Issuu on Google+

R$ 5,00 Ano 2 Edição Nº 33

Milena Veronezi de Oliveira é

A Garota da Capa Página 23

Agosto

Comércio local tem aumento de vendas para o Dia dos Pais Página 3

Nova Matriz

Paróquia São Pedro e São Paulo retoma obras e promove Kairós

Página 5

Agrifam

Evento começa dia 3 e estima um público de 35mil visitantes

REVISTA

Lençóis Paulista Agosto de 2012

A Serviço da Comunidade.

Página 6

Leia +

Matheus Laz .......................7 Odécio Santarém................8 Marilda Gamito ..................9 Maria Passini ....................10 Cibele Zanelatto ...............12 Tanlin Nishimura ..............18 Ana Paula Zillo .................19 Ivone Paccola ...................22 Nadir Alves .......................28 Zilda Grandi......................29 Gabriela de Almeida.........30 Sueli Scarparo ..................31 Décio de Souza .................33 Rayza Fernandes ..............36

Revista O Comércio conquista seu primeiro Prêmio Imagem No mês passado, a Revista O Comércio conquistou seu primeiro Prêmio Imagem, tradicional premiação de empresas e personalidades que acontece em Lençóis Paulista desde o ano 2000. Segundo o organizador do evento, Chrystian Duarte, da Atitude Comunicação, para acompanhar o desenvolvimento da cidade, a cada ano, são agregados à pesquisa novos segmentos sugeridos pela opinião pública e também analisados por sua agência. “Inserimos na última pesquisa o quesito revista, devido ao surgimento de várias publicações dessa categoria jornalística em nosso município”, explica o publicitário. A Revista O Comércio atingiu 56,58% dos votos válidos (desconsiderando brancos e nulos). A cerimônia festiva está agendada para 20 de outubro, no Clube Esportivo Marimbondo.


2

Publicidade

Len莽贸is Paulista Agosto de 2012


Acontece :: Comércio

Lençóis Paulista Agosto de 2012

3

Dia dos Pais Data movimenta o comércio; Acilpa irá sortear vale-compras

O

dia dos pais deve aquecer o comércio. A expectativa dos lojistas é que as vendas cresçam 4% neste período. Com a proximidade da data comemorativa, o centro da cidade começa a ficar mais movimentado. No entanto, alguns consumidores estão indecisos sobre o que comprar. “Não faço ideia do que comprar para meu pai. É muito difícil dar presente para ele”, diz Murilo Duarte. A data é comemorada sempre no segundo domingo de agosto. Este ano, cairá no dia 12, o que dá mais

tempo para as compras. “O bom é que tenho tempo para pesquisar e comprar o presente certo para meu pai”, comenta Jaqueline Silva. “O segredo da compra, principalmente de presentes, está na pesquisa dos preços. Tem que bater perna e procurar a melhor oferta”, opina Maria do Carmo. De acordo com os lojistas, os presentes mais procurados são os kits especiais com colônias, pós-barba e desodorante; relógios, artigos de times, polos, agasalhos, meias, tênis para a prática de esporte, celular, bar-

beador, painel para televisão e poltronas. Tem para todos os gostos e estilos.

Promoção

A campanha do Dia dos Pais da Associação Comercial e Industrial de Lençóis Paulista, a Acilpa vai distribuir prêmios. A cada R$ 50 em compras, o consumidor ganha um cupom que deve ser depositado nas urnas espalhadas pelo comércio. No dia 13 de agosto, às 11h da manhã, na Rádio Difusora, vão ser sorteados 20 vale compras no valor de 200 reais.

Super Guia

Tá na Mão! dos Pais

A

Revista O Comércio lança um tablóide de classificados grátis. A iniciativa faz parte de um projeto que busca ampliar os negócios da empresa e segmentar o mercado automobilístico, imobiliário, de empregos, de serviços e outros, dentro de um veículo de comunicação específico para tal finalidade. A publicação, que leva o nome de um jargão bem popular ‘Tá na Mão’, estará disponível em cinquen-

ta pontos, a mesma rede de distribuição gratuita que a Revista O Comércio usa para sua circulação em Lençóis Paulista, além de uma forte distribuição grátis na Rua 15 de Novembro. O plano piloto, que vai às ruas neste mês, terá publicação mensal, dia 10 de todo o mês. No decorrer desse processo de implantação, serão inseridas ferramentas digitais de interação e parcerias com sites que facilitem as operações de anun-

ciar e vender, visando sempre o auto-atendimento.

Serviço

Empresas interessadas em anunciar devem ligar para 3264-8187 e agendar uma visita. Para publicar o seu classificado é bem simples, basta enviar para o e-mail: tanamao@revistaocomercio.com.br o seu classificado, nome completo, RG, CPF, endereço e telefone. O serviço é grátis e também é válido para empreas.

A Revista O Comércio elabora mais um guia de compras; serão inúmeras opções de compra e homenagens especiais

A

Revista O Comércio está preparando mais um super guia de compras, desta vez, a edição é para o Dia dos Pais, época também significativa para todo o comércio. Além de ofertas e

opções, as empresas participantes irão escolher até três figuras paternas que serão homenageados. Quem quiser dar um presente inovador, pode agendar um horário nos estúdios Cíntia Fotografias e realizar

um ensaio profissional com seu pai. Uma dessas fotos será publicada na edição especial da revista, que será distribuída no dia 8 desde mês. Serviço: o telefone da Cíntia Fotografias é 3263-5184.


4

Opinião

REDE DE DISTRIBUIÇÃO GRATUITA Ø Jd. das Nações • Padaria Padoka: Av. Estados Unidos, nº 289 Ø Jd. Nova Lençóis • Padaria Qually: Rua das Araras, nº 481 Ø Núcleo H. L. Zillo • Padaria Padoka: Av. Vereador Dr. Hermínio Jacon, nº 624 • Farmácia Ludovico: Rua Luiz Baptistella, nº 287 • Padaria Padoka: Av. Nações Unidas, nº 117 Ø Pq. Rondon • Padaria Padoka: Rua Momo Tranqüilo, nº 194 • Azulão Supermercados: Rua Luiz Ferreira, nº 168 • Padaria Pão de Mel: Av. Prefeito Jácomo Nicolau Paccola, nº 254 Ø Jd. Júlio Ferrari • Mercado Bom Jesus: Rua Emílio Rossi, nº 358 • Padaria Nativa: Av. Maestro Oliveira Capucho, nº 295 Ø Vila Santa Cecília • ASP: Rua César Giacomini, nº 241 Ø Jd. Cruzeiro • Mercado Avenida: Av. Cruzeiro do Sul, nº 276 Ø Jd. Alvorada • Padaria Alvorada: Rua Bahia, nº 468 Ø Jd. São João • Mercadinho do Rachid: Rua Camilo da Cunha, nº 20 Ø Vila Contente • Mercado Fontes: Rua Rodrigues Alves, nº 241 • Mercado Econômico: Rua Regente Feijó, nº 114 Ø Vila Mamedina • Padaria Nova Sensação: Rua Dr. Gabriel de Oliveira Rocha, nº 397 Ø Jd. Primavera • Mercearia VM: Av. Luiz Boso, nº 110 • Mercearia Primavera: Av. Luiz Boso, nº 214 Ø Cecap e região • Padaria Trigo de Ouro: Rua Henrique Losinskas Alves, nº 554 • Padaria Trigo de Ouro: Av. Procópio Ferreira, nº 557 • Padaria Trigo de Ouro: Rua Bandeira Tribuzi, nº 330 • Padaria Pão de Mel: Rua Henrique Losinskas Alves, nº 1.234 Ø Jd. Príncipe • Padaria Primícias dos Pães: Rua Luiz Vaz Pinto, nº 451 Ø Jd. Monte Azul • Padaria Nossa Senhora Aparecida: Rua Guaianazes, nº 669 • Azulão Supermercados: Rua Guaianazes, nº 585 Ø Santa Terezinha II • Padaria Pães & Sabor: Rua Antonio José Paccola, nº 186 Ø Jd. Caju I e II • Padaria Hot Pão: Av. Jácomo Augusto Paccola, nº 76 • Supermercado Placa: Rua Joaquim Gomes Machado, 224 Ø Jd. Bela Vista • Mercado Pag Menos: Rua Jalisco, nº 93 Ø Jd. Ubirama • Padaria Cantinho do Pão: Rua Marechal Dutra, nº 420 • Padaria Art Pão: Av. Marechal Castello Branco, nº 415 • Padaria Trigal: Av. Pe. Salústio Rodrigues Machado, nº 994 Ø Centro e região • Armazém Supermercado: Av. Pe. Salústio Rodrigues Machado, nº 206 • Padaria Pão & Opção: Av. Brasil, nº 810 • Padaria Art Pão: Rua 7 de Setembro, nº 484 • Revistaria Marquinho Correa: Rua Dr. Antonio Tedesco, nº 663 • Didática Papelaria: Rua Dr. Antonio Tedesco, nº 252 • Farmais: Rua Ignácio Anselmo, nº 846 • Cíntia Fotografias: Rua Anita Garibaldi, nº 1.127 • Quitanda Avenida III: Rua Pedro Natálio Lorenzetti, nº 729 • Acilpa: Rua Piedade, nº 161 • Padaria Trigal: Rua Geraldo Pereira de Barros, nº 697 • Churrascaria Estância Grill: Rua Geraldo Pereira de Barros, nº 1.054 • Farmais: 15 de Novembro, nº 812 • Lençóis Revistas: Rua Ignácio Anselmo, nº 189 • Vivo: Rua Ignácio Anselmo, nº 100 • Chiquinho Sorvetes: Rua 15 de Novembro, nº 534 • Ramblas Livraria e Papelaria: Rua 15 de Novembro, nº 216.

Lençóis Paulista Agosto de 2012

Editorial

Mês do paizão Uns são moderninhos, outros são mais conservadores. Durante o ano, algumas datas são de extrema importância para o comércio, o Natal, o Dia das Mães, o Dia dos Namorados, e também o Dia dos Pais. Este é um dos principais temas em destaque na Revista O Comércio em agosto. Opções de presente não faltam: artigos esportivos, livros, CD’s, DVD’s, equipamento eletrônicos, roupas, sapatos, perfumes e uma infinidade de alternativas fazem a cabeça do consumidor que há cada dia fica mais exigente e procura sempre os melhores entre os melhores. Isso inclui qualidade e preço baixo. Como o período de compras coincide com a liquidação de inverno, no caso de vestuário e sapato, o que pode representar uma boa economia. Alguns filhos já se adiantaram na compra e não perderam tempo, outros o entanto, ainda deixam para a última hora. Para estes últimos, as lojas afirmam que estão preparadas para receber a demanda. A Revista também vem em ritmo de Agrifam - Feira da Agricultura Familiar e do Trabalho Rural -, que este ano será realizada em Lençóis Paulista. Para a ci-

dade é um evento de prestígio. Agricultores e visitantes da feira poderão conferir uma série de experimentos voltados para o desenvolvimento da atividade no campo, com soluções técnicas e teóricas. Neste ano, o espaço focará em aplicações sustentáveis do ponto de vista econômico, social e ambiental para a agricultura familiar. Outro assunto que não poderia ficar de fora é a eleição municipal. Foi dada a largada e quatro candidatos disputam o direito de governar Lençóis Paulista pelos próximos quatro anos. Além disso, mais de uma centena de pessoas disputam uma vaga na Câmara Municipal. Você já pensou como vai escolher seu candidato. Gostaria de ver as propostas de campanhas na rede social? Como é de costume, a Revista O Comércio vem recheada de histórias emocionantes e diferentes, para inspirar as nossas vidas. Confira dicas para a saúde, para ficar mais bonito ou bonita, as novidades nas mais diversas áreas, a agenda cultural e dicas sobre o mercado de trabalho. Mais uma vez, desejamos a todos que nos prestigiam uma excelente leitura!

É hora de calar os insensatos Admitamos ou não, a coisa vai de mal a pior. Não é pessimismo, mas, tem que encarar a realidade vertente. Isto acontece porque a ignorância dos insensatos tem prevalecido sobre a vontade de Deus. A desobediência está às raias de ser generalizada, principalmente na política. É claro que existe exceção, mas, infelizmente é a minoria. A Bíblia é clara ao ensinar: “Porque assim é a vontade de Deus, que, pela prática do bem, façais emudecer a ignorância dos insensatos, como livres que sois, não usando todavia, a liberdade por pretexto da malícia, mas vivendo como servos de Deus”.(1Pedro 2:15/16). A violência se instala a cada dia, as doenças se multiplicam, o número de famílias desfeitas cresce; e o pior, a safadeza institucionalizada ganha contornos indescritíveis. É mensalão, dinheiro que vaza pelas divisas, corrupção ativa ou passiva. Além disso, boa parte das denominações religiosas tem sido contaminadas. Diante desse quadro o que nos resta? Nos resta viver de modo digno do evangelho que cremos e pregamos. Não podemos ficar à procura pela recompensa de Deus, na base do toma lá dá cá, pois não é assim que funciona. Deve ser um ato prático de gratidão e não uma teoria teológica. É o arregaçar as mangas para ser reconhecido publicamente como alguém que realmente serve a Deus. Isso sim calará a boca dos insensatos. Por favor querido(a) leitor(a) não caia no engano de pensar que cristão é aquele que frequenta uma igreja. Ser cristão é alçar voo mais alto, é viver o evangelho da cruz, do sacrifício e da renúncia. Longe, portanto, de fazer na espera de algo em troca, mesmo que do outro lado esteja Àquele que tudo pode. Essa base é que mudará a nossa prática de vida diária, silenciando a ignorância dos insensatos. Marcos Ap. de Toledo Advogado, empresário e teólogo

EXPEDIENTE EDITORA RESPONSÁVEL: Gazeta Paulista Empreendimentos Editoriais Ltda. | CNPJ: 01.782.039/0001-70. COMERCIALIZAÇÃO E PRODUÇÃO: Bistrô Serviços de Publicidade Ltda. - ME. Rua 13 de Maio, Nº 1.347, Centro, Lençóis Paulista, CEP: 18683-370, CNPJ: 10.744.028/0001-97. TIRAGEM: 5.000 exemplares. CIRCULAÇÃO: Agudos, Borebi, Lençóis Paulista e Macatuba. DIRETORES: Anderson Prado de Lima e Breno Medola. JORNALISTA RESPONSÁVEL: Maitê Amaral de Almeida Arantes (MTB 67.411/SP). REVISTA O COMÉRCIO: (14) 3264-8187 e 3263-6886 | ocomercio@revistaocomercio.com.br | www.revistaocomercio.com.br. Artigos assinados são de responsabilidade de seus autores, portanto, podem corresponder ou não à opinião desta revista.


Acontece :: Cidade

Lençóis Paulista Agosto de 2012

5

Retomada das obras da Nova Matriz Fotos: Cíntia Fotografias

Cumprindo o cronograma, é iniciada a próxima etapa da construção da igreja

A O Kairós marcou a retomada das obras na Nova Matriz São Pedro e São Paulo

cerimônia que marcou o reinício das obras da Nova Matriz São Pedro e São Paulo foi repleta de emoção. O show de evangelização Kairós, que envolve música e oração, foi um dos pontos altos da noite que ficará registrada na memória da comunidade católica daquela região. Na primeira parte da cam-

panha, foi arrecadado o material necessário para a construção da cisterna e o calçamento externo. A segunda fase, de modo geral, consiste em acabamentos: gesso, piso, pintura, elétrica, bancos, sinos e relógios. Agora, devido aos materiais precisarem ser comprados diretamente pela igreja, os fiéis poderão

doar cotas de R$ 50, na secretária paroquial, com cartão de crédito ou pelo telefone. O Cônego Marcelo Paes, que está à frente da campanha de arrecadação, reafirma o compromisso com o término da Nova Matriz com a seguinte frase: “Terminar essa obra é uma ordem de Deus!”. Novamente, a população verá a divulgação das obras

Noite de música O

vem José Alceu Bueno Minetto. Ele tem 22 anos, é deficiente físico e toca teclado. A música auxilia no seu desenvolvimento. “Ele faz aula há dois anos. A cada dia, sua sensibilidade e coordenação motora melhoram. No recital, tocou Carruagem de Fogo e emocionou a muitos da plateia”, comenta Denise. Para os alunos que se apresentaram, a experiência foi maravilhosa. “Realizei um sonho, pois tive a oportunidade de cantar e ao mesmo tempo louvar ao Senhor”, diz Leandro Lima.

Foto: arquivo pessoal

Foto: arquivo pessoal

Recital da escola de música Lira atraiu um grande público na Câmara e terá segunda apresentação em dezembro

som do acordeão, do piano e da bateria ecoou na Câmara Municipal de Lençóis Paulista. No dia 20 de julho aconteceu o primeiro recital da escola de música Lira. “A escola tem dois anos, mas já dou aula em casa há 24. Onde é localizada a escola hoje, morou um dos primeiros maestros de Lençóis, Carlos Mazzetto. Ele doou um violino para Alexandre Chitto”, conta Denise Borin, professora e dona da escola. Entre os alunos que tocaram no recital, esteve o jo-

da nova igreja nos meios de comunicação da cidade, para informar os fiéis e também pedir sua contribuição para que o calendário de obras seja seguido e, em 25 de dezembro, seja, definitivamente, inaugurada mais uma grande matriz da comunidade católica lençoense. O telefone para doações é: 3264-4324.

Pradinho falou para mais de 10 mil membros da associação

Adhonep No recital, Alceu tocou Carruagem de Fogo e emocionou a todos

“Fiquei ansioso, mal podia esperar pelo dia da apresentação. Estava com medo, mas quando comecei a tocar esqueci tudo. Foi muito legal”, expressou Alceu. Em dezembro, o centro

musical realizará o segundo recital. “Muitas pessoas ficaram do lado de fora e não puderam acompanhar as apresentações, por isso, pretendemos fazer em dois dias”, finaliza Denise.

J

osé Prado de Lima, o Pradinho, participou da 29ª convenção da Adhonep (Associação de Homens de Negócios do Evangelho Pleno), no Rio Centro, no Rio de Janeiro. O ex-prefeito que é presidente da entidade em

Lençóis Paulista (Capítulo 287) e diretor regional para o estado paulista, deu seu testemunho para mais de 10 mil membros da associação. O evento aconteceu entre 19 e 21 de julho e reuniu representantes de todos os continentes.


6

Acontece :: Agrifam

Menor Aprendiz A Lei da Aprendizagem nº 10.097/2000, ampliada pelo Decreto Federal nº 5.598/2005, determina que todas as empresas contratem um número de aprendizes equivalente a um mínimo de 5% e um máximo de 15% do quadro de funcionários, cujas funções demandem formação profissional. No âmbito da Lei da Aprendizagem, aprendiz é o jovem que estuda e trabalha, recebendo ao mesmo tempo, formação na profissão para a qual está se capacitando. Ele deve cursar a escola regular (se ainda não concluiu o Ensino Fundamental), estar matriculado e frequentando a instituição de ensino técnico profissional conveniada com a empresa. Pode ser aprendiz, jovens de 14 a 24 anos incompletos que estejam cursando o Ensino Fundamental ou o Médio. A idade máxima prevista não se aplica a aprendizes com deficiência. A comprovação da escolaridade de aprendiz com deficiência deve considerar, sobretudo, as habilidades e competências relacionadas com a profissionalização. A jornada de trabalho não deve ser superior a seis horas diárias, admitindo-se a de oito horas para os aprendizes que já tiverem completado o Ensino Fundamental, se,nessa jornada forem computadas as horas destinadas à aprendizagem teórica. O contrato de aprendizagem é um contrato de trabalho especial, com duração máxima de dois anos, salário mínimo/hora e todos os direitos trabalhistas e previdenciários garantidos. O aprendiz contratado tem direito a 13º salário e a todos os benefícios concedidos aos demais empregados. Suas férias devem coincidir com o período de férias escolares, sendo vedado o parcelamento. As empresas estão sujeitas ao recolhimento de alíquota de 2% sobre os valores de remuneração de cada jovem, inclusive sobre gratificações, para crédito na conta vinculada ao FGTS. O recolhimento da contribuição ao INSS é obrigatório, sendo o aprendiz segurado-empregado. Silvio Medeiros Contabilista e Educador Financeiro

Lençóis Paulista Agosto de 2012

Agrifam Feira começa sexta-feira, dia 3 desde mês e espera receber um público estimado em cerca de 35 mil pessoas

D

e 3 a 5 de agosto, o recinto José Oliveira Prado, a Facilpa, recebe a Agrifam (Feira da Agricultura Familiar e do Trabalhador Rural). O evento chega à sua 9ª edição em 2012 e, pela primeira vez, é realizado em Lençóis Paulista. A expectativa é receber um público de 35 mil visitantes e movimentar R$ 18 milhões em negócios. Nesta edição, a feira traz como tema ‘Acesso’. O presidente da Feta-

esp (Federação dos Trabalhadores na Agricultura do Estado de São Paulo), Braz Albertini, acredita que a disponibilidade de acesso proporcionada pela feira, atende aos anseios do produtor rural. “Os produtores voltam a cada edição e levam sempre algo que satisfaz suas necessidades”, afirmou. Esse acesso determina uma acessibilidade distinta para o visitante e está presente desde o local da feira, no centro do es-

Vagas U

ma parceria entre Senai (Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial) e o Centro do Empreendedor oferece cursos profissionalizantes gratuitos. De acordo com o diretor de Desenvolvimento, Geração de Emprego e Renda, Altair Toniolo, o Roci-

nha, o objetivo é suprir a procura das empresas lençoenses por mão de obra qualificada. “As empresas estão buscando profissionais habilitados, a quantidade de vagas é grande. Com os cursos, essas vagas serão preenchidas”, diz Rocinha. Veja quadro ao lado.

Foto: divulgação

É a primeira vez que a Agrifam é realizada em Lençóis Paulista

tado, até a entrada e estacionamentos gratuitos, passando também pelas atrações. O público poderá conferir alta tecnologia em tratores, máquinas, implementos, insumos e demais produtos específicos para a agricultura familiar, através de renomadas empresas que atuam no setor. Experiências de sucesso e informações de como trabalhar com turismo rural estarão disponíveis em área diferenciada e palestras aborda-

rão temas atuais no mundo da agricultura. Na cidadania, haverá diversos serviços gratuitos, como exames de saúde, tratos de higiene corporal e facial, além de distribuição de mudas, entre outros. Visando a segurança e a garantia de um bom evento, a Agrifam fará credenciamento dos visitantes. O credenciamento prévio, a fim de evitar filas, pode ser feito online pelo site www.agrifam.com.br, tanto antes, como nos dias do evento.

Confira a lista de cursos disponíveis no PAT • Assistente de Produção; • Auxiliar Administrativo; • Auxiliar de Pessoal; • Desenhista Construção Civil; • Operador de Micro; • Recepcionista.

Serviço

Os documentos necessários para a inscrição são RG, CPF e cópia recente do comprovante de endereço. As inscrições começaram no dia 30 de julho e vão até o dia 10 de agosto. Todos os cursos serão ministrados de segunda à sexta-feira, no Senai, em três períodos: entre 7h30 e 11h30, 13h30 e 17h30 e entre 18h e 22h. Mais informações pelo telefone 3263-2300 na Rua Cel. Joaquim Gabriel, nº 11, Centro, Lençóis Paulista.


Lençóis Paulista Agosto de 2012

Mãos de

tesoura Foto: Revista O Comércio

Matheus Laz descobriu sua grande vocação profissional como cabeleireiro

U

ma voz suave, um sorriso discreto e o visual impecável são algumas marcas registradas do cabeleireiro Matheus Laz. Há 14 anos, literalmente, ele tem feito a cabeça das lençoenses. Aos 34 anos, este profissional personifica o jovem empreendedor e conta o que é necessário para alcançar o tão almejado sucesso. Primeiro, Matheus sonhou seguir os passos do pai. “Queria ser mecânico industrial”, lembra. Chegou a atuar neste segmento, mas não alcançou a realização que esperava. Acabou incentivado pela mãe a fazer um curso de cabeleireiro que na época era oferecido pela Prefeitura. “Fiz inscrição para aprender apenas os cortes masculinos, mas acabei me interessando pelo curso de cabelo feminino também. Dali, parti para um curso no Senac e encontrei a profissão perfeita para mim”. Empolgado com os cursos, Matheus decidiu começar seu próprio salão, atendendo em casa mesmo. No início, a clientela se resumia em média a dez clientes por mês. Muitos desses clientes eram amigos ou conhecidos. “Ficava preocupado, então ligava para perguntar se ti-

Matheus sonhou ser mecânico industrial; hoje faz sucesso com a tesoura

nha ficado bom o corte, se tinham gostado, se o cabelo estava inteiro ainda”, brinca. O reconhecimento chegou quando Matheus foi trabalhar em um salão tradicional da cidade. “Ali, aprendi bastante coisas na prática”. Foi então que ele decidiu apostar em um novo espaço, só seu. Já são 14 anos de carreira profissional. E Matheus que atendia 10 clientes por mês, hoje tem uma média de 600 pessoas passando por seu salão a cada 30 dias. Também emprega uma equipe de dez colaboradores. “Para tudo nessa vida tem que ter perseverança e humildade. Foi com essa base que construí minha carreira. No começo sofri preconceito, trabalhava de domingo, mas nunca pensei em desistir.

Trabalho 12 horas por dia, de segunda a sábado, mas não me importo. Para ser cabeleireiro tem que amar verdadeiramente a profissão. Minha maior satisfação é estar em contato com as pessoas e ver o sorriso da cliente após ver o resultado”. O cabeleireiro já começou a compartilhar o que sabe. Ele é professor em uma escola que forma profissionais da área em Lençóis Paulista. Seu sonho é oferecer cursos a pessoas carentes, para que elas possam ter uma profissão. Realizado com tudo que conquistou, o cabeleireiro só tem a agradecer. “Pelo apoio nessa caminhada, meu obrigado especial vai para minha mãe, minha esposa, minhas 10 colaboradoras e meus clientes”, finaliza.

Jovem Empreendedor

7


8

Empresário do Mês

Lençóis Paulista Agosto de 2012

Bom de negócio Há 30 anos abria em Lençóis Paulista, sob o comando do empresário Odécio Santarém, uma loja que atualmente é referência em produtos agropecuários

O

s cabelos brancos revelam experiência de vida. O sorriso fácil expressa a alegria de ter conquistado, com muita dedicação, bênçãos que nem imaginava. Este é Odécio Santarém, da Comercial Santarém, o empresário do mês de agosto. Todos os dias, às 8h ele chega em sua loja, toma um café, conversa um pouco e lê o jornal do dia. Aos 73 anos, administra apenas a parte financeira da empresa. “Conto com apoio dos meus filhos para gerir os negócios. Posso ficar mais tranquilo”, diz. O começo da vida de empresário, entretanto, não foi esse mar de tranquilidade. Ele nasceu em São Manuel. Com apenas 10 anos de idade começou a trabalhar. “A minha família era muito pobre. Tinha que ajudar em casa”, relembra. Sua primeira empresa foi uma leiteria. “Antigamente, o leite era comprado em leiterias. Por 15 anos tive um estabelecimento que vendia leite que vinha direto das fazendas, além de queijos e outros derivados”, conta. Quando fechou a leiteria, Odécio iniciou uma empresa de máquinas benefi-

Foto: Revista O Comércio

Odécio está realizado com as conquistas profissionais; Ele conta com apoio dos filhos para administrar a loja

ciadoras de arroz, em sociedade com um tio. A empresa de beneficiamento de arroz atendia as fazendas da região. Nessa mesma época, surgiu a oportunidade de representar um grande marca de ração animal. Junto com o tio, decidiu abrir o comercial Miranda, casa especializada em produtos agropecuários. “Primeiro abrimos em São Manuel. Depois monta-

mos uma filial em Lençóis”. Há 20 anos, a Comercial Santarém está localizada em uma das principais avenidas de Lençóis Paulista. Quando Odécio recorda sua história, diz que nunca imaginou chegar tão longe. “Passei por grandes dificuldades. O momento mais crítico foi quando desfiz a sociedade com meu tio. Faltou dinheiro, pensei até em desistir”.

O auxílio do filho Alessandro e da filha Valéria é fundamental para os negócios. Odécio transmitiu para os dois a veia comercial e seguem seus passos. “Foi com muita dedicação que conquistei tudo. Eu amo meu trabalho. É uma satisfação chegar na minha empresa e ver meus clientes, que na verdade são meus amigos. Eu amo o comércio”, finaliza o empresário.


Lençóis Paulista Agosto de 2012

Flor do sol A empresária Marilda Gamito se inspirou na paixão de infância por plantas e flores para iniciar seu próprio negócio; hoje, ela presta consultoria ambiental

A

beleza de uma planta pode ser estímulo para a vida pessoal e profissional. “Identifico-me muito com esta flor, por isso o nome da minha loja é Girassol. Ela é livre, exuberante, forte, nunca se acanha, confronta o sol e busca sua sobrevivência”, define Marilda Aparecida Gamito, da Girassol Flores e Decorações. A empresária nasceu em Igaraçu do Tietê, mas já é lençoense de coração. Casou-se aos 16 anos e aos 17 comemorou o nascimento de sua filha. “A maternidade é o momento mais lindo na vida de uma mulher. É uma bênção”, expressa. Por 18 anos Marilda viveu totalmente para a família. “Era dona de casa e cuidava dos meus filhos. Nesse tempo fiz cursos de corte e costura, crochê, pintura em tela, aulas de teatro e até curso superior de magistério. Nunca gostei de ficar parada”, comenta. Desde a infância, é apaixonada por plantas. “Sempre tive contato com a natureza. O quin-

Fotos: Revista O Comércio

Marilda em meio as plantas; para ela, o contato com a natureza é uma forma de estar perto de Deus

tal de casa era florido. Minha mãe cultivava plantas e meu avô também”, lembra. Por isso, em 2002, decidiu iniciar um empreendimento próprio. Realizada profissionalmente, as ideias para a loja não param de surgir. “Estou satisfeita com meu trabalho. Ele me permite fazer grandes amizades com meus clientes. Estou cur-

sando gestão ambiental para aperfeiçoar o atendimento. O conhecimento é a maior liberdade. Só é livre para decidir quem tem conhecimento, por isso meu sonho é fazer um trabalho social para profissionalizar pessoas que têm vontade, mas não têm acesso ao aprendizado”, compartilha. Intensidade é uma palavra que pode definir a em-

presária. Em todas as fases de sua vida entregou-se totalmente. “Quando fui mãe, fui mãe. Quando fui dona de casa, fui dona de casa. Hoje, minhas forças estão voltadas para a loja. Pela paixão vivo intensamente cada momento. Para mim é maravilhoso trabalhar com plantas. Realmente vejo Deus na natureza. É magnífico”, conclui.

Empresária do Mês

9


10

Emprego & Carreira

Lençóis Paulista Agosto de 2012

Caminho promissor Independência, responsabilidade e valorização. Foi o que Maria Passini aprendeu em seu primeiro emprego, aos 12 anos de idade. Atualmente ela é vendedora autônoma de semijoias. “Era moça, queria minha independência financeira, por isso, comecei cedo” e resolvi ir em busca de um emprego. Ela preencheu uma ficha para uma vaga numa fábrica de biscoitos de Lençóis Paulista. Foi contratada para o setor de empacotamento. “Naquela época, a legislação não impedia a contratação de menores. Muitos adolescentes trabalhavam lá. Fiquei na fábrica por dois anos. Ali aprendi a ser valorizada e a dar valor. Até arrumar o primeiro emprego, dependia totalmente dos meus pais. Quando comecei a ter de batalhar para ter o dinheiro e com ele comprar roupa, sapato ou qualquer outra coisa, aprendi que tudo na vida tem um custo. E assim comecei a dar valor a coisas materiais e, principalmente, para as pessoas”. O segundo emprego foi na indústria têx-

til. “Aquele trabalho só acentuou o conceito que já tinha aprendido. Levantava às 4h para entrar às 5h. Adquiri responsabilidade. Por muitas vezes perdi ônibus e tive que me virar”, compartilha. Hoje, aos 46 anos, Maria trabalha na área que realmente gosta. Para ela, todas as experiências pelas quais passou foram essenciais para sua formação profissional. “Pode parecer repetitivo, mas o fato de no começo ter aprendido dar valor ao trabalho reflete no meu desempenho como vendedora hoje. Evito reclamar e tenho amor pelo que faço. Agradeço a Deus e valorizo tudo que envolve minha atividade, principalmente, meus clientes. É uma lição que vou carregar pela vida inteira”, conclui.

Maria Passini é vendedora autônoma de semijoias

Foto: Revista O Comércio

O ramo da estética é tendência de bom negócio do século 21; o Instituto Ana Nery de Lençóis Paulista abre vagas para o curso de estética facial e corporal Foto: divulgação

A professora Josiane Torelli com as alunas que se formaram em julho deste ano pelo curso de estética facial e corporal do Instituto Ana Nery de Lençóis Paulista

N

os últimos anos o setor de estética e beleza vem apresentando as melhores oportunidades de negócios. “Pelo fato de trabalhar com a beleza e automaticamente com a autoestima, o ramo estético está crescendo”, comenta a professora do curso de estética facial e corporal do Instituto Ana Nery, Josiane Torelli. “Sou esteticista há cinco anos e amo essa profissão. Posso garantir que ninguém quer envelhecer. As pessoas procuram ter cuidados com

a pele, fazer massagem, drenagem linfática, ou qualquer outro método voltado para o bem-estar”, complementa. Por isso, a indústria da beleza é aposta de caminho promissor para quem procura emprego. Especialistas avaliam que há vagas nas indústrias de grandes fabricantes às clínicas estéticas, mas alertam para a necessidade da qualificação profissional. “Como a procura é grande, é imprescindível a especialização. O curso de estética formará um profissional com

base suficiente para garantir ótimos resultados nos clientes”, garante Josiane. O curso está na terceira turma e tem duração de dois anos (1.360 horas), tempo exigido pelo Ministério da Educação. A professora diz que ele é voltado para qualquer pessoa que tenha o segundo grau completo. “O aluno aprenderá desde anatomia, porque trabalha com o corpo humano, até as matérias principais para atuar como profissional de estéti-

ca. Serão ministradas aulas teóricas e práticas”, explica. “O curso é indicado principalmente para pessoas que gostam de cuidar da beleza e bem-estar do próximo”, finaliza.

Serviço

As inscrições podem ser feitas até 13 de agosto (data do início das aulas). Mais informações pelo telefone (14) 3264-8669.


Lençóis Paulista Agosto de 2012

De olho neles Conheça os candidatos a prefeito de Lençóis Paulista nas Eleições Municipais 2012 Cleuza de Fátima Ribeiro Spirandelli Data de nascimento: 17 de Setembro de 1956 Estado civil: Casada Naturalidade: Getulina (SP) Grau de instrução: Ensino Médio Ocupação: Comerciante Partido: PTB - Partido Trabalhista Brasileiro Número: 14 Coligação: Por Uma Lençóis Transparente PSDC, PTB Vice: Israel Amorim Bezerra

Edson Fernandes Data de nascimento: 17 de Junho de 1962 Estado civil: Casado Naturalidade: Bauru (SP) Grau de instrução: Superior Completo Ocupação: Professor de Ensino Superior Partido: PSOL - Partido Socialismo e Liberdade Número: 50 Vice: Hermes Conrado Bottan

Izabel Cristina Campanari Lorenzetti Bel Lorenzetti Data de nascimento: 20 de Fevereiro de 1952 Estado civil: Casada Naturalidade: Lençóis Paulista (SP) Grau de instrução: Superior Completo Ocupação: Prefeita Partido: PSDB - Partido da Social Democracia Brasileira Número: 45 Coligação: Lençóis Levada a Sério DEM, PR, PSDB, PMDB, PHS, PPS, PRB, PRP, PSD Vice: José Antonio Marise

Marcos Rodrigues de Lima Marcão Piauí Data de nascimento: 12 de Maio de 1963 Estado civil: Casado Naturalidade: Lençóis Paulista (SP) Grau de instrução: Ensino Fundamental Ocupação: Almoxarife Partido: PC do B - Partido Comunista do Brasil Número: 65 Vice: Rosangela Lima Resende

Personagens

11


12

Campeã de Vendas

Lençóis Paulista Agosto de 2012

Perseverante

Q

uando era perguntada sobre o que desejava ser quando crescesse, Cibele Moretto Zanelatto tinha a resposta na ponta da língua. “Quero ser vendedora”, respondia. Hoje, aos 27 anos, é gerente da loja Sancher e sabe como ninguém realizar uma boa venda. Cibele faz parte de uma família de comerciantes. “Vender está no sangue”, declara. Ela começou cedo no ramo. Com 15 anos foi promotora de um cartão de supermercado. “Queria minha liberdade, minha independência”, explica. Por todas as empresas que passou, Cibele teve seu trabalho reconhecido, consequência de sua disposição e empenho. “Sempre busquei chegar mais cedo, sair mais tarde, auxiliar na compra, fazer de tudo um pouco”, comenta. “Trabalhei em uma revendedora de telefonia onde aprendi bastante. Depois fui para Bauru gerenciar uma loja. Em seguida, tive a oportunidade de ser gerente da loja do Corinthians”, resume. Após cinco anos trabalhando fora de Lençóis Paulista, Cibele decidiu voltar. O cansaço e a distância da família pesaram na decisão. “Viajava demais, não tinha tem-

Desde adolescente Cibele Zanelatto sabe o que é vender; ela aposta em agregar valor ao produto, sempre Foto: Revista O Comércio

A gerente da Sancher acredita que vender é ter perseverança

po para nada, optei então pela minha família e voltei”, diz. “Vim direto para a Sancher”, complementa. Mesmo como gerente, Cibele não deixa de atender

os clientes. “Costumo participar da venda para auxiliar na compra, indicando o melhor produto. O bom vendedor tem que saber agregar valores do produ-

to que está vendendo, independente se esse produto é novo ou velho”, ensina. Ela acredita que o envolvimento do vendedor com a venda depende também do incentivo da empresa. “Quando o chefe oferece cursos para os colaboradores é uma forma de qualificar ainda mais seu trabalho. Tive a oportunidade de fazer vários cursos, o que acrescentou na minha vida profissional”, opina. Para Cibele, enquanto a empresa investe no colaborador, este tem que almejar crescer junto com ela. “O vendedor tem que ter o mesmo objetivo da loja que trabalha. Atualmente, meu sonho é crescer junto com a Sancher. Não é questão de puxar saco, é questão de parceria, os dois lados se beneficiam”, argumenta. Comprometida e apaixonada pelo que faz, Cibele agradece aquelas que a apoiaram e a instruíram sempre ter garra, não importando a situação. “Minha irmã Simone é um exemplo para mim. Ela me incentivou a estudar e trabalhar. Minha mãe guerreira é um exemplo de vida. O apoio delas é fundamental. Por isso sempre sigo meus objetivos com firmeza. E vender é basicamente ter perseverança”, conclui.

Fotos: Revista O Comércio

“Além de realizar sonhos, espero agradar o pai com algum presente da loja. Temos relógios para todos os tipos de pais”. Aline Cristina Sanches; Monalisa.

“Espero que esse ano alavanque as vendas com os novos produtos. Temos uma linha de produtos para perfumar e agradar todos os pais”. Glauciane Trofino Nelli; O Boticário.

“Esperamos que as vendas cresçam, pois estamos com uma infinidade de produtos para o pai tradicional até o pai mais sofisticado”. Fernanda Ferreira; All Sports.

“Sempre atendo bem os clientes com simpatia e atenção. Espero que as vendas aumentem e que todos, com minha ajuda, encontrem o presente para os pais”. Helder Barbosa de Oliveira; Pernambucanas.

“Como em todas as datas esperamos aumento de vendas. Costumo deixar os o cliente como se estivesse em casa. E sempre com um sorriso no rosto”. Gilvani da Silva Castro; Lindolar.


Parceiro do bolso Lençóis Paulista Agosto de 2012

Informática & Tecnologia

13

Aumenta procura por aplicativos móveis de segurança

Aplicativos podem substituir os antigos caderninhos de planejamento financeiro

R

egistrar cada gasto numa planilha - do cafezinho à geladeira - é o que os planejadores financeiros recomendam como primeiro passo para organizar o orçamento. Mas, do momento do gasto à hora de registrá-lo, algumas despesas escapam e é nelas que podem estar as “goteiras”. Para evitar esse problema, um aliado tecnológico pode ajudar: os aplicativos de finanças pessoais, modalidade que a engenheira Marcela Villamonte, 27, escolheu para organizar o orçamento. Durante quatro meses, ela usou um app e descobriu onde estava o furo nos gastos. A partir daí, diminuiu as saídas para bares e restaurantes com amigos, que estavam pesando nas contas. Há vários tipos de aplicativos - gratuitos e pagos-

Foto: ilustração

A interface do aplicativo Yupee é organizada e fácil de ser usada

Confira alguns dos aplicativos mais usados • Easy Envelope Budget aid; • Mint; • Easy Money; • Yupee; • Financisto; • iXpenselt. com diversas funcionalidades. “Vejo que substitui com

facilidade o caderninho. O aplicativo ajuda na discipli-

na, porque não tem desculpa para dizer que esqueceu de anotar”, diz o educador financeiro Mauro Calil. Mas é preciso ficar atento na hora de escolhê-lo: a dica de Calil é optar pelo mais simples e agradável de mexer, pois, em geral, o que o usuário precisa é controlar receitas e despesas. E verificar se a linguagem é acessível. Segundo César Caselani, da FGV-SP, o aplicativo ajuda, mas é preciso lembrar dele na hora de tomar decisões. “A questão é o que a pessoa vai fazer na hora da compra. Vai lembrar dessa planilha”? Há também aplicativos de bancos, que permitem serviços como transações bancárias e localização de agências e aqueles que mostram cotações de ações e que permitem operar no mercado.

A descoberta no início do mês do primeiro malware para iOS, sistema da Apple usado no iPhone e no iPad, não deixa dúvida: os dispositivos móveis são a nova fronteira para a atuação dos hackers. Em um dormitório de universidade em Los Angeles, o norte-americano John Hering, então com 23 anos, chegou à mesma conclusão - só que cinco anos atrás. Dois anos depois, com dois colegas, Hering criou o Lookout, aplicativo de segurança que tem hoje 25 milhões de usuários. O software oferece proteção contra malware, backup automático e localização de dis-

positivos perdidos, para tablets e celulares. Nos EUA, o aplicativo é líder de mercado. No mundo, o concorrente NQ Mobile, da China, tem mais usuários: 147 milhões. No Brasil, o Lookout tem 1 milhão de usuários. “É um de nossos dez maiores mercados”, disse Hering à Folha. O app brasileiro Zoemob, um de seus principais concorrentes, tinha 100 mil usuários em dezembro de 2011. O crescimento no país acelerou a criação da versão do software em português, em março deste ano, e a decisão de abrir um escritório em São Paulo, que deve ser concretizada até o final de 2013.


14

Automercado

Lençóis Paulista Agosto de 2012

Potência em duas rodas Confira os dez principais lançamentos em motos no Brasil em 2012; entre eles a KTM Duke 200 e a Honda NC 700X BMW G 650 GS Sertão

Dafra SYM Next 250

Ducati Panigale 1199

Honda NC 700X

Honda CBR 250R

A BMW G 650 GS Sertão foi lançada mundialmente no Salão Duas Rodas de 2011. Ela é considerada a versão mais off-road da G 650 GS, homenageia a árida região brasileira e traz alguns itens para incrementar seu potencial off-road, como suspensões mais altas para lamas e os novos protetores de mão. A previsão é de que G 650 GS Sertão desembarque pelo Brasil ainda neste ano segundo semestre.

Na esteira do sucesso do scooter Citycom 300i, a Dafra lança o 2º modelo em parceria com a taiwanesa SYM: a Next 250. Equipada com motor de um cilindro, comando simples no cabeçote e 249,4 cm³ de capacidade, ela traz injeção eletrônica para produzir 24 cv de potência máxima a 7.500 rpm. A Next 250 oferece rodas de liga leve e freio a disco nas duas rodas para brigar de frente com Yamaha YS 250 Fazer e Honda CB 300R.

A revolucionária Ducati Panigale 1199 tem tudo para desembarcar no Brasil até o final de 2012. Lançada como uma revolução na família de superesportivas da marca italiana, a Panigale chega para quebrar paradigmas. Em vez do quadro em treliça conta com um chassi monocoque, muita tecnologia embarcada e o novo motor Superquadro, um “V2” capaz de produzir 195 cavalos de potência máxima.

A trail de 700 cc foi apresentada no último Salão de Motos de Milão juntamente com uma versão naked. Ambas utilizam um novo motor de dois cilindros paralelos de 670 cm³ e também são feitas sobre a mesma plataforma. Com esse projeto, inédito no mercado, a Honda pretende baratear os custos de produção dos modelos. A NC 700X foi especulada como o próximo lançamento da marca japonesa no Brasil.

Equipada com motor de um cilindro, porém com refrigeração líquida e injeção eletrônica, a pequena CBR tem sido sucesso de vendas em todo o mundo. Apesar de seu motor de modestos 26,4 cv, o visual é de moto maior. Além disso, o modelo traz freio a disco nas duas rodas com sistema Combined ABS. A grande incógnita ainda é o preço final, já que inicialmente a CBR 250R deverá ser importada da Tailândia.

Kawasaki ZX-14R

KTM Duke 200

MV Agusta F4 RR Corsa

Suzuki GSX-R 750

Triumph Tiger 800

Completamente renovada para 2012, a superesportiva ZX-14R foi lançada em outubro de 2011 no exterior. Chega com a fama de ser a moto com a maior aceleração do mundo! Segundo a Kawasaki, o novo motor de quatro cilindros em linha, com comando duplo no cabeçote (DOHC) teve sua capacidade aumentada para 1.441 cm³ e percorre os 400 metros das corridas de arrancada em 9,4 segundos.

A KTM confirmou sua fábrica em Manaus para este ano, mas vai fortalecer primeiro sua linha Adventure, com as big-trails de 990 cc no primeiro semestre. Para popularizar a marca entre os motociclistas urbanos, a KTM deve montar a Duke 200, uma pequena naked de alto desempenho com motor com refrigeração líquida, suspensões de qualidade e freios Brembo. Ela foi lançada recentemente na Índia.

Para este ano, a parceria entre Dafra e MV Augusta, leva às concessionárias a F4 RR Corsa Corta, equipada com uma nova versão do motor de quatro cilindros em linha, 16 válvulas e 998 cm3 de capacidade cúbica, que gera 201 cv a 13.400 rpm de potência máxima. Com esse desempenho, a F4 RR Corsa Corta é uma das poucas motocicletas do mundo a contar com um motor de mais 200 cv. O preço sugerido será de R$ 150 mil.

Em 2011, a J. Toledo Suzuki renovou sua linha de baixa cilindrada, mas não trouxe ao país. A aclamada GSX-R 750 à venda no Brasil, ainda se trata do modelo 2010 em comparação ao exterior – já que há dois anos, a Suzuki lançou na Europa uma esportiva de 750cc completamente renovada. Neste ano, deve ser comercializada a nova GSX-R 750 que, além do visual renovado, tem novo chassi e um novo mapeamento do motor.

Como a marca inglesa anunciou que voltará ao Brasil neste ano, nossa esperança é que ela chegue por aqui com algumas novidades já à venda no exterior, fugindo um pouco das conhecidas Daytona 675 e Speed Triple. Por isso, a Tiger 800 seria uma boa pedida, afinal as motos trails de média cilindrada têm um público cativo no Brasil, como mostram as vendas da XT 660R e da BMW G 650GS.


Automercado

Lençóis Paulista Agosto de 2012

Modelo esportivo Fiat Punto 2013 chega ao bolso do consumidor por R$ 38.570,00; interior ficou sensivelmente mais requintado e design exterior também ganha retoque

A

Fiat oficializou a chegada da linha 2013 do Punto ao mercado nacional. O destaque da renovação do compacto premium está na carroceria, com desenho revisto, semelhante ao adotado pelo irmão italiano em 2010. Outras novidades estão na parte mecânica, com o câmbio Dualogic Plus e o sistema DNA, e em detalhes como as lanternas com LED. Os preços do modelo começam em R$ 38.570. A dianteira, por exemplo, perdeu a “inspiração Maserati“, recebendo faróis com cantos mais vivos, friso cromado junto ao capô e para-choque revisto. Nele há uma peça plástica que envolve as luzes de neblina e os indicadores de direção, solução mais discutível da parte visual do Punto 2013. Nas laterais, poucas alterações. Basicamente, o hatch recebeu calotas e rodas de liga leve revistas, além de caixas de roda e outros apliques no caso da versão esportiva T-Jet. Atrás, as lanternas ganham nova disposição e compo-

Foto: divulgação

Punto tem novidades na parte mecânica

sição por LED. O para-choque também traz peça plástica, envolvendo o espaço da placa, e olhos-de-gato e luzes de ré e neblina com contornos mais curvilíneos. A tampa do porta-malas traz a nova tipografia para o modelo, que na Europa fica na área central. O habitáculo também ganhou atenção ao receber linhas mais modernas, passando requinte ao Punto. As saídas de ar têm novos contornos, com as das extremidades tendo corte circular. Mudam também o grafismo do quadro de instrumentos, o sistema de som, o acabamento da parte central e volante e pedaleira, no caso do T-Jet. Ao ligar o veículo, agora, os ponteiros “varrem” os números, solução adotada aos poucos por veículos mais em conta, mas que surgiu com esportivos.

DNA esportivo

Entre as novidades a Fiat destaca o seletor DNA, exclusividade do T-Jet. O aparelho modifica a operação do veículo de acordo com a escolha do condutor. Em modo Dinâmico, o foco é o desempenho, com maior abertura da borboleta do motor com menor pressão no pedal. Ele traz indicador de mudança de marcha no painel em prol do melhor rendimento. Há também os mostradores do trabalho da turbina, em barras digitais. O modo “Normal” é para atuação do dia-a-dia. O bloco 1.4 turbo mantém seu rendimento, sem alterações. Já o “Autonomia” é voltado à economia de combustível, mostrando os melhores momentos para baixar ou aumentar marchas. Ele traz ainda um “econômetro” com escala progressiva.

Motores

A gama de propulsores do Punto não sofreu alterações. O 1.4 Fire Evo, de quatro cilindros e oito válvulas, entrega 85 cv com gasolina e 88 cv com etanol, sempre a 5.750 rpm. O torque é de 12,4/12,5 kgfm, a 3.500 rpm. Acima dele está o 1.6 16v E.torQ, capaz de gerar 115/117 cv e 16,2/16,8 kgfm (4.500 rpm). Ele tem câmbio automatizado Dualogic, de cinco marchas, como opção. Ela, aliás, tem novidades, como o “acelerador automático”, que faz com que o carro ande logo que se tira o pé do freio, e o “cancelamento de marcha”, que evita um aumento de relação caso seja necessária energia extra para uma ultrapassagem, por exemplo. O bicombustível mais potente é o 1.8 16v E.torQ. Ele gera 130 cv com o combustível fóssil e 132 cv com o derivado da cana-de-açúcar. O torque fica em 18,4/18,9 kgfm (4.500 rpm). A caixa Dualogic também é opcional. Já o mais forte é o 1.4 turbo, movido somente a gasolina. Ele tem 152 cv e 21,1 kgfm (2.250 rpm), sempre com transmissão manual de cinco velocidades. Segundo a Fiat, a versão T-Jet chega a 203 km/h.

15


16

Ambiente & Decoração

Lençóis Paulista Agosto de 2012

Criação e inspiração Fotos: arquivo pessoal

Projetos apresentados na 26ª Casa Cor trazem ideias sustentáveis de decoração

A

Peças baseadas na sustentabilidade foram expostas na Casa Cor 2012

Casa Cor é o maior evento de arquitetura, decoração, paisagismo das Américas e o segundo maior do mundo. Este ano, aconteceu do dia 29 de maio ao dia 22 de julho tendo como tema: ‘Moda, Estilo e Tecnologia’. Foram expostos projetos para deixar casas, escritórios e apartamentos com um clima fashion, diferente e elegante. A estudante de arquitetura Mariana Nicoletti esteve presente na 26ª edição da Mostra e garante que as tendências podem se materializar em ambientes reais e funcionais. “A feira é sensacional. Vi várias coisas di-

ferentes. Os arquitetos abusaram da criatividade. Muitas coisas expostas podem ser usadas na nossa própria casa”, garante Mariana. Ela destaca os jardins verticais e os móveis antigos reformados. “São simples e fáceis de fazer”, completa.

Parede Verde

Os jardins verticais podem ser feitos em qualquer tipo de parede ou muro (interno ou externo). Eles combinam em qualquer ambiente e foram criados para modificar a paisagem em locais com espaço pequeno. É a possibilidade de ter um espaço verde e elegante.

Para quem não dispõe de tempo de sobra para ficar cuidando das plantas, uma boa opção são os porta-vasos, afinal, mantêm as plantas úmidas por muito mais tempo. “Os vasos podem ser feitos com materiais recicláveis. Na Casa Cor pude conferir os feitos com eco bags. Super legais e sustentáveis. Aliás, sustentabilidade foi o pilar do evento”, comenta Mariana. Garrafas plásticas também podem fazer o papel de vaso.

Restauração e customização

Sabe aquela penteadeira da sua avó, branca, de canto,

perdidona? Ou aquela mesa de centro que está descascando de tão antiga? Podem ser transformadas nos móveis mais divertidos do ambiente. Alguns projetos apresentados na Casa Cor tiveram os móveis antigos reformados como referência. “Em um dos ambientes tinha uma cômoda rosa. Ao mesmo tempo em que ela era antiga, deixou o ambiente elegante. Queria ela para mim”, brinca Mariana. Assim como no mundo da moda, o vintage é tendência na decoração. O ideal é misturar o tradicional com o moderno, e não ter medo de inovar.


Casa & Construção

Lençóis Paulista Agosto de 2012

17 Fotos: ilustração

Espaço na medida

Foto: divulgação

O closet bem planejado garante comodidade, espaço e organização para roupas, sapatos, acessórios e outros

U

ma área privada para guardar sapatos, roupas e acessórios – um closet. É o sonho de consumo de muitas pessoas, principalmente das mulheres. Ao contrário do armário convencional, que é possível deslocar e posicionar em qualquer parede do quarto, o closet é uma instalação fixa que pode ser feita dentro do cômodo, ou mesmo fora dele. De acordo com Vitor Hugo, projetista da Móveis Lindolar, o closet proporciona mais espaço e praticidade. “Um closet bem planejado, além de garantir espaço para acomodar tranquilamente as peças

de vestuário, pode se tornar uma área privada para manuseio e troca de roupas. E deixa também o quarto mais leve”, explica. Qualquer ambiente da casa pode ser transformado num closet - desde um pequeno escritório não usado, até um quarto de visitas desativado. Recomenda-se um espaço mínimo de quatro metros quadrados para fazer um closet confortável. Vitor alerta para os detalhes que o cliente deve observar antes de fechar o projeto. “Qualquer espaço sobrando em uma casa vale a pena ser transformado em closet. As medidas devem ser tiradas correta-

mente. O cliente deve informar as necessidades de gavetas, cabides, prateleiras para roupas de cama e o espaço para sapateira também”, recomenda. Existem soluções para todo tipo de bolso. “Depende do tamanho do closet”, diz Vitor. Homens e mulheres têm prioridades distintas, por isso o projeto precisa levar em conta essas diferenças. As camisas, calças, gravatas, ternos e sapatos devem ser acomodados em cabideiros, prateleiras e gaveteiros. Já o espaço feminino deve ter nichos para bolsas, local para joias, maquiagem, acessórios e mais altura nos cabi-

O closet deixa o quarto mais leve e organizado; os projetos podem ser feitos para qualquer tipo de espaço

deiros para vestidos longos. “O mais importante é que o projeto acomode as roupas tranquilamente sem ficar apertado e amarrotado”, enfatiza o projetista. Há duas maneiras de fechar o closet. Os profissionais indicam a porta desli-

zante, pois é prática e economiza espaço para circulação. A outra opção é deixá-lo aberto. Em relação à iluminação, a preferência deve ser dada às lâmpadas brancas e amareladas, que não interferem nas cores dos tecidos. “Tem que ter uma

boa iluminação geral e com alguns focos de destaque”. Para que o closet fique completo, é fundamental um espelho que deve ser colocado estrategicamente para que a imagem refletida o mostre dos pés até a cabeça.


18

Viagem & Aventura

Lençóis Paulista Agosto de 2012

Au revoir

Ex aluna lençoense e atual estudante de design de moda na Universidade Federal Tecnológica do Paraná, Tanlin Nishimura Carmo, 21, está em Paris desde o início de julho para temporada de dois semestres à sua graduação

Pelas ruas de Paris, em um momento de pausa para um lanchinho

A dedicação aos estudos foi fundamental para entrar no programa

Foto: arquivo pessoal

T

oda a formação escolar da ex-aluna foi, praticamente, realizada em Lençóis Paulista - onde chegou com 5 anos e estudou no Colégio Francisco Garrido, São José e Cooperelp. Atualmente, Tanlin Carmo é aluna do quinto período do curso de tecnologia em design de moda na Universidade Federal Tecnológica do Paraná, tendo sempre se dedicado a duas paixões: artes e desenhos de modelos e idiomas, dentre os quais, o francês. Estudar moda e na França, como dizem seus familiares, sempre foi o seu sonho e que acaba de se tornar realidade, graças a criação do programa da Capes/CNPQ que contempla também alunos na fa-

se da graduação e não apenas na pós-graduação, como tradicionalmente. O Ciência sem Fronteiras foi criado pela presidente Dilma Rousseff em meados de 2011, mas, só neste ano, foi colocado em prática. O processo de seleção também considera o bom desempenho escolar dos candidatos e nesse quesito, Tanlin Carmo saiu-se muito bem. O investimento em profissionais da indústria da moda está dentre as áreas prioritárias no âmbito educacional do governo federal, já que ajuda a consolidar a chamada indústria criativa, voltada a produtos e processos para desenvolvimento tecnológico e inovação. Tanlin Carmo estuda-

Foto: arquivo pessoal

Tanlin e as suas amigas, ainda em Lençóis Paulista

rá na École des Métiers de La Culture, de la Comunication et du Luxe, do Grupo EAC - uma das mais renomadas do mundo e que tem unidades em Paris, Lyon, Nice, Mônaco, Pequim e Shangai, e também porque o programa prevê “que os estudantes e pós-doutores do Ciência sem Fronteiras terão o seu treinamento nas melhores instituições disponíveis, prioritariamente entre as mais bem conceituadas para cada grande área do conhecimento. Essas instituições estão listadas nos principais rankings internacionais, em suas melhores posições”. A chamada indústria criativa é uma das áreas que mais têm empregado recursos materiais e hu-

manos e movimenta bilhões de dólares em todo o mundo e também no Brasil. Pela importância, o Senado Federal tem realizado audiências públicas com vistas a fomentar o debate e encaminhar políticas à sua consolidação. Também em muitas cidades, inclusive em Lençóis Paulista, prefeituras têm investido em programas que contribuam com empreendimentos dessa indústria criativa. Não por acaso, o Centro Municipal de Formação Profissional Ideval Paccola e a Diretoria de Desenvolvimente, Geração de Empregos e Renda investem nesse setor. Com certeza, profissionais de todos os níveis de conhecimento e investido-

Foto: Fábio Bombonatto

res nessa cadeia produtiva serão necessários para a consolidação desse mercado no âmbito local e regional. De acordo com Coordenadoria - CAPES, Ciência sem Fronteiras é um programa que busca promover a consolidação, expansão e internacionalização da ciência e tecnologia da inovação e da competitividade brasileira por meio do intercâmbio e da mobilidade internacional. A iniciativa é fruto de esforço conjunto dos Ministérios da Ciência, Tecnologia e Inovação (MCTI) e do Ministério da Educação (MEC), por meio de suas respectivas instituições de fomento – CNPq e Capes –, e Secretarias de Ensino Superior e de Ensino Tecnológico do MEC.

O projeto prevê a utilização de até 75 mil bolsas em quatro anos para promover intercâmbio, de forma que alunos de graduação e pós-graduação façam estágio no exterior com a finalidade de manter contato com sistemas educacionais competitivos em relação à tecnologia e inovação. Além disso, busca atrair pesquisadores do exterior que queiram se fixar no Brasil ou estabelecer parcerias com os pesquisadores brasileiros nas áreas prioritárias definidas no Programa, bem como, criar oportunidades para que pesquisadores de empresas recebam treinamento especializado no exterior. Mais informações sobre o programa no site www. cienciasemfronteiras.gov.br.


Meu Melhor Amigo

Lençóis Paulista Agosto de 2012

19

Cachorro, gato, cavalo,

tucano, passarinho, tatu... As irmãs Ana Paula, Ana Cristina e Ana Fabíola Zillo compartilham o mesmo amor pelos animais desde que eram crianças Foto: arquivo pessoal

Ana Cristina com o tucano de estimação; ele comia os brincos da irmã

E

las nasceram e cresceram em meio aos animais. Desde pequenas as irmãs Ana Paula, Ana Cristina e Ana Fabíola Zillo mantêm uma relação de amor incondicional com os bichos. “Na verdade, nosso sentimento pelos animais vai além do amor, nem tem como explicar. Aprendemos a amar os animais com nosso pai”, reve-

la Ana Paula. “Nossa vida sempre foi cercada de bichos”, comenta Ana Cristina. “Eles me fazem rir, enchem minha vida de amor e alegria”, diz Ana Fabíola. As irmãs já tiveram todos os tipos de animais. Desde os tradicionais, como cães e gatos, até um exótico tatu. “Tivemos cachorros, gatos, passarinhos, cobras, cavalos, vea-

Foto: Cíntia Fotografias

Foto: arquivo pessoal

Ana Fabíola sempre foi rodeada por animais; o amor é incondicional

Ana Paula e sua égua Rainha, com quem conquistou muitos títulos

dos, tucano e até um tatu. Era uma bicharada. Nosso primeiro cachorro chamava Akey”, recorda Ana Paula. “O tucano ficava solto dentro de casa. Ele comia os brincos da Ana Paula, era muito engraçado. Às vezes, algumas pessoas, no quintal, usavam capacetes, pois ele gostava de bicar a cabeça da gente. Nos divertíamos demais com o Tuca”,

mente, ela mora em um rancho em meio à natureza, cachorros e cavalos, entre eles, sua égua Rainha, com quem ganhou inúmeras competições. “Ela é minha paixão. Meu amorzão”, diz sorrindo enquanto também conversa com sua égua predileta. “Comecei a montar aos quatro anos de idade. No início era um hobby, mas vi-

recorda Ana Cristina. A mais nova das irmãs, Ana Paula, é uma das melhores Amazonas (mulher que pratica equitação) do Brasil. Ela já competiu em diversas modalidades e conquistou importantes títulos regionais, nacionais e internacionais. “Perdi as contas, mas são mais de 200 títulos”, enumera Ana Paula. Atual-

rou profissão”, confessa. Para as irmãs, é impossível imaginar a vida sem os animais por perto, em suas vidas. “Se tirassem de nós nossos bichinhos, com toda certeza entraríamos em depressão, numa tristeza profunda. Eles preenchem espaços importantes em nossas vidas. Sem eles, ficaria um vazio enorme”, conclui Ana Paula.


20

Bebê Show

Lençóis Paulista Agosto de 2012


Lençóis Paulista Agosto de 2012

Bebê Show

21

Fotos: Cíntia Fotografias


22

Mural Artístico

Lençóis Paulista Agosto de 2012

Expressão de fé

Fotos: Revista O Comércio

A artista Ivone Paccola caminha entre a restauração de imagens, pintura de telas e outros trabalhos manuais; sua obra é reconhecida internacionalmente

P

ara artista plástica e restauradora Ivone Maria Silva Paccola a arte é uma expressão da fé. O talento desta lençoense de coração emocio-

na e sua obra é reconhecida em todo o Brasil e até mesmo no exterior. Ivone conta que sempre sentiu atração por trabalhos manuais. A paixão

pela arte floresceu quando decidiu fazer um curso de pintura. “Nasci em Pernambuco e me mudei para Lençóis com sete anos. Meu pai se mudou para cá

a trabalho. Quando me casei, tinha que cuidar da casa e dos meus filhos, então fazia roupas de festa, para noivas, a fim de ajudar no orçamento. Mas fui me desinteressando e parei de costurar. Decidi então fazer trabalhos manuais, como bonecas de porcelana. Quando meus filhos cresceram, fiz um curso em São Paulo para me aperfeiçoar. A partir daquele momento me apaixonei e nunca mais parei de pintar”, conta. Também aprendeu a técnica do restauro em um curso de rosto e figura humana. Católica devotada, conseguiu unir amor, arte e fé. “Pin-

A obra acima é uma das telas que representou Lençóis Paulista no 11º Salão São Paulo de Turismo

Ivone passa horas pintando; sua arte é reconhecida mundialmente

tar acontecimentos bíblicos, imagens como a de Nossa Senhora Aparecida, Santo Antonio, é uma honra para mim”, expressa. Detalhista, a artista revela de onde vem inspiração. “Ela surge. Olho para a peça, penso, dou uma volta e pinto”, resume. Há 20 anos, o padre Ademar, da Paróquia São Pedro e São Paulo, procurou Ivone para que ela pintasse um estandarte para sua igreja. A arte de Ivone impressionou tanto o padre que ele passou a indicar o trabalho da artista. “Foi assim que passei

a ser conhecida”, lembra. Hoje, em seu ateliê, tem encomendas para diversos lugares do Brasil e do exterior. Seu trabalho é conhecido até mesmo na Europa, em Portugal e no Vaticano, por exemplo. Neste ano, Ivone representou Lençóis Paulista com a tela ‘As Baianas’ no 11º Salão São Paulo de Turismo. “Foi uma satisfação representar a cidade. Inesquecível” comenta. “Ainda mais representar por meio daquilo que mais amo fazer: pintar. Passo todos os dias pintando e assim será eternamente”, finaliza.

Sugestões para a editoria Mural Artístico? Envie um e-mail para: jornalismo@revistaocomercio.com.br.


Lençóis Paulista

Moda & Estilo

Agosto de 2012

Doce

menina Milena Veronezi deixou a timidez de lado e fez para um ensaio repleto de cores, formas e poses

A

lençoense Milena Veronezi subiu a escada do novo prédio dos estúdios Cíntia Fotografias tímida. Aos poucos, foi se soltando e revelou ser romântica. Ela adora ler, principalmente, livros como ‘Uma carta de amor’ de Nicholas Spark. Nas horas vagas, corre até a biblioteca municipal para ler um, ou até dois romances por mês. Os traços da garota de 14 anos remetem aos da boneca mais famosa do mundo. “Já te disseram que parece a Barbie?”, perguntou nossa estilista. “Já sim”, respondeu Milena toda encabulada. A timidez desapareceu quando os clicks começaram. Ela deixou fluir seu lado Katy Perry e arrasou em frente à câmera fotográfica com o fi-

gurino da Marry Vest. Aliás, ela curte todos os singles da cantora norte-americana. A futura engenheira se intitula clássica, reservada e sincera. “Tá, confesso, sou um pouco orgulhosa”, afirma. Ela gosta de futebol, mas só quando está passando o Santos Futebol Clube. Apaixonada por Deus e pela família, Milena já fez um trabalho como modelo. “Desfilei ano passado”, conta. Quando questionada se pretende seguir carreira, responde “Gostaria. Ah, mas não, sem chance, não dá!”. Pronto, a tímida doce Milena voltou.

23


24

Moda & Estilo

Lençóis Paulista Agosto de 2012

O look para a próxima estação

A primavera está batendo à porta. Duas peças que não podem faltar no armário são: o shorts color de jeans colorido (as cores tendência são o roxo, o rosa e o laranja) e camisas, muitas camisas! Para o look da foto, escolhemos o shorts mais larguinho, quase uma modelagem boyfriend. Para a produção não ficar grosseira, o ideal é: quanto mais curto o shorts, mais largo deve ser. As camisas, peças-chave das próximas estações, ganham modelagem mais comprida para serem usadas com nós e cintos.


Moda & Estilo

Lençóis Paulista Agosto de 2012

A Garota da Capa Agosto de 2012 • Nome Milena Veronezi de Oliveira • Aniversário 18 de Fevereiro (14 anos) • Signo Aquário • Mãe Silmara R. V. de Oliveira • Pai Anderson R. de Oliveira • Educação 9° ano; Ensino Fundamental II • Filme A última música • Perfume Hypnotic Poison; Dior • Livro Uma carta de amor; Nicholas Sparks • Hobby Tocar piano e passear com a família • Música Price Tag; Jessie J. • Prato Lasanha • Viagem dos Sonhos Paris; França • Facebook Milena Veronezi

A eterna saia preta

Todas nós temos uma saia preta, seja ela no jeans ou em tecidos mais nobres (como a da foto que é de tafetá). Para a modelo, escolhemos a saia balonê, que tem forma mais jovial e curta. Ela é permitida para quem tem as pernas compridas e finas. É um clássico do roupeiro feminino e pode ir da balada até jantares mais formais.

• Roupas: Marry Vest • Sapatos: Impacto Calçados • Consultora de Moda e textos técnicos: Carolina Ferreira • Cabelo e Maquiagem: Paulinha Maciel • Fotografia: Cíntia Fotografias

Dê “curtir” em nossa página no Facebook e veja mais fotos deste e de outros ensaios. www.facebook.com/revistaocomercio

25


26

Moda & Estilo O colete revisado

Usou-se muito colete no inverno e agora ele chega revisado em materiais e tecidos mais leves. Você pode usar o que adquiriu na estação passada, desde que modernize a peça de baixo. Dê preferência à blusas alegres, de listras largas, florais e até mesmo camisas coloridas.

Lençóis Paulista Agosto de 2012


Moda & Estilo

Lençóis Paulista Agosto de 2012

Casual de sempre

Calça jeans é a peça de roupa mais usada entre as mulheres. Dentre os modelos mais legais estão a skinny, que é justa até embaixo; a reta tradicional que é ideal para quem quer afinar e alongar as pernas e a flare, modelo com a boca mais aberta quee está super na moda. As camisetas, peças confortáveis, estão cada vez mais modernas. Elas chegam às lojas mais compridas e em tecidos leves para você usar com lenços e cintos.

Os novos sapatos

Para as estações mais quentes, os sapatos estão super coloridos! Com diversas formas e saltos, oferecem o conforto necessário para as épocas mais quentes do ano. A dica do momento é o sapato de cores vivas como laranja e pink. Com fivelas e adereços, são ótimos para produções com jeans e looks brancos; que serão muito usados no Verão 2013. O sol e a moda para o calor estão chegando! Aproveite os dois com muito brilho e cor!

27


28

Melhor Idade

Lençóis Paulista Agosto de 2012

Ritmo de festa Foto: Revista O Comércio

Aos 62 anos, sobra fôlego para Nadir Ramos dançar, andar de bicicleta, cozinhar e curtir o melhor da vida

S

ábado, 22h30. Nadir Alves de Ramos dá o último retoque no batom. Ela está pronta para sair, ou como dizem os mais jovens, ‘para badalar’. Com 62 anos, gosta de beber uma cervejinha, participar de um churrasco e ama dançar. Por isso, não perde um arrasta pé. “Para mim é sagrado sair no sábado. Dançar é muito bom, principalmente, forró e samba”, enfatiza. Foi dançando que Nadir conheceu o atual marido. “Estava em uma casa de pagode na rua 15 de Novembro. Ele me tirou para dançar e aceitei. Desde aquele momento nunca mais paramos de dançar juntos”, lembra. Nadir se casou pela segunda vez com um homem 20 anos mais jovem. “No começo foi difícil. Sofremos um pouco de preconceito. Hoje as pessoas aceitam, acho que acostumaram e entenderam que o amor não tem barreiras. Não tem idade. Somos chamados por nossos amigos de casal 20”, brinca. Além da dança, Nadir

tem mais duas paixões: cozinhar e andar de bicicleta. “Aprendi cozinhar trabalhando como diarista. Adoro fazer salgados e doces”, diz. “Há 15 anos comecei a andar de bicicleta. Não tenho paciência para ônibus. A bicicleta ajuda no controle do colesterol e nas dores nas costas. Vou andar de bicicleta até os 100 anos”, garante. Ela conta a história de uma infância difícil. Morava na zona rural e com apenas sete anos já trabalhava na roça. Após a morte do pai, mudou-se com a mãe para cidade e foi trabalhar como diarista. “Os antigos achavam que trabalho tinha a ver com educação. Tive que trabalhar cedo para ajudar financeiramente, não aproveitei minha infância. Por isso hoje, busco curtir a vida da melhor maneira possível”. Além do marido, o coração de Nadir tem espaço para os dois filhos, já casados, um neto e um menino de sete anos, cuja a criação assumiu a pedido da própria mãe do garoto. Estes são os amores de sua vida.

Nadir gosta de cozinhar, principalmente, para seu marido, filhos e netos; todo final de semana se arruma para sair e passar a noite inteira dançando

“Meus filhos apoiam todas minhas decisões. Não imagino a vida sem eles. Ainda tenho o privilégio de ser avó, que é ser mãe duas vezes. Só tenho a agradecer a

Deus”, expressa. Esta jovem senhora acredita que a fase popularizada como ‘melhor idade’ é a melhor etapa da vida. “A maturidade permite que a vida

seja mais centrada. Ao contrário de quando era mais nova, hoje raciocínio an-

tes de fazer qualquer coisa. Assim tomo decisões mais acertadas”, argumenta.

Sugestões para a editoria Melhor Idade? Envie um e-mail para: jornalismo@revistaocomercio.com.br.


Vida de Professor

Aula de Lençóis Paulista Agosto de 2012

29

Foto: Revista O Comércio

experiência Foto: arquivo pessoal

Aos 79 anos, a professora Zilda Grandi recorda os anos apaixonantes em que atuou como educadora

O

Dona Zilda em 1954 com a turma de alunos de Bernardino de Campos

universo educacional no qual viveu a professora Zilda Paccola Grandi não existe mais, se perdeu no tempo. Aposentada há 30 anos, lecionou talvez na época em que os mestres foram mais amados e respeitados pelos alunos. “As crianças e adolescentes eram mais inocentes. Não tinham acesso a tanta informação como hoje. Tive alunos que não sabiam o que era o mar. Então, quando o professor explicava algo, tudo era novidade, e o professor era respeitado”, diz. “E os professores tinham prazer em trabalhar. Eu chegava todos os dias cantando na escola”, complementa. A professora nasceu em Lençóis Paulista. Na adolescência, estudou em um

internato de freiras. “Passei um ano em Agudos no internato de freiras alemãs. No ano seguinte, voltei para Lençóis e fiquei no Ginásio Imaculado Coração de Maria até meus 12 anos”, relembra. Em 1953, aos 20 anos, se formou professora. “Naquela época eram poucas as opções de profissão. Ser professor estava no auge”, comenta. Ela começou lecionando em uma escola municipal e num curso de alfabetização de adultos, o que hoje é conhecido como EJA (Educação de Jovens e Adultos). A primeira experiência durou dois anos. Naquele tempo, para ser efetivada, era necessário acumular pontos, calculados pelo número de aulas dadas. “Com dois anos de primário e curso de adultos consegui mi-

Hoje, com 79 anos, ainda é carinhosamente lembrada pelos alunos

nha cadeira”, recorda. A professora foi lecionar na zona rural de Bernardino de Campos, cidade a 120 km de Lençóis. “Tinha uma sala com 30 alunos. Morava na cidade e ia todos os dias de charrete para a escola que ficava na zona rural. Cheguei a cair da charrete duas vezes. Foi uma experiência única”. Voltou a morar em Lençóis Paulista e foi lecionar em uma escola estadual de Macatuba. Trabalhou na cidade vizinha por dois anos. Então foi transferida para o Esperança de Oliveira, muito antes da escola ser municipalizada. Foi nessa unidade que imprimiu sua marca e ficou por 25 anos. “Me aposentei ali. Até hoje quando passo em frente à escola e ouço o barulho das crianças sinto

muitas saudades”, confessa. A saudade é por conta da relação que a professora tinha com os alunos e os colegas de trabalho. Por muitas vezes, fez papel de mãe de muitos meninos e meninas. “Tive um aluno que dormia a aula inteira. Investigando, descobri que ele passava fome. Tinha que cuidar, levar ele até o refeitório, bem preocupação de mãe”. De acordo com Zilda, ser educador é um sentimento único, e a profissão exige paciência e dedicação. “Não tenho nem como explicar a sensação de ver uma criança soletrando a primeira palavra. É emocionante. Foi pelo carinho que eu tinha com os alunos e eles para comigo que me firmei na profissão”, finaliza.


30

Craque do Mês

Lençóis Paulista Agosto de 2012

Pequena

notável Foto: Revista O Comércio

Com a delicadeza de uma flor e a força de uma leoa, Gabriela coleciona medalhas

Q

uem vê a pequena lençoense Gabriela de Almeida Flores não imagina a eficiência de seus golpes. Com 16 anos e um metro e meio de altura, conquistou medalha de ouro no Campeonato Brasileiro de Caratê 2011, realizado em Campina Grande, na Paraíba. Na primeira vez que disputou o torneio, ficou com o segundo lugar. Gabriela conheceu o caratê aos 11 anos. A convite do primo, que já era praticante da arte marcial japonesa, resolveu participar de um treino. “Fui acompanhar ele, gostei e comecei a treinar”, resume. Com apoio dos pais e do treinador Raphael Blanco, Gabriela passou se dedicar cada vez mais e se tornou uma atleta apta para competições. “Meu pai foi o primeiro a me apoiar, ele acompanha todas as lutas. O Raphael é meu treinador desde o começo, o incentivo dele é essencial”, expressa. Mesmo tão jovem, a carateca já perdeu a conta do número de medalhas.

Gabriela começou a treinar com 11 anos; no tatame sabe impor respeito

“Não costumo contar”, diz. Entretanto, entre as principais conquistas, destaca-se as vitórias em torneios nacionais e estaduais. Para vencer as adversárias no tatame, Gabriela treina forte: uma hora e meia por dia. “Para ser atleta tem que ter disposição e disciplina. É cansativo, mas compensa. Ainda tenho tempo para estudar e me divertir”, garante. Neste ano Gabriela mudou de categoria, o que representa um novo desafio para a carateca. Mas com empenho e dedicação da atleta, os obstáculos ficam mais fáceis de ser vencidos.

Na nova categoria, ela disputou a última edição dos Jogos Regionais e o Campeonato Paulista. Conquistou a quarta colocação nas duas competições. Os planos de Gabriela para o futuro são voltados para os estudos, mas também incluem o caratê, nem que seja como uma forma de recreação. “Pretendo fazer faculdade de engenharia civil ou computação. Como o caratê não é um esporte olímpico é complicado se manter dele, por isso, não penso em seguir carreira. Porém, até quando puder, subirei no tatame para treinar”, finaliza.

Sugestões para a editoria Craque do Mês? Envie um e-mail para: jornalismo@revistaocomercio.com.br.


Lençóis Paulista Agosto de 2012

Seu lema:

Voluntários do Bem

31

Fotos: arquivo pessoal

fazer o bem Sueli lidera várias ações sociais; para ela, a solidariedade é uma atitude nobre e também ressalta que se cada um fizer sua parte viveremos em um mundo melhor

S

e todo mundo fizesse um pouquinho para o próximo, o mundo seria diferente”. A frase de Sueli Maria Scarparo Botaro resume o espírito de solidariedade. Ela diz sentir prazer em ajudar as pessoas que estão passan-

do por alguma dificuldade. Por seu caráter voluntário, já recebeu prêmio e condecorações. “Não tenho palavras que expliquem o sentimento de fazer algo por alguém”, enfatiza. Há sete anos, todo fim de ano, a empresária Sueli,

Todo fim de ano, Sueli entrega presentes para crianças carentes

junto com a família e colaboradores, leva alegria e esperança à crianças de Lençóis Paulista em forma de presentes. A recompensa é o sorriso dos pequenos. “Muitas vezes, este é o único presente que a criança vai ganhar duran-

te o ano todo. O sorriso de cada menino e menina não tem preço”. Além da entrega de brinquedos, Sueli ajuda na manutenção da casa de recuperação de dependentes químicos mantida pela Igreja Assembleia de Deus

Para 2013, Sueli está com um novo projeto; a Associação dos Diabéticos

Sueli recebeu o prêmio de Honra ao Mérito pelas ações que realiza

Casa de Oração. Em parceria com outras empresas da cidade, ela doa materiais de higiene pessoal, de limpeza, alimentos e outros produtos necessários para a manutenção do centro de reabilitação. “Estou há um ano e meio nessa empreitada junto com a igreja, desde que a casa foi fundada. O que conseguimos comprar, compramos, mas também contamos e precisamos de arrecadações”, diz. Antes mesmo de se tornar empresária, Sueli já realizava ações sociais. “Na minha casa, metade das coisas eram minhas e a outra metade eu doava”, conta. No ano passado, sua empresa fez a doação de R$ 60 mil em móveis para o Hospital

Nossa Senhora da Piedade. Aos 57 anos, Sueli continua com a mesma disposição e novos projetos. “Para o ano que vem eu e outros voluntários estamos criando uma Associação de Diabéticos. Já realizamos um trabalho para atender quem sofre dessa doença crônica. Por meio de um carro móvel, levamos informações sobre tratamento. Eu sou diabética e acho de grande importância esse tipo de apoio”, compartilha. “Faça o que está ao meu alcance para ajudar os outros. Espero e acredito que no futuro meus netos vão continuar com essa missão de ajudar o próximo e poderão provar desse nobre sentimento que é a solidariedade”, finaliza.

Sugestões para a editoria Voluntários do Bem? Envie um e-mail para: jornalismo@revistaocomercio.com.br.


32

Culinária & Gastronomia

Lençóis Paulista Agosto de 2012

Sopa italiana de feijão branco com macarrão

Foto: divulgação

Pescada

ao creme

Foto: ilustração

Rendimento: • 6 porções

Tempo de preparo: • 50 minutos

Ingredientes para o peixe:

Modo de preparo Ingredientes

• 250g de macarrão Padre Nosso Orsi Especial; • 400g de feijão branco; • 500g de lombo de porco defumado cortado em cubos; • 240ml de água; • 1 colher de sopa de azeite; • 1 cebola picada; • 3 dentes de alho picados; • 400g de tomate pelado picado; • 2 talos de aipo cortados em cubos; • 1 cenoura cortada em cubos; • Sal e pimenta-do-reino moída na hora a gosto; • 2 colheres de sopa de salsa fresca picada.

1. Cozinhe o feijão e o lombo de porco em panela de pressão. 2. Em uma panela grande coloque o azeite e doure a cebola e o alho por aproximadamente 5 minutos. 3. Acrescente o tomate sem pele, o aipo, a cenoura a pimenta e a água (240 ml). 4. Mantenha a panela no fogo, por aproximadamente 10 minutos, até que a cenoura esteja cozida. 5. Adicione o macarrão Orsi e cozinhe. 6. Para finalizar a sopa, junte o feijão branco com o lombo de porco ao caldo com o tomate. 7. Se precisar, acrescente mais água, tempere a sopa com sal e pimenta. 8. Deixe-a no fogo até que o macarrão e o feijão estejam completamente cozidos, pode levar de 5 a 15 minutos. 9. Acrescente a salsa antes de servir.

• 1/2kg filé de pescada; • 1/2 xícara de chá de maionese; • 1 colher de sopa de óleo; • 1 cebola em rodelas finas; • 1 vidro de leite de coco; • 1 colher de sopa de amido de milho; • 1 e 1/2 xícara de chá de leite; • Salsa picada a gosto; • Sal e pimenta a gosto.

Modo de Preparo:

Tempere o peixe com sal, pimenta e a metade da xícara de maionese. Deixe tomar gosto por alguns minutos. Numa frigideira com tampa, coloque o óleo, arrume os filés e a cebola. Regue os filés com a metade do leite de coco. Por 15 minutos, leve ao fogo baixo o leite de coco que restou, o amido de milho e o leite. Mexa até engrossar. Misture a maionese restante e coloque sobre o peixe. Polvilhe com a salsa e sirva. Ademir Elizeu Sebrian Cozinheiro e proprietário do Bichano Pescados


Arte e

Planeta Sustentável

Lençóis Paulista Agosto de 2012

cana

33

Fotos: Revista O Comércio

Décio posa ao lado de suas obras: Nelson Rodrigues, Orígenes Lessa e Jorge Amado

Artista plástico Décio de Souza utilizou bagaço de cana matéria abundante na região - para reviver escritores

O

artista plástico Décio de Souza, 49, sempre praticou a sustentabilidade. Viveu por muito tempo na zona rural, onde aprendeu a conhecer e respeitar o meio ambiente. “Nasci nos braços da mãe natureza. Era ecológico antes dos ecologistas. Vivendo neste deserto verde que é Lençóis Paulista, tomei o conhecimento que a valorização da natureza é fundamental para vida”, expressa. Hoje, a sustentabilidade está presente também em sua obra. Para o Festival do Livro deste ano, Décio confeccionou bonecos dos escritores Orígenes Lessa, Nelson Rodrigues e Jorge Amado, usando como maté-

ria-prima o bagaço da cana-de-açúcar. “Faz tempo que trabalho com o material. O objetivo foi inserir o conceito de reciclagem de materiais descartáveis e a utilização de subprodutos, no caso a cana-de-açúcar, que hoje é uma das atividades que mais gera emprego na cidade”, comenta o artista. Ele aprendeu a técnica de reaproveitamento na cidade de Bocaina. Com cursos e pesquisas aperfeiçoou o processo. “Quando conheci a técnica, a fórmula não deu certo, mas achei interessante a matéria-prima. Comecei a pesquisar e consultar amigos produtores e químicos que entendiam do assunto. Depois de

vários testes, consegui chegar ao ponto necessário para usar a fórmula. Por isso, chamo a técnica de made in Lençóis”, brinca. A carreira de Décio é baseada em práticas sustentáveis. “Trabalho também com artesanato, com pirogravura. Faço plaquinhas, chaveiros entre outras coisas”. A pirogravura é a técnica de desenhar sobre madeira certificada, queimando sua superfície com um instrumento aquecido. “Queimar madeira foi a primeira forma de comunicação. Não utiliza tinta, é bem natural”, afirma. Décio tem obras espalhadas em vários pontos do Brasil.

Para ele, a preservação do meio ambiente está diretamente relacionada com o amor. “Hoje em dia as pessoas são tão irresponsáveis que não medem as consequências de

suas agressões contra o planeta. A consciência ambiental é fundamental para garantir vida no futuro.

Se unirmos pequenos gestos sustentáveis, os resultados serão grandiosos para a humanidade”.

Sugestões para a editoria Planeta Sustentável? Envie um e-mail para: jornalismo@revistaocomercio.com.br.


34

Saúde & Comportamento

Cuidado

Lençóis Paulista Agosto de 2012 Fotos: ilustração

com a gripe H1N1 está de volta neste inverno e médicos alertam para medidas preventivas

O

vírus H1N1, conhecido como gripe suína, está de volta neste inverno e se espalha pelo interior paulista. Há registro de casos da doença inclusive em Lençóis Paulista. O contágio da gripe A acontece da mesma forma das gripes comuns: por meio do contato interpessoal, de líquidos expelidos na respiração, tosse ou espirro da pessoa doente. “Um simples aperto de mãos pode transmitir o vírus, caso essa mão contaminada seja levada às mucosas dos olhos ou da boca”, alerta o infectologista Dr. Marcelo Ranzani. Quem está infectado manifesta a doença após um período normalmente curto de incubação – geralmente, de um a cinco dias, mas que pode ser

estendido até 10 dias. Os principais sintomas da gripe suína são febre, que normalmente passa de 38°C, dor muscular, tosse seca, falta de ar, coriza, dor na garganta e mal-estar geral. Segundo o médico, com falta de ar muito forte, os pacientes podem progredir para quadros de insuficiência respiratória, que podem levar à morte. A vacina distribuída nos postos de saúde de todo o Brasil para pessoas acima de 60 anos, crianças e brasileiros em grupo de risco, como por exemplo, portadores de doenças crônicas e imunodepressivas, é uma arma importante no combate à doença. Mas existem outras medidas que podem ajudar: lavar as mãos com água e sabão, evitar lugares fe-

chados com muita gente e o uso do álcool gel, que foi bastante vendido no surto que ocorreu em 2009. O tratamento para a gri-

pe suína, em casos mais graves, continua sendo o medicamento Tamiflu, pois é bastante eficaz no combate ao vírus.

Cobrir nariz e boca sempre que tossir previne transmissão da gripe

Os sintomas da gripe suína são: • Febre repentina que supera os 38° C; • Tosse intensa; • Dor de cabeça constante; • Dor nas articulações; • Falta de apetite; • Calafrios frequentes; • Congestionamento nasal; • Mal-estar geral.

Como se prevenir da gripe suína:

• Ter sempre à mão um lenço descartável, e cobrir o nariz e a boca sempre que precisar tossir; • Lavar as mãos frequentemente com sabão e água, especialmente após tossir, assoar o nariz ou estar em locais públicos. Soluções desinfetantes são também aconselhadas; • Evitar contato próximo com pessoas doentes; • Se já estiver apresentando algum sintoma de gripe, limite o contato com outras pessoas gripadas e evite sair de casa.


Curtir ou Lençóis Paulista Agosto de 2012

não curtir?

Candidatos pedem votos em redes sociais e dividem opiniões dos internautas

H

á quatro anos, o presidente eleito dos Estados Unidos, Barack Obama, inovou ao fazer sua campanha política pela internet, principalmente via rede social Twitter. A tendência de interagir na rede para pedir votos e apresentar propostas se tornou tendência mundial. Esteve presente timidamente nas últimas eleições presidenciais no Brasil e este ano deve ser estratégia fundamental para candidatos ao Executivo e Legislativo nos municípios de todo o país. O Facebook está em primeiro lugar no ranking das redes sociais mais usadas pelos brasileiros, com mais de 42 milhões de usuários. Por isso, para alguns candidatos, é a ferramenta decisiva na campanha eleitoral,

já que a rede agrega muitas pessoas e tem conexão rápida. Para auxiliar os candidatos conectados, foi criada uma página no próprio Facebook com dicas diárias para carreira e campanha. A estratégia, no entanto, divide as opiniões do eleitorado que utiliza a rede social. Há os que frequentemente criticam a prática e os que defendem a liberdade de expressão. “Hoje a internet é um meio de comunicação que atinge todas as idades, raças e cre-

dos. É mais fácil analisar as propostas do candidato pelo Facebook porque é um site que a maioria das pessoas acessa todos os dias”, opina Mateus Gabriel. Já a eleitora Camila Alves discorda. “Não é todo mundo que gosta e liga para política. Nas redes sociais, no Face, é o único meio das pessoas se esquivarem disso e ter um pouco de privacidade’”, argumenta. Para Rafael Jacon, eleitor de 21 anos, a campanha na rede pode virar banalização. “Vai começar a

virar spam. Já tem os panfletos e carros com os jingles que ficam na mente. Não precisa poluir o Face”, avalia. Já Helton Carmesan acredita que a estratégia de usar as redes sociais não interfere no voto. “Acho que não é por causa de um perfil político que alguém vai ser eleito. Existem outras maneiras de escolher um candidato”, justifica. Os candidatos também deve seguir um manual de etiqueta. Por exemplo, não pega bem criar um perfil no Facebook ou uma conta no Twitter só na época da eleição e depois abandoná-lo. Tomar cuidado para não criar uma imagem forçada só para atrair votos, ter cuidado de responder os seguidores e amigos, e claro, não bombardear os usuários com postagens.

Saúde & Comportamento

35

Cuidar da felicidade A qualidade de vida está relacionada a bons hábitos alimentares, a prática de exercícios físicos e a um estado psíquico equilibrado. Geralmente, a dificuldade de lidar com problemas emocionais afeta os relacionamentos, as questões que envolvem o trabalho, a produtividade, a adaptação social e até mesmo a capacidade/vontade de lidar com tarefas cotidianas. Ainda mais no ritmo da vida atual. No passado, o ritmo da vida era muito mais lento, com exigências menores, com tempo para transições da idade e ritos de passagem bem definidos. Hoje, não tem quem escape. São muitas as contradições e as mudanças de referências, tanto para os adultos como para os jovens. Ao mesmo tempo, os indivíduos trazem consigo traumas, resíduos das frustrações e lutos mal elaborados ao longo de suas vidas. E assim, diante de novas perdas ou súbitas mudanças da vida atual, aumenta o comprometimento gradativo da qualidade de vida e o surgimento de sentimentos e emoções que necessitam de cuidados. Atualmente, a busca de um profissional da psicologia tem sido muito mais freqüente. Esta atitude é muito importante pois o ser humano é de certa forma vulnerável, mas tem uma capacidade surpreendente de recuperação quando em tratamento adequado. Nossa plasticidade e resiliência são muito maiores do que imaginávamos. A qualidade de vida está sempre associada a determinantes físicos tais como exercícios, alimentação saudável, entre outros, mas os aspectos emocionais darão as condições necessárias para que tudo aconteça. Você já viu uma pessoa com o humor deprimido fazer uma caminhada com disposição? Através da psicoterapia e do autoconhecimento passamos a perceber a importância de certos hábitos e a conexão com os próprios sentimentos, capacitando-nos para promover mudanças também em nossos ambientes relacionais. Cuidar de si e da própria felicidade é uma escolha que só você pode fazer. Pratique! Dra. Salete Cortez Psicóloga clínica, pós graduada e especialista em pânico e depressão.


36

Beleza & Estética

Lençóis Paulista Agosto de 2012

Cabelo de Barbie TRANSFORMAÇÃO

Com o mega hair e tratamentos de hidratação, os fios loiros da paulistana Rayza Caroline Fernandes foram recuperados

E Antes

sse mês, a cliente escolhida para participar do quadro de transformação é Rayza Caroline Fernandes, de 23 anos. Ela é promotora de eventos, modelo e mora em São Paulo. Há cinco anos é cliente do Spage. A paulistana fez várias participações em programas televisivos. O mais recente foi no SBT. Ela expressa a preferência pelo trabalho do Spage. “Não troco e

nem deixaria meus cabelos nas mãos de outra profissional que não seja minha amiga e hair style Geise Barbosa”, enfatiza. No início, o cabelo de Rayza estava desidratado. Crescia, mas tinha o problema das pontas frágeis e quebradiças, como todas as garotas que querem ficar loiras. “Devido ao excesso de luzes, a ausência de tratamentos reconstrutores e hidratação, as pon-

tas ficam danificadas”, explica Geise. “Hoje, o Spage oferece um tratamento especial para cabelos loiros. Utilizamos uma nova técnica francesa composta por quatro sessões. O resultado é o cabelo recuperado, hidratado e com forças nos fios”, complementa. Rayza seguiu todas as orientações da profissional. Resolveu dar um tempo aos fios e colocou um mega hair. “Os fios vão des-

cansar dos processos químicos”, comenta Geise. O mega hair tem 70 cm, é liso e loiro em tons mechados pra dar mais naturalidade. “A técnica usado foi com o polímero de queratina”, esclarece a profissional. Desde que colocou o mega hair há cinco anos, Rayza recebe elogios por onde passa e conseguiu muitos trabalhos para revistas e televisão. Seu cabelo cresceu, está intacto e com os fios descan-

sados. “Embaixo do mega os fios ficaram protegidos. Aos finais de semana ela estava liberada para escovar as longas madeixas”, diz Geise. Da última vez que esteve no Spage, Rayza fez um tratamento nos fios, empregando a técnica peeling de cristal e finalizou com uma máscara de DMAE (máscara de ouro). “Ficou um arraso, cabelo de artista. Uma verdadeira Barbie”, conclui Geise. Fotos: arquivo pessoal

Depois Confira dicas para cuidar dos cabelos loiros!

Depois

Depois

• Hidrate toda semana; • Sempre que necessário, lave com xampú violeta. Dessa forma, matiza os fios amarelados e alaranjados; • Faça reconstrução e selante todo mês; • Use reparador de pontas todos os dias.


Beleza & Estética

Lençóis Paulista Agosto de 2012

Calor relaxante

Fotos: Revista O Comércio

A massagem com vela é a nova alternativa de relaxamento; técnica veio dos Estados Unidos e ganha adeptos no Brasil

M “

e senti animada, relaxada e desestressada”, resume Miele depois de acabar uma sessão de candle massage - massagem relaxante com velas quentes. A técnica veio dos Estados Unidos e reúne benefícios da hidratação profunda com a parafina cosmética aquecida. “A vela é especial, específica para massagem. Ela não queima, pois está preparada para aquecer o suficiente e proporcionar uma sensação de calor”, afirma a esteticista Katyara Ferreira de Souza. A esteticista explica que a parafina derretida vira um óleo que, aliado aos movimentos de uma massagem, proporciona bem-estar e re-

laxamento. As velas são desenvolvidas especificamente para este fim e têm diferentes tipos de substâncias ativas e diferentes aromas. Entre eles, destaca-se a vela com aroma de uva. O processo é simples. A vela é aquecida a uma temperatura por volta de 38 a 39 graus. Quando atinge o estado líquido, envolve o corpo do cliente. “Enquanto a vela derrete faço a massagem com um hidratante neutro e um óleo energizante. Por último, aplico o fio da vela derretida em cada região do corpo e massageio”, esclarece Katyara. “Dedico mais tempo para as costas, já que é a região corporal mais tensa”, complementa.

A massagem leva uma hora e pode ser feita duas vezes na semana. De acordo com Katyara ela apresenta inúmeros benefícios. “Ativação da circulação sanguínea, alívio de dores de cabeça e tensões musculares, hidratação da pele, redução de cãibras e relaxamento”, enumera a esteticista. Ela é contra-indicada para pessoas com cicatrizes, lesões recentes, inflamações, tumores e veias varicosas graves. Cada sessão da massagem relaxante com vela custa em torno de R$ 25. É possível garantir um desconto fechando um pacote. “É a massagem do inverno. Vale a pena experimentar”.

37

O calor da parafina derretida aliado aos movimentos da massagem, garantem relaxamento e bem estar


38

Cultura & Entretenimento AÇOUGUE

MARCENARIA

Lençóis Paulista Agosto de 2012

PIZZAS

Arte na rua Universo cinematográfico circula por Lençóis Paulista

O ÁGUA E GÁS

MEDICAMENTOS

RAÇÕES

Foto: ilustração

projeto Cinema nos Bairros leva para algumas localidades da cidade o universo cinematográfico. Filmes como o longa ‘Rio - Uma Aventura Mais que Maravilhosa’, que concorreu ao Oscar de melhor canção, serão exibidos em locais públicos.

Confira a programação do Cinema nos Bairros

BORDADOS

MEDICAMENTO

RAÇÕES

1/08 - 19h30 Bairro: Nova Lençóis - ao lado da quadra de esportes Filme Rio - Uma Aventura Mais que Maravilhosa

20/08-19h30 Bairro: Jardim Caju - Ponto de Leitura ao lado da quadra Filme Rio - Uma Aventura Mais que Maravilhosa

2/08 - 19h30 Bairro: Nova Lençóis - ao lado da quadra de esportes Filme: Uma Professora Muito Maluquinha - da obra de Ziraldo

21/08 - 19h30 Bairro: Núcleo H. L. Zillo - Ponto de Leitura - ao lado da quadra Filme: Eu e Meu Guarda Chuva

13/08-19h30 Bairro: Jardim Primavera- ao lado da creche Filme Rio - Uma Aventura Mais que Maravilhosa 14/08-19h30 Bairro: Jardim Primavera- ao lado da creche Filme: Eu e Meu Guarda Chuva

22/08 - 19h30 Bairro: Núcleo H. L. Zillo - Ponto de Leitura - ao lado da rodoviária Filme Rio - Uma Aventura Mais que Maravilhosa 23/08 - 19h30 Bairro: Núcleo H. L. Zillo - Ponto de Leitura - ao lado da Rodoviária Filme: Uma Professora Muito Maluquinha - da obra de Ziraldo

HORÓSCOPO CAÇAMBAS

PESCADOS

TRANSPORTE

Áries

21/03 a 20/04

Contatos profissionais e assinaturas de documentos estarão favorecidos neste mês. Uma paixão já existente pode ganhar força.

Câncer

21/06 a 20/07

Uma nova proposta de trabalho, ou um novo projeto pode surgir. Você vai sentir que as coisas retomam um ritmo mais acelerado.

LANCHES

PET SHOP

TERCEIRIZAÇÃO

Libra

21/09 a 20/10

É hora de tomar decisões importantes e romper com tudo o que não serve mais. A fase é de ganhos, tanto para o coração quanto para seu bolso.

Capricórnio

21/12 a 20/01

Suas emoções estarão à flor da pele. É possível que você receba uma nova proposta de trabalho que envolva uma grande soma de dinheiro.

Touro

21/04 a 20/05

Algo inusitado pode acontecer e mudar o rumo de seus planos. Boa energia ronda seu lar e suas emoções entram numa fase de equilíbrio.

Leão

21/07 a 20/08

Fonte: internet

Gêmeos

21/05 a 20/06

As finanças passam por momento de mudanças, especialmente se estiver sócios ou parceiros envolvidos. Foque no novo e desapegue do passado.

Virgem

21/08 a 20/09

Mudanças estão a caminho. Sua vida social ganhará novo fôlego com muitos convites a festas, eventos e saídas agradáveis com os amigos.

É hora de colocar suas insatisfações relacionadas ao amor para fora. É hora de refletir e se proteger, pois com o campo de energia está mais aberto.

Escorpião

Sagitário

O trabalho pode passar por um processo de mudanças. Este é um momento de percepção de suas verdadeiras necessidades emocionais.

É hora de fazer um sério balanço. Esta é uma fase de concretização de projetos. O amor também passa por um processo de mudanças.

21/10 a 20/11

Aquário

21/01 a 20/02

É hora de começar a deixar para trás hábitos nocivos ao seu corpo e aos seus sentimentos. Mantenha a calma diante de dificuldades.

21/11 a 20/12

Peixes

21/02 a 20/03

Um relacionamento especial pode ficar ainda mais quente, mas tenha cuidado com sentimentos. Uma nova proposta de trabalho surgirá.


Cultura & Entretenimento

Lençóis Paulista Agosto de 2012 Fonte: UOL

Fonte: Publish News

1º LUGAR Call Me Maybe Carly Rae Jepsen 2º LUGAR Eu Sem Você Paula Fernandes 3º LUGAR

M Ú S I C A S

L I V R O S

Eu Quero Tchu, Eu Quero Tcha João Lucas & Marcelo

FILMES

4º LUGAR

5º LUGAR

O Cavaleiro 1º Batman: das Trevas Ressurge

6º LUGAR

Valente

A Era do Gelo 4

O Espetacular Homem-Aranha

E aí...Comeu?

Para Roma, com Amor

9º LUGAR

Chernobyl

Então Valeu Fred & Gustavo

Na Estrada

10º LUGAR

Aqui é o Meu Lugar

Boyfriend Justin Bieber

10º

Além da Liberdade

What Makes You Beautiful One Direction 8º LUGAR Payphone Maroon 5

2º 3º

AGAPINHO Padre Marcelo Rossi Editora Globo Livros • Infanto-juvenil DIÁRIO DE UM BANANA CASA DOS HORRORES Jeff Kinney Editora Vergara & Riba • Infanto-juvenil ENCANTADORES DE VIDAS Eduardo Moreira Editora Record • Não-ficção

Fonte: UOL

Assim Você Mata o Papai Sorriso Maroto

7º LUGAR

A Verdade Fernando & Sorocaba

Dance Again Jennifer Lopez feat. Pitbull

39

6º 7º 8º 9º 10º

A ESCOLHA Nicholas Sparks Editora Novo Conceito • Ficção O CASAMENTO Nicholas Sparks Editora Arqueiro • Ficção UMA BREVE HISTÓRIA DO CRISTIANISMO Geoffrey Blainey Editora Fundamento • Não-ficção A GUERRA DOS TRONOS George R.R. Martin Editora LeYa • Ficção O FILHO DE NETUNO Rick Riordan Editora Intrínseca • Ficção PARA SEMPRE A HISTÓRIA QUE INSPIROU O FILME Kim Carpenter e Krickitt Carpenter Editora Novo Conceito • Ficção GUIA POLITICAMENTE INCORRETO DA FILOSOFIA Luiz Felipe Ponde Editora LeYa • Não-ficção


40

Publicidade

Len莽贸is Paulista Agosto de 2012


Revista O Comércio - Agosto de 2012