Distinção - Edição 89

Page 1

Mala Direta Básica 22.863.212/0001-35 TRIBUNA SC EIRELI

DISTINÇÃO 089

O U T U B R O - 2 0 2 2 - E D I Ç Ã O 8 9 - PA R A N Á E S A N TA C ATA R I N A

PORTONAVE CHEGA AOS 15 ANOS PROJETANDO GRANDE EXPANSÃO PÁGINA 4

BALNEÁRIO CAMBORIÚ PRONTA PARA A MAIOR TEMPORADA PÁGINA 10


PARANÁ

NOVO BAIRRO EM CURITIBA: BAIRRO NOVO DO CAXIMBA Prefeitura de Curitiba

▀ Operários da Sial Engenharia, vencedora do edital da execução das primeiras 752 unidades habitacionais no Bairro Novo do Caximba, começaram a limpeza da área do canteiro de obras. Nessa primeira etapa, será retirada a camada vegetal e iniciado o isolamento com tapumes. A previsão é que até janeiro a área esteja organizada para o início das intervenções da infraestrutura de água e esgoto e a construção das primeiras unidades habitacionais. “É uma alegria imensa ver a obra se materializar, concretizando o sonho de um novo bairro, com dignidade para os moradores e respeito ao meio ambiente. É Curitiba dando o exemplo de como lidar com as adversidades, transformando a vida dos que mais precisam”, diz o prefeito Rafael Greca. A movimentação agora está concentrada na área em que hoje funciona a horta comunitária. Em 30 dias, depois da colheita da produção atual, a horta será transferida para outro terreno e vai continuar a atender a comunidade.

Outro impacto imediato é o bloqueio do acesso usado por parte dos moradores no local. Por segurança, toda a área será cercada, impedindo o trânsito no local. O acesso a equipamentos municipais que estão instalados nas ruas Delegado Bruno de Almeida e Francisca Beralde Paolini deve ser feito pela Rua do Comércio. A Cohab-CTBA realizou o cadastro dos moradores para identificar quem tem interesse em trabalhar nas intervenções, com ou sem experiência em construção civil. “Temos já um levantamento de 500 pessoas interessadas. Elas passarão por uma triagem e serão encaminhadas para entrevistas com a construtora. As que não têm experiência e formação, serão beneficiadas com capacitação, conforme as áreas de interesse da empresa”, explica a diretora de Relações Comunitárias da Cohab, Rosemeiri Morezzi. As obras serão executadas sob a coordenação da Secretaria Municipal de Obras Públicas (Smop). “O local vai deixar de ser uma ocupação irregular para se tornar uma referência nacional de resiliência urbana”, diz o secretário Rodrigo Araújo Rodrigues.

BAIRRO NOVO DO CAXIMBA Daniel Castellano / SMCS

O Projeto de Gestão de Risco Climático do Bairro Novo do Caximba tem recursos de €38,1 milhões em financiamento da Agência Francesa de Desenvolvimento, além de €9,5 milhões em contrapartidas do município. É o maior projeto socioambiental da história recente de Curitiba. Vai promover o reassentamento de 1.147 famílias que hoje vivem em situação de vulnerabilidade social e sanitária, em uma ocupação irregular

2

na Área de Preservação Ambiental das bacias dos rios Barigui e Iguaçu. A Vila 29 de outubro será reurbanizada, com regularização fundiária e acesso a serviços públicos. Além das casas e da reurbanização, o projeto prevê ainda um parque linear, obras de infraestrutura de água e esgoto, além de iluminação pública e novos equipamentos de saúde, educação e assistência social.


| tribunasc.com

ASSOCIAÇÃO COMERCIAL DE PONTA GROSSA INAUGUROU UMA DAS MAIS BELAS SEDES Da Redação, com informes da ACIPG

▀ A Associação Comercial, Industrial e Empresarial de Ponta Grossa (ACIPG) inaugurou no dia 6 de outubro a sua nova sede na Avenida Visconde de Taunay, 1855, Ronda. Trata-se de um projeto audacioso, planejado para marcar os 100 anos da Associação. Construída em um terreno adquirido pela própria ACIPG há mais de duas décadas, a obra foi realizada com recursos próprios da entidade. Projetada para ser a “Casa do Empresário”, a nova sede é uma das maiores do país, moderna e sendo entregue no marco do centenário da entidade. O novo espaço conta com 9.750 m², distribuídos em seis pavimentos. O local tem heliponto, estacio-

®

DISTINÇÃO PR e SC tribunasc.com/distincao issuu.com/revistadistincao facebook.com/GrupoTribunaSC CNPJ 22.863.212/0001-35 Tribuna SC Eireli ME IMPRESSÃO: GRAFINORTE (Apucarana/PR)

namento amplo, auditórios com 360 lugares, uma sala de eventos plana e multiuso, podendo ser utilizada com cadeiras ou mesas para jantar, salas para locação e salas de aula especialmente projetadas para educação executiva, nos moldes de escolas de negócios reconhecidas internacionalmente. Para a presidente da ACIPG, Giorgia Bin Bochenek, a inauguração da nova sede é a realização de uma importante etapa dos 100 anos da ACIPG, um espaço para o associado e para a classe empresarial de Ponta Grossa. “A nova sede da Associação Comercial será conhecida como a ‘Casa do Empresário’, e será o local em que os associados poderão encontrar soluções para seus negócios por meio de capacitação, networking e rodadas de negócios”, afirma.

ENDEREÇOS: Al. Augusto Stellfeld, 873, Ap. 202. Cond. Agostinho França do Nascimento, Ed. Bigorrilho — Curitiba, PR Rua 300, 130, Conj. 502 — Balneário Camboriú, SC EDITOR E JORNALISTA RESPONSÁVEL: Victor Grein Neto victorjornal@yahoo.com.br — (41) 99191-3296 PROJETO GRÁFICO E DESIGN: Ulidh Motion — CNPJ 31.180.791/0001-02 Luiz Paulo Pietsiaki Moraes

3


Porto de Navegantes chega aos 15 anos como o 2º maior em movimentação de contêineres do Brasil

O Terminal à noite


| tribunasc.com te ao Sistema de Gestão Antissuborno.

Rumo aos 11 milhões de TEUs

Fevereiro 2022 – Marca de 10 milhões de TEUs* movimentados.

Nesses 15 anos de atividades, a Portonave movimentou mais de 10 milhões de TEUs (unidade de medida equivalente a um contêiner de 20 pés) e recebeu mais de 8,2 mil escalas de navios, empregando diretamente cerca de 1,5 mil profissionais.

Setembro 2022 – Milésima manobra na Nova Bacia de Evolução

É o 2º maior terminal em movimentação de contêineres do Brasil (dados da Antaq), líder na região sul. Até o mês de agosto de 2022 foram 8,2 mil navios atracados, 53% market share de Santa Catarina até julho de 2022. O movimento de caminhões gira em torno de 1,6 mil por dia, com 519 mil acessos em 2021.

PORTONAVE: PRINCIPAIS DESTINOS DE EXPORTAÇÃO E IMPORTAÇÃO E AS MERCADORIAS MAIS MOVIMENTADAS A Portonave tem como os 5 maiores destinos de exportação os Estados Unidos, China, México, Japão e África do Sul. Como importadores destacam-se a China, os Estados Unidos, a Bélgica, a Alemanha e a Colômbia. As principais mercadorias para exportação, são: Madeiras e seus derivados (47%), Carnes

congeladas e seus derivados (26%), Maquinário (3,4%), Cerâmica (3,2%), Tabaco (2,9%), Papel (2,5%), Metais Comuns (1,9%), Ração(1,5%), Frutas (1,2%), Alimentos (0,92%), entre outros (7,4%). Os dados são de 2022.

tação: Plásticos e derivados (16%), Têxtil (11%), Maquinário (10%), Químicos (9%), Bebidas, líquidos alcoólicos e vinagres (6,4%), Borrachas e derivados (5,7%), Metais Comuns (4,3%), Alimentos (3,4%), Papel( 1 , 6 % ) , Madeiras e seus derivados (1,6%), entre outros (28%).

As principais cargas de impor-

Nada impede que a Portonave participe da privatização do Porto Itajaí Da Redação

Osmari de Castilho Ribas é o superintendente-administrativo da Portonave desde 2001, atuando no projeto do Terminal desde a sua concepção. Economista, é especialista em Engenharia Econômica, em Administração de Recursos Humanos e com MBA em Gestão Empresarial. A respeito de a empresa participar da futura concorrência pública pelo Porto Itajaí, com a desestatização da Autoridade Portuária Pública Municipal, ele diz que “ainda não conhecemos os termos do edital a ser expedido pelo TCU. Precisamos aguardar que isso ocorra, mas nossos acionistas decidirão. Não há nada que nos impeça que isso aconteça, não estamos impedidos, existe a possibilidade”.

Profissionais trabalhando

A Portonave chega aos 15 anos de existência e foi perguntado sobre “Como ele vê a Portonave daqui a 15 anos”. Sua resposta: “Vejo com muita capacidade de crescer, cada vez com mais tecnologia,

5


maior produção, com uma equipe com padrão de eficiência que temos hoje”.

“Atualmente, não estamos em fase de novas obras, só de manutenção. Temos área para crescer e nossos acionistas ditarão os novos passos”.

Equipamentos de ponta garantem os melhores serviços A Portonave possui modernos equipamentos portuários, oferecendo serviços de alta qualidade para seus clientes – conta com 4 empilhadeiras de Contêiner Vazio, 5 Reach Stackers, 2 Scanner

HCVM-T, 6 Portêineres Post Panamax, 40 Terminal Tractors, 18 Transtêneires eletrificados.

lhão em equipamentos, na busca por segurança, eficiência e qualidade nas operações portuárias para os clientes.

Nos 15 anos de operação, a Portonave já investiu R$ 1,8 bi-

BACIA DE EVOLUÇÃO Preparada para receber grandes navios, a Portonave dispõe de um cais linear com 900 metros, que recebe navios por meio da Bacia de Evolução de 500 metros

do Complexo Portuário – com capacidade para receber navios de até 350 metros de comprimento e um canal com profundidade de 14 metros. O pátio do Terminal

tem 400 mil m² de área e capacidade de movimentação de 1,5 milhão de TEUs por ano, além de mais de 2.430 tomadas reefers.

CÂMARA FRIGORÍFICA – ICEPORT Divulgação

A Companhia possui uma Câmara Frigorífica, a Iceport, que oferece soluções em logística, para importações e exportações e uma câmara frigorífica totalmente automatizada, integrada ao Terminal Portuário, com capacidade estática de 16 mil posições pallets. A Iceport possui mais de 10 certificações para países, como África do Sul, Argentina, Canadá, Chile, Federação da Rússia, Hong Kong, Israel, Japão, México, Paraguai, União Europeia e Uruguai, todas pelo Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA), órgão responsável por habilitar indústrias de alimentos. As mais recentes conquistas adquiridas pela câmara são as certificações Israelense e Islâmica para a exportação de carne bovina e de aves.


| tribunasc.com

NA PORTONAVE PROJETOS SOCIAIS AJUDAM A TRANSFORMAR VIDAS Para valorizar as pessoas e desenvolver o crescimento da comunidade, a Portonave promove a realização de projetos sociais que transformam vidas. Como alguns dos projetos apoiados, tem o “Porto para elas”, que oferece aulas gratuitas de manutenção e logística portuária para mulheres da região, contribuindo para a diversidade e inserção no mercado. A primeira turma do programa

se formou em 07/10/2022. Além disso, a empresa também incentiva jovens com os programas Jovem Aprendiz e o Embarque na Tecnologia, para capacitação na área de logística e tecnologia da informação. Ao longo dos 15 anos de operação, mais de meio milhão de pessoas já foram direta e indiretamente envolvidas em, pelo me-

nos, 50 ações entre incentivos e projetos com foco no compromisso socioambiental da empresa. Desde 2015, as iniciativas do Terminal estão alinhadas aos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS), todos com atuação em Navegantes e Região, pois a Portonave acredita desde o início da sua história na aproximação ativa com a sociedade.

Os profissionais O Porto valoriza muito seus profissionais, seus colaboradores, um dos pontos mais importantes para o sucesso e protagonismo do terminal. Com relação ao quadro de funcionários, dos 1,1 mil contratados diretos, 68% residem em Navegantes, reforçando a conexão da Portonave com a região em

que está inserida. Faz parte do planejamento estratégico do Porto investimentos em qualificação profissional, participação em eventos, entre diversos outras ações. Incentivamos os profissionais com subsídio em cursos de graduação, especialização e línguas estrangeiras, além de constantes treinamentos

e o envolvimento em iniciativas, como os programas Porto para elas, criado com o objetivo de incentivar a atuação das mulheres no segmento, o programa Jovem Aprendiz, em parceria com o Senai, que já formou mais de 400 jovens, sendo que muitos deles estão contratados hoje na empresa.

Porto para elas

7


DESENVOLVIMENTO

PRÉ-LANÇAMENTO EM BALNEÁRIO CAMBORIÚ

VIVER BEM É UMA MISTURA ENTRE APRECIAR COM EQUILÍBRIO, APROVEITAR COM INTENSIDADE E DESVENDAR AS COMPLEXIDADES.

3056-2323 99902-0255

47

ERS CENTRAL DE NEGÓCIOS: RUA 2870, 155 - CENTRO BALNEÁRIO CAMBORIÚ / SC

8

CONTATO@ERSEMPREENDIMENTOS.COM.BR WWW.ERSEMPREENDIMENTOS.COM.BR

Portonave em um pôr de sol


INVESTIMENTOS

| tribunasc.com

Nova ponte entre Brasil e Paraguai deve estar concluída em novembro ▀ A segunda ponte entre Brasil e Paraguai, a Ponte da Integração, deve ser concluída até novembro deste ano. A obra começou em 2019, em uma parceria entre a Itaipu Binacional, comandada por Brasil e Paraguai, e o governo do estado do Paraná. Todo o investimento, cerca de R$ 463 milhões, está sendo bancado pela empresa de energia, considerando obras da estrutura, desapropriações e a construção de uma perimetral no lado brasileiro, que ligará a ponte à BR-277, em Foz do Iguaçu. A obra está sendo executada pelo Departamento de Estradas de Rodagem do Paraná (DER-PR).

ORGULHOSOS DE SER PARTE DESSA TRAJETÓRIA DE SUCESSO

No lado paraguaio, a ponte chegará ao município de Presidente Franco. Ela terá 760 metros de comprimento e um vão livre de 470 metros, o maior da América Latina. Serão duas pistas simples com 3,6 metros de largura, acostamento de três metros e calçada de 1,7 metro nas laterais. Brasil e Paraguai já são ligados pela Ponte da Amizade, entre Foz do Iguaçu e Ciudad del Este, inaugurada em 1965. Ela segue como o principal corredor logístico entre Brasil e Paraguai, mas há anos está sobrecarregada. Além da circulação de pessoas, a ponte concentra o trânsito de ca-

minhões. Com a nova ligação, a Ponte da Amizade ficará exclusiva para veículos leves e ônibus de turismo, enquanto a Ponte da Integração receberá o transporte de carga. Ao final da obra, ela será administrada pelo governo do Paraná. Uma terceira ponte também está em construção, ligando os dois países, desta vez entre Carmelo Peralta, no Paraguai, e Porto Murtinho, em Mato Grosso do Sul. Essa obra também tem parte de sua execução financiada pela Itaipu Binacional e deverá facilitar o acesso do Brasil aos mercados do Oceano Pacífico.

PARABÉNS PORTONAVE!

A Kalmar oferece uma gama completa de soluções para portos e terminais, aplicações industriais e de mineração, bem como centros de distribuição, que podem ser adaptados para atender exatamente às suas necessidades. Com um portfólio de produtos focado na eficiência, incluindo todas as opções em versão elétrica, a Kalmar o ajudará a projetar a solução certa para seu negócio. Kalmar, fazendo com que cada movimento conte! kalmarglobal.com.br

9


REFERÊNCIA

BALNEÁRIO CAMBORIÚ PREPARADA PARA UMA SUPER TEMPORADA ▀ Passada a “temporada” horrível do coronavírus, eis que Balneário Camboriú não tem amarras para anunciar uma de suas melhores temporadas de Verão. Pelo contrário: tem muitas novas atrações que se juntam às anteriores para atrair os milhares de turistas que virão de todo o Brasil e do exterior de dezembro de 2022 a março de 2023 – e antes e além disso. A já anunciada Super Temporada vai dispor, por exemplo, da Praia Central alargada, tendo passado dos 25 metros para 70 metros. Chegando na Dubai brasileira, as pessoas encontrarão praias movimentadas e nem tanto, além das agrestes e de nudismo. Terão uma vida noturna agitada, a universalidade da Gastronomia, opções de lazer para todas as idades e, especialmente, segurança. Aliás, Balneário Camboriú é comprometida em oferecer uma praia segura e sustentável. Por isso, a qualidade de vida, segurança e responsabili-

dade ambiental que possui é uma referência para todas as cidades brasileiras. No Natal, haverá a feérica iluminação e decoração especial. A Prefeitura anuncia o maior investimento decorativo da história. Durante os dias 28 de outubro de 2022 e 3 de janeiro de 2023, o município ficará mais iluminado do que nunca com um investimento de R$ 2,6 milhões na decoração natalina. Árvores luminosas de até 18 metros e pinheiros natalinos estão entre as decorações especiais. Além disso, haverá simulador de neve, parques infantis, bicicletas que acendem as luzes enquanto a pessoa pedala e, também, árvores interativas, onde a criança coloca a cartinha para o Papai Noel e a árvore fica iluminada. Outros diversos pontos estratégicos e importantes de Balneário receberão enfeites, como o Molhe da Barra Sul, Molhe do Pontal Norte, Praça Almirante Tamandaré, Praça Higino Pio, Praça do Pescador, elevado da Avenida do Estado e capela Santo Amaro. Arquivo PMBC

Balneário Camboriú, a número 1 em Padrão de Vida, Sustentabilidade, Meio Ambiente

10


| tribunasc.com Na passagem de ano – Reveillon – a queima de fogos, uma das mais duradouras do Brasil, traz à cidade 1 milhão de pessoas distribuídas de ponta a ponta na orla da Praia Central. A comemoração será cheia de glamour e excentricidade. Neste ano, a festa terá um investimento de até R$ 2.795,00 para a colocação de oito balsas no mar em toda a exten-

são da praia e terá duração de 15 minutos. Entre as novidades que deixarão o espetáculo ainda mais lindo, estão os fogos de artifício com formação de imagens de forma sincronizada, coreografada e simultânea, além de um show internacional.

do-se localmente o complexo Cristo Luz, o Oceanic Aquarium, o Parque Unipraias, a Roda Gigante, o Beto Carrrero, e, regionalmente, excursões para Florianópolis, Blumenau, Vale Europeu, Brusque, Nova Trento (com a igreja da Santa Paulina), Bombinhas, Porto Belo.

Mas há uma infinidade de atrações locais e regionais, citan-

Natal em BC

Reveillon em BC

11


REFERÊNCIA

A cidade se prepara Para receber bem os turistas, Balneário Camboriú prepara a mão de obra que se envolve com o Turismo, promovendo encontros com empresários e trabalhadores, visando estimular um melhor atendimento e serviços qualificados. O Selo Turismo Qualificado BC, por exemplo, é um programa desenvolvido pela Secretaria de Turismo da cidade que propõe às empresas a aplicação de melhorias nas prestações de serviços. Para obter o selo, os estabelecimentos precisarão atender alguns critérios como: Sustentabilidade, Atendimento ao Turista, Acessibilidade, Segurança e Medidas Sanitárias. A ideia é identificar os locais que se qualificam nessas categorias através de um QR Code, onde os turistas poderão encontrar mais informações sobre o local. O Código de Turismo também faz parte da mobilização de capacitação dos trabalhadores do segmento. O evento que aconte-

Unipraias

ceu no final do mês de setembro no Expocentro Júlio Tedesco, reuniu mais de mil profissionais que atendem turistas em Balneário Camboriú, oferecendo palestras e painéis com dicas para um atendimento de qualidade. Entre lojistas, garçons, ambulantes guias de turismo e motoristas de transportes, os profissionais receberam informações para recepcionar os visitantes da melhor forma: apenas atendendo e

A nova Praia Central, com 70 metros

12

fazendo o básico, satisfazer e atingir o desejado pelo turista, além de encantá-lo e surpreendendo-o. Balneário Camboriú recebeu recentemente o prêmio de 1º lugar do Brasil em padrão de vida e sustentabilidade (revista Isto É), além de obter o 1º lugar em Meio Ambiente (Conect Smart Cities 2021) e está entre o Top 10 das cidades em Saúde e Urbanismo.


| tribunasc.com

BANDEIRA AZUL Na próxima temporada, a Praia de Taquaras, que faz parte das 10 cidades agrestes de Balneário Camboriú, conquistou, pela primeira vez, a certificação do Programa Bandeira Azul que avalia a qualidade ambiental, segurança, bemestar, infraestrutura, informação aos visitantes e sensibilização ao meio am-

biente. Balneário, agora, possui três praias aprovadas pelo programa: Praia do Estaleiro, Estaleirinho e Taquaras. A certificação é importante para reconhecimento ambiental e destaca Balneário Camboriú nacionalmente.

Caminho para a Praia do Buraco

Arquivo PMBC

Praia do Estaleirinho (Bandeira Azul)

AV. MARGINAL OESTE, Nº 365 TABULEIRO - CAMBORIÚ/SC

47

3363-2225

Shopping de paisagismo Mudas, vasos, pisantes, seixos de rio, projetos especiais.

O máximo de variedade e beleza para edi�ícios, residências, condomínios, empresas. Desde 1991.

13


VANGUARDA

KLABIN IMPLANTA EM ORTIGUEIRA UNIDADE FABRIL PIONEIRA NO MUNDO Da Redação, com informações da Klabin e da Andritz

▀ A Klabin iniciou com sucesso uma fábrica de ácido sulfúrico fornecida pela ANDRITZ em sua fábrica localizada em Ortigueira /PR, no Brasil. A planta é a primeira no mundo e tem a capacidade de produzir 150 toneladas de ácido sulfúrico de grau comercial por dia a partir de gases concentrados odoríferos e enxofre elementar. Ela serve as linhas de celulose da Unidade Puma da Klabin e torna o local completamente auto-suficiente em ácido sulfúrico, reciclando o enxofre dos fluxos de resíduos. O escopo de fornecimento da ANDRITZ inclui: Tecnologias em base EPCC para manuseio de enxofre elementar, combustão de enxofre e gases não condensáveis concentrados (CNCG) para formar dióxido de enxofre (SO2), conversão de dióxido de enxofre em ácido sulfúrico concentrado e um sistema de tratamento de gases de combustão. A planta de ácido sulfúrico contribui para que a Klabin controle o balanço de sódio e enxofre (Na/S) e a sulfidez da fábrica. Além disso, a eficiência do uso de insumos na unidade de Ortigueira foi otimizada pois menos sulfato será descarregado devido ao balanço Na/S otimizado. Também não há necessidade de transporte de insumos perigosos, como o ácido sulfúrico para a fábrica e, em geral, a unidade otimiza recursos com uma grande redução no volume de transporte. A planta de ácido sulfúrico atende os rígi-

14

dos limites de emissões atmosféricas. O processo traz uma melhoria significativa à pegada geral da planta de Ortigueira. O Diretor de Projetos e Engenharia da Klabin, João Antônio Braga, diz: “A operação da fábrica de ácido sulfúrico na Unidade Puma, em Ortigueira, representa um avanço significativo na circularidade da instalação. A nova planta permite que a fábrica seja autossuficiente em ácido sulfúrico, com a possibilidade adicional de vender qualquer excesso de produção para o mercado. Esta tecnologia inovadora, uma novidade neste setor no mundo, apoia nossos esforços para otimizar a produtividade e é um marco importante em nossa ambição de atingir nossas metas de sustentabilidade”. O Gerente de Projetos, Recuperação e Utilidades da Klabin, Walter de Oliveira, acrescenta, “os parâmetros de qualidade es-

tão sendo cumpridos e o ácido sulfúrico está sendo usado com sucesso em várias operações na fábrica, substituindo o ácido comercial que estávamos usando antes. Além de otimizar recursos, a instalação da fábrica traz maior independência, pois não dependemos de um fornecedor externo para nossas necessidades de ácido sulfúrico”. A ANDRITZ WSA faz parte da iniciativa CircleToZero da empresa, que inclui tecnologias que visam reduzir e/ou eliminar o desperdício das fábricas de celulose. Esta iniciativa global para clientes de papel e celulose reúne o contínuo desenvolvimento e melhoria das soluções tecnológicas existentes da ANDRITZ com um ambicioso objetivo de inovação futura: eliminar fluxos laterais não utilizados, criar novos produtos de valor agregado e estabelecer uma base para zero emissões e zero produção de resíduos.


| tribunasc.com

CCR CONFIRMA SISTEMA DE POUSO POR INSTRUMENTO (ILS) NO AEROPORTO DE LONDRINA Prefeitura de Londrina – Ana Paula Hedler

▀ O Aeroporto de Londrina Governador José Richa terá Sistema de Pouso por Instrumento (ILS). O anúncio foi realizado pelo diretor de Operações da Companhia de Participações em Concessões Aeroportos (CCR Aeroportos), Comandante Miguel Dau, ao prefeito Marcelo Belinati. A apresentação técnica aconteceu no gabinete do prefeito, oportunidade na qual a concessionária que administra o local explicou seu plano de trabalho. Para o prefeito Marcelo Belinati, o anúncio marca um dia histórico para o Município e para a região metropolitana de Londrina, que há anos aguardavam pela ampliação, modernização e melhorias no aeroporto. “Nosso aeroporto, nos próximos dois anos, terá toda a ampliação, o ILS que é uma reinvindicação antiga da cidade e a melhoria no terminal de embarque e desembarque. É um conjunto de obras que vão colocá-lo em um outro patamar. Um aeroporto assim vai trazer conforto, segurança e acima de tudo desenvolvimento econômico para a cidade, porque vai gerar milhares de emprego e, consequentemente, o desenvolvimento social, porque você provê as condições necessárias para que mais indústrias e empresas venham para Londrina e para o norte do Paraná e, para que aquelas que já estão aqui, possam ampliar seus negócios”, disse o prefeito. De acordo com o projeto apresentado, com a instalação do ILS

– Categoria 1, na cabeceira 31 da pista, a CCR Aeroportos aumentará a capacidade de operação de pousos e decolagens mesmo em condições meteorológicas adversas, o que aumentará a segurança da pista. Isso porque, o instrumento é um dispositivo que fornece ao piloto duas informações essenciais, sendo uma delas sobre o eixo da pista e a outra sobre a trajetória ideal de planeio. Depois de entregues as obras, o aeroporto terá capacidade de movimentar quase três vezes a quantidade movimentada atualmente e permitirá que uma aeronave Airbus a320 ou Boeing saia de Londrina com seu peso máximo de decolagem e chegue até Natal. Segundo ele, é gritante a vocação do aeroporto de Londrina para a instalação do ILS, visto a capacidade do local, que já operou mais de 1 milhão de passageiros por ano. Além desse instrumento será instalado o Sistema de luzes de aproximação (ALS) em 600 metros de comprimento na cabeceira 31. O ALS funciona através de antenas luminosas que servem de guia para os pilotos, dando o alinhamento preciso da aeronave. Juntos, esses dois sistemas (ILS e ALS) garantem aos pilotos a certeza de que estão no eixo correto da rampa da pista e na altura adequada, ou seja, conhecimento vertical e horizontal do local que pousarão ou decolarão. “Às vezes, o piloto tem uma visibilidade horizontal boa, mas não verticalmente e precisa arremeter a aeronave. O ILS e ALS ajudam a guiar os pilo-

tos tanto vertical quanto horizontalmente, principalmente quando as condições meteorológicas são adversas e não precisaremos deslocar a cabeceira da pista”, explicou o comandante Dau. Na modernização do aeroporto também será ampliado o pátio de manobra e a área de estacionamento das aeronaves (em formato C) para que não haja conflitos com distanciamento dos aviões que pousam com aqueles que estão taxiando. Atualmente, existem seis, mas duas têm restrição de envergadura. Com a reforma, serão seis sem restrição nenhuma. Também será ampliada em 145 metros a extensão da Pista de Pouso e Decolagem no sentido da cabeceira 31; será instalado RESAs de 90×90 metros em ambas cabeceiras da pista, para não precisar limitar o peso máximo das aeronaves que pousarão ou decolarão nesta pista; serão feitas adequações no hangar existente como também da largura das pistas de táxi aéreo existente; será construído um Holding Bay para não afetar o tempo de ocupação da pista pelo táxi aéreo; serão construídas pontes de embarque e desembarque de passageiros, pois atualmente não existe nenhuma, e será reformado e ampliado o Terminal de Passageiros (TPS), que sairá de 5.800 m² para 8.000 m². Para todas essas obras, a empresa deverá investir cerca de R$ 90 milhões durante 18 meses, a começar em abril de 2023.

15


MOVIMENTANDO MAIS DO QUE CONTÊINERES. Com uma estrutura de ponta e capacidade para expansão contínua, a Portonave não movimenta apenas contêineres, mas também oportunidades e crescimento econômico. Por isso, desde 2007, atua com excelência oferecendo serviços portuários que atendem às melhores práticas do mercado, com alta eficiência e qualidade nas operações.

portonave.com.br