__MAIN_TEXT__
feature-image

Page 1

www.pack.com.br

216

ANO•17

2 0 1 6

R$ 15,00

EMBALAGEM

TECNOLOGIA

DESIGN

INOVAÇÃO

ENTREVISTA Patricia Coelho, da agência eba!, fala sobre a conquista da premiação internacional Vertex Awards 2015

EMBALAGENS DE VIDRO Inovação na produção e na tecnologia de decoração

EMBALAGENS FLEXÍVEIS

E

E D Fi diç IÇÃ sp ão O al E 2 Te sp 17 cn ec ol ia og l ia

O stand-up pouch ganha cada vez mais popularidade nas prateleiras

216 - Capa.indd 1

08/05/2016 01:02:58


2 CAPA OPTIMA.indd 2

08/05/2016 01:03:05


carta ao leitor

O VALOR DA EMBALAGEM

Q

ue a apresentação visual é o chamariz para marcas e produtos nas gôndolas, ninguém contesta. Numa prateleira repleta de iguais o design é fundamental para destacar um produto e gerar resultados aos donos de marcas. A rede de lojas Mundo Verde colhe os fruto disso. A nova identidade visual da embalagem da linha Mundo Verde Seleção acaba de conquistar a medalha de bronze no Vertex Awards 2015, premiação internacional dedicada ao design de embalagem de marcas próprias. O design é assinado pela agência de design de embalagem eba!. A receita desse sucesso quem conta é Patricia Coelho, fundadora e diretora-executiva da agência eba! em entrevista à revista Pack. A indústria de alimentos é grande consumidora de embalagens flexíveis. Segundo uma pesquisa da Canadean, 786.095 milhões de embalagens flexíveis será consumida pelo mercado global de alimentos em 2018. Este setor deve demandar até 2.489

Pack 216 - Editorial.indd 3

unidades de embalagens do tipo pouches entre 2014 e 2017, um crescimento de 14,9%. No Brasil, esse tipo de embalagem também é bem popular no segmento de alimentos. Nas gôndolas, é cada vez mais comum os stand-up pouches com tampas ou zíperes que oferecem, além de fácil abertura, maior conveniência, portabilidade e praticidade aos consumidores. A cerveja é a melhor companhia para celebrar as reuniões com os amigos e familiares. Não à toa o copo está sempre cheio. O brasileiro muda a ocasião de consumo, mas não deixa de tomar a sua loira gelada. Em 2015, a produção de cervejas foi de 13,8 bilhões de litros. Esse mercado demanda da indústria de embalagens de vidro inovações constantes. No segmento de perfumes, a embalagem de vidro tem papel fundamental para contar a história da marca ou da fragrância. O setor investe não somente em formatos, mas principalmente em técnicas de decoração que emocionem os consumidores. Até a próxima edição!

08/05/2016 01:03:27


216

sumário

A N O • 1 7

Foto: Divulgação

2016

10

INOVAÇÃO

EMBALAGEM TECNOLOGIA DESIGN

ENTREVISTA Design Brasileiro Conquista Prêmio Internacional

10 ENTREVISTA

Patricia Coelho, fundadora e diretora-executiva da agência de design de embalagem eba! fala sobre a conquista do prêmio Vertex Awards 2015, uma competição internacional dedicada exclusivamente ao design de embalagem de marca própria

26 EMBALAGENS FLEXÍVEIS

26

Ainda há uma avenida de oportunidades para o crescimento do mercado de embalagens flexíveis no Brasil, especialmente, explorando o uso de zíperes para oferecer uma melhor experiência de consumo

EMBALAGENS FLEXÍVEIS Cada vez mais populares nas gôndolas

32 EMBALAGENS DE VIDRO

Foto: Divulgação

Ela pode contar a história de uma marca no segmento de perfumes ou promover diferentes ocasiões de consumo no mercado de cerveja e água mineral

38 ESPECIAL

32

A FCE Pharma e a FCE Cosmetique chegam a 21a edição consolidadas como importantes plataformas de negócios da indústria brasileira de farmacêuticos e cosméticos

EMBALAGENS DE VIDRO

Muito além da embalagem

Foto: Divulgação

SEÇÕES

4

6 AGENDA

25 VANGUARDA

8 PACK ONLINE

46 DIRETO DA GÔNDOLA

16 NOTÍCIAS

44 SUSTENTABILIDADE

22 ATUALIDADES

47 NOTAS TÉCNICAS

EDITORA B2B

216_Índice de matérias.indd 4

08/05/2016 01:04:43


5 PERFOR.indd 5

08/05/2016 01:05:08


agenda FEIRAS NO BRASIL EMBALAGEM | TECNOLOGIA | DESIGN | INOVAÇÃO

DATA

FEIRA

LOCAL

CONTATO

10 a 15 de maio

FCE Pharma

Transamérica Expo Center - SP

www.fcepharma.com.br

10 a 15 de maio

FCE Cosmetique

Transamérica Expo Center - SP

www.fcecosmetique.com.br

07 a 09 de junho

EXPO Alumínio

São Paulo Expo - SP

www.expoaluminio.com.br

12 a 15 de junho

IAPRI – World Conference on Packaging

Cetea/Ital Campinas - SP

www.ital.sp.org.br/cetea/eventos

14 a 17 de junho

Fispal Tecnologia

Pavilhão Anhembi - SP

www.fispaltecnologia.com.br

02 a 04 de agosto

Anutec International Foodtec Brazil

Expo Unimed Curitiba - PR

www.anutecbrazil.com.br

09 a 12 de agosto

Embala Nordeste

Centro de Convenções de Pernambuco Olinda - PE

www.embalanordeste.com.br

16 a 19 de agosto

Interplast

Pavilhão de Expoville Joinville - SC

www.interplast.com.br

23 a 25 de agosto

Innovapack

Transamérica Expo Center - SP

www.fi-events.com.br/innovapack

CONSELHO EDITORIAL Assunta Camilo Napolitano, diretora da FuturePack e do Instituto de Embalagens – Eduardo Tadashi Yugue, gerente de embalagens da Nestlé Brasil – Geraldo Cardoso Guitti, diretor do Conselho Administrativo da Refrigerantes Convenção – Iorley Correia Lisboa, gerente P&D e Inovação de Embalagens – Marcas Exclusivas do Walmart Brasil – João Batista Ferreira, CEO da J2B Innovation to Business – Lincoln Seragini, presidente da Seragini Design – e Luis Fernando Madi, Diretor Geral do Instituto de Tecnologia de Alimentos (ITAL)

COMERCIAL Marília de Paula marilia.pack@gmail.com Tel.: (11) 3722-0956 Rajah Chahine rajahchahine14@gmail.com Tel.: (11) 3722-0956

FEIRAS NO EXTERIOR DATA

PUBLISHER: Fernando Lopes ASSESSORA TÉCNICA: Assunta Napolitano Camilo (FuturePack) assunta@futurepack.com.br REVISÃO: Nazaré Baracho PROJETO GRÁFICO: Editora B2B PRODUÇÃO: Luciano Tavares de Lima (gerente) produção@banas.com.br DESIGNER: Ana Claudia Martins editoracaopack@gmail.com CAPA: Ana Claudia Martins FOTO DA CAPA: Sonoco

FEIRA

LOCAL

CONTATO

17 a 20 de maio

Expo Pack Mexico

Expo Bancomer Santa Fe – Cidade do México México

www.expopack.com.mx

31 de maio a 10 de junho

Drupa

Messe Dusseldorf Dusseldorf - Alemanha

www.drupa.com

13 a 16 de junho

Argenplás

Centro Costa Salguero Buenos Aires - Argentina

www.argenplas.com.ar

15 a 18 de junho

Propak Asia

Bitec - Bangkok Tailândia

www.propakasia.com

13 a 15 de setembro

Labelexpo America

Donald E. Stephens Convention Center Chicago - Estados Unidos

www.labelexpo-americas.com

Cartas&E-mails A Revista Pack quer conhecer a opinião dos nossos leitores. Sua opinião é muito importante para a contínua melhoria da qualidade editorial. Escreva para nós, opinando sobre as entrevistas, reportagens e os artigos. Critique ou dê sugestões de pautas.

Nilton Feitosa nilton.feitosa@nvcon.com.br Executivos de Negócios – São Paulo – Interior Aqueropita Intermediações de Negócios Ltda. Contato: Aparecida A. Stefani Tel.: (16) 3413-2336 – Cel.: (11) 9647-0044 aparecida.stefani@banas.com.br Rio Grande do Sul Interface Comunicação e Propaganda Ltda. Contato: Vera Anjos Av. Taquara, 193 – Cj. 406 – CEP 90460-210 – Porto Alegre-RS Tel./Fax: (51) 3737.9200 (51) 9969.0727 banassul@terra.com.br Rio de Janeiro Art Comunicação S/C Ltda. Contato: Francisco Neves Rua Des. João Claudino Oliveira e Cruz, 50 – cj. 607 – CEP 22793-071 – Rio de Janeiro-RJ Tels.: (21) 2269-7760 – (11) 9943-5530 – Fax: (21) 3899-1274 banasrj@uol.com.br

REPRESENTANTE INTERNACIONAL

ARGENTINA 15 de Noviembre 2547 – C1261 AAO – Capital Federal – Republica Argentina Tel.: (54-11) 4943-8500 – Fax y Mensajes: (54-11) 4943-8540 www.edigarnet.com Rua dos Três Irmãos, 771 Jardim Progredior – São Paulo-SP – CEP 05615-190 CNPJ 07.570.587/0001-13 – I.E. 149.349.995-116 NOVO TELEFONE: (11) 3722-0956 IMPRESSÃO: Grafilar CIRCULAÇÃO NACIONAL: Tiragem – 10 000 exemplares PERIODICIDADE: ANUAL Nº Avulso: R$ 15,00 PACK – EMBALAGEM | TECNOLOGIA | DESIGN | INOVAÇÃO

AT

EC

D E M ÍD IA S E G

M

E

TA

DA

PB

EDITORA B2B

216_Agenda_Expediente sem ivc.indd 6 EDITORA BANAS

D

O

6

IA

T

A

EG

R

A

B2

C AT

B

2008

Filiada à

N

NOVO TELEFONE: (11) 3722-0956

AN

Rua dos Três Irmãos, 771 Jardim Progredior – São Paulo-SP – CEP 05615-190

IO

E-MAIL redacao@pack.com.br

IV P R Ê M

PARA SE CORRESPONDER COM A REDAÇÃO

END.

é uma publicação mensal da Editora B2B.

A PACK é dirigida aos profissionais que ocupam cargos técnicos, de direção, gerência e supervisão em empresas fornecedoras, convertedoras e usuárias de embalagens, bem como prestadores de serviços relacionados à logística, design e todos os processos relacionados a indústrias de embalagem.

RE

V I S TA S E G M

EN

É permitida a divulgação das informações contidas na revista desde que citada a fonte. PACK reserva-se o direito de publicar somente informações que considerar relevantes e do interesse dos leitores da revista.

09/05/2016 19:41:37


7 INSTITUTO DE EMBALAGENS.indd 7

08/05/2016 01:07:39


www.pack.com.br

@EditoraB2B

nline

/packrevista

POR TATIANA GOMES | tatiana.gomes@banas.com.br

O SITE DA PACK TRAZ NOTICIÁRIO ATUALIZADO DIARIAMENTE, ARTIGOS EXCLUSIVOS E TUDO SOBRE O MERCADO DE EMBALAGEM. MAIS: VÍDEOS, FOTOS E A VERSÃO DIGITAL NA ÍNTEGRA DA EDIÇÃO DO MÊS, ALÉM DAS ANTERIORES!

Owens Illinois e Bodebrown lançam vídeo que mostra a produção das novas garrafas da cervejaria Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

Embaquim expande exportação de embalagens e sistemas bag-in-box Pioneira e uma das principais fabricantes de sistemas bag-in-box do Brasil, a Embaquim enxerga na crise do mercado interno uma oportunidade para expandir seus negócios no exterior. Com a alta do Dólar, a empresa focou parte de seus esforços na exportação de embalagens e sistemas bag-in-box. O resultado foi a conquista de novos mercados e a ampliação do portfólio de itens exportados.

“O Nascimento” apresenta a fabricação de embalagens especiais criadas para reforçar o caráter inovador da cervejaria curitibana. A Bodebrown, uma das cervejarias mais premiadas da América do Sul, acaba de lançar o vídeo “O Nascimento”, no qual apresenta o processo de fabricação de suas novas garrafas, desenvolvidas pela Owens Illinois (O-I), maior fabricante de embalagens de vidro do mundo.

Onde achar? http://www.pack.com.br/blog/index.php/2016/04/18/embaquimexpande-exportacao-de-embalagens-e-sistemas-bag-in-box/

Onde achar? http://www.pack.com.br/blog/index.php/2016/04/15/owens-illinois-ebodebrown-lancam-video-que-mostra-a-producao-das-novas-garrafas-da-cervejaria/

Bemis lança tubo laminado SilverGlam durante a FCE Cosmetique, em São Paulo Durante a feira, a Bemis fará o lançamento oficial do tubo laminado SilverGlam, que tem como diferenciais o altíssimo brilho e barreira à luz, oxigênio e vapor d’água. Desenvolvido pela Laminor, empresa do Grupo Bemis, o SilverGlam mantém as características de memória do material, o que permite uma utilização perfeita da embalagem e evita desperdícios, permitindo aos usuários o consumo total do produto.

[CONEXÃO WEB ] as mais lidas no pack.com.br

1

2 3

Onde achar? http://www.pack.com.br/blog/index.php/2016/05/04/bemis-lancatubo-laminado-silverglam-durante-a-fce-cosmetique-em-sao-paulo/

[DESTAQUES] Dúvidas sobre o mercado? Nossos consultores esclarecem os mais diversos temas do setor. Envie sua pergunta e leia as respostas para nossos internautas no Blog da Pack. E-mail guru@pack.com.br PERGUNTE, ELE RESPONDE!

8

O NEWSLETTER QUINZENAL DA INDÚSTRIA

Toda quinzena, a newsletter entrega no seu e-mail as notícias mais importantes da indústria de embalagens. Cadastre-se no site! Acesse! www.banas.com.br/banasinforma

4 5

Tendências do varejo alimentar: CO2, recuperação de calor e novas tecnologias

A refrigeração para supermercados tem sido um tema de destaque ambiental e os vazamentos de HFCs em sistemas centralizados são um grande desafio. Ao mesmo tempo, a eficiência energética ganhou prioridade máxima, a fim de economizar custos e reduzir a pegada de carbono.

Novo sistema de raio-X da Thermofisher garante inspeção e detecção acessíveis para produtos e embalagens mais densos e espessos A indústria de alimentos têm agora uma opção de inspeção / detecção acessível para produtos mais densos e mais espessos.

SIG Combibloc lança campanha para Américas e consolida sua proposta de valor

“Soluções sob medida, pensadas de dentro para fora.“ Com este posicionamento, a nova campanha de comunicação para as Américas, da SIG Combibloc, reapresenta a companhia e sua proposta diferenciada de valor que é trabalhar junto aos clientes a fim de entregar soluções customizadas, projetadas com excelência e com foco no sucesso dos seus negócios.

OPTIMA do Brasil na Fispal

A envasadora OPTIMA FM1 e a fechadora OPTIMA CM1 oferecem mais facilidade na instalação e operação.

Coca-Cola unifica embalagens e revela novo design global

As novas embalagens trazem uma forte presença do que a empresa chamou de“Red Disc” (Disco Vermelho), que deve ser a grande marca do novo design.

Confira a lista das 10 notícias mais acessadas no site e as leia na íntegra! Fonte: Google Analytics * Período de 10/03/16 a 04/05/2016 Onde achar? http://www.pack.com.br/maisnoticias.aspx e www.radarindustrial.com.br

EDITORA B2B

216_Pack_online.indd 8

08/05/2016 01:08:23


9 CAPA TETRA PAK.indd 9

08/05/2016 01:09:58


Foto: Divulgação

entrevista

10

EDITORA B2B

216 Entrevista .indd 10

08/05/2016 01:10:47


DESIGN BRASILEIRO CONQUISTA PRÊMIO INTERNACIONAL Nova identidade visual das embalagens da linha de marca própria Mundo Verde Seleção, criada pela agência brasileira eba!, acaba de conquistar a medalha de bronze do Vertex Awards 2015, uma competição internacional dedicada exclusivamente ao design de embalagem de marca própria

Q

uem nunca julgou um livro pela capa? Uma embalagem feia não atrai consumidores nas gôndolas. E, agora, com tantos produtos iguais nas prateleiras, o design de embalagem é ainda mais crucial para atrair a atenção dos consumidores e aumentar o valor percebido da marca. No mercado de marcas próprias, não é diferente. O design de embalagem foi fundamental para a conquista do reconhecimento internacional. A nova identidade visual das embalagens da linha Mundo Verde Seleção, assinada pela agência eba!, acaba de conquistar medalha de bronze do prêmio Vertex Awards 2015, única competição global dedicada exclusivamente ao design de embalagem de marca própria. Em sua terceira edição, a premiação foi criada por Christopher Durham, fundador do site My Private Brand e vice-presidente de marcas de varejo da agência de marketing de varejo e branding Theory House e Phil Russo, Publisher da Global Retail Brands. “A conquista do Vertex Awards representa o reconhecimento do trabalho construído ao longo dos 16 anos, atuando no mercado de design de embalagem, com foco em marcas próprias”, salienta Patricia Coelho, fundadora e diretora-executiva da agência eba! “Para o Mundo Verde, receber um prêmio como o Vertex Awards, ao lado de líderes de mercado, como Jumbo, Safeway e Albert Heijn, é muito gratificante. É um importante reconhecimento da qualidade e seriedade com que tratamos a linha Mundo Verde Seleção”, afirma Flavia Morais, gerente de nutrição e desenvolvimento de produto do Mundo Verde.

EDITORA B2B

216 Entrevista .indd 11

11

08/05/2016 01:11:04


Foto: Divulgação

entrevista

A conquista do Vertex Awards representa o reconhecimento do trabalho construído ao longo dos 16 anos, atuando no mercado de design de embalagem, com foco em marcas próprias A julgar pela sua filosofia, a eba! promete novas conquistas. “A eba! é uma agência que vai além do design, constrói parceiros de negócios. Por isso, se envolve com a marca do seu briefing até sua entrega ao mercado. A experiência e a paixão de profissionais com mais de 17 anos de mercado conquistaram clientes de varejo, como Carrefour, Coop, Ipiranga, Martins, Leroy Merlin, e da indústria, como Campari, Kopenhagen, Kerry e Heinz”, revela Patricia. Revista Pack: Comente o projeto das novas embalagens de Mundo Verde Seleção, considerando os critérios do prêmio Vertex Awards: criatividade, inovação e marketability. Patricia Coelho: No critério criatividade, o design das ilustrações contribui na apresentação dos produtos e ingredientes. No critério inovação, a solução integrada de elementos gráficos e ingredientes/produto. E, no critério, marketability, a simplicidade e a clareza na identificação das categorias de produto e da própria linha Mundo Verde Seleção. 12

PB

Pack: Fale sobre o conceito gráfico do design de embalagem da linha Mundo Verde Seleção. Patricia: A linha é caracterizada por ser predominantemente branca, resultando em maior destaque visual e appeal. A utilização de tags coloridos, nos quais estão os textos de descrição, também contribui em maior visibilidade, ajudando o consumidor a identificar facilmente cada produto. Pack: Descreva os elementos gráficos do design da embalagem e por que foram escolhidos?

EDITORA B2B

216 Entrevista .indd 12 EDITORA BANAS

08/05/2016 01:11:10


Foto: Divulgação

Pack: Como estes elementos gráficos refletem o posicionamento da linha Mundo Verde Seleção? Comente. Patricia: Os produtos da linha Mundo Verde Seleção são especialmente selecionados para os consumidores, possuindo toda a qualidade e credibilidade da marca Mundo Verde. Este conceito é consistente com o padrão de produtos e ingredientes diferenciados e destacados pelo selo presente em todas as embalagens.

Versão anterior à mudança das embalagens da linha Mundo Verde Seleção

Patricia: As embalagens possuem dois elementos gráficos diferenciados: tag e selo. O tag tem o objetivo direto e básico de informar o que é o produto, enquanto o selo endossa o compromisso da marca Mundo Verde em oferecer

216 Entrevista .indd 13

produtos exclusivos e diferenciados. A escolha dos elementos gráficos baseou-se na necessidade de dar destaque e contribuir na organização das informações de forma simples e visível para o consumidor.

Pack: Conte-nos sobre o contraste entre o velho e o novo design de embalagem de Mundo Verde Seleção. Qual foi a preocupação sobre como os consumidores receberiam a mudança? Patricia: As embalagens anteriores possuíam uma faixa verde na parte superior que identificava a linha Mundo Verde Seleção.

08/05/2016 01:11:16


entrevista

Todas as embalagens dos produtos da marca Mundo Verde possuem o selo de reciclagem “recicle a embalagem”, indicando o tipo de material utilizado

Na nova linha, essa faixa foi retirada para aumentar e dar destaque para a marca. Além disso, todos os demais elementos que compõem a embalagem foram repaginados tornando-se mais objetivos. A solução criativa levou em consideração a percepção de que os consumidores buscam f á c i l i d e n t i f i c a ç ã o d a m a rca e visibilidade dos diferenciais e informações do produto. Pack: Como foi o processo de desenvolvimento do conceito gráfico original até o que vemos nas lojas? Patricia: Sempre o primeiro passo é o entendimento das necessidades/expectativas do cliente. Damos prosseguimento à etapa de benchmarking, pesquisando o mercado e as tendências nacionais e internacionais. Após a análise dessa etapa, por meio do processo de brainstorming, chegamos ao conteúdo das primeiras criações apresentadas para o cliente.

nde ria

Pack: Qual é a difi culdade de criar uma embalagem distinta que tem que se adequar a uma linha grande de produtos? Patricia: O grande desafio é a criação de uma identidade visual que possa ser mantida de forma padronizada, possibilitando que todas as embalagens conversem entre si, e, consequentemente, reforcem a marca do produto no PDV. 14

PB

Pack: O projeto gráfico das novas embalagens também considerou novos substratos de embalagem e/ou formatos? Patricia: Os formatos e embalagens da maioria dos produtos seguiram as referências do mercado. Com relação a formato, seguindo uma referência internacional, foi introduzida a embalagem pouch com zip para preservação das características do produto, e com a utilizacão de uma única embalagem para diferentes produtos, sendo, assim, sustentável. Pack: Consumo responsável e sustentabilidade são a missão da marca Mundo Verde. Pensando nisso, como foi desenvolvido o projeto das novas embalagens? Patricia: Todas as embalagens dos produtos da marca Mundo Verde possuem o selo de reciclagem “recicle a embalagem”, indicando o tipo de material utilizado. Pack: Quando o projeto gráfico das novas embalagens da linha Mundo Verde Seleção começou a ser desenvolvido? Patricia: Abril de 2015. Pack: O que você considera um design de embalagem de sucesso? Patricia: O design da embalagem que, além de ser bonito, traz resultados. Pack: Hoje, quais são as tendências em design de embalagem?

Patricia: Uma das tendências para 2017, apontada pela empresa mundial WSGN, (www.wgsn.com) é de um visual mais “clean” e textos minimalistas para o design de embalagens, além do aumento de transparência ou janelas para aumentar a visibilidade e exposição do produto. Pack: Como a agência eba! mantém o seu trabalho atual? Patricia: Tendo em seu DNA foco no negócio do cliente de marcas próprias e exclusivas, a eba! mantém seu trabalho atual nesse segmento de mercado, contribuindo no posicionamento de produtos, criação de embalagens e materiais promocionais em geral. Pack: O que mais fascina a agência eba! e como isso pode ser sentido em seus projetos de design de embalagem? Patricia: O desafio de construir parcerias, surpreender e trazer negócios para os clientes. Pack: Há novos projetos de embalagem a caminho? Quais? Patricia: Sim. Temos vários novos projetos em andamento. Infelizmente, por questões mercadológicas e de confidencialidade, nós só podemos divulgar após a chegada dos produtos nos pontos de venda. No caso de Mundo Verde Seleção, a perspectiva é aumentar a linha destes produtos até o final deste ano, passando a representar 50% do portfolio das lojas. Em 2015, já representava 30%.

EDITORA B2B

216 Entrevista .indd 14 EDITORA BANAS

08/05/2016 01:11:19


EDIÇÃO 217

maio / junho

EDIÇÃO ESPECIAL FISPAL TECNOLOGIA Com circulação especial na Fispal Tecnologia, a próxima edição da Revista Pack será uma vitrine de produtos para o público visitante da maior feira do setor.

ANÚNCIO + INFORME PUBLICITÁRIO São três modelos diferentes para divulgação de sua empresa para o público da feira.

1 ENTREVISTA

COM EXECUTIVO DA EMPRESA

2 UNIDADE FABRIL 3 PRODUTOS LANÇAMENTO OU ENFATIZÁ-LA

LANÇAMENTO E QUE VÃO ESTAR NA FISPAL

APROVEITE AS CONDIÇÕES COMERCIAIS IMPERDÍVEIS PARA ANUNCIAR !!

ABRANGÊNCIA DO ANÚNCIO Com a Revista Pack seu produto vai circular pelas empresas que não puderam visitar a feira, e são potenciais clientes que precisam decidir a compra de produtos nos próximos meses e utilizam a revista na tomada de decisão. NÃO ESTEJA DE FORA DESSA, QUE É A MELHOR REVISTA DO MERCADO DE EMBALAGEM.

LIGUE AGORA PARA UM DE NOSSOS REPRESENTANTES: 15 CAMPANHA FISPAL.indd 15

11 3722-0956 08/05/2016 01:11:23


notícias

EMPRESAS BRASILEIRAS REGISTRARAM NEGÓCIOS NA ORDEM DE US$ 14,3 MILHÕES

U

PLASTIMAGEN 2016

Foto: Divulgação

m pavilhão de mais de 600 m² abrigou 13 empresas brasileiras fabricantes de máquinas e equipamentos voltados para a indústria transformadora do plástico na Plastimagen 2016, maior fórum internacional do México e América Latina, realizado entre os dias 8 e 11 de março, na Cidade do México. A presença brasileira no evento foi organizada pelo Programa Brazil Machinery Solutions (BMS), fruto da parceria entre a Associação Brasileira da Indústria de Máquinas e Equipamentos (ABIMAQ) e a Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil). Os resultados entre negócios fechados e futuros atingiram US$ 14,3 milhões em exportações, o que representa crescimento de 9,2% em comparação com a edição passada do evento, ocorrida em 2014, quando empresas brasileiras presentes registraram negócios na ordem de pouco mais de US$ 13 milhões, entre vendas imediatas e prospecções para os doze meses seguintes. Este ano, vendas e prospecções foram realizadas com compradores de países como Costa Rica, El Salvador, Equador, EUA, Guatemala, Haiti, Honduras, México e Peru. A grande maioria dos 700 contatos realizados foi com importadores do México. Para Luiz Fernando do Valle Sverzut, diretor da Hece Máquinas Ltda., que participou pela primeira vez de um evento no país, esta foi uma excelente oportunidade de apresentar a empresa e seus produtos àquele mercado. “É a primeira vez que a Hece participa de uma feira no México e expondo uma máquina. Como não participamos do mercado mexicano, estamos plantando uma semente que esperamos que nos dê Pavilhão do Brasil na Plastimagen 2016 reuniu fruto no curto/médio prazos. Sabemos que será necessário dar sequência 13 fabricantes de máquinas e equipamentos à exposição, com visitas aos contatos realizados na feira. A Hece levou um equipamento para exposição no pavilhão brasileiro, e isso EMPRESAS BRASILEIRAS NO ajudou bastante. A nossa máquina trabalhou muito bem PAVILHÃO DO BMS durante toda a feira, isso despertou a curiosidade dos possíveis clientes, assim a procura por cotações foi bas• A Carnevalli & Cia. Ltda. tante interessante. Realizamos mais de 30 propostas”. • Altec Indústria e Comércio de Já de acordo com o diretor executivo de Comércio Instrumentos Ltda. Exterior da ABIMAQ e gerente do Programa BMS, Klaus • Hece Máquinas Ltda. • HGR Ind. Com. de Máquinas Curt Müller, participar desta feira é fundamental para as • Indústrias Romi S/A exportações brasileiras de bens de capital mecânico para as • Maqplas Ind. e Com. de Máquinas Américas. “Além de ampliar negócios com importadores • Máquinas Ferdinand Vaders S/A. latino-americanos, cada vez mais consolidamos nossa • Mecalor Soluções em Engenharia Térmica inserção no México, um país que compra nossas máqui• Mega Steel Ind. Mecânica Eireli nas e equipamentos para o seu mercado interno, mas • Polimáquinas Ind. Com. Ltda. que também abastece os Estados Unidos, o maior mer• Rax Service Ltda. cado dessa cadeia industrial”, explica Müller. Em 2015, o • Rulli Standard Ind. Com. de Máquinas Ltda. México foi o segundo principal destino de máquinas e • Seibt Máquinas para Plástico Ltda. equipamentos brasileiros para a indústria do plástico, com exportações que acumularam US$ 5,3 milhões no ano.

16

EDITORA B2B

216_Noticias.indd 16

08/05/2016 01:12:05


notícias

Foto: Divulgação

IBEMA AGREGA SETE NOVOS PRODUTOS AO SEU PORTFOLIO

Diego Gracia, gerente de exportação da Ibema

A

Ibema, um dos players mais competitivos da América Latina, agrega ao seu porfolio sete novas opções em papel cartão. São elas: Envolthor, Extrakot, Art Blister Tech, Art Premium Tech, Art Premium PCR, Royal Quartz e Royal Tech. Os produtos, fabricados pela unidade de Embu das Artes, incorporada em janeiro deste ano, consolidam o portfolio da empresa como o mais completo do mercado brasileiro em papel cartão. “São produtos para diferentes nichos do mercado de embalagens, como acoplamentos em micro-ondulados, embalagens alimentícias, farmacêuticos, higiene pessoal, editorial e cigarros, entre outros”, afirma Joel Americano Mendes Rodrigues, gerente de processos e desenvolvimento de produtos. Para Lucas Avelino, gerente comercial, produtos como o Art Premium PCR, por exemplo, possuem propostas interessantes: “neste caso em específico temos um triplex que utiliza na sua composição aparas pós-consumo, sem perder em nada para outros triplex nacionais e internacionais. Apesar de termos um mix bastante diversificado e com foco em produtos com aparas, vemos uma gama de produtos com alto valor agregado e focado na diferenciação”, explica. “Os novos produtos chegam para complementar nosso portfolio. Ainda que as características sejam semelhantes, existem diferenças técnicas que os direcionam para diferentes aplicações. O Art Blister é um bom exemplo - aparentemente se parece com outros produtos da nossa carteira, mas sua formulação lhe garante a melhor performance para o mercado de embalagem blister”, explica Diego Gracia, gerente de exportação. “Esperamos alcançar alguns mercados que até então buscavam soluções intermediárias do nosso portfolio”, ressalta Gracia. Segundo ele, cada mercado ou país tem seu perfil de consumo. “Isso é cultural. Alguns mercados têm boa aceitação para cartão de verso marrom, outros para cinza e ainda existem os que predominantemente utilizam o verso branco. Esse perfil de cada mercado é um componente importante na nossa estratégia de segmentação. Estamos trabalhando com esse

Os novos produtos chegam para complementar nosso portfolio. Ainda que as características sejam semelhantes, existem diferenças técnicas que os direcionam para diferentes aplicações direcionamento, ou seja, oferecer ao cliente o produto que melhor se aplica ao tipo de embalagem que produz, em um alto nível de especificidade”, completa. “Nossa expectativa é pelo menos dobrar o volume atualmente exportado dos novos produtos”, declara o gerente de exportação. Segundo Gracia, hoje corresponde a aproximadamente 5% da produção total destes produtos. “O destino é basicamente a América do Sul”. A estratégia para os novos produtos acompanha os planos de expansão global da empresa. “Pelas características dos novos produtos incorporados, acreditamos que atendem perfeitamente às necessidades de alguns setores do mercado latino americano. O mercado de tabaco é um grande exemplo. O Royal Quartz é um produto que já atende grandes contas nesse nicho. Vamos trabalhar nesse potencial e buscar novas contas, como no mercado de Cuba, Paraguai e Uruguai”, finaliza Gracia.

EDITORA B2B

216_Noticias.indd 17

17

08/05/2016 01:12:14


notícias

PRODUÇÃO DO SETOR DE PAPELÃO ONDULADO TEM QUEDA DE 3,77%

A

expedição de caixas, acessórios e chapas de papelão ondulado totalizou 244.813 toneladas em fevereiro de 2016, o que representou uma queda de 3,77% em relação ao mesmo período de 2015. O segmento de caixas e acessórios foi responsável por 201.364 toneladas do total produzido, enquanto o de chapas respondeu por 43.449 toneladas. Em relação a janeiro de 2016, o volume total expedido, ajustado sazonalmente, também sofreu retração, registrando 0,75%. Em mil metros quadrados, o setor de papelão ondulado registrou expedição de 477.549, um decréscimo de 2,73% em comparação a igual mês do ano anterior. Os números foram divulgados pela Associação Brasileira do Papelão Ondulado (ABPO). Em fevereiro de 2016, a indústria de produtos alimentícios respondeu por 48,37% da demanda de caixas e acessórios de papelão ondulado. O segmento de abates e produtos de carne representa a maior fatia de participação, com 15,99%, seguido do setor de laticínios, com 9,28%.

EXPEDIÇÃO DE CAIXAS, ACESSÓRIOS E CHAPAS DE PAPELÃO ONDULADO Toneladas Expedição Total

fev/15 jan/16 fev/16

254.417 257.828

Variação % fev/16 jan 16

fev /16 fev 15

-5,05

-3,77

EXPEDIÇÃO MENSAL ACUMULADA DE CAIXAS, ACESSÓRIOS E CHAPAS DE PAPELÃO ONDULADO (MIL TONELADAS) jan / fev

2012 202.401 208.696

-3,51

-0,51

-11,57

-16,47

2013

2014

201.364

532

Chapas

fev/15 jan/16 fev/16

546

523

492

244.813

Caixas e acessórios

fev/15 jan/16 fev/16

A produção bruta das onduladeiras alcançou 284.730 toneladas, o que significou uma queda de 2,94% em relação a janeiro de 2016. Em comparação a fevereiro de 2015, este número representa uma queda ainda maior, de 3,68%. O consumo de papel foi de 278.606 toneladas, um decréscimo de 3,24% em relação a janeiro. O número de empregados também caiu de 26.603, em fevereiro de 2015, para 25.448, em fevereiro de 2016, registrando uma queda de 4,34%. Em relação ao mês anterior, o decréscimo foi de 0,03%.

52.016 49.132

503

2015

2016

43.449

DISTRIBUIÇÃO SETORIAL DA EXPEDIÇÃO DE CAIXAS E ACESSÓRIOS DE PAPELÃO ONDULADO - %

CONSUMO DE PAPEL, PRODUÇÃO BRUTA E MÃO DE OBRA OCUPADA VALORES MENSAIS

-3,68%

Jan / 16

Fev/16

Consumo de papel (T) 288.615 Produção bruta das 295.603 onduladeiras (T) Produção bruta das 558.949 onduladeiras (mil m2)

287.947

278.606

293.349

284.730 -2,94%

562.851

544.872

MÃO DE OBRA

EDITORA B2B

Fev /16 Fev /15 -3,47

Fev/15

fev / 16

18

VARIAÇÃO %

Fev/16 Jan/16 -3,24

-3,19

-2,52

VARIAÇÃO %

Fev/15

Jan/16

Fev/16

Fev/16Jan/16

Fev/16 Fev/15

Número de empregados

26.603

25.455

25.448

-0,03

-4,34

Produtividade

11.112

11.524

11.189

-2,91

0,69

Fonte: ABPO

216_Noticias.indd 18

08/05/2016 01:12:29


OS

%

/16 /15 47

8%

52

%

notícias

TIROL INSTALA MAIS UMA LINHA DE ENVASE DA SIG COMBIBLOC

A

Foto: Divulgação

Laticínios Tirol, de Santa Catarina, cliente SIG Combibloc, ampliou sua produção com a instalação de mais uma linha de envase com capacidade para 12 mil embalagens/hora. O diferencial da solução SIG de envase, além da flexibilidade da linha, é a aplicação da tampa de rosca combiSwift, de ação única, que pode ser aberta com um único giro.“A SIG se diferencia por trabalhar próxima ao cliente, entendendo em profundidade as suas necessidades e oferecendo soluções alinhadas às suas estratégias. A entrada em operação da nova linha de envase vai ao encontro da política da Tirol de investir em tecnologias que garantam a eficácia na produção, inovação e flexibilidade”, explica Luciana Galvão, diretora de marketing Américas da SIG Combibloc. O equipamento, que entrou em operação no dia 20 de março, trabalha com creme de leite gourmet; achocolatado Tirol 1 l; Showkinho 1 l; leites especiais Premiare; leites integral, semidesnatado e desnatado; leite e achocolatado zero lactose. A linha produzirá embalagens no formato combiblocMidi. Segundo Edson Martins, diretor de mercado Luciana Galvão, diretora de marketing Américas da SIG Combibloc da Tirol, o investimento, além de ampliar

A entrada em operação da nova linha de envase vai ao encontro da política da Tirol de investir em tecnologias que garantam a efic cia na pr d in va e e i i idade a produção, também traz maior eficácia e garantia de qualidade para os produtos. “Pensar em tecnologia é garantir para os clientes e consumidores produtos com total segurança em todo o processo de fabricação e ter a possibilidade de lançar produtos, principalmente zero lactose. Dessa forma, unimos qualidade, inovação, ampliação de produção e segurança no processo de fabricação”, destaca.

CCL INDUSTRIES INC. COMPRA A BRASILEIRA POWERPRESS POR US$10,25 MILHÕES

F

abricante de rótulos e soluções de embalagens, a canadense CCL Industries Inc. adquiriu a brasileira Powerpress Rótulos & Etiquetas Adesivas, fabricante de rótulos para os segmentos de agroquímicos e farmacêuticos. Baseada em São Paulo, a Powerpress registrou vendas de aproximadamente US$ 6,5 milhões em 2015 e EBITDA ajustado de US$ 2,5 milhões. O preço de compra foi estimado em US$ 10,25 milhões e está sujeito a ajustes de conclusão habituais. Geoffrey T. Martin, presidente e CEO da CCL, afirma: “Estamos no Brasil há 10 anos, onde a nossa operação da CCL Label segue sendo uma das unidades de negócios que têm o melhor desempenho

da companhia. Apesar da mudança do clima econômico no país, nós acreditamos que é um bom momento para fazer investimentos estratégicos para ampliar a presença da empresa no mercado.” A Powerpress será imediatamente integrada à CCL Label Brasil, liderada por Luis Jocionis, vice-presidente e diretor-geral.

16 15

34 EDITORA B2B

9

216_Noticias.indd 19

19

08/05/2016 01:12:33


notícias

IVN INAUGURA SUA FÁBRICA EM SERGIPE EM PARCERIA COM A VERALLIA

C

om investimentos em torno de R$ 270 milhões, a Ipiaram Empreendimentos e Participações, com sede em Sergipe, e sua parceira Saint-Gobain Vidros (Verallia Brasil), fabricante de embalagens de vidro para alimentos e bebidas, inauguraram em abril, a IVN – Indústria Vidreira do Nordeste, nova unidade industrial, localizada na cidade de Estância, em Sergipe. Hugues Denissel, diretor geral da Verallia América do Sul, explica que a participação nesta fábrica da IVN é uma peça importante na estratégia da empresa de fortalecer cada vez mais sua presença como um dos líderes do setor no mercado brasileiro. “Optamos por estabelecer, ao lado de nosso parceiro Ipiaram, esta nova unidade no estado de Sergipe, mais precisamente em Estância, porque o conjunto de condições de operação e infraestrutura que nos foi apresentado está totalmente de acordo com a filosofia de nossa empresa”. Com um total de 30 mil m² de área construída, esta fábrica conta com 195 colaboradores e será responsável pela fabricação de garrafas e potes de vidro para os mercados de bebidas e alimentos. “Operando próximo da plena capacidade, esta nova unidade poderá representar um incremento de cerca de 25% de aumento nas vendas”, Silvio Ramos, gerente geral da IVN – Indústria Vidreira do Nordeste. A nova unidade fabril irá proporcionar ao mercado do Nordeste, além dos produtos já consolidados, inovações em embalagens de vidro. Suas áreas de engenharia e marketing oferecerão soluções em embalagens que permitam, não só o aumento da capacidade de produção de seus clientes, como também a criação de novos produtos que atendam às demandas de um mercado consumidor cada vez maior e mais exigente. Respeitando integralmente as normas ambientais e garantindo a segurança de seus colaboradores, fatores fundamentais de seu projeto, construção e operação, a fábrica de Estância conta com os mais modernos equipamentos e alto nível de automação. Além disso, seu funcionamento está possibilitando a construção de um polo vidreiro, com usina

20

Foto: Divulgação

Nova planta fabril de embalagens de vidro, na cidade de Estância, vai atender o mercado do Nordeste

de areia e serviços de transporte, o que contribui para a geração de empregos e desenvolvimento da região. “No que se refere aos investimentos em tecnologia, podemos destacar nosso forno, que consome menos energia, mesmo com uma performance maior de operação. Além disso, as máquinas de conformação do vidro, de inspeção e o laboratório são de última tecnologia, para garantir a qualidade no produto final”, afirma o gerente geral da IVN – Indústria Vidreira do Nordeste. “Em breve, a nova fábrica fornecerá embalagens 100% recicladas para toda a indústria de alimentos e bebidas e com isso o Nordeste vai deixar de importa-las de outras regiões, gerando não só eficiência e competitividade para as empresas aqui instaladas, mas, principalmente, emprego e renda para a nossa gente”, afirma Ruy Campos Vieira, diretor executivo da Ipiaram Empreendimentos e Participações. “Nossa intenção é em breve e cada vez mais aumentar o percentual de utilização do caco na fabricação dos nossos produtos. Dessa forma, vamos utilizar menos matéria-prima da natureza e intensificar a coleta seletiva do vidro e as parcerias com cooperativas de vidreiros da região”, afirma Ramos. “Hoje já trabalhamos com a linha Ecova da Verallia, que são garrafas até 30% mais leves do que as tradicionais. Além de consumirem menos energia em sua fabricação é uma opção com um custo menor para os nossos clientes”, acrescenta Ramos.

EDITORA B2B

216_Noticias.indd 20

08/05/2016 01:12:36


NOVO PORTAL

P&S

INFORMAÇÕES OBJETIVAS E DINÂMICAS DO MERCADO INDUSTRIAL O novo site P&S foi redesenhado exclusivamente para atender as necessidades de um mercado industrial muito mais dinâmico e informatizado. Objetivo, vai direto ao que interessa a esse segmento, otimizando assim seu tempo, caro leitor. Nas seções você encontra cotação diária da bolsa de valores, artigos, agenda de eventos importantes e atualizados, conteúdos técnicos, assim como economia, nacional e internacional, e informações do que mais importante acontece no mercado industrial. No novo site da P&S você também tem a possibilidade de se conectar com outros veículos do setor que estejam cobrindo informações relevantes, tendo acesso direto com o link original, a partir da nossa página.

Acesse e confira essa novidade:

www.ps.com.br

21 SITE PS.indd 21

08/05/2016 01:12:42


atualidades

Foto: Divulgação

LINGUAGEM JOVEM, SAUDÁVEL E DESCOLADA

O Snack Kroc, lançamento da Superbom, chega ao mercado em cinco sabores doces: chocolate, avelã, morango, amendoim com mel e integral. Apresentado em embalagens individuais de 40g, o produto é ideal para compor o lanche das crianças. “A embalagem foi desenvolvida para que os biscoitos mantivessem o aspecto crocante por mais tempo. O centro de P & D realizou estudos durante um ano para que o novo lançamento tivesse uma elevada vida de prateleira”, explica Cristina Ferreira, gerente industrial da Superbom. A estrutura da embalagem desenvolvida pela SolanFilm, da Argentina, é composta por BOPP mate 20MIC e BOPP branco 20MIC. Desenvolvida internamente pelo setor de marketing da Superbom, o conceito de design gráfico da embalagem apresenta uma linguagem jovem, saudável e descolada. A fotografia do produto, tipografia e ilustração se unem de uma forma harmônica, refletindo a linguagem proposta. As cores vibrantes atraem a atenção dos consumidores na prateleira. O nome Snack Kroc identifica a categoria do produto e o som produzido ao consumi-lo.

Foto: Divulgação

GARRAFAS PRODUZIDAS À MÃO

22

Glenfiddich, a inovadora destilaria escocesa de single malt, apresenta edição limitada em parceria com a Baccarat: o Glenfiddich Masters of Wines and Spirits Exclusive 50 anos, com garrafas produzidas à mão e numeradas individualmente pela famosa produtora das melhores taças de cristal do mundo. Soprada à mão por artesãos da casa francesa, a garrafa conta com uma tampa triangular de cristal vermelho feita sob medida. Em um processo pioneiro dos artesãos Baccarat, 24 quilates de ouro em pó foram fundidos lentamente ao cristal para alcançar a profunda e vibrante cor vermelha. Para Peter Gordon, diretor da companhia, o Glenfiddich Masters of Wines and Spirits Exclusive de 50 anos é uma verdadeira herança. O líquido é o resultado da visão da família Glenfiddich em manter estoques ao longo de mais de 128 anos de história e da experiência em cuidar desses barris por mais de cinco décadas, além de ser apresentado em uma requintada - e condizente com a preciosidade - garrafa que é o legado do artesanato empregado nos cristais Baccarat, finamente alcançado ao longo dos séculos.” Apresentada em uma caixa de couro vermelha e costurada à mão, ainda tem estampado em cobre o icônico cervo símbolo de Glenfiddich. A caixa contém também um livreto detalhando o número da edição limitada e as notas de degustação do líquido. Cada garrafa contém 700 ml e acompanha uma dupla de miniaturas de 5 ml para permitir que o proprietário prove o whisky, preservando a integridade da garrafa em edição limitada.

EDITORA B2B

Pack_216_Atualidades.indd 22

08/05/2016 01:13:20


atualidades

DESIGN TRADUZ O CONCEITO DE

EMBALAGENS PARA BARRAS DE FRUTAS NATURITA

A Farmina Pet Foods, empresa de origem italiana especializada no desenvolvimento de soluções nutricionais para cães e gatos, apresenta ao mercado brasileiro o Natural & Delicious Feline Úmido, alimento sem conservantes destinado a felinos. O conceito de design gráfico explora de forma clara as matérias-primas diferenciadas utilizadas em um rótulo de 25 mm de altura e com painel frontal de 65 mm. Três elementos de comunicação estão presentes no rótulo: identidade gráfica da linha de alimentos secos ND (que preza por uma comunicação mais limpa e clínica, explorando as qualidades das matérias-primas de forma natural com uma composição gourmet); diferenciar matérias-primas por grupos de cores e, por final, indicar por imagens (animais de belezas exóticas) que o produto é indicado para gatos. A linha conceitual gráfica que guiou o design foi “gatos especiais merecem produtos e cuidados especiais”. O rótulo foi desenvolvido internamente pelas equipes Farmina Pet Foods Brasil e Farmina Pet Foods Itália que são compostas pelos designers Giuseppe de Sarno, Michele Spampanato e Robinson Brunetto. O produto é importado e todo o processo de impressão é feito na Tailândia juntamente com as latas. O fornecedor é a Thai Union Manufacturing Co. Ltd.

Foto: Divulgação

As barras Naturita são produzidas pela Cooperativa Agroindustrial de Itaberaba, na Bahia, e têm os sabores típicos das frutas cultivadas na região. São combinações inusitadas como jaca com coco e banana com umbu, além das conhecidas salada de frutas (abacaxi, banana e mamão) e abacaxi. Todas levam castanha de caju e mel e são isentas de conservantes e aromatizantes artificiais. O projeto foi desenvolvido com a preocupação de viabilizar financeiramente a aquisição das embalagens plásticas pela cooperativa. Por isso, o filme para cada sabor foi impresso em flexografia com apenas quatro cores e foram conjugados dois sabores no momento da impressão. Dessa forma, a linha de produtos ficou bem colorida mesmo usando poucas cores. O filme transparente permite visualizar o produto sem necessidade de uso de foto, como é tendência entre barras com apelo de produto natural e saudável. No cartucho para três unidades e no display, que são impressos com quadricromia sobre cartão, os apelos visuais estão nas fotos das barras e nas ilustrações dos ingredientes. O design foi desenvolvido pelo Estúdio Ricardo Mayer e as ilustrações por Vilmar Rossi. O filme é fornecido pela Gravapac e os cartuchos e displays pela Colorgraf Nordeste.

Foto: Divulgação

ALIMENTO NATURAL

EDITORA B2B

Pack_216_Atualidades.indd 23

23

08/05/2016 01:13:28


atualidades

Foto: Divulgação

EXPERIÊNCIA DIFERENCIADA

Com estratégia de revolucionar e consolidar ainda mais sua participação no segmento de sorvetes premium, a Los Paleteros lança a linha Poëse: um produto inovador que une a cremosidade do sorvete com o delicioso recheio das paletas e cobertura de chocolate. Na embalagem, especialmente desenvolvida para proporcionar uma experiência diferenciada, o consumidor se depara com frases curtas e citações, que são um convite à reflexão, e haicais, poemas curtos de origem japonesa, criados pelo autor curitibano Alvaro Posset. Além das mensagens, a embalagem tem um formato inusitado, que convida o cliente a interagir e descobrir os elementos que a formam.

Foto: Divulgação

EDIÇÃO ESPECIAL INSPIRADA EM HERÓIS

24

Para acompanhar a crescente paixão masculina pelo universo da cultura pop, Bozzano, marca referência em cuidados masculinos, apresenta a nova linha de desodorantes Batman vs. Superman que é composta por dois desodorantes na versão aerossol – comercializados em conjunto – e com fragrâncias exclusivas. Cada um dos produtos é inspirado em um dos heróis: a versão Batman oferece uma fragrância mais forte e marcante, remetendo às características noturnas e sombrias do personagem; enquanto a versão Superman apresenta uma fragrância versátil e refrescante, inspirado na luta diurna do personagem pela verdade e a justiça. Ambos os heróis têm características e identidades fortes e marcantes. As embalagens buscam representar essa identidade que cada herói possui no filme, respeitando os elementos trabalhados nos uniformes de cada herói, além de agregar toda tecnologia e performance presentes em um desodorante. O design da embalagem é assinado pela FutureBrand. O aerossol é fornecido pela Tubex e o cartucho, pela Gráfica Emibra.

EDITORA B2B

Pack_216_Atualidades.indd 24

08/05/2016 01:13:32


Foto: FuturePack

GARRAFA DE CERVEJA CONTROLA O COLARINHO Assunta Napolitano Camilo*

A

Owens Illinois (O-I), maior fabricante de embalagens de vidro no mundo, lançou recentemente uma garrafa com gargalo capaz de controlar o nível do colarinho da cerveja. A novidade traz maior funcionalidade ao permitir o controle de um dos atributos mais importantes da cerveja: seu colarinho (ou espessura da espuma). A ideia central foi promover uma experiência diferente no ritual de servir a cerveja. Existem mitos e controvérsias sobre a melhor maneira de degustar uma cerveja. Há até campeonatos entre os “especialistas” amantes da bebida, que recriam o prazer de ver a cerveja descendo da garrafa para o copo. O debate e as discussões acaloradas, aliviadas com cerveja, acabam por se tornar mais um delicioso motivo para uma reunião na mesa do bar! Com

vanguarda

isso, a O-I® entendeu que colocaria mais uma novidade no centro do tema e, assim, promovendo a interação com a garrafa, poderia ajudar os donos de marcas a reforçá-las e reposicioná-las nesse acirrado mercado, em que cada ponto do market share conta milhões de reais. Garrafas de vidro sempre foram ícones de marcas e produtos. O apelo sensorial da “pega” de uma garrafa e seu peso próprio conferem valor, além da questão da preservação de sabor, cor e aroma do produto. Vanguardas nesse setor até aqui se resumiam em diminuição do peso, do tamanho, em novas cores, em alguns designs, porém com essa proposta de funcionalidade é a primeira vez. Outro desenvolvimento interessante foi a garrafa com gargalo “torcido”, a Vortex® dá um show de diversão de olho no segmento de cervejas artesanais e gourmet que têm crescido bastante no Brasil. Como afirma Daniel Amaral, gerente de Marketing da O-I no Brasil: “A criação de uma garrafa especial, com tecnologia para controle do colarinho, é um diferencial na experiência de consumo. Apostar em embalagens diferenciadas, que valorizam a experiência do consumidor e entregam conveniência e atributos de segurança, saúde e sustentabilidade impacta positivamente no ponto de venda tornando as marcas mais competitivas. Embalagem vanguarda é melhor e promove um mundo melhor. Sucesso a todos!

Se quiser mais informações e fotos dos produtos, é possível obtê-las no site: www.clubedaembalagem.com.br *Assunta Napolitano Camilo: Diretora da FuturePack – Consultoria de Embalagens e do Instituto de Embalagens – Ensino & Pesquisa. Articulista, professora e palestrante internacional de embalagens. Recebeu diversos prêmios, entre eles o de Profissional do Ano e o de Melhor Embalagem do Ano. Coordenadora dos livros do Instituto de Embalagens: (www.institutodeembalagens.com.br).

Editora B2B

216_vanguarda.indd 25

25

09/05/2016 19:55:09


matéria de capa | embalagens flexíveis

Cada vez mais populares nas gôndolas LANÇAMENTOS

Ainda há uma avenida de oportunidades para o crescimento do mercado de embalagens flexíveis no Brasil, especialmente, explorando o uso de zíperes para oferecer uma melhor experiência de consumo PRODUTOS EM SACHÊS NO BRASIL 2015

CATEGORIAS

21,61%

Outras bebidas Bebidas quentes

16,11% 14,54% 7,47% 5,89% 4,72% 4,32% 3,14% 2,95%

Molhos e temperos Padaria Cuidados de saúde Açúcar e confeitaria Laticínios Sobremesas e sorvetes Peixe, carne e ovos processados Pratos Acompanhamentos

2,75%

PRODUTOS EM SACHÊS NO BRASIL 2014

CATEGORIAS

29,27%

Outras bebidas Molhos e temperos

14,15% Bebidas quentes 14,15% Cuidados de saúde 8,54% 6,59% Sopa 5,12% Padaria 3,41% Peixe, carne e ovos processados 3,41% Açúcar e confeitaria 2,2% Adoçantes e açúcar Sobremesas e sorvetes

1,95%

P

ara 32% dos consumidores, as embalagens flexíveis são modernas e as marcas estão investindo em oportunidades de marketing nessa área, segundo estudo global sobre tendências da Mintel. No Brasil, as embalagens flexíveis seguem ganhando popularidade em diferentes categorias nas gôndolas. Segundo david Luttenberger, diretor global de embalagem do Grupo Mintel, o mercado brasileiro de embalagem flexível, que engloba sacos flexíveis, stand-up pouches, sachês e sticks, continua prosperando, embora em categorias de uso final muito específico, um único formato está impulsionando a expansão. “Geralmente, o Brasil como um país, e na américa Latina como uma região, é considerado mercado maduro para embalagem flexível, de modo que qualquer crescimento é um sinal positivo”, afirma Luttenberger.

Fonte: Mintel Group 26

Editora B2B

216 Embalagens Flexiveis.indd 26

09/05/2016 09:21:19


Foto: Divulgação

matéria de capa | embalagens flexíveis

Novo conceito de zíper pré-aplicado Inno Lok®, muito usado no mercado americano e que vem ganhando grande espaço no mercado da América do Sul

Especialmente, a utilização de stand-up pouches para condimentos até para óleo de motor está bem estabelecida na região. Segundo ele, o crescimento do mercado de SUPs atingiu 31% entre 2011 e 2015 no Brasil. “No entanto, esse crescimento é moderado, já que em toda a região da América Latina, com exceção do Brasil, a categoria de stand-up pouches cresceu 73% durante o mesmo período”, revela. Ele explica: “Muito desse crescimento provavelmente está sendo estimulado por fatores tais como a economia estagnada mesmo em declínio, a inflação e o desejo dos

consumidores de esticar seu poder de compra em dólares, enquanto continuam sendo capazes de experimentar novos produtos e novas variedades de seus produtos favoritos.” Por categoria, molhos e acompanhamentos apresentam o maior crescimento no Brasil, registrando 133% entre 2011 e 2015. No entanto, todo o crescimento nessas categorias está dentro de sachês estilo pouches. “Isto pode ser atribuído à conveniência de servir molhos e pratos prontos que são aquecidos no micro-ondas ou podem ser simplesmente dispensados em uma panela

ou regados sobre um prato principal e servidos em poucos minutos”, explica Luttenberger. A tendência “Make It Mine” da Mintel revela que os consumidores estão buscando a oportunidade de personalizar quase qualquer aspecto de sua vida diária e sobre a oportunidade para que as marcas continuem a oferecer conveniência, criar, e mais importante, soluções rentáveis para os consumidores incrementarem as suas refeições. De acordo com o estudo sobre petiscos salgados, de fevereiro de 2016, da Mintel, a maioria das categorias de alimentos e bebidas no Brasil sofreu com a

Editora B2B

216 Embalagens Flexiveis.indd 27

27

09/05/2016 09:21:23


Foto: Divulgação

matéria de capa | embalagens flexíveis

David Luttenberger, diretor global de embalagem do Grupo Mintel

inflação. Isso incluiu a categoria de petiscos salgados. No entanto, segundo Luttenberger, há uma ligeira mudança na oferta de petiscos saudáveis, como sementes torradas e salgadinhos à base de vegetais, que registrou crescimento de 107% em standup pouches, nos últimos anos. “Esta mudança para o consumo de petiscos saudáveis, em conjunto com o fato de que 70% dos consumidores brasileiros dizem que é mais conveniente comprar salgadinhos em embalagens de tamanhos maiores, favorece a escolha pelos stand-up pouches. Mas, a oportunidade real para a indústria brasileira de produtos de consumo é diferenciar as suas ofertas de petiscos salgados em stand-up pouches com sistemas de fechamento com zíperes”, salienta o diretor global de embalagens do Grupo Mintel. Atualmente, existem muito poucas marcas no Brasil que oferecem qualquer tipo de sistema

28

de resselagem para pouches de salgadinhos. “Como regra geral, os consumidores veem o atributo de frescor como mais importante característica da embalagem. Isso é tipicamente seguido pela capacidade para voltar a selar contra refechar um pacote. Marcas que aproveitam a oportunidade não só para preservar o frescor do produto por meio do uso de pouches com zíperes também vai ganhar a confiança do consumidor e construir brand equity por seus esforços para ajudar os consumidores a esticar o seu poder de compra, ajudando-os a evitar o desperdício de alimentos”, ressalta Luttenberger. A categoria de bebidas prontas é uma importante promessa para o crescimento das embalagens flexíveis no Brasil, que apresenta expansão de 106% dividida entre sachês (61%) e stand-up pouches de formatos pequenos (21%). Já o crescimento na categoria de alimentos para animais de estimação tem apresentado crescimento de 37% nos últimos cinco anos, apesar de que esse percentual de crescimento vem de uma significativa pequena base de produtos. “O principal desafio para o mercado brasileiro de embalagem flexível é óbvio – custo. Mas, ao mesmo tempo, a oportunidade de reduzir custos de embalagem por meio de redução de espessura de filmes ou tirando proveito de estruturas inovadoras para eliminar multicamada de estruturas laminadas, pode significar ganhos econômicos e ambientais.”

Segundo ele, as marcas também têm oportunidade de construir confiança com os consumidores ao adotar componentes funcionais, como zíperes, que, se em lugar de destaque como um valor agregado, podem influenciar as decisões de compra quando o preço e a qualidade percebidos do produto são iguais. Outra oportunidade emergente é o uso de painéis transparentes. De acordo com a Mintel, os consumidores mais idosos acreditam menos que uma marca tenta convencê-los com uma mensagem na embalagem. “As janelas e os painéis transparentes mudam a percepção de qualidade do produto, frescor, pureza, ou mesmo a confiança geral em uma decisão de compra. Mais importante do que o que uma marca diz é o que o consumidor acredita naquilo que ele pode ver”, enfatiza Luttenberg. Ele continua: “Permitir aos consumidores tomar decisões de compra com base em sua própria percepção de um produto é uma poderosa ferramenta para fabricantes de embalagens flexíveis e donos de marcas no Brasil que devem se aproveitar dessa vantagem.”

Lançamentos no Brasil Portabilidade é uma tendência e demanda dos consumidores do mundo moderno. Pensando nisso, a Sadia lançou o Salamitos Pocket na categoria snacks. Para apresentar essa novidade ao mercado, a marca escolheu dois tipos de embalagens. A embalagem de 36g foi feita para sistema de embalagem

Editora B2B

216 Embalagens Flexiveis.indd 28

09/05/2016 09:21:30


Fotos: Divulgação

matéria de capa | embalagens flexíveis

Embalagem foi desenvolvida para entrada de dois filmes: uma tampa e um fundo semirrígido do recipiente termoformado

flow pack, utilizando um único filme. Já o pacote de 120g foi desenvolvido para entrada de dois filmes: uma tampa e um fundo semirrígido do recipiente termoformado. Em ambos os sistemas, a embalagem é formada ao mesmo tempo em que o produto é envasado: form, fill & seal.

laminação PET brilhante e refile. “O uso de filmes de alta barreira no segmento de embalagens flexíveis de alimentos existe há mais tempo nos mercados norte-americano e europeu, mas tem crescido no Brasil à medida que toda a cadeia busca uma maior satisfação do consumidor, tanto para produtos resfriados quanto para produtos que serão comer-} cializados em temperatura ambiente, inclusive em aplicações a vácuo ou com atmosfera modificada. Nesse sentido, os snacks proteícos já começam a ser ofertados ao mercado brasileiro”, afirma o executivo.

O desafio no desenvolvimento das embalagens, explica Ricardo Almeida, gerente de marketing de proteínas da Bemis, foi desenvolver, em conjunto com o cliente, embalagens que não precisassem de refrigeração e facilitassem o consumo em movimento e o compartilhamento do produto, oferecendo ainda mais praticidade para o consumidor.” Entre apresentação da necessidade, discussão das possibilidades e testes, levamos cerca de seis meses para desenvolver as embalagens”, comenta Almeida.

Na categoria de alimentos leves, saudáveis, naturais e que não precisam de refrigeração, a Pic-Me, que é 100% fruta – disponível nos sabores de pera, uva e maçã, manga e maçã, morango, framboesa e maçã, banana e maçã, e manga e maçã - e sem conservantes ou açúcar, escolheu a embalagem tipo stand-up pouch com tampa para apresentar a novidade nas gôndolas dos supermercados

Foto: Divulgação

A alta barreira ao oxigênio com utilização da resina de EVOH proporciona a extensão da vida útil do produto em prateleira, além de atender às exigências do cliente e da legislação brasileira em segurança alimentar, higiene e qualidade. A produção empregou coextrusão,

Almeida acredita que as oportunidades de crescimento no mercado brasileiro de embalagens flexíveis de alimentos são inúmeras. “As embalagens terão de atender a conveniência

“Outro aspecto é que existe uma tendência de menor uso de mão de obra dentro das indústrias fabricantes de alimentos, com isso os processos de envase se tornarão mais automatizados, exigindo filmes flexíveis com características que atendam às necessidades técnicas. Ou seja, temos muito trabalho e oportunidades pela frente”, revela o gerente de marketing de proteínas da Bemis.

Foto: Divulgação

Salamitos ganha embalagem flow pack para consumo on-the-go

e praticidade, buscando o aspecto estético e a identidade, respeitando a qualidade e aplicando novas tecnologias, bem como sendo sustentáveis e éticas”. Ele continua: “Teremos oportunidades tanto onde a cadeia de frio é exigida quanto em soluções para produtos armazenados em temperatura ambiente.”

Marca Pic-Me escolhe stand-up pouch com tampa para garantir o frescor de sua fruta 100% natural e a segurança alimentar Editora B2B

216 Embalagens Flexiveis.indd 29

29

09/05/2016 09:21:33


LANÇAMENTOS

matéria de capa | embalagens flexíveis

PRODUTOS EM STAND-UP POUCHES NO BRASIL 2015

CATEGORIAS

24,11%

Molhos e temperos Pratos-Acompanhamentos Salgadinhos Padaria Pet food Bebidas quentes Cuidados da saúde Frutas e vegetais Refeições e centros de refeições Sabonetes e produtos para banho

11,69% 11,46% 10,5% 5,97% 5,97% 4,3% 3,58% 2,86% 2,39%

PRODUTOS EM STAND-UP POUCHES NO BRASIL 2014

CATEGORIAS

22,85%

Molhos e temperos Padaria Prato - acompanhamentos Salgadinhos Cuidados de saúde Produtos para cabelos Frutas e vegetais Pet food Bebidas quentes Sabonete e produtos para banho

11,3% 10,81% 8,11% 6,14% 4,42% 4,18% 3,69% 3,69% 3,19%

Fonte: Mintel Group

e lojas de conveniência. renato Feller, gerente de marketing da Pic-Me, enumera os fatores chaves para a escolha da embalagem. “a garantia de ter um produto de alta qualidade e feito apenas com frutas sem que para tanto houvesse a necessidade de se utilizar conservantes ou outro tipo de aditivo. também prezamos pela segurança do consumidor, por isso optamos pela embalagem flexível e pela tampa própria para o consumo infantil, que dificulta que a criança engula e, caso isso ocorra, não tenha maiores implicações devido aos furos que permitem que o ar circule”, explica. a alta tecnologia de seu processo produtivo, associada a uma embalagem inovadora, fornecida pela Gualapack, permite que as combinações de frutas sejam mantidas por até um ano em temperatura ambiente sem perder suas propriedades nutricionais.

30

o conceito natural do produto também foi valorizado na identidade visual da marca Pic-Me e também para atrair a atenção do consumidor no PdV. “Para isso, utilizamos a ilustração de frutas desenhadas à mão que conversam tanto com o público infantil quanto o adulto. também brincamos com o “C” do nosso logo para passar a mensagem que nos adaptamos às diferentes situações e necessidades, assim como nossos consumidores têm de se adaptar em seu dia a dia. Por fim, a cor branca do fundo traz unidade aos nossos diferentes sabores e faz com que a embalagem se destaque no meio das inúmeras opções disponíveis nas lojas”, revela. a embalagem é o resultado de uma parceria entre a agência de posicionamento Sal e o estúdio Cravo.

aLta ProDUtiViDaDe a Hudson Sharp está atuando nas linhas de alta produtividade e alta tecnologia, com máquinas que reduzem o tempo operacional, além de proporcionar redução de áreas de chão de fabrica e baixo consumo. “as principais máquinas que atendem este alinhamento são para produção de embalagem de fraldas, higiene e pão, modelo wicketer M275W, nova concepção com interface amigável e fácil operação homem máquina, que opera com produção de 350 embalagens por minuto, e a top de linha é o modelo 5750W com a maior produtividade no mercado mundial,operando a 450 embalagens por minuto”, revela Juliano Criscuolo, gerente

Editora B2B

216 Embalagens Flexiveis.indd 30

09/05/2016 09:21:34


matéria de capa | embalagens flexíveis

Foto: Divulgação

NOVIDADE MUNDO AFORA velocidade de produção desajustada, grande consistência em relação à transferência de deslizamento, gama mais ampla de selagem e redução de abertura de selagem em comparação ao padrão aplicado em selagem a quente. “Com outras embalagens com quatro soldas, a variação no processo de selagem pode ser a causa da dificuldade ou inconsistência na abertura para o consumidor. A tecnologia CrossSeal da Sonoco elimina esse risco”, salienta Pettis.

R

espondendo às necessidades dos consumidores por embalagem easyopen, a Sonoco anunciou a sua mais recente inovação: embalagem flexível com tecnologia Cross-Seal™. Esse formato de embalagem envolve selagem ao longo de um dos cantos ao invés da tradicional selagem atrás do pacote, o que resulta em quatro painéis para explorar a comunicação visual e mensagens para ajudar a identidade da marca e a diferenciação do produto. As bordas quadradas oferecem mais espaço na embalagem, além de aumentar o facing na prateleira em comparação às embalagens flexíveis arredondadas. “O desafio na produção desta embalagem foi conseguir uma selagem resistente para baixo da borda, mas ao mesmo tempo proporcionar uma fácil abertura para os consumidores”, afirma Rod Pettis, diretor de tecnologia de embalagem flexível da Sonoco. “As embalagens produzidas com a tecnologia Cross-Seal são fáceis de usar para os consumidores porque elas requerem menos força e abertura mais limpa”, diz. A primeira aplicação comercial da tecnologia Cross-Seal da Sonoco é no segmento de café. Para os fabricantes de café, a tecnologia minimiza dor de cabeça com

geral e de marketing américa do Sul da Hudson Sharp. Seguindo o mesmo conceito, as máquinas 750SUP produzem pouch e embalagens para pet food, com quatro soldas laterais, partindo de uma única película, com a opção de zíper transversal aplicado em linha e fundo colado e dobrado, como fundo de caixa, com capacidade de 190 embalagens pouch por minuto por pista (total 380 e/m) em dupla pista com zíper. “E a nossa exclusividade

é a linha inno Lok®, que préaplica o zíper na película para envases automáticos ou embalagens pré-formadas”, informa Criscuolo. “Hoje o mercado brasileiro tem como principais demandas as máquinas tipo pouch e wicketers para atender os mercados de higiene, stand-up e pet food, que respondem pelo maior crescimento”. Ele continua: “Para as linhas “pouch”, diria que é ainda um mercado novo que se iniciou tardiamente no

As embalagens flexíveis com tecnologia Cross-Seal são desenhadas para conservar o café fresco enquanto maximiza a oportunidade de branding e satisfação dos consumidores. A expertise da Sonoco em otimizar a proteção do produto garante melhor conservação quando o consumidor abre a embalagem. A alta barreira ao oxigênio e proteção contra umidade permite uma ótima experiência de consumo toda vez que a embalagem é aberta. A tecnologia Cross-Seal foi apresentada no início deste ano durante a Convenção Anual da Associação Nacional de Café, em San Diego, nos Estados Unidos.

Brasil, há poucos anos, quando comparado aos parceiros da américa do Sul, por isso seu crescimento, inovações e novas tecnologias ainda estão por serem adquiridas nos convertedores. devemos lembrar o novo conceito de zíper pré-aplicado inno Lok®, muito usado no mercado americano e que vem ganhando grande espaço no mercado da américa do Sul”, conclui o gerente de geral de marketing e vendas américa do Sul.

Editora B2B

216 Embalagens Flexiveis.indd 31

31

09/05/2016 09:22:29


matéria de capa | embalagens de vidro

Muito além da embalagem Ela pode contar a história de uma marca no segmento de perfumes ou promover diferentes ocasiões de consumo no mercado de cerveja e água mineral

N

a hora da cerveja com os amigos e com a família, a loira gelada é a melhor companhia. Isso ninguém contesta. No ano passado, a produção brasileira de cerveja totalizou 13,8 bilhões de litros. No primeiro quadrimestre de 2016, a produção de cerveja atingiu 3,8 bilhões, segundo dados do Sicobe. Em bares e restaurantes, as garrafas retornáveis de vidro são as embalagens mais comuns para consumir em grupo, utilizando copos. Em 2015, a produção de cerveja em garrafas retornáveis foi de 6,7 bilhões de litros enquanto a produção de cerveja em garrafas de vidro descartáveis (e outras) foi de 540,4 milhões de litros. A embalagem de vidro traz inúmeros benefícios para o consumo da cerveja. “O vidro é um material totalmente neutro que

32

EDITORA B2B

216 Embalagens de Vidro.indd 32

08/05/2016 01:21:51


Foto: iStock

matéria de capa | embalagens de vidro

a Verallia oferece diversos formatos OW e retornáveis com capacidades diferenciadas a partir de 200, 250, 275, 300, 330, 355, 375, 500, 550, 600 e 1000 ml. “Atualmente, o mercado de cerveja representa 30% do nosso faturamento. Além disso, é um negócio promissor e com potencial de crescimento com entrada e desenvolvimento de microcervejarias, as quais produzem cervejas artesanais e/ou denominadas cervejas premium que demandam muito mais garrafas de vidro que as demais embalagens devido ao benefício”, revela Santos. Ele acrescenta: “O gosto por cerveja do brasileiro está cada vez mais refinado, buscando assim um produto com mais qualidade e status e as cervejas em garrafas de vidro proporcionam isso.”

impossibilita qualquer alteração de sabor do conteúdo de sua embalagem, é completamente impermeável, mantém a temperatura desejada e conserva a gaseificação da cerveja em seu manuseio; além disso, o vidro é esteticamente mais atraente tornando seu produto superior ao envasado em outras embalagens”, defende Felipe Velame F. Santos, gerente de contas e segmento Verallia. Hoje,

A expectativa de crescimento, segundo Santos, é acompanhar o desempenho das grandes cervejarias suportando-as com inovações e qualidade; além de manter e reforçar a participação da Verallia no mercado das microcervejarias que estão prevendo um crescimento de 20% a 30% ao ano. Quem também enxerga horizontes promissores no mercado brasileiro de cerveja é Gian Piero Bortone, diretor comercial da Vidroporto.“Temos como objetivo atingir crescimento significativo nos próximos anos para que possamos ter market share correspondente a nossa participação no

mercado de vidro.” Segundo ele, o formato que mais tem apresentado crescimento é a garrafa retornável de 300 ml. “Fabricantes de cerveja estão inserindo garrafas nos diversos mercados, visando trabalhar com uma embalagem de qualidade, obtê-la de retorno e oferecer um preço adequado para o consumidor. Não esquecendo o teor de sustentabilidade com esta ação”, ressalta Bortone. Essa opinião é compartilhada pelo gerente de contas e segmento da Verallia. “Ocorreu uma explosão no consumo de cerveja em embalagem de vidro na capacidade de 300 ml OW ou retornável nas grandes e microcervejarias.” Nos últimos anos, a Verallia investiu na linha de decoração para atender clientes do mercado cervejeiro com diferenciação de rótulos e cores. A empresa também reduziu o peso de garrafas retornáveis, preservando o design e a resistência mecânica e lançou garrafas com design retrô de 300 e 500 ml para o segmento de cervejas artesanais. Há novidades a caminho. “A Verallia sempre esta buscando inovações para gerar e agregar valor ao produto de nossos clientes. Acreditamos que a diferenciação das embalagens de vidro é a chave do presente/ futuro para a manutenção da competição no mercado cervejeiro”, salienta Alexandro Bonfim, supervisor de novos produtos da Verallia.

EDITORA B2B

216 Embalagens de Vidro.indd 33

33

08/05/2016 01:21:54


Foto: Divulgação

matéria de capa | embalagens de vidro

O formato que mais tem apresentado crescimento é a garrafa retornável de 300 ml exclusivos com os mesmos tamanhos”, diz. Segundo o diretor comercial, há vários projetos de desenvolvimento em andamento, mas ainda não podem ser revelados.

CRESCIMENTO NO MERCADO DE ÁGUA PREMIUM

Gian Piero Bortone, diretor comercial da Vidroporto

A Vidroporto, por sua vez, também apostou na inauguração de uma nova fábrica “com acesso a melhor tecnologia de produção de embalagens de vidro”, segundo Bortone. “Além de uma usina automática para reciclagem de vidros, a primeira do Brasil”, acrescenta. O diretor comercial enumera outras inovações feitas pela empresa: redução de peso de diversos itens, avanços nos sistemas de fechamento das garrafas, melhora na distribuição das paredes das embalagens, tornando-as mais resistentes e agilidade no desenvolvimento de projetos de novos produtos. O portfolio de produtos da Vidroporto inclui vários tamanhos de embalagens de vidro para o mercado cervejeiro: 275 ml, 290 ml, 300 ml, 343 ml, 355 ml, 600 ml e 1000 ml. (itens standard). “Para as grandes cervejarias, temos modelos

34

Em expansão, as águas premium são vendidas em bares, restaurantes, hotéis, delicatessens e mercados gourmet. O foco da Platina, uma das águas minerais de maior prestígio na história do Brasil, é ser líder no mercado de alta gastronomia e luxo. Por isso, a marca fechou uma parceria com o Grande Hotel São Pedro e tornou-se o único fornecedor de água do hotel-escola do Senac, em Águas de São Pedro, no interior de São Paulo. No restaurante do hotel, a Platina será servida em garrafa de vidro de 310 ml da água (natural e com gás), que é produzida pela Owens Illinois (O-I). “O objetivo da Platina é estabelecer o mais elevado padrão dentre as águas brasileiras, por isso, queríamos uma embalagem elegante e sofisticada que refletisse as características de leveza e equilíbrio do nosso produto”, afirma Walter Monici, diretor comercial e industrial da Platina. A embalagem foi inspirada no prédio original da fonte

Platina, construído em 1935. A garrafa apresenta uma forma clássica e possui como elemento marcante o relevo criativo e diferenciado que caracteriza a decoração do edifício. O ombro da garrafa foi desenvolvido em estilo levemente arredondado na parte superior, com entrances que fazem referência a uma coroa, cujo objetivo é destacar a nobreza da água. Já o rótulo da embalagem lembra as raízes da Platina, trazendo a imagem do casarão onde a empresa começou. A garrafa exclusiva foi criada em parceria com a agência de design Seragini e recebeu dois importantes reconhecimentos em 2015, o prêmio Grandes Cases de Embalagem e o prêmio ABRE da Embalagem Brasileira. “A Owens Illinois optou por manter toda a tradição da origem da fonte Platina e adicionar um visual clean, elegante e sofisticado, para destacar a qualidade deste produto, que foi reposicionado para entrar no mercado de água premium, ainda pouco desenvolvido no Brasil”, destaca Daniel Amaral, gerente de marketing e inovação da O-I. Além dos diferenciais de formato, dois outros elementos que compõem o seu valor e distinção são a tampa longa de alumínio e a rotulagem incorporada na própria garrafa, sem

EDITORA B2B

216 Embalagens de Vidro.indd 34

08/05/2016 01:21:58


matéria de capa | embalagens de vidro

PRODUÇÃO DE CERVEJA (LITROS) – EMBALAGEM E REGIÃO GEOGRÁFICA - 2015 VIDRO RETORNÁVEL:

VIDRO RETORNÁVEL:

190.129.403

1.989.569.810

Norte

VIDRO DESCARTÁVEL E OUTRAS:

Nordeste

3.886.873

VIDRO RETORNÁVEL:

Centro - Oeste

443.810.597

34.261.079

VIDRO RETORNÁVEL:

3.527.711.533

Sudeste

VIDRO DESCARTÁVEL E OUTRAS:

VIDRO DESCARTÁVEL E OUTRAS:

VIDRO DESCARTÁVEL E OUTRAS:

167.400

436.809.209

Sul

TOTAL

VIDRO RETORNÁVEL:

6.743.133.012

VIDRO RETORNÁVEL:

591.911.669

VIDRO DESCARTÁVEL E OUTRAS:

540.473.562

VIDRO DESCARTÁVEL E OUTRAS:

65.349.001

Foto: Divulgação

Fonte: Sicobe

A embalagem foi inspirada no prédio original da fonte Platina, construído em 1935

a utilização convencional de papel ou películas plásticas. “A decoração no lugar do rótulo tradicional deixa a embalagem com visual ainda mais elegante. Os desenhos em relevo no vidro e a impressão de alta qualidade do rótulo, também no próprio vidro, são os diferenciais tecnológicos dessa embalagem. Para construí-los, a Owens Illinois lançou mão da sua expertise em projetos inovadores e seu sistema de decoração de garrafas”, explica. Amaral destaca os atributos mais importantes na concepção da garrafa para a Platina.

“O design da garrafa foi desenvolvido com exclusividade, ressaltando a qualidade, leveza, nobreza e sofisticação, todos esses atributos foram associados à tradição da empresa no segmento de águas”, diz. Ele continua: “A tampa metálica de rosca permite a abertura e o fechamento muitas vezes, garantindo maior funcionalidade e ergonomia, além de evitar a exposição a cortes ou lesões na pele pelo uso de abridores. Com o objetivo de garantir estabilidade na pegada e fácil manuseio, o corpo da garrafa manteve

EDITORA B2B

216 Embalagens de Vidro.indd 35

35

08/05/2016 01:22:04


matéria de capa | embalagens de vidro Foto: Divulgação

oportunidade de crescimento dos negócios da empresa. “Prova disso é o lançamento da água Platina, bem como o desenvolvimento de diversas garrafas standard voltadas para esse mercado, pois dessa forma conseguimos atender a clientes menores, que acreditam no mercado de água em vidro, mas que ainda não estão no momento de investir em uma garrafa exclusiva”, informa Amaral. Daniel Amaral, gerente de marketing e inovação da Owens-Illinois

O design da garrafa foi desenvolvido com exclusividade, ressa tand a a idade eve a n re a e s fistica t d s esses atri t s ra ass ciad s tradi da empresa no segmento de águas sua estrutura retilínea. Por ser vidro, essa é uma embalagem resistente e sustentável, que evita a interação do produto com materiais químicos e pode ser infinitamente reciclada, transformando-se em novas embalagens de vidro.” A garrafa exclusiva foi desenvolvida para marcar o retorno da Água Platina ao mercado após sete anos, bem como ressaltar a sofisticação do produto associada a sua tradição. “Desta forma, o principal desafio foi conseguir criar uma embalagem que contemplasse em si todos esses conceitos e objetivos”, salienta. Segundo Amaral, o mercado de água premium ainda é pouco desenvolvido porque não há uma tradição forte no Brasil como na Europa de pedir uma

36

água pela sua marca e não pela água em si. “De qualquer forma, a água é um produto que movimenta mais de R$ 10 bilhões ao ano no Brasil. O consumo do Brasil é de 70 litros per capita, comparados à média europeia de 220 litros per capita, o Brasil ainda tem uma grande oportunidade de crescimento, principalmente quando nos lembramos de uma das maiores preocupações dos brasileiros atualmente, que é em relação à saúde. Essa tendência certamente não é passageira, pois todos nós estamos constantemente buscando fazer escolhas mais saudáveis e o mercado de bebidas não alcoólicas não está fora disso”, acredita. O mercado de água premium é visto pela Owens-Illinois como

“Assim como praticamente todos os outros mercados de bebidas e alimentos, somos líderes no mercado de água mineral e temos outras parcerias, como Águas Prata e Minalba, que também utilizam garrafas exclusivas desenvolvidas por nós, além de parceiros como a Água Cambuquira, Água Pedra Azul e Água Santa Maria, que utilizam garrafas standard desenvolvidas especialmente para esse negócio”, finaliza o executivo.

ESTRATÉGIA DE MARKETING PARA A MARCA Líder mundial no consumo de perfumes, o Brasil registrou faturamento ex- factory líquido de 7,120 milhões em 2014, segundo dados da Associação Brasileira da Indústria de Higiene Pessoal, Perfumaria e Cosméticos (Abihpec). A perfumaria feminina responde por 52% do faturamento, a perfumaria masculina, 44%, e a infantil, 4%. Segundo Ricardo Lopes, gerente de desenvolvimento e produtos e marketing da Wheaton, o mercado brasileiro de perfumes

EDITORA B2B

216 Embalagens de Vidro.indd 36

08/05/2016 01:22:12


matéria de capa | embalagens de vidro

A cor da embalagem, por exemplo, é um elemento importante que, unida à forma, contribui para a concretização do conceito do produto. “Cores influenciam o consumidor, pois remetem a sensações, emoções e experiências. Bem aplicadas ao produto, certamente agregam valor, estimulam o consumo e criam uma identidade”, garante Lopes. A Wheaton está sempre próxima, em contato com o dia a dia dos clientes e buscando soluções alinhadas às tendências mundiais para viabilizar os projetos. “O intuito é sempre acompanhar e fazer parte do desenvolvimento do produto para o perfeito entendimento das estratégias do projeto, podendo assim oferecer qualidade, flexibilidade e agilidade na produção e decoração de embalagens de vidro”, diz o executivo. Desde o final de 2013, a Wheaton conta com um Grupo

Foto: Divulgação

é muito exigente. “A embalagem é fundamental para promover uma marca. Neste mercado, as embalagens, além de proteger e embalar o produto, têm uma função primordial: pode ser uma das principais estratégias para o marketing da marca”, afirma. Ele acrescenta: “O formato, a cor, o design e a aplicação de técnicas de decoração criam interessantes possibilidades de diferenciação visual, contribuindo para que marcas e produtos ganhem mais destaque nos pontos de venda e despertem a atenção do consumidor.”

Cores influenciam o consumidor de fragrâncias

de Inovação formado por uma equipe multidisciplinar, de diferentes áreas. Em 2015, a empresa apresentou novas técnicas de decoração, como pintura multicolors, silk screen transparente, silk screen em alto relevo, silk screen com efeito flocado e toque aveludado e decoração em frascos irregulares. “Em maio, lançaremos mais algumas técnicas de decoração na feira FCE Cosmetique. Também apresentaremos uma ampla paleta de cores para a pintura orgânica, alinhada às principais tendências internacionais

do mercado da moda e da perfumaria”, revela. No mundo da beleza, assim como no da moda, as coisas vêm e vão. Muitas tendências convivem ao mesmo tempo e tudo depende da capacidade de ler o filtro da marca e compreender os hábitos de consumo. “Eu diria que hoje há espaço tanto para propostas de design clean que são suportadas por processos complexos, assim como formas complexas que podem ser produzidas em escala industrial, de forma competitiva”, conclui Lopes.

EDITORA B2B

216 Embalagens de Vidro.indd 37

37

08/05/2016 01:22:26


Foto: Divulgação

especial | FCE Pharma e FCE Cosmetique

A FCE Pharma e a FCE Cosmetique chegam a 21aedição consolidadas como importantes plataformas de negócios da indústria brasileira de farmacêuticos e cosméticos

38

EDITORA B2B

216_Especial_FCE.indd 38

08/05/2016 01:23:24


especial | FCE Pharma e FCE Cosmetique

PORTA DE ENTRADA DE INOVAÇÕES E TECNOLOGIAS

P

rincipal plataforma de negócios do setor farmacêutico na América Latina, a FCE Pharma acontecerá entre os dias 10 e 12 de maio, no Transamerica Expo Center, em São Paulo. Na última edição, o evento registrou 16.792 visitações, sendo 50% desse público com perfil de tomadores de decisão, incluindo presidentes, vice-presidentes, diretores e sócios proprietários de revendas do País e do exterior. Estiveram presentes também grandes players dessas indústrias como Merck, Novartis, Pfizer e Sanofi. Para 2016, a expectativa é que esses índices sejam repetidos. O evento tem um papel importante para a evolução do setor, não só por meio do lançamento de tendências, produtos e serviços, como também com a exposição de cases e compartilhamento de conteúdo e experiências nos seminários e nas palestras. “Dados da IMS Health apontam que o mercado brasileiro deve seguir aquecido, já que a previsão é que neste ano de 2016 o País passe a ocupar a 4ª posição do ranking de mercados mundiais, atrás apenas dos EUA, da China e do Japão. Com essa perspectiva positiva, estamos certos de que a 21ª edição da FCE Pharma será um grande sucesso com público altamente qualificado e bons negócios”, comentou Ligia Amorim, diretora geral da NürnbergMesse Brasil, organizadora do evento. Importantes marcas expositoras já estão confirmadas como: Gerresheimer, Selectchemie, Merck, Almapal, Catalent, Chemo, IMA, Romaco, Optima e muitas outras. “Entendemos que as feiras de negócio têm um valor estratégico ainda maior em períodos de turbulência econômica, principalmente, por trazerem uma oportunidade de desenvolvimento de negócios e troca de melhores práticas entre profissionais do mercado e também entre as empresas. Por esse motivo, reforçamos o convite para que os profissionais participem do encontro mais importante do setor farmacêutico e conheçam o que há na vanguarda da indústria”, finaliza a executiva. Paralelamente ao evento, ocorre também a FCE Cosmetique, principal plataforma de negócios da América Latina para a cadeia produtiva do setor cosmético. A POWTECH Brasil, conferência e exposição de processamento, análise e manuseio para sólidos secos a granel, partículas e pós-finos, também acontece simultaneamente ao evento e contará com o espaço ampliado nesta 3ª edição no Brasil.

EDITORA B2B

216_Especial_FCE.indd 39

39

08/05/2016 01:23:42


especial | FCE Pharma e FCE Cosmetique

Duma Combi é a primeira embalagem de comprimidos da Gerresheimer com um compartimento separado para o folheto informativo

A alemã Gerresheimer vai apresentar dois novos produtos na FCE Pharma 2016: Biopack e Duma Combi. Biopack é uma alternativa mais amiga do meio ambiente ao uso do PE e do PET. Duma Combi é uma embalagem de comprimidos com um compartimento adicional para um folheto de informações ao paciente. Biopack é o nome da primeira embalagem plástica amigável ao meio ambiente da Gerresheimer para aplicações em produtos farmacêuticos e cosméticos. “Ao utilizar biomateriais, nossos clientes podem contribuir para a redução da emissão de gases com efeito estufa, protegendo assim o meio ambiente e evitando o desperdício desnecessário”, afirma Niels Düring, vice-presidente executivo global de embalagens plásticas. Biomateriais, como a cana-de-açúcar, são a alternativa renovável para PE convencional e PET. Duma Combi é a primeira embalagem de comprimidos da Gerresheimer com um compartimento separado para o folheto informativo. Isso aumenta o espaço disponível na superfície

40

A Gerresheimer também vai apresentar tradicionais embalagens de PET, PE e PP. O portfolio inclui frascos conta-gotas para colírio, embalagens com spray para aplicações nasais, embalagens PET para medicamentos para tosse, recipientes PE para comprimidos, além de uma ampla gama de tampas, rolhas e todos os tipos de acessórios, como tampas, conta-gotas, copos de medição, seringas de dosagem e aplicadores.

DETECTOR DE METAIS FARMACÊUTICOS

com uma produção de até 30 mil comprimidos por minuto. Outra vantagem tecnológica é o autoteste que assegura um desempenho consistente e otimiza custos. Permite também calibração automática por meio de um toque no botão. Com uma estrutura forte e compacta em aço inoxidável polida, o detector resiste a limpezas pesadas. Para prevenir contaminações diretas, todas as conexões podem ser removidas sem o uso de ferramentas. O detector de metais pode ser integrado a qualquer tipo de compressora usando um sistema de ajuste de altura eletrônico e configuração manual da inclinação da cabeça do detector. Inclui ainda um sistema de rejeição lateral.

ENCAIXOTADORA HORIZONTAL Foto: Divulgação

Biopack produzida a partir da cana-de-açúcar

exterior para a marca porque o folheto contém a informação que seria impressa na embalagem. O design retangular do recipiente também otimiza o espaço da embalagem para possível transporte.

Foto: Divulgação

Fotos: Divulgação

NOVAS EMBALAGENS VERDES

Detector de metais Phantom: alta precisão

A Fortress vai apresentar, na FCE Pharma, o detector de metais farmacêutico Phantom, que utiliza a tecnologia de processamento digital DSP para detectar e rejeitar metais ferrosos e não-ferrosos incluindo aço inoxidável. Mantém altos níveis de sensibilidade para detectar a menor partícula de contaminação metálica em linha de produção de alta velocidade

Encaixotadora horizontal SMP da CAM

A CAM participa da FCE Pharma expondo a encaixotadora horizontal SMP que trabalha com papel corrugado dupla face. Muito compacto e acessível, o equipamento apresenta dispositivo MM (Mechanical Memory) para facilitar a troca de formato.

EDITORA B2B

216_Especial_FCE.indd 40

08/05/2016 01:23:57


especial | FCE Pharma e FCE Cosmetique

A empresa possui a mais completa linha de máquinas de embalagem, para os mais variados tipos de indústrias, com destaque para o setor farmacêutico, cosmético, alimentício e outros tipos de aplicações. Produz emblisteradoras, encartuchadoras, celofanadoras, agrupadoras, encaixotadoras, paletizadores, linhas de envase de líquidos e pós, tampadoras (a rosca, a pressão, com introdução de pescantes etc.). “Além de dispor de uma forte estrutura de assistência técnica, a Campak Brasil trabalha customizando as máquinas às necessidades dos clientes, com agilidade, custos brasileiros e garantia CAM”, afirma Dino R. Ferreira, gerente de vendas da Campak Brasil.

Foto: Divulgação

SISTEMAS DE ENVASE

Sistema de envase Optima FM1 para produtos líquidos e viscosos

Em ano de Jogos Olímpicos, a Optima apresenta na FCE Pharma & Cosmetique suas soluções medalha de ouro para os processos de envase e embalagem das

indústrias farmacêutica e cosmética. O novo campeão brasileiro: o sistema de envase Optima FM1 é um dos mais versáteis. Preparado para o processamento dos mais diversos produtos líquidos e viscosos das indústrias química, cosmética e alimentícia. O envase é realizado por meio de bomba-pistão com válvulas de pressão ou rotativas. Com acionamento por servo motor, o volume de dosagem, até 1000 ml, pode ser ajustado por meio do painel de operação. Preparado para trabalhar com diferentes formatos de frasco, o equipamento oferece uma capacidade de produção de até 90 frascos/minuto. A Optima FM1 atinge os mais altos padrões em termos de precisão.

por meio de um dos cinco sistemas específicos de dosagem. O sachê plano ou formatado é produzido a partir de uma bobina de filme laminado. Todos os formatos e funções da máquina são configurados por meio de um painel touchscreen. Vários itens opcionais estão disponíveis, incluindo: “abre-fácil”, diversas formas de corte, contagem e agrupamento. Fácil de operar, a série OPTIMA PD pode ser configurada até quatorze canais, atingindo uma produção de até 60 ciclos/ minuto por canal.

A Kugler Flexofill, em exposição, é campeã invicta. Uma máquina multi-talento para envase e fechamento de produtos líquidos e/ou viscosos em embalagens estáveis. Este modelo de máquina, em conformidade com os requisitos da GMP e NR12, é a solução monobloco ideal para as indústrias alimentícia, cosmética e farmacêutica. A Kugler Flexofill oferece excelente acessibilidade, e é fácil de limpar. Alterações de formato são realizadas de forma rápida e fácil por meio de receitas programadas no painel de controle touchscreen. Quatro sistemas diferentes de envase podem ser utilizados para o processamento ideal dos produtos. O volume máximo de envase é de 500 ml. A capacidade máxima de produção é de 60 frascos/min.

RAIO X TRAZ MAIOR RESOLUÇÃO

A Optima PD30 Shape é a tecnologia líder na produção de sachês de quatro soldas, por meio do processo form-fill-seal. Produtos em pó, a granel, granulados, líquidos e viscosos são facilmente dosados

Todas as máquinas – Optima FM1, Kugler Flexofill e Optima PD30 – são fabricadas no Brasil e podem ser adquiridas por meio do Finame.

Foto: Divulgação

A estrutura é balconada, com completa separação entre a parte mecânica e os grupos de movimentação, estes últimos de fácil acesso, sendo posicionados do lado do operador para a facilidade de operação, limpeza e manutenção. Opera com velocidade até 12 caixas/min.

Raio X Anritsu possui detector com resolução de 0.4mm

Na FCE Pharma, a Sunnyvale vai apresentar o novo Raio X, modelo XR 75, da japonesa Anritsu. Este equipamento faz parte da nova geração de Raio X, com maior capacidade de detecção, para atender demandas de mercados cada vez mais exigentes em relação a produtos isentos de contaminantes e redução no consumo de energia, que chega a uma economia de mais de 30%.

EDITORA B2B

216_Especial_FCE.indd 41

41

08/05/2016 01:24:05


especial | FCE Pharma e FCE Cosmetique

Outros destaques do XR 75 são o design e a concepção. Foi desenvolvido para trabalhar em ambientes extremamente agressivos e, na maioria dos casos, sem a necessidade de utilização de ar-condicionado. O sistema de refrigeração interno preserva o funcionamento de seus componentes eletrônicos ampliando seu MTBF em mais de três vezes em relação aos demais concorrentes. Outra característica importante é a facilidade de higienização, com a possibilidade de remoção de partes do equipamento sem uso de ferramentas.

Foto: Divulgação

SOLUÇÕES DE IMPRESSÃO

para a rastreabilidade de medicamentos, a Systech International, líder global em soluções de serialização empresarial, autenticação e logística de distribuição, e a Videojet Brasil, fornecedor líder em soluções de codificação e marcação, irão apresentar durante a FCE Pharma suas soluções de software e hardware para que as empresas estejam preparadas para atender o Sistema Nacional de Controle de Medicamentos (SNCM). Adicionalmente a Systech e a Videojet apresentarão uma solução inovadora e patenteada de proteção de marcas, Unisecure, que consiste em prevenir riscos de fraude, pois captura o código de barras de um produto durante seu processo de embalagem, transmite este dado em tempo real a um banco de dados armazenado em nuvem e, usando um aplicativo em seu celular, o consumidor pode, ao capturar este código de barras, verificar instantaneamente por meio de um cruzamento de informações, se o produto é original ou suspeito. Com larga aplicação na indústria de bens que são alvos de falsificadores como cosméticos, roupas de grife, bebidas ou comércio eletrônico o Unisecure permite que as marcas estejam protegidas e o consumidor

confiante de que o produto adquirido é original. A Videojet Brasil tem experiência significativa na implantação de suas soluções de codificação e marcação em linhas de embalagens farmacêuticas em todo o Brasil bem como na implantação de integrações complexas de hardware e software. A empresa também foi um fornecedor piloto chave para determinar a viabilidade do cumprimento das regulamentações conduzidas pelo Instituto Brasileiro para Ética em Concorrência (ETCO). Portanto, seu treinamento e suporte inter-regional ajudarão significativamente os fabricantes farmacêuticos na implantação bem-sucedida de soluções de serialização e logística de distribuição. “Estamos comprometidos com a parceria entre a Systech e a Videojet e com o mercado brasileiro e já alcançamos um sucesso significativo”, afirma David De Jean, VP da Systech International. Paulo Machado, diretor do setor farmacêutico da VideoJet Brasil, diz: “Após uma parceria de seis anos, estamos confiantes que temos a melhor solução do mercado, possibilitando que nossos clientes cumpram com a legislação de modo seguro e eficiente.” Foto: Divulgação

Novo modelo XR 75 A.L.L (Advanced Long Life Technology) possui detector com resolução de 0.4mm, proporcionando melhor desempenho para contaminantes de baixa densidade (ossos, vidros, borrachas) e diversos tipos de metais.

Codificadora a Videojet Laser 3330 proporciona marcações de alta qualidade em linhas de velocidade moderada a alta em substratos como folhas de alumínio e PVC para comprimidos

A Videojet Brasil comercializa, instala e presta suporte à Systech, a mais avançada solução de rastreabilidade e proteção de marcas com diversos sistemas já instalados no Brasil. Com a iminente divulgação de novas normas regulamentadoras

42

Jato de tinta térmico Videojet 8610 utiliza um cartucho para usar fluidos MEK, indicado para aplicações que exigem códigos nítidos e repetidos em laminados, filmes, plásticos e materiais revestidos

EDITORA B2B

216_Especial_FCE.indd 42

08/05/2016 01:24:19


especial | FCE Pharma e FCE Cosmetique

Durante a FCE Pharma, a Videojet apresentará também as seguintes tecnologias de codificação: • Jato de tinta térmico Videojet 8610 utiliza um cartucho revolucionário, especialmente projetado para usar fluidos MEK, indicado para aplicações que exigem códigos nítidos e repetidos em laminados, filmes, plásticos e materiais revestidos. A Videojet fará demonstração durante o evento para que os visitantes possam comprovar a eficácia do equipamento e da tinta; • Jato de tinta Videojet 1650, projetada para aplicações exigentes de codificação e marcação em que a velocidade e o rendimento requerem alta utilização da solução. Além de fornecer máximo uptime, o modelo 1650 fornece recursos avançados para ajudar a diminuir os erros dos operadores e ferramentas para melhorar e eficiência geral do equipamento (OEE); • Codificadora a Videojet Laser 3330 – Laser de 30 watts que oferece uma combinação eficiente de desempenho e flexibilidade, proporcionando marcações de alta qualidade em linhas de velocidade moderada a alta em substratos como folhas de alumínio e PVC para comprimidos. Haverá impressões nestes tipos de material para que os visitantes verifiquem a eficácia da solução; • Codificadora a Videojet Laser de fibra 7310 projetada para produções de alta velocidade para o setor farmacêutico para codificar dados como data de validade, números de lote e outras

informações críticas da produção. Altamente indicada para materiais plásticos e metálicos e com larga utilização na marcação de equipamentos médicos, o visitante poderá ver durante o evento a impressão em peças metálicas; • Impressora e Aplicadora de Etiquetas Videojet 9550 – A 9550 com Intelligent MotionTM é uma máquina de impressão e aplicação de etiquetas inteligente projetada para não ter tempo de inatividade não programado e reduzir os custos e erros nas operações de codificação de caixas. O controle automático e preciso de todo o sistema, junto com a aplicação de etiquetas Direct Apply, oferece a aplicadora de etiquetas mais eficiente e confiável.

FRASCOS PARA COSMÉTICOS Moderna, a linha Safira Zandei é composta inicialmente por três modelos de frascos (120, 200 e 300 ml). São frascos cilíndricos, que podem ser utilizados para produtos premium até produtos do dia a dia, como xampus, condicionadores, cremes para cabelo, hidratantes e spray.

Buscando a ampliação da linha, este ano, a Zandei lançou o frasco Safira 250g para ser utilizado com válvula espumadora, que é ideal para produtos diferenciados para os cabelos e o corpo. Outra característica da linha é a versatilidade, pois se adapta a diferentes tipos de tampas de acordo com o produto e a necessidade de cada cliente. Produzida em PEAD (polietileno de alta densidade), a embalagem pode ser produzida em diversas cores, com aplicação de serigrafia, rótulo adesivo e termoencolhível. Durante a FCE Cosmetique, a Bemis vai lançar o tubo laminado SilverGlam que, além de ter altíssimo brilho, oferece barreira à luz, ao oxigênio e vapor d’água. Um dos principais benefícios da embalagem é a manutenção de memória do material, propiciando uma utilização perfeita da embalagem e permitindo aos usuários o consumo total do produto, evitando desperdícios. As bisnagas do SilverGlam estão disponíveis nos diâmetros: 16mm, 22mm 25mm, 28mm, 35mm, 40mm e 50mm. Foto: Divulgação

CODIFICADORAS PARA INDÚSTRIA FARMACÊUTICA

Linha Zafira Zandei pode ser adequada a diferentes tipos de tampas de acordo com o produto

EDITORA B2B

216_Especial_FCE.indd 43

43

08/05/2016 01:24:21


Foto: Divulgação

Novo selo indicará pegada de carbono de produtos

C

om o objetivo de acelerar a transição para uma economia de baixo carbono, a Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT) e a Carbon Trust, organização sediada em Londres sem fins lucrativos que aconselha governos e companhias ao redor do mundo, desenvolveram o Sistema Brasileiro de Medição e Certificação da Pegada de Carbono de Produtos. Este projeto foi patrocinado pela Embaixada Britânica no Brasil e desenvolvido em parceria com o Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior do Brasil (MDIC). Com base na experiência da Carbon Trust em seu próprio sistema e de outros países, este sistema baseia-se em normas internacionais reconhecidas e foi projetado juntamente com os seus beneficiários finais – as indústrias brasileiras contando com um grupo de empresas

de sete setores industriais: aço, alimentos, alumínio, cimento, tecidos, químicos e vidros. A pegada de carbono de um produto mostra a quantidade de gases de efeito estufa emitida durante a fabricação de um produto; e um resumo de quais componentes (materiais de entrada, resíduos e emissões por processo) contribuem mais para o total da pegada. Munido dessa informação, empresas e governos podem tomar decisões para encontrar formas eficazes de otimizar processos e consequentemente reduzir as emissões.

Foto: Divulgação

Fundação Espaço ECO® apresenta ‘Guia de Qualidade de ICV para o Banco de Dados Brasileiro’

N

os dias 14 e 15 de março, foi realizado no Brasil, pela primeira vez, o Fórum Internacional de Avaliação do Ciclo de Vida (ACV). A Fundação Espaço ECO® (FEE®) marcou sua presença apresentando o ‘Guia de Qualidade de ICV para o Banco de Dados Brasileiro’, da qual é coautora. O Guia servirá para orientar a submissão de Inventários de Ciclo de Vida (ICV) ao banco de dados brasileiro de Avaliação do Ciclo de Vida (ACV), de forma que o provedor do inventário possa adequar 44

seus dados de acordo com um conjunto de requisitos mínimos a serem atendidos. Em parceria com o Instituto Brasileiro de Informação em Ciência e Tecnologia (IBICT), a Universidade Tecnológica Federal do Paraná (UTFPR), Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa) e a Universidade de São Paulo (USP), a FEE® apresentou o draft do Guia de Qualidade de ICV para o Banco de Dados Brasileiro. Esta foi a 5ª Edição do Fórum Internacional, sendo um marco importante para a consolidação da Rede Global de Interoperabilidade de Bases de Dados de ACV, que acontecerá durante a Semana Internacional de ACV com participação de profissionais de renome mundial. O objetivo das discussões durante o Fórum é criar, até 2017, os mecanismos para a consolidação da Rede Global composta por bases de dados de ACV, que tem como finalidade conectar múltiplas fontes de dados para apoio da Avaliação do Ciclo de Vida, facilitando assim a concretização da tomada de decisões relacionadas à sustentabilidade e à troca de informações técnicas e científicas entre os países participantes da rede.

EDITORA B2B

Pack 216 - Sustentabilidade.indd 44

08/05/2016 01:24:13


pack | sustentabilidade

Foto: Divulgação

ReciclaBR prevê aumento de 15% na coleta de latas de alumínio

O

grupo ReciclaBR, que responde pela reciclagem de 40% das latas de alumínio para bebidas no Brasil, projeta para 2016 um aumento de 15% no volume de coleta de latinhas. Nos últimos três anos, o grupo ampliou de 12 para 21 o número de centros de coleta, distribuídos em 12 estados brasileiros, possibilitando uma maior capilaridade na coleta de sucata, que é posteriormente enviada a uma de suas quatro unidades fabris - todas no estado de São Paulo - onde são recicladas mais de 200 mil toneladas/ano de metais não ferrosos. De acordo com o CEO do grupo, Mario Fernandez, desde 2012 foram investidos mais de R$ 33 milhões nas plantas e nos centros de coleta. “Investimos na aquisição da planta de Itaquaquecetuba, em equipamentos de alta tecnologia, logística, manutenção e renovação das estruturas das plantas, criação e manutenção dos centros de coleta.” O executivo também confirma mais investimentos em um novo centro de coleta, em Cachoeirinha (RS), e uma nova planta de reciclagem e beneficiamento de alumínio na cidade de Paranaíba (MS), que ficará pronta em 2017.

Sonoco expande programa de certificação de fibra para Brasil e México

A

Sonoco, uma das maiores empresas globais de embalagens, ampliou, em fevereiro deste ano, o seu programa de certificação de fibra no Brasil e no México. Embora a maior parte da matéria-prima utilizada em suas usinas seja 100% de fibra reciclada, esta certificação também exige a seleção de fornecedores de fibra virgem e componentes de fibra virgem que evitem negociação ou abastecimento de matéria-prima extraída de forma ilegal; explorada com violação dos direitos tradicionais e civis e colhida onde as prioridades globais de conservação estão ameaçadas. “A certificação de fibra é uma demonstração do compromisso da Sonoco para reciclagem, florestas saudáveis e gestão responsável dos recursos”, diz Laura Rowell, gerente de embalagem sustentável global. No Brasil, a fábrica de papel da Sonoco, em Londrina (PR), e de embalagens em Araras (SP) receberam a certificação de cadeia de custódia FSC (Forest Stewardship Council) e a certificação da gestão florestal sustentável PEFC. No México, a sua planta

de papel, em Atizapan, e de embalagens na Cidade do México, também conquistaram a certificação de cadeia de custódia e o PEFC, além da certificação do selo SFI (Sustainable Forestry Initiative). Estas operações se juntam a 12 fábricas de papel previamente certificadas da empresa e quatro operações de conversão previamente certificadas localizadas nos Estados Unidos, no Canadá e na Europa. “A Sonoco está preparada para ajudar seus clientes de marcas globais a atingir suas metas de sustentabilidade relacionadas ao desmatamento e de abastecimento responsável”, afirma Laura. EDITORA B2B

Pack 216 - Sustentabilidade.indd 45

45

08/05/2016 01:24:20


Foto: Leandro Andrade

direto da gôndola

APROXIMANDO-SE DE CADA CONSUMIDOR

Foto: FuturePack

Na era da globalização, em que o que acontece numa parte do mundo rapidamente se torna conhecido no restante do universo, ações mercadológicas rápidas são cada vez mais oportunas

ASSUNTA NAPOLITANO CAMILO*

E

ntre as cinco grandes tendências do consumo, é inegável que diversidade e estilo são as que mais tocam o consumidor. Ações que tornam a embalagem mais bela e próxima do consumidor são relevantes. Graças à tecnologia disponível, há poucas diferenças substanciais nos produtos, por isso distingui-los por meio de embalagens diferenciadas é uma grande alternativa. Além disso, ações mercadológicas usando embalagens podem reforçar as marcas para os consumidores, o que é muito valioso. Uma das maiores empresas do mundo, a Coca-Cola Company promove ações para tornar sua marca ainda mais conhecida e querida. Há cerca de cinco anos, iniciou uma grande campanha pela Austrália e de lá para a Europa e o restante do mundo por meio do “Share a Coke”, nomeando as suas embalagens. Na oportunidade, lançou mão de tecnologia de impressão digital para rapidamente expandir a campanha no mundo. A ação teve um enorme sucesso, como todos sabem, e permanece até hoje. Quase todo mundo se emocionou ao encontrar a “sua” Coca-Cola. Até eu tenho a “minha”. Outras iniciativas se sucederam, parecidas ou não, com o intuito de conquistar o consumidor. A Açúcar União começou a veicular frases alegres ou

positivas nos sachês de açúcar (monodoses), tais como: “Elogie mais”, “Sorria mais”, “Dê mais gargalhadas”, entre outras que alegram e adoçam o momento da pausa do café. A concorrente Açúcar Mais Doce usa sachês de cores variadas para quebrar a monotonia do porta-açúcar, criando um portfolio colorido. Há pouco tempo, a Açúcar da Barra resolveu lançar mão da “customização em massa”, ou seja, customizar ou fazer de forma especial produtos para uma grande parte da população, com jeito personalizado. A novidade já está presente nos cafés de São Paulo: são sachês de açúcar com nomes, sempre com a frase “Adoça a minha vida”. Iniciaram com os nomes mais comuns do grupo dos millennials (pessoas nascidas após 1980), como Guilherme, Gabriel, Luiza, Thomaz, Felipe, entre outros. A novidade já movimenta as mesas dos cafés da mesma forma que aconteceu com a busca de garrafas e latas com nomes da Coca-Cola. Estão de parabéns pela iniciativa! A campanha está no momento certo, faz sucesso e a alegria de muitos consumidores. É uma ação simpática que aproxima as pessoas entre si e com a marca. É uma embalagem melhor, e assim promove um mundo melhor.

Se quiser mais informações e fotos dos produtos, é possível obtê-las no site: www.clubedaembalagem.com.br *Assunta Napolitano Camilo: Diretora da FuturePack – Consultoria de Embalagens e do Instituto de Embalagens – Ensino & Pesquisa. Articulista, professora e palestrante internacional de embalagens. Recebeu diversos prêmios, entre eles o de Profissional do Ano e o de Melhor Embalagem do Ano. Coordenadora dos livros: Embalagens Flexíveis; Embalagens de Papelcartão; Guia de embalagens para produtos orgânicos; Embalagens: Design, Materiais, Processos, Máquinas & Sustentabilidade, entre outros. Diretora do Kit de Referências de Embalagens e da obra Better Packaging, Better World.

46

EDITORA B2B

216_Artigo.indd 46

08/05/2016 01:24:41


Foto: Divulgação

notas técnicas

FITAS ADESIVAS A Norton produz fitas adesivas destinadas às diversas finalidades, aplicadas tanto nas indústrias em geral quanto no comércio e nos lares. Ela fabrica fita de demarcação que é usada para sinalização de áreas na indústria e que pode ser direcionada para uso geral. É produzida na cor amarela, azul, verde, vermelha, preta etc. Fita silver tape é indicada para realizar emendas, reforços, vedações de dutos de ar-condicionado e uso doméstico em geral. Fita dupla face de espuma é adequada para fixação de cartazes, quadros, objetos de decoração etc. A de dupla face acrílica pode ser utilizada para fixação de espelhos, placas de sinalização, laminação de vidro, frisos etc. Fita de empacotamento tem aceitação para empacotar, fechar caixas etc. NORTON Comércio Rep. Mat. de Construção Ltda./SAINT-GOBAIN Tel.: (11) 3482-0350 | www.norton-abrasivos.com.br

SISTEMA DE CONTROLE PNEUMÁTICO A Norgren traz o sistema de controle que oferece solução para enchimento de bags em manipulações de material a granel, voltado para o setor de alimentos e bebidas. É indicado para todos os sistemas de ar comprimido. Além de ser pneumático e seguro, não há necessidade de controle elétrico ou PLC, controle lógico programável. Pode também ser usado em zonas ATEX que exigem equipamentos certificados contra perigo de explosão. Portanto, com o sistema, evitam-se os custos de adequação à NR10. Comparada com alternativas de mercado, que operam com pressões até seis bar, ele trabalha com pressões entre 0,15 e 0,3 bar o que reduz o risco de danos do duto por pressão excessiva. A tecnologia, além de atender aos requisitos da NR12, dispensa também a necessidade dos sistemas mecânicos, do tipo prende saco, e evita o risco de ferimento do operador durante o manuseio na máquina. NORGREN Ltda. Tel.: (11) 5698-4000 | www.norgren.com.br

Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

CORREIAS TRANSPORTADORAS Fabricadas com lonas de poliéster, formadas por trama e urdume em 100%, as correias transportadoras oferecem estabilidade dimensional em relação à tensão, flexão e ruptura. Elas podem ser utilizadas ao ar livre, sem que ocorram danos com a intempérie, devido ao baixo coeficiente de alongamento e baixa absorção de umidade. As coberturas, projetadas com um composto especial de PVC, são resistentes à abrasão, às graxas, substâncias químicas, aos óleos e solventes. Elas são ainda antiestáticas, antichama, inodoras e atóxicas. As coberturas superiores podem ter perfis (taliscas) e ser lisas, rasqueadas ou gravadas e as inferiores, por sua vez, rasqueadas, com revestimento e guias. NURION® FS Indústria e Comércio de Correias Ltda. Tel.: (11) 4644-2777 | www.nurion.com.br

EDITORA B2B

215 Notas Tecnicas.indd 47

47

08/05/2016 01:25:04


notas técnicas

Foto: Divulgação

EQUIPAMENTO PARA IMPRESSÃO DE TAMPAS PLÁSTICAS Soluções de impressão totalmente automatizadas são desenvolvidas pela Oscar Flues de acordo com os padrões do segmento ou conforme a necessidade ou projeto do cliente. A empresa produz o Maxitampas que é um equipamento para impressão de tampas plásticas para grandes volumes de produção com pré-tratamento incorporado. A alimentação automática é realizada por meio da panela vibratória. O set-up do equipamento é rápido e a extração, automática. Possibilita uma produção de até 18.000 tampas/hora. Com a mesa rotativa, estação para aumento de produtividade, é possível imprimir até quatro cores com flexibilidade para integração de sistemas de alimentação e extração. A produção pode atingir até 3.000 peças/hora. OSCAR FLUES Indústria e Comércio Ltda. Tel.: (11) 5514-6900 | www.oscarflues.com.br

TRANSPALETES A Movequip fornece equipamentos para solucionar as mais variadas situações de carga e trabalho. Ela disponibiliza, por exemplo, a linha de transpaletes que é formada pelos modelos TM2220/TM3020 de configurações manuais e com capacidade de 2.200 kg ou 3.000 kg de carga; pelo modelo TM2000B que é um transpalete-balança com capacidade de 2.000 kg de carga; pelos TE18/T20 que são elétricos e oferecem 2.000 kg/1.800 kg de carga e pelo TM2220 IT que é inox e com capacidade de 2.220 kg de carga. MOVEQUIP Indústria e Comércio Ltda. Tel.: (16) 2137-8440 | www.movequip.com.br

BOBINAS DE PLÁSTICO-BOLHA A produção de bobinas de plástico-bolha é realizada por meio da coextrusão do polietileno com aditivos especiais. Elas possuem algumas propriedades técnicas, como transparência de 75%, isolante térmico, não poluente, inodoro, atóxico, resistência a choques etc. As bobinas, além de ter a capacidade de formar barreiras contra umidade, poeiras e vapores, podem ser reutilizáveis e recicláveis. Elas podem ser utilizadas para embalar produtos que precisam de proteção contra impactos, riscos e rupturas. São fornecidas em diversos tamanhos e com resistências variadas. ATCO Plásticos Ltda. Tel.: (19) 3826-8500 | www.atco.com.br

48

CONTÊINER O contêiner da linha Titan apresenta diferentes combinações de porta e altura. Tem aplicação nas indústrias de manufatura, como a automotiva, linha branca e eletrônica, para expedição de peças, componentes e movimentação em processo. Produzido em structural foam e montado por componentes para facilitar a reposição, o contêiner possui portas laterais traváveis para simplificar o acesso ao conteúdo e cantoneiras de aço que evitam o contato dos garfos da empilhadeira. É dobrável e a cor padrão, a preta, mas existe a possibilidade de ser produzido em outras cores. A linha Titan é leve, resistente, retornável e o acesso da empilhadeira pode ser feito pelos quatro lados, além de possuir proteção contra raios ultravioleta. MYERS do Brasil Embalagens Plásticas Ltda. Tel.: (19) 3847-9994 | www.myersdobrasil.com.br

Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

EDITORA B2B

215 Notas Tecnicas.indd 48

08/05/2016 01:25:06


Foto: FuturePack

LEITURA EMBALAGENS FLEXÍVEIS – FLEXIBLE PACKAGING Embalagens flexíveis, desde a concepção até o descarte responsável. Esse é o foco do lançamento do Instituto de Embalagens. A obra bilíngue (português – inglês) foi lançada no último dia 15 de março, na livraria Cultura, em São Paulo, e será apresentada também durante a Drupa, na Alemanha, no dia 5 de junho. O livro aborda os principais temas que precisam ser conhecidos para o desenvolvimento de uma boa embalagem flexível, como design, tendências e inovações, processos de impressão e fabricação, materiais e estruturas, matériasprimas e insumos; desde a concepção até as questões de disposição. Destacaria os temas de tipos e estruturas das embalagens bem como as informações sobre novas possibilidades para as embalagens flexíveis. Os autores convidados são referência da área em que atuam. Disponibilizaram seus conhecimentos para que outros profissionais tenham acesso às informações sobre embalagens, com a esperança de que este livro se torne a nova referência do setor. Embora técnica, a edição foi pensada e desenvolvida para ser acessível aos profissionais de todos os níveis de conhecimento: de estudantes a empresários, envolvendo-os desde as empresas de embalagens e matéria-prima, até os profissionais de serviços e industriais de setores alimentícios, bebidas, cosméticos, produtos pessoais, químico etc.

O objetivo da obra é atingir mais profissionais, em mais lugares, por meio da expansão da rede de livrarias e do apoio dos patrocinadores e apoiadores na aquisição de parte da tiragem para distribuição aos seus clientes e colaboradores. “Sempre levando conhecimento a mais pessoas, conseguiremos levar nossa missão e crença adiante: Embalagem melhor. Mundo melhor!”, afirma Assunta Napolitano Camilo, diretora do Instituto de Embalagens. A obra é patrocinada pela 3M, Abal, Braskem, Coim, Lord, FuturePack, MD Papéis, Nitro Química e Terphane.

EMBALAGENS FLEXÍVEIS – FLEXIBLE PACKAGING INSTITUTO DE EMBALAGENS 368 PÁGINAS WWW.INSTITUTODEEMBALAGENS.COM.BR

Foto: iStock

PRÉ-FEIRA - FISPAL TECNOLOGIA (VITRINE DE PRODUTOS) Circulação Especial na feira.

EDIÇÃO 217 APROVEITE AS CONDIÇÕES COMERCIAIS ESPECIAIS PARA ANUNCIAR RESERVE SEU ESPAÇO, LIGUE: (11) 3722-0956 MAIS INFORMAÇÕES: publicidade@editorab2b.com.br

www.pack.com.br

216_Pack Leitura.indd 49

08/05/2016 01:26:00


índice de anunciantes PÁGINA

EMPRESA

SITE

3ª Capa .... ABRE ...................................... ................................................................................................................................www.abre.org.br

2ª Capa .... ANTILHAS .......................................................................................................................................................www.antilhas.com.br 13 ............. HAVER BRASIL ..........................................................................................................................................www.haverbrasil.com.br

7 e 50 ...... INSTITUTO DE EMBALAGENS ...............................................................................................www.institutodeembalagens.com.br

47 ............. INTERTEC ................................................................................................................. ............................www.intertecequip.com.br

2ª Capa .... OPTIMA DO BRASIL........................................................................................................................................www.optima-bra.com

5 ............... PERFOR ............................................................................................................................................................. www.perfor.com.br

9 ............... TETRA PAK..........................................................................................................................................................www.tetrapak.com

PB

216_Indice de Anunciantes.indd 50 EDITORA BANAS

08/05/2016 01:26:26


3 CAPA ABRE.indd 51

08/05/2016 01:27:00


4ª CAPA ANTILHAS.indd 52

08/05/2016 01:27:37

Profile for Revista Pack

Revista Pack 216 - 2016  

Revista de negócios do mercado de embalagens. Embalagens flexíveis e a popularidade nas gôndolas. Embalagens de vidro. Produtos, serviços e...

Revista Pack 216 - 2016  

Revista de negócios do mercado de embalagens. Embalagens flexíveis e a popularidade nas gôndolas. Embalagens de vidro. Produtos, serviços e...

Advertisement

Recommendations could not be loaded

Recommendations could not be loaded

Recommendations could not be loaded

Recommendations could not be loaded