__MAIN_TEXT__

Page 1

lifestyle | business

flakes power

O gamer joinvilense que fez do hobby sua profissão - e muito sucesso.

+ NEGÓCIOS

Ágora Tech Park inaugura uma nova fase no empreendedorismo de Santa Catarina

revistapremier.com.br TURISMO | uma volta pela Croácia com dicas de profissional.

1


EXPERIMENTE O CONFORTO ABSOLUTO EM NOSSA LOJA.

NATUZZI EDITIONS JOINVILLE Rua Blumenau, 850 | Tel.: 47 3432 0114

2

revista PREMIER


O NOME DO CONFORTO DESDE 1959

natuzzieditions.com.br

revistapremier.com.br

3


Editorial Expediente Diretor executivo

lifestyle | business

Douglas Hoffmann douglas@revistapremier.com.br

# 133 - 2019 | R$ 18,00

Jornalista Responsável Fabiane Lima Ribeiro (Mtb: 0005003/SC) jornalismo@revistapremier.com.br Fotografia e tratamento de imagens

FLAKES POWER

Revista Premier

O gamer joinvilense que fez do hobby sua profissão - e muito sucesso. w w w.revistapremier.com.br

+ NEGÓCIOS

Ágora Tech Park inaugura uma nova fase no empreendedorismo de Santa Catarina

revistapremier.com.br TURISMO | uma volta pela Croácia com dicas de profissional.

Design gráfico Revista Premier 1

Publicidade

+Inovação

comercial@revistapremier.com.br

A nova economia já é realidade, e em Joinville está cada vez mais forte. Inovação é a palavra do momento, e ganha a cada dia mais adeptos, novos conceitos, novas empresas, novas pessoas. Acompanhando a onda, Joinville recebeu recentemente a chegada do Ágora Tech Park, um complexo de tecnologia inaugurado junto a Perini Business Park - o maior parque industrial do Brasil - que dita as regras da nova matriz econômica mundial, perto da indústria e da academia, e conectado com a administração pública. Ali também nasce uma start up de compartilhamento de meios de transportes sustentáveis, como patinetes e scooters elétricas. Fomos conhecer o projeto e saímos encantados e orgulhosos de mais uma vez a cidade ser escolhida para empreender. Na matéria de capa, conversamos com “Flakes Power”, o joinvilense que está ganhando o mundo como gamer e youtuber, patrocinado por uma gigante mundial, e que já ultrapassou a casa dos milhões de fãs e seguidores. Comemoramos junto com nosso colunista Carlos Büst os 18 anos do programa Gente e Atitudes, referência em colunismo social no estado de Santa Catarina. VIDA LONGA aos empreendedores que servem de inspiração para nossas páginas!!

Boa leitura e um excelente mês! Equipe Revista Premier Anúncios e assinaturas: (47) 3227.4905 | 98801.8450 comercial@revistapremier.com.br

Revisão Revista Premier Colunistas Alessandra Lobo, Byanca Bell, Carlos Büst, Julio Franco, Marinaldo de Silva e Silva, Marcelo Kobe, Dra Milena Zanella, Dr Vitor Azulay, Susane Raiter Impressão TUICIAL

As matérias assinadas por colaboradores e colunistas não correspondem ao pensamento da direção e são de inteira responsabilidade de seus produtores, bem como as fotos utilizadas nas mesmas.

PREMIER JOINVILLE ISSN 2178-8928 É uma publicação mensal da Revista Premier Editoração Gráfica Ltda. CNPJ 15.429.203/0001-75 Joinville/SC Todos os direitos reservados. Proibida a reprodução sem autorização. Todas as informações técnicas são de responsabilidade dos respectivos autores.


sumário

20 Capa

O joinvilense que faz carreira de sucesso como youtuber e gamer.

12 Turismo 34 Economia

08 Gastronomia

26 Negócios

38 Especial

36 Mr President 42 StartUp 46 Bazar Cultural 48 Mercado de Luxo 50 Design Inside 54 Hi Tech 56 Questão de Pele 58 Moda 60 Contemporânea 62 Societá 66 Social 72 Wish List 74 Coach

Viva a Parrila!!!

Ágora Tech Park inicia nova fase da “indústria” em Joinville.

Os 18 anos do programa Gente e Atitudes, um ícone joinvilense.

LEITOR: Você tem um canal direto com a Premier. Envie sua opinião, sugestões e críticas para comercial@revistapremier.com.br


gastronomia

Viva a Parrilla! Tradicional churrasco argentino ganha espaço para degustação em Joinville

por fabiane lima ribeiro | Fotos pablo teixeira | DIVULGAÇÃO

P

roporcionar aos convidados um momento de socialização com direito a apreciar todas as etapas de preparação da refeição. Essa é a tradição da Parrilla, o churrasco tipicamente argentino, que abrange todo o acompanhamento do preparo da carne. Nesse tipo de assado, as peças da carne e acompanhamentos como queijos e legumes, ficam expostas na superfície da grelha, sobre uma única fonte de fogo aberto. Esse tipo de refeição é ideal para quem gosta de receber os amigos e familiares e mantê-los perto do fogo para um bate-papo até que tudo esteja pronto.

8

revista PREMIER


Churrasco brasileiro x Parrilla argentina Qual a principal diferença entre o nosso churrasco e a parrila argentina? As duas iguarias são parecidas, mas têm características divergentes. A primeira, geralmente preparada com a carne no espeto e assada no carvão, é na maioria das casas brasileiras servida com arroz, farofa, vinagrete, mandioca cozida e pão de alho, o que, segundo os apaixonados pela parrilla, tira o foco da carne. Já o preparado dos hermanos, além de ser assado em local diferente à churrasqueira, ainda vai à mesa com poucas guarnições. Em resumo, a diferença primordial entre os dois pratos está na forma em que são assados. No Brasil, churrasqueira é quase sempre montada com um buraco no meio, onde será acomodado o carvão. Já a parrilla é esquentada com brasas de lenha dura e a carne é assada numa grelha, em espécie de bifes de diferentes espessuras. Deste modo, a gordura pinga na brasa promovendo fumaça e a carne temperada aos poucos sem a necessidade do uso do carvão.

História Diz-se que a parrilla foi desenvolvida quando um barão resolveu colocar uma cerca em torno de um “château”, mas o ferreiro errou no cálculo das medidas para as grades. Sendo assim, o proprietário do imóvel se recusou a pagar pelo excesso de ferro e, por vingança, o ferreiro teria usado o excesso como uma grelha de apoio para cozinhar carne na frente do castelo. O aroma teria enlouquecido o nobre a ponto de ele desembolsar duas moedas de ouro para ter a grelha.

revistapremier.com.br

9


gastronomia

Parrilla joinvilense Inspirado nos churrascos uruguaio e argentino, mas com a irreverência e criatividade do churrasco brasileiro, um novo modelo de negócio ganha espaço na tradicional área de eventos sociais e corporativos em Joinville. Chega à cidade o Empório Otto - Parrilla, aposta dos empresários Edinei Engels e Ana Rita que tem o intuito de oferecer aos seus clientes a socialização no espaço próximo do calor da brasa. “O churrasco é a forma mais primitiva de cozimento dos alimentos. Ao dominar o fogo nos tornamos humanos e aprendemos a socializar e nos relacionar uns com os outros. Esse ritual antigo é a nossa forma de resgatar a sensação de troca, proteção e cuidado. O churrasco é uma gastronomia única de celebração e informalidade”, afirma Engels.

O churrasco é a forma mais primitiva de cozimento dos alimentos. Ao dominar o fogo nos tornamos humanos e aprendemos a socializar e nos relacionar uns com os outros.”

10

revista PREMIER


Espaço diferenciado Ana Rita aponta a versatilidade do novo espaço como destaque para quem prestigiá-lo.” Nossa proposta é reunir em único ambiente uma boutique de carnes nobres, adega, delicatessen, fiambreria e espaço gourmet, que conta com uma Parrilla no estilo Argentino para degustações, happy hour e eventos”, explica Além do ambiente social, o Empório Otto – Parrilla tem como diferenciais os ingredientes que incluem cortes selecionados de carne premium, tendo o gado Angus como o carro-chefe da operação. No açougue também estarão disponíveis cortes das raças Wagyu 100% e futuramente peças importadas da Argentina, Uruguai, Estados Unidos e Austrália. O Espaço conta também com um espaço kids, o Otto Kids para que os pais possam apreciar o corte de carne especial acompanhado de um bom vinho sem precisar se preocupar em onde deixar os pequenos” Na área de armazém os clientes ainda encontrarão opções de presentes, boutique de carnes nobres, vinhos, queijos e cestas para presente. n

revistapremier.com.br

11


DE DUBROVNICK À BELGRADO Um passeio que mistura religião, belas paisagens e muita história. DA REDAÇÃO | Fotos DIVULGAÇÃO

U

m destino alternativo que vem ganhando muitos adeptos na Europa, faz um giro pela Croácia, Sérvia e Bosnia-Herzegovina, países que se derivaram da antiga Iugoslávia, que se extinguiu em 2003. O roteiro que visitamos, indicado pela consultora de viagens da Olimpiatur, Natália Dobrotnick, durou 7 dias e passou por templos religiosos, cidades históricas que foram destruídas e reerguidas diversas vezes entre guerras e batalhas, e cenários paradisíacos que atraem multidões todos os dias como ponto de parada de navios de cruzeiro que partem de vários locais da Europa.

12

revista PREMIER


Dubrovnick “A Croácia é o destino perfeito para quem quer ficar em contato com a Natureza, ao mesmo tempo voltar ao passado e aprender a história deste belo destino”, indica Natalia. A cidade é uma página viva da história a céu aberto, e, não à toa, a cidade mais visitada da Croácia. Com pouco mais de 40 mil habitantes, a cidade recebe milhares e milhares de visitantes todos os dias, sendo a grande maioria passageiros dos diversos navios de cruzeiro que atracam no porto na cidade. Mas se a sua preferência é ficar em terra firme, reserve alguns tempo mais para conhecer a cidade. A “velha Dubrovnick” é considerada Patrimônio da Humanidade pela UNESCO, e é dentro de seus muros que se forma o burburinho do local com dezenas de lojas, bares, restaurantes, igrejas e museus.

Uma das grandes atrações da cidade é subir nessas muralhas e caminhar sobre elas numa volta completa – pouco mais de 2,5km, vendo de cima o Mar Adriático, as ruas e casas de pedras, passando por torres e fortes. Outra visita importante é o Mosteiro e Museu Franciscano, uma das mais belas construções da cidade, datada do Século XIV. E ao lado fica uma das mais antigas farmácias da Europa ainda em funcionamento, que começou sua operação em 1300. Dubrovnik conta ainda com uma série de outros museus, com exposições com temas que vão desde a arqueologia até os tempos da guerra. Se o seu tempo permitir, vá até a Ilha Lokrum, um parque nacional a cerca de 20 minutos de Dubrovnick. Lokrum tem algumas ruínas, oliveiras, muitos pavões, um jardim botânico e praias bonitas, apesar de serem praticamente no meio das rochas.

revistapremier.com.br

13


Mostar A cidade não fica exatamente na Croácia, mas sim na vizinha Bósnia e Herzegovina, e foi um importante centro comercial e de transportes durante o Império Romano, no Século XVI. Hoje, as mesmas ruas de pedra ficam repletas de turistas de todo mundo curtindo as lojinhas, bares e restaurantes e fotografando as paisagens espetaculares. o Símbolo da cidade é um arco de pedra, que substituiu a antiga ponte pênsil, e que se tornou também Patrimonio da UNESCO. Separe alguns trocados para arrancar sorrisos dos garotos locais que pulam no gelado rio Neretva – 24 metros abaixo. Se você tiver coragem, por 25 euros o Mostar Diving Club irá treiná-lo e você pode realizar o salto. Outro lugar bastante visitado em Mostar é a Mesquita Koski Mehmed Pasa, basta cruzar a ponte e seguir pelas ruelas da cidade. Lá em cima tem um mirante com a vista da cidade medieval. 14

revista PREMIER


Medjugorje Ainda na Bósnia, o Snatuário Medjugorje é único, e os visitantes afirmam que ali Nossa Senhora está presente mesmo, tamanha a energia que movimenta o lugar. Mais de 400mil pessoas visitam o lugar a cada ano, mesmo não sendo um destino comum para a Europa. Apesar da população local ser bem dividida entre católicos e muçulmanos, a cidade gira em torno das peregrinações para as colinas onde aconteceram as aparições, a Apparition Hill. Se tiver disposto a encarar 550 metros de subida, vá à Montanha Krizevac, são cerca de 2 horas de subida árdua para encontrar as 15 estações da cruz. Ainda no roteiro de fé da cidade, visite a Medjugorje Notre Dame, com aparência moderna, paredes lisas e Vitrais, o monumento parecia desproporcional em 1969, quando foi construído, mas hoje os peregrinos lotam a rua para rezar na missa.

revistapremier.com.br

15


turismo

Sarajevo A maioria das atrações de Sarajevo se concentram na Cidade Antiga, mais precisamente no quarteirão Bascarsija, e é possível visitar tudo caminhando. Chegando a cidade procure uma das excursões gratuitas em inglês que são oferecidas pelos guias locais, com cerca de 2 horas, passam pelos principais locais e suas histórias de mais de 500 anos sob influência de várias religiões. Em Bascarsija mesmo estão os inúmeros cafés, restaurantes e lojas da cidade, em construções preservadas que dão um toque oriental ao local. De uma passada na famosa fonte de Sarajevo, a Sebilij, e imagine que a água doce de Sarajevo já fez com que a cidade tivesse centenas de fontes espalhadas pelo local – hoje restam ainda algumas dezenas. A ponte Latina é o local onde o arquiduque Franz Ferdinand foi assassinado em 1914 e que é considerado o estopim à I Guerra Mundial. Hoje a ponte liga a Cidade Antiga ao bairro Skenderija. Um túnel que era usado como caminho clandestino para escapar do cerco dos sérvios durante a Guerra é hoje um museu militar, e vale a visita para entender um pouco da história.

Outros pontos para se visitar:

- A sinagoga Ashkenazi - A igreja da Natividade de Theotokos - A fortaleza Amarela - A cascata Skakavac - Lukomir, o vilarejo Bósnio.

16

revista PREMIER


Belgrado Belgrado é a capital e maior cidade da Sérvia e fica no encontro dos gigantes Rios Danúbio e Sava. Hoje a cidade respira cultura, história, parques e possui uma vida noturna bastante agitada. A cidade está bem atualizada digitalmente, e uma dica é baixar o aplicativo Belgrade Talking – com ele basta você apontar o celular (mesmo em modo Off line) para alguma construção ou obra e o app conta toda a história do local. Comece o passeio pela famosa Rua Knez Mihailova, com seus vários bares, restaurantes e lojinhas que garantem movimento a qualquer hora do dia ou da noite. Ali também ficam o Museu Nacional, o Teatro Nacional e o monumento a Prince Mihailo. Uma caminhada às margens do Rio Danubio também te levam à cafés, pubs e até hostels que funcionam dentro de barcos. Se quiser pode-se também fazer

o trajeto de bicicleta (há para alugar em vários pontos). A “praia” dos moradores de Belgrado fica na Ilha Ada Ciganlija, e se você tiver tempo faça uma visita por lá, pois vai vivenciar muitas áreas para pratica de esportes e alguns points bem bacanas frequentados pelos locais. Visite também Kalemegdan, onde fica o Forte de Belgrado, o lugar é enorme, com mais de 20 hectares e é um verdadeiro museu a céu aberto, com vista para os 2 rios que cortam a cidade. Palco de inúmeras batalhas, o lugar foi destruído e erguido várias vezes durante seus mais de 2 mil anos. A cidade mostra toda sua história misturada aos tempos atuais com os inúmeros grafites espalhados pela cidade, em muros e até mesmo no transporte público local. A noite passeie calmamente pela Rua Skadarlija, com apenas 500 metros respira arte. O espaço foi revitalizado em 1968 e é conhecida como Montmartre Sérvio, devido ao seupotencial artístico e seu estilo romântico e boêmio.

revistapremier.com.br

17


dica da consultora A consultora da Olimpiatur Natália Dobrotnick separou mais algumas dicas fundamentais para quem escolher este fantástico destino para suas próximas férias: - Período: Setembro é o melhor mês para visitar esta região. Mas se não puder viajar nesta data, escolha algum período entre abril e setembro. Alguns locais fecham durante determinados períodos do ano. Alguns hotéis da ilha de Hvar e uma cia aérea local European Coastal Airlines tem suas atividades paralisadas a partir de outubro retornando apenas em abril. - Câmbio: A moeda local na Croácia é a kuna croata. mas cartões de crédito são amplamente aceitos e há caixas eletrônicos disponíveis por toda parte.

documentos necessários para viagem: Passaporte brasileiro com validade mínima de 6 meses; Bilhete aéreo ida e volta; Seguro Internacional de Viagem; Voucher da hospedagem.

18

revista PREMIER

- Gastronomia: a cultura croata é um tanto heterogênea, repleta de influência de povos que passaram por lá. A culinária é rica e variada. Há uma oferta de pescados e pratos típicos gregos, vênetos e italianos estão bastante presentes, enquanto que em Zagreb e nas regiões montanhosas há claras inspirações húngaras, turcas e austríacas. Portanto, não se surpreenda em achar, com bastante frequência, especialidades regionais como goulash, apfelstrudel, baklava, nhoque e pimentões recheados nos restaurantes locais. - Clima: O clima da região é divido em duas áreas: a que fica à frente das montanhas (litoral central e sul), e a que fica atrás das montanhas (região da capital, Zagreb). Na primeira, os verões – junho a agosto – são muito quentes e secos, enquanto os invernos – dezembro a fevereiro – se apresentam amenos e chuvosos. Na segunda, os verões são agradáveis, os invernos frios e com muita neve e as chuvas bem distribuídas ao longo do ano. As temperaturas médias máximas e mínimas em Zagreb ficam entre 13ºC e 27ºC no verão e -3ºC e 7ºC no inverno. O mês mais seco é fevereiro e o mais úmido, junho. Já em Split, no litoral central, entre 18ºC e 31ºC no verão e 5ºC e 12ºC no inverno. O mês mais seco é agosto e o mais úmido, dezembro. n


Confira as sugestões elaboradas pela Consultora de Viagens da Olimpiatur e encante-se com a

Valores calculados em 12 de Abril de 2019, sujeito a variação cambial e disponibilidade.

CROÁCIA Por Natália Dobrotnick

C i rc u i t o c o m g u i a

Cr u z e ir o 7 noites a bordo do MSC Sinfonia saindo da Itália em Outubro com paradas em Veneza, Split, Santorini, Mykonos e Dubrovnick. A partir de R$ 5.055,00 por pessoa em cabine dupla com vista para o mar, incluindo o Cruzeiro com seguro e experiência “Fantástica” (a mais confortável, com prioridade na escolha do turno de jantar por exemplo). Pagamento em entrada de 10% e saldo em até 10x sem juros.

Rua Nove de Março, 734 - Centro |

viagens@olimpiatur.com.br |

De Dubrovnick a Belgrado, com paradas em Mostar, Medjugorje e Sarajevo. Inclui guia, 7 noites de hospedagem em hoteis 4 ou 5 estrelas com café, traslados e passeios. Saídas de Junho a Outubro a partir de R$ 5.587,00 por pessoa em apartamento duplo e pagamento em entrada de 20% e o saldo em até 05x sem juros.

Fone/Whatsapp: 47 3461

1777

revistapremier.com.br

19


capa

Jovem joinvilense, Flakes Power é sucesso na internet com seu canal de games por fabiane lima ribeiro | Fotos Max schwoelk | pablo teixeira | DIVULGAÇÃO

universo dos gamers joinvilenses está muito bem representado nacionalmente. Isso porque João Sampaio - também conhecido como Flakes Power, de apenas 21 anos, acumula em seu canal do YouTube mais de quatro milhões de inscritos e se tornou uma das grandes referências quando se trata do gameplay do jogo Fortnite, um dos principais games do gênero Battle Royale atualmente. Tudo isso começou há quase três anos, quando João decidiu usar da sua habilidade em games para dar início a algo que se tornaria sua profissão. “Comecei o canal com dicas do jogo Clash Royale. Sempre fui viciado em videogames desde a infância e quando passei a acompanhar os canais sobre o tema decidi arriscar e criar o meu”, conta. Considerado um fenômeno da internet, tendo inclusive sido certificado pelo YouTube quando atingiu a marca de um milhão de inscritos, o jovem começou com poucos recursos e no início estava bastante em dúvida sobre o que aconteceria depois que os vídeos estivessem liberados. Mesmo assim, João apostou na ideia. “Quis começar com os equipamentos adequados, então fui juntando todo o dinheiro que ganhava para comprar o que precisava e aos 18 anos lancei oficialmente o canal”. Logo o número de visualizações começou a crescer e João passou a encarar aquilo como um trabalho de verdade. “Na época eu estava no terceiro ano da faculdade. Quando cheguei a um milhão de inscritos já estava começando a faturar com a monetização do canal, então conversei com meus pais e decidi trancar a faculdade”.

20

revista PREMIER


revistapremier.com.br

21


DE JOGO PARA OFÍCIO O primeiro passo para a “profissionalização” foi a busca por alguém que pudesse assessorar João e sua empreitada. Foi quando o pai pediu o auxilio do amigo e empresário, Leonardo Monteiro, que hoje administra pessoalmente todos os compromissos profissionais do YouTuber. “Temos trabalhado bastante para ampliar a marca Flakes Power. Há um ano lançamos um boneco próprio e agora estamos em processo de desenvolvimento de uma nova linha de produtos, temos engatilhado o lançamento de um tênis estilizado pelo próprio Flakes. A intenção é fortalecer o nome dele para além dos jogos e do Youtube”, revela Monteiro. Hoje, o gamer arrecada patrocínios de empresas internacionais e é também atleta da marca Red Bull, mas o trabalho de fortalecimento da imagem de Flakes não se resume a produtos ou patrocínios, já que Monteiro revelou que em breve João estreará como ator, em uma participação especial no filme “O impossível não existe” sobre a carreira do grupo Mamonas Assassinas, com previsão de estreia para dezembro desse ano. Mas, como era de se esperar, o foco do jovem Youtuber se mantém nos eventos de games. Recentemente, Flakes pôde vivenciar em sua própria cidade o sucesso

22

revista PREMIER

de seu canal, numa arena montada dentro do Garten Shopping com o patrocínio da OT Internet e apoio da Radio Joven Pan, Muito Mais Som, HyperX e 2 a.m, que reuniu mais de cinco mil pessoas, entre adultos e crianças, dispostos a ver e jogar ao vivo e de perto com o ídolo dos games. “Ninguém esperava a repercussão que o evento teve. Eu não estava preparado. Quando a organização do Shopping me procurou a previsão deles era de no máximo duas mil pessoas, mas veio muita gente, pessoas de fora, caravanas e foi realmente um sucesso”, afirma João. O resultado foi tão satisfatório que a equipe de Flakes decidiu transformar a “Arena Flakes” num evento itinerante, que deve passar por diversos outros locais em Santa Catarina e no Brasil. “O sucesso da arena fez com que quiséssemos levar esse evento a outras cidades, principalmente porque tenho inscritos de vários outros lugares que não tiveram a oportunidade de vir até Joinville e que me pediram para ir até eles”, diz.


Eu quis juntar as duas coisas, jogar bem e divertir quem assiste. Acho que foi isso que deu certo”

TRABALHO SÉRIO Ainda que João encare a profissão de gamer como algo que lhe dá prazer em fazer, ele afirma que o trabalho em frente ao computador é exaustivo, já que passa de oito a quatorze horas por dia gravando material que possa originar novos vídeos para o canal. “Não é só diversão, é também cansativo. Tem dias que fico várias horas dentro do jogo e como nada fora do comum acontece, não consigo gerar conteúdo suficiente para colocar no canal. Quando é assim, preciso ficar mais e mais horas até que tenha algo de interessante para editar e postar. No fim do dia isso se torna uma rotina bastante puxada”, desabafa. No estúdio que mantém em Joinville, Flakes conta com uma equipe de produção e edição, que inclui o irmão Eduardo Sampaio e o Youtuber João “Biggie”. O espaço ainda recebe os fãs em alguns dias especialmente programados para isso.

revistapremier.com.br

23


O SUCESSO DO FORTNITE Embora tenha alçado a fama na internet dando dicas para quem quisesse se sair bem no jogo Clash Royale sem precisar gastar dinheiro de verdade, hoje o canal de Flakes reúne conteúdo quase que exclusivo do game Fortnite na versão Battle Royale (batalha de sobrevivência), um sucesso absoluto no mundo todo. “A vantagem do Fortnite é que ele é um jogo de multiplaforma online, ou seja, você pode jogar com seus amigos em vários modelos de videogames diferentes e de graça”, explica João. Lançado em 2017, o game está disponível tanto em computadores (PC e Mac), celulares (iOS e Android), como em consoles de videogames (Microsoft Xbox, Sony PS4 e Nintendo Switch). Na versão Battle Royale, até 100 jogadores são lançados em um mapa onde vence o último player que sobrar. Parte da estratégia está em construir fortificações para proteção ou criar emboscadas, o que exige raciocínio, além do reflexo nas disputas. “O estilo do game é no modo arena, com temática própria e temporadas que vão transformando o ambiente do jogo. Há lançamentos internacionais com grandes eventos ocorrendo simultaneamente e de forma global”, esclarece Flakes. Para o gamer, o grande acerto do Fortnite está no humor do jogo, já que mesmo que o modo de batalha de sobrevivência seja violento, o design do game foi criado de maneira lúdica, sem sangue ou morte, com apenas eliminação. “Os personagens são estilizados, vestem skins (roupas e acessórios divertidos que parecem fantasias de

24

revista PREMIER

ginasta, dinossauro, bicho de pelúcia) e comemoram com dancinhas bem-humoradas. Isso faz com que pais e filhos simpatizem com o jogo”, reitera.

FOCO NO ENTRETENIMENTO Seguindo esse raciocínio, o gamer encara seu canal atualmente não mais como um espaço para dicas de games, mas para a diversão de quem acompanha. “Comecei o canal com o intuito de ensinar o pessoal a jogar, mas hoje o foco é realmente o entretenimento. Gosto de brincar, de fazer o pessoal rir do que eu faço no jogo”, pondera. Para o jovem mensurar o grande público que o acompanha não é tarefa fácil, mas é algo que ele encara de maneira madura. “Eu vejo as arenas lotadas quando vou aos eventos de games, com cerca de 40 mil pessoas e fico chocado. Eu gosto de ver que o pessoal curte o que eu faço, é muito legal ter o carinho dessa galera, mas no fim das contas eu sou só uma pessoa normal que se grava jogando videogame”. Se existe um segredo para a repercussão tão positiva? Flakes resume de maneira modesta: “Eu só tentei juntar aquilo que eu não via muito no Youtube. Ge-ralmente o perfil de Youtuber varia entre dois tipos, aquele que é muito engraçadão, mas que não joga bem e aquele que é muito bom, mas que só joga sério. Eu quis juntar as duas coisas, jogar bem e divertir quem assiste. Acho que foi isso que deu certo”, encerra. n


revistapremier.com.br

25


Ágora Tech Park

o novo parque tecnológico de Santa Catarina Perini Business Park inaugura em Joinville centro de inovação em prédio sustentável e inteligente por fabiane lima ribeiro | Fotos divulgação perini business park

O Grupo Perini inaugura o Ágora Tech Park, o novo parque tecnológico de Santa Catarina. O empreendimento é uma realização da Perville Engenharia, dentro do Perini Business Park, com investimento 100% privado. Em um terreno com área total de 140 mil m², o Ágora Tech Park terá 73 mil m² de área construída é formado pelas instalações do campus UFSC Joinville, que ocupa 13 mil m²; da Conta Azul, com 9 mil m²; e do Ágora Hub, 6 mil m², centro de inovação que teve seu prédio inaugurado no último dia 28 de março. O Ágora Tech Park se consolida como um parque tecnológico, onde a governança do ecossistema acontecerá por meio da atuação do Instituto Ágora de Ciência e Tecnologia. O acesso à informação e ao conhecimento será fomentado pela realização de eventos e pela promoção de 26

revista PREMIER

network. “O Ágora Tech Park já nasceu colaborativo, desde o lançamento do concurso de projetos e a partir da inauguração será um organismo vivo, reunindo os atores do ecossistema de inovação e promovendo o compartilhar em todas as esferas”, pontua Marcelo Hack presidente do Perini Business Park. Na opinião do Secretário de Planejamento Urbano e Desenvolvimento Sustentável do Município de Joinville, Danilo Conti, o Ágora Tech Park é o melhor exemplo de que Joinville caminha a passos largos para consolidar a inovação e se posicionar como uma smart city. “Essa é a materialização de um ecossistema que está amadurecendo a cada ano que passa. Planejá-lo de forma colaborativa, com metodologias ágeis foi determinante para que ele se inser-


+negócios

isse rapidamente ao ecossistema Catarinense”, pondera. Já Emerson Edel, Diretor do Perini, presidente e idealizador do Instituto Ágora de Ciência afirma: “esse ecossistema potencializa a atração, formação e manutenção de talentos em todos os níveis. Pessoas e empresas desenvolverão conexões com outros centros de inovação de destaque no Brasil e no mundo e terão acesso a um amplo networking”, afirma. Para Conti, a iniciativa representa um fomento ao ecossistema de inovação da cidade. “Essa é uma oportunidade de ouro para que Joinville e suas empresas possam se manter competitivas”, afirma enfatizando a importância das pessoas e das organizações na adoção de melhorias a partir de iniciativas locais. Em paralelo, um importante trabalho de especialização

inteligente faz com que o parque tecnológico defina verticais a serem desenvolvidas na cidade. A partir da realização de treinamentos, workshops e uma agenda de eventos intensa e diversificada, com temas como Indústria 4.0 e Smart Cities. Wagner Krelling, Coordenador do Ágora Tech Park acrescenta que iniciativas estaduais e locais já existem para fomentar o desenvolvimento de conexões. “Programas como o Sinapse da Inovação, da FAPESC, Startup SC, do Sebrae, entre outros são iniciativas estaduais de fomento aos jovens empreendedores. E o Link Lab Ágora, que é um programa da ACATE que estará no prédio Ágora HUB aproximará startups de empresas que buscam inovação, alavancando boas ideias e muitas oportunidades de negócios, afirma. revistapremier.com.br

27


+negócios

Ágora Hub O Ágora Hub é um ambiente aberto, interativo, colaborativo e sustentável, criado para potencializar conexões inteligentes entre atores do ecossistema de inovação e tecnologia. Com 7 mil m², tem 60% de sua área construída destinada a espaços de convivência: locais de descompressão e network, auditório, salas de treinamento e de reunião e praça de alimentação. “É um local ideal para open innovation, socialização de ideias e transferência tecnológica. Disponibiliza espaços compartilhados e abertos para a comunidade”, pontua Alison Takano, diretor Comercial do Perini Business Park. O centro de inovação já tem 90% do seu espaço disponível ocupado – o que representa 27 operações, entre elas empresas de tecnologia – como Pollux e Termica Solutions; entidades – como ACATE (Tecnologia), ABIMAQ (Máquinas e Equipamentos) e ABII (Internet Industrial); spin offs, startups, P&D´s, coworking, LinkLab, empresas de capacitação e prestação de serviços de apoio. Edel confirma que o master plan do parque tecnológico prevê a construção de mais quatro prédios e um investimento 100% privado de R$120 milhões. “Confirmamos para os próximos meses o início do projeto e planejamento do segundo prédio”, anuncia. A inauguração do empreendimento conta com uma programação de eventos, como o Ágora Talks, que aconteceu no dia 29 de março com a participação de palestrantes de renome internacional, como o espanhol Josep Piqué, da @22, e o israelense Oren Gershtein, da Idealitty Roads; e o Startup Weekend, entre os dias 29 e 31 de março.

28

revista PREMIER

Sustentável e inteligente Desde a idealização do Ágora Tech Park, a sustentabilidade está entre as prioridades. O projeto valoriza itens como a iluminação natural, o reaproveitamento da água da chuva, a energia fotovoltaica, ponto de recarga para carros elétricos e um elevador com sistema de regeneração de energia, o primeiro de Joinville. Edel ressalta que todo o consumo de água e luz do prédio será acompanhado por meio de um monitor, que vai apresentar também a quantidade de energia gerada pelo sistema fotovoltaico e do elevador. Argumenta que o projeto foi pensado de maneira a incentivar o uso de escadas, fomentando a saúde e qualidade de vida de seu público, ação que se fortalece com a instalação de vestiários junto aos bicicletários e opções saudáveis na praça de alimentação. Além disso, a integração com área verde preservada pelo Perini Business Park, visível por todos os corredores e salas do novo parque tecnológico de Joinville, é mais um convite ao bem-estar.


Operações do Ágora Hub Uma série de empresas iniciam seus trabalhos logo após a inauguração do Ágora Hub, entre elas está o Co.W Coworking Space, as de tecnologia Pollux, Termica Solutions, Axe Tecnologia, 3DTech, GreyLogix, BFS Engenharia, Perfil Energia, AlltechLab e Operand. Também entidades como ABII, Acate, Abimaq, Sepij, Sebrae e Amcham e prestadoras de serviço Grupo Meta, RHBrasil, Martinelli Advogados, Stagio Propriedade Intelectual, Santa Fé Seguros Spin Exponential Business e Escola Conquer. No piso térreo, junto da praça de alimentação, haverá o Lapa Café e a Salsaria.

Emerson Edel - Presidente e idealizador do Instituto Ágora de Ciência

Esse ecossistema potencializa a atração, formação e manutenção de talentos em todos os níveis.”

Emerson Edel

revistapremier.com.br

29


+negócios

Colaborativo O Ágora Hub foi lançado por meio de um concurso nacional de arquitetura, que definiu a proposta urbanística e o projeto arquitetônico. Concorreram 87 projetos, de 15 Estados brasileiros, e o concurso teve como vencedor o arquiteto Marcus Vinicius Damon, do Estúdio Módulo de Arquitetura, de São Paulo (SP). Para Marcelo Hack, presidente do Grupo Perini na América Latina, o projeto vencedor reuniu um conjunto de características que harmonizam com o parque e contribuem de forma positiva no dia a dia das pessoas. Ele destaca o fato de o prédio ter sido colocado de forma acertada na esquina do terreno, induzindo o crescimento a partir de seus dois eixos principais e da área térrea. Valoriza também o acesso de pedestres e a ampla vista da natureza preservada. Segundo Damon, o prédio foi concebido para ser notado por quem circula pelo parque, para acolher o visitante e proporcionar aos trabalhadores um ambiente moderno e interativo, que é tendência nos espaços voltados à inovação e tecnologia.

30

revista PREMIER

o Perini Business Park O Perini Business Park é o maior parque empresarial multissetorial da América do Sul. Instalado no Distrito Industrial de Joinville (SC), num terreno de 2,8 milhões m², destina 600 mil m² a Áreas de Preservação Permanente (APP). Tem mais de 300 mil m² de área construída, com mais de 190 empresas instaladas, por onde circulam diariamente cerca de 7,5 mil pessoas. Juntas, estas empresas geram uma riqueza anual de R$ 5,2 bilhões, número que corresponde a aproximadamente 21% do PIB de Joinville e 2% do PIB do Estado de Santa Catarina. n


COMO VOCÊ ADMINISTRA SUA CARTEIRA DE INVESTIMENTOS? Conheça o O BTG Pactual é o 3º maior banco privado brasileiro. Com solidez, segurança e DNA focado em investimentos, entendemos que seu crescimento e sucesso também é nosso. Somos um banco sem cara de banco, c om profissionais focados e preparados para te ajudar a obter resultados incríveis! Estamos em Joinville!

Portfólio de Investimentos • Carteiras Recomendadas por equipe de analistas premiada • Fundos de Investimentos • Previdência Privada • Tesouro Direto • Clube de Investimentos • Aplicação em Renda Fixa • Investimento no Mercado de Ações

Abra sua conta

Rua Max Colin, 726 - América | Joinville

+55 47 3431-5794

31 contato@lineinvest.com.brrevistapremier.com.br lineinvest.com.br


Corrija seu nariz sem cirurgia plástica! Por Dr. Vitor Azulay | CRM 17494 RQE 9540 Dermatologista e Cirurgião Dermatológico Fotos: Divulgação

R

inomodelação, também conhecida como Bioplastia Nasal, é uma técnica não cirúrgica para modificar e corrigir alguns aspectos do nariz, aplicada para fins estéticos, diferente da rinoplastia, que é uma cirurgia plástica que pode tratar questões estéticas e também respiratórias. O tratamento de rinomodelação consiste em injetar ácido hialurônico, substancia segura e reabsorvível pelo organismo (uma vez que está presente no mesmo), a fim de preencher e modelar o nariz para uma melhora estética. Confira algumas correções que podem ser feitas com este procedimento: - Giba do dorso nasal (ossinho protuberante); - Ponta do nariz caída; - Refinamento (para dar aparência de nariz mais estreito); - Assimetrias e depressões. O tratamento dura cerca de 15 meses, após esse período é necessário fazer nova aplicação para manter a estética desejada. Não necessita de afastamento das atividades, mas alguns cuidados são necessários. Veja: - Não expor-se ao sol sem proteção; - Não utilizar óculos nas 4 horas seguintes ao procedimento;

AZ | Azulay & Zanella

Dr. Vitor Azulay - Dermatologista CRM 17494 RQE 9540. Dra. Milena Zanella CRM SC 12586. Rua Expedicionário Holz, 26 | Joinville/SC 47 3207.1995 / 3207.1996 / 99617.8920

32

revista PREMIER

- Não praticar exercícios físicos nas 48 horas após o procedimento. É importante salientar que esta técnica não corrige funções respiratórias, por isso é fundamental o paciente passar por avaliação médica antes de realizar o tratamento. Hoje com as redes sociais e a avalanche de selfies, as pessoas estão cada vez mais preocupadas com a aparência e com os padrões de beleza impostos pela sociedade, isso faz com que a procura por esse procedimento seja grande. Atualmente as pessoas chegam ao consultório com a foto de alguma celebridade dizendo “quero meu nariz assim!”. É importante ressaltar que um bom profissional irá respeitar a harmonia do seu rosto a fim de evidenciar a beleza já existente e nunca mudar as suas caraterísticas, fazendo com que todos tenham o nariz igual, o que infelizmente tem se visto muito por aí. O nariz do outro não cabe em você, por mais bonito que seja! Para os que desejam melhorias sem métodos invasivos, esta e uma ótima opção, pois os resultados são maravilhosos! Procure um dermatologista e relate suas insatisfações para que juntos consigam os melhores resultados. n www.azulayezanella.com.br

Siga-nos nas redes sociais azulayezanelladermatologia

@clinicaazulayezanella | @azulayezanellaspa @dr.vitorazulay @dra.milenazanella


Soluções integradas para sua empresa ser mais eficiente.

• Consultoria trabalhista e previdenciária; • Gestão da folha de pagamento; • E-social. • Recrutamento e seleção; • Trabalho temporário; • Terceirização de portaria, limpeza e outros; • Vagas executivas.

• Soluções Sênior Sistemas; • ERP Gestão Empresarial e Gestão de Pessoas; • Acesso e Segurança.

• Assessoria contábil e fiscal; • Contabilidade in company; • Diagnóstico econômico e financeiro; • Intermediação na busca de capital; • Proteção patrimonial.

• Seguros empresariais; • Seguros de vida e de automovéis; • Seguro transporte e condomínios; • Garantias; • Consórsios.

• Software na nuvem; • ERPs de alta perfomance.

• Terceirização de serviços financeiros (BPO); • Administração de condomínios.

www.grupometa.com Joinville | SC Rua Max Colin, 726 • América • 47 3431 5700

Jaraguá do Sul | SC 33 revistapremier.com.br Rua Pres. Epitácio Pessoa, 85, sala 01 • Centro • 47 3084 8101


Faça sua previdência render mais Economistas da Manchester Investimentos, agente autônomo da XP, dão a dica para fazer o seu futuro ainda melhor.

da redação | Fotos DIVULGAÇÃO

A

recente retração econômica e o envelhecimento da população brasileira mostraram ao público as fragilidades das contas do governo, bem como um dos maiores problemas de longo prazo do Brasil, a previdência social. Não é por acaso que o governo atual tem direcionado suas forças para aprovar a reforma da previdência. Estima-se que as despesas previdenciárias ultrapassem 700 bilhões de reais, o que corresponderá a mais de 50% dos gastos públicos em 2019. Para equalizar as contas públicas é de suma importância que esta reforma seja aprovada. A previdência social, na história recente, já vinha sofrendo alterações em suas regras. Tivemos reformas em 1998 (FHC), 2003 (Lula) e 2015 (Dilma) e é natural que outras reformas venham a ser propostas ao longo dos anos que virão. Com tantas incertezas sobre o destino da previdência social, muitos brasileiros já têm procurado por conta própria planejar a sua aposentadoria. Uma das formas de se preparar para o futuro são os planos de previdência privada. Apesar de ser um produto muito adequado para o longo prazo e para planejamento de sucessão patrimonial, muitos fundos oferecidos pelo mercado têm apresentado rentabilidades abaixo das expectativas. Dos 840 bilhões de reais investidos em previdência complementar no Brasil, cerca de 91% estão aplicados em fundos com rendimentos inferiores ao CDI (certificado de depósito interbancário) nos últimos 12 meses. Devido à concentração das aplicações nos grandes bancos de varejo e às baixas rentabilidades, a XP trouxe para seus clientes uma plataforma completa de previdência, com fundos de diversas categorias, com diferentes estratégias e gestores especializados e renomados. Muitos desses fundos tiveram sucesso na entrega de resultados e captação desde a sua concepção, com rentabilidades acima da concorrência. Para reforçar a importância de escolher um plano mais rentável, como exemplo, comparando uma aplicação inicial de R$ 1.000.000, por um prazo de 20 anos em dois fundos, um rendendo como a maioria dos fundos, 94% do CDI (6% ao ano) e outro rendendo 110% do CDI (7% ao ano), a diferença entre os dois superará 590 mil reais, ou seja, mais de 59% do valor investido - comenta Rafael Haubrich, responsável pela área de previdência da Manchester. O resultado disso foi um aumento significativo nas portabilidades, mecanismo de troca de planos de previdência. No ano de 2018, a portabilidade atingiu uma marca de 24 bilhões de reais e um crescimento de 33% em comparação ao ano anterior, segundo dados da SUSEP, órgão regulador dos planos de previdência privada. 34

revista PREMIER


flexibilidade Umas das vantagens da previdência é a sua flexibilidade. Por tratar-se de um investimento de longo prazo é natural que com o passar dos anos surjam oportunidades no mercado financeiro e seja necessário trocar o fundo de previdência por outro mais adequado ao momento. Diferente de outras aplicações, o investidor pode fazer uma portabilidade entre fundos de previdência sem a necessidade de fazer resgates. Neste caso, não há incidência de imposto de renda e o investimento se torna mais eficiente. Imagine que ao longo dos vários anos de permanência do investimento em previdência privada, é alta a probabilidade do investidor trocar de fundo mais de uma vez. Esta regra de portabilidade pode ser aplicada entre fundos de estratégias diferentes. Por exemplo, um fundo de renda fixa e um fundo multimercado, ou até mesmo entre seguradoras. Ou seja, o cliente tem a liberdade de escolher o melhor fundo entre as diversas instituições que distribuem planos de previdência, explica Rafael.

outras VANTAGENS Além da flexibilidade, os planos de previdência se beneficiam muito no longo prazo por não possuírem vencimentos como aplicações de renda fixa, nem comecotas como a maioria dos fundos de investimento. Estes eventos, vencimentos e come-cotas, obrigam o investidor a pagar imposto de renda sem efetivamente utilizar o valor investido, reduzindo assim sua eficiência ao longo dos anos. Ainda sobre imposto de renda, seu sistema de tributação é mais benéfico no longo prazo, chegando a somente 10% de imposto de renda, enquanto a maioria dos investimentos possui uma alíquota mínima de 15%, observa Rafael. Outro ponto importante é a sucessão patrimonial. Em um eventual falecimento do investidor, os valores aplicados nos fundos de previdência são transferidos para os herdeiros ou para quem for indicado como beneficiário, sem passar pelo processo de inventário. Isto gera uma redução significativa nos custos de transmissão de patrimônio. Também é possível reduzir o pagamento de imposto na declaração de ajuste anual através da contribuição em planos de previdência chamados de PGBL. Em que até 12% da renda bruta tributável pode ser abatida da base de cálculo de imposto de renda.

cuidados Como qualquer investimento, existem prós e contras. É importante o investidor ter cuidado com taxas de carregamento, taxas de administração, escolher corretamente o sistema de tributação e o tipo de plano: PGBL ou VGBL. Assim como se o fundo que está sendo investido é adequado ao seu perfil, prazos e objetivos. Para isto é importante contar com uma assessoria de investimentos de confiança. Na Manchester, utilizamos a plataforma da XP, onde há atualmente mais de 60 fundos de previdência a disposição dos clientes. Além disso, possuímos uma equipe altamente especializada para auxiliar o investidor na escolha do melhor plano, conclui Rafael. n

revistapremier.com.br

35


Mr. President

Resiliência

Texto produzido com palavras garimpadas em interpretação de vídeo, pelos alunos Carlos, Wesley, Kauã, Letícia, Antonio, Daniel, Felipe, Manuella, Matheus, Victor da Luz, Halisson, Lucas Bonomini, Kaio, Larissa, Lethycia, Heloísa e Lucas Passos.

S

omos todos tão jovens. Dizem que somos o futuro, mas tem quem não acredita na gente. Estamos em choque com a geração dos nossos pais. Crescemos com o celular na mão, tudo muito rápido, jogos violentos. Temos aplicativos pra tudo: comprar comida, emprestar carro, alugar gente. No meio dessa montoeira de coisas, quando nos falta tanto, vem o mundo e nos diz: Sabedoria. Temos que aprender a separar o joio do trigo, dizia Jesus. Aprender na marra que na falta de diversões na periferia, a galera mal falada é sempre a mais tentadora, porque ela não nos bate e nem nos chama de burro. Mas temos que ir adiante. Tem que ter amor para ir adiante. Ter amor pela gente, diz o professor. Isso sim é sabedoria, ficou pensando, o Carlos, na sala. Como professor, tenho a dizer que eles são grandes. Embora um tanto desligados, são cheios de vida, e a minha função é tentar readequar essa energia para que saibam o seu papel no mundo. Como um elástico que concentra toda a resiliência do mundo, creio que eles não irão se romper. O obstáculo de agora é descobrir a força nas palavras. A superação de cada um está em acreditar em si. É evidente essa palavra no garoto Wesley. Uma menina nova, Leticia Berkembrock, falou em determinação e coragem. Há de se ter muita coragem mesmo, hoje em dia, para ser professor e para ser jovem. Há de se ter mais coragem ainda para se acreditar na literatura, e na poesia. Escalando uma torre, no vídeo que assistimos, um homem descansa e contempla uma rosa: sutileza percebida por Kauã. O garoto Antônio, que falou em resiliência, também falou em gana. E como tem gana em seu olhar. Como o da cova dos leões, Daniel já se manifesta com ímpeto. Dificuldade ele encontrará, mas terá de sobra, a esperança. Altruísta, agradece a aula e eu ouço como se ouvisse uma prece. É bonito vê-los me ouvindo. Não porque sou eu que falo. Mas pelas coisas que digo, distante das ditas na velocidade dos aplicativos. Somos todos tão vivos! A oportunidade é uma porta.

36

revista PREMIER

A maldade, outra. O caminho fácil é um inimigo pra quem acredita que estudar é o recurso. O objetivo de Felipe é deixar como herança, para o mundo, as coisas que conquistará. Mostrou-me um livro que está lendo. Naquela hora o livro parecia um troféu. Ele no pódium. Lethycia, recém chegada, trouxe Luta e Fardo. Aos poucos foi vendo quem eu era: eu também descobri que ela tem jeito de que saberá lidar com flores e rendas. Noutro dia, Manuella me escreveu um poema. Ela me deu palavras força e vontade. O seu poema me deu as mesmas coisas, e cheguei em casa feliz. Introspectivo, Matheus brinca com o silêncio, e a ele se alia. É sua identidade, é sua família. Além do que, Matheus fala com os olhos. Tanto quanto os dois Vitor que tem na sala. Ambos me surpreendem muito. Um porque vai descobrir coisas inacreditáveis dentro dele, outro, porque já mostra uma luz que eu admiro. Eu quero ajudá-los a saber quem são. É a única saída, meu comprometimento. É a minha consciência que diz que tenho que tirar esse peso. Ser jovem, às vezes, é pesado. Halisson chega cansado, mas logo nos orienta com seu sorriso. É feito garoto dos filmes, daqueles filmes que a gente torce pra que se dê bem. Ah, e será engenheiro. Já construiu, inclusive, minha casa de poeta. Lucas Bonomini, Kaio, Larissa, Heloya e o Lucas Passos apontaram as palavras Topo, Subida, Filho, Esforço, Aprendizado, Confiança, Continuação e Vida. Tantas palavras definindo a saga desses jovens diante de um filme de 8 minutos. Tanta esperança, que se estenderá pelos meus anos adiante, quando eu ver esses garotos, um dia, falando que não entendem seus filhos, e aí, vão entender, que a vida é um ciclo de ensinamentos, que nunca estamos prontos, e a palavras, ah as palavras: estão aqui pra nos revelar. n Marinaldo de Silva e Silva, é um escritor joinvilense. Escreve profissionalmente desde 2002, quando publicou seu primeiro livro, “O beijo de Mephisto”. Lançou masi recentemente o livro infantil “Respostas para tudo”. Formado em Letras, atualmente é mestrando em Educação pela Universidade Federal de Santa Catarina.


revistapremier.com.br

37


especial

Maioridade na TV

Programa Gente & Atitudes com Carlos Büst completa 18 anos de sucesso dando projeção à sociedade e a cultura joinvilense. por fabiane lima ribeiro | Fotos Vand rodrigues

O

programa Gente & Atitudes da TV da Cidade acaba de atingir a maioridade. Idealizado e apresentado pelo comunicador social Carlos Büst, o programa chega aos 18 anos no dia 23 de abril de 2019 dando projeção a diversas áreas da cultura e da sociedade joinvilense. “Decidi comemorar esse ano porque 18 anos representam a ‘a maior idade’ e manter um programa de TV durante todo esse tempo sem nunca ter saído do ar, podendo conhecer e mostrar toda essa cultura daqui, a sociedade empresarial, política, empreendedora e a própria sociedade em si é um privilégio”, afirma Büst. No ar desde 2001, o programa passou a ser gerido pelo próprio Büst em 2002, quando negociou a compra com a diretoria da então TV Cidade (hoje o canal se chama “TV da Cidade”). “Desde 2002 até hoje, o programa é independente, mas sempre com a produção da emissora. Desde 2008 eu o produzo com equipamentos meus, comando a produção e contrato terceirizados para me auxiliar na cinegrafia e edição. São três equipes de cinegrafia, cada qual com sua própria empresa terceirizada. O meu editor está comigo há 18 anos”, conta ele. História Quando estava para se formar em Relações Públicas pela Univali, Büst pensava em seguir a carreira exclusivamente como um assessor nessa área, atuando com consultoria ou assessoria de imprensa, mas seu engajamento nos eventos sociais da cidade o levaram para outro caminho. “Inicialmente me preparei para estar por trás das câmeras, mas a vida me levou para frente delas”, diz. Ao conhecer o presidente da emissora numa festa em comemoração dos 150 anos de Joinville em 2001, o comunicador chamou atenção por conhecer as personalidades e os costumes da sociedade joinvilense. Seu perfil empreendedor e sobrenome também fizeram a diferença para que ele ganhasse projeção e o espaço na TV. “O que a emissora viu na minha figura para colocá-la a frente do programa foi o fato de eu ser tipicamente joinvilense, nascido aqui. Por ter um sobrenome típico alemão e por saber falar o alemão, quando comecei isso já garantia que 50% dos negócios fossem fechados”, revela.

38

revista PREMIER


revistapremier.com.br

39


Inicialmente me preparei para estar por trás das câmeras, mas a vida me levou para frente delas”

Tipicamente joinvilense A questão do “tipicamente joinvilense” foi a inspiração para o formato do programa, que tem o intuito de mostrar os nomes e os rostos da sociedade local. “Por ser uma cidade muito bairrista, as pessoas vestem muito a camisa de Joinville. Então, no programa, nós mostramos o que Joinville tem, o que está acontecendo na cidade. Temos entrevistas realizadas com os mais diversos profissionais, fazemos cobertura de eventos, festas e iniciativas locais”, garante o apresentador. Atualmente o programa é exibido de segunda a sexta, em dois horários, às 19h30 e às 22h30, com duração de 30 minutos, o que não significa que o tempo de produção seja curto. ”A gente tem matérias de cinco, de sete e de até dez minutos, todas elas produzidas e acompanhadas por mim. Para uma matéria de cinco minutos, por exemplo, são duas horas de gravação e mais outras oito horas editando”, explica.

40

revista PREMIER

Produção intensa Ainda que o tempo dedicado ao trabalho seja grande, Büst se diz realizado com o que faz e até hoje faz questão de estar realmente presente nos eventos que aparecem no programa e ter contato com as pessoas que ajudam a construí-lo com suas histórias e ações. “Eu gravo até cinco programas por semana, mas em algumas épocas já cheguei a gravar doze. Apesar de ser o que mais dá trabalho de fazer o que eu mais gosto de cobrir são os eventos sociais, pois são neles que eu tenho a oportunidade de falar com as pessoas”, declara. O trabalho de produção não para por aí. Hoje são 25 pessoas que compõe a equipe do programa, o que para Büst faz a diferença na qualidade do que é exibido. “Eu sou a alma do programa, ele é apresentado por mim, mas eu não faço 100% dele. Tem cinegrafista, editor, finalizador, quem capta o programa, quem coloca o programa no ar... São várias pessoas envolvidas na produção do começo ao fim”, sinaliza.


Trabalho no mercado de comunicação em Joinville há 20 anos e sei que hoje o grande desafio não é ter um programa na TV, mas mantê-lo no ar...”

conteúdo de qualidade Para o comunicador, a qualidade do conteúdo das matérias é um fator essencial. “Temos uma grande preocupação de colocar no ar somente os conteúdos que forem aprovadas pelos clientes”. Na opinião dele, isso fez toda a diferença para o sucesso do programa. “Trabalho no mercado de comunicação em Joinville há 20 anos e sei que hoje o grande desafio não é ter um programa na TV, mas mantê-lo no ar e a cidade de Joinville tem algo diferenciado nesse sentido, que é o fato de que se o modelo dele der certo aqui, dará certo em qualquer lugar”, pondera. Büst vê no Gente & Atitudes um holofote para as pessoas da cidade. “Pra mim, qualquer pessoa daqui é importante, não importando o sobrenome ou a posição que essa pessoa tem na cidade. O

Gente & Atitudes sempre teve esse papel, de retratar e relatar um pouco de cada ser, para que essa pessoa fale sobre ela e tenha o microfone aberto para falar o que ela sentir que deve ser falado da sua vida e do seu negócio”. Com toda essa visão, o apresentador se descreve como uma mente sábia e empreendedora, além de ter uma alma “velha”, que apesar de introspectiva é capaz de se relacionar com as pessoas e envolvê-las. “Acredito nos astros, fiz toda a minha numerologia... o que eu decido, está decidido, não volto mais atrás, pois coloco tudo de mim naquilo que me propus a fazer. Foi assim com o programa, que seguirei fazendo até achar que devo”, finaliza. n

revistapremier.com.br

41


start up

Mobilidade urbana inteligente

Instalada em Joinville (SC), AllMobility inicia fase de testes e validação do GoMOOV, serviço de compartilhamento de patinetes, bicicletas e scooters elétricas via aplicativo da redação | Fotos divulgação

D

esafio nas grandes cidades brasileiras, a mobilidade urbana tem encontrado na tecnologia uma forte aliada. Criada para servir como alternativa de locomoção sustentável em distâncias de até 20 quilômetros com baixo custo, a AllMobility – startup especializada em mobilidade inteligente indoor e outdoor com uso de energias limpas – acaba de iniciar a fase de testes e validação do serviço goMOOV. A expectativa é que, até julho, o sistema de compartilhamento de patinetes, bicicletas e scooters elétricas via aplicativo já esteja disponível. Instalada em um dos maiores parques tecnológicos da América Latina, o Agora Tech Park, em Joinville (SC), a AllMobility oferece soluções tecnológicas que garantem a conexão dos modais de transporte já disponíveis nas cidades, sejam públicos ou privados, a um modelo sustentável de transporte. Depois de implantar o goMOOV em Joinville – a maior cidade catarinense –, a intenção é levar o serviço a outros 660 grandes municípios do Brasil.

42

revista PREMIER


De acordo com o CEO e co-founder da AllMobility, Jean Cardoso, a startup quer mudar o conceito de mobilidade urbana no Brasil. “Nosso objetivo é tornar a vida das pessoas mais fácil e o caminho que escolhemos foi o de integrar e melhorar o ecossistema de transportes das cidades. Vamos transformar o modo de ir e vir nos grandes centros”, diz. Amparados nas estatísticas que revelam que 44% dos deslocamentos no Brasil ocorrem a pé, por bicicleta ou motocicleta, a AllMobility espera garantir às pessoas a comodidade de poder compartilhar estes meios de transporte. “Sabemos que já existem serviços semelhantes no país, mas o diferencial do nosso sistema é a possibilidade de percorrer distâncias maiores, de até 20 quilômetros”, afirma. Segundo Jean Cardoso, estudos revelam que 55% dos deslocamentos feitos de carro em São Paulo não ultrapassam a distância de sete quilômetros. “Se tivermos meios de transporte compartilhados para percursos deste tipo, reduziremos muito o fluxo de veículos nas ruas e teremos mais qualidade de vida”, comenta. A intenção, continua o CEO, é que o goMOOV seja parte de um ecossistema amplo e esteja integrado a outros meios de transporte disponíveis nas cidades. “As pessoas poderão ir de casa ao centro da cidade com o ônibus coletivo e, no centro, fazer todos os compromissos do dia utilizando patinetes, bicicletas ou scooters”, explica.

Nosso objetivo é tornar a vida das pessoas mais fácil e o caminho que escolhemos foi o de integrar e melhorar o ecossistema de transportes das cidades. Vamos transformar o modo de ir e vir nos grandes centros” Jean Cardoso - CEO e co-founder da AllMobility

revistapremier.com.br

43


Testes iniciais Os testes com os equipamentos do goMOOV que serão compartilhados em Joinville já começaram. A primeira fase ocorre dentro do Perini Business Park, condomínio industrial que abriga o Agora Tech Park, onde está instalada a AllMobility. Dentro de no máximo algumas semanas, a intenção é fazer a experimentação nas ruas da cidade. O presidente do Núcleo de Inovação da Associação Empresarial de Joinville (ACIJ), Daniel Wendorf, foi um dos primeiros a testar a novidade. “É uma alegria saber que Joinville está inovando, mas alegria maior ainda é saber que temos uma empresa 100% joinvilense preocupada com a mobilidade urbana e a sustentabilidade. Temos nos esforçado para desenvolver o ecossistema de inovação na cidade e ver isso acontecendo de forma rápida e consistente é um orgulho”, comenta. Relações públicas e CEO de uma empresa de inovação social, Ives Montefusco garante que será um usuário do sistema goMOOV. “Não tenho bicicleta, mas certamente utilizaria uma delas de forma compartilhada para ir ao trabalho e até mesmo passear pela cidade. O serviço que a AllMobility está desenvolvendo é muito importante para a mobilidade urbana. Outra vantagem é que oferece diferentes modais, como a scooter de carga, por exemplo”, avalia.

44

revista PREMIER


Praticidade e conforto A AllMobility oferecerá inicialmente cinco opções: três modelos de scooter, patinete e bicicleta, todos elétricos. No caso da bicicleta, patinete e miniscooter não é necessário ter habilitação. Para os dois modelos de scooters maiores, o condutor precisará cadastrar sua carteira de habilitação para motos. A cobrança será pelo tempo utilizado, o equivalente a R$ 0,40 o minuto, em média, variando conforme a opção escolhida. O pagamento é feito com cartão de crédito, via aplicativo. Para localizar um dos veículos, o usuário irá acessar o aplicativo, identificar a opção mais próxima e pronto. Basta destravar o equipamento. A devolução pode ser feita em qualquer local da cidade, com bônus para quem deixar em pontos predeterminados pela startup. “A bateria tem autonomia de 20 quilômetros, no caso dos patinetes, e de até 60 quilômetros para as scooters, o que vai garantir o ir e vir sem problemas”, informa Jean Cardoso, co-founder da AllMobility. Quem já experimentou, aprovou! Engenheiro consultor de uma grande empresa de softwares do país, Gabriel Lise não costuma pilotar motos e testou a miniscooter do goMOOV. “É muito fácil e intuitivo. Não é necessário ter experiência. Penso que esse serviço terá aderência em Joinville, com muita gente interessada, mas a cidade também precisa fazer sua parte e investir em mais infraestrutura nas ruas e calçadas”, comenta. Segundo Gabriel, meios de transporte compartilhados são uma excelente alternativa para quem, como ele, percorre 1,7 km de casa para o trabalho todos os dias. “A opção é perfeita também para uso indoor, em condomínios industriais, campus universitário e outros empreendimentos com grandes áreas internas”, conclui. A auxiliar administrativa Yasmin Moreira Leite, 18 anos, conta com a carona do pai para ir ao trabalho todos os dias e aprovou a miniscooter do goMOOV como opção

de deslocamento. “Aprovei. Compartilhar um meio de transporte é uma excelente forma de ir ao trabalho e à faculdade”, diz. Os estudantes Luiz Eduardo Rosa, 19 anos, e Bruno Henrique Romano, 21 anos, também aprovaram a ideia. “O patinete é muito simples e prático, bastante intuitivo. Joinville é uma cidade grande, que precisa estar antenada às tendências”, comenta Bruno, que cursa Engenharia Mecatrônica na Universidade Federal de Santa Catarina. O colega Luiz, aluno do curso de Engenharia Civil de Infraestrutura, cita outra vantagem. “É um meio de locomoção sustentável, elétrico, que não agride o meio ambiente. Esse é o futuro.” Estagiário em uma empresa de robótica colaborativa e internet industrial, o estudante de Engenharia Elétrica Douglas Macedo Sgrott também quis conhecer a proposta da AllMobility. “Este tipo de modal é perfeito para condomínios empresariais e curtas distâncias, mas para distância maiores, dois aspectos são essenciais: atenção do poder público com a infraestrutura das calçadas e das ruas e a atenção dos usuários às leis de trânsito e regras de segurança”, pondera. Usuário de automóvel próprio, o coach imobiliário Rafael da Cunha conhece bem os problemas do trânsito joinvilense. “Com o goMOOV, a cidade ganha em mobilidade urbana e permite deslocamentos mais rápidos em curtas distâncias. Nos quesitos agilidade e praticidade, a AllMobility traz um diferencial aos grandes centros. Perdemos muito tempo no trânsito e, atualmente, o tempo é um bem precioso”, afirma. n

revistapremier.com.br

45


Bazar cultural

Fitoenergética

Este livro mostra um estudo sobre as propriedades energéticas das plantas e seus efeitos sobre os seres humanos, os animais, os ambientes e até as próprias plantas. ‘Fitoenergética’ é um livro que revela a origem das doenças mais comuns da humanidade, apresentando a energia das plantas como uma opção de cura, equilíbrio e elevação da consciência. Vai além, quando alerta que a sociedade está tratando a doença de forma equivocada, com foco na consequência e não na causa. Nesta obra, o leitor vai mergulhar na sabedoria da natureza presente no Reino Vegetal, aprendendo a terapia da energia sutil das plantas para equilíbrio da alma em todos os aspectos - físico, emocional, mental e espiritual. Editora: Luz da Serra Número de páginas: 304 Valor sugerido: R$ 52,90

Governança Em Família Da Fundação À Sucessão

O empreendedor que constitui uma empresa familiar costuma ser alguém com profunda paixão por seu negócio. Porém, envolvidos nas dificuldades de criar e fazer crescer a própria empresa, muitos não se dedicam a preparar a sucessão, que assegura longevidade e perenidade ao que estabeleceram. Na ausência dessa preparação, muitos conflitos começam justamente pela dificuldade de alinhar os interesses da família aos dos negócios – afinal, famílias são emocionais e negócios são racionais. É preciso entender que a empresa familiar normalmente se defronta com uma série de questões fundamentais, da ausência de estratégias bem definidas à confusão entre propriedade e gestão, dificuldades que costumam ser aprofundadas pelo conflito de interesse e atritos entre familiares. Para combater essas dificuldades, é essencial que sejam estabelecidos instrumentos e uma estrutura capaz de dar alinhamento, sustentabilidade e longevidade ao negócio. Este livro retrata a vivência de Bruno Ferrari Salmeron em empresas familiares, em especial suas experiências em conflitos societários e familiares derivados da falta de um plano de sucessão, de uma sucessão falha ou de deficiências em governança. Editora: Évoraa Valor sugerido: R$ 64,90

46

revista PREMIER

A carta secreta

Quando sir James Harrison, um dos maiores atores de sua geração, morre aos 95 anos, deix a para trás não apenas uma família arrasada, mas também um segredo lar que seria capaz de abao governo britânico. Joanna Haslam, uma jovem e ambiciosa jornalista, é designada para cobrir o funeral, no qual estão presentes algumas das maiores celebridades do mundo. Mas ela se depara com algo sombrio além de todo aquele glamour: a menção a uma carta que James Harrison deixou, cujo conteúdo algumas pessoas escondem há setenta anos a qualquer custo. Enquanto procura retirar o véu de mentiras que encobre o segredo e dar o furo jornalístico do século, Joanna percebe que forças poderosas tentam impedi-la de descobrir a verdade. E elas não vão se deixar deter por nada para chegar à carta antes dela. Editora: Arqueiro Número de páginas: 480 Valor sugerido: R$ 54,90


Begin Again

A cantora, compositora e pianista norte-americana Norah Jones lança u seu novo álbum “Begin Again” pela Universal Music via Blue Note Records. Este novo trabalho inclui sete faixas com estilos diversos que contou com as colaborações de Thomas Bartlett e Jeff Tweedy do Wilco. Begin Again é uma continuação de Day Breaks, lançado em 2016 e que contou com uma extensa campanha promocional, incluindo sua bem sucedida turnê. É um trabalho experimental de Jones que contou com sessões improvisadas e colaborações. Valor sugerido: R$ 39,90

AMAR é para os FORTES

Não Sou Nenhum Roberto, Mas As Vezes Chego Perto

Nas férias de 2016, Nando Reis partia com a mulher, Vania Reis, para mais uma temporada no sítio da família no interior de São Paulo. No carro, levavam algumas malas com as roupas e os mantimentos necessários para os 15 dias de descanso: o violão e uma caixa com 10 ou 12 discos de Roberto Carlos. Na estrada que separa a capital paulista da cidade de Jaú, o reencontro com aquelas canções - as mesmas que costuraram tantos momentos do casal desde o início do namoro – fez surgir o embrião de Não Sou Nenhum Roberto, Mas às Vezes Chego Perto. Inteiramente dedicado à música de Roberto Carlos, o 13º álbum da discografia solo de Nando tem lançamento marcado para 19 de abril, mesmo dia em que Roberto completa 78 anos. As 12 faixas de Não Sou Nenhum Roberto, Mas às Vezes Chego Perto abrangem 23 anos da obra de Roberto Carlos - indo de 1971 até 1994. Nando optou por não ter nenhuma canção do período primordial da Jovem Guarda, concentrando-se na chamada “fase adulta” do Rei. O trabalho tem produção musical de Pupillo e direção artística de Marcus Preto. Valor sugerido: R$ 24,90

Marcelo D2 lançou no final do ano passado seu primeiro álbum visual “AMAR é para os FORTES”, que conta a história de Sinistro, interpretado por seu filho, Stephan “Sain” Peixoto, de 26 anos. Na história, Sinistro é morador de uma favela e, junto com a descoberta do amor, vê na arte a possibilidade de transformar seu caminho e não ser seduzido pelo crime. D2 transformou o áudio em filme gravado em parte na favela Tavares Bastos, no Catete, na Zona Sul. O filme de 32 minutos mostra o cotidiano das famílias atravessado por trocas de tiros e uso de maconha. Este é o 10º disco de estúdio de Marcelo D2 e traz produções do próprio artistas e do produtor Nave. Valor sugerido: R$ 27,90

revistapremier.com.br

47


mercado de luxo

48

revista PREMIER


58 offshore

Projetado para oferecer luxo e alto desempenho, o novo modelo da Intermarine destaca-se pelo design delinhas sinuosas e formas arrojadas. Uma Intermarine deve ser reconhecida à primeira vista imediatamente e, com a 58 Offshore, não é diferente. O modelo traz elementos inéditos aos barcos offshore, como a ampla faixa em vidro no costado, a qual cria uma sintonia perfeita com as outras linhas de produtos da marca. O design exclusivo possui formas vigorosas em um inovador conjunto de superfícies arredondadas ao longo de todo o barco, enquanto a proa destaca-se por seu ângulo elegante. Elementos como as entradas de ar em fibra de carbono trazem ainda mais esportividade à nova 58 pés. No deck inferior da Intermarine 58 Offshore encontram-se o sofisticado salão com amplas janelas, sofá em U, cozinha e banheiro, além de uma confortável suíte com cama de casal. O acabamento primoroso reúne madeira e revestimentos cuidadosamente selecionados, criando uma atmosfera aconchegante com vista privilegiada para o mar. E, como toda Intermarine, a nova 58 Offshore pode ter seu interior customizado, o que confere à embarcação ainda mais exclusividade.

revistapremier.com.br

49


Por susane raiter Fotos Divulgação susanedesigninside@gmail.com

O mundo mágico do DESIGN Cores, texturas, materiais naturais, tecnologia e aconchego compõe a identidade da 58.a Edição do Salone del Mobile Milano e do FuoriSalone.

Entre os dias 8 e 14 de abril o mundo do Design se encontrou em Milão, e mais uma vez eu tive a oportunidade de acompanhar pessoalmente os lançamentos mais esperados do meu mundo! Longe de se resumir a uma feira, a Semana de Design de Milão propõe novos olhares sobre produtos e conceitos em incontáveis eventos e acontecimentos por toda a cidade. A feira propriamente dita, o Salone del Mobile Milano, reúne nos 210 mil m2 da RHO Fiera, os lançamentos das 2.300 principais fabricantes da indústria da Decor Mundial. Mas toda essa grandiosidade é só o ponto de partida para os olhos atentos de seus visitantes. Pergunte a qualquer um dos mais de 370.000 visitantes da feira e a resposta há de ser unânime: as novidades borbulham mesmo é no FuoriSaloni - são mais de 1.300 eventos independentes espalhados por toda a cidade, que trazem propostas ousadas, descontraídas e artísticas e que abrangem o mundo da moda, do automobilismo, da gastronomia e da tecnologia, onde a criatividade é o limite!

50

revista PREMIER


. Elle Decor at Work . A evolução do trabalho e suas perspectivas foi o tema abordado nessa Mostra de decoração desenvolvida pela Elle Decor. Tecnologia de ponta e design compõe os espaços do Palazzo Bovara. Coworking, ambientes de descompressão e ambientes de trabalho com aspecto de residência como sala de jantar, quarto e até banheiro dão sinais de que o futuro dos locais de trabalho será um híbrido entre as residências e os escritórios que conhecemos hoje.

. Louis Vuitton . O Palazzo Serbelloni, um Palacete com 400 metros quadrados com uma arquitetura espetacular recebeu uma das exposições mais aguardadas do Fuori Saloni - Objets Nomades da Louis Vuitton! Esse ano a desejada marca francesa criou novamente um clima mágico para apresentar seus laçamentos! Em meio a arquitetura clássica, foi criado um céu de lamparinas, emocionante. Enfatizando a parceria com os designers brasileiros Fernando e Humberto Campana a primeira sala trazia as criações dos irmãos e o lançamento de 2019 - a poltrona Bulbo.

. Paola Lenti . Se tem alguém que sabe compor cores, formas, texturas e materiais, esse alguém é Paola Lenti. Não é a toa que sua instalação é uma das mais respeitadas da Semana de Design de Milão e surpreendeu mais uma vez por conta de sua maestria nas composições inusitadas de cores.

revistapremier.com.br

51


. ISaloni . Cores vibrantes, pedras no mobiliário, quebra de limites, e objetos iluminados foram os aspectos que permearam os stands do Salão de Móvel de Milão.

. cores . Amarelos, alaranjados, verdes, azuis e vermelhos coloriram os 24 pavilhões da 54. edição do Salão do Móvel de Milão. Em composições coloridas e inusitadas, as cores em sua maior potencialidade

. pedras . Os mármores italianos são muito famosos, mas confesso que na minha 5. edição de Salone del Mobile, essa foi a primeira vez que eu pude notar a hegemonia dos mármores também nos móveis. Pedras naturais e sintéticas estão em nove de dez tampos de mesas além de cobrirem móveis de cozinha e serem a matéria prima de cubas, e até de luminárias e banheiras!

52

revista PREMIER


. sem limites . Os limites entre as paredes, piso e o teto foram abolidos. Tanto no que diz respeito aos tapetes, que subiram nos móveis, nas camas e nas paredes, quanto ao que diz respeito às luminárias, uma mesma peça pode estar ao longo das superfícies de mais de uma parede além do teto, o que mostra que os limites bem definidos entre parede, teto e piso é coisa do passado.

. euroluce . Esqueça a idéia de que se faz necessária uma luminária para iluminar um ambiente. Objetos iluminados estão dominando a Decór. Peças híbridas de luminária e vaso, luminária e mesa lateral, obras de arte e luminária estão decorando as casas ao mesmo tempo que iluminam.

revistapremier.com.br

53


Hi-tech

Por Eduardo Tristão hitechjoinville@hitechjoinville.com.br Fotos Divulgação

o limite é a imaginação.

Uma maravilha criada pela Dupont, onde o limite é a imaginação, o Corian é um material que substitui com vantagem tradicionais superfícies como madeira, mármore, granito, inox e outras. Criado há mais de 50 anos por uma das maiores empresas do mundo, ganhou confiança e respeito do mercado americano e europeu como um material duradouro e rígido que traz flexibilidade, versatilidade e design arrojado para qualquer ambiente. Diferente de outras superfícies, o material possui características únicas que lhe permitem ser cortado, colado, moldado, esculpido, usinado, perfurado e curvado em 25 cores lisas e que imitam a natureza. O Corian é utilizado para criar uma infinidade de utensílios, como cubas, balcões, mesas, cadeiras, fachadas, armários, maçanetas, paredes, biombos, obras de artes e o que sua imaginação mandar. As emendas e junções do DuPont Corian são soldadas e invisíveis. Com ele, é possível unir pequenas peças criando grandes móveis sem qualquer emenda, dando a aparência de uma peça única. Mais Informações: corian.com.br

Contemporâneo, clássico ou customizado Escolha o seu gadget preferido

Bicicleta sustentável

Você sabia que a primeira bicicleta de plástico reciclado do mundo é brasileira? Feita com uma armação de plástico de garrafas PET, embalagens de shampoo e peças de geladeira, esse protótipo de bicicleta é mais resistente, flexível e barato. Isso porque o plástico não enferruja, amortece naturalmente e sua fabricação transforma resíduos sólidos em um novo produto. A invenção é do artista plástico uruguaio Juan Muzzi, radicado no Brasil. Ele iniciou em 1998 pesquisa de materiais PET e Nylon como fonte de matéria prima, em São Paulo. A produção, concluída em 2008, precisou de um ano de teste para a comercialização do produto garantir o selo do INMETRO de qualidade e a patente na Holanda em 2012. Para fabricá-las, Muzzi conta com o trabalho de algumas ONGs que recolhem sucata e vendem para uma empresa que granula o material. Os grãos são vendidos para a Imaplast, empresa de moldes que Muzzi dirige. Também é possível que o próprio interessado leve o material reciclável. No processo de produção, o plástico granulado entra em uma máquina e é injetado no molde de aço. “Cada quadro demora dois minutos e meio para ser fabricado e, se for feito só de PET, usa 200 garrafas”, explica o empresário. Valor a partir de R$ 680 | Mais Informações: muzzicycles.com.br 54

revista PREMIER


sonho de caminhoneiro

customize seu tênis

A Under Armour, Inc. é uma empresa de roupas e equipamentos esportivos dos Estados Unidos. Com sede localizada em Baltimore, Maryland, começou a operar em 1996 e possui atualmente mais de quinze mil pontos de venda no mundo. Sua sede na Europa se encontra no Estádio Olímpico de Amsterdã, além de seus escritórios adicionais em Denver e Austin nos Estados Unidos; Hong Kong e Guangzhou na China; Jacarta na Indonésia e Toronto no Canadá. Atualmente é fornecedora de material esportivo de clubes como o Deportivo Toluca do México, Universidad Católica do Chile, Estudiantes e Rosário Central da Fluminense e Sport Recife do Brasil. E a ideia do lançamento da malha de compressão Energy Web é mostrar sua criatividade ou simplesmente se destacar da multidão como nunca antes. A tecnologia UA HOVR ™ fornece “sensação de gravidade zero” para manter o retorno de energia que ajuda a eliminar o impacto. A peça também contém moldes de espuma UA HOVR ™ para devolver a energia que você coloca e a malha respirável com filme de TPU hot melt sobre o dedo do pé para proteção extra, além de coberturas duráveis e sintéticas para estabilidade e para travar no meio do pé e zonas de amarração exclusivas e integradas no antepé, no meio do pé e no calcanhar para um ajuste estratégico personalizado. Valor: U$170 Mais Informações: underarmour.com

O LoneStar, ainda não disponível no mercado brasileiro, é conhecido como o “gigante mais luxuoso das estradas”. É fabricado originalmente pela fabricante estadunidense Navistar, que comanda as ações da empresa International Truck and Engine Corporation e tem sede na cidade de Lisle, no estado de Illinois. O caminhão possui um motor potente que pode render até 600 cavalos de potência. Muito do sucesso e do desejo está relacionado com o fato do veículo ter sido projetado e construído a partir da consulta com caminhoneiros experientes dos Estados Unidos. Essa parceria rendeu um veículo com um visual totalmente moderno e ao mesmo tempo tradicional. Além do visual externo de qualidade e do alto rendimento do motor desse caminhão, ele ainda possui um conforto inimaginável para um veículo desse porte. A ideia da Navistar era fazer com que o veículo proporcionasse o conforto de um lar para o seu condutor. Dessa forma, a cabine possui cama embutida, escritório, frigobar, sala, sistema de som, dentre vários outros fatores. Como já era de se imaginar, não é nada barato ter um LoneStar só para si. O investimento aproximado necessário para comprar esse caminhão é de 175 mil dólares, o que significa mais ou menos 700 mil reais na cotação atual da moeda americana. O LoneStar foi projetado com a filosofia DriverFirst™ que vê como prioridade atender às necessidades dos motoristas, que gastam inúmeras horas dirigindo, procurando proporcionar conforto e segurança. Como resultado, o LoneStar possui interior novo, ergonomicamente projetado com tecnologia de exibição de informações digitais, e um sistema que integra a funcionalidade do freio de transmissão e do motor, com interior luxuoso de vinil, durável e fácil de limpar. Valor: U$175.000 Mais Informações: internationaltrucks.com

revistapremier.com.br

55


questão de Pele Por Dra. Milena Zanella – CRM SC 12586 | Fotos divulgação

dramilena@azulayezanella.com.br | Instagram: @dra.milenazanella

QUER TER UMA PELE BONITA E BEM CUIDADA? FUJA DESSES ALIMENTOS! Todo mundo já ouviu a frase “você é o que você come” certo? E se tem lugar onde isso aparece claramente é na pele, nos cabelos e nas unhas. Confira a lista dos TOP + na hora de detonar a sua pele: 1- Doces: o açúcar provoca rugas! Causa um processo chamado glicação, que é quando uma molécula de glicose se une a uma de proteína e a quebra, ou seja, destrói o colágeno; 2- Álcool: desidrata a pele, inflama e intoxica o organismo, além de piorar a rosácea, psoríase e dermatite seborreica; 3- Embutidos: presunto, salsicha e salame, por exemplo, causam retenção de líquidos e inflamação da pele; 4- Refrigerantes: bebidas cheias de açúcar! Fuja sem pensar. Vá ao médico dermatologista saber como cuidar da pele individualmente e não esqueça de fazer a sua parte quando ninguém está vendo!

4 HÁBITOS QUE VOCÊ DEVE TER E QUE ACABAM COM A SUA PELE! Manias aparentemente inofensivas, mas que repetidamente prejudicam a sua pele... sim! Aposto que você tem pelo menos uma delas! Veja: 1- Passar a mão no rosto com frequência. Isso aumenta a oleosidade da pele e aumenta a chance de desenvolver espinhas e irritações; 2- Usar a mesma toalha para corpo e rosto. Esse hábito leva impurezas de outros lugares do corpo para o rosto, propiciando também o surgimento de espinhas e pele sem viço; 3- Espremer espinhas e cravos. Além de piorar a lesão, este hábito causa cicatrizes, manchas e agrava o quadro da acne. Por fim, não ajuda em nada na resolução das inflamações. A melhor forma de ficar sem cravos é a limpeza de pele profissional frequente; 4- Lavar o rosto com água quente. Essa atitude deixa um aspecto de craquelado, pois resseca a pele. Além disso, pode ocasionar o efeito rebote, uma defesa da pele que aumenta sua oleosidade. E aí? Se identificou com algum? Dê atenção aos pequenos hábitos diários e veja o quanto sua pele irá melhorar.

SHAMPOO ESFOLIANTE: VOCÊ USA? Lavar os cabelos regularmente é o que ajuda a manter os fios limpos, sedosos, saudáveis e bonitos, mas não é somente o shampoo convencional que deve fazer parte desse ritual. Para potencializar os cuidados dos fios, devemos incluir no processo de higiene um shampoo esfoliante. Além da limpeza, ele traz outros benefícios: 1- Diminui a oleosidade. Os cabelos oleosos e mistos acumulam ainda mais secreções no couro cabeludo, o que pode causar irritação e até queda dos fios. O shampoo esfoliante age limpando mais profundamente e eliminando melhor essas secreções. 2- Controla caspa. Como o shampoo esfoliante faz uma limpeza profunda, além de remover a oleosidade, elimina as casquinhas brancas do couro cabeludo sem agredir e com isso, melhora a oxigenação e chegada de nutrientes ao bulbo capilar. 3- Estimula o crescimento dos fios. Os componentes do shampoo esfoliante proporcionam renovação celular e melhoram a circulação sanguínea local, o que também faz aumentar a chegada de nutrientes no bulbo capilar, acelerando o crescimento dos fios. Anotem!


CUIDE DE VOCÊ ENQUANTO DORME! Parece piada, mas não é! Existem muitas coisas que você pode fazer pela saúde e beleza da sua pele, cabelos e unhas sem qualquer esforço. Confira: 1- Aplicar máscara. Pode ser anti-idade, hidratante ou secativa, de acordo com a indicação do seu médico. Elas são como cremes mais potentes, quase como um spa em casa! Aplique o produto e durma com a certeza de que irá acordar com uma pele mais bonita! 2- Tratar cutículas e mãos. Aplique produtos com pantenol, um ótimo emoliente. Agindo a noite toda, suas mãos amanhecerão mais suaves, hidratadas e com as cutículas no lugar e macias. 3- Hidratar os pés. Aplique pomada ou creme denso na região, e se conseguir, calce meias para que os calos amanheçam amolecidos e os pés macios. 4- Cuidar da região dos olhos. Rugas, bolsas e olheiras podem sim ser tratadas, e principalmente prevenidas, na hora do sono. Antes de deitar, aplique o produto especifico para esta região indicado pelo seu dermatologista. 5- Secar espinhas. Com a pele já limpa, aplique um creme secativo como os de ácido salicílico diretamente sobre as lesões de acne, sempre sob orientação do seu médico dermatologista. Mantenha esses cuidados regularmente e potencialize os resultados dos tratamentos feitos nos consultórios dermatológicos.

SOFRE COM UNHAS FRÁGEIS? Aproximadamente 20% das pessoas, principalmente as mulheres, sofrem com unhas quebradiças, com sulcos, descamação e ruptura. Isso pode resultar, além de um incômodo cosmético, em dor e dificuldade no trabalho diário. As unhas frágeis se apresentam partidas na transversal ou fissuradas longitudinalmente. Também podem apresentar estrias manchas brancas e aspereza. Geralmente são de consistência amolecida. Estas alterações podem aparecer em qualquer idade pelo contato frequente com água, por exemplo, em profissionais de limpeza que não utilizam luvas e cozinheiras, e ainda em pessoas que tem contato com substâncias químicas como sabão. Também aparecem pela falta de vitaminas no organismo, como ferro, selênio e zinco. Alterações hormonais da glândula tireoide podem causar enfraquecimento das unhas. Psoríase, Doença de Darier, Líquen Plano e Onicomicose (micose nas unhas) também causam alterações nas unhas e todas elas podem ser muito parecidas. Por isso, a necessidade de sempre procurar um médico dermatologista frente a qualquer mudança. Nosso arsenal de tratamento vai desde o corte correto das unhas, mudança de hábito, uso de medicações tópicas em esmalte, reposição de vitaminas, controle da doença que está causando as alterações, laser e cirurgia. Sim, a tecnologia dos lasers nos ajuda atualmente a

tratar sem dor ou lesões da matriz ungueal, as micoses e unhas frágeis. O avanço da idade diminui a hidratação da lâmina da unha e começamos a observar unhas rugosas. Outro fator que contribui para o surgimento de unhas frágeis é o traumatismo frequente das mesmas, como em digitadores e alguns musicistas. Algumas medicações podem ser responsáveis por alterações de cor, formato e até mesmo queda das unhas. O profissional indicado para o tratamento das doenças das unhas é o médico dermatologista! O tratamento começa com uma boa investigação para o diagnóstico correto da alteração das unhas, para então a terapia ser direcionada. Quando o trabalho é a causa do problema podemos sugerir afastamento do mesmo ou uso de equipamentos de proteção. Se você tem este problema agende sua consulta com um médico dermatologista. Muitas vezes uma doença sistêmica se apresenta inicialmente nas suas unhas e é preciso tratar logo no início para melhores resultados.


MODA

Por Byanca Bell Fotos Divulgação byancabelL@hotmail.com

Dress on pants

Eudon Choi

Ports

J W ANDERSON

Trends LFW FW 19

Underwear

As tendências apontadas em Londres para a temporada de Outono/Inverno 2020 estão aqui.

Toga

Burberry

58

revista PREMIER

J W Anderson


Tartan

Feather

Burberry

Awake

Pringle-of-Scotland

Balloon Sleeves

Burberry

Burberry

PETER PILOTTO

J W ANDERSON

Victoria Beckham

LADYLIKE

Christopher Kane

Burberry

Erdem

Erdem

revistapremier.com.br

59


Contemporânea

Por júlio franco Fotos Rômulo Bischoff | Divulgação francoeditor@hotmail.com

FRITZ & FRIDA

SÂMIA ZATTAR Nos últimos sete anos, a advogada Sâmia Zattar se dedicou exclusivamente à área criminal. Trabalhou em casos emblemáticos de operações da Polícia Federal e do Ministério Público que tiveram repercussão nacional, como Lava Jato, Satiagraha, Greenfield, Máfia dos Fiscais, Porto Seguro e Narciso. Foi aluna especial no programa de mestrado da Faculdade de Direito da USP nas disciplinas “O Pensamento Penal de Jesús-Maria Silva Sánchez” e “Perspectivas Sociológica e Clínica da Criminologia na Legislação Penal”. Agora, a joinvilense Sâmia volta para se dedicar totalmente ao escritório que abriu ao lado do marido, o também advogado Stephan Mendonça. “Nos últimos anos, concentrei meu foco na área criminal e atuei em casos de grande relevância e repercussão. Agora, estou retornando ao estado para compartilhar toda a experiência e o conhecimento que adquiri”, diz a advogada.

EMBAIXADORA VEGANA “Alimentoquecura” é a senha do Purana.co, o restaurante que foi listado entre os 13 melhores brunchs de São Paulo pela Vogue, capa da Vejinha SP em abril e que conta com concepção e cardápio da joinvilense Alana Rox. Vegetariana convicta desde o nascimento, Alana vem se dedicando a causa dos animais há 15 anos, quando se viu vegana. Junto ao Purana.co estão empresas e ong’s ligadas à defesa da vida dos bichos. Além deste projeto, que em menos de um ano já tem sinais claros de sucesso, ela ainda grava mais uma temporada de seu programa de receitas para o GNT.play e prepara o lançamento do segundo livro, além de outras atividades que visam difundir o conceito vegano para o mundo todo.

E AGORA JOSÉ Por receio de perder amigos, e talvez familiares, me isentei do segundo turno das eleições no ano passado. Estava longe do domicílio eleitoral naquele último domingo de outubro. Não tenho, então, muita moral para criticar os atuais presidente e governador. Mas estou realmente assustado. Jair Bolsonaro atira pra todos os lados – e não acerta uma! Ainda bem que o tiro é somente pelas redes sociais. Moisés mostra-se mais centrado, mas parece mal assessorado e, com um estado semi-falido em mãos, tem pouco traquejo para fazer as gambiarras políticas que vinham mantendo Santa Catarina na vitrine.

Não existe amor em SP. Os bares estão cheios de almas tão vazias. A ganância vibra, a vaidade excita.” Criolo 60

revista PREMIER

ingsangue suor e lágrimas Ranquk pa e ssou: O mês

dade n, uma boa novi - Parque Hanse ? né a aç gr os, sem - Joinville 168 an bém m ta a aç gr os, sem uma vez - Floripa 346 an , vergonha mais os es pr ra ei or M - Temer e isteza zano, Rio: que tr - Notredame, Su

Coluna vertebral • Fui na inauguração da Farm Hill, casa de festas instalada na BR-280, com acesso pelo Itinga ou pela 101. Excelente localização, para uma casa detalhadamente pensada para dar certo, desde o estacionamento, acabamentos, palco etc. Um show! • O Passeio San Miguel em Balneário Camboriú é a “Piazza Italia” que deu certo. Inaugurada nos anos 2000, a Piazza foi a ideia certa, no lugar certo, mas na época errada. Já o Passeio é case de sucesso em BC. • Ainda não fui, mas achei um charme o novíssimo Nina Maria, café e bistrô inspiradíssimo na França. Pelas fotos e pelas impressões dos amigos, trata-se de uma opção realmente diferente, numa transversal da Dona Francisca e Santos Dumont.


Perguntas e respostas ANA DADAM Ana Dadam, é designer de moda e foi na pós de Gestão e Criação de Moda, na Universidade Católica que deu rumo à sua vocação. “Foi quando começou a brotar em mim a vontade de criar minha própria marca de acessórios. A rotina de trabalhar em outra cidade estava me deixando desgastada, foi então que comecei a buscar um trabalho mais perto de casa”. Assim surgiu a Quitanda. Conheça uma pouca mais da designer. Como começou o interesse pelo mundo fashion? Me interesso por moda desde a infância. Não ficava contente com os modelitos que vinham com as bonecas, então tratava logo de criar vestidos e acessórios para elas. Mais tarde, com 15 anos, comecei a pesquisar o que gostaria de estudar na faculdade e descobri o universo do design. Me identifiquei, pois sempre fui muito criativa e tinha (e ainda tenho) talento para o desenho. No ano em que prestei vestibular havia iniciado o curso de Design de Moda na Univille e então decidi que seria esta minha área de estudo para profissão. Como surgiu a ideia da Quitanda? Já na faculdade comecei a trabalhar na área como assistente de criação na Priori (em Joinville), após me graduar na faculdade decidi que gostaria de trabalhar para outra marca para ter mais experiência. Poucos meses depois fui chamada na Gatabakana para trabalhar como estilista. Trabalhei lá durante três anos. Neste meio tempo, a Elegance All Curves estava em expansão e me chamou para trabalhar na equipe - foram dois anos incríveis. Porém cada vez mais surgia a vontade de criar minha própria marca e no início de 2018 precisei me despedir da marca em que trabalhava para focar em meu objetivo e sonho. Quando o projeto realmente deslanchou? A ideia da Quitanda ficou mais desenhada em minha mente depois de uma viagem à Canoa Quebrada, onde conheci um

artesão chamado Chêcho, que era chileno e trabalhava no Ceará há anos, produzindo peças artesanais de couro de cabra. Lembro que o que mais me chamou a atenção foi o fato de ele utilizar tiras do próprio couro para costurar as peças, tudo manualmente. Adquiri uma bolsa para guardar de lembrança (ela fica sempre a vista no meu ateliê, para eu não esquecer da essência da marca). Hoje esta estética é a assinatura principal da Quitanda. Quando vi aquele trabalho reparei o quando nossa moda estava genérica e tediosa, todo mundo produzindo e criando produtos muito parecidos, e eu tinha vontade de fazer uma moda única, exclusiva, carregada de brasilidade, porém com apelo de moda. E como está sendo o processo produtivo? Depois da marca ativa busquei me aprimorar na questão da produção, para garantir ainda mais qualidade. Foi então que fiz um curso com o Evandro Lardic para aprender detalhes de corte e acabamento. O restante foi prática, criatividade e minha bagagem de Designer. Quais os diferenciais da marca? Prezo sempre pela qualidade dos produtos: todas as peças são confeccionadas em couro, o que garante durabilidade maior e beleza com o passar dos anos para o produto. Minha tiragem é pequena para garantir a exclusividade para o cliente, alguns modelos são de assinatura da marca, porém sempre os produzo em cores novas para diversificar. E como as pessoas podem adquirir suas peças? Costumo criar produtos com estética atemporal e/ou que possuam mais de uma funcionalidade, gosto da ideia de estimular a criatividade também em quem vai utilizar minhas peças. Além dos produtos da coleção disponíveis na Loja Online da marca, faço atendimento exclusivo no ateliê, basta marcar uma hora para discutirmos o modelo que vá melhor atender o cliente.n

revistapremier.com.br

61


societá

Por Alessandra Lobo Fotos Divulgação alessandraloboblog@gmail.com Alana Schwoelk

wine day

No dia 4 de abril a Lelitá Boutique promoveu um evento super bacana, que contou com o lançamento da coleção outono/inverno 2019 e delicioso coquetel. Na foto, Evelise Meurer, proprietária da loja, ladeada por sua fiéis escudeiras Angelita Fernandes (esq.) e Eduarda Martins. A Lelitá Boutique fica na Rua Blumenau, 1727

Hope Fashion Day

Letícia Sakuma organizou com muito esmero e dedicação no dia 12 de abril, a primeira edição de 2019 do Hope Fashion Day, da loja Hope, do Garten Shopping. O evento contou com fino coquetel, lançamento da coleção de Inverno da marca e palestra com a coach Andreia Monteiro, que falou sobre empoderamento feminino. Os novos pijamas e lingeries estão lindos demais e cheios de tendências da temporada. divulgação Camila Mendes

Inauguração

Microfilme Studio

Marcela Harger (esquerda), acaba de inaugurar uma franquia da Clínica Vasti na Rua Otto Boehm, 338, anexa ao Espaço Clin. A Vasti Unidade Glória, traz em seu portfólio os mesmos tratamentos das outras unidades, como: atendimento personalizado, emagrecimento intenso, ganho de massa, harmonização facial e tratamentos feitos à laser. Na foto, Marcela com Patrícia Maria da Costa Neves (centro), proprietária do Espaço Clin, e com a dra. Valeria Alves, proprietária da franquia Vasti

62

revista PREMIER

Farm Hill.

Joinville acaba de ganhar mais um importante espaço de shows e eventos, a Farm Hill. E uma boa parte das integrantes do Núcleo de Mulheres Empreendedoras da ACIJ marcou presença na festa de inauguração. Na foto, Rosane Campos (esquerda), Fabiane Heyse, Francine Olsen e Isabel Klimesch


societá

Por Alessandra Lobo Fotos divulgação alessandraloboblog@gmail.com

Entrevista

ALDO E FERNANDA

O

s empresários Aldo Cadorin e Fernanda Paula Cadorin Winter, pai e filha, estão à frente em Joinville, da De Marseille Alimentos e Vinhos Finos (tendo na retaguarda Odete Cadorin, esposa e mãe, que dá todo suporte na área administrativa/financeira), empresa que conta com 27 anos de história. Ambos formados em Administração de Empresas e Sommelier de Vinhos, cada um atua em áreas específicas na De Marseille: Aldo se envolve mais com novos produtos e projetos e Fernanda no atacado, varejo e eventos. Em sua longa caminhada profissional Aldo já foi gerente, superintendente e diretor de grandes empresas, sempre na área de finanças/planejamento e Fernanda, antes de trabalhar na empresa da família, passou pelo Banco do Brasil e grupo Arcelor Mittal, em São Francisco do Sul, sem esquecer de mencionar que desde a infância sempre gostou de ajudar nos bastidores da empresa.

64

revista PREMIER


Como foi o início da De Marseille? Aldo: Minha mulher Odete que iniciou a empresa em 1992, com uma croissanterie no Shopping Americanas. Introduzimos o croissant em Joinville, no sentido comercial, sendo os pioneiros no Norte de Santa Catarina. Passando já da casa dos 50 anos, me aposentei como executivo e entrei na empresa acrescentando os vinhos (minha eterna paixão). Hoje, a De Marseille Alimentos e Vinhos Finos atua no varejo, atacado e representação. Embora os vinhos sejam a parte mais visível, a empresa tem uma vasta trajetória em congelados para o food service. Alguma novidade ou novo projeto no ar? Aldo: Consolidar a empresa sob o comando da nossa filha Fernanda e várias ideias no ar... uma delas já está em ação com nosso carro chefe: o croissant recheado já pré-assado e congelado. O que espera de 2019? Aldo: Será um ano de pouco crescimento em termos “macro”, com reformas estruturais se iniciando 2019. Acreditamos muito em 2020. O que mais te agrada em trabalhar no comércio, sendo uma área mais específica e diferenciada como vinhos, cervejas e espumantes? Fernanda: Trabalhar com um produto que faz a felicidade de tantas pessoas... seja para degustar com amigos, harmonizar em um jantar ou apenas para relaxar ao fim de um dia longo.

Aldo

As pessoas se surpreenderiam se soubessem que eu: Consigo me concentrar muito quando quero, pois no dia a dia sou dispersivo, falo muito. Maior desejo: Envelhecer rodeado da família, amigos e viajar muito. E que a De Marseille se perpetue, sob a batuta da Fernanda. Maior presente que já recebeu: A família que tenho. Luxo: Uma boa taça de vinho, um bom prato e um bom papo. Caos: música alta e de má qualidade. E a nível social, o desemprego. Saudades: Não cultivo o passado, realmente não sinto saudades. Frase: Também não cultivo muito isso de frases e gurus. Mas uma frase que gosto é “Você não pode mudar o vento, mas pode ajustar as velas.”

Quais as maiores dificuldades? Fernanda: A falta de tradição/hábito de degustar vinhos finos no país. O consumo de vinhos no Brasil vem crescendo bastante nas últimas décadas, mas ainda não chega nem perto do consumo na Europa por exemplo, onde o vinho é considerado alimento e não bebida alcóolica. Que tipos de eventos a De Marseille costuma promover? Fernanda: Nos últimos anos estamos diversificando bastante os eventos. Continuamos fazendo degustações com produtores, jantares harmonizados... mas começamos a fazer alguns eventos mais descontraídos também, a fim de conquistar aquele público jovem que vem direto do trabalho, que muitas vezes só quer se reunir com os amigos e degustar bons vinhos. Inclusive, mês passado, inauguramos um espaço externo para eventos como esse. Já tem algum evento programado para os próximos meses? Fernanda: Teremos dia 6 de junho o tão esperado Decanter Wine Day, que é a degustação anual que fazemos com 130 rótulos entre vinhos, de 16 diferentes países. O que mais os clientes encontram na De Marseille, além das bebidas? Fernanda: Uma ampla linha de alimentos gourmets, tais como chocolates, pastas, azeites, sucos, geleias, antepastos, patês... além dos nossos congelados De Marseille, já bem conhecidos no mercado.

Fernanda

As pessoas se surpreenderiam se soubessem que eu: Não gosto muito de falar em público. Na verdade, me considero super comunicativa e comercial, mas quando se trata de me preparar para dar um curso, palestra ou algo do tipo, dou uma travada. Prefiro mais os bate papos espontâneos, que acontecem naturalmente Maior desejo: Vida longa com saúde para poder curtir muito meu filho, família e amigos e, é claro, a família De Marseille. Maior presente que já recebeu: Meu filho João Guilherme, Luxo: Viajar, viajar e viajar. Caos: Trânsito.

Saudades: da minha infância... não poderia ter sido melhor. Frase: “Coisas boas acontecem quando a gente pensa positivo e não desiste de ser feliz”.n

revistapremier.com.br

65


66

revista PREMIER


revistapremier.com.br

67


1.

01. Carlos Büst veste Expressiva Black na sua festa em comemoração aos 18 anos do seu programa Gente | Atitudes; 02. Eduardo Baschung, Giselle Büst e Cadu Diazzi; 03. Ruana Guesser e Alison Douglas Werle; 04. Geisa Hille, Rose Bejarano e Sheyla Guerretta; 05. Gil e Ana Prayon; 06. Este colunista e Josiane Backes; 07. Zé Carlos e Salete Nascimento com Elisabeth Benjamin Camargo Boaretto; 08. Ivandro Geraldo de Souza e Sulamita Kaiser; 09. Marcel Daiane Harger e Mário Sérgio Brum; 10. Catia Bittencourt, Taisa Niemeyer e Andréa Monteiro; 11. Larissa Zattar, Carlos Büst e Bianca Gastaldi. Fotos Carlos Alves

3. 4.

2.

5.

6.

9.

68

revista PREMIER

7. 8.

10. 11.


revistapremier.com.br

69


70

revista PREMIER


Entre em contato com nossa assessoria. Acesse www.manchesterinvest.com.br ou ligue 47 3032 3700 revistapremier.com.br

71


Royal Mansour Marrakech + Christian Louboutin

O Royal Mansour Marrakech revela sua nova parceria com a Christian Louboutin, juntando forças em torno de suas paixões compartilhadas por viagens, arquitetura e artesanato. O resultado da parceria é uma exclusiva babouche - The Lady Mansour - que foi criada exclusivamente para o hotel. A babouche é um calçado tradicional do Marrocos. Uma homenagem ao artesanato excepcional, The Lady Mansour combina a excelência tradicional da Christian Louboutin com a cultura ancestral marroquina. The Lady Mansour, uma mule plana com ponta pontiaguda apoiada num salto de 10 mm, foi inspirada em detalhes do hotel como a intrincada treliça de madeira, motivos florais prateados, bronze esculpido e arcos de ferradura e apresenta um mosaico abstrato com uma mistura de tons de ouro, branco e marrom. A babouche foi finalizada com delicados detalhes em corte a laser em couro specchio e apresenta a reconhecida sola vermelha da Christian Louboutin. A babouche The Lady Mansour está disponível somente na boutique Royal Mansour e custa 800€.

WISH LIST Para quem quer estar no topo.

smart deco franke

Coloridas e com design vintage revisitado com traços minimalistas com iluminação em régua de LED, as coifas Smart Deco são funcionais e decorativas. Seu design inovador permite liberdade na criação do projeto tornando-o único. Com 7 opções de cores (branca, preta, mustard yellow, rose, dusty green, cinza e smokey blue), as Smart Deco, instaladas somente no modo depurador, criam ambientes joviais, divertidos e quebram com a hegemonia do monocromático e tons neutros normalmente usadas nas cozinhas. Para quem valoriza exclusividade no design a Smart Deco é a peça chave na decoração de cozinhas e se torna a protagonista nestes espaços, principalmente em integrados com as áreas sociais.

72

revista PREMIER


CLÉ DE CARTIER 35 MM TURBILHÃO VOADOR

Relógio Rotonde de Cartier Turbilhão Voador tem movimento mecânico de Manufatura com corda manual. A caixa é em ouro branco rodinado 18K engastada com 437 diamantes lapidação brilhante totalizando 3,16 ct, chave ornamentada com uma safira. Já o mostrador é feito em latão flinqué e solar e os ponteiros em aço forjado em forma de espada. A pulseira em couro de crocodilo azul marinho e fivela desdobrável com regulagem dupla em ouro branco rodinado 18K engastada com 41 diamantes lapidação brilhante totalizando 0,40 ct dão o toque final a joia da marca.

PREMIER DB11

Este GT 2+2 quer marcar o início de uma nova era na Aston Martin. Atributos não lhe faltam. A começar pelo primeiro motor turbinado (e o mais potente) da Aston: um impressionante V12, biturbo, de 5,2 litros, capaz de render 608 cv e 71,4 mkgf de torque, orquestrado por uma caixa automática de oito marchas.

revistapremier.com.br

73


coach

A importância de pedir ajuda Em uma pesquisa recente, feita pelo IBGE, 40% dos executivos brasileiros está infeliz no trabalho e 64% gostaria de fazer algo diferente do que faz hoje para ser mais feliz.

Q

uantas vezes você pensou em começar um novo negócio, um projeto, uma ideia, mas não foi adiante por não saber nem por onde e como começar? A maioria das pessoas que me procuram todos os anos não fazem ideia de como seguir o seu sonho, para se sentir realizado e ter seu sustento com aquilo que realmente faz sentido em suas vidas. Mas por uma série de fatores, dúvidas e medos, não dão o primeiro passo. Quero compartilhar com vocês um caso de “Super Ação”. Final de 2016, recebi o convite da “Ana” para tomarmos um café e falar de seu futuro. Ela começou dizendo: “Marcelo, quero ser dona do meu próprio negócio, mas não sei nem por onde começar. Estou trabalhando em uma empresa que não faz mais sentido para mim e tenho medo de fazer o que eu quero”. Saber por onde começar, um plano de negócios ou uma consultoria no Sebrae te mostram o caminho com total qualidade. A pergunta é: Se essa é a vontade, porque até agora não foi feito nada? Que medos são esses? São somente medos ou tem algo mais?

Mas é possível entender a “Ana”. Até mesmo eu e muito provável você já tenha passado por isso. Mas o fato é que a “Ana” pediu ajuda e uma ajuda profissional. Buscou saber o que precisava ser feito para que ela pudesse seguir aquilo que ela queria. Estava faltando confiança nela mesma, em todo o seu potencial e uma estratégia para fazer uma transição sadia do seu trabalho para abertura da sua própria empresa. Durante os encontros de coaching, “Ana” insistia em duvidar da sua condição de empreender por ter pouca idade, dizia que as empresas não aceitariam ser atendidas por alguém tão jovem e com pouca experiência. Em uma de nossas reuniões, depois de algumas focadas em entender quem ela é e suas capacidades, análises e conclusões de seu potencial chegamos em uma afirmação vindo dela: “Eu sou foda! ”. E aquela mulher com postura de inferioridade e medo das últimas semanas, se tornou uma mulher com brilho no olho, confiante e com uma postura de quem quer vencer. Resultado final, ela conseguiu sair da empresa e abriu o seu próprio negócio. Dois anos e meio se passaram, recebo um convite dela para o lançamento de uma nova empresa, maior, com mais funcionários e dois sócios. Chegando no evento, ela me recebeu, me apresentou os dois sócios e um deles falou para mim: “Ela não para de dizer que é Foda! ”. Demos muitas risadas! Não se trata de ter uma postura arrogante e sim uma postura afirmativa, de líder, com consciência de sua potencialidade para ter total condição de ajudar seus sócios, clientes, funcionários, família e sociedade a serem melhores. No caso da “Ana”, aprendi o quanto é válido e importante colocarmos o ego de lado e pedir ajuda. Pedir ajuda não é um sinal de fraqueza, é um sinal de coragem, humildade e sinceridade com você mesmo. Gosto muito de uma frase, dita pelo Carl Jung, que simboliza essa história – “ Quem olha para fora, sonha, quem olha para dentro, desperta. ”n

Marcelo Kobe é coach para empreendedores, membro da Sociedade Latino Americana de Coaching.

74

revista PREMIER


revistapremier.com.br

75


entregue-se aos prazeres da carne #

EXPLORE NOVOS SABORES

raOo

Desenvolvido por: www.anexi.com.br

VemP

O que você está esperando para ter a experiencia máxima de um verdadeiro churrasco preparado em um parrilla argentina? Faça já sua reserva para almoço ou jantar na Empório Otto!

@emporiootto

FAÇA PARTE DO NOSSO GRUPO DE WHATSAPP, RECEBA DIARIAMENTE O NOSSO CARDÁPIO,, promoções, NOVIDADES E MUITO MAIS. (47) 9 9150 - 4222 / (47) 3801 - 4413 76

revista PREMIER

Rua Otto Boehm 1195 - Joinville - SC

Profile for Revista Premier

Revista Premier 134  

Conteúdo para inspirar você. BUSINESS | LIFESTYLE

Revista Premier 134  

Conteúdo para inspirar você. BUSINESS | LIFESTYLE

Advertisement