Page 1

nº3

FLORIANÓPOLIS VERÃO 2014 4 Exemplar exclusivo do hotel

BEM-VINDO ATRAÇÕES AS DESCUBRA IMPERDÍVEIS ATRAÇÕESPARA DA REGIÃO SUA CURTIR ONDE ESTADIA ESTÁ HOSPEDADO EM FLORIPA

SHOW ME PARA CURTIR SANTA CATARINA

NO ROTEIRO COLOQUE O PÉPELOS NA ESTRADA E UMA VIAGEM MELHORES CONHEÇA DE LUGARES DESTINOS SANTAINESQUECÍVEIS CATARINA

NA BAGAGEM NOSSAS LEVE PARA SUGESTÕES CASA AS MELHORES PARA VOCÊ LEMBRANÇAS VOLTAR DAS FÉRIAS DE SANTA DE MALA CATARINA CHEIA

VOLTE SEMPRE LUGARES PARA DESCOBRIR EM SUA PRÓXIMA VIAGEM AO ESTADO

UM SONHO DE VERÃO DESCUBRA AS ATRAÇÕES MAIS QUENTES DA TEMPORADA E PREPARE-SE PARA VIVER AS MELHORES FÉRIAS DE SUA VIDA NO LITORAL CATARINENSE


10 BEM VINDO X Índice Victor Carlson

500 km

de litoral

68

Mapeamos a costa catarinense para ajudar você a descobrir lugares como a Praia Vermelha, recanto natural de águas cristalinas no município de Penha

Editorial Apaixone-se pelo litoral catarinense 1 12

Bem-vindo Carnaval premiado 1 14

Opinião Opiniões regionais 1 16 e 19

No Roteiro 500 km de litoral 1 68 O Tirol brasileiro 1 98 Refúgio na natureza 1 106 A cidade das águas 1 110 No coração de Blumenau 1 114 Tesouros insulares 1 118 Roteiros submarinos 1 121 Sob o sol da Serra 1 122

Na bagagem 126 128 130 132 133

X Beachwear X Moda feminina, masculina e infantil X Acessórios X Decoração X Produtos artesanais

Volte sempre 136 140 144 150 155 158 161

X Um espetáculo de inverno X A Veneza brasileira X Onde mora a memória X Um verão ao mar X Joaçaba cai no samba X Memórias sobre trilhos X Vale do Itajaí: Grutas de Botuverá, Zoo Pomerode, FIP

p


SHOW ME 11

Paraíso hidromineral 122

Daniel Queiroz

Leo Laps

Serra Catarinense

110 p

A pesca de trutas é uma das atrações deste verão na região serrana

p

Treze Tílias Divulgação

Daniel Queiroz

Turismo ferroviário

Em Piratuba, uma estrutura completa para relaxar em piscinas termais

158

98

Antigas marias-fumaça hoje transportam turistas pelo interior do estado

p Silvia Hudak

Imagens da neve 136

p

Belas paisagens da nevasca histórica de 2013 são registradas em livro

A herança tirolesa atrai milhares de visitantes ao Meio-Oeste catarinense

p


12 BEM-VINDO X Editorial

Uma publicação do Grupo RIC FUNDADOR E PRESIDENTE EMÉRITO Mário J. Gonzaga Petrelli

Grupo RIC/SC presidente-Executivo Grupo RIC/SC Marcello Corrêa Petrelli Diretor Comercial Reynaldo Ramos Diretor Administrativo e Financeiro Albertino Zamarco Jr. Diretor Operacional Paulo Hoeller Diretor de Redação notícias do dia Luís Meneghim

Revista SHOW ME

Apaixone-se pelo litoral catarinense Para quem visita o litoral catarinense é comum fi-

car encantado diante de tantos cenários deslumbran-

tes que se revelam, quilômetro a quilômetro. Quando o turista se depara com uma paisagem fascinante, que impressiona pela beleza e pelas cores, não há como reagir diferente. Ao longo da costa de Santa Catari-

na você com certeza vai presenciar vários momentos assim. Foi por essa razão que, nesta terceira edição da SHOW ME, percorremos mais de 500 quilômetros

de litoral para apresentar a você sugestões de praias para visitar, cada uma com seu charme particular.

A revista SHOW ME é distribuída na rede de hotéis

Coordenador-geral e diagramação Victor Emmanuel Carlson

e pousadas em todo o estado. Somente na região que

Editor-executivo Diógenes Fischer

riú, a revista é encontrada em mais de 15 mil leitos

FOTO DA CAPA YanLev(C) e Warren Goldswain(F)/Shutterstock REPORTAGEM Adão Pinheiro, Anderson Bernardes, Beatrice Gonçalves, Fabiana Henrique, Fábio Bianchini, Fabrício Rodrigues, Felipe Adam, Giselle Zambiazzi, Helena Rodrigues, Hyury Potter, Jerônimo Rubim, Leo Laps, Luciana Zonta, Marco Túlio Brüning, Mateus Boing, Mônica Pupo, Saraga Scheistel Fotografia Daniel Queiroz, Leo Laps e Victor Emmanuel Carlson Consultora de Moda e DECORAÇÃO Fabiana Henrique MAPAS Rogério Moreira Jr.

abrange a Ilha de Santa Catarina e Balneário Camboem 282 estabelecimentos hoteleiros.

Como na edição anterior, destacamos uma cidade

catarinense que investe no potencial turístico de suas raízes históricas. Dessa vez a escolhida foi Treze Tílias, que em 2013 comemorou 80 anos da imigração

“Quando o turista

tarinense encanta os visitantes com a herança cultu-

uma paisagem

austríaca. Esse pequeno município no meio-oeste ca-

ral cultivada na arquitetura, no artesanato, na gastronomia e no dia a dia da comunidade.

Esta edição de SHOW ME traz ainda várias dicas

para curtir suas férias em Florianópolis e Balneário

diferente”

não significa que não falamos do frio. Relembramos o

Avenida do Antão, 1.857 CEP 88025-150 – Florianópolis/SC (48) 3221-4100

pela beleza e

passeios pela natureza e pelas ilhas do nosso litoral.

cos no estado, como as estâncias hidrominerais, os

distribuição Hannah Mattos

Circulação de 18 de dezembro 2013 a março 2014

impressiona pelas cores, não

A Serra catarinense não poderia ficar de fora, mas

www.revistashowme.com.br

fascinante, que

Camboriú, além de destacar outros destinos turísti-

REVISÃO Lu Coelho

IMPRESSÃO Gráfica Posigraf

se depara com

dessa vez com atrações para aproveitar no verão. Isso

inverno de 2013, quando a neve cobriu mais de 100

municípios catarinenses do extremo-oeste ao litoral. Imperdível, como toda esta edição. Boa leitura!

Marcello Corrêa Petrelli Presidente-Executivo Grupo RIC/SC

há como reagir


VISITE O SHOPPING

iguatemiflorianopolis.com.br


14 BEM-VINDO X Top One ADVB Divulgação

Carnaval

premiado

A criação de uma passarela do samba e a transmissão ao vivo do desfile contribuíram para retomar uma tradição e movimentar a economia de Itajaí

p

GRUPO RIC CONQUISTA O TOP ONE DA ADVB COM A COBERTURA Da FOLIA EM ITAJAÍ e SE CONSOLIDA À frente da DIVULGAÇÃO TURÍSTICA NO ESTADO

O

Por Saraga Scheistel

resgate do Carnaval em Itajaí, cidade do Litoral Norte

– Viva o Verão”, que pelo quarto ano vai integrar todos os veículos

de Santa Catarina, levou o Grupo RIC a conquistar pela

da rede em mais de 80 eventos espalhados pelo Estado. Entre

primeira vez o prêmio Top One de Turismo, concedido

as atrações deste verão estão o Summer Balneário, com shows

pela Associação dos Dirigentes de Vendas e Marketing do Brasil

e atividades ao ar livre em Balneário Camboriú, o campeonato

(ADVB). Na cerimônia de entrega, que aconteceu no dia 1º de

de Beach Soccer em São Francisco do Sul e o projeto Estação

outubro de 2013, o Grupo recebeu ainda o Top Turismo 2013

Verão, em Chapecó. A novidade é a primeira edição do Summer

pelo terceiro ano consecutivo. Todos os anos, dez empresas são

Sul, com atividades culturais nas praias do Sul do Estado. “Além

agraciadas com o prêmio, mas apenas uma delas é escolhida

disso, teremos promotores circulando pelas regiões para mostrar

para receber o Top One.

o que há de melhor do verão catarinense”, antecipa Edo.

“Foi uma grande emoção para toda a equipe”, diz o gerente

Além de conquistar o Top Turismo da ADVB, o Grupo RIC é re-

de marketing do Grupo RIC, Santiago Edo. “Afinal, mais do que

conhecido por outras entidades por seu envolvimento no fomento

transmitir ao vivo o Carnaval de Itajaí, a RIC promoveu toda a

da atividade econômica do Estado. Em setembro, a Record News

cultura da festa que estava esquecida na cidade”, observa Edo,

e o portal RIC Mais foram agraciados com o prêmio Destaque Em-

lembrando que a retomada do Carnaval ajudou a movimentar a

preendedor, concedido pela Associação dos Empreendedores de

economia local. “Criamos a passarela do samba em parceria com

Micro e Pequenas Empresas e dos Empreendedores Individuais

a prefeitura e fomentamos atividades profissionais relacionadas

da Região Metropolitana de Florianópolis (Ampe). A emissora e

ao desfile, como as costureiras e os montadores de carros alegó-

o site foram escolhidos por causa do seu importante papel na di-

ricos”, completa o executivo.

vulgação das atividades dos pequenos empresários catarinenses.

Para dar continuidade aos trabalhos de divulgação do turismo local, o Grupo RIC mantém projetos especiais como o “Destino SC

Para conhecer a programação de todas as atividades de verão do Grupo RIC basta acessar o site www.destinosc.com.brl


16 BEM-VINDO X Opinião

Amor austro- Belezas de tirar o fôlego brasileiro

Eu não poderia começar a falar de turismo em Santa Catarina sem mencionar

as belezas naturais. As belas paisagens são fundamentais para o desenvolvimento das atividades turísticas em nosso estado. Temos um litoral magnífico, montanhas,

Há 80 anos, a primeira leva

rios, cânions e florestas que encantam quem passa por aqui. Além disso, temos a

de imigrantes austríacos, em sua

arquitetura típica das cidades açorianas, alemãs, italianas e austríacas que ajuda a

maioria da região do Tirol, partiu

compor paisagens inesquecíveis para quem nos visita. Nosso povo também é cati-

para a América do Sul em busca de

vante: são várias etnias que compõem essa terra abençoada e multicultural.

uma nova vida, fundando a colônia

E é essa mistura de cenários e tradições que faz de Santa Catarina um estado

que veio a se tornar o município

monstra a importância econômica do turismo, na gera-

Tirol brasileiro”. As famílias que aqui

ção de emprego, renda e oportunidades. Com eventos e

chegaram fizeram da agricultura

festas, conseguimos fazer com que o turismo deixasse

e da pecuária sua fonte de renda e

de existir somente no verão. E por falar na estação mais

forma de subsistência. Com o tem-

Divulgação

único e próspero, com 12% do PIB representado pela atividade turística. Isso de-

de Treze Tílias, conhecido como “o

quente do ano, mais uma temporada se aproxima – e

po, Treze Tílias foi crescendo e se

empresários, governo e sociedade já estão trabalhando

desenvolvendo sem perder suas pe-

para garantir a felicidade e o conforto dos visitantes.

culiaridades, como a arquitetura, os

Queremos, cada vez mais, consolidar Santa Catarina

costumes e as tradições cultivadas

como referência em lazer.l

pelos descendentes dos imigrantes.

Valdir Walendowsky

Foi neste cenário que o turismo

Secretário de Estado de Turismo, Cultura e Esporte e presidente da Santur

tornou-se uma vocação para a cidade, que guarda os traços da cultura tirolesa na música, nas danças, na

O turismo e sua magia

gastronomia, na arte em madeira e até no idioma, pois a língua alemã faz parte do currículo escolar. O resultado do desafio enfrentado

Só as pessoas que trabalham com este segmento conseguem experimentar

pelos primeiros pioneiros está nesta

esse sentimento mágico. Para que isso ocorra, não basta que a pessoa goste, e,

pequena e encantadora cidade do

sim, ame o que faz. É por essa razão que vemos profissionais decanos trabalhando

meio-oeste catarinense. E da mesma

com o mesmo entusiasmo de quando começaram. Conseguir surpreender o turista

forma com que os pioneiros prima-

com qualidade no serviço proporciona momentos inesquecíveis ao visitante e uma

vam pelo trabalho, a cultura e os

satisfação indescritível ao profissional do turismo. Essa é a mágica do segmento!

costumes tiroleses, assim também

Com a criação do Funturismo este segmento tão importante para a economia

Treze Tílias ressalta a importância

do estado e para o bem-estar dos catarinenses recebeu um fomento essencial. Re-

do cultivo das tradições austríacas as

cursos estão sendo direcionados para obras de infraestrutura que, sem dúvida,

quais lhe conferem o título de cidade

serão aproveitadas por várias gerações. Não menos importante é a relevância do

mais austríaca do Brasil.l

fundo para realizar eventos que trazem turistas e promovem o lazer da população. Temos um futuro brilhante com o turismo. Fomos eleitos por sete anos conse-

Mari Piaia Divulgação

trabalho desenvolvido por catarinenses abnegados – tanto da iniciativa privada como no estado. Para isso, é preciso comprometimento das administrações municipais e que o trade turístico esteja unido, com atitudes coletivas e não individuais. Contudo, mesmo com os desafios que ainda existem, eu convido: venham conhecer esta magia! Façam parte da família do turismo catarinense. Vale a pena!l

Ivan A. Bertoncini Cascaes Presidente do Conselho Estadual de Turismo

Divulgação

cutivos o melhor destino turístico do país graças ao

Secretária de Educação de Treze Tílias


DEPOIS DE UM BANHO DE MAR, QUE TAL UM BANHO DE SHOPPING?

• Mais de 200 lojas das melhores marcas • Agência de viagens, câmbio e salão de beleza • Diversas opções gastronômicas • Cinemas com salas VIP, 3D e Macro XE • Wi-Fi em todo o shopping • Kids Play • Supermercado

O melhor da moda, gastronomia e lazer está esperando por você no Continente Park Shopping.

Rodovia BR 101 - km 211 - Esquina Rod. SC 407 - São José

/ContinentePark

@continente_park

@continentepark

www.continentepark.com.br

Viver aqui é tudo.


SHOW ME 19

Tecnologia e turismo Florianópolis desponta no cenário nacional como a capital da inovação. Diante deste panorama, diversos setores precisam se adequar às tecnologias. E o turismo também caminha nesse sentido. Pesquisa apresentada pelo site TripAdvisor mostra que mais da metade dos usuários do Facebook planejou suas viagens inspirada em fotos de amigos. Segundo o estudo, 81% dos clientes analisam o destino em sites de viagem antes de fazer a reserva e um terço delas foi feito on-line em 2012. Os números comprovam o potencial das mídias digitais no turismo, reforçando a importância de investir nessa área. Em 2013, o site concedeu à capital catarinense o prêmio Travellers’ Choice como um dos melhores destinos turísticos do Brasil e a escolha foi dos próprios viajantes. Para aproximar a cidade do público cada vez mais exigente, informado e ligado à tecnologia, a Secretaria de Turismo apoia o portal Vivendo Floripa, Divulgação

que apresenta em três idiomas (inglês, espanhol e mandarim), além do português, tudo o que o visitante precisa saber sobre a cidade. Com a chegada do verão, vamos disponibilizar um aplicativo para celulares em três idiomas (português, inglês e

Eventos em Blumenau A cidade é conhecida por ser um pedaço da Alemanha no Sul do Brasil. A Secretaria de Turismo do município tem ciência do potencial deste título e, nos últimos tempos, tem passado por uma fase intensa de desenvolvimento de ideias e ações de divulgação. Os objetivos desta gestão são revitalizar e aumentar o número de atrativos turísticos da cidade, bem como o número de turistas e seu tempo

espanhol), que funcionará como guia turístico. Diante de um

de permanência na região. Ser

monumento histórico, o visitante poderá ouvir a história do

referência de qualidade em

local, por exemplo. Uma ferramenta simples, a qual permitirá

produtos e serviços também faz

que o turista seja mais bem recebido.l

parte de nossas metas. Trabalhamos para desenvolver

Maria Cláudia Evangelista

o turismo de lazer e de eventos,

Secretária de Turismo de Florianópolis

aproveitando as características geográficas naturais e a excelência

Destino frequente

em organização de nossa gente. Promovemos frequente capacitação e qualificação do trade turístico e dos serviços de apoio. Nossas ações

O turismo de eventos não deve ser pensado de forma pontual, que acaba com

de marketing vêm acontecendo

a conclusão do evento. Ele é a porta de entrada para que o turista comece seu

em feiras e eventos em todo o

envolvimento com a cidade, responsável inclusive pelos desembarques futuros

Mercosul, em parceria com a

em busca de lazer ou outros atrativos do destino.

Santur e municípios da região

O trabalho do Floripa Convention tem o objetivo de quebrar a sazonalidade,

litorânea e do Vale Europeu,

a ideia de que somos uma cidade de praia, procurada apenas na alta temporada.

mostrando que Blumenau tem

Conceito do passado definitivamente. A entidade atua fortemente na captação

eventos temáticos e atrações

de eventos, na projeção da região nas feiras e eventos do segmento e na

marcantes durante todo o ano.l

desmistificação de uma cidade ainda pouco conhecida na sua multiplicidade, que funciona com todas as peculiaridades nas quatro estações do ano.

Elson Campos Ferreira

Experiências não ficam à parte, elas são o grande diferencial oferecido

momento de transição e de reflexão da própria identidade de onde vivemos, que será superado com decisões em todas as esferas. Grandes centros passam pelos mesmos dilemas, sem perder o charme da preferência ou o empenho na busca das soluções. Independente dos desafios, nossa postura é sempre de bons anfitriões, que recebem quem chega com os braços abertos.l

Eugênio Neto Presidente do Floripa Convention & Visitors Bureau

Lio Simas/Divulgação

que necessitam de urgência na condução. É um

Divulgação

Diretor de Planejamento e Promoção da Secretaria de Turismo de Blumenau

pelo destino. Sabemos das dificuldades em estrutura, mobilidade e dos fatores


20 BEM-VINDO X Florianópolis

O melhor de Floripa DO NORTE AO SUL DA ILHA, confira nosso roteiro de ATRAÇÕES IMPERDÍVEIS PARA APROVEITAR AO MÁXIMO SUAS FÉRIAS NA capital Texto Mônica Pupo Fotos Victor Carlson


SHOW ME 21

N

ão é difícil entender as razões que

em todas as regiões, sobressaem monumen-

transformaram Florianópolis em um

tos históricos que ajudam a contar a história

dos principais destinos turísticos do

da capital catarinense, como as fortalezas,

Brasil e da América do Sul. De norte a sul, a

igrejas e casario em estilo açoriano do século

Ilha da Magia justifica sua fama ao receber os

18. Sítios arqueológicos são outro atrativo da

visitantes com paisagens deslumbrantes por

cidade, com destaque para os resquícios de

todos os cantos. Praias de areia branca e mar

sambaquis e inscrições rupestres espalhados

azul se alternam com montanhas verdejantes,

pelos costões à beira-mar.

lagoas cristalinas e dunas recobertas de res-

Para completar, Floripa oferece ainda um

tinga, onde é possível praticar uma infinidade

roteiro de bares, restaurantes e baladas capa-

de atividades de lazer, de trilhas e caminha-

zes de satisfazer os mais diferentes gostos – e

das a esportes radicais como surfe, escalada,

bolsos. Dos clubes de praia luxuosos de Jurerê

parapente e kitesurfe.

Internacional aos bares desencanados da La-

Mas nem só de belezas naturais se fazem os passeios em Floripa. Por todos os lados,

goa da Conceição, é impossível não se divertir e se surpreender por aqui.

p

O mirante da Casa de Retiros

Vila Fátima, no Morro das Pedras, presenteia os visitantes com um dos mais belos cenários da Ilha


Norte Da ILHA

22 BEM-VINDO X Florianópolis

Centrinho de Santo Antônio de Lisboa

Trilha do Caminho do Engenho

Um dos mais antigos bairros da cidade reúne restaurantes, ca-

Quem gosta de conciliar caminhada leve, banho de mar e pai-

fés e lojas de artesanato à beira-mar. Isso além de um pôr-do-

sagens deslumbrantes pode percorrer a trilha que margeia o

-sol deslumbrante por trás de um mar de águas calmas e vista

costão sul da Praia dos Ingleses. O caminho, que antigamente

panorâmica para a Baía Norte. Passear por ali equivale a uma

levava até plantações de cana-de-açúcar e mandioca, começa

viagem ao século 18, quando os primeiros imigrantes açorianos

no canto direito da praia, no Parque Arqueológico dos Ingleses/

desembarcaram na Ilha. Destaque para o casario antigo e a igreja

Santinho. Antes de sair, vale a pena passar alguns minutos na

construída em 1750. Mais adiante fica a Praça Roldão da Rocha

passarela de onde se pode ver a grande concentração de oficinas

Pires, por onde passou a primeira rua calçada de Santa Catarina,

líticas no local. A partir daí, a trilha se estende por 1,7 quilôme-

pavimentada em 1845 para receber Dom Pedro II. Durante o fim

tro. Em uma caminhada de cerca de meia hora, é possível avistar

de semana, a praça é sede da Feira das Alfaias.

as praias dos Ingleses e Brava, além das ilhas do Badejo, Mata

Santo Antônio de Lisboa fica a 13 km do Centro, via SC-401. A Feira

Fome e Moleques do Norte.

das Alfaias acontece aos sábados e domingos, das 15h às 21h.

A Trilha do Caminho do Engenho fica na Praia dos Ingleses, a 37 km

Rota Gastronômica do Sol Poente No caminho que liga os bairros Cacupé e Sambaqui, passando por Santo Antônio de Lisboa, descortina-se um dos mais belos fins de tarde da Ilha. Tão belo que serviu de inspiração para um dos roteiros gastronômicos mais interessantes de Floripa. Ao longo do trajeto, dezenas de restaurantes especializados em frutos do mar servem – entre outras iguarias ilhoas – ostras in natura e fartas sequências de camarão. A região também concentra barzinhos ideais para um happy hour à beira-mar e casas de especialidades diversas, incluindo pizzarias e bistrôs.

Bate Ponto. Rod. Gilson da Costa Xavier, 51. (48) 3235-2121 Zé do Cacupé. Est. Haroldo Soares Glavan, 1964. (48) 3335-6229 Pitangueiras. Rod. Gilson da Costa Xavier, 2829. (48) 3335-0398 Gugu. R. Fernando J. Andrade, 147. (48) 3335-0288 João de Barro. Rod. Haroldo Soares Glavan, 1166. (48) 3335-6003

do Centro.


SHOW ME 23

p

As coloridas fachadas açorianas de Santo Antônio de

Lisboa nos levam de volta à Florianópolis do século 18

p

No fim de tarde, as mesas à beira-mar são as mais

disputadas nos restaurantes da Rota Gastronômica Em 2,5 km de caminhada pela Mata Atlântica, a Trilha

p

da Lomba do Ingá liga o Santinho ao Moçambique Margeando o costão da Praia dos Ingleses, o Caminho

p

p

do Engenho é outra trilha imperdível do Norte da Ilha A Praia Brava, juntamente com a Praia do Santinho,

é ponto de encontro dos praticantes de surfe na região

Trilha da Lomba do Ingá Percorrer a trilha de aproximadamente 2,5 km que liga as praias do Santinho e Moçambique é uma ótima oportunidade para entrar em contato com a diversidade natural da região. Dunas, córregos, restingas e vegetação de Mata Atlântica circundam o caminho que no passado era usado pelos nativos durante a pesca da tainha, para pastoreio e busca de lenha. Em época de chuva, pequenas lagoas se formam entre as dunas e tornam a paisagem ainda mais bela.

Para chegar à trilha, siga até o final da Estrada Vereador Onildo Lemos, na Praia do Santinho. O caminho começa atrás das dependências do Costão do Santinho Resort.

Surfe no Santinho E na Praia Brava Para os surfistas de plantão, o Norte da Ilha reserva excelentes pontos para a prática do esporte. Um dos mais famosos é a Praia do Santinho, considerada a melhor da região para o surfe. Além do visual exuberante, as ondas por lá podem atingir até 2,5 m, com formação tanto de esquerda como de direita. Com águas claras e de alta salinidade, a Praia Brava também é muito procurada por suas ondas regulares, facilitadas pelas ondulações de leste e sul.

Escola de Surfe Costão do Santinho. (48) 9602-7359


24 BEM-VINDO X Florianópolis

Fortaleza de São José da Ponta Grossa Situada entre as praias de Jurerê e do Forte, a fortaleza foi erguida em 1740 como parte de um complexo de fortificações criadas para proteger a Ilha contra ataques estrangeiros e consolidar a ocupação portuguesa. É a única das três fortalezas locais que pode ser acessada por terra. A visita dá acesso a todos os ambientes, iniciando pelo pátio principal onde estão

nas principais mostras de arte ao redor do mundo. Com mais de 3 mil obras em exposição, o acervo inclui peças em cimento e argila, painéis gigantes (alguns chegam a 30 metros de comprimento), quadros e esculturas feitas com materiais inusitados como tubos de tinta, fios e saltos de sapatos. Algumas vezes, é a própria Eli que guia os visitantes no passeio, enquanto recita versos e conta cau-

O Museu Mundo Ovo fica na Rodovia SC-401, Km 7, nº 7079, Santo Antônio de Lisboa. Visitas devem ser agendadas com

ram feitas com pedras, argamassa e reboco de cal de conchas e areia.

O acesso à Fortaleza é feito pela Praia do Forte. Aberta diariamente para visitação. De abril a novembro, das 9h às 12h e das 13h às 17h. De dezembro a março, das 9h às 12h e das 13h às 19h. (48) 3271-8302

O Mundo Ovo de Eli Heil Localizado em Santo Antônio de Lisboa,

p

Construída em 1740 pelos colonizadores

a caminho das praias do Norte da Ilha,

portugueses, a Fortaleza de São José da Ponta

o Mundo Ovo não pode ficar de fora do

Grossa fica entre Jurerê e a Praia do Forte

roteiro dos apreciadores de arte. Ali es-

p A artista plástica Eli Heil apresenta suas

tão localizados casa, acervo e ateliê de

p

participações

durados por uma bela vista da praia. A ca-

parte do passeio. Todas as construções fo-

ao ar livre exibe inscrições rupestres milenares

acumula

sos sobre sua vida e obra.

tropa e o paiol de pólvora também fazem

No costão da Praia do Santinho, um museu

(SC),

os canhões e guaritas centenárias, emolpela, a casa do comandante, o quartel da

obras multicoloridas no Museu Mundo Ovo

Palhoça

Eli Heil, uma das mais conceituadas artistas plásticas de Santa Catarina. Aos 85 anos, nascida na Barra do Aririú, em

antecedência. (48) 3235-1076

Inscrições rupestres na Praia do Santinho Além das belezas naturais, a Praia do Santinho também se destaca como um dos principais sítios arqueológicos do litoral catarinense. Inscrições rupestres feitas por antigos povos coletores, caçadores e pescadores – conhecidos como Homem do Sambaqui – podem ser observadas nas rochas que circundam a praia. Grafados há pelo menos 4 mil anos, os sinais apresentam figuras geométricas em enigmáticos conjuntos de linhas onduladas ou em ziguezague. Chamado Museu Arqueológico ao Ar Livre do Santinho, o local oferece ainda sinalização e murais

Daniel Queiroz/ND

com informações sobre as incrições.

Arvorismo no Costão do Santinho Andar por entre as copas das árvores pode ser uma maneira inusitada – e muito divertida – de conhecer as belezas naturais do Norte da Ilha. No Costão do Santinho Resort & Spa, por exemplo, está localizado o maior percurso de arvorismo do Sul do Brasil, com 29 atividades acrobáticas suspensas a 10 metros de altura. Cercados pela exuberante Mata Atlântica, os visitantes são desafiados a atravessar pontes, troncos, escadas, cabos aéreos e tambores. Para os mais radicais, há ainda tirolesas de até 100 metros de comprimento.

O Costão do Santinho Resort fica no final da Praia do Santinho, a 35 km do Centro. Sessões de arvorismo devem ser agendadas com a Ekoeté Eventos e Turismo. (48) 3226-0330


Diversas opções de tratamentos para você relaxar: drenagem, massagens, relaxamentos aromáticos, terapia de pedras quentes, argila e algas, hidratação facial, tratamento catiovital e muito mais. Tudo isso no Costão do Santinho, em Florianópolis.

VENHA APROVEITAR. costao.com.br - 0800 48 1000


26 BEM-VINDO X Florianópolis

Leste da ILHA Mirantes DA LAGOA Nesta região estão localizados alguns dos principais cartões-postais de Florianópolis. E uma das melhores formas de admirar tanta beleza é de cima, mais precisamente nos dois mirantes naturais mais conhecidos da região. Um deles está localizado no Morro da Lagoa e tem vista panorâmica para a Lagoa da Conceição, tendo ao fundo a Praia Mole e a Joaquina, recortada por um extenso campo de dunas. O mirante do lado oposto, na estrada entre a Praia Mole e a Barra da Lagoa, oferece outro ângulo de observação, de frente para o centrinho e as dunas. O local conta ainda com restaurante, cafeteria, lojas de artesanato e vestuário.

O mirante do Morro da Lagoa fica na principal via de acesso ao bairro, a Rod. Admar Gonzaga. O mirante da Barra fica no Ponto de Vista Bar e Restaurante. Rod. Jornalista Manoel de Menezes, 1747. (48) 3232-5207

Artesanato na Avenida das Rendeiras No caminho para as praias do Leste, a via calçada com paralelepípedos guarda uma das maiores riquezas culturais da cidade: a renda de bilro. Em pequenas casas de madeira ao longo da avenida ainda é possível encontrar remanescentes das tradicionais rendeiras, que permanecem tecendo alheias ao agito dos bares e restaurantes ao redor. A técnica, herdada dos imigrantes açorianos, se diferencia dos demais bordados pelos pontos feitos “no ar”, manejando-se os fios por meio de pequenas peças de madeira torneada – os bilros.

A Av. das Rendeiras fica na Lagoa da Conceição, a 20 km do Centro.


Daniel Queiroz

SHOW ME 27

Trilha do Canto dos Araçás

p

O caminho leva à Costa da Lagoa, antiga comunidade de pesca-

comunidades mais pitorescas da Ilha, onde só se chega a pé ou de barco

A baleeira leva turistas e moradores até a Costa da Lagoa, uma das

dores que só é acessível a pé ou de barco. Com aproximadamen-

p

te sete quilômetros de extensão às margens da Lagoa da Concei-

Centrinho da Lagoa atrai desde famílias a passeio até jovens baladeiros

de moradores que remete aos tempos da colonização açoriana.

No caminho da Praia Mole rumo à Barra da lagoa, vale a pena dar

uma parada no mirante para tirar fotos e apreciar a vista panorâmica

p

Fazem parte do percurso resquícios de um antigo engenho de

p

ção, a trilha é bastante acessível e passa por uma pitoresca vila

Reunindo comércio, gastronomia e uma noite movimentada, o

A delicadeza e a precisão dos pontos da renda de bilro são resultados

farinha e casario – como as ruínas de um sobrado construído por

de uma antiga técnica de origem açoriana passada de mãe para filha

escravos em meados de 1780 – além de recantos naturais como

p As águas tranquilas da Lagoa são o palco ideal para a prática de

uma cachoeira que desemboca em uma piscina de pedras.

diversas modalidades de esportes aquáticos, como a canoa havaiana

O Canto dos Araçás fica a 15 km do Centro, próximo à Lagoa da Conceição. Para chegar à trilha, siga de carro ou ônibus até o ponto final da linha que leva ao bairro.

Passeio de barco na Costa da Lagoa Outra forma de acessar o vilarejo é em um agradável passeio de barco pelas águas tranquilas da lagoa. É possível pegar a embarcação em diversos locais. O principal deles fica no Centrinho, ao lado da ponte que segue para a Avenida das Rendeiras. As baleeiras passam a cada meia hora e a viagem leva de dez a 40 minutos, variando conforme o barco e o ponto de embarque. Quem vem do Norte da Ilha pode embarcar no Parque Ecológico do Rio Vermelho. O ritmo tranquilo do barco permite apreciar com calma a natureza no entorno da Lagoa e o modo de vida da população nativa.

Mais informações com a Cooperbarco, cooperativa de barqueiros

Centrinho da Lagoa

responsável pelo serviço de transporte lacustre. (48) 3232-8266

Além das belezas naturais, a Lagoa da Conceição se destaca como um dos bairros mais movimentados da Ilha, reunindo lojas,

Esportes aquáticos

cafeterias e restaurantes que atraem moradores e visitantes du-

A Lagoa da Conceição também é cenário ideal para a prática de

rante todo o ano. Comida boa e farta é uma tradição do local, que

esportes aquáticos. Uma das modalidades mais procuradas é o

concentra tradicionais restaurantes de frutos do mar, como Chef

stand-up paddle, que usa uma espécie de prancha de surfe movi-

Fedoca e Casa do Chico. A região também é propícia para as

da a remo. Com ventos constantes que sopram dos mais variados

compras, com lojas e galerias pelas ruas, um pequeno shopping

quadrantes – com ênfase para as rajadas de sul e nordeste – a

e a tradicional feirinha de artesanato. Mas se o objetivo é “ver e

lagoa atrai também praticantes de windsurfe e kitesurfe. Outro

ser visto”, seja bem-vindo a uma das noites mais efervescentes

esporte muito praticado é a canoa havaiana, em embarcações

da Ilha! O circuito de bares e danceteria inclui Confraria Club,

com cerca de 14 m de comprimento com até nove remadores.

The Black Swan e Boteco da Ilha, entre outros.

Floripa Surf Club. (48) 9991-3535. Windcenter. (48) 3232-2278. Open Winds. (48) 9962-3778. Kanaloa (canoa havaiana). (48) 8422-6533.

A Feira de Artesanato da Lagoa funciona aos domingos, das 15h às 20h, na Praça Bento Silvério.


28 BEM-VINDO X Florianópolis

Dunas da Joaquina Não é apenas o mar que chama atenção de quem visita a Praia da Joaquina. É impossível passar por ali sem admirar as dunas de areias brancas que se estendem pela região, recobertas pela vegetação de restinga. Além de caminhadas para apreciar o visual, a grande atração por ali é o sandboard, esporte que consiste em deslizar sobre a areia a bordo de uma prancha presa aos pés.

A Praia da Joaquina fica a 17 km do Centro. As pranchas de sandboard podem ser alugadas por R$ 20 a hora. (48) 9164-9977

Picos de surfe O Leste da Ilha tem alguns dos melhores locais para a prática do surfe em Florianópolis. O mais famoso é a Praia da Joaquina, palco de campeonatos que reúnem a elite do esporte no mundo. Tanto no meio da praia como no lado esquerdo as ondas costumam ser excelentes, principalmente em dias de vento nordeste e ondulação leste. A Praia Mole é outro pico disputado devido às ondas constantes, favorecidas pelos ventos terrais de norte a sudoeste. Para os iniciantes, a Barra da Lagoa apresenta boas ondas com vento sul e ondulação de leste.

A Easy Surf dá aulas de surfe na Joaquina. (48) 3232-2082 A Escolinha Evandro Santos, na Barra da Lagoa. (48) 3232-7753

Praia Mole Com cerca de 2 km de extensão, a Mole é uma das mais belas praias da Ilha, frequentada principalmente por jovens, surfistas e praticantes de parapente. Nos dias quentes de verão, a paquera rola solta pelas areias fofas e brancas que deram nome ao local. Com boa infraestrutura, possui diversos quiosques à beira-mar.

Turistas passeiam pelas dunas da Joaquina, uma área com cerca de

p

1,5 km de extensão ao lado da praia, completamente tomada pela areia O Canal da Barra, que liga a Lagoa da Conceição ao mar, costuma

p

p

ser usado por lanchas, jet skis e praticantes de stand up paddle (SUP) A Praia Mole é um dos principais points da juventude em Floripa, com

boas ondas para o surfe e uma faixa de areia repleta de gente bonita

p Mas o principal reduto dos surfistas é a Praia da Joaquina, palco de

dezenas de campeonatos internacionais reunindo as estrelas do esporte

A Praia Mole fica a 17 km do Centro. Kokoon Beach Lounge. (48) 8847-6006. Bar do Deca. (48) 3232-2052

Canal da Barra O canal que liga a Lagoa da Conceição ao mar atravessa uma das mais tradicionais comunidades pesqueiras da Ilha. O trecho completo pode ser percorrido em passeios de barco ou lancha, além de ser muito procurado por praticantes de stand up paddle (SUP). Outra atração é a ponte de ferro que passa sobre o canal.

Flávio Tin/ND

A Barra da Lagoa fica a 20 km do Centro. A empresa Ondança organiza passeios de barco saindo do canal. (48) 3232-1965


30 BEM-VINDO X Florianópolis

Centro

Praça 15 de Novembro Espécie de “marco zero” da cidade, a Praça 15 representa não só o principal ponto de encontro dos moradores de Florianópolis como está intimamente ligada às suas origens. Foi aqui que Francisco Dias Velho fundou a Vila Nossa Senhora do Desterro, em 1673. Ponto de partida para o desenvolvimento da cidade, tem em suas imediações importantes prédios históricos, como

ajudam a entender a geografia da Ilha. E um dos melhores e mais tradicionais pontos de observação, sem dúvida, é o Mirante do Morro da Cruz. Localizado a 285 metros de altitude, o local oferece vista panorâmica de toda a área central, incluindo as três pontes, as baías Norte e Sul e os bairros do continente. O visual fica ainda mais bonito ao pôr-do-sol e em noites de

a Catedral Metropolitana e o antigo Palácio do Governo (atual

lua cheia.

Museu Cruz e Sousa). Outro destaque é a figueira centenária,

Para chegar ao mirante procure a Praça Celso Ramos, na Av. BeiraMar norte e as ruas Jairo Callado e Ernesto Stodieck e seguir até o

plantada por volta de 1870 e cantada em prosa e verso pelos artistas ilhéus.

final da Avenida do Antão, no alto do Morro da Cruz.

Mirante do Morro da Cruz

Mercado Público

Se há uma coisa que não falta em Florianópolis são mirantes naturais. Cercada por montanhas, a cidade possui diversos ponDaniel Queiroz

tos estratégicos de onde se descortinam vistas exuberantes que

Verdadeiro ícone da cultura florianopolitana, o Mercado Público de Florianópolis foi construído em 1899 e até hoje – após muitas reformas e até um incêndio – sobrevive como um dos principais centros comerciais da cidade. A construção histórica abriga lojas de segmentos variados, com destaque para as tradicionais bancas de peixe, além de calçados, especiarias, artigos de papelaria, artesanato e decoração, entre outros. A gastronomia também tem seu lugar nos botecos que servem petiscos e bebidas, como o Box 32, famoso pela cachaça artesanal e o pastel de camarão.

Rua Conselheiro Mafra, 255. (48) 3225-8464

Catedral Metropolitana de Florianópolis A história da Catedral Metropolitana de Florianópolis remonta aos primórdios da ocupação da cidade, quando Dias Velho ergueu a primeira igreja de Nossa Senhora do Desterro. A humilde capelinha construída de pedra e cal nos primeiros anos da Vila deu lugar a uma imponente construção erguida entre 1753 e 1773. Recentemente o local passou por uma grande obra de reforma e restauração, que envolveu reparos na parte estrutural do prédio, fachada e sistemas de iluminação e sonorização. Além da arquitetura e dos vitrais, a Catedral se destaca pelo acervo de arte sacra, que inclui, entre outras obras, a escultura “Fuga para o Egito”, do artista tirolês Demetz Groeden.

Rua Padre Miguelinho, 55 – Centro. (48) 3224 3357.

Passeio na Beira-Mar Norte Um dos mais belos postais da Ilha, a Beira-Mar Norte – nome pelo qual ficou conhecida a Avenida Jornalista Rubens de Arruda Ramos – é outro ponto de encontro bastante frequentado pela população da cidade. Democrático, o metro quadrado mais valorizado de Floripa reúne não só prédios de luxo, mas hotéis, lo-


SHOW ME 31

jas, shopping center, bares e restaurantes. A maior atração do local, no entanto, fica por conta de um calçadão com ciclovia que se estende por seis quilômetros, com marcações a cada 200 metros para facilitar a vida dos atletas de fim de semana. É ali onde, diariamente – seja no inverno ou verão, faça chuva ou sol –, milhares de pessoas reúnem-se para caminhar, correr, andar de bicicleta ou simplesmente passear e apreciar o visual da Baía Norte.

Pedestres e ciclistas

p

passeiam sob o sol no calçadão da Beira-Mar A velha figueira é

p

uma das atrações mais conhecidas da Praça 15

p

O Morro da Cruz é o

melhor lugar para observar do alto a parte urbana de Florianópolis

p

Construído em 1899, o Mercado

Público é até hoje um tradicional ponto de encontro para moradores e turistas

p

Restaurada recentemente, a Catedral

Metropolitana renovou sua fachada e ganhou sistemas de iluminação e som


32 BEM-VINDO X Florianópolis

tapeçarias é possível apreciar a diversidade da cultura local.

Rua Conselheiro Mafra, 141. (48) 3028-8100

Museu Victor Meirelles Nascido na Ilha em 1832, Victor Meirelles é considerado um dos principais representantes do romantismo no Brasil. Um de seus quadros mais famosos é “A Primeira Missa”, exposto no Salão de Paris em 1861. A casa onde viveu o pintor é um sobrado em estilo português construído no final do século 18, que foi transformado em museu. O espaço abriga dezenas de pinturas a óleo e aquarela, além de desenhos e estudos que correspondem às várias fases do artista. Há ainda um local destinado a exposições de artistas locais.

Rua Victor Meirelles, 59. (48) 3222-0692

Os traços neoclássicos da antiga Casa da

p

Alfândega, que hoje é sede de uma galeria com peças de 400 artesãos de todo o estado O Museu Victor Meirelles reúne a obra do

p

pintor nascido em 1832 e considerado um dos maiores representantes do romantismo no país

p Principal cartão-postal de Florianópolis,

a Ponte Hercílio Luz fica ainda mais bonita quando cai a noite e suas luzes se acendem

Casa da Alfândega Construído em 1876, o prédio é um dos mais importantes exemplos da arquitetura neoclássica de Santa Catarina. Dividido em três partes, com um sobrado central e dois armazéns laterais, o local serviu para fiscalizar as mercadorias que entravam e saíam da cidade até 1964, quando o porto de Florianópolis foi fechado. Atualmente abriga uma galeria de artesanato que comercializa itens de aproximadamente 400 artesãos de diversas regiões de Santa Catarina. Entre rendas de bilro, cerâmicas e

Ponte Hercílio Luz Principal cartão-postal de Florianópolis, a ponte dá as boas-vindas a quem chega à cidade por terra. Considerada uma das maiores pontes pênseis do mundo, ela levou quatro anos para ser construída. Com 819 m de comprimento, 75 m de altura e um vão livre de 339 m, foi inaugurada em 1926 e interditada por medida de segurança em 1982. Embora não seja possível atravessá-la, vale a pena o passeio para contemplar o visual, que se torna ainda mais deslumbrante durante e após o pôr-do-sol, quando as luzes são acesas.

Forte Santana Localizado no lado continental da Ponte Hercílio Luz, o Forte Santana foi erguido em 1761 para proteger a baía norte da então Vila de Nossa Senhora do Desterro. Na ocasião da Revolta da Armada e Revolução Federalista, entre 1893 e 1894, a fortaleza foi bombardeada após trocar tiros com uma esquadra rebelde que tentou invadir a Ilha. Desde 1975 abriga o Museu de Armas da Polícia Militar, com um acervo de armas históricas, réplicas de fardas, insígnias e fotografias. Outro atrativo é a vista privilegiada das baías norte e sul, além da Ponte Hercílio Luz. O museu abre de terça-feira a domingo, das 9h ao meio-dia e das 13h às 17h.

Av. Beira-Mar Norte, 525, próximo à cabeceira insular da ponte. (48) 3229-6263


34 BEM BEM-VINDO VINDO X X Programa Florianópolis

Sul da

ILHA

Surfe na Praia do Matadeiro Localizada entre a Armação e a Lagoinha do Leste, o Matadeiro é uma das poucas praias da Ilha inacessível para carros. Para chegar lá, é preciso percorrer uma trilha de aproximadamente 200 metros partindo da Praia da Armação. Com ondas fortes e mar agitado, ocupa lugar de honra entre os principais picos de surfe da região. Especialmente em dias de vento sul e ondulação de leste, o local é invadido por surfistas. Também é muito procurada nos dias de vento sul, pois a praia fica protegida pelos morros.

A Praia do Matadeiro fica a 30 km do Centro. Vá de carro ou ônibus até a Praia da Armação e depois siga a pé por uma trilha de cerca de 200 m.

Praia do Pântano do Sul Remanescente de uma das mais antigas colônias pesqueiras de Florianópolis, o Pântano do Sul é um lugar ideal para observar os hábitos e costumes herdados dos antepassados açorianos. A praia de mar aberto e quase sem ondas é emoldurada por um costão de pedras. A paisagem inclui ainda os barcos que a todo momento ancoram repletos de peixes, lulas e mariscos. Não por acaso, a região tem alguns dos mais tradicionais restaurantes de frutos do mar da cidade, como o Bar do Arante e o Mandala.

O Pântano do Sul fica a 32 km do Centro.


SHOW ME 35

p

Na bem guardada Praia do

Matadeiro estão as melhores ondas para o surfe na região

p

No Parque da Lagoa do Peri,

trilha ecológica propicia um contato direto com a natureza

p

Bons restaurantes e clima de

vilarejo açoriano são parte do

p

charme do Ribeirão da Ilha Barcos de pesca artesanal

flutuam nas águas calmas da Praia do Pântano do Sul

Ribeirão da Ilha O Ribeirão da Ilha é uma várias freguesias criadas com a chegada dos imigrantes das Ilhas dos Açores e Madeira no século 18. Com a chegada dos colonizadores teve início a construção do casario e da Igreja de Nossa Senhora da Lapa, erguida em 1806. Ao redor, espalham-se as típicas casinhas coloridas alinhadas em volta da pracinha e na rua de frente para o mar. Famoso pela maricultura, o bairro concentra diversas fazendas marinhas produtoras de ostras e mariscos. A iguaria é a principal atração dos restaurantes que movimentam a região.

O Ribeirão da Ilha fica a 30 km do Centro.

Mirante da Casa de Retiros Vila Fátima Trilha ecológica na Lagoa do Peri Tombado como Patrimônio Natural desde 1976, o Parque da Lagoa do Peri oferece tranquilidade e ambiente familiar. Uma das atrações é a trilha conhecida como “Caminho da Restinga” que percorre a borda da lagoa a partir da sede do Parque na direção sul. Ao entrar na vegetação a trilha fica mais desafiadora, e chega

Uma das melhores vistas do Sul da Ilha pode ser contemplada a partir do costão do Morro das Pedras, de onde se avistam as praias da Armação, Morro das Pedras e Ilha do Campeche. Tudo isso em meio a um clima de paz, silêncio e tranquilidade garantidos pela presença da Casa de Retiros Vila Fátima. Erguida pelos jesuítas em 1956, a construção de pedra chama

até uma bela cachoeira.

atenção pela imponência. Embora não esteja aberta à visitação,

O Parque Municipal da Lagoa do Peri fica a 25 km do Centro, entre a Praia do Morro das Pedras e a da Armação do Pântano do sul.

A beleza do local já serviu de cenário para inúmeros ensaios

Estrada Francisco Thomaz dos Santos, 3150 / Km 3. (48) 3237-5660

a casa oferece hospedagem para quem busca por simplicidade. fotográficos e mesmo fotógrafos amadores podem obter belas imagens panorâmicas lá de cima.

Avenida Pequeno Príncipe

Rodovia SC-406, Francisco Thomaz dos Santos, 2210.

No coração do Campeche, a principal via comercial do Sul da Ilha concentra lojas, restaurantes, pousadas e supermercados.

Trilha do Saquinho

Por ali é possível encontrar desde peças de decoração exclusivas

Localizada entre as praias da Solidão e Naufragados, a Praia do

– como as luminárias do Ateliê Arteluz – até produtos integrais e naturais em lojas como Flor do Grão e Casarão Vida Natural. Com cerca de 3 km de extensão, a ciclovia também ajuda a transformar o local em ponto de encontro, reunindo adeptos de uma boa pedalada ou caminhada. Na saída para a praia, a atração fica por conta do visual para a Ilha do Campeche.

A Av. Pequeno Príncipe fica a 20 km do Centro.

Saquinho é uma das últimas comunidades isoladas da Ilha. Só é possível chegar lá de barco ou a pé, por uma trilha pavimentada que começa no costão direito da Solidão e não leva mais de 30 minutos para ser percorrida. A trilha segue até a Praia de Naufragados, mas o caminho é longo e difícil, incluindo trechos de mata fechada.

Distância do Centro até o início da trilha, na Praia da Solidão: 34 km.


36 BEM-VINDO X Florianópolis

Trilha e Farol de Naufragados No extremo sul, a Praia de Naufragados é outro paraíso só acessível de barco ou a pé, por uma trilha de 2,6 km de extensão. Embora não seja difícil, ela inclui subidas e descidas e leva aproximadamente 45 minutos para ser percorrida. Além das belezas naturais, o passeio inclui atrações históricas, como o Farol de Naufragados, erguido em 1860 e considerado um dos mais antigos de Santa Catarina. Há também o Forte Marechal Moura, do qual ainda restam antigas muralhas e canhões no costão direito da praia.

O início da trilha fica no final da Rua Baldicero Filomeno, a cerca de 40 km do Centro.

Riozinho do Campeche Geograficamente falando, a área que ficou conhecida como Riozinho nada mais é do que um trecho da Praia do Campeche por

p

A vista de cima do

onde passa um pequeno rio que desemboca no mar. Na prática,

Morro do Lampião vale

porém, o local transformou-se nos últimos anos no ponto de en-

o esforço da subida

contro mais badalado do Sul da Ilha. O agito se concentra nas

p

O Riozinho do

imediações do Point do Riozinho, um bar à beira-mar que oferece

Campeche é um dos

bebidas, sanduíches e, vez ou outra, sedia shows musicais que

lugares mais procurados

lotam as areias ao redor.

pelos jovens no verão A trilha da Praia de

p

Naufragados revela construções históricas em meio à natureza

p

O caminho de

cimento facilita o passeio pela trilha que leva até a isolada Praia do Saquinho

A Praia do Campeche fica a 20 km do Centro.

Trilha do Morro do Lampião Uma das melhores vistas do Sul da Ilha está reservada aos que chegam ao topo do Morro do Lampião, que oferece vista 360o da Ilha. O acesso é por uma trilha de aproximadamente 2,5 km; no trecho final em meio à mata nativa. Embora seja fácil, o caminho é todo em declive e reserva alguns trechos com pedregulhos e areião, que exigem atenção, principalmente na descida. A vista permite observar os bairros Rio Tavares, Carianos e Lagoa da Conceição e as Praias da Joaquina, Campeche e Armação. A maior parte do trajeto por ser encarado pelos jeepeiros.

O acesso à trilha pode ser feito pela Rua Pau de Canela ou pela Rua da Capela, ambas no Campeche, a cerca de 20 km do Centro.l


38 BEM-VINDO X Roteiro de compras

Temporada de

sacolas cheias DOS SHOPPINGS AO COMÉRCIO DO CENTRO E BALNEÁRIOS, OS TURISTAS TÊM BOAS OPÇÕES PARA APROVEITAR MAIS DO QUE AS PRAIAS Da região Textos Fabrício Rodrigues

Q

uem vem passar alguns dias na praia tem

dades para o lar, em diversos mini-shoppings e em

que se preparar para momentos em que o

redes de departamento.

tempo não ajuda e o passeio na areia é tro-

Fora da Ilha de Santa Catarina estão os outros

cado por uma oportunidade para conhecer de per-

três shoppings. O mais novo deles, o Continente

to as diversas opções de compras na cidade. Para

Park, oferece mais de 200 lojas, cinema e supermer-

estes casos, a Grande Florianópolis conta com di-

cado. Para quem sai de Florianópolis, fica no sentido

versos roteiros de compras para entreter o turista.

sul, depois de percorrer 3,5 km pela BR-101, logo

Pesquisa realizada pela Fecomércio SC mostra que

após o viaduto de acesso a Forquilinha. Outras op-

o turista do litoral catarinense gasta em média R$

ções são o Via Catarina e o Shopping Itaguaçu.

2,8 mil, um volume considerado bastante expressi-

Os turistas que preferem fazer as compras e

vo e que demonstra o bom momento da oferta de

conhecer um pouco mais da história da capital po-

comércio e serviços na região. Segundo o presiden-

dem procurar os calçadões do centro, em especial

te da entidade, Bruno Breithaupt, a expectativa é

a Felipe Schmidt, mais tradicional via do comércio

que na temporada 2014 esta média ultrapasse os

local, e a revitalizada Vidal Ramos. Estes espaços

R$ 3 mil por visitante.

são como shoppings a céu aberto que se mesclam

O grande movimento no comércio está nos seis

ao patrimônio cultural de Florianópolis, como o

shoppings da região. O mais tradicional deles é o

Museu Cruz e Sousa, a Catedral Metropolitana, o

Beiramar Shopping, o primeiro da capital e loca-

Largo da Alfândega e o Mercado Público. Mas aten-

lizado na região central, ao lado de algumas das

ção: marque o passeio para os dias da semana, pois

principais redes de hotéis da cidade. O Shopping

o comércio no Centro fecha aos domingos e fica

Iguatemi fica no Bairro Santa Mônica (a 9 km do

aberto só até o meio-dia de sábado.

centro), próximo a Universidade Federal, e oferece

Os principais balneários da Ilha também con-

praça de alimentação e cinema, além da diversida-

tam com seus próprios centros comerciais. Quem

de de lojas.

está no norte tem à disposição o Open Shopping de

Por fim o Floripa Shopping (12 km) na SC-401,

Jurerê Internacional (25 km do centro), que reúne

no caminho para as praias do norte da Ilha – isso

diversas marcas renomadas e é um ponto de en-

sem contar os empreendimentos localizados em ci-

contro tradicional na região, ou as vias principais

dades vizinhas (ver mapa na página ao lado). Além

de Canasvieiras (28 km) e Ingleses (30 km). No sul,

das lojas, cinemas e praças de alimentação, os sho-

mesmo com menos opções, há a Avenida Pequeno

ppings contam com boa infraestrutura de serviços

Príncipe (15 km), a principal do Campeche, que re-

e restaurantes. A rodovia SC-401 concentra ainda

úne a maior concentração de comércio e serviços

um grande número de lojas de decoração e utili-

da região.l


SHOW ME 39

Fotos Victor Carlson

Shopping centers 1 B  eiramar Shopping – Funciona de segunda a sábado, das 10h às 22h. Domingos e feriados, das 14h às 20h. Rua Bocaiúva, 2468, Centro. (48) 3212-4600. www.shoppingbeiramar.com.br 2 Iguatemi Florianópolis – As lojas abrem de segunda a sábado, das 10h às 22h. Domingos e feriados, das 14h às 20h. A praça de alimentação e lazer funciona de segunda a sábado das 10h às 22h. Domingos e feriados, das 11h às 22h. Avenida Madre Benvenuta, 687, Santa Mônica. www.iguatemiflorianopolis.com.br 3 Floripa Shopping – Rodovia SC-401, 3116, Saco Grande. www.floripashopping.com.br

p

4 Shopping Itaguaçu – Rua Gerôncio Thives, 1079, Barreiros, São José. www.shoppingitaguacu.com.br

4

5 C  ontinente Park Shopping – A joas abrem de de Segunda a Sábado das 10h às 22h. Nos Domingos e feriados as lojas funcionam das 14h às 20h. Já a Áreas de Alimentação funcionam nos Domingos e feriados das 11h às 22h. Rodovia BR 101, km 211, esquina Rod. SC 407, Distrito Industrial de São José. www.continentepark.com.br

O Jurerê Open Shopping reúne lojas de marcas

renomadas e é ponto de encontro dos veranistas

Jurerê

6 V  ia Catarina – Av. Atílio Pedro Pagani, 270, Passa Vinte, Palhoça. www.viacatarina.com.br

Comércio de rua 1 Rua Felipe Schmidt – Centro 2 Rua Vidal Ramos – Centro

p

3 Rua Bocaiúva – Centro

As fachadas padronizadas formam um shopping

a céu aberto na Rua Vidal Ramos, no Centro

4 Jurerê Open Shopping – Jurerê Internacional 5 Centrinho da Lagoa – Lagoa da Conceição 6 Avenida Pequeno Príncipe e arredores – Campeche 3 Saco Grande 4 São José

3 1 Centro 1

2

2 Santa Mônica

Lagoa da Conceição

5 Daniel Queiroz

5 Palhoça 6

Campeche 6

p

famosa rua comercial da Ilha

p

A Felipe Schmidt é a mais

A feira de artesanato anima o fim

de semana na Lagoa da Conceição


Onde

levar as

CRIANÇAS

Cristiane Fontinha/Divulgação

40 BEM-VINDO X Atrações infantis

Divulgação

Texto Mateus Boing

# CIRCO DA DONA BILICA Simples, desconfiado e provocador, o típico nativo da Ilha tem um jeito próprio de falar, sempre muito rápido. Tudo isso está presente na Dona Bilica, personagem cômica criada há 20 anos pela atriz Vanderléia Will. No Circo da Dona Bilica há espetáculos fixos para crianças aos sábados e domingos. Confira a programação no site. Ingresso: R$ 20 (crianças pagam meia entrada). Rua Manoel Pedro Vieira, 601, Morro das Pedras. (48) 3028-3351 e

G Projeto Tamar Florianópolis é a única cidade no Sul com centro de visitantes do projeto Tamar. Nos tanques da unidade da Barra da Lagoa podem ser observadas as espécies de tartarugas marinhas que desovam no litoral brasileiro. O

Victor Carlson

9156-8919. www.circodonabilica.com.br

c PALÁCIO CRUZ E SOUSA O Palácio Cruz e Sousa é uma pequena máquina do tempo no meio do centro de Florianópolis. Sede do governo estadual até a década de 1980, o palácio foi uma das primeiras construções do entorno da Praça

centro tem ainda sala de vídeo e exposições,

15 de Novembro. A arquitetura reflete o

espaço infantil e loja. Aberto das 10h às 19h

estilo eclético do fim do século 19. Nas salas

a partir do dia 20 de dezembro (antes dessa

ricamente decoradas há objetos de interesse

data funciona das 9h30 às 17h30). Os ingressos custam R$ 10. Estudantes,

para crianças, como instrumentos musicais antigos e a primeira lâmpada elétrica acesa na

crianças de até 12 anos e pessoas com mais

cidade. O andar inferior abriga exposições.

de 60 pagam meia. Crianças com menos de

De terça a sexta, das 10h às 18h. Sábados e

1,20 m não pagam. Rua Prof. Ademir Francisco, s/n, Barra da Lagoa. (48) 3236-2015.

domingos, das 10h às 16h. Ingresso: R$ 2. (48) 3028-8091.


Victor Carlson

Victor Carlson

SHOW ME 41

# LAGOA DO PERI A Lagoa do Peri está entre os atrativos naturais de Florianópolis que mais reúnem famílias. O espaço ao redor da sede do Parque Municipal do Peri vira um grande playground infantil durante a temporada. A infraestrutura inclui 200 vagas de estacionamento e churrasqueiras, além de banheiros, lanchonete e posto salva-vidas.

A Daniela é a primeira praia de muitas

para quem está curtindo férias na Ilha. Um

crianças que moram em Florianópolis.

de escuna pelas fortalezas. Tripulantes vestidos de pirata animam o barco durante o passeio, que dura de quatro a seis horas a partir de Canasvieiras ou da Beira-Mar Norte.

levam a cachoeiras e antigos engenhos. O parque abre das 7h às 19h. SC-406, km 3, Morro das Pedras. (48) 3237-5660.

frequentada no seu canto direito, onde há barracas, restaurante, ducha e áreas com sombra natural. Dali chega-se facilmente a duas pequenas praias com acesso apenas pelas pedras ou pela água. Do outro lado,

Agende seu passeio com a Scuna-Sul, pelo

no pontal da Daniela, não há sombra nem

pelo (48) 9963-9273.

pescar e andar de caiaque. Há trilhas que

De fácil acesso e mar calmo, é mais

É comum avistar grupos de golfinhos. (48) 3225-1806, ou com a Escuna Martin,

A lagoa é doce e tem áreas rasas. Pode-se

PRAIA DA DANIELA

Passeios marítimos são quase uma obrigação dos mais divertidos para crianças é o passeio

Victor Carlson

k

Divulgação

# PASSEIO DE ESCUNA

infraestrutura, mas sobra espaço na areia. O acesso também é tranquilo, mas não é aconselhável nadar longe da orla.

# BARCA DOS LIVROS Um barco repleto de livros desliza pela Lagoa da Conceição enquanto músicos e contadores de histórias entretêm os passageiros. Essa é uma atração para crianças de todas as idades, garantem os organizadores da Barca dos Livros, criada em 2007. O único porém é a frequência dos passeios. São apenas dois por mês – e no mesmo dia! Também vale a pena visitar o Porto de Leituras, sede da Barca e centro cultural. O passeio na barca custa R$ 5. Rua Hippólito do Valle Pereira, 62, Lagoa da Conceição. (48) 3879-3208.


Fotos Divulgação

42 BEM-VINDO X Atrações infantis

W ÁGUA SHOW PARK Se a ideia de diversão envolve adrenalina o Água Show Park, no norte da Ilha de Santa Catarina, é uma ótima opção. São 29 toboáguas e rampas aquáticas com descidas de até 15 metros de altura. A velocidade pode chegar a 20 quilômetros por hora. Cercado de mata nativa, o parque tem 10 piscinas para adultos e crianças distribuídas em 30 mil metros quadrados de área. Há praça de alimentação, enfermaria, guardavolumes, vestiário e salva-vidas. Aberto iariamente, das 9h às 18h. Ingressos custam R$ 50, mas há preços especiais para grupos. (48) 3369-2354.

k BRINCA MUNDI Quando o tempo fecha, parques infantis

Victor Carlson

SC-403, nº 3868, Ingleses.

como o Brinca Mundi são alternativas para manter a diversão em alta. O passaporte varia de R$ 21 a R$ 25. O cinema 6D custa R$ 5. Rodovia SC-401, km 5, Saco Grande. (48) 3338-0010.

G SESC CACUPÉ O hotel do Sesc em Cacupé pode ser um programa para o dia inteiro. Conta com estacionamento, restaurante, e áreas de lazer como brinquedoteca, salas de jogos, tirolesa, quadras esportivas, parque infantil e quiosques. As salas de jogos abrem das 9h às 22h. Os horários da brinquedoteca podem ser

# DUNAS DA JOAQUINA

consultados pelo (48) 3231-3200. Rua

Chega a ser surpreendente a diversão que

Aroldo Soares Glavan, 1670.

dunas íngremes e pranchas de sandboard provocam em crianças e adultos dispostos a

W CIA DO LAZER

escorregar areia abaixo. Em Florianópolis, as

Outra opção de parque infantil é a Cia do

atividade. Elas podem chegar a 60 metros de

Lazer. O espaço abriga grandes estruturas

altura, mas há descidas para todos os gostos

infláveis, como uma montanha para escaladas,

e idades. As quedas são inevitáveis, só que

um escorregador em forma de baleia e um

raramente deixam sequelas maiores do que

tobogã. O touro mecânico está entre os

roupas cheias de areia. As pranchas podem

brinquedos mais procurados. Funciona de

ser alugadas no próprio local. A diária custa

terça a domingo, das 14h às 21h.

em média R$ 10. A vista do topo das dunas

Os ingressos variam de R$ 15 a R$ 20.

vale a pena o esforço da caminhada.

Rod. João Paulo, 27, João Paulo. (48) 3244-7961.

Estrada de acesso à Praia da Joaquina.l

dunas da Joaquina são o principal point da


Pré-lançamento


BALNEÁRIO CAMBORIÚ O seu melhor lugar.


Para quem quer tirar férias do lugar-comum, venha para um dos litorais mais belos de Santa Catarina. As melhores opções para compras, gastronomia, natureza, aventura, festas e lindas praias. Conheça o melhor de Balneário Camboriú de um jeito que você nunca viu.

www.secturbc.com.br


Fotos Divulgação

48 BEM-VINDO X Mercado Imobiliário

Venha viver

em Floripa

ENTRE CONDOMÍNIOS SUSTENTÁVEIS E TORRES COMERCIAIS DE ALTO PADRÃO, SÃO MUITAS AS OPÇÕES PARA QUEM DESEJA COMPRAR UM IMÓVEL PARA MORAR OU TRABALHAR PERTO DA PRAIA

S

Texto Beatrice Gonçalves

e você conheceu a cidade como turista e surgiu

dimentos Imobiliários está construindo o Simphonia Woa

aquela vontade de se mudar definitivamente para

Beiramar, um complexo residencial de 13 mil m2 com qua-

a capital catarinense, fique tranquilo: Florianópolis

tro condomínios residenciais de alto padrão, cada um deles

tem uma série de empreendimentos imobiliários de alto

com entradas e áreas independentes. Lançado em 2010, o

padrão tanto para quem pretende morar e trabalhar no

Soprano Hall foi o primeiro dos condomínios a começar a

Centro quanto para quem prefere viver próximo do mar.

ser construído. Com apartamentos de 174 m2 a 508 m2, de

São condomínios com localização privilegiada e que ofe-

duas a três suítes, será entregue em dezembro de 2014.

recem uma completa infraestrutura de lazer com piscinas, espaços fitness, gourmet e salas de cinema.

O Jazz Club, lançado em 2011 e com previsão de conclusão em 2016, terá duas torres independentes, aparta-

Uma das áreas mais nobres do mercado imobiliário lo-

mentos de duas a três suítes e uma ampla área de lazer

cal é a Avenida Beira-Mar Norte. É lá que a Woa Empreen-

com mais de 3 mil m2. Em 2013 o empreendimento rece-


SHOW ME 49 beu a Mostra Casa Cor Santa Catarina, o maior evento de decoração e arquitetura das Américas. Na ocasião, mais de 30 ambientes do condomínio foram projetados e decorados por arquitetos brasileiros renomados. Também em 2013, a construtora lançou o Sonata Place, terceiro condomínio do Simphonia Woa Beiramar. O empreendimento com vista para a Avenida Beira-Mar Norte terá apartamentos de 356 m² a 776 m², três a quatro suítes, três a seis vagas de garagem e será entregue em outubro de 2017. O projeto foi pensado para trazer a paisagem da Beira-Mar para dentro das residências. Por conta disso, os apartamentos terão portas-janelas de vidro com abertura total para que os moradores possam apreciar melhor a vista da avenida. No primeiro semestre de 2014, a Woa se prepara para lançar o Opera House, quarto condomínio do Simphonia Woa Beiramar. “Com um projeto surpreendente, todos os condomínios visam atrair e encantar pessoas de todas as idades pelo ineditismo, visual indescritível e por suprir as necessidades dos mais diferentes perfis de moradores e configurações familiares. Dentre os diferenciais do Simphonia Woa Beiramar estão conceitos de luxo, comodidade e de morar bem”, afirma Ronaldo Koerich, diretor da Woa.

LOCALIZAÇÃO CENTRAL

Outra empresa que vem investindo na região central de Florianópolis é a Koerich Imóveis. A construtora lançou em 2013 um empreendimento comercial e dois residen­ciais. O Koerich Beiramar Office, que está sendo construído em frente ao Beiramar Shopping, terá lojas, salas comerciais de 27 m² a 300 m², garagens privativas e rotativas e será entregue em novembro de 2014. “Trata-se de um sucesso de vendas, pois todas as unidades disponíveis já foram comercializadas”, diz Márcia Koerich Gerber, diretora comercial da Koerich Imóveis. O empreendimento tem localização privilegiada com acessos pela Avenida Mauro Ramos, que é hoje uma das mais movimentadas da cidade, e pela Rua Demétrio Ribeiro. Na Avenida Othon Gama D’Eça, um dos endereços mais valorizados da cidade, a Koerich está construindo o WOK Center, que terá dois empreendimentos residenciais e será entregue no segundo semestre de 2016. O WOK Residence terá apartamentos de duas a três suítes, enquanto o eStúdio WOK terá apartamentos-estúdios com uma completa área de lazer incluindo sala de es-

p No Norte da Ilha, o condomínio Centrinho dos Ingleses terá lojas, p centro de convenções e apartamentos estilo apart hotel

Parte do complexo Simphonia Woa Beiramar, o Jazz Club fica

pronto em 2016 e terá apartamentos com duas ou três suítes

p

O Koerich Beiramar Office oferece localização privilegiada

para lojas e salas comerciais com até 300 metros quadrados


50 BEM-VINDO X Mercado imobiliário

tudo, sala de jogos, espaço fitness e lavanderia. “Os empreendimentos da Koerich Imóveis se destacam pela arquitetura, amplas áreas verdes e de lazer, ótima localização e pela garantia da entrega da obra no prazo previsto”, afirma a diretora. Ainda no Centro, a construtora Formacco Cezarium está concluindo o condomínio empresarial Trompowsky Corporate. Serão duas torres: a Medical Tower, com salas de 51 m² a 53 m², ideais para a instalação de clínicas e consultórios médicos e odontológicos; e a Business Tower, que terá andares corporativos de 292 m² e salas comerciais de 34 m² a 63 m². O empreendimento contará ainda com 30 pontos comerciais no térreo, de 13 m² a 168 m², além de um auditório com 100 lugares. A empresa também está construindo o residencial Royal Mirage, na região continental de Florianópolis. O condomínio terá apartamentos de dois e três quartos, além de uma área de lazer com piscinas, fitness center e quiosques com churrasqueiras. O empreendimento que está sendo construído no Alto do Estreito terá uma vista privilegiada da cidade. Do edifício será possível ver as pontes que ligam a Ilha ao continente.

INOVAÇÃO E SUSTENTABILIDADE

p

Em um dos endereços mais valorizados do Centro, o Trompowsky Corporate terá

No bairro Cacupé, localizado na região Centro-Norte

uma torre com clínicas e consultórios médicos e outra com salas comerciais e corporativas

da Ilha, a GND está construindo um empreendimento

p No continente, o residencial Royal Mirage oferece uma vista privilegiada da cidade

inovador. O Sunset Cacupé será um condomínio resi-

Fotos Divulgação

e uma ampla área de lazer com piscinas, fitness center e quiosques com churrasqueiras

dencial de alto padrão de frente para o mar que tem a


Fotos Divulgação

52 BEM-VINDO X Mercado imobiliário

p

O Simphonia Woa

Beiramar conta ainda com outros dois prédios: o Soprano Hall (esq.), com previsão de entrega para dezembro de 2014, e o Sonata Place, que será concluído em 2017 e terá apartamentos com até quatro suítes sustentabilidade como maior diferencial. Todas as casas terão telhados verdes, o que trará mais conforto térmico aos ambientes, além de calefação nos quartos e banheiros, lareira externa a gás e vidros duplos que garantem maior isolamento térmico e acústico. Segundo Leonardo Deboni, diretor da GND, os clientes poderão escolher entre quatro opções diferentes de plantas, todas com quatro suítes, sendo uma master com 28 m² e três vagas de garagem. As dez unidades terão entre 210 m² e 313 m². O Sunset Cacupé terá certificado de eficiência energética, estação de tratamento de esgoto, reaproveitamento de água e interruptores dimmer em todos os ambientes, o que permite variar gradativamente a luminosidade dos quartos. Além disso, cada unidade terá placas fo-

BAIRROS REVITALIZADOS Saindo de Cacupé em direção às praias do Norte, surgem outros projetos inovadores. Nos Ingleses, a Hantei Engenharia está lançando um empreendimento de alto padrão, o Centrinho dos Ingleses, em uma das áreas mais movimentadas da cidade durante a temporada. Construído em frente à praia, o condomínio terá mais de 300 apartamentos estilo apart hotel, 143 lojas, 475 vagas de garagem e um centro de convenções com 1,6 mil m². Contará ainda com um centro comercial com 143 lojas e praça de alimentação. As obras começam no primeiro semestre de 2014. “Será um empreendimento de alto padrão que vai revitalizar o bairro”, afirma Aliator Silveira, diretor da Hantei. “Hoje

estacionamentos na região e, juntamente com os eventos que receberemos no centro de convenções, vai beneficiar muito o comércio local”, prevê o empresário. Segundo Silveira, quem investir no empreendimento da Hantei pode participar de um pool de locação em que o proprietário opta por alugar o imóvel como apart hotel, sob a administração de uma rede hoteleira. “Com isso o proprietário receberá todos os meses pelo aluguel do apart hotel”, explica o diretor da empresa. Para divulgar o projeto, a construtora mantém uma loja de vendas ao lado do Praiatur Hotel durante toda a temporada. A Hantei também está construindo no Bairro Itacorubi, uma das regiões que mais crescem na ilha. O condomínio re-

quem passa pelos Ingleses não consegue

sidencial Recanto do Itacorubi terá duas

ver o mar por conta das construções que

torres de apartamentos e unidades com

que deve reduzir em pelo menos 40% os

existem ali. Com o nosso empreendimen-

até três suítes. O empreendimento, que

custos com eletricidade. Quando o mo-

to será diferente. Quem passar pela re-

fica próximo à Universidade do Estado

rador não estiver usando seu imóvel, a

gião terá uma vista privilegiada da praia”,

de Santa Catarina (Udesc) e do acesso

energia gerada pelas placas será trans-

garante Silveira. O empreendimento con-

à Lagoa da Conceição, terá uma ampla

mitida para a rede da Celesc e aquilo que

tará com vagas de garagem fixas para

área verde com cerca de 60 mil m2. O

a empresa utilizar voltará como crédito

moradores, mas também terá vagas ro-

condomínio será entregue em dezembro

para o consumidor.

tativas. “Isso vai diminuir a carência de

de 2015.l

tovoltaicas para captar a energia solar, o


Shutterstock

54 BEM-VINDO X Mercado imobiliário

Sonho

realizado

CONHEÇA A HISTÓRIA DE TRÊS NOVOS PROPRIETÁRIOS QUE INVESTIRAM EM FLORIANÓPOLIS DEPOIS DE SE APAIXONAR PELA CIDADE Texto Beatrice Gonçalves


visitarem Florianópolis como turistas, decidiram vir morar ou investir na

cidade. A maior parte delas busca um estilo de vida diferente daquele que vive na cidade onde mora, quer estar mais próxima da praia

Fotos Victor Carlson

É

comum encontrar pessoas que, após

SHOW ME 55

e busca uma melhor qualidade de vida. Além das belezas naturais da cidade, outros fatores também têm contribuído para a vinda de novos moradores para Florianópolis como o alto padrão construtivo, a facilidade de financiamento dos imóveis e a valorização dos bens, que chega a 20% ao ano, segundo o Sindicato da Indústria da Construção Civil da Grande Florianópolis (Sinduscon). Tiago Letey nasceu no Rio Grande do Sul, mas escolheu a capital catarinense para viver. Ele trabalha como trader na importação e exportação de mercadorias e mora desde dezembro de 2012 no Novo Campeche, no condomínio Atlantic Hall Residence, empreendimento de alto padrão construído pela GND. “Morei em Porto Alegre, Caxias do Sul e, antes de me mudar para Florianópolis, já tinha passado um tempo na cidade. Escolhi Florianópolis para morar porque me casei aqui, minha esposa é de Santa Catarina, e porque gosto da cidade, daquilo que ela nos proporciona. Eu gosto de surfar e agora tenho conseguido pegar onda nos fins de semana.” Letey já conhecia o Campeche e o Novo Campeche, no Sul da Ilha, e quando começou a procurar imóveis sabia que queria morar em um desses bairros. “Eu e minha esposa estávamos procurando um imóvel no Novo Campeche para comprar e quando conhecemos o condomínio vimos que ele atendia todas as nossas expectativas e que valia a pena investir. Tem uma ótima localização, é próximo da praia, tem três quartos, piscina e

no Bairro dos Ingleses, ambos de alto padrão

p

áreas de lazer. Como pretendemos ter filhos,

e construídos pela Formacco Cezarium. “Gos-

Sul da Ilha, uma das regiões mais

já estávamos pensando em um condomínio

to muito de Floripa, do clima, de andar pelo

procuradas da capital por quem

que fosse capaz de atender às nossas neces-

Centro, do Mercado Público, de ir à Avenida

quer morar perto da praia, mas

sidades no futuro.”

Beira-Mar Norte e de curtir as praias. Gosto

não muito distante do Centro

No topo, o Novo Campeche, no

A procuradora de justiça do Ministério Pú-

também dos lugares ainda pouco explorados

p

blico do Paraná, Carla Maccarini, também re-

e de fazer trilhas como a da Costa da Lagoa”,

ao norte, atrai principalmente quem

solveu investir em Florianópolis, mas, diferen-

diz Carla. “Eu costumava ir para Florianópo-

está procurando um imóvel à beira-

temente de Tiago Letey, ela ainda não mora

lis com certa frequência e no começo não ti-

mar para passar férias e feriados

na cidade. Continua em sua casa em Curiti-

nha pensado em comprar imóveis na cidade,

ba, mas não abre mão de passar os fins de

mas um amigo me mostrou alguns projetos e

semana, feriados e férias em Santa Catarina.

fiquei bastante interessada. Foi quando decidi

Ela tem um apartamento na região central da

investir na cidade.”

capital e adquiriu recentemente outros dois:

No Bairro dos Ingleses ela encontrou o que

um próximo à Avenida Beira-Mar Norte e um

procurava – um imóvel de qualidade e perto

O balneário dos Ingleses, mais


Victor Carlson

58 BEM-VINDO X Mercado imobiliário

A Avenida Beira-Mar Norte é uma das áreas imobiliárias mais valorizadas de Florianópolis, com fácil acesso para todas as outras regiões da cidade

p

da praia – no condomínio Porto Venere.

adquirir um imóvel em um lugar privile-

de vida é alto em Florianópolis, mas acho

O empreendimento será entregue nesta

giado, próximo à Avenida Beira-Mar Nor-

que vale a pena morar na cidade.”

temporada pela construtora Formacco

te, e não teve dúvidas. “Antigamente era

O médico Ariovaldo Chequer também

Cezarium e Carla pretende utilizá-lo as-

muito caro fazer um investimento desses,

escolheu Florianópolis para ter sua casa

sim que tiver as chaves na mão. “O que

mas hoje em dia não. Dei uma entrada e

de praia. Ele mora em Curitiba, mas passa

me chamou a atenção foi a localização e

pago parcelas mensais. Como comprei na

a temporada no apartamento que adqui-

o fato de que o condomínio tem um jeito

planta tive um bom tempo para me pro-

riu há três anos no condomínio Águas do

de casa, com três andares e uma área de

gramar e, quando o imóvel for entregue,

Santinho Residence. O empreendimento

lazer bem completa”, observa a procura-

se eu quiser posso financiar o restante.”

de alto padrão foi construído pela Hantei

dora, que acompanhou as obras de perto.

A procuradora conta que não teve re-

Engenharia na Praia do Santinho, norte

“Fiquei muito contente em ver o compro-

ceio em comprar imóvel na planta e que

da Ilha. “Gosto muito do litoral catarinen-

metimento da construtora. Antes mesmo

pretende continuar a investir na Grande

se, e conheci o empreendimento em uma

de o imóvel ficar pronto eles têm feito as-

Florianópolis. “A Formacco Cezarium é

das visitas que fiz a Florianópolis. O que

sembleias com os proprietários, o que tem

uma empresa familiar, que está há mais

mais me chamou a atenção foi a infraes-

sido muito importante para conhecer os

de 40 anos no mercado, tem projetos

trutura de lazer e o fato de ser próximo à

futuros vizinhos.”

modernos e se destaca pelo acabamen-

praia”, explica.

to diferenciado. Eles têm uma corretora

Antes de investir em um imóvel resi-

INVESTIMENTO NA PLANTA

própria que comercializa todos os imó-

dencial, o médico paranaense já havia

Carla adquiriu também um apartamento

veis deles e isso me deu bastante segu-

comprado uma sala comercial no Centro

no condomínio Platinus Top Residence,

rança para comprar dois apartamentos

de Florianópolis. Mas, segundo ele, a pro-

na região central da cidade, quando o

da construtora.” Carla afirma que não

posta da aquisição do imóvel no Santinho

empreendimento ainda estava na planta.

comprou os apartamentos pensando em

foi diferente. “Quando comprei o aparta-

“Fui uma das primeiras a comprar uma

vendê-los e que pretende um dia vir mo-

mento no Águas do Santinho Residence,

unidade do condomínio. Visitei o terreno

rar em Florianópolis. “Hoje, por conta do

muito mais do que pensar em investimen-

onde ele está sendo construído e fiquei

meu trabalho, preciso morar em Curitiba.

to ou quanto ele me traria de retorno fi-

encantada com a vista que os apartamen-

Mas na minha aposentadoria eu penso

nanceiro, eu comprei pensando no meu

tos terão e com a localização”, conta. Por

em ter uma vida mais tranquila, comer

bem-estar, na possibilidade de poder vir

ser uma região com poucos terrenos va-

peixe todo dia e ter um estilo de vida dife-

com mais frequência para Florianópolis e

zios, ela considerou a oportunidade de

rente do que tenho hoje. Sei que o custo

poder curtir um pouco mais a cidade.”l


ricmais.com.br

Para você que gosta de números, esses são perfeitos para o seu sucesso.

RIC EDITORA Prêmio Top de Marketing ADVB SC 2012.

A RIC Editora tem sempre uma revista com o perfil do seu público. Quando pensar em valorizar a sua marca, lembre-se que aqui ela ganha mais destaque.


60 BEM-VINDO X Revitalização

Pontos turísticos

Daniel Queiroz

de cara nova

A REVITALIZAÇÃO DO MERCADO PÚBLICO E DO MORRO DA CRUZ DEIXAM AINDA MAIS BONITOS DOIS CARTõES-POSTAIS DA ILHA

A

lguns dos principais símbolos de Florianópolis estão passando por obras. Mas programas como ir até o Centro para tomar um chope no Mercado Público ou apreciar a vista de

cima do Morro da Cruz não precisam sair do roteiro de quem vai

Victor Carlson

Por Hyury Potter

visitar a cidade neste verão. No mercado, o trabalho de revitalização começou em novembro e no momento se restringe à Ala Norte do prédio histórico, onde ficam as lojinhas de calçados e vestuário. A Ala Sul continua aberta à visitação durante todo o verão. Ou seja: quem gosta de comprar frutos do mar nos boxes das peixarias ou degustar um pastel de camarão com cerveja gelada nos bares do local pode ficar sossegado. “Nossa programação prevê a conclusão da Ala Norte até março ou abril. Só depois faremos os reparos na Ala Sul”, diz o Secretário Municipal de Obras João Amin. “Decidimos deixar as peixarias abertas, mesmo com a

p

obra em andamento, por causa do forte apelo turístico.” Orçado

Ala Sul – onde ficam os bares e peixarias – permanece funcionando

em R$ 7,2 milhões, o projeto de revitalização prevê melhorias na

p De cima do Morro da Cruz é possível ter uma visão sem igual da

iluminação e climatização das duas alas, além da padronização dos boxes e do restauro da parte externa. No Morro da Cruz, a 285 metros acima do nível do mar, o visitante pode avistar parte da Ilha de Santa Catarina e do continente, incluindo as pontes Colombo Salles, Pedro Ivo Campos e Hercílio Luz. Ali foi inaugurado recentemente um parque natural, com a recuperação da mata degradada e a construção de lagos e quadras esportivas. O Parque Municipal do Morro da Cruz conta ainda com quatro trilhas, banheiros, anfiteatro e um mirante.l

As obras no mercado prosseguem durante a temporada, mas a

cidade, principalmente das regiões do Centro e do continente


Nossa história passa na ponta de cada agulha. A Silmaq, desde 1987, atua no mercado da indústria têxtil, importando e comercializando máquinas de costura e bordado, equipamentos para indústria, peças e produtos afins. Além de tudo, conta com uma equipe de assistência técnica de qualidade, capacitada para auxiliar antes, durante e depois de cada compra. Conheça mais nossa empresa: www.silmaq.com.br


64 BEM-VINDO X Cartão Yyes

um verão DE

vantagens Cartão yyes holiday DÁ DESCONTOS E BENEFÍCIOS EM 128 ESTABELECIMENTOS

ONDE USAR SEU CARTÃO 2 Florianópolis – Academia Pollo ● Adrenailha ● Água Viva ● All Depil ● Aramis ● Ataliba ● Barbearia Tradicional ● Barbearia Vip ● Bellessence ● Bianco Nero ● Botequim da Praça ● Botequim Floripa ● Bokarra Show ● Boston Café ● Boteco da Ilha ● Box 32 ● Café Empório Mineiro ● Carlos Pinto Alfaiataria ● Cia. da Água ● Cinesystem ● Cheia de Graça ● Churrasquim ● Concorde Club ● Croasonho ● Customix ● Didge ● DNA Natural ● Dunn African Bar ● Estação 261 ● Estação Boliche ● Farmácia Vendramini ●

Fairyland Cupcake ● Fields ● Fiji Sushi ● Flores de Algodão ● Floria By Bus ● Floripa Djow Temaki ● Floripa Djow Sushi ● Freddy Cafeteria ● Guacamole ● Idem Bar ● Inova Aluguel de Carros ●

Por Hyury Potter

C

hegar à cidade e ter inúmeros benefícios, como descontos e brindes em lojas e restaurantes, à sua disposição. O desejo de qualquer turista pode se trans-

formar em realidade em Florianópolis e Balneário Camboriú com o cartão Yyes Holiday, que dá acesso a diversas facilidades em 128 estabelecimentos comerciais nas duas regiões. A novidade foi lançada no início de novembro e já é um sucesso de vendas. O cartão custa R$ 40 e dá direito a promoções e benefícios até o dia 31 de março, quando termina a temporada de verão. A facilidade para adquirir o cartão é um dos trunfos da

Itaguaçu Turismo ● Kombu Sushi ● La Cave Bar ● Lady e Lord

ideia. “O turista não tem muito tempo, às vezes passa ape-

● Le Belle Boutique ● Le Napóleon ● Loja Bruxa da Ilha ● Loja Hering ● Marina’s Palace Hotel ● Marhaba Mojavi ● Mr. Beer ●

o processo de compra para que o nosso cliente possa usar

Mumbai Lounge ● Nawá Barê SPA ● Neoservice Móbile ● Oficina Sabora ● Ótica Ativa ● Ótica Catarina ● Ótica da Lagoa ● Outback Steakhouse ● Pacha Norte ● Pão da Casa ● Parapente Sul ● PC

nas quatro ou cinco dias em uma cidade. Então facilitamos os benefícios imediatamente”, afirma Guilherme Capela, diretor comercial da IDG Intermediações de Negócios, que administra o cartão Yyes. A iniciativa quer implantar um novo

Floripa ● Peixaria do Ademir ● Podium Kart ● Pousada dos Sonhos

conceito de marketing para empresas, expondo suas marcas

● Pousada Favareto ● Restaurante Mesinha ● Restaurante Ponto G ● Restaurante Paixão de Verão ● Restaurante Pitangueiras ●

clube de vantagens.

Restaurante Terra Santa ● Restaurante Transmar ● Robson Tattoo ● San Jacques ● Seu Beltrano Lounge ● Sex Night Club ● Silvana Jóias ● Sorveteria Sabor Natural ● Sorveteria Napoli ● Spider Surf

Shop ● Square Music ● Sushi Roots ● Swell Casa de Surf ● Taisho ● Toro Sushi Lounge ● Texano Lounge ● Universo Paralelo ● Usina de

a turistas e também aos moradores da cidade por meio de um A expectativa da IDG é grande. Até março, a empresa pretende atrair pelo menos 10 mil usuários. Em pouco mais de uma semana após o lançamento, cerca de 500 pessoas compraram o cartão Yyes. Por enquanto, apenas estabelecimentos comerciais da Grande Florianópolis e de Balneário Cam-

Massas ● Veterinária Lamego ● Yaah

boriú estão cadastrados. “Estamos apenas começando. Em

2 Santo Amaro da Imperatriz – Ativa Rafting

municípios”, diz o diretor-geral da empresa, Ian Massaud.

2 São José – Empório Doll ● Clube de Tiro .38

PONTOS DE VENDA

2 Balneário Camboriú – Associação de Voo Livre ● Cristo Luz ● DNA Natural ● Fast Dry Car ● Icenter ● Kart Indoor Barra Sul ● Mr. Beer ● Sabor Natural ● Turn ● Complexo Ambiental Cyro Gevaerd (Zoo)

um futuro próximo queremos expandir o cartão para outros

O cartão Yyes pode ser comprado em quatro pontos na capital catarinense: Pousada Favareto, no Bairro Ingleses; loja All Depil, na Lagoa da Conceição; Marina’s Palace Hotel, em Canasvieiras; e na loja Floripa By Bus, no Shopping Iguatemi. Outra opção é comprar pelo site www.yyes.com.br e buscar o cartão em uma das lojas Cheia de Graça em Florianópolis.l


68 NO ROTEIRO X Litoral catarinense

p A Praia do Siriú, Litoral Norte (p. 70 e 71)

em Garopaba, é um exemplo das paisagens inesquecíveis que você vai encontrar de norte a sul em Santa Catarina

Barra Velha à Praia Brava (p. 72 e 73) Balneário Camboriú (p. 74 e 75) Itapema & Porto Belo (p. 76 e 77) Bombinhas (p. 78 e 79) Gov. Celso Ramos (p. 80 e 81)

Ilha de Santa Catarina (p. 82 e 83)

Palhoça (p. 84 e 85) Garopaba (p. 86 e 87) Imbituba (p. 88 e 89)

Laguna (p. 90 e 91)

Litoral Sul (p. 92 e 93)


SHOW ME 69

500 km de litoral

PERCORREMOS TODA A EXTENSÃO DA COSTA CATARINENSE E SELECIONAMOS ALGUMAS DAS MAIS BELAS PRAIAS PARA VOCÊ ESCOLHER ONDE VAI PASSAR OS MELHORES DIAS DESTE VERÃO Texto Marco Túlio Brüning Fotos Victor Carlson


70 NO ROTEIRO X Litoral catarinense

Barra do Saí

Itapema do Norte

SC 415

Praia de Itapoá

Litoral Norte

L

Praia do Forte Itaguaçu Capri

ocalizada a 191 km da capital Florianópolis, São Francisco do Sul é a cidade mais antiga de Santa Catarina. Em dezembro de 1641 foi fundada como Vila de Nossa Senhora

Ubatuba Praia do Molhe Enseada

da Graça do Rio São Francisco, e em 1847 foi elevada à categoria de cidade. A Ilha tem a Baía da Babitonga no lado ocidental e o Atlântico no lado oriental, e conta com 13 praias no total. A orla de frente para o continente tem mar calmo de águas

Prainha

BR 280

rasas e boas opções de restaurantes com pratos à base de frutos do mar. Suas praias são próprias para atividades náuticas, em especial o Capri com o Iate Clube e a Praia dos Ingleses com a marina. As praias de mar aberto são mais agitadas, apresentando ondulações médias.

São Francisco do Sul

Entre as atrações turísticas está o Farol da Ilha da Paz, com sua torre de 16 metros de altura, situado próximo ao canal de acesso ao porto de São Francisco do Sul. Destacam-se ainda o

Praia Grande

Museu Nacional do Mar, o Palácio da Praia do Motta, o Forte Marechal Luz, o Mercado Público Municipal e a Igreja Matriz. Ao sul da Ilha de São Francisco fica o Balneário Barra do Sul, bastante procurado por turistas na alta temporada pelas belezas naturais preservadas. Sua população flutuante vai de 8.500 habitantes a 120 mil pessoas no verão.

Praia do Ervino

SC 495

BR 101

Balneário Barra do Sul

5 km


SHOW ME 71

Praia do Forte

prainha

Distante 17 km do centro de São Francisco do Sul, é ideal para

Também chamada de Praia da Saudade, é o principal ponto de

quem curte uma praia sossegada ou uma relaxante caminhada

surfe da Ilha de São Francisco e onde ocorrem os campeonatos

à beira-mar. Além de uma linda vista, proporciona a oportunida-

da região. Está situada entre a Praia da Enseada e a Praia Gran-

de de conhecer o Forte Marechal Luz. No canto direito, o mar

de, circundada por dois costões que lhe dão a forma de uma

possui ondas calmas e a areia escura tem reconhecidos poderes

ferradura. O mais importante sambaqui da região fica no costão

terapêuticos. No lado esquerdo da praia, o mar deixa de ser

direito. A praia tem areia clara e restaurantes em toda sua ex-

calmo e dá lugar às ondas. A região conhecida como Sumidouro

tensão, além dos bares mais concorridos na temporada de verão.

é particularmente procurada por surfistas.

Uma caminhada até a enseada pode ser feita em 20 minutos.

Ubatuba

Balneário Barra do Sul

Distante 16 km do centro de São Francisco do Sul, conta com

Balneário conhecido pelos aspectos preservados, ainda nati-

uma linda formação rochosa que a separa da Praia de Itaguaçu.

vos como a Mata Atlântica, restingas, dunas, lagoa e também

É muito frequentada pelos surfistas, que vêm atrás do mar bra-

as ilhas: dos Remédios, Feia, Araras, Instriptinga e Islobo.

vo e de boas ondas, que os banhistas também podem desfrutar

Está localizado ao sul da Ilha de São Francisco do Sul. A lim-

sem restrições. A faixa de areia – fina e fofa – é larga e costuma

peza das praias atrai os turistas, que também aproveitam a

sediar campeonatos de vôlei de praia durante o verão. Procure

popular “lagoa” – na verdade, a parte sul do Canal do Lingua-

pelos ninhos das corujas buraqueiras e divirta-se observando

do – para praticar esportes, pesca esportiva e lazer náutico em

(de longe) esta bela ave.

pequenas embarcações.


72 NO ROTEIRO X Litoral catarinense

Barra Velha à Praia Brava

S

Barra Velha

ituado entre São Francisco do Sul e Balneário Camboriú, este trecho do litoral cobre cerca de 50 km por onde a BR-101 corre bem junto ao mar.

A cidade de Barra Velha se destaca pelas belas praias e por uma lagoa com aproximadamente 10 km de extensão, própria para a prática de esportes náuticos. A orla

BARRA VELHA

do município pode ser aproveitada de diversas maneiras.

Na grande faixa de areia grossa da Praia Central,

Há uma larga faixa de areia para quem gosta de cami-

os jovens costumam jogar futebol e vôlei durante a

nhar, além de espaços com calçadão estruturado para que os visitantes possam se acomodar e observar o mar e a paisagem litorânea.

temporada. O mar é um pouco agitado, com águas

BR 101

límpidas que convidam a um mergulho. É uma das praias mais procuradas por turistas, recebendo um

Conhecida por suas belezas naturais, Balneário Piçarras vem se destacando no litoral catarinense. Com um audacioso projeto de recuperação da faixa de areia, a construção de novos molhes e de um novo calçadão, a cidade recupera a imagem de “Namorada do Atlântico”.

bom número de visitantes todo verão. Há muitas

Balneário Piçarras

casas de veraneio próximas, e também boa infraestrutura de bares e restaurantes. É indicado levar guarda-sol pois não há nenhuma sombra natural.

Na área rural a região encanta tanto por suas belezas naturais quanto pela preservação do local, que conta com pousadas e parque aquático. O roteiro possui opções de

Praia da Armação

Praia Alegre

Praia Grande

lazer como lagos, trilhas, cavalgadas e cicloturismo.

Praia Vermelha SC 414

Praia do Gravatá BR 470

 raia de P São Miguel

Navegantes

Praia de Atalaia Praia de Cabeçudas

3 km

Praia Brava


Divulgação

SHOW ME 73

Praia brava

Balneário piçarras

Uma das praias mais movimentadas de Itajaí, destaca-se pela

Na década de 1970 tornou-se uma das praias mais badaladas

natureza exuberante e pelo mar de água transparente. Entre o

do litoral norte. Hoje, prestes a completar 50 anos, está entre

Canto do Morcego e o Canto dos Amores, tem quase 3 km de

os principais polos de crescimento do turismo catarinense. O

orla. Palco das melhores festas de música eletrônica do verão

grande destaque é a balneabilidade de suas águas, considera-

catarinense, é reconhecida como a meca do gênero no país.

das as mais limpas do litoral norte catarinense. A relação com

Também é um ponto importante para os amantes do voo livre e

o Atlântico fez Balneário Piçarras tornar-se berço de um dos

do surfe, tendo recebido no ano de 2007 pela primeira vez uma

maiores acervos de história natural da América Latina e o se-

etapa do WQS, a divisão de acesso do surfe internacional.

gundo maior museu oceanográfico do mundo.

Praia da armação do ItapoCORÓI

Praia Vermelha

Parte do litoral da cidade de Penha, esta praia é uma das

Cercada de mata nativa preservada, é muito procurada pelos

mais tranquilas e acolhedoras. O mar é calmo, e suas águas

amantes da vida mais selvagem. O acesso é por estrada de chão

transparentes mais parecem uma piscina natural. É ideal

e há poucas vagas para estacionar. A orla conta com uma boa

para banho e para a prática de esportes como o caiaque e a

faixa de areia fofa, e o mar de águas azuis cristalinas é próprio

pesca. Muitos na região são pescadores, e há vários barcos

para esportes náuticos. No canto esquerdo há uma trilha usada

ancorados no mar. Tem uma boa faixa de areia batida, perfei-

pelos praticantes de parapente. É considerada um refúgio da

ta para relaxar e entrar em contato com a natureza. Na alta

cidade de Penha e ótima opção para os que preferem lugares

temporada recebe um bom número de visitantes.

menos movimentados.


74 NO ROTEIRO X Litoral catarinense

Praia dos Amores

Praia dos Amores Ocupando a mesma faixa de areia da

1 km

Praia Brava, no canto direito, é uma praia de grande beleza e tranquilidade. Cada vez mais urbanizada, conta com boa infraestrutura. É visitada por um bom número de turistas, sendo uma ótima opção para passar um dia agradável relaxando na praia ou se banhando no mar. Sua areia é dourada e grossa, ideal para caminhadas, e suas águas transparentes têm boas ondas.

Balneário Camboriú

Balneário Camboriú

O

município com maior densidade demográfica de

Praia Central

BR 101

Santa Catarina – e dos mais verticalizados em todo o país – é uma das melhores opções para

quem busca belas praias mas não abre mão de excelente infraestrutura de hotéis, pousadas, bares, restaurantes e opções de lazer diurno e noturno. É líder em qualidade de vida no estado e o maior polo turístico do Sul do Brasil, recebendo por ano mais de um milhão de visitantes. Ao caminhar pela orla central, logo se descobre a razão de seus predicados: visual paradisíaco, centenas de bares, música ao vivo, restaurantes de todos os gêneros, casas de shows, cervejarias, centros de compras, boates... São inúmeras opções de entretenimento para todas as idades. Também é possível curtir todo tipo de passeio: de bondinho, teleférico, escuna, helicóptero, pedalinho, jet ski ou banana boat. Há ainda parques de diversão e aquáticos, tornando os momentos de lazer em Balneário Camboriú ainda mais divertidos. Um programa imperdível é conhecer o Parque Unipraias. Este complexo une por bondinhos três belos pontos turísticos da cidade: a Barra Sul, o Morro da Aguada e a Praia de Laranjeiras. Do alto é possível ver o oceano, a Mata Atlântica e grande parte da cidade. A estrutura hoteleira é a maior do estado, com mais de cem hotéis e 20 mil leitos. A localização também é estratégica, próxima de grandes destinos turísticos. O aeroporto internacional de Navegantes está a 33 km, o maior parque de diversões da América Latina (Beto Carrero World, em Penha) a 38 km, Brusque (centro de compras têxteis) a 44 km, Blumenau (famosa pela Oktoberfest) a 70 km e a capital Florianópolis a 85 km.

Praia Central Praia extensa e com os prédios mais altos do Brasil, é famosa tanto aqui como no exterior. Fica lotada de turistas na alta temporada, vindos de todos os lugares do mundo. Tem uma espaçosa faixa de areia clara e seu mar é levemente agitado, com algumas ondas próprias para o bodyboard. Há excelente infraestrutura de comércio e gastronomia e também uma noite bem movimentada. É uma boa opção para solteiros, casais e famílias com filhos de todas as idades.


SHOW ME 75

Praia de Taquarinhas Praia pequena, com 600 metros de extensão, se apresenta como uma opção simples e menos famosa aos turistas que vêm a Balneário Camboriú. Recebe alguns visitantes na alta temporada, mas grande parte é de moradores próximos e pescadores que apreciam o contato com a natureza. Seu mar de águas transparentes convida a um mergulho, e sua orla de areia grossa é própria para o descanso à beira-mar. Levar comida e bebida é recomendado.

Praia de Laranjeiras

Praia de Taquaras

 raia de P Taquarinhas

Tem 1.150 metros de extensão, com areia grossa e águas tranquilas, porém profundas. Fica a 8 km ao sul do centro de Balneário Camboriú, sendo um ótimo local para a pesca de arremesso. É uma praia semideserta, com o mar bravo de água gelada

 raia de P Taquaras

e muitas ondas. Ao entrar no mar é preciso cuidado, pois a correnteza é forte e há muitos buracos. Possui uma pequena colônia de pescadores, mas sua infraestrutura é bastante limitada. No canto direito, há restaurantes de frutos do mar com mesas na areia da praia.

Praia do Pinho

 raia do P Estaleiro Rota

Praia do Estaleirinho

 raia do P Estaleirinho

Ainda pouco explorada, apresenta mata nativa bastante preservada e é considerada por muitos um dos melhores destinos da região. Chama a atenção pelas casas de alto padrão que ficam próximas e por seus variados atrativos naturais, que geram um bom fluxo de turistas na temporada de verão. O mar é ligeiramente agitado, com boas ondas para os praticantes do surfe. A orla conta com uma larga faixa de areia grossa, muito indicada

Mata de Camboriú

para quem gosta de caminhar pela praia.


76 NO ROTEIRO X Litoral catarinense

1 km

Praia Grossa

Praia de Itapema

Itapema & Porto Belo

U

Itapema A praia mais agitada da região tem diversos prédios de alto padrão espalhados por sua orla, e para o turista que frequenta o lugar não faltam opções de hotéis e restaurantes. Com excelente infraestrutura, é muito procurada pelos argentinos, bem como pelos visitantes catarinenses e gaúchos em férias na alta

BR 101

temporada. Tem um mar pouco agitado e de águas transparentes, perfeitas para banhistas de todas as idades.

m dos destinos mais atraentes de Santa Catarina fica no litoral norte, entre a capital Florianópolis e a concorridíssi-

ma Balneário Camboriú. A natureza se mostra em belas paisagens de praias e morros. Para

Meia Praia

completar o cenário, uma boa estrutura de restaurantes e bares oferece diversas atrações e Itapema é a cidade que mais cresceu entre

obras de infraestrutura e espaços de lazer vêm sendo feitos, como, por exemplo, a construção de um parque linear à beira-mar, na Meia Praia: o Parque Calçadão. Já Porto Belo é uma cidade conhecida pela

reu Ne

recebe turistas no estado. Investimentos em

ida

2000 e 2010 e o terceiro município que mais

en Av

opções de lazer.

A Se v. At n. ílio

tranquilidade e beleza natural. O município é ponto de partida de diversos cruzeiros, e se tornou um famoso porto na região. Muitos esportes costumam ser praticados nas praias, como surfe, pesca de arremesso, futebol e vôlei. Passeios de barcos são uma boa pedida para fazer uma rápida tour pelas praias da região.

Praia do Perequê


SHOW ME 77

Praia Grossa

Porto do Caixa D´Aço

Ainda pouco conhecida pelos turistas, é uma praia bela e de

É aclamado como um pequeno paraíso local. Seu mar calmo

muita calmaria. Quem se aventura até o lugar desfruta a tran-

e esverdeado reflete a mata nativa que cerca e domina a pai-

quilidade e a proximidade com a natureza. Tem mar muito cal-

sagem, lembrando uma piscina natural. Ótimo para o caia-

mo de águas azuis cristalinas, muito indicadas para o mergu-

que e o mergulho. É muito frequentada por usuários de ia-

lho. Opção boa para quem gosta de se movimentar, uma trilha

tes e lanchas, que lotam o mar ao redor de bares flutuantes.

pela mata certamente vai repor as energias. Não conta com

O acesso de carro é restrito pela falta de espaço para estacio-

infraestrutura, é preciso levar alimentos e bebida e trazer de

nar e circular.

André Balestra/Divulgação

volta todo o lixo produzido.

Porto do Caixa D´Aço

Porto Belo O lindo visual e o clima de tranquilidade atraem muitos turistas, que encontram um bom lugar para relaxar, tomar um refrescante banho de mar e repor as energias. Com areia clara e fina, tem mar de águas calmas e cristalinas, de boa temperatura para o banho. Conta com diversas casas de veraneio em sua orla, e os frequentadores aproveitam para praticar esportes como vôlei e futebol, além de frescobol.

Porto Belo

SC 412


78 NO ROTEIRO X Litoral catarinense

1 km

Bombinhas

O

Praia de Bombas

SC 412

menor município de Santa Catarina, com uma área de apenas 34,5 km², é uma península um pouco acidentada e apresenta em sua configu-

ração geográfica saliências (morros e pontas), reen-

A Jo v. V Praia do sé er Ribeiro do . M s S an an oe to l s Praia de Bombinhas

Praia da Sepultura

trâncias (enseadas) e costões pedregosos com escarpas abruptas em alguns locais. Costuma ser bastante

Retiro dos Padres  raia das P Quatro Ilhas

procurada pelos amantes da natureza e do mergulho, já que apresenta ótimas condições para a prática do esporte. É considerada um excelente destino para toda a família, seja para descobrir lindas praias de

Praia de Mariscal

cer o Parque Municipal do Morro do Macaco, que tem uma das mais belas vistas do lugar.

Praia dos Zimbros Praia do Cardoso

Praia da Lagoa

o oã . J da Av osé J

GiraAv. ssol

Canto Grande

Praia Triste

R. Cajueir o

águas cristalinas, dar uma volta na cidade ou conhe-

Praia da Conceição

Praia Vermelha Praia da Tainha

Praia da Tainha No extremo sul da península, esta praia de beleza intocada e com pouco mais de 200 metros de extensão está quase sempre deserta. Sua areia é branquinha e o mar, apesar de calmo, pode ser traiçoeiro, pois mesmo na parte rasa há quedas abruptas e buracos. A cristalina forma um belo visual ao escorrer pelas pedras. Na ponta direita, pedras gigantes tornam a paisagem ainda mais bela. Passando por cima delas, é possível explorar a parte mais isolada da praia. A estrada de acesso é de chão, cheia de subidas e descidas. No meio do caminho há um mirante de onde é possível avistar as praias da região.


SHOW ME 79

Praia de Bombinhas

Praia de Quatro Ilhas

Balneário de boa extensão, fica lotado de turistas na alta tem-

Lugar belíssimo, é um dos recantos preferidos de quem visita

porada. Os frequentadores encontram uma ótima opção para

Bombinhas. No verão, tem movimento constante durante todo o

desfrutar o visual e comer um petisco à beira-mar. Com boa

dia, e sua procura se dá por conta da tranquilidade e das águas

infraestrutura comercial, não faltam opções de quiosques para

calmas. É indicada para todas as idades, e para famílias com

o visitante escolher. Conta com boa faixa de areia clara e mar

crianças pequenas, que podem nadar e brincar. A faixa de areia

variando entre o azul e o verde, um pouco agitado e com algu-

clara é espaçosa, e o mar é azul cristalino, próprio para banho e

mas ondas quando venta. Durante a noite, é um dos lugares

prática de esportes como caiaque e windsurfe. Apetitosos pra-

mais agitados da cidade.

tos à base de peixe fresco são servidos nos restaurantes locais.

Praia dE mariscal

Sepultura

Com cerca de 5 km de extensão, fica situada na parte da penín-

Fica praticamente deserta na maior parte do ano, e encanta seus

sula do Canto Grande voltada ao mar aberto. De areia fina e cla-

visitantes pela beleza inesquecível e pela calma revigorante. O

ra, é procurada tanto por quem busca um lugar sossegado para

mar de águas calmas e cristalinas é adequado para a prática de

relaxar quanto pelos surfistas atrás de boas ondas. Suas águas

esportes como caiaque, windsurfe e mergulho. É uma praia in-

são límpidas e livres de poluição, o que atrai muitos visitantes

dicada para turistas de todas as idades, sendo muito procurada

na alta temporada. O trânsito na região sempre é complicado,

por famílias. Nas áreas rasas as crianças podem brincar e nadar

por isso é bom se programar para chegar cedo e aproveitar o

sem maiores preocupações em meio aos pequenos peixes que

dia inteiro na praia.

não se incomodam com a presença humana.


80 NO ROTEIRO X Litoral catarinense

Praia de Gancho de Fora

Praia de Fora

Praia de Calheiros

Praia de Palmas Praia de Fora Lugar ideal para um piquenique com amigos, é uma praia de peque-

Praia dos Ilhéus

na extensão, considerada um dos refúgios da cidade. Não é muito conhecida dos visitantes, sendo mais frequentada por moradores próximos e pescadores. Ao redor estão morros com vegetação da Mata Atlântica totalmente preservada. O acesso é feito por dentro de um terreno particular em trilha autorizada para o uso. O mar é calmo e convida a um mergulho.

Governador Celso Ramos

L

Praia do Sisal Praia Grande Praia da Fazenda  da Armação Praia das Bananeiras Praia Tinguá

ocalizada em uma bela península com caprichosos recortes que formam uma costa com mais de 40 praias,

Praia da Igreja

o município integra a Reserva Biológica Marinha do

Arvoredo, santuário de espécies raras da fauna e da flora

Armação da Piedade

nativas, o que torna a região um dos melhores locais para mergulho do país e moradia de uma centena de golfinhos que alegram os passeios de barco. Conhecido como um dos destinos mais agradáveis do litoral catarinense, Governador Celso Ramos recebe cerca de 100 mil turistas por ano, que dividem o mar com os praticantes de esportes aquáticos como surfe, windsurfe, mergulho e jet ski. Algumas praias têm ótima infraestrutura – como a de Palma, onde não faltam opções de hotéis e pousadas, dos

Praia do Antenor

mais simples aos mais luxuosos –, enquanto outras são completamente desertas.

1 km

Praia das Cordas


SHOW ME 81

Praia de Palmas É o destino mais procurado do município, com inegável beleza distribuída em sua orla de 2,5 km de extensão. Recebe grande número de visitantes na alta temporada, principalmente os que buscam uma praia mais agitada. Conta com uma excelente estrutura de bares, restaurantes, hotéis e pousadas. Sua faixa de areia é espaçosa e fofa, enquanto o mar claro é ligeiramente agitado. Possui amplo espaço para estacionamento próximo dos acessos à praia.

Praia Grande Apesar do nome, tem pouco mais de 1 km de extensão. Recanto belíssimo e tranquilo, seu mar de águas azuladas e cristalinas é muito calmo, ótimo para o mergulho e a prática de esportes náuticos. A orla tem uma estreita faixa de areia, que ganha um colorido próprio ao entardecer. No canto direito, uma trilha leva à também belíssima Praia das Bananeiras. Há ainda uma estreita faixa de areia entre as pedras do costão, que vale uma visita pela beleza do recanto.

Praia dos Ilhéus

Armação da Piedade

Para chegar até ela é necessário atravessar uma trilha com

Na ponta de uma calma enseada está um dos maiores tesouros

cerca de 2 km de extensão com acesso pelo costão sul da Praia

turísticos de Governador Celso Ramos, uma antiga vila de pes-

de Palmas. A caminhada possibilita uma bela visão panorâmi-

cadores que já foi sede do maior e mais importante núcleo bale-

ca da região. O esforço, no entanto, compensa: uma vez che-

eiro catarinense. Ponto de partida das embarcações que saíam

gando lá, não dá vontade de ir embora. A faixa de areia tem

à caça das baleias-francas entre 1743 e 1850, é atualmente um

apenas 100 m de extensão e o mar tem ondas fortes, o que

point concorrido, muito frequentado pelos turistas. De visual

atrai os praticantes do surfe. No canto oposto da praia há ou-

estonteante, justifica o título de “Orla das Esmeraldas” confe-

tra trilha, com acesso mais árduo, que dá acesso à Praia do

rido ao município. Além de sua praia de águas transparentes,

Sisal, localidade praticamente deserta e de mar agitado, muito

a capela e as ruínas da armação baleeira deixam o lugar ainda

procurada pelos pescadores locais na época da tainha.

mais bonito.


82 NO ROTEIRO X Litoral catarinense

Ilha de Santa Catarina

F

BR 101

lorianópolis é um centro de turismo internacional que une muita natureza e beleza a conforto e luxo para todos os gostos – e bolsos. A capital catarinense recebe

por ano mais de 1 milhão e 200 mil turistas apenas de fora do Brasil, sendo o destino escolhido por um em cada cinco estrangeiros que pisam no país. Segundo o Ministério do Turismo, 93% desses visitantes vêm atrás de sol e praias, e elogiam, nesta ordem: hospitalidade, gastronomia e hospedagem. A população local costuma receber muito bem os visitantes. Grande parte dos moradores nativos está envolvida nas atividades do turismo, como passeios de escuna pelas baías e fortalezas históricas, transporte de turistas por barco para os recantos como a Costa da Lagoa e a Ilha do Campeche, ou ainda na criação de ostras, como no Ribeirão da Ilha, onde elas são oferecidas fresquinhas e tiradas na hora da água. Famosa por suas 42 praias, Floripa é cheia de atrações a serem descobertas. Há balneários para os que gostam de movimentação e muito agito, como Jurerê Internacional, na porção norte da Ilha. Outros são ideais para aventureiros que curtem o contato com a natureza, como a Praia da Lagoinha do Leste, no sudeste da Ilha, de frente para o mar aberto e onde só é possível chegar por trilhas ou pelo mar. Mas não importa qual o seu perfil, Floripa com certeza reserva uma

Praia de Jurerê Os mais de 3 km de extensão de areia clara e fina e um mar verde de ondas calmas dão ao balneário um toque de classe que fez fama em todo o Brasil. No canto esquerdo está o loteamento planejado Jurerê Internacional, com restaurantes requintados, shopping a céu aberto e muita badalação. No lado direito fica Jurerê Tradicional, com seus moradores mais antigos e gastronomia típica da Ilha. É onde está localizado o Iate Clube de Santa

praia ideal para você.

Catarina, que traz ainda mais requinte ao local.

Praia dos Naufragados

Praia do Morro das PEdras

No extremo sul da Ilha, a praia tem acesso difícil, por uma tri-

Além da presença das baleias-francas na temporada de inver-

lha que começa no final da Caieira da Barra do Sul. Tem areia

no, outra atração é o costão rochoso onde o mar se choca con-

grossa e mar aberto, formando um dos visuais mais encantado-

tra as pedras, lançando água a vários metros de altura, em um

res de Floripa. É muito procurada por quem gosta de acampar,

belo e relaxante espetáculo. O visual é de uma praia que se

fazer trilhas em meio à natureza ou ainda pescar nos costões.

preservou intacta, sem edificações nem quiosques à beira-mar.

A infraestrutura é quase inexistente, portanto não esqueça de

Muito procurada pelos surfistas devido a seu mar agitado e de

levar bebidas e alimentos, além de trazer de volta todo o lixo

ondas fortes. Os banhistas devem ficar atentos com os pontos

gerado durante o passeio.

de repuxo.


SHOW ME 83

Praia da Lagoinha Ponta das Canas Praia Brava Cachoeira do Bom Jesus Praia do Forte Praia dos Jurerê Canasvieiras Ingleses SC 403

Daniela

Praia do Santinho

Praia de Moçambique

SC 401

Barra da Lagoa Prainha

de de turistas na temporada, disputando com Canasvieiras a preferência dos argentinos. Voltada para o mar aberto, tem agradável, com média ondulação. As dunas que a separam da

Praia Mole

Lagoa da Conceição

Sua orla de quase 5 km de extensão atrai grande quantida-

faixa de areia larga no canto norte e águas de temperatura

Praia da Galheta BR 282

Praia dos Ingleses

Praia do Santinho, ideais para a prática do sandboard, são uma atração imperdível. Com boa infraestrutura, oferece várias opções em hospedagem, alimentação e serviços.

 raia da P Joaquina

SC 405

Praia do Campeche Morro das Pedras Praia da Armação Praia do Matadeiro

Bal. dos Açores

Praia da Lagoinha do Leste Riozinho DO CAMPECHE Pântano do Sul

 raia da Solidão P Praia do Saquinho Praia dos Naufragados 5 km

Bandeira vermelha na areia, muito esporte e mulheres lindas. Essa é a cara do Riozinho do Campeche, extensão de praia com 300 metros que roubou da Praia Mole o título de point do verão

de Floripa. Com jeito de balneário silvestre, sem prédios de luxo nem hotéis caros, é prestigiada até com shows internacionais. É uma praia com mar bravo e correntes fortíssimas, onde o banhista deverá tomar muito cuidado. Melhor ficar na areia curtindo o lindo visual de frente para a Ilha do Campeche.


84 NO ROTEIRO X Litoral catarinense Divulgação

1 km

Praia Pedras Altas

PONTA DO PAPAGAIO Indicada para aqueles que apreciam a natureza e o sosse-

Praia do Maciambu

go. Seu ambiente é agradável e descontraído, sendo comum encontrar os moradores locais passeando de bicicleta ou sentados observando o mar. Suas águas são claras e muito calmas, com uma faixa de areia esbranquiçada e fina. É cercada por árvores e vegetação nativa, no entanto não dispõe

Est. Geral da Praia do Sonho

Praia do Sonho

de grande infraestrutura, sendo aconselhável levar comida e bebida para aproveitar o dia todo na praia.

Ponta do Papagaio

BR 101

Palhoça

A

Praia da Pinheira

cidade vizinha de Florianópolis, conhecida por seu clima agradável e tranquilo, guarda inúmeras belezas e é considerada um dos melhores destinos tu-

rísticos do estado. A Praia da Guarda do Embaú é uma das mais movimentadas do município, ideal para os que gostam de agito. Com boa infraestrutura, não faltam pousadas e casas de veraneio para quem quer se hospedar. Barzinhos e restaurantes servem o melhor da culinária local, à base

Praia de Cima

de peixes e frutos do mar. Além de suas praias, Palhoça é sede do Parque Esta-

Praia de Baixo

dual da Serra do Tabuleiro, maior Unidade de Conservação do Sul do Brasil. Com quase 90 mil hectares, abrange nove municípios e algumas ilhas costeiras, que constituem importantes refúgios de aves marinhas migratórias e fauna local. O parque possui cinco tipos de paisagens: restinga, floresta atlântica, matinha nebular, campo de

Prainha

altitude e a floresta de araucárias.

Est. Geral da Pinheira

Guarda do Embaú


SHOW ME 85

Guarda dO Embaú

Praia da Pinheira

Uma das praias mais movimentadas de Santa Catarina, recebe

Uma das praias mais tranquilas da região, a Pinheira é um bom

turistas o ano inteiro, com destaque para o período de Carnaval.

lugar para relaxar, cair no mar e se distanciar da rotina agitada

De beleza ímpar, se diferencia das outras por um detalhe que

dos centros urbanos. Durante a alta temporada atrai muitos

chama a atenção: para chegar à praia é preciso atravessar o Rio

turistas devido a seu clima agradável e larga faixa de areia.

Madre, seja a nado ou de canoa, propiciando assim duas opções

É bastante procurada por famílias, já que as crianças podem

de banho. Conta com pousadas e casas de veraneio, além de boa

nadar e brincar em suas águas calmas sem maiores preocu-

infraestrutura de bares, restaurantes e supermercados. Para

pações. Conta com uma boa estrutura de bares e restaurantes

quem gosta de trilhas, ao subir o morro até a Pedra do Urubu

que servem bebidas e petiscos. Outra opção é comprar o peixe

tem-se uma magnífica vista de toda a região.

fresco na praia, direto com o pescador.

Praia de Cima

Praia do Sonho

No meio da vegetação nativa, as casas de veraneio chamam a

Lugar tranquilo e agradável, é considerada um dos refúgios de

atenção dos visitantes que frequentam o local. O mar é calmo,

Palhoça. Recebe um grande número de visitantes na alta tem-

com poucas ondas e águas cristalinas, convidando a um refres-

porada, mas mesmo assim é indicada para o descanso, pois não

cante mergulho. É uma ótima opção para famílias com crianças,

fica tão movimentada como as outras praias da região. A faixa

sendo comum a prática de esportes como futebol e vôlei na boa

de areia é esbranquiçada, e o mar de águas claras é levemente

faixa de areia. A dica é chegar cedo pois há poucas vagas de

agitado, formando pequenas ondas quando há vento. É procura-

estacionamento. Para quem gosta de caminhada, a trilha até a

da por praticantes de windsurfe e jet ski, além de famílias que

Ponta da Pinheira é uma ótima ideia.

querem aproveitar um dia agradável na beira da praia.


BR 101

86 NO ROTEIRO X Litoral Praias agitadas catarinense

Garopaba

C

om uma comunidade acolhedora e algumas das mais belas e límpidas praias do sul do estado, é conhecida internacionalmente pelos

points de surfe e pela exuberância do meio ambiente. Foi nos anos 1970, com a chegada dos primeiros surfistas, que a pequena cidade pesqueira começou a se transformar em destino turístico. Até hoje a cidade está fortemente ligada ao mundo do surfe e mantém uma certa rusticidade que agrada aos simpatizantes do esporte. Apesar de ficar a apenas 91 km da capital pela BR-101, algumas praias têm acesso difícil, com estradas de chão batido.

Praia dO Silveira Sede frequente de campeonatos nacionais e internacionais de surfe, é palco das melhores sessions da região, sobretudo quando entra o swell e as ondas grandes chegam. Considerada uma das mais belas praias de Garopaba, tem um costão diferente, com uma aprazível área de vegetação rasteira atrás das pedras, além de uma linda vista quando se está descendo o morro que dá acesso à praia. A maioria dos frequentadores é praticante do surfe, pois o mar é sempre agitado. Mas o Silveira é recomendado também para não-surfistas, desde que fiquem na areia.

Garopaba

Praia da Ferrugem

A parte central conta com boa infraestrutura, com

Considerada “a praia mais bem frequentada do litoral Sul de Santa Ca-

hotéis, pousadas, bares e restaurantes. Tranquila

tarina”, é uma faixa de areia de cerca de 1 km de extensão, com boas

durante todo o ano, na alta temporada costuma fi-

ondulações para o surfe e, eventualmente, ventos para kitesurfe. Tem um

car bem movimentada. Tem belos pontos turísticos,

canto esquerdo (norte) mais bem abrigado dos ventos e um tranquilo canto

como a Gruta Nossa Senhora de Lourdes e a Igreja

direito (sul), a Barrinha da Ferrugem, semideserto. Suas extremidades têm

Matriz São Joaquim. Com linda paisagem e morado-

belos rochedos e oferecem ainda boas opções de pousadas e restaurantes.

res bastante receptivos, é uma ótima opção para dias

À noite, ferve na alta temporada, com sua mistura de turistas brasileiros e

revigorantes de férias e para se desligar da rotina.

estrangeiros do mundo todo.


SHOW ME 87

Praia da Gamboa

Praia do Siriú

Praia da Gamboa Cercada pela Mata Atlântica, a Gamboa tem uma beleza natural ímpar que se revela em suas lagoas e dunas. Destaca-se pela hospitalidade dos moradores, a observação

Praia Central

das baleias-francas e as caminhadas pelo Parque Florestal. Está entre as mais belas praias catarinenses, preservando quase 90% da vegetação nativa. Conta com uma espaçosa faixa de areia e mar levemente agitado, com algumas ondas principalmente quando venta. Com águas cristalinas, não há quem resista a um mergulho.

Praia do Silveira SC 434

Laguna de Garopaba

Praia da Ferrugem Praia da Barra Praia do Siriú Está situada dentro do Parque Estadual da Serra do Tabuleiro, cujo território vai da Praia do Siriú até o Morro dos Cavalos, sendo considerada área de preservação

2 km

permanente. A bela Lagoa do Siriú – criadouro de camarões e diversas espécies de peixes – se liga ao mar no lado norte da praia. Para os praticantes do surfe, é uma boa

Praia do Ouvidor

opção quando a ondulação de sul vira para leste. Outra atração imperdível é deslizar na areia pelos quase 4 km de dunas que cercam grande parte da orla.


SC 434

88 NO ROTEIRO X Litoral catarinense

Praia do Rosa

Imbituba

C

Praia do Luz

apital nacional da baleia-franca, a cidade estrutura-se mais a cada ano para receber o turista. Os visitantes vêm das mais diversas localidades devido a sua posição privi-

legiada no litoral catarinense, a 91 km de Florianópolis, 170 km de Itajaí, 52 km de Tubarão e 380 km de Porto Alegre.

Praia de Ibiraquera

Geograficamente rica, possui diferentes praias, dunas, ilhas e lagoas, das quais a mais famosa é a de Ibiraquera, local próprio para windsurfe, kitesurfe, stand up paddle, canoagem, pesca e outros esportes náuticos. O camarão rosa, espécie de crustáceo mais apreciado no mundo, é encontrado em abundância por ali, contribuindo para o enriquecimento da gastronomia local. Os visitantes podem ainda conhecer a Praia do Porto, de onde se pode observar o movimento dos navios no Porto de Imbituba.

Praia da Ribanceira

Já o Farol da Praia da Vila, no morro que separa a Praia da Vila da Praia do Porto, está lindamente integrado ao meio ambiente. O acesso é feito por uma trilha ecológica, que proporciona belas paisagens em todo o trajeto.

BR 101

Praia D’Água

Praia do Porto

Praia da Vila

Praia do Rosa Dois quilômetros de areias cercadas de um lado pelo mar e do outro pelo verde de montanhas onde se encontram cactos em meio às flores, diferentes trilhas ecológicas e muita gente bonita. É um lugar perfeito para o surfe, windsurfe, pesca, cavalgadas e trekking. Com um peculiar formato de meia-lua, tem nos cantos norte e sul as áreas mais propícias para o surfe. No centro está a Lagoa do Meio, com água salgada e tranquila, sempre desfrutada por famílias e casais.

Praia da Vila Nova

2 km


SHOW ME 89

Praia DO Luz

Praia de Ibiraquera

Está localizada entre a barra da Lagoa de Ibiraquera e o mor-

Com um cenário que contempla dunas, rios, ilhas e lagoas, no

ro do canto sul da Praia do Rosa, dividindo com a Praia de

qual sobressai-se a Lagoa de Ibiraquera, esta praia é considera-

Ibiraquera o belo visual da Ilha do Batuta. O pôr-do-sol ali tem

da a melhor para a prática do stand up paddle, kitesurfe e wind-

uma beleza especial, o que atrai muitos praticantes de ioga.

surfe em ondas em todo o Brasil. É famosa também pela pesca

Da Praia do Luz parte uma excelente trilha para caminhadas

esportiva e do camarão. Possui singulares características geo-

pelo morro que chega até a Praia do Rosa. No caminho pode-

gráficas e um patrimônio natural de rara beleza. A lagoa e seu

-se avistar, além de sua própria orla, a Praia de Ibiraquera

entorno, com dunas de mais de 30 metros de altura, formam

até a Praia da Ribanceira. Do lado oposto, é possível enxergar

um rico ecossistema, viveiro natural para inúmeras espécies de

toda a extensão da Praia do Rosa.

peixes, pássaros e crustáceos.

Praia da Ribanceira

Praia da Vila

Seu visual é belíssimo, com rochas brotando da água. É um

O canto desta praia, que se estende por 3 km, é um dos recan-

lugar tranquilo, onde se pratica caminhadas, o surfe e a pesca.

tos mais famosos no mundo do surfe. A Vila já sediou vários

O mar é forte, de águas límpidas em cor safira. Uma caracte-

eventos do Campeonato Mundial de Surfe (WCT). Situada no

rística única da Praia da Ribanceira é sua areia sempre úmida,

centro de Imbituba, possui uma paisagem deslumbrante, com

por absorver a água que nasce do morro. A praia tem este

visual definido pelo costão e pelas ilhas Santana de Dentro e

nome devido a sua margem elevada (de “ribança”), de frente

Santana de Fora. Devido ao seu posicionamento, as ilhas viabi-

para uma área ocupada por dunas. Com uma paisagem agreste

lizam a formação de ondas perfeitas, que atingem até 5 metros

e clima sossegado, é um lugar ótimo para quem gosta de ficar

de altura. É excelente para a pesca e para a observação das

distante do agito.

baleias, que podem ser vistas a 20 metros da praia.


90 NO ROTEIRO X Litoral catarinense

Praia de Itapirubá

Laguna

A

BR 101

lém de ser uma das cidades históricas mais importantes de Santa Catarina, Laguna conta ainda com diversos atrativos naturais. Suas águas apresentam

temperatura mais amena devido à corrente marítima do

Praia do Sol

Atlântico Sul. Normalmente observam-se pinguins chegando às praias no verão e outono. O Canal do Molhes é o local onde pescadores e golfinhos trabalham juntos na captura de peixes, especialmente a tainha nos meses mais frios. Entre suas praias se destaca a do Farol, uma das mais conhecidas e frequentadas da região. O Farol de Santa Marta é

Praia do Gi

a grande atração do lugar e tem noite agitada, com bares que tocam reggae, hip hop, samba rock, etc. A cidade conta com boa infraestrutura, com pousadas e hotéis variados, além de bares e restaurantes. Distante apenas 120 km de Florianópolis e 360 km de Por-

SC 436

to Alegre o terceiro município mais antigo do estado também tem um dos melhores carnavais do Sul do país. Além do desfile no sambódromo local, dividido entre as escolas de samba e os blocos carnavalescos, a animação da folia na rua contagia

Praia do Mar Grosso

moradores e turistas.

Balsa Praia do Gravatá Praia da Tereza Praia da Ilhota

Praia da Galheta

Praia dE Itapirubá Praia de pescadores com 12 km de extensão, no verão é uma das mais procuradas pelos turistas. É um lugar tranquilo, bom para relaxar e repor as energias em um refrescante banho de mar ou uma caminhada. A orla conta com uma larga faixa de areia dourada e grossa, e o mar de águas transparentes é um convite ao banho. Possui ainda boa infraestrutura, com bares

Farol de Santa Marta Praia do Cardoso

e restaurantes que servem petiscos e bebidas. Nas proximida-

3 km

des é possível encontrar hotéis e pousadas.


SHOW ME 91

Praia do Sol

Praia da Galheta

Lugar de clima calmo e agradável, é excelente opção para

Considerada uma das praias mais bonitas do Sul do Brasil, é um

quem busca tranquilidade para relaxar e recuperar as forças durante as férias. Atrai um público bastante variado, desde jovens até famílias que confraternizam à beira-mar praticando esportes como futebol, vôlei de praia e frescobol. As águas claras também são ideais para o banho. A areia batida se espalha por grande extensão, propiciando boa base para uma gostosa caminhada.

refúgio para pescadores e surfistas na maior parte do ano. Na alta temporada recebe um bom número de turistas em busca de um refrescante banho de mar para repor as energias. As águas são agitadas e transparentes, ideais tanto para o surfe quanto para o mergulho. O acesso de carro está bloqueado pelas dunas. É indicado que o visitante leve alimentos e bebidas, por não haver infraestrutura no local.

Praia do Mar Grosso Uma das mais famosas da cidade, recebe enorme quantidade de visitantes todos os anos. Tem o mar levemente agitado na maior parte do tempo, com águas claras e limpas, ideal para o banho e a prática de esportes como o bodyboard. A faixa de areia é grande e batida, com um clima agradável e bela paisagem para passar as férias com a família ou amigos. Tem uma boa infraestrutura turística, capaz de receber o grande fluxo que ocorre na alta temporada.

Farol de Santa Marta O trajeto após a balsa na região central de Laguna é de 18 km de estrada ainda em obras, mas a maior parte já pavimentada. Cercado de vegetação, mar, lagunas e muitas dunas, o caminho já vale muito. A chegada no pequeno vilarejo tem sua magia, com o farol despontando no alto da colina. Com 29 metros de altura, é um dos mais potentes do Brasil em alcance (85 km) e serve como guia para os navios que se aproximam. No período noturno, a iluminação do Farol chama atenção a distância.


92 NO ROTEIRO X Litoral catarinense

Morro da Fumaça

Litoral Sul

N

o extremo sul da costa catarinense está o balneário de Passo de Torres, a 270 km da capital Florianópolis, ou pouco mais de três horas de

Praia do Campo Bom

viagem pela BR-101. No caminho, os destinos turísticos de destaque desta rota são Balneário Arroio do Silva, com

Balneário Esplanada

sua enorme faixa de areia que permite passeios de carro; Araranguá, com o belíssimo Morro dos Conventos, muito

SC 444

procurado por quem gosta de acampar; e as movimentadas praias de Jaguaruna e Balneário Rincão.

Balneário Rincão

Morro dos Conventos

SC 449

Balneário Arroio do Silva

BR 101

 raia da P Lagoinha

Divulgação

Praia da Caçamba

SC 485

Balneário Gaivota

Balneário Belas Torres

BALNEÁRIO Rincão Praia de mar grosso com uma larga faixa de areia, o suficiente para ter um campo de futebol suíço e ainda sobra espaço para a turma que adora uma caminhada. O Balneário pos-

Passo de Torres

sui 13 km de orla marítima, com duas plataformas de pesca, além de seis lagoas de água doce. Destaca-se ainda o Museu Arqueológico Nossa Senhora dos Navegantes, que exibe um acervo de urnas funerárias, utensílios de barro e flechas indí-

5 km

genas com idade entre 400 e 3 mil anos.


SHOW ME 93

PraiaS de jaguaruna

Camacho

Distante 48 km de Laguna, é um dos lugares mais tranquilos do

Praia Dunas do Sul

litoral. Entre suas praias se destaca a do Camacho, com areia branca e mar azul, além da boa infraestrutura para receber o

Nova Camboriú

movimento que chega com a alta temporada. Os pontos turísticos mais famosos são a Capela Nossa Senhora dos Navegantes,

Praia do Arroio Corrente

o Chuveirão e a antiga estação ferroviária. Não faltam opções de pousadas, bares e restaurantes. A cidade conta ainda com vários

Divulgação

Sandro Ramos/Divulgação

atrativos ao ar livre, como lagoas e sítios arqueológicos.

Morro dos Conventos

Balneário Arroio do Silva

Paredões com mais de 80 metros de altura, dunas, restinga, um

Uma das praias mais frequentadas do Sul do estado, é própria

rio de águas claras e o mar. São as características de um dos

para banho e para prática de esportes na areia. Sedia o evento

lugares mais procurados por turistas na cidade de Araranguá.

nacionalmente conhecido como Arrancada de Caminhões. São

A vista panorâmica que se tem do alto do paredão, onde há um

quatro dias com shows e atividades, além de provas que exigem

farol, é espetacular. De lá é possível ver a foz do Rio Araranguá.

dos pilotos grande perícia e habilidade. O carnaval é também

Pela beira da praia, chega-se de carro à foz, em cerca de 15 mi-

uma das grandes atrações. No Arroio do Silva é possível usufruir

nutos. A praia tem uma grande faixa de areia, ideal para jogos de

ainda da estrutura panorâmica da Plataforma de Pesca Entrema-

futebol e vôlei, além dos passeios de bugue.

res, um dos pontos turísticos do balneário.l


A gente tem duas formas de convencer você a morar no melhor endereço de Jurerê Internacional:

ASSIM.


www.quayjurereinternacional.com.br

www.cfl.com.br


ASSIM.

Ou

Inspirado nas principais tendências internacionais, o Quay Luxury Home Design une o conceito de uma Home-Boutique com o bom gosto dos empreendimentos de alto padrão da CFL. Um lugar mágico, único e exclusivo, no canto intocado de Jurerê Internacional. Sol, mar, tranquilidade e badalação na medida certa. O que existe de melhor, disponível o ano inteiro pra você.


Showroom no local, na Búzios com Passeio dos Namorados, e aproveite para visitar nosso Venha

conhecer

nosso

decorado e se encantar com o maior lançamento alto padrão de Jurerê Internacional.

(48) 3369.2101

M A I S

D E

1 1

M I L

M

2

D E

A L T Í S S I M O

P A D R Ã O .

www.cfl.com.br


Divulgação

98 BEM NO ROTEIRO VINDO XXPrograma Treze Tílias

O Tirol brasileiro


SHOW ME 99

NO CORAÇÃO DA ROTA DA AMIZADE, TREZE TÍLIAS CULTIVA HÁ OITO DÉCADAS OS COSTUMES E TrADIÇÕES HERDADAS DOS IMIGRANTES AUSTRÍACOS E HOJE RECEBE MAIS DE 130 MIL TURISTAS POR ANO

Itajaí enquanto os italianos fundavam

mães e dos italianos, um peque-

dezenas de colônias ao sul – os tiroleses

no município de 8 mil habitantes

puderam recriar seus hábitos e sua cul-

localizado a cerca de 400 quilômetros

tura de forma predominante naquela re-

do litoral guarda toda a tradição e os

gião. Uma ligação que se mantém forte

costumes do Tirol, uma região da Áus-

mesmo oito décadas depois da chegada

tria que traz em sua história caracterís-

dos primeiros imigrantes e que é motivo

ticas tanto da cultura alemã quanto da

de orgulho para a população. O cuida-

italiana. Popularmente conhecida como

do com a herança cultural tornou Treze

o “Tirol catarinense”, a cidade de Treze

Tílias um dos roteiros turísticos mais

Tílias foi fundada em 1933 por imigran-

procurados do interior catarinense, che-

tes tiroleses que fugiram da crise que

gando a receber por ano mais de 130 mil

assolou a Europa naquele período. En-

visitantes – um volume 16 vezes superior

tre eles estava o então Ministro da Agri-

à sua população. Situada

cultura da Áustria, Andreas Thaler, que

no

coração

da

chamada

junto a outras famílias encontrou no

“Rota da Amizade” – que inclui os muni-

meio-oeste catarinense um clima e uma

cípios de Joaçaba, Fraiburgo, Videira e

geografia bastante semelhantes aos da

Piratuba –, Treze Tílias orgulha-se tam-

terra natal.

bém de não sofrer com a sazonalidade do turismo. “Temos uma visitação con-

ropeias em Santa Catarina – os alemães

tínua pois nossa região não depende do

se estabeleciam no norte e no Vale do

verão, como no litoral, nem do inverno,

p

O monumento aos imigrantes, em frente

à prefeitura, foi criado para comemorar os 55

p

anos de fundação do município, em 1988 O gosto pelo chope e as tradições culinárias

p

se assemelham muito à cultura germânica O Parque Aquático Vale das Tílias tem

uma fonte de água hidromineral que mantém

p

as piscinas a uma temperatura de 35oC Belos cenários rurais podem ser apreciados

em localidades como a Linha Pinhal

Divulgação

Distantes das demais ocupações eu-

Diego Mergener/Divulgação

E

ntre a Santa Catarina dos ale-

Divulgação

Texto Fabrício Rodrigues


p

Diego Mergener/Divulgação

100 NO ROTEIRO X Treze Tílias

A Banda dos Tiroleses é presença garantida para

animar o desfile da Tirolerfest, em outubro

p O “Castelinho”, como é conhecido o museu da

cidade, foi construído em 1937 e exibe um acervo da trajetória da imigração austríaca em Treze Tílias

p O belíssimo jardim com cascata artificial da Praça Fotos Divulgação

Andreas Thaler, com a Igreja Matriz ao fundo

EM OUTUBRO, A CIDADE ATRAI MILHARES DE VISITANTES DURANTE OS 10 DIAS DA TIROLERFEST

como a serra”, explica a Secretária de Turismo

festa. Todos embalados pela banda dos tirole-

do município Dirlei Barbieri Rofner. O segredo,

ses, apresentação de corais, grupos folclóricos

segundo ela, está no trabalho de integração re-

e o tradicional Bierwagen, o “carro da cerveja”,

gional realizado pelos municípios e pelo órgão

onde os moradores desfilam distribuindo chope

de turismo oficial de Santa Catarina, a Santur,

aos visitantes.

que trabalham a particularidade de cada ci-

O perfil do turista de Treze Tílias mudou

dade para criar um roteiro que vai do turismo

nos últimos anos. As excursões da terceira ida-

termal (Piratuba) ao turismo rural (Videira)

de continuam chegando às dezenas, mas hoje é

e é forte até no Carnaval – a vizinha Joaçaba

cada vez mais comum a vinda de famílias dos

tem uma das festas de Momo mais populares

três estados da Região Sul que chegam para co-

de Santa Catarina. A integração ajuda também

nhecer uma autêntica cultura europeia. Na ci-

a não saturar a rede hoteleira local, que conta

dade, onde costumam ficar em média de dois a

com 870 leitos.

três dias, visitam a pioneira cervejaria da região (Bierbaum), o parque aquático Vale das Tílias,

UMA FESTA TIROLESA

conhecem um pouco da história no Museu do

A grande festa municipal é a Tirolerfest, que

Imigrante e podem relaxar nos diversos parques

em 2013 comemorou os 80 anos de fundação

que o município oferece. Na recém-inaugurada

do município. Parte do calendário de festas

loja Mundo Tirolês, vestuário, peças de decora-

de outubro em Santa Catarina, a festa recebe

ção, comida e bebida típica viram lembranças

proporcionalmente mais visitantes do que a

para os turistas.

Oktoberfest de Blumenau – este ano, cerca de

A cidade inaugurou em 2013 a sua festa

30 mil pessoas, o equivalente a cinco vezes o

natalina: o Natal Iluminado, cuja decoração é

número de moradores, curtiram os 10 dias de

totalmente produzida por artistas e artesãos


cid ini ad

e

M

VocĂŞ merece estar em um lugar assim!


102 BEM NO ROTEIRO VINDO XXPrograma Treze Tílias

NÃO DEIXE DE VISITAR 2

Linha Pinhal – É na comunidade de Linha Pinhal, localizada

a 10 km do centro de Treze Tílias, que se mantém viva a cultura italiana. Os descendentes dos colonizadores preservam a tradição europeia na arquitetura das casas, nos costumes e na gastronomia, com cantinas vendendo e oferecendo degustação de vinhos, queijos, doces e embutidos.

2

Parque Lindendorf – Com 45 mil metros quadrados de

área, o parque possui diversos atrativos, como a reprodução de Treze Tílias em uma minicidade em madeira, com réplicas de edificações públicas. Iniciado em 2002 pelas mãos das famílias Felder e Koroll, o projeto se tornou uma obra de arte que detalha todo o relevo, a arquitetura e a paisagem do Tirol catarinense. O parque conta ainda com um lago com peixes ornamentais e um belo restaurante típico. Rua Antonio Pattis, n° 10, Bairro Jardim das Flores. (49) 3537-0658.

2

Parque dos Sonhos – Localizado no centro da cidade, o

Parque dos Sonhos é uma parada ideal para descanso e contato com a natureza, e um ótimo lugar para apreciar a gastronomia local. Além de um curioso labirinto verde formado por cerca viva, o parque oferece um sorvete fabricado na própria cidade e serve durante o ano todo diversas combinações de taças, cafés, além do tradicional Apfelstrudel (torta de maçã). Quem visitar a cidade em novembro pode conferir a Speiseeisfest, a Festa do Sorvete.

2

Museu Municipal Andreas Thaler – A história da

imigração da região, colonizada a partir de famílias tirolesas que vieram com o então Ministro da Agricultura austríaco Andreas Thaler, pode ser vista em detalhes no “Castelinho”, como é conhecido o Museu da Imigração. Construído em 1937, o prédio conserva objetos, fotografias e documentos sobre os imigrantes. Aberto de terça-feira a sábado, das 8h30 ao meio-dia e das 13h30 às 17h. Domingos e feriados das 8h30 às 11h30. Praça Linha Babenberg – A 7 km do centro está a localidade onde

!

Ministro Andreas Thaler, 25, Centro. (49) 3537-0166.

os imigrantes se instalaram quando chegaram ao município. Ali

2

Parque do Imigrante – Outra homenagem aos

construíram sua primeira igreja e um conjunto com a Via Sacra e

colonizadores é um parque rodeado de muito verde, ideal para

a bela Gruta de Nossa Senhora Aparecida. Em maio, no dia das

passeio com crianças e para quem quer tranquilidade. Além

mães, e em 12 de outubro, no dia de Nossa Senhora Aparecida,

da beleza natural, tem lago com pedalinhos, academia ao ar

seguem romarias até a gruta com festa e missa.

livre, parquinho infantil, quadra de areia e opções para turismo religioso, como a Capela de São Bento e Via Sacra. Rua Franz

2

Pointl, s/n , Centro.

oeste catarinense foi criada em 2004 e é parada obrigatória para

o

Cervejaria Bierbaum – A primeira microcervejaria do

quem quer provar os sabores da autêntica bebida tirolesa. Hoje

2

Parque Aquático Vale das Tílias – O parque aquático

integrada à rota das principais cervejarias artesanais de Santa

tem sete piscinas, rampa molhada, três toboáguas de grande

Catarina. Um dos destaques é a cerveja estilo Vienna, fabricada

porte, boliche, restaurante e pizzaria, entre outras atrações. Conta

pela primeira vez em 1841 e que utiliza três tipos de lúpulo e

com uma fonte de água hidromineral que fica a 750 metros da

vários maltes especiais. Abre de segunda a sábado, das 7h30 às

superfície e as piscinas têm a temperatura constante de 35oC.

11h30 e das 13h30 às 17h30. Visita de grupos sob agendamento.

Rua Johan Anrain, s/no. (49) 3537-0396.

Rua Dr. Gaspar Coutinho 439. (49) 3537-0531.


Sabe onde fica o Sicredi mais próximo? Na ponta dos seus dedos. Use as soluções do Sicredi que cooperam para você ganhar mais tempo e comodidade: acesse sua conta pelo tablet, telefone ou computador quando e onde quiser.

Saiba mais em: sicredi.com.br/novoscanais

Sicredi Mobi1 Consulta de saldos e extratos, transferências e pagamentos no tablet ou smartphone. Sicredi Fone Consultas e serviços de suporte, pagamento de contas e transferências. Baixe um aplicativo leitor de código QR, aponte para a imagem ao lado e acesse do seu celular o conteúdo exclusivo.

¹O aplicativo está disponível para iPhone, iPad e iPod. Para outras plataformas, acesse sicredimobi.com.br (somente consultas). Em breve, será disponibilizado também o aplicativo para Android. SAC Sicredi - 0800 724 7220 / Deficientes Auditivos ou de Fala - 0800 724 0525. Ouvidoria Sicredi - 0800 646 2519.

Sicredi Internet Novo visual e novas funcionalidades.


Fotos Divulgação

104 NO ROTEIRO X Treze Tílias

locais, em uma parceria entre o município, a Associação Turística (Asturtílias) e a Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL). Segundo os organizadores, a nova atração vai colocar Treze Tílias na rota de diversas excursões que têm a Serra Gaúcha como destino final. A inclusão no roteiro faz sentido, já que muitos turistas que a visitam costumam comparar a cidade a uma mini-Gramado (RS). O charme de Treze Tílias está na simplicidade e no cuidado com o patrimônio histórico, mantido com esmero por empresários locais, pelo poder público e, claro, pelos moradores. O estilo alpino, com floreiras, jardins e entalhes de madeira nas casas, dá a perfeita sensação de que chegar a Treze Tílias é se sentir em pleno Tirol. “As pessoas aqui não se vestem com trajes típicos ou arrumam suas casas somente para esperar os turistas”, ressalta a secretária municipal de Turismo. “A cidade é assim. Nós somos assim todos os dias”.l

O Parque dos Sonhos oferece gastronomia típica

p

além de ser sede da Speiseeisfest, a Festa do Sorvete O pequeno município de 8 mil habitantes conta com

p

aproximadamente 870 leitos em sua rede hoteleira

p

Traje típico, chope e muita animação compõem o “kit

básico” para curtir a festa da cidade mais tirolesa do Brasil


Aline Aguiar/Divulgação

106 NO ROTEIRO X Recantos naturais

refúgio na

natureza

POR TODO O ESTADO, RECANTOS NATURAIS PRESERVADOS SÃO BOAS OPÇÕES PARA QUEM QUER FUGIR DO AGITO DA TEMPORADA

H

Texto Jerônimo Rubim á muitos anos, Santa Catarina se destaca

chamada de “a Nova Zelândia brasileira” por profissio-

como um dos principais destinos de férias

nais do turismo, tamanhas as possibilidades que o es-

para turistas de todo o Brasil e do exterior.

tado oferece para quem deseja explorar suas riquezas

Seu litoral oferece praias calmas e agitadas na mesma

naturais. Desde a reservada Lagoinha do Leste, ainda

quantidade, atraindo um público cada vez mais varia-

na Ilha de Santa Catarina, até o Parque Nacional dos

do. E como muitos desses visitantes vêm descobrin-

Aparados da Serra, na divisa com o Rio Grande do Sul,

do, há muito mais do que água, areia e sol para quem

paisagens encantadoras se revelam mostrando a diver-

faz turismo no território catarinense. A apenas alguns

sidade da fauna e da flora nativas da Mata Atlântica.

quilômetros do mar, em direção ao interior do estado,

Apesar de ficarem longe dos grandes centros urba-

o viajante descobre uma terra rica de montanhas, câ-

nos, não é preciso ser um atleta ou um aventureiro ex-

nions, rios, vales e a maior cobertura de Mata Atlânti-

periente para curtir os recantos naturais catarinenses.

ca do país.

Há diversos parques que oferecem a oportunidade de

Reunindo uma enorme variedade de belezas natu-

entrar em contato com a natureza de forma bastante

rais em uma área reduzida, Santa Catarina vem sendo

segura e fácil. A seguir, fizemos uma seleção com os


melhores lugares para quem decidir trocar o litoral pela tranquilidade do verde, das águas e do som dos animais – nem que seja por um dia.

Parque Nacional dos Aparados da Serra (Praia Grande)

Floripa Adrenailha/Divulgação

SHOW ME 107

Este espetacular parque tem geografia particular, com paredões verticais de até 700 metros de altura em transição abrupta com o relevo suave ondulado do planalto, como se tivessem sido aparados à faca. Os cânions de Itaimbezinho e Faxinalzinho e a cascata Véu de Noiva, com 500 metros de queda d’água, oferecem um espetáculo raro. Há três trilhas de diferentes intensidade, e é aconselhável contratar o serviço de guias em agências como a Canyons do Sul. Vá preparado com mantimentos. Partindo para o extremo sul de Santa Catarina, o acesso é feito através da BR-101 por Praia Grande, via Serra do Faxinal. Há diversas possibilidades de hospedagem nos municípios de Praia Grande e Cambará do Sul (RS).

Parque da Atalaia (Itajaí) Este parque é perfeito para um dia de contemplação e calma. A área de 19 hectares de Mata Atlântica abriga mais de 100 espécies de árvores e 132 de pássaros, além de outros animais. Uma trilha leve, logo na entrada, se divide em duas e leva a dois mirantes. De um lado, a vise dos molhes que separam o mar do canal do porto de Itajaí. Do outro, pode-se acompanhar os praticantes de parapente decolando da pista de voo do parque, com o mar ao fundo.

Parque Malwee (Jaraguá do Sul) Montado pelo fundador da empresa têxtil Malwee em 1978, o parque é uma das principais atrações de Jaraguá do Sul,

A trilha do Rio do Boi, nos Aparados da Serra,

p

passa entre duas fileiras de paredões de pedra

p

Em Floripa, a visão da Lagoinha do Leste de

p

cima do costão é um espetáculo à parte Em Balneário Camboriú, o Parque Raimundo

Malta é ideal para um piquenique com crianças

Victor Carlson

ta da parte esquerda da Praia da Atalaia


108 NO ROTEIRO X Recantos naturais Divulgação

SERVIÇO 2 Parque Nacional dos Aparados da Serra – O parque funciona de terça a domingo, das 9h às 17h. A entrada custa R$ 6 por pessoa. O estacionamento custa R$ 5 para carros e R$ 3 para motos. (54) 3251-1277. Mais informações: Agência e Operadora de Ecoturismo Canyons do Sul. (48) 3532-1085. www.canyonsdosul.com.br

2 Parque Natural Municipal da Atalaia – O parque funciona todos os dias, das 8h às 18h Com 150 hectares de mata preservada, o Parque Malwee fica em Jaraguá do Sul, no Vale do Itajaí

(durante o horário de verão, das

p

9h às 20h). Entrada gratuita. uma das maiores cidades da região norte do estado, a 190 km da capital. Tem uma área de mata preservada de 150 hectares aberta ao público. Além do contato com as árvores, animais e 17 lagos, o lugar oferece ótima infraestrutura de lazer. Há dois restaurantes, churrasqueiras, salão de festas, ginásio de esportes, pista de bicicross, área de esportes náuticos, quadras de areia e dois museus.

Lagoinha do Leste (Florianópolis)

Parque Spitzkopf (Blumenau) Em alemão, spitzkopf quer dizer “cabeça pontuda” – referência ao morro homônimo no interior do parque, que com seus 936 metros de altitude é a parte mais alta de Blumenau, no Vale do Itajaí. Lá em cima, em dias claros, tem-se uma vista estupenda da região, envolta pela Mata Atlântica. Há inúmeras nascentes, quedas d’água e trilhas no parque de 500 hectares. Há também um lago com aves aquáticas, área de acampamento, quiosques, churrasqueiras

Rua Lila Heusi, Bairro Fazenda, cerca de 100 km ao norte de Florianópolis, subindo pela BR-101. (47) 3346-1721. www.parquedaatalaia.com.br

2 Parque Malwee – Abre diariamente, das 7h30 às 17h (aberto até às 19h30 para caminhadas, exceto aos domingos). Entrada gratuita. Rua Wolfgang Weege, 770, Jaraguá do

e chalés para locação.

Sul. (47) 3376-0114.

Ilha de Santa Catarina é um dos recantos

Parque Raimundo Malta (Balneário Camboriú)

2 Parque Spitzkopf –

litorâneos mais bonitos do Brasil. Para

Durante o verão, Balneário Camboriú é

quem gosta de caminhada, há duas trilhas

conhecida pelas festas e pela quantidade

que levam ao lugar, com dificuldade mé-

de turistas que recebe a cada ano. Mas na

dia para difícil. Também é possível ir de

mesma cidade dos arranha-céus que emol-

barco a partir de outras praias. A chegada

duram a orla há um bonito e calmo par-

Entrada gratuita. (47) 3336-5422.

já é um presente, com dois costões verdes

que, ótima opção para fugir do agito. Na

www.spitzkopf.com.br

emoldurando a areia branca, o mar azul e

entrada, um parquinho para as crianças,

o rio em formato de “S” que desemboca

um tanque com tartarugas e um grama-

2 Parque Raimundo Malta –

na água salgada. Não há qualquer infraes-

do onde os lagartos costumam descansar

Abre de segunda a domingo, das

trutura, portanto vá preparado – e recolha

ao sol. Há seis trilhas cercadas por árvo-

13h às 17h. Fica dentro da cidade,

seu lixo. Saindo do Pântano do Sul, leva-se

res, mangues e bambuzais. A certa altura,

distante apenas 4,5 km da orla, no

uma hora de subida e descida irregular

surge um viveiro mantido pela prefeitura,

final da Rua Angelina, no Bairro

pela trilha. A partir da praia do Matadei-

com fitoterápicos, flores e árvores nati-

dos Municípios. Entrada gratuita.

ro, pela encosta do morro, a caminhada é

vas, com mudas de espécies ornamentais

(47) 3363-7145 / 3363-8811.

mais leve, mas leva três horas. A vista é

e frutíferas para doação (visitas apenas às

espetacular.

sextas-feiras).l

Escondida atrás de 453 hectares de Mata Atlântica, essa pequena praia no sul da

www.malwee.com.br/parque

O parque fica a 16 km do centro da cidade, na Rua Bruno Schreiber, 3777, Bairro Progresso. Aberto todos os dias, das 7h às 19h.


110 NO ROTEIRO X Turismo termal

A cidade

Divulgação

das águas

Referência nacional em lazer termal, o Parque Termas de Piratuba recebeu mais de 500 mil visitantes em 2012

p

PIRATUBA, NO MEIO-OESTE, REÚNE DIVERSÃO E DESCANSO EM UMA DAS MELHORES ESTÂNCIAS HIDROMINERAIS DO SUL DO PAÍS Texto Helena Rodrigues Fotos Daniel Queiroz

V

er a água jorrar 30 metros de altura a 38,6°C,

parque oferecem amplas instalações para banhos,

sem qualquer bomba ou motor, em um verda-

com opções de água quente, na temperatura natural

deiro chafariz natural, é uma das atrações mais

da fonte, ou mais amena, para os dias de calor in-

esperadas por adultos e crianças que visitam o Parque

tenso. Algumas piscinas possuem tobogãs e rampas,

Termas de Piratuba. São três minutos de diversão e

para alegria das crianças.

surpresa depois que o sino ecoa por todo o parque avi-

A estrutura de lazer é dividida em dois complexos.

sando que o evento começará. É a única chance no dia

O inferior tem piscinas mais rasas e fica logo na en-

– sempre por volta das 11h – para poder ver com os

trada do parque, bem próximo ao chafariz. Ideais para

próprios olhos o poder das águas de um dos parques

relaxar, as piscinas térmicas são equipadas com chu-

termais mais famosos do Sul do país.

veirinhos e, algumas, com hidromassagem coletiva.

Da mesma forma que encanta os turistas na aber-

Mas também é possível encontrar lugares um pouco

tura do chafariz, a vazão natural do poço termal da

mais fundos e com água a 15°C, reaproveitada de ou-

cidade enche as mais de 10 piscinas, além de banhei-

tras piscinas por meio de um processo de filtragem que

ras e chuveiros individuais. Os 106 m² de área do

garante a sustentabilidade do lençol freático.


SHOW ME 111

cinas mais fundas – que podem chegar

beu mais de 500 mil pessoas, em uma

a 1,48 m de profundidade – e há ainda

cidade que possui 4,7 mil habitantes.

a opção de usufruir da estrutura co-

Com o turismo aquecido o ano in-

berta, onde são oferecidas divertidas

teiro, a rede hoteleira da cidade conta

aulas de hidroginástica. Nessa área

com 10 hotéis e seis pousadas, além

também há piscinas com temperatu-

de apartamentos e casas para vera-

ras mais amenas, com água reutiliza-

neio. Em feriados como Natal e Ré-

da. Todas as estruturas do parque são

veillon recomenda-se fazer reservas

esvaziadas e limpas diariamente.

com até dois meses de antecedência. Além das termas, a rede hoteleira tem

relaxamento, o parque costuma rece-

inúmeras atividades para os turistas,

ber um público bem variado. Durante

como boliche, tirolesa e massagem,

a baixa temporada, turistas da tercei-

entre outros. O valor das diárias pode

ra idade, moradores locais e das cida-

variar de R$ 250 a R$ 350, no inverno,

des vizinhas são os maiores frequen-

e de R$ 400 a R$ 600 nos feriados e

tadores. No verão, o perfil do parque

verão. Para quem gosta de ficar em

muda e jovens e famílias vindos de

contato com a natureza, o parque ofe-

todo o país tomam conta do espaço.

rece opção de camping.l

p

As piscinas mais tranquilas são ocupadas por um público

de mais idade, que busca relaxamento em meio a natureza

p Todos os dias às 11h o chafariz do parque lança a 30 metros de altura um jato de água aquecida a 38,6oC

p

Com tantas fontes de diversão e

A área inferior do complexo tem piscinas mais rasas e

escorregadores e tobogãs com alturas ideais para crianças

A Casa Colonial, loja de artesanato e produtos coloniais

da região, é outra atração para quem visita Piratuba Cristiano Mortari/Divulgação

Em 2012, o Termas de Piratuba rece-

p

No complexo superior estão as pis-


112 NO ROTEIRO X Turismo termal

OUTRAS Estâncias EM SC

Para curtir

o parque

2 Itá – O Parque Thermas Itá possui uma área de 95 mil m², com 18 piscinas, sendo cinco cobertas, com água na

O Parque Termas de Piratuba

temperatura de 35ºC. Há banheiros com chuveiros para banho,

abre todos os dias no verão, das

espreguiçadeiras, jardim interno e quatro cascatas. Na área

7h30 às 20h. O passaporte com-

externa, o turista pode encontrar bar molhado, restaurante,

pleto (válido por um dia) custa

lancheria, toboágua, piscinas com chuveirinho para crianças,

R$ 12. Crianças de 5 a 12 anos

piscinas para adulto, banheiros e um palco para apresentações culturais. Horários: das 8h às 18h. Parque Thermas Itá. Rodovia

pagam meia entrada. O ingresso para apenas um dos complexos

SC-465, Bairro Lago Azul. (49) 3458-1909 / 3458-1919.

custa R$ 7. (R$ 4 para crianças

2 Gravatal – O Acquativo é o Parque Aquático de

de 5 a 12 anos). Entrada gratuita

Gravatal, destinado ao lazer infantil e adulto. Há diversos

para menores de 5 anos. Banhei-

brinquedos aquáticos supervisionados por equipes de

ras e duchas custam R$ 6. O exa-

segurança, além de lanchonete, com petiscos e lanches, e do

me médico necessário para entrar

pub com boate anexa. A estrutura está inserida em imensa

nas piscinas custa R$ 5. A diária

p

no camping custa R$ 20 para bar-

mais fundas e espaço para aulas

Os hóspedes dos Hotéis Termas e Internacional têm

racas e R$ 25 para motor homes.

p A água nas piscinas não-termais é

acesso livre a toda a estrutura do Parque. Parque Aquático

www.termaspiratuba.com.br

O complexo superior tem piscinas

reaproveitada de forma sustentável

área verde, com muitas opções de passeios ecológicos.

Acquativo. Av. Pedro Zapelini, 882, Termas. (48) 3648-8275.

2 Águas Mornas – A cidade conta com dois parques aquáticos. O Primavera foi inaugurado em 20 de dezembro de 1998. Atualmente, conta com piscinas adulto e infantil, com tobogã e toboágua. Há restaurante, churrasqueira individual e coletiva. Já o Parque Sol de Verão foi inaugurado em 2000. Oferece duas piscinas, uma adulto e outra infantil, toboágua, tobogã, churrasqueiras, lanchonete e estacionamento. Parque

Aquático Primavera. Rua Geral Santa Isabel, s/no. (48) 9149 7433. Parque Aquático Sol de Verão. Rua Prefeito Germano José Steinbach, 917. (48) 3245-9112.

2 Santo Amaro da Imperatriz – Anexo ao Hotel Caldas da Imperatriz existe um parque com duas piscinas, uma natural e outra em um riacho, com toboáguas, e ampla área para lazer com churrasqueira, quadra de areia, árvores, mirante e cachoeira. O parque não tem águas termais. No entanto, ao lado do parque um espaço com banheiras individuais vende banhos com águas a 39,9°C. O parque aquático funciona a partir do mês de dezembro. Parque

Aquático Hotel Caldas da Imperatriz. Rodovia Princesa Leopoldina, Km 4. (48) 3245-7088.

BR 282 Palmitos

Águas de Chapecó Chapecó Itá

BR 153 Piratuba

Distâncias até as cidades:

BR 282

Palmitos: 611 km* / 578 km** / 590 km*** Águas de Chapecó : 591 km*/ 588 km** / 570 km*** Itá: 502 km* / 498 km** / 481 km*** Piratuba: 426 km* / 434 km** / 405 km*** Águas mornas: 39 km* / 197 km** / 171 km*** Santo Amaro da Imperatriz: 31 km* / 189 km** / 186 km*** Gravatal: 154 km* / 312 km** / 74 km*** *Distância desde Florianópolis **Distância desde Joinville ***Distância desde Criciúma

Lages

BR 475

Santo Amaro da Imperatriz BR 282 Águas Mornas BR 101 Gravatal Tubarão


114 NO ROTEIRO X Centro Histórico

No coração

de Blumenau

UMA CAMINHADA TRANQUILA PELO CENTRO DA CIDADE REVELA A HERANÇA HISTÓRICA E CULTURAL DA ANTIGA COLÔNIA DE IMIGRANTES ALEMÃES

É

Texto

e

Fotos Leo Laps

na Rua 15 de Novembro, uma das vias mais

to colocado em 2000, na última grande reurbaniza-

tradicionais do cotidiano blumenauense, que

ção da via. Se durante a semana o movimento do co-

estão a maioria das atrações do Roteiro His-

mércio é um atrativo a mais, os domingos ganharam

tórico Cultural, criado pela Secretaria Municipal de

um diferencial com a Rota do Lazer, evento que fecha

Turismo para apresentar ao visitante 44 atrações tu-

a principal rua da cidade para os veículos durante

rísticas que contam parte da história de Blumenau, no

toda a manhã, permitindo uma contemplação mais

Vale do Itajaí. Elas se distribuem ao longo de pouco

tranquila dos prédios, praças e monumentos.

mais de 2 km, em um percurso ideal para ser percor-

Nossa sugestão é começar o passeio pela Ponte

rido a pé ou de bicicleta. O roteiro foi oficializado em

de Ferro. Próximo à sua cabeceira fica o Marco de

2007, quando foram instalados ícones com mapas e

Chegada dos Primeiros Imigrantes, que eterniza o lo-

informações em diversos pontos. Desde então, a úni-

cal ondos colonos alemães aportaram pela primeira

ca atualização necessária foi a inclusão do Museu de

vez na região, em 1850. Até a Igreja Evangélica Lute-

Hábitos e Costumes, inaugurado três anos depois no

rana, último ponto de visitação, há muito o que des-

prédio do antigo Comércio Salinger.

cobrir sobre a história de uma das mais importantes cidades de Santa Catarina. Confira na página ao lado mais detalhes sobre algumas das principais atrações

refletidas em alguns trechos nos pavers do calçamen-

imperdíveis deste roteiro.l

Victor Carlson

Ao longo da Rua 15, não deixe de olhar também para o chão: os casarões antigos tiveram suas formas

1

erro eF d te Pon

2 Praça Victor Konder

R. São Paulo

3

4

5


SHOW ME 115

3 TEATRO CARLOS GOMES Inaugurado às vésperas da II Guerra Mundial, em 1939 – época em que o idioma alemão, falado pelos grupos artísticos locais, foi proibido –, o teatro é desde então o principal palco de espetáculos, concertos e festivais da cidade. Com ou sem atrações na agenda, a imponência arquitetônica do prédio já vale a visita. Não deixe de observar, no jardim, obras de arte como os bustos de Carlos Gomes e de um indígena com arco e flecha representando “O Guarani”, uma das maiores composições do maestro brasileiro. Rua 15 de Novembro, 1181, Centro.

4 CATEDRAL SÃO PAULO APÓSTOLO Elevado ao status de catedral há 13 anos, o moderno templo e sua torre de granito com três sinos e 45 metros de altura é um

1 PONTE DE FERRO Um dos grandes impulsos para o crescimento do Vale do Itajaí na primeira metade do século 20 foi a Estrada de Ferro Santa Catarina, que entre 1909 e 1971 chegou a ligar o litoral ao Alto Vale do Itajaí. Com 315 metros de extensão, a Ponte Aldo Pereira de Andrade, que liga os bairros Victor Konder e Ponta Aguda, tornou-se um ícone da paisagem urbana de Blumenau depois do fechamento da ferrovia. Desde então, a “Ponte de Ferro” – como é mais conhecida – continua a ser usada por automóveis e pedestres. Observá-la da Avenida Beira-Rio ou atravessá-la para contemplar o Centro da cidade de um local privilegiado é um dos

dos pontos turísticos mais visitados no Vale do Itajaí. A primeira igreja católica da cidade foi inaugurada no Natal de 1876 e substituída em 1958 pela construção atual. Entre os belos vitrais que retratam a história de Jesus, destaque para a bela rosácea de oito metros de diâmetro, circundada por outras 30 menores, junto ao altar. Rua 15 de Novembro, s/no, Centro.

5 CASA HUSADEL Entre as dezenas de prédios históricos no roteiro, a Casa Husadel é uma das que mais chama a atenção. No vermelho e branco de suas duas sacadas, janelas e telhado, preserva-se a riqueza de detalhes inspirados nas construções dos Alpes

pontos altos do Roteiro Histórico. Rua Tocantins, Victor Konder.

suíços. Segundo historiadores, o imóvel foi construído em 1895

2 PRAÇA DA PREFEITURA

estabelecer na Rua 15. É lá que até hoje a ótica e joalheria que

Construída em 1982 como parte de um projeto para fomentar o turismo em Blumenau, a Prefeitura Municipal é um dos car-

e reformado em 1908 por um dos primeiros comerciantes a se leva o sobrenome da família continua abrindo sua portas, de segunda a sábado. Rua 15 de Novembro, 801, Centro.

tões-postais mais famosos do país. Mesmo que suas paredes apenas imitem o enxaimel, técnica de construção trazida pelos imigrantes germânicos no século 19, é parada obrigatória para quem visita a cidade pela primeira vez. Na sempre florida Praça Victor Konder, que sedia o prédio público, há ainda ou-

Rua Itajaí

tras atrações do Roteiro Histórico, como a Macuca, primeira

7

locomotiva do município, o Relógio de Flores, inaugurado em 2002, além de esculturas, monumentos comemorativos e poe-

de Caxias Alameda Duque

mas talhados em pedra. Praça Victor Konder, 2, Centro.

8 O relógio feito de flores é outra atração da Praça

p

Victor Konder, sede da administração municipal

p

Na página ao lado, dois cartões-postais da cidade:

a Ponte de Ferro com o prédio da prefeitura ao fundo

nco astelo Bra Av. Pres. C

embro ze de Nov Rua Quin

6

9


116 NO ROTEIRO X Centro Histórico

6 ANTIGO PAÇO MUNICIPAL Localizada no primeiro centro da Colônia Blumenau, a Praça Hercílio Luz é uma das mais belas e arborizadas da cidade, ponto de encontro para bater papo com os conhecidos ou fazer novos negócios. Ali ficava também o porto da cidade, com uma bela vista para o Rio Itajaí-Açu. Na praça fica o Museu da Cerveja, que preserva o maquinário de antigas cervejarias locais. Do outro lado da rua está o Mausoléu Doutor Blumenau, que guarda os restos mortais do fundador da cidade. Rua 15 de Novembro, 160, Centro.

7 MUSEU DE HÁBITOS E COSTUMES Um dos mais recentes atrativos históricos de Blumenau ocupa há três anos o imóvel que por muitas décadas foi sede da Casa de Comércio de Gustav Salinger. Construído nos últimos anos do século 19, o número 25 da Rua 15 de Novembro guarda em seus dois andares mais de 5 mil utensílios de uso doméstico e profissional que mostram a evolução da cultura local das primeiras décadas de fundação até os

utilizado pelos blumenauenses para se referir à via. A primeira rua planejada da Colônia Blumenau conta com duas fileiras de imensas palmeiras imperiais, as mais antigas plantadas em 1876. Ao passar por lá, não deixe de visitar o Museu da Família Colonial, formado por um conjunto de três casas, entre elas a mais antiga do Vale do Itajaí, datada de 1858. Aos fundos do museu fica o Parque Horto-Botânico Edith Gaertner e seu pitoresco Cemitério de Gatos.

9 IGREJA EVANGÉLICA LUTERANA

DO ESPÍRITO SANTO Os primeiros imigrantes que construíram Blumenau seguiam todos o luteranismo, religião fundada pelo alemão Martin Luther no início do século 16. No primeiro domingo na nova terra, o fundador Dr. Blumenau já organizava a missa inaugural da colônia. Mas só 27 anos depois, em 1877, foi fundado no alto de um monte ao final da Alameda Duque de Caxias o belo templo em estilo neogótico, hoje cercado pela floresta nativa e por altas palmeiras.

anos 1970. Rua 15 de Novembro, 25.

Segundo o historiador Adalberto Day,

8 RUA DAS PALMEIRAS

pois até então era proibido, no Brasil, que

Apesar de ter sido oficialmente batizada

igrejas não católicas tivessem tal estrutu-

como Alameda Duque de Caxias durante a II Guerra Mundial, não é preciso perguntar por que o nome popular é mais

a torre do sino só foi erguida em 1929,

ra. Fabricado em Bochum, na Alemanha, o sino é o mais antigo em funcionamento na cidade. Rua Amazonas, 119, Garcia.

p A torre da Catedral, com seus três sinos,

pode ser vista de longe ao longo da Rua 15

p A popular Rua das Palmeiras e seu caminho cercado por centenárias palmeiras imperiais

p

O Museu da Cerveja, na Praça Hercílio Luz,

é dedicado à bebida preferida do blumenauense


118 NO ROTEIRO X Ilhas catarinenses

Tesouros

insulares

ENTRE BELEZAS NATURAIS E VESTÍGIOS HISTÓRICOS, UM ROTEIRO PARA CONHECER DE PERTO AS MAIS BELAS ILHAS DO LITORAL CATARINENSE

Victor Carlson

A

Texto Jerônimo Rubim lém de aproveitar uma enorme variedade de

é cercada por pequenas ilhas que são atrações à par-

praias durante as férias, que tal se você pudesse

te. Muitas prestadoras de serviços exploram esse filão e

também visitar ilhas paradisíacas, de fácil acesso

oferecem passeios guiados para os veranistas. De barcos

e distantes poucos quilômetros da costa? Se você estiver

pesqueiros artesanais até grandes escunas com música

passando o verão em Santa Catarina, as chances de viver

alta e shows de piratas, há várias maneiras de chegar

esta experiência são grandes. Como poucos lugares no

com segurança ao destino escolhido.

país, o litoral catarinense guarda verdadeiras preciosi-

O perfil dos visitantes também varia de acordo com

dades na forma de ilhas com mata exuberante, imensa

o serviço oferecido e as restrições específicas de cada

diversidade de animais e alguns dos melhores pontos de

lugar. Enquanto o passeio à Ilha do Arvoredo atrai in-

mergulho no Brasil.

teressados em mergulho e tende a ser mais contempla-

A maior concentração delas fica em torno da Ilha de

tivo, a Ilha de Porto Belo, a 56 km ao norte da Capital,

Santa Catarina, onde está a capital Florianópolis, que

tem grande infraestrutura e é frequentada por famílias


p

A menos de 900 metros do continente, a Ilha de Porto

p

Belo é uma das mais movimentadas do litoral catarinense A Ilha do Arvoredo é parte de uma reserva ambiental e

Divulgação

Aureo Berger/Divulgação

Divulgação

SHOW ME 119

atrai mergulhadores para observar sua rica fauna marinha

p

Clima de tranquilidade e atividades ao ar livre são o forte

da Ilha do Papagaio, que conta com serviço de hospedagem

p

Além da areia branca da praia, a Ilha do Campeche tem ainda

trilhas, sítios arqueológicos e excelentes pontos de mergulho

e jovens em busca de lazer e diversão. Mesmo com perfis tão variados, todas mantêm uma característica em comum: sua imensa beleza natural. Para conhecer melhor estes pequenos tesouros da costa catarinense, confira as opções de passeios que sugerimos nas próximas páginas.

Ilha do Campeche

oferece tirolesas, aluguel de caiaques e passeios de banana boat, lancha e esqui aquático. Ideal para famílias com crian-

Não bastasse ser uma linda visão desde a praia do Campeche,

ças. A entrada na ilha é gratuita, paga-se apenas pelos servi-

a ilha transporta os visitantes a outro lugar. O mar calmo, azul-

ços contratados.

-turquesa, a faixa de areia branquinha e a vegetação densa e

Como chegar: A partir de Porto Belo, município 56 km ao

intocada parecem um cenário paradisíaco do Caribe ou da Tailândia, mas está distante apenas 1,5 quilômetro da orla. Tombada como Patrimônio Arqueológico e Paisagístico Natural, a

norte de Florianópolis.

Quem leva: Associação dos Pescadores Artesanais. Saída do

píer municipal, no centro de Porto Belo. (47) 3369-4185. Bar-

ilha oferece trilhas que levam a sítios arqueológicos (entre R$

cos Pérola (escuna com atrações). Saída do Rio Rebelo, no

5 e R$ 15, dependendo do passeio, sempre com monitor). A

centro de Porto Belo. (47) 9138-0580.

saída para mergulho sai por R$ 40 e inclui roupa, acessório de segurança e monitor. As últimas embarcações partem às 14h, e

Ilha do Arvoredo

apenas 480 pessoas podem visitar a ilha por dia.

Localizada entre Florianópolis e Bombinhas, faz parte de uma

Como chegar: Da praia do Campeche, com botes infláveis (15

reserva biológica que é um dos maiores patrimônios naturais

minutos); a partir da praia da Armação, com barco de pesca-

e arqueológicos do litoral brasileiro. Por causa do encontro de

dores (uma hora e 15 minutos); da Barra da Lagoa, com escu-

correntes quentes, vindas do norte, e frias, vindas do sul, suas

nas (duas horas e meia). Os preços normalmente variam entre

águas são povoadas por uma infinidade de espécies animais.

R$ 50 e R$ 70, mas dependem de quem oferece o serviço.

A visibilidade para mergulhadores pode chegar a 18 metros,

Ilha de Porto Belo Com ótima infraestrutura, a ilha distante apenas 900 metros da praia de Porto Belo é um destino bastante procurado no verão. Além das trilhas terrestres que levam a inscrições rupestres de 4 mil anos, há trilhas subaquáticas e a administração

o que faz com que a ilha seja considerada um dos melhores pontos de mergulho do país. Como chegar: Há diversos barcos que fazem o trajeto, partindo de Bombinhas, Florianópolis e cidades vizinhas.

Quem leva: Vento Sul (Florianópolis). Oferece passeio e serviço de mergulho. Preço sob consulta. (48) 9982-2867.


www.ventosul.com.br. Pata da Cobra (Bombinhas). Oferece diversos pacotes de mergulho, para iniciantes ou experientes. Preços no site. (47) 3369-2119. www.patadacobra.com.br

Daniel Queiroz

120 NO ROTEIRO X Ilhas catarinenses

Ilha do Papagaio A “ilha” na verdade é uma península, ligada por uma faixa de areia à Ponta do Papagaio. De propriedade particular, oferece uma confortável pousada com 20 bangalôs para quem quiser desfrutar suas muitas belezas. Fica de frente para a Enseada da Pinheira e é coberta por mata preservada, sendo bastante procurada por casais em lua-de-mel. O ambiente é de tranquilidade, mas há também um pouco de aventura: trilhas ecológicas, mergulho, wakeboard, pesca, caiaque e passeios de barco para praias na região são opções de serviços. Como chegar: A ilha faz parte do município de Palhoça e

fica a 35 km ao sul de Florianópolis pela BR-101. É possível chegar de carro (estacionando na Ponta do Papagaio), de barco ou de helicóptero. Reservas: (48) 3286-1242. www.papagaio.com.br

Ilha do Anhatomirim A primeira sede do governo de Santa Catarina, quando ainda era uma capitania, foi nesta ilha, que hoje faz parte do município de Governador Celso Ramos, vizinho de Florianópolis.

Ilha de Porto Belo

Uma

imponente

fortaleza construída no século 17 para a proteção de invasões espanholas é a grande atração. Mas a natureza preservada e o belo passeio até o lugar, passando por outras ilhas, completam a aventura. Não

p

Ilha do Arvoredo

raro, golfinhos aparecem

espanhóis no século 17 é a grande atração da Ilha de Anhatomirim

A fortaleza erguida por Portugal para proteger a costa de invasores

para saudar os visitantes,

Ilha de Anhatomirim

num espetáculo à parte.

Como chegar: Há diversas empresas com barcos saindo da

praia de Canasvieiras e do trapiche da Beira-Mar Norte, com passeios custando em média R$ 40. Taxas da Fortaleza e almoço são cobrados separadamente.

Ilha de Ratones Grandes

Quem leva: Scuna Sul. (48) 3225-1806. www.scunasul.com.br

Ilha do Ratones Grande Usando a mesma rota que leva à Ilha de Anhatomirim, esse passeio é uma ótima forma de ver a costa continental de um lado e a Ilha de Santa Catarina do outro. Na Ilha do Ratones Grande, de apenas 1 km de extensão, está a Fortaleza de Santo Antônio, um dos três fortes erguidos no século 17 para a

Ilha do Campeche

proteção de Florianópolis. Como chegar: Há diversas empresas com barcos saindo da

praia de Canasvieiras e do trapiche da Beira-Mar Norte, com passeios custando em média R$ 40. Taxas da Fortaleza e almoço são cobrados separadamente. Quem leva: Scuna Sul. (48) 3225-1806. www.scunasul.com.brl

Ilha do Papagaio


SHOW ME 121 Fotos Divulgação

Mergulho para iniciantes Na frente da Praia dos Ingleses, do lado direito da praia, há um lugar ideal para quem quer aprender a mergulhar. A Ilha do Mata Fome é rochosa, árida, mas abriga muita vida em suas águas. A profundidade de apenas 12 metros e a variedade de peixes, corais, cavalos-marinhos, crustáceos e anêmonas garantem um mergulho tranquilo e colorido – especialmente no ponto apelidado de “aquário”. O ideal é visitar a ilha em dias de mar calmo e limpo, quando a água cristalina permite enxergar a vários metros. Ali perto há um barco pesqueiro naufragado, que abriga muitos animais. A agência

A 60 km ao norte de Florianópolis, o muncípio de Bombinhas é um verdadeiro paraíso subaquático. Conhecida como a Capital do Mergulho Ecológico, suas águas cristalinas estão dentro da Reserva Biológica Marinha

A rica fauna marinha fez com que

Adrenailha promove saídas na Ilha do Mata

Bombinhas ficasse conhecida como a

Fome, em passeios de bote que não duram

“Capital do Mergulho Ecológico”

mais do que 15 minutos. O pacote com mer-

p

Bombinhas

p

Descobrindo

Boa visibilidade e pouca profundidade

gulho e equipamento sai por R$ 195. Cada

fazem da Ilha do Mata Fome um lugar

pessoa fica meia hora debaixo d’água e há

perfeito para mergulhadores iniciantes

snorkel para quem ficar esperando no bote.

p Em passeios de barco organizados por

Adrenailha (48) 3284-3585. www.adre-

agências é possível conhecer os melhores

nailha.com.br

pontos de mergulho do litoral catarinense

do Arvoredo e são muito procuradas por mergulhadores devido à incrível variedade de flora e fauna marinhas, que pode ser observada a apenas 3 km da costa. Há várias escolas de mergulhos na cidade, com mergulhadores certificados, que oferecem desde passeios de barco até cursos básicos de mergulho. A Pata da Cobra oferece um passeio para toda a família até a Ilha do Arvoredo, com snorkel, lanche e equipamento a R$ 90 por pessoa (R$ 50 para crianças menores de 10 anos). O batismo submarino, com cilindro de ar (scuba), tem três modalidades, que variam de R$ 180 a R$ 250

Roteiro submarino

por pessoa. A escola de mergulho Submari-

Há muito o que descobrir dentro da Ilha de Santa Catarina, mas também em volta dela. Vários

ne oferece os mesmos passeios: snorkel na

tipos de passeios proporcionam uma visão diferente do litoral catarinense. Especialista no assunto

Ponta da Sepultura a R$ 60, e batismo a R$

há mais de 25 anos, a agência Vento Sul oferece pacotes para conhecer ilhas, ilhotas, praias e

160 por pessoa. Também conta com curso

reservas. Em um passeio de barco que dura o dia inteiro, a companhia leva os turistas a locais

básico de mergulho, que dura quatro dias

como a Ilha do Arvoredo, a Baía dos Golfinhos, a Fortaleza de Anhatomirim, Bombinhas, Ilha do

e habilita o aprendiz a mergulhar em todo

Campeche, Santo Antônio de Lisboa e Ratones, Praia da Guarda e Praia do Sonho (passando pela

o mundo (R$ 750 por pessoa). Pata da

Ilha do Papagaio e Araçatuba). O pacote, que inclui equipamento para mergulho livre (snorkel e

Cobra (47) 3369-2119. www.patadaco-

pés de pato), custa R$ 280 por pessoa. A agência também oferece o mergulho autônomo (com

bra.com.br. Submarine (47) 3369-2223

cilindro de ar) guiado na Ilha do Arvoredo, a R$ 220 por pessoa. O passeio ao mesmo local, com

/ 3369-2473. www.submarinescuba.com.br

megulho livre, sai por R$ 100. Vento Sul (48) 9982-2867. www.ventosul.com


122 NO 122 BEM VINDO X ROTEIRO XPrograma Ver達o nas alturas

Sob o sol

da Serra


SHOW ME 123

p

Uma das atrações do Parque Nacional São Joaquim é a curiosa formação rochosa batizada de “Pedra Furada”

p Parques especializados oferecem ao visitante a chance de praticar esportes de natureza, como o arvorismo

VALE A PENA RESERVAR ALGUNS DIAS DAS FÉRIAS PARA SUBIR A SERRA CATARINENSE E DESCOBRIR QUE AS BELEZAS DA REGIÃO VÃO MUITO ALÉM DA TEMPORADA DE INVERNO Texto

A

e

Fotos Leo Laps

apenas algumas horas de carro das disputadas

também cenográfica Serra do Corvo Branco, em Urubi-

praias do litoral de Santa Catarina, uma região

ci, a primeira ligação existente entre a região e o litoral.

que costuma ser mais lembrada nos meses frios

Seja qual for o caminho, quem vem do litoral logo sente a

do ano vem atraindo cada vez mais turistas também no

temperatura suavizar e começa a perceber as primeiras

verão. Com uma temperatura média que dificilmente ul-

araucárias (árvores-símbolo da região) diante de cadeias

trapassa os 25 C em janeiro e fevereiro, a Serra Catari-

de montanhas que recortam o horizonte.

o

nense é berço do turismo rural no Brasil e hoje amplia

Para aqueles que desejam aproveitar ao máximo esse

sua gama de atrações com o ecoturismo e a gastrono-

visual com atividades ao ar livre, não faltam opções. Os

mia. A neve, é claro, não marca presença na estação mais

passeios a cavalo, organizados por pousadas, hotéis e

quente do ano. Mas as exuberantes paisagens naturais,

empresas especializadas, são uma das atrações mais po-

a fartura à mesa e atividades como cavalgadas, pescaria,

pulares. Na localidade da Coxilha Rica, em Lages, a pla-

trilhas ecológicas e esportes de natureza estão sempre

nície preserva cenários da época em que tropeiros faziam

lá, em cada canto da região serrana.

o caminho entre São Paulo e Rio Grande do Sul, em meio

A pequena Urubici, junto a Lages, São Joaquim, Bom

a fazendas centenárias. Em Urubici, os trajetos do Rio

Jardim da Serra e Urupema, são os cinco principais des-

do Bispo e do Campo dos Padres também proporcionam

tinos dos turistas. Saindo da Capital ou do Litoral Norte,

paisagens fantásticas.

o caminho mais curto é pela BR-282, com acesso pela

Outro tipo de aventura muito procurada no verão

BR-101 em Palhoça, rumo a Bom Retiro. Quem opta pelo

são os esportes de natureza. Em lugares como o Adven-

caminho da Serra do Rio do Rastro precisa descer a BR-

ture Park, em Lages, e o Snow Valley, em São Joaquim,

101 até Tubarão, pegando a SC-440 até Bom Jardim da

é possível praticar modalidades como arvorismo, rapel

Serra. Na subida, um mirante oferece a melhor vista para

e escalada, além de fazer passeios de quadriciclo e até

os 12 km da rodovia que serpenteia com incrível beleza

voos de parapente, dependendo do vento. No Adventure

as montanhas da Serra Geral. Uma terceira opção é a

Park, um dos destaques é a tirolesa com 1,2 mil metros


124 NO ROTEIRO X Verão nas alturas

de extensão, uma das maiores do Brasil.

uma represa que antes servia para abaste-

Para compensar tanta adrenalina, trilhas

cer a cidade com energia elétrica, famílias

ecológicas oferecem o refresco de cachoei-

e amigos costumam se reunir para pescar e

ras e riachos.

descansar. Já o parque municipal é um dos

Foi para proteger as paisagens nativas que o governo federal criou, em 1961, o

melhores locais da região para observar de perto as florestas nativas de araucárias.

Parque Nacional São Joaquim. A unidade

GASTRONOMIA CAMPEIRA

res e abrange os municípios de Bom Jardim

Não é difícil comer bem quando se está na

da Serra, Urubici e São Joaquim, além de

Serra, diante de mesas fartas no café da ma-

Grão-Pará e Orleans. Não é preciso pagar

nhã, no almoço e no jantar. Geleias, sucos

para entrar no parque, mas o acesso ao

de frutas da estação, queijos e embutidos

Morro da Igreja, ponto turístico mais visi-

são comprados diretamente dos produtores

tado de Urubici, é limitado a apenas 200

locais. Cultivada em vários municípios, a

veículos por dia. Lá do topo a vista é reden-

truta é presença constante nos cardápios

tora: cânions emolduram a curiosa forma-

dos restaurantes locais. Em Urupema, onde

ção rochosa batizada de Pedra Furada em

o Gaios Parque das Trutas conta com uma

meio a uma sequência de morros.

produção própria de 40 mil peixes por ano,

O Parque Nacional São Joaquim conta

é possível saborear cinco receitas diferen-

ainda com vários roteiros de caminhada

tes, com a opção de pescar a refeição antes.

por locais como os campos de Santa Bár-

Já em Lages, o House Fish Chalé e o Santa

bara, a nascente do Rio Pelotas e até a pró-

Ceia Restobar são reconhecidos pelos pra-

pria Pedra Furada – sempre na companhia

tos produzidos com o peixe.

de guias. Fora dos limites do parque, Uru-

O entrevero, considerado um prato sa-

bici oferece ainda as paisagens inesquecí-

zonal (já que leva na receita o pinhão, ma-

veis do Morro do Campestre, da Cascata do

duro somente no inverno), hoje pode ser

Avençal e da Gruta de Nossa Senhora de

encontrado o ano inteiro em restaurantes

Lourdes, que une a religiosidade do povo

como A Taverna, em Urubici, e o Pequeno

às belezas naturais da região.

Bosque, em São Joaquim. Além do fruto da araucária, o prato típico, cujo nome talvez

Rio Caveiras e o Parque Municipal João José

remeta às pelejas dos antigos tropeiros, é

Theodoro da Costa Neto são outras boas

feito com carnes e legumes picados, tudo

opções para aproveitar as belezas naturais

refogado na mesma panela, numa deliciosa

da Serra Catarinense no verão. No salto,

confusão de sabores e texturas.l

Passeios a cavalo, com ou sem guia, são

oferecidos por diversas empresas da região

p Nas pousadas e hotéis-fazenda é possível

curtir o conforto e o charme do turismo rural

p

Para quem está em Lages, o Salto do

p

de conservação tem mais de 42 mil hecta-

O entrevero de pinhão: um clássico da

culinária campeira dos restaurantes locais


SHOW ME 125

ONDE SE HOSPEDAR

ONDE COMER

2 Fazenda Pedras Brancas – Rodovia SC-438 km 10, Lages.

2 Sur – Rua Correia Pinto, 365, Centro, Lages.

(47) 3223-2073. www.fazendapedrasbrancas.com.br

(49) 3223-5414. www.restaurantesur.com.br

2 Fazenda do Barreiro – Rodovia SC-438 km 42, Urupema. (49) 3222-3031. www.fazendadobarreiro.com.br

2 Boqueirão Hotel Fazenda e Resort de Campo – Rodovia BR-282, Lages. (49) 3289-0700. www.fazendaboqueirao.com.br

2 Rio do Rastro Eco Resort – Rodovia SC-438, km 130, Bom Jardim da Serra. (49) 9931-6100 ou (49) 9985-3253. www.riodorastro.com.br

2 Refúgio de Montanha Rio Canoas – Rodovia SC-370, Urubici. (48) 8445-4035. www.riocanoas.com.br

ATIVIDADES AO AR LIVRE 2 Parque Nacional São Joaquim (Sede ICMBio) – Rua Felicíssimo R. Sobrinho, 1542, Urubici. (49) 3278-4994. www.icmbio.gov.br/parnasaojoaquim

2 Parque Natural Municipal João José Theodoro – Zona

& Paradouro Santo Antônio – Rodovia SC-370, km 37, 3500, Urubici. (49) 3278-4005.

2 A Taberna – Avenida Prefeito Natal Zilli, 3330, Urubici. (49) 3278-5121. www.urubici.net

Urbana de Lages, no entroncamento das rod. BR-116 e BR-282.

2 Pequeno Bosque – Rua Major Jacinto Goulart, 212, Centro,

2 Snow Valley – Rodovia SC-438, km 86. (49) 3233-3447.

São Joaquim. (49) 3233-318 ou (49) 8833-2022. www.restaurantepequenobosque.com.br

www.snowvalley.com.br

2 Gaios Parque de Trutas – Estrada Geral Urupema-Rincão, Urupema. (49) 9142-3135.

ONDE BEBER

& Adventure Park – Rodovia SC-438, km 10, Pedras Brancas, Lages. (49) 9911-8373. www.adventurelages.com.br

2 Coxilha Rica Turismo Equestre – (49) 3222-3079 ou (49) 9973-1817. www.coxilharica.com.br

2 Cavalgadas Urubici – Comunidade de São Francisco, Urubici. (49) 8406-1747 ou (49) 8434-3144.

2 Cavalgadas Rio do Bispo – Rodovia SC-370, km 94, Furna Rio do Bispo, Urubici. (49) 3278-2078 ramal 28 ou (49) 9163-2437.

2 Serrasul Ecoturismo – Av. Prefeito Natal Zilli, 2778, Urubici. (49) 3278-4838 ou (49) 8846-8717. www.serrasul.tur.br

& Vinícola Villa Francioni – Rodovia SC-438, km 70, São Joaquim. (49) 3233-8200. www.villafrancioni.com

2 Vinícola Monte Agudo – Rodovia SC-438, km 68, São Joaquim. (49) 9985-1446. www.monteagudo.com.br

2 Cooperativa Sanjo – Av. Irineu Bornhausen, 677, São Joaquim. (49) 3233-0012 ou (49) 3233-1577. www.sanjo.com.br


126 NA BAGAGEM X Beachwear

Na areia com

elegância

Kaftans, TEXTURAS E babados SÃO A onda DA MODA PRAIA NESTA estação

k

Clássico com conforto

Praia é sinônimo de despojamento. O clássico chinelo de dedo das Havaianas, que

G

Esportiva e casual

conquistou o mundo, está ainda mais confortável com o lançamento da linha Flat.

A bermuda da Empty é fabricada com um

Na Havaianas do Balneário Camboriú Shopping.

tipo de tecido tecnológico, o Elastic, que a

Av. Santa Catarina, 01, loja 131.

torna muito mais leve e confortável. Com

www.loja.havaianas.com.br

textura jeans, combina com a praia e as ruas. Na Empty de Balneário Camboriú, no Atlântico Shopping. Av. Brasil, 1271, Centro. www.emptyclothingco.blogspot. com.br

!

Al Mare

Kaftan é e sempre será uma peça símbolo Fotos Divulgação, Leo Laps e Victor Carlson

de elegância. Para quem cansou da combinação shorts-camiseta ou canga, o Kaftan Shalini Blue é a pedida. No Beco do Bagre, em Florianópolis. Rua Afonso Delambert, 637, loja 01, Lagoa da Conceição. www.becodobagre.com.br

W

Ai que Babado!

Exuberância e delicadeza com o sutiã cortininha e o short de babados, que mais parece uma sainha, da grife Cassia Mallmann. A estampa do short-saia é exclusiva. Na Cassia Mallmann, em Balneário Camboriú. Rua Santa Catarina, 01, Bairro dos Estados (anexo ao Balneário Camboriú Shopping). www.cassiamallmann.com.br


SHOW ME 127

!

Fofura na areia

É pura fofura o maiô de um ombro só da Cor do Pecado. Além de modelar o corpo, o toque cute fica por conta da estampa de gatinho. Também pode ser usado como body. Na Cor do Pecado, em Balneário Camboriú. Rua 600, nº161, Sala 01. www.cordopecado.com

W

Estampa dos Deuses

O biquíni azul-turquesa da grife Larissa Minatto se destaca pela estampa linda e única. Fabricado em tecido tecnológico e com desenho exclusivo, valoriza a beleza feminina. Na Água Viva, em Balneário Camboriú. Avenida Brasil, 1433. www.larissaminatto. com.br

!

Navy

O maiô com pegada navy, da Priori, é fabricado em lycra Cirré e ideal para um final de dia de puro relax.

W

Na Priori de Florianópolis. Rua

Bossa sessentinha

O Biquíni da Dits, formado por

Vidal Ramos, 182, Centro.

um cropped transpassado e uma

www.priorimoda.com.br

hot pant, é uma volta aos anos 1960 e a todo charme e glamour que esta década evocou. Na Dits, no Beiramar Shopping, em Florianópolis. www.dits.com.br

W

Pós-praia TRIBAL

A túnica com inspiração tribal, da Despi Swimwear, deixa o look perfeito no pós-praia. É só jogar por cima do biquíni e curtir o sunset no local badalado do momento. Na Santalina em Florianópolis. Avenida das Arraias, 855, Sala 01, Jurerê Open Shopping. www.santalina.com.br

!

Engana Mamãe

O maiô Engana Mamãe voltou com tudo. Cobre um pouco mais que os biquínis, mas como o próprio nome diz, engana. Este da Etc e Tal tem um ar meio Lolita, a polêmica personagem de Nabokov. Na Etc e Tal em Bal. Camboriú. Calçadão da Av. Central, 154, Sala 1. (47) 3264-9044


128 NA BAGAGEM X Moda feminina, masculina e infantil

ModismoS

em 2014 As cores, OS CORTES e as tendências para SE VESTIR BEM Neste verão

G

Arte para vestir

A camiseta da Korova com a foto do artista de rua nova-iorquino Jean-Michel Basquiat faz sucesso entre o povo artsy e os descolados de plantão. Na Korova de Florianópolis. Rua Vidal Ramos, 77, Centro. www.korova.com.br

G

W

Curta Conforto

Avec elegance

A camisa clássica de seda não deve ficar

As bermudas masculinas da coleção verão 2014

fora de nenhum guarda-roupa feminino.

estão mais curtas e, claro, mais despojadas

Esta da Dudalina é para quem curte um

e confortáveis. Esta da Empty, com tecido

look mais arrumadinho sem parecer careta.

texturizado, é uma ótima opção.

Na Dudalina de Balneário Camboriú, no

Na Empty de Balneário Camboriú, no Atlântico

Atlântico Shopping. Av. Brasil, 1271, Loja

Shopping. Avenida Brasil, 1271, Centro.

34. www.dudalinafeminina.com.br

Fotos Divulgação, Leo Laps e Victor Carlson

www.emptyclothingco.blogspot.com.br

G

!

Vá de Jeans

A camisa jeans é um curinga do guarda-roupa masculino. Esta da Beagle Destroyed

O estilo “destruído” veio mesmo para ficar. A Damyller entrou na onda do jeans bem surrado com este modelo totalmente desfiado na barra. Na Damyller de Florianópolis, no Shopping Iguatemi. Av. Madre Benvenuta, 687. www.damyller.com.br

pode ser usada com shorts, bermudas, jeans e até calças de tecidos mais nobres para criar um look casual chic. Na Beagle de Florianópolis, no Piso Figueira do Floripa Shopping. www.beaglebrand.


SHOW ME 129

k

k

Jardim Geométrico

O vestido da Lez a Lez traz para as ruas a

O vestido com estampas geométricas da Colcci, com

aposta para esta estação – o tropicalismo.

seus amarelos, verdes, vermelhos e azuis intensos,

Flores, plantas e pássaros da fauna e flora

reflete bem o espírito energizante desta estação.

brasileiras estão super em alta neste verão.

Na Colcci de Balneário Camboriú. Avenida Brasil,

Na Lez a Lez de Balneário Camboriú.

1989, Sala 2. site.colcci.com.br

Avenida Brasil, 1591, Centro. lezalez.com

G

Skull Baby

Cheio de atitude, o body com caveirinha é o mimo de muitos papais com espírito jovem. A peça com sainha é ideal para a sua pequena roqueira. Na Varal, em Florianópolis. R. Tenente Silveira, 111, Galeria Parthenon, loja 105, Centro. www.universovaral.com.br

k

Básica clássica

A polo da Lacoste é uma roupa atemporal, uma peça clássica do armário masculino. Quando a temperatura aumenta inevitavelmente ela se torna a primeira opção. No Dom João Magazine de Bal. Camboriú. Av. Central, 73, Centro. www.domojoao.com.br

Festa Tropical

W

Alice moderna

As estampas de bule no vestido todo fofo da Varal dão um ar de Alice moderna para quem curte se vestir de modo divertido e cheio de personalidade. Na Varal, em Florianópolis. R. Tenente Silveira, 111, Galeria Parthenon, loja 105 – Centro.www. universovaral.com.br


130 NA BAGAGEM X Acessórios

Turbine o

look

Quer causar impacto? Invista em acessórios poderosos,

G

Uma rosa é uma rosa

É exótico, sim! Mas quem gosta de ser igual a todos? Estes

cool e cheios DE estilo

óculos da Dolce & Gabanna, da coleção especial Flowers, têm 14 delicadas flores feitas à mão e é a cara do verão. Na Barbara K em Florianópolis. Bocaiúva, 2468, Centro.

Fotos Divulgação, Leo Laps e Victor Carlson

www.barbarak.com.br

k

A pulseira Abelhinhas da Parco Design é folheada a ouro e trabalhada com pedras de vidro. Para turbinar o look mocinha ou suavizar o estilo moderninha. Na Parco Design, em Florianópolis. Shopping Iguatemi, 3º piso, em frente ao cinema. www.parcodesign.com.br

G k

Lady Like

Praticidade e Beleza

A combinação de cores e o tamanho da bolsa de mão da ULM unem beleza e praticidade num mesmo acessório. Ideal para aquela baladinha pós-praia. Na SHOPIN and Friends, em Florianópolis. Av. dos Búzios, 1760, Jurerê Internacional.

Mostra e esconde

As transparências estão em alta desde o inverno passado e continuam a ditar moda neste verão. Bolsa da Raphaella Booz para deixar o visual fresh, leve e muito cool. Na Raphaella Booz de Balneário Camboriú. Balneário Camboriú Shopping, loja 76. www.raphaellabooz.com.br

www.ulmbijuterias.com.br

!

Hippie Chic

Febre na última primavera/ verão, em 2014 as Alpargatas continuam com tudo. Para acompanhar vestidos, calças, shorts e saias. Esta é da linha Soul Collection, das Havaianas. Nas Havaianas de Balneário Camboriú. Avenida Brasil, 1564, sala 02, Centro. www.loja.havaianas.com.br


SHOW ME 131

k

Azul da cor do mar

O maxicolar Caju, criação da grife Gabriela Faraco, é a peça-chave para deixar o seu look ainda mais colorido. Com pingentes em pedra turquesa, tem tudo a ver com pele bronzeada e cabelos ao vento. Na JV Boutique em Balneário Camboriú. Av. Brasil, 1601, sala 01, Centro. loja.gabrielafaraco.com.br

G

Carmen Miranda Contemporânea

A pulseira Pop da Miss Guadalupe Studio é cheia da balagandãs divertidos e ultracoloridos. A impressão é que sempre cabe mais um penduricalho fofo. Na Loja 55 em Florianópolis. Rua Tiradentes, 194, Centro. (48) 3024 0851.

!

Simple and chic

Os colares de tecidos da Pisa na Fulô são lindos, versáteis e combinam com diversas produções. Vão da praia à festa numa boa. Na Pisa na Fulô do Shopping Atlântico, em Balneário Camboriú. Av. Brasil, 1271, 1º piso, sala LE 26. (47) 3360 6059.

!

Charme masculino

Pulseiras masculinas não são mais exclusividade de hippies ou roqueiros. A de camurça trançada com metal dourado é para ser usada com um jeans e camiseta branca. Na A Esthetic em Florianópolis. Rua Vidal Ramos, 153, loja 07, Centro. www.aesthetic.art.br

!

1001 utilidades

A maleta de couro da Laura Pereira foi feita inicialmente para levar a câmera fotográfica da sua criadora por aí. Mas serve como nécessaire, bolsa de mão, porta-trecos... Na Laura Pereira Viaggio em Florianópolis. Rua Lauro Linhares, 2055, Sala 205, Trindade. laurapereiraviaggio.wordpress.com


132 NA BAGAGEM X Decoração / Produtos artesanais

Casa com

personalidade Retrô, contemporâneo, futurista ou

Romantismo no décor

O prato de porcelana holandesa da

sofisticado. Qual o seu estilo? Fotos Divulgação, Leo Laps e Victor Carlson

G

Pip Home faz bonito na mesa ou na parede. São vários modelos com

!

Porcelana nunca

cores e estampas que podem ser

sai de moda

compostos de diferentes formas.

Grifada e pintada à mão,

Na Roka em Florianópolis. R.

então! Este potiche turquesa

Almirante Lamego, 1455, Centro.

do Fabrizio Rollo tem a cor do

www.rokanet.websiteseguro.com

mar, do verão e de casa alegre. Na Meise Oficina de Arte

G

k

em Florianópolis. Avenida

Aconchego gostoso

Empalhadas ou estilizadas,

Trompowsky, 158, Centro.

Os tapetes Aroeira Home têm o poder

as cabeças de bicho na parede estão

www.meise.com.br

na moda. Esta rena feita

de transformar ambientes, combinando

em MDF dá um toque bem

conforto e beleza. São feitos com um

humorado à decoração.

composto de fibras longas e têm textura

Na Azad Art & Decor em Itajaí.

leve e macia.

Av. Osvaldo Reis 2819, Praia Brava.

No Emporium A, em Bal. Camboriú. Rua

(47) 8495-2395.

3.300, 361. www.emporium-a.com.br

!

Alce de parede

Candeeiro Cindy

G

Com influências do típico candeeiro dos

INSPIRAÇÃO étnica

Inspirada nos bancos da cultura

anos 1970, o Cindy tem acabamento

africana, a peça do Design Nada Se

de efeito lacado/cromado com design

Leva tem ângulos marcados, linhas

do italiano Ferruccio Laviani.

retas que valorizam sua função.

Na 4 Elementos de Balneário

Na Larco Home em Florianópolis.

Camboriú. 3ª Avenida, 1929, Centro.

SC-401, Shopping Casa e Design,

www.loja4elementos.com.br

lojas 04 e 12, João Paulo. www. larcohome.com.br/florianopolis

W

Saudosismo bom

Para quem curte o bom e velho bolachão a dica é o tocadiscos com rádio AM/FM em formato de mala. O som é livre de ruídos e o design é uma gostosa volta ao passado. No Shopping Kilar, em Florianópolis. Largo Benjamin Constant, 595, Centro. www.shoppingkilar.com.br

!

Like a Prayer

Inspirada na cultura mexicana a Almofada Like a Prayer da Miss Guadalupe Studio é estampada manualmente e tem aplicação de pompom e franja. Na Loja 55, em Florianópolis. Rua Tiradentes, 194, Centro. (48) 3024-0851.


SHOW ME 133

Feito à

mão

Peças artesanais voltam a ganhar espaço na moda, na decoração e, inclusive, nos brinquedos W

Pulseira de modelar

G

Patchwork

O acessório da Yacamim pode ser usado

O mundo encantado do atelier Eliane Castelan é recheado

como pulseira ou bracelete. Ele foi feito

de tecidos, artesanato e criações em patchwork.

com uma técnica superbacana que

No Atelier Eliane Castelan, em Florianópolis. Rua

utiliza massa de modelar.

Auroreal, 910, Campeche. www.elianecastelan.com.br

Na Yacamim de Bal. Camboriú. Atlântico Shopping Center. www.modayacamim.com.br

!

Dona Girafa

A girafa com tiras de pano tem uma combinação de cores que alegra qualquer cantinho da casa. Na Mundo Animal de Baln. Camboriú. Atlântico Shopping Center. (47) 3363-8658.

G

k

Artesanato

Catarinense

Meninas da Terra

As bonecas de cerâmica coloridas

Os vasos e outros objetos pintados à mão e estampados com

enfeitam e divertem o ambiente.

flores supercoloridas dão uma bossa praiana à decoração. Na Loja do Artesanato Catarinense, em Balneário Camboriú.

Na Feira Semanal Permanente Viva a

Av. Central, 170, Calçadão, lojas 03 e 04. (47) 9965-7512

Cidade, em Florianópolis. Todos os sábados, no Centro. (48) 9156-1934

k

MIMO em madeira

O Pinóquio pintado em madeira é pura fofura. De tão perfeito, só falta falar. Na Mente Sã de Balneário Camboriú. Atlântico Shopping

G

Do tempo da vovó

Center.

As criações em crochê da Clarita Artesanato lembram os tapetes e colchas do tempo da vovó. Na Feira Artesanal da Praça 15, em Florianópolis. Todos os sábados, no Centro. (48) 3357-0752.


136 VOLTE 136 BEM VINDO X Programa SEMPRE X O ano da neve

Um espetáculo

de

inverno

No canto esquerdo da foto, a neve

p

no maciço do Cambirela, em Palhoça. No centro, a imagem inesquecível dos picos nevados da Serra do Tabuleiro, em Santo Amaro da Imperatriz


SHOW ME 137

PLANALTO SERRANO E CHEGOU A PINTAR DE BRANCO O TOPO DE MORROS PRÓXIMOS DO LITORAL

O

Texto Fábio Bianchini Morro do Cambirela e a Serra do Tabuleiro,

momento histórico em toda Santa Catarina. Pelo

na Grande Florianópolis, proporcionaram as

menos 140 municípios, de acordo com a estimati-

cenas mais marcantes do último inverno em

va do meteorologista Ronaldo Coutinho, tiveram

Santa Catarina. Como se não acreditassem no que

a presença da neve. Além da Grande Florianópo-

viam naquela manhã gelada de 23 de julho, os mo-

lis, o fenômeno ocorreu em todo o Planalto Serra-

radores da região passaram o dia todo registrando

no, em 90% do Planalto Norte e em algumas cida-

e compartilhando as imagens dos picos nevados de

des do Vale do Itajaí. Assim, não se restringiu aos

todos os ângulos que pudessem imaginar. O fascínio

pontos mais consagrados do turismo de inverno,

natural com a visão da neve juntou-se à surpresa de

como São Joaquim, Urubici e Urupema, todos na

vê-la ali, tão perto do litoral, ocorrência rara não ape-

Serra Catarinense. A neve caiu, por exemplo, em

nas em países tropicais.

Leoberto Leal, no extremo oeste da Grande Florianó-

Mas o espetáculo branco fez do inverno um

polis, onde não nevava há mais de 50 anos.

Daniel Queiroz/

EM 2013, A NEVE EM SANTA CATARINA FOI MUITO ALÉM DO


138 VOLTE SEMPRE X O ano da neve

REGISTRO HISTÓRICO Quando o inverno de 2013 terminou, já era claro que Santa Catarina havia vivido um momento único, repleto de histórias para serem contadas aos amigos de longe e também ao longo dos próximos anos. Surgiu então a ideia de reunir relatos, fotos, dados meteorológicos e outras lembranças no livro “Santa Catarina: Inverno 2013, inesquecível”, lançado em novembro pela RIC Editora. No texto de abertura, o organizador Victor Carlson divide com o leitor o encanto e a surpresa da manhã em que a neve esteve pertinho de Florianópolis, ao alcance dos olhos da Capital. É esse encanto, aliado ao apurado trabalho jornalístico, que o livro toma o cuidado de preservar. A obra traz fotos e impressões de fotógrafos amadores e profissionais de todo o estado, buscando informações não só em fontes oficiais, mas também ouUma das etapas do trabalho foi justamente localizar autores de fotos que apareciam na internet. “Quando a gente encontrava alguém que fotografou, aproveitávamos para perguntar se ele tinha visto neve em mais outro lugar; conseguimos assim vários relatos que ainda não haviam sido notificados”, conta Carlson. Outro ponto foi buscar compreender os fatores climáticos que causaram o fenômeno. Para isso, foi fundamental a colaboração do meteorologista Ronaldo Coutinho em entrevistas e esclarecimentos.l

p

vindo cidadãos que presenciaram o fenômeno.

O livro produzido pela RIC Editora foi lançado em

novembro e está à venda em bancas e livrarias

p A obra faz uma retrospectiva jornalística da nevasca histórica de 2013 e reúne uma coleção de imagens de fotógrafos profissionais e amadores


A Veneza

brasileira

A MAIS JOVEM COLÔNIA ITALIANA DO PAÍS CULTIVA ATÉ HOJE AS TRADIÇÕES TRAZIDAS PELOS IMIGRANTES DA REGIÃO DO VÊNETO

F

Texto Fabiana Henrique

undada em 1891, Nova Veneza foi a última colônia

gôndola flutuando no lago artificial da Praça Humberto Bor-

povoada por italianos no Brasil e a única criada após

toluzzi. O barco, assim como a estátua do leão, foi uma doa-

a proclamação da República, o que torna ainda mais

ção da província italiana de Veneza, na região do Vêneto, de

fortes os laços com a Itália. Localizada a 215 quilômetros de

onde vieram os primeiros colonizadores.

Florianópolis, no Sul do estado, o município tem pouco mais

E é dessa mesma praça que sai todos os anos o desfile do

de 13 mil habitantes, 90% deles com ascendência italiana. É

Carnevale di Venezia, quando uma multidão de mascarados

nessa proximidade com os costumes e a cultura dos antepas-

invade as ruas em um evento inspirado nos carnavais euro-

sados que está o charme da cidade.

peus do século 17. Num jogo de mostra-esconde, todos se

O vínculo com o país europeu surge logo no pórtico de

divertem ao som de canções italianas tocadas pelas bandas

entrada, com seus quatro arcos romanos e um leão de bron-

do coreto, tentando adivinhar quem está por trás das más-

ze veneziano. Chegando ao Centro, o visitante pode duvidar

caras de pierrôs, arlequins contemporâneos, spenterelos ou

que está mesmo no Brasil ao se deparar com uma legítima

damas da corte. Na edição de 2013 do Carnevale, mais de

Leo Laps

140 VOLTE SEMPRE X Nova Veneza


Fotos Divulgação

SHOW ME 141

30 mil visitantes passaram pela cidade. O evento faz parte da pro-

p

gramação da Festa da Gastronomia Italiana, que por si só já vale

tomam as ruas no mês de junho, no desfile do Carnevale di Venezia

a viagem até Nova Veneza. O palco principal da festa, na Praça da Chaminé, é o destino certo de todos os foliões depois do desfile.

p

Construídas em 1891, as Casas de Pedra Nono Luigi Bratti foram

restauradas em 2002 e hoje são tombadas como patrimônio histórico

p

No calendário de festas de junho em Nova Veneza há também

Grupos de foliões mascarados reunindo turistas e moradores locais

Na página ao lado, a legítima gôndola veneziana chama a atenção dos

o Baile de Gala, que acontece cerca de duas semanas antes da

turistas que passam pela Praça Humberto Bortoluzzi, no Centro

Festa da Gastronomia. Nele, personagens inspirados nos bailes

p O Baile de Gala, que acontece todos os anos no elegante Palazzo

de máscaras da cidade italiana de Veneza tomam conta do Palazzo Delle Acque, construção inspirada em palácios italianos. Quem pretende ir ao baile – que terá sua próxima edição em 7 de julho de 2014 – deve se planejar para comprar o ingresso antecipadamente. O Carnevale di Venezia também já tem data: dia 21 de junho. Quem quiser estender a estadia na cidade deve se antecipar com as reservas de hospedagem, que costumam se encerrar em meados de fevereiro.

PATRIMÔNIO ARQUITETÔNICO Para o visitante que deseja conhecer mais a fundo a herança dos colonizadores italianos, uma parada obrigatória é o museu do Imigrante Amílcar Gabriel, ao lado da Igreja Matriz São Marcos, no Centro. No acervo estão ferramentas, vestuário, utilitários, máquinas, documentos e mobílias que contam a história dos primeiros colonos na região. O prédio do museu é um dos mais antigos da cidade e foi construído na última década do século 19. Vale prestar atenção também na Igreja Matriz, construída em estilo eclético, com elementos de identidade românica. O relógio no alto da torre foi trazido de Turim, na Itália, no ano de 1922. Outro templo importante é o Santuário Nossa Senhora de Caravaggio. Todos os anos, desde 1951, e sempre no último domingo de maio, o local recebe milhares de fiéis que peregrinam quilômetros em devoção à padroeira da cidade. Um pouco mais distante, a 2,6 km do Centro, a Estrada Centenária guarda outro conjunto histórico imperdível. Batizadas em homenagem ao seu construtor, as Casas de Pedra Nono Luigi Bratti foram construídas em 1891 e restauradas em 2002. Eram erguidas em pedra basalto, usando uma técnica trazida da Itália pelos primeiros imigrantes, usando materiais e recursos do próprio ambiente. Desde fevereiro de 2011 estão tombadas como Patrimônio Histórico Nacional.l

Delle Acque, é inspirado nos bailes de máscara europeus do século 17


Leo Laps

144 VOLTE SEMPRE a Casario histórico

Onde mora

a memória

NAS RUAS DE TRÊS MUNICÍPIOS, PRECIOSOS ACERVOS ARQUITETÔNICOS MANTÊM VIVA A MEMÓRIA DAS PRINCIPAIS ETNIAS QUE COLONIZARAM O ESTADO

C

Texto Felipe Adam om um rico patrimônio histórico e

das montanhas emoldura um conjunto com 50

cultural que se reflete nas festas e na

edificações espalhadas em 16 quilômetros de

gastronomia típica, Santa Catarina é

estrada de chão. Legado dos colonizadores ale-

uma colcha de retalhos quando se fala na co-

mães, o sistema de construção em enxaimel

lonização de seu território. Diferentes regiões

surgiu na Europa durante a Idade Média e foi

do estado foram povoadas por imigrantes de

adaptado por aqui com os materiais encontra-

diferentes etnias, as principais delas sendo a

dos pelos imigrantes. Com sua estrutura de

portuguesa, a alemã e a italiana. A herança

madeiras entrecruzadas e tijolos levemente en-

destes povos pioneiros se reflete também de

caixados, as casas eram feitas sem a utilização

forma mais concreta nas fachadas de edifi-

de pregos, apenas com pinos de madeira.

cações seculares, testemunhas dos primeiros

Entre os 12 pontos turísticos da Rota do

anos das colônias que vieram a constituir um

Enxaimel destaca-se a Pousada Casa Wach-

estado da federação.

holz, a mais antiga edificação da localidade,

Um dos melhores lugares para se apreciar

construída em 1867 e ainda existente. Há

esta riqueza arquitetônica fica na pequena Po-

também a Casa Siewert, uma tradicional pro-

merode, no Vale do Itajaí, a 30 km de Blume-

priedade rural que mantém os equipamentos

nau. Mais precisamente na localidade do Testo

antigos em uso e apresenta aos visitantes as

Alto, temos a Rota do Enxaimel, onde o verde

mudanças ocorridas ao longo dos anos na re-


Divulgação

Divulgação

SHOW ME 145

gião. Nos fins de semana, a família serve também caldo de

p

cana produzido na propriedade. Outros pontos importantes

guardam a herança dos imigrantes italianos que colonizaram o município

cemitério luterano do bairro.

p

são a Igreja Luterana de Testo Alto, construída em 1886, e o

Em Rodeio, no Vale do Itajaí, imóveis centenários e bem conservados Na página ao lado, uma das 50 edificações de influência germânica que

integram o acervo da Rota do Enxaimel, no município de Pomerode

Os imóveis da rota são apenas uma amostra de um total

p O estilo enxaimel surgiu na Idade Média e se caracteriza por suas

de mais de 240 edificações desse tipo no município, que não

paredes de tijolos sustentadas por uma estrutura de vigas de madeira

por acaso é conhecido como a “cidade mais alemã do Brasil”.

entrecruzadas, que eram mantidas unidas sem o uso de pregos

É na região do Vale do Itajaí que se encontra o maior número de casas em enxaimel construídas fora da Europa. Quem se dades vizinhas de Blumenau e Indaial. Tanto em uma como em outra, os indícios das mãos europeias na arquitetura local são facilmente percebidos.

Leo Laps

interessar pela cultura alemã, também pode se deslocar às ci-

TRAÇOS DA IMIGRAÇÂO Um pouco mais ao sul, mas ainda no Vale do Itajaí, outro estilo começa a surgir nas fachadas das casas mais antigas. Apesar do nome sugestivo, o município de Rodeio não sedia nenhuma festa de peão. Apenas guarda uma das mais interessantes coleções de imóveis históricos da colonização italiana em Santa Catarina. Se em Pomerode a plantação de mandioca é o que mais predomina, aqui são as parreiras de uvas. Longas lavouras da fruta se estendem pelos terrenos próximos à estrada principal, que dá acesso ao Bairro da Gávea. Durante esse percurso, casarios típicos da imigração italiana são facilmente encontrados. As cercas e os portões são dois itens que chamam atenção. Baixinhos, eles mais decoravam do que protegiam as residências e estabelecimentos comer-

exigindo muito tempo e paciência para entalhar detalhes nas

ciais. A maioria das casas era sustentada por pequenos tijolos

parede ou portas de entrada. Com sorte, é possível encontrar

sobrepostos e tinha janelas largas na vertical para aproveitar

algum morador, provavelmente membro da família que cons-

ao máximo a iluminação natural em um tempo onde ainda não

truiu a casa, para conversar e conhecer mais sobre a cidade.

existia luz elétrica. As moradias dos imigrantes tinham poucos

Conhecida também pela religiosidade, Rodeio ainda preser-

cômodos, mas costumavam abrigar famílias com cinco filhos

va o antigo convento, hoje Circolo Trentino di Rodeio. Próximo

em média.

dali está um de seus mais belos pontos turísticos: a Matriz de

Em alguns casarões é possível observar arcos na varanda,

São Francisco de Assis, edificada em 1899. A viagem pela he-

uma herança dos antigos romanos. Outros eram utilizados para

rança italiana pode continuar até Ascurra, município vizinho

a fabricação de vinho. No porão, destinado para o depósito,

que também conta com um casario de características italianas,

pilares fortaleciam a estrutura e faziam com que a bebida fosse

com destaque para a matriz de Santo Ambrósio e o antigo se-

conservada. Toda a mão de obra de construção era artesanal,

minário salesiano.


HERANÇA PORTUGUESA No litoral sul do estado, a terceira cidade mais antiga de Santa Catarina guarda até hoje belos exemplares do casario antigo com traços da arquitetura portuguesa. Em Laguna, o lugar que

Victor Carlson

Victor Carlson

146 VOLTE SEMPRE X Casario histórico

concentra o maior número de edificações da época da colônia é o Centro Histórico da cidade. Para aproveitar melhor o passeio, recomenda-se aos visitantes que deixem o carro estacionado e sigam a pé pelas ruas da cidade. Assim é possível apreciar com calma os 600 prédios tombados pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan). Inicialmente chamada de Santo Antônio dos Anjos, Laguna traz viva na memória alguns detalhes da arquitetura lusitana, como típicas edificações à beira-mar. São construções históricas, que remetem aos séculos 18 e 19, época em que as igreA cidade ainda é conhecida no Brasil por ter sido lar de Anita Garibaldi, esposa de Giuseppe, um dos responsáveis pela fundação da República Juliana em Laguna, em um dos mais famosos episódios da Revolução Farroupilha. Anita tornou-se heroína em um tempo em que a presença militar feminina ainda era praticamente inexistente. Para homenageá-la, a casa onde ela se vestiu para o primeiro casamento foi restaurada na década de 1970. Devido a suas profundas raízes históricas na colonização portuguesa, os traços e fachadas de Laguna se parecem muito com os de outros municípios que dividem a mesma herança. Florianópolis e São Francisco do Sul – a cidade mais antiga do estado – também contam com um vasto acervo histórico-arquitetônico que remonta aos primeiros anos de colonização de Santa Catarina.l

p

A casa que abrigou a heroína Anita Garibaldi foi construída em 1711

e aberta à visitação pública após ser restaurada na década de 1970

p

jas, faróis e a maioria das casas eram erguidos pelos escravos.

No Centro Histórico de Laguna, cerca de 600 prédios tombados

compõem o acervo arquitetônico da terceira cidade mais antiga do estado


Divulgação

150 VOLTE SEMPRE X Turismo náutico

um verão

ao mar FESTAS EM BARCOS E ROTEIROS PARADISÍACOS PELO LITORAL SÃO OPÇÕES QUE O TURISTA NÁUTICO VAI ENCONTRAR NA ALTA TEMPORADA

S

Texto Fabrício Rodrigues etenta quilômetros separam, por terra, o

São José da Ponta Grossa – e inúmeras praias,

badalado balneário de Jurerê Internacio-

algumas delas quase sem acesso por terra.

nal, no norte da Ilha de Santa Catarina, da

É o caso do Tinguá, em Governador Celso

não menos paradisíaca costa do município de Go-

Ramos, que se tornou um ponto obrigatório para

vernador Celso Ramos. Durante a temporada de

donos de embarcações que querem aproveitar

verão, porém, a viagem por terra pode levar al-

ao máximo a vida ao mar. Na alta temporada de

gumas horas, dependendo do fluxo de carros que

verão, a praia – que fica ao lado da histórica Ar-

deixam a Ilha e sobem o litoral pela BR-101. En-

mação da Piedade – um dos berços da coloniza-

quanto muitos moradores e turistas acabam pre-

ção açoriana no litoral catarinense – se torna um

ferindo outros destinos para fugir dos engarrafa-

parador de lanchas, jet skis e muita festa. “É um

mentos, quem tem a possibilidade de se deslocar

dos mais belos locais da nossa costa. No verão,

de barco vence o trajeto em cerca de 20 minutos,

a reunião de embarcações promove um visual in-

com direito a uma vista que mescla montanhas

crível e nos faz pensar como seria o nosso litoral

intocadas, cenário urbano, construções históri-

se mais lugares tivessem essa concentração”,

cas – como as fortalezas de Anhatomirim e de

afirma Leandro “Mané” Ferrari, presidente da


Associação Náutica Catarinense para o Brasil (Acatmar). Alguns quilômetros ao norte do Tin-

Divulgação

SHOW ME 151

guá, a cidade de Porto Belo é outro dos destinos prediletos deste público. A região, que faz parte da Costa Esmeralda, conta com algumas das mais belas praias do estado – Bombas, Bombinhas e Quatro Ilhas – e sua proximidade com Florianópolis e Balneário Camboriú a torna um roteiro imperdível, que recebe turistas e celebridades de vários países durante a alta temporada. Para quem vai passar a virada do ano no litoral catarinense, uma pedida é a Shed Al Mare, promovida pela boate sertaneja Shed, localizada em Balneário Camboriú, na enseada do Caixa D’Aço, em Porto Belo. A festa, dezembro e repete a dose no Carnaval, reuniu no ano passado mais de 600 barcos e já entrou para o “calendário turístico de luxo” de Santa Catarina.

Divulgação

que acontece entre os dias 29 e 30 de

O agito começa ao meio-dia e se estende até o anoitecer. Outra festa concorrida é o pré-Carnaval da prainha Xanahi, em Governador Celso Ramos. No ano passado, o evento reuniu em uma megaestrutura mais de 3 mil pessoas e uma centena de barcos ancorados na paradisíaca praia. “São baladas únicas, que marcam as festas do nosso verão”, opina Ferrari. Durante a temporada, o circuito Balneário

Camboriú-Florianópolis

é

um ponto de parada para os turistas náuticos que costumam sair do litoral do Rio e São Paulo e vão de barco co porém, lembra Ferrari, é a falta de trapiches) pelo litoral para atrair um número maior de visitantes e oferecer aluguel de barcos, um serviço ainda raro em Santa Catarina. “Para tentar reverter este quadro, a Acatmar ofereceu às prefeituras de Florianópolis, São José, Laguna, Governador Celso Ramos e Tijucas ideias sustentáveis que, caso transformadas em realidade, poderão alavancar o setor de vez, aumentando também a cadeia produtiva e gerando emprego e renda”, comenta.

Festas como a Shed Al Mare, em Porto Belo,

catarinense está diretamente ligado ao

atraem gente bonita e celebridades como o jogador

crescimento da indústria de barcos de

Neymar, que esteve por aqui no último verão

lazer no estado. Hoje, Santa Catarina

p

mais equipamentos náuticos (marinas,

O “descobrimento náutico” do litoral

p

até Punta del Este, no Uruguai. O úni-

é o segundo polo nacional de produção

do Caixa D’Aço para a festa do ano passado

de barcos de passeio e conta com algumas das principais fábricas do país. Foi na Grande Florianópolis que nasceu, há pouco mais de 20 anos, a líder de vendas no mercado náutico de luxo: a Schaefer Yachts, que produz barcos de 26 a 80 pés, emprega 900 pessoas e se tornou referência internacional, agregando parcerias com outras empresas – como

Mais de 600 barcos se reuniram na enseada


Alguns dos melhores barcos de lazer no

mercado brasileiro, como este superiate da Schaefer, são fabricados em Santa catarina

Divulgação

p

154 VOLTE SEMPRE X Turismo náutico

o escritório de design italiano Pininfarina, que desenha o interior de alguns de seus maiores barcos. Desenvolvendo tecnologia própria, a empresa catarinense hoje produz o maior barco de alto padrão do país, o Schaefer 800, um megaiate de 26 metros capaz de levar 23 pessoas a bordo e com custo na faixa dos R$ 12 milhões. Outra campeã de vendas, em um segmento mais popular, também é catarinense: a Fibrafort, que já vendeu mais de 11 mil embarcações de 19 a 31 pés, se desenvolveu na região de Itajaí na década de 1990 e hoje conta com uma linha de produção que entrega mais de 100 barcos por mês. O aquecimento deste mercado levou ao desenvolvimento de novas empresas nos últimos anos – especialmente na Grande Florianópolis e Itajaí – como Armada, Ocean Life, FS

Yachts, Singular Boats, Kalmar, Psari e

da americana Brunswick. “Hoje, quando

Evolve, além da atração de investimen-

se fala em náutica no Brasil, se fala em

tos estrangeiros, com a chegada das ita-

Santa Catarina”, define o empresário e

lianas Azimut-Benetti, Sessa Marine e

yacht designer Márcio Schaefer.l

ONDE DEIXAR SEU BARCO em Santa Catarina 2 Marina Oceano – Balneário

2 Marina Bela Vista – Piçarras. (47)

Florianópolis. (48) 3232-1297.

Camboriú. (47) 3366-8564.

3345-2799. www.marinabelavista.com.br

www.marinadaconceicao.com.br

2 Tedesco Marina Garden Plaza

2 Marina Park – Piçarras. (47) 3345-

2 Marina Marina – Florianópolis. (48)

– Balneário Camboriú. (47) 3361-1420.

0338. www.marinaparksc.com.br

3235-2418. www.marinamarina.com.br

www.tedescomarina.com.br

2 Marina Solnautica – Piçarras. (47)

2 Marina Itaguaçu – Florianópolis. (48)

2 Marina Offshore – Balneário

3345-0915. www.marinasolnautica.com.br

3348-7084. www.nauticamaneferrari.com.br

Camboriú. (47) 3361-0765.

2 Marina da Glória – Balneário Barra

2 Iate Clube Veleiros da Ilha –

2 Marina Canto Grande – Bombinhas. (47)

do Sul. (47) 3448-1342.

Prainha. Florianópolis. (48) 3225-7799.

3393 3227. www.marinacantogrande.com.br

2 Marina Porto da Barra – Balneário

www.icsc.com.br

2 Marina Mestre Doda – Penha. (47)

Barra do Sul. (47) 3448-2260.

2 Iate Clube Veleiros da Ilha

3345-5246. www.marinamestredoda.com.br

– Jurerê. Florianópolis. (48) 3266-1280.

2 Marina Porto do Rio –

www.icsc.com.br

Porto Belo. (47) 3369-4000.

2 Marina Ponta Norte – Florianópolis.

www.marinaportodorio.com.br

(48) 3284-1558.

2 Marina Atlântida – Porto

2 Marina Verde Mar – Florianópolis.

Belo. (47) 3369-5665. www.

(48) 3232-7323.

marinaatlantida.com.br

2 Pier 33 – Biguaçu. (48) 3285-3333.

2 Marina Porto Belo –

www.pier33.com.br

Porto Belo. (47) 3369-4570.

2 Marina Terra Firme – Biguaçu. (48)

2 Marina Costa Mansa –

3285-1524. www.marinaterrafirme.com.br

Porto Belo. (47) 3369-4760.

Victor Carlson

2 Marina da Conceição –

O estado conta com marinas em diversas cidades do litoral

p


Joaçaba cai

SHOW ME 155

A CIDADE DO MEIO-OESTE TEM UM DOS MELHORES CARNAVAIS DO ESTADO E ESPERA RECEBER 30 MIL FOLIÕES EM 2014

A

Wilian Veronese/Divulgação

no samba

Por Hyury Potter cidade tem menos de 30 mil habitantes, mas esse número dobra durante a semana de Carnaval. Isso é reflexo do sucesso dos blocos e escolas de sam-

ba que desfilam por Joaçaba, no Meio-Oeste catarinense. Em 2014, a Liga Independente das Escolas de Samba de Joaçaba e Herval d’Oeste vai organizar os dois desfiles, que prometem novidades para os foliões. A principal é o retorno do file voltará para a Praça da Matriz. Nas duas últimas edições,

p

desfile de blocos para a praça da Matriz. “Decidimos que o des-

A magia do Carnaval contagia todos na Avenida XV de Novembro

os blocos ficaram na Avenida XV de Novembro, onde também desfilam as escolas”, explica Júnior, que também é presidente da escola de samba Aliança, campeã do Carnaval 2013. Pela primeira vez, o carnaval de blocos e de escolas será

PROGRAMAçÃO OFICIAL

organizado pela Liga. A expectativa é que 15 blocos desfi-

Sexta 28/02

lem no Carnaval 2014. “Estipulamos um limite de blocos para

21h – Abertura do Carnafolia Joaçaba 2014 na Praça da Catedral

poder organizar bem a festa e para todos aproveitarem da

Sábado 01/03

melhor maneira. Serão pelo menos 6 mil brincantes em cada dia de folia, que vêm aproveitar as escolas, os blocos, o Rei

21h – Primeira noite de Desfile das Escolas de Samba

Momo e outras atrações”, afirma Júnior de Sá, vice-presiden-

00h – Carnafolia na Praça da Catedral

te da Liga. Com raízes em Herval d’Oeste, o deputado federal Jorgi-

Domingo 02/03

nho Mello (PR) conhece bem o carnaval da região e elogia a

15h – Carnaval Infantil na Praça

participação da população na festa, que ganha mais adeptos

19h – Concurso de Blocos – Desfile na Avenida XV de Novembro

a cada ano. “O primeiro carnaval que passei em Joaçaba foi em 1990. Desde então houve uma grande mudança na estru-

21h – Carnafolia na Praça da Catedral

tura das apresentações. As escolas se profissionalizaram e

Segunda 03/03

hoje fazem um espetáculo tão bonito quanto as escolas do Rio

21h – Segundo dia de Desfile das Escolas de Samba

de Janeiro”, avalia o deputado. Os ingressos para ver as escolas de samba na Avenida

00h – Carnafolia na Praça da Catedral

XV de Novembro custam entre R$ 25 e R$ 80, por dia. De-

Terça 04/03

pendendo do bloco, o abadá varia de R$ 250 a R$ 500 para

15h – Carnaval da Terceira Idade na Praça da Catedral

curtir os quatro dias de folia. Pela primeira vez o Carnaval de Joaçaba terá venda de ingressos on-line, pelo site www. liesjho.com.br. l

18h – Escolha da Melhor Escola de Samba, Melhor Bloco do Carnafolia 21h – Carnafolia na Praça da Catedral


158 VOLTE SEMPRE X Passeios de trem

Memórias

Divulgação

sobre trilhos

TRÊS PASSEIOS POR TRECHOS RECUPERADOS DE ANTIGAS ESTRADAS DE FERRO RESGATAM AS VIAGENS DE TREM EM SANTA CATARINA

N

Texto Felipe Adam

a estação de Apiúna, a 193 quilômetros

em um choro embargado, ou mesmo na algazar-

de Florianópolis, o sol da manhã faz

ra típica de uma excursão de jovens.

brilhar o sino dourado na plataforma

Divididos em dois vagões, os quase cem pas-

de embarque. O maquinista capricha e controla,

sageiros se preparam para percorrer o trecho

pelo barbante, um apito abafado. A nuvem de va-

de 3,2 km que constitui o passeio turístico pela

por e fuligem que sai pela chaminé da locomoti-

Ferrovia das Bromélias, parte da antiga estrada

va emociona quem nunca andou em uma máqui-

de ferro que transportava cargas e passageiros

na dessas. E aqueles que tiveram a oportunidade

por todo o Vale do Itajaí entre os anos de 1909

de presenciá-la em movimento, há pelo menos

e 1971. O trecho que sai de Apiúna tinha um

40 anos, se transportam a uma época guardada

traçado original de 28 km e chegava até o muni-

com carinho na memória. Quando os braços do

cípio de Rio do Sul. Hoje, o movimento do trem

rodado começam a se movimentar, a potência da

embala o clima de nostalgia ao atravessar a

locomotiva aumenta e a emoção dos passageiros

tranquila paisagem interiorana. Mesmo estando

se multiplica: seja em um sorriso de satisfação,

longe do litoral, o vento que emana dos morros


p

A Ferrovia das Bromélias, em

Apiúna, resgata a emoção das viagens de trem pelo Vale do Itajaí

Leo Laps

Leo Laps

Daniel Queiroz

SHOW ME ME 159 SHOW

p

Cenas de pura nostalgia

enchem os olhos dos passageiros que circulam a bordo de antigas locomotivas a vapor por trechos recuperados da Estrada de Ferro

Leo Laps Daniel Queiroz

Daniel Queiroz

Santa Catarina


e a água que corre pelas montanhas refrescam o mormaço do fim de semana. Em alguns pontos dos quase três quilômetros, a maria-fumaça passa rente a casas de moradores locais. Ao longe, da janela de

Daniel Queiroz

160 VOLTE SEMPRE X Passeios de trem

um sobrado, pessoas acenam para os “vizinhos” que já acostumaram a ver passar a uma velocidade de 20 km/h. Durante o trajeto há ainda o túnel, uma ponte de pedra e um viaduto. Obras que foram construídas na década de 1920 por homens que deram seu suor na tentativa de encurtar distâncias em território catarinense. Na primeira metade do século passado, a Estrada de Ferro Santa Catarina (EFSC) foi a grande responsável pelo desenvolvimento econômico das cidades da região. Seu projeto previa ligar o litoral à região Oeste, cortando todo o estado a partir de Itajaí. No entanto, os trilhos se estenderam por apenas 180 km, indo até o município de Agrolândia, na região do Alto Vale.

p

Atualmente, voluntários da Associação Brasileira de Preserva-

Em Piratuba, no Oeste do estado, a viagem de tremdura uma tarde

inteira e leva os turistas até Marcelino Ramos, no Rio Grande do Sul

ção Ferroviária (ABPF) são os responsáveis pela recuperação de

p Puxado por uma maria-fumaça de 1906 e com lotação máxima de

parte da ferrovia para o turismo. Toda a quantia adquirida com as

200 passageiros, o trem parte todos os sábados do centro da cidade

passagens é investida na melhoria e segurança do passeio. Entre ção de um vagão panorâmico que será anexado atrás do comboio.

O RESGATE DAS FERROVIAS Apiúna não é a única cidade catarinense que está recuperan-

Daniel Queiroz

as benfeitorias planejadas para os próximos meses está a constru-

do as memórias do tempo das estradas de ferro. Outras opções para quem quer embarcar nesse “trem para o passado” são os passeios ferroviários em Rio Negrinho e Piratuba. Em ambos os municípios existem os chamados Museus Ferroviários, situados na própria estação. O ambiente completa o clima de volta aos anos dourados da EFSC, com as estações históricas, antigas máquinas e equipamentos que eram utilizados no dia a dia, de ferramentas a uniformes. Rio Negrinho também fica no Vale do Itajaí, distante duas horas de Blumenau, e possui a única maria-fumaça no Brasil que ainda opera em um trecho de serra. A locomotiva da década de 1940 parte às 10h e transporta 270 pessoas. Percorre um trecho de 45 quilômetros, descendo a serra até chegar a Rio Natal, localidade de colonização polonesa no município de São Bento do Sul. No trajeto, passa por um belo cenário composto por montanhas, túneis, cachoeiras, pontes muito altas e fantásticos cortes nas rochas. No final do passeio, em Rio Natal, o turista pode almoçar e saborear os deliciosos pratos típicos da região (R$ 15). Já em Piratuba, próximo a Concórdia, na região Oeste do estado, a locomotiva a vapor fabricada em 1906 sai às 13h30 e cruza a divisa com o Rio Grande do Sul até chegar a Marcelino Ramos. Na cidade gaúcha, os visitantes têm a opção de conhecer o Santuário de Nossa Senhora da Salete ou o balneário de águas termais. Às 16h15, o trem retorna a Piratuba e tem chegada prevista em torno das 18h. O ponto alto do passeio é a travessia da ponte férrea com extensão de 455 metros que liga os dois estados. Ao passar pela estrutura, os turistas podem observar o encontro dos rios do Peixe (SC) e Pelotas (RS). De sua união resulta o Rio Uruguai.l

ESCOLHA SEU COMBOIO Ferrovia das Bromélias (Apiúna). Embarque na localidade de Subida, com acesso pela rodovia BR-470, no km 112 (a partir de Blumenau) ou no km 113 (a partir de Rio do Sul). O passeio acontece sempre no segundo domingo do mês e custa R$ 20. Saída: 10h. Reservas: (47) 3644-5077 ou (47) 8894-5517. fsc@abpfsc.com.br Trem da Serra do Mar (Rio Negrinho). Embarque na Estação Ferroviária. Rua Arnaldo A. Oliveira, s/no, Centro. O passeio custa R$ 80 por pessoa. Saídas previstas para os dias 14 e 15/12, 15/2 e 15/3. Confira as datas e horários pelos telefones (47) 3644-7000 ou (47) 9986-0600. rionegrinho@abpfsc.com.br Trem das Termas (Piratuba). Embarque na Estação Ferroviária. Av. Dezoito de Fevereiro, s/no, Centro. Saídas todos os sábados, às 13h30. O passeio custa R$ 60 por pessoa. Reservas: (49) 3553-1121. piratuba@abpfsc.com.br


Renata M. Florêncio/Divulgação

Divulgação

SHOW ME 161

A maior e mais ornamentada gruta do Sul do Brasil fica no Parque das Grutas de Botuverá, 63 km ao sul de Blumenau. São 1,2

Em Pomerode, o mais antigo zoo do Sul do

Brasil exibe cerca de 220 espécies de animais

p A Feira da Moda (FIP), em Brusque, é

parada obrigatória para o turismo de compras

Viagem ao

mundo animal

Na pequena Pomerode, 30 km ao norte de Blumenau, fica o maior parque zoológico

labirinto de rocha, que alterna passagens estrei-

Para encher o carrinho

de Santa Catarina. Inaugurado em 1932,

tas e amplos salões que chegam a 20 metros

O turismo de compras tornou-se um dos

do empresário e político local Hermann

de altura. Estalactites e estalagmites, pisos de

atrativos mais procurados de Brusque, 40 km

Weege, filho de imigrantes alemães, que

corrimento calcítico, colunas e folhas de ara-

ao sul de Blumenau. E na Feira da Moda,

começou o zoo nos fundos da casa onde

gonita compõem paisagens impressionantes.

a FIP, essa vocação encontra a tradição e a

morava. Hoje, o parque abriga mais de

O passeio dura cerca de 45 minutos, em gru-

variedade da indústria têxtil local: são mais

1,1 mil animais de cerca de 220 espécies,

pos de até 15 pessoas. A capacidade diária é

de 200 lojas com artigos para atacado e va-

muitas delas em risco de extinção. A es-

de até 195 pessoas em 13 grupos. Mas mesmo

rejo nos ramos de moda masculina, feminina,

trutura para visitantes oferece lanchonete,

quem não entrar nas cavernas pode aproveitar:

infantil e bebê, além de acessórios, calçados

exposições sobre a vida selvagem, auditó-

há também uma trilha pela mata até uma bela

e cama, mesa e banho. A FIP foi criada em

rio para 100 pessoas, loja de lembranças,

cachoeira. O parque tem praça de alimenta-

1991 e hoje é procurada também por excur-

loja de fotos e estacionamento com ca-

ção, churrasqueiras, um estacionamento para

sões de todo o Brasil e de países próximos,

pacidade para mais de 200 veículos. Abre

carros e outro exclusivo para ônibus. Aberto

dispondo de estrutura com guias, informa-

diariamente, das 8h às 19h. O ingresso

de terça a domingo, das 8h às 17h. No fim do

ções e dormitórios para descanso e pernoite.

custa R$ 20. Crianças entre 4 e 12 anos e

ano, fica fechado entre 23 de dezembro e 7 de

O estacionamento é coberto e o ambiente

pessoas acima de 60 anos pagam meia en-

janeiro. Ingresso: R$ 12. Estudantes e pessoas

é climatizado. Funciona de segunda a sába-

trada. Sob consulta, o Zoo oferece preços

com mais de 60 anos pagam meia entrada. Rua

do, das 9h às 19h. Aos domingos, das 11h

promocionais a grupos organizados. Rua

João Morelli 66, acesso pela SC-486, Botuverá.

às 18h. Rodovia Antônio Heil, Km 23, 3800,

Hermann Weege, 180, Centro, Pomerode.

(47)

Santa Terezinha, Brusque. (47) 3255-6000.

(47) 3387-4260. www.pomerzoo.org.br

mil metros de extensão, com diversas esculturas feitas na pedra pela água, ao longo de centenas de milhares de anos. Assim se formou um

3359-1100.

www.botuvera.sc.gov.br/

turismo-lazer/parque-das-grutas Divulgação

O Parque das Grutas de Botuverá guarda

belas surpresas em mais de 1 km de cavernas

p

subterrâneo

p

Encanto

www.fipnet.com.br

o Zoo Pomerode é também o primeiro do Sul do Brasil e o primeiro do país criado por iniciativa privada. O pioneirismo foi


O melhor colch達o do Brasil e um dos melhores do mundo. maxflex.com.br

Show Me n3 Florianópolis  
Show Me n3 Florianópolis  
Advertisement