Page 1

3 4 ª

Ed i ç ã o

-

Ano

IX

-

R $

15, 00

-

w w w.rev ist a z elo . c o m . b r

Moda festa

Tecidos nobres e bordados para brilhar

Espumante

Bebida é item indispensável nas comemorações

Estética

As últimas tendências em cirurgia plástica

Gentileza

Prática pode mudar a sua vida e das pessoas ao redor


APARTAMENTOS DE

1Q

a

4Q

LANÇAMENTOS

A TCI DEFENDE SEU INVESTIMENTO

SUPER SOLIDEZ

EM CONSTRUÇÃO

SUPER QUALIDADE

PRONTOS P/ MORAR

SUPER LOCALIZAÇÃO SUPER VALORIZAÇÃO

DESCONTOS DE

15.000 60.000 A

ENTRADA

EM ATÉ

6X

SOMENTE DE

03 DE OUTUBRO À

30 DE NOVEMBRO

3545 4455 www.pontocomimoveis.com

*O desconto varia de acordo com o preço / metragem da unidade. Ver a tabela especial da promoção. *A venda / financiameto fica sujeita à aprovação do crédito e as condições/ prazos de pagamento variam pelo cronograma de cada empreendimento. Toda proposta fica sujeita à aprovação por parte da construtora e/ou banco. Promoção válida somente de 03 de Outubro a 30 de Novembro de 2015. Quantidade sujeita à disponibilidade nos empreendimentos, de acordo com tabela especial da promoção.

supervenda.tciconstrutora.com.br www.facebook.com/supervendatci


L A N Ç A M E N T O

SIDNEY SEU MUNDO EM GOIÂNIA. ApTOS. 1 e 2Q e DUpLEX

AV. JAMEL CECÍLIO COM AV. E - JARDIM GOIÁS. Perspectiva artística da fachada. Imagem meramente ilustrativa. Os itens de acabamento serão entregues conforme memorial descritivo. A locação de elementos estruturais pode variar de acordo com exigências técnicas. e porte, mas estará de acordo com o projeto paisagístico. Empreendimentos em fase de aprovação junto à Prefeitura Municipal. É proibida a comercialização de unidades sem a devida aprovação do Registro


O CO MpL EX O I M ObIL IÁR IO DE M AI O R S U CE S S O DE G O IÂNIA

Assim como a EbM, você poderia estar em outro grande centro do mundo, mas escolheu viver em Goiânia. para reduzir a distância entre o seu estilo de vida e o jeito de viver em uma metrópole, a EbM apresenta o Metropolitan Sidney SmartStyle. Um lançamento que reúne sofisticação, praticidade e modernidade, nos metros quadrados mais desejados da cidade. Enfim, o seu mundo em um apartamento.

ApROVEITE CONDIÇÕES ESpECIAIS DE LANÇAMENTO VISITE STAND E DECORADO AVENIDA E - JD. GOIÁS

Vendas:

4001-3636

Realização e vendas:

ebm.com.br

A vegetação que compõe o paisagismo retratado nessa imagem é meramente ilustrativa e apresenta porte adulto de referência. Na entrega do empreendimento essa vegetação poderá apresentar diferenças de tamanho da Incorporação Imobiliária. Órgão fiscalizador: CRECI/GO - fone (62) 3224-2299. Metropolitan - RI-76.477


Acompanhe nossas redes sociais

Qualidade aprovada pelo

Ensaios realizados pelo Laborat贸rio L. A. Falc茫o Bauer conforme relat贸rios LPC/L-258.793/1/15 e LPC/L-258.793/2/15 de acordo com as normas da ABNT NBR 16259.

62

3275-8004

www. BALCONYBRASIL .com.br


bontempogoiania

@bontempogoiania


Sumário

40

46

62 32

COMPORTAMENTO

48 INVERNO 2016

Gentileza gera gentileza?

Acompanhe as tendências

Entenda como o hábito

de moda da quadragésima

pode mudar sua vida 38 É FESTA! Editorial recheado com peças elegantes para inspirar os looks de fim de ano 46 ROSE QUARTZ Fique por dentro do rosa pastel, a cor do verão 2016

edição do SPFW 50 CRIATIVIDADE Profissionais de marketing das principais construtoras da Capital revelam estratégias para fidelizar clientes 62 INOVAÇÃO Marcelo Rosenbaum fala à Zelo sobre processo criativo e valorização das tradições e materiais locais


64

72

100 64

DECORAÇÃO Três experts dão sugestões para criar mesas requintadas para o Natal 72 CAFÉ Descubra os mistérios dessa bebida tão saborosa 76 ZELO GOURMET

85 ESTÉTICA Cirurgia íntima, assunto ainda é tabu entre as mulheres 98 RÉVEILLON Confira destinos badalados para se comemorar a data 100 VIAGEM

História, glamour e

Porto Seguro, ponto turístico

curiosidades sobre

tem muito mais a oferecer

o espumante

do que sol e praia


Imagem meramente ilustrativa.

VENHA FAZER PARTE DO MAIOR LANÇAMENTO IMOBILIÁRIO DE 2015. Conheça o complexo mixed use no coração de Goiânia e garanta o melhor negócio dos próximos anos.

R5-288.286

Torre corporativa

Salas comerciais

Centro de convenções

Hotel

Shopping

Office

Hotel

Salas comerciais de 35 a 66m2

nexusgo.com.br

Bandeira internacional inédita em Goiânia - Ramada

Conexão inteligente

Incorporação e construção:

VISITE NOSSO STAND DE VENDAS

Corporate

Localização sênior:

Av. D com Av. 85

Parceiro:

Lajes corporativas de 256 a 545,71m2

entre

negócios.

Vendas:

STAND DE VENDAS:

3086-2100


Edição Geral Rosângela Motta Edição Hannah Motta Edição de Fotografia Ângela Motta Reportagem Alexandre Parrode Alice Galvão Andrea Regis Hannah Motta Juan Meloni Maria Cristina Furtado Osmar Régis Fotografia Kell Motta João Carlos Lucas Magalhães Diagramação Fabianne Salazar Pereira Estagiários Gabriel Evan (diagramação) Clara Luiza (redação) Tratamento de imagens Vinícius Alves Revisão Fátima Tolêdo Projeto Gráfico Carlos Sena Jornalista Responsável Astero Motta (JP - 2233) Zelo em Brasília Kell Motta (61) 9915-5115 Impressão Gráfica Formato Motta Editora Ltda Telefones: (62) 3259 6510/(62) 8501 0333 www.revistazelo.com.br redacao@revistazelo.com.br Rua T-36 nº 695, Sl. 506, Ed. Aquarius Center - CEP: 74.223-055 St. Bueno - Goiânia-GO NOSSA CAPA: A modelo Marília Barroco (Mega Model) foi fotografada por Luciano Medeiros; styling de Lidi Santos; beleza de Karla Torres. Vestido Mila Molica para Skandallô A Revista Zelo não se responsabiliza pelos conceitos emitidos nas colunas e artigos assinados por seus colaboradores e não tem vínculo empregatício com os mesmos.

Editorial

Rosângela Motta

Ângela Motta

zelo Em festa! Zelo comemora nove anos. O que é possível conquistar em quase uma década? Nesse tempo, ganhamos novos anunciantes e colaboradores, mais do que dobramos o nosso número de páginas, ampliamos a distribuição e recebemos vários prêmios, entre eles o Aquino Porto, de qualidade gráfica editorial. Todas essas conquistas nos impulsionam e nos dão a confiança de que estamos no caminho certo. A data não passa em branco. Nossa equipe de arte deu uma reformulada no projeto gráfico, deixando-o mais lindo e leve. No conteúdo, continuamos reafirmando nossa vocação de sermos inovadores. Nesta edição, que tem sabor de comemoração, abordamos o tema gentileza, prática que pode mudar a nossa vida e das pessoas que convivem conosco. Aliás, mudar é uma palavra presente na vida do design Marcelo Rosenbaum, criador do projeto A Gente Transforma, que busca aumentar a autoestima de artesãos. Conversamos com profissionais de marketing, que explicam como experiências sensoriais podem envolver o consumidor. Falando em sensorial, especialistas desvendam os mistérios do café, que estimula todos os nossos sentidos. E como em comemoração não pode faltar um espumante – afinal, suas borbulhas trazem alegria e glamour –, esse assunto é recheio da nossa edição especial. Na seção Casa Zelo, você confere projetos inspiradores de quatro arquitetos, que fazem da criatividade sua marca. Em Zelo Beleza, as últimas tendências e lançamentos em equipamentos e procedimentos estéticos. Nossa equipe desembarcou em Porto Seguro, para mostrar o que o destino tem de melhor na cultura e na história. Para inspirar você a entrar no clima das festas, apresentamos um editorial glamoroso com vestidos exuberantes. Saboreie com calma esta edição, afinal, é a última do ano. A equipe Zelo faz um brinde aos leitores, e que tenhamos, todos, bons motivos para festejar.

Rosângela Motta


Colaboradores

juan meloni

Alexandre Parrode

Astero Motta

Pablo kossa

vinícius alves

Hannah motta

CLARA LUIZA

francisco barros

Alice Galvão

maria cristina furtado

Kell Motta

Fátima Tolêdo

Reggie Moraes

GABRIEL EVAN

Fabianne salazar

ALEXANDRE LOZI

Osmar Régis

andrea regis

johny cândido

joão carlos

KARLA torres

luciano medeiros

césar neto

lidi santos


RI R4-59.568 4ª Circunscrição de Goiânia

PRONTO PARA VOCÊ MORAR E SER FELIZ AGORA.

vista

O MAIOR TERRENO COM TORRE ÚNICA DA REGIÃO

Espaços planejados com

para o sol da manhã.

4.252 M

2

4 SUÍTES 269 M

2

4 VAGAS DE GARAGEM

Pronto para você morar e ser feliz agora. Este é o Parque Flamboyant 56, localizado na região mais nobre da cidade, cercado pelo melhor da gastronomia e entretenimento. Para tornar o Parque Flamboyant 56 ainda mais sofisticado, só mesmo você morando nele. Plantão de vendas: Rua 56, Qd. B20, Jardim Goiás - em frente ao Pq. Flamboyant. Visite o novo decorado.

3240-2300 REALIZAÇÃO E CONSTRUÇÃO:

VENDAS:


trend alert lidi santos lidiane@lidisantos.com.br

Sandália Sophia Webster

Peças assimétricas integradas a acessórios cheios de personalidade. Essa é a pedida para que looks em tons sóbrios ou românticos marquem presença nas festas de final de ano. O conceito, muito exaltado nas semanas de moda no Hemisfério Norte e também no Brasil, é conseguir ser fiel ao seu estilo, mas com uma pegada fashion, cool e que preze, acima de tudo, pelo conforto. As cores têm papel fundamental nesse momento. É interessante apostar em composições que também inspirem glamour, afinal, o momento pede um toque ora de ousadia, ora de discrição, que a paleta do bordô, prata e dourado contribui bastante. Para facilitar a busca pelo look perfeito, trazemos sugestões que não podem faltar no seu closet nesta temporada.

vestido jENNY pACKHAM

Divulgação

A força dos acessórios

óculos de madeira zerezes

chaveiro bag bug findi

bolsa dionysus blooms gucci Colar Roberto Cavalli


21


opinião

Um gol para lá de bonito

22

Por Pablo Kossa

Entrei no site da Fifa para votar no gol de Wendell Lira. Fui determinado e o fiz antes de ver as demais jogadas que concorrem ao Puskas 2015 (homenagem justíssima ao craque húngaro), premiação de gol mais bonito do ano. Foi um voto essencialmente bairrista. Votei por que ele é brasileiro, votei porque ele é goiano. Depois de ter minha escolha computada, fui assistir aos demais gols que concorrem com ex-jogador do Goianésia. Putz... É um mais bonito que o outro. Uns se destacam pela praticidade do movimento e pelo coletivo da jogada, como é o caso do de Wendell. Outros pela visão apurada do atleta, como os de David Ball, Alessandro Florenzi, Carli Lloyd e Marcel Ndjeng. Dois pela explosão muscular do jogador, aliando velocidade e técnica: os de Lionel Messi e Carlos Tevez. Um impressiona por ser uma jogada ensaiada de dificílima finalização – o de Philippe Mexes. E os dois últimos por serem jogadas de raríssima destreza, os de Esteban Ramírez e Gonzalo Castro. Se não fosse o critério bairrista, meu voto seria para o inglês David Ball. É óbvio que qualquer um dos dez tem potencial para vencer e a escolha é de cunho pessoal. Votamos naquele que nos sensibiliza. Tenho predileção por gols que mostram inteligência. O inglês, ao encobrir o goleiro adversário com maestria, se revelou um estrategista. Isso sempre me ganha.

Por exemplo, naquele histórico Santos e Flamengo em que o clube carioca venceu o paulista por 5x4, Neymar fez um gol que venceu o Puskas daquele ano. Belíssimo, é claro. Mas, para mim, não foi o mais bonito. O de Ronaldinho Gaúcho batendo uma falta rasteira, com pouca força, por debaixo da barreira, no canto do goleiro do Peixe, me impressionou mais. Justamente pela perspicácia da jogada. Sei que não sou maioria. Com a repercussão da jogada, também fiquei sensibilizado com a história do atleta goiano de 26 anos. Considerado desde garoto uma das joias da categoria de base do Goiás, Wendell não se firmou em grandes equipes por conta de lesões seguidas que prejudicaram sua carreira. Mais um dos jovens que tinham um futuro brilhante dentro das quatro linhas, mas que, por circunstâncias inexplicáveis dessa coisa chamada vida, não voaram tão alto quanto seus talentos permitiam. Triste. Acho pouco provável. Tal qual meu voto foi de cunho bairrista, ele concorre com times de torcida bem mais numerosa, contam com a mídia mundial a seu favor e isso fará a diferença. A maior probabilidade é que o troféu fique com Messi ou Tevez. O que é uma pena: será só mais um na estante desses atletas merecidamente superpremiados. Para Wendell, a dimensão da premiação é outra. Pablo Kossa é jornalista, produtor cultural e mestre em Comunicação pela UFG


23


ARTIGO

As metamorfoses de Kafka

24

“Certa manhã, ao despertar de sonhos intranquilos, Gregor Samsa encontrou-se em sua cama metamorfoseado em um inseto monstruoso. Estava deitado sobre suas costas duras como couraça e, quando levantou um pouco a cabeça, viu seu ventre abaulado, marrom, dividido em segmentos arqueados, sobre o qual a coberta, prestes a deslizar de vez, apenas se mantinha com dificuldade. Suas muitas pernas, lamentavelmente finas em comparação com o volume do resto de seu corpo, vibravam desamparadas ante seus olhos.” É assim que Franz Kafka inicia a sua célebre novela, de apenas 90 páginas – A Metamorfose. Ela é apontada pelos críticos como uma das melhores e mais intrigantes aberturas da literatura de todos os tempos. A obra, escrita em 1912, quando o autor tinha 29 anos, mas publicada em 1915, tornou-se a mais famosa de sua carreira. É também considerada uma “expressão simbólica da angústia de nosso tempo”. O centenário da publicação está sendo lembrado em todo o mundo. Kafka nasceu em Praga, em 3 de julho de 1883. À época, a região era território do império austro-húngaro. O autor, que foi funcionário numa companhia estatal de seguros, morreu de tuberculose em 3 de junho de 1924, próximo de fazer 41 anos, numa cidadezinha nos arrabaldes de Viena. Ele completou, em 1906, o curso de Direito na Universidade de Praga. A sua atividade como inspetor de acidentes de trabalho era estável e assegurava bons rendimentos. Mas Kafka sempre se sentiu insatisfeito. O motivo principal: o emprego o impedia de se dedicar totalmente à literatura. Como era frequente escrever até de madrugada, costumava ir trabalhar exausto. Ainda assim, se manteve na

função até 1922, quando a tuberculose o forçou a aposentar-se. Kafka sempre foi muito marcado pela figura dominadora do pai, próspero comerciante judeu, para quem só interessava os bens materiais e a ascensão social. Ele não via com bons olhos a atividade literária do filho. Nas obras de Kafka, que não conseguia impor-se a essa autoridade, a figura do pai aparece muitas vezes associada à opressão. Isso transparece em A Metamorfose. O grande crítico austríaco Otto Maria Carpaux, naturalizado brasileiro, autor do monumental História da Literatura Ocidental, chegou a conhecer Kafka na Berlim dos anos 20. Ele anota, com muita propriedade, que “Franz Kafka não foi theco, porque escreveu

em alemão. Não foi alemão, porque se considerava judeu. Não foi judeu, porque não tinha a fé de seus antepassados, nem o sentimento nacional dos seus contemporâneos”. O fato é que, aclamado no mundo inteiro, Kafka é pouco conhecido e divulgado em sua terra natal, a Thecoslováquia. Lá, ele é considerado um escritor “difícil” e “impenetrável”. Como escreveu toda a sua obra em alemão, quando vertido para o theco, os leitores nativos consideram seus textos “herméticos” e “indecifráveis”. Prova, com isso, o velho ditado: ninguém é profeta em sua própria terra. francisco barros é jornalista, escritor e diretor da interativa editora

Divulgação


s.o.s.cerimônia alexandre lozi alexandre@grupolozi.com.br

Naked

Divulgação

Não seria ousadia dizer que o bolo de casamento é a “noiva de açúcar”. A mesa de bolos e doces é certamente um dos cenários mais visitados e admirados no casamento e isso não é apenas por causa das gostosuras que lá se encontram. A beleza e a estética de cada detalhe fazem os olhos brilharem. Mas ledo engano pensar que apenas os bolos clássicos, cobertos de pasta americana, fazem sucesso. Os naked cakes, que são bolos sem cobertura decorados com frutas e flores, chegaram com tudo e compõem muito bem as recepções ao ar livre, com propostas provençais ou rústicas. São uma ótima escolha para as noivinhas que querem deixar a festa com cara de “homemade”.

O dia também é DELES!

26

E quem falou que somente as noivas têm direito a um dia especial? Os homens também merecem ter um momento atípico, rodeado de cuidados, mimos e animação. Em atendimento a isso, surgiram as barbearias que oferecem o dia do noivo. Com decorações inspiradas em pubs, sala de jogos e bar com bebidas variadas, elas levam o noivo e os amigos para um ambiente masculino e de descontração. E ele ainda recebe serviços de corte, barba, massagem e até manicure. Que tal experimentar?

Dancefloor O coração da festa definitivamente é a pista de dança! É lá que acontece a agitação. Músicas, cores e luzes fomentam esta animação. Mas ultimamente só isso não basta e elementos diversos têm ganhado espaço. Chinelas personalizadas para dar descanso aos pés, balões metalizados para trazer mais vida às fotos, toalhinhas para enxugar o suor, brigadeiros e guloseimas para equilibrar a bebida e até mesmo mini champanhes servidas com canudinhos para trazer charme fazem parte desses itens.

Surprise! Aquilo que é bom a gente não quer que acabe. Imagine então uma festa que é tão sonhada e requer um alto investimento. Para surpreender os convidados, os mimos são estendidos aos carros dos presentes. Tags com frases de agradecimentos, águas personalizadas com a identidade visual da festa, pequenos kits de doces variados, ou até mesmo alguma lembrança que tenha simbologia do evento encantam os convidados e os deixam com gostinho de quero mais.


FAÇA SEU EVENTO COM CHOPP COLOMBINA Agora você pode contar com todos os chopps da linha Colombina em seu evento. Leve para casa os diversos estilos da primeira cerveja artesanal goiana e surpreenda seus convidados.

(62) 3088 0806 colombinacerveja@gmail.com cervejacolombina

Insta

@ cervejacolombina


riomais

OSMAR RÉGIS osmar.regis@hotmail.com

Vá de bonde

Divulgação

O bonde de Santa Teresa, no Rio, retorna às atividades após ficar parado por quatro anos. Há mais de 100 anos, o bondinho executa seu percurso pelo tradicional bairro boêmio do Rio de Janeiro. Ele serve de meio de transporte diário para os moradores da região, além de encantar quem faz o percurso pela primeira vez. O trajeto se inicia no centro da cidade, na estação que fica ao lado do Aqueduto da Carioca, na Rua Lélio Gama, passa sobre os Arcos da Lapa e segue pelas ladeiras do bairro, em pontos turísticos como a Igreja e Convento Santa Teresa e o Largo do Curvelo.

28

Pode entrar Depois dos paulistas, agora é a vez dos cariocas, e turistas que chegam na Cidade Maravilhosa, conferirem a exposição que comemora os 20 anos da estreia de uma das séries infantis mais queridas de todos os tempos: Castelo Rá-tim-bum! Até o dia 11 de janeiro, o Centro Cultural Banco do Brasil (CCBB) abrigará cenários, fotos, figurinos dos personagens e objetos de cena do programa exibido pela TV Cultura de maio de 1994 a dezembro de 1997. Ao entrar no castelo, os visitantes têm a oportunidade de conferir mais de 21 espaços, incluindo 12 cenários recriados de forma fiel ao programa.

Parceria Quando o assunto é moda praia, a Salinas é uma referência. Graças aos traços de sua estilista, a carioca Jacqueline de Biase, a marca virou queridinha entre as cariocas. A grande novidade é que a Salinas juntou-se com um dos ícones da moda, a Tommy Hilfiger, para o lançamento de uma coleção cápsula em edição limitada. “Salinas for Tommy Hilfiger” é inspirada na exploração da América e vem com 36 peças que misturam o estilo da Tommy com a modelagem brasileira e viés tropical da Salinas.

Festejo Parte da história da música brasileira se cruza com a de Beth Carvalho. Quem aponta é Ernesto Piccolo, que dirige o espetáculo Andança — Beth Carvalho, o musical, uma homenagem aos 50 anos de carreira da “madrinha do samba”, que vai até 31 de janeiro, no Teatro Maison de France. A peça relembra a infância de Beth ouvindo o pai cantar João Valentão (de Dorival Caymmi), e passa pelas cantoras de rádio e pelos festivais da canção dos anos 1960. Lembra também sua parceria com nomes como Nelson Cavaquinho e Cartola.


29

Av. 143, nยบ 137 e nยบ200, St. Marista 62.3093 2375 | 62.3587 1336 @ivanamenezesstore


CTRLSP

REGGIE MORAES reggiemoraes@yahoo.com.br

Música

30

o pingpoint Imagine mesas de ping-pong instaladas em locais públicos no meio da cidade... Isso existe! Tudo começou quando Dimitre Gallego e Luciana Antunes, arquitetos e urbanistas confiantes de que as cidades podem ser mais humanas, descobriram as mesas públicas de pingue-pongue em Barcelona, durante os anos em que viveram por lá. De volta ao Brasil, resolveram implantá-las aqui. E foi assim que surgiu a ideia do PingPoint, um projeto que tem o objetivo de promover o uso do espaço público, a interação social, saúde, arte e o lazer. Atualmente, São Paulo possui duas dessas mesas fixas, uma no Largo da Batata e outra no Largo do São Francisco, além de várias participações especiais da versão móvel em inúmeros eventos pela cidade. www.pingpoint.com.br / www.facebook.com/pingpointsocial

O Superjazz, coletivo de DJs, músicos e VJs que visam preservar e expandir a memória do Jazz e suas vertentes, começou em 2004 com uma festa em um pequeno clube da Rua Augusta, em São Paulo, organizada pelo DJ e produtor goiano Dudão Melo, e Bruno E. O grupo conta com músicos que são convidados a acompanhá-los ao vivo improvisando em Jam Sessions ou discotecagens. Já possuem um álbum de remixes lançado pela gravadora Trama, com faixas de artistas nacionais como Ed Motta, Patricia Marx, Nação Zumbi, Max de Castro e Wilson Simoninha. www.mixcloud.com/Superjazz www.facebook.com/superjazz. brasil

Divulgação

Exposição Aberta até janeiro de 2016, a exposição Frida Kahlo – Conexões entre mulheres surrealistas no México ainda pode ser conferida no Instituto Tomie Ohtake, em São Paulo. A mostra conta com cerca de 100 obras de 15 artistas e revela a forma como uma intricada rede, com inúmeras personagens, se formou, tendo como eixo a figura de Frida. O recorte focaliza especialmente artistas mulheres nascidas ou radicadas no México, protagonistas, ao lado de Kahlo, de potentes produções. Depois de São Paulo, a mostra passará pela Caixa Cultural do Rio de Janeiro e Brasília. http://www.institutotomieohtake.org.br/

Balada O The Year, clube recém-inaugurado na Vila Leopoldina, em São Paulo, valoriza o presente, acreditando que este é o melhor momento de nossas vidas. Assim, foi preparado um ambiente onde as pessoas são bem recebidas para viver essa experiência. Com projeto assinado pelo arquiteto Guto Requena, responsável pela concepção de grandes clubs na cidade, a casa conta com dois ambientes para as noitadas, e um externo com teto retrátil para sunset’s parties e festas paralelas. Na pista interna, um grid metálico forma uma semigaiola, onde foram instalados pontos de LED que mudam de cor e movimento de acordo com a ação dos braços do DJ. www.facebook.com/theyearsp


comportamento

Quando pouco vale muito Entenda como a prática da gentileza pode mudar a sua vida e das pessoas que convivem ao seu redor

32

Por Osmar Régis Liz Woodward, 24 anos, trabalha como garçonete no 130 Diner, uma pequena lanchonete que fica na cidade de Delran, na Filadélfia, nos Estados Unidos. Durante o seu turno, por volta das cinco horas da manhã, dois oficiais do Corpo de Bombeiros apareceram no local, pediram a maior xícara de café do estabelecimento e mencionaram que eles tinham trabalhado a noite toda tentando conter um incêndio que consumira um armazém. A garçonete, que havia assistido o trabalho dos dois homens pelo noticiário, imaginou que aquela deveria ser a primeira refeição deles em 24 horas. Sem pensar muito, na hora de entregar a conta, Liz pegou a caneta e escreveu no papel: “O café da manhã é por minha conta hoje. Obrigada por tudo que vocês fazem para ajudar os outros e por correr em direção a lugares dos quais a maioria das pessoas fogem. Não importa o que façam, vocês são corajosos, bravos e fortes. Obrigada por serem corajosos e durões todos os dias. Motivados pelo fogo e impulsionados pela coragem, que exemplo vocês são. Descansem um pouco.” Os bombeiros Tim Young e Paul Hullings agradeceram e saíram do restaurante impressionados com a atitude da garota. Ao chegar em casa, Young contou a história em seu perfil no Facebook e recomendou que todos os amigos fossem comer na lanchonete onde Liz trabalhava e que lhe dessem uma boa gorjeta. Pensa que acabou? Ainda tem mais! Tim e Paul descobriram que a jovem garçonete estava tentando levantar dinheiro para ajudar seu pai tetraplégico. Mais uma vez a dupla foi às redes sociais e mobilizou os amigos da corporação. Desde então, mais de mil pessoas ajudaram a levantar US$ 67 mil (R$ 235 mil), superando a meta de US$ 17 mil (R$ 60 mil). A corrente do bem iniciada por Liz, no final das contas, fez com que ela fosse a maior beneficiada. “Gentileza gera Gentileza” Já diziam os escritos de José Datrino (1917-1996), mais conhecido como Profeta Gentileza, que por mais de 20 anos circulou pela cidade do Rio de Janeiro com sua bata customizada pregando nas praças e nas barcas entre Rio e Niterói, onde anunciava sem cansar: “Gentileza gera gentileza.” Poetas e filósofos, sábios e santos, provérbios e parábolas, a literatura e a vida, todos nos ensinam o verdadeiro significado de gentileza. Na filosofia, por exemplo, é possível citar pensadores como Aristóteles (384 a.C.–322 a.C.), que acreditava que a

bondade era aprendida pelo hábito. Dizia ele: “Quanto mais um ser humano praticar o bem, melhor ele será. E quanto mais ele praticar o mal, mais vicioso será.” Durante a Idade Média, a visão teocêntrica do mundo fez com que os valores cristãos impregnassem as concepções éticas e influíssem na maneira como a sociedade percebia a bondade, de modo que os critérios de bem e de mal se achavam vincula-

dos à fé e dependiam da esperança de vida após a morte. Já durante a Idade Moderna, as ideias de Espinoza (1632 – 1677), e outros tantos pensadores da época, embasaram seus ideais na negação da ética cristã (por acreditar que esta enfraquecia o homem). Espinoza, por exemplo, admirava a modéstia e lamentava o orgulho, sentimento que, segundo ele, atrapalhava a boa convivência entre os homens. Que a bondade é uma condição necessária para relacionamentos saudáveis e para a prosperidade comum, isso todo mundo já sabe. Mas de onde vem a bondade? Segundo a psicanalista Luiza Andrade, esse tipo de virtude vem de dentro. “O ser humano é dotado da capacidade tanto de amar quanto de odiar. Alguns conseguem acessar certos sentimentos com maior facilidade que outros. O que define isso são as experiências que o indivíduo consegue validar durante sua trajetória pessoal”, explica.


AMEAÇA DE EXTINÇÃO A modernidade e a individualização são dois dentre os temas de maior relevância nos debates das ciências sociais. Conhecido por denunciar a fragilidade das relações humanas e sua fluidez, o sociólogo Zygmunt Bauman tem chegado à conclusão de que a modernidade está cada vez mais individualizada. Em sua obra Modernidade Líquida, Bauman aponta que a individualidade

reprodução

contemporânea é uma fatalidade, não uma escolha. A nossa cultura cotidiana, da mídia, do consumo e da publicidade, é amplamente dominada pelo bem-estar individual. É neste processo que a gentileza começa a desaparecer. O livro Pessoas gentis são mais felizes decreta que a gentileza entrou em extinção. Segundo Pier Massimo Forni, autor da obra, o mundo está cada vez mais bárbaro e selvagem. Assim como Bauman, ele acredita que, sob o signo do individualismo, ninguém faz mais esforços para respeitar os outros. O resultado disso? Indelicadezas, grosserias e incivilidades são distribuídas em praça pública. Mas seria possível viver sem o mínimo de polidez? Professor de Literatura na universidade norte-americana de Johns Hopkins, Forni estuda as relações entre bons modos, ética e qualidade de vida. Ele acredita que é preciso aprender a defender-se sem precisar atacar ou desrespeitar quem comete ofensas.

Para quebrar o ciclo de intolerância, o autor recomenda a polidez e a boa educação como respostas aos grosseiros de carteirinha. É bom para a saúde Diante dos acontecimentos trágicos que ocorreram na cidade de Mariana, Minas Gerais, durante o mês de novembro, devido ao rompimento das barragens da mineradora Samarco, muitos moradores que perderam tudo o que tinham precisaram se realocar e se adaptar a uma nova realidade. Em meio a tanto caos, a atitude de um padre da região tem chamado a atenção. Pároco da Igreja de São José, da cidade de Barra Longa, a 60 km de Mariana, Wellerson Magno Avelino abriu as portas de sua paróquia para cultos de outras religiões, sobretudo a Batista, que teve templo parcialmente destruído. Segundo um estudo da Universidade da Carolina do Norte (EUA), publicado em 2005, emoções positivas, como a generosidade, fortalecem o sistema imunológico e melhoram o funcionamento do nervo vago – importante no cérebro, é responsável por reduzir a pressão arterial e os batimentos cardíacos. Outro estudo, dessa vez empreendido pelo Núcleo de Pesquisas em Espiritualidade e Saúde da Universidade Federal de Juiz de Fora, aponta que alimentar bons sentimentos, como otimismo e perdão, pode reduzir o risco de doenças físicas e mentais, melhorar o sistema hormonal e aumentar a expectativa de vida. “Rezar, meditar e ter experiências de ‘transe’ reduzem o estresse e melhoram a frequência cardíaca”, observa Alexander Moreira Almeida, psiquiatra e diretor do núcleo. Fazer o bem sem ver a quem Você já ouviu falar dos “atos aleatórios de bondade”? Essa prática começou em Sausalito, na Califórnia (EUA), em 1982, quando Ana Hebert escreveu em um mural pendurado na parede de um restaurante: “Pratique atos aleatórios de bondade e atos sem sentido de beleza.” De lá para cá, a mania se espalhou pelo mundo e tem ganhado diversos adeptos nas redes sociais e até mesmo na publicidade. Há inúmeras maneiras de praticar esses atos de bondade: trabalhos voluntários; “esquecer” propositalmente um livro em algum banco de praça; pagar a conta de alguém em um restaurante e exigir “apenas que passe a gentileza para frente” ou escutar pacientemente as pessoas que nos procuram são alguns dos exemplos de como agir aleatoriamente de forma gentil. É sempre bom lembrar de histórias como a de Lívia Kotama, 27, moradora de Brasília, que estacionou o carro e esqueceu os vidros abertos. Ao retornar para ir embora, Lívia se deparou com o veículo fechado e um bilhete de um homem. Ele dizia: “Você esqueceu seu carro destrancado e com os vidros abertos. Tomei a liberdade e fechei tudo. Lucas.” Quando o assunto é fazer o bem, existem inúmeras fontes de inspiração. Para a autora do livro O poder da gentileza, Rosana Braga, a gentileza também abre portas e não depende da reação positiva do outro. “Ser bondoso tem de ser uma escolha pessoal, um entendimento de que podemos fazer a nossa parte”, explica. Com tantas histórias e benefícios, a prática da gentileza talvez possa ser a chave para uma convivência equilibrada, sem estresse. E você, já foi gentil hoje?

33

Em uma passagem de Rei Lear, Shakespeare, buscando compreender o mistério desta intrigante questão – o porquê de algumas pessoas serem predominantemente boas e outras más – diz: “Deve ser por causa das estrelas, a diferença de temperamento dos seres humanos. Pois, mesmo entre dois irmãos, gerados pelo mesmo pai e pela mesma mãe, quanta diferença há.” Andrade explica que os modelos comportamentais podem influir – e muito – na vida de uma criança. “Por exemplo, se um adulto é sempre amável e educado e pratica bons hábitos perto de uma criança, é muito provável que ela vá copiá-lo. O projeto de uma pessoa gentil começa dentro de casa”, alerta.


HIGH-TECH

astero motta astero@revistazelo.com.br

IPhone 6s e 6s Plus chegam ao Brasil Os novos smartphones da Apple já estão disponíveis no Brasil. Como diferencial, a geração 6S traz a estreia do recurso 3D Touch, que reconhece a intensidade com que se pressiona a tela e permite acessar menus secundários em aplicativos ao exercer maior pressão no toque. Os aparelhos também contam com a estreia do Live Fotos, onde o telefone grava de um a três segundos antes e depois do momento de uma fotografia, gerando animações, como em um GIF. A câmera traseira possui 12 megapixels. O aparelho chega nas cores prata, cinza espacial, dourado e ouro rosado, com opções de armazenamento de 16 GB, 64 GB ou 128 GB.

Divulgação

Aplicativos para carros Controlar o uso de combustível, velocidade e emissões de poluentes dos carros não é uma tarefa fácil! Para facilitar este serviço, alguns aplicativos se mostram bastante úteis no dia a dia a bordo do automóvel. Através de monitoramento, eles melhoraram desempenho e gastos, por exemplo. O CleverDrive é um desses app’s. Ele se conecta ao automóvel por meio de um adaptador com bluetooth e o motorista passa a receber informações que ajudam a manter o carro em ordem.

Robô de Star Wars ganha vida Em parceria com a empresa de brinquedos robóticos Sphero, a Disney deu vida a uma das estrelas do filme Star Wars Episódio 7: O Despertar da Força, o robô bola BB-8, que chega às lojas em dezembro. O brinquedo possui um sistema para evitar colisões e tem autonomia de uma hora. O aplicativo que o controla tem sons do filme e projeta hologramas no chão, com realidade aumentada. Ao usar a câmera do smartphone – é compatível com dispositivos iOS e Android – aparece a famosa frase “it’s a trap” (em português, “é uma armadilha”) e o pequeno robô corre para fugir. Os fãs da franquia cinematográfica estão eufóricos!

Novo Galaxy Note 5 TV do futuro A Apple traz ao Brasil a quarta geração da Apple TV. O design do novo modelo segue o padrão das gerações anteriores e chega com duas grandes novidades. A primeira é que a Siri, assistente virtual comandado por voz, agora também está presente no dispositivo, o que torna as buscas mais simples. E a segunda fica por conta da chegada da App Store no gadget, o que permite que sejam criados aplicativos específicos para o aparelho.

Em uma manhã com experimentação para clientes e parceiros na loja do Flamboyant Shopping Center, o Fujioka trouxe para Goiânia o novo Samsung Galaxy Note 5. Com um design premium e altamente resistente, o lançamento combina a tela grande, de 5.7 polegadas, a um corpo de metal e vidro que proporciona uma pegada precisa e segura no smartphone. Além disso, a resolução é das mais altas atualmente em circulação: 1440x2560 pixel. A experiência fica completa com o uso da S Pen, com sensibilidade real de pressão e uma ponta de caneta precisa, que traz recursos inéditos que levam a produtividade com o smartphone a um novo patamar.


35


CARROS

astero motta astero@revistazelo.com.br

Porsche Boxster Spyder

Nova Hilux 2016

Rally Dakar 2016

Em um brunch para convidados, a Saga Motors apresentou em Goiânia a oitava geração da Hilux. Com mais conforto e melhor desempenho, a picape chega nas configurações cabine simples ou dupla. Em sua versão top de linha SRX, a Hilux vem com rodas aro 18, todos os itens de série, kit multimídia, soleiras e maçanetas cromadas. Os valores ficam entre R$ 114 mil e R$ 188 mil.

A principal prova off-road do mundo, o Rally Dakar 2016, terá largada em Lima, no Peru, dia 3 de janeiro. Vai passar pela região oeste da Bolívia e será concluída em Rosário, na Argentina. Em sua oitava edição, os pilotos dos carros, caminhões, motos e quadriciclos terão grandes desafios no deserto, areia e dunas durante passagem pelos três países da América do Sul.

Divulgação

36

Revelado no Salão de Nova York, o novo Porsche Boxster Spyder, modelo considerado o mais potente e mais leve esportivo da marca, chega ao Brasil em 2016. A potência é seu grande dife-rencial: é equipado com um motor 3.8 litros, seis cilindros, 375 cv e câmbio manual de seis velocidades. Segundo a Porsche, para ir de 0 a 100 km/h, ele leva 4,5 segundos, com velocidade máxima de 290 km/h.

Tesla Model X A Tesla finalmente revelou seu primeiro utilitário, o Model X. O SUV tem produção totalmente elétrica e apresenta características marcantes: portas traseiras do tipo gaivota e para-brisa avantajado com visibilidade panorâmica. A versão “básica” possui dois motores de 259 cv, um para cada eixo, indo de 0 a 100 km/h em 4,8 segundos.


celebration

38

FotĂłgrafo luciano medeiros styling lidi santos beleza Karla torres modelo marĂ­lia barroco (mega model) agradecimentos: plaza mayor eventos

vestido anne fernandes para rafaella gurgel carteira AmbrĂŠ E brincos aulore


vestido mila molica para SkandallĂ” brincos anel e pulseira aulore carteira AmbrĂŠE


vestido vivaz para ivana menezes brincos aulore


Vestido iorane para Carmem Cardoso clutch AmbrèE Brincos e pulseira aulore


vestido patrĂ?cia bonaldi para ivana menezes brincos e anĂŠis aulore


vestido corporeum para carmem cardoso brincos e anÉis aulore


vestido corporeum para rafaella gurgel brincos aulore


vestido ellizabeth marques para skandall么 brincos, an茅is e pulseiras aulore


ZELOINDICA

46

hannah motta hannah@revistazelo.com.br

Audrey Hepburn com vestido Givenchy fotografada por Norman Parkison, em 1955. Imagem cedida pela National Portrait Gallery

Divulgação

RosaDESEJO! Depois do Marsala, chegou a vez do Rose Quartz, um rosa pastel delicado, dominar guarda-roupas e penteadeiras da próxima estação. O motivo da escolha pela cor? Segundo a Pantone, cores aconchegantes, mais leves e claras têm o poder de acalmar o excesso de tecnologia e informação do dia a dia. A nova cor, como todos os anos, guiará as tendências para moda, decoração, acessórios e itens de beleza. Por isso adiantamos alguns itens que não podem faltar na sua lista-desejo! Anel de prata com opala rosa – Pandora joalheria


Scarpin Belle Vivier Trompette – Outono Inverno 2015-2016 – Roger Vivier

Clutch de palha rosa - Serpui Marie

Phone Case - Petite Jolie

fragrância Donna -Valentino

Havaianas Slim

Champagne Veuve Clicquot Brut Rosé, em Caixa no Formato de Minirefrigerador design anos 1950

Jogo de jantar Soleil Sweet – Oxford Porcelanas Esmalte Chanel, cor Beige Rose


moda

spfw inverno

2016

Giuliana Romanno

O São Paulo Fashion Week completou 20 anos com o tema “Do princípio ao início”. A edição de inverno 2016 voltou ao Parque Ibirapuera – Pavilhão da Bienal, na capital paulista, e trouxe uma moda inverno viável, com bons conceitos, onde as matérias-primas nacionais retornam à cena com bordados artesanais e estampas alegres. Separamos algumas das tendências que prometem chegar às araras. Se prepare para dar nova vida a algumas peças e acessórios que estavam esquecidos no fundo do armário!

48

Para o dia e para a noite Pensando na mulher atual multifacetada, uma das grandes apostas para a temporada são looks que servem tanto para o dia quanto para a noite. Com foco na alfaiataria, o guarda-roupa da mulher contemporânea tem calças, paletós, camisas e saias com silhuetas descomplicadas e boas propostas de cortes, seja no novo blazer de Giuliana Romanno ou nas calças charmosas e mais curtas que vimos na Animale e Lilly Sarti. Um estilo que revisita o clássico com informação de moda atualizada.

Fernanda Yamamoto

Handmade Na contramão do fast fashion, a temporada conta com bastante técnicas artesanais. O handmade é cada vez mais valorizado, trazendo peças únicas às passarelas. Destaque para a fina renda de Fernanda Yamamoto, com sua coleção toda feita à mão. O trabalho lindo de tingimento das rendas e o tie-dye foram realizados com materiais e produção 100% nacionais.


90’s Depois de um longo reinado dos anos 80, as referências agora partem para a década de 90. Teve de tudo! Do minimalismo ao grunge, do cool esportivo ao colorido das raves à tecnologia com toque cibernético do início do mundo virtual. Dá para notar toques dos anos 90 em Vitorino Campos, GIG Couture, Animale, Ratier, entre outros. A década apareceu com menos força massiva do que foi vista nas passarelas internacionais para o próximo verão europeu, mas veio para ficar!

49

Fotos: Divulgação

GIG Couture

Wagner Kallieno

Metal Depois de reinar em algumas temporadas, o dourado perde o protagonismo para o prata, que se destaca como recurso indispensável para iluminar os looks sóbrios da estação. Na hora de usar, a regra é não economizar. Peças completamente metalizadas, como casacos longos, bodies, botas, saias e até conjuntinhos com pegada futurista são grandes apostas, como mostrou a Ellus, Wagner Kallieno e UMA por Raquel Davidowicz.

Veludo molhado O veludo ganhou nova vida nas passarelas da Ellus, Osklen e Reinaldo Lourenço. Para atualizar o tecido, as marcas apostaram em modelagens mais justas, cores inusitadas, como verde, mostarda e vinho, e propuseram um contraste perfeito ao combiná-lo com renda fina. Há algum tempo, o veludo não era trabalhado com tanta riqueza. Para o Inverno 2016, ele recupera seu status de tecido nobre e aparece mais na versão molhado. Espere ver o veludo em muitas peças na próxima estação, pois ele irá das ruas para as festas e vice-versa.


inteligência competitiva

Marketing Sensorial Construtoras investem em experiências ousadas como estratégia de vendas para fortalecer a marca e fidelizar clientes

50

Por Maria Cristina Furtado

Ângela Motta

Ser convidado para um jantar a 50 metros de altura, suspenso no ar por uma plataforma com guindaste a céu aberto ou ser recebido por uma recepcionista virtual, projetada em holograma em tamanho real e tão natural que chega a ter manias. Até mesmo visitar o apartamento decorado está diferente. Basta colocar os óculos de realidade aumentada e conhecer cada detalhe do seu futuro imóvel. Esses são alguns exemplos do que é possível encontrar quando se procura as construtoras e incorporadoras em Goiânia para adquirir uma casa ou um apartamento. Cada vez mais, os setores de marketing das empresas da construção civil buscam ousar em suas estratégias para fidelizar clientes. Envolver o possível comprador em experiências inesquecíveis pode potencializar resultados em vendas. Para saber um pouco mais sobre as estratégias do marketing de experiências na construção civil, a Zelo conversou com os profissionais que comandam essa área criativa nas principais construtoras de Goiânia. Decorado virtual Já imaginou um apartamento decorado que a construtora pode levar para qualquer lugar? Não se trata de ficção científica ou teletransporte. A EBM Desenvolvimento Imobiliário criou um ambiente virtual que pode ser acessado através do Oculus Rift, um óculos de realidade aumentada por meio do qual o cliente visita virtualmente o seu futuro imóvel. O coordenador de Comunicação e Marketing da EBM, Ademar Moura, explica que a iniciativa proporciona uma nova experiência no mercado da construção civil. “As ações de marketing da EBM adotaram diretrizes que buscam não apenas uma repercussão imediata e de resultados tradicionais. Buscam momentos que sejam interessantes para gerar uma experiência positiva com o nosso cliente e para que ela seja reconhecida como uma empresa ‘antenada’”, avalia. Os óculos de realidade ampliada foram apresentados no stand de vendas da empresa no Salão do Imóvel de Goiás deste ano. Segundo Moura, a experiência chamou muito a atenção do público, independente do perfil do imóvel. “A pessoa parava, fazia o tour virtual e iniciava um relacionamento com o corretor. Quando tirava os óculos, ela dizia: ‘preciso sentar’, porque a sensação é impactante. É uma experiência nova e, para nós, foi muito interessante”, reflete o coordenador.

ademar moura afirma que a Ebm busca momentos que sejam interessantes para gerar experiências positivas com o cliente


Para cali azevedo, da Terral, a ideia é imergir o cliente no que seria seu próximo lar

51

Design emocional A visão não é o único sentido que está sendo valorizado pela construção civil em suas propostas de marketing. A Terral Incorporadora tem buscado explorar a sinestesia ao projetar os apartamentos decorados de seus empreendimentos. Olfato, paladar, audição e o tato também são contemplados nessas experiências. O quarto do bebê tem um cheirinho suave para encantar as mamães. A mesa de café da manhã está posta para aguçar o paladar do cliente. Segundo o gerente de Incorporação da Terral, Cali Azevedo Galera, a ideia é humanizar ao máximo os ambientes decorados, criando experiências por meio de um marketing sensitivo. “O objetivo é imergir o cliente no que seria seu próximo lar ou escritório. Colocar na despensa itens da compra de supermercado, como caixas de leite e amaciante de roupas, e até largar as sandálias ou os óculos de leitura entre a decoração”, descreve Galera. Para Cali, o mercado imobiliário goiano tem consumidores exigentes e preparados, que não se contentam em analisar e conhecer os imóveis apenas nas plantas técnicas. “Por isso estamos montando os nossos decorados baseados no diálogo e relacionamento com nossos clientes e nas percepções que juntamos ao longo dos anos, quando entregamos nossos produtos e percebemos o que de fato tem se mostrado importante para eles”, ressalta.

Fotos: Divulgação

Joyce furtado, da Toctao: “nosso foco era a memorização da experiência”

Jantar nas alturas Já imaginou ter a visão do seu futuro apartamento antes mesmo do prédio estar construído? Essa foi a motivação da equipe de marketing da Toctao Rossi ao trazer para Goiânia o projeto Dinner in the Sky. “A visão do prédio que estava sendo construído em frente ao Parque Flamboyant era muito forte. Então, o cliente teria esta vista antes mesmo de o empreendimento estar pronto junto com pessoas próximas, da família”, explica a gerente de Marketing do Grupo Toctao, Joyce Furtado. A plataforma era erguida até 50 metros de altura e tinha capacidade para receber 22 pessoas sentadas e outras cinco no corredor central, como cozinheiros, garçons e assistentes. Foram servidos almoços, jantares e cafés da manhã preparados por chefs renomados. O projeto surgiu na Bélgica e ganhou várias cidades no mundo. No Brasil, a ação também aconteceu em São Paulo, no Rio de Janeiro, em Belo Horizonte e em Porto Alegre. Em Goiânia, a plataforma subiu 52 vezes e cerca de 1.150 pessoas puderam conferir a vista privilegiada da cidade. A gerente de Marketing explica que a ideia era causar impacto em quem participasse de um dos eventos da plataforma. “Quando fomos lançar essa ação, queríamos proporcionar uma experiência diferenciada e inesquecível, para que o cliente se lembrasse do momento e da nossa marca por vários anos. Nosso foco era a memorização dessa experiência”, diz.


Divulgação

Para fernando morales, da Consciente construtora, ambientes interativos captam a atençÃo, e o marketing sensorial tem esse propósito

Atendimento inovador Ser recepcionado por uma atendente virtual pode até ser comum nos filmes de ficção científica. Mas num estande de vendas de imóveis é uma inovação. Foi nesse clima futurista que os clientes conheceram um grande empreendimento da Consciente Construtora e Incorporadora no Salão do Imóvel de Goiás. O diretor de Incorporações, Fernando Morales, explica que ao elaborar a ação de marketing foi pensado em criar uma alusão aos conceitos de inovação e tecnologia presentes no lançamento da construtora. “Com a novidade deste apoio tecnológico no Stand do Salão, pensamos em criar com o público uma experiência nova e única”, diz. A recepcionista virtual foi projetada em painel acrílico e apresentou o empreendimento a cada visitante. Para deixar o holograma com aspecto natural, a projeção foi feita em tamanho real de um ser humano. Além disso, quando ela permaneceu em stand by, fora de atendimento, teve as mesmas reações de uma recepcionista real quando está esperando um cliente. Morales explica que o mercado sempre pede ousadia, inovação, e com isto o avanço da tecnologia tem facilitado a criação destas experiências. “O que ocorre é que as pessoas estão mais ligadas a ambientes interativos que captam a atenção, e o marketing sensorial tem este propósito”, destaca.

52

kárita moraes

ZELOin redacao@revistazelo.com.br

Elton Rocha

Iluminação refinada A combinação de acabamento diferenciado e design versátil faz da luminária Phuket, dos designers espanhóis Santolaria &Llusca, uma mescla sedutora de estética apurada e simplicidade. Em metal branco com madeira natural, permite a integração do abajur moderno em qualquer ambiente. Na Projeto Luz, loja especialista em aparelhos de iluminação, a luminária sóbria e elegante pode ser encontrada em duas versões diferentes, para mesa e para piso, ambas ajustáveis e com iluminação LED.

nova loja imprime o conceito da marca na decoração

Design desejo O dom nato pela arte de Eleonora Hsiung fez a jovem abandonar a carreira no Direito e investir em sua paixão, o design de joias. E deu certo. Conquistou as celebridades com criações ousadas e contemporâneas, apresentando um jeito novo e elegante de usar bijus. Mulheres e homens fãs de suas peças podem comemorar. Ao lado de sua sócia, Julliana Araújo, Eleonora acaba de inaugurar a primeira loja sede em Goiânia, no 3° piso do Flamboyant Shopping Center, onde expõe suas criações em primeira mão. Vida longa à marca, que carrega Goiás em seu berço.


O melhor gelato italiano do centro-Oeste!

Unidade Setor Oeste Rua 9 nยบ 1.087 62 3932 5379 Unidade Setor Bueno Rua T-38 nยบ 756 62 309 35121 amarettogelateria www.amarettogelateria.com.br


SÓ PARAHOMENS César neto cesarr.nt@gmail.com

Inauguração Para os homens que gostam de relógios e estão sempre antenados às novidades do segmento, Goiânia ganhou o espaço Rolex, na Danglar Luxury Store, no Shopping Flamboyant. A inauguração contou com a presença do presidente da Rolex no Brasil, Stephan Meili, e dos anfitriões da casa, os irmãos Flávio Lima e Ângela de Carvalho.

Quando Franco Moschino fundou sua marca, o designer buscou levar uma moda lúdica para as passarelas. Hoje, comandada por Jeremy Scott, a Moschino traz ares de nobreza do século 18 para a temporada masculina de verão 2016, em Milão. Uma mescla de esportivo com barroco em uma explosão de cores, estampas e texturas. Parkas, moletons, jaquetas e blazers dão volume ao look combinados com calças ajustadas ao corpo. Perfeito para quem é fã das criações cheias de humor da grife.

Já pensou em ir ao trabalho, ao supermercado e à academia sobre duas rodas e ainda ouvindo música? A Space Chariot acaba de chegar ao mercado norte-americano e virou febre. Tudo porque, além de divertido e possibilitar andar em pé sobre duas rodas, a plataforma ainda tem luz de LED para ser vista na rua à noite, toca música com conexão bluetooth, é recarregável e fácil de transportar.

Fragrance Atualmente os homens têm se preocupado cada vez mais em cuidar da beleza. E sair de casa sem um bom perfume deixou de ser uma escolha, tanto que o mercado de perfumaria masculina dobrou nos últimos seis anos. O Boticário acaba de relançar uma de suas fragrâncias clássicas, o Malbec Noir. Uma combinação amadeirada, fresca e contrastante, com o toque marcante do acorde Unique Noir, que representa olfativamente o processo de colheita noturna das uvas Pinot Noir. Não dá para ficar sem!

Calçado icônico A Nike apresentou o “Air Mag”, tênis que Marty McFly usou em De Volta Para o Futuro 2, há 30 anos. O que era ficção virou realidade e agora as pessoas vão poder usá-los. Para comemorar as três décadas, a marca esportiva anunciou que em 2016 lançará os tênis em edição limitada por meio de um leilão, e toda a renda arrecadada será revertida para a fundação de Michael J. Fox, intérprete de Marty, que investe alto em pesquisas e tratamentos que visam curar o mal de Parkinson.

Fotos: Divulgação

54

Ares de nobreza

Tecnologia


55

CASA

Sonorização

Áreas externas merecem atenção especial em projetos acústicos

Elton Rocha

Inspiração

Marcelo Rosenbaum fala sobre transformação social e processo criativo


harmonia

56

O jardim vertical traz um toque de natureza para o interior da casa

Natureza exuberante

Fotos: Edgar Cesar

Claudia Zuppani mostra como linhas simples e minimalistas podem dar espaço ao verde Por Clara Luiza Viver na cidade nem sempre significa abrir mão da natureza. Quem comprova isso é a arquiteta Claudia Zuppani, que, para atender ao pedido de um cliente exigente, fez do verde o protagonista de casa construída no interior de Goiás. A residência não tinha um terreno amplo, por isso, e para combinar lazer, bem-estar e o primor desejado, Zupanni optou por integrar os ambientes da casa. As paredes e os móveis foram todos escolhidos em tons neutros, com uma pegada contemporânea, para se adequar ao estilo jovem do casal de moradores. Na iluminação, só se percebe o efeito, sem visualizar as luminárias. A escolha certeira veio com o jardim vertical na lateral da sala e no fundo da casa, a grande obra de arte da construção. “Tudo foi pensado para não concorrer com o verde, que tinha de ser exuberante

no projeto”, explica Zuppani. Os armários da casa foram executados pela Maxim’s e, em especial, a cozinha tornou-se um dos ambientes mais requintados e queridinhos dos moradores, devido à sua monocromia com efeito aconchegante e harmônico. “O tom do alumínio é o mesmo da bancada e das portas, por isso o espaço ficou sofisticado”, pondera a arquiteta. Para conseguir um efeito requintado, foi utilizado silestone na cor vanilla na bancada, o mesmo tom do vidro e dos armários. A integração dos ambientes é outro ponto forte na disposição da casa. O living, o home theater, a sala de jantar e a varanda compõem o mesmo espaço, separados pela posição do mobiliário e pela porta de vidro corrente. A ideia de agrupar os ambientes, tendência atual da arquitetura contemporânea, cria a sensação de amplitude e, assim, acomoda amigos e familiares nos encontros que virão.

em tons neutros, Os móveis da cozinha, executada pela Maxim’s, remetem à contemporaneidade

A sala em cores claras e com mobiliário moderno combina com o lifestyle dos moradores


57

Divulgação

A bancada em silestone proporciona elegância ao ambiente

Arquiteta CLAUDIA Zuppani

A pedra em cor verde no fundo da piscina cria um efeito natural e dá a ideia de continuidade ao jardim vertical

Goiânia - Brasília www.maximsambientes.com.br


conforto

Construção integra totalmente varanda, cozinha, home e sala de piano: mais aconchegante e convidativa

58

sutileza e funcionalidade Projeto de William Hanna prioriza integração das áreas sociais e de lazer a serviço do convívio familiar Por Alice Galvão Pensada para uma família de descendência árabe, formada por pai, mãe e casal de filhos gêmeos, a casa de 490m², localizada no Jardins Munique, chama a atenção por integrar totalmente varanda, cozinha, home e sala de piano. Ampla, a construção parece convidar o visitante a planar por seus espaços. “No layout, a casa flui. Você não tem que desviar de nada para sair de um espaço e entrar em outro”, explica o arquiteto William Hanna, idealizador do projeto. Os degraus foram usados a favor da circulação e com leveza em todo o trajeto do visitante. O respeito à geografia natural da área também é evidente. “À medida em que o terreno descia em relação à rua, fui dividindo os ambientes, sem grandes escadarias”, relembra Hanna. Para priorizar o convívio familiar, o profissional colocou o conforto à frente do luxo e deu atenção especial às áreas sociais e de lazer, o que deu à casa ares de veraneio. Na varanda, de 55m², uma mesa para 14 pessoas e um balanço reforçam a proposta. Tons neutros, objetos de design assinado e pinceladas de

cor deram vida à decoração, livre de tapetes, com revestimentos de fácil conservação e limpeza. A fachada mistura muitos elementos, mas o projeto tem continuidade visual. “O aconchego que existe na fachada entra na casa por meio da madeira do pé direito duplo”, descreve Hanna. No home, que pode ou não ser integrado aos demais ambientes da casa, prevalecem os tons neutros e um clima mais intimista. Já a cozinha recebe em uma das paredes o toque alegre e descontraído de um mosaico amarelo. As cores foram usadas pontualmente em toda a casa, de forma que o conjunto ficasse harmonioso. “Usei amarelo, berinjela e laranja na decoração, além de algumas peças de design assinadas, mas que priorizassem pela funcionalidade”, reforça o arquiteto. O feedback dos moradores já veio. “Eles me disseram que gostam de contemplar a casa, que são felizes lá. Isso é o mais importante! O arquiteto tem a função de guiar o sonho do cliente e o grau de responsabilidade disso é muito grande. É muito gratificante saber que toda a família está aproveitando tudo na casa”, conclui.


Ângela Motta

Fotos: Elton Rocha

William hanna: “o arquiteto tem a função de guiar o sonho do cliente”

Ampla, a casa convida o visitante a flutuar por seus ambientes

Com ares de casa de veraneio, a varanda ganhou mesa com 14 lugares, para reunir toda a família

cozinha chama a atenção pela funcionalidade

william hanna - (62) 8542 1188 / (62) 3622 6343 e-mail: arqwilliamhanna@gmail.com


personalidade

fOTOS: eliane de castro

sintonia elegante

regina amaral buscou elementos que atendessem às necessidades de jovem casal Fotos: Eliane Castro

60

Apartamento no Parque Flamboyant revela conceito nos detalhes mínimos Por Clara Luiza Quando há uma identificação entre profissional e cliente, o trabalho se torna um presente. É o que conta a designer de interiores Regina Amaral, que recebeu carta branca para elaborar a nova morada de um jovem casal, no Parque Flamboyant. O trabalho de personalização da arquitetura de interiores começou ainda na planta do apartamento de 160m², o que possibilitou fazer muitas mudanças e ampliar os espaços de convivência. A decoração é quase toda crua, mas os pontos de cores amarelo e turquesa na sala, minimamente avaliados, dão a originalidade merecida ao lar. No hall, a própria designer se encarregou de desenvolver um desenho, que foi pintado na parede. O aparador antigo em laca preta foi o responsável por criar, logo na entrada, o aconchego que todo projeto contemporâneo merece. O living, que na concepção original era pequeno, foi integrado à sala de jantar e à varanda, para criar amplitude. A tela não emoldurada do artista plástico Rodrigo Flávio e as cadeiras minimalistas da mesa de jantar do designer Sérgio Rodrigues revelam o fino trato de Regina Amaral e o gosto pela arte dos moradores, adquirido ao longo de suas viagens pelo mundo, mas sem deixar de lado o tom despretensioso da juventude. A demolição de um dos quatro quartos do apartamento serviu para ampliar o aconchego do casal e realizar um dos sonhos da moça. A designer criou um closet na nova área integrada ao ambiente, com iluminação superior e frontal, do tipo camarim. O espaço dedicado ao descanso do casal foi dividido em ala feminina, com um frigobar retrô e um cantinho de leitura, e ala masculina, com uma guitarra e uma arandela, revelando o companheirismo de marido e mulher.

O vermelho do quarto e o pendente de cristal criam a atmosfera romântica

iluminação com spot dá destaque À obra de arte no hall da casa

REGINA AMARAL (62) 3609 6947/ 9828 2333/ 9977 2037 reginaamaral.design@gmail.com

Igor Leonardo

cores amarelo e turquesa tiram a monotonia da sala neutra


Fotos: viviane veloso

fdfdfdfd funcionalidade

Mantovani

CONCEPÇÃO DE MOBILIÁRIO MULTIFUNCIONAL PROJETADO PELA ARQUITETA

Aproveitando pequenos espaços

FUNCIONALIDADE É O PONTO FORTE DO PROJETO ASSINADO PELA ARQUITETA CLÁUDIA OLIVEIRA

Arquiteta Cláudia Oliveira cria soluções inteligentes para ambiente compacto Há cerca de 20 anos no mercado, a arquiteta Cláudia Oliveira assina inúmeros projetos nas áreas residencial e comercial. A base de seu trabalho é a funcionalidade do espaço, com foco na otimização do mesmo dentro do programa de necessidades fornecido pelo cliente. Na concepção desse flat, localizado no Setor Oeste, a arquiteta projetou a marcenaria a fim de delimitar áreas (através da instalação do balcão que divide a sala e a cozinha) e também concebeu o móvel de apoio multifuncional, que serve como home teather, espaço para office e conta ainda com módulos espelhados para objetos, livros, CDs, copos e bebidas. Para buscar um toque aconchegan-

te, Cláudia optou por móveis de dimensão compatíveis com o espaço, adquiridos na Encanthus. As almofadas são do Ateliê Summerflex. Dando continuidade ao espaço social, a varanda envidraçada recebe móveis em transparências que conferem leveza ao espaço. No quarto do casal, para criar sensação de amplitude, foi instalado um armário com portas de correr espelhadas. O toque final fica por conta da colcha com detalhes em renda, que leva a assinatura do Ateliê Summerflex.

CLÁUDIA OLIVEIRA ARQUITETURA E DECORAÇÃO (62) 9852 2056/ 9635 4510

Quarto do casal: ACONCHEGO E SOFISTICAÇÃO

Paleta composta por tons neutros traz leveza


autoral

Design e Transformação Marcelo Rosenbaum realiza palestra na Casa Mix para grupo seleto de profissionais e fala sobre mudança social e valorização da cultura

62

Por Maria Cristina Furtado Nada de combinação de cores, plantas baixas, projeto luminotécnico, revestimentos, tendências ou layout. A pauta do dia do designer Marcelo Rosenbaum, para uma plateia seleta com cerca de 150 profissionais da Arquitetura, do Design e da Decoração, é pensar as relações de consumo e em como o talento de cada um pode fazer a diferença no mundo. A proposta de Rosenbaum foi apresentar como ele desenvolveu uma metodologia de trabalho batizada como Design Essencial. Seus princípios valorizam aspectos que vão além das características materiais para a criação de um objeto. Rosenbaum explica que por trás desse processo criativo estão as relações envolvidas, como a conexão entre as pessoas, a cultura, as tradições e o despertar para essas potencialidades. “Eu trabalho com transformação e o meu pensamento está ligado ao design essencial através do artesanato, da valorização das tradições, das histórias, o que tem por trás das pessoas, as tradições das comunidades que têm possibilidade de desenvolvimento”, ressalta. O designer veio a Goiânia para abertura do projeto Feira Rosenbaum na Capital, que conta com curadoria de Cris Rosenbaum (esposa de Marcelo), na Casa Mix e Bossa. A feira comercializa produtos de design, decoração e moda de artesãos dos locais por onde passa. A iniciativa começou em São Paulo e agora viaja o Brasil. A ideia é oferecer ao público a experiência e a oportunidade de consumir produtos diretamente de quem os faz. “Traz novos significados para o consumo, interagindo com o criador e com o que tem por trás da produção, como as tradições”, avalia Marcelo.

Ângela Motta


Fotos: Elton Rocha

Design social O reconhecimento impulsionou a criação do projeto A Gente Transforma. “A iniciativa surgiu depois de eu ter ficado conhecido por causa da TV. Eu poderia ter guardado isso para mim ou disponibilizar. Tenho uma ferramenta que é o design e outra que são as conexões. Assim, fui criando pontes com lojas e empresas”, conta. A primeira atuação do projeto aconteceu em 2010, na comunidade Parque Santo Antônio, em São Paulo. Rosenbaum conta que ficou muito impressionado ao visitar a favela e ver crianças brincando no esgoto a céu aberto. Junto com a comunidade, trabalhou na requalificação de uma área próxima ao campo de futebol do local, que era usado por traficantes de drogas. “Eu trabalho criando relações. A Gente Transforma não significa que a gente vai transformar. É sair da postura do conquistador, do colonizador, assumir a postura de que somos todos iguais, estamos todos juntos e que vamos aprender juntos”, ressalta. Empolgado com os resultados, o designer empenhou outras duas incursões do A Gente Transforma: uma no Piauí, em Várzea Queimada, em 2012, e outra no Acre, nas Aldeias Indígenas Nova Esperança e Amparo, em 2013. As tradições e os materiais locais pautaram o processo criativo de profissionais como arquitetos e designers, além de estudantes, inclusive de outros países. Eles participaram com os artesãos do desenvolvimento de coleções de objetos, como joias, cestarias e peças de decoração. Dessa forma, o projeto buscou aumentar a autoestima de quem produz esse artesanato, dando um toque de sofisticação para que possa ser comercializado em outros mercados. Assim, os artefatos romperam fronteiras. Ganharam espaço até mesmo no badalado Salão Internacional de Milão – a maior feira de design do mundo.

Feira Rosenbaum apresenta peças artesanais de decoração feitas em comunidades de diferentes biomas

elton rocha

Inspiração brasileira Os ambientes e objetos criados por Rosenbaum transpiram brasilidade. Porém, não são os elementos materiais que pautam o seu processo criativo. “É a diversidade, as pessoas, a cultura mutante, de um país de índio, de negros, que recebeu portugueses católicos, o nosso saber trabalhar com as mãos. É isso que me inspira. Eu vejo beleza nisso e eu vejo valor no nosso País”, ressalta. Para ele, o design brasileiro ainda busca uma identidade, pois estamos num país de dimensões continentais. “Ainda não dá para saber qual é a nossa identidade, estamos buscando. Sou muito otimista, acredito que o design brasileiro está caminhando muito bem, sim”, avalia. Questionado sobre os seus projetos de ambientes que transitam entre o sofisticado e o popular, o designer enfatiza: “Eu não vejo diferença nas pessoas. São todas iguais. O que é rico e o que é pobre? É uma crença. Eu acredito nas pessoas, eu faço para as pessoas. Tanto faz se ela é rica ou se é pobre. Eu interpreto as necessidades e as vontades dela.”

evento foi recepcionado por Cláudia Ducatti, à frente da Casa Mix e Bossa. proposta da feira é incentivar novos talentos


64

decoração

Na vero festas, taças e jarras em âmbar causam efeito monocromático quando combinadas aos castiçais dourados

Beleza à mesa Dicas para criar uma decoração requintada e personalizada com toque individual e inovador Por Clara Luiza As festas de fim de ano são as mais aguardadas e, como toda boa tradição cultural brasileira, diversos costumes são repetidos anualmente. Reunir a família para preparar a ceia, trocar presentes, abrir um champanhe e relembrar bons momentos em rodas de conversa são iniciativas que requerem uma decoração iluminada e especial para a data. A dica para 2015 é colocar a imaginação para funcionar e utilizar artigos decorativos dos anos que se passaram, mas com um toque inovador e pessoal. Quer saber como? Três experts da decoração elaboraram suas mesas natalinas e compartilham truques para customizar objetos, além de combinar itens de anos anteriores. Tudo para a sua decoração de Natal ficar com cara de nova.

cor de ouro A sofisticação do ouro tomou conta da mesa de jantar da Vero Festas. Com bom gosto e inovação, a casa de decoração escolheu o dourado para ser seu ponto de partida, remetendo às tradições natalinas de forma elegante. A inspiração?! A rainha Elizabeth I e todo seu reinado, conhecido como A Era de Ouro. Na mesa, os vasos podem ser preenchidos com arranjos florais ou visualizados como protagonistas, ao lado dos castiçais imponentes, que sugerem uma noite à luz de velas. Os pratos e taças, nas cores âmbar, casam perfeitamente com os guardanapos amarelos com detalhes em renda champanhe, sempre mantendo o mesmo padrão monocromático. A mesa espelhada completa a atmosfera sofisticada que a noite de recepção exige. Para arrematar, os porta-guardanapos em formato de anjo anunciam a chegada do banquete.


A arte de personalizar A decoradora de eventos Valéria Junqueira apostou no tradicional dourado e vermelho. As cores são peças-chave para criar um ambiente com clima natalino, como Junqueira acha que deve ser. No centro da mesa, bolas brilhosas, que costumam enfeitar árvores, se misturam muito bem ao novo ambiente. A decoradora sugere a quem não tem todas as louças, guardanapos e suplás temáticos em casa, que invista no aluguel, o que pode sair bem em conta. “É possível fazer uma superprodução para os convidados apreciarem o bom gosto do anfitrião”, ressalta. Outra dica é pintar com spray peças antigas para que fiquem com aparência de novas, e essas cores podem ser renovadas todos os anos.

Fotos: João Carlos

simetria visual Também com uma proposta tradicional, mas com elementos diferentes, a mesa posta no showroom da Moreira & Glorinha agrada a quem prefere uma decoração com menos elementos. Verde e vermelho foram as cores principais, entretanto, quem não tem o conjunto completo de louças, ou vai receber muitas pessoas, pode misturar diferentes itens, o único requisito é que haja harmonia entre estilos. “Toda mesa pode ser combinada, o importante é que as cores conversem entre si e retomem os tons do Natal, como vermelho, verde, âmbar”, explica a gerente Josy Magalhães. A toalha de bandeja fez as vezes do jogo americano sob os pratos e suplás e as taças viraram suporte para enfeites. No castiçal, a vela foi substituída por enfeites do Papai Noel, para dar o tom lúdico que todo Natal merece. decoração elaborada pela moreira & glorinha partiu da premissa do “menos é mais”

65

Na mesa da decoradora Valéria Junqueira, renas e árvores dão toque tradicional à recepção de natal


Criatividade Fotos: michelle barzotto

66

fÁBIO MELO: A INSPIRAÇÃO É DE RAIz, mas os objetos são absolutamente contemporâneos

Turbulência Estreante no Design de Produtos, o pernambucano radicado em Goiânia Fábio Melo lança coleção Por Andrea Régis A riqueza cultural de Caruaru é o mote de Turbulência, conjunto de 12 objetos lançados pelo pernambucano radicado em Goiânia Fábio Melo. A compilação surgiu a partir de um convite da Zanatta Casa, consagrada marca de cerâmicas. Sempre meticuloso, Fábio desenhou a coleção e foi até a fábrica – em Quintana, interior de São Paulo – para executar os protótipos pessoalmente. Chegando lá, tudo foi descartado. Os motivos? O primeiro ficou por conta da concepção – as peças não seriam possíveis com a matéria-prima que o designer havia usado, o barro. Em seguida, Fábio viu que não era bem o que ele queria. Em uma atmosfera de certo pânico, o pernambucano avistou dezenas de galos

pelo jardim da Zanatta. Imediatamente, reportou-se à sua infância, quando, aos sábados, acompanhava a avó à feira de Caruaru. Ela voltava cheia de compras, com um funcionário devidamente encarregado de levar o balaio na cabeça e um galo vivo debaixo do braço. E era o tal galo que deixava Fábio desconfortável. Ele adiava os passos para não ser reconhecido. Da pequena viagem ao tempo surgiu a luminária Rabo de Galo, com penas desidratadas da ave, sendo a primeira peça a se materializar. Turbulência mistura materiais como barro, acrílico, madeira, ferro, fibra e até peças de Lego. “A inspiração é de raiz, mas os objetos são absolutamente contemporâneos.” Dessa maneira, estão lá a caatinga, os pífanos e, principalmente, Caruaru, sua cidade natal. “À noite, quando iluminada, ela parece um cuscuz.”

pEÇAS MISTURAM MATERIAIS COMO BARRO, ACRÍLICO, MADEIRA, FERRO, FIBRA E ATÉ PEÇAS DE LEGO


67


sonorização

Coroa do jardim Caixas de som em ambientes externos passaram a ser o ponto final na decoração

68

Por Clara Luiza Maria Antonieta, entediada com os princípios da corte de Versalhes, reunia a nobreza para jogar cartas. Nas festas internas do castelo, músicos e dançarinos eram a sensação. A plebe, por sua vez, embora tivesse uma vida desgastante e sofrida, não abria mão de reunir os mais próximos do vilarejo para dançar e festejar. Os tempos são outros, mas a tradição de reunir família e amigos em casa sobreviveu a séculos de mudanças sociais e comportamentais. A música continua sendo o xeque-mate dos encontros na sala, quarto, cozinha, varanda, jardim. A questão é que, em ambientes externos, tende a se espalhar pelo espaço, que não costuma ter isolamento. Em outras palavras, em lugares abertos, o som compete com diferentes ruídos, além de sofrer com a exposição ao sol, chuva e ataques de pequenos animais. Dessa forma, a harmonia musical e homogênea em ambientes externos é uma tarefa difícil e exige um estudo prévio da área, para que não haja perda da qualidade sonora. Para Virgílio Ribeiro, mestre em Engenharia de Produção e proprietário do Esttudio RV2, o primeiro passo é conhecer o ambiente que será sonorizado para definir a forma de utilização dos aparelhos. A varanda, o rancho de palha, área da piscina, cantinho de churrasqueira, jardim e cozinha gourmet têm suas particularidades acústicas, que devem ser desvendadas para melhor definir o tipo de caixa, modelo e design. Outra questão que deve ser levada em conta é a mutação dos espaços. “Existem projetos em que a área externa será somente para um som ambiente relaxante, mas há espaços que, além desse momento, haverá a vez do churrasco e o dia da criançada também”, ressalta o engenheiro. A sugestão de Virgílio é entender as diversas maneiras de se utilizar o equipamento nos momentos distintos desejados. Ele explica que nem sempre a quantidade de caixas acústicas aparentes trará o resultado desejado. Um projeto equilibrado evitará que o som fique baixo ou que o ambiente esteja mal sonorizado. Um erro comum é utilizar caixas de home theater para sonorizar espaços residenciais abertos. Para o diretor-executivo da GR Ambientes High End, Gláucio Rocha, o ideal é separar os equipamentos do som interno e das áreas fora da casa. “Utilizar os equipamentos na área externa simplifica o manuseio e evita ter que entrar na casa

Divulgação

para trocar a música ou mudar a programação. Melhora a qualidade sonora e economiza cabos”, explica Gláucio. O empresário também aconselha utilizar caixas de som e cabos blindados à chuva e sol e um amplificador compatível à acústica. Para a decoração, esqueça aqueles modelos quadrados e caretas que eram utilizados há alguns anos. As empresas têm modernizado o design e deixado, muitas vezes, os alto-falantes despercebidos no ambiente ou integrando o cenário. Para o arquiteto Paulo Gomes, especialista em sonorização, no jardim, modelos temáticos compatíveis com a natureza são a melhor sugestão. Existem formatos que imitam pedras, vasos sonoros, sapos, cogumelos, floreiras e podem até reproduzir o som de pássaros e outros animais em determinada hora do dia. Quem preferir um design mais clean, existem modelos compactos com cores compatíveis à decoração. O importante é contemplar toda a estrutura, casando com os demais projetos da casa.


69


R. 1126 nº 110, Loja 1 - Galeria Sara Setor Marista, Goiânia - GO (62) 3995-6232

@ambreegoiania


71

gourmet

Espumante

Entenda a origem e confira dicas de como escolher a melhor bebida

Ouro negro

Divulgação

Baristas e experts explicam tudo sobre cafés especiais


72

degustação

A ARTE DO BOM CAFÉ Especialistas desvendam os mistérios dessa bebida tão saborosa que tem agradado aos mais exigentes paladares


rodrigo menezes: “atualmente o Brasil é o segundo maior consumidor de café, só perde para os estados unidos”

torrador probatone

Por Juan Meloni Curto, longo, carioca, americano, ristretto, expresso, com leite, pingado, média, mocha, macchiato, quente, gelado, com sorvete e até com chantilly... Ufa... Essas são algumas das opções de café disponíveis no mercado. E quem é que não gosta de tomar um bom cafezinho logo quando acorda, chega ao trabalho, no lanche da tarde, para aquecer, animar ou reunir. Enfim, momentos durante o dia não faltam para o “ouro negro”. Café tem por todo lado, na padaria, no supermercado, em casa, no trabalho. Difícil é encontrar um café especial, aquele que tem avaliação sensorial entre 85 e 100 pontos, reconhecido pela Associação Brasileira da Indústria de Café (Abic). “Eles são mais puros, maduros e bem processados”, explica o Coffee

Hunter Rodrigo Menezes Ramos, sócioproprietário ao lado de Leandro Perez, do Ateliê do Grão, no Setor Marista. Atualmente o Brasil é o segundo maior consumidor do grão – só perde para os Estados Unidos –, sendo que o consumo de café cresce 2% ao ano e o de café especial, 25%. “Vendemos cerca de 400 xícaras de café por dia. A aceitação é muito legal. Tem cliente que vem todos os dias e nos tornamos amigos”, diz Rodrigo. “O que você compra no supermercado até tem café no meio, mas não é um bom café”, explica o Coffee Hunter. O hábito de degustação também chegou ao paladar goiano, que tem começado a se interessar mais por uma bebida de qualidade. “Hoje existem até clubes de café na internet, e eles enviam para você um tipo de café por

mês e assim se tem a oportunidade de experimentar diversos sabores de várias fazendas”, completa o empresário. O Ateliê do Grão foi criado com o desejo de melhorar o café servido no restaurante Tribo do Açaí, também de propriedade dos empresários. “Um amigo conheceu o restaurante e disse que o café servido era ruim. Fizemos curso de degustação, estudamos e percebemos que Goiânia tinha público para esse tipo de café mais elaborado”, conta Rodrigo. Os cafés comercializados no local são da Alta Sorocabana (SP), Cerrado Mineiro, Matas de Minas e Sul de Minas. “Nosso café é todo controlado, sabemos a data de tudo, desde a plantação até a hora que ele chega na cafeteria. Isso é controle de qualidade”, define o especialista.

73

Fotos: Ângela Motta


máquina de torrefação possibilita que o grão seja torrado na hora

74

Fotos: Ângela Motta

coador Hario pode maximizar algumas características do café coado, como acidez e doçura

Café com carinho O casal paulista Cristiana Fiuza, chefe de cozinha, e Artur Velludo, pedagogo e barista, acredita que nossa afeição pelo café é tanta que podemos dizer que temos carinho por ele. Pensando nisso e por acreditarem que a bebida aproxima as pessoas, eles criaram há menos de um ano o Café Cariño, também no Setor Marista. “Tem muita gente que gosta de café, mas não tem conhecimento a respeito. As pessoas só conheciam o expresso e tomavam porque era o único oferecido, mas falar que o brasileiro gosta de expresso não é verdade, ele é muito amargo. Brasileiro gosta de coisa mais doce”, esclarece Cristiana. A casa disponibiliza grãos do sul de Minas Gerais (Catuaí Amarelo e Acaiá) e faz a torrefação no local, em uma máquina estilosa no meio do salão. Dessa forma, pode-se obter um nível de torra mais satisfatório. “Se o café torra muito, ele queima, e você precisa de açúcar para corrigir o sabor amargo. Sendo torrado aqui, fica como queremos. O torrador pode estragar ou melhorar o café”, explica Artur.

Para artur velludo, uma das peças mais importantes no preparo do café é o barista, responsável pela extração e fusão da bebida

Uma das peças mais importantes no preparo do café é o barista, responsável pela extração e fusão da bebida. “Ele tem de saber tudo, inclusive, deve respeitar a opinião e o gosto do cliente. Há pessoas que preferem adoçar o café, o que não é necessário, já que é uma fruta doce, mas as deixamos à vontade para isso”, acrescenta. Diante do leque de opções oferecidas ao cliente do Café Cariño, Artur conta que o mais pedido é o café na prensa francesa, que é suave, menos amargo e de intensidade mediana. “Ele é bonito de se fazer na mesa, e tem saído porque explicamos que existem outros métodos, senão o cliente vai direto no expresso. O interessante é que o mesmo grão proporciona sensações diferentes.” Questionado sobre qual seria o melhor café do mundo, o barista poetiza. “É aquele que a gente vai tomar agora, depende do ambiente, depende da gente. Nós interferimos na xícara e a xícara interfere na gente. É uma troca, algo filosófico.”

De consumidor para fornecedor O engenheiro civil Lidemberg Silva trabalhava em um dos escritórios de uma torre comercial na Avenida Jamel Cecílio, no Jardim Goiás, e tinha por hábito tomar um cafezinho durante reuniões feitas por ali. “Uma das donas da cafeteria faleceu e a outra se mudou para a Austrália, então resolvi investir. Entrei no ramo por curiosidade, comecei a tomar gosto pelo café”, afirma. Hoje, o Vittore Cafés Especiais comercializa cerca de 90 cafés por dia e seus grãos são procedentes da Fazenda Paraíso. “É um café de primeira qualidade. A escolha e a torra são artesanais”, diz o engenheiro civil. Apesar da crise atual, Lidemberg aposta no crescimento desse segmento. “Meu maior concorrente é o café de padaria, que é mais barato e ruim. Estamos trabalhando o paladar do cliente. Hoje eles consomem 40% menos de sachês de açúcar/adoçante. Entendem que o ideal é beber café puro.” E, então, vai um cafezinho aí?!


Saúde A composição do café faz com que ele seja uma bebida natural e saudável. O consumo diário de 3 a 4 xícaras/ dia contribui na prevenção de várias doenças, como diabetes do adulto, câncer de cólon, fígado e mama, doença de Parkinson, entre outras. Ainda pode inibir as inflamações e reduzir o risco de doenças cardiovasculares e outras doenças inflamatórias prolongadas. Estimulante Melhora do estado de alerta, da energia, da capacidade de concentração, do desempenho em tarefas simples, da vigilância auditiva, do tempo de retenção visual e diminuição da sonolência e do cansaço. O consumo da bebida tem se mostrado eficaz na prevenção de doenças neurodegenerativas, como a doença de Parkinson e mal de Alzheimer.

Café e asma De acordo com estudos epidemiológicos desenvolvidos nesta área, a probabilidade de os consumidores moderados de café desenvolverem os sintomas usuais de asma é, em média, 30% menor do que os não consumidores. A cafeína também reduz a fadiga dos músculos respiratórios. Atenção! Não exagere. Café é uma bebida diurna, que ajuda nas atividades do dia. A primeira xícara deve ser tomada na primeira hora após o despertar e as demais, com intervalos mínimos de duas horas. Os efeitos da cafeína podem variar de pessoa para pessoa, oscilando de acordo com o peso e a regularidade com que é consumida.

Café e diabetes tipo II Diversos estudos epidemiológicos indicam que indivíduos que consomem pelo menos 6 a 7 xícaras de café por dia parecem estar sujeitos a um risco significativamente inferior de desenvolver diabetes tipo II, quando comparados com indivíduos que consomem duas xícaras ou menos. Esporte Ajuda a ter mais pique para correr, pular, saltar, nadar, estimulando a ação dos músculos durante exercícios prolongados, que passam a utilizar a gordura como fonte de energia em vez de açúcares encontrados nos carboidratos. Reduz a sensação de fadiga, melhorando o rendimento físico.

Como preparar um bom café Não ferver água. Quando for esquentá-la para preparar o café, pare quando surgirem as primeiras bolhas. Coloque o café no filtro de café (vendido em supermercado), despeje 30 gramas de café para 300 ml de água. Não mexa com a colher, porque assim se deixa passar maior quantidade de água e a bebida acaba ficando “rala”. Use um grão de boa qualidade.

Categorias de café Tradicional – 40 a 60 pontos, ainda longe de ser algo de qualidade. É vendido nos supermercados. Superior – 60 a 70 pontos. Gourmet – 70 a 85 pontos. Especial – 85 a 100 pontos. Café puro, maduro e bem processado.


Divulgação

comemoração

Borbulhas festivas Especialistas explicam, dão dicas e contam sobre a origem do espumante Por Johny Cândido As festas de final de ano se aproximam e um item indispensável na lista de compras para as celebrações é o espumante. Afinal, curtir a virada com uma taça da bebida já se tornou tradição. Pensando nisso, a Zelo conversou com especialistas sobre esse líquido saboroso, que tem tudo a ver com comemoração. Segundo o Instituto Brasileiro do Vinho (Ibravin), em 2014, foram comercializados mais de 12,5 milhões de litros de espumante no Brasil, sendo que 76,7% de produção brasileira. Ricardo Alcoforado Maranhão Sá, que é sommelier pela Associação Brasileira de Sommeliers em São Paulo e membro da diretoria da associação em Goiânia há mais de 10 anos, falou sobre as curiosidades da bebida, que sempre foi relacionada a comemorações e festas. Maranhão explica que tudo teria começado em Reims, cidade mais importante da região de Champagne, onde a coroação dos reis franceses, na catedral de Notre-Dame, era celebrada com o vinho da região, que mais tarde seria batizado como champagne. A descoberta da bebida é atribuída a Dom Pierre Pérignon, monge beneditino que vivia na Abadia de Hautvillers. “De tão fascinado com a bebida que ele próprio produziu, Pérignon fazia uma comparação inusitada: ‘Venham irmãos, venham ver, estou beben-


Curiosidades do espumante De acordo com Ricardo Maranhão, existem três métodos para a produção da bebida, sendo que o Champenoise foi desenvolvido na região de Champagne, na França. A principal característica dele é que, na segunda fermentação, o processo é feito naturalmente na própria garrafa. O segundo é o Charmat, patenteado em 1907 pelo enólogo francês Eugène Charmat. Trata-se de um procedimento no qual a segunda fermentação é feita em tanque de aço inoxidável, hermetica-

mente fechado, gerando da mesma forma a pressão do gás carbônico. É um método industrial usado para fabricar grandes quantidades de espumante. Como a produção em tanques demanda menor uso de mão de obra, consequentemente o custo é menor, resultando em espumantes de preços mais acessíveis. Já o método Asti, produzido na região de mesmo nome, consiste em uma única fermentação em tanques de aço inox (os mesmos utilizados para o método Charmat), mas com controle de pressão e de produção de álcool. O resultado é um espumante de graduação alcoólica mais baixa e com grande potencial aromático. Os tipos de espumantes mais conhecidos são o Demi-Sec (meio-seco) e o Brut (bruto), mas existem também o Doux (doce), Sec (seco), Extra-Sec (extra-seco), Extra-Brut (extra-bruto) e o Nature (pas dosage). Ricardo revela que a diferença entre um e outro é o teor de açúcar de cada estilo. “Há também outras classificações, como Blanc de Blancs, produzido exclusivamente com a uva chardonnay, e Blanc de Noirs, elaborado somente com as uvas tintas (pinot noir e pinot meunier) ”, esclarece Ricardo. Espumante x Champagne Há uma frase célebre que diz: “Todo champagne é um espumante, mas nem todo espumante é um champagne.” De

Fotos: Ângela Motta

ricardo maranhão: ao avaliar o espumante, é possível saber se a bebida tem boa acidez , se é leve e frutada

acordo com Ricardo Maranhão, o espumante sofre duas fermentações naturais: a primeira é alcoólica, comum a todos os vinhos, e a segunda é onde a bebida adquire efervescência. O processo pode ocorrer pelo método Charmat ou pelo método Champenoise. “O champagne possui características bem peculiares. Ele só pode ser chamado assim se for produzido na região de Champagne, ao Norte da França, que possui origem controlada da bebida. Além disso, só pode ser elaborado obrigatoriamente a partir de três uvas: chardonnay, pinot noir e pinot meunier”, esclarece. Explicações de um enólogo Atualmente, o Rio Grande do Sul é responsável por mais de 95% da produção de espumantes no País. O enólogo André Peres Júnior, à frente da Vinícola Aurora em Goiás, atua na área há dez anos e explica que a Serra Gaúcha é conhecida como uma das melhores regiões para a elaboração da bebida. “O destaque internacional é visto cada dia com mais intensidade”, enfatiza. O Brasil produz excelentes espumantes, alguns premiados no mundo inteiro. André destaca que o espumante brasileiro é apreciado pelos principais países de consumo de vinho no mundo, incluindo a França, o Reino Unido, Estados Unidos, além de estar presente em diversos países da Ásia.

77

do estrelas!’ O glamour do champanhe, no entanto, veio 200 anos depois da descoberta do religioso”, explica o sommelier. A bebida teria se tornado popular no mundo por meio de madame Barbe-Nicole Clicquot, mais conhecida como Veuve Clicquot, que revolucionou a fabricação da bebida e teria chegado ao Brasil no tempo da imigração italiana. O primeiro espumante brasileiro foi produzido em 1913, na cidade de Garibaldi, na Serra Gaúcha, pelo imigrante italiano Manoel Peterlongo. Ele chegou por volta de 1890, trazendo na bagagem mudas de videiras e conhecimentos necessários para produzir o líquido. Em 1913, o espumante produzido por Manoel ganhou a primeira medalha de ouro e o registro oficial que atesta o início da produção no País. Logo depois fundou a vinícola Casa Peterlongo.


Ângela Motta

78

José luís pinheiro: “estourar o espumante é errado e perde-se a harmonia tão esperada e desejada pelo produtor da bebida”

Movimentando o mercado O empresário José Luís Pinheiro, à frente do Restaurante Hakone, estuda vinhos há seis anos e trabalha bem a venda e exposição desse item no seu estabelecimento. Para ele, harmonização é a palavra-chave. “Os espumantes se harmonizam muito bem com a culinária oriental. Em suas diferentes vertentes, mais leves ou encorpados, mais simples ou mais complexos, brancos ou rosés, sempre existem pratos com diferentes peixes, métodos de cocção e molhos para uma perfeita harmonização de aromas, sabores e texturas”, explica. Além disso, há também o hábito de brindar em reuniões ecomemorações. E, nesse caso, vale lembrar que “estourar” o espumante é errado e perde-se a harmonia tão trabalhada e desejada pelo produtor da bebida. Como escolher? Há fatores fundamentais para a escolha de um espumante, que pode ser feita de forma simples. Ao avaliar a bebida, é possível saber se tem boa acidez, se é leve e frutada. Há outros aspectos mais complexos para diferenciar os níveis de qualidade da bebida: perlage (borbulhas, quanto menores e mais persistentes forem estas, maior a qualidade), aroma (florais, cítricos ou terciários) e paladar (acidez e persistência).

José Luís Pinheiro dá dicas para escolha de bom espumante 1ª - Onde comprar? O espumante, assim como outros vinhos, deve ser armazenado deitado (para que o líquido tenha contato com a rolha) e em locais com controle de temperatura. Isso já restringirá o número de opções de pontos de venda, porém a chance de uma melhor compra é grande. 2ª - Peça indicação na hora da compra! Se você ainda não sabe exatamente o que comprar, dê preferência a locais onde possa contar com atendimento personalizado. Uma indicação de quem conheça vinhos pode lhe trazer boas surpresas e boas opções financeiras. Ser mais caro não significa que seja o melhor. 3ª - Marca conhecida nem sempre é garantia de qualidade. Existem muitos espumantes com nomes e rótulos conhecidos que nem sempre estão entre as melhores opções dentro de sua faixa de preço. Há produtos com um melhor custo-benefício que grandes marcas, considerando o gosto e o bolso do consumidor. 4ª - Atenção às condições da garrafa! Garrafas que não estejam completas até o gargalo, com vazamento de líquido

na lateral, rolha danificada, gaiola de proteção da rolha solta e rótulo ressecado são sinais de que o espumante sofreu durante o processo de armazenamento e/ou transporte, o que possivelmente deve ter prejudicado o vinho no interior da garrafa. Evite-as. 5ª - Qual estilo você prefere? Dentre alguns métodos existentes para a produção de espumante, vale destacar o Charmat e o Champenoise. Os vinhos elaborados pelo método Champenoise ou Tradicional tendem a originar aromas e sabores mais complexos e com mais corpo. Já no método Charmat, mais frescor e menos complexidade aromática. Escolha qual desses dois estilos de espumante você quer tomar para ficar mais fácil na hora da compra. 6ª - Fique atento à temperatura! Não deixe o espumante em baixíssimas temperaturas (freezer). Você perderá muito na degustação dos aromas e sabores.

Agora é só brindar e saborear seu espumante!


beleza

Cirurgia íntima

Assunto ainda é tabu entre as mulheres

Saúde

Psicóloga desvenda estereótipos sobre o autismo


ZELObeleza hannah motta hannah@revistazelo.com.br

Para brilhar Com as atrizes Lupita Nyong’o e Lily Collins como garotas-propaganda, Lancôme apresenta seu novo balm com cor, Shine Lover. De tons de rosa alegres à fúcsia e aos beges rosados, cada uma das cores é intensamente radiante. Com uma combinação de ingredientes, promete deixar os lábios hidratados o dia inteiro. Selecionamos três cores indispensáveis: French Sourire, um rosa vivo, efusivo e luminoso; Electrisante, um rosa pop neon e Ô my rouge, um vermelho cereja reluzente.

Fotos: Divulgação

Sérum

82

Para complementar sua linha de SkinCare, a marca grega Korres apresenta o Sérum Wild Rose. Altamente concentrado, garante brilho e luminosidade. O óleo da Rosa Mosqueta é rico em ácido linoleico, que oferece hidratação, restauração e forma uma película protetora sobre a pele. Contém ação antimanchas e reduz visivelmente as linhas de expressão.

Fio a fio A Natura acaba de ampliar sua linha de produtos para cabelos com Ekos Murumuru. Da semente do murumuru – uma palmeira – é extraída uma manteiga de cor amarelada que promete reparar e repor a massa perdida dos fios. É capaz de penetrar profundamente na fibra capilar, preenchendo as fissuras, e alinhar as cutículas, devolvendo sua elasticidade natural. A linha conta com shampoo, condicionador, pasta pré-shampoo, máscara, creme para pentear, ampolas e uma manteiga concentrada. Um tratamento completo!

Make de bonita A linha de sucesso Terracotta, da Guerlain, ganha versão repaginada para o verão 2016. A maison francesa trouxe os dois best-sellers do Poudre Bronzante – em edição limitadíssima – em novos cases de silicone, nas cores Turquesa Riviera e Coral Vibrante. Outro destaque é o batom Rouge Automatique na cor Pink Stiletto e o esmalte em azul, com acabamento perolado. Chega também a base compacta Sun Moisturiser Tan Booster, com acabamento natural e aveludado.


Lips Chega ao Brasil mais um produtinho da theBalm, marca californiana desejo! Pensando no verão, a marca traz a coleção Read My Lips, com nove glosses superpigmentados com componentes que prometem deixar os lábios mais macios e jovens. Possuem aloe vera, que proporciona hidratação, extrato de chá verde, cicatrizante e fortificante, e ginseng, que promove o rejuvenescimento dos lábios. Os tons? Coral nude, nude caramelo, ameixa, malva, cereja, magenta, vermelho profundo, vermelho quente e rosa coral.

Olfato A Prada lançou Prada Olfactories, uma coleção com dez fragrâncias com design e mix de aromas inspirados na arte surreal. Até as composições químicas foram pensadas para ativar o subconsciente. Enquanto não chega ao Brasil, a novidade pode ser encontrada na Galeria Lafayette, França, e nas boutiques da marca em NY. Desejamos!

Presente

83

Com a chegada das festas de fim de ano, O Boticário lança 23 kits para presente, com opções para todos os gostos e bolsos. Um dos grandes destaques é o Kit Lily. Além do eau de parfum e do hidratante corporal já queridinhos, conta com um hair mist para perfumar os cabelos e um creme para as mãos.

Viva Glam! Loiríssimas A L´Oréal Professionnel apresenta o primeiro corretor de cor instantâneo da marca. Blonde Corrector promete eliminar os reflexos amarelos indesejados nos cabelos e entregar um resultado de louro puro em apenas uma aplicação. Em edição limitada, o produto vem para combater o desbotamento dos cabelos louros neste verão. Além disso, trata a fibra capilar, devido à associação de três agentes condicionantes que proporcionam maciez, brilho e desembaraço.

A linha Viva Glam, da M.A.C, apresentou mais um nome de peso para representá-la, a cantora Ariana Grande. A coleção, que chega às lojas em janeiro de 2016, tem 100% da venda revertida para a M.A.C Aids Fund, entidade que beneficia portadores do vírus HIV. Conta com um gloss perolado e um batom roxo.


ESTÉTICA

INTIMAMENTE Dr. Antônio Teixeira fala sobre cirurgia íntima, assunto que ainda é tabu entre as mulheres

84

Por Alice Galvão Apesar dos séculos de evolução humana, alguns aspectos da nossa cultura ainda impedem que homens e mulheres vivam plenamente. Além do comportamento socialmente aceitável, existe o padrão físico esperado e tido como normal, mas que nem sempre é o que prevalece. Por isso, apresentar uma deformidade no corpo geralmente é motivo de comprometimento da autoestima. Quando esta deformidade está associada às regiões íntimas, a situação fica ainda mais delicada. Sobre o assunto, ouvimos o cirurgião plástico Dr. Antônio Teixeira, experiente na realização de rejuvenescimento e ninfoplastia. “O procedimento consiste basicamente na simetrização e redução dos pequenos lábios, parte da região mais interna do órgão genital feminino. São peles um pouco maiores que podem causar desconforto, dores, ou machucar a mulher durante a relação sexual”, detalha o especialista. Ele afirma que, por estar em uma região naturalmente quente e abafada, o excesso de pele pode provocar o aumento da ocorrência de infecções urinárias. A cirurgia íntima também serve para aquelas mulheres que têm os grandes lábios menores ou atrofiados. “Existe um enxerto que pode aumentar o volume da área, dando um aspecto mais jovial, tanto para as mulheres que nasceram com o problema quanto para aquelas que o adquiriram com a idade”, relata Teixeira. Apesar de todo este inconveniente, o tratamento ainda é pouco pro-

curado. “A maioria das mulheres tem esta alteração nos pequenos lábios, mas ainda existe muito tabu em torno do assunto. Além disso, muitas desconhecem a existência do procedimento”, explica o cirurgião plástico, que acredita que a maior barreira é a vergonha que as pacientes têm de procurar ajuda e falar sobre o problema. Segundo o médico, a cirurgia é simples. Pode ser realizada no próprio consultório, se for usada apenas a anestesia local, ou no centro cirúrgico, com anestesia local e sedação. “A paciente é internada pela manhã, passa pela cirurgia e recebe alta no mesmo dia”, conta. Além disso, os pontos são absorvíveis e, dependendo de sua atividade profissional, a paciente pode voltar ao trabalho até três dias após o procedimento. Muitas mulheres que já passaram pela cirurgia relatam ao médico que mudaram a forma de se relacionar sexualmente, no que diz respeito à frequência e desenvoltura. “Elas ficam mais à vontade com seus parceiros porque resolveram um problema que as incomodava e prejudicava sua autoestima. Eu tive várias pacientes que nunca tinham tido relações sexuais com a luz acesa, por exemplo. Ou outras que, durante o ato sexual, evitavam o toque, por medo de que o parceiro percebesse a alteração”, revela. Mais do que uma cirurgia plástica, a ninfoplastia muitas vezes representa uma libertação psicológica, graças a este impacto na autoestima feminina. Além disso, a cicatriz é praticamente imperceptível, então esta mulher não se sente exposta em suas relações sexuais


antônio teixeira diz que, com o procedimento, “elas ficam mais à vontade porque resolveram um problema que as incomodava e prejudicava sua autoestima”

e afetivas. É uma pequena reparação física que pode resolver uma série de desconfortos psicológicos que vêm desde a adolescência. “Por ser uma região íntima, as meninas se sentem constrangidas e evitam contar para a mãe. Muitas escondem durante muito tempo este desconforto e, quando o revelam, dizem que foi causado por um acidente de bicicleta na infância, por exemplo”, conta o médico. Para o pré-operatório, os exames básicos são hemograma, coagulograma (para ver como está a cicatrização da paciente) e exame de urina (para descartar ou identificar infecção urinária). “Ela também pode ser associada a outras cirurgias plásticas, como mamoplastia redutora, lipoescultura ou prótese mamária”, esclarece Teixeira. No pós-operatório, o principal cuidado é não utilizar papel higiênico. Em vez disso, lavar o local sempre com água e sabão, para evitar rompimento dos pontos devido ao atrito. “Além disso, deve-se evitar calças muito justas e calças jeans apertadas, para não tornar o local muito abafado e melhorar a cicatrização”, recomenda.

Dr. Antônio teixeira crm go: 16.890 rqe: 8.380 hospital unique - (62) 3015 4111 - 8309 4111 av. t3, 2.199, setor bueno, goiânia - goiás www.antonioplastica.com.br

85

Ângela Motta


frescor

Indispensável no verão! A beleza precisa de cuidados especiais durante a estação mais quente do ano. O verão vem chegando e junto com ele dias de praia, piscina e passeios ao ar livre. A água termal virou item desejo e fundamental no nécessaire da temporada por ser fácil de aplicar, além de limpar, hidratar e acalmar a pele. Pode ser usada várias vezes ao dia, inclusive antes ou depois da maquiagem, pois ajuda a fixar as partículas dos produtos utilizados. Enriquecidas com minerais, também são ótimas para os cabelos. Pensando em tudo isso, preparamos um guia com o produto e itens que o levam em sua composição. Confira!

Capital Soleil Clarify – Vichy

Água Termal -Vichy Rica em sais minerais e oligoelementos que atuam na defesa da pele. Ajuda a acalmar e previne o envelhecimento cutâneo.

Tem ação clareadora para as áreas escurecidas da pele. Possui água termal da Vichy em sua fórmula.

Eau Thermale - Avène Contém selênio, cálcio, silicato e zinco, além de possuir efeitos antioxidantes e anti-inflamatórios.

O CC Cream 12 em 1 – Vizcaya Com uma fórmula rica em vitaminas essenciais - E, B3, B5 e B6 - e Água Termal, nutre devolvendo o brilho e a saúde para os fios. Contém Proteção UV, para manter os cabelos longe dos danos causados pelo sol.

Ceralip - La RochePosay Creme restaurador para lábios ressecados com manteiga de karité e água termal da La Roche-Posay, que conta com propriedades antirradicais livres e suavizantes.


Whishlist de beauté! Experts em beleza indicam quais produtos essenciais você não pode deixar de trazer para incrementar seu nécessaire, ao viajar para fora do País nessas férias de final de ano.

fica a dica

André Moreira Luciano Lima Acqua Distillata Alle Rose, Made in Italy by Roberts, um produto que existe desde 1867 e que permanece firme e forte no meu nécessaire, mesmo depois de quase duas décadas. Conta com essências de três tipos de rosas nobres. É tonificante, hidratante e muito refrescante, tem aroma agradável, suave e efeito relaxante.

88

Água de Uva Caudalie! Como nosso clima é muito quente e seco na maior parte do ano, esse produto ajuda na hidratação cutânea. Com efeito calmante, deixa a pele com um aspecto iluminado e leve.

Leo Caetano Pó Compacto Blot Powder/Pressed, da M.A.C. É um pó translúcido para ser aplicado sobre a base ou usado sozinho. Fixa a maquiagem e dá acabamento ao rosto sem adicionar cor ou textura. Com sílica na composição, disfarça imperfeições e uniformiza a pele, resultando em um look radiante e luminoso.

João Pedro Mendonça BareSkin Pure Brightening Serum Foundation, da bareMinerals. A base foundation da vez! É uma base mineral líquida, iluminadora e sérum em um único produto. Com cobertura ajustável, de leve a alta, ela se adapta a todos os tipos de pele. Anote e faça bom uso!

Evando Filho A base Teint Haute Tenue, da Clarins, é uma descoberta poderosa para qualquer tipo de pele. Ela é firme e tem ótima absorção. Conta com resultado aveludado e quase não precisa de pó. Apresenta efeito regenerador, deixando a pele uniforme e pronta para qualquer tipo de make. Toda mulher antenada tem que ter!

Divulgação


Criofrequência em Goiás é na Fêmina Day Clinic Perda de até 40% de gordura localizada A criofrequência é um tratamento que combina criolipólise (congelamento das células de gordura), radiofrequência para tratamento de gordura localizada, flacidez e celulite, ultracavitação e eletroporação. O aparelho cuida da região por completo, seja facial ou corporal, e trata a flacidez com excelência, simultaneamente à perda de gordura localizada, que pode chegar até 40% ao final do tratamento e diminuir até três centímetros na primeira sessão. Além disso, não oferece risco de queimaduras e otimiza em 50% o tempo de tratamento com os protocolos exclusivos e supervisão médica da Fêmina Day Clinic.

www.feminadayclinic.com Rua 15 nº1.370, Setor Marista (62) 3093 5658 Agendamento avaliações e horários WhatsApp: 9101 5460 facebook.com/feminadayclinic @feminadayclinic


cirurgia plástica

90

de bem com o espelho Lipoenxertia na face, associada ao lifting facial, tem ganhado projeção e cada vez mais importância nos consultórios cirúrgicos


91

Quem nunca quis mudar algo em si mesmo? Diminuir o nariz, retirar aquela gordurinha, levantar o supercílio, esconder uma cicatriz... Aposto que mesmo antes de terminar de ler a frase anterior, você já procurou um espelho para se olhar. Não há nada de errado em querer melhorar, ficar mais atraente, corrigir imperfeições. Faz parte da natureza humana. Leonardo da Vinci escreveu que “A lei suprema da arte é a representação do belo”. Queremos ser belos. E como queremos! Desde 2013, o Brasil é recordista mundial em cirurgias plásticas, com mais de 1,5 milhão de operações por ano, informa a Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica (SBCP). Desse surpreendente montante, as mulheres são responsáveis por 88% das operações estéticas feitas no País. Em Goiás, a proporção de mulheres e homens que procuram o “bisturi” acompanha a tendência nacional. De acordo com o cirurgião plástico Sandro Alves, as cirurgias mais procuradas na Capital são lipoaspiração, abdominoplastia e de mama e o rejuvenescimento facial ganha cada vez mais importância nos consultórios. Isso é o resultado de uma população que tem uma expectativa de vida aumentada e que mantem plena suas atividades sociais, cada vez mais preocupada com o visual. O médico explica que a harmonia facial é determinada pelo equilíbrio entre as estruturas ósseas, músculo, gordura e pele. O envelhecimento leva a perda desse equilíbrio que, consequentemente, leva a mudanças no seu volume, forma, posição e consistência. Essas alterações ocorrem de maneiras variadas, de pessoa para pessoa, alterando sua estrutura facial. “A face é uma estrutura tridimensional e deve ser encarada assim ao propormos tratá-la. Ela perde seu volume e sustentação, resultando no deslocamento inferior de suas estruturas (Descenso Facial) e no surgimento e aprofundamento de seus sulcos e rugas. O modelo cirúrgico tradicional de tratamento da face, o faz em duas dimensões, não abordando um problema importante do envelhecimento, que é a diminuição dos volumes faciais, resultado da diminuição da estrutura esquelética e gordura facial. Estes representam a parte tridimensional do envelhecer do rosto”, argumenta o cirurgião. Com o surgimento da lipoaspiração, na década de 1980, criou-se a possibilidade de aspirar e enxertar a gordura (lipoenxertia) para aumentar tecidos moles, permitindo assim modelar diferentes regiões corporais, inclusive a face. Para alcançar o rejuvenescimento facial, Sandro cita um dos procedimentos que tem realizado e que, embora não seja novidade, tem tido grande resultado. Trata-se do lifting facial associado à lipoenxertia. O enxerto de gordura promove a volumização da face. Além de fazer o reposicionamento do tecido realiza o preenchimento de áreas onde a diminuição de gordura ficou muito evidente. O resultado é uma face mais triangular, com maçãs de rosto mais cheias e aspecto mais jovial”, completa. “É uma cirurgia com resultado fantástico. Faz uma diferença muito grande e a satisfação, normalmente, é gigantesca”, sustenta o médico. A durabilidade do tratamento pode chegar a dez anos. Normalmente, após os 45 anos, começamos a notar alterações faciais que podem sugerir a necessidade de um tratamento

João Carlos Fotografia

Por Alexandre Parrode

“Na hora de lidar com o paciente, é preciso ponderar e ser honesto”, alerta o cirurgião plástico Sandro Alves

para rejuvenescimento facial com o Lifting + Lipoenxertia, mas o cirurgião ressalta que cada caso deve ser bem avaliado e a proposta cirúrgica individualizada, respeitando o perfil de cada paciente. Há, sim, mudanças perceptíveis, mas é preciso levar em consideração a anatomia individual. “Sempre apresento ao paciente sua realidade corporal e a proposta de tratamento, sem idealização fantasiosa. É um erro vender um resultado que não pode ser obtido e, infelizmente, isso ainda acontece. Na hora de lidar com o paciente, é preciso ponderar, ser honesto”, alerta. Sandro ressalta ainda que toda cirurgia facial é “nobre” e “extremamente delicada”. “Existem aspectos anatômicos que devem ser observados para além da estética”, arremata.

Dr. Sandro S. Alves é graduado em Medicina pela Universidade Federal de Goiás, com residência médica em Cirurgia Geral e Cirurgia Plástica no Hospital das Clínicas da UFG. Especialista em Cirurgia Plástica pela SBCP e Associação Médica Brasileira. Membro da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica (SBCP) – CRM-GO 13522 Clínica Samaritano (62) 3215 0446 rua 237 n° 29, st. coimbra, goiânia-go


Rejuvenescimento contínuo Dr. Bernardo Magacho abre, em Goiânia, primeiro grande Centro de Rejuvenescimento Multiespecializado específico da face Inaugurado recentemente, o Club laser surgiu da ideia de que o rejuvenescimento deve ser contínuo, pois o envelhecimento também é. O paciente, ao realizar um procedimento, seja ele cirúrgico ou não, continua em processo de envelhecimento. O ideal é o acompanhamento e planejamento desse paciente ao longo do tempo, caso ele queira retardar ao máximo o processo. Baseado nisso, o oftalmologista com fellowship em cirurgia oculoplástica Bernardo Magacho criou um serviço onde o paciente pode se beneficiar de diversas tecnologias. O médico explica que no Brasil, pelo fato da tecnologia de ponta ser bastante onerosa, esse sonho era praticamente impossível. “Tornamos essa grande dificuldade em realidade. Somos o primeiro grande Centro de Rejuvenescimento Multiespecializado e contínuo específico da face no Brasil. Nosso foco é manter o paciente sempre em processo de melhoramento estético, independentemente da idade, sexo e raça. Cada paciente terá sua avaliação personalizada por um de nossos profissionais médicos, que possuem grande experiência na área facial”, ressalta. O Centro Brasileiro da Face (CBF), que engloba o Club laser, oferece vários tratamentos de rejuvenescimento facial, como lift e minilift facial, blefaroplastia a laser, rinoplastia, otoplastia, lipoenxertia, entre outros. Magacho ressalta que todos os procedimentos estão sob vigilância de um corpo clínico altamente treinado e especializado na área. No centro, são realizados tratamentos não cirúrgicos, que incluem o Club laser e os procedimentos minimamente invasivos, como toxina botulínica, preenchimentos, peelings e muito mais. “Assim, de acordo com a avaliação de cada um, faremos um estudo facial de-

talhado num mix de procedimentos, a fim de chegarmos ao melhor resultado. Tudo reunido em apenas um lugar”, explica o especialista. A estética não é algo unicamente físico, envolve muito a questão emocional. “Sabemos que as pessoas bem consigo mesmas são mais felizes e mais aceitas no mercado de trabalho. Nossa razão de existir é deixar o paciente cada vez mais satisfeito e feliz com sua aparência. Assim, o CBF e Club laser surgem para tentar, com muita ciência, tecnologia e investimento, proporcionar os melhores resultados cabíveis à medicina”, esclarece Magacho.

Outros tratamentos realizados l Toxina botulínica l Preenchimento l Harmonia facial l Peeling l Tratamento de manchas l Carboxiterapia l Fios de tração e sustentação l Elevação da sobrancelha l Intradermoterapia l Tratamento de flacidez facial l Laser l Olheira l Blefaroplastia l Papada l Tratamento de pescoço e colo l Tratamento das mãos l Cirurgia plástica do nariz l Otoplastia l Rejuvenescimento do colo l Remin l Exoplastia + Multipeel


Centro Brasileiro da Face – Club laser Av. T2 nº 396, CEP: 74.210 010 Setor Bueno - Goiania – Goiás Telefone: (62) 3252 6200 | (62) 3093 6363 www.cbf.med.br

Hospital ver av. Americano do brasil qd. 253, lt. 12-e, setor marista - goiânia - goiás - Telefone: (62) 3096 9696 www.drbernardomagacho.com.br

95

RT DR. Bernardo Magacho CRM GO 9933 Graduado pela UFF, residente pela UFG, fellowship em Cirurgia Plástica Ocular pela USP, pós-graduado em Medicina e Cirurgia Estética pela International Association of Aesthetic Medicine. Membro da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica Ocular e da American Society of Ophtalmology


Vamos falar de autismo? Psicóloga desvenda estereótipos sobre transtorno e garante: “Terapia adequada é fundamental”

96

Por Alexandre Parrode Quem nunca se divertiu com o comportamento peculiar de Sheldon, personagem da série norte-americana The Big Bang Theory? Sua falta de habilidade social e a dificuldade em entender ironias cativaram o público no mundo todo. Poucos sabem, mas um dos físicos mais famosos da TV é portador de um transtorno muito comum: o autismo. Congênito, afeta principalmente os aspectos sociais e comportamentais do indivíduo. Não existe causa e acomete, majoritariamente, homens. De acordo com a psicóloga Analítico-Comportamental Camila Zampier, ao contrário de outros transtornos, como a síndrome de Down, que é perceptível fisicamente, o autismo não é “visível”. Geralmente, os sintomas iniciais aparecem muito cedo, ainda nos primeiros meses de vida. “A criança autista, geralmente, não troca olhar com a mãe durante a amamentação, que é um momento muito importante para as duas. Tem o olhar vazio e foge do contato visual”, explica. No entanto, Camila esclarece que existem inúmeros graus de autismo, por isso é difícil determinar o exato momento em que os primeiros sinais serão mais perceptíveis. Em casos mais graves, por exemplo, os sinais podem ser percebíveis logo nos primeiros meses de vida, entre 8 e 24 meses. Já em casos mais leves, geralmente, são identificados a partir da fase escolar Há, todavia, um sintoma comum: a falta de habilidade social. “Mesmo as com níveis mais brandos, são crianças que têm dificuldade de entender ironias, metáforas e de interpretar corretamente o contexto de uma situação e, por vezes, acabam isolando-se do convívio social”, comenta. Ouve-se dizer que autistas “não têm sentimentos”, são “frios” e “indiferentes”. A psicóloga desconstrói tal discurso: “Têm emoções, sim. Só que eles não conseguem discriminá-las, demoram mais para aprender a interpretar sentimentos.” Basicamente, podemos caracterizar três níveis do autismo: leve (chamado de Asperger), médio e grave. O primeiro é mais brando, marcado por pessoas que conseguem se co-

João Carlos Fotografia

saúde

Camila explica que O autismo é uma condição permanente, que afeta principalmente aspectos sociais e comportamentais

municar e, assim, se inserir na sociedade, frequentar escolas regulares e, possivelmente, cursar uma faculdade e se estabelecer no mercado de trabalho. “Existe um mito de que as crianças com Asperger são ‘superdotadas’. Não é bem assim. Justamente por apresentarem, às vezes, maior aptidão para uma determinada área, conseguem se destacar nela. Mas isso não é regra”, esclarece Zampier. Já as crianças com autismo médio têm sintomas mais marcantes. “Elas desenvolvem a fala, mas nem sempre de forma funcional. Os comportamentos estereotipados e restritivos são mais nítidos e frequentes. Há uma dificuldade bem maior de socialização”, explica. No entanto, o mais grave dos níveis é, evidentemente, o mais complicado para se lidar. Tanto clinicamente quanto socialmente. Eles não se comunicam, só por meio de gritos e barulhos; o desenvolvimento das estereotipias é mais grave e a isolação é cotidiana. “São mais agressivos, até mesmo porque não conseguem se fazer entender”, completa a psicóloga. Em todos os casos, Camila Zampier destaca que é essencial o momento de consultório. Buscar a terapia não é uma escolha, é uma questão fundamental para o bem-estar da criança e da própria família. “Falo que as mães sofrem muito. Elas ficam cansadas, se sentem inseguras e impotentes. As cobranças sociais e pessoais são muito grandes e lidar com tudo isso sozinha é muito difícil”, revela. Segundo a psicóloga, o tratamento adequado faz muita diferença, independente do grau do autismo. “Não existe uma cura, mas as respostas são positivas. As principais mudanças são a independência, que é fator fundamental, não apenas para a criança, mas para os pais, e, por conseguinte, a convivência social e familiar.

Camila Zampier Fone: (62) 3241 4343 czapsicologia@gmail.com


Rua 9 nº 1580, Setor Marista Goiânia - GO (62) 3541-6131 @lojaskandallo


destino

ANO-NOVO, FESTA NOVA Começar 2016 com o pé direito exige um esforço, nada difícil, de festejar sua célebre chegada Por Clara Luiza O novo ano, quando se aproxima, passa a ser o maior depósito de expectativas e boas vibrações. A tradição de refletir sobre o ano que acabou e de criar novas promessas e metas é comum em diferentes culturas desde antes de Cristo. Comer lentilha, para ter fartura; estourar um champanhe, para receber prosperidade; vestir branco pela paz e, acima de tudo, celebrar o ano que chega com família e amigos. Para ajudar na última tarefa, a revista Zelo se encarregou de selecionar algumas comemorações que vão acontecer no dia 31 de dezembro, em lugares diferentes. Agarre sua superstição e pule para seu ano bom.


Para os clássicos: festa de gala com vista para a Times Square

Sete ondas termais Verão em Goiás é sinônimo de chuva, mas não significa que os programas devem ficar restritos a lugares fechados. O município de Rio Quente possui o maior rio de águas quentes do mundo, que leva o nome da cidade. São 12 km de extensão e temperaturas em torno de 37,5°C. Esse mesmo rio banha 13 piscinas do complexo Rio Quente Resorts. Sentir a chuva fina do verão goiano mergulhado em alguma dessas piscinas quentes traz sensações indescritíveis. Quem estender a estada no resort até a virada do ano participa da festa na Praia do Cerrado, com direito aos sete pulos sobre as ondas. A ceia fica por conta do Restaurante da Mata e o Casa de Cora. À meia-noite, fogos de artifício e tributo a Michael Jackson relembram os anos 80. Não esqueça a roupa de banho, os óculos de sol e o protetor solar!

1.001 formas de diversão Quem quer fazer uma viagem que alie ecoturismo à infraestrutura da cidade não pode descartar o litoral norte catarinense de Balneário Camboriú. A noite agitada da cidade atrai jovens de todo o Estado, além dos vizinhos paranaenses, gaúchos, argentinos e uruguaios. Quem segue para o destino com crianças, como fuga das grandes badalações de réveillon, vai se sentir acolhido na festa 1.001 Noites, com temática árabe, no Infinity Blue Resort & SPA. Dança do ventre, ceia especial e música ao vivo são algumas das agitações durante a noite de virada. Os pequenos podem ficar sob o cuidado dos monitores disponibilizados pelo resort, que brincam e se responsabilizam pelas crianças até o fim das comemorações.

No Rio Quente Resorts, a Praia do Cerrado é o cenário da megafesta da virada do ano

Resort oferece opções de lazer e entretenimento para toda a família

Pé na areia A imagem de pacato vilarejo que Trancoso tem é transformada durante o réveillon. As falésias e o nascer do sol sobre o mar azul se tornam pano de fundo para uma das comemorações de virada de ano mais badaladas do Brasil, a Festa do Taípe. Kate Moss, Naomi Campbell, Bianca Brandolini, Izabel Goulart e Helena Bourdon fazem parte do time de celebridades que já viraram o ano nas areias do lugar. Para celebrar a chegada de 2016, o evento promete seguir a tradição de uma curadoria musical diversificada, com nomes da cena nacional e internacional, que são mantidos em sigilo até o grande dia. Pé na areia e belezas naturais são marcas registradas do local. Trancoso sedia uma das festas mais badaladas de Réveillon

99

Fotos: Divulgação

De volta ao século passado Os mais tradicionais vão se encantar com a festa black tie com vista panorâmica para a Time Square. Após um longo recesso de 95 anos, o The Knickerbocker Hotel, único cinco estrelas da avenida nova-iorquina, volta com fôlego total para relembrar o esplendor que o cercava no início do século passado. A festa começa no dia 31 de dezembro, no restaurante do hotel, com um menu especial, que conta com pratos clássicos acompanhados de vinho e champanhe. A noite inaugural promete ser histórica e emocionante, como nos velhos tempos.


Ângela Motta

viagem

100

Réplica da Nau Capitânia, a embarcação que trouxe Pedro Álvares cabral ao brasil


vida além da praia Porto Seguro oferece opções para quem quer conhecer um pouco mais da cultura e da história do País

Esqueça a ideia de que visitar Porto Seguro é somente para quem busca sol e praia, pois há vida – e muita – para além dos banhos de mar. Zelo esteve em pontos distintos da região, como a Reserva Indígena Pataxó da Jaqueira, no Memorial da Epopeia do Descobrimento, na observação das Baleias Jubarte, no Centro Histórico de Porto Seguro, no Recife de Fora e nos sossegados Trancoso e Arraial d’Ajuda, distritos que condensam simplicidade e luxo. Com uma robusta programação, a cidade clama pelo bem viver.

Terra à vista A dica é começar por onde tudo teve início: faça uma visita ao Centro Histórico de Porto Seguro, que leva o visitante a uma viagem às origens do nosso País. Declarados pelo patrimônio histórico da nação, os imponentes prédios, que marcaram a cidade no século XVI, dominam a paisagem, enriquecida por casas e igrejas. Toda esquina revela um monumento surpreendente, como o Marco do Descobrimento, as igrejas Nossa Senhora da Pena, Nossa Senhora da Misericórdia e São Benedito, a Casa da

Contemplação Mas nem só de história vive Porto Seguro. Um dos principais programas oferecidos pelo município do litoral sul da Bahia é a observação das Baleias Jubarte, cuja temporada tem início em julho e se estende até meados de outubro. A saída para observação dos animais começa com uma palestra da bióloga Thaís Melo, da Cia. do Mar, que fala sobre as características das baleias, o processo de migração e as dicas de navegação e segurança. “Um dos maiores mamíferos do planeta, as Baleias Jubarte migram todos os anos das águas geladas da Antártica, onde se alimentam durante o verão, para o litoral baiano, onde se reproduzem durante o inverno”, explica Thaís.

Fotos: Divulgação

Centro Histórico de Porto Seguro relembra o Brasil português

101

Por Rosângela Motta

Câmara e Cadeia. Felizmente, tudo que surge ou é remodelado obedece ao padrão arquitetônico local, resguardando os traços originais. Para preservar tantas culturas, Porto Seguro conta com o Memorial da Epopeia do Descobrimento, uma riqueza imperdível da cidade. O local possui uma réplica, em tamanho natural, da Nau Capitânia, a embarcação que trouxe Pedro Álvares Cabral e sua tripulação ao Brasil, e, também, uma cópia fiel de uma Oca, alojamento típico dos Pataxó, com objetos de uso diário e instrumentos de caça. É imperdível para os que gostam de história e cultura – ou até para os menos chegados ao turismo cabeça.


Fotos: DIVULGAÇÃO

ao sabor da maré Outro lugar imperdível é o Parque Marinho de Recife de Fora – assim denominado por estar localizado a pouco mais de nove quilômetros do continente –, que tem uma das maiores formações coralinas do mundo e é um dos principais pontos para mergulho do Brasil. Quando a maré baixa, piscinas naturais se formam no recife e vários peixes ficam ali enclausurados. Não é incomum encontrar espécies raras de corais, como o cérebro e o fogo, além de peixes, moluscos e tartarugas marinhas. Há aluguel de máscara, snorkel e tênis ou sandálias, imprescindíveis para caminhar sobre os recifes. O aconselhável é ir visitar o local durante os períodos de maré baixa, já que as formações só afloram nessa época. O Parque Marinho está situado a cincoww milhas náuticas da costa de Porto Seguro. A atividade dura cerca de 2 horas e meia, com o traslado realizado por escuna.

Etnoturismo Porto Seguro também é roteiro para quem quer conhecer um pouco da cultura indígena. Um curto trajeto de carro a partir do centro da cidade leva à Reserva Indígena Pataxó da Jaqueira. Na entrada da aldeia, jovens índios vestidos a caráter dão as boasvindas: “Auiry (bom-dia).” Antes de começar o passeio, os visitantes são convidados para uma palestra ministrada pelo cacique da tribo, Nitynawã Pataxó, que conta um pouco da história do povo Pataxó. “O objetivo é preservar a nossa cultura e também cuidar da reserva ambiental”, diz Nitynawã. O circuito conta com trilhas pela mata e demonstração de caça e pesca com armadilhas. Os visitantes ainda vivenciam o ritual do Awê – dança sagrada que significa o amor e a união com a natureza – e são convidados para os rituais da pintura do corpo. O passeio só termina com a degustação de um peixe guaiuba, preparado pelos índios apenas com sal, enrolado em folhas de patioba. Há emoção maior?!

Ângela Motta

102

baleia jubarte avistada no litoral de arraial d’ajuda

Índios recepcionam visitantes vestidos e pintados a caráter

em recife de fora, Uma ilha se eleva no oceano


LUXO TROPICAL Se é que existe Paraíso na terra, ele atende pelo nome de Trancoso. Vamos ao cenário: uma cortina verde formada pelas muitas árvores emoldura o quadro de paz e tranquilidade do vilarejo. A cidade também é referência em alta gastronomia e tem nomes de alto nível no comando de algumas cozinhas. É imperdível jantar no Restaurante El Gordo, localizado em um penhasco de frente para o mar, com uma vista incrível. No cardápio, menu assinado pelo chef Wladimir Umezu. A poucos metros dali está o Capim-Santo, que serve cardápio à base de peixes e frutos do mar. Lá, não deixe de provar o suco com abacaxi, hortelã, capim-santo e limão. Outro que dispensa apresentações é o Restaurante da Silvana, que serve comida caseira e moqueca baiana.

103

SIMPLICIDADE CHIQUE Se você procura um lugar para purificar os sentidos e reciclar a mente, o distrito de Arraial d’Ajuda é um forte candidato. Uma travessia de balsa com duração de cinco minutos revela agradáveis surpresas ao visitante, como uma paisagem esplêndida formada pelo encontro do rio com o mar. O principal atrativo do Arraial d’Ajuda é a Rua do Mucugê, que conta com bares, lojas, artesanato local e casas especializadas em cozinha internacional. Aliás, os restaurantes da cidade são capazes de deixar qualquer gourmand de bem com a vida. O Aipim, comandado por José Roberto Bittar, tem cardápio local com toque gourmet. O drink da casa é uma combinação de vodka, gengibre e pimenta rosa. Se a ideia é ir para a balada, o Morocha Club é uma boa dica. Uma extensa fila em frente ao bar denuncia a ferveção que toma conta da casa. Outro destaque é o Piazza del Caffé; é impossível resistir à tentação de experimentar os doces da casa. Tem também o Arraial d’Ajuda Eco Resort, que conta com boa infraestrutura e um belo parque aquático.

Fotos: Divulgação

el gordo: piscina com borda infinita com uma exuberante vista para o mar

Morocha Club: garantia de diversão no distrito de arraial

Rua do mucugê conta com lojas de grife e artesanato local


104

Uxua casa hotel As pousadas charmosas em Trancoso reforçam a sensação de se estar em um lugar mágico e singular. Para os mais exigentes, não há como evitar o hors-concours Uxua Casa Hotel & Spa. Exclusivíssimo, com apenas 15 suítes, o espaço foi idealizado pelo designer holandês Wilbert Das, ex-diretor criativo da Diesel, numa área de 5,5 mil metros quadrados da Praça São João Batista. Seu projeto manteve a arquitetura tradicional da região, com decoração que mistura antiguidades e obras de arte brasileiras e móveis customizados em parceria com artesãos locais. Quatro das casas e a entrada do hotel são moradias de pescadores restauradas com as frentes voltadas para o Quadrado, enquanto as outras sete estão espalhadas por um exuberante jardim particular. Outro destaque é sua famosa piscina cintilante de quartzos, que possui qualidades terapêuticas. Aliás, lá foi cenário de importantes sessões de fotos, como a de Terry Richardson para o Calendário Pirelli, bem como da Vogue EUA em fotos de Mario Testino. A gastronomia é um dos pontos altos do hotel. Comprometido com a gastronomia orgânica, o Uxua Casa Hotel & Spa ampliou, recentemente, as opções vegetarianas em sua cozinha, lançando menu sem nenhum tipo de carne. A receita, afinal, é certeira: tudo é de altíssimo nível. A dica está dada. A região que tem tantos atrativos não precisa de mais nada para merecer a sua visita (Rosângela Motta).-

Quem leva? Azul Viagens: voos diretos saindo de Goiânia www.voeazul.com.br 4003 1118 Onde ficar: Uxua Casa Hotel & Spa - www. uxua.com/en/casas +55 (73) 3668 2277 Arraial D’Ajuda Eco Resort - www.arraialresort.com + 55 73 3575 8500 La Torre - www. resortelatorre.com.br +55 (73) 2105 1860 Toko Village - www.tokovillage.com.br +55 73 9118 1165

fotos: Divulgação

uxua casa hotel: móveis customizados em parceria com artesãos locais

piscina de quartzos que possui qualidades terapêuticas

decoração mistura antiguidades e arte brasileira

CAsa Terraço do Céu


SOCIAL

Romance ao ar livre

Ana Gequelin e Ruben Fontes

Ruben Fontes, elika pedrosa e ana gequelin

Izadora Bicalho, Jéssica Rodrigues, a noiva, ana gequelin, Flávia Antony, Francine Kallas e Camilla Santos

Luci Gequelin, João Gequelin, Ana Gequelin, Ruben Fontes, Lina Fontes e Cairo Fontes

105

O enlace matrimonial de Ruben Fontes e Ana Gequelin aconteceu com o frescor da juventude dos noivos. Familiares e amigos íntimos se reuniram em uma fazenda, em Goiânia, para cerimônia sob a sombra das árvores, que contou com decoração da Vero Festas. A cerimonialista Daniella Carvalho se encarregou de imprimir em cada detalhe a personalidade do casal. Os convidados se deliciaram com os doces da Sonho Meu e buffet assinado por Liliane Lobo, ao som agitado dos DJs Bruno Dantas e Alfredo. O registro do evento ficou por conta de Rodolfo Roenick.


SOCIAL Fotos: Alessandro Dias

a troca de alianças aconteceu durante o pôr do sol, no Lago Paranoá

Fotos: Alessandro Dias

106

daniel barreto e luana lidice mota

A decoração ficou a cargo da Villa giardini

luana lidice mota e geralda costa

Pôr do sol encantado Sob o pôr do sol, Luana Lidice e Daniel Barreto disseram o tão aguardado “sim”. O Lago Paranoá serviu de cenário para a cerimônia e festa de casamento, que aconteceram na romântica Villa Giardini, em Brasília. O cerimonialista César Serra se encarregou de cuidar dos mínimos detalhes. O noivo surpreendeu ao cantar emocionado para a amada a música Só falta você, original da dupla Guilherme e Santiago. O Helena Buffet ficou por conta do jantar, enquanto os momentos foram eternizados pelas lentes do fotógrafo Alessandro Dias.

Daniel Barreto com os pais, josé Ângelo e maria guedes


SOCIAL fotos Cristiano Borges

Noite de moda Os irmãos Érica, Daniela e Renato Rodrigues da Cunha receberam convidados para uma noite fashion no espaço Maxxi 135, no Setor Marista. O evento, que contou com a presença da primeira-dama do Estado de Goiás, Valéria Perillo, apresentou desfile da nova coleção da Animale a um seleto grupo de convidados. A produção artística ficou por conta de Rafael Garcia e o coquetel levou a assinatura de Fernando Hanna. Millene Gifford, Eulina Braga e Gisela Maciel

Layla Monteiro e Sheyla Doumit

Maria Divina Costa, Roberta Melgaço e Cristina Lopes

Bate-papo iluminado

Fotos: solimar de oliveira

108

Karla Passaglia e Tristana Passaglia

Valéria Perillo e Erica Rodrigues da Cunha

A Prima Iluminação recebeu arquitetos, designers e profissionais do ramo para um bate-papo com o consultor técnico da Stellatech, Umberto Boggian, sobre o uso do LED. No encontro, que aconteceu em comemoração ao Dia da Iluminação, foram ressaltadas as vantagens dessa tecnologia e explicado como fazer melhor uso de produtos onde é utilizada.

Simone Sebba

Taissa Feitosa e Rose Vaz

Umberto Boggian e Wanessa Rodrigues

Silvya Daniella Guedes, Neiron Mendes, Leonor Cesar e Camila Oliveira


SOCIAL

Coca-Cola O 12º Encontro de Comunicação e Sustentabilidade, promovido pela Refrescos Bandeirantes/Coca-Cola, foi motivo para uma noite despojada de rock no Bolshoi Pub. A casa recebeu convidados da imprensa goiana, que conferiram a réplica da Tocha Olímpica de 2016 e se divertiram ao som do DJ Aguinel Mesquita. Heineken, Sol, Kaiser Radler, Desperados e demais bebidas do portfólio da marca puderam ser degustadas à vontade.

Vinícius Alves, Astero Motta, Rodrigo Mourão e Douglas Lacerda

Fotos: joão carlos fotografia

Thaís Luquesi, Thaís Freitas e Neila Figueiredo Bitar

Fotos: ângela motta

José Guilherme Schwam e Kátia Caldeira

Carlos Eduardo Faria, John Willian, Handerson Pancieri e Marcílio Velasco

Bons sonhos O cuidado para se ter uma vida melhor, até mesmo enquanto dormimos, foi o mote para a reunião de arquitetos, designers e decoradores na Elementos Móveis e Objetos. A empresária Luiza Rocha de Siqueira convidou o gerente comercial Thiago Lazzarotto, da Pilati Móveis, empresa que fabrica camas de alta qualidade, para um bate-papo sobre soluções para aumentar a qualidade do sono.

Regina Amaral, Luiza siqueira, Cynara de Siqueira e Marília Teixeira

Luiza Rocha de Siqueira, Thiago Lazzarotto e Maria Helena

Cámelia Badan, Daniel Almeida, Arytana Stefenoni e Fernanda Toledo

Tereza Cristina Siqueira e Sérgio Sarmento

Fátima Mesquita e Márcia Albieri


SOCIAL Fotos: joão carlos fotogrfia

Arte no HGG O Hospital Alberto Rassi (HGG) promoveu o vernissage da mostra “Imaginário Primitivo”. Os autodidatas Américo Poteiro, Helena Vasconcelos, Sandro Carvalho e Veramarina reuniram suas obras para a mostra, que teve como característica principal o estilo naïf, popularmente conhecido como arte primitiva. A iniciativa do Idtech está inserida no Projeto Arte no HGG, que está em sua oitava edição.

112

Sandro Carvalho, VERAMARINA, Helena Vasconcelos E aMÉRICO POTEIRO

Rafael Nakamura e Caritas Marques

Rosana Leite e Lúcio Dias

Simone Matias e Marcelo Matias

AGUINALDO COELHO

Tai Hsuan-Na e Lee Chen Chen

Marcelo Rabahi, Helena Vasconcelos e Vanessa Rabahi

Amaury Menezes, Sáida Cunha, PX Silveira e José Cláudio Romero

Américo Poteiro e o filho, Antônio Neto


SOCIAL

Grande estilo A dermatologista Belinda Roriz e a jornalista Alessandra Câmara receberam amigos e imprensa para festa promovida pelo uísque Old Parr. A confraternização teve como tema “A Celebração à Vida Bem Vivida”. Enquanto os convidados se divertiram ao som do DJ Bruno Dantas, Liliane Lobo Buffet cuidou das comidinhas e a Vero Festas deu o toque de charme à decoração.

Lucas Magalhães - joão carlos fotografia

Júnior Vieira, Veruska Vieira, Camargo Lins e Ana Paula Panarello

Rosângela Motta, Belinda Roriz, Ângela Motta e Alessandra Câmara

Jonio Marques e Rose Vieira

José Pires, Ana Luiza, Fernando Barra e Ana Paula Marques

Viviane Baeta

Handerson Pancieri, Bia Tahan e Carlos Eduardo Faria


SOCIAL Fotos: João Carlos Fotografia

Ivana Menezes, Sandro Barros e Renata Queiroz de Moraes

Jhennifer Menezes e Jaqueline Menezes

A loja Ivana Menezes Festas trouxe a Goiânia o estilista Sandro Barros. Conhecido por seus vestidos de noiva em São Paulo, o estilista realizou palestra junto de sua sócia, Renata Queiroz de Moraes. A loja ainda apresentou as coleções Black Label e Capsule Collection, com 12 vestidos desenhados por Sandro exclusivamente para Ivana Menezes, além de um trunk show da marca de joias Goldesign. Os convidados foram recebidos por buffet assinado pela banqueteira Liliane Lobo e boa música comandada pelo DJ Alfredo.

Mônica Quinan e Glorinha Leão Drummond

Layla Monteiro, Gabriel teodoro e Raiza Marinari

Larissa Tretin e Rakel Santana

Lucilene Dutra

115

Ivana Menezes recebe Sandro Barros


Ângela Motta

SOCIAL

EBM recebe chef Jiang Pu A chef Jiang Pu, participante mais popular da segunda edição do MasterChef Brasil, foi a convidada especial da EBM Desenvolvimento Imobiliário para a avantpremière, exclusiva para a imprensa, do empreendimento Sidney SmartStyle, no complexo Metropolitan Business & LifeStyle, no Jardim Goiás. De forma descontraída, o presidente da EBM, Elbio Moreira, colaborou com a montagem dos pratos que seriam servidos aos convidados.

116

Chef Jiang Pu, responsável pela construção dos pratos

Ademar Moura, Rodrigo Meirelles, Elbio Moreira, Fernando Razuk e Marcelo Moreira

O presidente da EBM Desenvolvimento Imobiliário, Elbio Moreira, auxilia a chef na preparação dos pratos

Nobres relatos A sensibilidade da curadoria de Rossana Jardim e Ademir Hamú resultou em um compilado de poemas e histórias, no livro Histórias de Ternura. Os pequenos contos, em que pessoas comuns relatam acontecimentos comuns, mas ricos em simbolismo, fazem a obra ser marcada por sentimentos. O lançamento foi realizado no Shopping Bougainville, em um encontro para imprensa, amigos e admiradores.

Rossana Jardim, Ademir Hamú e Ana Cláudia Rocha

Fotos: Mateus Rocha Valdemy Teixeira

Valéria Vilela, Clea Costa, Rossana Jardim e neusa baiocchi

Ana Cláudia Rocha, Rafael Navarrete e Ana Flávia Navarrete


es o atitud d n a iv t n ince

futuro. o m e o r t s que con

Av. S찾o Paulo, Qd 14 Lt. 1/13 - Pq. Primavera - Aparecida de Goi창nia - GO - gformato@formatografica.com.br


119


120

Profile for Revista Zelo

Zelo 34  

Trigésima quarta edição da Revista Zelo

Zelo 34  

Trigésima quarta edição da Revista Zelo

Advertisement

Recommendations could not be loaded

Recommendations could not be loaded

Recommendations could not be loaded

Recommendations could not be loaded