Page 1


2

DE­GUS­TE­• outubro­• 2016


DE­GUS­TE­• outubro­• 2016

3


Leitor Premiado

Espaço do Leitor

foTo­roGério­viTal

Faz tempo que eu coleciono a revista Deguste, e sempre me surpreendo com a diversidade de matérias sobre a gastronomia do Rio Grande do Norte. Também gosto muito quando vejo reportagens sobre restaurantes de outros lugares. Parabéns a todos os que fazem a Deguste! Renata Sobral - Empresária Petrópolis - Natal/RN As deliciosas páginas da Deguste são minha principal referência quando eu vou a algum restaurante de nossa cidade. Gosto da Deguste porque ela equilibra muito bem os textos com as fotografias, e o resultado é uma revista bem diagramada e bonita, que eu adoro ler. Patrícia Ribeiro Soares - Comerciante Lagoa Nova - Natal/RN

Cardápio

Adorei a capa da Deguste de setembro. Fico feliz porque a revista sempre dá espaço para locais que oferecem comida saudável. As matérias sobre as maravilhas gastronômicas de fora do RN também são ótimas. Parabéns! Lércia Lopes - Dentista Emaús - Parnamirim/RN

“É maravilhoso ter ao nosso alcance um veículo de comunicação dedicado à gastronomia como a Deguste. Parabéns à revista pelo excelente trabalho! Os amantes da boa mesa, assim como eu, agradecem”. Arthur Reis de Moura - Engenheiro Mecânico Tirol - Natal/RN O engenheiro mecânico Arthur Reis de Moura foi escolhido oLeitor do Mês da Revista DEGUSTE e, como brinde, recebeu do consultor Ênio Rodrigues, do Magazzino Vinhos & Cozinha, patrocinador desta seção, o vinho chileno Alma Tierra Cabernet Sauvignon 2013, produzido na região do Valle Central.

Deguste

Nossa Capa

GAS­TRO­NO­MIA­

Polvo com batata e tomate confit, do restaurante Gênesis, em São Miguel do Gostoso

Setembro­de­2016­-­ano­12­-­edi­ção­134

Foto: Rogério Vital Produção: Benício Siqueira

14

Amô da Pipa muda de donos

18 Restaurante Gostoso Sabor em Neópolis 20 O sucesso da Festa de San Gennaro em Petrópolis

28 Fast Fruit tem loja no Natal Shopping

24 Margarita Café em Cidade Jardim 30 Vinhedos Pub no Natal Shopping é opção para balada 40 Sanylle Faraj abre restaurante em Natal 42 Açaí Concept inaugura mais uma loja na cidade

34

Royal Prestige divulga produtos em Natal

4

DE­GUS­TE­•­outubro­• 2016

Seções 05 Pelos Restaurantes 22 Opinião 32 Papo Café

38 Saboreando Paris 46 Sabores do Vinho


Pelos Restaurantes... Luís Benício Tavares Siqueira - tbenicio@uol.com.br

Chef Irina Cordeiro

A chef Irina Cordeiro e a engenheira Marianne Cavalcanti

abre empresa de consultoria A chef Irina Cordeiro, que tem no currículo passagens por restaurantes de renome do Rio Grande do Norte, está com um novo projeto. Ao lado da engenheira de produção Marianne Cavalcanti, ela fundou uma empresa para prestar consultorias a empreendimentos gastronômicos. A Expertise em Gastronomia e Gestão por Processos propõe um serviço completo de orientação aos estabelecimentos. “O serviço acontece por meio de diagnósticos e gestão por processos, tendo como propósito levantar as necessidades do cliente, diagnosticar possíveis falhas que impedem ou comprometam os lucros e o crescimento da empresa, apontando soluções, recomendando ações e aplicando-as”, explica. Além dos trabalhos em restaurantes, Irina teve experiência em uma grande empresa de consultoria do Estado, assim como Marianne. As duas trabalharam juntas e estavam à frente da parte gastronômica do estabelecimento. O serviço é direcionado a micros, pequenas e médias empresas, que estejam abrindo ou necessitem de reposicionamento, ampliação ou melhorias na gestão. Entre

outros produtos oferecidos, estão: Diagnóstico organizacional 360°; Desenvolvimento de cardápios; Engenharia de cardápio; Criação e padronização de fichas técnicas de custo; Formação dos preços de venda; Mapeamento de Processos e Auditoria de processos. Já foram desenvolvidas consultorias para estabelecimentos como Abade Midway, Café Dona Lica, PIJ Refeições Coletivas, Jangadeiro (São Miguel do Gostoso), Ocean Drive Café e Mussulo Resort (Paraíba). À parte das consultorias, Irina Cordeiro tem oferecido um serviço conhecido como “Stricto”, que é quando o chef abre as portas de sua casa para receber pequenos grupos de clientes. Para mais informações, consultar o perfil @strictorn no Instagram ou ligar para o telefone (84) 99805-9130. Irina Cordeiro Expertise em Gastronomia e Gestão por Processos fones:­(84)­99805-9130­|­99403-9711 E-mails:­illanairina@gmail.com­| marianne.cavalcanti@gmail.com

DE­GUS­TE­• outubro­• 2016

5


e t s u g De

Da Redação

aSS

iNE­a

.r www

adeg evist

co m uste.

A gastronomia potiguar

em tempo de crise

Chegamos a outubro, mês que sinaliza a reta final de mais um ano. 2016 está sendo particularmente difícil para os brasileiros. Milhões de pessoas perderam seus empregos, famílias tiveram seus padrões de vida rebaixados por causa da inflação e o país vive em uma grave crise econômica. Mas a boa notícia é a sinalização de que o pior já passou e, portanto, as esperanças se renovam para o ano que se avizinha. Vamos torcer para que esse cenário catastrófico de 2016 fique para trás, e que 2017 traga mais esperança e dias melhores para todos nós. Apesar dessa crise, o cenário gastronômico do Rio Grande do Norte continua se renovando, e as novidades não param de surgir. O paradisíaco Amô Restaurante e Tapiocaria, na Pipa, passou por reformas na sua estrutura e incrementou o cardápio com novos pratos, agora sob nova administração. A Vinhedos aposta num novo empreendimento no Natal Shopping e abre a Vinhedos Pub, um lugar bastante agradável para se ouvir uma boa música ao vivo ou eletrônica, beber drinks caprichados e "petiscar". O local já virou "point" para balada de gente jovem e bonita. O Margarita Café continua fazendo sucesso desde que abriu as portas, há poucos meses, em Capim Macio. A cafeteria é fruto da parceria do médico natalense Tony Eberth com o argentino Javier Bogado. Nessa casa o cliente encontra muitos doces e salgados típicos da Argentina, como a empanada, simplesmente divina, e os alfajores. É com alegria que registramos a iniciativa empreendedora da jovem chef Sanylle Faraj, que abriu a sua Cantina Gourmet, um pequeno restaurante no

Expediente

Deguste

Revista de Gastronomia

Diretor Executivo Luís Benício Tavares Siqueira (84) 99172-6375 benicio@revistadeguste.com Diretor de Redação Washington Rodrigues (84) 99904-9683 wrrodriguescom@yahoo.com.br Jornalista Lucas Alencar lucasalencar@revistadeguste.com

6

DE­GUS­TE­• outubro­• 2016

Lagoa Center. A proposta é a de oferecer uma comida leve mas com muito sabor. O sucesso foi imediato e Sanylle já vende mais de 100 refeições por dia. Esta edição traz uma matéria especial sobre as panelas e utensílios da Royal Prestige, empresa americana que inovou ao produzir panelas feitas em aço inoxidável cirúrgico, com garantia de 50 anos. A linha completa tem mais de 60 produtos. Em São Miguel do Gostoso, o Genesis Restaurante já começa a se movimentar, de olho na alta estação que está chegando. Para tanto, já mexeu no cardápio e elaborou novas entradas e pratos principais criados pela chef Priscila Jansen. Quando você for a Gostoso, não deixe de provar essas delícias. A Deguste de outubro tem muitas outras novidades para você. Leia com calma e saboreie todo o nosso conteúdo. Até novembro! fo­To­ca­NiN­Dé­Soa­rES

Washington Rodrigues Diretor de Redação

Luís Benicio T. Siqueira Diretor Executivo

Av. Jaguarari, 4990, Lj 28 - Lagoa Nova - Natal/RN - CEP 59054-500 - Fone: (84) 3234.5566 www.revistadeguste.com - Twitter: @revistadeguste - Facebook: Revista Deguste - Instagram: @revistadeguste Diretor de Arte Edílson Martins de Araújo edilson.martins1@gmail.com Comercial (comercial@revistadeguste.com) Nilton Baresi - (84) 99607-6810 / 99172-2381 nilton@revistadeguste.com Nicolas Rombotis (84) 99907-6444 nicolas@revistadeguste.com

Redação redacao@revistadeguste.com Revisão Rejane Souza Fotografia Rogério Vital foto@rogeriovital.com.br

Colaboradores Arthur Coelho Gilvan Passos

Louise Elali Ricardo Sousa

Revista Deguste Gastronomia e Turismo é uma publicação mensal da Deguste Comunicação, Assessoria e Marketing Ltda. Tiragem 5 mil exemplares


DE­GUS­TE­• outubro­• 2016

7


8

DE­GUS­TE­• outubro­• 2016


DE­GUS­TE­• outubro­• 2016

9


Restaurante

fo­ToS­roGério­viTal

Genesis lança novos pratos em seu cardápio

De olho na temporada de verão, que se avizinha, o restaurante Genesis, na paradisíaca São Miguel do Gostoso, preparou mais uma atualização em seu cardápio. A casa incluiu seis novidades no menu, que é composto de 15 pratos. As novas criações são da chef Priscila Jansen, que comanda a cozinha do estabelecimento, e se baseiam em experiências que ela e Fabiana Dall Onder, proprietária do Genesis, adquirem em viagens que fazem juntas. Fabiana, que tem formação como sommélière, explica que elas são adeptas da “cozinha intuitiva”, que consiste em preparar receitas, seguindo o próprio instinto, optando por ingredientes que mais gostam.

Fabiana Dall Onder e a chef Priscila Jansen, proprietárias do Genesis

10 10

DE­GUS­TE­• outubro­• 2016


Restaurante tem ambiente muito bem decorado e acomoda 30 pessoas

As novidades são três entradas e três pratos principais, na ordem: Esfera de Cordeiro (com chutney de manga e aioli); Ceviche (de atum, leche de tigre, milho e abacate); Crudo de Atum (com abacate e maionese de wasabi); Polvo (com batata, tomate confit, castanha de caju e rúcula); Camarão na Moranga (com curry, arroz de coco e farofa de polvilho); e Arroz do Mar (arroz negro com manga, atum e polvo grelhado). O Genesis, também, trabalha com um menu temporário, com pratos que ficam disponíveis apenas em determinadas épocas do ano, e dispõe de uma carta de vinhos com aproximadamente 20 rótulos, sendo a maior parte os naturais, produzidos sem aditivos. As cervejas especiais também estão no cardápio e são bastante consumidas pelos clientes, principalmente os turistas estrangeiros. Recentemente, o restaurante passou por uma reforma em sua cozinha para melhor servir os 30 clientes que a casa acomoda. O Genesis funciona de domingo a domingo, das 18h às 22h30. Às sextas e sábados, fecha às 23h30. O Gênesis foi aberto no início de 2013, na Rua Praia da Xepa e, desde então, vem se consolidando como uma das melhores opções gastronômicas de São Miguel do Gostoso. Nos finais de semana, quando aumenta consideravelmente o fluxo de pessoas, é comum o restaurante ficar lotado com fila de espera. A sua comida é muito bem feita e privilegia os frutos do mar, abundantes na região.

Crudo de atum com abacate e maionese de wasabi

Chef Priscila Jansen comanda a cozinha do Genesis

Genesis Restaurante rua­Praia­da­chepa,­86 São­Miguel­do­Gostoso/rN fone:­(84)­99932-2322 @genesis_restobar DE­GUS­TE­• outubro­• 2016

11


12

DE­GUS­TE­• outubro­• 2016


DE­GUS­TE­• outubro­• 2016

13


TURISMO

Amô

Restaurante e Tapiocaria na Pipa tem nova administração fo­ToS­roGério­viTal

14

Emanoel Bezerril e Angélica Martins, novos gerentes do Amô

O Amô Restaurante e Tapiocaria, na Pipa, está sob nova administração. Desde o início de setembro, o casal português Francisco Max e Lígia Feleciano comanda o estabelecimento que, em junho, comemorou o seu primeiro ano de funcionamento. Os novos donos contam com a experiência de serem proprietários do Espaço Lampião, restaurante consolidado na Pipa há seis anos. Ao assumirem o Amô, os empresários promoveram uma grande restruturação, que envolveu tanto a parte de cardápio como a física. De acordo com Angélica Matias, uma das gerentes da casa, o menu deu ênfase maior aos frutos do

Peixe grelhado Amô

A Brownioca faz muito sucesso entre os turistas

DE­GUS­TE­• outubro­• 2016


Peixe inteiro grelhado

Camarão à grega

mar, enquanto o ambiente ficou “elegante e rústico”. Pratos com peixe, lagosta, camarão, moquecas, casquinhas de siri dão o tom do cardápio, porém há também preparações com picanha e filé bovino. Há opções para uma ou duas pessoas. Angélica afirma que o carro-chefe do cardápio, nesse início de operação com nova administração, tem sido uma cioba inteira grelhada com batata sauté e salada ao molho chimichurri. Na parte de doces, a brownioca (semelhante a uma crepioca e com recheio), que foi mantida do cardápio antigo, segue fazendo sucesso. O Amô Restaurante e Tapiocaria fica no Chapadão da Pipa, com bela vista para a praia e o mar, o que atrai diversos ônibus de turismo. “Podemos receber até 400 pessoas”, ressalta Angélica Matias. O funcionamento é de domingo a domingo, das 11h45 às 17h. Amô Restaurante e Tapiocaria chapadão­-­Praia­da­Pipa Tibau­do­Sul/rN fone:­(84)­99408-2858 @amotapioca /amotapiocaria

Nova administração também fez alterações na estrutura do Amô

DE­GUS­TE­• outubro­• 2016

15


16

DE­GUS­TE­• outubro­• 2016


DE­GUS­TE­• outubro­• 2016

17


fo­ToS­roGério­viTal

O menu oferece diariamente mais de 40 opções de pratos

Restaurante

Gostoso Sabor Uma história de muita superação e empreendedorismo ilustram bem a vida da empresária potiguar Edineide Fernandes, a Dona Neide que, desde 2009, toca o restaurante Gostoso Sabor, no conjunto Pirangi, em Neópolis, um dos pontos mais requisitados daquela região. Ainda jovem, ela veio de Santana do Matos para Natal e conseguiu seu primeiro emprego em uma empresa de construção, mas logo ela deu os seus primeiros passos como empreendedora, na área de confecções. Em 1994, ela abriu seu primeiro estabelecimento, um mercadinho, que lhe permitiu mostrar a habilidade na co-

Dona Edineide e os filhos Marcus e Nathália Dantas

Ambiente climatizado acomoda 120 pessoas

18

DE­GUS­TE­• outubro­• 2016

Restaurante fica situado em Neópolis

zinha adquirida com a mãe. Isso foi o necessário para ela começar a apostar no mercado gastronômico. Oferecendo uma comida com sabor caseiro, Dona Neide abriu um pequeno restaurante e, desde então, está no segmento. O Gostoso Sabor surgiu em 2009, no mesmo imóvel que Edineide morava com os filhos, Marcus e Nathália Dantas, que hoje a ajudam na administração do estabelecimento. O restaurante teve crescimento vertiginoso ano a ano, atraindo, principalmente, os moradores da região, além de famílias, aos sábados e domingos, de outros bairros da cidade. A proposta é oferecer comida regional em self-service e também no preço fixo, além de marmitaria em dias úteis. De segunda a sexta-feira, o menu é mais tradicional, com cerca de 40 opções de pratos, inclusive churrasco (no almoço). Também funciona para jantar com opções regionais, como cuscuz, tapiocas gourmet e sopas, por exemplo. Nos finais de semana, o restaurante funciona apenas para almoço com pratos mais elaborados. Em 2015, após reforma, o Gostoso Sabor foi reinaugurado. Mais vistoso e mais espaçoso, com 120 lugares, o lugar também passou a ser opção para a realização de eventos – possui um salão no 1º andar que acomoda até 68 pessoas. A ótima estrutura ainda possibilita o fornecimento de refeições a hotéis e empresas. O restaurante Gostoso Sabor abre de segunda a sextafeira em dois horários: das 11h às 15h e das 17h às 21h. Nos sábados, domingos e feSabor riados abre das 11h às 15h. Gostoso av.­São­Miguel­dos­caribes,­4448 Neópolis­(conj.­Pirangi) fone:­(84)­3217-0949 @gostososabor /restaurantegostososabor


DE­GUS­TE­• outubro­• 2016

19


Festa de San Gennaro Chef Paolo Passariello homenageia santo italiano

fo­ToS­bENício­SiqUEira

Organização e muito sabor em um dos melhores endereços de Natal fo­To­roGério­viTal

Paolo Passariello, ao centro, com a equipe que colaborou na festa

Pela primeira vez, Natal recebeu a famosa Festa de San Gennaro, que homenageia um dos santos mais conhecidos e populares da Itália. O evento, realizado no mês passado, foi uma autêntica celebração de rua italiana, com muita comida, música, confraternização e difusão dos costumes daquele país. A festa ocorreu na rua Mipibu, em Petrópolis, em frente ao restaurante A Casa di Paolo, do chef italiano Paolo Passariello, organizador do evento, juntamente com o publicitário Ubirajara Carratu, da agência Carratu, e Raffaela Rosito, responsável pela ambientação do local. Cerca de 200 pessoas, descendentes de italianos e natalenses que admiram a cultura italiana foram à festa, que foi totalmente beneficente. A renda líquida obtida com a venda de ingressos será destinada à Casa Durva Paiva (CACC) e à Associação Amigos do Coração da Criança (AMICO). A Festa de San Gennaro em Natal teve início com a benção do padre Motta (da Paróquia São Judas Tadeu) ao santo, e em seguida foi dada a palavra ao console honorário da Itália em Natal, Dr. Rino Bordogna. Depois, o cantor Paolo Fiori comandou um show de duas horas com grandes canções italianas. Ao mesmo tempo era servido o jantar, que foi composto de uma lasanha, um sanduíche de porchetta com provolone, almôndegas com batatas fritas e um risoto de

20

DE­GUS­TE­• outubro­• 2016

Risoto de linguiça toscana com cogumelo e trufa

linguiça toscana com cogumelo e trufa negra, além de vinhos e outras bebidas. Segundo Paolo Passariello, o evento foi um sucesso e retratou fielmente as festas tipicamente italianas, com comida feitas e servidas na rua. Ele informa que a Festa de San Gennaro em Natal vai entrar no calendário de eventos da cidade. “A festa do ano que vem já está garantida”, afirma.

Padre Motta deu a bênção para o sucesso da festa

Trattoria A Casa di Paolo rua­Mipibu,­523 Petrópolis­-­Natal/rN fones:­(84)­2010-5512­/­99488-3188 acasadipaolo


DE­GUS­TE­• outubro­• 2016

21


Opinião Arthur Coelho - chef-coelho@hotmail.com

Novo perfil profissional? A diversidade e a complexidade do mercado de trabalho têm modificado os perfis profissionais. E, de certa forma, causado confusão nos novos profissionais e também um conflito entre os novos e os antigos. Conflito natural do desenvolvimento das profissões, modernização de técnicas, tecnologias, de conceitos morais e comportamentais e rapidez da divulgação de informações. Não sou profissional da área de Recursos Humanos, no entanto, lido muito diretamente com contratações, treinamentos, ajustes, capacitações, qualificações e desenvolvimento de equipes para os estabelecimentos que presto consultoria, seja na captação de novos talentos ou mesmo ajustando a equipe existente. Assim sendo, tenho observado algumas modificações interessantes na nossa categoria profissional (auxiliares de cozinha, cozinheiros e chefs de cozinha), uma delas é o descobrimento da importância da formação profissional, seja de formação acadêmica ou de formação por capacitação/qualificação. Esse novo comportamento tem trazido uma conscientização interessante para categoria, universalização de informações técnicas, práticas e teóricas, consolidação da ideia da profissão, encorajamento, empoderamento dos novos profissionais no mercado e justa equalização com aqueles profissionais que estavam estagnados academicamente, pois um novo fôlego foi encontrado por esses profissionais e isso trouxe a vontade e a realização do sonho de uma formalização institucionalizada através das instituições de ensino, sejam elas de formação superior ou de qualificação. Por outro lado, tenho observado, também, e tenho tido

22

DE­GUS­TE­• outubro­• 2016

dificuldade de esclarecer, ajustar, conscientizar, informar e dar o tom realístico da profissão a uma boa leva de novos profissionais que tem chegado ao mercado, com informações distorcidas, comportamentos antagônicos aos ditados pelas instituições sanitárias vigentes no país, tomadas de decisões embasadas apenas no “achismo insubordinado”, sem nenhum conhecimento de leis trabalhistas, sindicais ou mesmo regulamento técnico da profissão, e isso gera instabilidade nas equipes, no próprio profissional e no momento da contratação pelo empresários. A “atitude exagerada do empoderamento” tem dado uma falsa ideia de “Dr. Sabe Tudo” e que não é necessário nada mais ao aprendizado ou o respeito aos regulamentos internos das empresas, aumentando, assim, o “turnover” que já é natural em nossa profissão, causando um impacto negativo em sua carreira, dando prejuízos aos empresários, perdendo tempo em treinamento, novas contratações, desfazimento de equipes. Muitas vezes em momentos cruciais, como os de inauguração e abertura de estabelecimento, por exemplo. Por isso, fica aqui uma pequena dica: DESARME-SE! VENHA PARA O MERCADO COM OS “SEUS PÉS NO CHÃO, SUAS MÃO NAS PANELAS, SUA CABEÇA ABERTA PARA O APRENDIZADO PRÁTICO E SEU UMBIGO NO FOGÃO!” Deixe o conceito de “chef auto-intitulado e auto-empoderado” para mais tarde! Ou melhor: DEIXE QUE SEU TALENTO, SEU TRABALHO, SEU NOME E SUA CARREIRA SE CONSOLIDEM CONCRETAMENTE e, assim, logo logo seu título de CHEF virá com certeza!


DE­GUS­TE­• outubro­• 2016

23


Margarita Café traz sabores argentinos para Cidade Jardim fo­ToS­roGério­viTal

Javier Bogado e Tony Eberth idealizaram o Margarita Café

24

DE­GUS­TE­• outubro­• 2016

Quando desembarcou há três anos e meio em Natal para jogar rúgbi, o argentino Javier Bogado sequer imaginava morar na cidade. Através do médico, o natalense Tony Elbert, foi descoberto o seu talento gastronômico e daí surgiu o convite para uma sociedade em um café. O Margarita Café e Ateliê de Doces, no bairro de Capim Macio, na rua lateral ao supermercado Nordestão. Cafés são a paixão dos sócios e entrar nesse segmento se deu após ele observar que Natal não possuía nenhum estabelecimento do tipo nos moldes argentinos. Javier explica que no seu país as cafeterias apostam em doces mais leves e suaves, com menor teor de açúcar, sem leite condensado. Partindo dessa ideia, surgiu o nome Margarita, homenagem ao nome da mãe de Javier, que também trabalha no café e usa de sua alquimia no desenvolvimento dos doces e salgados. 'Ateliê de Doces' como complemento do nome identificar a forma artesanal da elaboração dos produtos. Tudo é verdadeiramente finalizado na hora, com a certeza que vai ter algo preparado especialmente para o cliente, no momento do pedido. Entrar no Margarita é também reviver o passado, pois sua decoração é inspirada nos anos 1960, com vários quadros na parede que remetem à época, além do capitonê das almofadas de encosto, na escolha das cores usadas nos anos 60 e nas clássicas cadeiras e mesas Charles Eames Eiffel. Desejo do


sócio Tony Elbert, que foi desenvolvido pelo arquiteto Estevão Lúcio. Quanto aos doces, o Margarita traz os mais famosos do país vizinho: alfajores, pastafrolas e tartelettes; além de brownies, petits gateaux, churros, cheesecakes e bolos. De salgados, o carro-chefe é a empanada, com sabores tradicionais argentinos (frango, carne, queijo e presunto), mas também se encontra adaptações nordestinas, como o sabor camarão, que o natalense adora. Entre os salgados, podese encontrar também as quiches e o pão de queijo, com sua versão argentina. Lá também se pode degustar um bom e tradicional espresso (com canela ou descafeinado), café carioca, café com leite, cappuccino e milkshakes diversos. O Margarita Café e Ateliê de Doces funciona de segunda-feira a sábado, das 12h às 20h, e às sextas e sábado abre suas portas como bistrô, das 20h às 23h, com menu exclusivo que explora as carnes argentinas, as milanesas, as saladas, as massas e os frutos do mar.

Fachada do Margarita Café

Margarita Café e Ateliê de Doces rua­Gustavo­Guedes,­1945 capim­Macio­-­Natal/rN fones:­(84)­3345-4713­|­99112-5079 @margaritacafeedoces /margaritacafeedoces

Empanada tradicional argentina e o charmoso ambiente da cafeteria

DE­GUS­TE­• outubro­• 2016

25


26

DE­GUS­TE­• outubro­• 2016


DE­GUS­TE­• outubro­• 2016

27


Fast Fruit no Natal Shopping

Um estabelecimento com proposta que agrada a todas as idades e a todos os perfis de dieta. É o que oferece a Fast Fruit, empresa criada pelas irmãs Thaiane de Albuquerque e Thanise Macedo, que funciona em um quiosque montado no Natal Shopping, desde o último dia 11 de agosto. A Fast Fruit tem como produto principal a salada de frutas, porém dá toda a liberdade para o cliente deixá-la da forma que preferir. São 11 opções de fruta, oito coberturas e nove recheios, e ainda é possível combinar com sorvetes, açaí ou creme de cupuaçu. O mais tradicional é um bowl com frutas, mel ou leite condensado e granola – cinco frutas no tamanho médio, e sete, no grande. Mas, repetindo, há a possibilidade de pedir só as frutas, por exemplo, ideal para quem segue dietas de baixas calorias ou restritas a açúcar. As opções com sorvete (de morango diet e sem lactose e de creme) também possuem dois tamanhos. Já os que levam açaí e/ou creme de cupuaçu estão disponíveis em três tamanhos. Há, ainda, a opção de um cone. Thanise Macedo conta que a ideia do negócio surgiu quando ela era proprietária de um buffet infantil. Uma colaboradora sugeriu um carrinho de frutas para o estabelecimento. Thanise e a irmã gostaram da indicação e foram estudar o mercado. Acharam viável e criaram a Fast Fruit. As frutas oferecidas são morango, kiwi, manga, abacaxi, ameixa, melão, melancia, maçã, uva, mamão e banana. Entre as coberturas estão, além de mel e leite condensado (com ou sem lactose), caldas de maracujá e de morango (naturais e sem açúcar), chocolates preto e branco e doce de leite. Os recheios: flocos de arroz, farinha láctea, farelo de negresco, aveia, granola, castanha, gotas de chocolate, gelatina e uva passa. A Fast Fruit funciona no horário comercial do Natal Shopping: de segunda a sábado, das 10h às 22h, e domingos e feriados, das 11h às 22h.

fo­ToS­roGério­viTal

Frutas também podem ser mescladas com açaí

Fast Fruit Natal­Shopping­-­área­de­expansão fastfruitnatal /fastfruitnatal

28

DE­GUS­TE­• outubro­• 2016

Thaiane de Albuquerque e Thanise Macedo, donas da Fast Fruit


DE­GUS­TE­• outubro­• 2016

29


fo­ToS­roGério­viTal

Fachada do novo empreendimento da Vinhedos

Vinhedos Pub

abre no Natal Shopping

A loja Vinhedos abriu uma segunda unidade dentro do Natal Shopping, a Vinhedos Pub, que funciona no espaço que substituiu o L’Entrêcote de Paris. O novo projeto que tem tudo para agradar ao público natalense, chega com a proposta de oferecer um espaço a mais de entretenimento na cidade, com o diferencial de estar localizado dentro do shopping, com estrutura de segurança e estacionamento. O Vinhedos Pub funcionará em caráter temporário, até dezembro deste ano, de quinta-feira a sábado, das 17h à meia-noite. Segundo Rilder Chaves, proprietário da Vinhedos, a utilização das instalações de shoppings é uma tendência em outros centros do país. Ele conta que a ideia foi amadurecida em conjunto com a direção do mall nas últimas semanas. O estabelecimento contará com atrações musicais em todos os dias de funcionamento, carta de vinhos (com 14 rótulos), chopp, cervejas e drinks especiais. Além de 14 petiscos, no melhor estilo boteco, para acompanhar as bebidas. Na estreia, a parte musical será comandada pela banda Uskaravelho, a partir das 20h30 (há cobrança de couvert artístico). A programação dos demais dias pode ser conferida nas redes sociais da Vinhedos (Instagram: @lojasvinhedos | Facebook: /lojasvinhedos). Vinhedos Pub

Os empresários Rilder e Juliana Chaves oferecem mais uma boa opção de lazer ao natalense

30

DE­GUS­TE­• outubro­• 2016

Área­de­expansão­do­Natal­Shopping candelária­-­Natal/rN fone:­(84)­3025-0500 @lojasvinhedos /lojasvinhedos @lojasvinhedos


DE­GUS­TE­• outubro­• 2016

31


Papo Café Ricardo Sousa - riccsb@gmail.com

No coador é melhor mesmo? Seja no pano ou no filtro de papel, o café coado tem seu espaço garantido nas casas e no coração das pessoas. É o tipo de consumo mais utilizado e apreciado pelos brasileiros, segundo a Associação Brasileira da Indústria do Café. Por sua tradição e sabor, é sempre uma boa presença logo de manhã, ou no trabalho, ou para acompanhar as velhas conversas com amigos. Ainda nas últimas décadas, vêm surgindo novos métodos e processos que estão em alta para uso em cafeterias e trazendo ainda mais à tona o café pretinho simples entre os jovens e apreciadores. O café coado é tão popular entre os brasileiros que praticamente cada família brasileira tem seu preparador oficial da hora do café. E cada um tem sua receita ou dica de como deixá-lo mais gostoso. Claro que existem muitas formas de preparo e regras de como extrair o café mais gostoso, porém não vou me ater a detalhes agora. Basicamente a dica é regar o pó do café, dentro do filtro, com água quente. Uma colher de sopa cheia de pó para cada xícara de chá de água. Não tem erro. Estudos ainda apontam que o café coado reduz em até 25 % o risco de diabetes, diminui a calvície, ajuda no combate à depressão (por isso, os brasileiros são tão alegres, será?), diminui o risco de disfunção erétil, é aliado no combate à obesidade e ainda melhora a concentração. Todos esses benefícios estão, porém, diretamente ligados ao tempo entre o preparo da bebida e o seu consumo. O ideal é que seja ingerida imediatamente após ser coado,

32

DE­GUS­TE­• outubro­• 2016

mas caso não seja possível, melhor que não passe de uma hora na garrafa térmica. O café coado tem suas vantagens ainda com relação ao sabor. Por ser uma extração mais diluída que o espresso, consegue evidenciar muito das qualidades do café, seja ele especial ou até mesmo tradicional. O espresso tem uma característica de evidenciar muito as qualidades, mas também os defeitos que possam aparecer em qualquer parte da cadeia produtiva, desde uma torra errada, a defeitos no próprio grão do café, ou mesmo o ponto de moagem inapropriado. No coado a margem para variar sem que estrague a bebida é muito maior e acaba que torna mais fácil criar bebidas saborosas. O produto sempre é uma bebida suave e leve, que evidencia o doce do grão, junto com uma acidez agradável e sabor bem fácil de distinguir as notas e aromas presentes. Por ser uma quantidade maior, é também uma boa pedida para apreciar por mais tempo e harmonizar com um bolo, ou pão de queijo. Existem, além dos mais conhecidos, coador de pano e filtro de papel tipo Melitta, diversos outros métodos de extração de café coado. Nomes estranhos, como Hario V60, Clever, Chemex etc. Cada um tem sua particularidade de sabor e forma de preparo e já estão começando a fazer parte do cotidiano dos brasileiros. Atraindo cada vez mais o público jovem, conquistando uma legião de entusiastas e apreciadores de café. Falaremos sobre esses em detalhes nos próximos Papo Cafés. Então, está esperando o que para fazer seu café coado?


DE­GUS­TE­• outubro­• 2016

33


Sistema de saúde

Royal Prestige fo­ToS­roGério­viTal

Moroni Macêdo e Pablo Mousinho são os distribuidores autorizados da Royal Prestige

A escolha de panelas e utensílios é fundamental na hora de cozinhar. Não só quando se pensa na praticidade, mas, também, no que eles podem proporcionar em termos de saúde. Baseada nessas premissas, foi inaugurada, em 1959, nos Estados Unidos, a Royal Prestige, fabricante desses itens em alto padrão. A empresa desembarcou no Brasil há seis anos, e apresenta franco crescimento. Em 2016, o faturamento já chega a R$ 30 milhões. Sua proposta é “mudar a saúde da humanidade”, dizem os empresários Pablo Mousinho e Morôni Macêdo, que distribuem a marca no Nordeste. Uma das características que fazem a marca campeã no quesito saúde é o fato das panelas serem fabricadas em aço inoxidável cirúrgico. Sua tecnologia permite uma melhor cocção dos alimentos e evita a contaminação por metais. As panelas também possuem uma válvula exclusiva da marca, que ajuda no controle de temperatura da preparação, permitindo uma maior retenção dos nutrientes dos alimentos. A tecnologia também permite uma melhor transmissão de calor nas panelas, reduzindo em

34

DE­GUS­TE­• outubro­• 2016


As panelas e utensílios da Royal Prtestige são feitas em aço inoxidável cirúrgico para permitir uma melhor cocção dos alimentos

até 50% o tempo de execução do prato. Essa característica também permite a preparação de alimentos na parte superior do fogão, que comumente são feitos somente no forno (pudins, bolos, pães etc). Como se não bastasse tudo isso, a garantia é impressionante: são 50 anos com cobertura internacional. Além das panelas, a Royal Prestige oferece acessórios como facas, cortadores de pizza e de legumes, fouet, entre outros. No total há mais de 60 produtos no Brasil. Como parte da campanha de divulgação da marca no Brasil, a Royal Prestige está oferecendo uma degustação na sua residência. Basta ligar para o telefone (84) 3025-

5050 e agendar a visita com um divulgador da empresa para apresentação dos produtos. Se você leu esta matéria, além da degustação, a Revista Deguste e a Royal Prestige lhe presentearão com uma peça exclusiva apenas por recebê-los em casa, sem compromisso de compra. É só mencionar o código DEGUSTE2016 quando entrar em contato com o distribuidor autorizado. Distribuidor autorizado Royal Prestige av.­Senador­Salgado­filho,­2835 capim­Macio­-­Natal/rN fone:­(84)­3025-5050 www.royaldunas.com.br

DE­GUS­TE­• outubro­• 2016

35


36

DE­GUS­TE­• outubro­• 2016


DE­GUS­TE­• outubro­• 2016

37


Saboreando Paris Louise Elali - louise@saboreandoparis.com

Quem é mais forte: o cheiro do croissant ou o exército otomano? Um dos cheiros mais fortemente associados a Paris é o que invade as boulangeriesquando uma fornada de croissants está saindo quentinha. Aliás, esse perfume é quase um sinônimo de café da manhã. Afinal, um dejeuner típico francês é bem simples: café com leite acompanhado de um delicioso croissant. Mas não se engane: na França, o croissant não é considerado um pão. Ele entra na categoria conhecida como pâtisseries viennoises. E, como o nome sugere, existe grande probabilidade de ter sido inventado fora do país gaulês. Como boa parte das iguarias da gastronomia francesa, a origem do croissant é disputada e existem várias histórias que a explicam, envolvendo datas e locais variados. A minha preferida teria se passado na Áustria, no verão de 1683, quando Viena estava sob o cerco do Império Otomano. Reza a lenda de que os turcos resolveram construir um túnel para atacar a cidade de surpresa, e começaram a emprenhada de madrugada, enquanto os habitantes dormiam. Só não contavam com os padeirosque, antes do sol raiar, já estavam acordados e trabalhando! Quando a construção se aproximou mais da cidade, eles ouviram a movimentação dos inimigos e avisaram às autoridades, que conseguiram impedir a invasão. Para comemorar, os padeiros criaram uma nova

38

DE­GUS­TE­• outubro­• 2016

receita, que ganhou formato de lua crescente, justamente para lembrar sempre daquela que ornava a bandeira dos antigos inimigos. A novidade foi batizada de Kipferl, palavra alemã que significa crescente, e se tornou muito popular na região. No entanto, a história não acaba nesse ponto. Quase um século depois, a austríaca Maria Antonieta tornouse rainha da França, mas exigia que as iguarias da culinária do seu país de origem fizessem parte do cardápio. Para atendê-la os chefs franceses precisaram aprender a fazer seus pratos favoritos, inclusive o Kipferl. Nesse período, a receita foi ‘afrancesada’ a fim de ser considerada digna de ser servida no palácio real, sendo rebatizada de croissant, a tradução literal do nome original. Segundo os chefs, o segredo do croissant está na massa, que deve ser semifolhada. Ela possui menos gorduras, menos dobras e leva fermento biológico. As dobras são responsáveis pela separação da massa e das camadas de gordura que proporcionam a "folhagem" da iguaria. Um croissant deve ter bom aspecto, formato de lua em quarto crescente, crosta crocante e cor dourada. As pontas devem estar descoladas do meio, e o miolo deve ser alvo, aerado, e mostrar a consistência certa. E, claro, o cheiro tem que arrastar multidões.


DE­GUS­TE­• outubro­• 2016

39


O restaurante é pequeno mas dispõe de algumas mesas para acomodar os clientes que desejam comer no local

Chef Sanylle inaugura a Cantina Gourmet Com a vida cada vez mais corrida, muitas pessoas aderiram à comida fora de casa durante a semana e até mesmo aos sábados e domingos. Se essa refeição for bem elaborada, com preço acessível e sabor caseiro, a possibilidade de atrair mais clientes aumenta. Atenta a essa demanda crescente, a chef Sanylle Faraj criou no mês de julho, no shopping Lagoa Center, a Cantina Gourmet. No ramo há 12 anos, Sanylle leva aos pratos a experiência de ter comandado a cozinha do restaurante Guinza e do Piazza dei Fiori (que foi de sua propriedade), além da prestação de consultorias a estabelecimentos de Natal e do interior. A chef, também, participou da organização de festivais gastronômicos no Rio Grande do Norte. Segundo Sanylle Faraj, a ideia inicial para a Cantina Gourmet era oferecer apenas lanches, mas em cinco dias de funcionamento, os inúmeros pedidos da clientela a fizeram montar um cardápio com refeições maiores: para almoço e jantar. Deu muito certo, de acordo com a chef, e as encomendas diárias já passam de 100 pratos. O menu da Cantina Gourmet contempla saladas, massas italianas e pratos típicos do potiguar, como escondidinho de carne de sol na nata. Tudo chega acondicionado em embalagens plásticas próprias para resfriamento, congelamento e aquecimento. Com a refeição descongelada, bastam três minutinhos no microondas para esquentar. Os preços: entre R$ 10 e R$ 13. No caso das saladas, o cliente pode escolher uma entre duas proteínas – carne de sol em lascas ou frango cítrico – para acompanhar um mix de folhas verdes, espaguete de cenoura, uva, pasta de ricota caseira, presunto de peru, azeitonas pretas, ovos, tomates e

40

DE­GUS­TE­• outubro­• 2016

Faraj

croutons. Os molhos também são um diferencial: há um de mel e mostarda e outros de limão com ervas. Entre as massas, destaque para uma lasanha recheada com frango ao molho de tomate e queijo gratinada com parmesão e muçarela. Há, também, os tradicionais e caseiros creme de frango com arroz e batata palha e isca de carne acebolada ao molho ferrugem com arroz e batata palha. O cardápio aposta, ainda, em acompanhamentos como arroz branco, feijão e farofa e a sobremesa ganache de chocolate. Os pedidos podem ser feitos por telefone, WhatsApp, email (contatos no final desta matéria) ou no próprio estabelecimento, que conta com um bonito ambiente para aqueles que desejarem fazer as refeições no local. Horário de funcionamento: das 11h às 15h, de segunda a sexta-feira. fo­ToS­roGério­viTal

Salada com carne de sol

Cantina Gourmet av.­antônio­basílio,­3006­-­lagoa­center lagoa­Nova­-­Natal/rN fone:­(84)­99161-0880 E-mail:­cantinagourmetpedidos@gmail.com @cantinagourmetcg


DE­GUS­TE­• outubro­• 2016

41


Açaí Concept

inaugura mais uma loja em Natal fo­ToS­roGério­viTal

A Açaí Concept, empresa oriunda de Alagoas, inaugurou uma nova franquia em Natal. A quarta loja da marca na cidade foi aberta em Candelária, na rua Jaguarari, anexa ao posto de combustíveis São Luiz III. Ela se diferencia das demais instaladas na capital potiguar, funciona em um contêiner, uma das opções que a rede oferece para franquias. Quem está à frente da nova unidade é a paulista Sarita Cesana, que mora há 16 anos em Natal. Psicóloga e consultora em Recursos Humanos, a empresária conta que conheceu a Açaí Concept através do filho, após o mesmo viajar a Maceió e observar uma grande quantidade de lojas da empresa na cidade. Interessada em empreender na área de A&B, Sarita, então, decidiu estudar a proposta da marca e gostou do produto. Segundo ela, a qualidade do produto da Açaí Concept foi um dos fatores que mais lhe chamou atenção. Além do rápido crescimento da empresa no mercado brasileiro e a prática de utilizar apenas embalagens descartáveis no funcionamento de todas as suas lojas. A Açaí Concept aposta na praticidade – seu conceito é express. Para isso, possui uma máquina de fácil operação para retirada de açaí e cupuaçu de alta qualidade,

A empresária Sarita Cesana apostou no Açaí Concept

prontos para consumo. A loja trabalha com quatro tamanhos de recipientes: 200ml, 300ml, 500 ml e 750ml, e os acompanhamentos são à vontade (de acordo com o que comporta a embalagem). São cerca de 20, entre eles cinco tipos de granola, cinco caldas e frutas, por exemplo. Com a unidade instalada em um posto de combustíveis e numa via de grande movimento, Sarita Cesana espera explorar ainda mais a questão da rapidez de atendimento que a Açaí Concept pode proporcionar. O horário de funcionamento será das 11h às 22h, de segunda a sábado, e das 16h às 22h, aos domingos. Criada em 2014, a Açaí Concept conta com cerca de 40 lojas em Maceió e já pode ser encontrada também nas principais cidades do país e até no exterior. Recentemente, Portugal ganhou uma unidade da marca. Em Natal, há lojas em Ponta Negra, no shopping Seaway, em Lagoa Nova (Nascimento de Castro) e, agora, em Candelária. Açaí Concept Candelária

Empresa possui uma moderna máquina para retirada de açaí

42

DE­GUS­TE­• outubro­• 2016

rua­Jaguarari,­5000­(anexo­ao­posto­São­luiz­iii) candelária­-­Natal/rN fone:­(84)­4141-2989 @acaiconceptnatal açaí­concept­candelária


DE­GUS­TE­• outubro­• 2016

43


44

DE­GUS­TE­• agosto­• 2016


DE­GUS­TE­• outubro­• 2016

45


Saberes do Vinho Gilvan Passos - www.delospassos.com.br

Menu de Pratos e Vinhos na

Casa Valduga Farto, saboroso e acolhedor não passam de meros adjetivos ante a experiência gastronômica vivida em companhia da Confraria SAV (Sociedade dos Amantes do Vinho), quando da chegada do grupo à vinícola Casa Valduga, no Vale dos Vinhedos, no último dia 06 de setembro, por ocasião da viagem anual exploratória por vinhedos e vinícolas, desta feita tendo como destino a Serra Gaúcha. Depois de uma primorosa degustação vertical do icônico vinho da casa “Stória Merlot”, com as safras: 2006, 2008, 2010, e 2011, conduzida pelo enólogo Jhonatan Marini, e de uma espera no varejo da vinícola, saboreando o luxuoso espumante Casa Valduga 130 Brut, fomos conduzidos à sala de barricas do Restaurante Maria Valduga onde acontecera o jantar. Aos antepastos: Focaccia italiana com patê de azeito-

46

DE­GUS­TE­• outubro­• 2016

nas pretas sucederam-se as entradas: sopa de Capeletti, Salada de Radicci, Salada Leopoldina e Polenta Brustolada, pratos harmonicamente escoltados pelo versátil espumante de boas vindas 130 Brut. Na sequência, vieram as massas em sistema de rodízio: Bigoli ao molho de tomate seco, Torttei ao molho bolognesa, Bigoli ao molho quatro queijos e Mafalda ao creme de funghi, acompanhadas das carnes: Frango arrosto no espeto, costelinha de porco arrosto no espeto servida com geleia de morango e pimenta, que foram escoltados pelos vinhos: Gran Leopoldina Chardonnay D.O. e pelo tinto Gran Raízes Corte. Com as sobremesas: Sagu ao creme e/ou Panna Cotta com calda de frutas vermelhas, serviram-nos o vinho Casa Valduga Licoroso Tinto 1875, um vinho fortificado (tipo porto) de excepcional qualidade. Uma recepção que encantou a todos pelo sabor e fartura do repasto, pela qualidade dos vinhos e pelo acolhimento, renovando toda energia desprendida com a cansativa noite de viagem, abrindo com chave de ouro uma semana inteira de Gourmandises em que a tônica era a boa mesa com seus pratos e vinhos maravilhosos.


DE­GUS­TE­• outubro­• 2016

47


48

DE­GUS­TE­• outubro­• 2016

Revista Deguste - Outubro/2016  

Confira o que foi destaque na edição de outubro/2016 da Revista Deguste

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you