Page 1

Especial Arquitetura Novidades e os melhores profissionais da região www.revistavitti.com.br Edição 113 - Ano 10 Maio, 2015 Foto capa: Lucas Nascimento DISTRIBUIÇÃO GRATUITA VENDA PROIBIDA Vale do Paraíba, Litoral Norte e Sul de Minas Maio, 2015

CAPA

Beatriz Kalil Barbosa

Empresária de Guaratinguetá fala de trabalho e família ao lado da mãe Yvette e da filha Juliana Produção e maquiagem: Flavia Alonso Ayala revistavitti.com.br | Vitti | 1


2 | Vitti | revistavitti.com.br

Maio, 2015

Maio, 2015

revistavitti.com.br | Vitti | 3


Índice

Índice

Maio 2015 | Edição 113 | Ano 10

ESPORTE

Paratleta André Rocha vai competir na Alemanha......24

Negócios

O futuro que construímos....................................................28 ECONOMIA

É hora de investir em ouro?.........................................32

PELO MUNDO Lucas nascimento

Os encantos desconhecidos da Romênia.......................52

eNTREVISTA

Beatriz Kalil Barbosa.............................................. 10

Empresária de Guaratinguetá segue com uma tradição familiar de empreendedorismo ao lado da mãe e da filha, tudo isso nunca deixando de lado a união e o amor familiar.

Ponto de Vista

O Brasil dos verdadeiros brasileiros.............................54

SAÚDE

Qual é o tipo da sua pele?...........................................61

GASTRONOMIA

Texturas: Pêra Poché com Crocantes............................65

DICAS DE LEITURA....................................................75 HISTÓRIA

A fundação do Grupo Escolar Dr. Lopes Chaves........78

Especial Arquitetura.........................................81

Editorial

M

4 | Vitti | revistavitti.com.br

Distribuição: Rodrigo Melo Gratuita e dirigida às cidades de Taubaté, Quiririm, São José dos Campos, Caçapava, Pindamonhangaba, Guaratinguetá, Lorena, Campos do Jordão, Santo Antônio do Pinhal, Tremembé, Cruzeiro, Ubatuba e Sul de Minas Impresso no parque gráfico da Resolução Gráfica Ltda. Atendimento ao Cliente: (12) 3632-3060 / 7812-4525 / 90*1462 - Rua dos Operários, 118 - Taubaté - SP Os artigos, matérias, opiniões e anúncios aqui publicados são de inteira responsabilidade de seus idealizadores, e não refletem necessariamente a opinião da Revista Vitti. É proibida a reprodução total ou parcial da revista sem autorização da Revista Vitti.

Cartas

Mês das Mães aio, mês das mães, mês do trabalho. Duas datas que marcam o quinto ciclo deste 2015. Pensando nisso produzimos uma edição que traz na entrevista do mês a empresária Beatriz Kalil Barbosa, de Guaratinguetá. Ao contar sua história, ela junta os dois temas: trabalho em família e o papel da mãe na união e harmonia do lar. Uma história de vida que provavelmente encontrará por aí semelhanças com a trajetória de muita gente. Quem sabe após a leitura você não se familiarize com ela. Trazemos também mais uma edição do Caderno Especial de Arquitetura. Os grandes profissionais da região estão aqui mostrando seus trabalhos. Novidades, eventos e curiosidades do mundo da arquitetura estampam as páginas de mais este especial. Confira também uma seleção especial de matérias e artigos sobre economia, esportes, negócios, saúde, cultura, meio ambiente, gastronomia, cinema e muito mais.

Diretora: Marcela Vitti Assistente: Isaura Silva Diagramação: Bruno Moura Editor de Arte: Victor Pereira Jornalista Responsável: Ronaldo Casarin - MTB 52246 Revisão: Ronaldo Casarin foto da Capa: Beatriz Kalil Barbosa (Foto: Lucas Nascimento) Repórter Fotográfico: Will Anraku ColunistaS: São José dos Campos: Gilberto Freitas e Marilda Serrano - Caçapava: Anna Dennz Taubaté: Socorro Pinto e José Luiz (Luizinho) - Lorena: Caroline Paes - Aparecida: Ligia Ballot - Guaratinguetá: Benê Carvalho. COLABORADORES: Maneco Siqueira, Juliana Peloggia, Antonio Barbosa Filho, Lani Goeldi, Rafael Ferro, Mariane Barros, Juliana Bueno, Murilo Baracho, Felipe Guarnieri, Fabiana Ferreira, Carlos Marcondes, Arcione Viagi, Érico Pampado Di Santis, Lia Carolina Mariotto e Peter Iote. Diretora Comercial: Marcela Vitti (12) 98122-3000 / 7812 4527 / 90*1463 - marcela@revistavitti.com.br TAUBATÉ / CAÇAPAVA / PINDA: Parê Guerson (12) 3624-5610 / 7812-4526 / 90*1461 / 98106-3500 - pareguerson@gmail.com SÃO JOSÉ DOS CAMPOS / Ubatuba: Marcela Vitti (12) 98122-3000 / 7812-4527 / 90*1463 - marcela@revistavitti.com.br GUARATINGUETÁ / APARECIDA / LORENA: Benê Carvalho (12) 98133-2984 - benecarvalho@revistavitti.com.br SUL DE MINAS: Luigi Scianni (12) 9781-5623 - luigiscianni@gmail.com

Nossos colunistas sociais, sempre atentos aos melhores eventos de toda a região não deixam passar nada e suas lentes registraram quem foi notícia e brilhou nos principais acontecimentos. Desfrute de mais esta edição preparada com muito carinho por nossa equipe, e que nós possamos ser uma agradável companhia para você. Boa leitura. Abraços, Marcela Vitti

“Simplesmente bela esta edição da Vitti. Sou leitora fiel e não perco uma edição, é muito bom ter uma revista assim em nossa região.” Luana Ravanelli, via Facebook “Muito pontual a última coluna do Carlos Marcondes. Acho que o Vale do Paraíba precisa e merece uma rede ferroviária que interligue as principais cidades. É uma forma de desafogar o trânsito de nossas rodovias e também colaborar com a melhora do ar, pois os três emitem menos poluentes. Quem sabe um dia isso se torne realidade.” Mário Cusco, por e-mail

“Lindas, lindas, lindas... Revista Vitti arrasando com os eventos este mês. Corri para garantir a minha edição. Parabéns pelo trabalho!” Monique Guerra, via Facebook

Capa

Abril 2015

“Parabéns Revista Vitti! Cada vez mais mostrando o que há de bom para nosso Vale do Paraíba.” Arlete Diaz, via Facebook

Marcela Vitti Diretora

Correio Vitti

“Eu te louvarei, Senhor, de todo o meu coração; contarei todas as tuas maravilhas. Em ti me alegrarei e salvarei de prazer; cantarei louvores ao teu nome, ó Altíssimo.” SALMO9:1-2 Maio, 2015

Fale conosco: opine, critique e dê sugestões. Escreva para: redacao@revistavitti.com.br Maio, 2015

revistavitti.com.br | Vitti | 5


Nossa equipe

Parê Guerson

isaura silva

Vendas

assistente

Benê carvalho

Ronaldo Casarin

Vendas Colunista Guará

editor

Victor Pereira

BRUNO MOURA

Editor de arte

DIAGRAMADOR

WILL ANRAKU

Rodrigo Melo

FotógrafO

Gilberto Freitas

Colunista São José dos Campos

José LUIZ

Colunista Taubaté

Distribuidor

MARILDA SERRANO

Colunista São José dos Campos

caroline paes

Ligia ballot

Colunista lorena

Colunista Aparecida

mariana junqueira

Fabiana FERREIRA

Colunista São José dos Campos

6 | Vitti | revistavitti.com.br

Anna Dennz

Colunista Caçapava

Socorro Pinto

Colunista Taubaté

GUILHERME MARTINI Colunista

CAMPOS DO JORDÃO

Colunista

DE ESPORTE

Maio, 2015

Maio, 2015

revistavitti.com.br | Vitti | 7


TRADO GIS RE

C

O

MP

RA SEGU

8 | Vitti | revistavitti.com.br

R

A

TEAMENT LO O

E

APROVAD O 0% 0 1

Maio, 2015

Maio, 2015

revistavitti.com.br | Vitti | 9


Entrevista

Por Ronaldo Casarin

C

asada com Reinaldo Antonio Monteiro Barbosa, mãe de Fabiana e Juliana, e avó de Matheus”. Assim Beatriz Kalil, empresária na cidade de Guaratinguetá, define o que ela mesma chama de sua “pequena família”. Com entusiasmo e imenso carinho ela logo fala também da “grande família”, listada por ela com seus pais, Petronio e Yvette, seus irmãos Fábio, Bernadete, Berenice e Petronio. No mês em que é celebrado o dia das mães, trazemos esta entrevista especial com uma empresária que ao lado de sua mãe e de sua filha segue com uma tradição familiar de empreendedorismo, mas sem deixar de ter a união familiar e o amor pelo lar como focos principais na vida. C

M

Vitti - Qual a sua atividade profissional atual? Beatriz Kalil - Apesar de Psicóloga de formação, sou empresária, tendo uma sociedade com minha irmã Bernadete na Loja Yvette. A loja existe há 50 anos, e foi iniciada pela minha mãe Yvette, e nós demos continuidade nos negócios. Mais recentemente com minha filha Juliana, inauguramos a Yvette Casa, uma loja de presentes e decoração. Vitti - Falando sobre a sua mãe, relate um pouco de como foi a trajetória de vida dela, e suas atividades profissionais. B.K. - Mamãe é um exemplo de mulher, pois desde recém casada, quebrando paradigmas da época, começou a trabalhar fora de casa, mas nunca deixou também de exercer as atividades do lar. Sempre foi muito dedicada ao meu pai Petrônio, e a nós, os cinco filhos. Juntos proporcionaram o que havia de melhor para nós, nos fazendo entender a importância do trabalho em nossas vidas. Me lembro de quando eu era pequena e minha mãe, além de dar aulas de arte culinária, ministradas no antigo Colégio Industrial, era a quituteira da cidade adquirindo fama de fazer “belas festas”. Com o passar do tempo, através das 10 | Vitti | revistavitti.com.br

Y

CM

MY

CY

CMY

Beatriz Kalil Barbosa senhoras voluntárias da Santa Casa de Guaratinguetá, mamãe foi convidada a escrever suas antigas e famosas receitas, que viraram três cadernos de receitas. Até hoje a renda total da venda destes cadernos é revertida em doação a esta entidade da cidade. Vitti - Você, sua mãe e sua filha são um exemplo de como trabalho e relações familiares podem caminhar de forma conjunta. Quando foi que você se deu conta de que seguiria os passos da sua mãe e

K

Não acredito em fórmulas, mas tenho a convicção de que a dedicação dos pais deve estar presente em todas as fases da vida dos filhos.

Maio, 2015

Maio, 2015

revistavitti.com.br | Vitti | 11


teria uma vida profissional próxima a ela? B.K. - Foi um processo natural e automático, pois desde os meus 15 anos ajudava minha mãe na loja, mas quando me casei fui morar no Rio de Janeiro, onde meu marido Reinaldo fazia a sua residência médica na especialização em Urologia e eu Psicologia Clinica. Após três anos tive a minha primeira filha, Fabiana, e por opção e circunstancias da minha vida optei por me dedicar à loja em Guaratinguetá, pois teria mais tempo para me dedicar a minha filha. Com minha filha Juliana o processo foi bem parecido, após o término de sua faculdade de Relações Publicas e um MBA em Gestão de Luxo na FAAP, optamos juntas em ampliar o negócio da família criando assim a Yvette Casa. Somos três gerações distintas no mesmo ramo. Posso afirmar que essa fluidez de conhecimento nos foi útil, pois conseguimos unir a tradição com a modernidade.

Vitti - Na sua opinião, o que significa ser uma boa mãe?

Na nossa casa, nos foi ensinado a respeitar e compreender as diversidades que às vezes acontece devido a diferenças de personalidades. Nunca tivemos nenhum tipo de problema, pois o diálogo sempre foi franco e aberto, calcado no amor e no respeito.

B.K. - Não acredito em fórmulas, mas tenho a convicção de que a dedicação dos pais deve estar presente em todas as fases da vida dos filhos. Devemos estar abertos ao diálogo e a ajuda necessária sempre. Temos que respeitar a individualidade de cada um deles, e segurar para não dar palpite demais. Devemos orientar, mas as escolhas são deles. Vitti - Vocês, enquanto mãe e filha, mantêm uma relação em que buscam não misturar o lado profissional com o familiar? B.K. - Em casa não existe esta separação de trabalho e família. Elas se misturam de uma maneira harmoniosa, convivemos muito bem com isso não interferindo no nosso relacionamento pessoal. A aceitação da maneira de cada um ser é a solução do problema. Vitti - Você se sente realizada, seja no campo profissional como também no pessoal? B.K. - Apesar de plena realização pessoal, familiar e profissional, sou inquieta e pouco acomodada, sempre busco algo novo para fazer, ou melhorar o que já está feito. Os sonhos que tive tornaram-se reais e os que ainda tenho espero continuar alcançando-os. Tenho a convicção de que isso torna a vida dinâmica e feliz.

Fotos: Lucas Nascimento

Vitti - Quais foram as lições de vida que você mais valoriza e que foram obtidas do seu relacionamento com sua mãe? B.K. - Na nossa casa, nos foi ensinado a respeitar e compreender as diversidades que às vezes acontece devido a diferenças de personalidades. Nunca tivemos nenhum tipo de problema, pois o diálogo sempre foi franco e aberto, calcado no

amor e no respeito. É a dedicação e o amor sem reservas à família e a certeza de que o trabalho é sem duvida um dos itens da felicidade do nosso dia a dia. Sem ele nossas vidas não são completas.

Beatriz, sua mãe Yvette e a filha Juliana 12 | Vitti | revistavitti.com.br

Maio, 2015

Maio, 2015

revistavitti.com.br | Vitti | 13


14 | Vitti | revistavitti.com.br

Maio, 2015

Maio, 2015

revistavitti.com.br | Vitti | 15


Vitti Acontece

As amigas Regina Araujo e Fabiana Salvadori em evento no restaurante Vistah. Simone, Luana e Rosana prontas para show dos 50 anos da Globo. Fábio Madueno e sua família reunida no restaurante Perequim, em Ubatuba, sendo recepcionados pelo João Bianchi, sempre muito simpático - Odete, Joana e Marisol Madueno.

Diretoras Aline e Claudete do Colégio Tableau Taubaté são premiadas com viajem à Disney, juntamente com as Mantenedoras Cristiane e Rosana, pelos 10 anos de dedicação no Colégio. Bruno e Angela Tadeucci descansando em Londres e fizeram uma visita ao amigo Ricardo Berbare.

Angela e Ricardo Berbare

Família Toscano comemorando aniversário da neta, Natalia, filha de Rita, em São José dos Campos.

Celso, Rita, Paula, André, Dea, Waltinho, Otilia e Walter

Dr. Paulo Moura Carvalho médico oficial da Marinha brasileira. 16 | Vitti | revistavitti.com.br

Maio, 2015

Maio, 2015

revistavitti.com.br | Vitti | 17


Social Taubaté

Olga Óculos

Fotos: will anraku

Agradecemos aos nossos clientes e amigos todo o carinho nos 24 anos de existência da Olga Óculos! Vocês fazem parte da nossa História.

Quézia, Josiane, Fátima, Patrícia, Amanda, Olga, Padre Fábio e Dona Conceição

Olga e sua mãe, Dona Conceição

Amanda, Olga, Fernando e Peterson

Daniele, Parê, Celina e Olga

Fátima com sua mãe, Conceição e sua irmã Olga

Frederico, Olga e Peterson

Régis e Olga

Daniele e Olga

Olga, Wilson e Dona Conceição

Olga e Amanda

18 | Vitti | revistavitti.com.br

Maio, 2015

Maio, 2015

revistavitti.com.br | Vitti | 19


Vitti Acontece nutrição

INSPIRADO PELA NATUREZA,

comprovado pela ciência. Por Cristiane Vilarta

penas classificar os alimentos em proteínas, carboidratos e lipídios não é mais suficiente para se ter uma nutrição saudável. Recentemente o Ministério da Saúde lançou o novo Guia Alimentar para a População Brasileira em que acrescenta uma nova divisão entre alimentos naturais, processados e ultraprocessados. Com o avanço da obesidade, especialistas perceberam que não bastava só orientar a ingestão de mais ou menos nutrientes na dieta, pois a indústria mascara o valor real dos alimentos com a adição de gordura vegetal hidrogenada, corantes, realcadores de sabor, que são ingredientes prejudiciais a saúde.

É comprovado que os nutrientes adicionados não reproduzem os mesmos efeitos de alimentos in natura. Por exemplo, vitaminas, minerais e fibras anunciados em bebidas lácteas, sucos, achocolatados e barrinhas de cereais são menos eficazes do que os contidos numa maçã. É o alimento

em si, com toda a sinergia de seus compostos, que faz a diferença para a saúde, e não de forma isolada. Sim! A comida de verdade traz benefícios inegáveis. Sem dúvida, passar a frequentar mais as feiras (melhor ainda se forem orgânicas) e adotar o modelo francês de refeições mais frescas, aumentaria a disponibilidade de alimentos mais naturais na nossa dieta, tornando-a mais eficiente. Cristiane Vilarta - Graduada em Nutrição pela PUC Campinas. Especialista em Bioquímica, Fisiologia, Treinamento e Nutrição Desportiva pela UNICAMP com estágio na Unidade de Reabilitação Cardiovascular e Fisiologia do Exercício no INCOR. Mestre em ciências da saúde pela Faculdade de Medicina da USP. cristianevilarta@gmail.com

VOCÊ VAI MUDANDO DE HÁBITOS E, QUANDO VÊ, JÁ MUDOU DE

Rua Venezuela, 71 - Jd. das Nações - Taubaté tel.: (12) 3629.4332 / (12) 3025.6520 / (12) 3631.4624 20 | Vitti | revistavitti.com.br

Maio, 2015

Maio, 2015

revistavitti.com.br | Vitti | 21


Social Guaratinguetá

Andréa Arneiro - Studio de Pilates Fotos: benê carvalho

O coquetel de inauguração do novo espaço do Andréa Arneiro - Studio de Pilates, que aconteceu no dia 10 de abril, foi um sucesso. Uma noite especial que contou com a presença de clientes, amigos e familiares.

Júlia, Andréa e Dr Mauro Cunha

Andréa e Cristina

Dr Mauro Cunha, Júlia, Andréa, Cláudia e Dr Maurício Mazur

Regina, Therezinha, Andréa e Iracema

22 | Vitti | revistavitti.com.br

Mariana, Andréa e Aline

Amanda, Aline, Júlia e Andréa

Amanda, Conceição, Andréa, Nícolas, Aline, Júlia e Mariana

Dr Mauro Cunha, Andréa, Júlia, Luciene, Dr Fábio Kallil, Dr Sergio Franklin e Dra Margarida

Ada e Adailor

Elizabeth, Dr Mauro Frazili, Rosana, Andréa e Dr Mauro Cunha

Andréa, Iracema, André Arneiro, Amanda e Aline

Júlia, Andréa, Celina e Claudir

Larissa, Luis Miguel, Júlia, Andréa e Ana Maria

André Arneiro

Júlia, Andréa, Mariana, Cláudia e Jefferson

Dr Mauro Cunha, Andréa, Sabrina e Rafael

Maio, 2015

Maio, 2015

revistavitti.com.br | Vitti | 23


Esporte

André Rocha bate recorde Pan-Americano do arremesso de peso

Paratleta de Taubaté confirma boa fase, garante vaga para o Mundial da Alemanha e visa convocação para o Parapan de Toronto

O

Da redação

paratleta André Rocha, de Taubaté, mais uma vez fez história no arremesso de peso ao alcançar a marca de 9,15m durante a quinta etapa do Open Internacional de Paratletismo, realizado no último mês de abril no Ibirapuera, em São Paulo. O taubateano quebrou o recorde Pan-Americano, fez a segunda melhor marca do ano e levou a medalha de ouro na categoria F54. “Achei o resultado excelente. Participei de três provas — peso, dardo e disco — e garanti dois pódios. Com muita raça e determinação, superei uma lesão no ombro para conquistar esses resultados”, ressaltou André. Além desse feito, o esportista fez a marca de 20m no lançamento de dardo e garantiu a prata na modalidade. Vinte e cinco países participaram do campeonato. Com esses dois resultados, André Rocha classificou-se para a final do mundial que será disputada no mês de junho na Alemanha. “Vou focar ainda mais meus treinos para o principal torneio do ano. Vou trabalhar muito, pois sei que não será fácil disputar essa competição internacional com os estrangeiros. Sei que terei muito trabalho pela frente, mas darei todo meu sangue e suor”, disse. O paratleta acredita que devido ao ótimo desempenho na etapa internacional realizada no Brasil, seja convocado para a seleção brasileira nos próximos meses. Será mais uma meta para o taubateano que sonha em representar a cidade nas Paralimpíadas do Rio de Janeiro em 2016.

24 | Vitti | revistavitti.com.br

Maio, 2015

Maio, 2015

revistavitti.com.br | Vitti | 25


Social Taubaté

Prêmio Essas Mulheres Maravilhosas 2015

Fotos: Amaro Correa

A Coluna Destaque Raimundo Nonato realizou no último dia 10 no Fabelle Buffet, a sua 34ª Edição do Prêmio Essas Mulheres Maravilhosas 2015. O evento, que teve animação da Star Band Show contou com homenageadas do Vale e de outros estados, além de Paraninfos e Patronesses de Honra como convidados especiais. Na oportunidade foi lançado o Projeto Poderosas Mulheres Fortrix.

Jeremias Rodrigues e a homenageada Telrose Rodrigues

Renata Lamin e Mario Edson

Dr João Menezes e a homenageada Adriana Campos

Rosane Guimarães e Andreia Martins

Vereador Douglas Carbonne e a homenageada Cileide Campos 26 | Vitti | revistavitti.com.br

Raimundo Nonato e as homenageadas Maria do Socorro e Maria Quitéria Ortiz

Sandrinha Sargentelli, Fabio Souza e Cinthia Alkmin

Dr João Menezes e a homenageada Arlete Dias Augustinho

Patricia De Mauro e Adriana Melo

Sérgio Felício e a homenageada Adriana Rodrigues

Valéria Drumond e Gisele Bento da Silva

Marcelo Pimentel, Dr José Rui Camargo, Dr Denerval de Melo e a homenageada Suelen Corrêa

Madalena Nobre (Rede TV) e Raimundo Nonato Maio, 2015

CALÇADOS ROUPAS E ACESSÓRIOS SHOPING VIA VALE GARDEN | TAUBATÉ - SP AIX-EN-PROVENCE BUENOS AIRES CANNES JOHANNESBURGO HOLLYWOOD LAS VEGAS NICE ORLANDO PUNTA DEL ESTE RIO DE JANEIRO SÃO PAULO 505 LOJAS - 18 PAÍSES

Maio, 2015

revistavitti.com.br | Vitti | 27


Negócios

C

O futuro que construímos Por Arcione Viagi

ada um na sua hora irá deixar a vida e ficar ou não na lembrança de algumas poucas pessoas. Alguns conseguirão um feito maior, ficando marcados na história por suas loucuras ou por suas contribuições para uma vida melhor. Acho que todos deveriam tomar ciência dessa verdade e do livre arbítrio que temos de decidir o que queremos em relação a isso. É uma pena que na maioria das vezes a ignorância que é oferecida para a maioria, limita a capacidade de pensar e de se indignar com uma vida medíocre. Vivemos um dilema que assola a inteligência, mas que é contraposta pelo egoísmo que impende que os intelectuais e capazes de mudar a realidade a sua volta se predisponham a abrir mão de suas conquistas em prol do bem comum. Tomando como base a história não encontramos mudanças reais na postura das pessoas sem dor, sem provação e sem heróis verdadeiros. Em um país de ignorantes o tempo é inimigo da eficiência e do bem comum porque só contribui para transformar os procedimentos, leis e condutas em um emaranhado de dita28 | Vitti | revistavitti.com.br

mes produzidos por ignorantes com as mãos no poder e que só pensam em seus próprios bolsos. Assim como a globalização evidenciou a necessidade de mudanças radicais nas empresas nos anos 1990, depois de mais de vinte anos, a “Instituição denominada Estado” deve ser revista com urgência para acabar com a falta de governabilidade e de um custo proibitivo imposto para os cidadãos que trabalham. Estamos vivendo uma mistura de orgia do poder e letargia popular em que o povo acredita que existe luz no final do túnel e os poderosos não pensam além de alguns poucos dias a frente quando irão usar todos os artifícios possíveis para enganar os eleitores em busca dos votos que os perpetuarão no poder. Vivemos uma ditadura disfarçada de democracia. A ditadura da ignorância. A ditadura das leis que impendem até mesmo os poucos bem intencionados de andar na linha e realizar ao mesmo tempo. Existe um jogo tão grande de palavras que faz com que as interpretações sejam infinitas e cuja decisão seja mais políticas do que justa. Não é difícil confirmar isso, é só analisar as questões e as decisões de cada um dos maiores conhecedores de

leis do país no julgamento do “mensalão”. Se até para aqueles privilegiados cidadãos a interpretação das leis é uma questão de ponto de vista, imaginem com fica o povo medíocre do qual fazemos parte? A burocracia aumenta os custos e gera possibilidades de ganhos inimagináveis para quem tem a decisão. Acho que precisamos rever nossos códigos e quem sabe devolver a confiança para todos, acabando com os controles inúteis que as instituições foram incapazes de garantir. Deveríamos pregar a honestidade não como virtude de poucos, mas como pré-requisito para todos que desejam continuar vivendo em sociedade. Não podemos ter leis que mostram os caminhos para a corrupção e depois protegem os bandidos com cadeias imaginárias e punições somente para ladrões de galinha e sem condições de pagar pela defesa. Procuram-se pessoas corajosas e que queiram deixar seus nomes na história como sendo aqueles que se entregaram a uma causa maior que é mudar essa pouca vergonha que se transformou o Brasil.

Arcione Viagi é consultor empresarial. Contato: vitalconsultoria@gmail.com Maio, 2015

Maio, 2015

revistavitti.com.br | Vitti | 29


Social Taubaté

Inauguração Oazzi

AS AVANÇADAS TÉCNICAS DE GESTÃO EMPRESARIAL DAS MELHORES ESCOLAS DE NEGÓCIOS DO MUNDO, SEM PRECISAR SAIR DO PAÍS!

Fotos: will anraku

No dia 15 de abril aconteceu a inauguração da Oazzi, no Via Vale Garden Shopping, em Taubaté. Não faltou gente bonita e animada. Lina Bermejo e Patricia Bermejo, proprietárias, prepararam tudo com muito carinho para receber clientes e amigos. A loja, multimarcas, apresentou a coleção de inverno ANIMALE e FYI, com exclusividade.

Patricia Bermejo e Lina Bermejo

Adriano, Lina Bermejo, Glauco e Ariadne

Patricia Bermejo, Patricia Lanfranchi e Lina Bermejo

Mariah, Lina Bermejo, Domingo, Francisco Cartaxo e Paula Cartaxo

Patricia Bermejo, Wesley lima, Lina Bermejo e Paula Cavalin

São José dos Campos | São Paulo | Limeira | Santos | Mogi das Cruzes | Campinas | Sorocaba Patricia Lanfranchi, Lina Bermejo, Julio Kaizen, Adriana e Patricia Bermejo 30 | Vitti | revistavitti.com.br

Patricia Bermejo, Camila e Amanda Ayello Maio, 2015

INFORMAÇÕES PARA NOVOS GRUPOS www.mbmeduc.com.br 12 3018.5099 | 12 9.9161.9950 | Nextel ID: 84*69017 Av. Alfredo Ignácio Nogueira Penido, 335 - sala 1402 - Jd . Aquariús - São José dos Campos - SP Maio, 2015

revistavitti.com.br | Vitti | 31


Economia

É hora de investir em ouro?

A

Por Felipe Guarnieri

ntes de tudo acho importante esclarecer que não considero ouro um investimento. Pois é, o conceito de investir está visceralmente atrelado a crescimento e geração de riqueza. Você compra uma casa e recebe aluguel, você monta uma empresa e espera lucros desta empresa e se comprar uma fazenda, vai querer safras todos os anos. Ouro não cresce, não se reproduz e, portanto, não dá para considerar um investimento no sentido da palavra. Ouro é uma coisa que você compra esperando que na hora da venda tenha alguém disposto a pagar mais, mas – a não ser que você seja um joalheiro – não dá para fazer aquele pedaço de ouro valer com o passar do tempo. Warren Buffet – maior investidor do mundo – disse há uns anos que “alguém retira o ouro de um buraco na África, depois derrete o metal, cavoca um outro buraco em um outro lugar e enterra de novo (o ouro em barras) pagando alguém para ficar tomando conta. Qualquer um olhando de Marte estaria perplexo”. Pois é... concordo com ele. São dois os racionais para comprar ouro: o primeiro é quando você olha ao redor e não enxerga nada muito promissor, sejam ações, fundos, títulos de dívida, imóveis etc. Nesta hora, se o mercado 32 | Vitti | revistavitti.com.br

está em queda, ir para o ouro é o equivalente a deixar o dinheiro embaixo do colchão enquanto a maré acalma, investindo com um grau de certeza maior. O segundo racional é uma derivada deste primeiro. Como o estoque de ouro no mundo é relativamente constante (não dá para fabricar mais ouro se a procura por ele subir), num cenário de estresse onde muita gente busca o metal, o preço sobre. É um movimento especulativo, não deixa de ser um “efeito manada” com ares de profecia autorrealizável. Historicamente quando a economia entra em crise muita gente corre para o dólar e para o ouro. Aconteceu isso na crise de 2008 e atualmente o cenário ainda é de estresse. O Brasil, que perdeu de 7 a 1 da Alemanha, deve perder de 8 (inflação) a -2 (PIB) na economia. Lá fora é bem possível que a farra da liquidez (os Quantitative Easing do banco central americano) acabe, os juros subam e os dólares comecem a ser enxugados do mercado, o resultado será uma queda no mercado de ações e outros ativos financeiros. Se você quiser, portanto, comprar ouro, há algumas alternativas. A primeira delas, mais ineficiente, é comprar o metal. Isso, além de não ser prático, é arriscado e tem baixa liquidez na hora da venda, pois um futuro comprador vai desejar verificar se a barra de ouro é realmente pura ao fazer a transação.

Outra alternativa é comprar ouro escritural que pode ser custodiado (guardado) no próprio banco. A vantagem é que o banco garante a recompra e você não precisa guardar o ouro em casa. Por último, há os ativos financeiros com lastro em ouro. Há poucas opções aqui no Brasil, mas existem fundos onde você pode investir que acompanham a cotação do ouro. Para investidores mais qualificados, também podem ser negociados contratos futuros de ouro (a transação tem que ser feita através de uma corretora) e finalmente para quem tem conta lá fora existem uma série de fundos negociados em bolsa de valores (ETFs) que acompanham a cotação do ouro. Uma nota triste sobre a Petrobrás. Escrevo um dia após o balanço auditado da Petrobrás, e o resultado de 2014 realmente foi catastrófico; R$ 21,6 bilhões de prejuízo vindo de um lucro de R$ 23,6 bilhões em 2013, uma queda de R$ 45,2 bilhões; cerca de R$ 6 bilhões de perdas atribuídas apenas à operação Lava-jato. Neste momento a única certeza é a destruição da empresa, mas o tamanho do rombo ninguém sabe ainda. Investir na empresa hoje é antes de tudo um ato de coragem, é lutar no escuro, sem saber de onde virá o próximo golpe. O preço do petróleo caiu, o custo do pré-sal é altíssimo, a dívida da empresa é de quase R$ 400 bilhões e a corrupção junto com má gestão levou a empresa ao prejuízo. Maio, 2015

Maio, 2015

revistavitti.com.br | Vitti | 33


Sociedade

Maio destaca símbolos do poder feminino

De comemorações religiosas à representatividade política, o mês de maio põe em pauta o empoderamento da mulher

A

Por Murilo Baracho

agenda de maio traz uma série de diferentes comemorações em sintonia com o universo feminino. Além de ser, tradicionalmente, o mês das noivas, são comemorados também o Dias das Mães, em seu segundo domingo, e o Dia de Nossa Senhora de Fátima (13), pela Igreja Católica. Como prova da devoção brasileira, o Santuário Nacional de Aparecida, patrimônio histórico e cultura, recebeu cerca de 12 milhões de fieis em 2014, de acordo com o A12.com, portal oficial da Basília – o maior número já registrado na história do templo. Segundo os relatos da época, em 1917, a Virgem Maria apareceu repetidas vezes a três crianças que apascentavam um pequeno rebanho, no dia 13 de maio daquele ano, em Portugal. No último dia 22 de abril, o Papa Francisco, líder mundial da Igreja Católica, fez uma crítica ao machismo e à qualificação da mulher como “segunda classe”. Durante a audiência geral na Praça de São Pedro, o pontífice denunciou "a instrumentalização e a comercialização do corpo feminino na atual cultura midiática" – o que

34 | Vitti | revistavitti.com.br

indica um avanço na visão católica sobre o espaço feminino na sociedade. Na perspectiva da valorização do universo da mulher e de seu papel em todo o mundo, vale destacar não só a movimentação do catolicismo, mas também na história midiática, cultural e política. De Malala Yousafzai, ativista paquistanesa honrada com o Prêmio Nobel da Paz em 2014, à presidenciável americana Hilary Clinton, que disputa o governo dos EUA em 2016 e à personagens feministas protagonistas de filmes que são recordes de bilheteria, como Jogos Vorazes e Divergente. Em um recorte regional, a representatividade política das mulheres precisa ser alavancada – apenas 21% do parlamento taubateano é composto por vereadoras, e 23% em São José dos Campos. Por outro lado, através da iniciativa política a cidade de São José dos Campos deu um grande passo em busca dos direitos da mulher, com a criação da Vara de Violência Doméstica e Familiar contra a Mulher, a primeira da região do Vale do Paraíba, Serra da Mantiqueira e Litoral Norte. Com competência cível e criminal, o órgão é responsável por processar, julgar e executar as causas decorrentes da

prática de violência doméstica e familiar contra a mulher. O mês de maio se tornou o símbolo do empoderamento, das conquistas das mulheres e de todo o reconhecimento a respeito da essência feminina presente na vida de todos. Mês das noivas Embora dezembro registre o maior número de matrimônios no Brasil – segundo o IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), foram realizadas 119.884 cerimônias 2010 – maio é, mundialmente, o mês das noivas. Tudo indica que seja por causa de uma tradição importada dos países do hemisfério norte, onde maio é um mês muito importante para os costumes populares. "Naquela parte do mundo, a chegada da primavera é celebrada com muitas flores, em homenagem à natureza que refloresce. Ao longo dos séculos, esses elementos foram sendo associados à celebração do amor no casamento. Essa mesma ligação com as flores e a feminilidade fez com que maio, além de mês das noivas, também fosse considerado o mês das mães e de Maria", diz o padre e teólogo Pedro Iwashita, do Instituto Teológico de São Paulo. Maio, 2015

Maio, 2015

revistavitti.com.br | Vitti | 35


Social Passa Quatro

Um jantar especial

Fotos: PAULO FONTES

Jantar especialíssimo que aconteceu no dia 11 de abril na pousada Maria Manhã “Feito por Amigos” teve a participação de seis consagrados chefs, Pedro Pecego, Thiago Flores, Elia Schramm, Erick Nako, Bianca Barbosa, Ricardo Valadão e Manu Zappa. Eles deram um show com preparos rápidos e deliciosos de comida típica da região como a truta e suam de porco. Essa atitude da empresária Odete Madueño é inovadora e com certeza tem tudo a ver com nossa região. Esperamos que essa ideia pegue e que outras oportunidades como esta sejam oferecidas aos visitantes e moradores da região.

# em festa Figueira Em maio completamos quatro anos de história e muitas festas. Queremos agradecer a sua presença, o carinho, a paciência, as críticas e os elogios. A parte mais importante de tudo é você.Boa comida, serviço acolhedor e ambiente informal foi nosso ponto de partida para chegarmos até aqui.Trouxemos novidades, trabalhamos arduamente, e, claro, curtimos muito!!! Aos sábados Feijoada regadas de um bom sambinha, eventos temáticos noites Internacionais, Jantares às Cegas e Exposições de Artes. Alegria e boa energia é a palavra de ordem, mas comida, ahhhh... A comida è a nossa paixão! Começamos com o Bolinho de Arroz, como era na casa de nossas avós, depois veio a Confraria do Bacalhau, passamos por muitas Experiências Gastronômicas, passando pelo risoto Rosinha é claro, ao Caju Amigo.

Por isso, comemoraremos o mês inteiro! É o #figueiraemfesta4. 36 | Vitti | revistavitti.com.br

Maio, 2015

Maio, 2015

LANÇAMENTOS:

. Cardápio Novo . Vinho da Casa

mês de aniversário

. Menus Comemorativos a 39,90 os dias Bar com música todos revistavitti.com.br | Vitti | 37


Social Taubaté

Socorro in Foco

Por Socorro Pinto helpkoka@hotmail.com

Voluntárias e conselho gestor Virginia Alvarenga, Alzira Albez e Eduardo Assis No dia 23 de abril Alzira e Eduardo receberam muita gente bonita para um brinde que marcou o lançamento da nova coleção da loja Simulassão, no Taubaté Shopping.

Bianca Bianchi e Vinicius Teles Em momento de carinho e muita descontração, o querido Vinicius festejou seu aniversário com amigos e na companhia da sua musa Bianca. Não faltou animação. Parabéns!

O Bazar Fina Estampa, evento filantrópico sem fins lucrativos, foi um sucesso. Este ano foi registrado recorde de vendas. Tudo isso devido ao carinho do público que prestigia e confia no lindo trabalho e, é claro, do grande esfoço do conselho gestor da Fundação Dom Couto e voluntárias.

Rosely Braido, Frederico Costa Leal e Devarupa Bodhi 3º Workshop “O Poder Feminino” com o tema: Descobrindo novas possibilidades. O evento foi um sucesso e contou com excelentes palestrantes e um público ávido por conhecimento.

A sempre chiquérrima Drª Elina completou mais um ano de vida no último dia 9 de abril e comemorou seu aniversário com muito glamour, sem deixar de lado o marido e as amigas. Felicidades!

Elina Ribeiro e Wander Cunha 38 | Vitti | revistavitti.com.br

Sônia e seu marido em férias pela belíssima cidade de Amsterdam, na Holanda foram comemorar seu aniversário com um delicioso jantar romântico no barco Lovers Canal Cruise.

Paulo Fernandez e Sônia Maria Motta Fernandez Maio, 2015

Maio, 2015

revistavitti.com.br | Vitti | 39


Reflexão

Entender, sentir, participar

A

Por Juliana Bueno

alienação de uma grande maioria de pessoas me impressiona, incomoda e entristece. Ao lado dela, quase sempre uma estranha alegria, uma euforia superficial, conversas “vazias”, vazias de significado e conteúdo realista, que permitam enxergar também, o mundo ao redor. Enxergar, neste caso, significa tentar entender, aprender e principalmente sentir. Sentir, sensibilizar-se com os problemas do mundo, e do nosso próprio país, é simplesmente fundamental. É o requisito essencial para uma autêntica espiritualidade prática-dinâmica. E então, quando ligo a TV num telejornal qualquer, ouço e vejo: “Todos estes milhões de refugiados, com suas famílias, com suas crianças, fugindo das guerras, enfrentando o rigor do inverno, a falta de moradia, a alimentação cada vez mais escassa. Estas crianças, milhares e milhões, pertencem a uma geração perdida. O que o futuro reserva para elas?”. Resolvo não assistir mais. E penso, angustiada: “preciso rezar, preciso visualizar e pedir (decretar) para os Mestres e para os Anjos que, “em nome de Deus Pai-Criador, socorram estes refugiados, especialmente as crianças”. Que futuro estes nossos irmãozinhos podem esperar? Enquanto perambulam

40 | Vitti | revistavitti.com.br

com os pais pelos desertos, pelas cidades, pelas vilas e lugarejos deste planeta? Que escolas vão frequentar? Quais são os seus brinquedos? O que eles comem? O que eles comeram hoje no café da manhã? Não temos estas respostas. Talvez neste exato momento, enquanto nos questionamos sobre tudo isso, estamos “devorando” um delicioso sanduíche, e um suco nutritivo que acabamos de fazer. Talvez a nossa fome diminua um pouco, ou talvez aumente. Afinal, você pode pensar, “eu não posso fazer nada!”. Mas não é bem assim. Você pode e deve fazer algo. Rezar, pedir, suplicar para os Mestres Espirituais, para os Anjos, visualizando sempre um mundo melhor, onde imperem sem restrições, o amor, a bondade e a compaixão. São recursos eficientes, e podem ser usados todos os dias. Estamos em maio, Mês das Mães, talvez possa ser um momento ainda mais indicado para nos sensibilizarmos com estes problemas tão dolorosos. Acompanhe com interesse o que está acontecendo. É sempre possível ajudar as ONGS, Médicos Sem Fronteiras (msf. org.br), ou mesmo crianças e famílias pobres que moram perto de você. São atitudes urgentes, praticas e fundamentais. Pense um pouco agora, sobre as nossas crianças, aqui neste imenso país, nos estados e regiões mais pobres. Famílias que vivem nas favelas ou nas ruas, nas es-

tradas, nos viadutos, ambientes escuros e sujos, onde suas crianças tentar sobreviver, brincar, ter algum sonho ou ilusão. Quem sabe? O que podemos esperar para o futuro destas crianças? Tudo isso vai mudar, precisa mudar! E nós, os espiritualistas, os “despertos” sensíveis e participantes, somos os construtores desta Grande Transformação. Esperanças infinitas, práticas e atuantes não podem faltar. Ao lado dela, a confiança e a fé que nos ajudam a desenvolver a sabedoria que compreende, não critica, mas ajuda sempre com alegria e gratidão. Vamos encontrar assim, no nosso mundo interior, os melhores caminhos, as melhores maneiras para ajudar: amigos e familiares se necessário, crianças mais próximas, ou aquelas que vagam famintas no Oriente, no Ocidente, na África, no Brasil. Todos estes irmãos precisam de nós. Assim como em cada um de nós, na alma e no coração destas crianças existe o potencial divino. A missão maior daquela alma, o sofrimento e a dor daquele coração. Comece então hoje mesmo, a sua missão, neste grande trabalho de AMOR.

NAMORADOS HOT

Juliana Bueno é jornalista e escritora. Seu mais recente livro ”Passageiros da Nave Terra” pode ser encontrado nas livrarias de sua cidade, ou acessando o site de sua editora: www.besourobox.com.br Maio, 2015

Maio, 2015

revistavitti.com.br | Vitti | 41


Social Taubaté

Encontro de Noivas Shibata

Gerentes do Shibata Supermercados

Equipe Shibata Casa & Presentes de Taubaté

Fotos: Lígia Pimenta e Fernando Mori Miyazawa /Nagaoka Mídias Sociais / Alex Andrade

Aconteceu nos dias 11 e 12 de abril o 5° Encontro de Noivas, realizado no Shibata Casa & Presentes Taubaté, contando com a presença de diversos expositores, parceiros e com um belo desfile de noivas.

Que tal ficar de joguinho hoje à noite? Pra sair ganhando em clima de paquera e sedução, é preciso criatividade! O Kit Esquenta Pimenta vai deixar qualquer conquista muito empolgante.

Taubaté Shopping

12 3413.4988

42 | Vitti | revistavitti.com.br

Maio, 2015

Maio, 2015

revistavitti.com.br | Vitti | 43


Ciência

No mundo dos negócios, o amanhã começa hoje.

Água:

contaminação, saúde e crise hídrica

SALAS PRONTAS

44 | Vitti | revistavitti.com.br

obrigatoriamente, com regimento em lei, analisar periodicamente a qualidade das águas dos seus estabelecimentos que estão sendo expostas aos seus clientes. Água contaminada de piscina pode levar a diversas enfermidades, tais como infecções urinárias e micoses. Nos restaurantes e padarias que você frequenta, observe sempre a presença de selos de qualidade de boas práticas de higiene, quanto à manipulação dos alimentos e análises periódicas da qualidade dos alimentos e da água que serão servidos ao público. Nunca esqueça também da importância da lavagem das mãos antes das refeições. A água do poço, mina ou nascente que você bebeu estava tão límpida, como pode estar contaminada? Bactérias, vírus e outros micro-organismos são seres microscópicos, que se estiverem presentes ou não, só poderá ser atestado sua qualidade por meio da análise da água. Portanto, embora estejamos ainda enfrentando uma crise hídrica e passando por situações de exposição da nossa saúde no cotidiano, minimize a exposição aos riscos iminentes. Faça e cobre a análise do que você consome, dos serviços oferecidos a você e sua família. Cobre os laudos e selos de qualidade dos estabelecimentos que você utiliza. Ateste Qualidade para a Vida! Tríad Lab – Soluções em Análises Contato: contato@triadlab.com.br Maio, 2015

ESTRATÉGIA COMUNICAÇÃO MARKETING

Já parou para pensar que no seu dia-a-dia várias situações passam despercebidas expondo a sua saúde e a da sua família? Órgãos de abastecimento público garantem a qualidade da água que fornecem desde o manancial até o cavalete, na entrada do imóvel. Após o cavalete a população e estabelecimentos comerciais precisam fazer suas partes limpando suas caixas d’água. Quando chega ao cavalete, a água é potável, livre de micro-organismos nocivos à saúde. Mas se a caixa d’água não estiver limpa e desinfetada, todo o seu conteúdo poderá se contaminar, tornando a água imprópria para o consumo e manipulação dos alimentos, colocando em risco a sua saúde e também a de sua família. Para evitar este problema, é imprescindível cuidar das instalações hidráulicas e limpar a caixa d’água a cada seis meses. A análise da qualidade da água pode revelar a presença de impurezas, bactérias e fungos, que, se presentes, podem levar ao quadro de: vômitos, diarreia e desidratação. Fique de olho! Será que a água que utilizamos está sendo armazenada corretamente? E a tubulação dentro de casa, será que não está enferrujada ou contaminada? Além de analisar a qualidade da água, sempre beba água filtrada ou fervida. Águas minerais devem passar por um rigoroso controle de qualidade, através das análises de todos os lotes disponibilizados para o consumidor final. Condomínios, clubes, escolas e academias com piscinas de uso coletivo devem

dlgf

E

lemento fundamental para a existência da vida, sendo responsável por 60% do peso do corpo humano e de 70% da superfície do nosso planeta Terra, ou seria planeta água? Bem tão precioso que jamais se acabará. Será mesmo? Para os reservatórios não secarem, deveríamos utilizar somente a água que é reposta pelas chuvas, o que representa somente 0,002% da água existente no planeta. Dados mostram que 70% da água é utilizada na agricultura, 20% nas indústrias e somente 10% para consumo humano. A crise hídrica pôs em xeque essa premissa. Passamos pelo período chuvoso, que recomeçará somente em novembro, na incerteza de que teremos água suficiente nos reservatórios durante todo o período de estiagem. Para fixar o homem numa localidade, é recomendado que chegue a ele em quantidade e qualidade, os elementos fundamentais da sobrevivência: ar, água e alimentos. Desta tríade, a água é o elemento que se tem a distribuição mais irregular, sendo necessário estar próximo e em quantidade suficiente, para ser distribuída à população. Por outro lado, os alimentos podem ser transportados de longas distâncias. O ar, já é de preocupação mundial a manutenção de sua qualidade, estando diretamente ligada a poluentes emitidos por diversos fatores. Impactos qualitativos e quantitativos infringem diretamente na saúde e na economia de várias localidades.

38m² a 58m²

| www.dlgf.com.br

DE

www.dhfquality.com.br CONHEÇA O EMPREENDIMENTO EXCLUSIVO PARA OS PROFISSIONAIS DA SAÚDE QUE BUSCAM CONFORTO, SEGURANÇA, PRATICIDADE E SOFISTICAÇÃO. Maio, 2015

Acesse pelo celular:

R. Equador, 254 Jd. das Nações Taubaté/SP | (12) 3622-5077 revistavitti.com.br | Vitti | 45


deze7.com.br

Social Taubaté

Flash

Por José Luiz de Almeida luizinho-cafe@hotmail.com facebook.com/luizinholanches

Willian, Flavia e Cleber Mineiro Aconteceu no último dia 19 o aniversário de um ano do O Botequim Vila Santa, parabéns aos sócios Patricia Machado, Paulo Almeida e Vinicius Machado pelo sucesso, quem venham mais anos e anos. Confira os clicks

Dani Justen e Nara Nasser

DIA DOS

NAMORADOS

Felipe Moraes Aconteceu no buffet Mega Park duas comemoraçoes da família Vasconcellos. O patriarca Éden comemorou 90 primaveras, e a princesinha Manuela Abud 4 aninhos. Parabéns aos aniversariantes e à Angélica que organizou tudo, a festa estava linda de viver. 46 | Vitti | revistavitti.com.br

Coleção OUTONO | INVERNO 2015

André Fleming e Andrea Andrade

PARCELAMOS EM ATÉ 6X*

As queridas Andrea Andrade, Dani Justen e Nara Nasser comemoram aniversário no restaurante Vistah no último mês. Parabéns e muito sucesso para vocês!

Av. Itália, 219 Taubaté | SP 3682.1277 Maio, 2015

Maio, 2015

vitalliloja

revistavitti.com.br | Vitti | 47 *parcela mínima de R$100,00


Social Taubaté

Night Fever

Fotos: luizinho / ge castello

A festa Night Fever de abril aconteceu no dia 25 ao som da queridíssima Jana Correia que encantou cantando os melhores hits dos anos 80 e 90. A próxima festa será dia 25 deste mês com show internacional do Double You! Sucesso total.

48 | Vitti | revistavitti.com.br

Maio, 2015

Maio, 2015

revistavitti.com.br | Vitti | 49


Social Caçapava

Caleidoscópio Fotos: Pedro Waldrich

Por Anna Dennz annadennz@hotmail.com

Leonardo Stollmeier, Isabela Tafner, Odete Tonet, Taysa Tafner, Marlon Tafner, Nicolas Tafner e Matheus Tafner

Em 24 de abril o casal Marlon e Taysa Tafner promoveu a “Life Celebration”, uma reunião de Vips para comemorar a vida e angariar recursos à ONG ONÇAFARI, a qual são embaixadores. A festa das festas foi na cidade de Blumenau-SC, onde oitenta convidados desfrutaram da alta gastronomia e atrações, tais como, Papas da Língua e George Israel do Kid Abelha. Estive participando e representando na ocasião a MBA - Mídia Brasil Associados - com Chris Bueno, pela APACOS, Aninha Monteiro, FEBRACOS e o jornalista Gustavo Siqueira, quem foi o coordenador da assessoria de comunicação do importante projeto. Durante SPW a multimídia e produtora de moda Cláudia Metné, mimando a elegante empresária e consultora de moda ítalo-brasileira Costanza Pascolato - a mestra - dona da frase “Respeite sua essência, seja você mesma, é o jeito mais inteligente de construir seu estilo, sua maneira de viver e de se vestir. E você vai ver: estilo é fundamental para a autoestima”. 50 | Vitti | revistavitti.com.br

Gilberto Freitas

O Ator e Diretor Teatral, Sebah Vieira, Chris Bueno, Jarbas Justi, Aninha Monteiro, os anfitriões, Marlon e Thaysa Tafner, Anna Dennz, Gustavo Siqueira

A cidade de Caçapava aniversariou- 160 anos- e, o presente quem ganhou foi a população. Com patrocínio da empresa Viapol Impermeabilizantes, a Praça da Bandeira ficou lotada durante apresentação da Bachiana Filarmônica do SESI-SP, e Maestro João Carlos Martins, o qual foi carinhosamente recebido pelo prefeito Henrique Rinco, primeira-dama Horacélia, com a secretaria de Esporte, Cultura e Lazer Silmara Guedes. Decoração Rápida foi o tema da palestra proferida pelo Arquiteto Fabio Rocha, na Firmato Móveis e Decorações em São José dos Campos, com prestígio dos amigos, também arquitetos, Victor Pini e Sônia Affonso, e claro, o de sua elegante esposa e sócia, Sílvia Rocha. Durante coquetel com lançamento do Extend Play - Minha Paixão - da dupla Pedro Henrique & Mateus, pela gravadora Play Mix. No Registro os cantores com o diretor comercial Maikon Magni, o diretor da Isso é Pauta Abel Freitas, e o diretor artístico Marcelo Giglio “Telinho”. Maio, 2015

Maio, 2015

revistavitti.com.br | Vitti | 51


Pelo mundo

O belo Castelo de Bram, residência de Vlad, o "empalador", no século 15

Romênia

Encantos de um Destino pouco comum

A

Por Antonio Barbosa Filho

penas nos últimos anos os turistas brasileiros começaram a incluir em seus roteiros pela Europa a Romênia, cujo povo adora o nosso país. Para os romenos, o Brasil é sinônimo de tudo que eles não têm: praias, calor e sol constante. Mas o verão na Romênia tem dias muito agradáveis, dispensando os pesados casacos que se necessita vestir na maior parte do ano. A maior parte do país é ocupada pelas florestas da Transilvânia, pontilhadas por mais de cem castelos, lindas cidades medievais encarapitadas em colinas, magníficos mosteiros cristãos-ortodoxos, muitos museus e, claro, as belezas da paisagem. Vamos destacar apenas dois pontos curiosos da Romênia, entre muitos. Começaremos pela herança mais conhecida internacionalmente, os castelos e locais onde viveu o príncipe Vlad Tepes, personagem que inspirou o escritor Bram Stocker que, em 1987 publicou o clássico "Drácula". Vlad viveu entre 1431 e 1476, e ficou conhecido pela sua crueldade

52 | Vitti | revistavitti.com.br

na resistência aos invasores turcos, dos quais ele empalou pelo menos 20 mil. O empalamento é uma das mais dolorosas formas de assassinato, constituindo em enfiar uma estaca no prisioneiro, pelo ânus até a boca, erguendo-se a estaca na vertical. Caso não atinja órgãos vitais (e isso era uma técnica toda especial), o condenado podia sangrar e agonizar por até 24 horas! Pode-se visitar a casa natal de Vlad, em Shighisoara, bela cidade medieval na qual se entra por um portal sob a Torre do Relógio, na muralha construída no século 14. Há muitos casarões do século 16, as ruas são calçadas de pedras, e museus mostram armas medievais e instrumentos de tortura impressionantes. Drácula viveu em dois castelos, o de

O verdadeiro "Drácula" é um herói da luta contra invasores turcos

Bram, e o de Peles. O segundo está em ruínas, mas fica no topo de um pico, e parece mais autêntico. Já o de Bram é melhor conservado, e serviu para hospedar estadistas e visitantes importantes durante o regime comunista. Hoje, recebe 500 mil turistas por ano. Ambos os castelos merecem uma visita, assim como Shiguisoara e inúmeras cidades. Mas, como ir à Transilvânia e escapar da sedução de Drácula? Fotos: Marianne Lemmen

Em Shiguisoara, a casa onde nasceu Vlad, que inspirou o escritor Bram Stocker

Mural em mosteiro medieval na Transilvânia Maio,

2015

Maio, 2015

revistavitti.com.br | Vitti | 53


Ponto de vista

O Brasil

dos verdadeiros brasileiros...

D

Por Carlos Marcondes

iante de tantos escândalos protagonizados por quem nos deveria dar exemplos de dignidade, probidade e espírito público, diante de tanta violência e intolerância entre as pessoas, nos tempos atuais, conforta-me poder sentir que o verdadeiro Brasil dos brasileiros continua pulsando e avançando, mesmo com todos os problemas, diante da crise que atravessamos. Recentemente, visitei a cidade paulista de Barra Bonita; fui ver, de perto, o fascínio da eclusa - engenhoso sistema que permite aos barcos subir e descer paredes de água, e é o segredo da navegação do Rio Tietê. Imaginem uma gigantesca caixa de concreto, revestida de aço que, vazia, tem a altura de um prédio de 10 andares e, cheia, vira uma piscina de 500 milhões de litros

54 | Vitti | revistavitti.com.br

d’água. Na eclusa de Barra Bonita (que nem é a maior do Rio Tietê), a diferença entre os dois níveis d’água é de 26 metros de altura - o equivalente a um prédio de 10 andares. Ou seja, o barco (navio) entra naquela grande caixa e sobe ou desce 26 metros sem sair da mesma água que o rodeia. Mesmo para os mais familiarizados com os grandes feitos da engenharia, é uma obra e tanto. No mínimo, algo que não se vê todos os dias. A menos, claro, que você viva em Barra Bonita ou nas cidades ao longo do Tietê, cujas águas, nesta região, são limpas e repletas de peixes. Os moradores das cidades rio abaixo costumam usar um verbo que não existe nem é usado no resto do país: “eclusar”. “-Você já eclusou alguma vez?” Se não o fez, tente fazê-lo. Imagine estar em um navio de 200 toneladas, com até 600 passageiros e transpor uma bar-

reira de 26 metros d’água em 12minutos. É, simplesmente, fantástico. Tudo, no Tietê, gira em torno das eclusas. São elas que garantem o fluxo do rio, permitem a sua navegação para o transporte de cargas e o tornam atraente para o turismo. Este, enfim, não é o Brasil dos mensaleiros ou dos petrolões; muito menos da corja de ladrões que emergiu nos tempos atuais. Este, isto sim, é o Brasil dos verdadeiros brasileiros... Carlos Marcondes é Jornalista e Advogado. Contato: cmcomunicacoes@gmail.com

Maio, 2015

Maio, 2015

revistavitti.com.br | Vitti | 55


Opinião

Cinema

A síndrome da notícia ruim

Q

Por Carlos Castilho

uando a avalancha de informações econômicas pessimistas se soma à rotina de notícias sobre assassinatos, balas perdidas, chacinas, tragédias familiares, assaltos e atentados contra a economia popular, a agenda diária da imprensa leva o leitor a um dilema atroz: ter ataques de fúria ou simplesmente ignorar a realidade – o que, no caso da imprensa, significa desinteressar-se pelas notícias para preservar a sanidade mental. Esta é a escolha que um número crescente de leitores, ouvintes, telespectadores e internautas brasileiros está sendo obrigado a fazer diariamente na hora de ler um jornal, revista ou assistir a um telejornal. Está cada dia mais difícil suportar a carga de pessimismo transmitida pelas manchetes e por âncoras de telejornais, alguns dos quais parecem ter prazer em anunciar novas tragédias e novos sacrifícios para um cidadão que passou da euforia e otimismo até o inicio do ano passado para um estado de choque agora em 2015. A associação do noticiário pessimista com a estratégia oposicionista de desconstrução do governo Dilma Rousseff pode até ser casual, mas o fato concreto é que o crescente déficit de esperança do público consumidor de notícias tem consequências de médio prazo e que não são nada animadoras para o futuro da imprensa. O que se nota atualmente é que uma parcela considerável do público começa a descrer do que a imprensa publica por associar as notícias ruins a uma estratégia política e ideológica. A outra parte da clientela de jornais, revistas, telejornais e redes sociais vincula-se a esses veículos não por sua missão informativa, mas porque oferecem abrigo e conforto para posicionamentos ideológicos. Ambos os casos deveriam preocupar os executivos da indústria jornalística porque eles não

56 | Vitti | revistavitti.com.br

garantem a sustentabilidade futura das empresas que dirigem. A descrença tem efeitos prolongados porque afeta a credibilidade de leitores, ouvintes, telespectadores e internautas. Já a identificação ideológica pode ser transitória porque as conjunturas mudam e, com elas, a fidelização do público simpático às opções do veículo jornalístico. No caso atual, na hipótese de a presidente Dilma ser afastada, como deseja a extrema direita, o fator ideológico perderá relevância logo após as eventuais mudanças no governo, repetindo o que ocorreu antes e depois do golpe militar de 1964. Saturadas por tantas notícias pessimistas ou irritadas com o impasse político-ideológico, as pessoas promovem nas redes sociais da internet uma catarse coletiva online, que por um lado pode aliviar temporariamente as tensões pessoais mas, por outro, carrega ainda mais o já pesado ambiente informativo. Há dias li no Facebook o comentário de um internauta que dizia: “Eu já sei que está

ruim e vai ficar pior. Por que a imprensa não nos acompanha na busca de soluções?”. O angustiado consumidor de notícias deu vazão ao que muita gente pensa e tem muita dificuldade para transformar em prática. A dificuldade é que fomos educados a cobrar e esperar que os governos e as empresas resolvam todos os nossos problemas. Hoje verificamos que nem um nem outro têm condições e vontade de atender às nossas expectativas. Os governos, de todas as tendências, se transformaram em entidades corporativistas preocupadas com seus próprios interesses. As empresas perderam a perspectiva de sua missão social e só pensam no próprio lucro num momento de crise. O leitor pode cobrar da imprensa a aplicação do chamado jornalismo de soluções, uma opção que já é praticada em vários países, principalmente nos Estados Unidos, e que tem como condição prévia o desapego ideológico e partidário. O engajamento com o leitor é prioritário em relação às alianças políticas. O fundamental passa a ser ouvir o que as pessoas têm a dizer, identificar problemas a partir da base e não dos desejos e preferências dos editores. O principal objetivo é criar um ambiente de diálogo permanente entre o veículo jornalístico e as comunidades que ele elegeu como público alvo. O bombardeio negativista nas manchetes e comentários pode agradar ao fígado e projetos de alguns jornalistas, políticos e empresários envolvidos na batalha entre petistas e antipetistas, mas já está saturando o público, que num impulso de sobrevivência social passa a olhar para o outro lado. Para muitos, este outro lado é simplesmente ignorar a imprensa, algo que deveria tirar o sono de executivos, diretores de redação e editores.

A

Por Mariane Barros

maior magia do cinema é poder entrar no seu mundo e viajar, como se fizesse parte do filme, como se fosse com você que estivesse acontecendo aquela história. E quando se fala em comédias românticas, isso é mais do que inevitável. Quando você vai ao cinema, ou aluga algum filme da locadora do gênero comédia romântica, você já espera pelo que

vem pela frente, já espera um final feliz, já espera um casal lindo e apaixonado que ficam juntos felizes e para sempre (igual nos contos de fada, que conhecemos desde que nos damos por gente). Se você não quer encontrar isso, nem procure por filmes românticos. “Simplesmente Acontece” (Love, Rosie), é um filme doce e lindo, que começa com a velha história de amigos que são apaixonados um pelo outro, mas que não se declaram, e, com as voltas que a vida dá, cada um acaba indo para um canto

e conhecendo pessoas novas e traçando seus caminhos. Mas, a verdadeira amizade nunca acaba, não é? Não importa a distância! Mesmo longe um do outro, os protagonistas Rosie (Lily Collins) e Alex (Sam Claflin) mantêm a amizade de infância e também aquele sentimento reprimido, que por vezes, fala mais alto, mas que sempre é deixado de lado devido aos acontecimentos inesperados na vida de cada um. Um filme gostoso e leve, mas que trata assuntos importantes como a gravidez inesperada e traição, além de valores sociais. É um filme que atende as expectativas, com um final “fofo”. Para as românticas de plantão, vale a pena assistir.

Curiosidades

O filme é baseado no livro “Onde terminam os arco-íris”, de Cecelia Ahem, publicado em 2004. “Simplesmente Acontece” foi filmado em Dublin, Irlanda e na Universidade de Toronto, no Canadá. Mariane Barros é Jornalista marianebarros@quiririmnews.com.br

Artigo originalmente publicado pelo Observatório da Imprensa. www.observatoriodaimprensa.com.br Maio, 2015

Maio, 2015

revistavitti.com.br | Vitti | 57


Arte

Olavo Bilac

Oswaldo Goeldi

Estética

BOTOX

entendendo a Toxina Botulínica

V

ocê sabia que o Botox® é um método simples para diminuir e até eliminar as rugas de expressão, especialmente os vincos na testa e os famosos "pés-de-galinha". O tratamento não requer repouso nem interrupção das atividades cotidianas, o único cuidado a ser tomado é não deitar a cabeça durante as primeiras quatro horas após à aplicação, para evitar que o produto atinja regiões vizinhas. Quando a musculatura sob a pele está contraída, tensa, a pele se dobra na superfície, gerando sulcos, que são as rugas. A molécula da toxina botulínica tem a capacidade

Olavo Bilac e Oswaldo Goeldi Homenagens a

N

Por Lani Goeldi

uma iniciativa da Associação Artística Cultural Oswaldo Goeldi e com a apoio do Governo do estado de São Paulo através do PROAC e da Prefeitura Municipal de Taubaté, dois ícones da arte e da literatura serão homenageados através da VI Semana de Arte do Vale do Paraíba que acontecerá na segunda quinzena de setembro de 2015. O evento terá como temática principal “Arte e Literatura” e contará com palestras, workshops, música, dança, exposições e atividades em diversos locais da cidade, totalmente gratuitas e poderá proporcionar a qualquer tipo de público atividades descentralizadas que acontecerão em diversos espaços, escolas e parques da cidade. Além disso, todo evento estará voltado às comemorações das efemérides dos 120 anos de Oswaldo Goeldi e dos 150 anos de Olavo Bilac. Oswaldo Goeldi (1895-1961) – Artista, gravador carioca, filho do cientista suíço Emilio Augusto Goeldi. Com apenas um ano de idade, muda-se com a família para Belém (PA), onde vivem até 1902 quando se transferem para Berna, Suíça. Aos 20 anos ingressa no curso de engenharia da Escola Politécnica, 58 | Vitti | revistavitti.com.br

em Zurique, mas não o conclui. Em 1917, matricula-se na Ecole des Arts et Métiers (Escola de Artes e Ofícios), em Genebra, porém abandona o curso por julgá-lo demasiado acadêmico. A partir de 1923 dedicou-se intensamente à xilogravura e fez ilustrações para revistas, livros e periódicos. Consolidado como ilustrador, expôs na 25ª Bienal de Veneza, em 1950, e ganhou o Prêmio de Gravura da 1ª Bienal Internacional de São Paulo, em 1951. Sua carreira como professor começou em 1952 e após três anos passou a ensinar xilogravura na Escola Nacional de Belas Artes. Em 1956 foi realizada sua primeira retrospectiva, no MAM-SP. Considerado o Pai da Gravura Brasileira, atuou como ilustrador de diversos escritores incluindo Cassiano Ricardo, Manoel Bandeira, Carlos Drummond de Andrade e Dostoievski. Olavo Bilac (1865-1918) - jornalista, poeta, inspetor de ensino, nasceu no Rio de Janeiro em 16 de dezembro de 1865, e faleceu, na mesma cidade, em 28 de dezembro de 1918. Um dos fundadores da Academia Brasileira de Letras. Após os estudos primários e secundários, matriculou-se na Faculdade de Medicina no Rio de Janeiro, mas desistiu no 4º ano. Dedicou-se desde cedo ao jornalismo e à literatura.

Teve intensa participação na política e em campanhas cívicas, das quais a mais famosa foi em favor do serviço militar obrigatório. Fundou vários jornais, de vida mais ou menos efêmera, como A Cigarra, O Meio e A Rua. Na seção “Semana” da Gazeta de Notícias, substituiu Machado de Assis, trabalhando ali durante anos. É o autor da letra do Hino à Bandeira. Fazendo jornalismo político nos começos da República, foi um dos perseguidos por Floriano Peixoto. Teve que se esconder em Minas Gerais, quando frequentou a casa de Afonso Arinos em Ouro Preto. No regresso ao Rio, foi preso. Em 1891, foi nomeado oficial da Secretaria do Interior do Estado do Rio. Em 1898, inspetor escolar do Distrito Federal, cargo em que se aposentou, pouco antes de falecer. Foi também delegado em conferências diplomáticas e, em 1907, secretário do prefeito do Distrito Federal. Em 1916, fundou a Liga de Defesa Nacional. Sua obra poética enquadra-se no Parnasianismo, que teve na década de 1880 a fase mais fecunda. Embora não tenha sido o primeiro a caracterizar o movimento parnasiano, pois só em 1888 publicou Poesias, Olavo Bilac tornou-se o mais típico dos parnasianos brasileiros, ao lado de Alberto de Oliveira e Raimundo Correia. Maio, 2015

Da Redação

Maio, 2015

de bloquear a musculatura da região em que é aplicada. Por esse motivo, pode ser utilizada para fins estéticos e também no tratamento de assimetrias em paralisias faciais, hiperidrose (suor intenso nas mão e pés), distúrbios na bexiga, entre outros problemas de saúde. O uso do Botox® pode ser feito em qualquer idade adulta, desde que tenhamos claro em nossa mente a expectativa e o resultado para cada faixa etária e paciente. Quanto mais profunda a ruga, maior o contraste de luz e sombra. O produto é mais eficaz nas partes em que há intensa atividade muscular, com formação de linhas de expressão. Testa (fronte), espaço entre as sobrancelhas (glabela), região logo acima das sobrancelhas, lateral dos olhos e queixo (área do mento).

revistavitti.com.br | Vitti | 59


Social Aparecida

Saúde

Aparecida Foto: Erasmo Ballot

Por Ligia Ballot liballot@hotmail.com

A lindíssima Ana Paula Diniz arrasando em uma noite de conto de fadas para comemorar mais um ano de vida. Parabéns, saúde e paz!

David e Jessica comemorando os 30 anos dele, em uma Noite em Londres no Casa Verde Café.

I

Por Dr. Érico Pampado Di Santis

nicio com outra pergunta: para que saber o tipo da sua pele? Assunto muito estudado e explorado pela mídia, o tipo de pele coleciona controvérsias. Dra. Leslie Baumann, dermatologista norte-americana, classificou a pele em 16 tipos. Criou uma tabela para autoclassificação com uma “pontuação” para descobrir o tipo da sua pele. O paciente responde um questionário de 64 questões e “sai” sua pontuação e classificação. Foi o maior sucesso, foi até publicado na revista Veja, discutido em congressos de dermatologia e tudo mais. Dra. Baumann utilizou parâmetros Hidratação da Pele: Seca x Oleosa; Sensibilidade da Pele: Sensível x Resistente; Pigmentação da Pele: Pigmentada x Não pigmentada; e Pele Envelhecida: Enrugada x Firme. Antes dela, no século XX, Helena Rubstein, classificou em 4 tipos: normal, seca, oleosa e mista. Acho que a maioria dos dematologistas avaliam tudo isso durante o exame dermatológico, classificam mentalmente a pele e introduzem tratamentos compa-

tíveis relativos a cada paciente. Pelo menos eu não costumo classificar a pele em um tipo, como um rótulo. Gosto da escola européia que não usa muito a matemática para medicina, tendência americana de gerar score, ou usar tabelas prontas para diagnosticar. O corpo humano é muito mais complexo. Depende do dia, do estado emocional, de medicamentos internos que modificam a lubrificação da pele, enfim, necessita de avaliação. Acho que a classificação clássica ajuda no dia a dia, para comprar um creme ou um protetor solar. As principais características que ditarão o tipo da pele em: normal, seca, mista ou oleosa estão nos poros e na sensação ao toque. Vamos aos extremos: oleosa é a pele que tem os poros muito dilatados. A textura lembra a de casca de laranja. Os poros são facilmente visíveis ao toque sentimos nos dedos a oleosidade produzida. Pode ser inflamada nas regiões da glabela (entre as sobrancelhas) na testa e no queixo. Quando muito inflamada gera o aspecto de ressecada: vermelha e descamativa. Na verdade trata-se da dermatite seborreica. Irritada pela própria

oleosidade produzida. Nesses casos não devemos hidratar a pele oleosa. O reflexo imediato é pensar que a pele está super seca pelo seu aspecto irritado e hidratar. Piora. No outro extremo temos a pele seca. Esta é uma pele avermelhada, ressecada até descamativa. Praticamente não visualizamos os poros. Pele difícil de aceitar qualquer creme. Aqui a hidratação é necessária e aconselhada. As duas intermediárias são a mista, onde a oleosidade está apenas no T central da face, área que compreende a testa, o nariz e o queixo tendo, nesta face, as bochechas normais ou até secas. E a pele normal. A desejada e queridinha de todos. O toque é aveludado, a textura ideal com reflexo da luminosidade perfeito o que confere um brilho suave. A sensação é a do veludo. Hoje muitos cremes conferem essas características às peles que não “nasceram” assim. Dr. Érico Pampado Di Santis é médico Dermatologista. CRM: 96546 / RQE: 21582

Carla Benfica e sua linda família curtindo as praias de Trindade.

Ateliê Lov. criou essas peças lindas especialmente para a Rainha da festa de São Benedito, Francisca Rodrigues dos Santos. Arrasou!

60 | Vitti | revistavitti.com.br

Pamella e Lara Almeida se aventurando na Disney. Pela carinha de alegria essas gatinhas adoram estudar no Chagas Pereira. Beatriz, Ana Beatriz, Ana Livia e Joyce. Maio, 2015

Maio, 2015

Qual é o tipo da sua pele?

revistavitti.com.br | Vitti | 61


Social Guará

Social Guaratinguetá

Degustação de Vinhos

Guará em Pauta

Por Benê Carvalho benecarvalho@revistavitti.com.br

Fotos: Benê carvalho

Rafael Motta

A linda e sempre simpática Lavínia Crisucolo Porto, designer de moda em São Paulo. Natural de Guaratinguetá, ela é responsável pela produção e operação da OH K!, um e-shop de lifestyle que comercializa sua coleção própria de moda, décor & papelaria.

A muito querida e carismática Tia Lica Napolitano reuniu amigos e parentes num delicioso almoço no Sabor da Serra para comemorar seus 90 anos!

Vivien Kelber

A avó Márcia e o pai Thiago corujando a fofíssima Antonia na festa do seu 1º aninho que aconteceu na Fábrica dos Sonhos. 62 | Vitti | revistavitti.com.br

Gabriel Zipman, Leandro Guimarães, Vivien Kelber (Sócia-Diretora da Weinkeller) e Carol Paes

Matheus Venesiane e Gabriel Zipman

Dr. Luis Eduardo Cavalca, Dr. Alexandre Volpini e Valdir Alves Guimarães

Carol Paes, Leandro Guimarães e Vivien Kelber

Padre William Betonio e Padre Elder

Dra. Michele Galhardo Cheuen Clauzo e Dra. Evania Eskelsen

Leandro Guimarães

Thiago Bugallo

Aconteceu no último dia 18 de abril, na Igreja de São Mateus, em Belo Horizonte, MG, o casamento do simpático casal: Willian e Pollyana. Na foto com seus pais José Edson e Silvia Guimarães (dele) e Hélcio e Jussara Freitas (dela).

Aconteceu em 7 de Abril no Paestum Ristorante, em Guaratinguetá, uma Degustação Especial de Vinhos Alemães Orgânicos e Biodinâmicos, organizado pela Wine Consulting “Empresa Especializada em Eventos Enogastronômicos”, em parceria com a Importadora de vinhos alemães Weinkeller. O evento contou com a presença de Vips apreciadores de vinhos sob o comando de Vivien Kelber,  especialista na cultura vinífera alemã e Gabriel Zipman, consultor da importadora. O toque gourmet veio com os petiscos elaborados pelo Chef Dani Branca e equipe.

Sorridente, cativante e linda, numa festa pra lá de super produzida pelos pais, Bruno e Melina, Maísa Bortolo Subitoni comemorou seu 3º aniversário no Buffet Garden. Maio, 2015

Marion Brasil e João Athaíde Maio, 2015

Margarete e Dr. Paulo Viana

Daniela Caltabiano e Chef. Fábio Tavares

Convidados prestigiando a apresentação da Weinkeller revistavitti.com.br | Vitti | 63


Social Lorena

Gastronomia

Império Lorena

Por Caroline Paes carolpaesrois@gmail.com

Lorena ganhou um novo espaço: o Boulevard São Paulo. Sob comando da família Ligabo, já virou ponto de encontro dos lorenenses.

Fernanda Coura e equipe de atendimento

A Família Manzanete reuniu-se para batizar a pequena Helena. A mamãe Amanda escolheu muito bem para padrinhos, os queridos Alfonso Manzanete e Luiza Leite.

A linda teen Maitê Guimarães tietou o ator de Malhação Rafael Vitti em sua passagem pela nossa terrinha para o Jogo de Famosos que reuniu outros atores dessa geração. Olha a felicidade. Não é de hoje que Lorena tem se destacado na região por promover a arte e a cultura. Esse mês o Teatro Teresa D’Ávila, sob comando de Caio de Andrade, recebeu a peça Oleanna com os atores Marcos Breda e Luciana Fávero e no próximo mês já anotem: América Flamenca dia 23 de maio. 64 | Vitti | revistavitti.com.br

Texturas

Lequipe Agence

Quem anda esbanjando charme é a fofíssima Elena Malerba de Aquino, filha de Rogério Aquino e Alyne Malerba Aquino. A menina adora uns clicks.

Made in Lorena Nessa edição o lorenense de destaque é o modelo Pedro Antonio, filho dos empresários Pedro e Lúcia Silva. O menino herdou dos pais a paixão pela moda e sua beleza o levou para frente das lentes. Já protagonizou campanhas para marcas famosas como O Boticário, Carmim, Pernambucanas e outras. O céu é o limite. Maio, 2015

V

Por Rafael Ferro

ocê deve estar se perguntando o que a palavra “textura” está fazendo em um artigo de gastronomia. Ora, afinal nunca notamos o que vai a nossa boca e, principalmente, não questionamos o porquê a batata palha cai tão bem com o strogonoff que amamos tanto. Só sabemos que não há strogonoff sem batata palha, porque isso realmente arruinaria tudo. Pois é, na culinária há diversos tipos de técnicas para o mesmo alimento. São esses, por exemplo, os processos de cozer, fritar, assar, secar, reduzir, deixar crocanMaio, 2015

te, tornar gelatina, etc. Todas as técnicas foram elaboradas para que se pudesse aproveitar ao máximo todo potencial de um determinado ingrediente. Os bons cozinheiros de plantão pensam muito na elaboração de um prato, exatamente, para nos oferecer sensações novas e interessantes a fim de fugirmos da rotina. Para fazer um belo prato nunca se esqueça que não basta somente misturar ingredientes, devem brincar com os sentidos e explorar as inúmeras possibilidades de transformação dos mesmos. Restaurantes renomados ganham fama justamente por oferecerem pratos com estética muito estudada entre texturas e sensações.

Pêra Poché com Crocantes Ingredientes: - 5 pêras portuguesas - 1,5 litro de suco de laranja (pode ser substituído por vinho tinto ou champanhe). - Especiarias em geral: coentro em grão; canela em pau; pimenta rosa; cravo; açafrão. - Pistache, nozes e amêndoas a gosto. - Açúcar opcional: 75g Modo de preparo: Descasque as pêras e prepare uma panela grande (que caiba todos as pêras sem apertá-las). Coloque o líquido de preferência e coloque em fogo médio sem deixar ferver. Coloque as especiarias e as pêras. Deixe no fogo por 35 minutos, sempre mexendo a calda e virando os lados das pêras. Espere esfriar e sirva com a calda e nuts diversas de sua preferência. revistavitti.com.br | Vitti | 65


Fotos: lucas nascimento

Aconteceu no dia 25 de abril mais uma edição da sempre deliciosa e concorrida Feijoada Vitti. Um seleto público compareceu ao La Fonte Ristorante & Piano Bar, em Lorena.

Marcela, Lysie, Fiorella e Daniel

Tamires, Fernanda, Benê e Cassia Barbosa

Cristiano e Paula

Caroline, Marcela e Leandro

Juliana, Mariane e Renata

Marcela, Beatriz, Julia e Marcelo

Gustavo Matos e Elaine

Julia e Dra. Margarida

66 | Vitti | revistavitti.com.br

Maio, 2015

Maio, 2015

revistavitti.com.br | Vitti | 67


Marcela, Benê, Barbara e Marcelo

Luciano, Rosangela, Rosana, Braguinha e Marcela

Daniel, Denise, Dayse e Anderson

Benê, Sandra Castro, Roque Castro, Luiz Henrique e Andreza Souza

Benê, Telma Mesquita e Guilherme

Guilherme, Olga, Luiz Geraldo e Maria Clara

Carolina e Bruno Marconndes

Caroline, José Maurício e Ediluce

Benê, Isaura, Laís, Wander e Socorro

Du Ferreira, Luara Oliveira, Pedro Freire, Renato Motta (Grupo Quarto do Fundo)

Marcela, Luciane, Raissa e Rodrigo

Mariana Junqueira e Benê

Mariane e Rafael

Benê, Edson, Silvia e Leandro

Ricardo e Alexandre

Cristiane, Rodrigo, Vinicius, Maria Helena e Renato

Rosa, Rosalia e Talita

68 | Vitti | revistavitti.com.br

André Arneiro, Iracemo, Andréa com a Júlia e Dr Mauro Cunha

Maio, 2015

Maio, 2015

revistavitti.com.br | Vitti | 69


Esporte

Luz, Câmera, Esporte e Ação

Desafio 28 Praias de Revezamento

Fotos: Fabiana Ferreira

70 | Vitti | revistavitti.com.br

Fotos: Fabiana Ferreira

A Por Fabiana Ferreira fabycanoagem@hotmail.com www.luzcameraesporteacao.blogspot.com

Cross Run:

sua corrida de rua na terra agora com 21 km

Fotos: Fabiana Ferreira

U

batuba sediou pela segunda vez uma das provas mais lindas do Brasil. Com 900 atletas inscritos, sendo 40 estrangeiros, a prova contou com 40 Km de extensão, e desbravou 28 praias, sendo 20 desertas. A largada foi da Praia da Tabatinga com destino à Praia Dura. O percurso foi composto por muita mata fechada, trilhas, “single track”, estradas de terra, asfalto, areia fofa, dura e uma infinidade de subidas e paisagens de tirar o fôlego. Os atletas se dividiram nas categorias: solo, dupla, trio, quarteto e quinteto. Espírito de equipe, foco, garra, determinação e muita vontade de superar limites marcaram essa segunda edição da prova que em 2016 passa a ter 42 Km e ser denominada maratona. Maio, 2015

Circuito Aquathlon Ubatuba/Etapa Maranduba

Maio, 2015

Cross Run já faz parte do calendário esportivo de Taubaté. Este ano ganhou mais uma categoria para os mais exigentes e bem treinados: 21 km. Ou seja, uma meia maratona fora do asfalto para quem ama a natureza. Com mais de 600 atletas participando, a prova é perfeita para quem quer sair do asfalto. Com categorias de 5, 10, 15 e 21 km. Agora não tem desculpa, Cross Run tem o tamanho do desafio que o seu corpo e a sua mente precisam. Fique atentos às próximas etapas: www.facebook.com/corridacrossrun

O

Circuito Aquathlon Ubatuba é uma homenagem ao grande atleta e salva vidas Nelson Domingos, o “Nelsão” e conta com três etapas durante o ano de 2015. A primeira etapa aconteceu na praia da Maranduba, onde os atletas correram 2,5km, nadaram 1 km e corriam mais 2,5 km divididos nas categorias solo e revezamento. Uma prova rápida, ao mesmo tempo que exigiu dos atletas resistência e força nas duas modalidades. A próxima etapa acontece na Praia do Perequê dia 14 de Junho.

revistavitti.com.br | Vitti | 71


Social São José dos Campos

Atitude News

Esporte

Por Gilberto Freitas gilfreitasff@hotmail.com

Agenda Esportiva

Ubatuba e Jambeiro serão palco dos mais concorridos eventos outdoor em 2015

Alvaro Mirapalheta e Erica Mathias Awoyama no evento "Idéia de Saborear", no Sushi do Vale.

Juliana Vinhas e Paulo Sato na inauguração de mais uma loja Diva by TVZ, em São José dos Campos.

O

Por Maneco Siqueira

s atletas de todo o Vale do Paraíba e Litoral Norte podem comemorar. O ano de 2015 será marcado por uma programação esportiva movimentada para quem gosta das modalidades chamadas “outdoor”, que envolvem práticas que promovem o contato direto com a natureza. As cidades de Ubatuba e Jambeiro, em especial, vão receber ao todo sete provas que devem reunir centenas de atletas ao longo do ano. Programe-se:

Circuito Aquathol Ubatuba

Luis França com Geraldo Magela no standup do Santonofre Boteco Bistrô.

Margarete Sato e Danila Oliva em noite de estreia da peça Trair e Coçar é só Começar, em São José dos Campos.

Rogério Souza comemorou os 5 anos do Gutem Bier.

Thainá comemorou seus 15 anos com os pais, Tatiana Oliveira e Éber Fernandes.

72 | Vitti | revistavitti.com.br

Maio, 2015

Serão três etapas, sendo que em cada uma a competição envolve 2,5 km de corrida, 1 Km de natação e mais 2,5 Km de corrida. A prova acontece dia 18 de abril, na praia da Maranduba; 14 de junho na

Maio, 2015

praia do Pereque-Açu; e 8 de novembro na praia de Ubatumirim. “São esperados para este ano em cada etapa 300 atletas divididos em solo, duplas masculinas, femininas e mistas”, explica Lucas Vilhena, da LVV Consultoria Esportiva, uma das promotoras do evento. Mais detalhes: www.minhasincricoes. com.br.

Caipira Night Run

A prova acontece pela segunda vez este ano, mas ainda sem data definida. Também na cidade de Jambeiro, a corrida deve contar com cerca de 500 inscritos, que percorrerão percursos de 7, 10 e 21quilômetros em trechos de terra, trilhas, fazendas de eucaliptos e ainda passarão pelo ponto turístico mais exótico da cidade, o Cruzeiro. Além dos adultos, haverá categorias infantis, para crianças

de 5 a 10 anos.

Tribos Triathlon

Prova que estreia este ano e acontece em Ubatuba nos dias 3 e 4 de outubro. A essência do evento está na união das aldeias indígenas de Fortaleza e a de Prumirim. Paralelamente às provas, acontecerão oficinas esportivas, culturais e danças indígenas. Os vencedores da prova serão premiados ainda com autênticos cocares confeccionados pelos índios que residem nas aldeias de Ubatuba.

Ubatuba Night Run

A prova entra em seu quarto ano de existência, sendo que em 2014 contou com a presença de 640 atletas. Em 2015, espera-se que 800 corredores participem da prova que terá percursos de 6, 10 e 21 quilômetros e acontece dia 3 de outubro.

revistavitti.com.br | Vitti | 73


Social São José dos Campos

Livros

Circulando

Dicas de Leitura

Por Ronaldo Casarin

Por Marilda Serrano marildavlserrano@uol.com.br

Pelas lentes do estrelado fotógrafo internacional Glauber Bassi, os top models Natalinha Kuprian, Paulo dos Santos e os gêmeos Marcos e Marcio Patriota, dupla que até 2013 fez campanhas pelo Empório Armani. Novidades estão chegando...

Em pé: Francisca Gil, Marilda e Vera Buffulin. Sentados: Valeria Verdi, José Paes, Celso Ribeiro e Silvia Maximo

Pablo Escobar

Alonso Salazar Jr. Ed. Planeta 361 páginas

O Adriano Andrade, Gisele Freymann, Erica Awoyama e Luiz Bhittencourt Depois de apresentar belíssima coleção do Ateliê Victorian a Alta Costura, Gisele Freymann comunica lançamento dia 6 de maio do novo Ateliê Victoriana na Av. Nove de Julho em São José dos Campos. Na noite de lançamento terá apresentação da cantora Ludmila Mazzucatti.

Família toda reunida Vera e Delvio Buffulin receberam em sua belíssima residência no Jardim Apolo, amigos mais chegados para comemorarem juntos seus aniversários.

Janaína Dias, presidente do Conselho da Mulher Empreendedora, junto ao grupo de mulheres do CME, receberam amigos e convidados no Clube de Campo Santa Rita para comemoração do terceiro ano de reativação do CME. A noite deliciosa teve show das Divas e a banda Gostoso Veneno. A renda foi revertida para o grupo gesto e entregue durante o Baile.

Andrea Mourao, Renata Paiva, Janaina Dias, Maria Helena, Isabel Mira, Marilda Serrano, Vania Guelfi e Penha Mendes

que dizer sobre o colombiano Pablo Emilio Escobar Gaviria (1949-1993) e que ainda não foi dito. Sim, ainda há muito a se dizer sobre esse senhor, que acumulou uma fortuna de bilhões de dólares como um dos maiores narcotraficantes do mundo, chefe do afamado “cartel de Medelín”. “El doctor”, como era chamado por muitos (entre outros apelidos), matava cirurgicamente, mas também arrasava sem dó nem piedade com famílias, instituições e governos. O resultado da bélica soma de sua mente doentia com sua grande capacidade de fazer o mal o colocou na lista dos criminosos mais perigosos do mundo, segundo a agência antidrogas dos Estados Unidos, a DEA. Aliás, seu poder de fogo desafiou o da poderosa nação por várias vezes. Como ele fez isso e viveu como um rei até ser morto num cerco policial, aos 44 anos, é o que o leitor vai descobrir ao ler as páginas de Pablo Escobar, do jornalista colombiano Alonso Salazar. Um bom trabalho jornalístico que registra um dos homens mais famosos da história da Colômbia.

Aracy de Almeida - Não Tem Tradução

Eduardo Logullo Ed. Veneta 216 páginas

D

e programa de calouros, cantora de prestígio, principal intérprete de Noel Rosa, frequentadora das altas rodas da malandragem e da high society carioca. Este livro apresenta a história de Aracy de Almeida em suas próprias palavras. São trechos de entrevistas e programas de TV, além de depoimentos de alguns dos principais nomes da cultura brasileira, como Caetano Veloso, Jorge Mautner, Elza Soares, Ary Barroso, Carmen Miranda, Mario de Andrade, entre tantos outros. Nascida em 1914, no Encantado, subúrbio do Rio, Aracy de Almeida estreou no rádio na década de 1930 e logo tornou-se uma das principais vozes do samba carioca. Nos anos 1970, migrou para a TV e ficou nacionalmente famosa como jurada dos programas Cassino do Chacrinha e Show de Calouros, do Silvio Santos. Com seu jeitão rabugento e desbocado, figurino inconfundível (botas, calças compridas e camisa social) e frases de efeito, Aracy tornou-se um ícone da cultura popular brasileira.

100 Filmes – Da Literatura para o Cinema

Vários Ed. Best Seller 352 páginas

D

esde o começo, o cinema sempre procurou a literatura como fonte de inspiração. No entanto, o segredo para transpor a história das páginas para a tela parece conhecido apenas por alguns poucos. Por que nomes como Kubrick, Renoir e Bresson foram capazes de criar obras capitais enquanto outros fracassaram enormemente? Este livro examina a arte e a técnica da adaptação através de cem casos que levantam questões amplamente diversificadas. Este mergulho edificante no mundo da sétima arte mistura filmes de diversas nacionalidades, épocas e gêneros, da literatura policial à ficção científica. Uma ferramenta para todos — escritores, roteiristas e cinéfilos — que, através de exemplos concretos, vai proporcionar uma nova visão sobre a adaptação literária para o cinema. Dentre os destaques da obra está Henri Mitterand, que escreve a apresentação do livro, e é professor de literatura e especialista na obra de Émile Zola.

Conselho da Mulher Empreendedora 74 | Vitti | revistavitti.com.br

Maio, 2015

Maio, 2015

revistavitti.com.br | Vitti | 75


Social São José dos Campos

Lançamentos

&

Som

Luxo

Por Mariana Junqueira macjpm@hotmail.com Eliana Resner e Patrícia Salazar se divertem com a querida anfitriã e gerente da Lelis Blanc, Isabelle Dunne.

Vídeo

Por Ronaldo Casarin

The Art of McCartney CD - Arctic Poppy

O

produtor Ralph Sall gastou 10 anos para concretizar esse projeto em homenagem ao eterno Paul McCartney. Neste tributo temos provavelmente o elenco mais estrelado da história em álbuns desse tipo, com direito a Bob Dylan, Brian Wilson, Kiss, The Cure, B.B. King, Billy Joel, Barry Gibb, Willie Nelson e Perry Farrell, entre muitos outros. São 34 faixas (42 na versão luxuosa do CD) que mergulham de forma abrangente na obra

de McCartney, indo desde os clássicos mais óbvios dos Beatles até belos momentos não muito relembrados do Wings e da carreira solo dele. A banda de apoio do homenageado serviu como grupo-base para a maior parte das gravações. Os precisos arranjos são reverentes às versões originais, sendo que no geral as interpretações fazem jus a cada canção. “Wanderlust” (com Brian Wilson), “On The Way” (obscuro blues

de McCartney que B.B. King tornou seu), “Eleanor Ribgy” (com um sóbrio Alice Cooper), “Hello Goodbye” (encontro do The Cure com James McCartney, filho do ex-beatle) e “Venus and Mars/Rock Show” (Kiss) são destaques.

Ney Matogrosso – Olho Nu DVD – Canal Brasil

J

oel Pizzini, diretor deste documentário, conhece Ney Matogrosso há mais 25 anos, e tal nível de intimidade se faz notar em Olho Nu, que é ao mesmo tempo biográfico e lúdico. Fatos de vida, ilustrados com o advento de farto material de arquivo, inúmeras presenças em show e intervenções poéticas típicas do estilo de Pizzini tentam amalgamar a complexa e controversa personalidade de um dos mais completos artistas da música popular brasileira. O cineasta se mantém atento às mudanças que a maturidade trouxe a Ney Matogrosso, e as apresenta sem cerimônia, mas com um estilo próprio e agradável. Poucos documentários traduzem tão bem em sons e imagens o seu biografado. Os extras são dois episódios do programa O Som do Vinil, exibido pelo Canal Brasil, que apresentam o primeiro disco do Secos e Molhados – banda que tornou Ney famoso -, de 1973, e também o primeiro solo do cantor, de 1975.

Luciana Valladares, sempre linda, no aniversário da LeLis Blanc.

Nati Romano no aniversário de 4 anos da Loja LeLis Blanc Colinas. A bela aniversariante, Lais Ruiz, comemora o sucesso de sua festa ao lado de Fredy e Fabiano, da F3 Entretenimento.

A Empresária, mãe e blogueira, Thieli Martinelli, prepara uma festa de arromba pra comemorar seu aniversário.

DVD/Blu-ray - Warner

N

a década de 1960, Frankie Valli e The Four Seasons competiram com os Beach Boys como a banda mais popular dos Estados Unidos. Mas, ao contrário dos rapazes das praias californianas, ninguém se interessou em examinar os relacionamentos e a dinâmica interna que movia os músicos de Nova Jersey. Em 2005, com o sucesso do musical Jersey Boysna Broadway, essa situação mudou. A versão cinematográfica da peça foi dirigida de forma convencional por Clint Eastwood. Sem grandes invenções, o veterano cineasta conta a história de forma eficiente e didática. O público descobre que, paralelamente ao estrelato obtido com o sucesso de clássicos como “Big Girls Don’t Cry”, “Sherry” e “Walk Like a Man”, o cantor Frankie Valli e os companheiros de banda não conseguiram se livrar de suas raízes oriundas da classe operária. E eles ainda tinham que prestar contas à máfia, já que a organização criminosa dominava o showbusiness de Nova Jersey.

Adriana e Luciana Pastore comemoram mais um ano de vida do príncipe Enrico. Felicidades !!

76 | Vitti | revistavitti.com.br

Jersey Boys – Além da Música

Maio, 2015

Maio, 2015

revistavitti.com.br | Vitti | 77


História

Homenagem a um Momento Simbólico

Lançamento da Pedra Fundamental do Grupo Escolar Dr. Lopes Chaves de Taubaté Por Lia Carolina Prado Alves Mariotto

Q

ue a Educação no Brasil vem passando por um período de borrascas e intempéries é uma constatação irrefutável. Não há necessidade de serem consultados e acrescentados dados técnicos ou estatísticos: as greves, as manifestações populares, as notícias e críticas, veiculadas pelos meios de comunicação, falam por si. As responsabilidades para o funcionamento adequado e necessário para uma boa Educação, há décadas, vêm sendo postergada e empurrada das esferas federal para a estadual e dessa, para a municipal. A Educação vem sendo vista, pelos escalões superiores, como “batatas quentes” que, tal como no picadeiro de um circo, por manobras mirabolantes, o arlequim, com seu traje feito de retalhos pluripartidários as passa para o malabarista que, de fraque e cartola, jogando-as para o alto as passa para as do palhaço que, por sua vez, tenta descascá-las e repartir com o ‘respeitável público’ que paga para ver o espetáculo! Entretanto, houve época em que a Educação era considerada prioridade, obrigação fundamental das três esferas governamentais e vista como um princípio básico da sociedade. E foi nesse momento que Taubaté recebeu seu primeiro Grupo Escolar: há tempo se fazia necessário reunir as diversas escolas isoladas do município em um prédio que, por si só, seria o representativo do exercício da Educação pública no município. Corria o ano de 1901, e a Imprensa registrou: Aos vinte e oito dias do mês de Novembro de mil novecentos e um, décimo terceiro da proclamação da República, sendo presidente da república o Exmo. Sr. General Dr. Manoel Ferraz de Campos Salles, e presidente deste Estado o Exmo. Sr. Dr. Francisco de Paula Ro-

drigues Alves e Secretário do Interior o Dr. Bento Bueno, nesta cidade de Taubaté a uma e meia hora da tarde do dito dia, em presença das autoridades judiciárias e municipais e de grande concorrência popular achando-se presente o engenheiro chefe do distrito Dr. Francisco Nogueira Viotti, para o fim de darem começo as obras do novo edifício do Grupo Escolar desta cidade do qual é empreiteiro o Dr. Cristiano Ribeiro da Luz, engenheiro; o presidente da Câmara Municipal Coronel Francisco Gomes Vieira e o mencionado engenheiro fiscal do distrito foi colocada nos fundamentos do eixo da frente do edifício uma caixa de tijolos contendo os

Há tempo se fazia necessário reunir as diversas escolas isoladas do município em um prédio que, por si só, seria o representativo do exercício da Educação pública no município.

jornais da Capital, desta cidade e várias moedas de níquel e bronze atualmente em circulação, sendo em seguida, revestida com uma fiada de tijolos. Do que para constar se lavrou este auto-assinado pelas autoridades e mais pessoas que o quiseram assinar sendo afinal este auto colocado em a dita caixa. Foi assinado pelas seguintes pessoas: Dr. Cristiano Ribeiro da Luz; Francisco Viotti; Cônego Nascimento Castro; Vice-presidente da

Câmara Major Ramos Ortiz, Intendente Municipal; Dr. Rebouças de Carvalho, Deputado Federal; Augusto Monteiro, Vereador; Capitão Malhado Filho, Juiz de Paz; Cel. José Benedito de Mattos, Deputado Estadual; Dr. Fernando de Mattos, Delegado de Polícia; Tenente José Gomes de Assis Camargo, Subdelegado; Rosalino Santoro, Agente Consular da Itália; Cel. Malhado Rosa, membro do Diretório; Barão da Pedra Negra; Cel. João Mourão; Manoel Alves Borges, Secretário da Câmara; Herman Beggerow; Amaro Schmith; Cel. Dante Silvestre Thaumaturgo; Brás Curtu; Capitão Antonio Afonso Moreira; Capitão Francisco Cândido Vieira; Cornélio Aguiar; Nestor Bastos; Sansão Moreira dos Santos; Tavares Filho d’O Taubateano; B. Ramos, d’A Voz do Povo e Jornal; João Macedo, d’A Tribuna e muitos outros. Foi também colocado na caixa o seguinte documento que foi, no ato, lido pelo Diretor do Grupo Escolar, Prof. Arthur Glória: “O corpo docente do Grupo Escolar tendo a sua frente o seu diretor cidadão Arthur Glória assistiu a colocação da – Pedra Fundamental – do novo Grupo Escolar que, estabelecendo um elo de ordem moral e intelectual exigido pela nossa civilização denunciar a inabalável e patriótica energia dos ilustres cidadãos Exmo. Dr. Joaquim Lopes Chaves e Cel. José Benedito Marcondes de Mattos, os quais agindo harmonicamente com a ilustre Câmara Municipal conseguiram do Governo do Estado a realização de um ideal que se identifica moralmente com o seu próspero progresso. Arthur da Cunha Glória, Diretor - Antônio Apolinário de Macedo, - Antônio J. Garcia, - João Francisco Monteiro, - Arthur Santiago, - Antônio Olimpio L. de Abreu, - Afonso Vieira

Finda a cerimônia da colocação da caixa, o Revd. Vigário da Paróquia, Cônego Nascimento Castro produziu um belíssimo improviso análogo ao pomposo ato sendo ouvido com grande interesse e de ‘chapeau bas’, pelos assistentes. Terminou erguendo vivas à Pátria brasileira, ao Estado de São Paulo e ao brioso município de Taubaté. Oficiou a banda musical Filarmônica Taubateense. (Jornal de Taubaté – 29/11/1901 – nº 1374, p. 01). Passaram-se 114 anos dessa notícia, onde ficou registrado o entusiasmo, o orgulho e a felicidade do povo taubateano com a instalação do seu primeiro Grupo Escolar. Gerações e gerações se sucederam... Essas informações ficaram esquecidas no túnel do tempo e agora, mais uma vez, aqui estão disponibilizadas em forma de homenagem ao espírito de valorização, gratidão e reconhecimento à Educação e a todos aqueles que lutaram para a instalação do Grupo Escolar Lopes Chaves, em Taubaté. Homenagem ao prédio que abrigou por tantos anos uma instituição de tanto valor para a sociedade taubateana; homenagem aos ilustres vultos políticos que batalharam para a concretização dessa conquista, homenagem aos construtores e operários, homenagem ao primeiro corpo docente do Grupo Escolar e homenagem ao povo taubateano que soube exigir e dar valor a esse direito. Esperando que novos tempos, novas perspectivas surjam para a Educação no Brasil, termino esta homenagem com um

texto de Eduardo Galeano (1940-2015) que nos dá o “Direito ao Delírio”, almejando um Brasil melhor: “Mesmo que não possamos adivinhar o tempo que virá, temos ao menos o direito de imaginar o que queremos que seja. As Nações Unidas tem proclamado extensas listas de Direitos Humanos, mas a imensa maioria da humanidade não tem mais que os direitos de: ver, ouvir, calar. Que tal começarmos a exercer o jamais proclamado direito de sonhar? Que tal se delirarmos por um momentinho? Ao fim do milênio vamos fixar os olhos mais para lá da infâmia para adivinhar outro mundo possível. O ar vai estar limpo de todo veneno que não venha dos medos humanos e das paixões humanas. As pessoas não serão dirigidas pelo automóvel, nem serão programadas pelo computador, nem serão compradas pelo supermercado, nem serão assistidas pela televisão. A televisão deixará de ser o membro mais importante da família. As pessoas trabalharão para viver em lugar de viver para trabalhar. Se incorporará aos Códigos Penais o delito de estupidez que cometem os que vivem por ter ou ganhar ao invés de viver por viver somente, como canta o pássaro sem saber que canta e como brinca a criança sem saber que brinca. Em nenhum país serão presos os rapazes que se neguem a cumprir serviço militar, mas sim os que queiram cumprir. Os economistas não chamarão de ní-

vel de vida o nível de consumo, nem chamarão qualidade de vida à quantidade de coisas. Os cozinheiros não pensarão que as lagostas gostam de ser fervidas vivas. Os historiadores não acreditarão que os países adoram ser invadidos. O mundo já não estará em guerra contra os pobres, mas sim contra a pobreza. E a indústria militar não terá outro remédio senão declarar-se quebrada. A comida não será uma mercadoria nem a comunicação um negócio, porque a comida e a comunicação são direitos humanos. Ninguém morrerá de fome, porque ninguém morrerá de indigestão. As crianças de rua não serão tratadas como se fossem lixo, porque não haverá crianças de rua. As crianças ricas não serão tratadas como se fossem dinheiro, porque não haverá crianças ricas. A educação não será um privilégio de quem possa pagá-la e a polícia não será a maldição de quem não possa comprá-la. A justiça e a liberdade, irmãs siamesas, condenadas a viverem separadas, voltarão a juntar-se, voltarão a juntar-se bem de perto, costas com costas. Na Argentina, as loucas da Praça de Maio serão um exemplo de saúde mental, porque elas se negaram a esquecer nos tempos de amnésia obrigatória. A perfeição seguirá sendo o privilégio tedioso dos deuses, mas neste mundo, neste mundo avacalhado e maldito, cada noite será vivida como se fosse a última e cada dia como se fosse o primeiro.”

Equipe de construtores do Grupo Escolar Doutor Lopes Chaves, na Rua Doutor Pedro Costa, centro de Taubaté.

78 | Vitti | revistavitti.com.br

Maio, 2015

Maio, 2015

Foto: Gaspar Falco, 1902. Doação de Luiz Negrini Lucci ao MISTAU

revistavitti.com.br | Vitti | 79


Social Campos do Jordão

Campos Acontece

Por Guilherme Martini gdmartinineto@gmail.com

Caderno

Felippe Paes Barretto, Cristiana Andretoii, Christiane Siciliano e Guilherme de Martini Neto 1º Beach Tênis nas Montanhas na ACM com apoio do Clube Atlético Paulistano e Ace Action.

Grupo dos amigos de São Paulo, no Buffet Cintra, dentro do XX Encontro de Carros Antigos no Tênis Clube.

Cristina França e Rosane Guimarães Almeida no XX Encontro de Carros Antigos no Tênis Clube 80 | Vitti | revistavitti.com.br

Especial

Claudia Pinho na páscoa curtindo o friozinho de Campos e um café.

Aula de Yoga em Campos com o professor José Aurélio Pereira Cardamone (ao fundo). Alunos: Guilherme, Larissa de Araújo, Hugo Barros, Simone Ribeiro Marcondes, Carol Correia e Cristriane Ayaziam Martins

Walkiria Fernandes e Kiko Guardia visitando o Termas de Baden Baden. Maio, 2015

Maio, 2015

revistavitti.com.br | Vitti | 81


Especial

Trend Week Ser 2015 Portobello Shop

Portobello Shop reúne franqueados e especificadores do seu programa de relacionamento para uma semana de celebração, novidades e lançamentos

C

M

Y

CM

MY

Arquiteta franqueada da Portobello Shop Taubaté, Claudia Takai e arquitetos José Roberto Maia, Sergio Luiz Mattos e Giovanna Salvia presentes neste grande evento de lançamento. Visite o Show Room e adicione no seu projeto sofisticação e modernidade.

Da Redação / Fotos Divulgação

O

programa de relacionamento Ser Portobello Shop, que atende às necessidades dos profissionais de arquitetura, engenheiros e designers de interiores de todo o país, reuniu profissionais parceiros da empresa e franqueados, em São Paulo, para o TWS – Trend Week Ser 2015, evento que contempla uma semana de atividades especiais e conta com ações de reconhecimento, palestras com profissionais do segmento de arquitetura, decoração e design e muito mais. Os participantes puderam trocar experiências para ampliar o relacionamento profissional bem como conhecer as novas tendências em lançamentos dos produtos que marcarão o ano de 2015 para toda a Rede Portobello Shop. A Portobello é hoje a maior empresa cerâmica do Brasil. Sua produção, próxima de 30 milhões de metros quadrados, atende países dos cinco continentes e também

82 | Vitti | revistavitti.com.br

o mercado interno, por meio de revendas multimarcas, da Portobello Shop e do canal de vendas para a engenharia. A companhia possui mais de 2.600 colaboradores, responsáveis pelo design e inovação de itens que lançam tendências na arquitetura e decoração no Brasil. As atividades começaram no dia 1º de março, quando os convidados participaram de um coquetel da 10ª edição do Programa Ser Portobello Shop, evento de reconhecimento de profissionais parceiros da Portobello Shop. Ao todo, 12 especificadores foram homenageados. Para finalizar a noite, os participantes foram animados pelo som da banda Divazz. No segundo dia de evento os convidados participaram de um ciclo de palestras, uma delas ministrada pelo arquiteto Roberto Ferlito, do Nabito Architects, da cidade de Barcelona, Espanha. Os mais de 500 convidados ainda puderam conferir outras palestras de profissionais renomados como Thiago Rodrigues do Super Limão Studio, Andrea Bisker do WGSN e da arquiteta Bel Lobo.

No dia 3 de março, franqueados e profissionais do segmento da arquitetura puderam conferir o preview dos lançamentos da Coleção 2015, denominada “Habitat Natural. Uma Paixão”, resultado de muita pesquisa, design e tecnologia, tudo isso para agregar mais aconchego e bem-estar aos ambientes. Uma das maiores apostas é a reprodução de madeiras originárias de diversas partes do mundo. Práticos, esses produtos ainda ajudam na preservação do meio ambiente, uma vez que não há a extração de árvores da natureza. Nas cinco sessões do preview, mais de 1.200 pessoas visitaram o espaço. Neste mesmo dia também teve início a Expo Revestir, considerada a Fashion Week da Arquitetura e Construção, realizada no Transamérica Expo Center, em São Paulo. Toda a programação da Trend Week Ser 2015 foi cuidadosamente pensada para que os franqueados tivessem a oportunidade de ampliar o relacionamento profissional, trocar experiências e conhecimento do negócio. Maio, 2015

CY

CMY

K

Maio, 2015

revistavitti.com.br | Vitti | 83


84 | Vitti | revistavitti.com.br

Maio, 2015

Maio, 2015

revistavitti.com.br | Vitti | 85


Especial

Salão Internacional do Móvel de Milão Da Redação / Fotos Divulgação

Sofisticação casada com paisagismo foi a aposta da Minotti

Estande da Flexform apostou em iluminação pontuada e clima aconchegante

Ambiente Flexform

86 | Vitti | revistavitti.com.br

Design imponente e elegância são as marcas da exposição da Poliform

A

nualmente acontece em Milão, Itália, o famoso Salão Internacional do Móvel, considerado o evento mais importante do setor. Os italianos são famosos em todo mundo pela sua preocupação estética. Seja na moda, nos carros, e claro, na decoração, o design italiano é sempre muito valorizado. Há na Itália uma tradição e uma estrutura de trabalho dos profissionais de decoração de ambientes que privilegia o experimento e o desenvolvimento dos novos talentos, tendências e formatações. E é no Salão que se estabelecem as tendências para os próximos anos. Um dos pontos mais interessantes e disputados da feira são os pavilhões onde estão as marcas que mais apostam em inovações. Dos diversos fabricantes que expuseram na edição 2015, destaque para a Poliform, Flexform e Minotti. As três marcas possuem uma linha de desenho muito similar com um design bem limpo e com linhas neutras. O uso dos metais e a interação equilibrada entre os materiais também é uma característica muito forte. Os estandes merecem destaque, pois são verdadeiras construções muito bem ambientadas durante a feira. Normalmente as marcas simulam ambientes para que o visitante entenda o uso do móvel dentro de um contexto, pois a peça isolada é muito diferente de um conjunto. Os tons de cinza marcaram os ambientes expostos. Nestas três marcas, o uso desta tonalidade especialmente em objetos ou elementos como poltronas foi bem encaixado com a proposta criada. Maio, 2015

Maio, 2015

revistavitti.com.br | Vitti | 87


Especial

Art’s Decorações

A

Da Redação

tuante no mercado de decoração há mais de 20 anos, a Art’s Decorações é referência na concepção e criação de decorações clássicas e temáticas para cerimônias, recepções, comemorações e eventos corporativos. Tem como característica o investimento contínuo em inovações e soluções em decoração profissional, sempre buscando agregar valores, unificar logística e proporcionar segurança ao cliente ao detalhar todos os serviços contratados. A empresa começou de forma tímida, mas em pouco tempo a aceitação no mercado foi muito rápida. “Em pouco tempo, tivemos um aumento na procura pelos

88 | Vitti | revistavitti.com.br

serviços. Depois começamos um novo ciclo com a criação da ART’S RENTAL, que garantia o suporte de mobiliário para as decorações cada vez maiores”, explica Célia Arantes. Hoje o Grupo Art’s conta com 20 funcionários distribuídos nas áreas de serralheria, marcenaria, oficina de tapeçaria e de costura. Este time multiprofissional desenvolve projetos de decoração criados especialmente para cada cliente, de acordo com suas necessidades. “Nossos funcionários trabalham em três galpões que somam 2000m² de área útil, viabilizando planejar, produzir e executar de forma rápida, todas as propostas que a empresa se propõe a atender”, explica a proprietária. A empresa tem uma política de trei-

nar os floristas de acordo com o padrão de qualidade que já é reconhecido, e que garante a tranquilidade do cliente. “Sou completamente apaixonada pelas flores e isso foi fundamental na minha decisão há 22 anos”, relata Célia Arantes, que gosta sempre de destacar que um dos diferenciais da Art’s é a câmara fria onde funciona a oficina de flores, que garante a qualidade e beleza dos arranjos. “Pontualidade e responsabilidade, respeitando a expectativa de cada cliente e tendo em mente que cada festa é única”, esta é outra meta que a Art’s Decorações sempre busca cumprir, segundo Célia Arantes. Atualmente, a empresa atende em todo o Vale do Paraíba, Serra da Mantiqueira, Sul de Minas e Litoral Norte. Maio, 2015

Maio, 2015

revistavitti.com.br | Vitti | 89


Especial

Ruy Ohtake

vai assinar projeto inovador em São José dos Campos

Renomado arquiteto emprestará seus traços para o projeto do novo sistema de transporte coletivo da cidade

A

Da Redação

cidade de São José dos Campos aposta num projeto inovador e desafiador para revolucionar o transporte coletivo no município. O projeto Mobi, sistema de transporte de massa com o uso do BRT (Bus Rapid Transit), ou transporte rápido por ônibus, deve ter o início das obras somente em 2016, mas a cidade já definiu que a assinatura do projeto urbanístico envolvendo o novo sistema terá a assinatura de Ruy Ohtake, um dos mais renomados arquitetos do Brasil. O anúncio da parceria foi feito no fim do mês de abril. O arquiteto, que tem em seu currículo projetos como o do expresso Tiradentes e do monotrilho Morumbi, ambos na capital paulista, será responsável pela arquitetura, paisagismo e iluminação do sistema joseense. “Foi com muito entusiasmo que nós recebemos o convite para colaborar com a elaboração do projeto Mobi, o BRT de São José dos Campos. A importância do projeto é desnecessário ressaltar, porque vai beneficiar de imediato toda a população que utiliza o transporte coletivo”, disse o arquiteto durante a apresentação do projeto. 90 | Vitti | revistavitti.com.br

Na mesma ocasião o arquiteto mostrou, em esboços feitos à mão, detalhes dos novos terminais de parada, onde os passageiros farão o embarque e desembarque dos veículos do Mobi. Ohtake garantiu que, além de funcionais, os novos terminais serão impactantes para a estética do município. “As paradas serão um ponto de referência na cidade. Além do conforto para os que estão esperando o ônibus, construtivamente sustentáveis, serão principalmente um marco estético para a cidade”, disse. Entre os conceitos detalhados por Ruy Ohtake, também está o uso de energia solar e a possibilidade de construir cada terminal em apenas seis dias. Ao todo, o Mobi terá 75 paradas, distribuídas por 51 km de linhas, em todas as regiões da cidade. Para o prefeito Carlinhos Almeida, as obras envolvendo mobilidade urbana são urgentes, caso contrário a cidade pode enfrentar sérias dificuldades no futuro. “O Mobi vem exatamente para o fortalecimento do transporte público, que é o caminho que todas as cidades têm que trilhar hoje, se quiserem ter um transporte digno para uma sociedade avançada, como é a de São José dos Campos”, disse.

No Mobi, os ônibus vão trafegar em canaleta segregada, com uma extensão aproximada de 51 Km em todas as regiões cidade. Também serão construídas estações que permitam a cobrança externa, para tornar mais rápido o acesso dos passageiros e aumentar velocidade operacional. Ao todo serão investidos R$ 842 milhões na construção do Mobi.

Quem é Ruy Ohtake?

O

arquiteto Ruy Ohtake começou sua produção em 1960, no mesmo ano em que se formou pela Faculdade de Arquitetura e Urbanismo da Universidade de São Paulo. Consagrou seu nome na arquitetura brasileira e mundial com uma produção intensa, desafiadora e muito premiada nacional e internacionalmente. Seus trabalhos integram os valores forjados pelos mestres do Movimento Moderno, através de caminhos sem preconceitos e expressivos, surgidos nas diferentes regiões do país. Em seus desenhos estão presentes as milenares tradições da cultura japonesa, a dinâmica da vanguarda euro-americana e a exuberância criativa da paisagem e da diversificada sociedade brasileira, tudo isso com perfeita integração e visão criativa. Maio, 2015

Maio, 2015

revistavitti.com.br | Vitti | 91


92 | Vitti | revistavitti.com.br

Maio, 2015

Maio, 2015

revistavitti.com.br | Vitti | 93


Taubaté Design (12) 3681.1855 Av. Professor Walter Thaumaturgo (Av. do Povo), 570 - Jd. das Nações

94 | Vitti | revistavitti.com.br

Maio, 2015

Maio, 2015

revistavitti.com.br | Vitti | 95


96 | Vitti | revistavitti.com.br

Maio, 2015

Maio, 2015

revistavitti.com.br | Vitti | 97


98 | Vitti | revistavitti.com.br

Maio, 2015

Maio, 2015

revistavitti.com.br | Vitti | 99


Especial

Smart City e Smart Growth Novas teorias para o planejamento urbano

A

Por Peter Iote

profissão de planejador urbano é apaixonante, desafiadora e ao mesmo tempo impressionante, pois os efeitos de uma boa ideia ou soluções demoram a aparecer. A grande questão é o Urbanista traduzir as ideias e os dados com um alto grau de assertividade, pois devido o aumento da densidade urbana, há o aumento da demanda de energia, transporte, água, edifícios e espaços nas cidades. Por isso, soluções precisam ser encontradas ao mesmo tempo em que precisam ser altamente eficientes e sustentáveis, para que as cidades tenham um crescimento inteligente: “Smart Growth”. Por isso, a cidade em si tem que ser uma cidade inteligente: Smart City. As cidades, no entanto, só podem ser inteligentes se houverem funções de inteligência, até porque a ideia de que as cidades podem ser inteligentes é baseada em comunidades inteligentes, que possam ser capazes de integrar e sintetizar os dados para melhorar a eficiência, a equidade, a sustentabilidade e a qualidade de vida nas cidades. A análise das necessidades conjugadas com os diferentes tipos de usos auxilia o urbanista a pensar a área comercial, o transporte público central, as áreas verdes, o centro de negócios, combinando os conceitos hierárquicos: Econômicos, Sociais, Ecológicos, Ambientais, de Engenharia, etc. Este é o ponto de partida para uma cidade morável e saudável, e ao mesmo tempo bela. 100 | Vitti | revistavitti.com.br

O termo “Smart City” abrange uma vasta gama de alternativas e de tecnologias que permite os urbanistas promoverem o interesse coletivo de maneira "inteligente", para que possam compreender e responder os desafios de uma forma holística e sustentável; pois cidades inteligentes são incubadoras de ideias, e todos podem cooperar para a sua cidade ser cada vez mais inteligente. Para o planejamento de uma cidade inteligente o Urbanista necessita alcançar três objetivos plenos para uma urbanização funcional: Velocidade, Quantidade e Qualidade. As cidades tem que ter ordem, porém sem serem asfixiadas, (divididas em pequena células urbanas); tem que ter vida, tem que ser compacta e tem que ter características locais de sua própria cultura. Estas são ferramentas para a construção da máquina perfeita, promovendo o relacionamento perfeito do homem com o seu solo, a sua pátria, as suas raízes. Mas para alcançar isso, o Urbanista precisa ter os princípios chave: Coração Humanista, Cabeça Científica e Olho Artístico. Para quê? Coração Humanista: O Urbanista sentirá o transito, a infraestrutura, a sociedade, os serviços, a ecologia, o ambiente, a educação, a cultura e o entretenimento. Cabeça Científica: O Urbanista pensará os fatores políticos, demográficos e econômicos. Olho artístico: O Urbanista criará uma cidade bela sem impor a arquitetura com

edifícios icônicos, pois a arquitetura nunca deve se impor ao local. Até por que o urbanismo vem primeiro que os edifícios, para evitar impactos de qualquer ordem. O conceito de crescimento inteligente A Cidade Inteligente só pode funcionar mediante o Crescimento Inteligente: “Smart Growth”, que busca um desenvolvimento urbano mais compacto com o objetivo de redirecionar o desenvolvimento urbano para praticas mais sustentáveis e criar alternativas ao crescimento disperso. Somente através do crescimento inteligente o urbanismo orientado pode ser direcionado ao pedestre e não ao automóvel com o seu padrão de deslocamento como é preconizado atualmente em tantas culturas. O uso de transportes alternativos e com usos mistos e variados de opções de habitação, bem como o senso de lugar e o espírito comunitário é fomentado nessa ótica. A evolução sustentável da cidade inteligente só poderá ser perene através de projetos ecológicos para a mitigação dos problemas energéticos, do lixo e da falta de recursos hídricos. A consistência e aplicabilidade dos conceitos de Smart Citys e Smart Growth ainda estão sendo testadas, visando aperfeiçoar os critérios de sua viabilidade, mas certamente tão logo dará frutos benéficos para uma sociedade que clama por um mundo mais sustentável para todos. Peter Iote é Graduando em Arquitetura e Urbanismo pela FATEA. Contato: Anderson_piter@terra.com.br Maio, 2015

Maio, 2015

revistavitti.com.br | Vitti | 101


Especial

Arquiteto Aposta em Projetos de Mini Apartamentos Da Redação / Fotos Divulgação

V

ocê às vezes acha que seu apartamento é pequeno demais? Suas coisas não cabem mais no espaço disponível? Está se sentindo confinado numa jaula? O designer e arquiteto americano Graham Hill resolveu mostrar que é possível haver vida saudável em pequenos espaços. Ele transformou seu pequeno apartamento em Nova York num laboratório – e, assim, virou uma celebridade mundial por mostrar como viver melhor em pequenos – na verdade minúsculos - espaços. Para o jornal norte-americano The New York Times, em artigo publicado recentemente a respeito dos projetos de Graham Hill, o arquiteto está trilhando o caminho para desenhar o apartamento do futuro. Para ele, é possível, por exemplo, ter uma mesa de jantar para 12 pessoas num apartamento de 40 metros quadrados. E com direito a espaço para bicicleta, além de prancha de surfe. O segredo para que o pequeno espaço não se torne sufocante é a decoração, que passa uma sensação de amplitude. Recentemente, Graham Hill assinou uma planta com mobiliário de apartamentos de 19m² na cidade de São Paulo. O prédio fica na Vila Olímpia, e parece que a estrutura convenceu os compradores. Menos de um mês depois do lançamento, todas as unidades foram vendidas, a um preço de R$ 266 mil, o que significa R$ 14 mil o metro quadrado.

102 | Vitti | revistavitti.com.br

Sala de estar adaptada que também serve de quarto. Atrás do vidro espelhado está o banheiro

De trás do sofá desce a cama de casal

Detalhe do balcão da cozinha em ambiente único que interage comMaio, a sala/quarto 2015

Maio, 2015

revistavitti.com.br | Vitti | 103


Especial

Pavimentando o futuro Drenagem correta das águas das chuvas e asfaltos usando borracha de pneus são aliados da preservação ambiental

A

Por Adilson Peloggia

s vias que recebem uma pavimentação com asfalto cimentício ou concreto devem obedecer os requisitos legais pertinente à atividade, que deve ser executada por profissionais devidamente regulamentados e preparados para este fim. A pavimentação das vias é regida por normas estabelecidas pela ABNT e regras específicas demandadas pelos Órgãos e Associações tal como a ABEDA – Associação Brasileira das Empresas Distribuidoras de Asfalto que auxiliam na fiscalização e no cumprimento das Leis maiores (Federal). Existem vários tipos de asfalto e cada um é obtido misturando diversos materiais ao asfalto do petróleo. Os diferentes tipos de asfalto, diferentes composições de seus componentes, são escolhidos de acordo com as necessidades da rua que será asfaltada. Por exemplo, uma rodovia que suporta o transporte de caminhões de grande porte, tem a necessidade de um asfalto mais resistente do que das ruas para tráfego de carros de passeio. O asfalto também tem sido uma maneira de fazer reciclagem. Os pneus velhos são sempre um problema para a disposição

104 | Vitti | revistavitti.com.br

de lixo inorgânico na cidade. Eles ocupam muito espaço e a sua queima libera gases tóxicos na atmosfera. O que tem sido feito é misturar raspas de pneus velhos ao material asfáltico, gerando assim o chamado asfalto ecológico ou asfalto borracha. As propriedades da borracha são adicionadas às do asfalto, fazendo com que ele fique mais flexível e seja menos suscetível a rachaduras. E também reduzem os custos da produção do asfalto, já que os pneus usados seriam mesmo descartados. Muitas pesquisas são feitas para tornar o asfalto uma maneira de ajudar o meio ambiente, são as chamas estradas verdes. Nos Estados Unidos existem projetos para utilizar o calor do sol absorvido pelo asfalto para gerar energia. A adição de quartizitos aumenta a capacidade do asfalto de absorver calor. Em Madrid está sendo estudada a possibilidade da utilização de um asfalto especial que ajuda a diminuir a poluição gerada pelos carros na estrada, captando o NOx (óxido de nitrogênio) emitido. No Brasil, está sendo Desenvolvido por Pesquisadores e Engenheiros do Centro de Pesquisa, Desenvolvimento & Inovação do Grupo GRECA, o Asfalto-Borracha que apresenta características

especiais e inúmeras vantagens em relação ao pavimento comum. Empregado em vários tipos de solos e substratos, o produto tem como característica a menor propagação de trincas e redução dos custos com manutenção, pois o pó borracha moída proveniente de pneus reciclados presente em sua fórmula garante uma maior f lexibilidade e resistência. Para que a drenagem da água proveniente da chuva, uma das soluções propostas pelos pesquisadores é a perfuração de poços localizados nas sarjetas, espaçados segundo projetos de engenharia hídrica para infiltração dessa água, evitando assim uma sobrecarga do sistema pluvial (córregos, riachos, rios, etc). A preocupação maior é com a qualidade de vida da população, tentando evitar catástrofes com enchentes, avalanches, etc, devido à impermeabilização do solo, concorrendo para o abastecimento do lençol freático e como consequência os aquíferos, contribuindo para uma estabilização do sistema hídrico, alimentando os reservatórios e represas. Prof. Dr Adilson Peloggia é Especialista em Ciências Ambientais – Hidrogeologia. Contato: adilson.peloggia@etep.edu.br Maio, 2015

Maio, 2015

revistavitti.com.br | Vitti | 105


Especial

U

Decoração: o charme dos microjardins Da redação

m jardim para chamar de seu. Esta é a ideia do microjardim, levar a natureza e a beleza para qualquer lugar, por menor que seja. Uma estante, uma janela ou até a sua mesa de escritório pode ter um cantinho verde. Como o nome já diz, é um jardim em miniatura e pode ter diferentes composições. Este tipo de decoração tem sido procurado por dois segmentos: o de quem não

106 | Vitti | revistavitti.com.br

tem nenhum espaço para plantar uma florzinha sequer e o de quem quer deixar a casa mais bonita com uma “novidade verde”. A variedade das composições é tão grande que, dependendo das dimensões, é possível cultivar até hortaliças no micro-jardim. Em geral, um microjardim pode ser cultivado em pallets ou outros recipientes reaproveitados como gavetas, bacias, panelas, garrafas de vidro, caixas de vinho, latinhas de bala, etc. As técnicas variam muito, como por exemplo,

a colocação de uma gaze ou pano no fundo de uma latinha, jogando por cima sementes e regando depois até que comecem a germinar e apareçam os brotinhos. Assim como qualquer jardim, precisa de luz, mesmo que indireta (vai depender das espécies cultivadas), água e adubação, de preferência orgânica. Outro detalhe importante é escolher as plantas ou combinação de plantas adequadas ao recipiente no qual será feito o seu microjardim. Mãos à obra!

Maio, 2015

Maio, 2015

revistavitti.com.br | Vitti | 107


Especial

Como pintar azulejos e renovar cozinhas e banheiros

D

Da Redação

ar fim às estampas antigas, disfarçar manchas do tempo ou até eliminar a aparência da cerâmica. Tudo isso é viável nos azulejos de sua residência, desde que seja feita de forma correta e com a tinta certa. Há duas técnicas para que o seu antigo azulejo ganhe cara nova. Na primeira delas, mais simples, a aplicação da tinta cobre as cores do desenho original, mas mantém visíveis os relevos tanto dos revestimentos quanto dos rejuntes. A ou-

108 | Vitti | revistavitti.com.br

tra opção, mais complexa, elimina de vez qualquer vestígio de cerâmica, deixando a parede lisinha, com jeito de alvenaria convencional. Para a pintura do azulejo com relevo aparente, siga os passos: 1. Limpe bem a superfície com água e detergente neutro, até eliminar todos os vestígios de sujeira e gordura, tanto das cerâmicas quanto dos rejuntes. Preencha as falhas com massa acrílica. 2. Aguarde a secagem por 24 horas. 3. Prepare a tinta seguindo à risca as recomendações do fabricante. 4. Dê a primeira demão. Dedique atenção especial aos rejuntes para que não fiquem

de fora da passagem do rolo. 5. Espere secar (o tempo exigido é indicado na embalagem do produto). 6. Use lixa fina para alisar suavemente a superfície. Um pano seco elimina o pó. 7. Aplique a segunda demão, novamente de acordo com as indicações. 8. Se necessário, dê a terceira demão para cobrir as cores mais difíceis de esconder. Isso normalmente ocorre quando o azulejo original é escuro. Para que a solução funcione bem, as peças cerâmicas devem estar inteiras, assim como os rejuntes, e firmes na parede. Caso contrário, a tinta não se fixará adequadamente e o trabalho poderá se perder.

Maio, 2015

Maio, 2015

revistavitti.com.br | Vitti | 109


110 | Vitti | revistavitti.com.br

Maio, 2015

Maio, 2015

revistavitti.com.br | Vitti | 111


www.revistavitti.com.br

ø ruazero.com

#euestouaqui

Empresas, produtos, serviços e tudo mais que importa na região está na Vitti. Você ainda não está? Ligue pra gente.

Jacareí São José dos Campos Caçapava Taubaté Tremembé Pinda Aparecida Guaratinguetá Lorena Cruzeiro Santo Antonio do Pinhal Campos do Jordão Passa Quatro Ubatuba 112 | Vitti | revistavitti.com.br

Maio, 2015

Revista Vitti, maio 2015 Edição n113  

Entrevista com Beatriz Kalil Barbosa, empresária de Guaratinguetá fala de trabalho e família ao lado da mãe Ivette e da filha Juliana; Negóc...

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you