REVISTA VITTI 169

Page 1

ORGULHO DA NOSSA GENTE

Pois é, 2023 terminou e temos um ano novinho cheio de novas oportunidades e momentos iniciando. Chegamos com mais uma edição da REVISTA VITTI preparada com muito capricho por nossa equipe. Abrimos essa edição com a entrevista da médica Dra. Natália Pasin em um bate-papo muito bacana sobre dermatologia e sua trajetória. Referência na área em que atua, nos concedeu uma entrevista muito interessante. Não deixe de conferir.

Trazemos ainda nessa edição, personalidades da nossa região que estão fazendo história em suas áreas de atuação. Um é o dj e produtor Malive, nascido em Taubaté e que vem se destacando na cena musical mundial, confira um pouco da história desse artista. O outro é o piloto e empresário Agostinho Ardito, que tem brilhado nas pistas como piloto e conquistado títulos no automobilismo. Contamos ainda sobre Henrique Lucas de Miranda, Promotor de Justiça que acaba de ser indicado como postulante a uma cadeira de ministro no Superior Tribunal de Justiça, em Brasília. Vale a pena conferir as matérias com esses três valeparaibanos que nos enchem de orgulho.

Temos também uma seleção muito especial de artigos e matérias sobre saúde, bem estar, música, moda, negócios e muito mais.

Nossa tradicional coluna social VITTI ACONTECE traz o que rolou de melhor no Vale do Paraíba, Serra da Mantiqueira e Litoral. Destacando, claro, os melhores cliques do sempre lindo CARNAVITTI, nossa festa de pré Carnaval que agitou a região.

Esperamos que você curta mais esta edição que chega até suas mãos trazendo muita positividade e bom conteúdo. Que este finalzinho de verão e as folhas do outono sejam o cenário perfeito de um período de plenas realizações. Boa leitura e grande abraço.

Diretora | Marcela Vitti

Gestão | Barbara Gaudioso

Comercial | Marcela Vitti

Jornalismo | Ronaldo Casarin - MTB 52246

Financeiro | Fernanda Silva

Criação e Diagramação | Luiz Gustavo Souza

DISTRIBUIÇÃO

Distribuidor: Rodrigo Melo.

Gratuita e dirigida às cidades de Taubaté, Tremembé, Pindamonhangaba, Campos do Jordão, Guaratinguetá, São José dos Campos,Lorena, Aparecida, Santo Antonio do Pinhal e Ubatuba.

Impresso na gráfica Santa Edwiges

ATENDIMENTO AO CLIENTE

(12) 98270-0019

COMERCIAL

Marcela Vitti | (12) 98122-3000 - marcela@revistavitti.com.br

Os artigos, matérias e anúncios aqui publicados são de responsabilidade de seus idealizadores, e não refletem necessariamente a opinião da Revista Vitti.

Os conteúdos veiculados nos anúncios publicitários são de inteira responsabilidade dos anunciantes. É proibida a reprodução total ou parcial da revista sem autorização da Revista Vitti.

4 | Vitti | revistavitti.com.br
Acesse: www.revistavitti.com.br revistavitti

Entrevista

Dra. Natália Pasin

6 | Vitti | revistavitti.com.br
Foto: Karin Castro

Dra. Natália Pasin é médica especialista em estética, injetáveis, laser e desenvolve um trabalho em sua clínica na cidade de Guaratinguetá (SP) norteado pela máxima “Beleza e autoestima, com naturalidade”.

Apaixonada pela área da dermatologia, Dra. Natália formou-se pela Faculdade de Medicina de Campos, na cidade de Campos dos Goytacazes (RJ) e se especializou em Dermatologia. “Sempre foi um sonho cursar medicina e sempre soube que queria a dermatologia, desde o início do curso. Eu sempre fui muito vaidosa, gosto de me cuidar e isso que me atraiu para a dermatologia, esse universo dos cremes, do cuidado com a pele, sempre tive muito prazer em estudar e me aprofundar nisso.”, conta.

“HOJE, MINHA RELAÇÃO COM MINHA ESPECIALIDADE VAI MUITO ALÉM DA ESTÉTICA, E MUITO NO

SENTIDO DE PREVENÇÃO E DIAGNÓSTICO DO CÂNCER DE PELE E TRATAMENTO DE OUTRAS DOENÇAS QUE ENVOLVEM O LADO EMOCIONAL DO PACIENTE.”, completa Natália. Confira o bate-papo completo.

O que te levou a escolher a área da Dermatologia para atuar na medicina? Natália Pasin.

Desde que iniciei meus estudos na faculdade, eu já era interessada pela dermatologia, muito por conta da estética, cuidados com a pele, cremes, etc. Ao aprofundar os estudos nessa área, nos deparamos com mais de três mil doenças dermatológicas e isso amplia de forma muito interessante nossa atuação enquanto médica. Sem contar o câncer de pele, que é o que mais acomete a população brasileira, justamente pela alta exposição ao sol. Cerca de 30% dos canceres de pele são do tipo não-melanoma, causados pela exposição ao sol. Quando batemos na tecla do uso do protetor solar, não é só para combater as manchas e o envelhecimento da pele, mas é principalmente sobre a prevenção do câncer.

Sobre o câncer de pele, você teve experiências pessoais com a doença. Como isso influencia hoje no seu trabalho como médica?

N.P. - Eu tomei muito sol, especialmente na minha adolescência, adorava me bronzear, e tive cinco canceres de pele. Hoje, minha relação com a dermatologia vai muito além da estética, e muito no sentido de prevenção e diagnóstico do câncer de pele e tratamento de outras doenças que envolvem o lado emocional do paciente. Doenças dermatológicas tem impacto direto na autoestima, pois muitas vezes são lesões visíveis de pele. Por exemplo, em mulheres a queda de cabelo causa muito impacto negativo. Um diagnóstico e tratamento corretos são primordiais para o resgate da autoestima dessa paciente. Isso me motiva muito a seguir trabalhando com esse olhar humano e de valorização do paciente.

Você atua muito na questão dos tratamentos para envelhecimento saudável da pele. Nesse campo, os procedimentos de harmonização facial ganharam muita força nos últimos anos. Você acredita que é possível fazer o bom uso da harmonização sem cair na armadilha dos exageros?

N.P. – Sim, sem dúvidas. Criou-se uma moda quando falamos de harmonização facial. Vejo muitos rostos iguais, padronizados, mandíbulas marcadas, queixos projetados e os famosos “bocões”, só para citar três clichês. Trabalho na linha de que é possível executar uma harmonização mantendo as características naturais e individuais do paciente, e que ele conseguirá envelhecer bem, sem exageros e possíveis complicações que esses procedimentos, se feitos sem equilíbrio, podem trazer. Defendo que os procedimentos sejam feitos de forma dosada, não é preciso fazer tudo de uma vez só, sempre pensando em características únicas de cada rosto. Começo com aquilo que incomoda mais o paciente e não abro mão da consulta, acredito que esse é o momento que vai muito além da anamnese e exame físico, ali vamos dosando e conversando o que num primeiro momento vai trazer mais benefícios para ele, alinhar suas expectativas e mostrar dentro dos diversos tratamentos e tecnologias que hoje existem, quais vão ser mais interessantes para sua queixa, sem contar que é o momento que nós aproximamos e de fato construo mais que pacientes, amigos, e estabelecemos uma relação de confiança sempre apoia-

da na ética médica e na conhecimento científico.

Como você conduz sua consulta e o atendimento aos pacientes?

N.P. - Minha consulta é longa, pois faço uma investigação abrangente do paciente, levando em conta seu estilo de vida, hábitos em relação à atividade física, alimentação, medicações, sua exposição ao sol, os cuidados que tem e já teve com a pele e analiso o que o paciente almeja e como ele encara o processo de envelhecimento. Quando partimos para um tratamento, levo em conta qual a posição dessa pessoa na sociedade, no trabalho e no seu ambiente de convivência. Isso tem uma conexão direta com a imagem que ela quer e deve passar, e com os procedimentos que podemos realizar para esse paciente. No pós-procedimento eu fico inteiramente disponível para dúvidas e intercorrências e construo um elo muito forte com os pacientes.

Como é a sua filosofia e modo de trabalho em relação aos procedimentos médicos estéticos?

N.P. - Quando entramos nessa área, meu olhar é diferenciado. Os procedimentos estéticos ficaram muito banalizados. Vale sempre frisar que todo procedimento na pele envolve algum tipo de risco, por isso a importância de uma consulta que de fato examine o paciente por completo e alinhe a expectativa que ele tem em relação ao procedimento e aos resultados que podem ser alcançados. Reforço sempre que o tratamento no consultório não chegará no resultado esperado sozinho. É preciso a disciplina do paciente em casa nos cuidados diários.

Foto: Bruna Mello

Você criou o “Doll Skin”, um protocolo para melhoria da pele. Como surgiu essa ideia e como foi desenvolver esse tratamento?

N.P. – Trabalho bastante com o uso de ácidos nos tratamentos que realizo com meus pacientes com resultados muitas vezes que eles nunca obtiveram antes. Desenvolvi então o Protocolo Doll Skin, que é voltado para a melhora da qualidade da pele. Ele faz clareamento, fechamento de poros, e um efeito “glow”, deixando a pele radiante e luminosa. O tratamento une a tecnologia do Laser Lavieen, que trata, restaura e rejuvenesce a pele, prevenindo os principais problemas, como manchas, melasma, marcas de acne, poros dilatados, uniformidade, textura, recuperando o viço da pele. Faço também a administração de ativos clareadores, e um peeling especial que eu criei, e o paciente recebe um kit de sérum diurno e noturno para continuar o tratamento em casa por três meses. Faço todo o acompanhamento do tratamento.

Uma dúvida que muita gente tem é se existe algum impedimento em fazer tratamentos com ácido para melhoria da pele?

N.P. - Não precisa ter medo do uso do ácido. Muita gente deixa para tratar a pele somente no inverno, com medo de que o uso dos ácidos e o sol do verão possam causar problemas. Isso é mito. O paciente pode usar ativos clareadores mesmo se expondo ao sol na época mais quente do ano. Claro que é preciso o uso do protetor solar todos os dias e um ácido/clareador/despigmentante formulado especificamente para sua pele. Fazendo isso, é possível manter uma pele bonita o ano todo, sem entrar num ciclo de picos, em que a paciente faz o tratamento no inverno, por exemplo, al-

cançando um ótimo resultado e ficando com a pele linda, mas abandona quando o calor chega, o que acaba regredindo o tratamento.

Quais são os equipamentos e tratamentos disponíveis atualmente na sua clínica?

N.P. – Oferecemos aos nossos pacientes diversos equipamentos e tratamentos, como o Laser lavieen, a Plataforma Etherea- luz intensa pulsada, laser de CO2, laser não ablativo, acroma e RESURFX. Temos também tratamento para flacidez e gordura localizada, com o inovador Ultraformer MPT, sendo que fomos a primeira clínica do Vale do Paraíba a disponibilizar essa tecnologia. Trabalhamos também com todos tratamentos com os injetáveis: preenchimento com ácido hialurônico, toxina botulínica, bioestimuladores de colágeno, Profhilo.

Você tem uma forte atuação também nas redes sociais e na mídia, criando conteúdo sobre dermatologia, participando de entrevistas, dando dicas e orientações, etc. Quando isso passou a fazer parte do seu dia a dia?

N.P. - Meu Instagram é um canal que me aproximou bastante das pessoas. Tenho meu perfil profissional desde 2018, e de lá para cá desenvolvo conteúdos para dar dicas e explicações sobre prevenção

de doenças, processo de envelhecimento e tiro dúvidas. Sempre tenho ideias para me aproximar cada vez mais do meu público com conteúdos diferenciados e já criei vários quadros de sucesso no Instagram como Tour pela minha bancada, Diário da Dra. Natália Pasin, Entre amigas… e por aí vai. E o Diário da Dra. Natália fez tanto sucesso que hoje faço parte de um quadro em um programa semanal na TV SBT, um bate-papo sobre autenticidade e pele. Busco uma linguagem simples e direta, para atingir o maior número de pessoas. Criei uma relação muito legal com muita gente, pacientes e pessoas interessadas que buscam informações, e criamos uma corrente de motivação, principalmente para mulheres. Não só pela beleza externa, mas também pela construção e valorização da autoestima feminina e a beleza da alma, dos valores e o conteúdo que temos para dividir enquanto mulheres. Existem fases na vida da mulher. Mãe, profissional, amiga, filha, e sabemos muito bem exercer todas essas funções, e de forma brilhante, e busco me expressar incentivando as mulheres que me acompanham no Instagram, e o retorno que eu tenho é maravilhoso. Gosto bastante também de participar de entrevistas e bate-papos em TV e rádio, e sempre atendo os convites que recebo. Levar o conhecimento e esclarecer as pessoas sobre as doenças da pele e, principalmente, levar a importância da prevenção e dos cuidados com a nossa pele, é sempre algo muito gratificante pra mim. Também estou em constante atualização, praticamente uma vez no mês separo alguns dias para participar de cursos e congressos na minha área em São Paulo e outros estados.

8 | Vitti | revistavitti.com.br
Foto: Karin Castro Foto: Bruna Mello Foto: arquivo pessoal Foto: arquivo pessoal

RODÍZIO DE VINHOS

COM MÚSICA AO VIVO

WINE BAR

19H ÀS 23H

QUINTAS, SEXTAS E SÁBADOS

6 rótulos à vontade:

1 espumante, 1 branco, 1 rosé e 3 tintos. (Vinhos mudam semanalmente)

R$89,00 por pessoa

@qemporium_

RODÍZIODE

DR. LUIS GUILHERME SCAVONE DE MACEDO DDS, MSc, PhD Implantodontia-Periodontia-Reabilitação Oral CRO-SP 66.701 (12) 99727-2600 @drluis.macedo
PROF.
Cirurgião Dentista de Pindamonhangaba desenvolve nova técnica em enxertos ósseos que simplifica as cirurgias de implantes dentários. A técnica será comercializada em parceria com uma empresa Suíça.
Saiba tudo a seguir!

O Cirurgião Dentista Luís Guilherme Scavone de Macedo, de Pindamonhangaba, desenvolveu uma nova técnica que simplifica a reconstrução óssea para implantes dentários. O conceito, chamado de Barbell Technique, foi apresentado agora, em janeiro de 2024 no Congresso Internacional de Odontologia realizado em São Paulo. Entenda todos os detalhes a seguir.

Sobre o Profissional

O Professor e Dr. Luís Guilherme Scavone de Macedo é formado em Odontologia na UNESP, em São José dos Campos, tendo cursado Especialização e Mestrado em São Paulo nas áreas de Implantodontia e Periodontia, e retornou à UNESP em 2008 para obtenção do título de Doutor (PhD). Em 25 anos atuando na área de implantodontia, o Dr. Luís Macedo foi Professor na Universidade em que se formou e atualmente é Professor Coordenador de Cursos de pós-graduação na Faculdade São Leopoldo Mandic em Campinas, além de trabalhar em sua Clínica nas cidades de Pindamonhangaba e São Paulo com atendimento de pacientes.

Dr. Macedo, pode nos contar sobre a nova Técnica Cirúrgica? Como surgiu a ideia?

O conceito surgiu em 2019 quando eu e um grande amigo (Dr. André Pelegrine) estivemos em um Congresso em Barcelona e durante uma apresentação e discussão entre palestrantes, uma imagem nos chamou a atenção em virtude da dificuldade que seria reconstituir a parte óssea para que se pudesse instalar implantes. Foi nisso que tivemos um insight, ou seja, pensamos na possibilidade de um dispositivo causar descompressão tecidual e assim permitir a formação óssea. A partir disso retornamos ao Brasil cheio de ideias e começamos a desenvolver o projeto, o qual demos o nome de “Barbell Technique”.

Por que Barbell Technique?

Quando desenhamos o dispositivo de descompressão, o mesmo ficou parecido com um haltere, daqueles usados em academia e após algum tempo de projeto, nós víamos um potencial muito grande no conceito e começamos a vislumbrar a possibilidade de apresentação em mercados internacionais. Barbell é a tradução em inglês de haltere.

Quais foram as maiores dificuldades no desenvolvimento do projeto?

Vejo como maiores dificuldades os fatores que fugiram da nossa zona de conforto, uma vez que, a parte odontológica, os procedimentos cirúrgicos, os resultados, foram rápidos de se conseguir. Entretanto, existe uma parte de produção dentro da Empresa, e foi nesse ponto que tivemos que conciliar a parte biológica do que queríamos com a possibilidade ou não de produção. Tivemos que aprender sobre o processo industrial para poder alavancar o projeto. Associado a isso tivemos a parte regulatória, de Anvisa, os documentos que tivemos que produzir para que pudéssemos iniciar o processo de comercialização aqui no Brasil. Esse processo todo regulatório somente se resolveu em outubro do ano passado, enfim, foram 4 anos praticamente.

Quais são as diferenças e vantagens dessa Técnica?

Procuramos colocar nesse conceito e dispositivo Barbell tudo o que aprendemos durante esses 25 anos trabalhando em Implantodontia, pensando nos problemas e dificuldades que tivemos durante esses anos com pacientes que buscam reabilitar a função e sorriso com uso de implantes dentários. Assim, a técnica veio para simplificar o processo, ou seja, por meio da descompressão gerada nos tecidos, nós conseguimos fazer uso de biomateriais e membranas mais biológicas, com menos risco de complicações aos pacientes, fazendo um procedimento menos invasivo, com mais segurança e previsibilidade de resultados. Aliado a isso, o procedimento é cerca de 30% mais rápido em comparação às outras técnicas. Usamos titânio, que é um metal leve, e um polímero sintético (PEEK) usado em reconstruções crânio-faciais, ambos altamente biocompatíveis. Além disso, a técnica é versátil, podendo ser usada qualquer situação de área desdentada, diferente de outras que temos disponíveis no mercado.

De onde veio a parceria com uma Empresa Suíça?

A Geistlich Pharma é a maior Empresa de biomateriais para regeneração tecidual do mundo com sede na Suíça. Durante a pandemia, fizemos um vídeo para apresentação em um evento online e para nossa surpresa, a Diretoria da Empresa assistiu e nos contactou. Isso nos mostrou o real potencial do conceito, da técnica e iniciamos algumas reuniões em que demonstraram o interesse em parceria comercial. Com isso, começamos a desenvolver material de evidência, como parte do protocolo suíço de desenvolvimento de produtos. Publicamos 3 artigos científicos em revistas internacionais, temos um novo artigo em revisão no momento, fruto de uma tese de doutorado de um aluno nosso e mais outros estudos sendo realizados em parcerias com Universidades nacionais e internacionais. Assinamos o contrato logo após o registro na Anvisa.

Quem são os pacientes

que poderão ser beneficiados com a Técnica?

Nesse ponto eu vou te dizer que não somente os pacientes serão beneficiados com a Técnica, mas também os Cirurgiões Dentistas, pois terão em mãos algo mais simples e com menor probabilidade de complicações e perdas. Vivemos em um País onde o número de pacientes sem dentes é alto, quase 14% dos brasileiros são desdentados totais, é um absurdo. Desses pacientes, muitos buscam reabilitação com implantes dentários, mas esbarram na falta de osso suficiente para suportar os implantes. Nesse ponto os procedimentos de enxertos ósseos são indicados, porém muitos tem receio por conta da grande manipulação, cirurgias mais agressivas e ficam inseguros quanto ao resultado. Esses pacientes serão os beneficiados com a Barbell Technique, algo mais simples e seguro, com resultados altamente previsíveis.

E quais os próximos passos com a Técnica?

O intuito agora é difundir ao máximo o conceito Barbell Technique para que o maior número de pessoas possa ser beneficiada e ter os seus implantes realizados. Estamos em processo de obtenção dos registros FDA e CE para comercialização nos Estados Unidos e Europa, e creio que até o meio do ano teremos isso resolvido. Penso que esse é o nosso propósito como promotores de saúde, desenvolver e oferecer algo que realmente possa fazer a diferença na vidas das pessoas.

arquivo pessoal
Fotos:
16 | Vitti | revistavitti.com.br
Descanso merecido: Dimaily Banzi aproveita suas férias em Paris. O casal Cadu Severo e Sueli Zeraike passeiam pelos canais de Veneza. Férias: o casal Enrico Righi e Ana Paula curtem férias na Grécia. Dra Thaís Vieira e Dra Luciana Gobbo, médicas da Oncovida Taubaté, participaram da HEMO 2023, Congresso da Associação Brasileira de Hematologia, Hemoterapia e Terapia Celular. Família Freire recebe amigos em sua casa em Orlando para passagem de ano. Ronaldo e Valéria Capibaribe curtem férias em família em Búzios. Templos budistas em Bangkok: Maristela, Daniela , Paula e Amanda. Encontro de amigos em Orlando: Enzo, João, Mariana, Paola, Ana Carolina, Vinícius, Paula e Renato. Dr. Marcelo Asato e Dra Maria Gabriela de férias com os filhos em Chicago. Carnaval no Quiririm: Preta Valério, Dheminho Canavezzi e Marta Valério. Vera e Luiza Damy assistindo desfile de carnaval na Marquês de Sapucaí. Carnaval em Taubaté: Márcia Miranda, rainha do Carnaval do TCC, com Juca Teles.
VITTI ACONTECE
Sambódromo do Anhembi: Ricardo Minelli, a presidente da Mocidade Alegre, Solange Cruz, Bia Guida, João Migotto e Roberto Migotto. Jonatas e Amanda da Cunha curtem férias com as filhas no Club Med Trancoso. Arte Flor levando a magia do seu Natal cada vez mais longe: Jamili e Yuri Socuta produziram a decoração de Natal da casa de Neymar Jr em Mangaratiba.

PAULO DE TARSO FONSECA MARQUES CASTRO

Médico Neurocirurgião taubateano especializado em Neurocirurgia e Neurologia infantil conta sua trajetória.

Depois de sete anos morando no Rio de Janeiro para me especializar em Neurocirurgia Infantil, estou de volta a Taubaté, minha cidade natal. Muitas pessoas perguntam por que escolhi ser neurocirurgião e ainda especializado em crianças!

Refletindo sobre isso, acredito que nossas escolhas são baseadas em nossas vivências, experiências que nos marcam como luzes que aparecem em nossa estrada da vida e vão nos mostrando o caminho que devemos seguir. A neurocirurgia apareceu muito cedo em minha vida, logo no ano em que nasci, em 1984, quando meu pai foi submetido a cirurgia para retirada de um tumor na hipófise. A audácia e o heroísmo de alcançar um tumor abaixo do cérebro, tão profundo em uma região nobre, realmente me fascinaram.

Porém, isso ainda não foi determinante para minha decisão. Ainda tiveram outras experiências que incorporaram com a certeza de que deveria cuidar do cérebro e da mente dos meus pacientes. Na adolescência, fui despertado para a maravilhosa ciência do corpo humano através do meu irmão Maurício Marques, professor, que ainda hoje é apaixonado pela fisiologia humana e trabalha moldando corpos e levando saúde para os praticantes de musculação. Com cerca de 20 anos, era um estagiário assíduo da academia e um aluno de educação física quando fui acometido pela Síndrome do Pânico, o que me fez estudar para compreender aquela doença.

Naquele momento, então, decidi que seria médico e iria estudar para ajudar pessoas que sofriam com desordens mentais. Ingressei na faculdade de Medicina de Taubaté e, com muita ajuda de professores, amigos e familiares, me formei em 2014. Durante a faculdade, nos primeiros anos, não sabia qual especialidade conseguiria exercer com plenitude, devido à minha ânsia de levar conforto, auxílio e ajuda com meus conhecimentos e empatia. No terceiro ano, conheci o serviço de Neurocirurgia no Hospital Regional do Vale do Paraíba e o Dr. Antônio Celso Guimarães me inspirou a fazer esta especialidade tão complexa de maneira dedicada e humana. Ali escolhi que seria Neurocirurgião.

Por fim, a subespecialização em Neurocirurgia Infantil surgiu no estágio de Pediatria neonatal,

quando cuidava dos recém-nascidos com diversas patologias neurológicas, deformidades de coluna e de crânio. Através de um contato com a Dra. Maria Ana Brandão, neurocirurgiã infantil no Rio de Janeiro, me dispus a dedicar-me integralmente por cinco anos na especialização em neurocirurgia e posteriormente por um ano na subespecialização em neurocirurgia pediátrica. Fiz diversos cursos práticos em microcirurgia e cirurgia endoscópica por todo o país e nos EUA. Tive experiência com todo tipo de cirurgia neurológica, inclusive cirurgias fetais intrauterinas e separação de gêmeos craniópagos com o Dr. Gabriel Mufarrej no Instituto Estadual do Cérebro Paulo Niemeyer no Rio de Janeiro. Logo após o término da residência, retornei para Taubaté, e hoje tenho o prazer de trabalhar no Hospital Regional do Vale do Paraíba e fazer parte da equipe que me inspirou a ser o que sou hoje.

Como todo médico deve se manter sempre estudando e se atualizando, fiz mais uma especialização em neurologia pediátrica e atendo hoje em dia patologias neurológicas clínicas e cirúrgicas na cidade de Taubaté e região do Vale do Paraíba. Em Taubaté, atendo no consultório da CNT Vale no CRM 169336, prédio DHF, onde trabalho com equipe de neurologistas, neurocirurgiões e enfermeiras especialistas em pós-operatório.

revistavitti.com.br | Vitti | 17
CRM 169336 / Neurocirgião Pediátrico - RQE 110154 paulomedtarso@hotmail.com @paulodetarsonc Rua Jurandir Martins Filho, 85 - Taubaté (12) 99156-6557
Fotos: arquivo pessoal

MA LI VE

Vinicius Lima, sob a alcunha de Malive, nasceu em Taubaté. Em 2016 ele deu seus primeiros passos como produtor, começando a trilhar um caminho que o conduziria a caminhos realmente proveitosos. Misturando seus gostos e criações, seu objetivo se tornou um: construir uma atmosfera sonora que cative o ouvinte e transforme sua experiência auditiva em

um oceano de energia. E assim ele o fez e faz. Construindo seu catálogo musical, percorreu um amplo espectro da música eletrônica, produzindo faixas das mais diversas vertentes que surgiram a partir do house e techno (sem exageros), até subgêneros que se desenvolveram a partir das características nacionais.

18 | Vitti | revistavitti.com.br

A habilidade na produção chegou antes na vida de Vinicius, que apenas dois anos depois atuando como produtor, organicamente se transformou em DJ. E mais uma vez ele não falhou, entregando apresentações que mantêm o mesmo nível da sua produção musical. Em 2023 ele se apresentou no El Cielo, na Pacha em Ibiza e também fez seu debute na Green Valley e XXXPerience. Além dessas importantes apresentações, ele já tocou em outros clubs e eventos importantes como CAOS, D-EDGE, Kaballah Festival (em Santa Catarina), Laroc, Só Track Boa e muitos outros, cruzando Brasil de norte a sul.

“Assim como as pessoas e seus gostos, a música também muda. Afinal, somos nós os consumidores e é impossível se manter estático assistindo a toda essa evolução. É necessário acompanhá-la… novos timbres, novas estruturas e até a minutagem das minhas músicas mudam uma a uma”, reflete Malive.

revistavitti.com.br | Vitti | 19
Fotos: Vinicius Gonçalves

TOPOH

Engenharia e Topografia

Quem Somos:

Nós da TopoH, prestamos serviços de topografia e engenharia com precisão Há mais de 15 anos, somos reconhecidos pelos nossos clientes e parceiros pela excelência e agilidade na entrega de diversas soluções de engenharia e topografia, garantindo alta confiabilidade em nossos projetos Atendendo a todas as normas, requisitos legais e contratuais, oferecemos aos nossos clientes um pacote completo com tecnologia de ponta, excelência operacional e uma equipe formada por profissionais experientes e qualificados

Saiba mais sobre a TopoH, acesse:

Telefone: topohengenharia com

(12) 99751-0342 / 3426-8017

Nosso site: @topohengenharia

Página no Fecebook:

Instagram: topohengenharia

Escritório TopoH:

R Vicente Torres, n° 191, Ch Silvestre, Taubaté-SP, CEP: 12085-100

Levantamento

Topográfico:

+ Planialtimétrico e cadastral

+ Planimétrico para regularizações

+ Aerolevantamento

+ Georreferenciamento de Imóvel Rural

Projetos:

+ Loteamentos Urbanos e Rurais

+ Terraplanagem

+ Drenagem

+ Água e esgoto

+ Elétrica

+ Ambiental

+ Retificação de Áreas

+ Usucapião

+ Desmembramentos

+ Regularizações

Demarcações e acompanhamento:

+ Obras de infraestrutura

+ Obras civis

+ Obras industriais

Raul Barbosa Lima completa a maratona de NY. Milão em ótimas companhias: Dr André Costi, Marina Gaudioso, Carmine Gaudioso e Dra Marília Varella. Alex Cunha e Iago Lanzilotti aproveitam férias em Amsterdã. Carmen Silvia e sua filha Caroline vivenciam experiência no Marrocos.
VITTI ACONTECE

MÉDICOS DE UMA FAMÍLIA

É um sonho imaginar que uma vida, como uma árvore, pode criar raízes, gerar sombra, esperança.

Imaginar que aquilo que se construiu terá continuidade é realização.

Na verdade, tudo continua. As coisas não acabam quando uma peça desaparece. Por todos os cantos e por todos os momentos haverá sempre algo nascido daquela raiz.

Uma foto com pessoas de avental branco parece coroar essas afirmações.

Um senhor sorrindo, feliz, parecendo perceber que ao seu lado as pessoas, também estão felizes. Esses frutos serão raízes e sabem disto por sentirem-se bem fincados.

E este senhor, lá atrás, sequer imaginou um momento desses. Mas foi acontecendo. O trabalho foi sendo produtivo e os filhos observando que poderia ser

Esse momento não foi sonhado, lá atrás, porque o idoso tinha uma vocação humanística. Realizou este sonho vendo uma das filhas sendo cantora e compositora, vivendo de música e arte. As outras duas resolveram usar roupas brancas e estão aí, trabalhando nos seus campos. E esses campos estão sendo bem semeados, tanto que a quarta pessoa de avental branco será um profissional médico dentro de mais três períodos na sua faculdade. A netinha, criança ainda, está na foto porque já afirma que será uma médica dermatologista, seguindo o caminho da mãe.

Este momento mostra muito amor e dedicação de uma família que trabalha para que as pessoas que dependerem dela sejam felizes.

Hoje, nas salas em que o patrono trabalhou por toda uma vida profissional, trabalham as filhas Ana Paula Pereira, ginecologista e Andrea Pereira, dermatologista. No mesmo endereço da Rua Souza

Esta foto mostra pessoas realizadas.

revistavitti.com.br | Vitti | 21
Ana Paula Pereira Andrea Pereira Dermatologista CRM 138240 SP RQE 61965 Rua Dr. Souza Alves, 364 Centro Taubaté - SP (12) 3632-1458 / (12) 98262-2244

Bate-papo com AGOSTINHO ARDITO

Piloto e empresário fala sobre as conquistas ao lado o irmão, Vito, na Copa Shell Hyundai HB20, a paixão pelo automobilismo e dos desafios de uma das categorias mais disputadas do Brasil

Por Ronaldo Casarin

“Minha paixão começou por influência do meu pai, que corria de kart, então cresci no meio das corridas. Ele participava de provas de rua, e eu esperava a corrida terminar para sentar no colo dele e dar uma volta no circuito. Assim nasceu essa paixão e quando o automobilismo entra no sangue, é complicado...”. A fala do piloto e empresário Agostinho Ardito, 46, ao contar como surgiu o gosto pela velocidade deixa claro a influência familiar no gosto pelas pistas. E essa conexão segue mais forte do que nunca, rendendo conquistas.

Agostinho e seu irmão, Vito, dois anos mais novo compartilham a mesma paixão pelas pistas e disputaram juntos as edições 2022 e 2023 da Copa Shell Hyundai HB20, uma principais categorias do automobilismo brasileiro e con-

quistaram ótimos resultados, incluindo um vice-campeonato nacional na primeira temporada que disputaram.

“Esse é um campeonato de âmbito nacional de enorme prestígio, com 40 carros no grid, divididos em três categorias: Super - categoria de entrada, para os iniciantes, Intermediária e Pro. No nosso primeiro ano, fomos vice-campeões na categoria Super, e brigamos pelo título até a última etapa, que aconteceu em Interlagos.”, conta. “Foi uma emoção enorme estar nesse campeonato e correr provas nos mais famosos autódromos do Brasil, como Interlagos (SP), Santa Cruz do Sul (RS), Goiânia (GO), e o Velocitta, em Mogi Guaçu (SP), completa Agostinho, em entrevista para a Revista Vitti.

A Copa Shell HB20 envolve carros que não apresentam tantas mudanças em relação ao modelo comum que é dirigido nas ruas. A intenção da categoria é justamente manter uma originalidade

do carro, para divulgação da marca e do modelo.

“O carro sofre algumas mudanças internas, então ele é todo aliviado, não tem nada dentro, como painel, bancos originais, console, tampo de porta mala, revestimento, nada. O motor tem um remapeamento e o carro fica com cerca de 30 cavalos a mais do que o motor original. A suspensão é especial para competição. Discos e pastilhas de freio são originais. E tem toda a parte de proteção, essa específica para competição para maior segurança dos pilotos. O câmbio sofre algumas adaptações para a corrida, que muda e acordo com o estilo de cada pista em que vamos correr.”, explica Agostinho.

Outro resultado expressivo de Agostinho Ardito e Vito foi na tradicional prova 1000 Milhas de São Paulo, prova de longa duração que foi realizada em fevereiro deste ano, em que se sagraram

22 | Vitti | revistavitti.com.br
Fotos: Rodrigo Ruiz

campeões na sua categoria. “Tenho uma relação de muitos anos com esse tipo de prova, de longa duração. Aos 16 anos fiz minha escola de pilotagem em Interlagos e tirei a carteira de piloto. Logo em seguida, corri minha primeira prova de Mil Milhas. Tive de ter autorização dos meus pais, meio à contragosto da minha mãe. Hoje já somo Seis Mil Milhas na minha carreira e este ano celebrei também com meu irmão esse título nas 1000 Milhas de São Paulo.”, diz Agostinho.

Construindo resultados e um legado dentro da categoria ao lado do irmão Vito, Agostinho conta com alegria que a relação com o caçula enquanto parceiro de corrida é a melhor possível. Longe de rivalidades, o entendimento entre os dois é ótimo, o que facilita o sucesso dentro do ambiente competitivo.

“Disputamos a Copa Shell Hyundai HB20 em 2022 e 2023, e este ano fomos campeões das Mil Milhas correndo juntos e nós nos damos muito bem. Aliás, no nosso trabalho, na empresa, também temos uma ótima sintonia e somos bem parceiros. Nos completamos profissionalmente e como pilotos. Nossa pilotagem é bem parecida, até nossos adversários comentam isso. A diferença de idade é bem pouca, sou dois anos mais velho, então trocamos muita ideia, nos ajudamos muito, nossa parceria é sempre produtiva para nós dois melhorarmos na pista. Conseguimos nos divertir e evoluir juntos como pilotos”, diz.

Os irmãos Agostinho e Vito se dividem entre a paixão pelas corridas e os negócios. Ambos são empresários e comandam a Decoplast, empresa que produz frascaria em geral em Pindamonhangaba. “Temos uma carteira de clientes importantes como Vigor, Colgate, Bombril, Cia Muller de bebidas, entre outros.”, conta Agostinho.

O sucesso nos negócios foi um caminho importante para que o sonho de competir no automobilismo virasse uma realidade. “Quando comecei, ainda na adolescência, eu tinha apoio do meu pai. Depois fui cuidar da minha família, filhos e estabelecer os negócios. Hoje em dia, com o bom andamento da empresa, meu irmão e eu temos condições de nos patrocinar, e por isso partimos para competir.”, explica o empresário.

Com os bons resultados e se aproveitando do ambiente do automobilismo, Agostinho diz estar sempre em busca de apoiadores e patrocinadores, já que o automobilismo é um esporte caro. “Um caminho interessante para conseguirmos apoio são as leis de incentivos fiscais, que são ótimas para as empresas que abatem impostos apoiando projetos esportivos.”, afirma Agostinho.

O próprio ambiente do automobilismo também se tornou um campo para encontrar apoiadores para a dupla de pilotos. Agostinho explica que entre os pilotos que disputam as categorias de turismo, existem muitos empresários, e no networking nos bastidores acaba por gerar negócios e oportunidades.

“Nós trocamos muitas ideias com outros pilotos que também são empresários, então existe essas oportunidades de

até mesmo fazer negócios e criar ajudas mútuas, seja com parcerias ou patrocínios. É um ambiente bem interessante e essa faceta do automobilismo é bem legal.”, completa Agostinho.

Feliz com as conquistas como piloto nas duas últimas temporadas, o piloto afirma que as metas para 2024 é completar o Campeonato Paulista da categoria, ainda com provas a serem disputadas nos autódromos de Mogi Guaçu e Interlagos, e seguir em busca de apoiadores para novamente disputar o campeonato nacional. “Seguimos cultivando esse amor pela velocidade e pelos carros. Agradecemos muito a quem nos apoia e torce pela gente. Seguimos firmes e acelerando fundo.”, finaliza Agostinho Ardito.

revistavitti.com.br | Vitti | 23
@a.ardito88
Fotos: Rodrigo Ruiz O arquiteto Olégario de Sá vivendo experiência na Antártica. João Gobbo e Vanessa ficam noivos em Sintra, Portugal. Adriana e Ricardo curtem noite em Paraty. Família Abou Hala no Caseh Restaurante em Taubaté: Gabriela, Hebert, Tânia, Ralph e Carla. José Carlos Carvalho e Karen curtem Buenos Aires. Réveillon 2024 em Guaratinguetá: Dona Maria, Lúcia Abifadel, Teresa Boueri, Dra Ana Schmidt e Rose Schmidt Marcela Gaudioso comemora os 55 anos em Ubatuba: Vici, Marcela, Isabela e Vincenzo.
VITTI ACONTECE
Carolina Ambrogi e Giovanni Savastano se casam na Tailândia.

VAMOS FALAR DE FASHION WEEK?

As semanas de moda acontecem duas vezes ao ano e, desde janeiro, já passamos por algumas, como o fashion week de Milão, Nova York, Copenhague e, no final de fevereiro e início de março rolou o Paris Fashion Week.

Resumindo bem o que é um Fashion Week: Os designers, por meio dos seus desfiles, ditam as peças que vão virar tendência na próxima estação. Se você gosta de moda e adora estar por dentro das maiores tendências do mundo, vou te mostrar quatro delas que bombaram nesses últimos meses.

2 - ACESSÓRIOS DE CABEÇA

Os lenços no estilo anos 50, bem ala Grace Kelly que envolve toda a cabeça, sabe? Estão bombando, principalmente nos looks mais “formais”, como nas alfaiatarias. As faixas de cabelo seguem em alta, chapéu cowboy, toucas justas que remetem a uma touca de natação (sim, você não leu errado), bonés, chapéus e boinas, tem tudo a ver com inverno, são alguns dos acessórios de cabeça que não tem erro para essa estação, além de serem super fashionistas.

1 - RED IS THE NEW BLACK

O vermelho é definitivamente a cor do ano no mundo fashion e vimos muito no estilo streety style do Paris Fashion Week. As meias calças vermelhas são uma grande aposta para esse inverno. Quem aí é fã de Gossip girl? Essa é a hora de você se tornar a sua própria Blair Waldorf. Se eu posso te dar uma dica, é: compre peças vermelhas no geral, sejam elas calças, blusas, casacos, sapatos e acessórios. Não tenha medo, se jogue!

26 | Vitti | revistavitti.com.br
refinery29.com
Imagem: elle.com.br
Imagem:

4- TEXTURA FLUFLLY

Tá, essa definitivamente é a minha tendência preferida. Você já ouviu falar do estilo Mob wife? É uma tendência que está muuuuito em alta entre as fashionistas e viralizado no TikTok. Nada mais é do que um bom casaco de pele de onça bem no estilo dos filmes clássicos de mafiosos e, também ,um pouco dos realitys shows dos anos 2000 (apenas amo). Quando falamos de textura fluflly, estamos falando de detalhes em pelúcias nos looks, como os casacos de pele mesmo (de preferência até o pé), franjas de lã grossas e, ainda, podemos englobar as plumas que dificilmente saem dos holofotes.

3 - CALÇA BARREL LEG

Se você gosta de assistir vídeos de “get ready with me” no Tiktok, você provavelmente esbarrou com o vídeo da Malu Borges usando uma calça com aspecto de sujo? Então, esse estilo barrel leg é tipo aquilo, uma calça com um shape mais volumoso, mas não suja. Barrel em português significa barril, já dá para imaginar? O formato da calça é semelhante ao de um barril. Mas calma que eu vou te mostrar em imagens. A beleza desse shape com bastante volume na região do joelho e que levemente afunila nos tornozelos, torna o look mais moderno, mesmo que o resto da sua produção seja clássica. Complexo? talvez, mas pra quem é fashionista, é uma aposta certeira.

JÉSSICA ALBIERI DE ALMEIDA

revistavitti.com.br | Vitti | 27
formada em negócios da Moda pela Anhembi Morumbi. @_gaudihouse
Imagem: sheerluxe.com Imagem: Pinterest: Jessie Bastardi

O casal Marina San Martin e Raul Bastos aproveitam o inverno de Paris.

Colecionando momentos em família: Dra Stephanie e Dr Bruno levam seus filhos ao show de Paul McCartney.

Dani Lanfranchi promove encontro de amigas em Taubaté.

Família crescendo: Stephanie e Rodrigo Cabral celebram a chegada de mais uma princesa.

O amor está no ar: Dra Mariana Gaudioso e Dr Paschoal Netto ficam noivos em NY.

Kelly e Emerson desfrutam das merecidas férias em Búzios.

VITTI ACONTECE
Férias da família Mattos na Disney.
30 | Vitti | revistavitti.com.br
revistavitti.com.br | Vitti | 31

A fonoaudióloga Lúcia Alckmin comemora seus 45 anos no restaurante Gadioli em Quiririm.

Amigos de longa data se encontram no Buchinho em Taubaté: Kiko, José Roberto, Paulo Viera, Arthur Querido, Jarbas, Flávio Marques Silva e Popó.

Família Sayeg no Japão: Ricardo, Renata e Rafael.

Encontro de Natal das amigas de longa data com muito afeto e alegria em Taubaté.

Confraternização de final de ano da equipe do Dr. Tiago Lopes.

Final do ano entre amigas em Ubatuba: Marina Ayello, Mirian Bottura e Marília Teixeira Pinto.

Encerrando 2023 com chave de ouro: Castelli Seguros promove festa de confraternização da equipe.

VITTI ACONTECE
Vanuza e Paulo levam seus filhos para curtir dias de férias em Paris.
Rua XV de Novembro, 665 - Centro - Taubaté 12 99667 0706 12 3624 5149 MARIA.VALENTINA

O SAGRADO FEMININO E MASCULINO:

UMA VISÃO HOLÍSTICA DA SEXUALIDADE E DO EQUILÍBRIO ENERGÉTICO.

Na busca pelo autoconhecimento e pela plenitude, cada vez mais indivíduos têm explorado os conceitos do sagrado feminino e masculino reconhecendo a importância de integrar essas energias dentro de si mesmos para alcançar um estado de equilíbrio e harmonia. Nesta matéria mergulho nesse tema profundo, explorando as dimensões espirituais, emocionais e físicas da sexualidade humana e como elas se relacionam com a nossa jornada pessoal e profissional.

O sagrado feminino, por sua vez, não se limita apenas às características femininas estereotipadas, como delicadeza, intuição e receptividade. É uma energia que permeia todos os seres e se manifesta através de qualidades como abundância, criatividade, intuição, nutrição, fertilidade de todos sentidos e conexão emocional. No entanto, quando desequilibrado, pode resultar em passividade excessiva, manipulação, submissão e estagnação. Honrar o sagrado feminino envolve abraçar essas qualidades de forma autêntica e poderosa, cultivando uma feminilidade que seja forte, confiante e compassiva.

O sagrado masculino não se refere apenas às características tradicionalmente associadas aos homens, como força, coragem e liderança. É uma energia que habita tanto homens quanto mulheres e representa princípios como proteção, prosperidade assertividade, racionalidade e ação. No entanto, quando desequilibrado, pode manifestar-se como agressividade, dominação, autoritarismo e rigidez. Reconhecer e honrar o sagrado masculino envolve integrar essas qualidades de forma saudável e compassiva, cultivando uma masculinidade que seja sensível, empática e inclusiva. A Integração dos Polos Feminino e Masculino:

Na sexualidade, os polos feminino e masculino se encontram e se entrelaçam, criando uma dança divina de ener-

gia e êxtase. No entanto, muitas vezes essa dança é interrompida por traumas, condicionamentos sociais e crenças inseridas ou limitantes, bloqueios que muitas vezes resultam em disfunções sexuais, desconexão emocional, insatisfação e em algumas vezes doenças. Ao integrar conscientemente o sagrado feminino e masculino dentro de si mesmo, é possível transformar a sexualidade em uma experiência sagrada e curativa, onde o prazer se torna uma expressão de amor e conexão profunda.

Práticas Holísticas para Cultivar esse Equilíbrio Energético do feminino e masculino: meditação e visualização podem ajudar a conectar-se com as energias do sagrado feminino e masculino permitindo que fluam livremente e se harmonizem dentro de si mesmo. Yoga, tai chi chuan , dança e outras práticas corporais podem ajudar a liberar bloqueios de energia e promover a integração dos polos feminino e masculino, trazendo equilíbrio e vitalidade ao corpo e à mente.

Terapias Milenares com trabalho corporal: como Reiki, massagem, acupuntura podem ajudar a liberar padrões de energia negativos e restaurar o fluxo livre de energia através do corpo, promovendo a cura e o equilíbrio emocional.

Exploração Criativa e Expressão Artística: Engajar-se em atividades criativas e expressivas, como arte, pintura, cerâmica, costura, cozinhar, dança e música, podem ajudar a liberar emoções reprimidas e conectar-se com as energias do sagrado feminino, permitindo uma expressão autêntica e empoderadora de si mesmo.

Ao integrar as energias do sagrado masculino e feminino dentro de si mesmo, é possível cultivar uma presença autêntica e magnética que ressoa com os outros de uma forma profunda e significativa. Isso se reflete no mundo pessoal e profissional, onde a autenticidade, a integridade e a conexão são cada vez mais valorizadas. Ao honrar sua verdadeira essência

e compartilhar sua jornada de integração com os outros, você pode inspirar e atrair aqueles que buscam uma abordagem mais holística e compassiva para a vida e negócios.

Em suma, o caminho do sagrado masculino e feminino é uma jornada de autoconhecimento e transformação que nos convida a abraçar todas as facetas de nossa humanidade e a nos reconectar com a essência divina que habita dentro de cada um de nós. Ao integrar essas energias dentro de si mesmo e compartilhar essa jornada com os outros, você pode não apenas transformar sua própria vida, mas também inspirar e impactar positivamente o mundo ao seu redor. Quebrando Tabus e vivendo uma vida plena e sem rótulos.

Se permitam a se conhecerem na dualidade se acolham e se harmonizem com vocês mesmo.

Na luz e na sombra , na mente e no corpo, na razão e emoção, na prosperidade e na abundância!

E vamos todos sermos felizes e completos consigo próprio para atraímos pessoas felizes e inteiras para com nós!

Namaste!

34 | Vitti | revistavitti.com.br
Imagem: miro.medium.com
36 | Vitti | revistavitti.com.br
Maria Eugenia Villarta comemora seu aniversário de 70 anos entre amigas em São Paulo. João Pedro Roman Gaudioso comemora seus 18 anos com festa temática anos 2000 em Taubaté. NSA Logística elevando e movimentando o Carnaval de Guaratinguetá. Dr Sandro Ferriello em NY com suas filhas Rafaela e Maria helena Beto Issa aproveita um click no encontro com Neymar Jr na F1, etapa de Bahrain.
VITTI ACONTECE
Esquina do Djalma promove pelo 5º ano pré carnaval em Campos do Jordão.

PÁSCOA DAS ARTES

Evento abre as festividades dos 150 anos da cidade e promove uma grande exposição cultural a céu aberto

APáscoa das Artes vem celebrar a diversidade artística e reconectar a cidade mais alta do Brasil com a cultura e o entretenimento.

Idealizada por Rayssa Jacob, empresária do ramo de turismo e eventos, a programação acontece em Campos do Jordão de 01 de março a 07 de abril de 2024 e oferece um leque de atividades para todos os públicos: circuitos de exposições de ovos gigantes personalizados por artistas da cidade e da região, atividades lúdicas e oficinas para crianças, performances artísticas ao vivo em pontos turísticos da cidade, além da ação mais divertida: uma Caça aos Ovos por quatro Circuitos valendo prêmios.

“A Páscoa das Artes foi inspirada nas tradições de outros países, como das pêssankas ucranianas, que eram ovos pintados por mulheres, usados como

amuletos e símbolos de fertilidade e que evoluíram para o ‘Festival de Ovos Gigantes da Ucrânia’ e as ‘Big Egg Hunt’, grande caça aos ovos tradicional em cidades metropolitanas como Londres e Nova Iorque. Durante todo o mês de março, para deixar o evento mais dinâmico e interativo, os visitantes de Campos do Jordão receberão um mapa ilustrativo para se divertir em uma caça aos ovos em toda a cidade, além de desvendar enigmas para descobrir o Ovo de Ouro”, explica Rayssa.

A programação tem como destaque uma exposição inédita de 150 ovos gigantes, sendo 120 personalizados por artistas de São Paulo, Serra da Mantiqueira, Vale do Paraíba e Campos do Jordão, 14 feitos por alunos das escolas públicas da cidade e ainda 20 peças que serão pintadas nas performances ao vivo e oficinas de arte nos finais de semana, nos diversos

jardins e parques da cidade: Museu Felícia Leirner, Parque Amantikir, Parque da Cerveja e Parque Capivari.

A quantidade de ovos não foi escolhida por acaso, uma vez que, em abril de 2024, Campos do Jordão celebrará 150 anos de história e a Páscoa das Artes abre o calendário de eventos especiais de comemoração. O real simbolismo do ovo, visto como renovação e prosperidade em diversas culturas ao redor do mundo, vem de encontro às projeções de um futuro muito promissor para a cidade.

Entre os artistas participantes está o entusiasta jordanense Douglas Marinho que pintou muitos ovos para o evento desde o seu lançamento. “Para mim está sendo uma experiência incrível fazer parte deste projeto, que já é um marco na história de Campos do Jordão. Entre

38 | Vitti | revistavitti.com.br

os vários temas pintados nos ovos, escolhi principalmente retratar as atrações da cidade”, ressalta.

Já o cartunista brasileiro João Spacca, que tem uma longa história de divertidos cartuns e ilustrações em importantes mídias de São Paulo, ficou muito feliz em poder fazer parte e pintar um dos ovos: “A Páscoa das Artes é sobre unir pessoas e celebrar a vida. E o ovo simboliza as origens, os começos e os recomeços. Nessa festa, a criança tem um lugar especial. O ovo de Páscoa, de galinha pintado ou de chocolate, é uma forma lúdica de lidar com o mistério da vida de um jeito leve e divertido. Dentre as artes, o desenho de humor, o cartum, é linguagem comum entre adultos e crianças porque resgata a capacidade de brincar”.

As oficinas de pinturas de ovos para crianças serão realizadas pelo Museu Felicia Leirner em todos os finais de se-

mana e especialmente nos dias 29 e 30 de março acontecerá a Oficina “Liberdade – Páscoa e Felicia Leirner”, onde será possível conhecer o significado da festividade para os judeus. No final, os visitantes serão convidados a fazer uma pintura que traduza esse conhecimento.

Chocolate não poderá faltar e a Fábrica da Cacau de Campos promoverá todos os finais de semana a Chocoarte - aula de chocolateria artesanal para crianças mediante inscrição prévia. A marca ainda participará da programação com

deliciosos brindes para a Caça aos Ovos.

Pensada para entreter crianças e adultos, amantes da natureza e entusiastas da arte, a Páscoa das Artes é um ótimo motivo para conhecer e passear pelas áreas verdes de Campos do Jordão, desfrutando de momentos de confraternização no período de quaresma e Páscoa.

Para saber todos os detalhes da programação acesse o site www.pascoadasartes.com.br e acompanhe as notícias pelas redes sociais @ pascoanasartes.

revistavitti.com.br | Vitti | 39
Spacca para a fotógrafa Adriana Tenca Foto: Wagalume

Lançamento da edição 168 que aconteceu no Restaurante Santo Piatto em Taubaté.

40 | Vitti | revistavitti.com.br
LANÇAMENTO EDIÇÃO 168
Fotos:
Lucas Nascimento

Henrique Lucas de Miranda

Promotor de Justiça natural de Taubaté e atuante no Vale do Paraíba é indicado para compor a lista sêxtupla dos membros do Ministério Público para vaga no Superior Tribunal de Justiça em Brasília.

OPromotor de Justiça Henrique Lucas de Miranda, 46, integrante do Ministério Público do Estado de São Paulo, foi indicado para a lista sêxtupla de postulantes a ocupar uma cadeira de ministro do Superior Tribunal de Justiça, em Brasília. A nomeação foi oficializada no mês de março pelo Conselho Superior do Ministério Público de São Paulo, órgão colegiado que realiza as indicações.

Único Promotor de Justiça a integrar essa lista, Lucas de Miranda é também o primeiro do Vale do Paraíba a alcançar posição de tamanho prestígio. A vaga de ministro do STJ se abriu por conta da aposentadoria da ministra Laurita Vaz.

O caminho para a nomeação passa por um processo seletivo em que promotores e procuradores de todo o Brasil se inscrevem junto aos seus órgãos estaduais apresentando suas candidaturas. O candidato precisa ter no mínimo 10 anos de carreira e cumprir uma série de exigências de currículo e reputação ilibada.

“Essa indicação para a lista sêxtupla foi uma grata surpresa para mim, e muito me orgulha. Tenho 13 anos de Ministério Público e quando me inscrevi para esse processo estava confiante, mas sabia que outros tantos membros do Ministério Público são muito bem qualificados para o cargo.”, comenta Henrique de Miranda. “Ter alcançado essa indicação é motivo de muito orgulho.”, completa.

Estando agora dentro da lista sêxtupla, o nome de Henrique e dos outros candidatos seguem para

apreciação do Superior Tribunal de Justiça. O STJ definirá uma lista de três nomes, que segue para o Presidente da República, que tem a incumbência de indicar um nome para a cadeira. O escolhido passa por uma sabatina no Senado Federal e, se aprovado pela casa, segue para ser nomeado oficialmente como Ministro do Superior Tribunal de Justiça. Todo esse processo deve ser finalizado até meados de maio.

Natural de Taubaté, Henrique de Miranda é formado em Ciências Jurídicas e Sociais pela Universidade de Taubaté e Pós-Graduado em Direito Processual Civil pela PUC de São Paulo.

Com 22 anos de carreira, tem vasta experiência, tendo iniciado como advogado nas áreas civil e criminal. Posteriormente atuou como Procurador do Estado de Minas Gerais, na Advocacia-Geral do Estado, em Uberaba (MG), órgão no qual atuou por cinco anos.

Em 2011, ingressou no Ministério Público do Estado de São Paulo, onde ocupou o posto de Promotor de Justiça em diversas cidades, como Campos do Jordão, Ubatuba e Cruzeiro. Desde 2023 é promotor em Pindamonhangaba, exercendo atribuições nas áreas Criminal, de Execução Criminal e do Tribunal do Júri.

Tendo ampla experiência de atuação como Promotor na área criminal, Henrique de Miranda afirma que está preparado para uma possível nomeação. “Tenho bastante experiência na área criminal, atuando diariamente em processos e audiências, seja de instrução, de custódia, nos Plantões Judiciários e plenário do tribunal do júri. A vaga para o STJ é justamente para a área criminal, então estou imerso nesse universo há anos e posso contribuir muito com minha visão prática, o que ajuda a compreender cada caso e julgar da melhor forma”, explica.

Em casa, Henrique celebra o momento de reconhecimento e sucesso com sua esposa, Cássia, advogada, e o casal de filhos, de 12 e 3 anos. “Hoje me divido entre esse ótimo momento da minha carreira e o papel de pai, onde participo de perto da vida dos meus filhos. Em especial nosso caçula, Pietro, que foi diagnosticado com autismo. Essa condição faz com que nós, enquanto pais, aprendamos a cada dia com ele, acompanhando de perto a escola e a terapia, e buscando dar as melhores condições para ele se desenvolver. Sou muito grato pela família que tenho.”, finaliza.

revistavitti.com.br | Vitti | 41
Foto: Arquivo pessoal

INTELIGÊNCIA ARTIFICIAL NA COMUNICAÇÃO EMPRESARIAL:

Transformando Estratégias com Eficiência

Aascensão da inteligência artificial (IA) marca uma revolução na comunicação empresarial, destacando-se na automação de textos como uma ferramenta indispensável. A utilização dessa tecnologia não apenas agiliza tarefas, mas também capacita os profissionais a aprimorarem estratégias de comunicação interna. Além disso, atualmente já existem vagas de emprego que requerem a habilidade de produzir com IA.

No cenário empresarial dinâmico de hoje, a automação de textos emerge

como uma solução eficaz para otimizar o tempo. Ao permitir a geração rápida e precisa de conteúdo, os profissionais podem direcionar mais atenção às estratégias de comunicação interna, promovendo a coesão e a eficiência no ambiente organizacional. Segundo dados da sexta edição da Pesquisa de Tendências em Comunicação Interna, conduzida pela Ação Integrada em parceria com a Associação Brasileira de Comunicação Empresarial (Aberje), o gerenciamento e a execução de canais internos são áreas que demandam mais tempo, com 40% dos respondentes indicando essa preocupação.

Comunicados internos (36%), campanhas para as áreas clientes (25%), eventos internos (21%) e campanhas de datas comemorativas (17%) também foram mencionados como focos significativos. Por outro lado, apoiar gestores comunicadores e mensurar a eficácia da comunicação interna são desafios menos priorizados, com apenas 4% e 3% de atenção dos respondentes, respectivamente.

A eficiência da IA na comunicação empresarial reside na capacidade de personalizar mensagens. A automação de textos permite adaptar conteúdos conforme as necessida-

42 | Vitti | revistavitti.com.br
por Murilo Baracho Foto: Uninter

des específicas, proporcionando uma abordagem mais direcionada para diferentes públicos internos. Essa personalização contribui para a construção de uma comunicação mais assertiva e envolvente.

Além disso, a inteligência artificial aprimora a consistência na comunicação. Ao automatizar a geração de textos, evita-se discrepâncias linguísticas e conceituais, garantindo uma mensagem coesa em todas as instâncias da empresa. Isso fortalece a identidade corporativa e a compreensão unificada das mensagens transmitidas.

Outro benefício crucial é a capacidade analítica da IA. Ao processar grandes volumes de dados, a inteligência artificial oferece insights valiosos sobre o desempenho das estratégias de comunicação. Isso

permite aos profissionais ajustarem suas abordagens com base em informações concretas, promovendo uma evolução constante.

Contudo, é importante destacar que a automação de textos pela inteligência artificial não substitui a criatividade humana. Em vez disso, ela libera os profissionais de tarefas repetitivas, permitindo que se concentrem em atividades que exigem pensamento estratégico e inovação. Essa combinação potencializa os resultados, alinhando a eficiência da IA à inventividade humana.

Em resumo, a integração da inteligência artificial na comunicação empresarial, especialmente na automação de textos, proporciona vantagens significativas. Desde a otimização do tempo até a personalização de mensagens e a análise de dados, a IA emerge como uma aliada poderosa para os profissionais, impulsionando a eficácia e a evolução contínua das estratégias comunicativas internas. Por fim, é fato que a IA vem para somar na produtividade, mas que não tem ganhos sem supervisão humana.

MURILO BARACHO

é jornalista e professor especialista em marketing e comunicação empresarial.

Contato: um_baracho@hotmail.com

revistavitti.com.br | Vitti | 43
blog.cult
Foto:

PLANEJAMENTO PATRIMONIAL E SUCESSÓRIO

O QUE É, SUAS VANTAGENS E BENEFÍCIOS

O Planejamento Patrimonial hoje, sem sombra de dúvidas, deixou de ser uma opção e passou a ser uma ação de primeira necessidade, haja vista a Reforma Tributária que acentuou o problema e irá acentuar ainda mais.

Não existe um Planejamento Patrimonial com modelo único, ele é rigorosamente desenhado para cada família conforme seus objetivos e peculiaridades familiares.

Este sistema é lícito (amparado por Lei), onde trará às famílias brasileiras proteção ao patrimônio evitando que o patrimônio saia de dentro de sua família, proporcionando aos filhos e sucessores uma maior estabilidade financeira.

A sucessão é feita e diferentemente da Doação em Vida você não perderá o poder de decisão sobre o patrimônio, podendo inclusive, vender, comprar, trocar ou alugar, exatamente como faz nos dias de hoje.

Para casos de famílias que tenham imóveis em locação também é muito vantajoso.

Este instituto é antigo, mas somente as pessoas mais abastadas tinham acesso a essas informações. Vocês encontrarão inúmeros milionários e políticos que tem seu Planejamento realizado. E sabe por que? Quando eles não estiverem mais aqui, não haverá nenhum gasto astronômico com inventários (que chegam a corroer até 30% do patrimônio).

Testamentos não evitam inventários e ocasionam uma

série de brigas familiares, é o que temos presenciado, não é mesmo? Casos diversos de famosos que vemos brigas familiares e que duram muitos anos em disputa judicial.

E O QUE ENTÃO PODE SER PROTEGIDO DENTRO DE UMA HOLDING FAMILIAR?

Podemos proteger bens imóveis, bens móveis (obras de arte, veículo terrestres, aeronaves, barcos, maquinários), valores monetários e muitos outros.

Qualquer família deve realizar seu Planejamento Patrimonial e Sucessório, empresários ou não, com o objetivo de proteção familiar e economia tributária.

Em meio a todas as vantagens citadas acima, a Holding Familiar traz uma economia substancial em impostos, fazendo com que o contribuinte possa ter uma economia de até 60% (sessenta por cento) em determinados impostos, tudo isso sem burlar a Lei, somente fazendo o correto uso dela.

O primeiro passo é um diagnóstico familiar para saber se a família se encaixa perfeitamente dentro das características do sistema.

Escrito por RENATA MONTEIRO @renatapmonteiro_

revistavitti.com.br | Vitti | 45

A CRISE EDUCACIONAL BRASILEIRA

Aeducação brasileira vive uma crise motivada por um ciclo vicioso, envolvendo dinheiro, falta de objetividade, corporativismo e ignorância.

Ao assumir a diretoria de ações educacionais do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE), aceitei o desafio para responder à pergunta “Por que um país tão rico, que investe tanto quanto qualquer outro país de igual importância, tem uma educação que se coloca entre as piores do mundo?”

Mesmo sem conhecer todas as situações que envolviam o desafio assumido e me considerando leigo nas questões pedagógicas da educação básica, procurei utilizar a lógica da gestão de qualquer atividade para entender de forma sistêmica os desafios da educação nacional e contribuir para melhorar os resultados.

Toda atividade pode ser estruturada, identificando os objetivos, definindo indicadores de desempenho, levantando os recursos disponíveis, classificando as entradas do processo e avaliando quais as deficiências do processo na utilização dos recursos para transformar as entradas em resultados adequados para atingir os objetivos.

No meu entendimento, o objetivo da educação é transmitir os conhecimentos necessários para preparar os jovens para os desafios da vida adulta, vivendo com satisfação, produtividade e liberdade, sendo por isso um objetivo que ultrapassa os limites da educação e deve ser assumido como a principal razão de existência de uma nação democrática.

“A qualidade da educação é resultado de uma função envolvendo a capacidade de aprendizagem da população, objetivos

de aprendizagem, competividade almejada, recursos disponíveis e indicadores.”

Irei focar nesse artigo os aspectos iniciais do trabalho que procurei desenvolver a frente de uma área que era responsável pela gestão de 9 bilhões de reais anuais, utilizados para beneficiar, indistintamente, os 40 milhões de estudantes da educação básica pública e distribuídos nos programas de alimentação e transporte escolar, produção de livros didáticos e envio de recursos financeiros diretamente para as mais de 130 mil escolas em todo o Brasil.

Dois aspectos relevantes para entender o problema da educação brasileira:

1. O professor não é valorizado

o Uma verdade quando comparado com empresários, altos executivos,

46 | Vitti | revistavitti.com.br
O Debate
Foto:

profissionais bem-sucedidos, esportistas famosos, entre outros, porém, parcialmente verdade quando comparados com a distribuição de renda brasileira.

o Em uma das últimas publicações do IBGE referente a renda das famílias brasileiras, os números chocam e mudam a percepção em relação a remuneração e benefícios dos professores.

o O foco da publicação era a evolução da renda no Brasil e demonstrava que somente 1% da população tinha aumentado sua renda média de R$ 25 mil para R$ 27 mil por mês e as demais faixas tinham mantido o rendimento ou até reduzido, destacando que 5% da população tinha renda superior a R$10mil, 10% superior a R$5 mil e no outro extremo 50% da população tinha renda inferior a R$ 1 mil.

o Para completar o raciocínio precisamos listar as características da profissão de professor:

 Tem atividade produtiva com alunos – 8 a 9 meses por ano.

 Tem de 1 a 2 meses por ano destinados ao planejamento de aulas e atividades extracurriculares e aperfeiçoamento.

 Tem no mínimo 1 mês de férias e 1 mês de recesso escolar por ano.

 Todo o processo considera a hora-aula como tendo 50 minutos.

 30% das horas-aulas trabalhadas é destinada para atividades extraclasse (preparação de aulas e avaliações, correção de provas etc.).

 Diferente de qualquer outra atividade laboral, usufrui de descanso remunerado nas “pontes” de feriados sem compensação de horas.

 Tem remuneração entre os 5 ou 10% mais bem remunerados de sua cidade, região ou estado.

 No caso da educação básica é uma das únicas exceções em que a apo-

sentadoria é com 25 e 30 anos de trabalho, para mulheres e homens, respectivamente.

o Defendo que em termos de não exigência de talento especial, investimento necessário para a formação, dificuldade para ingressar nas universidades, facilidade para o custeio dos estudos, disponibilidade de vagas de emprego, remuneração e benefícios, a profissão de professor está no topo da relação de melhor escolha profissional, contrariando o que tentam difundir e que afasta da profissão os melhores alunos da educação básica.

2. Falta investimento na formação de professor (primeira parte)

o Ao longo das últimas 5 décadas a educação brasileira andou para trás, mas não por falta de investimento e sim por decisões equivocadas e pelo corporativismo na gestão da profissão. Em eventual oportunidade futura poderei tratar de outros aspectos que comprovam minha opinião, porém, nessas breves palavras focarei nos aspectos que definem “quem” escolhe ser professor atualmente.

o Inexiste estímulo para que os melhores alunos sigam a carreira de professor, ao contrário, se perguntarmos aos estudantes universitários quem recebeu boas indicações dos professores da educação básica para optarem pela carreira de professor, o percentual será quase zero. E os poucos que tiveram algum estímulo descrevem que a frase

ouvida era algo como: “Apesar de mal remunerada e sem reconhecimento, é uma profissão nobre”.

o Praticamente nenhum estudante tem noção de que irá estudar tanto na profissão escolhida quanto em um curso de licenciatura para trabalhar, no mínimo, 8 horas (de 60 minutos) por dia, em 11 meses do ano, com 30 dias de férias, sendo obrigado a compensar horas para as eventuais “pontes” de feriados, que quase nunca terá horas remuneradas para seu aprimoramento e que terá salário igual ou menor que um professor da educação básica em início de carreira trabalhando 4 horas por dia.

o Alguém já viu o filho seguir a carreira dos pais quando são metralhados com reclamações em relação as suas profissões? O problema é semelhante dado a importância dos professores, influenciando até mais que os próprios pais que nem sempre tem formação e que por serem ignorantes e precisarem trabalhar, delegam para as escolas e professores a incumbência de dar destino melhor para seus filhos.

Para evitar preconceitos, preciso acrescentar que venho de família de professores e sou professor. Remeto à educação toda evolução da minha família e sinto que esse continua sendo o melhor caminho a seguir para promover um ciclo virtuoso de evolução e liberdade.

Não tenho pretensão de esgotar o tema, mas estimular a reflexão.

revistavitti.com.br | Vitti | 47
Foto: ISTOÉ

da Redação

VILA SÃO GERALDO TAUBATÉ

Da origem operária ao desenvolvimento, um dos bairros mais tradicionais de Taubaté se divide entre contar a história do município e ser um polo que movimenta a economia e a sociedade taubateana

Quem passa pela longa Av. Francisco Barreto Leme, uma das vias mais famosas e tradicionais de Taubaté, corta um dos bairros mais famosos da cidade: a Vila São Geraldo. Parte importante do crescimento e desenvolvimento econômico e social taubateano, a Vila São Geraldo seguiu os trilhos a história e cresceu junto com o município, sendo hoje um bairro grande, populoso, e que conta com ótima estrutura e variedade de comércios, atendendo seu próprios moradores, bem como público de outras regiões e até de outras cidades.

História

A origem e expansão do bairro tem ligação direta com o período mais próspero da indústria têxtil e Taubaté, especificamente com a Companhia Fabril de Juta. A empresa foi fundada em 1927, e até 1943 passou por grande expansão e foi uma força importante da economia local, inclusive tendo seções de tecelagem nas cidades vizinhas de Caçapava, Pindamonhangaba e Tremembé. Em 1946, a Juta contava com cerca de 4 mil empregados, sendo 2 mil só em Taubaté.

Esse poderio fez com que a empresa desse início a um grande programa de assistência aos seus trabalhadores, baseado em habitação, alimentação e instrução. Para moradia, a empresa construiu conjuntos de casas nos bairros Vila Aparecida e Vila São Geraldo, que em 1944 passou a crescer de forma considerável com a vinda dos operários e a consequente estruturação e povoamento do bairro.

Para a grande massa de trabalhadores que começaram a povoar a Vila São Geraldo, o bairro foi uma oportunidade para que uma parcela dessa população pudesse ter acesso ao seu imóvel próprio. A maioria das famílias manteve os imóveis, sendo passados para as próximas gerações, mantendo a história do bairro viva também por meio daqueles que lá habitam.

Ao longo do tempo, a Vila São Geraldo e seus habitantes já presenciaram vários fatos marcantes ligados à cultura, religião, comunicação, esportes, carnaval e movimentações sociais diversas da vida taubateana. A localidade mantém seu ar histórico e acolhedor, mas não parou no tempo e incorporou a vida moderna às suas ruas e esquinas históricas.

O Conventinho

Um dos pontos mais tradicionais do bairro é o grande terreno na Av. Francisco Barreto Leme onde estão localizadas a Paróquia Sagrado Coração de Jesus, o Convento Sagrado Coração de Jesus e a Faculdade Dehoniana. Os primeiros dehonianos chegaram a Taubaté no ano

de 1919, para assumir a direção do Seminário Diocesano Santo Antônio, onde foram professores de teologia de 1920 a 1924.

Em fins de 1922 e início de 1923, os padres compraram uma chácara onde hoje é a Vila São Geraldo para a construção do Convento SCJ, onde passou a residir a comunidade religiosa.

Uma vez que os primeiros dehonianos eram alemães, a chácara ficou conhecida como “Chácara dos padres alemães”. Um dos padres, muito popular em toda a cidade, Padre Fischer, era tido como “proprietário” da chácara. Assim, de “Chácara dos Padres Alemães”, passou a ser conhecida como “Chácara do Padre Fischer”.

A um quilômetro de distância está o Convento Santa Clara, dos Frades Capuchinhos,

que era bastante grande em comparação ao convento Sagrado Coração de Jesus. Na boca do povo, o primeiro passou a ser chamado de “Conventão” e o segundo de “Conventinho”, nome carinhoso que perdura até hoje.

Comércios e Serviços

Não muito longe dali, na Rua Rio Grande do Sul, fica o “campo o Vila”, casa da Associação Esportiva Vila São Geraldo, tradicional clube de futebol amador fundado em 1953, e que tem uma enorme legião de fãs entre os boleiros da cidade. O time tem uma grande torcida e se tornou um dos símbolos do bairro.

E se de história e tradições a Vila São Geraldo está cheia, o que não falta também é uma vida social ativa e muito rica em todo o bairro. Sendo hoje uma das regiões mais bem estruturadas da cidade, a Vila conta com uma variedade enorme de comércios e serviços, como lojas, supermercados, bancos, faculdade, escolas, creches, farmácias, clínicas, boutiques, oficinas mecânicas, feira livre, uma enorme diversidade de restaurantes e lanchonetes, dentre outros pontos comerciais que atendem moradores do próprio bairro e de toda a Taubaté.

As opções do comércio local atendem diversos públicos, tenho desde estabelecimentos populares, até lojas e estabelecimentos de alto padrão. A região também oferece clínicas médicas e de estética, ampliando as opções de atendimento para quem busca mais tranquilidade. Essa oferta de variedade e maior proximidade dos

serviços também se destaca como um diferencial muito positivo da região.

A Avenida Francisco Barreto Leme, principal via que corta a Vila São Geraldo faz conexão com a Avenida Luiz Gonzaga das Neves, que para todo bom taubateano que se preze, é mais conhecida como “Estrada Nova”, que liga Taubaté ao município vizinho de Tremembé.

O caminho também é parte do trajeto de quem acessa a Rodovia Floriano Rodrigues Pinheiro, com destino às cidades da Serra da Mantiqueira e Sul de Minas. Essa comodidade para quem passa pela Vila São Geraldo é mais um atrativo muito positivo do bairro, proporcionando comodidade para quem está de passagem e fortalecendo a economia e incentivando os empresários e comerciantes que ali atuam.

Além da variedade de serviços e comércios disponíveis, a segurança, facilidade e gratuidade de estacionamento, tanto nas vias principais, quanto nas ruas paralelas e adjacentes, também atrai consumidores que optam pela Vila São Geraldo.

A localização estratégica, estando no caminho de milhares de pessoas que chegam ou saem de Taubaté, residem ou trabalham no bairro, faz da Vila São Geraldo uma região pulsante e que faz parte do presente e do futuro da cidade. Mas o bairro mantém seu espírito acolhedor e tradicional, se mantendo como um dos locais mais queridos de Taubaté.

A região está em expansão e o comércio tem muito a oferecer, com diversificados tipos de serviços e produtos. Vale a penas visitar!

A CULTURA POP

E SUA IMPORTÂNCIA HOJE

Acultura pop surgiu como uma forma de expressão artística e entretenimento que se originou nos anos 50 e 60, nos Estados Unidos e no Reino Unido. Ela abrange uma ampla gama de elementos, incluindo música, cinema, televisão, moda, tecnologia, e muito mais. Podemos citar como exemplo: Michael Jackson que será o eterno rei do pop, O labirinto do Fauno filme de Guillermo del Toro, vencedor de vários Oscars, Friends (série popular até os dias de hoje), Harry Potter que ganhará uma refilmagem em formato de seriado e fora as inumeras obras literárias que se tornaram um clássico como Senhor dos Aneis, e as HQ`s de super-heróis. Nos últimos anos, a cultura pop vem crescendo exponencialmente, tornando-se cada vez mais global e diversificada. Ela tem desempenhado um papel significativo no crescimento econômico, influenciando a indústria do entretenimento e a forma como consumimos conteúdo.

A influência da cultura pop pode ser vista em diversas áreas, como a onda coreana que se espalhou para mercados regionais, a influência japonesa com o termo “Otaku”, o cosplay relacionado a personagens de games, animes e mangás, e até mesmo a in-

fluência da Netflix e do streaming na indústria do entretenimento.

A cultura pop ainda cresce a cada ano, em eventos que trazem fãs e ídolos para perto, como a Comic Com Experience, que se tornou um dos maiores eventos do país que reune música, cinema, livros, artistas, quadrinistas e dubladores.

Não à toa, ultimamente vemos muitas refilmagens de filmes que se tornaram parte da história e da memória afetiva das pessoas, bandas que fizeram parte de uma geração, e que fizeram seu retorno para comemorar essa memória, servindo não só para quem viveu na época, mas para que o novo público possa compartilhar

algo que moveu multidões. Inspirar novos atores e escritores e sentir essa nostalgia.

Além disso, o movimento acaba por impactar também a economia, trazendo mais valor e trabalho em cada evento, show ou filme produzido.

A cultura pop, não é apenas algo para vender um produto, mas serve também para resgatar momentos que foram bons e importantes para as pessoas que consumiram seja música, novela, série, filme ou livro. Mas é por isso que essa industria segue crescendo, pois a nostalgia também vende, e assim faz com que haja compra e demanda do entretenimento.

52 | Vitti | revistavitti.com.br
Foto: Quadrinhópole
O CarnaVitti 2024 garantiu o que prometeu no tema desta edição: diversão!

Confira alguns clicks por Lucas Nascimento.

Issuu converts static files into: digital portfolios, online yearbooks, online catalogs, digital photo albums and more. Sign up and create your flipbook.