Page 1

JANEIRO DE 2014

GUIA DO

PARANAENSE 2014


[editorial

Paranaense democrático

N

a 100.ª edição, o Campeonato Paranaense tem tudo para agradar a todos os gostos. Prefere a “justiça” dos pontos corridos? Vai ter, com início amanhã. Curte mais a “emoção” do mata-mata? Também terá, na fase que decidirá o campeão. Fórmula mesclada arranjada para encaixar a competição no calendário ainda mais apertado de 2014. Por causa da Copa do Mundo, os Estaduais foram enxugados e o “certame araucariano”, como já foi chamado, encurtou um mês. Assim, de forma contingencial, o torcedor se livrou do enfadonho esquema de dois turnos por pontos corridos e uma possível finalíssima. Não se trata de apologia ao mata-mata. Mas para os Regionais, normalmente recheados por times fraquíssimos, é de provocar indigestão. Com o mesmo espírito, a Gazeta do Povo preparou um Guia de formato misto. Gosta de saber os detalhes de todos os participantes? Tem tudo a partir das próximas páginas. Histórico no campeonato, time-base, destaque etc. E a 100.ª edição merece mais, claro. Começando pela contra capa, 100 artigos que celebram e rememoram a quase secular história da disputa. São 10 craques, 10 golaços, 10 jogaços, 10 técnicos, 10 fiascos... Boa leitura.

EXPEDIENTE O Guia do Paranaense 2014 é uma publicação da editoria de Esportes da Gazeta do Povo. Diretora de Redação: Maria Sandra Gonçalves.Editora Executiva: Marleth Silva. Editor de Esportes: Rodrigo Fernandes. Edição: André Pugliesi. Textos: André Pugliesi e Pedro Américo, especial para a Gazeta do Povo. Editor Executivo de Imagem: Marcos Tavares. Editores de Arte: Acir Nadolny e Dino R. Pezzole. Projeto Gráfico: Dino R. Pezzole. Diagramação: Rodrigo Montanari Bento. Ilustrações: Marco Sousa e Robson Vilalba (capas). Tratamento de Imagens: Edilson de Freitas. Redação: (41) 3321-5494. Fax: (41) 3321-5472. Comercial: (41) 3321-5904. Fax: (41) 33215300. E-mail: esportiva@gazetadopovo.com.br Endereço: R. Pedro Ivo, 459. Curitiba-PR. CEP: 80.010-020. Impressão e acabamento: Gráfica Editora Posigraf. Não pode ser vendido separadamente.

3


[Clube Atlético Paranaense

André Rodrigues/Gazeta do Povo

Tarefa para o sub-23

Trancado no CT do Caju, o time alternativo para o Estadual ainda é uma incógnita.

Preocupado com a Libertadores, Furacão relega o Paranaense mais uma vez ao time de jovens, comandado por Petkovic :: Em 2013 o Atlético abandonou o Estadual por motivos políticos e para prolongar a pré-temporada da equipe principal. Este ano o clube tem outra razão para deixar o certame local em segundo plano: a Libertadores da América. No próximo dia 29 o Furacão estreia na competição internacional diante do

4

Guia Paranaense 2014

GAZETA DO POVO

Sporting Cristal-PER, fora de casa, no confronto que vale uma vaga para a fase de grupos. Preocupação para o novo técnico, o espanhol Miguel Ángel Portugal. Enquanto isso, o conjunto sub-23 assume novamente a bronca. E a estrela do time estará à beira do gramado. Gerente técnico das categorias de base do clube, o ex-craque sérvio Déjan Petkovic será o comandante da molecada. Na temporada passada, os garotos do Rubro-Negro fizeram boa figura. Após um primeiro turno irregular, foram campeões do segundo, desbancando o favorito Coritiba. Na decisão, entretanto, ficaram com o vice, o quarto título seguido perdido para o maior rival.


Daniel Derevecki/Gazeta do Povo

O Estádio Janguito Malucelli deve ser outra vez a casa rubro-negra na competição.

Destaque: Douglas Coutinho Escolhido como um dos melhores do Paranaense 2013, o atacante Douglas Coutinho não teve sequência no time principal, em parte por causa de uma lesão que o afastou por três meses. Chance de recuperar o tempo perdido.

Técnico: Dejan Petkovic O sérvio pendurou as chuteiras em 2011. Desde então, fez diversos cursos, alguns na europa, para seguir ligado ao mundo da bola.

Fundação – 26 de março de1924. Títulos – 1 Brasileiro (2001), 1 Brasileiro da Série B (1995), 22 Paranaenses (1925, 1929, 1930, 1934, 1936, 1940, 1943, 1945, 1949, 1958, 1970, 1982, 1983, 1985, 1988, 1990, 1998, 2000, 2001, 2002, 2005 e 2009). TIME BASE Rodolfo; Jean Felipe, Renato Chaves, Léo Pereira e Sidcley; Juninho, Hernani, Bruno Pelissari e Marcos Guilherme; Douglas Coutinho e Bruno Furlan.

HISTÓRICO Jogos – 1.946 Vitórias – 1.042

No CT do Caju, quer mostrar que é

Empates – 480

craque também fora de campo,

Derrotas – 424

atuando como técnico e gerente.

Gols pró – 3.654 Gols contra – 2.166

www.atleticoparanaense.com.br

@atleticopr

/atleticopr

5


[Coritiba Football Club

Daneil Castellano / Gazeta do Povo

Cautela em busca do penta

O craque Alex manteve a palavra e permaneceu. Outra vez será o responsável por liderar o Coxa.

Freado pelo número excessivo de lesões em 2013, o Coxa principal vai largar mais tarde na competição :: O ano passado deixou lições para o Coritiba. Após uma ótima largada no Brasileiro, o Alviverde terminou brigando contra o rebaixamento – em boa parte, por causa do alto número de lesões. Desta vez, o Coxa vai largar mais tarde no Estadual. Os atletas da equipe principal entrarão em campo apenas na

6

Guia Paranaense 2014

GAZETA DO POVO

sexta rodada, dia 14 de fevereiro, diante do Rio Branco. “Teremos tempo hábil de preparação para o ano todo”, comenta o técnico Dado Cavalcanti. Enquanto isso, um conjunto alternativo entra em campo, comandado pelo técnico Zé Carlos: Willian; Rhuan, Wallysson, Bonfim e Timbó; Artur, Djair, Zé Rafael e Dudu (Thiago Primão); Maykon (Raf hael Lucas) e Keirrison devem formar o time. Atraso que não desvia o foco do objetivo da busca pelo penta. Seria o segundo do clube – o Coxa foi hexa entre 1971 e 76 – e o quarto da competição (os outros dois foram de Britânia e Paraná).


Antonio More / Gazeta do Povo

Com a nova reta da Mauá ainda em obras, o Couto Pereira é a casa do Coritiba.

Destaque: Keirrison

Fundação – 12 de outubro de 1909.

O K9 foi destacado do elenco principal para ganhar ritmo já no começo do ano. Em 2013, voltou a sofrer com lesões, uma sina dos últimos anos da carreira. Este ano, quer repetir a artilharia de 2008, quando anotou 18 gols.

Técnico: Dado Cavalcanti No Paraná, Dado largou como forte candidato ao acesso no Brasileiro e terminou com a frustração da permanência na Segundona. Resolveu mudar para o Alto da Glória, onde quer retomar a ascensão na carreira e conquistar o título.

www.coritiba.com.br

@coritiba

Títulos – 1 Brasileiro (1985), 2 Brasileiros da Série B (2007 e 2010), 37 Paranaenses (1916, 1927, 1931, 1933, 1935, 1939, 1941, 1942, 1946, 1947, 1951, 1952, 1954, 1956, 1957, 1959, 1960, 1968, 1969, 1971, 1972, 1973, 1974, 1975, 1976, 1978, 1979, 1986, 1989, 1999, 2003, 2004, 2008, 2010, 2011, 2012 e 2013). TIME-BASE Vanderlei; Victor Ferraz, Luccas Claro, Leandro Almeida e Carlinhos; Júnior Urso, Willian, Robinho e Alex; Zé Love e Deivid.

HISTÓRICO Jogos – 2079 Vitórias – 1.178 Empates – 499 Derrotas – 402 Gols pró – 4.283 Gols contra – 2.185

/coritibaoficial

7


[Paraná Clube

Aniele Nascimento / Gazeta do Povo

Conjunto da esperança

O Tricolor em treinamento no Ninho da Gralha, sob o comando do técnico Milton Mendes.

Com boa parte do elenco mantido para 2013, Paraná quer voltar à brigar pelo título do Estadual :: O Tricolor larga na competição com um diferencial importante na comparação com boa parte das últimas temporadas. Desta vez, os paranistas mantiveam a espinha dorsal da equipe. Dos titulares do time anterior, permaneceram o lateral-direito Roniery, o zagueiro Brinner, os volantes Ricardo Conceição e Édson Sitta e o meia Lúcio

8

Guia Paranaense 2014

GAZETA DO POVO

Flávio. Sem o goleiro Luis Carlos, um dos destaques do ano passado, o experiente Marcos assume a camisa 1. A principal mudança está no banco de reservas. Dado Cavalcanti trocou a Vila Capanema pelo Couto Pereira e o clube foi buscar o desconhecido Milton Mendes. “O projeto do Paraná é muito promissor. Fico feliz com a oportunidade e as expectativas são grandes”, comenta o treinador. A esperança é que a manutenção da base reflita na recuperação do Tricolor na disputa. Em 2013, o time não conseguiu chegar às finais. Foi o ano do retorno à elite do futebol paranaense, após o vexame do descenso em 2011.


Antonio More / Gazeta do Povo

O Estádio Durival Britto é o palco paranista para a disputa do Paranaense.

Destaque: Ricardo Conceição

Fundação – 19 de dezembro de 1989

Um dos jogadores mais reguladores da temporada 2013, o volante era prioridade para as renovações de contrato no final do ano. Com o vínculo estendido, é garantia de liderança e segurança no meio-campo paranista.

Títulos – 1 Brasileiro da Série B (1992), 7 Paranaenses (1991, 1993, 1994, 1995, 1996, 1997 e 2006), 1 Paranaense da Série Prata (2012).

TIME BASE Marcos; Roniery, Brinner, Alex Alves e Breno; Édson Sitta, Ricardo Conceição e Lúcio Flávio; Keno, Carlinhos e Júlio César.

Técnico: Milton Mendes Aos 46 anos, o ex-jogador formado no Vasco foi uma surpresa ao ser anunciado pela diretoria. Até então, construiu carreira no Catar e especialmente no futebol português. Na Vila Capanema, a ideia do treinador é formar um time “à europeia”.

www.paranaclube.com.br

@paranaclube

HISTÓRICO NA ELITE Jogos – 517 Vitórias – 268 Empates – 139 Derrotas – 110 Gols pró – 872 Gols contra – 497

/ParanaClube

9


[Arapongas Esporte Clube

Presente de aniversário :: O Arapongas completa 40 anos em 2014 e quer passar o aniversário em alto estilo. A diretoria providenciou até uniforme novo com direito a camisa retrô. “Temos time para brigar por algo interessante no campeonato e realizar uma campanha marcante”, espera o técnico Lio Evaristo. Vinte contratações foram feitas para o Estadual. Os últimos a chegar foram o lateral-esquerdo Alexandre, ex-ABC-RN, e o zagueiro Humberto, ex-Icasa-CE.

Fundação – 6 de junho de 1974. Títulos – 1 Campeonato do Interior Paranaense (2012).

TIME BASE

Fotos: Divulgação

Édson; Cláudio, Leomar, Murilo e Maninho; Augusto, Bruno Martins, Rui e Maicon, Vinícius e Rafael Mineiro.

HISTÓRICO NA ELITE Vitórias – 36 Empates – 36 Derrotas – 62 Gols pró – 121 Gols contra – 191

Estádio dos Pássaros, a casa do Arapongão.

Destaque: Édson

Técnico: Lio Evaristo Aos 50 anos, Lio é um dos treinadores com maior rodagem no Estadual. Treinou 12 clubes diferentes, incluindo o Atlético, nos anos 2000 . No ano passado, dirigiu o Operário.

Defendeu três pênaltis na classificação para a segunda fase da Copa do Brasil, diante do São Caetano, ano passado. No Paranaense foi o paredão do Arapongas. Tem somente 22 anos. www.arapongasesporteclube.com.br

@ArapongasEC

/arapongasec

11


[Cianorte Futebol Clube

Pra voltar a rugir forte :: Quarto em 2012, o Cianorte apenas fugiu do rebaixamento na temporada anterior. Este ano é para ser diferente. “Nosso grupo é jovem, parelho, em condições de disputar o título do interior”, afirma o técnico Ronaldo Bagé. Nos bastidores, a novidade é o presidente Lucas Franzato, 23 anos, no comando desde novembro do ano passado. Lucas é filho de Marcos Franzato, dono do megagrupo de confecção Morena Rosa e mandatário do Leão do Ivaí por 11 anos.

Fundação – 13 de fevereiro de 2002 Títulos – 2 Campeonatos do Interior Paranaense (2004 e 2011).

Fotos: Ivan Amorin/ Gazeta do Povo

TIME BASE

Estádio Albino Turbay, onde mora o Leão.

Jaílson; Lima, Marcão, Betão e Ganzer; Jovane, Davi, Edu Amparo e Thiago Santos; Élton e Marquinhos Cambalhota.

HISTÓRICO NA ELITE Vitórias – 14 Empates – 4 Derrotas – 18 Gols pró – 46 Gols contra – 51

Destaque: Marquinhos Cambalhota Técnico: Ronaldo Bagé Revelado pela representação do norte, 29 anos, o atacante volta à velha casa após uma passagem pelo Coquimbo, do Chile. É a esperança de gols dos torcedores. www.leaodovale.com.br

12

Guia Paranaense 2014

@cianortefutebol

GAZETA DO POVO

Foi o comandante do Leão campeão do interior em 2008, título em cima do Operário. De personalidade forte, ajudou o Cianorte a escapar da Segundona na temporada anterior.

/pages/Cianorte-FC/348167861870823


[J. Malucelli Futebol S/A

Aposta vinda do Barigui :: Uma das equipes mais organizadas do estado, sempre há uma expectativa pelo desempenho do J. Malucelli. Para 2014, são boas as chances de reprisar as boas campanhas. Isso porque a base do time foi mantida, assim como o técnico Sandro Forner. Além disso, foram feitas oito contratações. “É um campeonato curto, temos de começar bem. E no mata-mata tudo pode acontecer. Uma tarde boa e você alcança as semifinais”, comenta o treinador do Jotinha.

Fundação – 5 de fevereiro de 2005 Títulos – 1 Copa Paraná (2007) e 1 Paranaense da Série Prata (1998)

Fotos: Daniel Derevecki/Gazeta do Povo

TIME BASE Fabrício; Dedoné, Leandro, Alex e Tomas; Wellington, Cleiton e Thiago Santos; Eduardo, Géterson e Bruno Batata.

HISTÓRICO NA ELITE Vitórias – 87 Empates – 68 Derrotas – 95 Gols pró – 335 Gols contra – 375 *Considerando Malutrom e Corinthians-PR

Estádio Janguito Malucelli, a casa do Jotinha.

Destaque: Bruno Batata

Técnico: Sandro Forner

Cria do Coritiba, 29 anos, o camisa 9 está desde 2007 no clube. Com boa presença dentro da área, pretende repetir a performance de 2009, quando anotou 12 gols e brigou pela artilharia. www.corinthianspr.com.br

@JMalucelliFut

Ex-zagueiro marcadp pelo vigor, com passagem pelo Coritiba, aos 43 anos Forner ainda tem pouca experiência à beira do gramado. Encontrou no Jota um porto seguro para alavancar a carreira.

/jmalucellifuteboloficial

13


[Londrina Esporte Clube

Tubarão ameaça outra vez :: Por duas oportunidades o Londrina quase chegou à decisão no ano passado. Somando os dois turnos, fez o mesmo número de pontos do campeão Coritiba (48) e oito a mais do que o vice Atlético. Para este ano, o Tubarão não quer deixar escapar a chance de voltar a ser campeão, algo que não acontece desde 1992. “Vamos disputar o título. Temos tudo para encaixar bem o time, mais forte no meio e no ataque”, comenta o técnico Cláudio Tencati.

Fundação – 5 de abril de 1956 Títulos – 3 Paranaenses (1962, 81 e 92), 3 Paranaense da Série Prata e 1 Copa Paraná. Fotos: Roberto Custódio / Jornal de Londrina

TIME BASE Vítor; Maicon, Rogério, Gilvan e Paulinho; Sílvio, Diogo Roque, Anderson e Rone Dias; Neílson e Arthur.

HISTÓRICO NA ELITE Jogos – 561 Vitórias – 397 Empates – 390 Gols pró – 1.867 Gols contra – 1.449 *faltam dados de 1962.

Estádio do Café, a sede do Londrina.

Destaque: Neílson

Técnico: Cláudio Tencati É a quarta temporada do treinador de Cianorte no comando do Londrina. Em 96 partidas, 55 vitórias, 20 empates, 21 derrotas, aproveitamento de 64% dos pontos.

Aos 26 anos, nascido em Presidente Prudente, o atacante retorna do empréstimo para a Portuguesa. No Café, marcou 14 gols na temporada passada.

www.londrinaesporteclube.com.br

14

Guia Paranaense 2014

GAZETA DO POVO

@LondrinaEC

/LondrinaEsporteClube


[Maringá Futebol Clube

Qual Maringá é esse? :: Reencarnação do Metropolitano, fun-

Fotos: Ivan Amorin / Gazeta do Povo

dado em 2010 e campeão da Série Prata em 2013, o Maringá FC pretende reviver os bons times da cidade – o velho Grêmio Maringá foi três vezes campeão estadual. Quem não gostou da ideia foi o empresário Aurélio Almeida, dono da marca, que há alguns anos tenta recuperar a pegada do “Galo Forte” com o Grêmio de Esportes Maringá (parece confuso, e é). “É o nosso primeiro ano na elite, mesmo assim nossa expectativa é mostrar que viemos para ficar de vez”, diz o técnico Claudemir Sturion.

Estádio Willie Davis, a casa do Maringá.

Destaque: Gabriel

Fundação – 2010. Estádio – Willie Davis. Título – 1 Paranaense da Série Prata (2013).

TIME BASE Ney; Reginaldo, Fabiano, Marcelo Xavier e Fernandinho; Zé Leandro, Serginho, Maringá e Max; Felipe e Gabriel.

HISTÓRICO NA ELITE 1ª participação

Técnico: Claudemir Sturion Ex-lateral direito, foi campeão da Copa Paraná com o Roma em 2006. Tornou-se especialista em conquistar o acesso à elite com os times do interior do Paraná.

Revelado pelo Marília, 25 anos, ganhou o codinome “Barcos” pelas comemorações parecidas com as do atacante argentino do Grêmio. Vindo do Audax-SP, tem fama de goleador. www.gremiometropolitanomaringa.com.br

@MetroMaringa

/MetroMaringa

15


[Operário Ferroviário Esporte Clube

Fantasma camarada :: Em 2014 o Operário quer evitar a irregularidade que comprometeu a campanha do ano passado – um primeiro turno excelente, um segundo ruim. O objetivo, entretanto, é modesto. “Queremos ficar entre os oito e ir para o mata-mata. E aí, vamos brigar e ver o que dá”, comenta o técnico Gilberto Pereira. Foram feitos poucos investimentos. “O mercado está muito difícil e como todo o time do interior nós temos nossas dificuldades”, completa.

Fundação – 1 de maio de 1912. Títulos – 1 Estadual Série Prata (1969) e 16 Campeonatos do Interior.

Fotos: Josué Teixeira/Gazeta do Povo

TIME BASE Vinícius; Alex, Basso, Ítalo e Marquinho; Saimon, Pedrinho, Maicon e Abuda; Lucas e Bispo.

HISTÓRICO NA ELITE Vitórias – 261 Empates – 216 Derrotas – 292 Gols pró – 1.094 Gols contra – 1.100 *Dados a partir de 1956.

Estádio Germano Kruger, a casa do Operário.

Destaque: Lucas Batatinha

Técnico: Gilberto Pereira

O atacante estava no futebol amador no ano passado, quando despertou atenção dos olheiros do Fantasma, aos 23 anos. Virou uma grande aposta do clube para marcar os gols. www.operarioferroviario.com.br

16

Guia Paranaense 2014

@ofecpr

GAZETA DO POVO

Está acostumado com o interior do futebol paranaense. Já foram oito clubes por todas as regiões do estado. Na temporada anterior, trabalhou no Atlético-GO. /Operário-Ferroviário-Esporte-Clube


[Prudentópolis Futebol Clube

Tigrão de duas cabeças :: Buscando maior identificação com a cidade, o Serrano mudou o nome para Prudentópolis no ano passado e voltou à elite do futebol paranaense. Para 2014, o Tigrão aposta em uma dupla de treinadores: o ex-jogador Joel Preisner e o experiente Ivair Cenci. “Vou começar no banco nas primeiras rodadas e depois o Ivair assume. Mas trabalhamos o tempo todo juntos”, explica Preisner, que tem dois anos na nova carreira. O esquema funcionou na campanha do acesso.

Fundação – 1º de setembro de 2007. Estádio – Newton Agibert. Títulos – não possui.

Fotos: Josué Teixeira/Gazeta do Povo

TIME BASE

Estádio Newton Agibert, a morada do Tigre.

Destaque: Luizinho

Marcos Paulo; Luizinho, Spice, Márcio e Thiaguinho; Sorbara, Casemiro, Bruno Guerreiro e Grilo; Thiago Henrique e Samuel.

HISTÓRICO NA ELITE Vitórias – 3 Empates – 2 Derrotas – 8 Gols pró – 10 Gols contra – 23

Técnico: Ivair Cenci O paranaense milita no futebol local desde a metade dos anos 90 e passou pelo Paraná em 2001. Antes disso, em 1995, foi campeão da Segunda Divisão com o Francisco Beltrão.

O lateral-direito foi peça importante na campanha do acesso em 2013, marcando gols decisivos. É conhecido por ser forte na defesa e com apoio consistente. E, se vacilar, ele sabe fazer gols. www.prudentopolisfutebolclube.com.br

@PrudentopolisFC

/serrano.cec

17


[Rio Branco Sport Club

Novo conceito no litoral :: A sequência de campanhas ruins dos últimos anos empurrou o Rio Branco para um novo cenário. O tradicional Leão da Estradinha decidiu apostar em uma parceria com a Amaral Sports – que também fornece jogadores para o Paraná. Os destaques do acerto são o goleiro Thiago Rodrigues, ex-Tricolor, e o meia Bismarck. “Temos uma expectativa positiva. Mas vamos ser humildes”, diz o técnico Netinho. No início do ano, o presidente Fabiano Elias se licenciou. Thiago Campos assumiu o cargo.

Fundação – 13 de outubro de 2013. Títulos – 3 Paranaenses do Interior

Fotos: Oswaldo Eustáquio/Gazeta do Povo

(1948, 1954 e 2000), 1 Paranaense da Série Prata (1995).

Estádio Caranguejão, a sede do Alvirrubro.

Destaque: Rafael Chorão

TIME BASE Rodrigo Café; James, Cris, Anderson Rosa e Fábio; Duda, Capixaba, Willian e Bismarck; Rafael Chorão e Jonatan.

HISTÓRICO NA ELITE Vitórias – 261 Empates – 198 Derrotas – 392 Gols pró – 1.081 Gols contra – 1.382. *Dados a partir de 1956.

Técnico: Netinho O ex-volante curitibano de 45 anos retoma a carreira à beira do gramado no Rio Branco, clube que já dirigiu em outras duas oportunidades.

Com passagem pela Portuguesa e o Treze-PB, o atacante de 25 anos chegou no início do ano e é o principal reforço do Leão Alvirrubro para a temporada. Tem fama de marcador de gols. www.riobrancosportclub.com.br

18

Guia Paranaense 2014

@RioBranco1913

GAZETA DO POVO

/riobranco.centenario


[Toledo Colônia Work

Reformulação completa :: O Toledo chega para o Paranaense com um elenco praticamente novo. Apenas três jogadores permaneceram da temporada passada, todos oriundos das categorias de base do clube: o meia Ferraz, o zagueiro Henrique e o lateral Marquinhos. “Temos uma das menores folhas de pagamento, certamente. É um time simples, com jovens procurando um espaço no futebol. Essa vontade de aparecer pode ser o nosso diferencial”, declara o técnico Paulo Foiani. Em 2013, o Porco somente brigou contra o rebaixamento no Estadual.

Fundação – 10 de fevereiro de 2004 Títulos – 1 Estadual Série Prata (2007), 1 Campeonato do Interior (2008).

Fotos: Cesar Machado/Vale Press

TIME BASE

Estádio 14 de Dezembro, morada do Porco.

Destaque: Eric

Aldo; Diogo, Duda, Henrique e George; André, Diego, Vincícius e Zé Anderson; Marcel e Eric.

HISTÓRICO NA ELITE Vitórias – 35 Empates – 32 Derrotas – 41 Gols pró – 139 Gols contra – 143

Técnico: Paulo Foiani O jovem atacante de 23 anos já passou por Iraty, J. Malucelli e Guarani-MG. É o referencial da equipe no setor ofensivo e tem habilidade suficiente para criar as jogadas pelos lados do campo.

www.toledotcw.com.br

não tem

Ex-volante, 37 anos, teve boa passagem pelo Coritiba em 1997 e está iniciando a carreira no banco de reservas. No ano passado, estreou na função dirigindo o Marcílio Dias em Santa Catarina.

/pages/Toledo-Colônia-Work/135324989826978

19


TABELA Confira os jogos do Paranaense 2014: Transmissão por tevê aberta

1ª fase 1ª rodada (18/1 e 19/1) Sáb 17 h Prudentópolis x Atlético

4ª rodada (31/1, 1/2 e 2/2) Paraná x J. Malucelli Sáb 17 h Coritiba x Cianorte Londrina x Operário Dom 17 h Dom 17 h Prudentópolis x Toledo Dom 17 h Rio Branco x Atlético (TV) Maringá x Arapongas Dom 17 h Sex 19h30

5ª rodada (8/2 e 9/2) J. Malucelli x Rio Branco Dom 17 h Operário x Paraná (TV) Dom 17 h Toledo x Cianorte Dom 17 h Maringá x Prudentópolis Dom 17 h Arapongas x Londrina Dom 19h30 Atlético x Coritiba Sáb 17h

Maringá x Coritiba (TV) Operário x Toledo Dom 17 h Londrina x Rio Branco Dom 17 h J. Malucelli x Arapongas Dom 19h30 Paraná x Cianorte Dom 17 h Dom 17 h

2ª rodada (22/1 e 23/1) Cianorte x J.Malucelli Qua 19h30 Atlético x Toledo Operário x Rio Branco Qua 19h30 Qua 19h30 Londrina x Prudentópolis Qua 21h50 Arapongas x Coritiba (TV) Qui 19h30 Paraná x Maringá Qua 19h30

3ª rodada (25/1 e 26/1) Atlético x Operário Coritiba x Paraná Dom 17 h Dom 17 h Rio Branco x Prudentópolis Dom 17 h Cianorte x Arapongas Dom 17 h Toledo x Londrina (TV) Dom 19h30 J. Malucelli x Maringá Sáb 19h30

6ª rodada (14/2, 15/2 e 16/2) Coritiba x Rio Branco Operário x Arapongas Sáb 17 h Londrina x Maringá Dom 16 h Dom 16 h J. Malucelli x Toledo Dom 16 h Cianorte x Atlético (TV) Dom 18h30 Paraná x Prudentópolis Sex 19h30

7ª Rodada (19/2 e 20/2) Coritiba x J. Malucelli Qua 19h30Prudentópolisx Operário Qua 19h30 Rio Branco x Toledo Qua 19h30 Maringá x Cianorte Qua 21h50 Arapongas x Paraná (TV) Qui 19h30 Atlético x Londrina Qua 19h30

8ª Rodada (22/2 e 23/2) Paraná x Rio Branco Dom 16 h Operário x Maringá Cianorte x Londrina Dom 16 h Sáb 18h30

Dom 16 h Prudentópolis x J. Malucelli Toledo x Coritiba (TV) Dom 16 h Dom 18h30

Atlético x Arapongas

9ª Rodada (27/2 e 1/3) Coritiba x Operário Sáb 16 h Rio Branco x Cianorte Sáb 16 h Maringá x Toledo Sáb 16 h Londrina x Paraná Sáb 16 h Arapongas x Prudentópolis Sáb 16 h J. Malucelli x Atlético Qui 19h30

10ª Rodada (5/3 e 6/3) Qua 19h30 Arapongas x Rio Branco

Atlético x Maringá Cianorte x Operário Qua 20h30 J. Malucelli x Londrina Qua 21h50 Toledo x Paraná (TV) Qui 19h30 Coritiba x Prudentópolis Qua 19h30 Qua 19h30

11ª Rodada (9/3) Operário x J. Malucelli Dom 16 h Londrina x Coritiba (TV) Dom 16 h Prudentópolis x Cianorte Dom 16 h Toledo x Arapongas Dom 16 h Rio Branco x Maringá Dom 16 h Paraná x Atlético Dom 16 h

2ª fase: Mata-mata Jogos de ida e volta, com desempate na disputa por pênaltis. Quartas de final

Jogo 1 1º colocado X 8º colocado Jogo 2

2º X 7º

Jogo 3

3º X 6º

Jogo 4

4º X 5º

Semifinal

FINAL

A

Vencedor 1 X Vencedor 4

B

Vencedor 3 X Vencedor 2 Vencedor A X Vencedor B

Torneio da morte Os quatro últimos colocados da 1ª fase jogam em turno e returno. Os dois últimos são rebaixados.

20

Guia Paranaense 2014

GAZETA DO POVO

Fonte: Federação Paranaense de Futebol. Infografia: Gazeta do Povo.


OS CAMPEÕES Relembre quais clubes levantaram o caneco nas 99 edições anteriores Ano

Campeão

Vice

Ano

Campeão

1915 1916 1917 1918 1919 1920 1921 1922 1923 1924 1925 1926 1927 1928 1929 1930 1931 1932 1933 1934 1935 1936 1937 1938 1939 1940 1941 1942 1943 1944 1945 1946 1947 1948 1949 1950 1951 1952 1953 1954 1955 1956 1957 1958 1959 1960 1961 1962 1963 1964

Internacional Coritiba América-Paraná Britânia Britânia Britânia Britânia Britânia Britânia Palestra Itália Atlético Palestra Itália Coritiba Britânia Atlético Atlético Coritiba Palestra Itália Coritiba Atlético Coritiba Atlético Ferroviário Ferroviário Coritiba Atlético Coritiba Coritiba Atlético Ferroviário Atlético Coritiba Coritiba Ferroviário Atlético Ferroviário Coritiba Coritiba Ferroviário Coritiba Monte Alegre Coritiba Coritiba Atlético Coritiba Coritiba Comercial Londrina Grêmio Maringá Grêmio Maringá

Paraná SC Britânia Internacional Coritiba Coritiba Coritiba Palestra Itália Savóia Operário Coritiba e Operário Operário e Savóia Atlético e Operário Atlético Atlético Operário Operário Guarani Operário Nova Rússia Operário Olinda Coritiba e Operário Operário Operário Pinheiral Operário Atlético Ferroviário Coritiba Coritiba Coritiba Ferroviário Ferroviário Atlético Ferroviário Coritiba Jacarezinho Palestra Itália Cambaraense Jacarezinho Ferroviário Guarani Ferroviário Operário Londrina Mandaguari Operário Coritiba Ferroviário Seleto

1965 1966 1967 1968 1969 1970 1971 1972 1973 1974 1975 1976 1977 1978 1979 1980 1981 1982 1983 1984 1985 1986 1987 1988 1989 1990 1991 1992 1993 1994 1995 1996 1997 1998 1999 2000 2001 2002 2003 2004 2005 2006 2007 2008 2009 2010 2011 2012 2013

Ferroviário Ferroviário Água Verde Coritiba Coritiba Atlético Coritiba Coritiba Coritiba Coritiba Coritiba Coritiba Grêmio Maringá Coritiba Coritiba

Vice

Grêmio Maringá União Bandeirante Grêmio Maringá Atlético União Bandeirante Coritiba União Bandeirante Atlético Atlético Atlético e Colorado Colorado Colorado Coritiba Atlético Colorado Cascavel e Colorado Londrina Londrina Grêmio Maringá Atlético Colorado Atlético Coritiba Pinheiros Coritiba Atlético Pinheiros Coritiba Pinheiros Pinheiros Coritiba Atlético Pinheiros Coritiba União Bandeirante Atlético Coritiba Paraná Atlético Londrina União Bandeirante Paraná Londrina Paraná Londrina Paraná Coritiba Paraná Coritiba Paraná Atlético Atlético Coritiba Coritiba Paraná Atlético Coritiba Atlético Paraná Atlético e Iraty* Paraná e G. Maringá* Coritiba Paranavaí Coritiba Atlético Atlético Coritiba Paraná Adap Paranavaí Paraná Coritiba Atlético Atlético Corinthians- PR Coritiba Atlético Coritiba Atlético Coritiba Atlético Coritiba Atlético

* Supercampeonato

21


Guia Paranaense 2014 parte I  

Descrição de todos os times do campeonato nesta temporada

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you