Page 1

Nº 504

ANO■ 42

MARÇO/2017

Indústria

Tecnologia

TELECOMUNICAÇÕES INDÚSTRIA & TECNOLOGIA 14

Agoratec, sistema para programação CNC

15

Foto: macmagazine.com.br

Condulete americano IP66, da Tramontina

.com.br

O MAIOR BUSCADOR INDUSTRIAL DO BRASIL


EDITORIAL

Dias melhores virão

P

buindo para esta expectativa: a desaceleração ode ser que as pessoas nem perceda inflação, a redução da taxa de juros, o níbam, mas está havendo uma sutil vel de confiança voltando também, tudo isso mudança positiva. Algumas nem ajuda a acreditar em um 2017 menos ruim tão sutis, assim como o Indicador do que tanto se temia, ano passado. RessaltaAntecedente de Emprego (IAEmp), apuramos novamente a importância da confiança do pela Fundação Getúlio Vargas (FGV), nos rumos da economia brasileira. Quando divulgado na primeira quinzena de março, existe este sentimento que parou de piorar, que mostrou melhora na perspectiva sobre o que os índices estão voltando ao normal, que mercado de trabalho pelo segundo mês cona atividade econômica secutivo, atingindo o também está saindo da maior nível em quase inércia, tudo tende a sete anos. São pers- ... a desaceleração melhorar. Falta somente pectivas, são percepo governo fazer a parte ções de mercado, da- da infl ação, a redução dos abstratos ainda. da taxa de juros, o nível dele, perseverando com o combate à corrupção, Mas certamente tepor exemplo. No mais, remos dados concre- de confi ança voltando é continuar trabalhantos para comemorar em breve. Porque, também, tudo isso ajuda do, que qualquer solução passa pelo trabalho na verdade, não vai a acreditar em um 2017 consistente e constante, acontecer da noite e sem perder a esperança para o dia e poucos menos ruim do que de dias melhores. Porque perceberão que está como dissemos e repetiacontecendo. Mas tanto se temia, mos, esperança e otimisestá. Só de constatar no ano passado. mo são alimentos para a reversão do sentique continuemos a caminhada, a nossa e a do de queda de movimentação econômica é de vocês. Nós, de nossa parte, lembramos um grande avanço. O economista Francisco que não adianta sermos positivos, otimistas. Pessoa Faria Jr, da consultoria LCA, declaPrecisamos que todos acreditem também rou ao jornal Valor Econômico, em março, e principalmente que nos apoiem. A é que mesmo a divulgação de um PIB menor sua revista técnica, que se preocupa em pudo que se esperava, não muda o quadro problicar as atualidades dos setores envolvidos e jetado de retomada da economia brasileira. também muitos produtos técnicos por ediMas, alertou, será uma retomada gradual ção. Sugestões, críticas, fiquem à vontade: da economia ao longo de 2017, adentrando a Revista é sua. Boa leitura. 2018. Há muitos fatores que estão contriCecilia Borges | EDITORA-CHEFE

Indústria & Tecnologia

3


Indústria Tecnologia

SUMÁRIO

INDÚSTRIA & TECNOLOGIA

14

CONDULETE AMERICANO IP66, DA TRAMONTINA A Tramontina está ampliando sua linha de produtos para instalações elétricas

15

11

ANÁLISE SETORIAL

NOVAS AMEAÇAS PARA A INDÚSTRIA

Este artigo é de autoria de João Marchesan, presidente do Conselho de Administração da Associação Brasileira da Indústria de Máquinas (Abimaq). E faz importantes questionamentos

AGORATEC, SISTEMA PARA A PROGRAMAÇÃO CNC

Novidades para a indústria metalúrgica

ACONTECE NA INDÚSTRIA

MOEMA FERRARI É A NOVA DIRETORA SÊNIOR DE NOVOS NEGÓCIOS DA KROLL

A Kroll, companhia mundial em gestão de riscos e investigações corporativas, anuncia Moema Ferrari como diretora sênior de novos negócios para o mercado brasileiro

SKYLANE, TRANSCEPTORES ÓPTICOS, MULTISSETORIAIS Rudinei Carapinheiro, diretor de Novos Negócios da companhia de origem belga, explica que os principais produtos que desenvolve e comercializa adequam-se à implantação de soluções para redes ópticas em aeroportos, ferrovias, rodovias, portos e tantas outras aplicações

6 AGENDA 8

DESTAQUES DO MÊS

9

HOME PAGES

REDUÇÃO DE CO2, COM AÇOS DE ALTA RESISTÊNCIA DA SSAB

A siderúrgica sueca SSAB, presente no Brasil, apresenta ao mercado uma iniciativa global de sustentabilidade. Com o uso de aços de alta resistência, de sua produção, ajuda seus clientes a colherem recompensas ambientais com o uso de aços de alta resistência

JACTOCLEAN, AGORA NO MÉXICO

Empresa inaugura unidade de distribuição e apoio técnico para melhor atendimento do mercado mexicano. A iniciativa marca uma nova fase de negócios no País, com melhor estrutura e objetivos claros de consolidação

4

Indústria & Tecnologia

A N O 42 MARÇO/2017

ESPECIAL

SEÇÕES Apesar dos esforços, os juros de mercado continuam com “spreads” de até três dígitos, o câmbio está em um nível que, além de tirar completamente nossa competitividade na exportação, volta a subsidiar as importações, o crédito continua muito difícil e os juros cobrados são incompatíveis com a atividade produtiva.

10

12

Nº 504

9 CATÁLOGOS


NOTAS TÉCNICAS SENSOR DE POSICIONAMENTO

O sensor da Keyence é indicado para efetuar a detecção de diferenças sutis de formato ou para a confirmação de fechamento de moldes. A série EG incorpora um circuito amplificador estável e fornece repetitividade de 1µm. Possui circuito compensador integrado que minimiza a flutuação de sensibilidade orientada à temperatura, de modo que necessita ser configurada apenas uma vez. O modelo é dotado de cabeça sensora que suporta temperatura de até 200 ºC e emprega cabo resistente a óleo para assegurar uma vida útil prolongada. Ele oferece ainda a capacidade de detectar parafusos ou arruelas faltantes ou soltos. KEYENCE Brasil. Tel.: (11) 3045-4011. Site: www.keyence.com.br

COMPRESSOR-PARAFUSO

Compacta e inteligente, a série SEM do compressor-parafuso da FS-Curtis pode ser instalada próximo ao ponto de uso devido à redução de ruído, já que possui isolamento de vibrações, o que provoca a diminuição de transmissões sonoras de baixa frequência. O compressor é construído para que ofereça alto nível de confiabilidade e, projetado com entrada de função múltipla e válvula de descarga que reduzem as conexões em até 90%. Com características próprias, o rotor do aparelho garante maior fornecimento de ar, porém com baixo consumo de energia. O modelo possui um sistema de proteção dos componentes críticos do calor gerado pelo próprio equipamento, de modo que promove o prolongamento da vida útil dos componentes.

FS-CURTIS do Brasil. Tel.: (11) 4431-9900. Site: www.fscurtis.com.br

FURADEIRA DE BANCADA

Equipada com motor elétrico, cabo de ligação, chave liga-desliga, mesa giratória inclinável a ± 45º, a furadeira de bancada, modelo VM-AM da Previsão, possui um sistema de mancais com rolamentos blindados. A ferramenta é dotada também de perfuração com escala de profundidade, protetor de mandril (NR12), botão de desligamento rápido (NR12), botão eletromagnético que não religa em caso de queda de energia (NR12) etc. Com a furadeira é possível executar trabalhos profissionais, residenciais, serviços leves em pequenas oficinas, manutenção de marcenarias, serralherias, construção civil etc. Ela tem capacidade para trabalhar com madeira, alumínio, ferro fundido FC-150, aço 1020 etc. PREVISÃO Indústria e Comércio de Presilhas Ltda.

Tel.: (11) 5519-7730. Site: www.previsao.ind.br

ETIQUETADORA

A impressora BMPTM 71 é portátil e possui teclado de fácil utilização, visor colorido, interface amigável e aplicativos especiais para criação de etiquetas, características que a torna ferramenta essencial para qualquer usuário. Ela é capaz de imprimir em uma grande variedade de materiais, como fitas contínuas e etiquetas pré-cortadas. Ela é projetada para ser operada em ambientes industriais agressivos, com funcionalidades, como facilidade para recolocação de fitas e etiquetas, recursos para criação de etiquetas para diversas aplicações, como marcadores de fios elétricos, etiquetas autolamináveis para cabos e até etiquetas de vinil para marcar grandes tubulações, etiquetas de alto-relevo para painéis, etiquetas para identificação geral etc. A etiquetadora imprime 3,8 cm/s, com vários tamanhos de fontes e em diversas cores, etiqueta de até 2” ou 50 mm de largura em rolos ou até 15 m de comprimento em fitas contínuas. Ela possui também capacidade de armazenamento de até 100 mil arquivos. Além disso, com a utilização de adaptador, ela pode utilizar consumíveis de outras impressoras da linha de produtos Brady, como a TLS2200 e a Handimark. POLICOM SP Comercial Ltda.

Tel.: (11) 2065-0800 Site: www.grupopolicom.com.br

Indústria & Tecnologia ? 5


NOTAS TÉCNICAS

?

AGENDA

TERMOFORMADORA

FEIRAS E CONGRESSOS NO BRASIL 2017 EVENTO

DATA

LOCAL

ORGANIZAĂ‡ĂƒO

Agrishow - Feira Internacional de Tecnologia Agrícola em Ação

01 atĂŠ 05/05/2017

RibeirĂŁo Preto - SP http://www.agrishow.com.br

Pack Fair, Feira Internacional de Embalagens

09 a 11/05/2017

SĂŁo Paulo - SP

http://www.packfair.com.br

EXPOMAFE – Feira Internacional de Måquinas-Ferramentas e Automação Industrial

09 atĂŠ 13/05/2017

SĂŁo Paulo - SP

http://expomafe.com.br

CeMAT South America - Feira Internacional de Movimentação de Materiais e Logística

16 atĂŠ 19/05/2017

SĂŁo Paulo - SP

http://cemat-southamerica.com.br

Enersolar + Brasil - Feira Internacional de Tecnologias para Energia Solar

23 atĂŠ 25/05/2017

SĂŁo Paulo - SP

http://enersolarbrasil.com.br/16/

Tissue World SĂŁo Paulo 2017

31/05 atĂŠ 02/06/2017

SĂŁo Paulo - SP

http://www.tissueworld.com/saopaulo/pt-pt/

FEIRAS E CONGRESSOS NO EXTERIOR EVENTO

LOCAL

ORGANIZAĂ‡ĂƒO

34ª Feira International de Cochabamba – FIC

27/04 atĂŠ 07/05/2017

DATA

Cochabamba BolĂ­via

http://www.feicobol.com.bo

Automechanika Dubai

07 a 09/05/2017

Dubai - Emirados Ă rabes Unidos

http://www.messefrankfurtme.com

Transporte LogĂ­stico

09 a 12/05/2017

Munique Alemanha

http://www.transportlogistic.de

FITMA 2017 - Exposição de à gua, Energias Alternativas Meio Ambiente Resíduos

16 a 18/05/2017

Buenos Aires Argentina

http://www.fitma2017.com.ar

(19) 3795-0818. Site: https://br.multivac.com/pt/

CURSOS PROFISSIONALIZANTES ABRIL E MAIO DE 2017

DATA

LOCAL

ORGANIZAĂ‡ĂƒO E INFORMAÇÕES

10/04/2017

SĂŁo Paulo - SP

Abimaq, (11) 5582-6321/6313

A Segurança e Saúde do Trabalhador no eSocial

17/04/2017

SĂŁo Paulo - SP

Abimaq, (11) 5582-6321/6313

Gestão de Mudança

27/04/2017

SĂŁo Paulo - SP

Minder, (11) 5111-8220

Curso de GestĂŁo de Riscos com ĂŞnfase na ISO 31000

27/04/2017

Curitiba - PR

Portal de Auditoria (41) 3068-67-8

GestĂŁo de Controladoria

04/05/2017

SĂŁo Paulo - SP

Minder, (11) 5111-8220

Analista Fiscal– Atualização TÊcnica (ICMS, IPI, PIS e COFINS) - Voltado ao Segmento de Måquinas e Equipamentos

A R 105 da Multivac Ê uma måquina compacta de termoformadora prÊ-configurada e projetada para atender às necessidades de espaço e de uma atrativa relação custo-benefício e, em especial, pela possibilidade de ser adquirida com diversas opçþes disponíveis. Ela processa filmes flexíveis e rígidos com espessura de atÊ 400 ¾m, largura de atÊ 420 mm, profundidade måxima de formação de atÊ 80 mm e avanço måximo de atÊ 300 mm. A R 105 Ê projetada para manter um alto padrão de higiene em todos os aspectos e permanecer limpa tanto na parte interna quanto na externa. Ela Ê fåcil de ser operada e oferece a possibilidade de escolher atÊ 32 formatos de moldes e uma grande variedade de opçþes úteis. Com ela, tornam-se fåceis embalar carnes processadas, queijos, peixes, outros alimentos e/ou produtos não alimentícios. MULTIVAC do Brasil Ltda. Tel.:

Para divulgar cursos, seminĂĄrios e palestras, mande um email com data, local e dados do promotor do evento para cecilia@vitrinesdececilia.com.br e publicidade@banas.com.br

METALIZADORA

A Avaco fornece produtos e serviços especializados em alto våcuo para a indústria e pesquisa e tambÊm dispþe de soluçþes desenvolvidas e personalizadas. Ela conta com estrutura profissional para a instalação dos produtos, treinamentos de clientes e execução de serviços de manutenção; possui laboratório e instrumentos adequados, alÊm de estoques de peças e produtos para a indústria e pesquisa. Dentre os diversos produtos disponíveis, ela possui a metalizadora desenvolvida pela Mustang Vacuum Systems que Ê especializada em sistemas para metalização na årea automotiva, decorativa, moveleira, tribologia, construção civil etc. A Mustang garante alta qualidade no processo, jå que domina a tecnologia de metalização em våcuo por evaporação tÊrmica ou por sputtering. AVACO Soluçþes em Våcuo Tel.: (11) 3130-7999. Site: www.avaco.com.br

FALE COM A REDAĂ‡ĂƒO

EXPEDIENTE

IndĂşstria Tecnologia Geraldo Banas (1913-1999) Elizabetha Banas (1923-2007) Cristina Banas - Publisher Cecilia Borges - Editora-chefe Tatiana Gomes - Redatora WEB Waldemar TerĂ´ Sato - Redator tĂŠcnico e gerente de Editoração EletrĂ´nica NazarĂŠ Baracho - RevisĂŁo Carine Melhor - Financeiro Patricia BrandĂŁo - CRM - Circulação Luciano Tavares de Lima - Produção ? IndĂşstria & Tecnologia circula junto aos profissionais e executivos envolvidos nos processos de aquisiçþes e especificaçþes de equipamentos, produtos e serviços industriais que atuam em empresas, organizaçþes e entidades que façam parte do mercado industrial. Assinatura anual: R$ 198,00 NĂşmero avulso: R$ 18,00 Assinatura anual no exterior: US$ 250,00 ? INDĂšSTRIA & TECNOLOGIA (ISSN 0103-7481) ĂŠ uma publicação da Editora Banas Ltda. CNPJ 60.432.796/0001-83 I.E. 104.259.747.116, C.C.M. 1.249.632-4 – Protocolada e matriculada sob o nÂş 1.487 do livro “Aâ€? do Registro Civil de Pessoas JurĂ­dicas.

6 ? IndĂşstria & Tecnologia

CIRCULAĂ‡ĂƒO NACIONAL PERIODICIDADE MENSAL TIRAGEM: 40.000 É permitida a divulgação das informaçþes contidas na revista desde que citada a fonte. CANAIS DE COMUNICAĂ‡ĂƒO: Rua Edward Joseph, 122 - 11Âş andar/EdifĂ­cio Passarelli. CEP 05709-020 – SĂŁo Paulo – SP TEL. PABX: (55 11) 3722-0956 Fax: (55 11) 3722-0956 s WWWPSCOMBR s WWWBLOGINDUSTRIALCOMBR s FACEBOOKCOMEDITORABANAS s 4WITTER %DITORA"ANAS s % MAILCECILIA VITRINESDECECILIACOMBR CIRCULAĂ‡ĂƒO 4EL (55 11) 3722-09562AMAIS ASSINATURAS BANASCOMBR COBRANÇA 4EL (55 11) 3722-09562AMAL COBRANCA BANASCOMBR FINANCEIRO 4EL (55 11) 3722-09562AMAL lNANCEIRO BANASCOMBR PRODUĂ‡ĂƒO 4EL   PRODUCAO BANASCOMBR PUBLICIDADE 4EL(55 11) 3722-09562AMAL PUBLICIDADE BANASCOMBR REDAĂ‡ĂƒO 4EL (55 11) 3722-09562AMAIS CECILIA VITRINESDECECILIACOMBR Filiada Ă

Se vocĂŞ tiver sugestĂľes de pauta, dĂşvidas ou necessitar de esclarecimentos, mande um e-mail para a seção FALE COM A REDAĂ‡ĂƒO e encontre as soluçþes sobre os mais variados temas que sĂŁo abordados na revista ?. As perguntas devem ser encaminhadas para cecilia@vitrinesdececilia.com.br e publicidade@banas.com.br


NOTAS TÉCNICAS DESTAQUES DO MÊS

REGISTRADOR DE DADOS PORTÁTIL

Um equipamento que possui tela colorida e a função touch screen é o registrador portátil OM-DAQXL, indicado para centenas de aplicações que podem ser utilizadas na indústria. Com ele é possível efetuar medição de tensão, corrente, frequência, pulso ou utilizá-lo como termopares, RTDs, termistores, extensômetros etc. Ele possui entrada universal para oito ou 16 canais e dispõe de grande capacidade de armazenamento de dados com 1 GB de memória interna, 32 GB de cartão SD e 32 GB na unidade USB, mas permite que todas as configurações sejam realizadas a partir da tela inicial. O registrador tem também quatro entradas/saídas digitais, quatro saídas de alarme, uma porta host USB e uma porta para dispositivo USB etc. Ele pode ser montado na parede, utilizando o suporte tipo fechadura ou operada na bancada horizontal, usando o suporte inclinável. OMEGA Engineering Brasil Tel.: 0800 773-2874 Site: http://br.omega.com

8

Indústria & Tecnologia

DISPOSITIVO PARA BIG BAG

A Movequip apresenta a evolução do dispositivo de big bag da série MV que conta com um sistema automático de liberação, no empilhamento ou carregamento, porém sem a intervenção humana nessa etapa. Ele é produzido em perfis laminados e a pintura, feita com esmalte sintético e na cor amarela Munsell. Para haver agilização no processo de reposicionamento, a liberação das alças é realizada de forma setorial, no caso de ocorrência de falhas operacionais. O dispositivo permite acionamento bem-seguro controlado por meio de PLC e executado por controle remoto ou botoeira. No painel, há componentes elétricos para adequações de segurança. Para garantir segurança operacional existe sinalização visual do acionamento das travas das alças dos big bags. O coletor central de energia permite preservar a liberdade de giro do dispositivo. MOVEQUIP Soluções Técnicas Tel.: (16) 2137-8440. Site: www.movequip.com.br

IMPRESSORA DE GRANDE FORMATO

Capaz de produzir impressões duráveis e de alta qualidade, destinadas ao uso interno e externo, em uma variedade de substratos de sinalização tradicionais ou em tecidos, a HP Latex 365 oferece uma impressão resistente a riscos comparável à de tintas com alto teor de solvente. O equipamento imprime 17 m²/h para trabalhos de qualidade para ambientes internos e 31 m²/h para ambientes externos. Ele oferece resolução de até 1.200 x 1.200 dpi para impressão colorida e utiliza tecnologias de impressão em Látex HP e também tintas Látex HP nas cores preta, ciano, ciano clara, magenta clara, magenta, amarela, otimizadora de látex HP. A impressora opera com seis cabeças de impressão, distribuídas para ciano/preto, magneta/amarelo, ciano claro/magenta claro e um para otimizador de látex. HP-Hewlett-Packard Development Co. Tel.: (51) 3933-9000. Site: www.hp.com.br


HOME PAGES

? BOMBAS DE VÁCUO

MOVIMENTAÇÃO DE MATERIAIS

A Paem fabrica bombas de vácuo rotativas de palhetas de grafite, isentas de lubrificação e com vazões de 10 a 140 m³/h. Ela desenvolve também centrais geradoras de vácuo de diversas capacidades desde 25 m³/h até 100 m³/h, com ou sem filtro, compostas de bombas rotativas de palhetas de grafite isentas de óleo, reservatórios e sistema de filtragem. Ela oferece ainda peças para as bombas atuais, assim como para reposição das consideradas fora de linha. Dentre as marcas oferecidas pela empresa, podem ser consideradas a AB Dick, Adast, Audax, Aurelia, Boteom, Catu, Crathern, Davidson, Baumhak, Stahl, Elga, Hamada, Haris, Heidelberg, Kolbus, Manig, Mercedes, Muller Martini, Multilith, Ricall, Roland, Solna, Wil, Womako etc. que estão presentes nos segmentos de absorventes, envasadoras de perfumes, hospital, recozimento, serigrafia, vacuum forming etc. PAEM Indústria Mecanográfica Ltda. Tel.: (11) 2291-8622

www.paem.com.br

A Casa dos Rodízios fornece aramados, paleteiras, empilhadeiras, amortecedores, rodas, rodízios e carrinhos industriais aos segmentos aeroportuários, audiovisuais, automobilísticos, autopeças, hotelarias, moveleiros, supermercadistas, alimentícios, para empresa de coleta de resíduos, displays, limpeza, linha média e pesada, médico hospitalar, empresas em geral etc. No site, a Casa dos Rodízios fornece informações técnicas e ilustrações com imagens dos produtos, legendados pelos respectivos nomes técnicos, com possibilidades de serem obtidos outros dados, como capacidade de carga, diâmetro da roda, largura, tipo de eixo, material aplicado, cor, dureza etc. CASA DOS RODÍZIOS Comercial Ltda. Tel.: (11) 3227-1010

www.casadosrodizios.com.br

CLIMATIZADORES EVAPORATIVOS

De acordo com o site, a Rotoplast produz e comercializa climatizadores evaporativos que atendem a todas as áreas nos diversos e diferentes tipos de atividades. Para tanto, ela procura constantemente inovar com tecnologias modernas e avançadas para poder atuar com produtos relacionados com as linhas tanto industriais quanto comerciais, assim como residenciais. Com essa visão, ela possui instalados em seu parque industrial máquinas para corte a laser, prensas de 1.000 toneladas, máquinas formadora de SMC, robô, extrusoras, injetoras, máquina soldadora de plástico, centro de usinagem, impressora 3D, balanceador dinâmico de hélice etc. Dessa forma, ela tem capacidade para produzir climatizadores da linha evolution, linha Plus, linha confort, para teto, modelos Sirocos para grande vazão de ar, tipos portáteis, exaustores, ventiladores HVLS etc. ROTOPLAST Climatizadores Evaporativos Tel.: (49) 3664-8300

www.rotoplast.com.br

CATÁLOGOS ROBÔS INDUSTRIAIS

Equipados com tecnologia avançada, os robôs da série F da Mitsubishi Electric são projetados para simplificar a automação de qualquer planta de produção. Eles são compactos e possuem seis eixos articulados com um comprimento de braço ideal que oferece maior amplitude de movimento. Eles são adequados para executar tarefas complexas de montagem e processamento. São equipamentos que oferecem uma grande variedade de aplicações, como transporte de peças mecânicas e até montagem de componentes elétricos. Os robôs do tipo vertical permitem instalação compacta com operação realizada próximo da base; rapidez na mudança de postura operacional; plena utilização do espaço de instalação etc. Por sua vez, os do tipo horizontal combinam com uma grande variedade de aplicações e oferecem alta velocidade e precisão obtidas com os braços rígidos e com as mais avançadas tecnologias de controle de servo. Possibilitam ainda a utilização na produção em massa de alimentos e produtos farmacêuticos. MITSUBISHI ELECTRIC do Brasil Comércio e Serviços Ltda. Tel.: (11) 3146-2200 Site: www.mitsubishielectric.com/fa/br-pt/

TUBOS E CONEXÕES

A linha CPVC industrial da Tigre é fabricada conforme dimensões schedule 80 e do CPVC, um material termoplástico. Ela atende às necessidades das indústrias nas instalações de adução de fluidos em geral, principalmente em ambientes de produtos agressivos. Além de oferecer facilidade na instalação, possibilita ter maior durabilidade e possui elevada resistência química e mecânica. Além disso, possui alta resistência à corrosão e abrasão. É imune a danos de natureza corrosiva, como corrosão eletroquímica ou galvânica, o que garante melhor fluidez, menor custo de manutenção e prolongamento da vida útil do sistema. Possui também resistência a uma vasta gama de produtos químicos. O produto não é afetado negativamente pela condição atmosférica e é indicado também em instalações ao ar livre. Ele oferece menor perda de carga e baixa condutividade térmica devido à matéria-prima utilizada. TIGRE S.A. Tel.: 0800 7074700. Site: www.tigre.com.br

SOLUÇÕES PARA GERENCIAMENTO VISUAL

A Viso fabrica quadros escolares, quadros para gerenciamento e controles visuais, expositores, projetos especiais e acessórios. Os quadrossão desenvolvidos com o intuito de permitir o gerenciamento visual adequado a todas as áreas de modo que técnicas de gestão possam ser aplicadas com facilidade, como produção, vendas, manutenção, projetos, qualidade, RH, logística, Cipa, controles da ISO, 5S, kanban, fifo, TPM etc. Podem ser produzidos em madeira, alumínio, MDF com revestimento melamínico, aço, aço inox escovado, acrílico, fórmica, vinil adesivo, PVC cristal, PS etc. Sistema exclusivo e direcionado para empresas concessionárias automotivas, com o objetivo de agilizar respostas internas e solicitações de clientes, orientar integrantes da equipe em relação às concorrências ou pendências diárias e semanais etc. VISO Quadros Técnicos e Escolares Ltda. Tel.: (41) 3274-7574 Site: www.viso.com.br

FERRAMENTAS E ACESSÓRIOS

A Burndy fabrica conectores, ferramentas e acessórios para o mercado elétrico e fornece soluções para a indústria em geral, OEM, telecomunicação, subestação, condomínio, residência, óleo e gás, transporte, energias renováveis, concessionárias de distribuição, geração e transmissão de energia elétrica etc. Inúmeros são os itens por ela produzidos, como conectores mecânicos para aterramento, transmissão, distribuição, subestação; terminais e luvas à compressão; terminais pré-isolados; haste de aterramento; abraçadeiras; composto antióxido; matrizes etc. BURNDY do Brasil Indústria, Comércio, Importação e Exportação Con. Ltda. Tel.: (11) 5515-7200 Site: www.burndy.com/pt

Indústria & Tecnologia ? 9


?

ACONTECE NA INDÚSTRIA

MOEMA FERRARI é A NOvA DIRETORA SêNIOR DE NOvOS NEgóCIOS DA KROll A Kroll, companhia mundial em gestão de riscos e investigações corporativas, anuncia Moema Ferrari como diretora sênior de novos negócios para o mercado brasileiro

C

om larga experiência em segurança da informação, inteligência cibernética e investigações, Moema já ocupou posições de destaque gerencial em companhias nacionais e globais do setor. Antes de chegar à Kroll, foi diretora nacional de vendas da multinacional Cipher, que opera em países da Europa, América do Norte e América Latina. Outras passagens

de destaque foram pela Techbiz Forense Digital e Apura CyberIntelligence, em ambas como gerente regional de desenvolvimento de negócios. A executiva, que ficará baseada no escritório nacional da consultoria, em São Paulo, junta-se ao board local da empresa, assumindo a responsabilidade por identificar e desenvolver oportunidades, além de expandir a atuação junto a atuais e potenciais

clientes no país. “Os desafios postos à governança corporativa ao lado do reconhecimento internacional da Kroll me levam a iniciar este ciclo profissional com grande expectativa”, afirma Moema.

REDuçãO DE CO2, COM AçOS DE AlTA RESISTêNCIA DA SSAB A siderúrgica sueca SSAB, presente no Brasil, apresenta ao mercado uma iniciativa global de sustentabilidade. Com o uso de aços de alta resistência, de sua produção, ajuda seus clientes a colherem recompensas ambientais com o uso de aços de alta resistência

A

SSAB EcoUpgraded está destacando os benefícios de mudar para o aço de alta resistência, que incluem menor peso, maior economia de combustível e extensão da vida útil do produto e ainda, um produto SSAB EcoUpgraded (durante a sua fase de uso) gerará redução de CO2 (dióxido de carbono) que excede o CO2 emitido durante a produção da peça modernizada. A iniciativa global de sustentabilidade da SSAB está ajudando os clientes a colherem recompensas ambientais pelo uso de aço de alta resistência. “Ao mudar para o aço da SSAB, durante o uso do produto, os fabricantes poderão compensar rapidamente as emissões de CO2 do processo de produção

do aço. E quando o ponto de equilíbrio for atingido, a aplicação continuará fornecendo reduções de CO2 maiores que a emissão de CO2”, afirma Thomas Hörnfeldt, vice-presidente de sustentabilidade e relações públicas da SSAB. Fabricar um produto utilizando o aço de alta resistência da SSAB garante características importantes como peso reduzido, maior economia de combustível e/ou vida útil estendida, que são fatores essenciais para reduzir a pegada de carbono do produto. A iniciativa SSAB EcoUpgraded fornecerá pontos de prova relacionados à redução das emissões de CO2 que permitirão que as OEMs e seus clientes se beneficiem de um desempenho ambiental supe-

rior. “Queremos ajudar os clientes a estar um passo à frente de novas normas e demandas ambientais e converter isso em uma nova oportunidade comercial. Ao aprimorar seus produtos por aços mais avançados que fornecem benefícios tangíveis, eles também podem promover seus esforços de marketing e rentabilidade em longo prazo”, conclui Thomas Hörnfeldt. A SSAB possui um sistema de produção econômico e flexível. As plantas de produção da SSAB ficam na Suécia, Finlândia e nos EUA tem uma capacidade anual de produção de aço de 8,8 milhões de toneladas. A empresa possui capacidade de processare e finalizar vários produtos em aço na China, Brasil e em outros países.

JACTOClEAN, AgORA NO MéxICO Empresa inaugura unidade de distribuição e apoio técnico para melhor atendimento do mercado mexicano. A iniciativa marca uma nova fase de negócios no País, com melhor estrutura e objetivos claros de consolidação

A

JactoClean, empresa do Grupo Jacto, fabricante de equipamentos para serviços de limpeza, inaugurou sua filial na cidade de Guadalajara, no México. A unidade de 800m² atenderá ao mercado crescente e importante para os negócios da indústria, que reforça sua presença no país. A expectativa é de aumentar as exportações, com crescimento das vendas em torno de 30% nos próximos três anos. Com a filial, a JactoClean pretende ampliar as vendas de equipamentos com tecnologia de ponta, como Lavadoras de Alta Pressão e Aspiradores de Pó, fabricados pela empresa no Brasil. A marca vai reforçar sua parceria com os revendedores, de forma a aproximar-se dos consumidores para entender melhor suas reais necessidades e oferecer os produtos e serviços mais adequados às características locais.

A inauguração da filial é, para a JactoClean, o início de uma nova fase de negócios no México. Nos últimos anos, a empresa fez a introdução dos produtos e serviços pós-venda no mercado mexicano. Agora, a presença da indústria e o apoio técnico serão ampliados, atendendo de forma mais direta a clientes que confiam e reconhecem a qualidade de seus equipamentos.

“Nossas perspectivas são as melhores, dada a grande receptividade dos nossos equipamentos entre os consumidores daquele país”, afirma Antonio Luis Francisco (PJ), diretor geral da JactoClean. “Caminhamos para a consolidação da marca no México, por meio de um contato mais direto com o usuário final. O nosso objetivo não é apenas vender produtos, mas desenvolver um relacionamento sólido com o cliente mexicano”, completa. A unidade abriga o estoque de equipamentos e peças de reposição para pronta entrega aos revendedores e conta com promotores técnicos e vendedores. “A princípio atuaremos na região central do México, pois a nossa principal meta é estruturarmos uma rede de assistência técnica sólida, antes de iniciarmos as vendas, com serviços diferenciados”, explica o executivo da JactoClean.

NOTAS TÉCNICAS AUTOMATIZAÇÃO DE PROCESSOS LOGÍSTICOS

A Store possui um portfólio completo de produtos e serviços direcionados para automatização dos processos logísticos de diversos segmentos. A solução WMAS é um sistema com operações automatizadas que utiliza códigos de barras, coletores de dados que operam por meio de radiofrequência e troca eletrônica de informações com o propósito de otimizar o gerenciamento das atividades de almoxarifados, depósitos e centros de distribuição. Já a Redex é um conjunto de operações informatizadas que cuida do despacho aduaneiro que tem o objetivo de efetuar o gerenciamento das atividades relacionadas com exportação e armazenagem. A WMS pré-configurado, por sua vez, executa o controle e gestão de armazéns do recebimento até a entrega dos produtos com operações automatizadas para o gerenciamento das atividades de almoxarifados, depósitos e centros de distribuição. STORE Automação. Tel.: (11) 3087-4400. Site: www.storeautomacao.com.br

10 ? Indústria & Tecnologia


ANÁLISE SETORIAL

Novas ameaças para a indústria Este artigo é de autoria de João Marchesan(*), presidente do Conselho de Administração da Associação Brasileira da Indústria de Máquinas (Abimaq). E faz importantes questionamentos

A

recessão brasileira, que persiste ao longo dos últimos três anos, tem como principal componente a forte redução de mais de cinco pontos percentuais nos investimentos. Não é outro o motivo de o governo ter dedicado recursos e muito esforço na tentativa de induzir a retomada dos investimentos, com especial ênfase na infraestrutura. A recente redução mais significativa dos juros feita pelo Banco Central é outro importante fator a sinalizar na mesma direção. Apesar deste esforço, os juros de mercado continuam com “spreads” de até três dígitos, o câmbio está em um nível que, além de tirar completamente nossa competitividade na exportação, volta a subsidiar as importações, o crédito continua muito difícil e os juros cobrados são incompatíveis com a atividade produtiva. O faturamento das indústrias fabricantes de bens de capital, em 2016, está reduzido praticamente à metade do obtido em 2013, com óbvias consequências para a saúde financeira das empresas. O “Programa de Regularização Tributária - PRT” recentemente aprovado não atende minimante às necessidades das pequenas e médias empresas, o que impede a normalização das dívidas tributárias, deixando a maioria das indústrias à margem da legalidade fiscal e sem possibilidade de acesso a financiamentos competitivos, necessários quando da retomada do crescimento. É, portanto, com surpresa que acompanhamos, ao longo das últimas semanas, notícias veiculadas pelos principais órgãos da mídia brasileira, dando conta de estudos da equipe econômica para mudar o cálculo da TJLP - Taxa de Juros de Longo Prazo, utilizada pelo BNDES como taxa básica para financiar os investimentos. Esta discussão é extremamente inoportuna no momento em que os investimentos se apresentam, junto com as exportações, como uma das duas únicas locomotivas capazes de puxar a retomada do crescimento. A intenção, louvável em princípio, de reduzir a diferença entre SELIC e TJLP deve ocorrer, de forma virtuosa, com a aceleração da redução da taxa básica, já iniciada, que está levando o mercado a projetá-la para um dígito ainda neste ano. Com a inflação na meta, neste e no próximo ano, a SELIC poderia ser reduzida para o atual nível da TJLP já no início de 2018, eliminando completamente a necessidade de o Tesouro subsidiar futuras operações do BNDES. A forte redução da demanda de recursos do BNDES prova que já é difícil investir com o

Apesar dos esforços, os juros de mercado continuam com “spreads” de até três dígitos, o câmbio está em um nível que, além de tirar completamente nossa competitividade na exportação, volta a subsidiar as importações, o crédito continua muito difícil e os juros cobrados são incompatíveis com a atividade produtiva. O faturamento das indústrias fabricantes de bens de capital, em 2016, está reduzido praticamente à metade do obtido em 2013, com óbvias consequências para a saúde financeira das empresas. atual custo dos financiamentos que, quando somamos à TJLP o custo do BNDES e do agente financeiro, chega hoje para o comprador de máquinas e equipamentos a uma taxa média da ordem de 14% a.a., ou seja, bem mais do que o retorno dos investimentos e da rentabilidade das empresas em condições normais. Aumentar a TJLP equiparando-a a título da dívida pública significaria aumentar este custo para mais de 18% ou 20% a.a. Estamos falando de investimentos com retorno de longo prazo! É evidente que este aumento de custo vai deprimir ainda mais o volume de investimentos neste momento em que estes, junto com as exportações, são as duas únicas locomotivas capazes de puxar a retomada da economia. Um efeito colateral, não considerado, mas igualmente danoso, é que com este aumento

de custo os financiamentos de equipamentos importados ficarão mais baratos que os financiamentos de bens nacionais. O efeito será a progressiva substituição da produção local, causando mais desemprego. Para piorar o quadro, a política de Conteúdo Local Mínimo passa a ser não somente questionada, mas parte da equipe econômica sugere, simplesmente, sua extinção a ela atribuindo culpas e responsabilidades que, na realidade, são de outrem. Como fica a contrapartida de geração de empregos e renda no Brasil em setores onde haja subsídio do governo com recursos dos brasileiros? Como fica a geração de empregos nas cadeias produtivas de bens destinados a investimentos com benefícios fiscais subsidiados (Regimes Especiais)? Vamos financiar bens importados com recursos dos brasileiros via FGTS, FAT, BNDES, Banco do Brasil, Caixa Econômica Federal, Fundo de Marinha Mercante etc.? Não vamos exigir contrapartidas de geração de empregos em concessões públicas e exploração de recursos da União, principalmente quando há risco ambiental? Como serão tratadas as assimetrias entre se produzir no Brasil ou no exterior? Como ficarão os “spreads” bancários? Como ficará a falta de crédito? Vamos continuar deixando o câmbio subsidiar as importações? Exportar bens de valor agregado é prioritário? Deixaremos os financiamentos atrelados à TJLP custarem mais do que o retorno das empresas? O acúmulo de notícias negativas e a falta de respostas nos deixam em dúvida se o governo tem a clara dimensão do risco para a própria sobrevivência, não só da indústria fabricante de bens de capital, mas também de boa parte da indústria brasileira ou até se a sobrevivência da indústria de transformação não está entre suas prioridades.Estas perguntas não são retóricas e têm que ser respondidas claramente e não com simples declarações tranquilizadoras. Têm que ser respondidas com ações que confirmem se efetivamente o governo entende que a indústria brasileira de transformação é indispensável à construção de um país desenvolvido, com empregos de qualidade e distribuição de renda. Se esta for a resposta, vai certamente contar com nosso esforço nesta reconstrução. (*) João Marchesan é administrador de empresas e presidente do Conselho de Administração da ABIMAQ – Associação Brasileira da Indústria de Máquinas e Equipamentos

Indústria & Tecnologia

11


?

INDÚSTRIA ESPECIAL & TECNOLOGIA

Skylane, transceptores ópticos, multissetoriais Rudinei Carapinheiro, diretor de Novos Negócios da companhia de origem belga, explica que os principais produtos que desenvolve e comercializa adequam-se à implantação de soluções para redes ópticas em aeroportos, ferrovias, rodovias, portos e tantas outras aplicações

R

udinei é o representante da Skylane, não no sentido funcional-profissional do termo, mas por simbolizar a essência da empresa no Brasil. Ele trabalhava com a Skylane na Bélgica, e veio para o Brasil, sozinho, como desenvolvedor de negócios. “Eu me senti assim como os bandeirantes, chegando aqui, desbravando, tudo na base do facão e do machado”, brinca. Anteriormente, o dono da empresa havia decidido vir para o Brasil, em razão da comemoração do fato de o país ser escolhido como sede da Copa de 2014 e dos Jogos Olímpicos de 2016. E antecipou-se à demanda que viria da necessidade de rede de internet e de maior capacidade de transmissão de dados, entre outros fatores que justificariam a instalação da Sklylane no Brasil. O diretor conta que

a situação era esta: a telefonia não funcionava direito, a internet era cara, o máximo de capacidade era de 5 mega, “e as pessoas ainda nem falavam em fibra óptica”, lembra. Em outra ocasião, os dois executivos, Rudinei e o proprietário da companhia belga, visitaram uma feira do setor de telecomunicações e conversaram com uma associação de provedores de internet, que também não acreditavam em internet nas residências com mais de 10 mega. “Imagina, hoje, a gente já tem provedores que entregam 200 mega, a televisão que usa a internet; a internet cresce constantemente, dobrando, triplicando; tem a internet das coisas, tudo isso usa transmissão de dados”. Assim, a Skylane Optics, sediada na Bélgica, instalou-se no Brasil em 2014, sendo a única empresa de módulos ópticos com produção 12 ? Indústria & Tecnologia

local na América Latina. A unidade, localizada em Campinas, fabrica itens que possibilitam a utilização de seus módulos ópticos compatíveis com qualquer equipamento de transmissão de dados, via redes ópticas e realiza pesquisas para o desenvolvimento de melhorias e novos produtos. Bons resultados Instalaram a fábrica e seu desempenho cresceu constantemente. “Em 2016, nosso crescimento foi de 32% e para 2017 a previsão é de mais de 50% no faturamento. “Querendo ou não, o mercado demanda”, analisa e continua, “ainda mais com esse grande número de desempregados. Vai todo mundo pra internet, OLX, Mercado Livre para vender bolo, macaron, ou para anunciar trabalhos que possam fazer em casa”. As informações do mundo todo estão dentro de casa e as telecomunicações estão evoluindo sempre: cabo marítimo instalado em Fortaleza, datacenter pelo Brasil afora são só algumas evidências. Na opinião de Rudinei Carapinheiro, é por isso que a Skylane considera o Brasil não somente como um mercado. A empresa vê no país um grande potencial tecnológico. Existem centros de pesquisa muito bem montados, laboratórios de primeiro mundo. Ele conta que muitos brasileiros não acreditam, mas pede que vejam as universidades federais, a de Alagoas, por exemplo, que tem um laboratório de pesquisa de química e física com equipamentos, melhores do que os da Europa. E os pesquisadores da comunidade europeia fazem um acordo para estudar aqui e depois voltarem para seus países de origem e produzirem artigos científicos. Atualmente, a Skylane tem um projeto, em parceria com a Braskem e com a área de física Universidade Federal de Alagoas, para a produção de fibra óptica plástica, com polímero de cana de açúcar. “Nós temos o know-how, temos a capacidade humana para realizar, o que nos falta é uma fusão

Imagina, hoje, a gente já tem provedores que entregam 200 mega, a televisão que usa a internet; a internet cresce constantemente, dobrando, triplicando; tem a internet das coisas, tudo isso usa transmissão de dados do setor de pesquisa, com o industrial e com o governo”, acredita. Para ficar Fazendo as parcerias com universidades, a Skylane propõe uma discussão aberta com os produtos que pode desenvolver, para a vanguarda de tecnologia. A Skylane veio para o Brasil para ficar. “Não vamos fazer como muitas empresas fizeram que no momento da crise, eles fecharam as portas e foram embora. Isso é oportunismo. Estamos investindo no Brasil e vamos continuar investindo, aumentar nosso parque de fabricação, entre outras coisas”, anuncia o executivo. A indústria funciona em uma área de 500 m2 e pretende expandir para 800m2. Embora pareça pequeno o espaço para uma fábrica, Rudinei destaca que as peças que produz são muito pequenas, tamanho de um dedo, graceja. Além disso, a maior parte das peças são produzidas por parceiras terceirizadas. “Montamos, programamos as peças, customizamos de acordo com as necessidades do cliente e temos o controle de qualidade”. Justificando a terceirização, explica que o mercado oscila muito e com a carga tributária e trabalhista, é bastante arriscado. E, desta maneira, conseguem manter preços competitivos. Não só no Brasil, como na América Latina toda. Rudinei salienta que teve de readequar os cálculos várias vezes e, principalmente, de estar pronto para os bons e maus momentos. Se tivessem ‘inchado’ a companhia no tempo bom, agora estariam sofrendo, crê. Como prova das boas intenções e da crença no Brasil, a Skylane está comprando o terreno para a sua próxima expansão. “Viemos para ficar mesmo”, garante.


INDÚSTRIA & TECNOLOGIA

TRAMONTINA ELETRIK

Condulete americano IP66, da Tramontina A Tramontina está ampliando sua linha de produtos para instalações elétricas

M

arca reconhecida no segmento de conduletes, a Tramontina amplia sua linha com o condulete americano IP66. Com formato mais arredondado do que os produtos normalmente comercializados no mercado brasileiro, este modelo é certificado pela agência americana UL e atende a uma necessidade do setor por um produto que, além de poder ser instalado em ambientes externos, sob sol e chuva, também pode ser utilizado em ambientes com grande incidência de poeira e em locais suscetíveis a jatos potentes de água. Conduletes metálicos são equipamentos imprescindíveis em instalações elétricas aparentes tanto em ambientes APLICAÇÃO internos quanto exNA INDÚSTRIA ternos, quando não se tem a intenção s !MBIENTESONDEA resistência mecânica é de quebrar a parefundamental de para embutir a fiação. Marca reco- s )NSTALA ÜESELÏTRICASDE maneira geral nhecida neste seg- s %QUIPAMENTOSINTERNOSE mento, a Tramontiexternos na amplia sua linha com o condulete americano com índice de proteção IP66. Extremamente difundidos na América do Norte e nos principais mercados da América Latina, mas pouco comercializados no Brasil, estes conduletes têm um formato mais arredondado. Também fazem parte do portfólio da Tramontina os conduletes fixos, duplos, triplos e múltiplos. A empresa

14

Indústria & Tecnologia

NOTAS TÉCNICAS

ÓLEOS SOLÚVEIS

A Blaser disponibiliza diversos tipos de óleos solúveis que oferecem alto desempenho capazes de promover o prolongamento da vida útil de ferramentas. Dentre eles, o Blasocut que é um fluido miscível formado por microemulsões de base mineral indicado para operações severas, como furação profunda, retificação do tipo creep-feed, usinagem em alta velocidade etc.; o Vasco que é um fluido constituído por microemulsão de base vegetal indicado para as mais severas operações de usinagem e retificação em materiais ferrosos e não-ferrosos; o Grindex que é um fluido sintético de corte para retificação, miscível em água e isento de óleo mineral. O B-Cool, por sua vez, é um fluido de corte semissintético também miscível em água, indicado para corte, especialmente em ligas de difícil usinabilidade. BLASER SWISSLUBE do Brasil Ltda. Tel.: (11) 5049-2611. Site: www.blaser.com

produz ainda caixas de piso, utilizadas para ligação de tomadas em pisos de escritórios, bancos, salas comerciais e outros ambientes cobertos; e caixas de passagem, com tampa reversível, lisa de um lado e antiderrapante de outro.

CARACTERÍSTICAS PRINCIPAIS s2OBUSTEZ s2ESISTÐNCIADEAMAISCARGADOQUEOS contemplados na norma ABNT NBR 15701 – Conduletes Metálicos Roscados e Não Roscados para Sistemas de Eletrodutos s,EVE PORSERCONFECCIONADOEMALUMÓNIO s&ÉCEISDEINSTALAR

www.tramontina.com.br

PÁ-CARREGADEIRA

Projetada para operar em pesadas condições de trabalho, a pá-carregadeira Case W20E Turbo é robusta, oferece grande capacidade de carga e facilidade operacional. Ela é projetada com design que proporciona cabine espaçosa, ampla visibilidade e conforto ao operador com ar-condicionado, calefação, comandos simples e suaves. É um veículo que possui certificação ROPS/FOPS e que permite também facilidade na manutenção. Além disso, empresa oferece a melhor assistência técnica do mercado. A pá-carregadeira tem 152 hp/113 kW de potência bruta e peso operacional de 10.089 kg. BRASIF Máquinas. Tel.: 0800 709 8000 Site: www.brasifmaquinas.com.br


INDÚSTRIA & TECNOLOGIA

AGORATEC LTDA.

Agoratec, sistema para a programação CNC Novidades para a indústria metalúrgica

A

Agoratec é fornecedora de soluções técnicas para a indústria metalúrgica. Especializada em mesas e plataformas de soldagem e sistemas de fixação, a companhia possui soluções para a produção das peças em alta precisão e em alto volume. Suas soluções visam mais economia e rendabilidade, reduzem os custos de produção em até 80% e, assim, proporcionando uma vantagem competitiva e valiosa contribuição para a realização de Indústria 4.0. Agoratec está lançando um produto que é o próximo nível de programação CNC. Com o software agora é possível gerar o código-G com um único clique. Tendo como fundamento o CAMWorks, o software CAM da Geometric possibilita o mais alto nível de reconhecimento de recursos. Juntamente com funções inteligentes e estratégias, é possível reduzir o tempo de programação até 95%.

O CAMWorks é um módulo totalmente integrado com o software CAD 3D SolidWorks. Todos os módulos de usinagem, como fresamento de 2,5 eixos, fresamento de 3 eixos, fresamenAPLICAÇÃO NA to de múltiplos eixos, INDÚSTRIA torneamento, millturn, nesting, Eletros )NDÞSTRIAMETALÞRGICA erosão a fio (EDM) s 5SINAGEM s 3OLDAGEM estão disponíveis no produto. E a empresa Agoratec oferece o mais alto nível de automação CAD/CAM, incluindo treinamento e todo o serviço de programação para usuários finais e revendedores.

CARACTERÍSTICAS PRINCIPAIS s2EDU ÎODETEMPONAPROGRAMA ÎO#.# s!UMENTONAPRODUTIVIDADE s%CONOMIAERENTABILIDADE

www.agoratec.net

Indústria & Tecnologia

15


?

ÍNDICE

Indústria Tecnologia s Anunciantes s Notas técnicas

ÍNDICE DE EMPRESAS Empresa

Pág.

A

Empresa

Pág.

COGNEX ............................................. 13

AIRWAY ................................................. 3

BLASER SWISSLUBE ....................... 14

Empresa

Pág.

MULTIVAC ............................................. 6

PFERD .................................................. 3 PREVISÃO ............................................ 5

H

NILKO .............................................. 3/15

HP-Hewlett-Packard............................. 8

O

BTS/ABIMAQ ........................................ 7

K

BURNDY ............................................... 9

KEYENCE ............................................. 5

C

M

CASA DOS RODÍZIOS ......................... 9

MITSUBISHI ELECTRIC ..........9/4a capa

THAMES SIDE ...................................... 4

R

Dosadoras ................................................ 5

MACHADO ...................................... 16

OMEGA ....................................8/3a capa

Automatização de processos

E

logísticos .......................................... 10

B Balanças de fluxo .................................... 5 Balanceamentos ...................................... 3 ..... dinâmicos ........................................... 3 Bombas de vácuo .................................... 9

P

ROTOPLAST ......................................... 9

PAEM..................................................... 9

V

PEDRO NEUENHAUS .......................... 3

S

PERFOR................................................ 5

SCHNEIDER ELECTRIC .................... 14

Ciclones ................................................... 3 Climatizadores evaporativos .................. 9 Compressor-parafuso ............................. 5 Controles ambientais .............................. 3

..... de mangas e cartuchos ...................... 3

Equipamentos

Funilaria industrial ................................ 3

..... automotivos ............................. 4a capa

Furadeira de bancada ............................ 5

Proteção de energia elétrica ................. 14

Etiquetadora ........................................... 5

I

Exaustores ............................................... 3

Impressora de grande formato .............. 8

..... axiais e centrífugos ............................ 3

F Feiras

..... Internacional de Embalagem Pack Fair ................................. 2a capa

Industrial .......................................... 7

Dispositivo para big bag ......................... 8

..... Máquinas ........................................... 7

..... em energia elétrica .......................... 14

Registrador de dados portátil ................ 8

..... em sistemas de pesagem.................... 4

Robôs ...................................................... 8

..... para cervejaria ................................ 15

..... industriais .......................................... 9

..... para gerenciamento visual................ 9

Rotores p/ventiladores ............................ 3

..... para medição e controle de

S

M

Tanques de armazenagens.................... 15

..... Balanceamentos dinâmicos

Termoformadora..................................... 6

Metalizadora ........................................... 6

..... Funilarias........................................... 3

Movimentação de materiais ................... 9

..... Reformas de ventiladores ................. 3 e exaustão .......................................... 3

O Óleos solúveis ........................................ 14

V Ventiladores............................................. 3

Sistemas

..... axiais .................................................. 3

..... de ar condicionado .................. 4a capa

..... centrífugos ......................................... 3

VISITE NOSSO SITE: www.ps.com.br

Rua Edward Joseph, 122 – 11º andar – Edifício Passarelli Vila Suzana – CEP 05709-020 – São Paulo – SP

REPRESENTANTES INTERNACIONAIS

Tel.: (11) 3722-0956 – Fax: (11) 3722-0956

EUROPA

REPRESENTANTES NACIONAIS

18 ? Indústria & Tecnologia

Tubos e conexões ..................................... 9

..... Sistemas completos de ventilação

AMÉRICA DO SUL

Diretor Comercial: Cristina Banas cristina.banas@banas.com.br Apoio e Comunicação: apoio@banas.com.br EXECUTIVOS DE NEGÓCIOS – GRANDE SÃO PAULO: JOÃO PEDRO DE FREITAS AVERSI Tel.: (11) 3722-0956/98150-0998 NILTON ALVES FEITOSA Tels.: (11) 3722-0956/99554-0155 Vivo 98846-1250 Claro/98790-2566 Tim nilton.feitosa@nvcon.com.br RAJAH CHAHINE Tels.: (11) 3722-0956/98137-5385 ROSÃ GESTÃO DE NEGÓCIOS S/C LTDA. Contato: Wilson Ferreira de Araújo Tel.: (11) 9570-2768 wilsonfa@uol.com.br

T

Serviços de ventiladores .................................. 3

DEPARTAMENTO COMERCIAL Indústria Tecnologia

..... em armazenagem ............................ 15

Sensor de posicionamento ...................... 5

Limas rotativas ....................................... 3

ferramenta e Automação

Detector de metais .................................. 5

Soluções

temperatura ............................ 3a capa

Leitores de código de barras ................ 13

Integrados de Manufatura ............. 16

Softwares de gerenciamento................... 5

Raios X .................................................... 5

L

..... de Máquinas-ferramenta e Sistemas

..... de transporte ........................... 4a capa ..... de ventilação ...................................... 3

..... de automação industrial ......... 4a capa

R

..... para empacotamentos e inspeção ................................ 4a capa

..... de exaustão ........................................ 3

Pesagem precisa com checkweigher ...... 5

..... de cartuchos....................................... 3

Ensacadeiras ........................................... 5

..... Internacional de Máquinas-

D

P Pá-carregadeira .................................... 14

Filtros ..... de mangas .......................................... 3

VISO ...................................................... 9

s Anunciantes s Notas técnicas

Ferramentas e acessórios ....................... 9

Elevadores e escadas rolantes ...... 4a capa

C Cabines de pintura ................................. 3

TIGRE.................................................... 9

ROSFER......................................2a capa

Filtros ...................................................... 3

Atenuadores de ruído ............................. 3

THEODOSIO RANDON ...................... 15

REED EXHIBITION ALCANTARA

ÍNDICE DE PRODUTOS

Armários de aço para vestiários ....... 3/15

Pág.

T

NACHI ................................................... 8

BRASIF ............................................... 14

A

Empresa

STORE ................................................ 10

POLICOM .............................................. 5

N

FS-CURTIS ........................................... 5

AVACO .................................................. 6

B

Pág.

PERFOR/MITSUBISHI ................4a capa

F

ALCANTARA MACHADO REED EXHIBITION ......................... 16

Empresa

MOVEQUIP ........................................... 8

REPRESENTANTE – BRASÍLIA CIN – CENTRO DE IDÉIAS E NEGÓCIOS End.: SRTV/Sul, quadra 701, bloco O, nº. 110, Edifício Multiempresarial, sl. 429, CEP 70340-000 Asa Sul - Brasília - DF Contato: Paulo Tamanaha - Tels.: (61) 3034-3704/3038 REPRESENTANTE – PARANÁ/SANTA CATARINA DOUGLAS GARCIA DA SILVA DGS REPRESENTAÇÃO COMERCIAL Tel.: (41) 3082 - 4070 Cel.: (41) 8898 - 8686 dgsrepresentacoes@gmail.com (novo) REPRESENTANTE – RIO DE JANEIRO FRANCISCO NEVES R. Des. João Claudino Oliveira e Cruz, 50 cj.607 CEP 22793-071 – Rio de Janeiro – RJ Contato: Francisco Neves – banasrj@uol.com.br Tels.: (21) 2269-7760/Cel.: (21) 99943-5530

Grupo Editor/ Publishing Group

ARGENTINA: 15 de Noviembre 2547 – C1261 AAO Capital Federal – Republica Argentina

Tel.: (54-11) 4943-8500 - Fax y Mensajes: (54-11) 4943-8540 - www.edigarnet.com

AMÉRICA DO NORTE Huson International Media 1999 South Bascom Avenue Suite 450 Campbell, CA 95008 Tel (408) 879-6666 Fax (408) 879-6669

New York, NY: Huson International Media 350 Fifth Avenue Suite 4610 New York, NY 10118 Tel: (212) 268-3344 Fax: (212) 268-3355

ENGLAND: London Huson European Media Cambridge House Gogmore Lane, Chertsey Surrey, KT16 9AP England Tel: +44 (0) 1932 564999 Fax: +44 (0) 1932 564998

GERMANY: Munich Huson European Media Agilolfingerstr. 2a D-85609 Aschheim bei München Germany Tel: +49 (0) 89 95002778 Fax: +49 (0) 89 95002779 Campbell, CA


Revista Indústria & Tecnologia/ P&S 504 - Março  

Revista Indústria & Tecnologia P&S. Novidades e lançamentos do setor industrial. Leia nessa edição as novidades no setor de Telecomunicações...

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you