Page 1

Ano XII | Número 572 Direção: Antonio Carlos Sobral Praia Grande, 16 a 22 de agosto de 2019

EDUCAÇÃO | Página 4

SAÚDE | Página 5

5ª turma do Time do Emprego

remessa de modernos equipamentos

Hospital Irmã Dulce recebe nova SECOM

SECOM

Benefícios são diagnósticos mais precisos e maior eficácia nos tratamentos

Um currículo atrativo pode levar um candidato a uma entrevista de emprego. Por isso, em Praia Grande, estão abertas inscrições para a 5 ª turma do Programa Time do Emprego, uma parceria entre o Estado e Administração Municipal, por intermédio da Subsecretaria de Assuntos da Juventude (Subjuve). Ao longo das aulas, os participantes recebem orientação profissional e de carreira. Quando o curso chega ao final, o profissional está apto a buscar uma oportunidade no mercado de trabalho e ainda passa a ter noções de empreendedorismo. No curso, os estudantes a troca de experiências. No total, são dez encontros que ocorrem ao longo de duas semanas.

REVITALIZAÇÃO | Página 6

Revitalizado, Portinho se consolida como um dos principais pontos turísticos de PG Moderno deck e novos quiosques são destaques das obras

TRÂNSITO | Página 12

Governo determina suspensão do uso de radares móveis em rodovias federais COTAÇÕES

Bolsonaro diz que suspensão começa na segunda-feira (19) DÓLAR EM 15/08

1,00 = R$ 4,00

US$

EURO EM 15/08

1,00 = R$ 4,47

EU$


2 Redação

Praia Grande, de 16 a 22 de agosto de 2019 TUDO EM DIA | Antonio Carlos Sobral

ARTIGO | Antonio Carlos Sobral

O Brasil tem futuro?

Que vergonha... Nós, cidadãos de Praia Grande, sofremos uma grande humilhação ao assistirmos nesta última terça-feira o apresentador do BDSP (Bom Dia São Paulo), Rodrigo Bocardi, da rede Globo, falar que está difícil até para morrer, na cidade. O Instituto Médico Legal está fechado e não se sabe quando ou se vai reabrir. A sociedade praiagrandense votou no governador para ele fazer isto? Essa resposta poderá ser dada pelo coordenador da campanha, Alberto Mourão! Bomba no sindicato(?!) será? Ex-diretores podem colocar suas barbas de molho em relação ao plano de saúde. Servidores sindicalizados estavam sendo espoliados pelos responsáveis da entidade. Logo, logo matéria completa sobre as manobras que deixavam o plano de saúde do contribuinte mais caro. Aguardem, amigos funcionários públicos! O novo Portinho!

Quem não tem passado, não tem futuro! O nosso passado é hoje. Vamos construí-lo! “A paz no futuro se constrói com as glórias do passado”, disse o poeta cuja inspiração louvamos cada vez que cantamos o nosso Hino. Tudo depende de nós, aqui e agora! O futuro de um país se constrói pelas mãos dos seus cidadãos, que somos nós. De carne e osso. E sonhos... Conflito no seio da sociedade é atentado ao futuro da Nação. Nosso desafio atual é conseguir reintegrar alguns brasileiros inconformados que insistem em olhar pra trás com saudades do que era, mesmo que aquilo tenha nos dado a vergonha de ficamos conhecidos como cidadãos de um país onde a falta-de-vergonha pulula (também me envergonho do quase-pleonasmo!). A recuperação de um equilíbrio depende do expurgo do que lhe afeta. Precisamos de todos os cidadãos no expurgo do mal

e na reconquista da honra de todos. Mesmo divididos, temos que reconhecer que somos todos brasileiros, no mesmo barco; não remando na mesma direção, não vamos sair do lugar. A Pátria precisa conquistar glórias para construir a paz no futuro. Sem Pátria, um cidadão não tem identidade. A recíproca é verdadeira: uma Nação não existe sem cidadãos. É como um clube de futebol: um time sem jogadores não é um time e um jogador sem time não pode jogar. A relação entre os jogadores do time é como a cidadania: todos por um e um por todos. Sem solidariedade entre os jogadores, o time não pode vencer, assim como sem solidariedade entre os concidadãos, uma Nação não pode ter futuro. Os cidadãos só resolvem suas diferenças com outros cidadãos preservando o sentimento comum do patriotismo. “Dos filhos deste solo és mãe gentil” e, como tal, se engrandece com a solidariedade entre eles.

Uma sociedade dividida adoece uma Nação que, desarticulada internamente, se fragiliza e vira presa fácil de predadores-forasteiros disfarçados de protecionistas-ecologistas. O ataque atual à nossa competência de proteger a nossa Amazônia que o diga. Muita calma e prudência nessa hora! O fio que tece o tecido de uma sociedade é o patriotismo; une um cidadão ao outro e, todos juntos, à Nação, seu último e sagrado refúgio. Seria possível tecer o tecido de uma sociedade com fio imaginário? Fios imaginários conduzem a sonhos, mas não ao futuro. A solidariedade é a origem de tudo. É a base da moral de cada cidadão e da ética da cidadania. A Bíblia de uma Nação é a sua Constituição. É o Templo do Princípio da Fé e da Honra. O Futuro do País será a Paz entre seus Cidadãos ou não será! Por uma Nova Constituição de Princípios! Viva o Futuro do Brasil!

Com 32 quiosques e churrasqueiras, deck para pesca de frente para o Mar Pequeno, quadra de tênis, futebol de salão, restaurante e espaço ambiental, a área de Lazer Ézio Dall’Acqua é sem dúvida o maior e mais belo complexo cultural, de esporte e lazer da nossa região. Uma área que permite a convivência saudável entre pessoas de todas as faixas etárias, desde o jovem até a melhor idade. Não deixe de conhecer! Vila Caiçara de cara nova A Praça Nossa Senhora de Fátima está sendo totalmente remodelada. Em breve, o bairro Caiçara receberá um belo espaço de lazer com: feira de artesanato, área de alimentação, banheiros públicos e área de apoio. Esta obra complementa o projeto de revitalização dessa região. A Avenida já recebeu nova rede de drenagem e implantação de duas pistas em cada mão de direção, beneficiando a região com mais vagas de estacionamento e projeto paisagístico diferenciado, além da atenção especial no que se refere à acessibilidade. Muito mais Saúde... Hospital Irmã Dulce recebeu uma nova remessa com centenas de modernos equipamentos. Entre eles: máquinas de hemodiálise, incubadoras, cardiotocografo, eletrocardiograma, autoclave, camas elétricas, processadora automática para os capilares da nefro, aparelho de emissão otoacustica, bisturi elétrico, poltronas, macas, cadeiras de rodas, entre outros. A ação faz parte da modernização dos equipamentos médicohospitalares que reflete diretamente na melhoria da qualidade do atendimento ambulatorial e hospitalar em Praia Grande. Dia Internacional da Juventude (12/08) Acreditamos que o melhor caminho para um futuro promissor é investir em políticas públicas voltadas aos nossos jovens. Eles são multiplicadores de todo conhecimento e vivência adquirida nos programas pelo país afora.

O Regional PG é uma publicação da PGN9 Editora, CNPJ 57.736.316/0001-63 - Fundada em 07/03/1989 E-mail: contato@pgn9.com.br | Diretor Responsável: Antonio Carlos Sobral | Editoração Gráfica: Rogério Sobral Publicidade: Eduardo Nonato - Telefone: 13 | 99164-8285 Jornalistas responsáveis: Antonio Carlos Sobral - MTB 63062 | Rogério Sobral - MTB 62970 Departamento Jurídico: Joaquim Fernandes Advocacia - OAB/SP 142187 - Rua Martin Afonso, 148 - Santos Impressão: Gráfica Diário do Litoral, Rua Gal. Câmara, 254 - Centro - Santos, CEP: 11.010-122 Matérias assinadas são de responsabilidade de seus autores, assim como opiniões emitidas em artigos assinados


Cidade 3

Praia Grande, de 16 a 22 de agosto de 2019 PRAIA GRANDE | Social

PRAIA GRANDE | Social

Baila Comigo promete animar moradores no Bairro Ocian

Concurso de Miss e Mister Melhor Idade PG está com inscrições abertas

Já virou mania! Final de mês tem Baile da Melhor Idade em Praia Grande. Em agosto é a vez do Bairro Ocian receber o Baila Comigo. Será no dia 29, no calçadão da praia, pertinho da unidade do Conviver. Capriche no figurino e arraste a san-

dália no ritmo mais famoso do Nordeste. A festa começa às 19h e será ao som da cantora Nanda Queiroz, com o show “Forró Nosso de Cada Dia”. Os convidados não precisam se preocupar com a previsão do tempo, SECOM

O formato do evento é voltado aos moradores de Praia Grande que estão na chamada ‘Melhor Idade’

SECOM

Desta vez, o tema será forró; a participação é aberta a toda comunidade já que o baile será coberto, com o uso de tendas. O Baila Comigo é promovido por meio de uma parceria do Fundo Social de Solidariedade, secretarias de Assistência Social (Seas) e de Cultura e Turismo (Sectur) praia-grandense. O formato do evento é voltado aos moradores de Praia Grande que estão na chamada ‘Melhor Idade’, no entanto outros públicos também podem participar. A presidente do Fundo Social de Solidariedade de Praia Grande, Maria Del Carmen Padin Mourão, a Maruca, comemora o sucesso das edições anteriores do Baila Comigo. “ De nada adiantaria fazermos este evento se o público não aproveitasse. As pessoas se divertem, dançam, levam os familiares. Espero todo mundo na próxima edição”. Outras informações podem ser obtidas nas unidades do Programa Conviver do Bairro Ocian ou pelo telefone 3496-5061.

Eleitos representarão terceira idade nos eventos oficiais da Cidade

O tradicional concurso de Miss e Mister Melhor Idade de Praia Grande está chegando. Para participar é preciso ter mais de 60 anos e morar no Município. As inscrições serão realizadas no Programa Conviver ou na Secretaria de Assistência Social da Cidade. Os eleitos representarão a Terceira Idade nos eventos oficiais do Município. As inscrições para o concurso são gratuitas e poderão ser feitas até 10 de setembro. O evento irá acontecer no dia 20 de setembro, no teatro do Palácio das Artes. O objetivo do concurso é valorizar a beleza e o charme das pessoas de melhor idade. Promover uma chegada à terceira idade de forma saudável e ativa. Os requisitos para a partici-

pação do concurso são: ter no mínimo 60 anos de idade, residir no município de Praia Grande e participar de forma efetiva em espaços do Programa Conviver ou entidades autorizadas. Com trajes sociais, terno e gravata para os homens e vestido longo para as mulheres, charme, elegância, simpatia, postura e respeito fazem parte do critério de avaliação dos jurados. O casal vencedor irá receber faixas e prêmios, além de representar a Cidade em eventos que forem convidados. Os jurados darão notas de 5 a 10 e com a soma das notas serão definidos os vencedores. Além dos títulos de Miss e Mister Melhor Idade, serão escolhidos também os vencedores do concurso de Miss e Mister Simpatia.

PRAIA GRANDE | Social

O concurso Miss Kids Brasil, realizado no mês passado, em Praia Grande, arrecadou 17 pacotes de fraldas geriátricas que foram entregues na sexta-feira (9), no Fundo Social de Solidariedade de Praia Grande. Os materiais serão repassados à idosos atendidos nas instituições do Município. O Miss Kids Litoral, recebeu diversas crianças de 3 a 13 anos, divididas em três categorias (3 a 6anos, 7 a 9 e de 10 a 13 anos). Quem participou do evento foi incentivado a doar fraldas geriátricas, com o objetivo de ajudar uma ação social. A entrega foi realizada pela

miss simpatia da categoria 7 a 9 anos, Manuela Menezes Costa Machado, de 8 anos, moradora do Bairro Antártica. Na ocasião, ela aproveitou para entregar para a presidente do Fundo Social, Maria Del Carmen Padin Mourão, a Maruca, o convite para a próxima etapa do concurso. Maruca agradeceu a iniciativa e parabenizou a menina pelo resultado no concurso. “Ficamos muito felizes com iniciativas como esta. A Manu é uma menina muito bonita e simpática. Torço por ela”.

Miss Kids Litoral São Paulo, que será realizado em Praia Grande, no Buffet paraíso Prime no dia 8 de setembro, às 17 horas. Para assistir basta entrar em contato com a organização, buscando nas nas redes sociais a empresa Lunna Models Brasil. Os classificados nesta segunda etapa vão para a etapa nacional, o Miss Kids Litoral Brasil, onde os vencedores podem ganhar gerenciamento de carreira.

Próxima etapa – Quatro colocadas de cada categoria foram classificadas para a próxima etapa, o

Materiais foram arrecadados durante concurso de beleza infantil em

PG

SECOM

Fundo Social de Solidariedade de Praia Grande recebe doação de fraldas geriátricas


4 Cidade

Praia Grande, de 16 a 22 de agosto de 2019

PRAIA GRANDE | Educação no Trânsito

Mais de 5.500 estudantes de PG participam de palestras sobre trânsito e ações em pista miniatura desembarque correto de crianças, a importância da utilização da cadeirinha e do respeito à sinalização viária vigente. Já no projeto “Escola de Trânsito Móvel”, os agentes da Seção de Educação de Trânsito da Setran dão dicas de segurança viária para os estudantes. A ação consiste em um circuito em miniatura itinerante que conta com faixas de pedestres, cruzamentos, placas de sinalização, semáforo e lombada eletrônica. Durante a atividade, os alunos, utilizando bicicletas e triciclos, vivenciam situações viárias semelhantes as reais. Atualmente, as ações estão sendo realizadas pela Setran nas Escolas Municipais, José Júlio Martins Baptista, Bairro

PRAIA GRANDE | Juventude

Sítio do Campo; Sérgio Dias de Freitas, Bairro Cidade da Criança; Newton de Almeida Castro, Bairro Vila Sônia; Profª Elza Oliveira de Carvalho, Bairro Glória; Ronaldo Sérgio Alves Lameira Ramos, Bairro Sítio do Campo; e José Ribeiro dos Santos Cunha, Bairro Glória. De acordo com o secretário de Trânsito de Praia Grande, Marcelo Afonso Prado, o aprendizado gera a mudança de atitudes e a adoção de comportamentos seguros resulta na melhoria da segurança no trânsito. “A melhor maneira de evitar acidentes e infrações no trânsito é a orientação. E ensinar desde a base que o respeito às regras de trânsito evita

acidentes é muito importante, pois assim estes estudantes além de passarem seus conhe-

cimentos aos pais, também serão os motoristas prudentes de amanhã”, concluiu. SECOM

Estudantes de escolas municipais de Praia Grande recebem constantemente ações educativas pela Secretaria de Trânsito (Setran), que visam demonstrar desde cedo a importância do respeito às normas viárias para a segurança de pedestres e condutores de veículos. E desde o início do ano, 5.700 estudantes participaram destas ações, que incluem palestras educativas e atividades com o auxílio da “Escola de Trânsito Móvel” (circuito viário em miniatura). Somente nos primeiros dias do mês de agosto, 930 alunos foram atendidos e, além deles, cerca de 30 pais e responsáveis também participaram de palestras educativas, com tema como dicas sobre embarque e

Somente nos primeiros dias do mês de agosto, 930 alunos são atendidos

PRAIA GRANDE | Juventude

Programa Time do Emprego está com #JuventudePG inscrições abertas para a 5ª atende alunos do turma em Praia Grande Bairro Tupiry Programa oferece aperfeiçoamento profissional e de carreira Objetivo foi apresentar as políticas públicas existentes na Cidade Os alunos da Escola Estadual Professora Magali Alonso, no Bairro Tupiry, recebem nesta terça-feira (13) o programa #JuventudePG. O projeto é intermediado pela Subsecretaria de Assuntos da Juventude (Subjuve) em parceria com as demais pastas municipais, Estado e entidades do terceiro setor e apresenta as políticas públicas existentes na Cidade. Os alunos do Ensino Médio recebem oficinas que tratam das políticas públicas nas seguintes temáticas: meio ambiente, segurança, esporte e lazer, assistência social, saúde, cultura, turismo, empregabilidade, empreendedorismo, serviço militar, defesa civil e Conselho Tutelar. O programa foi reformulado para o ano de 2019 e este ano constituído em

duas etapas: uma é a exposição das políticas públicas aplicadas no Município e a outra consiste em reunir alunos das unidades visitadas para uma imersão na aprendizagem sobre o funcionamento da máquina pública. As escolas interessadas em receber o projeto gratuitamente devem entrar em contato pelo telefone 3496-5684. Ações para a Juventude Praia Grande segue desenvolvendo diversas inciativas e políticas públicas para os jovens e para seus familiares, por meio de parcerias entre secretarias municipais e órgãos governamentais como Semana do Hip Hop, Oficina de Iniciação ao Skate, Feira do Estudante, Festival de Esportes Radicais (Fera), dentre outros.

Um currículo atrativo pode levar um candidato a uma entrevista de emprego. Por isso, em Praia Grande, estão abertas inscrições para a 5 ª turma do Programa Time do Emprego, uma parceria entre o Estado e Administração Municipal, por intermédio da Subsecretaria de Assuntos da Juventude (Subjuve). Ao longo das aulas, os participantes recebem orientação profissional e de carreira. Quando o curso chega ao final, o profissional está apto a buscar uma oportunidade no mercado de trabalho e ainda passa a ter noções de empreendedorismo. No curso, os estudantes a troca de experiências. No total, são dez encontros que ocorrem ao longo de duas semanas. Os interessados devem comparecer na Subjuve, localizada na Rua Xavantes, 51, no Bairro Tupi, sempre de segunda a sexta-feira, das 9 às 16 horas. Podem participar pessoas a partir dos 16 anos. É preciso

SECOM

Ao longo das aulas, os participantes recebem orientação profissional e de carreira

apresentar o RG, CPF para efetuar a inscrição. Informações pelo telefone 3496-5684. Ações para a Juventude – Praia Grande segue desenvolvendo diversas inciativas e políticas públicas para os jovens e

para seus familiares, por meio de parcerias entre secretarias municipais e órgãos governamentais como: Semana do Hip Hop, Oficina de Iniciação ao Skate, Feira do Estudante, Festival de Esportes Radicais (Fera), dentre outros.


Praia Grande, de 16 a 22 de agosto de 2019

Cidade 5

PRAIA GRANDE | Saúde

Hospital Irmã Dulce recebe nova remessa de modernos equipamentos Benefícios são diagnósticos mais precisos e maior eficácia nos tratamentos A Prefeitura de Praia Grande segue realizando mais investimentos na área da Saúde. Nesta semana, o Hospital Municipal Irmã Dulce volta a ser o foco dessas ações. A unidade está recebendo nova remessa com centenas de modernos equipamentos que serão utilizados no atendimento dos pacientes e beneficiando também os profissionais que atuam no local. No total, ao longo de todas as etapas de entregas, o Irmã Dulce está recebendo investimento de cerca de R$ 18 milhões em novos equipamentos. Válido destacar que já está em fase de licitação a ampliação dos leitos do Hospital e da Maternidade e total reestruturação da unidade. Entre os equipamentos entregues nesta nova etapa estão: máquinas de hemodiálise, incubadoras estacionárias, incubadoras de transporte, cardiotocografo, eletrocardiograma, autoclave, camas elétricas, processadora automática para os capilares da nefro, aparelho de emissão otoacustica, carrinho de anestesia, ventiladores mecânicos, monitor multiparametros, bisturi elétrico, poltro-

SECOM

nológico de todo o Complexo”, analisou o superintendente da SPDM (Associação Paulista de Desenvolvimento à Medicina), gestora do Complexo Hospitalar, Mário Monteiro. Iluminação – Na última semana, a Sesap confirmou que o Hospital Irmã Dulce ganhará nova iluminação, inclusive com a instalação de um moderno sistema de energia solar, graças a uma parceria firmada entre a Prefeitura praia-grandense e a concessionária de energia elétrica CPFL-Piratininga. A Companhia será a responsável pelos trabalhos e investimento de cerca de R$ 2,5 milhões nas melhorias.

O Irmã Dulce está recebendo investimento de cerca de R$ 18 milhões em novos equipamentos

nas, macas, cadeiras de rodas e marca-passo externo. “O Município está investindo nessas melhorias visando trocar e ampliar os equipamentos do Hospital. Estão sendo inseridos equipamentos de última geração. Consequentemente, os indicadores de saúde

da Cidade vão melhorar. Pacientes e profissionais contam com o que tem de melhor no setor”, declarou o secretário de Saúde Pública de Praia Grande, Cleber Suckow Nogueira. Em uma etapa anterior, o Irmã Dulce já havia recebido um tomógrafo de última ge-

ração, camas do tipo fawler elétrica, aparelhos de ar condicionado, além de macas, monitores cardíacos, equipamentos cirúrgicos, ventiladores, televisores. “Os investimentos vêm ao encontro das expectativas da instituição no sentido de uma renovação do parque tec-

Ampliação – Por meio de recursos próprios, a Prefeitura de Praia Grande ampliará o Hospital Municipal Irmã Dulce em mais 110 leitos. A unidade hospitalar é referência na Região em trauma e neurocirurgia no atendimento de pacientes de média e alta complexidade, além de ser responsável na Baixada Santista por 60% dos atendidos em leitos disponibilizados pelo Governo do Estado.

PRAIA GRANDE | Saúde

Secretaria de Saúde Pública de Praia Grande capacita equipe de Acolhimento Cidade adota medidas para melhorar a prestação dos serviços A Secretaria de Saúde Pública (Sesap) de Praia Grande realizou capacitação com os integrantes da equipe de Acolhimento. O grupo atua nas 27 unidades de Saúde da Família (Usafas) da Cidade. O aprimoramento profissional desses servidores tem como objetivo melhorar os serviços prestados nas Usafas. Formada por 28 agentes, a equipe busca diariamente orientar da melhor forma possível os munícipes que utilizam

as Usafas e o sistema municipal de Saúde. Desta forma, a Sesap espera humanizar mais este contato entre os profissionais do setor com os pacientes. Novas fases desta capacitação serão realizadas. Na prática, cada Usafa conta com um agente. Esses profissionais têm como funções tirar dúvidas dos pacientes, direcionar os usuários para o setor correto da Sesap, garantindo a continuidade do atendimento

e, assim, equacionar possíveis trâmites burocráticos que reduzem a agilidade no fluxo da prestação de serviços voltados aos munícipes. O secretário de Saúde Pública de Praia Grande, Cleber Suckow Nogueira, participou da atividade. O titular da Sesap realizou palestra sobre gestão profissional e a importância da utilização desses conceitos em qualquer empresa, atividade e função. “Essa reunião com a equi-

pe de serviços de acolhimento foi positiva. Procurei transmitir alguns conhecimentos relacionados a gestão. É importante entender as técnicas administrativas para lidar com pessoas, processos, tempo e contenção de despesas. Na Saúde Pública é preciso também saber lidar com situações que não estão programadas para não deixar a população desassistida. Passei alguns exemplos práticos também”, disse o secretário.

Atenção Básica - O setor de Atenção Básica de Praia Grande dispõe de 27 Usafas (Unidades de Saúde da Família). As ótimas condições estruturais propiciam para os pacientes e profissionais confortáveis acomodações. A Cidade tem mais de 80 equipes do Programa Saúde da Família e cobertura de 100% da população. Em breve, o Município inaugurará a Usafa Princesa, no Bairro do mesmo nome.


6 Cidade

Praia Grande, de 16 a 22 de agosto de 2019

PRAIA GRANDE | Reinauguração

Revitalizado, Portinho se consolida como um dos principais pontos turísticos de PG Um deck com 73 metros de extensão de frente para o Mar Pequeno e sete novos confortáveis quiosques são os principais destaques das obras de revitalização da Área de Lazer Ézio Dall’Acqua, o popular Portinho. A entrega das melhorias realizadas pela Prefeitura de Praia Grande promete consolidar o espaço como um dos principais pontos turísticos da Cidade, que atrai milhares de munícipes e turistas ao longo de todo ano. Uma grande festa com diversas apresentações culturais e eventos esportivos marcou a entrega oficial da revitalização do Portinho. O lindo dia de sol foi um detalhe que colaborou para que a programação especial, que ocorreu no sábado (10), agitasse as centenas de pessoas que estavam ansiosas para conhecer a ‘nova cara’ do Portinho. O prefeito de Praia Grande, Alberto Mourão, destacou que essa foi a terceira fase de ampliação e revitalização da área. O administrador municipal declarou ainda que a Cidade tem ambiciosos planos para o Portinho. “Aqui é uma área que permite a convivência saudável entre pessoas de todas as gerações e idades, desde o jovem até o integrante da melhor idade. Temos um projeto

para interligar o Portinho até o Parque da Cidade através de uma grande passarela. Vamos chamar o empresariado para discutir o assunto, quem sabe, implantar uma gigante tirolesa entre essas duas áreas”. O chefe do Executivo praia-grandense ainda confirmou que tem trabalhado para criar novas áreas e espaços com as mesmas características dentro dos bairros. “Recentemente, entregamos espaços no Samambaia e Mirim. É fundamental neste processo que a população usufrua, mas com responsabilidade, sem depredar o patrimônio. Assim, o Município poderá investir em novos equipamentos e não gastar dinheiro para consertar o que foi destruído”. Complementam os trabalhos a revitalização a reforma e instalação de novos equipamentos urbanos, como bancos e lixeiras. Válido destacar que a Prefeitura já construiu e entregou no mês de janeiro as novas instalações do Canil e do Grupamento Ambiental da Guarda Civil Municipal (GCM). Os dois equipamentos ficam na entrada da Área de Lazer, que também passou a contar com um portal de entrada com 7 metros de altura, revestido por porcelanato imitando madeira e placas de alumínio. A via de

Os quiosques foram totalmente revitalizados

Fotos: SECOM

Moderno deck e novos quiosques são destaques das obras

Novo deck de frente para o 'Mar Pequeno'

acesso recebeu pavimentação em intertravados de concreto a partir do ponto da antiga guarita, integrando-se ao trecho que já tem este tipo de pavimento. “O Portinho hoje é um equipamento turístico não só de Praia Grande, mas de toda a baixada Santista”, disse o secretário de Cultura e Turismo

de Praia Grande, Esmeraldo Vicente, o Dinho. Festa – Muitas famílias, crianças e pessoas que integram a melhor idade aproveitaram o dia de sol e foram conhecer de perto as novidades do Portinho. Teve gente que não perdeu tempo e já começou a pescar no moderno deck. Esse foi o caso do morador de São Paulo, Antonio dos Santos, conhecido como Nicola. “Sempre que tenho uma folga desço para Praia Grande e venho para o Portinho. Depois dessas obras, isso aqui ficou ainda mais maravilhoso. Agora só falta conseguir pegar os peixes aqui”, brincou. Em meio a tenta beleza natural e um visual do Mar Pequeno de tirar o fôlego, apresentações culturais também divertiram a todos. A encenação ‘Caminho do Rei’ e os músicos ‘Chorões do PDA’ arrancaram aplausos do público. Outra novidade que chamou a atenção foi o espetáculo de dança polinésia. Na área esportiva, disputas de futebol e tênis também marcaram a data. Um passeio de barco organizado pela Escola Ambiental, além dos cães e profissionais do Canil da GCM também fizeram parte da programação. Moradores do Canto Forte, Diego Ayala Rodrigues, Fernan-

da Lopes Rodrigues e os filhos, Gustavo e Guilherme Lopes Rodrigues, passearam e curtiram cada espaço do ‘novo’ Portinho. A família mudou-se para Praia Grande há cinco anos vinda do Rio Grande do Sul. “Somos felizes aqui em Praia Grande. Foi uma decisão acertada a mudança para cá. Em diversas oportunidades já visitamos o Portinho. Agora, com todas essas melhorias, certeza que vamos voltar aqui mais vezes para curtir em família”, afirmou Diego Ayala Fernandes. Portinho – Situada ao lado do portal de entrada da Cidade, a Área de Lazer Ézio Dall’Acqua é um grande complexo com cerca de 41 mil m², totalmente dedicado ao encontro e diversão em família. Quiosques, churrasqueiras, playground, píer de pesca, aluguel de barcos, quadras poliesportivas, restaurantes, lanchonete, tudo em contato com a natureza, às margens do Mar Pequeno. O acesso é pela Rua Paulo Sergio Garcia. Além dos equipamentos esportivos e de lazer, a Secretaria de Educação mantém ainda uma Escola Ambiental no local, com um Museu Ambiental, com espécimes típicos do mangue, que habitam o entorno do Portinho. A entrada é gratuita.


491

Praia Grande, de 16 a 22 de agosto de 2019

Bem-estar 7

Nutrição & Sabor Você gosta de Amora?

OS VINHOS GREGOS Segundo a História, as vinhas e o vinho apareceram pela primeira vez na Grécia, por volta de 4000 A.C.. Dionísio, filho de Zeus, era o deus da vegetação e do vinho e era adorado com festas e eventos em várias ocasiões. Existem descrições detalhadas de processos de produção de vinho em inscrições que datam de 2500 a.C.. A mais antiga prensa de vinho do mundo foi conservada na ilha de Creta onde foram encontradas gravetos de parreira em túmulos muito antigos. Na Ilíada, Homero também descreve muitas cidades e regiões da Grécia como produtoras de vinho e elogia as suas tradições na produção desta bebida. Na Grécia Antiga, o vinho era utilizado não só como bebida, mas também como medicamento. Era servido em copos de várias formas e tamanhos, cada um com um nome diferente. Vasos como as ânforas eram utilizados para servir o vinho no Symposium. As Kratiras eram vasos largos, de excelente qualidade, usadas para armazenar o vinho. Uma das mais magníficas e também das mais bem conservadas, está exposta no Museu Arqueológico de Thessaloniki. “Os vinhos gregos estão entre os de maior personalidade no mundo e entre os que mais combinam com comida. As melhores castas nativas podem produzir vinhos tão extraordinários e elegantes que não se pode imaginar que a Grécia seja um país quente” (The Washington Post). Na Grécia são cultivadas cerca de 250 variedades de uvas em quase todo o continente e ilhas, de norte a sul, de leste a oeste. Os bons vinhos gregos são de excelente qualidade e considerados dos mais fascinantes da atualidade. São elegantes, com muita perso-

nalidade e têm encantado os enólogos de todo o mundo. As uvas autóctones conferem uma tipicidade única ao vinho grego, sendo a Agiorgitiko seu melhor exemplo. Os vinhos desta uva plantada principalmente em Neméa, no Peloponeso, têm um esplendoroso bouquet, paladar rico e intenso, semelhante ao Merlot, e aveludado no palato. Um bom exemplo de vinho desta uva é o Epilegmeni Nemea 1997. No norte da Grécia encontram-se muitas áreas de produção de vinho tinto: Naussa, Goumenisa, Amynteo, Siatista e Xalkidiki. Algumas das variedades produzidas na Macedônia são Xynomavro, Mosxomavro e Athiri, produzido nas vinhas do Monte Athos, sendo a Xynomavro muito estruturada e considerada uma das melhores da Grécia. Além disso a Grécia ainda planta as uvas Syrah, Cabernet e Merlot para a elaboração de muitos vinhos tintos. O Merlot 1997 da Ktima Kir Gianni, de Naussa, é um dos melhores vinhos já produzidos na Grécia. Alguns dos vinhos produzidos nas ilhas Creta, Paros e Rodes são, também, muito consumidos. Os vinhos tintos gregos mais considerados pelos especialistas hoje em dia são: Gaia Estate Neméa, Gerovassilíou, Gerodoklima Rematias Merlot, Avaton, Chateau Julia e Cabernet Néa Drys. Existem vinhos brancos secos muito bons, especialmente os produzidos nas ilhas Kefalonia (Robola), Limnos e Santorini; desta última ilha, alguns vinhos são premiados na Europa e têm um paladar diferenciado por serem produzidos a partir de uvas assyrtico, de toque cítrico e maravilhoso frescor, com muita acidez, além das atiri e aidani, todas cultivadas em solo vulcânico. Outras uvas utilizadas para fabricação

de vinhos brancos são a moschofilero, com aroma de rosas e a malagousiá, de sabor muito rico, além das conhecidas sauvignon blanc e chardonnay. Os vinhos brancos mais apreciados pelos enólogos são: Gerovassilíou Chardonnay, Antonopoulos Chardonnay, Ktima Argiru e o Thalassitis Assyrtiko de Santorini. A uva Mavrodaphne plantada principalmente em Patras, confere um vinho tinto doce, achocolatado, de coloração muito escura, ideal para o acompanhamento de sobremesas. O vinho Mosxato, de Samos, é um vinho branco doce de sobremesa muito rico e envolvente feito com a uva Muscat e conhecido em todo o mundo. Em Santorini produz-se também o Vin Santo, semelhante ao italiano, sendo um vinho tinto adocicado que deve ser tomado como aperitivo ou após a refeição, sempre bem gelado. Entretanto o vinho mais apreciado pelo povo grego, muito consumido no verão, é o “retsina”, feito com adição de resina de pinheiro ao vinho branco durante a fermentação, muitos deles de fabricação caseira. Quando fresco é suave e parece um vinho branco leve, apesar da maior graduação alcoólica. Tem um paladar único, bastante diferenciado, fornecido pela resina da madeira e são muito refrescantes quando bebidos extraídos por pressão diretamente do barril. Pode ser servido misturado com água gaseificada ficando muito semelhante aos vinhos espumantes. Fundada em 1879, a Cave Boutari foi eleita por mais de dez vezes a vinícola do ano pela conceituada publicação “Wine & Spirits” e em 2008 a revista especializada “Wine Enthusiast” a escolheu como a melhor vinícola européia.

Ricas em vitamina C as moras se se caracterizam por sua forma típica, gerada a partir do agrupamento de vários e minúsculos frutos que se unem formando uma polpa rica em água e açúcar. Na culinária, os brotos jovens da árvore da amoreira são comestíveis ao serem cozidos. As frutas são usadas em tortas, pudins, vinhos e saladas de frutas. As amoras são geralmente consumidas ao natural e podem ser servidas também com creme de chantilly. São igualmente deliciosas quando utilizadas no preparo de tortas, sorvetes, compotas, geleias, doces cristalizados ou em massa, ou transformadas em vinhos, licores e xaropes.

Cheesecake de Amora Você vai precisar de: 300g de bolacha tipo maisena 100g de manteiga sem sal 1 colher de açúcar 1 pitada de canela 1 colher de aveia em flocos finos 1 colher de farinha de trigo 1 iogurte natural 200ml 1 ovo 400g de cream cheese 1/2 lata de leite condensado 350g de geleia de amora 1 limão OBS: Todas as colheres são na medida de sopa. Modo de preparo: 1º Triture as bolachas até formar uma farinha e peneirar. Misturar com manteiga derretida, canela, açúcar, farinha de trigo e a aveia. 2º Coloque em uma forma de aro removível e prense com as mãos ou as costas de uma colher formando uma fina camada. 3º No liquidificador coloque o ovo, o iogurte, o leite condensado e o cream cheese e bata até ficar cremoso. 4º Coloque essa mistura na forma e assar em forno pré-aquecido 150 graus por 40 minutos. 5º Depois de assado espere esfriar e leve ao freezer por 30 minutos. Retire do freezer, desenforme coloque a geleia com o suco de limão. Bom apetite!


8 Cidade

Praia Grande, de 16 a 22 de agosto de 2019

PRAIA GRANDE | Cultura

Divulgação

Tenda do Humor volta ao Serafim Gonzalez neste sábado (17)

Espaço Fraterno por Eduardo Nonato

Pacificadores...

Espetáculo de stand-up comedy O Motivo de Van Gogh é atração em Praia Grande Neste sábado (17), o Teatro Serafim Gonzalez recebe o stand-up comedy “O Motivo de Van Gogh”, do grupo Tenda do Humor, a partir das 21 horas. Os ingressos custam R$ 50 inteira e R$ 25 meia entrada, com promoção até um dia antes do espetáculo (todos pa-

gam meia). Edson Junior é o mestre de cerimônias dessa noite que promete muitas risadas ao público, e Humberto Rosso e Gustavo Pompiani completam o time, que trata de temas cotidianos através de um show musical di-

vertido e cheio de situações inusitadas. A venda dos convites acontece pelo telefone (11) 27598717. O Teatro Serafim Gonzalez fica no Palácio das Artes, na Av. Pres. Costa e Silva, 1.600, Bairro Boqueirão. Informações pelo telefone 3496-5715

Rua Roberto Shoji, 461 - Boqueirão - Praia Grande Telefone: 3491-1760

Cada vez mais frequente se faz o número daqueles assustados pela violência social. As ocorrências que pareciam distantes, no noticiário, hoje são fatos em nossas relações sociais e familiares. Somos todos tocados pela violência, senão pessoalmente, através de alguém do nosso círculo familiar ou de amigos. Emendo-a, muitos nos trancamos em casa, fechamo-nos em nós mesmos e para o mundo. Vitimados pela violência, alguns aderimos a ela, tornando-nos agressivos, num mecanismo do instinto animal de defesa. Armamo-nos, programamos vinganças, planejamos reações frente a um possível roubo, a uma invasão familiar, ou a uma abordagem na via pública. Vítimas que nos sentimos da violência, nos utilizamos dela mesma para o que alegamos ser nossa autodefesa. Sem nos darmos conta de que assim agindo, apenas engrossamos as fileiras dos violentos, passamos a atuar como agentes do mal. Porém, muitos nos cansamos da violência, não suportando mais viver nessa interminável troca de sermos agredidos e revidar, sermos vítima e algoz. Exauridos e um tanto mais amadurecidos, percebemos ser necessário encontrar outros mecanismos para o combate eficaz contra ela. Somos os que elegemos a paz como o grande antídoto, não nos limitando à sua definição, ao seu conceito ou em somente a citá-la em frases de efeito. Somos os que nos tornamos pacificadores, pois que passamos a vivenciar, cultivar e multiplicar a paz. Nossas ações deixam de ser reativas e passam a ser proativas. Não nos permitimos ser alvos fáceis da violência alheia, mas também não lhe fazemos coro, nem nos deixamos contaminar por ela. Somos homens e mulheres que decidimos que nosso falar e nosso agir devem ser de paz e para a paz. Somos as pessoas que, maltratadas no trânsito pela grosseria alheia, agimos com gentileza. Quando atingidas pela falta de urbanidade de alguns, no trato cotidiano, optamos por oferecer atitudes de cidadania e respeito. E quando enfrentamos achaques, mau humor e grosseria de um familiar ou de um colega de trabalho, guardamo-nos no silêncio da paz que cultivamos, aguardando momento oportuno para retomar o diálogo. Somos os pacificadores do mundo. Somos os que estamos transformando a Terra em um mundo de paz. Unamo-nos nessa proposta. Façamos de nossas ações, atitudes, diálogos, um hino à paz. Se nos deparamos com a violência no mundo, que possamos oferecer atitudes de paz. Será apenas dessa forma, com uma invasão de pacificadores que a violência será banida, não encontrando mais lugar na sociedade. Que essa mudança parta de nós, que sejamos dos primeiros a aderir à pacificação, tornando-nos seus artífices mais dedicados e valiosos. Ante o vozerio dos agressivos, sejamos a voz da serenidade. No tumulto, nos asserenemos e convoquemos os demais à pacificação, cujos efeitos mais imediatos são a tranquilidade, a harmonia, em fomento da paz.

t.f.a


Praia Grande, de 16 a 22 de agosto de 2019

Mundo 9

INGLATERRA | Achou!?

Dentadura é encontrada na garganta de homem uma semana após cirurgia Homem de 72 anos descobriu objeto seis dias após cirurgia para remover caroço inofensivo de sua parede abdominal em 2018, quando disse que não conseguia ingerir alimentos sólidos A dentadura de um paciente ficou presa em sua garganta durante uma operação de rotina e só foi encontrada depois de oito dias. O homem de 72 anos queixou-se de dificuldades de deglutição e estava tossindo sangue antes que os médicos encontrassem a prótese. Ele visitou o Hospital Universitário James Paget, em Norfolk na Inglaterra, diversas vezes depois de passar por uma cirurgia e transfusões de sangue para corrigir as complicações de um procedimento no abdômen. Detalhes do caso foram publicados na revista “BMJ Case Reports”, na qual os autores recomendam que dentaduras sejam retiradas antes da anestesia geral. Alimentação - Seis dias após a cirurgia para remover um caroço inofensivo de sua parede abdominal em 2018, o homem foi ao departamento de emergência britânico e disse aos médicos que não conseguia in-

gerir alimentos sólidos. Os médicos acreditavam que o problema era causado por uma infecção respiratória e os efeitos colaterais de ter um tubo colocado em sua garganta durante a cirurgia, e prescreveram antibióticos e esteroides. Quando o homem voltou, dois dias depois, a equipe médica examinou mais detalhadamente e encontrou um objeto semicircular sobre as cordas vocais. Ele então disse aos médicos que havia perdido sua dentadura - três dentes falsos e uma placa dentária - durante o tempo em que ficou no hospital para a cirurgia. Após a cirurgia para remover as próteses, ele recebeu alta, mas retornou mais quatro vezes com sangramento. Enquanto os cirurgiões cauterizavam a ferida em sua garganta, ele perdeu tanto sangue que precisou de uma transfusão. Os autores do relatório disseram que há outros casos documentados de próteses engolidas durante a anestesia.

Divulgação/BMJ Case Reports 2019

Médicos encontraram dentadura de homem em sua garganta oito dias após cirurgia no abdômen

A presença de quaisquer tipos de dentadura ou placas dentárias deve ser registrada antes e depois da cirurgia, acrescentaram.

Hazel Stuart, diretora médica do Hospital Universitário James Paget, disse que uma investigação completa foi realizada. “Como resultado disso, os

procedimentos foram revisados, alterados conforme necessário, e as lições aprendidas foram compartilhadas com a equipe”, disse ela.

CHINA | Confronto

A encruzilhada de Xi Jinping em Hong Kong Enquanto confrontos se intensificam, China avalia custo de dura reação aos protestos, que energizam também os críticos em Taiwan Tropas de choque e manifestantes trilham, pelo quinto dia de protestos, um caminho sem volta no aeroporto de Hong Kong, trazendo de volta as dramáticas lembranças do Massacre da Praça da Paz Celestial, há 30 anos em Pequim. Os ânimos se aguçam na expectativa do inevitável: o tamanho da reação da China. Até agora, a intimidação do governo central, tanto na retórica quanto na presença de forças do Exército para a Liberação do Povo estacionadas na vizinha Schenzhen, não foi suficiente para desmobilizar os manifestantes. Cenas de violência e caos

vêm se repetindo todas as noites nas dependências do aeroporto, um dos mais movimentados do mundo, por onde circulam diariamente 200 mil pessoas. Em mais de dois meses de protestos, é possível afirmar que a linha vermelha desta crise foi cruzada, deixando o presidente Xi Jinping diante de seu maior desafio doméstico. Ceder e ser tachado de fraco diante do partido, a poucas semanas da celebração dos 70 anos do triunfo da Revolução Comunista. Ou intervir no território, diante da incapacidade da governadora Carrie Lam de lidar com o caos, para, da mes-

ma forma, não passar internamente a imagem de debilidade. A obstinação dos manifestantes, considerados terroristas pelo governo chinês, não dá sinais de trégua, apesar da truculência policial, da prisão e de infiltração de agentes do governo nos protestos. Se antes exigiam o fim do projeto de lei da extradição, que acabou suspenso pela governadora, depois avançaram em suas demandas. Querem a renúncia da chefe do governo, a libertação de presos, mais democracia e, em última forma, a independência do território. A queda da governadora é

palpável. Nomeada por Pequim e chefe mais impopular da história do território semiautônomo, sua taxa de apoio de 27% é inferior à de Chris Patten, o último governador britânico antes da devolução da ex-colônia à China, em 1997. As demais exigências são complexas e poderiam, sob a perspectiva da China, energizar seus críticos. Em especial as forças pró-independência em Taiwan, que monitoram atentamente a repercussão dos protestos em Hong Kong. País autônomo de regime democrático desde 1949, a ilha é considerada uma província rebelde

pela China, que não reconhece a independência e busca sua reunificação ao continente. Por essas razões, o manejo da crise em Hong Kong é tão estratégico para o presidente Xi. A repetição de cenas de repressão brutal contra jovens, três décadas depois, repercutiria muito mal para um país que desponta como superpotência e quer angariar aliados internacionais e fazer frente a Donald Trump em sua guerra comercial. A probabilidade de uma invasão do território ainda parece remota. Porém, a China deixa claro que a opção não sai da mesa de Xi Jinping.


10 Divirta-se

Praia Grande, de 16 a 22 de agosto de 2019

CRÍTICA DE CINEMA | Robinson Samulak Alves (CCR)

Fotos: Divulgação

Era Uma Vez em… Hollywood: Uma fábula tarantinesca

Mais que homenagear, Tarantino exalta Hollywood pelo olhar de cinéfilo apaixonado e oferece uma visão romântica de quando o cinema era tão ingênuo quanto a Sharon Tate aqui apresentada Ao longo de sua carreira, Quentin Tarantino (“Os Oito Odiados”) nunca se arriscou a fugir de sua zona de conforto. Seus filmes se valem de paródias e referências que se cruzam através de divertidos diálogos. Seu fetiche pelo cinema construiu uma carreira que, em “Era Uma Vez em… Hollywood”, poderia ter seu capítulo conclusivo, como se tudo o que ele sempre quis fazer pudesse ser resumido neste filme. A trama principal acompanha Rick Dalton (Leonardo DiCaprio, de “O Regresso”), um ator em decadência que tenta se recuperar fazendo alguns papéis de vilão enquanto recusa a participar de spaghetti westerns – produções italianas do gênero faroeste. Ao mesmo tempo, seguimos Cliff Booth (Brad Pitt, de “Máquina de Guerra”), dublê e melhor amigo de Dalton, e Sharon Tate (Margot Robbie, de “Duas Rainhas”), em uma nostálgica Hollywood de 1969. Com uma carreira bem consolidada, Tarantino permite-se algumas regalias como diretor. Por isso não chega a causar estranheza ver que ainda no começo de seu novo filme, ele investe em diversas autorreferências, mostrando que dentro de sua filmografia já há um cânone a ser explorado. Por um lado é

possível notar aqui um diretor maduro e confortável em olhar para o passado e ver boas obras de sua própria autoria. Por outro, há um certo incômodo em vê-lo trazer seu próprio cinema para um primeiro plano, como se suas produções merecessem ser citadas ao extremo, mesmo em um filme que busca retratar uma Hollywood de 1969. E é no retrato da época que se destaca o principal mérito do filme. Tarantino fez um trabalho cuidadoso e imersivo para que o público não tivesse dúvidas sobre o período que está sendo apresentado. Não apenas pelos carros, figurinos e cartazes de filmes. Há aqui uma preocupação nos detalhes, que vão desde o modo de falar ou dirigir, até uma certa inocência e pureza, que podem ser vistas em filmes da década de 1960 e expressavam o modo de vida em Los Angeles. Isso se torna mais evidente quando começa a tocar California Dreamin’ enquanto Sharon Tate caminha pelas ruas da cidade, afinal, é ela quem mais representa essa visão idealizada de Hollywood pela qual Tarantino demonstra ter tanta paixão. Porém, ao buscar retratar uma época, o diretor entrega um filme que não se preocupa

em contar uma história. Soa, em diversos momentos, como um documentário, o que prejudica o ritmo e quebra a narrativa entre Rick Dalton, Cliff Booth e Sharon Tate. Enquanto os dois primeiros, quando se dividem, mostram as diferentes visões de Hollywood, Tate encarna a ingenuidade do cinema da década de 1960. Dalton é quem passa pela jornada da superação para tentar reerguer sua carreira (um plot pelo qual diversos atores já passaram) e Cliff (o mais interessante dos três) representa a vida de quem não vive o glamour do cinema, portanto, não demonstra ter medo de se envolver com a vida que não é registrada pelas câmeras. Inclusive, Tarantino brinca com isso em diversos momentos, que elevam a personagem de Brad Pitt ao nível máximo da confiança que ele tem nele mesmo, valendo-se da experiência acumulada ao longo de anos como dublê. Em determinada situação, após chegar em uma comunidade hippie, Cliff passeia pelo local causando tensão no público mas nunca sendo afetado por ela. A direção, que remete aos clássicos do western, tem um desfecho que fala mais sobre a personagem do que qualquer linha de roteiro poderia fazer. O mesmo se repete na

cena com Bruce Lee (Mike Moh, da série “Inumanos”) e durante o clímax do filme. Também é curioso que Tarantino opte por uma abordagem documental em uma obra em que ele brinca com a história a seu bel-prazer. O diretor (e roteirista) não respeita fatos e, mais uma vez, decide recontar a história, mudando desde detalhes banais até grandes acontecimentos. Cabe destacar que o resultado final desta opção aqui traz uma abordagem interessante (mas ir além aqui exigiria o uso de alguns spoilers). “Era Uma Vez em… Hollywood” é uma síntese (imperfeita) da carreira de Tarantino. É uma ode ao cinema como

o local da redenção, seja para os que trabalham com a sétima arte, seja para aqueles que enxergam ali o local para uma breve fuga das dores da vida real. Ironicamente, não há exatamente uma fuga da realidade e tudo acaba sendo muito ambíguo no filme. Seria desonesto não notar a visão misógina que recai sobre Sharon Tate, vinda tanto da representação da sociedade de 1969 como da visão que o próprio diretor nunca escondeu ter. Este filme é exatamente isso, uma mistura de delírios nostálgicos com uma paixão por um cinema que não existe mais. Soa como uma despedida, mesmo que ainda venham outros filmes do Tarantino por aí.


Praia Grande, de 16 a 22 de agosto de 2019

Esportes 11

VÔLEI | Homenagem

Praia Grande recebe o campeão olímpico de vôlei Serginho Cidade homenageia atleta por meio do Programa SuperEscola Neste sábado (17), às 8h30, no Ginásio Rodrigão (Avenida Presidente Kennedy, 5563, Bairro Tupi), em Praia Grande, a Secretaria de Esporte e Lazer (SEEL) da Cidade realiza homenagem para o campeão olímpico de vôlei (em 2004 e 2016) Sérgio Dutra Santos, o Serginho, de 44 anos. A iniciativa faz parte da ação Estrelas do Esporte coordenada por meio do Programa SuperEscola Esportivo. A entrada é franca para o público em geral. O diretor do Departamento Sócio Esportivo da SEEL professor Antônio Carlos Salles explica a ação. “O Estrelas do Esporte é uma iniciativa que criamos para promover interação entre nossos alunos do SuperEscola e medalhistas olímpicos. É a chance de valorizar um grande atleta brasileiro e, ao mesmo tempo, de incentivar e estimular os iniciantes. Depois da homenagem, realizaremos o Festival SuperEscola de Vôlei que reúne mais de 300 alunos dos nossos polos de iniciação”. Vale ressaltar que Serginho é o terceiro campeão olímpico homenageado por Praia Grande dentro da iniciativa Estrelas do Esporte. Antes dele, nos meses de maio e junho, a Ci-

Divulgação

Serginho é o terceiro campeão olímpico homenageado por Praia Grande dentro da iniciativa Estrelas do Esporte

dade enalteceu e festejou as históricas conquistas de Maurren Maggi (2008) no salto em distância do atletismo e de Rogério Sampaio (1992) no peso meio-leve do judô. Festival de Vôlei – Ainda no sábado (17), a partir das 9 horas, também no Ginásio Rodri-

gão (Bairro Tupi), a SEEL realiza o Festival SuperEscola de Vôlei. O evento tem como objetivo promover intercâmbio entre os polos de iniciação da modalidade na Cidade. Todos os alunos ganham medalhas de participação. Estarão em ação 367 estudantes de 7 a 15 anos de Praia Grande, envolvendo

os polos dos Ginásios Caiçara, Falcão (Bairro Mirim), Rodrigão e Sítio do Campo; e do polo da Praia do Bairro Ocian. Dados - O Programa SuperEscola Esportivo atende estudantes (meninos e meninas, com e sem deficiência física, visual e intelectual) de Ensino

Fundamental de escolas públicas e particulares, objetivando a inclusão social por meio do esporte, no contraturno escolar. O objetivo é a utilização do esporte como ferramenta para o desenvolvimento da socialização, disciplina, aprendizado de regras, espírito de equipe, cooperação e outros valores, além de tirar as crianças da ociosidade e “da rua”. Os registros são gratuitos. Os responsáveis interessados devem procurar os polos onde as aulas são realizadas. Em caso de turmas cheias, será elaborada lista de espera pelo professor da modalidade. É necessário apresentar documento pessoal do aluno e do responsável, comprovante de endereço, declaração de matrícula escolar de 2019 (constando o horário, a sala de aula e o número de registro do aluno – RA) e atestado médico. Há aulas para estudantes de 7 a 17 anos nas modalidades de basquete, canoagem, caratê, futebol, futebol de praia, futsal, ginástica artística, handebol, judô, natação, remo, surfe, taekwondo, tênis de mesa, vela, vôlei e vôlei de praia. Outras informações também podem ser obtidas pelo telefone 3496-5607.

SURFE | Circuito Praia Grande

Circuito de Surfe de PG tem segunda etapa Evento ocorre na praia do Bairro Tupi Neste sábado e domingo (17 e 18), a partir das 8h30, na praia do Bairro Tupi, em Praia Grande, ocorre a segunda etapa do 5º Circuito de Surfe Amador de Praia Grande/BackFish, evento organizado pela Associação Praia Grande de Surf (APGS) com supervisão da Federação Paulista de Surf (FPSurf), patrocínio máster de MGQ Construtora e Incorporadora de Imóveis e apoio da Prefeitura local. Há disputas nas categorias masculinas open (idade aberta – a principal do torneio), júnior (17 e 18 anos), mirim (15 e 16), iniciante (13 e 14), estreante (11 e

12), petit (até 10 anos) e máster (mais de 35 anos); e feminina (idade livre e sub-14). O Circuito de Surfe de Praia Grande tem apresentação de BackFish, patrocínio de Academia Evolution, Casa Primei Móveis e Decorações, Galeria Beira Mar, Riptide Roupas e Acessórios de Surfe e Skate, e Wizard Praia Grande. Conta também com apoio de Cristal Litoral, Tubarão da Praia – Boqueirão, Tricats, Panathlon Praia Grande, Atleta Campeão, Box Progresso Vidros, Instituto Mix Santos Gonzaga, Wet Dreams, Casa das Bombas, Ddlimp Ddmar BG

Locações, Banca do Extra, AESB Pádua Jardim, Restaurante Selmar, Pranchas Russo Boards, ZShapes, Barqueta Surfboards, MAG Surfboards, C-Four Shaper Supply, Parafinas Fu Wax e Banana Wax. Vale destacar que a terceira e última etapa do evento acontece nos dias 2 e 3 de novembro, na Praia do Boqueirão. E que a primeira, foi realizada em junho, na Praia do Bairro Caiçara. Outras informações podem ser obtidas nos telefones (13) 981277901 e 3471-4333, no e-mail associacaopgsurf@gmail.com e na página de facebook da APGS

SECOM


12 Brasil

Praia Grande, de 16 a 22 de agosto de 2019

TRÂNSITO | Suspensão dos radares

Governo determina suspensão do uso de radares móveis em rodovias federais Bolsonaro diz que suspensão começa na segunda-feira (19). A reavaliação do uso dos radares será feita pelo Ministério da Infraestrutura, e não há prazo definido para a volta da fiscalização O presidente Jair Bolsonaro determinou a suspensão do uso de radares de fiscalização de velocidade móveis em rodovias federais. A ordem foi publicada nesta quinta-feira (15) no “Diário Oficial da União”, e foi dada ao Ministério da Justiça, responsável pela Polícia Rodoviária Federal (PRF). O despacho não especifica quando a medida entra em vigor, mas Bolsonaro disse na manhã desta quinta-feira que a suspensão passa a valer a partir de segunda-feira (19). “A partir de segunda-feira não tem radar até que o Contran [Conselho Nacional de Trânsito, órgão do Ministério da Infraestrutura] decida”, disse o presidente. O Ministério da Infraestrutura, que será o responsável pela revisão das normas, disse ao G1 que não há prazo definido para que a reavaliação do uso de radares seja realizada e os eles voltem a ser utilizados. Questionado sobre quando a suspensão começará efetivamente, o Ministério da Justiça não respondeu a pergunta e disse que a resposta cabe à Polícia Rodoviária Federal (PRF). A PRF, por sua vez, ainda não respondeu até a última atualização desta reportagem. A suspensão se aplica aos seguintes radares: • Estático: instalado em veículo parado ou sobre suporte • Móvel: instalado em veículo em movimento • Portátil: direcionado manualmente para os veículos Bolsonaro também criticou o impasse judicial sobre uma decisão dele que suspendeu em abril a contratação de novo radares fixos em rodovias federais. No mês seguinte, uma ação

popular conseguiu na Justiça uma liminar que proibiu o governo de seguir adiante com a medida. No final de julho, o Ministério da Infraestrutura fez um acordo para instalar 1.140 aparelhos para monitorar 2.278 faixas. “Estamos com o problema na Justiça agora. Vão tirar R$ 1 bilhão para instalar 8 mil pardares. Com o bilhão, o Tarcísio [de Freitas, ministro da Infraestrutura] asfalta 300 km de rodovia”, afirmou o presidente, se referindo ao plano inicial de instalação de radares fixos, antes do acordo judicial. Na segunda-feira, Bolsonaro havia afirmado que pretendia acabar com os radares móveis no país já na semana que vem. Na ocasião, ele disse que se tratava de uma decisão dele próprio e que era “só determinar à PRF [Polícia Rodoviária Federal] que não use mais”. O presidente, no entanto, afirmou que poderia voltar atrás se alguém “provar que esse trabalho é bom”. Na quarta-feira, Bolsonaro classificou os pardais — como são conhecidos os radares — de “assaltantes”. Normas de fiscalização serão revisadas A suspensão determinada nesta quinta-feira vale até que seja concluída uma revisão das normas sobre fiscalização eletrônica de velocidade, que deverá ser feita pelo Ministério da Infraestrutura. A pasta controla o Departamento Nacional de Trânsito (Denatran) e o Conselho Nacional de Trânsito (Contran), que definem regras sobre o assunto. Além disso, a medida exige que o Ministério da Justiça revise os atos normativos internos sobre o tema.

A partir de segundafeira não tem radar até que o Contran decida Jair Bolsonaro

Divulgação/PRF Tocantins

RADAR MÓVEL USADO EM RODOVIA PELA POLÍCIA RODOVIÁRIA FEDERAL

De acordo com o despacho assinado por Bolsonaro, a suspensão tem como objetivo “evitar o desvirtuamento do caráter pedagógico e a utilização meramente arrecadatória” dos equipamentos. A determinação não se aplica aos radares fixos, que são aqueles instalados em local definido e de forma permanente. Em maio, Bolsonaro já havia dito que gostaria de acabar com este tipo de fiscalização em rodovias federais. No entanto, há impasse sobre o tema desde abril, quando o Ministério da Infraestrutura suspendeu, após ordem do presidente, a instalação de aparelhos que monitorariam 8 mil faixas em rodovias federais não concedidas à iniciativa privada. Dez dias depois, a juíza Diana Wanderlei, da 5ª Vara Federal em Brasília, determinou que a União não poderia retirar radares eletrônicos, e que deveria renovar contratos com concessionárias para fornecer aparelhos cujos contratos estavam prestes a vencer. No último dia 30, o governo firmou acordo com o Ministério Público Federal, se comprometendo a instalar 1.140 novos radares em rodovias federais não concedidas à iniciativa privada.

Profile for O Regional PG

O Regional PG  

Edição 572

O Regional PG  

Edição 572

Advertisement