de 20 anos e contou que não foi fácil. “Tive muitos desafios, a pro-

Fábio Calilo

Repórter encara desafio e faz primeira tatuagem na II Expo Tattoo E não é que após nosso bate-papo, o tatuador Banana me desafiou a fazer a primeira tatuagem? Como sempre tive vontade, mas me faltava organização, eu aceitei! Confesso que fiquei ansiosa e com medo da dor, mas ele me convenceu: “é uma dor prazerosa e suportável. A cada tatuagem você fica com vontade de fazer mais”, garantiu. Eu optei por fazer o planeta Júpiter com algumas

estrelas, na região do colo. O trabalho ficou delicado, bonito e discreto, o que combina com a minha profissão. Quem tiver interesse em fazer tatuagem pode aproveitar o II Expo Tattoo. Opção de profissional é o que não falta! O evento ocorre das 9h às 22h, na Avenida Princesa Isabel, número 1730, bairro Jardim Floresta. A entrada é franca!

fissão sofre preconceito em alguns momentos então batalhei muito para estar aqui. Valeu a pena e eu aprendi muito sobre a vida sendo tatuador”, comentou. Dentre as novidades está a Loja de moda masculina “Homem Street”, barbearia, tabacaria, bar, restaurante e música ao vivo. Além disso, no domingo terá apresentação de suspensão corporal com Anderson Tatoo. Ontem os tatuadores participaram de uma competição dividida nas seguintes categorias: minimalista (7cm), feminino, caligrafia, tribal e a categoria iniciante (2 anos de profissão) e houve o concurso que vai eleger a Miss Tattoo. Hoje competição será entre os estilos: neo trad, old school, fullcollor, comics e oriental (livre). No encerramento, do dia 11, os jurados irão avaliar, o realismo, a cultura amazônica, o preto e cinza e new school.

Repórter do Roraima em Tempo encara desafio e faz tatuagem no II Expo Tattoo


B6

Esporte

Boa Vista, sábado, 10 de novembro de 2018

CLÁSSICO

Majestoso: Pressão, tabu e rivalidade marcam clássico entre Timão e Tricolor Clima de decisão: futuro dos técnicos Jair Ventura e Diego Aguirre passa pelo clássico da tarde de hoje Gazeta Press

Corinthians e São Paulo vão medir forças às 17h00 desse sábado, na Arena de Itaquera, a seis jogos do fim da temporada. A situação das equipes na tabela de classificação do Campeonato Brasileiro, o pouco tempo para qualquer reação e toda a rivalidade que envolve o clássico fazem do Majestoso uma verdadeira decisão. “Lógico que clássico tem um peso. Sempre que a gente vai jogar um clássico, passa os clássicos antigos na TV, é um jogo a parte, sim. E tudo que é bom é muito bom e tudo que é ruim fica muito ruim, então, que a gente possa vencer para ficar tudo muito bom por aqui”, comentou o técnico Jair Ventura Com apenas três vitórias à frente do Timão, o treinador já convive com muitos questionamentos sobre seu trabalho. Nesse sábado, os mandantes entrarão em campo na 12ª posição, com a missão de se afastar da zona de rebaixamento, enquanto o Tricolor, apesar de não gozar de grande fase, ainda se

Nome do jogo Majestoso é um clássico de futebol disputado entre as equipes paulistas do Sport Club Corinthians Paulista e do São Paulo Futebol Clube desde 1930. Este apelido foi dado ao confronto pelo jornalista Tommaso Mazzoni, do jornal A Gazeta Esportiva.

mantém na quarta colocação, com 57 pontos. “Se você olhar a tabela, você vê o São Paulo lá em cima, o Corinthians na parte média da tabela, mas, quando começa é equilibrado, 35 mil ingressos vendidos já, e clássico são detalhes”, avisou Jair, tentando manter o otimismo. Para tentar encontrar um rumo promissor, o comandante corintiano decidiu sacar Danilo Avelar e manter Danilo no time. Douglas, com dores na coxa, também deve dar lugar a Araos no meio de campo, enquanto Carlos, de 19 anos, é a aposta para a lateral. Apesar da má fase e do clima de insatisfação no clube do Parque São Jorge, o fator casa ainda é levado em consideração, afinal, em oito encontros no palco da partida desse sábado, os donos da casa conquistaram seis vitórias e empataram em duas oportunidades. Para o Majestoso, o São Paulo aposta no mistério para quebrar o incômodo tabu na Arena Corinthians. Mesmo assim, é possível imaginar o que passa pela cabeça de Diego Aguirre para o confronto. Devido às boas atuações, Gonzalo Carneiro deve herdar a vaga de Rojas, lesionado, pela ponta. Do outro lado do campo, a equipe do Morumbi terá a volta de Everton, após duas lesões musculares sofridas em sequência. Se por acaso Everton não reunir condições de jogo, a tendência é que o técnico uruguaio escale Reinaldo mais avançado, com Edimar ocupando a função na lateral esquerda, como já fez no primeiro turno. Na referência do ataque

No ataque, Corinthians aposta em Danilo, enquanto São Paulo confia em Diego Souza

estará Diego Souza. O jogador terá a sua frente o goleiro Cássio, algoz pessoal na semifinal do Paulistão desse ano e nas quartas da Libertadores de 2012, quando o atacante

ainda atuava pelo Vasco. Jucilei, Hudson e Liziero são os mais cotados para compor a intermediária, enquanto a zaga verá Jean defender a meta. O goleiro

volta depois de cumprir suspensão contra o Flamengo. O São Paulo de Aguirre, que assim como o clube, nunca venceu na Arena, tem sua maior chance de con-

quistar uma vitória na Zona Leste. O eventual triunfo pode acabar com a escrita e manter vivo o sonho do título no Campeonato Brasileiro. (Gaxeta Esportiva)

Sergio Barzaghi/Gazeta Press

Justiça suspende penhora da taça do Mundial do Corinthians

Técnico faz mistério, minimiza tabu na Arena do rival e vê clássico espetacular com Corinthians

Antes de Majestoso, clima de descontração predomina no São Paulo Um dia antes de enfrentar o Corinthians, fora de casa, e tentar quebrar o incômodo tabu na casa rival, o São Paulo fez do CCT da Barra Funda uma sede de um clima leve e descontraído. Nesta sexta-feira, a equipe de Diego Aguirre encerra a preparação para o Majestoso das 17h00 (horário de Brasília) de sábado, pela 33ª rodada da Série A do Campeonato Brasileiro. Mais uma vez, as atividades do dia foram fechadas à imprensa, com somente os pri-

meiros 15 minutos de aquecimento sendo liberados para os jornalistas. Entretanto, mesmo na breve estadia, foi possível constatar que a necessidade de vitória para a equipe continuar sonhando com o título não atrapalha o elenco. De início, os goleiros formaram uma roda e realizaram um recreativo, que foi interrompido pelo sistema de irrigação do gramado do CT. Em outro campo, os jogadores de linha se divertiam com o tradicional futmesa, brincadeira entre os

jogadores que mistura tênis de mesa e futebol. Nem mesmo as presenças do coordenador Ricardo Rocha e do presidente Leco inibiram os atletas do elenco. Reinaldo e Nenê eram os mais animados. O meia, aliás, parece não deixar que sua insatisfação com falta de tempo de jogo atrapalhe o convívio com os colegas. Durante o futmesa, após uma “trapalhada de Hudson”, Nenê não titubeou em brincar: “Isso daí não tem 30 anos não, tem 49.” (Gaxeta Esportiva)

Na tarde desta sexta-feira, o Tribunal de Justiça de São Paulo apresentou uma liminar que suspende a penhora da Taça do Mundial do Corinthians. A decisão foi divulgada pelo próprio Timão, que volta a ter posse do troféu conquistado em 2012. O ofício emitido é válido até que o recurso seja julgado pelo TJ-SP. A equipe paulista deve aproximadamente 2,5 milhões de reais ao Instituto Santanense de Ensino Superior, mais conhecido como UniSantan’Anna. A taça havia sido penhorada pela justiça na última quinta-feira. “Com a ressalva de que se cuida de situação especial e excepcional, e em face da relevância da argumentação, concedo o efeito suspensivo pleiteado, inclusive para suspensão da ordem de penhora, até a decisão da Douta Turma Julgadora”, afirmou o relator Paulo Pastore

Filho, em despacho oficial do Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo. Anteriormente, a Universidade já havia acionado a Justiça tentando bloquear o prêmio do vice-campeonato da Copa do Brasil e da venda do meia Rodriguinho, vendido ao Pyramids FC, do Egito. O Corinthians tentou um acordo com o Instituto, porém não teve êxito. Confira a nota oficial do

clube: “O Sport Club Corinthians Paulista informa que a decisão que determinou a penhora da Taça do Mundial de Clubes de 2012 foi liminarmente suspensa por ordem do Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo (TJSP), que acatou o agravo de instrumento com pedido suspensivo interposto pelo clube“.(Gaxeta Esportiva) Divulgação/Corinthians

Taça foi conquistada pelo Corinthians em 2012


Esporte

Boa Vista, sábado, 10 de novembro de 2018

B7

CLÁSSICO CARIOCA

Botafogo x Flamengo: em clássico contra o Rubro Negro, Estrela Solitária tenta fugir do Z4 Batalha acontece hoje no Estádio Nilton Santos, as 19h(de Brasília), 17:00 no horário de Roraima Vitor Silva/SSPress/Botafogo

Botafogo e Flamengo fazem o clássico carioca da 33ª rodada do Campeonato Brasileiro neste sábado, às 19h (de Brasília), no Estádio Nilton Santos, no Rio de Janeiro (RJ). Ambos precisam do triunfo por objetivos distintos na temporada. O Rubro-Negro, que vem de um empate por 2 a 2 com o São Paulo, está na terceira coloca-

Despedida Botafogo e Flamengo vão travar o último clássico carioca de 2018 em um Nilton Santos lotado ção com 60 pontos e pretende encurtar a distância para o líder Palmeiras. Um triunfo no clássico garante matematicamente os flamenguistas na próxima Copa Libertadores. Já o Glorioso pretende pegar embalo depois da vitória de 1 a 0 sobre o Corinthians, também no Niltão, para afastar de vez o risco de queda para a Série B. O time soma 38 pontos, quatro a mais que o Vitória, que abre a zona de rebaixamento. A Matemática está

A provável escalação alvinegra tem: Gatito, Marcinho, Carli, Igor Rabello e Gilson; Matheus Fernandes, Lindoso e Leo Valencia; Erik, Luiz Fernando e Brenner.

guiando os dois times na luta por seus objetivos. Zé Ricardo, comandante alvinegro, fala da necessidade de não deixar para a reta final a busca pelos pontos para afastar a degola. “Temos que trabalhar com a necessidade máxima de pontos para não corrermos riscos, mas não devemos ficar fazendo contas e pensando apenas nos próximos jogos. Se fizermos as nossas vitórias com certeza os adversários vão tropeçar e vamos nos aproximar dos nossos objetivos. O Botafogo neste momento está mais preocupado em encontrar um jeito de ganhar do Fla-

mengo do que na pontuação em si”, afirmou o zagueiro Igor Rabello, do Botafogo. No Flamengo, Dorival Júnior não quer ver seus comandados preocupados com pontuação. “Claro que queremos seguir brigando pelo título, mas temos que fazer a nossa parte, pois quando isso não acontece as coisas se complicam. Não podemos projetar números. Temos que ganhar os jogos”, afirmou o zagueiro Réver. A partida vai ser disputada em alto grau de rivalidade. Na venda de ingressos o Botafogo demorou a vender para os flamenguistas a pre-

Gilvan de Souza/CRF

ços acessíveis e ainda fez promoção de ingressos para lotar a sua parte. Se teve um time que criou danos ao Flamengo este ano foi o Botafogo. Isso porque o Glorioso, no Campeonato Carioca, mesmo tendo um elenco mais frágil técnica e financeiramente, derrotou o adversário por 1 a 0 nas semifinais e mergulhou o rival em uma grave crise. Provocações envolvendo “cheirinho” vieram à tona, inclusive na comemoração do gol, anotado pelo meia Luiz Fernando. Além disso, os torcedores protestaram e o presidente Eduardo Bandeira de Mello se viu forçado a tomar medidas drásticas. Ele demitiu o técnico Paulo Cézar Carpegiani e até mesmo o diretor de futebol Rodrigo Caetano. “O Flamengo está olhando para frente e tentando fazer uma reta final de Campeonato Brasileiro que seja muito positiva. Vamos em busca de seis vitórias e a primeira partida é o clássico contra o Botafogo. Estamos focados no que vai acontecer no sábado e não no que houve em outros jogos que ficaram para trás”, disse o meia Everton Ribeiro. Já os botafoguenses não esquecem o passado recente e seguem no tom de provocação. “Espero poder marcar novamente e ajudar o Botafogo a conseguir esta importante vitória. Sabemos que o clás-

Marlos Moreno fica no banco após cumprir suspensão, e Geuvânio fica fora por conta de lesão. Tendência é que Rubro-Negro repita a mesma equipe dos últimos cinco jogos

sico é decidido no detalhe e que será um jogo muito difícil. Aquele gol foi um dos meus momentos mais marcantes com a camisa do Botafogo. Torço para que a gente volte a vencer”, disse Luiz Fernando, que viu o clube promover o jogo em redes sociais com sua foto e a legenda: “Cheiro de saudades”. Em termos de escalação, o Botafogo terá o retorno de Luiz Fernando, que cumpriu suspensão contra o Corinthians e reaparece. Resta saber se Renationho ou Leonardo Valencia vai deixar o time para seu retorno. O volante Jean, que

sentiu uma fisgada na coxa esquerda diante do Corinthians, foi vetado e abre vaga para Matheus Fernandes. Livre de dores na perna direita, o atacante Kieza fica à disposição e disputa o posto com Brenner. Pelo lado do Flamengo, Dorival vai mais uma vez repetir o time que vem atuando. No primeiro turno do Campeonato Brasileiro as duas equipes se enfrentaram no Maracanã e o Flamengo acabou levando a melhor, ganhando por 2 a 0. Matheus Sávio e Lucas Paquetá anotaram os gols do confronto. (Gazeta Esportiva)

Tossiro Neto

Embalado pela Sul-Americana, Atlético-PR tenta encostar no G6 diante do Cruzeiro

Durante treino do Palmeiras nesta sexta Willian apareceu em campo e fez aquecimento com elenco do Verdão

Willian foi a campo, mas deve seguir como baixa do Palmeiras contra o Galo O atacante Willian foi a principal novidade do treino do Palmeiras nesta sexta-feira, na Academia de Futebol. Se recuperando de lesão, o atacante fez atividades físicas e aqueceu com o elenco no gramado enquanto a imprensa esteve presente no CT alviverde. Willian sofreu um pequeno estiramento na coxa esquerda no jogo de volta da semifinal da Copa Libertadores, contra o Boca Juniors O prazo de recuperação era de duas a três semanas e, desde então, apenas dez dias se passaram. O atacante, entretanto, ainda não está liberado pelo departamento médico do clube e deve seguir fora do plantel que

enfrenta o Atlético-MG neste domingo, às 17h (de Brasília), no estádio Independência, onde o Verdão nunca venceu. No duelo seguinte, clássico contra o Santos no Allianz Parque, Gustavo Scarpa foi o escolhido por Felipão para substituir o atleta na ponta direita. O treinador gostou da atuação do camisa 14 e deve mantê-lo como titular diante do Galo. Além da provável baixa de Willian, os desfalques certos do Alviverde para o próximo duelo são os suspensos Dudu, Mayke e Diogo Barbosa, sendo os laterais ausência para cumprir o último jogo de punição imposta pelo Superior Tribunal de Justiça Desportiva.

Embalado por uma grande apresentação pela Copa Sul-Americana, o Atlético Paranaense vira a chave e, neste sábado, recebe o Cruzeiro, às 19 horas (de Brasília), na Arena da Baixada, pelo Campeonato Brasileiro. As equipes fazem campanhas parecidas na competição, mas o Furacão ainda tem como motivação conquistar uma vaga na Libertadores da América, algo que a Raposa já garantiu via Copa do Brasil. O técnico Tiago Nunes não poderá comandar o time do banco por conta de sua expulsão diante do Internacional. Com isso, Evandro Fornari ficará na função interinamente. O auxiliar terá como principal definição na montagem do time escolher se deve poupar ou não alguns atletas mais desgastados. Isso porque, desta vez, o jogo da volta pela Sul-americana acontece apenas no dia 28, tempo suficiente para re-

cuperar o elenco. O atacante Nikão, que se coloca a disposição para jogar, alerta para as dificuldades que devem ser encontradas, com o adversário sem tanta responsabilidade. “É uma equipe que já enfrentamos três vezes e vai jogar leve por já ter conseguido esse título e alcançado a vaga na Libertadores. O Cruzeiro é uma grande equipe. Temos outro grande jogo e espera-

mos o apoio do nosso torcedor para fazer uma grande partida”, disse o jogador, que se candidata a marcar o gol número 100 da equipe na temporada. “Independentemente de quem fizer, quem tem a ganhar é a nossa equipe”, ponderou O Cruzeiro chega para o duelo contra o Atlético-PR com a tranquilidade que vem demonstrando nas últimas partidas. A agremiação já con-

quistou um importante titulo na temporada, a propósito, objeto de desejo de todos devido ao prêmio. Mas agora, o foco está mais em 2019 do que no Furacão. Na Raposa já iniciaram as conversas. Renovações, dispensas, quem chega, quem vai. Tudo isso é debatido dentro do CT cruzeirense. A maior parte do grupo ficará, mas alguns atletas, como Sassá e

Ezequiel, por exemplo, podem deixar o clube. No campo, o Cruzeiro tem poucas novidades. O principal é a mudança no ataque: o jovem Raniel ganhará nova oportunidade. Isso porque Mano Menezes decidiu que a equipe terá um revezamento de atacantes a partir de agora. Barcos perde espaço pelos próximos dois jogos: no outro Fred será o titular. Divulgação/CAP

Torcida atleticana está embalada, Tiago Nunes não dá pistas se vai escalar força máxima ou time reserva


B8

Esporte

Boa Vista, sábado, 10 de novembro de 2018

BOCA X RIVER

Dirigentes exaltam final histórica na Argentina e pedem: “Os mais radicais se contenham” Suspensão de Gallardo gera leve cutucada de dirigente do River ao mandatário da Conmebol Agustin Marcarian/Getty Images

Metaforicamente, talvez seja a final do fim do mundo. Boca Juniors e River Plate possuem uma das maiores rivalidades do planeta e vão se encontrar na tarde de hoje pela primeira vez valendo a taça da Libertadores. Mas o discurso de quem produz o espetáculo quer se afastar de qualquer incitação à violência. Presidentes da Con-

É hoje! Maiores clubes da Argentina disputam taça da Libertadores hoje, às 16h

mebol (Alejandro Domínguez), AFA (Chiqui Tapia), Boca Juniors (Daniel Angelici) e River Plate (Rodolfo D’Onofrio) se reuniram em um luxuoso hotel de Buenos Aires, na manhã desta sexta-feira para passar uma mensagem de paz numa entrevista coletiva. O primeiro a tomar a palavra foi Domínguez, paraguaio, mas orgulhoso do resultado final até aqui do torneio. “É um momento histórico porque em 58 anos nunca se viu uma final entre River e Boca, Boca e River. E essa é a última final que vamos ter com jogos de

Presidente do Boca, Daniel Angelici, ao lado do presidente do River Plate, Rodolfo D’Onofrio, com a bola do jogo

ida e volta - uma oportunidade histórica para a Argentina, AFA, público, e o que dizer para os

Victor Canedo / GloboEsporte.com

jogadores e técnicos?”. “Pedimos aos meios de imprensa que façam entender

que esse é um grande jogo de futebol. E, no dia seguinte, como sempre, vai haver um ga-

nhador e um perdedor, mas o futebol oferece uma revanche. O futebol faz amigos, aproxima

e sobretudo dá mensagem de paz. Desfrutemos com muita responsabilidade desse momento. Chegaram até aqui com esforço, ambos os presidentes, técnicos, jogadores, torcidas. Então temos que desfrutar desse momento” pediu o presidente da Conmebol. Rodolfo D’Onofrio, presidente do River Plate, também aproveitou a oportunidade para fazer um apelo um pouco depois de posar ao lado de Daniel Angelici, mandatário do Boca: “É um jogo. Onde o que vencer vai festejar muito. E o que perder vai sofrer. Mas não muda a vida, ela continua. Desfrutemos de algo tão lindo, essa bola que está aí permite nos unir, gerar pontes de união. Convido todos os torcedores de Boca e River: demonstremos que na Argentina não há divisões. Pode ser ponte de união, aproximação entre todos. Os mais radicais que se contenham”. “Vou dizer o que tenho dito esses dias. Estamos orgulhosos, queremos felicitar o nosso elenco e corpo técnico. A lição é que todos os argentinos se mostraram orgulhosos por terem chegado a essa final dois times da Argentina. Precisamos desfrutar em paz e em família. O que vencer vai levar toda a alegria, o que perder, a tristeza. Mas no dia seguinte precisa recomeçar a trabalhar” ponderou Angelici. (Globoesporte.com)

Neymar e Thiago Silva criticam imprensa e dizem que informações do Football Leaks são falsas Goal.com

Taça da Libertadores exposta na Bombonera, Torcedores do River Plate terão o mesmo direito a partir da próxima semana, no Monumental

“Se mira, pero no se toca”: taça da Libertadores fica exposta para sócios do Boca O quão perto você já chegou do troféu da Libertadores? Bem, os sócios do Boca Juniors puderam mirá-la (mas não tocá-la!) até a noite de ontem na Bombonerita, uma das sedes do clube. A ação da Conmebol deu a oportunidade também para a imprensa gravar ao lado da taça, e aí a concorrência na véspera do jogo de ida da decisão contra o River Plate foi bem maior. Talvez porque a torcida do Boca já esteja acostumada com os seis títulos... Vê-la não chega a ser novidade, uma vez que o museu xeneize está repleto delas. Hoje, o troféu de 12 quilos que já foi erguido por 10 clubes brasileiros estará no gramado da Bombonera e, a partir da próxima semana, seguirá para o Monumental de Núñez, casa do River Plate. O jogo de volta está marcado para o dia 24, no Monumental – não há o critério do gol fora de casa. (Globoesporte.com)

Neymar e Thiago Silva se irritaram com a imprensa após a notícia publicada ontem pelo Football Leaks dizendo que o Paris Saint-Germain paga bônus aos jogadores, por exemplo, para saudarem a torcida após os jogos e não criticarem o treinador. Thiago Silva usou a ferramenta “stories” do Instagram para compartilhar a notícia com a legenda: “Que vergonha! Falta do que fazer”. E ainda escreveu: “Fake News”. Neymar reproduziu a publicação do companheiro do Paris Saint-Germain. - Já virou rotina - escreveu o craque. Segundo as informações do Football Leaks publicadas pelo programa francês “Envoyé spécial”, Neymar teria direito a receber anualmente € 375 mil (cerca de R$ 1,59 milhão) por saudar a torcida antes e depois das partidas e € 2,5 milhões (R$ 10,65 milhões) para não criticar o técnico do time. Ainda seria

Segundo notícia, PSG paga bônus para jogadores saudarem torcida e não criticarem técnico

destinado ao craque € 2 milhões em caso de se classificar entre os três melhores da Bola de Ouro. Ainda de acordo com a notí-

cia, o capitão Thiago Silva receberia bem menos. Para saudar a torcida, o valor para o zagueiro seria de € 33 mil (cerca de R$ 140,5 mil). A

quantia chegaria a € 117 mil para Mbappé. Num terceiro escalão, estariam Daniel Alves, Di Maria e Cavani, com direito a € 70 mil.

Games multiplayer, os -Sports querem disputar os Jogos Olímpicos Os e-sports, uma forma de competição virtual, não geram os rendimentos das competições esportivas tradicionais, mas estão em franco crescimento. O setor fatura quase 4 bilhões de reais, anualmente, e tem mais de 300 milhões de fãs que o coloca como um dos mais populares do mundo, mas será que os e-sports receberão o maior reconhecimento esportivo e serão integrado nos Jogos Olímpicos? “Obviamente, o aspeto físico é menor em games do que no futebol, mas todo o resto: estratégia, jogo de equipe, vontade de vencer, emoção

de vencer, medo de perder, é tudo a mesma coisa! Não é muito diferente dos esportes tradicionais”, disse à euronews Ralf Reichart, presidente executivo e cofundador da ESL - a maior empresa de e-sports do mundo - na edição de 2018 da Web Summit, em Lisboa. O Comité Olímpico Internacional (COI) pretende analisar a questão do e-sports. Em junho de 2018, o COI e a Associação Internacional de Federações Internacionais Desportivas (AIFID) realizaram um fórum conjunto com comunidades de e-sports e da indústria de games para

aumentar a colaboração e “Definir uma plataforma para um compromisso futuro”. Serão discutidos alguns cenários que abordam uma possível integração nas Olimpíadas: um é que o e-sports entre nos Jogos como um esporte com medalhas, como qualquer outro, outro é que seja criado como um evento separado, como os Jogos Paraolímpicos - com um conjunto diferente de regulamentos, mas ainda sob a alçada do Comité Olímpico Internacional. No entanto, durante o fórum de 2018, o COI referiu que, sem uma organização que

represente os e-sports na sua globalidade, que pudesse alinhar-se com os valores, regras e regulamentos olímpicos, a sua inclusão não poderia ser, realmente, considerada. Embora a realização do fórum conjunto pareça ser um passo promissor para os e-sports, um mês depois, o presidente do Comité Olímpico Internacional, Thomas Bach, disse à Associated Press: “Não podemos ter no programa olímpico um game que promova violência ou discriminação. Do nosso ponto de vista, são contrários aos valores olímpicos e, portanto, não podemos aceitá-los”.


Esporte

Boa Vista, sábado, 10 de novembro de 2018

B9

NATAÇÃO

Teca Marinho é a nova cara da Federação Estadual de Desportos Aquáticos de RR Atualmente com 40 anos, Teca começou a nadar aos dez e desde 2001 é professora em clubes do estado Fabio Calilo/Roraima em Tempo

Foi há dois dias que a professora de natação Teca Marinho assumiu a presidência da Federação Estadual de Desportos Aquáticos em Roraima, mas há oito anos ela atua no desenvolvimento do esporte do estado quando foi vice-presidente durante esse tempo. Ela assumiu a presidência após, lamentavelmente, a então

OBRIGADO, GILDA! Como dissemos, ontem completou um mês que a professora de natação e presidente da Confederação Estadual de Desportos Aquáticos, Gilda Maria Hupsel, faleceu em decorrência de um câncer. Teca relembrou que a colega teve grande importância para o natação

Legado

local. “Ela revelou diversos nomes e um deles foi o Dellano Silva que atualmente treina nadadores fora do país”, contou. Foi na Associação de Pais e Atletas de Boa Vista (APABV), que o atleta treinou, junto com Gilsa, que presidiu o clube por 21 anos. A professora tinha 60 anos.

“Vamos continuar o que ela vinha fazendo no estado. Nosso próximo passo é conseguir o apoio de mais parceiros para dar reforço aos clubes”

Reprodução/Facebook

‘É o amor da minha vida’, diz Teca Marinho sobre a natação Reprodução/Facebook

líder Gilda Maria Hupsel ter morrido em decorrência de um câncer que já lutava contra há pelo menos cinco anos. Ontem completou um mês de sua partida. “É um momento muito triste. A gente sempre espera que a pessoa fique bem então quando ela vai embora, é difícil”, comentou. O desafio, agora, é tocar o legado que professora Gilda deixou. “Vamos continuar o que ela vinha fazendo no estado. Nosso próximo passo é conseguir o apoio de mais parceiros para dar reforço aos clubes”, revelou. Atualmente com 40 anos, Teca começou a nadar aos dez e desde 2001 é professora em clubes do estado. Ela não se vê fazendo outra coisa. “Eu digo que a natação é o amor da minha vida. Eu amo o que faço de uma forma que não sei mensurar”. Única na família no ramo do esporte, a professora contou que já tentou conquistar um irmão e sobrinho, mas sem sucesso. “Fizeram aula por três meses e desistiram”, lembrou aos risos.

Teca ao lado dos alunos durante evento esportivo

Como os parentes moram no Amazonas, ela disse que encontrou no esporte um segundo lar. “A gente acaba fazendo amizades e criando carinho por essas pessoas que nos acompanham”.

DIA A DIA A rotina dela é bem movimentada, mas se você acha que ela fica cansada, se engana. Pela manhã, ela faz as atividades na Federação. A tarde dá aulas para

crianças de sete a 12 anos e durante a noite é a vez dos adultos de receber os cuidados de Teca. “Eu gosto da correria do dia a dia. Gosto de estar com as crianças, conviver com as pessoas. E de noite é o momento que eu descanso a mente porque são aulas que não exigem muito. Por causa da idade, acabo fazendo amizade com essas pessoas e é muito bom”, contou. Durante o fim de semana tem mais natação. “Vez ou outra tem um treino a mais ou um campeonato pelo interior do estado”. Quando não está dando aulas, ela trabalha como voluntária em uma ONG que cuida de animais domésticos. “Só durmo porque é involuntário, senão nem isso”, brincou. Ela não nega que já surgiram oportunidades de trabalhar em outras áreas que até renderiam uma grana extra, mas Teca foi enfática: “não me faria feliz. E estar bem, fazendo o que eu gosto, é o mais importante para mim”, disse.

Gilda Maria Hupsel nos deixou há uma mês

Confira a agenda esportiva do segundo fim de semana de novembro, em Boa Vista Mais um fim de semana chegando e as atividades esportivas seguem em Boa Vista-RR. Os destaques vão para as competições de futebol profissional e amador, para todas

as idades e modalidades, além de Voleibol e Corrida de Rua para fechar o domingo. Confira a agenda esportiva deste sábado e domingo. Última rodada do 2º turno

do Roraimense Sub-20 Hoje: Sampaio x Real-RR, às 16h e, logo após, Náutico-RR x River, às 18h. Todos os jogos são disputados no Estádio Ribeirão. A rodada definirá os Globoesporte.com

Agenda esportiva do segundo fim de semana de novembro, em Boa Vista

classificados à semifinal. Estadual de Futsal Sub-14 Sábado e domingo é dia de Campeonato Roraimense de Futsal Sub-14. No primeiro dia, Tiradentes e Buriti se enfrentam às 9h e em seguida tem o confronto entre Vivaz e Constelação, às 10h. As duas partidas encerram o primeiro turno e serão disputadas na escola Caranã. O returno já inicia no domingo (10), com os duelos Tiradentes x Constelação (9h) e Vivaz x Buriti (10h). Os dois jogos também ocorrem na quadra da escola Caranã. Seletiva do Constelação Os jovens talentos do futsal roraimense têm a oportunidade de fazer parte de um clube tradicional do estado, neste sábado. O Constelação realiza uma seletiva para atletas nascidos entre 2000 e 2005, a partir das 15h30, na quadra da escola Ferreirinha, no bairro Jardim Floresta. A avaliação é gratuita e os interessados podem se inscre-

ver na hora da seletiva. Antes de integrarem as equipes das categorias Sub-14 a Sub-20, os atletas aprovados na seletiva deste sábado devem ser avaliados novamente durante duas semanas, onde a comissão do Constelação analisará a evolução técnica e tática dos garotos. Estadual de Voleibol Infanto de Clubes Filiados O sábado também é de vôlei de quadra na escola Monteiro Lobato. Duas partidas serão disputadas, a primeira é válida pelo naipe feminino com duelo entre Azul Mania e Melbv, às 18h30. A rodada termina com o confronto Gressb x São Raimundo, pela modalidade masculina, às 20h. 6ª Copa Boa Vista de Futebol Amador A bola rola também nos gramados da Vila Olímpica Roberto Marinho, para as disputas da 6ª edição da Copa Boa Vista de Futebol Amador. Mais uma rodada inicia neste sábado, com três jogos: Barcelona x Sampaio

(16h30), Boa Vista x Brasileirinho (18h30) e Bonfim x Caburaí (20h30). No domingo, mais três partidas, sendo União x Norte, às 16h30; Paraná x Tiradentes às 18h30; e América x Os Badalados, às 20h30. Vale ressaltar que as partidas da primeira até a terceira fase são confrontos com jogos ida e volta e eliminatórios. Porém, a equipe que vencer no primeiro jogo com diferença igual ou superior a cinco gols, elimina a necessidade do jogo de volta e garante classificação direta à próxima fase. 3ª Corrida Azul e Rosa As inscrições da 3ª edição da Corrida Azul e Rosa já encerraram, mas o público que se interessar em prestigiar a Corrida pode comparecer na avenida Ville Roy para acompanhar o percurso de 7 km dos atletas no evento em prol da cura do Câncer. Os alimentos arrecados no credenciamento dos participantes serão doados às pessoas que enfrentam a doença no estado. (Globoesporte.com)


B10 Educação

Boa Vista, sábado, 10 de novembro de 2018

ENEM

Veja os possíveis temas que podem ser cobrados amanhã, no segundo dia do Enem 2018 Exatas e biológicas: neste domingo (11), as questões serão de Ciências da Natureza e Matemática Fábio Calilo

Chega à reta final do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2018. A primeira etapa da prova ocorreu no último domingo (4), onde os candidatos precisaram lidar com a temida redação. Porém, ainda não acabou. Amanhã ainda tem a segunda parte da avaliação do exame, com questões de Ciências da Natureza - biologia, química e física

Padrão O Enem vem mantendo um mesmo padrão nos últimos anos. Por esse motivo, é sugerido que os candidatos peguem provas anteriores e resolvam as questões

- e matemática. É difícil saber quais os temas que serão abordados nas 90 questões da prova em meio a tantas temáticas possíveis. Entretanto, o Enem vem mantendo um mesmo padrão nos últimos anos. Por esse motivo, é sugerido que os candidatos peguem provas anteriores e resolvam as questões. Com base nos exames passados, veja agora os possíveis temas que podem ser cobrados neste domingo. Matemática Razão e proporção é um dos temas possíveis e apesar dos alunos considerarem esse tema fácil, no Enem, eles podem aparecer contextualizados com exemplos de aplicação prática, como o lucro de uma

Os estudantes devem se atentar ao horário do fechamento dos portões para evitar ficar de fora, em Roraima os portões se fecham as 11:00

empresa ou os juros compostos de uma aplicação financeira. Ainda entre as questões de matemática, são relevantes os conteúdos sobre geometria espacial e funções. Ciências da Natureza Essa parte se divide entre Física, Química e Biologia e não há necessariamente 15 questões de cada uma dessas disciplinas, geralmente, os conteúdos são cobrados de forma interdisciplinar. Em Física, um

dos assuntos mais cobrados é mecânica e, em Química Geral, o assunto mais cobrado é Cálculo Estequiométrico, que envolve raciocínio lógico, razão e proporção. Já em Biologia, cerca de 35% da prova é sobre Ecologia, que se desdobra em temas como poluição e preservação ambiental, além de conceitos de sustentabilidade, agricultura e uso de defensivos agrícolas. Como será a prova? O esquema é o mesmo do

primeiro dia de exame. Os portões abrem às 12h e fecham às 13h, com início das provas marcado para as 13h30 (horário de Brasília). Uma novidade é que este ano os candidatos terão 30 minutos a mais, em comparação ao ano passado, para responder as 90 questões - serão 45 questões de Ciências da Natureza e 45 sobre Matemática. No total, serão cinco horas para responder a avaliação. No ano passado, o Ministério da Educação (MEC) já

havia mudado a divisão das disciplinas, com a aplicação das provas em dois domingos. No entanto, os candidatos reclamavam que o tempo de quatro horas e meia era insuficiente para resolver os cálculos exigidos no segundo dia do exame. Os gabaritos do Enem serão divulgados no dia 14 de novembro e, o resultado, publicado em 17 de janeiro de 2019. Caso você não consiga obter a pontuação necessária para in-

Professores dão dicas para o segundo dia de prova do Enem Amanhã, estudantes de todo o país farão as provas de ciências da natureza e matemática do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). A Agência Brasil conversou com professores que deram dicas de como se sair bem no exame. Segundo eles, é importante não desistir, mesmo que não tenha ido muito bem no primeiro dia de prova. “Não dá para abrir mão do segundo dia de prova de jeito nenhum”, disse a coordenadora pedagógica de ensino médio do Colégio Renascença, de São Paulo, Glaucimara Baraldi. “Não dá para considerar que o jogo terminou sem ter terminado

de verdade. Não dá para prever qual o tamanho da chance [de ser aprovado em uma faculdade], por mais que não tenha ido bem no primeiro dia”. Glaucimara orienta os estudantes a, no dia da prova, começarem pelas questões que têm mais facilidade, assim, sobrará mais tempo para as questões mais difíceis. Chutar, só em último caso. “Não deixe questões em branco. Em último caso, chutar, mas chutar usando algumas estratégias. Não é colocando tudo na B, por exemplo. É ler com atenção e descartar as alternativas mais absurdas”, aconselha. Fábio Calilo

No último domingo, muitos estudantes aguardaram a abertura dos portões acompanhado de seus familiares

Segundo a coordenadora, mesmo o segundo dia de exame exige interpretação. “Prestar bastante atenção pois o próprio enunciado da questão pode conter coisas para a resposta e até mesmo as próprias alternativas”. Ainda dá para estudar Mesmo a pouco mais de 24h para o exame, o professor de matemática do Anglo Vestibulares, também de São Paulo, Thiago Dutra, diz que ainda dá tempo de estudar, com tranquilidade. “Sempre nessa reta final, a gente fala para os alunos darem olhada nos assuntos que apareceram nos últimos anos do Enem. Razão e proporção é disparado o que mais cai em matemática no Enem”, diz. O estudo, no entanto, não pode ajudar a aumentar a ansiedade. Segundo Dutra, não é necessário resolver todas as questões. “Às vezes, só de olharem as resoluções das questões, que estão disponíveis na internet, já ajuda a associar ideias. O estudante consegue perceber padrão de raciocínio e esses padrões

são prováveis de aparecerem na prova neste final de semana”. Dutra aconselha os estudantes a relerem inclusive a primeira etapa do Enem, aplicada no último final de semana, quando os estudantes fizeram provas de linguagem, ciências humanas e redação. “Contextos criados nas questões de humanas podem ser aproveitados nas provas de exatas. O próprio tema da redação pode voltar a aparecer na prova de matemática”. O tema da redação deste ano foi “Manipulação do comportamento do usuário pelo controle de dados na internet”. Correção da prova A correção do Enem é feita usando a metodologia da Teoria de Resposta ao Item (TRI), em que o valor de cada questão varia conforme o percentual de acertos e erros dos estudantes naquele item. Dessa forma, um item em que grande número dos candidatos acertou a resposta será considerado fácil e, por essa razão, valerá menos pontos. Já o estudante que acertar uma questão

com alto índice de erros ganhará mais pontos por aquele item. O sistema de correção permite ainda detectar chutes, uma vez que cada item não tem uma pontuação fixa. Explicando de forma simplificada, se um candidato acertou apenas questões fáceis e uma difícil, ele ganhará menos pontos pela questão difícil do que outro candidato que acertou mais questões de maior dificuldade. Enem 2018 No último domingo, 4,1 milhões de estudantes fizeram o exame, registrando-se o menor percentual de faltosos desde 2009 24,9% do total de 5,5 milhões de inscritos. Foram aplicadas provas de linguagem, ciências humanas e redação. A nota do exame poderá ser usada para concorrer a vagas no ensino superior público pelo Sistema de Seleção Unificada (Sisu), a bolsas em instituições privadas, pelo Programa Universidade para Todos (ProUni) e para participar do Fundo de Financiamento Estudantil (Fies).

gressar no curso com ajuda dos programa de incentivo governamental, como ProUni, FIES e Sisu, não precisa se preocupar. Você pode também contar com a ajuda de programas da iniciativa privada, a exemplo do Educa Mais Brasil. Bolsas de estudo de até 70% são oferecidas para graduação e várias outras modalidade de ensino. Acesse o site do Educa Mais Brasil e veja todas as oportunidades disponíveis para o curso do seu interesse. A inscrição é gratuita.

Mesmo quem teve 1ª fase do Enem cancelada deve fazer provas no domingo Os participantes do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) que tiveram a aplicação da prova cancelada por falta de energia elétrica no último domingo (4) devem fazer o exame neste domingo (11). A orientação é do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep). Esses estudantes terão direito a reaplicação apenas das provas do primeiro dia. Dois locais de prova foram afetados: um em Franca (SP), com 993 participantes; e o outro em Porto Nacional (TO), com 759 pessoas. Em nota, o Inep diz que fará contato com esses participantes pelo e-mail ou SMS cadastrados na Página do Participante, alertando sobre a necessidade de comparecerem neste domingo. Segundo a autarquia, aqueles que tiverem qualquer dúvida também podem entrar em contato pelo 0800 616161 ou pelo canal de autoatendimento. Todos os anos, o Inep reaplica as provas do Enem para estudantes que não fizeram os exames por cancelamento da prova devido a problemas logísticos ou de infraestrutura, como por exemplo em caso de interrupção no fornecimento de energia elétrica. Em 2018, a reaplicação será nos dias 11 e 12 de dezembro.


Turismo B11

Boa Vista, sábado, 10 de novembro de 2018

BOA VISTA

Feirinha de Artesanato e Gastronomia leva riquezas culturais de Boa Vista a diversos cantos da cidade Neste final de semana a Feirinha de Artesanato e Gastronomia estará na Praça do Mirandinha, participando do IBVM Jazz Festival Andrezza Mariot

As feiras de artesanato são um dos primeiros locais que turistas procuram quando visitam uma cidade pela primeira vez. E em Boa Vista não poderia ser diferente. Apresentar a riqueza da cultura local é uma das missões da Feirinha de Artesanato e Gastronomia da Prefeitura de Boa Vista, coordenada pela Superintendência de Turismo da Fundação de Educação, Turis-

Cultura viva “O artesanato não é apenas uma arte, mas também a cultura de um povo refletida e, muitas vezes, passada de geração em geração. Além disso, é um setor da economia cujo crescimento possui alto potencial de geração de trabalho, renda e desenvolvimento turístico” Teresa Surita, prefeita de Boa Vista

mo, Esporte e Cultura (Fetec). De forma itinerante, a feirinha se tornou tradição cultural na cidade, como ocorre em diversas partes do mundo por ser vitrine da regionalidade de um lugar. Mas ao menos em Boa Vista, nem só de turistas vive a feirinhas, pois os próprios moradores a procuram todos os finais de semana quando bate a vontade de comer uma boa paçoca com banana ou tomar um licor com frutas da terra, por exemplo. Um dos principais diferenciais é a originalidade e a comercialização de produtos que não são confeccionados em larga escala e nem vendidos em grandes centros comerciais. “É muito importante perceber o crescimento da feirinha, que em pouco tempo ganhou um público fiel e acabou atraindo cada vez mais expositores e visitantes. Os próprios artesãos evoluíram e inovaram em seus produtos e é essa unicidade que agrega valor inestimável nas peças”, destacou Alda Amorim, superintendente de turismo da Fetec. Além da comercialização do artesanato, a Feirinha conta ainda com a venda de pratos típicos da nossa culinária e a

Themis Eloana

Neste final de semana a feirinha estará na Praça do Mirandinha, fazendo parte da programação do Novembro da Música

realização de oficinas que estimulam práticas sustentáveis aliando artesanato à conscientização ambiental, além de shows culturais com artistas locais. As edições semanais funcionam com 12 barracas e, nos grandes eventos, em torno de 20.

@sistersintravel

contato@sistersintravel.com

Ginjinha Espinheira Quase despercebida por ser uma singela portinha, a Ginjinha apresenta o melhor Ginja (lembra a catuaba!!) de Portugal. A bebida é a junção de ginjas (claro!!), aguardente, açúcar, água e canela, criada por frades da igreja de Santo Antônio, e faz o maior sucesso entre moradores e visitantes. Endereço: Largo de São Domingos, 8. Lisboa,

Ginjinha Espinheira

final de semana, por exemplo, estará na Praça do Mirandinha, fazendo parte da programação do IBVM Jazz Festival. Em seguida, estará nas programações de natal, com previsão de início no dia 1 de dezembro, na Praça de Eventos Fábio Marques Paracat.

sisters in travel

Em seguida, a Feirinha de Artesanato e Gastronomia seguirá para a Praça Germano Augusto Sampaio para o auto de natal e, após este período, entrará em recesso, retornando apenas no dia 18 de janeiro, de volta à Orla Taumanan.

Essayra Raisa

FOTOS: DIVULGAÇÃO

VIDA NOTURNA EM LISBOA Nada como terminar o dia de passeio em um barzinho descolado, apreciar as bebidas e petiscos locais e comtemplar o movimento de outra cidade. A famosa “Happy Hour” (Hora Feliz) está no mundo todo, inclusive na capital portuguesa, Lisboa. Separamos alguns barzinhos descolados e interessantes que merecem uma visita para finalizar ou começar a noite em Lisboa.

Itinerante A “Feirinha da Orla” funciona todos os finais de semana na Orla Taumanan mas, durante os eventos da Prefeitura de Boa Vista, acaba se deslocando para outros lugares onde há grande concentração de pessoas. Neste

Portugal. Horário de funcionamento: 09h as 22h (todos os dias) Pensão Amor Onde antigamente funcionava um prostíbulo e pensão para marinheiros, hoje funciona um dos bares mais descolados de Lisboa. Mantém ares brulescos, boa música e petiscos para acompanhar as boas bebidas servidas por lá. Endereço: Rua do Alecrim, 19. Lisboa, Portugal. Horário de funcionamento: Domingo a quarta: 14h as 03h Quinta a sábado: 14h as 04h CINCO Lounge Ambiente intimista e acolhedor é famoso pelo drink “Finders Keepers” (citronela, lima, gengibre e hortelã agitados com agave e caraterizado por Tanqueray noTen, gin e finalizado com cerveja

Foxtrot Bar

de gengibre) e os mojitos. A oferta de petiscos e comidas é bem restrita. Endereço: Rua Ruben A. Leitão, 17-A. Lisboa, Portugal. Horário de funcionamento: 21h as 02h. Park

Eis um rooftop (com visão 360o de Lisboa) ótimo para qualquer hora do dia. O ponto alto é ver o pôr do sol por lá e entrar no happy hour com música, bebida e comida de qua-

Sky Bar Tivoli

lidade. Não se deixe enganar, ele fica no topo de um edifício garagem (daí o nome Park – estacionamento em inglês!) Endereço: Calcado do Combro, 58 (piso 6). Lisboa, Portugal. Horário de funcionamento: Domingo: 13h as 20h Segunda a sábado: 13h as 02h Red Frog – Speakeasy Bar Famoso por apresentar bons drinks e quase nada de cerveja (apensas uma artesanal). Apresenta decoração des-

Red Frog – Speakeasy Bar

pretensiosa e Endereço: Rua do Salitre, 5-A. Lisboa, Portugal. Horário de funcionamento: Domingo é fechado Segunda a quinta: 18h as 02h Sexta e sábado: 18h as 03h

a música ao vivo. Endereço: Tv. Santa Teresa 28, 1200-405 Lisboa, Portugal. Horário de funcionamento: Domingo a quinta : 18h as 02h Sexta e sábado: 18h as 03h

Foxtrot Bar Um dos bares mais antigos e famosos de Lisboa, em estilo Art Decó (responsabilidade do famoso e in memorian Luís Pinto Coelho) e com influência de pub inglês, apresenta compartimentos para fumantes, belo rooftop com jardim (mega concorrido no verão) e a lareira disputada no inverno. O cardápio atende quase todos os paladares enquanto os cocktails agradam a todos, bem como

Sky Bar Tivoli Situado no 9o andar do Hotel Tivoli (hotel de puro luxo – cinco estrelas em Lisboa), apresenta uma liinda vista para a cidade de Lisboa. Possui um bar referência para a capital portuguesa e sofisticada (porém descontraída) decoração. Endereço: Avenida Liberdade, 185 (9o andar do Hotel Tivoli). Lisboa, Portugal. Horário de funcionamento: 16h a 00h (todos os dias)


B12

Editais/Variedades

Boa Vista, sábado, 10 de novembro de 2018

SEGREDOS DA FLORESTA

Povos indígenas Wai Wai e Baniwa fazem intercâmbio sobre a pimenta em pó Intercâmbio serviu para conhecer as etapas de produção e comercialização da iguaria Meline Cabral

Produtoras indígenas da etnia Wai Wai que habitam as cabeceiras do Rio Mapuera, no extremo norte do Pará, desde sempre produzem e usam a pimenta em pó (chamada na língua Wai Wai de “assissi”) em suas alimentações, havendo inclusive uma forte relação cultural. Porém, elas enfrentam problemas que limitam sua comercializa-

Fundamental Intercâmbio foi promovido por entidades que atuam na Amazônia aproximou indígenas da Wai Wai do povo Baniwa, para conhecer as etapas de produção e comercialização da pimenta em pó, iguaria fundamental na vida desses povos Experiências sobre a cultura, produção e comercialização da pimenta foram trocadas entre comunidades indígenas

ção. Para melhorar este processo, a Equipe de Conservação da Amazônia (ECAM) e o Instituto de Manejo e Certificação Florestal e Agrícola (Imaflora) intermediaram, dias 28 a 30 de outubro, um intercâmbio para elas conhecessem o formato de produção e comercialização da pimenta do povo Baniwa. O encontro, financiado via Agência dos Estados Unidos para o Desenvolvimento Internacional (USAID) e Swedish, aconteceu em São Gabriel da Cachoeira, no Amazonas, onde visitaram o escritório do Instituto Socioambiental (ISA) e a aldeia Yamado do povo Baniwa. Uma comitiva Wai Wai composta por produtoras, lideranças e Associação do Povo Indígena Mapuera (Apim) participaram da iniciativa, em uma troca de experiências e informações. Atualmente, as grandes dificuldades do povo Wai Wai em relação à comercialização da pimenta em pó estão nos custos de transporte para escoamento (a aldeia fica cerca de 3 dias de canoa ou barco do município mais próximo, Oriximiná), estrutura para produção da pimenta que atenda as exigências sanitárias para a comercialização, aquisição de embalagens apropriadas, emissão de nota fiscal, entre outros fatores

para então ser comercializada para outras cidades, estados e quem sabe países. Com o encontro, puderam analisar, a partir de um modelo semelhante e bem sucedido que são as pimentas produzidas pelos indígenas Baniwa, e acompanhar todo o processo de produção da pimenta para a comercialização, a estrutura organizacional necessária para a gestão financeira e o frutos que as produtoras Baniwa estão colhendo dessa comercialização.

Também puderam entender onde estão os desafios da sua produção e então aprimorar o próprio processo. Agora, as etapas começaram a se estruturar, em um trabalho de equipe que envolve diversas organizações e entidades. A Associação das Mulheres Indígenas da Região do Município de Oriximiná (Amirmo), que enviou representantes para os 3 dias de intercâmbio, ficou incumbida de catalogar os tipos de pimenta Wai Wai junto com

as produtoras indígenas das aldeias, por meio de um formulário. Isto é um passo importante para que se entenda melhor as variedades de pimenta e inicie uma organização das informações para estruturar a comercialização. Além do intercâmbio sobre a pimenta em pó, a equipe pode fazer uma visita à Federação das Organizações Indígenas do Rio Negro (FOIRNI), uma organização indígena que é exemplo de autonomia para as

ESTADO DE RORAIMA PREFEITURA MUNICIPAL DE UIRAMUTÃ

ESTADO DE RORAIMA PREFEITURA MUNICIPAL DE UIRAMUTÃ

AVISO EDITAL DE LEILÃO

EXTRATO DO CONTRATO PROCESSO N°: 122/2018 PREGÃO PRESENCIAL N°: 034/2018

A PREFEITURA MUNICIPAL DE UIRAMUTÃ, TORNA PUBLICO A QUEM O PRESENTE EDITAL DE LEILÃO VIREM OU DELE CONHECIMENTO TIVEREM,QUE AS 10:00 DO DIA 23 DE NOVEMBRO DE 2018, NO PATIO INTERNO, DA REPRESENTAÇÃO DE UIRAMUTÃ, SITO NA RUA ARNALDO BRANDÃO 905-A BAIRRO SÃO FRANCISCO, ESTÁRÁ REALIZANDO: LEILÃO PUBLICO PARA VENDA E ALIENAÇÃO DE BENS(VEÍCULOS DIVERSOS) PERTENCENTES AO ARCEVO DESTA PREFEITURA, CONSIDERADOS INCERVIVEIS É ANTIECONOMICOS AOS SERVIÇOS DA MESMA. O EDITAL COMPLETO E OUTRAS INFORMAÇÕES ESTARÃO Á DISPOSIÇÃO DOS INTERESSADOS, COM OS MEMBROS DA COMISSÃO OU COM O LEILOEIRO: OTONIEL FERREIRA DE SOUZA-MATRICULA 00182. TELEFONE PARA CONTATO: (95) 99972-2983. UIRAMUTÃ, 07 DE NOVEMBRO DE 2018 WILLIANS SILVA DE SOUZA MEMBRO DA COMISSÃO DE LEILÃO

OBJETO: AQUISIÇÃO DE 01 (UM) CAMINHÃO COM CAÇAMBA BASCULANTE CONVÊNIO N° 846601/2017-SUDAM; CONTRATANTE: PREFEITURA MUNICIPAL DE UIRAMUTÃ CNPJ nº. 01.612.681/0001-01 CONTRATADA: ANDRADE FILHOS COMÉRCIO E SERVIÇOS EIRELI CNPJ nº. 27.400.436/0001-24 PRAZO DE ENTREGA: 150 (CENTO E CINQUENTA) DIAS, CONTADOS DA ASSINATURA DESTE INSTRUMENTO. VALOR DO OBJETO: R$ 252.525,00 (DUZENTOS E CINQUENTA E DOIS MIL, QUINHENTOS E VINTE E CINCO REAIS). DATA DA ASSINATURA: 07 DE NOVEMBRO DE 2018. ASSINA PELA CONTRATANTE: MANUEL DA SILVA ARAÚJO PREFEITO DO MUNICÍPIO DE UIRAMUTÃ ASSINA PELA CONTRATADA: JEAN ALESSANDRO SILVA DE ANDRADE CPF nº 594.343.412-72

associações indígenas de todo o Brasil, e também aproveitaram para trocar e comercializar o artesanato Wai Wai na loja

Wariró, que possui artesanato de indígenas de toda a região do Rio Negro e agora também artesanato Wai Wai.


CLASSIFICADOS

ANUNCIE COM A GENTE

3623-3038 WHATSAPP 99137-0070

Boa Vista, SĂĄbado, 10 de Novembro de 2018 Rua Chico Lira, 252 -150 SĂŁo-Francisco, Alameda Canarinho, Canarinho,Boa BoaVista-RR Vista-RR- CEP - CEP69.305-093 69.306-580- -Fone: Fone:(95) (95)3624-6958 3624-6958- -Email: Email:comercial@roraimaemtempo.com.br comercial@roraimaemtempo.com.br

Total 1116 ofertas

Emprego 57 ofertas PĂĄgina 1

VeĂ­culos 378 ofertas PĂĄgina 1

ImĂłveis 310 ofertas PĂĄgina 8

Serviços 61 ofertas Pågina

Diversos 310 ofertas PĂĄgina 13

EMPREGO 460347 460446

460351

460359

459721

460372

459905

460376

460389 460353

460357

459682

460349 459714 460341 460377 459713 460348

261931

460382

460334

458980

261933 460363

459930

460366 460361

459928 459782

460326

460360 460428 460358 460328

VEĂ?CULOS

460339

CHEVROLET

459741

457856

460146 460633

460598 459710 460364

460430

460354

460346

460356 460355

460380

460373 459951

458939

460368

459931

460369

460331

Š2325781,'$'(ª (67$%(/,&,0(172)81&,21$1'2

6,67(0$'(021,725$0(172&20 &Æ0(5$6 32668,&$3$&,'$'(3$5$ &Æ0(5$6  )5((=(5'('8$67$03$6¾¾1292œœ )5((=(5&207$03$'(9,'52 3$5$&21*(/$'26 *(/$'(,5$&2075Ç63257$6 35$7(/(,5$6&(175$,6 0&$'$  35$7(/(,5$'(3$5('( 0  12%$,552/,%(5'$'(

2%6232172e$/8*$'2

35$7(/(,5$3$5$(67,9$ 0  &(175$/ 0,/%78Âś6  (;326,72535$)587$6(9(5'85$6 &20387$'25,17(51(7(7& (678)$35$6$/*$'2 (0%$/$'25$ %$/$1d$',*,7$/(',9(56$6 0(5&$'25,$6 .$'(7$12

460332

457829

460343 459972

5 PLO 

,1)250$dÂŽ(6  460345

460574


C2

Editais e ClassiďŹ cados Em Tempo

/,*8(   9(1'(

$WXDOL]DGRHP

Boa Vista, SĂĄbado, 10 de Novembro de 2018


Editais e Classificados Em Tempo

Boa Vista, Sábado, 10 de Novembro de 2018

$6$%5$1&$

$/8*$

&$0%$5É

$/8*$

 

&DVDFRPGRUPLWyULRVVHQGRVXtWH VDOD FR]LQKD  ZF VRFLDO iUHD GH VHUYLoRVYDUDQGDHSRUWmRHOHWU{QLFR

$/8*$

&DVDFRPGRUPLWyULRVVDODFR]LQKD ZFVRFLDOHiUHDGHVHUYLoRVJDUDJHP HSRUWmRGHFRUUHU

&$0%$5É

&DVDFRPGRUPLWyULRVVHQGR 7HUUHQR SDUD JXDUGDU FDPLQK}HV  VXtWHZFVRFLDOVDODFRPFR]LQKD RXPiTXLQDVSHVDGDVRXFRQWHQHUV  DPHULFDQDiUHDGHVHUYLoRV JDUDJHPFREHUWDHSRUWmRHOHWU{QLFR FRPHVFULWyULRFRPZFVRFLDO 

 

$/8*$

  

&DVDFRPGRUPLWyULRVVHQGR VXtWHV ZF VRFLDO VDOD  FR]LQKD iUHD GH VHUYLoRV YDUDQGD JDUDJHPFHUFDHSRUWmRHOHWU{QLFR

$6$%5$1&$

$/8*$

*DOHULD FRPHUFLDO  VDODV FRSD FRPSOHWD FRRNWRS JHODGHLUD PLFURRQGDV ZF FRP ([FHOHQWHLPyYHOFRPHUFLDOFRP DFHVVLELOLGDGH ZF PDVFIHP  UHFHSomR FRP VDOmRDPSORZFVRFLDOH &)790RQLWRUGHWYDUPiULRVEDOFmREHEHGRXUR HVWDFLRQDPHQWRURWDWLYRSDUDFOLHQWHV VDODV FOLPDWL]DGDV SHUVLDQDV DODUPH LQGLYLGXDO FHUFD HOpWULFD H JDUDJHP SULYDWLYD   

$/8*$

&,'6$7e/,7(

$(5232572

  

$/8*$

$/8*$

&DVD FRP  GRUPLWyULRV VDOD FRP FR]LQKD DPHULFDQD ZF VRFLDO iUHD GHVHUYLoRYDUDQGDJDUDJHPDODUPH FHUFDHSRUWmRHOHWU{QLFR

&(17(1É5,2

  

$/8*$ 



,PyYHOFRPHUFLDOLVHQWRGH,378iJXDHOX] FRPVHUYLoRGHOLPSH]DFRSDHFDIH]LQKRLQFOXVR 6DOD Pò 5 6DOD Pò 5 6DOD Pò 5

 



 

&DVDFRPGRUPLWyULRVVHQGR VXtWHFRPFORVHWVDODFRPFR]LQKD DPHULFDQD iUHD GH VHUYLoRV H JDUDJHP

3$5$9,$1$





&(17(1É5,2

$SDUWDPHQWRFRPGRUPLWyULRV VHQGR  VXtWH VDOD FRP FR]LQKD DPHULFDQD ZF VRFLDO iUHD GH VHUYLoRVJDUDJHPFKXUUDVTXHLUD FRPXQLWiULD FHUFD H SRUWmR HOHWU{QLFR

&DVDFRPGRUPLWyULRVVDODFRP FR]LQKDDPHULFDQDZFVRFLDOiUHD GHVHUYLoRVJDUDJHPFHUFDH SRUWmRHOHWU{QLFR

  

$/8*$  

&DVDFRPGRUPLWyULRVZFVRFLDO VDOD FRP FR]LQKD DPHULFDQD iUHDGHVHUYLoRVJDUDJHPHSRUWmR HOHWU{QLFR

  

&(1752

   $/8*$  

,PyYHO FRPHUFLDO FRP H[FHOHQWH ORFDOL]DomR PHGLQGR Pò  HVWDFLRQDPHQWRSULYDWLYRUHFHSomR ZF VRFLDO   VDODV

ZZZDPD]RQLDLPRYHLVFRP

/,%(5'$'(



  

$/8*$

 

$/8*$

$WXDOL]DGRHP

9(1'( $/8*$

&(1752

  

 

3$5$9,$1$

C3


C4

Editais e Classificados Em Tempo

Boa Vista, Sábado, 10 de Novembro de 2018

CHEVROLET

FORD

459963

460088

460054

459997

459976

460093 459985

460087

459956 460062

460187

460186

459993

460074

459989

460095

459957

460063

460185

460090

459982 459709 460630

459959

460077 459954 460107

460174

459953

460085 460079

459981 460101 460173

460184 459707

460170

460080

460060

460179 460114

460175 460183

459971 459961

460057

459984

460111

460076 460180 459977 460182 460065 460429

459958

460176

460178

460053

460078 460120 459974

459970

459995

460177

460055

FIAT

460135 460069 460075

460181

460058

460133

459973

460072

459999 460048

460052

459964 460102 460084

459987

460081

460188

459969

460049

460071

CLASSIFICADOS

99137

EM TEMPO

0070 460125


Editais e Classificados Em Tempo

Boa Vista, Sábado, 10 de Novembro de 2018

FORD

C5

HONDA 460160

458101

451803

457511

460131 460073

460161

454499

459314

459979

460129 458675 458674 460159

459352 460070 460127

459307

459988

457541 460109

460163

460625

RENAULT 458662 460002

460123

460089 460092 448976

458105

460122 460152

459357

460094 448857 459302

460118

460091

460153

460086

457494 459980 460099

460154 453102

460083

458110 458100

460097

455296 460108

460156

460082

459315

458642

HYUNDAI 452389

460155

TOYOTA

460113

458102 459996

454506 460112

452741

460158 454471 459967

459350 457508

460105

459983

460157 459968

460632

458097

459359

456222 460162

460116

457558

CLASSIFICADOS

99137

EM TEMPO

0070 459991

454826

448940


C6

Editais e Classificados Em Tempo TOYOTA

Boa Vista, Sábado, 10 de Novembro de 2018

VOLKSWAGEN 460010

460624

460037

OUTRAS MARCAS 460573

454475

460006 460194

460040

460015 454470 460142 460019 460192 458647

460005 459986

460042 460141

453476

460039

459990 458254

455339

460044

457485 460032 460198 460628 460009 453510 457493

460195

460030

459998 460014

456882

458641

460196 460034 452358

459975 460021 448968

460017

460043 457498

459711

460190

460012 460007 454472

452395

459992

452394

460001

460008 460022 455337 460003 460011

456231

460191

460456

456198 460020

456232 460000 453125

460013 460029 460035

459978

459994 455333

460024

460004

460018

460016

460197

460026

460193

460189

458785


Editais e Classificados Em Tempo

Boa Vista, Sábado, 10 de Novembro de 2018

C7

OUTRAS MARCAS 460059 457597

458190 456316

458172

458241 456310 457523

460455 458166 452307 458239

457593

460046

459331 456248 460033

458240

454494 457592

459333 456850

459327

460144

459410

460068 446609

453491

459407 459330 457595

458150

457594

460045

455268

458128 460145 459405 458694

457521 458134

458162 460143

458706 460626

458154 460067 460027

458244

458783

458702 460064 458131

458245

458178

CAMINHÕES E TRATORES 458242

459334 458728

457519

458731

458175 457596 460066

460023 453

460041

458784 458170

453498 460050

438854

460627

456847

458699

458182

458726

458721

458186

460038

458135

458701

458724

458133

456266

458708 458776 454493

458243

458703

458727


Editais e Classificados Em Tempo

C8

Boa Vista, Sábado, 10 de Novembro de 2018

BELA VISTA

CAMINHÕES E TRATORES 460611 459704

459041

460147

459449 459936

460028

459750

459780 460609 460061 460473 460604 460612

422085

460463

CAIMBÉ

BURITIS

460047 459705 459712 424167

IMÓVEIS 460056

ARACELI

460618

460476

460470 460464

VENDA

ASA BRANCA 460478

460036

460614

AEROPORTO 460619 290609 460623 460051 460465

460460 460606 459760

460031 459727

389016

460617 460461

CALUNGÁ ALVORADA

460025

380272

460605 459728

MOTOS 460471 460620

460466

460479

CAÇARI

460150

BAIRRO DOS ESTADOS

460607 460601

459725

458047 459735

460608 460468

CAMBARÁ 460462

460602

460616

APARECIDA

459067 458049

460603 460467

CLASSIFICADOS

460613

ANUNCIE

EM TEMPO

459068

GRÁTIS

99137-0070 460615

460610

459040

460469

CLASSIFICADOS

99137

EM TEMPO

0070


Editais e Classificados Em Tempo

Boa Vista, Sábado, 10 de Novembro de 2018

C9

JÓQUEI CLUBE

CAMBARÁ 415199 460505 460485

CIDADE SATÉLITE

JARDIM FLORESTA 458983

460442 460513

459173

460450 460500

460506 460514

459764

460487

460169

460501

LIBERDADE

459758

429058

OPERÁRIO

440113 459718

459166

CANAÃ CENTENÁRIO

459788 459726 460523

MECEJANA CINTURÃO VERDE

419186

PARAVIANA

460480

JARDIM OLÍMPICO 460489 427932 460482

460490 459767 456785 459124

460518

NOVA CIDADE

428053

442178 460507 459765 460524 415200

JARDIM PRIMAVERA

CANARINHO

459769 460520 459937

CONJUNTO CIDADÃO 460453

CENTRO 460509

460521

459740 460525

CARANÃ 459770

460503 459752 460494

459945

PINTOLÂNDIA

460483 459946 460511 460444

JARDIM TROPICAL 460492 460484 459719

459799

460504

CAUAMÉ 459768

JARDIM EQUATORIAL

460512

459801

460486

460498

274702

459943

436609

CLASSIFICADOS

99137

EM TEMPO

0070


C10

Editais e Classificados Em Tempo

Boa Vista, Sábado, 10 de Novembro de 2018

SÃO VICENTE

PINTOLÂNDIA 459157

460629

460558 459716

SANTA LUZIA 460526

460575

394272 460534 459942 457857

PRICUMÃ

460560

TRINTA E UM DE MARÇO

459171

415851

SANTA TEREZA 387370

460527

460452

460561

SENADOR HÉLIO CAMPOS

460449

460536 460563 459170

460576 460443 459941 460550 460529

460165

460546

459766 459940

SÍLVIO BOTELHO

460564 460577

460551

SÃO BENTO

460578

460552 460151

386646 448158

460566

459938 460567

460547

460330 460555

PISICULTURA TANCREDO NEVES

460532 460540 460445 460548 460570

460556

460543

460557 459156

460579

459708 460572

TREZE DE SETEMBRO 459939 460533

CLASSIFICADOS 99137 CLASSIFICADOS

99137

EM TEMPO

0070

EM TEMPO 0070 460549

460631

442654

460580


Editais e Classificados Em Tempo

Boa Vista, Sábado, 10 de Novembro de 2018

C11

TERRENOS URBANOS 460499 460497

459778

460589

460582

460502

460530

459762 460519

460472 459933 460590

459786

460516

458808 460581

460510 459792

459800

460591

460522

459777 460538

460600 460475

460592 411920

460583

460544 374816 459860

460621 460477 460593

460545

460496

460167

459787 460584 459947 460537

459828

460531 460594 460495 460149

460585

459834

460595 460457 460448 459944

460586

459804

459706

460517

460493 460168 460596

460542

460508 460587 459790 460539 460488 460597

459850

CLASSIFICADOS

460588

ANUNCIE

GRÁTIS

EM TEMPO

460515

460541

460528


C12

Editais e Classificados Em Tempo

Boa Vista, Sábado, 10 de Novembro de 2018

CANTÁ 460119 460622

459962

460171

459900

459960

460138

459897

460491 405961

460115

459450 460553

459878 460103

OUTROS

456819

460121

AMAJARI

460481

460126

460569

460148

456823

IMÓVEIS RURAIS

460447

PONTOS COMERCIAIS

458046 459885 460164 456824

459949 460571 460096

458310 460568 459901

459948

457516

MUCAJAÍ

460098

SERVIÇOS E NEGÓCIOS

459891 460124

453901 460559

460134 459888

PACARAIMA

458803

460242

460136 394271 460565

460230 460104

BONFIM

460137

459411

459950

RORAINÓPOLIS 460271 460117 460106 459131

459952

459893

SÃO JOÃO DA BALIZA 460269

460128 459776 459966 460554

460130 460110

CLASSIFICADOS

460562

ANUNCIE

459955

460199

EM TEMPO

GRÁTIS

99137-0070 460132

460100

459965

459895

460224


Editais e Classificados Em Tempo

Boa Vista, Sábado, 10 de Novembro de 2018

C13

SERVIÇOS E NEGÓCIOS 460204 460292 460222

460166

460221

ANIMAIS 429268 459934

459684

460276 460245

460172 460238

459935 460205

460296 460243

460212

460249 459932

460291

DIVERSOS

459732 457605 460213

460290 460206 460219 460254 460259 460284 460247

460211

460280

296536 460209

460236 460282 460298 460223 460240

460234 460302 460235

460214

460233

460220

460244 458045 460278

460232 460273

460288 459321 460229 460283

459448

460274

460226 460225

460253

460289

460297

460217

460201

460203

459745 460237 460256

459906

460293 460227

460215

460202 460266 460306 460307

460272

460207

460304

460263

460231

460295 111710 460216

460599 460250

460218

460285

459683

450737

460267

460300

460241 460252

459685

460208

460246

459495

460200

460294

459730

460210


C14

Editais e Classificados Em Tempo

Boa Vista, Sábado, 10 de Novembro de 2018

ANIMAIS 460281

460350 458044

460321

460311

460320

460401

460239

460264

460365 460228 460400 460312

460265

BICICLETAS

460322 460352 460309

460268

460403

MÓVEIS

460335

460381

460305

460275

460370 460301

460287

460410

460338

ELETRODOMÉSTICOS 460374 460324

460277

460404

460261

460325 460286 460344

460317

460459

460323

460392

VÍDEO GAME

460303

SOM E IMAGEM

460270

REFRIGERAÇÃO 460310 460319 460279

458048 460395 460390

460255

460342

459717 460337

460405

460257 460367

460308

460391 460329

460408

460251

460371

460336

459169

460315 460262 460406 460340

460378 459174

460248 460399

460316 459715 460375 460258

460393 460314 460327

460402

460379

460260

460397 460333 460396

460299

460458

460313

CLASSIFICADOS

99137

EM TEMPO

0070 460362

460398

460394


Editais e Classificados Em Tempo

Boa Vista, Sábado, 10 de Novembro de 2018

C15

OPORTUNIDADES E NEGÓCIOS

TELEFONES 453895 459419

455901

459428

459664

459420

457814

459640

453894 460388

459929

460384

456943

459744

460435 454571 459415

460383 455848

458466

460437

453906 455847 460387 458454 453917

460454 459447

455842

457816

459561 459431 459423 459644

459701

ARTIGOS PARA BEBÊ

456570

459672

459418 460451 460436 459673

459720 453907 460386

PEÇAS E ACESSÓRIOS 459703 459665 456957

458461

MÁQUINAS E EQUIPAMENTOS

459559

459421

459667

459426 458460 459558

456894 460438

459674 455844 455897 459427 459433 460385

459675

455902 460439

459425

453914

459666

459424

459660

459663

459642 459417

459699 459655

459560 456929 454567 459696

458456 459668 455851

459422 459414 459175

458462 459658 458415 459429 459416

460441

457817 459662

457691

454554

459432

459652

CLASSIFICADOS

99137

EM TEMPO

0070 460440


C16 Editais e ClassiямБcados Em Tempo

Boa Vista, S├бbado, 10 de Novembro de 2018

INSTRUMENTOS MUSICAIS 460413 459671

457792

457797

460422

460418 458936 456569

452527

457784

460409

454778

460423

458952 457772

454799

454783 458969

460421

458942 458922

456542

SUPRIMENTOS E INFORM├БTICA

452521 459676

460416 456533

457803

449420

460424

459680 456559

458948 460140

460431

460427 459678 458978 457780

460425 456538

460420 457778 460432

456519 454793 456566 460419 458941

459753

460415 460139

454780

460407 458928

460434 456563

460414

456549

453691

457782

460433 460412 453683 458977

CLASSIFICADOS

99137

EM TEMPO

0070

460417

458940

ANUNCIE GR├БTIS C├ВMERAS DIGITAIS

460411

460426 457788

$& &RQVWUXomR $5(,$  P 5 0e',$ $5(,$ P 5   ),1$



%$552 P 5   3,d$55$ P

 5   

5

$7(552 P 6(,;2 DSDUWLU P 5 FDGDPW FDGDPW %5,7$ DSDUWLU P 5  7,-2/26

IXURV

*'

5





(175(*$0261$&,'$'((,17(5,25



&HUkPLFD6%

7(/+$'(%$552 7LMRORIXURV 7LMRORWLSR) 7LMROR) &DSRWHS7HOKDGR &DQDOHWDS&LQWD /DMRWDS/DMH %ORFR(VWUXWXUDO 7LMRORV$SDUHQWHV

 $&(,7$026 72'2626  &$57┬п(6 ',675,72,1'8675,$/61

'(3├Р6,725

CLASSIFICADOS



35202d┬о2

$UHLD 0 0pGLD 0 $UHLD 0 *URVVD 0 $UHLD 0 )LQD 0 0 %DUUR 0 0 6HL[R 0 0 %ULWD 0

  5  5  5  5  5  5  5  5  5  5  5 

458944 457787

EM TEMPO

5

458925

99137-0070 Compra, Venda e Aluga

458931 458924

$SDUWLUGHPWVDLDFDGDPW

458946

458926

Jornal Roraima em tempo – edição 1079  
Jornal Roraima em tempo – edição 1079  
Advertisement