__MAIN_TEXT__
feature-image

Page 1

2 4 ª

E di ção

-

Ano

V I

-

R $

7 ,0 0

-

ww w.rev i s t a ze l o . c o m. b r

Matrimônio Casais se adaptam aos novos tempos para fazer união dar certo

Rejuvenescimento Técnicas e tratamentos mais modernos nas áreas de cirurgia plástica e dermatologia

Gastronomia Nova geração de chefs em Goiânia

Casa Cor Mostra traz projetos inspirados na arquitetura desconstrutivista

Moda

Preto e branco em looks glamourosos e cheios de atitude


Sacc

2


caro


79

4

10

PABLO KOSSA

79

CASA ZELO

Fora com fundamentalismos

Desconstrutivismo na Casa Cor 2013

12

SANDRO TÔRRES

106 MÓVEIS

Shit or shift

Circuito de Design Época

28 HIGH-TECH

108 MILÃO

Convergência e alta resolução

Salão apresenta tendências internacionais

38 GASTRONOMIA

114 TURQUIA

Nova geração de chefs em Goiânia

46

ZELO BELEZA

116 URBANISMO

Novidades em produtos

Copa moderniza Rio, mas tem custos sociais

50 SAÚDE

120

RIO QUENTE RESORTS

Complexo investe em turismo de experiência

Técnicas avançadas em cirurgia plástica

Antalya pelos olhos de fotógrafo nativo

58 COMPORTAMENTO

122 ESPANHA

Casais dão suas receitas de felicidade a dois

Luciano Carneiro compartilha diário de viagem

62 MODA

126 CARROS

Preto e branco em looks glamourosos

Esportivos estão com tudo

62

114


expediente •

Edição Geral

Edição

Edição de Fotografia

Tratamento de Imagens

Rosângela Motta Ranulfo Borges Ângela Motta Rosângela Motta

Adilson Moraes •

Diagramação

Revisão

Juliano Rodrigues Fátima Tolêdo •

Projeto Gráfico Carlos Sena

Estagiária

Jornalista Responsável

Zelo em Brasília

Impressão

Hannah Motta Astero Motta (JP - 2233) Kell Motta (61) 9915 5115 Gráfica Formato Motta Editora Ltda Telefone: (62) 3259 6510 www.revistazelo.com.br redacao@revistazelo.com.br Rua T-36 nº 695, Sl. 506, Ed. Aquarius Center - CEP.: 74.223-055 St. Bueno - Goiânia-GO Colaboradores: Ranulfo Borges, Pablo Kossa, Sandro Torres, Osmar Régis, João Camargo Neto, Geovane Gomes, Alice Galvão, Juliano Rodrigues, Ivan Erick, Philipe

Ângela Motta

Editorial

M

ais uma edição que, modéstia à parte, está linda e encorpada. Em um passeio pelo acervo da Zelo, percebemos que mantivemos a nossa proposta inicial, de oferecer uma revista com qualidade editorial. E tudo isso seria impossível sem uma equipe engajada, que se esforça para fazer uma Zelo cada vez melhor. Nossa intenção é surpreender, revelar pessoas que fazem coisas inspiradoras. Nesse propósito, detectamos uma nova turma de chefs que coloca Goiânia em sintonia com o que de melhor acontece pelo mundo na área de gastronomia. Referência em dermatologia, Dra. Belinda Roriz nos alerta para o fato de que os tratamentos para manter a pele bonita e garantir um envelhecimento saudável são cada vez menos invasivos e mais seguros. Dando sequência ao assunto, entrevistamos o cirurgião Antônio Teixeira, que discorre sobre técnicas para quem deseja corrigir defeitos ou melhorar a aparência. Outro que também nos recebeu foi o oftalmologista Bernardo Magacho, que fala, com propriedade, sobre o R.E.M.I.N, técnica que corrige alterações faciais trazidas pelo tempo. Dedicamos quatro páginas para o tema casamento, uma instituição que ainda alimenta os sonhos de pessoas de diferentes universos sociais. No caderno Casa Zelo, trazemos o especial Casa Cor 2013. Ambientes da mostra retomam o desconstrutivismo e reforçam a sustentabilidade. Ainda na seção Casa Zelo, um passeio pelo Circuito de Design Época. Uma matéria sobre a Copa e os Jogos Olímpicos mostra como o Rio de Janeiro tenta equilibrar benefícios e transtornos das obras destinadas aos dois maiores eventos esportivos do planeta. Nossos editoriais de moda estão absolutamente poderosos, chiques e cool. A Zelo também leva você para Antalya, destino turístico da Turquia que guarda marcas de antigas civilizações, como os impérios Romano e Bizantino. Veja ainda nossas dicas de beleza. Tudo isso está nas próximas páginas, que foram feitas com paixão, porque esse é o combustível que nos move. Que esta edição traga ideias preciosas para a sua vida e momentos agradáveis. Entre, seja muito bem-vindo (Rosângela Motta).

Mortosa, João Augusto de Oliveira, João Pedro, William Hanna, Fátima Tolêdo, Rodrigo Lopes, Reggie Moraes, Igor Leonardo, Luciano Carneiro, Murat Ozcelike e Lucíola Correa, João Pedro, Fernando Rodrigues, Renato Tolevi, Ricardo Lima.

Nossa Capa Giovanna Veríssimo (Ford Models) , fotografada por João Augusto de Oliveira, usa estola preta Arte Sacra e vestido Caos para Carmem Cardoso Styling: Renato Tolevi

A Revista Zelo não se responsabiliza pelos conceitos emitidos nas colunas e artigos assinados por seus colaboradores e não tem vínculo empregatício com os mesmos.

6

Beleza: João Pedro


Colaboradores

Osmar Régis

Ranulfo Borges

Alice Galvão

Astero Motta

joão camargo neto

luciola correa

Kell Motta

sandro torres

Hannah motta

Reggie Moraes

daniel almeida

Philipe Mortosa

Fátima Tolêdo

Igor leonardo

renato tolevi

rodrigo lopes

geovane gomes

Ivan Erick

joão augusto 8

João pedro

ricardo lima

Pablo Kossa

william hanna

Juliano rodrigues


9


artigo

Fora com fundamentalismos Pablo Kossa

E

m tempos dessa excrescência chamada Marco Feliciano representando as minorias na Câmara dos Deputados do Brasil, é impossível não refletir sobre o equívoco do fundamentalismo. Se nosso País pegar esse caminho, na boa, o erro será irreparável no futuro. No aspecto religioso, essa história é até mais óbvia. Se nego não entendeu que, independente para quem se reza (ou até se reza), a dica maior é o amor, nunca vai sair da lama da ignorância. Se nego não entendeu que o que dois ou mais adultos fazem de forma consensual entre quatro paredes só diz respeito aos mesmos, nunca vai entender o que é respeito. O problema é que o fundamentalismo está ganhando outros ambientes. E sempre é chato conviver com alguém sectário, independente do que o motiva. Por exemplo, tem algo mais sacal do que os fundamentalistas do vinho que se proliferam como ratos atualmente? O cara não sabe simplesmente curtir a taça com uma boa conversa entre amigos. Ele precisa vomitar todo seu conhecimento (arrogância?) acerca do terroir, safra, cepa, temperatura, comida harmonizadora... Não percebe que só fala para si mesmo. O mundo gira e o cara concentrado na amplitude sem tamanho de seu umbigo. Outro caso incômodo é o roqueiro fundamentalista. A situação fica extremada se ele for adepto de algum subgênero do estilo, tipo metal, indie ou punk. A cara blasé-sabe-tudo do roqueiro fundamentalista é tão caricata quanto uma interpretação do Costinha. Gente assim é tão tapada que não consegue enxer-

10

gar nada além do seu mundinho restrito. Falta ampliar a visão, falta ouvir coisa nova, falta respirar novos ares. Na verdade, falta humildade para reconhecer que existe música boa feita em outros estilos que não aquele que o cara é especialista. Eles falam e falam. E é tão triste quanto um líder religioso pregando sozinho na calçada de uma grande cidade enquanto a vida segue. Não posso deixar de citar os fundamentalistas do futebol. Quando o cara vem com a frase “meu time, minha vida”, já fico com medo. Será que não tem nada mais importante na vida do infeliz que um clube de futebol? Pais, filhos, mulher, amigos, carreira? Tudo isso fica para trás se comparado ao time do coração? Se sim, tenho dó de você, meu caro. Esse papo de “qualquer coisa, minha vida” é a coisa mais fascista que já passou pela Terra desde Mussolini. E gente assim, para variar, não se contenta em ficar na sua, convivendo com a doideira de sua própria cabeça. Ela precisa convencer a humanidade que você deve ter um “único time”. Vá vender sua verdade para lá, brother! O fundamentalismo está crescendo sua asinha para as coisas mais sagradas de nossa vida: beber, ouvir música e curtir um futebolzinho. Está na hora de romper as barreiras e deixar os chatos cada vez mais falando sozinhos. A gente não merece esse aluguel na orelha.

Pablo Kossa é jornalista, produtor cultural e mestre em Comunicação pela UFG


NOVA COLEÇÃO

pufe cadeira

twi g a maasai


artigo

SHIT

OR SHIFT?

Sandro Torres

P

aramos. E para não negar a goianidade, não demos seta ou fizemos qualquer sinal de que pararíamos; apenas paramos. Paramos abruptamente, cantando pneus e chacoalhando toda nossa bagagem. Paramos no meio do nada, sem triângulo ou outro geométrico avisando sobre o perigo. E quando paramos, não ligamos para a emergência, não acionamos o guincho, não descemos da embarcação, não pedimos ajuda. Não recomeçamos a andar, não nos ajeitamos no banco, não olhamos no retrovisor para ver o que vem atrás, não estacionamos para, em breve, reengatar e seguir viagem. Talvez seja pior do que pensamos, talvez tenhamos atolado, afinal, foi brusca a parada. Talvez se tivéssemos tentado andar, patinaríamos. E, nisso de patinar, afundaríamos mais e mais e aí, sim, jamais voltaríamos a sair do lugar. Está ruim, mas pode piorar. É, estamos parados. As artes visuais em Goiás pararam e não dão nem microscópico sinal de movimento. Temos seguro com cobertura total? Podemos chamar o guincho? Talvez nos resta guinchar chamando. O que acontece com um Estado onde qualquer mínima manifestação ou gesto de movimento no segmento das artes visuais é malvisto, combatido, difamado, sabotado, boicotado, achincalhado, espezinhado, posposto, caluniado ou simplesmente ignorado? É tudo culpa dos governos e governantes, como é lugar comum se achar, ou é uma faca de vários gumes? Sobra parcelinha de culpa para a população? E a cotinha do artista, tem? Acho que tem, sim, senhor. Há cidadão que diga às bravatas que não existem museus na sua cidade; gente boa, com bom grau de instrução. Mas existem. Funcionando precariamente, aos trancos e solavancos, mas existem. Há artista que se queixa que sua exposição foi pouco

12

visitada, mas não pensa em prestigiar o coleguinha quando esse apresenta novo trabalho, ou então frequenta simplesmente o seu nicho, esquecendo de ampliar seus horizontes e, consequentemente, o seu networking. Mas e as pastas governamentais responsáveis dão a cara aos tapas ou compelem seus gestores à inércia? Que sobrou para os artistas? Bufarinhar por aí, com portfólios e projetos sob os sovacos? Mascatear a baixa cultura, os subprodutos subfaturados? Resignar e apupar os vendilhões da cultura enchendo suas adegas com vinhos de grife enquanto escândalos de corrupção, nepotismo e prevaricação correm soltos, estampando periódicos e matérias televisivas? Acho que os diretores de autarquias, diretorias e gerências culturais não deveriam se criar no meio de tanta indolência ou descaso, isso para ser eufemista. Quer dizer que só o privado funciona? Tenho que perguntar: e para que os prédios públicos, as cadeiras reclináveis, os ar-condicionados, os bebedouros em cada corredor, as secretárias em suas antessalas, os estacionamentos reservados, os papéis timbrados, os assessores de vários níveis, os cartões de visita com nomes gravados a cada quatro anos, os móveis etiquetados, os retratos dos governantes nas paredes? Para que os agendamentos de horários, as pompas no tratamento, o buraco no erário? Para que os pleitos públicos, o desperdício com mídia, as cerimônias de posse? Para que esse circo e essa trituração de dinheiro numa coisa que não se presta ao que deveria? Esqueçam o MP e chamem a PM; a coisa está séria demais para ficar calado. Sandro Torres é ator e artista plástico


13


ZELOIN redacao@revistazelo.com.br

GASTRONOMIA E ENTRETENIMENTO

Fotos: Igor Leonardo - Hektaphoto’s

De cardápio novo, desenvolvido pelo chef Franceso Bruno III e inspirado na gastronomia de diferentes cantos do mundo, o Café de La Musique em Goiânia reforça seu posicionamento como restaurante. A franquia, que fica na Rua 146 nº 500, Setor Marista, tem projeto arquitetônico sofisticado e alia em um mesmo ambiente gastronomia e entretenimento. A casa também oferece conforto e serviços de primeira para a realização de eventos.

ILUMINAÇÃO EXCLUSIVA A Projeto Luz marca presença na Casa Cor Goiás 2013 nos ambientes do designer de interiores Nando Nunes, das arquitetas Andréia Spessatto e Naira Sá, e da arquiteta Rafaela de Castro Alves. O primeiro, Quarto da Moça, traz o lustre exclusivo de cristal que é uma verdadeira joia em estilo neoclássico; o segundo, a Cafeteria, ganhou a instalação de pendentes em latão sobre as mesas; e no terceiro, há um pendente, também exclusivo, em formato de lampião, que remete às luminárias rústicas de antigamente.

Adrenalina e belas paisagens Foto: TheoRibeiro - arena A 21ª edição do Rally dos Sertões traz adrenalina aos competidores e apresenta ao mundo imagens exclusivas, feitas durante toda a prova, com as mais belas paisagens brasileiras. Mais de três mil pessoas movimentam todos os setores da economia durante dez dias e a organização do evento espera maior número de competidores estrangeiros para moto e quadriciclo, além dos internacionais que já pilotam os carros. O evento será entre os dias 25 de julho e 3 de agosto, com largada e chegada na cidade de Goiânia (GO). O Sertões Expedition tem largada no dia 26 de julho.

14

PARA COZINHAR E DECORAR Tendo como mote o conceito de luxo acessível, o empresário francês Vincent-Xavier Brotons de Agor e sua esposa Rosemery Santos inaguguraram a Villa Marista. Com um showroom de 700 m², a loja oferece decoração, presentes para a casa e uma linha completa de utensílios. Além disso, os empresários realizam uma série de eventos gastronômicos, que mesclam culinária molecular, brasileira e francesa. Uma cozinha gourmet faz as honras da casa. Uma delícia!


15


ZELOIN

Foto: divulgação

redacao@revistazelo.com.br

NOVA FÁBRICA As novas instalações do complexo fabril da Persiflex em Goiânia já estão em franco funcionamento. Mais humanizada, a fábrica ganhou um projeto arquitetônico limpo e funcional. A ideia é proporcionar qualidade de vida aos trabalhadores, integração entre as áreas e otimizar cada vez mais os processos produtivos. Para dar vida a esta nova etapa do empreendimento, o casal de empresários Madalena e Luíz Sérgio Marques prepara uma série de encontros especiais para as revendas goianas, imprensa e parceiros ao longo do ano.

ENTRE OS 10 MAIS

NOVO CONCEITO

Ozair Riazo foi o grande vencedor do Prêmio Jovem Talento 2013, promovido pela Hunter Douglas do Brasil. Representando a região Centro-Oeste, com o projeto do Ambiente Lounge de Entrada/Bilheteria da Casa Cor Goiás 2012, ele ficou entre os 10 mais do Brasil. No projeto, Ozair apostou em uma composição sofisticada e aconchegante, com destaque para a Cortina Pirouette – Luxaflex, que deu um toque todo especial ao ambiente.

Vem aí a Casa Urbana Ambientes Personalizados, de Luciano de Brito e Renata Dias Souza. A loja traz um novo conceito em padrões de acabamentos, aplicáveis em diferentes superfícies, como móveis, piso, teto, painéis e parede. Com um showroom diversificado e de alto padrão, oferece produtos de fabricação própria, podendo adequar seu portfólio às necessidades e preferências dos clientes. Foto: Igor Leonardo - Hektaphoto’s

FICA SEDIA GREENFILMNETWORK Em 2013 o FICA – Festival Internacional de Cinema Ambiental vai sediar o encontro anual do GreenfilmNetwork, grupo que reúne festivais de cinema ambiental de todo o mundo. Na programação, as tradicionais Mostras Competitivas Oficial e ABD, Mostra Paralela e Mostra Infantil; além de cursos, mesas redondas, oficinas, palestras, fóruns e seminários do Empório Sebrae/FICA, com abordagens cultural e ambiental. Lançamentos de livros, exposições e shows completam a vasta gama de opções. Mais informações no site do Festival: http://fica.art.br/ 16


17


WWW.SANTALOLLA.COM.BR

I

n

v

e

r

n

o

2

0

1

3

Flamboyant Shopping | Tel (62) 3596 1609 goi창nia Shopping | Tel (62) 3210 0018 Shopping bougainville | Tel (62) 3241 4059


Boticario

19


20


21


C

M

Y

CM

MY

CY

CMY

K

22


DETALHES FAZEM A DIFERENÇA

Panela Mágica. Nos mínimos detalhes.

SETOR OESTE, RUA 04, nº 394 SETOR MARISTA, RUA 137, nº 120

62 3223.6604 62 3945.4138


24


25


CTRL SP

REGGIE MORAES reggiemoraes@hotmail.com

ANGELO VENOSA Pinacoteca apresenta até o fim de junho exposição retrospectiva com 35 obras de Angelo Venosa. Natural de São Paulo e radicado no Rio de Janeiro, surgiu na cena artística brasileira na década de 80, tornando-se um dos expoentes dessa geração. Consolidado no circuito nacional e internacional, incluindo passagens pelas bienais de Veneza, São Paulo e do Mercosul, Angelo possui esculturas públicas instaladas no MAM de São Paulo e do Rio de Janeiro, na própria Pinacoteca, na praia de Copacabana, em parques no Rio Grande do Sul e em Curitiba. http://www.angelovenosa.com e http://www.pinacoteca.org.br

Fotos: divulgação

INVERNO 2014 SPFW e Fashion Rio confirmam as datas! O SPFW rola entre 28 de outubro e 1º de novembro. O local dos desfiles ainda não foi definido. As duas edições da semana de moda paulista acontecerão sempre nos meses de março e outubro, e, segundo Paulo Borges, a mudança no calendário aconteceu para melhorar o planejamento das coleções das marcas. Já o Fashion Rio será realizado entre 7 e 11 de novembro, novamente no Pier Mauá, paralelamente com o salão de negócios Bossa Nova. http://ffw.com.br

LINA BO BARDI

DANNY DAZE

Marco da arquitetura modernista nacional, a Casa de Vidro, de Lina Bo Bardi, recebeu em abril e maio a segunda fase da exposição The Insides are on the Outside. Nesse segundo momento, a mostra se estendeu a outro edifício, também projetado por ela, o Sesc Pompeia, palco de algumas instalações dentro da mostra. Entre alguns dos importantes projetos feitos pela arquiteta homenageada estão o Teatro Oficina, o Palácio das Indústrias, o Masp e a Casa de Vidro, onde morou com seu marido. http://institutobardi.com.br

DJ e nerd de estúdio com gosto pelo Detroit Techno e Italo Disco, Danny Daze esteve em turnê pelo Brasil durante todo o mês de maio e começo de junho. Em São Paulo, ele se apresentou em club’s como D-Edge, na Capital, e Anzu, no interior. Danny é americano com descendência cubana e toca profissionalmente desde os 13 anos (99). Não é à toa que se tornou um fenômeno no segmento.

RIVIERA BAR Facundo Guerra e o chef Alex Atala recuperam ponto histórico na esquina da Consolação com a Paulista, fechado desde 2006. A inauguração está prevista para o final de junho. O espaço ainda está em reforma e eles pretendem preservar detalhes do cardápio e da ambientação do antigo bar, que era ponto de encontro de intelectuais e artistas como Elis Regina e Chico Buarque, na década de 70. Os sócios também fizeram acordo com a administração do edifício Anchieta para que a cobertura possa ser utilizada para eventos maiores. https://www.facebook.com/novoriviera

26

https://soundcloud.com/dannydaze


27


high-tech astero motta astero@revistazelo.com.br

Google Glass vem aí O aparelho é uma das tecnologias mais aguardadas dos últimos anos e deve chegar ao mercado em 2014. O Glass possui um computador acoplado com câmera, microfone, tela e uma barra sensível ao toque que serve de navegador. Para ligá-lo, basta um gesto para trás com a cabeça ou um toque na barra. Você gostaria de pesquisar algo no Google, tirar uma foto ou vídeo, fazer uma ligação? Tudo é ativado por voz ou com toques na barra. Há também um pequeno botão só para fotos e vídeos.

Alta qualidade A JVC apresenta a sua nova GY-HM650 ProHD handheld móvel, com imagens de alta qualidade e conexão Hi-Fi. Com corpo leve, elegante e dimensões compactas, pode ser utilizada dentro das mais variadas condições. A câmera possui um sistema de codec duplo que permite fazer a gravação Full HD num cartão de memória e, ao mesmo tempo, criar arquivos menores que podem ser enviados por Wi-Fi ou FTP (File Transfer Protocol) para uma estação de retransmissão.

Sonoridade diferenciada A Jamo lançou na Casa Cor Goiás 2013 sua nova linha de altos-falantes, conhecida como 360 série. Utilizando a tecnologia de dispersão omnipolar, que produz imersivo e vívido som em todas as direções da sala, o modelo S35 tem um Cone de 3,5 polegadas, um tweeter de 1 polegada e uma resposta de frequência de 108 Hz a 23 kHz. O alto-falante, da GR Ambientes High End, está presente nos ambientes Banheiro Público e Uma Sala de Jogos para Danilo. Fotos: divulgação

BlackBerry Z10 O BlackBerry Z10 é a nova aposta da empresa no mercado de smartphones para conquistar usuários domésticos e corporativos. O aparelho é compatível com a nova rede 4G brasileira. Possui tela de 4,2 polegadas, 16 GB de armazenamento interno (expansível para 64 GB), câmera traseira de 8MP, frontal de 2MP, 4G compatível com todas as frequências nacionais e processador Dual core de 1.5 GHz. A câmera traseira é capaz de fazer fotos com 8 megapixels e vídeos em Full HD.

28

Novo Galaxy S4 O Galaxy S4 foi lançado oficialmente na Primetek no dia 16 de maio, onde reuniu imprensa e formadores de opinião. Entre as novidades do aparelho estão o Modo Ação, que cria fotos em movimento, dispositivos para produtividade, vários aplicativos inclusos, interações de serviços, processador de oito núcleos e preparado para a cobertura 4G brasileira de internet.


29


ZELOINdica HANNAH MOTTA hannah@revistazelo.com.br

Sexy e sofisticado! Vermelho, escarlate, rubro ou púrpura, a cor da realeza é a aposta para a temporada e tem reinado na decoração, no vestuário e no make up. Fetichista, promete esquentar os dias frios. Os tons vão dos mais abertos, passione, aos mais fechados, bordô e burgundy. Elegante e charmosa, a cor desperta os sentidos e a sexualidade feminina. O tom por si só tem um sex appeal, mas também pode ser romântico, com toques de doçura.

Aparador reto em laca vermelha para Época

Donzela Globet 14x22 cm em vidro e alpaca para Villarredo Cadeira Julieta vermelha em polipropileno para Villarredo

30

Foto: divulgação

Foto: reprodução

Natura Una Expressões de outono inverno Batom Intenso Vermelho 5


Centro de mesa marselha para Época decorações

Lápis Batom Pepper Glow, Make B. Coleção Lumiére, O Boticário

Clutch de couro Valentino

Foto: divulgação

Poncheira vermelha para Villa Bueno

Taça para água, Vaso Indiano, Taça para Champagne para Moreira e Glorinha

Fotos: Igor Leonardo

- Hektaphoto’s

Bolsa Blaze da Burberry Prorsum, em couro de python metalizado e vinil

Mesa de centro Grenelle, em laca. Design Ronald Scliar Sasson para Época

Vaso em Cerâmica morango em resina para Época

31


Fotos: Igor Leonardo - Hektaphoto’s

moda

Coleção é composta por 20 modelos exclusivos: noivas contemporâneas e estilosas

Joias para

vestir

Coleção Diamond, do estilista Fernando Peixoto, apresenta noivas luxuosas e contemporâneas

I

nspirada na delicadeza dos diamantes, a coleção Diamond, do estilista Fernando Peixoto, impressiona pela sofisticação. Equilibrando transparências, decotes, recortes, rendas e brilhos com a feminilidade e elegância do diamante, o estilista criou um cenário de noivas contemporâneas e muito estilosas. Composta por 20 modelos exclusivos, a série de vestidos teve processo de criação iniciado durante uma viagem do estilista a Antwerpen, na Bélgica, conhecida como o centro mundial da lapidação de diamantes. Fernando Peixoto tam32

bém visitou diversas joalherias que exibiam alguns dos anéis de noivado mais bonitos, desejados e raros de todo o mundo. “A magia do momento em que o noivo presenteia a mulher amada com um diamante, declarando que quer tê-la ao lado dele durante toda a vida, foi o meu ponto de partida”, ressalta o estilista. Para o desfile de lançamento das peças, foi escolhido o Espaço Imperial, preparado para receber um grupo de 400 convidados. Tudo isso regado a um cardápio elaborado pela chef Waléria Noleto.


Rua 87 nº 224 Setor Sul Goiânia-GO 3922-4946 / 3922-4940

www.apparut.com


34


Moda e beleza A empresária Flávia Teles lançou seu Espaço CY Beauté, no segundo pavimento da loja Club Ysalomeh, em uma festa cheia de glamour. Para apresentar o novo espaço, que tem Alex Godoi e Rafael Cruz como profissionais exclusivos, o evento contou com a presença fashion da Top Model Fernanda Motta e o carisma do celebrity stylist Yan Acioli. O cardápio da noite foi assinado pelo Berinjela Gourmet, de Lara Guimarães e Fabrina Cunha. Nas pickups, DJ Ruben Fontes e François Calil.

Fotos: gustavo castro - Hektaphoto’s

club Ysalomeh

Fernanda Motta e Flávia Teles

Alex Godoy, Flávia Teles, Yan Acioli, Fernanda Motta e Rafael Cruz

Gisela Maciel e Luiza Maciel

Camargo Lins, Ana Paula Panarello e Ruben Fontes

Franklin Valentino, Cléria Pimenta e Luis Carlos de Moraes

Eva Montelo e Laura Montelo

Carminha Ramos e Marisa Carneiro

Tana, Liliane e Cristal Lobo

Leonora Rocha, Jéssica Gruszczynski, Ana Teresa Garcia e Romana Cavalcanti

Adriana, Ana Gabriela Maia e Ana Carla Maia

Verena Martins,Anita Bufaiçal e Laura Leão

Rua 1.126 nº 123, qd. 229, Lt 02 Setor Marista Fones: (62) 3242-2600 - 3242-2626 www.clubysalomeh.com.br e-mail: club@clubysalomeh.com.br

35


só para homens joão camargo neto joaoncamargoneto@gmail.com

Navegar

Foto: divulgação

Às vésperas da temporada 2013 no Rio Araguaia e atenta aos conceitos de conforto, mobilidade, potência e preço justo, a Villa Náutica traz ao mercado goiano a lancha Bayliner 180BR. O lançamento é ideal para quem deseja passar os fins de semana relaxando ou praticando esportes como ski e wakeboard. Além de potência de 135 HP, os destaques são acessórios como porta consoles, porta ski/wakeboard interno e isolação acústica do motor.

Cutelaria

Business

Estilo

Entre 28 e 30 de junho, Goiânia recebe o I Salão Goiano de Cutelaria, com a exposição de facas e outros instrumentos de corte. A mostra, que será realizada no Piso 3 do Shopping Bougainville, conta com acervo exclusivo de instrumentos produzidos por artesãos de diferentes regiões brasileiras, com ligas de aço especiais e grande variedade de cabos.

85% da demanda hoteleira de Goiânia em 2012 foi voltada para o turismo de negócios. Ponto para as incorporadoras EBM e Cyrela, que investem na construção em Goiânia do Blend HotelStyle, empreendimento de padrão internacional. Após a realização da Casa Cor Goiás 2013, a área na confluência das ruas 15 e T-55 será o endereço do hotel.

A confraria da Charutada reuniu integrantes apaixonados pela especialidade cubana no decorado Wonderful. Convidados do empresário Ricardo Andrade Peres e Lopes e do advogado Rafael Lara Martins, com o também advogado Marcos César, participaram de uma tarde 100% masculina de degustação de charutos importados de Cuba.

Foto: Edgar césar

Decoração A arquiteta Kerley de Melo se inspirou no marido, Rodrigo, para criar uma sala de estar para a 9ª Mostra Artefacto. Por ser um ambiente predominantemente masculino, a funcionalidade e simetria estão entre os pontos fortes do projeto, que também é clássico e contemporâneo. O mobiliário, que permite diferentes usos, é percebido desde o sofá, empregado com e sem braço, ao baú em crocco, que serve de aparador e também para guardar objetos especiais.

PREMIER •

36

Goianos e demais humanos amam visitar o mercadão de São Paulo. O de Goiânia também reserva seu encanto, é de fácil acesso e ainda é • pouco frequentado. A festa de abertura da Casa Cor costuma

ser uma das melhores do ano. Nesta edição, a estreia teve noite superlotada, com renda para entidades filantrópicas.

não apareceu em 2013. Com isso, quem ousou tirar do guardaroupa o figurino de inverno passou calor ou, no mínimo, pecou pelo excesso.

continuar sediando grandes eventos. •

O show do Paul McCartney em Goiânia provou que a Capital • tem condições para

Se a previsão da Infraero se confirmar, o Aeroporto Santa Genoveva volta a operar de madrugada e à noite. O tal frio da Pecuária

A Sociedade Goiana de Pecuária e Agricultura tem de planejar

melhor a estrutura dos restaurantes que se instalam no parque agropecuário durante a festa. É uma boa alternativa para atrair público com alto poder aquisitivo, principalmente no almoço de domingo, atraindo as famílias.


Vilarredo EM CADA CANTO UM DETALHE

Novo Endereรงo: Rua 135,nยบ 95,Marista / 3281-7979

37


gastronomia

Um cardรกpio

de chefs

38


Texto: Geovane Gomes Fotos: Ângela Motta

Jovens e apaixonados pelo que fazem, eles se destacam na profissão e colocam a gastronomia goiana em sintonia com o que de melhor existe no mundo

M

eninos e meninas que sempre tiveram a cozinha como aspiração de trabalho. Alguns decidiram desde cedo seguir o desejo de comandar as panelas. Para outros, o sonho chegou um pouco mais tarde. Entre eles, a vontade comum de viajar o mundo à procura de novidades. A cada carimbada no passaporte, quem ganha é o público goiano, pois é sinal de que vêm coisas diferentes por aí. Conheça Fabrina Cunha, Lara Guimarães, Tatiana Mendes, Ian Baiocchi, Tana Lobo, Pierre de Souza e Ângelo Carlos, os chefs que fazem parte dessa nova geração. Eles vieram para ficar.

Parceiras - Ousadas e detalhistas, as meninas do Berinjela Gourmet chegaram, sem querer, à gastronomia, mas não é por acaso que permaneceram no mercado. Fabrina Cunha, 35 anos, é formada em Administração. Ela foi criada ao redor das panelas, mas o sonho de viver da gastronomia chegou um pouco mais tarde. Com Lara Guimarães, 29 anos, a história não é muito diferente. Foi da Publicidade à Nutrição, até descobrir seu caminho. “Eu não queria emagrecer as pessoas, eu queria dar prazer”, afirma. Hoje, as primas vivem de realizar sonhos, como elas mesmas definem. À frente do buffet, as duas desdobram-se para fazer o melhor prato para o cliente. O cuidado começa desde a compra dos ingredientes até o diferencial nas louças importadas. Tão dedicadas, que foram responsáveis pelo buffet durante a passagem de som do show de Paul McCartney, recentemente em Goiânia. Juntas, ou separadas, já viajaram grande parte da América em busca de novidades na culinária. A união deu tão certo que elas têm o nome associado ao trabalho, e pouco se importam com a referência utilizada. “Somos as berinjelas, mas até mesmo por beterraba a gente responde”, diverte-se Fabrina. 39


Bailarina - A voz e o jeito de menina disfarçam os 30 anos de idade da curitibana Tatiana Mendes. A chef de cozinha hoje é uma multiplicadora do conhecimento. Dificilmente ela será encontrada em cozinhas de grandes restaurantes. Mas basta entrar em uma sala de aula que lá está ela ensinando futuros chefs. Ou, então, faça uma viagem ao mundo e irá deparar-se com ela em busca da garfada perfeita. São 21 países visitados para conhecer novos sabores. Tatiana vive de cultura e arte. Até os 22 anos, foi bailarina clássica. Depois de se formar em Turismo, veio o gosto pela gastronomia, e foi então que decidiu unir as duas paixões: viajar e cozinhar. Hoje, grandes nomes da gastronomia goiana a tiveram como mestre. Só na Faculdade Cambury, ela está há mais de quatro anos. Com experiência de sobra, a dificuldade, para ela, “é fazer com que tudo dê certo”. “E nunca dá, mas a gente finge que dá (risos)”. Na cozinha, gosta de fazer tudo como se fosse uma dança ensaiada, até mesmo os gestos delicados e a forma de andar. Tatiana vive, às vezes, na ponta dos dedos dos pés e, quase sempre, na ponta dos dedos das mãos.

40


Curioso -

Ian Baiocchi, 24, é ligado ao presente. O futuro, ele prefere não planejar. Apesar de não viver de expectativas, decidiu logo cedo que queria a gastronomia. Aos 5 anos de idade, escondido, é claro, já se aventurava na cozinha de casa. Dali, foi um passo para a formação do chef. Atualmente, Ian comanda a cozinha do Palácio das Esmeraldas e é proprietário da Ian Baiocchi Eventos e Consultoria. No Brasil, já passou pelo restaurante D.O.M., de Alex Atala, considerado o 6º melhor do mundo. Internacionalmente, o menino foi ainda mais ousado. Ele carrega em seu currículo uma passagem pelo El Celler de Can Roca, de Girona, Catalunha, Espanha, que é simplesmente o melhor do mundo. Para ele, todo o universo do prato está diretamente ligado ao resultado, desde o fornecedor até o tempero final. Curioso, Ian adora descobrir processos. Ele acaba de chegar de uma viagem da Ásia em busca de novos conhecimentos. “Compartilhar a mesa, a calçada da rua, a areia da praia ou um barco de mercado flutuante estão entre as experiências que mais me emocionam”, revela.

41


Moderna - Com ela, tudo foi muito precoce, desde a escolha da profissão até a formação da sua própria família. A goiana Tana Lobo, aos 23 anos, é casada, mãe e decidida. Nunca pensou em trabalhar em outra área. Na mão, ela carrega uma cicatriz que adquiriu ainda pequena, nos momentos em que se aventurava na cozinha da família. A jovem chef formou-se em São Paulo e foi lá que trabalhou com grandes nomes da gastronomia brasileira, de Alex Atala a Erick Jacquin. Fora do Brasil, Tana se especializou na cozinha internacional. Na França, estudou em um dos mais importantes centros, o Institut Paul Bocuse. De volta ao País de origem, está à frente da cozinha do Buffet Liliane Lobo, negócio comandado pela família. Quem vê a jovem de cabelos e olhos claros e jeito de menina não imagina que tudo não passa de fachada. Ex-baladeira assumida, a chef não se acanha diante das câmeras, faz caras e bocas e adora exibir as tatuagens que marcam ainda mais sua personalidade. “Não tenho nada de romântica, isso não combina comigo nem com a profissão.”

42


Apaixonado - Sul-mato-grossense de apenas 21 anos, Pierre Alves de Souza começou a carreira como auxiliar de padeiro. A profissão foi por necessidade de ajudar os pais, ainda aos 13 anos. Logo depois ele se tornou padeiro e não demorou muito, confeiteiro. Foi ao mexer com chocolate que descobriu sua verdadeira paixão: conseguir dar a mais perfeita forma ao alimento. Hoje, o doce se torna escultura nas mãos do menino chef. O amor ao chocolate lhe faz viajar e pensar em viver da profissão até os 90 anos pelo menos. Fora do seu universo, Pierre é o menino tímido “até a página dois”. Não demora muito e ele se torna o palhaço da turma. Nas horas vagas? Ele gosta de... fazer chocolate. “Parece ironia, mas, para mim, é como se fosse brincar!’’. A “brincadeira” lhe rendeu diversos prêmios, entre eles o segundo lugar no Gran Chef Chocolatier Cordão de Prata 2012. 43


Estiloso - Com vocês, o despojado Ângelo Carlos! Adepto da culinária asiática, ainda no início da carreira, hoje, aos 34 anos, domina a comida mexicana, à frente do restaurante La Skina. Há quase dez anos na profissão, Ângelo largou a faculdade de Marketing para se dedicar às panelas. Chegou à gastronomia ainda como auxiliar, e, curioso, não perdeu a visão de aprendizagem. Atualmente, faz questão de abrir espaço para novos chefs, sem perder sua visão administradora. Os braços tatuados e os brincos nas orelhas não escondem o estilo roqueiro de ser. Ângelo é um amante do rock, e esse estilo se faz presente na cozinha que ele comanda. “A minha cozinha é musical. Sou um cozinheiro roqueiro.” Ele, que imprime seu estilo nos pratos, é um cara que vive da simplicidade. Sem nenhuma cerimônia, senta-se em bares de esquina na periferia e dali mesmo tira inspiração para novas criações, novos pratos, novos desejos... 44


62 - 3259 7503


ZELObeleza hannah motta hannah@revistazelo.com.br

NOVIDADES

Mac Mania A nova coleção da MAC, All About Orange, vem toda trabalhada em tons de laranja. De acordo com a marca, a cor é tendência de beleza e moda nas passarelas. A coleção que chega às lojas em meados de junho conta com sete cores de batons, três tipos de gloss, três tons de blush, quatro esmaltes e uma palette com quatro cores de sombra. Um sonho para quem gosta da cor.

Fotos: divulgação

Coisa nossa L’Occitane au Brésil é a mais nova empreitada do grupo L’Occitane no mundo da beleza. A marca valoriza a cultura local, com produtos formulados com ingredientes brasileiros, como o Jenipapo e o Mandacaru.

Apaixone-se O Boticário lança a Coleção Passione, com duas fragrâncias, Coffe Man Passione e Coffe Woman Passione. A masculina combina tons de noz-moscada com notas quentes de sândalo e âmbar. Já a feminina leva flores brancas com toques de pimenta rosa e baunilha.

46

Faz tudo! O Cicaplast Baume B5, novo lançamento da La Roche-Posay, é um multirreparador. Acalma a pele depois de irritações, descamações, pequenos machucados, coceiras, picadas de insetos, assaduras e lábios ressecados. O grande diferencial do Cicaplast é que ele não apresenta textura pegajosa comum nas outras pomadas, além de não possuir cheiro.

Perfumaria Criada pelos perfumistas Olivier Polge, Dominique Ropion e Anne Flipo, La vie est belle, da Lancôme, acaba de chegar às perfumarias brasileiras. Com notas flor de laranjeira e jasmim, a fragrância desperta todos os sentidos.


Entre no clima! A Artdeco trouxe uma nova coleção de make para o outonoinverno brasileiro. Chamada de Mystic Garden, traz desenhos florais com inspiração retrô, nas cores vermelho escuro, rosa, fúcsia e violeta, combinados com tons suaves de creme e marrons quentes.

Natura Plant A Natura Plant renova seu portfólio com novas embalagens e fórmulas. A linha pesquisou mais de 5 mil mulheres de todo o Brasil para chegar a soluções de tratamento. A marca contou com a expertise do cabeleireiro Guilherme Cassolari, que participou da reformulação dos produtos.

Questão de pele O novo lançamento da Jafra, Gel Facial UltraHidratante Nutritivo, da linha Beauty Dynamics Extrato de Ouro, promete reforçar as defesas naturais da pele, nutrir e criar um escudo protetor, prevenindo contra os efeitos do tempo.

Avon Para comemorar os 20 anos da linha Renew, a Avon traz ao mercado um tratamento inovador, a molécula patenteada A-F33, criada em parceria com o laboratório Neostrata, que é capaz de estimular as enzimas produtoras de colágeno Olho mágico que deixaram de A linha de produtos da funcionar. Lancôme assinada pelo estilista da Lanvin, Elber Elbaz, já tem cara. A coleção conta com nove produtos, todos voltados para os olhos. São máscaras de cílios, quartetos de sombras e cílios postiços. 47


medicina Foto: nunes da costa

Alice Galvão

“N

Belinda Roriz: médica recomenda tratamentos menos invasivos e mais eficientes

Pele bem

cuidada Hidratação e proteção contra o sol estão entre recomendações de dermatologista para evitar envelhecimento precoce

asci para ser médica.” Esta é a frase com que Belinda Roriz define sua relação com a profissão que escolheu. Em seu consultório não faltam livros científicos e literários, em meio a certificados e fotos de família. Quando ainda cursava a faculdade, optou pela dermatologia, escolha que veio de encontro à sua identificação com os conceitos de saúde e autoestima. Vaidosa e dinâmica, gosta de se relacionar com as pessoas e não deixa a dedicação pelo trabalho afetar sua vida pessoal. “A minha vida é de muito trabalho, mas eu não vivo para trabalhar”, esclarece. Pesquisar, fazer cursos e participar de congressos são rotina na vida da profissional, que frequentemente “dá uma esticadinha” em suas viagens de trabalho para fazer turismo e descansar. A médica não abre mão de valorizar seu lado afetivo, encontrar os amigos e cultivar a família. “Isso me dá energia para continuar fazendo o que eu faço”, ressalta a especialista. Atuante em clínica, cirurgia e cosmiatria, a dermatologista acredita que a longevidade proporcionada por uma melhor qualidade de vida resulta, hoje em dia, em uma maior preocupação também com a aparência. “Antigamente as pessoas envelheciam precocemente. Hoje não é mais assim. As pessoas estão se casando, tendo filhos e organizando a vida aos 40 anos”, explica. Neste contexto, a demanda pelos tratamentos cosmiátricos cresce. Na opinião da profissional, a facilidade de acesso à informação no mundo contemporâneo também constrói uma sociedade cada vez mais atualizada quanto às inovações tecnológicas e aos novos tratamentos. “O médico é importante para filtrar estas informações e peneirar as ofertas, que são sempre muito sedutoras. Não existe milagre na medicina, por isso as pessoas precisam ser bem orientadas para não frustrarem-se com os resultados”, alerta. Mas ela acredita que os cuidados com a pele devem ser diários, e não ocasionais. Em seu consultório, a presença feminina é predominante, mas a quantidade de homens está crescendo. Além das esposas, mães, namoradas e filhas incentivarem seus maridos, filhos, namorados e pais, eles tomam cada vez mais a iniciativa e procuram espontaneamente cuidados médicos para a pele. “Os homens são fiéis ao tratamento. Quando eles se propõem a fazer, seguem as orientações à risca, às vezes mais do que as mulheres”, revela a profissional. Os tratamentos para manter a pele bonita e garantir um envelhecimento saudável são cada vez menos invasivos e mais seguros, e mesmo os procedimentos mais antigos já têm hoje diferentes tipos de aplicação. A tecnologia do laser se desenvolve muito rápido, está mais acessível, eficaz e menos dolorosa, mas a médica afirma que nem tudo se resolve com procedimentos ambulatoriais. O importante é respeitar o limite entre o que a dermatologia faz e o que ela deve encaminhar para a cirurgia plástica”, esclarece e termina dando três dicas fundamentais para uma aparência saudável e bonita: “Proteja a pele do sol, porque o sol envelhece mais do que a idade; hidrate a pele, pois a pele perde água com o tempo, e mantenha uma alimentação saudável.” 49


medicina

Cirurgia plástica, uma escolha consciente

Antônio teixeira: Os brasileiros são mundialmente conhecidos e respeitados no campo da Cirurgia Plástica

Fot

o: â

50

nge

la m

ott a


Cirurgião Antônio Teixeira comenta técnicas conhecidas mundialmente para quem sonha em corrigir defeitos ou melhorar a aparência

A

os 37 anos, o cirurgião plástico Antônio Teixeira se declara apaixonado pela profissão que escolheu ainda criança. Nascido em Araçatuba, interior de São Paulo, filho de cirurgião dentista e segundo dentre quatro irmãos, o médico paulista optou por Goiânia para viver, constituir família e expandir sua carreira. Cursou Medicina em Presidente Prudente, fez dois anos de residência médica em cirurgia geral, trabalhou no Instituto Tecnológico de Aeronáutica (ITA), a serviço do Centro Técnico Aeroespacial (CTA) de São José dos Campos, até iniciar sua especialização em cirurgia plástica na cidade de Santos, com o renomado cirurgião plástico Dr. Ewaldo Bolívar. Além disso, foi ele quem montou a primeira clínica de Cirurgia Plástica do Estado do Tocantins, na capital Palmas. Certa vez, voltava de Palmas rumo a São Paulo e, passando por Goiânia, conheceu aquela que seria sua esposa e mãe de seu primeiro filho. Depois, convidado pelo Hospital Unique para montar consultório também na Capital, o médico não pensou duas vezes. “Aqui existem excelentes hospitais, com centros cirúrgicos muito bem equipados, além de ótimos profissionais. Isso oferece conforto ao paciente, que merece total segurança na realização dos procedimentos cirúrgicos”, analisa. Sobre o panorama da especialidade no Brasil, o profissional é otimista. Hoje, o País é o segundo no mundo em número de cirurgias plásticas, atrás apenas dos Estados Unidos, de acordo com dados da última pesquisa feita pela Sociedade Internacional de Cirurgia Plástica Estética (Isaps) e Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica (SBPC). “As mulheres brasileiras são muito vaidosas e está crescendo o número de homens que buscam cirurgias plásticas”, revela Teixeira. Em seu consultório, os procedimentos mais procurados são lipoaspiração, prótese mamária e lipoabdominoplastia (abdominoplastia). A busca por cirurgias faciais também aumenta à medida que a população envelhece. Entre os homens, a demanda maior é pela lipoaspiração, seguida por ginecomastia, ou aumento das glândulas mamárias masculinas. Correção do nariz, ou rinoplastia, também é um

procedimento bastante procurado pelos homens. “Os brasileiros são mundialmente conhecidos e respeitados no campo da cirurgia plástica”, afirma o médico. Ele completa que uma das mais reconhecidas técnicas é a “Técnica de Pitanguy”, para redução de mama. Conhecida também como T invertido, é amplamente difundida entre médicos do mundo todo. Sobre as referências nacionais mais recentes, o profissional cita o Dr. Oswaldo Saldanha e sua lipoabdominoplastia, que “veio para revolucionar a plástica abdominal”. A técnica associa lipoaspiração e abdominoplastia. “Isso confere ao paciente um excelente contorno corporal, muito mais natural do que pela forma como era feito antes”, explica. No campo da face, o destaque vai para o Dr. Ewaldo Bolívar, que desenvolveu a rinoplastia dinâmica, método que mantém os resultados durante o sorriso. Operando lábio e nariz, consegue-se aumentar o lábio superior sem deixar a ponta do nariz cair. A cirurgia é feita pela parte interna do lábio. “Quando a pessoa sorri, o nariz acompanha os movimentos e continua bonito”, ressalta o cirurgião. Ele destaca também a importância emocional e os impactos positivos de algumas técnicas atuais, melhorando a qualidade de vida dos pacientes. Exemplo disso são as próteses de panturrilha, próteses de glúteo e cirurgia da intimidade, ou ninfoplastia. A primeira trata da modificação de um músculo da perna que não cresce e dificilmente se desenvolve com exercícios. “Muitas pacientes nunca tinham usado uma saia na vida, tinham vergonha das próprias pernas. As próteses de glúteo aumentam o símbolo brasileiro,o bumbum”, relata. A outra, também chamada de ninfoplastia, promove a redução dos pequenos lábios vaginais, devolvendo a confiança da mulher em situações íntimas. Por fim, o profissional ressalta a importância de o paciente se resguardar quanto à própria segurança antes de optar pela cirurgia. “A maior parte das complicações acontece porque o médico que operou o paciente não é devidamente qualificado, não é cirurgião plástico”, orienta. Por isso, antes mesmo da consulta, é importante pesquisar o histórico e os registros do médico junto aos órgãos reguladores da profissão: SBCP (www.cirurgiaplastica.org.br) e no site do Cremego (www.cremego.cfm.org.br). Dr. Antônio Teixeira - CRM GO: 16.890 RQE: 8.380 hospital unique - (62) 3089-9096 - (62) 8309-4111 Av. T-3, 2.199, Setor Bueno - Goiânia - Goiás www.antonioplastica.com.br

dicas do Dr. Antônio Teixeira para a segurança do paciente: l Esclareça todas as dúvidas com seu médico antes da cirurgia; l Faça uma visita às instalações hospitalares onde a cirurgia será realizada; l Não esconda absolutamente nada do seu médico. Omitir informações pode trazer complicações cirúrgicas ou consequências sérias a médio e longo prazos; l Pesquise na internet. Visite os sites das organizações reguladoras da profissão e pesquise as referências do cirurgião: Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica (SBCP) e Cremego;

l Procure saber se o cirurgião tem Registro de Qualificação de Especialista (RQE); l Não tenha pressa, prefira ter qualidade e segurança no atendimento; l Evite o excesso de peso: a cirurgia plástica não costuma trazer resultados satisfatórios em pacientes com sobrepeso. l Converse com pessoas que já tenham se submetido a cirurgias plásticas;

51


Dia da Noiva l Penteado

l Limpeza de pele profunda

l Teste do penteado

l Auxílio para vestir

l Maquiagem

l Massagem relaxante

l Manicure

l Hidromassagem

l Pedicure

l Depilação

l Banho de lua

l Lanche

l Modelação de sobrancelha

l Suíte

Av. T-1, Setor Bueno: 3251-2240 / 3251-7794 Av. C-137, Nova Suíça: 3285-6651


53


medicina

Rejuvenescimento Dr. Bernardo Magacho apresenta o R.E.M.I.N, técnica menos invasiva que corrige alterações faciais trazidas pelo tempo 54

G

mais natural

raduado em Medicina pela Universidade Federal Fluminense (UFF), Bernardo Magacho é oftalmologista com fellowship em cirurgia oculoplástica. Também é membro da Sociedade e Conselho Brasileiro de Oftalmologia, Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica Ocular e American Society of Ophthalmology, além de Staff em Oculoplástica pelo Centro de Referência em Oftalmologia Hospital das

Clínicas, da Universidade Federal de Goiás (Cerof-UFG). O médico também se ocupa de pesquisas na área de rejuvenescimento minimamente invasivo (R.E.M.I.N), que usa técnicas minimamente invasivas e associadas a tecnologias modernas. Em entrevista à Zelo, o cirurgião explica a técnica, fala sobre a importância da segurança do paciente nos procedimentos cirúrgicos e sobre as expectativas quanto aos resultados.


Foto: ângela motta

a musculatura e os ligamentos faciais que dão sustentação e tônus ao rosto vão sofrendo com a inatividade, gravidade e alterações do envelhecimento, e ficando flácidos. Então, o tratamento encurta esta musculatura, abrangendo desde o pescoço até a testa. Existe diferença de procedimento de paciente para paciente? Sim, cada paciente tem um grau de flacidez diferente. Não é a elasticidade da pele (qualidade) que é tratada em cirurgia, mas sim a queda facial (quantidade) como um todo. A cirurgia consegue, indiretamente, uma pequena melhora na elasticidade da pele por consequência da cicatrização, mas este não é o seu objetivo principal. A qualidade de pele envolve os tratamentos a laser, preenchimentos, peelings e outros, que podem ser associados com a cirurgia no mesmo tempo (R.E.M.I.N), ou em tempos diferentes. Tudo isso precisa ser bem esclarecido ao paciente para que não se crie uma falsa expectativa quanto ao resultado.

Bernardo Magacho utiliza o tratamento r.e.m.i.n, no qual associa técnicas minimamente invasivas no rejuvenescimento facial, como tratamento de flacidez muscular da face

No que consiste o R.E.M.I.N? É um tratamento com foco no rejuvenescimento e se dá contra as alterações faciais que acontecem em todos os níveis da face, no processo natural de envelhecimento. O tratamento abrange pele, gordura subcutânea (aquela que fica por baixo da pele), musculatura da camada SMAS (Sistema Músculo-Aponeurótico Superficial) e tecido ósseo, que se modificam com o tempo. Ao longo dos anos,

Como se dão estas alterações de qualidade na pele? Com o envelhecimento, a pele vai se tornando mais fina, ocorrendo uma diminuição e desorganização das fibras de colágeno e elastina da camada dérmica. Essas alterações variam muito de acordo com os hábitos de vida do paciente. O paciente que fuma, sofreu muita exposição ao sol e vive sob muito estresse tende a sofrer mais alterações. Nestes casos, tentamos ser ainda menos invasivos (tecnologias a laser, peelings químicos, peeling de fenol com exoplastia e outros) e preparar com mais antecedência esse paciente, que pode ter uma recuperação mais arrastada ou inferior ao paciente de hábitos saudáveis, principalmente se não estivermos atentos ao pré-operatório ou pré-procedimento. No que consiste o peeling de fenol? O “famoso peeling de fenol” realmente é excelente quando bem indicado. É um tratamento que chega até a sexta camada da pele, “apaga” as células de memória que produziam a

pele antiga e ativa outras células a produzir nova pele. Esse é o motivo de a pele ficar com tônus, textura e coloração jovem. Dentre os tratamentos para rejuvenescimento da pele, este é o que atinge o maior grau. Quando o caso é cirúrgico, existem formas de minimizar as marcas causadas pelas cicatrizes e evitar resultados artificiais? A face como um todo é uma região cheia de vasos e nervos. Isso faz com que os tecidos sejam bem oxigenados e organizados, favorecendo a cicatrização. É importante também que as incisões no fechamento do corte não tenham tração. Além disso, hoje em dia a pele não é mais esticada como antigamente. Em vez disso, ela é acomodada sobre o trabalho feito por baixo, como a camada muscular e a camada de gordura. Este procedimento traz resultados mais naturais. A lipoenxertia facial também é aplicada para rejuvenescimento? Como funciona? Sim, estudos mostram que, com o tempo, há uma absorção de gordura nas porções médias da face e acúmulo nas regiões inferiores. A forma do rosto, que quando jovem é triangular com o vértice voltado para baixo, com o envelhecimento se inverte e a face passa a ficar mais larga na porção inferior. A lipoenxertia faz a inversão disso, dando vida e definindo melhor a anatomia facial. É um procedimento seguro, pois não há reação de corpo estranho, uma vez que é feita redistribuição da gordura do próprio paciente. A realização é sob anestesia local e não é preciso internação. Além disso, sabemos da alta concentração de células-tronco na gordura, e o preenchimento com a mesma possui a consistência mais próxima ou exata da face do paciente.

RT Dr. Bernardo Magacho CRM GO: 9933 Av. Americano do Brasil, Qd. 253 Lt. 12-E St. Marista, Goiânia - Goiás / (62) 3096-9696 www.drbernardomagacho.com.br 55


Foto: Igor Leonardo - Hektaphoto’s

ação social

Adriana Caetano: “Para melhorar o mundo, não precisam ser realizados grandes projetos”

Ajudar faz bem Odontóloga coloca trabalho voluntário entre atividades de sua vida profissional Alice Galvão

“P

or mais bem-sucedida que você seja como mãe, esposa, dona de casa e profissional, parece que ainda fica faltando alguma coisa.” Este é o ponto de partida da odontóloga Adriana Caetano ao explicar sua relação com as causas sociais que abraça. Inspirada pela mãe, que é ministra de eucaristia e faz parte da Pastoral da Saúde, Adriana faz questão de também transferir seus valores humanitários para a filha, que aos 16 anos já segue os passos da mãe. Trabalhar pela construção de um mundo melhor é uma constante na vida da profissional, que presta serviço comunitário de 15 em 15 dias no Setor Independência Mansões, em Goiânia. O projeto é uma iniciativa da Casa da Caridade Nossa Senhora da Rosa Mística. “Eu faço um trabalho voluntário de atendimento odontológico”, explica Adriana. A casa tem dois consultórios odontológicos montados, além de um consultório médico com atendimento pediátrico, que oferece orientação para gestantes, uma escolinha para crianças a partir de 6 anos e oficina de costura. Além disso, a odontóloga participa de um grupo do

56

Facebook chamado Mulheres de Ação, que de tempos em tempos convoca suas participantes para ações pontuais com diferentes perfis. Segundo ela, o grupo começou como um trabalho de formiguinha. Algumas mulheres tiveram a ideia e a colocaram em prática, outras foram aderindo e aos poucos a movimentação foi crescendo e tomando corpo. “O fato de ser pela internet ajuda muito. É uma ferramenta que, se bem usada, promove mudanças em uma escala que a gente nem consegue imaginar”, empolga-se, e completa que “para melhorar o mundo não precisam ser realizados grandes projetos”. Ela considera muito importante que existam grupos com líderes responsavelmente envolvidos. Assim, aqueles que não têm tanto tempo disponível, mas querem ajudar, acham um ponto de referência e podem participar de ações mais eficazes, em vez de agir isoladamente, sem acompanhar os resultados. “É importante ter alguém que tenha experiência e faça a triagem dos bens que serão doados, quem pesquise as comunidades que realmente estão precisando e do que elas estão precisando mais”, aconselha a odontóloga.


COM UM DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL, GOIÁS É UM DOS ESTADOS QUE MAIS CRESCE NO BRASIL. EM 2012 GOIÁS FOI O ESTADO QUE TEVE O MAIOR CRESCIMENTO DO PIB NO BRASIL. E O SEGUNDO MAIOR CRESCIMENTO INDUSTRIAL.

PIB

Crescim en Industria to l

ISSO SÓ ACONTECE PORQUE O GOVERNO DE GOIÁS DEIXA O ESTADO CADA VEZ MAIS ATRAENTE PARA AS EMPRESAS INVESTIREM AQUI E PORQUE O GOIANO É UM POVO QUE TRABALHA. COM A VINDA DAS GRANDES INDÚSTRIAS NACIONAIS E INTERNACIONAIS, COM O INCENTIVO À CRIAÇÃO E EXPANSÃO DE PEQUENAS E MÉDIAS EMPRESAS, COM O MAIOR CRESCIMENTO DA PRODUÇÃO AGRÍCOLA E PECUÁRIA, GOIÁS TEM DO QUE SE ORGULHAR EM TERMOS DE DESENVOLVIMENTO. ISSO NÃO É POUCO. É MUITO SE A GENTE PENSAR QUE TODO ESSE ESFORÇO ESTÁ GERANDO MAIS EMPREGOS, MAIS RENDA. E UMA VIDA MELHOR SE FAZ ASSIM.

Muito já foi feito e o Governo de Goiás trabalha pra fazer muito mais.

Fazendo o melhor pra você.


Mariana Cardoso, no dia do casamento com rodrigo Frota: “casamento é uma vez só”

58

Fotos: estúdio maria célia siqueira

comportamento


Em busca da

felicidade conjugal Casamento ainda alimenta os sonhos de pessoas de diferentes universos sociais, mas não passa necessariamente pela estrutura familiar tradicional Alice Galvão

D

iferente do que floreiam os contos de fadas, aos quais muitos de nós estão acostumados desde a mais tenra infância, os relacionamentos afetivos contemporâneos estão pautados por motivos cada vez mais práticos. Mas isso não significa que o amor e a sua idealização romântica tenham deixado de existir, apenas que as prioridades mudaram entre os casais e que as necessidades individuais de realização estão mais explícitas dentro das relações, principalmente a partir da metade do século XX. A estrutura familiar também se transformou ao longo das décadas e juridicamente, por exemplo, não se fala mais em Direito de família, mas, sim, em Direito das famílias. Para a advogada Cléria Pimenta, que não é casada no civil, mas fez questão de uma celebração religiosa com o músico Alex Franco e vive em união estável há 12 anos, o mais importante é a felicidade. Ela, que também é mãe adotiva, acredita no casamento e defende as relações embasadas no respeito, admiração, reconsideração, revisão e criatividade. “Sou adepta de que a família é a célula máxima da sociedade em todos os sentidos”, enfatiza. Mariana Cardoso Monteiro é a mais recente “senhora” desta matéria. A jovem, que é odontóloga ortodontista e blogueira, aproveitou intensamente as etapas de organização do casamento com Rodrigo Frota, que foi realizado em abril. Com direito a cerimônia civil e religiosa, Mariana tem consciência de que a adaptação não será fácil, mas acredita que casamento é uma vez só. “Claro que aparecerão as divergências. E neste momento, muitos casais preferem se separar do que passar juntos pela dificuldade”, reflete. Eles se conheceram durante um casamento em Ribeirão Preto, interior de São Paulo. “O Rodrigo era amigo do noivo e eu da noiva”, conta Mariana. Ela acredita que o casal precisa construir uma estabilidade profissional e financeira antes de pensar em ter filhos. “Queremos esperar um pouco, trabalhar muito, viajar muito, curtir o casamento”, destaca. Na profissão há 55 anos, o tabelião Antônio do Prado diz já ter realizado pessoalmente em torno de 200 mil celebrações civis. “Eu já casei mais da metade de Goiânia”, dispara orgulhoso. Atuante desde 1877, o cartório que leva seu nome registra uma média de 500 casamentos por mês, sendo julho o mais procurado, seguido por dezembro e janeiro. Maio, apesar de ser conhecido como o mês das noivas, está em 4º lugar no ranking, e, em agosto, a procura cai 50%, pois, segundo Antônio do Prado, “o goiano é supersticioso e não gosta de se casar neste mês”. Em Goiânia, de acordo com o tabelião, os jovens se casam mais. Ele conta que o número de casais com idade entre 20 e 28 anos é superior ao das demais idades, e que 50%

59


Foto: Prime

Liandra SChmidt e José Costa se casaram em uma igreja católica ortodoxa

rose vieira e jonio marques, que vivem o segundo casamento Foto: Igor Leonardo - Hektaphoto’s

desses casais se divorciam. A psicóloga Mara Suassuna avalia que estes números se devem ao fato de vivermos em uma sociedade cada vez mais imediatista e ansiosa, que gera relações rápidas e expectativa por resultados a curto prazo. O medo de estabelecer vínculos definitivos e estruturados, que remetem à ideia de controle e exigem paciência, também entra no rol de motivos elencados pela profissional. Observando os relatos que chegam ao seu consultório, ela afirma que um dos maiores problemas conjugais é o da idealização do outro, o que gera expectativas inalcançáveis e, consequentemente, grandes frustrações e decepções. “Nesse momento, a pessoa cria o discurso da decepção, aquele do ‘antes só do que mal acompanhado’”, analisa. Mas para quem tem os pés no chão e compreende que a vida a dois exige encarar a realidade e se predispor à adaptação, a fórmula da modelo e empresária Liandra Schmidt tem dado certo. Casada em março de 2013, mas com mais de seis anos de relacionamento, a Miss Goiás 2007 brinca que para construir um casamento bem-sucedido é preciso “paciência, respeito, cumplicidade, amor, e mais paciência”. A diferença

60


Foto: maisfoto

Helmo Júnior e JUlio Sousa optaram pelo casamento civil e defendem direito à adoção

de idade entre Liandra e o marido é de 16 anos, mas para ela isso não importa. “A diferença é que ele já passou por tudo que eu ainda estou começando a viver agora, como casamento e filhos”, valoriza, lembrando a importância das coisas em comum, como o gosto por viagens, jantares e cinema. Católica e “superfamília”, Liandra teve cerimônia realizada pelo padre Raphael, da Igreja Católica Ortodoxa, pois o noivo já havia sido casado e, por isso, a Igreja Católica Apostólica Romana não pôde celebrar o casamento. “Ah, e um detalhe!”, avisa empolgada, “o padre (que fez sua celebração) é argentino e trabalhou com o Papa Francisco”, ri. Atualmente, esta busca pela felicidade conjugal e familiar não passa mais obrigatoriamente pela estrutura tradicional formada por mãe, pai e filhos. Hoje, existem diferentes tipos de arranjos familiares reconhecidos pela sociedade, haja vista o crescimento do número de casamentos civis celebrados entre pessoas do mesmo sexo. Para o empresário Julio Sousa e seu parceiro, Helmo Júnior, que optaram pelo casamento civil, a cerimônia representa a continuidade e afirmação de uma relação entre duas pessoas que se

amam. Além da simbologia romântica, para Julio, os impactos da união foram positivos, de uma forma mais ampla também, pois a decisão “encoraja todos aqueles que sofrem preconceito de alguma forma”. Eles não têm planos de ter filhos, mas defendem o direito à adoção, independentemente de o casal ser hétero ou homossexual. As famílias de ambos apoiam a união. “Família é porto seguro e ter o apoio dos familiares é, sem dúvida, fator de felicidade do casal”, reflete Julio, que lamenta a falta de apoio das igrejas para que pudesse realizar também a cerimônia religiosa. Casada em cerimônia civil, a empresária Rose Vieira acredita que um bom relacionamento precisa ser embasado na amizade verdadeira, para que o amor possa ser construído dia após dia. Ela e o marido, Jonio Marques, vivem cada um seu segundo casamento e ambos têm filhos provenientes de seus primeiros relacionamentos. São três dela e dois dele. “Formamos uma grande família”, orgulha-se a empresária. Ela conta que, para manter uma relação saudável, ambos buscam o respeito às individualidades. Rose diz que é importante entender que o amor se transforma, e que é preciso ter cumplicidade nos momentos de aproximação e de afastamento também.

61


BLACK

GLAM Camisa Reinaldo Lourenço, sandália Giuliana Romano, cinto BO.BÔ, pulseira e colar Butler & Wilson. Tudo para Club Ysalomeh

FOTOS: JOÃO AUGUSTO DE oLIVEIRA STYLING: rENATO tOLEVI BELEZA: jOÃO pEDRO mODELO: GIOVANNA VERÍSSIMO (FORD mODELS)


Vestido Reinaldo Lourenรงo e colar Butler & Wilson para Club Ysalomeh. Pulseira Carmem Cardoso. Sandรกlia Santa Lola


Trench coat Giuliana Romano, clutch bag Adriana Degreas, brinco Butler & Wilson. Tudo para Club Ysalomeh. Sandรกlia Santa Lola. Cinto Carmem Cardoso


Body Adriana Degreas, bolerinho Giuliana Romano, pulseira Butler & Wilson e brinco Lool. Tudo para Club Ysalomeh. Ankle Boots Santa Lola


Vestido kadosh para Carmem Cardoso. Casaco de pele Jo/ Dri e colar Lool para Club Ysalomeh. Sandรกlia Santa Lola


Camisa da Giuliana Romano, pulseira e colar Butler & Wilson para Club Ysalomeh. Bota Santa Lola


FELL THE

Tweed xadrez Carmem Cardoso Casaco Pactus Sapato Santa Lolla AnĂŠis Eleonora Hsiung

S 90 ´ Fotografia Ivan Erick Styling Philipe Mortosa Beleza Rodrigo Lopes Modelo Layssa Quirino (Ford) Design Plie Design


Camisa Pactus Top Apparut Saia Vis-à-Vis Sapato Santa Lolla Colar e brinco Club Ysalomeh Braceletes e anéis Eleonora Hsiung Cinto usado no quepe Vis-à-Vis


Short Carmem Cardoso Blazer e top Apparut Acess贸rios acervo Sapato Santa Lolla


Casaco Vis-à-Vis Top e calça Carmem Cardoso Acessórios Eleonora Hsiung Sapato Apparut


Paletó e macacão Vis-à-Vis Colar Eleonora Hsiung Sapato Apparut


Vestido Club Ysalomeh An茅is Eleonora Hsiung Palet贸 e brincos Acervo Colar e pulseira Club Ysalomeh


Terno Club Ysalomeh Sapato Santa Lolla Acess贸rios Eleonora Hsiung


agendaverde ranulfo borges ran.borges@ig.com.br

Fotos: Igor Leonardo - Hektaphoto’s

l A Secretaria do Meio Ambiente e dos Recursos Hídricos do Estado de Goiás (Semarh) promove conferências regionais para discutir sobre a implementação da Política Nacional dos Resíduos Sólidos. Essas conferências são preparatórias para a Conferência Estadual do Meio Ambiente, que será realizada em setembro deste ano, em Goiânia. Estudos mostram que a maioria dos municípios goianos não possui aterro sanitário, e sim “lixões” a céu aberto, mas são obrigados a implementar locais adequados para o descarte de lixo até 2014. l Anápolis terá o maior Parque Ambiental do Estado em perímetro urbano, com área de 21 alqueires. O governo de Goiás entregou para a prefeitura da cidade a escritura de doação de uma área do Estado para a implantação do parque. São 8,5 alqueires que se somam a uma outra área já existente, que pertence à prefeitura.

Vista aérea de Goiânia: mudanças no Plano Diretor da Capital provocam protestos

Mobilização contra novo

Plano Diretor A

aprovação pela Câmara Municipal do novo Plano Diretor de Goiânia, a lei máxima que regula o ordenamento urbano da Capital, com as alterações propostas pelo Paço Municipal, gerou protestos e muitas discussões. Estudantes, Ongs, vereadores e até uma rádio, a Interativa, se engajaram numa campanha contra as modificações, que incluem o sistema viário e a ocupação de grandes áreas. Uma das críticas ao projeto é que as mudanças propostas pelo Paço Municipal beneficiariam principalmente a empresa Hypermarcas, que estaria construindo uma obra de forma irregular, em área de preservação ambiental, na região norte da cidade. Aprovado com 24 votos a favor na Câmara e sete contra, o projeto não teria levado em conta sugestões apresentadas em audiências públicas realizadas no Ministério Público, na OAB e na Universidade Federal de Goiás. Apesar de sua importância, a matéria teria tramitado a toque de caixa na Câmara. Em dez dias já estava na mesa 76

do prefeito Paulo Garcia para ser sancionada. No dia da votação, o plenário estava cheio de estudantes da UFG e de moradores da região norte, principal área afetada pelas mudanças na lei. Em entrevista ao jornal Opção, o prefeito Paulo Garcia afirma que quem faz as críticas não sabe o que está dizendo. “O Plano Diretor é um avanço para a cidade, porque melhora as condições para a implantação do desenvolvimento sustentável em Goiânia”, diz. Segundo ele, não há nenhuma indústria sendo implantada na região norte da Capital. Dentro da onda de protestos, surgiu o movimento Salve Goiânia, que colhe assinaturas para apresentar na Câmara Municipal projeto de lei de iniciativa popular que anula a lei de revisão do Plano. A campanha pretende chegar a todos os bairros de Goiânia e conta com a participação de estudantes, Ongs e associações ambientais, sindicatos e igrejas. Entre as entidades que a apoiam estão o Sindicato dos Biólogos e o Conselho de Arquitetura e Urbanismo do Estado de Goiás.

l Vai até 28 de junho o prazo para inscrições para participar da 10ª edição do Programa Bayer Jovens Embaixadores Ambientais, realizado em parceria com o Programa das Nações Unidas para o Meio Ambiente (Pnuma). A iniciativa vai premiar oito estudantes brasileiros de 18 a 24 anos envolvidos em projetos socioambientais. Podem se inscrever alunos do ensino médio, de cursos de graduação ou pós. Informações no site do programa (www. bayerjovens.com.br). l Segundo informações do Instituto do Homem e Meio Ambiente da Amazônia (Imazon), entre agosto de 2012 e março de 2013, o desmatamento na Amazônia aumentou cerca de 90% em relação ao mesmo período anterior. Desde 2005, a destruição da floresta apresentava uma tendência de queda, mas o quadro se reverteu por causa de fatores como o aumento de preço de produtos agrícolas (quando o preço aumenta, cresce o potencial de lucro das áreas desmatadas) e mudanças no Código Florestal com promessa de anistia. l Depressão, ansiedade, estresse, TDAH, obesidade e problemas de visão. Todas essas doenças podem estar relacionadas à falta de acesso ao ambiente natural, também chamada de déficit de natureza, apontam estudos. Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), muitas cidades brasileiras não possuem áreas verdes mínimas para o bem-estar das populações urbanas. l A construtora Queiroz Silveira investe em sustentabilidade. Empreendimentos da empresa em construção nos setores Bela Vista e Parque Lozandes receberam sistema de reaproveitamento de água das chuvas, além de painéis solares que vão gerar energia para abastecer o sistema de iluminação da entrada.


77


78


Casa Cor

Foto: ricardo lima

Mostra promove reflexão sobre uso de materiais, com foco na sustentabilidade

Projetos apresentam novas linhas de pisos, papéis de parede e painéis lançados por grandes marcas

Laca, pintura à base de tinta para carros, deixa ambientes personalizados e com toque extra de sofisticação


d茅cor

Ambientes p贸s-modernos 80


Fotos: Edgar césar

Em busca do conceito de “casa viva”, ambientes da Casa Cor Goiás 2013 retomam o desconstrutivismo, reforçam sustentabilidade e abusam do preto

Alice Galvão

E

m sua 17ª edição, com o tema “um olhar muda tudo”, a Casa Cor Goiás 2013 abre espaço para a livre criação, deixando arquitetos, designers, decoradores e paisagistas à vontade para imprimir, em cada um dos 41 ambientes da mostra, seus conceitos de bem-viver. O resultado foi um conjunto dinâmico de espaços cheios de personalidade, que parecem estar realmente habitados. Para construir esta “casa viva”, que fica em exposição até 25 de junho, foram selecionados 60 profissionais, norteados por valores como qualidade de escolha, diversidade, inovação, educação e cultura, harmonia e beleza. Dentre as ten-

dências apresentadas, uma se destaca em quase todos os ambientes: a desconstrução na arquitetura, ou arquitetura desconstrutivista. É uma tendência pós-moderna, que tem início no final dos anos 80 e traz para os projetos uma reflexão sobre a verdade dos materiais, evidente nas estruturas aparentes (tijolos, canos, reboco, canaletas etc.). Sustentabilidade foi o conceito mais reforçado no conjunto da obra, representado pelo aproveitamento de materiais e uso das pedras industrializadas. A cor preta veio com tudo e outra tendência recorrente, consolidada mundialmente, foi a dos jardins verticais, presentes em diferentes espaços. A Zelo circulou pelos ambientes do imóvel e destacou algumas ideias inspiradoras. Confira! 81


Foto: Ricardo lima

décor

Estande da EBM: Tons neutros e ergonomia ajudam a tornar o ambiente c0nvidativo

Influências

modernistas Inspirado em Mondrian, projeto harmoniza parte interna e fachada do local de trabalho

I

nspirada na obra do pintor holandês Piet Mondrian, Ana Maria Miller criou um diálogo entre fachada e interior do estande. “As linhas da estante são iguais às da fachada, todos os elementos se alinham, de forma que a fachada é trazida para dentro do estande”, detalha a arquiteta, explicando a intenção do efeito visual. A fachada tem estilo moderno, com iluminação de LED, estrutura metálica, drywall e placa cimentícia. Com um layout cheio de linhas retas, o espaço corporativo EBM Cyrela equilibra conceito artístico, funcionalidade e posicionamento da marca. A arquiteta optou por uma pegada bem clean, valorizando o necessário. Além disso, tons neutros, ergonomia e acessibilidade foram pen-

82

sados em meio a itens característicos de uma casa. O resultado é um espaço de trabalho em ambiente agradável e convidativo, com cara de sala de estar. Iluminação natural na área de circulação, filtrada por persiana, completa o cenário e dá o tom de aconchego e sustentabilidade. Em uma área de 200 metros quadrados prevalecem os tons neutros, em harmonia com um paisagismo integrado. Mármores, granitos e silestones revestem recepção, espaço maquete, sala de corretores, salão de atendimento, cozinha e banheiros, oferecendo sofisticação ao conjunto da obra. Ana maria miller - (62) 3945-7460 / 8181-0536 Email: mahanaim.arquitetura@gmail.com

Ana Maria Miller: projeto de espaço corporativo equilibra funcionalidade e conceito artístico com utilização de elementos como iluminação de led e estrutura metálica


décor

Garagem multifuncional Espaço ganha concepção inusitada, com atmosfera da pub e garantia de pouso a visitantes

“S

e beber, não dirija!” foi o mote da Taberna Garagem, de Laciana Taquary na Casa Cor Goiás 2013. A ideia de taberna veio a calhar, pois, de acordo com a arquiteta, “remete a um lugar em que se bebe e, possivelmente, se dorme”, por isso a instalação de um sofá cama. O ambiente ganhou atmosfera de pub, com garagem integrada à varanda. Um local para receber os amigos e se divertir na segurança de casa. São 55 m² divididos em: vaga do carro, setor de serviço, e convivência. Uma mesa desenhada pela própria arquiteta guarda 24 garrafas de vinho. Patrocinadores: Versato, Elementos e Dellano. Laciana Taquary - (62) 3941-3926 / 9243-1339 email: arquitetura@lacianataquary.com.br site:www.lacianataquary.com.br

garagem foi pensada como local para receber os amigos ao som de boa música e com degustação de vinhos

Além do carro, garagem tem espaço também para mini cozinha, com adega, armário depósito e local de convivência

83


décor

Paisagem

vertical

Com visual exuberante, jardim tem estrutura de fibra de vidro e irrigação automatizada

C

om 72 metros quadrados, o ambiente dos paisagistas Ricardo Lima e Roberto Lima traz para a Casa Cor Goiás 2013 a consolidação de tendência mundial: o jardim vertical, que deita-se sobre o jardim horizontal, formando um desenho unificado e muito exuberante. O uso de fibra de vidro na estruturação do projeto proporciona excelente sustentação das plantas, o que previne infiltrações e, consequentemente, o desperdício de água e a deterioração prematura da composição. A irrigação automatizada também reforça o conceito de sustentabilidade e uso responsável da água. Entre as espécies escolhidas para ornamentar e florir o jardim, estão: Philodendron Xanadu, com suas folhas largas e

bem desenhadas; Spatifillum, que produz flores brancas, são ideais para interiores e vivem na sombra; Peperômia Melancia, tipicamente brasileira, cujo nome já diz tudo, referindo-se às folhas rajadas e arredondadas que lembram a melancia; Columeia Batom, com suas pequenas folhas, belas flores e um caimento adequado à suspensão; Lisimáquia, rasteira e cheia de ramos; e, por fim, a Mini Pelo de Urso, dando diversidade à forração do solo. Um refúgio natural para quem quer sair um pouco de dentro de casa e respirar ar puro.

Ricardo Lima e Roberto Lima - (62) 8135-4424 - 8167-6568 email: paisagismo@araguaiapaisagismo.com.br

Ricardo e Roberto Lima: projetado dentro dos conceitos de sustentabilidade, jardim harmoniza plantas colocadas na vertical e na horizontal, com resultado que salta aos olhos

site: www.araguaiapaisagismo.com.br

Foto: ricardo lima

Foto: Ricardo lima

Ambiente é projetado para quem quer sair de dentro de casa e respirar um pouco de natureza

84


Foto: Ricardo lima

décor

Bancada que lembra aparador chama a atenção no ambiente, que é ampliado por mosaico de espelhos

Preto chique Lavabo ganha sofisticação extra com um toque retrô e seleção de materiais nobres

B

Carine Rocha: Para compor o lavabo, autora do projeto apostou em pedra industrializada de alta resistência, que proporciona brilho dourado

aseada em sofisticação e elegância, a arquiteta Carine Rocha elegeu o preto para protagonizar o Lavabo. Fascinada por este tipo de ambiente, ela escolheu materiais nobres e formas retas. A pedra industrializada Copper Black, da Ecoart, reveste o centro do piso, a parede e a bancada. De alta resistência, a peça de quartzo, cristal e sedimentos de espelho promove um brilho encantador, com diferentes nuances. “Quando vi esta pedra, me apaixonei”, revela a arquiteta. O ambiente tem 5,5 metros quadrados e parece maior graças ao mosaico de espelhos sobre a parede, do lado direito de quem entra no local. A arquiteta também mesclou móveis clássicos a louças

e metais contemporâneos, um conjunto harmônico e muito chique. “O mosaico de espelhos traz um toque retrô em composição com detalhes de gesso no teto, que tem linha mais clássica”, detalha Carine, que afirma ter pensado num lavabo que ela própria gostaria de ter em casa. A bancada se destaca e foge do convencional. “Eu não queria uma bancada tradicional, previsível. Queria uma que tivesse cara de mobiliário”, explica. O espelho de moldura lapidada fica sobre a peça e é fixado em um painel de pedra vertical, à frente de um revestimento preto liso, e adornado atrás por uma fita de LED, refletida na parede lateral de espelhos. Esta iluminação marca a diferença de níveis entre os revestimentos, provocando um efeito visual surpreendente. Carine Rocha Machado - (62) 8407-8218 / (62) 7815-3080 email: carinerochaarquiteta@gmail.com

85


décor

Luxo

contemporâneo Com elementos clássicos atuais, projeto é destinado a garota que é antenada com a atualidade, mas tem um pé no romantismo

86

P

ara o designer de interiores Nando Nunes, a apreciação do luxo e da riqueza nos detalhes não tem idade. Fazendo uma brincadeira entre o clássico, o étnico e o moderno, o profissional se inspirou na imponência dos palacetes franceses, abusou das referências neoclássicas, barrocas e vitorianas, em composição com peças contemporâneas e com um papel de parede de design assinado por Roberto Cavalli, que retrata um enorme tigre branco. Feito para uma jovem que deseja se casar – sonhadora, mas também antenada com a moda –, o Quarto da Menina tem composição romântica e estilosa. “Esta menina tem mais de 15 anos e sonha com o príncipe encan-

Foto: Ricardo lima

Nando Nunes: autor do projeto mescla luxo dos palacetes franceses com peças contemporâneas

tado”, descreve o designer. Materiais, móveis e acabamentos remetem ao universo feminino, delicado e sensível. A cor prata aparece em diferentes peças do mobiliário. “A intenção foi quebrar com o uso previsível do dourado e dar um ar mais moderno ao ambiente”, revela Nando. Na cama de casal, revestimento de laca branca, cabeceira em estilo barroco e acabamento em pintura prateada, adornada por um painel capitonado de seda. Para a roupa de cama, o artista escolheu combinar renda, pelúcia e seda, com aplicações de pedraria. Completando o conjunto de móveis, um aparador em estilo vitoriano e uma poltrona neoclássica, ambos com pintura prateada. Na frente da poltrona, um


Cama com cabeceira em formato barroco, aparador em estilo vitoriano e poltrona neoclássica remetem à época das princesas Foto: edgar césar

pufe estofado com aplicações de rosas em seda dá o toque final. Para o piso, Nando Nunes escolheu porcelanato retificado, com estampa de mármore italiano branco, com rodapé do próprio material. Predominam no ambiente as cores branca e rosa. Um lustre de cristal de estilo neoclássico chama a atenção em um dos cantos do cômodo, dialogando com arandelas, também de cristal. Moldura clássica de gesso no teto e mármore no rodapé completam o cenário.

Quarto da Moça Designer de Interiores Nando Nunes Telefones: (62) 3434-4910 / 9296-4720 E-mail: nando.nandonunes@gmail.com

87


sOCIAL

Em um happy hour para parceiros no belo e aconchegante ambiente gourmet da GR Ambientes High End, Gláucio Rocha e Patrícia Leite comemoraram mais uma participação da marca na Casa Cor Goiás 2013. O evento teve buffet com o tema “Comida de Boteco” e o seleto grupo de arquitetos e designers de interiores pôde aproveitar o ambiente para confraternizar. Quem marcou presença concorreu também ao sorteio de um par de ingressos para o show de Paul McCartney.

Fotos: gustavo castro - Hektaphoto’s

Tecnologia em festa

Patrícia Leite e Gláucio Rocha

Leo Romano e Maria Abadia Haich

Pedro Ernesto Gualberto

Sanderson Porto e Ana Paula de Castro

Paloma Froldi e Rafaela de Castro 88

Ticiana Stefenoni e Arytana Stefenoni

André Brandão e Ana Paula Melo

Flávio Paraguassu

W. Leão Ogawa e Heitor Arrais


89


décor

As portas da Casa Cor Goiás 2013 foram abertas em primeira mão para a imprensa goiana, que pôde conferir os 39 ambientes e conversar com cada um dos 54 arquitetos participantes. Depois de conhecer as novidades que a mostra traz nesta edição para o mercado de arquitetura, decoração e paisagismo, os convidados puderam apreciar um brunch preparado e servido no Restaurante assinado por Fred Adejar.

Fotos: Igor Leonardo - Hektaphoto’s

Em primeira mão

Alexandre Milhomem

Daniel Almeida Foto: mariacristina de niz

Regina Amaral, Fátima Mesquita e Márcia Albiéri

Ticiana Stefenoni e Arytana Stefenoni

Juliano Costa e Bruno Veras

90

Karina de Ciqueira e Cynara

Priscila Rassi

Genésio Maranhão

Daniela Cardim e Andressa Lima


Leo Romano

Ana Paula Munhoz e Gabriella Saback

Fernanda Toledo e Érico Naves

Ednara Braga e Flávio Paraguassu

Pedro Ernesto e Leandra Castro

Foto: mariacristina de niz

André Brandão e Márcia Varizo

Andréia Spessatto e Náira de Sá

Eliane Mendonça

Meire Santos

91


ÍCONES

DANIEL ALMEIDA - arq.danielalmeida@hotmail.com

Telada e arejada, além de moderninha. Design Russel Woodard, mobiliário de exterior, cadeiras modelo 1950, tela de arame e aço. Casa Bossa

Grande diferencial Fotos: ângela motta

A

coluna Ícones desta edição convida o leitor a um passeio pela Casa Cor Goiás 2013, a maior mostra de decoração e arquitetura de Goiás. O evento deste ano traz a ideia de que “Um olhar muda tudo”. Acreditamos que um ponto de vista diferente, uma peça de mobiliário, uma mesa, uma cadeira, uma cor, um quadro, uma parede, uma janela, tudo pode transformar sua casa ou ambiente. Selecionamos aqui peças-chave para você exercitar a mudança, a transformação, a criatividade, sonhando e se inspirando no décor.

Simples, inteligente e lindo. Banco design Frank Willens. Carvalho, tiras de couro e espuma revestida de plutônio. Casa Bossa

Para apoiar o que você quiser, apoiado num bom desenho e cor. Aparador verty. design Luana Dionisio. Casa Bossa

92


Para quem não abre mão da natureza dentro de casa. Reaproveitamento de árvore morta. Poltrona Panema – Design Hugo França. Armazém da Decoração

Recém-lançados em Milão, descolados e divertidos. Armários italianos formato de ganso e porco – Design Marcantonio Raimondi Malerba. Madeira e alumínio. Casa Bossa

Um clássico tem sempre seu espaço, mas se for misturado, melhor ainda. Sofá capitone – Fornecedor Imi. ArmazÉm da decoração

Escultura em forma de base de mesa. Madeira de reflorestamento. Base da mesa Guaimbé – Paulo Alves. ArmazÉm da decoração

Não precisa dizer nada, É só sentar. Para registrar nesta coluna esse xodó nacional. Poltrona Mole – Design Sérgio Rodrigues. elementos

Inflados como se fossem balões, mas são metálicos e transformam-se em mobiliário para inflar sua decoração. banquinho Design Oskar Zieta. Casa Bossa

93


décor

Vista sua Projetos exploram charme, sustentabilidade e sofisticação de pisos e revestimentos Alice Galvão

N

a hora de escolher os padrões que farão parte da composição de um ambiente, aspectos como a personalidade e o estilo de vida do morador devem falar bem alto. Partindo desse princípio, a Zelo resolveu circular por diferentes ambientes da Casa Cor Goiás 2013, conversar com arquitetos e lojistas participantes e mostrar quais são as tendências deste segmento, incluindo aos critérios de escolha itens como beleza, praticidade, limpeza, segurança e manutenção. Confira o resultado, encontre seu estilo e vista sua casa! A sala íntima de Gabriela Saback e Ana Paula Munhoz recebeu em seus revestimentos os tons claros e neutros, além de materiais inspirados na sustentabilidade. Ampliar o ambiente e transmitir aconchego com sofisticação para a família foram o norte das arquitetas, que optaram pelo porcelanato Bianco Paonazzetto, da Portobello, que substitui o mármore branco e traz rajas escuras. Um painel da Paulette, feito de material plástico em alto brilho branco, também chama a atenção e dá um charme

94

casa

especial ao ambiente. O papel de parede parece casca de árvore estilizada. Na escada, mármore branco cheio de volumes, by Vivá. Tudo muito chique e clean. Ambientação no Brasil das décadas de 50, 60 e 70 é o que norteia o projeto Sala Vinícius de Moraes, das arquitetas Cynara e Karina de Siqueira para a Casa Cor Goiás 2013. No piso, o revestimento Concretíssyma Line Releno Argento, em tamanho 60 por 120, retificado, da Portobello Shop, remete ao concreto material, que teve seu auge na construção civil da época. Tons neutros e contrastes, mistura de contemporâneo e antigo fazem o conjunto do ambiente. Na sala, história e lembranças se unem às novidades tecnológicas e provenientes da globalização, construindo um ambiente útil e cheio de vida. No espaço Rio Quente Resorts, o arquiteto Daniel Almeida priorizou os materiais ecológicos e naturais. Paredes e teto receberam tinta mineral ecológica, que é atóxica e à base de terra. Para as paredes, ele escolheu painéis de bambu. Pensado para um resort no meio do cerrado, a natureza dá o tom ao ambiente. Para Daniel Almeida, a escolha dos revestimentos “pode fazer


Fotos: ricardo lima

Foto: edgar césar

PapÉis de parede com figura de onça e outros efeitos visuais são exclusividade summerflex. Ao lado, porcelanato e revestimentos de parede da portobello: sofisticação com toque de sustentabilidade

toda a diferença num projeto de interiores. Eles podem dar o tom do projeto e mostrar a personalidade do proprietário”. Em meio a esta gama de possibilidades de materiais, destacamos ainda o uso dos papéis de parede, que dão charme a quatro ambientes em especial: Quarto da Moça, de Nando Nunes; Banho do Bebê, de Vanessa Garcia; Lavabo, de Carine Rocha; e Studio 3 – Studio Sofisticato, de Eliane Mendonça. Peças assinadas, texturas, efeitos visuais e tons metálicos trouxeram vida a estes projetos. O estilista Roberto Cavalli assina uma grande onça, que figura ao fundo de um lustre de cristal no Quarto da Moça. O revestimento é exclusividade da Summerflex. Vanessa Garcia optou pelo papel Risque Business, que tem a estampa Pied-de-poule (pé-de-galinha em francês), tendência do momento, nos tons bege e prata. Carine Rocha usou um papel diferenciado “Mica”, importado, com efeito visual de escama de peixe. Já Eliane Mendonça preferiu instalar um fundo dourado em uma das paredes do ambiente, com o papel Allure liso. Versatilidade e durabilidade são algumas das vantagens deste revestimento, que funciona também para deixar as paredes da casa “a cara do dono”. 95


décor

Retorno triunfal

Grande mesa em laca vermelha, assinada por Guilherme TOrres, se destaca NA sala de jantar do designer genésio maranhão

da laca Pintura com aplicação brilhante ou fosca vem agora em cores fortes para imprimir modernidade e sofisticação aos ambientes

96


William Hanna

Fotos: edgar césar

D

epois de passar por tempos esquecido, o revestimento em laca volta a reinar no design de interiores. A laca é uma pintura feita à base de tinta automotiva que traz ao ambiente sofisticação e modernidade. Antes apenas utilizada em tons neutros e em alguns detalhes, agora está em evidência em cores fortes, como amarelo e coral, e reveste grandes superfícies e móveis em toda sua extensão. Prova desse retorno triunfal da laca é seu grande uso em objetos e móveis na Casa Cor Goiás 2013, que apresenta sempre as tendências mundiais em decoração e estilo. Na Sala de Jantar do designer de interiores Genésio Maranhão, uma grande mesa em laca vermelha do designer paranaense Guilherme Torres imprime ousadia e vida ao espaço, característica marcante do profissional. A arquiteta Eliane Mendonça apresenta em seu Estúdio Sofisticato um uso diversificado da laca, sendo a cor branca nas mesas de centro e a cor preta nos armários e painéis. Tudo se une graciosamente ao contexto do espaço. Para compor a cozinha, as arquitetas Larissa Mafra e Marina Bastos utilizam a laca amarela no tampo da bancada, com cor intensa e vibrante, o que torna o espaço contemporâneo e focado nas tendências do design de interiores. Lisinha, a laca seduz, podendo ser brilhante ou fosca, e confere vida e energia à decoração. Sabe aquele aparador, mesa ou criado antigos que você tem em casa esquecidos? Pois eles podem se tornar peças cruciais na sua decoração. Basta que sejam revitalizados com a pintura em laca, definindo-se a cor de acordo com o contexto da sua sala, quarto ou cozinha. Esse tipo de acabamento é mais sensível e exige certos cuidados para que se mantenha sempre bonito e com aparência de novo. O mais recomendado é que, quando utilizado em tampos de mesas, estes sejam protegidos por vidros e, quanto à limpeza, deve ser feita somente com pano úmido e limpo e não se pode utilizar nenhum tipo de abrasivo, como álcool, lustra-móveis ou similares. As peças laqueadas nunca devem ser expostas à chuva ou ao sol, pois podem deteriorar e manchar. A laca está na moda. Personalize seu ambiente com sofisticação e originalidade com as maravilhas visuais que ela poderá proporcionar.

Larissa Mafra e Marina Bastos utilizam amarelo vibrante em cozinha: toque contemporâneo

Estúdio Sofisticato, de Eliane Mendonça: uso diversificado da laca, com armários pretos e mesas brancas

97


décor

Casa Urbana, nova marca goiana, apresenta o ébano natural, material que substitui o mdf falso e pode ser utilizado para revestir paredes, balcões e tetos

Novo conceito em

Fotos: edgar césar

acabamento Mais criativos e versáteis, móveis planejados oferecem possibilidades de personalização

Alice Galvão

N

a hora de escolher os móveis planejados que farão parte do projeto da casa, é importante observar as diferenças entre os padrões de acabamento oferecidos pelas fábricas. Este mercado tem evoluído cada vez mais, a caminho de opções criativas e exclusivas. Neste processo, quem ganha é o consumidor, que passa a ter móveis mais personalizados. Exemplificando este movimento das marcas no sentido de conceituar e adequar cada vez mais os padrões de acabamento ao estilo de vida das pessoas, a Todeschini, patrocinadora oficial da Casa Cor nacionalmente, lança em 2013 a nova coleção de móveis “Identidade”. As peças valorizam as raízes brasileiras, retratam o DNA da construção étnica do Brasil (índios, negros e portugueses) e apresentam a nossa miscigenação de raças, culturas e cores.

98

A nova coleção homenageia regiões do País, usando em seus padrões nomes tipicamente nacionais, como Ouro Preto, Cerrado, Abadá, Pinhão e Jangada. E para além dos limites do mobiliário está o conceito da Casa Urbana, nova marca goiana que traz em seu portfólio de padrões materiais que se adéquam a todas as aplicações da marcenaria, em busca da excelência em personalização. Para demonstrar o novo conceito, a empresa lança na Casa Cor Goiás 2013 o padrão Ébano Natural, que reveste paredes, painéis, teto e balcão. De acordo com o empresário Luciano de Brito, “o material veio para substituir as formas de MDF falso, é mais parecido com a madeira natural, inclusive com a mesma textura”. Instalado no ambiente “Studio 2 – Atelier do Café”, das arquitetas Arytana e Ticiana Stefenoni, o padrão conferiu ao espaço um clima de aconchego e sofisticação.

Todeschini lança a coleção de móveis “identidade”, que busca inspiração nas raízes brasileiras


Laciana Taquary Laciana Taquary

Arytana e Arytana Ticiana e Stefenoni Ticiana Stefenoni

Cynara e Cynara Karina e de Siqueira Karina de Siqueira

Rafaela de Castro Rafaela de Castro

Parcerias certas e bom gosto: Parcerias e bom gosto: assimcertas é nosso estilo. assim é nosso estilo.

Praça do Cruzeiro, 32 • Setor Sul • Goiânia GO (62) 3241 1180 • elementosmoveis@hotmail.com Praça do Cruzeiro, 32 • Setor Sul • Goiânia GO (62) 3241 1180 • elementosmoveis@hotmail.com


Social

Decoração em festa Para marcar a abertura da 17ª Casa Cor Goiás, as empresárias Sheila Podestá Martins e Eliane Martins prepararam um badalado coquetel para VIPs, regado às delícias do Hanna Buffet, oferecido na praça da mostra. Dentre as ilustres presenças, destaque para o governador Marconi Perillo, que circulou pelos ambientes e conversou animadamente com os convidados. Eliane Martins, Marconi Perillo, Sheila Podestá e Pedro Ernesto

Luciene Dutra

Madalena Marques e Sérgio Marques

Raul Filho e Carine Rocha Mônica Dionízio Vaz e Paulo Vaz

Adriana Verdi, Luciano Verdi e Cláudia Biasio

Simone Helen e Flávio Antônio Flávia Moreira, Jean Bergerot e Fernando Hanna

Vanessa Clara e Clarismar Machado

100

Cláudia Ducatti

Regina Coeli Andrade e Thyelle Rocha

Severino de Souza e Maria Helena


Fotos: Igor Leonardo - Hektaphoto’s

Silvana Moreira, Elbio Moreira e Patricia Sepulveda

Moema Leão

Eliane Martins, Andrea Pinheiro, Belarmindo Pinheiro e Rose Pinheiro

Luiza Siqueira e Jalles Fontoura

Rosemery Santo e Vincent-Xavier Brotons de Agor

Renata Dias Souza e Luciano de Brito

Lilian Machado e Nando Nunes

Flávia Coelho Torres

Júnior Vieira e Veruska

Patrícia Leite e Gláucio Rocha

101


social

Fotos: walter folador

Marília Teixeira e Flávio Paraguassu

Luciana Duarte, Karine Espírito Santo, Ana Paula Munhoz, Ana Carolina Munhoz e Gabriella Saback

Todeschini de cara nova Os empresários Daniela e Danilo Ludovico apresentam à sociedade uma nova loja, totalmente integrada e com um showroom cheio de novidades charmosas. A festa de lançamento foi um sucesso de público, com coquetel regado a champagne e petiscos volantes. Dentre as parcerias apresentadas, destaque para a marca carioca de enxovais Alfaias, recém-chegada a Goiânia, que trouxe uma ambientação emocional ao quarto da mostra.

Ricardo Serrano, Nereu Conzatti, Daniela Ludovico e Danilo Ludovico

Fernando Parrode e Patrícia Neto

Augusto Thomé e Júnior Roriz 102

Renata Vieira, Eloisa Lobo e Danielle Gouthier

Daniela Ludovico e Laís Cunha

Cláudia Oliveira e João Tomaz

Hilberto Santana e Edmara Cavalcante


decor

Grafismo

como inspiração

Tendência dos anos 90, o grafismo volta com tudo, em leituras cada vez mais contemporâneas nos objetos de decoração. Entre peças modernas e clássicas, produzidas em larga escala, importadas ou com design assinado, a inspiração permeia o showroom de lojas de diferentes estilos, trazendo linhas aleatórias, formas geométricas e figuras que se repetem. A Zelo circulou por várias lojas de Goiânia para procurar o que há de mais interessante dentro desta linha criativa. Confira! (Alice Galvão)

Fotos: Igor Leonardo - Hektaphoto’s

banco colmeia lattoog época decorações

Prato Arda Glass Ware Villa Bueno

Pote dourado pequeno e Pote dourado grande Moreira e glorinha

104


Cat Salt e pepper e Dog Salt e pepper by Romero Britto Moreira e glorinha Poltrona Santa Bárbara by Ana Revello Vasquez e Renato Solio Saccaro

Mesas lateriais spin época decorações

Jogo de café Missoni Cactus Moreira e Glorinha

Luminária Pucci design assinado Villarredo

Aparador em madeira Villa Bueno

onde encontrar: Época decorações - (62) 3238-5858 / moreira e glorinha - (62) 3945-5221 / saccaro - (62) 3281-8090 / villa bueno - (62) 3086-6212 / villarredo - (62) 3281-7979

105


décor Poltrona Teia, de Tadeu Paisan; mesa de centro pau e corda, de ronald sasson; e banco azteca, de leonardo lattavo e pedro moog: peças estão em exposição na época

Arte do Criação e mercado vistos pelo prisma dos designers de móveis Leonardo Lattavo, Pedro Moog, Tadeu Paisan e Ronald Scliar Sasson Alice Galvão

O

ser humano é inventivo por natureza, e quando esta característica é usada para produzir objetos úteis, a civilização evolui. A partir de um conceito imaginado, surgem as mais complexas ferramentas e as mais belas obras de arte. Às vezes as duas caminham juntas, como é o caso dos objetos de decoração com design assinado. Sua gênese é pensada a partir de um conceito cheio de inspirações, mensagens e significados. Mas para que esta ideia se concretize, o artista precisa deixar o campo ideal e atentar-se à viabilidade dos materiais, técnicas e mercado em que o objeto será inserido. Durante o Circuito de Design promovido pela Época Decorações, os designers de objetos Tadeu Paisan, Ronald Scliar Sasson, Leonardo Lattavo e Pedro Moog falaram sobre processo de produção, panorama do designer no Brasil e seus lançamentos. 106

objeto

Paixão Tadeu Paisan mora atualmente em Bauru, é apaixonado por design e acredita que toda a técnica aprendida ao longo da vida precisa ter como suporte esta paixão. Trata suas peças como “filhos ou sobrinhos” e fica radiante quando alguém entra em uma loja e consegue identificar seus móveis pelo traço, antes de ver a assinatura na etiqueta. Adepto do traço retrô brasileiro e do uso de materiais nacionais, Tadeu defende o resgate da obra dos designers do passado. Para ele, a relação das pessoas com o que é tendência mudou ao longo dos anos. “A criação do produto tem sentido enquanto eu olho pra ele e me identifico. O fato de estar na moda passa a ser segundo plano e não o ponto principal”, defende. Sobre o processo de criação, o artista acredita que “a idealização é puramente arte, construção é meio-termo entre arte e realidade, e, no final, o resultado é uma

realidade que virou novamente arte”. Estética e função se entrelaçam naturalmente em suas criações, principalmente porque desenvolve muitos projetos de cadeiras e poltronas, que exigem ergonomia. Sua próxima coleção lança a linha Plural, subdividida em “Substantivo” e “Adjetivo”, com peças criadas, produzidas e comercializadas por ele próprio e blog homônimo. Acrílico Ronald Scliar Sasson conta que, quando era criança, onde havia uma caixa de papelão, ele via uma possibilidade. Suas primeiras descobertas artísticas surgiram quando começou a experimentar acrílico sobre tela. Depois de casado, por causa da sujeira que fazia em casa, Ronald brinca que a esposa pediu gentilmente que ele arranjasse outro lugar para exercitar sua arte. Foi quando alugou um imóvel e começou a desenvolver seu mobiliário, que superou os trabalhos que fazia com dese-


Tadeu Paisan e Ronald sasson: um é adepto do uso de materiais nacionais; o outro defende mobiliário adequado ao clima de cada região

Leonardo Lattavo e Pedro Moog, sócios da lattoog: peças inspiradas no rio de janeiro

nho e pintura. Depois vieram as exigências do mercado e a profissionalização. Para o artista, o gosto do público nas diferentes regiões do Brasil está cada vez mais mesclado, menos regional e mais cosmopolita, graças ao acesso à informação proporcionado pela internet. “O que regionaliza hoje não é o gosto, é o clima. Goiânia é quente, por isso um mobiliário mais austero não cabe. Maceió é uma cidade de praia e por isso o branco vai falar melhor, ou o azul”, ilustra. O maior desafio do designer no mercado, segundo Ronald, é casar experimentação e arte com função e mercado. Ele acredita que os designers que fazem um trabalho mais conceitual no País produzem poucas peças com alto valor percebido. Ganham concursos e grande relevância mundial, por outro lado produzem peças menos comercializáveis. “Eu quero que o meu trabalho seja comercial. Só que não quero perder minha autoralidade, minha veia artística. Casar isso

é muito complicado”, avalia. Mas ele sabe que tem conseguido fazer isso muito bem. Dentre suas referências estão o brasileiro Sérgio Rodrigues e a espanhola Patricia Urquiola. Rio de Janeiro “Goiânia está muito bem servida em design.” Esta é a opinião dos sócios da Lattoog Design, Leonardo Lattavo e Pedro Moog. A dupla carioca desenvolveu seu primeiro móvel conceitual em 1999 e em 2005 realizou sua primeira exposição, na Feira Craft + Design, em São Paulo. O contato com a produção industrial foi seguido de parcerias com fábricas mais estruturadas, que ofereciam soluções mais adequadas à indústria nacional. Com esta nova fase, surgiu também a maior inspiração da dupla: o Rio de Janeiro, com suas praias, paisagens naturais, cultura e arquitetura. Produtos inspirados nos calçadões do Leblon, Copacabana e Ipanema começaram

a tomar forma. “A partir desse momento, começamos a perceber o interesse de outras indústrias do Brasil, de maior porte, para que a gente desenhasse para elas. Não foi uma coisa que a gente planejou. A gente mirou em um lugar e acertou outro, mas foi muito melhor”, explica Leonardo. Foi aí que surgiu a poltrona Leblon, em parceria com a Schuster, do Rio Grande do Sul. O móvel está sendo relançado este ano em versão com braço, estofado e vários motivos gráficos aplicados ao encosto, o que é uma novidade no mercado brasileiro. Outra novidade é que Leonardo e Pedro estão desenvolvendo uma cartela de cores exclusiva a partir da observação do pôr-do-sol visto da praia de Ipanema, em frente ao escritório da Lattoog. Boa parte dos móveis produzidos pela dupla se desdobra em miniaturas que passaram de protótipos a novos produtos. Os gradis também são um fetiche para os sócios e os inspiram para criar mesas e outros móveis. 107


Feira Fotos: Divulgação

Novos rumos do

Salão revela novas tendências em móveis e iluminação, evidenciando itens como funcionalidade, beleza e conforto

design mundial

Milão apresenta tendências para casa e escritório. Designers brasileiros também mostram seus talentos em mais uma edição da feira que encantou o mundo 108

Lucíola Correa

O

mês de abril transforma Milão há 52 anos na capital mundial do design, em todas as suas formas de expressão. Mais de 320 mil visitantes de todos os continentes conferiram o que os pavilhões do Salão Internacional do Móvel, do Salão Internacional do Complemento, do Salão Satélite, a bienal Euroluce – destinadas ao setor de iluminação – e Salão Ufficio, direcionado ao setor de empresas e escritórios, trouxeram de novidade. A tendência mais forte apresentada pela edição 2013 do iSaloni foi o mix de matérias-primas utiliza-

das em prol do bem-estar e do conforto. Cores, formas e o uso da mistura de materiais como madeira, vidro e acrílico na composição de mobiliários e peças de decoração para diversos ambientes residenciais e empresariais mostraram-se mais uma vez como expressão do viver, aliando sempre funcionalidade e beleza. Neste universo de opções, o design brasileiro marcou presença no principal palco do criativo milanês: Zona Tortona. As exposições Brazil S/A e Rio + Design, que contou com a curadoria dos designers Guto Índio da Costa, Cláudio Magalhães e Zanini de Zanine, mostraram que o Brasil também produz peças de grifes.


Em Goiânia Mostras Brazil S/A e Rio+Design apresentaram ao mundo peças que estão disponíveis nas melhores lojas de Goiânia, como as luminárias da série Brasileirinho, do estúdio Nada se Leva e as poltronas Arraia, Fago e Vidigal.

109


Fotos: Igor Leonardo - Hektaphoto’s

Social

Iluminação em festa Para comemorar em grande estilo os três anos da Prima Iluminação em Goiânia, a empresária Wanessa Rodrigues recebeu um grupo de arquitetos e designers de interiores na loja, que fica na Rua 90 nº 515, Setor Sul. Em uma noite agradável e descontraída, regada a muitos petiscos e bebidas geladas, a atração mais aguardada ficou a cargo do humorista goiano Douglas Monteiro.

Márcia Albiéri e Sandra Calaça

Rafael Ventuna, Valdeci Rodrigues, Elena Rodrigues e Vanessa Rodrigues

Rose Campos Vaz, Juliano Freitas, Denis Rezende e Thaís Machado

Camila Oliveira e Silvya Guedes

Enrique Berruezo, Ana Núbia, Victor Prado, Selma Pereira, Denis Rezende, Elisa Salgado e Diêgo de Freitas Ozair Riazo e Rodrigo Dias

Equipe Prima Iluminação

110

Bárbara Neuma e Fabiana Moreira

Vânia Meireles e Valéria Meireles

Marília Rezende e Roberto Scot

Anne Carvalho e Mayse Mendonça

Silia Bittencourt e Douglas Monteiro


111


social Fotos: ângela motta

André Morbeck

Lucas Ruiz

Diogo Miranda

Arte e design Uma explosão criativa tomou conta da loja Tabriz no evento de comemoração do aniversário de seu novo endereço. Em parceria com o escritório de arte Stella Isaac, foi aberta a exposição Transbordamentos, com curadoria de Carolina Isaac. Montada com peças assinadas por André Morbeck, Decy, Eduardo Luz, Diogo Miranda e Lucas Ruiz, a mostra reuniu arte, design, moda, graffite e ilustração em pinturas, desenhos, esculturas e objetos exclusivos de design, aplicados em diferentes suportes. Carolina Isaac, Stella Isaac e Alessandra Isaac

Concetto em Goiânia

Fotos: Igor Leonardo - Hektaphoto’s

Trazendo para Goiânia uma das mais modernas lojas de móveis planejados residenciais e corporativos, os empresários Gilberto Sebba, Deli Sebba e Ângela Sebba abriram as portas da Concetto Casa & Escritório. O evento, para convidados, lançou linha de cadeiras corporativas importadas, com destaque para as italianas, e inaugurou uma mostra composta por 20 ambientes, assinados por 27 arquitetos. Deli Sebba, Gilberto Sebba, Ângela Sebba e Jordana Sebba

Pedro Paulo Luna 112

Rose Campos

Augusto Thomé e Júnior Roriz

William Hanna


Turquia

Um dos destinos mais procurados no mundo, Antalya oferece ao visitante banho de história, com direito a belas praias e montanhas

Rio de Janeiro Cidade se moderniza com obras para Copa e Olimpíadas, mas com altos custos sociais

Caldas Novas Rio Quente Resorts investe no turismo de experiência, cujo objetivo é fazer expectativas do turista serem superadas

foto: divulgação Foto: Murat ozcelik

113


viagem Fotos: Murat ozcelik

Cercada Por praias e montanhas, Antalya é um dos destinos turísticos mais visitados do mundo. Sua gastronomia mistura sabores do mediterrâneo e do oriente

Natureza, cultura

e história Antalya, destino turístico da Turquia conhecido por suas belas florestas e praias, guarda marcas dos impérios Bizantino, Romano e Otomano

114


Murat Ozcelik

N

a Turquia, Antalya é um destino turístico conhecido por suas belas praias e florestas, bem como por sua rica história e cultura. Em 2011, com 10,5 milhões de visitantes, foi a quarta cidade mais visitada do mundo. Fundada por volta de 150 a.C, foi chamada de “Attaleia” em homenagem ao seu fundador, o Rei de Pérgamo Átalo II. Dentre as civilizações que passaram por suas terras, figuram os Pérgamos, que deixaram a antiga Perge. A cidade também pertenceu ao antigo Império Romano, ao Bizantino, aos turcos seljúcidas e, posteriormente, ao Império Otomano. Todas essas civilizações trouxeram sua cultura e deixaram suas marcas. Quem quiser conhecer este local paradisíaco não pode deixar de visitar a antiga Perge, o Teatro de Aspendos, a capital do inverno de Alexander Phaselis, o Olimpos (com suas ruínas e uma linda praia), o Templo de Apolo, as Ruínas de Sida, a Mesquita de Yivli e a Cidade Antiga de Antália. Estes são alguns dos exemplos de lugares em que se respira a história. A Turquia tem uma rica gastronomia. Por estar entre o Leste e o Oeste da Europa, a fusão entre o sabor do Mediterrâneo e a culinária do Oriente oferece uma fantástica mistura de ingredientes na composição de deliciosas entradas, conhecidas como Meze. Não se sabe ao certo se os turcos desenvolveram esses gostosos pratos por influência do Raki, que é sua bebida nacional, ou se foi o contrário. O importante é que é uma gastronomia inesquecível. Em Antalya, vale a pena experimentar os peixes frescos do Mediterrâneo, com destaque para robalo, dourada, coral e salmonete. Muitos festivais, como o Festival do Pastor, são realizados em Antalya, especialmente na época do verão. A Luta Turca, também conhecida como “luta de azeite” ou “luta de gordura”, é o desporto nacional da Turquia. Os lutadores se cobrem de azeite e usam tradicionalmente calções de couro de búfalo (os kisbets). A vitória é do que conseguir levantar o adversário, segurando-o pelo kisbet e mantendo-o de cabeça para baixo e as pernas para cima. Lindas praias, cachoeiras, montanhas e florestas. Este lugar é cercado por todas essas inesquecíveis belezas. Cascatas de Manavgat, Kursunlu e as cachoeiras de Duden são roteiros naturais imperdíveis. O Farol de Gelidonya está no topo das Montanhas Taurus, de onde se tem uma vista panorâmica da cidade. A Praia de Alanya é uma das mais compridas do país, com areias finas e douradas, que fazem dela ainda mais preciosa. Completa a paisagem um profundo mar de cor azul. A Praia de Konyaalti é bastante popular e fica no centro da cidade. Phaselis e Olympos oferecem contemplação de marcos históricos e belíssimas praias. (Murat Ozcelik é fotógrafo profissional - www.muratozcelik.net/

Festival do pastor, um dos tradicionais eventos de antalya

praias com belas paisagens, localizadas no perÍmetro urbano, aguardam o visitante

Templo de apolo: monumento que compõe herança deixada por antigas civilizações

Com tradução de Polyanna Mota)

Como chegar Há voos diários saindo de São Paulo para Istambul todos os dias. De Istambul para Antalya, gasta-se uma hora de voo e, na época do verão, saem diariamente 10 voos de Istambul para Antalya.

Festival de Luta turca, o desporto nacional, é uma das atividades realizadas no verão

115


contraste

Rio de dois pesos e

duas medidas

Na corrida para realizar a Copa e os Jogos Olímpicos, cidade tenta equilibrar benefícios e transtornos das obras destinadas aos dois maiores eventos esportivos do planeta

Osmar Régis

O

barulho das britadeiras é ensurdecedor. Homens fortes, vestidos com macacões de cor laranja e capacetes de plástico desfilam pelas ruas de Copacabana carregando pás, marretas e sacos de cimento e outros materiais de construção. O Rio de Janeiro virou um canteiro de obras. O motivo? Receber os maiores eventos esportivos do planeta: a Copa do Mundo da Fifa 2014 e os Jogos Olímpicos e Paraolímpicos de 2016. Desde outubro de 2009, quando foi anunciado como sede dos Jogos Olímpicos, o Rio virou palco de diversos projetos visando à preparação da cidade para este evento e para a Copa. As obras incluem instalações esportivas e do estádio Maracanã, infraestrutura no campo da mobilidade

116

urbana (modernização e expansão do metrô, construção de corredores de ônibus, obras viárias de acesso à área urbana e reformas do Aeroporto Internacional Tom Jobim) e projetos de reestruturação urbana. O governador Sérgio Cabral (PMDB) e o prefeito Eduardo Paes (PMDB) apostam nas reformas urbanas para dar nova cara para a cidade que vai sediar os dois eventos. A assessoria de imprensa do governo federal dispara para os jornais e revistas inúmeros e-mails mostrando os avanços que a cidade tem recebido durante esses anos que precedem esses eventos. Para se ter uma ideia da grandiosidade do montante investido, apenas a reforma do Estádio do Maracanã, orçada em R$ 705 milhões, ficou em R$ 859,5 milhões, um valor bem acima da previsão oficial. Esportistas e profissionais da mídia que vão trabalhar na


rio de Janeiro moderniza sua estrutura urbana com obras das olímpiadas e da Copa, como o novo maracanã (ao lado) Fotos: reprodução

cobertura dos dois eventos contarão com duas vilas para se hospedarem. A Vila Olímpica e Paralímpica começou a ser construída em 2012 e tem entrega prevista para 2015, um ano antes dos jogos. Serão 48 prédios de 12 andares com capacidade de acomodação total de 17.700 pessoas. O terreno da futura moradia dos atletas está próximo do Parque Olímpico, o principal local de competições. O Parque dos Atletas, no bairro do Recreio, abrigará, além da Vila Olímpica e Paralímpica, uma área de lazer para os esportistas. Aliás, esta foi a primeira instalação com a grife Rio2016 já entregue e disponível para uso da população antes mesmo de se tornar um legado dos Jogos. Desde março de 2012, os cariocas utilizam o espaço para práticas esportivas. A magnitude e importância destes eventos mostraram a necessidade de uma reestruturação no transporte coletivo

municipal. As competições serão realizadas em quatro regiões (Copacabana, Maracanã, Barra da Tijuca e Deodoro), e as obras interligarão e facilitarão o deslocamento de atletas, turistas e moradores. Entre as vias está a “transolímpica”, que é considerada a maior obra do Rio de Janeiro nos últimos 30 anos. Com 26 km de extensão, ela deve encurtar o deslocamento dos atletas entre as instalações dos Jogos Olímpicos de 2016, ligando o Recreio dos Bandeirantes a Deodoro. A linha de BRT Transolímpica, diferentemente da Transoeste e Transcarioca, também será utilizada por carros e não terá cruzamentos ou sinais. Além de beneficiar o transporte de 400 mil pessoas, a via promoverá a urbanização em todo seu entorno. Pedestres poderão contar com travessia prioritária, calçadas largas, ciclovias e bicicletários nas estações.

117


Um dos destaques do projeto olímpico carioca é a revitalização da zona portuária do Rio de Janeiro. Além das vilas de Mídia (destinada à imprensa escrita e também às emissoras detentoras do direito de transmissão) e dos Árbitros, o local contará com outras instalações, como Centro de Mídia não Credenciada, Centro Principal de Operações (MOC), Centro Operacional de Tecnologia (TOC), Centro de Distribuição de Uniformes (UAC) e Centro Principal de Credenciamento (MAC). Dentro do projeto de revitalização estão inclusas também a criação de espaços de cultura, educação e entretenimento, além da demolição de parte de um trecho da via elevada Perimetral, a construção de 4 km de túneis e viadutos, a reurbanização de ruas e implantação de redes de serviços como água, esgoto, telefone e gás. A cidade do Rio de Janeiro será dividida em quatro zonas que irão receber as competições das 28 modalidades olímpicas: Barra da Tijuca, Maracanã, Copacabana e Deodoro. Outras quatro cidades (Belo Horizonte, Brasília, Salvador e São Paulo) servirão como apoio para a disputa do futebol olímpico. Ao todo, são 34 instalações olímpicas: 18 já estão prontas, nove ficarão de legado para os habitantes e as outras sete serão temporárias, construídas, usadas e desmontadas após os Jogos de 2016. A Barra da Tijuca receberá a maioria das instalações. É lá que ficará o Parque Olímpico do Rio, o principal local de disputas e casa de 20 esportes olímpicos. A Arena Olímpica, o Centro Aquático Maria Lenk e o Velódromo Olímpico, cons118

truídos para os Jogos Pan-Americanos de 2007, serão reaproveitados. O Riocentro, o principal centro de exposições e convenções da cidade, terá alguns de seus pavilhões adaptados para a disputa de esportes como boxe, tênis de mesa, badminton e halterofilismo. Arena A segunda zona de disputa será o Maracanã. Os esportes de praia serão disputados em Copacabana. O vôlei de praia, por exemplo, terá uma arena construída temporariamente no cartão-postal da cidade para a sua disputa. A região de Deodoro receberá sete esportes olímpicos. Assim como no Parque Olímpico, as instalações erguidas ou reformadas da região, como a Arena Deodoro, o Centro Nacional de Hipismo, o Centro Nacional de Tiro e o Parque de Pentatlo Moderno formarão o Centro Olímpico de Treinamento local. Além desses espaços, Deodoro será local também do Parque Radical, o núcleo de esportes radicais olímpicos. Com o título de “Cidade Maravilhosa”, o Rio de Janeiro sempre foi o orgulho nacional. Porta de entrada para os turistas estrangeiros que chegam ao Brasil, para uma visita rápida ou uma longa viagem pelas paisagens tupiniquins, a cidade ficou gravada no imaginário mundial. Por sua beleza exuberante, de um lugar que nasceu cravado no meio da floresta, pelas manifestações culturais como o carnaval e os bailes funk, ou pelas favelas e novelas. Não importa, o certo é que o Rio se tornou uma cidade que nunca vai deixar ninguém indiferente.


Porto contará com espaços para cultura e entretenimento. Abaixo, Casas demolidas para obras da transcarioca: desapropriação em massa

Mas nem tudo são flores quando se fala na modernização do Rio de Janeiro para os eventos de 2014 e 2016. Por trás desta história, há grandes riscos de se mexer profundamente em algo que vai além de barras de concretos e estruturas físicas. As estruturas sociais podem ficar abaladas, causando inúmeras desigualdades e acentuando ainda mais os problemas desse grande centro urbano. Desde o momento em que foi anunciada a escolha do Rio de Janeiro como sede das Olimpíadas de 2016, por exemplo, a grande imprensa, políticos e diversos analistas têm ressaltado as oportunidades da ampliação dos investimentos na cidade, destacando as possibilidades de solucionar grandes problemas, como o da mobilidade urbana, e oportunidade de recuperação de espaços degradados para a habitação, comércio e turismo, como é o caso da sua área central. Nesse contexto, a Prefeitura Municipal do Rio de Janeiro desenvolve o projeto da “Cidade Olímpica”, com o objetivo de acabar com a cidade partida, dividida entre morro e asfalto, ideia propagada pelo sociólogo Zuenir Ventura em 1994. A ideia do projeto é integrar, levando dignidade à população. Os impactos das intervenções urbanas são de grandes proporções e envolvem diversos processos de exclusão social, com destaque para as remoções. Para se ter uma ideia, as informações disponíveis permitem estimar gastos da ordem de R$ 1 bilhão com desapropriações, apenas para a implantação dos BRTs Bus Rapid Transit. Estima-se que o número de pessoas que já foram removidas ou estão sob ameaça de remoção forçada por con-

ta da Copa e das Olimpíadas chegue a 170 mil em todo o Brasil, segundo dados fornecidos pelo Dossiê do Comitê Popular da Copa e Olimpíadas do Rio de Janeiro. Pobres As violações do direito humano à moradia cometidas pela Prefeitura Municipal do Rio de Janeiro através da prática das remoções se constituem numa política de reorganização do lugar dos pobres na cidade do Rio de Janeiro, conforme os interesses imobiliários e as oportunidades de negócios. Outra faceta dessa política, segundo denúncia feita pelo núcleo, é a criação das Unidades de Polícia Pacificadora (UPPs), tendo em vista que não é possível deslocar todos os pobres das áreas “nobres” da cidade. A Comunidade do Campinho é um exemplo da desapropriação em massa que vem ocorrendo no Rio. Localizada no Largo do Campinho, foi extinta em junho de 2011 devido à remoção de 65 famílias, ação promovida pela prefeitura para a construção de um mergulhão do corredor Transcarioca de BRT. No mês de março, algumas pessoas acompanharam pela TV o drama de Ravel Mendonça, 17 anos, atleta da seleção brasileira sub-19 de vôlei de praia, grande esperança para os Jogos Olímpicos de 2016, que viu sua família desapropriada e sua casa demolida. O motivo? As obras do corredor Transcarioca que passariam pelo lugar onde morava, no Largo do Tanque, na zona oeste do Rio de Janeiro. 119


viagem

Vista geral do hot park: maior parque aquático da américa do sul

Turismo de experiência Grupo Rio Quente Resorts oferece natureza, conforto, luxo e aventura para férias inesquecíveis

120

Alice Galvão

P

assar momentos especiais em um lugar paradisíaco, cercado de natureza, é muito bom. Se além disso você puder ter conforto, serviços de alto padrão e lazer durante 24 horas, melhor ainda. Mas o que faz com que um roteiro seja realmente inesquecível são as sensações que ele proporciona. Uma programação permeada por surpresas, lugares inusitados e eventos memoráveis conta muitos pontos, em uma época em que a internet nos dá a impressão de já termos visto tudo. Neste contexto, o turista pós-moderno busca experiência. Em vez de constatar aquilo que já ouviu falar ou leu em algum lugar, ele quer construir sua relação particular com o lugar, ser

transformado e ter suas expectativas superadas. Aqui no Brasil, instalado no meio do cerrado, o Rio Quente Resorts investe nesta tendência e aposta alto no turismo de experiência. Em um complexo formado por quatro hotéis e uma extensa área de lazer temática, o destino é uma excelente pedida para quem quer deixar a vida urbana de lado por alguns dias para mergulhar em águas quentes e cristalinas. No Parque das Fontes, a iluminação noturna incide sobre a água e revela um fundo coberto de pedras brilhantes, enquanto as fontes jorram formando conjunto de pequenas e harmônicas cascatas. São piscinas, saunas e ofurôs abertos nas 24 horas do dia. Provenientes da geotermia, fenômeno natural de aquecimento pelo calor que vem do cen-


Parque das fontes: iluminação noturna revela fundo da piscina coberto por pedras brilhantes Fotos: Divulgação

Rio quente cristal resort: arquitetura de linhas retas e todas as mordomias de um hotel de luxo

XPirado: turismo de aventura em cenário cinematográfico, com direito a trilha sonora

tro da Terra, surgem em meio à mata nativa 18 nascentes com temperatura em torno de 37,5ºC, que circulam pelas 13 piscinas do complexo, incluindo o Rio Quente Resorts, o Hot Park (maior parque aquático da América do Sul) e a Praia do Cerrado (a maior de águas quentes naturais do mundo). Agora imagine poder aproveitar a natureza exuberante, as águas termais e, ao mesmo tempo, hospedar-se com todas as mordomias que um hotel de luxo pode proporcionar. Pois assim é o Rio Quente Cristal Resort, único do complexo na categoria premium, com decoração inspirada nos elementos água, terra, fogo e ar. Entrar no Cristal é transpor uma tênue linha entre o rústico e a sofisticação. Por meio de uma arquitetura arrojada, com linhas retas e tons claros, todos os caminhos levam ao conforto, desde a recepção até os apartamentos. No percurso, uma piscina de borda infinita se funde com o cerrado, criando uma integração visual surpreendente. O paisagismo é assinado por Benedito Abbud e, nas áreas externas, ganha iluminação de piras, que se acendem à noite e criam um clima de luau, propício à degustação de um bom vinho vindo da Adega Centro da Terra ou de um aperitivo do Bar dos Ventos. Envolvido pela mata do cerrado, o Restaurante da Mata é um convite à apreciação da autêntica culinária brasileira. Os aventureiros de plantão também podem fazer as malas e experimentar a adrenalina proporcionada pela atração mais radical do Hot Park: o Xpirado. O brinquedo reúne um conjunto de elementos sinestésicos que envolvem o visitante desde a fila para a entrada, até o fim do seu trajeto. Baseado na história exibida em filme aos visitantes, sobre a fictícia Vila das Palmas, um vilarejo de pescadores que é dizimado após um ataque de piranhas, o trajeto é uma subida, permeada por elementos da ficção. Com o maior clube de férias da América do Sul (Rio Quente Vacation Club), o Rio Quente Resorts oferece hospedagem pelo sistema de tempo compartilhado. Nesta modalidade, você compra tempo de hospedagem, representado por pontos, que podem ser convertidos em semanas. Graças a uma parceria do grupo com a RCI (Resorts Condominium International), estas semanas podem ser usufruídas em diferentes resorts ao redor do mundo. 121


Foto: spainholiday

Relato de Viagem

Palácio de Alhambra, em Granada: Um dos prédios que representam a presença da arquitetura islâmica no país

Pelo reino da Espanha Arquitetura de Gaudi, culinária e cultura flamenca estão entre atrações imperdíveis Luciano Carneiro

A

Espanha é um país pleno de história e arte, suas cidades são limpíssimas e o transporte público realmente funciona. Eu e minha família desfrutamos as cidades do Reino da Espanha caminhando bastante por seus centros históricos, descobrindo becos que se abriam em praças ou nos levavam a monumentos belíssimos, ricos de trabalhos artesanais. Tentamos vivenciar as cidades nos sentando em seus cafés, comendo as famosas tapas, a tradicional ternera e tomando bons vinhos espanhóis. Também vimos um show de flamenco e até um show de jazz com uma banda local, que utilizou instrumentos inusitados, como utensílios de cozinha, mangueiras e canos, em sua apresentação. Em todas as cidades que visitamos, como Madri, Córdoba, Sevilha, Granada e Barcelona, procuramos sempre conhecer suas mais representativas construções históricas, como praças, catedrais, palácios e museus. Algumas delas misturam vários estilos decorativos, mas todas com trabalhos admiráveis e que sempre nos deixavam encantados: azulejos coloridos, mosaicos e outros tantos detalhes. Passamos rapidamente pela charmosa Toledo, onde vimos sua belíssima Catedral. Ficamos impressionados também com monumentos e locais como o Museu do Prado, a Catedral do Bairro Gótico com suas ruelas e praças, o Temple de la Sagrada Família (maior obra de Gaudi) e toda a colina de Montjuic, onde está o Poble Espanyol e onde fontes e cascatas descem em degraus do Palau Nacional em Barcelona. No sul da Espanha, nos encantamos com as obras mouriscas de Córdoba, Sevilha e Granada. Barcelona, onde apreciamos muita arquitetura modernista, é frenética e animada, tem muitos jovens e a avenida Las Ramblas tem vida ativa durante 24 horas. (Luciano Carneiro é empresário hoteleiro em Goiânia) 122

Luciano em Madri: visita a palácios, museus e prédios históricos

Chirlei, adriano e aline no Terraça da pedreira por gaudi, em Barcelona


social

Jantar com estilo

Fotos: Igor Leonardo - Hektaphoto’s

Apreciar os pratos preparados pelo chef Raphael Despirite ao som de smooth jazz, em ambiente com vista panorâmica da cidade de Goiânia e ao melhor estilo supperclub europeu, foi privilégio de um seleto grupo de convidados do empresário João Gabriel Tomé, da City Soluções Urbanas, que recebeu 160 VIPS no Centro Cultural Oscar Niemeyer. Um desfile da Farfetch, empresa de e-commerce de marcas ultra premium da moda, fechou a noite em grande estilo.

Gabriel Daniel, Raphael Durand Despirite e Pedro Kluppel

Victor Tomé e Marília Goulart

Fotos: gusavo castro - Hektaphoto’s

João Gabriel Tomé e Flávia Zaiden

9ª Mostra Artefacto A Artefacto apresentará durante todo este ano sua 9ª mostra de interiores, que traz entre os destaques as novidades da coleção 2013. As concepções são assinadas por 17 renomados arquitetos e designers de interiores, em 14 ambientes. O convite para que cada profissional homenageasse pessoas queridas esteve entre as inovações propostas.

Cláudio Prado, Andrea Torminn , Pedro Torminn e Vera Torminn

Desfile paralelo Atraindo todos os holofotes, as modelos Dienifer Costa (Miss Goiás 2010), Wiviany Ferreira de Oliveira (Miss Goiás 2011), Jane de Sousa Borges de Oliveira (Miss Brasil Mundo 2006) e Gabriela Markus (Miss Brasil 2012) vestiram peças de Carmem Cardoso no evento que elegeu a representante de Goiás no Concurso Miss Brasil 2013. As ex-misses, que estavam deslumbrantes, promoveram um desfile à parte. Wiviany Ferreira de Oliveira, Lucimar Cardoso, Jane de Sousa Borges de Oliveira, Dienifer Costa

123


social

Fotos: mc photofilmes

Ana Núbia Jacob e Enrique Berruezo Garrido

Casamento ao ar livre Ana Núbia Jacob e Enrique Berruezo Garrido se casaram em belíssima cerimônia religiosa ao ar livre, no Espaço Sofisticato, no último dia 11 de maio, às 20 horas. Ela é promotora Regional GO/DF da Cosentino e ele, diretor-financeiro da Cosentino Latina. Um brinde ao casal!

Fotos: divulgação

Bete Ferrarezi expõe Fé e Ferro Exposição de esculturas da artista plástica Bete Ferrarezi, intitulada Fé e Ferro, foi um sucesso. Instalada no Deck Norte Shopping, em Brasília, a mostra foi protagonizada pelo elemento ferro, com curadoria de Bisser Nai, produção de Kell Motta, assessoria técnica de Massimo Massaglia e projeto iluminação de Carmen San Thiago. As esculturas evidenciam as estruturas internas que sustentam objetos e edificações e permitem olhar por dentro do que resta após as transformações de um evento extremo. Algumas obras parecem estar em processo de reação à nova realidade. O contexto é de incerteza e os riscos não podem ser inteiramente controlados. Fotos: kell motta

Klênyo Lúcio e Luiza Helena posam ao lado do bolo

Noivado em grande estilo

Arquiteta Cláudia Oliveira e João Tomaz

124

O empresário Klênyo Lúcio e a procuradora federal Luíza Helena Pontes selaram o noivado em uma reunião íntima em sua belíssima chácara em Hidrolândia. Os preparativos para o casamento, que será em junho, estão a todo vapor. A cerimônia será em Brasília, onde o casal já fixou residência. Felicidades aos noivos!


125


carros astero motta astero@revistazelo.com.br

Ferrari California 30

Fotos: divlgação

Lançada no Salão de Genebra de 2012, a Ferrari California 30 é a nova sensação de esportividade que chega ao Brasil. O nome California 30 se deve aos 30 cavalos de potência a mais e 30 kg de peso a menos. Com essas mudanças, o superesportivo passa a ser equipado com um motor 4.3 V8 de 490 cavalos. Além disso, o torque subiu dos 49,4 kgfm para 51,5 kgfm, permitindo ao roadster California 30 alcançar 0 a 100 km/h em apenas 3,8 segundos.

Superesportivo Tuatara A Shelby SuperCars anunciou o Tuatara, seu mais novo superesportivo, desenvolvido para desbancar o Bugatti Veyron, detentor atual do recorde de velocidade para carros de produção com 431 km/h. O Superesportivo norte-americano Tuatara, que chega a atingir 442,5 km/h, pode superar a velocidade de avião turboélice. O carro, que terá debaixo do capô um V8 6.9 biturbo, que desenvolve 1.350cv de potência e 176,7kgfm de torque, será apresentado no Salão de Frankfurt, em setembro.

Citroën lança o C4 Rock You

Lamborghini

Uma série especial da Citroen está chegando, em edição especial limitada a 700 unidades. O carro oferece como diferencial um sistema de som concebido para quem deseja uma reprodução sonora de alta qualidade. Produzido a partir da versão GLX 1.6 16V Flex, o Citroën C4 Rock You se destaca pelo equipamento de som exclusivo, com alto-falantes de 180 W na traseira e 150 W na dianteira, além de um subwoofer de 100 W. O Citroën C4 Rock You oferece motor 1.6 16V Flex - com 113 cv de potência quando abastecido com álcool, e caixa de câmbio manual com cinco velocidades. Preço sugerido parte de R$ 53.145,00.

A Lamborghini celebrou 50 anos de história, com o maior encontro de veículos superesportivos, reunindo 350 modelos de 29 países no Grand Tour Lamborghini. Foram 1.200 quilômetros de estrada pela Itália, passando pelas cidades de Milão, Roma, Bolonha e, claro, a sede da fabricante, em Sant´Agata Bolongnese.

Supreme Peugeot Goiânia ganha mais uma concessionária Peugeot. Trata-se da Supreme Peugeot Goiânia, do Grupo Ramasa. Os convidados puderam conferir em noite de coquetel de inauguração dois novos produtos disponibilizados ao mercado goiano, o conceito da marca Peugeot e o novo carro da marca francesa, o Peugeot 208. 126


(62) 3255 0808 (62) 3097 7878 WWW.FORMATOGRAFICA.COM.BR


Profile for Revista Zelo

Zelo 24  

Vigésima quarta edição da Revista Zelo

Zelo 24  

Vigésima quarta edição da Revista Zelo

Advertisement

Recommendations could not be loaded

Recommendations could not be loaded

Recommendations could not be loaded

Recommendations could not be loaded