Page 1


noticias.indd 34

22/05/2016 03:43:32


Editorial Nosso país passa por mudanças. Até Our country is going through o fechamento desta edição da Revista changes. At the time of closure of Têxtil, o Brasil já contava com um novo this issue of Revista Têxtil, Brazil presidente em exercício, de quem ficam has had a new chairman, who shall a cargo as decisões enquanto corre o be borne by the decisions while runs processo de impeachment da presidente the investigation of President Dilma Dilma Roussef. Cabe agora a Michel TeRoussef for an impeachment precess. mer, portanto, dirigir a república durante It is now up to Michel Temer thereas investigações e depois delas, caso ela fore direct the republic during the seja oficialmente destituída do cargo. investigation and after them, if it is Ainda passamos por uma crise com officially stripped of office. efeitos devastadores sobre o nosso e ouWe’re still currently passing tros setores da indústria. Crise esta, que through a crisis with devastating acabou causando, inclusive, o cancelaeffects on our and other industries. mento de eventos de porte internacional, This crisis , which ended up causing como a 2ª Brazil – Feira Internacional dos Ricardo Haydu even the cancellation of international Fornecedores de Vestuário, que estava Diretor-Presidente/CEO large events as the 2nd Brazil - Intermarcada para acontecer entre os dias 17 Revista Têxtil national Fair of Clothing Suppliers, e 19 de maio em São Paulo (SP). Conwhich was scheduled to take place tudo, o desfecho do capítulo é visto com between May, 17th and 19th in São alívio por analistas e pelo mercado como um todo. A inércia na Paulo. However, the chapter that ends is viewed with requal nos encontrávamos começa a diminuir e o país volta, efe- lief by analysts and the market as a whole. The inertia tivamente a caminhar. E nessa onda de otimismo, mostramos in which we found ourselves begins to decrease and the que o País e o segmento não podem parar. starts to walking again. And as we’re starting this wave of Nas páginas a seguir, trazemos um preview com alguns lan- optimism, we show you that the country and the segment çamentos que estarão presentes na ITM 2016 – International can’t stop. Textile Machinery, que acontece de 01 a 04 de junho em IstamIn the following pages, we bring a preview with some rebul, na Turquia, no Tüyap Fair and Congress Center. A feira é leases that will be present at ITM 2016 - International Textile uma mostra da grandeza do mercado turco e uma vitrine para o Machinery, which takes place 01-04 of June in Istanbul, Turque há de mais moderno em processos e maquinário industrial. key at Tüyap Fair and Congress Center. The fair show how E claro que com tanta tecnologia e inovação, a ITM se tornou large is the Turkish market and it’s a showcase for the very destino obrigatório para a Revista Têxtil, que estará no local latest in industrial processes and machinery. Of course, with para uma cobertura in loco, com o intuito de trazer aos nossos so much technology and innovation, ITM became mandatory leitores tudo que há de mais novo para o setor lá fora. destination for Revista Têxtil, which will be in place for an onJá no território brasileiro, temos também um resumo da site coverage, in order to bring to our readers everything that ExpoPrint Digital /FESPA Brasil 2016. Nele, condensamos as is newer to the industry out there. principais inovações e o que houve de importante na feira que Back to Brazil, we also have a summary of FESPA Brareuniu os principais players do segmento durante o mês de zil. In it, we condense the main innovations and what março, no Expo Center Norte em São Paulo (SP). Também tra- was important at the fair which brought together the main zemos alguns destaques da Serigrafia SIGN, que aconteceu no players in the segment during the month of March, and a início de maio além de notícias sobre outras feiras do segmento highlight of Serigraph SIGN, another event about prints têxtil no mundo todo. which took place in early May.

Revista Têxtil #743 I 01

Editorial.indd 1

22/05/2016 03:27:10


Sumário A REVISTA TÊXTIL é uma publicação da

R. DA SILVA HAYDU & CIA. LTDA. Inscr. Est.: 104.888.210.114 CNPJ/MF: 60.941.143/0001-20 MTB: 0065072/SP

Diretor-Presidente: Ricardo Haydu Diretora de Redação: Clementina Haydu Jornalista: Carlos Eduardo Bazela Designer: Carlos C. Tartaglioni Capa: Arquivo RT

Representantes Comerciais Europa – International Communications Inc. Andre Jamar 21 rue Renkin – 4800 – Verviers – Belgium Tel/Phone: + 32 87 22 53 85 / Fax: + 32 87 23 03 29 e-mail: andrejamar@aol.com Ásia (Asian) – Buildwell Int. Co., Ltd. Nº 120, Huludun, 2nd St., Fongyuan, Taichung Hsien - Taiwan 42086 - R.O.C. Tel/Phone: + 886 4 2512 3015 / Fax: + 886 4 2512 2372 Coréia (Korea) – Jes Media International 6th Fl., Donghye-Bldg. – 47-16, Myungil-Dong Kandong - Gu – Seoul 134-070 Tel./Phone: + (822) 481-3411/3 / Fax: + (822) 481-3414 Correspondente na Argentina – Ecodesul Av. Corrientes, 3849 – Piso 14° OF. A. Buenos Aires - Argentina Tel/Phone: (541) 49-2154 / Fax: (541) 866-1742

01 EDITORIAL 04 PREVIEW: ITM 2016 13 ARTIGO SPG PRINTERS 17 EXPOPRINT FESPA 2016 26 SERIGRAFIA SIGN 28 ABTT 30 ABIT 32 INTERNACIONAL

Órgão Oficial das entidades

Órgão de divulgação das entidades Abint – Associação Brasileira das Ind. de NãoTecidos e Tecidos Técnicos; Núcleo Setorial de Informação do SENAI/CETIQT;

Redação/Administração Rua Albuquerque Lins, 1151 2º andar – Santa Cecília Cep 01230-001 – São Paulo/SP – Brasil Tel/Phone: +55-11-3661-5500 Fax: +55-11-3661-5500 - Ramal 220 E-mail: revistatextil@revistatextil.com.br Site: www.revistatextil.com.br Publicação bimestral com circulação dirigida às fiações, tecelagens, malharias, beneficiadoras, confecções nacionais e internacionais, universidades e escolas técnicas. Os artigos assinados são de inteira responsabilidade de seus autores e não refletem, necessariamente, a filosofia da revista. A reprodução total ou parcial dos artigos desta revista depende de prévia autorização da Editora.

Redação

ANUNCIANTES RIETER PICANOL STAÜBLI WEKO AVANÇO CACR

Releases, comentários sobre o conteúdo editorial, sugestões e críticas a matérias. Pedidos de informação relacionados às matérias e à localização de reportagens: e-mail: redacao@revistatextil.com.br

03 07 11 15 21 27

SILMAQ FENIN SILMAQ REVISTA TEXTIL FEBRATEX ITM

29 31 41 2ª CAPA 3ª CAPA 4ª CAPA

Publicidade Anuncie na REVISTA TÊXTIL e fale diretamente com o público leitor mais qualificado do setor têxtil no Brasil e no mundo: e-mail: revistatextil@revistatextil.com.br

Assinaturas Para renovação e outros serviços, escreva para o e-mail: revistatextil@ revistatextil.com.br

02 I Revista Têxtil #743

Editorial.indd 2

22/05/2016 03:27:12


Editorial.indd 3

22/05/2016 03:27:13


RT

ITM 2016 Figura 1: Corredor do ITM

Preview: ITM 2016 Feira de máquinas têxteis da Turquia traz tecnologia e inovação para Istambul

C

onsiderada uma das mais importantes feiras de máquinas para o setor têxtil, a ITM 2016 - International Textile Machinery Exibition estava previamente programada para acontecer em setembro de 2016, mas foi antecipada para junho, entre os dias 01 e 04. O local irá concentrar fabricantes de máquinas, desenvolvedores de softwares e soluções, distribuidores e outros representantes de toda cadeia têxtil produtiva. No evento deste ano, são esperadas mais de 1200 empresas que irão levar o que há de mais moderno aos doze halls que compõem o Tüyap Fair and Congress Center, totalizando 90 mil metros quadrados de evento. Aliás, quando se fala na feira turca – cuja última edição aconteceu em 2013 –, os números são sempre superlativos. Para se ter ideia, a

Carlos Eduardo Bazela

Colaboração: Antônio Cesar Corradi Fotos: divulgação

última ITM realizada no país teve a participação de expositores vindos de 40 países e recebeu quase 40 mil visitantes. E esta edição está ainda maior (55%, segundo os organizadores), com uma expectativa de público acima de 60 mil visitantes e expositores de 72 países. Os números divulgados pela organização sobre a última edição também mostram o tamanho do mercado têxtil na Turquia. De acordo com as estatísticas da feira, 83,8% do público presente é local, enquanto 16,2% foram de outros países. De todo esse montante, 80% dos frequentadores vão ao local para conhecer novas tecnologias, inovações e práticas para seus negócios. Entretanto, não é só em vendas e acordos que o evento se destaca. Por reunir os mais importan-

04 I Revista Têxtil #743

ITM2.indd 4

22/05/2016 20:09:54


RT

ITM 2016 Figura 2 (Abaixo): STARLET Plus Figura 3 (Direita): Berkol

tes players locais e estrangeiros do segmento, a ITM 2016 também é um banco de oportunidades para profissionais do segmento se recolocarem no mercado de trabalho ou galgarem novas posições. Durante a ITM 2016, também acontece a 6ª HIGHTEX 2016, a Feira Internacional de Tecidos Técnicos e Nãotecidos no mesmo local. Como o próprio nome diz, o evento é focado em apresentar tecnologias, produtos finais, intermediários, matérias primas, tecidos técnicos e nãotecidos. Com tanta inovação e tecnologia para o setor reunidas em um lugar só, a Revista Têxtil não poderia ficar de fora. Nós estaremos na Turquia para visitar a edição 2016 da ITM e HIGHTEX e colocar tudo que iremos ver nas páginas da próxima edição. Mas, para saciar um pouco da curiosidade dos nossos leitores, enquanto fazemos as malas para Istambul, antecipamos a seguir algumas das novidades que estarão pelos corredores do Tüyap Fair. O Grupo Rieter levará quatro empresas à ITM 2016. A Bräcker, a Graf, a Novibra e a Suessen.

Bräcker

Especialista em componentes chave para filatórios por anéis irá mostrar diversas inovações em Istambul.

Uma das mais importantes é o viajante STARLET Plus (figura 2). A novidade da Bräcker é indicada para condições rigorosas como alta umidade ou fibras consideradas agressivas. O STARLET plus tem revestimento especial que prolonga sua vida útil em até 50% e apresenta resistência maior à corrosão. Isso garante custos de manutenção menores e a integridade dos fios durante o trabalho. O STARTLET plus é particularmente recomendado para viscose ou fios mistos de algodão com viscose e fibras tintas. O novo viajante é adequado para toda a faixa de titulagem de fios. Outro lançamento que a Bräcker leva para a Turquia é o supergrinder BERKOL (figura 3) para moagem automática de anel, itinerante e rolos superiores fiação aérea. Entre os upgrades da nova máquina estão o aumento da capacidade em 50% quando comparada a modelos lançados anteriormente e a eficiência energética. O supergrinder BERKOL® tem uma capacidade de moagem de até 350 rolos superiores por hora e oferece uma capacidade de armazenamento de 450 rolos superiores com 32 mm de diâmetro. Mesmo com um ritmo de produção superior o consumo de energia foi reduzido em 10%. A nova BERKOL ainda é controlada por um painel touch de simples operação, que pode ser configurado em oito Revista Têxtil #743 I 05

ITM2.indd 5

22/05/2016 20:09:56


ITM 2016 Figura 4: X-COMB

línguas: alemão, turco, inglês, chinês, italiano, russo, espanhol e português. Outros produtos que a Bräcker apresentará na ITM 2016 incluem a TITAN e da órbita anéis giratórios, Pyrit e Zirkon viajantes, ferramentas de manutenção com redução de custos, e a gama conhecida de berços e aventais BERKOL®.

Graf

Figura 5: FLEX COMB

Figura 6: DABM

A suíça Graf tem uma gama bem ampla de novidades para mostrar na ITM 2016. Especialista em guarnições planas e cartões de rolo, a empresa irá levar para a feira alguns de seus produtos mais recentes. O primeiro deles é o EasyTop. Para assegurar uma qualidade uniformemente elevada do cardingsliver, eles têm de ser substituídas regularmente e isso leva tempo. O EasyTop é aplicado em barras planas, concebidos para fixação magnética. Os topos achatados, equipado com um suporte de metal, estão ligados de forma segura e precisa, por meio de uma ligação magnética e reduzem o tempo de pausa em 70%. Eles resistem até mesmo mais às altas forças de cardagem e garantia de uma alta confiabilidade na operação. O sistema EasyTop pode ser utilizado para barras planas de alumínio com a tecnologia de fixação magnética de todos os fabricantes. EasyTop estão disponíveis para larguras de trabalho de 40”, 51” e 60 “em uma seleção dos tipos bem conhecidos e comprovados de guarnições planas A Graf também leva para a feira novos produtos para processos de pentear. A linha X-Comb (figura 4) torna a tecnologia da marca acessível para pentes convencionais e sistemas de outros fabricantes. O X-Comb consiste em pentes feitos com revestimento metálico, que passam por tratamento especial na superfície. Já os FlexComb (figura 5) tem altura ajustável, spoiler destacável e uma superfície de pentear de 130°, para penteadeiras de última geração. Graças ao revestimento especial da superfície, a remoção de lixo também é favorecida. Além disso, a Graf irá apresentar a máquina DABM flat striping (figura 6) pela primeira vez em Istambul. O DABM permite a remoção gentil e correta de guarnições planas flexíveis gastas pelas barras

06 I Revista Têxtil #743

ITM2.indd 6

22/05/2016 20:09:58


ITM 2016

Revista TĂŞxtil #743 I 07

ITM2.indd 7

22/05/2016 20:09:59


ITM 2016 Figura 7: CROCO-doff

Figura 8: Suessen

chatas de aperto rápido com dispositivo de aperto pneumático e o motor trifásico AC livre de manutenção, sem correia dentada são apenas duas vantagens desta máquina de serviço. Aplicável para barras planas com larguras de trabalho de 40” a 60”, o DABM permite uma remoção mecânica direta e eficiente das tiras planas gastas pelas barras chatas.

Novibra

A Novibra irá levar para a Turquia toda sua expertise em eixos para filatórios por anéis. De acordo com a fabricante originária da República Checa, os eixos nesse tipo de máquina atingem até 25.000 rotações por minuto, então o grande desafio é criar componentes que sejam eficientes em termos de energia e ruído. Para isso, a empresa apresenta na ITM 2016 o novo conceito LENA (Low Energy consumption and Noise Absorption). A sigla, em inglês, que significa baixo consumo de energia e absorção de ruído, é o novo norte pelo qual os produtos da Novibra são desenvolvidos. Outro produto mostrado pela Novibra é a coroa de aperto e corte CROCOdoff (figura 7). Operada pela velocidade do eixo, a peça traz dentes com design melhorado para garantir que o fio seja preso e cortado com confiança. Além disso, o CROCOdoff reduz o risco do fio ser quebrado durante o arran-

que, minimiza a perda de material e ainda diminui o consumo de energia. CROCOdoff é adequado para o uso em máquinas novas, bem como um upgrade para algumas máquinas antigas.

Suessen

A Suessen vai à Istambul para demonstrar sua competência em lidar e processar com fibras naturais e sintéticas dentro de processos de fiação a anel e a rotor. Evolução do sistema anterior, o EliTe®CompactSet Advanced tem a missão de impressionar os consumidores com seus compontentes inovadores, como o EliTop Advanced com EliSpring® e o EliTube Advanced flip. O objetivo do upgrade é fazer do novo sistema mais atraente e mais competitivo no mercado. (figura 8) Outras novidades da Suessen na feira pertencem à sua linha de peças Premium, como o PS7 TwinDisc, que reduz a largura do disco e, por consequência, causa menor contato com o eixo do rotor, garantindo uma significante redução no consumo de energia.Já o TwistTrap Navel cria uma falsa torção adicional na zona de maior tensão da fiação - no interior do rotor - ao girar fios de tricô de algodão na gama de Ne 18 a Ne 40, conseguindo um aumento de produção de 5% a 15% reduzindo o multiplicador de torção, sem aumentar a velocidade do rotor.

08 I Revista Têxtil #743

ITM2.indd 8

22/05/2016 20:09:59


ITM 2016 Stäubli

A fabricante suíça Stäubli é uma das expositoras que ressalta a importância do mercado turco para seus negócios. Com subsidiária no país desde a década de 1990, a empresa conta com técnicos e vendedores por toda a Turquia e, como não poderia deixar de ser, irá levar três novas máquinas à ITM 2016: a LX Jacquard, a S3060 e a SAFIR S60. Lançada em Milão durante a ITMA Itália, a LX Jacquard (figura 9) chega à Istambul para mostrar sua eficácia em velocidades muito altas. A máquina foi desenhada para trabalhar com tecidos simples e requintados, tecidos felpudos e tecidos técnicos. De acordo com a fabricante, a LX permite tecer tecidos sofisticados para praticamente qualquer aplicação - de damasco Africano colorida para airbags de automóveis. A terceira geração de dobbies rotativos da Stäubli, a série S3060 (figura 10) e 3260, pode ser vista com muitos exemplos de aplicação no estande Stäubli e as cabines de muitos outros fabricantes de máquinas de tecelagem. Esta nova geração de dobbies rotativos atinge um novo patamar de desempenho e confiabilidade. Outro lançamento recente da empresa suíça, que poderá ser visto na feira é a trefiladora a SAFIR S60 (figura 11). A máquina TOPMATIC irá demonstrar sua alta eficiência de atar urdume. Esta máquina comprovadamente projetada para aplicações padrão pode manipular até mesmo os mais finos fios.

Figura 9: LX Electronic Jacquard

Figura 10: S3060 Rotary dobby

Figura 11: SAFIR S60

Setex

No ramo da automação, a Setex estará na Turquia para apresentar seus novos softwares de gerenciamento. Feito para garantir a padronização em termos de peso e dimensões, o CamCOUNT V3 (figura 12) ainda evita fricção com o material. O sistema ainda trabalha em parceria com o FabricINSPECTOR V3, que realiza o controle de qualidade do material. O sistema permite visualização detalhada e fornece relatórios para rastrear problemas no processo com base nos níveis de tolerância especificados, otimizando a produção. Já o OrgaTEX X1 é uma solução voltada para a coloração de tecidos. Possível de ser instalado em plantas novas e já existentes, o sistema é fei-

Figura 12: CamCOUNT V3

Revista Têxtil #743 I 09

ITM2.indd 9

22/05/2016 20:10:01


ITM 2016 Figura 13: SECOMmobile

Figura 14: KnotMaster

to para melhorar ecologicamente o processo de tingimento, com menos desperdício e descarte de químicos, e, claro, reduzir custos. Segundo a Setex, o sistema também inova pela simplicidade de operação, que independe do grau de habilidade do operador. Para finalizar, a Setex vai mostrar a sua nova solução para dispositivos móveis. O aplicativo SECOMmobile (figura 13) se comunica com sistemas equipados com a solução SECOM e auxilia no monitoramento remoto e na tomada de ações em caso de uma emergência. Disponível para sistemas operacionais Android e iOS, o aplicativo da Setex pode ser instalado em tablets e celulares.

Groz-Beckert

Figura 15: GEBECON

Com máquinas nos processos de tecelagem, malharia, cardagem e para a produção de nãotecidos a Groz-Beckert vai mostrar ao vivo do que suas máquinas são capazes usando a máquina de confecção de malhas de vidro o visitante terá uma perspectiva única sobre a interação de todos os componentes. Uma grande máquina de tricô circular “CircularKnit” mostrando 14 diferentes tecnologias de tricô nas porosidades E10 a E50. Já a “WarpKnit” apresenta os novos módulos ativos para a Groz-Beckert expandir a sua gama. Um destaque especial da gama de produtos é o litespeed® agulha avançada - o litespeed® plus. A geometria optimizada da agulha, reduz a temperatura do motor e conduz a uma economia significativa de energia no processo de tricotagem. A fabricante também irá expor na feira alguns equipamentos conhecidos. É o caso da KnotMaster AS/3 (figura 14), Uma máquina de enodar muito poderosa, confiável e de assistência técnica e manutenção simples. Graças ao controle de tela por touch screen, o manuseio é feito de forma simples. Pode ser utilizada em fios de algodão, lã, sintético e misturas além de elastomericos. Para trabalhos em nãotecidos, a Groz-Beckert leva as suas soluções em termos de agulhas. A GEBECON (figura 15), por exemplo, apresenta estabilidade e alta resistência à dobra, enquanto a EcoStar é indicada para a produção de tecidos utilizados no segmento automotivo.

10 I Revista Têxtil #743

ITM2.indd 10

22/05/2016 20:10:02


ITM 2016

Revista TĂŞxtil #743 I 11

ITM2.indd 11

22/05/2016 20:10:03


ITM 2016 No segmento de cardagem, os destaques da marca são os fios metálicos SiroLock® (figura 17) e EvoStep, que garantem aumento na performance de até 30% e retenção. Isso melhora o controle de fibra significativamente apesar de altas velocidades de produção. O controle de fibra superior e a transferência de fibra do tambor principal é melhorada de forma decisiva. A manutenção reduzida facilita uma mais rápida e simples retomada do trabalho sem problemas de reiniciar. SiroLock® EvoStep® permite uma significativa melhoria na mistura de fibras e, uma qualidade mais elevada do que conjuntos convencionais de lã - ao mesmo tempo que possibilita um menor consumo de fibra.

Segundo o executivo, a missão da empresa é mostrar que está 100% comprometida em fazer seus clientes prosperarem. “Queremos ajudar nossos clientes a atingir seus objetivos. O sucesso deles é o nosso sucesso. E nós fazemos isso com uma visão total de todas as etapas dos seus processos”, finaliza Gallucci. RT Figura 17: Sirolock®

Crealet

Não é preciso ocupar um estande sozinho para levar suas inovações para a ITM 2016. Este é o caso da suíça Crealet que estará na feira dividindo espaço com a Alesta. Lá, seu time de especialistas estará disponível para explicar como suas soluções podem fazer a diferença para diferentes clientes. Entre os produtos que marcam a expertise da Crealet está a máquina G6200 (figura 18), a qual, entre suas principais aplicações está o processamento de sofisticados tecidos técnicos, como fios de fibra de vidro e Kevlar.

Figura 18: Crealet

Santex Rimar Group

O grupo que reúne Cavitec, Isotex, Solwa, Sperotto Rimar e a própria Santex chega à Turquia com soluções amigáveis no ponto de vista ecológico e focadas em otimizar custos. Na ITM 2016, o grupo chega com uma nova marca em seu portfólio, a SMIT, que promete fornecer soluções para o setor de tecelagem. Em termos de maquinário, a estrela do estande será a Decofast 3.5, (figura 19) uma máquina para decatizar lã, que também é resultado do trabalho da empresa em desenvolver plasma para reduzir custos na indústria têxtil. Para o CEO do Santex Rimar Group, Stefano Gallucci, o mercado turco é exigente e espera o melhor. “A Turquia demanda por altos padrões de tecnologia, controle de custos, alta produtividade e qualidade. E nós somos fortes nisso. O Santex Rimar Group e suas marcas tem centrado esforços nesse mercado de alto padrão”, disse.

Figura 19: DECOFAST

12 I Revista Têxtil #743

ITM2.indd 12

22/05/2016 20:10:05


RT

Artigo

Pike

SPG apresenta novas máquinas

A

SPGPrints, antigamente conhecida como Stork Prints, é líder mundial em sistemas de impressão para o setor têxtil há mais de 50 anos. Inventou o processo de impressão rotativa têxtil em 1963, e agora, mais uma vez, se torna referência na impressão digital com o lançamento de impressoras digitais de alta velocidade e alta resolução, como a PIKE® (single pass) e a JAVELIN® (scanning), e de um programa de consumíveis que abrange todas as etapas do fluxo de trabalho. Esse é um compromisso da SPGPrints com os seus mercados e por isso, continua inovando com lançamentos e investimentos, sempre um passo a frente nas novas tecnologias. A história do envolvimento da SPGPrints com o segmento têxtil, como fornecedora de soluções completas para garantir melhorias na qualidade de impressão, na produtividade, no custo total de propriedade e na sustentabilidade, tem como resultado

Luis Carlos Elias Junior

Gerente de AplicaçãoTêxtil SPGPrints América Latina Fotos: Divulgação

a liderança do mercado há tantos anos. Para se ter uma ideia da magnitude dessa liderança, a SPGPrints investiu nos últimos anos mais de 30 milhões de Euros, cerca de R$ 120 milhões, em pesquisas para desenvolver a sua nova plataforma digital que resultou na Tecnologia ARCHER® aplicada nas novas impressoras PIKE® e JAVELIN®, e na modernização do portfólio de tintas. Esse investimento da empresa também representa uma revolução no mercado mundial de impressão digital têxtil. Apesar da impressão digital ainda representar cerca de 5% do mercado têxtil no mundo, o setor cresce mais de 20% ao ano. Levando em conta esse crescimento, mesmo em tempos de crise econômica e recessão, a SPGPrints vai continuar investindo no Brasil e na América Latina trazendo seus principais lançamentos para o setor. Hoje, todos os investimentos e estratégias da empresa estão focados no digital e na manutenção de sua liderança no mercado. Revista Têxtil #743 I 13

SPG.indd 13

22/05/2016 20:11:06


Artigo Impressoras digitais

Durante as últimas três décadas, a SPGPrints vem desempenhado um papel importante no avanço da tecnologia no segmento digital têxtil, bem como no aumento da velocidade e da qualidade de impressão. Mais de 20 anos depois de ter apresentado a primeira impressora digital na ITMA 1995, a empresa aperfeiçoou sua tecnologia e colaborou com fabricantes de cabeças de impressão com o intuito de otimizar o desempenho desses sistemas. O resultado dessa inovação é a PIKE®, lançada em novembro do ano passado, na ITMA, em Milão. A PIKE® é uma impressora revolucionária (single pass), baseada em 43 cabeças de impressão Samba (Fuji) por cor que permitem aplicação de diferentes tamanhos da gota em resoluções de até 1200 x 1200 dpi. Com uma velocidade média de 40 m/min, a PIKE® consegue produzir até 13 milhões de metros lineares por ano. As primeiras instalações incluem seis cores, mas o seu design modular permite a utilização de até nove. O principal diferencial da PIKE® é a Tecnologia ARCHER® que oferece precisão e uma distância do jato de tinta significativamente maior que a possível com outras cabeças atualmente usadas no mercado. As cabeças de impressão Samba (Fuji) no sistema ARCHER® estão situadas a 4 mm da superfície do tecido, comparativamente aos 1,5 mm de distância oferecidos hoje, por outras cabeças de impressão. A maior distância do jato reduz significativamente o risco de danos na cabeça de impressão. Além disso, a Tecnologia ARCHER® garante impressão de desenhos geométricos, detalhes de linha fina, xadrez, etc., e fundos (chapado) devido às opções de tamanho de gota, capacidade de aplicação de um volume maior de tinta e de elevada resolução, que incluem desde 2 pl a 10 pl, e as altas frequências de jato de 32 kHz. Agora, a SPGPrints está dando o próximo passo na revolução da impressão digital para o setor têxtil com o lançamento da JAVELIN® (scanning), que acontecerá em junho, na ITM Istambul. Em agosto, a impressora será apresentada oficialmente no Brasil e América Latina, durante a Febratex, em Blumenau/SC. Com esse lançamento, a SPGPrints marca a abertura de uma nova fase na impressão digital no mundo.

SPG ofere gama completa de tintas para impressoras digitais

A JAVELIN® possui a mesma Tecnologia ARCHER® aplicada na PIKE®, utilizando as mesmas tintas e com a mesma qualidade de impressão. Com uma produção de até 2 milhões de metros por ano, a nova impressora digital é uma excelente aquisição para empresas têxteis que querem melhorar a qualidade e aumentar os volumes de produção. Com certeza, a JAVELIN® vai mudar o conceito de impressão digital que existe no mercado agregando cada vez mais valor ao produto final. A SPGPrints, além de investir em novas tecnologias para impressoras digitais, também investe no desenvolvimento de tintas que oferecem o maior espaço de cores (gamut) disponíveis no mercado. Desde 1998, a companhia desenvolve e fabrica as suas próprias tintas na sua fábrica de Boxmeer, na Holanda. A SPGPrints recentemente ampliou o seu espaço de produção para produzir mais de mil toneladas de tintas NEBULA® e FLARE®, com opções reativa, ácida, disperso direto e sublimação, para cabeças

14 I Revista Têxtil #743

SPG.indd 14

22/05/2016 20:11:13


Artigo

Revista TĂŞxtil #743 I 15

SPG.indd 15

22/05/2016 20:11:15


Artigo de impressão da maioria dos principais fabricantes mundiais. A compatibilidade da tinta e da cabeça de impressão é vital no processo, por isso, as soluções de impressão digital devem ser consideradas parte de um sistema único concebido para a máxima eficiência. A impressão digital é mais do que apenas uma tecnologia de resposta rápida às atuais demandas de mercado para lotes pequenos com prazos curtos. É uma forma completamente nova de pensar em impressão. A transição para uma produção digital traz desafios e fazê-lo com o suporte de uma empresa como a SPGPrints pode facilitar o processo. Com máquinas, tintas, experiência e conhecimentos nas tecnologias e nos mercados rotativo e digital, a SPGPrints pernanece na liderança do setor, desafiando os seus limites para garantir o desenvolvimento da indústria têxtil do futuro.

Próximo passo da impressão têxtil

O lançamento da JAVELIN® (scanning), que acontece na ITM Istambul, em junho, e na Febratex, em agosto no Brasil, é o próximo passo na revo-

lução da impressão digital têxtil no mundo, devido a Tecnologia ARCHER® e na sua excelente relação custo/benefício. A JAVELIN® utiliza a mesma Tecnologia ARCHER® da impressora PIKE®, com resolução nativa de 1200 x 1200 dpi das cabeças de impressão Samba (Fuji), capacidade de impressão de gotas de 2 a 10 pl e distância de impressão do tecido de 4mm. Combinado com tamanhos de gotas variáveis e a precisão da Tecnologia ARCHER®, a saturação de cor e o detalhe da imagem permitem linhas finas, padrões geométricos acentuados e fundos vibrantes. Além disso, existem opções de secagem (gás, elétrica e vapor) para atender aos requisitos de produção. A JAVELIN® é projetada para imprimir até 2 milhões de metros lineares por ano, com velocidades de 200-550m2/hora, dependendo da resolução e com de 36 cabeças de impressão Samba (Fuji). A Tecnologia ARCHER® em conjunto com as tintas NEBULA® (reativa, ácida, disperso direto e sublimação) garantem o melhor resultado final do produto. RT

Javelin, lançamento para ITM 2016 Istambul

16 I Revista Têxtil #743

SPG.indd 16

22/05/2016 20:11:15


RT

Impressão Digital

Expo Print Digital / FESPA 2016

se consagra como referência Carlos Eduardo Bazela Fotos: divulgação em impressão digital Feira realizada entre 06 e 09 de abril recebeu representantes do setor e sediou congressos paralelos para capacitar profissionais

O

calendário brasileiro contou com mais um evento importante na primeira metade do ano. Entre os dias 06 e 09 de abril, foi a vez do Pavilhão Branco do Expo Center Norte, em São Paulo (SP) receber a Expo Print Digital / FESPA Brasil 2016. Considerado o mais importante evento sobre impressão digital realizado no País, a feira recebeu 12.816 profissionais vindos de todo o Brasil, América Latina e até de outros continentes. Todos interessados em conhecer e ver de perto tudo que há de mais novo em segmentos como comunicação visual, estamparia digital, baixas tiragens, dados variáveis, decoração de interiores, softwares, sinalização, suprimentos e serviços. Os corredores lotados do pavilhão durante os quatro dias significaram bons negócios fechados e que, acima de tudo, ainda há fôlego para investir entre os empresários. O diretor da FESPA Brasil, Alexandre Keese, ressalta o êxito: “A ExpoPrint Digital / FESPA Brasil 2016 foi um imenso sucesso. Acompanhando as tendências que vimos dentro do Print Census, a feira confirmou que o mercado de impressão digital possui energia e vitalidade, com um po-

tencial incrível. Isso foi visto por visitantes e sentido pelos expositores. Tenho certeza que a feira agora se consagra como a principal de impressão digital do nosso mercado”, comenta. Quem veio de fora também se impressionou com o fluxo intenso dos corredores nesses quatro dias de evento. “Foi um evento fantástico. É a terceira edição da ExpoPrint Digital / FESPA Brasil 2016 e afirmo que esta foi a melhor de todas. A visitação estava incrível e os expositores apresentaram os mais recentes e melhores equipamentos. Estamos felizes com resultado, foi tudo incrível”, afirmou o Exhibition Manager, Michael Ryan. O executivo aproveitou a ocasião para comentar sobre a importância do evento para a indústria e se mostrou otimista com o futuro do Brasil no setor. A ExpoPrint Digital / FESPA Brasil está aqui para ficar. Ela se tornou muito importante para a indústria. O futuro para o Brasil é o melhor possível. Ficamos os quatro dias pensando em como melhorar ainda mais o evento. Outro estrangeiro que ficou muito satisfeito com o que viu em São Paulo (SP) foi o CEO da FESPA, Revista Têxtil #743 I 17

fespa2.indd 17

23/05/2016 11:04:56


Impressão Digital Neil Felton. “Tivemos mais uma edição espetacular da ExpoPrint Digital / FESPA Brasil. O mercado brasileiro está aquecido e empolgado com as possibilidades da impressão digital. Ficamos impressionados com a alta concentração de público, com empresários dispostos a investir. Isso só nos faz ter a certeza ainda maior de ampliar a cada dia o nosso compromisso de reinvestimento no mercado brasileiro para que a ExpoPrint Digital / FESPA Brasil mantenha sua posição da mais importante feira do mercado brasileiro. Também atuamos através do FESPA Brasil Fórum, projeto que nasceu no Brasil e se expandiu pelo mundo, e que terá a sua segunda edição no país este ano”, prometeu ele.

Para o setor têxtil

Um dos motivos da ExpoPrint Digital / FESPA Brasil ser tão grande são os eventos paralelos realizados. Congressos realizados com palestrantes qualificados trazem mais conhecimento aos presentes e se tornam ótimas oportunidades para trocar experiências. Em 2016, a área têxtil foi beneficiada com a segunda edição da Digital Textile Conference, que promoveu uma verdadeira imersão no mundo da impressão digital têxtil. “Foi interessante porque procurou desde o início focar na educação do mercado. Sabemos que o que temos de conhecimento tem que ser compartilhado, e usamos este conceito na criação das palestras. Para nós é fundamental, porque temos a oportunidade de falar com cliente e mercado de forma não comercial, trazer informações para reduzir custo e ajudar na operação. Quando o cliente vê que você tem e quer compartilhar conhecimento, é visto com bons olhos. A Global aplaude esta atitude de congresso e quer contribuir sempre com informações técnicas e relevantes para o crescimento do mercado”, concluiu o executivo. Quem também esteve presente na conferência foi Ana Paschoalino, sócia-proprietária da VP Máquinas. “Tratei do tema Criatividade e Inovação e considerei muito bom participar. Vi pessoas anotando, realmente interessadas no assunto, elas gostaram dos temas propostos”. Para Paschoalino, palestrar ainda trouxe benefícios para seus negócios. “Foi muito gratificante porque pegamos um novo mercado que queríamos alcançar que é o mercado gráfico.

Fechamos alguns pedidos e temos boa previsão de venda para o futuro”, relata. Michael Ryan, executivo da ExpoPrint Digital / FESPA Brasil, também elogiou o evento. “O reinvestimento da ExpoPrint Digital / FESPA Brasil é voltado para a indústria da qual fazemos parte. Vimos aqui no Brasil um grande evento sobre Digital Textile e todos os outros eventos com discussões valiosas, ajudando os impressores a fazerem a coisa certa”. Também houve visitantes que ressaltaram a importância da feira para a área têxtil. “Minha ideia de ter vindo para a feira foi porque vim de outro mercado e agora quero me aventurar como empresária montando uma grife. Vim para identificar as melhores impressões têxteis, saber mais e atingir diretamente o consumidor com produtos de qualidade. A feira tem muita coisa para ver, aprender; este networking é muito importante para fazer mais canais de comunicação”, comenta Renata Brito de Sorocaba (SP).

Dia da Sublimação

Outro evento paralelo da feira e que aconteceu pela primeira vez em 2016 foi o Sublimation Day, realizado no sábado, dia 09. A ocasião foi criada para que os profissionais do setor pudessem conhecer e tirar dúvidas sobre o processo de impressão por sublimação, segmento que vem apresentando crescimento substancial na demanda. Durante o dia, os palestrantes Wilson Giglio, Felipe Simeon (Global Química e Moda), Roberto Carlos Conceição (VinilSul), Marcelo Chagas (SAI) e Fábio Tolosa (VinilSul) conversaram com os presentes sobre a parte técnica do negócio, onde orientavam sobre a escolha do equipamento ideal de acordo com a necessidade; e também sobre a parte administrativa, aconselhando sobre o melhor posicionamento da empresa e como agir no atual panorama de mercado. O consultor Wilson Giglio, que também ficou responsável pelo Espaço Empreendedor, ainda aproveitou a oportunidade para dividir conceitos com quem está iniciando seu negócio. “Tivemos uma receptividade excelente dos participantes. Todos tiveram dúvidas elucidadas nas palestras e depois tiraram mais dúvidas no Espaço do Empreendedor, quando puderam conversar sobre outros assuntos comigo; muitos estão iniciando no ramo

18 I Revista Têxtil #743

fespa2.indd 18

23/05/2016 11:04:57


Impressão Digital

Revista Têxtil #743 I 19

fespa2.indd 19

23/05/2016 11:04:58


Impressão Digital F2. A Roland RT 640

F1. A tinta ESC da Triangle

e isto nos traz alegria por ver a ExpoPrint Digital / FESPA Brasil contribuindo para o surgimento e desenvolvimento dessas empresas”. O workshop foi um dos tópicos ressaltados pela coordenadora de certificação da ABTG Certificadora, Aline Rodrigues, de São Paulo (SP) em sua visita à ExpoPrint Digital / FESPA Brasil. “Visitei vários estandes e fornecedores, vi a área de sublimação, então acredito que está bem proveitosa, agradável e que dá pra buscar resultados. A feira está bastante focada, com empresas demonstrando produtos e tecnologias. Foi mostrado o que há em novidade, que é o que precisamos hoje”. Entre as empresas entusiastas da prática está a J-Teck. Esta forma de impressão digital traz muitos benefícios por ser mais econômica, mais fácil, necessitar de menor demanda de processos e funcionários, além de ser mais ecológica. Para tanto, este segmento traz nítidos benefícios para a utilização. “Abrangendo vários ramos de atividade, a sublimação digital é um processo de fácil adaptação e que agrega muitos benefícios às empresas que a utilizam”, detalha Fabricio Christoff, gerente da J-Teck.

As novidades

O evento não seria considerado tão importante se não estivesse recheado de inovações. Pensando nisso, a Revista Têxtil separou nas páginas a seguir o que algumas das empresas mais importantes do setor mostraram na edição 2016:

Triangle

A fabricante de tintas digitais aproveitou o evento e apresentou três novos produtos. As tintas ESC, ESD e FUS. Com interface plug & play, a ESC (figura 1) é uma tinta para a linha de impressoras eco-solvente Epson SureColor, sem necessidade de conversão nem criação de perfis de cor. A ESC traz ainda cartuchos recarregáveis com chips full, o que torna a instalação simples sem a necessidade de intervenção no sistema eletrônico do equipamento. A ESD é uma tinta eco-solvente multi-uso para as impressoras que utilizam cabeças de impressão DX4/5/6/7, disponíveis em garrafas de 500ml com adaptador especial para encaixe diretamente nos cartuchos de tinta, tornando a troca/recarga simples e limpa. “A ESD entra no catálogo entregando ótima performance com preço competitivo para quem não abre mão de qualidade”, destaca o diretor administrativo Rodrigo Wagner. Já a FUS é tinta UV para impressoras Super Wide Format, que atende com alta performance equipamentos da linha Inca, Durst, HP e Agfa. “A FUS oferece ótima adesão, flexibilidade e alta densidade de cores, com preço altamente competitivo e qualidade”, comenta. Segundo Wagner, o público frequentador da feira faz toda a diferença. “A Triangle encontra na ExpoPrint Digital / FESPA Brasil um público mais profissional e técnico e por isso está focando nesta edição de 2016. Estar presente em feiras de nível interna-

20 I Revista Têxtil #743

fespa2.indd 20

23/05/2016 11:05:01


Impressão Digital F4. A Metalnox apresentou a PTS 12000 SMART

F3. A XT 640 também da Roland

F5. Outro lançamento Metalnox: a PTI 350

cional faz parte do plano de expansão da empresa e elegemos a ExpoPrint Digital / FESPA Brasil como o melhor canal para apresentarmos aos nossos clientes todas as soluções que fazem parte de nosso catálogo de tintas digitais. Além das novidades, a Triangle levou ao evento todo o seu catálogo, composto por mais de 40 produtos destinados a todo tipo de equipamento de impressão digital”.

Roland DG

Acreditando nas Olimpíadas do Rio de Janeiro como evento impulsionador para o mercado de impressoras, a Roland DG levou à ExpoPrint Digital / FESPA Brasil seus lançamentos, que consistem na nova linha de impressoras sublimáticas para mercado têxtil, a linha TEXART, e a mais recente geração da VersaUV LEF para profissionais do ramo de brindes. Composta por dois modelos, a nova linha para o mercado têxtil primam pelo conceito tempo x qualidade. Desenvolvida exclusivamente para aplicações em tecidos, a RT-640 (figura 2) oferece acabamento primoroso, refinamento nos detalhes, desempenho altamente estável e velocidade de impressão de até 48m²/h em 4 cores. Além da gama de aplicações que inclui vestuário, sinalização e banner, decoração para interiores e artigos originais e, também, a intensificação das cores: mais fortes e vibrantes, pretos mais profundos, gradações sutis e um leque de cores mais amplo com a adição das novas tintas laranja e violeta.

Já a XT-640 (figura 3) foi elaborada especificamente para a impressão por sublimação, com alta produtividade atingindo uma velocidade de impressão de até 102m²/h em 4 cores e qualidade máxima de até 1.440dpi que garantem maior confiabilidade no resultado. Podendo ser utilizada para trajes esportivos, moda, sinalização, decoração de interiores, propaganda, entre outros. Conta ainda com cabeçotes duplos perfeitos para captar cada gradação e detalhe; um sistema de tinta que permite uma impressão sem monitoramento com tranquilidade; rastreamento preciso do material para uma produção em alto volume; e a tecnologia avançada do controle de impressão que produz uma imagem nítida e de cores vibrantes.

Metalnox

A Metalnox levou suas prensas térmicas ao evento e, claro, não podia deixar passar a oportunidade de mostrar algo novo. como explica a gerente de marketing do Grupo Metalnox Caroline Odorizzi: “As feiras são estratégias essenciais da Metalnox para apresentar suas novas tecnologias e a ExpoPrint Digital / FESPA Brasil é uma das principais feiras para que possamos executar isto”. Entre as novidades, estava a prensa térmica PTS 12000 (figura 4) Smart, modelo semiautomático com sobreposição de bandejas 70x110cm, no qual é possível obter uma redução de layout de até 30% além de otimizar mão de obra. O equipamento conta com CLP digital e três pontos de temperatura garanRevista Têxtil #743 I 21

fespa2.indd 21

23/05/2016 11:05:03


Impressão Digital F6. A SPGPrints também exibiu as tintas que produz

tindo uniformidade de temperatura em toda área da forma térmica e resultando em estampas vibrantes e de alta definição. No estande, a Metalnox também exibiu a ePrint, equipamento de impressão digital para sublimação que pode imprimir estampas em qualidade de alta resolução em tamanhos e velocidades variáveis. “A impressora ePRINT da Metalnox oferece às indústrias têxteis uma das melhores qualidades de impressões digitais para sublimação. Além de ser um equipamento que contém as melhores tecnologias disponíveis no mercado para cabeças de impressões e softwares, tem fabricação 100% nacional possibilitando financiamento através de BNDES Finame, leasing dentre outras modalidades”, frisa Caroline. Outro lançamento foi a PTI 350 (figura 5), direcionada a quem procura produtividade, porém menores investimentos.

SPG Prints

Em sua segunda participação na feira, a SPG levou algumas de suas soluções para o mercado de impressão digital têxtil. “Em 2015 participamos pela primeira vez e observamos o quanto foi importante para a SPGPrints estar presente nesse evento, uma vez que o mercado digital está crescendo e estamos inseridos nesse contexto, com equipamentos e insumos. Automaticamente mantivemos nossa posição em participar em 2016”, relata José Maria Alves, diretor da SPGPrints.

A SPGPrints possui soluções para todos os segmentos do mercado de impressão digital têxtil. “Oferecemos uma gama (figura 6) completa de tintas para impressoras digitais, que se adequam em todas as cabeças de impressão existentes no mercado (Epson, Ricoh, Kyocera, etc.), além de todas as impressoras têxteis digitais da SPGPrints, com destaque para a recém-lançada PIKE”. (ver artigo p13).

Global Química & Moda

O lançamento da empresa na ExpoPrint Digital / FESPA Brasil foi a JP3 da MS Printing (figura 7), uma impressora sublimática que chega a 90 metros quadrados por hora. O estande da Global Química e Moda ainda recebeu equipamentos da Epson, como a F9200 e a SureColor F2000, além de soluções como foil. Entretanto, o papel da empresa dentro da feira é maior do que exibir seus novos e atuais produtos. A Global também patrocina a segunda edição da Digital Textile Conference. Segundo o gerente comercial da empresa, Felipe Simeoni, a iniciativa é uma forma da Global não só divulgar suas soluções, mas ajudar na capacitação de profissionais. “Temos uma preocupação com a educação do mercado, queremos que os profissionais tenham referências e que conheçam as novas tecnologias e possibilidades presentes em nosso mercado”, comenta Simeoni.

22 I Revista Têxtil #743

fespa2.indd 22

23/05/2016 11:05:07


Impressão Digital F7. A Global apresentou a JP3 da MS PRINTING

PrintLat

Especialista em comunicação visual, a PrintLat foi à ExpoPrint Digital / FESPA Brasil divulgar as marcas que representa. O foco, entretanto, foram os equipamentos e filmes de laminação da Drytac, gráficos para pisos e “Asphalt Art” da G-Floor Graphics, filmes para janela da Lintec, impressoras de sublimação Sawgrass Virtuoso e gráficos POP (ponto de compra) da Visual Magnetics. Contudo, quem esteve no estande da PrintLat também pode saber mais sobre outras fabricantes de material para impressão digital que eles representam, como Sicol, New Force Magnetics, Aurora Textiles, Bordeaux, Ink Mill, Graphtec, Silhouette, Color Painter, Converd, Legion Papers, Epson, dentre outras.

Durst, ViniSul e Ampla

Para as três empresas, a ExpoPrint Digital / FESPA Brasil teve um peso bastante considerável no campo dos negócios. Até mais do que em termos de produtos. Durst e ViniSul, parceiras desde 2015 chegaram ao evento já com sua união consolidada e a segunda empresa ainda aproveitou a feira para oficializar a parceria com a Ampla. Para o diretor geral da Durst Brasil Ricardo Pi: “O objetivo principal da Durst na FESPA Brasil foi reafirmar a parceria de muito sucesso com a VinilSul. Durante o último ano vendemos sete máquinas no Brasil, entre entry-level e industriais. Eu posso repetir esse ano o que disse

no ano passado: é uma feira de qualidade, de quem vem para fazer negócio, para comprar, discutir soluções. Este é o principal objetivo”. Sobre os novos laços com a Ampla, a gerente de marketing da VinilSul Débora Hübner fala dos resultados: “Trouxemos para este ano bastante novidade da VinilSul, com várias soluções de nossas representadas e a oficialização da parceria com a Ampla”. Por falar na nova parceira da VinilSul, a feira também foi excelente para a empresa. Para o Diretor de Operações da Ampla Impressoras Digitais, Sidnei Marques, “ExpoPrint Digital / FESPA Brasil 2016 superou nossas expectativas pela qualificação dos visitantes que tinham o objetivo de realizar negócios; na grande maioria, são pessoas que influenciam ou que realmente têm o poder de decisão de compra. Isto nos permitiu atender nossos clientes de maneira diferenciada, conhecer clientes potenciais, fechar negócios e propor novas negociações. Outro ponto importante a ser destacado é que a feira marcou a divulgação oficial para o mercado da nova – e importante - parceria da Ampla com o distribuidor multimarcas VinilSul, consolidando nossa nova estratégia de distribuição”.

J-Teck

Para a ExpoPrint Digital / FESPA Brasil, a J-Teck levou sua alta tecnologia em tintas para impressão. Revista Têxtil #743 I 23

fespa2.indd 23

23/05/2016 11:05:07


Impressão Digital F8. A linha de tintas J-Cube da J-Teck

As novidades são os produtos que compõem a linha J-Cube Extra (figura 8), nova série para cabeças Ricoh e Kyocera. A nova série foi elaborada para trazer aos equipamentos de alta produção o máximo em intensidade de cor e eficiência em consumo. “As tintas J-Cube permitem com que se atinja alta intensidade de cores, com uma menor quantidade de tinta e trabalhando com papéis de baixa gramatura e não tratados”, explica Manoela Schmitz Christoff, Gerente de Vendas da J-Teck. Entre os equipamentos de impressão apresentados, estiveram presentes impressoras de 1,60m de largura a preços de máquinas de pequeno porte. A J-Teck também disponibilizará ao mercado impressoras de até 8 cores para sublimação, aumentando assim a gama de cores e as impressoras de alta performance. “A J-Teck está sempre interessada em mostrar o melhor custo-benefício e o que melhor se enquadra para a realidade do cliente. O objetivo maior da J-Teck é promover a sublimação digital no Brasil, orientando e informando aos clientes e interessados quais as melhores alternativas no segmento”, conta Manoela. Além dos lançamentos citados, há também a linha de tintas para cabeças Konica Minolta e Pa-

nasonic, que também são cabeças de impressão que já estão ganhando espaço no mercado de sublimação, explica a equipe da J-TECK. Os clientes se beneficiam também das tintas fluo, que estão entrando com força no mercado brasileiro para cores diferenciadas em setores como esportivo, moda e outros; Pink, Yellow, Turquesa e Orange são opções disponbilizadas pela empresa. Com relação às impressoras, a J-TECK traz novidades também no setor de alta produção com equipamentos com velocidades acima de 200m2/hora.

Mimaki

A Mimaki também esteve presente no evento com alguns dos seus principais equipamentos para o segmento têxtil, comunicação visual e industrial. A grande novidade foi a CJV150-107 (figura 9), indicada para empresas que desejam entrar no mercado têxtil, tais como pequenas estamparias e confecções. A Série CVJ150 está disponível com tintas nas opções solvente e sublimática, de acordo com o que cada cliente precisa na hora da instalação. São equipamentos de impressão e recorte que abrangem quatro modelos, com larguras diferentes, de 0,8m; 1m; 1,3m; e 1,6m.

24 I Revista Têxtil #743

fespa2.indd 24

23/05/2016 11:05:08


Impressão Digital F9. A MIMAKI mostrou a CVJ150

F10. FT-1604X

Além do ramo têxtil, a Mimaki também levou para a feira equipamentos para comunicação visual, como a SIJ-320 UV, impressora jato de tinta UV, capaz de reproduzir impressões de alta qualidade, mantendo as necessidades de alta produtividade. Ideal, portanto, para banners promocionais, adesivos, envelopamento, backdrop e placas de sinalização, por exemplo. No campo dos negócios, a Mimaki consolidou a parceria com a DuPont e apresentou soluções empregando Tyvek, material nãotecido da empresa. “A feira foi muito positiva, com boas perspectivas de negócio. Tivemos um público diferenciado, com proprietários de empresas e pessoas com poder de decisão; estamos com expectativas muito boas de fechamento das novidades que apresentamos, como equipamentos UV focados na produtividade”, comenta o supervisor comercial, Alexandre Feitosa.

Sign Supply

A Sign Supply, distribuidora de equipamentos, tintas e mídia para comunicação visual e têxtil, lançou recentemente no mercado um equipamento de porte industrial da fabricante sul-coreana de impressoras digitais DGI (Digital Graphics Incorporation), marca in-

ternacionalmente reconhecida pela qualidade de seus produtos. Trata-se da FT-1604X (figura 10), impressora de sublimação voltada ao mercado industrial. A impressora opera com 8 cabeças Panasonic escalonadas, com largura de impressão de 1,60 metros e velocidade de produção de 110m²/h com qualidade, mantendo precisão e estabilidade, possibilitando uma produção industrial com operação de 24 horas por dia e 7 dias da semana. O equipamento vem para agregar valor ao portfolio de produtos da empresa, desenvolvidos para diversos perfis de consumidores e oferecendo tecnologia de ponta para o mercado industrial, permitindo qualificar as impressões e inspirando pessoas a colorir o mundo. A FT-1604X já está sendo comercializada no Brasil, atualmente encontra-se disponível para demonstração no show room da Sign Supply e também estará exposta na feira FEBRATEX, que ocorrerá no Pavilhão da Vila Germânica entre os dias 9 e 12 de agosto de 2016 em Blumenau (SC). Devido ao sucesso desta edição, a organização do evento revelou estar bastante satisfeita com esta edição e já confirmou que a próxima acontecerá de 15 a 18 de março do ano que vem no mesmo Expo Center Norte, mas no pavilhão azul Revista Têxtil #743 I 25

fespa2.indd 25

23/05/2016 11:05:09


RT

Serigrafia

Serigrafia SIGN

26ª edição Evento aconteceu entre 03 e 06 de maio no Pavilhão de Exposições do Anhembi

D

o dia 03 até 06 de maio, o Pavilhão de Exposições do Anhembi, em São Paulo (SP) recebeu a 26ª edição da Serigrafia SIGN, evento que reuniu empresas e profissionais dos setores de comunicação visual, sinalização, sublimação, impressão digital, impressão têxtil, materiais promocionais e brindes. Assim como outros eventos que aconteceram na primeira metade de 2016, a Serigrafia SIGN foi uma injeção de ânimo nas indústrias do ramo. “Conseguimos trazer compradores de todo o Brasil e de diversos países, o que proporciona aos expositores oportunidades de negócios e de relacionamento. Ao mesmo tempo, a Serigrafia SIGN reúne as melhores empresas, as principais novidades e as melhores condições para a aquisição de

Carlos Eduardo Bazela

Fotos: divulgação

máquinas e suprimentos. Tudo isso faz com que a feira se torne o principal ponto de encontro do setor e faz a alavancar um mercado que as vezes caminha um pouco desacelerado”, comenta André Veiga, diretor da feira. E até quem não esperava muito da edição deste ano saiu satisfeito do evento. “A nossa expectativa inicial para este ano não era das mais otimistas. No entanto, fomos surpreendidos, porque já no segundo dia batemos a meta de venda de equipamentos estipulada pela empresa. Nós entendemos que essa situação projeta um cenário bastante positivo para o segundo semestre, inclusive para outras áreas de atuação da Serilon”, comenta o Gerente Regional da Serilon, Geverson de Freitas.

26 I Revista Têxtil #743

sign.indd 26

22/05/2016 20:07:38


RT

Serigrafia A surpresa com o mercado atingiu, praticamente, todas as empresas expositoras da Serigrafia SIGN. “A feira foi muito boa para nós. Recebemos muitos clientes no nosso estande, em grande parte, pessoas com cargos diretivos que estavam interessadas nos equipamentos. Conseguimos vender muitos desses equipamentos, quase todos os que trouxemos. Esse ano foi muito positivo para a Mimaki e em 2017 estaremos aqui novamente”, afirma Miriam Suzuki, Supervisora de Marketing da Mimaki.

Novidades e Divisões

Neste ano, a Serigrafia SIGN realizou diversos workshops paralelos e recebeu espaços diferenciados em seu pavilhão. Na programação houve espaço para o 3º Simpósio de Impressão em Grandes Formatos, realizado pela ABTG – Associação Brasileira de Tecnologia Gráfica, o 17º Fórum do Acrílico, realizado pelo Indac - Instituto Nacional para o Desenvolvimento do Acrílico e a Digital Textile Conference. Já o DSE South America recebeu diversos profissionais para falar sobre evolução tecnológica, infraestrutura, segurança, conteúdo, gestão, mensurações e métricas, além de apresentar cases nacionais e internacionais. “Reunimos soluções de digital signage para empresas, varejo e áreas como food service, transporte, educação, saúde, hotelaria e entretenimento. Foi um evento que envolveu alta tecnologia e o que há de mais sofisticado no setor”, afirma o executivo da feira, Victor Tranquilini. No campo dos espaços diferenciados, o destaque ficou por conta do FutureTEXTIL, o primeiro espaço na América do Sul totalmente dedicado à tecnologia de impressão digital têxtil. A Epson, por exemplo, expôs peças que já estiveram presentes em grandes eventos da moda, como SPFW e NYFW, produzidas pelos estilistas Lino Villaventura, Mariana Morrell e Renata Figueiredo, para mostrar a qualidade de seus equipamentos de sublimação com a impressão de estampas.

cas novas, com equipamentos muito interessantes. Eu trabalho com revenda de máquinas e vim participar da feira para ficar por dentro das novidades do setor e levar para os meus clientes”, comentou o visitante Tiago Tremea, da Printec Sign, de Caxias do Sul (RS). Geraldo Rocha Quintanilha Junior, da Zona da Mata (MG), também relatou sua experiência durante o evento. “Eu trabalho com revendas de aportes de comunicação visual, como silk screen, serigrafia, lonas e tintas. Esse foi o meu foco na feira, saber as novidades nessas áreas em específico. Encontrei tudo o que procurava, a feira atendeu às minhas expectativas”, afirmou. O sucesso da 26ª edição da Serigrafia SIGN já confirmou a edição 2017 do evento para acontecer entre os RT dias 15 e 17 de julho no Expo Center Norte.

Sucesso de público

Contudo, não foram apenas os expositores que elogiaram a feira deste ano. “Eu já participo da feira há 12 anos e percebi que este ano tem bastante marRevista Têxtil #743 I 27

sign.indd 27

22/05/2016 20:07:38


RT

ABTT

O setor de estamparia digital caminhando a passos largos Antônio César Corradi

O

setor de estamparia digital esta contando só neste ano com 3 grandes feiras, a FESPA Brasil 2016 que ocorreu de 06 a 09 de Abril em São Paulo (SP), e contou com lançamentos e inovações mostradas no seguimento de: Estamparia digital, comunicação, decoração, sinalização, suprimentos e serviços. Em paralelo, a feira também sediou discussões, como o Congresso de Comunicação visual e impressão digital. Em sua terceira edição, o fórum trouxe grandes debates sobre a estamparia digital e a grande novidade foi o “Sublimation Day”, com profissionais trocando ideias sobre a tecnologia de sublimação, buscando soluções que se adaptem às novas realidades, mostrando que a feira tem um público qualificado e tomador de decisão para a estamparia digital. O mercado da sublimação segue dentro de um porte mais elevado na cadeia produtiva. Seja pela sua versatilidade de utilidade, podendo ser usado em diversos segmentos como: moda, comunicação visual, brindes, produtos esportivos, fotografia, decoração, entre outros. Isto dá muita agilidade aos produtos e processos e melhora as condições de competitividade com os produtos importados. Outro evento importante foi a Serigrafia Sign 2016. Com grande destaque para o crescimento do setor de impressão digital em tecidos e em sua 26ª edição o evento direcionou para a tecnologia de impressão digital em têxteis e contou com visitantes de confecções, estamparias, indústria têxtil, tecelagens e varejo, que vieram buscar as novidades dos

fabricantes, fornecedores, prestadores de serviços e associações, que buscam as novas tecnologias. A feira contou com três grandes espaços para palestras e workshops, batizados de Arena do Conhecimento, cujo principal objetivo era proporcionar uma oportunidade de capacitação para profissionais do setor Para impressão em grandes formatos, criou-se o 3° Simpósio de Impressão em grandes Formatos, evento realizado pela ABTG, que teve como objetivo levar conhecimento técnico aos profissionais do mercado com uma grade de palestras com temas nas áreas de gestão, tecnologia e vendas. Na parte de tecnologias, uma apresentação mostrava que a estamparia têxtil digital pode ser dividida em impressão direta (para bases naturais) e sublimação (normalmente utilizada para poliéster). Com estes conceitos, o evento reuniu produtores de máquinas e equipamentos, mídias, soft signage, routers, gravadoras a laser, látex, lona, papel, tintas, solventes, vinil e outros produtos e serviços do setor. Já na FEBRATEX 2016, prevista para acontecer entre 09 e 12 de agosto, em Blumenau (SC), teremos um painel de Estamparia Digital realizado pelo Comitê Setorial de Química e Têxtil da ABTT em parceria com a Dystar, Wtim, IMI Europe. Outras empresas do setor pretendem trazer palestrantes internacionais para promover uma discussão da estamparia digital e suas tecnologias no mercado têxtil, fator muito importante com tantas tecnoloRT gias e possibilidades do Inkjet

28 I Revista Têxtil #743

ABTT.indd 28

22/05/2016 20:07:27


RT

ABTT

Revista Têxtil #743 I 29

ABTT.indd 29

22/05/2016 20:07:27


RT

Abit Sinditêxtil

Abit realiza Congresso Internacional Contagem regressiva para o maior debate sobre a indústria da moda

A

Associação Brasileira da Indústria Têxtil e de Confecção (Abit) promoverá dias 1 e 2 de junho, no WTC Events Center, em São Paulo, o maior encontro da indústria e do varejo de moda realizado no País. O Congresso Internacional da Abit reunirá 35 especialistas do Brasil e do mundo para falar do cenário atual, discutir o futuro da indústria e do varejo de moda, debater como o consumidor final está mudando a cadeia produtiva, e quais as revoluções tecnológicas, que mais irão impactar o setor têxtil no curto e médio prazos, além das inovações em matérias, produtos e gestão de negócios. Ao todo, serão 15 especialistas que virão de diferentes países como EUA, França, Portugal, Inglaterra, Itália, Suíça, Holanda, além dos 20 palestrantes  brasileiros. A primeira edição do Congresso Internacional Abit tem o apoio da Apex-Brasil (Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos), por meio do Texbrasil (Programa de Internacionalização da Indústria da Moda Brasileira) e também do Banco Nacional de Desenvolvimento (BNDES). Abaixo, algumas questões que os palestrantes já anteciparam: Destaque das inovações iminentes ao mercado são as funcionalidades que podem ser fincorporadas às roupas e que avançam cada vez mais. Para Fernando Cunha, coordenador de projetos da Fibrenamics (plataforma da Universidade do Minho – Portugal), algumas das fibras mais revolucionárias – novas fibras naturais, sintéticas, inorgânicas, funcionais, nanofibras e fibras multicomponentes – já se encontram em processos de investigação e desenvolvimento e poderão ir para o mercado entre três e cinco anos, dependendo da maturidade dos mecanismos.

“Em que áreas o Brasil está à frente ou atrás dos outros países?” Essa investigação será exposta pelo futurologista do Projeto Millenium e professor da Singularity (Nasa + Google) , José Luiz Cordeiro, que mostrará um leque de avanços que afetarão a humanidade e sua forma de viver e consumir. O sonho de consumo do brasileiro, adiado por conta da crise atual do País, será retomado na primeira oportunidade. “Muita gente vai buscar renda extra para conseguir realizar a compra adiada”, diz Renato Meirelles, sócio do Instituto de Pesquisa Datapopular. “Mas o brasileiro se sente órfão de empresas que não correspondem aos seus sonhos”. “Em um cenário econômico como este que o Brasil atravessa, processos bem planejados, inovadores, que aproveitam todo o ferramental tecnológico disponível para as várias etapas produtivas, são elementos fundamentais para assegurar a manutenção e o crescimento do negócio”, afirma Edouard Macquin, vice-presidente global de vendas da Lectra (empresa especialista em solução de tecnologia integrada). Crise? Para quem já alcançou 30 países, não há crise econômica. Existe uma disciplina para projetar a marca ao mercado exterior. O CEO da marca de beachwear de luxo Adriana Degreas, Alexandre Cobra explica como continua a crescer com dólar alto ou baixo.“As empresas dizem que estão inovando, mas não saem da mesmice. Por isso muitos empresários fracassam” diz Paulo Renato Macedo, da Academia Tropos, empresa focada em acelerar startups. “Fast Fashion é sustentável? Por quanto tempo mais?” Flávio Rocha, presidente da Riachuelo, rede de varejo abastecida pela maior confecção da América Latina (Guararapes) explica o que está por trás RT desse modelo de mercado de moda.

30 I Revista Têxtil #743

ABIT.indd 30

22/05/2016 20:07:12


RT

Abit Sinditêxtil

Revista Têxtil #743 I 31

ABIT.indd 31

22/05/2016 20:07:14


RT

Internacional ITMA ASIA: 90% DOS ESTANDES VENDIDOS

Foto: Divulgação

A ITMA ASIA, um dos eventos mais importantes do setor têxtil no mundo e o maior do continente asiático já está com taxa de ocupação de 90% para a próxima edição, que acontece entre os dias 21 e 25 de outubro na cidade chinesa de Xangai. Vale lembrar que o National Exhibition and Convention Centre (NECC), espaço que receberá a exposição neste ano tem 180 mil metros quadrados. Neste ano, pela quinta vez a feira recebe o apoio da China Textile Machinery Association (CTMA). Embora o evento tenha porte internacional, espera-se que a maioria dos expositores seja local, pois os chineses adquiriram 65% do total de área de exposição disponível. São aguardadas também empresas da Alemanha, Suíça, Japão, Itália e Taiwan, totalizando 1.500 expositores. O presidente do Cematex, Charles Beauduin, está otimista com o evento. “O alto nível de interesse dos expositores com o evento demonstra que a feira é a plataforma mais importante para os fabricantes de máquinas têxteis se destacarem no mercado chinês”, afirma. Quem também está otimista é o vice-presidente do CTMA, Gu Ping. “Como a indústria têxtil chinesa continua se transformando, a demanda por maquinário avançado e tecnologia está em ascensão”, finaliza o executivo chinês.

ITMA 2019 TEM NOVA EMPRESA ORGANIZADORA O Comitê Europeu de Fabricantes de Máquinas Têxteis (CEMATEX) fechou contrato com uma nova empresa para organizar a edição espanhola da ITMA 2019, prevista para acontecer entre os dias 20 e 26 de junho de 2019, na cidade de Barcelona. Agora, a ITMA Services NV passa a ser responsável por essa e todas as edições futuras de eventos com a marca ITMA. Sediada em Bruxelas, na Bélgica e com filial em Singapura, a ITMA Services PTE Ltd. tem sob sua responsabilidade uma feira com 65 anos de história e que já visitou diversos países da Europa. Para dirigir a ITMA Services PTE Ltd., foi escolhida Sylvia Phua, que em seu currículo acumula envolvimentos com a própria edição espanhola, de 2011, a ITMA 2015 em Milão, na Itália e duas edições da ITMA Ásia, de 2001 e 2015, em Singapura. Ela também colaborou na ITMA Ásia CITME de Xangai a partir de 2008 até 2014. O Comitê Europeu de Fabricantes de Máquinas Têxteis, que é dono das feiras ITMA e ITMA Ásia, é composto por associações de máquinas têxteis da Bélgica, França, Alemanha, Itália, Holanda, Espanha, Suécia, Suiça e Reino Unido. Sobre o retorno da feira para a cidade espanhola, Charles Beauduin, presidente do CEMATEX, ressalta a qualidade do evento anterior. “Nós testemunhamos uma feira muito bem-sucedida, em 2011. Nossos visitantes e expositores ficaram muito impressionados com a infraestrutura e as instalações do local. Estamos ansiosos para outro grande evento lá em 2019”, concluiu o executivo. Da última vez que a ITMA esteve em Barcelona, o evento recebeu mais de 100 mil visitantes vindos de 138 países.

32 I Revista Têxtil #743

noticias.indd 32

23/05/2016 11:06:05


noticias.indd 34

22/05/2016 03:42:08


noticias.indd 34

22/05/2016 03:42:44

REVISTA TEXTIL 743  
Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you