Page 1

Ed iç ã o

-

Ano

X

-

R $

15, 00

-

w w w.rev ist a z elo . c o m . b r

Liderança

Elbio Moreira em bate-papo sobre carreira, mercado e vida pessoal

Celebration

Goiânia atrai pessoas de todo o País com suas glamourosas festas Open Air

Lifestyle

Família Lobo abre as portas de sua residência e revela atmosfera de acolhimento

Relax

Para fugir da rotina, elegemos opções de spas aconchegantes pelo mundo

1

3 7 ª


2

O brilho do ouro no Setor Oeste espera por vocĂŞ.

Vendas:

(62) 3545-4455


RI - 12 87623 90001 09

3

Incorporação:


SIDNEY

4

ISSO VAI SOAR FAmILIAR: Um EBm NO JARDIm GOIÁS

pERSpEctIVA ARtíStIcA DO DUpLEx - 77 m 2*

visite espAço eBm - Al. riCArdo pArAnhos Perspectiva artística do apartamento duplex 77 m2. Imagem meramente ilustrativa com sugestão de layout e decoração com móveis e objetos não fazendo parte do contrato. Equipamentos e acabamentos conforme memorial descritivo. A locação dos elementos estruturais pode variar de acordo com exigências técnicas. *Área privativa composta por área privativa do apartamento + área privativa do escaninho. Na área privativa indicada acima não estão incluídas as áreas das vagas de garagem. Mais informações, vide memorial descritivo e convenção de condomínio. Sidney - R-7-91.488.


DE

71 A 79 m

2*

ApenAs 20 unidAdes disponÍveis

5

Av. JAmel CeCÍlio Com Av. e - JArdim Goiás

SAtISFAÇÃO tAmANHO FAmíLIA O Sidney SmartStyle é o mais recente lançamento no metropolitan, o melhor complexo imobiliário de Goiânia. O residencial tem tudo o que sua família quer. Apartamento com uma planta espaçosa, lazer completo e localização que facilita o seu dia a dia. tudo isso em um projeto com a solidez EBm.

Realização e vendas:

4001-3600 e b m .com . br


W W W. M I X ED.CO M . B R

Rua 1.128, 69 - S et or M arist a


8


9


10


11

Label moda praia genuinamente goiana para mulheres universais. Conforto e design são elementos do seu DNA. Há três anos inova ao apresentar a cada coleção peças que valorizam os pontos fortes do corpo feminino, sempre transmitindo a essência de cada mulher, com um olhar sofisticado e atemporal. Para o verão 2017, biquinis, maiôs, cangas e saídas de banho trazem o mood californiano como inspiração. Aliás, o life style da Costa Oeste das terras do Tio Sam promete desembarcar nas areias e principais points da estação mais quente do ano no Hemisfério Sul.


12

w w w. l o l l a b r a s i l . c o m . b r


13

w w w. l o l l a b r a s i l . c o m . b r


14

w w w. l o l l a b r a s i l . c o m . b r


15

Fotografia: João Augusto Produção: Lidiane Santos Beleza: João Pedro Modelo: Hettiely Beck Locação: Los Angeles - CA

w w w. l o l l a b r a s i l . c o m . b r


Sumário

34

Presidente

60

Casa

84

ritmo

No ano em que comemora 35 anos de ebm, elbio moreira

62

moda

92

gastronomia peruana

Um resgate à tradição, desde a época do Brasil Colonial, da cultura doceira em Goiás

52

Personalidade

78

hair

94

gourmet

Com marcenaria bem resolvida,

apartamento ganha detalhes que trazem conforto e elegância

16

revela receita de sucesso

42

Dolce Gusto

Arquiteto Jéfferson Castro

assina projeto residencial que traz um mix de luxo e rusticidade

Zelo mostra como a dança

proporciona benefícios incríveis ao corpo

Em um editorial poderoso,

opções para se vestir bem na noite da virada

Vanessa Gualberto detalha culinária premiada de Lima em

roteiro gastronômico dos deuses

Stylist

Top cabeleireiro Claudio Passos fala sobre os 14 anos de carreira e suas inspirações

Confira receitas cheias de sabor

para incrementar a mesa durante as celebrações de fim de ano


DIRETORA EDITORIAL Rosângela Motta EDIÇÃO GERAL Hannah Motta REPORTAGEM Amanda Pinheiro Andrea Regis Alexandre Parrode Juan Meloni Lucas Pereira EDIÇÃO DE FOTOGRAFIA Ângela Motta FOTOGRAFIA João Carlos Kell Motta Nelson Pacheco

Rosângela Motta

Ângela Motta

DIAGRAMAÇÃO Gabriel Evan Borba TRATAMENTO DE IMAGENS Vinícius Alves REVISÃO Fátima Tolêdo

18

PROJETO GRÁFICO Carlos Sena JORNALISTA RESPONSÁVEL Astero Motta (JP - 2233) ESTAGIÁRIOS Gabriel Evan Borba Amanda Pinheiro ZELO EM BRASÍLIA Kell Motta (61) 9915-5115 IMPRESSÃO Gráfica Formato Mota Editora Ltda CNPJ 02.589.924/0001-09 Telefone: (62) 3259 6510 / (62) 8501 0333 www.revistazelo.com.br redacao@revistazelo.com.br Rua C-148 esq. C-136, Qd 304, Lt 12 Nº 868 - CEP: 74.250-010 Jardim América - Goiânia-GO

A Revista Zelo não se responsabiliza pelos conceitos emitidos nas colunas e artigos assinados por seus colaboradores e não tem vínculo empregatício com os mesmos.

CAPA

A MODELO CAROL NARLLA (MEGA MODELS) FOI FOTOGRAFADA POR VINÍCIUS MOREIRA, STYLING DE RAFAEL GARCIA E BELEZA DE RODRIGO LOPES. CAROL VESTE MIXED e joias aulore.

editorial Última edição do ano faz a gente olhar para trás e refletir sobre o que aconteceu em nossa vida, no Brasil e no mundo. O ano de 2016 foi, sem dúvida, intenso e tomado por desafios. Por outro lado, foi também um instrumento para nos mostrar o quanto estamos preparados para estar e permanecer como um importante veículo de comunicação no Estado. São nos momentos adversos que desenvolvemos novas maneiras de pensar, de fazer, de agir e criamos alternativas que resultam em mudança positiva. A edição de dezembro é também aquela que, por tradição, falamos de festa. Para tratar deste assunto, convidamos os festeiros mais badalados da cidade, que, ao longo do ano, produzem as festas Open Air, que viram a noite, com diferentes edições e propostas para os mais variados estilos. Festa também é o mote da vida de Liliane e das filhas, Tana e Cristal Lobo, que fazem parte do staff cada vez mais restrito dos melhores eventos da capital goiana. Como celebrações têm tudo a ver com doces, Zelo passeia pela confeitaria tradicional goiana, que atravessa gerações com iguarias que misturam frutos do cerrado e histórias de amor pela gastronomia. A edição segue em clima de ferveção e traz uma reportagem com diferentes estilos de dança, opções para quem pratica exercícios físicos em busca de se divertir e relaxar. Para contrabalancear, o papo cabeça com o empresário Elbio Moreira, que relembra histórias, fala sobre o atual momento econômico brasileiro e de como conseguiu manter o padrão de qualidade. Zelo, neste número especial de fim de ano, também selecionou spas ao redor do mundo que oferecem um leque de opções, além de paisagens deslumbrantes. Ainda na seção viagem, convidamos a empresária Vanessa Gualberto para falar sobre culinária e territórios misteriosos que marcam o roteiro turístico da capital peruana. Para inspirar você a entrar na época de festas com glamour total, mostramos um ensaio com peças exuberantes. E na seção Beleza, selecionamos os melhores produtos para você se manter linda no verão. Para finalizar, indicamos duas sugestões de pratos para as festas de fim de ano: a Porchetta Alla Emilia-Romana e o famoso Petit Gatêau de Doce de Leite com Calda de Frutas Vermelhas. Gostou? Eu adorei e desejo que você encontre inspiração para também fazer uma comemoração em grande estilo. A todos os nossos leitores, colaboradores e parceiros, um Feliz Natal e uma passagem de ano feliz, e que 2017 seja ainda melhor e traga sentimentos fraternos para serem cultivados por toda nossa caminhada. Boa leitura e Boas Festas! Rosângela Motta


19

RUA 135,128, SETOR MARISTA, GOIÂNIA. +62 3587.1336 +62 99158.8805


20

Colaboradores

Hannah motta

GABRIEL EVAN

LUCAS PEREIRA

@hannah.motta

@gabriel.evan

@outlucas

AMANDA PINHEIRO

juan meloni

astero motta

@raiossss

@juanmeloni

@asterofontenelle

joão carlos

fátima tolêdo

vinícius alves

@joaocarlos84

@mfatimatoledo03

@alvini0808

william hanna

kell motta

@williamhmj

@kelldamotta

VINICIUS MOREIRA

RODRIGO LOPES

andrea regis

@vinicius_vm

@rodrigolopsy

@andrearegis

ALEXANDRE PARRODE

@aleparrode

gardênia passos

rafael garcia

nelson pacheco

@gardeniawpassos

@rafaelgyn13

@nelsonpachecophotos


21


ilustração: www.micronormous.com

22

Stevenson: Nem Médico, Nem Monstro Uma leitura de fruição. Assim se apresenta “Stevenson Sob as Palmeiras” (Ed. Cia. das Letras, p.88), do escritor argentino Alberto Manguel. A obra narra as vivências do escritor (romancista, ensaísta e poeta) escocês Robert Louis Stevenson (1850-1894) em Samoa, ilha onde fixou residência, depois de dar a volta ao mundo para curar-se de uma tuberculose. Nesses confins idílicos do Pacífico Sul, isolou-se para escrever em silêncio e dar asas à sua fantástica imaginação. Fã confesso de Stevenson, Manguel decidiu tomá-lo como personagem. O autor nos conduz calmamente, numa prosa às vezes poética, ao paraíso tropical do consagrado escritor. Descreve a residência confortável do romancista, o escritório arejado, o sol e o calor, a sombra dos flamboyants e a nudez das mulheres da ilha de Samoa, que classifica como “pele escura, brilhante e dura como pedra vulcânica”. Na trama, tudo parece ir bem para Stevenson, que é idolatrado pelos na-

tivos da ilha. Eles se referem ao escritor como Tusitala ou “contador de histórias”. Em determinada altura, um crime abala o suposto nirvana tropical. A tensão e o mistério se instalam. Agrava-se, também, a tuberculose do escritor. Vida e ficção se misturam. Assim como literatura e realidade. É justamente neste ponto que chegamos ao ápice da narrativa do escritor argentino Alberto Manguel, que recentemente esteve no Brasil proferindo palestras. Hábil contador de estórias, Manguel deixa aflorar os agudos conflitos culturais entre europeus e os nativos de Samoa. Para saber mais, só lendo o livro. Não praticarei spoiler. A dualidade percorre toda a obra (passado e presente, certo e errado, emoção e razão, claro e escuro), remetendo à obra mais famosa de Stevenson: “O Médico e o Monstro”. Interessa saber que todo esse enredo (ambientação, história e personagens) só poderia render, nas mãos de um hábil tecelão das palavras, boa

francisco barros Jornalista, escritor e diretor da Editora InteRATIVA

literatura. É o que faz com muita competência Alberto Manguel. O autor dignifica o gênio do seu colega escocês, que nos legou clássicos exemplares do porte do já citado “O Médico e o Monstro” e do fabuloso “A Ilha do Tesouro”. “Stevenson Sob as Palmeiras” é uma competente homenagem ao mestre do terror e das aventuras. E, por isso, é um convite e um incentivo para penetrar no mundo do grande estilista e contador de histórias que foi Stevenson. Para se ter ideia do seu prestígio, foi, também, admirado por mentes brilhantes como Jorge Luis Borges, Graham Greene e Italo Calvino. Sobre o seu personagem, Manguel adverte: “Ler Stevenson é uma aventura intelectual, um encontro com uma mente clara e despretensiosamente inteligente; mas, acima de tudo, é um ato de amizade, pois quem abre um de seus livros (a menos que tenha o espírito insensível e a cabeça embotada) ganha um amigo generoso e honesto para o resto da vida.”


23


24

Perguntaram seu nome, ao que ela respondeu: “Idiota.” Esse é o ponto mais pavoroso da história de uma menina de 4 anos, relatada pela assistente social que atendeu o caso de abuso ocorrido em agosto deste ano nos Estados Unidos. Mãe e padrasto foram presos em função dos maus-tratos perpetrados. Além das marcas visíveis no corpo, B. (nome fictício) internalizou um nome a partir da ofensa frequentemente proferida pelo padrasto, que admitiu usar a palavra ao se referir à menina “em tom de brincadeira”. Acontece que eu, você e mais 7,2 bilhões de pessoas que povoam este planeta vivemos e nos desenvolvemos pela cultura que nos cerca. Pelo nome que nos deram, pela família que nos acolhe, por aquilo que ouvimos falar de nós. Diferentemente dos animais, existimos porque o outro fala de, para e sobre nós – no espelho, a mãe diz: “Quem é o bebê da mamãe?”; a criança fala de si: “A Mariana quer água, papai!”. E assim vamos nos montando, reunindo discursos e desejos daqueles que nos rodeiam por meio da linguagem. “O Pedro é tão estudioso!” “Nossa, que menina feinha...” “Você é preguiçoso demais. Olha como seu irmão é diferente.” Boas ou ruins, vamos recebendo designações e escrevendo muitas delas em um crachá invisível que carregamos no pescoço. Ou seja, vivemos em um mundo em que o outro nos nomeia e nos dá atributos que ficam impregnados em nosso inconsciente. No caso relatado de B., “idiota”

passou a ser ela, a menina desprotegida diante do absurdo de sua vida familiar. Em se tratando de nós mesmos, talvez seja mais difícil percebermos que palavra carregamos sem querer para, talvez, dela (ou delas) nos livrarmos. “Mãe perfeita”, “funcionário exemplar”, “fracassado”, “doentinha”, “gostosona”... (tudo pode ser revisto) são apenas alguns exemplos. O interessante aqui é nos darmos conta de que temos a capacidade de apagar o que foi escrito nesse crachá pesado que levamos a toda parte. E para quem pensa que só palavras aparentemente pejorativas nos escravizam, podemos, por exemplo, pensar na tal “mãe perfeita”. Em um grupo de rede social, algumas mulheres conversavam recentemente. Uma das mães relatou já ter ficado inúmeras vezes acordada madrugada adentro esperando o filho chegar, mas também contou já ter dormido, exausta, perdendo a hora de buscá-lo em uma festa. Em seguida, relatos semelhantes pipocaram, vindos das mulheres envolvidas na conversa. Todas mães presentes na vida de seus filhos, porém, reais, que de repente perceberam que o crachá de “mãe perfeita” não era legal – e que dele é possível se desprender para ser mais feliz. Entender como isso se dá em nossas mentes nos faz abrir portas para uma vida mais leve e, veja bem, nos torna mais responsáveis pelo papel que desempenhamos na vida daqueles que nos cercam.

valeria belém e luciene godoy valéria é Jornalista, escritora e psicanalista em formação, e luciene é Psicanalista, pesquisadora e escritora

ilustração: reprodução

Escolha suas palavras


Foto: Gil Inoue | COPACABANA PALACE 2016 | animale.com.br

CARMEN CARDOSO - GOIÂNIA/GO | FONE: (62) 3259-7503 / 3945-7316


s.o.s.cerimônia

fotos: divulgação

alexandre lozi alexandre@grupolozi.com.br

Welcome! Com o boom dos destination wedding, os convidados têm andado quilômetros para prestigiar o casal de noivos. Portanto, eles merecem ser recebidos com toda “pompa e circunstância”. É de bom tom que um kit receptivo seja deixado nas acomodações de cada um, o que pode variar entre pequenas lembranças temáticas para serem usadas nos dias de estada ou um simples informativo com um cartão de boas-vindas. Além disso, um evento de welcome é super bem-vindo, seja um luau, um happy hour ou até mesmo um coquetel. A dica é que seja menos formal que o casamento, para que as pessoas já entrem no clima. Um charme à parte!

Lá do alto

26

Já que o assunto é casamento na praia, uma das grandes novidades no segmento da imagem é o uso de drones. As solenidades em lugares abertos que trazem paisagens naturais como cenário merecem uma cobertura imagética aérea que consiga transmitir toda a beleza da ocasião em consonância com o espaço natural. Os drones são aparelhos manobrados por controle remoto com câmera integrada que filma em 4k e faz fotos em alta resolução. Além disso, a câmera pode chegar a uma articulação de até 360º, faz transmissões ao vivo e o mais surpreendente é que proporciona ângulos impossíveis de serem realizados com helicópteros, gruas ou qualquer outro equipamento de filmagem. Desta forma, você pode ter o casamento dos seus sonhos de outro prisma: bem lá do alto.

Dress code! O assunto destination wedding na praia está em alta e com grande demanda. O fato é que os convidados sempre esbarram no dress code. Tudo bem que o lugar sugere descontração, mas vale lembrar que é um casamento e que exige respeito ao traje. A não ser que os noivos comuniquem que a proposta é esporte, bermudas, chinelos, camisetas e vestidinhos de malha jamais serão aceitos. Para os homens, vestimentas sem gravata e até mesmo sem paletó. No caso da escolha de usar um costume, opte por tons de cores médias como o bege, o cinza e o azul. Para mulheres, tecidos mais leves, fluidos, cores mais claras e estampas são bem-vindos. Atentese para o não uso do off-white; essa pode ser a escolha da noiva. Não há obrigatoriedade de longo e os brilhos devem ser definitivamente esquecidos.

Pré-destination wedding Não necessariamente o casamento tenha que ser um “destination”. Há casais que optam por realizar o matrimônio na própria cidade, entretanto fazem as fotos pré-casamento em um destino dos sonhos. A ideia é contextualizar essa sessão de fotos com a vida do casal. As praias sempre aparecem em primeiro lugar, porém cidades históricas e ambientes bucólicos como campos e fazendas ganham destaque. Nova York, Paris e a região da Toscana têm liderado o ranking de preferências.


27


trendALERT LIDI SANTOS lidiane@lidisantos.com.br

Califórnia Spirit

28

look lolla brasil

A moda também tem seu lado lúdico e tem brindado cada vez mais as mulheres com propostas irreverentes e coloridas. Para o próximo verão brasileiro, entre as tendências está o mood californiano, que traz elementos alegres, mix de estampas, tecidos leves, franjas e muitas cores, principalmente as cítricas, que contrastam com os tons terrosos. A região da Califórnia sintetiza vários estilos de vida, onde looks praianos contrapõem-se com cenários recheados de deserto e coroados por montanhas. Confira aqui um pouquinho desse estilo regado por um tropicalismo à la Brasil.

biquÍni Lolla Brasil

óculos dolce & gabbana

bolsa bucket abacaxi, bordada à mão - Isla Brasil


SEU PROJETO VAI GANHAR MAIS BELEZA. VALORIZAÇÃO ENTÃO, NEM SE FALA.

EM 2016, A BALCONY BRASIL ESTÁ PRESENTE EM 2 AMBIENTES DA MORAR MAIS POR MENOS. O sistema de envidraçamento que o Brasil conhece e confia traz toda tecnologia, design e inovação a um dos maiores eventos de decoração do país. Só quem é líder pode oferecer o melhor.

Acompanhe nossas redes sociais

Qualidade aprovada pelo

Ensaios realizados pelo Laboratório L. A. Falcão Bauer conforme relatórios LPC/L-258.793/1/15 e LPC/L-258.793/2/15 de acordo com as normas da ABNT NBR 16259.

62

3275-8004

www. BALCONYBRASIL .com.br


CTRLSP

REGGIE MORAES reggiemoraes@yahoo.com.br

Bienal de São Paulo

30

A 32ª Bienal de São Paulo, intitulada Incerteza Viva, vai até dezembro e propõe refletir sobre as atuais condições da vida e as estratégias oferecidas pela arte contemporânea para acolher ou habitar incertezas. Com entrada gratuita, 81 artistas ou coletivos desembarcaram no Pavilhão Ciccillo Matarazzo, no Parque Ibirapuera, com obras que traçam pensamentos cosmológicos, inteligência ambiental e coletiva, ecologias naturais e sistêmicas, as migrações globais e a xenofobia, desvinculando a incerteza do medo. Vale a pena conferir: 32bienal.org.br

De DJ a designer!

Costume collection

A Light-indesign é uma marca de luminárias supercriativas da DJ Ingrid Chasseraux Diniz, que em um momento se viu fisgada pelo mundo do design. Tudo começou com uma busca na internet por lâmpadas de filamento. Tendo como lema de vida a frase “se não pode comprar, faça você mesmo” e herdando do pai o dom da criatividade, Ingrid fez a sua primeira luminária, que foi um grande sucesso e abriu caminho para que ela se aprofundasse e desenvolvesse objetos desejo. A coleção completa no site: light-indesign.carbonmade.com

Quem ainda não conhece a Casa Juisi precisa passar por lá! O brechó conta com aproximadamente 35 mil peças, que vão desde a época do descobrimento (1500) até os anos 1990, além de uma infinidade de sapatos, óculos e acessórios. Comandada por Simone Pokropp e Junior Guarnieri, possui um dos maiores acervos de moda do País. Atrai estudantes de moda, figurinistas, e até estilistas gringos de passagem pelo Brasil. Nicholas Ghesquière e Jeremy Scott já estiveram por lá! O espaço, um antigo casarão na região da Sé, abriga também a Sé Galeria, em um misto de antigo e novo, que leva ao local residências artísticas sob curadoria de Maria Montero. Saiba mais em: casajuisicentro. wixsite.com/casajuisi

Ray-Ban + Boiler Room! Em setembro aconteceu a festa Fight Perfection no rooftop do Shopping Light, no centro histórico de São Paulo. Sob curadoria musical do DJ Gui Boratto, e com lives de Shadow Movement, L_Cio e Junior C, a festa foi baseada na campanha mundial da Ray-Ban e com foco na celebração de modelos da linha Aviador com Flash Lenses, um ícone alinhado com a tendência do verão. O Boiler Room, lançado em 2010 em Londres, é um evento que reúne DJs para serem assistidos por um seleto grupo de pessoas, em um evento único e exclusivo transmitido ao vivo pela internet. A primeira edição no Brasil do Boiler Room São Paulo aconteceu em 2013. Ficamos na torcida para que rolem outras edições por aqui! Conheça mais em: facebook.com/boilerroom.tv


31


SÓ PARAHOMENS César neto cesarr.nt@gmail.com

João Pimenta no SPFW

32

Longe dos rótulos de gênero, o estilista João Pimenta brincou com os conceitos do guarda-roupa feminino e masculino na última edição da Semana de Moda de São Paulo. João trouxe para as passarelas uma paleta de cores que não é característica nem de um nem de outro, elaborando uma espécie de terceira e nova opção de guarda-roupa com um toque de lirismo e bastante solar. Quanto à modelagem: saias plissadas, peças oversized, jaquetas bomber e camisões em profusão de babados, uma referência às ondas, também presentes nos recortes, inspirados no balanço do mar.

Marrocos

Grindr fashionista

A Vans abre sua segunda temporada 2016 com a coleção Morrocan Geo, inspirada nas tradições étnicas. Ricos em detalhes e produzidos de jacquard, dão um efeito de alto-relevo, que, misturados ao verde, azul e laranja, lembram os azulejos do Marrocos. Além dos tênis clássicos Sk8-Hi Ressuie e Era 59, a Vans traz os modelos ISO 1.5 e ISO 2.0. O look de skatista chega todo fashionista, direto para a festa! Os modelos já estão disponíveis no Brasil.

O Grindr, que já inspirou uma infinidade de editoriais, agora lança uma linha de roupas. O aplicativo de pegação gay ganhou uma loja online no Brasil, onde já estão disponíveis 29 peças. As roupas chegam com um quê mais sensual, com shorts bem curtos, camisas com transparências e sungas. Tudo com uma pegada bem sportwear, em tamanhos que vão desde o XXXP até o XXXG.

Ponteiro! Novidade no Brasil, a sueca Carl J.Sund chega ao País com peças com traços minimalistas e contemporâneos. Seu nome faz referência ao atleta atirador Carl Johan Sund e a edição de lançamento, nomeada 1912, representa o ano em que ele participou das Olimpíadas em Estocolmo. Os modelos são todos unissex, em prata e ouro, e têm como base uma caixa ultrafina, onde foram removidas todas as linhas desnecessárias para assegurar um visual bem clean. As pulseiras Nato podem ser coloridas e de nylon ou de couro preto e marrom.


33


personalidade

foto: joĂŁo carlos fotografia

34

conversa com Elbio moreira


Ao comemorar 35 anos da EBM, presidente da empresa relembra histórias, fala do atual momento econômico brasileiro e de como conseguiu manter o padrão de qualidade

Do alto do 17º andar, Elbio Moreira observa como a paisagem urbana de Goiânia mudou nos últimos 35 anos. Desde que começou a empreitada para subir seu primeiro empreendimento, o presidente da EBM Desenvolvimento Imobiliário passou pelos mais variados momentos econômicos. Foi vítima do confisco do ex-presidente Fernando Collor e viveu o boom imobiliário de 2011-2013. Apesar de antagônicas, as situações tiveram uma coisa em comum na história da incorporadora: a prudência. Mesmo nos momentos de pujança, o empreendedor garante que não se deixou levar. “O mercado imobiliário tem uma característica: quando está em crescimento, você vê um monte de pessoas que não são da área abrir incorporadoras, se aventurar de forma oportunista. Mas é quando as coisas ‘apertam’ que vemos quem são os bons empresários”, argumenta. Fundador da EBM, uma das maiores empresas do ramo em Goiás, Elbio Moreira contou à Zelo que supera a crise que assolou o País nos últimos dois anos por que se preparou e agiu com extrema cautela. “Em 2013, fui a uma palestra em São Paulo e os economistas já alertavam para a situação caótica a partir de 2015. Quando voltei, reuni minha equipe e avisei: ‘vamos segurar investimentos’. Hoje, atravessamos muito capitalizados, o que é uma conquista”, explica. Para se ter ideia, a empresa lançou apenas um empreendimento em 2014 e um em 2015. Este ano, a situação é bem diferente: são três em desenvolvimento, sendo um em Goiânia, um em Anápolis e outro no interior de São Paulo. “Estamos vendendo mais e estamos maiores que no ano passado”, comemora. A receita para o sucesso de Elbio não se restringe apenas ao “planejamento” e “pés no chão”: a EBM conta hoje com

700 funcionários, que, em sua maioria, trilham carreira na empresa. Dos seis diretores que compõem o conselho da instituição, para se ter ideia, cinco foram estagiários. “Tenho funcionários aqui com 35 anos de casa, estão comigo desde a fundação”, lembra. Questionado sobre a evolução do mercado imobiliário (e da própria cidade) de Goiânia, o empresário conta que houve muito progresso, mas, por vezes, desordenado e há desafios a serem superados ainda. Um deles é a construção de uma cidade compacta. “Antigamente, achava-se que a cidade horizontal era o ideal. Não é! Os custos com infraestrutura são maiores, as pessoas têm que se locomover mais, não é funcional. Estudos mostram que uma pessoa deve ter, em um raio de 400 metros de suas casas, todos os equipamentos necessários. A cidade horizontal é cara e abre brecha para a formação de vazios urbanos”, explica. Para além do empreendedor Elbio Moreira se formou em Engenharia Civil em São Paulo e voltou a Goiânia ainda jovem para trabalhar na antiga Encol. Com a aposentadoria do pai, o funcionário público Bento Odilon Moreira, decidiu montar uma incorporadora. Acreditava que aquela era a melhor época para arriscar: ainda solteiro, considerava que podia empreender com sucesso em Goiânia e ainda hoje, ao lado do irmão mais novo, Bento Odilon Moreira Filho, comanda a EBM – que tem mais de 150 empreendimentos entregues em 16 cidades. “Meu pai trabalhou muito. Aos 92 anos, quando faleceu, ainda tinha uma sala aqui na empresa, mesmo já não sendo sócio. Lembro que, aos 80 anos, comecei a levá-lo todos os sábados ao Glória. Ele nunca foi de beber, mas o chope lá é muito gostoso e, então, começou a

tomar dois garotinhos. Acabou virando rotina. Tínhamos uma turma de amigos, formava aquela mesa grande, batendo papo... Na sexta-feira já me ligava. Um dia me perguntou: ‘Elbio, por que demorei tanto a fazer isso?’”, conta. Não fica triste ao falar do pai. Pelo contrário, dá risadas ao se lembrar das idas ao bar. Apesar de estar sempre na empresa, Elbio afirma que não leva trabalho para casa. Quando sai, se desliga: “Não converso sobre trabalho em casa. Festa da família, não converso sobre negócios com meu irmão, nem com meu filho. Tem que ser disciplinado, senão você não descansa. Minha racionalidade entrando aqui também. A vida nos leva a ser mais cautelosos, precavidos.” Não é só na vida profissional que ele é disciplinado. Às segundas, quartas e sextas, acorda às 5h20 para estar na academia às 6 horas. Faz musculação, boxe, corre. Aos fins de semana, gosta de jogar tênis. “Sou fã de esportes”, revela. E mais: é motoqueiro. Isso mesmo, apaixonado por motos – tem uma Harley-Davidson. E não gosta de andar pela cidade, não... Põe as duas rodas na estrada. “Adoro viajar de moto. Já fui para o Deserto do Atacama; saí de Goiânia, passei pela Argentina, Uruguai, Paraguai. Fomos lá para mais de 2 mil metros de altitude (risos). Às vezes pego a moto na sexta-feira e vou para Ribeirão Preto tomar um chope do Pinguim. É um momento muito meu, estou sozinho, apenas eu, a paisagem, uma música e a moto. Me relaxa muito”, afirma. Após a entrevista, antes de sair, o repórter da Zelo pergunta ao presidente qual foi o melhor empreendimento de todos os que já construiu. A resposta (seguida de uma risada) foi a seguinte: “Sou um eterno insatisfeito. Nunca fiz um empreendimento de que eu realmente gostasse: é sempre o próximo.”

35

Alexandre Parrode


36


37


comemorar

38

Com o cenário de festas Open Air em ascensão, Goiânia atrai pessoas de todo o Brasil dispostas a investir em exclusividade e entretenimento de qualidade

foto: nelson pacheco

luxo, ferveção e glamour


fotoS: joão carlos fotografia

Lucas Pereira

Fantasia pioneira Uma das primeiras festas goianienses cujo legado atingiu níveis nacionais foi a Festa da Fantasia, que em mais de 20 anos de existência tornou-se uma espécie de tradição. Sob o comando do empresário Alessandro Junqueira, o evento começou despretensiosamente. A primeira edição, em 1995, seria apenas uma reunião entre amigos e acabou atraindo cerca de 800 pessoas. Desde então os números não pararam de aumentar, chegando a até 14 mil pessoas, e o evento abocanhou o título de maior festa temática do Brasil. Lelê, como o empresário é conhecido, explica que nesse tempo a festa firmou um conceito único, o que afeta diretamente a escolha de atrações musicais, estrutura, serviços e até efeitos. “A ideia é aperfeiçoar cada vez mais, aprimorar os serviços. Nesse meio, as novidades são muitas e mudam muito rápido”, explica. A festa já contou com atrações de funk, rock, música eletrônica, sertanejo, DJs badalados e até mesmo bandas locais. “Um dos desafios é estar atento ao que o público gosta”, complementa. Realizado no Ginásio Goiânia Arena, o evento hoje conta com sala de massagem, salão de beleza, praça de alimentação, lounge e toaletes higienizados. O público presente também tem à disposição whisky e vodka importados, cerveja, refrigerantes, sucos e água, além de buffet completo. Para o empresário, esses quesitos contribuem para o sucesso do evento fora de Goiás. “A festa tem uma essência diferente e Goiânia é uma ci-

39

Já há alguns anos, Goiânia tem atraído os olhares do restante do País e se firmado como uma anfitriã excepcional. As chamadas festas Open Air – ao ar livre, em tradução literal –, que viram a noite, com diferentes edições e propostas para os mais variados estilos, tomaram conta do calendário goianiense. Ao longo de todo o ano, verdadeiros desfiles de tendências fashion e fantasias, DJs badalados, aparatos tecnológicos, serviços luxuosos e estruturas imponentes atraem públicos de todas as regiões dispostos a investir alto nesses eventos.

Oscar martins explica que a festa óscar, hoje com proporções estrondosas, surgiu naturalmente após o lançamento de uma cachaça que estava produzindo no alambique da família

dade famosa pela beleza das pessoas e hospitalidade”, conjectura. “As fantasias fazem parte do imaginário das pessoas. Tem gente que começa a procurar sua roupa meses antes da festa.” Lelê diz ter ficado impressionado com um rapaz que se fantasiou de um dos personagens do filme Avatar. “Ele estava idêntico, a fantasia era perfeita”, conta ele, que afirma que as mulheres geralmente dedicam mais tempo e dinheiro para se fantasiar. “Algumas pessoas

gastam muitas vezes o valor do ingresso para caprichar na fantasia”, garante. Noite de Óscar A Óscar Party, um evento em que o glamour é um dos convidados especiais, com três edições de sucesso, se firmou como uma das festas goianienses de maior repercussão em nível nacional. O empresário Óscar Martins, organizador do evento, conta que tudo começou quando ele selecionou amigos


40

de diferentes regiões do País para ajudar na divulgação da festa de lançamento da cachaça que estava produzindo no alambique de sua família, a Cachaça Óscar. “O movimento que fizemos nas redes sociais tomou proporções tão grandes que atingiu uma quantidade elevada de pessoas”, relembra. “Acredito que apresentamos ao público uma boa ideia, no local certo e na hora certa”, afirma o produtor. Hoje, além da estrutura pomposa, um verdadeiro espetáculo de iluminação, efeitos especiais e serviços de alto nível, o diferencial do evento é que somente convidados podem comprar ingresso. Apenas e-mails pré-selecionados recebem uma autorização para compra. “O objetivo foi privilegiar as pessoas que já tinham ido a edições anteriores da festa”, explica Óscar sobre a medida tomada a partir de 2016. Após a aquisição do convite, cada convidado pode compartilhar sua autorização com mais duas pessoas e assim por diante. “Dessa maneira delimitamos a festa apenas para amigos”, complementa. “A cada ano são implantadas mudan-

ças focadas em estrutura, atendimento exclusivo e público diferenciado”, garante o empresário. Segundo ele, o processo criativo e de logística do evento, no que diz respeito à busca por novas inspirações e alinhamento com fornecedores, tem início já no primeiro dia após cada edição. Óscar conta que, após a segunda edição da festa, ele viajou o mundo em busca de referências. “Elevamos muitíssimo o patamar de tudo que existia até então no mercado”, explica. O reconhecimento veio inclusive com o título de melhor festa do ano no Prêmio Cool Awards 2015. Para 2016, tem mais: a Óscar será a festa de abertura da temporada de réveillon de Trancoso. Óscar Martins assina o evento juntamente com a produtora baiana Mannu Carvalho. A decoração, assim como na versão goiana, é assinada pelas irmãs Tana e Cristal Lobo. O local é superexclusivo: pela primeira vez em sua história, o Teatro L’óccitane Trancoso abre as portas para um evento desse porte. Óscar adianta: “Garanto que todos vão ficar encantados com o espaço que sediará o evento.”

Sob o comando do empresário Alessandro Junqueira, a primeira edição da Festa Da Fantasia, em 1995, seria apenas uma reunião entre amigos e atrai hoje mais de 14 mil pessoas

Destino Europa Com duas edições em que a grandiosidade se tornou sua marca registrada, a Festa Euro veio para ficar. Uma espécie de homenagem à Europa, é um espetáculo que bebe na fonte das diversas culturas do continente. O evento surgiu da parceria entre os empresários André Oliveira, André Júnior, Fernanda Zerbeto e Hugo Boss, e trouxe tecnologia de alto padrão e inovações no que diz respeito à música e dança, por exemplo. Na edição 2016, o grupo inaugurou a Estância Euro, com 15 mil m² de área, para comportar a estrutura do evento. “Todas as edições são inspiradas em algum lugar do continente europeu. Quando é escolhido o local, iniciamos uma pesquisa de campo”, explica o empresário André Júnior. Na edição 2015 da festa, eles construíram uma réplica da Torre Eiffel e, este ano, um Coliseu de 400 m² inspirado no anfiteatro localizado no centro da cidade de Roma foi especialmente desenvolvido. “Deixamos de trabalhar com painéis de LED para inovar com tecnologias de mapeamento e projeção”, complementa. A festa ainda dispõe de shows pirotécnicos, área de descanso, salão de beleza unissex, heliponto, estacionamento privado e banheiros de luxo. O menu all inclusive conta com whisky, vodca, energético, cervejas, sucos, água de coco, open food com buffet completo e ainda ilhas de café da manhã. “Nosso público é exigente e formador de opinião. As experiências vão sendo repassadas e geram expectativas para a edição seguinte”, detalha André. Com público de faixas etárias diversas em todo o Brasil, o empresário atribui a dedicação das pessoas aos eventos à qualidade e ao profissionalismo dos produtores. Ainda segundo ele, por mais que os ingressos tenham valores elevados, condições como venda antecipada e parcelamento no cartão de crédito são atrativos. “As festas goianienses são verdadeiros espetáculos, mexem com os sentidos das pessoas e proporcionam experiências únicas”, afirma. Os Esquecidos Se você alguma vez se viu sem ter local para passar o réveillon por ter


área coberta, palco e decoração temática. “Acredito que o envolvimento com o público seja o nosso maior diferencial”, conclui ele sobre o sucesso da festa. frequentadores A arquiteta Ludimila Reis é frequentadora assídua das maiores festas de Goiânia. “Um diferencial está na animação e na beleza do público goiano”, afirma ela, que confessa já ter intensificado a dieta e os treinos na academia para entrar em um modelito um número menor para uma dessas ocasiões. “A mulher goiana é muito vaidosa e, para frequentar esses eventos, a exigência de looks mais ousados e bonitos cresceu bastante”, acrescenta. “Tudo é bem pensado, desde o buffet até a educação de quem recebe os convidados e principalmente as atrações teatrais. Os fogos parecem de réveillon, é magnífico”, enumera o arquiteto Cesar Neto, que ainda cita o transfer de helicóptero como uma forma de ver melhor o porte de uma festa do nível da Óscar Party. Para ele, a localização de Goiânia, no centro do País, surge como um facilitador para o público de outros Estados. “Vir e voltar é muito rápido, e passar um final de semana se divertindo sem limites vale a pena”, enfatiza.

41

adiado a decisão ao longo de todo o ano, saiba que essa situação se repete com frequência, mas para os amigos Eduardo Mendes e Thiago Malta, isso foi um divisor de águas. Eles haviam combinado uma viagem de final de ano que acabou não dando certo. “Resolvemos fazer um réveillon para os amigos mais próximos que também ficaram ‘esquecidos’ na cidade na noite de Ano-novo”, conta Eduardo. Eduardo e Thiago se juntaram a Felipe Mendes e Rodrigo Oliveira e assim surgiu o Réveillon dos Esquecidos, que conquistou o público e tem muita força nas redes sociais. Com uma oferta diferenciada, são 12 horas de festa com buffet completo, inclusive com café da manhã, whisky 12 anos, vodca importada, energético, champagne, cerveja, água de coco, drinks com frutas tropicais, água, suco e refrigerante. “Começamos o planejamento sobre o Réveillon cinco meses antes da entrega do evento e a montagem dura em média 45 dias”, explica o empresário. Um dos grandes diferenciais do Réveillon dos Esquecidos é a construção de uma praia artificial. “Para as duas edições da nossa praia, buscamos referência nas principais festas praianas do mundo”, afirma Eduardo. A construção tem 3,5 mil m² e a estrutura do evento ainda dispõe de praça de alimentação,

andré júnior, à frente da festa euro, que busca por motivos europeus para a temática do evento

felipe mendes, rodrigo oliveira, eduardo mendes e thiago malta montam, todos os anos, uma praia dentro da cidade, para que os goianos possam receber o próximo ano em um rÉveillon inesquecível


42

herança gastronômica

O Pastelinho de Goiás, diferente dos portugueses, chamados de Belém, leva recheio de doce de leite com canela em pó


fotos: lucas terribili

Doce

tradição Confeitaria goiana atravessa gerações e registra histórias de amor pela gastronomia

O dito popular nos diz que também “se come com os olhos”. Os goianos bem souberam aliar beleza e gastronomia, especialmente no que diz respeito aos doces, uma espécie de cartão de visitas do nosso povo. Uma tradição que salta dos tempos da colonização, a doçaria portuguesa se misturou aos frutos exuberantes do cerrado, criando uma efusão de sabores. Doces de mamão, figo verde, manga, laranja-da-terra, limão galego e tantos outros, sejam em barra, calda ou mesmo cristalizados, tornaram-se itens obrigatórios na cozinha goiana. A história nos conta que a tradição está diretamente ligada à feitura de doces nos conventos, ainda nos tempos da velha civilização portuguesa. Galinhas eram criadas nos quintais dos conventos, sendo que sua carne servia de alimento e as claras dos ovos eram utilizadas para engomar as roupas. Então, para que as gemas não fossem desperdiçadas, as freiras começaram a usá-las para fazer iguarias refinadas e com nomes lúdicos. Eis o surgimento de docinhos como o triunfo-de-freira, cabelos de virgem e o manjar-real, entre outros. Hoje a tradição dos doces conventuais, como ficaram conhecidos, ainda resiste no Brasil, principalmente no interior, como na cidade de Goiás, por exemplo. E se é impossível dissociar a imagem do Estado de Goiás dos doces, o mesmo pode ser dito sobre Cora Coralina. A goiana que escondia seus

poemas em caixinhas de doces, tanto por receio do marido quanto para presentear amigos, se dizia “mais doceira do que escritora”. Cora e tantas outras moradoras da cidade de Goiás, assim como de outros recantos goianos, são responsáveis diretas pela perpetuação da cultura do doce por meio das suas receitas açucaradas que atravessam gerações. Cadernos de receita O ateliê Dona Doceira, por exemplo, surgiu com o propósito de prestar homenagens. “O nome é uma homenagem às doceiras da cidade de Goiás, inúmeras ‘Donas’, famosas e anônimas. Homenagem ao açúcar, ao doce, à riqueza do nosso cerrado”, afirma Adriana Lira, confeiteira à frente da empresa. Ela conta que o prazer por cozinhar começou com a convivência com suas avós e bisavós e muitas iguarias vieram dos velhos cadernos de receita, mas não esconde a influência de Cora Coralina em sua arte. “A riqueza, simplicidade, força e impacto dos seus versos também estão em seus doces”, diz. Há seis anos em Goiânia, o ateliê produz por encomendas e tem seus queridinhos, como o limão galego recheado. “Seu modo de preparo é lento, cheio de segredinhos. Descobri em um livro de doçaria portuguesa de 1768 sua receita original e fiquei encantada. Este é um doce para chamar de nosso mesmo”, revela Adriana, que, diante da grande demanda de clientes em São Paulo, levou o

43

Lucas Pereira


44 No Ateliê Dona Doceira, as flores de coco foram resgatadas da culinária tradicional, ganharam novos ares e hoje são um dos doces queridinhos da casa

Adriana Lira: “No início, poucos sabiam o que era doce goiano. Agora virou hit”

ateliê para solo paulistano. “No início, poucos sabiam o que era doce goiano. Agora, virou hit. Limãozinho galego é sucesso absoluto. Flor de coco não para na vitrine. Pastelinho é queridinho”, detalha. Em São Paulo, Adriana abriu um espaço físico que não tem ares de confeitaria, mas de uma espécie de casa goiana de visitas. Lá pode-se encontrar desde pamonhas, empadão goiano, biscoito de queijo a doces para todos os gostos. Questionada sobre receitas com significados especiais, Adriana não titubeia em citar duas delas. A primeira é a flor de coco, um doce esquecido, segundo ela. “Depois do primeiro contato com Dona Alice Velasco, sua criadora, veio o meu encantamento e a certeza de que ele seria o carro-chefe da Dona Doceira”, explica. Ela ainda incrementou com a criação de novas flores, como a flor de coco com doce de leite. “O outro doce é o de mamão verde gla-

çado. Nós o produzimos com a técnica antiga, enrolando fitas, passando linha e formando cordões”, prossegue. A confeiteira ainda revela que, no que diz respeito à estética e conteúdo, algumas mudanças se fizeram necessárias. “Acredito que o segredo esteja não só em manter a técnica apurada das receitas, mas apresentá-las com outro padrão estético”, diz ela, que também se mantém atenta a questões de saúde e promoveu redução de até 50% do açúcar. “Soubemos como poucos trabalhar o açúcar com fruta e ainda incrementar arte. Nosso tradicionalismo ajudou a preservar receitas seculares”, complementa Adriana. Especialidade de família Quando o assunto é confeitaria goiana, um nome é referência: Tia Rosinha. Vinda de uma família de doceiras, ela fundou, em Goiânia, nos anos 1980, a loja Tia Rosinha e se tornou


ta. “Não dá para pensar em um bom almoço goiano sem uma bela mesa de sobremesas”, ressalta. Dona Rosinha acredita que a tradicional confeitaria goiana não vem sendo exatamente resgatada. “As confeitarias hoje em dia são bonitas e modernas, mas o sabor está um pouco pasteurizado. As tortas hoje, sejam de nozes, chocolate ou morango, têm todas o mesmo sabor”, destaca. Ela defende que os doces precisam ser feitos por unidade, que se trata de um trabalho artesanal. “Falta um pouco de delicadeza nos sabores hoje”, enfatiza. A confeiteira ainda indica que um bom lugar para se encontrar doces tradicionais de qualidade atualmente é o Mercado Central de Goiânia. Novos sabores Há algumas décadas que a confeitaria goiana vem recebendo novas pinceladas e pitadas de modernidade. O confeiteiro Adeyc Borges é um prodígio goiano cuja trajetória vislumbra um futuro primoroso. Nascido em Itaberaí, ele conta que desde criança já se aventurava na cozinha da avó e ajudava a tia com quitandas e bolos. “Sempre pegava o caderno de receitas da minha avó para testar novos pratos”, relembra. Após passar pela Confeitaria Cravo e Canela, a Luí Doces, especializada em doces finos para eventos, e o Restaurante Winiká, onde permanece até hoje, Adeyc decidiu abrir seu próprio negócio. Junto de seu sócio, Sérgio Paiva, fundou a Sablé Patisserie, onde mistura frutas a confeitos finos e principalmente ao chocolate. “Ingredientes como o minifigo, limão galego, laranjinha Kinkan e

a jabuticaba se transformaram em deliciosos doces e bombons”, comenta. “Eu utilizo dois ingredientes típicos do nosso bioma: a castanha de baru e a fava de baunilha do cerrado, uma orquídea que demora até dez anos para florescer”, explica Adeyc, que já participou do Que Seja Doce, reality gastronômico do canal GNT. “Os ingredientes do cerrado colaboram não só para a composição de novas receitas e criação de novos sabores, mas também para a construção e fixação da nossa identidade”, conclui.

45

sucesso absoluto. A confeiteira caiu no gosto dos clientes com suas receitas caseiras e irresistíveis. Os jovens marcavam presença com intensidade, o frescor das receitas atraía a freguesia. As tortas mal eram expostas na vitrine e se esgotavam por inteiro, inclusive os quitutes salgados, como o chamado bolão, espécie de coxinha de frango mais graúda, como relembra, saudosa, Dona Rosinha. A influência da doceira veio direto da avó, Dona Lilica, além das várias tias, cada uma com a sua especialidade. Sobre os seus tempos de menina, lembra-se da época do caju, em que se fazia as passas de caju, em seguida vinham os figos, mangas, o mamão. “Todas as frutas viravam doces porque não existia geladeira, era uma forma de preservá-las.” O empresário José Augusto de Sousa, seu filho, conta que cresceu em meio à atividade efervescente da mãe na cozinha. “Lembro-me dos tachos de cobre, da época dos figos, os doces de goiaba em compotas cheirando pela casa”, se recorda. Ao lado de seu sócio, o gastrônomo Eduardo Sales, José Augusto reabriu o ateliê em 2011, com o nome Tia Rosinha Delicatessen. Dessa vez em Pirenópolis, eles incrementaram o cardápio com novas fórmulas e tendências. “Trouxemos releituras de receitas tradicionais da minha mãe. Era engraçado que ela muitas vezes não reconhecia, provava e nos pedia a receita”, se diverte. Novas iguarias se tornaram sensação entre os clientes, como o baruzinho, um cajuzinho feito sem amendoim, produzido à base da castanha de baru. “Queríamos uma inovação para o Festival Gastronômico de Pirenópolis e foi um sucesso enorme”, relembra. Sobre a forte ligação entre o povo goiano e a confeitaria, José Augusto tem sua teoria. “A paixão dos goianos por doces vem muito dos pomares. As pequenas chácaras são muito generosas, a terra é muito boa, onde se plantando tudo dá”, enumera ele, que ainda fala sobre o desperdício, muitas vezes inconsciente. “Começou-se a perceber que essas frutas eram melhor aproveitadas em doces”, complemen-

Adeyc Borges transforma minifigos, limões galego e laranjinhas Kinkan em doces e bombons

foto: ângela motta


46

lifestyle


familiar

fotos: nelson pacheco

refúgio

47

Em um condomínio ecológico, casa da família Lobo tem décor multicultural e atmosfera de acolhimento e alegria


48

Andrea Regis Meio-dia de um domingo de sol típico da primavera no cerrado. Em uma ampla e charmosa casa de um condomínio nos arredores de Goiânia, alguns “vestígios” de festa espalhados são nítidos: uma enorme mesa por ali, um grande painel temático acolá e arranjos de flores, muitos deles, estrategicamente distribuídos nos ambientes. Do térreo ouve-se o alegre burburinho vindo do pavimento superior. Estão no fim os preparativos para a produção das fotos da família, que acontecerá em instantes. Neste caso, a família Lobo, sobrenome que é sinônimo de festa em Goiás. A mãe, Liliane, e as filhas, Tana e Cristal Lobo, fazem parte do clube cada vez mais restrito de autores dos melhores eventos da capital goiana. Enquanto a primeira comanda o buffet homônimo há 25 anos, as duas jovens estão à frente da Vero Festas, responsável por boa parte do décor das comemorações de bom gosto da cidade há cinco anos. A primeira a descer as escadas é Tana. Aos 27 anos, despachada e boa de conversa, ela logo manda servir café e suco, pedindo desculpas pela “bagunça” da casa – que, diga-se, quase não se nota. Explica que receberam uma confraternização de amigas no dia anterior e que o aparato ainda não havia sido desmontado. Na casa projetada pelo arquiteto Pedro Ernesto Gualberto há 14 anos, o clima é de intensa acolhida, tanto pelo emprego de materiais rústicos, como madeira e pedras, quanto pela decoração. Liliane dispensou a assessoria profissional e, segundo Tana, montou a casa à sua maneira, com objetos e móveis de essência emocional. “Tudo aqui tem história e é utilizado por nós. Nada está por acaso na decoração”, explica a caçula, formada em Gastronomia pela Anhembi-Morumbi de São Paulo, com pós-graduação na França e hoje decoradora de festas. Tana já não mora mais lá. Contudo, manteve o quarto de “solteira” exatamente como era e é para o spot que ela vai todos os fins de semana, ao lado do filho João Caetano, 5 anos.

Originalidade é a marca da casa da família Lobo. Da área de lazer ao quarto da matriarca, personalidade é o ponto de partida para as composições

A jacuzzi, bem escolhida e bem aplicada de frente para a mata, foi suficiente para transformar, com funcionalidade e harmonia visual, o quarto de Liliane em um reduto de aconchego


49

tana e cristal lobo, apesar de já não residirem na casa da mãe, vivenciam a experiência de lar em sua plenitude durante os finais de semana

Ninho Tal qual Cristal, 28 anos, arquiteta por formação, também decoradora de festas por opção e paixão. A primogênita também tem seu apartamento na cidade, mas é na casa da matriarca onde ela vivencia a experiência de lar em sua plenitude e, ainda, cria o simpático labrador chocolate Henrique. “Nossos locais preferidos estão na área de lazer: a cozinha gourmet e a piscina”, revela. É nesta última que eles se reúnem aos domingos, após o café da manhã, não sem antes dar uma passadinha no espaçoso quarto da mãe, onde ficam todos juntos na cama de Liliane por um bom tempo, em total clima de aconchego familiar. O quarto de Liliane, aliás, é um dos destaques do projeto. Apenas o closet é separado. Em um mesmo ambiente estão cama e uma grande jacuzzi, com vista para a mata do condomínio, graças a uma parede envidraçada, protegida apenas por providenciais persianas que, quando abertas, proporcionam um verdadeiro espetáculo da natureza. “É

daqui que aprecio a lua cheia e a fotografo. Se posto as fotos nas redes sociais, logo perguntam se estou em algum resort. Mas é apenas meu quarto!”, brinca a bem-humorada chef autodidata, que prefere armários sem portas. Das prateleiras vê-se sua predileção por bolsas, sapatos e chapéus. A coleção do último item não para. “Chapéu é minha marca registrada”, diz ela, que comanda nada menos que 40 funcionários. A equipe realiza cerca de dez eventos por semana, todos cuidadosamente conduzidos por ela. Fora o buffet, Liliane dirige a Vero, para que as filhas foquem no atendimento e criação dos eventos. Coleções estão entre os interesses de Liliane. Na cozinha interna da casa, existem duas delas: uma de pinguins e outra de galinhas decorativas. Ambas começaram de brincadeira e tomaram dimensões volumosas. “Perdi a conta de quantos exemplares tenho. Os amigos sabem que gosto e me dão de presente cada vez mais galinhas e pinguins. E eu adoro!” Ela diz, animada,


50

que cada filha herdará uma delas. Também nesta mesma cozinha está o louceiro da família, que, como era de se esperar, está configurado por dezenas de talheres, guardanapos, sousplats, aparelhos de jantar, jogos americanos e todo o aparato necessário à arte de servir bem, da qual elas são mestras. O local não consegue mais abrigar o material e o armário do quarto de hóspedes, providencialmente instalado ao lado da cozinha, tornou-se um segundo louceiro. Há ainda um móvel do tipo buffet, para mais louças. Globetrotters Boa parte dos itens da casa foi garimpada durante as viagens que a família Lobo faz. Todos os anos, além dos roteiros a trabalho e com outros integrantes da família, as três reservam pelo menos 15 dias para viajar juntas. Entre os destinos escolhidos já estiveram Índia e Dubai, por exemplo. Para 2016, escolheram a Tailândia. “Os passeios são sempre oportunidades para trazer algo novo para a casa e que nos lembrará dos bons momentos vividos”, conta Liliane, que também gosta de registrar e exibir estes momentos (e muitos outros) em uma parede inteira coberta de porta-retratos. Além disso, as viagens servem para aumentar o repertório no trabalho. “Muitas ideias para nossas festas surgem justamente nas férias”, revela Cristal. O amor pela casa da família é compartilhado pelo pequeno João Caetano. Aos fins de semana, o garoto adora acordar cedo e fazer bolo com a avó e, depois do brunch, passar o dia na piscina ou brincando com Henrique, o cão. Os dotes culinários, aliás, parecem estar no DNA dos Lobo. João Caetano, apesar da pouca idade, domina como ninguém o preparo diário de sucos de frutas e omelete para ele e a mãe. A destreza do rapazinho, inclusive, é sucesso nas redes sociais. Curioso e atento às atividades da avó, mãe e tia, ele conta que “quer trabalhar de construir coisas” no futuro. “Cenografia?”, brinco eu. Talvez uma nova área a ser explorada pela família. A julgar pela sensibilidade e competência, não seria impossível. Tim-tim!!!

Liliane exibe inúmeras coleções, inclusive na cozinha. A maioria dos objetos é garimpada durante viagens

o pequeno João Caetano se diverte com o labrador Henrique


51

Em generosos aparadores distribuídos por toda a casa, qualquer suporte é aproveitado para abrigar louças e objetos de grande valor sentimental

No arremate do décor, o acervo de pinguins

Na sala, a luminosidade natural garante leveza e dá um toque de frescor ao ambiente


sob medida

Morada acolhedora Apartamento assinado por Vladete Rosário alia requinte e aconchego para garantir bem-estar em família

52

Lucas Pereira Elegância e informalidade são aliadas preciosas, cúmplices de uma sintonia sutil. E essa junção é que dá o tom ao apartamento de um jovem casal de juízes com duas crianças, localizado no Setor Bueno, assinado pela designer de interiores Vladete Rosário. Adentrar o lugar é se sentir em um espaço confortável de imediato. “Eles queriam uma casa onde as crianças pudessem brincar à vontade, mas sem perder o requinte”, explica a profissional. O layout assinado pela designer de interiores nos apresenta um apartamento elegante e acolhedor, onde praticidade e intimismo obtiveram status de protagonistas. Com ambientes integrados, o projeto tem um living com sala de

Sala recebeu obra de arte do goiano Cláudio Caixeta

estar e jantar, e portas de correr delimitando o espaço da varanda com cortina de vidro. “Uma marca minha é neutralizar ao máximo e inserir cores quentes nos acessórios”, explica ela, que utilizou uma paleta com tonalidades baseadas nas preferências dos moradores. “Um pedido importante foi o armário de brinquedos em um ponto estratégico da casa, para comodidade das crianças”, afirma. Executado pela Maxim’s, assim como todos os armários do projeto, o item com laterais em MDF e portas em vidro pintado de branco foi inserido entre a varanda e a cozinha. Nos armários da cozinha, o branco foi harmonizado com tom amadeirado para aquecer o espaço. Os tons

claros prevalecem nas peças ao longo da casa, dialogando com a iluminação intimista, como nos banheiros, que receberam armários embutidos. “Eu sou muito adepta de armários, eles ajudam a deixar cada coisa no seu lugar”, afirma Vladete. Contando com 200 m², a designer de interiores inseriu espelhos pelos corredores e portas de alguns dos armários, o que contribuiu para ampliar os espaços. Os quartos das crianças também ganharam armários, para priorizar a organização e o conforto. O dormitório da filha, com ares de aposento de princesa, ganhou alguns nichos também executados pela Maxim’s. “É um lar, uma casa para se viver bem”, sintetiza Vladete.

os tons claros prevaleceram no quarto do casal


fotos: joão carlos fotografia

Goiânia - Brasília www.maximsambientes.com.br

varanda recebeu armários executados pela maxim’s

designer de interiores Vladete Rosário

53

Na cozinha, o branco predomina, cria sensação de amplitude, e, aliado ao amadeirado, propicia conforto


SOCIAL fotos: hevelline pinheiro

Núcleo Casa em festa Com a presença de arquitetos, designers de interiores, decoradores e parceiros, a Summerflex recebeu em sua sede, juntamente com a Studio Luz e a Bridge Áudio, o primeiro de uma série de eventos realizados durante esse semestre pelo Núcleo Casa. O programa, que chegou recentemente à capital goiana, tem o intuito de reconhecer e valorizar profissionais da área. Drinks refrescantes, vinho e vinil deram o tom especial da noite.

54

Fernando parrode, lucas castanheira, doriselma mariotto, rejane castro, genésio maranhão e clarismar machado

MÁrcia Simonsen, Karla Oliveira e Rejane de Castro

Vincent Hranec Júnior, PEDRO ERNESTO E LUCAS CASTANHEIRA

frederico bretones, larissa maffra e Liliane Melo

Renato de Paula, Anna Paula Cintra, Helen Simone, Ozair Riazo e Fernanda Gemus

helen simone, ELISA VELOSO e Nando nunes

Andréia Carneiro, Sirlene Andrade e ana miller

LuiZ antonio poggi e victor tomé


ebm M รRMORES & ACABAMENTOS

Transformando pedras em arte e sonhos em realidade

Avenida T-9 n. 5216 Jardim Europa (prรณximo ao Terminal Bandeiras)

(62) 3287-9090 www.ebmmarmores.com.br


très chic Cadeira Paraty Sérgio Rodrigues – Armazém da Decoração

Dicas de como decorar a casa com estilo e sem pesar no bolso durante as festividades de final de ano William Hanna As festas de fim de ano estão chegando e naturalmente surge aquela vontade de celebrar. Nada é mais festivo do que decorar a casa com árvore de Natal, guirlandas e presépios. Mas como o momento econômico não está favorável aos grandes gastos, que tal aproveitar mobiliário e adornos já existentes para dar um ar mais sofisticado e especial sem pesar no orçamento? Solte sua criatividade e busque elementos que possibilitem uma releitura harmônica dos símbolos natalinos. A dica é começar pela paleta de cores que definem a época do ano. Vermelho, dourado e verde são as mais tradicionais, mas nada impede de ousar com o prata, azul e todos os tons que tragam aquela sensação de cara nova aos espaços. Vasos de vidro assumem o lugar de protagonista e preenchidos com bolas decorativas, antes penduradas na árvore, transformam o aparador, a mesa de jantar e até mesmo o lavabo. Sim, o lavabo! Afinal, engana-se quem pensa que ape-

nas a sala de jantar merece ser preparada especialmente para a data. Todos os ambientes merecem algo exclusivo, desde a fachada ou hall com luzes, até os banheiros com pequenos adornos, aromatizantes personalizados e toalhas bordadas. Se a poltrona da sala de estar é vermelha, então o que adornou sua casa o ano todo agora se torna uma peça única na complementação do espaço. Para decorar a mesa da ceia, que tal utilizar aquela louça branca guardada? Disponha sousplats e porta-guardanapos vermelhos e ouse com detalhes que remetam à festividade sem ser previsíveis. Os convidados vão adorar. Em tempos em que economia não é sinônimo de regalias, permita-se criar, inovar e reinventar. Se vai às compras, que seja em busca de elementos atemporais e de boa qualidade, assim seu acervo de peças decorativas irá durar por muito mais tempo e cada vez mais terá novas e excelentes opções sem pesar no orçamento.

Anjo Barroco – Moreira e Glorinha

Castiçal de Antiquário – Moreira e Glorinha

Sagrada Família – Moreira e Glorinha

Louça Stambul by L´hermitage – Madre Casa e Gift

fotos: ângela motta

56

Lar Doce Lar


A Faculdade Cambury é uma Instituição de ensino que, há 25 anos, vem preparando seus alunos para o mercado de trabalho e formando verdadeiros profissionais. Com seu modelo inovador de ensino, a Prática Cambury de Aprendizagem une teoria e prática para uma formação profissional mais completa.

• Design de Produtos • Design de Interiores • Fotografia • Gestão de Recursos Humanos • Direito

• Gestão em Tecnologia da Informação • Gastronomia • Logística • Marketing • Construção de Edifícios

INSCRIÇÕES ABERTAS VESTIBulAR AgENdAdo ou ENEM (62) 3236-3020 | www.cambury.br

• Engenharia Civil

(em fase de aprovação)

• Estética e Cosmética • Psicologia • Gestão Executiva de Negócios

FACULDADECAMBURY (62) 9 9634-1767

*Consulte regulamento no site www.cambury.br **Confira a lista completa no site do e-MEC.


SOCIAL

Dercilene Fonseca, Eliton Fernandes, Rômulo Castro, Sabrina Tannus, Rafaela Barbosa e Rafael Barbosa

Andrea Lira e Ivana Louza

COQUETEL

Eliton Fernandes, Dercilene Fonseca, Daniel Fonseca e Sâmella Cardoso

Andréia Félix, Rosana Carvalho, Ricardo Santiago, Simone Costa, Jonas Lobo e Deborah Rezende

A EBM Mármores realizou em sua sede, juntamente com a RB Decoração, a Milimike e o Núcleo Casa Goiânia, coquetel para arquitetos e designers de interiores. O evento proporcionou novas parcerias, além do encontro entre profissionais.

58

fotos: kell motta

INFINITY LINE O casal de empresários Madalena e Sérgio Marques, ao lado do filho Rafael, lançou a nova coleção da Persiflex Persianas, a Infinity Line. Ao som de boa música, foi oferecido coquetel aos convidados, com direito a buffet de frios e comidinhas, além do showroom assinado pela arquiteta Rose Campos Vaz. Na ocasião, também foi apresentada a nova linha Essence, que chega com papéis de parede exclusivos para cortinas e inovações em persianas e toldos.

rafael marques, madalena marques e sÉrgio marques

ozair riazzo e rodrigo dias

rose campos vaz e márcio vaz

flávio antônio, helen simone e clarismar Machado


59


harmonia

Linhas sofisticadas Arquiteto Jefferson Castro assina projeto em que alia mobiliário refinado a conceito rústico para evidenciar o conforto

60

Lucas Pereira “Uma casa com linhas retas e conceito moderno, mas extremamente aconchegante.” É assim que o arquiteto Jefferson Castro define este projeto residencial assinado por ele nos Jardins Valência. Ele conta que, para atender à demanda dos moradores – um casal jovem com filhos –, que solicitavam por aconchego, apostou em materiais simples e cores quentes, em um mix traduzido por uma rusticidade luxuosa. “É preciso trabalhar o rústico dentro de um conceito sofisticado”, garante. Dessa forma, as paredes internas e externas receberam uma pintura em tom caramelo. O piso do primeiro andar, por exemplo, é de porcelanato polido. Já no segundo pavimento, a escolha do piso imita madeira de demolição. Uma combinação forte que conecta os dois estilos.

Na iluminação, também houve preocupação com acolhimento, de modo que ela é mais pontuada e calorosa. “A ideia é que a sensação dentro da casa fosse de se estar em um loft”, afirma o arquiteto, que para tal integrou os espaços e inseriu espelhos na maior parte dos ambientes para dar mais amplitude. Uma das paredes da cozinha também foi espelhada, mas as grandes estrelas do local são os armários em acabamento Bianco Nebia, executados pela Bontempo. As peças, que foram inseridas por todo o projeto, são práticas e elegantes, aliando estética e praticidade. Na sala de estar, uma cristaleira com acabamento em Laminato Multicolori Argila e Nouce Autunno, com vidro refletente em tom bronze, confere mais elegância ao décor que só a Bontempo

Na cozinha, além da marcenaria bem resolvida executada pela bontempo, o arquiteto brincou com um belo jogo de texturas em uma das paredes, quebrando a monocromia

pode oferecer. Uma das marcas do trabalho do profissional é a coesão entre os diferentes espaços. “Não adianta pensar em cada canto de forma diferente, a casa pareceria uma mostra de decoração”, ironiza. A paleta de cores é predominantemente neutra e o layout dos espaços, clean. O quarto da filha, que recebeu o nome de Quarto da Pequena Pianista, foi elaborado para uma criança de três anos que ama princesas. Com o auxílio do acabamento Bianco Nebia em um rosa suave, criou-se uma atmosfera delicada e ao mesmo tempo atemporal. Abaixo das escadas, foi elaborado um jardim de inverno que aguça a sensação de frescor. Desse modo, o traço mais marcante do projeto se torna a delicadeza de cada detalhe.


fotos: elton rocha

61

foto: divulgação

Como em grande parte do projeto, o quarto do casal recebeu cores claras e acabamento Lino Bianco, possibilitando um toque extra precioso de aconchego

arquiteto jefferson castro

Paredes brancas, espelhos bem colocados e uma cristaleira imponente contribuíram para um décor elegante na sala de estar


S

pecial Edition

Para a última parada de 2016 e a primeira de 2017, a ordem é ousar! A equipe de moda da Zelo sugere sensualidade, decotes e cortes profundos, pedrarias, brilho e transparências. Entre e inspire-se!

Fotos: Vinícius Moreira Moda: Rafael Garcia Beleza: Rodrigo Lopes Modelo: Carol Narlla (Mega Models) Assistente de fotografia: Gardênia Passos Agradecimentos: Mercure Hotel Goiânia, Restaurante Coralina, Le Touche, Subeauty Mercure, Lenne House E Mega Models Goiânia


63

Vestido LetĂ­cia Manzan para Ivana Menezes, brincos e anel Aulore, sandĂĄlia Santa Lolla


64

Vestido Mixed, brincos e anel Aulore


65 vestido Mixed, brincos e anel Aulore


66

Blusa bordada Fabiana Milazzo para Ivana Menezes, brincos Aulore


67

Vestido Lia Rabello para Ivana Menezes, brincos Aulore


68

Look Caos para Carmem Cardoso, brincos e anel Aulore

Vestido Caos para Carmem Cardoso, carteira Santa Lolla, brincos Animale para CarmeM Cardoso


69

MacacĂŁo Letage para Encantare, brincos, colar e pulseira Aulore


carros

fotos: divulgação

astero motta astero@revistazelo.com.br

Exclusivo

70

LaFerrari Aperta é o novo carro de produção limitada da marca italiana para comemorar os 70 anos de sua fundação. A versão conversível do seu já famoso híbrido tem capota removível e chega a 963 cavalos e velocidade máxima de 350 km/h. O acabamento interior tem as mesmas opções que a versão cupê, com muita Alcântara, couro e fibra de carbono. O modelo chega em apenas 200 unidades.

Carros verdes

O mais rápido

De olho na nova tendência mundial, a Volkswagen apresentou, durante o Salão de Paris, o I.D, protótipo de veículo elétrico com autonomia para até 600 km, que apresenta a nova plataforma modular para carros elétricos, a MEB. O design é futurista, com detalhes que remetem ao Up, e os retrovisores foram substituídos por câmeras. Está previsto para chegar ao mercado em 2020.

O novo esportivo Jaguar F-Type SVR é o primeiro a sair com o selo de alta performance SVR e tem outro título bem importante: o cupê é o modelo de série mais rápido já produzido pela Jaguar, pode alcançar a velocidade máxima de 322 km/h, em um motor de 5.0 V8 supercharged.

Picape esportiva A grande novidade da Ford é a picape F-150 Raptor. Com motor 3.5 EcoBoost biturbo, 456 cv e torque máximo de 70,5 mkgf, tem transmissão automática de dez marchas e exclusivo sistema de tração 4x4. A versão 2017 do veículo traz ainda uma carroceria de alumínio de nível militar. É a única da Ford a contar com seis modos de gerenciamento para diferentes tipos de terreno: normal, esporte, tempo, lama/ areia, rocha e baja.


71


PUBLIZELO

Rejuvenescimento facial:

72

Plasma rico em Plaquetas Em um adulto saudável existem cerca de 150.000 a 400.000 plaquetas sanguíneas por mililitro de sangue. Elas têm a função de migrar ao local lesionado, parar rapidamente a hemorragia, reconstruir as estruturas vasculares e teciduais e regenerar eficientemente a pele da zona afetada. A poderosa função reconstrutiva das plaquetas se deve ao fato de possuírem proteínas e fatores de crescimento celular que estimulam a reprodução e crescimento de novas células, o aumento de vascularização e formação de novos vasos sanguíneos, crescimento epitelial e produção de colágeno e elastina, indispensáveis a uma pele luminosa e saudável. Dentre as principais funções dos fatores de crescimento temos: ativação dos fibroblastos para a formação de protocolágeno, que resulta na deposição de colágeno e cicatrização da ferida, aumento da vascularização tecidual, proliferação de fibroblastos, aumento da quantidade de colágeno, estimulação da produção de tecido de granulação e melhoramento da formação óssea. Também estimulam a angiogênese (formação de novos vasos sanguíneos), a mitogênese (formação de novas células) e o aumento da permeabilidade vascular.

O tratamento com Plasma Rico em Plaquetas (PRP) melhora o processo multifatorial do envelhecimento, promovendo o aumento de tonicidade, textura, cor e luminosidade da pele. A diminuição progressiva da capacidade funcional dos órgãos e tecidos resulta na perda gradual de colágeno, elastina e glucosamina, e como consequência o aparecimento de flacidez e rugas. A terapia com PRP é um ótimo coadjuvante em cirurgias diversas, enxertos faciais, glúteos, entre outros. Os benefícios são inúmeros e inquestionáveis, oferecendo uma pele renovada, com ótima elasticidade, luminosidade e mais hidratada. Confira as principais indicações no rejuvenescimento facial: • • • • • • • •

Rugas Flacidez facial e do pescoço Cicatrizes de acne Rejuvenescimento global da face Integração otimizada de enxertos de pele Regeneração da pele após queimaduras Associado às cirurgias cosméticas da face Lipoenxertia Facial - melhora da integração da gordura enxertada

Hospital ver Americano do brasil qd. 253, lt. 12-e, setor marista - goiânia - goiás Telefone: (62) 3096 9696 www.drbernardomagacho.com.br

av.

RT DR. Bernardo Magacho CRM GO 9933 Graduado pela UFF, residente pela UFG, fellowship em Cirurgia Plástica Ocular pela USP, staff em cirurgia oculoplástica pelo cerof-ufg, pós-graduado em Medicina e Cirurgia Estética pela International Association of Aesthetic Medicine. Membro da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica Ocular e da American Society of Ophtalmology

Centro Brasileiro da Face – Club laser Av. T2 nº 396, CEP: 74.210 010 Setor Bueno - Goiania – Goiás Telefones: (62) 3252 6200 | (62) 3093 6363 www.cbf.med.br


73


fotos: divulgação

zelobeleza

74

HANNAH MOTTA hannah@revistazelo.com.br

Charlize para Dior

Meninas Gilmore

Seguindo com sua parceria com a Dior, Charlize Theron posou novamente para a campanha do perfume J’Adore. Desta vez, em clima de verão, em meio à água, num vestido bem iluminado e cabelos em um estilo meio bagunçadinho. Tudo foi excepcionalmente registrado por JeanBaptiste Mondino, que assina a campanha desde seu início.

Em novembro pudemos conferir o revival com quatro episódios da queridinha série Gilmore Girls. Quem é fã vai se lembrar do dia em que Emily e Lorelai Gilmore decidiram passar um final de semana inteiro juntinhas em um spa. Quando as coisas já estavam próximas de um “break down”, Lorelai convidou a mãe para um jantar e durante a escolha do batom conhecemos a cor Vicious Trollop. A novidade é que a marca americana Urban Tee Farm lançou uma coleção inspirada na série. Além de Vicious Trollop, Spring Break e Java Junkie completam o time. Há entrega no Brasil!

Piñita Colada Combinando extratos de abacaxi e coco do Caribe, a The Body Shop traz nova edição limitada de cuidados corporais inspirada em um dos drinks mais pedidos do verão: a Piña Colada. Entre as novidades estão o Shower Gel, Sorbet Hidratante Corporal e a Body Butter, todos perfumados com uma fragrância bem refrescante, o que lembra um delicioso happy hour. E o melhor: ambos prometem até 24 horas de hidratação.


Proteção Já imaginou um adesivo que avisa a hora de aplicar novamente o protetor solar? O My UV Patch é um novo dispositivo que detecta o índice de radiação UV, de acordo com os períodos do dia, e chega ao Brasil pela marca francesa queridinha La Roche-Posay. O adesivo, que não será comercializado, pode ser adquirido na compra de um protetor solar da marca através do seu e-commerce. Revolucionário!

Mariah Carey X M.A.C

75

Que Mariah Carey brilha muito todos nós já sabemos. A segunda parceria da diva do pop com a M.A.C Cosmetics foi desenvolvida especialmente para as festas de final de ano e acompanha batom, sombra, blush e pincel banhados em glitter e um gloss brilhante. Na gringa, o lançamento rola em dezembro. No Brasil, infelizmente, ainda não há data definida.

Supermatte Maybelline acaba de lançar a linha Extreme Matte by Color Sensational, maxis lápis labiais com textura matte em uma fórmula que combina pigmentos de pura cor à resina derivada de açúcar que promete um efeito mais duradouro. A linha traz oito novas cores, que vão do nude, passam pelos tons de rosa e chegam ao vermelho, em nomes cheios de atitude.

1.000 em 1 A paleta queridinha dos profissionais está de cara nova! Com 30 cores em design mais moderno, sofisticado e muito mais resistente, a novidade da Catharine Hill proporciona uma variedade de novas cores opacas e cintilantes para ninguém colocar defeito. A nova formulação apresenta textura mais fina, cores mais intensas e maior fixação. Vale a pena conferir!

Parfum Para elaborar o novo perfume da linha Lily, o My Lily, O Boticário foi buscar no sul da França uma fragrância inspirada na exclusividade da flor de Narciso. O novo eau de parfum da marca apresenta um elegante floral verde, além de enfleurage de lírios. Tem assinatura do perfumista francês Clemente Gavarry, da Casa de Fragrância IFF, e traz sofisticação em cada detalhe.


dica expert

foto: joão carlos fotografia

proteção total O verão brasileiro é sinônimo de sol a pino e altas temperaturas. Combinação nada favorável para a beauté. Para manter a beleza em ordem, Zelo convidou o maquiador Luciano Lima para fazer a curadoria de supercosméticos para auxiliá-la durante a estação mais quente do ano. Luciano é maquiador autodidata há anos e, em 2015, venceu o Prêmio Avon na categoria Social. O especialista visitou uma loja Dolce Vita e escolheu, a dedo, itens que salvarão a sua pele, literalmente, nesta estação!

7

4 1

9

5

76

10 3

6 2

8 fotos: divulgação

1- AUTOBRONZEADOR SHISEIDO – Em gel, torna-se mais fácil de se aplicar. Deixa a pele com um “efeito” bronzeado, disfarçando manchas e imperfeições 2- PROTETOR LABIAL SHISEIDO – Altamente nutritivo, para ser usado antes do batom ou sozinho. Com fator de proteção contra raios UVA/UVB. 3- BB CREAM MISSHA – Promove excelente cobertura, mas deixa a pele com aspecto natural e fresco, sem obstruir os poros. 4- SHIMMERING CREAM AEY COLOR – Em creme, proporciona um efeito “glow”. Com textura “levinha”, deve ser aplicada com a ponta dos dedos em leves “batidinhas” por toda a pálpebra móvel.

5- MÁSCARA DIORSHOW – Não tem como negar que a máscara de cílios é um dos itens queridinhos das brasileiras. Não abro mão do DiorShow. Consigo desde um cílios leve de boneca, até um cílios mais intenso, mais sensual.

8- COLOR BOOST BOURJOIS – A estação pede naturalidade, frescor. O Color Boost é mais parecido com hidratantes labiais com cor. Fácil de aplicar e de carregar na bolsa. Tem ação hidratante e é bem cremoso.

6- LÂNCOME NUTRIX ROYAL BODY – Tem uma hidratação intensa, ótima pra quem se expõe ao sol. Possui longa duração, cerca de 24 horas de pele macia, suave e muito confortável.

9- ÁGUA TERMAL EVIAN – Gosto de usá-la antes, durante e depois da maquiagem. Deixa a pele com uma hidratação natural, um viço de rosto jovem e auxilia na fixação da maquiagem.

7- LÂNCOME UV EXPERT 50 – Na minha opinião, um dos melhores filtros solares que existem no mercado atualmente. Leve, fluido e não deixa sensação pegajosa na pele, que o absorve bem, sem ficar oleosa. Excelente para usar antes da maquiagem.

10- DIORSKIN NUDE AIR GLOW POWDER– Um coringa para o verão! É 3 em 1: colore, bronzeia e ilumina. Quando quero uma maquiagem mais neutra, uso ele também nas pálpebras. Consigo um efeito monocromático elegante e sexy ao mesmo tempo.


odontologia

harmonia do sorriso ao seu alcance Dentistas oferecem serviço de excelência no tratamento estético odontológico Juan Meloni foto: joão carlos fotografia

exames complementares. No retorno, é elaborada uma apresentação e um DSD (Digital Smile Dental) do caso, mostrando possibilidades de tratamento, com harmonização de sorriso e face. “A avaliação de duas pessoas que são de áreas diferentes é muito importante porque cada uma tem uma visão. Eu vejo a oclusão e ela vê a estética, o que é importantíssimo para o resultado final do tratamento”, destaca Paula. Durante o processo de atendimento ao paciente, as dentistas comunicam-se e trocam informações. “Quando o paciente chega para a Patrícia, ele

já está com estabilidade oclusal, pronto para que ela possa fazer a estética”, acrescenta Paula. “Com essa comunicação, conseguimos ter maior previsibilidade para o resultado estético”, explica Patrícia. Elas contam que os clientes se mostram satisfeitos com os resultados e avaliam a mudança de comportamento em relação à ida ao dentista. “Antigamente você se consultava só quando tinha um problema. Já hoje em dia, os pacientes vão ao consultório para tratamento preventivo ou por conta da estética”, comenta Patrícia. As dentistas continuam pensando à frente e já traçam novos projetos. “Estamos preparando cursos com grandes nomes da odontologia nacional e internacional em Goiânia. São cursos de excelência para profissionais que buscam a excelência. Não é especialização. São profissionais já aperfeiçoados que querem atingir a sublimidade fazendo cursos, se aprimorando”, conta Paula em primeira mão. “Queremos estar sempre atualizadas e levar o que há de melhor para o paciente. O projeto não prevê só o relacionamento dentista-paciente, queremos ir muito além disso”, ressalta Patrícia. Alguém duvida?

Projeto Harmonização do sorriso Dra. Patrícia Moura e Dra. Paula Kotake Rua 1.130, 173 - Setor Marista Telefone: (62) 3086-0009 www.harmonizacaodosorriso.com.br

77

A ida ao dentista tem se tornado cada vez mais prazerosa. Além do conforto hoje oferecido, os profissionais buscam cada dia mais por equipamentos e especializações que dão precisão a tratamentos e diagnósticos e tornam a experiência o mais agradável possível para os pacientes. “A odontologia avançou muito nessa questão. Hoje são feitas muitas pesquisas, tecnologia de ponta, muito investimento”, afirma a reabilitadora oral Patrícia Moura, sócia da ortodontista Paula Kotake Ribeiro no projeto “Harmonização do Sorriso”. Em uma conversa informal, as profissionais criaram o projeto, um novo conceito de atendimento, no qual todos os pacientes são avaliados pelas duas dentistas. Os cuidados e serviços vão desde a articulação, oclusão, musculatura, vias aéreas, estética dentária e facial. As dentistas queriam que o novo empreendimento fosse concebido em um local diferenciado. “Foi quando falei com o diretor-geral da MeloClinic, o Dr. Eudécio Melo, ele gostou da ideia e nos convidou para integrar o time da casa”, diz Patrícia. “Sentíamos a necessidade de avaliarmos os pacientes juntas. Para haver a integração de nossas especialidades para se chegar à excelência”, completa Paula. Já na primeira consulta com as dentistas, é feita uma ficha de anamnese, fotos no estúdio, uma avaliação como um todo. São realizados pedidos de


foto: fábio lima

beauté

78

No caminho da beleza Hair stylist de sucesso em Goiânia, Claudio Passos fala sobre os 14 anos de carreira e suas inspirações Lucas Pereira A história do hair stylist Claudio Passos não é uma daquelas epopeias sobre vocações inatas que florescem já na infância, mas, sim, uma trajetória de incentivo e inspiração. Hoje um dos profissionais mais requisitados do Le Touche, conceituado salão no Setor Bueno, ele nem sempre sonhou em trabalhar com estética. Dono de uma sensibilidade latente, Claudio atuava como vendedor antes de dar uma guinada em sua carreira. “Eu não sabia se tinha vocação. O incentivo de amigos e familiares foi o que me motivou”, conta ele, que decidiu então fazer um curso na área. Com 14 anos de carreira, o profissional já fez cursos no Instituto Llongueras e na Academia Toni&Gui, ambos em São Paulo, dentre outras especializações em âmbito nacional e internacional. “Eu fui me aperfeiçoando e hoje posso dizer que sou um profissional

completo”, afirma ele, que tem especialização em colorimetria e produção de noivas, mas atende tanto o público feminino quanto masculino. Já faz mais de sete anos que Claudio firmou uma parceria com os proprietários do Le Touche, Bené Pires, Ivani Barroso e Inês Biasi, e desde então é um dos queridinhos do estabelecimento. “Os três foram grandes incentivadores do meu trabalho”, enfatiza. O relacionamento com os clientes não poderia ser melhor, garante. “Eu tenho clientes que me acompanham desde o início da carreira. Já existe uma relação de amizade”, diz. Com o advento das redes sociais e a agilidade no compartilhamento de informações, o hair stylist garante que a necessidade de estar antenado é maior. “Hoje é preciso estar sempre atento às novidades e ser criativo”, destaca. Essa facilidade de informações requer

cuidado. “Eu sempre converso com a cliente para entender o que ela deseja. Às vezes ela chega com uma ideia que nem mesmo ela quer, então é preciso ter esse tato”, explica. No próximo ano, ele pretende realizar novas especializações em academias de renome. Mas, além da busca por novos conhecimentos e inspirações, o profissional também tem dedicado seus dias para compartilhar suas experiências. “Eu já ministrei alguns cursos e tenho mais alguns agendados”, conta. “É bom você passar para frente o que aprendeu. Não vejo como criar concorrência, mas, sim, como uma partilha”, complementa ele, que se não trabalhasse com beleza seria administrador. “Eu gosto muito de números”, garante, bem-humorado. Claudio Passos atende no Le Touche @claudiopassoshair /claudio.passos.712 (62) 9 9257-1530


79


legado

Herança de

gerações Trajetória da Veiga Jardim Odontologia reúne história familiar e compromisso com qualidade de trabalho

Esqueça aquela atmosfera impessoal que o senso comum nos diz que os consultórios odontológicos têm. Ao completar 25 anos de história, a Veiga Jardim Odontologia prova que é possível criar um ambiente familiar que resulta em confiabilidade e intimidade. Alfeu da Veiga Jardim é o responsável pelo início desse legado familiar. O primeiro ortodontista de todo o Centro-Oeste, foi estudar em Belo Horizonte e voltou para terras goianas, onde se tornou professor e diretor da Faculdade de Odontologia da UFG. A primeira unidade da clínica foi inaugurada no Centro de Goiânia e, posteriormente, mudou-se para o Setor Marista, onde permanece até hoje.

Ronaldo e Alfeu Filho deram continuidade ao trabalho do pai com a clínica. O primeiro se tornou especialista em Ortodontia e o segundo, em Odontologia Estética. Em seguida vieram os filhos: Alexandre e Lara, herdeiros de Ronaldo; Alfeu Neto e Tatiana, filhos de Alfeu Filho, além de Guido Cirilo, esposo de Tatiana. “A convivência e admiração pelo trabalho nos levaram a seguir-lhes os passos”, diz Lara da Veiga Jardim, filha de Ronaldo. “É uma grande responsabilidade representar o nome e dar continuidade ao que nossos pais e nosso avô fizeram”, complementa. A luta da família em prol da ortodontia se estendeu para além da clínica. Ronaldo foi presidente e é hoje conse-

foto: reprodução

80

Lucas Pereira lheiro nato da Associação Brasileira de Ortodontia e Ortopedia Facial (Abor), enquanto Alfeu Filho seguiu também a carreira acadêmica do pai e foi professor na Universidade Federal de Goiás (UFG). O único sócio da clínica que não é membro de sangue, mas já se tornou parte da família, é o endodontista Supercílio Barros Filho. Ele e Alfeu Filho se tornaram amigos na faculdade e, após um período nos Estados Unidos, foi convidado a ingressar na clínica. “Foi uma superoportunidade. Agora preciso ir ao cartório mudar meu nome”, brinca o também implantodontista. Ao longo desses anos de trajetória, os profissionais acompanham o mercado e apontam que atualmente os pacientes estão mais interessados e informados. “As pessoas estão preocupadas em garantir uma velhice mais saudável e esteticamente melhor”, aponta Ronaldo. Mas informações de fácil acesso nem sempre são esclarecedoras. “Hoje todo mundo sabe o que são lentes de contato, como funciona o clareamento. Isso resulta em mais procura”, completa Alfeu Neto. “O paciente muitas vezes busca todos os serviços no mesmo local, e hoje nós oferecemos a maior parte das especialidades”, aponta Lara. “É mais satisfatório e cômodo. A clínica prima por essa sincronia entre os profissionais”, adiciona Supercílio. Essa intimidade é nítida, se tornou uma marca registrada, ponto crucial de uma história em que família e trabalho são aliados.


SOCIAL

fotos: joão carlos fotografia

TRADIÇÃO A Clínica Veiga Jardim comemorou seus 25 anos de excelência em odontologia em um coquetel marcado pela presença de clientes, parceiros, amigos e funcionários. Na ocasião, os sócios Ronaldo da Veiga Jardim, Alfeu da Veiga Jardim e Supercílio Barros falaram sobre a trajetória de sucesso da Veiga Jardim Odontologia e que é possível criar um ambiente familiar de confiabilidade e intimidade.

81

Alexandre veiga jardim, Ronaldo Veiga jardim, Lara Veiga jardim, Alfeu Veiga jardim, Alfeu veiga jardim Neto, Tatiana veiga jardim, Guido Cirilo e Supercílio Barros

Juliana Araújo e Gustavo Rocha

Elaine Andrade Rosa e Fernanda Castro

Juliana Alvarenga, Ricardo Pinheiro, Luíza Taveira, Alexandre Veiga jardim, Lara Veiga jardim e Rodrigo Carneiro

Ângela Veiga, Mariana Oliveira e Helen Jardim

Lilian Guedes, Jordana Guedes, Soraia Sebba e Simone Batista

SupercÍlio Barros, Alfeu Veiga Jardim e Ronaldo Veiga Jardim

Rogério Grande, Edilberto Veiga Jardim e Mônica Veiga Jardim

Ronaldo Veiga Jardim, Rubens Tavares, Jairo Curado, Sabrina Fenelon e Leandro Oliveira


conforto QUAL O MEU NÚMERO?

Na horizontal

Em média, passamos 1/3 da vida dormindo. Confira do que são feitos os principais colchões do mercado e qual o mais indicado para você!

Especialistas dão dicas de como escolher o colchão ideal para um repouso renovador

A folga de domingo, o cochilo pós-almoço e o esperado alívio depois de um dia cheio. O descanso está relacionado a uma das coisas que nos dão mais prazer na vida: dormir. Mas como escolher o colchão ideal, que relaxe nosso corpo, ajude nas dores musculares e nos conceda um repouso renovador? Procurando entender a dependência entre sono e disposição, a Zelo esclarece a função do colchão na sua noite de sono. À frente da Forte bom há quase 16 anos, o empresário João Alves explica que hoje existem cerca de 80 empresas de colchões em Goiânia e apenas três delas possuem certificado do Inmetro. Não há, portanto, fiscalização do material utilizado, que por muitas vezes não é de espuma selada com matéria-prima bruta, importante para a qualidade final do produto. Em sua loja, o colchão magnético com infravermelho tem sido o mais procurado, por ser terapêutico e de uma estrutura diferenciada dos demais tipos. João o indica como auxiliar na circulação sanguínea e nos

problemas de coluna, evitando artrite, artrose, hérnia de disco e osteoporose. O empresário ainda ressalta que, se o cliente pedir, existe a possibilidade de fabricar um colchão metade de um material e metade de outro. Entretanto, apenas o colchão certo não faz milagre! Graduado pela Universidade Estadual de Campinas (Unicamp), o ortopedista Fernando Portilho Ferro percebe a recorrência da falta de condicionamento físico em seus pacientes. “Músculos fracos têm uma predisposição maior a ficarem doloridos. Portanto, a prática regular de atividades físicas faz toda a diferença”, explica. Mas fique atento! O médico alerta para o fato de que a firmeza do colchão deve ser proporcional à densidade do corpo, e um colchão muito velho, deformado, de má qualidade pode ser prejudicial e agravar dores musculares. Além disso, o travesseiro deve ser, acima de tudo, confortável. “Geralmente, isso se consegue com o que tenha a altura próxima ao ombro, de maneira que a coluna fique alinhada quando a pessoa se deita de lado”, instrui.

foto: reprodução

82

Amanda Pinheiro

Colchão de molas É distinto de outros tipos pela utilização de molas espirais para o apoio. É recomendado para pessoas que dormem de lado, já que as molas se deformam de acordo com a posição escolhida e se adaptam à necessidade do corpo de quem o utiliza, o que evita problemas de coluna. Colchão com espuma de memória Contém uma gradativa adaptação ao corpo de quem o utiliza, o que cria a sensação de que o material está se moldando de acordo com seu corpo. Caso tenha fadiga crônica, problemas musculares ou posturais graves, este colchão pode trazer a noite de sono tão esperada. Colchão d’água Este tipo utiliza líquidos para o apoio e também tem uma moldura ao corpo tão boa quanto a espuma de memória. No entanto, os modernos tendem a se assemelhar aos colchões de mola e sua manutenção pode ser muito delicada. Colchão magnético Quando o utilizamos, o sangue do nosso corpo encontra-se com minúsculas partículas de ferro que, em contato com os campos magnéticos, se alinham e passam a fluir com mais facilidade no sistema circulatório. Assim, é possível combater diversos problemas, como cólicas, artrite, reumatismo, pressão alta, dores nas pernas e inchaço nos pés. Colchão ortopédico Possui uma caixa de madeira revestida de espuma que faz a coluna ficar reta e evita pontos de pressão no corpo. Por conta deste sistema, as chances de você acordar de madrugada por desconforto e dores musculares são mínimas.


foto: rafael brigante

saúde

84

ator e bailarino goiano Marcello Ramos dá aulas de Stiletto e é enfático ao se referir à modalidade: “Traz uma sensação de poder, eleva a autoestima e deixa a pessoa mais confiante”

Ritmo Quente Diferentes estilos de dança são opções para quem pratica exercícios físicos em busca de se divertir, relaxar e ainda perder aqueles quilinhos extras Lucas Pereira Fazer exercícios físicos é uma necessidade real. Não porque a sociedade diz que é ou por que todos postam fotos na academia nas redes sociais. Estamos falando de hábitos saudáveis, de fazer algo para seu bem-estar pessoal. Nesse momento é preciso levar em consideração os diferentes perfis, afinal, há quem prefira práticas em grupo e quem se saia melhor treinando sozinho. A dança, por exemplo, conquistou um público ávido pelo mix de emoção e movimento que proporciona. Em Goiânia, a busca pelos benefícios promovidos pela prática de exercícios físicos aliados a coreografias tem aumentado.

Ginástica com dança A zumba é um ritmo que virou febre nas academias da capital goiana nos últimos anos. Com inspiração latina, ela foi criada em meados de 1990, na Colômbia, pelo coreógrafo Beto Perez. O exercício une ginástica à dança e pode eliminar até 1.000 calorias em uma hora de prática. “A zumba não cobra performance, então é uma aula fácil de ser feita, além da grande queima calórica e de ser divertida”, explica Diego Pablo, professor da Brava Sport Center. Aspectos importantes que o professor enfatiza são a socialização e a resposta na autoestima. “A aluna vê que o

corpo está melhorando e isso é um estímulo imediato”, garante. Mesmo com uma turma composta predominantemente por mulheres, Diego ressalta que a zumba não restringe sexo nem mesmo faixa etária. “A hora da aula é um momento para ‘fugir do mundo’, esquecer os problemas e se divertir”, diz. A advogada Cibele Dâmaso frequenta aulas de zumba e ritmos na Brava pelas manhãs e garante que é uma forma de começar bem o dia. “Você percebe que o condicionamento, a coordenação motora e a postura melhoram”, enumera ela, sem esquecer dos ganhos subjetivos. “Para mim,


Em cima do salto E quem disse que não dá para se exercitar fazendo carão e batendo cabelo? O stiletto é um gênero de dança que mistura freestyle, hip-hop e jazz, com muita elegância, coreografias ousadas e tudo isso em cima de salto alto. Popularizado pelas várias divas da música pop, principalmente Beyoncé, o estilo chegou a Goiânia por iniciativa do também coreógrafo Guilherme Otávio, em parceria com o ator e bailarino Marcello Ramos, referência nacional na modalidade. “O stiletto evidencia a essência da mulher de forma muito natural, explorando sua sensualidade por meio de movimentos que ajudam na postura e no equilíbrio”, explica Marcello. O goiano radicado em São Paulo ainda afirma que a prática ajuda a tonificar quadrí-

ceps, panturrilhas e glúteos. “Traz uma sensação de poder, eleva a autoestima e deixa a pessoa mais confiante”, complementa. “É uma forma divertida de resgatar uma sensualidade que muitas vezes deixamos de lado com os afazeres do dia a dia”, afirma a fisioterapeuta Isabela Lourenço, que frequenta aulas no espaço Casa Fit, no Setor Bueno. Como explica Marcello, que este ano esteve duas vezes na capital goiana ministrando um workshop e curso de especialização para professores, as aulas se dividem em três etapas: a primeira se destina a aprender a se manter em cima do salto; a segunda foca na sensualidade de gestos e movimentos; e por fim vêm as coreografias mais elaboradas. Mas é preciso salientar que a prática não é indicada para pessoas com lesões nos joelhos ou na coluna. Outro ponto de suma importância é usar um sapato adequado. A indicação é que o salto não ultrapasse 10 cm e esteja bem preso aos pés. Contornos femininos O ballet sempre foi o mundo encantado de Betina Dantas. Filha de bailarina, a goiana praticamente cresceu usando os icônicos tutus cor-de-rosa. Tudo ia bem até que uma contusão no tornozelo a impediu de seguir com as

85

sertanejo. É uma aula bastante dinâmica”, afirma Guilherme. “Eu não gostava de funk, por exemplo, mas porque não conhecia. Hoje sinto que arraso”, brinca Edlaine, que ainda enfatiza a melhoria no condicionamento e o torneamento das pernas como principais ganhos. “Se a pessoa gostar do que está fazendo, ela vai ver resultados, isso é primordial em qualquer exercício físico”, detalha Guilherme.

fotos: joão carlos fotografia

os maiores benefícios são mentais. Eu saio daqui mais leve e feliz”, pontua. Modalidade que também faz sucesso entre as alunas da academia é a aula de ritmos. Exercício aeróbico de alta intensidade, a prática mistura diversos estilos com velocidades variadas para auxiliar na perda calórica de uma forma divertida. “A modalidade veio do axé, que fazia muito sucesso nas academias anos atrás. Todos os estilos musicais se enquadram. É uma aula mais coreografada do que a zumba”, explica o professor Guilherme Otávio. “Acaba que as músicas vão depender do perfil dos alunos”, complementa. As aulas geralmente se iniciam com som mais leve, no intuito de aquecer os alunos, e finalizam com coreografias de maior agilidade, não sem antes um alongamento. Ao passo que a intensidade aumenta, o entusiasmo segue na mesma proporção. “Toda aula coletiva trabalha muito a cabeça, interfere na autoestima, faz a pessoa se sentir melhor”, garante o professor. “A convivência acaba indo para além da academia. A turma se diverte junta”, diz Edlaine Rodrigues, dona de casa que se tornou adepta da prática há dois anos. “Músicas que estão em alta atualmente sempre são pedidas, assim como antigos sucessos, desde o funk até o

professor Guilherme Otávio, durante aula de ritmos. modalidade é considerada uma excelente opção aos monótonos exercícios de musculação e ergometria


Os professores Diego Pablo e Guilherme Otávio ministram aulas de zumba e ritmos, respectivamente, na Brava Sports Center

Além do empoderamento feminino, as aulas de stiletto auxiliam a postura e o equilíbrio do corpo

foto: divulgação

86

aulas. Algum tempo depois, ela criou o Ballet Fitness, modalidade que nos últimos anos se consagrou como sensação nas academias. “Senti que meu corpo foi perdendo definição, mas odiava musculação. Assim, decidi usar os movimentos do ballet a meu favor”, conta Betina, que tem formação clássica pelo método Royal Academy of Dance e é graduada em Educação Física. A metodologia criada por ela mescla movimentos do ballet clássico com exercícios fitness, como agachamentos, abdominais e flexões. “Uma aula nunca é igual à outra e isso ajuda a fugir da mesmice”, explica a bailarina. Segundo ela, o foco das aulas está na repetição dos passos e no tempo de contração e sustentação muscular. “Uma aula para quem está no nível avançado pode gastar até 794 calorias em apenas meia hora”, afirma. “O ballet fitness ajuda a trabalhar a postura e deixa o corpo longilíneo, bem diferente do ‘visual trincado’ das aulas triviais de musculação e localizada”, acrescenta. Mas Betina também indica que um conhecimento mínimo do ballet clássico é importante para se sair melhor durante as aulas. “Para quem pretende começar, eu sugiro um mês de ballet clássico para acompanhar o ritmo e saber os nomes dos passos”, explica ela, que ainda aponta a delicadeza do gestual e os contornos femininos da prática como diferenciais. “O que vale é testar coisas novas, estar à frente do tempo e trazer um tipo de malhação gostosa e que traga um físico invejável”, diz, bem-humorada. Há quem discorde?

Betina dantas criou o ballet fitness logo após ter sofrido uma lesão no joelho e não poder mais subir na sapatilha de ponta


87


refúgio

hora de relaxar Elegemos opções de spas aconchegantes ao redor do mundo para fugir da rotina durante as férias

88

Amanda Pinheiro Com um olho sempre no relógio e outro no trabalho, as pessoas estão cada vez mais envolvidas em um cotidiano que, muitas vezes, pode ser cansativo e sacrificante. Mas quando é hora de relaxar? O intervalo durante as férias de final de ano pode ser um ótimo momento! Por isso, a Zelo selecionou spas ao redor do mundo que oferecem um leque de opções para qualquer humor, além de paisagens deslumbrantes e técnicas inovadoras que deixam qualquer um boquiaberto. Com certeza, algum deles fica perto de você e pode colaborar com sua purificação interior e, principalmente, a satisfação pessoal.


fotos: divulgação

Muito mais que um retiro, o Uxua Casa Hotel & Spa é um universo particular. Com 11 casas de frente para o famoso Quadrado, no centro histórico de Trancoso, o lugar revela-se uma calorosa escapada romântica. O spa possui sua própria linha de cosméticos, que combina propriedades restauradoras ao perfume de almesca, produzida localmente e tida como o principal elemento de seus tratamentos e terapias. Experimente aulas de capoeira e yoga, a terapia aquática na piscina de Quartzo, o tratamento de tribos indígenas locais com argila branca ou o banho de lua no espaço da Vichy para conhecer as diferentes técnicas do espaço. O Uxua apresenta ainda uma nova casa, batizada de Terraço do Céu, e a construção de uma piscina na Casa Eugênia, além da restauração de antigos barcos de pesca, que agora fazem o papel de espreguiçadeiras em seu beach lounge. www.uxua.com

Nannai SPA By L’Occitane O Nannai SPA by L’Occitane preserva a natureza, seguindo uma diretriz socioambiental que evidencia uma decoração sustentável, meclando peças sofisticadas a itens da cultura nordestina. Os 1.700 m² são divididos em 13 ambientes de tratamento, que transmitem tranquilidade e integração com as belezas naturais. Considerado o maior da marca na América do Sul, o espaço, em Porto de Galinhas, tem a proposta de descanso para corpo e alma, através de massagens faciais, corporais e corporais-hidroterápicas, com vista para a belíssima praia de Muro Alto. O complexo também abriga a Boutique Nannai, que traz peças da coleção balneário do Resort e grifes badaladas do País, como Clube Bossa, Totem, Adriana Degreas, Cyann, Lenny, Cantão, Osklen, Richards, entre outras. Aproveite o tratamento anti-aging, que atua como lifting e na firmeza da pele! E não se esqueça do específico para os olhos, que rejuvenesce e suaviza rugas ou olheiras indesejáveis! www.nannaispa.com.br

89

Uxua Casa Hotel & Spa


Spa Shamash A palavra “Shamash” é usada pelos indígenas quando eles querem que todos os males desapareçam e a pessoa fique feliz. O Spa Shamash faz jus ao nome! Localizado no resort premiado Txai Itacaré, na Bahia, possui uma incrível vista para o mar e o verde exuberante da Mata Atlântica, privilegiando o bem-estar, cuidados com o meio ambiente, a interação total com a comunidade e a valorização da cultura local. O hóspede desperta todos os sentidos através de massagens com pedras quentes que relaxam os músculos, aliviam dores e tensões e se adaptam à necessidade do cliente. O banho de purificação, inspirado em uma antiga tradição baiana, mescla sal grosso, óleo de coco e sete ervas e promete trazer frescor e leveza ao espírito. O Shamash Healing Space ainda oferece massagens específicas para gestantes, além de yoga, ofurôs, sauna seca e úmida, reiki, watsu, chás e sucos terapêuticos. Revigorante! www.txairesorts.com

90

Nira SPA Com 25 salas de tratamento e cercado por pequenos lagos repletos de lírios e flores nativas, o Nira Spa é um dos maiores e mais completos do Oceano Índico. Os métodos refletem a diversidade das Ilhas Maurício, marcada por influências indianas e africanas. O paraíso de paz apresenta três estações de spa deluxe: The Holistic Bio, The Indian Experience e The Oriental Experience. Um dos pacotes oferecidos é o Nira Bliss, para pessoas que procuram ser merecidamente mimadas. Os elementos terapêuticos utilizados objetivam revitalizar e rejuvenescer o corpo por meio da combinação de tratamentos, tendo como alvo os efeitos dos radicais livres na pele e o estresse na mente e no corpo. Não se esqueça da filosofia do resort onde o spa está situado: os viajantes chegam como hóspedes, saem como amigos e retornam como parte da família! w w w. s h a n t i maurice.com/en/ best-spa-mauritius


Uma combinação perfeita de massagens, aromas e tratamentos é o que se pode encontrar no Centro de Bem-Estar do Resort Ponta dos Ganchos. Localizado ao norte de Santa Catarina, onde três pequenas ilhas e uma baía de areia branca tornam o cenário surreal, o spa conta com uma equipe de terapeutas especializados pronta para atender o hóspede em uma área privativa à beira do mar, fornecendo uma experiência rica, baseada na conexão entre corpo e mente. Destaque para a Massagem Ponta dos Ganchos, que une a combinação de óleo de canela quente com a massagem manual e pindas de ervas aquecidas, desenvolvidas para proporcionar um profundo relaxamento. O spa também fornece uma experiência a dois na privacidade do seu bangalô, com massagem, banho de sais acompanhado e jantar à luz de velas com vinhos selecionados. Prazer garantido! www.pontadosganchos.com.br

Tierra Santa Assim como o Faena Hotel Miami Beach, complexo do qual faz parte, o spa segue inspirações sul-americanas e oferece cinco salas de tratamento multifuncionais que vão muito além de atender aos hóspedes. Concebido como um oásis de beleza relaxante e de rejuvenescimento, o local oferece tratamentos personalizados que se fundem com antigos rituais de cura da América do Sul, ingredientes indígenas e as mais recentes tecnologias antienvelhecimento. Os métodos corporais são desenvolvidos por xamãs, acupuntura, terapia com som e cor e avançadas técnicas faciais estão entre as opções. Destaque para o exclusivo Guerreiro Sagrado, que usa cataplasmas de ervas aquecidas e lápis-lazúli do Chile para liberar a tensão. Conheça também o Palo Santo, que consiste em deixar o hóspede totalmente imerso em bacias de som com infusões homeopáticas que buscam reequilibrar a energia vital de quem as recebe. www.faena.com/miami-beach/spa

91

Ponta dos Ganchos


diário de viagem

92

fotos: arquivo pessoal

Cinco dias em Lima Culinária premiada, arquitetura colonial e territórios misteriosos marcam o roteiro turístico de Vanessa Gualberto pela capital peruana Por Vanessa Gualberto Colaboração de Amanda Pinheiro Muitos pensam que o Peru não tem muitas opções para turismo, mas enganam-se! De tradição indígena e fortemente ligada aos costumes espanhóis, o País tem em seu vasto território monumentos históricos e sítios arqueológicos, além de uma beleza natural estonteante e uma culinária que chamou minha atenção. Entre os 50 melhores restaurantes do mundo, três se encontram na capital peruana Lima, que foi o destino escolhido para eu e meu namorado, Alexandre Guerra, realizarmos em cinco dias uma viagem gastronômica de dar água na boca. Foram 40 minutos do aeroporto até a comuna (bairro) Miraflores, e chegamos logo na hora do almoço. Iniciando

a rota gastronômica, nos dirigimos ao famoso “La Mar”, que está entre os cinco melhores de Lima, conduzido pelo renomado chef Gastón Acurio. Conhecido por ter o melhor ceviche do País, comida supertípica baseada no peixe cru marinado em suco de limão, lima ou outro cítrico, o restaurante serve grandes espigas de milho torradas e salgadinhas como entrada, além do pisco sour, drink também típico do destino. Comece seu passeio visitando o Centro, coração da cidade. É lá onde estão a Plaza de Armas (ou Plaza Mayor), a suntuosa Catedral, o Palácio do Governo e o incrível Complexo de San Francisco – com a igreja, o monastério e as tumbas –, que é considerado Pa-

trimônio Mundial pela Unesco. Esse é um trajeto tradicional, que todo mundo deve fazer ao visitar a capital. Seguindo o roteiro gastronômico, no terceiro dia fomos ao “Maido”, que está na 13ª posição entre os melhores restaurantes do mundo, comandado pelo chef Mitsuharu Tsumura. Não havíamos feito reserva, então tivemos que dar uma voltinha até nossa lista de espera sair, mas não abrimos mão de almoçar no local! O chef é especializado na culinária Nikkei, que é a mistura das culinárias japonesa e local, e o Maido propõe sabores diferentes. O casamento dos pratos típicos do Peru com as delícias orientais surpreende! Lima possui atrações voltadas, espe-


fotos: divulgação

O Central está em 4º lugar na lista dos 50 melhores restaurantes do mundo. Acima, Charla con palta y panca preparado no restaurante

93

cialmente, para o lado histórico, então decidimos visitar o sítio arqueológico Huaca Pucllana, que significa “templo dos adoradores do mar” e abriga uma pirâmide construída no século 5 d.C. por uma civilização pré-inca que habitava a região. A pirâmide era uma Huaca, termo que se refere a um espaço de culto, onde acredita-se que eram feitos rituais e sacrifícios. O turismo no Peru é um pouco caro e são raras as atrações em que não é preciso comprar ingresso. Recomendo que, em atividades de cunho histórico, a visita seja feita com um guia, pois só assim será possível entender a história real. E lembre-se: os táxis são baratos, porém não confiáveis. Já vivi três meses na capital e uma dica é sempre sair de Uber, que é mais seguro. Reservado há três meses, conhecemos o Central, do famoso chef Virgílio Martínez, que é considerado pelo site TripAdvisor número um em Lima. A fachada é discreta, mas ao entrarmos nos deparamos com um restaurante luxuoso! Entradas e drinks diferenciados nos aguardavam na sala de espera, um show à parte, com atendimento impecável e som ambiente. Foi sem dúvida uma das melhores experiências que já vivi, através dos ingredientes frescos e locais utilizados no cardápio reduzido e sem precedentes. O quarto melhor restaurante do mundo é ótima escolha para quem tem um paladar apurado! Já no último dia, fomos ao Astrid y Gastón, que se encontra em trigésimo lugar no ranking dos melhores restaurantes do mundo. Comandado também pelo chef Gastón Acurio, tem um menu de degustação com 26 etapas. Optei por uma entrada já seguida do prato principal, pois duraria quatro horas para provar todas as delícias. O lugar parece um castelinho e é considerado a principal assinatura gastronômica do chef. Para fechar com chave de ouro, fomos ao Osaka, outro restaurante da cozinha Nikkei, que possui sete sedes na América Latina. Fiquei encantada com os pratos elaborados e ousados, o ambiente aconchegante decorado com garrafas de saquê, um sushi bar que ocupa toda uma esquina principal, e o terraço interno com queda d’água é simplesmente lindo!

vanessa gualberto e alexandre guerra em almoço no restaurante central

Arroz com camarões do Astrid y Gastón

Ceviche do restaurante La Mar

o típico pisco sour

no cardápio do Osaka, seu Hot Rock Ceviche

Especializado na culinária Nikkei, o também premiado Maido traz pratos como o Muchame de polvo y conchas com maca em seu repertório


gourmet

GOSTO DE

FESTA 94

Receitas completas e cheias de sabor para incrementar a mesa durante as celebrações de fim de ano

Confraternizações, amigo secreto, Natal e Réveillon: são vastas as comemorações que o fim de ano nos reserva. E com elas, mesas fartas com opções saborosas. Ligadas a costumes milenares, as tradicionais ceias são peças-chave nas comemorações e levam ingredientes que variam de acordo com cada lugar do mundo. Para incrementar a sua mesa, a Casa Oliva indica a receita de Porchetta Alla Emilia-Romana e para a sobremesa, o famoso Petit Gatêau de Doce de Leite com Calda de Frutas Vermelhas, do Restaurante Madero. Acompanhe e delicie-se!


foto: joão carlos fotografia

PORCHETTA ALLA EMILIA-ROMANA - CASA OLIVA (15 porções)

01 porchetta 8 ramos de alecrim 02 colheres de sopa de sementes de erva-doce 01 colher de sopa de grãos de pimentado-reino preta 5 dentes de alho 02 colheres de sopa de orégano 3 folhas de louro 3 unidades de peperoncino - tipo de pimenta malagueta seca 200ml de suco de limão 200ml de suco de laranja 200ml de óleo de oliva 150ml de vinho branco 350g de pancetta ou bacon defumado 01 cenoura picada em cubinhos 01 cebola picada em cubinhos 02 talos de salsão em cubinhos 300ml de caldo de carne Sal e pimenta-do-reino

MODO DE PREPARO Coloque as sementes de erva-doce, os grãos de pimenta, o peperoncino, as folhas de louro, o orégano e um pouco de sal em um almofariz até obter um pó homogêneo. Esfregue esse sal temperado nos dois lados da carne, regue com os sucos de limão e laranja, acrescente metade das folhas de alecrim, o alho, metade do azeite, vinagre e deixe marinando na geladeira por, no mínimo, 12 horas. Retire a porchetta da marinada, cubra a parte interna com as tiras de bacon e o restante do alecrim. Enrole e amarre com tiras de barbante. Coloque em uma assadeira com os legumes e o vinho e cubra com papel alumínio. Asse em forno pré-aquecido a 180 graus por, aproximadamente, 2h30, sempre regando com o caldo da assadeira. Retire o papel alumínio e continue assando até dourar e completar o cozimento da peça. Remova a assadeira do forno, e coloque a porchetta para descansar. Enquanto isso, prepare o molho. Coloque a assadeira em fogo baixo, agregue o caldo de carne e com uma colher vá soltando os resíduos que estão grudados no fundo da assadeira. Esprema os legumes e os dentes de alho para extrair todo o seu sabor. Após fatiar a porchetta, regue com o molho da própria assadeira coado e sirva logo em seguida.

95

INGREDIENTES:


Ingredientes

96

1200g de doce de leite (leite condensado cozido) 400g de manteiga sem sal 240g de açúcar refinado 220g de farinha de trigo 8 ovos inteiros 8 gemas Manteiga sem sal para untar Farinha de trigo para untar 15 forminhas de alumínio

Modo de preparo Com um pincel, unte bem as formas com manteiga e farinha de trigo. Na batedeira, com o batedor para claras em neve, acrescente os ovos e as gemas e bata na velocidade “5” até que aumente o volume. Acrescente o açúcar e continue batendo. Coloque o doce de leite na panela com uma colher e mexa até que desfaça todos os grumos. Acrescente a manteiga em pedaços e leve a panela em banho-maria, mexendo até que a mistura fique lisa e homogênea. Reserve. Assim que ovos e açúcar dobrarem de volume, baixe a velocidade da batedeira para o “1” e acrescente com cuidado e num movimento contínuo a mistura de doce de leite. Acrescente a farinha de trigo peneirada, uma colher de cada vez, dê uma batidinha na lateral da tigela da batedeira para desprender a farinha e desligue a batedeira. Termine de incorporar a farinha com uma colher ou fuet, com cuidado. Distribua a massa entre as forminhas e leve ao forno.

cALDA DE FRUTAS VERMELHAS Ingredientes 500g de morangos congelados 250g de mirtilos congelados 500g de framboesas congeladas 250g de amoras congeladas 150g de açúcar

MODO DE Preparo Em uma panela, misture a água e o açúcar até que esteja bem dissolvido. Acrescente a casca do limão sem a parte branca. Ligue o fogo e deixe ferver até que a calda fique em ponto de fio. Retire a casca do limão e acrescente o morango congelado e deixe ferver até ficar mole e com o interior quente. Abaixe o fogo e retire o morango da panela e bata no liquidificador até virar uma polpa. Volte a polpa para a panela e deixe ferver. Acrescente o mirtilo, depois as amoras congeladas, e em seguida as framboesas. Misture com muito cuidado para que as frutas não se desfaçam. Deixe ferver e desligue o fogo. Sirva quente sobre sorvete ou sobre o petit gâteau. foto: divulgação

PETIT-GÂTEAU DE DOCE DE LEITE - MADERO


SOCIAL fotos: daniel fama

LUXO Ivana e Gabriel Tomé abriram as portas de sua residência em Goiânia para o lançamento exclusivo do relógio Clé Cartier Steel, pela francesa Cartier. Com serviço e ambiente impecáveis, peças encantadoras da joalheria Grifith também foram apresentadas aos convidados. O buffet, assinado por Roni Peterson (Gero), e a decoração de Fabi Gattai, somados à produção de Flávia Gouveia, da Agência FGO, encantaram quem conferiu!

97

tatiana januário, Ivana e Gabriel Tomé, Dimonédio Santos e Margot Albuquerque

Victor Tomé e Fernanda Gomes

Carla Fleury, Lyudmila Tkatchuk e Miriam Gouveia

João Gabriel, Ivana e Gabriel Tomé e Flávia Gouveia

Ernesto e Stephane Rassi

Fernando e Natalia Campos

Laura Leão, Anita Jacobson e Tatiana Januário

Margot Albuquerque, Humberto Queiroz e Dimonédio Santos

ângela motta, rosângela motta e tereza emília


SOCIAL fotos: leonardo oliveira

PROJETO DE LUXO Mariana Lima, embaixadora do Missoni Baia Miami, primeiro empreendimento imobiliário da marca italiana Missoni, localizado no bairro East Edgewater, desembarcou em Goiânia para apresentar o novo condomínio de luxo. O encontro foi comandado pelas decoradoras Cristal e Tana Lobo e pela banqueteira Liliane Lobo, na loja especializada Vero Festas. Com cardápio e ambiente refinados, arquitetos, designers, empresários e investidores locais conferiram a novidade em primeira mão.

98

Mariana Lima e Ana Lucia Zambon

Paula Guimarães, Marina Maffini e Fernanda Guimarães

Cristal Lobo

Daniela Durante, Fernanda Lobo, Liliane Lobo e Camilla Durante

decoração vero festas

mariana lima, victor tomé, sanderson porto e Ana paula de castro

Priscila carvalho e Djalma Rezende

Rosiane Gomes e IVANA MENEZES

lúcia zambom, leo romano e tana lobo


99


SOCIAL fotos: divulgação

III JORNADA CIENTÍFICA

José Claudio Romero, Adriane Espíndola, Durval Pedroso, Natalie Alves e Marcelo Rabahi

100

O Hospital Alberto Rassi promoveu a III Jornada Científica (Jochar). A solenidade reuniu autoridades da saúde, colaboradores e diretoria da unidade, além de profissionais de renome no Estado, para a conferência de abertura “Qualidade, Segurança e Interdisciplinaridade, paradigmas na Medicina Atual”, com o intensivista Durval Pedroso. O evento foi organizado pelo Instituto de Desenvolvimento Tecnológico e Humano (Idtech), Organização Social gestora da unidade.

Lúcio Dias e Marcelo Rabahi

Glaucimeire Marquez Franco, Cáritas Marquez Franco e Irani Ribeiro

Carlos Roberto Drummond, Antônio Carlos Ximenes, Gentil Queiroz, Roberto Kaluf e Américo Silvério

ENCONTRO COCA-COLA A Refrescos Bandeirantes/CocaCola, representante em Goiás e Tocantins, realizou o 14º Encontro de Comunicação e Sustentabilidade, no Restaurante Contemporane. O evento, para imprensa e convidados, tem como objetivo a apresentação das ações sustentáveis efetuadas pela empresa , no intuito de promover qualidade de vida por meio de uma plataforma de desenvolvimento sustentável.

Maria Cristina Furtado, Renato Scavazzini, Márcio Pissócaro e John William

Fernando Machado, Astero Motta, Kátia Caldeira e Ricardo Klein

Ana Cláudia Rocha, Frank Martins, Daniela Gaia e Juan Meloni

Adriano Reges, Mariana Martins, Marcilio Velasco e Flávia Popov

ÂNGELA MOTTA, FAUSI HUMBERTO, HANNAH MOTTA E ROSÂNGELA MOTTA


SOCIAL fotos: cristiano borges

A jornalista Ana Cláudia Rocha recebeu convidados para o relançamento do livro Memórias de Rocha – Vida e Obra de Benedito Odilon Rocha, que reúne a produção literária e fatos da vida de seu pai, o escritor Benedito Odilon Rocha. O evento, promovido pela Opus e Sousa Andrade no decorado Lumina Marista, fez parte das comemorações do centenário de nascimento do jornalista goiano.

Dener Justino e Ana Cláudia Rocha

Natália Rocha de Lisbôa, Mateus Rocha de Lisbôa, Ana Cláudia Rocha e Rômulo Antônio de Lisbôa

Família Rocha: Eduardo, Laíla, Ana Cláudia, Maria das Graças, Beatriz, Paulo, Hélio e Reynaldo

Eládio Augusto Amorim Mesquita e Viviane Veloso

sergio pato e Maria Eugênia

101

Homenagem


SOCIAL fotos: nelson pacheco

FALL WINTER O casal Ana Gequelin e Ruben Fontes recebeu covidados em sua casa, no Alphaville Ipês, junto a Adriana Forti e Márcia Racy, para apresentação da coleção Fall Winter 16-17 da Fendi. Pela primeira vez em Goiânia, a marca trouxe à cidade produtos que vão desde as tradicionais bolsas Petit 2 jours, 3 jours, Dotcom, e as novidades Peekaboo Waves e By the Way Waves.

102

Ana Gequelin e Ruben Fontes

Ana Gequelin, Tina Carneiro, Raquel Aranha, Leandra Gualberto e priscila real

Caroline garrote, amilce fleury e alessandra melo foto: patricia neves

MENSAGEIRO DAS CORES Comemorando mais de 50 anos dedicados à pintura, o artista plástico Waldomiro de Deus abriu mais uma belíssima exposição: “O Mensageiro das Cores”, desta vez no Hospital Alberto Rassi (HGG). A mostra reúne trabalhos de toda a carreira do artista, que tem no cotidiano sua grande inspiração. Mais de 70 obras, que retratam temas diversos, como o folclore, ficarão em exposição nos corredores da unidade. Waldomiro de Deus e Américo Poteiro fotos: joão carlos fotografia

Rafael Nakamura, José Claudio Romero, Rogéria Cassiano, Alessandro Purcino e Valéria Sousa

Alessandro Purcino, Natalie Alves e Rafael Nakamura

José Claudio Romero, Eurípedes Santana, Helena Vasconcelos e Diomar Rosa


laylamonteiro

laylamonteiro

Acompanhamento Nutricional nairochet Naiara Rochet

Melhora o aspecto da pele, cabelos e unhas

BAIXE NOSSO APLICATIVO

ARTESANAL

SIGA-NOS /FarmaciaArtesanal @artesanalfarmacia

FIQUE POR DENTRO DO MUNDO DE BEM-ESTAR

www.farmaciaartesanal.com

TELEVENDAS GOIÂNIA

ANÁPOLIS

62 3267.7000

62 3324.9911

GOIÁS: Goiânia | Aparecida de Goiânia | Senador Canedo | Anápolis | Trindade | Inhumas | Goianésia | Rio Verde | Itumbiara | Itapuranga | Itaberaí | Formosa | Uruaçu | Minaçu | São Luís de Montes Belos | São Miguel do Araguaia | TOCANTINS: Gurupi | Araguaína | Palmas | Porto Nacional | PARÁ: Redenção | Parauapebas | Marabá | MINAS GERAIS: Belo Horizonte | Contagem

103

A Blogger, Layla Monteiro, está compartilhando sua rotina em busca de um 2017 saúdavel. Quer saber tudo ? Acompanhe e fique por dentro.


fotos: ângela motta

SOCIAL

MOOD DA ESTAÇÃO Carmem e Lucimar Cardoso receberam convidadas em sua loja, no Jardim América, para o lançamento da coleção Inverno 2017. Animale, Corporeum, Caos, Yorane e Skank são algumas das marcas que trazem fortes tendências para o próximo ano, como o cropped e a pantacourt. Azul, vermelho e verde-folha complementam a paleta de cores.

104

lucimar cardoso, raflésia pereira, maria helena simÕes e carmem cardoso

talita lobo mulser, Larissa Leão e ana Luisa Rocha godoy

márcia cassiano e lucimar cardoso

senia gonzagA

maura campos e raflésia pereira

francisca vaz, carmem cardoso e vivia rashid

rosângela motta, francisca godinho e lucimar cardoso


105


106

Trabalho e bem-estar precisam andar juntos.

A nova famĂ­lia de cadeiras que junta design, versatilidade e custo-benefĂ­cio.


Conforto, qualidade e 7 anos de garantia.

it Cadeiras com rodízio, ideais para mesas de escritórios ou home office.

Mais alta, é usada em lojas e locais de trabalho com mesas ou balcões elevados.

us Com pé fixo, é uma cadeira de visita que pode ser usada em salas de aula, de reuniões ou conferências.

Variedade de cores

Variedade de materiais

Opções de braços

Opções de bases

Case Mobiliário Corporativo Alameda Ricardo Paranhos, 992 - Setor Marista - Goiânia - GO Fone 62 3281 7200 case@caseoffice.com.br

107

A Flexform juntou tudo isso na Uni, uma família completa de cadeiras que você pode montar de acordo com a sua necessidade. Um lançamento feito para quem gosta de juntar trabalho e bem-estar. Estilo e conforto. Versatilidade e qualidade. Sem falar no melhor custo-benefício do mercado.


108

Profile for Revista Zelo

Zelo 37  

Trigésima sétima edição da Revisa Zelo

Zelo 37  

Trigésima sétima edição da Revisa Zelo

Advertisement

Recommendations could not be loaded

Recommendations could not be loaded

Recommendations could not be loaded

Recommendations could not be loaded