Issuu on Google+

HOME OFFICE ORGANIZADO, BONITO E FUNCIONAL. UM AMBIENTE BEM DECORADO TAMBÉM INFLUENCIA NO BOM DESEMPENHO

TURISMO

O território inca do Peru reserva atrativos que incluem museus e sítios arqueológicos, praias e dunas, enigmáticas ruínas de pedras e muita história

ADRENALINA MUITA EUFORIA E FELICIDADE NO PRIMEIRO SALTO DE PARAQUEDAS

Marlon Teixeira AGOSTO • SETEMBRO 2015 / ANO 02 / #08 / R$11,00

WWW.REVISTAOUSE.COM.BR 4 375678 500562

00008

O MODELO BRASILEIRO MAIS FESTEJADO NO MUNDO DA MODA PRESERVA O JEITO DE MENINO DE PRAIA, QUE NÃO CONSEGUE FICAR LONGE DO MAR E NEM DA GALERA


2

R E VI STA O U SE


A GOS TO • S ET EM B RO 2 0 1 5

3


4

R E VI STA O U SE


A GOS TO • S ET EM B RO 2 0 1 5

5


6

R E VI STA O U SE


A GOS TO • S ET EM B RO 2 0 1 5

7


CARTA DO EDITOR

Direção Juliana Amarante juliana@revistaouse.com.br • 47 9971 0250 Direção Comercial Armandio Nascimento armandio@revistaouse.com.br • 47 9104 7233

EMOÇÕES À FLOR DA PELE

Jornalista responsável Adriana Schimila (MTB 4466SC) ouse@revistaouse.com.br • 47 9248 3552 Conselho editorial Francine Mirele da Silva jornalismo@revistaouse.com.br Redação Francine Mirele da Silva Joana Gall Fabiana Roza Revisão de Texto Nane Pereira nane@nanepereira.com Comercial Blumenau e Vale do Itajaí Douglas Rubens Jahn douglas@revistaouse.com.br • 47 9191 6930 Comercial Litoral Armandio Nascimento armandio@revistaouse.com.br • 47 9104 7233 Projeto gráfico e diagramação Bespoke Content contato@bespokecontent.com.br Administrativo e financeiro Carolina Tolentino financeiro@revistaouse.com.br • 47 9172 5364 Assinaturas assinaturas@revistaouse.com.br 47 3055 2777 Circulação Principais cidades: Blumenau e Vale do Itajaí, Balneário Camboriú e litoral Periodicidade Bimestral A Revista Ouse é uma publicação editada por Editora Top Ltda. Rua 1400, nº 135, sala 04. Condomínio Empresarial Barcelona Plaza Centro - Balneário Camboriú/SC - Brasil (quadra do mar) Cep: 88.330-530 47 3055 2777 | 9172-5364 www.revistaouse.com.br Impressão Gráfica ZF Tiragem: 8500 exemplares. Artigos assinados não expressam, necessariamente, a opinião da revista.

8

R E VI STA O U SE

C

ABELOS ENCARACOLADOS meio desgrenhados e um jeitão de menino de praia, Marlon Teixeira é um dos modelos mais bem-sucedidos dos últimos tempos e estampa a capa desta edição da Revista Ouse. Pular de paraquedas, jantar com vista para a Torre Eiffel, a paixão pela fotografia, trabalhar em home office e curtir um dia de sol à beira da piscina. Estes são apenas alguns dos destaques desta edição. Matérias com conteúdo e qualidade. Dicas de produtos e lugares incríveis. É desta forma e com muito carinho que estamos construindo a cada edição uma revista de sucesso, e, o melhor, feita exclusivamente para você. Uma viagem sempre envolve muitos preparativos, ainda mais quando o propósito é transmitir todas as emoções em um texto destinado a um público inteligente e seleto, como os leitores da Revista Ouse. A experiência de uma semana no Peru rendeu milhares de fotos, novas amizades, lindas lembranças e um grande ensinamento: ‘A Pachamama (Mãe Terra) nos oferece tudo o que precisamos para ser feliz. Basta saber usufruir e agradecer a todo instante’. Viajar para o Peru é se conectar com o íntimo e acessar os sentimentos mais reservados. Emoções à flor da pele e experiências incríveis. Nunca a conhecidíssima frase de Mario Quintana me fez tanto sentido: “Viajar é trocar a roupa da alma”. Boa leitura! Adriana Schimila


O

S E U

P O D E

S E R

U M

F E N P A R

Casa é endereço, lar é aconchego. Uma casa não é feita só de cômodos, paredes e tijolos. Casa é lar e lar é onde a alma mora, quer seja em uma construção ou em outra pessoa.

fenpar.com.br A GOS TO • S ET EM B RO 2 0 1 5

9


COLABORADORES PEDRO HERING BELL

FRANCINE MIRELE DA SILVA

Admirador de boa gastronomia e arte, o blumenauense é tataraneto de Hermann Hering, e tem moda em seu DNA. É diretor da Image Care Assessoria de Comunicação e atende clientes VIPs em todo o estado. Nesta edição assina a coluna Destaque Social, de Blumenau.

Jornalista desde 2009, ela atua na produção e no conselho editorial de revistas segmentadas.

FÊ MARINS

Consultora de mídias sociais, apaixonada por eventos, fotografias e está sempre perto de gente como a gente. Vive a vida rodeada de amigos, família e sorrindo. Formada em Administração de Empresas, é mané da ilha, mas vive e ama Blumenau. VANESSA GEHRKE

Mantém um blog de moda inspirado na avó Narcisa (in memoriam), que também era apaixonada pelo universo feminino. Personal stylist e advogada, ela também é apaixonada por viagens e acredita que a moda deve ser agradável, divertida e despretensiosa.

ALEX FERRER

Jornalista multimídia, bon vivant e bem-humorado, o brasiliense radicado em SC foi entrevistado pelo Jô Soares e recebeu do apresentador Amaury Jr o título de “Embaixador de Balneário Camboriú “, cidade que ama e onde ficou conhecido por pilotar eventos com sua disputada lista Vip.

JULIANA AMARANTE

Eclética e muito dinâmica, Ju, como é carinhosamente chamada pelos amigos, é muito mais do que uma diretora de revista. Ela adora estar por dentro das novidades e não mede esforços para fazer acontecer. Com certeza, cada matéria desta revista tem uma pitada de ousadia desta arrojada empresária.

10

NAIANE NUNES

ANDRÉ CAETANO

Modelo, empresária e desbravadora de novos mundos. Naiane gosta de viajar, ama o trabalho e culturas diferentes. É responsável pela coluna Vitrine USA.

Presença fundamental em todos os eventos importantes da região, o assessor de imprensa e colunista André Caetano é super conhecido na sociedade, frequentador de bons restaurantes, locais charmosos e de bom gosto. Tem a responsabilidade com a comunicação acima de tudo. De Santo Ângelo, ele veio para conquistar Balneário Camboriú.

R E VI STA O U SE

LUCAS PETRELLI

Lucas Petrelli Wilmer é diretor executivo da Casa Cor SC, formado em Arquitetura e Urbanismo pela USFC


MÓVEIS E DECORAÇÕES | CORTINAS E PERSIANAS | PAPEL DE PAREDE | TAPEÇARIA | LUMINÁRIAS

Rod. BR 470, Km 70, nº 475, Mod.04, Indaial, SC, (47) 3333 8785, contato@viahaus.com.br A GOS TO • S ET EM B RO 2 0 1 5

11


SUMÁRIO AGOSTO/SETEMBRO 48 INICIATIVAS Mulheres dividem a rotina do trabalho, casa e lazer com os estudos. Uma das alternativas é o ensino a distância

60 ENTREVISTA Mario Sergio Cortella revela quais são os aspectos necessários para se tornar um líder e discorda sobre o pessimismo sobre a crise econômica no País

62 MÚSICA Com estilo próprio, John Mueller traz na bagagem uma sonoridade forte com novos arranjos, sintonizado com todas as tendências da música popular brasileira

92 CASA & CIA A área externa da casa é um verdadeiro refúgio e por isso merece atenção na hora de decorar

40 PERFIL Reconhecido médico cardiologista, Melchior Moser revela que lidar com o ser humano é um atributo nobre da profissão

12

R E VI STA O U SE

68 MARLON TEIXEIRA

O moreno de 24 anos, 1,87m de altura está no ranking dos maiores e mais quentes modelos de todos os tempos

#08


Nós Indicamos 14 Vitrine USA 16 Em Foco 18 Bon Appétit 20

Vinhos 24 Coluna Decanter 26 Coluna Casa Cor 28 Ouse Decor 30

Publieditorial 78 Tecnologia 100 Ouse Prime 102 Social 106

44 ADRENALINA Repórter da Ouse relata a adrenalina, a euforia e a felicidade no primeiro salto de paraquedas

36 OPORTUNIDADE Comum entre adolescentes, a viagem de estudo ou trabalho no Exterior está se tornando uma opção também para pessoas acima dos 30 anos

74

64

42

LIFESTYLE Registrar detalhes do cotidiano, as viagens, o caos urbano, atrai cada dia mais adeptos, pessoas que encontram beleza e paz no ato de fotografar

ACELERANDO O Novo Kia Quoris 2016 esbanja luxo e tecnologia e agrada os motoristas mais autênticos

BUSINESS Ao vencer o Top of Mind pela quarta vez consecutiva, a FG Empreendimentos afirma positivismo nos negócios

54 SAÚDE E BELEZA Confira os tratamentos indicados para melhorar a aparência do contorno do rosto

54 BEM COMER Confira opções de restô com gastronomia indo-asiática e outro com pratos mais saudáveis

34

80

22

GIRO DE MODA Confira dicas de como usar a barra da calça jeans dobrada

TURISMO Peru tem uma deliciosa gastronomia, considerada a melhor da América Latina, ricos museus e animada vida noturna

OUSADIA Sem medo de inovar no visual, homens apostam na tendência dos cortes de cabelo, barba e bigode em estilo mais retrô

A GOS TO • S ET EM B RO 2 0 1 5

13


NÓS INDICAMOS

ESCOLHA DA REDAÇÃO A equipe da redação escolheu algumas novidades em tecnologia, acessórios e artigos para decoração que caíram no gosto deles. Confira e inspire-se você também

[ CASA ]

COZINHA EQUIPADA A Bella Inox, loja da Tramontina em Blumenau, tem quase mil itens a pronta entrega. São faqueiros, panelas, utensílios e uma completa linha de churrasco. Uma das novidades é o conjunto de panela skye. Com cinco peças em alumínio, as panelas tem acabamento antiaderente starflon plus e revestimento externo siliconado com efeito furta-cor. Agora em novo endereço, na Rua Sete de Setembro, 2405, a loja também conta com taças, jarras, guardanapos, argolas para guardanapo e sousplat.

Fotos: Divulgação

14

R E VI STA O U SE


[ QU E M NÃO T E M COL Í R IO... ]

ÓCULOS KOMONO Para os que apreciam design e qualidade até na hora de escolher os óculos de sol, o modelo Riviera Black, da Komono é uma ótima opção. A marca belga está presente em mais de 60 países e desenvolve óculos de sol totalmente atemporais, sendo considerados verdadeiros itens de design. As peças possuem dobradiças e hastes internas de metal de alta qualidade, o que resulta em maior conforto e durabilidade.

[ DECOR AÇÃO ]

LANÇAMENTO Produzido em cristal chumbo na cor aquamarine escuro e verde esmeralda, este lindo vaso é puro luxo. Fabricado pela Cristais Di Murano, a peça se destaca pelos cordões que envolvem o vaso, confeccionados em cristal com ouro 24k. A designer Odete David Cavalli é responsável por esta obra prima.

[ T R ATA M E N T O ]

CABELOS AO VENTO [ BARBA E BIGODE ]

PARA ELES Com um charmoso suporte para o pincel e para o aparelho de barbear, a coleção masculina Collezione Barbiere, da Acqua di Parma, traz ainda o Soft Shaving Cream, uma emulsão suave e também hidratante graças à amêndoa e aos óleos de germe de trigo. Além do Delicate Exfoliant Gel, ideal para a limpeza diária da pele, com uma leve exfoliação.

Presente em mais de 56 países a marca brasileira, mas com tecnologia e sofisticação francesa, Ng de France oferece uma linha de tratamento destinada as mulheres com cabelos finos e loiros. O kit conta com cinco produtos, como shampoo, emulsão Silver, máscara, Biossentiel Oil e o Sérum iluminador, todos focados no tratamento capilar, enriquecidos pelos óleos essenciais orgânicos, provenientes de flores como rosas, lavandas, e outras. Você encontra estes produtos no Salão Bel 1Pierre, no Shopping Park Europeu, em Blumenau.

A GOS TO • S ET EM B RO 2 0 1 5

15


VITRINE USA

DIRETO DOS ESTADOS UNIDOS Confira uma seleção com as melhores novidades diretamente da terra do Tio Sam www.usatobra.com / @usatobra

[ PERFUME ]

TERRE D’ HERMÈS Para os homens vaidosos, que possuem bom gosto e querem acertar na dose de sedução, o Terre d´Hermès é o perfume mais desejado pelos homens de várias nacionalidades. Fabricado pela Hermes, marca de luxo francesa. Possui uma combinação exótica de componentes que giram em torno de uma matéria-prima e sua metamorfose. Um romance que expressa o poder alquímico dos elementos. A água em algum lugar entre a terra e o céu. Uma viagem imbuído de força e poesia.

MAMAROO Um produto fantástico para o seu bebê. Principalmente para aquela mãe que ama dar atenção para o seu filhote, mas de vez em quando precisa executar alguma atividade com o pequeno por perto, desejando a melhor interação que ele merece. O Mamaroo é um dos balanços mais cobiçados pelas mães americanas, pois foi desenvolvido para proporcionar ao bebê a mesma sensação de balanço e movimento que os pais muitas vezes fazem com eles no colo. Ele possui cinco tipos de movimentos exclusivos, oferecendo conforto, entretenimento e relaxamento ao baby. 16

R E VI STA O U SE

Fotos: Divulgação

[ BEBÊ ]


[ MODA ]

VANS - COLEÇÃO LIMITADA DISNEY A Vans é um dos sneakers mais populares nos Estados Unidos. Com cores, modelos e formatos sempre diferentes. Atende o público masculino, feminino e infantil de todas as idades. A marca em parceria com a Disney lançou essa nova coleção, que além de linda e fofa está muito bem produzida, trazendo seu personagem favorito aos seus pés. Desde os clássicos como Mickey, Minnie, Pateta, Pato Donald, até o Ursinho Puff, a Ariel da Pequena Sereia, a Bella, entre outras princesas dos filmes. Se você é fã, vale a pena a compra, que além de trazer lembranças, nos faz reviver a magia da infância. [ N U T R IÇÃO ]

BOOTEA TEATOX O Bootea é um chá detox que permite a desintoxicação e uma limpeza profunda no organismo. Ele ajuda no desinchado, no mal estar e eliminação de gorduras. Um produto desenvolvido para motivar quem busca uma vida mais saudável, ou quem já possui uma rotina e busca um balanço ainda melhor. Possui uma mistura e combinação de produtos naturais como: chá chinês Oolong, raiz de gengibre, sementes de erva-doce, capim-limão, folha Dandelion, raiz de Ginseng, Gotu Kola folhas, Senna folhas, folhas de hortelã-pimenta, sementes de feno-grego, raiz de alcaçuz, raiz de bardana, entre outros. Possui diferentes ciclos para tratamento, iniciando partir de 14 dias, ou 28 dias, para o uso diurno e noturno.

[ CASA ]

ROOMBA Quem já imaginou limpar a casa, escritório ou qualquer ambiente, sem trabalho algum? Impossível de pensar assim não é? Pois é, mas o Roomba foi criado para impressionar o consumidor e facilitar a vida e o tempo de quem o otimiza. Ele é um aspirador compacto em formado de disco, que funciona automaticamente como um robô. Recarregavel e adorado pelos americanos, o aparelho remove até 50% a mais das impurezas do ambiente do que um aspirador convencional, eliminando todos os tipos de sujeiras e poeiras.

A GOS TO • S ET EM B RO 2 0 1 5

17


EM FOCO

[ GASTRONOMIA ]

MERCADO PÚBLICO Todo reformado e após longos 15 meses fechado, o Mercado Público de Florianópolis voltou a ganhar vida no início do mês de agosto

Foto: Eduardo Valente

18

R E VI STA O U SE

COM A REABERTURA, O TRADICIONAL ponto de encontro dos moradores da cidade está lindo e merece uma visita. Música, movimentação, mesas lotadas e alegria. O local, é de descontração, para fazer compras ou apenas aproveitar um dia de sol. Para quem ficou com vontade de conhecer ou rever, o Mercado Público funciona de segunda a sexta-feira. O comércio das 7h às 19h. Já os bares e restaurantes funcionarão até as 22h. Aos sábados, o comércio terá atividades das 7h às 14h, e os bares e restaurantes, até as 17h, podendo prorrogar até as 19h, dependendo do movimento.


Fotos: Divulgação

[ LIVROS ]

PAPAI É POP Aos futuros papais ou para aqueles super antenados aí vai uma dica de leitura. O comunicador de rádio Marcos Piangers acaba de lançar o livro ‘Papai é pop’. Ele descobriu ao ser pai jovem que as preocupações com a casa, com o berço, com o espaço para as crianças brincarem não fazem diferença nenhuma, o que vale mesmo não é comprar os melhores brinquedos, porque as crianças gostam de verdade é das brincadeiras que não custam nada. Piangers dá dicas e conta muitas histórias sobre o universo entre pais e filhos. Todo valor arrecadado com a venda do livro será doado para diversas entidades beneficentes. Da editora Belas Letras, o livro custa entre R$31 (capa dura) e R$23 (normal).

[ BE BI DAS ]

LICOR MAIS ADORADO AMARULA É O LICOR MAIS APRECIADO e adorado pelos brasileiros. Uma prova disso é o evento Lounge Amarula, que acontece todo inverno em Campos do Jordão, São Paulo. Para este ano, a embaixadora gastronômica da marca no País, Renata Vanzetto, criou o coquetel Emarula que leva, além do licor, ingredientes como gengibre, rum e maracujá. Outra combinação perfeita é a Amarula Foam Storm, composto por café, Amarula, chocolate e uísque, servido em cúpula de vidro defumada com carvalho - uma experiência única e perfeita para um momento a dois.

[ MODA ]

[ A RT E ]

EM PARIS

NOVOS QUADROS

A catarinense Lança Perfume viajou a Paris para fotografar a campanha de verão 2016. Sob as lentes de Bob Wolfenson e com styling da francesa Sophie Clauzel, as peças são inspiradas no impressionismo.

Com 35 anos de carreira e mais de oito mil quadros produzidos, contemplados no Brasil e no exterior, como França, Rússia, Portugal e Grécia, o artista Caio Borges assume uma nova fase de criação, ampliando horizontes, sem deixar de produzir suas gordinhas, marca que o acompanha até hoje. Em seu ateliê e em sua galeria, linhas, desenhos em preto e branco, o grafismo, passam a compor o espaço, contrapondo com os painéis que esbanjam cores. Em diversos tamanhos, as produções são feitas em papel e também diretamente em MDF. A galeria do artista Caio Borges está localizada no Centro Histórico de São José, em Florianópolis, na rua Raulino Gerlach, nº 50, aberta a partir das 13 horas. Na parte da manhã e nos fins de semana, o atendimento é realizado mediante agendamento.

A GOS TO • S ET EM B RO 2 0 1 5

19


BON APPÉTTI

ALTA GASTRONOMIA Chefs brasileiros abrem as portas de seu endereço parisiense para fãs da gastronomia francesa Por ADRIANA SCHIMILA

20

R E VI STA O U SE


Chez Nous Chez Vous 116 Bis, Rue Saint Charles, 75015 Paris, França Tel:+33 (0) 1 45 30 58 92 Mob:+33 (0) 6 70 78 57 45 Funcionamento Mediante reserva, de no mínimo duas e no máximo dez pessoas por vez, feita com sete dias de antecedência e 50% do valor total pago.

Com vista para a eterna Torre Eiffel, o restaurante, sem nenhuma cara de restaurante, foi concebido para ser uma extensão da casa de seus frequentadores. Conceito explícito até no nome: Chez Nous Chez Vous. “Decidimos comprar este apartamento, pois achamos que pagar aluguel era um desperdício. Então, saímos à procura de um lugar que fosse legal, que mantivesse um charme e com o nosso jeito. Encontramos este lugar e nos apaixonamos de cara. Amor à primeira vista”, conta Celinha. Depois de passarem por renomados restaurantes da capital francesa Gustavo trabalhou no Maison Blanche e Celinha, no Apicius, de Jean-Pierre Vigato e Luc Besson -, resolveram

Fotos: Divulgação

É

NO ACONCHEGANTE apartamento, no chic 15ème arrondissement, em Paris, que o casal de chefs, Celia Miranda Mattos e Gustavo Dalla Colletta Mattos, recebe os amantes da boa mesa. Há doze anos eles uniram as colheres e há seis emprestam o simpático sotaque brasileiro à gastronomia francesa. Ela, professora de inglês, e ele, publicitário, se formaram na conceituada escola Cordon Bleu.

partir para voo solo. Na rue Saint-Charles, o casal recebe dez pessoas, no máximo, por jantar. Com hora marcada, os interessados pagam entre 120 e 150 euros, podendo levar a própria bebida, além de terem a chance de participar do preparo do cardápio. Até um passeio pela feira para a escolha dos ingredientes é uma opção para quem prefere acompanhar de perto todas as etapas. “Temos na rua de casa uma quitanda, três açougues, sendo que um deles é especializado em aves e caça. Ainda há padarias, lojas de chocolate, floricultura, especialistas em queijos e vinhos, supermercados e uma feira incrível, que acontece todas as terças e sextas-feiras. Em um passeio por ali, não se tem dúvida de que se está mesmo em Paris. Ainda mais quando olhamos da janela e contemplamos a maravilhosa Torre Eiffel, sempre nos espionando”, lembra a chef. O ambiente interno dá o tempero. O décor é assinado pela arquiteta Márcia Jardim, que também realizou a cozinha dos sonhos da dupla, idealizada pelo amigo e construtor Alfredo Brandi. A GOS TO • S ET EM B RO 2 0 1 5

21


BEM COMER

GASTRONOMIA INDO-ASIÁTICA

SOM DE QUALIDADE, BOA COMIDA e gente bonita são as qualidades que tornam o Taj Bar, de Balneário Camboriú, um dos mais conceituados do Sul do Brasil. Uma mistura de restaurante e balada, que reúne um seleto público jet-set e antenado. Com arquitetura e gastronomia inspiradas na cultura indo-asiática, a casa conta com uma carta de bebidas premium e, para os amantes da mixologia, um bar exclusivo para coquetéis onde são preparados drinks únicos. A programação musical do bar é dedicada quase que exclusivamente ao chill, lounge, deep & house music.

22

R E VI STA O U SE

Para marcar os cinco anos de funcionamento da filial catarinense, o Taj preparou muitas novidades, como o novo cardápio. “Fizemos uma releitura dos pratos que são sucesso na casa e uma gama muito grande de novas receitas, com técnicas e ingredientes que não eram vistos no cardápio como, por exemplo: missoshiro, tandoori, curry, entre outras especiarias”, comenta o chef Dudu Poerner. São oito pratos quentes, como o Khao Pad Gong, um arroz frito com camarões, típico da Tailândia, até um ceviche de atum com melancia e picles de cebola roxa, com influência peruana. A novidade também inclui sanduíches, com uma opção vegana, além de petiscos para o happy hour, como o camarão empanado no coco, mini rolinhos primavera, cubos de frango ao molho de laranja. Após temporada na Europa, o jovem chef Dudu chegou ao TAJ para somar a gastronomia e comandar a cozinha quente da casa. “Temos uma variedade de pratos exclusivos, onde uso técnicas da cozinha internacional. Como a culinária do Japão, Tailândia, Laos, Índia é muito carregada de temperos e pimentas, nós dizemos que é a cozinha do TAJ tem uma influência indo-asiática, onde uso os condimentos e os aromas desta rica gastronomia. Sempre que possível tento usar produtos regionais e os mais frescos possíveis, como o pescado local e o palmito pupunha que é produzido no Estado”, explica Dudu. O TAJ está localizado na Avenida Atlântica, 5710, na Barra Sul, em Balneário Camboriú. Informações e reservas nos telefones (47) 3264.0464 / 9651.0169 (whatsapp) ou pelo site tajbc.com.br.


Fotos: Divulgação

HAMBÚRGUER GANHA VERSÃO SAUDÁVEL COM GOFRE BELGA QUANDO SE FALA em hambúrguer, logo vem na mente aquela imagem de um pão fofinho com um bolinho de carne – bem suculento – achatada no meio. Difícil encontrar quem não gosto deste tipo de lanche. Mas, a preocupação com a qualidade de vida tem levada as pessoas a fazer substituições por alimentos saudáveis. Esta é a proposta do Mov’Café & Bistrô, de Balneário Camboriú. “Nossa proposta é oferecer um ambiente descolado, com serviços de gastronomia prática, saudável e com toque de sofisticação”, destaca a idealizadora do espaço Tatiany Vendrame. No cardápio, o bistrô apresenta um formato diferenciado do tradicional hambúrguer. O pãozinho dá espaço para o gofre belga salgado – mais conhecido como waffler – e o recheio é feito artesanalmente com carnes selecionadas, somada à combinação de um delicioso tempero. “Tivemos todo cuidado com o preparo, para oferecer um alimento realmente saboroso e nutritivo, que é coerente com a nossa proposta de alimentação”, explica Sueli Zander, sócia do empreendimento. O hambúrguer grelhado ganha acompanhamento do molho de alho poró, queijo muzzarela, rúcula e tomate cereja. As tradicionais batatas fritas são substituídas por palitos de cenoura servidos com o molho de alho poró. Para os intolerantes, é oferecida

a opção de molho sem lactose e queijo lacto free. A massa do gofre belga também é produzida sem lactose. O menu foi elaborado por Denis Ceratti Pernanchini, chef de um dos mais renomados restaurante de fusion food da cidade, para criar novas experiências sensoriais através do paladar. O menu traz sanduíches, grelhados, saladas, pães e bolos. Além de picni’coisas, que são delícias que podem ser petiscadas em grupo ou também servidas na cesta de picnic para o clientes levar e montar o seu piquenique.

Mov’Café & Bistrô Rua 1901, n° 111 - entre as avenidas Atlântica e Brasil, em Balneário Camboriú Segunda: 17h às 22h30 / Quarta a quinta-feira: 16 às 23h30 / Sexta: 16h às 23h30 / Sábado: 11h às 23h30 / Domingos: 11h às 21h30 Temos estacionamento para as bicicletas. Facebook: MovCafe / Instagram: @movcafe

A GOS TO • S ET EM B RO 2 0 1 5

23


VINHOS

AS RIQUEZAS DO PIEMONTE Elegantes e misteriosos, os vinhos Barolo e Barbaresco são unanimidade neste território italiano de belezas indescritíveis Por ANDRÉIA DEBON (Revista Bon Vivant da Serra Gaúcha)

24

R E VI STA O U SE


outubro, com ciclo vegetativo longo, sendo a última das castas piemontesas a amadurecer. Seu nome deriva de “nebbia”, que significa neblina. É considerada a rainha das uvas tintas. A exemplo da Pinot Noir, na Borgonha, a Nebbiolo raramente adapta-se bem fora do Piemonte. São raros os Nebbiolos de qualidade fora do norte da Itália. O Barolo é produzido em onze pequenas cidadezinhas localizadas próximo à cidade de Alba. Entre elas está Barolo, lugarejo que leva o nome do vinho, La Morra, Monforte, Serralunga d’Alba, Castiglio Falletto, Novello, entre outros. Pequenas comunidades cercadas por imponentes castelos medievais e que encantam pela beleza de sua arquitetura. Em Barolo também está localizado o Castelo de Barolo, uma antiga edificação que conta a história deste vinho durante os séculos. Esse vinho também é conhecido como o Rei dos Vinhos ou Vinho do Reis. Isso porque era o preferido do rei Vitor Emanuel II, o primeiro rei da Itália após sua unificação em 1861. Do charmoso lugarejo de Barbaresco, aninhado bem no alto de uma colina, e de outras pequenas zonas, como Treiso, Neive, além de parte da cidade de Alba, provém o vinho Barbaresco. É conhecido como o Príncipe dos Vinhos por ter o mesmo caráter do Barolo, porém com menos estrutura e longevidade. Este vinho começou a ganhar notoriedade mundial depois dos anos 1960 e hoje também tornou-se grife de luxo no mercado mundial de vinhos principalmente porque o paladar de grande parte dos consumidores pede vinhos mais leves.

Fotos: Andréa Debon

O PIEMONTE DESPONTA como uma das mais importantes regiões mundiais para a elaboração de vinhos de alta qualidade. É nesse famoso território que nascem as uvas Nebbiolo, cujas bagas dão origem ao conceituado vinho Barolo e a outro tinto, um pouco menos famoso, mas não menos importante, o Barbaresco. As áreas onde estão implantados esses vinhedos estão localizadas na província de Cuneo, em uma área conhecida como Langue e Roero, próximo a cidade de Alba. O Rio Tanaro corta esta região, cujas colinas são a marca registrada. O solo é compacto e sólido. Entre os diferentes tipos, destacam-se os calcários-argilosos e os arenosos. As estações do ano são bem definidas. Mudanças bruscas de temperatura entre o dia e a noite permitem alcançar um equilíbrio entre os componentes da uva que originam vinhos estruturados e de vida longa. Tanto o Barolo quanto o Barbaresco são elaborados com a uva Nebbiolo, em regiões muito próximas, com processos parecidos. Mas, comparando um e outro, percebe-se que são bem diferentes em seu estilo. O Barolo é um vinho vigoroso, imponente. É mais fácil apreciá-lo depois de alguns anos de envelhecimento. No mínimo seis, oito anos. Tem uma produção bem maior do que a do Barbaresco, que é um vinho mais elegante e delicado. A uva Nebbiolo, cuja primeira referência documental data de 1268, é conhecida pelos taninos marcantes e pela personalidade que mescla estrutura e finesse. É a variedade mais antiga do Piemonte. Sua colheita é tardia, geralmente em meados de

REGRAS DOCG

>>Os vinhos Barolo, Barbaresco segue normas rígidas de Denominação de Origem Controlada e Garantida (DOCG), que garantem a qualidade da bebida.

A GOS TO • S ET EM B RO 2 0 1 5

25


COLUNA DECANTER

VINHOS ECOLÓGICOS

PARA HARMONIZAR

A vinificação natural quando bem feita atinge níveis altíssimos de qualidade e tipicidade, é a mais alta expressão do terroir que existe, portanto, são vinhos que precisam ser compreendidos Por SIDNEY LUCAS EM UM MUNDO ONDE A PALAVRA sustentabilidade está cada vez mais em voga, cresce também a oferta de vinhos produzidos de maneira sustentável, neste caso, os cuidados e as práticas adotadas vão muito além da exclusão dos pesticidas e adubos sintéticos dos vinhedos. Nunca se falou tanto sobre os vinhos orgânicos, biodinâmicos e os polêmicos vinhos naturais, por isso, nesta edição da Revista Ouse, eu explico de maneira objetiva alguns detalhes de cada prática e o que as diferem. A produção orgânica é algo muito amplo que precisa incluir toda a propriedade. Pode se manusear o vinhedo organicamente, porém, se usar algum produto sintético para secar o matinho no quintal, por exemplo, ainda que não seja utilizado na vinha, descaracteriza a filosofia que orienta a pensar em todos os organismos existentes no solo, sejam plantas ou micro-organismos. Quanto aos insetos que possam prejudicar o vinhedo, o intuito é espantá-los para que busquem o que necessitam em outros locais e plantas. Para a prevenção de pragas e doenças, utilizam meios alternativos de tratamento como água de cinza, sulfato de cobre, enxofre, cal virgem, sulfato de zinco e sulfato de potássio. Na prática da agricultura biodinâmica, adotada por muitas vinícolas em todo o mundo, inclusive as célebres Romanée Conti e Pingos, tem como base as teorias de Rudolf Steiner. Filósofo austríaco, cuja intenção era devolver à agricultura o papel social e cultural que perdeu durante o processo de industrialização de alimentos e a criação de animais em massa fora do seu ambiente natural. A viticultura e a enologia são regimentadas pela astrologia, todas as etapas de produção, desde os cuidados com a vinha como a poda, adubação, até chegar à vinificação são feitos de acordo com as fases da lua. Na biodinâmica, a vinha deixa de ser uma monocultura e se torna uma vasta e complexa rede de micro-organismos e animais trazendo equilíbrio ao meio. A única semelhança entre as práticas biodinâmica e orgânica é a não utilização dos pesticidas, adubos sintéticos, hormônios, etc. A primeira abrange outras esferas que vão muito além da exclusão de adubos sintéticos e venenos. Os vinhos naturais são aqueles cujos produtores têm por conceito interferir o mínimo possível na elaboração, a transformação do mosto em vinho se dá sozinha, naturalmente, iniciada pelos açúcares naturais do mosto em contato com as leveduras selvagens presentes nas cascas da fruta. Maneira ancestral de produção, abrindo mão de quase todas (ou todas) as tecnologias disponíveis. O cultivo do vinhedo é orgânico ou biodinâmico, proporcionando o aparecimento destes micro-organismos naturalmente, tanto que, no mundo antigo, extraiam o fermento que precisavam para produção de pães e outros alimentos da espuma da superfície do vinho quando em fermentação. 26

R E VI STA O U SE

>>Arrogant Frog Reserve GSM 2013 - Orgânico - R$ 79,00

>>Gravner Breg 2006 Natural - R$485,20

>>Colomé Lote Especial Malbec 2012 - Biodinâmico - R$ 137,00


A GOS TO • S ET EM B RO 2 0 1 5

27


COLUNA CASA COR

REQUINTE E SOFISTICAÇÃO NA DÉCOR Por LUCAS PETRELLI WILMER

Foto: Mariana Boro, divulgação

BANHO DE ELEGÂNCIA

>>Banheira proporciona momento de Spa para revitalizar energias

A banheira Brisa, da Sabbia, foi uma atração à parte no ambiente Suíte Master Infinito Particular, do arquiteto e lighting designer Pedro Tessarollo e do designer de interiores Jairo Lopes na CASA COR SC. Com um revestimento em couro e apoio para a cabeça, o banheira proporciona um momento de SPA. Colocada de frente para uma parede verde favorece o relaxamento do banho de imersão. Com uma pegada europeia, a banheira apresenta alças laterais que servem de apoio para toalhas e revistas. “Pensamos que essa suíte master deveria ser o local de refúgio após um cansativo dia de trabalho ou um local do qual o morador não tivesse vontade de sair, podendo ficar ali durante horas descansando”, afirmaram os profissionais.

O DESIGN DOS METAIS A Deca é uma das marcas que se destaca pela ousadia e beleza de peças como duchas e torneiras. A harmonia entre conforto e sustentabilidade se traduz num design singular. Esta característica se evidenciou em ambientes da CASA COR SC, como o ambiente Meu Loft, de Beto Gebara e Marila Filártiga bem como no loft 5X São Paulo com Deca, da arquiteta Juliana Pippi. Os espaços da CASA COR SC chamaram atenção, entre outras questões, pela beleza do design dos metais. As peças combinam os avanços da tecnologia com a sofisticação. Além disso, são capazes de reduzir o consumo de água, que além de ganhar ressignificação econômica tomam nova expressão em tempos de questão hídrica no país.

>>Ducha da Deca demonstra o requinte do design para metais Foto: Divulgação

28

R E VI STA O U SE


Foto: Mariana Boro, divulgação

TECNOLOGIA SUSTENTÁVEL

Foto: Lio Simas, divulgação

O tema “Design para um” provocou os expositores da CASA COR SC 2015 a buscarem composições ousadas para um trabalho densamente autoral. Exemplo disso foi a aposta da arquiteta Estela Cislaghi, que na Sala de Jantar do Colecionador usou uma luminária que parecia flutuar. Em uma demonstração de que a tecnologia e o design podem conspirar para a sustentabilidade, a peça tem como diferencial o uso de uma tinta especial para conduzir a corrente elétrica. As lâmpadas em Led proporcionam economia de energia. A luminária é de uma marca holandesa e esta foi sua primeira participação numa mostra brasileira. O layout da peça lembra uma planta suspensa sobre a mesa de jantar. Estela, que além de arquiteta é lighting designer, a cada edição da CASA COR SC procura ousar na iluminação. “A luz é capaz de produzir sensações nas pessoas, que vão da alegria ao relaxamento, por isso, costumo apresentar surpresas para meus ambientes”, comenta a arquiteta.

>>Luminária de marca holandesa usa tinta especial para conduzir energia

MESA DE CENTRO BY JADER ALMEIDA Outra escolha mais do que acertada na CASA COR SC foi a da arquiteta Ana Paula Ronchi. Com uma peça de Jader Almeida, a mesa de centro Twist, para o premiado Living África, a profissional acentuou a ideia do natural levado para a mostra. O espaço, vencedor do Prêmio Melhor Ambiente Apartamento Casa Cor Florianópolis, soube unir o rústico com o moderno. Altamente escultural, a peça é em madeira maciça, oferece a opção de fundo em mármore e tampo com vidro sobreposto. “Foi amor à primeira vista. A mesa vai ao encontro da minha proposta de privilegiar as formas da natureza. Ela lembra até uma vitória-régia. São duas estruturas independentes entre si que dispensam quaisquer objetos”, comenta Ana Paula.

>>Mesa Twist, uma criação do designer Jader Almeida A GOS TO • S ET EM B RO 2 0 1 5

29


OUSE DECOR

ORGANIZADO, BONITO E FUNCIONAL Trabalhar em home office deixou de ser tendência e passou a ser realidade no Brasil. Um ambiente bem decorado também influencia no bom desempenho Por ADRIANA SCHIMILA TER UMA ROTINA DE TRABALHO flexível em um ambiente agradável, com todo conforto e privacidade possível é, sem dúvida, o sonho da maioria das pessoas. Diferente do que se pensa, trabalhar em home office deixou de ser tendência e passou a ser realidade no Brasil. Segundo estimativas – não oficiais – cerca de 3,5 milhões de brasileiros desenvolvem algum tipo de trabalho em casa em tempo integral ou parcial. Mas como em todo trabalho é imprescindível seguir algumas regras para conquistar ou manter o sucesso desejado. “É importante lembrar que embora a pessoa esteja trabalhando em casa, é preciso apresentar resultados, seja para o gestor ou para o cliente”, alerta o executive coach, Fabiano Goldacker. Ou seja, disciplina e organização é o casamento perfeito para o sucesso de qualquer atividade. O ambiente também exerce um papel muito importante para o bom desempenho da função. De acordo com a arquiteta Margit Soares, o espaço deve ser adequado às atividades que ali será exercida, com cuidados especiais para a ergonomia e iluminação. “A ergonomia por conta da postura, que se relaciona diretamente com a saúde do usuário. Assim, é preciso calcular o tamanho e altura da mesa e regular bem a cadeira para manter o usuário ereto, com a coluna apoiada no encosto e o peso do corpo distribuído de forma equilibrada. A iluminação não pode ser forte nem fraca. Deve ser balanceada e que traga conforto visual e, se possível, fazer aproveitamento máximo da luz natural”, explica. Em relação à cartela de cores, Margit afirma que é sempre interessante evitar cores fortes, pois elas são extremamente cansativas. “Em resumo, um ambiente bem iluminado, ventilado, confortável, que respeita medidas e oferece um bom espaço para guardar e organizar objetos é o ideal para o bom desenvolvimento de atividades profissionais dentro de casa”, comenta a arquiteta. Quando sofisticação e praticidade se encontram o resultado é um espaço elegante e funcional.

30

R E VI STA O U SE

Atemporal Inspirado na personalidade de um empresário, este local é convidativo para atividades como ler e pesquisar sobre o mundo dos negócios, além de poder receber os amigos em um espaço amplo e com mobiliário extremamente confortável e bonito. “Com a necessidade de otimizar os ambientes, o projeto tem proposta funcional sem perder o charme para receber”, conta a arquiteta Kethlen Ribas Durski. O resultado é um ambiente sóbrio e sofisticado, com uso de madeira e cores como cinza, branco e preto, couro e linho nos sofás e vaqueta nos puffs. No mobiliário, destaque para a poltrona Camel, a mesa de jantar Nazca e o sofá Madrid. “São peças atemporais, com design muito especial”, completa a arquiteta.


Foto: Edson Garcia

Criada há mais de 50 anos, a poltrona Charles Eames é o ápice do design de móveis. Atemporal e clássica, esta peça além de estilosa é muito confortável e combina com qualquer estilo de home office.

Dois em um

Os pisos laminados com veios marcados em handscraped são lindos e deixarão o local de trabalho ainda mais aconchegante e com requinte. A Vintage Floor acaba de lançar a linha Vineyard com quatro opções de cores e que já estão disponíveis na Home Fashion Decorações. Home Fashion Decorações Blumenau/SC

Foto: Vintage Floor, divulgação

Foto: Gerson Lima

A combinação quarto e home office também é perfeita quando existe um equilíbrio na decor. Assinado pelo arquiteta e designer Sumara Bottazzari, este projeto resultou em um ambiente versátil, simétrico, voltado para solteiros e para os casais jovens. “O quarto não é só um espaço para descansar. Acredito que seja um local para recarregar as energias, passar tempo, dedicar-se aos hobbies, como leitura”, completa Sumara. Com mobiliário clean e cores neutras, o quarto é um convite para o exercício da criatividade do artista, autor de obras coloridas. Na iluminação, pendentes e abajures dão o ar intimista que um local para descanso e para criação pede.

www.hfdeco.com.br

A GOS TO • S ET EM B RO 2 0 1 5

31


Foto: Daniel Katz

OUSE DECOR

Minimalista Projetado pela designer de interiores Margit Soares, este ambiente tem como base cores sóbrias privilegiando os tons de cinza. Com os puxadores ocultados, o armário ganhou nichos vazados decorativos nas portas, que conferem leveza e praticidade. Todo o mobiliário inclusive a mesa é revestido em couro. Nas paredes, uma mescla entre pintura e meia-parede em couro. Destaque para a tela assinada pela artista plástica Juliana Fuganti.

32

R E VI STA O U SE


Foto: Daniel Katz

Amplo e fluído Com iluminação farta e confortáveis cadeiras de alumínio Charles Eames, este escritório conta ainda com um banco de madeira de demolição, além das mesas e das prateleiras executadas pela D’Arte. O arquiteto Jorge Elmor buscou criar espaços amplos e fluídos. Para dar um contraponto em relação as grandes áreas envidraçadas da casa, o arquiteto optou por revestimentos acolhedores. Assim, os pisos foram executados em réguas maciças de cumaru e as persianas automatizadas também são de madeira.

Uma peça muito útil no ambiente de trabalho é a luminária. O modelo Pett, da marca italiana Diesel, é feito em policarbonato, borracha e metal. O difusor evoca as asas de um morcego ou o telhado de um edifício gótico. Exclusividade da Ideally Iluminação. Loja de Iluminação Ideally Curitiba/PR

www.ideally.com.br

Foto: Daniel Katz

Assinada pelo designer Guilherme Wentz, esta ousada mesa é produzida em Gofrato (tipo de fórmica) e a base em carvalho americano. Com 1,65 de comprimento e 70 centímetros de altura, a Mesa Officer resume tudo em apenas um só lugar.

Lá pra cima Quem disse que o sótão é apenas um local para depósito? Este projeto do arquiteto Jorge Elmor fica no pavimento superior da residência. A incrível luminária R. Ray da Danese Milano distribui luz à superfície de trabalho sem causar sombras ou ofuscamento. Os armários receberam portas de correr de vidro Florense, assim como os revestimentos são forro em imbuia e piso em cumaru maciço. Outro destaque deste ambiente é a escrivaninha, da Artefacto, assim como a poltrona, que está sobre um lindíssimo tapete de seda Shaggy, da Persépolis.

A GOS TO • S ET EM B RO 2 0 1 5

33


GIRO DE MODA

TRUQUE DE MODA Confira dicas de como usar a barra da calça jeans dobrada Por VANESSA GEHRKE

Quanto menos dobrada a barra, maior a sensação de pernas alongadas

34

R E VI STA O U SE


Fotos: Divulgação

As calças que tem o lado interno de outra cor e criam grandes contrastes quando dobradas, podem achatar a silhueta. A dica é apostar no salto para salvar

Da esquerda para a direita: Barra dobrada com sapato de bico fino alonga ainda mais a silhueta. Quanto mais fininha for a dobra da calça, menos contraste se cria entre o avesso e a frente da calça. Isso quer dizer mais elegância e uma silhueta mais alongada

A calça jeans é uma daquelas peças clássicas e essenciais no guarda-roupa de toda mulher. Ela é uma opção segura e que salva os looks em diversas ocasiões: no trabalho, no almoço em família, shopping, barzinho, cinema. Porém, uma dificuldade comum na hora de montar uma produção com calça jeans é encontrar maneiras de deixá-la fashion e moderninha. Alguns truques de moda, de tão simples, acabam sendo deixados de lado. A ideia de dobrar a barra da calça, que surgiu há algum tempo, permanece no universo fashion e favorece ainda mais cada look para trans-

formá-los com informações extras de moda. Dobrar a barra da calça pode até parecer simples, mas acredite, esse detalhe tem um potencial incrível e que pode mudar a cara do look! Sugerindo informalidade e descontração, a sugestão vem para coordenar com uma infinidade de peças e acessórios, a fim de se adequar a qualquer ocasião. Desde uma rasteirinha até um sal-

to, desde o uso da malha até o tecido plano. Tudo vale! Ao dobrar a barra da calça você acaba valorizando o calçado e portanto, essa é a hora de abusar de sapatos e sandálias elegantes e estilosos. Se a intenção for um look mais elegante, aposte em saltos altos que deixarão a produção fashion e de quebra lhe darão alguns centímetros de altura. Mas o jeans dobradinho também fica incrível com sapatilhas e flats. Abuse dessa combinação com calças que tenham lavagens e detalhes diferenciados. Ah! O truque funciona tanto com o modelo skinny quanto o jeans com corte tradicional e até o estilo boyfriend. Cruzar referências, como o uso de peças femininas com masculinas, cria um visual ultra moderno, sem deixar de lado a feminilidade. Que tal conferir mais dicas para acertar em cheio nessa produção? A GOS TO • S ET EM B RO 2 0 1 5

35


OPORTUNIDADE

INTERCÂMBIO EM QUALQUER IDADE Comum entre adolescentes, a viagem de estudo ou trabalho no Exterior está se tornando uma opção também para pessoas acima dos 30 anos Por FABIANA ROZA

36

R E VI STA O U SE


A VIAGEM PARA ESTUDAR ou trabalhar em outro país deixou de ser exclusividade dos adolescentes. Quem não teve a oportunidade de fazer um intercâmbio na juventude ou só depois de maduro sentiu vontade de ter uma experiência no Exterior, já pode preparar o passaporte. Agências especializadas oferecem inúmeras opções para quem tem mais de 30 anos, que vão desde cursos rápidos para aprimorar um idioma até programas de graduação e pós-graduação. Outra modalidade que está ganhando espaço é o intercâmbio em família.

Fotos: Divulgação/Banco de Imagens

Coordenador da Central de Intercâmbio e Viagem (CI) de Blumenau, Rafael Pacheco conta que está se tornando cada vez mais comum a procura deste tipo de viagem por pessoas na faixa dos 30 anos e também da terceira idade. “Cresceu muito o interesse de homens e mulheres que estão no mercado de trabalho e precisam aperfeiçoar o inglês, por exemplo, e também teve um aumento na procura por programas de intercâmbio para toda a família”, comenta. Há vários tipos de intercâmbio, desde cursos de línguas a partir de duas semanas até programas com maior duração. Quem aproveita as férias para fazer um curso, normalmente escolhe períodos de duas a quatro semanas com aulas de meio turno. “Assim, além de estudar conseguem aproveitar mais a cidade”, ressalta Pacheco. No caso de temporadas mais longas, há programas de high school, graduação, pós-graduação e alguns que conciliam estudo e trabalho. Estudo e passeio O intercâmbio passou a ser uma opção porque, muitas vezes, o investimento de um curso de quatro semanas equivale ao de uma viagem de turismo de 10 dias. “O perfil dos viajantes depende muito da idade, mas a maioria com mais de 30 anos decide ir para outro país para ganhar fluência em algum idioma e, claro, ter uma experiência de viver uma cultura diferente”, destaca Pacheco. A GOS TO • S ET EM B RO 2 0 1 5

37


AS EXPERIÊNCIAS QUE EU TIVE, COMO, POR EXEMPLO, ATRAVESSAR A GOLDEN GATE DE BICICLETA, NINGUÉM VAI ME TIRAR. É ALGO QUE DINHEIRO NENHUM NO MUNDO PODE PAGAR

38

R E VI STA O U SE

É o caso de Márcia Aurélia Stopassoli, 55 anos, de Blumenau. Às vésperas de se aposentar, a professora universitária decidiu aprender inglês. Mas ao contrário do que se espera, ela não se matriculou em um curso de idiomas. Procurou uma agência e se inscreveu em um intercâmbio nos Estados Unidos. Na companhia da irmã, Kelly Christina Stopassoli Machado, 36, se mudou para uma casa de família em San Francisco, onde frequentou uma escola por quatro semanas. “Foi uma experiência muito melhor do que eu imaginava. Não fiquei fluente, mas aprendi o básico e voltei com os ouvidos mais abertos para a língua”, comenta Márcia, que, no retorno, logo se matriculou em um curso de inglês no Brasil e agora planeja um próximo intercâmbio para se aperfeiçoar ainda mais.

Na viagem, Márcia aproveitou também a vivência com a família e os amigos para conhecer um pouco mais da cultura e dos hábitos do país. No período da manhã estudava e no restante do tempo aproveitava para passear pela cidade. “As experiências que eu tive, como, por exemplo, atravessar a Golden Gate de bicicleta, ninguém vai me tirar. É algo que dinheiro nenhum no mundo pode pagar”, diz. Ao terminar o curso, ela e a irmã ainda passaram mais 15 dias fazendo turismo por Las Vegas, Los Angeles e San Diego. Facilidade para organizar a viagem A questão da idade deixou de ser uma barreira para o intercâmbio. Hoje são oferecidas opções a partir de sete anos. Desta forma, famílias que desejam viajar juntas podem ter uma experiência que vai além do turismo. Para os programas de estudo não há limite de idade e existem cursos específicos inclusive para a terceira idade. “Muitas pessoas acham que porque não falam inglês não podem viajar, mas isto é um engano. Temos escolas que aceitam desde o nível iniciante”, explica o coordenador da Central de Intercâmbio e Viagem. Os países mais procurados para o intercâmbio na CI são o Canadá, Estados Unidos, Inglaterra e Irlanda para quem pretende aprender ou melhorar o inglês. Mas o interesse em aperfeiçoar a língua alemã também é grande em Blumenau, o que acaba levando muitas pessoas a embarcar para a Alemanha. A organização para fazer este tipo de viagem é totalmente facilitada pela agência, que cuida desde a compra da passagem, passando pelo contato com a escola, até a hospedagem e o seguro. “É muito simples, a pessoa decide a língua que quer estudar, quanto tempo quer ficar, para onde quer ir e nós organizamos tudo. Hoje não tem mais desculpa para não fazer um intercâmbio”, garante Pacheco.


A GOS TO • S ET EM B RO 2 0 1 5

39


UM CORAÇÃO ESPIRITUOSO Reconhecido médico cardiologista, Melchior Moser revela que lidar com o ser humano é um atributo nobre da profissão Por ADRIANA SCHIMILA

40

R E VI STA O U SE

Fotos: Arquivo Pessoal/Divulgação

PERFIL


O CORAÇÃO É A MÁQUINA que nos mantém vivo. A cada batida ele oxigena o sangue e abastece as veias, dando vigor e ritmo a todo o sistema vital. Ao longo da vida são em torno de 2,5 milhões de pulsações. Alguns mais acelerados, outros mais tranquilos. Dizem que o coração não dói, mas é a figura dramática de muitas emoções. Movida pelo indescritível sentimento de gerar um filho, a senhora Ebbe, muito católica, deu a ele o nome de um dos três reis magos: Melchior. Nascido no dia 6 de janeiro – Dia de Reis – o reconhecido cardiologista, da cidade de Timbó (SC), Melchior Moser, sabe muito bem lidar com as ‘dores’ do coração. “Ser cardiologista envolve logicamente capacitação, mas, sobretudo, um atributo nobre, o de lidar com o ser humano. Saber ouvir as pessoas, não somente a parte física, mas a espiritual, a dor da alma. Talvez essa é uma grande parte do nosso trabalho”, diz. Moser acredita que a dor espiritual impõe muitas vezes um sofrimento maior que a dor física. Uma visão ampla da vida Há 40 anos na área, o médico atribui grande parte do seu caráter e da força para vencer na vida aos anos que estudou no Colégio Salesiano São Paulo, em Ascurra (SC). “Na época, era conhecido pelo Brasil inteiro pela qualidade no ensino. Lembro que entre todas as matérias, tínhamos que estudar latim, grego, francês, inglês, italiano e português. Fui moldado sobre o esforço, luta, sabendo que para ganhar a vida honestamente as coisas não seriam fáceis”, comenta. Depois de estudar em Curitiba (PR), prestou vestibular para

medicina na Universidade Federal do Paraná. “Um dos pequenos documentos que guardo com muito orgulho é um certificado de ter sido aprovado em 3º lugar na minha primeira tentativa ao vestibular de medicina, entre 1246 inscritos”, diz. Desde o início da carreira, o médico viaja o mundo em busca de conhecimento e constante atualização na área. “Frequento há mais de 20 anos todos os bons congressos brasileiros, americanos e europeus. Tudo isso me deu uma visão ampla da vida, não só na área cardiológica, mas do ser humano em sua maneira de ser e agir em diferentes cidades e países”, destaca. Um valioso conselho Moser também se orgulha muito ao mencionar os filhos. “Tenho três. No qual dois são médicos, um cardiologista e outro oftalmologista. O terceiro trabalha na área da tecnologia da informação. Procuro transmitir a eles o que aprendi na vida”, conta. Amante do futebol, mas não somente de assisti-lo na televisão, e sim de praticar com frequência. Quando questionado sobre qual mensagem deixaria a todos que pudesse alcançar, ele não pensa muito e diz: “meu aconselhamento verdadeiro, de tudo que aprendi durante anos em congressos pelo mundo inteiro, é que o exercício físico vale duas vezes mais do que qualquer medicamento que você possa fazer uso. Isto porque todas as células do nosso organismo se degeneram pela inatividade e se fortalecem pelo exercício. Pratique exercícios, pratique caminhadas”, argumenta o cardiologista.

SER CARDIOLOGISTA ENVOLVE LOGICAMENTE CAPACITAÇÃO, MAS, SOBRETUDO, UM ATRIBUTO NOBRE, O DE LIDAR COM O SER HUMANO. SABER OUVIR AS PESSOAS, NÃO SOMENTE NA PARTE FÍSICA, MAS A ESPIRITUAL

A GOS TO • S ET EM B RO 2 0 1 5

41


BUSINESS

EM EXPANSÃO Ao vencer o Top of Mind pela quarta vez consecutiva, a FG Empreendimentos afirma positivismo nos negócios Por ADRIANA SCHIMILA

PODE PARECER IRÔNICO, mas a atual conjuntura econômica do país não desfavorece todos os setores. É o caso da FG Empreendimentos, de Balneário Camboriú (SC), que afirma positivismo nos negócios e encara o segundo semestre do ano como um importante momento para a empresa. “A expectativa é crescer cerca de 30%”, afirma o diretorpresidente, Jean Graciola. Em meio à turbulência econômica eles mantêm a meta planejada e veem neste atual período brasileiro uma oportunidade de crescimento. O economista Ricardo Amorim explica que é em momentos de crise que o vendedor precisa se reinventar. “Uma forma é oferecer condições mais atraentes. É aproveitar os momentos em que a maioria se retrai e ver a chance de se sobressair”. Ele também destaca que o mercado imobiliário tem suas particularidades. “É um setor que continua em ascensão. A principal particularidade é que o mercado de luxo tradicionalmente se beneficia mais na crise pela seguinte razão: quando a coisa fica feia, será que meu dinheiro no banco não está correndo risco? Se o investidor tem a capacidade de se precaver, é adquirindo imóvel de alto padrão que ele entende ser o caminho. Isso gera oportunidade para o empresário que também percebe estes detalhes do cenário econômico”, diz Amorim. 42

R E VI STA O U SE


Fotos: FG Empreendimentos/Divulgação

A empresa catarinense tem em sua solidez um forte argumento que, aliado à particularidade da ascensão exponencial do mercado de luxo, contribui para o desenvolvimento previsto. “Vamos continuar atentos à demanda crescente da região, lançando empreendimentos que atendam os mais diversos consumidores, observando a localização, o momento, o ticket médio e as exigências do mercado”, comenta. A FG Empreendimentos permanece com participação comercial efetiva nos mercados de Santa Catarina, Paraná, Rio Grande do Sul, São Paulo, Mato Grosso e Mato Grosso do Sul, além de operações em países do Mercosul. “Também pretendemos continuar o processo de expansão de mercado, construindo em cidades com até 100 quilômetros de extensão de Balneário Camboriú”, destaca Graciola. Com foco no público de altíssimo padrão, o grupo cresceu 20% em 2014, encerrando o ano com R$ 1,5 bilhões em estoques para venda e um banco de terrenos de 2,5 milhões de m², que possibilitam um Valor Geral de Vendas (VGV), estimado, acima de R$ 8,5 bilhões. Para este ano, são cinco novos empreendimentos, Falcon Tower, Splendia Tower, Magnifique Tower, Eleganza Tower e Phoenix Tower, focando em um ticket médio entre R$ 750 mil a R$ 1,5 milhão. A construtora conta com cerca de 1500 colaboradores e está entre as maiores e melhores empresas do setor da construção civil no País, sendo líder de mercado por seu empreendedorismo inovador. Recentemente recebeu, pela quarta vez, o prêmio de marca mais lembrada pelos executivos catarinenses. “Vencer o Top of Mind reflete o aperfeiçoamento diário dos nossos serviços e produtos e é o resultado da dedicação e do empenho de cada profissional ligado à FG. O prêmio ainda reafirma o nosso compromisso com a manutenção do modelo de negócio, por meio de uma gestão responsável e transparente que adota uma estratégia de crescimento sustentável, com foco na qualidade, rentabilidade e solidez, gerando valor para acionistas e investidores, clientes, colaboradores e fornecedores”, diz. Tendo a atriz norte-americana Sharon Stone como garota-propaganda da construtora, desde 2012, o diretor-presidente afirma que ‘ela faz questão de manter o nome ligado à marca devido às características de solidez, qualidade, segurança, eficiência e responsabilidade social que fazem parte do DNA e de todos os projetos da FG’.

VENCER O TOP OF MIND REFLETE O APERFEIÇOAMENTO DIÁRIO DOS NOSSOS SERVIÇOS E PRODUTOS E É O RESULTADO DA DEDICAÇÃO E DO EMPENHO DE CADA PROFISSIONAL LIGADO À FG A GOS TO • S ET EM B RO 2 0 1 5

43


Fotos: Divulgação/Banco de Imagens

ADRENALINA

40 SEGUNDOS Repórter relata a adrenalina, a euforia e a felicidade no primeiro salto de paraquedas Por FRANCINE MIRELE DA SILVA

44

R E VI STA O U SE


4

0 SEGUNDOS. ESSE FOI O tempo em que apenas meu corpo, o vento e as nuvens se chocaram a uma velocidade de 200 quilômetros por hora entre a imensidão do céu e a terra firme. Antes disso, estava dependurada na porta de um avião a mais de três mil metros de altura e um cara me jogou entre as nuvens em queda livre. Sim. Eu estava de acordo com isso e você pode me chamar de louca. Mas com absoluta certeza, foi a melhor loucura dos quase 28 anos da minha vida.

Quando cheguei a Salto Duplo Curitiba ainda não tinha certeza se iria saltar. A escola tem mais de dez anos e hoje atua no litoral do Paraná, em Paranaguá, cerca de 290 quilômetros de Balneário Camboriú. O dia lindo que fazia e o clima de descontração e alegria dos instrutores me deixaram mais confiante. Avaliando meu peso e altura, decidiu-se que meu instrutor seria o Emerson da Cruz, 42, um cara que já fez mais de 4500 saltos. A primeira experiência dele foi feita com os olhos fechados e se resumiu a uma única palavra: pânico. Hoje, super empolgado, ele faz cerca de 30 saltos por fim de semana. Antes de subir no avião me deu um rápido treinamento e me fez simular os movimentos que deveriam ser feitos no ar. Macacão, equipamentos. Tudo tranquilo. O avião decola. Se a queda livre por si só é sensacional, ela vem recheada de coisas boas. O voo panorâmico, que dura cerca de 20 minutos, tem paisagens incríveis para qualquer lado que se olhe. Seja a Mata Atlântica recortada pelo rio, o mar, o imponente Porto do Itapoá ou a belíssima Ilha do Mel.

A GOS TO • S ET EM B RO 2 0 1 5

45


ADRENALINA

O CÉU INFINITO BRILHA EM MEUS OLHOS. PERNAS PARA FORA E UM EMPURRÃO PARA A QUEDA LIVRE. EU GRITO. GRITOS QUE NEM EU MESMA CONSIGO OUVIR. A EMPOLGAÇÃO DO SALTO É TANTA QUE ATÉ ESQUEÇO QUE LOGO O PARAQUEDAS VAI ABRIR Aos poucos, a adrenalina aumenta e a cabeça começa a pensar em mil e uma coisas. O próximo passo é conectar meu equipamento com o do Emerson, repassar as instruções e a porta do avião se abre. O céu infinito brilha em meus olhos. Pernas para fora e um empurrão para a queda livre. Eu grito. Gritos que nem eu mesma consigo ouvir. A empolgação do salto é tanta que até esqueço que logo o paraquedas vai abrir. É bem difícil explicar a sensação de cair sem poder voar. É muita adrenalina, medo, euforia, prazer. Tudo intenso e ao mesmo tempo. Mas posso dizer que assim que coloquei meus pés em terra firma já tive vontade de subir naquele avião e fazer tudo novamente. Quando o paraquedas abre e nossos corpos são içados para cima vem a calmaria e o estado de felicidade plena. O vento intenso se transforma em uma brisa leve e a paisagem fica ainda mais bela. Até a hora de tocar novamente o solo. Uma experiência que nunca vou esquecer. Você até pode imaginar tudo o que leu aqui, mas não pode sentir. Por isso, tenho apenas um conselho: se joga. 46

R E VI STA O U SE


A GOS TO • S ET EM B RO 2 0 1 5

47


INICIATIVAS

ALCANÇANDO SONHOS Elas voltaram para a sala de aula, depois dos 40 anos de idade, e dividem o tempo entre os estudos, família e trabalho Por JOANA GALL

48

R E VI STA O U SE


Fotos: Divulgação/Banco de Imagens

D

EPOIS DE 29 ANOS afastada dos livros e dos cadernos, a agente administrativa Marlene Bordin resolveu voltar à ativa e retomar os estudos. Com 48 anos, ela cursa Gestão Pública, no Unicesumar, por meio da metodologia de ensino a distância. A estudante tem uma rotina corrida e divide o tempo entre trabalho, família, lazer e estudos. Mesmo assim, sentiu que estava na hora de voltar a estudar e alcançar novos objetivos na vida. “Decidi fazer com que meu sonho pudesse virar realidade. Ver meu filho mais velho se formar e o outro ingressar em uma faculdade, e os colegas de trabalho já formados ou estudando, motivou-me ainda mais a estudar”, completa. A estudante conta que a princípio teve certo receio de voltar a estudar, pensou que não conseguiria acompanhar a turma. “Confesso que me surpreendi comigo. O que é necessário é querer e nos dedicar às nossas escolhas”, complementa. A história de Dozeteia Schpil não é muito diferente. Com 45 anos, ela voltou a estudar no início de 2015 e sempre sonhou em fazer Gastronomia – e também estuda a distância. “Estava há muito tempo querendo voltar a estudar, mas não achava o curso certo. Meu marido deu apoio total desde o início. Depois de muitos anos sem estudar, fiquei meio assustada no começo, mas com muita disciplina e força de vontade estou conseguindo acompanhar. O segredo é entrar diariamente no portal do estudante, ver todos os vídeos, realizar todas as atividades, sem deixar acumular”, conta ela. Ensino a distância: facilidades Mais de 60% das alunas que procuram a educação a distância, a fazem em função da flexibilidade. Como grande parte das mulheres têm normalmente dupla jornada, em função do lar e do trabalho, o estudo acaba ficando em segundo ou terceiro plano. De acordo com Adriano Albano, diretor dos polos do Unicesumar de Blumenau e Jaraguá do Sul, cada vez mais as pessoas estão descobrindo

OS CURSOS MAIS PROCURADOS

Confira qual a preferência das mulheres que estudam no Unicesumar: >>23% das alunas estudam Pedagogia; >>20%, Processos Gerenciais / Administração; >>9% Letras; >>9% Gestão de RH; (As demais estão divididas em outros 22 cursos oferecidos).

que estudar a distância pode ser uma opção com muita qualidade de ensino. “O comprometimento do aluno de educação a distância é um diferencial. Dado o perfil de idade (em média 33 anos), é um aluno mais comprometido, pois ele, pela experiência de vida e pela necessidade do conhecimento, valoriza muito mais o aprendizado. Desta forma, participa e cobra muito a qualidade e o resultado”, comenta o diretor. Albano ainda explica que a disposição para o estudo tem que ser a mesma para a educação a distância, igual ao aluno do ensino presencial. O conteúdo é o mesmo e a carga horária também. “Tem que estudar e se dedicar, pois o objetivo não é simplesmente o diploma, mas o conhecimento adquirido”, acrescenta. A educação a distância permite, portanto, a flexibilidade, não facilidade. “Então é questão de disciplina, organização e foco. Todos conseguem, basta querer”, afirma Albano. A GOS TO • S ET EM B RO 2 0 1 5

49


Fotos: Divulgação

OUSADIA

A CARA DA OUSADIA Sem medo de inovar no visual, homens apostam na tendência dos cortes de cabelo, barba e bigode em estilo mais retrô Por FABIANA ROZA

O modelo Murilo Formentin, 20 anos, é adepto do estilo top knot

50

R E VI STA O U SE


O DJ, produtor musical e barbudo José Carlos Hornos Neto, 20 anos, é ousado com o estilo handlebar mustache

R

AZOR PART, TOP KNOT, handlebar, pompadour, lumbersexual. As denominações (em inglês, of course!) dos recentes modelos de corte de cabelo, barba e bigode para o público masculino são inúmeras e seguem uma tendência bem retrô. Estas múltiplas possibilidades de estilos traduzem exatamente o que se tornou a beleza para o homem contemporâneo, que nos dias atuais se permite ousar no visual sem medo de parecer feminino ou vaidoso demais. Barbudos, bigodudos e topetudos predominam nas ruas, nos escritórios, nas baladas e, claro, no mundo das celebridades - em parte, os grandes responsáveis por esta ousadia masculina. Prova deste movimento são também as barber shopers, barbearias descoladas que pipocam pelas cidades brasileiras com o intuito de atender este novo homem.

Dono do descolado Salão do Didi, em Balneário Camboriú, o hair stylist Edgar Samaniego conhecido por todos como Didi - atende todos os dias homens em busca de um visual mais atrevido e meio retrô. Pelo salão, que tem uma barbearia toda decorada com objetos vintage e cadeiras de barbeiro do século passado, passam cerca de 80 homens por semana. O corte campeão de pedidos é o undercut, aquele com fios bem baixos nas laterais da cabeça (muitas vezes raspado com máquina) e bastante volume no topo. “Grande lançador de tendências para os homens, o jogador inglês David Beckham foi um dos primeiros a aparecer com este corte, que tem referência nos anos de 1950 e no estilo rockabilly”, comenta Didi. Outra tendência que caiu na graça dos brasileiros é a barba, nos mais diferentes tamanhos e formatos. Entre os adeptos, um estilo que tem surgido com força é o lumbersexual - termo que tem origem na palavra lumberjack (lenhador, em bom português). É aquela barba cheia e comprida, que dá ao homem um ar meio rústico, selvagem. Na opinião do hair stylist/barber da Lampião Barbearia, também de Balneário, Carlos De Castro, a barba veio para ficar. “Ela é um

A GOS TO • S ET EM B RO 2 0 1 5

51


OUSADIA

52

R E VI STA O U SE

UNDERCUT

TOP KNOT

Por ter várias influências — desde o estilo militar, mais curto, até os topetões rockabilly dos anos de 1950 —, o corte pode ser feito com os lados da cabeça raspados, com os fios em degradê aparados com máquina ou, ainda, trabalhados com tesoura ou navalha. A franja pode ser curta ou longa, permitindo fazer topetes bacanas com escova e secador.

Para aqueles que têm cabelos longos, uma opção é usar o cabelo amarrado para trás. Escove o cabelo para trás com os dedos em um rabo de cavalo ou nó superior. Esse estilo funciona muito bem se você tiver um bom porte e ostentar uma barba, oferecendo um contraste interessante e sofisticado.

FADE

LUMBERSEXUAL OU LENHADOR

No estilo afro, a dica é fazer um corte com efeito degradê. Na parte mais baixa até o topo da cabeça, a máquina pode ser regulada do número mais baixo e ir aumentando até chegar em cima. O tamanho do topo fica a gosto do cliente.

Esse estilo de barba, também conhecido como Lenhador, dá força ao lado bruto do homem, ao contrário da onda metrossexual que bombou até pouco tempo. Assim como um homem que vive na floresta, não tem muita preocupação com o visual, tem a barba cheia, comprida – mas estrategicamente aparada.

Fotos: Divulgação

símbolo de liberdade para os homens. Além do visual moderno, tornou-se uma opção prática nesta vida agitada de hoje e deixou de ser sinal de desleixo. É uma coisa a menos para o homem se preocupar no dia a dia”, observa. Isso não significa que dá para deixar a barba crescer sem nenhum cuidado. Muito pelo contrário, a manutenção é obrigatória para ficar com uma barba bonita e bem tratada. Segundo Carlos, há todo um ritual a ser seguido, como a escovação para polir a barba e deixar o pêlo mais macio. Sem falar que nas barbearias os homens podem desfrutar de mimos como toalhas quentes, massagem facial e, de quebra, ouvir conselhos profissionais sobre o melhor formato e tamanho para o seu rosto. Ah, uma informação importante: muitas delas também trazem uma boa carta de cervejas. “Embora seja um serviço rápido, até porque o homem não gosta de perder muito tempo, o momento de fazer a barba serve também para relaxar”, comenta Carlos. Uma dica que Didi dá a quem pensa em adotar barba, bigode ou cortes mais ousados é respeitar o estilo pessoal. “Hoje o homem não é mais tão formal, dependendo da profissão dá para ser arrojado tanto no trabalho quanto para sair à noite. Mas é preciso ter um estilo de vida e uma personalidade que combinem com esse visual”, sugere. Cliente de Didi, o DJ, produtor musical e barbudo José Carlos Hornos Neto, 20 anos, concorda que nem todo ambiente profissional aceita um visual masculino irreverente. “No meio em que trabalho, que é artístico, só conta pontos a favor. É legal ser diferente porque as pessoas esperam isso de você, querem se inspirar no seu estilo. Mas no meio corporativo, por exemplo, ainda rola preconceito e alguns até ficam meio em choque”, pontua.

DESCUBRA OS ESTILOS DE BARBA, CABELO E BIGODE:

(Fontes: Sites Manual do Homem Moderno, Homem no Espelho, Clube da Gravata e Homem Moderno.Com)

HOJE O HOMEM NÃO É MAIS TÃO FORMAL. MAS É PRECISO TER UM ESTILO DE VIDA E UMA PERSONALIDADE QUE COMBINEM COM ESSE VISUAL

HANDLEBAR MUSTACHE

POMPADOUR

O handlebar (guidão, em inglês) nada mais é que uma pequena torção na ponta dos fios do bigode para deixá-los levantados ou dependendo do comprimento e maleabilidade dos fios, podem ficar em um formato mais circular.

James Dean foi um dos primeiros famosos a divulgar o corte Pompadour. É um penteado com fios na frente compridos e penteados/escovados para trás de forma a criar uma onda/topete, enquanto os fios nas laterais são curtos e penteados para trás.


A GOS TO • S ET EM B RO 2 0 1 5

53


SAÚDE E BELEZA

PAPADA:

OPÇÕES DE TRATAMENTO O excesso de pele debaixo do queixo pode ser genético ou um reflexo da idade

Foto: Banco de Imagens/Divulgação

Por ADRIANA SCHIMILA

54

R E VI STA O U SE


T

ER UMA HARMONIA no formato do rosto é o desejo de muitas pessoas. São vários os fatores que as levam a achar que algo não está como gostariam e a papada – vulgo queixo duplo – é um deles. Pode ser pela genética ou pelo fator idade, mas a questão é: uma hora ou outra este ‘mal’ vai te assombrar. De acordo com a médica dermatologista Daniela Ribeiro, existe uma predisposição genética que influência, o que depende das características de cada um. “Nem sempre é hereditário, que passa dos pais para os filhos, mas quando um parente de primeiro grau tem papada há uma chance maior de se ter”, explica. Mas a médica enfatiza que a papada pode ser tanto flacidez quanto gordura, ou, então, a combinação de ambas. “Em pessoas jovens, em geral, é mais causada pela gordura, enquanto em pessoas mais velhas ou que emagreceram muito geralmente é causada mais pela flacidez. Entretanto a maioria têm o tipo misto”, comenta.

Aqueles que se sentem incomodados com o excesso de pele debaixo do queixo podem optar pelas diversas opções de tratamentos que a área da estética oferece. Uma delas, sendo a mais recente, é a substância ATX 101, que recentemente recebeu a aprovação pela Food and Drug Administration, nos Estados Unidos. “A aplicação é na forma de injeções para diminuir a papada, com bons resultados para os casos onde predomina a gordura”, esclarece a dermatologista. Além disso, existem os fios de sustentação à base de ácido polilático, que além de puxarem a pele quando há um excesso de

flacidez também estimulam o colágeno da região. “Outros tratamentos, como o ultrassom microfocado, a rádiofrequência, o infravermelho, lasers, entre outros, também atuam diminuindo a flacidez e a gordura da região”, destaca Daniela. Para definir o melhor tratamento é necessário uma avaliação criteriosa com um médico dermatologista especialista, para que se trace um plano de tratamento mais adequado. Cirurgia Para os adeptos a soluções mais radicais há dois tipos básicos de cirurgia: lipoaspiração e lifting cervical. Na lipoaspiração retira-se a gordura da área e, no lifting, retira o excesso de pele. A dermatologista comenta que a recuperação nestes casos pode levar até três semanas, em média. “Os cuidados pós-operatório são muitos e vão depender da cirurgia realizada. Mas repouso, não praticar atividades físicas por um período, afastar-se do sol e não frequentar a piscina e o mar são orientações básicas. Além disso, em alguns casos, recomenda-se o uso de faixa por um período e drenagem linfática posterior”, explica Daniela. O risco de voltar a papada pode ocorrer, especialmente se acontecer ganho de peso seguido de emagrecimento ou mesmo pelo aumento da flacidez com o passar dos anos. “O tempo é impossível estimar, pois dependerá de cada pessoa. Para evitar a recidiva ou ao menos postergar seu aparecimento deve-se fazer os tratamentos não invasivos com certa frequência, como a radiofrequência, o infravermelho e o ultrassom microfocado”, esclarece. A GOS TO • S ET EM B RO 2 0 1 5

55


SAÚDE E BELEZA

PELE DE PÊSSEGO Ácido polilático promete resultados gradativos ao estimular a produção e a renovação do colágeno

Foto: Banco de Imagens/Divulgação

Por ADRIANA SCHIMILA

56

R E VI STA O U SE


O ÁCIDO AJUDA A MELHORAR O CONTORNO DO ROSTO E A COMBATER A FLACIDEZ. TAMBÉM É INDICADO PARA PESSOAS QUE DESEJAM CORRIGIR A PERDA DE VOLUME DA FACE, AMENIZANDO ASSIM O ASPECTO DE OSSOS MAIS PROEMINENTES UMA PELE DE PÊSSEGO. A expressão é antiga, mas traduz perfeitamente os resultados que o Sculptra, ácido polilático, proporciona com poucas aplicações. A novidade é pouco conhecida no Brasil e tem conquistado o público lá fora por dar resultados gradativamente. “O ácido ajuda a melhorar o contorno do rosto e a combater a flacidez. Também é indicado para pessoas que desejam corrigir a perda de volume da face, amenizando assim o aspecto de ossos mais proeminentes”, explica a médica dermatologista, do Rio de Janeiro, Marcella Alves. As únicas regiões em que este tipo de preenchimento não deve ser aplicado são o contorno dos olhos, as olheiras e os lábios. “Para preenchimentos de rugas, sulcos e o tratamento das olheiras, o mais indicado é o ácido hialurônico”, comenta. Toda esta potencialidade se deve aos estímulos que o Sculptra provoca na formação e na renovação do colágeno. Isto faz com que haja um rejuvenescimento real do rosto. Não há restrições de idade para a realização do procedimento, no entanto, é muito procurado por pacientes com idade a partir de 35 e 40 anos, quando os sinais da maturidade começam a ser percebidos. Há também opções mais tradicionais para tratar a aparência do rosto, como o Botox – toxina botulínica – e o Voluma, um preenchimento à base de ácido hialurônico. “Todas as opções permitem um envelhecimento de forma natural”, afirma a dermatologista. A GOS TO • S ET EM B RO 2 0 1 5

57


SAรšDE E BELEZA

PODE AFINAR Estรก insatisfeito com as suas bochechas? Saiba que a medicina pode te ajudar a afinar o rosto e dar aquele up no visual Por JOANA GALL

58

R E VI STA O U SE


V

OCÊ ADMIRA ROSTOS longos e finos, mas tem bochechas mais fofinhas na face? Saiba que essa questão pode ser resolvida dentro de um consultório médico. Quem não está muito satisfeito com o rosto redondo, pode fazer uma intervenção cirúrgica chamada Bichectomia – que nada mais é do que a redução das bochechas.

Uma das principais queixas neste formato de face é que o rosto fica com aparência de sobrepeso, ou então com aspecto mais infantil. A Bichectomia consiste na retirada da gordura da bola de Bichat, gordura que se localiza na profundidade da bochecha, e quando aumentada, leva ao aspecto arredondado da face. Conforme o médico Eduardo Wiethorn Rodrigues, membro titular e especialista da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica, a procura pela redução de bochechas tem aumentado. De acordo com ele, os pacientes que têm esta queixa agora acessam mais as informações e a divulgação desta cirurgia. “A técnica evoluiu ao longo dos anos sendo simplificada para uma cirurgia intrabucal, o que tornou ela mais atrativa e interessante aos pacientes”, explica ele. A cirurgia é realizada sob anestesia local, com sedação em alguns casos, por via intrabucal (dentro da boca, sem cortes externos), com incisão de dois centímetros. O médico acessa a gordura profunda e retira o seu excedente. O tempo de cirurgia é em torno de 40 minutos, realizada ambulatoriamente, com alta no mesmo dia. Conforme Rodrigues, o público de maior interesse por esta cirurgia são as mulheres. “A redução causa um aspecto mais afinado na face e com for-

mato mais triangular com traços mais estéticos”, comenta. A parte maior de edema (inchaço) é nas primeiras duas semanas, sendo a recuperação parecida com a cirurgia do dente siso. Apesar da maior parte do inchaço sair nas primeiras duas semanas, os pacientes começam a perceber melhor o resultado da cirurgia depois de 30 dias, onde o rosto começa a afinar a região das bochechas. Ainda de acordo com o médico, a cirurgia pode ser realizada em qualquer idade, porém nos jovens, deve-se esperar o período de puberdade e crescimento facial completo. Nos pacientes que já possuem flacidez facial, pode ser necessária a realização de lifting facial ou fios de sustentação associada à remoção da bola de bichat.

A REDUÇÃO CAUSA UM ASPECTO MAIS AFINADO NA FACE E COM FORMATO MAIS TRIANGULAR COM TRAÇOS MAIS ESTÉTICOS

A GOS TO • S ET EM B RO 2 0 1 5

59


ENTREVISTA

NENHUMA CRISE É DEFINITIVA Em palestra, Mario Sergio Cortella afirma que neste momento é preciso fortalecer a capacidade de ação em grupo

SIMPÁTICO E ARTICULADO, o filósofo, escritor e professor paranaense, Mario Sergio Cortella, esteve em Blumenau (SC), no mês de julho, para ministrar uma palestra sobre liderança. Em entrevista exclusiva para a Revista Ouse, ele revelou quais são os aspectos necessários para se tornar um líder e também discorreu sobre a crise econômica no País: Quais os princípios básicos para ser um bom líder? Só é líder quem é bom. Se ele não for bom ele é um mero chefe. Faz parte da natureza da liderança ser bom, isto é, não pode ser nem regular nem ruim. Caso contrário ele esbarra no campo da mediocridade e algo que a liderança não pode ter é mediocridade. Ou seja, não atinge patamares superiores ou a própria regularidade. Para ser líder é necessário ter algumas condutas internas em relação à atitude. Entre elas, a capacidade de se ter humildade para saber que uma liderança se constrói com o tempo e por isso, para ser bom desde o ponto de partida, precisa saber que não é (bom) e nesta hora essa humildade é necessária para que se construa uma série de ferramentas e competências para ser bom. A tarefa da liderança é servir e não ser servido. Um líder que, ao invés de servir, serve a si mesmo não é líder. É um mero chefe. A tarefa do poder é servir e não servir a si mesmo. Por isso, liderança é serviço. Essas características fazem com que uma liderança seja admirada em vez de apenas obedecida. Este é o teor da reflexão. 60

R E VI STA O U SE

Fotos: Pedro Waldrich

Por ADRIANA SCHIMILA


Então não nascemos líder, conquistamos este status? Sim, porque a liderança pode até contar com situações que são inatas. No meu caso, por exemplo, sou professor, comentarista de rádio e televisão, então a minha voz marcante é inata e ajuda imensamente, mas de nada adianta se eu não desenvolver e não for colocado em ação e prática. Então, você pode ter boas condições de liderança como ponto de partida, mas isto não te deixa pronto. Não existe então um modelo de liderança ideal? Ideal sim, porque é aquilo que sonhamos, mas o que não existe é na prática, porque a liderança é uma construção histórica circunstancial e o líder não depende somente dele e sim das circunstâncias que estão a sua volta. Por isso, estar na liderança significa observar algo como inerente. Existe sim um líder ideal, mas nenhum de nós realiza e torna concreto este perfil. Nem deve, porque esta seria a nossa imobilização. Um líder pode chegar a um patamar de estagnação? Se ele chegar é porque não é bom. Tem que haver uma necessidade de insatisfação positiva. Isto é, aquilo que leva a fazer mais e melhor. Uma pessoa que é bem avaliada tem que tomar isto como estímulo em relação aquilo que fez até agora, mas se ela se conforma a esta avaliação momentânea, ela decresce, retroage e fragmenta a competência. Alguém que me elogia está produzindo um afago e também um estímulo para que eu procure seguir adiante. Por isso, uma das coisas que caracteriza a liderança é querer o melhor. A ideia de melhor é uma atitude e não uma graduação métrica.

Que competências são decisivas para a atividade de liderança e quais delas darão o start para o sucesso? São cinco: abrir a mente, elevar a equipe, inovar a obra, recrear o espírito e empreender o futuro. A primeira é o início de tudo. Observar a necessidade de atualizar as percepções, portanto, não ser ingênuo ao modo em que as coisas são e precisam ser alteradas. Como aplicar a liderança em vários contextos diferentes, como pequena, média e grande empresa? A liderança sendo uma atitude vale tanto para a família quanto para empresas de qualquer porte. Entender a liderança como sendo a capacidade de servir a um grupo para ser melhor naquela determinada situação e a aplicabilidade é universal. Qual a prioridade para construir uma carreira de sucesso? Como disse Alice, no filme Alice no País das Maravilhas: quem não sabe para onde vai, qualquer lugar é caminho certo. Então, o primeiro passo é saber que existe somente uma prioridade. Depois é preciso descobrir qual é a prioridade e agir em favor dela. Quais o caminhos para ser um bom líder em um momento de crise? Antes de mais nada, uma crise nunca é definitiva senão seria o fim. Uma crise é uma turbulência em qualquer momento da história. É importante buscar o aconselhamento com pessoas que já vivenciaram outras crises e que podem inspirar para imaginar o quanto que nenhuma delas é insuperável e nem é invencível. Mas também não se deve desprezar a crise. Não é porque não é inédita que ela não é tão poderosa ou que não possa vir a ser. Outro ponto, em uma crise se aprende bastante a lidar com aquilo que é adversidade. Há uma frase antiga oriental que diz: eu não luto a tua luta, eu danço. Uma liderança é aquela que observa a crise como uma circunstância e não como uma fatalidade. Enxerga como um momento que não é desprezível,

mas também não é insuperável. Por isso, o líder não é subserviente à crise, mas a leva em conta. Neste momento é preciso fortalecer a capacidade de ação em grupo. Nesta hora não basta o espírito de equipe, é preciso espírito de turma. Equipe é superficial e turma é a que tivemos na escola, que age como adesão. Ou seja, é preciso de turma para enfrentar a transição. As pessoas estão muito pessimistas em relação à conjuntura econômica do País. Qual a sua opinião? Quando eu não estou em Blumenau, a minha percepção sobre a enchente é diferente de quem está. Quando você está dentro da crise a pior avaliação possível é aquela que terás. Daqui há dez anos você não lembrará mais. Agora nós estamos no meio dela, aliás, nem começou de fato. Portanto, as crises dos anos de 1980 foram bem piores e muito superiores a esta. A inflação era de 2000% ao ano. Havia desemprego que atingia 27% da população. Então, quem viveu aquela época olha a crise de agora e não fica tão chocado. Quem está vivendo somente esta, com certeza está assustado. O que faz um líder nesta situação? Ele procura acalmar as pessoas sem enganá-las e supor que ‘isso vai passar’. Apenas passará se formos atrás para fazermos algo, mudarmos o quadro. É preciso procurar alternativas e sugerir que não há uma fatalidade nisto. Então não é o momento certo para abrir uma empresa? Depende do ramo. Como diz uma clássica frase: ‘Quando um chora, outros vendem lenços’. Eu, por exemplo, não abriria uma paleteria. Uma porque está frio e outra porque já esgotou, existem muitas no mercado. Talvez um parque industrial e secundarizados, ou uma empresa que trabalhe com recolocação de pessoas. O mercado oferece todas as condições, não existe uma única rota. Também é momento de inovar, basta enxergar além daquilo que está à vista e o líder nesta hora é aquele que enxerga. A GOS TO • S ET EM B RO 2 0 1 5

61


A NOVA VOZ DA MPB Com estilo próprio, John Mueller traz na bagagem uma sonoridade forte com novos arranjos, sintonizado com todas as tendências da música, sem medo de ser ousado e sem perder a identidade e os princípios básicos da MPB Por NANE PEREIRA

OLHAR TRANQUILO. Jeito sereno de quem leva a música no peito. O timbre de voz lembra por vezes Milton Nascimento, por outras, Chico Buarque, e, na maioria das vezes, lembra o John. O John Muller. O cantor, compositor, catarinense, que possui o andar de quem sabe onde quer chegar, acaba de lançar o novo CD “Por um Fio”. Segundo ele, os aspectos que impulsionaram o novo trabalho vêm da experiência e da bagagem que o músico vem adquirindo no decorrer da carreira. Por meio de aprimoramento técnico, parcerias com outros compositores e letristas (como Gabriel Caminha e Gregory Haertel), participações e premiações em festivais nacionais, John (como é conhecido entre os amigos) compõe diversas músicas bem elaboradas, em letras, melodia e harmonia, sempre levando em consideração e com muito esmero a qualidade musical. 62

R E VI STA O U SE

Foto: Vinícius Giffoni

MÚSICA


Foto: Mariana Florêncio Foto: Vinícius Giffoni

No repertório do CD autoral, canções como “Força Felina”, “Itinerário” e “Por um fio” ganham a atenção dos ouvintes pela maestria da composição, arranjo, voz e melodia. O CD foi gravado em 2014, no Rio de Janeiro, com produção de Jorge Helder, produtor musical de grandes nomes da Música Popular Brasileira (MPB), como Caetano Veloso e Maria Bethânia, e que, desde 1996, é baixista de Chico Buarque. John não anda sozinho. No CD, conta com uma equipe de musicistas altamente qualificada, como Kiko Freitas, considerado o melhor baterista do Brasil; Ricardo Silveira, guitarrista, que tocou com Elis Regina e Ney Matogrosso; Cristóvão Bastos, pianista que acompanha Chico Buarque, Gal Gosta e Paulinho da Viola; Armando Marçal, percussionista, e Jorge Helder, como produtor e contrabaixista. Natural de Blumenau, Santa Catarina. Músico profissional há 12 anos. John Mueller descobriu a paixão pela Música Popular Brasileira aos sete anos de idade. Aos dezessete, tocava em bares e em casas noturnas no Vale do Itajaí e em parte do estado de Santa Catarina. A música popular sempre foi a grande escola e a paixão de John, é nela que ele constrói as suas composições e também as releituras de grande nomes como Djavan, João Bosco, Luiz Melodia, Gilberto Gil, Lenine, Elis Regina, Chico Buarque e Tom Jobim. Com o trabalho solo, John participou de festivais de música por todo o Brasil, sobretudo em Minas Gerais, Espírito Santo, Paraná e Santa Catarina, onde teve e tem a oportunidade de difundir sua música. Com estilo próprio, o músico traz em sua bagagem uma sonoridade forte com novos arranjos, sintonizado com todas as tendências da música, sem medo de ser ousado e sem perder a identidade e os princípios básicos da MPB. Ouça o CD “Por um Fio” no www. soundcloud.com/john-mueller-19 ou acompanhe a agenda do músico em facebook.com/johnmuellerc

A GOS TO • S ET EM B RO 2 0 1 5

63


ACELERANDO

ESPORTIVO E SOFISTICADO O Novo Kia Quoris 2016 esbanja luxo e tecnologia e agrada os motoristas mais autênticos

ELEGÂNCIA, LUXO E TECNOLOGIA. É desta forma que se pode definir o novo Kia Quoris 2016. Um dos carros mais bonitos da categoria grandes sedãs, este modelo marca presença por onde circula. No design, o destaque é a frente invocada com os faróis alongados e a imponente grade frontal. O estilo mais baixo, escapamento duplo e as rodas de liga leve aro 18, deixa o Quoris com ar de esportivo e sofisticado. Disponível em uma única versão, o carro tem capacidade para transportar até cinco passageiros com muito conforto em qualquer situação, tanto na cidade quanto em longas viagens. O porta-malas suporta 455 litros. O interior esbanja bom gosto e sofisticação, com ótimos acabamentos e arremates que chamam a atenção, além de muita tecnologia e luxo. Dos itens de série, destacam-se o ar-condicionado que é digital, automático e de três zonas e os bancos de couro, que têm opção para aquecimento e resfriamento, além do ajuste elétrico para lombar até para os acentos traseiros. Com o controle multimídia no descanso de braço central traseiro, os passageiros passam a ter total liberdade na hora de ajustar os opcionais, que também incluem duas telas de LCD, de nove polegadas, instaladas nos bancos traseiros. O Quoris conta ainda com direção assistida, GPS integrado, DVD player, controlador de velocidade, computador de bordo completo, teto solar elétrico, volante multifuncional com ajuste de altura e profundidade e destravamento das portas sem chave. No quesito segurança, este carro está muito à frente dos demais. Entre os itens estão o ascendimento automático dos faróis, sistema de airbag completo – frontais, laterais de cortina e de joelho para o motorista. O câmbio automático possui tecnologia Shift by Wire, ou seja, de marchas no volante, e o cinto de segurança de três pontas tem tensionadores para todos os passageiros. Um carro singular para pessoas autênticas. 64

R E VI STA O U SE


Fotos: Divulgação

A GOS TO • S ET EM B RO 2 0 1 5

65


Fotos: Divulgação

ACELERANDO

C

FICHA TÉCNICA

M

Y

CM

Modelo Novo Kia Quoris 3.8 MPI >>Motor: V6 – 3.8 >>Tipo: 6 cilindros em ‘V’ >>Sistema de alimentação: injeção eletrônica sequencial >>Cilindrada: 3.778 >>Potência máxima: 294 >>Torque máximo: 36,5 >>Suspensão dianteira/traseira: multi-link >>Direção: eletro-hidráulica (EHPS) >>Raio de giro: 6,04 >>Transmissão automática: 8 marchas com opção de trocas sequenciais >>Tração traseira: 4x2 >>Freio dianteiros/traseiros: discos ventilados >>Comprimento: 5090 >>Largura: 1900 >>Altura: 1490 >>Distância entre eixos: 3045 >>Peso bruto: 2430 >>Capacidade do tanque: 75

66

R E VI STA O U SE

MY

CY

CMY

K


Soluções em Automação. Controle total na ponta dos dedos.

Áudio

Vídeo

Iluminação

Cortinas e Persianas

Climatização

Energia

Segurança

A Som Maior, referência em áudio e vídeo high end, oferece agora ao mercado de automação seus mais de trinta anos de experiência satisfazendo os mais exigentes consumidores. Desde 2015, somos os distribuidores oficiais da Crestron no Brasil, líder mundial e referência absoluta em automação de alto nível. Único fabricante no mercado a oferecer uma linha completa de equipamentos necessários para a integração e controle de todos os dispositivos de uma residência moderna, Crestron é sinônimo de qualidade, flexibilidade e, acima de tudo, confiabilidade. Finalmente a empresa recebe um representante oficial com a seriedade, know how, suporte, assistência técnica e treinamento à altura de sua reputação. Crestron e Som Maior, a parceria que faltava acontecer!

47 3472 2666 - www.sommaior.com.br A GOS TO • S ET EM B RO 2 0 1 5 67


CAPA

68

R E VI STA O U SE


Lindo leve e sol to O modelo brasileiro mais festejado no mundo da moda, Marlon Teixeira, preserva o jeito de menino de praia que nĂŁo consegue ficar longe do mar e da galera Por FABIANA ROZA Fotos DENNY SACH

A GOS TO • S ET EM B RO 2 0 1 5

69


CAPA

Q

QUEM CIRCULA PELA praia brava, em Balneário Camboriú, certamente já esbarrou com Marlon Teixeira. Para os desavisados, o moreno de 24 anos, 1,87m de altura, cabelos encaracolados meio desgrenhados e um jeitão de menino de praia, pode até ser confundido com um surfista local. Mas não pela mulherada, que o reconhece a metros de distância e até dá umas incertas por lá para, quem sabe, ter a sorte de cruzar com o modelo brasileiro mais bem-sucedido dos últimos tempos e ex-affair da atriz Bruna Marquezine. Aos tais desavisados, uma dica: Marlon é considerado uma versão masculina da top Gisele Bündchen, tamanho o sucesso que faz no cenário fashion, que, aliás, é conhecido por não ser tão generoso com os modelos homens.

70

R E VI STA O U SE

Não é o caso de Marlon, que entrou nesse meio por acaso, quase sem querer, e que em pouco tempo conquistou um lugar ao sol. Logo que se lançou na carreira, aos 16 anos, ainda meio desconfiado se tinha mesmo vocação para “modelar”, embarcou para Nova York. Desde este primeiro contato com o universo da moda internacional foram tantos trabalhos importantes que fica difícil listar. Só para citar os desfiles, já entrou na passarela para John Galliano, Giorgio Armani, Dior (exclusivo em duas temporadas consecutivas), Hermés, Roberto Cavalli, Dolce & Gabbana. E, claro, para a Chanel, em 2013, quando foi escolhido pelo próprio Karl Lagerfeld para desfilar a coleção prêt-à-porter no Paris Fashion Week. Marlon arrasou, chamando a atenção por ser o único homem a riscar a passarela em um desfile feminino da grife. Entre outros trabalhos, o modelo da agência Way Model fotografou editoriais e capas das revistas de moda mais famosas do mundo, em edições de diversos países, como Vogue, W, Elle, L’ Officiel, Vanity Fair e GQ. Campanhas publicitárias também se acumulam no portfólio do moço. Apenas em 2014, Marlon estrelou campanhas badaladas, algumas na companhia de beldades. No comercial do perfume Carolina Herrera 212 VIP ele apareceu ao lado de Gisele Bündchen. Para a Just Cavalli Fragrance teve como parceira a bela Georgia May Jagger, filha de Mick Jagger e Jerry Hall. A atriz Megan Fox dividiu a cena com o top brasileiro na campanha da Avon Instinct Fragrance.


A GOS TO • S ET EM B RO 2 0 1 5

71


N NÃO BASTASSE TODA essa evidência no mundo da moda, vez ou outra Marlon ainda figura em alguma lista. Recentemente, o top apareceu no ranking do renomado site style.com como um dos 25 maiores e mais quentes modelos de todos os tempos. Ele é o único brasileiro presente na lista. No começo do ano, também foi eleito o Rosto Masculino Mais Belo pela edição espanhola da revista Glamour. O mais curioso é que toda essa projeção internacional parece não desviar o modelo da vida simples pela qual demonstra tanto apreço. Ele ama surfar e sempre que pode deixa Nova York, sua base, para pegar onda em Balneário e rever a família e os muitos amigos que deixou aqui no Sul. Essa ligação forte que mantém com o mar também contribuiu para um projeto seu que nada tem a ver com o mundo fashion. Há pouco tempo ele montou o bar mexicano TJ’s de frente para o mar, na Brava, que como ele diz virou um point para encontrar a galera quando está no Brasil. É lá que Marlon aproveita os dias de folga, sem nenhum glamour, só curtindo o sol, o mar e a companhia da rapaziada da praia. Livre, leve e solto, como fazia desde menino. Leia a seguir a entrevista exclusiva com Marlon para a Revista Ouse:

72

R E VI STA O U SE

CAPA


ACABEI SAINDO DE CASA MUITO CEDO, MOREI EM LUGARES NOS QUAIS NÃO DOMINAVA A LÍNGUA, TIVE MUITA DIFICULDADE EM VIVER LONGE DA FAMÍLIA, DOS AMIGOS, MAS ISSO ME AJUDOU MUITO A AMADURECER

Como você encarou, com apenas 16 anos, a entrada no universo fashion e a mudança para outro país? Nunca planejei nada nessa carreira. As coisas foram acontecendo, eu achando que isso a qualquer momento acabaria, mas fui crescendo na profissão e conquistando o meu espaço. Acabei saindo de casa muito cedo, morei em lugares nos quais não dominava a língua, tive muita dificuldade em viver longe da família, dos amigos, mas isso me ajudou muito a amadurecer. Você é considerado atualmente o modelo brasileiro mais bem-sucedido. Como lida com toda essa repercussão e como avalia esse momento da carreira? Fico feliz de ter conquistado o meu espaço e o reconhecimento do mercado. Mas quando estou trabalhando, quando estou em foto, não penso nisso. Quero fazer o meu melhor sempre e ser um bom profissional. E como surgiu a ideia de abrir um bar mexicano na Brava? Você costuma aparecer muito por lá quando está no Brasil? Eu já frequentava aquela região para surfar e encontrar a galera, mas sentia falta de um point, onde pudesse comer algo depois de cair no mar. Como sou admirador da culinária mexicana, uma das comidas preferidas em Nova York, pensei em levar isso para a região.

Por conta do bar, passei a ir com mais frequência para o Brasil sempre que surge uma folga na agenda de trabalho. Quando estou no Sul, o TJ’s é o lugar onde meus amigos me encontram. Com que frequência vai para Balneário? E como é o seu dia a dia por lá, o que costuma fazer? Por conta do bar, passei a ir mais para o Brasil e ficar em casa, no Sul. Se não estou no mar, tô com a galera no TJ’s. Agora, minha sobrinha e afilhada acabou de nascer, então tô em um momento tio coruja. Você tem paixão pelo surfe. Além da Praia Brava, costuma viajar para pegar onda? Qual o lugar mais legal em que já surfou? Passei uma temporada na Indonésia e, para mim, foi um dos lugares mais incríveis que já peguei onda. Tento cair no mar em todo lugar que vou a trabalho. E além do surfe, que outros exercícios você faz para manter a forma? Pratico yoga quando estou em Nova York e gosto de correr também. Em várias entrevistas você fala sobre a vontade de ter uma família, uma casa cheia de pranchas e filhos. É esse o seu projeto para o futuro? Não planejo muita coisa, mas imagino uma casa cheia daqui a um tempo, sim. De preferência, que essa casa seja na praia. A GOS TO • S ET EM B RO 2 0 1 5

73


LIFESTYLE

AMOR À FOTOGRAFIA Registrar detalhes do cotidiano, as viagens, o caos urbano, atrai cada dia mais adeptos, pessoas que encontram beleza e paz no ato de fotografar

Fotos: Michèle Fouquet

Por NANE PEREIRA

74

R E VI STA O U SE


S

AIR DA ROTINA. Capturar o cotidiano. Os detalhes que normalmente passam despercebidos com a correria do dia a dia. Buscar uma válvula de escape que encante os olhos e que faça o coração transbordar de emoção. Muitos buscam a dança para oxigenar o corpo, outros se transformam em verdadeiros cinéfilos e encontram na sétima arte o descanso e o alimento para a alma. Outros, escrevem cartas de amor. Outros, porém, encontram na fotografia, no registro das imagens do cotidiano, a alegria e o prazer de se fazer algo que inspire a vida. Registram o tempo. Captam o olhar naquele exato momento em que a luz é perfeita. Transformam o imperfeito da rotina em obras de arte. Eternizam um momento, para que, talvez, mais tarde, possam rever as fotos e se encontrar nelas.

É o caso da Michèle Fouquet, 46 anos, de Blumenau, que está retomando a rotina no Brasil com o filho, Iago Fouquet Schmidt, após retornarem de um período na Europa. “Passamos uma temporada de estudos, ele na Alemanha, eu na Itália. Ainda estou colocando a “vida” em ordem, mas de modo geral meu dia a dia é muito tranquilo, com filho adulto, tenho tempo para fazer aquilo que decido ao acordar”, diz. Michèle comenta que faz anos que ela aprecia a fotografia. Não apenas o ato de fotografar, mas de curtir as fotos que retratam momentos especiais da vida dela. “Adoro montar painéis, emoldurar e pendurar nas paredes do apartamento, porque é uma forma de se estar constantemente matando as saudades, do contrário, as fotos ficam dentro dos álbuns que raramente abrimos”, afirma. Quando surgiram os primeiros telefones celulares com câmera fotográfica, a paixão pelo ato de fotografar ficou ainda mais evidente em Michèle. “Mesmo sendo amadora, pedi ao amigo e fotógrafo Kako Waldrich que me indicasse uma câmera semiprofissional, adquirindo assim a minha primeira máquina, uma Cannon EOS Rebel T5i. Ainda estou em fase de exploração de todos os recursos que ela oferece. O próximo passo será um curso de fotografia, e depois, estarei apta a manejar uma máquina profissional”, acrescenta.

A GOS TO • S ET EM B RO 2 0 1 5

75


LIFESTYLE

Para Michele, a fotografia é uma forma de eternizar o momento. “Gosto muito da definição do ato de fotografar dado por Henri Cartier-Bresson que diz: ‘fotografar é colocar na mesma linha, a cabeça, o olho e o coração’”, afirma. A fotógrafa (amadora) gosta de registrar tudo, desde o parágrafo de um livro que esteja lendo, um prato com alguma gastronomia que encha os olhos, cemitérios... “Sim, eu adoro cemitérios e suas histórias silenciosas, belas lápides, jazigos ornados com imponentes esculturas, gosto de registrar um brinde ao encontrar com amigos e por aí afora. Hoje vivemos a era das selfies, tão criticadas por alguns, porém, no meu conceito é uma maneira divertida de brincarmos com nossa autoestima. Ninguém posta uma foto sua sem que goste, então, penso que ‘se curtir’ é algo totalmente saudável e compartilhar isso é muito divertido”, explica. Outro amante da fotografia é o diretor criativo da Maré Cheia, Jaison Manoel Bogo Alves, 36 anos, de Blumenau. Bogo tem uma rotina interessante. “Acordo às 6h e faço um aeróbio para alinhar a respiração – chego às 8h na empresa e realizo meus sonhos profissionais. Almoço diariamente com meus filhos, – volto para a empresa – procuro lugares ‘puros’ para criar, com pouca interferência do homem ou vou ao oposto. Nas ruas encontro o caos urbano, que também aflora a criação. Às 18h faço yoga e musculação em dias alternados e no restante da noite me dedico exclusivamente aos meus filhos – praticamos yoga juntos, fazemos as refeições, tarefas escolares, brincamos, etc. Durmo

76

R E VI STA O U SE

muito cedo”, comenta. O método particular de fotografar de Bogo é encontrar a beleza em qualquer lugar, em qualquer coisa. “Dos detalhes e das pequenas situações corriqueiras podemos extrair dali amor”, afirma. No instagram (@jaisombalves), ele encontrou um canal que está curtindo cada dia mais. “Estou me aprimorando a cada foto publicada, virou uma grande paixão”, diz. Para Bogo, a fotografia representa o olhar dele sobre o mundo compartilhado no coletivo. Outra paixão de Bogo é colecionar peças antigas. O empresário, que tem como filosofia de vida a evolução pessoal, gosta de fotografar, registrar, com o celular paisagens, casarões, natureza e o caos urbano. “Porque são nestas imagens que encontro todos os ‘Jaisons’”, explica.


Fotos: Jaison Manoel Bogo Alves

DOS DETALHES E DAS PEQUENAS SITUAÇÕES CORRIQUEIRAS PODEMOS EXTRAIR DALI AMOR

A GOS TO • S ET EM B RO 2 0 1 5

77


PUBLIEDITORIAL

UM CLIMA LEVE NO AR Hotel Parador da Montanha reúne o amor pela natureza com toques de sofisticação

78

R E VI STA O U SE


EM MEIO À MATA ATLÂNTICA, na pacata cidade de Rio dos Cedros, em Santa Catarina, inúmeras cachoeiras, lagos e vales floridos fazem do Hotel Parador da Montanha um refúgio para qualquer época do ano. Um clima leve no ar, café no fogão, lareira acesa. A vontade é de fazer o tempo parar. O lugar proporciona um verão sem estresse e com muita água, e um inverno gelado, aquecido pelas lareiras e pelo contato com a natureza. Entre um tronco caído, lascas de madeiras, plantas, pedras e uma decoração com muitos objetos trazidos de viagens, os pequenos detalhes deixam todo o local muito aconchegante. O hotel reúne o amor pela natureza com toques de sofisticação. Com uma construção rústica e charmosa, o hotel mostra que o ser é mais importante que o ter, que o que realmente vale a pena na vida é o viver. Um lugar único, há 800 metros de altitude, onde é possível ouvir a grama crescer, sentir a brisa e contemplar cada detalhe da natureza.

Localizado na Estrada Geral, Alto Cedros Região dos Lagos - Lago Pinhal, em Rio dos Cedros Reservas (47) 3370 8175 (segunda a sexta-feira, das 9h às 18h) (47) 3036 5338 (sábado, domingo e feriados) (47) 9246 3371 (WhatsApp) atendimento@paradordamontanha.com.br A GOS TO • S ET EM B RO 2 0 1 5

79


TURISMO

UM DESTINO ENCANTADOR O território inca reserva atrativos que incluem museus e sítios arqueológicos, praias e dunas, enigmáticas ruínas de pedras e muita história Por ADRIANA SCHIMILA

80

R E VI STA O U SE


Foto: Divulgação/Banco de Imagens A GOS TO • S ET EM B RO 2 0 1 5

81


TURISMO

Um país místico, um povo acolhedor. O Peru é sem dúvidas um dos destinos turísticos mais emblemáticos da América do Sul. Diferente do que muitos acreditam, o País deixou de ser um roteiro procurado apenas por mochileiros. Somente em 2014, de acordo com os dados da PROMPERÚ, cerca de 3,2 milhões de pessoas viajaram para esse destino. O número de brasileiros que optam por degustar os vinhos peruanos e saborear a incrível gastronomia, ainda é muito tímido, mas a procura cresce a cada ano, pois, com um grande potencial, o lugar oferece atrações para todas as idades, gostos e estilos. Os voos diretos que partem de Porto Alegre (RS) a Lima (Peru), levam os brasileiros para conhecer inúmeros atrativos que incluem museus e sítios arqueológicos, praias e dunas, enigmáticas ruínas de pedras e muita história. Milhos gigantes, de diversas cores e sabores. Batatas com formatos inusitados, além da bebida nacional, o pisco – aguardente de uva. Uma deliciosa gastronomia, que reúne ingredientes como frutos do mar, considerada a melhor da América Latina. Ricos museus e animada vida noturna. Peru é, sem dúvidas, um destino turístico que merece ser visitado em, pelo menos, quatro dias. Reserve o tênis para caminhar confortavelmente e um bom espaço na mala, pois as cerâmicas são lindíssimas, sem falar nas roupas feitas com lã de lhama e alpaca, no pisco, milho salgado, e muitas outras alternativas para trazer um pedacinho deste país.

82

R E VI STA O U SE

Lima cosmopolita Construída em cima de um deserto, a capital peruana é a tradução perfeita da atmosfera cosmopolita. Cheia de vida, as ruas são arborizadas e preservam o fascínio da história inca. Para quem deseja visitar o Peru, este é o ponto de partida para mergulhar nos mistérios do país. A ida aos museus e sítios arqueológicos são uma verdadeira aula de história. Vale uma visita – sem pressa – ao Museu Larco Herrera. A mansão do século XVIII construída sobre uma pirâmide do século VII abriga mais de 45 mil peças, que incluem uma exposição de cerâmicas eróticas da época pré-colombiana. O local conta também com um charmoso armazém, ideal para degustar um chá em meio às árvores floridas que embelezam o jardim. Para os amantes de bebidas alcoólicas, a dica é experimentar o licor nacional: o pisco. A aguardente de uva tem nada mais que 42% de álcool e é uma versão inusitada da caipirinha brasileira. No centro histórico de Lima estão casarões, igrejas e palácios. Uma imersão não somente na história peruana, mas de toda a colonização espanhola na América do Sul. O local mais visitado é a Praça das Armas, onde está o Palácio do Governo e o Palácio Municipal. Além do Convento de São Francisco e a Catedral de Lima, que merece uma visita guiada para compreender melhor a chegada dos espanhóis e quem foi Francisco Pizarro – que submeteu o Império Inca ao poderio espanhol. Há 30 quilômetros está o Templo pré-inca de Pachacamac. Na visita – permitida apenas


Foto: Carlos Ibarra/PromPeru Foto: Alex Bryce

por meio de caminhada – é possível conferir as pirâmides, casas e templos construídos com tijolos feito à mão. Considerada a capital gastronômica da América Latina, Lima oferece inúmeras opções de restaurantes, como o La Rosa Náutica. Sobre as águas do Oceano Pacífico, que banham toda a capital do Peru, o estabelecimento é especializado em frutos do mar. Para entrar no clima da cultura local, a dica é um jantar com show folclórico no restaurante La Dama Juana. Para uma noite de boemia há o descontraído e autentico Bar Ayahuasca, um casarão construído em 1875. Reservar uma noite para passear no Circuito Mágico das Águas é um programa que agrada tanto os casais, pelo clima romântico, quanto àqueles que estão com o filhos, que podem correr e se divertir entre os gramados e as 13 fontes ornamentais.

A GOS TO • S ET EM B RO 2 0 1 5

83


Foto: Divulgação/PromPerú

Foto: Marco Garro/PromPeru

TURISMO

O deserto de Paracas Há três horas e meia de Lima, Paracas reserva impressionantes dunas e lindas praias. Com opções de luxuosos hotéis Spa, a cidade é destino certo para quem gosta do clima litorâneo. Entre as atrações está o sobrevoo às Linhas de Nasca, enormes desenhos que representam diversos insetos e animais. Sem provas científicas de como foram feitos e o motivo, mas há hipóteses de ser um calendário astronômico feito há mais de 800 anos. Para quem adora diversão, um passeio de caminhonete 4x4 pelas dunas é pura adrenalina. Aos que têm espírito ainda mais aventureiro, podem optar por descer as montanhas de areia com 84

R E VI STA O U SE

pranchas de sandboard. No passeio de barco as Ilhas Ballestas, é possível observar pinguins e lobos marinhos, além dos mais de 216 tipos de aves migratórias que ali habitam. Cusco e Vale Sagrado Há 3400 metros de altitude e uma hora e vinte minutos de voo, saindo de Lima, Cusco fica na região dos Andes e dá acesso a Machu Picchu. A cidadela tem arquitetura que confunde construções incas com coloniais, os muros e as casas são feitos de barro, e as ruelas preservam uma atmosfera bem peculiar. A caminho do Vale Sagrado dos Incas, a paisagem é o atrativo principal. Montanhas imponentes

em meio a um vilarejo que sobrevive da agricultura e do artesanato. Na parada, no Centro de Artesanato de Awanacancha pode-se conhecer mais a origem das lhamas e alpacas, além de alimentá-las. No local, alguns artesãos demonstram como são feitas as vestimentas com a lã dos animais. Uma verdadeira obra de arte. Seguindo viagem está o interativo Museu Inkariy, que chama a atenção pelo nível de detalhamento e realismo de como é representada a cultura dos antepassados de um povo que tem muito orgulho da sua história. A região transmite uma energia agradável e passar uma noite a beira do rio Urubamba, no Hotel Tambo del Inka, é recompensador. É válida uma visita ao complexo de Piscac e aos Terraços de Moray, regiões que reservam um verdadeiro centro de experimentos dos incas. Nos terraços, eles aclimatavam alimentos para testá-los com os mais variados tipos de temperatura, dando assim origem a mais de 3500 mil tipos de batatas e 35 de milho. Outro atrativo são as Salineiras de Maras – sim, o Peru tem produção de sal, pois existia um oceano, há mais de dois mil anos. Misteriosa Machu Picchu Considerada uma das sete maravilhas do mundo, a emblemática Machu Picchu atrai diariamente milhares de turistas curiosos para entender o misticismo do local. Motivos não faltam. São terraços, escadarias e recintos cerimoniais que só vieram a conhecimento público em 1911, quando fora descoberta pelo arqueólogo americano Hiram Bingham. De Cusco a Águas Calientes, o vilarejo mais próximo da cidade sagrada é de aproximadamente três horas de trem, a bordo do Vistadome da Peru Rail. A longa viagem é compensada pelas maravilhosas paisagens em meio a


Foto: Adriana Schimila

vegetação, onde pode-se ver, por exemplo, as Cordilheiras dos Andes. É preciso pernoitar no local e uma alternativa é o Hotel Inkaterra Machu Picchu Pueblo, onde o conceito sustentabilidade é perceptível em cada canto. Um simples banho de chuveiro dá a sensação de estar debaixo de uma queda d’agua de cachoeira. A subida ao portal das enigmáticas construções pode ser feita de van, que sai a todo instante das movimentadas ruas de Águas Calientes. Com 2400 metros de altitude, o lugar proporciona uma vista incrível da montanha Huayna Picchu e da pequena cidade ao pé do morro. A dica é chegar cedo para meditar ao som dos pássaros e apreciar a serração se dispersar, que timidamente dá vida ao local. Para quem tem disposição, há cinco quilômetros de subida e cerca de 45 minutos de caminhada está a Porta do Sol. Um local que proporciona a melhor vista que se pode ter de Machu Picchu. Na volta um almoço no moderno e charmoso Sumaq Machu Picchu é propicio para recarregar as energias. Aproveitar o resto do tempo para caminhar pelas ruelas e se perder na enorme feira de artesanato local também deve estar na programação para fechar a viagem com muitas as lembrancinhas e presentes. Sem dúvidas, uma viagem ao Peru enriquece a alma de qualquer viajante e o deixará com a vontade de voltar mais vezes, pois sempre haverá algo novo para visitar. A CVC oferece pacotes turísticos a partir de R$920 reais por pessoa, para quatro dias, e incluem toda assistência nos translados, hospedagens e passeios com guias turísticos. Este valor não inclui as passagens aéreas, que devem ser consultadas diretamente com alguma loja da operadora. A jornalista viajou a convite da CVC e PromPerú.

CURIOSIDADES

>>Os distritos (bairros) de cada província (cidade) possuem subprefeitos >>Em Lima não chove há 41 anos, ocorrendo desde então apenas chuviscos >>As casas de Lima não possuem telhados, apenas laje e toda a vegetação é irrigada diariamente >>São necessários oito quilos de uva para fazer um litro de Pisco >>O idioma indígena quéchua não tem grafia Foto: Divulgação/Banco de Imagens

>>Existem 3500 tipos de batatas e 35 de milho >>Em Cusco eles criam porquinhos-da-Índia dentro de casa e depois os comem A GOS TO • S ET EM B RO 2 0 1 5

85


86

R E VI STA O U SE


A GOS TO • S ET EM B RO 2 0 1 5

87


88

R E VI STA O U SE


A GOS TO • S ET EM B RO 2 0 1 5

89


90

R E VI STA O U SE


A GOS TO • S ET EM B RO 2 0 1 5

91


CASA & CIA

PARA RELAXAR A área externa da casa é um verdadeiro refúgio e por isso merece atenção na hora de decorar Por ADRIANA SCHIMILA

F

92

R E VI STA O U SE

ALTA POUCO MAIS DE UM MÊS para iniciar a estação mais florida do ano – a primavera – e junto com ela também é chegada a hora de organizar ou redecorar a área externa da casa. Jardim, piscina, mobílias, churrasqueira e uma infinidade de itens que tornam este ambiente um verdadeiro refúgio para relaxar e curtir os melhores momentos. Os dias ensolarados são convidativos para receber os amigos e os familiares para uma refeição ao ar livre, ou então para um happy hour à beira da piscina. Para servir de inspiração, confira uma seleção de espaços externos, além de itens decorativos, e comece a planejar a reforma.

>>À beira da piscina Se tem um espaço na área externa da casa que é o queridinho de todos, ou pelo menos da maioria, é a piscina. Grande, com esguicho de água, cascata ou hidromassagem, não importa qual o diferencial, ela sempre reina na preferência. Por isso, este item merece uma atenção para lá de especial. Neste projeto, desenvolvido e executado pela Flipper Piscinas, de Blumenau (SC), o destaque fica para a cascata no estilo chafariz que dá um charme ao espaço. Outro ponto de evidência é o Spa que está acoplado à piscina e conta com cromoterapia e aquecimento. Flipper Piscinas – Blumenau/SC www.flipper.com.br


Fotos: Divulgação

>>Um mergulho nos mares do Caribe Mergulhar nas praias do Caribe é uma experiência incrível. Água limpa e com uma coloração lindíssima, que varia entre o verde e azul. Imagine ter esta sensação única em casa. Pois já é possível. A Pedras & Styllo, de Blumenau (SC), traz para região uma inovação em revestimento para a área externa. As pedras Green Bali quando em contato com a água tem a cor intensificada. Importada da Ásia, a cor azul-esmeralda é perfeita para revestir piscinas, traz a sensação de estar tomando banho em espaços naturais. Por ser porosa, ela é naturalmente antiderrapante e garante maior segurança para a área de lazer. Pedras & Styllo – Blumenau/SC www.pedrasstyllo.com.br

>>Chuveiro Com uma proposta rústica contemporânea, a arquiteta Janete Krueger deu um toque diferenciado na área do chuveiro da piscina. O revestimento recebeu a cor marrom, o que deu um efeito visual de madeira. A GOS TO • S ET EM B RO 2 0 1 5

93


CASA & CIA

>>Conforto Na área externa nunca é demais investir em poltronas, banquetas e tudo que envolve ficar confortavelmente sentado. Estruturada em bronze garden fosco, esta linda poltrona da EM2 Design tem detalhes em fibra sintética marrom. O tecido é náutico italiano e o acabamento em madeira natural cumaru, certificada pelo Ibama. www.macmoveis.com.br

>>Ambientes integrados Como a palavra de ordem é ‘curtir’, nada mais justo do que integrar os ambientes para que todos possam usufruir do momento, desde quem está na cozinha até aquele que se refresca na piscina. Tudo baseado em uma arquitetura contemporânea, de traços retos e limpos, materiais puros e muitas aberturas, esta residência de 950 m² prima pela integração dos cômodos com a área externa. Localizada em Alphaville Pinhais, Paraná, a casa foi construída para uma casal com duas filhas. Toda em formato L, onde a cozinha, a sala de jantar e a churrasqueira têm abertura para a piscina, com inspiração na proposta das praças gregas, das ágoras. A área da churrasqueira tem portas-janelas que integram por completo a área de festas com a piscina e com a sala de jantar. “Desse ambiente, temos uma visão de toda a escada que vai para o pavimento superior e para o subsolo”, destaca a arquiteta responsável pelo projeto Carla Kiss.

94

R E VI STA O U SE


Fotos: Divulgação

>>Em meio às árvores Respirar ar puro e contemplar a natureza. Uma prática que traz tranquilidade e quando feita em um local bonito fica ainda mais agradável. Neste projeto, do arquiteto Jorge Elmor, a casa está integrada com o jardim e possui amplas aberturas com vista para as áreas verdes no entorno do terreno. Os móveis são da Artefacto e foram revestidos em linho cor cru ou couro. O pergolado estruturado em madeira de demolição confere uma sintonia com a natureza.

>>Madeira As mesas de móveis rústicos são peças chaves na decoração do ambiente externo. Elas podem ser facilmente integradas aos diversos estilos de decór. Este modelo é da Casa Rústica, de Gaspar (SC). Feita a partir de madeira de demolição e com linhas retas, o tampo colorido é opcional. Casa Rústica – Gaspar/SC www.casarusticamoveis.com.br A GOS TO • S ET EM B RO 2 0 1 5

95


CASA & CIA

Fotos: Divulgação

>>Praticidade Para criar um clima mais profissional na atividade de servir, que tal este charmoso carrinho para churrasco. Com design italiano, este acessório tem dois andares e pode ser utilizado para servir os alimentos de forma prática e deixar a refeição mais agradável. O modelo é da marca Tramontina. www.mobly.com.br

>>No terraço Engana-se quem pensa que morar em apartamento é ficar limitado aos ambientes internos. Aqueles que possuem amplas sacadas ou terraços são perfeitos para criar um espaço de convívio e descanso. O terraço deste apartamento ganhou mais vida e movimento com a reforma. Com um home, espaço gourmet, Spa com hidromassagem e água aquecida, o ambiente deixou de ser um simples espaço de convivência para um lugar agradável e aconchegante. Com aproximadamente 110 m² este terraço na Vila Leopoldina, São Paulo, conta ainda com espaço zen e lareira. “A arquitetura é contemporânea e os móveis mais modernos”, comentam as arquitetas responsáveis, Andrea Teixeira e Fernanda Negrelli.

96

R E VI STA O U SE


TOLDOS ARTICULADOS. COM ELES NÃO TEM TEMPO RUIM.

PREMIUM

Ideal para fachadas, varandas e pátios, a nova linha de toldos articulados protegem os ambientes do sol e da chuva, com duas possibilidades de acionamento: manual ou motorizado. Além disso, é possível automatizá-lo com timer e sensor de sol e de vento. Tudo isso com a qualidade e durabilidade que só a Toldos Timbó garante.

TOLDOSTIMBO.COM.BR +55 47 3382-0141


CASA & CIA

>>Versátil Moderno, seguro, prático e versátil. Com a instalação de aberturas em Reiki é possível aproveitar mais os espaços, pois a abertura total das folhas de vidros de forma segura, rápida e fácil integram 100% os ambientes. www.bba-reiki.com.br

>>Sombra e água fresca Tendência mundial, os toldos articulados são ideais para área externa. A versatilidade, o design arrojado e a elegante dos toldos proporcionam sombra aos locais, sem perder o charme da decoração. A empresa Toldos Timbó oferece inúmeras opções, desde os manuais aos motorizados, que contam com timer. Toldos Timbó – Timbó (SC) www.toldostimbo.com.br

98

R E VI STA O U SE


Inovador e diversificado.

Sistemas para envidraçamentos em projetos criativos e personalizados. A BBa sistemas para envidraçamentos tem a inovação em seu DNA e está constantemente investindo no desenvolvimento e evolução dos seus produtos para atender as mais variadas necessidades do mercado. Fabricante oficial da marca Reiki, Reiki para pele de vidro e Duotec (guarda-corpo), a BBa oferece soluções inovadoras para design de ambientes residenciais, comerciais e corporativos. Visite o showroom na indústria BBa para conhecer melhor nossos lançamentos.

Mencione o código BBa08092015 em qualquer revendedor autorizado e ganhe condição especial na aprovação do seu orçamento.

Para mais informações sobre os produtos BBa e suas vantagens consulte o revendedor mais próximo da sua região.

0800 643 8826 www.bba-reiki.com.br /BBa Reiki

/BBa Reiki

/BBa Reiki


TECNOLOGIA

Foto: Fernanda Moro Rodriguez

A TELEVISÃO FIGURA PAPEL DE DESTAQUE NA DECORAÇÃO Com novas tecnologias, o mercado oferece equipamentos cada vez mais interativos e modernos Por ADRIANA SCHIMILA

100

R E VI STA O U SE


AS INTERFACES E OS APLICATIVOS POSSIBILITAM TODA A INTEGRAÇÃO DA CASA COM O COMANDO DO SISTEMA DE QUALQUER LUGAR Foto: Divulgação

ENGENHOCAS quadradas que ocupavam um grande espaço na sala de estar. Há algumas décadas assistir televisão era quase um evento. O fato atraia vizinhos e familiares, que ficavam hipnotizados com as imagens em preto e branco. Passados os anos e as tecnologias avançando à velocidade de um raio, aquela enorme caixa deixou de ser apenas um meio de se conectar com o mundo e passou a figurar como item de destaque na decoração. Há várias opções disponíveis no mercado, TVs cada vez maiores e modernas, com recursos que possibilitam muito mais do que assistir a um filme. “Um exemplo é a tecnologia 4K, também denominada Ultra HD. São televisores com quatro vezes mais definição de imagem que os modelos Full HD. Os tamanhos podem ultrapassar 100 polegadas e quanto maior melhor é a visualização do 4K, pois não perde qualidade”, destaca a empresária Marisa Mafra. A proprietária da Cine Hall, de Blumenau (SC), também comenta que os modelos OLED, que possuem tecnologia superior as de LED, têm maior contraste, brilho e ângulo de visão, além de permitir telas flexíveis como as em curvas. O consumo de energia é menor, mas por terem tecnologia superior, os valores são um pouco elevados em comparação as demais. Existem ainda as opções de televisores espelhados e transparentes. “A ideia é que essas TVs venham até para substituir espelhos tradicionais, oferecendo informações inteligentes e digitais, especialmente para clientes mais sofisticados”, diz Marisa.

Mas, não basta investir apenas no televisor. É preciso ter um projeto que contemple toda a estrutura e proporcione uma experiência única. Dentro deste contexto estão os projetores 3D e também os 4K, que é uma ótima opção para integrar as telas gigantes. “Também tem todo um charme diferenciado, nos trazendo a sensação de se ter um cinema em casa”, comenta a empresária. O Receivers é um dos novos modelos que trazem processadores de alta definição de som e imagem. Eles são responsáveis pelos melhores efeitos surround. “Este aparelho apresenta melhor performance e recursos de última geração e conectividade variada. Com isso se tornaram centrais de entretenimento, com conectividade à internet, integração com dispositivos móveis e automação”, explica Marisa. Para quem pensa que a evolução para por aí está enganado. O sistema de automação possibilita a integração de

todos os equipamentos, desde áudio e vídeo, cortinas e persianas, ares-condicionados até sensores de câmeras. “As interfaces e os aplicativos, cada vez mais modernos, possibilitam toda a integração da casa com o comando do sistema de qualquer lugar, tornando-se também um sistema de segurança”, diz. Experiência em tecnologia Há dez anos no mercado, a Cine Hall está localizada em Blumenau (SC), e é comandada pela empresária Marisa Mafra. Ela afirma que comandar uma loja é um desafio diário, no qual mistura a experiência adquirida com a paixão e a alegria pelo que faz. “Clientes exigentes prezam pelos detalhes, buscam excelência na qualidade dos produtos e no atendimento. Comemorando dez anos de Cine Hall, eu acredito que com esses elementos ultrapassei a barreira de um mercado onde os homens dominavam”, destaca. A GOS TO • S ET EM B RO 2 0 1 5

101


OUSE PRIME

CLUBE PRIVATIVO Residencial Brava Home Resort tem uma das maiores lajes verdes construĂ­das no Brasil

102

R E VI STA O U SE


Fotos: Divulgação/Procave

A GOS TO • S ET EM B RO 2 0 1 5

103


LIFESTYLE

U

M ESPAÇO ÚNICO, que oferece aos moradores o privilégio de uma vida prazerosa, segura e saudável junto à natureza, que contempla o mar e as montanhas. Estamos falando do empreendimento Brava Home Resort, em Itajaí (SC), da incorporadora Procave. Um residencial com clube privativo. “Nenhum outro empreendimento residencial no Sul do País oferece tantas possibilidades aos seus proprietários”, explica Nivaldo Pinheiro, presidente da Procave. Localizado na paradisíaca Praia Brava, distante apenas a cinco quilômetros do centro de Balneário Camboriú, o clube do residencial conta com atrações que unificam tecnologia, segurança, esporte, lazer e muito verde. Toda a área foi projetada em continuidade a uma das maiores lajes verdes construídas no Brasil, com 20.000 m². Capaz de atender aos mais variados gostos, o clube contempla ambientes para os amantes das práticas esportivas e incentiva o desfrute de bons momentos entre familiares e amigos. Dentre as dezenas de atrações estão: duas pistas de boliche com sistema automatizado, salão para jogos, academia envidraçada com frente para a Mata Atlântica, adega, charutaria, bistrô, salão de festas para com capacidade para 200 pessoas sentadas, garage band, espaço estética, piscina aquecida com raia, saunas, atelier, salas de massagens, churrasqueiras, salão de festas infantil com brinquedoteca, dois cinemas, lan house com equipamentos de última geração, quadra poliesportiva, quadra rápida de tênis, pista de skate, trilha ecológica e pista de corrida com circuito de 1100 metros. www.procave.com.br

104

R E VI STA O U SE


NENHUM OUTRO EMPREENDIMENTO RESIDENCIAL NO SUL DO PAÍS OFERECE TANTAS POSSIBILIDADES AOS SEUS PROPRIETÁRIOS

A GOS TO • S ET EM B RO 2 0 1 5

105


SOCIAL

TRIBUTO À MADAME CARVEN Por PEDRO HERING BELL pedro@imagecareconnections.com.br Fotos DIVULGAÇÃO, BARBARA ANGIO E PEDRO HERING Estas linhas começam em homenagem à Madame Carven, que lançou seu novo perfume masculino em São Paulo recentemente, o Carven Pour Homme. Eu estive neste evento super fechado e pude conhecer mais sobre esta luxuosa Maison francesa e sua fundadora. Infelizmente um par de meses após ela veio a falecer, porém seu legado fica para história da moda e do savoir vivre. O primeiro perfume que usou como base o Vetiver no mundo foi criado por Madame Carven. O óleo de Vetiver é usado como fixante em perfumaria e tem um odor profundo com acentos de terra, madeira e citrinos, sendo muito persistente. Este perfume está agora com uma nova embalagem e renovado com pequenas alterações. Já o novíssimo Carven Pour Homme é uma fragrância amadeirada picante. Super recomendo ambos para leitores de bom gosto. Chiqueria pura.

Prada e Editora Feltrinelli promovem mais um concurso para jovens escritores

AO LADO: O consultor de imagem e blogueiro de Caras Alexandre Taleb, Pedro Hering Bell e o editor da revista L’Officiel Hommes Brasil Sergio Amaral no evento de Carven na capital paulista ABAIXO: O recém lançado perfume Carven Pour Homme é um amadeirado picante, já o clássico Vetiver vem renovado e com nova embalagem

PRADA PROMOVE CONCURSO PARA JOVENS ESCRITORES Prada e Gianciacomo Feltrinelli Editore apresentam a terceira edição do Prada Journal, o concurso literário internacional dedicado aos escritores emergentes. A coleção Prada Journal de armações, desenvolvido em colaboração com a Luxottica, continua a ser um instrumento fundamental para explorar o mundo através de lentes diferentes e uma nova maneira de ver as coisas e as pessoas ao nosso redor. O tema deste ano é: “Iluminações, sombras e miragens. As coisas nem sempre são o que parecem “. Os vencedores serão premiados com um prêmio em dinheiro, e as suas histórias serão publicadas como um eBook na antologia digital de Prada Journal e individualmente no catálogo Feltrinelli Zoom. Todos os detalhes em prada.com/journal

106

R E VI STA O U SE


UM BLOG PARA A MULHER REAL Novidade bem-vinda no efervescente universo blogger: Amanda Haçul, uma estilista de Florianópolis que vive em Blumenau há nove anos casada com o disputado personal trainer Leandro Haçul, resolveu dividir seu cotidiano na internet após a recente primeira maternidade e a atual maturidade profissional. O blog faz sucesso por várias razões, uma delas é que Amanda produz todo o seu conteúdo, coisa rara em tempos de copie e cole. O comentário unânime é que o blog conversa com uma mulher real, acessível. Realmente, Amanda traduz em textos, fotos e vídeos ótimos o seu dia a dia dividido entre os cuidados com a filhota Maitê e as novidades de seu atelier de costura. Boas dica de moda e saúde para a mulher. O endereço é www.amandahacul.com.br

A blogueira e estilista Amanda Haçul

A GOS TO • S ET EM B RO 2 0 1 5

107


SOCIAL

BLACK DOG BARBER SHOP Há alguns anos eu conheci uma barbearia maravilhosa em Milão e pensei que faltava um espaço daquele tipo em Blumenau. A Antica Barbieria Colla de Milão é de 1904 e atendeu de presidentes a atores e diretores de cinema como Luchino Visconti, além da elite milanesa. Posso considerar meu pedido atendido, já que temos na maior cidade do Vale do Itajaí a Black Dog Barber Shop. O espaço funciona quase como um clube de cavalheiros, proporcionando uma experiência de refúgio masculino, onde pode-se falar de futebol, política e outras banalidades sem o escrutínio feminino. A barberia que fica na Rua Curt Hering resgata um ritual que estava se perdendo e hoje está atualizado com técnicas de corte e barba refinadas e produtos de última geração. Lá eles fazem a barba em estilo old school com toalhas quentes e navalhas e realizam todos os cortes de cabelo dos tradicionais aos mais ousados. Se a cena é old fashion no quesito pagamento - só aceita-se dinheiro - , quando o assunto é agenda (eles só atendem com hora marcada) o cenário muda, já que agendamentos são exclusivamente on line pelo site www.blackdogbarbershop.com.br . O nome do estabelecimento é uma homenagem ao mascote da casa, o simpático Cocker Spaniel Napoleão.

Interior da Black Dog Barber Shop

EVENTO DE COOLSCULTING EM BLUMENAU Jornalistas, formadores de opinião e clientes especiais participaram de um evento em torno de CoolSculpting na badalada Clínica Dermathos, em Blumenau. Os convidados puderam conferir uma demonstração do procedimento e participaram de um bate-papo sobre Saúde e Bem-estar com o Dr. Fabio Sant’ana Cardoso e com as Doutoras Helena Michel Cardoso e Mara Lucia Mafra além de concorrerem a um tratamento de CoolSculpting. Tudo regado à champagne francês e docinhos e canapés funcionais. A Clínica Dermathos é a única no Vale do Itajaí que oferece este moderno e eficaz tratamento que elimina gordura.

DE CIMA PARA BAIXO: A nutricionista Alessandra Steffens, a dermatologista Daniela Ribeiro, o especialista em medicina preventiva Fabio Cardoso, a médica ortomolecular Helena Cardoso e médica nutróloga Mara Lúcia Mafra. A blogueira Mery Triantafyllon do Coqueluxos, o colunista André Groh do Jornal o Município Dia a Dia de Brusque e a blogueira Amanda Haçul

108

R E VI STA O U SE


A GOS TO • S ET EM B RO 2 0 1 5

109


SOCIAL

FEIJOADA DAS PODEROSAS

Por ANDRÉ CAETANO

O ator Igor Rickli esteve no Condomínio Residencial Reserva Camboriú Yacht & Golf para conferir todo o agito da Feijoada das Poderosas, o evento é realizado pela jornalista e apresentadora de TV Marinês Alvezz.

Fotos FATIMA DAMACENO 1. Igor Rickli e Naiara Marques 2. Marilia Linné Netto e Jair Maciel

AZIMUT 83 A Azimut Yachts, apresentou para autoridades, clientes, imprensa e convidados a imponente Azimut 83, uma grandiosa embarcação de mais de 25 metros, três pavimentos, o maior flybridge da categoria, 4 suítes, além de conforto e alto padrão em cada detalhe. O evento, que comemorou também os cinco anos de operação do estaleiro no país, contou com a presença da vice-presidente do Grupo Azimut-Benetti Giovanna Vitelli. A noite encerrou com a apresentação da cantora italiana Mafalda Minnozzi.

Foto ACIONI CASSANIGA Davide Breviglieri, Giovanna Vitelli e Francesco Caputo

VEUVE CLICQUOT RICH Karin Mozart e André Volkart Vaccari reuniram uma constelação de socialites para o lançamento da Veuve Clicquot Rich na Serra Gaúcha. O luxuoso evento aconteceu no Hotel Boutique Varanda das Bromélias, em Gramado no RS. O Veuve Clicquot Rich é o primeiro champagne dedicado a mixologia, uma surpreendente e inigualável experiência sensorial.

Fotos FELIPE VERNES 110

R E VI STA O U SE

1. Fabiana Costa, Georgiana Fauri e Karin Mozart 2. Itiana Toscani Bohrer e Vanessa Leite


WORKSHOP DE DÉCOR Os empresários Emerson Mafra e Jeniffer Müeller foram anfitriões de um workshop voltado para profissionais do décor. O evento, que se repete anualmente, reúne os principais arquitetos, decoradores e designers de interiores catarinenses na loja Madeiro MDF, em Balneário Camboriú. O workshop contará com a participação de representantes das marcas Guararapes, Blum, Häfele, Gabster, Eucatex e Zen.

Fotos SCHEILA CARDOZO e TON CERTUS Luiz e Vilma Müeller e Jeniffer Müeller e Emerson Mafra.

FORMABELLA A Formabella Móveis Planejados reuniu um seleto grupo de arquitetos, designer de interiores e imprensa para a sua festa de premiação. O restaurante Casa Revol Gastropub em Balneário Camboriú recebeu os convidados com um maravilhoso jantar, no comando do cerimonial estavam o franqueado Tulio Marques da Formabella BC e a Diretora Geral da Formabella a empresária Miriam Kormann.

Foto SCHEILA CARDOSO

DINNER PARTY LU PICCOLI

Tulio Marques e Miriam Kormann

O aniversário da empresária Luciana Piccoli foi comemorado em grande estilo no Number Seven Soul Time. O evento foi organizado por Michelle Montegutte que cuidou pessoalmente de cada detalhe, os seletos convidados receberam o carinho da anfitriã em uma noite regada por uma excelente safra de espumantes da Maison Moët & Chandon que harmonizou perfeitamente com o cardápio assinado pelo Chef Denis Ceratti.

Fotos CARLOS ALBERTO ALVES Lu Piccoli e Amanda Nicolli Victor Hugo Piccoli

A GOS TO • S ET EM B RO 2 0 1 5

111


SOCIAL

EM EVIDÊNCIA

1

Por FÊ MARINS marins.fernanda@gmail.com Fotos PEDRO WALDRICH ACONTECEU NO MÊS DE JUNHO no salão principal do Bela Vista Country Clube em Gaspar (SC), com a coordenação do querido e gentleman Juliano Manzke o luxuoso Baile de Gala Catarinense 2015. O tradicional baile homenageou pessoas que se destacam pelo estado e contou com grupos de socialite do país. Noite inesquecível, onde registramos para você leitor.

4

7

112

R E VI STA O U SE

2

3

5

6

8


9

10

1. Sergio e Sonia Medeiros 2. João Paulo Wehmuth e Mirian Roza 3. André Vitor Schmidt, Noêmia Boni Scmidt e Valmir Schmidt Junior 4. Juliano Mendes e Karina Borges Mendes 5. Mariana Spengler 6. Silvia e Delfino Golfeto 7. Alirio e Vanderléia Domingos 8. Joceane Rolow, Marisa Spranger e Mara Hermann Haake 9. Juliano Manzke 10. Fabio e Leticia Voelz

A GOS TO • S ET EM B RO 2 0 1 5

113


SOCIAL

11

12

13

14

114

R E VI STA O U SE

15

16

17

19

20

18

11. Val Araujo e Alessandro Taurisani 12. Juh Amarante 13. Marcelo e Renata Justi, Dillane e Cesar Nascimento 14. Solange Ghizoni 15. Amir, Adriana e Adriel El Haje 16. Silvana Censi 17. Bruna e Silvio da Paz 18. Adriana Altho 19. Carina Stemposki 20. Marion Bubeck, Claudia Bubeck e Jacqueline Caetano


21

22

23

24

21. Mara e Roque Poffo 22. Debora Correia e Luiz Felipe Rebellato 23. Carmen Deschamps, Marcela Medeiros, Sheriana Reis e Priscila Georg 24. Vera Lucia Moreti e Pedro Waldrich

A GOS TO • S ET EM B RO 2 0 1 5

115


SOCIAL

QUEM É QUEM

Mulheres determinadas, cheias de estilo e com um só propósito: fazer a diferença. Nesta edição da Revista Ouse, vocês terão a oportunidade de conhecer as belíssimas Nathália Mendes, Shirley Matos, Manu Berger e Elizângela Cardoso Por ALEX FERRER

NATHÁLIA MENDES Ela começou cedo na vida profissional. Com pouco mais de 19 anos já acompanhava seu pai na empresa, a Construtora Mendes Sibara. Hoje, aos 30 anos, Nathália se orgulha de ser, não apenas sócia, mas também a Diretora Comercial da empresa, onde participa ativamente de todas as decisões. Nascida em São Paulo, ela tem verdadeira paixão pelo litoral catarinense, onde a empresa atua com grandes feitos, entre eles o Marina Beach Towers. Mesmo com tantos afazeres, Nathalia ainda cumpre o papel de esposa e mãe. Ela tem um filho, Arthur de 1 e 6 meses e, à pouco mais de 3 meses, deu à luz a pequena Alice, que e a acompanha por todos os lados, inclusive em eventos sociais e no trabalho. Planos para o futuro? Construir muitos prédios e quem sabe mais um filho.

SHIRLEY MATTOS O rosto de menina esconde a personalidade de mulher de Shirley Mattos, 25 anos, mãe de Kaiky de oito anos. Paranaense que vive em Santa Catarina desde os três meses de vida, Shirley é casada há quatro anos com o empresário fundador da construtora Pasqualotto. A jovem fez curso de design de interiores no instituto Marangoni, em Milão na Itália. É por isso que está sempre atenta aos projetos da empresa. Ela e o marido viajam a cada 15 dias para Miami e ficam metade do mês nos Estados Unidos e a outra metade em Itapema, no litoral norte catarinense. Há um ano Shirley tem usado o instagram (@shirleymattos) para compartilhar os looks que usa no dia a dia. A ideia agora é ter um blog para escrever sobre moda e decoração. O sonho deve ser realizado em poucos meses, enquanto isso ela se inspira em blogueiras como Camila Coelho e Lala Rudge. Os seguidores que acompanham as novidades da moda postadas pela It Girl aguardam ansiosos pela criação da página.

116

R E VI STA O U SE


MANU BERGER Graduada em Direito e com grande experiência como diretora financeira de uma das empresas de sua família, a bela Manu Berger é o tipo de mulher decidida e que sabe aproveitar o momento certo. Desde sempre a moça, que é de uma das famílias mais tradicionais no meio empresarial e político de Santa Catarina, resolveu largar o taieur de executiva e partiu para a Europa, onde foi se especializar no mercado de luxo, ambiente que ela conhece desde quando nasceu. Atualmente, Manu está à frente da revista eletrônica Terapia do Luxo (www.terapiadoluxo.com.br), além de ministrar palestras sobre o segmento que não tem crise. Sua agenda é sempre lotada, onde ela administra muito bem seu tempo entre suas casas de Florianópolis, São Paulo, Paris e mais recentemente a bela anda fazendo check-in rumo a Salvador, já que está quase casada com o político Antônio Carlo Magalhães Neto. Um luxo de moça.

ELIZÂNGELA CARDOSO Nascida em Balneário Camboriú, a jornalista e pós-graduada em Propaganda e Marketing e em Gestão Empresarial, tem um currículo extenso de boas experiências profissionais. Já atuou como repórter e apresentadora em emissoras de televisão e rádio da região, trabalhou como assessora parlamentar e carrega o título de escritora, quando em 2004 publicou o livro Raízes, um resgate histórico da Festa Nacional do Colono. Workaholic assumida há dois anos e meio gerencia o marketing do segundo maior shopping do Estado, o Balneário Shopping, do grupo Almeida Junior. Quando não está checando cada detalhe pelos corredores do centro comercial, a morena tem um destino certo, desfruta de sua casa de praia, em Bombinhas, ao lado do marido Robson. A GOS TO • S ET EM B RO 2 0 1 5

117


118

R E VI STA O U SE


A GOS TO • S ET EM B RO 2 0 1 5

119


120

R E VI STA O U SE


Revista Ouse Ago/Set 2015