__MAIN_TEXT__
feature-image

Page 1

www.pack.com.br

227

ANO•17

2 0 1 8

R$ 15,00

EMBALAGEM

TECNOLOGIA

DESIGN

INOVAÇÃO

ENTREVISTA Rafael Palmer, da Seara, fala sobre inovadora embalagem da nova linha de refeições prontas resfriadas da marca

ESPECIAL ANUGA FOODTEC As inovações em embalagens de alimentos e bebidas

Alta tecnologia em embalagem

Na ED n I Su ote ÇÃO pp cn 2 ly olo 28 Ch gi ai a / n

FISPAL TECNOLOGIA


carta ao leitor

Embalagens cada vez mais convenientes e práticas

O

consumidor é sempre o Rei. Para fisgá-lo nas gôndolas repletas de produtos iguais, as marcas de alimentos e bebidas têm apostado, cada vez mais, no desenvolvimento de embalagens, que ofereçam conveniência e praticidade no seu momento de consumo. Esses atributos, com certeza, têm inspirado novas soluções para atender a pluralidade de consumidores. Nesta edição, trazemos diferentes soluções que retratam essa tendência crescente nas prateleiras brasileiras. A Seara investiu em uma tecnologia exclusiva de embalagem, a Powervac, para lançar a sua linha de pratos prontos individuais resfriados, não congelados. A marca quer crescer neste mercado, oferecendo conveniência e praticidade, com sabor e frescor de comidas feitas em casa. O objetivo é não só atender os consumidores que moram sozinhos, mas também membros de uma mesma família, que querem consumir pratos diferentes. Um atendimento personalizado! E o que dizer da tampa pull-off, que vem com anel lateral, criada pela Verallia para a Cervejaria Cidade Imperial Petropólis. Os

consumidores ganharam uma abertura prática e o pescoço alongado da garrafa facilita a pega. A nova solução de embalagem está promovendo uma experiência de consumo melhor, já que desde o seu lançamento, segundo a marca, as vendas deram um salto. A empresa não revela os números. Para atender os consumidores da marca em todos os seus momentos, a Superbom, empresa alimentícia especializada na fabricação produtos saudáveis, lançou um novo tamanho de embalagem para a sua tradicional linha de sucos integrais, que ganha uma versão em 300 ml, nos sabores uva tinto, uva branco, tomate integral, tomate temperado, maçã e tangerina. Esses exemplos mostram que os requisitos de conveniência e praticidade têm inspirado o desenvolvimento de novas soluções de embalagem. Afinal, isso tem feito a diferença nas prateleiras. Mas, ficar por dentro das novas tecnologias de embalagem também é fundamental. Este mês, acontece a Fispal Tecnologia, que reúne tecnologias de embalagem para a indústria de alimentos e bebidas. Até a próxima edição!

Margaret Hayasaki editora chefe

margaret.hayasaki@gmail.com


227

sumário

2018

10

Foto: Divulgação

10 Entrevista

Rafael Palmer, diretor de trade marketing de industrializados para mercado interno, da Seara, fala sobre a nova linha de refeições prontas resfriadas Rotisserie que traz inovadora embalagem com exclusiva tecnologia sueca PowerVac

28 Reportagem Fispal Tecnologia chega à sua 34a edição reunindo mais de 400 expositores

36 Especial Prowein

Este ano, a feira ganhou uma área dedicada ao setor de embalagens, chamada Design & Packaging, onde os fornecedores mostravam seus produtos

42 Especial Anuga FoodTec

36

A cada três anos, a indústria de alimentos e bebidas tem um encontro marcado com a tecnologia e o futuro. A Anuga FoodTec, que acontece na Alemanha, reúne equipamentos de processos e envase e muito conteúdo

ESPECIAL PROWEIN

A mais importante feira de vinhos do mundo

SEÇÕES

Foto: Divulgação

28

REPORTAGEM Fispal Tecnologia: alta tecnologia em embalagem

INOVAÇÃO

Entrevista Embalagem mantém refeições frescas e resfriadas

EMBALAGEM TECNOLOGIA DESIGN

Foto: Divulgação

A N O • 1 7

6 Agenda

48 Conveniência e praticidade

8 Pack online

50 Tecnologia

14 Notícias

52 Design de embalagem

16 Vaivém do mercado

54 Artigo Lincoln Seragini

22 Vanguarda

57 Direto da gôndola

24 Atualidades

58 Sustentabilidade

40 Artigo Andre Vilhena

64 NOTAS TÉCNICAS

46 Artigo Enio Antônio Ferigatto

65 Leitura

Editora B2B

5


agenda feiras no brasil Data

Feira

Local

CONTATO

26 a 29 de junho de 2018

Fispal Tecnologia

São Paulo Expo – São Paulo

www.fispaltecnologia.com.br

07 a 09 de agosto de 2018

Anutec Brazil

Expo Trade Expo Center – Curitiba – Paraná

www.anutecbrazil.com.br

14 a 17 de agosto de 2018

Interplast

Expoville – Joinville – Santa Catarina

www.interplast.com.br

21 a 23 de agosto de 2018

Innovapack

Transamérica Expo Center – São Paulo

www.innovapackexpo.com/pt/

21 a 23 de agosto de 2018

Summit de Embalagens

Transamérica Expo Center – São Paulo

www.fi-events.com.br

03 a 09 de setembro

Congresso Internacional do Alumínio

São Paulo Expo – São Paulo

www.expoaluminio.com.br

EMBALAGEM | TECNOLOGIA | DESIGN | INOVAÇÃO

PUBLISHER: Fernando Lopes EDITORA CHEFE: Margaret Hayasaki margaret.hayasaki@gmail.com ASSESSORA TÉCNICA: Assunta Napolitano Camilo (FuturePack) assunta@futurepack.com.br PROJETO GRÁFICO: Editora B2B PRODUÇÃO: Luciano Tavares de Lima (gerente) produção@banas.com.br DESIGNER: Ana Claudia Martins editoracaopack@gmail.com CAPA: Ana Claudia Martins FOTO DA CAPA: Perfor

CONSELHO EDITORIAL Assunta Camilo Napolitano, diretora da FuturePack e do Instituto de Embalagens – Eduardo Tadashi Yugue, gerente de embalagens da Nestlé Brasil – Geraldo Cardoso Guitti, diretor do Conselho Administrativo da Refrigerantes Convenção – Iorley Correia Lisboa, gerente P&D e Inovação de Embalagens – Marcas Exclusivas do Walmart Brasil – João Batista Ferreira, CEO da J2B Innovation to Business – Lincoln Seragini, presidente da Seragini Design – e Luis Fernando Madi, Diretor Geral do Instituto de Tecnologia de Alimentos (ITAL)

COMERCIAL feiras no EXTERIOR Data

Feira

Local

CONTATO

Rajah Chahine rajahchahine14@gmail.com Tel.: (11) 3722-0956

11 a 13 de julho de 2018

Propak China

Shanghai New International Expo Centre – Xangai - China

www.propakchina.com/en/

Nilton Feitosa nilton.feitosa@nvcon.com.br

25 a 27 de setembro de 2018

Label Expo Americas

Donald E. Stephens Convention Center – Chicago – Estados Unidos

www.labelexpo.com

01 a 03 de outubro de 2018

Luxe Pack Monaco

Grimaldi Forum Monaco

www.luxepack.com/en/

02 a 05 de outubro de 2018

Tokyo Pack

Tokyo International Packaging Exhibition – Tóquio - Japão

www.tokyo-pack.jp/en/

Executivos de Negócios – São Paulo – Interior Aqueropita Intermediações de Negócios Ltda. Contato: Aparecida A. Stefani Tel.: (16) 3413-2336 – Cel.: (11) 9647-0044 aparecida.stefani@banas.com.br Paraná e Santa Catarina DGS Representação Comercial. Contato: Douglas Garcia da Silva Tel.: (41) 3082-4070 – (41) 8898-8686 dgsrepresentacoes@gmail.com Rio de Janeiro Art Comunicação S/C Ltda. Contato: Francisco Neves Rua Des. João Claudino Oliveira e Cruz, 50 – cj. 607 – CEP 22793-071 – Rio de Janeiro-RJ Tels.: (21) 2269-7760 – (11) 9943-5530 – Fax: (21) 3899-1274 banasrj@uol.com.br

REPRESENTANTE INTERNACIONAL

Cartas&E-mails A Revista Pack quer conhecer a opinião dos nossos leitores. Sua opinião é muito importante para a contínua melhoria da qualidade editorial. Escreva para nós, opinando sobre as entrevistas, reportagens e os artigos. Critique ou dê sugestões de pautas.

ARGENTINA 15 de Noviembre 2547 – C1261 AAO – Capital Federal – Republica Argentina Tel.: (54-11) 4943-8500 – Fax y Mensajes: (54-11) 4943-8540 www.edigarnet.com

Rua dos Três Irmãos, 771 Jardim Progredior – São Paulo-SP – CEP 05615-190 CNPJ 07.570.587/0001-13 – I.E. 149.349.995-116 NOVO TELEFONE: (11) 3722-0956

IMPRESSÃO: Grafilar CIRCULAÇÃO NACIONAL: Tiragem – 10 000 exemplares PERIODICIDADE: ANUAL Nº Avulso: R$ 15,00 PACK – EMBALAGEM | TECNOLOGIA | DESIGN | INOVAÇÃO

AT

EC

D E M ÍD IA S E G

M

E

TA

DA

Editora B2B

D

O

6

IA

T

A

EG

R

A

B2

C AT

B

2008

Filiada à

N

novo TELEFONE: (11) 3722-0956

AN

Rua dos Três Irmãos, 771 Jardim Progredior – São Paulo-SP – CEP 05615-190

IO

E-mail redacao@pack.com.br

IV P R Ê M

PARA SE CORRESPONDER COM A REDAÇÃO

end.

é uma publicação mensal da Editora B2B.

A Pack é dirigida aos profissionais que ocupam cargos técnicos, de direção, gerência e supervisão em empresas fornecedoras, convertedoras e usuárias de embalagens, bem como prestadores de serviços relacionados à logística, design e todos os processos relacionados a indústrias de embalagem.

RE

V I S TA S E G M

É permitida a divulgação das informações contidas na revista desde que citada a fonte. PACK reserva-se o direito de publicar somente informações que considerar relevantes e do interesse dos leitores da revista.

EN


@EditoraB2B

nline

/packrevista

www.pack.com.br Por TATIANA GOMES | tatiana.gomes@banas.com.br

O site da Pack traz noticiário atualizado diariamente, artigos exclusivos e tudo sobre o mercado de embalagem. Mais: vídeos, fotos e a versão digital na íntegra da edição do mês, além das anteriores!

Schlichte tem edição limitada para celebrar a Copa do Mundo

Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

Custo Total da mão de obra no segmento de produtos químicos de uso industrial é o dobro do salário pago

A Abiquim lança o estudo “O Custo Total da Mão de Obra no segmento de produtos químicos de uso industrial – CTMO”, produzida pela equipe de Economia e Estatística da associação.

O tradicional e conhecido Steinhaeger é uma bebida destilada a base dos frutos de trigo e do zimbro e que cai como uma luva para acompanhar cervejas ou mesmo em shots gelados, antes ou depois das refeições e aperitivos. Schlichte Golden Shoe é um Steinhaeger alemão delicioso, sofisticado e que reúne duas das paixões brasileiras: bebida de qualidade e futebol! 

Onde achar? https://www.pack.com.br/industria

Onde achar? https://www.pack.com.br/copia-economia-1

Foto: Divulgação

Linha de sucos de uva Aliança renova visual com garrafa produzida pela Verallia A Cooperativa Nova Aliança renova o visual da sua marca Aliança iniciando pela linha de suco de uva integral, que ganhou uma nova garrafa exclusiva. Disponível nas versões de 1,5 litro, 1 litro e 450 ml, o suco de uva tinto integral é envasado em garrafa na cor verde oliva produzida pela Verallia, fabricante de embalagens de vidro para alimentos e bebidas.

[Conexão web ] as mais lidas no pack.com.br

1 2 3 4 5

Guaraná Antarctica celebra sua brasilidade e veste latas com as cores do Brasil Guaraná Antarctica acaba de anunciar uma edição limitada de latas decoradas com as cores do Brasil. Patrocinadora oficial da Seleção Brasileira desde 2002.

Linha de sucos de uva Aliança renova visual com garrafa produzida pela Verallia Disponível nas versões de 1,5 litro, 1 litro e 450 ml, o suco de uva tinto integral é envasado em garrafa na cor verde oliva produzida pela Verallia, fabricante de embalagens de vidro para alimentos e bebidas.

Xereta surpreende com refrigerante sabor Framboesa

A marca de refrigerantes Xereta, da Refrix, é conhecida pela variedade de sabores e embalagens para os mais diversos momentos de consumo. O mais recente lançamento é o sabor Framboesa, que chega para atender toda a família em embalagem pet de dois litros.

Genuine lança nova opção de tamanho

Onde achar? https://www.pack.com.br/

O NEWSLETTER QUINZENAL DA INDÚSTRIA

Nathalgraf levará tecnologia de tintas flexográficas para a Flexo & Labels 2019

Toda quinzena, a newsletter entrega no seu e-mail as notícias mais importantes da indústria de embalagens. Cadastre-se no site! Acesse! www.banas.com.br/banasinforma

8

Editora B2B

Além de novas embalagens para as barras de 2,1 Kg, as deliciosas coberturas fracionadas agora também estão disponíveis em 1 Kg.

Com 20 anos de atuação no mercado de Flexografia, a  Nathalgraf  confirmou sua participação na Flexo & Labels 2019, que acontecerá de 19 a 21 de março, no Pro Magno Centro de Eventos, em São Paulo.

Confira a lista das 10 notícias mais acessadas no site e as leia na íntegra! Fonte: Google Analytics * Período de 15/04/2018 a 17/06/2018 Onde achar? https://www.pack.com.br/copia-economia-1


entrevista

EMBALAGEM MANTÉM REFEIÇÕES FRESCAS E RESFRIADAS

Foto: Divulgação

Rafael Palmer, diretor de trade marketing de industrializados para mercado interno, da Seara, fala sobre a nova linha de refeições prontas resfriadas Rotisserie que traz inovadora embalagem com exclusiva tecnologia sueca PowerVac

10

Editora B2B


A

Seara apresenta ao mercado brasileiro uma nova categoria de produtos com a exclusiva linha Rotisserie - refeições prontas resfriadas, não congeladas. Os produtos, armazenados em geladeira, mantêm o frescor e o sabor dos alimentos, graças à exclusiva tecnologia PowerVac, poderoso vácuo que preserva os alimentos frescos por mais tempo. A linha inova ao inaugurar uma categoria de produtos ainda em desenvolvimento no país – a Seara é a primeira empresa da indústria alimentícia no Brasil a trazer este tipo de refeição para o mercado - seguindo as melhores tendências da alimentação mundial, que estão cada vez mais focadas na praticidade aliada ao frescor e sabor dos alimentos. No Reino Unido – país onde 80% dos pratos prontos oferecidos no varejo já são resfriados – cerca de 1,6 bilhões de euros foram investidos para alavancar este tipo de categoria. Já nos Estados Unidos, a projeção de crescimento do mercado de pratos prontos resfriados é de 4% ao ano, dentro do período de 2017 a 2021. Para tornar possível a produção desta linha, a Seara Alimentos – empresa responsável pela marca Seara – investiu em uma nova fábrica, sediada no município de Osasco/SP. A empresa não revela o valor do investimento. A nova unidade trouxe maquinário especial, totalmente importado da Suécia e especialmente voltado para a produção destes itens.

Editora B2B

11


entrevista

Hoje se fala muito em conveniência e praticidade, e as embalagens têm tido grande importância nesse processo Revista Pack: Por que a Seara decidiu investir em uma linha de pratos prontos resfriados no mercado brasileiro? Isso foi uma demanda do consumidor brasileiro? RAFAEL PALMER: A Seara investe constantemente em pesquisa com seus consumidores, a fim não só de avaliar o serviço já prestado, como também para verificar as novas tendências de consumo e trazer inovações ao seu portfólio. Enquanto 60% dos consumidores de pratos prontos estão felizes com as opções de congelados, cerca de 40% procuram alimentos mais com o perfil da linha Seara Rotisserie. Para contemplar este público e fornecer um porfólio completo, de produtos diferenciados, a Seara decidiu investir nesta linha. Por isso, fomos em busca de uma tecnologia que pudesse manter as refeições frescas e resfriadas, exatamente 12

Editora B2B

para atender a esta demanda de consumidores que ainda não eram atendidos dentro da categoria. E graças à tecnologia PowerVac, vinda diretamente da Suécia com exclusividade para a Seara no Brasil, conseguimos agora lançar a linha Seara Rotisserie e incrementar ainda mais o portfólio da marca, com opções completas de produtos e o Q de Qualidade Seara.

PALMER: As refeições vêm em porções individuais. Como chega ao mercado em cinco opções diferentes, a família pode escolher de acordo com o gosto de cada membro, variando o cardápio e também evitando o desperdício, pois o prato já vem na porção exata.

PALMER: A capacidade volumétrica foi pensada considerando uma porção individual, média de consumo. Já o design, junto ao material, foi geometricamente desenvolvido para que a deformidade do fundo da bandeja, no momento da geração do vácuo, mantenha as paredes principais íntegras, possibilitando um dimensional padrão para as etapas seguintes do processo de embalagem. A tecnologia PowerVac traz maior segurança alimentar e melhor desempenho na manutenção do frescor e sabor dos alimentos, além de ser uma tecnologia reconhecida em vários países e em quatro continentes diferentes. Sua excelência comprovada, aliada a resultados, foram fundamentais para a escolha desta tecnologia na nova linha Seara Rotisserie.

Pack: Como se deu a escolha do tamanho, formato e o material da embalagem da nova linha Rotisserie?

Pack: Quais foram os desafios por trás desta inovadora embalagem com tecnologia PowerVac para

Pack: Os pratos prontos são porções únicas ou servem a família?

Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

A tecnologia PowerVac traz maior segurança alimentar e melhor desempenho na manutenção do frescor e sabor dos alimentos

Com a tecnologia de embalagem PowerVac, qualquer lojista, de qualquer tamanho, pode oferecer o prato pronto resfriado da linha Seara Rotisserie


lançar a nova linha de produtos resfriados Rotisserie? PALMER: Adequar a composição, características e quantidades dos ingredientes envasados que impactam diretamente no controle do vapor gerado. Assim foi preciso estruturar todos os itens de embalagem para um desempenho satisfatório principalmente nos momentos de pasteurização, geração do vácuo e resfriamento onde sofrem deformações características do processo para depois retornarem a condição ideal e final de apresentação. Pack: Com a embalagem com tecnologia PowerVac, a nova linha de pratos prontos resfriados pode permanecer por mais tempo na geladeira. Quanto tempo os pratos prontos podem permanecer frescos e saborosos na geladeira? PALMER: O shelf-life do produto, a contar da data de fabricação, é de 60 dias (fechado, em refrigerador, sob temperatura adequada de 8°C). Após aberto, é recomendado o consumo imediato – lembrando que o produto já é porcionado para uma refeição, evitando assim desperdícios.  Pack: A nova linha Rotisserie será distribuída em todo o Brasil? PALMER: Em primeiro momento, não. Será inicialmente distribuída para o estado de São Paulo.  Pack: Qual é a expectativa da Seara com o lançamento da nova linha de pratos prontos Rotisserie? PALMER: Com a tecnologia de embalagem PowerVac, o prato pronto resfriado da linha Seara Rotisserie consegue durar muito mais que uma refeição tradicional de rotisserie comum, permitindo que qualquer lojista, de qualquer tamanho, possa oferecer esta opção para o consumidor. Outras vantagens são:

Nossa expectativa é fornecer um portfólio amplo e diferenciado para que o consumidor possa ter uma variedade de opções na hora da compra traz para a loja um fluxo de clientes diferenciados, é um produto ideal para lojas que querem introduzir o apelo de conveniência e supre a necessidade de uma comida fresca de rotisserie para lojas que não querem ter esta estrutura. Nossa expectativa é fornecer um portfólio amplo e diferenciado para que o consumidor possa ter uma variedade de opções na hora da compra. Para os consumidores que não consomem a categoria de congelados, é a oportunidade de ser contemplado com um portfólio de produtos frescos, contando com a praticidade e o sabor que faz parte do DNA de todos os produtos Seara. Pack: Como o senhor vê o papel da tecnologia no processo de embalagem? PALMER: Hoje se fala muito em conveniência e praticidade, e as embalagens têm tido grande importância nesse processo, pois as tecnologias que vêm surgindo interagem ativamente com o produto, permitindo diversas condições e características de preparo que se adequam às necessidades de consumo, desde agilidade à qualidade no preparo.  Em relação à tecnologia PowerVac, é exclusiva no Brasil e necessita de um know-how técnico específico, uma vez que difere das linhas de pratos prontos convencionais. 


notícias

Foto: Divulgação

PRODUÇÃO DE PAPELÃO ONDULADO RECUA EM MAIO

O volume expedido de 237.620 toneladas é 19,53% inferior ao de igual mês de 2017

A CENÁRIO

expedição de caixas, acessórios e chapas de papelão ondulado totalizou 237.620 toneladas, em maio, segundo dados da ABPO (Associação Brasileira do Papelão Ondulado), volume 19,53% inferior ao de igual mês de 2017. Com um dia útil a menos, a expedição por dia útil em maio de 2018 (25 dias) caiu 16,31% sobre maio de 2017. Considerando os dados livres de influência sazonal, a expedição de papelão ondulado retrocedeu 17,81% entre abril e maio, ao passar de 292.850 para 240.689 toneladas.

EXPEDIÇÃO EM TONELADAS

2018

Janeiro Fevereiro Março Abril Maio Maio*

Com o resultado, a expedição registrou em maio de 2018 o menor valor da série histórica 1 desde junho de 2009 (240.174 toneladas). Segundo Aloísio Campelo Junior, superintendente de estatísticas públicas do IBRE/FGV, a expedição de papelão ondulado foi amplamente impactada pela paralização realizada pelos caminhoneiros na segunda quinzena de maio – as expectativas do setor contemplam reversão de parte das perdas de maio nos meses subsequentes. “Como exercício, caso adicionada ao resultado a perda estimada pelo setor decorrente da paralização, de 46.365 toneladas, a expedição cresceria 2,92% em maio de 2018 frente ao mesmo mês do ano anterior; já a expedição por dia útil passaria de queda de 16,31% para alta de 7,04% na mesma base de comparação, conforme tabela abaixo”.

EXPEDIÇÃO EM TONELADAS POR DIA ÚTIL

EXPEDIÇÃO EM TONELADAS

2018/2017 VARIAÇÃO MENSAL (%)

292.632 269.290 304.682 290.368 237.620 303.912

5,09 3,93 2,05 9,10 -19,53 2,92

2018

Janeiro Fevereiro Março Abril Maio Maio*

EXPEDIÇÃO EM TONELADAS POR DIA ÚTIL

2018/2017 VARIAÇÃO MENSAL (%)

11.255 11.708 11.719 12.099 9.505 12.156

5,09 3,93 5,97 4,56 -16,31 7,04

*resultado adicionando a perda estimada pelo setor para a expedição de papelão ondulado em maio – conforme consulta especial realizada aos respondentes nos dias 04 e 05/06/2018. 14

Editora B2B


Foto: Divulgação

Francisco Pires assume a posição de COO da Novelis América do Sul

Francisco Pires assume o recém-criado cargo de Chief Operating Officer (COO) para a Novelis América do Sul. O executivo comandará as funções de Operações, Suprimentos (Metal e Não-Metal), Comercial, Reciclagem e Supply Chain, reportando-se diretamente a Tadeu Nardocci, presidente da Novelis América do Sul. Graduado em Engrenharia Naval pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) e mestre em Administração pelo Instituto de Pós-Graduação e Pesquisa em Administração da Universidade Federal do Rio de Janeiro (COPPEAD), Francisco está na Novelis desde 2012 onde ingressou como diretor de Suprimentos. Em 2013, passou a liderar também a função de Supply Chain. No ano seguinte, assumiu a posição de VP Comercial, atuando no desenvolvimento de novas linhas de produtos, canais de distribuição e estratégia para atendimento aos clientes.

Foto: Divulgação

João Carlos Marchesan é reeleito presidente do Conselho de Administração da ABIMAQ/SINDIMAQ

Com o principal objetivo de zelar pelos interesses do universo de 7500 empresas do setor de máquinas e equipamentos, João Carlos Marchesan, da empresa Marchesan S.A, tradicional na área de máquinas agrícolas, se reelege como presidente do Conselho de Administração da ABIMAQ/ SINDIMAQ - Associação Brasileira da Indústria de Máquinas e Equipamentos/ Sindicato Nacional da Indústria de Máquinas, no período de 2018 a 2022. Para Marchesan, seu grande desafio será ampliar a regionalização da ABIMAQ/ SINDIMAQ, atingindo o maior número possível de empresas nos vários Estados, dando ênfase ao trabalho local.

notícias

PRÊMIO IBEMA GRAVURA ESTÁ COM INSCRIÇÕES ABERTAS

Foto: Divulgação

Vaivém do mercado

O objetivo do projeto é divulgar a arte da gravura e revelar novos talentos

O

maior e mais conceituado prêmio brasileiro dedicado à arte da gravura está com suas inscrições abertas. O Prêmio Ibema Gravura, que está em sua oitava edição, é uma ação exclusiva aos estudantes universitários e as premiações chegam ao valor de R$ 13 mil, distribuídos entre os dez primeiros lugares. Promovida e realizada pela Ibema Papelcartão, terceira maior fabricante de papelcartão do país e um dos maiores players da América Latina, a premiação é a única do gênero promovida pela iniciativa privada. O Prêmio é voltado para estudantes de cursos superiores e de escolas de artes gráficas de todo o país a dar visibilidade às suas obras por meio da participação e exposições de suas artes no concurso. Após várias edições, o prêmio se consolidou como uma importante etapa de aprendizagem, sendo incluído no calendário acadêmico de várias universidades do país, contribuindo com a formação dos artistas. Segundo a artista plástica especializada em gravura e jurada do prêmio, Uiara Bartira, essa é uma grande oportunidade para que esses jovens mostrem seu talento. “Esta é uma oportunidade para os estudantes mostrem seu talento e, com isso, conseguirem também visibilidade. Apesar da sua aparente simplicidade, a gravura é complexa, considerada a orquestra sinfônica das artes plásticas”, comenta.

Os interessados podem realizar as suas inscrições pelo site www. premioibemagravura.com.br. As obras inscritas e enviadas serão analisadas por uma comissão julgadora composta por especialistas em artes gráficas e de gravura, além de designers de embalagens. As inscrições serão aceitas até as 18:00 horas do dia 31 de agosto de 2018.


notícias

KRONES DESENVOLVE NOVA GARRAFA PET ULTRALEVE PARA O MERCADO DE ÁGUA Recipiente em forma de gota de 200 ml é extremamente resistente e estável, com peso de apenas 4,4 gramas

Pode ser produzida usando uma máquina-padrão de moldagem por sopro que também é adequada para formatos leves

EM RESUMO, ESTE NOVO DESENVOLVIMENTO DA KRONES EM GARRAFAS PET APRESENTA AS SEGUINTES VANTAGENS: Peso de apenas 4,4 gramas. Maior estabilidade graças à pressurização de nitrogênio. Design icônico para minigarrafas. Reutilizável graças à tampa de rosca. Uma grande variedade de opções de rotulagem. Produção mediante uso de máquinapadrão de moldagem por sopro.

18

Editora B2B

Foto: Divulgação

E

m muitos países tropicais, particularmente na Ásia, pequenos copos plásticos para água são amplamente utilizados. Selados com um filme removível, estes recipientes fornecem ao mercado on-the-go uma solução rápida para saciar a sede dos consumidores. As companhias aéreas também gostam de usar este tipo de copo. Por isso, a Krones desenvolveu agora uma alternativa atraente e prática: uma garrafa reutilizável pequena, flexível e ultraleve. Esta nova garrafa PET da Krones tem forma de gota e contém 200 mililitros. Com um peso de apenas 4,4 gramas, é extremamente leve. Ela pode ser produzida usando uma máquina-padrão de moldagem por sopro que também é adequada para formatos leves. Além disso, este recipiente oferece uma opção para ser pressurizado com nitrogênio após o enchimento, estabilizando-o para armazenamento e transporte. Em termos de apresentação visual, a garrafa PET oferece grande versatilidade de design: diferentes processos de rotulagem permitem que diferentes projetos sejam alcançados. Isso significa que os produtores de bebidas podem comercializar a garrafa em diferentes segmentos de preço e estruturas de varejo. E não é apenas a forma de gota que chama a atenção para esta embalagem. Sua geometria serve também para estabilizar a garrafa ultraleve. O recipiente possui um gargalo típico 26/22 para garrafas de água e pode ser fechado com uma tampa de rosca normal.

Alta demanda

Na última edição da feira Drinktec, na Alemanha, a Krones apresentou mais de 2.000 desses pequenos recipientes PET em uma grande parede iluminada. Durante a feira, e depois também, houve inúmeras conversas e perguntas sobre este projeto de desenvolvimento. Os contatos mostram que há um grande interesse em substituir os copos de água já utilizados por uma variante mais atraente e fácil de manusear. A pequena garrafa PET em forma de gota foi projetada pelo Departamento de Desenvolvimento e Consultoria de Embalagens da Krones. Esta unidade cria designs de embalagem inovadores e ajuda os clientes a traduzir uma ideia ou conceito de embalagem em realidade, tecnicamente e comercialmente viável. Os especialistas da Krones oferecem soluções personalizadas, por exemplo com base na análise de elementos finitos, ou consultoria de material específico para projetos de embalagens complexas.


Foto: Divulgação

OWENS ILLINOIS É A NOVA FABRICANTE DE EMBALAGENS DA BIOLEVE

notícias A parceria viabilizou o lançamento da bioleve Glass, a primeira linha em vidro da marca

Nova linha de água mineral vem em garrafas de vidro de 300ml

A

Owens Illinois (O-I), líder global na fabricação de embalagens de vidro, é a nova fornecedora das garrafas de água mineral da bioleve. A parceria viabilizou o lançamento da bioleve Glass, a primeira linha em vidro da marca. Os produtos estão disponíveis nas versões gaseificada e natural. A linha foi criada para atender a um público mais exigente e também para abrir oportunidades de venda em pontos estratégicos como hotéis, restaurantes e eventos. O modelo de embalagem escolhida tem design elegante combinado

com o modernismo e grafismo da arte criada pela bioleve. Integra o portfólio standard da O-I e tem capacidade para 300 ml. “A garrafa de vidro atende ao rigoroso controle de segurança alimentar da marca, pois é um material 100% natural e inerte, que não interage quimicamente com a bebida”, explica Reinaldo Kühl, gerente de Marketing Americas South da Owens Illinois. O produto chegou ao mercado em abril e pode ser encontrado nas principais redes varejistas do país. “A bioleve Glass é nossa linha de valor agregado e atende

à demanda de consumidores que têm esta preferência. É uma nova opção de água mineral de qualidade para estabelecimentos de food service e também para varejo em geral”, conta Sylvio Parente, diretor da bioleve. O rigoroso compromisso com a qualidade e segurança de seus produtos conferiu à marca a Certificação Internacional de Qualidade da National Sanitation Foundation (NSF), órgão ligado à Food and Drug Administration, dos Estados Unidos.


notícias

TETRA PAK DESENVOLVERÁ CANUDOS DE PAPEL ATÉ O FINAL DESTE ANO

Foto: Divulgação

A mudança faz parte de um amplo programa criado para solucionar a questão do descarte de canudos de plástico

A

Tetra Pak está trabalhando para lançar canudos de papel adequados às suas embalagens cartonadas para porções individuais até o final deste ano, como parte de um amplo programa criado para solucionar a questão do descarte de canudos de plástico. Os canudos têm papel funcional nas embalagens para consumo individual, mas se não forem descartados adequadamente podem se tornar parte da questão que envolve os resíduos plásticos. Nesse sentido, a empresa já vinha trabalhando para estimular os consumidores a inserirem o canudo dentro das embalagens após o consumo, para que sejam coletados juntos e encaminhados para a reciclagem de maneira segura. Agora, direciona seus esforços para desenvolver um canudo de papel que tenha todas as características necessárias ao uso nas embalagens de tamanhos menores. “Isso parece simples, mas há muitos desafios significativos no processo de produção para que os canudos de papel tenham as propriedades exigidas”, explica Charles Brand, Vice-presidente Executivo Operações de Manutenção de Produtos e Comerciais. “Nosso time de desenvolvimento está confiante de que encontrará uma solução e de que teremos uma alternativa de canudo de papel para ser lançada antes do fim do ano”, diz.

20

Editora B2B

Em média, as embalagens da Tetra Pak são compostas por 75% de papel-cartão. Dessa forma, o uso de canudos de papel representará um outro passo importante no que diz respeito ao compromisso de longo prazo da companhia em oferecer um portfólio composto totalmente por materiais de origem renovável. No Brasil, a empresa utiliza cerca de 82% de materiais de origem renovável na produção de embalagens, como papel de florestas certificadas e plástico produzido a partir da cana-deaçúcar. Em 2008, foi a primeira companhia a oferecer embalagens para alimentos líquidos certificadas pelo FSC® (Forest Stewardship Council ®). Em 2011, foi pioneira na utilização do polietileno de alta densidade (HDPE), feito a partir de cana-de-açúcar, com o lançamento das primeiras tampas StreamCap™ produzidas com matéria-prima renovável. E, em 2014, passou a utilizar o polietileno de baixa densidade (LDPE), também feito a partir de cana-de-açúcar, nas camadas protetoras da embalagem.


WPO ABRE INSCRIÇÕES PARA O WORLDSTAR PACKAGING AWARDS Podem ser inscritas embalagens que conquistaram um prêmio nacional reconhecido pelo WPO

Foto: Divulgação

A

World Packaging Organization (WPO) abre as inscrições para o WorldStar Packaging Awards. Os interessados têm até o dia 20 de setembro de 2018 para inscrever as embalagens. “Nós incentivamos os membros do WPO do mundo todo a nos ajudar a promover o maior e mais importante prêmio mundial de embalagem”, afirma Pierre Pienaar, presidente do WPO. Podem ser inscritas embalagens que conquistaram um prêmio nacional reconhecido pelo WPO. “Em seu 51º ano, o WorldStar é um dos principais eventos do WPO e, no ano passado, recebeu mais de 300 inscrições de 38 países. Como sempre, nosso objetivo é aumentar o número de inscrições e países participantes este ano ”, acrescenta Pienaar. As embalagens inscritas até a data de encerramento – 20 de setembro – serão julgadas em Jinan, na China, no dia 24 de outubro, durante a 2ª Reunião da Diretoria da WPO em 2018. O resultado será anunciado em dezembro e a festa da premiação será realizada, em maio de 2019, em Praga, República Tcheca. 

Para informações sobre o prêmio WorldStar Packaging Awards contate Rachel Bayswater pelo telefone: +44 1476 513885 ou pelo e-mail: rachel.bayswater@iom3.org ou www.worldstar.org


vanguarda

EMBALAGENS FLEXÍVEIS DE VALOR!

Assunta Napolitano Camilo*

Foto: Future Pack

D

Empresa japonesa agrega transparência e maior shelf-life num único filme com patente exclusiva e inédita

e olho nas cinco principais tendências globais de consumo: conveniência, estilo, saúde, segurança e estilo, a empresa japonesa Toyobo, desenvolveu linhas de filmes PET (poliéster) com características especiais, que contribuirão para inovações em embalagens flexíveis. A principal linha de filmes tem o nome de Ecosyar, com a tecnologia patenteada de dupla deposição de Al2O3 e SiO2, que: • Garante transparência, alta barreira à umidade e oxigênio; • Possibilita a redução ou substituição de camadas da embalagem, podendo substituir filmes metalizados, com PVDC e alumínio (o que ajuda na reciclagem e, portanto, na redução da pegada de carbono); • Pode ser utilizada em embalagens retortable, ou seja, para produtos que passam por processamento em altas temperaturas, como autoclave; e produtos que podem ser aquecidos na própria embalagem por meio de banho-maria e micro-ondas. Durante a Anuga Foodtec, na Alemanha, a Toyobo apresentou a novidade através de um de seus clientes, a também japonesa, Totai. A empresa mostrou várias embalagens, com amplas janelas, que permitiam ver o produto, atributo cada vez mais valorizado pelos consumidores. A visualização transpõe a barreira do idioma, relevante para um mundo cada vez mais globalizado, e minimiza as preocupações acerca do produto. O mercado de embalagens flexíveis é o que mais cresce em todo o mundo. Tem ampliado a sua participação em vários segmentos, como de bebidas (iogurte, sucos, leites), alimentos cada vez mais elaborados, como os “retortable” (alimentos que são preparados ou cozidos na própria embalagem). Assim, muita pesquisa vem sendo realizada para atender cada vez melhor os requisitos do consumidor: segurança, conveniência e belos produtos. A linha de produto ainda propõe ser melhor para o meio ambiente na medida em que elimina a metalização do alumínio (mais fácil de reciclar); bem como a necessidade do PVDC e, assim, temos o resíduo livre de cloro, o que permite a incineração. Além disso, a deposição de Al2O3 e SiO2 reduz o peso total da embalagem, e consequentemente, o custo. Igualmente importante é a questão do maior prazo de validade dos produtos, ou seja, shelf-life estendido.

Vanguarda com melhores embalagens que salvam alimentos para um mundo melhor! *Assunta Napolitano Camilo: Diretora da FuturePack – Consultoria de Embalagens e do Instituto de Embalagens – Ensino & Pesquisa. Articulista, professora e palestrante internacional de embalagens. Recebeu diversos prêmios, entre eles o de Profissional do Ano e o de Melhor Embalagem do Ano. Coordenadora dos livros: Embalagens Flexíveis; Embalagens de Papelcartão; Guia de embalagens para produtos orgânicos; Embalagens: Design, Materiais, Processos, Máquinas & Sustentabilidade, entre outros. Diretora do Kit de Referências de Embalagens e da coleção Better Packaging. Better World.

22

Editora B2B


informe publicitário | grupo sicad

EXCELÊNCIA EM FITAS ADESIVAS PARA EMBALAGENS

O

Grupo Sicad com sua marca Eurocel® tem sido pioneiro no desenvolvimento de fitas adesivas na Europa. Desde 1972, quando começou a fornecer produtos para papelaria, a Sicad desenvolveu a Adhesive Tape Experience, tornando-se hoje líder mundial na sua fabricação. Os seus produtos são entregues para os clientes ao redor do mundo através das suas fábricas na França, África do Sul, Croácia, Brasil, a partir da sede, na Itália, e da rede de distribuição global. Graças ao seu know-how, a Sicad utiliza todas as tecnologias de revestimento existentes. A sua missão é compartilhar com os clientes ao redor do mundo a sua experiência em fitas adesivas. A linha de fitas adesivas contempla produtos convencionais até os mais específicos. A capacidade de fabricação abrange a maioria das tecnologias existentes, sendo uma delas, o hot melt. Toda linha de empacotamento tem em sua composição filme de polipropileno com adesivo à base de borracha sintética. A referência PP5231 são as fitas convencionais, que podem ser vendidas em rolos curtos (até 100 mts) usados manualmente ou com aplicadores, como também em rolos longos (até 2000 mts) para uso em máquinas automáticas e semiautomáticas. A referência PP5236 é uma versão da fita PP5231, mas com uma micragem maior, pois seu filme é mais espesso e a gramatura de adesivo maior. Ainda na linha de empacotamento, há a referência PP34 que são as fitas impressas.

Essas fitas contam com um tratamento em seu dorso para permitir a impressão da logomarca do cliente, ou qualquer outra informação, como frágil, ou segurança. A versão mais espessa para essa fita é a PP5237. As fitas adesivas para fechamento de embalagens da Sicad são utilizadas nas indústrias alimentícias, farmacêuticas, gráficas, metalmecânica, calçados etc. A Sicad Group participou de outras edições da Fispal Tecnologia, a última em 2011. Esse ano, a empresa volta a participar da feira para comemorar os 20 anos da Sicad no Brasil e para divulgar a marca. A expectativa da empresa é fazer um bom evento, tornar a marca EUROCEL conhecida no mercado e fazer bons negócios e parcerias.

Editora B2B

23


atualidades

Design fluido e elegante

Foto: Divulgação

A Vinícola Salton apresenta a safra 2018 do premiado Salton Prosecco com visual renovado. A garrafa é a Espumante Premium 750 ml na cor âmbar da Verallia, fabricante de embalagens de vidro para alimentos e bebidas, para destacar o produto que acaba de conquistar duas medalhas, de ouro e bronze, respectivamente, no Concours Mondial de Bruxelles, em Pequim, e no Decanter World Wine Awards, em Londres. “Realizamos uma pesquisa mundial de design de espumantes e a Salton optou pelo fechamento e fundo tradicionais, mas adotando um formato moderno com design fluido e elegante. O pescoço estreito e alongado da garrafa é ergonômico e gera valor ao produto final”, explica o supervisor de novos produtos da Verallia, Alexandro Bonfim. Único espumante da marca com identificação de safra, o Salton Prosecco Safra 2018 também renovou seu rótulo. Em tons de dourado, a nova identidade apresenta a fachada da vinícola em Bento Gonçalves. “O prazer em beber um excelente produto começa na experiência estética da garrafa. Ela conversa primeiro com o consumidor. O Prosecco é o primeiro produto da linha de espumantes Salton que chega ao mercado com a nova embalagem”, acrescenta a diretora-executiva da vinícola, Luciana Salton.

Pesquisas mostram que uma das principais preocupações dos pais diz respeito ao excesso de açúcar na alimentação infantil. Atenta a essa realidade, a Piracanjuba mudou a embalagem do Pirakids School, reforçando o principal atributo do produto: apenas 5% de açúcar (o equivalente a uma colher rasa de sobremesa) em sua composição. “Com a nova roupagem, que oferece mais detalhes ao nosso consumidor, queremos reforçar que o produto é saudável e mantém o sabor que os pequenos adoram. A embalagem é prática, de 200 ml, podendo ser carregada facilmente na lancheira ou mochila”, afirma a gerente de marketing da Piracanjuba, Lisiane Guimarães. A identidade visual do produto foi idealizada pela Pande, agência de design especializada na gestão de marcas, que trouxe na embalagem elementos que remetem à escola: na parte frontal da embalagem, o personagem apresenta o principal benefício do produto (apenas 5% de açúcar) escrito na lousa, como se ele fosse o professor. No verso ele está pulando a lousa para se juntar aos alunos que já copiaram a lição.

24

Editora B2B

Fotos: Divulgação

Elementos que rementem à escola


atualidades

da marca

Fotos: Divulgação

Para celebrar o aniversário de 30 anos, SAZÓN® – marca líder de temperos da Ajinomoto do Brasil – lança embalagens especiais com selo comemorativo e ilustrações exclusivas. Os consumidores podem encontrar uma estampa diferente com corações estilizados em cada uma das 11 versões da linha, como se o produto tivesse sido embrulhado para presente. “As ilustrações são nossa homenagem ao amor dedicado em cada prato preparado com SAZÓN® ao longo dessas três décadas marcadas por muito sabor, praticidade e tradição”, afirma o supervisor da marca, Thiago Campos. O conceito das embalagens de 30 anos é assinado pela agência Design Absoluto.

Inspirada nas nuances da água A drom fragrances, uma das mais importantes casas de fragrâncias do mundo, criou especialmente para a conceituada Kenzo marca japonesa conhecida por seus perfumes sofisticados, elegantes e com design icônico – o Aqua Kenzo. O lançamento chega ao Brasil pelas mãos dos perfumistas da drom, Ane Ayo e Philippe Romano. Inspirada na visão de uma água que transforma o ordinário em extraordinário, a fragrância permeia sua saga em torno do frescor. O design da embalagem remete às nuances da água: o verde para ela, o azul cobalto para ele, ocupando o vidro e criando assim dois blocos de cores ultramodernos e inéditos. O frasco traz uma representação da grande Onda – famosa xilogravura do mestre japonês Hokusai – em uma pirâmide invertida, símbolo alquímico da água. Os water addicts (viciados em água) verão nela um irresistível chamamento para as sensações extraordinárias de uma água mágica, que revela o mundo de outra forma.

Fotos: Divulgação

Embalagem celebra 30 anos

Editora B2B

25


atualidades

Toque de sofisticação

Fotos: Divulgação

As novas fragrâncias Toque Envolvente e Toque Sedutor permitem aos consumidores a experiência de uma perfumação especial, que estimula o toque sensorial olfativo. Para isso a Gtex Brasil uniu qualidade e inovação em toda linha. Para cada lançamento uma embalagem personalizada que conversa diretamente com o desejo de cada consumidor, a logotipia por exemplo, traz o logo Baby Soft na cor dourada que remete à sofisticação. Os clássicos da Família Baby Soft, nas cores azul, branco, rosa, amarelo e verde que representam o Toque de Carinho, Toque de maciez, Toque de Cuidado, e Toque de frescor, também têm novidades. Suas embalagens ganharam leveza e transparência, com o logo mais ‘clean’ e em toda a linha e todas as tampas, antes azul marinho, foram modificadas e receberam a cor dourada que intensifica ainda mais a nova vida da linha de amaciantes Baby Soft.

26

Editora B2B

Ícones facilitam a leitura

Foto: Divulgação

Chega ao mercado da construção civil as novas embalagens dos cimentos Cauê, Cimpor, Goias e Zebu, todos ensacados e produzidos pela InterCement, uma das maiores cimenteiras do país. A mudança atende uma demanda dos clientes em ter embalagens com informações e de fácil leitura. Todas as marcas apresentam mudanças em seus logotipos, destacando a nomenclatura do produto e seu tipo de utilização. Além disso, houve a inclusão da régua de secagem e resistência e alguns textos foram substituídos por ícones, facilitando a leitura.


atualidades

Fotos: Divulgação

Conceito mais clean

Querendo se aproximar cada vez mais de seu público brasileiro, a Kellogg’s® desenvolveu uma identidade visual 100% criada nacionalmente e que será usada em toda América Latina. A aposta está nas cores e sabores ainda mais brasileiros para os Müslis e Granolas. Müsli será a primeira linha de produtos a receber a nova cara desenvolvida pela agência brasileira Bendito Design. O realce do sabor, ingredientes e principais atributos nutricionais são combinados com cores contrastantes. Com conceito mais clean e moderno, o novo projeto valoriza a presença dos grãos e das frutas, principais ingredientes dos produtos, além de trazer dicas e informações para um estilo de vida mais saudável. “Nosso objetivo é apresentar aos consumidores um design mais atual e totalmente diferente do que ele está acostumado a ver nas prateleiras. É uma roupa nova no produto que ele já confia e conhece”, afirma Damian Pirichinsky, Diretor de Marketing da Kellogg para o Mercosul. As novas embalagens ainda contam com identificações mais claras, agora são diferenciadas por cores marcantes e com os ingredientes como astros da embalagem sendo apresentados sob um ângulo diferente dos concorrentes. O novo visual está presente também nos recém lançados Biscoitos Kellogg’s®, grande aposta da marca no momento, mas com destaque para os elementos chaves das categorias de cereais e barras. Outra mudança importante feita para facilitar a identificação da linha como um todo, é que todos os produtos antes conhecidos como Kellness, deixam de receber tal nome e passam a ser chamados de Müslis. O que antes era chamado de granola tradicional passa a ser chamado de Müsli de coco e mel e terá a cor amarela para fazer referência ao sabor. Já o Müslix tradicional, passa a ser identificado como Müsli maçã e passas e comercializado na caixa verde. O sabor chocolate virá na cor marrom com a identificação Müsli gotas sabor chocolate. As granolas e as demais barras de cereais também receberão as embalagens com o novo visual ao longo de 2018.

Um ano depois de assumir a operação de AdeS, a CocaCola Brasil está ampliando o portfólio de bebidas vegetais da marca. Chegam ao mercado os novos produtos AdeS amêndoas, AdeS amêndoas com baunilha e AdeS coco. O tradicional AdeS soja Original também tem novidade: mais 23% de extrato de soja, passando a ser fonte de proteínas. Criada pela agência Geometry Global, o novo visual de AdeS mantém alguns códigos, como a cor verde. A principal mudança do rótulo foi dar mais destaque aos ingredientes, para que as pessoas tenham mais clareza sobre o produto. “A ideia era modernizar o visual, sair de uma visão apenas de soja para uma marca com múltiplos ingredientes. AdeS, que sempre significou Alimento de Soja, agora passa a ser Alimento de Semente, e vamos oferecer cada vez mais opções nesse caminho,” ressaltou Pedro Massa, diretor de novos negócios da Coca-Cola Brasil. 

Foto: Divulgação

Visual modernizado

Editora B2B

27


matéria especial de capa | FCE|Pharma fispal tecnologia e FCE Cosmetique

ALTA TECNOLOGIA EM EMBALAGEM Fispal Tecnologia chega à sua 34a edição reunindo mais de 400 expositores

28

Editora B2B


Foto: Divulgação

matéria de capa | fispal tecnologia

A

Fispal Tecnologia 2018, que acontece entre os dias 26 e 29 de junho, no São Paulo Expo, movimenta o setor. Os mais de 400 expositores prometem lançamentos, novas tecnologias, tendências e soluções em máquinas para embalagem, marcação e codificação, processos, equipamentos e acessórios, embalagens, automação e logística para a indústria de alimentos e bebidas. Para essa edição, os expositores estão dedicados ainda mais em fornecer tecnologias que atendam as demandas, principalmente da Indústria 4.0, que é um conceito bastante conhecido no mercado de alimentos e bebidas, que engloba as principais inovações tecnológicas aplicadas a linha de produção. Exemplo disso são as empresas Hartness e Perfor. A Hartness, empresa do ramo de paletização, vai apresentar todo seu portfólio de sistemas, com destaque para o lançamento do StablePAL, linha de transportadores, entre outros. De acordo com Esau Manzano, gerente comercial da empresa, essas soluções, que são destinadas à Indústria 4.0, resultam em importantes outputs de produtividade, eficiência e manutenção preventiva. “Nossas células de paletização estão totalmente conectadas M2M, acarretando na coleta de informações constantes e envio para a nuvem automaticamente”. Ainda se tratando de indústria 4.0 a Perfor, que desenvolve e comercializa projetos para checkweighers, detectores de metais e ensacadeiras, conta com um software de gerenciamento desenvolvido especialmente para o acompanhamento em tempo real dos relatórios do processo de produção. Já a Sunnyvale contará com a simulação de um final de linha de produção que reunirá soluções para processos de inspeção, embalagem e codificação. O visitante poderá ver as soluções de forma integrada no estande da Sunnyvale, que pretende mostrar a versatilidade dos equipamentos e como a integração das soluções gera ganho de produtividade. Quem passar pelo estande poderá ver em funcionamento as etapas de inspeção com controladora de peso, detector de metais e Raio X; a parte de embalagem com uma seladora automática; e as codificadoras industriais para identificação dos produtos. “A proposta é fazer com que o visitante possa visualizar as aplicações e como elas atendem as necessidades da indústria, seja com um dos equipamentos ou com o final de linha completo”, explica a diretora-geral da Sunnyvale, Claudia Nishikawa. A empresa vai apresentar ainda a nova linha de embaladoras da fabricante alemã Webomatic. As embaladoras Webomatic atendem demandas do setor alimentício, seja indústria ou varejo. São equipamentos com muita robustez, o que aumenta a vida útil e diminui os custos com manutenção, além de serem fabricadas integralmente pela empresa alemã. As embaladoras Webomatic atendem demandas do setor alimentício

Foto: Divulgação

Editora B2B

29


matéria especial de capa | FCE|Pharma fispal tecnologia e FCE Cosmetique

Enquanto isso, a Gostesp mostrará na Fispal Tecnologia as máquinas Gopack Speed Double, que fazem parte do sistema de portfólio de embalagens de biscoitos, e a embaladora Flowpack, que é confeccionada em aço inox e é utilizada em sistemas de automação com altas velocidades. De acordo com Fabiano Passarini, gerente de vendas da Gotesp, “a Fispal Tecnologia é uma importante aliada das empresas do setor, já que ela une todos os estágios de produção de diversas empresas em um único espaço e, dessa forma, conseguimos obter resultados satisfatórios na conquista de novos contatos de compra e, principalmente, no início de novos projetos”.

configurável, permitindo assim seu início de produção em poucos meses. Além disso, o painel de controle integrado economiza espaço na área de produção. A construção alta em estilo “bancada” oferece melhor acessibilidade para limpeza e a manutenção é, por sua vez, tarefa fácil. Altamente flexível, as funções desejadas são facilmente selecionadas de acordo com sua produção. Com capacidade de produção de até 220 cápsulas/min, o volume de dosagem compreende de 1 g a 18 g. A empresa também vai apresentar a versátil máquina de envase OPTIMA FM1. Preparada para o processamento dos mais diversos produtos líquidos e viscosos, o processo de envase é realizado por meio de bomba-pistão com válvulas de pressão ou rotativas. Com acionamento por servo motor o volume de dosagem, até 1000 ml, pode ser ajustado através do

Optima expõe, pela primeira vez no Brasil, dosadora rotativa de cápsulas de café Na Fispal, a Optima irá expor, pela primeira vez no Brasil, a sua dosadora rotativa de cápsulas de café, OPTIMA CFR. Seja para novos entrantes ou terceirizadores, a OPTIMA CFR garante a produção de cápsulas de forma rápida e segura. A dosadora possui curto prazo de entrega devido ao seu conceito modular e

30

Editora B2B

painel de operação. Preparada para trabalhar com diferentes formatos de frasco, a OPTIMA FM1 atinge os mais altos padrões em termos de precisão, com capacidade de produção de até 90 frascos/minuto. A OPTIMA CM1, por sua vez, é o complemento perfeito para o processo de fechamento. Tampas de diferentes formatos podem ser processadas, como: roscas, batoques, gotejadoras e dispensadoras. Projetada para trabalhar com até duas estações de fechamento, a máquina recebe os frascos através do sistema convencional de transporte por esteiras ou através de pucks. Construída sob as normas GMP, todas as instalações encontram-se abaixo da área operacional. Outra máquina que a Optima vai levar para a Fispal é a OPTIMA PD que é a tecnologia líder na produção de sachês de quatro soldas, através do processo Foto: Divulgação

A Fortress levará para feira detectores de metais com fabricação 100% brasileira. Baseado em uma tecnologia canadense, os itens contam com assistência técnica eficaz e veloz, memória interna, interface USB, além da possibilidade de constante atualização das máquinas, que nunca ficam obsoletas. A empresa também apresentará a Checkweigher, máquina que possibilita a conjugação de detector de metais com balança dinâmica de alta precisão em um único sistema.

A OPTIMA CFR garante sucesso na entrada do mercado de cápsulas de café


matéria especial de capa | FCE|Pharma fispal tecnologia e FCE Cosmetique

Foto: Pixabay

Tetra Pak promove palestra sobre indústria 4.0 Novas tecnologias elevam o nível de controle das fábricas de alimentos e bebidas e permitem respostas mais rápidas às mudanças do mercado

A

quarta Revolução Industrial, também conhecida como Indústria 4.0, tem transformado diferentes setores da economia global, provando ser um divisor de águas para a manufatura moderna. A realidade também se aplica à indústria de alimentos e bebidas, em que a eficiência e competitividade dos fabricantes estão diretamente ligadas à disponibilidade de máquinas e aos ganhos em produtividade possibilitados pelas novas tecnologias. Com foco nesses pontos, a Tetra Pak promove, durante o Fórum Fispal Tecnologia, a palestra “Desafios e Oportunidades. Indústria 4.0: Fatores de Sucesso, Mudanças nas Operações”, que abordará a aplicação das novas tecnologias na indústria de alimentos e bebidas.

AGENDA

“Além dos ganhos em produtividade e em eficiência operacional, a Indústria 4.0 também tem proporcionado aos fabricantes respostas mais rápidas às demandas dos consumidores e às transformações do mercado”, explica Fernando Caprioli, diretor da área de Serviços Técnicos da Tetra Pak. “Esses benefícios são resultado

Dentre as tecnologias que têm transformado o modelo de produção industrial destacamse a internet das coisas (IoT), o big data, a inteligência artificial, a realidade aumentada e a robótica. Aplicadas juntas ou separadamente, dependendo da maturidade operacional do cliente, elas elevam o nível de controle sob os processos em andamento na fábrica, garantindo maior flexibilidade, previsibilidade e eficiência à produção. Como parte da atuação da divisão de Serviços Técnicos, a Tetra Pak oferece uma ampla variedade de soluções amparadas sob o guarda-chuva da indústria 4.0. Uma das novidades anunciadas recentemente foi a introdução dos óculos de realidade mista HoloLens, da Microsoft, aos serviços de manutenção remota de equipamentos. A tecnologia permite que técnicos da Tetra Pak presentes nas plantas dos fabricantes possam se conectar aos especialistas da

companhia em outros lugares do mundo. Dessa forma, os profissionais especializados podem atuar como se estivessem no local, ajudando a solucionar o problema de modo mais assertivo e com maior agilidade. Outra inovação introduzida pela Tetra Pak foi o Sistema de Monitoramento Remoto, que explora dados de performance de mais de 5 mil máquinas de envase, conectadas em todo o mundo, para alertar os fabricantes a prevenirem falhas antes que elas ocorram. Com a utilização da tecnologia de nuvem Microsoft Azure, os especialistas da Tetra Pak identificam desvios e aconselham os clientes sobre suas necessidades de manutenção de forma mais oportuna e eficaz. O novo serviço aprimora a rotina de manutenção, reduzindo o tempo de parada da máquina e os custos relacionados à manutenção ou falhas inesperadas.

“Desafios e Oportunidades Indústria 4.0: Fatores de Sucesso, Mudanças nas Operações”

form-fill-seal. Produtos em pó, a granel, granulados, líquidos e viscosos são facilmente dosados através de um dos cinco sistemas específicos de dosagem. O sachê plano ou formatado é produzido a partir de uma bobina de filme laminado. Todos

32

da introdução da digitalização, da automação, do monitoramento remoto dos equipamentos com sensores e algoritmos, que estão alterando por completo o modelo de manufatura no mundo e no Brasil”.

Editora B2B

Data: 29 de junho Horário: 10h10 Local: Fórum Fispal Tecnologia (São Paulo Expo)

os formatos e funções da máquina são configurados através de um painel touchscreen. Vários itens opcionais estão disponíveis, incluindo: “abrefácil”, diversas formas de corte, contagem e agrupamento. Fácil de operar, a série OPTIMA PD

pode ser configurada com um até quatorze canais, atingindo uma produção de até 60 ciclos/ minuto por canal. A Optima também oferece soluções para o fim de linha. A OPTIMA CP4 é capaz de encaixotar produtos de diferentes


matéria de capa | fispal tecnologia

tamanhos e formatos, sejam embalagens flexíveis ou rígidas, com eficiência. A máquina é uma solução completa: com módulo de armação de caixa, agrupamento dos produtos, alimentação dos produtos de modo vertical, por meio de um sistema pickand-place ou robótico, e fechamento da caixa, totalmente integrados em um único equipamento. Com rápida troca de formato, a encaixotadora oferece uma capacidade de produção de até 20 caixas/minuto.

COIM leva linha Full PU para a Fispal 2018 A COIM participa, entre os dias 26 e 29 de junho, da edição 2018 da Fispal Tecnologia. Este ano, a empresa leva para a feira

suas soluções em tintas para embalagens flexíveis full PU. Referência em adesivos para laminação e líder de mercado nesse segmento na América do Sul, a COIM desenvolveu um produto que alia modernidade, preço competitivo e versatilidade apenas possíveis de serem conciliados por uma empresa com 50 anos de história. “Com a formulação das tintas a partir de suas melhores resinas poliuretânicas plastificantes e formadoras de filme, a COIM oferece a melhor sinergia ao cliente com tintas para rotogravura ou flexográfica em conjunto aos adesivos já consolidados no mercado”, explica Gabriela Nobre, gerente de marketing da COIM.

Para comportar o desenvolvimento das tintas full PU, a COIM investiu na construção de uma nova planta em sua sede em Vinhedo/SP, com aparelhamento e modernização de seus laboratórios, um reflexo do otimismo da empresa com o atual cenário econômico brasileiro depois de um turbulento período de crise financeira. “Percebemos um reaquecimento e recuperação gradual. Estamos focados em aumentar a produtividade fabril e dar novas soluções aos clientes. Devemos construir mais uma planta para acomodar a produção das tintas poliuretânicas e ampliar o laboratório de desenvolvimento e assistência técnica para essa linha.”, pontua.


Foto: Divulgação

matéria especial de capa | FCE|Pharma fispal tecnologia e FCE Cosmetique

Equipamento de rotulagem linear para garrafas e/ou frascos cilíndricos de vidro ou PET equipado com dois cabeçotes aplicadores NOVELTECH

Tecnologia Novelprint de etiquetas para marcação de dados variáveis a laser é destaque na Fispal 2018 A Novelprint, uma das maiores empresas fabricante de rótulos e etiquetas autoadesivas e de equipamentos para rotulagem e etiquetagem de bebidas e alimentos do país, destaca sua alta tecnologia na Fispal Tecnologia 2018, que ocorre de 26 a 29 de junho, em São Paulo. Desenvolvedora e fabricante de etiquetas funcionais com benefícios de valor agregado para indústrias baseadas em engenharia, indústria eletrônica e de bem duráveis - DURAPRINT, introduziu o seu sistema de marcação a laser voltado para este mercado. “A participação da Novelprint na feira neste ano marca um momento especial, no qual comemoramos 60 anos. Portanto, é com toda a nossa sabedoria, reconhecimento e inovação que apresentaremos ao público a máxima qualidade e a alta tecnologia em rotulagem e etiquetagem de bebidas e alimentos do mercado”, diz Guido Raccah, diretor comercial da Novelprint. A etiqueta DURAPRINT apresenta altos níveis de proteção contra falsificação e adulteração principalmente para indústria de bens duráveis. O sistema DURAPRINT combina rótulos de filme autoadesivo e equipamentos a laser, reivindicados como o único processo para sobreimpressão de etiquetas com dados variáveis na linha do cliente protegendo as imagens impressas com uma cobertura de filme transparente. O processo de marcação usa um feixe de laser que penetra na película protetora transparente sem danificá-lo. Este processo é adequado para criar etiquetas de identificação autoadesivas, uma vez que a marcação ocorre dentro do material composto sob uma película protetora transparente. Como resultado, o sistema é livre de emissões e suas placas de identificação são altamente duráveis. Para adicionar proteção contra adulterações quando necessário - por exemplo, um número de identificação - a Novelprint também desenvolveu uma opção de etiquetas de identificação que não podem ser removidas de forma não destrutiva. Isto apresentava pontos de quebra predeterminados integrados no filme. laser a cores que asseguram que o filme da etiqueta seja destruído em qualquer

34

Editora B2B

tentativa de adulteração. O nível de segurança pode ser aumentado com a impressão de microtextos impossíveis de serem lidos sem o uso de lentes, tinta de mudança de cor e outras tecnologias de segurança. A Etiqueta DURAPRINT para marcação a laser foi desenvolvida em resposta à crescente demanda por um nível ainda mais alto de proteção contra falsificação e adulteração de etiquetas de identificação. O resultado é uma proteção aprimorada contra falsificação por meio de interações proprietárias específicas que ocorrem durante o processo de marcação a laser, diminuindo a possibilidade de adulteração quase impossível. Outro destaque que estará sendo apresentado na 34° edição da Fispal Tecnologia é um equipamento de rotulagem linear para garrafas e/ ou frascos cilíndricos de vidro ou PET equipado com dois cabeçotes aplicadores NOVELTECH que alcançam a velocidade linear de aplicação de até 60 metros / minuto ou 10.000 garrafas / horas dependendo do tamanho do rótulo e pode ser adquirido com certificação na Norma NR-12. Outros equipamentos para rotulagem com marcação de dados variáveis a laser e rótulos Liner Less (rótulos autoadesivos sem liner) que tem como vantagem a emissão de resíduo ZERO no processo de rotulagem e permitem a impressão de dados variáveis pelo sistema Laser blindada e a aplicação tem também a opção de “Print Aply” desenvolvido para utilização na Logistica das empresas a fim de facilitar a marcação de dados variáveis com segurança em embalagens secundárias ou terciárias.


especial | prowein FCE Pharma e FCE Cosmetique

PROWEIN: A MAIS IMPORTANTE FEIRA DE VINHOS DO MUNDO 36

Editora B2B


Foto: FuturePack

especial | prowein

Este ano, a feira ganhou uma área dedicada ao setor de embalagens, chamado Design & Packaging, onde os fornecedores mostravam seus produtos

Assunta Napolitano Camilo*

A

nualmente, acontece a feira PROWEIN, em Dusseldorf, na Alemanha. O mais importante evento de vinhos e destilados do mundo, que este ano, atraiu 6870 expositores de 64 países. Quase metade deles, franceses e italianos, referências deste setor. Porém, também contou com a importante presença de outros países, onde o vinho é relevante para a economia, como Argentina, Chile, Austrália, Nova Zelândia, Estados Unidos e África do Sul. O estande do Brasil, organizado pelo IBRAVIN (Instituto Brasileiro do Vinho), teve apoio da APEX-Brasil. Reuniu 11 empresas brasileiras (Góes de SP e do Sul: Lídio Carraro, Valduga, Perini, Salton, Miolo, Aurora, Don Guerino, Mioranza, Nova Aliança, Pizzato e Peterlongo) que mostraram para o mundo que o Brasil produz bons vinhos. A feira que já é uma referência cresceu este ano, incorporando uma área nova dedicada às cervejas artesanais e outras bebidas em escala menor. Criou também uma área dedicada ao setor de embalagens, chamado Design & Packaging, onde os fornecedores mostravam seus produtos. Um dos destaques era o grupo TURN 360, que demonstrou que bons vinhos ficam ainda melhores com tampas de rosca de alumínio.

Rótulos com realidade aumentada contam a história de 19 criminosos famosos

A Guala Closures lançou o primeiro fechamento inteligente de alumínio, o e-wak, que permite aos consumidores aprender mais sobre o vinho ao aproximarem seu smartphone das tampas. A tampa com tecnologia NFC (Near Field Communication) permite a rastreabilidade do vinho, além de autenticar a certificação e dados de mercado e inclui a integração de todos os aplicativos de vinho, clube VIP, recompensas de fidelidade, descontos, atividades nas lojas, mídias sociais e muito mais. Foi desenvolvida para permitir uma experiência única de cada consumidor com o produtor do vinho. A empresa australiana Treasury Real Estate investiu no aplicativo “Living Wine Labels” desenvolvido pela Tactic e passou a utilizar rótulos com Realidade Aumentada que permitem ao cliente ouvir de 19 prisioneiros famosos suas versões em vídeo. O projeto chama-se 19 Crimes. O projeto de comunicação foi da J. Walter Thompson.

Editora B2B

37


Foto: FuturePack

especial | prowein FCE Pharma e FCE Cosmetique A chilena Winebeer lançou uma proposta controversa de bebida que une espumante e cerveja. O resultado é uma bebida leve de apenas 147 calorias, 100% natural e com 9% de álcool. Muito refrescante e agradável. Na categoria de bebidas destiladas, as novidades ficam por conta de várias tônicas e sodas premium, já que em muitos drinks, elas são acompanhamento obrigatório. Destaque para a Syndrome com a Rose Lemonade. Uma delícia envasada numa lata de alumínio finamente decorada que reforça o posicionamento premium da soda. Garrafas com designs únicos baseados nas origens ancestrais das bebidas

Foto: FuturePack

A mexicana Mezcalmujer apresentou várias linhas de agaves envasadas em garrafas com designs únicos baseados nas origens ancestrais das bebidas. Algumas linhas têm decoração pintada a mão, criando assim produtos únicos.

Como era de se esperar, vários expositores apresentaram o Gin, bebida destilada que virou a moda do momento. Cada um com uma proposta mais ousada que a outra. Chamou a atenção a embalagem e lema do NIEMAND, com uma garrafa simples, cuja decoração mimetiza a madeira, o que confere um toque vintage, a chamada: A chilena Winebeer lançou uma proposta controversa de bebida que une espumante e cerveja

Outra sensação da feira foi a empresa alemã Blue Nun, que lançou especialmente para o mercado russo e ex-repúblicas soviéticas, um espumante com flocos de ouro 24 quilates em suspensão. A bebida é apresentada em garrafas de 750 ml e 187 ml com tampa de rosca para atender os jovens.

38

Editora B2B

Foto: FuturePack

Espumante com flocos de ouro 24 quilates em suspensão em garrafas de 750 ml e 187 ml com tampa de rosca


Foto: FuturePack

especial | prowein

Bar compacto: num mesmo box de papelão ondulado, 4 bags com 4 diferentes bebidas

“Niemand ist wie du” (Ninguém é como você) brinca com o nome e proposta de ser único. Outra empresa alemã da região, a Sauerland Distillers GmbH propôs o WOODLAND, um Gin com ervas aromáticas batizado de “Sauerland Dry Gin”. Apresentado em garrafas de 50 ml

e 500 ml com um desenho exclusivo e especial, muito clean e geométrico, que destacam e valorizam muito o produto. Para quem quer ter um bar compacto em sua festa, a proposta da AB N°1 Brands da Suécia é perfeita. Num mesmo box de papelão ondulado, a empresa

inseriu 4 bags com 4 diferentes bebidas. Show!! Prova que mesmo em linhas de produtos exclusivos e tradicionais sempre é possível encontrar soluções de embalagens interessantes: Embalagem melhor. Mundo melhor! Sempre e para qualquer tipo de produto.

Feiras completas assim ajudam a criar melhores embalagens e assim um mundo melhor.

*Assunta Napolitano Camilo: Diretora da FuturePack – Consultoria de Embalagens e do Instituto de Embalagens – Ensino & Pesquisa. Articulista, professora e palestrante internacional de embalagens. Recebeu diversos prêmios, entre eles o de Profissional do Ano e o de Melhor Embalagem do Ano. Coordenadora dos livros: Embalagens Flexíveis; Embalagens de Papelcartão; Guia de embalagens para produtos orgânicos; Embalagens: Design, Materiais, Processos, Máquinas & Sustentabilidade, entre outros. Diretora do Kit de Referências de Embalagens e da coleção Better Packaging. Better World.

Editora B2B

39


Foto: Divulgação

artigo

Foto: Divulgação

SEPARE, NÃO PARE

Andre Vilhena (*)

E

m 2017, o CEMPRE e a ONU-Meio Ambiente, em parceria com o Grupo TV1, deram início ao Movimento “Separe, Não Pare”, que tem por objetivo informar, inspirar e mobilizar a população brasileira a separar e descartar corretamente os resíduos domésticos. Esse tipo de ação tem grande valor, principalmente, porque mudar hábitos, provocar reflexões e engajar cidadãos é desafiador. O setor de reciclagem no Brasil tem bases sólidas, mas precisamos qualificá-lo. Para tanto, é fundamental ultrapassar alguns obstáculos. Apesar de muitos tipos de embalagens apresentarem altos níveis de reciclagem, equiparáveis, inclusive, a países desenvolvidos, é necessário melhorar o ambiente de negócios ao longo de toda a cadeia. Entre os principais gargalos está a questão tributária. Precisamos, urgentemente, desonerar o setor para reduzir a informalidade e promover investimentos em capacidade instalada e novas tecnologias. Destaco a situação das embalagens plásticas flexíveis multicamadas, que segundo análise preliminar dos associados do CEMPRE, aponta a reciclagem química como melhor rota a seguir após o descarte. Mas, não faltam desincentivos para os empreendedores. Uma análise detalhada realizada pela consultoria LCA mostrou que a bitributação de IPI, PIS e COFINS, em muitos casos, atrapalha, mas o pior “vilão” é mesmo o ICMS. Apesar de alguns estados oferecerem alíquotas de ICMS reduzidas para sucatas/aparas em geral, as “fronteiras” da reciclagem não obedecem às divisas de estados ou limites de municípios. O lixo que não é mais lixo e sim matéria-prima, após a separação transita pelo país até encontrar o seu destino final numa indústria de reciclagem. Necessitamos, portanto, unificar a alíquota de ICMS no Confaz e oxigenar o setor. A boa notícia é que o mesmo estudo mostrou que a renúncia fiscal

40

Editora B2B

é modesta em relação aos benefícios alcançados, em função do ainda alto nível de informalidade a montante dos transformadores. Outro desafio a ser vencido, que atravanca a evolução da reciclagem de embalagens em geral no Brasil, é a judicialização, que contaminou um debate outrora eminentemente técnico. São ações civis que se proliferam pelo país, impondo morosidade na tomada de decisões. Um setor tradicionalmente arrojado agora se vê acuado. O Governo Federal tem nesse caso papel fundamental de liderança. Como alertei anteriormente, as “fronteiras” da reciclagem não são estaduais e/ou municipais. Ajustes locais podem e devem ser feitos, mas os arranjos institucionais e econômicos nacionais precisam ser preservados e gradativamente aprimorados. Sem isso, corremos o risco de retroceder ao período anterior à promulgação da Política Nacional de Resíduos Sólidos, uma lei moderna e auspiciosa que estabeleceu mecanismos de evolução consistentes em sua regulamentação. Os acordos setoriais ou termos de compromisso nacionais previstos na PNRS são instrumentos eficazes de organização e controle. No caso das embalagens, em geral, o sucesso desses mecanismos já pode ser comprovado em números.

(*) Diretor Executivo do CEMPRE – Compromisso Empresarial para Reciclagem.


especial | anuga FCE Pharma foodtec e FCE Cosmetique

INOVAÇÃO DA TECNOLOGIA À EMBALAGEM 42

Editora B2B


Foto: Koelnmesse

especial | anuga foodtec

Assunta Napolitano Camilo*

A

última edição da Anuga FoodTec aconteceu em Colônia, na Alemanha, de 20 a 23 de março de 2018. A feira expandiu em 13% o número de expositores, um feito histórico. Participaram do evento 1657 expositores, dos quais 655 da Alemanha e 1.002 estrangeiros, ou seja, é uma feira internacional.

A feira recebeu mais de 50 mil visitantes de 152 países, dos quais 67% estrangeiros (um acréscimo de +11%), o que torna a Anuga FoodTec uma excelente oportunidade de conhecer profissionais e empresários do setor. Além da primorosa organização da feira, outro aspecto importante é o conteúdo disponível no evento, além de conferências, palestras abertas em vários pontos da feira, speakers corners (esquinas de conversa), meet of experts (encontro com especialistas de mercado) e o FutureLab, uma experiência para jovens estudantes da universidade de Colônia que recebiam pela manhã um desafio para resolver e apresentar solução no final do dia. Entre os principais expositores: AdamPack, Asepto, Barry-Wehmiller, Bosch, Bossar, CAMA, Ecolean, Elecster, FibraPak, Gaudi, GEA, Heuft, Horauf, Illig, Ilpra, IMA, JBT, KHS, Krones, Mespack, Multivac, Robopac, Sacmi, Scholle, Schubert, SealPack, Serac, SMI, Taghleef, Tetra Pak, Totai, Ulma, Variovac, entre outras. A indústria de equipamentos, na sua grande maioria, aplicou os conceitos de Indústria 4.0. A feira mostrou o crescimento das embalagens flexíveis e os novos entrantes, como os fornecedores de embalagens cartonadas assépticas ou refrigeradas (Galdi, AdamPack, Asepto, FibraPak, entre outras opções).

A cada três anos, a indústria de alimentos e bebidas tem um encontro marcado com a tecnologia e o futuro. A Anuga FoodTec, que acontece na Alemanha, reúne equipamentos de processos e envase e muito conteúdo. Imperdível!

Foto: FuturePack

O crescimento das embalagens flexíveis se deve à sua competitividade por ter menor quantidade efetiva de matéria-prima por quilo de produto embalado. O menor peso, a versatilidade (atualmente quase qualquer produto pode ser envasado numa embalagem flexível), a possibilidade de transparência e a conveniência no uso das diferentes aplicações. Além das opções simples como as embalagens flow pack ou pouches, algumas empresas apresentaram novas opções, como a sueca Ecolean que oferece um stand-up pouch com “pega” ergonômica e sistema de fechamento simples e

Asepto lança as primeiras embalagens cartonadas com filmes holográficos

Editora B2B

43


especial | anuga foodtec

Embalagem flexível quadrada produzida com tecnologia Innopouch Cube, da KHS, exclusivamente para a Hersheys

efetivo. O sistema patenteado é oferecido em conjunto, máquina e embalagens, porém são equipamentos menores e fáceis de operar e as embalagens mais competitivas que os similares disponíveis no mercado. Empresas como a KHS, que antes envasavam apenas frascos de PET, vidro e latas, já oferecem sistema de envase de pouches também. Aliás, a KHS lançou a tecnologia Innopouch Cube, que produz uma embalagem flexível quadrada, atualmente exclusiva da Hersheys. A indústria já oferece pouches transparentes para quase todo o tipo de produto. Num mundo tão globalizado, visualizar o produto que estamos comprando é muito útil, além de tranquilizar os consumidores. A Scholle IPN lançou seu Clean Pouch asséptico e transparente! Da mesma forma, a Ecolean e a Totai, esta última, uma empresa japonesa de conversão oferece embalagens retortable com janela, que são produzidas com filmes da também japonesa, Toyobo. A coreana Koreco apresentou

44

Editora B2B

A Taegleef levou para a feira sua linha de filmes BOPP com características especiais de extensão de shelf life e maior transparência, a Extendo.

Envase de alimentos e bebidas A TetraPak destacou a linha de embalagens Tetra Recart para produtos prontos e Pet Food. Demostrou vários produtos gourmet com produtos assinados por chefs renomados com SoupMan. A Asepto, porém fez mais sucesso, com as primeiras embalagens cartonadas com filmes holográficos. Da mesma forma, chamou a atenção a Hoerauf com suas “latas de papel” ou Cartocan. A italiana Galdi mostrou a possibilidade de hot filling em suas embalagens cartonadas com shelf life de 8 a 12 meses. A KHS apresentou pouches para sucos e molhos, incluindo novíssimos formatos. Destaque para os equipamentos para

envase de produtos sensíveis, como iogurtes e derivados de frutas. Bem como, as sopradoras e envasadoras de produtos pastosos em novos formatos de frascos ou potes de PET de boca larga. Mostrou ainda linhas completas onde a Schubert integrava-se no final de linha. A Krones focou em produção cuidada e segura para chás, leites e sucos. No quesito processo, a empresa destacou o homogenizador com consumo de energia 25% menor. Sua divisão Evoguard apresentou como novidade a possibilidade de sinalização de desgaste das válvulas por Cloud. A MILKron, divisão de equipamentos para produtos lácteos, estava reforçada, uma vez que a Anuga FoodTec é uma feira para produtos de alimentos. A ULMA, tradicional produtora de máquinas da Espanha, hoje presente em quase todo o mundo, mostrou como está preparada para atender a Indústria 4.0 de alimentos, apresentando suas ferramentas de automação de processos e produtividade e altos padrões de confiabilidade e higiene. A empresa destacou sua termoseladora TSA1200 para

Stand-up pouch com “pega” ergonômica e sistema de fechamento simples e efetivo Foto: FuturePack

Foto: FuturePack

embalagens em várias estruturas, incluindo laminadas com papel kraft. Vendia também embalagens em qualquer quantidade a partir da tecnologia de impressão digital. Fez sucesso na feira!


embalagens em ATM (atmosfera modificada) com maior velocidade. Levou também a TightBag sua embaladora vertical com sistema de limpeza exclusivo.

Foto: FuturePack

especial | anuga foodtec

A solução de embalagem termoformada Skin foi uma das propostas mais procuradas pelos clientes processadores de proteínas.

A JBT focou sua apresentação na feira em processos seguros, como HPP: processo de alta pressão para eliminar micro-organismos. A Illig segue com seu sistema integrado de FFS (form fill and seal – formar, encher e selar) para potes termoformados e decorados em IML (In mould label – rótulos dentro do molde). Batizou este sistema de 360° Pactivity. Igualmente importante aos processos de produção, os sistemas de inspeção para todos os tipos de embalagens e linhas foram apresentados pela Heuft.

Embalagens para alimentos A SEALPAC fez sucesso ao apresentar sua proposta de embalagem termoformada com a base plana, o Flat Skin e com a proposta easy lid. Nesta proposta, os potes injetados

Embalagem termoformada com base plana apresentada pela Sealpac

têm um filme “substituindo” a tampa tradicional, que é aplicado num “esqueleto” de tampa; reduzindo desta forma a quantidade de material total. A Micvac apresentou suas soluções de embalagens para pratos prontos e destacou a nova embalagem da brasileira Seara: um pote que pode ir ao microondas para descongelar ou aquecer. Há um sistema de saída controlada dos gases.

Foto: FuturePack

A Multivac, além de seus equipamentos e máquinas, já conhecidos pelos seus clientes e mercado, discutiu sobre a determinação alemã de eliminar embalagens plásticas até 2030 e as propostas que estão sendo colocadas em testes, como substituir parte das embalagens termoformadas por papelcartão resinado.

Já a INcap apresentou uma proposta para incluir sabor em bebidas no momento de servilas: a tampa tem um compartimento separado para pós ou grânulos para ser agregado ao suco no momento de servi-lo. Seria pretensão num único artigo contar todas as novidades apresentadas numa feira da magnitude da Anuga FoodTec.

Tampa da INcap tem um compartimento separado para pós ou grânulos para ser agregado ao suco no momento de servi-lo

Ao longo das próximas edições, reportaremos na coluna “Vanguarda” as propostas técnicas mais relevantes para Embalagem melhor. Mundo melhor. *Assunta Napolitano Camilo: Diretora da FuturePack – Consultoria de Embalagens e do Instituto de Embalagens – Ensino & Pesquisa. Articulista, professora e palestrante internacional de embalagens. Recebeu diversos prêmios, entre eles o de Profissional do Ano e o de Melhor Embalagem do Ano. Coordenadora dos livros: Embalagens Flexíveis; Embalagens de Papelcartão; Guia de embalagens para produtos orgânicos; Embalagens: Design, Materiais, Processos, Máquinas & Sustentabilidade, entre outros. Diretora do Kit de Referências de Embalagens e da coleção Better Packaging. Better World.

Editora B2B

45


OS DESAFIOS DAS EMPRESAS BRASILEIRAS NA ERA DA INDÚSTRIA 4.0

Foto: Divulgação

artigo

Enio Antônio Ferigatto (*)

A

tualmente, estamos vivenciando o mais novo paradigma da indústria mundial, a Quarta Revolução Industrial, ou Era da Indústria 4.0 como é conhecida na Alemanha, Smart Factory, nos Estados Unidos e Manufatura Avançada, no Brasil. Esse tema tem despertado muito interesse em todas as partes do planeta no que diz respeito ao futuro das indústrias. Mas, traz consigo inúmeras incertezas e inseguranças pelo fato de ser algo novo, com desdobramentos que ainda são incertos. Historicamente essa fase da insegurança e incertezas também ocorreu quando a máquina a vapor foi utilizada nas fábricas inglesas na metade do Século XVIII, substituindo mão de obra convencional, especificamente pela mecanização dos teares da indústria têxtil de fios de algodão. A insatisfação foi tamanha ao ponto de trabalhadores causarem danos às máquinas ao lançarem o “sabot” nas engrenagens (sabot, do francês, que significa tamanco de madeira), interrompendo seu funcionamento. Esse ato ficou conhecido como “sabotage”, do francês, ou sabotagem. O tempo demonstrou que a mecanização substituiu algumas operações que eram realizadas manualmente eliminando postos de trabalhos, mas outros tantos foram criados. Empresas surgiram, cresceram, espalharam-se pelo mundo gerando milhares de oportunidades de empregos, mesmo com certo nível de mecanização, ou em uma linguagem mais atual, de automação. Respeitada as proporções, o mesmo sentimento está ocorrendo em relação ao que se propõe a indústria 4.0, que traz um alto nível de automação. Geralmente se pergunta: será que os postos de empregos, tal como conhecemos na atualidade, irão desaparecer? Tudo será substituído por máquinas, computadores e robôs? Da mesma forma como ocorreu com a Primeira Revolução Industrial, só o tempo dirá quais serão os efeitos da Quarta. No entanto, o período para a constatação será infinitamente menor, pois tudo está ocorrendo com maior velocidade na atualidade. O interesse pelo tema é crescente na comunidade acadêmica em todo o mundo, cujas pesquisas demonstram que a Industria 4.0 é suportada basicamente por três pilares fundamentais: Sistemas Cyber-físicos (CPS – Cyberphysical Systems), Internet das Coisas (IoT – Internet of Things) e Internet de Serviços (IoS – Internet of Services). Esse conceito foi apresentado em 2011 na feira de Hanover, Alemanha, como parte da estratégia do governo

(*) Engenheiro Químico, Professor Universitário e Mestre em Engenharia de Produção.

46

Editora B2B

para o desenvolvimento tecnológico da indústria naquele país com vistas para os próximos dez anos. Não se pretende aqui aprofundar o tema, mas provocar uma reflexão acerca dos desafios que o Brasil terá nos próximos anos no contexto de seu parque industrial. Como preparar as indústrias brasileiras para esse novo cenário? Será que esse modelo será exclusividade das grandes empresas, ou a pequenas e médias também poderão ser beneficiadas? Possivelmente o caminho a ser trilhado passa por investimentos em inovação. Empresas fazendo parcerias com universidades para realização de pesquisa e desenvolvimento, capacitação de pessoas que serão responsáveis pela operação e manutenção dos sistemas. Para maior efetividade das ações, as pesquisas devem ser direcionadas às reais necessidades das indústrias. Temos alguns exemplos de empresas instaladas no Brasil que estão operando no modelo da Indústria 4.0, e alguns pontos podem ser observados como a necessidade de ações colaborativas, ou seja, a junção de diversas áreas do conhecimento trabalhando integradas. É tempo de unir forças para o fortalecimento de nosso parque industrial e conquistar resultados relevantes para as empresas e o país.


Fotos: Divulgação

conveniência e praticidade

Verallia assina garrafas exclusivas para Cervejaria Cidade Imperial Petrópolis que estão disponíveis nos tamanhos 210 ml, 275 ml, 330 ml e 500 ml

ABERTURA SEM ESFORÇO 48

Editora B2B


conveniência e praticidade

T

oda a qualidade das cervejas puro malte da Cervejaria Cidade Imperial Petrópolis exigia garrafas diferenciadas. Foi com esse intuito que a Verallia, fabricante de embalagens de vidro para alimentos e bebidas, entrou em ação ao criar os modelos exclusivos de envase para a empresa. Lançadas em agosto de 2017, as cervejas Cidade Imperial nas versões Pilsen, Helles e Dunkel vêm em garrafas de 275 ml, 330 ml e 500 ml na cor âmbar, as mais tradicionais do mercado cervejeiro. Já os produtos Império Lager e a Império Gold são embalados em envases de 210 ml e 275 ml, disponíveis nas cores verde e flint (transparente). Mais que a capacidade, o design de cada uma das garrafas é um show à parte: o pescoço alongado facilita a pegada, enquanto a gravação nos ombros trazem a coroa da Império: uma nota de requinte que diferencia as cervejas nas prateleiras. Já o fechamento dos quatro modelos é inovador. Com tampas abre fácil (tampas pull-off) contam com uma espécie de anel lateral por onde são puxadas, realizando a abertura sem esforço. “Buscamos atender a solicitação do cliente com base na tendência do mercado europeu”, explica Alexandro Bonfim, supervisor de novos produtos da Verallia. “Além disso, pensamos na comodidade do consumidor e inovação, fomos a primeira cervejaria brasileira a utilizar a tampa abre fácil”, destaca Bruno Pinheiro, marketing e projetos especiais da Loja Cidade Imperial. Segundo Bonfim, o maior desafio para o processo de fabricação foi o pescoço alongado e o brasão em alto relevo no ombro, pois demandam maior técnica na produção e aperfeiçoamento. “Essas garrafas foram desenvolvidas durante o Dia da Criação, um serviço que disponibilizamos para nossos clientes, onde fazemos em tempo real o desenvolvimento de um produto”, diz Catarina Peres, supervisora de marketing da Verallia. “Ficamos muito felizes com o resultado final, pois de fato as garrafas ficaram muito bonitas e bem diferentes das usadas pela concorrência, garantindo maior valorização do produto final”, acrescenta. As novas garrafas contribuíram para o crescimento das vendas das cervejas da marca. “A embalagem inovadora e exclusiva vira destaque nas gôndolas e gera mais interesse por parte dos consumidores. Tivemos um bom resultado de vendas e acreditamos que o resultado deve aumentar”, afirma Pinheiro.

Editora B2B

49


tecnologia

Tecnologia da Velox permite produzir 250 embalagens por minuto, com alta qualidade de impressão, sem limitação na concepção do design

Bisnagas produzidas com impressão digital Velox para comemorar os 30 anos da marca de cosméticos AHAVA

IMPRESSÃO DIGITAL EM LARGA ESCALA

C

om foco de atuação no desenvolvimento de soluções de impressão digital para embalagens rígidas, a Velox Ltd. desenvolveu as embalagens comemorativas do 30º aniversário da AHAVA, empresa internacional de cosméticos, que utilizam os minerais do Mar Morto em seus produtos para cuidados da pele. A marca escolheu os tubos plásticos da Lageentubes que foram decorados com a inovadora tecnologia de impressão digital Velox IDS 250 para produção em larga escala. A coleção comemorativa aos 30 anos da AHAVA inclui seis designs de tubos diferentes, com retratos de mulheres impressas em alta qualidade, decoração contínua impressa em 360 graus ao redor do tubo e cores vívidas e sólidas, além de um desvio do plano de fundo básico, logotipo e texto. O conceito da campanha é o empoderamento feminino retratado

50

Editora B2B

em pinturas de seis pintores locais e internacionais. Cada imagem reflete o modo como à mulher é percebida pelo olhar do pintor. “A campanha do 30º aniversário da AHAVA é diferente de tudo o que fizemos no passado em relação à embalagem, por isso era importante que a visão estética de nossa empresa e dos artistas fossem bem executados”, disse Ifat Yoffe, CMO da AHAVA. “Após o benchmarking de outros


Foto: Divulgação

tecnologia

fornecedores que oferecem diferentes soluções de impressão digital DTS, decidimos pela Lageentubes para a produção dos tubos porque a tecnologia de decoração digital Velox que eles ofereceram apresentou resultados significativamente melhores, permitindo à AHAVA fazer uma declaração única e arrojada em comemoração ao nosso aniversário.” David Deluya, gerente da unidade de negócios da Lageentubes, acrescenta: “O processo pelo qual passamos para atender aos requisitos desafiadores de decoração do conjunto de aniversário da AHAVA demonstrou os enormes

benefícios da impressão digital quando se trata de flexibilidade e capacidade de resposta. A capacidade de demonstrar as repetições dos designs em bisnagas garantiu um processo rápido e sincronizado entre AHAVA e Lageentubes”. A tecnologia Velox opera com velocidade total de produção de até 250 embalagens por minuto em alta qualidade e 15 cores e efeitos de decoração simultâneos, incluindo imagens fotorrealistas, relevo tátil, sem costura, e impressão do tubo à tampa. Isso significa que, pela primeira vez, proprietários de marcas como a AHAVA podem conceber um

design para produção em massa sem limitação. “Os proprietários de marcas como a AHAVA agora podem se beneficiar do melhor da impressão digital direct-to-shape porque a tecnologia digital em larga escala é agora uma realidade no mercado”, disse Marian Cofler, CEO da Velox. “Isso muda tudo, em termos de velocidade, flexibilidade, fluxo de trabalho e custo envolvidos em trazer embalagens de produtos extraordinárias, exclusivas e vibrantes, como as produzidas pela AHAVA, para o mercado.”


Fotos: Divulgação

design de embalagem

SUPERBOM REFORMULA EMBALAGEM DA LINHA DE SUCOS INTEGRAIS Além do novo tamanho de 300 ml, garrafas de 1 litro contam com nova roupagem, mais moderna e sofisticada

A

Superbom, empresa alimentícia especializada na fabricação produtos saudáveis, amplia um dos segmentos mais antigos de atuação da companhia: a tradicional linha de sucos integrais, que ganha uma versão em 300 ml, nos sabores uva tinto, uva branco, tomate integral, tomate temperado, maçã e tangerina.

De acordo com a pesquisa Brasil Food Trends, sobre as principais tendências alimentares até 2020, a conveniência e a praticidade são fatores essenciais na hora da compra. Preocupada em oferecer esses atributos aos consumidores que buscam produtos naturais e de porção individual, que caibam na bolsa e possam ser levados a qualquer lugar, a empresa ampliou a linha, incluindo embalagens de vidro de 300 ml. “Queremos que nossos produtos atendam todos os momentos dos nossos clientes. Já oferecemos na opção de 1 litro para dividir com toda a

52

Editora B2B

família e a opção de 300 ml vem para suprir a demanda de um consumo individual, que carrega o conceito da praticidade, sem perder a qualidade do produto”, explica David Oliveira, diretor de marketing da Superbom.

Nova roupagem Outra mudança na linha de sucos integrais da Superbom fica por conta das embalagens. Os sabores uva tinto, uva branca, tangerina, maçã e antiox – mistura de


design de embalagem

O design tem um toque moderno graças ao background da arte, que é clean, sem texturas. Além disso, o formato do rótulo, que era reto em seus quatro lados, foi substituído por um formato mais curvo na parte superior e inferior, que ampliou a área para trabalhar com as informações. “Outra melhoria que traz mais modernidade para o rótulo é a mescla das fontes Sans Serif com Script”, afirma o diretor de marketing da Superbom. A marca harmonizou a sofisticação do branco mate – predominante na embalagem – com as cores metalizadas e douradas, aplicadas em pontos estratégicos: a cor da fruta em volta do painel frontal, dourado no logo, na porcentagem de fruta, e na medalha que informa ao cliente a região que foi produzida a fruta do suco, e em pequenos detalhes decorativos.

Formato slim A nova garrafa acompanha a tendência do mercado que é o formato slim. “A embalagem anterior da Superbom não inspirava mais os principais diferenciais do produto: atual, moderno, leve (conceitualmente falando), além de já estar sendo utilizada por diversas outras companhias”, explica o diretor de marketing da Superbom. Segundo ele, a embalagem anterior

também limitava a marca no aproveitamento do painel frontal devido à “cintura”da garrafa. “A nova embalagem é praticamente lisa do pé a cabeça, permitindo um melhor aproveitamento do rótulo”, afirma Oliveira. A garrafa de vidro é fornecida pela Owens-Illinos, que teve um papel importante, pois entendeu as novas tendências e necessidades. “A empresa nos apresentou uma alternativa que veio de encontro com o que estávamos buscando”. O rótulo também passou por mudanças. O rótulo sleeve (plástico termoencolhível) foi substituído pelo de papel fornecido pela Flexoprint. “O rótulo de papel nos permite aplicar inúmeros tipos de acabamentos para deixar o produto mais nobre como: BOPP fosco e brilho, cortes especiais, cold e hot-stamping, texturas em baixo ou alto relevo e cores metalizadas. Além de ter uma qualidade de impressão superior ao sleeve e uma resistência maior em caso de atrito entre as garrafas durante o processo de shrink”. , explica o diretor de marketing da Superbom. “O novo layout permite que o consumidor assimile com mais facilidade os benefícios nutricionais do produto. Além disso, também incluímos ilustrações de algumas fazendas espalhadas por todo o Brasil que produzem a matéria-prima”, exemplifica Oliveira. Com background branco, sem texturas, a visibilidade das informações é privilegiada, e a fonte Sans Serif, que foi utilizada para comunicar os benefícios do produto. “Desta forma, com uma rápida passada de olho no rótulo, de primeira, o cliente consegue identificar o sabor e os apelos nutricionais, sem interrupções visuais”, salienta. “A ideia da repaginação consiste em modernizar e atualizar o design dos rótulos de um dos carros-chefes da companhia, trazendo elementos em uma disposição ainda mais atrativa para o público-alvo. Tudo para reforçar a preocupação da marca em oferecer um produto de qualidade na mesa do consumidor”, comenta o executivo. “Nossa expectativa com essa inovação nas embalagens é atrair novos clientes que procuram um produto sofisticado em seu layout, um sabor inigualável, 100% natural e cheio de benefícios nutricionais”, conclui Oliveira.

Fotos: Divulgação

cranberry, blueberry, cenoura, romã e maçã, todos no tamanho de 1 litro, e os sabores uva tinto, uva branco, tomate integral, tomate temperado, maçã e tangerina, novidades no tamanho 300 ml, ganharam uma roupagem mais moderna e sofisticada.


artigo | Lincoln Seragini

50 ANOS BEM EMBRULHADOS! Lincoln Seragini

O

gresso Mundial de Embalagem, em 1974, no Anhembi, em São Paulo, onde apresentei um modelo de curriculum de um curso completo de Embalagem, baseado no curso do Packaging Institute da Inglaterra, iniciei a minha maratona de quatro décadas, disseminando o conceito que me é atribuído, da Embalagem Científica, fundamentado em minha formação multidisciplinar em engenharia, design e gestão. Em 1976, escrevi talvez, o primeiro livro sobre Embalagem no Brasil, composto por 10 fascículos publicados pela revista Plásticos e Embalagens. Além dos mais de 20.000 projetos de embalagem que participei, o meu maior legado foi inspirar e formar pessoas na área. Muitos se tornaram líderes e fundaram a sua própria empresa.

Fotos: Divulgação

meu sonho sempre foi “embrulhar ” o mundo, tanto do ponto de vista geográfico, alcançando o máximo de países com embalagens projetadas por mim, como no sentido de proteger o nosso planeta. Nesse ano, que comemoro 50 anos de carreira, aproveito para fazer um balanço de vida. Posso afirmar que tenho conseguido cada vez mais realizar esse sonho. Do que mais tenho orgulho? Ter contribuído para a atividade de Embalagem no Brasil ser considerada uma profissão e ter conseguido colocá-la como um valor estratégico para os negócios. Através da educação, que iniciei em 1969, quando apresentei meu primeiro Curso de Embalagem na Colgate-Palmolive e após a minha participação no III Con-

54

Editora B2B


Editora B2B

55

Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

Foto: Divulgação


artigo | Lincoln Seragini

Alguns marcos de minha carreira : 1968- Contratado pela Colgate-Palmolive como

Técnico Químico na área de Embalagem.

1972- Contratado como Especialista de

Embalagem na Nestlé.

1972- Curso de especialização em Tecnologia

de Embalagem pelo Ital/Campinas ministrado pelo professor inglês John Salisbury.

1972- Curso de Design de Embalagem pela

New York University em São Paulo.

1976- Publicação na revista Plásticos e

Embalagem do Curso Integrado de Embalagem em 10 fascículos.

1980- Palestra pioneira sobre Gerência

de Embalagem no II Congresso Brasileiro de Embalagem da ABRE.

1981- Implantação no Brasil da filial da

Agência de Design Cato Johnson do grupo Young & Rubicam.

1985- Fundação da Agência

1973- Engenharia Química pela ESQOC.

SERAGINI/Y&R.

1974- Conferência no III Congresso Mundial

1988- Atuação como Consultor das Nações

de Embalagem, Anhembi/SP.

1975- Pós-graduação em Tecnologia dos Altos

Polímeros pela Politécnica/USP.

1975- Professor do Curso Integrado de

Embalagem da ABRE.

1975- Professor do Curso Arte e Técnica de

Embalagem na Fundação Brasileira de Marketing.

1975- Professor do Primeiro curso de Design

de Embalagem na ESPM.

1976- Contratado como Gerente de

Desenvolvimento de Embalagem da Johnson & Johnson.

Unidas nas áreas de Design e Tecnologia de Embalagem, sendo considerado um dos mais completos profissionais com capacitação para desenvolver a embalagem total.

1991- Fundação da Agência

Seragini Design.

1994- Fundação da Seragini

Design Argentina.

1998- Nascimento da Seragini/Farné

ampliando as atividades para Design de Produto e Arquitetura Comercial.

Fotos: Divulgação

56

Editora B2B


Foto: Leandro Andrade

direto da gôndola

RAIADROGASIL AMPLIA LINHA DE MARCAS PRÓPRIAS

Foto: FuturePack

Seguindo tendência mundial, a maior rede de farmácias do Brasil RaiaDrogasil inova e lança uma linha completa de produtos saudáveis composta de bebidas, barras de frutas e cereais, balas etc

Assunta Napolitano Camilo* Assunta Napolitano Camilo*

A

maior rede de farmácias do Brasil RaiaDrogasil já tinha uma linha de produtos de cuidados básicos e de medicamentos mais simples, a Needs, que engloba curativos, pasta d’agua, soro fisiológico, antisséptico, talco, acetona, algodão etc. Nesta linha, as embalagens são bem simples, seguindo as respectivas categorias; destaque para o cuidado com a questão de segurança: todos os produtos apresentam bons lacres ou travas que evidenciariam qualquer tentativa de violação. Já a linha de produtos pessoais Pluii inclui sabonetes, xampus, cremes hidratantes, entre outros. Os sabonetes em barra têm formato singular, bem como a linha de frascos dos produtos que fogem do padrão standard de mercado, valorizando e destacando a marca nas gôndolas. A grande e grata surpresa foi o lançamento da linha de produtos alimentícios saudáveis Nutri Good, que é composta de água, suco, água de coco, além de castanhas, barras de frutas e cereais, frutas, balas etc. A rotulagem traz a porcentagem de sódio, gordura, açúcares, etc, priorizando informações claras, como, aliás, todos os produtos deveriam ser! Os nomes dos produtos se confundem com as mensagens de cada um. Respira fundo, Bate coração, Intolerância

zero, Alma calma, Vida fluida, entre outras frases interessantes chamam a atenção do consumidor pela proposta inovadora! As embalagens seguem os líderes, como por exemplo, a água de coco é apresentada em embalagem cartonada asséptica e as águas minerais em garrafa PET. A linha de sucos que está em latas de alumínio decoradas com rótulos termoencolhíveis por conta de escala de produção. A linha de barras de frutas, cereais, castanhas e frutas desidratadas utiliza embalagens flow pack como a categoria, porém inovou na cor preta, que conferiu um ar premium, gourmet, e muito atraente, em função do contraste com as cores cítricas, que suportam as frases. Um conjunto muito elegante. Mais uma vez uma linha de produtos de marca própria surpreende e prova que sempre é possível fazer embalagens melhores por um mundo melhor. Parabéns e sucesso!

Se quiser mais informações e fotos dos produtos, é possível obtê-las no site: www.clubedaembalagem.com.br *Assunta Napolitano Camilo: Diretora da FuturePack – Consultoria de Embalagens e do Instituto de Embalagens – Ensino & Pesquisa. Articulista, professora e palestrante internacional de embalagens. Recebeu diversos prêmios, entre eles o de Profissional do Ano e o de Melhor Embalagem do Ano. Coordenadora dos livros: Embalagens Flexíveis; Embalagens de Papelcartão; Guia de embalagens para produtos orgânicos; Embalagens: Design, Materiais, Processos, Máquinas & Sustentabilidade, entre outros. Diretora do Kit de Referências de Embalagens e da coleção Better Packaging. Better World.

Editora B2B

57


Foto: Divulgação

Origem 100% vegetal

As embalagens cartonadas SIGNATURE PACK são produzidas com 77% de cartão e 23% de polímeros de origem vegetal a partir de um balanço de massa

Arla Foods é a primeira empresa a adotar a inovadora embalagem cartonada asséptica SIGNATURE PACK da SIG

A

alemã Arla Foods é a primeira empresa a adotar a inovadora embalagem SIGNATURE PACK da SIG – a primeira embalagem cartonada asséptica produzida com material renovável de origem 100% vegetal. A embalagem de 1 litro está sendo usada para envasar as versões de 1,5% e 3,8% de leite orgânico sob a marca Arla® BIO Weidemilch. Ao escolher a SIGNATURE PACK, da SIG, a Arla mostra seu compromisso com a sustentabilidade, ao mesmo tempo, em que busca aumentar sua participação no mercado de produtos lácteos orgânicos. As novas embalagens carregam uma mensagem clara para o consumidor: a compra do produto promove o uso de matérias-primas de fonte renovável, protegendo os recursos fósseis e garantindo um impacto positivo ao reduzir os níveis de CO2. Elise Bijkerk, diretor de marketing da Arla Foods Alemanha, explica: “A SIGNATURE PACK, da SIG, está alinhada à linha Arla® BIO Weidemilch. Os consumidores que optam pelo Arla® BIO Weidemilch também estão interessados em embalagens sustentáveis. Com esta embalagem, demonstramos nosso compromisso com a transparência e nossa abordagem holística sobre sustentabilidade em toda a cadeia de valor. Estamos felizes por sermos a primeira empresa a adotar a SIGNATURE PACK e por sermos capazes de oferecer esta solução para os consumidores alemães.”

Promovendo a sustentabilidade ambiental As embalagens cartonadas SIGNATURE PACK são produzidas com 77% de cartão e 23% de polímeros de origem vegetal a partir de um balanço de massa. Isto significa que para os polímeros utilizados na SIGNATURE PACK, uma quantidade equivalente de bio materiais foi utilizada na produção dos polímeros. Para garantir a integridade deste processo, o balanço de massa é certificado por um órgão internacionalmente reconhecido. Apesar de não possuírem alumínio em sua estrutura, as novas embalagem mantêm a alta qualidade dos produtos. Sua pegada de carbono também é 72% menor que a da embalagem padrão da SIG para o mesmo formato, de acordo com uma Análise de Ciclo de Vida (CB-100732 de 02.03.2018) feita por um órgão especializado independente, baseada no padrão internacional ISO 14040. Estes benefícios são divulgados nas embalagens de leite orgânico da Arla, juntamente com o selo FSCTM que mostra para os consumidores que o 58

Editora B2B

cartão utilizado é feito com madeira oriunda de florestas manejadas e de fontes controladas, seguindo os requisitos do FSC. Os outros polímeros usados na SIGNATURE PACK, incluindo o que garante barreira e o do bocal, estão linkados a materiais de origem 100% vegetal, reconhecidos e auditados por órgãos certificadores (ISCC PLUS e TÜV SÜD CMS71), a fim de garantir sua total rastreabilidade e inventário. A SIGNATURE PACK é uma das mais recentes inovações que suportam a estratégia da SIG Way Beyond Good. A proposta é oferecer para os consumidores soluções em embalagens mais sustentáveis em embalagens para alimentos, além de devolver para a sociedade e para o meio ambiente mais do que recebe deles. Martin Herrenbrueck, Presidente e Gerente Geral Europa da SIG, reforça: “Temos na Arla um parceiro que compartilha a visão de criar um futuro mais sustentável, fazendo mais pelo meio ambiente e reduzindo o consumo de recursos fósseis. Ao escolher a SIGNATURE PACK, a Arla se beneficia de um conceito de inovação global, que busca cuidar mais do meio ambiente, além de estar mais alinhado às necessidades dos consumidores.”


Foto: Divulgação

pack | sustentabilidade

A capacidade de processamento de sucata da Novelis no Brasil é de 390 mil toneladas de alumínio por ano

Novelis amplia rede de coleta de alumínio para reciclagem Novo Centro tem sede em Uberlândia, em Minas Gerais, e é o nono da empresa no Brasil

A

Novelis, líder mundial em laminados e em reciclagem de alumínio, expande sua rede de compra de material para reciclagem e inaugura seu nono Centro de Coleta com sede em Uberlândia, Minas Gerais. Na unidade, serão feitos os trabalhos preliminares de limpeza, prensagem, paletização e montagem dos fardos de sucata. A abertura do novo centro de coleta fortalece a participação da Novelis no mercado de reciclagem de alumínio no Brasil. “Com a ampliação da capilaridade dos nossos centros de coleta, conseguimos nos aproximar dos pequenos fornecedores e cooperativas da região, o que facilita a compra de latas soltas e material prensado em pequenos volumes”, diz Carlos Morais, diretor de Suprimento de Metal da Novelis. A empresa conta com uma unidade de negócios exclusivamente focada na expansão da compra de latas de alumínio pós consumo em centros de coleta

estrategicamente espalhados pelo País: Salvador (BA), Recife (PE), Juiz de Fora (MG), São Paulo (capital), Pindamonhangaba (SP), Campinas (SP), Sertãozinho (SP) e Ananindeua (PA). A Novelis alcançou no ano fiscal 2018 a marca de 57% de insumos provenientes da reciclagem no total da sua produção global. “A capacidade de processamento de sucata da Novelis no Brasil é de 390 mil toneladas de alumínio por ano e acreditamos que, com a conscientização da população em relação à importância da reciclagem e desenvolvimento do mercado de alumínio no país, a tendência é que nossa capacidade continue crescendo”, conta Morais. Até o final do ano, a Companhia deve inaugurar outros 2 centros de coleta. A fábrica da Novelis em Pindamonhangaba é atualmente o maior centro de reciclagem e laminação de alumínio da América do Sul, com capacidade de produção de 600 mil toneladas de chapas de alumínio por ano. Editora B2B

59


Foto: Divulgação

Gestão de resíduos é prioridade

Painel “Ideias circulares: obstáculos e soluções na cadeia brasileira de reciclagem” Fernando Fernandez, presidente da Unilever Brasil

Companhia promove debate sobre gestão responsável de resíduos e reforça papel de toda a sociedade em fomentar a reciclagem e construir as bases para uma economia circular

F

ernando Fernandez, presidente da Unilever Brasil, recebeu, no último dia 19 de maio, especialistas em gestão de resíduos e na cadeia de reciclagem de plástico para debater a questão e encontrar possíveis caminhos para melhorias. Os dados comprovam que há muito a ser feito. Estudo da Associação Brasileira da Indústria do Plástico (Abiplast) mostra que o índice de reciclagem das embalagens plásticas pós-consumo está em torno de 26%* no Brasil. No mundo, estima-se que esse índice seja de 14%. Ciente da responsabilidade da Unilever como agente mobilizador e transformador, Fernandez abriu o evento chamando a atenção para os desafios futuros e para a importância do comprometimento de toda a sociedade para solucioná-los. Segundo o executivo, “o sucesso dependerá do trabalho conjunto de todos os atores sociais para que seja possível alcançar a escala de mudança necessária.  Isso quer dizer que teremos que ser mais inclusivos, colaborativos e construir valores e objetivos em comum”. O presidente da Unilever também chamou atenção para o fato de mais da metade dos brasileiros estarem dispostos a comprar produtos sustentáveis.

Painel “Ideias circulares: obstáculos e soluções na cadeia brasileira de reciclagem”

Participaram do painel de discussão Andre Vilhena, diretor executivo do CEMPRE; Elisa Prado, idealizadora da campanha “Separe. Não pare”; Leandro Fraga Guimarães, professor doutor da FIA; Rejane Pieratti, Secretária de Articulação Institucional do Ministério do Meio Ambiente e Ricardo Hajaj, conselheiro da Abiplast e diretor do Sindiplast. No debate, Andre reforçou que o fato da reciclagem pós-consumo ser um enorme desafio e que a forma como a Unilever vem fazendo, principalmente no que diz respeito às novas embalagens, é inovadora. Essa também foi a opinião do professor Leandro: “A maneira como a Unilever está realizando as mudanças em algumas de suas embalagens serve como meio de conscientização da sociedade, além de ser importante para impulsionar a cadeia de reciclagem”. *Fonte: Ellen MacArthur Foundation. 60

Editora B2B

Ricardo defendeu a necessidade de ter mais iniciativas tanto de grandes empresas como do governo em relação ao tema. “Somente assim será possível conquistar uma gestão mais responsável dos resíduos pós-consumo”, defende o conselheiro da Abiplast. Por sua vez, Rejane destacou o fato de já ser possível perceber uma aceitação melhor dos consumidores com embalagens recicladas e frisou que o papel do governo neste contexto é promover iniciativas que estimulem a coleta seletiva e garantir que o lixo produzido diariamente pela sociedade tenha destinação correta. Os painelistas foram unânimes em defender uma conscientização mais profunda de toda a população, que gere mudanças de hábito consistentes, que realmente tragam impacto positivo. Como lembrou Elisa, “separar o lixo é uma tarefe simples e que pode fazer toda a diferença”.

INICIATIVAS DAS MARCAS SEDA, TRESEMMÉ, DOVE, OMO Na categoria de Cuidados com a Casa, OMO, marca presente em 75% dos lares brasileiros, lidera o


pack | sustentabilidade

Os primeiros resultados deste projeto serão apresentados, ainda em 2018, por meio de duas grandes iniciativas:

trabalho na conscientização dos consumidores pela importância de uma atitude mais sustentável e de escolhas mais conscientes no dia a dia, assim como sobre o impacto do resíduo de plásticos. Por isso, criou o projeto “Por um Planeta mais Limpo”, que possui três frentes:        Inovação Sustentável: investir em uma agenda de inovações para oferecer produtos que gerem cada vez menos impacto ao meio ambiente; Ícones nas embalagens: Comunicar na embalagem, de maneira clara e eficiente, os atributos sustentáveis de cada produto facilitando, assim, a escolha dos consumidores; Orientar e engajar: Mostrar ao consumidor a importância do seu engajamento e como pequenas atitudes fazem a diferença por meio de ampla campanha nos meios digitais. Foto: Divulgação

Embalagem de OMO Multiação Líquido com plástico reciclado

Por meio da inclusão de plástico reciclado nas garrafas da linha Multiação, a marca passa a contribuir na redução da demanda por plástico virgem, deixando de usar mais de 500/tons por ano no processo de fabricação. A iniciativa fomenta a cadeia de plástico reciclável; O novo OMO refil para Diluir é um produto 6 vezes concentrado que, por esta razão, utiliza 75% menos plástico na embalagem. Basta a consumidora diluir o produto com a quantidade informada de água e utilizar. Na categoria de Cuidados Pessoais, são as marcas de produtos para cabelos que iniciam a agenda de redução de resíduos sólidos ao incluir materiais reciclados em suas embalagens e manter a reciclabilidade das mesmas em 100%.

SEDA – EMBALAGEM COM 1/3 DE PLÁSTICO RECICLADO

Lançamento dos frascos do xampu Seda Pretos Luminosos feito com pelo menos 1/3 de plástico reciclado pós-consumo, além de serem 100% recicláveis. Com a iniciativa, a cada 10 toneladas de plástico usados para produzir os frascos de shampoo, pelo menos três são de plástico reaproveitado proveniente de resíduos descartados pelos consumidores.

TRESemmé

Fernando Fernandez, presidente da Unilever Brasil

Relançamento de todo o portfólio da marca com novas embalagens que utilizam 20% menos plástico em comparação às embalagens atuais; Com esta mudança, a nova embalagem de TRESemmé passa a ser

uma das mais leves do mercado, além de deixar de utilizar 382 toneladas de plástico por ano. O volume de plástico economizado equivale a 2,4 piscinas olímpicas cheia de frascos; Essa redução também representa menos 281 caminhões rodando nas cidades ao longo do ano e, consequentemente, menos emissão de CO2.

DOVE

Lançamento dos condicionadores em tubos feitos com 100% de plástico verde, proveniente da cana-de-açúcar, contribuindo assim para a redução dos gases GHG. No seu Plano de Sustentabilidade, a Unilever se compromete a: • Ajudar mais de um bilhão de pessoas a tomar iniciativas para melhorar sua saúde e bem-estar até 2020. • Reduzir pela metade o impacto ambiental dos produtos até o ano 2030. • Melhorar as condições de vida e trabalho de milhões de pessoas até o ano 2020. A Unilever ocupou o primeiro lugar em seu setor no Índice Dow Jones de Sustentabilidade 2017. No índice FTSE4Good, obteve a pontuação ambiental máxima de 5. Liderou a relação de Líderes Globais em Sustentabilidade Corporativa na pesquisa anual GlobeScan/SustainAbility 2017 pelo sétimo ano consecutivo e alcançou quatro ratings A em Mudanças Climáticas, Água, Florestas e Envolvimento de Fornecedores no relatório da Rede Global de Sustentabilidade 2018 da CDP. A companhia comprometeu-se a tornar-se positiva em termos de carbono em suas operações até 2030 e a garantir que 100% de suas embalagens plásticas sejam totalmente reutilizáveis, recicláveis ou compostáveis até 2025. Editora B2B

61


Nova parceria na reciclagem de papelcartão

Fotos: Divulgação

Ibema conta agora com a startup Boomera, especializada na reciclagem de resíduos

N

ova parceira da Ibema, a startup Boomera trabalha em conjunto com 200 cooperativas de coleta de resíduos sólidos em 17 estados do Brasil. Desde 2011, a empresa atua no desenvolvimento de soluções tecnológicas para viabilizar a reciclagem de resíduos mais complexos – como fraldas descartáveis e cápsulas de café expresso. Para desenvolver um novo produto com base em fibras pós consumo (PCF – Post Consumer Fibers), a Ibema vai comprar as aparas de papelcartão coletadas por cooperativas de catadores de lixo. “Durante a produção do papelcartão, essas aparas vão para uma espécie de liquidificador e passam por um tratamento químico para compor o novo produto”, explica Fabiane. A Boomera também atua na redução dos gargalos que existem para a reciclagem no Brasil, relacionadas à operação de logística reversa, como detalha o responsável pela comunicação da empresa, Wendel Santos. “Era comum que as cooperativas vendessem os materiais coletados para intermediários, que os revendiam para indústrias. Mas, neste processo, a qualidade caia muito, como também a renda do cooperado – que é a pessoa que faz a coleta e está na ponta da cadeia. Assim o tempo para o material chegar à indústria e o custo final eram maiores”, explica. Com a parceria, a Ibema consegue obter a matéria-prima para a reciclagem com mais agilidade e qualidade, além de poder contar

62

Editora B2B

com o know-how da Boomera na busca de cooperativas, que recebem treinamentos e intervenções para garantir saúde e segurança de trabalho aos seus cooperados. “Doamos equipamentos, como prensas, esteiras e EPIs (Equipamentos de Proteção Individual), sem cobrar nada das cooperativas. Nosso trabalho é fazer a conexão entre elas e a indústria, contribuindo para melhorar a eficiência da cadeia produtiva”, diz Wendel. Segundo o presidente da Ibema, Nilton Saraiva, a parceria é benéfica para todo setor. “Com o trabalho da Boomera, a seleção correta do material para reciclagem é garantida e sabemos que as cooperativas que nos atendem realizam o trabalho de maneira adequada, garantindo a segurança, saúde e desenvolvimento dos recicladores”, completa.


pack | sustentabilidade

Neutrox adota Plástico Verde em suas embalagens

Fotos: Divulgação

Com essa iniciativa, um ano de produção de produtos Neutrox deixará de emitir mais de mil toneladas de CO2

N

eutrox, marca especialista em hidratação capilar, acredita que as coisas boas da vida, como praticar esportes ao ar livre ou estar em contato com a natureza, merecem ser cada vez mais valorizadas. Prova disso é que a marca é uma das patrocinadoras do surfe feminino que depende diretamente da natureza, tornando-se cada vez mais consciente e preocupada com sustentabilidade e preservação do meio ambiente. Por isso, a marca resolveu renovar suas embalagens, passando a produzi-las com o Plástico Verde I’m green™, da Braskem, primeiro polietileno de origem renovável a ser produzido em escala industrial no mundo. Mais sustentável, este plástico se diferencia por ser de fonte renovável (cana-de-açúcar) e capturar 3,09 toneladas de CO2 a cada tonelada de Plástico Verde produzido. No processo de produção do Plástico Verde, da cana-de-açúcar até a resina, ocorre a absorção do gás carbônico. Esse gás é um dos principais causadores do efeito estufa, e como o Plástico Verde não se degrada, esse CO2 permanece

Embalagem também traz um QR Code que explica todo o processo de produção Plástico Verde

fixado na embalagem durante todo o ciclo de vida do plástico. Com essa iniciativa, um ano de produção de produtos Neutrox deixará de emitir mais de mil toneladas de CO2, o equivalente a um carro dando mais de 190 voltas em volta do equador. A fórmula de hidratação poderosa que só Neutrox proporciona continuará a mesma, a única mudança será o plástico das embalagens com o selo I’m green™ da Braskem, além do QR Code, que explica todo o processo de produção do Plástico Verde. Essa é apenas a primeira iniciativa da marca para se tornar cada vez mais sustentável. Editora B2B

63


notas técnicas

Foto: Divulgação

APLICADOR PARA REVESTIMENTO DE PAPEL

A Basf integrou um curtain-coater, com base na tecnologia Voith DF Coat slot dye, à sua máquinapiloto. Transformou-a num novo aplicador de revestimento para os mercados gráficos e de embalagem. O curtain-coater permite o desenvolvimento de propriedades da superfície do papel e, por meio de um método sem contato, possibilita a formação de uma camada de revestimento homogênea e com contorno, mas sem defeito em comparação a outros métodos de aplicação. Durante o processo de revestimento, o papel-base não passa por tensão mecânica e, dessa maneira, é obtida uniformidade na cobertura da fibra e na espessura da camada aplicada, com pontos positivos não somente na qualidade de impressão e nos efeitos óticos, como também propriedades de barreira adicionada ao papel. BASF S.A. Tel.: (11) 2039-2273 | www.basf.com

TAMPA PLÁSTICA PARA EMBALAGEM METÁLICA Testes realizados em laboratório asseguram que o New Ploc Off é cerca de 30 vezes mais eficaz do que os sistemas tradicionais de fechamento utilizados em embalagem metálica. É uma combinação de metal e plástico, que substitui com eficiência a versão tradicional que utiliza um selo de alumínio e uma sobretampa plástica ou metálica. A grande vantagem para o consumidor é a garantia da estanqueidade nos refechamentos, já que a embalagem é dotada de uma única tampa plástica, de forma que, para efetuar a abertura, não necessita do auxílio de outro utensílio. A embalagem, com o sistema New Ploc Off, é indicada para embalar produtos alimentícios secos, como leite em pó, café solúvel, achocolatado, castanhas etc., porém garante a melhor conservação dos alimentos. BRASILATA Embalagens Metálicas S.A. Tel.: (11) 3871-8500 | www.brasilata.com.br

64

Editora B2B

Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

ENCHEDOR-ENSACADOR DE BIG-BAG Utilizado diretamente nos pontos de descarga ou por meio de alimentadores, o enchedor-ensacador de big-bag da Civex pode ser operado em mesas de roletes livres com o propósito de automatizar o processo de embalagem. Permite também ser usado em sistema de mistura, com vários componentes; adequá-lo ao processo de pesagem, em plantas verticalizadas; em ensaque etc. É um equipamento que tem regulagem de altura, sistema de insuflação de ar comprimido para enchimento prévio do big-bag, bocal de elastômero para um fechamento perfeito da boca contra o dispositivo de entrada, válvula-borboleta de fechamento de fluxo, válvula de abertura de sucção de pó em suspensão, grampos de fixação das alças com fecho rápido, sistema eletrônico de processo controlado por CLP, balança do tipo plataforma etc. CIVEX Indústria e Comércio Tel.: (11) 2401-1819 | www.civex.com.br


LEITURA

Os aspectos mais importantes sobre gestão ambiental

“Quando uma indústria pensa na concepção de um produto novo para o mercado, ela tem que pensar nas exigências sociais, ambientais e de qualidade. No caso de um alimento, por exemplo, não adianta se preocupar somente com o sabor que ele terá. Hoje em dia, é imprescindível que ele também apresente uma embalagem com Eco Design e que seja de fácil descarte”, explica Berté, diretor da Escola Superior de Saúde, Biociências, Meio Ambiente e Humanidades da Uninter. “Esta obra discute os aspectos mais importantes relacionados à gestão ambiental e à adequação aos processos produtivos no contexto do desenvolvimento sustentável. Apresentamos as principais normas que devem ser seguidas para a obtenção da certificação ambiental por meio de uma instituição acreditada”, explica Silveira.

Foto:Divulgação

Com o objetivo de orientar as indústrias sobre a importância de ter um material e um processo certificado nos aspectos sociais, ambientais e de qualidade, os professores e especialistas do Centro Universitário Internacional Uninter, Rodrigo Berté e Augusto Lima da Silveira, lançaram a obra “Meio Ambiente: Certificação e Acreditação Ambiental” publicada pela editora Intersaberes.

Os autores fizeram diversas visitas técnicas a indústrias brasileiras e europeias, e no livro, mostram os desafios, dificuldades e oportunidades de negócio que ocorrem quando se promove uma “revolução verde” dentro das empresas. A certificação passa a ser um grande diferencial competitivo.


índice de anunciantes página

empresa

site

9 ............... ALLTRONIC.................................................................................................................................... www.dosadoresalltronic.com.br 47 ............. COGNEX................................................................................................................................................................. www.cognex.com 13.............. COIM............................................................................................................................................................www.coimgroup.com.br 21.............. ETIAM / BR FILMS..........................................................................................................www.etiam.com.br www.brfilms.com.br 3ª Capa..... FISPAL TECNOLOGIA.......................................................................................................................... www.fispaltecnologia.com.br 19.............. HAVER & BOECKER...................................................................................................................................www.haverbrasil.com.br 31 ............. HENKEL..........................................................................................................................................www.henkel.com.br/foodsafety 41 e 65..... INSTITUTO DE EMBALAGENS................................................................................................www.institutodeembalagens.com.br 2ª Capa e 3. MULTIVAC............................................................................................................................................................... br.multivac.com 33 ............. NOVELPRINT................................................................................................................................................www.novelprint.com.br 17.............. OPTIMA..........................................................................................................................................www.optima-packaging.com/cfr 35 e 4ª Capa PERFOR .......................................................................................................................................................... www.perfor.com.br 23.............. SICAD................................................................................................................................................................... www.sicad.com.br 7................ SIG COMBIBLOC........................................................................................................................ www.sigdedentroparafora.com.br 15.............. THAMES.............................................................................................................................................................. www.nvcon.com.br

EDIÇÃO 228

NANOTECNOLOGIA ESPECIAL: Supply Chain

APROVEITE AS CONDIÇÕES COMERCIAIS ESPECIAIS PARA ANUNCIAR RESERVE SEU ESPAÇO, LIGUE: (11) 3722-0956 RESERVE SEU ESPAÇO, LIGUE: (11) 3722-0956


Profile for Revista Pack

Revista Pack digital 227  

Pack Revista de Negócios do mercado de embalagens, máquinas, equipamentos, produtos e serviços do setor industrial. Novidades e lançamentos...

Revista Pack digital 227  

Pack Revista de Negócios do mercado de embalagens, máquinas, equipamentos, produtos e serviços do setor industrial. Novidades e lançamentos...

Advertisement

Recommendations could not be loaded

Recommendations could not be loaded

Recommendations could not be loaded

Recommendations could not be loaded