Page 1

ISSN 1806-0382


2 L U M E ARQUITETURA


entrevista Guto Requena Tecnologia, luz e interatividade para conectar pessoas e construir narrativas e memórias

20 capa Escritório em Curitiba Ambientes sofisticados e unidade de projeto marcam iluminação

case 28

Apartamento na Barra da Tijuca Cenas por meio da automação criam ambientes sofisticados e aconchegantes

48 artigo Iluminação em praças de alimentação A importância da aplicação de conceitos luminotécnicos no mercado gastronômico

meu projeto 58 Paulo Torniziello LD assina iluminação de três ambientes durante o Campinas Decor

40 case

Clínica veterinária Projetos de iluminação e interiores fazem clientes da Animal Image se sentirem em casa

8


cartas

6 L U M E ARQUITETURA


case

Projetos:

Residência, Bar e Karaokê e Salão de Beleza

Entrevista:

ANO XVI - Nº 92 JUN/JUL 18

Isac Roizenblatt

entrevista Lume Arquitetura: O que mudou no mun-

reunião da Global Lighting Association

a indústria, os centros de pesquisa e o

do da iluminação desde 2007, quando

(GLA), onde se discutiu a estratégia para

governo. Há uma colaboração tripartite de forma muito expressiva, tanto que em

do usuário; iluminação regulável e dinâ-

um dos centros havia, em vários prédios

mica; human centric lighting; economia

de um conjunto, 1.600 pesquisadores

circular; IoT, suas aplicações e banco de

trabalhando e colaborando entre várias

dados; economia de energia; LEDs; IEC,

ciências para chegar a determinados

CIE; Zagha e outros.

objetivos, ou seja, ninguém sabe tudo

Além disso, de forma não profissional,

e as pessoas precisam cooperar com

de sobrancelhas, manicure, pedicuro, entre outros.

apenas como hobby, estou reservando

seus conhecimentos específicos para

luz e maior eficiência; as incandescentes

Por Erlei Gobi Colaborou Maria Clara de Maio Foto: Rubens Campo

que teve como partido integrar os andares (mezanino, térreo e subsolo) de forma clean,

Conhecimento e sabedoria em 50 anos de iluminação

construir algo.

tinari, Picasso, Van Gogh e outros, que

Em um dos laboratórios, vi um es-

podem ser encomendados, mas não

pectrofotogoniômetro que é o único no

agora temos muito mais automação;

copio a assinatura [risos].

mundo, com características especiais

Lume Arquitetura: No final de 2017, foi

qualquer condição. Foi algo muito bo-

está começando a Internet das Coisas, ou seja, a comunicação passa a ter uma

leve e elegante. “Tivemos o cuidado de trabalhar com os mesmos elementos em todos os

tempo para pintar e faço cópias de Por-

foram banidas, as luminárias passaram a integrar mais recursos com os drivers;

importante participação na iluminação; a

para medir a luz e suas qualidades em convidado para visitar centros de pesqui-

nito de se ver. Dizem que eu babava só

andares, assim os clientes têm a sensação de estar sempre no mesmo ambiente, mesmo

introdução da tecnologia LED modificou

sas na Alemanha. Conte mais sobre isso.

de olhar [risos]. Tivemos exposições de

em andares diferentes, unificando o projeto. Para que não ficasse tudo muito frio, por conta

e deu liberdade para novos designs de

Isac: Esse é um convênio entre a Ale-

cientistas e de pessoas do governo.

luminária, com peças mais bonitas e ele-

das cores claras, utilizamos um porcelanato no piso que remete à madeira, proporcionando a sensação de aquecimento e aconchego”, contou Adriano.

desenvolvimento tecnológico em várias

Lume Arquitetura: A respeito do seu

áreas do mundo elétrico, entre as quais

trabalho, como diretor técnico da Abilux,

do LED azul; as lâmpadas que contêm

Outra preocupação dos arquitetos e uma das exigências dos proprietários era que os

mercúrio passaram a ser recicladas, um

clientes não tivessem a sensação de sufocamento no subsolo, já que seu pé-direito era bem

manha e o Mercosul para aumentar o

gantes e utilizando menos material; houve um Nobel de Física para os inventores

trabalho árduo junto ao Governo.

a iluminação, e eu apoiei um trabalho de

Lume Arquitetura: E dentro de suas atividades profissionais, houve alterações? Isac: Continuo como diretor técnico da Abilux; trabalho como consultor indepen-

L U M E A R Q U I T E T U R A 55

dente; dou aula em três cursos (IPOG, Centro Universitário Belas Artes de São

Poucos são os Profissionais no mundo que atingem a

tas mais importantes da associação nos últimos quatro anos? Isac: Tivemos duas Expolux e dois simpósios nos períodos da feira, sendo que o último, em 2018, mudou de nome para SimpoLED. Estes simpósios foram suces-

e Brasil) para exposições e discussões na

so com as duas arenas completamente

DIN (Deutsches Institut für Normung), na

lotadas e muita gente de pé assistindo

DKE (Deutsche Kommission Elektrotechnik,

do lado de fora. Trouxemos dois lighting designers de fora do país para palestrar.

da Global Lighting Association e, recen-

no VDE (Verband der Elektrotechnik,

A primeira, a Addison Kelly, é uma norte-

temente, fui convidado a fazer parte do

Elektronik Informationstechnik), na BAM

-americana que faz projetos em todo o

Board of Advisors da ISA (International

(Bundesanstalt für Materialforschung

mundo (no momento das apresentações,

elas a longa e sólida amizade que tem por essa figura tão

Solid State Lighting Alliance), com sede

und Prüfung) e na DAKKS (Deutsche

estava fazendo o projeto de um shopping

querida e respeitada no mercado – resolveu convocá-lo

na China. Ou seja, nesses 11 anos, minha

Akkreditierungsstelle), em três cidades

center em Moscou) e tem uma história

pela segunda vez para ser o entrevistado da edição. Da primeira entrevista, publicada na edição 26, exatamente há 11 anos, as transformações foram enormes na tecnologia e na economia – que nesta fase transitou do

atividade profissional só aumentou, a

alemãs: Frankfurt, Berlim e Braunschweig.

familiar na iluminação, tanto que já fez

ideia agora é parar de dormir para con-

Do Brasil, foram convidados dois

projetos no Brasil; o pai dela, Richard

seguir fazer tudo [risos].

representantes do Inmetro (Instituto

Kelly, é um dos precursores do lighting

Não posso deixar de dizer que con-

Nacional de Metrologia, Normalização

design no mundo, responsável pela

auge a quase paralisia. Neste bate-papo, Isac fala sobre

tinuo estudando, porque se você não

e Qualidade Industrial), um da Abinee

iluminação do aterro do Flamengo, no

as mudanças no setor durante a última década; de suas

estuda não consegue acompanhar o

(Associação Brasileira da Indústria

Rio de Janeiro. Ela deu duas palestras

atividades profissionais; das ações da Abilux (Associação Divulgação

O PTB (Physikalisch-Technische Bundesanstalt) convidou os quatro países do Mercosul (Argentina, Paraguai, Uruguai

Elektronik und Informationstechnik),

marca de 50 anos dedicados ao universo da iluminação. Felizmente, o Brasil tem Isac Roizenblatt nesta categoria, e a Revista Lume Arquitetura, por inúmeras razões – entre

10 L U M E A R Q U I T E T U R A

Paulo e UniCuritiba); continuo no board

quais foram as movimentações e conquis-

cooperação entre Alemanha e Brasil no desenvolvimento tecnológico da iluminação pública.

baixo. “Tivemos que trabalhar bem a iluminação e utilizar cores que passassem a sensação de alongamento do pé-direito para deixar o ambiente mais agradável”, detalhou o arquiteto.

que está acontecendo na iluminação.

Brasileira da Indústria de Iluminação); das certificações;

Estudando todo dia já não é suficiente,

das PPPs de iluminação pública; da campanha “Contrate

imagina se não o fizer.

um Lighting Designer”, e muito mais.

Em outubro de 2017, participei da

Elétrica e Eletrônica) e eu, pela Abilux. Visitamos centros tecnológicos e vimos as formas como fazem pesquisa e desenvolvimento e a cooperação entre

88 92

grande transformação. De 2007 para cá, os LEDs entraram no mercado para valer

Os arquitetos Adriano Guimarães e Carolina Fernandes, titulares do escritório Fernandes

Por Erlei Gobi Fotos: Rubens Campo e Algeo Cairolli

para o desenvolvimento da tecnologia e

iluminação, com temas como bem-estar

Isac: Aumentou minha curiosidade [ritambém aumentam as dúvidas, porque a iluminação está passando por uma

e passaram a ter melhor qualidade de

Guimarães Arquitetura, foram os responsáveis pelo projeto de interiores do empreendimento,

Boa reprodução de cor e sofisticação caracterizam iluminação do Felipe Lorenzo Cabeleireiros

a pesquisa e o desenvolvimento global da

Arquitetura? sos], e quando aumenta a curiosidade

Revisitando Isac

O Felipe lOrenzO CabeleireirOs, lOCalizadO nO bairrO paulistanO dO tatuapé, é um salão de beleza especializado na aplicação de próteses capilares, mas que também oferece os serviços tradicionais, como corte de cabelo, tintura, escovas, barbearia, design

ISSN 1806-0382

deu sua primeira entrevista para a Lume

Salão de beleza

Eventos: Arena Iluminação de Interiores, Expolux e Lightfair

espetaculares, demonstrou um conhecimento incrível e uma sensibilidade com a luz muito grande. O segundo palestrante internacional L U M E A R Q U I T E T U R A 11

L U M E ARQUITETURA 7


8 L U M E ARQUITETURA


L U M E ARQUITETURA 9


10 L U M E A R Q U I T E T U R A


14 L U M E A R Q U I T E T U R A


L U M E A R Q U I T E T U R A 15


16 L U M E A R Q U I T E T U R A


L U M E A R Q U I T E T U R A 17


MÁRMORE LUMINÁRIA DE CHÃO

LINHA MÁRMORE E UFOS,

produtos 100% confeccionados internamente, em Polietileno e processo de Rotomoldagem, cuidadosamente pintados à mão pelo Diretor e Designer da marca, Volmar Silva. Uma linha única e exclusiva, cheia de personalidade. Disponíveis nas versões, luminária de chão, pendente, abajur e postes.


UFOS PENDENTE

Tel. 11 2670-0591 | www.rotoplanetaria.com.br


20 L U M E A R Q U I T E T U R A


L U M E A R Q U I T E T U R A 21


22 L U M E A R Q U I T E T U R A


L U M E A R Q U I T E T U R A 23


24 L U M E A R Q U I T E T U R A


L U M E A R Q U I T E T U R A 25


L U M E A R Q U I T E T U R A 29


30 L U M E A R Q U I T E T U R A


L U M E A R Q U I T E T U R A 31


iluminação

Oferecendo soluções para todas as áreas.


iluminação


34 L U M E A R Q U I T E T U R A


L U M E A R Q U I T E T U R A 35


case

artigo

case

Terapia alternativa para a síndrome de Down Carros de luxo Por Adriano Degra Fotos: Rubens Campo

Por Emili Lazaretti

Marcio Ribas, titulares do escritório Parissenti e Ribas Arquitetura, norteou-se pelo plano diretor de Gramado, que exige um estilo

Automotores), o país atingiu, neste ano de 2012, a impressio-

arquitetônico predominante para definir soluções de fachadas

nante marca de um automóvel para cada cinco habitantes. Toda

e estilos. “Pensamos em uma edificação contemporânea que

esta paixão por automóvel, muitas vezes vem desde a infância,

atingisse os requisitos do município e contextualizasse com os

das brincadeiras com os diversos modelos internacionais, ou

telhados aparentes nas edificações do entorno, porém, inserin-

até mesmo da coleção de miniaturas dos potentes carros, em

do grandes vãos, com soluções estruturais inovadoras, linhas

especial daquela famosa escuderia italiana vermelha que se

retas e sóbrias e muito vidro, para a integração do interior com

tornou o sonho de consumo da maioria.

o exterior”, explicou Marcio Ribas. Idealizado desde o início em conjunto com a arquitetura, o

Não há dúvidas que o NascimeNto de uma criaNça com

A Síndrome de Down (SD) é uma das formas mais frequen-

deficiência mental gera um grande impacto na família. Atualmen-

tes de retardo mental. Tem sua causa pela trissomia, ou seja,

rou, em junho de 2011, na cidade de Gramado (RS), o Salão

projeto luminotécnico foi realizado pela lighting designer Emili

te, há muitos estudos que evidenciam a sobrecarga dos cuida-

ocorrência de três cromossomos 21 (FILHO, 2001). Para esse

Super Carros, que possui modelos clássicos e modernos. O

Lazaretti, titular do escritório A & C Iluminações. “Tive a opor-

dores, que, depois da descoberta, naturalmente sentem uma

autor, um ambiente amoroso e estimulante, intervenção precoce e

local de 2.400 metros quadrados é dividido em três pavimentos

tunidade de participar de todas as reuniões e entrar a fundo

preocupação com certos comportamentos da criança (PEREIRA-

esforços integrados de educação influenciarão de forma positiva

totalmente dedicados ao mundo automotor – sendo o primeiro,

na concepção do projeto. Realizei o estudo de iluminação,

-SILVA; DESSEN, 2006). Refletindo sobre isso, e partindo para

no crescimento da criança.

composto pelo estacionamento; o segundo, pelo hall, entrada,

juntamente com a arquitetura de interiores; desta forma, pisos,

a ótica do tratamento, onde se costuma utilizar terapias como a

A criança com SD tem uma grande capacidade. Pensa-se

guichê, salão principal, simuladores, box de entrada e saída de

paredes e forros foram projetados em perfeita harmonia entre

ocupacional e a psicologia, pensou-se ser interessante estudar

dessa forma, que com a ajuda de um ambiente agradável, essa

carros e, por fim, o bar, loja temática, toilette e atendimento ao

luz e arquitetura”, afirmou Lazaretti.

terapias alternativas, como a utilização do conforto lumínico. Sabe-se que o conforto luminoso engloba bem-estar material

cliente. No salão, estão expostas mais de 30 máquinas como a Ferrari F-360, a Lamborghini Gallardo, o Porsche Boxter, o Mus-

Fachadas

tang GT Premium, o Rolls Royce, entre outros. E, mais do que admirar de perto, o visitante pode pilotar estes potentes veículos

54

Conforto luminoso através da fibra ótica

A arquitetura do espaço, assinada por Rodrigo Parissenti e

nenhuma novidade. Segundo dados fornecidos pelo Sindipeças (Sindicato Nacional da Indústria de Componentes para Veículos

Pensando nisso, o grupo Dreams Entertainment inaugu-

Iluminação eficiente, funcional e bela marca o Parque da Figueira

Por Erlei Gobi Fotos: Álvaro de Souza

Iluminação destaca máquinas maravilhosas e atrai a presença do público

Dizer que o brasileiro é apaixonaDo por carros, não é

Condomínio no Rio Grande do Sul

As “zebras”, inseridas na rampa de acesso dos carros até a

ou simplesmente ser o passageiro, para sentir a sensação de

loja, remetem à sensação de estar em uma pista de Fórmula 1,

“dar uma volta” no carro de seus sonhos.

aproximando-se dos boxes, onde estarão estacionados grandes

L U M E ARQUITETURA

36 L U M E A R Q U I T E T U R A

62

capacidade seja potencializada. Neste trabalho, há um enfoque para o conforto através da luminosidade; essa pesquisa

e bem-estar espiritual, provendo experiência visual agradável (FA-

foi baseada em um estudo iniciado em 2006, pelo Professor

RACO; SANTOS; PORTO, 2006). Com esse estudo, pretendeu-se

Wilson Sallouti. Nesse estudo, há relatos voluntários recebidos

investigar quais as reações geradas em uma criança de quatro

sobre os efeitos, nas pessoas, das aplicações de fibra ótica na

anos de idade, portadora da Síndrome de Down, com a utilização

iluminação e decoração (SALLOUTI, 2008). No quarto da criança

do conforto luminoso, através da fibra ótica.

foi implantado um kit de teto estrelado de 80 pontos luminosos

L U M E ARQUITETURA

L U M E A R Q U I T E T U R A 21


40 L U M E A R Q U I T E T U R A


L U M E A R Q U I T E T U R A 41


42 L U M E A R Q U I T E T U R A


L U M E A R Q U I T E T U R A 43


Arq. Felipe Abujamra Grupo Arlight/Ecolight/ Plantabaixa Iluminação (19) 3255-3400 Rua Artur de Freitas Leitão, 398 Nova Campinas - Campinas (SP) CEP 13092-141 www.abrd.com.br abrdcompany/

Josivan Benegate Lighting Architect

josivanbenegate.com (11) 96444 – 0434 benegate@gmail.com

Projetos e Consultoria de Iluminação.


JOSÉ ROBERTO MENDES LEMOS

Arquiteto e Urbanista Especialista em iluminação CAU: 144629-0

arquitetura - iluminação

48.

9 9958-2200

roberto@espacoa2.com.br projeto@espacoa2.com.br


46 L U M E A R Q U I T E T U R A


L U M E A R Q U I T E T U R A 47


48 L U M E A R Q U I T E T U R A


L U M E A R Q U I T E T U R A 49


50 L U M E A R Q U I T E T U R A


L U M E A R Q U I T E T U R A 51


52 L U M E A R Q U I T E T U R A


L U M E A R Q U I T E T U R A 53


54 L U M E A R Q U I T E T U R A


L U M E A R Q U I T E T U R A 55


56 L U M E A R Q U I T E T U R A


CATÁLOGO PRODUTOS

2018

2018

galaxyled.com.br

2018

galaxyled.com.br

LUMINÁRIAS

Catálogo de produtos 2018

1

L U M E A R Q U I T E T U R A 57


58 L U M E A R Q U I T E T U R A


L U M E A R Q U I T E T U R A 59


60 L U M E A R Q U I T E T U R A


L U M E A R Q U I T E T U R A 61


62


64


BALIZADORES LED POTÊNCIA

160lm FRONTAL

75mm

80mm

80mm

FRONTAL

75mm

1,5W

LATERAL

LATERAL

20mm

44mm

SE-355.1447

SE-355.1446

PRONTO PARA SOBREPOR

PRONTO PARA EMBUTIR

POTÊNCIA

320lm FRONTAL

115mm

115mm

65mm

FRONTAL

65mm

3W

LATERAL

LATERAL

20mm

44mm

SE-355.1449

SE-355.1448

PRONTO PARA SOBREPOR

PRONTO PARA EMBUTIR

TERMOPLÁSTICO

3000K LUZ QUENTE

IP65 AMBIENTE EXTERNO

60°

BIVOLT

PROSHIELD

UV®


vendas@saveenergylife.com www.saveenergylife.com.br

0800 750 5592 saveenergylife


OBRIGADO!!

SEM VOCÊS ESTE PRÊMIO NÃO SERIA POSSÍVEL.

3º LUGAR

NACIONAL

#LuzparaTodososMomentos

/galaxyledbr

/galaxyledbr

galaxyled.com.br

11 3312-3370

Lume Arquitetura - Ed.93  
Lume Arquitetura - Ed.93