Page 1

www.revistavitti.com.br Edição 146 - Ano 13 Fevereiro, 2018 Foto: Monicuee Alvez

Social

Carnavitti no Hou Lounge Bar

Vale do Paraíba e Litoral Norte

DISTRIBUIÇÃO GRATUITA VENDA PROIBIDA

Capa e Entrevista

Fevereiro, 2018

Dr. Rogério Romeiro

referência em implantes dentários fala sobre sua carreira no Brasil e no exterior

revistavitti.com.br | Vitti | 1


2 | Vitti | revistavitti.com.br

Fevereiro, 2018


Fevereiro, 2018

revistavitti.com.br | Vitti | 3


Índice

Fevereiro 2018 | Edição 146 | Ano 13

Economia

Indicador do SPC Brasil aponta otimismo entre Micro e Pequenos Empresários...........................................................10

Mercado

O que estudos dizem a respeito das estratégias de fidelização no mercado?............................................................14

Gastronomia

Pimenta: além de saborosa, também pode oferecer benefícios à saúde....................................................................42 Monicuee Alvez

Litoral

Entrevista

Rogério Romeiro..................................................8

Cirurgião buco-maxilo-facial e especialista em Implantodontia, o profissional, natural de Lorena (SP), atua há 18 anos com o segmento de implantes, é referência na temática e possui um ilustre histórico acadêmico.

Ilha das Couves: superlotação ameaça preservação de paraíso natural......................................................................46

Música

Rapper de Guaratinguetá vende mais de 12 mil CDs peregrinando pela América do Sul.....................................48

História

A Semana de Arte Moderna de 1922 como ícone de transformação cultural...............................................................50

Cultura

Recorde de lançamentos de filmes nacionais é atingido em 2017....................................................................51

Esporte

Time de basquete de SJC participa da Liga de Ouro 2018........54

Editorial

A jovialidade do mês mais alegre do ano

O

mês de fevereiro se apresenta com a alegria e a disposição características do feriado ma is brasileiro de todos. Nesta edição, damos início a uma nova perspectiva editorial, mas sem dispensar a variedade e a qualidade intrínsecas ao conteúdo que a revista busca levar ao público ao longo dos anos. Na entrevista do mês, conversamos com um professor e, também, cirurgião dentista, que dividiu conosco sua trajetória profissional e nos contou um pouco mais a respeito de um segmento promissor na área de odontologia: os implantes. Rogério de Lima Romeiro é

4 | Vitti | revistavitti.com.br

especialista em Implantodontia e idealizador da Implant Team Brazil, que consiste em uma equipe de docentes constituída por profissionais capacitados. Nas colunas sociais, você poderá acompanhar um pouco dos melhores eventos da região. Além de conteúdos informativos, na edição de fevereiro também trouxemos um pouco de história, enaltecemos o esporte regional, valorizamos artistas regionais e apresentamos estratégias de mercado. No mais, o leitor poderá descobrir algumas curiosidades no mundo da gastronomia, da beleza e dos pets – já que incluímos várias dicas que podem descomplicar situações corriqueiras do dia a dia. Boa leitura!

Marcela Vitti Diretora “Eu te louvarei, Senhor, de todo o meu coração; contarei todas as tuas maravilhas. Em ti me alegrarei e salvarei de prazer; cantarei louvores ao teu nome, ó Altíssimo.” SALMO9:1-2

Fevereiro, 2018


diretora Marcela Vitti assistente Isaura Silva diagramação e Criação Bruno Moura Jornalista responsável Amanda Victor Simpson do Amaral - MTB: 77.916/SP Foto da Capa: Dr. Rogério Romeiro (Foto: Monicuee Alvez) Fotógrafa: Monicuee Alvez Colunistas: São José dos Campos: Gilberto Freitas Taubaté: amanda ayello, isaura Silva e José luiz (luizinho) Aparecida: ligia Ballot - Guaratinguetá: Benê Carvalho. Colaboradores: Adilson Peloggia, Alessandra Gabriel, Arcione Viagi, Pe. Leandro dos Santos. dirEtora CoMErCial Marcela Vitti (12) 98122-3000 - marcela@revistavitti.com.br SÃo JoSÉ doS CaMPoS / taUBatÉ / PiNda / UBatUBa Isaura Silva (12) 98270-0019 - isaurasilva@revistavitti.com.br SÃo JoSÉ doS CaMPoS / taUBatÉ / UBatUBa Marcela Vitti (12) 98122-3000 - marcela@revistavitti.com.br GUaratiNGUEtÁ / aParECida / lorENa Benê Carvalho (12) 98270-0069 - benecarvalho@revistavitti.com.br diStriBUiÇÃo: Rodrigo Melo Gratuita e dirigida às cidades de Taubaté, São José dos Campos, Caçapava, Pindamonhangaba, Tremembé, Guaratinguetá, Lorena, Cruzeiro, Campos do Jordão, Santo Antônio do Pinhal e Ubatuba Impresso no parque gráfico da Resolução Gráfica Ltda. atENdiMENto ao CliENtE (12) 3632-3060 / (12) 98270-0018 - Rua dos Operários, 118 - Taubaté - SP - Os artigos, matérias, opiniões e anúncios aqui publicados são de inteira responsabilidade de seus idealizadores, e não refletem necessariamente a opinião da Revista Vitti. - Os conteúdos veiculados nos anúncios publicitários são de inteira responsabilidade dos anunciantes. - É proibida a reprodução total ou parcial da revista sem autorização da Revista Vitti.

CartaS “Lindas mulheres! Tive o prazer de conhecer a Marina pessoalmente, e pude constatar que ela não é só bonita por fora. Por dentro é onde está sua maior beleza.” Valquiria Moraes, via Facebook “Parabéns, Galvão Frade. Você merece todo esse sucesso, e estar entre as estrelas. Você é o talento em si. Um orgulho para todos que te conhecem.” Raquel Camargo, via Facebook “Todas as publicações da revista são muito boas, mas gostei muito da última edição. Além da parte social, os artigos publicados foram excelentes. Parabéns e muito sucesso! ” Jura, via Facebook

CaPa

Janeiro, 2018

www.revistavitti.com.br

Fevereiro, 2018

revistavitti.com.br | Vitti | 5


Nossa equipe

Equipe

iSaUra SilVa

BENÊ CarValHo

rodriGo MElo

BrUNo MoUra

MoNiCUEE alVEZ

aMaNda aMaral

Assistente, Vendas e Colunista

Diagramação e Criação

Vendas e Colunista Guará

Fotógrafa

Distribuidor

Jornalista

Colunistas

aMaNda aYEllo Taubaté

GilBErto FrEitaS São José dos Campos

6 | Vitti | revistavitti.com.br

JoSÉ lUiZ Taubaté

liGia Ballot Aparecida

Fevereiro, 2018


Fevereiro, 2018

revistavitti.com.br | Vitti | 7


Fotos: Monicuee Alvez

Entrevista

rogério romeiro referência em implantes dentários fala sobre sua carreira no Brasil e no exterior

G

amanda amaral

raduado em Odontologia pela PUC - Campinas/SP, Rogério de Lima Romeiro é cirurgião buco-maxilo-facial, especialista, mestre e doutor em Implantodontia, doutor em Biopatologia Bucal e pós-doutor em Engenharia de Materiais. Atuando há 18 anos com o segmento de implantes, o profissional, natural de Lorena (SP), é referência na temática e possui um ilustre histórico acadêmico. Nomeado, em outubro de 2017, membro da Academia Brasileira de Odontologia, Rogério também possui um livro publicado, chamado "Pesquisa

8 | Vitti | revistavitti.com.br

em Implantodontia". Criador da Implant Team Brazil, o profissional reuniu uma equipe de especialistas para ministrar cursos de aperfeiçoamento e especialização direcionados à implantodontia. Atualmente, Rogério trabalha algumas vezes por semana em seu consultório particular e se dedica, também, à área acadêmica. Professor de cursos de graduação e especialização, o profissional ministra em diversas cidades do Brasil e, também, no exterior. O especialista, que já desenvolveu técnicas cirúrgicas inovadoras, destaca que o segmento de implantes, bem como o de harmonização facial, representam setores promissores dentro da odontologia. Confira a entrevista.

"Atuar com cirurgia é muito instigante. É sempre um caso novo, uma necessidade diferente. Então, nessa área, são os desafios que me motivam. Já no setor acadêmico, acredito que o que mais me motiva é a possibilidade de mudar as perspectivas da vida de alguém." Vitti: Como foram seus primeiros anos de carreira, e por que optou pela área de implantodontia? Rogério Romeiro: Eu trabalhei com cirurgia buco-maxilo-facial nos hospitais, mas lá a realidade é muito diferente da presente nos consultórios. Por isso, a implantodontia despertou meu interesse – pois, além de ser uma área promissora, a parte cirúrgica pode estar aliada ao atendimento na própria clínica. Vitti: Você sempre cogitou a ideia de seguir um caminho acadêmico? R.R.: Apesar de continuar atendendo algumas vezes por semana no meu consultório, desde que eu iniciei a graduação eu tinha o objetivo de me tornar profesFevereiro, 2018


sor. Na verdade, eu sempre fui muito tímido. Não acreditava ter o dom de falar em público, nem o de lidar com estudantes na função de espectadores. Costumo dizer que a barreira era o público, não os estudos. Contudo, ainda assim, cismei com a ideia e decidi concretizá-la.

para quem está começando. Já com relação à qualidade do atendimento, considero que o Vale reúna excelentes profissionais – principalmente por termos cursos tão conceituados por aqui. Ninguém precisa sair da região para receber um tratamento que ofereça inovação e qualidade.

Vitti: Justamente por trabalhar nesse segmento, acredito que você lide muito com a transformação da autoestima dos pacientes. Fale mais sobre esse processo. R.R.: Eu atuo tão somente na cirurgia. Trata-se de um processo lento que se concretiza em algumas etapas. É claro que o visual e a estética são duas questões diretamente relacionadas aos benefícios do implante, até porque precisamos levar em consideração o desconforto social de conviver com uma prótese removível. No entanto, considero importante destacar que a implantodontia proporciona – além de uma transformação na autoestima – inúmeras melhorias na saúde do paciente, como, por exemplo, a reabilitação oral e a melhoria tanto na qualidade da mastigação, quanto na digestão dos alimentos. As vantagens funcionais de um implante são tão relevantes quanto as visuais.

Vitti: O que é a Implant Team Brazil, e como surgiu a ideia de criá-la? R.R.: A Implant é uma equipe de professores, experientes e especializados, que oferece cursos de Aperfeiçoamento e Especialização – tanto no Brasil, quanto no exterior. Por meio dos profissionais vinculados, ela se faz presente em diferentes regiões do Brasil e do mundo, com o objetivo de preparar e formar os cirurgiões interessados em atuar com implantes odontológicos. Eu ministro cursos de aperfeiçoamento desde 2004, e, conforme os convites foram surgindo, tive que optar entre ministrar poucos cursos ou montar uma equipe para atender a procura. Decidi, então, criar a Implant.

Vitti: Qual é a sua avaliação com relação à odontologia no mercado do Vale do Paraíba? R.R.: No quesito concorrência profissional, devido ao número de universidades na região, acredito que seja uma batalha

Fevereiro, 2018

Vitti: Qual é o diferencial que a Implant Team Brazil oferece aos profissionais que buscam capacitação? R.R.: Nós contamos com uma equipe de mais de dez profissionais, e conseguimos montar um curso avançado, introduzindo técnicas modernas e seguindo sempre um padrão de qualidade – independente de onde a especialização esteja sendo ministrada. Atuamos em Pindamonhangaba, Taubaté, São José dos Campos, Santa Catarina, Campinas, Rio de Janeiro e Paraguai, por exemplo. Também oferecemos um curso de aperfeiçoamento para brasileiros em Orlando, Flórida (EUA), em parceria com o Institute

of Applied Anatomy (IAA). Trata-se de uma possibilidade eventual de viver novas experiências científicas. Lá nós não podemos atender pacientes, mas podemos trabalhar com cadáveres frescos. E isso é um diferencial e tanto! Essa possibilidade faz com que as técnicas sejam apresentadas de forma mais realista, e, se necessário, em repetidas vezes. Em um paciente vivo, por motivos óbvios, tal prática não é possível. Isso sem mencionar que, além do apelo acadêmico e científico, também existe o aspecto turístico. Vitti: Você foi nomeado membro da Academia Brasileira de Odontologia. Qual foi a sensação? R.R.: Eu me senti extremamente honrado em receber o convite para fazer parte da Academia. É uma alegria muito grande receber esse tipo de reconhecimento do seu trabalho. A cerimônia de posse aconteceu em outubro de 2017, no Rio de Janeiro, e hoje ocupo com muita alegria a cadeira de número 61. Vitti: Qual é a sua motivação diária para seguir e se aperfeiçoar nas áreas que atua? R.R.: Atuar com cirurgia é muito instigante. É sempre um caso novo, uma necessidade diferente. Então, nessa área, são os desafios que me motivam. Já no setor acadêmico, acredito que o que mais me motiva é a possibilidade de mudar as perspectivas da vida de alguém. Às vezes um profissional ou um estudante está desiludido com a odontologia, mas, depois de ter acesso a um bom conteúdo, é possível que ele termine o curso com uma outra visão. Participar desse processo de incentivo, que informa e estimula, é bem compensador.

revistavitti.com.br | Vitti | 9


Economia

indicador do SPC Brasil aponta otimismo entre Micro e Pequenos Empresários

D

amanda amaral

e acordo com os dados do Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil) e da Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL), o Indicador de Confiança da Micro e Pequena Empresa (MPE) atingiu 54,6 pontos em janeiro de 2018, ultrapassando os 51,1 pontos do mês de dezembro do ano passado. A metodologia sugere uma variação de 0 a 100, sendo que a confiança dos empresários, com relação aos negócios e à economia, passa a ser refletida quando mais de 50 pontos são totalizados. Pela quarta vez

10 | Vitti | revistavitti.com.br

consecutiva o resultado supera essa expectativa, indicando otimismo. Com relação ao Indicador de Condições Gerais, que avalia o retrospecto dos micro e pequenos empresários sobre o desenvolvimento de suas empresas e da economia nos últimos seis meses, foram apontados 41,6 pontos em janeiro deste ano – um acréscimo significativo se comparado com os 34,2 pontos de janeiro de 2017. Apesar de não indicar piora, por estar abaixo dos 50 pontos, acredita-se que o índice aponte que os empresários ainda não enxergam de forma favorável os últimos seis meses. Já o Indicador de Expectativas, que serve de parâmetro para supor o que os empresários

esperam para o futuro, marcou 64,4 pontos no primeiro mês de 2018, contra 59 pontos em dezembro de 2017. Segundo o levantamento, 51% dos micro e pequenos empresários apresentam indícios de confiança com relação ao futuro da economia do Brasil. Quando a análise foca apenas na realidade do próprio empreendimento, o índice cresce para 64% dos entrevistados. De forma geral, acredita-se que, para muitos setores da sociedade, as expectativas com relação ao futuro e ao curso da recuperação econômica contribuíram para a afirmação da confiança dos empresários, que almejam a renovação do ciclo econômico do país.

Fevereiro, 2018


Fevereiro, 2018

revistavitti.com.br | Vitti | 11


Negócios

A dificuldade de aceitarmos as mudanças

M

arcione Viagi

udança, uma palavra que remete ao que há de mais interno em cada um de nós. Mudar significa enfrentar o novo, o desconhecido, o incerto. Recordo-me de quando precisava decidir entre continuar trabalhando aos 17 anos, quando já era mecânico geral, ferramenteiro e tinha um ótimo emprego na Ford em Taubaté; ou mudar meu destino e voltar a estudar em tempo integral para ser um aviador ou um engenheiro, e poder subir degraus mais altos na vida pessoal e profissional. Confesso que não foi fácil, era muito mais simples ser o que já era, aproveitar o que eu já tinha conquistado e usufruir de um bom emprego e do bom salário. Largar tudo e enfrentar o novo. Cursinho, vestibular, um outro patamar de conhecimento a ser trabalhado, muito para entender efetivamente aos 17 anos. Na verdade, tive que ter um belo empur12 | Vitti | revistavitti.com.br

rão dos meus pais, que mostraram onde eu poderia chegar em cada uma das duas situações, e que estariam sempre ali caso algo desse errado. Muitas coisas deram errado. Eu entrei na academia da força aérea, mas não fui aceito – no último exame médico fui eliminado porque tinha uma cicatriz no olho esquerdo. Veja como são as coisas: hoje, com 55 anos, não uso óculos nem para perto, nem para longe. Não entrei no ITA, vestibular para o qual mais me preparei. Porém, cursei um ótimo curso de engenharia na UNITAU, que me permitiu trabalhar em ótimas empresas e chegar a ser executivo de alto escalão. Depois da engenharia, nunca mais parei de aprender e ainda fui agraciado com a possibilidade de ter estudado nas melhores escolas brasileiras nas áreas de Administração, Comunicação Social e Engenharia (inclusive no próprio ITA). Minha vida mudou totalmente, e meu destino está sendo bem diferente do que seria se tivesse desistido de lutar aos 17 anos.

Relembrei esses fatos porque, nesse momento, preciso convencer que a mudança é importante para nossas vidas – e conseguir que cerca de dez mil pessoas saiam da comodidade do conhecido e do previsível, me ajudando a mudar nossos destinos. Que acreditem na possibilidade de mudar a despeito de tudo que ouvem ou veem a sua volta. Nesse caso, não mudar significa aceitar a possibilidade do fim. O futuro deve ser construído a cada dia, porque senão dificilmente usufruiremos de algo além de migalhas deixadas pelos que se acham superiores. O mais simples, aos 55 anos, aposentado pelo INSS, seria eu desistir da mudança e me acomodar, mas eu estou disposto a assumir a responsabilidade de promovê-la e incentivá-la. E você? Vai ficar à mercê do que querem que você seja ou faça? Arcione Viagi é consultor empresarial. vitalconsultoria@gmail.com Fevereiro, 2018


Fevereiro, 2018

revistavitti.com.br | Vitti | 13


Mercado

O que estudos dizem a respeito das estratégias de fidelização no mercado?

I

Amanda Amaral

ndependente do ramo empresarial, a estratégia de expansão do faturamento de uma empresa precisa envolver os clientes – já que eles são, também, os responsáveis pela movimentação do capital financeiro de um negócio. É importante, portanto, priorizar a elaboração de mecanismos de fidelização. O que pode ser feito para conservar o público já existente e, ainda, conquistar outros clientes? Por um lado, há quem defenda a implantação de um sistema de fidelidade. Programas de fidelidade têm a intenção de atrair consumidores oferecendo alguns diferenciais, sendo os mais comuns: produtos e descontos. Podem estar presentes nos mais diferentes segmentos, como restaurantes, salões de beleza, sorveterias, postos de gasolina, escolas, em planos de cartão de crédito, na utilização de aplicativos de transporte, etc. Podendo ser aplicada em formato de cartão, cadastro e, hoje em dia, também com o auxílio de aplicativos específicos, por exemplo, a fidelização é uma estratégia que visa garantir não só aquele consumo momentâneo, mas também incentivar próximas aquisições – pois, almejando um futuro benefício, o consumidor acaba priorizando o atendimento de determinada empresa. Existem diferentes plataformas de fidelização, e é importante que a empresa perceba o que pode ser um diferencial no mercado que ela atua. A Associação Brasileira das Empresas do Mercado de Fidelização (ABEMF), por exemplo, divulgou o balanço de suas associadas no terceiro trimestre de 2017. De acordo com o levantamento, os participantes da Dotz, LTM,

14 | Vitti | revistavitti.com.br

Multiplus, Netpoints, Smiles e TudoAzul, acumularam 62,1 bilhões de pontos e milhas – representando um aumento de 23,2% em comparação ao mesmo período de 2016. A Associação também informou que, somente no terceiro trimestre de 2017, tais programas ganharam mais de 7 milhões de novos cadastros. O estudo aponta que as principais fontes de pontos continuam sendo cartões de crédito e o consumo no varejo, sendo estes responsáveis por 85,4% do total acumulado. Por outro lado, de acordo com uma pesquisa realizada pela Accenture Strategy no segundo semestre de 2016, as empresas estão desperdiçando bilhões de reais anualmente em programas de fidelização que não funcionam como antigamente. O relatório "Seeing beyond the loyalty illusion: it's time you invest more wisely" (em tradução livre: "Vendo além da ilusão de fidelidade: é hora de investir de forma mais sábia"), publicado pela consultoria, avaliou a relação entre empresas e 25.426 consumidores no mundo inteiro, sendo 1.322 brasileiros. O estudo apontou que 83% dos consumidores do Brasil trocaram de fornecedor, e defendeu que as organizações devem prestar mais atenção aos fatores que estimulam a fidelidade dos clientes na Era Digital. Pensando nisso, a Accenture Strategy identificou cinco atitudes empresariais que estimulam o relacionamento com os

Conheça duas interpretações que podem te ajudar a repensar as estratégias utilizadas pela sua empresa

consumidores: 1) Provas de carinho: 71% dos consumidores brasileiros se apegam a marcas que oferecem pequenas provas de carinho, como descontos personalizados e ofertas especiais; 2) Conheça-me: 64% dos consumidores brasileiros tendem a continuar comprando das marcas que oferecem a possibilidade de personalizar seus produtos, criando algo sob medida ou customizando de acordo com a vontade do cliente – já 75% são fiéis à empresa que interage com eles por meio de canais de comunicação, como as redes sociais; 3) Caçador de emoções: 60% dos brasileiros preferem consumir de empresas que oferecem novas experiências, produtos ou serviços; 4) Se você gosta, eu gosto: 29% dos clientes tendem a ser fieis a marcas que fazem parceria com celebridades e outros 33% gostam quando consomem algo que foi divulgado em parceria com influenciadores digitais – além disso, 63% dos consumidores apoiam causas compartilhadas; e 5) Prenda-me: 69% do público mantém fidelidade às empresas que conectam os consumidores com outros fornecedores, possibilitando a troca de pontos ou recompensas. Portanto, independente da forma como será feita, o fundamental é compreender que a prática pode trazer mútuos benefícios. Para as empresas, tais táticas podem representar uma tentativa de evitar que consumidor opte por um concorrente em busca de vantagens – isso sem mencionar que conhecer o público-alvo e implantar estratégias a fim de conquistar tais consumidores, pode contribuir, inclusive, no fortalecimento da imagem empresarial. E para o consumidor, o lado positivo é ver seu investimento retornar de alguma forma. No final, ambos saem ganhando. Fevereiro, 2018


Fevereiro, 2018

revistavitti.com.br | Vitti | 15


Fotos: Monicuee Alvez / Luizinho

16 | Vitti | revistavitti.com.br

Fevereiro, 2018


Fevereiro, 2018

revistavitti.com.br | Vitti | 17


Fotos: Monicuee Alvez / Luizinho

18 | Vitti | revistavitti.com.br

Fevereiro, 2018


Fevereiro, 2018

revistavitti.com.br | Vitti | 19


Social Taubaté

tributo andrea Bocelli no Vivá Gastronomia

Na noite de terça-feira (6), o Vivá Gastronomia e Eventos abriu as portas para receber o tenor Germano Brissac e seu tributo Andrea Bocelli. No cardápio, especialmente elaborado para os convidados da noite, tradicionais entradas, pratos, vinhos e sobremesas tipicamente italianos, garantiram uma experiência inesquecíveis aos presentes.

Diego, Samuel, Gustavo, Germano Brissac, Lívia e Renato

Ricardo, Andrea, Vilma e Coli

Tenor Germano Brissac

Milena, Rodrigo e Rodrigo

Claudineia, Livia, Mariana, Fábio, Thiago e Kleber

Preto e Anna Dennz

20 | Vitti | revistavitti.com.br

Alessandra e Reginaldo

Fevereiro, 2018


Fevereiro, 2018

revistavitti.com.br | Vitti | 21


Vitti Acontece

Thiago, Juliana e Isabella: amigos queridos para sempre.

Marcelo Borelli comemorou seu aniversário junto com amigos e familiares, no restaurante Santa Terezinha. Casamento de Bruno e Bruna, no dia 3, no Tangaroa.

Edy Malmonge recebeu, em sua casa, a modelo Simone Sampaio, madrinha da Gaviões da Real do Carnaval de São Paulo. Também marcou presença Scheila Carvalho, ao lado de seu companheiro Júnior Pacheco.

Diego, Bruna, Bruno, Marcia e José Benedito

Edilberto e Ana Emilia passeando no final de semana, em Ilhabela.

Isac e Amanda degustando um café tropeiro depois de um belo almoço preparado por Tato e Isac.

Amizade de pelo menos 50 anos. Encontro no Pereba, em Taubaté.

Horácio, Adriana, Isabelle, Bruno e Ike

22 | Vitti | revistavitti.com.br

50 anos do estádio Joaquinzão. Corrida em família para homenagear o avô.

Edmauro, Renato, Paulo, Antonio e Gerval

Fevereiro, 2018


Fevereiro, 2018

revistavitti.com.br | Vitti | 23


Social Taubaté

Viver!

isaura Silva isaurasilva@revistavitti.com.br

Anna Darling, Emma Kruse e Paula Germano: as intercambistas dinamarquesas pulando Carnaval com a host mãe Paula Germano.

Renata Menezes fazendo um wine tour pelas vinícolas de Santiago, no Chile.

O Laboratório Oswaldo Cruz, inaugura sua nova unidade de atendimento na cidade de Pindamonhangaba, no Shopping Pátio Pinda. Simone Matos e Antônio Mário. O casal desfrutando de momentos românticos pelos vinhedos da Serra Gaúcha. Memórias para sempre, emoções e sensações em viagem a Bento Gonçalves. Padre Rodrigo Natal acaba de lançar seu novo álbum musical: Jericó. Está tão lindo! 24 | Vitti | revistavitti.com.br

Fevereiro, 2018


Fevereiro, 2018

revistavitti.com.br | Vitti | 25


Social Taubaté

Flash

Arcione Viagi, candidato a reitoria da Unitau, e sua esposa, Mari Viagi.

José luiz de almeida luizinho-cafe@hotmail.com facebook.com/luizinholanches

A banda Recruta Zero em noite de show no Taubaté Country Club, como sempre um sucesso! Os integrantes: Hélio Rodrigo, Gustavo Almeida, João Junior, Áquila Conquista e Ákila Castro. Valeu, meninos, pela parceria e pelo profissionalismo.

Os vereadores: Guará Filho, Boanerge dos Santos e Jessé Silva, na inauguração da Estação do Conhecimento, em Taubaté.

A bela Patricia Raszl curtindo a noite no Madame Surtô, em Taubaté Assoprando mais uma velinha, Cristiane Gioardano comemorou ao lado de amigos, e, claro, do seu amor Carlos Giordano, no restaurante Santa Figueira. Parabéns, muitos anos de vida! 26 | Vitti | revistavitti.com.br

A global Simone Soares deu uma passadinha em Taubaté especialmente para curtir a Night Fever Fevereiro, 2018


Social Taubaté

Good Times

Fotos: Luizinho

Aconteceu, no restaurante Santa Figueira, a primeira edição de 2018 da festa Good Times. Os convidados se divertiram e curtiram muito ao som das músicas dos anos 80 e 90. Confira os clicks de quem se jogou na pista. Sucesso total!

Fevereiro, 2018

revistavitti.com.br | Vitti | 27


Social Taubaté

Whats up!

amanda ayello amandaayello@gmail.com

Malu, Paula, Gabi, Isadora, Carol, Raul, Bruno, Daniel, Jean, Carol, Tamires e Bel Rebeca de Paula e Eduardo Faustino

Encontrinho na casa da Malu Florençano.

Hamilton, Rosaninha, Tato e Izac

Raissa Pinati e Fábio Zappa O Hou Beach Club, em Ubatuba, é a melhor balada na praia.

Jantar entre amigos na casa dos queridos Tato e Izac.

Aniversário da Gabi Sodré, com sua irmã, Ana Carolina, e o cunhado, Vinicius Biondi.

Jantar na casa do Maurinho, em Taubaté. 28 | Vitti | revistavitti.com.br

Murilo Ayello e Gustavo Macedo

Martha e Fernando Macedo Fevereiro, 2018


Fevereiro, 2018

revistavitti.com.br | Vitti | 29


Social São José dos Campos

atitude News

Gilberto Freitas gilfreitasff@hotmail.com

Elcio Viera, Mayra Guerra e Mariana Roberti, em tarde de Happy Hour no bar do Xuxu, em São José dos Campos.

Fabi Rosa lançou o Portal do Sim com múltiplos colaboradores. Iago Schmalh e Renato Celestrino inauguraram a Moah AcaI Shop, em São José dos Campos.

Kako Blanch e Marcia Hott, no tardicional Baile do Havai da AESJ.

Junior Pacheco recebeu Scheila Carvalho em tarde de pré carnaval, em sua casa. Viviane Calian com Will Rogers Pimentel na 3ª edição do Entre Noivas, by Viviane Calian.

Suzan Santiago e Juliana Molina, no 5º Encontro de Negócios da Santa Casa Saúde. 30 | Vitti | revistavitti.com.br

Fevereiro, 2018


Social TaubatĂŠ

Carnaval Santa Terezinha Bar e Restaurante

Fotos: Luizinho

Aconteceu, no dia 04 de fevereiro, um prĂŠ-carnaval realizado pelo Santa Terezinha, bar e restaurante de frutos do mar. O evento, embalado por Ditinho & Banda, proporcionou a todos que participaram uma tarde animada, repleta de marchinhas, frevos e samba.

Fevereiro, 2018

revistavitti.com.br | Vitti | 31


Social Aparecida

abalou

Dinho Azeredo

Marina Pires

ligia Ballot liballot@hotmail.com

Alfredo Araújo, Sônia Araújo, Martha Thomaz, Gilmar Araújo, Maria de Lourdes, Getúlio Araújo, Telma Araújo, Clarisse Araújo e Marcelo José Celebração aos 90 anos da querida Dona Lourdes. Felicidade sempre!

Marcos Vinicius

Marcela Nunes

Diretoria do S.O.S Master no evento beneficente em prol da cirurgia do Professor Álvaro Ganso, da Toca do Jiu-Jitsu Carlson Gracie. Foi um sucesso!

Pamela, Talyta, Mel, Sabrina e Belinha Que lindas! A família toda ganhando presentinhos de Deus!

Gelson e Mariana comemorando os 6 aninhos do lindo Miguel. Muita saúde e alegria sempre!

Anderson Messias

Thais e Keyla arrasando em um ensaio para Salt Vida Salgada.

Maria Eduarda, Millary, Maria Alice, Ana Paula, Vitoria e Gaby, em ensaio fotografico. Cheias de charme para os dias de Folia! 32 | Vitti | revistavitti.com.br

Fevereiro, 2018


Taubaté Católico [fb.com/Catolicos Taubate]

Religiosidade

Carta de agradecimento taubaté, 30 de janeiro de 2018

Excelentíssimos Senhores Bispos; Estimados irmãos no sacerdócio, diáconos, religiosos e religiosas, seminaristas; Queridos familiares; Prezados irmãos e irmãs.

C

reio que seja do conhecimento de todos que, depois de ter examinado a minha consciência diante de Deus, cheguei à certeza de que devo manifestar o meu desejo de fazer uma experiência na vida religiosa junto à Congregação dos Sacerdotes do Coração de Jesus. Procurei rezar incessantemente ao Senhor, para que me livrasse da tentação de, simplesmente, impor minha vontade e meus desejos pessoais. Contudo, procurei escutar o Senhor e deixar que eu fosse conduzido por Ele, de forma que fosse Ele mesmo a me guiar e me orientar em meu discernimento. Creio que conhecer a vontade de Deus, o que Ele quer, certaFevereiro, 2018

mente é um consolo e, também, uma alegria. Sinto-me feliz e consolado, mas, ao mesmo tempo, inquieto em corresponder ao que hoje percebo que Deus me pede. Sinto que Ele me pede mais! E eu estou disposto a dar-lhe tudo: "Ecce Venio"! Dentro da espiritualidade dos padres do Sagrado Coração de Jesus, aprendemos que "não é o poder que redime, mas o amor. Este é o sinal de Deus: Ele mesmo é o amor". Quero corresponder a esse amor de maneira mais radical. Desejo viver uma vida de oblação e de reparação, na certeza da promessa de Jesus: o oblato por excelência – pois Ele não tira nada, ele dá tudo. Quem se entrega a Ele totalmente, recebe o cêntuplo. Por isso, bem consciente de minha decisão, com plena liberdade, venho comunicar minha ausência na diocese a partir do mês de fevereiro de 2018, a fim de buscar uma nova experiência junto aos Dehonianos. Estarei exercendo meu mi-

nistério no Santuário São Judas Tadeu, em Jabaquara, São Paulo. Sou imensamente grato à diocese. Nela nasceu minha vocação, dela recebi a formação e nela procurei, nesses quase oito anos, servir como sacerdote – na obediência e na fidelidade. É com o coração repleto de gratidão que eu agradeço o respeito, a compreensão e a docilidade que os diáconos, padres, bispos e todo o povo de Deus sempre demonstraram. Agradeço, particularmente, à Congregação dos Padres do Sagrado Coração de Jesus, na pessoa do Superior Provincial, Pe. Ronilton, e , também, a todo o Conselho. Gratidão particular aos padres e fratres do Conventinho e da comunidade do Seminário Dehoniano, pela acolhida e fraternidade. Invoco a materna intercessão da Imaculada Virgem Maria, Mãe de Deus e da Igreja, pedindo-lhe que os acompanhem. In Corde Iesu! Pe. Leandro dos Santos. revistavitti.com.br | Vitti | 33


Social Guará

Guará em Pauta

Benê Carvalho benecarvalho@revistavitti.com.br A encantadora Milena Pires Mello Caetano comemorou seu 8º aniversário numa linda festa, no dia 11/01, ao lado dos amigos e familiares.

No dia 15 de janeiro, a querida Dra. Ana Beatriz Schmidt Boff comemorou mais uma primavera. Felicidades!

Leonardo Affonso, antenado na carência do mercado regional, está super satisfeito com sua empresa de entretenimento em Guará e região.

O cabeleireiro Daniel Villanova, depois de uma temporada fazendo cursos e se especializando, está de volta com toda bagagem adquirida e com muita vontade de transformar as beldades da cidade. Julie Morriello, nascida em Guaratinguetá, é Linguista formada pela Universidade de Stuttgart, na Alemanha, onde trabalhou no campo de desenvolvimento de Sotwares de Reconhecimento de Voz. Atualmente, reside na Espanha, onde converteu seu hobby em profissão. Após anos de formação formal em Fotografia, define-se como uma fotógrafa especializada em Fotografia de Gestantes, de Newborn e de famílias em geral. 34 | Vitti | revistavitti.com.br

Luciana Dixon, em uma linda imagem comemorativa de mais um aniversário, no dia 15 de janeiro. Fevereiro, 2018


Fevereiro, 2018

revistavitti.com.br | Vitti | 35


Beleza

Como prolongar a durabilidade da maquiagem no verão?

algumas dicas podem ajudar a manter os produtos na pele

D

amanda amaral

urante o verão, quem costuma usar maquiagem pode se incomodar um pouco com o calor. As altas temperaturas da estação podem fazer, por exemplo, com que a make derreta e borre devido ao suor. Contudo, de acordo com Natalia Graziele, maquiadora há sete anos, é possível amenizar os efeitos do calor em um rosto maquiado. Segundo a profissional, algumas dicas podem ajudar a manter os produtos na pele. A primeira, portanto, é utilizar produtos específicos para suas características corporais, lembrando de hidratar, inclusive, as peles oleosas – já que existem diversos produtos matificantes e livres de oléo no mercado. 36 | Vitti | revistavitti.com.br

A segunda dica é testar os produtos antes de comprar. Geralmente, em lojas onde tais cosméticos são vendidos, existe um mostruário referente ao item desejado. Testando na própria pele a mercadoria, o consumidor pode ter a percepção de qual seria a melhor opção para si. Natalia ressalta que, nem sempre, produtos caros e importados são produtos bons. "Hoje em dia, é possível conciliar qualidade com acessibilidade", frisa. Como terceira dica, a maquiadora enfatiza que a preparação da pele é fundamental para que os produtos durem o dia inteiro. Acima de tudo, para que a maquiagem seja aplicada, é necessário que o rosto esteja limpo. Águas termais são boas opções para refrescar o rosto, assim como a água gelada é grande aliada no combate

à oleosidade. É importante, também, não esquecer de passar protetor solar. Muitos ajudam a reter o óleo da pele, e outros contam, inclusive, com tonalidades diferentes – podendo substituir a base, por exemplo. A utilização de um primer também pode auxiliar na diminuição dos poros, bem como no disfarce das linhas de expressão. E, por fim, a quarta e última dica não diz respeito à durabilidade da make, mas sim à retirada dos produtos. Para ter uma pele saudável, não se deve dormir com maquiagem! Todos os vestígios devem ser devidamente removidos, pois passar a noite utilizando tais cosméticos obstrui os poros, acumulando impurezas e resíduos, provocando irritabilidade na pele, causando ressecamento ou oleosidade, e, ainda, podendo estimular a aparição de cravos e acne. Fevereiro, 2018


1

09/11/17

18:41

vmp8.com

AF_QUA-0078-17--An Revista VITTI--21x14cm.pdf

Fevereiro, 2018

revistavitti.com.br | Vitti | 37


Ambiente construído

acupuntura vegetal

O

adilson Peloggia

processo que usa a acupuntura é tão antigo que data de 3000 anos antes de Cristo, sendo o aspecto mais conhecido da milenar medicina chinesa. Consta que a difusão no Ocidente se deu a partir das célebres viagens de Marco Polo, há quase setecentos anos. A acupuntura é uma ciência e, como toda ciência, uma coisa complexa. Poderíamos dizer que seu princípio básico é a busca do equilíbrio entre os polos positivo e negativo da energia que alimenta o funcionamento de todos os seres vivos no planeta Terra. Por comparação, seria como se os seres vivos funcionassem por similaridade a qualquer aparelho elétrico. Como sabemos, existem dois polos de eletricidade (positivo: cátodo, e negativo: ânodo), e o aparelho simplesmente não funciona se estiver ligado à apenas um dos polos – e funciona mal se houver desarranjo entre eles. Façamos então a seguinte analogia: vamos imaginar que exista em um determinado ponto de um ser vivo qualquer, uma sobrecarga de energia positiva ou negativa. Neste ponto, esta "so-

38 | Vitti | revistavitti.com.br

brecarga", faz com que o sistema passe a funcionar mal e, como consequência, tende a comprometer o funcionamento da "máquina" inteira. Aí entra a acupuntura. Através de agulhas metálicas, já que os metais, sobretudo o ouro e a prata, são ótimos condutores de eletricidade, é feito um contato com o aterramento, descarregando o excesso de energia (positiva ou negativa) deste ponto. Após o restabelecimento do equilíbrio, o sistema volta a funcionar direito, desaparecem os sintomas relativos ao problema e a "máquina" passa a funcionar em condições normais. A acupuntura é de origem chinesa, e tem toda uma terminologia própria. Por exemplo, a energia positiva é chamada Yang, a energia negativa Yin, e ao conjunto das duas, a energia vital, deram o nome de Ki. Foi um médico brasileiro quem talvez primeiro pensou no assunto. Trata-se do Dr. Evaldo Martins Leite, médico cardiologista e ex-professor da Faculdade de Medicina Santa Casa de São Paulo, que publica trabalhos a respeito desde 1976 e vem interessando no assunto outros profissionais, médicos, biólogos e agrônomos. As pesquisas do Dr. Evaldo em acupuntura é no que se refere a reprodução, flora-

ção, frutificação, produção de sementes e crescimento das plantas. Atualmente, trabalha na pesquisa envolvendo maneiras de aumentar a resistência (resiliência) dos vegetais a pragas e doenças. Segundo ele, a energia positiva (Yang) é a responsável pelo crescimento e formação da copa das plantas. Já a energia negativa (Yin), responde pela formação de frutos, flores e sementes. Resultados satisfatórios, portanto, dependem da perfeita distribuição e do equilíbrio dessas energias em todas as células vegetais. As plantas são organismos altamente complexos e sensíveis. Todo vegetal é dotado de uma malha eletroeletrônica em equilíbrio, que flui em uma corrente por um caminho em suas partes. Os problemas de saúde nos vegetais ocorrem por um desequilíbrio energético proveniente de ações como: excesso de agrotóxico, adubação incorreta, perturbação climática, negligência em cuidados, queimadas, etc. A acupuntura vegetal, então auxilia no reequilíbrio das funções em excesso, enfraquecidas ou perdidas. Adilson Pelloggia é Doutor em Ciências e consultor ambiental. Contato: adilsonpeloggia1@gmail.com. Fevereiro, 2018


Fevereiro, 2018

revistavitti.com.br | Vitti | 39


Viagem Bem-estar

intercambistas do rotary escolhem seus destinos de viagem alessandra Gabriel e dr. Serrano Neves

N

ovamente trago a vocês uma matéria sobre Cromoterapia – uma das técnicas oferecidas no Spa Luz e Vida, que possui método de diagnóstico Ryodoraku e é a primeira unidade de Cromoterapia Científica com a tecnologia Vibracenter desenvolvida pelo Dr. Serrano Neves. Aqui, nesse artigo, o doutor explica de forma científica a eficácia do uso das cores, e afirma ser uma oportunidade terapêutica de baixo custo. "O Sol é reconhecido como essencial para o desenvolvimento e manutenção da vida na face do Planeta. Das três faixas do espectro de luz irradiada pelo Sol, o ultravioleta e o infravermelho são conhecidos nos seus efeitos danosos e benéficos, mas a faixa da luz visível, ou cores visíveis, é pouco explorada – limitando-se aos aspectos ambientais e de vestuário. O conhecimento das cores através do arco-íris tem ficado limitado ao que os olhos humanos podem ver, mas a distinção do modo como a luz é percebida pelos olhos e sentida pelas outras partes do corpo parece não fazer parte do conhecimento comum – de modo que a parte colorida da luz solar resta sem importância, dificultando compreender que os efeitos da luz não são função do que é visto ou não, mas sim da frequência ou do comprimento da onda. Por princípio, as cores visíveis da luz irradiada do Sol são importantes porque a natureza não possui inutilidades, e, pela ciência, os espectros de emissão e absor-

40 | Vitti | revistavitti.com.br

ção dos componentes da matéria demonstram isto. O espectro eletromagnético dos componentes da matéria sugerem que entre as cores de absorção e emissão de um componente "X", e uma radiação luminosa de mesma frequência da absorção ou da emissão, pode ocorrer o fenômeno da ressonância (que pode ser medido como são medidas outras ressonâncias, simplesmente acústicas ou estruturais). A tecnologia atual permite reproduzir o espectro solar de modo integral ou por partes isoladas, já que estão disponíveis no comércio as lâmpadas UV, IR e os LEDs correspondentes às sete cores do arco-íris. Supondo que cada cor do arco-íris tenha uma utilidade com relação à vida e à saúde, a reprodução de uma cor isolada é um ato de inteligência com o propósito de maximizar o efeito desta cor – já que o organismo não necessitaria processar as demais. É provável que, além da ressonância, ocorram outros efeitos da interação da frequência com o tecido biológico vivo, tais como a repolarização da membrana celular (sódio/potássio, yin/yang, positivo/negativo), efeito dominó (transmissão do movimento ameboide), uma espécie de despertar da memória de função a partir da ressonância estocástica, e tudo com a consideração de que as células residem em meio aquoso. A proibição de invasão prospectiva dificulta medir os resultados e os efeitos em especial, mas o método diagnóstico Ryodoraku permite uma visão nítida do antes e do depois da aplicação cromoterápica – pelo menos em relação ao conhecimento já consagrado e aceito pela medicina

no Brasil. A segurança na cromoterapia consiste em não produzir ultravioleta nem infravermelho, mantendo a intensidade luminosa (energia fotônica) igual ou menor do que a radiação solar subtraída da energia do UV e IR, permitindo deduzir que a aplicação cromoterápica é de nocividade próxima a zero se comparada com a exposição à luz solar do amanhecer. Como complemento de outras terapias, a cromoterapia oferece a ação de gerar bem-estar. A Vibracenter orienta o desenvolvimento da cromoterapia no sentido da natureza, e neste aspecto reconhece as cores e suas frequências como eficazes junto aos organismos vivos nesses limites, não incluindo nada que esteja fora do espectro naturalmente visível. A natureza oferece as cores visíveis da luz solar em faixas que representam os limites de tolerância cromática, mas a tecnologia permite produzir cores calibrando o comprimento de onda a um nanômetro. O método diagnóstico Ryodoraku oferece, portanto, precisão suficiente para avaliação do resultado das aplicações, mas sugere que outros métodos eletromagnéticos devam ser desenvolvidos. A conclusão derivada do desenvolvimento, pelo bem-estar testemunhado, indica, também que, por ser uma aplicação barata, não ocorrerá prejuízo com a implantação e uso complementares." Alessandra Cristina Gabriel Prazeres Terapeuta Ayurvédica ABRA-RJ 399 SPA LUZ E VIDAFone: 12 98811-8266 Tremembé - SP Fevereiro, 2018


Fevereiro, 2018

revistavitti.com.br | Vitti | 41


Gastronomia

PIMENTA:

além de saborosa, também pode oferecer benefícios à saúde

H

amanda amaral

á quem diga que "pimenta é tudo a mesma coisa", no entanto, tal afirmativa não procede. Existem diversas espécies de pimenta, com cores e sabores também distintos. Diferente do que pode parecer, o fruto não é incluído na preparação dos mais variados alimentos com o único intuito de provocar ardência, porque, acima de tudo, a pimenta costuma trazer mais sabor ao paladar. O fato de poderem pertencer a famílias e gêneros distintos só comprova a particularidade de cada fruto. Acredita-se que as mais comuns pertençam à família Solanaceae e ao gênero Capsicum, mas as famílias Piperaceae, Anacardiaceae e Myrtaceae também englobam sabores muito presentes como o da pimenta-do-reino, o da pimenta-rosa e o da pimenta-da-Jamaica, respectivamente. De acordo com uma pesquisa realizada pela Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa), embora todas as pimentas sejam utilizadas como condimento, não é correto afirmar que possuem parentesco 42 | Vitti | revistavitti.com.br

entre si – já que cada uma apresenta propriedades químicas particulares. Tal gama de iguarias pode ser consumida fresca, em conserva, em grãos, moída, e, além de dar um toque especial na refeição, os componentes do fruto também podem oferecer alguns benefícios à saúde. No que diz respeito às pimentas do gênero Capsicum, por exemplo, o ardor característico do fruto é decorrente da capsaicina – substância que apresenta efeito termogênico, digestivo, antioxidante e pode atuar, também, com ação anti-inflamatória e como protetora do sistema cardiovascular. Espécies como a pimenta-jalapeño, a pimenta-caiena, a dedo-de-moça, a pimenta-de-cheiro, a biquinho e a malagueta, por exemplo, pertencem ao gênero abordado. É, portanto, um ótimo ingrediente para ser adicionado em saladas e na preparação de legumes, carnes, molhos e massas. Uma outra forma prática de consumir a pimenta, é incluí-la em um azeite de qualidade – transformando-o em aromático. Evite, no entanto, o consumo de molhos de pimenta industrializados, pois estes costumam conter um alto teor de sódio e, no fim, anulam os benefícios do fruto.

Para algumas pessoas, o c o nsum o exc es s ivo d e pimenta pode irritar os órgãos digestivos. Portanto, principalmente nesses casos, mesmo c om os inúmeros benefícios do alimento, não se deve consumir quantidades excessivas do fruto.

Exagerou no consumo da pimenta e agora quer se livrar daquele ardor incômodo? Não, não beba água, pois a ingestão só espalharia a capsaicina pela boca. Um copo de leite ou de iogurte podem ajudar a amenizar a sensação, porque a caseína – proteína presente nos derivad os d o leite – consegue anular a presença da capsaicina.

Fevereiro, 2018


Fevereiro, 2018

revistavitti.com.br | Vitti | 43


Brasil

implementação nacional da CNH-e está prevista para fevereiro

A

amanda amaral

Carteira Nacional de Habilitação Eletrônica (CNH-e) é o primeiro documento de identificação digital do país, sendo, também, a versão virtual da Carteira Nacional de Habilitação (CNH). Além de possuir o mesmo valor jurídico das impressas, ela também oferece algumas vantagens que visam, principalmente, praticidade e durabilidade. O documento impresso continuará sendo emitido normalmente, até porque, para ter acesso ao digitalizado, o condutor deve possuir a versão tradicional. A implementação nacional do documento digital está prevista para o mês de fevereiro deste ano. Contudo, motoristas

44 | Vitti | revistavitti.com.br

de Goiás, Distrito Federal, Alagoas, Rondônia, Rio Grande do Sul, Acre e Tocantins, por exemplo, já têm acesso à carteira eletrônica. Acredita-se que, futuramente, também será possível conferir o número de multas, receber avisos de vencimentos e acompanhar informações de campanhas de trânsito pelo aplicativo. De acordo com o Ministério das Cidades, as taxas de cobrança para o documento ficarão a cargo dos Detrans estaduais, que também determinam os valores da CNH impressa. Quando liberado, o acesso ao documento poderá ser feito por meio do aplicativo, disponível para Android e iOS, que identificará a Carteira Nacional de Habilitação pela leitura do QR Code – que nada mais é do que um registro similar a um código

de barras. O app também disponibilizará imagens da frente e do verso da carteira, permitindo a validação eletrônica e garantindo a veracidade do documento. Para solicitar a CNH-e, é preciso baixar o aplicativo, realizar o cadastro no Portal de Serviços do Denatran, e comparecer ao Detran que emitiu sua carteira de motorista – a fi m de confi rmar dados e solicitar um certificado digital. Depois, com o acesso ao Portal de Serviços do Denatran e com os dados confirmados pelo Detran, o usuário poderá solicitar um código de ativação para a carteira eletrônica (que será enviado por e-mail!). Por fim, basta acessar o aplicativo, usando a senha de acesso e digitando o código de validação.

Fevereiro, 2018


o Clube de autos antigos de taubaté completou, em 2017, 30 anos de fundação Eventos do CAAT em 2017

E

m 1987, o Clube de Autos Antigos foi fundado por um grupo de amigos, composto pelo engenheiro, Benedito Andrade, pelo então diretor do BANESPA, Geraldo Miné, e pelos empresários, Mário Marchtein, Paulo Simonetti e Wlad Minhoto. O atual presidente é Paulo Guino, que ocupa a posição após Aldo Fusco representá-la por mais de 10 anos. Atualmente, o Clube conta com 90 associados e um acervo de quase 500 automóveis antigos, abrangendo modelos de várias marcas, tanto nacionais quanto importa-

Sócio número 1, Mário Marchtein em entrevista à TV Globo, no Shopping Via Vale

Fevereiro, 2018

/caat1987 dos, como, por exemplo: Mercedes-Benz, Jaguar, Ferrari, Land Rover, Studebaker, Cadillac, Buick, Marmom, Rolls Royce, Lincoln, Packard, Chevrolet, Ford, Lafer, Jeep, Dodge, Chrysler, Volkswagen, etc. O Clube de Autos Antigos realiza alguns eventos, como as exposições nos shoppings da cidade, o divertido CAAT on the road - 100 milhas na Serra – sendo este um rally de regularidade, saindo de Taubaté rumo a Campos do Jordão –, além de outros passeios na região.

Associado do CAAT, Dr. Wander Cunha foi premiado no Encontro Brasileiro com sua Impala 1959

revistavitti.com.br | Vitti | 45


Natascha Simões

Litoral

ilha das Couves: superlotação ameaça preservação de paraíso natural

E

amanda amaral

ntre as dezenas de praias de Ubatuba, a Ilha das Couves é um dos paraísos escondidos. A praia de Picinguaba, onde pescadores e lanchas são responsáveis pelo translado, oferece o acesso mais próximo à ilha. O trajeto de barco leva aproximadamente 20 minutos, e o valor da condução pode variar entre R$ 10 e R$ 30. Assim que o barco chega à ilha, é possível admirar uma área de mais de 60 hectares de mata atlântica, justamente por ser um local praticamente inexplorado pela ambição humana. A Ilha das Couves não possui campings ou pousadas, nem conta com estabe46 | Vitti | revistavitti.com.br

lecimentos de alimentação e água potável. Portanto, recomenda-se levar alimentos e muito líquido para aproveitar o dia no local. Caracterizada pela mata nativa, areia branca e águas claras, a região costumava ser frequentada por poucos banhistas e mergulhadores. Contudo, com todos esses atrativos, a Ilha das Couves acabou despertando o interesse dos turistas que, com frequência, têm superlotado o local. Por esse motivo, o risco de degradação ambiental chegou, inclusive, ao Ministério Público Federal (MPF) – que, portanto, tem buscado mediar uma solução a fim de preservar tal patrimônio ambiental. Essa mediação poderá resultar na limitação do número de visitantes, por exemplo.

Ciente do problema, a Prefeitura de Ubatuba estima que mais de dois mil turistas passaram pelo local na primeira semana de 2018. A preocupação é que essa visitação desordenada prejudique tanto o ecossistema, quanto as comunidades caiçaras da região. Por isso, a fim de compreender a questão e propor alternativas que viabilizem o turismo e, ao mesmo tempo, dificultem o transporte irregular e impeçam a deterioração do meio ambiente, os órgãos ambientais, o poder municipal e a Marinha, estão levantando informações técnicas com o objetivo de estabelecer um padrão de fiscalização e monitoramento. A previsão é que tal estudo seja finalizado até o mês de agosto. Fevereiro, 2018


Viagem

intercambistas do rotary escolhem seus destinos de viagem

N

amanda amaral

o dia 03 de fevereiro de 2018, na Casa da Amizade de Volta Redonda, o Programa de Intercâmbio de Jovens do Distrito 4600 do Rotary Clube – que engloba a região que vai de Guararema (SP) a Três Rios (RJ), passando pelo Litoral Norte paulista e indo até Angra dos Reis (RJ) – realizou um evento no qual os jovens outbounds escolheram os países nos quais realizarão seus intercâmbios. Os intercambistas, que viverão a experiência entre os meses de agosto de 2018 e julho de 2019, puderam optar entre França, Taiwan, Alemanha, Dinamarca,

Fevereiro, 2018

Estados Unidos, Canadá, México, Índia, República Tcheca, Eslováquia, Romênia, Áustria e Finlândia. O processo seletivo, que consiste em uma avaliação que abrange conhecimentos gerais, rotarianos, gramática (nos idiomas português e inglês) e também inclui entrevistas, contou com a participação de 60 jovens – dos quais 23 foram selecionados. Ana Carolina Maria de Souza, de 17 anos, foi contemplada com o Prêmio Jovem Destaque, que representa uma bolsa de estudos oferecida a jovens de baixa renda de toda a região do Distrito 4600. A intercambista optou pelo México, e terá todo o estudo custeado pelo programa.

E

désio Santos, chairman do Programa de Intercâmbio de Jovens do Rotary, viajou para a Índia e para a Nova Zelândia a fim de apresentar o programa em uma reunião com parceiros.

revistavitti.com.br | Vitti | 47


Daniel Santos

Música

rapper de Guaratinguetá

vende mais de 12 mil Cds peregrinando pela américa do Sul

L

amanda amaral

uiz Fernando da Costa Ribeiro, mais conhecido como Enidê, é um rapper da cidade Guaratinguetá, São Paulo. Aos 29 anos, peregrinando por cidades do Brasil e de outros países da América do Sul, como Chile e Argentina, o rapaz conseguiu vender mais de 12 mil CDs de músicas autorais. Esse número consiste, além de conteúdos alternativos não lançados oficialmente, na venda de dois trabalhos: "Os Fatos Não Se Esgotam", de 2013, e "Do 012 ao Infinito", de 2014. Enidê conta que seu primeiro contato com a música foi na infância, quando seu pai costumava colocar discos de vinil – de samba raiz e enredo – para tocar durante o almoço ou a janta. "Depois dessa época, acredito que o que mais me influenciou tenha sido a convivência com 48 | Vitti | revistavitti.com.br

jovens mais velhos que eu, na região onde eu morava. Eles escutavam muito conteúdo dos estilos reggae e rap", lembra. O rapper, que escreveu sua primeira canção quando ainda cursava o ensino primário, em 1998, diz que foi através do skate que aprendeu a sair da própria cidade para praticar, buscar e viver o que ama. "Eu aprendi a vender os meus discos de mão em mão por influência de outros amigos que também expunham seus trabalhos nas ruas. A partir daí eu resolvi transitar entre as cidades para divulgar meu projeto, conhecer novas pessoas e, também, novos lugares. Isso inspirou, inclusive, o nome do meu próximo trabalho: Mangueando Vou", relata. Formado em jornalismo, Enidê diz que sempre tentou vincular as habilidades do curso de Comunicação à música. Com relação à cena musical no Vale do Paraíba, ele acredita que o segmento cultural ganha

força na região. "Eu vejo o Vale como um polo muito forte, pois aqui há muitos músicos com qualidade e originalidade! Agora, o próximo passo é fazer com que o público acompanhe e valorize essa preciosidade oferecida pelos artistas da região", defende. Em 2016, o rapper dividiu o palco com um grande nome do cenário musical: Gabriel, o Pensador. Enidê conta que a sensação de cantar junto com uma de suas maiores influências foi "sensacional". Com o intuito de propagar mensagens de incentivo a seus ouvintes, o rapaz argumenta que seu objetivo é cantar algo que estimule a caminhada. "As minhas mensagens também são como um guia para mim, a fim de buscar minha própria excelência. Não acho necessário focar em contos tristes ou nas angústias do dia a dia, mas sim na carga motivacional que conduz todo ser humano a uma constante evolução. La peregrinación prossegue...", diz. Fevereiro, 2018


Tecnologia

Ciência da Computação propõe inovação no setor educacional

A

amanda amaral

tualmente, com a democratização da informação e o fácil acesso às tecnologias, milhares de crianças e adolescentes têm demonstrado interesse em criar e desenvolver aplicativos, softwares e robôs, por exemplo. Existem vários casos de jovens que lançaram produtos, venderam ideias para grandes marcas e faturaram alguns milhares antes mesmo de concluírem os estudos. Justamente por representar um seg-

Fevereiro, 2018

mento que desperta, cada vez mais cedo, fascínio no público infantojuvenil, algumas empresas têm explorado o mercado e proposto inovação no setor educacional. A SuperGeeks, por exemplo, é uma escola de programação e robótica para crianças e adolescentes. Com o objetivo de ensinar Ciência da Computação de forma didática e divertida, ela incentiva o aluno a pensar de forma criativa, raciocinar de forma sistêmica e trabalhar de forma colaborativa. Presente em Taubaté e, também, em São José dos Campos, o lema da Super-

Geeks é aprender se divertindo. Por isso, a metodologia proposta é bem completa. Introduzindo a Ciência da Computação com o auxílio de games – previamente testados e selecionados pela equipe pedagógica –, os cursos agregam à didática mecanismos próprios dos jogos, como pontos, recompensas e desafios, por exemplo. Assim, engajando os alunos, desde o princípio é abordado o aspecto empreendedor, incentivando a criação de startups e o lançamento de produtos no mercado. O incentivo ao desenvolvimento de técnicas empreendedoras para o público infantil é relevante porque, normalmente, crianças tendem a ser mais criativas – e de uma brincadeira às vezes pode sair uma ideia de negócio inovadora. Acredita-se que, hoje em dia, justamente por estarmos constantemente conectados a aparelhos e tecnologias interativas, o aprendizado se torna mais eficaz quando o conhecimento é agregado à diversão – porque é se divertindo que a criança explora sua personalidade e elabora o mundo exterior a partir de sua perspectiva.

revistavitti.com.br | Vitti | 49


História

A Semana de Arte Moderna de 1922 como ícone de transformação cultural

E

Amanda Amaral

m fevereiro de 1922, o Brasil sediava uma das manifestações artísticas mais importantes da história do país. A Semana de Arte Moderna foi um movimento cultural, ocorrido no estado de São Paulo no século XX. O evento organizou uma exposição de artes plásticas com obras de artistas consagrados – como, por exemplo, Anita Malfatti, Vicente do Rego Monteiro, Di Cavalcanti, etc. –, e também realizou saraus com literatura, dança e música. Na época, a elite cafeicultora paulista alugou o Theatro Municipal de São Paulo a fim de apresentar inovações no mundo da arte – influenciada, até o momento, pelas vanguardas europeias. Até então, o Rio de Janeiro era considerado a capital cultural do país. Contudo, justamente por refletir o progresso, tal evento inf luenciou definitivamente os rumos culturais do Brasil. De acordo com Moacir Santos, doutor em História e professor de Estética e História da Arte na Universidade de Taubaté, a Semana de 1922 afirmou a adesão brasileira à arte moderna sob uma perspectiva nacional, iniciando o processo que deixaria de reproduzir apenas estruturas e temas consagrados no exterior. "A consagração do modernismo brasileiro ocorreu ao longo do tempo, pois houve resistência de parte do público e também

50 | Vitti | revistavitti.com.br

de intelectuais e artistas, antecipada na polêmica de 1917 que opôs Monteiro Lobato e Anita Malfatti", conta o docente. Hoje, 96 anos depois, Moacir acredita que o evento tornou-se icônico por representar os primeiros passos de uma trajetória que, além de estabelecer uma interação, também fortaleceu a autonomia das produções artísticas brasileiras perante as referências estrangeiras. "A produção nacional, bem como os eventos realizados no país, estão inseridos nos cenários externos. É possível afirmar que a arte brasileira dialoga criticamente com

a realidade nacional, e que também intensificou a experimentação criativa necessária à interlocução entre os pares no país e no exterior", defende. Acredita-se, inclusive, que a Semana de Arte Moderna de 1922 tenha sido um evento com caráter revolucionário. Tal argumento se baseia no fato de que o episódio foi patrocinado pela burguesia, sediado onde as elites dominantes costumavam se reunir para apreciar a arte europeia, e, ainda assim, apresentou jovens que almejavam uma ruptura com a estética vigente. Por isso, assim como a Semana de 1922 tornou-se um marco na história do Theatro Municipal de São Paulo, há quem diga que ela também o transformou – reforçando a imagem do edifício como um palco para atuação de artistas de vanguarda, e reunião de movimentos políticos e sociais. Desde então, é possível dizer que, com muita frequência, o Theatro Municipal de São Paulo apresenta espetáculos e sedia eventos que se destoam do panorama estrutural vigente. O projeto da Semana de Arte Moderna do século XX, representou, portanto, muito mais do que a postura brasileira perante o início de uma trajetória artística inovadora. O evento simbolizou, também, a projeção da cidade de São Paulo em um segmento intelectual, já que a região, que já possuía um poder econômico alinhado, fortaleceu sua identidade e passou a apresentar suas próprias reivindicações culturais.

Fevereiro, 2018


Cultura

recorde de lançamentos de filmes nacionais é atingido em 2017

D

amanda amaral

e acordo com o Informe de Salas de Exibição, divulgado no OCA - Observatório Brasileiro do Cinema e do Audiovisual pela Agência Nacional do Cinema (Ancine), o ano de 2017 foi marcado por um recorde no que diz respeito aos lançamentos de fi lmes brasileiros. Os 158 títulos representam um aumento de 11,3% em relação ao ano de 2016 – quando 142 fi lmes foram exibidos. O número de lançamentos nacionais foi o mais alto já registrado desde 1995.

Fevereiro, 2018

Contudo, o estudo também aponta que o número de espectadores caiu. No ano passado, embora o público de fi lmes estrangeiros tenha subido 6,4%, houve uma queda de 42,8% de espectadores de fi lmes nacionais – o que representa um total de 181,2 milhões de pessoas. Trata-se de um recuo de 1,7% se comparado a 2016, quando a soma indicava 184,3 milhões de espectadores. Em 2017, os fi lmes estrangeiros também venderam quase 10 milhões de ingressos a mais do que em 2016, que fechou com 153,9 milhões. Entre as obras nacionais, a melhor bilheteria foi a do fi l-

me "Minha Mãe É Uma Peça 2", com um público de 5,2 milhões. Também é válido destacar o número de documentários e de animações brasileiras estreantes, que conseguiram ultrapassar a quantia dos anos anteriores. Todas as salas de cinema em funcionamento no país são digitalizadas, o que significa que não se usa mais a tradicional película fotográfica. Os indicadores apontam 3.220 salas de exibição, 35 inaugurações e um total de 107 salas novas. O sudeste foi a região que mais recebeu novos espaços, representando 28,8% das aberturas, reaberturas e ampliações.

revistavitti.com.br | Vitti | 51


Cidades

taubaté e São José dos Campos apresentam boa classificação em ranking de saneamento

A

amanda amaral

ABES (Associação Brasileira de Engenharia Sanitária e Ambiental) realizou, em fevereiro, o Simpósio Ranking ABES da Universalização do Saneamento, no auditório do Conselho Regional de Química (CRQ), em São Paulo. Visando avaliar a situação do saneamento em relação à universalização no Brasil, a ABES apresentou um ranking que avaliou as condições do saneamento nas cidades brasileiras com mais de 100 mil habitantes. Além disso, em função da direta relação entre saneamento e saúde, o levantamento correlaciona os resultados às Doenças Relacionadas ao Saneamento Ambiental Inadequado (DRSAI) de cada região. O estudo, composto por 231 municípios (sendo que, desses, 123 se encontram na região Sudeste), resulta em um indicador final cuja pontuação máxima é 500. Quatro indicadores foram obtidos do Sistema Nacional de Informações de Saneamento (SNIS), como o abastecimento de água, a coleta de esgoto, o tratamento de esgoto e a coleta de lixo. O outro indicador, referente à destinação adequada de resíduos sólidos, foi desenvolvido para o ranking a partir da combinação de informações das Unidades de Processamento (UPs) disponíveis no SNIS. De acordo com a pesquisa, averiguou-se quanto dos

52 | Vitti | revistavitti.com.br

resíduos sólidos domiciliares (RDO) e dos resíduos públicos (RPU) produzidos pelos municípios eram, adequadamente, destinados – excluindo, assim, os aterros controlados, a queima em forno de qualquer tipo e os lixões. Contemplando 26 das 27 capitais brasileiras, o estudo agrupou os municípios avaliados em três categorias, segundo a pontuação total alcançada nos cinco indicadores: 1. Rumo à universalização: acima de 489 pontos; 2. Compromisso com a universalização: entre 450 e 489 pontos; e 3. Primeiros passos para a universalização: abaixo de 450 pontos. Apenas 6% das cidades atingiram a categoria máxima, enquanto 18% se adequaram à segunda categoria e 76% constituiram a última. As cidades de Taubaté e de São José dos Campos pertencem ao seleto grupo de municípios que atingiram mais de 489 pontos, sendo reconhecidas, portanto, como regiões rumo à universalização. São José dos Campos se posiciona em 14º no ranking, enquanto Taubaté ocupa o 11º lugar e apresenta as menores taxas de internação por Doenças Relacionadas ao Saneamento Ambiental Inadequado (DRSAI). O estudo reforça, ainda, a evidente relação entre as áreas de Saneamento e Saúde. O levantamento diz que, de acordo com a UNICEF, cerca de 88% das mortes por diarreia são atribuídas à má qualidade da água, saneamento inadequado

e falta de higiene. Segundo o relatório "Impactos na Saúde e no Sistema Único de Saúde decorrentes de agravos relacionados a um saneamento ambiental inadequado", produzido, em 2010, pelo Ministério da Saúde em parceria com a Fundação Nacional de Saúde (FUNASA), apesar do expressivo declínio das taxas de mortalidade por doenças infecciosas e parasitárias no Brasil, ainda há óbitos e internações decorrentes de tais causas – especialmente nas regiões Norte e Nordeste do país. Acredita-se que as melhorias sanitárias implementadas no país desde o início do século XX contribuíram para a redução de várias doenças endêmicas e epidêmicas. No entanto, apesar de serem evitáveis e, às vezes, erradicáveis, as enfermidades relacionadas a condições precárias de vida ainda integram o quadro de mortalidade brasileira. A pesquisa realizada pelo Ministério da Saúde, aponta que a questão é agravada em função da desigualdade na distribuição de serviços à população, pois a oferta desigual de infraestrutura entre diferentes camadas sociais faz com que algumas doenças atinjam, de forma diferente, grupos específicos em várias regiões do país. Assim, a fim de propor mecanismos de controle de enfermidades, defende-se a necessidade de formular políticas públicas a partir do provimento de serviços essenciais de forma equitativa. Fevereiro, 2018


Pets

Como amenizar o desconforto do seu pet no verão: dicas de saúde e bem-estar

O

amanda amaral

verão é amado por alguns, e detestado por outros. De fato, o calor excessivo característico da estação pode causar alguns desconfortos a muita gente – e, também, aos pets. Animais ofegantes, bebendo mais água, buscando uma sombra ou um lugar mais fresco para atenuar as altas temperaturas, são cenas comuns de serem vistas nessa época do ano. Por isso, se você tem algum bicho de estimação, é importante estar atento. A fim de amenizar os efeitos do verão no seu pet, separamos algumas dicas importantes com relação à saúde, segurança e ao bem-estar do animal.

Fevereiro, 2018

1 2

. Hidratação é fundamental: durante todo o dia, disponibilize água limpa e fresca. . Escolha bem o local e o horário para passear com seu pet: nos dias de calor intenso, evite passeios nos horários mais quentes do dia. Acredita-se que os piores sejam entre às 10h e às 15h. Quando for caminhar com seu animal, opte por locais sombreados onde possa se caminhar sobre a grama – já que os demais pisos esquentam muito rapidamente, podendo, inclusive, ocasionar queimaduras na patinha do seu pet. . Protetor solar: você sabia que existe protetor solar para seus bichos de estimação? Pois, existe! Cães e

3

gatos também precisam se proteger dos raios solares, principalmente se possuírem a pele sensível, pelagem albina, despigmentada ou com pouca cobertura pilosa. . Não deixe seu animal sozinho: nem dentro do carro, nem na piscina ou no mar. No caso dos veículos parados, a temperatura sobe muito rapidamente – mesmo com os vidros abertos. . Tosa e escovação: algumas raças possuem pelos muito longos e, às vezes, pode ser interessante diminuir um pouco o comprimento a fim de amenizar a sensação de calor. Contudo, nada de exageros.

4

5

revistavitti.com.br | Vitti | 53


Esporte

time de basquete de São José dos Campos participa da liga de ouro 2018 Buscando integrar a elite nacional, atletas se preparam para disputar o título

Arthur Marega Filho/São José Basketball

C

54 | Vitti | revistavitti.com.br

amanda amaral

riado pela Liga Nacional de Basquete, O NBB (Novo Basquete Brasil) corresponde à liga oficial do Campeonato Brasileiro de Basquete – substituindo, portanto, o antigo Campeonato Nacional de Basquete. Visando trazer ao país conceitos modernos e eficazes de gestão esportiva, a Liga brasileira se inspirou na NBA (Associação Nacional de Basquete norte-americana) a fim de propor uma postura independente. Sendo equivalente à segunda divisão, a Liga Ouro é aquela que garante acesso ao NBB. Em 2018, a disputa terá início no dia 26 de fevereiro e contará com nove equipes participantes, que são: APAB/Blumenau (SC), A.D. Brusque (SC), Brasília Basquete (DF), Cerrado Basquete (DF), APVE/Londrina (PR), Associação Macaé de Basquete (RJ), Unifacisa Paraíba (PB), Sport Club Corinthians Paulista (SP) e, de São José dos Campos, o São José Basketball (SP). A equipe joseense, após duas temporadas ausente de competições de alto de rendimento, além de contar com quatro jovens da equipe Sub-20 – sendo eles: Lucas Santana, Leonardo Willians, Paulo Felipe e Pedro Rogério –, anunciou algumas contratações a fim de disputar o acesso à elite do basquetebol brasileiro, como, por exemplo: Alexandre Pinheiro, Atílio de Melo, Christian Panunzio, Douglas Nunes, Feliciano Neto, Márcio Dornelles e Rafael Moreira. Assim, visando integrar a nata do campeonato nacional, o time de São José dos Campos – vice-campeão do NBB 11/12 – corre, a partir de fevereiro, atrás do título da Liga de Ouro 2018. A equipe do Vale estreia no campeonato dia 28 de fevereiro em um jogo contra o Unifacisa Paraíba (PB), que será realizado em Campina Grande (PB). O primeiro turno do torneio se encerrará no dia 31 de março, com a disputa entre São José e Corinthians. Fevereiro, 2018


Fevereiro, 2018

revistavitti.com.br | Vitti | 55


Agenda

Mapa Cultural TEATRO A Bela e a Fera - O espetáculo musical Quando: 09/03, sexta-feira, às 20h. Local: Teatro de Jacareí - Av. Eng. Davi Monteiro Lino Jacareí. Livre.

MUSICA Capital Inicial Quando:10/03, sábado, às 22h. Local: Clube de Campo Luso-Brasileiro - Estrada Municipal Pedro Moacir de Almeida, Km 5, antiga Vargem Grande, em São José dos Campos. Dead Fish Quando: 25/02, domingo, às 17h Local: Porca Miséria - Rua Joaquim Távora, 80. / Taubaté.

O Rappa Quando: 02/03, sexta-feira, às 21h. Local: Clube de Campo Luso-Brasileiro - Estrada Municipal Pedro Moacir de Almeida, Km 5, antiga Vargem Grande / SJC.

56 | Vitti | revistavitti.com.br

Fevereiro, 2018


LITERATURA Livraria UNESP móvel A Editora Unesp adaptou uma livraria móvel sobre um caminhão a fim de percorrer todo o território nacional. Para a editora, o projeto tem a ambição de incentivar a leitura por acreditar que a prática é parte importante da transformação de um país. Trata-se de um equipamento cultural, que visita, principalmente, pequenas cidades do interior e do litoral. Quando: de 20 a 24/02. Horário: Terça, quarta, quinta e sexta-feira, das 09h às 18h. Sábado, até às 13h. Local: Praça Conselheiro Rodrigues Alves, Centro. / Guaratinguetá.

VARIEDADES Festival O Festival Aprender (FestA) de 2018, realizado pelas unidades do Sesc nos dias 2, 3 e 4 de março, contará com mais de 500 oficinas, demonstrações e vivências de artes visuais e tecnologias. As atividades são gratuitas e contemplam todas as idades. No Sesc de Taubaté, as atrações serão voltadas à cultura Hip Hop. Separamos algumas sugestões! Local: Av. Eng. Milton de Alvarenga Peixoto, nº 1264 / Taubaté.

Ana Carolina Fenômeno na internet, Ana é conhecida por releituras de sucessos da música brasileira. Apostando em canções inéditas, ela se apresenta em São José dos Campos. Quando: 04/03, domingo, às 19h. Local: Teatro Colinas - Av. São João, nº 2000 / SJC. Livre. Fevereiro, 2018

Demonstração: tem grafite no sarau! O grupo Ataque Lírico e o artista Achiles Luciano, mostrarão como o grafite também pode ser produzido no meio digital. Quando: 02/03, sexta-feira, das 20h30 às 21h30. Público: 10 anos. Fotografia de Cultura Urbana Quando: 03 e 04/03, sábado e domigo, das 14h às 18h. Público: 14 anos. Com Cássio Cricor. DJ por um dia: discotecagem para iniciantes O DJ Scratch apresentará diferentes técnicas e batidas, enfatizando a importância do hip hop na discotecagem e o diálogo com outros ritmos. Quando: 03/03, sábado, das 14h30 às 17h30; e 04/03, domingo, das 13h às 16h. Público: 12 anos. revistavitti.com.br | Vitti | 57


Saúde

Em taubaté, campanha de vacinação contra a Febre amarela é encerrada em fevereiro

N

amanda amaral

os últimos meses, muito tem se falado a respeito da Febre Amarela. Diversos municípios do país realizaram campanhas de vacinação, e a mídia, de forma geral, tem buscado conscientizar a população. De acordo com o balanço da Vigilância Epidemiológica de Taubaté, 40.533 pessoas receberam doses da vacina contra a doença desde o início da campanha, em 25 de janeiro. Os números representam uma cobertura de apenas 16% do público alvo, estabelecido pela Secretaria de Estado da Saúde. A meta é que a cobertura da vacina atinja 95% dos cidadãos. Em Taubaté, do total de pessoas imunizadas, somente 1.716 receberam a dose integral da vacina – enquanto as outras 38.817 tiveram acesso às doses fracionadas. A campanha de vacinação, presente nas unidades de saúde e também em ações residenciais realizadas pelas 24 equipes de Estratégia de Saúde da Família, se encerra no mês de fevereiro. Municípios do Rio de Janeiro, da Bahia

58 | Vitti | revistavitti.com.br

e de São Paulo, estão realizando campanhas contra a doença com doses fracionadas. A decisão, segundo o ministro da Saúde, Ricardo Barros, foi adotada mediante autorização da Organização Mundial da Saúde (OMS). O fracionamento foi necessário para que mais brasileiros pudessem ser vacinados, devido ao surto da doença no país. Trata-se de uma medida preventiva e emergencial, adotada em áreas selecionadas, cuja aplicação é feita com doses menores do que a prescrita tradicionalmente. A diferença é que a dose padrão é capaz de proteger o indivíduo por toda a vida, enquanto a eficácia da fracionada dura por cerca de oito anos. A Febre Amarela é uma doença infecciosa, causada por vírus e transmitida por vetores. As primeiras manifestações da doença costumam ser repentinas, e o infectado pode apresentar febre alta, calafrios, cansaço, dor de cabeça, dor muscular, náuseas e vômitos. Quando a doença se agrava, pode ocorrer insuficiências hepática e renal, icterícia (quando os olhos e a pele ficam amarelados), manifestações hemorrágicas e extremo cansaço. Se não for diagnosticada e

tratada, a doença pode levar à morte. Independente de ter sido transmitida por mosquitos em áreas urbanas ou em regiões silvestres, a manifestação da doença se dá de forma idêntica. No ciclo silvestre, o vetor da Febre Amarela tende a ser o mosquito Haemagogus, já no meio urbano, é o mosquito Aedes aegypti que faz a transmissão. A febre pode atingir outros vertebrados, além do homem. É fundamental destacar que macacos não transmitem a doença para humanos, assim como uma pessoa também não transmite à outra. O que ocorre é que os macacos podem desenvolver a Febre Amarela e infectar os mosquitos. Diferente do que muitos pensam, os macacos são aliados no combate à doença – pois ajudam as autoridades a identificar as regiões onde há a circulação do vírus. Para se prevenir, além de estar devidamente vacinado, é necessário evitar a proliferação de mosquitos. Principalmente na área urbana, no que diz respeito ao Aedes aegypti, o discurso de evitar água parada permanece. Repelentes também podem ser aliados. Fevereiro, 2018


Fevereiro, 2018

revistavitti.com.br | Vitti | 59


60 | Vitti | revistavitti.com.br

Fevereiro, 2018

Revista Vitti, Fevereiro 2018 Edição n146  

Nesta edição entrevistamos Rogério Romeiro, referência em implantes dentários fala sobre sua carreira no Brasil e no exterior. Confira també...

Revista Vitti, Fevereiro 2018 Edição n146  

Nesta edição entrevistamos Rogério Romeiro, referência em implantes dentários fala sobre sua carreira no Brasil e no exterior. Confira també...

Advertisement