Page 1


palestra.indd 38

10/10/2018 00:43:38


EDITORIAL BONS MOMENTOS PARA O MERCADO A REVISTA TÊXTIL é uma publicação da

R. da Silva Haydu & Cia. Ltda. Inscr. Est.: 104.888.210.114 CNPJ/MF: 60.941.143/0001-20 MTB: 0065072/SP

Diretor-Presidente: Ricardo Haydu Diretora de Redação: Clementina “Vivi” Haydu Jornalista: Renata Martorelli Designer: Carlos C. Tartaglioni Foto da capa: Arquivo Representantes Comerciais Europa: International Communications Inc. Andre Jamar 21 rue Renkin: 4800: Verviers: Belgium Tel/Phone: + 32 87 22 53 85 / Fax: + 32 87 23 03 29 e-mail: andrejamar@aol.com Ásia (Asian): Buildwell Int. Co., Ltd. Nº 120, Huludun, 2nd St., Fongyuan, Taichung Hsien: Taiwan 42086: R.O.C. Tel/Phone: + 886 4 2512 3015 / Fax: + 886 4 2512 2372 Coréia (Korea): Jes Media International 6th Fl., Donghye-Bldg.: 47-16, Myungil-Dong Kandong: Gu: Seoul 134-070 Tel./Phone: + (822) 481-3411/3 / Fax: + (822) 481-3414 Correspondente na Argentina: Ecodesul Av. Corrientes, 3849: Piso 14° OF. A. Buenos Aires: Argentina Tel/Phone: (541) 49-2154 / Fax: (541) 866-1742 Órgão Oficial das entidades

Esta

edição

da

Revista

Têxtil está repleta de tecnologia. Colhemos todas as informações de dois eventos importantes para o setor têxtil, a Febratex 2018 e a ITMA Barcelona 2019. Na reportagem sobre a Febratex você pode conferir alguns os dos principais lançamentos dos expositores; a força do mercado de Santa Catarina para o nosso setor; e informações debatidas durante as palestras e mesas redondas realizadas no Fórum Febratex de Informações e no Seminário Tecnológico da ABTT, que abordaram a Indústria 4.0 de diversos ângulos, além da força do mercado de estamparia digital têxtil. A Febratex continua sendo um evento importante para o mercado têxtil brasileiro e confirmou as boas perspectivas para o próximo ano. Outro destaque dessa edição, a ITMA Barcelona será realizada de 20 a 26 de junho de 2019, ocupando os nove pavilhões de exposições da Fira de

Órgão de divulgação das entidades Abint: Associação Brasileira das Ind. de NãoTecidos e Tecidos Técnicos; Núcleo Setorial de Informação do SENAI/CETIQT; Redação/Administração Rua Albuquerque Lins, 1151 2º andar: Santa Cecília Cep 01230-001: São Paulo: SP: Brasil Tel/Phone: +55-11-3661-5500 E-mail: revistatextil@revistatextil.com.br Site: www.revistatextil.com.br Publicação bimestral com circulação dirigida às fiações, tecelagens, malharias, beneficiadoras, confecções nacionais e internacionais, universidades e escolas técnicas. Os artigos assinados são de inteira responsabilidade de seus autores e não refletem, necessariamente, a filosofia da revista. A reprodução total ou parcial dos artigos desta revista depende de prévia autorização da Editora. Redação Releases, comentários sobre o conteúdo editorial, sugestões e críticas a matérias. Pedidos de informação relacionados às matérias e à localização de reportagens: e-mail: redacao@revistatextil.com.br Publicidade Anuncie na REVISTA TÊXTIL e fale diretamente com o público leitor mais qualificado do setor têxtil no Brasil e no mundo: e-mail: revistatextil@revistatextil.com.br

Barcelona, na Gran Via, na Espanha. A RT também esteve presente na GOTEX Show, que aconteceu de 11 a 13 de setembro, no Expo Center Norte, em São Paulo, e reuniu mais de 100 marcas, segundo o organizador do evento, do Brasil, China, Coréia do Sul, Egito, Hong Kong, México, Paquistão e Peru. Apesar das dificuldades enfrentadas pelo país, a feira encerrou mais uma edição com sucesso, apesar da incógnita das eleições presidenciáveis. Nesta edição a RT está em festa! O motivo são os 60 anos da LYCRA® no Brasil. Nós acompanhamos de perto o desenvolvimento de tecnologias da marca e a importância que ela conquistou no mercado têxtil. Para nós é uma honra poder participar dessa história! Boa leitura e até a próxima!

Assinaturas Para renovação e outros serviços, escreva para: e-mail: revistatextil@revistatextil.com.br

Revista Têxtil #757 I 01

editorial.indd 1

10/10/2018 00:31:22


SUMÁRIO

COMEMORAÇÃO 04 LYCRA® COMEMORA 60 ANOS DE INOVAÇÃO E REVOLUÇÃO NO MERCADO DA MODA 08

ABIT

09

ABTT

10

TECNOLOGIA

24

SEMINÁRIO

26

MERCADO

27

INOVAÇÃO

28

DIGITAL

30

EVENTOS

33

ITMA

34 35

SUSTENTABILIDADE

ANTECIPAMOS O PROBLEMA E ADIAMOS AS SOLUÇÕES

DIA DO PROFISSIONAL TÊXTIL

16ª EDIÇÃO DA FEBRATEX CONFIRMA BONS NEGÓCIOS

SEMINÁRIO TECNOLÓGICO ABTT

BIERREBI: TRADIÇÃO E TECNOLOGIA EM CORTE

IN FASHION FEBRATEX

JAVELIN® CHEGA ÀS AMÉRICAS PARA EMPRESAS TRADICIONAIS NO MERCADO

6ª EDIÇÃO DA GOTEX SHOW

ITMA 2019: O FUTURO DIGITAL DA INDÚSTRIA TÊXTIL

IMPACTOS NA CADEIA TÊXTIL QUÍMICA NA MODA

02 I Revista Têxtil #757

editorial.indd 2

10/10/2018 00:31:24


editorial.indd 3

10/10/2018 00:31:26


COMEMORAÇÃO

LYCRA® COMEMORA

60 ANOS DE INOVAÇÃO E REVOLUÇÃO NO MERCADO DA MODA

A RT, EM SEUS 87 ANOS, TEM MUITO ORGULHO EM TER PARTICIPADO DOS 60 ANOS DA LYCRA® NO BRASIL. LYCRA® É SINÔNIMO DE QUALIDADE E DE TECNOLOGIA RICARDO HAYDU

DIRETOR DA RT

A

longevidade de uma marca é sinônimo de sucesso e, por isso, quanto mais tempo de mercado, maior o seu prestígio. Aliado da moda há 60 anos, o fio LYCRA® – criado nos laboratórios da Dupont em 1959 e hoje marca do grupo Invista – celebra seu sexagésimo aniversário. Conhecida por desenvolver tecnologias que melhoram o desempenho de tecidos e vestuário em geral, o fio LYCRA® se diferencia por permitir às pessoas cada vez mais conforto e bem estar. Além disso, é reconhecida internacionalmente pelo seu famoso logo registrado em etiquetas de peças, o que transmite confiança e percepção de valor ao consumidor. O fio LYCRA®, que é quase invisível aos olhos, pode ser encontrado em praticamente todos os seg-

04 I Revista Têxtil #757

lycra.indd 4

10/10/2018 00:32:10


COMEMORAÇÃO

Foto: divulgação

FÁBRICA NO BRASIL

Foto: Rankin

A primeira fábrica para a produção do fio LYCRA® foi inaugurada em Paulínia, em 1974. Hoje a marca é também reconhecida por desenvolver uma série de coleções colaborativas nos mais variados segmentos (innerwear, jeanswear, fitness, entre outros), atuando em diversos mercados com a missão de proporcionar, propagar e reinventar os conceitos de conforto e liberdade. A LYCRA® cria novas maneiras de colaboração entre marcas e pessoas e antecipa tendências de comportamento do consumidor.

mentos de vestuário, incluindo roupas íntimas, jeans, roupas esportivas, meias, roupas de banho, entre outras peças. Atualmente a empresa possui em seu portfólio mais de 200 fibras desenvolvidas para melhorar o desempenho e a elasticidade dos tecidos. O objetivo é atender a demanda dos consumidores por peças confortáveis, com praticidade, durabilidade e qualidade. História de sucesso – Presente em mais de 130 países, a marca nasceu em 1958 nos Estados Unidos, quando um gru-

po de cientistas desenvolveu o fio de elastano que poderia ser esticado até oito vezes mais do que o seu tamanho original sem que isso alterasse sua forma. Em maio deste ano, o doutor Joseph Shivers, criador do fio LYCRA®, foi inserido no Hall da Fama dos Inventores. O fio LYCRA® foi inventado para substituir a borracha na produção dos corsets femininos no final dos anos 50 e revolucionou o mercado justamente por proporcionar liberdade física de movimento e revolucionar o guarda-roupa das pessoas. Parcerias de moda - LYCRA®, famosa também pela etiqueta que a identifica para o consumidor, foi reconhecida pelo CFDA (Conselho de

Foto: Rankin

lycra.indd 5

Revista Têxtil #757 I 05

10/10/2018 00:32:15


COMEMORAÇÃO

O FIO LYCRA® MODIFICOU COMPLETAMENTE A PERCEPÇÃO DO USO DAS ROUPAS E A MANEIRA DE SE VESTIR DAS PESSOAS AO DAR LIBERDADE DE MOVIMENTOS, ELEGÂNCIA E CONFORTO QUE O MUNDO MODERNO EXIGE DENISE SAKUMA

DIRETORA DE NEGÓCIOS DA INVISTA

Estilistas de Moda da América) como uma das inovações mais importantes do século 20 para o setor de vestuário. É considerada uma das marcas mais relevantes do mundo têxtil e do vestuário pela Interbrand. Ao longo dos anos esteve sempre presente em eventos e parcerias de moda. Incentivou o trabalho de estilistas renomados no início de suas carreiras, como: Alexandre Herchcovitch, Fause Haten, Tufi Duek, Marcelo Sommer, Amir Slama, Renato Kherlakian, Walter Rodrigues, e conquistou o prêmio de melhor indústria têxtil no Phytoervas Fashion Awards, reflexo do importante trabalho realizado. Nomes internacionais como: Gianni Versace, DKNY, Karl Lagerfeld, Prada, Giorgio Armani, Alexander Wang, Zac Posen, Alexander McQueen, Trosman Churba, entre outros, também ganham destaque na história da empresa, reforçando a importante presença do fio LYCRA® e de RT suas tecnologias nas roupas e no mundo da moda.

SOBRE A MARCA LYCRA® O fio LYCRA® redefiniu o que é conforto, caimento, liberdade de movimento e manutenção da forma em praticamente todas as categorias de vestuário, desde que foi usado pela primeira vez como substituto da borracha, há 60 anos. Designers de todo o mundo valorizam os tecidos com fio LYCRA® quando criam roupas elegantes e duráveis, que não restringem o movimento. A marca LYCRA® é amplamente reconhecida por fiações, fábricas de tecidos, confecções e marcas de vestuário e outros na cadeia de suprimento como garantia de inovação e qualidade.

06 I Revista Têxtil #757

lycra.indd 6

Foto: divulgação

10/10/2018 00:32:18


COMEMORAÇÃO

Revista Têxtil #757 I 07

lycra.indd 7

10/10/2018 00:32:19


ABIT

ANTECIPAMOS O PROBLEMA E ADIAMOS AS SOLUÇÕES

por

A

s novas projeções relativas ao crescimento populacional, divulgadas pelo IBGE, mostram que o Brasil perdeu uma boa oportunidade de fomento econômico e ascensão no patamar do desenvolvimento. Refiro-me ao fim do chamado bônus demográfico, caracterizado pela existência de maior número de pessoas economicamente ativas em relação aos idosos e crianças, fenômeno indutor do crescimento do PIB e da renda per capita nas nações que souberam potencializá-lo. É preocupante observar, nos presentes dados, que o fim do bônus demográfico ocorre cinco anos antes do que previa a projeção anterior do IBGE, que remetia a 2023. Portanto, já a partir de agora, ingressamos em uma trajetória inversa ao que vinha ocorrendo, até chegarmos a 2060 com 58,2 milhões de idosos, o triplo do contingente atual, e 136,5 milhões de brasileiros em idade profissionalmente ativa, ante 144,7 milhões, hoje. Ou seja, antecipamos um problema e adiamos as soluções. Em plena vigência de equação demográfica altamente favorável à prosperidade, nossa economia cresceu à média anual de 2,4% nos últimos 30 anos, ritmo de expansão pífio para nações emergentes. Como se não bastasse, vivenciamos a mais grave crise de nossa história, com dois anos de recessão e ínfima recuperação em 2017, conduzindo 13,5 milhões de habitantes e seus dependentes às agruras do desemprego. Nesse aspecto, vale uma observação: com tanta gente alijada do mercado de trabalho, também atingimos em termos práticos, já este ano, número inferior ao previsto para 2060 de pessoas economicamente ativas. A conta é a seguinte: 144,7 milhões de trabalhadores em potencial atualmente, menos 13,5 milhões de desempregados = 131,2 milhões, ante 136,5 milhões previstos para 2060.

FERNANDO VALENTE PIMENTEL*

Ao baixo crescimento econômico, resultante de políticas públicas muitas vezes equivocadas, somamos outro fator de negligência ante o futuro: a manutenção de um Estado caríssimo para a sociedade, gerador de crescente déficit orçamentário, burocrático em excesso e inibidor da criação de um saudável ambiente de negócios. E teimamos em não aperfeiçoá-lo, adiando sucessivamente as reformas estruturais, em especial a tributária, a política e a previdenciária. Esta última, em especial, é indispensável para garantir sobrevivência digna ao número cada vez maior de idosos que o Brasil terá. Considerando a gravidade do problema evidenciado nas novas projeções, cabe lembrar estudo apresentado em 2011 pelo Banco Mundial (BIRD), intitulado Envelhecendo em um Brasil mais Velho Implicações do Envelhecimento Populacional para o Crescimento Econômico, a Redução da Pobreza, as Finanças Públicas e a Prestação de Serviços. O trabalho, corroborado agora pelo IBGE, enfatiza que “as nações desenvolvidas ficaram ricas antes de envelhecer”. Infelizmente, nosso país está envelhecendo antes de ficar rico. Portanto, urge adotar políticas públicas eficazes e éticas, capazes de nos levar a um consistente e duradouro crescimento econômico, equilíbrio fiscal e atendimento às mudanças que o envelhecimento da população suscitará nas áreas da saúde, previdência e educação. Nas eleições de outubro, a desafiadora missão coloca-se aos candidatos e convoca brasileiras e brasileiros ao exercício do voto consciente em favor daqueles que se comprometem com o futuro que devemos ter de progresRT so e igualdade de oportunidades!

*Fernando Valente Pimentel é presidente da Associação Brasileira da Indústria Têxtil e de Confecção (Abit).

08 I Revista Têxtil #757

ABIT.indd 8

10/10/2018 00:32:53


ABTT

DIA DO

PROFISSIONAL TÊXTIL

N

o último dia 12 de setembro, dia em que se comemora o Dia do Profissional Têxtil, a ABTT realizou um evento na Fatec de Americana, SP, que contou com a fala, para homenagear a todos os participantes, sendo mais de 90 pessoas presentes, do Presidente da ABTT, Nelson Pereira Junior; vídeo do Presidente da ABIT, Fernando Pimentel; Diretor da Fatec Americana, Rafael Alves; Diretor do Sinditec Americana, Ede Aparecido Villanassi e do Diretor da ABQCT, Agostinho Pacheco. Após as homenagens e agradecimentos a empresa Mathis do Brasil Equipamentos de Laboratório, através de seu Diretor Geral, Pedro de Mendonça Neto e da Gerente de Marketing e vendas Isis R. Steffens, apresentou seus produtos e soluções para a indústria têxtil.

por

NELSON PEREIRA JR. PRESIDENTE DA ABTT

A empresa Store Automação através de seu Executivo de Contas, Thiago Brichi, realizou a palestra “Logística 4.0 Futuro sem volta na cadeia Logística”. Para encerrar o evento, agradeci a presença de todos e convidei a todos os presentes a participarem de um coffee break. Com estas ações a ABTT cumpre com uma programação que visa levar conhecimento, informação, inovação e conteúdo a todos os profissionais têxteis e sente que a busca de conhecimento por parte dos participantes se torna cada vez mais um compromisso da ABTT juntamente com as empresas parceiras e instituições de ensino, que colaboram em levar conteúdo a todos. AgraRT deço a todos pela participação e apoio.

Revista Têxtil #757 I 09

abtt.indd 9

10/10/2018 00:33:23


TECNOLOGIA

16ª EDIÇÃO DA FEBRATEX CONFIRMA BONS NEGÓCIOS

Evento supera expectativas e traz resultados positivos para os expositores

O

Parque Vila Germânica, em Blumenau, SC foi palco da 16ª edição da Febratex – Feira Brasileira para a Indústria Têxtil, que aconteceu de 21 a 24 de agosto de 2018. Segundo a promotora do evento, FCEM, esta edição da feira reuniu mais de 2.400 marcas nacionais e internacionais da cadeia produtiva têxtil e recebeu aproximadamente 51 mil visitantes. Inovações nos segmentos de máquinas de corte e costura, bordado, estamparia digital, teares, fiação, máquinas e insumos para tinturaria e lavanderia, equipamentos para enfesto, corte automático, texturização, retorção e enrolamento e matérias-primas fizeram do evento um sucesso. Confira algumas das novidades expostas durante a Febratex 2018:

ORIZIO A Orizio (Avanço) apresentou na Febratex a Máquina CI 3.6, uma opção para maior produção em malhas interlock. Com 2 pistas no disco e 2 no cilindro, permite maior velocidade de trabalho uma vez que possui excêntricos mais suaves e maior número de alimentadores. Entre os destaques da Orizio está uma linha de máquinas mais produtiva, com maior velocidade e alimentação, todas dentro da norma NR12; e as máquinas para tecidos com estruturas especiais. Para o mercado de Santa Catarina, em especial, a Orizio destacou a máquina modelo FIHN/BR, específica para produção de moletom fleece (felpa invisível), onde é possível trabalhar com fio de poliéster na ligação da malha com a felpa sem que apareça no tingimento, graças a utilização de excêntricos especiais

10 I Revista Têxtil #757

clientes.indd 10

por

RENATA MARTORELLI E VIVI HAYDU

para esta finalidade, obtendo assim um moletom mais leve e perfeito. “Santa Catarina é o maior e mais importante mercado têxtil do Brasil para a Orizio. É um polo competitivo e moderno, uma indústria que se renova a todo momento e os empresários são dedicados, acho que isso explica o sucesso nesta região”, explica Silvio A. Paiva, diretor de vendas da Avanço. Segundo Paiva, produzir no Brasil é um desafio. “Este ano está sendo ainda mais difícil com todos os problemas que o país está enfrentando. Não temos como planejar nada, vivemos o dia a dia. Com tudo isso que estamos passando, ainda superamos nossas expectativas e esperamos que o próximo ano seja melhor”. 

CARMELO COMERCIAL A Carmelo Comercial apresentou os principais produtos de suas representadas, e os últimos lançamentos em teares para a fabricação de meias, calçados, tricôs e roupas sem costura para as linhas de fitness, underwear, medical e outwear. As máquinas Lonati para fabricar meias com a ponteira fechada e desenhos na toalha em até 6 cores fizeram sucesso, assim como a máquina Sangiacomo com possibilidade de desenho na 2ª alimentação, com ganhos em produtividade e manutenção, e variedade em cores e estilos. Para a fabricação de tecidos de malha para calçados e tênis, a Carmelo apresentou a Máquina X da Santoni, uma máquina de meias que ganhou novos contornos tecnológicos para a produção de tecidos técnicos em intarsia, e que, após um processo de acabamento, transformam-se em calçados; e a Mec-Mor, uma

Fotos: Giselle Seibel

10/10/2018 00:34:02


TECNOLOGIA

Revista Têxtil #757 I 11

clientes.indd 11

10/10/2018 00:34:03


TECNOLOGIA

Avanço

Máquina Circular Dupla Frontura com 33 polegadas de diâmetro, finuras 7’ a 20’, com 12 alimentadores, onde é possível produzir tecidos em diversas estruturas de tricô com múltiplas cores em alta definição, incluindo cabedais de sapatos e tênis, com recursos em Jacquard, listrador, efeito plisse e outros, em diferentes tipologias de fios, e escolha do número de agulhas de trabalho para eliminar qualquer desperdício. Outra novidade é a máquina que representa a revolução no processo de fabricação de roupas de malha com costura, a Máquina Santoni Seamless, que possibilita a produção de peças de roupas fitness, underwear, moda praia, nightwear, peças medicals e roupas outwear, diretamente na máquina, eliminando quase que totalmente diversos processos do sistema convencional de costura, como tecimento da malha em rolo, enfesto, encaixe, corte e costuras.

CREORA®

Carmelo

A Hyosung, fabricante do fio creora®, destacou o creora® Fresh, elastano neutralizante de odor, que possui poder de neutralizar os odores causados por bactérias, os quais são ácido acético, ácido isovalérico e também a amônia. Outra novidade é o creora® Highclo, elastano super resistente ao cloro e a agentes químicos como bronzeador, protetor solar e cremes. Já o creora® Color+, elastano com afinidade tintorial, produz tecidos e malhas com cores mais profundas e sem aparecer o elastano, pois o mesmo fica na mesma cor que é tinto o fio. Excelente solidez com possibilidade de ser tinto com corante ácido. “Nós da Hyosung/creora temos a planta instalada em uma região estratégica do estado onde temos fácil acesso a BR101 a qual liga o Brasil todo, justamente porque não somente a região Sul é importante para nós, mas todas as regiões do Brasil têm sua importância com suas particularidades de produtos”, explica Jessé Ruiz de Moura, Supervisor Técnico da Hyosung Brasil. A Hyosung vem aumentando seu volume a cada mês dentro de toda a América Latina. “Temos boas perspectivas para o mercado brasileiro, visto que com o dólar alto a produção interna aumenta devido aos grandes players do mercado de varejo (Private Labels), que evitam importar nesse momento de turbulência, e estamos sendo afetados de certa forma, pois o custo do produto também é baseado no dólar”, diz Moura.

Creora

12 I Revista Têxtil #757

clientes.indd 12

10/10/2018 00:34:07


TECNOLOGIA

Revista Têxtil #757 I 13

clientes.indd 13

10/10/2018 00:34:08


TECNOLOGIA ITEMA No Brasil desde 2015 com o objetivo de estar mais próxima e atender as demandas do mercado brasileiro, a Itema oferece tecnologias de inserção, como Jato de ar, pinça e projétil, nos modelos A9500 - Jato de ar, R9500 - Pinça,    R9500T - felpa e P7300HP – projétil. “Aproveitando a vocação do mercado do sul, apresentamos em evento privado nossa máquina de tecer modelo R9500T felpa. Este evento aconteceu nas dependências da Tabatex,  nosso parceiro no Brasil,  e contou com a participação de mais de 40 fábricas compostas por muitos clientes de Santa Catarina, mas também  recebemos clientes dos estados de  São Paulo,  Sergipe, Paraíba e Minas Gerais. Realmente foi uma honra receber nossos clientes e amigos, graças a eles nosso evento foi um sucesso”, comemora Gilberto Godinho, gerente nacional da Itema. O tear R9500T controla todos os processos através do display touch screen, e conta com diversas alturas e densidades da felpa bem como o controle do consumo da felpa. “O mercado do Sul é extremamente importante. Nosso marketshare em felpa na região de Brusque é em torno de  90% (tecnologia de pinça) e como resposta a confiança que recebemos do mercado, estamos trabalhando para melhorar nossa  estrutura a cada dia”, diz Godinho. Para a empresa o ano de2018 está sendo complexo  e dispensa comentários. “Com as eleições presidenciais, dependendo do resultado, poderá afetar sobremaneira o mercado em 2019, e estamos fazendo nosso dever de casa para atingirmos nossos objetivos e termos grandes expectativas para 2019. Acreditamos que vamos  colher bons frutos,” finaliza Godinho.

LECTRA No espaço da Lectra os visitantes puderam conhecer as tecnologias que estão sendo desenvolvidas para ajudar as empresas a entrarem na chamada Indústria 4.0, entre elas a solução para corte Vector iX Mosaïc, desenvolvida para o corte de estampas localizadas, mas que também corta enfestos de diversas alturas. “Foi interessante notar que éramos os únicos oferecendo um corte real de estampa localizada, que prevê o comportamento do tecido, o encaixe de estampas, listras e xadrezes, ao contrário da maioria das ofertas apresentadas no evento que se limitavam ao corte de

Lectra

contorno de estampa. Outro grande diferencial desta Vector é a sua versatilidade. Sua múltipla funcionalidade possibilita seu uso em uma série de situações dando flexibilidade à produção o que a mantém eficiente em um cenário de crescimento de longo prazo, agregando muito valor ao investimento inicial”, diz Patrícia Costa, diretora de marketing Lectra América do Sul. Os visitantes também puderam conhecer o Lectra Fashion PLM 4.0, a solução para gestão do ciclo de vida de produtos e uma das ferramentas mais importantes para a integração de todas as etapas do processo produtivo. A solução recebeu destaque da WhichPLM, consultoria internacional independente voltada para o design e o desenvolvimento de produtos no setor de moda, obtendo pontuação superior à média do mercado em 32 competências técnicas de um total de 44 competências avaliadas. O público pôde ver demonstrações dessas tecnologias durante os workshops realizados. Todas as máquinas estão disponíveis para o mercado nacional. “A região de Santa Catarina é um polo muito importante e tradicional para a indústria têxtil. Para a Lectra é tão importante que fizemos questão de abrir um outro escritório em Blumenau”, comemora Patrícia.

14 I Revista Têxtil #757

clientes.indd 14

10/10/2018 00:34:11


TECNOLOGIA

Lycra®

LYCRA® A LYCRA® apresentou três tecnologias: LYCRA® SPORT PCE index, LYCRA® SOFT e LYCRA® dualFX®. A tecnologia LYCRA® SPORT PCE Index atribui aos tecidos para fitness/ activewear três índices - Força, Conforto e Energia – a partir do índice de força e energia é estabelecida a funcionalidade dos tecidos, indicando o tecido correto para a roupa certa. “Esta plataforma traz ganhos a toda cadeia têxtil, desde as tecelagens direcionando seus desenvolvimentos, as confecções/ marcas escolhendo os tecidos apropriados para seu produto até o cliente final que tem a possibilidade de ter a roupa apropriada para prática esportiva desejada”, comenta Robson Ferreira, Gerente do negócio de Tecidos Planos para a América do Sul da marca LYCRA®. A tecnologia LYCRA® dualFX® confere aos tecidos jeanswear super stretch, que garante mais conforto ao usuário das peças, além do atributo principal de manter a forma do jeans por mais tempo, sem lacear durante o uso. “Esses dois benefícios atendem justamente a duas das principais necessidades dos consumidores de jeans: 84% das consumidoras brasileiras não estão satisfeitas com a qualidade de ajuste da peça ao corpo e 60% delas exigem que o produto garanta conforto em

primeiro lugar. Por isso, é uma tecnologia líder na região da Europa e que cresce fortemente aqui no Brasil e em Santa Catarina”, diz Ferreira. A LYCRA® também esteve presente no Fórum Febratex de Informações.

MATHIS A Mathis apresentou como novidade uma máquina para produção em pequena escala, a autoclave TUB-J-15K, para atender o mercado que ultimamente vem solicitando lotes menores de cores e artigos especiais, que não são possíveis de fazer nas máquinas de produção de maior escala. Segundo o diretor da Mathis, Pedro de Mendonça Neto, é uma máquina muito versátil, já que permite tingir todos os tipos de fibras, e materiais nas várias formas de apresentação, como fitas, cordões, peças confeccionadas, tecidos e malhas, assim como botões e outros aviamentos. A máquina estará em teste daqui a dois meses. Para Neto, a Febratex foi muito bem vista este ano, apesar da crise, inclusive com visita de diretores de empresas têxteis, que apresentaram interesse pessoal em conhecer as novas tecnologias do mercado. “As visitas como sempre foram na maioria de nossos clientes da

Revista Têxtil #757 I 15

clientes.indd 15

10/10/2018 00:34:12


TECNOLOGIA

Milainox

Rodhia

Rieter

região Sul, de Santa Catarina, mas não faltaram os clientes dos outros estados do Brasil, inclusive do Nordeste”. “A região de Santa Catarina é a de maior número de clientes do setor para a Mathis, e é um público que sempre se mostra muito interessado em conhecer as novas tecnologias, com troca de informações importantes para a Mathis. A participação da empresa na feira é de grande importância, pois em quatro dias é possível divulgar e mostras as máquinas Mathis a um grande público de uma só vez, mesmo que seja de forma um pouco mais superficial”, finaliza Neto.

tomáticas e totalmente mecânicas, com mais de 1.000 unidades vendidas em seus 30 anos de experiência, a Milainox apresentou novamente seus lacres que fazem os fechamentos dos fardos, para plásticos, malhas, ráfias, e etc. Juntamente com os lacres foi apresentada a máquina para lacrar os fardos. “Nosso principal público alvo são empresas do segmento têxtil, pois muitas vezes elas utilizam os fardos para despachar seus tecidos, e como a Febratex é realizada em Santa Catarina, onde é localizado um dos maiores polos têxteis do Brasil, para nós a participação nesta feira é fundamental”, explica Jenifer Vieira, do departamento comercial da Metalúrgica Milainox. A empresa espera que após as eleições a economia volte a caminhar normalmente, sem alta no dólar,

MILAINOX Líder brasileira na fabricação de máquinas envasadoras, seladoras e datadoras automáticas e semiau-

16 I Revista Têxtil #757

clientes.indd 16

10/10/2018 00:34:14


TECNOLOGIA e sem aumento nas matérias primas. “Estamos confiantes que o mercado têxtil, cresça ainda mais”, finaliza Jenifer.

MVAZ REPRESENTAÇÕES A MVaz Representações levou diversas novidades. Da marca Thies, da Alemanha, além de todo o range de máquinas de tingir fios e tecidos, foi apresentada para os clientes a família da máquina iMaster. Hoje esta máquina com excelente performance, flexibilidade e baixa relação de banho, traz como possibilidades a máquina iMaster  para tecidos planos e malha; a  iMaster Mini para tingir pequenas partidas e também partidas de laboratório com a possibilidade de reproduzir e transferir  os parâmetros nas máquinas com capacidades industriais; e a IMaster F que possui acumuladores maiores e é preparada para tingir tecidos felpudos. Já da marca alemã Brueckner, a MVaz apostou no reforço comercial da consagrada rama modelo Power Frame,  que  além de poder oferecer a corrente com sistema horizontal ou vertical, possui  excelente performance de trabalho , alta capacidade térmica com baixo consumo de energia. Esta Rama também possibilita que o cliente trabalhe com um excelente sistema de recuperação de calor e também defina o nível de limpeza do ar de exaustão, ponto que a cada dia se torna mais importante para limpeza e controle do meio ambiente. Da marca Mahlo, também da Alemanha, destaque para a nova série 15 da Mahlo  de Endireitadores de Trama  (Orthopac RVMC-15) e controle de processos (Optipac VMC-15).  Vinda do Japão, a Tsudakoma apostou em teares a  jato de ar modelo ZAX9200i, com possibilidade de trabalhar com tecidos planos normais, ou a ZAX9200i F, que é preparado para produção de tecidos felpudos. Esta última geração de teares da família 9200i tem como principal característica a redução do consumo de energia, devido a vários fatores e principalmente por possuir uma estafeta por válvula, podendo assim regular de forma muito precisa e diminuta a pressão do ar comprimido durante a passagem da trama na cala.  Já a Textechno, da Alemanha, player mundial em equipamentos de laboratório para testes e analises de fibras, fios e tecidos artificiais e sintéticos, agora conta também com a possibilidade de oferecer ao mercado brasileiro o FCS  que  é uma plataforma de apa-

relhos para testar todos os importantes parâmetros do algodão, desde a fibra até a fita. Também possui um bom portfólio em dinamômetros para os vários testes em fios, até mesmo com elastano.

RIETER A Rieter mostrou sua linha completa, com destaque para a Carda C 70, o open-end R 66 e o filatório de anel G 36. Também mostraram através do departamento de peças, modificações para diversas máquinas e um sistema de monitoramento da manutenção, o UPtime, que pode ser instalado em qualquer máquina da fiação. “A região representa uma parte importante das vendas e projetos de máquinas da Rieter. Além disso, diversos clientes importantes estão próximos à região da feira.

Revista Têxtil #757 I 17

clientes.indd 17

10/10/2018 00:34:15


TECNOLOGIA Para nós, a Febratex é a principal feira local hoje em dia. Recebemos clientes dos pais inteiro. O mercado no geral não está muito aquecido, acreditamos que é um momento de espera por definições econômicas/políticas. Esperamos em 2019 uma retomada dos investimentos e produção de nossos clientes”, revela Andre Costa, Engenheiro de Vendas da Rieter. A Rieter também apresentou produtos de outras empresas do grupo: Bracker, Graf, Novibra, Suessen e SSM.

sua tecnologia reforça o compromisso da Rhodia com o planeta e com as futuras gerações. Também entre os produtos inteligentes e funcionais da empresa, o Emana® teve uma forte presença. No segmento dos chamados fios industriais, o destaque da Rhodia é a linha de produtos Rhodianyl® High-D, que são produtos de alta tenacidade e resistência à abrasão, indicados para a fabricação de tecidos técnicos, linhas de costura para calçados, bolsas e acessórios e diversos outros segmentos.

RHODIA

RIVITEX

Com o foco de apresentar o portfólio de poliamidas funcionais e sustentáveis, para atender às demandas dos clientes e do mercado em geral, a Rhodia apresentou o lançamento de Amni® Colors Tres, um fio de poliamida que acaba de entrar para a família dos mesclas, desenvolvido a partir de combinação exclusiva de fibras que conferem um efeito tricolor e único às peças. Indicado para malharias e tecelagens, a novidade representa mais uma inovação sustentável da empresa, uma vez que a peça de vestuário criada a partir deste fio pode ser usada em sua cor natural (mescla) ou tinta, em apenas uma etapa de tingimento, alcançando um rico contraste de cores. A família Amni® Colors, reúne fios mesclas e pretos desenvolvidos com tonalidades especiais que eliminam a etapa de tingimento nas tecelagens e malharias. Além de evitarem o risco de manchas e a perda de intensidade da cor, esses fios também tornam as roupas mais amigas do meio ambiente, pois reduzem o consumo de água, energia e de insumos durante o processo de fabricação da malha ou tecido. “Recentemente, lançamos Amni® Colors Shine, integrante da família de mesclas, este fio traz brilho acetinado e elegante às peças, além do toque gelado e caimento perfeito”, diz Marcello Bathe, Business Development Manager, da GBU Fibras, da Rhodia Outra inovação de grande destaque foi o Amni Soul Eco®, fio têxtil biodegradável criado pela Rhodia para permitir que artigos têxteis, roupas feitas a partir deste fio se decomponham rapidamente quando descartadas em aterro sanitário. Ao contrário de outras fibras que demoram décadas para se decompor, o Amni Soul Eco® é eliminado do planeta em cerca de três anos. Presente em artigos têxteis de importantes marcas nacionais e internacionais como lingerie, moda praia, fitness, casual, entre outros, o fio é 100% reciclável, reutilizável e

A Rivitex lançou no evento o viajante de acabamento totalmente novo e revolucionário para indústria têxtil, da Bracker. O viajante de acabamento ONYX ganha em comparação ao acabamento Saphir na vida útil do viajante, eficiência de velocidade de máquina e diminuição do índice de rupturas. Outro destaque foi a chamuscadeira líder no mercado mundial, indicada para tecidos de fibra orgânica ou sintética. A Osthoff-Senge garante qualidade na eliminação da pilosidade em tecidos planos e malha ramada. Somente a tecnologia alemã dos queimadores DOUBLE-JET permite controlar a intensidade e regularidade da chama, mantendo-a estável e perfeitamente uniforme. Líder mundial no fornecimento de peças e acessórios para teares de malharia de urdume, a Rivitex apresentou na feira as novidades e desenvolvimentos em platinas, blocos de pacetas, bloco de schiebers e agulhas da Saxonia. “O lançamento da máquina de costura ACTIVESEAM para confecção de roupas esportivas, moda praia e underwear na última edição, nos animou para trazer novas máquinas: A PURL (MG-2DNR) é uma máquina estilosa para a confecção de roupas finas. Conhecida como a costura overlock mais fina do mundo.: A segunda geração ACTIVESEAM garante um ponto mais rápido com uma perfeição, que só a Merrow pode oferecer. A clássica máquina de costura da #emendaperfeita Merrow (70-D3B-2) continua sendo insuperável nos processos contínuos de acabamento têxtil e tingimento de tecido ramado. A novidade é o sucesso da máquina para estamparia digital, pois a costura pode passar pelos cabeçotes sem a necessidade de parar a impressão”, conta Thomas Schwarzbach, diretor da Rivitex.

18 I Revista Têxtil #757

clientes.indd 18

10/10/2018 00:34:15


TECNOLOGIA O sistema de controle Sfera Plus foi mais um destaque da empresa na feira, uma solução ideal para garantir o resultado na rama e no secador. Especialista na eletrônica de sensores de temperatura e umidade do tecido, a ETV permite a otimização completa desse processo. Somente com o controle da ETV pode-se obter até 30% de redução e consumo de energia.

SPGPRINTS Para a SPGPrints, líder mundial em soluções integradas para os mercados têxteis, gráficos e industriais, o resultado superou as expectativas em novos projetos e negócios tanto para a impressão digital quanto para rotativa, confirmando um cenário de retomada importante do setor para esse segundo semestre e para 2019. A JAVELIN®, que já é sucesso em vários países, e acabou de ser comprada pela Satex Têxtil, empresa com sede no México e é a primeira a ser instalada no país , assim como no Brasil, onde já está instalada e em pleno funcionamento, é ideal para empresas que desejam dar o primeiro passo na impressão digital têxtil, ou que tenham a necessidade de complementar sua capacidade existente. A impressora que esteve em exposição no evento com apresentações regulares e toda a sua gama de tintas NEBULA® e seu mix de serviços oferecidos ao setor. Um dos destaques da JAVELIN® é a ação de leitura múltiplas passadas com uma disposição de cabeças de impressão Fujifilm Dimatix para cobrir a largura de 1850mm e a versão 3200mm com produção de imagens nítidas. Outro diferencial é facilidade da troca de cabeças de impressão com garantia de 30 meses. Marco Sales, Gerente da Unidade Têxtil Sul da SPGPrints, localizada em Gaspar, SC, confirmou o sucesso do evento para a empresa. “Alavancamos novos negócios para a aquisição de máquinas digitais e tintas e demonstramos o tamanho e força da nossa empresa. Superou todas as nossas expectativas, não só pelo aumento de público no nosso estande, mas pela qualificação dos visitantes que vieram de todo o Brasil e América Latina em busca de novas parcerias e projetos”.

STÄUBLI Os visitantes do estande da Stäubli encontraram a oportunidade para aprender tudo sobre a linha de produtos da Stäubli Textile e conversar com especialistas

SPGPrints

da empresa sobre soluções para suas necessidades e aplicações específicas na fábrica. Os produtos pioneiros da Stäubli são o resultado de uma combinação equilibrada de desempenho confiável, perfeição técnica e tecnologias comprovadas. A máquina de atar urdumes TOPMATIC foi exibida em operação real, processando um urdume 100% algodão. Esta máquina pode manipular fios na faixa de 0,8 - 500 tex / Nm 2 - 1,250, e conta com detecção de ponta dupla, o que garante ótima qualidade de amarração e ajuda a minimizar o tempo de inatividade da máquina de tecelagem. Lidando com uma ampla gama de fios e oferecendo fácil operação e configuração rápida, esta máquina pode ser facilmente integrada às operações de qualquer fábrica. Com suas instalações automáticas para liçamento de urdume SAFIR, a Stäubli traz mais economia de

Revista Têxtil #757 I 19

clientes.indd 19

10/10/2018 00:34:17


TECNOLOGIA tempo ao processo de preparação da tecelagem. Com tecnologias de última geração, como detecção de ponta dupla e gerenciamento e detecção de repetição (coloridas e S / Z), as máquinas SAFIR são adequadas para uma ampla gama de aplicações e uso em uma infinidade de configurações. Eles são ideais para tecelagens de qualquer porte que buscam otimizar o fluxo de trabalho e aumentar a qualidade do produto. A ampla gama de caixas de excêntricos e maquinetas Stäubli inclui máquinas ideais para qualquer tipo de sistema de inserção da trama para qualquer aplicação. A última geração de maquinetas das séries S3000 e S3200 incorpora um novo sistema de bloqueio, que é o coração de cada maquineta. Esse recurso evolutivo fornece segurança aprimorada para a seleção dos quadros de liços, permitindo velocidades de operação mais altas, confiabilidade superior e menos ruído e vibração. A empresa aumentou ainda mais a eficiência das instalações de tecelagem por quadro com suas tiragens livres de manutenção recentemente lançadas. No setor de tecelagem Jacquard, as fábricas contam com a linha de máquinas Jacquard da Stäubli. Tecidos felpudos, fitas, decoração e tecidos técnicos, podem ser operados nas máquinas Stäubli Jacquard. A série LX, recentemente reprojetada, possui um mecanismo de elevação que permite a tecelagem de alta velocidade de tecidos extremamente pesados. Com um eixo de acionamento coaxial e um chassi especial que suporta as vigas e os rolamentos, os modelos mais recentes podem suportar cargas até 26% maiores do que os modelos anteriores. O posicionamento aprimorado dos ventiladores na caixa LX otimiza o fluxo de ar interno, garantindo que o interior da máquina permaneça limpo e em temperatura controlada. As máquinas LX Jacquard estão disponíveis em tamanhos de até 6.144 ganchos. Um dos mais recentes modelos nas séries LX de alta velocidade é o LXL, projetado para uma capacidade de carga ainda maior. Este modelo pode ser equipado com 6.144 a 16.384 ganchos e formatos de até 32.768 podem ser obtidos combinando duas máquinas. A precisão combinada do sistema Jacquard proporciona às fábricas um desempenho ainda mais alto. A Stäubli oferece pavilhões para qualquer aplicação, o que também permite que as tecelagens respondam rapidamente às necessidades do mercado em constante mudança. Outro destaque da empresa foi a solução de au-

Tabatex Toyota

tomação que encurta significativamente o processo de produção de meias. As meias não precisam mais serem transferidas da máquina de malharia circular para o processo de fechamento em outra máquina. O D4S pode ser montado diretamente na máquina de malharia circular, e faz o fechamento da meia imediatamente após a produção, aumentando significativamente a produção.

TABATEX A Tabatex com mais de 20 representadas em exposição teve como destaque as empresas da área de acabamento, que hoje é um dos principais segmentos de atuação da empresa na região de Santa Catarina, além das representadas das áreas de Fiação e Tecelagem, que estão com grande expectativa de novos negócios no Sul após a participação nesta última edição da feira. Entre as novidades deste ano, a empresa Canlar com sede na Turquia e mais de 20 anos de experiência na fabricação de máquinas para área de tingimento, apresentou no Brasil a sua nova geração de máquinas para tingimento TECHsmart® que minimiza o consumo

20 I Revista Têxtil #757

clientes.indd 20

10/10/2018 00:34:20


TECNOLOGIA

de água e energia sem sacrificar a qualidade da produção. Graças ao design da máquina, a capacidade de processar uma ampla gama de tecidos e o sistema de lavagem eco dinâmico, a nova geração de máquinas da Canlar tem tido uma enorme aceitação no mercado mundial, além de um projeto a todo vapor em um importante cliente na cidade de Nova Trento, SC. Já no segmento de Fiação, um dos destaques foi a empresa Premier referência na fabricação de acessórios e equipamentos de laboratório utilizados no controle de qualidade de fios e fibras têxteis, e que conta hoje com a parceria da Tabatex nos serviços de pós-venda e atendimento ao cliente. Entre as empresas recém incorporadas ao portfólio da Tabatex, a LMW é hoje uma das maiores fabricantes de máquinas para fiação no mundo todo. Com uma demanda mensal de 250 mil fusos, a empresa indiana já conquistou o mercado asiático e enxerga no Brasil um mercado potencial, além de uma referência para atingir todo o continente americano. E para encerrar as novidades no segmento de fiação, durante a feira, a Tabatex firmou contrato de representação com a renomada

Luwa Air Engineering AG, empresa suíça especializada em climatização para indústria têxtil e que a partir de agora também faz parte do portfólio de empresas representadas pela Tabatex. No próximo mês, a equipe de desenvolvimento de novos produtos parte para mais uma visita à China para participar de mais uma edição da ITMA ASIA, onde os principais fornecedores de maquinário, peças e novas tecnologias para área têxtil estarão presentes. “Além de participar conosco, a representada ITEMA realizou o evento ITEMA OPEN HOUSE na filial da Tabatex, localizada na cidade de Brusque. O evento teve como objetivo demonstrar o novo tear de felpa modelo R9500 Terry em funcionamento para os clientes e também foi uma oportunidade para apresentar toda a tecnologia de ponta da empresa italiana, bem como a estrutura de atendimento ao cliente aqui no Brasil, em parceria com a Tabatex”, comenta Livia Maria Trevisoni.

TOYOTA Para o mercado nacional, a Toyota oferece máquinas de tecer a jato de ar, jato de água, filatórios de

Revista Têxtil #757 I 21

clientes.indd 21

10/10/2018 00:34:21


TECNOLOGIA anel e maçaroqueiras. Todas as máquinas possuem dispositivos e configurações para produtos especiais voltados aos mercados mais exigentes. “Nesta Febratex, apresentamos a nova versão de nossa máquina de tecer JAT810 para felpudos com o Novo E-SHED de alta versatilidade, que permite a construção de toalhas mais sofisticadas, com padronagens mais complexas. O mercado de Santa Catarina é o maior produtor de felpudos do Brasil, e já estamos negociando esta nova versão com diversos clientes”, diz César Scrich, diretor da Toyota Máquinas. Segundo Scrich, o estado de Santa Catarina é um dos maiores polos têxteis do país e tem sido de grande importância para a Toyota Máquinas tanto em fiação quanto em tecelagem. “A Febratex tornou-se a maior e melhor feira de máquinas no Brasil nos últimos anos, e a Toyota, que atualmente possui 50% de participação do mercado nos segmentos de máquinas de tecer a jato de ar e filatórios de anel, vem participando de todas as edições desde 2014. E já confirmamos nossa participação em 2020”. Scrich afirma que as expectativas para o próximo ano são boas, visto que a modernização torna-se cada vez mais indispensável para as empresas.”Temos muitos projetos em andamento com clientes em todo o país, porém devido a instabilidade da moeda neste momento eleitoral muitas empresas estão aguardando para concluírem as negociações”. A Toyota estará participando da ITMA Ásia, em Xangai, de 15 a 19 de outubro desse ano e também estará na próxima ITMABarcelona em junho de 2019, apresentando novas opções com maior versatilidade e produtividade para os clientes.

TRÜTZSCHLER A Trützschler, que desde 1888 é sinônimo de competência no preparo de fibras, apresentou a Carda de alta produção TC- 15, produzida no Brasil com a mais nova tecnologia existente no mundo, com assistência técnica e peças local, e financiamento em moeda nacional. Outro destaque da empresa na feira foi a linha de mistura íntima de flocos. “A nível mundial e nacional existe aumento de demanda por produtos têxteis com mesclas de algodão e fibras químicas. Existem vantagens qualitativas e operacionais em realizar-se essa mistura dos componentes já  na linha de abertura,

antes da cardagem, ao invés de realizar nos passadores. O sistema ‘T-Blend’ garante uma perfeita mistura através de preciso sistema de pesagem com balanças”, explica Rene Werner, diretor da Trützschler no Brasil. Segundo Werner, Santa Catarina sempre foi um polo têxtil importantíssimo. “O evento iniciou como uma feira para atender o mercado local, muito forte no setor de malharia e confecção. Atualmente  tem relevância nacional, com grande número de visitantes do Brasil inteiro”. A Trützschler recebeu a visita de inúmeros técnicos têxteis, gerentes, diretores e donos de empresas têxteis do Nordeste, Minas Gerais, São Paulo e Paraná, além do grande número de visitantes  de Santa Catarina. “Estamos considerando o evento como o mais importante de máquinas e acessórios têxteis do Brasil”, diz Werner.

VDMA Para a VDMA (Associação Alemã de Fabricação de Máquinas e Instalações Industriais) o mercado de Santa Catarina, especialmente o de tricô e branqueamento, tingimento, acabamento, e tecnologias de fabricação de vestuário são importantes. As empresas membros da VDMA são conhecidas como líderes de qualidade e tecnologia em máquinas de fiar, máquinas para nãotecidos e tecelagem. E todas elas buscam manter essa posição. As despesas com P & D na indústria alemã de máquinas têxteis são tradicionalmente altas e as universidades e institutos sempre produziram engenheiros altamente qualificados. Devido às baixas taxas de manutenção, confiabilidade na produção e ampla gama de aplicações, o investimento inicial em uma máquina têxtil européia é compensador. “Os clientes brasileiros são desafiadores e entendem que a tecnologia é uma chave para produtos melhores e uma produção mais competitiva. Com certeza, a tecnologia é a pré-condição para a economia de recursos e energia. Os clientes que investem nesses equipamentos estão felizes em investir em tecnologias e melhorar a eficiência de suas fábricas, pois é a base para manter os custos sob controle e, assim, permanecer competitivos. A Febratex, que ocorre a cada dois anos, é o ponto de encontro número 1 para os especialistas têxteis brasileiros”, afirma Antonina Saloeva, representante da VDMA. Antonina ainda afirma que o Brasil é tradicionalmente um mercado importante para as empresas as-

22 I Revista Têxtil #757

clientes.indd 22

10/10/2018 00:34:21


TECNOLOGIA sociadas à VDMA. “Muitas empresas da VDMA podem orgulhosamente apontar para décadas de estreitas relações com os clientes, baseadas na confiança mútua. E a sustentabilidade está se tornando um problema maior. Os desafios para as empresas têxteis oferecem oportunidades adicionais para aumentar a eficiência energética, reduzir custos e aumentar a competitividade com a tecnologia alemã. As Diretrizes de Sustentabilidade da Indústria de Engenharia Mecânica são obrigatórias para todas as empresas participantes da iniciativa de sustentabilidade da VDMA Blue Competence”. Os membros da VDMA estão animados com a resposta da indústria têxtil brasileira. “É amplamente esperado que os investimentos estejam prestes a ser decididos após as eleições de outubro. Assim, as perspectivas para 2019 são melhores e muitos empresários brasileiros devem visitar a ITMA 2019 em junho, em Barcelona, ​​na Espanha, para preparar novos investimentos estratégicos”, comemora Antonina.

Trützschler

WEKO Localizada na cidade de Indaial, Santa Catarina, a Weko América Latina apresentou durante a Febratex 2018 o sistema de aplicação ProTec, que possibilita a aplicação de substâncias nocivas e agressivas sem a contaminação do ambiente. Um passo muito importante para a aplicação sustentável com o devido cuidado à proteção da saúde e segurança no trabalho. “A região de Blumenau e entorno é muito importante para a Weko, pois é um grande polo da indústria têxtil, além de ser ‘nossa casa’. Receber a visita de nossos parceiros e clientes em nosso stand foi uma honra para nós. Pudemos mostrar tudo que preparamos para melhorar ainda mais a qualidade do produto que chega às mãos do nosso cliente em comum: o consumidor final”, diz Benjamin Ziel, gerente geral da Weko. As perspectivas de mercado para a Weko são muito boas. “A procura por equipamentos de alta qualidade que ajudam a otimizar processos convencionais continua sendo alta. Um sinal de mudanças na indústria têxtil, que hoje já consegue gerar qualidade sustentável, sem desperdício. A necessidade de sustentabilidade está forçando, no bom sentido da palavra, a mudança de hábitos e processos. Em pouco tempo teremos uma indústria têxtil diferente da que conhecemos hoje em muitas situações. Sinais já foram dados aos mais atentos”, revela Ziel. RT

VDMA

Weko

Revista Têxtil #757 I 23

clientes.indd 23

10/10/2018 00:34:25


SEMINÁRIO

SEMINÁRIO

TECNOLÓGICO ABTT Indústria 4.0 foi destaque durante o seminário

N

o segundo dia do Fórum Febratex aconteceu o consagrado Seminário Tecnológico ABTT, que trouxe temas importantes para o momento que a indústria têxtil está passando. Realizado pela ABTT (Associação Brasileira de Tecnologia Têxtil, Confecção e Moda), o evento contou com o apoio da ABIT (Associação Brasileira da Indústria Têxtil e de Confecção) e da Wtin (World Textile Information Network). A ação reuniu os principais nomes do mercado nacional do segmento em um amplo debate sobre o atual panorama do mercado. Destaque para o Fórum “A impressão digital na era da indústria 4.0”, que teve a mediação de Fernando Pimentel, presidente da ABIT (Associação Brasileira da Indústria Têxtil e de Confecção), e contou com a participação de grandes nomes da indústria, como Jorgen Lindah, da SPGPrints; Leonidas Andrade, da Dupont; Fábio Tolosa, da Epson; José Clarindo de Macedo, da Sintequímica; Luiz Wagner, da Golden Technology e Felipe Sanchez, da Global Química & Moda, que apresentou uma palestra com informações relevantes ao segmento. A impressão digital têxtil é muito importante para o setor têxtil e é significativa para colocar o Brasil num cenário de inteligibilidade internacional, principalmente com relação ao mercado asiático. As projeções para este mercado são positivas. Segundo Felipe Sanchez, CEO da GQM, existem diferentes tipos de estamparia digital têxtil disponíveis no mercado. “Para entender o que é estamparia digital têxtil é importante dividir em dois grandes grupos: a estamparia digital têxtil feita com corantes e feita com pigmentos. A grande diferença é que na feita com corantes existe uma reação química entre a tinta e a fibra, com tintas especificas para fibras específicas. Começando pelo reativo, que é

por

NELSON PEREIRA JR, PRESEIDENTE DA ABTT, E RENATA MARTORELLI

um dos corantes mais utilizados, principalmente para estampar em viscose e também sobre seda, linho e algodão. Esse é um corante utilizado amplamente sobre fibras naturais. Depois temos o segundo grupo de corantes que são os corantes ácidos, esses corantes são utilizados principalmente em moda praia. Esse é o corante que faz a poliamida e o nylon terem alta solidez, inclusive ao cloro, à água do mar, ao sal alcalino, estamos falando principalmente do nylon, mas também em seda pura”. “Nós temos uma terceira e importante classe de corantes, que é a classe dos corantes dispersos, divididos em dois tipos de estamparias. Nós podemos imprimir diretamente no tecido, assim como as outras que vimos até agora, ou por sublimação. Esse é o processo mais democratizado no Brasil, e isso acontece pela facilidade de processos que nós temos na sublimação, que consiste basicamente em imprimir o corante sobre o papel e transferir por temperatura, transferindo o corante desse papel para o tecido. Essa é a estamparia digital que tem o menor investimento, mas tem uma limitação de operar somente no poliéster. Quando falamos em fibra natural falamos em corantes que não podem passar por esse processo de impressão indireta”, explicou Sanches. Outros temas interessantes que nortearam o seminário foram a palestra “Logística 4.0 - futuro sem volta da cadeia logística”, realizada por Eduardo Canal, da Store Automação, que abordou tendências e ganhos que a logística 4.0 traz para o setor têxtil; e a palestra Gestão informatizada da manufatura e a indústria 4.0, de Márcio Nelson Belli, da Operacional Solution, sobre os níveis sistêmicos, que são a base para permitir à indústria 4.0 o gap existente entre os ERPs no atendiRT mento da área produtiva.

24 I Revista Têxtil #757

seminario.indd 24

10/10/2018 00:35:15


SEMINÁRIO

Revista Têxtil #757 I 25

seminario.indd 25

10/10/2018 00:35:16


MERCADO

BIERREBI:

TRADIÇÃO E TECNOLOGIA EM CORTE Empresa italiana vê no Brasil um mercado importante para seus negócios

A

Bierrebi é uma empresa italiana do setor de corte de tecidos. A empresa nasceu em 1963, em Bolonha, pela intuição de dois técnicos, um engenheiro italiano e seu colega. Nasceu fazendo projetos e desenhos para produção de maquinário automático para o corte de tecido, sempre focada em pesquisa, desenvolvimento e inovação. Mario Roda e Cesare Beccari através das pesquisas perceberam a necessidade de inovar e criar uma máquina de corte diferente, com pressão, que permitisse cortar com alta e constante qualidade. “A Bierrebi construiu sua reputação durante muitos anos em todo o mundo, onde temos máquinas nas Américas, na Europa e no Oriente. Em 2010 a empresa foi comprada por dois jovens empreendedores italianos Francesco Virlinzi e Mario Paoluzi, que deram um grande impulso em inovação, pesquisa, tecnologia e desenvolvimento. Agora temos máquinas automáticas de última geração, focadas em sustentabilidade, máxima eficiência, mínimo consumo de energia e na constante tradição de qualidade da Bierrebi”, afirma Giuseppe Cianci, diretor de operações da Bierrebi nas Américas. A tecnologia da Bierrebi é usada para o corte de malhas, felpa, jersey e tecido tubular, podendo ser utilizada tanto na tecelagem como na confecção. “A tecnologia da Bierrebi pode ser utilizada por empresas de tecelagem que queiram oferecer aos seus clientes também produtos cortados, como camisas, camisetas, roupa íntima, ou em empresas de confecção que compram a malha, ou em empresas de confecção que produzem suas malhas e fabricam as roupas. É uma tecnologia que completa a cadeia de produção nos dois setores, têxtil e confecção. Outro ponto importante é a automação, que é im-

por VIVI HAYDU E RENATA MARTORELLI

prescindível e necessária. A Bierrebi criou seu CAD para otimizar o desenho e minimizar o desperdício de tecido. Nosso CAD permite potencializar arquivos e criar os modelos para corte em um tempo muito curto”, diz Cianci. Da Itália, onde todas as máquinas são desenhadas e produzidas, a Bierrebi exporta para todo o mundo. Segundo Cianci, nas Américas do norte, central e sul, a empresa tem mercados muito grandes. “Eu mudei para a Flórida há pouco mais de três anos para dar maior impulso aos mercados das Américas, em particular da América do sul e do Brasil, onde vemos um potencial muito alto. No Brasil temos clientes muito importantes, que têm nossas máquinas instaladas, mas cremos que podemos ter uma potencialidade ainda maior. Estamos vendo que o Brasil está vivendo um momento difícil, mas crescente, e vemos empresários que buscam oportunidades de crescimento e acreditamos que, com nossos focos em sustentabilidade, consumos baixos de energia, inovação em automação na indústria 4.0 e gestão de dados, podemos oferecer soluções corretas e eficientes para novos empresários”. A mais recente inovação criada pela Bierrebi é a Crystal®, uma máquina que faz da sustentabilidade e a inovação seus temas principais, já que não precisa de sucção para ter o tecido esticado sobre a área de corte, gastando pouca energia. (veja na edição 4 da RT, pág. 16 a tecnologia da Crystal®). O diretor de operações diz se sentir surpreso com a Febratex. “Estar a primeira vez aqui e ter a visão de que o cenário do Brasil é rico, com empresários que querem novas oportunidades, e ter visto muitas áreas onde nossa tecnologia pode ser útil no país, que conta com muito consumo interno, mas também cresce gradualmente na exportação, é muito gratificante para nós”, comemora. RT

26 I Revista Têxtil #757

giuseppe.indd 26

10/10/2018 00:36:15


INOVAÇÃO

IN FASHION FEBRATEX

Ação levou conteúdo para o setor têxtil por

RENATA MARTORELLI E VIVI HAYDU

A

lém da área de exposição de equipamentos, matérias-primas e serviços, a Febratex 2018 ofereceu uma programação simultânea diversificada, que contou com informações e conteúdo para o setor. O In Fashion Febratex, ação especial desenvolvida em parceria com a Lectra, uma versão pocket do InFashion by Lectra, foi realizado durante os quatro dias da feira, e foi um mergulho no mundo fashion. O evento contou com talk shows descontraídos com experts da indústria têxtil, como, André Carvalhal, fundador do espaço Ahlma; o estilista Alexandre Herchcovitch e Eduardo Cristian, CEO da Black West. “Quisemos criar um espaço privilegiado onde fosse possível sentar e tomar um café escutando experts da indústria ali, bem pertinho; ter contato com marcas referências no mercado e apresentar algo inovador nesta edição; no fundo, um lugar para recarregar as baterias para viver a experiência da Febratex ao máximo”, diz Patrícia Costa, diretora de marketing da Lectra e coordenadora do In Fashion Febratex. Outras duas empresas de grande prestígio no universo da moda também foram parceiras da iniciativa. A Haco, mundialmente reconhecida pela capacidade criativa, tecnológica e fabril no desenvolvimento de elementos de identificação e etiquetas, levou para o espaço alguns dos modelos icônicos da marca, que comemora 90 anos de atividades em 2018. A segunda parceira foi a Nilit Fibers, líder mundial na produção de fibras para moda e performance em nylon 6.6, que apresentou seus tecidos inteligentes. RT Revista Têxtil #757 I 27

Base5.indd 27

10/10/2018 15:22


DIGITAL

Jorgen, Erika, Sr. Ludovich e Rafael

JAVELIN® CHEGA ÀS AMÉRICAS

PARA EMPRESAS TRADICIONAIS NO MERCADO Dalutex, indústria têxtil brasileira, e Satex, instalada no México, recebem as primeiras JAVELIN® das Américas e o prêmio Archer Innovation Award da SPGPrints

A

s primeiras JAVELIN® (scanning), impressora da SPGPrints, líder mundial em soluções integradas para os mercados têxteis, gráficos e industriais, chegam às Américas para empresas tradicionais do mercado como a Dalutex, indústria têxtil brasileira, e a Satex Têxtil, instalada no México. Na Dalutex, a JAVELIN® está instalada e em plena produção desde junho desse ano e foi a primeira a chegar à América Latina. Cliente tradicional da SPGPrints, a empresa tem como objetivo com a aquisição da impressora garantir a eficiência de produção com redução de custos e qualidade para a cadeia de fornecedores

28 I Revista Têxtil #757

spg.indd 28

de fast fashion. Os resultados já são considerados positivos. A indústria, localizada em Sorocaba/SP, tem mais de 35 anos no mercado e está em constante investimento em pesquisa, inovação, tecnologia, capacitação e aperfeiçoamento de sua produção.

SATEX A JAVELIN® da Satex, é a primeira da América do Norte e foi adquirida durante a Febratex 2018, evento realizado no Brasil, em Blumenau/SC, no final de agosto, e depois de uma visita dos representantes da empresa mexicana à Dalutex. Foto: Divulgação

10/10/2018 00:40:29


DIGITAL A Satex é uma empresa familiar que começou suas atividades no início dos anos 70. Hoje, ela é uma das mais importantes indústrias distribuidoras de produtos têxteis do México. A escolha por investir na JAVELIN® foi impulsionada pelo desempenho da máquina visto durante a visita à empresa brasileira e também pela agilidade, qualidade que ela proporciona e facilidade de manutenção e garantia.

PRÊMIO Pelas aquisições a Dalutex e a Satex Têxtil receberam o prêmio Archer Innovation Award, concedido pela SPGPrints em reconhecimento pelo investimento na inovadora tecnologia para impressão têxtil digital com a JAVELIN®. A entrega para a empresa brasileira aconteceu na sede da fábrica com a participação de representantes da SPGPrints e diretores da Dalutex. O CEO da Satex, Iván Sánches Madrigal, recebeu o prêmio no dia 2 de outubro, primeiro dia da Exintex, feira que aconteceu em Puebla, México, das mãos de Jorgen Lindahl, Gerente Sênior de Vendas Digital Têxtil da SPGPrints Holanda.

JAVELIN® A JAVELIN® é sucesso em vários países, assim como no Brasil e agora no México, e é ideal para empresas que desejam dar o primeiro passo na impressão digital têxtil, ou que têm necessidade de complementar sua capacidade existente. Um dos destaques é a Tecnologia Archer® e sua excelente relação custo/benefício para o mercado. Outro diferencial da JAVELIN® é a ação de leitura múltiplas passadas com uma disposição de cabeças de impressão Fujifilm Dimatix para cobrir a largura de 1850mm e a versão 3200mm, distância do tecido de 4mm, resolução 1200x1200 dpi e com reprodução de imagens nítidas, assim como a facilidade da troca de cabeças de impressão e a garantia de 30 meses, exclusiva no mercado. Além disso, a SPGPrints oferece assistência técnica e operacional com equipe de manutenção e engenharia e peças já nacionalizadas e com um help desk também muito ativo na Holanda, que ajuda em qualquer questão ou dúvida ao cliente. “Com certeza, esse momento determina um novo padrão do mercado em impressão digital no Brasil e na AL”, destacou José Maria Alves Jr, Diretor Geral da SPGPrints AméRT rica Latina.

Revista Têxtil #757 I 29

spg.indd 29

10/10/2018 00:40:31


EVENTOS

6ª EDIÇÃO DA

GOTEX SHOW

por

RENATA MARTORELLI

Evento reuniu mais de 100 marcas e aconteceu em São Paulo

E

ntre os dias 11 e 13 de setembro, o Expo Center Norte, em São Paulo, recebeu a 6ª edição da GOTEX Show – Feira Internacional de Produtos Têxteis, reunindo mais de 100 marcas expositoras, que apresentaram lançamentos em tecidos, aviamentos, vestuário (moda feminina, masculina e infantil), lingerie, linha fitness, acessórios e moda casa. Nesta edição o evento contou com expositores do Brasil, China, Coréia do Sul, Egito, Hong Kong, México, Paquistão e Peru. Com destaque nas últimas edições, o setor de moda casa mais uma vez foi um dos protagonistas da feira. Segundo estimativas do IEMI, em 2017, o setor brasileiro de cama, mesa e banho atingiu, em volume, 954,6 milhões de peças produzidas (crescimento de 4%) e em valor chegou a R$ 17,95 bilhões (alta de 9,2%).  Diante dos resultados deste mercado, a GOTEX Show trouxe diversos expositores especializados em moda casa, que apresentaram os principais lançamentos em lençóis, colchas, edredons, cobertores, cortinas, capas de almofada, mantas, tapetes e tecidos como jacquard, microfibra de poliéster e suede.

30 I Revista Têxtil #757

Gotex.indd 30

“A GOTEX se consolidou como uma ampla plataforma de promoção comercial, geração de negócios, trabalho e network entre os profissionais. São seis edições de muito trabalho e dedicação de todos os envolvidos nesse projeto. A cada ano superamos desafios e trazemos novidades para que a feira ofereça sempre diversidade em produtos, tendência de moda, tecnologia e novos negócios para a cadeia”, revelou Henrique Reis, Relações Internacionais do evento.

INOVAÇÕES PARA O MERCADO TÊXTIL Com foco em oferecer novas soluções para a cadeia têxtil, a feira contou com expositores como a Jihua 3542 Textile, que produz fios, tecido greige e têxteis para o lar, com oferta de fios de algodão, fibras funcionais e de alta densidade, tecidos e jogos de cama, com destaque para os tecidos 100% algodão e as fibras funcionais como bamboo, modal e tencel. Outra novidade foi a empresa Shenyang Sunnytex Apparel, que apresentou sua gama de tecidos com propriedades funcionais, como absorção

Fotos: Divulgação

10/10/2018 00:41:21


EVENTOS

e secagem rápida da transpiração, propriedades antimicrobianas, resistência a manchas, tração e ao rasgo, e etc. Os visitantes também puderam conferir as novidades em moda íntima de Juruaia-MG, capital mineira da lingerie e terceiro maior polo fabricante do país, que esteve no evento através da Aciju - Associação Comercial e Industrial de Juruaia, e da Bressan, marca brasileira de moda íntima, que exibiu as novas modelagens de lingeries, em algodão e microfibra. A Changxing Rongfeng Textile, com parque fabril de alta tecnologia, produz, há mais de 15 anos, microfibra de poliéster, cetim de poliéster, jacquard de poliéster em diversas especificações, jogos de cama em algodão e poliéster, edredons e colchas. Com produção anual de cerca de 70 milhões de metros de tecido e outros 2 milhões de peças para cama, a empresa distribui seus produtos para a Europa, Oriente Médio, América do Sul, EUA e Rússia. A produção dos tecidos para casa é 100% realizada em sua fábrica, do corte e costura, ao tingimento das peças. A marca de moda íntima Bressan participou pela terceira vez do evento e levou as marcas Cuecas Bressan, Árido (moda íntima masculina) e Jolie Rose Lingeries (moda íntima feminina), com destaque para as novas modelagens das lingeries, em algodão e microfibra. Outro destaque foi a ModaCrea, com mais de 30 anos de experiência no desenvolvimento e fabricação de tecidos, que apresentou sua ampla linha de tecidos estampados, além de rendas, bordados e jacquard. A empresa é fornecedora de marcas como Zara, H&M, GAP, Macy´s e River Island.

Com mais de 37 anos de experiência em produção de vestuário, confecção e acabamento de peças finas e há 10 anos atuando no mercado de impressão digital em tecidos, a Fine Print utiliza tecnologia de ponta em impressão digital, fornecendo serviços de sublimação em tecidos, com processo ecologicamente correto (sem contaminantes, utilizando tintas à base de água e tecidos sintéticos). A marca trabalha com alta resolução de impressão, com maior alcance de cores e tonalidades e imprime tanto imagens vetorizadas como fotografias. Entre os serviços que a marca oferece estão o desenvolvimento de estampas e imagens para impressão (tratamento de imagens, edição, composição para impressão), desenvolvimento de estampas personalizadas (parceria com a designer Camilla Bologna), coleções de estampas e de moda (impressão rolo a rolo, 100% localizada, em peças já cortadas e vestuário promocional), além dos serviços para os segmentos de decoração e comunicação visual.

NEGÓCIOS EM FOCO O escritório econômico e comercial da Embaixada do Egito em São Paulo representou mais de 20 empresas do Egito e focou nas oportunidades de negócios com o Brasil. Há cerca de um ano o Egito assinou um acordo de livre comércio com o Mercosul, primeiro acordo celebrado pelo bloco sul-americano com um país do continente africano e Árabe. “O acordo prevê uma diminuição gradual tarifária, alcançando em 10 anos a tarifa zero. Além do acordo Mercosul-Egito, o país possui acordos de livre comércio com 77 países no mundo”, destacou Mohamed Elkhatib, cônsul comercial do escritório.

Revista Têxtil #757 I 31

Gotex.indd 31

10/10/2018 00:41:22


EVENTOS

Henrique Reis, Relações Internacionais do evento.

A Câmara de Comercio México-Brasil (Camebra) também esteve presente na feira, com o objetivo de incrementar as relações bilaterais entre os países. No ano passado, o México foi o sexto país com maior fluxo de comércio com o Brasil, quando os embarques brasileiros totalizaram US$ 4,514 bilhões (crescimento de 18,39% em relação a 2016). Segundo Mauricio Lambiasi, diretor da Camebra no Brasil, o México representa um grande mercado de 120 milhões de pessoas, além de ser um país intimamente ligado aos EUA e possuir o maior número de parceiros através de acordos bilaterais. “No setor têxtil, os principais parceiros hoje do México são os EUA e o Canadá, para onde são destinados, respectivamente, 60% e 20% da produção. O México já possui acordos no setor com a Colômbia, Peru e alguns países da América Central. Considerando que o Brasil e o México são as duas maiores economias da América Latina, ter um acordo entre os dois países seria um caminho natural”.

TENDÊNCIAS E MODA No primeiro dia do evento, a consultora da WGSN mindset, Julia Curan, abordou o tema “Tendências de moda feminina – Inverno 2019”. Na palestra Julia analisou e confirmou as tendências das passarelas femininas das quatro principais semanas de moda ao redor

do mundo. No mesmo dia, Adriana Boulos, diretora do Estúdio Adriana Boulos, falou sobre “Design para estamparia”, levando para o público, diretamente de Nova York, o que existe de mais novo em estampas, cartelas de cores e sugestões de tecidos para uma coleção completa, destacando a tendência que convida ao toque, através de texturas e pelúcias. Já no dia 12/09, Camila Toledo, diretora do Fashion Snoops falou sobre as “Macrotendências de Moda para o Verão 2020”, com os principais conceitos, cores, tecidos, estampas e silhuetas que vão nortear a estação para coleções femininas e masculinas. Neste dia, Angélica Marangoni, diretora de pesquisa e desenvolvimento têxtil na Tendenza del Tessuto, também falou sobre “Tendências em Tecido – como implementar no mercado brasileiro”, focando no novo consumidor e suas necessidades. No último dia, Camila Toledo, do Fashion Snoops, falou sobre “Tendências para Moda Casa”, abordando novas estéticas que irão influenciar o mercado de homewear em 2019 e 2020: cores, padronagens e superfícies de tecidos. As palestras foam abertas e gratuitas para o público profissional e estudantes acima de 16 anos. A próxima edição da GOTEX Show já tem data marcada para o próximo ano. A 7ª edição da feira será realizada de 10 a 12 de setembro de 2019, no Expo RT Center Norte, em São Paulo.

32 I Revista Têxtil #757

Gotex.indd 32

10/10/2018 00:41:22


ITMA

ITMA BARCELONA 2019:

O FUTURO DIGITAL DA INDÚSTRIA TÊXTIL por

IMPRESSÃO DIGITAL CRESCE NO EVENTO AO LADO DO SETOR DE CONFECÇÃO A exposição líder mundial de tecnologia têxtil e vestuário, a ITMA 2019 está se preparando para mais uma edição de sucesso com as últimas tendências em tecnologias e materiais. Segundo Fritz P. Mayer, presidente da CEMATEX, “A resposta para a ITMA 2019 é tão grande que não conseguimos atender à demanda por espaço, apesar de termos acrescentado mais dois pavilhoes de exposições. A ITMA é um espetáculo para as industrias da cadeia textil. Portanto, somos da opinião de que a ITMA deve apresentar amplas soluções de ponta dos fornecedores, sejam estabelecidos ou novos no mercado”. Charles Beauduin, presidente da ITMA Services, que organiza a ITMA 2019, afirmou: “Como uma plataforma internacional, nossa prioridade é acomodar o maior número possível de empresas interessadas em participar da exposição. É encorajador que a CEMATEX apoie esta abordagem. Atualmente, só conseguimos acomodar 1.660 expositores de 47 países no pavilhão da feira. Temos que colocar muitos expositores na lista de espera”. Um dos principais setores em termos de espaço é o de fiação. Um grande nome no setor presente em todas as edições da ITMA é a Murata Machinery. Ela estará destacando sua mais recente gama de máquinas de fiação. “A ITMA tem sido uma exposição internacional muito importante para nós, especialmente como uma plataforma para lançar nossas novas máquinas com tecnologias exclusivas. Uma vitrine maior com mais expositores, incluindo novas empresas na ITMA, atrairá maior interesse e atrairá um público mais amplo. Haverá também maiores oportunidades para colaborações dentro da indústria ”, revelou o presidente e CEO da Murata Machinery, Daisuke Murata. O setor de impressão digital está maior na ITMA 2019. Anteriormente, parte do setor de acabamento,

RENATA MARTORELLI

agora a impressão tem seu próprio espaço, já que teve um grande interesse à medida que a indústria abraça a transformação digital. O número de expositores no setor de impressão e tintas saltou cerca de 30%, em comparação com a ITMA 2015. Dick Joustra, CEO do SPGPrints Group, afirma que a digitalização está causando um tremendo impacto na indústria têxtil e de vestuário, e a verdadeira extensão de sua influência pode ser vista não apenas nas empresas de impressão têxtil, mas em toda a cadeia de valor. “Proprietários e designers de marcas podem usar oportunidades, como a ITMA 2019, para ver como a versatilidade da impressão digital pode transformar suas operações. Como fornecedores de impressão têxtil convencional e digital, vemos a ITMA como um importante mercado para mostrar nossas mais recentes tecnologias. ” Além da impressão, outro setor que está passando por uma grande transformação e rápido desenvolvimento é o setor de confecções. Anteriormente intensiva em mão de obra, a indústria de vestuário agora vê uma gama de soluções utilizando inteligência artificial, robótica, sistemas de visão e outras automações avançadas. Com as tendências da indústria têxtil e de vestuário voltadas à uma cadeia de valor com manufatura integrada, muitas empresas foram atraídas para participar da ITMA 2019; algumas delas optaram por colocar seus estandes em contato com seus parceiros do setor para oferecer soluções integradas aos compradores. Entre os novos candidatos a participação na feira estão Borsoi, Bullmer, Card Clothing & Services, Han’s Yueming Laser, Juki, Serkon Tekstil e SoftWear Automation. Os candidatos da ITMA 2019 bem-sucedidos receberão seu certificado de admissão e detalhes de seu estande. A ITMA 2019 Barcelona será realizada de 20 a 26 de junho de 2019, ocupando as nove salas de exposição da Fira de Barcelona, ​​na Gran Via. Confira outros RT detalhes no site oficial do evento: www.itma.com. Revista Têxtil #757 I 33

ITMA Barcelona.indd 33

10/10/2018 15:25


SUSTENTABILIDADE

IMPACTOS NA

CADEIA TÊXTIL

D

entre as excelentes palestras apresentadas no Fórum Tecnológico da FEBRATEX 2018, damos especial destaque à que foi ministrada pelo Sr. Herbert Schmid, da Gherzi Textil Organisation AG. Os estudos da Gherzi apontam que o mercado têxtil alcançará € 1,800 milhões em 2020, sendo € 1,400 em confecções, com crescimento na utilização das misturas de fibras naturais e sintéticas e o uso de substratos 100% sintéticos. Os tecidos planos dominarão 65% do mercado enquanto que as malhas ocuparão os restantes 35%, sem considerar o mercado de TNT. Dentre os fatores que irão influenciar o mercado têxtil nos próximos anos são citados a especialização da mão de obra, a inovação dos produtos e processos voltadas à economia de energia elétrica e a preservação do meio ambiente. A consciência do consumidor levará ao desenvolvimento de produtos e processos sustentáveis, e a certificação através de institutos de reconhecimento internacional será um requisito cada vez mais importante. As possibilidades de inovação na cadeia têxtil – confecção serão voltadas à adição de valor, e têm como objetivo: • A criação de canais de varejo multicanal e varejo on-line, com menor fidelidade à marca e retornos crescentes nos investimentos; • Incremento de pagamento através de dispositivos digitais, recibos sem papel (por exemplo, celulares); • Emprego de Scanner corporal e estilista virtual (Avatar); • Aumento dos aspectos voltados à reciclagem / sustentabilidade; • Utilização de impressoras 3D.

por

REINALDO APARECIDO ROZZATTI

O site de compras Amazon prevê um crescimento anual de 25% nas vendas de confeccionados. Dentre as muitas inovações imaginadas para os processos têxteis, destacamos:

NO ENOBRECIMENTO TÊXTIL , O EMPREGO DE TÉCNICAS MAIS PROMISSORAS: • • • • • • • • •

Aplicação de jato de tinta; Acabamento Antimicrobiano; Processos Biodegradáveis (enzimas); Micro encapsulamento; Uso de Plasma; Tecnologias em Nanoescala; Autolimpeza; Tingimento a seco; Acabamento ultra-sônico.

ESTAÇÃO DE TRATAMENTO DE EFLUENTES DE DESCARGA LÍQUIDA Na confecção o emprego de técnicas de Fusão, substituirá a costura tradicional. A IoT (Internet das Coisas) evoluirá para a IoTe (Internet dos Têxteis), com o uso de peças ligadas por tecnologias de monitoramento, e o acompanhamento do comportamento do usuário poderá ser feito on line, seja no controle de sua saúde, como no desempenho de atuação esportiva: • Têxtil Inteligente: Fios condutores e tecido de secagem rápida garantem leituras precisas, não importa o quanto você se mova ou sue; • Ajuste preciso de compressão: ativa a circulação sanguínea, melhora o desempenho e ajuda os músculos a se recuperarem; *Reinaldo Aparecido Rozzatti é conselheiro da ABTT (Associação Brasileira de Técnicos Têxteis)

34 I Revista Têxtil #757

palestra.indd 34

10/10/2018 15:21


SUSTENTABILIDADE •

Frequência Cardíaca, Taxa de Oxigenação, passos de caminhada, contagem de calorias, etc., serão controlados de maneira precisa, ajudando no desempenho e carga de atividades.

ISTO É E SERÁ POSSÍVEL GRAÇAS À: O iPhone (lançado em junho de 2007) é uma tecnologia disruptiva que transforma muitas outras indústrias (incluindo manufatura), e será cada vez mais incorporada aos têxteis; • Novos são agora confortáveis com tecnologia incorporada; estamos começando a ver novos benefícios em usá-lo; • Fontes de tecnologia: Bluetooth com baixo consumo de energia (BLE) e 5G. A Beecham Research (1) prevê que o mercado de “tecnologia vestível” atingirá em 2018 vendas de aproximadamente USD$ 3 bilhões. As barreiras a serem vencidas: CAPEX (2), conhecimento limitado dos processos, inovação constante com situações difíceis de acompanhar, e falta de talentos para aplicar novas tecnologias e processos. Hoje as aplicações estão voltadas a cuidados com a saúde, e confecção de roupas esportivas e militares, mas muitos campos estão abertos à espera de desenvolvimento. Nos próximos 10 anos, a tecnologia vestível (wearable) integrada às roupas pode se tornar tão indispensável para nós como os smartphones são agora. Esperamos que nossas roupas monitorem e rastreiem atividades, condições de saúde e localização, que sejam receptivas às nossas ações e ambientes e capazes de nos conectar perfeitamente com um ecossistema muito mais amplo de dispositivos inteligentes. O palestrante terminou citando Charles Darwin: “Não é o mais forte que sobrevive, nem o mais inteligente, mas o que melhor se adapta às mudanças.” RT

QUÍMICA NA

MODA

por

RENATA MARTORELLI E VIVI HAYDU

Notas: 1. Beecham Research – Analista de mercados em Londres – Inglaterra; 2. CAPEX - Capital Expenditure (em português, despesas de capital ou investimento em bens de capital)

A

Hi-tech apresentou na Febratex seus Processos Biossustentáveis, além da Smart Quad Laser System, máquina de impressão a laser de alta resolução. “Nós levamos inúmeras novidades, entre elas os Processos Biossustentáveis Inteligentes, tecnologia de equipamentos, química, enfim, atributos que realmente fizeram sucesso com donos de marcas, de lavanderias e profissionais de moda de uma maneira geral”, revela Paulo Jório, diretor da Hi-tech. “As peças expostas em nossos nichos demonstram no produto final a tecnologia química que desenvolvemos em nosso laboratório Hi-techLAB”, afirma Caíque Bordignon, gerente de P&D da empresa. A Smart Quad Laser representa o que há de mais moderno no setor de lavanderia e conta com recursos valiosos para redução de custos operacionais e de tempo. O equipamento ainda se destaca pela precisão e customização. Segundo Jório, todo esse resultado foi possível com a união da tecnologia química e de equipamentos. “A Smart Quad Laser vem complementar a nossa ânsia pela inovação constante, além de proporcionar economia de tempo, de insumos e recursos naturais por quem a adquiri”. Com a Smart Quad Laser System é possível imprimir a laser em diversas superfícies, inclusive no jeans, com precisão e alta fidelidade. A máquina conta com um software personalizável, o Myr, desenvolvido pelo italiano Umberto Brocchetto. “Após 30 anos de trabalho tradicional, me dei conta que o processo criativo na indústria da moda deveria ser o primeiro a se adaptar à indústria 4.0. No mundo todo está havendo uma mudança de geração e a moda terá que se adaptar. Isso vai mudar não só os processos, como também vai gerar novas figuras profissionais que antes não existiam”, exRT plica Brocchetto. Revista Têxtil #757 I 35

palestra.indd 35

10/10/2018 15:21


PARTICIPE DA

RELAÇÃO DE FORNECEDORES 2019 NÃO DEIXE SUA EMPRESA DE FORA ENTRE EM CONTATO CONOSCO E ENCONTRE A MELHOR SOLUÇÃO PARA VOCÊ:

revistatextil@revistatextil.com

palestra.indd 36

10/10/2018 15:21


palestra.indd 38

10/10/2018 00:45:56


palestra.indd 38

10/10/2018 00:47:07

Revista Têxtil 757  

CONTEÚDO COMEMORAÇÃO: LYCRA® COMEMORA 60 ANOS DE INOVAÇÃO E REVOLUÇÃO NO MERCADO DA MODA ABIT ANTECIPAMOS O PROBLEMA E ADIAMOS AS SOLUÇÕE...

Revista Têxtil 757  

CONTEÚDO COMEMORAÇÃO: LYCRA® COMEMORA 60 ANOS DE INOVAÇÃO E REVOLUÇÃO NO MERCADO DA MODA ABIT ANTECIPAMOS O PROBLEMA E ADIAMOS AS SOLUÇÕE...

Advertisement