Page 1

www.revistavitti.com.br Edição 114 - Ano 10 Junho, 2015 Foto capa: Revista Vitti

Capa Modelo Talitha Ribeiro

Especial Automóveis Reportagem Padroeira do Brasil no Santuário de Fátima em Portugal DISTRIBUIÇÃO GRATUITA VENDA PROIBIDA Vale do Paraíba, Litoral Norte e Sul de Minas Junho, 2015

Entrevista

Mauro Castilho

Professor fala de suas pesquisas no exterior, memória regional e comenta sobre os rumos da educação no Brasil revistavitti.com.br | Vitti | 1


2 | Vitti | revistavitti.com.br

Junho, 2015

Junho, 2015

revistavitti.com.br | Vitti | 3


Índice

Índice

Junho 2015 | Edição 114 | Ano 10

ECONOMIA A Bolsa subiu. É hora de entrar?...................................18

Negócios

O Assistencialismo e as Consequências..........................28

saúde

A Pele e o Frio..............................................................34

NUTRIÇÃO ARQUIVO PESSOAL

A saúde intestinal e o emagrecimento.........................40

eNTREVISTA

Mauro Castilho........................................................ 08

Depois de obter o título de pós-doutor pela Universidade de Lisboa, professor Mauro Castilho fala de sua trajetória profissional, suas pesquisas, do trabalho como coordenador do CDPH e comenta sobre os rumos da educação no Brasil.

Ponto de Vista

Desrespeito Sem Limites................................................48

GASTRONOMIA

Inverno, Vinhos e Sopas..............................................50 REPORTAGEM Padroeira do Brasil em Portugal..................................56

ESPORTE E AÇÃO

Jambacross e Kailash Trail Run..................................84

4 | Vitti | revistavitti.com.br

Impresso no parque gráfico da Resolução Gráfica Ltda. Atendimento ao Cliente: (12) 3632-3060 / 7812-4525 / 90*1462 - Rua dos Operários, 118 - Taubaté - SP Os artigos, matérias, opiniões e anúncios aqui publicados são de inteira responsabilidade de seus idealizadores, e não refletem necessariamente a opinião da Revista Vitti. É proibida a reprodução total ou parcial da revista sem autorização da Revista Vitti.

Cartas

Falando sobre Educação

U

Distribuição: Rodrigo Melo Gratuita e dirigida às cidades de Taubaté, Quiririm, São José dos Campos, Caçapava, Pindamonhangaba, Guaratinguetá, Lorena, Campos do Jordão, Santo Antônio do Pinhal, Tremembé, Cruzeiro, Ubatuba e Sul de Minas

Especial Automóveis...........................................74

Editorial

m dos pontos comuns que acreditamos ser fundamental para o engrandecimento de qualquer povo ou nação é a educação. Em qualquer reflexão de como melhorar nossa sociedade, a educação está como um dos pilares a serem edificados. Debates sobre educação são sempre necessários, e ouvir especialistas é fundamental para sabermos quais rumos tomar. Pensando nisso, trazemos na entrevista de destaque desta edição o professor Mauro Castilho, de Taubaté. Pós-doutor na área de história da educação, ele é hoje um dos principais nomes da região na área e traz colocações interessantes sobre o tema. Vale conferir este papo. Destaque também nesta edição de junho são nossos articulistas que trazem ótimo material sobre turismo, saúde, negócios, esportes de ação, gastronomia, religiosidade e muito mais. Dicas de livros, música e filmes também estão nesta edição preparada com muito carinho por nossa equipe. E para completar, trazemos um caderno especial

Diretora: Marcela Vitti Assistente: Isaura Silva Diagramação e criação: Bruno Moura Jornalista Responsável: Ronaldo Casarin - MTB 52246 Revisão: Ronaldo Casarin foto da Capa: Modelo Talitha Ribeiro (Foto: Revista Vitti) Repórter Fotográfico: Lucas Nascimento ColunistaS: São José dos Campos: Gilberto Freitas e Marilda Serrano - Caçapava: Anna Dennz Taubaté: Socorro Pinto e José Luiz (Luizinho) - Lorena: Caroline Paes - Aparecida: Ligia Ballot - Guaratinguetá: Benê Carvalho. COLABORADORES: Antonio Barbosa Filho, Rafael Ferro, Juliana Bueno, Murilo Baracho, Felipe Guarnieri, Fabiana Ferreira, Carlos Marcondes, Arcione Viagi, Érico Pampado Di Santis, Peter Iote, Flávia Gabriela, Guilherme B. Lima e Maneco Siqueira. Diretora Comercial: Marcela Vitti (12) 98122-3000 / 7812 4527 / 90*1463 - marcela@revistavitti.com.br TAUBATÉ / CAÇAPAVA / PINDA: Parê Guerson (12) 3624-5610 / 7812-4526 / 90*1461 / 98106-3500 - pareguerson@gmail.com SÃO JOSÉ DOS CAMPOS / Ubatuba: Marcela Vitti (12) 98122-3000 / 7812-4527 / 90*1463 - marcela@revistavitti.com.br GUARATINGUETÁ / APARECIDA / LORENA: Benê Carvalho (12) 98133-2984 - benecarvalho@revistavitti.com.br SUL DE MINAS: Luigi Scianni (12) 9781-5623 - luigiscianni@gmail.com

automotivo com dicas e lançamentos. Nossos colunistas sociais mais uma vez rechearam esta edição com a cobertura dos principais eventos de toda a região. Fatos e fotos registrados por eles, trazendo quem brilhou e foi notícia nos encontros sociais mais badalados. Espero que você, caro amigo leitor, aprecie mais esta edição da Revista Vitti, que possamos ser uma agradável companhia para seus momentos de relaxamento e entretenimento. Boa leitura. Marcela Vitti Diretora

“Família maravilhosa. Mulheres finas e educadas. Queridas com todos, gosto muito!” Carol Vieira, via Facebook, sobre a capa da edição de maio da Revista Vitti, que trouxe Beatriz, Yvette e Juliana, de Guaratinguetá.

“Gostei de ver o especial sobre arquitetura da Vitti. Gosto muito do tema e em breve me formarei na faculdade de arquitetura. Sugiro que nas próximas edições vocês publiquem algumas matérias destacando a arquitetura colonial das pequenas cidades do Vale Histórico, acho que daria uma série muito boa. Abraços a todos da redação.” Juliana Vlasek, por e-mail

“Gosto muito das matérias do Antonio Barbosa Filho sobre viagens internacionais. Um diferencial da Vitti é ter alguém que traz curiosidades e dicas de lugares que às vezes nem imaginamos que seja legal de visitar. Adorei a matéria sobre a Romênia, pra mim um país misterioso. Parabéns!” Diógenes Ribeiro, via Facebook

“Bela iniciativa da Vitti em publicar o artigo da historiadora Lia Mariotto falando do Grupo Escolar Lopes Chaves, um dos mais tradicionais de Taubaté. Tenho familiares que estudaram lá e fiquei contente de ler a matéria sobre a fundação da escola.” João Henrique Campos, por e-mail

Maio 2015

Correio Vitti

“Eu te louvarei, Senhor, de todo o meu coração; contarei todas as tuas maravilhas. Em ti me alegrarei e salvarei de prazer; cantarei louvores ao teu nome, ó Altíssimo.” SALMO9:1-2 Junho, 2015

Capa

Fale conosco: opine, critique e dê sugestões. Escreva para: redacao@revistavitti.com.br Junho, 2015

revistavitti.com.br | Vitti | 5


Nossa equipe

Parê Guerson

isaura silva

Vendas

assistente

Benê carvalho

Ronaldo Casarin

Vendas Colunista Guará

editor

BRUNO MOURA

DIAGRAMAção e Criação

Lucas nascimento

Rodrigo Melo

FotógrafO

Gilberto Freitas

Colunista São José dos Campos

José LUIZ

Colunista Taubaté

MARILDA SERRANO

Colunista São José dos Campos

caroline paes

Anna Dennz

Colunista Caçapava

Ligia ballot

Colunista lorena

Colunista Aparecida

mariana junqueira

Fabiana FERREIRA

Colunista São José dos Campos

6 | Vitti | revistavitti.com.br

Distribuidor

Socorro Pinto

Colunista Taubaté

GUILHERME MARTINI Colunista

CAMPOS DO JORDÃO

Colunista

DE ESPORTE

Junho, 2015

Junho, 2015

revistavitti.com.br | Vitti | 7


Foto: Arquivo Pessoal

Entrevista

Por Ronaldo Casarin

E

ste taubateano é hoje uma das principais referências da área da educação em todo o Vale do Paraíba. Aos 49 anos, professor Mauro Castilho voltou recentemente de Portugal, onde passou uma temporada concluindo sua pesquisa de pós-doutorado, realizada na Universidade de Lisboa. Em entrevista à Revista Vitti, Mauro conta sobre sua carreira acadêmica, suas pesquisas, fala do importante trabalho como coordenador do Centro de Documentação e Pesquisa Histórica da UNITAU, e tece comentários pertinentes sobre os rumos da educação em nosso país.

Mauro Castilho Vitti - Como você migrou de uma formação em Filosofia para a área dos estudos sobre a História da Educação? Mauro Castilho - Sou formado em Filosofia pela Faculdade de Filosofia de Ciências e Letras de Lorena, atual Unisal. A Filosofia é a matriz teórica de todas as outras ciências, e essa formação me possibilitou o início no magistério nas áreas de filosofia, história e psicologia. Me apaixonei pela disciplina História, e no final da década de 1980 comecei a lecionar em escolas públicas e particulares de Taubaté. Vitti - Você atuou por bastante tempo no Departamento de Pedagogia da UNITAU. Como foi este período? M.C. - Meu ingresso na Universidade de Taubaté está ligado à Pedagogia, mais especificamente ao Colégio Alfredo Balbi, onde eu lecionei filosofia e história. Precisavam de um professor para a disciplina de História da Educação no curso de Pedagogia, fui convidado e aceitei. Fui efetivado por concurso nessa disciplina e cheguei até a ser chefe do departamento por cinco anos. Esses anos me dedicando à História da Educação me motivaram a 8 | Vitti | revistavitti.com.br

buscar formação acadêmica especializada. Em 1995 ingressei no mestrado em História da Educação pela PUC de São Paulo. De 1995 a 1997 fiz o mestrado. De 1999 até 2003 fiz o doutorado, sempre nesta linha da História e Historiografia da Educação Brasileira. Vitti - Você é coordenador do Centro de Documentação e Pesquisa Histórica da UNITAU desde 2003. Em que consiste este espaço, e qual sua função? M.C. - O CDPH foi criado em 1991 no Departamento de História, com o objetivo de reunir fontes documentais e históricas da UNITAU e da cidade de Taubaté. Ele é composto por fundos documentais, e os mais relevantes são sobre a história da própria UNITAU, História da Industrialização, pois temos muita documentação da CTI (Companhia Taubaté Industrial) e o material sobre Amácio Mazzaropi, composto por fotos, cópias de roteiros de filmes e fotografias de cenas. Vitti - Este acervo documental da CTI pode ser considerado um dos poucos disponíveis de forma organizada e

C

M

Y

CM

bem estruturada? M.C. - Ainda temos muita coisa espalhada. O CDPH tem em torno de 30% do que existe materialmente da história da CTI. Temos uma coleção de livros-caixa, mas as três mil fichas de ex-funcionários são a nossa maior relíquia. Até hoje recebemos ex-funcionários da CTI que vêm buscar informações a respeito de suas vidas profissionais, pois perderam suas carteiras de trabalho e as fichas são a única prova de que trabalharam lá.

MY

CY

CMY

K

Vitti - O que você acha que ainda poderia ser feito para incrementar esse sistema do CDPH e ampliar a capacidade de preservação da documentação histórica da cidade? M.C. - Está na nossa pauta a digitalização do acervo e disponibilização na internet de todo o material. É um desafio, uma tarefa que a médio e longo prazo nós vamos realizar. Vitti - Você passou uma temporada em Portugal, onde obteve o título de Pós-Doutor. Como foi esta experiência e em que consistiu sua pesquisa? Junho, 2015

Junho, 2015

revistavitti.com.br | Vitti | 9


Vitti - Qual a avaliação que você faz do que o Brasil hoje oferece aos estudantes no ensino superior? M.C. - Sou professor há quase 30 anos. Só de ensino superior são 24 anos. Minha experiência com educação passou por todos os segmentos, de 5ª série até os cursos de mestrado e doutorado em que atuo hoje. Minha visão sobre a educação no Brasil vai de encontro a uma frase do sociólogo Florestan Fernandes, que diz que “não sou pessimista porque o pessimismo anestesia. E também não sou otimista nem romântico porque o romantismo e o otimismo provocam o ofuscamento da realidade”. Nós vivemos um problema sério na educação brasileira, que sofre de uma marca histórica de privilégios, de desigualdades, de uma educação elitizada. Nós não conseguimos, infelizmente, consolidar uma educação pública democrática de qualidade. Isso por conta de uma tradição marcada pela cultura escravocrata, pela cultura oligárquica, por uma cultura conservadora, de privilégios para as elites. Essa tradição provoca uma distorção nas oportunidades educacionais no Brasil. Isso impacta decisivamente o ensino superior.

Vitti - Você acredita que a formação dos professores no Brasil é um problema que influencia diretamente na qualidade do ensino? M.C. - A formação dos professores é um problema histórico no Brasil. Em 1932, alguns educadores se reuniram e escreveram o Manifesto dos Pioneiros da Educação Nova, assinado por 27 educadores, entre eles Cecília Meireles. Um dos itens desse documento reivindicava que os professores do primário tivessem nível superior, e que a formação não ficasse só nas técnicas de ensinar, mas que fosse calcada em princípios filosóficos, sociológicos, antropológicos e psicológicos. A lei que obrigou os professores a terem ensino superior no Brasil só foi assinada em 1996. Tivemos um vácuo histórico que inviabilizou uma formação consistente dos nossos professores.

Mil Fulles

19,90

Nós não conseguimos consolidar uma educação pública democrática de qualidade. Isso por conta de uma tradição marcada pela cultura escravocrata, pela cultura oligárquica, por uma cultura conservadora, de privilégios para as elites. Essa tradição provoca uma distorção nas oportunidades educacionais no Brasil.

Brigadeiro Bêbado Cocada Delícia

Vitti - Em relação às instituições, as escolas públicas em especial, o que é possível fazer para melhorar? M.C. - Elas não podem mais ficar sem um rumo, precisam de um projeto educacional. Você tem uma dicotomia histórica: de um lado a rede particular com seu projeto único onde o objetivo é o vestibular. Do outro uma rede de escolas públicas sem projeto. Acho que essa situação se reverterá quando as secretarias de educação passarem a olhar a educação como prioridade, e não como negócio ou trampolim político. Educação é um direito de todos, e não só dever do estado, isso é constitucional. Os países ditos desenvolvidos investiram em educação, saúde e cultura. E nós não investimos.

Grand Merengue

27,90

Vitti - Você pretende dar seguimento a esse estudo? M.C. - Sim, a minha proposta é dar continuidade pesquisando o lado brasileiro das conexões. Estou elaborando um plano de trabalho para desenvolver na Biblioteca Nacional no Rio de Janeiro. Num estudo futuro também quero olhar para a Espanha. Acho que lá existiram conexões fortes para demarcar uma triangulação de intelectuais brasileiros, portugueses e espanhóis nas décadas de 1920 e 1930.

Vitti - Você acredita que as ferramentas de financiamento governamental, implantadas nos últimos 10 anos, foram um avanço? M.C. - Mesmo com a relativa entrada das classes populares no ensino superior, por meio de bolsas e financiamentos do governo federal, isso não resolveu o problema da qualidade. Continuamos com nichos de excelência no ensino superior, e uma gama heterogênea de faculdades disputando como gladiadores numa arena um espaço no mercado da educação. Com isso a educação perdeu o seu glamour de formação humana para a reflexão e crítica. Originalmente, educação é isso, significa formação das consciências. O resto vem por consequência.

17,90

Vitti - Com base na sua pesquisa é possível afirmar que a linha educacional brasileira sofreu de forte influência dos pensadores lusitanos? M.C. - Não podemos fazer essa afirmação diretamente. A educação brasileira teve forte influência de duas matrizes, a francesa e a americana. Na década de 1920, você tem uma circulação forte de idéias americanas por meio do Movimento da Escola Nova. Os educadores católicos absorveram, a seu modo, e essa é a linha da minha pesquisa. Portanto, a educação brasileira teve mais influência dos paradigmas americanos do que dos franceses. Esse paradigma americano foi visitado por educadores brasileiros, como Anísio Teixeira, que morou nos EUA, Isaias Alves, educador baiano que fez um estágio por lá e até Monteiro Lobato, que tinha preocupações com a educação e também viveu nos EUA.

Já entrei em contato com o professor de História da Educação da Universidade de Barcelona e pretendo desenvolver lá um segundo projeto de pós-doutoramento.

17,90

M.C. - Desenvolvo na PUC de São Paulo um projeto chamado História dos Intelectuais e das Instituições Escolares no Brasil. Foi a partir desse escopo que apresentei à Universidade de Lisboa, em Portugal, uma proposta de pós-doutoramento. Fiquei lá por quatro meses, de novembro de 2014 a fevereiro de 2015, desenvolvendo esta pesquisa junto à Biblioteca Nacional de Portugal. O meu interesse era pesquisar intelectuais portugueses que se envolveram com a educação e quais as relações que eles estabeleceram com intelectuais brasileiros nas décadas 1910, 1920 e 1930. A partir da pesquisa com periódicos busquei essas conexões, e constatei um fluxo relevante de contatos, trocas bibliográficas, conferências, congressos e eventos acadêmicos organizados em parcerias de entidades, católicas especialmente, de Brasil e Portugal. Fui orientado pelo Professor Justino Pereira de Magalhães.

Visite o CDPH, na Rua XV de Novembro, 996 - Praça Dr. Monteiro – Taubaté. Funcionamento: 2ª a 6ª feira, das 8h às 12h e das 14h às 18h. Aos sábados, das 8h às 12h. 10 | Vitti | revistavitti.com.br

Junho, 2015

Junho, 2015

revistavitti.com.br | Vitti | 11


Vitti Acontece

Felipe Dylon e Aparecida Petrowky ofereceram um jantar de aniversário para o amigo jornalista de Caçapava, Marcos Paulo Bulques, em seu apartamento no Rio de Janeiro.

Marcela, Prefeito de Pinda Vito Ardito e Parê

Parê, Marcelo (diretor de marketing do Hotel Intercity), Ana, Marcela e Rubinho (diretor de planejamento de Pindamonhangaba) Coquetel de apresentação do Hotel Intercity no Shopping Patio Pinda.

12 | Vitti | revistavitti.com.br

Coquetel de lançamento da Cyrela Landascape Taubaté, que aconteceu no dia 21 de maio no Vilalegro. Em destaque Marcela Vitti com a Banda Confraria Musical.

Sra. Nilva e Sr. Sylvio

Sra. Nilva e Sr. Sylvio e família

Reinaldo, Sarah, Rachel, Sr. Sylvio, Sra. Nilva, Milre e Nilsy No dia 17 de maio o casal Sylvio e Nilva celebraram Bodas de Diamante em Taubaté, ao lado de familiares e amigos.

Junho, 2015

Junho, 2015

revistavitti.com.br | Vitti | 13


Vitti Acontece Dr. Wilson Vieira e Nilda Sales de Souza vibrando com o E.C. Taubaté, Campeão Paulista da Série A3 depois de vencer o Votuporanguense por 4 a 0.

Pe. Marcelo Rossi Cerca de 10 mil pessoas estiveram no Taubaté Shopping no dia 5 de maio para uma tarde de autógrafos com o padre Marcelo Rossi. Ele esteve na cidade fazendo a divulgação de seu livro ‘Philia’, em uma ‘peregrinação’ que vai passar por 70 municípios este ano.

Vanessa Vieira, Nilson Antonio, Marcelo Malerba, Kenya Polidoro e Francine Polidoro

Maria da Paz, Demo, Nininha, Dheminho, João e Tânia Marcelo Malerba comemora o sucesso da Semana do Café de Lorena 2015, que contou com a presença de especialistas em cafés de todo o Brasil. Aniversário de 1 ano do Rafael Zanin Barbosa Lima, em Taubaté.

Daniele, Rafael e Rodrigo

14 | Vitti | revistavitti.com.br

Família Canavezzi recebeu no dia 23 de maio em sua casa amigos e familiares para a benção de todas as Nossas Senhoras, em Quiririm. Para atender melhor sua clientela, e pela grande demanda, o Kaizen conta agora com mais um salão em Taubaté, sob a direção do grande profissional Deo Rodrigues.

Jorge, Wilma, Rodrigo, Daniele, Rafael e Vera

Junho, 2015

Junho, 2015

revistavitti.com.br | Vitti | 15


Social Taubaté

Marcenaria do Futuro

Fotos: Lucas nascimento

No dia 28 de maio a Marcenaria do Futuro ofereceu um coquetel de inauguração da sua fábrica de móveis planejados. O evento contou com a presença de arquitetos e empresários da região.

Mateus,Elbert, Tiago, Erica e Lucas

Fabio, Vitor, Giovan e Wilson

Mirella, Cinthia, Nicolle e Marcelo

Maria Tereza, Ana Lucia, Lucas, Arnaldo e Elbert

Rafael e Bruno

Marcela, Diva, Dina, Maria Paula e Lucas

Felipe, Marcos Paulo, Eric, Alexandra, Parê, Alfredo Kobbaz e Vitor

Imagem interna da fábrica

Equipe Marcenaria do Futuro

Juliana e Lucas

Natalice e Edison

16 | Vitti | revistavitti.com.br

Arlete, Ivete, Luiz Dias e Nil

Fachada Marcenaria do Futuro

Danilo e Juliana

J. Lira e Éder Yamamoto

Junho, 2015

Guilherme, Douglas, Matheus e Carlos

Wanessa Siqueira

Junho, 2015

revistavitti.com.br | Vitti | 17


Economia

Em abril a bolsa subiu É hora de entrar?

A

Por Felipe Guarnieri

ntes de entrar no tema, uma pequena história sobre um dos meus filmes de espionagem preferidos. Dr. Julius No foi um dos mais emblemáticos vilões do 007. No filme “O Satânico Dr. No”, de 1962 – o primeiro da série – após inúmeras tentativas fracassadas de matar James Bond, o vilão finalmente consegue capturá-lo. Após prendê-lo em sua base na Jamaica, ele acaba convidando-o para jantar. Neste jantar ele oferece a Bond a possibilidade de abandonar o Serviço Secreto de Sua Majestade e ingressar na temida organização criminosa SPECTRE. Bond obviamente resiste à tentação, mata o vilão e destrói a base e – como sempre – foge da ilha com a bela Honey Rider, a primeira das bondgirls interpretada por Ursula Andress. Um fato pouco lembrado é que o Dr. No sobreviveu a uma tentativa de assassinato devido a uma condição chamada situs inversus, onde os órgãos do corpo possuem a posição invertida. A capacidade de resistir às tentações (como Bond) ou eventualmente de estar numa condição inversa a de todo mundo (como o Dr. No) pode ser a diferença entre se dar bem ou não numa época turbulenta como a atual. Talvez a coisa mais perversa para investidores incautos sejam as notícias de euforia no mercado. A imprensa dá atenção a um grande movimento de subida no mercado – seja o dólar, o ouro, os imóveis ou a bolsa de valores – e nesta hora a ganância faz algumas pessoas cometerem besteiras ao investir. O ponto é: muita gente ao entender que o mercado “está subindo” decide – justa-

18 | Vitti | revistavitti.com.br

mente nesta hora – entrar comprando no mercado. É aí que mora o perigo, pois o sujeito até pode investir nas opções corretas, mas certamente o estará fazendo pelos motivos errados. Está acertado por sorte, e não por competência. Finalizando em 30 de abril, a bolsa de valores acumula uma alta de 15,9% no ano sendo que somente no mês de abril ela subiu 9,9%. Ao mesmo tempo o dólar voltou para um valor ligeiramente abaixo de R$ 3,00 (cotação de 15/05). A crise acabou? A economia está recuperada? É hora de entrar na bolsa e vender dólares? O primeiro ponto é resistir à tentação de um movimento de curto prazo e o segundo é saber executar movimentos inversos ao que o mercado está fazendo. O curto prazo é impossível de predizer enquanto que o longo prazo costuma seguir uma tendência baseada em fatos concretos. Uma olhada mais atenta ao mercado mostra que a economia continua péssima. As melhores previsões indicam que a economia deve cair entre 1 e 2% neste ano, as taxas de juros continuarão a subir (até uns 14% a.a.) e que empregos continuam a serem ceifados a rodo, o dado de abril mostra a maior destruição de empregos para o mês desde 1992. Mas como a bolsa subiu então? Olhando no detalhe o fluxo de investimento estrangeiro, houve uma grande entrada de dinheiro direcionado à bolsa, aí é claro que o preço acaba se ajustando para cima. Agora, neste momento de crise, uma estratégia que pode ser boa é fazer o inverso do que todos estão fazendo. A economia é cíclica, uma hora há abundância de empregos, outra hora há desemprego. Num momento todos querem comprar

imóveis, noutro todos estão vendendo e não acham compradores. O Ministro da Fazenda Joaquim Levy tem mostrado pulso firme na economia fazendo os ajustes necessários mesmo contra a opinião do governo atual. Pensando do lado do investidor, a hora é excelente para aproveitar os saldões de imóveis das construtoras ou mesmo de comprar uma unidade de alguém que não consegue mais pagar a prestação. Investir na bolsa visando o longo prazo escolhendo as empresas que estão baratas (e não apenas esperando obter o mesmo rendimento de abril); comprar fundos imobiliários esperando a redução da vacância e uma queda de juros no ano que vem (um gestor de fundos me garantiu que quando os juros chegaram a 7,5% ao ano, tinha cliente desesperado querendo qualquer coisa que pagasse 9%; hoje há vários pagando 12 ou 13%); comprar títulos públicos pré-fixados esperando a inversão da curva de juros. Se eu tivesse uma fábrica hoje, pensaria seriamente em aumentar a capacidade; meus fornecedores devem estar precisando de clientes e podem me fazer um belo desconto, o projeto deve demorar para ficar pronto, mas quando ficar pronto e o mercado voltar, eu estaria na frente dos meus concorrentes que teriam que pagar mais caro para ter este aumento de capacidade. Como sempre, é nos momentos de crise que saem os melhores negócios. Felipe Guarnieri é administrador de empresas, executivo financeiro e especialista em finanças. Contato: fguarnieri@outlook.com Este texto não é uma recomendação de investimentos. Junho, 2015

Junho, 2015

revistavitti.com.br | Vitti | 19


nutrição

ARROZ com

Por Cristiane Vilarta

sta combinação típica brasileira é considerada perfeita em termos de quantidade de aminoácidos essenciais (aqueles que o organismo não produz e precisamos adquiri-los através da alimentação). Ou seja, o que falta no arroz tem no feijão e vice-versa. O arroz é pobre em lisina que existe em grande quantidade no feijão. E este é pobre em metionina, que tem bastante no arroz. Por isso, tornam-se completos neste quesito! Além disso são ricos em vitaminas do complexo B, ferro e zinco e devem ser consumidos por

feijão

aqueles que procuram perder peso sim! Já que são fontes de fibras, o que contribui para o bom funcionamento do intestino, aumenta a saciedade e ajuda reduzir a absorção de gorduras da refeição. Também possuem baixo

índice glicêmico, importante para o controle do diabetes. A recomendação é de 3 colheres de sopa de arroz para 1 ½ de feijão por dia para conseguir atingir as necessidades dos nutrientes. Exagerar que é o problema, pois em 100g contém apenas 150 calorias e 3,8g de gorduras. E deve-se preferir o arroz integral sempre! Cristiane Vilarta - Graduada em Nutrição pela PUC Campinas. Especialista em Bioquímica, Fisiologia, Treinamento e Nutrição Desportiva pela UNICAMP com estágio na Unidade de Reabilitação Cardiovascular e Fisiologia do Exercício no INCOR. Mestre em ciências da saúde pela Faculdade de Medicina da USP. cristianevilarta@gmail.com

VOCÊ VAI MUDANDO DE HÁBITOS E, QUANDO VÊ, JÁ MUDOU DE

Rua Venezuela, 71 - Jd. das Nações - Taubaté tel.: (12) 3629.4332 / (12) 3025.6520 / (12) 3631.4624 20 | Vitti | revistavitti.com.br

Junho, 2015

Junho, 2015

revistavitti.com.br | Vitti | 21


Social Taubaté

Aniversário Parê

Fotos: luizinho

Dia 22 de maio Parê Guerson comemorou seu aniversário em grande estilo cercada por amigos e familiares no Santa Figueira Restaurante, em Tremembé.

Edneia, Elismerie, Parê, Isabela, José Henrique, Marina Patto, Sabrina Guerson e Donizete Louzada

Artur, Parê, José Henrique e Isabela

Parê, Alex, Isac e Alexandra

Parê e Bernardo

Nelson e Adriana

Eduardo e Fernanda

Alessandra Joverno, Marcela e Parê

Francine Maia, Rafinha e Fernando Chacon

Ana Luiza e Felipe

Nereide, Heloísa, Cristina, Celina e Ralf

Fernando e Aurea

Natalina, Tatiana, Vanessa, Suellen, Parê, Alice e Marcela

Demian, Alexandra e Karina

Isabel e Sr. Carlos

Davis e Adriana

Amigos da Parê

22 | Vitti | revistavitti.com.br

Junho, 2015

CALÇADOS ROUPAS E ACESSÓRIOS SHOPPING VIA VALE GARDEN | TAUBATÉ - SP AIX-EN-PROVENCE BUENOS AIRES CANNES JOHANNESBURGO HOLLYWOOD LAS VEGAS NICE ORLANDO PUNTA DEL ESTE RIO DE JANEIRO SÃO PAULO 505 LOJAS - 18 PAÍSES

Junho, 2015

revistavitti.com.br | Vitti | 23


Social Taubaté

Princesas do Gelo

Fotos: Rebeca Lazarini

No dia 19 de maio, o Taubaté Shopping recebeu o Espetáculo Princesas do Gelo, uma adaptação do maior sucesso de animação do cinema de 2014. Ao todo, mais de 2 mil pessoas lotaram a Praça de Eventos do Shopping, que contou com uma linda platéia fantasiada. Ao final do evento, a loja Fantasia sorteou mais de 15 brindes oficiais da franquia.

24 | Vitti | revistavitti.com.br

Junho, 2015

Junho, 2015

revistavitti.com.br | Vitti | 25


Social Taubaté

Night Fever

Fotos: luizinho

A Night Fever do mês de maio, que aconteceu no TCC, foi mais do que especial contou com o show internacional do Double You, que levou os convidados à loucura. Um obrigado aos amigos e clientes que nos ajudaram nessa noite de sucesso! Aguardem a próxima com muitas novidades e a Confraria Musical vem ai!

26 | Vitti | revistavitti.com.br

Junho, 2015

Junho, 2015

revistavitti.com.br | Vitti | 27


Negócios

O Assistencialismo e as Consequências

E

Por Arcione Viagi

m uma época de liberdade e de questionamentos ao “pátrio poder”, a formação familiar é fundamental para a definição dos nossos valores, na maioria das vezes, mudar a realidade instalada ao longo da primeira fase da vida das pessoas é quase impossível. Os valores passados pelos pais moldam os valores aceitos pelos filhos. O medo, que muitas é o único bloqueio para os desvios em cada momento de nossas vidas deixou de estar presente e a responsabilidade pelos atos está dando lugar para o poder financeiro para conseguir contratar advogados eficazes na arte de interpretar as leis. Uma decisão importante é a escolha de ter ou não filhos, pois ao tê-los devemos assumir que passam a ser a razão de nossas vidas. Devem ser protegidos, educados e mantidos até que possam assumir suas próprias responsabilidades. Quando constituímos família, sonhamos em ter filhos vencedores que sejam melhores do que nós em tudo. Como cidadão: honesto, integrado e aceito pela sociedade; Como profissional: capaz, dedicado, reconhecido e bem sucedido; Como esportista: justo, participativo e vencedor; 28 | Vitti | revistavitti.com.br

O grande e mais nobre objetivo não pode ser somente ter filhos, plantar árvores e escrever livros. Deve ser: construir uma sociedade mais justa, que respeite o meio ambiente e que valorize o conhecimento. Para isso todos devem contribuir, fazendo a sua parte, ou seja, criar de forma digna, pelo menos, seus próprios filhos. Quem hesitaria em defender a Bolsa Família, ou a bolsa creche, ou a distribuição de merenda escolar, ou qualquer outro desses projetos assistenciais que se ampliam a cada dia. A principal justificativa é a desigualdade social porque “o rico é muito rico e o pobre é muito pobre”. Para os defensores dessa prática o rico precisa ser achacado para gerar recursos para dar o mínimo para os pobres. A lógica do Robin Hood. O problema é que essa prática pode resolver o problema no curto prazo, mas tende a gerar problemas maiores no longo prazo. Como exemplo, podemos chegar à total dependência da ajuda política pelos mais pobres. Uma espécie de escravidão disfarçada onde o poder do dinheiro compra os ignorantes que esperam continuar fazendo jus ao que recebem na forma de benefícios sociais. Eu sonho com outro país. O país em que os pais sejam cidadãos conscientes

e possam garantir para seus filhos uma alimentação decente, segurança, escola, lazer e futuro. Pais que sejam punidos por não cuidarem de seus filhos como deveriam. Pais que conheçam e assumam a responsabilidade por colocar uma criança no mundo. Pais que não utilizam filhos e sua situação de pobreza para obter favores. Sonhar é o primeiro passo para transformar a realidade. Cada um deve refletir e fazer uma autocrítica quanto às próprias atitudes. Será que somos exemplo a ser seguido pelas novas gerações? Sou cético quanto ao nosso futuro se não começarmos a fazer algo agora. E fico pior a cada dia na medida em que fico mais velho, mais experiente, mais conhecedor dos meandros da política e do descaso com o menos favorecido. Muitas vezes chego a refletir que a ignorância é o melhor caminho para a felicidade, porque não sabendo acreditamos que algo está sendo feito para mudar a realidade. Quem se habilita a identificar uma luz no fundo do túnel sombrio no qual todos nós estamos vivendo? Arcione Ferreira Viagi é consultor empresarial. Contato: vitalconsultoria@gmail.com Junho, 2015

Junho, 2015

revistavitti.com.br | Vitti | 29


Social Taubaté

Socorro in Foco

Por Socorro Pinto helpkoka@hotmail.com Em homenagem ao dia das mães a Jean Janine comemorou com um Workshop sobre “Moda e Estilo”. Para finalizar a noite em grande estilo foi realizado um delicioso coquetel, e muitos sorteios aos convidados.

Carlos Eduardo de Campos e Karina Bizarria

Denise Lima Guilhermo Reynard e Valéria Priscilla acabou de chegar de Lima no Perú, onde participou de mais um Congresso de Dermatolgia latinoamerino, aumentando cada vez mais seus conhecimentos. Sucesso!

O belo casal aproveitou o tempo de descanso para curtir merecidas férias e conhecer a tão sonhada e maravilhosa Istambul e outras cidades turisticas. Fizeram um lindo roteiro que, com certeza, ficará na memória.

Daniela Marcondes, Sônia Maria Motta Fernandez, Eloisa Fachinetti, Denise Murad e Clarice Del Caro Ferro

A queridíssima Sônia abriu as portas da sua belíssima residência e recebeu amigos e familiares para brindar a vida, tudo estava perfeito, não faltou o glamour e muita animação. Parabéns!

Priscilla Ortiz Fusco

A bordo de um luxuoso cruzeiro pela Grécia, o casal Marizelia e Joaquim comemoraram em grande estilo suas bodas de Mármore, 39 anos de companheirismo respeito e amor.

Donizett Claro e Lucia Claro 30 | Vitti | revistavitti.com.br

Final de semana agitado para o lindo casal Donizett e Lucia, a Cidade Maravilhosa (RJ) foi a escolhida para eles curtirem a boa culinária e os pontos turísticos mais badalados.

Mari Rodrigues e Joaquim Carlos Junho, 2015

Junho, 2015

revistavitti.com.br | Vitti | 31


Reflexão

O Projeto da Alma e a Cura do Coração

Q

Por Juliana Bueno

uando tentamos descobrir e entender qual é o projeto da nossa alma nesta vida, nem sempre nos detemos nos aspectos psíquico-emocionais que estão completamente envolvidos na realização deste projeto. No entanto, sabemos que ele existe, e que no processo evolutivo pessoal, um importante aprendizado precisa ser desenvolvido, e por isso mesmo estamos aqui na Terra. É preciso entender que nossas emoções, reações, atitudes, crenças e opiniões ao longo de tantas existências precisam ser conhecidas e compreendidas o mais profundamente possível. Somente assim, um dia, que será radioso e iluminado, chegaremos ao portal (inicio de um caminho) de uma autêntica compreensão espiritual, dentro do nosso microcosmos. Depois então será possível a conscientização sobre o projeto maior de nossa alma na Terra. Quando finalmente conseguimos descobrir, aceitar e vivenciar este projeto, problemas, desequilíbrios e situações difíceis passam a ser enfrentadas de outra forma. O “olhar da alma” então começa acontecer. Tudo se encaixa numa única e perfeita compreensão, que recebe a todo momento as mais verdadeiras intuições

32 | Vitti | revistavitti.com.br

e passo a passo conseguimos conquistar uma autêntica sabedoria. O caminho é longo, repleto de perigos, encruzilhadas complexas que muitas vezes nos trazem enganos, arrependimentos e a vontade de desistir. As “razões da alma” buscam o tempo todo falar ao nosso coração. Precisamos nos preparar para isso. A dificuldade maior deste caminho, sempre individual, está neste nosso coração, quase sempre insensível e distante, na tentativa de apenas ouvir e entender recados mais superficiais, aparentemente felizes, envolvidos em vaidades, e todos os tipo de fantasias e ilusões. Com o tempo conseguimos amadurecer, especialmente quando enfrentamos conflitos, mágoas e frustrações. Voltamos nossa atenção às “coisas do espírito”, buscando auxilio, consolo e orientação. Pouco a pouco, o projeto maior da alma vai sendo percebido e vivenciado, ainda que envolvido em sofrimentos e dores circunstanciais. Afinal, por causa delas é que conseguimos, de fato, despertar. A “cura do coração” é o momento mais importante desta nossa vida. Depois dela a esperança retorna, a busca do amor incondicional, o preparo espiritual tão necessário para ajudar, consolar, desenvolver a bondade e a compaixão.

Apenas um coração liberto de suas próprias mágoas e feridas seculares pode estar preparado para este grande salto de libertação e evolução espiritual. Prepare-se para este momento. Mais cedo ou mais tarde ele acontecerá para você, ainda que aparentemente possa estar tão longe agora. Prepare-se para entender o significado maior da nossa vida na Terra, nesta fase caótica, dramática e conflitiva que o planeta vive. Estamos aqui para lutar, trabalhar, ser feliz, amar e prosperar. Mas também estamos aqui para desenvolver o “olhar da alma”, a visão cósmica-planetária- interplanetária. E com esta visão analisar e resolver nossos problemas pessoais. Reconquistar finalmente o caminho maior, seguir por ele, com o coração livre e feliz, envolvido na mais profunda paz. Tudo isto pode parecer agora uma miragem, um sonho místico-esotérico. Um dia se tornará a mais concreta realidade. Eu tenho certeza que sim. Depende apenas de cada um de nós. Juliana Bueno é jornalista e escritora. Seu mais recente livro ”Passageiros da Nave Terra” pode ser encontrado nas livrarias de sua cidade, ou acessando o site de sua editora: www.besourobox.com.br Junho, 2015

Junho, 2015

revistavitti.com.br | Vitti | 33


deze7.com.br

Saúde

A pele e o frio Por Dr. Érico Pampado Di Santis

O

maior órgão do nosso corpo e aquele que faz o contato direto com o ambiente, também é o que mais sofre com as mudanças climáticas. Sentimos literalmente dos pés à cabeça os efeitos do frio e do calor. Como estamos entrando no inverno, este mês vamos falar um pouco das alterações da pele frente a mais charmosa e elegante estação do ano. O inverno caracteriza- se por baixas temperaturas e baixa umidade relativa do ar. Também por dias mais curtos, porém claros, com poucas nuvens e intensa influência dos raios ultravioletas A (UvA) do sol. É nesta época que erroneamente não nos protegemos tanto da radiação solar. Como já escrevi em outras colunas, mas nunca é demais repetir: a radiação UvA é constante e tem a mesma intensidade durante todas as estações do ano. A onda UvA é longa, portanto atinge nossa pele de igual maneira e causa os mesmos prejuízos, se adquirida em demasia, portanto, vamos manter com o nosso uso diário de protetor solar. Em relação às mudanças climáticas e seus efeitos em nossa pele iniciaremos

pelos nossos cabelos. Tendem a ficar mais secos necessitando de boas hidratações. No entanto, pessoas que sofrem de dermatite seborreica ou psoríase podem cursar com piora de suas doenças durante o frio. Geralmente há uma exacerbação dos quadros de caspas, tecnicamente conhecida como pitiríase esteatósica, uma forma inicial ou mais leve de dermatite seborreica. Também há certa influência das roupas que usamos durante o inverno. A produção de energia estática pode alterar os fios. Queda de cabelos também pode acontecer nesse período. Face e pescoço: extremo ressecamento e agressão pelo frio. Pode cursar com vermelhidão, descamação, pequenos “cortes” e uma sensibilidade aumentada da pele. No rosto algumas doenças também podem piorar no frio: novamente a dermatite seborreica que muitas vezes por levar a um aspecto descamativo nas sobrancelhas, em volta do nariz e atrás das orelhas, leva a pessoa a acreditar que se trata de um ressecamento pelo frio, mas na verdade é o excesso de sebum produzido, o qual irrita a pele e aumenta sua descamação. Rosácea, que lembra muito uma acne só que mais inflamatória, principalmente nas bochechas; queilite, ou seja: inflamação dos lábios, muito

frequente no inverno, entre outras. Os braços e as pernas ressecam por vezes, e a pele até “quebra”, lembra o solo do agreste, toda quadriculada. Uma doença que piora muito nesta época é a dermatite atópica deixando nossas crianças com as dobras dos cotovelos e dos joelhos irritadíssimas. Em relação aos pés, engrossam e segundo alguns pacientes formam uma “casca” no calcanhar. Basicamente o que devemos fazer no inverno é hidratar a pele com bons produtos e evitar a desidratação da mesma. Algumas dicas: Banhos mornos. Evitar os banhos muito quentes e prolongados. Sabonetes pouco agressivos para a pele e seu uso nas regiões que realmente necessitam de sabonetes. Não utilizar buchas para o banho. Hidratar a pele toda logo após o banho, sendo ideal em até 3 minutos. Procurar beber bastante água e aproveitar muito o inverno que pra mim é a melhor estação do ano. Bom frio.

DIA DOS

NAMORADOS Coleção OUTONO | INVERNO 2015

PARCELAMOS EM ATÉ 6X*

Érico Pampado Di Santis é Médico Dermatologista - CRM 96.546 SP RQE (Registro de Qualificação de Especialista) 21.582 Diretor Técnico da Clínica Absoluta Dermatologia Endocrinologia Taubaté SP.

Av. Itália, 219 Taubaté | SP 3682.1277 34 | Vitti | revistavitti.com.br

Junho, 2015

Junho, 2015

vitalliloja

revistavitti.com.br | Vitti | 35 *parcela mínima de R$100,00


Apresenta

Fotos: lucas nascimento

Aconteceu no dia 16 de maio mais uma edição da tradicional Feijoada da Revista Vitti. Um seleto público esteve presente no Armazém 82, em Taubaté.

Equipe Cyrela

Marcelo, Parê e Diogo

+

Equipe Via Vale

Thais e Luiz Marcelo

26JULHO Valéria e Wanessa Siqueira

TAUBATÉ -SP

Grupo Quarto do Fundo

João Yonezawa, Joaquim, Marcela, Maria Simão e Edson Assis

Local:

José Augusto, Júlio Cezar e Gilson Magalhães (Equipe do Armazém 82)

Ingressos: Paulo Franco e Parê 36 | Vitti | revistavitti.com.br

Maria Simão, Marcela e João Yonezawa (Equipe Pão de Açúcar) Junho, 2015

Junho, 2015

revistavitti.com.br | Vitti | 37


Equipe Cyrela junto com o Paulo, sorteado da viagem para Campos do Jordão

Ana Luiza, Arlete, Marcela, Ivete, Isabel, Silvana, Silvia e Helenice

Guilherme, Valeria, Victor, Rosangela e Juarez

Edelmo, Laura Gama e Marcela Vitti

Silvia Ramiro e Davez Ortiz

Carlos e Isabel

Helena Lobo e Luiz Lobo

Barbara e Gabriela

Alice, Marcela e Ligia Mara Prado

Thais César e Douglas Castro

Paula Germano e José Carlos

Isabelle Schalch e Fabiana Bruscato

Clay, Marcela e Isa

Antony, Silvana e Bianca

Cláudia e Olga

Renato, Laura e Rafael

Gustavo, Alfredo Kobbaz, Parê Guerson, Rose e Juliana 38 | Vitti | revistavitti.com.br

Mesa de frutas Pão de Açúcar e Doces Vera

Caio, Célia, Liana e Fábio Junho, 2015

Junho, 2015

Carlos, Amanda, Márcio, Henedina, Tiago e Fernanda revistavitti.com.br | Vitti | 39


Nutrição

A saúde intestinal e o emagrecimento

Por Guilherme B. Barbosa Lima

O

intestino é habitado por milhões de bactérias classificadas como boas ou negativas para o nosso organismo (bactérias “grans positivas” e “grans negativas”). As bactérias chamadas de “grans positivas” podem ajudar na digestão dos alimentos, a melhorar a permeabilidade intestinal facilitando a absorção dos nutrientes, a fortalecer o sistema imunológico e ajudar no emagrecimento. Por sua vez, as bactérias “grans negativas” aumentam a formação de gases e inflamações no organismo, favorecem o aumento de peso, pioram os sintomas de alergias, causam intolerância a glicose e resistência à insulina. Além disso, aumentam as chances do desenvolvimento de alguns tipos de doenças como diabetes, hipertensão, câncer, obesidade e as autoimunes. A ciência vem se aprimorando a cada dia mais para entender as consequências e reações das bactérias em nosso organismo. Estudos recentes, realizados em 40 | Vitti | revistavitti.com.br

camundongos obesos, apontaram que os animais nessas condições possuem 50% menos de bactérias “grans positivas” em comparação a camundongos magros. Os estudos constataram ainda que a introdução de bactérias intestinais de camundongos obesos em camundongos livres de qualquer bactéria no intestino (“germe free”) causou nesses um aumento significativo do acumulo de gordura, comparados com os camundongos “germes free” que receberam as bactérias do intestino de um camundongo magro. Estas comparações ocorreram com os animais ingerindo os mesmos alimentos e fazendo as mesmas atividades, ou seja, o aumento da gordura ocorreu apenas pela diferenciação das bactérias no intestino. Confirmando assim a correlação entre as bactérias do intestino e o aumento de peso. Esta pode ser uma das respostas para determinadas pessoas que comem pequenas quantidades de alimentos e permanecem engordando, não conseguem emagrecer ou possuem dificuldade em ganhar massa muscular.

Alguns hábitos como o consumo excessivo de açúcar, gordura, corantes, comer antes de dormir e o estresse, aumentam o crescimento das bactérias “grans negativas” que propiciam o acúmulo de gordura e outros danos a saúde. Para estimular o crescimento das bactérias “grans positivas”, devemos ter uma alimentação rica em fibras (aveia, biomassa de banana verde, amaranto, bagaço das frutas, folhas verdes), ter uma ingestão adequada de água, fazer uso de probióticos e evitar os hábitos favoráveis para o desenvolvimento das bactérias “grans negativas” em nosso organismo. Portanto, podemos concluir que, uma ótima saúde intestinal com certeza será mais eficiente para a perda de peso do que as dietas com restrições alimentares e seus radicalismos. É preciso manter o equilíbrio do corpo, mudar o estilo de vida, adotando hábitos saudáveis e dando a devida atenção à saúde de nosso intestino. Guilherme B. Barbosa Lima é nutricionista. CRN-33366 Junho, 2015

Junho, 2015

revistavitti.com.br | Vitti | 41


Social Taubaté

Portobello

Fotos: Lucas nascimento

No dia 12 de maio a Portobello Shop ofereceu um coquetel para apresentar a nova coleção de cerâmicas e novas tendências do setor de arquitetura e design de interiores.

Claudia Takai e seu marido, Sergio Takai

Paulo Roberto, Cassia Vilela, Rose Kobbaz, Sergio Takai, Claudia Takai, Alfredo Kobbaz

C

M

Alexandre Meneghini, Aline Medeiros, Claudia Takai e Daniel

Sergio Matos, Claudia Takai, Giovanna Salvia

Thiago Rodrigues, Camila Campanilli, Mateus Brito

Y

CM

MY

CY

CMY

K

42 | Vitti | revistavitti.com.br

Junho, 2015

Junho, 2015

revistavitti.com.br | Vitti | 43


Social Caçapava

Caleidoscópio

Amor ao Próximo - Prestigiadíssima noite de autógrafos e sucesso absoluto de vendas. Quando lançado, em março, no Itaguará Country Clube de Guaratinguetá o livro "Amores e Sabores" de Elisabeth Sampaio teve sua renda destinada para Apae da cidade. No registro a alegria da autora junto ao esposo Miguel e a Filha Michelle Sampaio.

Por Anna Dennz annadennz@hotmail.com

Amor ao Oficio - Kiyoshi Sumita durante solenidade de Creci em São José dos Campos, recebendo a homenagem por sua atuação exemplar pelas mãos do Presidente da entidade no Estado de SP, José Augusto Viana, juntamente como Delegado Municipal do Creci em Caçapava Cel. Alves.

É o Amor - Valter José Vasconcelos e Vera Ribeiro, felizes e enamorados, durante II Encontro de Amigos da Taiada, na Praça da Bandeira. Música, arte, alegria, emoções.

Amor à Caçapava - Dr. Brasilino Alves Neto, presidente da Academia Caçapavense de Letras junto de sua esposa Teresa e os filhos Rodrigo, Marília e Marco Antônio, recebendo homenagem na Câmara Municipal de Caçapava após sua belíssima oratória em homenagem aos 160 anos da cidade simpatia.

Amor de Mãe - Jamil Nasser e irmãs, sobrinhos durante almoço comemorativo ao dia da Dona Yvette matriarca da família. 44 | Vitti | revistavitti.com.br

O empresário Fábio Miranda ao lado da belíssima gaúcha Fernanda Schonardie, durante o Miss SP 2015, quando a sua Maison Josephine Noivas, apresentou na passarela os belíssimos modelos das Misses da seletiva do Vale do Paraíba. Junho, 2015

Junho, 2015

revistavitti.com.br | Vitti | 45


46 | Vitti | revistavitti.com.br

Junho, 2015

Junho, 2015

revistavitti.com.br | Vitti | 47


Ponto de vista

Desrespeito Sem Limites

N

Por Carlos Marcondes

o Brasil da atualidade tudo é permitido, especialmente quando se trata de concessionárias e/ou permissionárias de serviço público, que desrespeitam incansavelmente os “usuários pagantes” de seu serviço o qual, via de regra, é “desserviço”. Em quaisquer áreas ou setores de atividade, os abusos praticados pelas concessionárias são inimagináveis. Desde as concessionárias que exploram os pedágios para oferecerem a contrapartida nas estradas, arrecadam bilhões (como no caso da CCR Nova Dutra, por exemplo) e não investem naquilo que deveriam, até as concessionárias de energia elétrica - em nossa região, dependemos da EDP Bandeirante e Elektro, que se encontram entre as mais mal avaliadas dentre as prestadoras de serviço de eletricidade no Estado de São Paulo.

48 | Vitti | revistavitti.com.br

A terceirização é saudável e funciona bem no mundo inteiro, porém há que existir fiscalização. Por isto mesmo criou-se, no Brasil, um sem número de Agências Reguladoras - que se transformaram, ao longo do tempo, em “Agências Homologadoras”: verdadeiros cabides de empregos, inoperantes e, muitas vezes, coniventes com os “mal feitos” praticados pelas concessionárias. A meu ver, os maiores abusos ocorrem no setor da telefonia. As empresas fazem o consumidor de “gato e sapato”, como sentencia a sabedoria popular. Todas, sem exceção, desrespeitam flagrantemente os usuários. Contudo, creio que, na atualidade, a pior delas seja a VIVO. Essa empresa cobra dos usuários, com a maior desfaçatez, serviços que não foram solicitados - é um verdadeiro festival de extorsão. Basta verificar junto aos PROCONs, em toda área atendida por essa empresa. Para as linhas fixas, o prazo de 24 horas para reparo,

em muitos casos, é uma piada; alguns assinantes, especialmente em zona rural, registram dezenas de protocolos de solicitação de reparo e nada acontece, por muitos e muitos dias. Imagine se no país de origem dessa malfadada empresa, a Espanha, ela procede desta forma... óbvio que não! Este desrespeito só acontece aqui, onde ela tem a certeza da impunidade e seus acionistas enchem os bolsos de dinheiro com a tarifa, das mais caras do mundo, cobrada por eles. Este, enfim, é o Brasil... paraíso dos oportunistas! Carlos Marcondes é Jornalista e Advogado. Contato: cmcomunicacoes@gmail.com

Junho, 2015

Junho, 2015

revistavitti.com.br | Vitti | 49


Gastronomia

Inverno: Vinhos e Sopas

N

Por Rafael Ferro

as noites de inverno, um prato de sopa é sempre reconfortante e acolhedor. Muitas pessoas até preferem fazer da sopa seu prato único, sem nenhum acompanhamento, além de um pedaço de pão. Para aqueles que não abrem mão de uma taça de vinho, também bastante convidativo nesta época, é possível a convivência harmônica entre sopas e vinhos. As sopas de uma maneira geral apresentam dois inconvenientes em termos de harmonização: alta temperatura e textura incompatível. Neste contexto, não desperdice uma grande garrafa com sopas. Vinhos complexos, elegantes e delicados, se perderão entre as colheradas de um caldo fumegante. Vinhos de bom teor alcoólico resistem mais à alta temperatura remanescente na cavidade bucal, justificando a opção pelos fortificados. O problema da textura é muitas vezes

50 | Vitti | revistavitti.com.br

complicado, principalmente pelo antagonismo quanto à intensidade de sabores. É comum termos sopas de caldos ralos, com sabores bastante marcantes. Nestes casos, vinhos que tenham a mesma intensidade de sabor, geralmente apresentam maciez e corpo excessivos, criando um conflito entre texturas. No sentido contrário, muitas vezes, sopas de textura cremosa, acabam tendo um sabor delicado. Neste caso, a solução de textura do vinho é mais fácil, porém geralmente seu sabor acaba dominando a harmonização. Por este motivo, pense na regra clássica de harmonização: vinhos leves para sopas ralas, e vinhos encorpados para cremes e caldos mais engrossados. Em relação ao sabor, prefira sempre vinhos pouco complexos, menos frutados e explore características de reservas, pois harmonizam muito bem com a maioria dos casos. Rafael Ferro é Chef de cozinha

www.facebook.com/clementinagastronomia

Pappa Pomodoro: 1,1 kg de Tomate italiano maduro (sem casca e sem semente) 5 dentes de alho ½ maço de manjericão fresco 50 ml de Azeite 1 colher sopa de extrato de tomate 50 ml de vinho branco ou tinto seco 2 pães amanhecidos Modo de preparo: Refogue ¾ do alho e acrescente o manjericão. Coloque os tomates e refogue por mais 15 minutos. Acrescente 2 litros de água e deixe cozinhar por 30 minutos. Bata no liquidificador. Em outra panela, refogue o restante do alho e coloque o extrato de tomate, depois o vinho. Despeje o líquido na panela e deixe ferver por mais 15 minutos. Finalize com pedaços de pão amanhecido para tornar uma “papa” e sirva. Para esta sopa escolha vinhos elaborados (Varietais ou Cortes) com as uvas Tempranillo, Malbec e Syrah.

Junho, 2015

Junho, 2015

revistavitti.com.br | Vitti | 51


Cervejas

Harmonização de cervejas com queijos

V

Da Redação

ocê talvez já tenha ouvido falar, participado ou até mesmo promovido jantares com queijos e vinhos. Mas possivelmente você nem tenha imaginado a harmonização de cervejas com queijos como uma possibilidade. A cerveja é uma bebida extremamente versátil, e suas múltiplas variedades combinam-se extraordinariamente bem com os igualmente diversos tipos de queijos, resultando em experiências gastronômicas fantásticas. E como Garett Oliver diz: numa boa harmonização de cervejas e queijos “você não sabe onde termina o gosto de um e começa o gosto do outro”, de tão semelhantes que são esses alimentos. Aproveitando que o inverno é uma excelente época para o consumo de queijos e cervejas – mas é claro que isso vale para o ano inteiro –, seguem dicas de harmo-

52 | Vitti | revistavitti.com.br

nização de cervejas com queijos, com uma indicação de rótulo para cada tipo de queijo e uma breve explicação do motivo da harmonização ser bem-sucedida. • Queijos frescos são leves em sabor, e pedem também cervejas de baixo corpo. É importante que elas tenham um amargor assertivo, não intenso, mas presente e limpo, como as Pilsners Tchecas, as Claras de Munique (Munich Helles) e as Bitters inglesas. • Queijos maturados com fungo branco são untuosos e saborosos. As cervejas ideais para acompanhá-los são as cervejas de trigo, tanto as cervejas de trigo Belgas (Witbier) como as Alemãs (Weissbier). • Queijos de fungo azul são muito potentes em aromas e sabores. Para acompanhar precisamos de cervejas também potentes e com dulçor residual para equilibrar com o salgado do queijo, como as Barley Wine americanas ou inglesas, as Quadrupel belgas e as Bière de Garde francesas.

Junho, 2015

Junho, 2015

revistavitti.com.br | Vitti | 53


Social Aparecida

Aparecida

Por Ligia Ballot liballot@hotmail.com

Todas essas mamães tinham muito o que comemorar nesse Dia das Mães, pois todas ganharam bebê. Viva!

Claudete Troiano recebeu a linda Natalia Rodrigues para dar dicas de nutrição. Como sempre, arrasou!

Bel Lobo e Cidinha Lellis A arquiteta Bel Lobo dividindo suas experiências em uma palestra do Polo Conceito, no Hotel Rainha do Brasil.

54 | Vitti | revistavitti.com.br

Pedro Dixou e Gleice Arneiro curtindo tudo o que há de melhor no friozinho das montanhas. Junho, 2015

Junho, 2015

revistavitti.com.br | Vitti | 55


Reportagem

M

Por Flávia Gabriela

ilhares de peregrinos participaram da Festa de Nossa Senhora de Fátima em seu Santuário em Portugal, no dia 13 de maio. A celebração foi presidida pelo Cardeal Arcebispo de Aparecida Dom Raymundo Damasceno Assis e concelebrada pelo bispo auxiliar de parecida Dom Darci José, o bispo de Leiria e Fátima, Dom Antônio Marto, o reitor do Santuário de Fátima padre Carlos Cabecinhas, e o reitor do Santuário de Aparecida, padre João Batista de Almeida. Segundo a assessoria de imprensa do Santuário de Fátima, cerca de 210 mil peregrinos de 30 países participaram da missa. No final da celebração, a Imagem peregrina de Nossa Senhora de Fátima foi enviada às dioceses de Portugal para uma visita, o que deve durar um ano.

56 | Vitti | revistavitti.com.br

Fotos: Thiago Leon

A peregrinação faz parte das comemorações do centenário das aparições de Nossa Senhora de Fátima aos pastorinhos, que será comemorado em 2017, com a possível presença do papa Francisco. As comemorações em Fátima acontecem em união com o Santuário Nacional de Aparecida, que em 2017 celebra os 300 anos do encontro da Imagem de Nossa Senhora nas águas do Rio Paraíba do Sul. Parte destas comemorações aconteceu no dia anterior à Festa de Fátima. A Imagem de Nossa Senhora Aparecida foi entronizada no Santuário Português, com a presença de cerca de mil brasileiros, dos quais 400 partiram de Aparecida, na peregrinação oficial, organizada pela Arquidiocese. Foi o próprio Dom Raymundo Damasceno Assis, cardeal Arcebispo de Aparecida, quem presidiu, a cerimônia de entronização de uma imagem de Nos-

sa Senhora Aparecida no Santuário de Fátima. Segundo Dom Raymundo este é um sinal da “união” entre Portugal e Brasil: "Queremos que a presença desta imagem seja sinal da união destes povos, portugueses e brasileiros, que estão unidos profundos laços históricos, pela mesma fé, pelo mesmo amor a Nossa Senhora", comentou. "Lembramos a todos que Ela é nossa Mãe, Jesus nos deu Maria como mãe ainda na Cruz, no calvário. Jesus quis não só nos fazer irmãos na filiação paterna, mas também na filiação materna. Que esses Centenários de Bênçãos, momento de comunhão entre o Brasil e Portugal possa trazer o crescimento da nossa fé e que as pessoas ao passar por aqui possa ser cada vez mais discípulos de seu filho Jesus”, destacou Dom Raymundo. Na cerimônia estavam presentes devotos de 21 países, totalizando cerca de cinco mil peregrinos. Junho, 2015

Silêncio - No dia que antecedeu a data em que se festeja Nossa Senhora de Fátima, quando ocorreu a entronização da Imagem de Nossa Senhora Aparecida, e no decorrer do dia da Festa, algo muito característico da devoção portuguesa podia ser observado, o silêncio. A praça diante ao templo era tomada aos poucos pelos devotos. Pessoas das mais diversas idades que chegavam, paulatinamente, com suas cadeiras, cobertores, velas, muita fé e um marcante silêncio. Na entronização da Imagem de Nossa Senhora Aparecida, brados de vivas saudaram a Padroeira do Brasil e quebravam o silêncio. Ainda na noite do dia 12, a celebração presidida pelo Cardeal Arcebispo de Aparecida, Dom Raymundo Damasceno Assis também trouxe momentos de profunda espiritualidade. Anoiteceu. A praça, lotada por cerca de 200 mil fieis se manteve em silêncio durante todo o Junho, 2015

tempo. Os olhares se alternavam entre as velas que iluminavam os rostos e o altar da celebração. A procissão do silêncio coroou os momentos finais do dia, quando o relógio marcava meia-noite. Alguns fiéis ainda permaneceram no local, onde uma vigília se estendeu madrugada adentro na Capelinha das Aparições. Emoção e curiosidade - As emoções do envio da Imagem Jubilar de Aparecida para o Santuário de Fátima, Portugal, iniciaram-se no dia 11 de maio, no aeroporto de Guarulhos (SP), quando os fiéis que seguiam em comitiva para a Festa desta embarcavam. Entoando canções marianas, o grupo seguia para o avião com o coração cheio de esperança, aguardando os momentos de emoção da entronização, que aconteceriam. Já em curso para Fátima com a aeronave em operação, o bispo auxiliar de Aparecida, Dom Darci José, percorreu os corredores do avião com a

Imagem. Em festa, fiéis cantavam e rezavam, pedindo as bênçãos da Mãe aparecida, a caminho do Santuário de Fátima. Já em Fátima, antes do início das celebrações, em uma coletiva de imprensa o cardeal Dom Raymundo Damasceno Assis apresentou aos jornalistas a Imagem de Nossa Senhora que seria entronizada naquele templo mariano. Os profissionais se demonstraram curiosos pela história e devoção à Padroeira do Brasil, indagando aspectos de moldagem da Imagem, devoção e história dos milagres atribuídos à Senhora Aparecida. Assim como a atividade programada pelo Santuário Nacional de Aparecida, o Santuário de Fátima também está promovendo visitas da Imagem Peregrina de Nossa Senhora por toda a diocese. As visitas também encerram em 2017, com a comemoração do jubileu de 300 anos de Aparecida e 100 de Fátima. revistavitti.com.br | Vitti | 57


Social Guará

Guará em Pauta

Por Benê Carvalho benecarvalho@revistavitti.com.br

J. Gomes

Aconteceu no dia 7 de maio, no Itaguará Country Clube, a 3ª edição da Passarela do Bem em Prol do ILA (Instituto Lucas Amoroso) com a participação da diretoria e colaboradores. Na foto estão Regina, Gigi, Ana Caloi, Edilene, Ana Cristina, Já de Lima, Janaina, Rose, Nara, Ariela, Luciana, Rosa, Roseli, Zan, Badih e a diretora da entidade Márcia Amoroso.

Rodrigo Gama

Mario, Julia e Willian comemoram o sucesso de um ano da NaturalMix gastronomia natural e agora inauguram a lojinha física das delicias com saladas e marmitinhas.

A muito querida Luciana Dixon esteve por aqui para um ensaio fotográfico de uma camisaria, realizado em alguns pontos culturais da cidade (na foto a antiga estação ferroviária). Lu Dixon, como é conhecida, atua há 6 anos no marketing de uma multinacional joalheria com produções em revistas, TV, filmes e entrevistas. Dona de uma beleza ímpar e no auge da sua carreira, ainda arruma tempo para ser mãe, namorada e modelar, enchendo nossos olhos com seu sorriso. 58 | Vitti | revistavitti.com.br

O querido casal Sra. Harmonia e Sr. Alfonso Mila, ao lado de seus familiares e um seleto grupo de amigos, comemorou seus 59 anos de casados num lindo almoço no Hotel Fazenda 7 Lagos.

O

tamanho e o formato do nariz são as características com maior impacto na nossa face. Por isso, mesmo pequenas alterações no formato do nariz podem ter um impacto muito importante na nossa aparência e auto-estima. Além desta importancia estética, a respiração adequada pelo nariz é fundamental para a qualidade de vida, sendo que a obstrução nasal crônica pode afetar diversas atividades do cotidiano, como a prática de atividades físicas, a qualidade do sono, entre outras. A rinoplastia estética e funcional é a cirurgia que envolve a plástica dos ossos e cartilagens internas a externas do nariz com o objetivo de melhorar a aparência externa e a função respiratória nasal. Esta necessidade de combinar o balanço entre função e aparência tornam a rinoplastia uma das cirurgias mais complexas da face, especialmente em casos já operados, onde tornam-se necessários o uso de diferentes enxertos para atingir este equilíbrio. A seguir, respondemos algumas das dúvidas mais frequentes dos pacientes que procuram tratamento estético e/ou funcional: Quais são os fatores mais importantes para serem discutidos na avaliação pré-operatória? É fundamental a avaliação individualizada de cada paciente. Diversos fatores

O “casal simpatia” de Guará, Saulo Quirino e Priscila Rodrigues, deram uma fugida das suas atribuições para curtir a Tomorrowland, inédita no Brasil. Junho, 2015

Rinoplastia

Junho, 2015 2015 Junho,

têm influência nas técnicas e nas limitações em relação aos resultados desejados. Entre eles, podemos citar a idade e sexo do paciente, a origem étnica da família, o tipo de pele, a história de cirurgias prévias ou trauma, assim como a queixa de obstrução nasal e outros problemas respiratórios associados, como sinusites crônicas e problemas alérgicos. A partir de que idade pode ser realizada a rinoplastia? O ideal é aguardar o período de maior crescimento e desenvolvimento ósseo da face e do nariz, usualmente ao redor dos 15 ou 16 anos de idade. No entanto, nos casos onde existe um impacto mais importante na respiração devido à obstrução importante, a cirurgia pode ser realizada em idades menores. Onde deve ser realizada a cirurgia e qual o tipo de anestesia? A cirurgia deve ser realizada em ambiente hospitalar adequado. Em relação ao tipo de anestesia, pode-se optar pela anestesia local com sedação ou anestesia geral, dependendo do planejamento pré-operatório e fatores relacionados a cada paciente. Em geral, o paciente pode receber alta ao final do dia da cirurgia ou no dia seguinte. Como fica o nariz depois da cirurgia? Habitualmente colocamos um curativo

(12) 3922.4422 / (12) 3923.5133 www.clinicafortes.com.br

externo para estabilização que é retirado por volta do quinto dia. A maior parte dos pontos são internos e com fios absorvíveis, sem a necessidade de remoção. Em alguns casos, pode ser necessária a remoção de alguns pontos externos juntamente com o curativo externo. Quando há necessidade de colocação do splint nasal, internamente no nariz, removemos a partir do quinto dia. Nós não utilizamos tamponamento nasal, mesmo nos casos de correção funcional e/ ou cirurgia endoscópica dos seios da face. Quando posso retomar as atividades de trabalho? Usualmente a partir do sétimo dia, dependendo da recuperação de cada paciente e extensão da cirurgia. A prática de atividades físicas leves pode ser retomada a partir de 15 dias e deve-se evitar atividades com risco de trauma nos primeiros dois meses. Evitar o uso de óculos, exposição solar e o uso de protetor solar são importantes até a cicatrização completa. Além disso, o controle pós-operatório no consultório é importante em todos os pacientes.

revistavitti.com.br | Vitti | 99 Rua Eng. Prudente Meireles de Morais, 847, Vila Adyana, São José dos Campos - SP revistavitti.com.br | Vitti | 59


Social Lorena

Império Lorena

Por Caroline Paes carolpaesrois@gmail.com

desconto

O Restaurante La Fonte foi escolhido para ser o “point” do Vinho. Os amantes do vinho poderão contar sempre com palestras e harmonizações realizadas pela equipe da Wine Consulting, neste último dia 14, aconteceu a de vinhos alemães, e aproveitaram desse evento empresários e entusiastas desse mundo enogastrômico.

A linda e fofíssima Letícia Águida e sua mãe, a Dra. Luciana Midões, foram clicadas pelas lentes do famoso fotógrafo Rodolfo Magalhães. Amor de mãe e filha, simplesmente lindo! Fotos: Kadu Nascimento

Made in Lorena Nessa edição o lorenense de destaque é a estilista Samanta Giampá. Conhecida e querida por muitos aqui, mudou-se para São Paulo em busca do sonho de ser uma estilista conceituada. Agora viaja o mundo em busca de tendênicas, Nova York, Milão, Barcelona, Paris. Todas essas inspirações fizeram parte de suas criações para marcas como Daslú, Zara, M.O.B., Pernambucas, Riachulelo, C&A. Essa lorenense é querida demais!

Lorena receberá mais uma peça interessantíssima, Callas, que conta a vida da cantora Maria Callas, estrelada por Sílvia Pfeilfer e o lorenense Cássio Reis, com direção de Marília Pêra. Um final de semana deliciosamente cultural. Marque na agenda: Dias 20 e 21 de junho no Teatro Teresa D’Ávila.

10 % em até

12 x

*

Os empresários Rodolfo Staut e Maressa Andrade in love.

Rua Francisco Eugênio de Toledo, 177 - loja 8 12 99727.4906 / 12 3426.9450 lojanewtaubate@uol.com.br

Esse bebê super sorridente é o “gordelícia” Lucas, filho dos amigos Tácito Villela e da Dra. Michelle Carvalho Villela. Simplesmente amo. 60 | Vitti | revistavitti.com.br

* Imagens meramente ilustrativas. Condições sujeitas à aprovação de crédito pela financiadora. Promoção válida até 30/06/2015

Junho, 2015

Junho, 2015

revistavitti.com.br | Vitti | 61


Social Taubaté

Cyrela Urbanismo

Fotos: Lucas nascimento / luizinho

No dia 21 de maio a Cyrela Urbanismo ofereceu um coquetel no Vilalegro para celebrar o lançamento do seu mais novo empreendimento, o Landscape Taubaté, loteamento fechado de alto padrão.

Marcelo Puntel, diretor da Cyrela Urbanismo

Paulo Guida e Débora Guida

Dr. Xenofonte e Adriana Mazzini

Vera Lucia e João Tudeschini

Dr. Ricardo Hunnicutt, Paulo Franco e Dr. Paulo

Kledson e Flávia

REDUZA MEDIDAS RESULTADOS IMEDIATOS Conhecida como “A Queridinha dos Famosos”, Magic Touch Detox é uma técnica revolucionária de redução imediata de medidas, utilizada pelos melhores profissionais da área.

1ª Clínica em Taubaté a trazer a nova técnica!

INFORMAÇÕES 12 3624-1741 www.fernandalmeidaestetica.com.br 62 | Vitti | revistavitti.com.br

Junho, 2015

Junho, 2015

revistavitti.com.br | Vitti | 63


Social Taubaté

No mundo dos negócios, o amanhã começa hoje.

Bodas de Ouro

Fotos: Thiago Studio Digital

Aconteceu no dia 22 de maio, no Espaço Amadeus Cristal Palace, a Bodas de Ouro de José e Lavinia celebrada por D. Beni, Padre Cleber e Diácomo Oto.

SALAS PRONTAS

38m² a 58m²

dlgf

ESTRATÉGIA COMUNICAÇÃO MARKETING

| www.dlgf.com.br

DE

www.dhfquality.com.br CONHEÇA O EMPREENDIMENTO EXCLUSIVO PARA OS PROFISSIONAIS DA SAÚDE QUE BUSCAM CONFORTO, SEGURANÇA, PRATICIDADE E SOFISTICAÇÃO. 64 | Vitti | revistavitti.com.br

Junho, 2015

Junho, 2015

Acesse pelo celular:

R. Equador, 254 Jd. das Nações Taubaté/SP | (12) 3622-5077 revistavitti.com.br | Vitti | 65


Social São José dos Campos

Atitude News

Gisele Freymann e Celeste Passos na Inauguração do novo ateliê da Victoriana Maison Noivas.

Manuel Campos, Claudia Franca, Robson Martins e Alfredo Freitas selam parceria entre a CPCR Construtora & Nova Freitas.

AS AVANÇADAS TÉCNICAS DE GESTÃO EMPRESARIAL DAS MELHORES ESCOLAS DE NEGÓCIOS DO MUNDO, SEM PRECISAR SAIR DO PAÍS!

Por Gilberto Freitas gilfreitasff@hotmail.com

Leonardo Messina e Daniele Resck Messina receberam o pintor Máximo Dias na Troina Pizza Gourmet, em noite de homenagem familiar.

Melissa e Enzo Guaratti na 4ª Feijoada do Moto Café.

São José dos Campos | São Paulo | Limeira | Santos | Mogi das Cruzes | Campinas | Sorocaba

O Santonofre Boteco e Bistrô comemorou o Dia Internacional do Jazz. 66 | Vitti | revistavitti.com.br

Telma Santos inaugura o seu novo espaço Raiz Latina & Kéntro, em São José dos Campos. Junho, 2015

INFORMAÇÕES PARA NOVOS GRUPOS www.mbmeduc.com.br 12 3018.5099 | 12 9.9161.9950 | Nextel ID: 84*69017 Av. Alfredo Ignácio Nogueira Penido, 335 - sala 1402 - Jd . Aquariús - São José dos Campos - SP Junho, 2015

revistavitti.com.br | Vitti | 67


Social São José dos Campos

Circulando

Por Marilda Serrano marildavlserrano@uol.com.br

Giselle Toledo, Abel Freitas e Claudia Brantes Fotos: Andre Moura

Fotos: Fernando Weikanp e Jou Reis

Ferreira Leite, o ator Umberto Magnani e o vereador Dr. Roniel, idelializador da homenagem

O apresentador Jonas Almeida, Eriberto Leão e o cantor Peleco Eriberto Leão, um joseense que brilha no teatro, cinema e TV, foi homenageado dia 4 de maio, em solenidade no plenário Mário Scholz, na Câmara Municipal de São José dos Campos, com outorga da Medalha Cassiano Ricardo, proposta pelo vereador Dr. Roniel.

Natalia Cordeiro, Alexandre Bertolasse e Shubha Dixit Um Jantar Indiano foi preparado por Shubha Dixit, grande mestre da cozinha indiana e Alexandre Bertolasse, Chef do Le Palmier. O evento foi realizado no belíssimo Le Palmier, a noite teve a cobertura do Melhor do Vale de Adriana Melo. 68 | Vitti | revistavitti.com.br

Abel Freitas, Fernanda Ferreira e equipe Esffera Films Abel Freitas reestreou na tela da TV Band Vale e recebeu convidados para o lançamento do programa Muito + com uma feijoada no Tirel Atelier de Gastronomia e Eventos.

Vitoria e Leonardo com o pai Lauro Rodrigues Tremendo sucesso de público o coquetel de lançamento da Exposição Luz de Mãe, promovido pela Luz da Lua, grife de calçados femininos, com lojas em São José dos Campos, Pindamonhangaba e Mogi das Cruzes. O evento foi dirigido por Lúcia Gomez. Junho, 2015

Junho, 2015

revistavitti.com.br | Vitti | 69


Social São José dos Campos

Luxo

Por Mariana Junqueira macjpm@hotmail.com Gilberto Freitas e Alvaro Mirapalheta curtem o novo restaurante Sushi do Vale, em São José dos Campos.

Erica Awoyama apresenta a São José dos Campos o Sushi do Vale.

Simpáticas e queridas, Dani Manna e sua mãe fazem tour pela Europa.

A Empresária e Blogueira Thieli Martinelli, comemora ao lado do amado, João Ricardo Gaião e dos amigos, seu B'Day.

Flavia Petit e Andrea Maia comemoram o sucesso de seus trabalhos no B'Day da bela Thieli.

A Bela Gisele Freymann comemora, com requintado coquetel, a abertura de seu novo ateliê, Victoriana Maison Noivas. 70 | Vitti | revistavitti.com.br

Junho, 2015

Junho, 2015

revistavitti.com.br | Vitti | 71


Social Campos do Jordão

Campos Acontece

Depois do jogo de duplas, os amigos Milena e Silvio Rios, Magali e Maurício Moraes, Carlos Fernandes e Júlio C. Ribeiro Neto, em clima de descontração no Tênis Club.

Por Guilherme Martini gdmartinineto@gmail.com

10 Mingão, 8 Pézinho e Chicão, 6 Marcão, 11Pagode, 9 Lourinho, 22 Fabão e 14 Reynaldo É campeão! Equipe Masters do BOTAFOGO F.R vence Campinas na final do Torneio de Basketball, em Campos do Jordão, por 83 a 61. Botafogo nisso!

Edle Poli de Martini, Andrea Ferreira Martins e Elide de Martini Rios Almoço do dia das mães no Restaurante La Coupole, em Campos do Jordão.

Equipe Vice Campeã Categoria 60 anos: Luizinho, Gaúcho, Guerra, Decito,Ronaldo, Kanabrava, Zé Mário e Vaguinho VI Encontro de Basquete Master da Montanha - Torneio Antonio Carlos Faria, realizado no Centro Esportivo Armando Ladeira, em Campos do Jordão.

Edle Poli de Martini, Andrea Ferreira Martins e Elide de Martini Rios 72 | Vitti | revistavitti.com.br

Dr. Wagner Matheus, Presidente da Comissão Científica e Dr. Luís Augusto Rios na XIV Jornada Paulista de Urologia, realizada no Campos do Jordão Arts & Convention Center. Junho, 2015

Junho, 2015

revistavitti.com.br | Vitti | 73


Especial

Automóveis

Fiat Strada 2016

chega ao mercado com novos itens

L

Da Redação

íder há 14 anos no segmento de picapes pequenas, a Fiat Strada chega ao mercado com sua linha 2016. Sem mudanças no visual ou na gama de motores, o utilitário recebe novos itens na lista de série das versões de topo. A partir de agora, as versões Adventure 1.8 Flex nas variações Cabine Estendida e Cabine Dupla ganham de série retrovisores externos elétricos, sensor de estacionamento, volante em couro com comando de áudio, rádio Connect com entrada USB e capota marítima. Uma

74 | Vitti | revistavitti.com.br

economia de 40% sobre os preços dos itens como opcionais, de acordo com a Fiat. Todas as versões Cabine Dupla da picape Strada também ganham porta óculos do lado do motorista como item de série. Lembrando que a picape também possui quase 65 acessórios Mopar, oferecendo opções de personalização. Entre eles, extensor de caçamba, central multimídia, rádio Easy4U e alarme integrado. Nos quatro primeiros meses deste ano a Strada segue como líder dos comerciais leves, com 38.481 unidades emplacadas, e também líder em seu segmento, com 53,9% de participação. Junho, 2015

Junho, 2015

revistavitti.com.br | Vitti | 75


Especial

Especial

Automóveis

Automóveis Da Redação / Fotos Divulgação

A

Range Rover Sport SVR chega ao mercado nacional

Jaguar Land Rover já está vendendo no Brasil o primeiro modelo da divisão SVO (Special Vehicle Operations): o Range Rover Sport SVR, versão esportiva do utilitário esporte que representa o carro mais potente e rápido já feito pela Land Rover. Ao preço de R$ 595 mil, ele traz o motor V8 de 5,0 litros com compressor ajustado para potência de 550 cv. A fábrica anuncia aceleração de 0 a 96 km/h em 4,5 segundos e velocidade máxima limitada a 260 km/h. Dotado de câmbio automático de oito marchas, o Sport SVR é o primeiro Land Rover com escapamento de dois estágios, no qual uma válvula controla a contrapressão para ajustar o nível de ruído; as rodas de 21 pol usam pneus 275/45 com opção pelas de 22 pol com 295/40. A versão recebeu ainda para-choques redesenhados, bancos mais esportivos e logotipos SVR em vários locais para não deixar dúvidas sobre sua exclusividade.

Lamborghini entra no mercado dos SUV

M

Da Redação

arca especializada em superesportivos de motor central-traseiro e dois lugares, a Lamborghini cedeu à pressão de acionistas (Audi e Volkswagen) e enfim decidiu desenvolver na Itália a versão de produção do Urus, conceito de SUV de luxo e alto desempenho. A decisão teria sido tomada depois que a empresa chegou a um acordo de 80 milhões de euros (cerca de R$ 275 milhões) em isenções de impostos junto ao governo italiano. Em troca, a fabricante prometeu

76 | Vitti | revistavitti.com.br

Junho, 2015

Junho, 2015

contratar até 500 pessoas para expandir sua linha de produção, e já teria até renovado contratos de mão-de-obra com sindicatos italianos na última semana. O objetivo é "mais que dobrar" o volume de vendas, comercializando 3 mil unidades por ano somente do utilitário. Em 2014, por exemplo, a companhia fez remessas de 2.350 unidades de todos os seus modelos, recorde histórico que representou 19% de crescimento perante o ano anterior. De olho na China A insistência em criar um SUV da Lamborghini é aposta de sua proprietá-

ria, a Audi, para melhorar a penetração da icônica marca em mercados como a China, cujo atrativo para superesportivos é bastante limitado (muito devido às condições por vezes ruins das estradas). Para reduzir custos, chassi e outros componentes fundamentais serão produzidos em fábricas da Volkswagen, tais como a de Bratislava (Eslováquia), onde já é montada a estrutura de outro utilitário de marca esportiva, o Porsche Cayenne. Este será o primeiro SUV da Lamborghini desde o fim da produção do quadrado LM002 – apelidado de “Rambo Lambo” - em 1993.

revistavitti.com.br | Vitti | 77


Especial

Automóveis

Alta do IPI aquece mercado de usados e Feirões ganham destaque

O

Da Redação

s tempos do IPI reduzido ficaram para trás, e o ano de 2015 trouxe uma nova realidade ao mercado de automóveis no Brasil. Este aumento no preço dos carros nas concessionárias, somado aos aumentos registrados em 2014, faz o consumidor buscar como alternativa o carro seminovo, que é mais barato e geralmente mais equipado. Vale também o fato de que a garantia de boa parte dos modelos é de três anos, portanto um seminovo geralmente ainda está dentro da cobertura desta garantia de fábrica, o que torna a compra ainda mais atrativa. Em janeiro de 2015, dados mostram que a procura por carros usados cresceu em torno de 20% em relação ao mesmo

78 | Vitti | revistavitti.com.br

período do ano passado. Os feirões, tradicionais pontos de venda de seminovos, são o lugar preferido de quem procura um bom carro, com preço abaixo do praticado pelas concessionárias. Por exemplo, um grande feirão relizado no Anhembi, em São Paulo, chegou a registrar cerca de 28 mil visitantes e mais de 4.500 veículos em negociação nas primeiras quatro semanas do ano. Os feirões em cidades menores seguem a mesma tendência, com os compradores dando preferência aos usados. “Com o fim do IPI reduzido em dezembro somado a inflação do carro zero quilômetro que ficou mais caro ao longo do ano passado, a busca pelo carro novo perde força nesse momento e o consumidor busca o carro usado, cujas vendas já cresceram cerca de 7% em 2014”, explica

Ricardo Lombardo, consultor de vendas de usados. Nos feirões, os vendedores que querem evitar a excessiva desvalorização de seus veículos por parte dos lojistas e concessionários, buscam a alternativa de vender o carro negociando diretamente com o interessado, que tem a opção de financiar o carro no próprio local, o que viabiliza a compra. “É um negócio vantajoso para os dois lados, pois quem vende obtém um preço melhor enquanto o comprador pode usar serviços como a vistoria automotiva oferecida nos feirões e o suporte dos agentes financeiros para fechar a compra na hora”, explica Lombardo, que afirma que a expectativa para este ano é de um aumento global de 7% no volume de negócios gerados nos feirões espalhados pelo país.

Junho, 2015

Junho, 2015

revistavitti.com.br | Vitti | 79


Especial

Automóveis

Motos da BMW ganham espaço no mercado nacional

T

Da Redação

er um BMW zero quilômetro é um sonho para muitos aficionados por carros. E os fãs das duas rodas também estão passando a cada vez mais apreciar e sonhar em pilotar os modelos de motocicletas da montadora alemã, que desde 2012 passou a produzir motocicletas no Brasil. Escolhemos três deles para destacar aqui, e atiçar a vontade dos apaixonados pelas emoções em duas rodas.

BMW-K-1600-GTL-Exclusive Disponível apenas na cor branca, o modelo é o top de linha da fabricante e possui características para quem gosta de encarar longas viagens. O modelos traz de série sistema de som integrado. Seu motor é o mesmo seis cilindros presente nas outras K 1600, que gera 160,5 cavalos de potência máxima. Além de freios ABS, controle de tração, suspensões eletrônicas, já presentes nos outros modelos, a Exclusive possui o sistema Hill Start, que auxilia o motociclista a começar o movimento em subidas. Existem três modos de condução disponíveis: Rain, Road e Dynamic. Com acabamento e cores especiais, o modelo também traz apoios para os braços do garupa. Para auxiliar em temperaturas baixas, os assentos e manoplas possuem aquecimento.

BMW G 650 GS

80 | Vitti | revistavitti.com.br

BMW R 1200 GS Um ícone no segmento adventure de viagem. Por 32 anos, a “GS” vem definindo seu segmento e tem provado ser uma companhia confiável em qualquer aventura sobre duas rodas. A R 1200 GS é projetada com motor boxer de dois cilindros opostos que geram 92 kW (125 cavalos) à 7.750 rpm. Baseada em um novo conceito que combina refrigeração líquida e a ar A G 650 GS continua a história de sucesso dos motores monocilíndricos da BMW Motorrad de um modo impressionante - com uma potência máxima de 50 cv a 6.500 rpm e um torque máximo de 60 Nm a 5.000 rpm. A sensação de pilotar a eletrizante. Seja em estradas ou em terreno árido - o chassi confiável e testado com o amortecedor central no garfo oscilante garante manuseio rápido. A G 650 GS é robusta, poderosa e extremamente leve, pesan-

com fluxos verticais, o propulsor opera com eficiência, segurança e com um alto torque a todo momento. Superfícies revistas e um acabamento perfeito ressaltam seu caráter de alta qualidade. A nova R 1200 GS dá agora uma impressão de maior equilíbrio e poder. Graças à sua extensa série de opções, a R 1200 GS é absolutamente única.

do apenas 193 kg (em ordem de marcha). Com seu baixo consumo de combustível e um manuseio simples, não é ideal apenas para motociclistas iniciantes. Os equipamentos opcionais disponíveis da nova adventure da BMW incluem protetores de mão confortáveis, protetor de cárter de alumínio, para-brisa alto e compartimentos práticos de bagagem. No Brasil, alguns itens como manoplas aquecidas e freios ABS, um excelente recurso de segurança, já estão inclusos no pacote do modelo. Junho, 2015

Junho, 2015

revistavitti.com.br | Vitti | 81


Especial

Especial

Automóveis

Automóveis

Primeira Habilitação: Não é tão difícil quanto parece

M

Da Redação

uitos jovens sonham em completar logo seus 18 anos para “tirar sua carta”, ou seja, finalmente obter sua carteira de habilitação para dirigir. Mas ao mesmo tempo, muitos deles têm muito medo que este dia chegue, por insegurança ou medo do processo que é uma espécie de marco da vida adulta. Mas tirar a primeira habilitação pode ser mais fácil do que se imagina. Primeiro de tudo é fazer a escolha da Auto Escola. Quando essa escolha é pensada e analisada de forma correta, torna o processo muito mais rápido e fácil, além de preparar o novo condutor para o exame prático. “As pessoas tendem a escolher aquela escola com menor preço e esse é um erro compreensível. Porém, nem sempre essa escola oferece o preparo necessário para os alunos, além de taxas extras que são

cobradas sem antes terem sido esclarecidas”, explica André Guedes, proprietário da Auto Escola Águia do Vale, de Taubaté. Basicamente o que é indicado ao aluno é procurar as escolas de condutores que tenham nome no mercado. “Os jovens que buscam sua primeira habilitação devem procurar auto escolas tradicionais, que tenham experiência e consigam formar novos condutores preparados que, além de aprender a dirigir, aprendem com responsabilidade o significado de ser um condutor.”, comenta André. A Permissão para Dirigir, ou primeira habilitação, para as categorias “A” e “B”, é concedida pelo período de um ano aos candidatos considerados aptos nos exames teórico e prático. Após o período de um ano, a CNH (Carteira Nacional de Habilitação) ou habilitação definitiva é concedida desde que o motorista não tenha cometido nenhuma infração de natureza grave ou gravíssima, ou seja

reincidente em infração média. Passo a passo para tirar a habilitação: 1- Faça o exame médico junto ao ciretran. 2- Após aprovação no exame médico e avaliação psicológica, o candidato deve se matricular em uma Auto Escola credenciada para realizar o curso teórico de legislação (45 horas-aula). 3- Compareça à sua Ciretran com o certificado de conclusão do curso teórico, toda a documentação e o comprovante de pagamento da taxa de exames (teórico e prático) para marcar o exame teórico. 4- Faça o exame teórico no local, dia e horário agendados. 5- Se for aprovado no exame teórico, dirija-se a uma Auto Escola para realizar matrícula para o curso prático. 6- Faça o exame prático no local, dia e horário agendados. Boa sorte.

Golf Variant

Novidade no mercado brasileiro traz inovações e aposta no conforto e desempenho

Da Redação / Fotos Divulgação

A

Volkswagen apresentou ao mercado nacional o Golf Variant, modelo baseado no Novo Golf e que, assim como o hatchback, chega para estabelecer novos níveis de tecnologia, sofisticação, esportividade, conforto e segurança no mercado brasileiro. O modelo combina toda a inovação da Volkswagen a versatilidade e espaço para a família. O Golf Variant é produzido na fábrica da Volkswagen em Puebla, no México. O modelo foi exibido no Salão Internacional do Automóvel de São Paulo do ano passa-

82 | Vitti | revistavitti.com.br

Junho, 2015

Junho, 2015

do e teve excelente aceitação do público. Oferecido nas versões Comfortline e Highline, o Golf Variant é equipado com o motor 1.4l TSI BlueMotion Technology com potência de 140 cv na faixa de 4.500 rpm a 6.000 rpm. Ambas as versões do Golf Variant têm esse motor combinado exclusivamente à transmissão automática DSG de sete marchas, com função “Tiptronic” (que permite ao motorista efetuar as mudanças manualmente, por meio da alavanca de câmbio ou por aletas no volante). Um dos principais destaques do Golf Variant é sua versatilidade: seu porta-malas comporta 605 litros (até a altura dos

encostos de cabeças – são três – no banco traseiro), o que significa amplo espaço mesmo com cinco ocupantes a bordo. Desempenho consistente Os números de desempenho do novo Golf Variant mostram o lado esportivo do carro: são apenas 9,5 segundos na aceleração de 0 a 100 km/h e velocidade máxima de 205 km/h. O tanque de combustível tem 50 litros de capacidade. Seu peso em ordem de marcha é de 1.357 kg. O Golf Variant tem também excelente diâmetro de giro de apenas 10,9 metros (sua direção tem assistência elétrica), o que facilita na realização de manobras em locais de espaço reduzido e em estacionamentos. revistavitti.com.br | Vitti | 83


Esporte Wladimir Togumi

O

Luz, Câmera, Esporte e Ação

Jambacross

Divulgação

Piu Santos

já faz parte do calendário esportivo de Jambeiro

Kailash Trail Run

Divulgação

Divulgação

Divulgação

M

ais de 400 atletas se dividiram entre as categorias light (35km) e pró (50 km) e marcaram presença nessa belíssima prova de mountain bike. “Jambacross é uma prova espetacular, principalmente para mim, pois sou ortodontista e gosto muito de passar meu tempo livre do consultório praticando esportes e em contato com a natureza, e o Jambacross é isso, natureza e visuais maravilhosos da pequena cidade de Jambeiro”, disse Rodrigo Campos, um dos participantes da prova. A Jambacross possui duas categorias que atendem bem ao nível de todos os atletas. Mesmo para os atletas amadores, o percurso com subidas longas e técnicas é atrativo. Tivemos também muita lama que tornou o percurso mais desafiador e divertido. Ainda temos a organização nota 10 do Lucas Vilhena, com o trajeto muito bem sinalizado, hidratação e recepção dos atletas, tudo com o maior capricho. Então atletas, sigam treinando que no segundo semestre tem mais novidade em Jambeiro!

Wladimir Togumi

Por Fabiana Ferreira fabycanoagem@hotmail.com www.luzcameraesporteacao.blogspot.com

Divulgação

Divulgação

Divulgação

Rodrigo Campos se aventurou na Jambacross 2015

84 | Vitti | revistavitti.com.br

Junho, 2015

O famosos paraquedista Gui Pádua também se aventurou pelas trilhas do KTR Junho, 2015

Célio Augusto, campeão do KTR

que leva o atleta a buscar cada vez mais a sua superação e aumentar cada dia mais seus desafios? O que te leva a ficar até 8 horas subindo e descendo montanha? Só quem correu a KTR - Kailash Trail Run, etapa Serra Fina, em Passa Quatro (MG), sabe do que estou falando, uma prova “bruta” que leva seus atletas a exaustão ao mesmo tempo que você encontra a felicidade plena fazendo o que mais ama: Corrida de Montanha. Perguntei para alguns atletas o significado dessa prova: “Prova dura, com muitos atletas de ponta, mais saiu tudo perfeito pra mim, agradeço a Deus por tudo o que está acontecendo na minha vida”, disse Célio Augusto, campeão da KTR 2015. “Na KTR Serra Fina você é testado não apenas fisicamente, mas principalmente psicologicamente tendo como cenário um dos lugares mais bonitos do Brasil.”, comentou Sidney Togumi, da UPFIT Assessoria Esportiva. “Uma experiência desafiadora e única. Fui para a KTR 2015 sem realmente saber o que eu enfrentaria de fato. Marinheiro de primeira viagem, durante meses escutei dos amigos mais experientes: “Vai pra KTR deste ano? Se prepare para sofrer!” E não deu outra. Mente e corpo colocados à prova a todo tempo”, disse Felipe Almeida, atleta de Taubaté. “O espirito KTR desafia o corpo e a mente. Onde o maior troféu é quando o choro vem, a exaustão aparece, cruzamos a linha de chegada e olhamos pra nós mesmos e pensamos que cada segundo valeu a pena”, relatou o casal de atletas Tatiana Chagas e Guto Nascimento, da GNSports. “KTR não é uma corrida, é uma experiência única e incrível na vida de um corredor de montanha. Só quem passou pelo Capim Amarelo, pela Serra Fina sentiu a emoção e a magia que dominam aquele lugar nas montanhas”, relatou Áurea Bisan, da Nova Equipe Assessoria Esportiva. “Uma prova desafiadora que não nivelou por baixo seus participantes, com uma exigência física e técnica muito grande. A organização foi super profissional e confiante em oferecer um trecho onde só faz quem treina, onde nos dias de hoje muitos organizadores deixam de lado o desafio para ter um número de inscritos maior, oferecendo provas com menor nível físico e técnico.”, disse Carlos Rissato, da Assessoria Esportiva.

A próxima KTR acontecerá em 8 de agosto, em Campos do Jordão (SP). E você, vai encarar?

revistavitti.com.br | Vitti | 85


86 | Vitti | revistavitti.com.br

Junho, 2015

Junho, 2015

revistavitti.com.br | Vitti | 87


www.revistavitti.com.br

ø ruazero.com

#euestouaqui

Empresas, produtos, serviços e tudo mais que importa na região está na Vitti. Você ainda não está? Ligue pra gente.

Jacareí São José dos Campos Caçapava Taubaté Tremembé Pinda Aparecida Guaratinguetá Lorena Cruzeiro Santo Antonio do Pinhal Campos do Jordão Passa Quatro Ubatuba 88 | Vitti | revistavitti.com.br

Junho, 2015

Revista Vitti, junho 2015 Edição n114  

Entrevista com Mauro Castilho: Professor fala de suas pesquisas no exterior, memória regional e comenta sobre os rumos da educação no Brasil...

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you