Page 1

Capa Adriane Galisteu e Roberto Migotto

www.revistavitti.com.br Edição 121 - Ano 11 Janeiro, 2016 Foto capa: Rui Mendes

lavia Alonso Ayala

ESPECIAL ARQUITETURA Entrevista

Roberto Migotto

30 anos de muito sucesso

DISTRIBUIÇÃO GRATUITA VENDA PROIBIDA Vale do Paraíba, Litoral Norte e Sul de Minas Janeiro, 2016

revistavitti.com.br | Vitti | 1


2 | Vitti | revistavitti.com.br

Janeiro, 2016


Janeiro, 2016

revistavitti.com.br | Vitti | 3


Índice

Janeiro 2016 | Edição 121 | Ano 11

Saúde Lesões causadas por Água-Viva.................................88

Negócios 2016 e nossas responsabilidades....................................95

Educação Brasil firma convênios para intercâmbio......................96

Esporte Arquivo pessoal

Aventura extrema no Pantanal.....................................100

Entrevista

Comportamento A mesada e a educação dos filhos..............................102

Ponto de Vista Decreto impedindo de sonhar........................................106

Roberto Migotto...................................................... 08

Reflexão

Arquiteto taubateano completa 30 anos de carreira e é o destaque desta edição. Um dos melhores arquitetos do país, ele fala de como lida com a fama, dos projetos luxuosos que assinou e continua a assinar, e dos planos para 2016.

Novos caminhos para ser feliz.....................................108

Direito Privacidade em redes sociais......................................110

Editorial

Arquitetura, nossa historia

P

odemos dizer, sem exageros, que a arquitetura é uma das paixões da Revista Vitti. Há anos que, periodicamente, dedicamos algumas edições por ano para acolher os já conhecidos “Cadernos Especiais de Arquitetura e Decoração”. Neste 2016, resolvemos inovar, e já na primeira edição do ano chegamos com um mega-especial sobre o tema. São mais de 60 páginas com os melhores profissionais da arquitetura e decoração de todo o Vale do Paraíba, Serra da Mantiqueira e Litoral Norte. Projetos, ideias, novidades, materiais, enfim, um apanhado bem selecionado de conteúdo para quem gosta do assunto, e quer ficar por dentro das novas tendências. Como carro-chefe deste especial,

4 | Vitti | revistavitti.com.br

e também em nossa capa, trazemos o renomado arquiteto Roberto Migotto, um velho frequentador das páginas da Vitti e conhecido nacionalmente como o arquiteto das celebridades. Nascido em Taubaté, ele leva o orgulho valeparaibano para os quatro cantos do país, e também para o exterior, onde já assinou diversos projetos. Hoje, Migotto reconhecidamente figura entre os cinco melhores arquitetos do Brasil, por isso, é uma enorme honra e responsabilidade para nós tê-lo em nossas páginas. Abrindo esta edição, você confere uma reportagem onde ele conta sobre sua vida, a convivência com a fama, e os novos projetos, em especial o livro que celebrará seus 30 anos de carreira. Assim começamos mais um ano que promete ser de muito trabalho, levando até você, caríssimo leitor, o melhor conteúdo em revista de toda a região. Com

gás total, animação a mil, e certos de que neste nosso 11º ano de existência, alcançaremos objetivos cada vez mais altos. Acreditamos nisso, e fazemos questão de dividir esta caminhada com você, nosso amigo leitor, e com nossos tantos parceiros. Bom 2016 a todos.

Marcela Vitti Diretora “Eu te louvarei, Senhor, de todo o meu coração; contarei todas as tuas maravilhas. Em ti me alegrarei e salvarei de prazer; cantarei louvores ao teu nome, ó Altíssimo.” SALMO9:1-2

Janeiro, 2016


Diretora: Marcela Vitti Assistente: Isaura Silva Diagramação e Criação: Bruno Moura Jornalista Responsável: Ronaldo Casarin - MTB 52246 Revisão: Ronaldo Casarin Foto da Capa: Adriane Galisteu e Roberto Migotto (Foto: Rui Mendes) Repórter Fotográfico: Monicuee Alvez Colunistas: São José dos Campos: Gilberto Freitas e Mariana Junqueira - Caçapava: Anna Dennz Taubaté: Socorro Pinto e José Luiz (Luizinho) - Aparecida: Ligia Ballot - Guaratinguetá: Benê Carvalho. Colaboradores: FABIANA FERREIRA, ANDREZA TOBIAS, JULIANA BUENO, ARCIONE VIAGI, CARLOS MARCONDES, ÉRICO PAMPADO DI SANTIS. DIRETORA COMERCIAL: Marcela Vitti (12) 98122-3000 - marcela@revistavitti.com.br SÃO JOSÉ DOS CAMPOS / TAUBATÉ / PINDA / UBATUBA: Isaura Silva (12) 98270-0019 - financeiro@revistavitti.com.br SÃO JOSÉ DOS CAMPOS / TAUBATÉ / UBATUBA: Marcela Vitti (12) 98122-3000 - marcela@revistavitti.com.br GUARATINGUETÁ / APARECIDA / LORENA: Benê Carvalho (12) 98133-2984 / (12) 98270-0069 - benecarvalho@revistavitti.com.br SUL DE MINAS: Luigi Scianni (12) 9781-5623 - luigiscianni@gmail.com DISTRIBUIÇÃO: Rodrigo Melo Gratuita e dirigida às cidades de Taubaté, Quiririm, São José dos Campos, Caçapava, Pindamonhangaba, Guaratinguetá, Lorena, Campos do Jordão, Santo Antônio do Pinhal, Tremembé, Cruzeiro, Ubatuba e Sul de Minas Impresso no parque gráfico da Resolução Gráfica Ltda. ATENDIMENTO AO CLIENTE: (12) 3632-3060 / (12) 98270-0018 - Rua dos Operários, 118 - Taubaté - SP Os artigos, matérias, opiniões e anúncios aqui publicados são de inteira responsabilidade de seus idealizadores, e não refletem necessariamente a opinião da Revista Vitti. É proibida a reprodução total ou parcial da revista sem autorização da Revista Vitti.

Cartas “Muito Top essa edição de dezembro da Vitti. Gente bonita e interessante. Sou fã de vocês. Já garanti a minha! Abraços.” Douglas Oliver, via Facebook “Fiquei surpreso e contente de saber pela matéria que um taubateano está à frente do belo projeto de tributo sulamericano aos grandes Paralamas do Sucesso. Sou fã da banda e fico orgulhoso de termos um profissional daqui nesse trabalho. Parabéns pela matéria.” Juliete Braga, via Facebook

“Augusto Arid sendo entrevistado pela Revista Vitti é uma merecida homenagem, já que ele é uma figura querida e respeitada. Sua carreira daria um livro. ” Paulo Mariano, por e-mail

CAPA

Dezembro 2015

“Sempre que por acaso encontro uma Revista Vitti e a folheio, encontro algo interessante. Dessa vez foi a matéria sobre o cronista Guilherme Tauil, que lançou seu livro. Muito legal ver essa nova geração de escritores tendo espaço nas páginas da revista. ” Leda Ribeiro, por e-mail

CORREIO VITTI

Fale conosco: opine, critique e dê sugestões. Escreva para: redacao@revistavitti.com.br Janeiro, 2016

revistavitti.com.br | Vitti | 5


Nossa equipe

Equipe

ISAURA SILVA

BENÊ CARVALHO

RONALDO CASARIN

BRUNO MOURA

MONICUEE ALVEZ

RODRIGO MELO

Assistente e vendas

Diagramação e Criação

Vendas Guará

Fotógrafa

Editor

Distribuidor

Colunistas

JOSÉ LUIZ

ANNA DENNZ

GILBERTO FREITAS

MARIANA JUNQUEIRA

LIGIA BALLOT

FABIANA FERREIRA

GUILHERME MARTINI

SOCORRO PINTO Taubaté

São José dos Campos

Esporte

6 | Vitti | revistavitti.com.br

Taubaté

São José dos Campos

Caçapava

Aparecida

Campos do Jordão

Janeiro, 2016


Hรก 30 anos oferecendo atendimento personalizado e de confianรงa para os seus melhores investimentos imobiliรกrios.

www.dcasaincorporadora.com.br www.dcasaimoveis.com.br

Janeiro, 2016

revistavitti.com.br | Vitti | 7


especial

Arquitetura

Roberto Migotto 30 Anos de Arquitetura

8 | Vitti | revistavitti.com.br

Janeiro, 2016


R

oberto Migotto quando era garoto, gostava de construir pequenas maquetes de casas, prédios, avenidas e cidades com os tijolos que encontrava nos terreiros de secagem de café. Começou ali seu fascínio pelas metrópoles. Não por acaso, São Paulo foi seu destino e por lá o arquiteto recém-formado pela Faculdade Brás Cubas de Mogi das Cruzes, fincou seu alicerce e prosperou numa carreira construída tijolo por tijolo, que hoje completa 30 anos. Como ele mesmo gosta de dizer, apesar de ter se tornado um cidadão do mundo, ainda mantém seu charme de “caipira do interior”. Ressalta também a importância de ser você mesmo, sem perder suas raízes e ao mesmo tempo sempre se reinventar e manter-se atualizado. Roberto Migotto tem muito destaque na imprensa especializada de arquitetura, interiores e decoração. O reconhecimento por sua carreira de sucesso começou após a estreia do arquiteto na Casa Cor 1993, onde ganhou seu primeiro prêmio. Nestes últimos 30 anos de atuação, assinou uma infinidade de projetos. É considerado um dos Top Ten melhores profissionais do país. Seus clientes foram desde importantes empresários à famosos como Adriane Galisteu, Ana Paula Padrão, Claudia Raia e Debora Secco. Construiu uma poderosa marca por meio de criatividade, bom gosto e uma forma bem própria de relacionamento com os clientes. Quem o procura, já tem diversas referências do que ele representa na arquitetura nacional. Atualmente sua marca engloba cinco equipes de arquitetos trabalhando em vários projetos simultâneos. Duas equipes trabalham em projetos de arquitetura e duas equipes atuam nos projetos de acabamento interno e reforma. Existe ainda mais uma equipe especializada em decoração. “O trabalho entre as equipes precisa funcionar de forma coordenada, faço questão de estar a par de Janeiro, 2016

Primeiro especial da Revista Casa Vogue com a cliente Maria Eugênia todos os detalhes. O nosso trabalho é bem versátil, englobando tanto projetos mais clássicos quanto modernos, residenciais e comerciais.” Segundo ele, o bom arquiteto tem que saber ouvir e interpretar o que as pessoas querem e atender suas necessidades. “Realizar o sonho das pessoas de morar bem é algo fantástico. Quando vou a uma reunião com o cliente, vou seguro do que está sendo feito. Faço questão de mostrar a evolução do projeto, sou perfeccionista e quero sempre superar, reinventar”, comenta. Também destaca que a simplicidade pode ser o luxo que tanto buscamos. Roberto Migotto gosta de mesclar elementos clássicos com contemporâneos e criar obras atemporais. Prioriza ambientes amplos e integrados, com aproveitamento da luz natural. Prefere cores claras, mas nada que empreste frieza aos ambientes. Conforto e praticidade são essenciais. “Gosto de trazer o jardim para dentro de casa, acho que é sempre o menino de Taubaté que vem à tona”, brinca. “Os projetos refletem, ao mesmo tempo, o estilo do morador e a grife Roberto Migotto, sem que haja uma redundância”, explica a atriz Claudia Raia, cliente do arquiteto taubateano.

O luxo pode estar nas coisas mais simples. Acredito que menos é melhor.

revistavitti.com.br | Vitti | 9


especial

Arquitetura

Vitti - Você viaja bastante a trabalho e conhece países incríveis. Costuma observar e fotografar lugares e edifícios que você visita pelo mundo? Roberto Migotto - A cada viagem tenho um novo olhar para tudo que inspira o meu trabalho. Uma viagem é sempre uma nova referência. Adoro fotografar e filtrar pelo meu senso estético. Tenho um olhar apurado, seria um bom fotógrafo. Vitti - Dessas dezenas de cidades ao redor do mundo que você visitou, tem alguma que mais lhe encante? R.M. - Não tenho um lugar preferido, a cidade ideal teria um pouco de cada lugar em que estive. Seja Nova York, Milão, Paris, Istambul, Roma, Madrid, Rio ou São Paulo. Mas claro que tem países que me encantam mais. Itália é um país que acho sensacional, não só por minha descendência, mas também pela história, cultura, gastronomia, design de moda e mobiliário. Tenho ido a Portugal com mais frequência, um país de culinária maravilhosa e povo simpático. Vitti - Olhando para essas três décadas de projetos, é possível destacar um que tenha sido o mais desafiador da sua carreira? R.M. - Todo projeto é um novo desafio, em busca de sempre fazer o melhor. Hoje não posso deixar de destacar um grande projeto de um Haras, no interior de Minas Gerais, que foi finalizado recentemente. (As fotos deste projeto ilustram a entrevista). Foram seis anos de trabalho e são quase 11 mil metros quadrados, compostos por generosos espaços integrados à natureza. Vitti - Você é considerado pela imprensa especializada, e também por outros profissionais como um arquiteto de

10 | Vitti | revistavitti.com.br

projetos de luxo. Atualmente, como você definiria o termo “luxo” na arquitetura? R.M. - O luxo pode estar nas coisas mais simples. Já assinei projetos luxuosíssimos, mas não faço só isso. Faço também projetos onde o luxo está justamente na simplicidade, como em casas de praia, montanhas, lofts para jovens executivos. Vitti - Sua carreira hoje já tem registros de projetos realizados no exterior, especialmente na Europa. Fale um pouco sobre esses trabalhos fora do Brasil. R.M. - É um bom aprendizado poder viajar na cultura desses países e viver a história desses lugares. Tenho Projetos em Nova York, Miami, Lisboa, Paris e Londres.

A cada nova viajem tenho um novo olhar para tudo que inspira o meu trabalho. Uma viagem é sempre um nova referência. Adoro fotografar e filtrar pelo meu senso estético.

Vitti – Você já foi convidado a assinar alguma linha de produtos? R.M. - Já me convidaram sim. Inclusive este ano assinei uma linha de cozinhas para o espaço “Brasil de Pau a Pique” da Casa Cor São Paulo .

Vitti - Você está trabalhando na edição de um livro para celebrar os 30 anos de carreira. Como surgiu esta idéia e quando poderemos conferir este material? R.M. - Com 30 anos de carreira reuni um material muito grande. Meu livro vem sendo preparado desde o começo de 2015 e deve ser lançado no primeiro semestre de 2016. O conteúdo será assinado pela grande diretora e jornalista Clarissa Scheneider que teve sua trajetória na Casa Vogue e hoje é diretora da Revista Bamboo. O material que vai compor o livro está sendo selecionado, mostrando o resultado destes 30 anos de trabalho. Vitti - Como você definiria o seu atual momento como arquiteto? R.M. - Sou um profissional bastante realizado. Foi com muito trabalho e dedicação que aconteci como arquiteto. Sobre planos futuros, quero sempre me empenhar em novos projetos e ampliar minha carreira internacional.

Janeiro, 2016


Social São Paulo

Roberto Migotto 30 anos

MARINA MALHEIROS

Comemorando 30 anos do arquiteto Roberto Migotto a Revista KAZA lançou uma edição especial na loja Atrium. Com a participação das divas Claudia Raia, Adriane Galisteu, Adriana Vilarinho, Raquel Silveira, além de amigos e clientes.

Janeiro, 2016

revistavitti.com.br | Vitti | 11


especial

Arquitetura

12 | Vitti | revistavitti.com.br

Janeiro, 2016


Janeiro, 2016

Haras – Belo Horizonte | Projeto de Arquitetura e Interiores: Roberto Migotto | Fotos – Tuca Reines revistavitti.com.br | Vitti | 13


especial

Arquitetura

14 | Vitti | revistavitti.com.br

Janeiro, 2016


Janeiro, 2016

Haras – Belo Horizonte | Projeto de Arquitetura e Interiores: Roberto Migotto | Fotos – Tuca Reines revistavitti.com.br | Vitti | 15


16 | Vitti | revistavitti.com.br

Janeiro, 2016


Janeiro, 2016

revistavitti.com.br | Vitti | 17


18 | Vitti | revistavitti.com.br

Janeiro, 2016


Janeiro, 2016

revistavitti.com.br | Vitti | 19


20 | Vitti | revistavitti.com.br

Janeiro, 2016


Fotos: Ronaldo Rizzutti

pi첫 esclusivo

Janeiro, 2016

revistavitti.com.br | Vitti | 21


Em breve novo showroom

Portinari e Deca

22 | Vitti | revistavitti.com.br

Av. Itรกlia, nยบ 1280

Janeiro, 2016


(Pr贸ximo ao Taubat茅 Shopping)

Janeiro, 2016

revistavitti.com.br | Vitti | 23


Fรกbio Machado

Paisagismo por

Ronaldo Rizzutti

Alessandra de Carvalho (Le Jardin)

24 | Vitti | revistavitti.com.br

Janeiro, 2016


Ronaldo Rizzutti

www.andreamurao.com.br | 99111-3173

Parceiros

Janeiro, 2016

revistavitti.com.br | Vitti | 25


26 | Vitti | revistavitti.com.br

Janeiro, 2016


3941-1774 arq.gustavomartins@yahoo.com.br

(12)

Janeiro, 2016

revistavitti.com.br | Vitti | 27


Revestimento 3D da Revest Home e moldura em madeira da marcenaria Boa Esperança com iluminação indireta da Studios S. 28 | Vitti | revistavitti.com.br

Janeiro, 2016


Lavabo com pedra em Onix da 2 Leões com iluminação indireta.

Parceiros

Praça Monsenhor Silva Barros, 42 Centro - Taubaté/SP www.vivianefortes.com.br Janeiro, 2016

(12) 3624.6668 revistavitti.com.br | Vitti | 29


especial

Arquitetura

Projeto da designer Isa Sá

O poeta da luz em projetos arquitetonicos ˆ

H

Da Redação

oje vivemos uma era em que a fotografia é parte da vida de muita gente. O dia-a-dia acontece enquanto fotografamos pessoas e lugares com nossos tablets e celulares, que trazem lentes cada vez mais sofisticadas. Há quem diga até que hoje somos milhões de fotógrafos espalhados pelo planeta. No entanto, a arte da fotografia ainda é reservada a profissionais que conseguem capturar não apenas imagens, mas desejos, sentimentos, intenções e expectativas em seus cliques. Ronaldo Rizzutti é um desses fotógrafos que elevam o ato de fotografar a um patamar superior. Nascido em São Paulo, teve sua vida ligada ao Vale do Paraíba desde quando cursou a faculdade de Publicidade na Universidade de Taubaté. Posteriormente, formou-se em jornalismo pela renomada Cásper Libero, na capital paulista. Com 30 anos de experiência, tendo passado também pelo fotojornalismo, Rizzutti tornou-se referência quando o assunto é fotografia artística. Ele é muito requisitado por agências de propaganda, arquitetos e decoradores, indústrias e comércio. Seus trabalhos são publicados nos principais veículos de comunicação do país 30 | Vitti | revistavitti.com.br

como jornal O Estado de São Paulo, Folha de São Paulo, Gazeta Mercantil, e revistas como Playboy, Veja, Viver Bem, Casa Cláudia, Casa Mix, dentre outras. Nos últimos anos, Ronaldo Rizzutti tem se dedicado bastante a trabalhos com arquitetura, fotografando ambientes. Um tipo de fotografia que requer experiência e um olhar bem artístico para que o resultado final seja o esperado. “Fotografar pressupõe um olhar analítico e selecionador, não permite um olhar distraído. O bom profissional é aquele que sabe expressar com uma imagem, tudo aquilo que o seu cliente almeja”, explica. Nas fotos dos projetos, ele procura ressaltar tudo o que existe de belo na arquitetura e decoração, capturando a luz que mais valoriza as cores e formas do ambiente. Com diversas fotos publicadas em catálogos internacionais, jornais, revistas e anuários de arquitetura, Rizzutti já é referência nesta área e é um dos nomes preferidos dos arquitetos. No Vale do Paraíba, o reconhecimento de sua capacidade de transformar uma foto em obra de arte, se traduz na parceria que mantém com a renomada arquiteta Andrea Murao, que confia a Ronaldo Rizzuti a missão de traduzir em imagens a beleza dos projetos assinados por ela.

Ronaldo Rizzuti é formado em Publicidade e Jornalismo pela UNITAU e Cásper Líbero. Ao longo de sua carreira o fotógrafo já teve trabalhos publicados em diversos veículos de comunicação do país.

Janeiro, 2016


Janeiro, 2016

revistavitti.com.br | Vitti | 31


Avenida Willy Conrado Bohlen, 290, TaubatÊ – SP (Distrito Industrial Parque Aeroporto) www.alumipremium.com.br contato@alumipremium.com.br (12) 3621-5457 32 | Vitti | revistavitti.com.br

Janeiro, 2016


Eficiência em todos os sentidos Um projeto envolve mais do que beleza, segurança e durabilidade, valendo-se de matérias-primas diferenciadas e tecnologia em favor de qualidade de vida das pessoas. Mais do que um design elegante, a linha de janelas e portas de correr de PVC da REHAU oferece vantagens que a tornam a escolha perfeita. Isolamento térmico O PVC garante um melhor isolamento térmico entre dois ambientes, pois é um baixo condutor de calor. Por isso, mantém a temperatura do ambiente, garantindo mais conforto.

Isolamento acústico A janela de PVC protege contra ruídos exteriores, oferecendo tranquilidade, com ambientes mais silenciosos. Durabilidade O PVC não apodrece, não se deforma nem perde sua cor com o tempo, sendo resistente aos raios ultravioletas.

Novo sistema de tecnologia alemã para os projetos de grandes vãos.

Manutenção prática São fáceis de manter e limpar, sem a necessidade de pinturas periódicas.

ALUMIPREMIUM traz para o mercado do Vale do Paraíba e região tecnologia para fabricação de esquadrias em PVC em parceria com a multinacional REHAU Unlimited Polymer Solutions.

Variedade São diversos modelos que oferecem opções de design clássico e moderno, ideais para construções comerciais residenciais.

Tecnoligia alemã à serviço da qualidade e design de um produto consagrado na Europa, agora disponível aqui bem perto de você.

®

®

esquadrias de alumínio

esquadrias de pvc

Avenida Willy Conrado Bohlen, 290, Taubaté – SP (Distrito Industrial Parque Aeroporto) www.alumipremium.com.br contato@alumipremium.com.br (12) 3621-5457 Janeiro, 2016

revistavitti.com.br | Vitti | 33


34 | Vitti | revistavitti.com.br

Janeiro, 2016


Av. Assis Chateaubriand, 398 - Bel Recanto - Taubaté, SP 12 3681-3103 Móveis, objetos de decorações, quadros, almofadas, cortinas e persianas. Janeiro, 2016

revistavitti.com.br | Vitti | 35


36 | Vitti | revistavitti.com.br

Janeiro, 2016


Janeiro, 2016

revistavitti.com.br | Vitti | 37


Presentes Porcelana Vista Alegre Pocelana branca linha institucional Atacado e Varejo Grande variedade de porcelana decorada avulsa Jogos de jantar

Loja 1 - Quiririm

Rua Ansela Turci, 201 - Quiririm - CEP 12.034-325 - Rodovia Floriano Rodrigues Pinheiro, KM 4. Janeiro, 2016 38 | Vitti | revistavitti.com.br Trevo de Quiririm. (Estrada para Campos do Jord達o) 12 3687.1372


Presentes (Produtos diferenciados das marcas Zona Criativa, Uatt, Urban, Brandani) Conjuntos de taças de cristal (Bohemia, Rona) Vasos de porcelana Quadros Sousplat grande variedade Marcas de porcelana: Del Porto, Viva, Schimidt, Germer, Vista Alegre e Oxford Porcelana Nacional e Portuguesa

Loja 2 - Via Vale Garden

Janeiro, 2016

End. Via Vale Garden Shopping, loja 33 piso terréo (em frente ao Boticário) www.porcelanaecia.com /Porcelana&Cia

12 3681.2595 revistavitti.com.br | Vitti | 39


40 | Vitti | revistavitti.com.br

Janeiro, 2016


Janeiro, 2016

revistavitti.com.br | Vitti | 41


DUAS ÁREAS DE ATUAÇÃO QUALIDADE ÍMPAR

Atuando em setores diversos, a Spell Comunicação Visual tem experiência e qualidade comprovadas pela sua excelente gama de clientes. Além dos impressos de alta qualidade, a empresa se destaca no desenho e execução de móveis planejados em sua sede em Taubaté.

COMUNICAÇÃO VISUAL Para mais imagens e informações, visite: www.spellvisual.com.br Ou curta a página no Facebook: Spell Comunicação Visual

PLACAS DE SINALIZAÇÃO FACHADAS EM ACM LETRA CAIXA ACRÍLICOS ADESIVOS BANNERS FAIXAS

MÓVEIS PLANEJADOS COMERCIAL RESIDENCIAL CENÁRIOS PONTOS DE VENDA

12 3621.1800 Av. Charles Schneider, 152 (ao lado do viaduto da CTI)

Taubaté - SP 42 | Vitti | revistavitti.com.br

Janeiro, 2016


Janeiro, 2016

revistavitti.com.br | Vitti | 43


44 | Vitti | revistavitti.com.br

Janeiro, 2016


Janeiro, 2016

revistavitti.com.br | Vitti | 45


Pré-lançamento. Visite decorado.

Área privativa de 41 m2. Piscina, sauna, fitness; depósito no subsolo. À duas quadras do mar; segurança 24 horas. Um alto padrão que cabe no seu bolso! 46 | Vitti | revistavitti.com.br

Janeiro, 2016


Tel (12) 3835 1010 - 3835 1444 Av. Atl창ntica, 668 - Praia Grande - Ubatuba www.residencialfiji.com.br Janeiro, 2016

revistavitti.com.br | Vitti | 47


Projeto de Arquitetura, Paisagístico e Luminotécnico: Cobertura no Leblon, no Rio de Janeiro RJ

Ambientação, Projeto Paisagístico e Luminotécnico: Cobertura na Praia do Itaguá, em Ubatuba SP

Projeto Luminotécnico: Restaurante Perequim, em Ubatuba SP

Projeto de Arquitetura e Luminotécnico: Loja Multimarcas Dona Coisa, no Jardim Botânico, Rio de Janeiro RJ

Projeto de Arquitetura e Luminotécnico: Escritório de Negócios Imobiliários, em Santo Antônio do Pinhal SP

48 | Vitti | revistavitti.com.br

Janeiro, 2016

projeto . arquitetura . iluminação


Projeto de Arquitetura e Luminotécnico: Restaurante Raízes, em Ubatuba SP

Projeto Luminotécnico: Apartamento decorado FIJI da Atmosfera Incorporações, em Ubatuba SP

Projeto Luminotécnico: Iluminação da construção do Condomínio Reserva DNA, da Atmosfera Incorporações, em Ubatuba SP

Os arquitetos que fazem parte do escritório Gilberto Genesini Arquitetura têm a missão de elaborar projetos personalizados com o foco no resultado esperado pelos nossos clientes, sempre planejando o seu bem-estar.

Nossos valores são firmados com seriedade, numa relação de entendimento mútuo e irrestrito, onde os nossos clientes participam efetivamente do passo a passo da elaboração dos seus projetos.

Projeto Luminotécnico: Escritório da Atmosfera Incorporações, na Praia Grande, em Ubatuba SP

A nossa visão é ter o compromisso com a ética, e queremos ser reconhecidos como um escritório referência na área de Arquitetura e Iluminação residencial e comercial.

GILBERTO GENESINI ARQUITETURA E URBANISMO Av. Leovigildo Dias Vieira, 1.238 Lj 05 - Itaguá - Cep 11.680-000 Ubatuba - SP (12) 3833-8000 / 98111-5811 gilbertogenesini@hotmail.com Janeiro, 2016

revistavitti.com.br | Vitti | 49


50 | Vitti | revistavitti.com.br

Janeiro, 2016


Janeiro, 2016

revistavitti.com.br | Vitti | 51


“Você não pode conectar os pontos olhando adiante, você só pode conectá-los olhando para trás” (Steve Jobs)

especial

Arquitetura

Edson Ferreira

Edson Ferreira

A casa deve ser reflexo do morador

Edson Ferreira

E

Arquitetura e Urbanismo

52 | Vitti | revistavitti.com.br

(12) 99719-3013 valquirialeitearquitetura@gmail.com valquirialeiteoliver@yahoo.com.br

sta frase de Jobs nos faz pensar que o futuro não existe sem referência do passado. Habitar significa deixar rastro. O olhar nos remete a observações do cotidiano de cada família (morador). A casa é para o dono, pois cada um tem um hábito de vida em sua forma de morar. Então, o projeto tem que superar desafios e normas, buscando solucionar problemas. A sensibilidade para a elaboração do projeto arquitetônico requer não somente atender necessidades de quem ali irá habitar, mas estudar o lugar onde a construção será executada. E nesta execução todos os participantes (pedreiros, serralheiros, telhadistas, marceneiros, pintores, eletricistas, etc) devem trazer para si na elaboração do trabalho, a alma (concepção) do projeto, sendo sempre uma grande equipe. A casa tem que ser reflexo do morador e isso tem que ser respeitado pelo profissional, desde que haja coerência. Mistura bem dosada, onde cada material tem sua função. Cores sempre presentes e em harmonia. Uso de materiais sempre aparentes: eucalipto tratado, da espécie "Citriodora", roliço para estruturas de colunas, vigas e telhado; terra para reboco caipira nas paredes externas e internas (o que pode usar cal); concreto armado, ou mesmo uma viga que pode ficar aparente, desde que executada em fôrma adequada; tijolo maciço de barro aparente, o que também tem função estrutural; pedra, além de sua função estética, mas estrutural; esteira de bambu tratada para forros, bem como a madeira. Piso em cimento queimado. Tapetes/Paginação com ladrilho hidráulico, além de outras opções de revestimentos no mercado, assoalho em madeira, dentre elas o pinus tratado. Materiais estes facilmente encontrados no Zezinho Materiais para Construção e eucalipto e pinus na Usina Araucaria. Fogão à lenha, sempre elemento marcante para integrar cozinha ao living ou no espaço gourmet. Pé direito duplo para clima mais ameno no interior da residência, iluminação natural e ventilação cruzada sempre deixam a casa acolhedora. Espaço integrado e fluido favorece interação social e percepção da paisagem. O cliente (morador) objetivando a qualidade de vida, em busca do que podemos chamar de "Arquitetura da Felicidade". Parceiro: Janeiro, 2016


Janeiro, 2016

revistavitti.com.br | Vitti | 53


Maori Home Work Mixeduse - Design arrojado assim como o conceito do empreendimento. Beleza, privacidade, conforto e diversidade. Hotel/Centro comercial/Salas comerciais e sofisticados apartamentos tudo em um mesmo lugar. Sistema PAY-PER-USE. Versatilidade e conveniência sempre que precisar.

Cristina Biondi | Fernanda Pampaloni

Após 29 anos de uma sólida trajetória, o escritório de arquitetura da arquiteta Cristina Biondi Pampaloni, se soma a jovialidade e aos novos conceitos da arquiteta Fernanda Biondi Pampaloni e surge a UNITI ARQUITETURA. A sutileza em seus projetos, a elegância refletida na combinação dos acabamentos, fazem com que a viabilização dos projetos transformem Sonhos em Realidade. Mãe e filha vem moldando o panorama urbano da região. Diversidade é o lema das arquitetas Cristina Biondi Pampaloni e Fernanda Biondi Pampaloni.

CRISTINA FERNANDA BIONDI PAMPALONI ARQUITETURA E INTERIORES

Antes e Depois O retrofit do prédio da antiga fábrica de Café Solúvel de Cruzeiro teve como objetivo não só revitalizar o edifício, mas todo o entorno, que encontrava-se degradado há anos. O projeto trouxe nova leitura para o prédio, empregando novos materiais, construindo novas portarias, permitindo a integração dos prédios; transformando o Espaço Urbano.

54 | Vitti | revistavitti.com.br

Janeiro, 2016


Janeiro, 2016

revistavitti.com.br | Vitti | 55


REALIZE! S ERGIO M ATOS arquitetura rua peru, 169 - taubatĂŠ

12 3411.6367 - 12 3629.3667

56 | Vitti | revistavitti.com.br

Janeiro, 2016


Janeiro, 2016

revistavitti.com.br | Vitti | 57


58 | Vitti | revistavitti.com.br

Janeiro, 2016


Janeiro, 2016

revistavitti.com.br | Vitti | 59


Social Tremembé

Inauguração C.I.LO

FOTOS: MONICUEE ALVEZ

Inaugurado no último dia 18, o primeiro Complexo Industrial e Logístico - C.I.LO da região: com 66 lotes a partir de 1.200m², a localização é estratégica, benefícios fiscais, serviços e segurança, capaz de gerar 2.000 vagas de empregos. Últimas unidades à venda. Excelente oportunidade para investidores!

Entrega oficial do C.I.LO, Complexo Industrial e Logístico de Tremembé

Gilmar Ramos (sócio C.I.LO) e Dr. Marco Queiroz (Jurídico da Prefeitura de Tremembé)

Coquetel no Complexo Industrial

Rodrigo Cabral (Taubaté Vidros), Marcela Vitti e Jonatan de Santi Ramos (Diretor C.I.LO)

Milton Theodoro e Ubiracy Cozendey

José Marcelo Mörth (proprietário da Vitro Mörth) e William Medeiros (engenheiro C.I.LO) 60 | Vitti | revistavitti.com.br

Gilmar Ramos, Antonio de Carli, Rafael de Carli, Nazareno Mostarda, João e Ronaldo de Carli (Tervale)

Tomaz Badaró e Kelly

Liliane, Adriana e Lucia

Gilmar Ramos, Débora de Santi Ramos, Jonatan de Santi Ramos, Giovanna Ramos, Melissa Ramos e Jassen de Santi Ramos Janeiro, 2016


Janeiro, 2016

revistavitti.com.br | Vitti | 61


62 | Vitti | revistavitti.com.br

Janeiro, 2016


Janeiro, 2016

revistavitti.com.br | Vitti | 63

Av José Olégario de Barros, 1315 Areao Taubaté/SP 12060-400 3424-1244 | 3022-1400

Tudo em 10x no cartão sem juros

Preços especiais de inauguração.


Divulgação

especial

Arquitetura

Adaptaçoes garantem velhice saudável

Pequenas mudanças na residência podem evitar acidentes domésticos com pessoas da terceira idade

O

Da Redação

segredo da juventude eterna não é fingir que a velhice nunca chega. Ela chega para nós, e para todo mundo. Muitas vezes a simples aceitação da necessidade de adaptações cotidianas pode ser desconfortável, tanto para a família, quanto para o próprio idoso que reside na casa. Perceber que adaptações simples, como ver que o tapetinho da sala pode estar se tornando uma ameaça, é um processo complicado, que mexe com a dinâmica dos relacionamentos. Mas é o primeiro e importante passo para realizar adaptações para evitar acidentes e promover qualidade de vida. A mortalidade de idosos com 60 anos ou mais por quedas, no Estado de São Paulo, aumentou quatro vezes nesta década, segundo balanço da Secretaria de Estado da Saúde. O índice passou de 7,6 óbitos por 100 mil idosos em 2000, para 28,4 mil em 2008. As quedas, por definição, são causas evitáveis. E a maior parte delas acontece em casa. “A inatividade gera imobilidade, que por

64 | Vitti | revistavitti.com.br

sua vez diminui a força, a massa e o tônus, e aí, vai cair de novo”, diz Sérgio Paschoal, coordenador do programa de prevenção de quedas do Hospital das Clínicas, em São Paulo. “Aí a família superprotege, começa a só deixar sair acompanhado. Além de tudo leva a isolamento social, depressão e até institucionalização”. O banheiro é um local em que se cai muito. As pessoas molham o piso e vira um verdadeiro sabão. Às vezes não tem como trocar o piso, mas há alguns tapetes de borracha que grudam no chão. Mesmo se o piso for antiderrapante, você tem que ter barras de apoio sólidas. No mínimo, a velocidade e a energia da queda serão menores. As barras são importantes também para evitar que as pessoas usem alternativas de apoio, como a torneira, que podem agravar a queda. Existem adaptações como cadeiras pregadas na parede, cujo assento é dobrável para a parede. A pessoa desdobra, senta e toma banho mais tranqüila. Outro lugar perigoso é o caminho do quarto para o banheiro. E isso tem muito a ver com a iluminação. Ao mesmo

tempo em que é melhor evitar superfícies e lâmpadas muito brilhantes porque os olhos já não se adaptam com tanta rapidez à claridade, é fundamental que exista uma iluminação acessível. Uma regra que vale para a casa toda é especialmente importante neste trajeto: o caminho tem que estar sempre completamente livre. O tapetinho é o grande vilão. Mas também tacos soltos, carpetes com sobras e dobras, fio de telefone, brinquedos, móveis baixos e com pontas, animais de estimação pequenos, tudo isso é um prato cheio para quem tem um andar mais arrastado sofrer um acidente. As escadas completam o trio crítico de áreas da casa no que diz respeito a quedas. O pior tipo é a escada tradicional de sobrado, com janela no topo e iluminação frontal. A luz bate de frente e quem olha para baixo não vê o degrau. É bom que exista uma sinalização de cor contrastante na ponta do degrau. O corrimão deve ser firme, ficar dos dois lados, começar antes da escada e terminar um pouco depois. A altura do degrau também não pode variar. Janeiro, 2016


Crescendo Junto com o Vale PINDAMONHANGABA

CAMPOS DO JORDÃO

an a

e ena

R E S I D E N C I A L

PARAÍBUNA

NATIVIDADE DA SERRA

N AT I V I D A D E

VILLAGE

Av. Itália, 40 | Jardim das Nações | Taubaté | SP | 12 3681 4007 | 12030-212 www.hidrolarengenharia.com.br Em Breve Nova sede própria no Distrito de Quiririm

Janeiro, 2016

revistavitti.com.br | Vitti | 65


especial

Fotos: Monicuee Alvez

Arquitetura

Casarao da família Salles

Em Pindamonhangaba está um dos mais bem cuidados tesouros arquitetônicos do Vale do Paraíba

P

Por Ronaldo Casarin

indamonhangaba, centro da cidade. Em meio a pessoas apressadas que transitam durante uma tarde ensolarada de dezembro, chego até uma grande porta de madeira, cercadas por janelões – três no andar térreo, quatro no superior. É a fachada de um dos sobrados que sobreviveu ao cruel rolar do tempo, e se mantém firme, de pé, e bem conservado. Bato com força em uma das pesadas folhas de madeira da porta. Sou atendido pela sorridente senhora Maria Ceres Salles, moradora e responsável pela manutenção de um pedaço vivo da história de Pindamonhangaba. O casarão é herança da família Salles, mas sua história registra diversos proprietários. Segundo relata a própria Maria Salles, o imóvel foi construído pelo padre Antonio Cunha Salgado Silva, em 1844. Depois de passar pelas mãos de muitas famílias – algumas delas nem 66 | Vitti | revistavitti.com.br

eram de Pindamonhangaba e não chegaram a habitar o imóvel, apenas o compraram e revenderam - em 1931, seu pai, João Salles, adquiriu o casarão e começou sua vida em família ali. Recém casado com Maria Olga Merly Salles, iniciou a estada mais longa de uma família no sobradão da rua Bicudo Leme. “Meu pai nasceu no Líbano, e imigrou para o Brasil ainda pequeno. Em Pindamonhangaba, foi dono de uma conhecida loja de tecidos e armarinhos. Era chamado por amigos e conhecidos como o “Seu João da Lojinha”, relata Maria Salles, sentada em um dos sofás herdados de seus pais em uma das salas no andar superior. Atrás dela, em uma das paredes estão dois retratos de seus pais, pintados por Goldi Carvalho em 1986. Depois da morte de seus pais, o casarão ficou sob cuidados de Maria e seus irmãos. Um dos que mais se dedicou a manter o casarão foi seu irmão João Laerte Salles, falecido em 2012, renomado

advogado e professor da Universidade de Taubaté por mais de 30 anos. Entusiasta da cultura e da história pindamonhangabense, Maria usou de sua experiência como restauradora para manter o casarão da família com a identidade original. Pindamonhangaba teve diversos casarões, sobradões, chalés e palácios ao longo de sua história. A cidade foi muito rica e imponente na parte arquitetônica, e o sobrado da família Salles é um digno representante dessa era das grandes residências na cidade. Quem visita o prédio, pode ver isso em cada detalhe, nas paredes, quadros, lustres, luminárias, no assoalho de madeira, portas e janelas, tudo sempre muito bem conservado. A decoração da residência é um charme à parte. Toda pensada por Maria Salles, a disposição de móveis e objetos variados tem como objetivo transformar o local numa espécie de memorial da família Salles. Os quartos são personalizados, tem as decorações de acordo com cada integrante Janeiro, 2016


da família que habitou aquele cômodo. “Redecorei a casa com os itens que meus país compraram ou ganharam na época do seu casamento. A maioria dos móveis é de época e foram restaurados. Com o tempo, fomos acrescentando móveis e itens da decoração. Sempre que viajo ao exterior, gosto de trazer alguma coisa que combine com o que já temos aqui”, diz. Manter um casarão do século 19 em ótimo estado não é tarefa fácil, e Maria Salles trabalha duro para isso. Basicamente a casa é feita de taipa e pau-a-pique. Portas e janelas, todas em madeira de lei, são bem antigas, e o principal desafio é mantê-las longe de pragas, especialmente os cupins. “A manutenção da casa é difícil, a limpeza precisa ser cuidadosa, o trato da madeira é bem específico e o quintal é enorme e precisa de um trabalho de jardinagem grande. Mas faço tudo com muito orgulho, e conto com a ajuda de dedicados funcionários.”, complementa a dona da casa. Maria Salles fala com carinho e entusiasmo da residência onde passou toda a sua vida. “A maioria das famílias que herdaram casarões como esse já venderam o imóvel. Nós já recebemos muitas ofertas, incluindo altos valores. Mas não vendemos, e não vamos vender, o valor é sentimental. Mamãe conservou esta casa, e nós estamos conservando agora”, diz. Ao longo dos anos, várias obras de restauro já aconteceram na casa, mas nenhuma alterou drasticamente as características da época em que a família Salles passou a ali habitar. Segundo Maria, apenas o madeiramento e o telhado foram completamente trocados. O restauro foi feito exclusivamente com dinheiro da família, sem nenhum tipo de patrocínio ou apoio de financiamento do poder público. A família segue em busca de alguma forma de valorizar ainda mais este patrimônio histórico de Pindamonhangaba. “O município tem uma lei que isenta imóveis como esse de pagar o IPTU. Já entramos há muitos anos com o pedido de isenção, mas até agora não conseguimos. O valor histórico da casa nos dá esse direito, e minha casa está de Janeiro, 2016

portas abertas para estudantes, pesquisadores, historiadores, enfim, é um museu habitado, e quero compartilhar isso com as pessoas”, afirma Maria Salles. Passar algumas horas conversando com Maria Salles é garantia de ouvir boas histórias. Uma das mais interessantes envolve a família Dantas da Gama, que habitou a residência no século 19. Um dos moços da família era João Antonio Dantas da Gama, um cavalheiro que frequentava a Corte e circulava pela alta sociedade. Ele decidiu partir para Roma, na Itália, onde se alistou no Batalhão dos Zuavos Pontificies, criado em 1830, e que tinha como função defender o Papa Pio IX durante os conflitos do processo da unificação italiana. João lutou nas batalhas, mas o exército do Papa foi derrotado e ele acabou preso. Após ser solto, voltou ao Vaticano e pediu para ver Pio IX, e desejar saúde e mostrar que se sentia triste pela derrota. O Papa mostrou-se grato pelo ato de João, e o presenteou com um tesouro: uma pequena lasca da cruz que Jesus Cristo carregou. De volta a Pindamonhangaba, a família Dantas da Gama resolveu doar este tesouro milenar à Igreja Católica. Hoje, o pequeno pedaço da cruz está num relicário na Igreja Matriz de Pindamonhangaba, numa cruz de prata. A família mandou confeccionar um pequeno pilão de madeira, e dentro dele colocou os pedaços de algodão e linho que protegiam o pequenino pedaço da cruz dentro do estojo original vindo do Vaticano. O pilão foi emparedado num dos cômodos da casa. Durante uma das muitas reformas, os pedreiros encontraram o pilão. Pensaram que era um tesouro, mas só encontraram os pedacinhos de pano. Não sabiam do valor daqueles itens, e acharam que se tratava de feitiço de escravos que trabalharam na construção do casarão. Pegaram os pedaços de algodão e linho e jogaram no fogo. Segundo relatos que sobreviveram ao tempo, quando os pedreiros joga-

ram os panos no fogo, uma grande labareda azul cintilante subiu. Eles ficaram atônitos, um deles ficou sem falar por horas. “Após comprar a casa, meu pai foi mexer nas paredes e achou o pilão. Não sabia o que era, e não tinha nada dentro. Um vizinho sabia da história, e explicou ao meu pai. Digo que essa casa tem os muros abençoados”, comenta Maria Salles. João Antonio Dantas da Gama voltou ao Brasil somente nesta ocasião, para entregar o tesouro à família. Consta que ele foi estudar num seminário na Bélgica. Faleceu na Europa e seu corpo está enterrado em Paris, na França. Um museu habitado, um memorial familiar, um reduto da história de Pindamonhangaba. Assim é o sobrado da família Salles, que sob a tutela de Maria Ceres Salles segue resistindo à implacável ação do tempo. Enquanto o trem da história passa, e segue pelos trilhos do progresso que por vezes apaga a memória do nosso povo, o velho sobrado estará lá, cravado no centro de Pindamonhangaba, sob os cuidados de uma abnegada e representando uma era de ouro da arquitetura brasileira.

revistavitti.com.br | Vitti | 67


Social Taubaté

Socorro in Foco

Maria do Carmo Dourado e amigas A queridissíma Maria do Carmo recebeu em sua maravilhosa casa suas amigas mais próximas para um delicioso chá da tarde. E entre um bate papo e outro comemorou essa data tão especial, o seu aniversário. Muitas felicidades!

Por Socorro Pinto helpkoka@hotmail.com

Eduardo Fusco, Priscilla Ortiz Fusco, Jodália de Queiroz, Maria Quitéria, Wilson, Cristina Nunes e Beto Em momento de muita alegria e descontração a querida Maria Quitéria juntou amigos e familiares em comemoração ao seu aniversário. O ponto alto da festa foi a solidariedade. Todos os presentes que recebeu foram doados à Creche Amiguinho Feliz. Parabéns não só pelo aniversário mas pelo incrível gesto!

Com muito glamour o colunista social Raimundo Nonato realizou mais um grande evento Prêmio Destaque Brasil 2015 em sua edição Black Tie. Parabéns a todos homenageados da noite com destaque para Jeremias e Telrose.

Raimundo Nonato, Telrose Rodrigues e Jeremias Rodrigues

Aconteceu no dia 25 de novembro o glamouroso desfile da loja Ferrara, realizado com sucesso na Galeria de Artes Mirian Badaró.

Maria Helena Goffi, Marilia Teixeira Pinto, Eloisa, Rose Danelli, Aurea e Mirian Bottura No dia 30 de novembro aconteceu o show mais esperado do ano: Piano & Voz com Padre Fábio de Melo. Muita fé e emoção marcou esse grande dia que reuniu amigos, fãs e devotos. Parabéns às mulheres do Conselho Gestor da Fundação Dom Couto. 68 | Vitti | revistavitti.com.br

Amanda Ayello, Marina Ayello e Alessandra Cozzi

Daniela Ramalho com amigas Foi com muita alegria, animação e um farto e delicioso café da manhã que a amiga Daniela Ramalho comemorou mais um aniversário ao lado de sua familia e amigos. Muitas felicidades hoje e sempre! Janeiro, 2016


VIAJE PELO BRASIL COM A CVC NA CVC, MOMENTOS QUE VALEM MUITO CUSTAM POUCO.

VIAJE PELO BRASIL

NATAL

PORTO DE GALINHAS

PORTO SEGURO

Inclui passagem aérea, transporte aeroporto/ hotel/aeroporto, hospedagem com café da manhã e passeio na cidade e ao litoral sul.

Inclui passagem aérea, transporte aeroporto/hotel/aeroporto e hospedagem com café da manhã.

Inclui passagem aérea, transporte aeroporto/hotel/aeroporto, hospedagem com café da manhã e passeio.

7 dias Yak Hotel Natal

A PARTIR DE

12X

95

SEM JUROS À vista R$ 1.140.

7 dias Pousada Porto Family

A PARTIR DE

12X REAIS

108

SEM JUROS À vista R$ 1.296.

4 dias Hotel Fênix Porto Seguro

A PARTIR DE

12X REAIS

59

SEM JUROS À vista R$ 708.

REAIS

SALVADOR

MACEIÓ

FORTALEZA

Inclui passagem aérea, transporte aeroporto/hotel/aeroporto, hospedagem com café da manhã e passeio pelas praias.

Inclui passagem aérea, transporte aeroporto/hotel/aeroporto, hospedagem com café da manhã e passeio.

Inclui passagem aérea, transporte aeroporto/hotel/aeroporto, hospedagem com café da manhã e passeio.

A PARTIR DE

A PARTIR DE

A PARTIR DE

7 dias Hotel Sol Plaza Sleep

12X

86

SEM JUROS À vista R$ 1.032.

7 dias Hotel Lagoa Mar

12X REAIS

88

SEM JUROS À vista R$ 1.056.

7 dias Hotel Bellomar Ariau

12X REAIS

91

SEM JUROS À vista R$ 1.092.

REAIS

CARNAVAL É COM A CVC

A CVC tem as melhores opções para sua viagem de carnaval, de todos os tipos e para todos os gostos. Tem destinos tranquilos, agitados, nacionais, internacionais, cruzeiros marítimos e centenas de hotéis. Também tem pacotes para as festas do Rio de Janeiro e de Salvador, roteiros românticos para casais e resorts com tudo incluído para a família inteira. Enfim, a CVC tem viagens para o mundo todo e para todo mundo. É só escolher e aproveitar o carnaval do jeito que você preferir.

CVC Praça da CTI .............................................................................................................................. 3624-2655 Via Vale Garden Shopping ......................................................................................................3683-1122 Taubaté Shopping ............................................................................................................................. 3411-5000 Prezado cliente: preço por pessoa, em apartamento duplo, com saídas de São Paulo. Preços, datas de saída e condições de pagamento sujeitos a reajuste e disponibilidade. Condições de pagamento com parcelamento 1+11, 0+10 vezes no cartão de crédito ou no boleto bancário sem juros. Sujeito a aprovação de crédito. Ofertas válidas até um dia após a publicação deste anúncio. Taxas de embarque cobradas pelos aeroportos não estão incluídas nos preços e deverão ser pagas por todos os passageiros. Ofertas de lugares limitadas e reservas sujeitas a confirmação. Saídas: Porto Seguro 14/abril; Natal 20/maio; Maceió 7/maio; Fortaleza 18/ maio; Salvador 21/maio; Porto de Galinhas 18/maio.

Janeiro, 2016

revistavitti.com.br | Vitti | 69


Social Taubaté

Flash

Por José Luiz de Almeida luizinho-cafe@hotmail.com facebook.com/luizinholanches

Minha Vitória linda, sendo homenageada por suas professoras Carolina e Marcelle. Parabéns filhona, sucesso total!

Christiana Carvalho em seu intercâmbio em Londres, na Inglaterra. Simplesmente um luxo!

André Guedes e Vinicius Machado com sua musa Flávia Guedes Bye Bye 2015 VILA SANTA: 12 horas de festa que reuniu amigos para confraternizar o final de um ano cheio de sucesso e realizações desta bela casa!

Queria parabenizar meus queridos Herbert e Carminha que são os mais novos gerentes da deliciosa Casa Itália, em Quiririm. Parabéns e sucesso total a esses brothers

Paulo Almeida, Patrícia Machado e a sua netinha Juju 70 | Vitti | revistavitti.com.br

Janeiro, 2016


NÓS PREPARAMOS EMPRESÁRIOS QUE FAZEM A DIFERENÇA NO MUNDO!

0 0 5 2.

São José dos Campos Mogi das Cruzes Curitiba São Paulo INFORMAÇÕES PARA NOVOS GRUPOS www.mbmbs.com.br 12 3307.6004 | Nextel ID: 84*69017 Av. Alfredo Ignácio Nogueira Penido, 335 - sala 1402 - Jd . Aquarius - São José dos Campos - SP Janeiro, 2016

revistavitti.com.br | Vitti | 71


Social Taubaté

Night Fever

FOTOS: LUIZINHO

Para fechar com chave ouro, não poderia faltar a Night Fever festa do Hawai, para começar o verão com muita diversão, agradecemos desde já a presença de todos em cada festa ocorrida durante o ano desejamos a todos boas festas e um 2016 cheio de realizações! Aí vão algumas fotos do Nigh Fever, festa do Hawai, sucesso total, simplesmente um luxo!

72 | Vitti | revistavitti.com.br

Janeiro, 2016


Pedestre, use sua faixa.

CARRO DO JORNAL DO CARRO

CONHEÇA O JEEP RENEGADE. PREPARE-SE PARA FAZER HISTÓRIA. propagandailimitada

JEEP RENEGADE SPORT A PARTIR DE R$ 72.900

Av. Charles Schnneider, 1915 Pq. Sr. do Bonfim, Taubaté- SP (12) 3625.2555 www.jeepcolorado.com.br Preço à vista de R$ 72.900,00 válido para Jeep Renegade Sport 1.8L Flex Manual, ano/modelo 2015/2016. Frete incluso. Valores sujeitos à variação do ICMS, de acordo com a legislação de cada Estado. Condição

Janeiro, 2016 válida enquanto durarem os estoques. Jeep é marca registrada da FCA US LLC. Jeep® é marca registrada da FCA US LLC. CAC 0800 7037 150.

revistavitti.com.br | Vitti | 73


Social Caçapava

Caleidoscópio

Fotos: Carlos Alberto Alves

Por Anna Dennz annadennz@hotmail.com

A felicidade está no olhar, no sorriso, no ar. Renata Nienketter e Antonio Carlos Gotardine selaram união no dia 14 de novembro em romântica cerimônia na chácara Morada das Estrelas.

O fundador da Embraer, Ozires Silva, recebeu das mãos da advogada, poetisa e ativista das causas sociais, ambientais e humanas, a Embaixadora da Paz Deslanieve Daspet, o mesmo título, pelo Círculo de Embaixadores da Paz pela Suíça e França - entidade ligada à ONU. Gustavo Siqueira - presidente do Instituto Gigantes da Ecologia e idealizador do Prêmio Ozires Silva edição Catarinense - homenageou o ilustre convidado com uma obra presenteada e assinada pelo multi talentoso artista Celito Medeiros.

Inaugurada mais uma franquia da marca americana de bolsas Nicolle Lee. Ana Aragão comandou a lista vip solicitada pelo empresário Willian Almeida e, é claro, Marilda Serrano e Erica Moraes encabeçavam os nomes.

Em pausa em seu movimentado Atelier, vovó Regina Duarte recebe a feliz visita da netinha Lívia e dos filhos Ana Luisa e Diego.

Só os Bambas: os locutores Glauco Guimarães, Lino Pedrosa, Anderson Alves, Cris Malboro e Junior, durante confraternização de final de ano do Grupo Bandeirantes de Comunicação. 74 | Vitti | revistavitti.com.br

Janeiro, 2016


Janeiro, 2016

revistavitti.com.br | Vitti | 75


Social São José dos Campos

Atitude News

Por Gilberto Freitas gilfreitasff@hotmail.com

Carlos Henrique Nunes recebeu Paulinho Serra e Luiz França no Standup do Santonofre, em São José dos Campos.

Giulia Reis comemorou seus 15 anos na Esmalteria Nacional, em São José dos Campos.

Thais Okamoto Honorato comemorou os 5 anos da Empório Peixes & Cia - Boutique Gourmet, em São José dos Campos.

No dia 12 de dezembro Fernando e Fabiano se apresentaram na Quintaneja do Guten Bier, em São José dos Campos.

Priscila e André Yonezawa comemoraram com os parceiros mais um ano de sucesso Yonezawa Eventos.

Wellington Lima e Leonardo Ribeiro em tarde de duplo parabéns.

76 | Vitti | revistavitti.com.br

Janeiro, 2016


Janeiro, 2016

revistavitti.com.br | Vitti | 77


Social Aparecida

Aparecida Simone Dias

Por Ligia Ballot liballot@hotmail.com

Muito amor dos papais Paula Marques e Glauber Vieira por essa princesinha linda Manuela.

Cecília Lellis, marketing do Atelie Lov. testando a luz para a fotógrafa Bruna Mello.

Daniel Santos

As lindas Aline Macedo, Ana Paula Diniz e Flávia Helena com Lu Areco, muita corrida para vocês em 2016!

Erasmo Ballot

Gustavo Bastos e Diego Elache receberam Felipe Franco na inauguração da Vitaform Suplementos de Guaratinguetá.

78 | Vitti | revistavitti.com.br

Parabéns Lara Martins por mais um ano de vida, cada ano que passa fica mais linda!

Janeiro, 2016


Janeiro, 2016

revistavitti.com.br | Vitti | 79


Social Guará

Guará em Pauta Equipe FILME

Por Benê Carvalho benecarvalho@revistavitti.com.br

O belo casal Chiquinho Sanini e Audrey Banzi, trocaram alianças em um verdadeiro casamento “dos sonhos” no último dia 12 de dezembro em Guará.

Realizou-se com muito sucesso, o lançamento e autógrafo pela autora Maria Isbella Maia Fabiano – Belinha, do livro “Maria Augusta - a filha do Visconde: vidas e fatos de Guaratinguetá” no Museu Frei Galvão, no dia 5 de dezembro.

A querida Sra. Ruth Rangel Aranha comemorou seus 92 anos em uma deliciosa reunião com familiares e amigos próximos. Na foto: Cidinha França Pereira, Rosana Rangel, Maria Amália Aranha, Maria Alice Rangel, a aniversariante, Célia Mossa, Marília Machado, Leila Aranha, Luísa Machado Pinheiro, Maria Ruth Aranha e Marina Machado. Fernanda Dias está a mil por hora com sua nova loja Fê Dias Store em Guará e anda inventando moda por aqui.

A competente publicitária Gabriela Seabra é um sucesso na capital. Há mais de 7 anos pela terra da garoa a moça arrasa na profissão e é uma consumidora fiel de badalados endereços gastronômicos. Essa sabe aproveitar a vida e desbravar os bons lugares. A querida dona Myrian Monteiro Caltabiano comemora o sucesso do Só Coxinha Food Track que também pode ser franquia. Super sucesso!

80 | Vitti | revistavitti.com.br

Janeiro, 2016


Janeiro, 2016

revistavitti.com.br | Vitti | 81


Social Campos do Jordão

Campos Acontece

Por Guilherme Martini gdmartinineto@gmail.com No Grande Hotel Senac Campos do Jordão aconteceu o 6º LIDE Fórum de Empreendedores com presença de Grandes Empresários bem como personalidades de âmbito nacional.

João Doria, Paula Bellizia Presidente da Microsoft Brasil e Fred Guidoni Prefeito de Campos do Jordão

Chefe de cozinha Thiago Fergies e Ornella Padovan comandam a cozinha do Sans Souci Bistrô de Campos do Jordão.

Rita Silva, André Rabelo( Técnico e Delegado da Seleção Paulista) e Marcelo Chagas

Atletas do Taekondo de Campos do Jordão pela Seleção Paulista na Copa do Brasil e Seletiva na cidade de João Pessoa/Paraíba.

César Tralli, Ticiane Pinheiro, Helô Pinheiro, Paula Gomes e Lélio, no Sans Souci Bistrô em Campos do Jordão. Padre Beto celebrando a Missa da 1ª Carreata de São Cristóvão - O protetor do Motorista, realizada no Recanto São Cristóvão em Campos do Jordão, com apoio de Adriano Soraes. Na sequência foi celebrado a missa com os praticantes em concentração e oração. 82 | Vitti | revistavitti.com.br

Janeiro, 2016


Janeiro, 2016

revistavitti.com.br | Vitti | 83


Social Taubaté

Bazar Beneficente do CAST

FOTOS: MONICUEE ALVEZ

Aconteceu no dia 3 de dezembro o coquetel de abertura do Bazar do CAST. O evento aconteceu entre 4 e 11 de dezembro e toda arrecadação foi destinada para levantar fundos para fazer o natal de famílias carentes.

84 | Vitti | revistavitti.com.br

Janeiro, 2016


Janeiro, 2016

revistavitti.com.br | Vitti | 85


0 60 100 0

RawengulkSans Futura2-Normal

Rua Visconde do Rio Branco, 649 - Taubat�SP +55 12 3621-1790 - 3632-2273 - 99145-6078 instituto.artis@outlook.com institutoartis 86 | Vitti | revistavitti.com.br

Janeiro, 2016


Instituto ARTIS (ClÍnica JRMoura)

P

ara nós, do Instituto ARTIS, 2015 foi ano de concretização de nossos sonhos e gostaríamos de dividir isso com vocês, nossos amigos, pacientes e colegas de profissão, que são o maior motivo de nossa existência e de nossa busca contínua por aprimoramento. Ampliamos nossas instalações e investimos em novos equipamentos e tecnologia, bem como na qualificação de nossos parceiros e funcionários para que você possa ser ainda melhor atendido. Agora com um laboratório de prótese próprio, somos umas das poucas clínicas do mundo que vive esta realidade, garantindo agilidade e assertividade dos casos mais simples aos mais complexos. Também inauguramos o Centro de Ensino e Treinamento para compartilhar nossos conhecimentos com outros colegas do Brasil e do exterior. Em outubro, fizemos o primeiro curso internacional em nossas instalações com alunos do Brasil, Espanha e Peru. Vamos além neste ano que se inicia, criando melhores condições para tornar nossas soluções no campo da estética bucal mais acessíveis a todos que queiram valorizar um dos nossos bens mais preciosos: a SAÚDE. E para este novo ano, não temos muito a pedir, mas temos muito a agradecer. Agradecemos mais uma vez pelo carinho e confiança depositados em nós e esperamos estar sempre prontos para superar as suas expectativas, e que 2016 traga ainda mais realizações, sonhos, alegrias, sorrisos, amor e paz para todos.

Janeiro, 2016

revistavitti.com.br | Vitti | 87


Saúde

As delícias da praia e os seus vilões: água-viva e ouriço do mar Por Dr. Érico Pampado Di Santis

F

eliz 2016 a todos os leitores da Revista Vitti. Vamos encarar este novo ano com esperança renovada. Nesses tempos devemos aprender a filtrar as notícias que tanto nos abalam e tentar sempre acreditar. Aproveito para escrever a uma querida leitora de Caraguatatuba sobre um assunto que estou devendo: acidentes com animais aquáticos. Quem nunca entrou no mar com aquele medo das águas-vivas? Esses celenterados podem causar desde lesões vermelhas passando por vergões até chegarem a bolhas. São as queimaduras por água-viva. Na verdade a água-viva (recebe esse nome por ter mais de 95% de água no seu corpo) quando percebe uma presa ou um predador, dispara um pequeno dardo com veneno. No ser humano a quantidade de veneno, na grande maioria das vezes, não é fatal. Mas provoca intensa dor, as alterações descritas acima na pele, febre e até câimbras. A primeira atitude é lavar com água gelada misturada com sal. A água doce pode estimular ainda mais a liberação do veneno, por isso não deve ser jogada na pele com os pequenos dardos inseridos. Depois disso, aplicar vinagre no local para neutralizar o veneno. E procurar ajuda médica para retirada dos tentácu-

88 | Vitti | revistavitti.com.br

los (os mini dardos). Ouriço do mar Este tem espinhos (acúleos). O tratamento será a retirada dos “espinhos” sob anestesia local, portanto será realizada com assistência médica. A dor no local da entrada do acúleo se faz pela desintegração e formação de nódulos inflamatórios. Quando não retirado os espinhos a dor torna-se crônica pelo afundamento na pele dos espinhos. Vinagre deve ser colocado em compressas no local e imersão do membro em água morna/quente por 30 minutos. Existem outros vilões que podem atrapalhar nosso passeio: alguns peixes. Como as arraias, peixe-sapo, mangagá e bagres, também possuem acúleos ligados a glândulas de veneno e o principal sintoma é a intensa dor. Esponjas-do-mar, vermes marinhos e pepinos-do-mar causam erupções eczematosas, tipo uma alergia de contato. Lavar com água salgada alivia a irritação. Sempre após o acidente é necessário procurar ajuda médica para tomar as medidas como uso de antitetânica nos ferimentos lacerados ou por inoculação de espinhos, ferrões ou acúleos. Boas férias escolares a todos. Dr. Érico Pampado Di Santis é médico Dermatologista. CRM: 96546 / RQE: 21582

Janeiro, 2016


Janeiro, 2016

revistavitti.com.br | Vitti | 89


Saúde

Dengue nas Crianças

A

Por Dra. Paola Di Napoli

dengue é uma doença febril aguda, causada por um dos quatro tipos do vírus Dengue (1, 2, 3 e 4) e que se manifesta desde quadros leves, até formas graves, que podem evoluir para a morte. A transmissão ocorre pela picada da fêmea do mosquito do gênero Aedes aegypti que esteja infectada pelo vírus da dengue. Em geral, crianças com mais de dois anos apresentam os mesmos sintomas que os adultos, como febre alta, dores no corpo, prostração, fraqueza, dor de cabeça e dor no fundo dos olhos. Outras manifestações que também podem aparecer são manchas na pele, vômitos e diarréia. A grande dificuldade está nos pacientes menores de dois anos e bebezinhos, pois eles não sabem identificar ou dizer exatamente o que estão sentindo. Isso pode ser muito angustiante para os pais que optam muitas vezes por “esperar um pouco mais”, o que atrasa muito o diagnóstico e o tratamento. Então, como identificar? Nos menores de dois anos é importante se atentar à febre alta e ao estado geral da criança: se está apática ou irritada, chorando sem parar, recusando as mamadas por falta de apetite, manchinhas no corpo, não está fazendo xixi ou o xixi está muito escuro, por exemplo, são sinais que você

90 | Vitti | revistavitti.com.br

precisa procurar um pediatra. É importante observar que, tanto os bem pequenos quanto as crianças maiores, se houver suspeita que seu fi lho possa estar com dengue é essencial consultar um pediatra e nunca medicar a criança por conta própria. A automedicação é muito perigosa, e alguns medicamentos como os anti-inflamatórios podem provocar a forma grave da doença. Somente o pediatra poderá avaliar se há infecção e qual é a gravidade do caso, também irá definir como será feito o tratamento. O diagnóstico da dengue é feito através de um exame de sangue para avaliar a presença do vírus. No entanto, o resultado desse exame pode demorar alguns dias, e o pediatra inicia o tratamento logo que os sinais da doença sejam identificados na criança. O tratamento da dengue começa logo que os sintomas sejam identificados, mesmo sem a confi rmação do diagnóstico pelo exame de sangue. O tipo de tratamento que será usado depende da gravidade do paciente, e apenas nos casos mais leves a criança pode ser tratada em casa. Em geral, o tratamento inclui: • Ingestão de líquidos • Soro pela veia • Medicamentos para controlar os sintomas de febre, dor e vômitos. E, nos casos mais graves, a criança precisa ficar internada e monitorada

o tempo todo. Normalmente a dengue dura cerca de 10 dias, mas a recuperação total pode levar de 2 a 4 semanas. Então minha dica é: na presença de febre alta procure sempre o pediatra. Ele vai avaliar cada caso, instituir o tratamento e ensinar os pais a identificar os sinais de alarme da doença, vai identificar quando a criança pode ficar em casa e quando você precisa levá-lo ao hospital com urgência. Atualmente não existem medicamentos específicos ou vacinas para prevenir a doença. A ação mais simples para prevenção da dengue é evitar o nascimento do mosquito. É preciso manter o domicílio sempre limpo, eliminando os possíveis criadouros, ou seja, os locais que acumulam água, pois o mosquito precisa de um ambiente com água para se reproduzir. É muito importante que cada um faça sua parte, evitando que a água fique acumulada em latas, embalagens, copos plásticos, tampinhas de refrigerantes, pneus velhos, vasinhos de plantas, jarros de flores, garrafas, caixas d´água, tambores, latões, cisternas, sacos plásticos e lixeiras, entre outros. Dra. Paola di Napoli é Médica Pediatra CRM: 128405 Rua Ângelo Firmo, 50 – Centro – Taubaté-SP - (12) 3632-8042 Contato: drapaola.pediatra@gmail.com

Janeiro, 2016


Janeiro, 2016

revistavitti.com.br | Vitti | 91


Saúde

Duo Clin 2016

O

Por Elina Ribeiro

ano de 2015 se foi, é hora de ref lexões, balanços e projeções para o novo ano que estamos começando. Ano que termina deixa saudades, porém, não vivemos de sonhos e não podemos ficar olhando para o passado. Pela frente temos desafios e para tanto é preciso planejamento. Sabemos que o mundo e o nosso país, vivem um momento delicado de crise. Tenho como conceito que tempos de crise geram oportunidades de crescimento, o que envolve estratégias de mercado, inovações e ousadia. Fazendo uma análise retrospectiva, percebo que ao longo da existência da DUO CLIN passamos por momentos semelhantes. Estes momentos foram vencidos, e ao longo do tempo evoluímos com sucesso, razão pela qual estamos aqui para compartilhar experiência, e acima de tudo agradecer a todos aqueles que depositaram confiança em nosso trabalho.

92 | Vitti | revistavitti.com.br

Sempre procuramos investir no principal pilar da sustentabilidade da nossa profissão que é oferecer tratamentos na cosmiatria dermatológica, baseados em protocolos que tenham resultados cientificamente comprovados. Isso requer a frequência constante em congressos nacionais e internacionais, onde há trocas de conhecimentos numa medicina cada vez menos invasiva. Por meio de novas técnicas, de novos aparelhos e novas substâncias, a medicina nos oferece alternativas para proporcionar resultados cada vez melhores, resgatando assim a auto-estima e o bem estar dos nossos pacientes. Num mundo cada vez mais globalizado, com uma incrível velocidade na divulgação das informações, com o constante investimento da indústria farmacêutica na cosmiatria, e com o desenvolvimento da bioengenharia, os tratamentos cosmiátricos passam por incríveis transformações. A otimização e a conjugação de formas variadas de tratamentos contribuem

para um sensível ganho na qualidade das terapias oferecidas na estética facial e corporal. Nada adiantaria toda esta evolução de recursos, se não investíssemos numa equipe multidisciplinar de profissionais qualificados para oferecer um tratamento humanizado. Jamais o aparelho substituirá a sensibilidade do ser humano. Não existe uma receita pré-fabricada de qualquer terapia sem o conhecimento minucioso de cada tipo de pele. Para isso se faz necessário a experiência acumulada ao longo dos anos, que sem dúvida alguma faz o diferencial. A relação médico-paciente é fundamental para o êxito de qualquer tratamento, pois nela se estabelece o grau de confiabilidade e de segurança naquilo que o paciente imagina em termos de resultados, e do que realmente podemos oferecer, evitando assim frustrações. Nossa expectativa para 2016 é continuar na busca incansável de novos recursos para proporcionar aos nossos paJaneiro, 2016


cientes o bem estar. A maior recompensa que obtemos nesta busca, está justamente no sorriso de cada rosto ao término do tratamento. Minimizando uma ruga de expressão, preenchendo um sulco, estimulando a produção de colágeno, clareando uma mancha, suavizando uma cicatriz, enfim, melhorando qualquer imperfeição facial ou corporal, nos traz uma recompensa e uma satisfação intensa. Isso nos estimula

a continuar investindo no conhecimento médico-científico. Que 2016 seja um ano de grandes vitórias. Que este novo ano nos permita investir no nosso bem estar. Que 2016 seja o ano dos desafios superados e festejados, que este ano seja infi nitamente melhor. Que Deus continue nos abençoando e abençoando nossas famílias, que sejamos intensamente felizes e que tenhamos acima de tudo saúde e beleza!

Dra. Elina Ribeiro e equipe desejam a todos um Feliz Ano Novo.

Janeiro, 2016

revistavitti.com.br | Vitti | 93


94 | Vitti | revistavitti.com.br

Janeiro, 2016


Negócios

Iniciar o ano com consciência de nossas responsabilidades

E

Por Arcione Viagi

stamos iniciando um novo ciclo e o momento é de reflexão. Devemos escolher quais serão as nossas “motivações” para direcionarem nossos esforços em busca de uma vida melhor. Parece simples, porém, fazer exercício sobre o futuro é sempre difícil e em muitos casos até doloroso e por isso na maioria das vezes adiamos ou até mesmo deixamos que o acaso se encarregue de escolher tudo para nós. Digo que é doloroso porque quando pensamos sobre isso nos deparamos com nossas fraquezas e vemos o resultado de nossa falta de objetivos. Para ter uma ideia, em uma das disciplinas que ministro em cursos de pós-graduação existe um tópico em que descrevo a teoria sobre o tema e para estimular os alunos a pensarem a respeito, apresento alguns fatos e números de nossa realidade. O impacto desse exercício é enorme, recebo diversos relatos de pessoas que perderam noites de sono porque se viram totalmente fora da realidade, outros

Janeiro, 2016

concluíram que já viveram mais de 50% de sua, eventual vida, e não vislumbram alcançar a liberdade de decidir seu próprio futuro. O caso mais significativo ocorreu no Triangulo Mineiro. Um executivo quis falar comigo depois de uma aula e relatou que estava perdido em relação ao futuro e que vinha tendo alguns momentos de depressão. Tinha 48 anos, sofria pressão diária no emprego e por isso estava fazendo aquele curso. Não conseguia manter mais a qualidade de vida da família e só via a situação piorando. Havia concluído que vários fatores estavam interligados. Na empresa, uma nova política de contratação de jovens talentosos e estimulados para obter resultados e galgar cargos mais altos em pouco tempo. Em casa, três filhos estudando com custo mensal perto de R$ 10 mil e despesa total passando dos R$ 17 mil. Profissionalmente, muito especializado e com poucas opções no mercado caso decidisse ou precisasse de um novo emprego. Na família, irmão desempregado, pais e mães do casal com problemas financeiros e precisando de ajuda. Expliquei que um psiquiatra uma vez

havia definido aquele problema como uma situação em crescimento dentre os profissionais a partir do inicio dos anos 1990 e denominava o fenômeno como “geração sanduiche”. Ou seja, uma geração de profissionais que vive o dilema da competição no mercado de trabalho e de mudanças na vida pessoal, onde os filhos se mantém dependentes por mais tempo e cujos pais têm deficiências orçamentarias. Na verdade, a solução para esse e outros problemas que cada pessoa tem não é fácil, mas pior é não conhecê-los. Assim, recomendo que cada um faça sua reflexão, analise os fatos e identifique os problemas. Comece o ano sabendo quais são suas prioridades. Sabendo que não dá para tentar solucionar tudo sozinho. Muitos problemas se resolvem quando todos os envolvidos tomam ciência de sua existência. Organize suas prioridades e compartilhe com todos envolvidos. O desânimo inicial irá se transformar em objetividade e ficará mais fácil construir os caminhos para atingir objetivos. Arcione Viagi é consultor empresarial. Contato: vitalconsultoria@gmail.com

revistavitti.com.br | Vitti | 95


Educação

Brasil terá programas para incentivar intercâmbio acadêmico com

programas para incentivar a América Latina e o BRICS

96 | Vitti | revistavitti.com.br

A

Da Redação

secretária-geral Ibero-Americana, Rebeca Grynspan, defendeu a importância de programas de intercâmbio acadêmico na formação do estudante. “A América Latina é a região com menor índice de mobilidade acadêmica no mundo”, afirmou a costarriquenha que veio ao Brasil para articular agendas de cooperação com o governo brasileiro. Rebeca falou sobre o programa Aliança pela Mobilidade Acadêmica Ibero-americana, uma iniciativa que vai possibilitar a estudantes e pesquisadores dos 22 países da América Latina, além de Portugal, Espanha e Andorra, fazer intercâmbios acadêmicos. Ela estima que o programa já estará em curso no primeiro trimestre de 2016. Segundo Rebeca, o programa vai possibilitar, pela primeira vez, que um número significativo de pessoas estudem, por um período, ou façam práticas laborais em outro país. “Queremos chegar a 200 mil intercâmbios até 2020”, disse. “Enquanto que na Ásia 7,5% dos estudantes têm uma experiência educativa fora do país, aqui (América Latina) é apenas 1%. Queremos que essas experiências sejam de qualidade, que os créditos (pontuação das matérias) sejam reconhecidos mutuamente e que seja acessível para os grupos de menor renda que estão na universidade”, afirmou Rebeca. O programa é desenvolvido em parceria com a Organização dos Estados Ibero-americanos e com o Conselho Universitário Ibero-americano e está em fase de consolidação de parcerias. Segundo Rebeca, o banco Santander já se comprometeu a patrocinar 40 mil bolsas de estudo até 2020. Brasil também quer ampliar intercâmbio entre o BRICS O Brasil lançará programa de pós-graduação em parceria com os países do Brics - grupo formado por Brasil, Rússia, Índia, China e África do Sul, segundo o ministro da Educação, Aloizio Mercadante. O edital para escolher as instituições a serem incluídos na iniciativa será lançado em dezembro. A seleção dos alunos será em março. Os mestrados e doutorados serão em seis áreas: economia, energia, tecnologia da informação e segurança da informação; mudança climática e efeito estufa, estudos sobre o Brics e recursos hídricos e poluição. Para cada uma delas serão oferecidas dez bolsas de doutorado e dez de mestrado. Os últimos ajustes são feitos pela Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. A intenção é que sejam 12 programas de pós-graduação, dois para cada tema, selecionados por edital. O ministro explica que os estudantes terão dois orientadores, um brasileiro e um estrangeiro. O aluno participará de aulas à distância e presenciais em outros países. O idioma dos cursos será o inglês. “Todos os países ofertarão os cursos simultaneamente e o próximo passo é criar uma universidade dos Brics”, diz o ministro. Janeiro, 2016


Janeiro, 2016

revistavitti.com.br | Vitti | 97


98 | Vitti | revistavitti.com.br

Janeiro, 2016


T

Gilberto e Fernando

rabalhar com comida já é uma grande tradição em nossa família. Tudo começou com meu avô Rachid (João José) entre os anos de 1945 e 1965 com o Café Convênio e o Bar e Restaurante Seleto, próximo ao Cine Metrópole e Cine Palace, em Taubaté. Meu pai, Gilberto José, teve restaurantes (EG's Food e Trattoria da Fonte), também na cidade de Taubaté por aproximadamente 10 anos e depois mudouse para São Paulo, onde continuou sua empreitada culinária. Eu, Fernando Moscatello José, vivenciei todo este mundo culinário e fui aprendendo a cozinhar, por buscar sabores da minha infância. No ano de 2015 decidimos criar o Baba Rachid Comida sob Encomenda, a fim de oferecer aos nossos amigos e clientes todos os sabores de nossa tradição Árabe e também deliciosos pratos tradicionais. Nos preparamos para somar ao seu evento, o prazer, a satisfação em degustar uma exclusiva refeição.

Baba Rachid ofereceu uma noite de degustação de comida árabe na residência da senhora Neide Mrad.

contato@babarachid.com Janeiro, 2016

www.babarachid.com.br 12

3432 3523

12

99631 0103

/babarachid.taubate revistavitti.com.br | Vitti | 99


Esporte

Luz, Câmera, Esporte e Ação

Fábio Mota / CBSUP

Por Fabiana Ferreira fabycanoagem@hotmail.com www.luzcameraesporteacao.blogspot.com

Atletas da região se destacam no

Fábio Mota / CBSUP

Fábio Mota / CBSUP

Divulgação

Pantanal Extremo

100 | Vitti | revistavitti.com.br

Marcos Campos

O

‘Pantanal Extremo – Jogos de Aventura’ se consolidou como o maior evento multiesportivo do Mato Grosso do Sul. As modalidades aliam a prática esportiva com um dos mais ricos e belos cenários naturais do mundo: a Planície Pantaneira. É nesse ambiente lindo e desafiador, habitat de onças, jacarés, tuiuiús, capivaras, ariranhas e das temidas piranhas, que se encontraram alguns dos melhores e mais corajosos atletas de todo o país do stand up paddle, mountain bike, maratona aquática, canoagem, corrida de orientação e corrida de trilha. No stand up paddle, Rafael Leão e Raquel Daoud, de São José dos Campos, conquistaram importantes posições no ranking brasileiro da modalidade. Já na natação, o “Aquaman” Marcos Campos, de Taubaté, faturou a primeira colocação. “Aproveitei a oportunidade para conhecer um lugar novo e para nadar nas quentes águas do Rio Paraguai. Foram 5 km bem disputados! Porém a maior briga foi com a altíssima temperatura dentro e fora da água. Realmente muito difícil, estou feliz pela conquista” relatou Marcos Campos. Parabéns atletas, que 2016 seja ainda mais desafiador! Sempre em frente... Janeiro, 2016


Fotos: Alexandre Cappi

Pantanal Pró: A maior Corrida de Aventura do Brasil

A

equipe Brou Aventuras, com o apoio da Kailash, participou pela 2ª vez consecutiva da Final do Campeonato Mundial de Corridas de Aventura, realizada durante 7 dias no Pantanal mato-grossense. Preparativos de equipamentos, viagens longas e finalmente a equipe se encontra reunida em Corumbá, Mato Grosso do Sul, portal de entrada para o Pantanal e sede do evento. O Pantanal Pró contou com apoio da Marinha do Brasil, que auxiliou no transporte e apoio direto aos atletas. Dentre os muitos desafios encontrados pelos atletas estava a canoagem no Rio Paraguai, 50 km remando sob um sol escaldante, isso só para começar a aventura que duraria sete dias. Inclua na lista ainda trekking por trilhas, terrenos acidentados e mata fechada, e percursos de bicicleta. Travessias de áreas alagadas, na perigosa companhia de Jacarés, também foram pontos tensos do trajeto da equipe Brou Aventuras. A epopéia durou um total de 145 horas, tendo sido percorridos cerca de 550 km, finalizando a prova novamente em Corumbá. Foi uma semana intensa, em que cada trecho exigiu ao máximo força física, técnica e principalmente cabeça para superar a lentidão do progresso. Uma aventura esportiva que não é para qualquer um.

Janeiro, 2016

Para conferir o relato completo da prova, acesse: www.adventuremag.com.br

revistavitti.com.br | Vitti | 101


Comportamento

O polêmico uso da mesada na educação dos filhos

E

Por Andreza Tobias

ducar crianças e adolescentes é uma grande missão para os pais - talvez a mais difícil. Ainda mais nos dias de hoje, que a realidade tem sido muito diferente de apenas 30 anos atrás. O consumismo, o bombardeio de publicidades infanto-juvenil, os aparelhos eletrônicos, são realidades que desde cedo as crianças já entram em contato e se estende até a fase adulta. Desta forma, as crianças tendem a mostrar em seu vocabulário que a palavra comprar já faz parte do seu mundo e, portanto, é um sinal para os pais começarem uma educação financeira. Educar os filhos em relação ao dinheiro é muito pertinente e importante para a formação de seu caráter e do seu valor, pois esta é também uma forma de preparar para o seu futuro. As formas de se educar financeiramente variam muito e geralmente as crenças e os valores de cada família norteiam os instrumentos que os pais irão utilizar para ensinar seus filhos. Em minha experiência com os atendimentos psicológicos e com as palestras, o que tem tido em comum nesta educação é que os pais têm utilizado a mesada como principal forma de educar em relação ao dinheiro. Todavia, o que tenho percebido é que cada família adota uma regra para 102 | Vitti | revistavitti.com.br

fazer uso da mesada, mas geralmente estas regras são quebradas pelos próprios pais ou então gera uma confusão e briga na relação entre pais e fi lhos, o que a torna deseducativa e nociva para a construção do caráter dos fi lhos. Primeiramente, a mesada tem um único objetivo na educação dos filhos: ensinar as crianças e os adolescentes a lidar com o dinheiro. Isso quer dizer que os pais não devem atribuir a inclusão da mesada na educação com nenhuma condição para os filhos receberem o dinheiro. Não deve ser atrelada a nada! É simplesmente uma das formas de se educar em relação ao dinheiro, para que a criança possa aprender a manusear o dinheiro, a planejar economicamente seus gastos, aprender a lidar com as frustrações em meio a um bombardeio de ofertas que o consumismo oferece. Todas estas são importantes valores que crianças e adolescentes podem aprender com o uso da mesada, se esta for bem conduzida. Num segundo momento, é importante ter algumas regras que as famílias precisam negociar com seus fi lhos. O pagamento da mesada é por mês e o da semanada é por semana sendo que, em ambos os casos é preciso ter data fi xa para efetuar este pagamento. A semanada é para crianças pequenas nas idades entre 6 e 9 anos, enquanto que a mesada

inicia-se com crianças de 10 anos e se estende até a adolescência. O valor deve ser conversado em família a partir da disponibilidade do orçamento familiar, ou seja, o valor pode ser aumentado ou diminuído de acordo com as necessidades. A conversa é o melhor caminho para que sejam renegociadas a forma de utilizar a mesada, pois assim pais e fi lhos esclarecem suas dúvidas e aprendem a conviver com os recursos econômicos disponíveis. Outro aspecto a ser esclarecido é de que os pais podem orientar os seus filhos a como utilizar o dinheiro da mesada, porém cabe aos fi lhos a escolha final de destino do seu dinheiro. Embora os pais orientem e expliquem incansavelmente sobre o gastar e o poupar, e mesmo assim os fi lhos decidem gastar todo o seu dinheiro tendo todo o restante do mês para no próximo acontecer o pagamento da mesada, é importante os pais deixarem os filhos tomarem suas decisões. Pode ser difícil ver seus filhos querendo comprar e ter gasto todo o dinheiro de uma só vez, mas é importante os pais permitirem aos filhos a vivenciar esta situação, pois só assim aprenderão a lidar com as frustrações. O tema da mesada tem sido bem polêmico nas conversas com os pais por terem percepções diferentes e por muitas vezes usar o dinheiro da mesada como chantagem para os fi lhos fazerem tal tarefa. Mas o que está em questão é o amadurecimento das crianças e dos adolescentes para aprenderem a usar o dinheiro em suas vidas futuras e esta aprendizagem envolve a moral, a ética e o caráter. Desta forma, é muito importante que o casal converse entre si para analisar a conduta que estão tendo na educação de seus filhos. A educação de filhos é o único processo que transforma seres humanos em humanos embora seja um processo difícil, árduo, cansativo para os pais, porém quando este fim resulta em um adulto responsável e ético, consigo e com os outros, os pais cumpriram a sua missão. Andreza Manfredini Tobias é Psicóloga Janeiro, 2016


MatrĂ­culas Abertas Kids - Teens - Adults

Janeiro, 2016

revistavitti.com.br | Vitti | 103


104 | Vitti | revistavitti.com.br

Janeiro, 2016


Janeiro, 2016

revistavitti.com.br | Vitti | 105


Ponto de vista

Decreto impedindo de sonhar

N

Por Carlos Marcondes

o apagar das luzes de 2015, uma revista de circulação nacional publicou uma entrevista muito interessante com o empresário José Isaac Peres, há quatro décadas no mercado de shoppings, responsável pelos maiores centros de consumo brasileiros. Sua empresa, a Multiplan, possui participação em 18 shoppings, que abrigam 5.400 lojas e recebem, anualmente, 180 milhões de pessoas. Peres, numa constatação absolutamente realista, apontou alguns pontos de estrangulamento da economia brasileira que, por mais absurdo que possa parecer, somente os “iluminados detentores do poder” teimam em não enxergar. Entre outras questões, o empresário diz nunca, atuando há mais de 50 anos, ter passado por uma crise tão séria como esta. Cons-

106 | Vitti | revistavitti.com.br

tata que o inibidor do investimento, hoje, não é o consumo, é a falta de confiança no governo. As pessoas, para investir, precisam ver uma linha de condução e essa linha não está defi nida. Há um confl ito entre o Congresso e o Executivo, uma guerrilha fratricida que não ajuda o país; é um querendo destruir o outro. O cenário é o pior possível. Não obstante, existe uma grande parte da população que não está no Congresso nem no Governo: está nas ruas, está trabalhando, está produzindo. É o sujeito que acredita, é aquele que sonha. “Felizmente, não existe ainda um decreto impedindo o homem de sonhar”. A coisa mais importante que existe na vida de uma empresa é a credibilidade e confiança. Trata-se de um ativo invisível, mas que tem um valor gigantesco. Peres lembra: “o Brasil precisa aprender que, quando acabar com o protecionismo, vai

dar um salto gigantesco, porque o crescimento depende de intercâmbio; e intercâmbio só existe quando os mercados são livres. Mesmo na crise, a gente cresce”. E diz conhecer a única regra em comércio e no mundo dos negócios: comércio não tem regra. Então, tudo é oportunidade. Porém, lembra que “com essa taxa de juros, de 14%, se você fi nancia com ela, você quebra. Essa taxa existe para você não fazer nada. Nem o próprio governo aguenta pagar uma taxa tão alta”. Enfim, preparemo-nos para um novo ano difícil, mas a têmpera do povo brasileiro e a crença permanente em dias melhores nos farão sempre vencedores; em breve, ao olharmos para trás, iremos enxergar mais uma crise que superamos, como tantas outras. FELIZ 2016! Carlos Marcondes é jornalista e advogado. Contato: cmcomunicacoes@gmail.com

Janeiro, 2016


Janeiro, 2016

revistavitti.com.br | Vitti | 107


Reflexão

2016 C

Novos caminhos para aprender, evoluir e ser feliz

Por Juliana Bueno

rises em todos os níveis se desenvolvem em nossas vidas pessoais, na sociedade, no nosso pais, e em todo o planeta. O que estamos realmente conseguindo aprender com todas elas? Neste 2015 que terminou, o que conseguimos melhorar em nossas vidas pessoais, neste nosso complexo e tão atribulado mundo interior? Ficamos mais pacientes, mais humanos, mais solidários, evoluídos, determinados, disciplinados? As perguntas são muitas, e cada um de nós tem seus motivos, sua busca pessoal de aperfeiçoamento pessoal único, individual. O ano de 2016, regido pelo Sol (traz grande movimentação e mudanças para os leoninos, de maneira geral), vem com todo o seu brilho, com todo o seu calor, uma vibração contagiante, que pode ser essencialmente construtiva. Existem alguns perigos, conf litos emocionais podem ser mais intensos, o mundo emocional de maneira geral po108 | Vitti | revistavitti.com.br

derá se tornar mais consciente e, ao mesmo tempo, exigir mais de cada um de nós. A chave é “equilíbrio emocional”. Neste ano, regido pelo Sol, é importante aproveitar de melhor maneira possível a energia da mudança, dos caminhos que surgem, para que a grande transformação aconteça de uma maneira única e original para cada um de nós. É possível um aumento do individualismo - que não se confunda com egoísmo, tampouco com o narcisismo. Este individualismo pode nos tornar mais fortes, preparados e confiantes para descobrir finalmente o melhor caminho na busca contínua de aprendizado, aperfeiçoamento interior, evolução espiritual. Como a emoção poderá se tornar mais dominante é oportuno alguns cuidados, mantendo sempre a conscientização, a capacidade de analise racional, enfrentando, compreendendo e analisando comportamentos e situações. Seja lá como for, o meu desejo mais sincero para todos vocês que lêem esta coluna e encontram nela algo de útil, é um desejo universal,

cósmico. Mas, ao mesmo tempo eu gostaria que se concretizasse na alma e no coração de cada um de vocês, assim como vem se concretizando para mim. Descubra o caminho-maior, aquele que realmente corresponde a sua verdade interior, que envolve sua alma e seu coração, trazendo forças, renovando energias para vencer obstáculos, e aperfeiçoando cada vez mais o “eu divino”, para descobrir a sua Luz, sua harmonia e viver enfim, na sua verdadeira paz. Certamente, encontraremos este caminho, movidos agora por uma sincera emoção, um autêntico desejo interior de compreender e aprender. E daqui pra frente caminhar sob a Luz Maior deste abençoado aprendizado, enfrentando crises e mais crises sem se fragilizar, atingidos pelo desespero (jamais), cansaço extremo ou revolta. Há de ser assim, para todos nós! Juliana Bueno é jornalista e escritora, autora de “Dores Ocultas” e “Passageiros da Nave Terra” (Besouro Box). Janeiro, 2016


Família

Será o momento de ter um plano funerário?

M

Da Redação

uita gente não gosta nem de tocar no assunto, mas é inevitável que no momento da morte um ente querido, a família tem de superar a dor da perda e arcar com uma série de procedimentos e obrigações. Muitas vezes, a tristeza e a necessidade de tomar as decisões certas em tempo limitado para se cuidar de todos os detalhes, deixam muitas famílias sentindo-se sufocadas. Uma forma de amenizar isso é a discussão com seus familiares planejando os serviços funerários, incluindo enterro

Janeiro, 2016

ou cremação. Ninguém gosta de pensar ou falar sobre a morte, no entanto, planejando seu funeral, você toma hoje as providências necessárias para facilitar a vida daqueles que terão que lidar com a sua partida. Uma das vantagens é ponderar sobre os custos agora, enquanto você está em um estado mental racional. Isso permite selecionar o serviço funeral que mais tem a ver com você e sua família. Com um plano funerário feito com antecedência, é pos´sivel decidir questões como: Você gostaria de um funeral tradicional, ou um serviço mais requintado? Você quer ser cremado, ou enterrado? Você prefere o serviço em uma casa fu-

nerária, ou em outro lugar? Será um serviço privado, ou aberto a todos? Qual é o tipo de urna que você prefere? Você quer que ela fique aberta ou fechada? A visita vai ser privada a família, ou poderá ser aberta aos amigos? Quanto você gostaria de pagar por seus serviços? Que tipo de placa/memorial você prefere? Outro benefício é o lado financeiro. Quando você se beneficia da compra pela moeda do dia atual, livre da inflação futura, determina exatamente quanto pode e quer gastar. Além de ajudar a manter o peso financeiro no mínimo possível, isto também permite que sua família esteja livre de mais este problema de custo na sua falta.

revistavitti.com.br | Vitti | 109


Direito

Novos Desafios à Privacidade Compartilhamento de fotos íntimas na internet acarreta consequências jurídicas

V

Por Dr. Paulo B. Puzzo

ocê sabia que pesquisas indicam que grande parte de pessoas, e principalmente de adolescentes, faz o envio de fotos de seus corpos nus por meio de redes sociais e aplicativos de internet? Quanto aos adolescentes, este percentual já era de 25% em 2012 (um em cada quatro adolescentes), tendo aumentado o número de registros nos anos posteriores. Que a disseminação da internet, de seus aplicativos e das redes sociais é o contexto inerente a esta nova geração (“geração Y”), e que também tem se estendido às gerações mais antigas, é algo já sabido. Idosos ou crianças usam “WHATSAPP”, “INSTAGRAN” e “SNAPCHAT”, dentre outros, aplicativos onde é incentivada a exposição de imagens, com compartilhamento de pensamentos e momentos antes tidos como privados. No campo do relacionamento, os namoros que antes se restringiam a passeios, 110 | Vitti | revistavitti.com.br

idas a cinemas ou sor veterias encontram-se, agora, praticados em webcams e em aplicativos de internet. A intimidade que antes se obtinha mais no final do namoro, muitas vezes hoje precede à existência sequer de um relacionamento. Provavelmente esteja se formando um novo conceito de intimidade e privacidade. O fato é que o envio ou compartilhamento das fotos íntimas acarreta diversas consequências, e no âmbito jurídico impõe responsabilizações muitas vezes desconhecidas. Tivemos a oportunidade de acompanhar o seguinte caso no Tribunal: o casal acabara de se conhecer, e na primeira vez em que saiu, a jovem mulher pediu para que o homem tirasse fotos íntimas dela. Posteriormente, o rapaz soube que ela tinha feito isso com outras pessoas, e ai foram trocadas fotos para se confi rmar que aquele acontecimento havia ocorrido em outras ocasiões. O problema: a moça era menor de idade - tinha 17 anos -, motivo pelo qual o rapaz acabou respondendo a processo de indenização (com pedido de mais de R$ 300 mil) e a processo criminal. A questão de ele não saber a idade dela, e mesmo de ter sido ela quem havia pedido para que as fotos fossem tiradas, é algo a ser enfrentado pelas mais altas Cortes de Justiça do país. Fato é que a exposição – e mesmo o compartilhamento – de fotos íntimas, seja de maiores ou menores de idade, em tese configura crime, além de configurar ilícito civil (acarretando possível indenização). Isso significa que ainda que a foto

tenha sido tirada, ou enviada, de forma desejada e voluntária, a sua publicação ou compartilhamento por terceiros acarreta graves responsabilidades. Se o material for publicado ou compartilhado por menor de idade (o que ocorre com frequência), os pais ou responsáveis legais respondem por tal exposição, sendo que as indenizações podem alcançar valores bem expressivos. Será que os pais têm conhecimento da disseminação da nudez entre os adolescentes? Será que têm noção do quão nocivo pode ser o uso dos aplicativos (na maioria das vezes em celulares) e da internet por seus filhos? Mais do que uma grave questão de educação, será, ainda, que têm noção de suas responsabilidades jurídica e das consequências decorrentes destas responsabilidades? Importante chamar a atenção não só para o fato de que o compartilhamento da nudez é uma realidade considerável e crescente, mas, sobretudo, um fato que exige cautela e muita orientação. Você já pensou nisso? Aguardamos a evolução de como se comportará a sociedade (e os Tribunais) diante desta desafiadora realidade. Mas enquanto a lei não for alterada, além de se tratar de uma importante questão de educação e de formação (humana, familiar e social), o compartilhamento das fotos íntimas ainda acarreta importantes consequências jurídicas. #fica a dica# Dr. Paulo B. Puzzo é Advogado e sócio da PUZZO ADVOGADOS Av. Juscelino Kubitschek de Oliveira, nº 200. Jd. Eulália, Taubaté-SP. PABX: (12) 3629-2007 / 3631-3124. paulopuzzo@uol.com.br paulopuzzo@puzzoadvogados.com.br Janeiro, 2016


Janeiro, 2016

revistavitti.com.br | Vitti | 111


112 | Vitti | revistavitti.com.br

Janeiro, 2016

Revista Vitti, Janeiro 2016 Edição n121  

Entrevistamos Roberto Migotto. Arquiteto taubateano completa 30 anos de carreira e é o destaque desta edição. Um dos melhores arquitetos do...

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you