__MAIN_TEXT__
feature-image

Page 1

www.pack.com.br

166

ANO•13 J U N H O

2 0 1 1

R$ 15,00

EMBALAGEM

TECNOLOGIA

DESIGN

INOVAÇÃO

ENTREVISTA A Fedex envia diariamente 8,5 milhões de pacotes. Denise Thomazotti, gerente de marketing Mercosul, fala sobre a importância da embalagem no processo logístico

VANGUARDA

Foto: Divulgação

Tetra Pak inova na categoria de leites ao lançar primeira garrafa cartonada asséptica

166_Capa.indd 1

INTERPACK

As novidades e tendências da maior feira internacional de embalagem que este ano atraiu 166 mil visitantes

31/5/2011 18:21:55


166_2CAPA_AMAZONAS.indd 2

1/6/2011 17:05:22


carta ao leitor CARTA AO LEITOR

INTERPACK MOSTRA O QUE VAI EMBALAR O MUNDO DA EMBALAGEM

P

rincipal feira do setor de embalagem no mundo, a Interpack é uma grande vitrine de exposição para quem está buscando novas oportunidades de negócios e/ou estabelecer novas parcerias. O evento atrai expositores e visitantes de todos os quatros cantos do planeta. Este ano, o evento focou três temas imperativos na sociedade moderna: conveniência, segurança alimentar e sustentabilidade. Andando pelos corredores da Interpack, é impossível não notar a forte presença do plástico no mundo das embalagens. Os asiáticos, especialmente, os chineses mostraram que estão produzindo embalagens flexíveis, principalmente, os stand-up pouches com excelente qualidade de impressão. Quem também está apostando no flexível é a Aisapack que lançou uma garrafa plástica para envase de sucos e bebidas esportivas. As tecnologias para produção de embalagens flexíveis também marcaram presença, com novidades, como a Volpak, com o lançamento de uma máquina para produção do brickpouch. A embalagem já está sendo utilizada para aplicação no mercado de sucos na Espanha. Segundo a empresa, o desenvolvimento continua para entrar no segmento de leites. Já a espanhola Mespack também lançou uma máquina para embalagem do tipo stand-up pouch e sachê cujo diferencial está no carrossel que permite dobrar a capacidade de produção e fazer a dosagem contínua do produto. Na área de sustentabilidade, muitos materiais verdes. A brasileira Braskem estava lá com o seu plástico de etanol. Mas aqui também os asiáticos estavam presentes com suas soluções de bioplásticos. As novas tecnologias também, agora, já são projetadas para reduzir o consumo de energia e de material de embalagem. A Krones lançou um novo conceito de embalar que não utiliza o shrink para agrupar as garrafas PET e promete reduzir o uso de material em até 75%. A primeira máquina já foi vendida para a Itália.

No assunto conveniência, destaque para a Crown Cork que desenvolveu uma tampa que promete facilidade de abertura de potes de vidro para consumidores de todas as idades. Agora já não será necessário mais nenhum truque caseiro para tentar abrir a embalagem. A novidade foi adotada por uma indústria de geleias do Reino Unido. Paralelamente à Interpack, o Congresso Save Food discutiu os resultados de um estudo sobre as perdas de alimentos no mundo e o papel da embalagem para garantir que isso não aconteça. Leia mais sobre o assunto no artigo de Assunta Napolitano Camilo. A cerimônia de entrega do Worldstar Awards 2010 também aconteceu durante a Interpack. Impressiona a forte participação de países como a China, Índia, o Japão e Turquia que inscreveram respectivamente – 29, 47, 37 e 33 embalagens – que também foram os grandes ganhadores. A China, por exemplo, conquistou 11 estatuetas somente na categoria de bebidas. O Brasil também conquistou com a Natura (linha Chronos), a agência de design Komm (perfume Thaty Princess de O Boticário), a Vedat (cápsula Ecotrack) e Bárbara Gomes de Lima Moreira, na categoria estudantes, pelo projeto embalagem para pratos. Uma novidade da Tetra Pak deve chegar ao Brasil, em 2012. Trata-se da Tetra Evero, uma garrafa cartonada com ombro plástico e tampa de rosca que promete entregar conveniência, funcionalidade, segurança alimentar e sustentabilidade. O lançamento mundial da nova embalagem foi feito, em Lund, na Suécia, na planta fabril da empresa. Leia mais na seção vanguarda. Este mês, a revista Pack entrevistou Denise Thomazotti, gerente de marketing para o Mercosul da Fedex, que fala sobre a importância da embalagem para o sucesso operacional do processo logístico. A companhia conta com um laboratório de embalagem, nos Estados Unidos, que desenvolve soluções customizadas gratuitas para os seus clientes. Até a próxima edição.

MARGARET HAYASAKI

EDITORA-CHEFE

166_Carta ao Leitor.indd 3

| margaret.hayasaki@banas.com.br

31/5/2011 17:51:29


166

sumário

A N O • 1 3

14

J U N H O

MATÉRIAS

ENTREVISTA

14

“A Fedex envia diariamente 8,5 milhões de pacotes no mundo”

2011

ENTREVISTA

Denise Thomazotti, gerente de marketing para o Mercosul da Fedex fala sobre a importância estratégica da embalagem no sucesso operacional de logística da empresa

Principal evento do setor, a Interpack – Feira Internacional de Embalagem – atrai milhares de visitantes de todo o mundo. Este ano, 166 mil profissionais visitaram a feira. Eles vêm em busca de novas soluções para os seus negócios e observar as tendências de consumo

32

ESPECIAL INTERPACK

44 ESPECIAL ALEMANHA Visita aos pontos de venda da Alemanha durante visita à Interpack apresenta destaques que comprovam as tendências de consumo

SEÇÕES

18

6

AGENDA

7

PACK ONLINE

8

ATUALIDADES

Fotos: Divulgação

Foto: Divulgação

ESPECIAL INTERPACK ARTIGO

Excelente iniciativa apresentada na Interpack sobre a perda e o desperdício de alimentos no mundo e a proposta de mais estudos e prioridade para projetos que ajudem a salvar ou poupar alimentos em toda a cadeia de produção e diminuir desperdícios no consumo

24

Conheça as inovações que embalam o mundo da embalagem

ESPECIAL INTERPACK

EMBALAGEM TECNOLOGIA DESIGN INOVAÇÃO

Foto: Piti Reali

24

VANGUARDA

Tetra Pak inova na categoria de leites ao lançar primeira garrafa cartonada asséptica

13 POR DENTRO DAS LEIS 18 VANGUARDA 22 LANÇAMENTOS INTERNACIONAIS

Foto: Divulgação

50 NOTAS TÉCNICAS

4

EDITORA BANAS

166_Índice de matérias.indd 4

1/6/2011 16:54:49


166_5_ANTILHAS.indd 5

31/5/2011 17:52:49


agenda

62 anos

EM DESTAQUE Foto: Pack Expo

Se você já se perguntou como será o futuro das embalagens. Prepare-se para algumas respostas e inspirações, na Pack Expo Las Vegas, em setembro, nos Estados Unidos. O concurso A embalagem do futuro, destaque no projeto 2020: a experiência do consumidor vai apresentar novas soluções que vão conduzir as decisões de compra.

FEIRAS NO BRASIL DATA

FEIRA

LOCAL

ORGANIZAÇÃO

De 16 a 19 de agosto de 2011

Plastech Brasil – Feira de Tecnologias para Termoplásticos e Termofixos, Moldes e Equipamentos

Caxias do Sul, Rio Grande do Sul, RS

Simplás Tel.: (54) 3228-1251 www.plastechbrasil.com.br

De 23 a 25 de agosto de 2011

Tecnocarne – Feira Internacional de Tecnologia para Indústria da Carne

Centro de Exposições Imigrantes (SP)

Brazil Trade Shows Tel.: (11) 3598-7800 www.tecnocarne.com.br

De 23 a 26 de agosto de 2011

Embala Nordeste – Feira Nacional de Embalagens

Centro de Convenções de Pernambuco, Recife (PE)

Greenfield Business Promotion Tel.: (81) 3343-1101 www.greenfield-brm.com

EMBALAGEM | TECNOLOGIA | DESIGN | INOVAÇÃO Fundador: Geraldo Banas (1913 – 1999) Publisher: Cristina Banas Editora: Elizabetha Banas (1923 – 2007) Editora-chefe: Margaret Hayasaki – margaret.hayasaki@banas.com.br Assessora Técnica: Assunta Camilo (FuturePack) – assunta@futurepack.com.br Revisão: Nazaré Baracho Consultoria Técnica: Guilherme Sergio Maradine Secretária: Sandra Gomes – sandra.gomes@banas.com.br Projeto gráfico: Editora Banas Produção: Luciano Tavares de Lima (gerente) – producao@banas.com.br Designer: Ana Claudia Martins – ana.martins@banas.com.br Capa: Ana Claudia Martins – ana.martins@banas.com.br

CONSELHO EDITORIAL André Vilhena – Diretor CEMPRE – Compromisso Empresarial para Reciclagem; Assis Garcia – Diretor do Centro de Tecnologia de Embalagem – CETEA; Eduardo Yugue – Gerente de embalagens da Nestlé; Geraldo Cardoso Guitti – Presidente da Refrigerantes Convenção; Lincoln Seragini – Diretor – presidente da Seragini Farné; João Batista Ferreira – CEO da J2B Innovation to Business, Luiz Belloli Neto – Presidente da Câmara setorial de máquinas para a indústria alimentícia, farmacêutica e refrigeração industrial da Abimaq – Luis Madi – Diretor - geral do ITAL - Instituto de tecnologia de Alimentos

DEPARTAMENTO DE VENDAS Executivos de Negócios – São Paulo João Domingues Tel.: (11) 3500-1900 – publicidade@banas.com.br

Belo Horizonte

De 14 a 16 de setembro de 2011

Congresso LatinoAmericano de Aerossóis

De 20 a 23 de setembro de 2011 De 27 a 29 de setembro de 2011

Casa Grande Hotel Resort & Spa, Guarujá (SP)

Abas Tel.: (11) 5505-1663 www.as.org.br/congresso

Ambiental Expo – Feira Internacional de Equipamentos, Produtos, Serviços e Tecnologias Ambientais

Pavilhão Azul do Expo Center Norte, São Paulo (SP)

Reed Exhibitions Alcantara Machado Tel.: (11) 3060-5001 www.ambientalexpo.com.br

Exposucata – Feira e Congresso Internacional de Negócios da Indústria da Reciclagem

Centro de Exposições Imigrantes, São Paulo (SP)

Revista Reciclagem Moderna Tel.: (11) 5535-6695 www.exposucata.com.br

M Lage Vendas e Representações. Contato: Marcio Lage Av. Raja Gabaglia, 4000 – sl. 207 – CEP 30494-310 – Belo Horizonte-MG Tel.: (31) 2127-3854 - (31) 9612-8028 – publimg@banas.com.br

Rio de Janeiro Art Comunicação S/C Ltda. Contato: Francisco Neves Rua Des. João Claudino Oliveira e Cruz, 50 – cj. 607 – CEP 22793-071 – Rio de Janeiro-RJ Tels.: (21) 2269-7760 – (11) 9943-5530 – Fax: (21) 3899-1274 – banasrj@uol.com.br

Rio Grande do Sul Interface Comunicação e Propaganda Ltda. Contato: Vera Anjos Av. Taquara, 193 – Cj. 406 – CEP 90460-210 – Porto Alegre-RS Tel./Fax: (51) 3330–2878 – banassul@terra.com.br

Paraná e Santa Catarina Print Technology Representações Comerciais Ltda. Contato: Gilberto Kugnharski/Marilisa da Rocha Av. Luiz Xavier, 68 – 11ªand. – cj. 1118 – CEP 80020-020 – Curitiba-PR Tel. (41) 9942-2569 – gilberto@banas.com.br / marilisa@banas.com.br

São Paulo – Interior Aqueropita Intermediações de Negócios Ltda. Contato: Aparecida A. Stefani Tel.: (16) 3413-2336 – Cel.: (11) 9647-0044 – Fax: (11) 3500-1935 – aparecida.stefani@banas.com.br

FEIRAS NO EXTERIOR DATA

FEIRA

LOCAL

ORGANIZAÇÃO

De 29 de junho a 1º de julho de 2011

Interphex Japan – Feira da Indústria Farmacêutica

Tokyo Big Sight, Tóquio, Japão

Reed Exhibitions Japan Ltd Tel.: +81-3-3349-8509 www.interphex.jp/en/home

De 13 a 15 de julho de 2011

Propak China – Feira Internacional de Embalagem, Processamento e Impressão

Shanghai New International Expo Centre (SNIEC) - China

China International Exhibitions Ltd Tel.: +86 21 6209 5209 www.propakchina.com

De 20 a 23 de setembro de 2011

Envase Alimentek

Centro Costa Salgueiro, Buenos Aires, Argentina

Instituto Argentino Del Envase Tel.: (54-11) 4957-0350 www.envase.org

REPRESENTANTE INTERNACIONAL Argentina 15 de Noviembre 2547 – C1261 AAO – Capital Federal – Republica Argentina Tel.: (54-11) 4943-8500 – Fax y Mensajes: (54-11) 4943-8540 www.edigarnet.com

ACORDO DE COOPERAÇÃO Phone: +1 312/2221010 – www.packworld.com

Rua Edward Joseph, 122 – 11º andar – Edifício Passarelli Jardim Suzana – São Paulo-SP – CEP 05709-020 CNPJ 60.432.796/0001-83 – I.E. 104.259.747.116, C.C.M. 1.249.632-4 NOVO TELEFONE (11) 3500-1900 Impressão: IBEP Gráfica Capa: Papelcartão Vitasolid 250g/m2 Papirus Circulação nacional: Tiragem – 10 000 exemplares

Cartas&E-mails

Periodicidade: mensal Assinatura: Anual (Brasil) = R$ 97,00 • Nº Avulso = R$ 15,00

A revista Pack quer conhecer a opinião dos nossos leitores. Sua opinião é muito importante para a contínua melhoria da qualidade editorial. Escreva para nós, opinando sobre as entrevistas, reportagens e artigos.

JUNHO 2011 PACK – EMBALAGEM | TECNOLOGIA | DESIGN | INOVAÇÃO é uma publicação mensal da Editora Banas Ltda. A PACK é dirigida aos profissionais que ocupam cargos técnicos, de direção, gerência e supervisão em empresas fornecedoras, convertedoras e usuárias de embalagens, bem como prestadores de serviços relacionados à logística, design e todos os processos relacionados a indústrias de embalagem.

E

IO

B

2008

IV P R Ê M

DA

END.

Rua Edward Joseph, 122 – 11º andar – Edifício Passarelli São Paulo-SP – CEP 05709-020

B2

A

D

IA

T

A

R

O

6

11 3500-1925 | FAX 11 3500-1935

D E M ÍD IA S E G M

TA

EG

TELEFONE

EC

C AT

PARA SE CORRESPONDER COM A REDAÇÃO E-MAIL redacao@banas.com.br

AT

N

Filiada à

AN

Critique ou dê sugestões de pautas.

RE

V I S TA S E G M

EN

É permitida a divulgação das informações contidas na revista desde que citada a fonte. PACK reserva-se o direito de publicar somente informações que considerar relevantes e do interesse dos leitores da revista.

EDITORA BANAS

166_Agenda_Cartas_Expediente.indd 6

31/5/2011 17:53:19


Siga no @EditoraBanas

nline

www.pack.com.br

POR TATIANA GOMES | tatiana.gomes@banas.com.br

O SITE DA PACK TRAZ NOTICIÁRIO ATUALIZADO DIARIAMENTE, ARTIGOS EXCLUSIVOS E TUDO SOBRE O MERCADO DE EMBALAGEM. MAIS: VÍDEOS, FOTOS E A VERSÃO DIGITAL NA ÍNTEGRA DA EDIÇÃO DO MÊS, ALÉM DAS ANTERIORES! [CONEXÃO WEB ] as mais lidas no pack.com.br

[ENQUETE ]

Capacitar a indústria moveleira paranaense e torná-la mais competitiva para o mercado internacional. Esse foi um dos principais objetivos do projeto Al-Invest Clínica de Embalagem.

A sua empresa usa a embalagem para interagir com o consumidor?

MAIO/2011

0%

Sim - (90,00%)

Mudanças em embalagens geram novos negócios

10 , 0

Não - (10,00%)

Brasil e Equador mostram que empresas devem estar atentas a materiais empregados, especificações do mercado e exigências internacionais.

90,00%

Guaraná Antarctica, em parceria com a OwensIllinois, apresenta garrafa de vidro retornável

Ambev relança garrafa de 1 litro que poderá retornar ao envasador até 30 vezes.

NESTE MÊS Interaja! Confira a enquete do mês e vote na home do site!

Kimberly-Clark e Grupo Pão de Açúcar firmam parceria para projeto de entrega sustentável

Onde achar? http://www.pack.com.br

Empresa lança operação de entrega sustentável em parceria com o Grupo Pão de Açúcar, feita por carreta movida a Etanol, que reduz em até 75% a emissão de CO2.

4 5 +

Empresas turcas buscam parceiros comerciais na Brasilplast

Delegação de 10 empresas do setor de exportação de maquinários e equipamentos plásticos participa da feira.

Antilhas desenvolve nova linha de embalagens para a marca Le Postiche

A rede de franquias fez um reposicionamento e todos os pontos de contato com o consumidor passaram por mudanças estratégicas.

Confira a lista das dez notícias mais acessadas no site e as leia na íntegra! Fonte: Google Analytics* Período de 28/4/11 a 30/5/11 Onde achar? http://www.pack.com.br/maisnoticias.aspx

[DESTAQUES] Os anúncios desta edição acompanhados dos ícones  têm informações extras no www.radarindustrial.com.br. Lá você encontra mais detalhes dos produtos, especificações técnicas e informações da empresa anunciante. Acesse! www.radarindustrial.com.br

Dúvidas sobre o mercado?

Nossos consultores esclarecem os mais diversos temas do setor. Envie sua pergunta e leia as respostas para nossos internautas no Blog da Pack. E-mail guru@pack.com.br PERGUNTE, ELE RESPONDE!

O NEWSLETTER SEMANAL DA INDÚSTRIA

Toda semana, a newsletter entrega no seu e-mail as notícias mais importantes da indústria de embalagens. Cadastre-se no site! Acesse! www.banas.com.br/banasinforma

Foto: Divulgação

1 2 3

RESULTADO

Formato de estrelas para encantar as crianças Com quatro novos produtos, a Topz Cosméticos amplia sua linha bebê e traz novidades na embalagem em formato de estrela. Além de estampar os personagens Tom & Jerry bebezinhos, os frascos possuem os cantos arredondados que se tornam um perfeito brinquedo nos momentos de cuidados e higiene do bebê.

Linha de garrafas premium com design exclusivo A Verallia, líder mundial no segmento de embalagens de vidro para as indústrias de alimentos e bebidas, traz ao mercado brasileiro a exclusiva linha Selective-Line, importada da França. Os 14 modelos que compõem essa luxuosa família de garrafas têm como diferencial opções de embalagens premium. Onde achar? http://www.pack.com.br/blog

EDITORA BANAS

166_Pack_online.indd 7

7

31/5/2011 17:53:44


atualidades

Responsável pela criação das linhas de cerveja Itaipava, Petra, Black Princess, refrigerantes e águas minerais para o Grupo Petrópolis, a SPO Design assina a criação da cerveja Itaipava 0,0% e a adaptação da cerveja Crystal 0,0%. Tanto Itaipava como Crystal 0,0% serão lançadas em latas de alumínio de 350ml fornecidas pela Latapack Ball (embaladas em shrinks de 12 latas impressos pelo Grupo Petrópolis), em frascos de vidro de 250ml da Verallia (embalados em six packs impressos pela Graphic Packaging) e frascos de vidro de 350ml (embalados em six packs impressos pela Graphic Packaging). A estratégia de design para o desenvolvimento das 16 SKUs foi dar drinkability e sabor aos rótulos, utilizando o dourado e o amarelo em contraste ao azul, color code adotado pelas cervejas “sem álcool”. A expressão 0,0% foi trabalhada para dar boa visibilidade aos produtos nas gôndolas. Os rótulos foram produzidos pela Rami Gráfica, as tampas pela Aro e o filme shrink pela Plastshow. SPO Design, tel.: (11) 3168-9166.

Foto: Divulgação

Drinkability e sabor aos rótulos

Mais opção de refil Maior percepção

Design Inverso, tel.: (47) 3028-7767.

8

166_Atualidades.indd 8

Foto: Divulgação

O escritório de design e gestão de marcas Design Inverso conclui o reposicionamento dos produtos da linha Catarinense Spa, do Laboratório Catarinense. Velhos conhecidos do consumidor, como Beta Caroteno, Guaraná e Óleo de Alho, estão de cara nova, com embalagem em frasco cilíndrico em azul, reforçando a identidade do laboratório. Após alguns dos itens que faziam parte da linha terem conquistado mais espaço, como Alcachofrax e Phytovein, a novidade é o diálogo da Catarinense Spa com o próprio laboratório, recordando o costume norte-americano de apresentação de complexos vitamínicos em embalagens padronizadas. Com a mudança, o Laboratório Catarinense aumenta a percepção de qualidade e a credibilidade dos produtos da linha, composta por suplementos e alimentos funcionais. Os materiais para ponto de venda também foram reformulados, com o objetivo de reforçar os produtos do laboratório como sinônimo de vida saudável.

O Boticário, tel.: 0800-413011.

Para presentear Com a assinatura da Tre Comunicação, os novos rótulos da linha Alchemia Romance, marca exclusiva de cosméticos da Renner, acaba de chegar às prateleiras da rede. O projeto foi coordenado pelo designer e consultor de marcas Kito Castanha e direção de arte feita por Natália Maziviero Zomignan. “As embalagens têm como principal objetivo organizar os produtos de uma mesma linha, compondo kits para evidenciá-los e torná-los atrativos como um “presente” para as datas comemorativas. As embalagens devem evidenciar o conteúdo de forma interessante, seja por meio dos rótulos ou embalagens de papel cartonado”, explica Kito. “Por se tratar de produtos voltados para o público da Renner e com apelo fortemente comercial, é preciso sempre buscar propostas que façam referência às datas comemorativas e que sejam, ao mesmo tempo, inovadoras e atrativas a partir do equilíbrio entre os elementos gráficos”, conclui. Tre Comunicação, tel.: (11) 5054-2425.

Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

de qualidade

A linha Active ganha mais opção de refil. Acaba de chegar às 3.020 lojas de O Boticário, em todo o país, o Refil Active Mousse de Limpeza Purificante. O produto é indicado para todo tipo de pele, remove as impurezas e possui substâncias calmantes que hidratam e evitam o ressecamento. O design do refil foi desenvolvido pela agência curitibana Studio Lumen. A empresa MBF (Maringá/PR) ficou responsável pelo frasco e a Igaratiba (Elias Fausto/SP) pela tampa. Há quase cinco anos, O Boticário oferece aos consumidores opções de produtos com refil. As linhas de O Boticário que possuem refil são: Cuide-se Bem, Active, Nativa SPA, Intense, Make B, desodorantes e Lily Essence.

Editora Banas

31/5/2011 17:54:22


Foto: Divulgação

Embalagem premiada A Strenna Comunicação Corporativa conquistou o Prêmio Colunistas 2011, na categoria Design de Embalagens, com o case Embalagens Inteligentes. A solução foi elaborada para servir as pipocas gourmet do menu exclusivo das salas de cinema Kinoplex Platinum, do Grupo Severiano Ribeiro. A agência foi vencedora na competição regional do Rio de Janeiro, que garantiu passaporte para a vitória nacional. As embalagens inteligentes foram desenvolvidas para as salas de cinema que possuem acomodações e atendimento VIP para o público triple “A”. A Strenna desenvolveu a embalagem de pipoca com um recipiente para azeites especiais de alho, pimenta, trufado ou de manjericão, e sais com ervas, especiarias ou morrile. O projeto teve como inspiração o formato de uma gravata, criando uma associação direta ao público consumidor. A comunicação visual da peça busca, de forma sutil, traduzir os efeitos de iluminação e foco, tradicionalmente aplicados nas salas de exibição do cinema. No quesito usabilidade, a embalagem possui boca alargada para fácil acesso ao alimento. Além disso, possui um fundo automático, que facilita a montagem da peça pelo atendente no ponto de venda, além de otimizar o transporte e armazenamento. Para evitar o vazamento do azeite no colo do usuário, o forro do fundo foi produzido com papel  mata-borrão, altamente absorvente.

Acabamentos diferenciados para agregar valor A marca Le Postiche está com uma nova linha de sacolas e caixas de presentes, que foram criadas pela Antilhas. Para agregar mais valor à marca, as embalagens ganharam mais elementos e acabamentos diferenciados. As sacolas foram desenvolvidas com papel kraft branco de fibra virgem, receberam alças chatas em tecido, além de acabamento em verniz UV localizado e foram impressas em quatro cores. O papel da cartucharia é duplex e possui verniz UV com brilho localizado. “Adequamos as embalagens ao novo momento da Le Postiche, utilizando matérias-primas e acabamentos diferenciados para conferir mais sofisticação e modernidade, além disso, focamos no que é mais relevante para a cliente, uma mulher moderna e multifacetada”, explica João Élcio, gerente de vendas da Antilhas. Logo após a reformulação nos processos da empresa, mix de produtos, canais e comunicação com o mercado, o retorno inicial alcançou um crescimento de 30%, o que demonstra a grande aceitação do público-alvo. O investimento total para a revitalização da rede foi na ordem de R$ 2 milhões. Antilhas, tel.: (11) 4152-1100.

Rótulos renovados Uma das principais indústrias de derivados de coco moderniza sua identidade visual com nova bandeira que lembra o movimento suave da brisa que balança os coqueiros à beira-mar. O vermelho mais forte e em degradê destaca a tipologia que possui a entonação diferenciada. A Coco do Vale também renovou os rótulos de Leite de Coco Tradicional, Reduzido Teor de Gordura e Light que estão com ilustração destacada, cores fortes, appetite appeal, splash do leite que é utilizado em deliciosas receitas para doces e salgados, produzidos em sua fazenda no estado da Paraíba. A nova identidade e embalagens da Coco do Vale foram desenvolvidas pela Speranzini Design com a direção criativa de Inah Olyntho e Maurício Speranzini. Os rótulos foram produzidos pela Gráfica Amália e as garrafas pela Owens-Illinois. Speranzini Design, tel.: (11) 5685-8555.

Editora Banas

166_Atualidades.indd 9

Foto: Divulgação

Strenna, tel.: (21) 2579-3767.

9

31/5/2011 17:54:31


notícias

Mercado americano de embalagens de alimentos vai atingir US$ 26,7 bi em 2015

Vaivém do mercado

a

Valdenir Vasconcelos é o novo gerente de desenvolvimento de mercado para os filmes de embalagem farmacêutica aclar® da Honeywell na américa Latina. o executivo será responsável por acelerar o desenvolvimento e crescimento das atividades do filme aclar® Honeywell, um material transparente de barreira à umidade, usado amplamente nas embalagens farmacêuticas termoformadas. Ele trabalhará em estreita colaboração com o parceiro de marketing de longa data da Honeywell e reconhecido especialista do setor, Montesino associates, e está sediado em são Paulo, Brasil.

CRESCIMENTO ANUAL

0 DEMANDA DE SACOS E EMBALAGENS EMBALAGEM RÍGIDAS DE ALIMENTOS POUCHES

PAPEL CARTÃO

4.1% 3.9%

3.7% 3.0%

2005-2010

10

166_Atualidades.indd 10

3.4%

2.4% 1.8% 1.6%

2010-2015

METÁLICAS

3.1% 0.7%

910 925 925

5.000

2010

3.370 3.920 4.050

10.000

4.504 4.920 5.330

15.000

11.550 13.625 15.370

20.000

2005

7.615 9.325 11.280

19.120 22.950 26.650

25.000

2.721 3.860 5.065

HENKEL ANUNCIA NOVO DIRETOR DE SUPPLY CHAIN E OPERAÇÕES PARA AMÉRICA LATINA SUL

a Henkel, fabricante das marcas Loctite super Bonder, Pritt, Cascola, Bonderite, Liofol e schwarzkopf, anuncia Fernando César aguiar Brantis como o novo diretor de supply Chain e operações américa Latina sul (Brasil, argentina e Chile), cargo anteriormente ocupado por Emil rüegg, que está se aposentando depois de 35 anos na empresa. na Henkel, Brantis será o responsável regional pelas plantas da Henkel no Brasil, argentina e Chile, reportando-se diretamente a Julio Muñoz Kampff, presidente da Henkel Mercosul. Foto: Divulgação

DEMANDA AMERICANA DE EMBALAGENS DE ALIMENTOS (US$ MILHÕES) 30.000

de barreira. além disso, elas têm presença consolidada em muitos mercados e sua combinação de peso leve e boa performance de barreira continuará impulsionando o crescimento desse setor. as vantagens de custo e de performance dos sacos e pouches vão conduzir o crescimento desse mercado em detrimento das aplicações de embalagens rígidas. além disso, os atributos sustentáveis de sacos e pouches, como redução de consumo de materiais e de custos de transporte em comparação às embalagens rígidas, vão possibilitar ganhos à indústria de consumo que está em busca de diminuição da pegada ambiental de sua embalagem. Já a demanda de embalagem de papel cartão será beneficiada pela maior penetração no mercado de alimentos que vão ao micro-ondas e que frequentemente utiliza um instrumento que melhora a performance do forno. a embalagem cartonada asséptica vai ganhar terreno em detrimento às latas metálicas, em mercados como sopas e especialidades enlatadas, molhos e condimentos. a demanda de latas será suportada pelas vantagens de maior shelf life, conve2015 niência com tampas fáceis de abrir e o posicionamento de alimentos enlatados como meio de controlar as despesas com alimentação. Já a demanda de embalagens de vidro de alimentos PLÁSTICOS VIDRO será ajudada pela sua 7.2% imagem premium 5.6% que vai promover novas oportunida0.3% --des de crescimento nos segmentos de alimentos orgânicos e/ou naturais. Fonte: Freedonia

a demanda americana de embalagens de alimentos vai crescer 3% ao ano até 2015, movimentando Us$ 26,7 bilhões ou aproximadamente 300 bilhões de unidades. os avanços serão sustentados pela expansão da base da população, crescimento real do poder de compra, casas menores, demanda de alimentos que oferecem conveniência de uso e valor agregado, como o maior frescor dos produtos. o crescimento desse mercado também será ajudado pela maior popularidade da embalagem single-serving em uma ampla gama de aplicações. Essa e outras tendências são apresentadas no estudo realizado pela Freedonia. os setores de embalagens plásticas, sacos e pouches vão experimentar o crescimento mais rápido entre todos os tipos de recipientes, superando o papel cartão, o metal e o vidro. o crescimento das embalagens plásticas será conduzido por vários drivers, como baixo peso, resistência ao aquecimento e propriedades

HONEYWELL TEM NOVO GERENTE DE DESENVOLVIMENTO DE MERCADO PARA FILMES ACLAR® NA AMÉRICA LATINA

JAMES WILSON ASSUME PRESIDÊNCIA DA CROWN FOOD PACKAGING AMÉRICA DO NORTE

a Crown Holdings, inc. anuncia James d. Wilson como o novo presidente da Crown Food Packaging américa do norte. a promoção marca o seu retorno para o negócio de alimentos, no qual ele atuou como vice-presidente de vendas e marketing por quarto anos. Mais recentemente, o executivo foi presidente da Crown north american para os negócios de aerossóis, posição que ocupou desde 2007. OTTO VON SOTHEN É ELEITO PRESIDENTE DA DIAGENO NO BRASIL

otto Von sothen assume a presidência da diageo, líder mundial na produção de bebidas alcoólicas premium que inclui marcas como Johnnie Walker, smirnoff, Guinness e Baileys, no Brasil, Paraguai e Uruguai. o executivo chega à companhia com o desafio de ampliar os negócios da diageo no País que representa um dos mercados de maior potencial de crescimento da empresa no mundo e que, portanto, é um dos mercados estratégicos para a matriz.

Editora Banas

31/5/2011 17:54:34


entrevista

Asad Hamid, vice-presidente global

de embalagem da Campbell Soup Co. Há quanto tempo a inovação aberta é utilizada como uma estratégia fixa da Campbell? Nós olhamos a inovação aberta há aproximadamente cinco anos, mas no último ano ou há dois anos isso se tornou mais sério e holístico. Algumas companhias contam com a entrada externa para projetos pontuais sobre isso. Mas, esta abordagem como a construção de relacionamento vamos cuidar com o tempo porque estamos trabalhando com parceiros que trazem algo para nós, além de soluções apenas uma única vez. Em um mundo de recursos limitados, nós tentamos ter parceiros que queremos trabalhar e investir para extrair o máximo proveito dessas relações. É delicado gerenciar seu parceiro e seus pares? Às vezes sim, às vezes não. Não é que seja delicado quando incluímos pares entre os parceiros com quem estamos trabalhando em soluções de sustentabilidade. Por exemplo, como nós vamos participar de um consórcio de sustentabilidade que o Walmart já começou se temos que compartilhar com nossos pares as informações. É um pouco mais delicado se uma parceria conduz para uma colaboração conjunta ou o desenvolvimento de um projeto para alguma nova tecnologia que nós gostaríamos de lançar em conjunto. Nesses casos, os aspectos legais são mais complexos e requer maior tempo para gerenciar.

Você busca parceiros no ambiente acadêmico? Nós temos uma parceria de sustentabilidade com o estado do Arizona e com a Universidade de Arkansas. Eles estão realizando pesquisas sobre pegada de carbono e outros aspectos do gênero. O relacionamento com os fornecedores mudou ao longo dos anos? Houve um tempo em que quase tudo que fizemos com os fornecedores era puramente transacional. Então, todos nós focamos no preço baixo para uma embalagem do tipo comoditie. O produto era lançado com preço baixo e com o que eles traziam. As peças do nosso portfólio ainda são as mesmas, mas temos evoluído para além disso. O que realmente estamos procurando é construir relacionamento e parcerias com nossos fornecedores que vão além de uma única transação. Isso nos levou a reduzir o número de fornecedores para um grupo com o qual queremos construir um relacionamento. Os nossos objetivos são a excelência operacional, custo baixo total de propriedade, e inovação. E quando olhamos para os novos fornecedores, nós olhamos para eles por meio dessas lentes. O que queremos saber é se eles serão um parceiro melhor do que temos hoje? Onde você procura tecnologias emergentes? Temos consultorias parceiras que nos

Foto: Divulgação

Pat Reynolds

ajudam. Além de participação em eventos e mostras que têm um papel importante e leituras de revistas. Para áreas de necessidades específicas nós temos programas de reconhecimento em lugares onde nós buscamos ativamente por tecnologias que pensamos ser necessárias. Também participamos de feiras de embalagem para encontrar potenciais fornecedores. Temos aproximadamente 50 fornecedores que visitam a feira de sopas, molhos e refeições. Metade deles são novos. Nós falamos para eles aqui é onde estamos e onde estão as nossas estratégias de negócios e onde gostaríamos de ter nossos negócios. Tragam para nós ideias inovadoras que alavanquem a sua tecnologia. Pensem no consumidor através das lentes de Campbell´s e como vocês podem preencher a nossa necessidade com a sua tecnologia. Essas feiras também envolvem a equipe de liderança corporativa, incluindo o CEO, diretor de supply chain, e os diretores das unidades de negócios. Eles passam metade do dia pensando em novas ideias com esses fornecedores ou potenciais fornecedores. Essas feiras são excelentes canais para trazer novos fornecedores. *Texto extraído da revista Packaging World

Editora Banas

166_Atualidades.indd 11

11

31/5/2011 17:54:38


166_Por Dentro das Leis.indd 12

1/6/2011 16:43:26


Vereador de Campinas (SP) quer lixeiras nos pontos de ônibus O projeto de autoria do vereador Arly de Lara Romêo (PSB), da Câmara Municipal de Campinas (SP), que prevê a instalação de lixeiras nos pontos de ônibus será submetido à presidente da Setec, Tereza Dóro, antes de ser levado para o segundo turno de votações na Câmara.

Foto: iStockphoto

por dentro das leis

Para ser sancionado, no entanto, há obstáculos: a instalação desses equipamentos na forma como está previsto no projeto entra em conflito com a legislação em vigor e com a atual lei que disciplina a publicidade em espaço público. Diariamente são retiradas 4,5 toneladas de lixo das ruas da cidade pelas equipes de varrição da Prefeitura e 70% desse volume é recolhido diretamente do chão na região central. Nesse local, deveriam existir pelo menos 2 mil lixeiras, mas há pouco mais de 200 desses equipamentos. Pela proposta, a Prefeitura poderá firmar acordos com a iniciativa privada. Desta forma, a instalação poderia ser feita por empresas, que utilizariam os espaços para publicidade. Os proprietários de bares, padarias, confeitarias, lanchonetes, pastelarias e similares, que comercializam alimentos ou bebidas de consumo imediato, poderão colocar lixeiras na área da calçada em frente ao estabelecimento, com direito à publicidade. O Executivo também deverá padronizar esses equipamentos.

Santos pode ter coletor de materiais

Segundo Arly, no início cerca de 300 lixeiras devem ser suficientes para atingir a demanda na região central e nos bairros próximos como Guanabara e Castelo.

recicláveis nos supermercados e hipermercados O vereador Odair Gonzalez (PR) da Câmara Municipal de Santos (SP) apresentou projeto de lei que obriga supermercados e hipermercados da cidade a disponibilizarem coletores de material reciclável nas dependências varejistas. De acordo com Gonzalez, a instalação de pontos de entrega de materiais recicláveis em supermercados promoverá a conscientização das pessoas sobre a importância da separação correta do lixo, além de proteger o meio ambiente. “A coleta seletiva é muito importante porque faz com que a pessoa se habitue a separar o lixo do material que pode ser reciclado”, pondera. Segundo o projeto, os varejistas serão obrigados a colocar coletores em local visível e com a devida sinalização, separados por cor e símbolo correspondentes aos materiais, sendo que o que for arrecadado será recolhido pelo serviço de coleta da Prefeitura Municipal de Santos.

166_Por Dentro das Leis.indd 13

31/5/2011 18:15:02


Foto: Piti Reali

entrevista

A Fedex envia diariamente 8,5 milhões de pacotes no mundo

Com um laboratório de desenvolvimento de embalagens, em Menphis, nos Estados Unidos, a empresa oferece soluções customizadas gratuitas

14

166_Entrevista.indd 14

Editora Banas

31/5/2011 17:55:37


Foto: Piti Reali

MARGARET HAYASAKI

o

conceito do negócio de entrega expressa nasceu em 1971. Expresso também foi a sua expansão. Hoje a Fedex tem 220 operações no mundo e um faturamento de Us$ 35 bilhões/ano. novos voos devem ser alçados para o crescimento de sua atuação no continente africano. no Brasil, a empresa está presente há 20 anos. o diferencial de sua atuação é a importância que ela dá para a embalagem em seu processo logístico. o laboratório de embalagem, em Menphis, nos Estados Unidos, desenvolve soluções customizadas gratuitas. algumas viraram referência para uma categoria de produto, como é o caso da embalagem de flores e de lap top. É o que conta denise thomazotti, gerente de marketing para o Mercosul da Fedex, em entrevista à revista Pack. “nossa busca por melhorias é constante. os desenvolvimentos têm foco em otimizar o espaço, reduzir custos, reduzir o peso e preservar o meio ambiente”, afirma a executiva.

PACK: Como a Fedex vê a importância da embalagem no processo logístico? DENISE: a embalagem é um componente super importante porque ela preserva os produtos dos clientes, além de permitir otimizar o espaço de armazenamento e transporte e reduzir os custos. isso é tão importante que a Fedex tem um laboratório de embalagem, em Menphis, nos Estados Unidos, com sete engenheiros de embalagem, que desenvolvem soluções customizadas gratuitamente para os seus clientes. no laboratório, são feitos testes de compressão, de queda, resistência à água e ao rasgo. se for identificado algum problema na embalagem, o laboratório desenvolve a embalagem adequada para o cliente. trata-se de um centro de desenvolvimento bastante moderno, com tecnologia de maquinário para customizar as embalagens. anualmente, são desenvolvidas, em média, de 80 a 120 embalagens. o laboratório não produz embalagens, somente desenvolve projetos e o cliente vai atrás de sua alternativa de produção. PACK: Pode citar um case de sucesso de embalagem customizada desenvolvida pelo laboratório de embalagem da Fedex? DENISE: Há vários casos interessantes. nesse laboratório foi criado um modelo de embalagem para transporte de flores que virou uma referência do setor no mundo. a flor é sensível e de diferentes tamanhos, algumas são mais longas e outras, menores. Por isso, os engenheiros desenvolveram uma embalagem que se adapta ao tamanho da flor. a embalagem é feita de papelão ondulado e tem uma série de ajustes que permite ajustar a sua altura. temos um negócio super grande de flores na Colômbia, nos Estados Unidos e no mercado europeu. outra boa solução criada pelo laboratório são Editora Banas

166_Entrevista.indd 15

15

31/5/2011 17:55:50


entrevista

as embalagens de lap top com áreas sobressalentes para proteger o produto. Essas embalagens também viraram um exemplo para o setor. PACK: Há algum exemplo de solução customizada de embalagem feita para o mercado brasileiro?

a peça. Então, nós desenvolvemos uma embalagem com isopor que permite encaixar várias peças diferentes e não impactava tanto no peso. O cliente tem uma necessidade específica e nós ajudamos a desenvolver a embalagem. Hoje a Fedex envia diariamente 8,5 milhões de pacotes no mundo.

DENISE: No caso do Brasil, o que a PACK: Novos projetos de embalagem gente desenvolveu foi uma embalagem no Brasil estão em desenvolvimento? específica para transportar vinhos. DENISE: Estamos estudando um novo Antes, esse mercado utilizava embaprojeto de embalagem para o setor de lagens de madeira e para o transporte cerâmica, que prevê o acondicionaaéreo é quase inviável. Além disso, elas mento de menos peças, mas peças mais não têm tanta flexibilidade de molde variáveis. Queremos um formato que como o papelão ondulado. As caixas de acomode vários tamanhos numa mespapelão desenvolvidas por um parceiro ma embalagem. Não é uma tarefa fácil. de embalagem da Fedex acomodam Tem peças de 10x10, 20x20, 35x45, mas seis garrafas de vidro de vinho. Uma a gente está tentando ver um mix que pessoa interna da área de operações comporte todos os itens com seguranfaz a interface com fornecedor para ça. Antes a embalagem acomodava um passar as especificações da embalagem. único tamanho. Essa é uma demanda Esse fornecedor de embalagem já tem de um cliente que não quer mandar alguns testes que já faz para gente. as peças separadas. Essa indústria Depois de aprovado no primeiro teste, a quer mandar um portfoembalagem segue para lio para o cliente dela. o laboratório de embaA Fedex utiliza Estamos desenvolvendo lagem, em Menphis, caixas de papelão em parceria com um fornos Estados Unidos, para o teste oficial. Nós ondulado com uma necedor de embalagem da Fedex. Essas parcee o cliente podemos composição de rias existem em todas as acompanhar o teste da 220 operações da Fedex embalagem por meio 40% de material no mundo. de vídeos. Essa embareciclado lagem já está em uso há PACK: A Fedex conseaproximadamente um gue medir a redução de custo para ano. O mercado de vinhos é aquecido o cliente? e tem necessidade de mandar amostras DENISE: Não dá para medir. São para as áreas de regiões compradomuitos casos diferentes. Mas há um ras para testarem o produto. Outro ganho de custo indireto da embalabenefício da caixa de papelão de vinho gem, pois o cliente deixa de ter seus é que é mais adequada para preserprodutos danificados ao ter um projeto var a temperatura interna do vinho, de embalagem adequado para o pois ela é revestida internamente por transporte aéreo. várias camadas. PACK: Outras embalagens foram desenvolvidas no Brasil? DENISE: Sim. Por exemplo, para os segmentos de cerâmicos e de autopeças que exportam muito para a Europa, Estados Unidos e América Latina. O mercado de cerâmica também envia amostras para os clientes visando a abrir novos mercados. O produto cerâmico é um pouco complicado porque é apresentado em tamanhos variados, além de ser super frágil. A embalagem geralmente tem uma área de exposição muito grande e o impacto pode quebrar 16

166_Entrevista.indd 16

PACK: E a questão da sustentabilidade como é tratada no projeto de desenvolvimento das embalagens de transporte? DENISE: Os engenheiros de embalagem trabalham com foco na preservação do meio ambiente. O laboratório está substituindo os materiais que não são ambientalmente amigáveis na medida do possível. Os envelopes já são de papel 100% reciclado. Já no caso das caixas de papelão recicladas, ainda há certa dificuldade, pois elas não são tão resistentes. Por isso, a Fedex utiliza

caixas de papelão ondulado com uma composição mista de no mínimo 40% de material reciclado. PACK: Que outras ações sustentáveis são realizadas pela Fedex? DENISE: Em outra frente de sustentabilidade, a empresa também trabalha na substituição da frota de 80 mil veículos por carros elétricos ou híbridos. Já temos carros elétricos na Europa e nos Estados Unidos. A frota aérea de 700 aviões também está sendo substituída por aviões que utilizam o combustível de forma mais eficiente, o que permite transportar muito mais carga e emitir menos dióxido de carbono. 12 aviões já foram substituídos. PACK: A rastreabilidade é uma ferramenta importante para garantir a entrega do produto no prazo e no seu destino certo. De que maneira a Fedex trabalha para atender essa demanda dos clientes? DENISE: A Fedex investe muito em tecnologia. A etiqueta com código de barras, que a gente chama de conhecimento aéreo internacional, permite rastrear todo o percurso do produto desde o seu embarque no avião até se houve escala de voo. Esse acompanhamento

Editora Banas

31/5/2011 17:56:03


Fotos: Piti Reali

para levar muitos produtos que exigem temperatura controlada. Para isso, há embalagens diferenciadas, com manta térmica. Por exemplo, se os aviões em trânsito precisam trocar uma peça, o transporte expresso precisa ser usado, pois os aviões não podem ficar parados muito tempo. O maior mercado da Fedex é o business to business. O mercado farmacêutico é uma área promissora para os negócios da empresa no Brasil. PACK: O maior mercado é b2b. Qual é o porte das empresas atendidas?

pode ser feito praticamente em tempo real pelo cliente por meio do site. A empresa também pode instalar um Fedex Desktop. Trata-se de um gadget que pode instalado no computador ou no smartphone. O cliente registra o número do código de barras e recebe atualizações constantes do percurso do seu embarque. A informação vai até o cliente. PACK: Hoje quais são os segmentos atendidos pela Fedex? DENISE: Atendemos todos os segmentos de mercado. Há segmentos que operam de forma diferente, como é o caso de produtos perigosos. A Fedex é a única empresa internacional que realiza o transporte expresso de produtos perigosos. Essa nomenclatura não necessariamente quer dizer que são cargas explosivas. Ela inclui itens de perfumaria, cosméticos e baterias de carro, que oferecem riscos no transporte por causa da alta temperatura do avião. No caso das embalagens desses produtos, a gente tem uma parceria com a Concepta que é homologada para desenvolver embalagens para o transporte de produtos perigosos. O transporte expresso é uma alternativa

DENISE: O foco da Fedex é trabalhar com pequenas e médias empresas. O serviço de desenvolvimento de embalagem é gratuito. E a pequena e média empresa tem o mesmo apoio que uma grande empresa o que beneficia o cliente. Sabemos que hoje 75% das empresas brasileiras que exportam são pequenas e médias empresas. Elas movimentam a economia brasileira. Por isso, também criamos um programa especial para as pequenas e médias, no qual elas têm que fazer um cadastro para fazer a busca por potenciais compradores do produto dela fora do Brasil ou de fornecedores para seus produtos. Trata-se de um intercâmbio gratuito de contatos. Uma das crenças do fundador da empresa é o poder do acesso. Quanto mais pessoas estão trabalhando e produzindo, mais elas vão estimular a economia e gerar mais negócio para a empresa. PACK: Na sua opinião, quais são os desafios logísticos? DENISE: O grande desafio é tornar possível para todo mundo o acesso. Tem um mercado interno muito grande que tem que explorar o mercado externo. Para o nosso mercado e América do Sul, principalmente Argentina e Uruguai, o grande desafio é colocar as micro, pequenas e médias empresas no mercado global. Para isso, o desafio é ter mão de obra formada, ter conhecimento e acesso à tecnologia. A própria estrutura de transporte pelas estradas também precisa melhorar. Tem vários desafios para gente crescer em escala. Não se pode concentrar nas grandes cidades. É preciso levar esse desenvolvimento para o interior e outras regiões do Brasil que ainda está muito concentrado nas regiões Sul e Sudeste. Editora Banas

166_Entrevista.indd 17

17

31/5/2011 17:56:15


Foto: Divulgação

vanguarda

Tetra Pak inova na categoria de leite Primeira garrafa cartonada asséptica chega ao Brasil em 2012. Ela combina praticidade, conveniência, funcionalidade e diferenciação na gôndola

U

m novo conceito de embalagem para a categoria de embalagem de leite acaba de ser lançado, em Lund, na Suécia, pela Tetra Pak. Trata-se da Tetra Evero Aseptic de um litro, uma garrafa cartonada asséptica – produzida em papel cartão FSC e polietileno de alta densidade (PEAD) - que combina praticidade, conveniência, funcionalidade e diferenciação na gôndola da categoria.

A primeira aplicação da nova embalagem já está nas prateleiras do mercado espanhol pela empresa A Corporación Alimentaria Peñasanta (Capsa), maior laticínio da Espanha. Outro laticínio alemão Weihenstephan também adotou a Tetra Evero Aseptic de um litro. A empresa pretende comercializar seus produtos com a nova embalagem em pontos de venda estratégicos em seu primeiro teste de mercado com a embalagem. No Brasil, a nova embalagem estará disponível em 2012. O foco da embalagem Tetra Evero Aseptic é inicialmente o mercado de leite longa vida, incluindo os enriquecidos com cálcio, proteínas, fibras, vitaminas A e D e de alguns minerais. Em breve, segundo ele, a embalagem atenderá também uma vasta gama de bebidas, incluindo leites aromatizados, creme de leite e leites sensíveis ao oxigênio, como os enriquecidos com ômega 3, ferro, zinco e vitamina C. Ela também chegará ao mercado em diferentes tamanhos. Para chegar ao design final, segundo Charles Brand, vice-presidente de marketing & produtos da Tetra Pak, foram testados vários conceitos para atender aos quatro atributos imperativos – funcionalidade e diferenciação, meio ambiente, custo e segurança alimentar. “Os consumidores aprovaram o conceito da nova embalagem e demonstraram em pesquisa a intenção de compra”, afirma. Em 2012, o topo da embalagem vai ganhar um material verde: o polietileno de alta densidade de etanol. Além disso, o topo plástico poderá ser separado do cartão

18

166_vanguarda.indd 18

O topo da embalagem poderá ser separado pelo consumidor

facilmente pelo consumidor como num sistema peel-off. É o que garante Michael Grosse, vice-presidente executivo de desenvolvimento e engenharia da Tetra Pak.

AVANÇOS TECNOLÓGICOS Divergindo do processo asséptico da tradicional embalagem cartonada, no qual o material em chapas é esterilizado antes de a embalagem ser formada, a Tetra Evero Aseptic precisou de um sistema diferente, já que ela entra no

EDITORA BANAS

31/5/2011 17:56:50


Foto: Divulgação

Os consumidores aprovaram o conceito da nova embalagem e demonstraram em pesquisa a intensão de compra

processo pré-formada. “A garrafa préformada passa por uma câmara única de esterilização em pares onde é exposta ao peróxido de hidrogênio na fase gás, tanto interna como externamente, removendo todos os contaminantes e garantindo a segurança alimentar dos consumidores”, explica Grosse.

Charles Brand, vice-presidente de marketing & produtos da Tetra Pak

166_vanguarda.indd 19

Outra inovação tecnológica é o processo de injeção da tampa da nova garrafa Tetra Evero Aseptic. Num processo tradicional, isso leva entre 3 e 6 segundos, mas a Tetra Pak conseguiu simplificar, reduzindo para menos de 1,5 segundos. A simplificação, segundo o executivo, vem da criação de um molde com somente duas partes – uma interna

e outra externa – e a integração do módulo de injeção na máquina de envase. Além disso, o rótulo do cartão está presente no molde quando o plástico quente é injetado, o que significa que os três componente separados – tampa plástica, topo plástico e corpo de cartão – são fundidos e selados como parte do processo. “Esse sistema de injeção permite produzir topos plásticos de paredes muito finas com menor tempo”, afirma Grosse. (M.H.)

INFORMAÇÕES Tetra Pak tel.: (11) 5501-3200 | www.tetrapak.com.br

31/5/2011 17:56:52


Crescimento verticalizado A Videojet do Brasil expande sua atuação em diferentes frentes com soluções de codificação que atendem desde as grandes indústrias até as pequenas e médias O presidente da Videojet América Latina ressalta também o peso do input de países emergentes, como o Brasil e a China, que tem determinado a criação de alguns produtos específicos para esses mercados. “Por exemplo, temos uma versão de codificação a laser para atender o mercado emergente, pois a demanda é diferente, o requerimento é diferente e as expectativas de custo são distintas. Isso tem permitido que pequenas e médias empresas tenham acesso à tecnologia de ponta.”

Foto: Divulgação

VIDEOJET

Publieditorial

André Santos, diretor-geral da Videojet do Brasil | Sergio Brown, presidente da Videojet América Latina | Paulo Machado, diretor de produtos regional da Videojet América Latina

N

o ano passado, o Brasil respondeu por 45% dos negócios de codificação da Videojet na América Latina e o País está entre as cinco operações mais importantes da corporação no mundo. A base desse sucesso operacional está na diversidade do seu portfolio de equipamentos que pode atender vários segmentos de mercado e o trabalho forte nos canais de vendas e de distribuição. No Brasil, são 12 distribuidores e dois escritórios de atendimento direto, um em São Paulo e outro no Rio de Janeiro, para atender os clientes. Segundo André Santos, diretor-geral da Videojet do Brasil, todos estão preparados para dar o suporte técnico para todas as tecnologias comercializadas pela empresa. “Estamos presentes em todos os grandes centros, mas também em locais onde não são grandes centros, mas que têm uma grande base instalada de equipamentos. Sempre vai ter um técnico ou distribuidor próximo para fazer o atendimento”, garante. A Videojet está presente no Brasil há quase 23 anos, segundo Santos, e os negócios no País sempre foram de vento em popa. No ano passado, a empresa registrou crescimento de dois dígitos. “Nós crescemos duas vezes e meio o mercado aproximadamente. Nossa meta é sempre ousada. Não nos contentamos em crescer somente, mas crescer ganhando o mercado dos concorrentes”, afirma. “Estamos presentes em todos os segmentos que têm necessidade de codificação. Mas estamos 20

apostando no crescimento do mercado farmacêutico. Com a nova legislação da Anvisa e a exigência da rastreabilidade dos medicamentos, a Videojet já disponibiliza junto com os equipamentos de codificação um sistema de rastreablidade”, acrescenta o diretor-geral. O crescimento da Videojet Brasil está na expansão da carteira de clientes que estão na base da pirâmide. Santos explica que a empresa tem muitos clientes de médio e pequeno porte que estão comprando a sua primeira codificadora. “A Videojet não é uma marca inacessível. Temos modelos de entrada que servem para atender essa base da pirâmide. Estamos descobrindo mercados que antes não haviam sido explorados por ninguém”, diz. Sergio Brown, presidente da Videojet América Latina, ressalta que todo o desenvolvimento de uma nova tecnologia da empresa começa ao ouvir o cliente para atender as suas necessidades. Paulo Machado, diretor de produtos regional – América Latina da Videojet Brasil, acrescenta: “Entrevistamos o cliente para saber o que ele está buscando. Se ele quer um equipamento mais rápido ou mais barato. Mas temos identificado que os clientes querem, cada vez mais, equipamentos que não parem ou com menor intervenção do operador. Não é mais o desenvolvimento pensado somente na prancheta. Pensamos sempre no cliente e na demanda do futuro”. Hoje a Videojet tem cinco centros de desenvolvimento na Alemanha, Inglaterra e nos Estados Unidos.

Santos afirma: “Quando o cliente esquecer que tem uma máquina na linha dele, nós atingimos a perfeição. Estamos bem perto disso. A ink Jet série 1000 está fazendo grande sucesso no mercado, já que é uma máquina que foi projetada para trabalhar em torno de 1 ano e meio sem necessidade de fazer manutenção preventiva.” “Toda a máquina precisa de manutenção preventiva, então que ela seja previsível. O cliente pode saber o que vai ter que trocar o filtro da codificadora. Vai ser daqui a 18 meses. Quando está chegando a hora, a máquina começa a avisar para o usuário começar a se preparar para que não tenha que parar uma linha de produção”, conclui. Segundo Machado, dentro dessa nova plataforma de desenvolvimento de previsibilidade, a Videojet já colocou no mercado mais de 1000 máquinas codificadoras. Entre as novidades da Videojet, está a nova codificadora ink jet de duplo cabeçote Videojet 1610, na Fispal Tecnologia. Além de mais duas ou três novas tecnologias que devem ser lançadas até o final do ano, mas ainda guardadas em segredo. Os investimentos não param. Em 2011, a Videojet Brasil deve inaugurar em julho, um novo prédio fabril, ao lado da atual instalação, em Barueri, São Paulo. O objetivo é dobrar a capacidade de produção de tintas e ampliar a área de estocagem, recebimento e expedição e da assistência técnica, além de ter novas salas de treinamento e conferências para os clientes. “O crescimento das exportações para o Mercosul e o mercado interno aquecido aumentou o volume de produção. Nós hoje temos um problema de logística para receber matéria-prima para produção da tinta. Não é somente a saída da tinta, por isso o investimento é necessário”, explica Brown.

INFORMAÇÕES Videojet do Brasil Tel.: (11) 4689-8800 |www.videojet.com info.brasil@videojet.com

Editora Banas

166_20_21_VIDEOJET.indd 20

31/5/2011 17:57:22


166_20_21_VIDEOJET.indd 21

31/5/2011 17:57:25


lançamentos internacionais

Conveniência e

Foto: Divulgação

Beleza sustentável A Gerresheimer AG apresentou novas embalagens durante a Luxe Pack, em Nova Iorque, nos Estados Unidos. A ampla gama de shapes, cores, acabamentos de superfície e materiais é extremamente diversa. Gerresheimer e Garnier uniram-se para demonstrar uma interessante solução que combina produtos para pele e proteção ambiental por meio do uso de vidro reciclado. A Garnier tem se comprometido no uso de materiais de embalagem amigáveis ao meio ambiente há mais de 10 anos. Foi a primeira marca no mercado de produtos de tratamento para pele a introduzir vidros de vidro com 40% de vidro reciclado desenvolvido em parceria com a Gerresheimer. A alta qualidade do vidro é possível graças à boa qualidade dos cacos. Esse é um conceito sustentável, pois significa uma redução do consumo de energia em até 9%. Essa menor exigência de energia de fusão do forno diminui as emissões de CO2 durante o processo de produção de até 29 toneladas. Gerresheimer, tel.: +49211618100.

Visando a atender a crescente demanda por mais conveniência e segurança na embalagem, a Amcor lançou a nova linha de potes de alumínio Canny. Com uma membrana de fácil abertura, a embalagem oferece conveniência de uma abertura suave e sem respingos. A ausência de arestas cortantes elimina qualquer risco de lesão, tornando a embalagem ideal para o consumo de alimentos diretamente no pote com o uso de uma colher ou simplesmente com os dedos. Desenvolvida para porções de alimentos de aproximadamente 100, 115 ou 140ml, Canny atende o mercado de produtos indulgentes e on-the-go, no qual o baixo peso e a conveniência são fatores decisivos na decisão de compra. Os potes de alumínio existem no mercado há décadas, mas a nova embalagem entrega uma inovação que abre novas oportunidades. É a primeira embalagem de alumínio de parede fina livre de rugas com uma superfície que pode ser impressa totalmente. “Trabalhamos durante mais de dois anos com o time de pesquisa e desenvolvimento par remover qualquer ruga da embalagem. O resultado é uma superfície suave e brilhante com grandes alças”, afirma Albert Bijsterbosch, diretor de P&D da Amcor. Amcor, tel.: 61392269000.

Foto: Divulgação

segurança

Foto: Divulgação

Copos recicláveis e compostáveis

22

A Pepsico está disponibilizando cinco opções de copos compostáveis, recicláveis e amigos do meio ambiente para atender os seus clientes do segmento de foodservice, nos Estados Unidos. Entre elas, estão copos plásticos transparentes recicláveis, incluindo rPET com 20% de material reciclado, bem como copos de papel compostáveis e copos feitos à base de plantas oriundas de florestas de manejo sustentável. A nova linha de copos comunica claramente a imagem verde e os benefícios ambientais “Oh, Nossos Copos são totalmente Recicláveis” ou uma mensagem similar respectiva para os materiais usados. Os copos também encorajam os consumidores a visitar Earth911.com para mais informações sobre como descartar corretamente os materiais em suas comunidades. “Nós queremos que os consumidores saboreiem a sua bebida favorita e se sintam bem sobre o impacto ambiental de suas compras”, afirma Margery Schelling, CMO PepsiCo Foodservice. A Pepsico introduziu os copos verdes em resposta à crescente demanda por embalagem de bebida amigas do meio ambiente, especialmente, entre os universitários e estudantes. Uma pesquisa mostrou que 94% dos consumidores estão preocupados com os efeitos ambientais das embalagens de bebidas e 60% da geração X está disposta a pagar mais por uma embalagem reciclada para melhorar o meio ambiente. Pepsico, tel.: +19142532000.

Editora Banas

166_Lançamentos Internacionais.indd 22

31/5/2011 17:57:54


166_23_IRANI.indd 23

31/5/2011 17:58:22


matéria de capa | especial interpack

Embalando

inovações

Foto: Divulgação

Não é à toa que a Interpack – Feira Internacional de Embalagem – atrai milhares de visitantes de todo o mundo. Eles vêm em busca de novas soluções para os seus negócios e observar as tendências

24

Editora Banas

166_materia de capa.indd 24

31/5/2011 17:59:04


s

MARGARET HAYASAKI

ucesso é a palavra que define a maior feira internacional de embalagem. a interpack, que acontece a cada três anos, encerrou a sua 53ª edição, realizada de 12 a 18 de maio, em dusseldorf, na alemanha, com a presença de 166 mil visitantes, dos quais 100 mil de estrangeiros.

os expositores declaram excelentes encontros com visitantes de alto escalão das empresas. Muitos esperam fechar negócios lucrativos pós-feira. “Em nosso estande, houve grande interesse por nossos produtos. nós geramos 30% mais contatos em relação à edição de 2008, incluindo membros da alta gerência, indústrias de consumo e muitos potenciais novos clientes. Essa é a constatação de inúmeros outros expositores. a interpack confirmou a estabilidade de tendência econômica positiva”, afirma Christian traumann, presidente da interpack 2011 e diretorgeral da Multivac sepp Haggenmüller. o resultado da pesquisa feita com os visitantes confirma a impressão dos expositores. É particularmente notável o aumento significativo na proporção de tomadores de decisão em relação à edição anterior da interpack. Quase 75% dos visitantes ocupam cargo de gestão, algo absolutamente excepcional. a estreia da campanha save Food (salve os alimentos) que visa a lutar contra as perdas de alimentos no mundo e organizada pela Messe düsseldorf em cooperação com a Food and agriculture organisation (Fao) das nações Unidas, atraiu mais de 300 participantes para o congresso realizado nos dias 16 e 17 de maio. os representantes da cadeia de valor, incluindo produtores e a indústria de alimentos, varejistas, representantes políticos, sociedade e organizações não-governamentais, tiveram a oportunidade de fazer um diálogo crítico. Leia mais sobre o assunto no artigo de assunta napolitano Camilo. no entanto, a campanha salve os alimentos não estava sozinha nos interesses dos visitantes. temas especiais como o espaço innovationparc Packaging e a praça de embalagens metálicas também ganharam popularidade.

Editora Banas

166_materia de capa.indd 25

25

31/5/2011 17:59:08


Em cinco diferentes mostras com os temas saúde, significado, estética, simplicidade e identidade, o innovationParc Packaging sobre o tema qualidade de vida reuniu empresas de toda a cadeia de valor. desenvolvida especialmente para ser uma mostra especial sobre melhores práticas e visões sobre o futuro. Leia o exemplo da alemã Heidelberg no intertítulo tecnologia – acabamento verde de alto impacto. Esse conceito não só foi elogiado pelos visitantes, mas também pelas companhias participantes. Elas alegaram que foi criado um fórum único, um espaço para conversas construtivas e ideias criativas. Muitos visitantes também foram bem preparados e com pedidos específicos. o tema especial embalagem metálica introduzido este ano na interpack também foi dedicado ao diálogo e informação. Várias palestras foram realizadas no fórum central, enquanto fornecedores e potenciais clientes discutiam sobre a embalagem metálica. o espaço se transformou num lugar central para os encontros sobre embalagens metálicas na interpack para a satisfação das associações participantes do setor, como a VMV e a Empac. nesta edição, a revista Pack traz uma síntese do que foi visto na interpack 2011.

CONvENIÊNCIA NOvA GArrAFA pArA bEbIdAs sINGLE sErvE a suíça aisapack lançou um formato single serve para bebidas que, segundo a companhia, deve revolucionar o mercado de embalagem de bebidas de envase a quente, como sucos e bebidas esportivas. a aisacan foi desenvolvida para oferecer um ponto de di26

ferenciação e uma experiência de consumo para os consumidores. ao mesmo tempo, o formato único – topo rígido e corpo de filme laminado multicamada flexível – que oferece benefícios sustentáveis e melhora as oportunidades de branding. o ombro e a base da garrafa foram injetados juntos com o filme laminado pré-impresso pela Huhtamaki e montado na máquina aisapack aCM1. o corpo flexível da garrafa melhora a pega devido a sua capacidade de se moldar ao formado das mãos e a abertura pequena ajuda a evitar respingos, o que torna a embalagem ideal para o consumo on-the-go. Como pode ser apertada, ela também é indicada para consumidores de bebidas esportivas que podem controlar o fluxo da bebida. a embalagem está disponível em tamanhos de 250, 300 e 330ml. Ela pode ser produzida sem decoração para posterior rotulagem que proporciona a flexibilidade para pequenas produções ou para acomodar linhas de produtos com diferentes sabores. “o formato flexível e leve vai ser um sucesso entre os consumidores e demonstra como os fabricantes podem criar um ponto de diferenciação para suas marcas”, afirma Jonathan shaw, gerente de desenvolvimento de negócios da aisapack.

potes fáceis de abrir para todos os consumidores. os fabricantes de alimentos agora podem melhorar a abertura de potes de vidro e construir uma fidelidade de marca com a nova tampa orbit™. a primeira aplicação da tampa já está disponível no mercado nos potes de geleias

Fotos: Divulgação

matéria de capa | especial interpack

Formato único – topo rígido e corpo de filme laminado multicamada flexível

da empresa britânica duerr´s. a tampa consiste de duas partes: um painel central que é selado a vácuo e um anel externo que aciona a abertura e o fechamento. o design reduz significativamente o torque requerido para remover a tampa, tornando a abertura duas vezes mais fácil em comparação às tampas twist-off e melhora a conveniência para consumidores de todas as idades. “Melhorar a abertura dos potes era nosso objetivo. incorporando essa nova tampa em nossa embalagem, nós garantimos aos consumidores uma completa experiência de marca”,

CONvENIÊNCIA TAmpA prOmETE FÁCIL AbErTUrA pArA TOdOs a Crown Closures Europe, uma unidade de negócios da Crown Holding, inc., desenvolveu uma tampa inovadora que torna os

Abertura duas vezes mais fácil em comparação às tampas twist-off

Editora Banas

166_materia de capa.indd 26

31/5/2011 17:59:17


Editora Banas

166_materia de capa.indd 27

27

31/5/2011 17:59:24


afirma richard duerr, diretor de marketing e vendas da duerr´s.

gases propulsores. a ausência de gases propulsores simplifica o processo de envase e a cadeia de atualmente a tampa está dispofornecimento, reduzindo os cusnível nos diâmetros de 63 mm tos. “devido à crescente pressão e 70 mm. a indústria de do governo, os clientes estão busconsumo pode introducando tecnologias de dispensing zir a tampa orbit™ sem q u e oferecem os benefícios realizar mudanças sigfuncionais do aerossol, nificativas nos equimas mais amigáveis, pamentos de tampas com custo-benefício existentes e sem mudar e formatos fáceis de a terminação vidro, ou usar. nós acreditamos seja, mantendo exataque Flairosol oferece mente o mesmo padrão tudo isso, além de nodas tampas twist. vas oportunidades em sUsTENTAbILIdAdE termos de design de Um CONCEITO embalagem e maior fivErdE pArA delidade dos consumidIspENsING dores por meio da comBaseado na revoluciopra de refis”, afirma nária plataforma de tecdennis stevens, vicenologia Flair®, do grupo Embalagem apresenta presidente executivo holandês afa dispen- cabeça de dispensing de desenvolvimento reutilizável sing, o lançamento de de negócios do grupo Flairosol™, consiste de afa dispensing. uma cabeça de dispensing reusUsTENTAbILIdAdE tilizável e uma embalagem do FILmE COmpOsTÁvEL tipo bag-in-bottle totalmente de pArA bULbOs dE FLOrEs plástico. a tecnologia funciona Uma nova aplicação para o filme levando uma pequena quantide celulose compostável naturedade de líquido sobre pressão Flex™ da innovia Films. Ele foi no momento do uso, liberando escolhido por um consórcio de um jato consistente e fino como três exportadores holandeses para uma neblina. embalar uma linha de bulbos de disponível em volumes de aproflores. a embalagem é construída ximadamente 150ml até 1 litro, a de uma laminação do natureFlairosol oferece a performance de Flex™ nVs para papel e PLa e foi um spray comparável ao aerossol. desenvolvida pela Hapece Flexible a embalagem pode efetuar dos Packaging. “nossos clientes estatipos de execuções, cada uma com vam buscando uma embalagem características de spray dedicadas atrativa, de qualidade, amiga para uso específico – spray contído meio ambiente, e que fosse nuo ou doses predefinidas. transparente para visualização do a embalagem é livre de VoC, produto”, afirma Marius draayer, o que aumenta a performance diretor-geral da Hapece. “do ambiental e proporciona maior ponto de vista de convertedor, a segurança, pois ela não é presadição do natureFlex™ nVs nessa surizada como quando se usam aplicação também garantiu que a 28

embalagem ficasse de pé devido às propriedades de maleabilidade e rigidez.” os três exportadores holandeses que juntaram forças neste projeto são Florex, Kapiteyn e Mantel Holland. Eles criaram uma submarca para essa linha We Pack nature, em português, nós embalamos a natureza, que é apoiada em um velho ditado holandês que diz “Um melhor ambiente começa em casa.”

Fotos: Divulgação

matéria de capa | especial interpack

INOvAçãO Em vEZ dE prOpULsOr dE GÁs, dIspENsING UTILIZA Ar sensação do prestigiado prêmio Edison Best new Product 2011, em nova iorque, Estados Unidos, o airolux conquistou o prêmio prata com essa invenção inoControle de vadora. o prêmio foi pressão PCD concedido para a tec- patenteado nologia de dispensing air0Pack® que utiliza plástico em vez de metal e ar em vez de gás propulsor. o componente-chave inovador é o instrumento patenteado de controle de pressão PCd. “Com o julgamento de aproximadamente 2 mil experts da indústria e da ciência, nós nos encorajamos a introduzir a tecnologia para reduzir os custos de produção e de envase no mercado mundial”, afirma Quint Kelders, CEo da i.P.s. innovative Packaging solutions aG.

Editora Banas

166_materia de capa.indd 28

31/5/2011 17:59:28


A P-SPA também entrega benefícios ambientais como o baixo peso da tira de somente 3,8 gramas em comparação às tradicionais tiras plásticas de 17 gramas. O equipaA temperatura, a pressão de fixação e o posicionamento são complemente ajustáveis

mento pode operar até 50 embalagens (ou 5 tiras de 10 embalagens) por minuto.

TECNOLOGIA Acabamento verde de alto impacto

Foto: Divulgação

de diferentes comprimentos que permitem ser ajustadas para várias embalagens (6, 10 ou 12). O espaçamento das embalagens na tira pode ser ajustado, dependendo do design e do tamanho, garantindo que a sua melhor vantagem seja apresentada na loja.

A alemã Heidelberg foi parceira do espaço Innovationparc Packaging no segmento de saúde e bem-estar. Na mostra Dr. Happy, produtos e embalagens inovadores foram criados com a ajuda de parceiros de vários estágios da cadeia de valor da saúde. A Heidelberg apre-

TECNOLOGIA Embalagens prontas para exposição na gôndola A Ishida Europe acaba de lançar uma nova versão portátil para o seu sistema pioneiro Strip Pack Applicator (P-SPA), que produz tiras de embalagens prontas para exposição no ponto de venda. A temperatura, a pressão de fixação e o posicionamento são complemente ajustáveis, garantindo que diferentes tamanhos e pesos de embalagens sejam fixados consistentemente na tira, com resistência suficiente para prevenir que elas sejam destacadas durante o processo de embalagem e distribuição. Para manter a integridade da embalagem, o topo é dobrado antes da colagem da tira, de modo que a pressão ao remover a embalagem não danifique a selagem. Outra característica única do design é quando a embalagem é removida da tira, uma camada de adesivo é exposta. Isso permite que a embalagem seja reposicionada na tira, um recurso útil em lojas de outlets quando os consumidores mudam de ideia sobre suas compras. O formato da bobina oferece flexibilidade para tiras individuais Editora Banas

166_materia de capa.indd 29

29

31/5/2011 17:59:34


matéria de capa | especial interpack

sentou um acabamento amigo do meio ambiente com tecnologia cold foil para melhorar o design de embalagem desses produtos. Entre outros parceiros no projeto, estão Bialas runge Partner, Vermeulen Brand design, Brigl & Bergmeister, Michael Huber München, silfox Packaging e Global Color research.

reduz o uso de recursos e é ambientalmente mais amigo do meio ambiente. os rótulos das garrafas também receberam acabamentos com cold foil em um conceito de cor transparente. a caixa de papel cartão e os rótulos foram criados em cooperação com a Vermeulen Brand design e Brigl & Bergmeister e produzidos nas máquinas de pré-impressão e pós-impressão da Heildelberg, no Packaging Print Media Center, em WieslochWalldorf, na alemanha.

TECNOLOGIA UmA NOvA FOrmA dE EmbALAr GArrAFAs pET

Fotos: Divulgação

O cold foil foi aplicado somente nas áreas onde o efeito metálico foi exigido

30

Exemplos de produtos para o equílibrio da mente são quatro bebidas desenhadas para atender consumidores na fase de dormir, descansar, equilíbrio e felicidade. Cuidados foram tomados no desenvolvimento do design da embalagem para garantir uma apresentação atrativa com uma visão clara dos produtos. os designs de embalagem de dois componentes tornaram possível remover a bandeja da embalagem externa e colocar na posição vertical para facilitar a remoção das bebidas. o acabamento da embalagem é bastante atrativo com alta qualidade da tecnologia de cold foil. o uso dessa tecnologia da Heidelberg eliminou a necessidade de metalização de toda a superfície do cartão para obter um visual atrativo. o cold foil foi aplicado somente nas áreas onde o efeito metálico foi exigido. isso

o filme shrink é muito usado como embalagem secundária de garrafas PEt. Ele requer material de fonte fóssil e no processo de encolhimento o consumo de energia é relativamente alto. o desafio da alemã Krones foi criar uma alternativa econômica e inovadora no conceito de embalar. trata-se da Krones LitePack, uma tecnologia de fitas que substitui o filme shrink, que permite embalar 20% mais garrafas, além de reduzir custos em até 50% (em valor) e 75% de redução de consumo de material (garrafas Novo conceito de embalar permite reduzir 75% de consumo de material

A primeira máquina LitePack já foi vendida para uma empresa da Itália de 1,5 litro em 6 packs). a máquina opera com capacidade de 24 mil garrafas/hora e pode unitizar 2, 4, 6 ou 8 embalagens. segundo silvio rotta, diretor-comercial da Krones do Brasil, a fita apresenta um fecho que destrava e permite aos consumidores retirar apenas uma garrafa e depois ela se ajusta facilmente novamente às embalagens, garantindo a mesma estabilidade para o transporte. “a primeira máquina já foi vendida para uma empresa da itália”, revela o executivo. “a novidade também será lançada na Fispal tecnologia, em são Paulo.”

INFORMAÇÕES AISAPACK tel.: +41244820600 | www.aisapack.com AFA DISPENSING tel.: +31 (0) 205633001 | www.afadispensing.com CROWN EUROPE tel.: +44 1202774366 | www.crowcork.com MESSE DUSSELDORF tel.: +49 (0) 211456001 | www.interpack.com KRONES tel.: +49940170-0 | www.krones.com HEIDELBERG tel.: +49 (0)62219200 | www.heidelberg.com INNOVIA FILMS tel.: +44 (0) 1697342281 | www.innoviafilms.com ISHIDA tel.: +44 (0) 1216077700 | www.ishidaeurope.com I.P.S. tel.: +41 (0) 417663500 | www.ips-grp.com

Editora Banas

166_materia de capa.indd 30

31/5/2011 17:59:41


Editora Banas

166_materia de capa.indd 31

31

31/5/2011 17:59:45


Foto: Divulgação

especial interpack

32

Editora Banas

166_Artigo_Assunta.indd 32

31/5/2011 18:00:46


A embalagem

também precisa salvar os alimentos!

Foto: Divlugação

Excelente iniciativa apresentada na Interpack sobre a perda e o desperdício de alimentos no mundo e a proposta de mais estudos e prioridade para projetos que ajudem a salvar ou poupar alimentos em toda a cadeia de produção e diminuir desperdícios no consumo

a

ASSUNTA NAPOLITANO CAMILO* interpack é sempre muito mais do que uma feira de embalagens. Ela é internacional e palco de apresentação de máquinas, processos, insumos, matérias-primas, novidades, inovações e tendências. Foi assim em 2005, quando o evento lançou as novas alternativas de materiais diante da questão da sustentabilidade. Em 2008, ela inaugurou o parque das inovações, tentando reunir as propostas mais relevantes para as empresas aumentarem a sua competitividade, partindo de soluções inovadoras. ter participado da edição 2011 da interpack e de algumas discussões do Congresso “save Food” foram decisivos para reforçar minha vocação de trabalhar com embalagens e ver que o horizonte de trabalho pela frente é imenso e motivador, pois todos nós, profissionais de embalagens podemos fazer muito pelo futuro da humanidade.

Editora Banas

166_Artigo_Assunta.indd 33

33

31/5/2011 18:00:51


especial interpack

Sobre um dos maiores problemas da humanidade atualmente: alimentar nossa população

Desta vez, a proposta foi muito mais ampla e importante: a Interpack abriu a discussão sobre um dos maiores problemas da humanidade atualmente: alimentar nossa população, criando o congresso internacional: “Save Food”. O evento foi uma iniciativa conjunta da FAO e da Messe Düsseldorf, realizado nos dias 16

34

e 17 de maio de 2011. Também contou com uma exposição especial dentro da Interpack. O material publicado no congresso baseou-se nos estudos realizados pelo Instituto Sueco de Alimentos e Biotecnologia (SIK) e solicitado pela Organização para Alimentação e Agricultura da Organização das Nações Unidas (FAO). O período do estudo foi de agosto de 2010 a janeiro de 2011. Dois estudos foram realizados um para os países de renda alta/ média e outro para países de baixa renda – ambos destacaram as perdas de alimentos que ocorrem ao longo das cadeias alimentares inteiras e fizeram avaliações da magnitude dessas perdas. Além disso, o estudo identificou as causas das perdas de alimentos e prevenções possíveis. Em 2050, o planeta terá 9 bilhões de pessoas que precisarão ser alimentadas. Ao mesmo tempo, a população cresce mais rapidamente nos países onde a oferta de alimentos já é hoje insuficiente. A perda de alimentos é uma das causas do problema. Nos países menos desenvolvidos, até se perde 40 % dos alimentos antes de chegar ao consumidor. Na Europa, até 30 % dos alimen-

tos são desperdiçados. A batalha contra a perda de alimentos está se tornando uma tarefa central do desenvolvimento sustentável. Nos países em desenvolvimento, o alimento é perdido durante as fases iniciais e no meio da cadeia de abastecimento alimentar muito menos comida é desperdiçada pelo consumidor. Os resultados do estudo mostram que perda per capita de resíduos de alimentos pelos consumidores na Europa e na América do Norte é de 95-115 kg/ano, enquanto que este valor em Subsahara,na África, e Sul/Sudeste da Ásia é 6-11 kg/ano! Embora este valor per capita pareça pequeno, ao multiplicarmos pelo número de pessoas, temos a dimensão do problema. As causas das perdas de alimentos e resíduos em países de baixa renda estão principalmente ligadas às limitações financeiras e técnicas na técnica de colheita, instalações de armazenamento e refrigeração, embalagem, infraestrutura e sistemas de comercialização. Essas limitações em combinação com as condições climáticas causam grandes perdas de alimentos. Pode-se supor que as perdas de alimentos na produção de pequenos produtores são significativa-

Editora Banas

166_Artigo_Assunta.indd 34

31/5/2011 18:00:57


Editora Banas

166_Artigo_Assunta.indd 35

35

31/5/2011 18:01:02


especial interpack

mente superiores à produção em mentar nos países em desenvolgrande escala. Dado que muitos vimento precisam ser reforçadas pequenos proprietários vivem à por meio da organização de pemargem de insegurança alimenquenos agricultores e diversificar tar, uma redução das perdas de sua produção e comercialização, alimentos pode ter um impacto bem como por meio de invesimediato e significativo sobre timentos em infraestrutura de a sua subsistência. transportes, Melhorar a eficiência indústrias de A indústria de da cadeia de abastecialimentos e embalagem: Pode mento alimentar e a embalagens. redução de perdas de Tanto o seoferecer ajuda alimentos pode ajudar tor público e importante para a diminuir o custo dos privado têm reduzir as perdas alimentos ao consumium papel a de alimentos dor e, assim, aumendesempenhar. tar o acesso. Dada a As causas das magnitude das perdas de aliperdas de alimentos e resíduos mentos, a realização de invesem países de média e alta renda, timentos rentáveis para reduzir principalmente, se conectam ao as perdas poderia ser uma forma comportamento do consumidor, de reduzir o custo dos alimentos. bem como a falta de comunicaAs cadeias de abastecimento alição entre os diferentes atores

36

da cadeia de abastecimento. Os agricultores, muitas vezes, se sentem pressionados a entregar de acordo os fornecedores de supermercados, causando discrepâncias entre oferta e demanda. Em caso de excedente de produção, os acordos de ambos os contratantes e os subsídios agrícolas podem contribuir para que uma grande parte das culturas agrícolas seja desperdiçada e reinvestida no solo. Os estudos apresentam uma visão geral e identificam áreas prioritárias para as ações. • Agricultura: É confrontado com os desafios da sustentabilidade. Os problemas diferem muito de uma região do mundo para outro. Aumentar a produtividade de uma maneira eco-friendly e obter uma produção que melhor se adapte às condições locais têm o objetivo comum da conservação dos recursos na agricultura. Novas métricas de sustentabilidade serão relevantes. • A produção de alimentos terá um papel principal: As grandes corporações, assim como os pequenos fabricantes, deverão focar em produção e abastecimento de alimentos de acordo com a demanda do consumidor. A indústria alimentícia também está trabalhando em novas estratégias para a conservação dos recursos: o tratamento responsável dos agricultores, os métodos de produção sustentável, logística otimizada e design inovador dos produtos e embalagens são possíveis soluções. • A indústria de embalagem: Pode oferecer ajuda importante para reduzir as perdas de alimentos com estratégias de embalagens sustentáveis em

Editora Banas

166_Artigo_Assunta.indd 36

31/5/2011 18:01:10


Editora Banas

166_Artigo_Assunta.indd 37

37

31/5/2011 18:01:13


6

a

pesquisa destaque de preferência >

OS MELHORES FORNECEDORES DO MERCADO DE EMBALAGEM

A Pesquisa Pack Destaque de Preferência é realizada anualmente com executivos e profissionais da indústria de bens de consumo e do setor de embalagens, permite avaliar e comprovar quem são os melhores fornecedores desse mercado. A 6ª Edição da Pesquisa Pack Destaque de Preferência 2011 está aberta para votação e agora com mais facilidades.

VOTE E QUALIFIQUE SEU FORNECEDOR SUA PARTICIPAÇÃO É MUITO IMPORTANTE PARA O FORTALECIMENTO DO MERCADO DE EMBALAGEM

38

Siga no @EditoraBanas Editora Banas

166_Artigo_Assunta.indd 38

31/5/2011 18:01:15


2011

CONFIRA AS NOVIDADES DA 6ª PESQUISA PACK DESTAQUE DE PREFERÊNCIA 2011

> NOVO VISUAL Moderno e dinâmico.

> MELHOR ORGANIZAÇÃO DOS TÓPICOS Os tópicos foram organizados para exibir somente a categoria respondida.

> DIVISÃO DAS CATEGORIAS POR CORES As categorias foram dividas por cores para facilitar a identificação.

> SUPORTE EM TEMPO REAL Durante o preenchimento você deverá selecionar para cada categoria um fornecedor e duas razões de preferência. Se algum item não for corretamente selecionado o site exibe alertas e mensagens com instruções.

> RESPONDA DE ACORDO COM SUA DISPONIBILIDADE

Se precisar interromper a pesquisa suas respostas serão gravadas e você poderá continuar em outro momento, a partir do ponto em que parou.

www.pack.com.br

MAIS INFORMAÇÕES

Editora Banas 39 (11) 3500-1910 | publicidade@banas.com.br

166_Artigo_Assunta.indd 39

31/5/2011 18:01:30


Foto: Divulgação

especial interpack

Exposição paralela ao Congresso Save Food

40

toda a cadeia de valor. Com uma embalagem adequada será possível suprir a crescente população mundial de alimentos. A solução pode ser encontrada na conservação dos recursos pela função de proteção das embalagens (de higiene e manutenção mecânica, proteção contra a deterioração, transporte). Nos países desenvolvidos, embalagens inteligentes criam espaço como um suplemento para o clássico data de “melhor antes”. • O varejo: Tem que investigar as seleções das suas mercadorias, gestão da cadeia de suprimentos, logística e reciclagem de resíduos contra a perda de alimentos.

Editora Banas

166_Artigo_Assunta.indd 40

31/5/2011 18:01:35


Os estudos mostraram que, globalmente, um terço dos alimentos para consumo humano é desperdiçado

• Um papel importante sobretudo nos países ricos - é desempenhado pelo consumidor. Ele frequentemente compra e come com base em decisões mais emocionais do que racionais. Isso também afeta os tamanhos das embalagens e porções de alimentos. Superabundância incentiva uma “mentalidade do descartável” e o respeito aos alimentos é perdida. Os grupos de pressão como “Pare de desperdiçar alimentos” têm apontado soluções possíveis. As três regiões de renda média e alta abordados no relatório são: Europa, incluindo Rússia, América do Norte e Oceania, e industrializados da Ásia (Japão, Coreia do Sul, China). As quatro regiões de baixa renda incluídas no relatório são: África Subsahariana, África do Norte e Europa Ocidental e Ásia Central, Sul e Sudeste da Ásia, e América Latina. Entre os sete grupos de produtos abrangidos estão cereais, raízes e tubérculos, oleaginosas e leguminosas, frutas e produtos hortícolas, carne, peixe e frutos do mar, e produtos lácteos. Já entre as cinco etapas da cadeia de abastecimento alimentar, estão a produção

agrícola, manejo pós-colheita e armazenamento, processamento e embalagem, distribuição (atacado e varejo) e consumo. Os resultados dos estudos mostraram que, globalmente, um terço dos alimentos para consumo humano é desperdiçado, gerando uma perda de 1,3 bilhões de toneladas por ano. Isto significa, inevitavelmente, que também um terço dos recursos utilizados na produção de alimentos são em vão. Assim como um terço das emissões de gases de efeito estufa causado pela produção de alimentos são em vão. As perdas globais de alimentos como frutas e legumes e raízes e tubérculos são ainda mais elevadas e variam de 40% a 55%. A comida é desperdiçada ao longo da cadeia de abastecimento alimentar e da produção agrícola inicial até o consumo final das famílias. Nos países de renda média e alta dos alimentos é, em grande parte, desperdiçado, o que significa que o alimento é jogado fora, mesmo que ainda adequado para o consumo humano. Novos estudos da FAO mostram que poupar alimentos é mais eficiente do que aumentar a sua produção e soluções de embalagens alternativas são a chave para Editora Banas

166_Artigo_Assunta.indd 41

41

31/5/2011 18:01:39


especial interpack

Quando o alimento é jogado fora nos países ricos isso afeta a disponibilidade de alimentos nos países pobres

evitar as perdas de alimentos. Dado o fato de que os recursos são cada vez mais escassos no mundo é mais eficaz reduzir as perdas de alimentos do que aumentar a produção de alimentos. Desta forma, soluções de embalagens inovadoras desempenham um papel central neste contexto. Os pesquisadores investigaram a extensão e as razões para as

perdas de alimentos em várias regiões do mundo e lançaram uma luz sobre o papel da embalagem para evitar essas perdas. O objetivo desses estudos foi adquirir mais conhecimentos para alcançar a conservação dos recursos da segurança alimentar global. Segundo a FAO, os consumidores ocidentais também desempenham um papel fundamental.

Robert van Otterdijk, diretor da FAO para Alimentos Save explica: “Os produtos alimentares são negociados no mercado internacional e os resíduos de uma parte do mundo afeta preços em outras partes do mundo. Quando o alimento é jogado fora nos países ricos, isso afeta a disponibilidade de alimentos nos países pobres. E ele continua:. “Os nossos recursos naturais, como terra, água e energia são limitados, por isso é mais eficaz reduzir as perdas de alimentos do que aumentar a produção .” Esse artigo terá continuidade nas próximas edições, uma vez que seria impossível detalharmos todos os dados e propostas numa só edição. Este trabalho reforça o credo do Instituto de Embalagens: Embalagem Melhor. Mundo Melhor!

*Assunta Napolitano Camilo é diretora do Instituto de Embalagens e da consultoria FuturePack

42

Editora Banas

166_Artigo_Assunta.indd 42

31/5/2011 18:01:41


166_43_BRAGA.indd 43

31/5/2011 18:02:14


Foto: Divulgação

especial alemanha

Pedaços de fruta, sem adições

Destaques das visitas aos

supermercados

ASSUNTA NAPOLITANO CAMILO*

a

proveitamos a visita à feira interpack para conferir o status atual das embalagens na alemanha, nas cidades de düsseldorf, Köln, Krefeld e tönisvorst. Pesquisamos nos seguintes pontos de venda: real®, tchibo®, drogarie Markt (dM)®, douglas®, Bio Basic® (orgânicos), real-Future store® (supermercado do Futuro), C&a®, Kaiser® , Kaufhof® e aldi®.

a Europa vive uma crise econômica sem precedentes e um clima de instabilidade e de identidade se instaurou. algumas empresas já identificam seus produtos com a inscrição made in Europa para tentar “europalizar” e aumentar a aceitação de seus produtos ou em alguma medida diminuir a rejeição. os alemães cuidam da forma e da saúde, mesmo com uma alimentação baseada em batatas, embutidos e cervejas. o padrão médio não é de um povo obeso. assim, bem-estar e bem viver ou “wellness” são pontos fortes da cultura local. 44

notamos uma oferta superior de sucos, iogurtes, chás, águas e similares em relação aos refrigerantes. inclusive os consumidores podem comprar frutas e sucos “recém-espremidos”, bem como saladas recém-preparadas em quase todos os pontos de venda. Proposta concreta de saúde e conveniência acessível. Encontramos também muitos “smoothies” (sucos com alta concentração de frutas), sucos com pequenos pedacinhos de frutas e purês de frutas. a empresa schwartauer Werke®

Editora Banas

166_artigo_assunta2.indd 44

31/5/2011 18:02:48


Visita aos pontos de venda da Alemanha durante visita à Interpack apresenta destaques que comprovam as tendências de consumo

lançou há algum tempo a marca “Fruit 2 day”® que segue inovando os sabores. A cada estação apresenta uma cara nova. Nesta primavera, a embalagem se “vestiu” de havaiana, trazendo um suco com pedacinhos de fruta, sem açúcar no sabor exótico: fisália com nectarina! Encontramos a nova embalagem cartonada asséptica da TetraPak®, no leite Alpen milch®, que tem uma inclinação no topo que melhora o empacotamento ou a acomodação na embalagem secundária e melhora o derramamento do leite no copo. Falando de leite, vejam a proposta da Mondarin®, um arroz-doce pronto! Numa embalagem laminada, segura e conveniente: é só adicionar meio litro de leite e a tradicional delícia está pronta. Dentro das tendências de sustentabilidade, destaque para a embalagem Green Sense®, proposta da Wipak® para aplicação na categoria de fatiados, como presuntos, queijos e afins. Eles usam a base, ou seja, a bandeja de papel cartão resinado e o filme de fechamento frontal com papel na parte externa e com janela para

a visualização do produto. Isso aliás reforça a imagem, pois a impressão perfeita e o design maravilhoso da arte até dispensariam a janela.

de papel cartão pré-formadas, que valorizam o produto possibilitando decoração mais colorida e mantendo-o em pé.

A conveniência de pequenas porções é notada nos cereais, biscoitos, barras e outros produtos para consumo em escolas, escritórios e academias.

Outra aplicação de papel cartão é a embalagem-açucareiro da marca Diamant ®. A proposta torna a embalagem um utensílio: praticidade e elegância à mesa.

Cresceu o númeFalando em escolas, lá Cresceu o número ro de propostas e a quantidade de açúaplicações para o car nos doces e balas de propostas e blister de papel caré bem controlada. Os aplicações para tão, uma alternaticonfeitos, de forma o blister de va mais econômica geral, sempre têm algo e ecológica para papel cartão além, como vitaminas vários segmentos: ou colágeno, como as bazar, papelaria, famosas balinhas em formato de produtos pessoais, como bisnagas ursinhos, os “gummi bears”. e bastões de protetor labial (vide A marca N. A. !® (Natural Addicts) exemplo da Balea®), esparadrapo, oferece balas de frutas com 100% de fita isolante, pilhas, baterias etc. As frutas. É o snack de fruta, sem açú- alternativas para substituição do car ou adoçante nem conservantes. plástico bolha (ou blister) vão desde Original com embalagem moderna: colagem do cartão após prender o um stand-up pouch com design produto até a simulação de bolha limpo e imagens hiper-realistas des- com outra parte em papel cartão. tacam o produto na gondola. A solução apresentada pela HansaInteressante a solução das balas plast® é uma das melhores, pois alia a Brause Bärchen® em embalagens janela que permite a visualização do Editora Banas

166_artigo_assunta2.indd 45

45

31/5/2011 18:02:49


especial alemanha

Fotos: Divulgação

produto com o fato da embalagem ficar em pé ou ser pendurada.

Açúcar com canela: prático e elegante

Marcas próprias

Novo conceito de blister em mono material

Proposta exótica e saudável da Fruit 2 day

46

Nas drogarias de lá já estão disponíveis os desodorantes masculinos versão roll on com melhor “empunhadura e esfera maior ou extra grande para atender os homens cada vez mais preocupados com a aparência.

Elegância com tradição do iogurte Landliebe®: saudabilidade com requinte

As redes varejistas lá investem em marcas próprias. A rede de lojas Drogarie Markt®, ou dm®, similar a propostas das nossas “Lojas Americanas®” usa sua marca para uma enorme lista de produtos. Inclusive maquiagem e produtos pessoais. A cadeia do grupo Metro, o Real, tem três marcas: TIP®, Real e Real selection, além de variantes, como a Real Bio para a linha de orgânicos. A Rede vende produtos ali-

Editora Banas

166_artigo_assunta2.indd 46

31/5/2011 18:03:00


Editora Banas

166_artigo_assunta2.indd 47

47

31/5/2011 18:03:06


Versão das balinhas gelatinosas famosas, os “Gummi Bears” em “balde” de papel cartão

mentícios, bebidas, bazar, produtos pessoais e até produtos para animais ou “pet food” passando por produtos de limpeza.

Pequenos grandes produtos Outra curiosidade nos pontos de

48

vendas europeus são os pequenos produtos, como cremes, xampus, maquiagens. Enfim todos os tipo de produtos em tamanho portátil para ser usados em pequenas viagens, para levar à escola e ao escritório. São muito úteis! Grandes empresas, como por exemplo, a Beiersdorf ® mantêm as versões miniaturas de toda a linha Nivea para atender esta demanda de portabilidade.

Embalagem para lixo e as sacolas de saída de supermercados e lojas Nas prateleiras de saquinhos para lixo, há sacos de material reciclado com apelo ecológico e sacos com bactericida que são usados para as cestas de lixo de banheiros e cozinhas, segurança e saúde em primeiro lugar. As sacolas de saída são cobradas, portanto, poupadas.

Difícil serem vistas voando pelo ambiente. Bom exemplo, não é?

A global holandesa C&A

Foto: Divulgação

especial alemanha

A rede de lojas global C&A é holandesa, mas mantém lá o mesmo padrão consagrado mundialmente. Inclusive nas embalagens para presentes: como aqui são apresentadas em três tamanhos e são vendidas. A sacola de saída é de material plástico reciclado, com o apelo “we care” (nós cuidamos). Para os mais “engajados” na questão ambiental, é possível comprar sacola de algodão orgânico por € 1,50. Para tudo e todos sempre tem uma embalagem perfeita. Embalagem Melhor. Mundo melhor!

* Assunta Camilo é diretora do Instituto de Embalagens e da consultoria FuturePack.

Editora Banas

166_artigo_assunta2.indd 48

31/5/2011 18:03:18


Editora Banas

166_artigo_assunta2.indd 49

49

1/6/2011 16:41:51


notas técnicas

ROTULADORA AUTOADESIVA LINEAR A rotuladora autoadesiva linear MasterLine, comercializada pela PE Latina, dispensa o uso de chaves para set-up, sendo todos os manípulos sinalizados em vermelho. As regulagens disponí- veis atendem todos os tipos de formatos de embalagens (previamente selecionados) sem a necessidade de incluir acessório no momento de set-up. Basta montar e desmontar. A tolerância na aplicação dos rótulos (vertical e horizontal) pode variar da seguinte forma: dentro de ±0,5 mm em 70% das aplicações; ±1,0 mm entre 70,1 e 98% das aplicações e dentro de ±1,5 mm entre 98,1 e 99,9% das aplicações. Admite velocidades de cabeçotes de 40, 60 e 90 m/min. PE LATINA Máquina de Rotulagem Ltda. Tel.: (11) 3744-1430 | comercial@pelatina.com

EMBALAGEM DE VIDRO PARA CAFÉ Fabricante de embalagens de vidro, a OwensIllinois Brasil desenvolveu um novo shape exclusivo de café solúvel para o Grupo Três Corações. A novidade traz praticidade para o consumidor de café e, além de garantir qualidade ao produto, já que o vidro não altera o sabor e contribui para a conservação do produto envasado. O novo shape desenvolvido pela agência Pande Design Solutions é arrojado e mais anatômico, facilitando o manuseio da embalagem durante o dia a dia. A Owens-Illinois Brasil produziu três tamanhos de embalagem para a versão solúvel das marcas Santa Clara, 3 Corações e Pimpinela (50, 100 e 200 gramas). OWENS-ILLINOIS do Brasil. Tel.: (11) 2452-8000 | www.oidobrasil.com.br

IMPRESSORA POR TRANSFERÊNCIA TÉRMICA Solução econômica para codificar embalagens flexíveis, a nova impressora por transferência térmica VI 20i, da Domino, empresa representada no Brasil pela Sunnyvale, oferece maior flexibilidade e custos de operação mais reduzidos. O sistema i-Tech Ribbon Drive utiliza até 60% menos ribbon, além disso, os tempos de parada pelas quebras de ribbon são praticamente eliminados, já que os braços móveis mantêm a tensão constante. A cabeça de impressão digital de 300 dpi permite imprimir logotipos e texto numa grande área de impressão, oferecendo uma excelente capacidade de codificação. A seleção WYSIWYG de mensagens guardadas eletronicamente garante alterações de tarefas rápidas e sem erros. O equipamento tem software integrado para a criação de etiquetas. O operador pode criar formatos diretamente na linha de produção. A VI20i consegue imprimir em velocidades baixas e elevadas (10-750 mm/seg). SUNNYVALE Com. Representação Ltda. Tel.: (11) 3048-0100 | marketing@sunnyvale.com.br 50

Editora Banas

166_Notas Técnicas.indd 50

1/6/2011 13:46:41


Editora Banas

166_Notas TĂŠcnicas.indd 51

51

31/5/2011 18:04:10


notas técnicas

MÁQUINA AUTOMÁTICA PARA ENVASAR, SELAR E TAMPAR

MANTA PROTETORA A manta protetora Styromanta protege o produto contra riscos e arranhões, choques, umidade, manchas e vibração. Entre suas vantagens estão: menor custo por m2 em relação ao filme plástico e ao bolha, não mancha superfície esmaltada, pintada e polida, não gruda, protege todos os cantos, protege contra os múltiplos impactos, atóxico, inodoro e quimicamente neutro, 100% reciclável. Pode ser fornecida em bobinas inteiras e picotadas, folhas e lâminas sob medida, sacos sob medida, antiestático, autoextinguível e colorido. STYROPLAST Espumas Industriais Ltda. Tel.: (11) 3454-1000 | styroplast@styroplast.com.br

52

Com estrutura em aço inoxidável 304 e sobretampo de aço inoxidável com canaleta que facilita a limpeza, a máquina automática Delgo 900 utiliza bandejas pré-formadas e dosa um, dois ou três sabores. Utiliza selos pré-cortados ou em bobinas, operando com capacidade de produção de 900 a 1200 unidades/h. Possui controlador lógico programável que comanda os movimentos dos conjuntos para posicionamento e retirada das embalagens da mesa, dosagem dos produtos, aplicação do selo, selagem, aplicação e fechamento da sobretampa e impressão dos dados de fabricação. Além de movimento da mesa mecânico, acionado por motor, redutor, com controle de velocidade e programa supervisor que analisa a presença de embalagem e volume nos tanques para autorizar a execução das operações. DELGO METALÚRGICA Ltda. Tel.: (11) 4612-0011 | www.delgo.com.br

ROTULADORA Desenvolvida a partir de componentes construtivos e da experiência da Krones com máquinas de alto rendimento, a rotuladora Vinetta opera com capacidade de 4 mil a 8 mil envases/h. Ela é uma máquina rotativa que ocupa pouco espaço e conta com um depósito para uma reserva de 5 mil rótulos. Além de poder operar com cola fria ou etiquetas autoadesivas, a rotuladora oferece tempo curto de troca de formato, alta eficiência e disponibilidade prolongada. KRONES do Brasil. Tel.: (11) 4075-9500 | www.krones.com.br

Editora Banas

166_Notas Técnicas.indd 52

1/6/2011 13:46:55


notas técnicas

Editora Banas

166_Notas Técnicas.indd 53

53

31/5/2011 18:04:25


notas técnicas

MÁQUINAS MONOBLOCO ENXAGUADORA/ ENCHEDORA/TAMPADORA Com base em aço carbono totalmente revestida com aço inox, as máquinas monobloco enxaguadora/enchedora/tampadora, da Arbras, podem operar com produtos com gás (águas com gás, refrigerante, espumante, ice...) e sem gás (água sem gás, suco, vinho, destilado...). A estação de enxágüe possui válvulas com pressão controlada que asseguram a eficiência do enxágüe. O jato de água ocorre só com a presença da garrafa, o que proporciona ao cliente economia de água. As válvulas de enchimento são eficientes e específicas para cada produto. Os cabeçotes tampadores são adequados para cada tipo de tampa, assegurando que todas as garrafas saiam com a mesma pressão de fechamento. Versáteis, as máquinas podem trabalhar com garrafas de vidro ou plástico de 200 ml a 3 litros. Atendem demandas de pequena e média produção, com capacidade de 1.000 até 50.000 garrafas/hora. ARBRAS Máquinas para engarrafadores Ltda. Tel.: (54) 3289-8800 | comercial@arbras.com.br

SISTEMA DE PESAGEM TOUCH SCREEN O sistema de pesagem touch screen comercializado pela Perfor possui nova eletrônica com display 7” e processamento duplo. Além de melhor processamento de dados, confiabilidade na informação, maior facilidade de operação e maior visualização por parte dos operadores. PERFOR Indústria de Máquinas Ltda. Tel.: (47) 3383-0731 | vendas@perfor.com.br

EMBALAGEM A Rigesa, em parceria com a Scholle Packaging, apresenta a Jerribox, uma nova solução de embalagem para acondicionamento de óleo vegetal e líquidos em geral. A grande vantagem é que o produto permite que os clientes continuem utilizando o seu atual sistema de envase, não necessitando de adaptação e investimento na linha de produção. Com capacidade entre 5 l e 20 l, a embalagem tem cartucho pré-montado com bolsas dobradas de forma especial e embalagem de papelão ondulado de alta resistência. Oferece fácil lavagem e descarte, possibilitando enchimento com alta velocidade, além de ser reutilizável e 100% reciclável. RIGESA Celulose Papel Embalagens Ltda. Tel.: (19) 3707-4000 | www.rigesa.com.br

COPOLIÉSTER O copoliéster Tritan™, da Eastman, que combina as propriedades de claridade e resistência ao calor e química, foi utilizado para a nova garrafa de filtragem de água Clear2Go da Applica Water Products LLC. O material é fabricado sem o BPA (bisfenol A) e permitiu criar um produto Premium que melhora a percepção do consumidor de beber de uma garrafa reutilizável. O Tritan™ possibilita um sistema de fácil compressão sem comprometer a claridade, o sabor e o odor. Além de permitir uma garrafa durável mesmo quando colocada na máquina de lavar louça, resistente a altas temperaturas, à descoloração e ao odor. EASTMAN do Brasil Ltda. Tel.: (11) 4506-1000 | eastmanbr@eastman.com

54

Editora Banas

166_Notas Técnicas.indd 54

1/6/2011 13:47:10


166_55_EPSE.indd 55

31/5/2011 18:05:01


informe publicitário

A PEQUENA EMPRESA É QUEM MAIS PRECISA DE BOAS EMBALAGENS Pena que a maioria delas não sabe disso...

H

oje a grande maioria das empresas brasileiras, sobretudo, as menores não dispõem de recursos para investir em marketing e na divulgação de seus produtos. Aproximadamente 90% dos produtos encontrados nos supermercados não têm apoio de marketing. Não é um dado desanimador, ele indica que, na grande maioria das vezes, os produtos se encontram em igualdade de condições no ponto de vendas, pois dependem única e exclusivamente de suas embalagens para competir. As pequenas empresas têm, na verdade, uma grande oportunidade de competir para valer, desde que seus produtos tenham boas embalagens e compatíveis com o padrão visual da categoria na qual competem. Pena que a maioria delas não sabe disso. Nem sabe que podem ter embalagens tão boas quanto às de seus maiores concorrentes. Segundo pesquisas do Comitê de Estudos estratégicos da Associação Brasileira de Embalagem (Abre) , o consumidor não separa a embalagem de seu conteúdo. Para ele, os dois constituem uma única entidade indivisível. Para os consumidores, a apresentação visual de um produto, feita por sua embalagem, é decisiva para a formação de sua opinião, pois ela é um instrumento de avaliação e referência que eles utilizam para posicionar o produto no ranking das opções disponíveis para sua escolha. O design da embalagem tem impacto no processo de escolha, já que agrega valor e significado aos produtos de consumo. Além de ser o principal responsável pela percepção final dos produtos no mercado. Um exemplo deste impacto e sua contribuição é o desempenho das marcas próprias dos supermercados britânicos. Na Inglaterra, as marcas próprias respondem hoje por cerca de 50% dos produtos vendidos no país. O projeto original que colocou as marcas próprias na liderança absoluta do mercado partiu da iniciativa dos gestores ingleses. Eles constataram que os produtos de marca própria, por não disporem dos recursos que os produtos de marca têm, precisariam encontrar novos argumentos para convencer os consumidores. Ao analisarem os caminhos que poderiam seguir, estes profissionais perceberam que oferecer apenas preços mais baixos não seria suficiente, pois desvalorizariam a escolha dos consumidores. Enquanto os produtos regulares têm marcas fortes, história, tradição e uma identidade construída ao longo do tempo, os produtos de marcas próprias largavam do “box” sem nenhum

56

destes atributos. A solução de sucesso dos supermercados ingleses foi criar embalagens visualmente mais atraentes que as das marcas regulares que, justamente por causa de seus atributos históricos, tinham uma imagem consolidada que precisavam zelar. Ao contratar os melhores escritórios de design da Inglaterra, que por sua vez, contrataram os melhores ilustradores e fotógrafos, os supermercados ingleses viraram o jogo ao seu favor, apresentando em suas gôndolas as embalagens mais bonitas do mundo. No Brasil, o caminho foi inverso. Por aqui, os supermercados acreditaram que o consumidor brasileiro era um “baixa renda” ignorante e despreparado para o consumo e que, justamente, por isso aceitaria comprar qualquer coisa desde que o preço fosse baixo. Ledo engano. O consumidor brasileiro foi educado para o consumo pela ação efetiva das maiores multinacionais de produtos de consumo que aqui se instalaram a partir dos anos 20, trazendo para o País suas marcas líderes mundiais e as melhores agências de propaganda da época para apoiá-las com anúncios e campanhas de comunicação. A Kollinos, que surgiu em 1917, chegou ao Brasil, em 1919. Ela protagonizou campanhas memoráveis, ensinando os brasileiros a importância de escovar os dentes todos os dias. O mesmo aconteceu com suas parceiras internacionais que trouxeram para nosso País o que havia de melhor na cultura de consumo do planeta. O consumidor brasileiro é educado para o consumo e sabe exatamente quais são os produtos líderes e as melhores marcas. Não é por outro motivo que uma pesquisa da AC Nielsen revelou que 75% das marcas líderes no Brasil são de produtos mais caros em suas categorias. A opção das marcas próprias nacionais por produtos mais baratos sem se preocupar com a apresentação visual de suas embalagens custou muito caro. Enquanto na Inglaterra, Suíça, Holanda e Alemanha, os produtos de marca própria detêm participações próximas dos 50%, no Brasil, elas respondem apenas por 7% dos produtos vendidos nos supermercados. Isto serve apenas para confirmar que o design de embalagem tem impacto no desempenho dos produtos no mercado. Depois de perceber que seus produtos eram rejeitados pelos consumidores porque suas embalagens eram muito inferiores em comparação às embalagens dos produtos de marca, os supermercados

correram atrás do prejuízo e agregaram um bom design. O resultado: vendas saltaram. Com a nova identidade visual, a linha de produtos Carrefour obteve um aumento médio nas vendas de 150%, com itens, como o café torrado e moído, que aumentou 300% suas vendas apenas com a mudança do design de sua embalagem. Resultados impressionantes como este também estão sendo alcançados por pequenas empresas espalhadas pelo Brasil que aderiram ao Programa de Design proporcionado pelo convênio firmado entre o Sebrae e a Abre. Aumento nas vendas da ordem de 100, 200, 300 e até 500% tem sido alcançados pelas empresas que receberam os projetos de design fornecidos pelo convênio. Os mais de 350 projetos realizados até o momento são uma prova definitiva que não importa o tamanho da empresa, o design de embalagem tem impacto em seu negócio e precisa ser incluído na busca do melhor desempenho competitivo de seus produtos. Por dispor de poucos recursos para competir, a pequena empresa tem na maioria das vezes apenas a embalagem como ferramenta de apoio na venda de seus produtos. Porque então não fazer deste recurso o seu diferencial? O consumidor não separa a embalagem de seu conteúdo nem sabe se o produto foi confeccionado por uma empresa pequena. Portanto, por meio de suas embalagens, a pequena empresa pode ser grande aos olhos de seus consumidores.

Foto: Divulgação

FÁBIO MESTRINER*

*Fabio Mestriner é coordenador do Núcleo de estudos da Embalagem – ESPM e coordenador do Comitê de Estudos Estratégicos - ABRE

EDITORA BANAS

166_ESPM_Informe Publicitário.indd 56

31/5/2011 18:05:30


painel de negócios

embalagens, máquinas, equipamentos e acessórios

ANUNCIE AQUI! PAINEL DE NEGÓCIOS

MÍDIAS

DIGITAIS

LIGUE OU ENVIE EM E-MAIL

(11) 3500-1910

publicidade@banas.com.br

Endereço eletrônico com conteúdo complementar à Revista Pack. Leia a versão digital da revista do mês e anteriores na íntegra e acompanhe diariamente as notícias sobre economia, política, tendências, produtos e serviços industriais. Confira a agenda de cursos e principais eventos do setor.

www.pack.com.br/blog

www.pack.com.br

@EditoraBanas

Conteúdo informativo em tempo real. Siga a Editora Banas no Twitter e fique atualizado com as últimas informações do mercado industrial e de embalagens.

166_Painel de Negócios.indd 57

Newsletter quinzenal da indústria. Um resumo dos principais fatos e acontecimentos da quinzena entregues no seu e-mail. Política, economia, gestão, sustentabilidade e as novidades do mercado para auxiliar na estratégia de sua empresa.

Seu espaço para trocar informações, compartilhar experiências e encontrar soluções para os seus negócios. O Blog acompanha o mercado de embalagens no Brasil e no exterior, trazendo tendências, novidades e curiosidades que envolvem toda a cadeia produtiva do setor.

ACESSE

1/6/2011 17:27:43


índice de anunciantes página

empresa

site

empresa

site

3ª Capa..... ABRE.....................................................www.abre.org.br

42.............. LE PRINT............................................www.leprint.ind.br

2ª Capa..... AMAZONAS............................... www.amazonas.com.br

40.............. MANULI FITASA.....................www.manulifitasa.com.br

5................ ANTILHAS.....................................www.antilhas.com.br

49.............. METALGRÁFICA .................. ITAQUÁ........................www.metalgraficaitaqua.com.br

53.............. ANUGA................................................. www.anuga.com 50.............. ARBRAS...........................................www.arbras.com.br 19.............. AVERY DENNISON.......... www.enhanceyourbrand.com

48.............. PAKTECH.................................... www.paktech-opi.com 46.............. PH FIT.................................................... www.ph-fit.com

13.............. BP FILMS....................................... www.bpfilms.com.br

55.............. QUALINN........................................www.qualinn.com.br

43.............. BRAGA..............................................www.braga.com.br

31.............. MWV......................................www.meadwestvaco.com

47.............. COGNEX.................................. www.cognex.com/plusid

17.............. SALAZAR................. www.salazarcomponentes.com.br

34.............. FASCREEN...................................www.fascreen.com.br

4ª Capa..... SELOVAC........................................www.selovac.com.br

37.............. FOREST PAPER....................... www.forestpaper.com.br

52.............. SICAD.................................................www.sicad.com.br

11.............. HAVER BRASIL........................www.haverbrasil.com.br

51.............. SIG COMBIBLOC.............................. www.sig.biz/brasil

35.............. IBEMA..............................................www.ibema.com.br

41.............. STRAPET........................................ www.strapet.com.br

57.............. IGARATIBA...................................www.igaratiba.com.br

36.............. TECHNOPACK.........................www.technopack.com.br

54.............. INNOVIA FILMS..........................www.innoviafilms.com

58

página

27.............. TETRA PAK................................... www.tetrapak.com.br

12 e 58..... INSTITUTO DE .................. EMBALAGENS ....www.institutodeembalagens.com.br

41.............. TRANSERG.................................. www.transerg.com.br

23.............. IRANI................................................... www.irani.com.br

21.............. VIDEOJET...........................................www.videojet.com

29.............. KRONES......................................... www.krones.com.br

50.............. VIDROPORTO............................ www.vidroporto.com.br

Editora Banas

166_Indice de Anunciantes.indd 58

1/6/2011 17:33:29


166_3CAPA_ABRE.indd 59

31/5/2011 18:06:59


166_4Capa_SELOVAC.indd 60

31/5/2011 18:07:23

Profile for Revista Pack

Revista Pack 166 - Junho 2011  

Revista do Mercado de embalagens

Revista Pack 166 - Junho 2011  

Revista do Mercado de embalagens

Advertisement

Recommendations could not be loaded

Recommendations could not be loaded

Recommendations could not be loaded

Recommendations could not be loaded